Issuu on Google+

EDIÇÃO

Ano

Mais sessenta presos serão transferidos nos próximos dias Mais 60 presos condenados devem deixar a cadeia de Cáceres, nos próximos dias. A transferência faz parte de uma estratégia do Ministério Público, para conter o clima de tensão na unidade prisional. Pelo menos, 70 já foram transferidos, desde que começaram os tumultos e construções de túneis que resultaram na fuga de 39 detentos, em menos de três meses. De acordo com a direção do sistema prisional, em Cáceres, existiam cerca de 180 presos condenados. PÁG - 03

Prefeitura divulga nomes dos aprovados na 3ª etapa para escolha dos candidatos a Conselheiro Tutelar PÁG - 06

Falta de profissionais qualificados faz sobrar vagas de emprego em Cáceres José Carlos Job assume a presidência da FIEMT

Foto: Divulgação

Apesar do elevado índice de desemprego, sobra ofertas de trabalho para várias atividades, no Sistema Nacional de Emprego (Sine), em Cáceres. Vagas como para eletricistas, mecânicos e padeiros, estão em abertas há vários dias, mas não são preenchidas, por falta profissionais especializados. A revelação foi feita pelo diretor do sistema, Pedro Fidelis Filho, ao afirmar que, a exemplo do que acontece no resto do país, em Cáceres, existem empregos, mas falta mão de obra qualificada. PÁG - 05

Durante o período de 25 de março a 08 de abril, o presidente em exercício do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt), Jandir Milan, se ausenta da entidade para participar da Missão à Europa, organizada pela Ação Pró-Amazônia - associação formada pelas Federações das Indústrias dos Estados da Amazônia Legal. Neste intervalo, quem assume interinamente a presidência é o vice-presidente José Carlos Job, que responderá pelas entidades do Sistema Fiemt (Fiemt, Sesi, Senai e IEL). Job foi designado para o cargo na tarde da última quinta-feira. PÁG - 07

Salvador sugere a prefeitura novo ancoradouro em Cáceres O vereador Antonio Salvador da Silva (PSDC) sugeriu a prefeitura de Cáceres, a criação de um novo “píer” no curso do rio Paraguai logo depois da Ponte Marechal Rondon. Salvador sustenta que não somente os benefícios ecológicos serão atendidos com a mudança, mas haverá futuramente outro panorama de desenvolvimento nas imediações da Avenida São Luiz e no Bairro Jardim Paraíso, neste município. PÁG - 08

Unemat abre inscrições para Programa de Estágios A Unemat, através da PróReitoria de Administração, informa que começou na última quinta-feira as inscrições para contratação temporária de estagiários, dentro do Programa de Estágio da Unemat. Participam do programa os campi de Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Juara, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra. PÁG - 04


Expressão NOTÍCIAS

Artigo

Heróis brasileiros Cleiton Monteiro da silva

“As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam." Bernard Shaw Aonde chegamos, assistindo a uma reportagem sobre um programa brasileiro chamado

Big Brother Brasil, vi o seu apresentador que por sinal é de péssima qualidade desde a performance até as suas crônicas que ele tenta escrever mais acaba sempre como textos mau produzidos, dizendo que os “brother” são exemplos de novos heróis brasileiro. Como fica o povo brasileiro diante de afirmação tão estúpida? Infelizmente milhões de nós ainda temos a coragem de dar audiência para algo tão desprezível e assim enriquecer em milhões os cofres dessa emissora que a tempos fazem de suas programações um atentado contra a sociedade e a família brasileira, sexo, homo sexualismo, separações, ou seja prato cheio para crianças

crescerem com um espírito de individualista e se distanciarem da família, que logo se tornarão quem sabe como os seus “heróis” do tal reality. Pois bem voltando a afirmação do nosso “ilustre” apresentador gostaria que o mesmo definisse o que são então os brasileiros que acordam todo dia de madrugada para irem ao trabalho “ralando” até 16 horas por dia como verdadeiros escravos para ganharem a miséria de um salário mínimo para sustentar com dignidade suas famílias. Para mim isso sim são heróis que não vestem armadura nem se mascaram em frente câmeras de televisão nem precisam

aparecer pelados em revista, pessoas que o mundo não conhece, mas que lutam de forma aguerrida na construção de vidas que é muito mais importante que tudo que se imagina, pessoas que não medem esforços para darem educação aos filhos dessa mãe gentil chamado Brasil professores e educadores que se dedicam a construção de uma pátria digna e visam o futuro sem esquecer que precisam fazer “malabarismo” no presente para sustentar a si e a outros. Heróis que sabem que PA Z N O F U T U R O E GLÓRIA NO PASSADO se fazem com dedicaçao ao presente, que sabem que UM SONHO INTENSO, UM RAIO VÍVIDO DE AMOR E

DE ESPERANÇA se consquista com luta. Para os que se encaixam nisso minha gratidao e minhas cinceras honras voces sao merecidamente os HERÓIS desse chao brasileiro. Aos guerreiros brasileiros que esperam um país melhor e trabalham por isso. Cleiton Monteiro da silva é nascido em Ferras de Vasconcelos - SP EM 26/04/1985 trabalha na área de recursos humanos desde 2007 é Músico (guitarrista) atuante desde 2004 membro do ministério de musica da I.B.C.N (Igreja Batista Cidade Nova) desde 2006 acadêmico do curso de Geografia da Unemat.

OPINIÃO

Em Nome do Amor ao Poder Luís Gonçalves

Esta é mais uma história de amor. Qualquer semelhança com fatos reais é mera coincidência. Dedico este romance a todos àqueles que amam demais. Que defendem suas paixões com unhas e dentes. Que são capazes de esquecerem as próprias origens e princípios em prol do poder. São essas pessoas que representam a mais pura lógica da onda de insanidade que o mundo pós-moderno desenvolveu. Houve uma época, isso há muito tempo atrás, em que o mundo se resumia numa xícara de café com leite, pão de queijo e açúcar mascavo. Não havia outra cultura a não ser à força da farda e a ditadura que esmagava a população. Do seio do povo humilde surgiu uma facção tribal disposta a combater o sistema. Que segundo apregoava era viciado, corrupto e demagogo. Assim lutou até criar uma marca registrada.

Eleita como símbolo de resistência. Inaugurou várias formas de protestos contra um poder que sempre fez questão de taxar como impróprio para o consumo humano. Essa tribo ganhou notoriedade e conseguiu eleger o cacique mor da nação. Como passou muito tempo jogando pedra na vitrine alheia, fazendo um piquete aqui e outro acolá. Panelaço de cá e invasão dali, os membros da tribo se deleitaram com o poder. Afinal, a maioria era do campo de batalha e havia sido treinada para atacar e nunca para proteger, amparar e construir. Tanto que sequer sabiam para quê e por que lutavam? Isso acabou esfacelando a concepção inicial do movimento. Sem identidade própria e totalmente a mercê da situação a tribo se aliou aos velhos inimigos de outrora antes denominados carrascos da nação. Foi assim que numa aldeia antiga a população presenciou um grupo de valentes guerreiros se ajoelharem diante dos senhores feudais para comerem as migalhas que escorriam de suas mãos. Os senhores feudais dessa aldeia eram oriundos de uma dinastia de chefes mal sucedidos que sempre

Expressão NOTÍCIAS

subjugaram o pensamento da coletividade. Mesmo assim, como árvores abatidas, os guerreiros se entregaram. Tiveram as armas recolhidas, os pensamentos aprisionados e foram mergulhados num mar de ilusão. A aldeia pertencia a um grupo de patrões ricos e poderosos que não se misturavam com a ralé. Ficavam na aldeia somente o tempo suficiente para dar ordens e certificarem que todos comiam quando eles batiam no cocho. Era uma aldeia pobre e sem sonho. As pessoas viviam um regime de total servidão. Em vil estado de calamidade pública. Durante o período chuvoso as águas adentravam as casas e causavam estragos e prejuízos. As ruas ficavam intransitáveis e as pinguelas ruíam. Tanto que os senhores feudais quando desejavam fazer alguma aventura vinham visitar a aldeia. Em potentes picapes off Road faziam verdadeiros ralis pelo centro da aldeia para entreter a população e dizer que aquele era um mal necessário. Enjoada de ver as manobras radicais dos senhores feudais um dia a população resolveu vaiar. Revoltado, o patrão que era doente e totalmente egocêntrico

designou um jovem e robusto guerreiro, descendente daquele grupo de revoltosos que tomaram o poder maior da nação, para ser o jagunço da seara. O infeliz era conhecido como artilheiro de contenda e como o jogo era de interesse o cargo lhe caía como luva. Acontece que ele se empolgou demais com o título e meteu a língua no dente. Esqueceu que fazia parte dos chefes da nação que estava no poder a mais de oito anos. Para defender o interesse dos senhores feudais da aldeia, jogou toda a culpa na própria cúpula de poder de sua tribo. Afinal de contas tinha sido treinado para combater, guerrear e tumultuar o processo. Estava cumprindo um termo de ajustamento de conduta que o obrigava a dançar conforme a música para satisfazer os caciques da aldeia. Quando lhe tiraram a amordaça fez a verborragia que estava acostumado a fazer. Bem, muitos não entenderam nada. Mas a dama do poder deve ter ficado numa saia justa danada. Tanto que esse jagunço passou a partir daí a nadar na mesma lama que a dinastia fazia rali e enduro. Alguns ainda disseram que foi jogada de marketing para provocar várias candidaturas e

Editor Geral Sinézio Nunes de Alcântara DRT-MT 403

Redação e Administração: Av. José Palmiro da Silva, 319 Bairro São José - Tel.: 65 3223-7942 / 9957-9878 - EMAIL: sinezioalcantara@hotmail.com Colaborador: Luís Gonçalves, Antonio Costa e Clarice Diório. Circulação: Regional - Tiragem: 1000 exemplares Publicação da Editora Jesuína dos Santos ME - Insc. Estadual 13345231-0 / CNPJ 09.108953/0001-42

enfraquecer a oposição. Desviando o foco e facilitando a manutenção no cargo do membro da dinastia egocêntrica. De qualquer forma todos viraram farinha do mesmo saco e foram findar numa enorme vala comum. Que assim seja! Luis Gonçalves Publicitário e Escritor Luisfgoncalves@uol.com.br

Telefones Úteis ACEC - Assoc. Com. e Empresarial 2º Bfron

3223-2048

3223-4413/3223-9198

Centro de Direitos Humanos

3223-3667

CISC

3903-1210

Jornal Expressão

3223-7942

Conselho Tutelar

3223-1072

Corpo de Bombeiros

193

Delegacia Espec. Adolescente

3224-1381

Delegacia Espec. Defesa da Mulher

3223-0348

Delegacia Regional de Polícia Civil 3223-1953/197 DETRAN

3223-5301

OAB

3222-3589

Polícia Federal

3211-6300/194

Polícia Rodoviária Federal

3223-3894/191

Policia Militar Pronto Socorro Municipal

3223-1441 192

Procon

3223-4172

Tribunal Regional Eleitoral

3223-5159


Expressão NOTÍCIAS

BONDE

Mais 60 presos condenados serão transferidos nos próximos dias

Transferências começaram após as fugas de 39 presos do cadeião provisórios. Os condenados Editoria devem cumprir pena em Mais 60 presos penitenciárias” explica a condenados devem deixar a promotora Januária Dorileo. cadeia de Cáceres, nos próximos Uma parte dos condenados dias. A transferência faz parte de foram transferidos para a uma estratégia do Ministério penitenciária de Mata Grande em Público, para conter o clima de Rondonópolis. E, outra para a tensão na unidade prisional. Pelo penitenciária de Água Boa. A menos, 70 já foram transferidos, demora para a conclusão da desde que começaram os transferência, conforme o MP tumultos e construções de túneis seria em razão da falta de vagas que resultaram na fuga de 39 na referida penitenciária. detentos, em menos de três A relação dos presos que meses. De acordo com a direção devem deixar a cadeia é feita pela do sistema prisional, em direção da unidade. Além de Cáceres, existiam cerca de 180 evitar tumulto com a presos condenados. superlotação, conforme as “A transferência é uma autoridades, a transferência decisão legal, conforme deverá desafogar o sistema e, determina a lei. Na cadeia devem automaticamente, reduzir permanecer apenas presos despesas. Projetada para abrigar

230 presos, atualmente, de acordo com o diretor, Cleilton Norberto da Silva, existem 392 presos. “Apesar da superlotação, a situação já esteve pior. Antes das transferências, existiam em média, diariamente, cerca de 480 reeducandos. Deixando o clima propício para tumultos. Hoje são menos de 400” explica. Embora o clima de tensão tenha sido amenizado, nos últimos dias, a situação não está totalmente sobre controle, no chamado cadeião. Na última segunda-feira um preso foi espancado até a morte, por colegas de cela. O crime aconteceu na madrugada de segunda-feira. Rosauro Pinheiro de Campos, 34 anos, havia sido preso no início da semana, por policiais do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), na divisa com a Bolívia, acusado de golpe do seguro. O corpo foi encontrado às 6h no interior da cela, com várias perfurações de chuchus e um hematoma no lado esquerdo do crânio. A polícia e a direção não sabem, exatamente, o que teria provocado a revolta entre os detentos que resultou na execução do colega. O corpo de Rosauro foi encontrado por dois agentes carcerários quando percorriam o corredor para retirar lixo. Campos estava recolhido, desde a última terça-feira, (22) no bloco II, ala B da unidade prisional. Há suspeita de que os presos teriam consumido grande quantidade de droga, antes da

execução. No interior da cela foram encontrados, pelo menos, dois chuchus, três telefones celulares, uma serra, uma barra de ferro, além de 40 trouxinhas de pasta base de cocaína, três de maconha e um cachimbo usado para consumir entorpecente. Afirmam que “o nosso intuito é apenas preservar a moralidade, a isonomia, o respeito mútuo, enfim asseverar a ordem e o respeito á norma legal”. Dizem que “afinal foram anos de regalias excessivas dirigidas á alguns reeducandos, de impunidade mesmo diante do cometimento de faltas graves; de temor por parte dos servidores, em fim uma realidade eivada de irregularidades que vivenciamos e que estamos temerosos de ver restabelecida, pois compromete demasiadamente o adequado desempenho das atividades, nos expõe a riscos desnecessários e, por conseguinte, denigre a imagem do próprio sistema prisional”. Por sua vez, os policiais militares que trabalham na segurança do prédio asseguram que as medidas adotadas pela Justiça e o MP foram, segundo eles, importantes, principalmente, para segurança dos agentes e a redução de entrada de drogas nas celas. “Parece que hoje eles (agentes) trabalham com mais segurança. E, além disso, nunca mais se registrou ocorrências de pessoas que jogavam drogas por cima do muro, para presos celas livres que estavam de lado de dentro da

cadeia” disse um policial integrante da guarnição de segurança. Preso diz que foi obrigado a fugir O fugitivo Ademir Batista da Silva, 26 anos, que se entregou na última quarta-feira, dois dias após a fuga de 24 presos, disse ao juiz durante audiência no Fórum que foi obrigado a fugir por determinação dos líderes do motim. Cumprindo pena por assalto a mão armada, Ademir teria dito ao juiz Carlos Roberto, que na hora da fuga, se recusou, mas foi obrigado a seguir com os demais “companheiros” sob pena de ser apontado como delator. “Ele disse que foi obrigado a fugir com os demais. Porém, afirmou que voltou porque, quer cumprir o restante da pena e mudar de vida” contou o juiz. Responsável pela Vara de Execuções Penais, Carlos Roberto, disse que o fugitivo negou que tenha participado de negociação para facilitação da fuga, conforme foi denunciado pelo assaltante Osvaldo Condori Ayca. O boliviano que cumpria pena por tráfico de drogas, afirmou através de telefonema a um jornal da capital que a fuga teria sido “consentida” pelos agentes prisionais que, ao todo receberam R$ 120 mil pelo crime. E, que cada preso teria pago aos agentes penitenciários e ao direto da unidade prisional R$ 5 mil.

Independente Descolado Atuante EM APENAS UM CLIC

Expressão NOTÍCIAS


Expressão NOTÍCIAS

OPORTUNIDADE

Unemat abre inscrições para Programa de Estágios

Assessoria / Unemat

A Unemat, através da Pró-Reitoria de Administração, informa que começou na última quinta-feira as inscrições para contratação temporária de estagiários, dentro do Programa de Estágio da Unemat. Participam do programa os campi de Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Juara, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra. Podem concorrer as vagas de estágios, alunos regularmente matriculados em um dos campi citados, que comprovem frequência e cursem

do terceiro ao penúltimo semestre. O estágio terá carga horária de 30 (trinta) horas semanais, distribuídas em 06 (seis) horas diárias de acordo com o funcionamento de cada campi, sem que o horário de estágio crie prejuízo em relação as atividades acadêmicas dos estudantes. S er á o f er ecid a ao s estagiários, uma bolsa mensal no valor de R$380,00 (trezentos e oitenta reais), mais R$80,00 (oitenta reais) como auxílio para transporte. As inscrições devem ser efetuadas nos campi de origem do candidato de 25 de março até 5 de abril, a documentação necessária esta

disponível no edital postado no site da Unemat. O processo seletivo constará de 01 (uma) prova objetiva de caráter classificatório. A prova objetiva será realizada em etapa única na data de 12 de abril de 2011, as 08h (oito horas), horário oficial de Mato Grosso. O local específico de realização das provas será divulgado no ato da inscrição. Para informações sobre número e áreas disponíveis para vagas e documentação necessária a c e s s e : http://www.unemat.br/prad/?lin k=estagio_2011 O estágio é o primeiro passo que o estudante da rumo ao mercado de trabalho, onde o aluno coloca em prática o que aprende na teoria e principalmente vai tendo a exigência de responsabilidade nas ações desenvolvidas. A cada ano que passa novos profissionais recém-graduados chegam ao mercado de trabalho. A competitividade é imensa, o diferencial obtido nos estágios é fundamental na hora da contratação. O aluno que participa de estágios consegue a tão pedida experiência. Os programas que possuem uma boa estrutura possibilitam uma troca de experiências entre os estudantes e sua atuação em

Prático Criativo Atual

www.expressaonoticias.com.br

diversos setores da empresa enriquecendo sua formação

acadêmica e preparando para o mercado de trabalho.

Dra Patrícia Cristine S. Souza Fonoaudióloga - CRFA-MT 6850

Tel: (65) 3223-2271 Fax: (65) 3223-9821 Rua João Pessoa, 65 - Centro - Cáceres/MT

Distribuidora de frangos e frios Com entrega imediata

Frangos e Frios

Av. Jos é Pinto de Arruda, s/n - Jd. Cidade Nova Chácara Martins - Cáceres/MT - CEP 78200000

3224-1461

RODAS * SOM * ACESSÓRIOS * ALINHAMENTO * BALANCEAMENTO * SUSPENSÃO * FREIO * DESEMPENHO DE RODAS


Expressão NOTÍCIAS

CARÊNCIA

Falta de profissionais qualificados faz sobrar vagas de emprego em Cáceres Foto: Arquivo

Editoria

Apesar do elevado índice de desemprego, sobra ofertas de trabalho para várias atividades, no Sistema Nacional de Emprego (Sine), em Cáceres. Vagas como para eletricistas, mecânicos e padeiros, estão em abertas há vários dias, mas não são preenchidas, por falta

profissionais especializados. A revelação foi feita pelo diretor do sistema, Pedro Fidelis Filho, ao afirmar que, a exemplo do que acontece no resto do país, em Cáceres, existem empregos, mas falta mão de obra qualificada. “Sem qualificação profissional é difícil entrar no mercado de trabalho. O empregador quando oferece a vaga já apresenta o perfil que

deseja o trabalhador. Como a maioria não dispõe de qualificação, as vagas ficam em abertas por vários dias” explicou lembrando que uma vaga para mecânico de máquinas pesadas ficou em aberta durante dois meses sem ser preenchida. “É realmente uma dificuldade muito grande. Principalmente, quando é para uma profissão diferenciada” observou. O coordenador do Sine ressalta que, embora falte mão de obra especializada para profissões como padeiros, mecânicos e eletricistas, as maiores dificuldades se verificam, principalmente, para profissionais de cursos superiores, como assistente social, nutricionista e psicólogos. “Se já é difícil encontrar profissionais especializados para eletricistas, mecânicos e padeiros, imagina para outras profissões como psicólogos, assistentes sociais e nutricionistas?” indaga informando que, nesses casos, as vagas demoram ainda mais para serem preenchidas. Conforme um estudo

Instituto Chico Mendes está selecionado Brigadistas para atuar na região de Cáceres Foto: Assessoria

realizado pela Câmara Municipal, há três anos, cerca de 30% da população economicamente ativa do município, está desempregada. À época a pesquisa apontou a falta de política pública para qualificação profissional, como a razão principal para o elevado índice de desemprego. Isso,

inclusive, levou o então vereador Wilson Bosco Palhinha de Oliveira, firmar parceria com vários órgãos, entre eles, o Sindicato Rural, para realização de cursos profissionalizantes, em bairros e comunidade rural do município. À época, pelo menos, 500 pessoas foram beneficiadas pelos cursos.

Sempre as últimas novidades da moda em confecções e calçados, Adulto e Infantil. Crediário próprio sem burocracia

Assessoria/Sefaz-MT

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, autarquia federal ligada ao Ministério do Meio Ambiente, está selecionando 12 pessoas (Homens entre 18 a 45 anos) para participarem do Curso de Formação de Brigada para Combate e Prevenção de Incêndios Florestais, a fim de contratação como Brigadista. O curso será gratuito, com alimentação, transporte e hospedagem gratuita, e será realizado entre os dias 25 a 29 de abril na Estação Ecológica da Serra das Araras, unidade de conservação federal localizada entre Cáceres e Porto Estrela. O s m e l h o r e s classificados do curso serão contratados para trabalhar entre julho e dezembro na Estação Ecológica de Taiamã, em

Preparamos os melhores pratos da cidade. Escolha a sua preferência e ligue-nos Cáceres, onde irão desenvolver trabalho braçal e outros de Combate e Prevenção de Incêndios Florestais. Para ser selecionado ao curso é necessário ser aprovado no Teste de Aptidão Física, a ser realizado nos dias 4 e 5 de abril, às 8 h. A lista dos selecionados será divulgada no dia 6 de abril. A remuneração é um salário de R$ 545,00, mais

Fone -

Auxilio Alimentação de R$ 304,00 e Auxílio para filhos menores de 7 anos. As inscrições para o teste físico já estão abertas e podem ser feitas até o dia 4 de abril no escritório do ICMBio, que está funcionando do prédio anexo ao IBAMA em Cáceres, na Avenida Getúlio Vargas. Mais informações pelo (65) 3223-2676. (Colaborou Marcelo Leandro Feitosa de Andrade).

3903-1000

Rua General Osório, 1241 - Cáceres/MT

Rua Comandante Balduíno nº 487, centro, próximo a Padaria Tulipa


Expressão NOTÍCIAS

RESULTADO

Prefeitura divulga nomes dos aprovados na 3ª etapa para escolha dos candidatos a Conselheiro Tutelar Foto: Divulgação

Assessoria / PMC

A prefeitura de Cáceres, através da Secretaria de Assistência Social, divulgou na última sexta-feira, a relação dos 18 candidatos aprovados na 3ª Etapa para escolha dos candidatos à Conselheiro Tutelar. A seleção é resultado de uma prova escrita realizada na última quarta-feira, 23. Na próxima quarta-feira, 30, acontece um teste de digitação. No dia 02 de abril, mais uma prova e no dia 3, uma entrevista e no dia 4, um teste que se resume em criar um texto usando a técnica de digitação. Após a bateria de provas, testes e entrevistas, os candidatos terão um período de 15 dias para fazer a campanha eleitoral, pedir votos para a comunidade, para então acontecer a votação no dia 24. O resultado das eleições será divulgado no dia 27 e no período de 28 a 29 de abril, os eleitos

Inglês Definitivo Vende-se Um sítio de 12 alqueires e meio. Com 5 alqueires formado. Localizado na beira do asfalto, com água e luz. 75 quilômetros de Cáceres. Casa com 5 peças, banheiro de cerâmica, 1 represa com 16 horas de máquina e terra preta. Pega-se casa, carro ou dinheiro. FALAR COM ANTONIO 9918-0966

titulares e suplentes serão nomeados. No dia 02 de maio, serão empossados pelo prefeito Túlio Fontes, iniciando aí o trabalho de atender as pessoas que procuram o Conselho Tutelar buscando solução de problemas. O atual presidente do Conselho Tutelar de Cáceres é Vera Lucia

Bento de Castro. A eleição para os cinco membros e cinco suplentes que irão compor o Conselho Tutelar de Cáceres, para um mandato de três anos, será realizada das 08 às 16 horas, nas dependências da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). O cargo é remunerado e a jornada é de 40 horas semanais. O Conselho Tutelar caracteriza-se por um espaço que protege e garante os direitos da criança e do adolescente, no âmbito municipal. É uma ferramenta e um instrumento de trabalho nas mãos da comunidade, que fiscaliza e toma providências para impedir a ocorrência de situações de risco pessoal e social de crianças e adolescentes. R e u n i n d o a s características que definem o Conselho Tutelar, pode-se afirmar dizer que este órgão, formado por pessoas, desempenha e executa suas atribuições, especificadas no Estatuto da Criança e do Adolescente, de forma permanente, com independência funcional para deliberar e realizar suas ações sem qualquer interferência externa, lhe cabendo apreciar e julgar os conflitos de interesses (nãojurisdicional), função, esta, própria do Poder Judiciário. Os membros do Conselho Tutelar exercem função pública considerada, por expressa disposição legal, serviço público relevante, assim o fazendo, transitoriamente, sem qualquer vínculo empregatício ou estatutário com o Município. A função de Conselheiro Tutelar corresponde a função pública relevante, é exercida em caráter transitório,ocupada sem gerar qualquer vínculo empregatício ou estatutário do seu exercente com o ente estatal para o qual se encontra servindo.

SEGURANÇA ELETRÔNICA 24h

SOLICITE SEU ORÇAMENTO

3223-0101 Video Porteiro Circuito de TV Técnicos Qualificados Portões Integração Eletrônica Cerca Elétrica Monitoramento 24 horas

FUNERÁRIA PAX SILVA SERVIÇOS PÓSTUMOS

AGORA COM

CEMITÉRIO PAX SILVA

Socorro! Ajudem-nos a salvar vidas Centro de Recuperação Renascendo com Cristo Telefones: 3223-8249 / 9634-8334


Expressão NOTÍCIAS

NOVO

José Carlos Job assume a presidência da FIEMT Foto: Divulgação

José Carlos Job(D), que responderá pelas entidades do Sistema Fiemt Assessoria

Durante o período de 25 de março a 08 de abril, o presidente em exercício do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt), Jandir Milan, se ausenta da entidade para participar da Missão à Europa, organizada pela Ação Pró-Amazônia - associação formada pelas Federações das Indústrias dos Estados da Amazônia Legal. Neste intervalo, quem assume interinamente a presidência é o vice-presidente José Carlos Job, que responderá pelas entidades do Sistema Fiemt (Fiemt, Sesi, Senai e IEL). Job foi designado para o cargo na tarde da última quinta-feira. Empresário de Cáceres, José Carlos Job é proprietário da Construpec Construção Civil e JCJob Construção de Estruturas Metálicas, respectivamente com 14 e sete anos de atuação no mercado. Primeira vez assumindo o cargo, o industrial

destaca sua satisfação. “É muita responsabilidade ser o presidente desta instituição tão relevante em Mato Grosso. Porém, mesmo que por pouco tempo, me comprometo a honrar e cumprir com determinação todas as responsabilidades assumidas”, ressalta o presidente em exercício. Job já foi presidente do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário (Sinduscom) de Cáceres e por duas vezes vice-presidente do Sistema Fiemt, cargo que exercerá até a próxima eleição da entidade, em 2012. MISSÃO EUROPA - O grupo, formado por empresários da região Amazônica - Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins partiram na ultima quinta-feira de São Paulo, passa por Paris, Moscou, Praga, Istambul e Hannover. O objetivo da missão é promover o intercâmbio empresarial e comercial para fomentar novos negócios com os países da

Europa. Na Alemanha, os empresários participam da Hannover Messe 2011. “Para Mato Grosso, que cresce a índices comparados aos dos 'tigres asiáticos', estar presente na mais tradicional feira industrial do mundo, a Hannover Messe, reflete a busca constante do Estado pela abertura de novos caminhos para se estruturar, modernizar e, principalmente, continuar a c o m p a n h a n d o o desenvolvimento globalizado. A Alemanha, como uma potência econômica e exemplo de modelo industrial é, sem dúvida, uma ótima oportunidade de conhecimento e negócios para os empresários matogrossenses e, por isso, nossa participação na feira. A Fiemt, como principal indutora da evolução da indústria estadual, se faz presente na Missão com o objetivo de conhecer e agregar informações para a transferência dessa tecnologia, que possibilitará equipar o parque fabril regional e aquecer ainda mais a economia local”, pontua Milan.

Fone: (65) 3223-2269

Av. Sete de Setembro, 1037 Cáceres/MT.


Expressão NOTÍCIAS

TRABALHO

Salvador sugere a prefeitura novo ancoradouro em Cáceres Foto: Marcelo Parragas

Vereador Antônio Salvador preside sessão e ainda faz indicações Assessoria João Arruda

O vereador Antonio Salvador da Silva (PSDC) sugeriu a prefeitura de Cáceres, a criação de um novo “píer” no curso do rio Paraguai logo depois da Ponte Marechal Rondon. Salvador sustenta que não somente os benefícios ecológicos serão atendidos com a mudança, mas haverá futuramente outro panorama de desenvolvimento nas imediações da Avenida São Luiz e no Bairro Jardim Paraíso, neste município. Para tanto o vereador requereu que todas as instituições ligadas à ambiental sejam informadas, e quanto à prefeitura municipal que proceda estudo com a meta de viabilizar essa obra. “Os ganhos serão incontáveis, a transferência das lanchas hotéis para próximo da Ponte Marechal Rondon, Cáceres terá um novo cartão postal, sem contar a cadeia econômica daquela área que será aquecida com implementação desses investimentos” previu. Outra observação feita pelo autor da indicação é que atualmente o ponto de captação de água para ser distribuída em Cáceres, fica logo abaixo cerca de 300 metros do local onde se concentram a maioria das embarcações. O parlamentar justificou a sua propositura que a permanência dessas lanchas hotéis na extensão da Baía, além

de comprometer o visual daquele setor da cidade, traz inúmeros prejuízos ao meio ambiente, tendo em vista a “desova” de dejetos dos sanitários, resíduos de combustível, restos de graxas, fuligem de tintas e outros materiais que são empregados nas freqüentes reformas dessas barcaças são despejados quase que diariamente sem qualquer tratamento ou cuidado diretamente no leito da baia. A despoluição baia de Cáceres assim como a revitalização de todo o seu entorno, é um dos mais antigos anseios da população de Cáceres. Para o vereador, é quase que inadiável o deslocamento dessas lanchas hotéis para outro local, no caso sugerido que seja após a Ponte Marechal Rondon, na margem esquerda do rio Paraguai. E de acordo com Antônio Salvador devolverá a baía um espaço que lhe é natural, se constituindo de fato num importante atrativo turístico dentro do setor urbano de Cáceres. Salvador pondera ainda que cerca de 20 lanchas permanecem ancoradas nessa baia boa parte delas, chega a permanecer na alta temporada com até dois pernoites com lotação máxima, ou seja, tripulantes e turistas, num total não menos de 20 pessoas numa estimativa hipotética se chega a ter varias pessoas a bordo, que segundo Antônio Salvador, fazem refeições a bordo,

necessidades fisiológicas, higiene corporal, limpeza em geral, e ainda outras atividades tendo como destino lixo produzido (em alguns casos) o leito da baia. “Essa carga de poluição precisa ser contida, para depois se iniciar outro projeto abrangendo o entorno de toda a baia e o Centro Histórico” observou Salvador acrescentando que a sua indicação será precedida de estudos, de reuniões com a categoria que opera com embarcações e que possuem lanchas ancoradas na baia, enfim, o parlamentar ao mesmo tempo em que defende remoção dos barcos, salienta que qualquer movimentação nesse sentido será amplamente debatida com todo o segmento municipal envolvido de maneira direta ou indiretamente. Para Élson Pires (PR), um dos parlamentares que inclusive é do ramo de turismo embarcado, apoiou a iniciativa de Salvador, destacando que a categoria também segue esse raciocínio. Entretanto requereu que a indicação contenha ainda algumas ações por parte da prefeitura de Cáceres, visando garantir estrutura como água tratada, acesso terrestre e principalmente energia elétrica para atender as embarcações. Já o vereador Alonso Batista também enalteceu a ideia de seu colega de parlamento sugerindo ainda que seja informada a Secretaria de Patrimônio da União, para que nova área a ser ocupada pelo “trade” de turismo embarcado seja cedida em comodato a Associação Turística Ambiental de Cáceres (Asatec), o que daria mais segurança aos empresários em seus investimentos. BANDEIRA VERDE Nas primeiras ações da Câmara, notadamente dos vereadores Alonso Batista (PT), Alvasir Alencar, Élson Pires e principalmente do presidente Antonio Salvador nota-se uma preocupação oportuna com o meio ambiente tanto que as primeiras indicações foram voltadas para projetos de valorização e de respeito ao meio ambiente no município.

Materiais el étricos, tijolos, telhas, cimento, pisos, forros e madeiras PAGAMENTO COM CHEQUE E CARTÃO DE CRÉDITO

Fone: (65) 3222-1210 Avenida São João - B. Cavalhada, 33 - Cáceres - Mato Grosso

Dr. Masato Nakahara Médico Oftalmologista CRM/MT - 1752 Cons.: Praça Barão do Rio Branco, 53 - 65 3223-4560 Res.: Rua Olavo Bilac, 21 - 65 3223-4253 Residencial M. Verde - Cáceres/MT

DISK CERTO 3223-9002 www.diskcerto9002.com.br

Aluga para Festas Para você que irá fazer a sua festa de casamento, aniversários e outros, oferecemos os nossos trabalhos de Buffet. Alugamos tudo para realizar sua festa: - Pratos Talheres Copos Toalhas Travessas e Outros

3223-5489 / 3223-8808 / 9978-7638

MONTE VERDE MAT. P/ CONSTRUÇÃO Areia de Praia - Goma - Brita Cascalho p/ Aterro - Telhas - Tijolos, etc...

Gilda M. Moreira Assunção Fone: (65) 3223-3473/3223-4512 Av. Talhamares, 1413 - Jd. Trevo - Cáceres/MT

Angela Ferreira Garcia


Expressão NOTÍCIAS

OPINIÃO

Secretário Pedro Nadaf choveu no molhado Nilomar Cunha Relutei muito em escrever este artigo acerca do 1º Fórum de Mobilização Social sobre o Potencial Mineral da Serra do Caeté, realizado no dia 21, quando alguns Parlamentares da Assembléia Legislativa e sociedade de Mirassol D'Oeste se exprimiam na Câmara dos Vereadores, para assistir a esse encontro do depósito biomineral de ferro e fosfato que “teria” sido descoberto na Serra do Caeté. Vários participantes daquele fórum ficaram decepcionados, entre eles o presente signatário, quando ouviu daqueles, que diziam ter encontrado a “tal jazida”, explanarem apenas uma idéia superficial dos fatos, a saber: - Um geólogo que acompanhava a comitiva passou um vídeo explicativo que mostrava apenas o que faz essa determinada profissão, remontando a época do big bang, nada haver com o assunto propriamente dito. Deveriam sim, mostrar vídeos das ditas perfurações, áreas e resultados concretos dos tais testes, etc; que no transcorrer de sua explanação, todo momento esse era interrompido pelo Sr.

Secretario de Estado de Indústria, Comércio e Mineração Pedro Nadaf, a qual dizia que o mesmo usava termos técnicos. - Indagado pela minha pessoa se não houve precipitação do governo na divulgação do resultado, o Secretario Pedro Nadaf devolveu com uma afirmação de que eu estava querendo confundir a cabeça da platéia, dando uma explicação vaga, diferente o que foi escrito na imprensa do episódio ocorrido. Pedro Nadaf culpou a imprensa por tal estimativa, á época dos fatos, quando estimaram o valor em toneladas (11,5 bilhões) da jazida encontrada, diferente do que foi falado durante a realização do fórum de que ainda não saberiam, pois, segundo ele, os mais de 200 testes (análises rasas - cerca de um metro) ainda não se poderiam estimar de forma quantitativa; disse que após os novos testes, que poderiam ainda perdurar, ainda, um tempo e, em se concretizando em jazida, passaria para a iniciativa privada para uma nova bateria de análises (mais uma), agora com maior profundidade, ou seja, NADA DE CONCRETO. Leio no dia seguinte, na página da UNEMAT de Cáceres, que o representante da UNEMAT, professor Dionei Silva, quantificava valores, diferente do que disse o Secretário. Professor Dionei, o Brasil procura JAZIDAS! Ah! No fundo do quintal de minha casa também tem minérios e, minha filha consegue cavar a menos de um metro, bem como qualquer tatu recém nascido também o consegue. Destaco que no dia do fórum quando Vossa Senhoria usou a tribuna,

seus comentários foram de extrema grandeza: que a descoberta e exploração sejam realizadas de forma adequada, eficiente e socialmente justa. Leio, também, na página da SEFAZ MT, que era possível ver a preocupação do presidente da Câmara Municipal de Mirassol D´Oeste, vereador Laércio, quando escreve: “..., pois os preços de imóveis e alugueis estão subindo. Além do aumento do valores imobiliários, nossa cidade não tem estrutura para atender a população que está migrando para Mirassol em função da área anunciada de fosfato e ferro, principalmente na área de saúde e educação,...”. Perguntei a empresários acerca das valorizações dos imóveis e a tais “migrações”, onde me responderam desconhecer tais incidências (???). Estampado em faixas distribuídas pela cidade de Mirassol D'Oeste, o deputado Airton Português dizia: “Parabéns Mirassol pelas riquezas minerais!”. Os moradores estavam ansiosos quais seriam os dividendos de repasse que seria dado ao município, bem como a malha rodoviária e ferroviária para o transporte da tal “jazida” encontrada. O Deputado Ademir Brunetto apenas fez menção na viabilidade de geração de empregos e tributos para o aumento da renda com interesses da Comunidade, não dando mais enfoque o que, quando, aonde, por quem, etc. O estardalhaço todo criado, discutido no fórum, mobilizando a sociedade de Mirassol D'Oeste, quando muitos tinham até assuntos mais importantes a se resolver, foi percebido que ainda não existe

NADA DE CONCRETO, a não ser que o minério existe. Deu a entender que esse evento nada mais foi que de cunho político. Um blá blá blá dos poetas não

publicados ou famosos filósofos de botequins de plantão. Nilomar Cunha Cidadão mirassolense, Sargento da reserva da Marinha

SERVIÇO DE ÁGUA E ESGOTO DE CÁCERES SUGESTÕES, INFORMAÇÕES E RECLAMAÇÕES

LIGAÇÃO GRATUITA 0800 - 647 - 3223

A NATURAL Disk Água Crystalina e Gás Liquigás Alugamos mesas e cadeiras

3223-0000 Rua Dr. Sabino Viera - n°519 - Centro


Expressão NOTÍCIAS

REIVINDICAÇÕES

AMM mobiliza prefeitos para Marcha a Brasília

Assessoria

Os prefeitos de Mato Grosso começam a se articular para participar da XIV Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que será realizada de 10 a 12 de maio. A Associação Mato-grossense dos Municípios já iniciou a mobilização dos prefeitos para o encontro, que terá uma ampla programação. Entre os temas a serem debatidos, destaca-se a regulamentação do financiamento da Saúde pública previsto na Emenda Constitucional 29. Além de Saúde, outras

deliberações importantes de impacto nos municípios e na comunidade local estarão na pauta, como Educação e Saneamento Básico. Estão também previstos painéis temáticos sobre Meio Ambiente, Finanças Municipais, Contabilidade Pública, Desenvolvimento Urbano e Jurídico. Os prefeitos deverão se reunir com os parlamentares para apresentar as principais reivindicações em nível estadual. O encontro deve contar com a participação de representantes do governo federal, deputados, senadores, técnicos especialistas e milhares de gestores municipais. Para

garantir participação no evento, que terá como tema “Brasil: uma federação incompleta”, os gestores deverão preencher a ficha de inscrição no site www.cnm.org.br O presidente da AMM, Meraldo Figueiredo Sá, reuniuse esta semana, em Brasília, com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski, e um dos assuntos em pauta foi a realização da marcha a Brasília. Meraldo reafirmou a parceria da AMM com a CNM e salientou a importância da participação dos prefeitos de Mato Grosso na mobilização. “A programação vai debater assuntos de grande relevância para os municípios e esperamos contar com o apoio do Governo Federal e Congresso Nacional para encaminhar as reivindicações municipalistas”, assinalou. A AMM participa da mobilização desde a primeira edição, liderando anualmente comitivas de prefeitos que acreditam nos resultados do encontro, que alerta para as dificuldades dos municípios. A instituição também já teve vários representantes na diretoria da CNM e sempre participou ativamente das mobilizações nacionais.

JBA MATERIAS PARA CONSTRUÇÃO ATENÇÃO ATÉ 31/03/11 GRANDE PROMOÇÃO DE LAMPADAS ELETRÔNICAS COMPACTAS E TUBOS SOLDÁVEIS. VEJAM: -LAMPADA ELET COMPACT DE 15W X 127V - EMPALUX = R$ 4,50 -LAMPADA ELET COMPACT DE 20W X 127V - EMPALUX = R$ 5,00 -LAMPADA ELET COMPACT DE 25W X 127V - EMPALUX = R$ 5,50 -LAMPADA ELET ESPIRAL DE 15W X 127V - EMPALUX = R$ 5,50 -LAMPADA ELET ESPIRAL DE 20W X 127V - EMPALUX = R$ 6,00 -LAMPADA ELET ESPIRAL DE 25W X 127V - EMPALUX = R$ 6,50 -TUBO SOLDÁVEL DE 20MM - BASA - R$ 6,30 -TUBO SOLDÁVEL DE 25MM - BASA - R$ 7,90 -TUBO SOLDÁVEL DE 32MM - BASA - R$ 14,42 -TUBO SOLDÁVEL DE 40MM - BASA - R$ 19,60 -TUBO SOLDÁVEL DE 50MM - BASA - R$ 24,70

Plantão 24 horas Adquira um plano assistencial e toda sua família recebe benefícios

3223-3593/3223-6101 Av. 7 de Setembro - 250 - Centro

LAVA JATO CACERENSE

9641 4685 : 9973 - 5228

Rua Tiradentes, s/nº, em frente o CEOM

Livraria Liliana Materiais Pedagógicos, Informática, Artigos, Papelaria, Xerox. Materiais para Escritórios - mesas, armários, cadeiras, escrivaninhas...

Tels. 3223-1801 / 3223-4845 Fax. 3223-7250 Livraria.liliana@hotmail.com

Av. Afonso Pena, 199 - Jd. Cidade Nova - Cáceres/MT


Expressão

Destaque

NOTÍCIAS

Clarice Navarro Diório

A Equipe de Handebol Feminina da Escola QI foi campeã nos jogos estudantis Copa Norte, realizada em Sorriso nos dias 18 a 20 março, e a equipe masculina ficou em 3º lugar. A direção da escola ressalta que apesar das dificuldades, especialmente a falta de apoio da Secretaria de Esportes, as equipes QI Anglo marcaram presença e conquistaram mais A bióloga Arlene Alcântara, da Secretaria dois títulos importantes para Cáceres, e fora de casa. O diretor da escola, Municipal de Saúde, que atuou anos como Daniel Lima, e toda a equipe de professores e funcionários, parabenizam coordenadora da Vigilância Sanitária e fez um as equipes e o professor Takaki, assim como o estagiário Seba. O trabalho brilhante, especialmente nas Handebol de Sorriso é tri-campeão brasileiro e com muita garra as campanhas de prevenção e combate a dengue, meninas do QI enfrentaram a fera e sagraram-se campeãs. está na função de secretária internina de Saúde do município. Capacidade todos sabem que ela tem. Vamos esperar que tenha o apoio necessário para continuar exercendo seu trabalho com a seriedade e eficácia que são suas marcas. A torcida é grande.

A enfermeira Carla Barelli e o médico dermatologista Renato Rostey, que coordenaram na quarta, 23, a "Noite Azul", projeto desenvolvido pela prefeitura de Cáceres, através da Secretaria Municipal de Saúde e do Posto de Saúde da Família do bairro Vitória Régia. A iniciativa tem, como objetivo divulgar informações sobre a saúde preventiva masculina, dentro do projeto Homem Pantaneiro. Boa vontade se mostra com ações. E ações importantes merecem destaque, como a iniciativa do juiz federal em Cáceres, Raphael Caselli, que determinou a doação da verba necessária para a implantação do sistema de câmeras de segurança na unidade prisional de Cáceres. Se todos partissem do discurso para a atitude, com certeza o mundo seria melhor. Por medida de segurança, o juiz Raphael não permite a divulgação de sua imagem. Na foto, o diretor da Cadeia de Cáceres, Cleiton Norberto, mostra o novo sistema de segurança.

A Lanchonete Lanches e Cia, se destaca em nossa cidade pela qualidade e bom atendimento aos seus clientes. Na foto a equipe nota 10; Rone, Anderson, Edmarcio e Alan , trabalhando unidos e atendendo muito bem a todos.

As gêmeas Ana Vitória e Ana Luzia são o xodó de toda a familia, principalmente do pai Cleber e da mãe Solange. Realmente, presentes de Deus.

O empresário de Cáceres José Carlos Job está, até cinco de abril próximo, na função de presidente em do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt), em virtude da viagem do presidente titular, Jandir Milan, que está participando da Missão à Europa, organizada pela Ação Pró-Amazônia - associação formada pelas Federações das Indústrias dos Estados da Amazônia Legal. Job, que por duas vezes foi vice-presidente da Fiemt, e presidente do Sindicato das Indústrias da Construção (Sinduscon) de Cáceres , assumiu a função no último dia 25.

Com o tema “o futuro de Mato Grosso”, palestrou em Cáceres na quarta-feira o enomado jornalista Onofre Ribeiro, subsecretário Estadual de Comunicação. Ele veio como convidado do empresário Tato Giraldelli, para o evento “Destaques do Ano”, promovido pela Agência Fique D'Olho, realizado no Sesi Clube.

CONTATOS COM A COLUNA: 9965 - 6176 / E-MAIL: clarice-freitas@hotmail.com

ONTATOS

Papelaria e Presentes

Materiais escolares, Escritório, Informática, Aviamento e Artigos Esportivos e-mail: papcon@top.com.br

Fone: (65) 3223-4424 3223-2709 / 3223-0428


Esporte

Expressão NOTÍCIAS

EXPECTATIVAS

Red Bull está seis décimos a frente das outras, diz projetista Foto: Reuters

Assessoria

2011. Se as previsões de Newey sobre o domínio da Red Bull não se confirmaram no segundo testes, dominado pela McLaren, na primeira parcial, ao menos, a atual campeã mostrou a esperada supreirioridade. No treino da manhã, na Austrália, o piloto local Mark Webber foi o único a baixar a marca de 1min27, com 1min26s831. Sebastian Vettel, líder

Atual campeã do mundial de Fórmula 1, a Red Bull começou a temporada da Fórmula 1 com tudo. Mesmo não tendo marcado o tempo mais rápido do dia, que ficou com Jenson Button, da McLaren, a equipe se mostra confiante em seu domínio na atual temporada.

Segundo o projetista da equipe, o inglês Adrian Newey, a equipe estaria na casa de seis décimos a frente dos adversários mais próximos. Ainda que os testes de pré-temporada sejam difíceis de ler, é consenso na equipe que a vantagem sobre os outros deflagrada no ano passado tenha se mantido em

Webber foi o mais rápido do primeiro treino de sexta-feira

Massa admite preocupação especial com pneus nos treinos Assessoria

Felipe Massa não teve o melhor dos desempenhos durante o primeiro dia de treinos livres para o Grande Prêmio da Austrália, etapa de abertura da temporada 2011 da Fórmula 1. Terminando apenas na sétima colocação, o piloto brasileiro afirmou que os pneus foram o principal fator da movimentação de sua Ferrari, dando alguma dor de cabeça na discreta direção que teve no circuito de Albert Park. "Testamos muitas coisas nestes dois treinos livres, dividindo a demanda com o meu

até os momentos finais, ficou com o tempo de 1min27s158. O espanhol Fernando Alonso foi o terceiro colocado, com 1min27s749, seis décimos abaixo de Vettel. Em 2010, a Red Bull foi campeã tanto do mundial de construtores quanto no mundial de pilotos, o qual foi vencido na última corrida da temporada, nos Emirados Árabes, pelo alemão Vettel.

companheiro de time para explorar diferentes maneiras de preparar o carro para o resto do final de semana. Esperava fazer um treino mais rápido, até porque os pneus macios não estavam bem até a quarta volta. Com os duros também não consegui ir muito bem, visto que alguns pingos de chuva complicaram a situação", explicou Massa. O piloto brasileiro mostrou ter sido surpreendido pelo desempenho dos pneus Pirelli no circuito de Melbourne, o que teria lhe causado alguns erros na pilotagem nesta sexta-feira. "Daquilo que vimos, os pneus macios apresentaram menor degradação do que o

esperado, mas precisamos ver se isso irá se repetir durante a corrida. A pista definitivamente é menos dura com esses pneus do que é o circuito de Barcelona, onde testamos muito. Este ano será importante estudar o desempenho deles cuidadosamente, corrida a corrida", afirmou. Por fim, Felipe voltou a afirmar que a temporada deverá ser mais disputada que o habitual, colocando mais equipes além do trio de ferro (Ferrari, Red Bull e McLaren) na briga. "McLaren e a Red Bull aparentemente estão muito fortes, mas há outros carros que também podem estar com um bom ritmo", analisou.

Cardápio Restaurante Juba Almoço: 11:00 às 14:00 hrs * Segunda a sexta, Buffet por quilo, com churrasco. Preço por kg R$ 24,90 * Sábado, domingo e feriado, Buffet por quilo,com churrasco e frutos do mar.Preço por kg R$ 26,90 *********************************************** Cardápio Restaurante Juba Janta: 18:00 às 22:00 hrs Segunda a sábado : Prato Individual- Arroz branco , bife filé mignon ou picanha, batata fritas, salada simples. Preço R$ 9,90. Isca de pintado Preço R$ 25,90 Porções - **Isca *Picanha, filé mignon, ventrecha de pacu preço R$ 19,90 * Frango a passarinho PREÇO R$ 15,90 * Calabreza, batata frita Preço R$ 9,90 Caldos 03 tipos variados preço R$ 3,90 und. Picanha na chapa acompanha (arroz branco, feijão tropeiro, batata frita. Preço R$ 29,90 Massas 05 tipos de macarrão, com os mais variados tipos de complementos, e molhos. Preço prato livre R$ 13,90 Preço criança R$ 7,90 Sushi Juba Box e Sashimi Juba Box (com salmão fresco)

RPG - Fisioterapia - Drenagem Linfática Fisiologia de Exercício - Fisioterapia Respiratória Manipulação Osteopatica - Reabilitação Cardiopumonar Clínico Geral - Ortopedia - Traumatologia e Acupuntura Drª Claudia Ap. Marques Landim Clínica Médica e Cardiologia CRM-MT 4495 Drº Luis Marcos V. Turdera Ortopedia - Traumatologia CRM-MT 5673 - 5bot 9494

Dr° Luiz Laudo Paz Landim Fisioterapeuta CREFITO 3.49950-F MT

Rua XV de Novembro - 129 - Centro Cáceres - Mato Grosso - CEP: 78200-000

Rua Padre Cassemiro, 1200 - Cáceres 65 - 3223-6605 / 9614-5721

3223-1833

Av. Frei Ambrósio, 38 - Centro

AV. Dormevil Faria Caceres/MT Telefone: 3223-1515


ANO III - Edição - nº 0305