Page 1

Vitória, 3 de novembro de 2017 J Ano XVII J Nº 669 J Edição Gratuita Semanal

www.eshoje.com.br

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

Eleições mudam com PSDBj5

COLUNA

Criminoso piora nas detençõesj4

DIVULGAÇÃO

POLÍTICA

DIVULGAÇÃO

CIRO TRIGO

ESHOJE2

Guarapari reunindo os melhores

Quase 100 mulheres mortas no Espírito Santo Em todo o ano passado 140 mulheres foram assassinadas no Estado, sendo 34 casos de feminicídio; enquanto este ano já foram 94 mortes e 28 por feminicídiosj3 DIVULGAÇÃO

FISCALIZAÇÃO FALHA E DROGA ENTRA MAIS FÁCIL

HS FOTOGTAFIAS

FERAS DO KITESURF AGITAM ITAPARICA

Segunda edição do Itaparica Kitesurf Fest reúne os melhores do paísj7

j6

Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do ES denuncia que postos não estão funcionando e o efetivo é muito menor que o necessário

Branco chegou com tudo para os pés

Eles assumem o lugar do “básico” reinado pelo pretojESHOJE2


2

Opinião

SEXTA-FEirA, 3 dE novEmbro dE 2017 j www.EShojE.com.br

fOTO DA SEmAnA

ESPAÇO DO LEITOR Léo zanotti

Beira-Mar

como acreditar na justiça brasileira? o Superior Tribunal de justiça acaba de soltar o filho de Fernandinho beira-mar, preso com 159 quilos de cocaína, e condenado a 11 anos de prisão. o ministro em seus fundamentos diz que não há motivo para mantê-lo preso. Aí tem! Aldomario Falcão

Assaltos

Queridinhos para muitos (exceto taxistas), aplicativos de transporte lutam por formalização no Brasil

EDITORIAL

Dever de casa Se cada um fizesse a sua parte, tudo poderia estar bem melhor. A coisa é mais obvia do que se imagina. E na relação público-povo-privado não é nada diferente. O imposto existe, é pago, a parte contrária – ou seja, o governo – deveria oferecer o que há de melhor na contrapartida. Mas não é o que acontece: e ambos os lados têm suas responsabilidade. Parafraseando o colunista, desembargador Pedro Valls Feu Rosa, “vá até a janela” e veja que tem lixo em pontos viciados. Quem jogou ali? Qual a sua colaboração para que a cidade esteja mais limpa, ou mais suja. Há ainda pessoas com a mentalidade que, “se eu fizer, para quê gari?”. Ignorância! Existe lei de limpeza pública e de respeito ao meio ambiente e que dá responsabilidade a todos os atores da sociedade. É necessário que a população faça a sua parte, para cobrar com propriedade. Estamos vivendo dias de chuva, e graças à ação irresponsável humana, a natureza não se comporta mais de forma previsível. Os dias de chuvas torrenciais chegam de surpresa em uma frente fria e causam grandes prejuízos às comunidades. O sofrimento é sempre igual. E quando vai embora só se contabiliza prejuízos. O que as prefeituras fazem para se preparar para o risco de novas? Nada! Depois de muito choro e perdas – falamos de casas, bens e vidas -, prefeitos e secretários fazem o repetido teatro de “pedido de socorro”, e nada mais. Os mais prejudicados deixam quadras ou as salas aula onde ficaram abrigados, ou casas de parentes, tentam retomar suas vidas e??? Nada.

A opinião dos colunistas não reflete o posicionamento do veículo

Apesar das alterações climáticas, o Espírito Santo tem em sua história recente o período de fortes chuvas desde 2013, iniciado no final de outubro. Não se trata da coincidência de Finados – desde o tempo da vovó, todo dia 2 de novembro chove -, mas do que os capixabas conhecem de perto. Da seca para o alagamento em 24 horas, levando do sufoco ao desespero num prazo ainda menor. Os rios estão assoreados, as redes de esgoto esquecidas, moradores em regiões de risco nos mesmo locais e da mesma forma desassistidos. Tudo igualzinho ao histórico do mesmo período nos anos anteriores. Cada um colaborando da sua forma (lastimável) para que dias de horrores se repitam: munícipe sujando e jogando tudo para o poder público. Governos e poderes Judiciário e Legislativo ignorando que tudo volta. E o retorno é pior. Vem chuva aí. E depois a seca. Estou fazendo a minha parte?

Boa leitura! Boa semana!

tiragem: 5.000 exemplares circulação: Grande vitória e digital periodicidade: Semanal

diretor geral carlos roberto coutinho carlos@eshoje.com.br

rua Paschoal delmaestro, 260 Ed. vila da Praia, Sl. 5 e 6 - jardim camburi - vitória - Espírito Santo cep. 29.090-460 Tel. 27 3395-1800/Fax. 3395-1801 www.eshoje.jor.br redacao@eshoje.com.br

diretora administrativa bianca coutinho bianca@eshoje.com.br

moro em jardim camburi, vitória, e no prédio onde resido já foram roubadas nove bicicletas em 5 anos. o ladrão tem sempre o mesmo "modus operandis": adentra no prédio entre 04h00min e 04h30min da madrugada, quando não chegam nem saem pessoas e os moradores dormem profundamente. Se os policiais que trabalham na madrugada encontrarem alguém andando de bicicleta nesse horário deveriam abordar, porque ninguém passeia nessa hora da madrugada, somente gatunos. Carlos Carvalho

Cuidadores novos

Ao saírem às mães de casa para trabalhar, houve uma primeira tentativa de compensar o menor tempo dedicado aos filhos com recompensas possibilitadas pelo aumento da renda familiar. Foi o tempo dos presentes melhores e concessões maiores. num segundo momento, pais conscientes trataram de qualificar os reduzidos tempos de convivência com redobrada atenção, enquanto novos "cuidadores" ingressavam no território negligenciado pela educação familiar. Entre as muitas consequências da ação desses novos personagens, inclui-se a prevalência de impulsos primários em prejuízo do bem e dos valores que a ele conduzem. contratados pelos pais ou disponibilizados pelo Estado, ou ainda viabilizados pelas modernas tecnologias eletrônicas, estão, em grande parte, a serviço de suas próprias pautas e visões de mundo. E estas, comumente,

se relacionam com a construção de uma "nova sociedade" que nada guardará da mais alta civilização que a humanidade conheceu. Percival Puggina

Irresponsabilidade

Quando esteve no Espírito Santo para um evento de empresa privada, o ministro da Fazenda, henrique meireles elogiou a economia no Estado e se comprometeu em ajudar para que a Samarco mineração volte a funcionar no estado e em minas Gerais. mas isso demonstra total falta de consciência ambiental desta autoridade. A preocupação deveria ser com os atingidos pelo desastre e com a recuperação do meio ambiente. desacreditada deste país. Claudia Magalhães

Incoerência

Estranha decisão do conselho de Ética do ES, que autorizou o vice-governador atualmente interino no comando do ES -, cesar colnago, a concorrer à presidência do PSdb capixaba. o mesmo conselho, embora tendo outra formação, no ulgamento do caso do petista Givaldo vieira em 2011, por exemplo, o conselho decidiu que havia “incompatibilidade” o acúmulo das funções de vice-governador e presidente de partido. Esse mesmo entendimento do conselho de Ética fez com que, em 2014, o próprio colnago deixasse a presidência do PSdb para assumir a vice-governadoria do Estado. Agora, para surpresa de todos, vem esse mesmo conselho e decide que ele pode exercer cumulativamente a presidência do seu partido. não dá para entender essa mudança repentina de posicionamento por parte do conselho de Ética do Estado. Apesar de tudo, acho que colnago é, em comparação ao prefeito max Filho, mais preparado e mais competente para assumir a presidência do PSdb. Cicero Fabre

twitter: @eshoje / facebook: eshoje / instagram: /jornaleshoje/

projeto gráfico renon Pena de Sá e Patrícia Araújo www.renondesign.com fotografias Arquivo redacao@eshoje.com.br

diagramação diretora de redação/editora danieleh coutinho - mTb/ES 2694-jP jeferson Louis - mTb/ES 3605/ES danihcoutinho@eshoje.com.br

redação dóris Fernandes Gustavo Gouvêa Thaís rossi carolina boueri


Segurança

SEXTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

3

ES no pódio dos feminicídios Dos crimes letais intencionais contra as mulheres no Espírito Santo, 32,1% são feminicídios GUSTAVO GOUVÊA gustavo@eshoje.com.br

N

  15 de outubro, um domingo, mais uma vida poderia ter entrado nas tristes estatísticas capixabas relacionadas ao feminicídio. Após sofrer agressões verbais, empurrões fortes, socos na face, tentativa de enforcamento e estrangulamento, a advogada Fábia Fernandes, 38, chegou a ouvir a frase "agora eu vou te matar". Depois disso foi empurrada de um carro em movimento pelo companheiro. "Só lembro de ele ter acelerado e dito: 'se é isso que você quer, então tá'. Depois eu desmaiei", relata. De acordo com os dados do 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, o Espírito Santo ainda figura entre os estados brasileiros que se destacam em relação à violência contra mulheres. Em 2016 foram 140 mulheres assassinadas no Estado, sendo 34 casos classificadas como feminicídio e outros 106 como Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que incluem homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Este ‘34’ colocou o Espírito Santo na quarta posição nacional na proporção de feminicídios em relação aos CVLI de mulheres, representando uma proporção de 32,1%, bem acima da média nacional, que foi de 11,4%. Dados da Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo (Sesp), dão conta de que, de janeiro a agosto de 2017, 94 mulheres foram assassinadas no Estado, sendo 28 casos de feminicídios. Este número é superior ao de 2016, quando, no mesmo período, foram registrados 22 de um total de 72 mortes de mulheres.

GUSTAVO GOUVÊA

Segundo o Anuário, em 2016, 4.657 mulheres foram assassinadas no Brasil (entre homicídios de mulheres e feminicídios). Ou seja, a cada duas horas, uma morte no ano passado. Mas apenas 533 destes casos foram classificados como feminicídios. De acordo com os autores do documento, isso demonstrou as dificuldades do primeiro ano da lei que classifica feminicídios. MARCAS Quando Fabia abriu o olho, se viu no meio da rua em um cruzamento do bairro Cobilândia, em Vila Velha, cercada de pessoas. Os resultados foram 15 pontos na cabeça e pequenas escoriações pelo corpo. Felizmente sobreviveu. Ele relata que o suspeito, o empresário Felipe Folli Stange, 31, que foi preso em flagrante no mesmo dia - mas liberado após pagar fiança de R$ 5 mil - já a havia agredido no ano anterior com quatro socos. "Não é a primeira vez que ele me agride. Ele me deu quatro socos na cara, dois de cada lado. Então terminei, mas voltamos, porque ele insistiu. Na primeira vez eu não denunciei e também não falei para ninguém. Ele me jurou que nunca mais ia encostar um dedo em mim. Porém o perfil dele é este. Descobri que outras namoradas sofreram, mas elas retiraram a denúncia ou não denunciaram", contou a vítima. No próprio dia 15 foi determinada a medida protetiva para a advogada, mas ela relata que, como aconteceu em outras ocasiões, Felipe tenta se aproximar pedindo para que conhecidos façam contato com ela, alegando que precisa conversar sobre a empresa, que são sócios.

Advogada afirma ter sido empurrada de carro em movimento pelo companheiro, em tentativa de feminicídio No momento, a vítima e sua advogada tentam reverter o parecer da delegada, que classificou a situação como lesão corporal. "Ele tentou me matar. Ele estava me batendo no caminho e dizendo que ia me matar. Eu fui empurrada do carro”, relembra. A reportagem entrou em contato com o empresário Felipe Folli Stange, porém ele não quis falar sobre o assunto.

Um "basta" pelo fim da matança   do mês de agosto, após ter lido a notícia de que, somente em 2017, 84 mulheres já haviam sido mortas no Espírito Santo, a microempresária Joelma Moraes, 45, decidiu se mover. “Aquilo mexeu muito comigo e, numa roda de conversa com amigas decidimos ir para a rua dizer que basta! Decidimos bradar contra essa situação”, disse. Surgia então o Movimento Basta. A primeira atitude foi um vídeo de impacto realizado dentro de um cemitério para trazer à memória mulheres que haviam morrido em feminicídios. “Nossa mensagem foi direcionada a cada tipo de violência que começa dentro de casa e que acaba no silêncio. Foi

buscando gerar coragem para que as mulheres denunciassem. Isso trouxe mais mulheres para abraçar a causa”, contou. No domingo do dia 3 de setembro, Joelma e um grupo de mulheres e simpatizantes se reuniram na Praia de Camburi, e realizaram um ato com 84 cruzes pintadas de rosa, em sinal de protesto contra as 84 mortes. “Esse foi nosso surgimento público. Foi um ato muito visto, pois tinha um movimento muito grande de pessoas. As pessoas paravam, perguntavam, refletiam, sugeriam, choravam ao lembrar de entes queridos e nós os escutávamos. Nos alegrou ver, algumas semanas depois, um movimento

do Governo em torno do assunto. O que nós precisávamos fazer naquele momento era impactar e chamar a atenção do poder público. Precisamos da eficácia do acompanhamento de políticas públicas para que a mulher tenha condições de saber que podem denunciar ameaças dos companheiros”, frisou Joelma.

Fórum de Mulheres em Cariacica  R, presidente da Comissão da Mulher Advogada da subsessão 11, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES), também integra o Movimento Basta e já milita há cerca de três anos pelo fim da violência contra a mulher. Ela também trabalha para construção do Fórum de Mulheres de Cariacica. “Várias associações e segmentos da sociedade voltados para a proteção da mulher estão se unindo para a formação desse Fórum, para que seja permanente. O ponto de partida é uma educação forte nas escolas e em casa para começo dessa diferença na diminuição”, afirmou.

NÚMEROS EM 2016 11º ANUÁRIO NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA

w 4.657

mulheres assassinadas no Brasil w 533 casos de feminicídios w 133 homicídios de mulheres no ES em 2015 (taxa 6,5 mulheres assassinadas/100 mil) w 58 casos foram considerados feminicídio no ES em 2015 (43,6%) w 106 homicídios de mulheres no ES em 2016 (taxa 5,2 mulheres assassinadas/100 mil) w 34 casos de feminicídio no ES em 2016 (32,1%)

DADOS – SESP (*J  A)

w F

 ES – 22 w 2017 - 28 w H   w 2016 – 50 w 2017 - 66 w 2016


4

SEXTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

HUGO BORGES POR CÉSAR HERKENHOFF L cesarherkenhoff@hotmail.com

Hipócrita preocupação No Oriente Médio, considerado a zona bélica mais perigosa do mundo, o índice anual de mortes é de seis para cada grupo de 100 mil habitantes. No Brasil, são 20 para cada grupo de 100 mil habitantes. Sem contar a situação do Rio de Janeiro, onde a população já se acostumou tanto com os constantes tiroteios que a bala entra por um ouvido e sai por outro. Falar de bala perdida é brincadeira (séria) de péssimo gosto, mas o Brasil se transformou numa nação comandada por quadrilhas, por ordem de importância: o Executivo, o Legislativo, o Tráfico de Drogas e o Judiciário. Tudo isso a propósito de mostrar meu estarrecimento com a notícia mais importante da semana, pelo menos a que revela o verdadeiro espírito público de nossos governantes, e a preocupação com a segurança dos cidadãos. Não é que a Prefeitura de Vitória decidiu que a partir de 2018 os contribuintes que atravessarem ruas e avenidas fora da faixa de pedestres, e os ciclistas que andarem em des-

conformidade com o Código de Trânsito Brasileiro serão multados em R$ 150?! Como vai se dar a fiscalização? Vão obrigar toda a população a andar com o CPF tatuado na bunda? Nossas forças de segurança pública não são competentes para impedir a decretação do toque de recolher na avenida Leitão da Silva, em Vitória, num trecho de pouco mais de 500 metros, mas terão contingente escondidos atrás das árvores para flagrar esse novo tipo de meliante? É muita falta de serviço. Tudo sempre em nome do hipócrita discurso de preocupação com a segurança da população. Vai procurar o que fazer, prefeito Luciano Re-

zende. É ócio em excesso? Por que o senhor, aliás, não dá uma passadinha – tem que ser a pé – pela rua da Grécia, no Barro Vermelho, num trecho não superior a 100 metros de comprimento, onde o lixo se acumula como se fosse um lixão, e os cadeirantes não conseguem transitar ora por quê há um posta no meio da calçada, ora por quê um “famoso quem” da vida resolver avançar o meio do condomínio um metro, um metro e meio sobre o passeio público? É absolutamente degradante o estado das coisas na capital capixaba. Esta semana uma reportagem mostrou a impossibilidade de uso das vias públicas por ca-

deirantes (e idosos, igualmente) em razão da quantidade de buracos. É claro que para nossos governantes isso não faz a menor diferença. Helicópteros e carros do ano os tornam insensíveis ao sofrimento da população. Agora, aposentado por incapacidade laborativa total e definitiva, não pretendo dar sossego a essa gente do mal que se aproxima do povo na época das eleições e depois vira as costas. Já fui simpatizante da esquerda, já hostilizei de todas as formas a direita, mas hoje me considero um radical de centro. E a coisa é tão grave que, a se manter o quadro sucessório de 2018 com Lula e Bolsonaro, não

vou anular meu voto. Um é sabidamente ditador e ladrão. O outro, por enquanto, só tem vocação ditatorial. Não vou pular da terceira ponte. Mas voltando à vaca fria, hoje eu gostaria mesmo de fazer um apelo a suas excelências no sentido de que pelo menos metade do contingente que será utilizado para fiscalizar bundas infratoras, seja deslocada para a segurança pública efetiva. Já consigo até imaginar o diálogo entre os bundionários públicos: - Quantos fiofós você multou hoje? - Só uma bunda. Mas valia por mil!

COLUNA FEU ROSA

ARTIGO

Prisão saudável

Caminhos

João Valjão, um típico brasileiro, nasceu e cresceu em uma pequena cidade do interior, cuja população não passava dos dez mil habitantes. Era uma daquelas localidades pacatas, isoladas dos graves problemas que atormentam as metrópoles. Ao longo de sua juventude, João foi se integrando àquela comunidade, na qual esperava trabalhar e viver o restante de sua existência.

Um desejo antigo de fazer justiça aos dirigentes do Jornal Caminhos, que nos proporcionam uma leitura digna de temas importantes e desconhecidos na maioria das vezes. São eles: Suzana Villaça, Dídimo Effgen, Guilherme R Soares, Isabella Menescal. Vamos destacar uma série de temas sempre de forma sintética.

Aconteceu, no entanto, um imprevisto: dado dia, ‘com a cabeça cheia de cachaça’, João envolveu-se em uma ‘briga de bar’ e acabou por ferir, de forma grave, seu oponente - aliás, um amigo de infância! Nas origens deste crime, além do álcool, uma prosaica discussão sobre futebol. Como não poderia deixar de ser, João foi imediatamente levado à Delegacia de Polícia, na qual permaneceu detido. Sua família, avisada, para lá acorreu, buscando a um só tempo repreendê-lo e prestar-lhe assistência. No dia seguinte, por conta de que delegacias não são prisões, João foi transferido. Sacolejando a bordo do ‘cofre’ de uma viatura, após amargar umas quatro horas de suplício, chegou a um presídio estadual - desses situados nas periferias das grandes cidades. João não era, evidentemente, filiado a nenhuma daquelas facções do crime organizado que comandam nossas maiores prisões - era apenas um ‘jeca’. Nesta qualidade, foi alvo das maiores humilhações e violências. Com o passar do tempo, a lembrança

Ufologia: a terra foi contatada por alienígenas? Misterioso sinal diz que sim. Plante boas sementes: cultive a sua terra interior com sementes que dão lindas flores e saborosos frutos. Com o tempo, vem a colheita do que você plantou. Semeie do seu coração as sementes da paz, espiritualidade. A felicidade não vem pronta, você é que faz. Tudo pra você e por você. Eis a mensagem de kisamara: energias abençoadas circulam em Planeta Terra... atravessaram a noite dos tempos para ascender as dimensões destas vibrações seja, humilde, generosa, estimulando a compaixão. Sobre amizade, uma qualidade tão difícil. “ela melhora a saúde. A pessoa sente que tem com que contar nos dias tristes e com emoções as vitórias”. Música Terapia: “para derrotar a dor, o estresse e a tristeza, use sua música favorita ao se favor. Sim, a música tem este enorme poder”.

dos pais ia se tornando algo cada vez mais distante - afinal, eles eram pobres e não tinham como deslocar-se com frequência. Foi quando João passou a ser influenciado por uma nova ‘família’: os ‘irmãos’ de uma facção criminosa. Após um ano de ‘aprendizado’, ei-lo de volta às ruas. Já incompatibilizado com a rotina simples do interior, decidiu ficar pela ‘cidade grande’ com os ‘irmãos’. Em pouco tempo, durante um assalto, mataria… um parente seu! Este caso, que acontece aos milhares pelo Brasil afora, poderia ter tido um desfecho diferente. Bastava que João tivesse sido punido lá no interior, perto de sua família. Simples assim. É quando, não sem alegria, saudamos a tramitação, pelo Congresso Nacional, de proposta permitindo aos municípios a construção de prisões destinadas ao recolhimento de condenados locais - o que já ocorre, por exemplo, nos EUA. Nossos parabéns ao Deputado Laudivio Carvalho, autor da proposta. PEDRO VALLS FEU ROSA Desembargador do TJES

Vejamos grandes pensadores publicados pelo Jornal Caminhos: Clarence Thomas: “necessário uma pessoa com uma missão para que um objetivo seja atingido”. Edgar Howe: “o homem se interessa pelas coisas maravilhosas então, ele as inventa. E se assombra”. Charles Darwin: “as espécies que sobrevivem são as mais fortes, nem as mais inteligentes, mas sim aquelas que se adaptam melhor as mudanças”. Eis o grande Mário Quintana: “a vida são deveres que nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê... já são seis horas... Quando se vê... já é sexta-feira. Quando se vê... já é Natal... Quando se vê... já terminou o ano. A única falta que terá, será desse tempo que infelizmente... não voltará mais”. Aplausos para quem lê o Caminhos e os que produziram.

RÔMULO AUGUSTO PENINA Ex-reitor da UFES


Política

SEXTA-FEirA, 3 dE novEmbro dE 2017 j www.EShojE.com.br

Grupo quer Audifax no Palácio Anchieta o vereador licenciado, Guto Lorenzoni, afirma que população já aprovou o chefe do Executivo serrano divulgação

danieleh coutinho danihcoutinho@eshoje.com.br

O

prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede) pode ser a terceira via na disputa pelo Governo do Espírito Santo. Pelo menos é o que quer o grupo político que ele faz parte, segundo informou em entrevista a ESHOJE, o vereador em terceiro mandato licenciado, e atual secretário de Serviços da Serra, Guto Lorenzoni (PP). Segundo Guto, Audifax está mais do que testado e aprovado pela população, por sua atuação como prefeito em três mandatos. “O prefeito está mais do que testado em termos de administração pública, no planejamento, na questão de pegar o município com a economia em baixa e mostrar que ele consegue administrar também um município com pouco recurso. Isso é um exemplo. Hoje a gente vê que o Estado tem um déficit financeiro imenso e o prefeito Audifax está pronto”, afirmou. De acordo com Lorenzoni, o grupo político da Serra é voltado para uma eleição estadual e até nacional. “O grupo vê que o prefeito como um nome importante

Guto lorenzoni é vereador e pode concorrer a deputado federal para a disputa na majoritária, no caso para governador. Estamos trabalhando e avaliando isso”. E o próprio progressista, quais os rumos de Lorenzoni em 2018? “Estou na secretaria desse 10 de julho focado na gestão pública, na missão que o prefeito me deu de manter a Serra mais organizada. Caso o grupo entenda que meu nome é importante, volto a Câmara em abril e concorro a deputado federal. Há possibilidade de eu disputar por outro partido, deixando o PP e me filiando ao Rede”, explicou. Para ele, seu atual partido não criará dificuldade para a desfilia-

ção, visto que há dois anos o deputado estadual Erick Musso também trocou a sigla pelo PMDB e não houve quaisquer entraves para isso. “Existe essa conversa, mas isso vai ficar mais para frente. Não posso pensar a política de forma individualista, como uma política minha. Estou ligado a esse grupo, sou filiado ao PP desde 2002, mas há grandes possibilidades de eu migrar, na janela de março, para o Rede" Na entrevista completa, Guto Lorenzoni fala ainda da preocupação de manter a Serra limpa e organizada. Leia tudo em www. eshoje.com.br.

Bastidores da Política Tucano e pomba Caso Max Filho conquiste a presidência do PSDB, a senadora Rose de Freitas vai pousar no ninho tucano para concorrer ao Governo do ES. E, desta forma, com apoio de Renato Casagrande e Luiz Paulo, pomba e tucano baterão asas juntos em 2018. Outro caminho Já se o vice-governador, César Colnago, for eleito novamente presidente do PSDB, nas eleições de 2018, as coisas mudam. César concorre a deputado federal junto com Otaciano Neto, e apoia a eleição de Amaro para o Senado e Paulo Hartung ao Governo. Plano B Ainda sobre o PSB, o partido tem um “plano B”, que coloca o ex-go-

vernador, Renato, como candidato a deputado federal para fazer uma bancada forte do ES. Corrida Falando em pleito, pesquisa mostra que para o Senado, hoje, Amaro Neto segue liderando, seguido por Renato Casagrande e Magno Malta. Uma situação bem complicada para Ricardo Ferraço. Senado Federal Quem está se articulando para assumir o Senado Federal é o segundo suplente de Rose de Freitas, o médico cardiologista, Schariff Moyses. Mas isso terá que ser bem articulado com o empresário Luiz Pastore, primeiro suplente. A ideia é que cada um assuma o mandato um período. Caso Rose concorra ao Governo,

ela se licenciará do Senado por até três meses. Tudo liberado O jornalista Ricardo Boechat deu com exclusividade, depois de ter ouvido do Governador Paulo Hartung, que ele vetará projeto dos deputados sobre censura da arte com nudez no Espírito Santo. Tribunal A briga pela vaga de conselheiro do Tribunal de Contas está pegando fogo. Como ESHOJE já havia anunciado, o presidente da Comissão de Finanças da Assembleia, Dary Pagung, está em franca campanha. Mas na corrida também estão Marcelo Santos - com apoio de Erick Musso – e Rodrigo Coelho. Luluzinhas Duas mulheres que

vão disputar as eleições “pau a pau” para a Assembleia Legislativa: Lenise Loureiro, com apoio de Luciano Rezende, e Andreia Lopes com a força de Paulo Hartung. Trio Falando em prefeitura de Vitória, todo crédito à situação financeira organizada do município ao secretário Davi Diniz e aos subsecretários Márcio Guedes e Henrique Valentim. Atenção deputados ... enquanto os senhores estão preocupados com a Eco 101, outro problema cresce e ninguém faz nada. Dividam suas energias em fiscalizar a concessão da Escelsa. Os postes estão caindo aos pedaços e a população está em risco e prejuízo!

aspecto geral hino salvador L hinosal@terra.com.br

2ª Ponte vai cair A Segunda Ponte, ou Ponte do Príncipe, que liga a Capital do Espírito Santo, Vitória, aos municípios de Vila Velha e Cariacica, e que foi inaugurada em 1979, virou um “patinho feio”. Nela não se realiza nenhuma obra por falta de verba. Depois de a imprensa de- são, e tapa buracos na área de nunciar que os pilares da pon- acesso. Informou, também, te correm o risco de ruírem e a que já estava programado para Segunda Ponte desabar, o as- o mesmo mês o retorno da emsunto voltou à tela nos últimos presa para execução de mais dias, quando um vídeo posta- serviços no segmento sob judo na internet amedronta até o risdição do órgão. Chapolin Colorado de passar A Comissão de Infraestrutusobre ela. As fotos, usadas na ra da Assembleia Legislativa, denúncia, revelam os pilares da juntamente ao Conselho ReSegunda Ponte deteriorados. gional de Engenharia e AgroEsses novos registros mostram nomia do Espírito Santo as estruturas que sustentam a (CREA-ES), fez uma visita técponte com os vergalhões en- nica na Segunda Ponte no dia ferrujados e expostos, e com 30. A inspeção foi realizada algumas partes de concreto ainda na Florentino Avidos e aparentemente desgastadas. Terceira Ponte. Há risco de deConforme já é de conheci- sabamento, porque as ferramento de todos, o Departa- gens das estruturas já estão exmento Nacional de Infraestru- postas, todo mundo sabe! Só tura e Transportes - DNIT - e o não posso afirmar se este risco Departamento de Estradas de está na parte de responsabiliRodagem do Espírito Santo – dade do DNIT ou na do DER. DER-ES - são os que cuidam da A obra de reforma não tem parte estrutural da ponte e as verba, vai abranger 1,3 quilôiluminações são por metro da ponte. conta das prefeituMas acredito que só ras de Vitória, Vila Há risco de haverá o asfaltaVelha e Cariacica. O desabamento, mento da pista no DNIT e o DER-ES sentido Vitória a porque as chegaram anunciar Cariacica, pela roque a dita cuja iria ferragens das dovia BR-262, em ser reformada e gaJardim América. De estruturas nharia acostamenacordo com os burjá estão tos e ciclovia no burinhos dos corexpostas trecho que liga Viredores, a ciclovia tória a Cariacica. As projetada na Seobras iam começar gunda Ponte vai ser no final de 2013 ou início de construída, porém, os alarga2014 e com prazo para ser con- mentos das pistas, só Deus é cluída em 18 meses. quem sabe. Já estamos encerrando 2017 Há uma informação, não ofie nem sinal das placas da exe- cializada, de que existe um cução da obra. A ponte conti- convênio de cooperação entre nua com a manutenção precá- os três municípios, que definiu ria. O DNIT, após receber a de- a divisão da extensão da ponte núncia das fotos, deslocou uma em partes iguais. Pelo convêequipe técnica para o local, pa- nio, Cariacica fica com a tarefa ra verificação da informação e de iluminar a segunda ponte do estado da estrutura. nas três alças de acesso à cidaPor meio de nota o DNIT in- de, em Jardim América, auformou que, caso fosse de mentando sua responsabilidacompetência do órgão, seriam de de 45 para 67 pontos de ilutomadas as providências cabí- minação. Vila Velha e Vitória veis. A Segunda Ponte já foi al- dividirão, igualmente, o resvo de denúncias, em agosto tante da ponte. deste ano, sobre a situação das O Espírito Santo tem por vopistas com mato, lixo, oscila- cação não dar muita importânções nas pistas e buracos. Nes- cia às coisas que são úteis à pota ocasião, o DNIT informou pulação. É uma vergonha que que, em fevereiro deste ano foi essa ponte, centenária, chegue feita a limpeza e pintura da se- ao ponto que está, sem a atengunda ponte em toda a exten- ção do poder público.

5


6 Segurança

SEXTA-FEirA, 3 dE novEmbro dE 2017 j www.EShojE.com.br

Sem fiscalização, mais drogas Falta de efetivo e postos fechados da Polícia rodoviária Federal favorecem entrada de drogas no ES Gustavo Gouvêa gustavo@eshoje.com.br

O

s postos de fiscalização rodoviária, pelo Espírito Santo, não estão funcionando corretamente. A situação foi denunciada pelo Sindicato dos Rodoviários Federais do Espírito Santo (SINPRF-ES) e a reportagem de ESHOJE confirmou. De acordo com o sindicato, isso reflete a defasagem do efetivo de policiais rodoviários federais no ES. O inspetor da PRF no Espírito Santo, Macedo Miranda, afirmou que o efetivo da corporação no Estado "não é o ideal", sem, contudo, especificar o tamanho da defasagem. A assessoria nacional da PRF informou por meio de nota que "por questões estratégicas e de segurança orgânica" não seria possível responder qual é o número de policiais rodoviários federais que atuam no Espírito Santo. "No país o quantitativo de Policiais Rodoviários Federais é de 10.056", informou a nota. Postos de fiscalização fechados e defasagem de efetivo são situações que favorecem a entrada de drogas no Espírito Santo pelas rodovias que cortam o Estado, de acordo com fontes do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol-ES) e da Associa-

ção de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Espírito Santo (ACS-ES). O posto de Ibatiba, por exemplo, trata-se da primeira fiscalização após a fronteira com Minas Gerais, uma das principais rotas de entrada de drogas no Espírito Santo. Este é um dos postos que a reportagem encontrou fechado. "A falta de fiscalização impacta no tráfico de drogas nas cidades do Espírito Santo e se agrava com a situação da Polícia Civil, que não tem estrutura mínima para atender as outras polícias. A falta de fiscalização influi na guerra do tráfico, pois é feita de forma precarizada nas rodovias, nas abordagens da Polícia Militar ou no atendimento pela PC. Não têm recurso material e nem humano, necessários. Não possuem condições mínimas de estar enfrentando o crime", desabafou Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol-ES. De acordo com o sargento Renato Martins, presidente da ACS-ES, a falta de fiscalização nas estradas federais favorece o tráfico interestadual de entorpecentes e de armas, “contribuindo para a entrada desses ilícitos no Espírito Santo”. De acordo com ele, o tráfico de drogas e armas é objeto de quase 90% dos crimes no Estado, já que os “tra-

internauta

o posto da polícia rodoviária Federal na Br 262, em Ibatiba, foi encontrado fechado durante feriado ficantes portam armas de fogo”. Além desses motivos, Martins declara que a falta de fiscalização “não cria empecilhos para a entrada e saída de criminosos procurados” do Estado. apreensão A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) não informou a quantidade de drogas apreendidas pela Polícia Civil do Espírito

Santo, contudo, o 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2017, publicado nesta segunda-feira (30/10) mostrou que o ES foi, pelo segundo ano consecutivo o Estado que apresentou a maior taxa de apreensão de drogas em todo o Brasil (128,9 ocorrências por cada 100 mil habitantes). Dados do anuário mostraram também que o Estado foi o sótimo do Brasil em apreensão de

armas de fogo (45,4 ocorrências por cada 100 mil habitantes). Em meados de setembro, a Delegacia Especializada de Tóxicos e Entorpecentes (Deten) incinerou cerca de duas toneladas de maconha, cocaína, crack e drogas sintéticas. De acordo com o delegado João Paulo Pinto, todo o material foi apreendido ao longo do ano, durante as operações na Grande Vitória.

90% dos crimes ligados a tráfico prF: "Missão cumprida" O sargento Renato Martins, presidente da ACS-ES, afirmou que 90% dos crimes cometidos no Espírito Santo tem ligação com o tráfico de drogas e de armas. De acordo com ele, apesar de o Espírito Santo não ter uma tradição relevante de morte de policiais militares em confrontos - nem o Estado, nem associação proveram estatísticas - as armas que estão nas mãos dos criminosos e atentam contra a vida de policiais ou de civis, em muitos casos são re-

sultado do tráfico de armas. Segundo o 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, foram quatro policiais civis mortos no Espírito Santo no último ano, mesmo número de 2015. Em 2016, foram 1.180 homicídios totais no Estado. "Um policial morto em combate representa uma perda irreparável para sua família e para a sociedade. Algumas mortes, como a do Soldado Daniel Viana, ocorreu em confronto com assaltantes que estavam armados. Talvez uma fis-

calização mais eficaz nas fronteiras estaduais impedisse a arma que matou o soldado Viana de entrar no Estado", declarou Martins. A criação de um sistema de informações único é a demanda dos policiais civis para que a guerra contra o tráfico de drogas seja eficiente. "Defendemos que haja uma Política de Estado de Segurança Pública dentro de um modelo estruturante e não paliativo como é", protesta o presidente do Sindipol-ES, Jorge Emílio Leal.

apesar de admitir que o número de policiais rodoviários federais no Espírito Santo não é o ideal, o inspetor da PRF Macedo Miranda afirma que os servidores conseguem cumprir a sua missão. "Nosso efetivo é reduzido, mas através do esforço temos conseguido cumprir nossa missão e nosso trabalho. Não fornecemos o número por questão de segurança orgânica. O número ideal seria bem maior do que nós temos". Ele explicou que, em feriados

prolongados, quando o fluxo é intenso nas vias federais, as equipes são deslocadas para horários e locais críticos, não necessariamente no posto. Os locais de maior risco são priorizados. “As fiscalizações de enfrentamento ao narcotráfico não necessariamente são feitas em frente ao posto, até porque eles evitam passar em frente aos postos de polícia. Na BR-262 a PRF faz muitas apreensões de drogas. Lá no posto de Ibatiba ficam os policias necessários".


Esportes

SEXTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

HS FOTOGTAFIAS

RUY MONTE DÁ O RECADO! rmonte@eshoje.com.br

Os dribles estão proibidos? No futebol de hoje pouco se vê cenas de dribles desconcertantes entre jogadores. Não sei se é obra dos treinadores essa proibição, as chamadas firulas, ou é falta de atletas talentosos. Voto nas duas anteriores. Felipe Macedo é um dos nomes confirmados para o evento; ele é campeão brasileiro amador no big air

Feras do kitesurf agitam Itaparica

Segunda edição do Itaparica Kitesurf Fest acontece dias 11 e 12 de novembro, reunindo os melhores em Vila Velha GUSTAVO GOUVÊA gustavo@eshoje.com.br

U

  praias urbanas mais belas do Espírito Santo vai receber um verdadeiro show no mar, e no céu. Isso porque os melhores kitesurfistas do Espírito Santo e outros grandes nomes do esporte no País vão invadir a praia de Itaparica, em Vila Velha, para a segunda edição do Itaparica Kitesurf Fest, um dos melhores campeonatos da modalidade no Estado, nos dias 11 e 12 de novembro. Além dos "pegas" alucinantes na modalidade regata, que é a corrida, a adrenalina sobe no "big air", o campeonato de maior aéreo, no qual vence o kitesurfista que conseguir ser mais radical fazendo as ondas de rampa. Na primeira edição do evento, em março deste ano, quem levantou o troféu de campeão no big air foi o argentino Roberto Freccia, de 46 anos, que é radicado no Espírito Santo há 28 anos. Morador de Cachoeiro de Itapemirim, e local das ondas de Piúma - a praia mais próxima apropriada para o kitesurf - o experiente argentino, com 12 anos de esporte, afirma que sua técnica tem sobressaído para se dar bem na modalidade. Neste ano, dos cinco campeonatos que competiu no big air, sagrou-se vencedor em duas ocasiões, teve uma prata e dois terceiros lugares. "Estamos no preparo total, treinando todo o dia, mas concor-

dando que muitos competidores estão em alto nível técnico. Tem uma galera da juventude muito boa, chegando bem preparado. É difícil competir com essa galera jovem, que está com uma disposição muito boa, mas estou me esforçando para dar o melhor de mim. Na última edição também contei com um pouco de sorte para vencer", admitiu o argentino. "No big air não dependo tanto da força, é a técnica que uso para poder voar alto. É claro que pretendo defender o título da última edição, mas meu foco é ter um momento bom e me divertir", completou. REGATA Capitão da equipe pela qual o argentino compete, a Piúma KitePoint, Ícaro Guiaroni, de 25 anos - oito deles dedicados ao esporte - foi o campeão na modalidade regata da primeira edição do Itaparica Kitesurf Fest, em março. Para a nova edição, ele espera uma competitividade ainda maior e avisa que chega com 13 atletas de sua equipe para levar o título para Piúma. Um dos destaques é Felipe Macedo, que é campeão brasileiro amador no big air. No último evento que Ícaro competiu este ano, o Ulé Open Kite, no final de setembro, ele foi campeão nas modalidades big air e wave (kitesurf nas ondas) e ficou em quarto lugar na regata. Agora, em Itaparica, o kitesurfista afirma que está treinando duro para abocanhar o título em ambas as mo-

dalidades (big air e regata), na categoria expert, a de maior nível técnico, e na qual terá adversários, inclusive, de sua própria equipe, como o próprio Roberto. "O nível de competitividade vai estar altíssimo, com a presença dos melhores do Estado. Minha especialidade é o kite wave, que é nas ondas, mas tenho treinado regata e estou focado no big air", disse o capitão. A expectativa do organizador do evento, Erisberto Abrantes, é que pelo menos 60 competidores de 15 equipes marquem presença. A disputa será nas categorias iniciante, open, expert e feminino, nas modalidades regata, big air e downwind. "Montei minha escola (K27 Club) e senti necessidade de ter eventos para estimular a galera, já que Itaparica é o principal pico de praias urbanas de Kitesurf. O primeiro evento foi muito satisfatório e a expectativa para este é melhor ainda", avisou.

SERVIÇO 2º ITAPARICA KITESURF FEST w D:

11 e 12 de novembro a partir das 13horas w L: Praia de Itaparica, Vila Velha w M: Regatas, Big Air e Downwind w C: Iniciante, Open, Expert e Feminino w I: (27) 9.88652205 w H:

Avalio que ainda tem mais coisa aí: os atletas medíocres, que não admitem levar dribles desconcertantes. Outro dia assisti Vasco e Botafogo, quando o atacante vascaíno, Paulo Victor, numa jogada de letra, tentou dar um lençol num atleta adversário e esteve perto de ser agredido pelo jogador que sofreu a firula. Que aberração! Em tempos atrás se houvesse essa mentalidade, o Garrincha, por exemplo, estaria proibido de jogar, levando muita pancada. Vi coisa pior: em campeonato amador um técnico substituiu jogador porque o mesmo estava driblando muito, segundo o próprio treinador. É proibido driblar? No futebol em campo não se vê mais nada disso, por conta das táticas mirabolantes, toques e jogadas de corpo a corpo. Raramente se vê jogadas de efeitos, mesmo que as equipes tenham jogadores de rara ha-

bilidade técnica. Isso quer dizer que muito da beleza do futebol, tido como arte, está restrita. Um time de futebol, composto pelos onze jogadores, precisa do entendimento deles em campo - isso é a prioridade. Pois a equipe que joga com bola tocada de pé em pé, faz bonito quando chega ao gol. Já os toques exagerados de zagueiros, laterais e volantes acabam em chutões. Acho, simplesmente, que o medo de perder evita se ver um time mais ousado, jogando pra frente, com jogadas individuais, proporcionando para o torcedor o espetáculo esperado do futebol. Temos que admitir também que os tempos dos jogadores talentosos mudaram. O garoto que nasce craque num determinado local, quando menos se espera está longe, por onde a chama do dinheiro é maior. E não são todos que se dão bem, pois a maioria volta desiludido.

Expectativa para 2018

Estou preocupado com o Capixabão 2018, pois terá o mesmo modelo de 2017 (péssimo) com times divididos em chaves, jogando num único turno para definir os quatro semifinalistas. Pelo estatuto do torcedor, a regra da competição será a mesma. Como se vê, o torcedor acaba atrasando o futebol jogado em campo.

Remo

O Álvares Cabral ganhou mais uma regata, e com isso lidera o campeonato capixaba de remo, somando 17 pontos a

mais do Saldanha da Gama. Aliás, o clube está quebrando uma hegemonia do Saldanha de quase dez anos.

7


CLAssIfICADOs COMPRAR • VENDER • ALUGAR • TROCAR • DIVULGAR

sexta-Feira, 3 de novembro de 2017 j www.eshoje.com.br j eshoje@eshoje.com.br j anuncie: (27) 3395-1800

1

VENDO

imóveis, automóveis, diversos

GRanDe ViTÓRia

troco casa, vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, sem garagem, sem escritura. 45 mil – 27997012376. vendo / troco casa, vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, sem garagem, sem escritura. 45 mil – 27-997012376. vendo casa, vila Garrido – escadaria, 03 quartos, sala, cozinha, banheiro, varanda, quintal, sem garagem, sem escritura. 17 mil – 27-997012376. vendo apartamento, quarto, cozinha, banheiro, varanda, sala, área serviço, reformado, santo antônio, frente santuário, com recibo, 99603-7548 vivo vendo terreno darli santos vv, lado Gaivotas, 12m x 24m, comercial/residencial, rua asfaltada, documento em dia, plano/murado, aceito troca veículo r$85.000,00. 99812-2897 vivo. cOMunicaDO "ecLiSSe BRaSiL – TRaDinG e LOGÍSTica LTDa" torna público que requereu da semdesU, através do processo nº 22332/2013, Licença simplificada (Lms), p/ atividade de pátio de estocagem, armazém ou depósito p/ cargas gerais (18.07 n) na localidade de av. otavio borin, 385, cobilândia, mun. de vila velha – es. cOMunicaDO “eDeRSOn De JeSuS RanGeL- Me” torna público que requereu da semdesU, através do processo nº 39982/17, Licença(s) Lmar, para atividade de dePÓsito materiaL de constrUÇÃo, cod:18.08(n), na localidade de av. sérgio cardoso, nº610, nova itaparica, vila velha-es, município de vila velha – es.

vendo imóvel 520m2, esquina, frente av. maruipe, laje, pé direito duplo, afastamento estacionamento 10 veículos, escriturado, área construída 290m2, legalizado, frente 25m. 99812-6199 vivo whatsapp. vendo casa alagoano – começo escadaria, sem escritura, sem garagem – 5 cômodos – 75 mil vendo j.Penha Kitnet, elevador, garagem, 180 mil 99973-1001. vendo j.Penha 3 qts/ste, elevador, varanda 460 mil 9-9989-1243. vendo j.Penha 2 qts conjunto / varanda, 250 mil 9-9989-1243 seja um franqueado. Faça parte da maior rede de chocolates finos do mundo. Passamos o ponto: av. Presidente vargas, 137 centro Fundão. tel.: 11 94350-2770 nayane vendo casa – caratoíra (vitória) – 1º pavimento (começo escadaria) - 02 quartos, sala, cozinha, banheiro e quintal. sem escritura e sem garagem. r$75 mil ou r$60 mil + parcelas – 99865-0734 cOMunicaDO cOnTORnO cenTeR TRucK cOMeRciO e S e R V i ÇO S e i R e L i M e , c n PJ n º 15.170.232/0001-65, torna público que obteve da semdec/sUb-ma, cariacica, es, através do Processo n°36808/2016, a Licença ambiental de regularização (Lar nº 47/2017), para a atividade de oFicina mecÂnica de veÍcULos Pesados, com atividade de PintUra Por asPersÃo, na localidade de rua barão de itapemirim, nº 232, Galpão, nova valverde, no município de cariacica - es. cOMunicaDO LeOnOR cOMÉRciO De caRneR eiReLi – Me, cnPJ nº 25.308.092/0001-00, torna público que reQUereU da semdec/sUb-ma, cariacica, es, através do Processo n°34503/2017, a Licença ambiental de regularização, para a atividade de comÉrcio varejista de carnes – aÇoUGUe, na localidade de rodovia br 262, sn, Km 03, Loja 01, vera crUZ, no município de cariacica - es.

edital de convocação assembleia Geral a comissão pró-fundadora da aec - associação esportiva capixaba convoca a todos os esportistas do estado do espírito santo para assembleia geral de fundação da entidade a se realizar no dia 14 de novembro de 2017, tendo como local a Área de Lazer do campo society do bairro castelhanos em anchieta/es, ás 19hs em primeira convocação e ás 19hs30min em segunda convocação com qualquer número de participantes. ordem do dia: 1)Fundação da aec - associação esportiva capixaba 2)Leitura e aprovação do estatuto social da associação. 3)eleição, apuração dos votos e posse da diretoria executiva e conselho fiscal. anchieta/es, 30 de outubro de 2017 josimar souza Ferreira eDiTaL De cOnVOcaÇÃO a cOMiSSaO eLeiTORaL Da aSSOciaÇÃO DOS SeRViDOReS DO DePaRTaMenTO De iMPRenSa OFiciaL – aSSeDiO, com sede a avenida marechal mascarenhas de morais nº 2375, bento Ferreira, vitoria, es, inscrito no cnPj sob o nº 31.737.901/0001-94, cOnVOca todos os associados a participar da assembleia Geral de eLeiÇÃO e POSSe Da DiReTORia eXecuTiVa e cOnSeLHO FiScaL para o biênio 2018/2019, que será realizada no dia 08/12/2017 das 12:30 hs as 17:00hs, na sede da associação. rULma maria dias dUarte Presidente comissao eLeitoraL

2

ALUGO

imóveis, automóveis, diversos GRanDe ViTÓRia

aLUGo - r$820,00 –sala 39 m² + 1 vaga de garagem no centro empresarial da serra – Laranjeiras, cond. r$275,00, (27)9811-5129 aluga-se casa e quitinete em jardim america cel.: 27-99629-3378 alugo casa para temporada - meaípe (Guarapari) - duplex, 3 quartos, 2 suítes, 2 banheiros social, 2 salas, cozinha, despensa, área, churrasqueira, varanda, quintal e garagem coberta. acomoda até 20 pessoas. - maria 3022-2878 / 99928-1951 alugo apt° - morada de Laranjeiras - cond. Fechado - 3ª andar, 2 quartos, sala, banheiro, cozinha, Área de serviço, 1 vaga, port. 24hs, área de lazer, churrasqueira, salão de festas. r$700,00 – c/ cond. incluso – 99231-3143/ 3019-1918 alugo Kitnet - Praia do canto - em frente ao boulevard - residencial bali, mobiliada, r$ 795 + condomínio. 99989-1243 alugoapt°- jardim da Penha (novo) – Póximo a Ufes e ao sup. carone. 2 quartos, sala, cozinha, elevador e garagem - 27 99981-0691 jorge. alugo apt°- cachoeiro – 3 quartos, sala cozinha, sala e garagem - 28 3522 9099. cOMunicaDO MaFRa inDÚSTRia e cOMÉRciO De GeSSO LTDa-Me, torna público que requereu da semdesU através do processo n.09148/11 a( Lmo) (cod. ativ.1.08 (i ))para atividade de Fabricação de peças, ornatos, gesso.... na localidade rua sereia – 331- são conrado – vila velha. cOMunicaDO niVaLMaR inDÚSTRia e cOMeRciO LTDaMe torna publico que obteve a Lmar 225/2017 da semdesU, através do processo nº 35053/2017, Licença Lmar, para atividade de Fabricação de estruturas metálicas, cod – 3.12, na localidade de ilha dos bentos, av. Leila diniz nº14 – vila velha – es. cOMunicaDO tecno cLean LoGistica e distribUicao Ltda - ePP, torna público que obteve da semdesU, através do processo n° 64648/2014, Lmo nº 014/2017, Para terminaL de armaZenamento oU dePÓsito de ProdUtos QUÍmicos, cod. 18.03 (n), na localidade de rua Lúcia scandian Frigi n° 479, divino espírito santo, mun. de vila velha – es. cOMunicaDO W a G n e R D e Pa u L a , c n PJ n º 24.430.834/0001-03, torna público que reQUereU da semdec/sUb-ma, cariacic a , es, através do Processo n°33600/2017 - 1, a Licença ambiental simplificada, para a atividade de Produção de artefatos de metais ou ligas ferrosas ou não-ferrosas, sem tratamento superficial químico ou termoquímico, na localidade de rua itaquari, 10, bela aurora, no município de cariacica - es.

3

sERVIÇOs

alimentação, consórcio, Reparos, etc.

GRanDe ViTÓRia

cotação online de seguro auto, residencial, moto, viagem - Guarapari corretora de seguros. massagista, moreno, cariacica. atendimento diferenciado - segunda à sábado até 18:00 027-9-97441668 wanderson – climatização, instalação e manutenção de ar condicionado – 2799888-8667 – mig.wanderson@gmail.com sos Pronto socorro dos manequins – reformas de manequins, pinturas especiais, compra, vendo e alugo – 98828-5027 99246-1625 Funcionários da Pmv que desejarem adquirir o cartão mastercard internacional gratuito do banco daycoval sem sPc ou serasa. Ligar para carvalho 27 – 99507-3978 cOMunicaDO shitransPorteeLoGÍsticaLtda,tornapúblicoquerequereueobtevedoiema,pormeio doprocesson°803,aLaUnº035-d/2017para atividade de transPorte rodoviÁrio a GraneL de ProdUtos PeriGosos exceto materiaL radioativo, para atuar exclusivamente nas rodovias do espírito santo, estandosediadanalocalidadedarUaisabeLartero, 336, mun.de Presidente PrUdente-sP.

4

EMPREGO

Diversos

GRanDe ViTÓRia

ofereço-me para trabalhar em consultório, clinicas ou escritórios - de 13 às 19 horas. sou aposentada, nível superior, facilidade em assimilar conhecimentos, aceito sal.mínimo – 30392202/997129889 ofereço-me para trabalhar como Porteiro ou aux de serviços Gerais – Possuo curso de Portaria, e resido em cariacica – 99949-0604 ivonete. ofereço-me para trabalhar como Garçon (Freelancer) para Festas e eventos. Formação senac – 99913-4971 – alessandro. ofereço-me para trabalhar como Pedreiro, área de construção civil ou serviços Gerais -disponibilidade para qualquer local - 99717 2657 cOMunicaDO SPeeD TR anSPORTeS LTDa Me , torna público que requereu e obteve do ieMa, através do processo n°2074, Lau nº031-D/2017, para transporte rodoviário de Produtos Perigosos para atuar exclusivamente nas rodovias do espirito santo, estando sediada na localidade de rodovia norte sul, 308, rosário de Fátima, serra - es.

iMOBiLiÁRia DOnnaBeL S/a cnPJ/MF 10.560.834/0001-05 extrato da ata de assembleia Geral extraordinária realizada em 30/05/2017 ás 10:00 h na rodovia br-262 s/n – Km 9,5 – Primavera - viana/es ceP 29.135-160. QuORuM: compareceram todos os acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinado no livro de presença, MeSa: Presidente: rosileni Paganini; SecReTÁRia: “ad hoc” solange maria rigotti. DeLiBeRaÇÕeS: i) alteração do estatuto social; ii) eleição e posse dos membros da diretoria; iii) eleição do conselho fiscal. a ata em seu inteiro teor foi arquivada na jUcees sob o nº 175248230 em 08/06/2017. viana/es, 30 de outubro de 2017. rosileni Paganini - Presidente, solange maria rigotti - Secretária “ad hoc”. LGM cOnSuLTORia eMPReSaRiaL S. a. cnPJ/MF 17.504.350/0001-98 extrato da ata de assembleia Geral extraordinária realizada em 18/09/2017 ás 09:00 h na rua maranhão nº 575, sala 1009 - Praia da costa – vila velha/es ceP 29.101-340. QuORuM: compareceram todos os acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinado no livro de presença, MeSa: Presidente: rosileni Paganini; SecReTÁRia: “ad hoc” solange maria rigotti. DeLiBeRaÇÕeS: i) Pedido de renúncia do diretor administrativo financeiro; ii) eleição da diretoria; iii) eleição dos membros do conselho fiscal; iV) responsabilidade da diretoria; V) alteração do estatuto social. a ata em seu inteiro teor foi arquivada na jUcees sob o nº 174908253 em 25/10/2017. vila velha/es, 30 de outubro de 2017. rosileni Paganini - Presidente, solange maria rigotti - Secretária “ad hoc”. GBR – incORPORaÇÃO SPe – S/a cnPj/mF 12.247.399/0001-99 nire. 32.300.031.480 resumo da ata de assembleia Geral extraordinária realizada em 03/07/2017, na sede da companhia situada na rua dom Pedro ii nº 549, Loja 208-b, edifício center Glória shopping, bairro Glória, vila velha – es, reuniram-se todos os acionistas e aprovaram por unanimidade: a cisão da sociedade, vertendo-se parte do seu patrimônio para Lher negócios imobiliários Ltda; a redução do capital social para r$ 3.319.000,00 (três milhões trezentos e dezenove mil reais), e a transferência de uma ação para o acionista expedito ximenes viana. a ata foi arquivada na jUcees sob o nº 175149178 em 19/07/2017.


Vitória, 3 de novembro de 2017 J Ano XVII J Nº 669 J Edição Gratuita Semanal

www.eshoje.com.br

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

Uma grande festa em Guarapa Grandes nomes do entretenimento se unem para fazer história no próximo verão da Cidade Saúde

E

CIRo tRIGo

leito como destino número um pelos turistas que passam pelo Espírito Santo durante o verão, Guarapari é o núcleo de entretenimento capixaba para a temporada das altas temperaturas. A cada ano, as expectativas aumentam com a chegada dos meses de férias. São milhares de pessoas que nomeiam o litoral para aproveitar e entre as atrações mais aguardadas da Cidade Saúde, estão os shows. O verão na cidade do litoral sul capixaba é marcado por grandiosas atrações nacionais, em alta no mercado fonográfico e midiático. Para a temporada de 2018, que tem início na segunda quinzena de dezembro, Guarapari irá vivenciar um contexto inédito no cenário do entretenimento, que promete fazer história no panorama nacional. A partir do objetivo de contemplar o público dos eventos com uma programação alinhada e harmônica, capaz de atender todos os públicos, os principais empresários de shows que atuam na região se uniram para apresentar uma agenda de shows pensada em parceria. A junção ocorreu através da união inicial de dois experientes profissionais do ramo, Kaedy Azevedo, responsável pelo projeto do Festival de Verão Pedreira, na Arena Pedreira, e Felipe Fioroti, que está à frente do The Best Summer of your life, da Brava Entretenimento, com datas já confirmadas tanto para o Multiplace Mais quanto para a Arena Pedreira. Influentes nomes como Lilian Moussallem, Itagildo Marques, Léo Caetano, Péricles Mecenas e Cícero Ribeiro estão envolvidos nas grandes produções do Verão. Parceria Kaedy Azevedo, que conduz o Festival de Verão Pedreira ao lado do sócio proprietário do local, Sandro Abreu, comemora as parcerias e acredita que será mais um ano de sucesso: "Já estamos há dois verões em ascensão, nos consolidamos como destino de entretenimento para turistas de todo o país. Para 2018 a perspectiva é a melhor que poderíamos ter, com uma programação que privilegia o balneário ao aproximar as duas casas mais icônicas da região, a Arena Pe-

Kaedy azevedo, Léo Santana, Lilian Moussallem e Felipe Fioroti: festa é com eles, e o cantor baiano já confirmou presença no verão de Guarapari dreira e o Multiplace Mais, através dos produtores que atuarão ao longo da temporada em cada uma”, assinala o empresário. Felipe Fioroti destaca que houve um cuidado para equilibrar as atrações. "Pensamos em atrações que equilibrassem as casas para segmentos musicais diferentes nos dias em que a abertura será comum, para minimizar o con-

flito e contemplar todos os públicos. Nos inspiramos em Guarapari, que na verdade são vários balneários em um só, a própria localização da Arena Pedreira e do Multiplace Mais evidenciam isso. Somos vários produtores, norteando inúmeros shows, unidos por um propósito, que irá proporcionar um verão inesquecível para os capixabas e turistas", afirma.

Para todos os gostos

A abertura do The Best Summer of Your life acontece no dia 27 de dezembro, com as irmãs Simone e Simaria, no Multiplace Mais. Já o Festival de Verão Pedreira dá as boas-vindas ao público com o DJ Alok e a dupla Jorge & Mateus, no dia 30 de dezembro, na Arena Pedreira. Para os mais de 15 eventos já confirmados, artistas como Anitta, Léo Santana, Matheus & Kauan, Nando Reis, Henrique & Juliano, Dilsinho, Durval Lellis, Gusttavo Lima e Luan Santana irão se apresentar em Guarapari.


2

SEXTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

CIRCUITO CULT MÁRCIA ALMEIDA L cultura@eshoje.com.br

Clássicos da ficção científica em Vitória

AGENDA

Se você gosta de ficção científica e não perde a exibição de um bom clássico deste gênero na telona, anote aí: começa neste sábado (04) e segue até o dia 22 de novembro, no Centro Cultural Sesc Glória, a Mostra de Cinema Clássicos Sci-Fi. Seis obras-primas da ficção científica dirigidas por mestres como John Carpenter, Mario Bava, Jack Arnold e Joseph Losey estarão em cartaz no CineSesc Glória, com entrada gratuita. bidos os resultados do curso “Experimentos Holográficos”. Ao centro da sala, será disposta uma estrutura baseada numa tela de 50 polegadas, que projetará as holografias produzidas pelo grupo. Às 18h30 será exibido o filme “Eles Vivem”, de John Carpenter. Em seguida, às 20h, haverá uma conversa com o professor doutor Alexandre Curtiss Alvarenga sobre o gênero da ficção científica no cinema. Para participar da abertura, os interessados devem retirar o ingresso na recepção do Sesc Glória, a partir das 11horas.

DIVULGAÇÃO

w E

V: John Carpenter, Ficção Científica/Terror, EUA, Legendado, 1988, 94’, 14 anos – Em cartaz nos dias 04/11, 08, 11, 18 e 22 w A A V  E: Jack Arnold, Ficção Científica/Suspense, EUA, Legendado, 1953, 80’, 14 anos - Em cartaz nos dias 05, 09, 12, 16 e 21 w O P P: Fred M. Wilcox, Ficção Científica/Aventura, EUA, Legendado, 1956, 98’, 14 anos - Em cartaz nos dias 05, 09, 12, 16 e 19 w O P  V: Mario Bava, Ficção Científica/Fantasia, Itália/Espanha, Legendado, 1965, 86’, 14 anos - Em cartaz nos dias 07, 10, 14, 17, 18 e 21 w O M: Joseph Losey, Ficção Científica/Fantasia, Inglaterra/Irlanda, Legendado, 1963, 95’, 14 anos. Em cartaz nos dias07, 10, 14, 17 e 19 w F  S 23: Michael Anderson, 14 anos, Ficção Cientifica/Aventura, EUA, Legendado, 1976, 119’ - Em cartaz nos dias 08, 11, e 22

QUATRUN

A mostra será uma verdadeira uma jornada de quatro décadas pelo fantástico mundo dos filmes de ficção científica. A abertura do evento será neste sábado (4), às 18 horas, e contará com uma performance musical preparada pelo Grupo de Experimentação Sonora (GEXS). Serão trabalhados trechos das trilhas sonoras dos filmes para, ao vivo, reconstruí-las em um fluxo sonoro que prestará homenagem a este gênero cinematográfico que consolidou, nas escutas do seu público. Na ocasião, interagindo com a performance musical, serão exi-

Confira os filmes exibidos:

SEBRAE ONLINE Acesse gratuitamente as plataformas, ferramentas e serviços do Sebrae Online.

EAD SEBRAE Capacitações gratuitas e à distância. ead.sebrae.com.br FALE COM O ESPECIALISTA Tire suas dúvidas sobre gestão e empreendedorismo de onde estiver. IDEIAS DE NEGÓCIO Diversos estudos sobre mais de 450 Ideias de Negócios, que dão uma visão geral sobre cada negócio para apoio na tomada de decisão do futuro empresário.

es.sebrae.com.br

Especialistas em pequenos negócios.

0800 570 0800


3

SEXTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Social

Bianca Coutinho bianca@eshoje.com.br

SILVIOMAR FALCÃO

Novidades. Natalia Zucchi promete novidades em sua badalada pizzaria, com a consultoria de Otávio Marques. Uma delas é a sobremesa assinada pela chef patissier Renata Ramos. Welcome Drink. Letícia Rody está a mil com os preparativos do 1º Road Show Brasil & Portugal. O evento será dia 10 na Praia do Canto, reunindo empresários interessados no mercado imobiliário português. Embarque. Kris Fabíolla Valente embarca nesta sexta, dia 03, para São Paulo, onde participa da feira FIT 0/16, um dos eventos mais consagrados para potencializar negócios. Confirmadas. Marcia Santos, Thici Tibério, Isadora Duncan,

Clarissa Soffiatti, Paula Hermany, Mary e Yasmin de Sá, estarão no Exagerado, de 8 a 11 de novembro em Carapina. Vem, 2018! Felipe Fioroti e Thiago Valentim convidaram os DJs Fred Reggiani e Victor Kill para se juntarem às atrações Illusionize e Capute & Moa no Réveillon Privilège, que vai ferver Enseada Azul. Feliz aniversário Carlos Henrique Kloss Bernini, Alessandro Potiguara, Victor Henriques, Giovanni Bisi e Fernanda Favre (3); Elaine Bermudes e Desiery Marchini (4); Andressa Hirle e Rafaelle Lauff (5); Rhelva Alcântara (6); Thalia Mathias, Ane Ramaldes e Sandra Vasconcellos (7); Eduardo Tenório e Bárbara Grecco (8); Manoela Athayde (9).

Marluce Oliveira e Vítor Bertol trocaram alianças na Chácara Flora, sob batuta da cerimonialista Rosana Martins

DIVULGAÇÃO

Partilha perigosa Qual mulher nunca emprestou um batom, rímel, sombra ou pincel? Pois é, esse ato de compartilhar as makes pode causar grande risco. A dermato Juliana Drumond explica que qualquer tipo de maquiagem, no momento que entra em contato com pele, olhos e boca, pode ficar infectada com vírus e bactérias. “Quando usados por outra pessoa, esses produtos têm grande potencial de causar infecções", explicou. Entre os problemas mais comuns estão foliculites, micoses, conjuntivite e até mesmo herpes. Dos itens que mais podem causar contamina-

ção estão máscaras de cílios, pó, blush, lápis de olho e batom. De acordo com um estudo feito na Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, existem mais de 300 mil bactérias na mão humana, que pertencem a quase 5 mil espécies diferentes. WANDERSON LOPES

Rose e Francine Faé em clima de Natal, cheias de novidades

Look pijama

A primavera verão 2018 deve trazer de volta uma das tendências que chamou atenção nos últimos anos: o look pijama. Também chamado de slip dress, o estilo caiu nas graças das fashionistas e virou aposta de grandes marcas. A dica é da estilista Mary de Sá, que sugere apostar em vestidos, camisas e calças com tecidos e estampas que remetem à roupa de dormir. “Para quem não quer adotar o look total, vale misturar uma peça com jeans e tênis para um visual despretensioso”, afirma. MÁRCIO GUIMARÃES / ALL LIVE

Sandra Matias, Cris Pinheiro e Lara Brotas em evento do projeto “ARTe &...”

Virginia Pelles, Chris Bersot, Michelle Coser e Priscila Legora no workshop 'Sexo Começa na Mesa', que arrecadou donativos para a AACC


4

SEXTA-FEirA, 3 dE novEmbro dE 2017 j www.EShojE.com.br divulgação

Coluna do vinho Franklin pinheiro L colunadovinho@eshoje.com.br

Bordeaux: meca dos vinhos tintos Medoc, Graves, Pomerol e Saint Emilion, regiões bordalesas produtoras dos vinhos mais espetaculares do mundo, sonho de consumo dos mais refinados enófilos do mundo. História construída ao longo do tempo, desde o poeta galo-romano Ausone até o presidente francês Charles de Gaulle.

Mãe Jatira é um dos personsagens que Marcelo Médici levará para os capixabas no Teatro Universitário

Marcelo Médici vezes oito na Ufes

o ator mostra sua versatilidade em comédia-solo que chega a vitória entre os dias 10 e 12 de novembro

A

pós 13 anos em cartaz com “Cada um Com Seus Pobrema”, o humorista Marcelo Médici chega a Vitória. Nesta comédia-solo ele vive oito personagens hilários e surpreende com sua agilidade e talento de mudar radicalmente de expressão e voz. Figuras já conhecidas do grande público como o corinthiano Sanderson (presente no programa Vai Que Cola do multishow), o último mico-leão-dourado do mundo, a vidente

Mãe Jatira (famosos em vídeos no Youtube e programas de TV), a apresentadora infantil Tia Penha entre outros fazem parte desse sucesso. Com uma linguagem moderna, humor inteligente e veloz, o espetáculo contagia o público, levando-o as gargalhadas do início ao fim. No enredo a personagem central é um ator de teatro que ao desistir de fazer sua apresentação começa a falar sobre sua própria vida. Surgem então os demais personagens comen-

tando e criticando com muito humor várias situações do cotidiano, garantindo a contemporaneidade do texto e causando uma identificação imediata no público. Escrito e interpretado por Marcelo Médici o espetáculo já é considerado um clássico do ator. Na capital capixaba as apresentações serão no Teatro Universitário (Ufes), de 10 a 12 de novembro. Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro a partir de R$ 30 (meia)

Vitória ganha clima de Jurerê em festa inédita o p12 Parador Tour Vitória pretende unir o famoso conceito e elegância da P12, em Jurerê Internacional, com a beleza dos capixabas e visual deslumbrante do balneário da Grande Vitória, numa festa inédita. A label promete ser a mais comentada da cidade, no dia 18 de novembro, na Área Verde do Álvares Cabral. Inédito, o projeto vai reunir

glamour, requinte e sofisticação misturados às mais variadas vertentes da música eletrônica. Um time de DJs de peso do cenário nacional e regional foi escalado para comandar as pickups. A festa, promovida pela All In Entretenimentos, em parceria com a Booa Produções, traz toda a sedução do Parador 12 e promete agitar a noite capixaba. Vinne (BSB),

Andrew Gracie (RJ), Lowdwez (RJ), Du Oliveira B2b Pinho Menezes (Floripa), Zerb (SP), Future Class e Gustavo Mota (SP). Os capixabas não ficam para trás e nomes como Fred Regianni, Monia Lombardi e Jess Benevides representam bem o time regional. A balada terá início às 14 horas, no clima total de sunset com a melhor vista da baía de Vitória.

As primeiras referências aos vinhos produzidos em Bordeaux, que deriva de au bord de I’eau - que significa “a beira d’agua” - remontam ao século IV, em poema de Ausone (cultura romanizada da Galia) enaltecendo os vinhos da região. Seu nome acaba batizando um vinho famoso, produzido em Saint Emilion “Chateau Ausone”. No ano de 1152 acontece o casamento da Duquesa Leonor de Aquitânia com o rei da Inglaterra Henrique II, e a região de Bordeaux é dada como dote para Inglaterra, domínio inglês que se estendeu até o ano de 1453 após a batalha de Castillon. E ficou conhecida como a guerra dos cem anos, quando a região volta para o domínio francês. Os três séculos de domínio inglês fez com que a região se tornasse mais organizada, com o povo mais culto e praticando religião protestante diferente dos franceses da época, que era a católica. Isso trouxe benefícios para região até os dias de hoje. No ano de 1789 com a tomada da bastilha ocorreram grandes e radicais mudanças, cujos alvos eram burguesia e igreja católica. A região da Borgonha, que quase em sua totalidade pertencia à igreja católica, teve suas terras fracionadas e divididas com moradores, fato que não ocorreu com a região de Bodeaux, que acabou contribuindo para o seu crescimento aparecimento dos grandes chateaus (grandes vinícolas, com seus grandes castelos). No ano de 1855 Napoleão III, que não era o Bonaparte, indica uma comissão de especialistas em vinhos para escolher os melhores da França. A escolha foi feita com os vinhos da margem esquerda de Bordeaux: Chateau Margaux, Chateau La-

tour, Chateau Lafite e Chateau Haut-Brion. A comissão deixou o mais importante vinho da época fora da relação, injustiça corrigida somente em 1973, por um decreto presidencial Charles de Gaulle, que incluiu o Chateau Mouton-Rothschild no rol dos 5 Premier Cru Classe. Mas tantos outros vinhos importantes ficaram de fora, que outras classificações foram criadas. Em 1920 surgiu a Cru bourgeois, para abrigar centenas de produtores de vinhos de extrema qualidade que ficaram de fora. Doze anos depois essa classificação foi revista e passaram a abrigar 444 produtores e finalmente no ano de 2003 o número caiu para 247 chateau dentro da prestigiosa classificação. Outros produtores não participam de concursos e acabam se intitulando hors-concours - mais alto do que os demais; que se destaca: Chateau Petrus, Chateau Sociando Mallet, Chateau Le Pin e Chateau L’ Evangile. Entendendo melhor essa região é preciso conhecer sua geografia, não por acaso conhecida como au bord de I’eau - os rios Dordone e Rio Garone quando se encontram formam o estuário do Gironde, ficando assim definido margem esquerda uva predominante cabernet sauvignon, margem direita uva merlot. Entre os dois rios, região conhecida como Entre-Deux-Mers, uvas brancas: semillon e sauvignon blanc e ugni blanc. Mas exatamente nas duas margens direita e esquerda sai os melhores, mais complexos, mais reverenciados e mais caros vinhos tinto do mundo - alguns vendidos somente em leilões, pelo menos 50% dos melhores tintos do mundo são produzidos em Bordeuax.


5

SEXTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Moda

Lorena Vago

lorena@eshoje.com.br

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Branco é o novo preto

Eles já foram sinônimos de pecado fashion, até há pouco tempo. Os sapatos brancos prometem ganhar cada vez mais espaço na próxima temporada. Constance

Desde o inverno passado, os pés nas passarelas voltaram a calçar branco. Sim, a polêmica cor dos calçados, até então usados apenas por profissionais da área de saúde, vem fazendo um retorno triunfal. Depois de ser tachado como “cafona” por remeter aos famosos figurinos das Paquitas, assistentes de palco da Xuxa nos anos 80 e 90, os sapatos brancos, incluindo as botinhas, já voltaram a fazer sucesso entre as fashionistas. O retorno dos acessórios do tom à moda está ligada a tendência normcore, que

tem a máxima do "menos é mais" como regra. Depois do sucesso dos tênis brancos, a tendência se amplia e chega aos demais modelos que ganham status de “it”. Escarpins, botas, clogs… todos esses sapatos foram vistos no street style dos desfiles mais importantes da última semana de moda. É importante ressaltar que o sapato branco é uma tendência urbana, que cai bem no dia a dia. É bem fácil errar em um look de festa quando ele é incorporado ao visual. Ou seja, sandálias e escarpins brancos exigem atenção redobrada.

Lança Perfume

Luiza Barcelos Cravo&Canela

Usaflex

Mr Cat

Dorateymur para Farfetch

Renner

JB para Adriana Medeiros

Melissa

SPOT SHOES

Jorge Bischoff

Dormindo em família

Pai, mãe, filhos e até os pets: todos dormindo iguaizinhos. Como? A Jogê desenvolveu a linha Tal & Qual, com pijamas para vestir toda casa. Para a empresária Renata França, responsável pela franquia da marca em Vitória, as estampas exclusivas e idênticas incentivam a conexão da família, que pode aproveitar o momento bem juntinhos.

Luiza Barcelos in Vix

Essa semana Vitória ganhou a primeira franquia da marca mineira de calçados Luiza Barcelos. Localizado na Praia do Canto, a própria estilista que dá nome à marca esteve na inauguração. A ampla loja traz toda a nova coleção de verão da grife com muita cor, conforto e espirito fresh, que domina a estação.

Divertido

Os pins patches foram os queridinhos entre as décadas de 80 e 90, por se tornarem uma forma de expressão através de símbolos de bandas, frases e desenhos divertidos. Em 2017 eles voltaram com força total, com o objetivo de criar peças exclusivas. Seguindo a tendência street style, a My Favorite Thing(s) criou bolsas e slide divertidos, inspirados na cultura dos pins, com aplicações criativas, criando uma identidade única para cada peça, através de ilustrações coloridas sob tons neutros de preto e bege.


6

SEXTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Palcos e Atores cacaumonjardimphd@yahoo.com.br L

Cacau Monjardim

O

meu amigo Eliezer Batista, um dos grandes promotores dos encantos das potencialidades da nossa montanha, com especial carinho pela Pedra Azul, costumava dizer: "a amenidade do clima mesotérmico de altitude extraordinariamente saudável é um estimulante propicio a atividade criadora do Homem". CBN/REDE GAZETA

Equipamentos Em algumas oportunidades no curso dos últimos anos temos mantido contato com entidades da aeronáutica sobre problemas e questões vinculadas as obras do esperado Aeroporto de Vitória. Agora, em vias de entrar em operação, com todos os padrões que sonhamos. No ultimo mês consultamos a Infraero sobre quais equipamentos poderiam utilizar as pistas do Eurico Salles com segurança e dentro da realidade. Como sempre, atenciosamente, a Infraero, através da Superintendência de Gestão e Operação nos informou os equipamentos que poderão utilizar a partir de dezembro, as seguintes aeronaves: Boieng 767-200, 737-Max, 737-800W, 737-700, 737-200, 737-300, 737-400, 727-200, Airbus A321200, A320-200, A319-100 e ATR 72-200. DIVULGAÇÃO

Sobre a influência do clima da "atividade criadora do homem" REPRODUÇÃO YOUTUBE

Eliezer: Amor, compentencia, sensibilidade e criatividade

Este maravilhoso "Chateau Dèau" mantém ambientação natural de sua cobertura florestal, que abriga as mais lindas orquídeas e os mais endiabrados e malabaristas colibris do país. Lá, na Pousada Pedra Azul, há anos, é realizado, com sucesso, o tradicional Encontro de Lideres, apostando no futuro e reafirmando perante o país que o Espírito Santo está pronto para ser exemplo.E matando de inveja os mais tradicionais setores administrativos estaduais do país, porque nunca deixou de trabalhar e confiar.

Programa

O encontro de Lideranças promovido no ultimo fim de semana, reunindo algumas das mais respeitadas expressões na economia e das administrações nacionais e estaduais, com destaque para a palestra de abertura oficial, feita pelo Henrique Meireles, Ministro da Fazenda, teve um final marcado pela simpática apresentação do programa Fim de Expediente, reunindo seu trio de especialistas - Dan Stulbach, José Godoy, Luiz Roberto Guimarães - que com a simpatia e capacidade de sempre entrevistaram a jornalista Ana Paula Araujo, da Pedra Azul para o Brasil. E neste programa o ator Dan Stulbach fez a sua profissão de fé a nossa moqueca. Afinal, moqueca só capixaba, o resto é peixada, bordão-verdade que nos criamos há mais de 45 anos.

Em breve eles poderam chegar, com segurança

Pesquisa

Esta semana anda circulando pela redes sociais uma pesquisa que traduz o resultado da mais recente negativa da Câmara dos deputados, ao entregar um salvo-conduto bem preparado pra Temer seguir na Presidência até 2018. Dos 251 votos conquistados (a peso de ouro ), 123 deputados votantes estão envolvidos em processos da Operação Lava Jato. É, "Mateus, primeiro os teus"... DIVULGAÇÃO

Dan Stulbach, em Pedra Azul: moquequeiro juramentado

Inspiração

Por inspiração da montanha e por ter experimentado a nossa imbatível moqueca capixaba, o ator, escritor e apresentador Dan Stulbach, aproveitou o programa da CBN, em Pedra Azul, para expressar a sua aprovação a nossa culinária. Afirmou: "O Espírito Santo não é o local onde se faz a melhor moqueca do Brasil. É o Estado onde se faz a única moqueca do país". Só por esta manifestação de sabedoria culinária saudando a moqueca, Dan Stulbach já está credenciado por nós para receber o diploma de "Moquequeiro Juramentado" e o nosso kit moqueca, com nossos segredos...

"O Espírito Santo não é o local onde se faz a melhor moqueca do Brasil. É o Estado onde se faz a única moqueca do país". Dan Stulbach


7

SEXTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Sabor ES

Porque comer com prazer é ainda melhor!

Marcela Bourguignon sabores@eshoje.com.br

Cultura, que delícia! O vocábulo Quibebe, provavelmente, seria de origem africana, do termo quimbundo. “Kibebe” significa papa de abóbora. Vamos pesquisar essa memória cultural? Os colonizadores, quando chegaram ao Brasil, trouxeram a abóbora para ser cultivada na famosa terra "onde tudo vinga". A cozinha africana fez valer os seus temperos, os verdes, a sua maneira de cozinhar. Modificou os pratos portugueses, substituindo ingredientes. Fez a mesma coisa com os pratos da terra e finalmente criou a cozinha brasileira. Os africanos trouxeram ao Brasil o gosto por novos temperos e a habilidade de improvisar receitas, misturando ingredientes europeus e indígenas. Além do sabor e de sua versatilidade na culinária, a abóbora fortalece o sistema imunológico, limpa o organismo e ajuda a renovar os genes. Possui as vitaminas A, B, C, ferro, cálcio, silicatos, fósforo, magnésio e cloro. A polpa da abóbora contém um carboidrato que não libera açúcar com facilidade, e por isso ela é bastante indicada para as dietas de pessoas com colesterol alto ou diabetes. A coloração alaranjada da casca é sinal de muito carotenoide, uma substância antioxidante que previne o envelhecimento precoce. E o melhor é que até as sementes podem ser aproveitadas, pois contém fibras que melhoram o funcionamento intestinal. Bom, tudo isso para falar do quibebe! Em suas incursões pelo sertão paulista, bandeirantes e sertanistas eram obrigados a plantar feijão, abóbora, milho e plantas de fácil cultivo, a fim de garantir aos novos aventureiros, alimentação. Aproveitando a fartura do ingrediente principal desta receita nas roças, a abóbora, o Quibebe era a principal forma de alimentação. Veja abaixo como fazer e servir durante o feriado. Vale a pena!

DIVULGAÇÃO

Cheia de história e misturando tradições, a culinária brasileira é surpreendente; na receita de hoje, as cozinhas portuguesa, africana e indígena se misturam colocando a abóbora como ingrediente mais importante e especial

QUIBEBE

Ingredientes w 300

carne seca dessalgada e desfiada w 1,5 Kg de abóbora madura w 50 de azeite w 50 de manteiga w 50 de cebola picada w 30 de alho picado w 80 de couve cortada fininha

w Q/B

de salsinha picada de folhas de manjericão w Q/B de sal e pimenta do reino w Q/B

Modo de preparo: w L

a abóbora cortada em cubos médios e sem casaca ao forno pré-aquecido (200º), coberta com papel aluminio

até que fique macia. Processe a abóbora e leve ao fogo com manteiga e as folhinhas de manjericão, acertar sal e pimenta do reino. Reserve. w D previamente a carne seca, e cozinhe até ficar macia, desfiando depois. w S em uma mistura de

azeite e manteiga a cebola picada, alho e carne seca já desfiada, e finalize com salsinha picada. Reserve. w S a couve na manteiga e alho rapidamente e reservar. w E uma forma redonda de fundo desmontável forrada com papel alumínio e untada

com azeite, espalhe a metade da abóbora, cubra com a couve e espalhe a carne seca desfiada, terminando com a abóbora restante. w L por cerca de 40 minutos ao forno pré-aquecido até ficar bem firme. Desenforme e sirva.


MINISTÉRIO DA CULTURA, UNIMED VITÓRIA E INSTITUTO UNIMED VITÓRIA APRESENTAM:

Vendas:

S E F U O I R Á T I S R E V I N U O R T TEA H 9 1 M O D | H 1 SEX E SÁB 2 PATROCÍNIO

APOIO

tudus.com.br Informações: 3335 2953 3029-2765 ou wbproducoes.com

PARA A SESSÃO DE DOMINGO PRODUÇÃO

REALIZAÇÃO

Jornal ESHOJE_669  

Em todo o ano passado 140 mulheres foram assassinadas no Estado, sendo 34 casos de feminicídio; enquanto este ano já foram 94 mortes e 28 po...

Advertisement