Page 1

www.eshoje.com.br

FOTOSITE

Vitória, 27 de abril de 2018 J Ano XVII J Nº 694 J Edição Gratuita Semanal

Aspargo simples e lightj

ESHJ2

ESHOJE

SABOR ES

DIVULGAÇÃO

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

COLUNA

Bandido bom, só inelegívelj6

ESHOJE2

SPFW do discurso afiadoj3

25 desaparecidos foram encontrados mortos no ES

Quantidade de pessoas que desapareceram e foram encontradas sem vida cresceu 36% em um ano, com destaque para as mulheres adultas, cujo número foi três vezes maiorj3 DIVULGAÇÃO

AGREDIDOS E MAL PAGOS

DIVULGAÇÃO/EVOLUAÇÃO

j4

MUNÍCIPE CONTRIBUI PARA TER ENCHENTE

Descarte irregular de lixo pode entupir bueiros e custa R$ 3 mi às prefeiturasj5

Promessa do kart capixaba direto do Sul Além de receberem quase seis vezes menos do que o piso nacional, médicos da saúde pública capixaba são atacados em pleno expediente

Cachoeirense Pedro Sá é destaque do Estadual de Kart neste sábado (28)j7


2

Opinião

SEXTA-FEirA, 27 dE Abril dE 2018 j www.EShojE.com.br

fOTO DA SEmAnA

ESPAÇO DO LEITOR facebook

Multas

mais de 300 motoristas são multados por videomonitoramento em Vila Velha. concordo, sim, com as multas. mas cadê o melhoramento das ruas e avenidas de Vila Velha, que são um lixo, cheias de buracos? Anderson Gomes

Multas 2

Se um ladrão te assaltar em Vila Velha e fugir de carro sem colocar o cinto de segurança, pelo menos ele será multado, pois a finalidade das câmeras não é para coibir os assaltos e sim arrecadar. Leandro Schumack

Pena Incêndio em Linhares: corpos de irmãos de cinco e três anos foram encontrados abraçados

EDITORIAL

As reformas inadiáveis

Flávio Mattos

O Brasil ainda discute se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve continuar preso ou ser solto pelo Supremo Tribunal Federal.Enquanto nossa pátria dorme tão distraída, sem perceber que continua sendo subtraída em tenebrosas transações, a criminalidade alcança patamares nunca imaginados. Inquestionavelmente a responsabilidade maior é do Estado, a quem compete, constitucionalmente, garantir a segurança da população. Mas mesmo num ano eleitoral, a classe política continua muito mais preocupada em garantir o foro privilegiado, diante do iminente fracasso eleitoral, do que em resolver os graves problemas sociais do país. Não somos apenas uma nação com 13 milhões de desempregados. Somos um Brasil onde educação, saúde, segurança pública, transportes e moradia são temas relegados a segundo plano. O que parece importar é se os condenados em segunda instância terão ou não que cumprir pena, mesmo que isso implique na execução sumária, anual, de mais de 100 mil brasileiros, vítimas de homicídios, latrocínios e acidentes de trânsito. Nenhum pré-candidato apresentou, até o momento uma pauta mínima capaz de devolver a dignidade aos brasileiros. Por enquanto, só demagogia e populismo, traduzidos na tentativa de transformar em candidato um corrupto condenado, ou de transformar em herói outro candidato que assume o discurso de que bandido bom é bandido morto. A questão é: isso é extensivo aos amigos e familiares em conflito com a lei. Afinal, qual é o conceito de bandido? Por pior e mais desmoralizado que seja o Supremo Tribunal Federal, é pura demagogia falar em

A opinião dos colunistas não reflete o posicionamento do veículo

Sobre a lei que aumenta a pena para motorista embriagado, o problema é a fiança que eles têm direito. Não adianta nada aumentar a pena e o acusado pode pagar fiança.

redução da maioridade penal, porquanto essa é uma das chamadas cláusulas pétreas da Constituição Federal, que não pode ser alterada por emenda constitucional, senão pela convocação de uma assembleia nacional constituinte. O Brasil precisa pensar, com urgência, em reformas estruturais, e começar pela previdência social, cuja reestruturação exige o enfrentamento de uma série de questões, sendo a última delas o aumento da alíquota de contribuição. É evidente que a previdência social foi alcançada pela crise. Com 13 milhões de desempregados, a queda na arrecadação é inevitável. Com o envelhecimento da população, o número de beneficiários é cada vez maior. Mas basta a proposta partir do governo para a oposição ser contra. Hay gobierno, soy contra... Mas a reforma previdenciária é apenas um dos três grandes problemas que os brasileiros precisam enfrentar com coragem e determinação: uma reforma trabalhista verdadeira e uma reforma política honesta. O passivo continua aumentando. Por isso é fundamental que o Brasil saiba, nas eleições de 2018, escolher um presidente qualificado para comandar a reconstrução nacional. E não adianta ter a maioria dos votos se não tiver legitimidade conferida pelo povo.

Boa Leitura!

tiragem: 5.000 exemplares circulação: Grande Vitória e digital periodicidade: Semanal

diretor geral carlos roberto coutinho carlos@eshoje.com.br

rua Paschoal delmaestro, 260 Ed. Vila da Praia, Sl. 5 e 6 - jardim camburi - Vitória - Espírito Santo cep. 29.090-460 Tel. 27 3395-1800/Fax. 3395-1801 www.eshoje.jor.br redacao@eshoje.com.br

diretora administrativa bianca coutinho bianca@eshoje.com.br

Crime

o comerciante está à mercê de criminosos o tempo todo. A presença da polícia certamente vai coibir os crimes. Angela Ribeiro

Fake news

lamentável a quantidade de pessoas que perdem o tempo, algo tão precioso, para ficar criando notícias falsas. de fato, mente vazia é oficina do diabo. Carlos Heitor

Profissão

A profissão de advogado é mesmo difícil. o advogado do pai e filho que agrediram um empresário em frente ao sindicato dos metalúrgicos em São Paulo que se encontra na UTi, saiu com essa pérola: "eles não queriam agredir o rapaz". já pensou se quisessem? Por isso essa profissão é difícil, já que é obrigado a falar "aquilo que nem ele acredita". Carlos Carvalho Loureiro

Recursos

Abusar de uma criança é monstruoso. Ela sendo sua filha é pior ainda, não tem perdão um ato desses.

lula entrar com recursos em instâncias superiores sobre o caso tríplex é desespero. o que ele quer é foro privilegiado.

Ana Maria Silva

Toni Teo

Crime II

Homenagem

o ex-marido da médica milena Gottardi, apontado como um dos mandantes do assassinato dela, busca responder o processo em liberdade. Que nada, ele é um perigo para a sociedade. Tati Puck

Bullying

o Senado aprovou o projeto que obriga as escolas a desestimularem seus alunos à prática do bullying. meu deus, esse ensinamento deveria vir de casa. Fernanda Lopes

Proteção

Excelente a iniciativa da campanha “Proteja o seu comércio”. infelizmente, a criminalidade cresce a cada dia e

A comenda cedida pelo Governo do Estado ao dom luiz manchilha Vilela é merecida. Ele é um bom pastor das suas ovelhas. Sandra Mara

Comoção

A morte das crianças carbonizadas em linhares comoveu os capixabas. Quanta dor essa família tem sentido. Que deus conforte seus corações. Ana Cristina

Helicoca de novo

certo! isso dá um funk (risos): prende, solta, prende, solta, helioca-ca-ca (risos). daqui a pouco está solto novamente. Renata Lima

twitter: @eshoje / facebook: eshoje / instagram: /eshoje

projeto gráfico renon Pena de Sá e Patrícia Araújo www.renondesign.com fotografias Arquivo redacao@eshoje.com.br

diagramação diretora de redação/editora danieleh coutinho - mTb/ES 2694-jP jeferson louis - mTb/ES 3605/ES danihcoutinho@eshoje.com.br

redação Andreia Foeger carolina boueri Gustavo Gouvêa Pedro ivo cunha Thaís rossi bárbara caldeiras márcia Almeida


Segurança

SEXTA-FEirA, 27 dE Abril dE 2018 j www.EShojE.com.br

3

Cresce número de pessoas encontradas mortas no ES

Apesar da redução no número de desaparecidos, o ano de 2017 fechou com 25 encontrados mortos Gustavo Gouvêa gustavo@eshoje.com.br

R

ecentemente, dois casos de pessoas desaparecidas ganharam os noticiários do Espírito Santo e mexeram com os capixabas, que se solidarizaram com as famílias tanto na esperança de encontrar os entes vivos, quanto na tristeza da constatação das mortes. Foram os casos da menina Thayná Prado, de 12 anos, que teve sua ossada encontrada em Viana após 20 dias e o da médica Jaqueline Colodetti, cujo corpo foi encontrado após 12 dias, no Rio Jucu. Elas fazem parte de uma triste estatística: o de número de pessoas desaparecidas que são encontradas mortas. No ano de 2016 foram 16 óbitos de pessoas desaparecidas, sendo 13 deles de homens adultos, dois de mulheres adultas e um de um adolescente. Já no ano passado foram 25 pessoas encontradas mortas, o que representa um aumento de 36%. Foram seis mulheres (três vezes mais do que em 2016), 17 homens e dois adolescentes. Já no primeiro trimestre de 2018, este número, inclusive, já é superior ao do mesmo período dos anos anteriores, com seis óbitos (quatro homens, uma mulher e um adolescente) um a mais do que no ano passado e dois a mais do que em 2016. De acordo José Lopes, titular da Delegacia de Pessoas Desaparecidas, existem 74 casos de pessoas desaparecidas há algum tempo ainda não resolvidos, mas sendo investigados, a maioria deles relacionados a homens acima de 18 anos de idade. “Nestes casos contamos com todas as possibilidades, desde um apagão, que é suscetível de acontecer com pessoas de mais idade; depressão, que pode levar ao cometimento de suicídio; ter se tornado andarilho, até ter sido morto e enterrado. Enquanto há vida, ainda há esperança. Já localizamos pessoas que estavam há 27 anos desaparecidas. Ano passado localizamos uma menina que tinha desaparecido e a achamos no Rio de Janeiro trabalhando de doméstica. Fugiu de casa, porque tinha engravidado e ficou com vergonha da família”, contou Zé Lopes. Diminuição O número total de pessoas desaparecidas diminuiu 9% do ano de 2016 para 2017, passando de 710 para 647. Os homens adultos, acima de 18 anos, respon-

THAIS ROSSI

dem pela maioria dos desaparecimentos, representando 36% (262) em 2016 e 39,5% (256) em 2017. No primeiro trimestre de 2018, a quantidade deste perfil desaparecida foi de 78 casos, maior do que no mesmo período de 2016 (71) e 2017 (72).

Já localizamos pessoas que ficaram 27 anos desaparecidas. se há vida, há esperança José lopEs, delegado

“Temos um trabalho junto com o Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública) que divulgamos as fotos em todo o Brasil. Homens acima de 18 às vezes constituem família, cismam, não aguentam as responsabilidades e saem de casa. Já encontramos casos no Nordeste”, diz José Lopes. Um outro perfil que chama a atenção é das adolescentes e jovens entre 12 e 17 anos, o segundo grupo em desaparecimentos. No ano de 2016 foram 244; em 2017 foram 184, e em 2018, até março, foram 40. Também neste grupo esteve a maior porcentagem de encontrados em 2016: 98,3%. Mas em 2017, esta porcentagem diminuiu para 84%. Além disso, este grupo contou com uma morte no ano passado, a da menina Thayná. “Na maioria das vezes, as meninas de 12 a 17 costumamos localizar em, no máximo, três dias. Acontece de irem ‘pro rock’, pra casa do ‘grande amor’, algumas não têm responsabilidade com a mãe ou pai. É um problema mais social, na família, do que policial”, afirma o delegado.

NÚMEROS

16 casos

De pessoas desaparecidas encontradas mortas em 2016

25 casos

De pessoas desaparecidas encontradas mortas em 2017

17 homens Com mais de 18 anos de idade encontrados mortos em 2017

médica Jaqueline Colodetti foi a segunda mulher desaparecida encontrada morta no Es, em 2018

redução de casos solucionados apesar da redução no número de pessoas desaparecidas, também diminuiu a porcentagem de pessoas encontradas, de 94,9% em 2016, para 85,4%, em 2017. No primeiro trimestre de 2018, a porcentagem de encontrados está em 75,6%. A tendência dos números é aumentar, à medida que os desaparecidos são encontrados. De 244 adolescentes do sexo feminino desaparecidas em 2016, 240 foram encontradas (98,3%). Naquele ano, este foi o grupo de maior resolutividade nos casos (atrás apenas dos de crianças do sexo masculino e femininas desaparecidos, que não apresentam números expressivos de desapa-

recidos e a resolutividade foi de 100%). Já no ano passado, de 184 pessoas deste grupo desaparecidas, 84% (ou 155) foram encontradas. No primeiro trimestre deste ano, a resolutividade desses casos está em 85%, com 34 encontradas de 40 desaparecidas. Em 2017, o grupo de maior resolutividade (também atrás dos de crianças) foi o de mulheres adultas, com 93,1% de encontradas (82 de 88 desaparecidas), superior ao ano anterior (91,2%). Em 2018, até março, 17 mulheres desapareceram e 11 foram encontradas, além de um óbito. O encontro do corpo da doutora Jaqueline Colodetti, será acrescentado a esta

triste estatística. A filha da costureira Lucinéa Rocha de Brito, 48, está desaparecida desde o dia 17 de agosto de 2004. Pâmela de Brito, que hoje teria 25 anos, foi vista pela última vez saindo da escola Terfina Rocha Ferreira, em Itacibá, Cariacica, onde estudava. A mãe ainda nutre esperanças de encontrar a filha. “Sempre posto no face o cartaz dela, mas não tem nada de novo. Vivo doente, vou à psicóloga e ela faz muita falta. Eu tenho esperanças de encontrá-la. Onde posso colocar cartaz e procurar, procuro”, relata a mãe, que ainda guarda roupas, brinquedos, fotos, joias e até o celular da filha.

Desaparecida há nove meses n a ú lt i m a terça-feira (24) completou nove meses do desaparecimento da adolescente Katiane Renock Zava, 17, que saiu de casa, no Córrego da Rapadura, em Vila Pavão, Região Noroeste do Espírito Santo, para comprar uma chapinha, e desde então não foi mais foi vista. O caso aconteceu no dia 24 de julho de 2017. Segundo a lavradora Luciane Renock, mãe de Katiane, a garota saiu de moto com o pai por volta das 10h30. Eles foram até a rodoviária do município de Vila Pavão. De lá ela seguiu para comprar a chapinha na casa de uma conhecida da família, mas nem mesmo chegou ao local. A última mensa-

gem enviada por ela foi dizendo que estava chegando ao destino. “A última vez que ela foi vista foi na câmera de um supermercado”, conta a mãe. Na imagem, registrada às 10h49, Katiane se aproxima de uma moto, mas não sobe. Luciane afirma que nos últimos tempos não tem recebido novida-

a força é em Deus, pois o desespero é grande. temos esperança de encontrá-la viva

luCianE rEnoCk, lavradora

des da polícia sobre o caso, mas continua divulgando as fotos da filha nas redes sociais. “Temos esperança de encontrá-la viva ainda. Amanhã (terça-feira, 24) faz exatamente nove meses. A força é em Deus, porque o desespero é grande. A vida da gente não tem mais sentido. Filha única. O pai tá muito arrasado. A gente trabalha, mas só com a mente nela”, conta a mãe. Luciane já chegou a se deslocar para municípios como São Gabriel da Palha e Colatina a partir de ligações de pessoas com pistas. “Quando chegamos lá, não é ela. Tá tudo guardado, do jeitinho que ela deixou. Temos esperança”.


4

Cidades

SEXTA-FEirA, 27 dE Abril dE 2018 j www.EShojE.com.br

Salário baixo, violência alta

São 12 médicos agredidos por semana na saúde pública do ES; salários são muito inferiores ao piso Gustavo Gouvêa gustavo@eshoje.com.br

S

e não conseguirem passar na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), os estudantes que sonham em se tornar médicos em terras capixabas vão ter que desembolsar no mínimo R$ 5.696,00 por mês durante seis anos para se formarem no curso de medicina mais em conta no Estado. A triste realidade, entretanto, é que podem ter que se sujeitar a ganhar menos da metade deste valor por mês, caso decidam trabalhar na saúde pública do ES. Isso sem contar que estarão sujeitos a todo o tipo de violência. De acordo com o Sindicato dos Médicos do Espírito Santo (Simes), em média, 12 médicos são agredidos física ou verbalmente por pacientes em postos de saúde e hospitais, a cada semana, em todo o Estado. Na última semana, uma pediatra foi agredida pela mãe de uma criança de seis anos na unidade de saúde de Maria Ortiz, em Vitória, com xingamentos, socos e puxões de cabelo, após dar a informação de que a mãe deveria passar por alguns procedimentos para conseguir os exames necessários à criança. Segundo Otto Baptista, presidente do Simes, além de agressões físicas e xingamentos, como os sofridos pela médica, os profissionais ainda estão sujeitos a ameaças – até de morte – por pacientes armados exigindo atendimento urgente ou atestados;

área ComuniCação/Cremesp

podem ter seus veículos danificados por pacientes em retaliação a um atendimento insatisfatório; podem ser vítimas de gangues do tráfico que invadem unidades para concluir a execução dos rivais e também podem ser vítima de quebra-quebra gerado pela superlotação das unidades.

a guarda patrimonial não garante a integridade física em casos extremos

otto baptista, presidente simes

De três a seis agressões por semana acontecem na Grande Vitória. "O Simes segue cobrando segurança armada nas unidades de saúde da Grande Vitória, não apenas a guarda patrimonial, que, em casos extremos, nada podem fazer para garantir a integridade física dos funcionários e médicos no local de trabalho", afirmou Otto Baptista. “Entendemos a revolta da população quando não consegue o atendimento para a saúde de seus filhos, mas, a agressão contra os profissionais médicos não só impede o atendimento dos seus filhos, como o dos outros pacientes que precisam utilizar o serviço de saúde pública”, acrescentou. sem seGurança A Prefeitura de Vitória (Semus) informou que se utiliza de instru-

sem segurança nas unidades de saúde da Grande vitória, médicos sofrem agressões físicas e verbais

NÚMEROS

R$ 14.134,58 É o piso salarial estipulado pela Fenam para 20 horas semanais

R$ 2.475,77

É o salário base dos médicos para 20 horas semanais, em Cariacica mentos “para identificação de possíveis eventos de violência e assim, adequa os processos de trabalho de forma a proteger as equipes de saúde”. De acordo com o órgão, as 29 unidades contam com vigilância patrimonial 24 horas. Em relação à sugestão do Sin-

dicato, a Semus informou que “será avaliada pela gestão”. A Prefeitura de Cariacica informou que há vigilância patrimonial em quatro unidades que funcionam em horário estendido. O órgão não tem previsão para a contratação de mais vigilantes. Na Serra, as UPAs possuem câmeras de vigilância monitoradas pela Guarda Civil municipal e contam com vigilância armada 24 horas. “As unidades localizadas em pontos mais vulneráveis contam com guardas durante o horário de funcionamento”. Já em Vila Velha, “no caso de eventuais ocorrências de agressões, a Guarda Municipal é acionada, inclusive, se for o caso, a Polícia Militar também”.

salário quase seis vezes inferior ao piso aliado ao problema da falta de segurança, os baixos salários afugentam os médicos do serviço público. O piso salarial para 20 horas semanais trabalhadas recomendado pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam) em todo o território nacional é de R$ 14.134,58.

Nenhum município da Grande Vitória respeita este limite, mas tem lugar na região que o piso é 5,7 vezes menor do que isso. É o caso do município de Cariacica. Lá, o salário base dos médicos é de R$2.475,77 para a carga horária de 20h por semana.

De acordo com o portal da transparência da Prefeitura de Vitória, para a carga horária de 25 horas semanais a menor remuneração é de R$ 3.844,12 bruto, o que, com os descontos, se transforma em R$ 3.262,88 líquido. “Para jornada de 40 horas, a re-

muneração dos servidores médicos varia de R$ 7.435,09 a R$ 9.288,97”, informou a prefeitura da Serra, enquanto em Vila Velha “o salário varia de R$ 5 a R$ 8 mil, com carga horária variando entre 20, 30 e 40 horas semanais”, segundo a prefeitura canela-verde.

“Faltam condições, não faltam médicos” Para o presidente do conselho regional de medicina do Espírito Santo (crm-ES), carlos magno Preti dalapicola, o problema da saúde capixaba não é a falta de médicos, mas sim a falta de condições – inclusive salariais – para o médico trabalhar. “Não faltam médicos, faltam condições para o médico trabalhar, segurança para o profissional realizar seu trabalho dignamente, remuneração condizente com a responsabilidade de sua profissão. Não adianta abrir concurso e vagas de trabalho se não oferecerem condições dignas de trabalho e de remuneração. Essa matemática é simples”, indigna-se o presidente. o Espírito Santo tem 9.645 médicos para atender uma população de quatro milhões de habitantes: proporção de 2,4 profissionais por mil habitantes. os médicos especialistas são 67,9% do total de profissionais, contra 32,1% generalistas. A capital concentra 45,7% dos médicos do ES.


Geral

SEXTA-FEirA, 27 dE Abril dE 2018 j www.EShojE.com.br PMVV

Bastidores da Política Propaganda

A eleição para governador no Espírito Santo, tudo indica, volta a ser polarizada: Paulo Hartung e Renato Casagrande. Buscando alterar a balança a senadora Rose de Freitas. Contudo, o governador que busca a reeleição terá a vantagem do tempo de campanha em rádio e TV, devido ao número de partidos aliados.

Fora do grupo

em Vila Velha, garis limpam boeiros entupidos de lixo; situação dificulta escoamento da água das chuvas

R$ 3 milhões por mês com lixo

É o dinheiro gasto na Grande Vitória para a retirada do lixo descartado de forma irregular, grande causa de enchentes BáRBARA CAlDeIRAS caldeiras.barbara@gmail.com

R

ecentemente, diferentes ruas da Grande Vitória ficaram alagadas em decorrência das fortes chuvas. Proprietários de veículos amargaram prejuízos com perdas de placas e quedas em buracos e vários moradores perderam seus pertences devido ao acúmulo de água dentro das residências. No entanto, parte desse problema poderia ser evitado com o descarte adequado do lixo doméstico. O descarte incorreto gera acúmulo e está entre as principais causas de enchentes, já que entope bueiros, bloqueando o escoamento da água, além de gerar pontos viciados dentro dos bairros. Na Capital, o secretário municipal da Central de Serviços de Vitória, Leonardo Amorim explica que, no período de chuvas, os trabalhos precisam ser intensificados, justamente para desobstruir os pontos onde há acúmulo de material. “Nesse período, além de manter os trabalhos, a gente intensifica as atividade no pós-chuva. Focamos na desobstrução dos pontos de alagamento para que aquela água vá embora o mais rápido possível, trazendo menor consequência para a cidade”,

1,5

mIlhãO POR mêS para retirar lixo irregular em Vitória

afirma o secretário. Levantamento realizado por ESHOJE mostra que, mensalmente, as prefeituras da Grande Vitória gastam quase R$ 3 milhões por mês somente com a retirada do lixo descartado de forma irregular. Em Vitória, o gasto gira em torno de um milhão e meio de reais. Já em Cariacica, com a limpeza de bueiros e rede de drenagem são investidos, em média, R$ 200 mil, e os pontos viciados geram custo de R$ 96 mil. Em Vila Velha são R$ 667 mil. Já na Serra o gasto é de R$ 350 mil, com retirada de 7 mil toneladas mensais de resíduos de pontos viciados. A prefeitura de Viana não informou o montante gasto. Informou que emprega mão-de-obra de socioeducandos neste tipo de serviço, e que a economia chegou a R$ 16 milhões, nos últimos quatro anos. Para tentar resolver essa situação as prefeituras criam

também diversas campanhas de conscientização da população, além de transformar pontos viciado de lixo em canteiros de hortas. Alguns deles são o "Cidade linda é Cidade limpa" em Viana, "Serra limpa é Serra linda" e o "Cidade Limpa" da prefeitura de Vitória. COletA SeletIVA Além de colocar o lixo na rua somente nos dias e horários de coleta, outra medida que pode ajudar para minimizar os impactos causados pelo descarte resíduos é a coleta seletiva. Na Grande Vitória, o serviço não é oferecido diariamente em todas as cidades. No entanto, existem pontos fixos de recolhimento além de atendimento específico em condomínios ou residências que desejarem descartar seus resíduos de forma correta.

Para solicitar serviço de coleta domiciliar: Vitória – 3382-3060 ou 156 Cariacica - 3354-5403 Serra - 9 9951-2321 Viana - 9 9847-0189 / 9 9733 7191 / 3255-1465 Vila Velha - 3149-7290 ou lixoseco@vilavelha.es.gov.br

O deputado federal Marcus Vicente e seu Progressistas, estão cada vez mais fechados com o grupo do ex-governador Renato Casagrande. Já seus aliados políticos, históricos - que tem nomes como Marcelo Coelho e Erick Musso e o prefeito de João Neiva, Doutor Otávio -, já estão ao lado do projeto de reeleição de Paulo Hartung.

Vicente X Da Vitória

Falando em Marcus Vicente, ele e o deputado estadual Josias da Vitória, estão sendo cotados para compor chapa de Casagrande como vice. Vicente, presidente do PP, tem recursos partidários; já Da Vitória tem forte influência em diversas localidades capixabas e na Polícia Militar.

Recall e...

O único político do Espírito Santo, atualmente, que é cortejado por todos os candidatos ao Governo do Estado é Amaro Neto. Já foi procurado por Casagrande, mas disse que sua lealdade é a Paulo Hartung. É repetitivo, mas lá vai: Amaro pode concorrer a senador, vice-governador e até deputado federal.

... possibilidades

1-se concorrer a deputado federal, pesquisas de consumo interno mostram que Amaro Neto leva, pelo menos, mais um; 2-se compuser chapa para o governo, como vice, beneficia a candidatura a reeleição de Ricardo Ferraço no Senado; 3- se concorrer a senador, Ferraço e Magno Malta podem apoiar Renato Casagrande ao Governo do Estado.

Suplência

Caso Amaro Neto fique na disputa ao Senado, seus suplentes ideais, segundo ele mesmo voltou a dizer, seriam o empresário Antônio Geraldo Perovano e o ex-secretário, Zé Carlinhos da Fonseca.

Cotados

Falando em Perovano, seu partido, o Avante, pode não só fazer um suplente de senador, como um deputado federal e

um estadual. Os cotados para as vagas são, respectivamente Jorge Carreta e Carlos Von. O partido vai se reunir neste fim de semana na Câmara de Vitória, para discutir de que lado estará nas eleições de outubro.

Avaliando

Também analisa diversas possibilidades o deputado estadual Sergio Majeski. Ele deixou o PSDB e se filiou ao partido do ex-governador Casagrande com a primeira finalidade de concorrer ao Senado. Mas há possibilidade de disputar a deputado federal, por questão de legenda. E se isso não acontecer dificulta a coligação PPS-PSB fazer dois federais.

Os canelas-verdes 1

Vila Velha, segundo maior colégio eleitoral do Espírito Santo, só perdendo para a Serra, vai ter uma eleição para deputado federal “bico de proa”: concorrerão os votos por lá os dois ex-prefeitos Rodney Miranda e Neucimar Fraga, Reginaldo Almeida, Lauriete e Gilsinho Lopes.

Os canelas-verdes 2

Já para deputado estadual o eleitorado canela verde terá como nomes fortes Euclério Sampaio, Arnaldinho Borgo – tem tudo para ser um dos mais votados -, Doutor Hércules, Ricardo Chiabai, Anadelso e Jorge Carreta. Aliás, Reginaldo Almeida e Jorge Carreta são os candidatos oficiais do prefeito Max Filho.

Peso-pesado

A coligação mais difícil será PSDB-MDB-PRB-PSD, pois tem nomes fortes e para deputado federal Rodney Miranda, Cesar Colnago, Otaciano Neto, Lelo Coimbra e Neucimar Fraga. Note que separamos os ex-prefeitos de Vila Velha, mas a política os mantém por perto.

Impeachment

Existe um grande movimento na Câmara de Cariacica para afastar o prefeito Juninho. Quem articula isso é o vereador Sergio Camilo, que garante ter vasta documentação. Na próxima semana está marcada leitura de requerimento de pedido de impeachment que conta com quatro assinaturas.

Divisão educacional

A greve dos professores de Vitória mostrou que a categoria não está unida. Parte dos professores seguiu o cronograma letivo, incluindo entre as matérias críticas a gestão do prefeito Luciano Rezende.

5


6

SEXTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

HUGO BORGES POR CÉSAR HERKENHOFF L cesarherkenhoff@hotmail.com

Ditadura, nunca mais! Era muito jovem ainda quando o Brasil enfrentou o período mais violento da ditadura militar, implantada com o golpe de 1964. Informação era matéria prima rara, de forma que só a partir dos 17, 18 anos, quando fiz intercâmbio nos Estados Unidos, passei a tomar conhecimento de uma realidade, até então, absolutamente desconhecida para mim e milhões de brasileiros. Não fui preso, não fui torturado, não fui perseguido. Mas vivi momentos de profunda angústia quando um professor da matemática da Escola de Comércio de Cachoeiro de Itapemirim, Alan Monteiro, me chamou num canto do pátio para uma conversa naquele momento tenebroso: - Sei que você era um dos comunistas que estavam pregando panfletos contra a revolução nos postes da cidade. Você não vai ser preso porque é muito jovem. Mas de hoje em diante, quero você longe desses terroristas. Não me lembro se urinei nas calças, mas por longo período a partir daquela data, tive medo de sair de casa. Só voltei à cena nos festivais de música no sul do Espírito Santo e norte do Rio de Ja-

neiro, quando tive a oportunidade de conviver com celebridades da qualidade de Luiz Trevisan, Aristides Pereira, Regina e Ângela Herkenhoff, de saudosa memória, e Hésio Coelho, que também deixou muita saudade. Mas a absoluta realidade é que mesmo a alienação política não me impediu de tomar verdadeiro pavor por ditaduras, sejam elas de esquerda ou de direita – virtude que mantenho até hoje. Vejo com muita inquietação algumas manifestações de comandantes militares sobre o momento político brasileiro. Mas vejo com absoluta estupefação quando esse grito ecoa, cada mais forte, na sociedade civil. E vejo dois segmentos responsáveis por essa instabilidade po-

lítica que se instalou no País: Primeiro, o Partido dos Trabalhadores que, politicamente por envolvimento com as piores formas de corrupção, parece acreditar que um golpe militar será capaz de agregar as forças democráticas em torno de um projeto capitaneado pelo desonesto e desonrado Lula da Silva. Segundo, o Supremo Tribunal Federal que, superando todos os padrões de irresponsabilidade e descompromisso com a nação, usurpou o poder para colocá-lo à disposição de lideranças políticas de atributos éticos e morais bastante questionáveis. O STF é, hoje, um puxadinho do PT, pelos votos de Dias Tófolli e Ricardo Lewandowsky. Mas é também um leal prestador de

serviços a Fernando Henrique Cardoso, pelo voto de Gilmar Mendes. E ainda de Fernando Collor de Mello, por interseção de seu primo Marco Aurélio Mello. Sem esquecer de Celso de Mello, homem de José Sarney no Judiciário. E, por último, Alexandre de Moraes, homem de Michel Temer. Estamos, portanto, fazendo referência a seis ministros que, sistematicamente têm através de seus votos, manifestado gratidão aos ex-presidentes e presidente que os indicaram para o STF: José Sarney, Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso, Lula da Silva, Dilma Rousseff e Michel Temer. Uma colcha de retalhos, das mais diversas matizes ideológi-

cas, mas com alguns sentimentos comuns: são todos contra o fim do foro privilegiado e, igualmente, contra o início da execução da pena após condenação em segunda instância. Por isso é que quase todo dia tem congressista visitando para ver se as instalações carcerárias de Lula são de boa qualidade. Nenhum deles, é claro, se dispôs a visitar escola pública, posto de saúde do SUS ou terminais de ônibus. É a chamada relação custo-benefício. Que venham os militares, o cacete. Lugar de militar é no quartel. E lugar de bandido é na cadeia. Bandido bom é bandido preso. E inelegível.

COLUNA FEU ROSA

ARTIGO

Cargos e homens

Os Livros II

Dia desses lia um jornal lá do distante Irã, do qual sou assinante. Trata-se de um país praticamente "demonizado" no Ocidente, alvo de cotidianas acusações de extremismo político e religioso.

Dr. Norman Vincent Peale afirma “quatro coisas para o sucesso; trabalhar, orar, pensar e acreditar”. Acrescentamos o apego aos livros, pois as crianças de hoje estão enclausuradas, ligadas à tecnologia e separadas do mundo da natureza.

Um jornal iraniano seria, assim, o último lugar para buscarmos alguma notícia positiva sobre o Papa - sim, sobre o líder da Igreja Católica. No entanto, lá estava a matéria - longa, por sinal. Ecoava suas falas e preocupações sobre a humanidade, tão permeada por guerras e injustiças. Destacava sua preocupação para com o sofrimento cruelmente imposto a tantos refugiados pelo mundo afora. Realçava seus pronunciamentos em defesa da preservação do meio-ambiente. O jornal iraniano, quem diria, falava de Jesus - a ser visto, nas palavras do Papa Francisco, na face de cada criança inocente que padece em função das guerras da Síria, do Iraque e do Yemen. Li e reli, bem mais de uma vez, a longa matéria. Demoradamente, sobre ela meditei - e dela retirei várias reflexões. Uma delas, aquela relativa ao tratamento dispensado pela imprensa aos ocupantes de cargos e funções públicas. Vivemos na era do "marketing político", das "assessorias de comunicação" e das "pesquisas de opinião pública" - tudo isso quase sempre custeado com recursos públicos. Se o noticiário é favorável ao homem

público, ponto para sua assessoria - e, se desfavorável, parta-se para a desconstrução da imagem do veículo que o publicou. Em meio a este fenômeno, e talvez por conta dele, agiganta-se a mediocridade do "politicamente correto" e da cultura das "composições a qualquer custo", ao preço da perda da personalidade dos homens públicos. Pois é: eu não consigo imaginar qual pesquisa de opinião pública realizada no Irã daria ao Papa Francisco respaldo para que suas palavras lá encontrassem eco. Não imagino no mundo uma assessoria de imprensa diligente a ponto de conseguir que fosse publicado em um jornal iraniano longa série de elogios às suas atitudes. E no entanto, a desmentir todas as probabilidades, lá estava a matéria, reluzente e cintilante. Talvez, diante de um povo tão sofrido e carente de justiça, devêssemos, enquanto autoridades, à vista deste episódio, prestar menos atenção às assessorias, reclamar menos da imprensa e, principalmente, recordar que um cargo não faz um homem, e sim o inverso. PEDRO VALLS FEU ROSA Desembargador do TJES

Os livros impressos mais vendidos da Amazon no Brasil em 2017, tem como grande vencedor o autor Dale Carnegie, com "Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas". Continuamos exaltando livros publicados e com repercussão: 1 – Marluce Miguel Siqueira, que foi organizadora EDUFES: Síndrome da Dependência Alcóolica da Teórica Prática dos Cuidados. 2 – Allan Kardec - O Evangélico Segundo o Espiritismo, contendo as explicações morais do Cristo e sua concordância com o espiritismo. 3 – Josh e Sean McDowell - Mais Que Um Carpinteiro. A história dentro do livro pode mudar sua história. 4 – Timur Vermes - Ele Está de Volta. Construído com doses de humor, no qual Hitler ganha nova vida e planeja seu regresso ao poder. 5 - Vamos agora com o inesquecível Chico Xavier - Alma e Coração, edição comemorativa do centená-

rio de seu nascimento (1926-2010). 6 - Augusto Cury – Ansiedade. Como enfrentar o mal do século. A humanidade adoeceu coletivamente, das crianças ao adulto. 7 - Anita Monjardim - Morri para Renascer. Minha jornada através do câncer: uma experiência de quase morte e a descoberta da verdadeira cura. 8 Luiz Carlos Menezes - Nosso amigo - Longa Caminhada - As origens e trajetória da Metron. Por fim a grande homenagem: A história é Amarela – Uma antologia de 50 entrevistas da mais prestiosa seção da imprensa Brasileira da Revista Veja. Concluímos com pensamento de Francisco Cândido Xavier: “Ainda que provocações inesperadas te espanquem o coração, conserva a serenidade e segue adiante, agindo e servindo”. RÔMULO AUGUSTO PENINA Ex-Reitor da UFES


Esportes

SEXTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR PH GOMES

RUY MONTE DÁ O RECADO! rmonte@eshoje.com.br

Bom nível na série B Pedro Sá tem apenas 11 meses de kart, mas já tem no currículo título e prêmios de piloto destaque

"Faca nos dentes" para ser campeão

Jovem Pedro Sá lidera categoria Júnior Menor no Estadual de kart e chega confiante para o título da segunda etapa GUSTAVO GOUVÊA gustavo@eshoje.com.br

R

, R, Hamilton e, claro, Ayrton Senna. Esse gigantes da Fórmula 1 são as grandes inspirações do jovem kartista Pedro Sá, de 13 anos. No esporte há apenas 11 meses, Pedro, que é cachoeirense, já acumula conquistas em campeonatos regionais do sul do Espírito Santo e este ano tem o objetivo de fechar a temporada com o título estadual da categoria Júnior Menor, da qual é líder. Neste sábado (28), ele terá mais uma oportunidade de mostrar a que veio na segunda etapa do Campeonato Estadual de Kart, que acontece no Kartódromo Internacional da Serra, a partir das 8 horas. O grande sonho de Pedro? Alcançar o patamar de suas inspirações. O caminho, sabe, é longo e difícil. Mas ele segue determinado

e focado com a consciência de que é um degrau de cada vez. “Eu gosto da frieza do Raikkonen, das freadas do Riccardo e da pilotagem do Hamilton, mas o meu ídolo é o Senna! Eu vejo os vídeos que meu pai tem para aprender o que ele fazia. Meu sonho é ganhar o estadual, disputar o Brasileiro, o Sul Americano, correr na Europa e, quem sabe, chegar na Fórmula 1”, sonha Pedro. O jovem diz que sempre gostou de velocidade. Com 10 anos, ganhou um carrinho de rolimã do pai e corria com os adultos. Em maio do ano passado, seu pai, Paulo Sá, comprou um kart para ele. “Passei a andar junto com ele. Aí ele viu que eu andava rápido, sem errar e fazia sempre o mesmo tempo de volta como se fosse um reloginho. Ele resolveu parar de correr e me inscreveu num campeonato amador de corridas de rua. Daí pra frente não parei mais”, conta.

Pedro reconhece as dificuldades que terá pela frente na segunda etapa e afirma que vai dar o seu melhor. “Não são muitos os garotos de minha idade que conseguem pilotar bem um kart com motor dois tempos. É um motor muito forte e veloz, por isso os meus adversários são muito bons. Como sou novato no kart, eu espero pontuar em todas as etapas, brigar pelas primeiras posições e, quem sabe, conseguir o título deste ano. Não será fácil mas vou correr com a faca nos dentes”. TÍTULOS Em 11 meses de kart o jovem já foi vencedor do 2° GP Rio Novo do Sul de Kart, em 2017, fazendo a pole-position e liderando de ponta a ponta. “Foi a minha primeira vitória com apenas cinco meses de kartismo”. Ele também foi o segundo colocado no Kart Night Rock, corrida noturna realizada no Kartódromo da Serra.

Busca de título na Sprinter   etapa do Estadual de Kart são esperados cerca de 50 pilotos em quatro categorias: Super F4, Sprinter, Cadete e Júnior Menor. Na categoria Sprinter, o atual campeão sul-capixaba chega com fome de título. Fred Thielmann, 38, é da mesma equipe de Pedro, a Corbacho Racing, e não subiu no pódio na primeira etapa, devido a uma rodada na disputa da terceira colocação. “O nível do campeonato estadual é bem alto. Os pilotos são muito bons, experientes e rápi-

dos. Estou me adaptando, até porque no sul não tínhamos kartódromo, andávamos em pista de rua. Na primeira etapa tive que abandonar a corrida. Agora vou com tudo”, diz o piloto. Passado o “nervosismo” da estreia, Fred está mais confiante. “Já tirei o peso da estreia e conseguimos editar melhor o kart. Estou mais relaxado, tranquilo e mais concentrado para conseguir disputar os primeiros. Minha expectativa é o pódio, para dar moral no resto do campeonato”, avisou.

EVENTO 2ª ETAPA DO CAMPEONATO ESTADUAL DE KART w D:

28 de abril (sábado) a partir das 8 horas w L: Kartódromo Internacional da Serra w C: Super F4, Sprinter, Cadete e Júnior Menor w M informações: http://stockartindoor.com.br/ wordpress/ w H:

Por incrível que pareça, a série B do estadual capixaba tem mostrado bons jogos. Só o fato de termos quatro dos seis clubes que disputam a competição no páreo para chegar na fase decisiva do campeonato já comprova o bom nível. Estrela, Rio Branco, Castelo e Aracruz se capacitam para chegar entre os dois que serão promovidos para a elite de 2019. Desses, é lógico, que a preocupação maior está no Rio Branco, que começou mal a competição, mas já marcou um ponto de equilíbrio. Isso, é lógico , teve tudo a ver com a chegada de Armando Zanata no comando do futebol capa preta, dando um ar diferente ao Alvinegro, que conseguiu se erguer e está no páreo para chegar na frente. Zanata é um cara iluminado e quem percebe esse detalhe, não deixa de reconhecer a estrela desse dirigente. Ele fez parte do título de 2016 da Desportiva, depois de ter apoiado o Rio Branco no títu-

lo de 2015 do Alvinegro. Para completar esta sina, eis que o Serra teve o comando do futebol em 2018 de Zanata, e não deu outra: o time foi campeão estadual em bela campanha. A preocupação com a chegada do Rio Branco na cabeça da competição, diminuiu agora com a presença de Zanata, à frente futebol capa preta. Foram contratados mais oito jogadores, o time se redimiu com relação a resultados e briga na cabeça pela liderança. Mais uma vez fica comprovada a competência de Zanata comandando o futebol de uma agremiação. E, não é à toa, que o já denomiram como “Rei do Futebol capixaba”.

Fragilidade na decisão da Copa Verde Mais uma vez é notada a fragilidade do futebol capixaba frente ao nível nacional. Por mais que haja vontade, disposição e situações que favorecem a formação de equipes, sempre é notado que perdemos para alguns centros. Isso foi comprovado agora no primeiro jogo da decisão da Copa Verde, no qual o Atlético de Itapemirim perdeu de 2 a 0 para o Paysandu. É lógico que, no futebol, os resultados podem ser variados. Mas o Paysandu deu uma demonstração de time forte, estruturado e que convive num futebol forte. No futebol, tudo pode acontecer; mas a possibilidade do time de Itapemirim ganhar em Belém é de 25%. Falo isso, porque co-

nheço bem o futebol do Pará. Tomei conhecimento de que tem mais de 40 mil ingressos já vendidos para o jogo decisivo e quem conhece o futebol paraense sabe o quanto é difícil ganhar do Remo ou Paysandu lá, dada a grande tradição do futebol em Belém. Lá, o salário teto do Juvenil é de R$ 10, R$ 15 mil reais. E o público ajuda muito. O que torna o futebol do Pará grande é o fato da torcida ser bairrista; a imprensa, tanto rádio, quanto jornal impresso e televisão, é fiel aos clubes de lá e isso é essencial. É bom lembrar que o Paysandu já disputou libertadores. Então a possiblidade do Atlético ganhar lá é bem pequena, mas pode acontecer. Porque, no futebol, tudo acontece.

7


CLAssIfICADOs COMPRAR • VENDER • ALUGAR • TROCAR • DIVULGAR sexta-Feira, 27 de abril de 2018 j www.eshoje.com.br j eshoje@eshoje.com.br j anuncie: (27) 3395-1800

1

VENDO

imóveis, automóveis, diversos

GRanDe ViTÓRia

troco casa, Vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, sem garagem, sem escritura. 45 mil – 27997012376. VeNdo / troco casa, Vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, sem garagem, sem escritura. 45 mil – 27997012376. cOMunicaDO driFt comercio de alimeNtos s/a. cNPj 28.129.260/0012-33 torna público que recebeU da semma a licença municipal de regularização-lmr, nº 026/2018 para atiVidade de sUPermercado e hiPermercados com atiVidade de corte, limPeZa de carNes, Pescados e semelhaNtes (com aÇoUGUe, Peixaria e oUtros) através do processo nº 63371/2016 na localidade de av. civit, nº 1996, Parque residencial laranjeiras, mun. de serra - es. cOMunicaDO eJS RePaRaÇÃO auTOMOTiVa LTDa. torna público que requereu da semdesU, através de processo n° 21232/2011 a lms para exercer a atividade de reparação, retificação, lanternagem e/ou manutenção de motores automotivos, sem pintura por aspersão, incluindo oficina mecânica (cod 5.07) localizado na av. octávio bornin nº4, cobilândia, Vila Velha/es. cOMunicaDO “MRV enGenHaRia e PaRTiciPaÇÕeS S/ a”, cnPJ: 08.343.492/0134-50 torna público que obteVe da SeMDec-cariac i c a/e S , at r avé s d o p ro ce s s o 20866/2014, licença: li Nº 04/2018 para atividade de condomínio Vertical Residencial (Vila Diamante), localizado na rua são Paulo dos apóstolos, s/N, tucúm, cariacica – es. cOMunicaDO oliVeira steiN aUtomotiVa ltda, torna público que obteve da semdesU, através do processo n 29628-2014, licença lmar para atividade de oficina mecânica cod. 20.07(i) na localidade de avenida joão mendes n.58, santa monica, município de vila Velha - es, ceP 29105-200.

cOMunicaDO aTHuS inDÚSTRia e cOMÉRciO De eTiQ u e Ta S LT D a - M e – c N Pj nº 07.312.385/0001-71 torna público que OBTeVe da semma, através do Processo n° 24528/2015, a licença lmr nº 48/2018 - para exercer a Fabricação de artigos diversos de material plástico, incluindo fitas, flâmulas, discos, objetos de adornos, artigos de escritório. Na localidade de jardim tropical - município de serra - es. cOMunicaDO driFt comercio de alimeNtos s/a cNPj 28.129.260/0014-03 torna público que requereu da semma, através do processo n° 67429/2015, a licença municipal de operação, para a atiVidade de sUPermercado e hiPermercados com atiVidade de corte, limPeZa de carNes, Pescados e semelhaNtes localidade de av. desembargador mario da silva Nunes, nº 545, jardim limoeiro, mun. de serra- es. cOMunicaDO iGOR MaGaLHÃeS BaRROS torna público que requereu da semma, através do protocolo n°006924/2017, licença lmo para extração de areia em leito de rio, na localidade da estrada Peixe Verde, Km 5,8, ceP 29260-000, domingos martins - es. cOMunicaDO a iGreja maraNata Pes torna público que reQUereU da semdesU, através do Proc. Nº nº 26300/2018, a autorização ambiental para a atividade de desmonte de rochas (cod. 18.19), na localidade de rua lúcio barcelar, nº 170, Praia da costa, município de Vila Velha - es. cOMunicaDO KoPeK iNdUstrial ltda – cNPj Nº 11.298.586/0001-39- torna público que requereu da semma, através do processo n° 19008/2009 - exercer a atividade polimento de rochas ornamentais. No bairro – civit i - na cidade de serra – es. cOMunicaDO a empresa PORT SeRV SeRViÇOS PORTuÁRiOS LTDa ePP torna público que recebeu da secretaria de desenvolvimento sustentável (SeMDeSu), através do processo nº 50315/2017, a licença municipal ambiental de regularização (LMaR/LMS) nº 050/2018 – cLaSSe S – GRuPO 20.07 (i), para a atividade de Preparação, retífica ou manutenção de máquinas, aparelhos e equipamentos industriais e mecânicos diversos, inclusive motores automotivos, sem pintura por aspersão, incluindo oficinas mecânicas, à avenida otávio borin, nº 1595, cobilândia, Vila Velha/es.

EDITAL DE CITAÇÃO. PELO PRAZO DE 30 DIAS. Nº DO PROCESSO: 0008152-15.2013.8.08.0024. AÇÃO: 181 – Busca e Apreensão. Requerente: CONSÓRCIO NACIONAL SUZUKI MOTOS LTDA. Requerido: LUCAS BRUNO CRUZ DE ALMEIDA. MM. Juiz (a) de Direito da VITÓRIA – 4ª VARA CÍVEL do Estado do Espírito Santo, por nomeação na forma da lei etc. FINALIDADE: DAR PUBLICIDADE A TODOS QUE O PRESENTE EDITAL VIREM que fica (m) devidamente CITADO (S) LUCAS BRUNO CRUZ DE ALMEIDA- CI: 3419997 – CPF: 154.105.657-46, atualmente em lugar incerto e não sabido, de todos os termos da presente ação para PAGAR a integralidade da dívida (prestações vencidas e vincendas), segundo valores apresentados na inicial e/ou oferecer contestação. MOTOCICLETA SUZUKI, MODELO YES 125, ANO/MODELO 2011/2012, COR PRETO, PLACA, ODO 9365, CHASSI 9CDNF41ZJCM349612, RENAVAM 496243063. ADVERTÊNCIAS. a) PRAZO: O prazo para pagamento da dívida é de 05 (cinco) dias contados da efetivação da medida, hipótese em que o bem será restituído livre de ônus; b) O prazo para contestar a presente ação é de 15 (quinze) dias, contados do prazo supra. c) REVELIA: Não sendo contestada a ação, presumir-se-ão aceitos pela parte requerida como verdadeiros os fatos alegados na inicial. DESPACHO. Defiro o pedido de (x) citação / ( ) intimação por edital, prazo de edital, prazo de 30 dias. E, para que chegue ao conhecimento de todos, o presente edital vai afixado no lugar de costume deste Fórum e, publicado na forma da lei. Vitória – ES, 27/03/ 2018.

JORNAL “ E.S HOJE ”

27/04 + 04 / 05 / 2018

2

ALUGO

imóveis, automóveis, diversos

GRanDe ViTÓRia

alUGo - r$820,00 –sala 39 m² + 1 vaga de garagem no centro empresarial da serra – laranjeiras, cond. r$275,00, (27)9811-5129 aluga-se casa e quitinete em jardim america - cel.: 27-99629-3378 alugo casa para temporada - meaípe (Guarapari) - duplex, 3 quartos, 2 suítes, 2 banheiros social, 2 salas, cozinha, despensa, área, churrasqueira, varan-

cOMunicaDO “oxGÁs comÉrcio de Gases ltda”, torna público que requereu e obteve do iema, por meio do processo n° 7817, a laU nº 029-d/2018 para traNsPorte rodoViÁrio de ProdUtos PeriGosos, exceto material radioatiVo e traNsPorte iNterestadUal, para atuar exclusivamente nas rodovias do espírito santo, estando sediada na localidade da rodovia br 101, Km 284, Padre mathias, mun. de cariacica-es. cOMunicaDO a empresa PORT SeRV SeRViÇOS PORTuÁRiOS LTDa ePP torna público que recebeu da secretaria de desenvolvimento sustentável (SeMDeSu), através do processo nº 02444/2013, a licença municipal ambiental de regularização (LMaR) nº 052/2018, para a atividade de armazenamento e Pré-Tratamento de Resíduos e efluentes Oleosos usados e/ou contaminados, à rua carlos bispo santos, chácara 11, Quadra 03, loteamento recreio do atlântico, morada da barra, Vila Velha/es. DW eMPReenDiMenTOS S/a cnPJ/MF 02.927.578/0001-13 torna publico que recebeu da secretaria municipal de meio ambiente de Vitoria a licença ambiental de instalação lmi processo 7221056/2017 para obras, rua: olímpio lírio, 31, santa lucia, Vitoria/es. cOMunicaDO ProjectioN serViÇos e metalUrGica ltda, torna público que reQUereU da semdesU, através do Proc. N º 55103/2015, a licença lms, para a atividade de FabricaÇÃo de estrUtUras metÁlicas cod. 3.05(i), na localidade de rua jardim mirim, 19, cobilandia, município de Vila Velha - es.

3

sERVIÇOs

alimentação, consórcio, Reparos, etc.

GRanDe ViTÓRia

cotação online de seguro auto, residencial, moto, Viagem - Guarapari corretora de seguros. massagista, moreno, cariacica. atendimento diferenciado - segunda à sábado até 18:00 - 027-9-97441668 waNdersoN – climatização, instalação e manutenção de ar condicionado – 27-99888-8667 – mig.wanderson@ gmail.com cOMunicaDO PROnTOVeT VeTeRinaRia LTDa, torna público que reQUereU da semdesU, através do processo n° 25596/2018, a licença lmr (lms), para a atividade de Unidade básica de saúde, clínicas médicas e veterinárias (com procedimentos cirúrgicos), (cod. 23.05(N)) na localidade de r GeNeral NewtoN reis, 40, itapuã, município de Vila Velha – es.

4

EMPREGO

Diversos

GRanDe ViTÓRia

ofereço-me para trabalhar em consultório, clinicas ou escritórios - de 13 às 19 horas. sou aposentada, nível superior, facilidade em assimilar conhecimentos, aceito sal.mínimo – 30392202/997129889 ofereço-me para trabalhar como Porteiro ou aux de serviços Gerais – Possuo curso de Portaria, e resido em cariacica – 99949-0604 ivonete. ofereço-me para trabalhar como Garçon (Freelancer) para Festas e eventos. Formação senac – 99913-4971 – alessandro. ofereço-me para trabalhar como Pedreiro, área de construção civil ou serviços Gerais -disponibilidade para qualquer local - 99717 2657 ofereço-me para trabalhar como Porteiro – Possuo curso de Portaria, auxiliar de escritório, informática básica, cNh ab, ensino médio completo-resido em Vila Velha – 99792-6780 99701-2376 Nilson.

cOMunicaDO SanTa cLaRa cOMeRciaL De PeÇaS PaRa VeÍcuLOS LTDa - Me, cnPJ nº 07.490.184/0001-64, torna público que obteVe da semdec/sUb-ma cariacica, es através do processo nº n°17185/20151 a licença ambiental de regularização (lar Nº20/2018), para atividade de triagem e armazenamento temporário de peças e acessórios usados para veículos (Ferro Velho), na localidade de rua itamarati, 495, dom bosco – cariacica/es

cOMunicaDO TeLaS ViTORia inDuSTRiaL LTDa-Me,cNPj 15.634.658/0001-22, torna público que reQUereU da semma, através do processo n° 26542/2018, a licença lmr, para a atividade de Fabricação e/ou manutenção de estruturas metálicas, com pintura por aspersão e/ ou jateamento (cód. 4.06) na localidade rod br-101 Norte, 311, rosario de Fatima, município da serra - es.

cOMunicaDO setor material de coNstrUÇÃo ltdame, inscrita no cNPj:02.759.671/0001-66, torna público que obteve da Prefeitura municipal de cariacica, licença ambiental simplificada – ls – semdec – GFa Nº15/2017 através do Processo Nº33060/2016, para exercer a atividade: comércio Varejista de material de construção em Geral com depósito de areia e brita, estabelecida à rua Principal, nº12, bela Vista, município de cariacica–es.

cOMunicaDO a tommasi aNalitica ltda, cNPj nº. 04.485.521/0003-07, torna público que obteVe da semma, através do Processo nº 1312/2017, a licença municipal ambiental de regularização (lmar), para atividade de laboratÓrio de aNÁlises de ParÂmetros ambieNtais e de coNtrole de QUalidade de alimeNtos e ProdUtos FarmacÊUticos na localidade de rua arara azul, n° 187, bairro Novo horizonte, município da serra – es.

cOMunicaDO a STOneR MineRaÇÃO LTDa, torna público que obteve junto ao iema, através do processo nº 43278736, a licença de operação nº 42/2018, para a atividade de extração de granito, na localidade de cachoeirinha de itaúna, município de barra de são Francisco, es.

cOMunicaDO WeBSOn TReGnaGO DO eSPÍRiTO SanTO, torna público que requereu da SeMDeSu, através do Processo nº 71592/2014, Licença LMaR, para atividade de OFicina MecÂnica, cOD. 5.08 (i), na localidade da rua calogi, Nº 34 – rio marinho - V. Velha/es.

eXTRaTO DO 2º TeRMO aDiTiVO De cOOPeRaÇÃO TÉcnica 2º Termo aditivo de cooperação Técnica nº 001/2010 concedente: município de são mateus. cNPj 27.167.477/0001-12 concessionária: Zetrasoft ltda. cNPj 03.881.239/0001-06 Objeto: cessão do direito de Uso do licenciamento do ecoNsiG – sistema eletrônico, via internet, de reserva de margem e controle de consignações, com desconto em Folha de Pagamento, e outras avenças. Fundamento legal: artigos 579 a 585 do código civil e a lei 8.666/93. Data da assinatura: 07/03/2018 Vigência: 02/03/2018 a 01/03/2021 assinaturas: Felipe Ferreira dos santos e rosângela Vieira araújo


Vitória, 27 de abril de 2018 J Ano XVII J Nº 694 J Edição Gratuita Semanal

www.eshoje.com.br

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho FOTOSITE

COLUNA DO VINHO

Espumantes em pauta Conheça mais sobre vinhos gaseificados e suas nomenclaturasj4 DIVULGAÇÃO

VÉU DE NOIVA

Chique, terno slim é destaque

Modelo alonga a silhueta e deixa o homem mais elegantej7

SABORES

Aspargo é a estrela da semana Aprenda receita fácil de quiche com salmão defumadoj8

DIVULGAÇÃO

Quando o discurso vence a tendência São Paulo Fashion Week prova que propósito e discurso são o perfeito balão de oxigênio para tirar a moda da UTIj3


2

Cultura

SEXTA-FEirA, 27 dE Abril dE 2018 j www.EShojE.com.br

Encontro inédito com fãs capixabas Neste sábado (28), o youtuber jonathan Nemer vai levar seu show de humor no Teatro Universitário, em Vitória

A

pós passar por 26 estados brasileiros, pelo Distrito Federal e até pelo exterior, o youtuber Jonathan Nemer chega pela primeira vez em Vitória para apresentar seu stand up, neste sábado (28), no Teatro Universitário, às 21 horas. Fenômeno na internet, o paulista soma mais de 2,2 milhões de inscritos no seu canal, Desconfinados. Jonathan Nemer sempre foi apaixonado por humor. Com apenas oito anos de idade já assistia a filmes e seriados de comédia. Entre suas referências no humor estão Chaves, Mr. Bean, Jim Carrey e o seriado americano Friends. Desta forma entrou na área, a princípio como hobby, mas seu talento chamou atenção para uma carreira profissional. “É incrível ver sempre os teatros lotados”, comemora. Como ator e roteirista, participou dos filmes de comédia infantil "Sou Diferente" (2005) e "Tudo de Bom – O Filme" (2009). Em 2010, quando começou a publicar vídeos de humor e paródias em seu canal pessoal no Youtube, ganhou notoriedade e projeção nacional. Em 2013 estreou, também no Youtube, o canal “Desconfinado”. Aos 32 anos, Jonathan se destaca por apresentar um espetáculo voltado para toda a família, sem obscenidades em seu conteúdo. “Humor sem palavrão não é difícil. Eu acredito que temos que olhar as coisas também de outra maneira e que nem sempre é necessário usar palavrões para fazer uma piada para as pessoas darem risada”, declara. No seu

Caio gimenes

Márcia alMeida L cultura@eshoje.com.br

Inscrições abertas para mostra independente Diretores e produtores podem inscrever seus filmes de curta e média durações, em qualquer formato, até o dia 20 de maio. Evento, realizado pela ABD Capixaba, será em julho divulgação

espetáculo aborda temas do cotidiano e é voltado para a família espetáculo, o humorista aborda temas comuns ao cotidiano de cada um como relacionamento, profissão, religião, política, música, entre outros. Advogado por formação, Nemer abandonou os tribunais para cumprir a missão de arrancar gargalhadas do público. “Não atuo mais na área porque não dava mais para conciliar a vida humorística e também as ações”, afirma. E esta foi uma decisão acertada, já que ele leva uma multidão para seus

shows de humor. “Não tem explicação a experiência de rodar o mundo levando alegria. Quando colocamos Deus na frente sempre as coisas acontecem além das nossas expectativas”, celebra. Os ingressos para o stand up custam a partir de R$30 (meia entrada, mezanino) e estão à venda na bilheteria do teatro e também no site www.tudus. com.br. Todos que levarem um quilo de alimento não perecível pagam meia entrada.

Show da banda Atitude 67 confirmado em beach club o fenômeno das plataformas digitais que está conquistando o Brasil tem estreia confirmada em solo capixaba: o Atitude 67 desembarca no próximo dia 5 de maio, no Nook Beach Club, em Vila Velha. O grupo, original do Mato Grosso do Sul, traz sua autêntica mistura de pagode com

CIRCUITO CULT

elementos do samba, rap, reggae e funk. Com início marcado para às 22h, o evento ainda conta com performances da banda Jongô e do DJ Phill Fernandes. No repertório do show, sucessos como "Cerveja de Garrafa", "Saidera", "Dia X" e "Casal do Ano", que já acumulam milhões

de plays e views nos serviços de streaming e mídias sociais. Os ingressos já estão disponíveis para compra online, através do site Blueticket, e por meio dos pontos físicos conveniados. O público poderá optar entre três setores: Espaço Nook, Sky Lounge 01 e Sky Lounge 02.

Estão abertas, até o dia 20 de maio, as inscrições para a 13ª Mostra Produção Independente da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas do Espírito Santo (ABD Capixaba). Diretores e produtores podem inscrever seus filmes de curta e média durações, em qualquer formato, gênero ou data de realização desde que não tenham sido selecionadas nas edições anteriores da Mostra. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site www.abdcapixaba.com.br/inscreva-se Serão aceitas apenas produções disponíveis em plataformas online, como Vimeo e YouTube. A seleção será feita por uma comissão formada por produtores, realizadores e/ou

Festival alemão

O filme da capixaba Brena Carvalho, “Es War Dein Duft”, foi selecionado para participar do festival alemão “Freiburger SchülerFilmForum”, um dos mais importantes eventos do segmento no país. O curta-metragem, que possui cinco minutos de duração e acabou de ser produzido, conta a história de

Projeto Orwell

De forma quase heróica, a cena teatral do interior do Espírito Santo tem se movimentado para preparar novos espetáculos, qualificar seus profissionais e formar público para as artes cênicas. Exemplo disso é o “Projeto Orwell: Uma Fábula Sobre o Poder”, residência artística envolvendo integrantes das compa-

pesquisadores da área audiovisual. A previsão é de que o resultado com a seleção seja divulgado no site da ABD Capixaba até meados de junho. Mediante autorização dos respectivos realizadores, as obras ainda poderão integrar o DVD Coletânea da Mostra. A 13ª Mostra Produção Independente será realizada de 2 a 5 de julho, em Vitória, e, além da exibição dos filmes em competição, vai contar com sessões paralelas com filmes convidados; debates com realizadores; homenagem; a 4ª reunião do Fórum do Audiovisual Capixaba; o lançamento e Revista-Catálogo Milímetros nº 8 e do DVD-Coletânea com os filmes selecionados para a Mostra Competitiva.

dois garotos que se conhecem dentro de um trem. Foi escrito, filmado e editado por Brena durante seu intercâmbio na Alemanha. A trilha sonora, “Sweet to Meet You”, é da cantora GAVI, também capixaba, que compôs a música especialmente para o filme e aproveitou para estrear a primeira canção internacional. nhias teatrais Boyásha, de Santa Maria de Jetibá e Rerigtiba, de Anchieta, que resultará em um espetáculo de teatro de rua. A expectativa é de que, ainda no segundo semestre deste ano, esse novo trabalho de pesquisa e montagem teatral circule por algumas cidades capixabas com apresentações nas ruas.


SEXTA-FEirA, 27 dE Abril dE 2018 j www.EShojE.com.br

Matéria de capa

3

Passarela com mais propósito A 45ª edição da São Paulo Fashion week prova que mais vale o discurso do que a tendência

FOTOSITE

Lucas Rezende, direto de São Paulo

E

fêmera, a moda leva, feito a força do vento, tendências para lá e para cá. O veludo molhado, a bota branca, o comprimento mídi e alfaiataria, por exemplo, foram de coqueluche a rejeitados. Esse vai e vêm rotineiro e cansativo, para piorar, acontece numa sociedade em que o consumo desce ladeira abaixo e a indústria do vestuário patina. É aí que a 45ª edição da São Paulo Fashion Week surgiu com a solução: propósito e discurso, lado a lado, são o perfeito balão de oxigênio para tirar a moda da UTI. Oskar Metsavaht, criador da Osklen, por exemplo, imprimiu mais que nunca a sua verve sustentável à coleção de inverno que chegará a Vitória. As peças básicas, amplas, monocromáticas e com pegada esportiva estavam lá, como não poderia ser diferente, mas com o discurso verde: calças de lonas encurtadas, bermudas de couro de pirarucu e salmão, algodão orgânico certificado, restos de tecido e fios de PET. Não à toa o discurso esteve estampado em alguns moletons: “As sustainable as possible” (Tão sustentável quanto possível). Se o propósito da Osklen virou roupa e conversou com a economia circular que atinge os jovens millennials, Fernanda Yamamoto não deixou por menos e tocou no afetivo. A estilista foi à comunidade autossustentável Yuba, no interior de São Paulo, e saiu de lá com a coleção de inverno na mente: levou para a passarela a história dos imigrantes nipônicos que vivem numa sociedade à parte, onde dinheiro não circula, e tudo é autossuficiente: plantam o que comem e constroem a própria casa. Vivem da lavoura e da arte. O resultado? Organza plissada, em alusão às nervuras da fauna da lavoura, tricô e macramê, amarrações tipo quimono e uma cartela de cores feito um arco íris. Para coroar, Fernanda levou moradoras da comunidade de Yuba para desfilar: mulheres reais, longe do padrão estético das modelos, devidamente aplaudidas de pé por levar uma vida de tradição, harmonia e com olhar genuíno para a natureza, a cultura e a arte. Também longe da pura di-

Mais do que uma etiqueta ou um look novo, você pode sair do shopping levando lifestyle, ideias, discursos e propostas quinha de moda, Raquel Davidovich abriu as portas do Museu da Imigração para desfilar o inverno da sua grife UMA. Com uma trilha sonora de músicas hebraicas, se inspirou no

movimento dos imigrantes se alinhando ao noticiário dos refugiados do Oriente Médio que fogem das guerras civis e religiosas e não encontram abrigo na glamourosa Europa.

Raquel apostou em camadas de tricô que, ora eram usadas como véu muçulmano, ora enroladas no corpo. Porque mais do que uma etiqueta ou um look novo,

você pode sair do shopping levando lifestyle, ideias, discursos e propostas. Vestir também é política. Até porque não dizem que a vida com propósito é melhor?


4

Programe-se

SEXTA-FEirA, 27 dE Abril dE 2018 j www.EShojE.com.br dayana souza

Coluna do vinho Carolina Correa L carolina.coribeiro@gmail.com

Qual a diferença entre espumantes? Conheça esta semana as diferenças entre champagne, prosecco, espumante e frisante em nove anos, o evento movimentou em torno de 27 milhões de vendas no estado número que só tem a crescer.

Dez anos de vinhos, aromas e sabores o maior evento de vinhos do ES, Vitória Expovinhos, vai acontecer no centro de convenções de Vitória, em junho

O

s apaixonados por vinhos do Espírito Santo já podem celebrar a chegada da 10ª edição do Salão Internacional do Vinho de Vitória. Considerado o maior evento do setor no estado, o Vitória Expovinhos 2018, realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Estado do Espírito Santo (Fecomércio-ES), acontece nos dias 26 e 27 de junho, no Centro de Convenções de Vitória, para comemorar uma década de vinhos, aromas e sabores proporcionados aos empresários e apreciadores do vinho. Reunindo as nove edições do Vitória Expovinhos, o evento apresenta números expressivos de mais de 500 expositores, cerca de nove mil rótulos, 18 mil participantes, mais de 500 expositores e 3200 participantes em cursos e palestras. O evento incentiva a profissiona-

lização e comercialização do setor vinícola no Espírito Santo, além de valorizar a cultura e fomentar a economia local. Em 2017, o Expovinhos contou com 1.200 rótulos de vinhos finos de países como Itália, Chile, Portugal, França, Espanha e Argentina. Recebeu cerca de 3.500 mil participantes nos dois dias de evento, além de 62 expositores. O Salão Internacional do Vinho de Vitória é conhecido pelo formato Wine Tasting, exclusividade no Estado, que oferece aos participantes inscritos a oportunidade de ter à disposição centenas de rótulos para degustação. Além de poder conversar com os enólogos, sommeliers e representantes, que apresentam as peculiaridades de cada vinho, como as suas origens e os tipos de uva. Considerado um dos mais importantes eventos de vinho do país, o Expovinhos visa pro-

porcionar aos empresários e empreendedores com foco neste mercado e também aos apreciadores do vinho de qualidade, oportunidades de novos conhecimentos e da realização de grandes negócios. O Vitória Expovinhos chega a 10ª edição reconhecido como o segundo melhor momento de vendas de vinhos no ES, perdendo apenas para as vendas de final de ano. Em nove anos, o evento movimentou em torno de 27 milhões de vendas no Estado, número que só tem a crescer. As inscrições para o evento já estão abertas. Elas podem ser realizadas online, pelo site: https://jacredenciei.com.br/e/ vitoriaexpovinhos e com investimento de R$150 para participar um dia e R$ 250 para os dois dias. O evento é realizado pela Federação do Comércio capixaba, com organização da Rota Eventos.

Vamos destacar uma das coisas que mais vejo as pessoas se confundirem: as nomenclaturas de vinhos gaseificados, indispensável quando o assunto é festa e comemoração. É muito comum as pessoas chegarem a um restaurante, supermercado ou lojas especializadas em vinho e pedirem uma garrafa de champagne. Na maioria das vezes nota-se que ela não sabe de fato a diferença que existe entre esse tipo de vinho. De antemão podemos dizer a seguinte frase: “Todo champagne é um espumante, mas nem todo espumante é um champagne”. Vamos começar falando do champagne. Sinônimo de refinamento, luxo e poder, esse sem dúvida é o mais nobre. Produzida no norte da França, na região que leva seu nome, é produzida com três uvas: Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay. Diz a lenda que foi descoberta pelo monge beneditino Dom Pierre Perignon, por volta do século XVII, de forma casual. Seu método de elaboração é o Champenoise, onde a segunda fermentação se dá na garrafa. As bolhas se formam da seguinte maneira: primeiro é feito um vinho de base que será fermentado novamente ganhando espuma. A fermentação alcoólica é a transformação do açúcar em álcool e um dos produtos dessa reação química é o gás carbônico. Quando essa fermentação se dá em um recipiente

hermeticamente fechado, como a garrafa de champagne, esse gás só é liberado quando se “estoura” a rolha. Um espumante só pode ser chamado de champagne quando produzido nessa região da França. Já o prosecco é produzido exclusivamente na região do Vêneto, no nordeste da Itália. Até meados de 2009 a uva que produzia esse tipo de espumante era também chamada de Prosecco, porém, depois dessa época, as legislações foram atualizadas e a uva passou-se a chamar de Glera. Os dois estilos são espumantes, mas com essas observações que fazem toda a diferença na hora da escolha. Ou seja, o espumante é uma bebida com gás carbônico que pode ser feito pelo método champenoise, onde a segunda fermentação é feita na garrafa, ou pelo método charmat, que tem sua segunda fermentação em grandes cubas fechadas de inox. Fica a dica para que procurem por espumantes nacionais. O Brasil produz esse produto com maestria, não deixando nada a desejar para os importados. Para finalizar, o frisante. É um vinho menos gaseificado e com menos espuma do que o espumante. Com essas dicas fica mais fácil fazer sua escolha na hora de comprar a bebida que, como diria Dom Perignon, te fará beber estrelas. Um brinde!

Inscrições: jacredenciei.com.br/e/vitoriaexpovinhos

27 e 28 | Junho | 2018 Centro de Convenções de Vitória

Realização

Organização e Comercialização


5

SEXTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Social

Bianca Coutinho bianca@eshoje.com.br

A mesa fala

CIRO TRIGO

Mirka Garmendia, colunista de SaborES, deu um passo importante no seu negócio. Após 10 anos no mercado de gastronomia, ela aceitou reposicionar sua marca e mudou toda a identidade visual. Teoricamente, Mirka não precisa de publicidade já que, atualmente, sua empresa atende três vezes mais do que quando começou. O que chamou atenção do ESHOJE nesta profissional foi a sua desenvoltura que a fez trilhar, com expertise, na sua trajetória. Trabalho em equipe é tudo e o segredo para o seu sucesso está no comprometimento de todos em cada etapa. "Como faço questão de enfatizar: a mesa fala. Então, investimos para que ela crie o desejo em nosso cliente de apreciar tudo que foi feito com o máximo de dedicação", ressalta e empresária, que está passando pelo processo para obter a certificação ISO 9001, a primeira no estado neste setor. ARTHUR GALVÃO/LÍCIA BUSATTO

VERÃO 2019 Tina Vasconcellos, Carol Lobato, Adriana Barcelos e Letícia de Paiva em tarde de preview da marca Eva na Praia do Suá CIRO TRIGO

Mirka Garmendia e sua nova marca

Carol Veiga, Andreia Lopes e Rose Frizzera em noite de muito rock’n’roll DIVULGAÇÃO

Oportunidades

José Lino Sepulcri entre o comandante do 38º BI, coronel Carlos Alexandre de Oliveira e o governador Paulo Hartung, na cerimônia em que recebeu o diploma de Colaborador Emérito do Exército

Os organizadores da MEC SHOW atentaram para a necessidade de atualizar o formato da feira, tendência mundial para os projetos que comumente acontecem. Entusiasmados com o aumento da confiança do empresariado, eles deram início a uma série de pesquisas e atualizações para que a edição 2018 atenda os participantes dos mais diferentes segmentos industriais. Faz parte dessa estratégia, a participação e divulgação em eventos importantes do setor, como a feira internacional da Mecânica em São Paulo. A feira capixaba acontece de 7 a 9 de agosto, na Grande Vitória.

Em Sampa. Marcilio Rodri-

gues Machado, presidente do Sindiex, lançará seu livro "Repensado o Brasil – Globalização, Comércio Exterior, Liderança e Empreendorismo", dia 9 de maio, numa livraria de São Paulo.

Bienal. Kyria Oliveira, artista

plástica capixaba, teve o seu trabalho escolhido para ser exposto na 20ª edição da Bienal de Cerveira, evento que será realizado em Portugal, entre os dias 10 de agosto a 23 de setembro.

Se ligue! O expert Guto Roque

alerta que após a compra do carro zero na concessionária, o cliente deve participar da etapa de entrega técnica, onde o motorista recebe explicação de um profissional treinado a res-

peito de todos os seus detalhes de funcionamento, do motor à segurança.

Fórum musical. Maurício

Bussab, presidente da maior distribuidora de música independente do Brasil, vem ao Estado no final de maio para participar da primeira edição do Formemus – Formaç ão de Mercado Musical.

Feliz Aniversário. Eliza de

Azevedo (27); Bernadete Braga, Flávia Toscano e Moama Moysés (28); José Eugênio Vieira, Mônica Rodrigues Lopes Formariz e Silvia Aparecida Beltrane (29); Angela Gomes, Getúlio Rodrigues Tedesco e Lenira Borges (1); Mirka Garmendia, Ana Carolina Ramos Nunes e Gledes Vilas Boas (2); Fabíola Sodré (3).


6

SEXTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Palcos e Atores cacaumonjardimphd@yahoo.com.br L

Cacau Monjardim

U

REPRODUÇÃO/ TVGLOBO

ma das conquistas mais importantes que entram no processo socioeconômico do Estado pode ser traduzido pela instalação do Entreposto Capixaba da Zona Franca de Manaus. Isto permite que cerca de 500 empresas utilizem a nossa Zona Franca, em Cariacica, como central de armazenagem de produtos fabricados na Zona Franca de Manaus, utilizando uma área de cerca de 15 mil metros quadrados. A Zona Franca Capixaba, pela excelente situação geográfica do Estado e pelo excelente mix de transporte e logística, viabiliza o acesso aos melhores mercados do país, abrangendo uma região que detém os melhores índices de consumo nacional. No entanto, temos defendido a possibilidade de ser tentado junto aos altos escalões administrativos, empresariais e políticos, a ampliação de alguns segmentos industriais, viabilizando a fabricação de produtos na nossa Zona Franca, respeitados os mesmo benefícios que as empresas trazem consigo. E, vale destacar, o Espírito Santo poderia oferecer as próprias vantagens que já detém, por ter larga parcela de seu território, incluído na área da SUDENE. Podemos ainda destacar o atual estágio de respeito, adotado pela administração estadual, que entre o fácil e o certo, tem preferido, prioritariamente, mesmo enfrentando alguns bolsões de resistência política, ter feito o que é certo. Por isto acreditamos que o Estado atualmente tem gerado tanta inveja, pela segura imagem oferecida e reconhecida pelo país. DUVULGAÇÃO

Histórias

Evento segue até esta terça-feira (1), na Pousada Pedra Azul

Tênis

Mais uma vez, nesta semana, na quadra de tênis da Pousada Pedra Azul, será realizado o 14° Edição do Pedra Azul Open de Tênis, iniciado por sugestão do empresário Jônice Tristão e hoje sob coordenação de Alexandre Carvalho de Mendonça, emprestando vida nova ao esporte na montanha. O sucesso deste evento está no fato de que em apenas alguns dias su-

Latinismo

perou todas as inscrições anteriores, esgotando o índice de participação. Paralelamente, o evento tem programação que prioriza o jantar de abertura na Pousada Pedra Azul e oferece ainda no curso da temporada variadas opções de culinária, lazer, recreação, inclusive em rotas e trilhas do agroturismo, um dos pontos altos da montanha.

Data vênia, mesmo enfrentando o “jus sperniandi” de alguns, é triste revelar fatos que justificam o retorno do latim ao dia a dia, dos comentários, crônicas, artigos e nas redes sociais, gerando nas camadas mais populares encharcadas do latinismo que enche os mensalões e a lava jato suas próprias interpretações: “Embargos e indecente”, “Embargos de embromação” e medidas protelares. O latim, atualmente deve continuar uma língua morta sujeita a populares traduções.

Estamos entrando no mês de maio, consagrado por tradição a valorização da mulher, através do DIA DAS MÃES, das noivas e de carinhosas homenagens religiosas. Como anteriormente sugeri a FINDES/CINDES, que presidem o excelente programa “Contando Histórias”, que está na sua terceira edição, que reserve pelo menos três convites para mulheres, empresárias ou executivas, dando importância meritória ao atual estágio. Ao presidente da FINDES, Leo Castro, abrace a nossa sugestão, e faça o convite este mês, a uma das três mulheres que devem abrilhantar o programa 2018, resgatando o passado, para as gerações de hoje e de amanhã.

DUVULGAÇÃO

Civismo

Ana Maria Braga divulgou entrevista sobre o cacau capixaba

Cacau

Linhares sempre foi reconhecido como berço da cacauicultura nacional. Desta feita, vale destacar, depois de vencer a vassoura de bruxa, a conquista de uma posição internacional, que apontou o cacau capixaba como a melhor amêndoa do gênero. Na estrutura desta valiosa conquista, o cacau capixaba conquista a CERTIFICAÇÃO GEOGRÁFICA, diploma e premia a competência e a tenacidade de cacauicultores como Emir de Macedo Gomes Filho, Paulo Roberto Gonçalves, Chico Durão, que lideram este processo de produção e industrialização. Eu acho que é hora de aceitar e divulgar este novo bordão: cacau só capixaba. O resto é vassoura de bruxa. DUVULGAÇÃO

DUVULGAÇÃO

Emir de Macedo conquista para o cacau a certificação geográfica

A mídia vem noticiando, este mês, fatos que, sem dúvida, agridem a memória de algumas gerações e a importância de um tempo em que a instrução moral e cívica era um fator importante no currículo escolar. Era um tempo em que os estudantes aprendiam nos quatro volumes das séries Gaspar de Freitas ou na história e Geografia de Joaquim Silva, princípios de respeitosa conduta e inegável sentimento de res-

peito pelos símbolos maiores da nação. No entanto, é muito triste ver que grupos de estudantes queimam a bandeira brasileira em praça pública e um compositor já anunciam para o próximo sete de setembro o lançamento de uma versão do hino nacional em ritmo de samba e pagode. Sem dúvida é a cara de um país destroçado pela irresponsabilidade abusiva de uns poucos e a complacência lamentável de outros.

Linhares pode ganhar um novo bordão: Cacau só capixaba. O resto é vassoura de bruxa


7

SEXTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

VéudeNoiva Toque de personalidade

Unhas de noivas

A primeira imagem que temos de uma decoração de festa de casamento é a seguinte: os convidados chegam, caminham pelo salão cheio de detalhes e bem iluminado e encontram diversas mesas perfeitamente ornamentadas com arranjos incríveis. Mas, na verdade, o que existe por trás é um espaço branco e vazio, como uma tela de pintura sem nada. O seu grande desafio e do seu decorador será “dar vida” a esse espaço e transformá-lo em uma linda festa de casamento, que destaque a personalidade do casal. Pensando nisso, a Nuvem Sublimação desenvolve painéis, pisos, tapetes, toalhas de mesa, almofadas e tudo mais que a criatividade permitir em es-

tamparia digital em tecido. São produtos incríveis, capazes de criar cenários reais dentro da festa. “Por receberem uma estampa impressa em 3D, os painéis acabam deixando o evento mais imponente e luxuoso, a sensação de realidade que eles causam no cenário é impressionante e fazem toda a diferença na decoração”, conta Rachel Pires, a empresária responsável pela parte administrativa e criativa da marca. FOTOS: DIVULGAÇÃO

As noivas precisam estar impecáveis no grande dia do seu casamento. Por isso, a beleza das unhas torna-se algo a ser decidido também. Segundo a especialista Penha Arraz, para o casamento civil e cerimônias realizadas durante o dia a indica-

Ariane Perovano veudenoiva@eshoje.com.br

ção é algo com um estilo mais delicado, como francesinhas, leves decorações, unhas claras ou reandadas. Já para comemoração noturna, pode-se investir em pedras e cristais. “Eles dão sofisticação e brilho às unhas da noiva”, explica.

Visagismo é tema de palestra

No último dia 12 de abril, a RPacheco Noivos ofereceu uma palestra voltada para noivas ministrada pela especialista em maquiagem e visagista, Maya Meneghelli, que falou sobre “Visagismo para Noivas”. O visagismo é uma arte de criar uma imagem personalizada que revela a verdadeira beleza de cada pessoa. “Identificamos através do temperamento e das características físicas os princípios da linguagem visual da pessoa, utilizando a maquiagem, corte e coloração do cabelo, penteado e outros recursos estéticos”, afirma. Ela explica que o visagismo realça a beleza interior e exterior e se baseia em temperamentos definidos pelo visagista Philip Hallawell, Na palestra Maya orientou a noivas como utilizar a técnica para o grande dia delas – que é o casamento – e para as mesmas tentarem identificar seus temperamentos. O evento contou com a presença das proprietárias da RPacheco, Rachel e Flávia Pacheco, da it blogger especialista em casamentos, Larissa Puppim e de diversas noivinhas.

Intimista e elegante

O uso de frutas e de plantas verdes é tendência forte para a decoração de casamentos durante o dia. A decoradora Beatriz Alvarenga explica que essas propostas criam um ambiente intimista e elegante. “Caem muito bem para o almoço, por exemplo. Elas surgiram no exterior e agora estão em alta no Brasil. Vale apostar em artigos de mesa posta, e na mistura entre flores e frutas nos arranjos de mesa e até no buquê da noiva”, destaca.

Rachel e Flávia Pacheco , anfitriãs do evento com suas convidadas MÁRCIO GUIMARÃES

Alianças personalizadas em alta Os noivos costumam buscar imprimir seu estilo pessoal na celebração da união. Essa escolha também está presente no mundo das joias, por isso, as alianças personalizadas são tendência crescente em casamentos. A designer capixaba de joias Emar Batalha desenvolve peças sob encomenda e com exclusividade para noivas. Um dos destaques é a aliança "Vida", na qual é possível personali-

zar as laterais com os nomes dos noivos. Um exemplo de joia feita por Emar que ficou conhecida nacionalmente foi a aliança da cantora Preta Gil, produzida em ouro amarelo 18 quilates cravejada em diamantes brancos. Já a do marido dela foi composta de ouro amarelo 18 quilates com diamantes negros. Os anéis ainda ganharam a palavra “Mozi”, apelido carinhoso que o casal costuma se chamar.

Terno slim é destaque Esqueça os ternos com modelagem mais ampla nas pernas e braços. O modelo slim veio para ficar e continua como tendência definitiva para os noivos que querem passar uma imagem mais jovem e moderna no dia do sim. O empresário Rachid Assad explica que os ternos slim são mais ajustados ao corpo e este caimento também é responsável por alongar a silhueta, dando a impressão de

que o homem é mais alto. “Mas a modelagem correta não deve ficar muito justa nas pernas, com o tecido repuxando”, afirma. Outra tendência que continua são os paletós com abotoamento duplo ou de um botão só, que favorecem o acinturamento da peça. “Quanto às cores, o azul permanece em alta, mas o cinza em suas várias tonalidades também ganhará destaque no Inverno”, esclarece Assad.


8

SEXTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2018 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Sabor ES

Mirka Garmendia

Porque comer com prazer é ainda melhor!

sabores@eshoje.com.br

Aspargos: Muito sabor e baixo teor calórico O vegetal, de paladar delicado, é uma flor da família dos lírios e o seu cultivo já abrange todos os continentes Quando conheci o aspargo achei muito interessante, embora tenha achado ele meio sem sabor. Mas, como os mestres me ensinaram que o saber se aprende, realmente aprendi apreciar esse vegetal sensacional! Muito saboroso, o aspargo é muito utilizado por quem faz dieta (como eu), devido ao seu baixo teor calórico. E olha que sensacional... o vegetal é uma flor da família dos lírios e o seu cultivo já abrange todos os continentes, o que permite comermos esta iguaria durante o ano todo. Ele é colhido bem novinho como broto porque quando passa de 12 centímetros se torna fibroso e não comestível. Se for servir aspargos como entrada, compre um quilo para quatro porções. A água do seu cozimento pode ser aproveitada para fazer molho, sopas ou suflês. Quando compro os aspargos frescos procuro com os de talo firme e uma cor verde brilhante uniforme. Os de talos finos são mais saborosos. Eles são melhores aproveitados se comidos assim que forem comprados. Os aspargos frescos duram na geladeira, em vasilhas plásticas, por cerca de três ou quatro dias. Após este período, o melhor é cozinhar e comê-los logo. Ele deve estar sempre bem embalado para que nada quebre suas pontas (elas são a parte nobre do vegetal), que são muito macias. Devem ser postos em uma vasilha com

seus talos submersos em um pouco de água, em quantidade suficiente para manter os talos umedecidos. Outro método de manutenção é enrolar as pontas cortadas em papel umedecido e colocar os aspargos dentro de uma vasilha fechada para ser refrigerada. Só congele em último caso, pois, apesar de manter suas propriedades, fica muito mole só servindo para cremes ou sopas. Aprendi com meu mestre Juarez Campos que preparar aspargos não tem mistério, temos sempre que separar a parte dura da tenra: basta dobrá-los, assim, quando quebrar, a parte de baixo será descartada e a de cima utilizada por ser a mais macia. Lave-os em água fresca para remover a sujeira. Os aspargos mais novos talvez só precisem que esse pedaço do talo seja removido, porém os mais velhos têm que ser descascados também. Cozinhe-os pelo menor tempo possível para que uma boa textura e coloração sejam garantidas. Os aspargos são geralmente cozidos no vapor ou fervidos em água, porém, seu sabor é tão delicado que é melhor que sejam cozidos para menos do que para mais. Use-os por si só ou servidos como parte de uma salada, preservados para dias de Inverno, em sopas, refogados ou fritos rapidamente, em quiches e guisados. Os franceses costumam comê-los quentes com manteiga, enquanto os italianos comem-nos frios com vinagrete.

DIVULGAÇÃO

Preparar aspargos não tem mistério, temos sempre que separar a parte dura da tenra

QUICHE DE SALMÃO DEFUMADO COM ASPARGOS

Ingredientes para a massa w1

xícara de farinha de trigo integral w 1/2 xicara de farinha de quinoa w ½ colher de café de sal w 1 ovo w 2 colheres de sopa de azeite

Ingredientes para o recheio w2

½ xicaras de iogurte natural ovos w 1 xícara de brócolis w 1 xícara de aspargos picados w 10 de azeite w ½ xicara de parmesão ralado w3

w 100

de salmão defumado em cubos limão siciliano w P do reino a gosto w S a gosto w1

Modo de preparo da massa: w E

uma vasilha, coloque as farinhas e o sal e misture w F um buraco no centro, acrescente o ovo e o azeite w M com a ponta dos dedos até que a massa fique homogênea w D descansar por 15min w A a massa com a ajuda de um ro-

lo e distribua entre quatro formas de 11cm de diâmetro.

Modo de preparo do recheio: w E

um boll misture o iogurte, os ovos, sal e a pimenta do reino e reserve w E uma panela, ferva os brócolis por apenas dois minutos w E seguida, mergulhe em uma vasilha com água e gelo por cinco minutos, repita o procedimento com o aspargo w E uma frigideira com azeite, salteie

os vegetais em fogo médio com sal e pimenta e reserve w P a massa na forminha com o queijo parmesão w D os brócolis, os aspargos e o salmão por cima w S com a casca ralada de limão siciliano e acrescente a mistura de iogurte w L ao forno preaquecido a 200ºc por 20min ou até que a superfície fique dourada. w E pronta esta bela entrada. w T-

Jornal ESHOJE_694  

Descarte irregular de lixo pode entupir bueiros e custa R$ 3 mi às prefeituras

Jornal ESHOJE_694  

Descarte irregular de lixo pode entupir bueiros e custa R$ 3 mi às prefeituras

Advertisement