Page 1

www.eshoje.com.br

DIVULGAÇÃO

Vitória, 11 de maio de 2018 J Ano XVII J Nº 696 J Edição Gratuita Semanal

SABOR ES

Brócolis para o coraçãoj

ESHJ2

ESHOJE

DIVULGAÇÃO

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

COLUNA

Lixões do primeiro mundoj6

ESHOJE2

Exceções da regra na passarelaj3

44 vítimas por dia no trânsito capixaba Sobreviventes que carregam sequelas da imprudência contam histórias de superação; 407 não tiveram a mesma oportunidadej3

Nylton: "meu trabalho visa fortalecer as instituições" Novo secretário de Segurança completa um mês à frente da pastaj5

JANA AGUIAR/DIVULGAÇÃO

VIAJANDO POR AÍ

QUAL MÃE NÃO CURTIRIA?

j4

NOITE DE PANCADA GARANTIDA NO HCC 16

Evento de MMA acontece pela primeira vez em Cariacicaj7

Moda para as rainhas de todos os gostos Com menos de um tanque de combustível é possível passar o Dia das Mães nas regiões turísticas do Estado; matéria traz dicas de lugares

De roupas a sapatos, coluna traz opções para as mãesjESHJ2


2

Opinião

SEXTA-FEirA, 11 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br

fOTO DA SEmAnA

ESPAÇO DO LEITOR laís fidalgo

Correios

Tatiana Klippel

Pararam com tudo. Suspenderam atividades, deram adeus à família, despediram-se do padre, do dono do bar e se deslocaram para curitiba sem previsão de retorno. como me disse certa feita conhecido frei, militante do mST, referindo-se às agruras dos acampamentos: “Faz parte da luta”. o grupo está minguando com o passar dos dias e, principalmente, das noites. As imagens fornecidas pelo drone da Polícia Federal que periodicamente sobrevoa a área permitiram constatar que o grupo inicial era de umas 500 pessoas, sendo gradualmente reduzido às atuais 70 (segundo matéria do Estadão de 7 de maio). Entendido que o acampamento quer significar algo, resta saber o motivo pelo qual tem recebido tanto destaque dos meios de comunicação. Não sendo exposto como conduta errada, avessa à ordem pública, acaba entendido como expressão de algum sentimento nacional. Não sei o que é mais ridículo, se o acampamento, os gritos ao vento, o ato delitivo de carimbar cédulas de dinheiro, ou o silêncio da mídia sobre a imaturidade e incivilidade de tais condutas e fato de que a encenação mediante a habitual massa de manobra sequer consegue ficar parecida com mobilização popular.

Pra frente?

Percival Puggina

os correios, há 20 anos atrás era orgulho dos funcionários pela sua credibilidade. de 2002 para cá virou uma das piores do país. o governo desviou 5 bilhões da Empresa e a corrupção se instalou. Foi lá que começou o mensalão. Agora o seu presidente é investigado por ter gastado 80 mil reais em passagens aéreas. hoje quem postar uma carta, não tem certeza se chegará. Carlos Carvalho Loureiro

Vaga

É muita cara de pau. A filha de Eduardo cunha vai tentar uma vaga na câmara dos deputados! Laurice Carlos Após chuvas intensas, ruas de Alfredo Chaves amanheceram alagadas na última terça-feira (8)

EDITORIAL

Vacina II

Lamentar com profundo pesar o brutal assassinato de uma vereadora no Rio de Janeiro, há cerca de dois meses, é absolutamente compreensível. Repudiar de todas as formas o injustificável homicídio de uma mãe, em Vila Velha, atingida na cabeça por um vergalhão lançado por um morador de rua, é um dever humanitário.

A opinião dos colunistas não reflete o posicionamento do veículo

A vacina tem que ser para toda a população e não só para alguns. Simone Graunk

A indústria legislativa

Exigir a apuração rigorosa da morte, num incêndio em Linhares, de duas crianças indefesas, é exigência de toda a nossa sociedade. A isso se somam necessidades vitais como o repúdio a toda forma de violência, seja a doméstica, seja a praticada contra crianças e adolescentes, seja a pedofilia, o estupro, enfim, toda forma de atendado contra a vida e a dignidade humana. Mas a criminalidade que faz do Brasil um dos países mais violentos não pode ser tratada da ótica demagógica, populista da produção legislativa. De repente o que assombra é ver alguns notáveis representantes do Estado bradando aos quatro ventos contra o vitimismo. É claro que esses gritos sempre vêm dos abastados contra os abestados, dos que recebem remuneração bem acima da esmagadora maioria do povo, mais auxílio-moradia e outros penduricalhos. Ninguém escolhe ser morador de rua. Ninguém, em sã consciência, escolhe se transformar em desempregado porque é mais vantajoso. É muito simples, oportuno e oportunista o discurso de que a sociedade não pode pagar a conta da violência. Não deveria, de fato, se o Estado não fosse tão ineficiente, incompetente e omisso. Então vamos endurecer as leis, aumentar as penas e mandar para a cadeia os bandidos que ajudam a vender jornais, enquanto os genocidas concumprem prisão domiciliar em suas coberturas.

Vacina

O Brasil precisa parar de legislar pautado pelo clamor popular. Todo crime que ocupa as manchetes dos veículos de comunicação social acabam sendo transformados em crime hediondo. Não vamos transformar vítimas em vítimas, porque já o são. Não vamos, tampouco, defender a tese de que a “culpa” é da sociedade porque está também é vítima. Mas vamos, sim, sempre, repudiar a demagogia e o populismo penal que, em vez de atacar com determinação os graves problemas sociais do País, preferem agir apenas em cima de fatos de maior repercussão e que provocam a comoção. Governos – Executivo, Legislativo e Judiciário – existem para dar respostas aos anseios sociais. A miséria sempre existiu e vai continuar existindo. É a eterna luta de classes. Mas se continuarmos legislando para o Jornal Nacional e não para a sociedade, os esforços serão inúteis. Criminalidade se combate com inteligência. O Brasil precisa enfrentar dois gravíssimos problemas: o tráfico de drogas e o tráfico de armas. Enquanto isso não acontecer, haverá uma dúzia de Marieles todos os dias. Nada que uma leizinha mequetrefe não resolva. A maioria da população, com segurança de menos. A minoria, com seguranças (substantivo, no plural, mesmo) demais.

Boa Leitura!

tiragem: 5.000 exemplares circulação: Grande Vitória e digital periodicidade: Semanal

diretor geral carlos roberto coutinho carlos@eshoje.com.br

rua Paschoal delmaestro, 260 Ed. Vila da Praia, Sl. 5 e 6 - jardim camburi - Vitória - Espírito Santo cep. 29.090-460 Tel. 27 3395-1800/Fax. 3395-1801 www.eshoje.jor.br redacao@eshoje.com.br

diretora administrativa bianca coutinho bianca@eshoje.com.br

Tem que vacinar todo mundo. Por mais que se tenha cuidado, se não tiver a vacina para 100% da população irá ocorrer o contágio.

Não vejo progressão nenhuma no Estado do Espírito Santo nesses últimos anos... percepção é de políticos baratas tontas que adoooram mídia, somente!!! Regiany França

Apoio

Eu sei que os acampados sob a lona preta em curitiba, dedicados à produtiva tarefa de berrar bom dia, boa tarde e boa noite para Lula, não estão ali de gozação. Alguém menos afeito a essas coisas pode pensar que sejam galhofeiros a caçoar do ex-presidente. Não, não, parece gozação, mas não é. Sua presença e as saudações gritadas aos ventos são para valer. com o intuito de expressar seu apoio a Lula, entraram em uma espécie de greve (greve de apoio só pode ser invenção tupiniquim).

Militares no poder

Tomara! chega dessa bandidagem na política! democracia no brasil nunca existiu! Sempre foi uma cleptocracia (governo de ladrões) Marco Mendes

Militares no poder II

já tá em tempo... que venha ordEm E ProGrESSo. Ana Paula

Regularização

A receita para não reclamar das longas e demoradas filas que foram feitas para regularizar o título de eleitor é muito simples: se antecipar. mania que o povo brasileiro tem de deixar tudo pra última hora! Marina Souza

twitter: @eshoje / facebook: eshoje / instagram: /eshoje

projeto gráfico renon Pena de Sá e Patrícia Araújo www.renondesign.com fotografias Arquivo redacao@eshoje.com.br

diagramação diretora de redação/editora danieleh coutinho - mTb/ES 2694-jP jeferson Louis - mTb/ES 3605/ES danihcoutinho@eshoje.com.br

redação Andreia Foeger bárbara caldeiras carolina boueri Gustavo Gouvêa márcia Almeida Pedro cunha Thaís rossi


Cidades

SEXTA-FEirA, 11 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br

3

Maio Amarelo: eles venceram... mas poderiam não estar aqui

Trânsito no ES faz 44 vítimas fatais ou parciais a cada dia; maioria dos acidentes é em vias municipais

E

ra o mês de junho do ano de 2003. Seis amigos saíam de casa, no bairro Cariacica Sede, para surfar em Jacaraípe, em uma caminhonete Fiat 147. Eles passavam pela Rodovia do Contorno, quando o carro perdeu a direção e colidiu contra o meio fio do acostamento. Três dos amigos, que viajavam na carroceria da caminhonete, foram catapultados para uma ribanceira. Um deles morreu, um sobreviveu sem sequelas. O outro era Carlos Kiill. “Quando fui me perceber estava deitado de bruços no mato, naquele calor das 8 horas. Vi a situação do meu amigo do meu lado, bem ruim. Tentei levantar e não consegui. Já comecei a pirar sabendo que o negócio não estava bonito pro meu lado... Apaguei”, relata Kiill, que teve uma lesão grave na coluna e ficou paraplégico após o acidente. “Quando voltei para casa, vi que a situação era pior do que eu imaginava. Tinha horário pra tudo, pra beber água, ir pro banheiro, necessidades fisiológicas. Minha mãe me dava banho na cama. Era constrangedor. Vivia em depressão”, lembra ele. “Tentei me suicidar três vezes”. Felizmente Kiill ressignificou sua vida através do esporte que tanto ama, o surf. Mas o caminho poderia ter sido outro. Hoje ele admite: “fomos imprudentes”. “Foi uma série de questões. O carro em que estávamos era muito pequeno para quantidade de pessoas. Foi totalmente imprudente. O carro era muito antigo, fora de balanceamento. Junta a displicência do amigo que estava dirigindo e a falha mecânica do carro por ser muito velho”, reconhece o surfista. E agradece: “Sou sortudo, pois poderia não estar aqui trocando

leonardo torres

essa ideia. Mesmo na cadeira de rodas tive uma segunda chance. Muitos não têm essa chance”.

NÚMEROS

44

Acidentes No ano de 2016, que reúne as últimas estatísticas consolidadas do Departamento de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) relativas às vias capixabas, 407 pessoas não tiveram a mesma sorte de Kiill, e vieram a óbito no local do acidente. Naquele ano foram computados um total de 43.102 acidentes, média de 118 por dia. Destes, 16.031 (37%) foram acidentes com vítimas parciais ou totais, média de 44 a cada dia.

Mesmo na cadeira de rodas, tive uma segunda chance. Muitos não têm cARlos Kiill, surfista

Vítimas parciais ou totais por dia

407 Mortes no trânsito do es

118

acidentes nas vias do es por dia Ricardo cardoso e carlos Kiill sobreviveram a acidentes no trânsito capixaba, mas carregam sequelas

Velocidade é a principal causa ”

Apesar da maioria dos acidentes com vítimas acontecerem nas vias municipais (58%), a maioria das vítimas fatais morrem em acidentes nas rodovias federais. As BRs que cortam o Estado concentraram 186 mortes, 46% do total, seguidos das rodovias estaduais, onde aconteceram 129 mortes (32%). As outras 92 mortes aconteceram nas vias municipais. “Temos um dado nacional que conta mais de 800 óbitos de acidentes de trânsito no Estado, isso porque o levantamento é feito 30 dias após a entrada da vítima no hospital. Nossos dados, são 407 mortes no local do acidente. Isso vem caindo nos últimos anos, mas nossa média é muito grande para nosso Estado e população”, avalia Édina Poleto, diretora técnica do Detran-ES.

no ano de 2012, mais precisamente no dia 26 de agosto, Ricardo Cardoso voltava de uma festa em Nova Almeida, onde havia bebido, com sua moto, em alta velocidade, por rodovia estadual. Em uma curva, ele acabou perdendo o controle da moto, invadiu a contramão e bateu em um carro. Era às 20 horas de um domingo chuvoso e o acidente lhe custou a perna esquerda. “Foi difícil demais. Num dia você tem duas pernas e no outro dia vai e acorda com uma perna só. Depois do acidente ficava deprimido. Mas a galera sempre dava um jeito de passar em casa, me pegar e levar pra praia. O surf sempre foi muito importante na minha vida e me ajudou a superar a dor do acidente”, relata Ricardo Carneiro, que tem 28 anos. Colisão e excesso de velocidade,

como aconteceu com Ricardo, são os principais motivos de acidentes com vítimas nas vias do Espírito Santo. As estatísticas do Detran mostram que 9.008 acidentes com vítimas (56% do total) foram colisões. Além disso, 61,4% das quase 850 mil infrações no Espírito Santo, acontecem por excesso de velocidade.

Famílias também 'morrem' quando perdem seus entes, têm depressão

édinA poleto, detran-es

O tipo de vítima fatal que mais ocorreu foi o motociclista com 35% do total. A maioria dos motociclistas que vieram a óbito, pa-

deceram em rodovias estaduais (60 mortes, ou 41% do total). “Nosso propósito é mostrar à sociedade que o número de acidentes é muito alto e precisamos reduzir. Famílias também ‘morrem’ quando perdem familiares, entram em depressão. Precisamos mudar nosso comportamento no trânsito. Por isso investimos em ações educativas no Maio Amarelo”, afirma Édina Poleto. “Aprendi a ter mais respeito, a gostar mais da vida, dar mais valor às pessoas, à família. Tinha bebido no dia do acidente. Quero passar otimismo, pois tive uma outra chance”, deu o recado Ricardo Cardoso, que junto a Carlos Kiill estrelou o filme Paixão & Superação, em 2016. A obra mostra como a paixão de ambos pelo surf os ajudou a superar as dores das sequelas deixadas pelos acidentes.


4

Cidades

SEXTA-FEiRA, 11 DE MAiO DE 2018 j www.EShOjE.COM.bR

Dia das Mães bem capixaba

Com um tanque de gasolina é possível fazer passeios bate e volta nas regiões turísticas do Estado acervo pessoal

BárBArA CAldeirAS caldeiras.barbara@gmail.com

confira lugares para visitar no estado:

P

ara o comércio, a época do dia das mães é período de comemoração. Afinal, a data, comemorada no domingo (13) gera o segundo maior volume de vendas no ano, perdendo apenas para o Natal. Segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Espírito Santo (Fecomércio-ES) a expectativa é de que em 2018 haja um crescimento de 4% nas vendas em relação ao ano passado. São muitas as opções de presentes, mas existem outras formas de agradar as mães. E uma delas é proporcionar um passeio pelas belas regiões do Espírito Santo, como fará a artista Elis Marques. “Ela gosta muito de subir para aquela região de Domingos Martins. Ela adora almoçar e depois dar uma volta em Pedra Azul. A mamãe merece, ela é muito boa, faz tudo pra gente”, relata. Para ajudar a tornar essa come-

divulgação

rua do lazer, em Santa Teresa w Pedra

elis e a mãe Sheila irão a domingos Martins comemorar a data moração única, o ESHOJE, listou alguns lugares especiais no Espírito Santo para visitar e aproveitar junto com as mães. Para o preço da gasolina não ser

desculpa, listamos locais é preciso de um tanque de gasolina ou menos para conhecer. Outras opções podem ser conferidas em www.eshoje.com.br.

Azul: O Parque Estadual da Pedra Azul é repleto de trilhas, cachoeiras e piscinas naturais, além de oferecer visitas acompanhadas com guias que devem ser agendadas com antecedência. A proximidade do centro de Domingos Martins (cerca de 50km), permite levar sua mãe a um almoço no centro da cidade e apreciar a famosa culinária de influencia alemã e italiana. Distância: 98 Km de Vitória.

Nós somos o trânsito

• Em 2017 ocorreram 6 mil acidentes de trânsito em Vitória; • 67% são colisões, 31% com vítimas; • 74% das vítimas são homens; • A maioria dos acidentes acontece às 8h e às 18h, em avenidas de fluxo intenso.

Faça sua parte para um trânsito seguro e humano Mais informações www.vitoria.es.gov.br

w Santa

Teresa: Considerada uma das mais charmosas ruas das montanhas capixabas, a rua do lazer tem grande variedade gastronômica diurna e noturna, além de inúmeros imóveis tombados, marcas da imigração italiana. Além dos locais próximos à rua do lazer, é possível conhecer outros pontos como a praça Augusto Ruschi, o museu Melo Leitão, além de casas de doces e vinícolas. Distância: 80 km da capital w Matilde: A região no distrito de Alfredo Chaves faz parte de uma área tranquila e rural de matas, belas cachoeiras e da hospitalidade que integra o circuito d o C aminho das Águas. Em Matilde é possível visitar o mirante da cachoeira onde se avista o vale Santa Maria Madalena, a prainha, a reserva natural Oiutrem e o túnel. A região possui ótimos restaurantes e pousadas. Distância: 89km de Vitória.


Geral

SEXTA-FEirA, 11 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br gustavo gouvêa

Bastidores da Política Lado a lado

O vereador de Vitória, Fabricio Gandini, e o ex-prefeito Luiz Paulo, ambos do PPS, caminham juntos pela capital capixaba, maior reduto eleitoral de ambos – sobretudo o bairro Jardim Camburi, onde reside Gandini. Os dois são candidatos do prefeito Luciano Rezende, que tem muito interesse em ter o PPS com bancadas fortes na Assembleia Legislativa e Câmara Federal. Coronel Nylton Rodrigues ficou um ano e três meses no comando geral da Polícia Militar do Estado

Sai a farda, entra o paletó

depois de 30 anos servindo como militar, Nylton rodrigues fala de seu primeiro mês à frente da Segurança Pública do ES GustAvo GouvêA gustavo@eshoje.com.br

N

o dia 06 de maio de 2018, o coronel Nylton Rodrigues completou seu primeiro mês como secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo (Sesp), sucedendo André Garcia, que se desligou do cargo para concorrer às eleições de outubro de 2018. Acostumado a usar farda na maior parte dos seus 30 anos de carreira militar – durante três anos foi secretário de Segurança da Serra – ele afirma que não tem dificuldade com o terno e gravata e se mostra ambientado na Sesp. Agora, ele afima, seu objetivo é “fortalecer” as quatro instituições que são os braços da Segurança Pública capixaba: Polícia Civil, Detran, Corpo de Bombeiros Militar e, claro, a Polícia Militar. “Esse é meu grande papel: ser um ajudador das instituições e fazer com que elas consigam avançar nos determinados eixos”, declara. Em entrevista a ESHOJE, o novo Secretário falou sobre os principais pontos que marcaram seu comando na PM, posto que assumiu em meio à maior crise da Segurança capixaba e sobre sua atuação frente à pasta. A entrevista na íntegra pode ser conferida em www.eshoje.com.br. ESHOJE: O cargo de Secretário na Sesp veio coroar sua carreira? Nylton Rodrigues: Vejo isso como uma honra muito grande. Comecei na segurança pública com 17 anos de idade (...) Vislumbrava um dia comandar a Polícia Militar,

mas não ser secretário. Para mim foi algo extremamente gratificante. É uma missão muito honrosa ocupar essa pasta no meu Estado. Qual foi a marca que o senhor deixou na PM neste um ano e três meses à frente da corporação? Ela evoluiu em gestão. Isso foi uma marca do meu comando. Investimos na meritocracia para as progressões de carreira. Iniciei no meu comando licitação internacional para compra de pistolas; fizemos renovação da nossa frota. Resgatamos o Hospital da PM (HPM), ampliando o atendimento.Iniciamos a construção do Pronto Socorro da PM. Conseguimos abrir todos os concursos possíveis para a PM. Conseguimos o maior investimento na história da PM: do ano passado já com os investimentos garantidos para este ano: mais de R$ 200 milhões, só na PM. Investimos em inteligência policial. O senhor acha que conseguiu unir novamente a PM depois da crise? A divisão acabou? Sem dúvida. Nós não podemos abandonar uma sociedade e nem cometer crimes previstos no código penal militar para fazer uma reivindicação. Isso está claro. Acho que isso está muito pacificado na instituição. Qual foi o número total de PMs punidos e como está o andamento dos processos? A Corregedoria da PM possui esses números. Alguns policias foram excluídos e outros ainda respondem a esses processos. A gente verifica bons policiais respondendo a esses processos, o que nos entristece muito.

Tem alguma atribuição como Secretário que o senhor pretende dar maior ênfase? Vou dar ênfase total como ajudador das instituições, para que os processos de fortalecimento das instituições consigam andar de forma célere. Esse é meu grande papel: ser um ajudador das instituições e fazer com que elas consigam avançar nesses eixos. Com relação à Polícia Civil, o que tem de novidade para já? Temos investimento na Polícia Técnico Científica, R$ 35 milhões garantidos para investimentos na nossa perícia criminal. Temos investimentos na reforma das nossas delegacias, construção, para que nossos policias tenham uma melhor condição de trabalho. Concurso na PC tem que ser anual respeitando a capacidade da academia de Polícia Civil. Esse ano já tem concurso? O edital da Polícia Civil deve sair dentro de 60 a 90 dias. O da Polícia Militar e Bombeiros neste mês. Na Polícia Civil são vários cargos, mas no total 177 vagas. Qual é a solução para a diminuição de homicídios, sobretudo na juventude? No primeiro quadrimestre deste ano tivemos o menor número de homicídios na série histórica. Estamos trabalhando nas duas esferas: uma esfera policial e a outra com o projeto Ocupação Social. Estamos focados nos bairros onde temos os maiores indicadores diminuindo a evasão escolar e gerando oportunidades através de esportes e cursos técnicos e profissionalizantes, para que se habilitem em uma profissão.

Nem perto...

Luciano foi o responsável pela migração de Luiz Paulo do PSDB para o PPS. E, embora os dois estejam juntos, o ex-prefeito de Vitória não cortou relações com o governador Paulo Hartung, adversário político de Rezende. Informações dão conta que o governador tem muita simpatia pela eleição do ex-tucano a deputado federal.

...nem longe

Aliás, Paulo Hartung foi quem lançou Luiz Paulo para sua sucessão na prefeitura de Vitória destacando que o economista é uma das mais brilhantes cabeças desse país.

Meu nome é Rose!

Se for candidato o governador Paulo Hartung vai ter, aproximadamente, cinco minutos de propaganda eleitoral de rádio e TV; já Renato Casagrande pouco mais de um minuto, enquanto Rose de Freitas poderá ter que fazer como Enéas – ex-candidato a presidência da República.

Inércia

Até quando a comissão de defesa do consumidor da Ales vai assistir a EDP Espírito Santo desrespeitar os capixabas? Se de um lado tem a inércia das autoridades, do outro a concessionária está abusando do desrespeito. Concorrência é o caminho?

Circulando

O prefeito Max Filho resolveu fazer um governo itinerante, atendendo nos principais bairros de Vila Velha. Quer ser exemplo para os demais prefeitos, se aproximando das comunidades. Fica a dica, também, para o Palácio Anchieta, que não irá somente anunciar e inaugurar obras, mas ter a constância de estar mais em todos os municípios capixabas.

Cada um, um

O deputado federal Sérgio Vidigal, em conversa com a coluna, informou que há grande possibilidade de o Espírito

Santo ter uma bancada bem mesclada na Câmara Federal a partir de 2019. Segundo ele, os dez deputados deverão ser de siglas diferentes.

Lá na frente...

Se o ex-secretário de Segurança, André Garcia, for eleito em 2018, já tem um grupo trabalhando para que ele concorra à prefeitura de Vitória em 2020. Ele foi o titular da Sesp-ES que teve mais tempo a frente da secretaria, passando pelas gestões PH e Casagrande.

Desinteresse

O presidente da Câmara de Vila Velha, Ivan Carlini, é o único, em todo Brasil, que se sustenta no cargo independente do prefeito e da formação da Casa. Tudo leva a crer que assim continuará, uma vez que o comando da CMVV não atrai interesse. Nas cidades vizinhas a disputa é maior.

Há uma chance

A grande chance de Ivan Carlini deixar o posto de presidente da Câmara de Vila Velha é uma licença do prefeito Max Filho, em caso de o atual vice, Jorge Carreta, ser eleito deputado federal. Assim ele assumirá a prefeitura de forma interina.

Audiência

Como Bastidores de ESHOJE já anunciou há grande consenso no PRB nacional para que o deputado estadual Amaro Neto concorra a deputado federal. Isso porque o partido da Igreja Universal tem interesse de ver o parlamentar-apresentador à frente de programa nacional de TV, liderando audiência tal qual Amaro faz no ES.

Caminhos

Em tempo, Amaro Neto continua destacando seu interesse principal de concorrer a senador, enquanto um grupo político capixaba trabalha para tê-lo como vice de Paulo Hartung em campanha de reeleição.

Bandeira branca

O deputado estadual Erick Musso e o prefeito de Aracruz, Jones Cavaglieri, estão acedendo o cachimbo da paz. As lideranças mostram aproximação nas solenidades e projetos na cidade. Esse movimento tem a mão governo estadual.

Quiz

Alguém já sabe responder a pergunta: Paulo Hartung é, ou não, candidato a reeleição? Pergunta frequente em todas as rodas de discussão.

5


6

SEXTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

HUGO BORGES POR CÉSAR HERKENHOFF L cesarherkenhoff@hotmail.com

Saco cheio de políticos Não me lembro de, em qualquer outra época de nosso País, a classe política experimentar período de tamanho descrédito perante a sociedade. Mas o mais grave é que a recíproca é verdadeira. Temos visto uma nação fragmentada, em que governantes e governados, mais do que em lados opostos, decidiram partir para o enfrentamento. Sou de um tempo em que a gente, como jornalista, sentia um certo constrangimento quando não sabia o nome do ministro de determinada pasta. Hoje, tirando os presidentes dos poderes constitucionais e meia dúzia de gatos (expressão perigosa) pingados, a gente só se lembra do nome dos encarcerados e dos usuários de tornozeleira eletrônica. O mais assombroso é que nem a metade dos escândalos de corrupção chegou à superfície. O poder público subtraiu, sem o menor medo de errar, mais de 100 bilhões de dólares do povo

brasileiro, sem o menor constrangimento nos últimos 15 anos. Isso representa cerca de 10% do Produto Interno Bruto. Aposentado que sou e impedido por lei de exercer qualquer atividade laborativa, entre um seriado e outro acompanho muito de perto as redes sociais. Sou o chamado usuário “heavy”, embora cada dia mais impaciente diante de tanta insanidade. Só num país como o Brasil, por exemplo, a imbecilidade da senadora Gleisi Hoffman, consegue ser acolhida. Só aqui por estas bandas a gente vê um bando de alucinados juntando dinheiro para ajudar a pagar advogados de um ex-presidente que subtraiu dos cofres públicos mais de R$ 200 milhões para si e familiares. Só num país como o Brasil é

possível ver um animador de auditório insinuar que pode trocar o “lata velha” e o “caldeirão” pela presidência da República. E ainda, só num país como esse é possível ver um ex-ministro do Supremo Tribunal Federal lançar-se como alternativa presidencial e ser obrigado a recuar porque teria que dar explicações demais durante a campanha eleitoral, sobretudo sobre sua precoce aposentadoria no momento em que se esperava mais dele. Deixou o serviço público por problemas de saúde, mas problemas apenas relativizados, porque não o incapacitaram para o suposto exercício de um mandato presidencial. Exceção feita aos lunáticos do PT, que insistem na candidatura de Lula da Silva (até porque até a

eleição é provável que as todas as principais lideranças do partido já possuam o carimbo de fichas-sujas) e aos fanáticos que compõem o eleitorado de Jair Bolsonaro, nenhuma das candidaturas postas até agora empolga minimamente o eleitorado. Tenho visto muito pouca manifestação de apoio aos candidatos. O público mais cativo parece o de Marina Silva, mas também vai ter que prestar contas durante a campanha eleitoral. E vai enfrentar dificuldades. Fala-se também em Ciro Gomes, mas não é confiável nem à esquerda, nem à direita, nem ao centro e tampouco a ele mesmo. Um falastrão sem proposta, sem coerência e sem projeto. Acho, enfim, que Bolsonaro não chega ao segundo turno.

Marina Silva é uma possiblidade de fato e a outra candidatura de peso, pela importância do partido, pela memória do penúltimo pleito e pela importância do Estado de São Paulo, é o ex-governador Geraldo Alckmin. Mas qualquer que seja o resultado, teremos, em 2019, um(a) presidente sem a menor sustentação popular, num congresso cheio de parlamentares sem foro privilegiado. A Casa de Mãe Joana. Mas o que me apavora é que para cada manifestação de “voto em...”, há 10 manifestações de “candidatos em quem não voto”. Para nossa sorte, os políticos se cansaram de nós, o povo. Para azar deles, nós nos cansamos primeiro dos políticos.

COLUNA FEU ROSA

ARTIGO

Hipocrisia suja

Liberta Brasil!

Dia desses meditava sobre a indignação do denominado "1º Mundo" com os elevados níveis de poluição verificados na China e na África. São denúncias, reportagens investigativas, filmes e até ameaças de boicote econômico.

Relembrar é preciso: o Brasil teve Constituições Republicanas em 1891, 1934, 1937, 1946, Emenda 01/69 e 1988. Digamos, cinco constituições, incluindo o Estado Novo Ditatorial.

Não se passa uma semana sem que vejamos, em qualquer meio de comunicação ocidental, pronunciamentos de autoridades sobre este sério problema. Especialmente interessantes, em tais declarações, são as referências às rígidas legislações ambientais "do lado de cá", em contraste com a negligência ecológica "do lado de lá". Com expressão grave, sisudos senhores de cabelos grisalhos enaltecem as conquistas de seus governos nesta área enquanto criticam e ameaçam chineses e africanos. Chamou-me especial atenção o título de significativa matéria que li há poucos dias: "China decide suspender importação de lixo estrangeiro". Como assim? Que lixo é esse? Curioso, li a notícia. Constatei tratar-se de "resíduos contaminados provenientes da produção industrial". Horrorizado, descobri que a China é a maior importadora de resíduos do mundo. Dias depois, lendo um jornal lá do Reino Unido, um dos maiores defensores do meio-ambiente, li que as restrições chinesas à importação de lixo causarão um "verdadeiro caos" nos sistemas

de reciclagem britânicos. Realizei uma busca em meu banco de dados - para descobrir um jornal português que, sobre o tema, assim disse: "É aqui que vai parar a maior parte do lixo eletrônico dos EUA. Atravessam o Oceano Pacífico e vão parar a território chinês. Computadores, televisores e material informático entram no país de forma ilegal. A conclusão é de um estudo elaborado pela Basel Action Network ... que colocou GPS em 205 peças eletrônicas deitadas ao lixo. Todas elas - sim, todas elas - acabaram por ser exportadas". E os pobres africanos, tão vilipendiados? Recebem "containers" etiquetados como "ajuda humanitária" ou "produtos usados", na verdade lixo eletrônico tóxico. Vi fotografias de um dos "lixões" ocidentais, em Gana - lá estavam os miseráveis de costume, crianças incluídas, vítimas do ecológico "1º Mundo". Dizem que parte do lixo de lá vem para cá também. Que tal, enquanto autoridades brasileiras, apurarmos isso? PEDRO VALLS FEU ROSA Desembargador do TJES

O regime militar reformou a Carta de 1946 com Atos Institucionais que regeram todo o período militar, de 1964 a 1985. E, de 85 a 88, tivemos um hiato de transição civil. Nessa toada, a constituição atual, de 1988, completa 30 anos. E está justamente na hora da Sexta República. O que quer dizer? Fidelidade ao regime democrático com alta dose de responsabilidade. É preciso rediscutir a tradicional tripartição dos poderes, supostamente harmônicos e independentes. O STF, tribunal mais elevado, não pode legislar sobre temas constitucionais como vem ocorrendo. O Ministério Público não é poder, como acabou se transformando. O sistema parlamentar bicameral (Senado e Câmara) deve ser reduzido a uma Assembleia Nacional de no máximo 200 parlamentares. Os escaninhos do Judiciário, abarrotados de processos, devem dar lugar a um intensivo e ágil processo eletrônico acompanhado da oralidade desde os procedimentos até os recursos. E não só: o Código de Processo Penal e Código Penal devem ser revisitados pelo legislador. As penas e as prisões de-

vem ser mais efetivas. Prisão é para ser cumprida inteiramente e cadeia não é motel. Já as penitenciárias agrícolas precisam surgir nos mais longínquos rincões. Só a guerra ao crime será a resposta da sociedade à violência. E como fazê-la? Pelo estrangulamento dos bolsões de crime mediante cerco militar permanente e a polícia em incursões ao seu interior. Decretação de medidas de emergência sobre territórios conflagrados, permitindo ação repressiva incomum e garantias para quem vai aplicar a lei com severa energia. Além da Reforma da Educação Nacional, com ensino voltado para o trabalho, a abertura de frentes de obras públicas para vencer o desemprego e ativar a economia. Logo, a simplificação urgente dos impostos. Enfim, se quisermos salvar o Brasil devemos ter consciência de que é preciso caminhar nas escalas ética, constitucional, legal e moral - para começar. O Brasil pede com urgência uma Sexta República. ANTÔNIO CARLOS PIMENTEL Advogado e ex-Procurador Geral do ES


Esportes

SEXTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR JANA AGUIAR/DIVULGAÇÃO

RUY MONTE DÁ O RECADO! rmonte@eshoje.com.br

Torcedor ou bandido? Depois de três anos fora do octógono, Dudu Bastos, que está invicto, vai fazer a luta principal do evento

HCC 16: Sonho de deslanchar no MMA Evento de lutas vai acontecer pela primeira vez em Cariacica, neste sábado (12); serão seis lutas de MMA GUSTAVO GOUVÊA gustavo@eshoje.com.br

O

  de MMA do Espírito Santo está de volta e acontece pela primeira vez na cidade de Cariacica. O Haidar Capixaba Combat (HCC) chega à 16ª edição neste sábado (12), com seis lutas de MMA de tirar o fôlego e uma super luta de jiu-jitsu, que valerá cinturão. O evento vai contar ainda com seis lutas de kickboxing e outras duas de muay thai. Na principal luta da noite o capixaba Dudu Bastos, de 34 anos, vai enfrentar o mineiro João Paulo “Jampah”, pelos pesos pena. Dudu estreou no MMA no ano de 2010, com uma vitória por nocaute técnico e desde então se mantém invicto. São oito vitórias, sendo três por nacaute, duas por finalização e outras três por decisão dos juízes. Sua última luta

aconteceu no ano de 2015, no Face to Face 12, quando venceu Paulo “Zé Doido” Machado, por decisão dividida. Três anos depois, a intenção é manter a invencibilidade e alçar voos maiores.

O público pode esperar um Dudu Bastos mais abençoado. Quero voos mais longos DUDU BASTOS, lutador

“O público pode esperar um retorno diferente. Vão ver um Dudu Bastos muito mais abençoado. Sou ranqueado a nível nacional e internacional, com oito lutas invicto e os planos são para que essa nona luta possa abrir voos internacionais. Quero levar o nome da minha equipe e do Espírito

Santo a voos mais longos, mostrar que MMA no Estado já é futuro”, afirma Dudu. Pelos pesos leves, Rene Novaes avisa que vai chegar pra dar show. Ele enfrentaria Thiago “Nojento” Resende, que lesionou o joelho treinando para a luta. O adversário de Novais agora é Renato Amorim, atleta da American Top Team, que tem sete lutas no MMA, com seis vitórias (três por nacaute, duas por finalização e uma por decisão) e apenas uma derrota, sofrida em sua última luta. Novaes, que tem três vitórias e três derrotas em seis lutas de MMA, está confiante. “A preparação para a luta está a mil. Tive um camp perfeito. Meu adversário mudou em cima da hora, mas a estratégia é a mesma. Vou dar show na luta. Meu objetivo é vencer bem este e outros eventos e conseguir fazer uma luta internacional”, avisou Rene.

Contra o pupilo do ex-mestre   médios, Rodrigo Marinho vai enfrentar Caio Fernandes, que faz a sua estreia em eventos oficiais de MMA. Marinho tem uma vitória e uma derrota em duas lutas, e vem de vitória sobre no HCC 15, por nocaute técnico. “Já venho treinando há seis meses. Há três meses ganhei minha luta do HCC em um minuto. Fui bem. E agora vou lutar contra um aluno de meu antigo mestre. Vai ser uma grande luta”, disse.

Também pelos pesos pena, Lucas Pereira enfrenta Tarcízio “Pedra” Ribeiro. Lucas tem cinco lutas no MMA, sendo duas vitórias por decisão dos juízes e três derrotas. “Estou num expectativa muito grande na minha luta pois posso estar alçando voos maiores. Foi uma porta aberta e vou abraçar essa oportunidade”, afirmou. O HCC ainda contará com os combates entre Higo da Silva e Edmar Bermudes pelo peso meio

médio; e entre Deivid Santos e Igor Barcelos, pela mesma categoria. Na luta pelo cinturão de jiu-jitsu, Everton Bongestab vai encarar Maurício Pracias.

SERVIÇO Haidar Capixaba Combat (HCC 16) w D:

12 de maio (sábado) 16 horas w L: Matrix Hall, Cariacica w H:

É preciso tomar sérias providências contra esse tipo de indivíduos que se dizem torcedores, mas que acabam extrapolando em agressões verbais e físicas, como protestos por estarem insatisfeitos com o clube, a exemplo do que ocorreu recentemente com a delegação do Flamengo, no aeroporto, quando viajou para o Ceará. Na semana que passou um grupo desses baderneiros, invadiram o treino do Vasco, o que achei um absurdo, para fazerem o tal protesto. Aqui no Estado não é sempre, mas de vez em quando, a gente vê certas atitudes de alguns que se misturam no meio do torcedor para botar para fora o sentimento de violência, com agressões físicas e verbais. Numa ocasião em que estes fatos estavam rotineiros no nosso futebol, extrapolando nas atitudes violentas, com agressões entre esses indivíduos, travestidos de torcedores, com a camisa de organizadas, pedi o fim desse tipo de organização. Cheguei a ser ameaçado, porque opinei sobre o assunto e pedi o fim dessas organizadas. Ac h o q u e o t o r c e d o r , quando vai ao estádio com

E o Rio Branco?

a camisa do seu clube, não precisa se organizar em grupos para promover pancadarias e todo tipo de vandalismo. Ele tem que torcer, fazer festa e também vaiar, protestar insatisfeito com o seu clube, mas sem violência. O exemplo péssimo está em todo o Brasil. E o pior de tudo é que, em todos esses maus feitos provocados pelos pseudos torcedores, quem paga a conta é o clube. Isso aconteceu com as grandes equipes do futebol brasileiro. Recentemente, Vasco e Flamengo jogaram sem apoio de seus torcedores, com estádios vazios. Eu pergunto: É justo? Lógico que não! Tem que ser pensado em alguma coisa que se traduza em punição séria, para esses falsos torcedores. alguma coisa tem que ser pensada, isso em todo o Brasil.

Não sou nenhum guru, mas quando vi Armando Zanata aceitando o convite para dar apoio ao Rio Branco, já sabia que as coisas para ao alvinegro íriam mudar. De um time desacreditado passou a ser um dos favoritos ao título da segunda divisão. Agora, é só alegria para ao lado alvinegro. Me digam: se o Zanata hoje não é o rei do futebol capixaba? O clube que tem o apoio de Armando Zanata só tende a chegar na frente, e ser campeão. É só ver o que aconteceu com o Rio Branco em 2015, Desportiva em 2016 e Serra em 2018.

7


conteúdo exclusivo

e de qualidade

sucesso

só pode ser sinônimo de

em somente uma semana, no nosso instagram:

10 mil novos acessos ao perfil quase 60 mil impressões

e recorde no ESHOJE Notícias 44 mil visualizações dos stories

TODO MUNDO VÊ. TODO MUNDO LÊ. TODO MUNDO GOSTA.

Números referentes ao período de 16 de abril de 2018 a 22 de abril de 2018.

siga @eshoje


www.eshoje.com.br

Vitória, 11 de maio de 2018 J Ano XVII J Nº 696 J Edição Gratuita Semanal

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

Como diria Caetano, gente é para brilhar

FotoS HENRIquE FoNSECA

DFB Festival, maior semana de moda autoral da América começa reafirmando o verso de Caetano Veloso LUCAS REZENDE Direto de Fortaleza (CE)

P

ara nós, que vivemos assombrados pela onda fascista e conservadora que se alastra pelo país, com a cólera do machismo, homofobia, transfobia e da opressão adoentando cada esquina; o que o DFB Festival maior semana de moda autoral da América Latina - começou a mostrar na última quarta-feira no Ceará é um sopro de progresso e manifestação por dias melhores. Quando o estilista cearense Lindebergue Fernandes enfileirou modelos com plástico filme na cabeça, aludindo às cirurgias de transformação de sexo ainda tão marginalizadas no país de Oswaldo Cruz, estava exercendo a moda em sua melhor vertente: a de evidenciar o sinal dos tempos. Quando fez os homens vestirem peças de látex - rígidas, tal qual a resistência das minorias - com vaginas estampadas, usou a passarela como registro social. Se trocou as modelos magérrimas por travestis, transexuais, baixas e gordas, fez antropologia. Enquanto o povo aplaudia, mais daquela gente morria Brasil afora. A Saldanha, que foi buscar inspiração no kitesurfe praticado em Cumbuco (CE) sem esquecer da simplicidade dos pescadores da região, saiu da caixa. Seu homem, desprendido de gêneros, usou cropped de neoprene com capuz e a mulher de sua nova coleção passa a ir às ruas de macacão de algodão oversized com caimento nos seios e amarração cobrindo a vagina. Afinal, liberdade não é libertinagem e cada corpo tem seu código de ética. A prova é que Wagner Kalieno, direto do Rio Grande do Norte, continuou puxando o bonde com saias de recortes na altura da virilha, vestidos de renda com abertura total nos

WAGNER KALIENO

SALDANHA

SALDANHA 2 LINDEBERGUE FERNANDES seios, ora com renda trabalhada, ora sem nada, e peças de um ombro só, com transparências no peito. A assimetria, as fendas e as modelagens de outrora viraram meros detalhes perto de uma mulher que pode, quer, vai e faz - mais reafirmada e empoderada que nunca no Brasil que precisou criar a Lei Maria da Penha. Não à toa a Flee vestiu uma mulher praiana de fases, que vai em busca do amor próprio e do aperfeiçoamento, na coleção "Autodevota" - com modelagens esportivas, P&B, bolsos

utilitários, trecê e bordados de Camélia feito à mão. Ainda faltam 36 desfiles, que seguem até o próximo sábado no Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza. Por hora, o DFB Festival segue ladrilhando uma estrada sem volta: é preciso manifestar e transformar. Nem que seja com corte, linha e costura. Como Caetano Veloso já cantava: gente é pra brilhar. Em dias melhores, com mais respeito e liberdade. E como bem entender. *O jornalista viajou a convite do DFB Festival

WAGNER KALIENO

LINDEBERGUE FERNANDES 2


2

Cultura

SEXTA-FEirA, 11 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br Priscila Prade

CIRCUITO CULT Márcia alMeida L cultura@eshoje.com.br

Museu Vale celebra 20 anos com mostra Espaço cultural vai receber a exposição “Penumbra”, de Angelo Venosa. Ousadas angulações, sólidos retorcidos e infinitas combinações que transitam do orgânico ao espetacular compõem este trabalho do artista. divulgação

alessandra Maestrini e Mirna rubim estrelam a montagem, que aborda a inclusão e o preconceito

Música e reflexão no palco em Vitória miguel Falabella assina o texto e a direção da peça “o Som e a Sílaba”, que será apresentada na próxima semana

R

ealizar qualquer tipo de cultura menos superficial em um país cujo sistema de educação anda oco há tanto tempo é para os fortes. A afirmação é da atriz Alessandra Maestrini, que ao lado de Mirna Rubim, estrela a peça “O Som e a Sílaba”, entre os dias 18 e 20 de maio, no Teatro Universitário, em Vitória. Com texto e direção de Miguel Falabella, a montagem, que integra a programação do Circuito Cultural Unimed, destaca a relação entre uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música e sua professora de canto. A música vai unir as duas personagens - Sarah Leighton (vivida por Maestrini), que vive deslocada na casa do irmão e precisa encontrar um sentido para a vida e Leonor Delise (papel de Mirna Rubim), uma mulher cheia de problemas e pouco aberta a novas relações. A resistência inicial, é claro, transforma-se em amizade, a mestra faz a discípula mover montanhas e também aproveita para recuperar os afetos perdidos. “Abordamos a questão da inclusão e do preconceito. Profundamente. Mas de maneira, por incrível que pareça, divertida, charmosa. É claro que há momentos dramáticos. Mas o sabor da peça é absolutamente, preponderante-

mente de bom humor, boa música e suspiros da alma em êxtase”, diz Maestrini. “O Som e a Sílaba” foi escrita

abordamos a questão da inclusão e do preconceito. Mas de maneira divertida

alessandra Maestrini, atriz

especialmente para as protagonistas. Aliás, esta não é a primeira vez que Falabella cria um personagem para Alessandra Maestrini. “É a segunda vez que este gênio que tanto admiramos, que tanto nos inspira e este amigo que tanto amo me apronta uma bênção dessas! A primeira vez que ele escreveu algo para mim, mal nos conhecíamos. Foi a Bozena “Lá de Pato Branco”, de Toma Lá Dá Cá, que todos conhecem”, celebra. Ela entrega que, ao chegar para um ensaio com Mirna Rubim, o autor a ouviu cantar e ficou absolutamente inconformado de que o público só a conhecesse “fazendo palhaçada na TV”. Alessandra Maestrini garante que a recepção do público é de encantamento absoluto. “As pessoas voltam 10 vezes para assistir e, sempre, trazendo uma turma cada vez maior junto consigo. São gargalhadas altas, gostosas e longas durante o

espetáculo, intercaladas com suspiros e fungadinhas emocionadas e aplausos calorosos”. Para ela, o público sabe o que é bom. Se não consome mais música boa, é porque esta não lhe é oferecida com o mesmo empenho pelo mercado. “Ouvimos muito na saída “eu era apaixonado por ópera e não sabia, de gente de todas as idades e classes sociais”, declara. Versatilidade Além de rodar todo o país com a peça, Alessandra Maestrini também vem mostrando outra faceta “Show dos Famosos”, exibido aos domingos, no Domingão do Faustão. “Este quadro é para corajosos”, diz, antes de relatar a rotina de preparação para as apresentações ao vivo. “O Show dos Famosos é para corajosos. Diz-se uma semana mas, em realidade, temos nove horas para levantar o número, três de canto (voz e música), três de gesto (corpo e expressão) e três de coreografia”, entrega. Ela, que admite ser movida a desafios, afirma que busca levar para o palco artistas mais distantes do que costuma realizar ao longo de sua carreira, que seu compromisso consigo é o de se divertir e se superar e com o público é o de surpreender. “Recebo um carinho imenso do público, que envia sugestões para que eu incorpore este ou aquele ídolo”.

Novos horizontes de investigação e pesquisas estéticas do escultor Angelo Venosa serão exibidos ao público pela primeira vez, a partir do próximo dia 23, no Museu Vale. Na exposição, que comemora os 20 anos da instituição, o artista apresentará esculturas incorporadas às próprias sombras, conferindo um instigante universo poético ao espaço. Seis das esculturas foram criadas especialmente para a mostra. Madeira, alumínio, acrílico, parafina, vidro, aço, ossos são alguns dos materiais que compõem as esculturas de Venosa e a singularidade de seu fazer artístico, desenvolvido a partir de sua experiência vinda de trabalhos artesanais. De natureza expansiva, desenvolveu atalhos históricos e tornou-se um dos maiores expoentes do cenário cultural contemporâneo. Sintonizado com novas tecnologias, passou a

Balada

trabalhar também com impressões em 3D. A curadora Vanda Klabin diz que o artista irá explorar a equivalência entre as áreas cheias e vazias, através da projeção de sombras nas superfícies arquitetônicas da instituição. “Na medida em que esses trabalhos são desenvolvidos, as formas emergem e adquirem uma plasticidade inesperada", explica. “A mostra reitera o compromisso da instituição de promover a arte e a cultura como fenômeno de transformação e de formação dos jovens”, diz Ronaldo Barbosa, diretor do Museu. Após o período de exposição no Museu Vale, a mostra segue para o Memorial Minas Gerais Vale, em Belo Horizonte, como parte do Programa de Itinerância Cultural. O programa prevê a troca de conteúdo artístico e cultural entre os quatro espaços culturais patrocinados pela Vale.

Uma das festas mais badaladas do Brasil chega a Vitória nesta sexta-feira (11). Reconhecida como a marca dos artistas, a Pautora surgiu de uma ideia de um grupo de amigos que buscam compartilhar o pensamento de que a vida deve ser uma experiência plena. Em Vitória, a festa acontece no Wood’s, com apresentações do Dj Luy e de Leandro Lucco, irmão de Luccas Lucco. Com uma mistura de sertanejo com música eletrônica, os djs prometem uma noite incrível, para ninguém ficar parado. Os dois são os djs residentes da Pautora no Brasil. Para fechar a noite, Daniel Caon sobe ao palco com o melhor da música sertaneja. No sábado (12), o som ficará a cargo das duplas Breno & Bernardo e Rony & Ricy.


3

SEXTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Social

Bianca Coutinho bianca@eshoje.com.br

Maio é o mês delas

CLOVES LOUZADA

É inegável a importância das mães para o mundo. É sinônimo de amor incondicional, proteção e de um poder incomensurável. Cada mãe tem sua história de luta e de vida e, pensando nisso, o ESHOJE aceitou entrar como parceiro no projeto “De mãe para mãe”, da jornalista Taís Venancio. Sua mãe tem uma trajetória inspiradora para outras mães? Conte para Taís a história desta guerreira e concorra a um momento super especial! O concurso cultural sorteará, no final deste mês, um dia de beleza para mãe e filha com o cabeleireiro Valério Comarella e a equipe do Espaço Nales, além de uma sessão de fotos com o renomado Nicolas Soares. Na primeira edição de junho, o ESHOJE publicará a história vencedora e fotos deste registro. Participe e eternize esta experiência com sua mãe. EDNA SOUZA

Tais Venancio, Nicolas Soares e Maria José Venancio no clique de “Mãe para Mãe”

A estilista Andrea Bogosian entre as anfitriãs Ticy e Julia Chieppe e Tati Coutinho CAMILLA BAPTISTIN

Poder das pedras

Raíssa Saidler, Flávia Buaiz e Sabrina Kucht no lançamento da primeira papelaria boutique da Capital

Adélia Borges será a curadora da primeira mostra de móveis e objetos feitos com rochas, o Brazilian Stones Original Design, na Vitoria Stone Fair 2018. O evento vai acontecer entre os dias 5 e 8 de junho, em uma iniciativa da Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentas (ABIROCHAS), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos Apex-Brasil, no projeto Brasil Original Stones. WANDERSON LOPES

Novo rosé . Tomás Roquette,

produtor da vinícola portuguesa Quinta do Crasto, desembarca em Vitória nesta segunda-feira (14), para apresentar um novo vinho rosé para os enófilos capixabas durante a 7ª edição do Wine Day.

Maio Amarelo. Jaime de An-

geli, secretário geral do Setpes, alerta para a existência e a execução de planos de mobilidade urbana. Vias bem planejadas e sinalizadas têm menos risco de acidentes.

Nudes. O artista Caio Cruz ex-

põe "Pinturas Proibidas", nesta sexta (11), na Galeria Arts Molduras, em Maruípe, na capital. Haverá mesa redonda, com o mestre em artes Jorge Magalhães, o advogado Carlos Eduardo Lyrio e o psicólogo psicoterapeuta Gerson Abarca.

Sim sim. Neste sábado, 12,

acontece o enlace de Vinícius Coutinho Horta e Monique Neves de Lemos no Cerimonial da Barra, em Vila Velha. O noivo vestirá terno by Rachel e Flávia Pacheco.

Solidário. O Instituto João XXIII realizará, no dia 16 de junho, a segunda edição da sua feijoada com samba, evento beneficente, no Mokai Clube Ítalo Brasileiro, em Vitória. Foco no cliente. Agenor Rangel

ampliou a demanda da sua empresa de TI para as cidades de São Mateus e Sooretama. O projeto de expansão leva mais de seis mil pontos de internet ultrarrápida para pessoas físicas e jurídicas.

Youtuber. Lorrayne Maia criou

um canal no Youtube, em parceria com Jefferson Leal, para

dar dicas de moda, estilo e comportamento.

Imersão. Iara Quaresma, con-

sultora de imagem e estilo, começou uma nova imersão para ampliar seus conhecimentos em sua área de atuação. Dessa vez ela embarca, quinzenalmente, para a cidade maravilhosa onde passa a cursar Gestão Estratégica em Negócios de Moda, na FGV.

Feliz aniversário. Lorrayni

Coimbra e Nerilda Evangelista (11); Stephany Pim e Rafael Rossi (12); Taty Simões, Walmor Pereira de Miranda e Wellington Nunes Jevaux (13); Jaqueline Sathler, Ana Paula Arruda, Kátia Ventura e Antonio Heron (14); Juliana Pimentel Miranda, Monick Barbosa e Úrsula Ribeiro (15); Lorena Vago, Luana Dalla Bernadina, Ivone Pessanha e Isabela Fernandes (16).

Iêda Pontes entre Selma e Gabi Cunha em homenagem ao Dia das Mães


4

Programe-se

SEXTA-FEirA, 11 dE mAio dE 2018 j www.EShojE.com.br

Bela Gil vai ensinar receitas saudáveis chef de cozinha natural é uma das convidadas do Praia Gourmet, evento gastronômico que acontece em Vila Velha

J

á pensou em aprender a fazer três receitas deliciosas com uma chef estrelada, e o melhor, de graça? Pois isso será possível, já que neste sábado (12), às 18 horas, a apresentadora, escritora, nutricionista e chef de cozinha natural Bela Gil será a convidada do Praia Gourmet, evento gastronômico que está acontecendo no Shopping Praia da Costa. Em sua participação no evento, Bela vai ensinar ao público três receitas, entre elas um delicioso bolo de abacaxi com casca de banana. Conhecida por seu estilo de vida, ela vai compartilhar dicas para reaproveitamento de alimentos. O estilo de vida natural de Bela, inclusive, vem inspirando muita gente. “As pessoas me param nas ruas e me mandam muitas mensagens relatando mudanças alimentares. Aliás, essa inspiração surgiu de forma natural, não foi algo planejado. Mas fico muito feliz com esse retorno”, diz. Enquanto muita gente elogia a vida natural de Bela Gil, há também aquelas pessoas que a criticam, especialmente nas redes sociais. Mas ela tira de letra. “Os haters não me afetam como talvez afetem outras pessoas. Não me incomodo porque acredito que faz parte a ignorância ao desconhecimento. Discutir isso nas redes é perda de tempo”, declara. Mãe de Flor e Nino, Bela Gil garante não proibi-los de comer o que querem. “Mas ensino o conceito de vida natural e explico porque fazemos essa escolha em casa”. Cumprindo agenda profissional pela primeira vez no Estado,

divulgação

Coluna do vinho Carolina Correa L carolina.coribeiro@gmail.com

Dicas de vinhos para celebrar o Dia das Mães Pensando em fazer aquele belo almoço para comemorar a data? Confira quais são as melhores opções de vinhos para cada prato

em sua vinda ao estado, Bela quer degustar a moqueca capixaba Bela afirma estar nos seus planos, enfim, degustar a nossa famosa moqueca capixaba. Confeitaria em foCo Nesta edição, o Praia Gourmet está destacando a confeitaria. Na programação, aulas shows com chefes renomados e até programação para a criançada. Nesta sexta-feira (11), às 20 horas, o comando da cozinha ficará por conta da chef Evelize Fraga, que falará sobre mini tarteletes doces. Já no sábado (12), a chef Andrea Souto vai ministrar

a aula “Mini cake: Red Velvet”, às 17 horas. No domingo (13), último dia do evento e Dia das Mães, a chef Andrea Souto, em companhia da sua mãe Leila Ferreira comandará o workshop “Bolo de chocolate com flores de chantilly”, a partir das 17h. E para finalizar a programação, Carolina Dias e Jamyli Sthel vão destacar sobre “Love Cake e naked split”, às 18h. Os interessados devem se inscrever uma hora antes de cada aula, na Pracinha do Shopping Praia da Costa, no piso L1.

27 e 28 | Junho | 2018 Centro de Convenções de Vitória

Nesse domingo é comemorada uma das datas mais importantes do ano, o Dia das Mães. Sabemos que deveria ser celebrada todos os dias, afinal, devemos diariamente expressar nosso amor e gratidão por essas mulheres tão importantes em nossas vidas. E se você é daqueles que não vai deixar sua mãe ir para o fogão e decidiu preparar um almoço especial regado a bons vinhos, aqui vão algumas dicas para deixar esse momento em família ainda mais gostoso, facilitando a harmonização. Se sua escolha for um prato com frutos do mar, como a nossa deliciosa moqueca capixaba, a dica é que opte um vinho branco com um pouco mais de acidez, aroma, fruta e textura macia para que case bem com o herbáceo do coentro existente no prato. Sugiro um belo Sauvignon Blanc de países como Nova Zelândia e Chile ou um Chenin Blanc da África do Sul. Se a escolha foi um bacalhau, vai depender da forma como ele for feito e os ingredientes usados em sua receita. Se for mais leve, como um “Bacalhau com Natas” ou um “Brandade de Bacalhau”, escolha um branco, como por exemplo um Vinho Verde, de Portugal, especialmente os feitos com a casta Alavarinho. Se seu bacalhau for mais forte, como um “Bacalhau à Gomes de Sá” ou “Bacalhau ao Zé do Pipo”, a di-

ca é um tinto, como um da região do Alentejo, em Portugal. Mas aí vem a pergunta, peixe com vinho tinto? Como diriam os portugueses: bacalhau não é peixe, bacalhau é bacalhau. Se a escolha for aquele churrasco de domingo, com uma carne bovina no ponto certo e com aquela gordurinha saborosa, a dica é um tradicional Malbec, da Argentina ou um Tannat, do Uruguai. Já para um cordeiro assado, a dica é um Bordeaux para harmonizar com essa carne de sabor mais forte. Para porco ou frango, um Pinot Noir, de Borgonha ou um Chardonnay com passagem por barrica de carvalho. Não vamos esquecer da sobremesa! Se tiver alguma com base de chocolate, como um pavê ou mousse, a dica é que harmonizem com um vinho do porto. Se a sobremesa for com base em frutas ou cremes, como pêssego em caldas ou um pudim, a dica é um espumante moscatel, um Ice Wine ou um colheita tardia. Seja qual for o prato e bebida escolhida, esse dia é muito especial e um momento oportuno para demonstração de amor e gratidão que temos por essas mulheres que são muitas vezes mãe, pai e que fazem o possível e impossível para ver nossa felicidade. Mãe, dedico essa coluna a você! Um brinde!

Garanta seu ingresso! VALORES

1 dia: R$ 150,00 | 2 dias: R$ 250,00 Confrarias e grupos corporativos acima de 10 pessoas: desconto de 10%

INSCRIÇÕES pelo site jacredenciei.com.br/e/vitoriaexpovinhos Realização

Evento proibido para menores de 18 anos, mesmo acompanhados.

Organização


5

SEXTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Moda

Lorena Vago

lorena@eshoje.com.br

Dia das Mães: surpreenda e agrade!

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Todos nós concordamos que Dia das Mães deveria ser todos os dias. Mas já que existe uma data específica para homenageá-las, que tal fazer uma escolha certeira? Para ajudar quem ainda está em busca daquele presente perfeito, fiz uma super seleção de presentes para todos os gostos – e bolsos! Aproveite!

Renner Pop Up Store para Empório Life

Egrey na Farfetch

Antix

Riachuelo

Origens

Balangandã

Autoral Glamour, O Boticario

Kit Natura Tododia

Mr Cat Vitória Vicenza para Bargain

Piccadilly

As capixabas agora contam com mais uma marca de moda feminina autoral. A The Store, criada há pouco mais de seis meses pela dupla Karen Bergoli e Thais Medeiros, apresenta uma alternativa de estilo minimalista-chic para a mulher contemporânea. A loja na Joaquim Lírio conta com a segunda coleção, de outono inverno 2018, e as peças são puro desejo fashion, com foco em modelagem inteligente e nos materiais diferenciados.

Nova Track&Field

Chic Make Up

Ane Zorzanelli

Emar Batalha

RALPH para Óticas Paris

Renata França se prepara para inaugurar a segunda franquia da Track&Field na capital capixaba. A nova loja será inaugurada no próximo dia 17, terá posição privilegiada e complementará as opções de serviços da área mais fitness da Praia do Canto.


6

SEXTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Palcos e Atores cacaumonjardimphd@yahoo.com.br L

Cacau Monjardim

E

DIVULGAÇÃO

sta semana tomou posse como Secretário Estadual de Turismo, o empresário Paulo Renato Fonseca Junior, que tem profundas raízes com o turismo, no curso do exercício de múltiplas atividades na área, sendo de destacar a sua atuação como presidente do Convention Bureau e em entidades de prestígio nacional. Pode-se definir a indicação de Paulo Renato como o reencontro de velhas e esquecidas aspirações e projetos que marcaram a difícil condução de prioridades e objetivos que sempre apontaram o turismo como uma grande opção para o processo estadual de desenvolvimento. Desta feita com o apoio oportuno do governador Paulo Hartung, que abraçou com energia e o senso de avaliação e competência de sua administração, o turismo com Paulo Renato criará um sentido de adequada integração entre os órgãos da administração, invadindo com sensibilidade uma ampla revitalização e avaliação das reais oportunidades no âmbito municipal, revitalizando um processo que concede aos municípios com viabilidades turísticas uma nova era de diálogos, objetivos e necessários a conscientização dos processos turísticos a nível comunitário.

Prestígio

DIVULGAÇÃO

A solenidade realizada no salão São Tiago, pela volumosa e diversificada presença de todos os segmentos que integram a cadeia turística estadual, esteve à altura da indicação de Paulo Renato. Com destaque especial é relevante registrar o painel de saudação e apoio representado pela manifestação do próprio Ministro do Turismo e, sequencialmente, os depoimentos das mais destacadas personalidades do trade turístico nacional. Na esteira de tantas presenças, inclusive da própria representação da estrutura administrativa do governo, também ali estavam prestigiando Paulo Renato os presidentes das escolas de samba dos núcleos artísticos de comunidades metropolitanas e emprestando um ritmo alegre e folclórico estava a banda de congo, levando ritmo e alegria a prestigiada solenidade. E embalada por este ritmo, Paulo Renato anunciava a sua primeira reunião de trabalho com todos os secretários municipais de turismo para as 14 horas no mesmo dia no Palácio Sonia Cabral (antiga Assembleia Legislativa). Fico na dúvida se ele teve tempo para o almoço.

Fradinhos

Finalmente a Prefeitura de Vitória divulga as características e os objetivos do velho projeto que pregava a implantação do Parque de Fradinhos, com uma estrutura de lazer, recreação, trilhas, preservação ambiental e um processo educativo e social de valorização da região como uma área de inegável importância em termos ambientais,

Convention

O Convention Bureau tem agora na sua presidência o empresário Claudio Jose de Assis Cardoso, que tem excelentes raízes turísticas e empresarias, dando continuidade as elogiosas atividades que a entidade adotava com Paulo Renato, agora na SETUR. Na presidência do conselho curador da entidade, per-

Feira

esportivos, turísticos e educacionais. O projeto valoriza o berço histórico de Fradinhos, área que sempre esteve marcada por uma ambientação natural, por nascentes de água límpida, pelas hortas e pomares de deliciosas frutas. Preservar, portanto o próprio visual magnífico da área é um novo presente para a cidade.

Segurança manece João Alfonso da Silva, empresário dinâmico e profundo conhecedor das manhas das burocracias que perseguem os desenvolvimentos turísticos. No conjunto do sistema, fica plenamente garantido que o turismo passa a ser um objetivo fundamental ao desenvolvimento socioeconômico do Espírito Santo.

No período de 23 a 27 de maio será realizada a V Feira Literária Capixaba, com patrocínio da Academia Feminina de Letras, Academia Espírito-santense e Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, compondo uma diversificada maratona de cultura, com uma programação com palestras, lançamentos de livros, seminários de debates, conferências de autores convidados. E como uma expressão nova, vale destacar a presença da palestrante Ana Claudia Terrazas, reconhecida como especialista em tradução da linguagem em libras, com o tema Literatura Infantil em Libras. O grande homenageado da Flic/2018 é o escritor, jurista e ex-presidente das academias de letras Afonso Claudio de Freitas Rosa. Registra-se que a Fundação Jônice Tristão patrocina os prêmios do concurso literário sob a vida e a obra de Afonso Claudio. Toda a programação será realizada no auditório do Centro Cultural da UFES, diariamente, a partir das 9 horas.

Não se pode deixar de elogiar a implantação de um sistema de câmeras inteligentes nos pontos de entrada e saída a ilha de Vitória. O moderno equipamento registra a movimentação do trânsito, inclusive anotando o número das placas dos veículos e outros aspectos que possam ser responsáveis pela segurança da população. O sistema está integrado a uma central de mobilização e registro que atua com velocidade na convocação de organismos policiais que, sem dúvida, possam evitar a fuga ou a chegada de marginais à ilha. A situação geográfica da cidade empresta uma excelente viabilidade ao novo processo eletrônico de fiscalização e ordenamento metropolitanos.

DIVULGAÇÃO

Homenagem

Não poderíamos deixar passar ao largo da repercussão da feira literária uma carinhosa homenagem à professora, escritora e acadêmica Esther Abreu Vieira, que tem comandado o evento com energia, competência e elogiável disposição física e literária, derrubando com uma louvável insistência e permanente convicção, todos os desafios que marcam tradicionalmente os eventos culturais. Esther é inegavelmente a brilhante imagem de quem tem feito da cultura e da educação sua própria razão de viver.

Esta é a hora de retirar o Radium Hotel da UTI da "Cidade Saúde"


7

SEXTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Sabor ES

Mirka Garmendia

Porque comer com prazer é ainda melhor!

sabores@eshoje.com.br

Brócolis é gostoso e faz muito bem à saúde

Pesquisas relatam que o consumo diário do alimento evita doenças do coração, úlceras e gastrites. Prático, ele pode ser usado de várias maneiras, como em suflês, sopas e tortas. Receita de hoje é um delicioso arroz cremoso

DIVULGAÇÃO

Como uma boa dona de casa, fui fazer o almoço de domingo. Fui pesquisar o que de interessante tinha na minha geladeira e me deparei com um brócolis lindo e verdinho. Não pensei duas vezes e fui fazer uma receita que é surpreendente, deliciosa e muito prática de preparar: um arroz cremoso de sobrecoxa com brócolis. Eu amo brócolis, é um alimento muito crocante e saboroso, além de combinar com tudo e poder ser consumido de várias maneiras. Eu aprecio cru em saladas, como também cozido, grelhado e também uso como ingrediente de inúmeras receitas, como suflês, sopas, tortas, bolos e refogados. Não pode ser cozido em excesso, pois perde grande parte de seus nutrientes e sua textura também é alterada. O ideal é cozinhá-lo em vapor ou em panela tampada contendo pouca água, por pouco tempo. Assim, manterá todas as suas propriedades benéficas à saúde. Brócolis são muito perecíveis e, portanto, devem ser guardados em sacos plásticos e mantidos sob refrigeração (geladeira) por no máximo uma semana. Pode-se também congelar, por no máximo três meses e depois usá-lo em sopas. Podemos descrever o

brócolis como sendo uma plana herbácea, bienal e perene. Suas folhas possuem limbo lobado na base e bordas onduladas e suas flores são imperfeitas, com formato semelhante à de um sino, todas reunidas em uma inflorescência do tipo capítulo. O tamanho dos botões florais é variável e possuem colorações encontradas do verde-escuro ao verde-arroxeado. Tanto as folhas, as flores e os pedúnculos florais dos brócolis podem ser consumidos e destacam-se como sendo poderosas fontes de nutrientes. Quando colhidos, não deve ser demorado o seu consumo, pois os brócolis têm uma curta vida pós-colheita e várias alterações em seu sabor, aroma e coloração ocorrem. Rico em minerais e vitaminas, bem como fibra alimentar, o brócolis é considerado um super alimento e de pouquíssimas calorias (100 gramas possuem aproximadamente 36 kcal). Além de tudo isto em sua composição, o alimento também é conhecido por possuir propriedades anticancerígenas e por conter fitoquímicos como os compostos isotiocianatos. Pesquisas relatam que o consumo diário de brócolis evita muitas doenças, como do coração, úlceras e gastrites.

Receita de arroz cremoso de sobrecoxa com brócolis sempre surpreende. Seu preparo é super prático

ARROZ CREMOSO DE SOBRECOXA COM BRÓCOLIS

Ingredientes w3

colheres (sopa) de óleo w 4 colheres de azeite w 2 xícaras (chá) de arroz lavado e escorrido w 4 xícaras (chá) de caldo de legumes fervente w 1 colher (sopa) de manteiga w 1 cebola picada w 1 colher (sopa) de farinha de trigo w 1 xícara (chá) de leite fervente w 300 g de sobrecoxa cozida desfiada w 1 copo de requeijão

w1

colher de alho em pó xícara (chá) de azeitona verde picada w S e pimenta dedo-de-moça picada a gosto sem semente w 2 tomates picados sem sementes w 1 colher de sobremesa rasa açafrão w 1 maço de brócolis lavado e picado com as folhas w 2 colheres (sopa) de salsa picada w 2 colheres de cebolinha verde picada w 200 g queijo parmesão ralado w 1/2

Modo de preparo w A

o forno a 220 °C w E uma panela, aqueça duas colheres de óleo, coloque o arroz e refogue. Junte o caldo de legumes e cozinhe em fogo brando até o caldo secar w E outra panela, aqueça a manteiga com colher de óleo e doure a cebola. Ponha a farinha de trigo e mexa até incorporar w A o açafrão para dar uma cor

w A

poucos, adicione o leite fervente e mexa até engrossar, acrescente o requeijão e reserve w A o azeite, refogue a sobrecoxa cozida, acrescente o brócolis, o alho em pó, a pimenta dedo de moça, a azeitona, sal, cebolinha, salsinha e por último o tomate. w M o arroz cozido com o creme e transfira para um refratário e polvilhe o queijo parmesão ralado w L ao forno por aproximadamente 10 minutos ou até gratinar.


CLASSIFICADOS COMPRAR • VENDER • ALUGAR • TROCAR • DIVULGAR SEXTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR j ESHOJE@ESHOJE.COM.BR j ANUNCIE: (27) 3395-1800

1

VENDO

Imóveis, Automóveis, diversos

GRANDE VITÓRIA

TROCO casa, Vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, SEM garagem, SEM escritura. 45 mil – 27-997012376. VENDO / TROCO casa, Vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, SEM garagem, SEM escritura. 45 mil – 27-997012376. VENDO casa, Vila Garrido – escadaria, 03 quartos, sala, cozinha, banheiro, varanda, quintal, SEM garagem, SEM escritura. 17 mil – 27-997012376. VENDO apartamento, quarto, cozinha, banheiro, varanda, sala, área serviço, reformado, Santo Antônio, frente Santuário, com recibo, 99603-7548 vivo VENDO Terreno Darli Santos VV, lado Gaivotas, 12m x 24m, comercial/residencial, rua asfaltada, documento em dia, plano/murado, aceito troca veículo R$85.000,00. 99812-2897 vivo. VENDO Imóvel 520m2, esquina, frente Av. Maruipe, laje, pé direito duplo, afastamento estacionamento 10 veículos, escriturado, área construída 290m2, legalizado, frente 25m. 99812-6199 vivo whatsapp. Vendo casa Alagoano – começo escadaria, sem escritura, sem garagem – 5 cômodos – 75 mil Vendo J.Penha Kitnet, elevador, garagem, 180 mil 99973-1001. Vendo J.Penha 3 qts/Ste, elevador, varanda 460 mil 9-9989-1243. Vendo J.Penha 2 qts Conjunto / Varanda, 250 mil 9-9989-1243 Seja um franqueado. Faça parte da maior rede de chocolates finos do mundo. Passamos o ponto: Av. Presidente Vargas, 137 - Centro Fundão. Tel.: 11 94350-2770 Nayane Vendo Casa – Caratoíra (Vitória) – 1º pavimento (começo escadaria) - 02 quartos, sala, cozinha, banheiro e quintal. Sem escritura e sem garagem. R$75 mil ou R$60 mil + parcelas – 99865-0734 Vendo Apartamento – Jardim da Penha – 70m² , 2° andar, 03 quartos com armários, dept de empregada e garagem – Ed Cataurus COMUNICADO ASSOCIAÇÃO MISSIONÁRIA AGOSTINIANA Torna público que requereu à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vitória a renovação da LICENÇA AMBIENTAL, para atividade de Empreendimento Educacional localizado à Rua Thiers Veloso, 125, Centro,

– Atrás do Sup. Epa – 99527-0404 Vendo Apartamento – Jardim da Penha – 90m² , 03 quartos, Suíte, elevador, varanda e Vaga. Próximo ao Bicho Guloso - Estudo troca em imóvel de menor valor. 99989-1243/30710527 COMUNICADO “AUTO POSTO JUPTER LTDA”, torna público que OBTEVE da SEMDESU, através do processo 32577/2016, a Licença LMAR nº 053/2018, para atividade de Posto Revendedor de Combustíveis, (COD. 24.01) localizado na Rodovia do Sol, S/Nº, Km 15, Itaparica, Município de Vila Velha/ES. COMUNICADO AUTO POSTO PEMEX LTDA inscrito no CNPJ 26.768.494/0001-42 torna público que OBTEVE da SEMDEC/SUB-MA Cariacica, ES através do processo n° 29371/2016 a Licença Ambiental de Regularização nº 23/2018, para a atividade de Posto de Revenda de Combustíveis, com Troca de Óleo na Rod Governador Mário Covas Nº 3040, Padre Mathias, município de Cariacica/ES. COMUNICADO AUTO SERVIÇOS IRMÃOS PIMENTEL LTDA, torna público que OBTEVE à SEMDESU/Vila Velha, ES, através do processo n° 61.177/2014, Licença Municipal Ambiental de Regularização n° 062/2018, para Supermercados e Hipermercado com atividades de corte e limpeza de carnes, pescados e semelhantes (com açougue, peixaria e outros), localizados em área urbana consolidada, (COD 12.25), na localidade da Rua Professora Olga Feres de Cuzzi, nº 30, bairro São Torquato, Vila Velha - ES. COMUNICADO A empresa IVETE GOBO POLETO EPP (SUPERMERCADO POLETO) torna público que requereu da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável (SEMDESU), através do processo nº 47.093/2015, a Licença Municipal Ambiental de Regularização (LMAR), para as atividades de SUPERMERCADO E HIPERMERCADO,... (CÓD. 12.25N), na Rua Três Irmãos, n° 829 –Vila Garrido – Vila Velha /ES. COMUNICADO "ORPM MECÂNICA DIESEL LTDA - ME", torna público que solicitou da SEMMAR-VIANA, através do processo 7274/2018, Licença Municipal Simplificada, para atividade de serviço de manutenção e reparação de veículos automotores, na localidade do bairro Bom Pastor, rodovia BR 262, s/n, Mun. Viana - ES.

Pra que gastar tanto com publicidade legal?

2

ALUGO

Imóveis, Automóveis, diversos

GRANDE VITÓRIA

ALUGO - R$820,00 –Sala 39 m² + 1 vaga de garagem no Centro Empresarial da Serra – Laranjeiras, Cond. R$275,00, (27)9811-5129 Aluga-se casa e quitinete em Jardim America - Cel.: 27-99629-3378 COMUNICADO "ATMA TURISMO EIRELI", torna público que Requereu a SEMA, através do processo n° 11810/2018, Licença LAS, para hotelaria, na localidade de Rua das Acácias, n°66, Comunidade de Lagoa Dourada, no Mun. de Guarapari-ES. COMUNICADO “AUTO POSTO SÃO PEDRO LTDA”, torna público que OBTEVE da SEMDESU, através do processo 04502/2014, a Licença LMAR nº 061/2018, para atividade de Posto Revendedor de Combustíveis, (COD. 24.01) localizado na Av. Carlos Lindemberg, nº 66, Jaburuna, Município de Vila Velha/ES. COMUNICADO BIGFLEX BEM. LTDA ME, torna público que requereu a SEMDESU, através do processo n°61811/15, requereu LMO, para a atividade “Fabricação de artigos de material plástico para usos industriais, comerciais (...)”, Cod 12.01 na localidade de R. Waldir Junger, 285, Alvorada, Vila Velha-ES. COMUNICADO "J. C. RODRIGUES NETO E FILHOS LTDA", torna público que Requereu da SEMDESU, através do processo n° 56849/2014 Licença LMO, para atividade de Posto revendedor de combustíveis (cod. 24.01(N)), na localidade de Rua Ceará, s/n, Lt01/04, Qd01, Praia da Costa, Mun. de Vila Velha-ES. COMUNICADO PEDREGAL COMÉRCIO E INDÚSTRIA STEFA N O N PED R A S LT DA , CN PJ N º 31.768.922/0001-77, torna público que REQUEREU da SEMMA, através do Processo n°. 238.3760/1998, a Licença (LMR), para a atividade de corte e acabamento/aparelhamento de rochas ornamentais e/ou polimento manual ou semiautomático, quando exclusivos, na localidade da rua Manoel Bandeira, bairro São Geraldo, município da Serra – ES.

3

SERVIÇOS

Alimentação, Consórcio, Reparos, etc.

GRANDE VITÓRIA

Cotação online de Seguro Auto, Residencial, Moto, Viagem - Guarapari Corretora de Seguros. Massagista, moreno, Cariacica. Atendimento diferenciado - segunda à sábado até 18:00 - 027-9-97441668 WANDERSON – climatização, instalação e manutenção de ar condicionado – 27-99888-8667 – mig.wanderson@ gmail.com COMUNICADO AUTO POSTO CASTELO LTDA inscrito no CNPJ Nº 29.937.742/0001-20 torna público que OBTEVE da SEMMA, através do Proc. Nº 005250/2018 a Licença Municipal Ambiental de Regularização, para a atividade de revenda de combustíveis, na localidade de Av. Governador Mário Covas, Nº 1804, km 65,5, Boa Vista, São Mateus-ES. COMUNICADO DANIELA MEDEIROS DE SOUZA, CNPJ nº 16.620.172/0001-06, torna público que requereu da SEMMA, a licença LMR, para atividade de Oficina mecânica de motos, com inscrição imobiliária nº 012.1.240.0356.001, na localidade de Nova Carapina II, Município da Serra – ES. COMUNICADO A empresa KILDER AUTO CENTER EIRELI (CNPJ: 29.542.828/0001-53), torna público que REQUEREU da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vila Velha, a LICENÇA AMBIENTAL, para a atividade de SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E REPARAÇÃO MECANICA DE VEICULOS AUTOMOTORES, ref. ao processo nº 19869/2018 situada na Av. Vitoria, nº 956, Riviera da Barra no município de Vila Velha/ES. COMUNICADO A TOMMASI IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA, CNPJ n°. 00.625.692/000163, torna público que OBTEVE da SEMM A , a t r a v é s d o p r o c e s s o n° 60598/2013, a Licença Municipal de Operação (LMO) nº 029/18 , para a atividade de PÁTIO DE ESTOCAGEM, ARMAZÉM OU DEPÓSITO PARA CARGAS GERAIS, na localidade de Rua Arara Azul, n° 165, bairro Novo Horizonte, município da Serra - ES.

4

EMPREGO

Diversos

GRANDE VITÓRIA

Ofereço-me para trabalhar em Consultório, Clinicas ou Escritórios - de 13 às 19 horas. Sou aposentada, nível superior, facilidade em assimilar conhecimentos, aceito sal.mínimo – 30392202/997129889 Ofereço-me para trabalhar como Porteiro ou Aux de Serviços Gerais – Possuo curso de Portaria, e resido em Cariacica – 99949-0604 Ivonete. Ofereço-me para trabalhar como Garçon (Freelancer) para Festas e Eventos. Formação Senac – 99913-4971 – Alessandro. Ofereço-me para trabalhar como Pedreiro, área de construção civil ou Serviços Gerais -Disponibilidade para qualquer local - 99717 2657 Ofereço-me para trabalhar como Porteiro – Possuo Curso de Portaria, Auxiliar de Escritório, Informática BáCOMUNICADO HOTEL SANTORINI LTDA EPP, torna público que requerimento a SEMDESU, através do processo n°27766/2016, LMO, para a atividade “Pousadas,Hotéis, (...)”, Cod 15.13, na localidade de R. Itaoca, 44, Praia de Itaparica, Vila Velha-ES. COMUNICADO MONDELEZ BRASIL LTDA. torna público que obteve da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural de Viana ,através do processo n 006083/2018, Licença Ambiental Municipal Simplificada, sob nº 31/2018 para atividade de Pátio de Estocagem, Armazém ou Depósito exclusivo para grãos e outros produtos alimentícios situada na Rodovia BR 262 – Km 7 – Galpão 04, Vila Bethânia, Município de Viana –ES. COMUNICADO UNIBOX SUPERMERCADOS LTDA, torna público que OBTEVE da SEMDESU/Vila Velha, ES, através do processo n° 16.432/2015, a Licença Municipal Operação – LMO n° 007/2018, para Supermercados e Hipermercado com atividades de corte e limpeza de carnes, pescados e semelhantes (com açougue, peixaria e outros), localizados em área urbana consolidada, (COD 12.25), na localidade da Estrada Jerônimo Monteiro, nº 4076, bairro Vila Batista, Vila Velha - ES.

Balanços, Atas, Editais e Comunicados no menor custo do mercado? Solicite seu orçamento. E-mail:  bianca@eshoje.com.br ou ligue para (27) 3395-1800

Jornal ESHOJE_696  

Depois de 30 anos servindo como militar, Nylton Rodrigues fala de seu primeiro mês à frente da Segurança Pública do ES

Jornal ESHOJE_696  

Depois de 30 anos servindo como militar, Nylton Rodrigues fala de seu primeiro mês à frente da Segurança Pública do ES

Advertisement