Page 22

Rock ‘n’ Roll Texto: Fabiano Correa Edição: Caroline Moraes Originado de uma mistura do jazz, blues e country, o rock teve início no final da década de 1940 nos subúrbios dos Estados Unidos, lançando Elvis Presley, chegando até a Inglaterra e lançando a banda mais conhecida do mundo, The Beatles. Mesmo com grande discussão se o Rock foi mesmo repercutido por Elvis Presley, ou não, o fato é que o single “That’s All Right (Mama)” lançado em 1954 ajudou a radio, com o surgimento da televisão, estava em estado de falência, a ser popular novamente. Enquanto isso aqui no Brasil, mesmo com o grande peso da Bossa Nova, é lançado a Jovem Guarda, primeiro movimento de rock no país lançando cantores como Erasmo Carlos, Wanderléia e Roberto Carlos. Muitas das pessoas que escutam e gostam de Rock, passou a ouvir por influência. É o caso de Marcio Castro, 29, funcionário público, que começou a ouvir rock por influência da mãe. “Com oito anos comecei a escutar rock por influência da minha mãe, que é fã de Beatles, Pink Floyd e Dire Straits. Não entendia muita coisa, mas a partir dos 14 anos comecei a ouvir rock de fato”, contou. Dez anos depois, do outro lado do globo surgiam bandas como Rolling Stones, The Doors, Pink Floyd, Alice Cooper, a cantora Janis Joplin e o guitarrista Jimi Hendrix. Ambas com influências do blues, fazendo do Reino Unido uma das maiores cenas do rock mundial até hoje. Com riffs de guitarra mais pesados e um jeito mais “sujo” de fazer rock, surge o Hard Rock e Heavy Metal, nasce as bandas que estão no cenário musical até hoje, lotando estádios com suas guitarras de 75’, como por exemplo, Metallica, Slayer, AC/ DC e até mesmo a banda Aerosmith, que mescla o hard com o clássico (blues). Em três-acordes em som mais simples, com letras sobre política, desemprego, e a dura realidade da vida urbana surge o ‘Punk’ Rock como forma de protesto. Não 22

Sua história, origem e glória. é difícil diferenciar um “punker” dos outros roqueiros, eles costumam ter um estilo visual personalizado, como o da banda Ramones. Com uma temática mais urbana e cotidiana. No Brasil, bandas como Legião Urbana, Paralamas do Sucesso, Capital Inicial e Barão Vermelho, expunham em suas letras a vergonha que sentiam da política nacional e corrupção. Para Raphael Barbosa, 26, locutor de rádio, o Rock surgiu como paixão e posteriormente, carreira. “Comecei a ouvir rock aos 15 anos como Raul Seixas e Paralamas do Sucesso, onde começou a paixão pela rádio. Percebi que poderia juntar as minhas duas paixões que é o rádio e o rock, e atualmente sou idealizador e locutor do programa Vitrola 105, na Nova Itu FM. O programa é totalmente Rock! Trago para os meus ouvintes notícias, cultura, entretenimento, bandas novas, tudo sobre cenário do rock nacional e internacional”, contou. Com o passar dos anos, assim como no estrangeiro, o rock nacional foi ganhando mais corpo e consagrando nomes como Raul Seixas, Rita Lee e Os Mutantes, primeira banda nacional a ser conhecida internacionalmente. Já nos anos 90’, com letras escritas com altas doses de angústia e sarcasmo, retratando a alienação social, apatia, confinamento e liberdade, o grunge entra em cena com Alice in Chains e, Nirvana. Ao decorrer dos anos, é possível ver um leque inimaginável de vertentes do rock e o surgimento de novas bandas.

Longa estrada Em 2008, através de dedicação e amizade dos integrantes surge a banda Overweight, originária da cidade de Salto/SP. Eles fazem covers de bandas de heavy metal oitentista como Iron Maiden, Metallica, Manowar, Judas Priest, Saxon e outros. Com algumas mudanças

de formação durante os anos, a banda conta com Victor Ortega (vocal), Gutão (contrabaixo), Anderson Bregantin (bateria), Diego de Siervo (guitarra) e Rômulo Malfa (guitarra). Em um bate papo com os integrantes da banda eles nos contam um caso curioso, “no início da banda tínhamos pouco repertório, e quando acabávamos o show a plateia pedia para tocar mais, e então repetíamos as mesmas músicas umas duas ou três vezes e as pessoas gostavam”. Os músicos comentam o amor pelas músicas que tocam, da amizade dos integrantes e do publico fiel que vai aos shows. “Só que infelizmente, aqui na região, os espaços para bandas de heavy metal são poucos. Mesmo contando com um público grande, há poucos lugares para tocar”, diz Gutão. Ele nos conta sobre o antigo baterista, Caio Imperato, que deixou a banda para estudar música em São Paulo e por ocasião dos estudos entrou como baterista na banda Forka, uma das bandas de metal nacional de destaque na atualidade e que recentemente fez uma turnê pelo Canadá e Alemanha. “Nossa, lembro do Caio pequeno, quando tocava bateria no Overweight. Parece que foi esses dias e agora está em uma banda de nome, e isso nos traz orgulho e também nos incentiva a continuar com a banda, porque se ele chegou, nos podemos também.”, recorda.

Profile for Foca

18ª Edição - Revista Foca - Foca na música  

A 18ª edição é sobre a música no Brasil. Os ritmos sertanejo, samba, pagode, rock, MPB, eletrônica, funk e gospel estão entre os principais...

18ª Edição - Revista Foca - Foca na música  

A 18ª edição é sobre a música no Brasil. Os ritmos sertanejo, samba, pagode, rock, MPB, eletrônica, funk e gospel estão entre os principais...

Advertisement