Page 1

EDIÇÃO

Ano

Foto: Arquivo

Cerca de 1400 dos 1800 servidores da prefeitura de Cáceres, paralisam as atividades, por tempo indeterminado, a partir desta segunda-feira. A grevegeral foi aprovada, por unanimidade, em assembléia da categoria, realizada na manhã de sexta-feira. Os grevistas apresentam uma série de reivindicações. Entre elas, revisão da tabela salarial; implantação do piso nacional de professores; redução da carga horária de trabalho para servidores da Secretaria de Obras e melhores condições de trabalho, para o setor de saúde. Durante a greve serão realizados apenas serviços essenciais. O prefeito Túlio Fontes classificou a decisão de “absurda”. PÁG - 08

Estado articula implantação de mais três cursos de Medicina O secretário de Estado de Saúde, Pedro Henry, afirmou na última quinta-feira, que o governador Silval Barbosa (PMDB) determinou empenho para implantação de mais três cursos de medicina em Mato Grosso, visando atender a demanda de formação de médicos nas regiões Sul, Norte e Oeste. PÁG - 09

Mulher morre por falta de atendimento no Hospital Regional Foto: Daniel Alcântara

Duas quadrilhas desarticuladas e 73 pessoas presas: resultado das ações da PM em 30 dias Foto: Divulgação

Duas quadrilhas desarticuladas e 73 pessoas, entre elas, dois policiais militares e quatro mulheres, presas. Esse é o balanço do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), em Cáceres, do dia 5 de março a 5 de abril. O relatório das operações aponta ainda a apreensão de duas motocicletas, quatro revólveres, um rifle, 95 caixas de munições de vários calibres e 91 porções de entorpecente, entre pasta base de cocaína e maconha. PÁG - 03

Base da FAB poderá ser anexada ao Aeroporto Internacional de Cáceres Está em fase de planejamento o tombamento do Aeroporto Internacional de Cáceres “Nelson Martins Dantas”, pelo governo federal, para anexar ao complexo uma base militar da Força Aérea Brasileira (FAB), que reforçaria o trabalho de segurança e combate aos crimes transfronteiriços, especialmente o narcotráfico, e cuidaria da manutenção das instalações. PÁG - 05

Uma mulher morreu por falta de atendimento médico no Hospital Regional de Cáceres. O óbito aconteceu há 10 dias, porém, somente na última quinta-feira, se tornou público, depois que o promotor de Justiça, André Luiz de Almeida, informou que irá determinar instauração de Inquérito Policial, por omissão de socorro, contra os profissionais de saúde envolvidos no caso. Com diabete descompensada, Marta Regina Marques, 35 anos, residente em Mirassol D´Oeste chegou ao hospital às 20h do dia 29 de março. Ficou cerca de três horas do lado de fora porque não havia vagas para internação. O médico que a acompanhava decidiu voltar. A paciente morreu, quando retornava para o município. PÁG - 04

Vereador Salvador faz indicação para Dia 14 é prazo final para desobstrução dos passeios públicos eleitor regularizar título O vereador Antonio Salvador da Silva (PSDC) ingressou na ultima sessão ordinária da Camara Municipal de Cáceres com indicação a prefeitura deste municipal, para que proceda estudos no sentido de desobstruir em alguns pontos do setor urbano, os passeios públicos. PÁG - 10

Apesar da proximidade da data limite para a regularização dos títulos eleitorais, cujo prazo se encerra no próximo dia 14 de abril, poucos foram os cidadãos que não votaram nas últimas três eleições e que procuraram a Justiça Eleitoral para corrigir a situação. PÁG - 06


Expressão NOTÍCIAS

Artigo

Em questão: o ambiente no discurso da Fundação de Cuiabá Ana Luiza Artiaga R. da Motta

A primeira escrita institucional que se registra em Mato Grosso, em 08 de abril de 1719 é a Ata de Fundação de Cuiabá. A Ata, enquanto texto é uma “peça” engenhosa, que significa a língua em seu funcionamento e configura o lugar em que se projeta o direito à terra, à Capitania de São Paulo. Na escrita, aflora o

poder da língua e marca o acontecimento, o fato, que institucionaliza a terra de Mato Grosso, no século XVIII. Essa escrita aponta o lugar da autonomização institucional, a juridicialização da memória (ROBIN,2003). A normatização, evocada pela Ata, marca a posição da Província na região como lugar de poder que patrimonializa o território em Mato Grosso, em 1719, data em que a terra ganha estatuto de existência, e pelo discurso, administra sentidos políticos para o sujeito e para o poder local. Torna-se um marco, um discurso fundador que organiza os sentidos na constituição da memória do Estado. É necessário dizer que o ouro territorializa sentidos

sobre o ambiente, torna-se o marco na ocupação das “Minas do Cuyabá” e resignifica o sentido de terra, na região. O ambiente é legitimado no/pelo texto da Ata “como notícia do descobrimento novo”, representado pelo rio, o ribeirão do Coxipó, que significa a descoberta do ouro. Isto é, a ambiência instala as condições da fundação do local. Pode-se pensar sobre uma memória que reverbera sentidos sobre um antes e um depois. Ou seja, a representatividade da escrita da Ata, constitui a linha divisória entre o colonizador e o colonizado. Vejamos o recorte da Ata. “[...] o nosso enviado, o Capitão Antônio Antunes com as amostras que levou do ouro

ao Senhor General [...]”. O ouro, nessa formulação, sobredetermina o espaço como fato nas terras do “Arraial do Cuiabá”. A mostra do ouro sedimenta o poder da palavra, do dizer sobre a riqueza no solo de Cuiabá. Isto pode ser observado ainda em “para notícia do descobrimento novo que achamos no ribeirão do Coxipó.” Ou seja, o ouro no rio Coxipó é a notícia que pelo descobrimento particulariza, dá a individualidade ao rio, no processo de ocidentalização. A posição do Capitão Mór Pascoal Moreira Cabral, fundador da cidade de Cuiabá, deixa em relevo, no discurso da Ata, os anseios sobre os direitos às novas lavras de ouro. Efetivamente, o discurso da Ata de Cuiabá filia

se a uma memória política que marca o processo de colonização, de uti possidetis da terra, que redefine o sentido de terra para o Estado de Mato Grosso. Em síntese, o acontecimento de linguagem permite dizer que os discursos instituem uma história, que não é ou se define pela cronologia, mas é algo que se dá na própria ordem do discurso. Ana luiza Artiaga R. da Motta é professora doutora em Linguística pela Unicamp, docente do Departamento de Letras da Universidade do Estado de Mato Grosso/UNEMAT, pesquisadora do Centro de Estudos e Pesquisa em Linguagem/CEPEL. Analuizart@terra.com.br

OPINIÃO

Profetas e profecias Padre Jair Fante Quando falamos em profetas ou profecias, vem logo à mente uma série de personagens, acontecimentos e previsões cumpridas ou não. Historicamente, estas idéias estão quase sempre ligadas a tragédias, destruições e medo. Para muitos, estamos em pleno tempo de cumprimento de “profecias”. Recorrem a Nostradamus, São Malaquias, mensagens de Fátima, etc. O caso dos profetas bíblicos geralmente não se enquadra neste padrão. Quando os analisamos com mais critério percebemos uma constante em suas mensagens: o retorno da pessoa ou povo às alianças estabelecidas por Deus. A revelação bíblica é a ação de Deus em busca do

homem em sua história: a libertação do povo de Deus do Egito, a presença divina no Sinai, a quebra da aliança, os sinais operados pelos servos de Deus e, finalmente, a manifestação do Filho de Deus encarnado, Jesus Cristo. Os profetas têm uma missão muito especial dentro desta história: eles são interlocutores entre Deus e o seu Povo. Eles são a voz de Deus traduzida em linguagem simples para o povo. A palavra “profeta” quer dizer: “falar em nome de”. Na Bíblia, profeta é alguém que fala em nome de Deus. Os profetas são, assim, os porta-vozes de Deus. Eles comunicam ao povo o recado de Deus e comunica a Deus os clamores do povo. Eles são a “boca do povo para Deus e a boca de Deus para o povo”. Os profetas se comprometem com as pessoas concretas: viúvas, órfãos, camponeses, doentes, etc: gente que clamava dia e noite pedindo ajuda a Deus. Os profetas também nunca agiam sozinhos. Organizavam e animavam grupos que assumiam, com eles, o compromisso com os pobres, memorizavam as profecias e iam passando o

Expressão NOTÍCIAS

recado aos vizinhos, filhos e netos. Muitas das profecias, por eles proferidas, estão contempladas na Bíblia. Com os profetas, o povo foi percebendo que não havia vários deuses. Javé era o único Deus existente. Os demais deuses eram ídolos vazios, isto é, invenções humanas. Muitos profetas, porém, não escreveram nada, ou seus escritos se perderam com o tempo. Milhares deles atuaram e ficaram no anonimato. Estes homens sábios e santos, chamados PROFETAS, falam em nome de Deus e chamam a atenção do povo quando este está indo por um caminho errado. Em tempos de grande sofrimento e perseguição, são eles que falam de esperança, anunciam uma nova Aliança, a vinda do Messias, do Salvador, aquele que libertaria o povo, pois Deus, depois de ter falado pelos Profetas, queria falar ainda mais de perto, queria revelar-se ainda melhor, fazer-se homem para trazer a salvação. É cumprindo estas profecias que Jesus vem ao mundo, Ele veio e passou para os Apóstolos a missão de continuar o novo Reino: um reino de justiça e de

amor. Hoje somos convidados a ser profetas e a caminhar como Povo de Deus. Nem todos os profetas, no entanto, agiam de acordo com a vontade de Deus. Alguns “profetizavam” em nome de interesses próprios. Eram os falsos profetas que mentiam e defendiam os opressores usando o nome de Deus. Estes justificavam a corrupção dos grandes da época e a miséria dos pobres como se fossem castigo ou vontade de Deus. Os maiores adversários dos poderosos, normalmente, eram os verdadeiros profetas. Eles sabiam como abrir os olhos do povo. Eram fiéis à verdade e à justiça, mesmo quando isto lhes trazia grandes problemas. Na Bíblia, há profecias e profetas de diversas épocas; muitos deles retomam antigas profecias e as atualizam para o povo. As profecias antigas serviam de lanterna na estrada escura da vida. Foi assim que os primeiros cristãos descobriram e entenderam, com a ajuda das profecias antigas, que Jesus era o Messias, o Filho do Deus vivo, o Salvador da humanidade. Celebrando os 100 anos da Diocese de Cáceres,

Editor Geral Sinézio Nunes de Alcântara DRT-MT 403

Redação e Administração: Av. José Palmiro da Silva, 319 Bairro São José - Tel.: 65 3223-7942 / 9957-9878 - EMAIL: sinezioalcantara@hotmail.com Colaborador: Antonio Costa e Clarice Diório. Circulação: Regional - Tiragem: 1000 exemplares Publicação da Editora Jesuína dos Santos ME - Insc. Estadual 13345231-0 / CNPJ 09.108953/0001-42

louvamos a Deus pelos incontáveis profetas que por aquí passaram e mantiveram viva a aliança de Deus com seu povo nestas terras da Amazônia. Padre Jair Fante é Secretário Geral da Diocese de Cáceres

Telefones Úteis ACEC - Assoc. Com. e Empresarial 2º Bfron

3223-2048

3223-4413/3223-9198

Centro de Direitos Humanos

3223-3667

CISC

3903-1210

Jornal Expressão

3223-7942

Conselho Tutelar

3223-1072

Corpo de Bombeiros

193

Delegacia Espec. Adolescente

3224-1381

Delegacia Espec. Defesa da Mulher

3223-0348

Delegacia Regional de Polícia Civil 3223-1953/197 DETRAN

3223-5301

OAB

3222-3589

Polícia Federal

3211-6300/194

Polícia Rodoviária Federal

3223-3894/191

Policia Militar Pronto Socorro Municipal

3223-1441 192

Procon

3223-4172

Tribunal Regional Eleitoral

3223-5159


Expressão NOTÍCIAS

AÇÃO

Duas quadrilhas desarticuladas e 73 pessoas presas: resultado das ações da PM em 30 dias Foto: Jesuína dos Santos

Comandante do batalhão major Gonçalves aponta os pontos considerados críticos da cidade Editoria

Duas quadrilhas desarticuladas e 73 pessoas, entre elas, dois policiais militares e quatro mulheres, presas. Esse é o balanço do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), em Cáceres, do dia 5 de março a 5 de abril. O relatório das operações aponta ainda a apreensão de duas motocicletas, quatro revólveres, um rifle, 95 caixas de munições de vários calibres e 91 porções de entorpecente, entre pasta base

de cocaína e maconha. Os policiais militares foram presos por participação à tentativa de assalto ao empresário Paulo Sérgio Dias e as mulheres por envolvimento ao tráfico de drogas. “Sabemos que o índice de violência em Cáceres ainda é alto. Porém, a polícia Militar tem procurado, a todo custo, dar resposta à população, combatendo a bandidagem e tirando de circulação elementos nocivos a sociedade” observa o comandante do batalhão, major

Ramon Gonçalves firmando que os PMs envolvidos na tentativa de assalto foram presos e encaminhados para o presídio militar de Santo Antonio do Leverger no mesmo dia da ocorrência. A primeira quadrilha foi desarticulada no dia 28 de março durante a tentativa de assalto ao empresário proprietário do Posto Bandeirantes. Pelo menos, seis integrantes do bando foram parar atrás das grades. Primeiros a ser presos, os assaltantes

Marcos Antônio Domingos da Silva, autor dos disparos contra o empresário e Fabrício Pereira da Cruz, piloto da moto usada na ação, “entregaram” os comparsas como sendo Juliano Pereira da Cruz, os policiais Paulo César Barbosa e Jone Antonio Ferreira, apontados como mentores de vários assaltos na cidade e ainda Richel Aparecido Ferraz da Silva. No início de abril, uma quadrilha formada por três jovens, com idade entre 17 e 18 anos, especializada em assaltos a farmácias e drogarias também foi desbaratada. Paulo Garcia das Neves e Marcell Camilo Leite, ambos de 18 anos e ainda o menor C.S.C, 17 anos, foram presos pela Polícia Militar, após terem assaltado a drogaria Vitória Régia. O crime aconteceu no dia 4 de abril. Após o assalto o trio empreendeu fuga em uma motocicleta. Mas deu azar. Eles caíram ao passar por um buraco. No momento em que se elaborava a ocorrência, a dona de casa Marlene Mendes Oliveira disse que a moto era dela e que havia sido roubada no dia anterior. No total foram registradas 27 ocorrências sobre entorpecente que resultou na prisão de 60 homens e 4 mulheres. Cinco ocorrências com roubos solucionados, que

teve como saldo 8 homens presos e a recuperação de duas motocicletas, um telefone celular vários anéis e relógios. E ainda 4 ocorrência de apreensão de armas de fogo, que resultaram 7 prisões e apreensão de quatro revólveres, um rifle e grande quantidade de munições. Comandante do 6º Comando Regional Oeste de Polícia Militar, coronel Cilson de Oliveira, enfatiza que além do trabalho de combate a criminalidade, a corporação tem realizado um trabalho psicológico junto aos policiais para que entendam ainda mais a necessidade de garantir a segurança da população. “Estamos combatendo a criminalidade e trabalhando a cabeça dos nossos policiais para que atuem com determinação e dignidade para dar segurança a população” diz acrescentando que as inúmeras apreensões de drogas são resultados de um longo trabalho de monitoramento das áreas consideradas de risco. E, além disso, segundo ele, a população tem contribuído para o êxito dos trabalhos. “A população está acreditando na polícia. Muitas pessoas ligam informando sobre os pontos de revenda de drogas. Isso é sinal de que estão confiando em nosso trabalho. Caso contrário, não estaria contribuindo” frisa.

Independente Atuante Transparente EM APENAS UM CLIC

Expressão NOTÍCIAS


Expressão NOTÍCIAS

DESCASO ?

Mulher morre por falta de atendimento no Hospital Regional; MP instaura inquérito Foto: Arquivo

Paciente foi a óbito por falta de vaga para a internação no Hospital Regional

Editoria

Uma mulher morreu por falta de atendimento médico no Hospital Regional de Cáceres. O óbito aconteceu há 10 dias, porém, somente na última quinta-feira, se tornou público, depois que o promotor de Justiça, André Luiz de Almeida, informou que irá determinar instauração de Inquérito Policial, por omissão de socorro, contra os profissionais de saúde envolvidos no caso. C o m d i a b e t e descompensada, Marta Regina Marques, 35 anos, residente em Mirassol D´Oeste chegou ao hospital às 20h do dia 29 de março. Ficou cerca de três horas do lado de fora porque não havia vagas para internação. O médico que a acompanhava decidiu voltar. A paciente morreu, quando retornava para o município.

Os médicos Antônio José Macedo, plantonista do dia, no Hospital Regional e José Gonçalves Batista, de Mirassol D´Oeste, que acompanhava a paciente, se acusam mutuamente. Macedo nega que houve omissão de socorro. Assegura que, apesar de não ter vaga para internação, teria oferecido um box do hospital para que o colega, prestasse atendimento à paciente, o que segundo ele, foi rejeitado pelo médico. “No dia não havia vaga em lugar nenhum. Eu não poderia tirar alguém da UTI para internar a paciente. Mesmo assim, ofereci um box do hospital para que o colega fizesse o atendimento. Mas ele se recusou” diz acrescentando que “quem errou foi ele que retirou a paciente de dentro do hospital, em Mirassol, mesmo sabendo que não havia vaga em Cáceres”. O médico José

Gonçalves, admite que não pode acompanhar a paciente. Porém, diz que o atendimento poderia ser feito em Cáceres, porque era um caso de emergência. “Chegamos a Cáceres por volta das 8h. Fomos ao Pronto Atendimento não fomos atendidos. Ficamos do lado de fora do hospital, embaixo de chuva, por mais de três horas. E, infelizmente, não pudemos entrar porque não havia vaga para internação. A paciente poderia ser atendida. Era um caso de emergência” diz afirmando que “realmente foi oferecido um local para o atendimento, mas não pude acompanhá-la porque tinha outros compromissos em Mirassol D´Oeste na manhã seguinte”. A família de Marta Regina, exige justiça. Uma irmã que não quis se identificar diz que “o que houve foi um descaso tão grande, certamente, porque somos pobres” e que “queremos que o fato seja apurado com rigor e que se faça justiça. Sei que isso não irá trazer minha irmã de volta. Mas servirá como conforto. Marta poderia estar viva se os médicos fizessem o atendimento”. O promotor André Luiz de Almeida, afirmou que já determinou a instauração de Inquérito Policial e que se for comprovada a omissão de socorro, os culpados serão responsabilizados civil e criminalmente. “O MP irá apurar o caso. Se for comprovada a culpa de alguém, ele será responsabilizado” garante.

Dra Patrícia Cristine S. Souza Fonoaudióloga - CRFA-MT 6850

Tel: (65) 3223-2271 Fax: (65) 3223-9821 Rua João Pessoa, 65 - Centro - Cáceres/MT

Distribuidora de frangos e frios Com entrega imediata

Frangos e Frios

Av. Jos é Pinto de Arruda, s/n - Jd. Cidade Nova Chácara Martins - Cáceres/MT - CEP 78200000

3224-1461

RODAS * SOM * ACESSÓRIOS * ALINHAMENTO * BALANCEAMENTO * SUSPENSÃO * FREIO * DESEMPENHO DE RODAS


Expressão NOTÍCIAS

SEGURANÇA

Base da FAB poderá ser anexada ao Aeroporto Internacional de Cáceres Foto: Pedro Miguel

Construído no ano 2000 no governo Dante o aeroporto está praticamente dasativado

Clarice Navarro Diório

Está em fase de planejamento o tombamento do Aeroporto Internacional de Cáceres “Nelson Martins Dantas”, pelo governo federal, para anexar ao complexo uma base militar da Força Aérea Brasileira (FAB), que reforçaria o trabalho de segurança e combate aos crimes transfronteiriços, especialmente o narcotráfico, e cuidaria da manutenção das instalações. A informação foi dada de maneira informal, pelo empresário José Carlos Job, durante evento no SESI em Cáceres, quando Job esteve ocupando, temporariamente, a função de presidente do Sistema Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT). Presente ao evento, o secretário de Planejamento do município, engenheiro

Adilson Reis, confirmou a informação. “Realmente este estudo existe”. E foi mais além: segundo ele, seria a fórmula certa para resolver o problema de um aeroporto que, apesar de internacional, está quase inoperante e com falhas na manutenção e infraestrutura. A administração do aeroporto é responsabilidade do município, e a prefeitura não tem recursos disponíveis para mais este encargo. A base militar seria um anexo do aeroporto, que continuaria a ser civil e a ter vôos normais. E, depois de onze anos, passaria realmente a funcionar, alavancando a economia regional e fomentando vários setores, especialmente o turismo. O aeroporto foi construído em 2000 pelo então governador Dante de Oliveira. É o maior aeroporto da região e o mais importante meio de chegada ao pantanal norte. Dispõem de 1.600 metros de pista, farol rotativo, pista com balizamento

noturno e está situado a 7.2 km da cidade. Em distâncias aéreas, fica a 177 km de Cuiabá, 1042 km de Brasília e 1259 km de São Paulo. O local hoje tem aspecto de abandono, com matagal em seu entorno e a parte física sem manutenção. Todo o espaço precisa passar por fiscalização da Agência Nacional de Viação Civil, a ANAC, que irá apontar as falhas e necessidades de reparos, para que o aeroporto tenha condições de funcionabilidade. Atualmente ele está aberto a pouso e decolagem autorização dada pela ANAC em 2008, após algumas obras de recuperação executadas por técnicos do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). Na época, as medidas determinadas foram a construção de barreira de segurança nas proximidades do terminal de passageiros próximas aos hangares, colocação de placas informativas, construção de cerca patrimonial e disponibilização de servidores para a área de segurança do local. As principais obras foram executadas. Três anos depois, há necessidade de nova análise. Apesar de placas de sinalização na cidade indicando a existência de um aeroporto internacional e indicações sobre como chegar lá, a população afirma que o aeroporto só existe mesmo nas placas. “É um elefante branco e a situação precisa ser revertida. “A afirmação sintetiza a resposta de várias pessoas entrevistadas sobre a situação do aeroporto de Cáceres.

Sempre as últimas novidades da moda em confecções e calçados, Adulto e Infantil. Crediário próprio sem burocracia

Preparamos os melhores pratos da cidade. Escolha a sua preferência e ligue-nos

Rua Comandante Balduíno nº 487, centro, próximo a Padaria Tulipa


Expressão NOTÍCIAS

DATA

Dia 14 é prazo final para eleitor regularizar título Foto: Ilustrativa

Assessoria

Apesar da proximidade da data limite para a regularização dos títulos eleitorais, cujo prazo se encerra no próximo dia 14 de abril, poucos foram os cidadãos que não votaram nas últimas três eleições e que procuraram a Justiça Eleitoral para corrigir a situação. Até o dia 31 de março, apenas 1.149 eleitores, entre os quase 40 mil faltosos, procuraram os cartórios eleitorais de Mato Grosso para quitar seus débitos com a Justiça Eleitoral. O cancelamento dos títulos é uma praxe do Tribunal Superior Eleitoral que, após processar as informações de

quem compareceu e deixou de votar nas eleições, identifica os eleitores que faltaram aos três últimos pleitos. Em todo o país, são mais de 1 milhão, 470 mil eleitores passíveis de terem o título cancelado. O cancelamento programado pelo TSE não inclui os eleitores que se ausentaram

mas justificaram a ausência de alguma forma, seja comparecendo a uma sessão eleitoral para justificar, seja encaminhando justificativa diretamente ao juiz eleitoral. O prazo para regularização vale apenas para aqueles que faltaram e não justificaram a ausência nas eleições.

Inglês Definitivo

COMUNICAÇÃO DE VAGAS SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna público processo seletivo para as vagas abaixo descritas, observados os requisitos mínimos descritos a seguir e o prazo para inscrição abaixo: Vaga 01 – Serviços Gerais N° : 1006/2009. Perfil Desejado/ Requisitos Mínimos: Ensino Fundamental Completo. Limpeza da parte externa da unidade, calçadas, praça e jardim, manutenção da área interna, realizando pequenos reparos necessários na unidade no período vespertino e cuidar da portaria no controle de entrada de saída de pessoas no período noturno. Facilidade para trabalho em equipe, bom relacionamento interpessoal, criatividade, boa comunicação verbal, dinâmica, flexibilidade e iniciativa. Benefícios: Plano de Saúde, Plano Odontológico, Plano de Previd? ncia Privada, Seguro de vida em grupo, Vale-transporte. Carga Horária: 40 horas semanais (das 13h00 h ? s 22h00 h). Local de trabalho: Cáceres Número de vagas: 01 Importante: Os procedimentos referentes ao processo de recrutamento e seleção constam na normatização interna do Sistema FIEMT, os quais serão observados durante as etapas previstas. As vagas são para contratação imediata e dentro da demanda, obedecendo à ordem classificatória. Os candidatos serão chamados para assumir o cargo/função e/ou poderão ser aproveitados para outras vagas que tenham atividades similares a vaga concorrida, desde que dentro do estabelecido. Informamos que Pessoas com Deficiência poderão se candidatar as vagas. Os candidatos que se inscreverem para as vagas acima deverão estar dentro do perfil desejado, possuir escolaridade e conhecimento na função/atividades a serem realizadas. O processo seletivo será composto pelas seguintes etapas: análise curricular, provas teóricas: portugu? s (gramática/interpretação de texto), redação, matemática (cálculos/raciocínio lógico) e conhecimento específico (tema relacionado ao cargo/função)/ prova de informática (internet, Word, Power point e Excel) /dinâmica/avaliação psicológica, entrevista final. Sendo que para a classificação, os candidatos deverão atingir a md é ia inicial – MI (md é ia obtida atravs é das notas das provas teóricas, de informática e práticas (quando aplicada). Será aplicada prova prática específica quando o cargo/função assim exigir, e esta então passará a compor a nota para obtenção da md é ia inicial para classificação. Em caso de empate no processo seletivo, serão observados os critré ios estabelecidos na normatização do Sistema FIEMT. Sendo que por força da normatização estabelecida, há restrições quanto à contratação de parentes no âmbito das entidades que compõem o Sistema FIEMT. Interessados devem encaminhar o currículo para os e-mails , ou para endereço: Rua Coronel Ponce, 637, Bairro Centro – Cep: 78200-000 ou Av. Historiador Rubens de Mendonça, 4.193, Bairro Bosque da Saúde – Cep: 78.055-000 – Cuiabá-MT, informando a vaga de interesse. Maiores informações através do site ou pelos telefones 65-3611-1624/1650 ou (65) 3223-6442/ 4033

FUNERÁRIA PAX SILVA SERVIÇOS PÓSTUMOS

AGORA COM

CEMITÉRIO PAX SILVA


Expressão NOTÍCIAS

PARCEIROS

Reitor Adriano recebe visita de Secretário de Cidades Foto: Arquivo

Reitor da Unemat professor Adriano Silva

Assessoria / Unemat

O r e i t o r d a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) Adriano Aparecido Silva, juntamente com o vice-reitor Dionei José da Silva receberam na última sextafeira a visita do Secretário Estadual de cidades Nico Baracat e do adjunto de habitação Tércio Lacerda de Almeida. O Secretário veio a Cáceres visitar obras e colocar a Secretaria de Cidades disposição para auxiliar a Unemat no projeto de estruturação física. A Unemat fechou uma parceria junto a Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (Secitec) de investimento nas estruturas físicas da instituição de

ensino. Todos os campi serão contemplados com benfeitorias. Depois de oferecer ajuda nesta nova empreitada a ser realizada pela Unemat, Baracat enfatizou o progresso alcançado nas relações da universidade com o Estado nesta nova gestão. Segundo ele, uma grande mudança positiva vem acontecendo com a participação ativa de Adriano Silva junto às secretarias. “A Unemat hoje tem trânsito livre junto a todas as secretarias. Fato conquistado graças à perseverança do reitor, que participa de reuniões, onde consolida cada vez mais o nome da instituição de ensino. A Unemat é jovem, com vontade, até certo ponto atrevida, isto a faz querer galgar cada vez mais um espaço entre as grandes universidades do país”.

Concluiu. Adriano Silva agradeceu a visita e deixou claro que a Unemat é parte do Estado, e que a equipe de trabalho da nova gestão esta sim atrelada ao governo. “A Unemat esta se consolidando como o braço intelectual junto ao governo do Estado. E é a hora da Unemat mostrar que pode se tornar um centro de referência. Sozinho não posso tudo, por isto conto com a infra-estrutura do governo. Esta visita hoje vem permear nosso trabalho”. Afirmou ele. Para Adriano as obras são de extrema importância e irão permitir a universidade uma ampliação de projetos, além de contribuir para um conforto de estudantes e docentes. “Dou um passo de cada vez, porém sei das demandas da Unemat e tento dar prioridade por grau de necessidade, a estruturação física dos campi é uma necessidade real e juntos com a Secitec iremos realizar as modificações necessárias”.

Fone: (65) 3223-2269

Av. Sete de Setembro, 1037 Cáceres/MT.


Expressão NOTÍCIAS

QUEDA DE BRAÇOS

Servidores da prefeitura entram em greve nesta 2ª; salários estão em dia

Fontes: “Essa greve é um absurdo. A administração observa todos os direitos da categoria

Editoria

Cerca de 1400 dos 1800 servidores da prefeitura de Cáceres, paralisam as atividades, por tempo indeterminado, a partir desta segunda-feira. A greve-geral foi aprovada, por unanimidade, em assembléia da categoria, realizada na manhã de sextafeira. Os grevistas apresentam uma série de reivindicações. Entre elas, revisão da tabela salarial; implantação do piso nacional de professores; redução da carga horária de trabalho para servidores da Secretaria de Obras e melhores condições de trabalho, para o setor de saúde. Durante a greve serão realizados apenas serviços essenciais. O prefeito Túlio Fontes classificou a decisão de “absurda”. Afirmou que os servidores estão com salários em dia e todos os direitos da categoria são observados pela administração. “A prefeitura está em uma situação financeira delicadíssima. Mas os servidores estão com os salários em dia e todos os diretos da categoria são rigorosamente observados. Essa greve é um absurdo” disse assinalando que (às 15h de sexta-feira) ainda não havia sido oficializado sobre o assunto. Porém, afirmou que “está cheirando coisa de política” e que fará alguns ajustes para regularizar a situação. Ele não confirmou, mas

deixou claro, que não estão descartados cortes de funcionários para adequar a máquina administrativa. Revelou que foi pego de surpresa porque, havia realizado uma reunião “bastante proveitosa”, no início da semana, com representantes da categoria, e não havia nenhuma intenção de paralisar. Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPM), Vivaldo Gonçalves, informou que a negociação para resolver as pendências entre os servidores e a administração se arrasta há mais de um ano e, segundo ele, até a hora da assembléia, na manhã de sexta-feira, o prefeito Túlio Fontes, não havia sequer apresentado uma proposta. A única sugestão, conforme o líder sindical foi a formação de uma

comissão para avaliar as questões, principalmente, financeira da prefeitura o que foi rejeitada pelos servidores. Gonçalves explicou que devido a não revisão da tabela salarial, a administração deixa de aplicar o percentual de 5.7% nos salários da categoria, o que é obrigado por lei. E, isso, segundo ele, gera um prejuízo de cerca de R$ 300 mensal no salário do servidor no final da carreira. Afirma que o piso salarial do professor aplicado pelo município é de R$ 927 enquanto que o piso nacional unificado é de R$ 1.187 mil. No que se refere a reivindicação da redução da carga horária de trabalho para os servidores da Secretaria de Obras, diz que os lotados nessa secretaria são os únicos que trabalham 8h por dia. Os de outras pastas trabalham 6h. E m r e l a ç ã o à reivindicação de melhoria nas condições de trabalho para os servidores da Secretaria de Saúde, o sindicalista explica que “falta medicamentos, os móveis estão caindo aos pedaços e não existem nem mesmo luvas cirúrgicas”. O presidente do SSPM informou que, nesta segunda-feira, os servidores deverão se reunir na sede do sindicato para traçar diretrizes da greve. Fontes ligadas a administração informou no final da tarde de sexta-feira, que o prefeito estaria recorrendo judicialmente para impedir a paralisação.

Materiais el étricos, tijolos, telhas, cimento, pisos, forros e madeiras PAGAMENTO COM CHEQUE E CARTÃO DE CRÉDITO

Fone: (65) 3222-1210 Avenida São João - B. Cavalhada, 33 - Cáceres - Mato Grosso

Dr. Masato Nakahara Médico Oftalmologista CRM/MT - 1752 Cons.: Praça Barão do Rio Branco, 53 - 65 3223-4560 Res.: Rua Olavo Bilac, 21 - 65 3223-4253 Residencial M. Verde - Cáceres/MT

Foto: Arquivo

Aluga para Festas Para você que irá fazer a sua festa de casamento, aniversários e outros, oferecemos os nossos trabalhos de Buffet. Alugamos tudo para realizar sua festa: - Pratos Talheres Copos Toalhas Travessas e Outros

3223-8808 / 9978-7638

MONTE VERDE MAT. P/ CONSTRUÇÃO Areia de Praia - Goma - Brita Cascalho p/ Aterro - Telhas - Tijolos, etc...

Gilda M. Moreira Assunção Vivaldo: “negociação com a administração se arrasta há mais de 1 ano”

Fone: (65) 3223-3473/3223-4512 Av. Talhamares, 1413 - Jd. Trevo - Cáceres/MT

Angela Ferreira Garcia


Expressão NOTÍCIAS

CONFIRMAÇÃO

Estado articula implantação de mais três cursos de Medicina Foto: Arquivo

Pedro Henry reafirma Medicina na Unemat em Cáceres Assessoria

O secretário de Estado de Saúde, Pedro Henry, afirmou na última quintafeira, que o governador Silval Barbosa (PMDB) determinou empenho para implantação de mais três cursos de medicina em Mato Grosso, visando atender a demanda de formação de médicos nas regiões Sul, Norte e Oeste. “É vontade do governador criar o curso de medicina na Unemat em Cáceres, dar toda assistência necessária para implantação do curso na UFMT de Sinop, bem como auxílio à Universidade Anhanguera,

em Rondonópolis, que é privada, mas parceira do Estado”, falou o secretário, em entrevista coletiva na Praça Plínio Callegaro. A f o r m a ç ã o continuada de médicos nos três municípios pólos poderia amenizar os problemas nos municípios da região, que sofrem com falta de clínicos cirurgiões e determinadas prefeituras precisam desembolsar “gordas fatias” do orçamento para manter bons médicos atendendo em unidades de saúde. Em Sinop, por exemplo, cidade pólo para cerca de 40 municípios, os cirurgiões que atendem oito horas por dia no Pronto

Atendimento ganham, em média, R$ 10 mil mensais. E mesmo com o bom salário ainda é difícil conseguir contratar bons médicos. A região não possuiu cursos de medicina e todos os profissionais precisam ser “importados” de outros estados. A maioria prefere até ganhar menos nos grandes centros do que se mudar para o interior do país. Com a falta de profissionais dispostos a deixar a comodidade das regiões Sul e Sudeste, há prefeituras que pagam bem mais. Exemplo é a pequena União do Sul, distante a 160 km de Sinop. O município possui quatro mil habitantes e contratou, ano passado, empresa especializada que fornece dois médicos com o custo mensal de R$ 37 mil, ou seja, R$ 18.5 mil mensais por cada profissional. Já em Colniza, o município paga R$ 25 mil por mês para cada médico que faz atendimento de emergência na unidade hospitalar e, para os que atendem nos postos de saúde da família, R$ 15 mil cada. Mesmo assim, falta profissional na cidade.

Prático Criativo Atual

www.expressaonoticias.com.br

Qualificação Profissional A Solução mais Inteligente E-mail: fingers@advir.com Cursos de capacitação e qualificação continuada e atualizada em várias áreas do conhecimento humano. Você constrói seu próprio “PROJETO” de acordo com seus objetivos, podendo se adaptar na melhor metodologia de ensino: Presencial Individual e à Distância. Cursos Disponíveis Área Contábil: Contabilidade Economia Financeiro Educação: Metodologia de Custo Metodologia de Projetos Técnicas de Estudo Português Técnicas de Comunicação e Redação Gestão e Negócios: Administração Gestão da Qualidade Marketing Recursos Humanos Técnicas de Vendas Telemarketing Informática: Arquitetura Banco de Dados Design Gráfico Web Design Hardware Office 2010 Lógica - Redes Sistemas Operacionais Tecnologia da Informação Jurídica: Direito Comercial Direito Tributário Direito Administrativo Noções de Direito Rua dos Colhereiros, 208 C Vila Mariana Cáceres/MT (65) 3223.6102/9625.1350

SERVIÇO DE ÁGUA E ESGOTO DE CÁCERES SUGESTÕES, INFORMAÇÕES E RECLAMAÇÕES

LIGAÇÃO GRATUITA 0800 - 647 - 3223 A NATURAL Disk Água Crystalina e Gás Liquigás Alugamos mesas e cadeiras

3223-0000 Rua Dr. Sabino Viera - n°519 - Centro


Expressão NOTÍCIAS

AÇÃO

Vereador Salvador faz indicação para desobstrução dos passeios públicos

Foto: Arquivo

Assessoria / João Arruda

Vereador Antonio Salvador da Silva autor da indicação

O vereador Antonio Salvador da Silva (PSDC) ingressou na ultima sessão ordinária da Camara Municipal de Cáceres com indicação a prefeitura deste municipal, para que proceda estudos no sentido de desobstruir em alguns pontos do setor urbano, os passeios públicos. Em boa parte da área central, as calçadas estão s e n d o o c u p a d a s indevidamente, e em algumas situações não há como os pedestres utilizarem os

passeios. A reivindicação de Antonio Salvador é fruto de freqüentes cobranças quase que diárias da população, que se vê obrigada a arriscar nas ruas movimentadas, tudo por conta de ocupações inapropriadas de alguns setores do comercio local. O parlamentar defende ainda que seja procedido a averiguação com orientação educativa aos contribuintes que muitas vezes por desconhecimento do Codigo de Posturas, acabam ocupando espaços que não lhes pertence.

Estado de Mato Grosso Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste/CISOMT O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste/CISOMT, no uso das atribuições legais, e considerando os termos do inciso IX do Art. 37 da Constituição Federal/88, da Lei Estadual nº 8.269 de 29/12/2004, torna público para todos os interessados, a abertura do PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO para contratação temporária, destinado ao provimento de vagas no quadro de pessoal de Nível Superior e Médio do Hospital Regional de Cáceres/ MT- Dr. Antonio Fontes, para atender as disposições do Convênio nº 012/2006 e seus Aditivos para os seguintes cargos e vagas: Ensino M édio

Plantão 24 horas Adquira um plano assistencial e toda sua família recebe benefícios

3223-3593/3223-6101 Av. 7 de Setembro - 250 - Centro

LAVA JATO CACERENSE

9641 4685 : 9973 - 5228

Rua Tiradentes, s/nº, em frente o CEOM

Livraria Liliana Materiais Pedagógicos, Informática, Artigos, Papelaria, Xerox. Materiais para Escritórios - mesas, armários, cadeiras, escrivaninhas...

Tels. 3223-1801 / 3223-4845 Fax. 3223-7250 Livraria.liliana@hotmail.com

As inscrições serão recebidas no período de 04 a 13/04/2011 Local: Sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde/CISOMT - Endereço: Rua Tapagem, Nº 200 Centro Cáceres MT CEP 78.200.000 fone: (65) 3223-5200; As provas serão realizadas no dia 17 de Abril de 2011 (Objetiva). As taxas de inscrição são as seguintes: Curso Superior: R$ 60,00 (Sessenta reais) Ensino Médio R$ 40,00 (quarenta reais) - Edital completo encontra-se fixado no mural da Sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde-CISOMT, a partir do dia 04/04/2011. Cáceres , 30 de Abril de 2011. __________________________ Celestiano Rodrigues Neto Presidente da CCPS Visto:__________________ Nilton Borges Borgato Presidente do CISOMT

Av. Afonso Pena, 199 - Jd. Cidade Nova - Cáceres/MT


Expressão

Destaque

NOTÍCIAS

Clarice Navarro Diório

A pequena Gabrielly Campos de Oliveira que está completando 1 aninho neste domingo, dia 10, xodó da mamãe Rosangela Campos e do papai Lucimario de Oliveira . Parabéns!

A pedagoga Keila Regina de Lira Nascimento foi aprovada no concurso público para a prefeitura de Tangará da Serra. Ela concluiu o curso de Pedagogia no ensino à distância pela Unopar, Polo de Cáceres e atribuiu seu desempenho no concurso à qualidade do ensino oferecido pela Universidade.

Festança em dose dupla neste final de semana: a secretária de Saúde do município, Arlene Alcântara, que aniversaria amanhã, dia 11, e o marido Aireno de Souza Silva, enfermeiro na rede municipal de saúde,aniversariante do último sábado, 9. O casal comemorou em família, especialmente com as pequenas Bruna e Yasmin, e recebendo os cumprimentos dos muitos amigos.

Lécio e Pitu Moura, sempre unidos e felizes, acabaram de completar 25 anos de casamento, comemorando com estilo a Bodas de Prata. Parabéns, e que venham muitas outras comemorações.

Suelen Castrillon Duarte cirurgiã dentista especialista em implante e prótese dentária, profissional competente que atende na clinica Neodonto.

Durante recente evento no Sesi, o reitor da Universidade do Odair José da Silva,servidor Estado de Mato Grosso, professor Adriano Silva, conversando da Unemat lotado no com o jornalista Gonzaga Júnior, coordenador de Comunicação Departamento de História da Prefeitura de Cáceres que, no dia seguinte, publicou site que acaba de lançar seu edita a possibilidade do reitor concorrer à prefeitura de Cáceres segundo livro de poemas. nas eleições do próximo ano. Razão de Amar é uma coletânea de 55 poemas que falam de amor, saudade, alegria e, principalmente, de Cáceres. Poeta e escritor cacerense, Odair é formado em História pela UNEMAT e tualmente é acadêmico de Direito e ministra Curso de Extensão sobre Cinema e História.

CONTATOS COM A COLUNA: 9965 - 6176 / E-MAIL: clarice-freitas@hotmail.com

ONTATOS

Papelaria e Presentes

Materiais escolares, Escritório, Informática, Aviamento e Artigos Esportivos e-mail: papcon@top.com.br

Fone: (65) 3223-4424 3223-2709 / 3223-0428


Esporte PRESSA

Técnico Carpegiani manifesta desejo de antecipar estreia de Luís Fabiano

Expressão NOTÍCIAS

VENDE - SE

Vende-se um salão de beleza e loja de cosméticos e estética devidamente estruturada no centro da cidade os interessados ligar nos telefones 32230923 ou 9636-6932

Foto: Arquivo

Assessoria

Uma das principais contratações do futebol brasileiro, Luís Fabiano ainda se recupera de lesão no joelho e faz tratamento em dois períodos no CCT da Barra Funda. Sem Fernandinho, lesionado, e Lucas, suspenso, o técnico Paulo César Carpegiani manifestou o desejo de contar com o atacante o mais rápido possível no time tricolor. 'Estamos na expectativa. Dependo do departamento médico e do físico, apesar de ele jogar numa função que não participa muito da parte tática, o que favorece uma antecipação. Tenho conversando com ele e vamos ver', afirmou o técnico após o treinamento da última sexta-feira. Como chegou após o final do prazo de inscrições, Luís Fabiano está fora do Campeonato Paulista e fará sua reestreia na Copa do Brasil. Nas oitavas de final do torneio nacional, o São Paulo visita o Goiás no próximo dia 20 de abril e faz o jogo de volta no dia 27. O médico José Sanchez admite a possibilidade de liberar Luís Fabiano para participar do primeiro jogo, em Goiânia, algo que agradaria ao comandante. No entanto, Paulo César Carpegiani deixou claro que não tomará uma decisão em torno do assunto sozinho. 'Depende do marketing também. Não sei a projeção da diretoria. Eu gostaria de contar com ele rápido. Devido ao problema do Lucas e do Fernandinho, vamos reconversar com a direção, com o marketing e com o departamento médico para ver se tem essa possibilidade de antecipar', declarou. Do ponto de vista do marketing, a estreia de Luís Fabiano no Morumbi, no jogo de volta diante do Goiás, seria mais interessante. 'Temos

Rua Coroel Jose Dulce, 304 Centro Cáceres MT

RPG - Fisioterapia - Drenagem Linfática Fisiologia de Exercício - Fisioterapia Respiratória Manipulação Osteopatica - Reabilitação Cardiopumonar Clínico Geral - Ortopedia - Traumatologia e Acupuntura

Paulo César Carpegiani conversa com Luis Fabiano. Treinador afirmou que gostaria de contar com o atacante antes do período esperado que respeitar toda uma programação. Eu, como técnico, gostaria de contar com ele o mais rápido possível, mas temos que respeitar algumas coisas', disse Carpegiani. Contratado junto ao Sevilla por quatro temporadas, Luís Fabiano teve uma apresentação apoteótica no Morumbi com aproximadamente 45 mil pessoas. Questionado sobre a estreia do jogador, Júlio Casares, vice presidente de marketing do clube, deixou a decisão a cargo da comissão técnica. 'Um dos segredos do sucesso do São Paulo é a integração entre os departamentos de marketing e de futebol. Quem escala o time é o treinador. Se o Luís Fabiano estiver em boas condições e puder jogar em

Goiânia, é uma decisão exclusiva do treinador. Não precisa da nossa autorização', declarou Casares. Ainda que o jogador faça sua estreia no Morumbi, o diretor não pretende realizar qualquer tipo de festa especial. 'O estádio estará lotado de torcedores para acompanhar a performance do Luís Fabiano em campo. Agora, não é momento de festa, mas sim de resultado', disse Casares. Paulo César Carpegiani já adiantou que Luís Fabiano iniciará a partida como titular em sua reestreia. 'Os jogadores que estão com alguma incerteza ou voltando de lesão, eu sempre escalo desde o começo para não precisar queimar uma substituição se acontecer alguma coisa', explicou o comandante.

Drª Claudia Ap. Marques Landim Clínica Médica e Cardiologia CRM-MT 4495 Drº Luis Marcos V. Turdera Ortopedia - Traumatologia CRM-MT 5673 - 5bot 9494

Dr° Luiz Laudo Paz Landim Fisioterapeuta CREFITO 3.49950-F MT

Rua XV de Novembro - 129 - Centro Cáceres - Mato Grosso - CEP: 78200-000

Rua Padre Cassemiro, 1200 - Cáceres 65 - 3223-6605 / 9614-5721

Robinho aconselha Ganso: "não cometa o erro que eu cometi”

Foto: Arquivo

Robinho e Ganso brincam com Neymar nos tempos de Santos; atacante do Milan aconselha o colega Assessoria

De longe, Robinho assumiu a postura de conselheiro do excompanheiro Paulo Henrique Ganso e aproveitou para fazer uma autocrítica. Em entrevista ao Sportv, o atacante do

Milan pediu calma ao camisa 10, para que ele saia da Vila Belmiro com as portas abertas. “O Santos não deu o mesmo tratamento que deu ao Neymar enquanto ele estava lesionado e o Ganso tem personalidade. Só que a

torcida é apaixonada e sempre vai a favor do clube. Espero que ele venha para o Milan, mas que saia pela porta da frente. Não cometa o erro que eu cometi. Se ele tiver de vir, depois pode voltar e terminar a carreira bem no Santos”, disse o jogador. A declaração remete à tumultuada saída do próprio Robinho do Santos em 2005. Na época, o atacante recebeu uma proposta milionária do Real Madrid e entrou em litígio com Marcelo Teixeira, presidente do clube, que não queria vendê-lo. Robinho chegou a recusar-se a entrar em campo pelo Santos até que a diretoria aceitou a negociação. Por conta do episódio, o atacante, bicampeão brasileiro na Vila Belmiro, foi muito criticado pela torcida. Ganso, por sua vez, trilha um caminho parecido. Após virar ídolo com grandes atuações em 2010, ele entrou em rota de colisão com a diretoria por não ter seu contrato renovado e avisou que pretende deixar o país. Desde então, vem sendo vaiado pela torcida em jogos na Vila Belmiro, sempre chamado de “mercenário”.

3223-1833

Av. Frei Ambrósio, 38 - Centro

AV. Dormevil Faria Caceres/MT Telefone: 3223-1515

ANO III - Edição - nº 0308  

ANO III - Edição - nº 0308

Advertisement