Page 1

www.eshoje.com.br

ROBERTSCHWENCK

Vitória, 18 de maio de 2018 J Ano XVII J Nº 697 J Edição Gratuita Semanal

Abóbora saudável até o caroçojESHJ2

COLUNA

"Caça às bruxas" modernaj6

DAYANA SOUZA

SABOR ES

DIVULGAÇÃO

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

ESHOJE2

Wanderléa em noite de arromba

Abusadores estão nas redes sociais para atrair crianças Em 20% dos casos no Estado, o mundo virtual é o meio utilizado pelos criminosos para induzir os menores ao ato sexual; mais de 90% deles continua em liberdadej3

BRUNO BARROS

AVENTURA DE ALTO RISCO

j4

Quem utiliza bicicleta para ir trabalhar no ES tem que disputar espaço com carros, já que maioria das ciclovias são pensadas para lazer; em 2017, foram 41 mil vítimas no trânsito

Praia da Costa vai ter 24 horas de esportes

Evento contará com 20 modalidades, em programação que acontece entre os próximos sábado (27) e domingoj7

DIVULGAÇÃO

VINIL ESTÁ DE VOLTA NAS TENDÊNCIAS DO INVERNO

Popular na década de 1970, material cai bem até para o ambiente de trabalhojESHOJE2


2

Opinião

SEXTA-FEirA, 18 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br

fOTO DA SEmAnA

ESPAÇO DO LEITOR divulgação

Lado errado

o advogado Antonio carlos de Almeida castro, o "Kakay", está sempre do lado errado defendendo os corruptos de brasília, agora novamente do lado errado defendendo roberto caldas, afastado da corte interamericana de direitos humanos acusado de estupro da própria mulher enquanto ela dormia, mas dr. Kakay disse "isso não é estupro. Quem já foi casado razoavelmente sabe disso". como que é ser casado razoavelmente? Eles falam aquilo que nem eles acreditam. Carlos Carvalho Loureiro

Shopping

Audiência de processos criminais sobre a greve da Polícia Militar teve início na última segunda (14)

EDITORIAL

Marcela da Silva

A população em pânico

Acidente

Não dá mais para tolerar os níveis de insegurança registrados nos últimos meses na Grande Vitória. Chegamos a um ponto em que o cidadão sai de casa e não tem a mínima garantia de que conseguirá retornar em segurança. E não há mais áreas de risco. As opções são sair de casa e enfiar-se numa aventura suicida, ou permanecer trancado e, ainda assim, viver a expectativa de um assalto, um arrombamento. O Governo do Estado tem sido pródigo em anunciar investimentos na segurança pública. Mas muito comedido na adoção de medidas efetivas. Não seria justo, sequer, responsabilizar unicamente o poder público pela crise que assombra milhões de capixabas. Há questões políticas, econômicas, conjunturais e estruturais que levam a esse quadro desolador. Mas a população quer menos propaganda e mais resultados. A não ser que toda a população possa viver na publicidade governamental. É sobejamente sabido pelas autoridades policiais que cerca de 40% dos assaltos a mão armada na Grande Vitória são praticados por duplas de motoqueiros. Parece, no entanto, que só a Polícia não sabe disso. Outra realidade inaceitável – de forma particular no interior do Estado – é que alguma coisa próxima de 60% dos motociclistas não têm carteira de habilitação. Ora, se todo mundo sabe onde está o foco da doença, o trabalho de combate exige, no mínimo, inteligência, no senso comum.] A segurança pública será, ao lado do combate à corrupção, o tema central da campanha presidencial de 2018. Isso num país em que uma policial presencia um assaltante ameaçar mães e crianças na porta de

A opinião dos colunistas não reflete o posicionamento do veículo

Eu estive no shopping que foi roubado em Vila Velha e achei seu entorno muito perigoso pra pegar o ônibus pra Serra. E isso foi de tarde, imagina à noite como deve ser pior.

uma escola, consegue agir com rapidez e eficiência, mata o criminoso e os descomprometidos habituais se consideram no direito de questionar se não era recomendável tentar um diálogo com o bandido ou dar-lhe voz de prisão. O Brasil precisa parar de produzir leis em escala industrial, bem ao gosto da mídia e dos populistas de plantão, e tratar a segurança pública com responsabilidade. Não se justifica, sob nenhum argumento, promover a liberdade temporária de milhares de presos, por uma semana, para que possam passar o Dia das Mães com a família. É, no mínimo, um desrespeito às famílias que foram vítimas dessa criminalidade. Não bastasse isso, era absolutamente previsível a ocorrência do aumento da criminalidade em consequência desse inaceitável indulto. Há uma casta nesse País que só anda em carro blindados, em helicópteros, com seguranças para si e familiares. O que, motivaria, então, essas celebridades à preocupação com a segurança do conjunto da população? É preciso dar um basta na demagogia, no populismo, na inconsequência e na truculência. Dos direitos e garantias individuais, o mais básico é o de ir e vir, porquanto representa a garantia da liberdade. Mas o problema é que muito vão e não sabem se voltam. Outro deveriam ir e nunca mais voltar.

Boa Leitura!

tiragem: 5.000 exemplares circulação: Grande Vitória e digital periodicidade: Semanal

diretor geral carlos roberto coutinho carlos@eshoje.com.br

rua Paschoal delmaestro, 260 Ed. Vila da Praia, Sl. 5 e 6 - jardim camburi - Vitória - Espírito Santo cep. 29.090-460 Tel. 27 3395-1800/Fax. 3395-1801 www.eshoje.jor.br redacao@eshoje.com.br

diretora administrativa bianca coutinho bianca@eshoje.com.br

mais uma morte na br 101, na Serra. Esse trecho é muito perigoso, geralmente os motoristas enfiam o pé na jaca! Não sei pra que tanta pressa! Odilon Milanez

Aplicativo

maravilhosa iniciativa de implantação do aplicativo que vai conectar motoristas mulheres às suas passageiras. Porém, lamentável precisar disso para as mulheres se sentirem um pouco mais seguras... Fernanda Lopes

Economia

Poucos efeitos têm sido notados na economia por conta do mundial, mas não é o motivo que está desanimado, o dinheiro que é pouco mesmo. o que estamos vivendo hoje segura para o que vem amanhã. Dorival Melo

Obra

A obra no prédio da Findes é reflexo da incompetência, no

que se refere a gestão de projetos. Projeto original: rESTAUrANTE. Projeto final: LAborATÓrio. Gil Marcos

Denúncia

Sou motorista Uber e estou com os taxistas que atuam no Aeroporto de Vitória e denunciaram a atuação irregular de motoristas no local. isso é porta de entrada de milícias para o estado do espírito santo aonde ainda a polícia tem controle, por diversas vezes também denunciei e ninguém faz nada, esses transportes clandestino e sempre tem carro velho gente com passagem na polícia ou o carro está todo atrasado. Parabéns ES hoje por uma nota informativa ao povo capixaba. Augusto

Reeleição?

Temer era para estar bilionário, só que seus roubos não deram certos. Primeiro assinou o decreto no Porto de Santos beneficiando a empresa rodrimar, depois foi querer beneficiar a jbS através do cAdE, onde receberia 500 mil reais por semana durante 20 anos. Felizmente em ambas a Polícia Federal chegou na frente e impediu esses roubos. Ele ainda tem a cara de pau de falar em se candidatar a reeleição. Carlos Carvalho

Ônibus turístico

o ônibus turístico, que passa pelos principais cartões postais de Vitória e Vila Velha, deveria passar na terceira ponte indo ou vindo depois das 17 horas. Vai agradar o turista com o trânsito lento. A vista é bonita e com a chance de ficar parado lá em cima... Dionei Bremenkamp

Vacinação

o melhor era vacinar todo mundo. Essa é uma doença que não tem volta. o nosso estado tem condições para isso. Claudia Nogueira

twitter: @eshoje / facebook: eshoje / instagram: /eshoje

projeto gráfico renon Pena de Sá e Patrícia Araújo www.renondesign.com fotografias Arquivo redacao@eshoje.com.br

diagramação diretora de redação/editora danieleh coutinho - mTb/ES 2694-jP jeferson Louis - mTb/ES 3605/ES danihcoutinho@eshoje.com.br

redação Andreia Foeger bárbara caldeiras carolina boueri Gustavo Gouvêa márcia Almeida Pedro cunha Thaís rossi


Segurança

SEXTA-FEirA, 18 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br

3

Abuso sexual: eles estão à solta no mundo virtual

delegado afirma que 20% dos casos contra menores têm início a partir das redes sociais Gustavo Gouvêa gustavo@eshoje.com.br

“P

rimeiro existe o contato em mundo virtual, através do qual a vítima é atraída. Ela cai numa armadilha: os abusadores usam fotos e vídeos que atraiam a criança ou adolescente. A partir daí ganham confiança, marcam um local para encontrá-la e consumar o abuso”. A fala é do delegado Lorenzo Pazolini, titular da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) do Espírito Santo. Pazolini afirma que cerca de 20% dos casos de abuso sexual contra menores apurados pela delegacia no ano de 2017 tiveram início no ambiente virtual. No dia 18 de maio, marco do combate contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes em todo o Brasil, infelizmente não há muito o que comemorar. Dados da DPCA consumados no ano passado dão conta de que foram concluídos 1006 inquéritos com autoria relacionados a abusos sexuais. Mas somente 77 criminosos (7,6%) foram presos. Isso significa dizer que 929 dos abusadores pegos pela polícia no ano passado estão soltos. Mas o perigo não está na rua.

divulgação

Está dentro de casa e até no smartphone. Pazolini alerta sobre as redes sociais e a necessidade de que efetivamente os pais monitorem e acompanhem os ambientes virtuais que a criança e/ou o adolescente vem navegando.

77

abusadores foram presos

abusadores usam fotos e vídeos que atraiam a criança. a partir daí ganham confiança

20%

dos casos têm início na internet

1006

lorenzo pazolini, delegado

“Já existem dispositivos que permitem isso. Tem programas que conseguem vetar o acesso de acordo com o filtro de conteúdo. Ou aplicativos de controle e acompanhamento em tempo real que, em outro lugar, é possível saber em qual site ou ambiente virtual o filho está, e o que está fazendo na internet”, aconselha o delegado. Caso o pai ou responsável suspeite com relação ao contato virtual do abusador, a recomendação é procurar a polícia. O número de presos este ano ainda foi maior que o de 2016, quando 60 criminosos foram para a cadeia, em 1050 inquéritos concluídos. Outros 990 ficaram à

Foi o número de inquéritos

aplicativos e programas podem auxiliar pais a acompanharem a vida virtual dos filhos solta. O grande problema é a legislação, que é fraca. “Como a regra no processo penal é a liberdade, prender antes do trânsito em julgado é excepcional. Existe uma necessidade de atualização, de modernização do texto legislativo, sobretudo para possibilitar que a sociedade tenha mais proteção. A nossa regra é ‘não prenda em transito em julgado’. O poder judiciário tem sido sensível,

uma em cada quatro meninas a psicóloga e pesquisadora da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Danielly Bart, afirma que, de cada quatro meninas, uma é abusada. E que, de cada seis meninos, um é abusado. Segundo Bart, o abusador atua a partir da facilidade do acesso à criança. Por isso, como esclarecem os dados da DPCA, a maioria dos abusos acontece dentro de casa. “Tendo acesso facilitado, dentro do domínio, e hierarquicamente estando acima da criança, tendo poder, é muito mais fácil manter o silêncio por meio de ameaças e uso da força. E a criança teme ser cas-

tigada ou ter alguém próximo, de quem gosta muito, sendo castigado, porque as ameaças são contra pessoas que a criança gosta também”, diz a psicóloga.

tendo fácil acesso, dentro do poder e domínios, é mais fácil manter o silêncio

danielly bart, psicóloga

Ela explica que as consequências do abuso para a vítima podem ser

imediatas ou paulatinas. “Imediatamente pode ser isolamento, diminuição da comunicação, pode se tornar agressiva ou muito introspectiva. Pode ter brincadeiras e comportamentos sexualizados, comportamento autodestrutivo, dificuldade de controle de ataque de raiva, transtorno de stress pós traumático”, afirma. Ao longo da vida, as consequência podem se transformar em “transtorno de humor, dificuldade de satisfação sexual, comércio sexual, abuso de drogas, DSTs”, conforme Bart. “Tentativas de suicídio também podem acontecer”.

maior intensidade e covardia O que mais tem chamado a atenção do delegado Lorenzo Pazolini, da DPCA, com relação ao abuso de menores é o aumento da covardia. “Alguns têm assustado pela covardia. Por exemplo, um sujeito que abusava da própria filha biológica e depois gravava.

Houve um aumento na intensidade e na covardia, e penso até que ponto o ser humano é capaz de fazer o mal”, desabafa. Para a psicóloga, é possível que o agressor seja reabilitado. “Acreditamos no tratamento. Nas questões culturais, como o machismo,

em 2017:

na forma de se pensar, isso passa por reflexão e educação. Reflexão das consequências que está aplicando à outra pessoa. Tratamentos psiquiátricos ou para o uso e abuso de drogas, que são fatores que levam ao ato. Precisamos tratar, além de punir”, conclui.

tem atuado no dia a dia, as penas são elevadas, mas a lei engessa. A discussão do STF com relação à prisão em segunda instância entra nisso também”, explica o delegado. abusadores próximos De acordo com dados da DPCA elucidados pelo delegado, mais de 90% dos abusadores são pessoas próximas à família ou familiares e 95% das vítimas são mulheres, a

maior parte delas entre 9 e 14 anos de idade. Pazolini afirma que a maioria dos casos acontecem dentro de casa ou em locais onde a criança ou adolescente convive com o abusador. “O abusador não pula muro, geralmente não quebra cadeado, não derruba porta. Está entro de casa”. Na maioria dos crimes de abuso, o criminoso é o padrasto da vítima, segundo o delegado.

"Crianças são tratadas como fantasiosas" de acordo com a psicóloga e pesquisadora danielly bart, existe uma dificuldade da criança e ou adolescente que foi abusado em revelar o acontecido. “Precisamos estar atentos, pois as crianças são tratadas como se estivessem fantasiando, criando história e muitas vezes isso é muito real. Porque ela tem muito medo da pessoa que pratica a violência, medo da punição e das pessoas não acreditarem nela. A pessoa fala para a criança que ninguém vai acreditar nela, e tem muito medo dos efeitos que isso pode ter na família, prisão do agressor, sofrimento das pessoas envolvidas. Ela se sente responsável, culpada”, afirma a psicóloga. E completa: “Se o abusador chegou e a criança ou adolescente não interpretou como violência, mas como carinho... muitas vezes é assim e a pessoa gostou no início, mas a criança se sente extremamente culpada. isso dificulta a vítima de se expressar quanto a violência, porque não sabe que é errado, e fica constrangida. muitas

vezes as pessoas questionam a vítima em relação a isso”. tratamento Ela afirma que a forma de se tratar a criança abusada é o acompanhamento psicológico aliado a uma rede de apoio montada em torno da vítima e da família. “Não é só a vítima que têm consequências, mas família toda fica muito sensível. Precisamos ter políticas públicas de atendimento psicológico, psiquiátrico e demais profissionais da saúde que tratem as consequências psicológicas e físicas do abuso”, explica. A ciência da responsabilização e punição do agressor pode trazer confiança e segurança à vítima. “realizar ocorrência, fazer denúncia e a responsabilização do agressor por profissionais da área jurídica, traz a sensação de justiça feita para a vítima. isso também tem efeitos psicológicos. É um avanço que precisamos dar, que é conseguir elevar o número de estatísticas de responsabilização dos agressores”, finaliza a psicóloga.


4

Cidades

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Ciclovias, mas só para o lazer

Especialistas alertam para necessidade de aumentar malha cicloviária visando movimento pendular GUSTAVO GOUVÊA gustavo@eshoje.com.br

I

  transporte público coletivo de qualidade – frise-se: de qualidade – é prioridade para reverter o problema do transporte urbano capixaba, segundo especialistas em mobilidade urbana. Nos últimos quatorze anos, a frota nas ruas do Espírito Santo aumentou 14 vezes mais do que a população. Agora, os municípios, sobretudo os da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV) trabalham no caminho reverso, buscando levar o cidadão a optar pelo transporte público e deixar o veículo particular em casa, para evitar o entupimento das vias e um colapso no trânsito. Outro braço dessa solução é o investimento na ciclomobilidade. Vitória é a cidade que mais possui ciclovias e ciclofaixas, somando 47 km de extensão. A cidade recebe elogios quanto às execuções, que além da malha cicloviária, incluem também o Bike Vitória – programa de bicicletas compartilhadas – mas críticas quanto à motivação das medidas: para acadêmicos e usuários, as medidas têm surtido mais efeito como uma opção de lazer do que favorecido efetivamente a mobilidade urbana cotidiana, sobretudo rela-

BRUNO BARROS

cionada ao movimento pendular – de casa para o trabalho.

As faixas exclusivas para bicicletas só funcionam um dia na semana. Precisamos melhorar as condições GESIANE SILVEIRA, professora

“Precisamos de uma melhor infraestrutura para o transporte cicloviário. Nos finais de semana temos uma faixa que é exclusiva para bicicletas, mas só funciona um dia na semana. Essa infra estrutura é como lazer. Precisamos melhorar as condições durante toda semana para transitar com segurança”, afirmou Gesiane Silveira Pereira, professora da disciplina de Infraestrutura de Transportes da UVV. Para o professor Duarte Rosa, da UFES, a malha cicloviária de Vila Velha, que possui 43 km, é a que está mais próxima do objetivo. “Lá temos um exemplo melhor de ciclovia que une os bairros mais populosos da cidade e levam pros locais de trabalho. Não é uma visão só de ciclovia de lazer”.

Falta de ciclovia faz ciclista se aventurar em meio aos carros, em via de Vitória

Dificuldade dentro do bairro Pela curta extensão da ilha de Vitória, a professora Roberta Lima Gomes, da UFES, concorda que as ciclovias deveriam ter uma atenção maior no sentido de envolver toda a população para tornar as bicicletas um meio de transporte cotidiano. Ela, que usa a bike para levar os filhos para o trabalho, relata a dificuldade da ciclomobilidade dentro dos bairros da Capital. “As ciclovias deveriam ser mais capilarizadas. Deveriam ter várias ciclovias na cidade, não só nas vias principais. Porque vemos na orla, em poucas avenidas, mas a partir do momento que tem que entrar em determinado bairro, fica intransitável. Falo isso porque levamos nossos filhos de bicicleta para a escola e realmente é uma aventura, com grau de risco alto”, revela. Para o professor e ciclista Fernando Bra-

Solução passa pela humanização   milita na área da mobilidade urbana da Grande Vitória há mais de 15 anos e sugere que o caminho é a humanização da cidade. “Ciclovia é legal, mas se não puder, precisamos acalmar as vias, reduzir a velocidade. Não cabe aceitar espaços urbanos com vias de 80 km, 60 km por hora. Crianças deveriam estar na rua, mas não estão porque a rua é um espaço hostil. A solução passa pela humanização das cidades, porque a cidade é para as pessoas”, explica. Na visão do professor, isso diminuiria o número de óbitos, traria pessoas para o transporte ativo e diminuiria custos. “São 40 mil mortes por ano no trânsito e para cada morte, de cinco a seis mutilados. Nos leitos de traumatologia, 90% são acidentes de trânsito. Ocupa leito hospitalar, para depois gerar aposentadoria. Alguém da família vai deixar de trabalhar para cuidar dele. Uma série de transtornos”.

ga, é preciso que haja ligações entre as cidades. Para isso, a integração entre os modais, incluindo o aquaviário, é essencial. “A mobilidade de Vitória é metropolitana: 46% das viagens hoje são Cariacica-Vitória ou Vila-Velha-Vitória. Quais as alternativas? Todas as duas assistidas pelo mar. Poderia ser de barco, chegar pedalando até o terminal, e embarco com a minha bicicleta... Mas vão vender pra sociedade que aquaviário é muito caro”, protesta. Para ele, para existir anel cicloviário na Grande Vitória, é preciso antes acertar questões que envolvem ciclomobilidade em cada município. “Vila Velha tem muito estudo, mas carência de prioridade. Cariacica, nem existe. Serra escolheu pistas de altíssima velocidade. Vitória tem mais essa meta, mas falta conectividade nos bairros”.

Anel cicloviário e obras A Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop) informou que está “aguardando a liberação dos recursos já aprovados junto ao BNDES, para dar início à execução dos projetos de integração das ciclovias dos municípios da Grande Vitória”. Segundo a subsecretária de Mobilidade Urbana, Luciene Becacici, nesse pacote estão previstas a revitalização das ciclovias existentes, a complementação da Norte-Sul e a construção da ciclovia ligando Vila Velha a Guarapari, na Rodovia do Sol. Também está prevista a ampliação e implantação de bicicletários nos terminais do Transcol. O secretário de Transportes de Vitória, Tyago Hoffmann falou sobre as próximas ciclovias a serem inauguradas na Capital. “Temos as ciclovias da Adalberto Simão Nader, de Jardim Camburi, e temos os projetos de Bento Ferreira, Mata da Praia e Jardim da Penha, além de ciclofaixas. Os recursos de Bento Ferreira estão bem perto”.


Geral

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

120 toneladas de resíduos por dia

bastidores da polÍtica DIVULGAÇÃO

x

Essa é a capacidade da Usina de Compostagem da Emec Obras para tratar resíduos orgânicos

N

  de 2014, a Emec Obras e Serviços inaugurou sua usina de compostagem que, naquela época, atendia somente às demandas da própria empresa. A partir de março de 2016, a Emec abriu a usina, com capacidade para tratar 120 toneladas de resíduos orgânicos por dia, para o mercado. Entretanto, somente metade dessa capacidade é tratada. Apesar do serviço ter atraído a procura de empresas privadas, o motivo do não aproveitamento da capacidade total, segundo a Emec, é a falta de interesse do poder público da Grande Vitória: dentre as prefeituras da Região Metropolitana, apenas Serra aderiu ao serviço. Essa falta de procura configura desrespeito à Política Nacional de Resíduos Sólidos, amparada pela lei 12.305/2010, em vigor desde junho de 2014 e que determina que os resíduos gerados precisam ser reciclados. A usina utiliza a tecnologia ADB - Alto Digestão Biológica - que decompõe resíduos orgânicos, como restos de alimentos, em até

NÚMEROS

48 horas

É o tempo que a usina de compostagem leva para decompor resíduos orgânicos

8 meses

É o tempo que a decomposição desses resíduos leva para acontecer na natureza 48 horas, enquanto na natureza o processo pode demorar até oito meses. O resíduo tratado na usina de compostagem não gera chorume, que é altamente poluente. DESTINAÇÃO ADEQUADA A usina de compostagem é a destinação mais adequada a resíduos orgânicos. Aterros sanitários, usados atualmente, geram mal cheiro e consequências do acúmulo de lixo, além de poluírem de lençóis freáticos.

Agora o embate na Serra é entre as esposas: de um lado, Mara; do outro, Sueli

O colapso...

O surto do médico Aurélio Couto em unidade de saúde de Cariacica lança luz sobre a situação da administração da cidade. O médico foi suspenso, mas seria o caso de afastar o prefeito Juninho, que anda muito sumido. Onde está o Ministério Público estadual que não tem tomado providências?

...da administração...

Doutor Aurélio Couto tem mais de 40 anos de medicina, trabalhou pelo clube Desportiva Ferroviária, e sua reação de revolta é de um cidadão, médico e ex-secretário de Saúde que vive a situação. Melhor do que ele, só quem pode falar do caos é a população.

...em Cariacica

Seria só um “privilégio” de Cariacica uma saúde abandonada deste jeito? Quantos médicos mais precisarão reagir desta maneira para chamar a atenção? O vereador de Cariacica, Sérgio Camilo já tem embasamento para a abertura de processo de impeachment do prefeito. Ou os edis precisam de surtos em outras áreas para assinarem?

Senado

O ex-deputado federal João Miguel Feu Rosa vai disputar, no PP, uma vaga no Senado Federal. Seu nome foi lançado por um grupo de lideranças do município da Serra, encabeçado pelo ex-vereador serrano João Luiz Teixeira.

Agora são elas!

A Serra vai voltar a ter Audifax X Vidigal outra vez. A primeira-dama da cidade, Mara Barcelos, está sendo lançada, pelo Rede Sustentabilidade, candidata a deputada estadual. Do outro lado quem concorre é a esposa do deputado Sergio Vidigal, a ex-deputada Sueli Vidigal.

Ordem financeira

Responsável por toda organização financeira do município de Vitória, o secretário Davi Diniz, tem garantido o pagamento em dia de

todos os serviços da prefeitura. Segundo consta, credor que não teve o pagamento feito, encontrou algum problema no processo antes que chegasse ao secretário.

Alô povo serrano!

Vocês se arrependem da Câmara de Vereadores que elegeram? A maior cidade da Grande Vitória está colecionando escândalos em sua Casa de Leis.

Prestígio

Jonas Cavaglieri, prefeito de Aracruz, é hoje o que tem mais cartaz com o governador Paulo Hartung. Fora disputa eleitoral, ele tem recebido apoio de Marcelo Coelho e Erick Musso levando benefícios para a cidade e toda região.

Articulações

Engrenou, de vez, as articulações políticas dos candidatos ao governo do ES, Paulo Hartung e Renato Casagrande. Cada vez mais eles têm conversado com lideranças nacionais. Nisso tudo só falta a confirmação: vai ter um novo “abraça o Paulo”?

EDP X Banestes

Conforme ESHOJE questionou na última edição, os deputados estaduais precisavam tomar providências contra a EDP Espírito Santo. E é o que o deputado Enivaldo dos Anjos está fazendo. Mas não está simples entender a participação do Banestes nessa situação, uma vez que a negociação entre concessionária e banco é um convênio e a empresa precisa respeitar as condições impostas pela financeira.

Nome aos bois

Falando em Enivaldo, ele está se sentindo lesado pelas denúncias acerca da regularidade de sua aposentadoria como conselheiro do Tribunal de Contas. Por outro lado, também pode prejudicar a outrem quando faz discurso na tribuna da Ales, sem dar “nome aos bois”. A mais nova é que uma empresa de comunicação está devendo mais de R$ 100 milhões ao Estado de imposto. Qual seria a empresa?

5


6

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

HUGO BORGES POR CÉSAR HERKENHOFF L cesarherkenhoff@hotmail.com

Ideologia à parte... Confesso que fiquei estarrecido com a sempre descabida reação da esquerda nervosa diante do suposto relatório da CIA sobre as atrocidades praticadas pela ditadura militar brasileira, que subjugou o povo brasileiro de 1964 a 1985. O que mais surpreende é o apego dessa geração sem compromisso e sem perspectivas em dar um valor inestimável a um suposto documento da CIA, exatamente a agência de inteligência dos Estados Unidos que organizou e executou o golpe militar. Se a coisa é pra valer, a chamada Comissão da Verdade deveria ter pautado seus trabalhos na apuração dos fatos com base na realidade. Indicar o nome de uma centena de opositores mortos e torturados pela ditadura é só parte da verdade. O documento omitiu, deliberadamente, o nome das vítimas dos chamados grupos terroristas – gente do sistema e gente inocente. Indiscutível que a luta era desigual. De um lado as Forças Armadas, com robusto aparato bé-

lico, aparatos de inteligência, agentes infiltrados, censura aos meios de comunicação social e manipulação da opinião pública. Do outro lado, em regra, com os excessos também condenáveis, havia jovens movidos por ideais, querendo implantar o socialismo no Brasil porque acreditavam que era a forma mais emblemática da democracia. Lembro-me de que certa vez o então governador Eurico Rezende me disse que todo jovem tinha a obrigação de ser de esquerda, porque o tempo e a maturidade se encarregariam de deslocá-lo para o centro. Não chega a ser uma lei irrefutável, mas apenas a prevalência do bom-senso, apesar da relutância de muita gente que, de má-fé, se vale do entusiasmo e

da rebeldia próprios da juventude para manipular consciências. O que mais explicaria, por exemplo, tanta indignação com as informações obtidas a partir do suposto documento da CIA, partindo de gente que, impiedosamente, hipoteca todo o apoio a ditaturas como as de Cuba e da Venezuela, tão truculentas e sanguinárias como a brasileira? Seria porque ditatura de esquerda é legítima? Que diferença há entre Ernesto Geisel e Nicolás Maduro? Eu pergunto e eu mesmo respondo: Geisel era um militar inteligente. Maduro, um caminhoneiro (e não por isso) absolutamente medíocre e despreparado para liderar uma nação. A diferença de nível intelectual não foi suficiente para diferen-

ciar dois ditadores perversos. Gosto da ideia da Comissão da Verdade. Mas quero comissões de verdade, e não aparelhos a serviço de notórios bandidos (por corrupção, e não por terrorismo) da vida pública brasileira. É um típico caso de que chumbo trocado dói, sim. Essa coisa de "não sofri nada durante a ditadura militar porque não era comunista", me parece completamente fora de foco. Todos nós sofremos. Alguns, muito mais. Sofreram o castigo físico. Mas todos sofremos com a falta de liberdades democráticas, com as censuras e, mais ainda, com a perda e desaparecimento de amigos e parentes, jovens movidos apenas por ideais, que apenas "ousaram" pensar fora da

caixa do sistema, como se isso justificasse a tortura. Ou não faria sentido sermos a favor da ditadura brasileira e contra a ditadura de Nicolás Maduro, na Venezuela. Ditadura nunca mais! Acho, de fato, que a Comissão da Verdade, se atuar com respeito aos fatos e responsabilidade, poderá prestar relevantes serviços ao País, cuja história precisa ser resgatada. Mas é sempre oportuno lembrar que Lula da Silva, Dilma Rousseff, José Dirceu, José Genoíno, dentre outros, foram presos ou estão sendo processados por corrupção e não por terrorismo, assaltos e bancos ou ideologia. Ideologia à qual renunciaram desde que subtraíram o primeiro centavo dos cofres públicos.

COLUNA FEU ROSA

ARTIGO

Bruxas de hoje

Confiança: duas questões

Você sabia que na Europa, entre 1550 e 1700, 80.000 pessoas foram levadas a julgamento acusadas de bruxaria? Para a metade delas o destino seria a morte, quase sempre na fogueira. Subitamente, todo este fanatismo absurdo sumiu! Por que será?

Os economistas sempre alertam para os riscos da desorganização fiscal e mostram a necessidade de reformas na previdência e na estrutura de gastos públicos a fim de garantir a solvência do Estado, o equilíbrio macroeconômico e, por fim ,o crescimento da economia.

A pergunta fica ainda mais intrigante diante do fato de que até cerca de 1400 a Igreja Católica simplesmente dizia que bruxas não existiam! É digno de menção, a propósito, um decreto do Papa Alexandre IV, datado de 1258, proibindo execuções em função de "bruxaria". Esta estranha anomalia, que passou desapercebida aos olhos de larga parcela da humanidade, aguçou a curiosid dos pesquisadores norte-americanos Peter Leeson e Jacob Russ. Ambos observaram, inicialmente, um detalhe: o início da "caça às bruxas" coincidiu com o da denominada Reforma Protestante. Havia, pois, que se criar um "inimigo", um "perigo social" que induzisse na população um sentimento de pânico, desestimulando adesões a quaisquer novas ideias ou doutrinas. Não por acaso, citam os pesquisadores, a Alemanha, berço da Reforma Protestante, foi palco de 40% de todos os julgamentos por bruxaria. A radical Escócia, e só ela, julgou nada menos que 3.563 pessoas por tal motivo. Enquanto isso, por conta de suas posições firmemente tradicionalistas, a Espanha, Itália, Portugal e Irlanda, so-

mados, contribuíram com 6% do total! Logo depois, apontam os pesquisadores, toda uma série de tratados de paz colocou um fim a um ciclo de guerras, muitas das quais tinham como pano de fundo precisamente certas questões religiosas - e eis que, então, como que por mágica, a "caça às bruxas" foi varrida para debaixo do tapete da história. Ficou apenas a lembrança, cada vez mais tênue, dos tantos anônimos que enfrentaram a morte na fogueira, elevada à condição de monumento em honra da crueldade humana. Alguns séculos se passaram. Chegamos ao início de um novo milênio. É quando convido-o a ir à janela e contemplar o mundo dos nossos dias - e a imensa quantidade de "bruxas" que nele tem sido criadas, de forma a satisfazer interesses os mais abjetos. Medite sobre os direitos civis e sociais, duramente conquistados, que temos perdido por conta delas - afinal, há que se sacrificar alguns por certas causas. PEDRO VALLS FEU ROSA Desembargador do TJES

O mercado financeiro, que financia o déficit público comprando e carregando títulos da dívida do tesouro, está a todo tempo avaliando os níveis de confiança das finanças públicas para medir o risco de seus investimentos. É a confiança que lastreia o valor dos ativos e determina o nível da riqueza. Em ano de eleição nos deparamos com uma segunda questão envolvendo o tema da confiança. Na política e na disputa eleitoral deste ano, a opinião pública e o eleitor estão ainda mais desconfiados do que o mercado financeiro. Os escândalos de corrupção, o fracasso do petismo e a desmoralização de líderes políticos de todas as tendências desenham um cenário de eleições onde a confiança é pré condição para qualquer candidatura. A dissimulação será cada vez mais difícil. A incoerência será cobrada e a capacidade de assumir posição diante de um dilema real da sociedade será muito valorizada.

Tem espaço para posicionamentos os mais variados. Liberais ou estatizantes, em matéria econômica; conservadores ou progressistas, em matéria de valores e comportamento . Só não tem lugar pra quem quiser ficar bem com todo mundo e tentar esconder sua verdadeira posição. Será ainda pior para os candidatos que se mostrarem incapazes de assumir qualquer posição. Com tal atestado de incompetência ninguém vai conseguir ganhar eleição. Infelizmente, o populismo, o pragmatismo oportunista e a compra de votos ainda terão algum espaço, particularmente nas eleições para deputado, mas serão fragorosamente derrotados como tendência histórica. Ninguém morrerá de tédio em 2018. De raiva já teríamos morrido! Vamos para as eleições! LUIZ PAULO VELLOZO LUCAS Engenheiro e ex-prefeito de Vitória


Esportes

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR DIVULGAÇÃO/MARATONA1X365

RUY MONTE DÁ O RECADO! rmonte@eshoje.com.br

Seleção no rumo da Rússia

Slackline é uma das 20 modalidades que estarão sendo realizadas no evento, no próximo sábado (26)

24 horas de muito esporte e gratidão

Maratona 1x365 chega à sua segunda edição trazendo 24 horas de atividades esportivas diversas, na Praia da Costa GUSTAVO GOUVÊA gustavo@eshoje.com.br

N

,  funcional, ciclismo, canoa havaiana, canoa polinésia, stand up paddle, muay thai, jiu-jitsu, judô, taekwondo, defesa pessoal, corrida, vôlei, futevôlei, slackline, polo aquático, calistenia, street workout, yoga e artes circenses. Ufa! Todas essas modalidades estarão acontecendo na Maratona 1x365, que vai promover 24 horas de atividades “em gratidão a Deus”, na Praia da Costa, em Vila Velha, entre os dias 26 e 27 de maio. O evento tem início às 10 horas do sábado (26) e vai até as 10 horas do domingo, com um cronograma bem definido para cada atividade – algumas estarão acontecendo ao mesmo tempo. No ano passado a organização recebeu 250 inscrições e a expectativa é de

que este ano sejam pelo menos 300 inscritos. “Este ano teremos mais esportes e esperamos receber 300 inscritos, porém em torno de 500 atletas participam, pois temos também muitas atividades abertas ao público. Acreditamos no esporte como instrumento de transformação de vidas e a gratidão é um sentimento que contagia. As pessoas estão entendendo a essência do evento, já que utilizamos todas as potencialidades do município para as práticas esportivas, tanto na terra, quanto no mar”, diz Fabiane Freitas, uma das organizadoras do evento. Ela explica que a Maratona 1x365 pretende ser uma forma de potencializar os aspectos do município enquanto arena esportiva natural e também visa trabalhar os pontos turísticos, como o Convento da Penha e o Morro do Moreno (por onde os percursos de ci-

Sentindo na pele A M 1x365 tem também a visão de estimular integração social. A programação conta com o projeto Praia Legal, que permite a acessibilidade de deficientes físicos à praia e aos esporte aquáticos. Para que os atletas interajam com os usuários do projeto foi criada uma atividade chamada “Sentindo na Pele”. “As pessoas que participarem do momento irão escolher uma

realidade para vivenciar: ou a do deficiente físico, ou a dos salva-vidas, ou a dos acompanhantes. Será feita uma dinâmica com estas pessoas que trocam de lugar em conjunto com os usuários do projeto”, informou a organização. O evento conta com estrutura de tendas, banheiros, área de camping, água e frutas. As inscrições serão feitas até o dia 18/05 e a entrega de kits é no dia 19/05.

clismo e corrida passarão), valorizando as belezas canelas-verdes. As atividades são realizadas no mar, na areia e no calçadão da Praia da Costa. “Serão 24 horas praticando esportes em gratidão a Deus e será um dia de unidade no esporte, no qual os atletas e a sociedade terão a oportunidade de experimentar novas modalidades esportivas e expressar toda sua gratidão”, acrescenta Fabiane. RESPONSABILIDADE Além de despertar o interesse do público em praticar esportes e influenciar na melhora de qualidade de vida, a organizadora afirma que o evento tem o intuito de instigar responsabilidade social através de doação de alimentos para uma instituição que ajuda na reabilitação de dependentes químicos, que participarão como voluntários e atletas na maratona.

SERVIÇO

Maratona 1x365 w D:

26 e 27 de maio 10h de sábado (26) w L: P. da Costa, Vila Velha w I: R$ 30,00 w P de inscrição: Vitória: loja Silver Land (Praia do Canto); Vila Velha: Celeiros Bike e loja Redley (Shopping Praia da Costa) w  e programação: https://www.facebook.com/ maratona1x365/ w H:

Tite definiu o grupo de jogadores que vai defender o Brasil nesta Copa do Mundo da Rússia. Na verdade, não teve nenhuma novidade ou surpresa. O técnico tem os jogadores que, na sua opinião, é o que tem de melhor, embora ainda tenha jogadores que poderiam figurar entre os convocados, mas os números são limitados e obdecendo as regras. O que o brasileiro tem que estar preparado é para torcer e não achar que a Copa está ganha. Nada disso! Tite está em alta, principalmente, pela imprensa brasileira. Devo dizer que o trabalho de Tite na seleção, lógico que além do seu conhecimento de bola, faz com que cada jogador entenda as suas intenções. O trabalho

de grupo num momento desse é muito importante. Favoritismo é coisa séria e apontar o Brasil como um futuro ganhador do título é bom, mas é bom lembrar que outras seleções também têm o mesmo peso. Copa do Mundo é um torneio curto de jogos de mata mata e que ganha quem joga no erro dos adversários, principalmente.

Rio Branco no caminho

Vi o jogo do Rio Branco contra o Aracruz e, logo, a vitória de 2 x 1 , do alvinegro foi justo, até porque o fato de vencer um jogo já dá o sintoma de merecimento. Neste caso, o time de Erick Bonfim mereceu o triunfo sobre a equipe de Vevé. Mas, vamos ser francos, o Rio Branco não jogou um bom futebol, no meu modo de ver. Não entendi a ausência do Capetinha neste ataque alvinegro. Segundo soube, ele foi poupado, o que não justifica muito, porque o Rio Branco brigava com o Aracruz pela liderança do grupo. Mas o Erick sabia o que fazia. Achei o time meio confuso em campo e em determinados momentos o Aracruz mais organizado para atacar. Mas, em futebol, o que vale é o resultado final, e o desenrolar do jogo. Nesta segunda divisão vamos ter Castelo, Aracruz, Rio Branco e Estrela brigando pelo título e por duas vagas. Esses quatro times eram os favoritos para chegarem a essa disputa, até porque foram os que mais trabalharam para esta competição.

Cai Erick Bonfim Em decisão de diretoria na tarde desta quinta-feira (17), o Rio Branco tem um novo técnico. Erick Bonfim foi dispensado do cargo antes mesmo dos treinamentos desta quinta-feira. Charles de Almeida, técnico campeão capixaba pelo Serra, assumiu o comando do time alvinegro. Os motivos da dispensa de Erick Bonfim não foram revelados. Sabe-se que ele já não estava agradando alguns da cúpula.

Chales de Almeida não definiu o time para o jogo contra o Castelo, domingo (20), às 15h, no Emílio Nemer. O treinador afirmou que vai realizar uma coletiva de imprensa na sexta feira, quando definirá os titulares desta primeira partida da semifinal da segunda divisão. A saída de Erick Bonfim pegou de surpresa até os jogadores, que só tomaram conhecimento do fato na hora do treinamento desta quinta-feira.

7


8 Cidades

SEXTA-FEirA, 18 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br

Prefeitura investe milhões em obras nos bairros de VV

intervenções contemplam macrodrenagem, pavimentação de vias e urbanização de 16 bairros

E

m janeiro de 2017, Vila Velha começou a ser contemplada com diversas obras de infraestrutura. Todas as cinco regiões da cidade passaram a receber melhorias: obras de macrodrenagem, restauração de pontos de iluminação, reparos estruturais em escolas e reestruturação de espaços destinados à prática de esporte e ao lazer. A Prefeitura de Vila Velha (PMVV) coordena as obras de macrodrenagem da bacia do Rio do Congo. Estão sendo investidos R$ 54 milhões nas intervenções (R$ 7 milhões são de recursos próprios do município e o restante do Governo Federal). Com as obras, os 56 mil moradores da Grande Terra Vermelha (Região 5) serão beneficiados com um melhor escoamento das águas das chuvas. A execução do projeto de macrodrenagem na bacia do Rio do Congo também contempla a pavimentação de vias, a urbanização de 16 bairros e melhorias no sistema de saneamento básico de toda a Grande Terra Vermelha. Equipes da Semipro promoveram o reparo de 7,5 mil dos 34 mil pontos de iluminação pública em 2017. Outros 8 mil pontos serão restaurados em 2018. O trabalho foi iniciado em janeiro. A PMVV contratou, por meio de licitação, a empresa que já iniciou reparos em 32 parques infantis e em 30 academias populares da cidade. Em fevereiro, a Praça de Cobilândia foi o primeiro espaço público a ser contemplado pelo projeto de restauração corretiva e preventiva em 2018. As outras praças de Vila Velha passarão pelo mesmo processo.

fotos: félix falcão

o novo campo de futebol do bairro Jardim Colorado, inaugurado em dezembro de 2017, tem grama sintética e sistema de iluminação de LED EsportE As obras executadas pela atual administração municipal também contemplam espaços públicos para a prática do esporte. Em dezembro de 2017 o prefeito Max Filho inaugurou o novo e moderno campo de futebol do bairro Jardim Colorado. A praça esportiva passou a ter grama sintética e um sistema de iluminação com refletores de LED. Também foram restaurados os campos de futebol dos bairros Normília da Cunha e Prainha. Está em fase de conclusão a reestruturação do campo de futebol da Praça de Araçás.

serviço principais obras em Vila Velha de janeiro de 2017 a abril de 2018 w Desde

o início da atual administração municipal, a Secretaria de infraestrutura, Projetos e obras (Semipro), coordena as intervenções de macrodrenagem no rio do congo, a um custo de r$ 54 milhões (r$ 7 milhões da Prefeitura de Vila Velha e o restante da União); w A Semipro promoveu os reparos de 7,5 mil dos 34 mil pontos de iluminação pública; w A PmVV também iniciou os reparos em 32 parques infantis e de 30 academias populares na cidade; w A operação de restauração viária foi realizada, nos últimos 16 meses, no 91 bairros de Vila Velha, e em 2 mil vias públicas.; w A Semipro coordenou a restauração de quatro campos de futebol de janeiro de 2017 a março de 2018: Normília da cunha, Araçás, jardim colorado e da Prainha; w A PmVV iniciou o processo de restauração preventiva e corretiva das praças do município. A Praça de cobilândia foi a primeira a receber as intervenções; w A Semipro realizou a restauração da pavimentação das ruas rosa Vermelha e copo de Leite, em Novo méxico, e da rua crisântemo, em brisamar. A rua idalécio carone (Santa rita e Alecrim) recebeu um trabalho de drenagem e pavimentação; w Foi realizado o patrolamento em 12 bairros da Grande Terra Vermelha, incluindo a Zona rural; w A PmVV realizou intervenções em 39 das 98 unidades municipais de Educação.

restauração de vias e melhorias nas creches

o calçamento da rua rosa Vermelha, em Novo México, foi restaurado

os 91 bairros de Vila Velha foram contemplados com o serviço de restauração viária (operação tapa-buracos) de janeiro de 2017 a abril de 2018. Duas mil vias públicas do município receberam equipes da Semipro para a realização do trabalho. Em média, a cada semana, as intervenções são realizadas em 20 pontos da cidade. Em 2017, a maior parte da Rua Idalécio Carone (que passa pelos bairros Santa Rita e Alecrim) re-

cebeu intervenções de drenagem e de pavimentação. A PMVV restaurou, em 2018, o calçamento das ruas Rosa Vermelha e Copo de Leite, em Novo México, e de trechos da Rua Crisântemo, em Brisamar. As unidades municipais de ensino fundamental, “Ricardina Stamato da Fonseca” (Jardim Colorado) e “Pedro Herkenhoff” (Cobilândia), ganharam novas quadras poliesportiva e melhorias estruturais. A Umef “Professora

Nair Dias Barbosa”, de Ponta da Fruta, recebeu uma nova cobertura e muros, além de reparos nas redes hidráulica e elétrica. Trinta e nove das 98 escolas que integram a rede municipal foram contempladas com algum tipo de intervenção estrutural, em 2017. A zona rural também recebeu um trabalho intensivo de equipes da Semipro. Na localidade do Córrego Sete, a PMVV fez o trabalho de patrolamento na estrada que corta toda a região.


www.eshoje.com.br

Vitória, 18 de maio de 2018 J Ano XVII J Nº 697 J Edição Gratuita Semanal

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

Wanderléa celebra carreira com musical sobre os anos 60 Superprodução "60! Década de Arromba" será apresentado em Vila Velha nos dias 25 e 27 de maio

Caio Gallucci

Márcia alMeida cultura@eshoje.com.br

O

musical 60! Década de Arromba, que conta os principais fatos da década de 1960 por meio de vídeos, depoimentos e fotos, será apresentado, em curta temporada, no Espaço Patrick Ribeiro, na Área de Eventos do Shopping Vila Velha, nos dias 25 e 27 de maio, às 20h30 e 18 horas, respectivamente. O público vai conferir uma superprodução estrelada pela cantora Wanderléa e grande elenco, com quase três horas de duração, inúmeros cenários, figurinos, muita música boa. Fruto de uma extensa pesquisa feita por Frederico Reder e Marcos Nauer, o espetáculo começa com um prólogo, em 1922, contando a chegada do Rádio no Brasil, para em seguida mostrar o início da televisão e aí sim, sua popularização na década de 1960. A partir desse ponto, a peça narra os principais acontecimentos, apresentando mais de cem canções, ao vivo, dos mais diversos gêneros, com a participação de uma orquestra. É uma mescla de humor, números de circo, ilusionismo e muita emoção. Em conversa com ESHOJE2, Wanderléa defende que o espetáculo é uma verdadeira aula de uma fase muito rica no Brasil. “É uma peça muito atuante e representativo de uma época maravilhosa”, diz. E ela garante estar encantada com a experiência de integrar o elenco de um musical pela primeira vez. “É exaustivo. O preparo é intenso – de voz, exercícios respiratórios - mas vale a pena. Traz um bálsamo no coração das pessoas”. Ícone pop da década de 1960, Wanderléa sempre foi considerada um símbolo de vanguarda. Íntima dos palcos, ela diz que dá o seu melhor em cada apresentação, mesmo que não esteja assim tão bem. “Em uma

cantora está empolgada com a nova experiência. ela diz que levou um ano para responder ao convite para embarcar nesta aventura apresentação em Fortaleza, comi algo que não me fez bem, mas, mesmo com muita cólica, fiz o espetáculo inteiro e o público nem percebeu”, entrega. Na correria do dia a dia em função da turnê de 60! Década de Arromba, um bálsamo para a cantora é contar com a presença da filha Jade, que integra o elenco do musical e do marido, com quem também divide o palco. “Estar rodeada dos filhos que adotei (se referindo aos demais atores do elenco) e da minha própria família me faz muito feliz”, garante. Nos raros momentos de folga, a ar-

tista tem um programa certo: paparicar a pequena Ayla, sua neta de cinco meses. 50 anos de carreira Wanderléa diz que está celebrando seus 50 anos de carreira com este musical. Ela conta que recebeu o convite e levou um ano para responder se aceitaria ou não embarcar nesta aventura. “Confesso que fiquei assustada, é um trabalho intenso, marcado por muitos detalhes”. Agora é só alegria! Algo que surpreende a cantora é intensa presença do público jovem no espetáculo. “Eles ouvem

falar tanto da gente, que vão por curiosidade. Mas adoram e sempre voltam”, diverte-se. O carinho do público também é outro ponto alto na carreira de Wanderléa. “É uma honra saber que fiz a diferença na vida deles. Cada um tem uma história de vida comigo, uma emoção através da minha música, uma história de vida”, declara. E, mesmo com tanto tempo de carreira, ela garante ainda sentir um frio na barriga antes de subir ao palco. Sobre aposentadoria, a cantora brinca dizendo que ninguém a deixa descansar. Enquanto não pensa sobre isso, vai colocando

em prática seus diversos projetos. E o próximo é a gravação de um álbum inédito. “As músicas já estão selecionadas. Há composições de Erasmo Carlos, Nando Reis e outros talentos”, entrega. Outro projeto que ela colocou em prática no ano passado foi o lançamento da sua biografia. “Compartilho situações que vivi no palco e na vida”. Os ingressos para o espetáculo custam a partir de R$25 (cadeira bronze, meia entrada) e estão à venda nas lojas Metal Nobre (Grande Vitória e Linhares), Soft Modas (Guarapari) e no site www.tudus.com.br.


2

Cultura

SEXTA-FEirA, 18 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br divulgação

CIRCUITO CULT Márcia alMEida L cultura@eshoje.com.br

Oportunidade para talentos da música André Prando, Cainã e a Vizinhança do Espelho, My Magical Glowing Lens e Gabriela Brown e foram os selecionados para se apresentar na programação do Formemus, que vai acontecer em Vitória entre 22 e 25 de maio, em Vitória, divulgação

Projeto, que consiste em imersão artística, é idealizado e coordenado por castiel Vitorino Brasileiro

Alerta pela arte e criação coletiva

Proposta do projeto "devorações" é denunciar e destruir racismos, misoginias, LGbTTfobias e outras violências

D

esnaturalizar os gêneros, os sexos e as raças por meio de investigações racionais e sensitivas e subverter o saber colonizado sobre os LGBTT+, especialmente sobre os corpos não-brancos, são alguns dos objetivos do projeto Devorações. Essa iniciativa consiste em uma imersão artística sob o formato de oficinas que serão realizadas em Vitória durante os dois primeiros finais de semana de junho. Como resultado dessa vivência coletiva será concebido um livro previsto para ser lançado no segundo semestre deste ano. Fazendo uso de linguagens como a literatura debochada, os autorretratos ficcionais, vídeos com conteúdo explícito de transviadagem e músicas censuradas pela branquidade cisgênera, o projeto denuncia as políticas de morte e às violências impostas aos corpos e subjetividades não-brancas e não-heterossexuais que compõem a população brasileira. Trata-se de uma resposta raivosa, uma desobediência colonial debochada e artística a essas violências, uma contestação que se alimenta da continuidade do fluxo de ressignificações de injúrias a partir de estratégias de afirma-

ção da vida na diferença. Por compreender a importância de discutir essas temáticas fazendo uso de ferramentas da arte e por perceber que o sistema artístico também contribui para a atualização de racismos, misoginias e LGBTTfobias, o Devorações, idealizado e coordenado pela artista visual Castiel Vitorino Brasileiro, convoca artistas e co-criadores a materializarem todos esses questiona-

mentos em suas obras - artes marginais, autônomos, acadêmicos, empobrecidos, deslegitimados, desacreditados, injustiçados - pois, dessa forma, é possível produzir corpos, relações e temporalidades mais saudáveis e decolonizadas. As inscrições para as oficinas são gratuitas e podem ser feitas através do endereço: https:// goo.gl/ forms/6E1M6cGsi126gKLs1

PROgRamaçãO durante toda a programação, a artista Felipe lacerda realizará uma ocupação artística com seu projeto de fotografia documental. w 02/06

(sábado) - oficina corporal descolonizando Prazeres e desejos (16 vagas) w Oficineira: castiel Vitorino brasileiro. w 13h30 - oficina de Produção do dicionário Antropofágico (20 vagas) w Oficineiras: marcela Aguiar e castiel Vitorino brasileiro. w 03/06 - domingo w 13h - oficina cartas aos Femininos (20 vagas) w Oficineiras: rucka de Lacaia e castiel Vitorino brasileiro w 16h - cineclube diversidade (atividade aberta ao público geral sem necessidade inscrição prévia) w Exibição de filmes sobre negritude LGbTT w 09/06 - Sábado w 13h - imagens Subvertidas e Subversivas: Elaborações monstruosas para Afundar Embarcações (16 vagas) w “Oficineira: Napê rocha w 16h - remonte - Se: oficina de Produção de Zines (16 vagas) w Oficineira: rodrigo jesus e Andressa Quitéria w 09h

Bandas e cantores capixabas vão ter a oportunidade de mostrar o seu trabalho a alguns dos principais nomes do mercado brasileiro. My Magical Glowing Lens, André Prando (foto), Gabriela Brown e Cainã e a Vizinhança do Espelho foram os selecionados e vão se apresentar no Formemus, que vai acontecer entre os dias 22 e 25 de maio, no Palácio Sônia Cabral, em Vitória. Essa é a edição de estreia do evento, que contará com a participação de músicos produtores, jornalistas, professores, radialistas e empresários do ramo musical e da cultura em geral. Idealizado pelos produtores culturais Simone Marçal e Daniel Morelo, buscará unir, em um mesmo espaço, pessoas dos mais diversos segmentos para compartilhar informações e conectar oportunidades, além de elevar a discussão e conhecimentos da classe sobre o cenário atual. Os talentos, além de en-

Em cartaz

cantar o público geral, terão na plateia nomes de peso do cenário musical brasileiro, como Marcos Chomen, diretor América Latina da CDBaby, líder mundial em distribuição digital e Maurício Bussab, da Tratore, maior distribuidora independente do Brasil. O Formemus será uma oportunidade de dialogar a cultura de forma enriquecedora, colaborativa, sustentável e criativa, contribuindo para o fortalecimento do setor musical do Estado, bem como da cadeia produtiva. Ao reunir diversos protagonistas, em vários estágios de produção, crescimento e posicionamento mercadológico em um mesmo espaço, promoverá debates, negócios e apresentações, proporcionando inspiração e motivação para os músicos e produtores do Espírito Santo. O evento também servirá para apresentar o universo da música, numa realidade local e nacional.

Já está em cartaz o segundo filme da sequência de Deadpool. No Kinoplex, quem comprar um combo na bombonière, ganha uma almofada no formato do rosto do anti-herói mais engraçado dos quadrinhos. Na história, o protagonista, interpretado por Ryan Reynolds, adquire superpoderes após uma experiência científica, e decide se vingar da pessoa responsável por sequestrar sua namorada.Os ingressos podem ser adquiridos por meio do site www. kinoplex.com.br ou diretamente nas bilheterias dos cinemas.


3

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Social

Bianca Coutinho bianca@eshoje.com.br

Orientação vocacional

ARI OLIVEIRA

Dados do Ministério da Educação (MEC) apontam que apenas 8% dos jovens no Brasil têm acesso a Orientação Profissional. E a indecisão sobre que carreira seguir tem deixado muitos jovens angustiados. A dica do especialista Gilber Machado, CEO da plataforma online de educação, desenvolvida no Espírito Santo, é que estes adolescentes ignorem fatores externos como a pressão dos pais e busquem ajuda profissional para pensar a carreira de forma mais ampla. "As recentes ocorrências de suicídios de jovens em Vale lembrar que o Projeto de Lei 5053/16, do Senado Federal, que está sendo analisado pela Câmara dos Deputados, prevê que estudantes da rede pública e beneficiários de bolsa integral na rede privada poderão contar, a partir do último ano do ensino fundamental, com serviço de orientação profissional especializado gratuito. A proposta, que tramita em regime de prioridade, será analisada pelas comissões de Educação e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, será votada pelo Plenário.

Marcelo Duque, João Filho, Wanderley Martins, Leonardo Dantas: noite wine

CACÁ LIMA

BRUNO LIRA/ADRIANA JENNER ASSESSORIA

Márcio Ferreira, Marcilio Machado e Jorge Nicchio: posse da nova diretoria Sindiex

Feijoada. Sueli Fonseca Mu-

roni promove a primeira feijoada do Ninho, no seu espaço de eventos, em formato open bar e food, dia 26. O evento será regado a roda de samba e transmissão da final do campeonato da UEFA.

In Family. O espetáculo “60!

Década de arromba”, musical estrelado pela cantora Wanderléia, que vai acontecer nos dias 25 e27 de maio no espaço Patrick Ribeiro, terá na plateia a única parente da cantora

que ainda não assistiu à peça: a sobrinha Magda, que mora em Vitória.

la Velha. Marcado para junho, deve reunir 450 pessoas em prol de uma boa causa.

Festança. Daniela Barreto vai

Espigueiro. Vinicius Villar re-

parar a Praia do Canto, no próximo dia 24, quando comemora os oito anos da sua loja. Na ocasião acontecerá o lançamento da coleção “Suite” by Dani Barreto.

Boa ação. Tereza Brito e Bia

Borges estão a mil com os preparativos do "Domingo com os Chefs", evento solidário em benefício à Apae de Vi-

cebe convidados para almoço de inauguração do seu restaurante em Pedra Azul, neste sábado (19). O menu será assinado pelo chef Fred Bortoluzzi.

Falamansa. O show do gru-

po de forró paulista, neste sábado (19), mudou para a Área Verde do Álvares Cabral, com início às 17 horas. Kaedy Azevedo e Mateus Cassol explicam

Rafael Zulu entre Mateus Carvalho e Marcio Ribeiro: Tardezinha

que a transferência foi devido a grande procura do público.

Feliz Aniversário. Bruna

Littig, Milena Borini Cavalcanti, Vera Caser e Erika Renovato (18); Shiko Alvarenga, Victória Gabrielli e Cleonice Passos (19); José Augusto Tovar (20); Eduardo Corona e Tharik Assis (21); Geandra Guerra (22); Patricia Cruz e Kely Neves (23); Fernanda Coutinho, Marcos de Paula, Jorginho Santos, Andrea Pinheiro e Vicente Menezes (24).

Sem comemoração

Na Semana Nacional do Defensor Público, celebrada no próximo dia 19, há poucos motivos para comemorar. No Estado, o déficit de defensores prejudica o atendimento em mais de 77% dos municípios. A falta de suplementação orçamentária impede a nomeação de mais profissionais aprovados em concurso público. São mais de 100 que aguardam pela nomeação para suprir os quadros da Defensoria Estadual.


4

Programe-se

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Wanessa estreia Expovinhos: show em Linhares inscrições abertas Cantora é uma das atrações do Festival Open Grill, evento filantrópico em prol dos hospitais Rio Doce e São Camilo A cantora, que acaba de lançar sua nova música de trabalho, “Mulher Gata”, viu todos os holofotes virarem em sua direção, devido a ousadia impressa na canção e também no clipe. Embora tenha imaginado que o público poderia ter certa estranheza, ela garante que achou a música divertida e empoderada. “Acho importante como mulher poder falar com segurança e legitimidade sobre segurança e sexualidade”, pontua. Ela

defende que, independente de gostarem da canção, é importante colocar em pauta este tipo de discursão. Para ela, tamanho burburinho se deu pela força da internet, já que não é a primeira vez que faz trabalhos mais “abusados”. “Talvez também faça diferença o fato de o público me ver como uma mulher casada, que tem filhos e está na mídia desde novinha, mas acredito que a internet dá uma inflada no assunto”, diz. Os ingressos para o evento, que terá início às 14h30, custam a partir de R$200 (1º lote, pista premium) e estão à venda na Kely Modas (Linhares, Aracruz e Shopping Vitória), Hot Line (São Mateus e Linhares), Supermercado Oriundi (Aracruz), Associação Vidas (Aracruz), Banca do Briel (Colatina) e site do blueticket.

DIVULGAÇÃO

M

  e empoderada do que nunca, Wa n e s s a C a m a r g o chega ao Estado para estrear sua nova turnê, neste sábado (19), no Parque de Exposições de Linhares. A cantora será uma das atrações do Festival Open Grill, evento 100% filantrópico organizado pela Associação Vidas, em prol evento em prol dos hospitais Rio Doce e São Camilo. Gusttavo Lima, Maiara e Maraisa, Wanessa Camargo, Solange Almeida e Vintage Culture completam o line up. Empolgada por unir música e solidariedade, Wanessa Camargo garante que o set list do seu show foi feito para o público cantar junto, dançar, se divertir e até emocionar. “Farei um passeio pelos maiores sucessos da minha carreira e por alguns estilos musicais que eu gosto e que tenho como referência”, declara.

No show, cantora vai apresentar seus sucessos e canções de outros artistas

27 e 28 | Junho | 2018 Centro de Convenções de Vitória

INSCRIÇÕES pelo site jacredenciei.com.br/e/vitoriaexpovinhos

Realização

Evento movimenta o mercado capixaba do vinho há nove anos

A maior feira do gênero no Estado está com as inscrições abertas! Nesta edição, o Vitória Expovinhos retorna ao Centro de Convenções de Vitória, nos dias 27 e 28 de junho para comemorar os dez anos do Salão Internacional do Vinho de Vitória que se consolidou no calendário capixaba. O evento promovido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Espírito Santo (Fecomércio-ES), tem o intuito de apresentar as novidades do trade do vinho aos amantes e profissionais da área, além da capacitação com cursos e palestras. Neste ano, em que comemora a décima edição do Salão Internacional do Vinho de Vitória, os expositores de vários países vêm apresentar ao público capixaba as mais diversas opções de vinhos de qualidade produzidos no Brasil e no mundo. O Vitória Expovinhos é realizado, desde a primeira edição, no formato Wine Tasting (degustação de vinhos), permitindo ao visitante a oportunidade de degustar os vinhos apresentados pelos expositores presentes na feira. Além de ter à sua disposição centenas de rótulos para apreciação, os visitantes poderão conversar com enólogos, sommeliers e representantes, que estarão disponíveis para esclarecimentos sobre as origens dos vinhos. O prêmio Top Five, que elege os cinco melhores vinhos em seis categorias, é um atrativo tanto para os expositores que

inscrevem seus vinhos para concorrer ao selo, quanto ao wine lover que visita o evento. Os rótulos escolhidos por um júri formado por especialistas são identificados durante a feira com o selo exclusivo do prêmio nas seis categorias: Tinto e Branco Velho Mundo; Tinto e Branco Novo Mundo; Espumante e Sobremesa. A FEIRA O Espírito Santo é o terceiro maior consumidor per capita de vinhos do Brasil e o maior ticket médio de compra de vinhos. A feira é uma grande oportunidade para produtores, distribuidores e importadores entrarem em contato direto com os principais empresários e profissionais a serviço do vinho Capixaba, imprensa especializada, formadores de opinião e os amantes do vinho de qualidade. Com o objetivo de formar o mercado consumidor, o evento promove palestras gratuitas com profissionais reconhecidos internacionalmente. Em nove edições, recebeu diversos nomes importantes. Desde sua primeira edição, promove cursos básicos e avançados . Participam destas capacitações funcionários e proprietários de pousadas, wine stores, bares e restaurantes associados à Associação Capixaba de Supermercados (Acaps), Sindicato dos Restaurantes Bares e Similares do Espírito Santo (Sindbares) e Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Espírito Santo (ABIH-ES).

Em dez anos: + 512 expositores + 11 mil rótulos + 22 mil participantes + 1500 profissionais capacitados Evento proibido para menores de 18 anos, mesmo acompanhados.

Organização


5

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR ROBERTA BRAGA/CLÁUDIO PEDROSO/PEDRO BRAGO

Moda

LORENA VAGO L lorena@eshoje.com.br

Era do vinil: material em alta Nesta temporada de inverno, podemos ver que um queridinho fashion está de volta. É o vinil (o tecido), que ficou popular nos anos 1970 e pintou em várias coleções.

Com investimento de R$2 milhões, evento destacou a importância de uma mão de obra e resistência

A voz que ecoa do dragão nordestino

Já não é de agora que as passarelas e o street style estão flertando com os anos 80. Um dos materiais que mais bombaram na década e voltou a fazer a cabeça das fashionistas é o vinil, tendência nas roupas e acessórios. Certamente você também ficará obcecada! Por ter uma pegada fetichista, o material é capaz de deixar qualquer look com um quê supersexy. Mas quem pensa que ele só funciona de noite em produções mais sensuais, está

enganado. O material cai bem com camisetas, misturado com peças esportivas, criando contrapeso com vestidos leves ou mesmo para o ambiente de trabalho, combinado com peças sociais. É do time das discretas? Também é possível se jogar no vinil com acessórios. Cintos, bolsas e calçados dão o toque atual ao look, além do acabamento de verniz ser ideal para quem quer investir na trend de maneira comedida.

DIVULGAÇÃO

Desfiles no Ceará provam que roupa boa tem handmade sentimental e bairrista. Moda tupiniquim foi destaque LUCAS REZENDE Direto de Fortaleza (CE)

E

  semanas de moda estão perdidas e sem saber o que fazer para recuperar público e superlatividade, o Dragão Fashion Brasil, em seu segundo ano sob a alcunha de festival, parece ter encontrado de vez uma possível resposta indo além desfiles e abraçando empreendedorismo, gastronomia e música. Em sua 19ª edição, investiu R$ 2 milhões, com 38 desfiles, 16 atrações musicais e 50 expositores. Noves fora, a genuína moda tupiniquim contemporanizada é que vale o ingresso em Fortaleza (CE). A começar por Almerinda Maria, que ao som de jazz e bossa nova entregou uma coleção com seu meticuloso trabalho de aplicação de renda renascença, um estilo de bordado feito exclusivamente à mão, com traços marcantes, em que predominaram pontos exclusivos e entrelaçados delicados, projetando desenhos em linhas sinuosas e divergentes. Outra boa parte da coleção veio com bordados richelieu,

uma técnica tão antiga que atribui-se ao Cardeal Richelieu, que integrava a corte do Rei Luis XIII. Abusando de muito linho e seda pura, Almerinda fugiu finalmente do já batido vestidão bordado - à lá Martha Medeiros - e se entregou a um lindo stylist moderno, com pegada work e street, apesar da inspiração romântica, de golas altas e uns laços aqui e acolá. Esse bairrismo fashion, onde a mão delicada do Nordeste nada contra a maré de um mercado têxtil preguiçoso para valorizar a moda em seu cerne artesanal, na vagareza do bordado e na mão avermelhada de tantos vai e vens de agulha, é que fazem da passarela do Dragão afetuosa. Não à toa Ronaldo Silvestre decidiu contar a história de mulheres que marcaram sua vida, também se entregando à seda artesanal, com direito a renda setentinha feita à mão, ao lado de bordados, drapeados e crochês. Não por menos, Ivanildo Nunes pendurou mandalas em sua moda festa para materializar o cosmo, e fez do tule, de organza e da renda francesa meras coadjuvantes

assim que caíram nas mãos das bordadeiras cearenses que, no feito à mão e no desenho de superfície, fizeram mais que roupa: entregam sentimento e vestiram uma típica princesa da Disney.... recém-saída do Cariri. Na moda masculina, onde as técnicas de outrora não são tão palatáveis, David Lee buscou em sentimentos o norte da coleção, trabalhada em viscose, sarja, algodão, linho e crochê. O stylist urbano foi impecável com crochês mal pendurados e amarrados, e nas sensacionais sobreposições, de mesmo material, com cara de patchwork. A estamparia em algodão de caça-palavras com marca texto, com jeito de mal acabada e ao mesmo tempo delicada, merecem virar coqueluche do street style brasileiro. Porque o dragão alçou voo ecoando que a importância de uma mão de obra e resistência de uma cultura valem mais que um "see now buy now". Fica então a pergunta: do que vale comprar no imediatismo, se o sentimento de cada agulhada não vir junto? *O jornalista viajou a convite do DFB Festival

Bota da meia-estação

Ideal para a meia-estação, a chelsea boot é a aposta da nova coleção da Uncle K. O modelo, que surgiu na Inglaterra e é super prático de calçar pela presença do elástico nas laterais, aparece em versão clássica de couro, nas cores preto e marrom. Perfeito para arrematar o look das mais antenadas com muito estilo, conforto e versatilidade!

Maldivas agora é Fitness

A marca capixaba Maldivas, depois de conquistar o Brasil e o exterior com o beachwear, agora aposta também na linha fitness. Inicialmente serão dez modelos diferentes de calças e tops em várias composições de cores. Além dos tops e das leggings, a linha Maldivas Fitness também inclui shorts e camisetas, completando o look para fazer as atividades físicas com muito estilo e modernidade.


6

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Palcos e Atores cacaumonjardimphd@yahoo.com.br L

Cacau Monjardim

N

a próxima semana, entre os dias 23 e 27, os projetos culturais ganham sem dúvida, pela variedade e oportunidade da programação, a grande repercussão cultural e artista do mês. A 5° FLIC tem o patrocínio e a coordenação das três grandes entidades culturais do Estado: Academia Feminina de Letras, O Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo e a Academia de Letras do Espírito Santo. Pontuando no comando do importante evento estão a professora e escritora Ester Abreu Vieira, o magistrado e professor Getúlio Marcos Pereira e o professor e escritor Francisco Aurélio Ribeiro. Toda a programação, incluindo lançamento de livro, conferências, palestras, mesas redondas e homenagens especiais será realizada no Auditório do CCE e Tenda Cultural na UFES, iniciando diariamente às 9 horas. O grande homenageado na 5° FLIC será o escritor e patrono da ALES, Afonso Claudio de Freitas Rosa.

ELEIÇÕES

Mais uma vez, a política malandra e sorrateira que marca o comportamento de lideranças do Congresso tenta apresentar ao eleitorado uma legislação que, sem dúvida, revela mais uma rasteira eleitoral. O tal Fundo Partidário que é estimado em cerca de 3,8 bilhões de Reais que fazia a alegria dos candidatos dos partidos, agora é exclusivamente administrado ao seu bel prazer pelos presidentes das siglas partidárias, devidamente comprometidos com seus candidatos preferidos, assegurando, praticamente, a reeleição de cerca de 80% do atual Congresso. A grande arma do povo é o voto livre e consciente que afastará da nossa vida pública aqueles que tanto estiveram e estão manchando as mais caras tradições de honestidade e comportamento republicando de nosso povo.

BODAS DE OURO

AGÊNCIA BRASIL/ARQUIVO.

Segundo a mídia internacional, uma nave espacial, altamente sofisticada, viajará para Marte, com a finalidade de avaliar e medir o número e os reflexos de terremotos que dizem existir naquele Planeta. Este investimento fantástico poderia ser destinado aos grandes terremotos que estão na Terra, refletindo disputas fraticidas, vaidades escondidas, ameaças a segurança das populações, assaltos, atentados, fome e miséria que são verdadeiros terremotos que colocam em risco a paz mundial. Esta pesquisa poderia começar pelo Rio de Janeiro e Brasília.

BALÕES

Os círculos aeronáuticos do país estão profundamente preocupados, nest a antevéspera de festejos juninos “não excluindo as quadrilhas”, com o assustador crescimento da soltura de balões, que colocam em risco a segurança dos vôos. Segundo as mais recentes estatísticas, cruzam os céus do país,

n o m ê s d e junh o, em média, cerca de mil balões, alguns inclusive de grande porte carregando fogos de longo alcance e até perigosos explosivos. No caso do Espírito Santo a coisa fica um pouco preocupante, pois os baloneiros poderão querer homenagear o nosso novo e moderno aeroporto. Infraero, olho vivo! MARCOS DE FREITAS BARRA/VC REPÓRTER

O voto, sempre, pode mudar a história

Recebi atencioso convite do casal Maria Alacoque e Humberto Carielo, grandes amigos, para as comemorações de suas bodas de ouro. Me permito destacar o carinho de seus filhos Monica, Letícia e Carlos, ao prepararem a soleni-

dade religiosa na antiga Igreja de São Gonçalo, que foi seguida de elegante recepção nos salões do Cerimonial Itamaraty Hall, festivamente decorado e enfeitado pela presença de numeroso círculo de amigos.

DIVULGAÇÃO

Igreja de Santa Rita, na Praia do Canto

TERREMOTO

Igreja Nossa Senhora de Fátima, Bairro de Fátima

RELIGIOSIDADE

O mês de Maio sempre esteve marcado no calendário comercial pelo “Dia das Mães”, com todas as suas manifestações de carinho. Por outro lado, o mês abraça na sua primeira quinzena os festejos comemorativos de Nossa Senhora de Fátima, com expressão no Bairro de Fátima, onde a comunidade promoveu o oitavário e a excelente feira beneficente gerando numerosa e alegre frequência, sob o comando do dedicado pároco Luchi. Nesta segunda quinzena, a comunidade da Praia do Canto comunga o espírito religioso e festivo da Paróquia Santa Rita. Tradicionalmente, ganha expressão a novena ora em curso, a festa de rua, com shows e comidas típicas neste fim de semana, culminando com as Súplicas e a Bênçãos das Rosas no dia 22, Dia de Santa Rita, nos horários de 9, 10h30 e 12 horas, e às 15 horas missa de Santa Rita em favor dos enfermos. Às 18h30 será a procissão, seguida de missa solene.

"O jeitinho brasileiro" é a porta de acesso da corrupção e da impunidade


7

SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Sabor ES

Mirka Garmendia

Porque comer com prazer é ainda melhor!

sabores@eshoje.com.br

Abóbora: até suas sementes são benéficas

Também chamado de moranga e jerimum, o legume pode ser usado no preparo de pratos doces e salgados

DIVULGAÇÃO

No último sábado, na feira orgânica, uma senhora se aproximou e pediu ao feirante que cortasse uma abóbora. Ela ficou com metade e eu não resisti, comprei a outra parte. Aproveitei e adquiri todos os outros ingredientes necessários para preparar uma deliciosa sopa do legume com gorgonzola. Garanto, essa receita é dos Deuses! A abóbora é um dos mais versáteis legumes que, com frequência, temos à mesa. É saborosa na forma natural e mais ainda quando caramelada. Camarão na moranga, por exemplo, é uma delícia e, poucos sabem, é maravilhosa como nhoque. No Brasil, além do seu nome clássico, pode ser chamada de moranga e, no Nordeste, de jerimum, que, com jabá, é um dos pratos muito apreciados pelos nordestinos. Este prato nada mais é do que abóbora com charque (carne seca). Nos Estados Unidos é muito popular a festa do Halloween, que acontece na véspera do Dia de Todos os Santos, em que abóboras são esvaziadas de suas sementes e ganham olhos, nariz e dentes. Uma vela no seu interior imprime um aspecto fantasmagórico ao artefato, principalmente à noite. Lá, atribui-se aos imigrantes irlandeses o hábito de enterrar uma abóbora junto a sua sepultura, para dar-lhes energia na sua vida após a morte. As abóboras são ricas em ferro, potássio e em vitaminas A, C e E, que são antioxidantes. É também uma rica fonte de betacaroteno, possui alto teor de fibras, contém poucas calorias e as suas sementes se encontram no centro oco sendo uma grande fonte de proteína, ferro, vitaminas do complexo B, vitamina E e fibras. As sementes de abóbora contêm um excelente vermífugo contra os parasitas do aparelho digestivo, como lombrigas e tênias, estas conhecidas como “solitárias”. As sementes devem ser lavadas e postas para secar, após, assadas por 1 hora a 120ºC, vira um aperitivo delicioso. Devido a sua casca dura, as abóboras são ideais para o armazenamento, durando cerca de um mês em local seco e fresco. Depois de aberta, pode-se guardar na geladeira por, no máximo, sete dias.

Saborosa, sopa de abóbora com gorgonzola é uma excelente pedida especialmente nos dias mais frios

SOPA DE ABÓBORA COM GORGONZOLA

Ingredientes

w 300 de abóbora japonesa picada sem

casca w 240 ml de leite integral w 1 Litro de água w 1 colher de chá de sal w 1 colher de sopa de azeite w 1 cebola média bem picadinha w 2 dentes de alhos amassados cebola picada w 80 de bacon em cubos bem pequenos w 30 ml de vinho branco

w 1 pitada de noz moscada ralada na ho-

ra w 2 folhas de louro w 30 g de queijo gorgonzola picado w 2 colheres de chá de mel w S e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

w C em fogo baixo uma panela, o

azeite e a cebola e doure

w C a abóbora e refogue bem w A

o vinho e deixe o álcool

evaporar, vai acrescentando água

w A o sal

w A ao refogado a noz mosca-

da e a folha de louro, tampe e cozinhe por mais 15 min ou até que fique macia w N momento use o mel para adoçar mais, se achar necessário w R a folha de louro e passe a sopa no mixer ou no liquidificador com parte do leite aquecido. Observe a quantidade de leite para a receita não ficar aguada

w E uma frigideira frite o bacon em fo-

go baixo, até ficar dourado

w R w N

gordura do bacon frite o alho em fogo baixo até ficar dourado e coloque na sopa já cremosa w M metade do gorgonzola na sopa e a metade bacon e deixe ferver até incorporar w C no prato fundo ou uma cumbuca e decore com gorgonzola, bacon e um raminho de salsinha


CLASSIFICADOS COMPRAR • VENDER • ALUGAR • TROCAR • DIVULGAR SEXTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR j ESHOJE@ESHOJE.COM.BR j ANUNCIE: (27) 3395-1800 COMUNICADO A empresa 3ME COMPONENTES PROFIC I O N A I S LT D A - M E (C N PJ : 14.827.286/0001-98), torna público que OBTEVE da Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMAN - de Vitoria, a LICENÇA AMBIENTAL, para a atividade de COMERCIO VAREJISTA DE BICICLETAS E TRICICLOS, PEÇAS E ACESSÓRIOS, ref. ao processo nº 5305768/2017 situada na Rua Capitão Domingos Correa da Rocha, nº 80, Loja 08, Santa Lucia no município de Vitoria/ES. COMUNICADO “ARTECA VITÓRIA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA”, torna público que OBTEVE da SEMDESU, através do Proc. Nº 54106/2017, a Licença LMR, para a atividade de “PÁTIO DE ESTOCAGEM...”, COD.18.07 (N), na localidade de Rod. Darly Santos,2455, galpão E, Polo industrial, Vale Encantado, município de Vila Velha – ES.

COMUNICADO ANAPAULAFIOROTBRAVIM,tornapúblicoque requereudaSEMDESU,atravésdoProcesson 27894/2018, a Licença LMAR, para atividade de Pousada, código 18.13, na localidade de PontadaFruta, município de Vila Velha-ES. COMUNICADO BAR E REST. DOS CUMPRADES LTDA ME, torna público que requereu a SEMDESU, através do processo n°28825/18, LMAR, para a atividade “Boates, bares, (...)”, Cod 18.18, na localidade de R. Itacibá, 33, P. de Itaparica, Vila Velha-ES. COMUNICADO A CALMONTEC CALDEIRARIA E MONTAGEM LTDA, torna publico que recebeu da SEMDEC-, através do processo nº 22151/2016, a LAR nº 024/18, para atividade de Fabricação de estrutura metálica, sem tratamento térmico, galvanoplastia ou fundição, na Rua Dois, nº 195, Serra do Anil, Cariacica, ES.

COMUNICADO A AUTO MECÂNICA SANTA CATARINA LTDA ME torna público que requereu da SEMDESU, através do processo n° 06870/2016, a LMO para a atividade de Reparação ou Manutenção de Maquinas, Aparelhos e Equipamentos Mecânicos, incluindo Oficina Mecânica, (COD 5.08), na localidade, Av. Carlos Lindemberg, n° 6291 – Glória, Vila Velha/ES.

COMUNICADO CASAGRANDE PARTICIPAÇÕES E EMPREE N D I M E N T O S LT DA , C N PJ : 22.948.671/0001-11, torna público que OBTEVE da SEMDESU – Secretária Mun. de Des. Sustentável do município de Vila Velha/ES a Licença Municipal de Instalação – LMI No 003/2018, através do Processo No 19730/2018, para a Atividade De Terraplanagem (Corte e Aterro) na Rua Guaraná, S/ N – Cobilandia – Vila Velha/ ES.

COMUNICADO B A B Y M O T E L LT D A M E , C N PJ 31.804.016/0001-30, torna público que REQUEREU da SEMMA, através do Processo nº 74248/12, a LMAR, para atividade de Empreendimentos de hospedagem (pousadas, casas de repouso, centro de reabilitação, hotéis e motéis) instalados em área urbana, na localidade de Rod. ES 010, km3, Jardim Limoeiro, Mun. da Serra-ES.

COMUNICADO CASAGRANDE PARTICIPAÇÕES E EMPREE N D I M E N T O S LT DA , C N PJ : 22.948.671/0001-11, torna público que OBTEVE da SEMDESU – Secretária Mun. de Des. SUSTENTÁVEL do município de VILA VELHA/ ES a Licença Municipal Prévia – LMP No 003/2018, através do Processo No 19730/2018, para a Atividade De Terraplanagem (Corte e Aterro) na Rua Guaraná, S/ N – Cobilandia – Vila Velha/ ES.

ART PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ Nº. 11.092.300/0001-64 NIRE Nº. 32300030980 Ata da Assembléia Geral Extraordinária realizada em 16/04/2018 LOCAL E HORA: Na sede social, localizada na Av. Eudes Scherrer de Souza, 2001, Conjunto Empresarial Murundu, Galpão 02, sala 12, Bairro Laranjeiras, CEP 29.162-173, Serra /ES, às 10:00 horas. PRESENÇA: Acionistas representando a totalidade do capital social. DELIBERAÇÃO TOMADA: Foi aprovado por unanimidade, a alteração da diretoria, sendo destituída do cargo de diretora administrativa financeira a Sra. Therezinha de Vargas Roncetti, em substituição, foi indica e eleita, tomando posse nesta data, a Sra. Barbara Lima Roncetti, adiante qualificada. i) Que em consequência da alteração de membros da diretoria, fica eleita uma nova composição da diretoria para um mandato de mais três anos, cobrindo o triênio compreendido de 2018 à 2021, a terminar em 30/04/2021, ficando assim constituída a diretoria da companhia: Diretor Presidente – Agostinho Roncetti; Diretora Administrativa – Barbara Lima Roncetti. ii) Foi declarado empossados os eleitos e os diretores neste ato declaram que não estão incursos em quaisquer crimes previstos em Lei, que os impeçam de exercer as atividades mercantis; iii) Deliberou-se ainda, que os diretores nada receberão de remuneração durante seu mandato, até ulterior deliberação dos acionistas. A ata foi arquivada na Junta Comercial do ES, sob protocolo de nº. 18/779.912-1 de data de 23/04/2018 e registro nº. 20187799121 em 24/04/2018.

Pra que gastar tanto com publicidade legal?

COMUNICADO EUROTEXTIL COM. E IMPORT. LTDA, torna público que requereu a SEMDESU, através do processo n°25106/16, requereu LMO, para a atividade “Pátio de estocagem, armazém ou depósito para cargas gerais, em galpão fechado (...)”, Cod 22.08, na localidade de Rod. Darly Santos, 2223, Jardim Asteca, Vila Velha-ES. COMUNICADO MDF CENTER COM. E ACESS. EIRELI-ME, torna público que requereu a SEMDESU, através do processo n°28849/18, LMAR, para a atividade “Pátio de estocagem, armazém ou depósito para cargas gerais, em galpão fechado (...)”, Cod 22.08, na localidade de Av. Carlos Lindemberg, 4960, Planalto, Vila Velha-ES.

COMUNICADO A MERCADÃO DOS TAMBORES LTDA EPP, torna público que obteve junto ao IEM A , através do processo no 48274755, Licença Ambiental Única nº 033/2018 (LAU), para coleta e transporte rodoviário de resíduos perigosos, exceto material radioativo e transporte interestadual, no município de Cariacica-ES. COMUNICADO MOURA TRANSPORTES, torna público que requereu e obteve do IEMA, por meio do processo nº 013.652, a LAU nº 022-D/2018 para Coleta e Transporte Rodoviário de Resíduos Perigosos, exceto material radioativo e transporte interestadual, para atuar exclusivamente nas rodovias do Espírito Santo, estando sediada na localidade de Av. das Margaridas 58 – Santo André, Mun. de Cariacica-ES.

COMUNICADO “IDEAL ENGENHARIA LTDA”, torna público que requereu da SEMMAR através do processo N° 19484/2017, a LICENÇA AMBIENTAL ÚNICA, para atividade de TERRAPLANAGEM, nas áreas R5 E R6, Campo Verde, no município de Viana-ES. ” COMUNICADO MZ RESTAURANTE – ME , torna público que obteve da SEMDESU, através do processo 36866/2017, Licença LMAR nº 268/2017 para atividade restaurante, cod. 12.28 (i), na localidade de Rua José Ramos de Oliveira nº 189, Vila Velha ES. COMUNICADO NOBRE INDUSTRIA E COMÉRCIO LTDA-ME, torna público que requereu da SEMDESU, através do processo N°20732/2018, Licença Municipal Simplificada para atividade de Fabricação de Sorvetes, Tortas Geladas e Afins, Código 12.26 (I), na localidade de Rua Iconha, 524, Riviera da Barra, Município de Vila Velha – ES. COMUNICADO PARMA COMERCIAL LTDA torna público que obteve da SEMDEC/SUB-MA, Cariacica, ES através do processo nº 34865/2015 a LAR n° 26/2018 para Supermercadista na Av. Leopoldina, nº 18 – Campo Grande, Cariacica - ES. COMUNICADO PEDRO ADEMIR TONETO 48030619715, torna público que REQUEREU da SEMDESU, através do Proc. N° 25745/2018, Licença Municipal Ambiental de Regularização (LMAR), para a atividade de Açougues e/ou peixarias com corte e manipulação COD. 15.14 (N), na localidade de Praça Assis Chateaubriand, SN, Box 7, bairro Ibes, município de Vila Velha - ES. CEP: 29.108-630

CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO BEMGE EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAODINÁRIA Pelo presente edital, ficam os senhores (as) condôminos (as) do Condomínio do Edifício BEMGE, CNPJ-30.778.880/0001-92, localizado a Avenida Governador Bley, 186, Centro de Vitória-ES. CEP-29010-150. “CONVOCADOS”, para a Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 24 de maio de 2018, (quinta-feira), às 16h00, em primeira convocação com 2/3 dos condôminos e às 17h00min, em segunda convocação com qualquer numero de condôminos presentes, na sala 509, deste edifício, a fim de apreciarem e deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: 01-. Majorar as taxas condominiais em 20 (vinte) por cento. Obedecendo demais critérios históricos e convencionais. 02-. A majoração poderá ser aplicada em duas fases, 1ª (primeira) a partir de 1º (primeiro) de junho de 2018, a 2ª (segunda) a qualquer época a critério do Sindico sem a necessidade de nova convocação. Este Edital estará sendo publicado no Jornal ESHOJE no dia 18/05/2018 Ficam os senhores (as) condôminos notificados que o não comparecimento à assembleia em apreço implicará na anuência das deliberações dos presentes, as quais se tornarão obrigatórias a todos. Vitória, 17 de maio de 2018. Condomínio do Edifício Bemge Josias Luppi Batista Sindico.

COMUNICADO POSTO ESTRELA DO SUL LTDA EPP, inscrito no CNPJ Nº 19.651.123/0001-10 torna público que REQUEREU da SEMMA, através do Proc. Nº 13.741/2014 a Licença Municipal Ambiental de Operação, para a atividade de Posto Revendedor Varejista de Combustível, na localidade da Rua São Pedro nº 658, Jardim Limoeiro, Serra/ES. COMUNICADO RC TEXLOG LTDA, torna público que requereu a SEMDESU, através do processo n° 29075/18, LMAR, para a atividade “Pátio de estocagem, armazém ou depósito para cargas gerais, em galpão fechado (...)”, Cod 22.08, na localidade de Rod. Darly Santos, 4680, Darly Santos, Vila Velha-ES. COMUNICADO A empresa VETORIAL - DEFENSIVOS AGRICOLAS E DOMISSANITARIOS LTDA EPP, torna público que requereu da SEMDESU, através do processo n° 30254/2018, Licença LMS (LMAR), para atividade de Armazenamento de produtos domissanitários e/ou de fumigação e/ou de expurgo COD 22.10(N), na localidade de rua Viol e t a, nº292, Jardim Co l o rad o, CEP:29.104-650, Mun. De Vila Velha- ES. COMUNICADO VI NOVA COM. ATAD. LTDA, torna público que requereu a SEMDESU, através do processo n°28842/18, LMAR, para a atividade “Armazenamento e/ou depósito de produtos químicos e/ou perigosos, (...)”, Cod 22.03, na localidade de Av. Carlos Lindemberg, 4996, Planalto, Vila Velha-ES. COMUNICADO AROMÁTICA FARM. DE MANIP. LTDA ME, torna público que requereu a SEMDESU, através do processo n°28837/18, LMAR, para a atividade “Farmácia de Manipulação, Cod 23.06, na localidade de Av Jerônimo Monteiro, 1266, Centro, Vila Velha-ES. COMUNICADO A empresa ULIHORT HORTIGRANJEIROS LTDA torna público que obteve da SEMMAR Viana, através do processo N° 5002/2016, a Licença Ambiental de Regularização para atividade de Terraplanagem, na localidade de Cotia, Área Rural de Viana. COMUNICADO A empresa ULIHORT HORTIGRANJEIROS LTDA torna público que obteve da SEMMAR Viana, através do processo N° 9381/2017, a Licença Ambiental de Regularização para atividade de Terraplanagem, na localidade de Cotia, Área Rural de Viana.

Balanços, Atas, Editais e Comunicados no menor custo do mercado? Solicite seu orçamento. E-mail:  bianca@eshoje.com.br ou ligue para (27) 3395-1800

Jornal ESHOJE_697  

Em 20% dos casos no ES, o meio virtual é utilizado para induzir os menores ao ato sexual

Jornal ESHOJE_697  

Em 20% dos casos no ES, o meio virtual é utilizado para induzir os menores ao ato sexual

Advertisement