Page 6

6

ES DE FATO, QUINTA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2012

WWW.JORNALFATO.COM.BR Divulgação

Vacinação contra a febre aftosa atinge 97% do rebanho capixaba O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) finalizou a síntese da 100ª campanha de vacinação contra a febre aftosa. Segundo os dados da instituição, foram imunizados 901.719 bovinos e bubalinos (búfalos) em 28.970 propriedades, índice que corresponde a 97.42% do rebanho capixaba. De acordo com o médico veterinário do Idaf, José Dias Porto Júnior, os números alcançados foram satisfatórios. “Os dados comprovam que a cada campanha o Estado tem alcançado melhores índices da cobertura vacinal, principalmente na região serrana. Municípios que, nos anos anteriores, apresentaram baixa adesão deram, nesta campanha, um retorno maior do que o esperado”, avalia. Porto ainda ressalta que os bons resultados são frutos do comprometimento dos produtores. “A sensibilização dos pecuaristas quanto à importância da vacinação é fundamental para manter o alto índice de imunização” afirma. A campanha é realizada pelo Idaf, nos meses de maio e novembro, com o objetivo de promover a saúde dos animais, ampliar as possibilidades de mercado e fortalecer a pecuária.

Alunos temem com greve na educação

Arquivo FATO

Sem previsão de término, greve dos professores do Ifes e Ufes continua e prejudica estudantes Beatriz Caliman

Professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes) e da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) continuam em greve por meProfessores e alunos do Ifes de Cachoeiro estão parados lhores salários e condições de trabalho. A paralisação, os professores estavam Venécia, Piúma, São Ma- pus de Alegre, a adesão que se arrasta por quase trabalhando. teus, Serra, Venda Nova é geral e não há previsão três meses, está deixando No entanto, temiam que a do Imigrante e Vila Velha para cessar. Cerca de 200 alunos preocupados com a atuação não tivesse legali- aderiram ao movimento. professores suspenderam reposição das aulas. dade e decidiram também as atividades. Após mais de 80 dias de parar. MARCHA Áureo diz que “há a neinterrupção das atividades, As principais pautas do cessidade de radicalizar a Elisa teme pelo longo o Governo Federal ainda recesso e a reposição de movimento grevista são ação para pressionar uma não conseguiu apresentar aulas. Ela re- o reajuste salarial e a me- nova negociação com uma prolata que este lhoria das condições de o governo”. Segundo posta que Propostas do go- ano os alunos trabalho. A categoria re- ele, “houve uma longa dialogue e verno não aten- já começaram alizou mais uma marcha demora para início das avance nas dem reivindica- o período leti- em Vitória ontem. Os pro- discussões”. pautas dos vo em atraso, fessores alegam que o goEm nota, o Ifes esclarece ção da classe servidores por conta da verno não teria cumprido que há uma mobilização grevistas, greve de 89 integralmente os acordos nacional em curso com tanto para os docentes dias ocorrida no final do firmados desde a última reivindicações dirigidas quanto para os técnicos. segundo semestre do ano greve da categoria. ao Governo Federal para a Em Cachoeiro, os alunos passado. Agora, em 2012, Para o professor da Ufes reestruturação das carreiras da unidade do Ifes estão as aulas chegaram a ser (Centro de Ciências Agrá- docente e técnico-adminisparados há três semanas. repostas em feriados e até rias - CCA), em Alegre, trativa da área de Educação. De acordo com Elisa La- aos sábados. e representante do coO Ifes diz que “se comcerda, que faz o curso de Além de Cachoeiro, os mando de greve local, promete a fazer todo o Informática integrado ao campi do Ifes de Vitória, Áureo Banhos, a situação possível para minimizar o Ensino Médio, mesmo Aracruz, Cariacica, Gua- é delicada. prejuízo aos seus alunos e com algumas aulas vagas, rapari, Linhares, Nova Ele relata que no cam- à instituição”.

Audiência discute plano de habitação Será realizada hoje a 1ª Audiência Pública do Plano Local de Habitação de Interesse Social (Plhis). O evento começa às 18h30, no Auditório Padre Ângelo Brusco, campus I, do Centro Universitário São Camilo - ES, no bairro Paraíso. Essa é a primeira etapa para a construção do plano, conduzido sob coordenação da Secretaria Municipal de Trabalho e Habitação (Semutha). A audiência é aberta à participação de toda a sociedade civil e tem o objetivo repassar dados à população sobre o plano e seu processo de condução. O plano terá o diagnóstico atualizado sobre a situação habitacional em Cachoeiro, vai possibilitar ao município levantar recursos para a implementação de po-

líticas habitacionais e pautar ações na área, voltadas principalmente para a população com renda de até três salários mínimos. “O evento será um passo muito importante para a condução do plano de habitação. É por meio de uma audiência pública que temos acesso às mais variadas opiniões sobre a matéria em pauta e ficamos em contato direto com os interessados”, ressalta a gerente de Projetos e Recursos da Semutha, Débora Carias. Atualmente em Cachoeiro estão em andamento três obras para redução do défi cit habitacional, pelo programa Minha Casa, Minha Vida. São 1.200 unidades, segundo a Prefeitura, em prédios construídos nos bairros Aeroporto, IBC e Marbrasa. Divulgação/PMCI

O município tem obras já em andamento na área de habitação

Edição 2.465  

espirito santo de fato

Edição 2.465  

espirito santo de fato

Advertisement