Page 1

Maio/2010 – nº. 44 – Responsável: Luiz Carlos de Souza (Trabalhador na seara espírita em Uberaba-MG / Brasil)

“Não há problema que não possa ser solucionado pela paciência”. Chico Xavier

EVENTOS ESPÍRITAS DE UBERABA REUNIÃO LÍTERO MUSICAL DOUTRINÁRIA – UBERABA-MG Palestra: A FAMÍLIA COMO SUSTENTÁCULO E PROMOTORA DO PROGRESSO DO ESPÍRITO Palestrante: Ranulfa Rosa Pontes Mendonça (Rosa da Casa do Cinza) Programação: Palestra; Apresentações Musicais; Sorteio de Livros; e, Confraternização. Data: 29 de maio de 2010 – sábado Horário: 19h30min Local: Centro Espírita Uberabense (Rua Barão de Ituberaba nº 449 – Estados Unidos) Organização: UMEU – União da Mocidade Espírita de Uberaba XVII ENCONTRO DE EXPOSITORES DA DOUTRINA ESPÍRITA Dia: 16 de maio de 2010 – domingo Horário: 15h Local: Casa Espírita de Scheilla (Rua Venezuela nº 422 – Fabrício) XIV ENCONTRO DA FAMÍLIA Tema: 100 anos de Chico Xavier: Mediunidade e Caridade em prol da família. Dia: 23 de maio de 2010 – domingo Horário: das 8h às 16h Local: Comunhão Espírita Cristão (Rua Prof. Eurípedes Barsanulfo nº 185 – Parque das Américas Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

1


VIII SEMANA ESPÍRITA DA FAMÍLIA Tema: “Os Pais e a Educação nas Obras de Chico Xavier” 24/05 – Segunda-feira – 19h: Grupo Espírita “João Augusto Chaves” (Rua Nagib Abdala nº 51 – Jd América) – Expositora: Márcia Furtado Witkoswski 25/05 – Terça-feira – 20h: Centro Espírita “José Horta” (Rua Maestro José Maria nº 417 – Abadia) – Expositor: Joamar Zanolini Nazareth 26/05 – Quarta-feira – 19h: Centro Espírita “Francisco de Assis” (Rua Salvina M. de Jesus nº 146 – Vila Esperança) – Expositora: Ana Rosa Moura Caetano 27/05 – Quinta-feira – 19h30min: Centro Espírita “Adelino de Carvalho” (Rua Minas Gerais nº 188 – Santa Maria) – Expositor: Walter Barcelos 28/05 – Sexta-feira – 19h: Centro Espírita “Legionárias do Bem” (Pça. Antônio Delfino nº 142 – Fabrício) – Expositora: Monair de Carvalho II UNIFICAR Será realizado em Conceição das Alagoas, o II UNIFICAR, dos Conselhos Regionais Espíritas – CRÊ’s Alto Paranaíba, Pontal e Triângulo Mineiro, em comemoração ao Centenário de Chico Xavier. No Programa teremos: A fala de Felipe Estábile com o tema – Chico Xavier e o Pacto Áureo; A fala de Marival Veloso de Matos com o tema – Bezerra, Chico Xaiver e a Unificação; A fala de Geraldo Lemos Neto como tema – O Papel de Chico Xavier na Unificação; A fala de Manoel Tiburcio Nogueira com o tema – Unificação: de Estêvão a Chico Xavier; Mesa de Prosa entre os palestrantes entre os temas apresentados. As informações podem ser obtidas através dos telefones: (34) 3321-1378 ou (34) 9994-1578, ou pelos e-mail’s: brazjomarques@terra.com.br ou brazjomarques@hotmail.com. Data: 5 de junho de 2010 Horário: das 8h às 15h. Local: Associação Atlética Garimpense (Rua João Nunes nº 200) – Conceição das Alagoas-MG. III ENCONTRO NACIONAL DOS AMIGOS DE CHICO XAVIER E SUA OBRA O Espiritismo segundo Kardec e Chico Xavier Data: 17 e 18 de julho de 2010 Horário: Dia 17 das 13h às 22h10min e no Dia 18 das 8h30min às 12h30min Local: Clube Sírio Libanês (Rua Major Eustáquio nº 790 – Centro) – Uberaba-MG Programação: Palestras: Sônia Maria Barsante Santos; Alexandre Caroli Rocha; Nena Galves; Osvaldo Cordeiro; João Elias; Izabel Mazucatti; Haroldo Dutra Dias; e, Wlater Barcelos. Apresentaçõs musicais: Coral Em-cantando Deus – AMIC – Campinas-SP; e, Sérgio Santos de UberabaMG. Lançamento de livros: Chico Xavier – Apóstolo do Brasil de Eurípedes Higino dos Reis; 100 Anos de Chico Xavier – Fenômeno Humano e Mediúnico de Carlos A. Baccelli; Sementeira de Paz, Colheita de Bênçãos – Chico Xavier (o primeiro livro) de Geraldo Lemos Neto; O Voo da Garça de Jhon Harley M. Marques. Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

2


Programação Especial: Apresentação da peça teatral “As Três Revelações” com o Grupo Estandarte Chico Xavier. Homenagens: Yolanda Cezar; Sylvia de Almeida Barsante; Heigorina Cunha; e, Elaba de Melo Álvares. Informações: AME (Aliança Municipal Espírita de Uberaba) com Maria Luísa (Jô) (34) 3312-6176 ou com Maria José (34) 3312-1077 IX FEMEU – FESTIVAL DE MÚSICA ESPÍRITA DE UBERABA A UMEU – União da Mocidade Espírita de Uberaba irá realizar o IX FEMEU – Festival de Música Espírita de Uberaba, nos dias 13 e 14 de novembro de 2010, em Uberaba-MG. Neste ano, o IX FEMEU será em âmbito nacional e fará parte das comemorações do Centenário de nascimento de Chico Xavier. Para conhecer a história de todos os festivais de música de Uberaba, acesse o site: http://femeu.blogspot.com/. Informações pelo e-mail: lcsouza@terra.com.br com Luiz Carlos de Souza.

EVENTOS ESPÍRITAS DO BRASIL Evento: 2º CONCURSO DE CONTOS E POESIAS COM TEMÁTICA ESPÍRITA Data: INSCRIÇÕES até o dia 14/05/2010 – APRESENTAÇÕES – Dia 13/06/2010 Local: Jacareí-SP Informações: Carlos Monteoliva – E-mail: carlosmonteoliva@gmail.com ou pelo telefone: (12) 9123-1277 Evento: ENCONTRO DE EVANGELIZADORES: PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NA EVANGELIZAÇÃO INFANTIL – COMO DESPERTER A NOVA GERAÇÃO PARA A ESPIRITUALIDADE Data: 15 e 16 de maio de 2010 Horário: Dia 15 (das 14h às 19h) – Dia 16: (das 9h às 13h) Local: Núcleo Assistencial Joana de Angelis (Rua Armando Ognebene nº 690 – Jardim Brasil Informações: E-mail: secretaria@useinterboutucatu.com.br / Telefone: 9669-4699 Evento: CONEAN 2010 Data: 16 de maio de 2010 Horário: Das 7h30min às 13h Local: Centro Espírita Discípulos de Jesus (Av. Luiz Osório nº 108 – Penápolis-SP Informações: (18) 3652-4910 / (18) 3652-2378 Evento: PALESTRA “A CONQUISTA DA PAZ INTERIOR” COM PLÍNIO B. PENTEADO JR. Data: 16 de maio de 2010 Horário: 10h45min Local: Centro de Apoio e Passagem Anália Franco (Rua Antonio Tadeu nº 309 – Guaianazes – São Paulo-SP)

Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

3


Evento: LANÇAMENTO DO LIVRO CHICO XAVIER – O PRIMEIRO LIVRO Data: 17 de maio de 2010 Horário: 19h30min Local: Palácio das Artes (Av. Afonso Pena nº 1.537 – Centro – Belo Horizonte-MG) Informações: (31) 3261-1501 Evento: 1º ENCONTRO DE EXPOSITORES ESPÍRITAS DE JUNDIAÍ E REGIÃO Data: 22 de maio de 2010 Horário: Das 15h às 17h Local: Centro Espírita João Batista (Av. Dr. Sebastião Mendes Silva nº 571 – Anhangabaú – Jundiaí-SP Informações: Com Rose pelo e-mail: usejundiaisecretaria@terra.com.br ou pelos telefones: (11) 4607-4690 / (11) 9244-6795 Evento: PALESTRA “É TEMPO DE ESPERANÇA” Data: 28 de março de 2010 Horário: 18h Local: Rua Antônio Augusto da Paz (antiga 17) nº 60 – Piratininga – Niterói-RJ Evento: I SIMPÓSIO DOUTRINÁRIO – TEMA: CHICO XAVIER – ESPIRITISMO E MEDIUNIDADE A SERVIÇO DO CRISTO Data: 30 de maio de 2010 Horário: das 8h30min às 13h Local: Centro Espírita Seara do Mestre (Rua Carlos Roberto Cavanhas, nº 392 – Vila Rubi Informações: Telefone: 5663-5632 / E-mail: searadomestre@gmail.com

EM DIA COM O ESPIRITISMO JORNAL ESPÍRITA EM DOIS SITES O JORNAL ESPÍRITA DE UBERABA possui dois sites. O primeiro foi desenvolvido voluntariamente pelo nosso estimado irmão Gleiver S. Ramos, de Conceição das Alagoas-MG. O seu endereço é: www.jornalespiritadeuberaba.com. Neste site, vocês encontraram todas as edições do Jornal, muitas informações e link’s interessantes. O segundo site tem os jornais para serem lidos virtualmente, como se você estivesse lendo um jornal impresso. O endereço é: http://www.issuu.com/jornalespiritadeuberaba. Acesse os dois sites, salve os dois endereços em seus favoritos e boa leitura! FEMEU NO YOUTUBE Demorou mas saiu! Já está no site do youtube todas as músicas do VII e VIII FEMEU – Festival de Música Espírita de Uberaba. O VII FEMEU foi realizado no dia 27/09/2008 e o VIII Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

4


FEMEU em 24/10/2009, ambos no Centro Espírita Uberabense, em Uberaba-MG. Para ouvir todas as músicas, acesse o site www.youtube.com.br e digite a palavra FEMEU. Aí você encontrará todas as 22 (vinte e duas músicas). Vale a pena apreciar! ENTREVISTA COM ELIAS BARBOSA SOBRE CHICO XAVIER Assista a uma interessante entrevista em que o amigo e biografo de Chico Xavier, Dr. Elias Barbosa fala sobre Chico. Ao final da mensagem vejam o que ele fala sobre Emmanuel. Assista a entrevista através do link abaixo: http://www.youtube.com/watch?v=YSjDbl4TFgI&feature=related CONGRESSO BRASILEIRO HOMENAGEOU CHICO XAVIER O 3º. Congresso Brasileiro de Espiritismo, promovido pela Federação Espírita Brasileira, foi realizado com pleno êxito entre os dias 16 e 18 de abril de 2010, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Cerca de cinco mil congressistas participaram do evento tendo como tema central: “Chico Xavier: Mediunidade e Caridade com Jesus e Kardec”. A abertura contou com apresentações artísticas de alto nível e da Banda dos Dragões da Independência. O evento foi aberto pelo presidente da FEB Nestor João Masotti. O vice-presidente da República José de Alencar compareceu e fez uso da palavra. Integraram a mesa o ministro da Previdência Social Carlos Gabas, representantes dos Correios, da Casa da Moeda, deputados federais Raquel Teixeira e Luiz Carlos Bassuma, Eurípedes Higino dos Reis, o secretário geral do CFN da FEB, os presidentes das 27 Entidades Federativas Estaduais, Marlene Nobre representando as Entidades Nacionais Especializadas. A palestra inicial foi proferida por Divaldo Pereira Franco. Houve o lançamento nacional do Selo Comemorativo e da Medalha Comemorativa do Centenário de Xavier. O programa foi seguido de acordo com o planejamento previamente divulgado com apresentações de dezenas de expositores e depoimentos de colaboradores de Chico Xavier e de artistas. Houve apresentação de trailer do filme Nosso Lar e apresentação da equipe de produção, direção e de artistas. A “Sinfonia do Amor”, composta por Plínio Oliveira em homenagem a Chico Xavier, foi apresentada e lançada no evento. O Congresso teve sua transmissão, ao vivo, para o Brasil e para o mundo diretamente pela TV do Conselho Espírita Internacional (www.tvcei.com). Mais de 12.000 pessoas participaram do evento, com repercussão na grande mídia como na Rede Globo (clicar: http://g1.globo.com/videos/jornaldaglobo/v/comeca-congresso-espirita-embrasilia/1249173) e no Jornal Nacional (clicar: http://g1.globo.com/jornalnacional/noticia/2010/04/espiritas-se-reunem-em-brasilia-para-homenagear-chicoxavier.html). No encerramento do Congresso, após palestra de José Raul Teixeira, foi lida a mensagem psicográfica do médium Wagner Gomes da Paixão “Na Luz do Amor”, de Chico Xavier. Na tarde do dia 18, houve uma homenagem a Chico Xavier franqueada ao público, com a participação dos Corais do Distrito Federal, dos artistas Nando Cordel e Carlos Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

5


Vereza, seguindo-se palestra de Divaldo Pereira Franco. Ao final, este transmitiu mensagem psicofônica do espírito Bezerra de Menezes. Foi lida a mensagem psicográfica do médium Wagner Gomes da Paixão “Brasil para Jesus”, do ex-presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek de Oliveira. Esta etapa pública foi também transmitida ao vivo pela TVCEI e para cerca de 20 auditórios e salões de instituições espíritas de Brasília, incluindo a FEB, dotados de telões. Foram lançados vários livros editados pela FEB: edição especial de “Parnaso de Além Túmulo”; o “kit” (livro e dois DVDs) “Depoimentos sobre Chico Xavier” (Organizado por Antonio Cesar Perri de Carvalho e Oceano Vieira de Melo), “Chico Xavier, o Obreiro do Senhor, e Castro Alves, o Apóstolo da Liberdade” (Organizado por Marta Antunes de Moura), “Orientação aos Órgãos de Unificação”. E o Conselho Espírita Internacional lançou “Chico Xavier – O Homem e o Médium”, de Mikael Ponsardin (edições em francês e em português) e a tradução do Novo Testamento, feita por Haroldo Dutra. Todos congressistas receberam a revista “Reformador”, edição especial de abril em homenagem a Chico Xavier. O bem sucedido Congresso insere-se no “Projeto Centenário de Chico Xavier”, aprovado pelo Conselho Federativo Nacional da FEB e que vem sendo implementado desde o dia 1º. de janeiro e prosseguirá até novembro deste ano. Informações: www.febnet.org.br; www.100anoschicoxavier.com.br. EMPRÉSTIMO DE DVD’S Os DVD's contendo as matérias-homenagens sobre Chico Xavier transmitidas em 4 programas pelo canal Globo News e o Globo Reporter também homenageando o Chico, estarão disponíveis para empréstimo na Livraria Espírita Emmanuel (Rua Artur Machado nº. 288 – sala 04 – Centro – Telefone: 3312-8327). TRAILER DO FILME NOSSO LAR Clique no link abaixo e assista o trailer do filme Nosso Lar que está em produção. http://cinema.uol.com.br/ultnot/multi/?hashId=trailer-do-filme-nosso-lar04021C376ADC997326&mediaId=1737578 DIMENSÃO ESPÍRITA O Dimensão Espírita no seu propósito de oferecer informações diversas sobre o espiritismo, os eventos da comunidade espírita de Uberlândia e região, mensagens, livros e muito mais, agora é; webTV. Acesse o site e confira: http://www.dimensaoespirita.com.br/ . BIBLIA DO CAMINHO A “Biblia do Caminho” é uma compilação de todas as obras de Allan Kardec e de Francisco Cândido Xavier e uma versão completa do Antigo e Novo Testamentos, sendo todos os livros e textos inter-relacionados através de um Índice temático. A última versão da “Bíblia do Caminho” traz o ESDE – Estudos Sistematizados da Doutrina Espírita, versão completa. Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

6


Acesse agora o site: www.bibliadocaminho.com.br e instale já em seu micro. Você pode acessar também os sites: www.bibliaespirita.com; www.espiritismocristao.com.br; www.doutrinaespirita.com; www.ocaminho.com.

CAMPANHAS DE SOLIDARIEDADE HOSPITAL DO FOGO SELVAGEM PEDE AJUDA Conhecido por espíritas e não-espíritas por seu trabalho de auxílio ao próximo, sobretudo a portadores da grave doença dermatológica pênfigo-foliáceo, o popularmente chamado “fogo-selvagem”, o Lar da Caridade, de Uberaba, no Triângulo Mineiro, está enfrentando sérias dificuldades. Fundado em 1957, vive hoje um dos seus momentos mais delicados, sobretudo por conta da crise mundial, que levou muitos colaboradores a suspenderem as suas contribuições. Para se ter uma idéia da gravidade da situação, a folha de pagamento da instituição está em aberto desde janeiro e as dívidas ao mês podem chegar a R$55 mil. Se algo não for feito rápido, o futuro do Lar pode até estar ameaçado. O Lar da Caridade – Hospital do Fogo Selvagem é presidido atualmente por Ivone Aparecida Vieira da Silva, neta de Dona Aparecida, cuja instituição está localizada na Rua João Alfredo, 437 – Abadia – CEP 38025-300 Uberaba, MG. Doações, de qualquer valor, podem ser feitas pelas seguintes contas-correntes: 3724-9, agência 3278-6, do Banco do Brasil; e 14572-6, agência 0264-0, do Bradesco. O CNPJ da instituição é 25440835/0001-93. Outras informações, pelo telefone (34) 3318-2900 ou através dos correios eletrônicos fogoselvagem@terra.com.br e larcaridade@hotmail.com. O SANATÓRIO ESPÍRITA PEDE SOCORRO!!! O Sanatório Espírita de Uberaba – SEU, foi fundado em 31/12/1933, pela estimada Maria Modesta Cravo. Atualmente o Sanatório possui 120 leitos e com uma média de 130 internações por mês. Para garantir todo esse tratamento, o Sanatório conta com uma equipe de 92 funcionários, além das 12 equipes de médiuns passistas que fazem o tratamento espiritual de segunda-feira a sábado nos períodos matutino e noturno. O Sanatório está passando por dificuldades financeiras, por isso, lançou a campanha “O Sanatório Espírita Pede Socorro”. Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

7


Se você desejar ajudar o Sanatório Espírita de Uberaba, faça sua doação na Conta Poupança do Sanatório Espírita de Uberaba – Caixa Econômica Federal – Agência: 1538 – Conta: 013.7394-6. Para efetuar transferência bancárias, o CNPJ é: 25.445.347/0002-50. Outras informações pelo telefone (34) 3312-1869 com Marcio Roberto Arduni – Diretor Administrativo do Sanatório Espírita de Uberaba. CAMPANHA DO BRINQUEDO VOVÓ FLOZINA LUIZA A campanha teve início no dia 12 de Outubro de 2008, no Centro Espírita Luz e Caridade, na Rua Eduardo Pimentel, 129, Boa Vista, Monte Carmelo, MG, e tem como objetivo, doar brinquedos para centenas de crianças carentes desta cidade. A criação deste evento deu-se através dos integrantes da casa, alguns residentes em Uberaba, como William Alves de Oliveira, que após participar de uma distribuição de brinquedos em uma casa espírita na cidade de Uberaba, MG, juntamente com sua filha Rafaelly Luiza e sua mãe Aparecida Luiza, demonstraram interesse em realizar algo assim em Monte Carmelo. Contando com o incentivo delas e de sua esposa Fernanda Mª Alves, ligou para o então presidente do Centro Espírita Luz e Caridade, o querido e saudoso Sr. Jerônimo Luiz e também para a professora de Evangelização Sra. Albanil Davi, ambos acolheram com muito amor a idéia, e aí começaram a rotina intensa de arrecadação de brinquedos em Uberaba, Monte Carmelo e demais cidades da região. A diretoria do Centro decidiu após uma reunião entre eles, a homenagearem como mentora espiritual e responsável pela campanha, o nome da já desencarnada avó materna do William e que foi uma das grandes trabalhadoras da casa, a Sra. Flozina Luiza. Foram arrecadas no ano passado, 720 brinquedos, que foram amplamente doados no Dia das Crianças. Neste ano, já se iniciou a arrecadação de brinquedos. E está precisando muito da ajuda de quem possa interessar em doar brinquedos novos ou usados em boas condições, ou qualquer quantia financeira pela conta poupança nº: 55608-0 Op: 013, Agência 0709, Caixa Econômica Federal, aos cuidados de Rafaelly Luiza Alves de Souza. Ou procurar a direção do Centro, no endereço acima citado, de Segunda a Sexta no horário das 19h30min às 20h30min, para entregar o brinquedo.

ESTUDO ENTREVISTA COM JACOB MELO O autor de “O Passe – Seu Estudo, Suas Técnicas, Sua Prática”, Jacob Melo, concedeu uma entrevista no canal IRC Espiritismo, e que reproduzimos na íntegra. Pergunta – Em seu livro Passes e Radiações, Edgard Armond atribuiu diferentes tipos de passes para a conduta em centros espíritas. Como você vê essa divisão técnica dos passes? Jacob Melo – Em princípio, preferimos as anotações de Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

8


Kardec. Ele dividiu didaticamente o passe em três níveis: espiritual, humano e misto. Uma profusão de técnicas, sem o respaldo do Magnetismo, põe em dúvida algumas dessas técnicas. Assim, reconhecemos a validade de uma distinção de técnicas em função dos objetivos, desde que resguardados os cuidados pertinentes. A meu ver, Edgard Armond não apresentou em suas obras as justificativas que se fariam necessárias. Não digo que elas sejam desprovidas de valor prático, mas carecem de uma base de sustentação teórica, em termos de Magnetismo, e prática, em termos do que sugere Allan Kardec. Pergunta – Só médiuns passistas podem aplicar o passe? É necessária uma aptidão especial ou um "não médium" pode aplicar também? Jacob Melo – Em tese, qualquer pessoa pode aplicar passe. Tomando-se a divisão de Kardec, em alguns casos são necessários algumas aptidões e predisposições. No caso do Magnetismo ou passe humano, a pessoa deverá possuir disposição natural ou induzida de doação magnética. Para o caso do passe espiritual, há que se atender às necessidades morais. Portanto, não há necessidade de ser obrigatoriamente médium, mas há a necessidade de disposição de doação fluídica e de amor. Pergunta – Qual é a necessidade de se aplicar passe deitado, se a pessoa não está debilitada? Jacob Melo – O uso de uma maca ou cama deve estar relacionado a algum fator, seja esse fator de ordem de comodidade do passista ou de melhor conforto para o paciente. Havemos de convir que, quanto mais confortáveis estejam ambos, melhores condições terão para o sucesso da transmissão e recepção fluídica. Entretanto, os passes podem ser aplicados com os pacientes em pé, deitados, sentados, de frente, de costas etc. Pergunta – Essa modalidade deve ser rotineiramente aplicada nos Centros Espíritas, como temos visto inclusive na sala de passe do Conbrade? Jacob Melo – Não é necessário que esta prática seja rotineira, nem mesmo a própria aplicação do passe. Este deve ser aplicado apenas e tão somente quando é constatada a necessidade dele. Só que, se eliminarmos os passes das casas espíritas, baseados nessa premissa, sem dúvida iremos cair num fator de complicação muito sério. Como sempre, o bom senso indica a melhor medida, a melhor ocasião e a melhor maneira. Pergunta – Somos informados que os nossos fulcros energéticos ou chakras, quando em estado normal, giram numa determinada velocidade. Estando o corpo doente (em desequilíbrio), continuam os chakras com a mesma velocidade? Jacob Melo – Não. Nem com a mesma intensidade, nem com a mesma regularidade. Daí a necessidade da ordenação dos campos vitais (chakras). Pergunta – É certo afirmar que, ao aproximarmos mais as mãos do paciente, estamos doando energia excitante e, ao afastarmos, energia calmante? Jacob Melo – Quase isso! Os passes próximos, em relação ao Magnetismo, tornam os efeitos fluídicos com características ativantes ou excitantes. Quando aplicados à Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

9


distância do corpo do paciente, tornam-se calmantes. Portanto, não são energias excitantes ou calmantes e sim a percepção e o efeito delas. Pergunta – Com relação a uma pessoa refratária ao passe de um médium – passe magnético, espiritual ou misto qual a conduta mais adequada do passista nesse momento? Jacob Melo – Imaginemos o passista portador de Magnetismo Humano. Com técnicas dispersivas (movimentação rápida das mãos), ele atenua essas discrepâncias fluídicas. O ideal, contudo, é o passista aprender técnicas para entrar em “relação magnética” ou “contato magnético” com o paciente. No caso do passista espiritual, há uma necessidade evidente de maior poder de concentração e oração. Mesmo aí, as técnicas dispersivas também ajudam sobremaneira. Pergunta – Quais os centros de forças e os plexos que mais atuam no passe? Até onde vai a importância deles no passe? Jacob Melo – No caso do passista magnético, os centros vitais que mais “usinam” fluidos são o gástrico, o esplênico e o laríngeo. Apesar disso, os outros também atuam. A importância disso vai repercutir diretamente na qualidade e no refinamento dos fluidos em usinagem. Por exemplo, o entendimento do funcionamento desses centros vitais explicarão, sem quaisquer misticismos, as implicações decorrentes da ingestão de alimentos, medicamentos, drogas, uso e abuso do sexo etc. Nos pacientes, há a necessidade de se verificar os mais desarmonizados para se propiciar um melhor atendimento. Pergunta – No passe, a pessoa que aplica obrigatoriamente tem que ser moralmente “superior” à pessoa que está recebendo? O passista pode se prejudicar em alguma situação? Jacob Melo – A questão “superior” é subjetiva por si mesma. No caso do passe espiritual, há uma necessidade imperiosa de um equilíbrio moral e espiritual por parte do passista. No caso do Magnetismo, a própria vida nos demonstra que pessoas de moral duvidosa têm obtido resultados vulgarmente qualificados de milagrosos. Quanto à questão de um passista sofrer prejuízos, infelizmente pode, haja vista o número relativamente grande de passistas que chegam a lamentáveis casos de fadiga fluídica. Isso tanto se deve a excessos de doação magnética quanto à falta de técnicas e de desconhecimento sobre como se defender com as próprias técnicas. Pergunta – Já ouvimos falar de diversas técnicas de passe, como passes transversais, rotatórios, perpendiculares, longitudinais. Gostaria de saber o que difere nessas técnicas, ou são todas iguais? Jacob Melo – Há diferença entre elas sim. Por exemplo, os transversais e perpendiculares são, na sua maioria, dispersivos. Os rotatórios normalmente são concentradores e os longitudinais tanto podem ser dispersivos, concentradores, ativantes ou calmantes. Logo, há uma necessidade real de estudo para uma maior segurança do uso das técnicas.

Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

10


Pergunta – Quando uma pessoa que não acredita nos efeitos do passe (por exemplo, materialista) é levada a tomá-lo, os efeitos são os mesmos ou a disposição prévia e boa vontade do receptor influi nos resultados? Jacob Melo – Influi decisivamente. Isto não quer dizer que um descrente não possa ser beneficiado, só que esta não é a regra. Observemos que a própria ciência prova que o fato de acreditarmos mais em um médico do que noutro já potencializa ou diminui os efeitos do tratamento. O que não se esperar de uma transferência tão sutil quanto a fluídica veiculada através do passe? Pergunta – Já se ouviu falar de casos de morte cerebral em uma regressão na transmissão do passe. Que restrições devem ser tomadas para transmiti-lo e por que ele é tantas vezes tão perigoso? Jacob Melo – Vamos por partes. Primeiro, não conheço nenhum caso conforme o narrado. Depois, as imposições são, por si sós, concentradoras fluídicas. Como se aplica muita imposição sobre o coronário, o passista, sendo um doador de densos fluidos magnéticos, naturalmente saturará este centro de uma maneira desequilibrante e, daí, podem advir conseqüências constrangedoras. Para se evitar tais ocorrências é que se conta com os passes dispersivos. As restrições deverão ser vencidas através do conhecimento. Para tanto, cabe às diretorias das casas espíritas fazerem regularmente treinamentos e avaliações de seu quadro de passistas. Pergunta – Se eu estiver pensando mentalmente em acalmar, a distância terá mesmo influência? Qual a distância das mãos para acalmar e para excitar? Jacob Melo – Lamentavelmente, em termos de magnetismo humano, nossa indução mental nem sempre supera a influência fluídica. No GEAK, grupo ao qual estamos ligados em Natal, temos feito pesquisas nesta área há mais de sete anos e já temos muitas evidências de que a indução mental para se obter um resultado diferente do que o magnetismo ensina não tem sido positivo. As distâncias médias consideradas são um palmo do corpo do paciente (25 centímetros, em média). Daí, em direção ao corpo, são ativantes e, em se afastando do corpo, quanto mais distantes, mais calmantes. Pergunta – Como controlar a quantidade de Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

11


energia aplicada? Jacob Melo – Só a prática determina. Se você ou o passista é doador de fluidos magnéticos e está se iniciando agora na prática, recomendamos um máximo de três aplicações por sessão e uma sessão por semana. A partir daí, observe-se para saber suas reações no dia imediatamente posterior à aplicação. Havendo cansaço ou sono, insônia, ressaca e indisposições gástricas, é provável ter havido um excesso de doação ou a falta de uma aplicação técnica mais correta. Não tendo havido problema, vá aumentando a cada semana um passe até chegar ao seu limite ideal. Apesar desta resposta, seria necessária uma abordagem mais ampla para que pudéssemos entender o motivo de tantos cuidados com a aplicação do passe. Pergunta – Após a doação, ocorrendo fraqueza, como recuperar as energias? Jacob Melo – Sendo fraqueza detectada ainda no ambiente onde houve a aplicação do passe, solicite a um outro passista que lhe aplique passes dispersivos. Havendo água fluidificada, beba um pouco. No caso da fraqueza surgir no dia seguinte, evite desgastes físicos desnecessários, alimente-se de maneira mais leve que o habitual, se possível caminhe (não se trata de caminhada como exercício físico e sim como um passeio) em algum lugar onde respire ar puro e, não sendo portador de diabetes, tome água de coco. Não estamos falando das implicações e necessidades espirituais, porque acreditamos que todos sabemos do conveniente e necessário uso da oração e da conexão com o mundo espiritual superior. Pergunta – O que é o “sopro” ou “insuflação quente”? E o que é a “insuflação fria”? Jacob Melo – São as técnicas em que se usam as doações fluídico-magnéticas pelo sopro. A insuflação quente tem por característica ser extremamente ativante, enquanto que a fria normalmente é calmante e dispersiva. Em termos de aplicação, a fria é procedida como quem sopra uma vela, enquanto a quente é como um “bafo”. Não se entenda, entretanto, que basta soprar para se fazer insuflação. É necessário que se tenha a disposição de exteriorização fluídica pelas vias superiores. Pergunta – No passe magnético, existe realmente a relação recepção/doação através das mãos esquerda e direita? Jacob Melo – Isto é muito comentado pela chamada escola dos polaristas. Ocorre que nem mesmo os polaristas são concordantes entre si. Por sua vez, a prática demonstra não haver maior significado na inversão das mãos, tanto é que, particularmente, nunca vi em nenhum Centro Espírita algum passista, antes de iniciar sua tarefa, perguntar se os pacientes são canhotos ou destros. Pergunta – Como você compara a dieta vegetariana com a carnívora para um médium passista? Jacob Melo – Tudo leva a crer que o vegetariano leva vantagens. Mas lembramos que, em tudo, a virtude está no meio. Se em O Livro dos Espíritos, no Novo Testamento e numa entrevista de Chico Xavier encontramos informações que não condenam definitivamente a carne, não seremos nós que o faremos. Ainda assim, não podemos concordar com o excesso de alimentação, seja vegetariana ou não. Portanto, não creio que o vegetariano, só por isso, seja melhor que o carnívoro, apesar das vantagens que ele tenha, já que todos sabemos dos inconvenientes decorrentes da dificuldade de digestão da carne animal. Um exemplo: É melhor comer um bife com moderação do que jantar meio quilo de alface, vinte tomates, quarenta cebolas e, de sobremesa, duas melancias. Pergunta – Existe uma correlação tempo/efeito nos passes tipo magnético e espiritual? Jacob Melo – Existe correlação tempo/efeito. Existe correlação passe magnético e espiritual. O tempo e o efeito tanto dependem das técnicas quanto dos passistas e dos Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010 12


pacientes. Os passes espirituais, a rigor, não carecem de técnicas, mas as técnicas, se bem conhecidas e aplicadas, em nada prejudicam, ao contrário, só contribuem favoravelmente. Os passes magnéticos, estes sim, precisam de conhecimentos e experiências para se alcançar uma melhor correlação tempo/efeito.

JUVENTUDE PAIXÕES ADOLESCENTES “Batatinha quando nasce... se esparrama pelo chão...”. Há uma música da dupla sertaneja João Paulo e Daniel em que o refrão diz: “Estou apaixonado e este amor é tão grande / estou apaixonado e só penso em você a todo instante.” É bem assim que tudo ocorre. O termo Adolescência tem sua raiz na palavra adolescere que significa crescer para ficar adulto. O vocábulo “PARA” anuncia uma transição, a qual tem sua culminância dos 13 aos 18. É nessa fase que surgem questões do tipo: será que vou casar? Terei filhos? Que profissão seguirei? Será que alguém vai gostar de mim? É o momento de assumir uma identidade e consolidá-la. Os valores até então introjetados pelo adolescente serão decisivos nas escolhas que ele fará. É muito comum surgir uma grande paixão. É típico do adolescente viver de forma intensa o momento porque o seu psiquismo encontra-se insípido para o raciocínio indutivo, ou seja, ele tem dificuldade de entender conseqüências. Essa é uma das fortes razões para aquela gravidez indesejada e a vinculação a algum tipo de droga por achar que “não vai dar nada”. É comum o adolescente se ver perdido em meio a todas essas questões e ao apaixonar-se por alguém, depositando no outro toda essa necessidade de preenchimento e, por isso, querem ficar o tempo todo juntos, fazer tudo juntos e esquecem até das obrigações deixando os pais aturdidos sem saber o que fazer. A grande questão é que nem sempre o outro está disposto a corresponder e, quando isso não acontece, vêm as crises e essas serão mais intensas de acordo com as bases recebidas. Em outras palavras, é importante administrar as frustrações com equilíbrio e se isso não ocorre o sofrimento é intenso, gerando quadros de rebeldia e impelindo o adolescente às fugas. Atualmente há um altíssimo índice de adesão às bebidas. Aliás, apesar de ilícito, muitos adolescentes têm acesso a elas. A grande maioria dos adolescentes optou por substituir o velho e conhecido namoro pelo “ficar”, que consiste em estar com alguém por um tempo mínimo sem compromissos e trocar carícias intensas. Na linguagem deles “beijar muuuuito”. Esse movimento tem se constituído em um problema. Explico: sempre que nos envolvemos afetivamente com alguém em um grau qualquer, independente da intenção Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

13


de superficialidade, há uma fusão áurica (espiritual) e uma demanda libidinal (troca energética). Se fizermos isso intensamente sem pausa para assimilação e elaboração do vínculo, resta uma sensação de vazio enorme gerando angústia e, em alguns casos, é um caminho curto para a instalação de uma depressão reativa com pensamentos suicidas. Na verdade, dificilmente o adolescente irá realmente suicidar-se, mas a sensação de vazio é tão intensa que ele traduz como vontade de morrer. O ideal seria que todos os adolescentes pudessem contar com pais seguros e espiritualizados, mas a realidade é outra. Portanto, dicas: valorize o que há de concreto em você pensando em tudo que você é capaz de realizar, valorize o que há de belo esteticamente em você e assuma isso. Busque aceitar-se como único, converse com pessoas que se mostrem abertas e compare opiniões, leia muito para informar-se um pouco sobre tudo, tenha uma fé robusta em Deus como quer que você o conceba. Não tenha receio de buscar uma ajuda profissional para que você ache uma direção sadia para seus impulsos que fazem parte da vida e da condição humana. Não desista de apaixonar-se porque é muito bom e faz parte das experiências da vida. Aprenda sim a lidar com suas emoções, busque o autoconhecimento e seja feliz. Por: Deusa Samú / Transcrito do Boletim Fala Meu – Fevereiro de 2009 – Ano 9 – Nº 79

LINDOS CASOS DE CHICO XAVIER CASO 3 – CONSELHO MATERNO Dona Rita de Cássia criava em sua casa, como filho adotivo, um sobrinho de nome Moacir, menino de onze a doze anos de idade. Moacir trazia larga ferida na perna, quando a dona da casa mandou chamar Dona Ana Batista, antiga benzedeira da localidade denominada Matuto, hoje Santo Antônio da Barra, nos arredores de Pedro Leopoldo. Dona Ana examinou a úlcera e informou: - Aqui só uma “simpatia” dará resultado. - Qual? – perguntou a madrinha do Chico. - Uma criança deve lamber a ferida por três sextasfeiras continuadas, pela manhã, em jejum. E Dona Rita perguntou: - Chico serve? A benzedeira observou e declarou: - Muito bem lembrado. Isso ocorreu numa quinta-feira. À tarde, quando o menino foi à prece, sob as árvores, encontrou Dona Maria João de Deus, em espírito, e contou-lhe, chorando, que no dia seguinte ele deveria tomar parte da “simpatia”. - Você deve obedecer, meu filho. - A senhora acha que eu devo lamber a ferida do Moacir? - Mais vale lamber feridas que fazer aborrecimentos nos outros – falou o espírito maternal - ; você é uma criança e não deve contrariar sua madrinha. - E a senhora crê que isso poderá curar o doente? - Não. Isso não é remédio. Mas dará bom resultado para você mesmo, porque sua obediência dará tranqüilidade à sua madrinha. Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

14


E, vendo que o menino hesitava, continuou: - Seja humilde, meu filho. Se você ajudar a trazer a paz de que precisamos, você lamberá a ferida e nós faremos o remédio para curá-la. No outro dia, Chico obedeceu à ordem. Na sexta-feira seguinte, repetiu pela terceira vez, viu o espírito de sua mãe, sorridente, ao seu lado. Estático, viu-a abraçar Dona Rita. E Dona Rita, transformada, acariciou-o, pela primeira vez, e disse-lhe, bondosa: - Muito bem, Chico. Você obedeceu direitinho. Louvado seja Deus! E depois de dois anos de flagelação, o Chico teve a felicidade de passar uma semana inteira sem garfadas e sem vergões. Transcrito do livro “Lindos Casos de Chico Xavier” de Ramiro Gama.

CHICO XAVIER RESPONDE RETORNO Pergunta – Chico, o homem pode voltar na condição de mulher na reencarnação imediata e vice-versa? Chico Xavier: - É perfeitamente possível. Kardec deixou o assunto para interpretação a nosso bel-prazer. O homem, por vezes, precisará voltar na posição de mulher para desenvolver sentimentos que ele persiste, de modo particular, em recusar; e a mulher na posição de homem, para consolidar os méritos da renúncia, da humildade e do sacrifício aos quais tenha sido indiferente ou deixado de exercitar na condição mais propícia de mulher. Jornal Busca e Acharás – Agosto de 2000 PERDÃO Pergunta – Certa feita uma senhora, às voltas com complicada família, marido e filhos agressivos que infernizavam sua vida, reclamava com Chico Xavier. Não suportava mais. Estava prestes a explodir. - Minha filha - dizia o abnegado médium -, Jesus recomendou que perdoemos não sete vezes, mas setenta vezes sete. - Olhe, Chico, tenho feito as contas. Perdoei meus familiares bem mais que quatrocentos e noventa vezes. Já fiz o suficiente... Chico Xavier: - Bem, minha filha, Emmanuel está ao meu lado e manda dizer-lhe que é para perdoar setenta vezes sete cada tipo de ofensa. Ainda há muito a perdoar. “Perdoar os inimigos é pedir perdão para si mesmo; perdoar os amigos é uma prova de amizade; perdoar as ofensas é mostrar que se tornou melhor”. Izaías Claro - BIS - Boletim Informativo Seara - Ano II Nº 20 SOPA Pergunta – Resposta de Chico Xavier a uma pessoa que, ao observar os necessitados tomando sopa, lhe perguntou: - O senhor acha que um prato de sopa vai resolver o problema da fome no mundo? Chico, sem titubear responde: Chico Xavier: - O banho também não resolve o problema da higiene no mundo, mas nem por isso podemos dispensá-lo. Busca e Acharás - Junho de 2000 Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

15


PROVA Pergunta – Qual a maior prova concreta que Francisco Cândido Xavier aponta sobre a reencarnação? Chico Xavier: - A lógica para compreendermos a desigualdade no campo das criaturas humanas. Por que é que uns renascem sofrendo em condições muito mais difíceis do que os outros? Não podemos admitir a injustiça divina! Deus é a justiça suprema. Portanto, nós devemos a nós mesmos a conseqüência dos nossos desajustes. Se eu pratiquei um crime, se lesei alguém, é natural que não tendo pago a minha dívida moral, durante o espaço curto de uma existência, é justo que eu faça esse resgate em outra existência, porque de outro modo, compreenderíamos Deus como um ditador, distribuindo medalhas para uns e chagas para outros, o que é inadmissível". Sem procedência ENSINO Pergunta – O que essa convivência estreita com os Espíritos lhe tem ensinado de mais importante? Chico Xavier: - “Creio que a matéria mais importante que recolhi da convivência diária com os Amigos Espirituais, durante 60 anos, é a que julgo seja o meu relacionamento com os meus semelhantes. “Tendo saído de um curso primário que não me proporcionava naturalmente qualquer diretriz psicológica para compreender as outras pessoas, o tato e a caridade que os Espíritos Amigos me ensinaram para guardar o respeito que devo ao próximo e que preciso manter para a minha paz íntima, na essência, foram e ainda são os melhores recursos que recebi da convivência com eles, para me relacionar com os irmãos da caminhada humana. Isso porque me cabe aceitá-los como são, dosando a verdade em qualquer diálogo que se faça necessário, sem feri-los e sem prejudicá-los. Dizem os Amigos Espirituais que as atitudes de apreço e tolerância construtiva para com as criaturas, sejam como sejam, nos fazem ver que precisamos da cooperação delas, em nosso próprio benefício”. Revista Espírita - Nº 1

MENSAGEM ESPÍRITA A OUSADIA DOS OBSESSORES Ledo engano, da parte dos que imaginam que aposentei a caneta. Sempre tive verdadeira obstinação para escrever, porém se tenho me ausentado ultimamente do palco da literatura mediúnica, é por razões plausíveis, já que até hoje, não tenho tido o prazer de encontrar uma mente tão vazia e segura quanto era o do médium de Pedro Leopoldo, que me permitia extrema independência no angustiante instante de Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

16


pôr no papel as minhas próprias ressalvas. Disse angustiante, porque sinceramente a dupla em trabalho, no momento da filtragem mediúnica, é tomada de certas impressões que se traduzem, da parte do médium, por certa ansiedade, quanto a estar ou não, prestando um excelente processo de decantação da idéia do espírito, e da parte do comunicante, fora da veste física, despontam, determinadas expectativas, pertinentes à redução natural de seu próprio estilo, haja vista que neste compartilhamento mental há de predominar a mente do médium, porquanto, do ponto de vista mediúnico, jamais ele se anula por completo. É só com os anos que vai se adestrando, a ponto de conseguir o prodígio, de se deixar conduzir com segurança e intervir o mínimo possível na condição de instrumento que é. Posto isto, penso que agora, posso relatar o interessante diálogo que registrei ao pé de meu ouvido, quando um grupo de obsessores discutia certos aspectos referentes à prece. De minha parte, concluí o quanto são persistentes estes nossos irmãos, e extremamente inteligentes e envolvidos com os seus propósitos. No meio dos companheiros citados, logo após uma reunião de desobsessão, destacou-se certo elemento do grupo e opinou com segurança: - Que eles continuem orando. A prece é nossa aliada. Que excelente recurso é este, a serviço dos malefícios que semeamos por toda parte. Vamos incentivá-los a orar cada vez mais... Um neófito no grupo lançou um olhar indagador, na direção do experimentado líder, que tão logo veio em seu socorro, desfazendo os remanescentes de quaisquer dúvidas; antes, contudo, deu espalhafatosa gargalhada e esclareceu: - Que rezem mesmo, que rejeitem a presença das dificuldades, pois só assim, advindo o momento das tréguas, em detrimento da longa tempestade, é que surge o alívio que pleiteiam, e é justamente neste momento que relaxam, que baixam a guarda, interrompem de certa forma o contato com o Criador que veneram, e nós encontramos campo para incutir nossas idéias maléficas na cabeça deles... Concluiu e voltou a rir estrondosamente... Só me restou acrescentar aos balbucios: - E eles nos pegam mesmo. Irmão X – Mensagem psicografada pelo médium Alaor Borges Jr, em reunião pública do dia 18/04/2010, no Lar espírita Irmã Valquíria, na cidade de Uberaba-MG.

TRABALHO IMPORTANTE CASA DO CAMINHO AVE CRISTO A INSTITUIÇÃO

Fundada em 29 de agosto de 1991 pelo grupo União Espírita Casa do Caminho, a CASA DO CAMINHO AVE CRISTO, é composta de dois centros de trabalho: o Centro de Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

17


Promoção Humana e o Centro Rural de Reabilitação, localizados no município de Birigui/SP. CENTRO DE PROMOÇÃO HUMANA: Objetivos: - Desenvolver trabalhos de orientação espiritual, com base na Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec. - Executar programas de prevenção às drogas com a realização de palestras, seminários e fóruns regionais antidrogas dirigidos aos diversos segmentos sociais. - Oferecer apoio aos familiares de jovens antes, durante e após a internação no Centro Rural de Reabilitação. Atividades desenvolvidas: - Curso Sistematizado da Doutrina Espírita: Orientado por monitores, são desenvolvidos estudos acerca da Doutrina Espírita e Educação da Mediunidade. Evangelização Infantil. - Fluidoterapia: É antecedida por palestras ministradas por trabalhadores da Casa ou convidados de outras Casas Espíritas. Após a palestra os presentes são encaminhados para a fluidoterapia. Simultaneamente com a palestra, são desenvolvidas atividades de evangelização, em sala separada, para as crianças. - Juventude Espírita. - Atendimento fraterno. Outras atividades: - Biblioteca de obras espíritas. - Educação artística. Integração Regional UNIAD – União Intermunicipal Antidrogas, fundada sob a coordenação da Ave Cristo em 20 de agosto de 2004, tem o objetivo de executar juntamente com os educadores, agentes sociais, da saúde e representantes dos COMADs, um Programa Permanente de Prevenção às Drogas em todos municípios que integram a região político-administrativa de Araçatuba-SP. Veja mais em www.uniad.com.br. Centro Rural de Reabilitação Está localizado na zona rural de Birigui-SP, e tem capacidade para atender 20 jovens em regime de residência, por um período de seis a nove meses. As edificações do Centro Rural são cercadas por jardins e fontes, cuja manutenção é sempre confiada aos jovens em processo de reabilitação, são organizadas em módulos: - Coordenadoria. - Sala de Psicoterapia. - Auditório. - Refeitório. - Alojamentos. - Celeiro. O tratamento da dependência química no Centro de Reabilitação Rural tem por objetivos: - Abandono da dependência química. - Mudança de conduta moral. - Desenvolver a disciplina. Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

18


- Melhorar a auto-estima. - Reintegração familiar. - Reinserção social. Atingidos estes objetivos, o jovem terá aderido ao “Projeto de Vida”, abandonando por completo o seu “Projeto de Morte”. REABILITAÇÃO O tratamento é oferecido aos jovens “drogadictos” em regime de residência, por um período médio de seis a nove meses. Psicoterapia Integrada Psicoterapia é o tratamento do espírito ou da psique, por métodos psicológicos, na definição do psicanalista Carl Gustav Jung. A Casa do Caminho Ave Cristo atua há mais de catorze anos no tratamento da dependência química pelo que, desenvolveu um Programa Terapêutico, o qual denominamos de “Psicoterapia Integrada”. Constitui-se no processo de Espiritualização do Ser; Desobsessão e Fluidoterapia Espíritas, e abordagens de Psicologia Transpessoal, cujo programa é executado em um ambiente seguro e agradável. Temos encontrado no ESPIRITISMO, em seu tríplicie aspecto: Filosófico, Científico e Religioso, os mais valiosos recursos da Alta Espiritualidade, para enfrentamento dos desafios deste grave flagelo da humanidade que é a dependência de drogas. Espiritualidade Todas as manhãs iniciam-se com as Aulas de Evangelização, no Auditório "Raif Rahal" (a direita). O Evangelho de Jesus, é sem contradita o maior Código de Moral e Ética de todos os tempos, com a capacidade de despertar no jovem, a consciência de que é um SER IMORTAL e com Destinação Espiritual Superior. Inclusive a ONU, com vistas ao avanço do consumo de drogas no mundo, vem recomendando adoção da “Espiritualidade”, como eficiente componente na formação de hábitos saudáveis da criatura humana. Trabalho “A Lei do Trabalho é justa emancipação. O Trabalho-Ação transforma o ambiente. O Trabalho-serviço transforma o homem. O trabalho vem garantir conquistas, como o respeito dos que nos cercam, as riquezas da experiência, a láurea da cultura, o tesouro da simpatia, a solução para o tédio e o socorro a toda dificuldade” - Emmanuel. Disciplina “O controle mental, a disciplina moral, os hábitos saudáveis no preenchimento das horas, o trabalho normal. A oração ungida de amor e de entrega a Deus, constituem metodologia correta para a travessia da adolescência e o despertar da idade da razão com maturidade e equilíbrio” - Joanna de Ângelis. A Família A psicoterapia é extensiva à família, porque esta é sem dúvida o laboratório moral para as experiências da evolução, que caldeia os sentimentos e trabalha as emoções. Quando um membro da família se torna dependente químico, geralmente vamos constatar que o grupo familiar está psicologicamente enfermo. Laborterapia

Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

19


É o tratamento através do trabalho que integrada às atividades de paisagismo, horticultura, pomicultura, avicultura, suinocultura e pecuária leiteira que exercitam o dever a paciência dos jovens, resultando sempre em valiosos dividendos de auto-estima em face do sentimento de ser útil. Estas ações prepara-o para ser aceito socialmente. Educação A educação propõe e o educando aprende mediante o exercício, a reflexão e o amadurecimento. Enquanto os jovens permanecem na Ave Cristo, lhes são ministrados Cursos Supletivos, objetivando resgatar-lhes o gosto pelos estudos e o interesse em retornar à escola. Cultura As atividades culturais, reúnem exibições de vídeos educativos, filmes com mensagens sub-liminares de auto-ajuda, leituras saudáveis e aulas de canto. Este conteúdo seletivo, capacita-os para a reorganização do seu atormentado mundo íntimo. Fases do Tratamento O Processo de Reabilitação é sempre longo, sendo composto das seguintes fases: Entrevista, Ingresso, Integração ao Programa, Aplicação da Psicoterapia Integrada, Reintegração Familiar, Desinternação, Reinserção Social e Manutenção da Terapia. Adesão do Jovem O tratamento é oferecido ao jovem, em ambiente rural saudável. A boa alimentação, o sono regular e o permanente contato com a natureza, vitalizam-lhe às forças orgânicas e psíquicas. Buscamos no jovem a sua participação ativa no programa, ao ser conscientizado de que a reabilitação é tarefa Pessoal e Intransferível, a exigir-lhe a mudança de CONDUTA e não somente o abandono das drogas. Projeto de Vida Na razão direta, em que o jovem vai aderindo a este "Projeto de Vida", ele vai abandonando gradualmente, o seu lamentável "projeto de morte", atingido assim, os objetivos do programa. Gratidão Cumpre-nos destacar, que este nobre ideal é sustentado pelo intenso e dedicado trabalho da Equipe Técnica, Diretores, Voluntários, Pais e muitos amigos da Ave Cristo, aos quais somos eternamente gratos e rogamos a Deus que os abençoe sempre. O Que Esperamos Temos consciência que a nossa é uma colaboração modesta, no entanto desejamos colocar um grão de areia, humilde como é, em face da magnitude deste flagelo mundial, que é a dependência de drogas, na grande edificação da sociedade do futuro, quando haverá mais justiça social INTERNAÇÃO A reabilitação dos jovens com dependência química é realizada no Centro de Reabilitação Rural Ave Cristo. Tem como princípios: Trabalho, a Disciplina e a Espiritualidade. Etapas do Tratamento -Entrevista. -Ingresso. -Integração ao programa. -Psicoterapia integrada. Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

20


-Acompanhamento neurocomportamental. -Acupuntura. -Reintegração familiar. -Desinternação. -Reinserção social. -Manutenção da terapia. Entrevista O ingresso do jovem no Programa de Reabilitação, é precedido de uma entrevista, para se avaliar o grau da dependência química e a disposição do jovem e de seus familiares em aceitar as etapas do tratamento. A entrevista deve ser agendada pelos pais, agentes sociais ou membros dos Conselhos Tutelares pelo telefone (18) 3644-5090 das 8hs às 11hs e das 13hs às 17hs, de segunda a sexta feira. Ingresso Documentação necessária para o ingresso: - Pedido médico de internação para tratamento da dependência química. - Cópia da certidão de nascimento ou RG. - No caso de adolescente apresentado pelo Conselho Tutelar é necessário o Relatório Social. Integração ao Programa Laborterapia: É o tratamento através do trabalho com atividades de paisagismo, horticultura, pomicultura, avicultura, suinocultura e pecuária leiteira que exercitam o dever a paciência dos jovens, resultando sempre em valiosos dividendos de auto-estima em face do sentimento de ser útil. Estas ações preparam-no para ser aceito socialmente. “A Lei do Trabalho é justa emancipação. O Trabalho-Ação transforma o ambiente. O Trabalho-serviço transforma o homem. O trabalho vem garantir conquistas, como o respeito dos que nos cercam, as riquezas da experiência, a láurea da cultura, o tesouro da simpatia, a solução para o tédio e o socorro a toda dificuldade” - Emmanuel. Espiritualidade: Todas as manhãs iniciam-se com as Aulas de Evangelização, no Auditório “Raif Rahal”. O Evangelho de Jesus é com certeza o maior Código de Moral e Ética de todos os tempos, com a capacidade de despertar no jovem, a consciência de que é um SER IMORTAL e com Destinação Espiritual Superior. Seguindo recomendações da ONU, adotamos a “Espiritualidade”, como eficiente componente na formação de hábitos saudáveis da criatura humana. Atividades Culturais: As atividades culturais reúnem exibições de vídeos educativos, filmes com mensagens sub-liminares de auto-ajuda, leituras saudáveis e aulas de canto. Este conteúdo seletivo capacita-os para a reorganização do seu atormentado mundo íntimo. Educação e Disciplina: A educação propõe Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

21


e o educando aprende mediante o exercício, a reflexão e o amadurecimento. “O controle mental, a disciplina moral, os hábitos saudáveis no preenchimento das horas, o trabalho normal. A oração ungida de amor e de entrega a Deus, constituem metodologia correta para a travessia da adolescência e o despertar da idade da razão com maturidade e equilíbrio” - Joanna de Ângelis. Psicoterapia Integrada A Casa do Caminho Ave Cristo atua desde 1991, no tratamento da dependência química, tendo desenvolvido um Programa Terapêutico, o qual denominamos de “Psicoterapia Integrada”. Todos os internos são avaliados por uma psicóloga que os acompanha durante toda a internação. Constitui-se de abordagens de Psicologia Transpessoal e de processo de Espiritualização do Ser; Desobsessão e Fluidoterapia Espíritas.Todo o programa é executado em um ambiente seguro e agradável. A psicoterapia é extensiva à família, porque esta é sem dúvida o laboratório moral para as experiências da evolução, que caldeia os sentimentos e trabalha as emoções. Quando um membro da família se torna dependente químico, geralmente vamos constatar que o grupo familiar está psicologicamente enfermo. “Se a família é parte do problema, também é parte da solução”. “O lar é o melhor educandário, porque suas lições são vivas e impressionáveis, carregadas de emoção e força”. “Os modelos devem ser silenciosos, falando mais pelos exemplos, pelas alegrias de viver, pelos valores comprovados ao invés das palavras sonoras, cujas práticas demonstram o contrário” Joana de Angelis. Acompanhamento Neurocomportamental Consiste da avaliação e acompanhamento neurocomportamental de todos os internos, realizado por médico neurologista. Acupuntura Consiste em avaliação e tratamento, por uma equipe de acupunturistas, com objetivos de aplicar a Medicina Tradicional Chinesa para harmonia e equilíbrio energético Reintegração Familiar Através da psicoterapia integrada e durante os dias de visitas, a reintegração familiar é estimulada e trabalhada. Desinternação, Reinserção Social, Manutenção da Terapia Durante a internação, o jovem recebe auxílio psicológico e espiritual, preparandoo para a desinternação e sua reinserção social. A manutenção da terapia é recomendada, através da prática dos hábitos saudáveis adquiridos durante a internação. Casa do Caminho Ave Cristo Rua Ave Cristo, 600, Colinas Park – Birigui-SP – CEP 16.207.015. Presidente: Vilson Disposti Fone: (18) 3644-5090 E-mail: vilsondi@terra.com.br Transcrito do site: http://www.avecristo.com.br

PERSONALIDADES DE DESTAQUE NO MOVIMENTO ESPÍRITA JOANA D´ARC A França era um país curvado ao poderio inglês. Não era propriamente um país como hoje é conhecido. Constituía-se de vários feudos.

Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

22


E foi numa aldeia ignorada até então que, em 1412 nasceu uma criança que se tornaria célebre e célebre faria Domremy. Filha de pobres lavradores, aprendeu a fiar a lã junto com sua mãe e guardava o rebanho de ovelhas. Teve três irmãos e uma irmã. Não aprendeu a ler, nem a escrever, pois cedo o trabalho lhe absorveu as horas. A aldeia era bastante afastada e os rumores da guerra demoravam a chegar. Finalmente, um dia, Joana d'Arc tomou contato com os horrores da guerra, quando as tropas inglesas se aproximaram e toda a família precisou fugir e se esconder. Aos 12 anos começou a ter visões. Era um dia de verão, ao meio-dia. Joana orava no jardim próximo à sua casa, quando escutou uma voz que lhe dizia para ter confiança no Senhor. A figura que ela divisou, identificou como sendo a do arcanjo São Miguel. As duas mensageiras espirituais que o acompanhavam, como Catarina e Margarida, santas conforme a Igreja que ela freqüentava. Eles lhe falam da situação do país e lhe revelam a missão. Ela deve ir em socorro do Delfim e coroá-lo rei de França. Durante 4 anos, ela hesitou e a história de suas visões começou a se espalhar. Ao alvorecer de um dia de inverno, ela se levanta. Está decidida. Prepara uma ligeira bagagem, um embrulhozinho, um bastão de viagem, murmura adeus aos seus pais e parte. Nunca mais aquela aldeia da Lorena a verá. Igreja, de conviver com homens nos campos de batalha, de manejar a espada. O objetivo era provar que Joana era uma enviada do demônio. Consequentemente se desmoralizaria o rei Carlos VII. Afinal, que espécie de rei era aquele que se deixara enganar por uma bruxa? Durante 6 meses ela é submetida a uma verdadeira tortura moral. Os interrogatórios são longos, cansativos. Finalmente, a execução se dá na praça central de Roeun, no dia 30 de maio de 1431. Seu cabelo foi raspado e, por temerem a reação do povo, 120 homens armados a escoltam até o local. Ela é atada a um poste e a fogueira é acesa. Quando as chamas a envolvem e lhe mordem as carnes, ela exclama: “Sim, minhas vozes eram de Deus! Minhas vozes não me enganaram”. Era a prova inequívoca da mediunidade que lhe guiara a trajetória terrena. No capítulo XXXI de O livro dos médiuns, vindo a lume no ano de 1861, quando o Codificador reúne Dissertações Espíritas, confere à de Joana D'Arc o número 12, onde ela se dirige aos médiuns, em especial, concitando-os ao exercício do mediunato. Recomenda-lhes, ainda, que confiem em seu anjo guardião e que lutem contra o escolho da mediunidade que é o orgulho. Conselhos que ela, em sua vida terrena, na qualidade de médium, muito bem seguira. Fonte: Joana D'Arc, médium – Léon Denis. Grandes personagens da História Universal, vol. 2. Transcrito do site: http://www.feparana.com.br/biografia.php?cod_biog=142 Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

23


DATAS IMPORTANTES DO ESPIRITISMO MÊS DE MAIO Dia 01 de 1880 – Nasce na cidade de Sacramento, MG, Eurípedes Barsanulfo. Desencarna em 1º de novembro de 1918. Dia 02 de 1827 – Nasce em Tulle, França, PierreGaëtan Leymarie. Desencarna em 10 de abril de 1901, em Paris. Dia 05 de 1927 – Em Feira de Santana-BA, nasce o médium, orador e educador Divaldo Pereira Franco, incansável divulgador da Doutrina Espírita no Brasil e no Exterior. Dia 05 de 1964 – É publicado o primeiro livro psicografado pelo médium Divaldo Pereira Franco, intitulado Messe de amor, do Espírito Joanna de Ângelis. Dia 06 de 1939 – Em Tours, França, é inaugurada a nova sede da Union Spirite Française. Dia 07 de 1856 – Em Paris, França, Allan Kardec recebe mensagem do Espírito Hahnemann, na residência do Sr. Roustan, tendo como médium a Srta. Japhet, confirmando sua missão de codificar a nova Doutrina. Dia 07 de 1934 – A Federação Espírita Brasileira é considerada de Utilidade Pública, pelo Decreto-Lei nº 4765. Dia 08 de 1852 – Nos Estados Unidos, começa a circular o periódico The Spiritual Telegraph, sob o comando de Charles Partridge e do reverendo Dr. S. B. Britan, com várias notícias sobre fenômenos mediúnicos. Dia 09 de 1879 – Na Espanha, Amália Domingo Soler assiste pela primeira vez à manifestação do Espírito Padre Germano, seu Guia Espiritual, que a estimula a prosseguir na sua grande missão. Dia 11 de 1957 – Em Pedro Leopoldo, MG, Frei Boaventura Kloppenburg, inimigo declarado do Espiritismo, visita o médium Francisco Cândido Xavier, sendo recebido com amabilidade. Dia 11 de 1988 – Divaldo Pereira Franco concede entrevista de 2 horas à Radio Canut, em Lyon, França. Dia 12 de 1957 – Em Juiz de Fora, MG, o Jornal Católico O Lampadário faz editorial sobre as materializações de Espíritos, mas sem explicações satisfatórias. Dia 13 de 1869 – Antônio da Silva Neto, pioneiro do Espiritismo no Brasil, publica o folheto A Coroa e a emancipação do elemento servil, 19 anos antes da libertação dos escravos pela Lei Áurea. Dia 13 de 1971 – A pintora Tarsila do Amaral se declara espírita, em depoimento no Museu da Imagem e do Som, recebendo de Francisco Cândido Xavier comunicações do Espírito de seu neto. Dia 14 de 1853 – Na França, o jornal Illustration publica a nota de que A Europa inteira...o mundo todo tem a cabeça transtornada por uma experiência que consiste em fazer girar uma mesa... Dia 14 de 1980 – Realizado o VIII Congresso Espírita Panamericano, em Miami, EUA, tendo como principal orador o médium Divaldo Pereira Franco. Dia 15 de 1925 – Em Lisboa, Portugal, realizado o I Congresso Espírita Português, sob o patrocínio da Federação Espírita Portuguesa. Dia 18 de 1985 – Em São Paulo, São Paulo, é inaugurada a nova sede do Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz, com a presença do médium baiano Divaldo Pereira Franco. Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

24


Dia 18 de 2008 – Estréia no Canal 20 - NET, em Curitiba, o Programa Televisivo Vida e Valores, apresentado por Raul Teixeira, numa produção da Federação Espírita do Paraná - FEP. Com duração de 15 minutos, a temática foi Menores abandonados. Dia 20 de 1857 – Em Paris, França, Allan Kardec envia carta à escritora George Sand, presenteando-a com O livro dos Espíritos e cumprimentando-o pelo trabalho artístico em referência ao homem e sua comunicação com a Espiritualidade. Dia 21 de 1952 – Em São Caetano do Sul, São Paulo, a União Municipal Espírita promoveu a I Amostra Estadual de Artes Plásticas, incluindo a temática espírita. Dia 22 de 1867 – No Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, posse do Dr. Bezerra de Menezes como deputado geral na Assembléia Geral do Império, com a presença de D. Pedro II, da Princesa Isabel e de seu marido Conde d´Eu. Dia 22 de 1879 – Em Barcelona, Espanha, Amália Domingo Soler funda o Jornal Espírita La luz del porvenir. Dia 25 de 1890 – Em São Paulo, São Paulo, Antonio Gonçalves da Silva - Batuíra, lança o jornal Verdade e Luz, com tiragem de 5 mil exemplares. Dia 26 de 1878 – No Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, desencarna Francisco de Menezes Dias da Cruz (pai), cuja comunicação mediúnica levou o filho para o Espiritismo, tornando-se depois Presidente da Federação Espírita Brasileira. Dia 27 de 1832 – Nasce em Repierka, Rússia o cientista e pesquisador espírita Alexandre N. Aksakof. Desencarnado em 4 de janeiro de 1903, em Petersburg, Rússia. Dia 28 de 1899 – Em Matão, São Paulo, Cairbar Schutel é eleito o primeiro prefeito da Cidade e também Presidente da Câmara Municipal. Dia 30 de 1431 – Em Rouen, França, a heroína e reconhecida médium Joana D´Arc é sacrificada na fogueira pela Inquisição, por manifestar mediunidade ostensiva, sendo canonizada em 1920, pelo Papa Bento V. Nasce em Domrémy, França, em 3 de janeiro de 1412. Dia 31 de 1883 – Dr. Bezerra de Menezes comunica por carta ao irmão, em Fortaleza, Ceará, ter aderido ao Espiritismo. Essa carta mais tarde foi transformada em livro.

LIVROS DO “CLUBE DO LIVRO ESPÍRITA” DEPARTAMENTO – CLUBE DO LIVRO ESPÍRITA MARIA DOLORES Rua Artur Machado nº. 288 – sala 04 – Centro Telefone: 3312-8327 E.mail: eepe@eepe.com.br ORIENTAÇÃO AOS ÓRGÃOS DE UNIFICAÇÃO – Diversos Autores – Organizado por Antônio César Perri de Carvalho Orientação ao Órgãos de Unificação foi elaborado durante o 60º ano do "Pacto Áureo" e aprovado em Reunião Ordinário do Conselho Federativo Nacional da Federação Espírtita Brasileira realizada de 6 a 8 de Novembro Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

25


de 2009. A ideia deste material surgiu em função da proposta de aprimoramento do texto "Diretrizes de Dinamização das Atividades Espíritas". A partir da consolidação de documentos de fundamentação doutrinária de reconhecido valor, foram realizados alguns desdobramentos, trabalhando-se a ideia da ação federativa. Orientação aos Órgãos de Unificação surge como fundamentação para as ações federativas, contendo subsídios para a montagem de processos de capacitação de dirigentes e trabalhadores para as atividades dos Órgãos Federativos e de Unificação do Movimento Espírita. LAR ESPERANÇA – Pelo Espírito de Luciano Messias – Psicografado por Antônio Lúcio Benjamim viveu num local distante das grandes cidades e fez de tudo para espalhar as luzes do Evangelho. O que lhe importava era acender nas mentes a "Luz da Verdade" e socorrer por meio da oração a todos os necessitados. Uma humilde história, que fala dos problemas que sempre existiram nas sociedades, dentre eles: o abandono de recém-nascidos, a arrogância religiosa, a imoralidade, a ganância. POR UMA VIDA MELHOR – Richard Simonetti Para quem deseja uma existência melhor, indispensável buscar a melhor parte da existência. O autor oferece, com clareza, objetividade e bom humor, os caminhos para essa procura, passando pela integração no centro espírita – hospital, escola, oficina e templo. De permeio, o dirigente espírita encontrará valiosas sugestões para aprimorar e dinamizar o trabalho sob sua responsabilidade. A LÁGRIMA NÃO É SÓ DE QUEM CHORA – Pelo Espírito de Clara – Psicografado por Américo Simões Se o simples rompimento de uma relação é doloroso, que dizer quando a guerra ceifa os sonhos mais profundos de seres apaixonados, deixando no lugar deles apenas lágrimas? Será que tudo isso é obra do acaso? Ao se desapegar dos falsos valores da matéria, compreende-se que as lágrimas de hoje representam o somatório das experiências que levarão o ser ao encontro da alegria, da realização e do amor.

SUGESTÃO DE LEITURA CHICO XAVIER APÓSTOLO DO BRASIL – Euripedes Higino e Ariston S. Teles Na forma de entrevistas e diálogos, registram-se fatos presenciados por quem conviveu com Chico Xavier, ao longo de muitos anos. Experiências edificantes e ensinamentos luminosos que circulavam irrequietos na memória de Eurípedes Higino, filho não bi ológico do médium, finalmente materializaram-se para compor o livro que apresenta fatos emocionantes, jamais publicados. VALIOSOS ENSINAMENTOS COM CHICO XAVIER – César Carneiro de Souza Neste livro estão contidos novos casos sobre a vida exemplar do insigne Francisco Cândido Xavier. São valiosos ensinamentos que o autor narra, anotados quando em contato com o conhecido médium brasileiro. Os Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

26


casos relatados servirão a todos para a construção da paz e conquista do verdadeiro amor fraternal que, na essência, promana de Deus, Nosso Pai Criador. CHICO XAVIER MANDATO DE AMOR – Geraldo Lemos Neto Este é um relato da convivência cheia de naturalidade de Francisco Cândido Xavier com toda a plêiade de entidades espirituais que atuam através de sua mediunidade, em nome de Jesus, no Cristianismo Redivivo. Este livro traz exemplos de uma vida de fé , de confiança, de renúncia, de doação, de caridade e disciplina, na figura boa e humilde de um homem único, em pleno século XX.

HUMOR ESPÍRITA

Jornal Espírita de Uberaba – Nº 44 – Maio/2010

27

EDIÇÃO Nº 44  

Jornal Espírita de Uberaba com artigos sobre: juventude, estudos espíritas, mensagens espíritas, trabalhos espíritas importantes, datas impo...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you