Page 1

www.eshoje.com.br

Vitória, 4 de agosto de 2017 J Ano XVII J Nº 656J Edição Gratuita Semanal

DIVULGAÇÃO

SABOR ES

Nova chef no comando da colunajESHJ2

Obras e melhorias na Serraj4 a 6

DIVULGAÇÃO

ESPECIAL

DIVULGAÇÃO

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho

ESHOJE2

Encontro de amigos da música

Compulsões e males frutos da ansiedade

Bancadas unidas contra o Brasil

Governista e oposição falam cada vez mais a mesma línguaj9

Especialistas explicam como o padrão imposto pela sociedade afeta parte da população, causando a compulsão e outras obsessõesj3

ESHOJE

PELO FIM DOS SUICÍDIOS

j7

CPI PARA INVESTIGAR LIMPEZA EM ARACRUZ

CRÉDITO

Governo do Estado inicia estudo para inibir os casos de mortes, constantemente registrados na ponte que liga Vitória a Vila Velha

Sinal verde para o bodyboard no ES

Circuito Capixaba 2017 terá sua primeira etapa nas ondas da Barra do Jucu, nos próximos dias 12 e 13j11

Irregularidades em contrato estão na mira de sete vereadoresj10

Urina e poluição estão em todo lado

Falta investimento em higiene pública pelo mundo aforaj9


2

Opinião

SEXTA-FEirA, 4 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

fOTO DA SEmAnA

ESPAÇO DO LEITOR reprodução

ESHOJE TV

Estou acompanhando os vídeos do site eshoje.com.br, e as reportagens estão de parabéns. Valeu muito pela iniciativa, pois há tempos acompanho o site. desde a época em que eu era diretor da TV capital rcA. Parabéns! mesmo fora do ramo de mídia no momento, sempre estou acompanho todos canais da terra. Márcio Rodrigues

Carência especial

O presidente da República, Michel Temer, acusado de corrupção, se livra de investigação

EDITORIAL

Metástase “Eu roubei porque meu filho está com fome e eu não tenho dinheiro para comprar comida”, justificou Sandro Souza ao ser entregue à polícia, flagrado assaltando um supermercado. O que ele roubou? Duas caixas de leite, um pacote de pão e uma peça de carne. Resultado: prisão por furto. As réguas que se medem ações e comportamentos, vida a fora são muito diferentes. Este homem errou sim. Mas as condições difíceis o fizeram cometer o crime. Ele ficou desempregado, o seguro-desemprego acabou muito antes das dívidas. Sem trabalho tudo mudou e até os valores, de certa forma, foram revistos. Tanto é que se pegou fazendo algo que jamais imaginara: roubo. Sim, ele tem que pagar e ele sabe que tem. E está pagando, mesmo que sua intenção tenha sido a melhor, afinal, qual pai de verdade consegue assistir um filho passar fome? Para uma mãe isso é muito duro. Para um homem, ultrajante, não por questão de gênero, mas a figura masculina, de pai de família, carrega o peso da responsabilidade de prover. Triste realidade Brasil afora. Talvez não tão triste quanto o que assistimos em Brasília. Se a procuradoria-geral da República identificou que o presidente Michel Temer cometeu o crime de corrupção passiva, por que, como qualquer outro cidadão, o governante não irá responder? Por que não pagará por seu crime? A corrupção está enraizada em nosso país. Tanto é que para ter resultado favorável – ou seja, a maioria dos deputados federais votar contra o prosseguimento da investigação contra o presidente – não foi por

A opinião dos colunistas não reflete o posicionamento do veículo

justiça, mas por negociata. Os parlamentares de diversos partidos venderam seus apoios por cargos públicos, seja em ministérios ou não, pagamento de emendas, perdão de dívidas e até benefícios financeiros. Alguns em malas. A corrupção é como uma doença, que começa a ser percebido por meio de um simples mal estar constante. Mas nada que um remedinho não resolva. Entretanto, quando nos demos conta, não era uma “doencinha”, mas um câncer que se disseminou por todos os órgãos desta nação. Algo que um simples medicamento só faz mascarar a dor, mas o controle necessita de procedimentos mais fortes e até mais sofridos. Os deputados federais que votaram para que nenhuma contra o presidente Temer siga para ser investigado, justificaram que o Brasil parou diante de crise política e que o ideal é deixar no poder quem está e seguirmos de olho no futuro. Mas que futuro tem alguém com câncer sem o devido tratamento, senão a morte? Combater o tumor da corrupção é o tratamento doloroso e necessário para que o país vença esta batalha. Quem vai querer assumir isso? Temos alguém em condições e seriedade necessários para tal?

Boa leitura! Boa semana!

tiragem: 5.000 exemplares circulação: grande Vitória e digital periodicidade: Semanal

diretor geral carlos roberto coutinho carlos@eshoje.com.br

rua Paschoal delmaestro, 260 Ed. Vila da Praia, Sl. 5 e 6 - jardim camburi - Vitória - Espírito Santo cep. 29.090-460 Tel. 27 3395-1800/Fax. 3395-1801 www.eshoje.jor.br redacao@eshoje.com.br

diretora administrativa bianca coutinho bianca@eshoje.com.br

em trechos críticos da br, além dessas empresas serem proibidas de participar de qualquer licitação Federal ou Estadual. E que se faça um contrato que obrigue a empresa a só cobrar pedágio após 1/5 da duplicação ser concluída, ou seja, em torno de 96 km. Se é para pagar pedágio, queremos ter empresas capacitadas para realizar obras e não empresas mafiosas que só querem lesar o povo.

Parabéns pela reportagem sobre a falta de profissionais especializados para atenderem crianças especiais nos planos de saúde. E que tratou, também, da falta de investimento público na saúde e educação para essa parcela da população. mas por afirmar, categoricamente, que isso não é só no Espírito Santo. Faltou colocarem na lista o plano hapvida, aqui no Pará. meu filho demorou para ser diagnosticado por falta de profissionais capacitados. hoje ele frequenta a Apae e o capsi.

João Manoel M. de Brito

Tassiana Brito

Educação nas Escolas Vivas, uma farsa. onde são os alunos que determinam se o professor fica ou não, vai depender se o professor dá nota ou não? As ruas estão a mercê, os autoatendimentos tiveram que mudar o horário de funcionamento por falta de segurança, até no interior. A saúde um caos, não existe vaga para internação. Será que o tal candidato vai consertar tudo isso no próximo mandato? Por que todos os candidatos sempre vão fazer as coisas no “próximo” mandato?

Rodovia da morte

o contrato de duplicação da br 101 será mantido e pedágio pode ter redução, conforme anunciou o governo. mas essa desculpa da recessão é tudo papo furado. dia 21/07/17 viajei de Vitória para colatina e fiquei mais de 15 minutos para chegar à cabine de pedágio, de tantos veículos que trafegavam na região. Esta Eco101 é constituída de várias empresas entre elas estão três que exploram o pedágio da 3ª ponte e o fato é o mesmo: não fazem nada a não ser rebocar veículos e varrer a ponte, e o capixaba sofre todos os dias num trânsito congestionado sem que a mesma dê uma solução, além de não tomar providências quanto aos atos de suicídios no alto da ponte, que são recordes no brasil. Este contrato deveria ser cancelado e a Eco101 devolver parte do valor que foi arrecadado no período de cobrança, e este valor ser usado em obras de emergência

Reeleição 1

o governador Paulo hartung já se articula para concorrer e ser reeleito? Pois o servidor público está sofrendo há quase quatro anos as misérias do arrocho salarial, da falta de investimentos em todos os setores. A violência mais que dobrou e hartung só pensa em se manter no poder com seus bajuladores. Edmar Zerf

Reeleição 2

Pablo Costa

Vitória de Temer

o que o dinheiro é capaz de fazer, né? Peritir que um ladrão permaneça no poder. o presidente michel Temer conseguiu que os deputados impedissem que ele seja investigado pelo crime de corrupção passiva. Aqueles deputados que foram comprados são os maiores bandidos da corte, e o povo vai dar o troco - assim espero. Dalcy Hespanhol

twitter: @eshoje / facebook: eshoje / instagram: /jornaleshoje/

projeto gráfico renon Pena de Sá e Patrícia Araújo www.renondesign.com fotografias Arquivo redacao@eshoje.com.br

diagramação diretora de redação/editora danieleh coutinho - mTb/ES 2694-jP jeferson Louis - mTb/ES 3605/ES danihcoutinho@eshoje.com.br

redação dóris Fernandes gustavo gouvêa Thaís rossi


Saúde

SEXTA-FEirA, 4 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

3

Adeus compulsão obsessiva

Estima-se que o transtorno atinja 3% da população mundial, mas existem técnicas para vencê-lo Gustavo Gouvêa gustavo@eshoje.com.br

drões culturais impostos, como modelos de sucesso e beleza.

ranstorno Obsessivo Compulsivo (TOC) ou, no popular, compulsão, é um distúrbio cerebral causado por uma ansiedade extrema. E ela leva à execução de hábitos quase automáticos, visando uma gratificação emocional que alivia esta ansiedade. A compulsão pode ser por diversos fatores, como comida – a mais comum - bebida, drogas, trabalho, compras, jogo, atividade física, dentre outros menos incidentes. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 3% da população mundial sofre desse transtorno, sendo que no Brasil são mais de quatro milhões de afetados. De acordo com a psicóloga Andreia da Silva Ferreira, a compulsão é caracterizada por um impulso interno incontrolável. Ela explica que, os hábitos são constantes e podem gerar um prazer imediato. Mas é seguido de sofrimento. “A compulsão está relacionada à busca de satisfação de necessidades psíquicas, seja de compensação ou extravazamento de energias reprimidas. Não é possível definir uma natureza geral, pois elas estão diretamente relacionadas à história de cada pessoa. A compulsão difere-se dos hábitos no que diz respeito à intensidade, consistência e constância em que o comportamento se manifesta. Geralmente, o comportamento compulsivo é seguido de sofrimento psíquico o que agrava o quadro que o propiciou”, afirma a psicóloga. Andreia afirma que, no mundo moderno, a compulsão é cada vez mais constante e as principais causas sociais que mais têm contribuído para o transtorno são a adaptação aos pa-

Padrão de beleza No caso da empresária Aline Frisso, 25, o problema foi a busca pelo padrão “capa de revista”. Para atingir a perfeição estética ela entrava em dietas restritivas severas que eram completamente sabotadas em situações de dificuldade emocional ou quando estava sozinha em casa. “Minha situação é mais ligada à comida. Eu acabava indo pro doce, açúcar... Era muito intenso, eu comia 24 horas do meu dia. Era quase uma forma de afeto. Acabava descontando na comida ou buscando uma forma de aconchego na comida. Isso afetou minha vida como um todo, minha vida social. Ficava com vergonha de sair, de ver pessoas que conhecia, porque engordava muito rápido”, relatou a empresária. Aline conta que, mesmo se enxergando magra, a partir das dietas severas, nunca estava satisfeita e tinha obsessão pela perfeição. De acordo com o psiquiatra Geraldo Ballone, professor da PUC-Campinas, a xarada está em como usufruir do prazer universal de comer sem sentir-se fora dos padrões sociais de saúde e beleza. O exemplo de Aline, na visão dele, caracteriza uma obsessão pela perfeição do corpo, ou, como ele define, uma “epidemia de culto ao corpo”. “Essa busca obsessiva da perfeição do corpo tem várias formas de se manifestar e algumas delas diferem notavelmente entre si. Existem os transtornos alimentares mais tradicionais, que são a anorexia e bulimia nervosa, mas, não obstante, existem outros que se estimulam e desenvolvem na denominada ‘cultura do esbelto’. Todos estes transtornos alimentares

T

matheus oliveira

aline Frisso conseguiu vencer a compulsão alimentar por meio de técnicas e ferramentas de coaching compartilham alguns sintomas em comum, como desejar uma imagem corporal perfeita e favorecer uma distorção da realidade diante do espelho. Isto

ocorre porque, nas últimas décadas, ser fisicamente perfeito tem se convertido num dos objetivos principais das sociedades desenvolvidas. É uma meta

Coach: mudança de mente para uma nova vida Especialista em cuidar de pessoas que sofrem de compulsão alimentar a coach carlena Pupa afirma que um dos fatores mais influentes na compulsão por comida observados em suas clientes é justamente a realização de dietas muito rígidas. Ela explica que a importância do trabalho do coach nestes casos é a mudança de mente para que a alimentação saudável seja um estilo de vida e não somente uma dieta. “É preciso mudar o cérebro, para mudar o comportamento. o estilo de vida muda a partir do momento que muda a sua mente”, frisa. o processo de abandono dos comportamentos viciosos e mudança de mente é feito através de técnicas, ferramentas e exercícios mentais sugeridos e aplicados em encontros semanais para serem

realizados em casa. “Temos essas técnicas, que encontramos dentro de nós mesmos. Toda sessão é uma ferramenta que usamos. Trabalhamos muito com o reconhecimento de sabotadores, padrões de sentimentos que temos antes do impulso de comer. outra técnica é a de visualização, que é trazer para a realidade o que a pessoa quer para o hoje, o agora. Também utilizamos técnicas para largar a preguiça, para ajudar na adrenalina e vários outras”, explica carlena. A coach revela que ela mesma já passou por transtorno de compulsão alimentar severo a ponto de realizar vários tipos de dietas e atividades físicas e tomar remédios, e mesmo assim continuar sofrendo. “Sentia dor ao comer de forma saudável e me exercitar; e prazer

imposta por novos modelos de vida, nos quais o aspecto físico parece ser o único sinônimo válido de êxito, felicidade e, inclusive, saúde”, explica.

em comer mal. Era uma troca”. Ela foi cliente de uma coach, viveu os resultados e decidiu se profissionalizar na área. Aline Frisso é aluna de carlena há sete meses e aprova a metodologia da coach. Além de ter eliminado 20 quilos a partir das sessões, o maior resultado foi a aceitação de seu corpo, de conseguir se controlar diante da comida e entender os cuidados com a saúde como algo prazeroso, e não doloroso. “Ajudou em tudo, até mesmo na vida social, pois voltei a sair e me vestir do jeito que gosto. comecei a fazer atividade física com constância, algo que nunca consegui. hoje em dia saio e consigo comer um pedaço de bolo sem pensar que ‘já éra’. consigo ter um controle bem melhor”, relata a empresária.


4

Reportagem Especial

SEXTA-FEirA, 28 dE julho dE 2017 j www.EShojE.com.br

Hospital Materno Infantil vai atender 8,7 mil mães e bebês

Estimativa é que número de partos com o novo hospital em funcionamento chegue a 725 por mês

A

oferta de serviços para mamães e bebês vai ser ampliada na Serra. Está em construção em Colina de Laranjeiras, ao lado do terminal de ônibus do Transcol, o Hospital Materno Infantil, o maior do Espírito Santo. A obra, cujo investimento está em torno de R$ 66 milhões, segue em estágio avançado. Aproximadamente 8.700 gestantes e bebês serão atendidos anualmente no local, que terá 120 leitos, sendo 60 maternos e 60 pediátricos. A unidade hospitalar, localizada em uma área de 25 mil metros quadrados, será composta por três pavimentos, distribuídos entre as seguintes áreas: assistência materno-infantil; serviços de apoio diagnóstico e terapêutico; e casa da gestante, bebê e puérpera (mulheres que deram à luz recentemente). Com o novo hospital, a expectativa é de que aumente a capacidade de atendimento às gestantes e bebês na cidade, levando em conta que a Serra é a única que já tem uma maternidade de gestão municipal realizando cerca de 400 partos mensais. A estimativa é de que o número de partos no novo hospital chegue a 725 por mês. “Esse hospital vai nos trazer uma tranquilidade muito grande em relação à demanda de atendimento de partos e de pós-partos, quando os bebês

divulgação

A nova unidade hospitalar é localizada em uma área de 25 mil metros quadrados e terá serviços de apoio diagnóstico e terapêutico precisam ficar mais tempo em um leito em observação. Acredito que seremos uma referência para toda a Grande Vitória e também para cidades do interior”, destacou o secretário de Saúde da Serra, Benício Santos. Um diferencial do atendimento do Materno Infantil se-

rá a inserção do acompanhante junto ao bebê e à gestante, seguindo a Política do Parto Humanizado. Haverá também um espaço chamado “PPP”: Pré-parto, Parto e Pós-parto, uma novidade no município. Esse atendimento diferenciado, que inclui gestações de ris-

UPA 24 horas em Castelândia os moradores da região de Castelândia vão ganhar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas. Localizada no bairro Portal de Jacaraípe, a UPA será inaugurada no final deste ano e vai ampliar a cobertura de urgência e emergência no município. Com capacidade para atender a 9 mil pessoas por mês, a UPA de Castelândia vai abrir 24 horas, todos os dias da semana, inclusive nos feriados. Entre os serviços que serão oferecidos estão: exames radiológicos e laboratoriais; aplicação de medicamentos; farmácia; sala de urgência com leitos; salas de observação masculina, feminina e infantil; sala de reuniões e área administrativa. A UPA terá 2.312 metros quadrados de área construída,

perspectiva

Unidade terá capacidade para atender nove mil pessoas por mês dividida em dois pavimentos com consultórios médicos e odontológicos para atendimento infantil e adulto, além de setor administrativo, refeitório e sala de reuniões.

As estruturas são modernas e ecologicamente corretas. A unidade terá painéis solares para aquecimento da água e aproveitamento da luz natural nos ambientes.

cos baixo e médio, é feito em um ambiente único para atender a parturiente nos três períodos do parto humanizado e seguro para mãe e filho. A obra segue os padrões mais atuais de construção. O prédio terá placas coletoras de energia solar, para pré-aquecer a água

e produzir energia elétrica para as áreas de uso comum e de serviço. Terá ainda sensores de presença, para acionamento de lâmpadas em áreas comuns; e esquadrias especiais de alumínio com persianas, que vão auxiliar na redução do consumo de ar condicionado.

Mais de 100 obras na Serra até 2020 mesmo com a crise econômica, com a redução na arrecadação de impostos e nos repasses de recursos, obras em diversas áreas estão sendo tocadas na Serra. Até 2020, mais de 100 estão no planejamento da prefeitura, além do hospital materno infantil e dos centros municipais de Educação infantil (cmeis). No primeiro semestre deste ano, foi dado o pontapé inicial em alguns projetos. já está assinada a ordem de serviço para a drenagem e pavimentação de 14 ruas na região de balneário de carapebus, na primeira etapa de um total de 3.675,04 metros de extensão de vias. Também foi iniciada a construção do centro de referência em Assistência Social (cras) de Vila Nova de colares. Serão 475,1 metros quadrados de área construída em um total de 1.467,61 metros quadrados. outros destaques são a comple-

mentação de via de contorno do bairro jardim carapina; a drenagem e pavimentação das ruas São Paulo e brasília, no bairro Solar do Porto, lote 2; e a implantação da ciclovia nas avenidas jacarandá e Audifax barcelos, em São domingos; além da execução de obras de drenagem e pavimentação de vias urbanas em Solar de Anchieta. o município também negociou com a presidência da caixa Econômica Federal, em brasília, um empréstimo de r$ 100 milhões para obras de drenagem e pavimentação de mais 12 bairros. o projeto da Prefeitura prevê intervenções como a drenagem e a pavimentação da Grande jacaraípe; obras na avenida Norte-Sul; no acesso ao bairro cidade Pomar; além do programa de saneamento e pavimentação em Vila Nova de colares e o recapeamento de ruas e avenidas.


Reportagem Especial

SEXTA-FEirA, 4 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

5

Quatro novas creches até o fim do ano na Serra

As novas creches estão incluídas em plano de obras cujo investimento é de quase r$ 6 milhões

Q

uatro novas creches serão entregues à população da Serra neste ano. As unidades de ensino estão sendo construídas nos bairros Novo Porto Canoa, José de Anchieta II, Jardim Carapina e Cidade Continental – Setor Ásia e vão abrir mais 1.600 vagas. As novas creches estão incluídas em um plano de obras que começou no primeiro semestre e está em ritmo acelerado para garantir que os pequenos possam estudar nelas já a partir do ano que vem. O investimento nas obras é de quase R$ 6 milhões. A secretária de Educação e vice-prefeita da Serra, Márcia Lamas, destacou a importância dos investimentos na educação infantil, que, em sua visão, é a base de tudo. “É nesse período que as crianças iniciam o processo de socialização e passam a ter autonomia”, ressaltou. Márcia enfatizou que educação de qualidade é o foco da administração municipal. “Oferecer a melhor educação para nossas crianças é a meta do governo. Com a entrega das novas creches, vamos ampliar a oferta de vagas e dar mais oportunidades de aprendizado desde o ensino infantil”. E o trabalho de atrair cada vez mais os crianças para as salas de aula está trazendo resultados para o município, que alcançou neste ano número recorde de crianças na escola. Ao todo, estão matriculados neste ano 67 mil alunos, sendo 21 mil crianças na Educação Infantil e 46 mil no Ensino Fundamental.

Jansen Lube

Novas unidades estudantis vão abrir mais de 1.600 vagas; de acordo com a vice-prefeita Márcia Lamas, educação é prioridade na gestão

mais obras: Confira o que será entregue neste ano: w Complementação

Confira detalhes das CreChes: Novo Porto Canoa w Área

de construção: 1.211,92 metros quadrados w Valor: r$ 1.731.736,62 w Número de alunos por turno: 240

Jardim Carapina w Área

de construção: 1.211,92 metros quadrados w Valor: r$ 1.915.858,89 w Número de alunos por turno: 240

José de Anchieta II w Área

de construção: 1.211,92 metros quadrados r$ 2.286.524,10 w Número de alunos por turno: 240 w Valor:

Cidade Continental – Setor Ásia w Área

de construção: 564,50 metros quadrados r$ 1.283.596,00 w Número de alunos por turno: 120 w Valor:

100 novas casas até dezembro cem famílias de Vila Nova de Colares terão as vidas transformadas até dezembro. A prefeitura da Serra entregará novas unidades habitacionais a moradores em situação de vulnerabilidade social, que residem atualmente às margens do córrego Laripe, área de preservação ambiental. Esta é a primeira etapa de um projeto que pretende entregar 376 casas no bairro. Os imóveis, com 40 metros quadrados, terão dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O local terá toda a estrutura de água, luz, esgoto e pavimentação. “As pessoas receberão o pacote completo, um local digno para morarm”, destacou a secretária de Habitação da Serra, Áurea Almeida. Além de receberem um imóvel,

credito

Imóveis terão dois quartos e 40m²

as famílias que serão contempladas estarão mais seguras, já que às margens do córrego correm o risco de sofrer com enchentes. “Elas vão sair de uma área de vulnerabilidade, com o risco de inundações, e irão para um local totalmente seguro”, lembrou o subsecretário de Habitação da Serra, Tiago Margon. A ação também tem foco ambiental. Segundo o secretário de Meio Ambiente da Serra, Marcos Machado, a desocupação do local vai permitir a recuperação das margens do Córrego Laripe, que é uma Área de Preservação Permanente (APP), protegida por lei. “O objetivo é preservar o recurso hídrico. Por isso a área deve manter a vegetação local e evitar erosão e assoreamento dos rios.”

de via de contorno no bairro jardim carapina; w Drenagem e pavimentação das ruas São Paulo e brasília no bairro Solar do Porto – Lote 2; w Execução de obras de infraestrutura em vias urbanas do bairro marbela; w Drenagem e pavimentação das ruas Amazonas e Espírito Santo, no bairro Solar do Porto – Lote 1; w C a l ç a dão das ave n i das mekong e Lenin no bairro cidade continental –Setor Ásia; w Implantação da ciclovia nas avenidas jacarandá e Audifax barcelos, em São domingos; w Execução de obras de drenagem e pavimentação de vias urbanas em Solar de Anchieta.

Moradores de rua encaminhados ao emprego moradores em situação de rua mapeados pela assistência social da Serra estão tendo oportunidades de transformar suas vidas. Entre as dimensões trabalhadas está a reinserção no mercado de trabalho, o que possibilitou, em 2016, que 24 pessoas fossem encaminhadas a processos seletivos para disputarem vagas de emprego, após o atendimento social. A psicóloga do centro Pop Priscila ribeiro Lima explicou que quando se encontram em um dos abrigos da prefeitura – centro Pop e Abrigo Arco-Íris – essas pessoas também podem ser encaminhadas ao mercado de trabalho. “Não damos emprego, mas ajudamos a pessoa a ser encaminhada a um processo seletivo”, explicou Priscila. No acolhimento institucional 24 horas oferecido pela prefeitura,

pessoas em situação de rua têm acesso aos serviços de saúde, educação, trabalho e renda, além de atendimento psicossocial. Elas também podem fazer higiene pessoal, se alimentar e participar de oficinas e atividades de convívio e socialização. o centro Pop fica localizado em rosário de Fátima e o Abrigo Arco-íris, em castelândia. Um exemplo de superação é o do cuidador de idosos ronaldo Anunciação Simões, 43 anos. Ele que veio de Aracaju, Sergipe, para o Espírito Santo, há quase dois anos, em busca de trabalho passou pelo Abrigo Arco-Íris e conseguiu um emprego, após a intermediação da assistência social da Serra. “reconstruí minha vida, hoje estou namorando e vou me casar”, contou ronaldo.


6 Reportagem Especial

SEXTA-FEirA, 4 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

Fibra ótica vai interligar unidades de saúde e escolas

A infovia ótica permite processar informações por meio de uma tecnologia que gera sinal elétrico

U

ma nova era da tecnologia digital está chegando às unidades de saúde, às escolas municipais e aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da Serra. Com um investimento de R$ 6,1 milhões somente neste ano e no próximo, a prefeitura está garantindo a interligação das unidades. A chamada infovia de fibra ótica permite processar informações na velocidade da luz, por meio de uma tecnologia que converte energia luminosa em sinal elétrico ou sonoro. No caso das unidades de saúde, por exemplo, os investimentos vão permitir a utilização de prontuários médicos digitais, ponto eletrônico para os servidores e o agendamento online de serviços públicos. Já as escolas serão beneficiadas com a modernização da gestão escolar. O plano é interligar 93 escolas, 36 unidades de saúde e nove Cras. A prefeitura também está investindo em seu centro de monitoramento. Já são 159 câmeras instaladas e voltadas para a segurança de toda a cidade. Até o momento, foram instalados 200 quilômetros de fibra ótica na cidade na primeira fase, que é de implantação física da rede. As próximas etapas são de implementação de novos programas e projetos, a partir da ideia de incentivar o governo eletrônico. Neste mês de agosto, será disponibilizado o licenciamento ambiental simplificado. Em setembro, o público terá acesso à atualização do aplicativo de celular Serra Online, além de pontos de internet gratuita pela cidade. Até outubro, será possível agendar online um horário para ser atendido em órgãos da prefeitura; e até o mês de janeiro do próximo ano será possível ter acesso ao alvará de publicidade simplificado. A secretária de Planejamento Estratégico da Serra, Patrícia Lempê, destacou que os investimentos fazem parte do plano do município, cujo tema é “cidade humana, inteligente e sustentável”. Segundo ela, os investimentos são progressivos. “GooGle Maps” Além da infovia de fibra ótica e da expansão dos serviços

divulgação

Com o geoprocessamento será mais fácil encontrar mapas detalhados, no computador,para chegar a pontos túristicos e órgãos públicos eletrônicos para o cidadão, a prefeitura está investindo em geoprocessamento, uma espécie de “Google Maps” para o município. O cidadão poderá ver em mapas detalhados, na tela do computador, os pontos

turísticos da cidade, áreas de agroturismo e onde estão localizadas unidade de saúde e escolas, por exemplo. Hoje, algumas secretarias já se utilizam do geoprocessamento para tornar o trabalho

cada vez mais eficaz. No Desenvolvimento Urbano, por exemplo, o mapeamento da cidade traz mais eficiência na fiscalização das calçadas cidadãs. No sistema tributário, permite atualização de desenhos e áre-

as de lotes. Empresários que querem investir na cidade podem fazer a chamada consulta prévia, que permite definir se a atividade empresarial pode ser executada ou não em determinada área.

Inscrições para oficinas via Whatsapp jovens de 15 a 29 anos da Serra estão participando de oficinas gratuitas de grafite, capoeira, música, percussão, canto e hip hop em 22 bairros. Estão sendo ofertadas, desde o mês de maio até agosto, cerca de 500 vagas. As aulas, que duram de 45 dias a três meses, dependendo da oficina, acontecem nos Centros de Referências de Assistência Social (Cras) e nas escolas e, para facilitar, as inscrições puderam ser feitas até pelo WhatsApp. Além do aprendizado nas áreas de esporte ou de artes, o objetivo das oficinas é permitir reflexão e lazer e também propor estratégias de vivência para a juventude. Segundo a técnica do projeto, Aline da Costa, as aulas também trabalham o planejamento para o

futuro e o desenvolvimento de potencialidades. “Esses jovens, de áreas em vulnerabilidade social, poderão abrir os horizontes para novas possibilidades de futuro”. A atividade é parte do Programa Viva Jovem, implantado pela Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedir) da Serra, em parceria com o governo federal. Os recursos são destinados a projetos que promovam a saúde e proteção contra o abuso de drogas e a violência contra adolescentes e jovens em situação de desvantagem social. A titular da Sedir, Lourência Riani, explicou que novas turmas poderão ser abertas em breve. “No momento, estamos em fase de captação de recursos junto ao governo federal”, explicou.

Herone Fernandes FilHo

são 500 vagas para oficinas de grafite, música, percussão e outras


7

Geral

SEXTA-FEirA, 4 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

Rodosol agirá contra suicídios

A concessionária que administra via entre Vitória a Vila Velha terá que instalar rede de proteção Karen Manzoli redacao@eshoje.com.br

O

g ov e r n a d o r Paulo Hartung enviou um pedido à Agência de Regulação de Serviços Públicos do Espírito Santo (ARSP) para que cobre da Concessionária Rodosol um projeto executivo para instalação de barreiras de proteção na Terceira Ponte. Com isso, a empresa terá até dia 8 de agosto para apresentar a proposta, indicando prazo, custos e tecnologia a serem implantados. Segundo Diretor- Geral da ARSP, Antônio Julio Catiglioni Neto, a proposta será analisada e contestada pela agência reguladora até que se encontre uma alternativa viável em questão de custos e prazos.“ Se eventualmente a agencia entender que ele não está adequado do ponto de vista técnico, se ele tem custos que não são razoáveis, ou se a tecnologia não nos parece a mais conveniente,

iremos contestar”. Depois de concluída primeira etapa, que é a escolha do projeto e a análise dos prazos, a agência reguladora vai, por meio do Poder Judiciário e de consultas públicas, definir a execução da obra. Com relação aos custos da instalação do projeto, Catiglioni Neto, trabalha com as duas possibilidades da lei de concessão, que são reajuste da tarifa para o usuário ou a extensão do contrato de utilidade para a concessionária. Existe ainda uma terceira opção que é dívida da concessionária para com o Estado, mas depende do julgamento da causa. Antônio Júlio acrescenta que caso seja confirmada a dívida, o valor deve ser revertido em crédito para a obra. “Se houver uma decisão judicial conclusiva do Poder Judiciário no sentido de que a Rodosol tem um débito para com o usuário, ela vai ter que arcar com os custos”, garante o diretor. O polêmico contrato de con-

cessão com a Rodosol está vigente desde 1998, e o problema com a segurança na ponte, é recorrente. O Diretor Geral da ARSP explica porque a instalação desse equipamento tão necessário, só começa a ser discutido agora. “Desde 2014, com a definição da nova tarifa de manutenção, os investimentos que não estavam previstos no contrato original estavam inviabilizados. Agora estamos construindo uma declaração formal buscando uma saída técnica trabalhada com o poder judiciário para executar essa obra”, afirma.

eshoje

o projeto determina a instalação de rede ou barreiras de proteção

Projeto tramita na assembleia o projeto de Lei (PL) 2/2017, que obriga a instalação de grades, telas ou redes na Terceira Ponte, está em discussão na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales). A matéria, que entrou em pauta em meados de julho, aguarda em Plenário pa-

recer da Comissão de Justiça quanto à sua constitucionalidade. A proposta é do deputado Euclério Sampaio, que já havia apresentado proposição semelhante em 2016, mas foi considerada inconstitucional e arquivada pelos deputados.

Na apresentação, o parlamentar justificou que “o projeto de lei visa atender ao clamor da população capixaba, uma vez que, a crescente estatística de suicídios na Terceira Ponte exige a adoção de uma medida imediata de proteção a vida".

MINISTÉRIO DA CULTURA, UNIMED VITÓRIA E INSTITUTO UNIMED VITÓRIA APRESENTAM

12 DE AGOSTO SÁBADO ÀS 15H TEATRO UNIVERSITÁRIO-UFES Vendas: tudus.com.br Informações: 3335-2953 3029-2765 ou wbproducoes.com

INGRESSOS A PREÇOS POPULARES R$ 20,00 (INTEIRA) E R$ 10,00 (MEIA)

PROMOÇÃO SOLIDÁRIA: DOE 01 LIVRO NOVO OU EM BOM ESTADO E TROQUE POR UM INGRESSO. PATROCÍNIO

APOIO CULTURAL

APOIO GASTRONÔMICO

PRODUÇÃO

REALIZAÇÃO


CLAssIfICADOs COMPRAR • VENDER • ALUGAR • TROCAR • DIVULGAR SEXTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO DE 2017 j www.ESHOJE.COM.BR j ESHOJE@ESHOJE.COM.BR j ANUNCIE: (27) 3395-1800

1

VENDO

Imóveis, Automóveis, diversos

GRANDE VITÓRIA

TROCO casa, Vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, SEM garagem, SEM escritura. 45 mil – 27997012376. VENDO / TROCO casa, Vila Garrido – escadaria, 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, SEM garagem, SEM escritura. 45 mil – 27-997012376. VENDO casa, Vila Garrido – escadaria, 03 quartos, sala, cozinha, banheiro, varanda, quintal, SEM garagem, SEM escritura. 17 mil – 27-997012376. VENDO apartamento, quarto, cozinha, banheiro, varanda, sala, área serviço, reformado, Santo Antônio, frente Santuário, com recibo, 99603-7548 vivo VENDO Terreno Darli Santos VV, lado COMUNICADO JL OBRAS E SERVIÇOS LTDA., CNPJ: 13.546.241/0001-82 torna público que requereu à SEDUMA/COLATINA, através do Processo nº 14707/2017 Licença Ambiental Prévia e Licença Ambiental de Instalação para atividade de Extração de Areia em Leito de Rio na localidade Rod. ES-357, s/nº, Sítio do Bixiga, Córrego d`água, Baunilha, Zona Rural, Município de Colatina-ES. COMUNICADO MMM – MEGA MINA MINERAÇÃO LTDA – ME., CNPJ: 16.588.015/0001-52 torna público que obteve do IEMA, através do Processo nº 60508809, Licença de Operação (LO) para atividade de Extração de Areia no Córrego Sapucaia s/nº, Barra Nova, Zona Rural, Município de São Mateus-ES. COMUNICADO DUNAS MINERAÇÃO E CONSTRUÇÃO LTDA., CNPJ: 04.021.348/0001-16 torna público que requereu ao IEMA, através do Processo nº 63929082, renovação de Licença de Operação para atividade de Extração de Areia na localidade Sítio Cosme, Zona Rural, Município de São Mateus-ES. COMUNICADO Leomar Gonçalves de Almeida - Me., CNPJ: 12.996.647/0001-02 torna público que obteve do IEMA, através do Processo nº 67503144, Licença Prévia (LP) e Licença de Instalação (LI) para atividade de Extração de Areia em Leito de Rio na Fazenda Palmito – Km 20, s/nº, zona rural no Município de São Mateus-ES. COMUNICADO ALMIR DOMINGOS DE LAZARI, torna público que requereu junto ao IEMA, através do processo no 78922445, Licença Prévia (LP), para Loteamento predominante residencial ou para unidades habitacionais populares, localizado na Rod. ES 080, Córrego Boa Vista, município de Águia Branca -ES.

Gaivotas, 12m x 24m, comercial/residencial, rua asfaltada, documento em dia, plano/murado, aceito troca veículo R$85.000,00. 99812-2897 vivo. VENDO Imóvel 520m2, esquina, frente Av. Maruipe, laje, pé direito duplo, afastamento

estacionamento 10 veículos, escriturado, área construída 290m2, legalizado, frente 25m. 99812-6199 vivo whatsapp. Vendo casa Alagoano – começo escadaria, sem escritura, sem garagem – 5 cômodos

COMUNICADO Auto Posto Sooretama LTDA - EPP, torna público que obteve do IEMA, através do processo n° 41652959, a Licença de Operação - LONº 98/2017 para a atividade de Posto de Revenda de Combustível na localidade da Rodovia BR 101, km 127, Córrego Alegre, Sooretama/ES.

COMUNICADO Fogtec Serviços Ambientais Eireli - ME torna público que obteve da SEMDEC/SUB-MA Cariacica - ES através do processo nº 17282/2017, a Licença Ambiental de Regularização (LAR), para a atividade de Imunização e Controle de Pragas Urbanas, localizado na Av. Glauber Rocha nº 53, Rosa da Penha, Cariacica/ES.

COMUNICADO BENEVIDES E FERNANDES COMERCIO LTDA - ME, torna público que Requereu da SEMDESU, através do Processo nº 25689/2017, a Licença Ambiental Simplificada – LAS para a atividade Triagem e Armazenamento Cod. 12.02(I), na localidade de Nossa Senhora da Penha, Rua Eduardo Fairich – n°209, Vila Velha-ES

COMUNICADO INDUSTRIA DE QUEIJO MINEIRO LTDA - ME, torna público que solicitou da SEMDES-VIANA, através do processo 10295, Renovação da Licença Municipal de Operação, para atividade de fabricação de laticínios , na localidade de Rodovia BR 262, KM 14, Ribeira, Mun. Viana - ES.

COMUNICADO COMEC – SERVIÇOS E TRANSPORTES LTDA MEE/EP, CNPJ n° 31.476.294/0001-56, torna público que REQUEREU da SEMMA, através do Processo n°. 18214/2007, a prorrogação da Licença LMO n°. 33/2013, para a atividade de Oficina mecânica na localidade de Rua Pedro Zangrande nº 485, município da Serra – ES.

COMUNICADO JAYR DELONDRES ROCHA, torna publico Obteve da SEMDESU, através do processo nº 38385/2016, licença LMS nº 003/2017para atividade: Fabricação de Máquinas Aparelhos, Peças e Acessórios,Classe S Grupo 3.09 (I), localizado à Avenida Carlos Lindemberg , 3199 – Bairro:Nossa Sra. da Penha – Município de Vila Velha/ES .

COMUNICADO "E.BRAUN - POSTO DE COMBUSTÍVEL EIRELI - EPP", torna público que obteve da SEMDEC/SUB-MA, através do processo n° 21001/2015 a Licença LAR n°32/17, para posto revendedor de combustível, troca de óleo sem lavagem de veículos, na localidade de Rua Vicente Celestino, n39, Campo Grande, Mun. de Cariacica/ES.

COMUNICADO MEGA PNEUS E VULCANIZADORA LTDA ME, CNPJ n° 03.338.460/0001-12, torna público que REQUEREU da SEMMA, através do Processo n°. 1525339/2003, a prorrogação da Licença LMO n°. 41/2013, para a atividade de alinhamento, balanceamento, borracharia e recapagem na localidade de Rua Brasília snAlterosas, município da Serra – ES.

COMUNICADO CONDOMINIO DO EDIFICIO RESIDENCIAL JULITA DEVENS DE OLIVEIRA torna público que Requereu da SEMDESU, através de processo n° 49654/2014 a LMAR, para exercer a atividade de condomínio ou conjunto habitacional Misto 15.07(N), localizado na Av. Antonio Gil Veloso – s/nº - Praia da Costa – Vila Velha/ES.

EDITAL DE CITAÇÃO. PELO PRAZO DE 30 DIAS. Nº DO PROCESSO: 0003415-68.2009.8.08.0004 (004.09.003415-0). AÇÃO: 159 – Execução de Título Extrajudicial. Requerente: OURO FINO INDÚSTRIA DE PLÁSTICO REFORÇADOS LTDA. Requerido: EVANDRO DOS SANTOS MEDEIROS ME. MM. Juiz (a) de Direito da ANCHIETA – 1ª VARA do Estado do Espírito Santo, por nomeação na forma da lei etc. FINALIDADE: DAR PUBLICIDADE A TODOS QUE O PRESENTE EDITAL VIREM que fica (m) devidamente CITADO (S): Executado: EVANDRO DOS SANTOS MEDEIROS ME, CNPJ: 09.033.161/0001-56, atualmente em lugar incerto e não sabido, de todos os termos da presente ação para, no prazo de 03 (três) dias, PAGAR a dívida no valor de R$ 14.346,15 (quatorze mil trezentos e quarenta e seis reais e quinze centavos). ADVERTÊNCIAS. a). PRAZO: O prazo para Embargos é de 15 (quinze) dias, a partir do prazo supracitado. b). No Caso de Integral pagamento no prazo de 3 (três) dias, a verba honorária será reduzida pela metade (art. 827, § 1º do CPC); c). É dever do executado, no prazo de 05 (cinco) dias, indicar onde se encontram os bem sujeitos à execução, exibir a prova de sua propriedade e, se for o caso, certidão negativa de ônus, bem como abster-se de qualquer atitude que dificulte ou embarace a realização da penhora. Em caso contrário pode incidir em multa fixada pelo Juiz, sem prejuízo de outras sanções de natureza processual ou material, nos termos do artigo 774 do CPC; d). Nos prazos para embargos, reconhecendo o crédito do exequente e comprovando o depósito de 30% (trinta por cento) do valor em execução, inclusive custas e honorários de advogado, poderá o executado requerer seja admitido a pagar o restante em até 06 (seis) parcelas mensais, acrescidas de correção monetária e juros de 1 % (um por cento) ao mês (art. 916 do CPC); DESPACHO. FI: DEFIRO o pedido retro, vez que todas as tentativas de citação se restaram infrutíferas. A citação por edital deverá obedecer a regra do do CPC/ 73, visto que não existe ainda estrutura para operar a nova sistemática. E, para que chegue ao conhecimento de todos, o presente edital vai afixado no lugar de costume deste Fórum e, publicado na forma da Lei. ANCHIETA-ES, 28/06/2017.

COMUNICADO EMANUEL TRANSPORTES E TURISMO LTDA ME,torna público que Requereu do IEMA, através do processo n° 76799360, Licença LOC, paraGaragens de ônibus e outros veículos automotores com atividades de manutenção e/ou lavagem e/ou abastecimento de veículos na localidade de Rua Átila Vivacqua, s/nº, Mun. de Presidente Kennedy – ES. COMUNICADO FITOTERAPICA FARMÁCIA E MANIPULAÇÃO LTDA-ME torna público que Requereu da SEMDESU, através do processo nº 08096/2013, Licença (LMS) para Atividade (FARMÁCIA DE MANIPUL AÇ ÃO), (COD:19.04(I), Na localidade de Planalto, Rua Japurá, nº18, Município de Vila Velha – ES.

– 75 mil Vendo J.Penha Kitnet, elevador, garagem, 180 mil 99973-1001. Vendo J.Penha 3 qts/Ste, elevador, varanda 460 mil 9-9989-1243.

COMUNICADO SERRANO DISTRIBUIDORA S.A., CNPJ 09.397.586/0001-44, torna público que REQUEREU da SEMMA, através do processo n°46.280/2006, a Licença LMO n° 120/2015, para atividade de SUPERMERCADOS E HIPERMERCADOS COM ATIVIDADES DE CORTE E LIMPEZA DE CARNES, PESCADOS E SEMELHANTES (COM AÇOUGUE, PEIXARIA E OUTROS) NÃO LOCALIZADO EM ÁREA URBANA CONSOLIDADA na localidade da Av. Eudes Scherrer Souza, n° 2001, Bairro Parque Residencial Laranjeiras, Serra-ES. COMUNICADO Comercial Moschen Ltda EPP torna público que requereu da SEMDESU, através do processo n°40637/2017, LMAR, para a atividade de Industrialização de carne, (...) origem animal, Cód12.22), na localidade de Rua Ana Siqueira, 111, Alvorada, Vila Velha. COMUNICADO Las Vegas Moteis Ltda ME torna público que requereu da SEMDESU, através do processo n°41223/15, Renovação da LMAR Nº 162/15, para a atividade de Pousadas, Hotéis e Moteis (...), cód 15.13, na localidade de Rodovia do Sol, 257, Barra do Jucu, Vila Velha, ES. COMUNICADO LBR Motele Turismo Eireli EPP torna público que requereu da SEMDESU, através do processo n°41231/15, Renovação da LMAR Nº 166/15, para a atividade de Pousadas, Hotéis e Moteis (...), cód 15.13, na localidade de Rua Iriri, 40, Coqueiral de Itaparica, Vila Velha, ES.

JORNAL “ ES HOJE ”

Edital de Citação pelo prazo de 20 dias N° do Processo: 0034874-57.2011.8.08.0024 (024.11.034874-5) Ação: 81 – Busca e Apreensão em Alienação Fiduciária Requerente: Banco J Safra S A Requerido: Eclipse do Brasil Industria e Comercio LTDA MM. Juiz(a) de Direito da Vitória – 4ª Vara Cível do Estado do Espírito Santo, por nomeação na forma da lei etc. Finalidade Dar Publicidade a todos que o presente edital virem que fica(m) devidamente citado(s) Requerido: Eclipse do Brasil Industria e Comercio LTDA – Cnpj: 02.949.668/0003-77, atualmente em lugar incerto e não sabido, de todos os termos da presente ação para pagar a integralidade da dívida (prestações vencidas e vincendas), segundo valores apresentados na inicial e/ou oferecer contestação. Bem: Toyota Hillux SW4 4x4, Ano Fab 2006/2007, cor preta, chassi 8AJYZ59G773012966, Renavam 907416934, placa MRA 2558 Advertências a) Prazo: O prazo para pagamento da dívida é de 05 (cinco) dias contados da efetivação da medida, hipótese em que o bem será restituído livre de ônus; b) O prazo para contestar a presente ação é de 15 (quinze) dias, contados do prazo supra. C) Revelia: Não sendo contestada a ação, presumir-se-ão aceitos pela parte requerida como verdadeiros os fatos alegados na inicial. Despacho Cite-se por edital, pelo prazo de 20 dias, Observando o artigo 257 do CPC/15. E, para que chegue ao conhecimento de todos, o presente edital vai afixado no lugar de costume deste Fórum e, publicado na K-04e11/08 forma da lei. Vitória-ES, 20/07/2017.

28 / 07 e 04 / 08 / 2017

COMUNICADO Pedro José Celestino – Delícias de Minas – ME, torna público que requereu da SEMDESU, através do processo nº 40.858/2017, LMAR (LMS) para a atividade de Fabricação de massas (CÓD. 12.11 (I)), na localidade de Rua Japaguá, 22, Alvorada, Vila Velha-ES. COMUNICADO Tipiti Motel e Eireli ME torna público que requereu da SEMDESU, através do processo n°37088/15, Renovação da LMAR Nº 163/15, para a atividade de Pousadas, Hotéis e Moteis (...), cód 15.13, na localidade de Rod. Carlos Lindemberg, 1877, Alecrim, Vila Velha, ES. COMUNICADO “TRANSPORTE VITÓRIA EIRELI”, torna público que Requereu e Obteve do IEMA, através do processo nº 33, Licença: LAU n° 001D/2017, para atividade de Transporte Rodoviário Produtos Perigosos, localizado na Rua Juiz Alexandre Martins de Castro Filho, 258, Loja 02, Santa Lúcia, Vitória/ES. COMUNICADO “VP TRANSPORTES E LOGÍSTICA LTDA”, torna público que OBTEVE do IEMA, através do processo n° 26762030, Licença Ambiental Única n° 159/2017, para atividade de “Transporte rodoviário de produtos perigosos, exceto material radioativo e transportes interestadual” na localidade de Parque das Laranjeiras no Município da Serra - ES. COMUNICADO “AUTO ELETRICA E MECANICA MAGRI”, torna publico que obteve da SEMDESU, através do processo nº 16113/17, licença para OFICINA MECÂNICA (COD 20.07) na localidade de , R. ANNOR DA SILVA res. Coqueiral Nº 102 VILA VELHA ES. COMUNICADO VITORIA COMERCIO DE APARAS DE PAPEL LTDA, CNPJ: 39.394.127/0001-78, torna público que Obteve da SEMDESU, através do processo nº 59601/2016, a LICENÇA MUNICIPAL AMBIENTAL DE REGULARIZAÇÃO (LMAR), para atividade de Triagem e armazenamento temporário de materiais sólidos reaproveitáveis não contaminados com produto ou resíduo perigoso (cód. 16.01), na localidade: Av. Luiz Silva, nº 55, Cobilândia, Vila Velha/ES. COMUNICADO MARCELO VIEIRA APOLINÁRIO ME, torna público que requereu à SEMDESU/Vila Velha, ES, através do processo n° 39.740/2017, a Licença Municipal Ambiental de Regularização – LMAR (LMS), para ATIVIDADE Reparação, retífica ou manutenção de máquinas... (CÓD SEMDESU 20.07 (Av. Carlos Lindemberg, n° 6750, bairro Cobi de Cima, Vila Velha – ES, CEP 29.117-730. COMUNICADO “DIAMOND POWER DO BRASIL LTDA”, CNPJ nº 02.362.880/0001-71, torna público que REQUEREU da SEMMA – Serra/ES, através do processo2.885/2013,RenovaçãodaLicença: LMR nº 039/2015, para Atividade de FabricaçãodeMáquinas,Aparelhos,PeçaseAcessórios sem Tratamento Térmico e/ou Galvanotécnico e/ou Fundição, localizado na Avenida B, S/Nº, Lote 01, Quadra 04, Civit II, Serra/ES.


9

SEXTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

HUGO BORGES POR CÉSAR HERKENHOFF L cesarherkenhoff@hotmail.com

Casa de tolerância O sempre saudoso Ulysses Guimarães usava a expressão “casa de tolerância” para se referir a puteiros. O resultado da votação certamente é o mais importante, mas definitivamente não o mais significativo. O placar mostrou apenas a xepa de uma feira livre. Fica, em nós, a sensação inquestionável de que a Câmara dos Deputados foi subornada para manter o presidente Michel Temer no poder. É uma casa de tolerância. As bancadas governista e oposicionista deram uma demonstração de que o Brasil possui um parlamento corroído e corrompido. Um estelionato eleitoral de que fomos vítimas todos os cidadãos brasileiros. Muita demagogia, muito populismo e pouca vergonha. Os governistas com o discurso hipócrita de que votavam em nome do País, da recuperação econômica, das reformas indispensáveis à retomada do cresci-

mento, do fim da recessão e da geração de empregos. A oposição, nervosinha e afetada, com o cinismo habitual, discursava em nome da ética e da moralidade como se os governos de Lula da Silva e Dilma Rousseff não tivessem sido os mais corruptos da história republicana. Quem quebrou o País foi o Partido dos Trabalhadores, transferindo recursos públicos para patrimônios privados, sobretudo da família Lula da Silva. Nada, no entanto, feito sem o conhecimento e a cumplicidade do mordomo de vampiro Michel Temer, que não jogou no lixo uma história de vida limpa. Apenas conseguiu, como farsante,

passar durante duas ou três décadas a sensação de que era um homem decente e honrado. A discussão que se trava hoje é se interessa do PT a permanência ou não de Michel Temer no Palácio do Planalto. Temer não tem autoridade nem legitimidade para continuar no comando do País. Está enlameado. Comanda um governo corrupto que não quer ser investigado agora. Esse discurso de que será investigado após o término do mandato é inaceitável. Os crimes foram cometidos agora. A investigação tem que ser agora. Ou esse direito deve ser estendido a todos os brasileiros. Há os que apostam na teoria do

caos. Enquanto Temer for presidente, Lula da Silva terá em quem jogar pedras, desviando o foco de sua ficha criminal com amplas possibilidades de chegar ao segundo turno da eleição presidencial de 2018. Essa corrente aposta na polarização do processo entre Lula e o reacionário Jair Bolsonaro. Enfim, a expectativa é dizer a cada brasileiro e brasileira: “ou dá ou desce”. Qual seja, o Brasil terá que escolher entre um governo bolivariano da pior espécie – cujo modelo a ser copiado é o do nefasto venezuelano Nicolás Maduro – e a truculência do tiro, porrada e bomba. Vamos ter que escolher entre o

Donald Trump tupiniquim e o corrupto Maduro, representante emblemático da República das Bananas, mais um governante de esquerda que fez fortuna à custa do sacrifício do povo. O Partido dos Trabalhadores, em nota oficial, já formalizou apoio ao indigesto Nicolás Maduro. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil também já manifestou apoio a Lula da Silva e a Dilma Rousseff. Lamentavelmente não vi a Igreja Católica se manifestar sobre a crise na Venezuela. Luzimar Nogueira, jornalista precocemente falecido, diria agora: os ditadores morrem de medo da primavera.

COLUNA FEU ROSA

ARTIGO

Banheiro na rua

Resgate da boa política

Dia desses, cumprindo minha rotina diária de leitura de jornais do planeta, deparei-me com uma significativa notícia publicada no jornal "O País", de Moçambique, digna de reflexão.

Mesmo num momento de total descrédito da classe política, dos partidos e da própria democracia, decorrente da maior crise política, social, econômica, ética e de valores morais de nossa história, ainda assim conseguimos ver “luz no fim do túnel”. Isso ao participar de alguns eventos políticos. O Congresso Municipal do PSB de Vitória, dia 27 de julho foi um desses.

O título da matéria trazia que "faltam sanitários públicos em Maputo". Advertiu-se, em seguida, que "a poluição ambiental provocada pela urina deliberada está a ficar fora do controle das autoridades municipais". Registrou-se que "quando não é possível se esconder junto de um contentor para urinar, os transeuntes aflitos recorrem às árvores, postes e pilares de painéis para espalhar imundície". Explicando o fenômeno, "algumas pessoas revelaram que a situação se deve à falta de sanitários na via pública". Ouvido pela reportagem, um cidadão de nome Nunes Emílio declarou que "é pouca vergonha a realidade da Cidade de Maputo. Não há casas de banho". Ouviu-se, em seguida, uma mulher de nome Lola Mangahe: "Imagine eu de calças e no meio desta multidão, como é que posso fazer para encostar num contentor ou numa árvore para urinar? Se tivesse sanitários, em todas as paragens, nem os homens nem as mulheres urinariam de qualquer maneira". Consultado, o ambientalista Aguiar Baquete, ponderadamente, salientou "os riscos causados por esta poluição, a

começar pelo pudor, a exposição da imagem da pessoa, a contaminação dos solos, as doenças, entre outros". O jornal conclui a matéria recordando o artigo 49 de certa Resolução Municipal nº 15/2004, a qual "proíbe que se urine ou que paute por práticas de fecalismo a céu aberto. Porém, na Cidade de Maputo, esta medida é totalmente ignorada". Decidi verificar a quantas anda o PIB de Moçambique. É de apenas US$ 14,69 bilhões. Seguramente reside aí o motivo de não serem disponibilizados banheiros públicos em quantidade suficiente para a população. Quanto ao nosso país, arrisco dizer que a explicação também é essa - em 2015, nosso PIB foi de apenas US$ 1,7 trilhão. Ou seja, realmente nítida a falta de recursos para a construção de banheiros públicos. Fiquei a recordar Rousseau: "a higiene é muito mais uma virtude que uma ciência". PEDRO VALLS FEU ROSA Desembargador do TJES

Numa bela festa, que serviu para fortalecer a convicção de que a saída dessa aguda crise só ocorrerá pela via da boa política e pelo fortalecimento de partidos coerentes com seu ideário político, compromissados com o interesse público e melhorias das condições de vida da população. Do aludido Congresso vale destacar: 1) Preocupação com o conteúdo e formação política, com a enriquecedora palestra do Prefeito de Campinas, Jonas Donizete/PSB e Presidente da Frente Nacional de Prefeitos; 2) Consolidação de parcerias sadias, com a presença maciça da direção do PPS, (Lenise, Gandini, Vinicius, Leonil, etc), justificando a ausência do Prefeito Luciano Rezende, além dos dirigentes do PV/Amorim e PCdoB/ Namy. 3) Contundente pronunciamento do novo Presidente do PSB de Vitória, Juarez Gonçalves Vieira, com forte conteúdo político-ideológico, comprometendo-se com o resgate do ideário

socialista e firme atuação no campo das forças progressistas da cidade; e 4) O aguardado pronunciamento final pelo Ex-Governador Casagrande que, com seu carisma e simplicidade, contagiou a todos os presentes ao afirmar que voltou a percorrer o Estado, está muito motivado e preparado para o pleito de 2018, permanecendo, como sempre esteve, à disposição do PSB/ES. Por sua vez, agradeceu as manifestações elogiosas dos vários discursos, unânimes em ressaltar que pela sua gestão 2010/2014, está credenciado para qualquer disputa, mas, todos desejosos de vê-lo candidato a Governador, além do agradecimento especial ao PSB da Capital, que afixou grande faixa na mesa dos trabalhos: “O PSB de Vitória quer Renato Casagrande candidato a governador, em 2018”. CLEBER GUERRA FJM/ES


10 Política

SEXTA-FEirA, 4 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

CPI para investigar lixo em Aracruz Vereadores protocolam pedido nesta quinta (03) para investigar irregularidade em contrato de limpeza pública divulgação

gustavo gouvêa gustavo@eshoje.com.br

S

e t e v e r e a d o r e s de Aracruz protocolaram, nesta quinta-feira (03), pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal para investigar supostas irregularidades na contratação da empresa S.A Serviços de Limpeza e Soluções Ambientais EIRELI encarregada da prestação de serviços de limpeza pública no município. No documento, os vereadores Alexandre Manhães (PMDB), Romildo Broetto (PV), Mônica Cordeiro (PDT), Carlinhos do Josiel (PP), Toni Loureiro (PP), Dileuza Del Caro (PSB) e Lula (PRTB) justificaram a abertura da CPI "para apuração de suposta fraude na dispensa de licitação e contratação emergencial" da empresa, "com base no procedimento de investigação 2017.0005.7619-98" que está em curso no Ministério Público de Aracruz. De acordo com os vereadores, a contratação da empresa foi realizada no início do ano e o prazo para as investigações da CPI é de 90 dias, podendo ser prorrogado.

Falando em... ... Marcus Vicente, o deputado federal está sendo cotado a vaga de vice-governador na chapa de Renato Casagrande. O ex-governador vai protagonizar novo embate com Paulo Hartung, que se tivesse

hino salvador L hinosal@terra.com.br

Ganância pelo poder Quatro meses após ser reeleito, o prefeito de Itapemirim, Luciano Paiva (PROS) foi afastado do cargo. Não será pela última vez! Ele deve voltar para o cargo novamente, pela mesma Justiça que o afastou. Mas por que existe essa briga danada em um município tão pequeno? Porque não há no estado um município com tanto dinheiro no cofre como Itapemirim.

vereadores de aracruz mostram pedido de abertura da cPi assinado O vereador Romildo Broetto, que assinou o documento, afirmou que a Casa solicitou as denúncias ao MPES e, a partir da análise do documento, chegaram à conclusão da necessidade de abertuda da CPI para averiguar as eventuais irregularidades. "A função do vereador é fiscalizar. Se há uma suposta irregularidade, é nosso trabalho apurar e constatar. Se tem suspeita, é a investigação na CPI que vai confirmar ou não", justificou Broetto.

No dia 7 de agosto a abertura da CPI será voltada na plenária. "E vamos decidir quais vereadors irão compor a CPI", afirmou Broetto. Em 2011, quando o atual prefeito Jones Cavaglieri (SD) era vice do Dr. Ademar Devens (PMDB), uma CPI do Lixo culminou na prisão de vereadores e em afastamento do prefeito do cargo. " Não estamos analisando a pessoa do prefeito, mas sim o contrato, se existe irregularidade ou não. Nosso papel é fiscalizar", garantiu.

Bastidores da Política Retaliação Todos os cargos do governo federal no Espírito Santo com indicação de deputados que votaram pelo prosseguimento de investigação de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, serão reavaliados. E a discussão vai ter a participação de Lelo Coimbra e Marcus Vicente – únicos dos dez da bancada federal capixaba que foram pró-Temer.

aspecto geral

que definir chapa hoje, teria como vice o deputado Erick Musso. Viabilizando Como já foi dito pela coluna, a senadora Rose de Freitas vai deixar o PMDB e encontrar espaço no ninho tucano. Enquanto Paulo Hartung apenas ensaia sair do partido, ela quer se antecipar e viabilizar candidatura ao Governo do Estado. Mais sobre eleição Para os menos informados, os senadores Ricardo Ferraço e Magno Malta terminam seus mandatos agora e vão concorrer em 2018. Se Magno for para a chapa de Jair Bolsonaro como vice-presidente, vê Amaro Neto como su-

cessor. O deputado está com um pé no PR. Candidato Presidente do Conselho Regional de Contabilidade no Espírito Santo, Haroldo Santos Filho, está no governo e é candidato a deputado estadual pelo PTB. Legislativo X Judiciário O vereador da Serra, Nacib Haddad, está indignado com o Judiciário, dizendo que este poder atrapalha o avanço da Serra. Enquanto um juiz anulou eleição na Câmara dos Vereadores, outro fez o contrário. “Tanta coisa a ser julgada e a Justiça se metendo e travando o funcionamento do Poder Legislativo serrano”.

Prestígio Para prestigiar o coordenador de sua campanha ao governo, em Cariacica, o vereador Cesar Lucas, Paulo Hatung fez cerimônia de entrega de viaturas na cidade. Na mira Grupo de moradores de Itapemirim decidiu ficar no calcanhar do vice-prefeito, chefe do Executivo em exercício, Dr.Thiago. E expor regularmente o maior número de fatos gerados pela nova administração. A primeira investigação está baseada nas ações judiciais que estão mantendo o prefeito Dr Luciano afastado e em todos os movimentos realizados pelos dois lados na disputa de poder.

Os advogados dele já entraram com recurso contra o afastamento. Luciano retornou ao cargo depois de ficar afastado por 90 dias, e agora o Tribunal o afastou por mais 120 dias. O pedido do afastamento foi feito pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES), referente à segunda fase da Operação Olísipo, realizada em maio de 2016. A ação investiga um suposto esquema de fraude em licitações. Sim, mas ninguém entende porque o prefeito foi reeleito e muito menos porque ele voltou tantas vezes para o cargo num curto espaço de tempo! Eu entendo que o cofre abarrotado de dinheiro na Prefeitura de Itapemirim seja o motivo do conflito entre Luciano Paiva e os adversários políticos dele. Não há mais dúvidas de que em Itapemirim fica a maior reserva orçamentária do Estado. Então agora está explicado o motivo da briga dos 100 anos. O deputado estadual Theodorico Ferraço nega que tenha interesse em pegar de volta o município. Mas “só nega” as informações reais sobre seu interesse, senão não teria insistido nas eleições de 2016, com a mulher Norma Ayub. Não sei não, mas essa de acusar o prefeito Luciano de abuso de poder econômico e compra de votos, é história para boi dormir. Acho que nunca na história do ES vi um entre a sai tão prolongado, como no cargo de Prefeito de Itapemirim! Tem gente que não presta atenção e não analisa bem o assunto, porque poucos sabem da economia dos cofres. Ou seja, é mais ganância de que interesse de melhorar o município. Para quem não sabe o que acontece por lá, vou recapitular aqui: o último afastamento do prefeito Luciano foi aprovado pelos desembargadores da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de

Justiça do Estado, válido por 90 dias. Como ele foi afastado em abril, já se passou esse prazo. Será que os advogados de Luciano Paiva não conseguiram ainda o retorno? A partir do afastamento de Luciano quem assumiu a prefeitura de Itapemirim foi o vice Thiago Peçanha. Será que Luciano volta, afinal anteriormente ele já havia sido afastado das funções pela Justiça no mandato anterior, por cinco vezes, após operação do MPES, que investigava uma organização criminosa com fim específico de lesão aos cofres públicos do município. Além do prefeito, seis funcionários da Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo de Itapemirim também foram afastados das funções na época. Em novembro de 2016, a maioria dos membros do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES) decidiu pela cassação do prefeito e da vice, Viviane Peçanha (PSD), da chapa eleita em 2012. Luciano foi acusado de abuso de poder econômico e compra de votos. Já em janeiro de 2017, o TRE decidiu pelo recebimento de denúncia do Ministério Público Federal (MPF-ES) contra o prefeito por irregularidades na campanha de 2012. Com isso, Luciano tornou-se réu na Justiça Eleitoral. A denúncia aponta para crimes como os de falsidade ideológica, apropriação indébita e formação de quadrilha. A votação pelo recebimento foi unânime, à exceção do crime de quadrilha, cujo resultado foi de cinco votos a um contra o prefeito. E agora como fica essa esculhambação? Tem gente muito poderosa por trás disso tudo. Luciano foi reeleito com 80% dos votos, o que significa que o povo aprovou seu trabalho como prefeito.


Esportes 11

SEXTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR GABRIEL HENRIQUES

RUY MONTE DÁ O RECADO! rmonte@eshoje.com.br

Público continua não prestigiando Foi decepcionante o público de 164 pagantes do jogo Vitória 2 x 1 Linhares. Triste também a partida Rio Branco 3 x 0 Serra, com pouco mais de 400 pessoas. Foram dois jogos na Grande Vitória, que iniciaram a campanha da Copa Espírito Santo 2017. Ivan Rocha vai brigar pelo título nas categorias Open e Sub-18; ele é o atual campeão capixaba Sub-16

Aberta temporada do bodyboard no ES O Circuito Capixaba 2017 terá cinco etapas e já começa nos dias 12 e 13 de agosto, na Barra do Jucu, em Vila Velha GUSTAVO GOUVÊA gustavo@eshoje.com.br

S

  para o Circuito Capixaba de Bodyboarding 2017. O certame será composto de cinco etapas e a primeira já acontece nos dias 12 e 13 de agosto, na praia da Barra do Jucu, em Vila Velha. Lá, as disputas serão nas categorias Open masculino e feminino, Master masculino, Sub-18 masculino, Sub-16 masculino e Grommets masculino e feminino. Os profissionais só entram na água a partir da terceira etapa, prevista para outubro, no Pompéia, em Vila Velha. Categoria que vem roubando a cena desde a estreia, em 2014, a Master reúne as lendas vivas do bodyboarding capixaba, que abriram os caminhos para que o esporte fosse estabelecido no Espírito Santo e extravasasse as fronteiras. Entre eles estão Leonardo Moreira, Leôncio Pitanga, Marcelo Miranda, Diego Imperial, Leonardo Andara, Deivid Junior, Renato Almeida, Marcelo Rocha e mais de 20 outros nomes que marcaram época. Mas quem defende o título da categoria é o lendário Alex Kundera, de 43 anos. Após mais de uma década longe das competições, Kundera retornou à água em 2014, quando chegou ao seu primeiro título, após seu retorno, em uma etapa Master. Desde então, vem travando confrontos com outras

lendas e seu esforço vem sendo recompensado. Em 2016, o bodyboarder sagrou-se campeão estadual Master, vencendo duas das três etapas da temporada. Este ano, a ambição do atleta é defender o título e também testar o nível de seu surf contra os profissionais, categoria da qual Lucas Rodrigues é o atual campeão. “Minhas expectativas são altas. Venho treinando forte desde o campeonato de 2014 que ganhei na Barra. De lá pra cá meu surf vem evoluindo. Não sei se vou fazer uma dobradinha de pódio. Eu to indo pra cima com tudo. Vou dar o meu máximo. Me consagrar bi-campeão estadual Master e terminar o ano entre os cinco primeiros na categoria profissional são as minhas metas", afirmou Kundera. PÉ NO PROFISSIONAL A categoria Open, o último estágio dos bodyboarders antes da profissionalização, também está prometendo verdadeiros shows dentro d’água na temporada 2017. No masculino quem vem com tudo é Ivan Rocha, de 17 anos, campeão da Sub-16 e terceiro colocado na Sub-18, no ano passado. Pela frente ele vai ter pedreiras como o próprio Caio Rocha, que terminou empatado com ele na Sub-16 – cada um teve um título e um vice nas duas etapas do ano passado – além de Diego Campos e Gleidson Costa, campeão e vice da sub-18, em

2016. Esta temporada a meta de Ivan é subir no lugar mais alto do pódio na Open e na Sub-18. "Estou muito confiante para esse início do circuito, amarradão em poder mais um ano representar nesse evento. Graças a Deus meus treinamentos estão intensos e acho que evolui bastante em manobras como aéreo e em ondas no estilo ‘slab’. Confio em uma dobradinha este ano. Nos dois últimos anos eu tentei, e bati na trave. Esse ano estou treinando bastante para alcançar este objetivo", disse o jovem bodyboarder. Já no Open feminino, as atenções estão voltadas para Geovana Gonçalves, campeã estreante em 2016 e terceira colocada na Open. Mais de uma dezena de escolas de bodyboard no Espírito Santo estarão sendo representadas pelos atletas. Diretamente da Escola Bruno Cajado de Bodyboard, em Guarapari, saem novos nomes que irão brigar pelo título nas categorias Grommets Masculino e Sub-16. Eles são os irmãos João Paulo, 13, e Kleverton Santos, de 8 anos. Eles são a aposta da treinadora Nivea Borghi, que foi a vice-campeão na Open Feminino em 2016, se credenciando ao profissionalismo na atual temporada. “João já domina o ‘el rolo’ e o 360º e se arrisca em mares de meio metro. Já o Kleverton está em evolução constante e já manda 360º com perfeição. Eles vão chegar com tudo”, avisou a treinadora, orgulhosa.

Contestei a situação com o dirigente do Vitória, Antonio Perovano, que ponderou o fato de que o alvianil não era mandante do jogo. E daí? A questão é muito maior! Me refiro ao fato de um jogo ser num mesmo dia e hora de uma outra partida, na Grande Vitória, em estreias de competição. Uma aberração. Olha que não estou contando com o fato do jogo ao vivo entre Botafogo e São Paulo, neste mesmo dia, com a diferença apenas de uma hora entre as partidas. Jogo com público numeroso dá ao futebol mais realeza, mais emoção. Parece que os dirigentes dos clubes quando sentam naquela mesa de arbitral para discutir os jogos, tabela e regulamento, pouco se importam com a presença dos torcedores. Na próxima rodada são três jogos na Grande Vitória: Espírito Santo X Rio Branco, Vitória X Itapemirim e Desportiva X Esporte. Duas partidas em dia e horário idênticos. Um jogo à tarde, outro de manhã,

Eleição na Tiva

pelo menos, viabilizaria a participação das torcidas. A FES, quando discute o assunto com os clubes poderia ser mais profunda. Os dirigentes precisam ter como objetivo principal a busca pela presença do público nos jogos de suas equipes. É uma questão de bom senso, inteligência e valorização – dos atletas, agremiações e do esporte como um todo. Não vejo no futebol capixaba a preocupação com elaboração de planejamentos ou projetos, visando a presença do público nos estádios. E olha que esses clubes pagam para jogar. A Desportiva, por exemplo, tem estádio com iluminação e poderia jogar à noite. Por que não joga? Sabemos que a conta de luz é cara, assim como existem outros diversos custos e todos precisam de torcedores pagantes para ajudar a fechar a conta. Patrocinador também abraça a causa vendo a movimentação das torcidas, lembrem-se disso!

Vamos ter eleição antecipada na Desportiva Ferroviária, como deseja o presidente Wilson de Jesus. Tomei conhecimento de que Diney Costa é candidato e, até agora, único que se manifestou. Só que não apresentou uma chapa para concorrer, e sim externou o interesse. Soube que mais duas chapas podem disputar: uma com o ex-presidente Robson Santana, e outra com Emerson Rocha, que está entrando com uma representação, exigindo ser reconhecido como sócio do clube.


INFORMAÇÃO INFO RMAÇÃ RMAÇÃ ÇÃO O DE ADE INFORMA DE VERDADE VERDAD VERD QUEM P PARA ARA Q UEM GOST GOSTA A DA DA GENTE DE DE GRAÇA GRAÇA

Com o tempo, tudo que era complicado foi ficando mais simples para tornar nosso dia a dia mais dinâmico, mais fácil e melhor melhor.. Isso também aconteceu com a notícia. ESHOJE é um jornal que traz a informação simples e isenta, para você que gosta da gente de graça.

203.163 209.275

Visualizações no ESHOJE Digital/Issuu até 06/07/17 03/08/17

474.287 47 4 707.553 774.287 4.287

Alcance Alcance no noFacebook Facebook

Período Períodoúltimos últimos2828dias dias

WWW.ESHOJE.COM.BR WWW.ESHOJE.COM.BR


www.eshoje.com.br

Vitória, 4 de agosto de 2017 J Ano XVII J Nº 656J Edição Gratuita Semanal

Fundado em 19 de julho de 2000 por Carlos Roberto Coutinho DIVULGAÇÃO

Amizade, música e tempo se encontram

Flávio Venturini, a dupla Sá & Guarabyra e o grupo 14 Bis estarão juntos em palco de Vila Velhaj3

CULTURA

Belezas do mar em exposição

O Museu Histórico da Ilha das Caieiras recebe “Copo de Mar”j2

MODA

Rosa foi a eleita dos fashionistas

Cor tem aparecido cada vez mais e se destaca com estilo desafiadorj5

SABOR ES

Uma chef no comando da coluna Marcela Bourguignon é a nova titular deste espaço saborosoj8


2

Cultura

SEXTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR ANDRÉ SOBRAL

CIRCUITO CULT MÁRCIA ALMEIDA L cultura@eshoje.com.br

Ensaio aberto

Duas mulheres encarceradas planejam uma fuga. A situação-chave do novo espetáculo “A Fuga”, do Grupo Z de Teatro, que tem estreia prevista para setembro deste ano, traz o universo do presídio feminino, mas também se aproxima de tantas outras mulheres fora das celas ao indicar outras camadas de significados. DANIEL BOONE

As obras expostas fazem parte do acervo premiado da prefeitura de Vitória, com a capital como temática

Ilha das Caieiras recebe exposição

A mostra "Copo de Mar" entrará em cartaz dia 5 de agosto e segue até outubro, no Museu do Pescador

O

  um lugar que remete a lembranças, lendas e desejos. De marinheiros a sereias, até a comida, tudo pode mexer com o imaginário popular. Aproximar o lúdico destas imagens com a tradição da Ilha das Caieiras é a proposta do Museu Histórico da Ilha das Caieiras “Manoel dos Passos Lyrio” (Museu do Pescador) que recebe, neste sábado (05), a partir das 11 horas, a exposição “Copo de Mar”. A exposição organizada pela artista e educadora Franquilandia Raft especialmente para o Museu do Pescador é um recorte dos Salões e Bienal do Mar, que propõe uma leitura didática e lúdica de três conjuntos de obras premiadas que fazem parte do acervo da Prefeitura de

Vitória: “Roupa para Sereia”, “Cuidado com os parcéis”, e ainda os trabalhos de Julio Schmidt: “Atum sólido ao natural em água e sal”; “Sardinhas em molho de tomate” e “Sardinhas em óleo comestível”. "A temática do mar está presente na vida das pessoas que moram em Vitória. Na Ilha das Caieiras, em particular, o mar se mistura ao cotidiano das pessoas. Para a comunidade o mar representa trabalho e sustento; e para o turista, o encantamento com a beleza da paisagem e o sabor da moqueca capixaba”, explica a curadora da mostra. As obras estarão no mesmo espaço expositivo e, por isso, a temática marítima foi fundamental para criar o diálogo entre os trabalhos. “Pensando no

público do Museu, optou-se por obras que permitissem trabalhar a imaginação e a fantasia do universo lúdico. Outro fator importante para que a seleção chegasse nessas três obras é a harmonia estética que elas têm entre si e isso é fundamental para a exposição”, destaca Franquilandia. Para Franquilandia, o mar que banha a Ilha das Caieiras e a própria região, são boas oportunidades de desfrutar a paisagem e as obras que estarão no museu. “A leveza da exposição Copo de Mar, com as sereias de Maruzza Valdetaro; os marinheiros de Rosindo Torres e os peixes enlatados de Julio Schmidt convidam o visitante a pensar essas relações que estabelecemos com o mar que nos rodeia, como o percebemos e desfrutamos dele”.

Muqui se prepara para mais uma Folia de Reis O S Histórico de Muqui será palco da 67ª edição do Encontro Nacional de Folia de Reis, um dos mais tradicionais eventos folclóricos e artísticos do Estado, que acontece no dia 12 de agosto. O festejo contará com 51 grupos folclóricos de três Estados e 24 municípios. O evento é um momento de intercâmbio que promove a difusão da cultura popu-

lar e a troca de informações de uma tradição familiar que atravessa alguns séculos, e na oportunidade, é apresentado ao publico presente essa tradição. A entrada é gratuita. A concentração dos foliões para o início dos festejos será na tenda cultural, localizada no Jardim Municipal. Durante todo o dia haverá diversas atividades

como Encontro de Mestres, cortejo, bênção na Igreja de São João Batista, cantoria em diversos locais da cidade e apresentação dos Palhaços da Folia. Um dos destaques é a beleza dos grupos, compostos por músicos que tocam vários instrumentos, a maioria de confecção artesanal, além das fantasias coloridas e as máscaras criativas dos Palhaços da Folia.

Na peça, que marca a estreia de Alexsandra Bertoli na dramaturgia e tem direção de Fernando Marques, é proposto um mergulho na trajetória das personagens, sem deixar de apontar para um sistema prisional que é falido, desumano e machista desde sua

origem. A fim de mostrar uma prévia do espetáculo e dividir questões como essas com o público, o grupo apresentará um ensaio aberto, seguido de um bate-papo, nesta sexta-feira (04), às 19 horas, na Má Companhia, Centro de Vitória. A entrada é gratuita.

Boa música

O cantor e compositor Zé Geraldo e sua filha, a cantora Nô Stopa, vão apresentar o show “Reciclagem”, no próximo dia 19, às 18h30, no Centro Cultural Sesc Glória. Ingressos à venda.

Oficinas gratuitas

O 24º Festival de Cinema de Vitória abriu as inscrições para duas oficinas: a de Crítica Cinematográfica, com o jornalista cultural André Dib, e de Animação 2D, com o premiado cineasta Otto Guerra, esta última estreando na programação do evento, que acontece entre os dias 11 e 16 de setembro, no Teatro Carlos Gomes. Os interessados devem se inscrever até o dia 11 de agosto,

Novo livro

pelo e-mail oficinas@ibcavix. org.br, limitadas a pessoas acima de 16 anos. No caso da Oficina de Crítica Cinematográfica, é preciso enviar um texto de até 2.500 caracteres sobre um filme da sua escolha (curta ou longa, ficção ou documentário). A mensagem deve conter nome, idade, cidade, telefone e escolaridade. Os cursos vão acontecer na Universidade Federal do Espírito Santo. A cantora Rita Lee vai lançar, em agosto, pela Globo Livros, seu livro de contos, Dropz. A obra, que conta com 61 contos da escritora, todos com ilustrações feitas por ela, já está em pré-venda. A capa também é criação da rainha do rock, com um autorretrato pintado em 1997. A obra é aguardada com ansiedade: sua autobiografia, lançada no final de 2016, se tornou um dos maiores sucessos editoriais do Brasil e está sendo editada até fora do país.


3

SEXTA-FEirA, 4 dE AgoSTo 2017 j www.EShojE.com.br

Um brinde à amizade e ao som que surgiu através dela

Flávio Venturini, Sá & guarabyra e 14 bis em um verdadeiro e grande Encontro marcado, em VV Paulo-Ty

claudio e Flávio Venturini, luiz carlos sá, sérgio Magrão, Hely rodrigues, Guarabyra e Vermelho promente um show histórico na área de eventos do shopping Vila Velha Márcia alMeida cultura@eshoje.com.br

A

migos de longa data, Flávio Venturini, Luiz Carlos Sá, Guarabyra, Claudio Venturini, Sergio Magrão, Vermelho e Hely Rodrigues (os últimos quatro formam o grupo 14 Bis) vêm presenteando o público com o projeto Encontro Marcado. Juntos, apresentam seus grandes sucessos. Neste sábado (05), o show será na Área de Eventos do Shopping Vila Velha, com um espetáculo que promete ficar na história, mente e no coração de quem comparecer a essa verdadeira viagem no tempo. Em conversa com ESHOJE2, Flávio Venturini explica que ele e os demais músicos têm uma história ligada em suas carreiras. “Comecei profissionalmente gravando e tocando com Sá & Guarabyra, e quando fundei, com Vermelho, o 14 Bis eles continuaram a ser nossos parceiros. Daí surgiu a ideia de um show juntos, algo que nunca tinha acontecido até então, e foi um sucesso com quatro mil pessoas no Chevrolet Hall de Belo Horizonte”, diz o can-

tor. O primeiro show teve, ainda, a participação de Zé Rodrix, morto em 2009. “Com a perda do Zé uns anos mais tarde, repetimos o show com o mesmo sucesso, e daí veio o convite para que fizéssemos o projeto em turnê nacional. Fomos para a estrada e o sucesso continuou”, declara. Encontro Marcado deu tão certo que já rendeu um DVD e CD. Luiz Carlos Sá define a turnê como um maravilhoso reencontro de amigos na vida e na música. “Que melhor maneira haveria de mostrar a todos o que a força da amizade pode fazer?”, questiona o cantor. Sorte do público que foi presenteado com um trabalho de qualidade, repleto de clássicos da música brasileira. Sobre a escolha do set list, Flávio Venturini revela que desde o primeiro show já havia um repertório baseado nos grandes sucessos de cada artista. “E nessa versão final, além do achado de sermos todos a banda do espetáculo, com todos no palco o tempo todo e cantando juntos, isso possibilitou refinarmos o repertório com um roteiro que se revelou vencedor”, destaca.

Resultado disso? “No show rola uma comunicação com o público onde contamos as histórias de algumas músicas importantes. O show termina com o povo dançando e se divertindo”, declara Venturini. O show Encontro Marcado vai acontecer neste sábado (05), às 21h30, na Área de Eventos do Shopping Vila Velha. Os ingressos custam a partir de R$ 67,20 (cadeira prata, meia entrada, 3º lote) e podem ser adquiridos no site www.blueticket.com.br, nas lojas Jaklayne Joias (Vitória, Vila Velha, Serra e Guarapari) e na Soft Modas (Guarapari).

Tocando corações O mineiro Flávio Venturini foi revelado pelo Clube da Esquina no ano de 1970. Nove anos mais tarde, criou a banda 14 Bis, da qual participou entre 1980 e 1989, quando saiu para seguir carreira solo. É autor de inúmeros sucessos românticos, que tocam os corações. Ele garante que as relações de amor o interessam muito, seja em sua vida pessoal, como o que se fala em torno delas. “Sempre brinco nas entrevistas dizendo que a culpa não é toda minha, porque também componho com alguns grandes poetas e

todos têm essa veia romântica. Alguns mais, outros menos, mas eu, quando escrevo, acabo levando para esse papo”. Paralelo ao Encontro Marcado, Flávio Venturini segue com seu novo show, “Paisagens Sonoras”, onde apresenta momentos e influências na sua carreira com blocos, um falando de composições feitas na estrada em outro de minhas influências e ligações com a música erudita, barroca e instrumental. Entre seus planos profissionais, estão gravar um novo CD inédito registrar em disco os shows que vem fazendo com orquestra.

Marcando época mesmo com mais de 40 anos na carreira musical, Luiz Carlos Sá acredita que a dupla Sá e Guarabyra se mantém em alta por sempre terem buscado criar músicas “com um pé na realidade”. “Seja em relação a nossa vida pessoal, seja em relação às coisas que acontecem a nossa volta. Acredito que as pessoas entendam isso, confiem em nós e estejam assim ligadas ao que fazemos”, acredita o músico.

Para o artista, muitos fãs compartilham histórias embaladas por suas canções. “Casais que começaram sua história ao som de Espanhola, gente que foi conhecer o rio São Francisco por causa de nossas músicas, homens que vêm nos apresentar sua "Dona"... ficamos felizes em ver que nossas músicas fazem parte da biografia de muita gente”, celebra o músico. Sá acredita que o público an-

da saudosista de grandes artistas. “O povo está cansado de ter tudo sendo enfiado por sua goela abaixo: política, arte, consumo... Estamos todos finalmente aprendendo a dimensionar a força das nossas vontades e mostrar a quem detém o poder que nada mais será tão fácil como era antes. Levo fé nisso, mas é preciso que não esmoreçamos enquanto povo e público”, finalizou.


Programe-se

SEXTA-FEirA, 4 dE AgoSTo dE 2017 j www.EShojE.com.br

Coluna do vinho

divulgação

4

Franklin pinheiro L colunadovinho@eshoje.com.br

Chardonnay X Sauvignon Blanc paulinho é autor de canções como “Jardim da Fantasia”

A preferência do brasileiro por vinhos tintos vem de longe, mas são os brancos mais apropriados para o nosso clima tropical, além, claro de serem os que estão em perfeita sintonia com os nossos pratos à base de peixes e frutos do mar. divulgação

Paulinho Pedra Azul e 35 anos de canção o cantor mineiro vai apresentar seus sucessos neste sábado (05), no centro cultural Sesc glória Marcia alMeida cultura@eshoje.com.br

O

projeto “Vozes, Violas e Violões” traz a Vitória o cantor, compositor e poeta mineiro Paulinho Pedra Azul. O show será neste sábado (05), no Centro Cultural Sesc Glória, em Vitória. O cantor está celebrando 35 anos de carreira e promete embalar noite com sucessos que marcaram a sua carreira do artista. Paulinho é autor de canções como “Jardim da Fantasia”, “Cantar” e “Valsa do Desencanto”. No repertório, canções como “Ave Cantadeira”, No olhar de Juliana”, “Valsa do Desencanto” e “Voarás”, além de outras em parcerias e composições de mestres

como Cais da Esperança de Godofredo Guedes. “O Jardim da Fantasia, apelidada carinhosamente pelos fãs de Bem-te-vi, nunca sai do repertório”, declara o cantor, que acredita que o grande sucesso dessa música se deve à sutileza e simplicidade que ela tem. “As crianças se identificam, os adultos se encantam, deve ser esse o segredo”, declara. Nascido na cidade de Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha (região nordeste de Minas Gerais), Paulinho é compositor, instrumentista, pintor e escritor. Sua produção musical concentra-se principalmente em canções e serestas românticas. O primeiro disco, “Jardim da Fantasia”, foi lançado em 1982 pela RCA. Depois disso, se apresentou com fre-

qüência em universidades, participou de festivais e lançou discos regularmente nas décadas de 80 e 90, obtendo grande sucesso sobretudo em Minas Gerais. Em 1999 lançou o CD “As Estações do Homem”. São 25 discos, 17 livros, pinturas e bordados. Paulinho Pedra Azul é um fenômeno, quando se fala em sucesso na música independente no Brasil. Atravessou, fielmente, algumas gerações musicais, modismos de gostos duvidosos e superou expectativas, ao ser considerado, em pesquisa da AMAR (Associação de Músicos, Arranjadores e Regentes), o segundo cantor mais conhecido de Minas Gerais. Seu último disco lançado foi Paulinho Pedra Azul – 30 anos, em 2012.

Rerigtiba faz uma “viagem” no Teatro Universitário o grupo Rerigtiba sobre ao palco do Teatro Universitário no dia 12 de agosto para apresentar o seu novo espetáculo, “Uma Viagem no Tempo”, às 15 horas. A peça integra a programação do Circuito Cultural Unimed. “Uma Viagem no Tempo” retrata a história de Morton e Madame Sofi, viajantes do tempo que

estão em busca de um misterioso tesouro. Num planeta desértico descobrem uma estranha criança que não sabe sorrir. O inusitado encontro desses três personagens vai despertar a esperança, a magia, a alegria e desvendar o mistério de como as pessoas deixaram sua maior riqueza escorrer pelas mãos. De forma lúdica e diverti-

da, o espetáculo convida o público a pensar nas atitudes importantes para preservar a água. Com classificação livre, “Uma viagem no tempo” é um trabalho delicado e imagético, unindo ao mesmo tempo educação e diversão numa dramaturgia que tece um novo olhar para as produções para o público infanto juvenil.

Você gosta de Chardonnay, mas odeia Sauvignon blanc ou vice-versa. Preferencias a parte, eles são diferentes. No entanto, existem algumas semelhanças nas versões mais restritas de cada um. Então, qual é a diferença entre esses dois vinhos brancos? O Chardonnay, a uva de vinho branco mais popular do mundo, nasceu na Borgonha, na França. É no estilo Borgonha que o vinho é o mais equilibrado, perfeito com frutos do mar. Em um Chardonnay de estilo Chablis, a fruta está menos presente do que os suculentos da Califórnia e, em vez disso, exibe características mais terrosas e minerais e de corpo médio. Estes vinhos são envelhecidos em barricas de carvalho, quando ganham corpo e podem passar pela fermentação malolática (chamada de segunda fermentação, processo químico que ocorre na transformação de ácido málico em ácido láctico) que suaviza a acidez. Ou ganha cremosidade quando passa por bâtonnage, onde encontramos, na boca, sabores e aromas mais complexos. Às veze, isso não é resultado apenas de um terroir especifico e do amadurecimento em barrica, mas também de alguns processos pelo qual passa até chegar a sua taça. A bâtonnage é um deles e traz justamente esse tipo de efeito. Ela é o nome francês (acredita-se que a técnica tenha surgida na Borgonha – terra de brancos extremamente cremosos) para o ato de pegar uma “vara” (bâton, em

francês) e mexer o fundo da barrica de vinho, revolvendo as borras (leveduras mortas) que lá se depositaram com o tempo. Sauvignon Blanc vem da região de Bordeaux da França, mas realmente bem produzidos em outros dois locais muito diferentes: Sancerre (Vale do Loire) e Nova Zelândia. Embora o estilo de Sauvignon Blanc seja semelhante entre os vinhos para Sancerre e Nova Zelândia, em Sancerre há uma mineralidade muito maior, porém, ambos sejam mais ácidos e muito refrescantes. Casamento harmônico com nossa moqueca capixaba. Também nessa região existe um processo chamado sur lies, que faz o branco dessa região ganhar complexidade. Mas o que é o método sur lie? É uma expressão francesa que ao pé da letra significa “sobre as lías”, ou seja, sobre as leveduras mortas do vinho, comumente chamadas de borra. Após a fermentação alcoólica dos vinhos, as leveduras mortas formam uma camada sólida que tende a se depositar no fundo do tanque e/ou barrica onde o vinho se encontra. Neste processo, portanto, a intenção é deixar que o vinho tenha mais tempo de contato com esta camada sólida de leveduras mortas para agregar aromas mais complexos. Pode acontecer ainda o rompimento das membranas destas leveduras por autólise, ou seja, espontâneo por ação enzimática em seu interior, o que também pode agregar mais aromas e mais complexidade.


5

SEXTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Social

Bianca Coutinho bianca@eshoje.com.br MÔNICA ZORZANELLI

Avaliação de integridade

Há alguns anos as empresas buscam avaliar seus colaboradores para prevenir problemas de postura ética e moral dentro das organizações. Atualmente, o método mais usado mundialmente são os testes de integridade. No Brasil, no último ano, houve um aumento de 35% no uso da metodologia. No Espírito Santo o teste tem despertado interesses das instituições, como revelam Marianne Limonge e Maria Teresa Cardoso, psicólogas.

Jantar Solidário O Iate Clube do Espírito Santo e amigos voluntários da Findes convidam para o 2º jantar voluntário em prol do Avedalma, lar de idosos localizado em Cariacica. Os chefs convidados são Eduardo Dantas, Tom e Toninha Denadai, em parceria com o grupo “Mãos do Coração”. A noite dançante será no próximo dia 17, ao custo de R$ 70 não incluso bebidas.

Pierre Debanné entre Ana Luiza, Getulio e Denise Azevedo na inauguração da nova ótica de Jardim da Penha DIVULGAÇÃO

BIANCA COUTINHO

Vem aí. O grupo Rerigtiba de Anchieta vem

a Vitória em agosto, com a peça "Uma Viagem no Tempo". O espetáculo fará apresentações para crianças da rede municipal de Vitória e uma aberta ao público com ingressos a preços populares.

Meeting. A fisiodermato Marcela Rodrigues convida para um meeting, dia 15, para discutir o processo de coaching aliado à saúde e ao bem estar da mulher contemporânea.

O Rappa. O último show d'O Rappa em Vi-

tória está chegando e foi lançada a campanha do agasalho para deixar o momento mais especial. Quem doar uma peça no ato da compra dos ingressos, ganha 50% de desconto.

Boho chic. A tendência continua forte no

segmento de festas, principalmente nos casamentos realizados em ambientes com área verde ao ar livre. “O visual boho chic pede itens mais rústicos”, explica Flávio Paes Ladeira.

Reta final. Ainda dá tempo de se inscrever para o workshop “Do Zero a 1 milhão de seguidores – Como transformar seguidores em clientes”, com a influenciadora digital Carol Cantelli, dia 22, em Vitória.

Arnaldo Cesar Delboni e Michela Pires Nascimento Lorena na inauguração da 3S Tecnologia no ES VITOR ZORZAL/ADRIANA JENNER ASSESSORIA

Campeã. Juliana Aguiar recebeu o troféu

de primeiro lugar na categoria Micropigmentação de Sobrancelhas, no Simpósio de Integração Latino Americano de Micropigmentação (SILAM), em Recife.

Diversidade. Geraldo Lino promete sur-

preender com a decoração do quarto para homens em mostra que começa dia 16, na Praia do Canto.

Aniversariantes da semana. Roberta Fiorot, Ana Carla Kloss, Omar Mattar e Débora Guimarães (4), Júlio Riva (5), Regina Corrêa, Ronaldo de Carvalho, Sereneuza Chamon e Fabíola Saquetto (6), Flávio Dias e Flávia Carvalho (7), Eliane Rezende, Roberta Delman e Alan Figueiredo (8), Danieleh Coutinho e Pedro Gusmão (9), Fernando Barros e Hugo Caiado (10). Parabéns!

Elisangela Cozzer e Toshihiro Asamura se unem em um novo projeto estético no estado

A diretora do espetáculo “Deu a Louca na Branca”, Regiana Antonini entre os diretores de produção Wesley Telles e Bruna Dornellas


6

SEXTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Palcos e Atores cacaumonjardimphd@yahoo.com.br L

Cacau Monjardim

H

á alguns anos, quando foi assinado o primeiro contrato para reforma e modernização do aeroporto de Vitória, resolvemos acompanhar diariamente o roteiro das obras reunindo nos últimos 17 anos de dolorosa espera, tudo que acontecia e hoje está, com impressionante detalhamento, num volume histórico e resgatador das obras em execução. Esperamos poder oferecer, em dezembro, quando finalmente o discutido projeto será oficialmente entregue aos capixabas, aos anais de nosso legislativo resgatando um acontecimento que se transformou na novela de praticamente duas décadas . Agora estamos começando a ver que um processo similar está para acontecer com a duplicação da BR 101. É contrato pra lá, desculpas pra cá, demora das entidades ambientais, promessas federais, alguns remendos noticiosos e até ameaça de devolução da concessão ao Governo Federal, segundo decisão da concessionária . Espero que alguém comece esta nova novela, desta vez, rodoviária. Entrei em recesso sobre o assunto e torço para que tenha, realmente, eco em termos da realidade contratual. DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO/GLOBO

Ana Maria e seu fiel escudeiro Louro José

MAIS VOCÊ

Na última quarta-feira, o programa “Mais Você”, de Ana Maria Braga, me concedeu a honra de ser figurante, abordando todos os segredos da nossa Moqueca, inclusive preparando-a religiosamente dentro da sua autentica receita, chegando a citar com simpatia o meu bordão e as inegáveis virtudes que o urucum encerra. Também, com destaque, elogiou a criatividade artesanal do meu “kit Moqueca”. Vou tentar trazer com apoio oficial, a Ana Maria e o seu fiel escudeiro Louro José, para no dia 30 de setembro, Dia da Moqueca Capixaba venham comemorar e desfrutar ao vivo do sabor da nossa culinária.

LATÊNCIA

Que a novela do aeroporto não "inspire" outros longos capítulos do projeto de duplicação da BR - 101 DIVULGAÇÃO

CARAS

WINDSURF

Estamos esperando para o fim deste mês a edição especial da Revista Caras, que trará importante reportagem sobre a região da montanha capixaba, destacadamente cobrindo Domingos Martins, Afonso Claudio, Castelo e Venda Nova do Imigrante. O Espírito Santo oferece uma região rica em pousadas, restaurantes, culinária ítalo-germânica, orquídeas, colibris e uma natureza preservada e encantadora, com um clima típico das regiões mais frias, abraçando o conforto e a tranquilidade da generosa convivência com o encanto da Pedra A zul. No lago da Pousada Pedra Azule no complemento de sua paisagem, a equipe de Caras viveu dias inesquecíveis.

Ricardo Conde, dentro de suas melhores condições físicas e técnicas, conquistou no mês de julho, duas das mais importantes premiações da Formula Windsurf Internacional e Nacional. Na Itália o nosso Campeão, contra um grande número de especialistas, logrou conquistar o 4º lugar do mundo. Na segunda quinzena deste julho tão expressivo, Ricardo Conde voltou a competir no Campeonato de Windsurf Nacional , realizado em Serrambi, em Pernambuco, onde conquistou o Vice-Campeonato e, ao mesmo tempo, o 1º entre os Veteranos. Tanta garra e disposição, por certo, tem alguma coisa a ver com a radioatividade balsâmica, terapêutica e medicinal de Guarapari, onde treina e vive.

A exposição da pintora Alba Regina, realizada no Hall de entrada do Tribunal de Justiça, está bombando, em termos de visitação e vendas, com seleção de seis de suas mais aplaudidas criações. Sendo uma experiente especialista em educação, Alba Regina mantem cursos especiais de pintura e desenho, o que tem motivado visitas de muitas alunas, hoje, com seus próprios alunos. Nesta semana a exposição recebeu a visita das professoras e ex-alunas de Alba Regina, Barbara Brandão e Sara Dantas. A importante exposição, que poderá ser visitada de 12 às 18 horas, de segunda a sexta, continuará até o dia 13 deste mês.

MUNDO CÃO

Ricardo Conde: 4º windsurfista do mundo

Os fotógrafos Tadeu Bianconi e Gabriel Lordello estão realizando com sucesso, no Bendito Bistrô, na Joaquim Lyrio, a exposição “Mundo Cão” , com fotos selecionadas entre famosos cães nacionais e internacionais. É uma seleção especializada e que movimenta o restaurante, todos os dias, de 18.30 às 22 horas, até 19 do corrente. Esta dupla tem na agulha um projeto documental sobre as grandes paisagens e regiões estaduais, inéditas, que deverão ser o ponto alto de um projeto em elaboração, para lançamento em Paris ou Londres, sobre , este sim, “Bendito Espírito Santo” .

Pelo sim pelo não, vai ficar difícil resolver esta equação: 263 x 227 = ?


7

SEXTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Moda

Lorena Vago

lorena@eshoje.com.br FOTOS:DIVULGAÇÃO

Rosa millennial

Look vestido Lez a Lez para Vestiaire; sutiã Any Any; tênis Cantão Shopping Vitória; look Chris Trajano

Millennial. O nome pode soar novo, mas certamente você já se deparou com uma onda rosa: roupas, objetos de decoração, cabelos, comidas, maquiagem... Tudo em tom quase pastel. Ela foi chamada de rosa quartzo e eleita a cor do ano de 2016 pela Pantone. Apesar de não ser a tonalidade eleita para este ano, esse rosa tem aparecido cada vez mais. Clarinho e delicado, porém com atitude, o tom pop do momento é o favorito da vez de fashionistas e influencers da nova geração conhecida por seu estilo afiado e, claro, inspirador. Além de levar, inclusive, uma mensagem politizada por trás: o rosa millennial vem com status genderless, tudo a ver com essa geração, sem ser associado diretamente ao feminino. Chegou

com um papel importante em tempos de luta por igualdade de gênero entre outras muitas bandeiras de diversidade. Seja em looks esportivos ou em eventos noturnos, a cor vem se fazendo presente no street style. Apareceu em casacões, calças, vestidos de veludos, moletons e em vestidos glamourosos de passarela e red carpet. Importante lembrar que, por ser quase neutra, a cor é bem fácil de combinar com outras peças - inclusive com outros tons de rosa, mais poderosos ou mais escuros.

Batom Lancôme; blush Make Up Forever; óculos Roberto Cavalli; look macacão Empório Life; brincos My Gloss; tênis Mon Petit e Piccadilly e look Riviera Store

Moda nacional e internacional

A 15ª edição da Feincartes - Feira Internacional de Artesanato e Decoração, em cartaz na Arena Camburi, até o dia 13 de agosto, vai muito além de decoração. Com expositores de 13 países e 11 estados brasileiros, a feira também traz moda para os capixabas. São bolsas do Peru, sandálias do Paquistão, vestidos e batas indianas, joias e acessórios da Turquia e muito mais. Destaque também para roupas feitas à mão por artesãs de Ouro Preto (MG), e também os acessórios de capim dourado direto de Tocantins.

Nova Baby Chèrie

Look Femininas; look Açúcar Moreno; sandália Spot Shoes; jaqueta Track&Field; iluminador Urban Decay; pulseira libélula Ricardo Vieira; saia So Cute; slip on Constance

Uma das maiores lojas virtuais de produtos do universo mom, baby & kids, ganha nova loja física no coração da Praia do Canto. A Baby Chérie passa a atender em um espaço mais amplo e aconchegante. Além das marcas que já fazem parte do mix, algumas com vendas exclusivas no Brasil, a loja passa a oferecer moveis de designers renomados.

Relax

Para quem está buscando relaxar, a dica da Phytos Prime Dermocosméticos, localizada em Jardim Camburi, são os óleos aromatizantes Raísa Cosmética Artesanal. Com diversos aromas, cada essência possui uma função que visam deixar o dia mais calmo, sereno e com uma sensação de corpo e energia revigorados.


8

SEXTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO DE 2017 j WWW.ESHOJE.COM.BR

Sabor ES

Marcela Bourguignon

Porque comer com prazer é ainda melhor!

Cozinhando com amor

sabores@eshoje.com.br

BOEUF BOURGUIGNON FOTOS: DIVULGAÇÃO

Dividir unindo. Pode parecer um paradoxo, mas é assim que gosto de viver e cozinhar. De dar aula. Gosto de dividir conhecimento, agregando cultura, informação, carinho. Estou sou eu, na vida e profissionalmente. Muito prazer sou a professora e chef Marcela Bourguignon! A partir de agora, assumo esta coluna para compartilhar com vocês as minhas experiências na cozinha. Sou professora de gastronomia da Universidade Vila Velha, e dou aula de Cozinha Nacional. Minha cozinha tem uma pegada bem familiar, com pratos fartos, para compartilhar, cozidos lentamente... Em nossas colunas vamos trocar experiências, com receitas minhas e de outros profissionais amigos e alunos. A ideia é sempre trazer coisas novas e

gostosas, dicas especiais, adaptações. É criar gostos e sabores! Para começar com o pé direito e mostrando o que virá pela frente, escolhi uma receitinha que faço muito para a minha família, que está enraizada em mim... Até mesmo pela minha origem, sobrenome. Essa é uma receita tradicional da culinária francesa da região da Borgonha, boa de fazer na companhia de amigos, da família, dos amores... Uma delícia para cozinhar conversando, tomando um bom vinho... Voilá!

GUARNIÇÃO BOURGUIGNON

Ingredientes

w 250 g de cogumelos fres-

cos cozidos w 150 g de cebolinhas pérolas w 50 de açúcar w 150 g de bacon em cubos w 30 g de manteiga

Modo de preparo: w D

as cebolinhas. Coloque-as em uma panela rasa com o açúcar e metade da manteiga. Cubra com água e deixe cozinhar até que a água evapore e as cebolinhas fiquem caramelizadas. Reserve. Em uma frigideira, doure o bacon na manteiga restante. Acrescente os cogumelos frescos e refogue por alguns minutos. Junte as cebolinhas e retire do fogo. w D o boeuf bourguignon em pratos individuais ou em uma travessa familiar, cubra com a guarnição. Sirva acompanhado de purê de batatas ou uma massa na manteiga. w R: 5 porções

Ingredientes w1

kg de músculo do traseiro, coxão mole ou alcatra w  e pimenta-do-reino preta w 30 g de farinha de trigo w 30 ml de óleo de milho w 1 litro de caldo de carne

Modo de preparo: w C

w1

garrafa de vinho tinto g de cenoura em cubos w 100 g de cebola em cubos w 2 dentes de alho picados w 1 bouquet garni (amarrado de ervas á gosto, tomilho, alecrim, salsa, sálvia, louro) w 30 g de extrato de tomate w 100

a carne em cubos de 50 g a 60 g cada. Tempere com sal e pimenta-do-reino preta. w C o óleo em uma panela grande e leve ao fogo, dourando a carne. w J a cebola, a cenoura e o alho e refogue mais um pouco. Polvilhe a farinha e deixe cozinhar em fogo baixo por mais 5 minutos. w A o extrato de tomate, o vinho tinto e o bouquet garni. Cozinhe por mais 10 minutos para retirar a acidez do molho. w A o caldo de carne, tampe a panela e deixe cozinhar por 2 horas, em fogo baixo, mexendo de vez em quando. w Q a carne estiver cozida, separe os cubos de carne e o bouquet garni. Passe o molho pela peneira. w L o molho de volta à panela e junte os cubos de carne. w R: 5 porções

Jornal ESHOJE_656  

Vereadores de Aracruz protocolam pedido de CPI, para investigar irregularidade em contrato de limpeza pública

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you