Page 5

FOLHA

Geral

CERQUILHO, 30

DE NOVEMBRO DE

2012

-5

Ator-escritor, Lúcio Júnior, homenageado Projeto Cultura Afro-brasileira e indígena O ator e também escriteve diversas apresentações no Teatro tor Lúcio Junior, de Cerquilho, foi homenageado em Barueri, dia 23 de novembro, no Concurso literário. No ano passado, ele ficou em 3º lugar na categoria Conto, com a obra REPRISE. A homenagem rendeu uma cota de 50 livros nos quais estão sua obra. Lúcio ofertará alguns exemplares para bibliotecas, inclusive, para a de Cerquilho.

Agropecuária Avenida, a mais completa da região!

Temos rações para cães tipo Golden Premier, Tutano, Equilibrio, Royal Canim e outras, além da linha completa para gatos, aves em geral, medicamentos e agora como distribuidor exclusivo do produto DIFLY, para combater a mosca do chifre e carrapatos, sem agredir a saúde do animal.Quer pescar? Na Agropecuária Avenida você encontra tudo para pesca, inclusive motor elétrico para barcos e acessórios. Quer montar um aquário? Na Agropecuária Avenida você encontra mais de 30 variedades de peixes ornamentais, inclusive o Pintado, Pirarara, Jundiá, Carpas e outros peixes, além de todos os acessórios.

VENHA CONFERIR: Av. João Pilon, 1197 - Nova Cerquilho, telefone 3284-2182.

A Prefeitura de Cerquilho, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura vem desenvolvendo, desde o ano de 2010, o projeto “Cultura Afro-brasileira e cultura indígena nas Escolas”, em atendimento à Lei 10.639/03, que torna obrigatório o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira nas escolas de Ensino Fundamental e Médio, sendo modificada em 2008 pela Lei 11.645/08, que inclui também o estudo da história e da cultura indígena. Essas leis alteram a LDB (Lei de Diretrizes e Bases) e têm o objetivo de promover uma educação que reconhece e valorize a diversidade, comprometida com as origens do povo brasileiro. Cumprindo mais uma etapa desse trabalho, no último dia 14 ocorreu o encerra-

mento do projeto. O evento aconteceu no Teatro Municipal de Cerquilho com exposição e apresentações dos trabalhos realizados nas escolas da Rede Municipal de Ensino e contou com a presença do Secretário Municipal de Educação e Cultura, Supervisores de Ensino, Orientadores Pedagógicos, Diretores e vice-diretores, Coordenadores Pedagógicos, Professores, Funcionários, pais e alunos. Tanto a exposição dos

trabalhos quanto as apresentações, trouxeram à tona a contribuição dos povos africanos e indígenas na formação da cultura brasileira. O que ficou claro para todos que participaram do evento é que a Lei em si não basta, é preciso que modifiquemos o ensino-aprendizagem para que tenhamos um resultado eficaz, valorizando os conhecimentos dessas culturas, fazendo acontecer mudanças necessárias.

EDIÇÃO 1083 - FOLHA DE CERQUILHO  
EDIÇÃO 1083 - FOLHA DE CERQUILHO  

Edição de 30/11/2012

Advertisement