Issuu on Google+

FOLHA DE MINAS GERAIS Jornalismo com responsabilidade

ANO XV Nº 251 17 A 24 DE SETEMBRO 2015 Distribuido gratuitamente em 34 cidades da RMBH www.folhamg.com EDIÇÃO deixará N ° 112 Extintor de ser obrigatório

Estudos e pesquisas realizadas pelo Denatran constataram que as inovações tecnológicas introduzidas nos veículos resultaram em maior segurança contra incêndio, afirma a nota. Entre as quais, o corte automático de combustível em caso de colisão, localização do tanque de combustível fora do habitáculo dos passageiros, flamabilidade de materiais e revestimentos, entre outras.

Colunistas do Folha de Minas Gerais Divulgação

Pág 4

Mauro Tramonte

Antônio Paulo

Pág 2

Supremo proíbe doação de empresas para campanhas eleitorais

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 8 votos a 3, declarar inconstitucionais normas que permitem a empresas doar para campanhas eleitorais. Com isso, perdem validade regras da atual legislação que permitem essas contribuições empresariais em eleições. A decisão do STF não proíbe que pessoas físicas doem às campanhas. Pela lei, cada indivíduo pode contribuir com até 10% de seu rendimento no anterior ao pleito. Ao final da sessão, o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, afirmou que a decisão valerá já a partir das eleições de 2016 e não invalida eleições passadas Pág 6

Divulgação

A ADI foi tema de uma audiência pública realizada em 2013, convocada pelo relator, ministro Luiz Fux, e começou a ser julgada pelo Plenário em dezembro daquele ano. Na sessão desta quinta, foram apresentados os votos dos ministros Teori Zavascki, que fez complementação de voto proferido anteriormente, das

Pág 5

Dr. Fernando anuncia reabertura do Hospital em Lagoa Santa O prefeito Dr. Fernando aproveitou uma cerimônia realizada na cidade anunciar a data de reabertura do Hospital Dr. Lindouro Avelar, "Mesmo com bons resultados no que se diz respeito à saúde pública no município e redução dos casos de óbitos, é com grande satisfação que, como médico, prefeito e cidadão informo que reabriremos o hospital na data em que se comemora o aniversário da cidade, 17 de dezembro", afirmou o prefeito, parabenizando a equipe de saúde pelos bons resultados alcançados no município. Pág 4

ministras Rosa Weber e Cármen Lúcia e do decano da Corte, ministro Celso de Mello.

Honda Civic nova geração

Divulgação

Gil e Caetano anunciam show extra em BH Gilberto Gil e Caetano Veloso anunciaram um show extra em Belo Horizonte. Além da apresentação marcada para o dia 26 de setembro, cujos ingressos estão esgotados, os músicos também tocam no dia 27. Os bilhetes para a segundo espetáculo começam a ser vendidos nesta sextafeira (7), de acordo com a organização do evento. Pág 8

ÍNDICE

A Honda apresentou na noite na ultima quarta-feira (16), nos Estados Unidos, a décima geração do Civic. A marca não informou quando as vendas começam por lá. Procurada, a Honda do Brasil confirmou a chegada do sedã para o Pág 8 segundo semestre do ano que vem.

S

MINUTO

Island Batista........................................2 Confins.........................................4 Mauro Bomfim.....................................2 Gerais..............................................3 Contagem..........................................7


2

OPINIÃO

17 A 24 DE SETEMBRO 2015

FOLHA DE MINAS GERAIS

Colunistas:

Mauro Tramonte Apresentador Balanço Geral TV Record Minas Colaborador.

Dr. Islande Batista JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS

A população revoltada com o aumento da violência, a sensação de impunidade e de insegurança que assola o país, vem fazendo justiça com as próprias mãos. A mídia nacional vem divulgando linchamento a suspeitos que ao serem flagrados cometendo crimes, vem sendo alvos de agressões por parte de grupos de pessoas que resolvem se reunir, para que elas mesmas , julguem e penalizem , buscando fazer justiça , por perceber a ausência do Estado no seu dever constitucional . A população clama por segurança. O cidadão de bem já não consegue se valer do seu direito de ir e vir com tranquilidade no seu dia a dia. A sensação de insegurança é notória! Justiça com as próprias mãos nunca resolveu e nem resolverá, todos têm que ter direito de defesa. Nós vivemos em um Estado democrático de direito, em um país regido por leis, que defendem o direito a julgamento pelo poder judiciário e a aplicação de penas. Parece que estamos sem rumo, quem não sabe para onde ir, todos os caminhos levam a lugar algum. O que resta ao cidadão de bem, ao ver um Estado omisso, a justiça falha, a polícia perdendo a guerra contra os bandidos, que estão a solto, sem ser pelo menos incomodados pela lei. Estão agindo com toda tranquilidade , sem se intimidar com a possibilidade de serem presos. Segundo pesquisas um a cada 05 ( cinco ) brasileiros já sentiu na pele ação de bandidos. A solução é clamar por justiça, porque se formos fazê-la com as próprias mãos, com certeza estariamos cometendo crimes, nivelando ao deliquente, e possivelmente seriamos julgados e condenados a pagar pelo crime praticado. A verdade é que apesar do Estado omisso, do descrédito da polícia e a Justiça falha, temos que caminhar para a civilidade, não para a barbarie.

EXPEDIENTE Folha de Minas Comunicação CNPJ:13.951.995/0001-18 Tiragem 30.000 Exemplares Circulação: Belo Horizonte e toda RMBH Redação: Rua Janete Helena, nº 110-A Bairro Eymard - Belo Horizonte - Minas Gerais Telefax: 3432-8610 . E-mail: redacao@folhamg.com

Diretor Geral / Jornalista Responsável: Antônio Paulo de Oliveira Registro profissional de jornalista 15.237 - MG JP

Diretora Administrativa: Eloiza Helena de Oliveira

Reporter / Diagramador: André Luiz do Carmo Registro profissional de jornalista - 15.238 - MG

Colunistas: Mauro Tramonte - Mauro Bomfim

Departamento Jurídico: Dr. Márcio Roberto

“OPERAÇÃO LAVA JATO”. SERÁ QUE É A ÚLTIMA? OU TEREMOS MAIS SURPRESAS?

Apesar do brasileiro ter memória curta para determinadas coisas, acho que muitos se lembram daquele caso do “ Mensalão “, quando políticos acabaram sendo condenados e foram para a cadeia. Apesar de depois de algum tempinho acabaram sendo soltos, como determina essas belas leis que temos em nosso país. Foi um episódio que algumas coisas foram passadas à limpo neste país e depois disso, acreditávamos que nada mais iria acontecer com referência à corrupções tão sérias assim. Todos acreditavam que depois do escândalo do “Mensalão”, nada mais terrível e nada mais horripilante poderia surgir nos meios políticos e empresariais com referência à dilapidação do patrimônio da nação. Nos enganamos. Pois pouco tempo depois veio à tona a ”Operação Lava Jato.” Será que podemos dizer que esta “Operação Lava Jato” será a maior descoberta de corrupção já existente neste país? Ou será que logo teremos outra que será ainda maior que a “Lava Jato?”. Uma coisa é certa, é mostrar para aqueles que se consideram imunes e impunes na verdade eles podem ser descobertos e desmascarados. É mostrar que as leis do país podem não ser tão rígidas como deveriam, mas que pelo menos suas atitudes estão sendo descobertas e apresentadas para o povo, mostrando quem é cada um desses corruptos em cada fase de investigações. Sendo desmascarados. Estão sendo desmascarados e isso, já é um ponto super positivo para esta operação que promete ainda, render muito mais. Muitos estão preocupados, com a “pulga atrás da orelha”, perdendo o sono sabendo que a qualquer momento poderão ter seus nomes divulgados e expostos para a população. A “Operação Lava Jato” vai realmente ficar na história do Brasil e do mundo, uma vez que tudo está sendo exposta também no exterior. Mas que não sirva apenas como parte da história, que sirva também para mostrar que quem se acha impune, acima da lei e que a única coisa que interessa é o dinheiro, tem sim um obstáculo á frente que é a justiça e a cadeia. Até semana que vem aqui na Folha MG

Dr. Mauro Bomfim maurobomfim@maurobomfim.com.br

Eu fiz, tu fizestes Eu fiz, tu fizestes. Se o PT fez, o PSDB também é o PMDB idem. Salve o meu que eu salvo o teu. E assim caminha a República nessa Terra de Vera Cruz. Vivemos tempos de partidos. De muitos partidos . E diria o poeta Drummond : tempos de homens partidos. Eu fiz , tu fizestes. Abocanhastes um pixuleco. E tu sorrateiro, embolsastes um cascalho da Petrobras. Eu fiz, tu fizestes. E assim caminha a República em que Macunaíma o herói satirizado por Mario de Andrade queria ir para Passargada , senão a capital nababesca do Planalto Central. Eu fiz, tu fizestes. E assim caminha a República tupiniquim. Desqualificando o mocinho. Desmoralizando a moralidade. Decepando a ética. O meu malfeito diz o petista, não é diferente do malfeito tucano. Minha maracutaia do metrô de São Paulo, diz o tucano empedernido, parece gota de oceano perto da roubalheira na Petrobras . Eu fiz tu fizeste . Premissa que nos leva a uma tentação perigosa de aceitar como normal o roubo do dinheiro público. Fraude não se mede pelo tamanho. Fiz porque tu fizestes. E então, nessa embolação de cascudos , partido A maldizendo o pixuleco do partido B, querem incutir na consciência nacional a amnésia coletiva, um estado de frouxidão moral, um entorpecimento generalizado para colocar uma cortina de fumaça na cabeça de todo mundo e ai tudo se permite, a promiscuidade vira regra geral. Eu fiz, tu fizestes. Quem cair nessa e ficar repetindo que a corrupção cotidiana está impregnada na alma brasileira, certamente perderá o juízo de valor da linha divisória entre moral e ética . Eu fiz, tu fizestes. Essa banalização do malfeito deve ser rechaçada e combatida tenazmente nesse grave momento da quadra nacional. O alerta já vinha do início do século com Lauro Sodre discursando nos funerais do velho Presidente Floriano Peixoto : “A República não pode ser isso que aí está , uma casa de negócios dessas em que há tarifas para as consciências”.


FOLHA DE MINAS GERAIS

VESPASIANO

17 A 24 DE SETEMBRO 2015

3

Conferência da Juventude debate as novas formas de mudar o Brasil Divulgação

Mesa composta pela Assessora Legislativa Camila Murta, Subprocurador Municipal Dr. Rodrigo Faria, Katya Salomão Secretária de Cultura, Vereador Zé Wilson e palestranteRoberto

Feira Cultural encanta pais e alunos

O prefeito Carlos Murta prestigiou a Feira Cultural e conversou com os estudantes sobre os trabalhos elaborados e percorreu os estandes de cada escola.

Alunos da rede municipal de Educação de Vespasiano apresentaram suas produções na Feira Cultural organizada pela Secretaria Municipal de Educação, no Centro de Convenções Risoleta Neves, no dia 29 de agosto. Além das exposições, houve apresentações artísticas, como danças e recital de poesias, e também sorteios de vários prêmios como bicicleta, skate, relógio, tablets, máquina de lavar, jogos lego, relógio, micro system e uma camisa do galo. O prefeito Carlos Murta prestigiou a Feira Cultural e conversou com os estudantes sobre os trabalhos elaborados e percorreu os estandes de cada escola. “Estou encantado com as produções dos alunos e acredito que esse tipo de trabalho oportuniza aos nossos alunos o acesso à cultura e permite a ampliação do aprendizado”. Para a secretária de Educação, Elizabete Viana, a feira é um momento de interação entre os estudantes e uma oportunidade para promover a aproximação da comunidade com a escola. “Energia em Sociedade” foi o tema que estudantes do 6° ao 9° ano tiveram como inspiração para desenvolver os seus trabalhos. Já as escolas de educação infantil até o 5° ano não teve um tema específico, mas foi um trabalho que envolveu todas as disciplinas ministras em sala de aula.

As novas formas de mudar Vespasiano foi o tema debatido na III Conferência Municipal de Juventude organizada pela Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer, no dia 4 de setembro, no auditório da Prefeitura de Vespasiano. O tema discutido durante o encontro foi As novas formas de mudar Vespasiano e o evento foi uma oportunidade para ouvir o que os jovens querem e, desta forma contribuir para a elaboração das diretrizes de políticas públicas para juventude no município. O Assessor Especial da Regional Centro Sul da Prefeitura de Belo Horizonte, Roberto Rocha

Tross, foi convidado para ministrar a palestra Os desafios da juventude. “A politica pública de juventude é muito recente no país e é importante trabalhar a inclusão do jovem no mercado de trabalho, e desta forma proporcionar uma vida digna, um ambiente sustentável. Nós temos dois grandes desafios: a criação do sistema nacional de juventude e a entrada livre em espetáculos culturais para jovens carentes que somente serão viabilizadas quando tivermos uma política nacional de juventude bem estruturada para que o jovem possa ser protagonista da sua

história”. Na sequência, a secretária de Cultura, Turismo e Lazer de Vespasiano, Kátya Albano Salomão, ressaltou é um momento para a juventude demonstrar seu espaço na sociedade, nas decisões de como podem contribuir com o nosso futuro. “A partir desses novos caminhos que estamos traçando podemos designar como queremos viver e como contribuir para isso. É muito importante a participação de vocês na contribuição de politicas públicas, apontando as necessidades de cada bairro, pois Vespasiano é um município grande, então as necessidades são diferentes.”

Vacinação antirrábica será realizada dia 26 de setembro

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Divisão de Zoonozes, realizará no dia 26 de setembro campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos. A raiva é transmitida por meio da saliva dos animais contaminados e é transmitida, principalmente, pela mordida de cachorro ou gato doente. É uma doença incurável nos animais podendo ser transmitida aos seres humanos, por esse motivo é importante vacinar o animal – única forma de prevenção contra a raiva. Serão montados postos de vacinação em todas as regiões da cidade. Área 1: Bairro Nova Pampulha E.M. Bárbara Maria Salomão

E.M. José Silva Avenida B – postos volantes Bairro Sueli E.M. Ordelina Lourdes Costa Área 2: Bairro Morro Alto Curumim Espaço Novo Tempo (em frente a Vaca Mecânica) Zoonozes Morro Alto Área 3: Bairro Jardim Encantado E.M. Prefeito Marconi Issa E.M. Senhor do Bonfim E.M. Josefina Alves Vieira Área 4: Bairro Maria José Casa de Ração (Avenida A) Bairro Gávea II: Casa de Ração Durães Bairro Serra Dourada: PSF Serra Dourada (Rua das Amoras, 525) Área 5: Bairro Santa Clara Posto de Saúde E.M. Jussara Galego

Bairro Vila Esportiva: Unidade do PSF E.M. Manoel da Fonseca Viana Área 6: Bairro Caieiras Policlínica Prefeito José Lopes CAPS Escola Tiradentes Liga Desportos de Vespasiano Capela de São Judas Tadeu Área 7:Bairro Célvia E.E. Padre José Senabre Antiga Vaca Mecânica E.E. Nila Faraj Área 8: Bairro Jardim da Glória E.M. Maria Miguel Issa E.E. Francisco Viana Área 9: Bairro Názia Divisão de Zoonozes Centro Municipal de Pediatria (antigo Postinho)


4

17 A 24 DE SETEMBRO 2015

LAGOA SANTA / CONFINS

Prefeitura de Lagoa Santa inaugura Centro Tecnológico de Capacitação no bairro Ovídeo Guerra

Divulgação

Para o prefeito, Dr. Fernando essa é mais uma ação a serviço da população, "O Centro de Capacitação é para a população, uma conquista da Prefeitura em parceria com o Governo do Estado que visa à inclusão e capacitação do cidadão" afirmou.

Prefeito Dr. Fernando anuncia reabertura do Hospital durante lançamento do Protocolo de Enfermagem A Prefeitura de Lagoa Santa realizou na ultima terça-feira, 01/09, no auditório da Escola Municipal Dr. Lund, o lançamento do primeiro Protocolo Assistencial de Enfermagem da história da cidade. O objetivo principal é garantir a qualidade da assistência de enfermagem através da padronização das ações e dos procedimentos. O prefeito Dr. Fernando aproveitou a cerimônia anunciar a data de reabertura do Hospital Dr. Lindouro Avelar, "Mesmo com bons resultados no que se diz respeito à saúde pública no município e redução dos casos de óbitos, é com grande satisfação que,

FOLHA DE MINAS GERAIS

como médico, prefeito e cidadão informo que reabriremos o hospital na data em que se comemora o aniversário da cidade, 17 de dezembro", afirmou o prefeito, parabenizando a equipe de saúde pelos bons resultados alcançados no município. Para a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Vivian Caroline Valle, o lançamento do protocolo é um marco importante para a história da cidade. "Também sou enfermeira e, há dez anos atuando no município, sempre esperei por este momento, esse é um documento importante para a nossa categoria profissional e um

instrumento de trabalho", afirmou. Além de servir como uma ferramenta para pesquisa, o protocolo apresenta rotinas de enfermagem como: solicitação de exames, consulta de enfermagem e prescrição de medicamentos pelos enfermeiros do Sistema Municipal de Saúde, orientações sobre acolhimento com classificação de risco, entre outros procedimentos. Durante a cerimônia a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou uma versão do protocolo impresso e digitalizado para todas as 23 unidades de saúde do município.

Polícia Federal inaugura canil no Aeroporto de Confins

A Prefeitura de Lagoa Santa no ultimo dia , 28/08, inaugurou o Centro Tecnológico Capacitação - CTC do bairro Ovídeo Guerra, onde serão oferecidos 66 cursos, disponíveis na plataforma on-line de inclusão digital e capacitação básica em informática (windows, word, excel, power point e internet) entre outros. Para o prefeito, Dr. Fernando essa é mais uma ação a serviço da população, "O Centro de Capacitação é para a população, uma conquista da Prefeitura em parceria com o Governo do Estado que visa à inclusão e capacitação do cidadão"

afirmou. Inaugurado na sede da Associação Comunitária do bairro Ovídeo Guerra, o CTC atenderá também moradores do bairro Bela Vista e região, maiores de 12 anos. A cada três meses serão formados 60 alunos, totalizando uma média anual de 240 pessoas. O CTC Ovídeo Guerra conta com uma estrutura totalmente adaptada com dez computadores, impressora, acesso à internet e profissional qualificado. Para a moradora do bairro Bela Vista, Marlene Carvalho a instalação da unidade trará

inúmeros benefícios para a população. "Estou achando ótima essa iniciativa nem todo mundo tem condições de pagar por estes cursos", destacou. Os interessados em participar dos cursos já podem realizar a inscrição na sede da Associação Comunitária do bairro Ovídeo Guerra. Além do CTC do bairro Ovídeo Guerra a Prefeitura por meio de convênio celebrado com a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, também inaugurou este ano um Centro de Capacitação na Lapinha e outro no Visão.

Alunos do projeto de atletismo da Prefeitura conquistam medalhas no II Meeting do CTE/ UFMG A cada competição, os alunos de Lagoa Santa que participam do projeto de atletismo da Prefeitura, fruto da parceria com Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), melhoram suas marcas e conquistam mais medalhas para a cidade. No final de agosto aconteceu o II Meeting de Atletismo, no Centro de Treinamento Esportivo (CTE) da UFMG e a equipe formada por nove atletas da cidade de Lagoa Santa conquistaram ao todo 15 medalhas. Sob a coordenação de Roselene Maturana, o projeto disponibiliza, no Centro de Treinamento Esportivo da UFMG, a oportunidade para que alunos do município possam participar de treinos de alto rendimento de atletismo. Confira abaixo as

conquistas em modalidade:

cada

Thais Michele da Silva Clemente 3° lugar - 80 metros com barreiras, categoria mirim Raick Israel de Assis Silva Lima 1° lugar Lançamento de disco Raick Israel de Assis Silva Lima 1° lugar - Salto em altura Thais Michele da Silva Clemente 3° lugar - salto em altura, categoria mirim

Adnilson Vaz Martins Junior 2° lugar - Salto com vara Adnilson Vaz Martins Junior 3° lugar lançamento de dardo Rogério Clemente da Silva 1° lugar - Salto em altura, categoria juvenil 2° lugar - 400 metros com barreira, categoria juvenil Esther Nery 2° lugar - arremesso de peso, categoria menor Elton de Almeida 1° lugar - 400 metros rasos, categoria menor

Lucas Rafael Bernardo de Souza 2° lugar Salto em distância

Lucas de Almeida Ricci 3° lugar no arremesso de peso, categoria mirim

Lucas Rafael Bernardo de Souza 3° lugar nos 100 metros rasos, categoria menor.

Antony da Silva 2° lugar - 800 metros, categoria juvenil 3° lugar - 3.000 metros, categoria juvenil

Informe públicitario

EXTRATO DE PUBLICAÇÃO DE EDITAL

A partir de setembro deste ano, a Polícia Federal em Minas Gerais incrementou o combate ao tráfico de drogas na região metropolitana de Belo Horizonte, por meio da instalação de canil no Aeroporto Internacional Tancredo Neves em Confins. Os cachorros terão papel importante na fiscalização ostensiva de drogas no aeroporto, além de também serem treinados para localizar artefatos explosivos. A presença dos cães no aeródromo era uma demanda antiga da instituição, que acaba de receber da concessionária BH Airport a cessão de um espaço para instalação do canil. A Polícia Federal em Minas já contava com o suporte de cães treinados para detecção de drogas e explosivos em ações investigativas e operacionais, sempre operados por policiais ampla e constantemente treinados. A partir de agora, a fiscalização aeroportuária passará a ser a atividade precípua dos farejadores.

A Câmara Municipal de Confins, torna público que realizará no dia 24/09/2015, ás 15:00 horas, no Plenário da Câmara Municipal de Confins a sessão pública de Carta Convite nº. 002/2015 para contratação de empresa para aquisição de livros - destinados a ações informativas para população do Municipio de Confins/MG. Demais informações poderão ser obtidas atráves do telefone (31) 3686-1416, pelo e-mail: cconfins@cyberpl.com.br ou na sede da Câmara Municipal, localizada a Rua Maria Rodrigues, nº436, centro,Confins/MG CEP: 33.500-000. Presidente da Cpmissão Permanente de Licitação Ana Luiza Ferreira de Oliveira


POLICIA

FOLHA DE MINAS GERAIS

17 A 24 DE SETEMBRO 2015

Extintor de incêndio em carro deixará de ser obrigatório

5

TOLERÂNCIA ZERO

Divulgação

O equipamento continua sendo exigido no país apenas para caminhões, caminhão-trator, micro-ônibus, ônibus e veículos destinados ao transporte de produtos inflamáveis.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) decidiu em reunião nesta quinta-feira (17) que o uso do extintor de incêndio em carros, caminhonetes, camionetas e triciclos de cabine fechadas, será opcional, ou seja, a falta do equipamento não mais será considerada infração nem resultará em multa. A entidade justifica que os carros atuais possuem tecnologia com maior segurança contra incêndio e, além disso, o despreparo para o uso do extintor poderia causar mais perigo para os motoristas. O fim da obrigatoriedade do extintor para carros começará a valer a partir da publicação da resolução, o que deverá

ocorrer nos próximos dias, diz o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Desde 1970, rodar com veículos sem o equipamento ou com ele vencido ou inadequado é considerado infração grave, com multa de R$ 127,69 e mais 5 pontos na carteira de motorista. O Brasil é um dos poucos países que obrigava automóveis a ter o extintor. Nos Estados Unidos e na maioria das nações europeias não existe a obrigatoriedade. O equipamento continua sendo exigido no país apenas para caminhões, caminhão-trator, microônibus, ônibus e veículos destinados ao transporte de produtos inflamáveis. Muita gente trocou o

extintor A medida foi anunciada pouco antes de começar a valer a obrigatoriedade dos extintores do tipo ABC, prevista para 1º de outubro. O Contran havia decidido pelo uso desse tipo de equipamento porque ele combate o fogo em mais tipos de materiais do que o do tipo BC, que equipava carros até alguns anos atrás. A exigência da troca começaria a valer em 1º janeiro deste ano e provocou correria às lojas no fim do ano passado, resultando em falta do produto e denúncias de preços exorbitantes e de venda de equipamentos vencidos “maquiados” como novos. Houve novos adiamentos, para que as fabricantes conseguissem aumentar a produção e atender à demanda, mas o extintor continuou em falta em diversas cidades. Depois da quarta e última prorrogação, o Contran realizou reuniões e ouviu que era necessário um prazo maior, de cerca de 3 a 4 anos, para atender à demanda. Porém, segundo o presidente do conselho,

essa justificativa já estava sendo dada pelas indústrias há 11 anos. A decisão repercutiu nas redes sociais e é comparada à do kit de primeiros socorros, que passou a ser obrigatórios nos carros em 1998 e, no ano seguinte, a exigência foi derrubada. O que diz o Contran “A mudança na legislação ocorre após 90 dias de avaliação técnica e consulta aos setores envolvidos”, diz a nota do Contran. Segundo o órgão, o uso do extintor sem preparo representa mais risco ao motorista do que o incêndio em si. E o Contran citou a baixa incidência de incêndios entre o volume total de acidentes com veículos, e um número menor ainda de pessoas que dizem ter usado o extintor. De acordo com o Contran, a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA) informou que dos 2 milhões de sinistros em veículos cobertos por seguros, 800 tiveram incêndio como causa. Desse total, apenas 24 informaram que usaram o extintor, equivalente a 3%.

Diretor Presidente da Folha MG Antônio Paulo de Olivera

Dirceu, Lava jato, impostos e o risco Finalmente veremos José Dirceu e companhia pagar pelos seus crimes. Em sua 17ª fase, a Lava Jato traz novamente Dirceu como personagem de um caso de corrupção e lavagem de dinheiro. Ele já havia sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal no caso do mensalão, e ainda não cumpriu sua pena toda. Junto com Dirceu mais outros 14 réus foram condenados. E agora, esperamos que todo o dinheiro roubado de nossos cofres sejam devolvidos. Diante desse cenário vem o pacote do Governo Federal para que impostos sejam aumentados e cortes para a população aconteçam. E o dinheio que é roubado de nós, através da corrupção e os crimes de colarinho branco permanecem garantindo rombos nos cofres. Além, de serem presos, todos os envolvidos nesse esquema da Petrpbras tem que prestar contas desse dinheiro roubado. Não podemos esquecer que o nome do Brasil, o nome da nossa maior empresa estatal está despencando pelo mundo a fora. No fim de tudo isso, como sempre, quem paga as contas são os brasileiros.


6

17 A 24 DE SETEMBRO 2015

GERAIS

FOLHA DE MINAS GERAIS

Supremo proíbe doação de empresas para campanhas eleitorais

Ao final, votaram pela procedência da ADI quanto à inconstitucionalidade da doação por pessoas jurídicas os ministros Luiz Fux, Joaquim Barbosa (aposentado), Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski. Já os ministros Teori Zavascki, Gilmar Mendes e Celso de Mello votaram pela improcedência da ação, considerando constitucionais as doações de pessoas jurídicas.

fraude, argumentou. A ministra disse que o artigo 14 (parágrafo 9º) da Lei Maior oferece densidade normativa suficiente para o controle da constitucionalidade dos dispositivos questionados. Segundo ela, há no texto constitucional comando expresso para que legislação de regência assegure a normalidade e legitimidade das eleições contra influência do poder econômico. Ao mencionar o desequilíbrio de forças na campanha eleitoral perpetrado pelo poder capital, a ministra salientou que essa interferência pode culminar por transformar processos eleitorais em um jogo político de cartas marcadas.

O Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu nesta quintafeira (17) o julgamento da Ação Direta de I ncons titu cion alidad e (ADI) 4650 e declarou a inconstitucionalidade da doação de pessoas jurídicas a partidos políticos e campanhas eleitorais. A ação foi ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) contra dispositivos da Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e da Lei dos Partidos Políticos (Lei 9.096/1995). A ADI foi tema de uma audiência pública realizada em 2013, convocada pelo relator, ministro Luiz Fux, e começou a ser julgada pelo Plenário em dezembro daquele ano. Na sessão desta quinta, foram apresentados os votos dos ministros

Ministra Cármen Lúcia Ao acompanhar o voto do relator, a ministra Cármen Lúcia lembrou que o artigo 1º (parágrafo único) da Constituição diz que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”, frisou a ministra Cármen Lúcia em seu voto. No processo eleitoral na democracia representativa ou semidireta, povo é quem elege e pode ser eleito, quem vota e pode ser votado. Para a ministra, a participação no processo eleitoral depende dessa condição de cidadania. Cármen Lúcia falou da igualdade de oportunidades no pleito, e salientou que a influência do poder econômico, de que fala o artigo 14 (parágrafo 9º) da Constituição, desiguala

Divulgação

Teori Zavascki, que fez complementação de voto proferido anteriormente, das ministras Rosa Weber e Cármen Lúcia e do decano da Corte, ministro Celso de Mello. Ao final, votaram pela procedência da ADI quanto à inconstitucionalidade da doação por pessoas jurídicas os ministros Luiz Fux, Joaquim Barbosa (aposentado), Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski. Já os ministros Teori Zavascki, Gilmar Mendes e Celso de Mello votaram pela improcedência da ação, considerando constitucionais as doações de pessoas jurídicas. O ministro Edson Fachin não votou por suceder o ministro Joaquim Barbosa.

Ministro Teori Zavascki O ministro Teori Zavascki, que já havia votado em 2013, apresentou na sessão desta quinta uma complementação de seu voto. De acordo com ele, a maneira mais segura de se reduzir conflitos entre interesses públicos e privados com menor número de consequências imprevistas pode ser o acréscimo da explicitação de novas vedações às hipóteses já previstas no artigo 24 da Lei 9.504/1997 e no artigo 31 da Lei 9.096/1996, uma vez que a Constituição oferece padrões normativos inteligíveis, que impedem que a política seja praticada em benefício de clientes preferenciais da administração pública. Com esse argumento, o ministro propôs que fossem vedadas, no mínimo, contribuições de pessoas jurídicas ou de suas controladas e coligadas

que mantenham contratos onerosos celebrados com a Administração Pública, a contribuição de pessoas jurídicas a partidos e candidatos diferentes que competirem entre si. Por fim, disse que as pessoas jurídicas que contribuírem com campanhas políticas devem ser proibidas de celebrar contratos com a Administração Pública até o término da gestão subsequente. Ministra Rosa Weber Em seu voto pela inconstitucionalidade da doação por pessoas jurídicas, a ministra Rosa Weber salientou que o financiamento de campanhas eleitorais e partidos políticos é uma questão delicada, de difícil equacionamento. A face real do problema é sombria, e não há um sistema perfeito ou ideal que possa afastar possiblidade de

candidatos e partidos. Aquele que detém maior soma de recursos é aquele que têm melhores contatos com empresas, e depois vai representar esses interesses, e não o interesse de todo povo, o interesse legítimo que embasa a democracia. Ao finalizar seu voto pela procedência da ação, a ministra salientou que, qualquer que seja a decisão da Corte, o essencial é que se faça o devido controle do que decidido, para que se resguarde a legalidade dos processos eleitorais. Ministro Celso de Mello O decano da Corte, ministro Celso de Mello, disse em seu voto que a Constituição Federal não cuida nem regula o tema das doações a campanhas políticas por pessoas jurídicas, apenas diz que abuso do poder econômico não será tolerado, sob pena de comprometer a normalidade e legitimidade do processo eleitoral. "A Lei Maior não veda a influência, o que a lei fundamental veda é exercício abusivo do poder econômico." Pessoas jurídicas de direito privado têm interesses legítimos, cuja veiculação deve ser amparada e protegida pelo sistema jurídico, disse o decano. É preciso que isso se faça às claras, para permitir que se faça o efetivo controle, que cabe ao Ministério Público, a outros partidos e candidatos. Ao concluir seu voto, acompanhando o ministro Teori Zavascki, o ministro disse entender que não contraria a Constituição o reconhecimento da possiblidade de pessoas jurídicas de direito privado contribuírem mediante doação para partidos políticos e candidatos em razão de campanhas eleitorais, desde que sob um sistema de efetivo controle que impeça abuso do poder econômico.

'O fundamental é ouvir todos', diz Renan Calheiros sobre CPMF Divulgação

O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou nesta quarta-feira (16) que “o fundamental é ouvir todos, ouvir os governadores, recolher pontos de vistas, melhorar as propostas e ver, do ponto de vista do Legislativo, o que

é possível fazer” em relação às medidas de ajuste fiscal anunciadas pelo governo na segunda-feira (14). Renan Calheiros recebeu em seu gabinete governadores de sete estados: Rio de Janeiro, Tocantins, Piauí, Minas Gerais, Alagoas,

Bahia e Amapá, além do governador em exercício de Sergipe e a vicegovernadora do Acre. — É importante recolher pontos de vista dos governadores também, há uma preocupação de todos com relação a essa questão fiscal, à falta de respostas. Eu acho que o Legislativo,

com bom senso, tem que encaminhar essas questões — enfatizou Renan Calheiros. Mais cedo, os governadores do Rio de Janeiro, do Piauí, de Alagoas e da Bahia, além da vice-governadora do Acre anunciaram, na Câmara dos Deputados, que vão sugerir aos parlamentares aumento na alíquota da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), proposta pelo governo em 0,20%. A intenção é aumentar a CPMF para 0,38% e distribuir 0,18% igualmente entre estados e municípios. A recriação da CPMF deve ser apresentada como proposta de emenda à Constituição, que

passará por votação em dois turnos em cada casa do Congresso. A aprovação exige maioria qualificada de três quintos dos parlamentares (49 senadores e 308 deputados). Para o presidente do Senado “não é prudente predizer o que vai acontecer com relação à elevação da carga tributária no Senado Federal, porque essas matérias começam a tramitar na Câmara. Elas chegarão ou não ao Senado dependendo dessa travessia na Câmara, então não é prudente antecipar passos”, concluiu Renan. "Nunca é fácil aumentar impostos" Mais cedo,

Renan havia reafirmado que a intenção de elevar a carga tributária depende também de cortes no próprio governo. Segundo ele, é difícil prever o que vai acontecer com a proposta de recriação da CPMF. — Nunca é fácil aumentar imposto. É sempre uma tarefa difícil — enfatizou. De acordo com Renan Calheiros, a obrigação do Legislativo é debater. — Não temos uma temperatura exata. Há uma resistência histórica do Congresso Nacional a elevar a carga tributária e a criar impostos. As pessoas, e eu, sobretudo, preferem que se faça corte profundo [de despesas]. Não temos, do ponto de vista do Congresso, como predizer o que vai acontecer, se a situação melhorou ou se agravou.


CONTAGEM

FOLHA DE MINAS GERAIS

17 A 24 DE SETEMBRO 2015

7

Prefeitura entregou praça Lúcio de Abreu aos moradores Local conta com Academia da Cidade, pista de caminhada e um amplo espaço verde plantado em mutirão com a população

Divulgação

O prefeito Carlin Moura destacou que a praça é uma conquista da comunidade.

Moradores dos bairros Lúcio de Abreu, Vila Belém, Chácaras e Santa Helena têm agora seu próprio local para a prática de esportes, entretenimento e lazer. A praça Lúcio de Abreu, na região do Petrolândia, foi entregue pelo prefeito Carlin Moura e pelo vice-prefeito, João Guedes, no sábado (12/9), em evento marcado por

celebração de missa na igreja de São Geraldo, e benção do novo espaço de lazer pelo padre Geraldo e pelo pastor Jakson Ebenezer. O prefeito Carlin Moura destacou que a praça é uma conquista da comunidade. "A nossa vitória é acreditar no que pode e deve ser feito. A praça é do povo, por isso,

utilizem o espaço para as crianças, para o bem, a fraternidade e o abraço". Na oportunidade, o prefeito convidou a comunidade da região a participar do mutirão de plantio, em comemoração ao Dia da Árvore, (21/9) que será na praça Lúcio de Abreu. Ao destacar o trabalho da Fundação de Parques e Áreas Verdes de

Contagem (Conparq) na preservação e criação de praças e áreas verdes no município, o presidente José Carlos Gomes informou, que desde 2013, mais de 80 espaços foram revitalizados ou criados e, em breve, a população receberá o CSU Amazonas e o Horto Florestal, totalmente, reformados. Gomes também ressaltou a participação dos moradores na implantação da praça. "A participação da comunidade foi muito importante. Foram promovidos dois mutirões, um em maio, com plantio de mil metros quadrados de grama, e um em agosto, quando cerca de 40 moradores do bairro Lúcio de Abreu realizaram o plantio de 700 mudas de flores e árvores". A satisfação e o sentimento de que o espaço lhes pertence foi reforçado nas opiniões da comunidade bem como nas falas de seus líderes comunitários e religiosos. Ao agradecer ao prefeito, o vice-presidente

da Associação dos Moradores do Bairro Lúcio de Abreu (Ambla), sargento Lelis, lembrou que a benfeitoria significa muito para os moradores não só do Lúcio de Abreu, mas de bairros vizinhos. "Cada um tem sua importância nessa conquista. Esse local é a extensão dos nossos lares. Um sonho que se sonha em conjunto se torna realidade". Ele também ressaltou empenho da Conparq, e de pessoas como o pastor Jackson, os líderes comunitários do Santa Helena, Marinete Morais; e da Vila Belém, José Maria; e os fundadores da Ambla, Anilson Neres e Reginaldo Oliveira, além dos próprios moradores e líderes religiosos na conquista do novo espaço de lazer. Junto aos filhos e netos, a moradora da Vila Belém, Fátima Lasmar, disse que mora na região há 30 anos. "Antigamente, parte dessa área era uma fazenda e o local era um brejo com córrego que já foi

canalizado. Nos últimos anos serviu como depósito de lixo e agora o que vemos e temos é um local revitalizado. É um sonho realizado". A neta de Fátima, Sara, 6, que estuda no Cemei da Vila Belém, disse que a praça ficou uma gracinha. "Antes eu vinha apenas passear com o nosso cachorro, mas agora dá para fazer muito mais coisas legais aqui", ressaltou. Com investimentos em torno de R$ 851 mil, a praça Lúcio de Abreu possui pista de caminhada, com piso permeável, espaço de convivência, com bancos e mesas fixas, Academia da Cidade, playground, quadra de peteca, espaço para leitura e uma área reservada à preservação ambiental, além de um projeto paisagístico moderno. A obra integra o Programa de Metas e Resultados, Contagem Faz, que está levando desenvolvimento e qualidade de vida a todas as regiões da cidade. A praça beneficiará os moradores dos bairros Lúcio de Abreu, Belém, Chácaras e Santa Helena.

Eleição de conselheiros tutelares será dia 4 de outubro

Aberta agenda da saúde do Programa Bolsa Família

O processo de eleição para a escolha dos novos conselheiros tutelares de Contagem recebeu um número recorde de inscritos desde a sua criação e atendeu à expectativa da Prefeitura de Contagem que resolveu inovar ao exigir o curso superior como pré-requisito para ser um membro do Conselho Tutelar. Para disputar as vagas existentes, 257 candidatos se inscreveram e, após as etapas iniciais do processo seletivo, 139 candidatos, mais do que o dobro da última eleição, estão aptos a concorrerem às 30 vagas disponíveis. A eleição dos novos conselheiros tutelares de Contagem ocorrerá no dia 4 de outubro, em 57 escolas municipais da cidade, no horário das 8h às 16h. Qualquer cidadão pode votar desde que esteja portando o documento de Identidade e o Título de Eleitor. Segundo o prefeito Carlin Moura, o número final de candidatos aptos a concorrerem a vaga de conselheiro tutelar é mais um elemento que comprova a seriedade do processo e sua busca pela qualificação da atividade, para que todas as crianças e adolescentes tenham seus direitos garantidos. "O processo de escolha dos novos conselheiros tutelares foi desenvolvido por meio de uma construção coletiva, com vários atores envolvidos, em que se priorizou formar um Conselho Tutelar forte e com membros capacitados e comprometidos com a proteção dos menores", afirmou. A secretária municipal de Desenvolvimento Social e Habitação, Marilene Pimenta, celebra o sucesso que tem sido todo o processo. Segundo Pimenta as etapas de análise de documentação, realização das provas objetivas e dissertativas e também a avaliação psicológica transcorreram dentro da mais absoluta normalidade. "Inauguramos agora a fase IV do Processo Eleitoral, pelo qual o cidadão é chamado ao exercício da democracia por meio da escolha pelo voto individual e direto dos candidatos que, em seu entendimento, estão comprometidos com a sociedade", disse. Inovação no Processo Eleitoral Inovação foi adotada pelo município de Contagem para garantir que a proteção à criança em situação de risco alcance a eficiência plena. A primeira foi um aumento significativo no salário dos conselheiros tutelares que, além da elevação dos vencimentos para R$ 2,6 mil, receberão mensalmente ajuda financeira para capacitação e atualização permanente no valor de R$ 690, somados a R$ 210 para alimentação, totalizando cerca de R$ 3,5 mil mensais.

Até o dia 16/10, beneficiários do Programa Bolsa Família que possuam, em suas famílias, crianças menores de sete anos e/ou gestantes ou lactantes devem se dirigir à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa para atualizarem o Calendário de Acompanhamento da Saúde do Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família. Esse trabalho é realizado em dois períodos, sendo importante para o acompanhamento da saúde das famílias e monitoramento das condicionalidades do programa, ou seja, dos compromissos assumidos tanto pelas famílias beneficiárias quanto pelo poder público para ampliar o acesso dessas pessoas a seus direitos sociais básicos. Todas as informações coletadas são registradas no Sistema de Gestão do "Bolsa Família". Em Contagem, 22 mil beneficiários devem realizar o acompanhamento. Nas unidades de saúde, é verificado se o cartão de vacinação está em dia e se as crianças estão crescendo e se desenvolvendo, sem apresentar quadro de desnutrição. Mulheres na faixa de 14 a 44 anos também devem comparecer às unidades e fazer o acompanhamento e, se gestantes ou lactantes, devem realizar o pré-natal e o acompanhamento da própria saúde e do bebê. No caso das gestantes, a atualização e acompanhamento garante, ainda, o acréscimo de R$ 35 ao benefício do Bolsa Família. O não comparecimento do beneficiário às unidades de saúde para a atualização do acompanhamento é considerada um descumprimento das condicionalidades e pode ocasionar o bloqueio integral do auxílio. Para a secretária de Desenvolvimento Social e Habitação, Marilene Pimenta, é importante que as famílias fiquem atentas às datas do Calendário de Acompanhamento da Saúde. "O funcionamento pleno do Bolsa Família depende da participação da sociedade. Trata-se de uma ação conjunta, em que os eixos centrais são compartilhar responsabilidades, a fim de aumentar a eficácia do programa; e garantir o acesso das famílias mais pobres às transferências condicionadas de renda. É um direito, mas ele somente será garantido se houver contrapartida dos beneficiados", destacou Pimenta. Serviço: Calendário de Acompanhamento da Saúde - Programa Bolsa Família Período: 14/9/15 a 16/10/15 Local: Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa


8

17 A 24 DE SETEMBRO 2015

CULTURA / VEICULOS

FOLHA DE MINAS GERAIS

Caetano e Gil em Belo Horizonte

Divulgação

A turnê traz uma revisão da carreira dos dois, que se conheceram na lendária Rua Chile, centro de Salvador, numa tarde qualquer quando Gil descia a rua com o produtor Roberto Santana e este avistou Caetano que vinha subindo e fez as apresentações - a amizade nascia ali.

Se as trajetórias de Caetano Veloso e Gilberto Gil sempre se encontraram tanto na história da música brasileira como na pessoal, não é fruto da coincidência o fato de ambos comemorarem, na mesma época, 50 anos de

carreira. Para celebrar este importante acontecimento, a turnê mundial Dois Amigos, Um Século de Música reúne estes dois expoentes da cultura nacional em shows no dia 26 de setembro, no Chevrolet Hall, em Belo Horizonte. Nas

datas, Caetano e Gil vão relembrar estas décadas de grandes sucessos e parcerias. A turnê traz uma revisão da carreira dos dois, que se conheceram na lendária Rua Chile, centro de Salvador, numa

tarde qualquer quando Gil descia a rua com o produtor Roberto Santana e este avistou Caetano que vinha subindo e fez as apresentações - a amizade nascia ali. Houve os shows do Teatro Vila Velha da capital baiana, a

ida para os grandes centros, a criação do tropicalismo. É clara a admiração que um tem pelo outro e daí a dificuldade de se chegar a um repertório em voz e violão que represente isso tudo: tanto tempo, tanta amizade, tantas vivências - mas eles pretendem fazer um show que diga muito de tudo isso. Desde 1994, quando realizaram a turnê Tropicália Duo, pedidos se multiplicavam pelos quatro cantos do mundo para que houvesse uma nova união. Neste ínterim, ambos centraram atenções às próprias carreiras, colecionaram mais êxitos e, agora, com seus violões, retornam à estrada juntos. GIL por CAETANO: “Gil é um grande inventor que não registra patente. Sua imensa vaidade exercida com demasiada modéstia e seu desprezo inocente pela própria grandeza são as duas faces dessa lua meio negra meio escondida que é a música de sua pessoa. O meu entendimento do Gil de hoje: ser músico para ele

sempre foi uma banalidade; é inerente a ele; não lhe dá trabalho. Ele quer discutir o que cerca a música; quer planejar uma estratégia política, com todos os seus colegas, da interferência no mercado que resulte numa desprovincianização e modernização do Brasil. Gil um dia disse que, ao contrário de refinar sua percepção harmônica, queira terminar batendo um tambor”. CAETANO POR GIL: “Com Caetano tem sido sempre a reiteração do ato ritual da música, compreendido este ato em suas formas mais devocionais (como no mestre João Gilberto), ou nas mais guerreiras (como no rock n’ roll). Sempre pelo zen de todos e a felicidade geral do planeta. Com Caetano tem sido sempre pelo que a vida nos oferece de real: o viver. Como na viagem de avião ou na obrigação do Candomblé. Pelo gesto civilizado e pelo pensamento selvagem. Com Caetano tem sido sempre amor e amizade”.

Honda Civic nova geração modelo chega ao Brasil no próximo ano Divulgação

A troca de gerações do Civic foi ousada, e segue a tradição da marca, de alternar mudanças radicais e promover apenas atualizações. Desta vez, o modelo ganhou ares de fastback, com uma queda prolongada da teto na traseira.

A Honda apresentou na noite na ultima quarta-feira (16), nos Estados Unidos, a décima geração do Civic. A marca não informou quando as vendas começam por lá. Procurada, a Honda do Brasil confirmou a chegada do sedã para o segundo semestre do ano que vem.

Muitas novidades C o m uma plataforma completamente nova, o Civic ficou maior. São 5 cm a mais na largura e 3 cm no entre-eixos. Na altura, ele está 2,5 cm mais baixo. E no

porta-malas, o volume aumentou quase 74 litros. Com as medidas, o espaço interno também aumento, e a posição de dirigir ficou mais baixa. Nos Estados Unidos, o modelo ganhou terá duas novas motorizações, sendo uma 1.5 de quatro cilindros com turbo e injeção direta de combustível, e outra um 2.0, também de quatro cilindros, com tecnologia iVTEC. Não foram divulgadas as potências, porém, a montadora afirma que são os motores mais eficientes que um Civic americano já recebeu.

Serão quatro versões, com duas opções de câmbio. A básica, LX, só receberá motor 2.0 e câmbio manual de seis marchas. Já a EX, também equipada com o 2.0, pode ter transmissão CVT. A mesma caixa equipará as versões EX-T e EXL, que contam com motor 1.5 turbo. Pela primeira vez, uma geração do sedã foi desenvolvida nos Estados Unidos. Em termos de conectividade, a Honda anunciou que o Civic terá as tecnologias Android Auto e Apple

CarPlay. A família do Civic também cresceu. Além do sedã, cupê e hatch de cinco portas. A marca também confirmou uma versão Type-R nos Estados Unidos pela primeira vez. Ousadia A troca de gerações do Civic foi ousada, e segue a tradição da marca, de alternar mudanças radicais e promover apenas atualizações. Desta vez, o modelo ganhou ares de fastback, com uma queda prolongada da teto na

traseira. Na dianteira, há faróis e luzes diurnas em LED. Já a grade se espalha até as extremidades do paralamas. No centro, em destaque, o logotipo da Honda projetado. A traseira leva lanternas em formato de bumerangue, e também possui lâmpadas de LED. No interior, o Civic abandonou o painel em "dois andares". Agora, o quadro de instrumentos tem uma tela configurável em TFT, enquanto no centro do console, há uma tela de

7 polegadas. Antes desta, a maior revolução no sedã havia sido em 2006. As mudanças foram baseadas noCivic Concept, apresentado este ano no Salão de Nova York, em março. Mais leve e refinado A Honda afirma que o a rigidez torcional melhorou em 25%. Isso pode ser creditado ao maior uso de aços de alta e ultra resistência, de 12%, contra 11% da geração anterior. Outra consequência é uma redução no peso, de quase 31 kg, apesar de o sedã ter ficado maior. Fonte: Honda Press / G1


Jornal folha de minas 251