a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

QUINTA-FEIRA, 02 de abril de 2020 • Ano 40 • N° 1962• R$ 2,50 - Santo Antônio da Patrulha/RS

Novo Conceito em Energia Limpa

ISOLAMENTO É MANTIDO E AULAS REINICIAM EM MAIO Pág. 9

Pág. 7

FALECE A MODELO JANAÍNA ANDRADE Pág. 13


2 ‑ Folha Patrulhense -

OPINIÃO

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

Editorial

Espaço do Leitor

Redação, Administração e Distribuição Gráfica Editora Santo Antônio da Patrulha Ltda. CNPJ: 93.523.157/0001-82 N° do Reg. Esp. 4053/179 Livro B n° 8 Fls. 76 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores

Na manhã de 30 de março, as secretarias estaduais de Saúde registravam 4.360 casos de coronavírus no Brasil. Destes, 241 no Rio Grande do Sul. Foram 141 mortos no país. Enquanto o COVID-19 era notícia internacional, o Estado se preparava para a chegada do vírus em solo gaúcho. Até pela experiência do passado, pois a secretária Arita Bergmann já compunha o alto escalão da Saúde no RS quando surgiu o H1N1. Contudo, a chegada do coronavírus foi inevitável e implacável. No Estado, o 50º caso foi confirmado antes do previsto. A atuação de governadores e prefeitos até agora foi fundamental para que não fosse ainda pior. Orientar o fechamento do comércio, da indústria ou restringir a população de sair às ruas são decisões difíceis. O correto não é sempre o caminho mais fácil. O papel do líder não é agradar a todos, mas propor o melhor à sociedade – de preferência, com base em dados sólidos.

Tratando-se do enfrentamento de uma pandemia mundial, voltamo-nos os olhos – mais uma vez – para quem tem o poder. Quando uma decisão afeta a vida de milhares, percebemos a importância da ponderação. O que é vivenciado possui embasamento, dados e prognósticos. O Covid-19 não é pouca coisa. É hora de dar força aos heróis da Saúde que direta ou indiretamente atuam sem pensar duas vezes. Também aos caminhoneiros que trazem o alimento aos mercados, aos agricultores que tanto sofrem com a estiagem, mas não desistem de produzir para que possamos comer. Assim, a todo o profissional que coloca a vida do próximo em primeiro lugar. Valorize a ti e a quem tu amas. Siga o que a maioria das nossas autoridades orienta com a ponderação, o cuidado e o pulso que o momento requer: fique em casa. Bolívar Gomes Jornalista

Piso da Igreja Matriz

Veja como será o projeto e como ficará o interior depois de colocado FOTO: DIVULGAÇÃO

Não há como evitar: a pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19) continua dominando a opinião pública. Em todo o mundo, diariamente, morrem centenas de pessoas. Mas há um alento: também (mas isso a grande Mídia não mostra), há centenas que estão conseguindo sobreviver à verdadeira peste que assola o globo terrestre. Já se fala que, depois do COVID-19, o mundo não mais será o mesmo. É verdade. Mas... você já ouviu falar sobre quantas epidemias e pandemias que já atingiram o planeta? Nos valemos aqui de um artigo da Arqueóloga Joana Freitas que elaborou uma pequena cronologia dessas doenças que mais nos afetaram enquanto humanidade. No século IV, entre 527–565, o imperador Justiniano tem o domínio do império bizantino e a peste bubônica assolou o império matando entre 30 a 50 milhões de pessoas, provavelmente metade da população mundial à época. Esta epidemia marca o fim de uma época. Séculos mais tarde, mais precisamente entre 1343 e 1351 (auge), outro surto de peste bubônica varre a Ásia e Europa matando cerca de 80 milhões de pessoas. Esta epidemia é vastamente conhecida como a famosa peste negra. Esta peste foi tão avassaladora que a Europa precisou de cerca de 200 anos para restabelecer os seus níveis populacionais. A nível religioso a igreja católica enfrenta uma vaga crescente de misticismo que desafia as duas doutrinas. Algumas minorias, como os judeus por exemplo, começam a ser perseguidos e acusados de serem os causadores da peste que se crê ter tido início na China. Lembra a arqueóloga que no século XV "os europeus, aquando das conquistas em territórios americanos, levavam dentro de si a arma mais letal de todas. Foram hospedeiros de vírus mortais para as populações locais, entre os quais, a gripe, sarampo, malária, cólera, tifo, peste bubônica e, o mais mortífero de todos, a varíola, peste esta que matou milhões de americanos.Tanto que a população caiu de 60 milhões para 6 milhões de pessoas. Segue afirmando que no século XIX, pandemia de cólera entre 1817 e 1823 dizimou milhões de pessoas. De lá até 1961 houve mais sete epidemias de cólera, que mata todos os anos ao redor de 140 mil pessoas. Em 1918, após a primeira guerra mundial, aparece a mais conhecida gripe espanhola. Esta pandemia de H1N1 infectou cerca de 500 milhões de pessoas e matou cerca de 50 milhões globalmente. Faz ainda um alerta sobre epidemias ativas que por vezes nos esquecemos que ainda estamos a lidar com elas: "Não esquecendo que há vírus ativos que todos os anos matam milhões. Dos melhores exemplos temos o HIV ou a malária.", explica Joana Freitas. A arqueóloga termina o artigo fazendo referência ao momento atual que vivemos que tem tanto de novo como de cíclico. E conclui: "O surto de COVID-19 que vivemos na atualidade não é algo novo na humanidade, faz antes parte dos nossos ciclos. Contudo, mesmo com toda a tecnologia disponível compreendemos que podemos falhar, que não conseguimos salvar todos ou travar a epidemia com a eficácia com que gostaríamos." Conclusão: vamos ter que continuar cientes, cada vez mais, de que somente com a união de todos, seguindo todas as orientações das autoridades sanitárias, é que iremos superar essa verdadeira tragédia que está enlutando milhares de lares em todo o mundo. E continuemos, cada vez mais, na crença de cada um, orando para que Deus nos livre, o mais rapidamente possível desta pandemia.

A tarefa de liderar e agir

O

Arquiteto e Urbanista Alencar Massulo de Oliveira, sócio-proprietário da Paralelo/36, Alencar Oliveira é quem elaborou o projeto do piso da Igreja Matriz que pode ser visto nesta imagem. Ainda conforme a entrevista divulgada pela Folha na semana passada, Taylene Emerim informou depois que os dados históricos foram repassados pelo conhecido historiador Jaime Nestor Müller, uma autoridade no assunto. A comissão formada para dar andamento ao projeto de troca do piso daquele templo católico está formada pelo presidente, pároco Pe. Adalberto Lumertz Borges, coordenador João Carlos Machado Lopes, vice-coordenador Jaime Nestor Müller e tesoureira Taylene Emerim Brígido.

Av. Paulo Maciel de Moraes, 277 Santo Antônio da Patrulha/RS CEP: 95500-000 Fone: (51) 3662.1777

Site: www.2mnoticias.com.br

E-mails: redacao@folhapatrulhense.com.br comercialfolhapatrulhense@gmail.com

Filiado à ADJORI Representado pelo Grupo de Diários

Diretor-presidente: Moacir Oliveira Menezes Jornalista Responsável: Hermógenes Silveira (MTb 3121) Diagramação: Tamara Madeira Secretária e Revisora: Tamara Madeira Composição, montagem e diagramação próprias em laser, arte-final e fotolito

O conteúdo das publicidades é de responsabilidade dos próprios anunciantes

Periodicidade: Semanal (quintas-feiras) | Circulação: Santo Antônio da Patrulha | Colaboração: Antônio Gomes, Hélio B. Braga, Humberto Lauro Ramos, Élio R. de Almeida, Nara G. Massulo, Albano | Preços cm/ coluna: Capa: R$ 45,00 - Contracapa: R$ 35,00 - Pág. Indet.: R$ 25,00


INDÚSTRIA

Sindicatos apresentam suas propostas aos empregadores a vida é um bem maior. Todas as entidades estão à disposição dos empregadores para negociarem acordos coletivos de trabalho emergenciais com a flexibilização de alguns direitos, o que já ocorreu com algumas empresas, a exemplo da antecipação das férias coletivas. Inobstante a isso, entendem os Sindicatos de Trabalhadores que estamos lidando com saúde pública e que são necessários alguns procedimentos de segurança para diminuir o risco de contágios. "Elencamos mais de vinte itens a serem seguidos, que não são somente a utilização de álcool em gel", afirma o advogado para prosseguir: "Nossa cidade possui fábricas com 100, 200 e até 1.000 trabalhadores em uma mesma indústria o que torna um ambiente propício para a larga propagação do vírus. Nenhum empregador vai querer que seu estabelecimento seja um foco da doença. Marcações físicas de distância entre as pessoas, espaço mínimo de 2 metros entre trabalhadores, escalonamento do uso dos refeitórios, uso de máscaras e demais equipamento de proteção, etc.,

Festival do Acordeon será disponibilizado em vídeo Tendo em vista a impossibilidade de realização de eventos na cidade, alusivos aos 209 de aniversário do Município, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Cultura, Turismo e Esportes, disponibilizará o vídeo feito por Gui Vargas do 2º Festival do Acordeon, realizado em maio de 2019. A exibição será pela página do Facebook da Prefeitura, amanhã (3), às 20h. Aproveite para, além de assistir a este belo espetáculo (que contou com artistas como Samuca do Acordeon e Renato Borghetti), compartilhar mensagens ao vivo na rede.

são algumas das reivindicações dos sindicatos em prol de toda a sociedade." Destaca Júlio Sant'Anna que "os sindicatos entendem que o retorno as atividades deve coincidir com a retomada do ensino público e creches, pois muitos trabalhadores não terão outra alternativa que não seja deixarem seus filhos com os avós." E salienta: "Em nossa cidade há uma diversidade industrial e comercial, sendo que nesse momento de crise é necessário a união de esforços. As indústrias de sapato e vestuário podem produzir jalecos, máscaras e outros equipamentos de proteção para os trabalhadores da saúde e a população, visto que é público e notório a ausência dos mesmos nos hospitais do país. Já as indústrias metalúrgicas têm plenas condições de produzirem camas e suportes para medicamentos e seus qualificados engenheiros mecânicos estudarem a possibilidade de fabricação de respiradores." Conclui afirmando que "estamos em busca de soluções para suportar a tempestade e sairmos daqui mais fortalecidos e unidos."

EDITAIS DE CASAMENTO Bel. Édison Renato Kirsten, Registrador do Registro Civil e Especiais de Santo Antônio da Patrulha/RS, situado na Rua Cel. Vicente Gomes, nº 415., Santo Antônio da Patrulha/ RS, horário de atendimento das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h. Faz saber que pretendem se casar: Edital número 6805 - JONAS PINTO PALMEIRO, filho de Luiz Costa Palmeiro e Norma Maria Pinto Palmeiro e VITÓRIA SABINO PEREIRA, filha de Fábio Generoso Pereira e Daiane Garcia Sabino. Se alguém souber de algum impedimento oponha-o na forma da Lei. Santo Antônio da Patrulha/RS, 25 de março de 2020. BEL. ÉDISON RENATO KIRSTEN Registrador

- Folha Patrulhense ‑ 3

Os 67 anos da

MASAL

FOTO: GOOGLE

N

o dia 28 de março, em reunião realizada na Câmara de Vereadores, os Sindicato dos Comerciários, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Calçadistas, Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação e Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas apresentaram suas propostas relativas a pandemia do COVID-19. Na ocasião, o advogado Dr. Júlio Sant’Anna usou a palavra para apresentar as propostas dos Sindicatos, oportunidade em que reiterou que “a questão do isolamento social tem a intenção de dar fôlego aos governantes para melhorarem a estrutura médico/hospitalar de atendimento à população ante a fácil propagação do vírus, sendo que tal questão é estritamente técnica da Organização Mundial da Saúde não cabendo encurtar esse período, sob pena de termos drásticas consequências.” Os sindicatos dizem estarem cientes das graves consequências da situação econômica decorrente do isolamento, mas

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

A

Masal, tradicional indústria metalúrgica de Santo Antônio da Patrulha, completou nesse dia 31 de março, 67 anos de atividades. Ao longo de sua história, por ela passaram milhares de trabalhadores. Hoje, com ramificações em Cachoeira do Sul e em Caxias ela continua sendo o ganha-pão de centenas de operários e suas famílias. Mas, o aniversário transcorreu de forma diferente. E triste: silencioso. Como afirma seu diretor-presidente Claudio Bier que está publicando esta mensagem: "Pela primeira vez desde 1953 nosso aniversário será silencioso. Hoje, comemoramos 67 anos de muita luta e trabalho, mas sem o barulho que mais gostamos de ouvir: da nossa fábrica a pleno vapor. Sabemos que é um momento delicado, de união e responsabilidade. E, por isso, estamos em férias coletivas, para ajudar a frear essa pandemia que assusta o país e o mundo. Com muita determinação e o apoio dos nossos colaboradores e da comunidade de Santo Antônio da Patrulha, temos certeza que este será mais um capítulo vitorioso da nossa trajetória. Obrigado a todos que nos ajudam na missão de facilitar a vida do homem do campo com força e tecnologia."


4 ‑ Folha Patrulhense -

ENTREVISTA

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

Modelo patrulhense que mora na China não contraiu o vírus, mas fala da experiência vivida frente à doença tação). Chegando ao hotel é feito o teste e pode levar de 2 a 3 dias para o resultado ficar pronto. Se o resultado for negativo, então seremos liberados para completar a quarentena em casa, ainda assim em total isolamento com acompanhando médico duas vezes ao dia. O meu teste já foi realizado e deu negativo. Mas acredito que por ter estado na Tailândia dias antes de voltar a China, eu preciso cumprir minha quarentena no hotel pelo fato de que a Tailândia entrou na lista de países de risco dias antes do meu retorno para o território chinês. E acho que ainda farei mais uma vez o teste antes de ser liberar para ir para casa. FOLHA: Como está a situação na China neste momento. CLÁUDIA: Aparentemente a China se apresenta como um dos lugares mais seguros para se estar no momento, onde regras foram rígidas e extremamente obedecidos desde o início. Portanto, hoje eles conseguem ter um controle muito rápido e estão bem preparados para isso. FOLHA: teu trabalho foi prejudicado? CLÁUDIA: Sim, estou sem trabalhar desde o início do ano. Acredito que a economia no mundo inteiro foi afetada e com isso todos fomos prejudicados. FOLHA: Desde quando surgiram as primeiras notícias, chegaste a estar em outros países? CLÁUDIA: Estive no início do ano em Bali, na Indonésia para passar um mês de férias. Logo que a notícia do vírus na China e rapidamente se espalhou pelo país inteiro, decidi então passar

28 de março e nenhum estrangeiro poderia entrar no país por tempo indeterminado. Chamo isso de um pouquinho de sorte, mas tenho certeza que teve as mãos de Deus. Pois sei que me encontro segura aqui e logo poderei voltar para casa e para minha rotina de trabalho. FOLHA: Na China está realmente diminuindo o número de mortos? CLÁUDIA: Os números de mortes e casos estão diminuindo dia após dia. Acredito que os números vão diminuir ainda mais agora com o fechamento do aeroporto. FOLHA: Que mensagem gostarias de deixar neste momento para os brasileiros que começam a enfrentar esta situação? CLÁUDIA: Primeiramente gostaria de agradecer mais uma vez pelo carinho e preocupação de todos. Nos últimos dias tenho recebido muitas mensagens e isso, com certeza, torna as coisas muito mais fáceis por aqui nesses dias de isolamento. Eu espero que as pessoas no Brasil e que nosso governo levem isso a sério, porque ainda têm muitas pessoas que não entenderam que é preciso ter cuidado, é preciso evitar que a situação se a grave e esse vírus se espalhe. O impacto pode ser ainda maior. Precisamos tentar ao máximo ficar mais em casa e evitar lugares aglomerados, manter bem a higiene das mãos, evitar o contato com o rosto, usar máscaras... São esses cuidados que podem fazer a diferença.

FOTO: CARLOS SILLERO

A

Modelo patrulhense Cláudia Portal Borba, 24 anos e que estará de aniversário no dia oito de abril, mora há sete anos na Ásia, sendo a maior parte do tempo na China. Claudinha, que já foi tema de reportagem da Folha Patrulhense há pouco mais de um ano, não contraiu o vírus do COVID-19, mas fala, nesta reportagem especial concedida com exclusividade à Folha Patrulhense via WhatsApp a respeito de sua experiência em relação à pandemia e de como está a situação especialmente na China. FOLHA PATRULHENSE: Em que região da China estás residindo? CLÁUDIA PORTAL: Eu moro no sul da China, na cidade de Guangzhou que fica a cerca de 120km de Hong Kong e 145km de Macau. FOLHA: Chegaste a contrair o vírus, Claudinha? CLÁUDIA: Essa é uma pergunta que eu tenho recebido com muita frequência, acredito que seja a dúvida de muitos. Não contrai o vírus, mas estou em isolamento por 14 dias em um hotel por motivos de segurança e para ter um controle mais de perto dos profissionais. Todos que entraram na China depois do dia 8 de março, são obrigados a fazer quarentena e observação médica na chegada ao país. O procedimento inicia logo no aeroporto e depois somos encaminhados para o hotel mais próximo de nossas residências. Este hotel é escolhido por eles e todas as despesas são por nossa conta (estadia e alimen-

mais um tempo por lá e acabei ficando dois meses à espera de um momento mais seguro para retornar a China. Logo em seguida, decidi ir para a Tailândia a trabalho e até então tudo se encontrava sob controle por lá. Dias depois de minha chegada na Tailândia a situação foi se agravando e o governo tailandês decretou que todos os comércios fechassem e que a população evitasse ao máximo sair às ruas. Já na China, tudo estava sendo controlado e a situação começou a retornar aos poucos à normalidade. Com isso, logo as propostas de trabalho no país onde moro atualmente começaram a surgir, as coisas voltam aos poucos a se normalizar e foi onde decidi imediatamente voltar para casa. Depois de dois dias da minha chegada, recebo a notícia de que o aeroporto da China fecharia no dia

Gaúcha que mora na Suíça fala sobre situação da epidemia no país U ma gaúcha que tem parentesco em Santo Antônio da Patrulha e que mora há 47 anos na Suíça, conversou com a reportagem sobre a situação naquele país. Ela, que prefere não se identificar, afirma que lá o governo adota medidas rigorosas para controle do Coronavírus e que todos obedecem. "A Lei é para todas as ativida-

des e só temos mercados abertos, apenas para compra de alimentos e farmácias, e só pode entrar uma pessoa de cada vez, não sem antes utilizar gel na entrada", explica. Afirma que o governo está fazendo todo o possível para que o vírus seja erradicado. Trabalhando no Correio do país, ela, que é naturalizada na Suíça, no momento, como a maioria, está parada. Sua casa

fica há 20 minutos do aeroporto de Zurique. Revela que lojas, restaurantes, e outros departamentos estão de portas fechadas e quando as pessoas circulam pelas ruas, o que é raro, têm o cuidado de não se aproximarem de transeuntes para evitar o contágio. Como naquele país todos levam muito a sério o que está acontecendo, ela recomenda

aos brasileiros que sigam rigorosamente as normas: "Muita higiene e sempre que sair para a rua para compras ou outras necessidades, manter distância de dois metros de outras pessoas e ao chegar em casa, lavar bem as mãos, trocar de roupas, e lavá-las bem." Outra recomendação é não utilizar muito os ônibus devido à aglomeração e evitar os locais onde há muita gente circulando.


SAÚDE

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

- Folha Patrulhense ‑ 5

ser transferido Via GERINT para a referência regional. Acrescenta que, além do primeiro atendimento, em casos graves o paciente poderá ter sua necessidade de intervenção maior atendida dentro do próprio HSAP, através de Respiradores Pulmonares, dentre outras tecnologias, até que consiga transferência para outra Unidade Hospitalar. Diante de tais argumentos, verifico que, embora não seja um hospital inicialmente de referência ao tratamento para COVID-19, o Hospital de Santo Antônio da Patrulha tem condições de se estruturar de modo a atender pacientes que necessitem de cuidados, seja prestando todo atendimento necessário, seja prestando os primeiros atendimentos até que o paciente seja devidamente transferido. Por outro lado, infelizmente o total de verba disponıv́ el na conta desta Comarca é de R$ 129.550,34, insuficiente para o atendimento integral das necessidades apresentadas. “Dessa forma, e tendo em vista que também está sendo atendida uma demanda formulada pelo Municıp ́ io de Santo Antônio da Patrulha, entendo por disponibilizar ao requerente a quantia de R$ 90.000,00, devendo a entidade priorizar, na medida do possıv́ el, a aquisição de respirado-

res e bombas de infusão, conforme informado posteriormente pela gestora. Caso haja sobra de valor na compra de um ou mais itens, eventual valor remanescente poderá ser utilizado para aquisição de alguns dos outros itens elencados no pedido, conforme critérios do gestor da unidade, devidamente demonstrados em posterior prestação de contas”, acrescenta o Magistrado que autorizou a liberação de R$ 90,000,0 “depositados na conta da VEC desta Comarca, que deverá ser transferido para a conta indicada do Hospital Municipal de Santo Antônio da Patrulha – Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre”, frisa em sua decisão. ►MUNICÍPIO ► Na mesma linha, o dr. Luiz Roberto Palopoli autorizou recursos na ordem de R$39.550,00, atendendo em parte requerimento do Município de Santo Antônio da Patrulha para a aquisição de insumos e materiais para prevenção e enfrentamento da pandemia COVID-19 para abastecer suas Unidades de Saúde, Corpo de Bombeiros Militar, Brigada Militar, Assistência Social do Municıp ́ io, SAMU e Administração Municipal (área de atendimento ao público). O projeto do Município apresenta um valor total de R$ 320.680,00.

Justiça patrulhense autoriza recursos das penas alternativas para combate à pandemia FOTO: HERMOGENES SILVEIRA

O

Juiz titular da Primeira Vara da Comarca de Santo Antônio da Patrulha, atendendo manifestação favorável do Ministério Público do Município à requerimento formulado pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre – Hospital Municipal de Santo Antônio da Patrulha, visando à aquisição de materiais e equipamentos médico-hospitalares necessários ao combate da pandemia COVID-19, decidiu pela liberação de parte dos valores resultantes da aplicação de penalidades de prestação pecuniária ou como condição de suspensão ou transação penal. O projeto daquela instituição hospitalar manifesta a necessidade de recursos num valor total de R$ 219.273,00. Explica o dr. Felipe Roberto Palopoli, que a liberação de tais recursos “deve ser, em regra, realizada a partir de chamada pública, conforme prevê o art. 944-A da Consolidação Normativa Judicial da CGJ-TJRS e o Provimento nº 028/2016CGJ, considerando a Resolução nº 154 do Conselho Nacional de Justiça, de 13 de julho de 2012. No entanto, o próprio art. 944A, § 6º, da Consolidação Normativa possibilita a liberação excepcional de valor, inclusive para entidades não cadastradas.

Juiz de Direito dr. Felipe Roberto Palopoli

Outrossim, destaco que, em razão da pandemia causada pela COVID-19, a excepcional liberação das verbas provenientes das penas alternativas encontra respaldo também no art. 13 da Recomendação nº 62/2020-CNJ, no art. 9º da Resolução nº 313/2020CNJ e no Ofıć io-Circular nº 14/2020 da CGJ/TJRS, bem como no Decreto de Calamidade Pública nº 55.128/2020, expedido pelo Exmo. Senhor Governador do Estado do Rio Grande do Sul." O Juiz esclarece em sua decisão que o pleito merece o deferimento, porém, importa consignar que o valor disponıv́ el na conta judicial desta Comarca não é suficiente para atendimento integral das necessidades apresentadas. Analisando o requerimento formulado, verificou a necessidade do requerente de aquisição de diver-

sos equipamentos e materiais hospitalares, tendo em vista o cenário atual, com todas as repercussões amplamente divulgadas sobre o avanço do COVID-19 em todo o paıś . “No caso, o requerente embasa seu pedido na possıv́ el lotação dos serviços públicos referenciados para o atendimento, considerando que o Hospital Municipal de Santo Antônio da Patrulha precisará estruturar seu atendimento para pacientes moradores da região, suspeitos e diagnosticados, de forma qualificada, visando a segurança do paciente e profissionais. Informa que possui sua Emergência “porta aberta”, de modo que qualquer pessoa da comunidade pode buscar esse primeiro atendimento, receber a terapêutica adequada e, se a indicação de tratamento for de internação ou de medidas invasivas de UTI,

Santa Casa reinicia atendimento a pacientes que não podem esperar A Santa Casa de Misericórdia emitiu nota sobre o retorno da assistência aos pacientes: Desde segunda-feira (30/03), a Santa Casa voltou a dar continuidade à assistência de pacientes que não podem esperar o fim da pandemia do COVID-19. Orientados pela Secretaria da Saúde do Município e ANS, foram reabertas as agendas com ofertas integrais para alguns casos, como oncologia, transplantes, cardiologia, pré-natal, traumatologia, pneumologia e pós-operatório. Para outras especialidades, serão agendas parciais. Em todos os casos, o objetivo é atender a quem efetivamente não se recomenda esperar.

Do ponto de vista da segurança assistencial, questão central para a Santa Casa, haverá a ampliação de triagem de acesso aos serviços, espaçamentos de horários de agendas, não permissão de aglomerações e muito cuidado de proteção aos pacientes e profissionais que irão atender. Para o diretor geral da Santa Casa, Julio Matos, “todos preferimos, ao final do dia, não lamentar o que aconteceu no mundo, e sim saber quantos acolhemos e cuidamos no dia de hoje. É um desafio enorme, pois, além do COVID-19, há uma população que não pode esperar e precisa ser atendida durante a incidência maior do vírus, pois as filas nas centrais de agendamentos dos gestores do SUS

estão crescendo”. Por último, “há que ser salientada, ainda, a preocupação dos profissionais médicos com relação a tudo isto, pois existem pacientes que estão em meio a tratamentos, necessitando de revisões, outros com procedimentos já anteriormente definidos e que foram suspensos, etc, e os médicos querem dar atenção máxima a isto”, conclui Matos. Essas determinações são válidas também para o Hospital Santa Casa/Santo Antônio. De outra parte, o Hospital Santa Casa/Santo Antônio disse que existe apenas um caso suspeito de coronavírus, mas que está em situação estável, aguardando-se o resultado da amostra que foi remetido à laboratório para exame.


6 ‑ Folha Patrulhense -

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

Vacinação de idosos continua hoje

SAÚDE

FOTOS: HERMOGENES

N

a semana que passou começou a vacinação contra a gripe, abrangendo idosos. Até agora 4.000 idosos já foram imunizados em Santo Antônio. No entanto, as doses enviadas pela Coordenadoria Regional de Saúde foram insuficientes. Na Várzea as vacinas terminaram pouco antes das nove horas da manhã e na praça da igreja Nossa Senhora da Boa Viagem às 10 horas não havia mais nada.

O secretário da Saúde Charlis Santos anunciou para esta semana nova etapa abrangendo a sede e o interior o que aconteceu ontem e finaliza hoje, porém, mais uma vez elas não devem ser suficientes para atender a grande demanda. Assim, para semana que vem está prevista nova remessa de doses. A vacina contra a influenza não imuniza contra o coronavírus mas, conforme Charlis, é uma estratégia do

O

FOTO: GOOGLE

prefeito de Santo Antônio da Patrulha Daiçon Maciel da Silva, teve ontem pela manhã (01), um pico de pressão alta, sendo medicado no Hospital Santa Casa/Santo Antônio, mas a situação está sob controle. Tanto que foi liberado, mas para permanecer em casa despachando, o que já vinha fazendo, de acordo com sua assessoria, porque Daiçon tem diabetes e necessita de maior controle, inclusive na alimentação. A Assessoria frisa que a situação está controlada e ele deveria permanecer, por recomendação médica, em casa, para continuar despachando, até porque pertence a área de risco, por ter mais de 70 anos. Porém, à tarde, ele resolveu comparecer na prefeitura.

Patrulhense que mora na Austrália fala como é o governo em relação ao coronavírus

A

patrulhense Suelen Willborn, filha da professora Nelci Willborn Nunes Pereira, mora há quatro anos em Sidney, na Austrália. Em conversa com a reportagem da Folha Patrulhense ela relata que a população é de 20 milhões de pessoas, e o governo já liberou 1.3 bilhões de dólares para ajudar os desempregados. “As filas são enormes nas agências do governo para solicitar o auxílio, mas no Brasil em uma população dez vezes maior (200 milhões de habitantes) é difícil escolher se salva a saúde ou a economia, pois sei que não teria de onde tirar dinheiro para ajudar a população se todos ficassem em casa”, afirma. Suelen diz que é importante ressaltar que se as pessoas vão voltar às suas rotinas corriqueiras, é fundamental que os governantes reforcem os hospitais e profissionais da saúde, que os preparem para o inverno, onde acredita que a demanda por leitos será altíssima. “Aqui a campanha é feita pelos médicos e enfermeiros, para que a gente fique em casa, para que eles possam trabalhar por nós.” Referindo-se aos supermercados ela revela que as prateleiras aqui estão vazias. “Para determinados itens como papel higiênico, o segurança do mercado entrega um por cliente, para evitar brigas”, explica. FOTO: DIVULGAÇÃO

Pressão alta obriga prefeito a despachar em casa

governo federal para ajudar no diagnóstico do COVID-19, porque os sintomas das duas doenças são parecidos. Por outro lado, como é começo de mês e período de pagamento de aposentados, a circulação desde ontem, foi grande especialmente na cidade baixa. Voluntários que aderiram ao movimento no sentido de orientar as pessoas a permanecerem em casa, estão nas ruas com essa missão.


SAÚDE

Medidas de isolamento serão mantidas em SAP

TEXTO E FOTO: ACS/PMSAP

N

a manhã desta segunda-feira (30/03), o prefeito de Santo Antônio da Patrulha, ao lado do vice-prefeito José Francisco Ferreira da Luz e do presidente do Legislativo, André Selistre, disse que as medidas de isolamento serão mantidas, de acordo com o decreto 059/20. Ele anunciou o prazo volta às aulas será alterado, obedecendo a determinação do Ministério da Saúde, de não reabrir as universidades e escolas antes de 1º de maio. “Enfatizamos que, diante do anúncio do Ministério da Saúde neste final de semana, de dar uma orientação para os Municípios nas próximas horas, resolvemos aguardar este posicionamento e nossa decisão pode mudar a qualquer momento. Estamos aqui debatendo, ouvindo os especialistas em prol da vida, mas não queremos dissociar isso da questão econômica. No entanto, temos que agir com cautela, para não recuar quando for tarde demais”, explicou. O encontro reuniu representantes do comércio, serviços e indústria, dos seis respectivos sindicatos da classe trabalhadora, da Câmara de Vereadores, do Ministério Público, da OAB local, das forças de segurança pública (BM e

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

CB) e outros segmentos. A primeira proposta apresentada pela ACISAP de reabertura do comércio nesta quarta-feira (01), não foi acolhida pelo Comitê e validada pela Administração Municipal. As razões fundamentadas na necessidade de conter a propagação do vírus e melhor equipar o sistema de saúde foram justificadas pelo Comitê, Secretaria Municipal da Saúde, Hospital Santa Casa/Santo Antônio e Ministério Público. Daiçon disse que suas decisões sempre estarão amparadas nas orientações técnicas da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. O prefeito garantiu que ainda no dia de hoje o decreto 059 estará sendo analisado e que novas alterações deverão surgir, no sentido de flexibilizar o funcionamento de alguns estabelecimentos até então não considerados essenciais. Disse que o Exército está sendo acionado

para atuar em Santo Antônio da Patrulha, especialmente para contribuir com o cumprimento das medidas de isolamento. Outra ação anunciada pelo prefeito é a criação do Comitê de Crise, que irá gerir decisões relacionadas à pandemia. Ele também falou que haverá estudo para prorrogar pagamentos de tributos municipais. O secretário da Saúde, Charlis Santos pediu um pouco mais de tempo para que a população possa ser atendida da melhor forma possível, pacientes de coronavírus ou não. Um “hospital sentinela” será montado só para atender casos suspeitos da COVID-19, na qual 8 médicos e 10 técnicos de enfermagem estão sendo contratados para reforçar o atendimento de pacientes na rede básica de saúde. Eles assumem de forma gradativa a partir da próxima segunda-feira (06), levando em torno de 10 dias para a equipe estar completa.

Secretaria da Saúde recebe doação de álcool em gel TEXTO E FOTO: ACS/PMSAP

A

Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Patrulha está empenhada na prevenção do Coronavírus no município. Para isso, a Secretaria da Saúde tem trabalhado não somente com a prevenção da população, mas também dos profissionais de saúde, oferecendo os materiais neces-

sários. E para auxiliar a secretaria nesta causa, no último sábado (28/03), o Comércio de Gás Bom Princípio fez uma doação de álcool em gel para o município. O Secretário da Saúde, Charlis Santos agradeceu a doação e ressaltou que ações assim fazem muita diferença. “A prevenção é o único caminho. Fico feliz que os patrulhenses estejam reconhecendo a importância dela. Agradeço ao Gás Bom Princípio por abraçar a causa”, concluiu. A Secretaria da Saúde está aceitando doações de máscaras cirúrgicas, álcool 70%, de 1L, álcool em gel 70%, luvas de procedimento, avental descartável, óculos de proteção transparente e touca cirúrgica descartável. Interessados em colaborar podem entrar em contato pelo 3662-7555 ou 3662-7550.

- Folha Patrulhense ‑ 7

Vacinação de recémnascidos e atendimento pediátrico será no Posto Menino Deus

A

Secretaria da Saúde de Santo Antônio da Patrulha informa novo local para vacinação de recém-nascidos para evitar o contato dos bebês com pacientes que apresentam sintomas de COVID-19. As vacinas BCG e Hepatite B, que são realizadas até os dois meses de idade, serão oferecidas em um local estratégico, exclusivamente no Posto de Saúde Menino Deus. A vacinação será realizada sempre nas terças-feiras, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Também nas terças-feiras o atendimento com pediatra será realizado neste local, com a Dra. Katia Marques. A partir do próximo dia 07 (terça-feira), os Testes da Orelhinha e da Linguinha, (em crianças sem sintomas de síndrome gripal) serão realizados nesta unidade. Agendamento para consultas e realização de exames devem ser feitos pelo telefone 3662-7554. Para informações sobre Coronavírus, os telefones 3662-7555 ou 3662-7550 da Secretaria da Saúde estão disponíveis diariamente até às 18 horas. A partir deste horário, dúvidas sobre a doença podem ser esclarecidas pelo número 150 do Ministério da Saúde. Para denúncia referente ao descumprimento do decreto de calamidade ligue 3662-8424, na ouvidoria da prefeitura.

Município abre cadastro para voluntários trabalharem durante a pandemia

D

evido a pandemia de Coronavírus (COVID-19), a Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Patrulha abriu inscrição para se voluntariar para ajudar a Secretaria da Saúde no enfrentamento da doença. Estão sendo requeridos voluntários médicos, psicólogos, enfermeiros, técnico de enfermagem, telefonista, profissional de informática e atendimento/orientação ao público que atuarão conforme prevê a Lei Municipal nº 7957/2017, que dispõe sobre o serviço de voluntário. O secretário da Saúde, Charlis Santos destaca que o mundo vive um dos momentos desafiadores e para superar esta pandemia é preciso a ajuda de todos. Para se voluntariar basta entrar no link abaixo e preencher o cadastro. Link: https://bit.ly/2WLE6Wc


8 ‑ Folha Patrulhense -

MEIO AMBIENTE/SOLIDARIEDADE

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

FEPAM diz que não há cianobactérias na

Lagoa dos Barros

Mas bióloga que mora no local discorda da análise

O

resultado da análise semanal das águas da Lagoa dos Barros, realizada pela Divisão de Laboratórios (Dilab) da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM), apontou que não há mais a presença de cianobactérias. As equipes da FEPAM também constataram a normalização da coloração da água. A proliferação expressiva de cianobactérias, que se encontravam em um período de floração liberando toxinas, foi o motivo da cor azulada da água da lagoa, localizada nos municípios de Santo Antônio da Patrulha e Osório. As análises começaram no dia 5 de março e seguiram semanalmente. “Conforme protocolo para casos extremos recomendado por órgãos reguladores, realizamos coletas semanais enquanto houve presença de cianobactérias. Na última semana, a água já tinha perdido a coloração azulada, demonstrando o que as análises de laboratório comprovaram, a ausência total das bactérias”, explica o chefe do Departamento de Fiscalização (DF) da FEPAM, Vagner Hoffmann. A chefe da Divisão de Laboratórios (Dilab), Andrea Cassia de Melo Machado, afirma que, durante as análises qualitativas realizadas com microscópio, não foi identificada a floração verificada nas semanas anteriores. Os grupos de algas predominantes nestas amostras foram as diatomáceas e as clorofíceas, que não representam riscos relacionados à produção de toxinas. A normalização foi atribuída principalmente à melhora das condições climáticas, como aumento das chuvas e diminuição da temperatura. “Alguns fatores podem promover a proliferação das cianobactérias em ambientes aquáticos, tais como o calor e a insolação. A diluição e redução da floração em curto período de tempo pode acontecer em ecossistemas dinâmicos, em que fatores como chuva e vento variam muito”, destaca a analista ambiental da Dilab, Nina Rosa Rodrigues. A equipe da FEPAM segue monitorando a Lagoa dos Barros. Um grupo com profissionais da fundação foi criado para atualizar os estudos que já existem, elaborados por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que orientam sobre a capacidade para recebimento de efluentes.

A POSIÇÃO DO MOVIMENTO "LAGOA VIVA" A Bióloga Sueli Lang, moradora há cerca de 40 anos na Lagoa dos Barros, discorda da Nota da FEPAM: "De extrema indignação leio a nota da FEPAM, pois essa análise não é coerente com a realidade, porque aqui na Lagoa dos Barros estamos enfrentando a maior estiagem dos últimos tempos. Chuvas na Lagoa dos Barros aconteceram nos dias 16 e 17/3/2020, sendo somente 35 milímetros. Digo que esta chuva foi risória para uma bacia com área de 10 mil hectares. E a temperatura no decorrer do mês de março em 30 graus e ou acima disso. Desde o dia 16/03/2020, as águas da Lagoa dos Barros trazem para margem muita espuma marrom, peixes mortos (pintados) e no dia 30/03/2020, apresenta junto a espuma, água esverdeada. Estamos em uma pista de duas vias, onde as leis e normativas estaduais e federais ficam em direções opostas. Cito FEPAM sendo conivente com Corsan/Osório, pelo fato da Lagoa dos Barros ser um Patrimônio Nacional e, FEPAM liberar as licenças para funcionamento da ETE sem os devidos Estudos de Impacto Ambiental (EIA), Relatório de Impacto Ambiental (RIMA). Ficando assim muitas dúvidas e incertezas de um trabalho sério e digno de Instituições governamentais as quais queremos acreditar." A mesma Bióloga disse ter tido conhecimento de que a FEPAM recomendou a ETE que desvie parte dos dejetos para outra Estação de Tratamento. Disse textualmente em sua conta no Facebook: "Em reunião, FEPAM acertou com a ETE em diminuir o despejo de efluentes na Lagoa doa Barros. A Corsan informou que estes efluentes estariam sendo levados de caminhão para outra Estação de Tratamento."

Texto: Bárbara Corrêa/Ascom Sema

Moradores da Lagoa oferecem refeições gratuitas a caminhoneiros Agradecimentos ao Mini Mercado Navegantes por estar contribuindo para esta ação

N

um gesto que está se espalhando por todo o Brasil, em Santo Antônio da Patrulha um grupo de moradores da Lagoa dos Barros se uniu para oferecer gratuitamente refeições aos caminhoneiros que utilizam a freeway, uma vez que os restaurantes ao longo do trajeto estão fechados em virtude do coronavírus. Um dos participantes deste grupo é Jeferson Caldera que na sua conta no Facebook está agradecendo ao Frigorífico Lagoense por oferecer 10 kg de carne e aos demais colaboradores: Dcasa massa e pizzas, Posto

Müller e Rodrigues, Mercado Portal, Mercado Dois Irmãos: Borracharia Nossa Senhora Aparecida, Posto Coelho, e todos os outros que colaboraram para que possa ser feita a alimentação que é acondicionada no sistema marmitex. A entrega é feita no km 17 da freeway. Os caminhoneiros se emocionam quando vêem essa atitude de pessoas que, para eles, são desconhecidas, mas que se unem com um mesmo objetivo: a solidariedade em tempos difíceis. Fotos de Jeferson Caldeira postadas no seu Facebook.


SUSTENTABILIDADE

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

- Folha Patrulhense ‑ 9

Novo conceito em energia eólica é instalado em Santo Antônio da Patrulha

Conheça aqui o que é o projeto Sua Energia

O

empresário patrulhense Luciano Sant'Anna, sócio da empresa Sua Energia, está lançando o produto em Santo Antônio da Patrulha, cuja principal finalidade é, com a energia limpa, garantir um investimento que possibilitará ótimo retorno ao usuário. Nesta entrevista, Luciano explica detalhadamente como é o projeto, custo-benefício e outros fatores importantes. A instalação deste equipamento na sua propriedade irá garantir grande economia. Leia o que Luciano está discorrendo a respeito deste importante projeto de energia eólica. FOLHA PATRULHENSE: No que consiste o projeto? LUCIANO SANT'ANNA: Estamos instalando em Santo Antônio da Patrulha o que há de mais avançado geração de energia eólica no Mundo. Antes é preciso lembrar que a energia eólica no Brasil, no ano de 2019, representou 9.2% da produção nacional. Ao passo que a energia solar representa apenas 1.2%. Ou seja, trata-se de uma fonte de produção consolidada no País e que faz todo o sentido em regiões de vento como a nossa. A grande novidade é que Sua Energia, empresa catarinense da qual sou sócio, trouxe ao Brasil equipamento compatível com a necessidade de clientes de médio porte. Assim, a empresa sugere o equipamento e garante a produção de acordo com o consumo. FOLHA: Quais as caracterÍsticas do produto? Como pode ser utilizado? LUCIANO: Este aerogerador eólico possui

motor eletromagnético que estimula a rotação das pás e também conta com um amplificador que maximiza a produção de energia mesmo nos períodos do dia em que não houver vento. Não se trata, portanto, de um gerador eólico convencional. Nossos clientes vão presenciar produção de energia mesmo nos períodos sem vento. Este é um produto único, patenteado no Brasil por Sua Energia. É o que há de mais moderno no segmento. É um produto que funciona a partir do vento, mas não é inteiramente dependente de condições naturais. FOLHA: A instalação pode ser feita em qualquer local? LUCIANO: Sua Energia possui equipe de técnica que analisa as condições de cada local a fim de obter a máxima produção possível. A nossa região é privilegiada por ventos que são considerados abundantes para produção de energia eólica tendo em vista a natureza deste tipo de equipamento. FOLHA: Qual a produção energética de um equipamento eólico? LUCIANO: A produção varia com o porte do equipamento. Ele cor-

responde a necessidade de cada cliente. O equipamento instalado no DaColônia irá produzir acima de 22.000 kw mês por exemplo. Ao passo que outro instalado aqui na cidade, na localidade de Barrocadas, produzirá cerca de 6.500 kw mensais. Isso significa que as empresas terão um equipamento com relação custo x benefício superior à energia solar sem a necessidade de fazer um investimento milionário. FOLHA: Qual o retorno econômico do investimento nesta fonte de energia? LUCIANO: O retorno depende do porte do equipamento, quanto maior mais rápido o retorno. Em média nossos clientes têm obtido retorno em 32 meses, talvez menos. No entanto, com o financiamento junto a instruções financeiras, o benefício é imediato, tendo em vista que o valor da parcela já é significativamente menor do que o valor da fatura da CEEE. Já no primeiro mês o cliente tem economia em relação aos valores que pagos a concessionária. FOLHA: Como o interessado pode fazer para ter acesso a um investimento deste porte? LUCIANO: Este produto é financiado por qualquer banco, a taxas de juros que giram em torno de 1% ao mês, a exemplo do que ocorre com a energia solar. As linhas de crédito e o sistema de homologação junto a concessionária são idênticos. A diferença é que esta tecnologia permite um retorno superior a um preço mais baixo. Os interessados podem entrar em con-

tato diretamente com a empresa, que está disponível nas redes sociais, ou com algum de nossos representantes. Aqui em Santo Antônio são nossos representantes André Salazar (51 98026-0733) e Paulo Neves (51 999177765). FOLHA: Em quanto tempo o equipamento será instalado? LUCIANO: Os equipamentos são instalados em até 120 dias nos termos do contrato. Este prazo eventualmente pode ser inferior dependendo do estoque de Sua Energia. FOLHA: Sua Energia tem um ponto de vendas aqui na cidade?

FOLHA: Qual o prazo de garantia do produto? LUCIANO: Nossos produtos têm garantia de 2 a 10 anos, livre de qualquer custo de manutenção para nossos clientes. FOLHA: A empresa garante a produção nos equipamentos? LUCIANO: Sim, este é outro diferencial de Sua Energia. Vemos por aí que alguns vendedores prometem produção de energia que não se confirma posteriormente. Aí dizem que a produção solar depende de fatores naturais, etc. Nossa empresa garante a produção contratualmente, porque conhecemos e confiamos nesta tecno-

LUCIANO: Sua Energia em breve terá ponto de vendas junto a Angelina Decor House, que faz parte do mesmo grupo econômico. Atualmente o que temos aqui é a equipe técnica de engenharia responsável pela instalação e assistência técnica dos equipamentos. Além disso, há representantes de vendas da empresa na cidade.

logia. Se acaso o equipamento não produzir o que foi prometido, Sua Energia complementa com o equipamento necessário para geração sem qualquer custo ao cliente. Ninguém mais garante isso no contrato . Você poderá conhecer mais detalhes sobre este revolucionário projeto acessando o site www. suaenergiaeolica.com.br.


10 ‑ Folha Patrulhense -

CULTURA

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

Conheça Larissa Nunes, a soberana da FENACAN 2020

N

o dia quinze de março, durante o Domingo Cultural na praça da igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, Larissa Oliveira Nunes, 23 anos, foi eleita a soberana da Fenacan 2020. Filha de Rozelaine dos Santos Oliveira e de Lauri dos Santos Nunes, nascida em 03 de junho de 1996, Larissa, natural e residente neste município, vai ser aquela que, terá a missão de divulgar o município para o importante evento, além de confirmar o que a maioria já sabe: Santo Antônio é, sim, terra do sonho, cachaça, rapadura e, sobretudo, da mulher bonita. Larissa cursa o sétimo semestre de Bacharelado em Direito no Centro Universitário Cenecista de Osório (UNICNEC), sendo atualmente estagiária do Gabinete da 1ª Vara Judicial de Santo Antônio da Patrulha. FOLHA PATRULHENSE: Como é a Larissa? LARISSA NUNES: É sempre difícil quando temos que falar de nós mesmos. Nos pegamos com receio de exaltar as nossas qualidades com medo da soberba, mas ora! Nós somos quem mais nos conhecemos para falar sobre isso. A Larissa, hoje uma mulher, se descobriu assim, ao longo da trajetória profissional. Deus sempre esteve muito presente em minha vida, me mostrando todos os caminhos a trilhar com as melhores oportunidades, nos melhores tempos da minha vida. Tenho uma mãe incrível, que me serve como

exemplo de mulher batalhadora e empoderada. Um irmão que enche nossas vidas de amor e alegria. Sou rodeada de amigos incríveis. Tenho um serviço que amo e colegas muito especiais. Organizada, perfeccionista e exigente. Sonhadora e acredito no amor, assim como na energia de tudo. Amante do dia e de fazer passeios descobrindo lindas paisagens. Sou coração vezes razão. FOLHA: Representaste alguma entidade ao concorrer para o título? LARISSA: Não. De início pensei em algumas entidades, mas como se tornou um quesito optativo, escolhi entrar no concurso sem essa representação. FOLHA: Qual foi a tua reação quando o apresentador anunciou o teu nome? LARISSA: Bom, mesmo o dia da escolha ter amanhecido lindo e cheio de mensagens positivas, de início eu me senti um pouco nervosa. Cheguei à praça cedo e logo já me senti em casa com a ocasião e as pessoas que estavam por ali unidas na realização do concurso. E este conforto e tranquilidade refletiram na minha reação ao ouvir meu nome como escolhida. Incrédula talvez seja a palavra. A ficha demorou a cair, os abraços se fecharam ao meu entorno e eu só sabia sorrir, muito! Fiquei imensamente feliz, estava realizada! FOLHA: Como pretendes desenvolver todo este período de preparação para a Fenacan? LARISSA: Atualmente os trabalhos para a divulgação da festa encontram-se suspensos, seguindo apenas o planejamento do evento. Isto se dará pelo menos até final do mês de abril, que será quando possivelmente poderemos ter uma visão deste processo de pandemia. O momento é de cuidado com a população patrulhense, com a saúde de todos e não de divulgação de atividades culturais. Estou a disposição da administração municipal para trabalhos voluntários em prevenção e tratamento do COVID-19 desde o início dos movimentos de

controle do avanço do vírus. Após, este período ter sido superado com sucesso, trabalharemos incansavelmente para a realização do evento, e este ano com um sentido especial, o de SUPERAÇÃO. FOLHA: Já conquistaste algum título? LARISSA: Não, este é o primeiro. Na verdade fui caipirinha na pré-escola (risos). É fato que sempre almejei representar nossa cidade e a Fenacan, nunca houve outro desejo de título. FOLHA: A decisão de concorrer foi tua, ou aceitaste sugestão de alguém? LARISSA: A decisão de concorrer foi minha sim, mas tive algumas influências. Eu já havia participado do concurso em 2012, e após isso, a vontade se manteve guardada enquanto torcia para algumas meninas especiais que vieram a participar do concurso ao longo destes anos. Quando as inscrições para este ano foram abertas e divulgadas, eu recebi de três pessoas o folder, cada uma com sua motivação, mas todas vendo em mim o desejo. Dentre elas tive uma pessoa especial nesse processo de decisão, Cris, minha ex-colega de serviço. Ela me trouxe a empolgação e magia em participar, tomando o lugar da frustração do outro concurso, me enchendo de coragem em retomar esse desejo. FOLHA: Como estás vendo hoje o desenvolvimento de Santo Antônio? LARISSA: Nossa cidade possui diversas áreas de economia, agricultura, indústrias metalúrgicas, setor calçadista, setor alimentício, dentre outras atividades. Acredito que estas são as que de fato desenvolvem nosso município, trazendo visibilidade e gerando empregos. O desenvolvimento de Santo Antônio da Patrulha ocorre de forma gradativa, recebendo empreendimentos, novas estruturas de estradas, frentes políticas jovens e estabelecendo relações intermunicipais. Nosso município possui potencial para um contínuo e sadio crescimento. FOLHA: Qual a tua opinião a

respeito desse momento dramático que vivemos, que é o da pandemia? Acreditas que iremos superar isso em seguida? LARISSA: Este é um momento muito delicado para todos, momento de união e solidariedade. É tempo de pensar no próximo e no coletivo. O isolamento social, a indicação de evitar aglomerações e as medidas de higiene são essenciais para passarmos o quanto antes por esse período com o mínimo de danos. Nosso país foi privilegiado em ser atingido algum tempo após que outros países, e nossa cidade é mais ainda por termos apenas um caso, até o momento. É importante reconhecer o trabalho de nossas autoridades municipais e atuantes na área da saúde. A cidade se mobilizou rapidamente para conter os avanços, tendo resultados positivos. Como já não sabemos mais o dia de amanhã, ter fé torna a vivência do hoje um pouco mais leve. FOLHA: O que gostarias de acrescentar mais nesta nossa primeira entrevista? LARISSA: Eu gostaria de agradecer a todas as pessoas que de certa forma ajudaram na concretização desta vontade, que ficaram empolgadas, me apoiaram e foram assistir a escolha. E a todos que organizaram o concurso cuidando de cada detalhe com carinho. Este título é muito importante para mim, estou em uma ótima fase em minha vida, madura e com disponibilidade para dar atenção a esta conquista. Darei meu máximo para representar nossa cidade e a Fenacan. Ansiosa, aguardo a todos os patrulhenses para aproveitar os dias de festa. E por fim, gostaria de deixar meu apelo aos cidadãos patrulhenses: fiquem em casa! Quem tem a opção de permanecer nas suas residências, que assim o façam. Só teremos este momento para evitar a disseminação do contágio, mais para frente pode ser tarde demais. Quanto mais resistentes formos as medidas tomadas pelos gestores, por mais tempo se estenderá esta situação. É cuidar do hoje para termos um amanhã.

Receba as notícias da cidade no conforto de sua casa, sem stress

inbtelecom

Porque internet

INB Telecom A sua melhor conexão!

NÃO É TUDO IGUAL! Ligue 3662.1777 e fale com um de nossos vendedores

0800 644 1956

98585 0861

www.inbtelecom.com.br


POLÍTICA

Legislativo investe quase R$ 1 milhão para combate ao coronavírus

Eu quero te desejar saúde e vida longa. É o maior sonho que podemos realizar neste momento! Crescer e desenvolver também, mas a escalada de sucesso depende de nossas forças vitais. Nesta data, o melhor presente que podemos dar para a aniversariante é não abraçá-la, é não visitá-la e não vê-la. O melhor presente que podemos dar neste aniversário é ficar em casa. Nossa Santo Antônio da Patrulha se depara com uma guerra, que é mundial. Pode ainda parecer distante para muitos, mas já matou milhares nos países de primeiro mundo e, infelizmente, está a cada dia, mais próxima de nós. Não é hora de baixar a guarda.

Nosso exército, capaz de enfrentar o inimigo é composto pelos cidadãos, que vencerão a luta, ficando em casa, tomando as precauções necessárias. À frente deste exército estão os profissionais da saúde, que além de cumprir seu juramento de luta pela vida do outro, também fazem cálculos, avaliam estatísticas e estudos científicos. Eles orientam e nos ajudam a encontrar o melhor caminho. Outros tantos trabalhadores seguem firmes, pois precisam alimentar, recolher lixo, preservar a logística, especialmente para que serviços de saúde não parem. Eles merecem nosso respeito e gratidão. Neste momento, que deveria ser festivo estamos angustiados, preocupados com o desaquecimento da economia e com o desemprego. Estamos trabalhando para amenizar esses efeitos negativos que sim, estão chegando. Mas não podemos perder a esperança, tudo vai ficar bem. Nossa celebração ainda será de muitos abraços e se cada um fizer a sua parte, teremos mais uma vitória para comemorar. Daiçon Maciel da Silva Prefeito Municipal

O

Presidente da Câmara de Santo Antônio da Patrulha, André Selistre, deixou o PSB para filiar-se ao PP. Sua filiação contou com a presença do vereador e Presidente do PP Rodrigo Massulo, que lembra: “Sabemos que o momento não é dos mais adequados, no entanto, a justiça eleitoral não prorrogou o prazo para trocas partidárias, encerrando-se amanhã, dia 03”. A partir de agora, a bancada Progressista terá quatro parlamentares: André Selistre, Rodrigo Massulo, Valtair Andrade e Dirceu Machado.

Miro faz indicação para a construção de um pórtico na “Rota da Rapadura” V

isando a promoção do turismo em Santo Antônio da Patrulha, e com o objetivo de criar uma identificação e embelezar a entrada da “Rota da Rapadura”, o vereador Miro, encaminhou a indicação nº 016/2020 ao Executivo Municipal, sugerindo a elaboração de um projeto de um pórtico na entrada da estrada Otávio Benjamin, em Miraguaia. O vereador afirmou que esses pórticos são comuns em outras cidades. Seria interessante o estudo, para que todos que passarem pela região se sintam acolhidos e possam tirar fotos afirmando o local onde estão, e principalmente levando o nome da cidade de Santo Antônio da Patrulha. A indicação foi aprovada pelos vereadores presentes na última Reunião Ordinária antes da paralização da pandemia do Coronavírus. Além disso, Miro apresentou também o requerimento nº 123/2020, solicitando a destinação de uma Emenda Parlamentar no valor de R$ 100.000,00, para o Deputado Federal (MDB-RS), Alceu Moreira, para a construção deste pórtico, identificando a “Rota da Rapadura” e divulgando as empresas do ramo de produtos coloniais desta região. TEXTO E FOTO: CÂMARA DE VEREADORES

Parabéns, Santo Antônio da Patrulha - 209 anos de instalação!

Presidente da Câmara filia-se ao PP TEXTO E FOTO: CÂMARA DE VEREADORES

TEXTO E FOTO: CÂMARA DE VEREADORES

O

presidente da Câmara de Vereadores, André Selistre, na noite de sexta-feira (27/03), esteve em negociação com o secretário municipal da Saúde para a liberação de R$ 200 mil para a compra de respiradores e reforçar as ações na Atenção Primária e Hospitalar. Durante esta semana, a Câmara de Vereadores vem demonstrando seu empenho com

reuniões ordinárias, extraordinárias, reuniões de comissões em função preventiva de combate ao coronavírus (COVID-19). O presidente também informa que os vereadores irão abrir mão da indicação de suas emendas impositivas, que estavam destinadas para outras áreas da saúde, para o combate exclusivo ao COVID-19. O valor total, somando todos os vereadores, é de R$ 585.000,00. A Casa Legislativa está à disposição da sociedade para discutir não só leis, mas também questões orçamentárias. A Câmara segue fechada durante os próximos dias. Esta é uma ação emergencial de curto prazo e é a mais importante para a saúde dos patrulhenses.

Quinta-feira, 02 de abril de 2020 - Folha Patrulhense ‑ 11


12 ‑ Folha Patrulhense -

COLABORADORES

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

Para anunciar no ClassiFolha, entre em contato pelo telefone (51) 3662.1777 e fale com um de nossos vendedores. O fechamento comercial acontece às 12h de terça-feira.

Serviços

Imóveis

SERVIÇOS EM GERAL - Serviços gerais e corte de grama, com referências. Tel.: 99772.6073 (Nelson).

LIMPEZA E MANUTENÇÃO DE AR CONDICIONADO DE TODAS AS MARCAS - Serviços gerais. Elétrica e hidráulica em geral. Além disso, aquecedor de passagem de água. Tratar pelo fone: 99834-6959 (Roberto) com referência.

VENDE-SE - Corolla preto, modelo XEI 1.8, automático, banco de couro, ano 2004, com direção hidráulica, ar condicionado e sensor de ré. Telefone: (51) 99604-1922.

VENDE-SE - Chalé misto, ótiVENDE-SE - Casa no bairro Santa Terezinha II, com dois quartos, lavanderia, pergolado. Ótimo acabamento, chapa, porcelanato e granito. Pátio fechado, portão eletrônico e alarme instalado. Devidamente documentado para financiamento habitacional. Valor: 160 mil.

ma localização no Bairro Pindorama, terreno amplo, seminovo, móveis sob medida, ar condicionado, churrasqueira, garagem fechada, 3 dormitórios, sala e cozinha. Valor R$ 170 mil. Preço abaixo do mercado. Aceita-se proposta. Tel.: 99729-8812 (CRECI 48.020) ou 99604-1922 (CRECI: 56.491).

VENDE-SE - terreno urbano, medindo 611 m², área comercial, com visão privilegiada na Av. Borges de Medeiros. Grande oportunidade. Valor R$ 180 mil. Tel.: 99729-8812 (CRECI 48.020) ou 99604-1922 (CRECI: 56.491).

Ligue e anuncie 3662.1777

Tel.: 99729-8812 (CRECI 48.020) ou 99604-1922 (CRECI: 56.491).


GERAL

Quinta-feira, 02 de abril de 2020 - Folha Patrulhense ‑ 13

FOTO: FACEBOOK

Santo Antônio perde Janaína Andrade A morte da modelo patrulhense Janaína Andrade no começo da tarde de sexta-feira (27/03), colheu a todos de surpresa. A jovem, que tinha 31 anos e que faria aniversário no dia 15 de agosto, estava residindo no México e no final do ano passado, como o fazia habitualmente, veio visitar a mãe e demais familiares que residem em Santo Antônio. Em casa, depois de consultar um médico, já que sua saúde se agravou, recebeu o diagnóstico: um tipo raro de câncer. Foi internada no Hospital São Lucas, da PUC, onde, mesmo com os esforços médicos, faleceu na sexta-feira. O corpo da jovem modelo foi velado na Capela Catelli e sepultado na manhã de sábado (28/03), no cemitério de Santo Antônio. Mulher de grande beleza, Janaína era uma pessoa simples e que possuía um ótimo relacionamento, não apenas em sua terra natal (Santo Antônio), mas em todos os lugares onde exerceu a sua profissão. Até ficar doente,

ela estava residindo no México. O falecimento da conhecida modelo está causando grande consternação na comunidade. Janaína Andrade foi entrevistada pela Folha Patrulhense no dia 14 de dezembro de 2017, quando estava em Santo Antônio. Na matéria, a jovem falava sobre seus planos como representante de Santo Antônio da Patrulha nos certames mundiais da Beleza feminina. Ela foi eleita em março de 2006 em Capão da Canoa em um concurso da RBS TV já extinto, Garota Verão do Rio Grande do Sul. Então com 17 anos, a bela patrulhense foi recebida em festa pela comunidade, desfilando em carro aberto a; lado do então prefeito da época José Francisco Ferreira da Luz. A carreira de Janaína decolou e em seguida começou a ser contratada por agências de outros países, até fixar residência no México, onde permaneceu por vários anos.

Iniciativa de jornalista mobiliza a cidade I nteressante e louvável iniciativa do jornalista Tiago Vargas está ganhando repercussão na mídia eletrônica e também na Rádio Itapuí, onde ele trabalha. Trata-se de uma campanha para ajudar a quem precisa, nesta época da pandemia do Coronavírus. Eis alguns destaques importantes de sua matéria: A Presidente do COMUPA, Marilene Gomes dos Santos, uma das voluntárias desta nova ação, destaca que a Central de Arrecadação será no Corpo de Bombeiros. De lá, os voluntários farão a distribuição para todas as regiões e bairros, seguindo uma série de critérios, com a finalidade de atingir quem realmente necessita de ajuda. ► ►PONTOS DE COLETA Há também pontos de coleta em alguns dos principais mercados do município. No caixa do estabelecimento, basta pedir para destinar aqueles donativos para as famílias carentes de Santo Antônio, através do Comitê da Solidariedade (nome ainda em estudo). Os contatos já começaram a ser feitos com os comerciantes e, em breve, deve ser liberada a lista completa de

pontos oficiais de coleta. A maioria dos mercados do município possui atendimento online, para que ninguém precise sair de casa para comprar. Alguns têm site, outros WhatsApp e telefone. O cliente acessa ou liga, pede suas compras e realiza o pagamento virtualmente. Nesses casos, também basta destacar que determinada quantia de itens será para a ação de caridade. Conforme relata Tiago, várias frentes de trabalho estão sendo organizadas para ajudar as famílias de trabalhadores que não podem sair de casa em virtude do risco de contaminação, existindo a possibilidade de entrar em contato por telefone com a técnica de enfermagem Mari (99923-7654) e a professora Maiana (99530-5717). Elas poderão passar mais informações e organizarão a busca desses donativos, se for preciso. O que é mais necessário são alimentos, produtos de limpeza e de higiene. Cestas básicas são muito bem-vindas, mas quem só puder contribuir com um ou dois itens, não tem problema. Toda doação será bem-vinda, sempre. ► ►ANIMAIS

Tiago também lembra dos animais e a Agropet Várzea arrecadará ração para beneficiar a todos, inclusive famílias carentes que possuem animais em casa, não esquecendo os animais de rua. A ONG 4 Patas é uma das beneficiadas. As doações em ração podem ser deixadas (ou compradas) diretamente na Agropet Várzea. Quem preferir, pode ligar para que eles busquem (3662-1336). Outra alternativa é falar diretamente com a Luciane, representante da ONG (99814-7753). Ainda pode comprar nos mercados e/ou pegar do seu próprio estoque e destinar aos Bombeiros. ► ►OUTROS GRUPOS Destaca o jornalista que há outros grupos que estão se mobilizando para levar alimentos à famílias carentes como o SAPedal, com arrecadação no Gomão, no Mercado Santo Antônio e no Compre Bem. O time de futebol Cueca Amarela liderou a arrecadação para o Circo que está no município (que ainda recebeu donativos de muitas outras pessoas individualmente). Quem quiser ajudar os artistas circenses pode os contatar pelo (41) 9947-6980.

Para a iniciativa de Jeferson Caldeira, que leva marmitas aos caminhoneiros, quem quiser colaborar deve deixar alimentos no Tropical Center. Prefere-se comida já pronta, mas aceita-se também alimentos crus para preparo. Para mais informações, contate-os pelo 99861-8355. As distribuições são diárias. ► ►ALUNOS DA FURG PRODUZEM ÁLCOOL EM GEL Os alunos do campus FURG de Santo Antônio da Patrulha estão produzindo álcool em gel para Casa da Criança, Lar Oscar Vargas e Prefeitura. Querem, ainda, distribuir sabonetes para 186 famílias carentes já cadastradas. A iniciativa é da Atlética da FURG-SAP, em parceria com as equipes de gincana Kebra Kexo e Não Empurra e as empresas CR Costa e INB. Doações para a ampliação da compra de sabonetes podem ser feitas diretamente por depósito bancário: Caixa Econômica Federal: Agência: 0703 / Dígito 023 / Conta Corrente: 5336-9 / CPF: 035.199.160-37 / Taciano Naressi Lopes. Os depósitos devem ser confirmados através do WhatsApp: 99529-3500. O grupo de gremistas patrulhenses também está imbuído na ação de com-

bater a fome e manter a higiene das famílias. Produtos alimentícios, de limpeza e higiene podem ser levados na loja da Sky, ao lado da Galeria Medeiros. Mais informações, falar com Jean (99854-6412). ► ►PASTORAL Já a Pastoral da Caridade da Paróquia da Boa Viagem possui um programa que funciona o ano inteiro, com entrega de uma cesta básica todos os meses para 40 famílias cadastradas. Além disso, ajuda qualquer pessoa que a procura fora dessa data. O trabalho será continuado e, dependendo da quantidade de donativos, pode ser ampliado neste período. Como a secretaria da paróquia está fechada em razão da quarentena, os donativos podem ser levados ao professor Máximo Rivero, na rua Arquimimo Migliavaca, 335, Bairro Várzea. Contato: 99764-2821. Algumas outras ações individuais também estão ocorrendo. Todos merecem o nosso respeito e a gratidão da população! Vamos juntos construir uma Santo Antônio melhor, aguardando que esse vírus passe e fiquem boas lições e aprendizados.


14 ‑ Folha Patrulhense -

POLÍCIA

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

PRF apreende na freeway cerca de 150 mil dólares sem procedência

C

erca de 150 mil dólares sem procedência foram apreendidos pelos Policiais Rodoviários Federais na BR-290, em Santo Antônio da Patrulha, que estavam sendo transportados escondidos em compartimentos ocultos de um veículo, dirigido por um homem de 40 anos, cuja identidade não foi fornecida pela PRF, e que estava vindo da região de Barra do Quaraí, dirigindo para Santa Catarina. A ação da PRF aconteceu durante operação de ações de combate ao crime, em meio à pandemia do Coronavírus. O homem abordado demonstrava nervosismo despertando a suspeita dos agentes que realizaram minuciosa revista no veículo, descobrindo quase 150 mil dólares (148.622), 2.520 pesos uruguaios e R$ 1.088 reais sem comprovação de origem. O dinheiro estava escondido em compartimentos do veículo. O indivíduo recusou-se a informar para quem entregaria o dinheiro, sendo preso em flagrante e encaminhado com o dinheiro e o veículo à Delegacia de Polícia de Santo Antônio para o registro da ocorrência. Com informações e foto sobre vídeo da Polícia Rodoviária Federal

Brigada prende usuário e apreende 20 pés de maconha no interior

U

ma guarnição da Brigada Militar prendeu no sábado (28/03) em flagrante, na localidade de Alto Data, na Estrada Major Bernardino Rodrigues Paes Sobrinho, um indivíduo suspeito de tráfico de drogas. Ele confessou aos policiais militares, Domingues, Silva Santos, Maggioni e Martinez que efetuaram a operação, que tinha plantados 20 pés de maconha em sua propriedade para consumo próprio e que fornecia a droga para um pequeno grupo de conhecidos. Ao ser abordado, apresentou a plantação onde havia diversos pés da erva em fase de crescimento e outros já prontos para a “colheita”, sendo que alguns pés estavam cortados e em fase de secagem. Dentro de sua casa, os policiais apreenderam mais uma quantidade de erva pronta para ser consumida. Ao admitir ser o dono da “plantação”, justificou-se afirman-

do ser usuário, isso por acreditar no potencial medicinal da planta. Foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia de Santo Antônio. O delegado Tonete determinou a prisão em flagrante do indivíduo. Sd Deise Saucedo – Comunicação Social 8º BPM

Brigada Militar apoia campanha solidária em Osório C om o apoio dos policiais do 8° BPM, ocorreu em Osório a entrega de cestos básicos às famílias carentes do município de Osório. A campanha, surgiu da iniciativa do Sr. Cristiano Zart, com o apoio financeiro da Sra Ana Paula, que juntos, pediram o apoio dos policiais da Força Tática do 8° BPM que aderirem à campanha e, além de ajudar na compra de alguns itens para compor o cesto básico, eles fizeram a entrega dos mantimentos, dando início a esta atitude de solidariedade aos trabalhadores autônomos, que se encontram em suas casas, impossibilitados de trabalhar e trazer o sustento às suas famílias, durante a chamada "quarentena", que é o período em que as pessoas estão sendo orientadas a não saírem

de casa, para evitar contágio/transmissão, e o aumento no número de casos de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus (COVID-19). Ao todo, 23 famílias dos bairros Medianeira, Albatroz, Laranjeiras, Vila Popular e Porto Lacustre, foram contempladas com os cestos básicos contendo gêneros alimentícios e produtos de higiene. Esta foi a 1° edição da campanha solidária em Osório, que deverá permanecer contemplando as famílias carentes do município, até que seja normalizada a situação e controlada a pandemia atual, e finalmente as pessoas possam retornar ás suas atividades normais, bem como suas rotinas de trabalho. Sd Deise Saucedo COMUNICAÇÃO SOCIAL DO 8° BPM


Quinta-feira, 02 de abril de 2020 - Folha Patrulhense ‑ 15

De olho no esporte

Prof. Antônio Gomes

FESTA DE ENTREGA DOS TROFÉUS DO SERRAMAR 2019 PREMIAÇÃO Aconteceu no dia 26 de novembro de 2019, na sede do CTG Sentinela do Rio Grande, em Caraá, a entrega da premiação do Serramar 2019, ao Campeão e Vice, e também os certificados de destaque à imprensa.

Central, melhor torcida do Campeonato, 2019

Troféu Rodrigo Caetano, recebido pelo Presidente do Central

Rodrigo com os amigos

Melhor Treinador "Maurinho" do Central

Preparador físico Paulinho com seu pai Olvides

O árbitro das finais Anderson Farias, prestigiou a festa do Central

Melhor jogador Murilo do Central

Melhor Presidente Ivan, Central

Acima estamos vendo a Festa de Premiação do Central F.C. do título Serramar 2019, e ficamos imaginando de 2020. Será que teremos edição? Para alguns clubes será quase impossível. Central tinha algumas atividades programadas (Rainha Tropical, Bingão, Festa de Aniversário e outras) que a esta altura deverão ser transferidas, para quando ainda não se sabe. E aí como fica? Será que o Leão terá condições de participar, caso aconteça o Serramar 2020? Acredito que esta é a situação de muitos clubes.

Prof. Antônio Gomes tem um programa na Rádio Itapuí, Panorama Esportivo, aos sábados, das 13h às 14h.


QUINTA-FEIRA, 02 de abril de 2020 - Santo Antônio da Patrulha/RS

a Farmacêutico Bioquímico a Enfermeiro a Técnico de Enfermagem

CORONAVÍRUS

Canais ociais para informações Edital: no site www.pmsap.com.br “Serviços ao Cidadão” banner “Processo Seletivo Simplicado”. Inscrições: na Prefeitura, até o dia 02.04.2020, das 8h às 12h e das 13h às 16h30min. Inscrição gratuita. SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA

PREFEITURA MUNICIPAL

www.pmsap.com.br facebook.com/prefasap instagram.com/prefasap twitter.com/prefasap WhatsApp 51 995661372 Dúvidas sobre Saúde

3662.7550 / 3662.7555 Todos os dias, das 8h às 18 horas.

SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA

PREFEITURA MUNICIPAL

#FiqueEmCasa

Processo Seletivo

www.2mnoticias.com.br

Profile for Jornal Folha Patrulhense

Edição_02042020  

Edição_02042020  

Advertisement