Page 1

ANO 05 I Nº 50 I DE JULHO DE 2013 I CONTATO: FOLHADOESTUDANTE@GMAIL.COM I www.issuu/jornalfolhadoestudante

folhadoestudante JORNAL

::P5:: POLÍTICA

GOIANÉSIA LAMENTA SEIS MESES DE UM GOVERNO INOPERANTE E DE PROMESSAS VAZIAS

Findo o primeiro semestre de 2013 e o prefeito Jalles Fontoura (PSDB) ainda não conseguiu mostrar a que veio. No primeiro mês, ele convocou uma entrevista coletiva para prometer que, com 100 dias, a máquina estaria pronta para começar a trabalhar. Passaram 100 dias e nada. Passaram seis meses e a inoperância continua a marcar seu governo. POLÍTICA

Agenor Pires Sou defensor dessas manifestações contra a corrupção ::P2::

POLÍTICA

Jovens vão às ruas para mudar o Brasil Eclodiu em junho em quase todas as cidades do Brasil, do Rio Grande do Sul ao Acre, uma onda de manifestações que abalou as entranhas do poder e exigiu mudanças urgentes no modo de condução do País. ::P3::

Friboi o novo que tem experiência administrativa ::P4::

ESPECIAL

Saúde pública de Alto Horizonte é destaque na região ::P6/7::


02 Especial

JULHO DE 2013 JORNAL

Jovens vão às ruas para mudar o Brasil E

clodiu em junho em quase todas as cidades do Brasil, do Rio Grande do Sul ao Acre, uma onda de manifestações que abalou as entranhas do poder e exigiu mudanças urgentes no modo de condução do País. Não foi um movimento articulado por partidos políticos nem sindicatos. Jovens, em sua esmagadora maioria, sem filiação partidária, tomaram as ruas, com cartazes, faixas, buzinas, pedindo o fim da corrupção, mais transparência e repudiando os abusos como a dinheirama gasta com a realização da Copa do Mundo e da Copa das Confederações. Os protestos, alguns com atos isolados de vandalismo, deixaram a presidente Dilma Rousseff (PT), senadores, governadores, deputados federais, ministros e afins, acuados. Jovens de todas as idades. Pessoas mais velhas. Gente comum. Todos marchando com o ideal de contestar o velho sistema e seus vícios. Nada disso teria sido possível se não fosse a força das redes sociais, em especial o Facebook. O quartel-general dos manifestantes foi a internet, onde tribos de todas as matizes se encontram. Alguns resultados já aparecerem como a rejeição à PEC 37, que tiraria o poder de investigação do

GOIANÉSIA TAMBÉM ENTRA NA ONDA DOS PROTESTOS A exemplo de quase todas as cidades brasileiras nos últimos dias, Goianésia também viveu seus dias de protestos. Houve duas manifestações: uma no dia 22 e outra no dia 24, aniversário da cidade, reunindo centenas de pessoas, jovens na sua maioria. Muita criatividade e animação marcaram as marchas. Cartazes criticando os excessos gastos com a Copa do Mundo dividiam espaço com faixas aludindo para o fato de o gigante ter acordado. Pessoas de todas as tribos marcaram presença: evangélicos, católicos, skatistas, universitários, professores, entre tantos outros. A Polícia Militar (PM)

Ministério Público e a aprovação no Congresso Nacional da Lei que torna a corrupção um crime hediondo. Há uma clara rejeição ao circo que se transformou a prática política no Brasil. As ruas mostraram isso e deixaram o recado. Para quem acha que acabou está muito enganado. É apenas a semente. Os frutos maduros ainda serão colhidos.

acompanhou a caminhada dos manifestantes, que no sábado, saiu da Praça Dimas Carrilho, passando pela Avenida Goiás, finalizando na Praça Laurentino Martins, principal cartão-postal da cidade. Não houve qualquer tipo de vandalismo por parte dos manifestantes nem ato de hostilidade dos policiais. Aliás, a PM distribuiu flores aos manifestantes no início dos protestos. A principal grita dos manifestantes foi contra o alto preço do petróleo na cidade e a suspeita de formação de cartel por parte dos postos. Inclusive, alguns vereadores acionaram o Ministério Público para averiguar o fato.


JORNAL

Especial 03

JULHO DE 2013

Agenor Pires: Sou defensor dessas manifestações contra a corrupção

O

presidente da Câmara Municipal de Barro Alto, Agenor Pires (PMDB), que também é advogado, é um grande entusiasta das manifestações que sacudiram o País e abalaram as estruturas do poder. “Sou defensor desse movimento, democracia se conquista assim. O povo tem que ter direito à voz. Os políticos estavam deixando muito a desejar, é u m

ENDEREÇO (62) 3353-2224/ 8494-9436 - jornalfolhadoestudante@gmail.com Rua 39, número 191, Bairro Carrilho - Goianésia - GO

“Sou defensor desse movimento, democracia se conquista assim. O povo tem que ter direito à voz. Os políticos estavam deixando muito a desejar, é um clamor legítimo” clamor legítimo”, disse. “É uma conquista muito grande que a juventude está conseguindo. Os jovens de hoje ainda não tinha pas-

EDITOR–CHEFE Thalles Moura

EDITORIAL FE

DIRETORA ADMINISTRATIVA Daiane Moura

REDAÇÃO ANDERSON ALCÂNTARA

DIRETOR ARTE Jean Dias

DIRETORA DE DISTRIBUIÇÃO Jessica Patrícia

sado por uma mudança desse naipe”, completa Agenor, acreditando que “muitas mudanças irão acontecer no cenário político por causa disso”. Ele vai além: “tenho certeza que terá reflexo na eleição do ano que vem”. Agenor Pires considera a corrupção como o maior vício da classe política atualmente e que merece ser combatida. “É o grande mal que aflige a política e a administração pública brasileira”, frisa. O vereador não foi às ruas empunhar bandeiras, mas desde que assumiu seu mandato e o direito de presidir o Legislativo, tem lutado para derrubar os tentáculos da corrupção. “Meu grande slogan foi lutar contra

COLABORADORES Pastor Wesley, Renato Guimarães, Caca Filho, Denny Willian e Colaboradores do departamento de empresas das faculdades, universidades e imprensas.

esse mal. Não mando sozinho, mas estou fazendo o possível para deixar uma semente, talvez até uma árvore de boas maneiras na Câmara”, disse. “Aqui em Barro Alto, a sociedade tinha um conceito de que vereador não trabalha e que não serve para nada. Queremos, com ações, mudar esse conceito”, projeta. “Conseguimos mudar a cara do Legislativo. Acabamos com as negociatas, hoje há transparência e correção. Está funcionando na internet o Portal da Transparência e temos um programa de rádio, canais importantes para que a população possa acompanhar nosso trabalho e cobrar melhorias”, finaliza.

FOTOGRÁFIA Cristiano Melo IMPRESSÃO: Gráfica O Popular

EDITORAÇÃO GRÁFICA

www.dodadiagramador.com.br

SITE www.issuu.com/jornalfolhadoestudante


04 Geral

JULHO DE 2013 JORNAL

Friboi o novo que tem experiência administrativa

Q

uando o empresário José Batista Júnior, o Júnior Friboi (PMDB) manifestou seu desejo de concorrer ao governo do Estado em 2014, pouca gente acreditou que seria para valer. Mas Friboi é persistente e deixou claro que, como empresário de sucesso, quer viver um novo desafio e quer colocar toda a sua experiência nos negócios a serviço da vida pública em Goiás. Está no maior partido do Estado e que encarna a oposição ao atual governador, Marconi Perillo (PSDB). Precisa vencer algumas re-

sistências internas do novo partido, mas tem trabalhado duro para mostrar que pode ser o portador de um novo modelo político para Goiás. A efervecência das ruas mostra que o povo está cansado dos mesmos. Se cansou do círculo vicioso da política profissional. Deseja o novo, deseja novas ideias. Nesse vácuo se insere o empresário goiano, que é respeitado em todo o mundo. Friboi é sinônimo de sucesso, de empresário arrojado e competente. Para fazer um bom governo não basta mais apenas ser bom político. Tem

que entender de gestão, tem que ter bagagem administrativa. As habilidades do mundo empresarial são muito úteis no contexto político-administrativo. Friboi sabe disso e usará isso em seu favor. Sua disposição em sair a campo e mostrar seus ideiais tem convencido boa parte da militância do PMDB, que está 16 anos apartado do poder em Goiás. Ele pode ser o sopro de vida não apenas para o partido, como também a renovação de ideias e caminhos para o Estado, estagnado há mais de uma década.

Projeto Setor que eu tenho, Setor que eu sonho beneficia 800 pessoas com atendimentos médicos Mais de 800l pessoas fizeram exames médicos variados totalmente de graça em Goianésia num grande mutirão da saúde, promovido pelos seis vereadores da bancada de oposição e pela deputada federal Flávia Morais (PDT), que junto com seu marido, o médico George Morais, leva o Projeto Saúde em Movimento a diversas cidades goianas. O atendimento foi dividido em dois dias, beneficiando na segunda-feira (29) moradores dos bairros Nossa Senhora da Penha, Nova Fiíca, Carrilho e Nova Aurora. Na terça-feira foi a vez dos bairros Boa Vista, Morro da Ema, Covoá e Santa Cecília. O Saúde em Movimento consiste em um ônibus equipado com modernos aparelhos de exames de ultrasso-

nografia 4D, que possibilitam às futuras mamães observar toda a movimentação fetal, como as caretas, sorrisos, bocejos e outros movimentos delicados e característicos do próprio bebê. Também foram realizados exames de ultrassono-

grafias de próstata, mama, superior, pélvica e tireóide, além de eletrocardiograma e outros procedimentos médicos. Os atendimentos foram feitos com cadastramento prévio das pessoas. Os pacientes atendidos saíram com os resultados dos exa-

mes em mãos, tendo acesso a um diagnóstico prévio para encaminhamento a tratamentos médicos específicos. Além da realização dos exames, houve a conscientização sobre a importância da prevenção. O programa Saúde em Movimento tem parce-

ria com o Lions Clube e com a Legião da Boa Vontade. Os vereadores Múcio Santana (PDT), Marcos Pernambuco (PT), Valmiro Pimenta (PP), Salete Carrilho, Wilson Portilho e Gilmar da Silva (os três últimos do PMDB) realizam desde o início do ano

mutirões da saúde em bairros da cidade. O programa intitulado por eles como “Setor que tenho, Setor que eu sonho”, voltará a ser realizado em outubro. Duas edições já foram realizadas: uma no bairro Jardim Esperança e outra no bairro Santa Cecília.


JORNAL

Política 05

JULHO DE 2013

Goianésia lamenta seis meses de um governo inoperante e de

promessas vazias

F

indo o primeiro semestre de 2013 e o prefeito Jalles Fontoura (PSDB) ainda não conseguiu mostrar a que veio. No primeiro mês, ele convocou uma entrevista coletiva para prometer que, com 100 dias, a máquina estaria pronta para começar a trabalhar. Passaram 100 dias e nada. Passaram seis meses e a inoperância continua a marcar seu governo. Durante uma campanha política ganha quem promete mais e melhor. O povo se conforma simplesmente com a força do verbo. Mas, passada essa fase, ao vencedor só resta uma saída: cumprir o que foi prometido, trabalhar e justificar a confiança da população. Jalles parece se esquecer que não mais está em campanha. Quer governar fazendo promessas. O tempo de promessas já passou. Agora é tempo de resgatá-las. Se cumprir metade do que garantiu em palanque, fará o melhor governo da história de Goianésia. Talvez do Brasil e do mundo. Só que o tempo passa e começa a deixar claro que não apenas o projeto era inviável como Jalles não demonstra qualquer habilidade para cuidar do básico de uma administração. Goianésia vive literalmente um momento de trevas. Nuncas as ruas estiveram tão escuras como agora. Para ilustrar a inoperância de seu governo, basta lembrar que a Avenida Goiás, no trecho entre a Avenida Brasil e a Rua 10, ficou mais de um mês no escuro. Não conseguiu trocar lâmpadas, coisa que o mais inapto dos gestores resolveria em dois dias. Não se sabe qual foi a dificuldade que o prefeito encontrou para reparar o problema, que aliás, é de rotina, de manutenção. Os buracos nas ruas estão do mesmo jeito. As obras que o prefeito anterior, Gilberto Naves (PMDB), deixou quase concluídas, com dinheiro em caixa, estão praticamente do mesmo jeito. No ritmo que andam as obras, é possível que o próximo prefeito inaugura. Das duas uma: ou falta gestão ao tucano ou falta vontade

14º salário

Uma das promessas impossíveis de Jalles já venceu: a concessão do exótico 14º salário aos servidores públicos municipais, que seria concedido em julho. Jalles nem fala mais nisso. Quando alguém toca no assunto, ele como mágico, adia para o ano que vem a solução do problema. Em dezembro, vence o 15º salário. Ficará devendo duas folhas.

É provável que muitos servidores tenham até feito compromisso com o dinheiro extra Não é obrigado a prometer, é obrigado a cumprir. É provável que muitos servidores tenham até feito compromisso com o dinheiro extra. Se fizeram terão problema. O que Jalles prometeu é inconsitucional, simples promessa para ganhar eleição. Mas deve ser cobrado por ela.

Mortes no trânsito A cada mês, 200 novos veículos entram no caótico trânsito de Goianésia. Jalles trouxe para comandar a SMT, o experiente Coronel Elias, e até agora nada foi

feito para mudar o desenho do tráfego da cidade. Em junho, três pessoas perderam a vida nas ruas e avenidas da cidade. Nem isso

conseguiu sensibilizar o prefeito. Nada foi feito. Nenhum cruzamento foi fechado. Nenhuma placa a mais foi colocada. E pelo jeito nada vai acontecer.


06 Especial

JULHO DE 2013 JORNAL

Saúde pública de Alto Horizonte é destaque na região

U

ma das maiores preocupações do prefeito Oildo Silveira (PP) é oferecer uma saúde pública de qualidade aos seus munícipes. Esforços para isso estão sendo empreendidos. De acordo com estatísticas da Secretaria Municipal de Saúde, foram realizados 25.831 atendimentos no Centro de Saúde (Programa Saúde da Família – PSF, Centro de Especialidades Odontológicas – CEO, fisioterapia, clínica radiológica e laboratório)e ,145cirurgias realizadas ate o final de junho,pagas pela a secretaria de saúde, clinicas que a secretaria de saúde tem convenio nesse período de seis meses. Se for considerar apenas o mês de Abril, o número é expressivo. “Todas as pessoas que nos procuram com algum problema de saúde são atendidas dentro das possibilidades afirma secretária de saúde Rosemeire Pacheco. Alto Horizonte conta hoje com uma estrutura física e humana invejável, impensável até para cidades do mesmo porte em Goiás. São sete médicos atendendo, sendo três para emergências 24h, dois no PSF, um pediatra e dermatolo-

Rosemeire Pacheco

gista e um ginecologista. Atualmente, cinco odontologos estão prestando

serviços para a Secretaria Municipal de Saúde ,um que atende no PSF e quatro no

CEO. A estrutura conta ainda com seis enfermeiras-padrão (sendo três para emergên-

cias), e as demais no PSF. Conta também com outros profissionais que são de

grande importância para que a saúde desempenhe bem o seu trabalho.


JORNAL

Especial 07

JULHO DE 2013

Outras especialidades O atendimento em Alto Horizonte não se resume a emergências e consultas de rotina do PSF. A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza alguns especialistas em áreas importantes como fonoaudióloga, fisioterapia, psicologia, biomedicina, radiologia e farmácia. Há ainda duas equipes de agentes de saúde, composta por 14 profissionais, que desempenham um papel importante no dia a dia, levando saúde e orientação a todas as residências. A estrutura móvel de apoio da secretaria de Saúde também é muito boa. Composta por três ambulâncias, dois veículos leves para visitas do PSF, dois veículos para a fisioterapia (sendo uma ambulância e um carro para transporte de pacientes e atendimento domiciliar.

Apoio externo Nem todos procedimentos sao realizados em Alto Horizonte. Para garantir que a população possa ter atendimento especializado em outras cidades, a Secretaria de Saúde celebra convênio em cidades como Ceres, Nerópolis e Goiânia, além de ter referência em Uruaçu, Goianésia e Anápolis. Para realizar o translado dos pacientes, a Secretaria oferece um ônibus com 32 lugares e uma van, além de um veículo pequeno que transporta pacientes que fazem hemodiálise. Há duas casas de apoio para abrigar pacientes e acompanhantes durante os tratamentos. Uma em Goiânia e outra em Ceres, com total estrutura, com estada totalmente gratuita. “Os pacientes recebem alimentação, hospedagem, carinho, conforto e são levados até os centros de saúde”, explica Rosemeire. Um dos segredos do sucesso da secretaria de Saúde é a capacidade de somar forças e celebrar parcerias. A secretaria de Assistência Social é uma grande parceira, assim como a Câmara. “E se não fosse o apoio total do prefeito Oildo nada disso seria possível. Seu objetivo é tornar Alto Horizonte exemplo não só para Goiás, como para o Brasil”, finaliza a secretaria Rosemeire.

Radiologia e Funasa Poucos municípios de Goiás possuem atendimento na área radiológica, especialmente na rede pública municipal. Em Alto Horizonte funciona com excelência a Clínica de Radiologia. Os profissionais contam com equipamentos de última geração como raio-x di-

gital, mamógrafo, ultrasson. Nem só de atendimentos vive o serviço público de saúde de Alto Horizonte. O combate à dengue e a prevenção a epidemias é feito com primor pela Funasa. São doze agentes, que fazem o trabalho de conscientização.


08 Barro Alto

JULHO DE 2013 JORNAL

Prefeitura de Barro Alto realiza 5ª Conferência de Assistência Social

C

om tema “Gestão e o Financiamento na efetivação do SUAS”, a Prefeitura de Barro Alto, através da secretaria de Assistência Social realizou no dia 2 de julho, no salão de festas Regiane Fernandes, a quinta edição da Conferência Municipal de Assistência Social. O evento contou com a participação do prefeito Geraldo Martins (PT), que falou da importância da conferência. “É a oportunidade que a comunidade tem para expor seus anseios em relação à política de assistência social existente. Ressalto também o excelente trabalho desenvolvido atualmente na secretaria”, disse. A primeira-dama Nilza Martins, atuante na pasta, participou da conferência assiduamente. Em seu discurso, falou da importância de se avaliar a política pública da secretária municipal de Assistência Social e para levantar as prioridades da pasta para os próximos anos com ajuda da comunidade que se fez presente no evento. A secretária da pasta,

Soraya Sousa Mendonça, agradeceu a presença da comunidade e representantes de entidades, ressaltou que a secretaria atualmente vem desenvolvendo diversos projetos tais como: atendimento ao Grupo de gestantes no CRAS, na qual as gestantes recebem orientação sobre saúde da mãe e do bebê, confecciona itens para o enxoval e recebe um Kit ao término da gestação. Atualmente conta com 29 gestantes cadastradas. O grupo Re-viver composto de 52 idosos com ati-

vidades diversas como artesanatos, bordados, pinturas , biscuit, atendimento em grupo com a psicóloga, passeios e palestras. Além disso, 40 adolescentes participam do grupo Pro-Jovem, frequentes no CRAS com cursos diversos e atividades direcionadas. O PETI está atuante em Barro Alto e Souzalândia com um total de 105 crianças desenvolvendo atividades culturais, artesanais e expressão corporal. Todos os programas federais estão sendo executados no município

com êxito, e a população do município recebendo auxílio da Assistência Social de acordo com suas necessidades. Na seqüência a minuta de regimento interno da V conferencia foi lida pela presidente do conselho municipal de assistência social Ozana Aparecida Silva e aprovado, dando então oficialmente aberta a V conferencia de Assistência Social de Barro Alto. As palestras foram conduzidas pelos palestrantes; Gerusa Rodrigues Alves, assistente social de Trindade e o senhor Jeferson Alves Monteiro conselheiro do CEAS, na qual abordaram as seguintes pauta: O financiamento obrigatório da assistência social; gestão do SUAS:vigilância socioassitencial processos de planejamento, monitoramento e avaliação; gestão de trabalho; gestão dos serviços, programas e projetos; gestão dos benefícios no suas e regionalização. Os participantes foram recepcionados com café da manhã, por volta do meio dia foi servido almoço e finalizado com eleição dos delegados e lanche da tarde.

Rosana Rodrigues: trabalho sério e parcerias Vereadora que cumpre seu segundo mandato consecutivo na Câmara Municipal, Rosana Rodrigues (PPS) tem se destacado também como presidente do Poder Legislativo, desde janeiro. “Temos buscado desenvolver um trabalho sério, produtivo e transparente. Mas só conseguimos porque temos a parceria dos companheiros vereadores e dos funcionários da Câmara”, disse. A gestão de Rosana também tem estreitado a parceria com o Poder Executivo. “Somos poderes independentes, mas harmônicos entre si. Todos fomos eleitos para trabalhar pelo progresso de Alto Horizonte. Sendo assim, entendo que tem que haver uma parceria sólida entre o prefeito e os vereadores”, acredita Rosana. “Grandes projetos passaram pela Câmara antes de se tornarem realidade no município”, explica a presidente, citando dentre eles o Parque

Rosana Rodrigues presidente da camara Alto Horizonte

da Biquinha, no Setor Nossa Senhora Aparecida. “Foi um projeto que fiz juntamente com os colegas veraedores e foi acatado pelo prefeito. Não é algo para levantar meu nome e sim beneficiar a população do bairro e de toda a cidade”, completa. “Na nossa gestão, a Câmara cobra do Executivo, mas oferece parceria, ajuda a realizar os projetos. Creio que desta forma todos saem ganhando: prefeito, vereadores e, principalmente, a comunidade”, frisa Rosana. “A população pode ter certeza que não faltarão trabalho e união da nossa parte. Queremos que Alto Horizonte continue crescendo e se desenvolvendo. Queremos uma cidade melhor e mais acolhedora para todos”, afirma. “A Câmara está de mãos dadas com o prefeito Oildo e com o povo, para juntos oferecermos mais qualidade de vida à comunidade”, finaliza Rosana.


JORNAL

P

Educação 09

JUNHO DE 2013

Realizado com sucesso Projeto UniEvangélica Cidadã

arceria entre Faculdade Evangélica, TV Anhanguera e Prefeitura garante milhares de atendimentos A Faculdade Evangélica de Goianésia foi palco, no dia 22 de junho, de um grande mutirão de atendimentos e serviços de diversas naturezas. Aconteceu mais uma edição do Projeto Ciranda, agora denominado Projeto UniEvangélica Cidadã, uma parceria com a TV Anhanguera e o Governo Municipal. O evento, que fez parte das comemorações do 60º aniversário de Goianésia, ofereceu gratuitamente atividades de saúde, educativas, brincadeiras, mini-cursos, oficinas, emissão de documentos, entre outras atividades. De acordo com o diretor da Faculdade Evangélica, José Mateus dos Santos, milhares de pessoas foram atendidas. “Aproveitamos a estrutura da faculdade, as salas, além disso, montamos tendas e dezenas de serviços foram ofertados durante o dia”, disse.

Atividades médicas como exame preventino de colo do útero, aferição de pressão arterial, exame de tipagem sanguínea, glicemia, colesterol, entre outros, foram realizados com

formandos de cursos da área de saúde da UniEvangélica. Nas tendas também foram realizadas atividades diversas como distribuição de mudas de árvores, dia da noiva, casa-

mento comunitário, corte de cabelo, maquiagem, adoção de animais, entre outros. Um parquinho infantil foi montado com brinquedos para as crianças. Enquanto

os pais realizavam alguma atividade, seus filhos se divertiram no pula-pula, futebol de sabão, entre outros. O aprendizado também teve sua vez. Mini-cursos e

oficinas cativaram um número grande de pessoas de todas as idades. Por fim, também foram emitidos documentos como carteira de trabalho e passaporte do idoso.

A atual legislatura trabalha compromissada em atender bem a Comunidade. Realizar projetos de Leis e Requerimentos, afim de concretizar o sonho de cada cidadão, de ver Barro Alto crescendo, mas principalmente crescendo para Todos.

Câmara Municipal de Barro Alto

AC

sa da Cidadania

Sessões todas as Segundas às 19:00 horas.


10 Educação

JULHO DE 2013 JORNAL

DICA PRA VESTIBULAR 1ª. ACERTOS

Concentração e tranqüilidade garantem o máximo de acertos possível. Não se preocupe em tentar acertar um determinado número de questões.

2ª. AUTOCONFIANÇA

Acredite em si mesmo! A autoconfiança é um fator importante, que começa a partir da aplicação diária e intermitente aos estudos. Se não passar no primeiro vestibular em que se inscreveu, não desanime. Afinal, a concorrência é grande.

3ª. AUTOCONTROLE

Busque incessantemente o autocontrole, para evitar a ansiedade da véspera e o famoso branco. Evite conversas sobre os assuntos da prova com os colegas, para não absorver o nervosismo alheio.

4ª. CALMA

Não dá para estudar tudo de uma só vez! Mantenha-se calmo, pois só assim terá condições de se concentrar e de fazer uma boa prova. Vá com calma. Lembre-se de que relaxar é importante e não deve ficar fora de sua programação! Reservar um pouco de tempo para o esporte, o lazer, a diversão e a vida social também é fundamental.

5ª. CÁLCULOS

Além da interpretação cuidadosa dos enunciados das questões, os vestibulandos devem redobrar a atenção nos cálculos. Qualquer descuido será fatal.

6ª. CALIGRAFIA

As anotações bem feitas serão de grande valia na hora de estudar em casa. A boa letra dos textos nos cadernos, nas aulas de Redação e nas provas dissertativas contribui para o sucesso do estudante. A letra legível nas provas e redações (não precisa ser redondinha, pedagógica) contribui para que o avaliador entenda o pensamento e as respostas do aluno.

7ª. CAUSAS DO FRACASSO NO VESTIBULAR

Falta de concentração. Estudar, comer, beber e ouvir música, ao mesmo tempo, é impossível.

Falta de sensibilidade e determinação. Estudar não é fácil, exige pique, paciência e muita vontade. Falta de disciplina e horário de estudo. É o caso do aluno que se porta como se fosse milionário, ou seja, somente estuda quando está a fim! Falta de preparação conscienciosa e diária para as provas. Trata-se do estudante turista, que só estuda nos dias que antecedem os exames. Indecisão quanto ao futuro profissional. O candidato que presta vestibular para várias carreiras diferentes e faz as provas com displicência tem grandes chances de fracassar. Falta de atenção às aulas. Prestar atenção é melhor do que ficar distraído, pois, além de proporcionar aprendizagem efetiva, dá a sensação de que a aula passa mais depressa.

8ª. CONCENTRAÇÃO

Tente ficar só consigo mesmo. Praticar pacientemente contribui para o desenvolvimento de sua capacidade de concentração. Quando estiver estudando, leia com o objetivo de entender, reter e lembrar. Releia os pontos principais do assunto e depois escreva-os. Volte ao texto, confira os erros e as omissões. Mas não se esqueça: pratique a concentração em tudo o que fizer na vida. Se sua atenção estiver num ritmo lento, descubra o motivo e o elimine imediatamente. A fome pode ser uma das razões, como também a ansiedade, a depressão e a tensão. Caso o problema seja de difícil solução, não pense duas vezes: procure ajuda.

9ª. CORPO SÃO, MENTE SÃ

A prática de esportes é fundamental. Não use estimulantes ou drogas para mantê-lo alerta. Exercício físico, repouso e diversão são fatores que mantêm a mente alerta e saudável.

10ª. CORREÇÃO DA REDAÇÃO

O principal aspecto a ser considerado é o tema proposto. Se você se afastar do tema solicitado, perderá alguns pontos nesse item. Se fugir totalmente dele, terá sua redação anulada, mesmo se tiver escrito um texto brilhante.

Faculdades Alfa Vestibular 2013/2 ‒ Goiania As Faculdades ALFA, sempre priorizando a qualidade de ensino na formação de profissionais prontos para enfrentar o mercado de tra-

balho, apresentam 3 novos cursos: Arquitetura, Comércio Exterior e Engenharia de Produção. Alem dos Novos Cursos as

faculdades alfa possuem mais de 20 cursos para escolher os interessados em prestar o vestibular é só acessar o site e se inscrever, www.alfa.com.br


JORNAL

Brasília e Região 11

JULHO DE 2013

Hotéis do DF aprovados pela Vigilância Sanitária receberão selo de qualidade C

ertificado faz parte do Programa de Categorização para a Copa 2014 Começa em agosto a distribuição dos selos de qualidade dos hotéis aprovados pela fiscalização da Vigilância Sanitária do DF, ação que faz parte do Programa de Categorização de estabelecimentos para a Copa do Mundo de 2014, que aprova ou reprova o local. Segundo o gerente de Alimentos da Vigilância Sanitária do DF, André Godoy, os que receberem aprovação ganharão certificados para colocarem na entrada. E os não aprovados terão um prazo para se adequar às exigências. Até agora, foram vistoriados 46 hotéis: 41 nos setores

hoteleiros Sul e Norte e no Setor de Hotéis de Turismo Norte, dois no Gama e três em Taguatinga. Entre os itens avaliados estão serviços de alimentação, lavanderia, treinamento de pessoal, higienização de quartos e de piscinas e qualidade da água. O levantamento dos hotéis existentes no DF começou em 2011, e o programa começou a ser executado no início do ano passado. A fiscalização é uma das ações definidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a Copa do Mundo de 2014 - Brasília é uma das 12 cidades-sede e receberá sete jogos no mundial do próximo ano.

DF continuará vacinando contra pólio até atingir 95% da meta, diz Saúde Os postos de saúde do Distrito Federal continuarão a vacinar contra poliomielite até a meta de 95% do público-alvo ser atingida, informou a Secretaria de Saúde do DF nesta quinta-feira (18). O objetivo é proteger 173.764 crianças de 6 meses a 5 anos de idade contra a paralisia infantil. Até sexta-feira (12), 89,91% do público-alvo tinham tomado a dose da vacina, o que representa 164.452 crianças. A campanha começou no dia 8 de junho e, após duas prorrogações, seria encerrada na última sexta. Para a imunização, é necessário levar o cartão de vacinação da criança. Meninos e meninas com o quadro de infecções agudas e febre acima de 38º C, com imu-

nodepressão congênita ou adquirida (como Aids), ou que estejam se submetendo a quimioterapia e apresente alergia grave a um dos componentes da vacina não devem ser vacinados. O Brasil realiza em 2013

o 34º ano de campanhas nacionais de vacinação contra a poliomielite. Este é o 24º ano sem a doença no país. Causada pelo poliovírus selvagem, a doença é caracterizada por febre, mal-estar, cefaleia e pode causar paralisia. A vacina é se-

gura e os efeitos colaterais são extremamente raros. O Distrito Federal não registra casos de poliomielite há 26 anos. Em 2012, 97,2% do grupo foram vacinados. A vacina é a única forma de prevenção da paralisia infantil.

Passe livre para os estudantes de Anápolis está aprovado A implantação do benefício para alunos de todas as etapas escolares faz parte do acordo entre o Governo de Goiás e as prefeituras de vários municípios dentre elas, a de Anápolis. O documento que chegou na tarde desta quinta-feira ao Legislativo Anapolino explica os detalhes de como se pretende oferecer o apoio ao estudantado. De acordo com o Gabinete Municipal, existe interesse do Prefeito Antônio Gomide e dos próprios vereadores, em se aprovar o projeto dentro do menor espaço de tempo possível. De acordo com o Secretário Municipal da Fazenda, José Roberto Mazon, como

não existe dotação orçamentária para esta despesa extra, vai ser necessária uma redistribuição de recurso dentro do Orçamento de 2013. Para o ano que vem, já não haverá mais tal necessidade, pois os custos com o Passe Livre já estarão inseridos na proposta orçamentária. Este benefício (passe livre) faz parte do elenco de reivindicações nos movimentos de ruas que passaram a ser feitos nas últimas semanas em todo o Brasil. Em Anápolis, desde o início, autoridades constituídas e lideranças comunitárias são simpáticas às reivindicações, motivo pelo qual acredita-se que a aprovação do projeto não será muito difícil.


08 Publicidade

12 Publicidade

ABRIL DE 2013 JORNAL

JUlhO DE 2013 JORNAL

f

M

E p U p e

:

E

J E

O d p s e i m g d รง

:

P

C r d

:

Fe050  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you