Page 1

mulher

• agosto de 2010 • edição 1 • suplemento integrante do jornal em dia nº 8

Academia, quase vazia, durante o período de inverno

O inverno e a balança

O Mulher Em Dia foi atrás de respostas. Afinal, por que engordamos durante o período mais frio do ano? Frio e férias, a combinação que fez a enfermeira Ana Claudia Guedes Alves, 42, engordar três quilos no período do inverno. “Se eu ainda tivesse 1,80 m de altura para distribuir esses três quilos, tudo bem, mas com 1,57 imagina como me sinto?”, indaga. A receita para tal “catástrofe” conhecemos bem. A aventura gastronômica começava cedo. Já no café da manhã, a enfermeira trocou as tradicionais frutas por pães, mortadela e queijo na chapa, daqueles que chegam a esticar a cada mordida. No almoço e jantar, o cardápio variava entre rabada, mocotó e outras variedades quentes e gordurosas. Com as tardes livres, Ana passava o dia deitada debaixo das cobertas assistindo a filmes e muito bem acompanhada de pipoca, chocolate quente... “Não queria saber de nada frio, só comida quente. E o Zé [José Eduardo, o marido] ainda gosta de comida gorda, aí já viu, né?”, reconhece. Com esse cardápio, podemos concluir que os três quilos saíram barato para Ana, que só não engordou mais por causa dos exercícios que faz. “Não deixei de praticar atividade física. Continuei frequentando a academia e só mesmo nos dias de muito frio é que faltei. Como enfermeira, reconheço que fiz tudo errado em relação à alimentação. Não recomendo a ninguém”, aconselha. Consciência de que o cardápio da Ana, nesse inverno, não é o recomendado, todas nós temos, porém, controlar esse impulso é que é o grande desafio. Segundo a nutricionista Mônica Cristina Bósio, no frio, o organismo precisa trabalhar mais para manter a

temperatura do corpo e a principal fonte de energia é a comida, então realmente sentimos mais fome e vontade de comer comidas mais quentes. “Dentre os alimentos, os carboidratos [doce, pão, macarrão, arroz] são as fontes mais rápidas de energia e normalmente são os mais calóricos por serem ricos em gordura, açúcares e sódio, o que faz mal ao organismo e faz engordar”, explica Mônica. Outro erro que se comete nesse período, segundo a nutricionista, diz respeito à hidratação. Com as baixas temperaturas, deixamos de lado, ou ao menos reduzimos muito, o consumo de água e a hidratação, que ajudam a conservar a temperatura do corpo, eliminar as toxinas e a manter o peso baixo. Apaixonada confessa por doces e massas, a professora Sônia Alves da Silva Bedusque, 42, reconhece que, durante o inverno, aumenta o desejo de comer esses alimentos e reduz drasticamente a coragem para fazer atividade física. “Eu diminuí os exercícios e aumentei a comilança, antes eu comia sempre uma fruta, durante o lanche da manhã, na escola, mas desde que começou o frio não sinto vontade, voltei a comer pão, bolacha, tomar café e chá... E quando estou na TPM [tensão pré-menstrual], aí não me controlo mesmo. Outro dia comprei goma, bala de café e bombom para comer à tarde... A esteira, que eu usava para caminhar 40 minutos todos os dias, está lá... Fico desanimada só de olhar para ela, falta coragem, resultado: engordei dois quilos”, conta a professora. Colega de Sônia na escola, a professora

Lígia Mara Nunes, 46, reclama da fome que sente à noite, nesse período do ano. Segundo ela, tudo o que não come durante o dia, extravasa ao anoitecer. “Já vou dormir com a consciência pesada e acordo pior ainda”, relata. Antes de o inverno chegar, Lígia tinha uma rotina de malhação e boa alimentação, estava de bem consigo mesma, mas bastou chegar o frio para dizer tchau à disciplina. “Tudo o que eu tinha emagrecido, voltei a engordar... Há umas quatro semanas tenho frequentado certinho a academia e, até agora, não emagreci um grama, mas, pelo menos, parei de engordar”, reconhece. Revertendo a situação É possível perder peso, em vez de engordar no inverno. Basta reduzir o carboidrato, incluir alimentos mais nutritivos ao cardápio e “optar por sopas, caldos, colocar mais verduras, legumes, incluir os refogados. Nos intervalos das refeições, ingerir uma fruta cozida ou assada, que tem baixa caloria e é rica em vitaminas – importantes para fortalecer o sistema imunológico do organismo, pois com baixa imunidade vêm a gripe, o resfriado, as doenças pulmonares... E cuidar para não deixar de lado a atividade física”, orienta Mônica. Se beber água não lhe apetece no inverno, a melhor alternativa para aquecer e hidratar são os chás de frutas secas ou ervas, mas cuidado com o excesso de café, chá mate e chá preto, que “são estimulantes e vão aumentar ainda mais o apetite”, alerta a nutricionista. Queda na frequência em academia chega a 40% no inverno De fato, manter o ritmo da atividade física, no período do inverno, não é uma tarefa fácil. Segundo o proprietário de academia e educador físico, Carlos Alberto dos Santos,

43, durante a estação, a frequência cai, em média, 40%. “No inverno, falta coragem para sair da cama pela manhã ou de casa à noite para fazer exercício físico. Se, naquele horário, em que a pessoa está acostumada a frequentar a academia, estiver muito frio, ela não vem. E, faltando um dia, já perde o ritmo e desanima para voltar no dia seguinte. É uma reação em cadeia”, avalia. Bom seria se pudéssemos comer à vontade, sem engordar, ficar embaixo das cobertas e, ainda assim, tonificar os músculos ou tomar chocolate quente e eliminar as celulites... Enquanto esse dia não chega, o negócio é arregaçar as mangas e ir à luta para ficar de bem com o espelho e, especialmente, com os exames médicos. Alimentos ricos em carboidratos: arroz, milho, trigo, aveia e outros cereais, alguns tipos de batatas, inhame e raízes ricas em amido e também o açúcar. Alimentos ricos em fibras: Cereais integrais: aveia, quinoa, arroz e pão integral, linhaça Frutas: laranja, maçã, manga e ameixa, sempre com casca e bagaço Vegetais: couve, repolho, agrião e berinjela Grãos: feijão, lentilha, soja, ervilha e grão-de-bico Alimentos ricos em proteínas: Leite de Soja, Iogurtes, Ovos, Queijo, Peixe, Carnes Magras como Alcatra e outras, Pão Integral, Nozes, Massas Integrais.


2

mulher Editorial

Você sabe o que é moda?

Olá, tudo bem? O jornal Em Dia de agosto chega às suas mãos com uma novidade. Um espaço dedicado a nós, mulheres, para falarmos de moda, saúde, beleza, filhos, dicas, receitas, consumo, atualidades, enfim, tudo que nos interessa diretamente. O caderno Mulher Em Dia nasceu para falar sobre o fantástico e complexo universo feminino. Aqui, os temas abordados serão tratados sempre de forma leve e descontraída, procurando unir informação e diversão. Nesta primeira edição, relatamos a incansável batalha que travamos contra a balança e como, quase sempre, somos vencidas por ela durante o inverno. Mas não pense que vamos apenas falar das dificuldades. Nossa equipe entrou em contato com especialistas no assunto, que apontaram soluções e deram a receita para ter aquela força de vontade na hora dos sacrifícios. E para dar aquela ajudinha, na dura tarefa de se manter em forma, publicamos neste volume uma receita leve, saborosa e saudável, que vai aquecer e confortar você nas noites frias, sem peso na consciência e na balança. Nossas edições trazem também dicas domésticas para facilitar a sua vida. Na seção Consumo, você poderá encontrar sugestões de produtos de qualidade, presentes nas inúmeras lojas de nossa região. Este caderno nasceu com a ideia de se tornar um parceiro no seu dia a dia, com formato reduzido e conteúdo útil e interessante para se ter sempre à mão, e colecionar. Espero que gostem. Foi feito com muito carinho.

Moda não é tendência e nem tão pouco uma griffe. Moda é uma linguagem! Isso mesmo, uma linguagem não verbal que objetiva transmitir uma mensagem. Seja fazer parte de grupo social, por meio do simples uso de determinadas roupas no dia a dia, ou, num contexto maior, saber a forma adequada de se vestir ao comparecer a um determinado evento, por exemplo. Alexandre Herchcovitch, Carlos Miele, Dudu Bertholini e Victor Dzenk são alguns dos estilistas de renome, no Brasil, que souberam compreender um mercado altamente lucra-

Ana Ribeiro Editora

dicas O papel filme é um ótimo aliado na cozinha, seja para cobrir uma vasilha sem tampa, modelar massas e rocamboles, embalar bombons etc. Mas nada nos irrita mais do que quando ele resolve enrugar... E isso, normalmente, acontece quando estamos com mais pressa... Para evitar que isso ocorra, basta guardar o rolo de papel filme dentro da geladeira, dessa maneira ele fica mais firme e fácil de manusear.

tivo e promissor, além de conquistarem o reconhecimento dos profissionais brasileiros. Visto que a moda abrange um segmento em plena expansão, há necessidade de pessoas capacitadas e qualificadas para exercer as diferentes funções oferecidas pelo mercado de trabalho existente no mundo da moda. A Faculdade de Ensino Superior do Interior Paulista (FAIP), localizada em Marília, SP, implantou, de forma visionária, o curso de Bacharelado em Moda & Estilismo. O principal objetivo é promover a formação de profissionais em nível

Publi- al editori superior para este mercado. O curso visa a traduzir novos padrões de comportamento em estéticas industrialmente aplicáveis, compreendendo todos os segmentos da modelagem, passando pelo design, criação e tecnologias têxteis, promovendo um profissional capaz de interagir e suprir as necessidades deste segmento. Venha a FAIP-FAEF e confira este curso inovador e os demais cursos como Administração (diurno e noturno), Pedagogia e Educação Física. Siga esta nova tendência para a Primavera/Verão 2011.

Noite fria, a fome bate e com ela a vontade de comer algo bem quentinho e saboroso. Para que esse desejo não reflita, negativamente, na balança, o Mulher Em Dia selecionou para você uma receita leve, prática e nutritiva, elaborada pelo programa “Se alimente bem por R$ 1”, do Serviço Social da Indústria (SESI). Siga a receita e bom apetite.

Creme de abóbora Ingredientes: 2 ½ xíc. (chá) abóbora cabotiã 4 xíc. (chá) água 4 col. (sopa) arroz 2 ½ xíc. (chá) leite ¾ xíc. (chá) cebola 1 col. (sopa) margarina 1 col. (chá) sal

Modo de preparo Cozinhe a abóbora na água até ficar macia. Acrescente o arroz e deixe cozinhar até amolecer e secar a água. Leve ao liquidificador e bata com o leite, a cebola e a margarina. Leve ao fogo brando, até engrossar. Tempere com sal.

Grau de dificuldade: simples Tempo de preparo: 1 hora

Rendimento: 4 porções Valor calórico: 203,23 kcal./porção


3

mulher

Dica de maquiagem para o inverno antes

depois O inverno de 2010 pode ser chamado de ‘a estação dos olhos’, quando o assunto é maquiagem. Cores cintilantes, prata e preto esfumados realçam o olhar. O blush define, com discrição, a maçã do rosto e os batons opacos e ‘cor de boca’, de cores rebaixadas, como o nude, suavizam os lábios. Embora, essa

seja a tendência da estação, o principal segredo para estar bonita é “você se sentir bem, se identificar com o tipo de maquiagem”, destaca Tailine Cioni de Oliveira, 18, consultora da Yes! Cosmetics de Echaporã. Ela dá ainda algumas dicas de como compor um visual para arrasar na noite.

Passo a passo O primeiro e mais importante passo é manter a pele limpa e saudável. Para isso, é importante usar, diariamente, um sabonete facial e hidratante específicos para o seu tipo de pele. Se você usa maquiagem todos os dias, um bom demaquilante é indispensável. Alguns produtos disponíveis no mercado já limpam, hidratam e tonificam a pele. Com a pele limpa, a maquiagem começa pela base, que deve ser espalhada de maneira uniforme por todo o rosto. Tailine sugere as translúcidas, que se adaptam a qualquer tom de pele. Com o corretivo, você cobre as imperfeições da pele, como marcas de espinhas, olheiras etc. Uma dica bacana é passar o corretivo nas pálpebras, pois ajuda a fixar a maquiagem. Na sequência, para deixar a cor do rosto uniforme, entra o pó translúcido. “O pó pode ser passado até o pescoço, para igualar o tom

da pele e não ficar com aquela impressão de ‘rosto de boneca’, como costumamos chamar”, alerta a consultora. Hora de maquiar os olhos. Com o aplicador, passe a sombra em toda a pálpebra. Com o pincel chato, aplique o branco ou prata apenas no canto interno dos olhos para iluminar. O preto é aplicado da metade para fora das pálpebras. “Quando a gente passa o preto, dá a impressão que estragou a maquiagem, mas basta manter a calma, limpar o pincel e esfumaçar bem a sombra, que o visual vai ficar ótimo”, explica Tailine. Contorne os olhos com lápis preto ou delineador e com o rímel. Como os olhos são o destaque da make, o blush deve ter um tom bem claro, aplicado na maçã do rosto. “Sempre alongando os movimentos, nunca em círculo”, lembra a consultora. Na boca, um batom claro e discreto; o chamado nude impera nesta estação. Pronto, agora é só entrar no clima do look e sair linda!

Consumo Deo colônia masculina Attract Yes! Cosmetics R$ 45,00 (18) 3356-1226 Echaporã Velas decorativas Brasiluz Preços sob consulta (14) 3457-1222 Oscar Bressane Chinelos customizados Adriana Diziola R$ 36,00 (14) 9797-3691 Oscar Bressane


Mulher Em Dia  

Suplemento feminino da edição do jornal Em Dia n° 8.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you