Issuu on Google+

Ano 4 – nº 54 – Março/2011 – Responsável: Luiz Carlos de Souza (Trabalhador na seara espírita em Uberaba-MG / Brasil) TWITTER: http://twitter.com/jornalespirita SITE: www.issuu.com/jornalespiritadeuberaba www.jornalespiritadeuberaba.com “O amor é a silenciosa esperança do Céu, aguardando a evolução de todos os princípios e respeitando a decisão de todas as consciências”. Emmanuel

EVENTOS ESPÍRITAS DE UBERABA REUNIÃO LÍTERO MUSICAL DOUTRINÁRIA Palestra: VALORES ESPIRITUAIS Palestrante: Joaquim Veloso Filho “Quincas” (Monte Carmelo-MG) Programação: Apresentações Musicais; Palestra; Sorteio de Livros; e, Confraternização. Data: 26 de março de 2011 (sábado) Horário: 19h30min Local: Centro Espírita Uberabense (Rua Barão de Ituberaba nº 449 – Estados Unidos) Organização: UMEU – União da Mocidade Espírita de Uberaba INAUGURAÇÃO DA SEDE PRÓPRIA CASA ESPÍRITA FRATERNAS FRANCISCO DE ASSIS Data: 17 de abril de 2011 (domingo) Horário: 19h30min Local: Rua Campos Altos nº 136 – Boa Vista (esquina com Canapolis – Boa Vista) Programação: Inauguração da sede própria; Palestra com Carlos A. Baccelli; Apresentação musical com Sérgio Santos; e, Lançamento do livro “Gotas de Esperanças” Informações: Site – www.cespiritafranciscodeassis.com.br Evento: XLIII ENCONTRO DE PREPARAÇÃO DE ORIENTADORES DA INFÂNCIA – XXVII ENCONTRO DE PREPARAÇÃO DE ORIENTADORES – DE JUVENTUDE (1º CICLO – PRÉ-JUVENTUDE) – TEMA: “ESPIRITISMO, AUXILIANDO DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM” COM HELOISA PIRES DE SÃO PAULO Data: 26 e 27 de março de 2011 Local: Centro Espírita Uberabense (Rua Barão de Ituberaba nº 449 – Estados Unidos – Uberaba-MG) Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

1


X FEMEU – FESTIVAL DE MÚSICA ESPÍRITA DE UBERABA A UMEU – União da Mocidade Espírita de Uberaba irá realizar o X FEMEU – Festival de Música Espírita de Uberaba, no dia 9 de julho de 2011, às 19h30min. O X FEMEU é um Festival de composições inéditas voltado à temática espírita e tem como objetivos valorizar a arte produzida no movimento espírita; incentivar a participação e criação artística das músicas espíritas; proporcionar a descoberta de novos talentos no movimento espírita; divulgar a música espírita, elevando o espírito e promover o intercâmbio artístico e cultural em todo o Território Nacional. O X FEMEU conta com o apoio da AME – Aliança Municipal Espírita de Uberaba, da UEM – União Espírita Mineira; da FEB – Federação Espírita Brasileira; da empresa TOP SOM; Livraria Espírita Emmanuel; do Centro Espírita Uberabense; do artista plástico Rhaavi Dionísio (Uberaba-MG); da River Auto Peças; das livrarias espíritas de Uberaba: Academia do Pensamento, Emmanuel, Francisco Cândido Xavier e Ponto de Luz; das editoras espíritas: CEC – Uberaba, GEEM, IDE, LEEPP, CANDEIA, CEU; de Eduardo Saad (sonorização); de Vision DVD (filmagem); da SOLIS Publicidade; e, A Flama Espírita. Neste ano, novamente o X FEMEU será em âmbito nacional e as inscrições irão acontecer no período de 30 de maio de 2011 até às 17h do dia 24 de junho de 2011, na Livraria Espírita Emmanuel (Rua Artur Machado nº 288 – Sala 04 – Centro – Galeria Fausto Salomão – Uberaba-MG – CEP. 38010-020 – Telefone: [34] 3312-8327). Os vencedores receberão: 1º Lugar: (01 violão, 01 troféu e livros espíritas) 2º Lugar: (01 troféu e livros espíritas) 3º Lugar: (01 troféu e livros espíritas) Melhor Arranjo: (01 troféu e livros espíritas) Melhor Letra: (01 troféu e livros espíritas) Melhor Intérprete: (01 troféu e livros espíritas) Além dessa premiação, as músicas selecionadas e apresentadas no X FEMEU – Festival de Música Espírita de Uberaba, receberão kit’s de livros espíritas. Para conhecer a história de todos os festivais de música de Uberaba, acesse o site: http://femeu.blogspot.com/. Informações com Luiz Carlos de Souza pelo e-mail: lcsouza@terra.com.br ou pelo telefone: (34) 9969-7191.

EVENTOS ESPÍRITAS DO BRASIL Evento: INAUGURAÇÃO DO GRUPO ESPÍRITA IRMÃ SCHEILLA Data: 15 de março de 2011 Horário: 20h Local: Rua Zico Nogueira nº 231 – Nossa Senhora do Carmo – Frutal-MG Evento: MINI CURSO “PREPARAÇÃO DE TRABALHADORES PARA A EVANGELIZAÇÃO DA INFÃNCIA DA CASA ESPÍRITA” Data: De 18 a 20 de março de 2011 Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

2


Horário: 19h30min Local: Sede da AME – Aliança Municipal Espírita de Uberlândia (Av. Getúlio Vargas nº 1.727 – Bairro Tabajaras) Informações: Site: http://www.amespirita.org.br Evento: PALESTRA “AUTOESTIMA – NINGUÉM DÁ AQUILO QUE NÃO TEM” COM ROSANGELA PIRES Data: 18 de março de 2011 Horário: 20h Local: Associação Beneficente Caminho de Damasco (Rua Benedito Pereira nº 1874 – Estação – Votuporanga-SP) Evento: APRESENTAÇÃO DO FILME “ÀS MARGENS DO RIO SAGRADO” Data: 19 de março de 2011 Horário: 19h30min Local: Rua Demóstenes nº 834 – Campo Belo – São Paulo-SP) Informações: Telefone: (11) 5533-5172 Evento: SEMINÁRIO: “MECANISMO DA MEDIUNIDADE” COM MARCEL MARIANO Data: Dias 19 e 20 de março de 2011 Local: Centro Espírita Claudionor de Carvalho (Rua José Monstans nº 858 – Santo Antonio – Itabuna-BA Informações: Telefone: (37) 9907-1400 Evento: PALESTRA MUSICADA COM WANIR CÁCCIA – COMEMORANDO O 49º ANIVERSÁRIO DE FUNDAÇÃO DO CENTRO ESPÍRITA NOVA LUZ Data: 19 de março de 2011 Horário: 20h Local: Rua D. Pedro II nº 39 – Vila Rami – Jundiaí-SP Evento: ENCONTRO ESTADUAL DA MEDIUNIDADE – EM COMEMORAÇÃO DOS 150 ANOS DO “O LIVRO DOS MÉDIUNS” Data: 20 de março de 2011 Horário: Local: Sede da USE (Rua Dr. Gabriel Piza nº 433 – Santana – São Paulo-SP) Informações: E-mail: use@usesp.org.br / Telefone: (11) 2950-6554 Evento: PALESTRA: “RELACIONAMENTOS, BENEVOLÊNCIA E RENOVAÇÃO” COM PLÍNIO B. PENTEADO JR Data: 23 de março de 2011 Horário: 20h Local: Fraternidade Espírita A caminho da Luz (Rua Bento Quirino nº 100 – Vila Talarico-SP) Evento: FESTIVAL DE MÚSICA MEDIÚNICA – TRIBUTO A JORGE RIZZINI Data: 26 de março de 2011 Horário: 19h Local: Grupo Espírita Manoel Bento (Rua Alfredo Pujol nº 77 – Santana – Capital) Evento: I SEMINÁRIO DE SAÚDE MENTAL SOB A ÓTICA MÉDICO-ESPÍRITA Data: 02 de abril de 2011 Horário: Das 8h às 18h Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

3


Local: Universidade Santa Cecília (Rua Cesário Mota nº 8 – Bloco E – 4º andar – Santos-SP) Informações: Tel.: (13) 9115-8360 / Site: www.amesantos.blogspot.com Evento: SEMINÁRIO JURÍDICO-ESPÍRITA – AJE-SP – TEMAS: “PROGRESSO DA LEGISLAÇÃO HUMANA” E “INFLUÊNCIAS ESPIRITUAIS NOS CONFLITOS HUMANOS” / LANÇAMENTO DO LIVRO “DIREITO E ESPIRITISMO” Data: 09 de abril de 2011 Horário: Das 9h às 13h Local: Câmara Municipal de São José dos Campos (Rua Desembargador Francisco Murilo Pinto nº 33) Evento: I MOSTRA CULTURAL ESPÍRITA Data: 09 de abril de 2011 Horário: Das 13h às 20h30min Local: Casa Espírita Fraternidade da Luz (Estrada Pl, 500 – Jd. Planalto – Arujá-SP) Informações: E-mail: centroculturaespirita@yahoo.com.br Evento: FAE – FESTIVAL DE ARTE ESPÍRITA Inscrições: Até 19 de março de 2011 Data: 21 a 23 de abril de 2011 Local: Colônia Espírita Nosso Lar – Goiânia-GO Informações: E-mail: fae@oficina.art.br / Site: www.oficina.art.br / Telefones: (62) 8407 6096 ou (62) 3249 1607 EM DIA COM O ESPIRITISMO AS MÃES DE CHICO XAVIER Apesar de ter vivido de forma discreta e regrada, em sua trajetória Chico Xavier sempre despertou curiosidade e, conseqüentemente, foi bastante assediado. Através de seu dom, levou conforto a pessoas que passaram pelo difícil momento da perda de um ente querido. Teve a vida marcada ainda pela caridade, sendo exemplo de doação seguido por muitos. Dessa forma, não seria de se estranhar o grande sucesso de filmes recentes que retratam sua vida, obra e filosofia. Após o impressionante desempenho do filme “Chico Xavier”, do diretor Daniel Filho, que bateu recorde de público na estréia e atingiu aproximadamente de três milhões e meio pessoas, e do recente lançamento “Nosso Lar” que levou mais de quatro milhões espectadores aos cinemas; o médium voltará às telas através de “As Mães de Chico Xavier”, dos diretores Glauber Filho e Halder Gomes. A produção é da Estação Luz Filmes, que realizou Bezerra de Menezes – O Diário de Um Espírito, precursora do gênero transcendental no Brasil e co-produtora em Chico Xavier. O filme é baseado em fatos reais e conta a história de três mães, vivendo momentos distintos de suas vidas, que vêem sua realidade se transformar. As histórias das três mães, Ruth (Via Negromonte), cujo filho um jovem que enfrenta problemas com drogas, Elisa (Vanessa Gerbelli), que tenta superar a perda do filho junto com o Marido, o pequeno Theo (Gabriel Pontes), e Lara (Tainá Muller), uma Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011 4


professora que enfrenta o dilema de uma gravidez não planejada, se cruzam quando recebem conforto e reencontram a esperança de vida através do Médium. A produção apresenta ainda o ator Nelson Xavier, que revive o papel de Chico, Herson Capri, que interpreta Mário, marido de Ruth, Caio Blat, vivendo um jornalista que quer investigar o Médium, e Neuza Borges, a cuidadosa governanta de Elisa e Guilherme (Joelson Medeiros). Filmado em película (35mm), “As Mães de Chico Xavier” conta com equipe técnica de altíssimo nível. As filmagens começaram no último dia 12 de abril, em Guaramiranga, e seguiram para Fortaleza e Pacatuba, sendo concluídas no final de maio em Pedro Leopoldo-MG, terra natal de Chico. O Filme teve como inspiração o livro Por Trás do Véu de Isis, do jornalista e escritor Marcel Souto Maior. Coube a Glauber Filho e Emmanuel Nogueira a criação do roteiro original. A produção executiva é de Sidney Girão e Leonardo Leal. Com distribuição pela Paris Filmes, “As Mães de Chico Xavier”, apoio promocional da Globo Filmes e TeleCine, será lançado nos cinemas em 1º de abril de 2011. O filme tocará toda a Família, independente de suas escolhas pessoais ou religiosas. Elenco: Nelson Xavier (Chico Xavier), Herson Capri (Mário), Via Negromonte (Ruth), Daniel Dias (Raul), Vanessa Gerbelli (Elisa), Joelson Medeiros (Guilherme), Gabriel Pontes (Theo), Neuza Borges (governanta), Christiane Góis (Lica), Caio Blat (Karl), Tainá Muller (Lara), Gustavo Falcão (Santiago), Paulo Goulart Filho (Cassiano) e Silvia Bonet (Yvonne). Acesse o site oficial do filme “As Mães de Chico Xavier”, http://asmaesdechico.blogspot.com/. Assista o trailler no site: http://www.youtube.com/watch?v=Rlj3LHL2CkY. NOVO SITE DO CENTRO ESPÍRITA LÉON DENIS O Centro Espírita Léon Denis tem a alegria de apresentar seu novo site. Ao longo de 2011, ano de nosso primeiro Cinquentenário, disponibilizaremos materiais de Divulgação Espírita que ao longo desse tempo pudemos acumular! Visitem-nos! O objetivo de nosso portal é aliar simplicidade, funcionalidade e objetividade. Agora, por exemplo, além a programação do mês, com responsáveis e as mensagens do dia, vocês também saberão o conteúdo a ser estudado no dia. Para tal, disponibilizamos uma área para isso chamada de “Relação dos Estudos”, dentro da parte de Programação. Essa é apenas uma das novas funcionalidades deste site. Nos próximos meses mais coisas serão agrupadas ao nosso portal visando refletir aquilo que é o objetivo principal de nossa Casa: a divulgação doutrinária. Acessem o site: http://www.celd.org.br e conheça o maravilhoso trabalho. PINGA FOGO COM CARLOS A. BACCELLI No dia 17 de fevereiro de 2011, Alamar Régis recebeu o médium Carlos Baccelli para um “Pinga Fogo”, com a participação de dois debatedores: um que aceita as suas idéias e um que discorda, para que ambos os lados se manifestem livremente. Foram enviadas perguntas de telespectadores, tanto na hora do programa e como com antecedência, por pessoas interessadas no questionamento com o referido médium... Assista o programa através do link: http://www.youtube.com/watch?v=Tw54eqiTu0Y DIVALDO ANUNCIA Em entrevista à TV Universitária, no Rio Grande do Sul, Divaldo Pereira Franco anuncia a reencaranação de Joanna de Angelis para 2015 e confirma a reencarnação de Emmanuel. Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

5


Assista a entrevista em duas partes, nos links abaixo: http://www.fec.org.br/index.php?opcao=ver_video&id_video=60 http://www.fec.org.br/index.php?opcao=ver_video&id_video=61 MINISÉRIE “CHICO XAVIER” Você pode assistir a Minisérie “Chico Xavier” em 4 capítulos que foi transmitida pela Rede Globo, e também pode fazer o dowloand dela em seu micro. Capítulo 1 http://www.youtube.com/user/canalhdbr#p/u/3/LZkMJIcWog I Capítulo 2 http://www.youtube.com/user/canalhdbr#p/a/u/2/pjzhy0xwx o4 Capítulo 3 http://www.youtube.com/user/canalhdbr#p/a/u/1/wmmtNUY 7G0w Capítulo 4 http://www.youtube.com/user/canalhdbr#p/a/u/0/NeIzfaVUp4c PARA RECORDAR CHICO XAVIER Assista a dois filmes sobre os 50 anos da mediunidade de Chico Xavier, realizado pela extinta TV Tupi em 1977. Você pode fazer o dowloand dela em seu micro. Parte 1 http://www.youtube.com/watch?v=wvSzQkU4-W0&feature=related Parte 2 http://www.youtube.com/watch?v=XmPnFAVb9uY&feature=related DVD DO IX FEMEU O DVD do IX FEMEU – Festival de Música Espírita de Uberaba, realizado no dia 13 de novembro, já está disponível na Livraria Espírita Emmanuel (Rua Artur Machado nº 288 – sala 04 – Centro / Telefone: 3312-8327), e os interessados podem assistir ou pegar para copiarem. IX FEMEU NO YOUTUBE Você agora pode assistir todas as músicas participantes do IX FEMEU – Festival de Música Espírita de Uberaba através do site: www.youtube.com.br, digitando IX FEMEU. Acesse e faça o download no seu micro. BIBLIA DO CAMINHO A “Biblia do Caminho” é uma compilação de todas as obras de Allan Kardec e de Francisco Cândido Xavier e uma versão completa do Antigo e Novo Testamentos, sendo todos os livros e textos inter-relacionados através de um Índice temático. A última versão da “Bíblia do Caminho” traz o ESDE – Estudos Sistematizados da Doutrina Espírita, versão completa. Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

6


Acesse agora o site: www.bibliadocaminho.com.br e instale já em seu micro. Você pode acessar também os sites: www.bibliaespirita.com; www.espiritismocristao.com.br; www.doutrinaespirita.com; www.ocaminho.com.

CAMPANHAS DE SOLIDARIEDADE HOSPITAL DO FOGO SELVAGEM PEDE AJUDA Conhecido por espíritas e não-espíritas por seu trabalho de auxílio ao próximo, sobretudo a portadores da grave doença dermatológica pênfigo-foliáceo, o popularmente chamado “fogo-selvagem”, o Lar da Caridade, de Uberaba, no Triângulo Mineiro, está enfrentando sérias dificuldades. Fundado em 1957, vive hoje um dos seus momentos mais delicados, sobretudo por conta da crise mundial, que levou muitos colaboradores a suspenderem as suas contribuições. Para se ter uma idéia da gravidade da situação, a folha de pagamento da instituição está em aberto desde janeiro e as dívidas ao mês podem chegar a R$55 mil. Se algo não for feito rápido, o futuro do Lar pode até estar ameaçado. O Lar da Caridade – Hospital do Fogo Selvagem é presidido atualmente por Ivone Aparecida Vieira da Silva, neta de Dona Aparecida, cuja instituição está localizada na Rua João Alfredo, 437 – Abadia – CEP 38025-300 Uberaba, MG. Doações, de qualquer valor, podem ser feitas pelas seguintes contas-correntes: 3724-9, agência 3278-6, do Banco do Brasil; e 14572-6, agência 0264-0, do Bradesco. O CNPJ da instituição é 25440835/0001-93. Outras informações, pelo telefone (34) 3318-2900 ou através dos correios eletrônicos fogoselvagem@terra.com.br e larcaridade@hotmail.com. O SANATÓRIO ESPÍRITA PEDE SOCORRO!!! O Sanatório Espírita de Uberaba – SEU, foi fundado em 31/12/1933, pela estimada Maria Modesta Cravo. Atualmente o Sanatório possui 120 leitos e com uma média de 130 internações por mês. Para garantir todo esse tratamento, o Sanatório conta com uma equipe de 92 funcionários, além das 12 equipes de médiuns passistas que fazem o tratamento espiritual de segunda-feira a sábado nos períodos matutino e noturno. O Sanatório está passando por dificuldades financeiras, por isso, lançou a campanha “O Sanatório Espírita Pede Socorro”. Se você desejar ajudar o Sanatório Espírita de Uberaba, Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

7


faça sua doação na Conta Poupança do Sanatório Espírita de Uberaba – Caixa Econômica Federal – Agência: 1538 – Conta: 013.7394-6. Para efetuar transferência bancárias, o CNPJ é: 25.445.347/0002-50. Outras informações pelo telefone (34) 3312-1869 com Marcio Roberto Arduni – Diretor Administrativo do Sanatório Espírita de Uberaba.

ESTUDO HOMENAGEANDO “O LIVRO DOS MÉDIUNS” Em janeiro de 1861, há exatamente 150 anos, foi lançada em Paris, pelo Prof. H. L. D. Rivail (Allan Kardec), mais uma de suas obras, que compõem a codificação do Espiritismo: O Livro dos Médiuns. É um livro valioso, que deve ser estudado e colocado, em primeiro lugar, no estudo da mediunidade. Kardec entendeu rapidamente, em suas pesquisas e experiências, que o intercâmbio com os Espíritos não é uma tarefa simples; ao contrário, exige preparo e qualificação das pessoas envolvidas no processo de comunicação. Entendeu também que não basta a uma pessoa ter mediunidade; é preciso que ela saiba utilizá-la corretamente, a fim de que não lhe aconteça o que ocorreu com o servidor infiel da parábola dos talentos, que enterrou o seu talento na areia, temeroso de não corresponder aos desígnios do Senhor. O dom da mediunidade é um presente de Deus para todos nós. Entretanto, a maioria dos que o possui, infelizmente negligencia, e termina não fazendo dele um instrumento voltado para o bem comum. Quando lemos o capítulo I da referida obra, vemos que Kardec analisa a questão da existência do Espírito, e prova que, de fato, ele é uma realidade, uma força importante da natureza, influenciando o ser humano mais do que ele supõe (L. E. questão 459), e que, sem sua existência, muitos fenômenos permaneceriam sem explicações. O autor descreve com riqueza de detalhes, no capítulo XIV, o que é um médium e os vários tipos de mediunidade. Prova que todos nós, de certo modo, somos medianeiros dos Espíritos, uma vez que lhes sofremos sua influência. Porém, deixa claro que médium, na acepção da palavra, é aquele cujo dom se revela de forma patente e incontestável. No capítulo seguinte, adverte-nos sobre os inconvenientes e perigos da mediunidade, caso não seja praticada com conhecimento, seriedade e bom senso. A obsessão e as medidas preventivas são analisadas, com muita propriedade, no capítulo XXIII. Segundo Kardec, a obsessão é o principal escolho do Espiritismo prático. É um flagelo que atinge parcela considerável da humanidade. O autor descreve, no capítulo XXV, os cuidados que devemos ter na evocação dos Espíritos. No capítulo seguinte, alerta-nos sobre os tipos de perguntas que devemos fazer aos Espíritos, de modo a não desagradá-los nem causar neles qualquer constrangimento.

Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

8


Nos capítulos finais, o autor discorre sobre o charlatanismo, os embustes e as fraudes que aqueles que lidam com o Espiritismo prático podem ser vítimas, se não vigiarem e orarem continuamente. Hoje, o Espiritismo oferece aos médiuns orientação vasta, de modo que eles pratiquem a mediunidade de forma segura. Nesse sentido, “O Livro dos Médiuns” é considerado o guia número um. O livro é de valor inestimável. Lendo-o com um olhar de pesquisa, descobriremos que nele existem muitas orientações, verdadeiras pérolas para os médiuns e para todos nós que, direta ou indiretamente, lidamos com a mediunidade. Parabéns, Sr. Allan Kardec! O senhor foi realmente um grande visionário. Foi longe ao estudar e analisar o fenômeno mediúnico. Transpôs as barreiras do pensamento comum dos homens e penetrou nas sutilezas do mundo espiritual, um universo, na sua época, pouco conhecido, e ainda hoje não muito bem claro para nós. Aproveitemos essa efeméride para reler essa obra maravilhosa e de grande conteúdo doutrinário, certos de que, após sua leitura, iremos nos sentir mais confiantes e fortalecidos no trabalho de intercâmbio com os Espíritos. Geraldo Ribeiro da Silva Transcrito do Jornal da Mediunidade – janeiro/fevereiro/março-2011 – N.º 26

JUVENTUDE RAUL TEIXEIRA RESPONDE ESPECIALMENTE AOS JOVENS P. Por quais motivos a evangelização tornou-se tão importante nos dias de hoje? R. Pelo fato de estarmos vivendo num mundo desafiado pelos valores do materialismo, contra os quais veio ao mundo o Espiritismo. Se conseguirmos, com os esforços da evangelização, evangelizarmos os próprios evangelizadores e a todos quantos se acercam do pensamento lúcido de Jesus e de Allan Kardec, certamente teremos contribuído bastante para com a felicidade da sofrida e atormentada sociedade. Entendendo-se por evangelização o ajustamento do espírito ao pensamento do Cristo, ao Evangelho do Reino, não podemos entender o Centro Espírita sem esse tipo de tarefa, sem essa forma de atividade que é, sob todos os aspectos, fundamental. P. Qual o papel do jovem espírita no Centro Espírita? R. Considerando-se a quantidade de conteúdos que a Doutrina Espírita transfere à mente juvenil, caberá ao jovem procurar ajustar-se aos seus ensinamentos, buscando compreender-se a si mesmo, enfrentando seus conflitos, identificando suas inclinações felizes, a fim de que possa tornar-se mais útil a si próprio e à sociedade em que vive. No Centro Espírita o espírito de cooperação, a boa vontade de aprender para crescer, o desenvolvimento da fraternidade, a integração gradativa e continuada nos mais diversos setores de atividades da Casa, permitirão mais ampla participação desse moço na pauta do nosso Movimento Espírita. Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

9


P. Como você define, no momento, o movimento do jovem espírita? R. Vejo, em toda a parte, o jovem espírita tomando posições felizes com relação ao seu labor doutrinário. Encontro maior entrosamento entre os jovens e os mais velhos, numa relação de respeito e atenção fraternais. Registro um amadurecimento na forma de ver o mundo por parte dos moços espíritas, fazendo-os não apenas expectadores inertes, assistindo a aulas de Espiritismo, ditadas por mentores absolutos. Mas muitos preparam estudos, desenvolvendo os temas, eles mesmos, sem, contudo, abandonar a experiência e o apoio dos mais experientes, além de encetar valiosos serviços de visitas a hospitais, cadeias públicas, lares de assistência à criança e ao idoso, São os jovens encontrados nas campanhas beneficentes e nos mutirões fraternos, não se conformando mais em ouvir somente. Não resta dúvida, por outro lado, de que também nos deparamos com aqueles que pararam no tempo, que cantam, cantam e rezam, de braços cruzados, enquanto o mundo continua girando... Mas, felizmente, é a minoria. P. Qual deve ser a tarefa do jovem espírita diante de tantas tarefas a serem realizadas? R. Procurar ajustar, adequar o seu tempo, entre a escola, o trabalho profissional, para os que o têm, e a ajuda no lar, para que possa oferecer a sua quota de cooperação no Movimento Espírita, sem neuroses hipercinéticas e sem acomodação improducente. Jornal Mundo Espírita de Janeiro de 2001 Transcrito do Site: http://www.espirito.org.br/portal/artigos/mundo-espirita/especialmenteaos-jovens-01.html

LINDOS CASOS DE CHICO XAVIER CASO 13 – MESA DE Cr$15,00 O Chico estava empregado na venda do José Felizardo. Ganhava Cr $ 60,00 por mês. Mal dava para ajudar a família. Apenas lhe sobrava, quando sobrava, meia dúzia de centavos. Uma de suas irmãs, que o auxiliava no expediente do lar, falou-lhe, certa vez, da necessidade que estavam de uma mesa para sala de jantar, pois a que possuíam era pequena e estava velha, a pedir substituição. E alvitrou-lhe: – A vizinha do lado tem uma que nos serve. Vende-a por Cr$ 15,00. – Mas como a pagaremos se não possuo e nem me sobra esta quantia, no fim de cada mês? A vizinha, dona da mesa, soube das dificuldades do Chico e, desejando ajudá-lo, propôs-lhe vender o sonhado móvel à razão de 1 cruzeiro por mês, em quinze prestações mensais. O Chico aceitou e a mesa foi comprada. Pagou-a com sacrifício. Ficou sendo uma mesa abençoada. E foi sobre ela que, mais tarde, entendeu com Emmanuel a lição do pão e dos demais alimentos, verificando em tudo a felicidade do pouco com Deus. Transcrito do livro “Lindos Casos de Chico Xavier” de Ramiro Gama. Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

10


CHICO XAVIER RESPONDE CONSTITUIÇÃO Pergunta – Hoje instalou-se uma nova Constituição no país. Como a vemos? Chico Xavier – Os técnicos afirmam em artigos bem fundamentados para os nossos jornais que a Constituição está muito bem elaborada. Formulamos votos que essa Constituição seja um instrumento de paz e felicidade a todos os brasileiros, com os nossos agradecimentos àqueles que formularam esse novo instrumento de leis. Que todos recebamos com boa vontade o documento que se fez e regerá a nossa existência, e peçamos ao Senhor que nos dê força, saúde e boa vontade para procurar a alegria do trabalho, porque o trabalho já é uma concessão de Deus. Vamos esperar que Ele nos dê o que necessitamos. Entrevista concedida ao Dr. Rossi, no Centro Espírita União, em São Paulo, SP, durante o XIV Encontro da Boa Vontade, na noite de 05/10/1988. Transcrito da Folha Espírita, S.Paulo, novembro de 1988. ABORTO Pergunta – Na China já está sendo utilizado um medicamento que provoca o aborto, quando ingerido, nas primeiras semanas, sem necessidade de intervenção cirúrgica. O que você pensa disso? Chico Xavier – Sempre que faço qualquer referência ao aborto, lembro-me da utilidade do anticoncepcional como elemento de socorro às necessidades do casal. As duas criaturas querem a união, mas não estão em condições de realizarem esse ideal, nesse caso, a anticoncepção viria em seu auxílio. Se minha mãe, quando me esperava, repleta de doenças, quisesse me expulsar, não sei o que seria de mim. Se há o anticoncepcional, por que teremos de promover a morte de criaturas nascituras ou em formação? Com uma terra tão imensa para ser lavrada e aproveitada, é impossível aplaudir o aborto. Somente podemos entender o aborto terapêutico quando a vida materna está ameaçada. Lembro-me de minha mãe, sofrendo por minha causa e não posso aplaudir. Entrevista concedida ao Dr. Rossi, no Centro Espírita União, em São Paulo, SP, durante o XIV Encontro da Boa Vontade, na noite de 05/10/1988. Transcrito da Folha Espírita, S.Paulo, novembro de 1988. COMUNICAR Pergunta – Paris-Match publicou que um autor que há 10 anos criticou a reencarnação, agora publica um outro falando a favor. Afirmou que os médiuns eram falhos, mas que agora é possível ouvir em equipamentos eletrônicos de grande sensibilidade a comunicação dos Espíritos e não há como negar isso. Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

11


Chico Xavier – Vemos com muita alegria e com muita esperança de que esse evento possa ser aperfeiçoado e assim podermos contar com a eletrônica para suplementar todas as formas de comunicação com o mundo espiritual. A palavra do autor é significativa e devemos aguardar com interesse e carinho os estudos que ele fez. O conhecimento da reencarnação vai ganhando inteligências através da parapsicologia. E essa vitória do autor pertence à coletividade humana porque é a palavra de um homem resguardada pela fé e pela inteligência. Vamos esperar que a reencarnação seja pesquisada cada vez mais para que cheguemos às convicções espíritas cristãs e para que não restem dúvidas a respeito. Nós, espíritas, enfrentamos uma vereda espinhosa para subir determinado monte, o monte da fé, sem esperar qualquer conforto e temos a reencarnação, como ponto pacífico. Mas, atualmente, através da ciência, está se construindo uma avenida para chegar aos mesmos resultados a que nós chegamos. Esperemos que o autor não esmoreça e que outros autores apareçam e venham a formular conosco a realidade da reencarnação, que é incontestável. Entrevista concedida ao Dr. Rossi, no Centro Espírita União, em São Paulo, SP, durante o XIV Encontro da Boa Vontade, na noite de 05/10/1988. Transcrito da Folha Espírita, S.Paulo, novembro de 1988. PÁTRIA Pergunta – Seremos Pátria do Evangelho na Grande Renovação? Chico Xavier – Quanto à conceituação de Pátria do Evangelho, nós somos compelidos a pensar no futuro, quando teremos, talvez, necessidade de exemplificarmos, até com o sacrifício, o Evangelho que nos foi confiado pelo Nosso Senhor Jesus Cristo. Sem nos esquecermos que, do ponto de vista evangélico, até Ele foi atingido pelo sacrifício extremo, para dar-nos essa alvorada maravilhosa, que a doutrina de luz que nós abraçamos e que nos une a todos num abraço só, num só coração. Chegada essa época, naturalmente, seremos compelidos a testemunhos e a exemplificações. E, agora, antes das lutas maiores que o porvir nos reserva, serão horas difíceis para nós. Como filhos da Pátria do Evangelho, devemos exemplificar e esperar. Trecho de entrevista feita pela Dra. Marlene Rossi Severino Nobre, em fevereiro de 1993, extraído do livro de sua autoria Lições de Sabedoria – Chico Xavier nos 23 anos da Folha Espírita. Pergunta – Com tanta violência e corrupção em nosso país, os benfeitores acreditam que o Brasil seja “O coração do mundo e a pátria do Evangelho”? Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

12


Chico Xavier – Essa pergunta tem sido assunto de muitos diálogos nossos com os companheiros de nossa casa. O nosso Emmanuel é de opinião que dentro do mundo turbulento, com a incompreensão comandando tantos corações, tantos milhões de pessoas, não pode ser motivo de dúvidas para nós que o Brasil é o coração do mundo. Quando nós nos lembramos que, com todas as deformidades que assinalam a nossa época, com todas as dificuldades de ordem material, nossas mesas têm sido amparadas por benfeitores espirituais. O pão que nós pedimos na oração dominical é modificado por bênçãos de toda a espécie. Trecho de entrevista feita pela Dra. Marlene Rossi Severino Nobre, em fevereiro de 1993, extraído do livro de sua autoria Lições de Sabedoria – Chico Xavier nos 23 anos da Folha Espírita.

MENSAGEM ESPÍRITA MENSAGEM MEDIÚNICA DE BEZERRA Meus filhos: Que Jesus nos abençoe. A sociedade terrena vive, na atualidade, um grave momento mediúnico no qual, de forma inconsciente, dá-se o intercâmbio entre as duas esferas da vida. Entidades assinaladas pelo ódio, pelo ressentimento, e tomadas de amargura cobram daqueles algozes de ontem o pesado ônus da aflição que lhes tenham proporcionado. Espíritos nobres, voltados ao ideal de elevação humana sincronizam com as potências espirituais na edificação de um mundo melhor. As obsessões campeiam de forma pandêmica, confundindo-se com os transtornos psicopatológicos que trazem os processos afligentes e degenerativos. Sucede que a Terra vivencia, neste período, a grande transição de mundo de provas e de expiações para mundo de regeneração. Nunca houve tanta conquista da ciência e da tecnologia, e tanta hediondez do sentimento e das emoções. As glórias das conquistas do intelecto esmaecem diante do abismo da crueldade, da dissolução dos costumes, da perda da ética, e da decadência das conquistas da civilização e da cultura... Não seja, pois, de estranhar que a dor, sob vários aspectos, espraia-se no planeta terrestre não apenas como látego mas, sobretudo, como convite à reflexão, como análise à transitoriedade do corpo, com o propósito de convocar as mentes e os corações para o ser espiritual que todos somos. Fala-se sobre a tragédia do cotidiano com razão. As ameaças de natureza sísmica, a cada momento tornam-se realidade tanto de um lado como de outro do planeta. O crime campeia a solta e a floração da juventude entrega-se, com exceções compreensíveis, ao abastardamento do caráter, às licenças morais e à agressividade. Sucede, meus filhos, que as regiões de sofrimento profundo estão liberando seus hóspedes que ali ficaram, em cárcere privado, por muitos séculos e agora, na grande transição, recebem a oportunidade de voltarem-se para o bem ou de optar pela loucura a que se têm entregado. E esses, que teimosamente permanecem no mal, a benefício próprio e do planeta, irão ao exílio em orbes inferiores onde lapidarão a alma auxiliando os seus irmãos de natureza primitiva, como nos aconteceu no passado. Por outro lado, os nobres promotores do progresso de todos os tempos passados também se reencarnam nesta hora para acelerar as conquistas, não só da inteligência e da tecnologia de ponta, mas também dos valores morais e espirituais. Ao lado deles, Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

13


benfeitores de outra dimensão emboscam-se na matéria para se tornarem os grandes líderes e sensibilizarem esses verdugos da sociedade. Aos médiuns cabe a grande tarefa de ser ponte entre as dores e as consolações. Aos dialogadores cabe a honrosa tarefa de ser, cada um deles, psicoterapeutas de desencarnados, contribuindo para a saúde geral. Enquanto os médiuns se entregam ao benefício caridoso com os irmãos em agonia, também têm as suas dores diminuídas, o seu fardo de provas amenizadas, as suas aflições contornadas, porque o amor é o grande mensageiro da misericórdia que dilui todos os impedimentos ao progresso – é o sol da vida, meus filhos, que dissolve a névoa da ignorância e que apaga a noite da impiedade. Reencarnastes para contribuir em favor da Nova Era. As vossas existências não aconteceram ao acaso, foram programadas. Antes de mergulhardes na neblina carnal, lestes o programa que vos dizia respeito e o firmastes, dando o assentimento para as provas e as glórias estelares. O Espiritismo é Jesus que volta de braços abertos, descrucificado, ressurreto e vivo, cantando a sinfonia gloriosa da solidariedade. Dai-vos as mãos! Que as diferenças opinativas sejam limadas e os ideais de concordância sejam praticados. Que, quaisquer pontos de objeção tornem-se secundários diante das metas a alcançar. Sabemos das vossas dores, porque também passamos pela Terra e compreendemos que a névoa da matéria empana o discernimento e, muitas vezes, dificulta a lógica necessária para a ação correta. Mas ficais atentos: tendes compromissos com Jesus... Não é a primeira vez que vos comprometestes enganando, enganado-vos. Mas esta é a oportunidade final, optativa para a glória da imortalidade ou para a anestesia da ilusão. Ser espírita é encontrar o tesouro da sabedoria. Reconhecemos que na luta cotidiana, na disputa social e econômica, financeira e humana do ganha-pão, esvai-se o entusiasmo, diminui a alegria do serviço, mas se permanecerdes fiéis, orando com as antenas direcionadas ao Pai Todo-Amor, não vos faltarão a inspiração, o apoio, as forças morais para vos defenderdes das agressões do mal que muitas vezes vos alcança. Tende coragem, meus filhos, unidos, porque somos os trabalhadores da última hora, e o nosso será o salário igual ao do jornaleiro do primeiro momento. Cantemos a alegria de servir e, ao sairmos daqui, levemos impresso no relicário da alma tudo aquilo que ocorreu em nossa reunião de santas intenções: as dores mais variadas, os rebeldes, os ignorantes, os aflitos, os infelizes, e também a palavra gentil dos amigos que velam por todos nós. Confiando em nosso Senhor Jesus Cristo, que nos delegou a honra de falar em Seu nome, e em Seu nome ensinar, curar, levantar o ânimo e construir um mundo novo, rogamos a Ele, nosso divino Benfeitor, que a todos nos abençoe e nos dê a Sua paz. São os votos do servidor humílimo e paternal de sempre. Pelo Espírito de Bezerra de Menezes - Por Divaldo Franco (13.11.2010 – Los Angeles) Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

14


TRABALHO IMPORTANTE UMEN – UNIÃO DA MOCIDADE ESPÍRITA DE NITERÓI Nossa História A UMEN – União da Mocidade Espírita de Niterói, foi fundada em 19 de fevereiro de 1948, por um grupo de jovens que buscava criar um novo espaço espírita na cidade. Este grupo havia sido convidado para ir a Friburgo participar de um Encontro de Mocidades Espíritas. No caminho, dentro de um ônibus, alguns jovens comentam que estavam indo para um Encontro, mas eles não representavam nenhuma Casa espírita. Neste Momento, um dos jovens, Olympio da Silva Campos, fala que deveriam criar um grupo espírita e sugere o nome “União da Mocidade Espírita de Niterói”, sendo prontamente apoiado por todos, ficando este momento como o marco inicial da fundação desta casa tão querida. Ao retornarem a Niterói, procuraram o Dr. Carlos Imbassahy, eminente espírita e advogado, pai de um dos jovens que estava no grupo inicial, Carlos de Brito Imbassahy, que apoiou o ideal do grupo e ajudou nos trâmites legais. Como não havia uma sede, estes jovens procuraram a FEERJ, Federação Espírita do Estado do Rio de Janeiro, que ofereceu um espaço em sua sede para o início das atividades. Legalizada em assembléia com data 19 de fevereiro de 1948, que contou com a presença de Olympio da Silva Campos, Orlando França Sobreira de Sampaio, Jorge Nunes Bernardo, Carlos de Brito Imbassahy, Marise Rosa de Lima, Carlos Alberto Botelho, Norberto Herdy Boechat, Stela Souto Câmara, Sebastião Augusto Carneiro, Alexandre Araújo, Góis Neto, Olavo Alves da Silva, Maria Imbassahy, Carlos Imbassahy e Hélcio Costa Coelho. Nessa primeira assembléia, definiu-se como missão da UMEN ser uma instituição de estudos e propaganda do Espiritismo. No dia 29 de fevereiro, foi discutida a participação da UMEN no Primeiro Congresso de Mocidades Espíritas do Brasil, ocasião em que também foram escolhidos como Patrono da casa Thomaz de Aquino (ex-Presidente da Federação Espírita do Estado do RJ) e como primeiro Mentor Sebastião Augusto Carneiro, incansável pioneiro do Espiritismo no país. Entre as primeiras atividades da UMEN lembramos as palestras em prol da Fraternidade proferidas nas reuniões domingueiras, visitas a instituições espíritas e espiritualistas, a representantes das igrejas Católica e Presibiteriana e a lares de freqüentadores de nossa instituição. Participamos, ainda, da organização da Primeira Semana de Confraternização das Sociedades Espíritas de Niterói, evento depois estendido a instituições da vizinha São Gonçalo. No final de março de 1948, constituiu-se uma comissão para estudo e elaboração dos Estatutos da UMEN. Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

15


Fundadores Abílio Valentino de Miranda; Alberto de Souza Rocha; Alexandre de Araujo Góis; Arnaldo Fortes; Balbina Ferreira; Carlos Alberto Botelho; Carlos de Brito Imbassahy; Carlos Imbassahy; Diva Rosa Gomes; Erondina Silva; Hélcio Costa Coelho; João Herdy Boechat; Jorge Nunes; Jorge Nunes Bernardo; Maria de Brito Imbassahy; Maria Stela Fernandes; Marilda Peçanha Rocha; Maryse Rosa de Lima; Nilton Lopes; Norberto Herdy Boechat; Olavo Alves da Silva; Olympio da Silva Campos; Orlando França Sobreira de Sampaio; Ricardo Augusto de Azeredo Viana; Sebastião Augusto Carneiro; Stela Souto Câmara. 26 jovens Alguns destes jovens acima não estavam no lançamento inicial da UMEN, mas foram considerados sócios fundadores por terem se juntado ao grupo ainda no início, segundo informações da Sra. Balbina Ferreira, 1ª Secretária da UMEN. Sede Própria Em seus primeiros anos, a UMEN utilizou as instalações da Federação Espírita do Estado do Rio de Janeiro, onde permaneceu até 1964. O sonho de uma sede própria nasceu com a fundação da própria instituição, sendo estabelecido, já em seus primeiros balancetes, um fundo de reserva para aquisição de um terreno e construção de um edifício. Em julho de 56 foi designada uma Comissão PróConstrução da Sede Própria. Embora os fundos levantados até então ainda fossem insuficientes, a procura por um terreno para abrigar a futura sede continuou, sendo o escolhido o que abriga a UMEN até hoje, na rua Princesa Isabel. A escritura de compra foi lavrada em 25 de agosto de 1959, e logo em seguida promovemos campanhas intensivas para levantamento de fundos e materiais. Finalmente, em 16 de julho de 1960 era colocada a pedra fundamental, e em 18 de abril de 1964 a sede foi oficialmente inaugurada, ocasião em que foi promovida a Festa do Livro Espírita. A Sede Em seus primeiros anos, a UMEN utilizou as instalações da Federação Espírita do Estado do Rio de Janeiro, onde permaneceu até 1964. O sonho de uma sede própria nasceu com a fundação da própria instituição, sendo estabelecido, já em seus primeiros balancetes, um fundo de reserva para aquisição de um terreno e construção da sede. •1959 – Compra do terreno. Escritura passada em 25 de agosto. •1960 – Início da obra em 01 de julho. No dia 16/07, sábado, já com alguns pilares concretados, foi realizada uma cerimônia no terreno para o lançamento da Pedra Fundamental. Com cerca de 200 pessoas presentes, houve a colocação da Pedra fundamental pela Sra. Adelina Boechat e discursos de alguns umenistas. •1964 – Inauguração da sede no dia 18 de Abril.

Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

16


Verbas para a obra Almoços, lanches fraternos e rifas foram realizados em prol da construção da sede própria. A UMEN contou ainda com doação de jóias, dinheiro e de dois terrenos em Maricá, cuja venda foi revertida em verbas para a obra. Realizou-se, ainda, a Campanha das 10 Prestações - em que Umenistas buscaram pessoas que contribuíssem com 10 prestações de CR$ 500.00, salientando que qualquer um poderia participar com quantias menores – e com a Campanha do Tijolo – para a qual foi feito um selo com o valor de CR$ 10,00, vendido para ajudar a construção. Muitos companheiros ajudaram fisicamente na obra, carregando tijolos e pedras para dentro do terreno, também fazendo a terraplanagem. Chico Xavier na UMEN Em 1973, por indicação da UMEN à Câmara dos Deputados, Chico Xavier foi agraciado com o título de “Cidadão Fluminense”. Chico esteve em Niterói, aproveitando a ocasião para visitar a UMEN. Atividades na sede da UMEN Com a reabertura total da sede da UMEN no início de dezembro, todas as atividades já estão sendo realizadas em nossa casa :  Reuniões Públicas (com transmissão ao vivo em nosso site);  Reuniões de Estudos;  Atendimento Fraterno;  Assistência Social e Evangelização de Adultos;  Evangelização Infantil (de 0 a 12 anos);  Evangelização da Juventude (de 13 a 30 anos);  Evangelização para Portadores de Necessidades Especiais;  Evangelização para os Pais;  Serviço de Evangelização da Família;  Momento de Oração Coletiva;  Caravana Caminhantes de Emaús; Visita a Colônia Tavares de Macedo (Venda das Pedras). Mais informações UMEN – União da Mocidade Espírita de Niterói (Rua Princesa Isabel, 45 - Bairro de Fátima – Niterói-RJ) / Telefone: (21) 2621-0308. Conheça detalhadamente, todos os trabalhos desenvolvidos pela UMEN através do site: http://www.umen.org.br/index.php. Transcrito do site: http://www.umen.org.br/index.php Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

17


PERSONALIDADES DE DESTAQUE NO MOVIMENTO ESPÍRITA ELISABETH D'ESPÉRANCE Elisabeth D'Espérance nasceu em 1849 e desencarnou em 1918. Foi médium de grande projeção, tendo servido de instrumento para as pesquisas encetadas por muitos sábios da época. Quando ainda mocinha, apareceu em público, através da apresentação de T. P. Barkas, em New Castle. Barkas organizou uma extensa lista de perguntas referentes aos mais variados setores da ciência, que foram respondidas, rapidamente, pela médium, em inglês, alemão e até mesmo em latim. Madame D'Espérance, que possuía educação de classe média, quando caía em transe mediúnico, externava admiráveis conhecimentos científicos, muitas vezes abordando assuntos completamente desconhecidos daqueles que a interrogavam. Nesse estado, desenhava na mais completa escuridão. Mr. Barkas, referindo-se às sessões realizadas com ela, disse: - “Deve ser geralmente admitido que ninguém pode, por um esforço normal, responder com detalhes, a perguntas críticas obscuras em muitos setores difíceis da ciência com que não se é familiarizado. Além disso, deve-se admitir-se que ninguém pode ver normalmente e desenhar com minuciosa precisão em completa obscuridade; que ninguém pode, por meios normais de visão, ler o conteúdo de uma carta fechada, no escuro; que ninguém, que ignore a língua alemã, possa escrever com rapidez e exatidão longas comunicações em alemão. Entretanto, todos esses fenômenos foram verificados com essa médium e são tão acreditados quanto as ocorrências normais da vida diária”. Madame D'Espérance publicou um livro intitulado “Shadow Land”, traduzido para o português com o nome “No País das Sombras” (FEB), através do qual relata seus dons mediúnicos. Diz ela que, na sua infância, brincava com Espíritos de crianças, como se estes fossem crianças reais. Mais tarde lhe foi acrescentada a faculdade de materialização, pois ela fornecia, em abundância, o fluido chamado “ectoplasma”, que serve para a produção desse fenômeno. Seu guia espiritual era uma bela moça árabe, que dava o nome de Yolanda. Esse Espírito se materializava constantemente, dada a perfeita afinidade que tinha com a médium. Ela podia ver a forma materializada, conforme descreve em seu livro No País das Sombras. Muitos outros casos de materialização de objetos foram constatados, entre eles o caso de vinte e sete rosas, descrito por Mr. William Oxley, editor da obra “Angelic Revelation”, e mais uma planta rara (lírio dourado), em flor. Disse ele sobre o fato: “Eu tinha fotografado a planta – Ixora Crocata – na manhã seguinte, depois do que trouxe para casa e a coloquei na minha estufa, aos cuidados do jardineiro. Ela viveu três meses, depois murchou”. Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

18


Foram também obtidos, graças a preciosa faculdade dessa médium, moldagens em parafina, de mãos e de pés, com punhos e tornozelos que, dada a estreiteza dessas partes, não podiam permitir a saída dos membros, a não ser por sua desmaterialização. Como a maioria dos médiuns de prova, Madame D'Espérance também sofreu muito durante o cumprimento de sua espinhosa missão. Em um dos trabalhos de materialização realizado na Escandinávia, O Espírito Yolanda foi agarrado por um pesquisador menos avisado, com o intuito de desmascaramento, tendo a médium sofrido grande choque traumático que lhe produziu sério desequilíbrio orgânico, prostrando-a de cama. E, para encerrar, citemos um trecho do último capítulo do seu livro, que diz: - “Os que vierem depois de mim talvez venham a sofrer quanto eu tenho sofrido pela ignorância das leis de Deus. Quando o mundo for mais sábio do que no passado, é possível que os que tomarem as tarefas na nova geração não tenham que lutar, como lutei, contra o fanatismo estreito e os julgamentos duros dos adversários”.

DATAS IMPORTANTES DO ESPIRITISMO MÊS DE MARÇO Dia 01 de 1944 – Em São Paulo, SP, é lançado o jornal “O Semeador”, órgão da Federação Espírita do Estado de São Paulo. Dia 02 de 1927 – Na Inglaterra, é lançada a revista "Light", com conferência de Oliver Lodge, sob os auspícios da Aliança Espírita de Londres. Dia 03 de 1880 – Nasce na França, o escritor espírita Gaston Luce. Desencarna em Paris, na França em 11 de janeiro de 1965. Dia 03 de 1985 – É fundado o CEPE - Centro de Estudos e Pesquisas Espíritas, Departamento da Federação Espírita do Paraná. Dia 05 de 1939 – No Rio de Janeiro, RJ, é fundado o Centro Espírita Bezerra de Menezes, tendo como fundador e 1º Presidente o Professor Arnaldo Claro de S. Thiago. Dia 20 de 1833 – Em Currey, Escócia, nasce Daniel Dunglas Home, considerado o maior médium de efeitos físicos do mundo moderno. Desencarna em Saint German, França, em 21 de junho de 1886. Dia 22 de 1936 – Funda-se em São Paulo, a Sociedade Meta psíquica. Dia 23 de 1876 – No Rio de Janeiro, RJ, é fundada a Sociedade de Estudos Espíritas Deus, Cristo e Caridade, por pioneiros do Espiritismo, como Bittencourt Sampaio, Antonio Luiz Sayão, Charles Lehar e Frederico Junior. Dia 23 de 1876 – Funda-se no Rio de Janeiro a Sociedade de Estudos Espíritas “Deus, Cristo e Caridade”, por participantes do Grupo Confúcio, com programa inteiramente evangélico, sob a orientação de Bittencourt Sampaio. Dia 25 de 1856 – O Espírito de Verdade manifesta-se pela primeira vez, orientando Allan Kardec, na residência da família Baudin, em Paris, França. Dia 29 de 1688 – Em Estocolmo, Suécia, nasce o médium Emmanuel Swedenborg, um dos precursores do Espiritismo. Desencarna em 29 de março Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

19


de 1772, em Londres, Inglaterra. Dia 30 de 1864 – Nasce no Rio de Janeiro, RJ, Antonio Lima, fundador e 1º Presidente da União Espírita Mineira e tradutor das obras da Codificação, lançadas no primeiro Centenário de Allan Kardec, em 1904. Desencarna no dia 26 de março de 1964, na Paraíba do Sul, RJ. Dia 30 de 1940 – Inaugura-se em São Paulo, a Rádio Piratininga, sob a direção dos espíritas. Dia 31 de 1848 – Em Hydesville, EUA, são registradas as primeiras comunicações espíritas, com a Família Fox. Dia 31 de 1945 – Em Curitiba, é fundado o Sanatório Bom Retiro, que porta a atual denominação de Hospital Espírita de Psiquiatria Bom Retiro, Departamento da Federação Espírita do Paraná. Dia 31 de 1848 – Em Hydesville, no estado de Nova York, Estados Unidos, as irmãs Kate e Margareth Fox, recebem por meio de pancadas concordantes com as letras do alfabeto e formando palavras e frases, a mensagem do Espírito de um mascate assassinado naquela localidade. Dia 31 de 1897 – Organiza-se a Livraria da Federação Espírita Brasileira.

LIVROS DO “CLUBE DO LIVRO ESPÍRITA” DEPARTAMENTO – CLUBE DO LIVRO ESPÍRITA MARIA DOLORES Rua Artur Machado nº. 288 – sala 04 – Centro Telefone: 3312-8327 – E.mail: eepe@eepe.com.br REVIVER POR AMOR – Pelo Espírito de Rodolpho – Psicografado por Cláudia Marum Quando a vida parece não fazer mais sentido, eis que um grande amor pode auxiliar a revivê-la. Os encontros e desencontros de Nina e de Tony servem de aprendizado em suas existências terrenas. Esse é o tema de fundo deste romance espírita. DIVERSIDADE DOS CARISMAS – Hermínio C. Miranda Três opções básicas se colocam diante daquele que se propõe escrever um estudo como este acerca da mediunidade: a abordagem predominantemente teórica; o enfoque experimental caracterizado como depoimento pessoal; e o tratamento integrado de ambos os aspectos, acoplando teoria e prática. Cada uma dessas opções tem seus méritos e objetivos próprios. Para este livro adotamos a terceira delas: um tipo de modelo que se revelou satisfatório em obras anteriores, onde aspectos teóricos ficaram embutidos em narrativas com características de depoimento pessoal. Com esse plano em mente, procuramos montar este trabalho a partir de três módulos distintos: o primeiro deles destinado a documentar problemas básicos que o médium costuma enfrentar; o segundo, para estudar mais atentamente aspectos particulares do animismo; e, finalmente, o terceiro, no qual tomamos para análise a mediunidade em si mesma.

Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

20


SUGESTÃO DE LEITURA A OBSESSÃO E O MOVIMENTO ESPÍRITA – Pelo Espírito de Manoel Philomeno de Miranda – Psicografado por Divaldo Franco – Organizado por Alírio de Cerqueira Filho Este livro é uma compilação das seguintes obras de Manoel Philomeno de Miranda: Nas Fronteiras da Loucura, publicado em 1982; Painéis da Obsessão, 1983; Trilhas de Libertação, 1996; Tormentos da Obsessão, 2001; Sexo e Obsessão, 2002; Entre Dois Mundos, 2004; Transtornos Psiquiátricos e Obsessivos, 2008. Em suas obras, Manoel Philomeno de Miranda tem realizado reportagens importantíssimas a respeito do fenômeno das obsessões, relatando orientações de especialistas espirituais acerca desse flagelo da humanidade de todos os tempos. A partir do livro Trilhas de Libertação, publicado em 1996, além do fenômeno da obsessão em si, registrado nos livros anteriores, o autor espiritual tem oferecido notícias sobre os intrincados processos obsessivos efetuados pelas "trevas organizadas" - como ele denomina em sua obra mais recente, Transtornos Psiquiátricos e Obsessivos - junto ao movimento espírita, que tentam, com esse expediente, obstaculizar o avanço do Consolador. O benfeitor amigo tem feito relatos de capital importância para todos que militam no movimento espírita, verdadeiros alertas para que estejam vigilantes e possam superar esse mal que campeia, cada vez mais e com maior intensidade. ACREDITAR E AGIR – Sergito de Souza Cavalcanti Alimenta o ânimo e a disposição do leitor com o pão da alma, o amor divino, servido generosamente na forma de nutritivas lições de espiritualidade. Recheado com fatias do cotidiano – ocorrências que servem para rechear suas reflexões –, Acreditar e agir é saborosa refeição, capaz de satisfazer o mais voraz dos apetites. O estilo do autor – mineiro de Inhaúma – é pão, pão, queijo, queijo, sem rodeios, como convém àqueles que buscam sustento para se fortalecer, ganhar forças e vencer as dificuldades que a vida nos apresenta. Sirva-se!

HUMOR ESPÍRITA – “Mediunidade - Cuidados”

Jornal Espírita de Uberaba – Ano 4 – Nº 54 – março/2011

21


EDIÇÃO Nº 54