Page 1

www.eshoje.com.br

Vitória, 18 de agosto de 2017 J Ano XVII J Nº 658J Edição Gratuita Semanal

DIVULGAÇÃO

COLUNA

Campeões em ligações indesejadasj5

Sangue jovem na Serraj6

DAYANA SOUZA

POLÍTICA

DIVULGAÇÃO

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

ESHOJE2

Pai de Gabriel em sunset

13 mil pessoas são soropositivas no Estado

O maior número de casos novos de Aids/HIV este ano é entre homens de 15 a 29 anos que se relacionam com pessoas do mesmo sexo, cujo aumento foi de 170%j4 GUSTAVO GOUVÊA

DIVULGAÇÃO

LONGBOARD MOVIMENTA LADEIRAS CAPIXABAS

O campeonato de skate acontece em bairro serrano, neste domingoj7

DOMINGO É UM DIA MUITO ÚTIL

j3

Seguindo o exemplo dos grandes centros, dentro e fora do país, a clínica da médica Gláucia Duarte funciona de domingo a domingo

Carménère com suas qualidades na culinária

O toque terroso harmoniza bem com carnes as gordasjESHJ2


2

Opinião

SEXTA-FEirA, 18 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

fOTO DA SEmAnA

ESPAÇO DO LEITOR eshoje

Carros em excesso, acidentes, resgates, mortes: o trânsito na Grande Vitória está cada vez mais caótico

EDITORIAL

Leitão da Silva 1

Não é dificil ouvir as pessoas reclamando de cansaço, da correria do dia a dia, de falta de tempo. Pelas ruas, pessoas aparentam pressa, correr para tudo "dar tempo". Um dia continua tendo 24 horas, 1 hora vale 60 minutos e cada minuto ainda tem 60 segundos, mas há que sinta que esses dados já não são os mesmos.

A opinião dos colunistas não reflete o posicionamento do veículo

A situação das praias e dos bairros ao longo do litoral capixaba é triste, mas de responsabilidade do comportamento humano. invasões, legais ou não – ou seja, com o poder publico autorizando ou sendo feita pela própria população -, estão sofrendo o revide da natureza. o que é do mar, vai ser tomado pelo mar, e não adiantam pedras, choros e etc... Em meaípe, castelhanos, Ponta da Fruta, beira rio, nas cidades, respectivamente, de guarapari, Anchieta, Vila Velha e marataízes, a situação tendo a piorar. E nem assim o homem vai colocar a mão na consciência na hora de atacar a natureza, com desmatamento, aterros e outras formas de invadir. Tristeza pelas gerações futuras, pois poderão ficar sem tantas coisas e acreditarão que são vítimas: e são, mas não do meio ambiente, mas de pessoas ambiciosas. Marilene Garcia

Tempo é valioso

De fato, o tempo é precioso. Tanto que existe o ditado "tempo é dinheiro". De fato é e o mercado capixaba está atento a isso. Tanto que oferece serviços quanto quem os consome. Nesta edição vamos ver que há lojas e até clínicas na contramão dos supermercados no Espírito Santo - enquanto os empresários e trabalhadores supermercadistas querem o fechamento, outros setores encontraram nos domingo um dia fundamental para atender uma demana especia: a de quem não tem tempo. Mas, e a família, o tempo para a fé, e a luta contra um consumismo exarcebado? Tudo isso depende do equilibrio de cada pessoa. É uma questão de decisão. Os profissionais não questionam ou querem levantar bandeira para nada mais além de que todos os dias é dia de trabalhar. E tem mais: sem ter horários marcados, como ao longo da semana, não tem correria e dá tempo de tudo. Com relação aos direitos trabalhistas, se há serviço, ele tem que ser cobrado de quem usa e pago a quem trabalha. E esta é, na realidade, o grande entrave na discussão sobre os supermecados. Mesmo que o presidente da República, Michel Temer, tenha, recen-

A natureza revida

temente, assinado decreto que torna essas lojas como atividade essencial para a economia, os trabalhadores seguirão batendo na tecla que isso tem que ser compensado financeiramente. Não pode só o empresário lucrar - afinal ele sequer trabalha aos domingos e feriados, goza de descanso, mas ganha muito mais que toda sua folha de pagamento. Por outro lado, é quem abre postos de trabalho. Com o decreto, o setor passa a ter segurança jurídica para contratar seus funcionários e negociar com prefeituras e sindicatos a abertura dos estabelecimentos aos domingos e feriados, em todo o Brasil. Não apenas de idas aos supermercados vivem os capixabas, e é por isso que outros setores entenderam que os domingos podem ser de funcionamento para o benefício de muita gente. É mais um exemplo de formas encontradas para driblar a crise econômica que perdura no país.

Boa leitura! Boa semana!

Na avenida Leitão da Silva, em Vitória, parece que tem cabeças de burro enterradas no valão. isso porque entra prefeito e sai prefeito, e ninguém da conta da obra pronta em toda a extensão da avenida. isso porque ela sequer tem 3 quilômetros. Vai terminar o mandato de o atual prefeito, Luciano rezende, e as obras não vão terminar, igual foi com o ex-prefeito “joão buraco”, ou melhor, joão coser. Jose Oliveira

Leitão da Silva 2

Está um lixo mesmo. Trabalho com obras públicas e debaixo dessa avenida já tem muita cabeça de porco enterrada, casas milionárias, e merda, muita merda mesmo. maior vergonha da cidade de Vitória. Bernardo Zambon

Leitão da Silva 3

Qual a solução do nosso eficiente governo, para dar fim a obra da Avenida Leitão da Silva? Superfaturar mais ainda a

obra e aumentar os impostos para cobrirem os rombos. o brasil está mesmo bem amparado. Nossos governantes são exemplo do máximo intelecto em gestão pública. Richard Amaral

Leitão da Silva 4

hoje eu estava no ponto de ônibus, em frente a c&A, na Avenida jerônimo monteiro, no centro de Vitória, e contei sete lojas fechadas. E as que estavam abertas, apenas os vendedores batendo papo. imagine a Leitão da Silva? Eu quero mais é que a arrecadação caia a zero para esses corruptos da política se ferrarem pra lá. Camilo De Brito Agadil

Violência

A violência continua crescendo por todo o brasil. A bandidagen perdeu o medo e o respeito da Polícia e justiça, estão assaltando a qualquer hora do dia ou da noite para eles não tem diferença o horário, porque sabem que não ficam presos, principalmente depois que criaram a famigerada AUdiÊNciA dE cUSTÓdiA", que só serve para colocar bandidos nas ruas. os assaltos e latrocínios estão descontrolados. A tendência é piorar. onde vamos parar? Carlos Carvalho

Segurança 1

A violência continua crescA megaoperação no bairro jesus de Nazareth é algo que deve acontecer sempre. cada dia em uma bairro diferente para fechar o cêrco contra o tráfico de drogas. Silvana Lima

Segurança 2

A operação não Vai dar em nada. operação de verdade contra o tráfico de drogas é fechar fronteiras, as rotas do tráfico de drogas e armas, mudar leis e pôr vagabundo para trabalhar e cansar na cadeia. Assim não vai ter tempo para ficar tramando crimes. Caetano da Silva

twitter: @eshoje / facebook: eshoje / instagram: /jornaleshoje/

tiragem: 5.000 exemplares circulação: grande Vitória e digital periodicidade: Semanal

diretor geral carlos roberto coutinho carlos@eshoje.com.br

rua Paschoal delmaestro, 260 Ed. Vila da Praia, Sl. 5 e 6 - jardim camburi - Vitória - Espírito Santo cep. 29.090-460 Tel. 27 3395-1800/Fax. 3395-1801 www.eshoje.jor.br redacao@eshoje.com.br

diretora administrativa bianca coutinho bianca@eshoje.com.br

projeto gráfico renon Pena de Sá e Patrícia Araújo www.renondesign.com fotografias Arquivo redacao@eshoje.com.br

diagramação diretora de redação/editora danieleh coutinho - mTb/ES 2694-jP jeferson Louis - mTb/ES 3605/ES danihcoutinho@eshoje.com.br

redação dóris Fernandes Esthefany mesquita gustavo gouvêa Thaís rossi


Economia

SEXTA-FEirA, 18 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

3

Domingo é dia de fazer dinheiro Empresas capixabas abrem no fim de semana para atender quem não tem tempo durante a semana Gustavo Gouvêa gustavo@eshoje.com.br

E

m grandes centros do Brasil, como São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, a oferta de serviços todos os sete dias da semana é algo normal. Mas na Grande Vitória a adesão pela abertura ininterrupta ainda é novidade. Além dos shoppings, padarias, farmácias, bares e restaurantes, que já funcionam tradicionalmente aos fins de semana, agora consultórios médicos, lojas de departamento, e outros serviços encontraram até nos domingos uma maneira de atender bem a todos os clientes, sobretudo aqueles que não têm tempo durante a semana. Há dois meses, a médica Gláucia Duarte decidiu oferecer os serviços de sua clínica de estética e rejuvenescimento durante os dinais de semana. E a demanda tem sido grande: cerca de 20 pacientes somente aos domingos, recebendo também pessoas do interior capixaba. "Estamos seguindo uma tendência nacional dos grandes centros. No meio de semana, a agenda das pessoas é muito corrida. Já no fim de semana não tem trânsito, não tem stress, o acesso fica mais fácil, e a pessoa chega mais relaxada, o que ajuda na resposta

gustavo gouvêa

dos tratamentos. Além disso, nos fins de semana atendemos uma demanda grande de pessoas que vêm do interior procurando os serviços. Aproveitam a vinda da família para compromisso ou lazer, e fazem os procedimentos. Em alguns fins de semana chegamos a ter 40 atendimentos, entre sábado e domingo", revela a médica, que já planeja incrementar os serviços. “Adorei a novidade. Durante a semana eu conseguia até correr até aqui, mas sempre vigiando o tempo, preocupada com outros compromissos. Agora não, já tenho um horário com calma, a família não liga, o trabalho não preocupa. Foi a melhor coisa poder cuidar de mim no domingo”, avaliou a empresária Bianca Kloss. ComérCio Gerente de loja de móveis e decoração em Vitória, Harley Campos já trabalhou em outros pontos da marca em São Paulo e em alguns estados do Nordeste. E afirma que nestes lugares o domingo é um dos melhores dias de venda. Em Vitória, os clientes estão começando a entender a conveniência e conforto de se fazer compras aos domingos, quando a loja funciona das 10 às 19 horas. "Entendemos que muita gente é atarefada durante a semana, e

a médica Gláucia Duarte chega a fazer 20 atendimentos aos domingos em sua clínica de estética domingo acabou virando o dia de juntar a família para fazer as compras. Tentamos oferecer uma experiência bacana na loja, com estacionamento amplo, brinquedoteca para deixar as crianças e um bom café. Muita gente também

vem do interior e aproveita para passar na loja e comprar", afirma o gerente. Harley revela que, caso a loja não abrisse aos domingos, 12 a 15 funcionários teriam que ser demitidos. "Se outras empresas tam-

bém abrissem aos domingos, seria importante para a economia do município. Muitas pessoas não vão comprar porque as lojas estão todas fechadas. Há três anos abrimos aos domingos. Tem gente que ainda não sabe e fica surpreso".

Fecomércio: incentivos para funcionamento deosadina sousa, conhecida como Dina, é proprietária de um salão de beleza e estética em Domingos Martins. Ela afirma que abre de domingo a domingo. Já são oito anos assim, e ela sabe bem as vantagens deste tipo de funcionamento: "O que me fez abrir aos domingos foi proporcionar um conforto maior para pessoas que não conseguem vir durante a semana ou nos sábados. Por ser cidade turística, também atrai as pessoas que vêm de fora. Já tenho uma clientela fiel aos domingos", afirma Dina. Já Victor Deprá, dono de um estúdio fotográfico, trabalha aos domingos sob demanda. Mas afirma que em metade dos domingos do ano o estúdio é usado para a realização de serviços fotográficos, cursos de fotografia ou outros trabalhos. "Hoje em dia praticamente 50% dos domingos nós abrimos. Existe uma necessidade de prestar esse serviço, pois na fotografia dependemos de outras pessoas estarem juntas no mesmo horário. E muitas vezes isso acontece aos domingos somente", explicou Deprá. A Federação do Comércio de

Bens, Serviços e Turismo do Espírito Santo (Fecomércio-ES) informa que é do total interesse da entidade que o comércio e os serviços movimentem cada vez mais a economia capixaba com demanda para abertura aos fins de semana, o que geraria mais empregos, renda e comodidade para os consumidores. Entretanto, o presidente da Fecomércio-ES, José Lino Sepulcri, avalia que a realidade capixaba ainda difere da de outras grandes metrópoles do Brasil. "Estamos a cada dia mais avançado, porém ainda não se compara à movimentação financeira e de pessoas daqui com a que ocorre em outros estados. Um grande passo para isso é manter abertas as portas de estabelecimentos essenciais, como é o caso dos supermercados, pois dá mais comodidade e faz girar a roda de nossa economia. Medidas como esta acabam incentivando e criando uma cultura de abertura de outras lojas e estabelecimentos, como no setor de material de construção", explica Sepulcri. O presidente destaca ainda que a abertura aos domingos ainda é

eshoje

Entidade defende que abertura de supermercados aos domingos incentivaria funcionamento de lojas muito onerosa aos empresários, que pagam uma alta carga tributária e têm gastos elevados com empregados nos fins e semana, o que muitas vezes, acaba não sen-

do compensado no volume de vendas. “Mas estamos trabalhando para fomentar cada vez mais a cultura de funcionamento todos os dias da semana. Vale

ressaltar também a necessidade de políticas de incentivo ao funcionamento aos domingos, como o reforço da segurança nas ruas e o suporte do transporte público".


4

Saúde

SEXTA-FEirA, 18 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

Aids: 170% de aumento em HSH homens que fazem sexo com outros homens é grupo predominante nos novos casos de hiV/Aids Gustavo Gouvêa gustavo@eshoje.com.br

A

Coordenação Estadual de Doença Sexualmente Transmissível (DST) e Aids da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ainda está em fase de conclusão do Boletim Epidemiológico DST/Aids de 2017, que deve ser publicado até o final de agosto. Mas alguns dados já são conhecidos e ligam o sinal de alerta. O maior número de casos novos da doença está entre os homens de 15 a 29 anos é dentro do grupo HSH, dos homens que fazem sexo com outros homens. O aumento da infecção no grupo foi de 170% nos últimos quatro anos, no Espírito Santo, de acordo com a Coordenação. Segundo a coordenadora Sandra Fagundes, também houve aumento da infecção entre os homens heterossexuais dentro da mesma faixa etária. São 13 mil pessoas soropositivas no Espírito Santo e oito mil cadasradas no sistema de controle de medicamentos anti-retrovirais (Siclom) no Estado. Apesar disso, nem todas essas pessoas encaram o tratamento como deve ser feito. “O problema é crescente entre homens jovens. Das oito mil pessoas, uma média 6.600 pe-

gam o remédio todo o mês. Todas as pessoas diagnosticadas HIV positivo têm o direito de tomar o remédio. Até o fim de 2016 o tratamento era com um comprimido que tinha três remédios dentro. A partir de janeiro deste ano mudou e são duas pílulas: uma com dois remédios e um comprimido a mais. O novo produto é mais potente e com menos efeito colateral”, explicou. Segundo a coordenadora, em 32 anos foram cerca de 3.600 mortes por Aids no Espírito Santo, sendo que, somente em 2015, 222 morreram em decorrência da doença. Ela afirma que o Estado está abaixo da média nacional. “No ano de 2015 a média nacional da taxa de mortalidade foi de 5,7 (pessoas para cada 100 mil habitantes) e no Espírito Santo foi de 5,6. Taxa de mortalidade é dentro da média nacional. Temos tido uma média de 200 óbitos por ano relacionados ao HIV/Aids. A maioria das mortes é relacionada ao diagnóstico tardio, pessoas que já chegam adoecidas em estado grave, não conseguem melhorar e vão a óbito”. Mortes de hoMens A proporção de mortes é duas vezes maior entre os homens com relação às mulheres e a for-

eshoje

o hospital das Clínicas registra cerca de 15 novos casos de hIv/aids por mês; a maioria entre jovens ma dominante de transmissão do vírus continua sendo por relação sexual. “O vírus vai atingindo o sistema de imunidade. A pessoa já aparece no serviço sem nenhuma imunidade e condição de suportar qualquer doença, tendo mais chances de ir a óbito. As doenças que mais matam são as causadas por bactérias como a tuberculose”, explicou Sandra Fagundes. A Secretaria de Estado de Saú-

de conta com um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) itinerante que promove campanhas para fazer testes rápidos, não só de HIV, mas de sífilis e hepatites B e C nos municípios capixabas. Além disso, oferece aconselhamentos, pré e pós testagem. “Não conhecemos cerca de 20% dos infectados, porque não foram fazer o exame. Solicitamos também que municípios façam campanhas e testes com a

população, porque se identificarmos o mais rápido possível, a pessoa toma remédio, não adoece e não morre”, conclui. A coordenadora do Programa de DST/Aids no Hospital das Clínicas, Tânia Reuter, afirma que são entre 15 e 18 novos casos de HIV/Aids por mês. "Existe uma nítida transmissão maior entre jovens de 14 a 19 anos e um aumento significativo entre jovens de 21 e 24 anos", afirma.

Cariacica entre os 100 mais do Brasil o boletim Epidemiológico de Aids do Ministério da Saúde do Brasil aponta o município de Cariacica como o 79º entre os 100 municípios do Brasil com mais de 100 mil habitantes com o maior índice composto de infecção de HIV/ Aids. É o único do Espírito Santo nessa lista, que leva em conta indicadores como a taxa média de detecção de aids na população geral nos últimos três anos; taxa

média de mortalidade por aids na população geral nos últimos três anos e outros. De acordo com a coordenadora do Centro de Referência IST/Aids de Cariacica, Fernanda Varejão, no ano de 2016 foram 96 novos casos de HIV/Aids no município e quatro óbitos. Só neste ano já foram 43 novos casos detectados e duas mortes aconteceram. A coordenadora confirma que a maio-

ria dos novos casos é relacionada a homens entre 15 e 29 anos e explica que falta de instrução da população é fator determinante na posição que o município ocupa. “Cariacica ainda tem uma grande quantidade de pessoas com baixo grau de instrução. O número de profissionais do sexo aumenta, é uma região onde temos grande número de caminhoneiros, de indústrias, empresas

com caminhoneiros, e isso contribui para o aumento, pois é uma população flutuante: vai, viaja e volta”, explica. Ela afirma que são realizadas campanha nas empresas com a testagem de HIV, sífilis e hepatites B e C, no Faça Fácil de Campo Grande e na Ceasa: pontos de maior movimentação desta população. A coordenadora explica que a maioria dos óbitos aconte-

cem nos pacientes que têm abandono de tratamento. Outra questão que ela destaca é o descuido. “Estamos percebendo um aumento considerável no número de casos porque como muitas pessoas sabem que hoje tem tratamento, eles banalizaram a doença tratando como se fosse crônica, como diabetes, hipertensão, e assim têm relação desprotegida. O importante é a prevenção”, conclui.


5

SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

HUGO BORGES POR CÉSAR HERKENHOFF L cesarherkenhoff@hotmail.com

Meu coração aguenta? Quase dois anos ininterruptos de licença médica em consequência de três infartos, três angioplastias, quatro stents e ainda assim não consegui ter uma única semana em que os fatos não me surpreendessem. Essa semana, de forma particular, me vi envolvido – mais como espectador, é verdade – na que considero a mais inútil discussão dos últimos cinco mil anos, qual seja: o nazismo é de direita ou de esquerda? A isso some-se o fato de eu ter visto no canal Art 1, da Philos TV, um belíssimo documentário sobre a vida de Fidel Castro. Belíssimo do ponto de vista de que mostra uma das figuras mais cultuadas pela esquerda, em todo o planeta, como um governante cruel, impiedoso, sanguinário e corrupto. Quem ainda tiver dúvidas

dessa triste realidade, que veja os filhotes desses excrementos. E não preciso ir muito longe. Um bando de sociopatas, entre os quais, Hugo Chaves, Nicolás Maduro, Evo Morales e Lula da Silva, pra ficar na escória. A essa altura dos acontecimentos já não vejo mais diferença entre esquerda e direita. Faz-me lembrar uma observação do jornalista Ronaldo Mansur, há 30 anos, em que ele situava esquerda e direita dentro de um mesmo circulo ideológico que se encontravam em algum momento. Já não me interesso

mais pela discussão em torno da conveniência de um estado mínimo, como defendem os neoliberais, ou o welfare state, paternalista e, via de regra, populista e demagogo. Gosto muito da ideia do estado necessário, devolvendo ao contribuinte, de forma honesta, justa e democrática, tudo o que arrecada com impostos. Tenho alergia ideológica a estados intervencionistas, que avocam para si o direito de regular e regulamentar tudo na vida das pessoas. Depois de 14 anos de governos altamente desnecessários do Partido dos Trabalhadores,

nós, brasileiros, criamos a expectativa de que Michel Temer daria, no mínimo, um freio de arrumação na suruba petista. Qual nada. Valendo-se dos meios constitucionais assumiu o poder e, já na composição de seu ministério, disse a que veio: “Vim subtrair recursos públicos como meus antecessores”. Hoje somos uma república desmoralizada, desconsiderada, jogada de volta ao terceiro mundo. O planeta só dá espaço ao Brasil para anunciar os crescentes índices de violência e os insuperáveis casos de corrupção. Como no caso do nazismo,

não sei se temos um governo de direita ou de esquerda. Talvez de centro, mas certamente corrupto. E que a cada dia se distancia mais do mandamento constitucional segundo o qual todo o poder emenda do povo e em seu nome deve ser exercido. O povo brasileiro jamais deu autorização a Michel Temer para pagar salário e dar apartamento funcional a uma babá e a uma nutróloga que atende a sua própria família. Até porque nesse caso seria dispensável. Michel Temer já tem cara de mordomo de vampiro. Não precisava de auxiliares.

COLUNA FEU ROSA

ARTIGO

Abuso cotidiano

A falta que Betinho faz

Dia desses li, em um jornal do Reino Unido, que a cada dia seis milhões de ingleses são alvo de chamadas telefônicas indesejadas, relacionadas a publicidade. Semanalmente, são 17 milhões. E um a cada oito as recebem diariamente.

No dia 9 de agosto ocorreram várias celebrações pelos 20 anos da morte do sociólogo e ativista social Herbert de Souza, vulgo, Betinho. Uma delas foi feita na UFRJ/COPPE, na Ilha do Fundão, onde estava a companheira de vida, Maria Nakano, além de muitos professores e alunos. No Jardim da Cidadania, foi descerrada uma placa de homenagem e se plantou um duplo pé de Manacá, árvore da preferência de Betinho.

A situação naquele país chegou a um ponto tal que certa empresa especializada em sistemas de segurança residencial contratou uma campanha de publicidade que consistia em telefonemas disparados entre as duas e as cinco da manhã para as casas dos infelizes, digo, dos potenciais clientes. Estes, quando atendiam, ouviam uma gravação dizendo que talvez suas residências não estivessem seguras enquanto dormiam, e pedindo que discassem "1" para que fossem visitadas na manhã seguinte por um representante comercial. Ainda na velha Inglaterra, registrou-se o caso do político que disparou nada menos que 35.000 chamadas telefônicas para seus eleitores, pedindo apoio. A boa notícia é que este tipo de prática não tem ficado impune naquele país. Assim, a empresa foi multada em US$ 456.000 e o político em US$ 6.500. A preocupação procede. Do outro lado do Oceano Atlântico, pesquisadores norte-americanos constataram que esta prática retira da economia o equivalente a US$ 10 bilhões por ano, dinheiro gasto em perda de tempo e produtividade por parte dos consumidores - não tendo sido computa-

dos na pesquisa os prejuízos decorrentes de chamadas legítimas não atendidas em função do uso de sistemas de bloqueio utilizados pelos usuários em seus telefones. Não é por acaso que lá na China recente operação policial enviou para a prisão 1.530 pessoas envolvidas nesta prática. Você sabe qual é o campeão mundial em publicidade telefônica indesejada? A Índia. Li que cada usuário de telefone celular daquele país recebe, em média, 22 chamadas a cada mês. Sabe quem é o segundo colocado? Nós! O Brasil! E estamos logo atrás dos indianos, com uma média de 20,7 chamadas. Somente para registro, o Reino Unido está nove posições atrás da gente, com uma média de 8,9 telefonemas por mês. Como chegamos a esta incômoda posição? E como dela sair? Fiquei a pensar em Cesare Bonesana-Beccaria, criminalista italiano nascido em 1738, de cujo legado faz parte uma interessante e sábia reflexão: "o que diminui a criminalidade não é o tamanho da pena, mas a certeza da punição". PEDRO VALLS FEU ROSA Desembargador do TJES

Há mortos que recordamos com saudade, mas há também mortos que celebramos com júbilo. Estes não estão ausentes, são apenas invisíveis. É o caso do Betinho. Em suas próprias palavras, sua vida foi uma sucessão infinita de sortes: hemofílico, sobreviveu à tuberculose, e por fim se confrontou corajosamente com a Aids. Militou na esquerda católica contra a ditadura militar, viveu no exílio no Chile, no Canadá e no México. Regressou em 1997, recebido por uma multidão, reconhecido como o irmão do Henfil, genial cartunista. Almir Blanc e João Bosco imortalizaram o Betinho com a canção sempre cantada “Esperança Equilibrista” sobre “a volta do irmão do Henfil”. Betinho foi um homem de grandes sonhos e de não menores realizações: a fundação da Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida, a COEP, em colaboração com o engenheiro de Furnas André Spitz. Com o COPPE e o COEP ajudou a formar o Comité de Entidades Públicas no Combate à Fome, Comités da Cidadania pelo Brasil afora,

o Natal sem Fome e a ABIA para o estudo da Aids, entre outras. Entre 19932005 a Ação da Cidadania distribuiu 30.351 toneladas de alimentos, beneficiando cerca de 3 milhões de famílias. Sua prioridade absoluta, verdadeira obsessão humanitária, era o combate à fome. Costumava responder, aos que o criticavam de certo assistencialismo, que “a fome tem pressa”, não permite esperar a grande revolução. Com razão, dizia Gandhi, que a fome é “a forma de violência mais assassina que existe”. Isso Betinho queria evitar a todo custo. Dar de comer nunca pode ser um gesto apenas assistencialista, mas de um humanismo em grau zero. Juntos dizíamos com frequência: “o pão que tenho em minhas mãos, é material; mas o pão que entrego ao faminto é espiritual, pois vai carregado de amor, de compaixão e de humanidade, e salva a vida”. Que falta nos faz o Betinho, órfãos, que somos, de lideranças confiáveis. LEONARDO BOFF Teólogo, filósofo e escritor


6 Política

SEXTA-FEirA, 18 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

Sangue jovem na agricultura da Serra Aos 29 anos, presidente estadual do rede, gustavo de biase é o político com cargo público mais jovem do Espírito Santo gustavo gouvêa

danieleh coutinho danihcoutinho@eshoje.com.br

Q

uem viu Gustavo De Biase em sua estreia ousada na política capixaba, em 2012, se surpreende com a postura e o tom da voz. Aos 29 anos o atual secretário de Agricultura e Saneamento Básico da Serra, fisicamente se difere pouco do jovem de 24 anos que tentou ser prefeito de Vitória há cinco anos. Mais firme e cheio de responsabilidade, ele assumiu a pasta na cidade serrana com o peso de ser presidente estadual de um partido e mostrar que a cara é de menino, mas a responsabilidade e convicção são de um político comprometido. De Biase assumiu a secretaria em 1º de agosto e garante que não decepcionará o prefeito Audifax Barcelos, ambos filiados ao Rede, e à população. “Fiquei muito honrado com o convite do prefeito Audifax, pela confiança. Sou o secretário mais jovem da Grande Vitória com um desafio e excelente oportunidade para mostrar serviço de qualidade para mais de meio milhão de pessoas que moram no município de Serra. Eu assumi uma pasta que tem um aspecto muito amplo e já fiz profundo diagnóstico do que vinha sendo desenvolvido e quais ações poderei fazer daqui para frente”, destacou. A secretaria é de agricultura, agrotusimo, aquicultura, pesca e saneamento, e para atender às diversas demandas destas áreas já iniciou visitas às propriedades rurais pessoalmente, agendou encontro com associações de pescadores e definiu ações de curto prazo. “Temos mais de 800

agricultores cadastrados e o desafio das estradas que ligam as propriedades umas às outras: vamos ampliar a sinalização delas e na estrada de Muribeca, que recebe fluxo de caminhões que “furam” a fiscalização e a PRF, vamos fazer um entrocamento para impedir que caminhões com cargas acima de 15 toneladas passem”, pontuou. No agroturismo a meta é ampliar a agricultura familiar aumentando o consumo de merendas agroecológicas com fornecimento de produtores serranos. Formado em Assistência Social pela Universidade Federal do Espírito Santo, ele destaca que se preparou para gestão pública. “Minha formação é muito voltada para politicas sociais, para não trabalharmos por favor ou caridade, mas pela garantia do direito. Fui servidor efetivo da prefeitura de Vitória, concursado, diretor de benefícios previdenciário no Instituto de Previdência da Serra, assessor parlamentar do deputado

Marcos Bruno e subsecretário de Esportes de Vitória. Estou preparado para a Secretaria de Agricultura”. rede maior O Espírito Santo é, proporcionalmente, o estado brasileiro onda a Rede Solidariedade mais tem crescido. De acordo com Gustavo De Biase, cujo cargo oficialmente é presidente estadual, mas se apresenta como o “porta-voz” do partido, o objetivo é chegar mais longe. Nas eleições de 2018 a meta é eleger pelo menos um deputado federal, três estaduais e um governador e/ou senador. Ele não esconde que irá concorrer, mas diz que o cargo ainda está indefinido. No pleito de 2016 ele foi eleito segundo suplente do deputado federal Paulo Foletto (PSB). Atualmente o Rede tem no estado 40 diretórios municipais, o estadual, 12 vereadores, um deputado estadual e um prefeito. (A entrevista completa pode ser lida em www.eshoje.com.br)

Bastidores da Política

...do tabuleiro... Com articulação do deputado Marcelo Santos para que a maioria dos deputados estaduais apoie o nome de Amaro Neto para Senado, a conta terá que ser refeita...

...de 2018 O deputado Da Vitória, na última semana, almoçou com Sérgio Vidigal. Se passar a lei do distritão, ele segue no PDT. Pois, segundo ele, a sigla conseguiria eleger dois deputados federais e ele é um dos postulantes.

Aliás Falando no parlamentar militar, ele quer que o MPES use toda publicidade que foi usada na Operação Pixote, cuja casa e escritório da família de Da Vitória foram alvos, para anunciar que ele foi inocentado.

...das eleições... Se Paulo Hartung desistir da reeleição e for candidato a senador, será ele e Amaro Neto. Se não, mas Renato quiser o Senado, será com Amaro. Agora, se PH e Renato quiserem o Senado, será ruim para Amaro, mas muito bom para Rose de Freitas.

Insatisfação Existe movimento forte entre os deputados para tirar do governo Enio Bergoli e Vandinho Leite. Isso porque, assim como Max da Mata, que “caiu” do Esporte, eles estariam cometendo o mesmo movimento: entrar nas áreas eleitorais dos deputados.

Vem aí Marina Silva e Heloisa Helena têm vinda marcada para encontro do Rede Sustentabilidade no Espírito Santo. De acordo com o porta-voz do partido no Estado, Gustavo De Biase, não terá custo. Em tempo, para estar com João Dória o custo é R$ 200.

cando para segundo plano.

As peças... Com a afirmação do governador Paulo Hartung que é candidato a reeleição, o quadro político do Espírito Santo está tomando novo rumo. Rose de Freitas e Renato Casagrande estão se articulando. E os senadores, Magno Malta e Ricardo Ferraço, fi-

hino salvador L hinosal@terra.com.br

Delegado Aéliston Às vezes penso muito antes de escrever sobre uma pessoa e outras sai se qualquer esforço! Neste artigo vou falar sobre um delegado da Polícia Civil capixaba, dentre os que mais admiro, sem menosprezar outros profissionais. Aéliston Santos de Azevedo, por onde passou na estrutura da Segurança Pública do Espírito Santo, deu conta do recado. Mas, por onde anda?

Porta-voz do rede no estado, Gustavo diz que está preparado para os desafios

Preocupante Autoridade de alta patente da Policia Militar capixaba disse que a instituição está desmotivada e vai fazer campanha contra o atual governador nas próximas eleições. Isso é preocupante, porque quem está pagando é o povo.

aspecto geral

Quando se vai muito bem na execução do seu serviço, o correto é que receba promoção e não o contrário. Mas estive com o delegado Aéliston e não acreditei no que vi: um profissional em plena condição de atividade no banco de reservas da Polícia Civil. Cheguei a questioná-lo e vi que seu dever profissional o impedia de fazer qualquer comentário. Achei injusta na sua condição de profissional exemplar em uma Delegacia Distrital. Será que é por causa de picuinha pessoal? Aéliston Azevedo é um profissional exemplar: delegado de Classe Especial da Polícia Civil, capixaba de Vila Velha, na Polícia Civil há 25 anos – é da turma de delegados de 1992. É considerado um dos mais eficientes na operacionalidade. Já trabalhou em várias unidades da Grande Vitória, como a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Tóxicos e Entorpecentes (Deten), Repressão ao Crime Organizado (GRCO) e Roubos a Bancos – onde realizou um grande trabalho. Na sua gestão como titular daquela especializada, o número de assaltos a bancos teve significava diminuição. O delegado Aéliston conseguiu reduzir drasticamente o número de roubos a caixas eletrônicos no Espírito Santo nos últimos anos. Se em 2012 foram registrados 14 ataques a caixas eletrônicos no Estado, este número caiu para sete já em 2014. Também atuou no inte-

rior do Estado, como Alfredo Chaves e Pedro Canário, e em determinado período foi delegado de Santa Leopoldina, respondendo pela delegacia de Santa Maria de Jetibá. Para minha surpresa o encontrei na Distrital de Parque das Gaivotas, em Santa Inês, Vila Velha. Não que isso seja um trabalho menos importante, mas, como jornalista e advogado criminalista, considero injustiça com um dos mais sérios e competentes delegados de Polícia Civil. Não posso afirmar, mas acredito em picuinha pessoal. Não se sabe o porquê do alijamento de um delegado tão experiente, sério e trabalhador, que hoje está relegado a uma delegacia inexpressiva como é a de Santa Inês. Depois de ter atuado na linha de frente combatendo bandidos perigosos, hoje Aéliston atua como pacificador de briga de vizinhos, que é o fato mais frequente da delegacia onde atua. Alguma coisa está errada. Por que acontece esse descaso com o bom profissional? O que será que existe na PC? O caso do Dr.Aéliston precisa ser visto com mais atenção pelo senhor secretário de Segurança, André Garcia. Fazemos um apelo a ele, que por sinal realiza um bom trabalho à frente da nossa segurança, para que resgate a competência desse grande servidor público que dedicou parte da vida em defesa de nossa gente. Com a palavra o Secretário de Segurança!


Esportes

SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR ARON RIBAS

RUY MONTE DÁ O RECADO! rmonte@eshoje.com.br

O futebol sem investimento Futebol é um brinquedo caro, já diz um dirigente de clube capixaba. Tão caro que até mesmo os grandes times sentem o peso do fio metal. Mas, o que faz o futebol encarecer de verdade?

Bernardo desfere um slide, a derrapagem do skate no asfalto, no pico do Secreto, local do campeonato

Briga pelo melhor slide no skateboard Vencedor de três categorias na última edição do Slide Jam, Bernardo Rodrigues quer manter a coroa no domingo (20) GUSTAVO GOUVÊA gustavo@eshoje.com.br

A

  de Campinho da Serra, no município serrano, vão receber, neste domingo (20), a segunda edição da temporada do Secreto Slide Jam, campeonato de skate longboard focado nas manobras de derrapagem do carrinho sobre o asfalto - o "slide". As categorias disputadas no evento serão o maior glove slide (derrapagem do skate tocando o asfalto com a luva) e o maior stand up slide (derrapagem em pé). Em ambas quem vem reinando é o cariaciquense Bernardo Rodrigues. No primeiro slide jam da temporada, realizado no mesmo pico, ele não só venceu nas duas categorias, como também levantou o troféu na categoria toe side, que é o maior slide na posição de costas (backside). Mas para repetir a dose neste campeonato terá várias pedreiras pela frete. Na categoria stand up ele vai enfrentar nomes como o serrano Weyder Nascimento, Campeão Mundial Junior de Downhill Speed e os parceiros do skate locais de Cariacica, Junior Pereira e Lucas Magnago. Já no glove slide ele tem pela frente o

versátil Renan Lobo, da Serra, e Ítalo Silva, de Vitória. Apesar de reconhecer o desafio, a intenção de Bernardo não é outra senão a de manter a coroa. "Meus resultados estão sendo muito positivos. Nos três últimos slide jams que competi, em dois deles fiquei em segundo lugar e no último ganhei nas três categorias. Mas as disputas vão ser acirradas, lado a lado! Estou na ativa, semana passada andei em dois roles, que tive campeonato em Santa Catarina, e estou treinando forte pra ter um resultado positivo neste. Eu quero mesmo estar no pódio nas duas categorias", avisou o rider. MODALIDADE VIVA Organizador do evento, Thiago Diniz é quem tem se virado para manter os campeonatos da modalidade vivos no Espírito Santo. Esse é o terceiro que organiza na temporada, o segundo da modalidade slide - o outro foi de skate downhill speed, a modalidade de velocidade. Thiago afirma que, apesar de o skate downhill estar passando por uma época de baixa no Estado, as diputas estão se mantendo em alto nível e a esperança é voltar a crescer. "Nós temos muitos atletas de

bom nível e com desempenho muito grande nas ladeiras. As disputas estão sendo bem acirradas. Sempre um querendo provar que é melhor do que o outro. Nesse slide jam Bernardo tem a chance de levar tudo de novo, mas os outros atletas estão vindo com tudo. Minha esperança é que a cena volte a crescer e que a qualidade dos eventos e dos atletas possa aumentar a cada campeonato". Ele explica quais são as características de um bom slide: "Ganha quem der o maior slide, mas não um slide de qualquer jeito. Tem que ser um slide válido, sem queimar e sem pêndulo. Esse é o slide perfeito para participar de competições de slide jam, independente de ser stand up ou glove". O evento acontece na ladeira principal de entrada do bairro Campinho da Serra I, e as disputas terão início às 13h30.

SERVIÇO Secreto Slide Jam w D:

20/08 (domingo) 13h30 w L: Campinho da Serra I, Serra w I: https://www. facebook.com/ events/825594844282934 w H:

Os salários de atletas e treinadores pagos no Brasil não condizem com a realidade vivida por um país constantemente em crise financeira. E, atualmente, política e social. O pior é que os grandes craques que surgem no futebol acabam sendo resgatados por clubes europeus e asiáticos, que oferecem verdadeiras fortunas para terem atletas brasileiros em seus elencos. Os clubes grandes, principalmente, são obrigados também a aumentarem o nível salarial de seus jogadores, se querem mantê-los no grupo de trabalho. Alguns, como Palmeiras e Flamengo, pelo que me consta, gastaram uma grana alta para formação de seus elencos. Com um detalhe: nada foi justificado até então. Palmeiras e Flamengo somaram uma série de derrotas com desclassificação em Libertadoras e tudo mais. O que esperar do futebol do Espírito Santo, que mal consegue pagar seus jogadores em nível super baixo, comparado com

outras praças? Estamos resmungando o fato dos nossos representantes amargarem todos esses anos no Brasileiro da série D e sempre com poucas possibilidades de ir para a C. Estou fazendo esta observação, traçando um comparativo entre as equipes A e B do futebol brasileiro, que mantém seus elencos com salários também aquém da realidade atual do nosso país. Os clubes do Espírito Santo pagam, no máximo, uma media de R$ 5 mil a um treinador. O Flamengo está contratando um técnico para ganhar 500 mil reais mensais. Que disparate! É justo isso? Justo ou não, o fato é que o Brasil vive uma crise feia com a saúde, segurança e educação, isso sem contar com milhares de famílias passando necessidades, inclusive de alimentação, enquanto os clubes pagam salários altíssimos para os seus profissionais. Não sei até onde isso vai. De repente, quando chegar uma solução, eu não esteja nem mais nesse mundo.

Vitória e Tiva: a pedida da Copinha

Com certeza vai ser um jogão esse clássico entre Vitória e Desportiva, neste sábado (19), no estádio Salvador Venâncio da Costa. Os dois times estão vindo de resultados positivos e possuem jogadores de qualidade técnica acentuada. A Tiva leva uma ligeira vantagem na tabela, pois está com 100% de aproveitamento e com nove pontos. Um empate deixa o time grená na liderança da sua chave. O Vitória precisa vencer para dar um tom de equilíbrio na chave. O jogo será às 15 horas, no mesmo dia e hora que jogam Rio Branco e Real Noroeste, no Kléber Andrade.

7


CLAssIfICADOs COMPRAR • VENDER • ALUGAR • TROCAR • DIVULGAR SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR j ESHOJE@ESHOJE.COM.BR j ANUNCIE: (27) 3395-1800

1

VENDO

Imóveis, Automóveis, diversos

GRANDE VITÓRIA

TROCO casa, Vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, SEM garagem, SEM escritura. 45 mil – 27-997012376. VENDO / TROCO casa, Vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, SEM garagem, SEM escritura. 45 mil – 27997012376. VENDO casa, Vila Garrido – escadaria, 03 quartos, sala, cozinha, banheiro, varanda, quintal, SEM garagem, SEM escritura. 17 mil – 27-997012376. VENDO apartamento, quarto, cozinha, banheiro, varanda, sala, área serviço, reformado, Santo Antônio, frente Santuário, com recibo, 99603-7548 vivo VENDO Terreno Darli Santos VV, lado Gaivotas, 12m x 24m, comercial/residencial, rua asfaltada, documento em dia, plano/murado, aceito troca veículo R$85.000,00. 998122897 vivo. VENDO Imóvel 520m2, esquina, frente Av. Maruipe, laje, pé direito duplo, afastamento estacionamento 10 veículos, escriturado, área construída 290m2, legalizado, frente 25m. 99812-6199 vivo whatsapp. Vendo casa Alagoano – começo escadaria, sem escritura, sem garagem – 5 cômodos – 75 mil Vendo J.Penha Kitnet, elevador, garagem, 180 mil 99973-1001. Vendo J.Penha 3 qts/Ste, elevador, varanda 460 mil 9-9989-1243. Vendo J.Penha 2 qts Conjunto / Varanda, 250 mil 9-9989-1243 Seja um franqueado. Faça parte da maior rede de chocolates finos do mundo. Passamos o ponto: Av. Presidente Vargas, 137 - Centro Fundão. Tel.: 11 94350-2770 Nayane Vendo Casa – Caratoíra (Vitória) – 1º pavimento (começo escadaria) - 02 quartos, sala, cozinha, banheiro e quintal. Sem escritura e sem garagem. R$75 mil ou R$60 mil + parcelas – 99865-0734 Vendo Apartamento – Jardim da Penha – 70m² , 2° andar, 03 quartos com armários, dept de empregada e garagem – Ed Cataurus – Atrás do Sup. Epa – 99527-0404 Vendo Apartamento – Jardim da Penha – 90m² , 03 quartos, Suíte, elevador, varanda e Vaga. Próximo ao Bicho Guloso - Estudo troca em imóvel de menor valor. 999891243/3071-0527 Vendo Apartamento - Jardim da Penha - 02quartos c/ suíte, varanda, elevador, 01 vaga, bicicletário, salão de festa com churrasqueira - prox. ao Sesi – R$ 355 mil 99973-1001/3084-5182 Vendo Apartamento - Jardim Camburi – 03 quartos c/ suíte, varanda, elevador, ampla área de lazer - prox. a Vale – R$ 290 mil 99989-1243/3071-0527 Vendo Apartamento – Jardim Camburi - 02

quartos, 1 banheiro social, elevador Sol da Manhã, 01 vaga, 2 quadras do mar - R$ 245 mil.. 99973-1001/3084-5182 Vendo - Telas pintadas à óleo - com temas florais de vários tamanhos e valores. Angel Art 999231 3143. Vendo Casa – Vila Garrido (Vila Velha) – 2ª pavimento (começo da escadaria) – 02 quartos, sala, cozinha, banheiro, copa, varanda e terraço – R$ 44 mil ou troca por outro imóvel – 99701-2376 Vendo Apartamento – Jardim da Penha – Ed Centaurus - 2° Andar, 03 quartos, armários, garagem, dependência de empregada – Atrás do supermercado EPA – R$280 mil. 99527-0404 Vendo Apartamento – Jardim da Penha– 03 quartos, suíte, armários, elevador, varanda e Vaga. Próximo ao Banco Banestes –Estudo veículo como forma de pagamento. 999891243/3071-0527 Vendo Apartamento – Jardim da Penha - 02 quartos, Suíte, armários, elevador, varanda, piscina e 01 Vaga. Próximo ao Bicho Guloso -99973-1001/3084-5182 Vendo Apartamento – Jardim Camburi – Amplo, 03 quartos, Suíte, armários, 02 elevadores, varanda e 02 vagas. Próximo ao Shopping Norte Sul -99973-1001/3084-5182 Vendo 2 camas de madeira (1casal-R$170 e 1 solteiro-R$100) – 99231-3143 Vendo 02 Casas – Bairro de Lourdes – 03 quartos - R$ 590 mil ou troco por apto em Jardim Camburi – 99989-1243/3071-0527 Vendo Casa – Paul (Vila Velha) – Parte alta, simples com telhas eternit – 03 quartos, sala, cozinha, área, copa, sem garagem e sem escritura. R$40 mil ou troca por outro imóvel. – 9.997604724 9.99004470

COMUNICADO CERIMONIAL QUEIROZ EIRELI EPP - torna público que requereu da SEMDESU, através do processo nº 42386/2017 a Licença (LMAR) para (atividade, boates, bares, casa de shows, cerimoniais e similares, com sonorização eletrônica ou música ao vivo), (COD. 15.11), na localidade de Cobilandia – R. Brasilandia nº 1 lote 03 e 04 – Mun. De Vila Velha – ES. COMUNICADO A TOMMASI IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA, CNPJ nº. 00.625.692/0001-63, torna público que REQUEREU da SEMMA, através do Processo nº 60598/2013, a Licença Municipal de Operação (LMO), para atividade de PÁTIO DE ESTOCAGEM, ARMAZÉM OU DEPÓSITO PARA CARGAS GERAIS, na localidade de Rua Arara Azul, n° 165, bairro Novo Horizonte, município da Serra – ES. COMUNICADO A & L PARTICIPAÇÕES LTDA ME, CNPJ Nº 20.888.950/0001-01, torna público que REQUEREU da SEMMA, através do Processo nº 41.899/2017, a Licença (LMP), para a atividade de TERRAPLANAGEM PARA CONSTRUÇÃO DE GALPÕES PARA ATIVIDADE INSDUSTRIAL, na localidade da Rod. BR 101, KM 242, bairro Chapada Grande, município da Serra – ES.

2

ALUGO

Imóveis, Automóveis, diversos GRANDE VITÓRIA

ALUGO - R$820,00 –Sala 39 m² + 1 vaga de garagem no Centro Empresarial da Serra – Laranjeiras, Cond. R$275,00, (27)9811-5129 Aluga-se casa e quitinete em Jardim America - Cel.: 27-99629-3378 Alugo Casa para Temporada - Meaípe (Guarapari) - Duplex, 3 quartos, 2 suítes, 2 banheiros social, 2 salas, cozinha, despensa, área, churrasqueira, varanda, quintal e garagem coberta. Acomoda até 20 pessoas. - Maria 3022-2878 / 99928-1951 Alugo apt° - Morada de Laranjeiras - cond. Fechado - 3ª andar, 2 quartos, Sala, Banheiro, Cozinha, Área de serviço, 1 vaga, port. 24hs, área de lazer, churrasqueira, salão de festas. R$700,00 – c/ cond. incluso – 99231-3143/ 3019-1918 COMUNICADO BRITO E CIA LTDA torna público que requereu da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável (SEMDESU), através do processo nº 73163/2014, a Licença Municipal de Operação (LMO), para a atividade de fabricação de artigos de vestuário, inclusive calçados, a partir de couros e peles com curtimento e/ou tingimento (CÓD. 11.07), na localidade de Rua Valdivino Vieira, nº 153 – Glória – Município de Vila Velha /ES.

3

sERVIÇOs

Alimentação, Consórcio, Reparos, etc.

GRANDE VITÓRIA

Cotação online de Seguro Auto, Residencial, Moto, Viagem - Guarapari Corretora de Seguros. Massagista, moreno, Cariacica. Atendimento diferenciado - segunda à sábado até 18:00 - 027-9-97441668 WANDERSON – climatização, instalação e manutenção de ar condicionado – 27-99888-8667 – mig.wanderson@ gmail.com COMUNICADO KOPPERT DO BRASIL SISTEMAS BIOLÓGICOS LTDA., CNPJ n° 65.017.857/0001-60, torna público que requereu ao IDAF – Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo, o cadastramento do produto agrotóxico biológico SPICAL, para comercialização no Estado do Espírito Santo. COMUNICADO KOPPERT DO BRASIL SISTEMAS BIOLÓGICOS LTDA., CNPJ n° 65.017.857/0001-60, torna público que requereu ao IDAF – Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo, o cadastramento do produto agrotóxico biológico HUNTER, para comercialização no Estado do Espírito Santo.

COMUNICADO C.E.C. LUCHI CENTRO AUTOMOTIVO EPP, torna público que Obteve da SEMDESU, através do processo n° 19709/17, Licença(s) LMAR nº 114/2017, para ATIVIDADE DE REPARAÇÃO, RETÍFICA OU MANUTENÇÃO..., COD. 20.07(I) na localidade de Av. Carlos Lindemberg, 2707, Nossa Senhora da Penha, Mun. de Vila Velha - ES.

COMUNICADO SEBASTIÃO FERREIRA FERNANDES, torna público que requereu e obteve do IEMA, por meio do processo n° 65724976, a LAU nº 68/2014 para transporte rodoviário de produtos perigosos, para atuar exclusivamente nas rodovias do Espírito Santo, estando sediada na localidade de R. Antonio Carlos Gerarot, S/N, Treze de Maio, Mun. De Viana-ES.

COMUNICADO ELIZEU ROSA GOUVEIA - ME, torna público que obteve da SEMDESU, através do processo n° 60802/2013, Licença LMAR n° 148/2017 para atividade de Oficina Mecânica COD 20.07(I), na localidade de Rua Saldanha da Gama, 118, Aribiri, Vila Velha/ES.

COMUNICADO POSTO MALACARNE LTDA, torna público que requereu e obteve do IEMA, por meio do processo n° 553, a LAU nº 004-D/2017 para transporte rodoviário de produtos perigosos, para atuar exclusivamente nas rodovias do Espírito Santo, estando sediada na localidade de R. AngeloZani, Vila Independencia, Mun. De Cariacica-ES.

COMUNICADO HELICELIO DE SOUZA - ME “BUTEQUIM DO CELIM“ torna publico que Requereu da SEMDESU, através do processo nº 43920/2017, Licença LMAR, para atividade de Bares e Boates com musica ao vivo, COD – 15.11, na localidade de Alecrim, Rua Ana Siqueira, nº3573 – Vila velha – ES. COMUNICADO JOSÉ LUSMAR ROSA-ME, torna público que Requereu da SEMDESU, através do processo n° 28530/2017, Licença LMAR (LMS), para corte e acabamento/ aparelhamento de rochas ornamentais, COD. 1,03 (I), na localidade de Av Capixaba, 254, Divino Espírito Santo, Vila Velha - ES.

4

EMPREGO

Diversos

GRANDE VITÓRIA

Ofereço-me para trabalhar em Consultório, Clinicas ou Escritórios - de 13 às 19 horas. Sou aposentada, nível superior, facilidade em assimilar conhecimentos, aceito sal.mínimo – 30392202/997129889 Ofereço-me para trabalhar como Porteiro ou Aux de Serviços Gerais – Possuo curso de Portaria, e resido em Cariacica – 99949-0604 Ivonete. Ofereço-me para trabalhar como Garçon (Freelancer) para Festas e Eventos. Formação Senac – 99913-4971 – Alessandro. Ofereço-me para trabalhar como Pedreiro, área de construção civil ou Serviços Gerais -Disponibilidade para qualquer local 99717 2657 COMUNICADO P S DETALHES ACRÍLICOS LTDA ME, torna público que REQUEREU da SEMDESU, através do processo nº 30.393/2014, Licença Municipal Ambiental de Regularização (LMAR), para atividade de Fabricação de artefatos de material plástico para outros usos não especificados anteriormente, código 9.07, na localidade da Glória, Rua São Pedro, 152, fundos, Município de Vila Velha, ES COMUNICADO P. P. Sperandio Indústria e Comércio - ME, torna público que requereu da SEMDESU, através do processo nº 25.193/2013, Renovação de LMAR (LMS) para a atividade de Fabricação de móveis de madeira, vime e junco (Cód. 5.09 (I)), situada na Avenida Colatina, 15, Riviera da Barra, Vila Velha-ES. COMUNICADO "PHARMACIA CAMOMILA LTDA - ME", CNPJ: 02.866.332/0001-89 torna público que Obteve da SEMDESU, através do processo n° 19504/2013, Licença Municipal Ambiental de Regularização (LMAR) nº 106/2017, para Atividade de Farmácia de Manipulação (Código 19.04), na localidade de Avenida Castelo Branco, nº 1107, LOJA 01 - Centro, Município de Vila Velha - ES.

ABTRACCI – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO CIVIL EDITAL DE CONVOCAÇÃO ABTRACCI – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO CIVIL, COM SEDE NESTA CIDADE, NA RUA JOSÉ BUIAZ N°300 – SALA 2002 10VG ED. WORK CENTER BAIRRO ENSEADA DO SUÁ - VITÓRIA – ES, ATRAVÉS DO SEU PRESIDENTE, O SR. ALLAN FABRICIO GASCÃO SOUZA, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES CONFORME ESTATUTO, CAPÍTULO III, DOS “ÓRGÃOS ADMINISTRATIVOS” ARTIGOS 11° E 12°, CONVOCA ATRAVÉS DO PRESENTE EDITAL, TODOS OS MEMBROS PARA ASSEMBLÉIA GERAL QUE SERÁ REALIZADA NA SEDE DA ASSOCIAÇÃO, ÀS 17 HORAS E TRINTA MINUTOS DO DIA 03 DE MARÇO DE 2017, COM A SEGUINTE ORDEM DO DIA: a) DISCUSSÃO E APROVAÇÃO DA ALTERAÇÃO DO ENDEREÇO DA ASSOCIAÇÃO; b) PRIMEIRA ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA; c) TROCA DE DIRETORES; A ASSEMBLÉIA GERAL INSTALAR-SE-Á EM PRIMEIRA CONVOCAÇÃO ÀS 17 HORAS E TRINTA MINUTOS COM A PRESENÇA DA MAIORIA DOS ASSOCIADOS E, EM SEGUNDA CONVOCAÇÃO COM QUALQUER NÚMERO, MEIA HORA DEPOIS, TUDO NA FORMA DO ESTATUTO VIGENTE. VITÓRIA, 03 DE FEVEREIRO DE 2017


Vitória, 18 de agosto de 2017 J Ano XVII J Nº 658J Edição Gratuita Semanal

www.eshoje.com.br

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

Agora ele é um homem de família Gusttavo Lima vai se apresentar em Vila Velha neste domingo (20) e promete um repertório bastante diversificado

N

  do pedaço, o cantor Gusttavo Lima vai comandar um show, em estilo sunset, no Nook Beach Club, em Vila Velha. Será neste domingo (20), tendo como cenário a bela vista da baía de Vitória, a partir das 14 horas. O cantor desembarca em Vila Velha com empolgação total e promete um desfile de hits, para não deixar ninguém parado. “Vou mesclar todos os meus maiores sucessos em meu repertório. Então não podem faltar ‘Balada boa’, ‘Fui fiel’ e ‘Inventor dos amores’, por exemplo, mas também canto as músicas do novo álbum “50/50”, como ‘Abre o portão que eu cheguei’ e ‘Homem de família’. Quero agradar a todos os meus fãs, então tentamos fazer uma boa mistura de hits”, diz o cantor, a ESHOJE2. Gusttavo Lima está completando 10 anos de carreira e nem de longe lembra aquele menino franzino do início da vida artística. De lá pra cá, conquistou seu espaço no concorrido meio sertanejo, arrebatou multidões e se mantém firme como um dos grandes nomes da música nacional. Lançou seis álbuns de sucesso, sendo o mais recente gravado em Caldas Novas (GO), que emplacou canções nas rádios de todo o país. Só para ter uma ideia, ele reúne em sua bagagem mais de 150 composições originais. E o futuro? “Estou completando 10 anos de carreira, lancei o álbum “50/50” recentemente e estou cumprindo a agenda de shows, então vou esperar para ver quais são os próximos caminhos que virão na estrada. Estou bem feliz com tudo e assim que as coisas forem acontecendo, vocês também ficarão sabendo”, respondeu.

Além de Gusttavo Lima, também vão se apresentar no evento a cantora Mikaely Lahass e a dupla Higino & Gabriel. Os ingressos para o show em Vila Velha custam a partir de R$100 (espaço Nook, meia entrada) e podem ser adquiridos no site www.eventim.com. br, na Vide Bula (Shopping Praia da Costa), Academia Ponto 1 (Mata da Praia) e Academia Wellness (Itaparica). PAI DE PRIMEIRA VIAGEM O cantor das multidões tem um novo amor: Gabriel. O filho tem pouco menos de dois meses. Se antes ele lotava as redes sociais com fotos dos seus treinos e shows, atualmente também compartilha momentos de total corujice. “O Gabriel trouxe muitas felicidades para a nossa família”, diz o papai de primeira viagem. Desde que o menino nasceu, o cantor e a esposa, a atriz Andressa Suita, compartilham cliques do pequeno com os “titios da internet”. “Cogitei durante um tempo não mostrá-lo. Logo no começo da gestação da Andressa postei uma foto do ultrassom e li muitos comentários negativos, fiquei chateado com isso e como pai quis poupá-lo desse tipo de energia. Mas, ao mesmo tempo, li tantos comentários positivos e vi nossos fãs torcendo e vibrando com a gente...”, comemora. Sobre a possibilidade de diminuir o ritmo de trabalho em função do nascimento do herdeiro, o artista é categórico. “Não posso deixar de lado as minhas responsabilidades como cantor, ainda mais agora que tenho uma família para sustentar. Claro que quero estar sempre muito próximo do Gabriel, mas sei que tenho meus compromissos e minhas agendas de show. Não sei se diminuir o ritmo, mas aprender a conciliar a agenda, sim”, finalizou.

DIVULGAÇÃO

MÁRCIA ALMEIDA cultura@eshoje.com.br

O cantor, que está estreando na função de pai, chega ao Estado para agitar sunset em Vila Velha neste domingo (20)


2

Cultura

SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Os 40 anos de Ronaldo Barbosa

CIRCUITO CULT

Toda a história contada no livro poderá ser conferida na exposição do Palácio Anchieta, até novembro DIVULGAÇÃO

MARCIA ALMEIDA cultura@eshoje.com.br

O

  arte e do design e a capacidade de fazer conexões culturais entre o Brasil e o mundo são algumas marcas do trabalho de Ronaldo Barbosa, um capixaba que com toda pluralidade de sua obra completa 40 anos de carreira, em plena atividade e vigor. Pioneiro do design no Estado e uma das principais referências na arte contemporânea, o artista e gestor cultural celebra as quatro décadas do seu percurso profissional com um pacote de homenagens preparado em parceria com um time de grandes nomes do cenário cultural do Brasil. No dia 17 de agosto, será aberta a exposição “RB40 – Ronaldo Barbosa 40 Anos de Arte e Design”. No mesmo dia, será lançado o livro “RB40 – Ronaldo Barbosa 40 anos de Arte e Design”, escrito a quatro mãos pela jornalista especializada em design e ex-diretora do Museu da Casa Brasileira, Adélia Borges (SP), e pela historiadora Élida Gagete (SP). A publicação contempla fotos, desenhos, projetos e depoimentos de várias personalidades nacionais, como os artistas plásticos Shirley Paes Leme e Hilal Sami Hilal; as empresárias Maria Alice e Letícia Lindenberg, Fábio Brasileiro, os designers Verônica Teicher e Flávio Lins de Barros, e outros. SOBRE A EXPOSIÇÃO Toda a história contada no livro poderá ser conferida na exposição do Palácio Anchieta, que ficará em cartaz até o dia 12 de novembro. Na mostra, o público conhecerá as

Música tem DNA

Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo são as primeiras cidades que vão receber o projeto “Caetano Moreno Zeca Tom Veloso”, que reúne o cantor Caetano Veloso e seus filhos, que carregam o talento no DNA. DANIEL BOONE

Ronaldo Barbosa é o primeiro design profissional do Espírito Santo fases mais marcantes do artista e designer e terá a chance de viver uma experiência repleta de surpresas, atrelada à história do Espírito Santo e de outros estados. A produção de Ronaldo, cuja obra faz parte do capital econômico dos anos 1980, ocupará sete salas do Palácio. O fio condutor da mostra será o desenho, que transita por sua trajetória como designer e artista. Todos os seus projetos passam primeiramente pelo desenho e depois é que tomam forma nos processos tecnológicos. As instalações serão compostas por um acervo cuidadosamente

selecionado pelo próprio artista e por sua equipe do Studio Ronaldo Barbosa, que ajudou na seleção dos projetos de design. Cerca de 70 obras vão representar sua produção artística desde 1969 até os dias de hoje, incluindo peças de acervos particulares. A mostra será aberta com trabalhos atuais de Ronaldo. As obras em papel Fabriano feitos com lápis de cor, grafite e bastão a óleo tratam de uma espécie de crônica da vida social contemporânea. Na última sala será exibido um vídeo produzido por Lupino e ClaraBoia.

Cotidiano de mulheres transexuais em destaque   a criação de um novo olhar sobre o universo da transexualidade, refletindo acerca de estereótipos baseados na ausência de conhecimento sobre o assunto. Esta é a ideia da exposição “Transpotências”, em cartaz no Museu Capixaba do Negro, em Vitória. O projeto foi idealizado pela artista Aidê Malanquini, em parce-

MÁRCIA ALMEIDA L cultura@eshoje.com.br

ria com Pablo Rocon, pesquisador que trabalha com população transexual no universo acadêmico. "Vi no projeto a possibilidade de retomar meu trabalho fotográfico a partir desse eixo que tanto me afeta. Independente da área de atuação, o grande foco da minha produção artística sempre foi a questão da mulher na sociedade". O trabalho de pesquisa teve co-

mo base teórica o livro "Engenharia Erótica: Travestis no Rio de Janeiro", de Hugo Denizart, que reúne textos e imagens sobre o assunto, no qual o autor retrata mulheres trans que trabalham com prostituição na capital carioca. A mostra pode ser visitada até o dia 11 de setembro, de terça a sexta, das 12 às 19 horas. Entrada franca.

O show estreia no dia 03 de outubro em terras cariocas com reapresentações todas as terças e quartas do mês no Theatro Net Rio. “Há muito tempo tenho vontade de fazer música junto a meus filhos publicamente. Desde a infância de cada um deles gosto de ficar perto, sempre cantei para eles dormirem. Moreno e Zeca gostavam, Tom me pedia pra parar de cantar. Indo por caminhos diferentes, todos se aproximaram da música a partir de um momento da vida”, declara Caetano.

Pedra Blues & Jazz Festival

Nos dias 8 e 9 de setembro acontecerá a primeira edição do Pedra Blues & Jazz Festival, no Centro de Eventos Morangão, em Pedra Azul. O primeiro evento do gênero musical na região de Pedra Azul vai levar 11 bandas, sendo cinco nacionais e seis locais. Os gaitistas Flávio Guimarães (carioca referência no blues brasileiro) e o brasiliense conhecido internacionalmente, Gabriel Grossi, são dois nomes confirmados.

Literatura

A ZL Editora está com inscrições abertas para autores que queiram participar da quarta edição bilíngue, português-francês, da Antologia Escritores da Língua Portuguesa. O cadastro para interessados será feito pelo e-mail zlcomunicacao8@ gmail.com até o dia 31 de agosto. Cada autor poderá ocupar até três páginas e terá direi-

Financiamento coletivo

to a cinco exemplares da antologia. Apesar da obra prestigiar contos e crônicas, os escritores podem enviar outros tipos de textos, como poemas, prosas, entre outros. Segundo Jô Ramos, idealizadora da iniciativa, o projeto busca proporcionar aos autores maior visibilidade da sua produção literária, não só no Brasil como também no exterior.

Alunos da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) estão produzindo um documentário de curta metragem, "Refúgio", que tratará de pessoas refugiadas no Espírito Santo. O filme, que será realizado através de financiamento coletivo, possui uma campanha através das redes sociais para arrecadar doações para a sua produção. Para ajudar, é só acessar o site www.catarse.me/refugiodoc e saber como doar. O curta pretende abordar o cotidiano dos refugiados sob um olhar diferente do usual, buscando mostrar o processo de integração dessas pessoas às suas novas moradias. Um dos seus objetivos é contribuir para uma visão não estereotipada das pessoas em situação de refúgio, explorando a construção da vida longe da terra natal e analisando o encontro entre as diferentes culturas.


3

SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Social

Bianca Coutinho bianca@eshoje.com.br

Carinho que alimenta

DIVULGAÇÃO

É crescente o número de pessoas que buscam ajuda profissional para tratar das questões emocionais. Uma sugestão de Lucas Carvalho, coach de felicidade, é a forma como alimentamos a mente. “Ela traduz o seu comportamento. Quanto mais positivas forem as leituras, os filmes e as músicas, melhor se tornam as atitudes. Mas o oposto também é verdadeiro”. Segundo ele, assim como você é o que você come, sua mente é o que ouve, vê e pensa. E como cada passo desses é uma escolha, está nas mãos de cada um construir os próprios resultados. Proporcionar as crianças um ambiente aonde seus pais demonstrem troca de carinho,

também é um caminho saudável. As crianças estão em construção das suas vidas amorosas. Por isso, um beijinho vai ajudar o pequeno a entender que existem outras formas de amor além daquela recebida dos pais, orienta a psicóloga Roberta Vallory. CLOVES LOUZADA

Sati Fukunaga em encontro com a designer de joias, Ivana Izoton

Lélio e Fernanda Cimini, anfitriões do leilão de Agosto Empório das Artes, com o artista plástico Rozindo Torres

Nova idade. Júnior Vieira e Leninha Moreira assinam, respectivamente, bolo e doces do níver de Flávia Pacheco, dia 6 de setembro. Tudo será registrado pelas lentes de Cacá Lima.

Dória, dia 23, no Centro de Convenções Vila Velha. O prefeito de São Paulo vem para discutir os rumos da governança pública com exemplos bem-sucedidos no mundo corporativo.

Modelo. Thiago Valentim vai buscar uma capixaba para compor o casting do desfile especial do Vitória Music Festival, que acontece dia 7 de setembro, no Ilha Shows.

Web. A montadora de Fábio Santório lançou websérie intitulada “01.09”, marcada por mistérios e aventuras com os carros Wolks. Ideia original!

Pet. A Globo Fórmula acaba de inaugurar a farmácia de manipulação 100% PET. Luiza Scardua e Ana Paula Couto, sempre atentas ao crescimento e as necessidades do mercado PET, abriram loja em Jardim Camburi. Prime. Rodrigo Guerra, cantor capixaba, se apresenta dia 19 na Balada Prime, em Barra de São Francisco, onde cantará junto com Lucas Lucco.

THUANNY LOUZADA

Adriano Trindade e Thiêzy Menegassi ladeados por Natália e Vinícius Menegassi em noite de comemoração em clima de roda de boteco

Teen. João Guilherme, ídolo teen, se apresentará no dia 03 de setembro, a convite de Patrick Ribeiro. Além dos hits autorais e versões de músicas de sucesso, o astro costuma chamar uma fã no palco. Elegância. Engana-se quem pensa que é só no inverno que a produções de moda destacam elegância e sofisticação. Segundo Mary de Sá, as do verão 2018 prometem ser de muito charme. Confirmados. Humberto Pinto e Jéssica Polese são presenças confirmadas no Café com

Estudo. Sandro Campos Borges e Morgana Stelzer Rossi estão no Rio de Janeiro para congresso internacional de oncologia. Jantar. Selma Martins Galvão apoia o jantar solidário do GASS, que será realizado dia 30 e planeja reunir 400 pessoas em prol da Associação dos Amigos dos Autistas do Espírito Santo (Amaes). Bate-papo. Roberta Larica, nutricionista funcional, vai comandar um bate-papo para convidados na Fast Nutri Store, dia 22, com direito a degustação de frutas, tortas funcionais e chá natural emagrecedor. Os parabéns da semana vão para Rose Frizzera, Carla Brunoro, Thamires Gomes e Raquel Brandão (19); Chris Campos (20); Gleison Santiago e Gustavo Amaral (21); Gláucia Duarte, Marcela Caseira e Noslen Salles (22); Lourdes Ferolla, Ana Marcelino e Ana Carla Fonseca (23); Brígida Tinelli e Andressa Lírio (24). Felicidades!


4

Programe-se

SEXTA-FEirA, 18 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br divulgação

Coluna do vinho Franklin pinheiro L colunadovinho@eshoje.com.br

Emblemática carménère

pedroca, Majela e pablo dividem a cena o tempo todo com a responsabilidade de fazerem 40 personagens

No ano de 1862 surgiu uma praga de nome Phyloxera vastatrix, que dizimou 50% dos vinhedos da França. E, no meio de tantas variedades viníferas, a carménère foi considerada extinta por engenheiros agrônomos, enólogos e literatura especializada.

As angústias da vida viram piada

Em “desesperados” 40 personagens são vividos por três atores que prometem levar capixabas a risos e reflexões Marcia alMeida cultura@eshoje.com.br

M

arcus Majella, Pablo Sanábio e Pedroca Monteiro chegam à Vitória com o espetáculo “Desesperados” e prometem arrancar gargalhadas do público capixaba. As apresentações serão sábado (19), às 21h30, e domingo (20), às 18h, no Teatro da Ufes. O espetáculo gira em torno de três figuras principais, Bia, Marcondes e Ricardo, que sofrem de solidão e carência. De tão problemáticos, cada situação vivida se torna uma comédia. “Desesperados” pode ser visto de duas maneiras: como uma história engraçada com situações independentes que se interligam, ou uma história com começo, meio e fim - cada cena é única e imprescindível para o desenrolar de toda a história. “A peça fala muito de pessoas, dos sentimentos, das nossas tristezas. É sempre bom rir das dificuldades, desgraças e do-

res. O humor serve para a gente olhar por um ouro lado as coisas que nos fazem sofrer, para a vida ser mais leve”, avalia Pedroca. No palco, o trio interpreta 40 personagens que se esbarram e ganham vida em diferentes situações na mesma história. Os personagens transitam entre cada uma dessas pequenas cenas e podem aparecer novamente em outro momento, e assim o público acompanha a trajetória de todos. “Fazer tantos personagens é divertidíssimo, mas uma loucura insana. Estar em cena com Majela e Pablo é a melhor parte, a gente se diverte muito”, revela o ator. O dinamismo é muito grande, mas eles não trocam de roupa ou colocam peruca, por exemplo, são apenas os artistas, suas vozes e placas no peito com o nome dos personagens. “Erramos muito no inteiro, mas agora não. Exige, sobretudo, concentração. Se a gente se distrai um segundo, talvez perca uma entrada. Nós três dependemos um dos

outros e temos que estar inteiros concentrados, focados ali mesmo. É bem intenso e gostoso”. da MesMa escola Embora seja a primeira vez que trabalha com Marcus Majella e Pablo Sanábio, no teatro, Pedroca diz que eles já se conhecem de longa data. “Somos da mesma escola de teatro, a CAL (Casa de Artes de Laranjeiras), e nos encontramos muito pela vida”. Sobre o convite para integrar o elenco da peça, ele lembra detalhes: “Pablo me ligou perto do réveillon, tipo 28 ou 29 de dezembro. Fizemos uma leitura na casa de Marquinhos (Majella) e eu amei o texto, e fiquei torcendo para eles me ligarem. Aonteceu e logo no dia 2 de janeiro começamos ensaiar”. O roteiro é assinado por Fernando Ceylão e a direção é de João Fonseca. Os ingressos custam a partir de R$25 (mezanino, meia) e podem ser adquiridos pelo sitetudus.com.br ou na bilheteria.

Dobradinha: Zé Geraldo e Nô Stopa no Sesc Glória após inúmeras passagens pelos palcos do ES, o cantor Zé Geraldo retorna neste sábado (19) e domingo (20) para uma apresentação inédita. No show Reciclagem, que vai acontecer no Centro Cultural Sesc Glória, ele divide o palco com a filha Nô Stopa.

“Vamos fazer um apanhado das minhas músicas e composições dela”, entrega Zé Geraldo. “Dividir o palco com minha filhota é um grande presente que a música me deu”, declara o artista. No trabalho de Nô Stopa a poesia pulsa. Em seu mais recente

trabalho, o álbum “Manifesto da Poesia”, essa realidade é bem presente. Destaque para a canção “Caminho das Flores”, assinada por ela em homenagem ao pai. As apresentações serão o sábado, às 20 horas e domingo às 18h30. Os ingressos a partir de R$ 30.

divulgação

Imagine a sensação de entrar em um vinhedo e se deparar com uma cepa nunca vista, mas identificada como uva merlot? Foi o que aconteceu com o Ampelógrafo francês Jean Michel Boursiquot na Vinícola Santa Rita, no dia 24 de novembro de 1994. Esse foi o histórico dia da redescoberta da uva carménère, julgada extinta no sudoeste francês. Entretanto, veio na mala de algum missionário, imigrante ou enólogo francês, que aportou no Chile em busca de oportunidade, já que o aparecimento da praga devastadora destruiu vinhedos. O nome carménère vem da palavra Carmin (a cor avermelhada), que ficam suas folhas no outono. Esta uva nasceu em Bordeaux, França, e por lá nunca alcançou os resultados que tem no Chile, seu berço adotivo. Em sua terra natal deve estar extinta. Encontrou no vale do Colchagua as condições ideais para se desenvolver. Muito tempo confundida e tratada como uma Merlot, hoje vive dias de gloria. O Chile, na busca de uma uva símbolo, assim que identificou que aquela Merlot tardia na verdade era a Carménère, tratou de desenvolver estudos para descobrir como e onde estava o melhor terroir para ela. Por mais de um século, merlot e carménère estavam plantadas juntas nos vinhedos dos vales andinos, cultivadas sem a compreensão de que eram variedades distintas, com colheitas em tempos diferentes. A uva merlot amadurece muito antes da carménère e, assim, ao colher as uvas nos

tempos adequado para a merlot, colhia-se uma carménère verde. A carménère pertence à grande linhagem cabernet, dentro da qual podemos encontrar suas meio-irmãs cabernet sauvignon e merlot e seu “pai”, cabernet franc. Hoje se sabe que os melhores vinhos desta casta vêm do Colchagua. Merlot e carménère se assemelham tanto em aromas, corpo, taninos quanto fruta. Elaboram desde os vinhos tinto estilo frutado, até o estilo sedoso, nos melhores exemplares. Os bons carménère são vinhos de médio corpo, cor vermelha escura, nariz típico de frutos vermelhos com um característico toque terroso. Se sentir este algo terroso estará na frente de um carménère de qualidade. Na boca é sedoso, aveludado e muito elegante. Na harmonização há regras imutáveis que devem ser seguidas como um mantra. Elas garantem a estabilidade e o sucesso da combinação vinho X prato. São elas: taninos combinam com gordura e conflitam com sal; acidez combina com sal e limpa a boca para novas sensações. Pensando nestas características, vamos aos pratos: nada de salgados e leves para não conflitar com os taninos - assim eliminamos frutos do mar -, ou muito elaborados com ervas aromáticas ou muito “pesados” (gordurosos), para não conflitar com o aspecto frutado. Eliminamos ainda carnes de panela, temperos mais aromáticos e até cogumelos mais exóticos. Nada de peixes ou carne branca,ficamos com o porco, ovelha e gado. Saboereie!


5

SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Moda

Lorena Vago

lorena@eshoje.com.br FOTOS:DIVULGAÇÃO

Vichy: o xadrez do verão 2018

A padronagem vem marcando presença, garantindo looks cheios de frescor e com pegada vintage na medida certa. Com uma enorme trajetória pela história da moda, como a utilização em tempos de guerra, sua relevância nos anos 50 com o auge do estilo pin-up e a ascensão através do vestido de noiva de Brigitte Bardot em 1959, o xadrez vichy pode ser incorporado em um conceito pluralizado. Como aposta para a próxima temporada, traduz uma harmoniosa sintonia com o mood da moda atual. A estampa surgiu na cidade francesa de mesmo nome, e desde o ano passado tem despertado o interesse das fashionistas dentro e fora das passarelas, com fôlego novo, trazendo mais frescor para dos dias de sol. Vichy combina com todos os estilos e

corpos e surpreende pela sua incrível facilidade de adaptação. No street style do verão Europeu, as peças mais desejadas são as que combinam o frescor do xadrez toalha de mesa com a leveza dos babados. O tamanho dos quadrados podem ser tanto maiores e espaçados, quanto menores e mais juntos uns dos outros. O preto e branco não é obrigatório no Vichy, apesar de ser a paleta de cores mais comum, é possível também optar por cores diferentes para variar a padronagem. Vale tudo na hora de se jogar na tendência, já que ela deixa espaço para toda a sua criatividade, das roupas aos acessórios. Aposte!

Look vestido Riviera para Tendenze; Biquini Angorá; Blusa cropped Salinha; Scarpin Piccadilly; Look Riachuelo

Street style; Look com blusa Açúcar Moreno; Sandália Usaflex; Short Femininas; Look com blusa Empório Life; Look com camisa Renner e Colar Shoulder

Todas à bordo

A multimarcas Salinha já está a todo o vapor para o lançamento da coleção primavera-verão 2018. A loja, que fica na Praia do Canto, é reconhecida por surpreender os convidados nos eventos, e promete mais um coquetel animado no início de setembro. Mary e Yasmin de Sá adiantam que a temática será “Bem-vindo a bordo”. O desfile vai destacar um típico verão europeu, com encenação de momentos em um cruzeiro e sunsets.

Pincéis fashion

Com mais de um milhão de seguidores no Instagram e no Youtube, a beauty and fashion blogger Mariana Saad é referência quando o assunto é maquiagem, ensinando vários truques e diferentes tipos de make up. A marca Océane fechou parceria com ela, que assinada umalinha de pincéis, já a venda na Paris 198, na Praia da Costa. Em tons de rosa, os pinceis são em variados formatos para diferentes funcionalidades.

Leveza e cobertura

Um dos passos mais importantes em qualquer make é a preparação da pele. E, para quem prefere uma aparência mais leve e natural, O Boticário traz Make B. Air Power. A base é tão leve e fluida, que vem em embalagem conta-gotas, seguindo tendências internacionais. E, para completar, ainda oferece FPS 55, ideal para proteger a pele no dia a dia.


6

SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Palcos e Atores cacaumonjardimphd@yahoo.com.br L FOTOS: FABRÍCIO SANTOS

Paulo Renato pregou união e ação firme para o turismo

Cacau Monjardim

E

sta semana começou com a realização de uma importante reunião do trade turístico estadual. A iniciativa foi compartilhada por expressivas lideranças da área e, especialmente com a participação de dois excelentes palestrantes, o sempre respeitado e experiente economista, Orlando Caliman, e o especialista em gestão, Luiz Carlos Barbosa - autoridade em eventos de turismo, com teses modernas, calçadas no conjunto dos grandes números do turismo interno e internacional. Foi, sem duvida, sob a condução do Convention & Visitors Bureau, em parceria com o Governo do Estado via Secretaria do Turismo, SEBRAE, Fecomercio-ES, EMBRATUR e destacadas consultorias, um debate construtivo, atual e que pretende colocar o turismo como incontornável fator de desenvolvimento econômico. A meta é fazer uma "cirurgia" administrativa e operacional no setor, fortalecendo-o para os e desafios de uma economia global e eficiente. O presidente, Paulo Renato, e sua equipe merecem o sucesso do evento.

Destinos

Autoridades e experiência em favor dos destinos turísticos

No contexto dos debates, desafios e propostas, vale o destaque para o programa "Desafios dos Destinos", análise e posicionamento capixaba perante o mercado, seus atuais padrões de exigência. Houve um reestudo de polos regionais, com priorização dos municípios reconhecidamente com potencialidades, técnicas e próximas das tendências das novas correntes turísticas, na busca de escala de massa. Respeitadas as características de cada segmento, é preciso, registrou-se, ter a coragem de deixar os velhos sonhos e partir, efetivamente, para uma ação unida, afinada e realista, evitando-se desperdícios na busca dos padrões de um segmento que, apesar das crises internas e externas, está sobrevivendo com taxas compatíveis com as esperanças de sustentação de empregos e rendas. Geradores, sem duvida, de um lazer educativo e prazeroso.

Painel

Para nós que participamos de perto dos esforços e dos desafios tradicionais de nosso turismo, é muito bom sentir o clima de confiança de nosso trade turístico. Eleé credor da ação do Convention & Visitors Bureau e pela sua integração ao espírito de entidades públicas e privadas, de uma nova ótica administrativa e operacional. O seminário ganhou em projeção especial, um vídeo que estabelece, com objetividade e leveza, a importância do turismo na formação de qualquer economia. Didático, bem apresentado e de fácil entendimento, é uma peça que deveria ser levada às escolas, buscando formar uma nova geração comunitária consciente e simpaticamente pronta para abraçar o turista. Em detalhe, a certeza de que o projeto "Destinos", na sua amplitude, reúne objetivos empresariais, com a busca, através de exposições de turísticas no exterior e no mercado da região sudeste, parceiros para investimentos nos campos do lazer, apoiados pelos investimentos que deverão surgir no comercio agronegócio. Carlos Eiras, com entusiasmo, apresentou informações sobre o interesse de grupos chineses pelo nosso Estado. Programa-se para setembro um primeiro contato capixaba com a China, em feira já programada. É de se dizer (no bom sentido), Carlos Eira vá pra China!

Marcos Azevedo, Luis Barbosa, Cacau Monjardim e Aldeir "China"

Historia

O engenheiro Luiz Carlos Menezes, uma das melhores expressões de nosso mercado imobiliário no setor de construções e elogiável mobilidade operacional, resgata com o seu livro "Longa Caminhada", lançado com sucesso em recente noite de autógrafos, a vitoriosa historia do Grupo Metron, responsável por importantes obras e lições objetivas sobre comportamento empresarial. Destaco, sempre com especial atenção, mais recentemente, os artigos sérios, competentes e diversificados em seu profundo amor pela cidade, merecedora de suas sugestões e apreciações técnicas e humanas. O livro contribui para a memória da cidade, onde seus primeiros desafios imobiliários nasceram e contribuíram, sem duvida, para esta imagem atual dinâmica, simpática e agradável que a tornam, por recomendação de agencias internacionais, uma "cidade das melhores para se conviver e trabalhar". Gente como Luiz Carlos Menezes e tantos outros, plantaram as sementes que justificam o conceito imobiliário, social, paisagístico, encantador e humano de hoje.

Faleceu o ator e humorista Paulo Silvino: o Brasil, realmente, está perdendo a graça.


7

SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Sabor ES

Porque comer com prazer é ainda melhor!

Marcela Bourguignon sabores@eshoje.com.br

Alma gêmea na cozinha Muito se fala no ‘feito um para o outro’ e no ‘amor à primeira vista’ nos relacionamentos pessoais. Mas tenho certeza de que esse tipo de conexão acontece também no aspecto profissional – digo, no meu caso, na minha ferramenta de trabalho: os ingredientes de uma cozinha. Goiabada com queijo, presunto com melão, caviar com champagne, ricota com espinafre, queijo brie com damasco, pêra com gorgonzola, mussarela de búfala com tomate

seco, chocolate com laranja!!! Minhas combinações preferidas... E vocês, já pensaram nas suas? Que combinação te faz sonhar? Que sabor desperta o seu desejo? Exóticos ou

Ingredientes:

SUFLÊ DE GOIABADA COM CALDA DE CATUPIRY

w C w 100

ml de creme de leite w 50 g de Catupiry (queijo cremoso) w S

2 claras 50 ml de água w 100 g de goiabada pastosa w w

Modo de preparo: w C w B

no liquidificador o queijo cremoso com o creme de leite w  ao fogo para a calda ficar homogênea. w S w B

no liquidificador a goiabada com 50 ml de água e reserve. w B as claras em neve e comece a juntar bem devagar a goiabada.

O suflê é uma receita que aproveita e enfeita ainda mais a mistura deliciosa do queijo com a goiabada - tudo muito cremoso

comuns, desde o prosaico feijão com arroz, ou ovo com trufas, cada um de nós deve ser capaz de perceber o prazer que desperta na alma os sabores, as texturas e as cores dos alimen-

tos nas infinitas combinações possíveis neste delicioso mundo da gastronomia. Porque é inverno, porque é tempo de amar e “casar”...construir combina-

ções gostosas para uma vida inteira que apresento uma receitinha de encher o coração de alegria. Vamos além do simples queijo com goiabada para fazer uma deliciosa receita de suflê.

DIVULGAÇÃO


INFORMAÇÃO DE VERDADE PARA QUEM GOSTA DA GENTE DE GRAÇA

Com o tempo, tudo que era complicado foi ficando mais simples para tornar nosso dia a dia mais dinâmico, mais fácil e melhor. Isso também aconteceu com a notícia. ESHOJE é um jornal que traz a informação simples e isenta, para você que gosta da gente de graça.

203.163 214.050

Visualizações no ESHOJE Digital/Issuu até 06/07/17 17/08/17

529.733 474.287

Alcance Alcance no noFacebook Facebook

Período Períodoúltimos últimos2828dias dias

WWW.ESHOJE.COM.BR

Jornal ESHOJE_658  

Homens que fazem sexo com outros homens é grupo predominante nos novos casos de HI V/Aids

Advertisement