Issuu on Google+

w w w . j o r n a l e d i c a o d o b r a s i l . c o m . b r

18 a 25 de setembro de 2011

Rio São Francisco, com 510 anos, pode ser eleito Patrimônio da Unesco

Nº 1483

R$ 1,00

Divulgação

Belo Horizonte/Brasília

Autoridades do governo mineiro e federal estiveram em Montes Claros, no Norte de Minas, para debater a revitalização e o tombamento do Rio São Francisco, como Patrimônio Mundial da Unesco. O Velho Chico está completando 510 anos e seu futuro é motivo de discussão nacional. Cidades – Página 9

PM precisa de 51 mil homens para garantir nossa segurança H

Comer bem é uma boa dica contra o Câncer de Próstata Ingerir quantidades mínimas de sal, consumir pouco açúcar, comer muita salada, fazer caminhadas regularmente e tomar banhos de sol. Estas são algumas dicas do médico Ailton Gomes Faion, para quem deseja evitar o Câncer de Próstata. O especialista comenta: “A patologia apresentou 50 mil novos casos no Brasil. Em média, 15 mil homens, a cada 100 mil casos diagnosticados, morrem no país por complicações da doença”. Este quadro pode ser melhorado se houver diagnóstico precoce. Vida – Página 8

Fábrica da Coca-Cola vai mudar o futuro de Itabirito

Se no ano passado o setor de vestuário mineiro faturou R$ 1,4 bilhão, a previsão para 2011 é de crescimento de 10%. A expectativa pertence ao empresário Michel Aburachid, presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Minas. O mercado emprega 150 mil pessoas, sendo o Bairro Barro Preto, em Belo Horizonte, o maior ponto de pronta entrega de nosso Estado. Economia – Página 5

JEditorial

Indústria do vestuário em Minas espera crescer 10% neste 2011

AS LOJAS do Barro Preto são as mais frequentadas de BH

Estado bate recorde de presos trabalhando Cidades Página 10

Em Itabirito, há cerca de 50 quilômetros de Belo Horizonte, o prefeito Manoel da Mota comemora o início da construção da fábrica da Coca-Cola. Os investimentos chegam a R$ 250 milhões. Serão gerados cerca de três mil empregos diretos e indiretos. O melhor é que isto representa R$ 50 milhões em ICMS por ano, a partir de 2013. Economia – Página 4

Divulgação

Divulgação

ouve um ligeiro aumento de homicídios na Região Metropolitana de Belo Horizonte em 2011, em relação ao ano passado. O chefe da assessoria institucional da PM, Coronel Brito (foto), garante que isto acontece devido ao crescimento populacional da região. Por outro lado, foi registrada uma estabilidade em relação a outros crimes violentos. Ele destaca a atuação conjunta daquela instituição com a Polícia Civil, especialmente na parte operacional, e aponta que o ideal são 51,7 mil policiais militares para combater os crimes em Minas. Opinião – Página 2

MANOEL da Mota comemora os números positivos

Governador deve promover mudança no seu secretariado A partir deste mês de outubro, o governador Antonio Anastasia começa a analisar os nomes que podem deixar o seu secretariado em dezembro. Esta é a informação circulante nos meandros do segmento político, especialmente nos corredores da Assembleia. O governador quer atender melhor o senador Zezé Perrella, enquanto os afilhados de Itamar Franco perdem força. Política – Página 3


EDITORIAL Divulgação

só falação

Julho Editorial Ltda Cooperativa de Comunicação Social ARTHUR LUIZ FERREIRA Diretor-Editor (licenciado) EUJÁCIO ANTÔNIO SILVA Diretor-Responsável ESCRITÓRIO CENTRAL - BELO HORIZONTE AV. FRANCISCO SÁ, 360 - PRADO CEP 30.411-145 TELEFONE: (0 xx 31) 3291-9080 Endereços Eletrônicos: jornaledicaodobrasil@terra.com.br e.brasil@yahoo.com.br Site: www.jornaledicaodobrasil.com.br

*Márcio Fagundes

| Andreza Cruz |

A democracia venal

E O ASSESSOR institucional da PMMG, Coronel Brito, afirma que a integração das forças trouxe eficiência para o serviço policial

m 2011, a questão da segurança pública em Minas Gerais está sendo bastante discutida. A princípio, pelas reivindicações de aumento salarial por meio de manifestações que aconteceram no início do ano. Segundo, pela discussão constante a respeito da integração das forças policiais. O assessor institucional da PMMG, Coronel Brito, em entrevista ao Jornal Edição do Brasil, fala sobre as condições atuais da segurança em Minas Gerais, os benefícios da integração das polícias e os projetos para a Copa 2014.

Qual é a visão geral da segurança em Minas Gerais? A segurança pública em Minas está estruturada no Sistema Integrado de Defesa Social, no qual a Polícia Militar, a Civil e o Corpo de Bombeiros Militar fazem parte. As estatísticas comprovam que em todo o Estado, a partir de 1995, a criminalidade vinha num viés de crescimento. Isto foi ainda mais acentuado entre 1996 e 2003, quando aconteceu uma estabilização. A partir de 2003, quando teve início uma série de investimentos do Governo de Minas na segurança pública, houve uma expressiva redução dos índices de criminalidade, de modo que até 2010 registrou-se, em todo o Estado, uma queda muito significativa nos crimes violentos, na ordem de 46,84%, com uma redução ainda maior na Capital, que atingiu 52,37%. Em relação aos homicídios, também houve uma considerável queda, tanto no interior quanto na Capital.

Faltam profissionais ou o número atual é suficiente? Os estudos indicam a necessidade de se aumentar o contingente de policiais militares para atender à demanda crescente por segurança, em face, principalmente, do crescimento da população e da expansão das áreas urbanizadas, que têm uma relação direta com o aumento da criminalidade, sem falar no aumento dos crimes nas áreas rurais, além dos eventos da Copa do Mundo de 2014. Há que se considerar, também, a evasão natural decorrente dos que passam para a inatividade (se aposentam) e as eventuais demissões e baixas. A nossa meta é alcançar um contingente de 51.700 policiais militares, para atender às nossas necessidades dentro do que a lei permite. No entanto, o número de policiais militares atualmente é suficiente para que a Polícia Militar dê resposta pronta e imediata à sociedade.

Houve declínio da criminalidade em relação ao ano passado? Houve uma estabilidade em relação aos crimes violentos, contudo, neste ano de 2011, temos verificado um leve aumento dos homicídios em algumas cidades, principalmente da Região Metropolitana de Belo Horizonte e algumas do interior.

A integração das polícias traz benefícios à população?

EDIÇÃO DO BRASIL

18 a 25 de setembro de 2011

Grande BH registra leve aumento dos homicídios

Copa 2014:

São boas as intenções dos empresários mineiros que tentam se organizar em relação à Copa do Mundo de 2014. Porém, até agora, poucos fatos são realmente concretos, como a modernização do Mineirão e alguns investimentos no setor hoteleiro. O resto é apenas falação. Tudo se resume em expectativa: quantos jogos importantes vão acontecer em Minas? Quais cidades do Estado serão escolhidas subsedes? O aeroporto internacional terá condições de ser ampliado? São indagações feitas por todos, inclusive pelos participantes do evento. As repostas são sempre evasivas, talvez por falta de um norte certeiro, principalmente com relação à possibilidade de retorno financeiro a partir dos investimentos bancados pelos empresários. É uma situação delicada. O Governo Federal tem um compromisso com a Fifa, mas faltam recursos suficientes para alavancar o evento. Por causa disso, tenta-se induzir o setor privado a cumprir o papel que, em tese, deveria ser das hostes oficiais. Se o Executivo nacional não dispõe de dinheiro para fazer o Mundial ganhar corpo, também o governo estadual tem demonstrado dificuldades para abrir seus cofres e fazer o seu dever de casa. Por conta desta realidade, os líderes empresariais se unem tentando fazer um trabalho de convencimento quanto à boa oportunidade de realizar negócios. Um destes entusiastas é o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Minas Gerais, Roberto Fagundes. Ele calcula uma média de cem mil pessoas visitando a Capital mineira durante o mês da Copa do Mundo. Sua primeira ação prática é incentivar o lançamento de cursos para taxistas, garçons e o pessoal da hotelaria, preparando-os com o ensino de duas línguas para melhor atender ao público. Outro presidente de entidade a se manifestar foi o da Fecomércio e do Sebrae, Lázaro Luiz Gonzaga. Ele concorda ser esta uma oportunidade de transformar Belo Horizonte em uma vitrine para o mundo, cuja estrutura ficaria pronta para atrair turistas de negócios no período pós-evento. As ações anunciadas, tanto pelo presidente da ACMinas, como pelo dirigente do Sebrae, são tímidas, afinal os projetos e recursos já deveriam estar disponíveis há meses, como condição básica para credenciar a Capital dos mineiros a um evento de porte tão elevado. É uma situação incômoda. Os mineiros só têm de real o Mineirão. O resto é só papel, burocracia, reunião e encontro, tudo para tratar do tema, sem nada de concreto. O governo do Estado deveria ficar mais atento a esta realidade.

EDIÇÃO DO BRASIL

A

JEditorial

2

O P I N I Ã O

Essa integração foi e continua sendo muito bem conduzida pela Secretaria de Estado de Defesa Social, seguindo as diretrizes do governo, mas ainda há muito que avançar. Essa mudança trouxe a integração das ações, dos bancos de dados sobre criminosos, veículos e outros. Isso significa que, em Minas Gerais, atualmente, as Polícias Militar e Civil atuam, operacionalmente, em um mesmo território e, administrativamente, em um mesmo espaço físico. A população ganha em qualidade e eficiência no serviço policial.

Quais são os projetos para a segurança em Minas nos próximos anos, com a proximidade da Copa do Mundo de 2014? A partir de 2011, a PMMG lança o projeto chamado Polícia para a Cidadania, que traz um alinhamento com o programa de Governo de Minas, em sua 3ª fase, denominado Estado para a Cidadania. Ele tem foco nas ações voltadas para o ambiente externo, em que o cidadão é o principal destinatário das políticas públicas. Nestes termos, a PMMG buscará atuar em redes, com seus esforços voltados para uma relação mais próxima do cidadão, que é o Programa Polícia e Família. Em linhas gerais, esse programa concentrará os esforços na prevenção ao uso de drogas, na proteção à criança, adolescente e ao idoso, na prevenção à violência doméstica e nas zonas rurais. Em relação à Copa do Mundo de 2014 e à Copa das Confederações, a Polícia Militar já vem trabalhando arduamente nos preparativos. Criamos um gabinete de gestão exclusivamente para essa finalidade, a cargo de um Coronel, de modo que o povo de Minas Gerais, os visitantes, os organizadores e todo o público envolvido nos eventos terão uma excelente acolhida em nosso Estado.

democracia brasileira, cheia de altos e baixos na história da República, sofre crise de representatividade. Não é diferente em outras partes. Esse modelo de participação política consolidado no mundo ocidental parou no tempo, pois desprezou as grandes transformações contemporâneas. Seu arcabouço não contemplou os movimentos sociais alternativos, por exemplo, de gente embirrada com o status quo, mas que também paga impostos. Embora democrata de carteirinha, Barack Obama ganhou as eleições norte-americanas por conta de uma comoção superior ao bipartidarismo protagonizado com os republicanos. As pessoas estão acima das instituições. Os governos querem fazer crer que não. Portanto, a democracia se estatelou diante das novas tecnologias. A internet encurtou a distância entre liderados e lideranças, votantes e votados, governados e governantes. A intermediação das agremiações partidárias nas relações políticas sofreu um baque. Essas entidades amorfas penaram com o encurtamento da distância entre dois vértices deste antigo polígono de três lados. Se antes equilátero, agora isósceles. A responsabilidade por esta mudança, no bom sentido, se credita à evolução do conceito de cidadania. O indivíduo passou a exigir compromisso, consciência e postura dos detentores de mandato. Este é obrigado a prestar conta do cargo público que ocupa, sob pena de enxurrada de críticas e cobranças desabar-lhe na cabeça, afora a temível ameaça de ostracismo no próximo pleito. Voluntarismo e solidariedade, a título de ilustração, são capazes de mobilizar segmentos dos mais diversos independentemente de ideologia ou classe social. Os partidos, não. Os organismos informais de fim específico se articulam com facilidade sem a intervenção das instituições. O descrédito no mundo oficial criou uma casta de céticos, mas não de desesperançados, pelo contrário, que se impõem no processo político. Um tipo de cidadão que não se contenta apenas em se manifestar nas urnas... briga por mais! Para este segmento social, a democracia, combalida, mas imperativa em seu oficialismo, nega um novo modelo de cidadania participativa, regido, sobretudo, por idéias ou ideais. Um grupo de profissionais liberais se ensaiou em articulações que, de alguma forma, oferecesse à população uma alternativa de poder sem o ranço da política tradicional na capital mineira. Tudo bem pensado, com soluções para os problemas de mobilidade urbana, educação, saúde e segurança, o Calcanhar de Aquiles da atual administração. A proposta, a princípio, seria submetida ao eleitor por meio das redes sociais. A população se inseriria espontaneamente no processo. Somente na reta final, ou seja, depois de apresentado o projeto à comunidade com as devidas intervenções seria aberto o debate sobre a necessidade de uma legenda abrigá-lo. Nesta hora, porém, a onça bebeu água. A engrenagem acionada pela democracia brasileira ainda converge, infelizmente, para os partidos. Não existe outra opção senão a de se enquadrar neste perverso formalismo manipulador. Acontece que as legendas são venais, das grandes às ínfimas. Defendem interesses escusos, que passam ao largo do eleitor, mais preocupado com o imediatismo de melhorias no cotidiano. Já passou da hora dessa gente bronzeda mostrar seu valor. A democracia se recusa a abraçar projeto político que contemple a soberania popular em sua totalidade. Enfim, dona democracia, abra as asas sobre nós!

*Jornalista, cronista político e advogado


P O L Í T I C A

EDIÇÃO DO BRASIL 18 a 25 de setembro de 2011

Tércio Amaral

Ricardo Barbosa/Almg

Governador deve mudar secretários em dezembro depois de oito meses sendo tratados a pão e água. Eles sabiam que os cofres do Estado estavam vazios e esperavam o posicionamento oficial do Executivo sobre o assunto. Mas na opinião do deputado de oposição, Rogério Correia, o governo está concentrando dinheiro para investir em 2012, por ser um ano eleitoral.

O secretário de Governo, Danilo de Castro, se reuniu recentemente com os deputados da base aliada na Assembleia, para anunciar que neste final de ano o governo vai liberar os recursos das emendas parlamentares referentes ao final de 2010. Isto

deputado do PTB, Bráulio Braz Na realidade, a situação que mais trouxe desgaste para o governador Anastasia foi a greve dos professores, com mais de três meses de duração. A equipe técnica do governo, liderada pela secretária Renata Vilhena, tem apresentado números para mostrar que os mestres estão sendo atendidos com vencimentos acima do teto nacional. As argumentações da equipe não vêm funcionando. Assim, já se fala na possibilidade do governador transferir esta negociação para a área política, pois apesar de todos os esforços o problema persiste, trazendo desgaste para o governo. Na Cidade Administrativa, existem sinalizações dando conta de uma realidade: antes do final do ano, o chefe do Executivo mineiro fará ajustes em seu secretariado, mudando nomes e

ANTÔNIO Jorge, da Saúde, pode ser a primeira vítima atribuições. Existem defensores da tese segundo a qual está na hora de uma composição de forças, com a presença do senador Zezé Perrella em Brasília e seu filho Gustavo Perrella como deputado estadual. Consta nos bastidores que as mudanças começarão com a saída do ex-ministro Henrique Hargreaves da representação do governo mineiro em Brasília. Ele, afilhado do falecido senador Itamar Franco, está sem padrinho

Lia Priscila/Almg

Está oficialmente marcada para às 20 horas do dia 3 de outubro a solenidade de posse da nova diretoria do Centro de Cronistas Políticos e Parlamentares de Minas Gerais, no plenário principal da Assembleia Legislativa. À frente do evento es-

para se manter no cargo, assim como o atual secretário de Saúde, Antônio Jorge. Um deputado com acesso ao gabinete do governador aposta na seguinte possibilidade: secretários devem mudar de lugar, outros disputarão prefeituras e alguns podem simplesmente ser substituídos antes do Natal. “O professor Anastasia vai, a partir de 2012, dar uma nova fisionomia ao seu governo”, garante a fonte.

tará o presidente da Assembleia, deputado Dinis Pinheiro, contando com presenças importantes como do governador Antonio Anastasia, do vice Alberto Pinto Coelho, do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, do secretário-geral da Casa, Dilzon Melo, de representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público.

Nova Diretoria O jornalista e comentarista político Carlos Lindemberg foi reeleito presidente da entidade por mais dois anos. Ao seu lado, foram eleitos como vice-presidentes o jornalista Márcio Dotti, editor de jornalismo da Rádio Itatiaia, e o ex-presidente da entidade, Manoel Murta. A nova diretoria tem a missão de resgatar o prestígio do CEPPO, uma

entidade cuja finalidade é aglutinar repórteres, articulistas e comentaristas de temas relacionados à política em Minas Gerais. Além da diretoria, com oito cargos, serão empossados também os membros do Conselho Fiscal, com os jornalistas Flávio Penna, Sueli Costa e Chico Brant.

Anastasia lança o Plano de Desenvolvimento Integrado melhor ocupação territorial, acessibilidade urbana, segurança e saúde. O governador afirmou, durante a solenidade, que o Plano Diretor será capaz de trazer uma nova realidade ao cidadão da Região Metropolitana, proporcionando mais qualidade de vida com a prestação de melhores serviços públicos.  “Vamos descentralizar, distri-

Os protestos, as greves e outras manifestações comandadas pelos sindicalistas, com apoio do PT, têm transformado os corredores da Assembleia em um verdadeiro pardieiro. De uma hora para outra, até mesmo as salas próximas ao plenário principal passaram a ser invadidas com gritos, faixas, etc. Uma confusão danada. As pessoas que nada tem a ver com as ditas manifestações ficam horrorizadas com as cenas. Vamos devagar, gente...

Sucessão mineira

Jaqueline Penna

O governador Antonio Anastasia lançou, no Palácio Tiradentes, o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Belo Horizonte (PDDI-RMBH), que tem o objetivo de promover o desenvolvimento integrado e equilibrado entre os 34 municípios que compõem a RMBH. O PDDI inclui ações voltadas para o desenvolvimento sustentável,

Manifestação ou bagunça?

Os professores em greve vão continuar batendo de frente com o governador Antonio Anastasia, como forma de tentar desgastá-lo politicamente. Uma das ações previstas: saber onde ele estará presente no dia-a-dia, cumprindo agenda, para tentar vaiá-lo publicamente. Esta tática não é nova, mas será colocada em prática a partir de agora, para pressionar o governo a reabrir as negociações com os mestres. Jogo duro...

Dinis Pinheiro empossará nova diretoria do CEPPO

DINIS Pinheiro prestigiará os jornalistas da área política

V I G Í LI A S

Professores X Anastasia

Mudança de secretários A falta de investimentos do governo mineiro foi proporcional à queda da arrecadação. Quem sofreu com isto foram os secretários, que durante este ano de 2011 não tiveram oportunidades de lançar grandes programas. Existem pastas cujos orçamentos foram suficientes apenas para manter a máquina funcionando. É o caso, por exemplo, da Secretaria de Atividades Metropolitanas, comandada pelo deputado federal Alexandre Silveira. Até pastas tradicionais, como da Agricultura, praticamente não tiveram como realizar grandes feitos, por falta de verba. Outras secretarias com orçamentos irrisórios são: Trabalho, dirigida pelo parlamentar estadual do PDT, Carlos Pimenta, Turismo, comandada pelo deputado estadual do PV, Agostinho Patrus Filho, e Esportes, cujo titular é o

3

buir e estimular economicamente para promovermos uma metrópole que ofereça qualidade de vida. Este é o desafio para dar qualidade ao cidadão e para que ele tenha transporte, segurança, saúde, educação, habitação, saneamento, sustentabilidade e emprego dentro de uma metrópole habitável e urbana. O que está neste Plano tem uma visão de futuro clara para 2030, 2050,

passos específicos que vão levar, de fato, a uma realidade nova”, disse Anastasia. O evento contou com a presença do vice-governador Alberto Pinto Coelho, do secretário de Gestão Metropolitana, Alexandre Silveira, do secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, prefeitos e autoridades políticas dos municípios que compõem a Região Metropolitana.

relevância. A Região Metropolitana não prosperará como unidade única e singular se não tiver um trabalho em cooperação muito integrado entre os diversos atores organizacionais que compõem a realidade metropolitana”, destacou Antonio Anastasia. O diretor-geral da Agência Metropolitana, Camilo Fraga Reis, explicou que o Plano é formado por quatro trechos temáticos: acessibilidade, sustentabilidade, seguridade e urbanidade. “É um plano elaborado com a participação da sociedade, em conjunto com os prefeitos, que foram os grandes mobilizadores, as câmaras municipais e todos os membros da sociedade civil”. O Plano propõe a criação de uma estrutura de mobilidade em rede com obras rodoviárias e ferroviárias como opção de transporte, até 2030. Para 2050, o plano vai estender ainda mais a mobilidade

da RMBH, alcançando a cidade de Conselheiro Lafaiete e a região do Vale do Aço, com uma ligação que passe por fora de Belo Horizonte. Nesse sentido, já estão em estudo os processos de modelagem para início de obras por meio de parcerias público-privadas (PPPs). Em relação às ferrovias, também já está sendo desenvolvido um estudo pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em conjunto com o Ministério dos Transportes, para a utilização de trilhos usados atualmente para o transporte de carga no transporte de passageiros. O PDDI também prevê o tratamento e a disposição final do lixo em local adequado em 48 municípios, sendo 34 da RMBH e 14 do colar da região. O contrato no modelo de Parceria Público Privado (PPP) para essa ação está previsto para o ano de 2012.

Em Brasília, começam a surgir comentários a respeito do interesse do poderoso presidente da CNI, Robson Andrade, em relação à política mineira. Ele estaria propenso a aceitar a ideia de disputar um cargo majoritário nas eleições de 2014. É aguardar para conferir.

Sucessão em Betim Se a eleição fosse hoje, Carlaile Pedrosa seria eleito prefeito da cidade. Esta é a avaliação de jornalistas que conhecem aquele município e sabem da impopularidade da atual prefeita Maria do Carmo Lara, do PT. Porém, até o ano vindouro, tudo pode mudar.

Sucessão em MOC Em Montes Claros, Capital do Norte de Minas, a crônica política aponta o crescimento da popularidade do atual prefeito Luiz Tadeu Leite, para desespero de Cristina Pereira, sua atual vice-prefeita e candidatíssima pela oposição no próximo pleito. Como sempre, as expectativas indicam que a eleição por lá terá um duelo de gigantes.

Sucessão em Ipatinga Recentemente, a imprensa veiculou matéria apontando a possibilidade do ex-prefeito de Ipatinga, Chico Ferramenta, voltar ao poder na cidade-sede do Vale do Aço. Mas seus opositores pedem para registrar: ele estaria impedido. A conferir.

Sucessão em Contagem No segundo maior município de Minas, Contagem, a sucessão da prefeita Marília Campos continua sendo tratada com muita discrição. Comentário I: Fala-se por lá o seguinte: o deputado Durval Ângelo não tem a mínima condição de unir o PT aos demais partidos e fazer uma grande aliança, como ocorreu com a atual prefeita. Comentário II: O ex-governador Newton Cardoso lançou seu filho, Newton Júnior, como uma espécie de balão de ensaio. Porém, a tática não deu certo. Comentário III: Já com relação ao tucano Ademir Lucas, umas das apostas do Palácio da Liberdade, os comentários indicam que ele está literalmente desgastado junto ao povão do município. Resumo da Ópera: Por enquanto, não há nome favorito para suceder Marília Campos.

Pimentel sumido Nas poucas vezes que vem a Belo Horizonte nos fins de semana, o ministro Fernando Pimentel fica enclausurado, para evitar o assédio de políticos e amigos. Resta saber como vai ser na hora que ele procurar estes mesmos companheiros, para tentar alavancar suas pretensões. No passado, os políticos faziam questão de deixar suas grandes casas abertas, para receber e conversar com seus correligionários por horas a fio, tomando cafezinho, trocando um dedo de prosa. Este estilo Pimentel de se fechar só pode ser coisa da modernidade.

Participação da sociedade

Omar Freire/Imprensa MG

Além de envolver municípios, governo do estado e órgãos federais, o Plano Diretor de Desenvolvi-

Anastasia: “O Plano Diretor será capaz de trazer uma nova realidade ao cidadão da Região Metropolitana”

mento Integrado da RMBH também contará com a participação da sociedade civil organizada em seus movimentos sociais, associações empresariais e a população. O processo de mobilização social e comunitária para a elaboração do PDDI somou mais de três mil participações, envolvendo 610 organismos e entidades, sendo 61 do poder público estadual, 241 do poder público municipal (Executivo e Legislativo, entre eles 55 vereadores) e 308 da sociedade civil organizada: empresas, ONGs, sindicatos, conselhos e associações comunitárias. “Para a esfera estadual, o Plano Diretor é mais do que uma realidade, é uma norma, um comando que estamos introduzindo no nosso cotidiano. Agora ele deve receber dos prefeitos esse mesmo comportamento e tenho certeza que o será pela sua dimensão e

2552-6333


4

E C O N O M I A Guerra das TVs O crescimento da TV Record em Minas tem feito a TV Globo analisar sua programação local. Por outro lado, a tradicional Bandeirantes, uma das mais antigas do Estado, está se preparando para enfrentar a concorrência. Uma de suas primeiras medidas foi contratar o experiente jornalista Theodomiro Braga, que deixou recentemente a diretoria-executiva do jornal O Tempo para ser o poderoso da Band Minas. Aliás, já estão mudando todo o jornalismo da emissora. É isso aí...

Despacho inusitado Ao chegar à solenidade de entrega do Título de Cidadão Honorário de BH ao deputado Rodrigo de Castro, o governador entrou no salão nobre, buscou o presidente da Cemig, Djalma de Morais, deu sinal para o segurança se afastar e comentou: “Vamos despachar por dois minutos”. Os curiosos e invejosos ficaram fulos da vida, mas não conseguiram saber o que foi tratado ao pé do ouvido entre o governador e o dirigente da estatal. Coisas da política mineira.

Evento prestigiado A solenidade que tornou o deputado federal Rodrigo de Castro um cidadão honorário da Capital mineira foi um dos eventos mais prestigiados do ano. Ele aconteceu na Câmara de BH. Cena I: O governador Antonio Anastasia compareceu acompanhado de quase todo o seu secretariado, deputados federais e estaduais. Cena II: Até mesmo o presidente do PSDB nacional, Sérgio Guerra, veio prestigiar. Cena III: A solenidade foi tão badalada que o deputado federal Antônio Andrade, presidente do PMDB estadual, estava presente, feliz da vida e concedendo entrevista à imprensa sobre o assunto. Cena Final: O vice-governador Alberto Pinto Coelho foi um dos que mais conversou com os jornalistas. Para uma emissora do interior, ele disse: “Rodrigo de Castro é um deputado experiente, bom de voto e com prestígio nacional, desde sua eleição para secretário-geral do PSDB”.

Obra atrasada Está chegando a época das chuvas, período em que as grandes obras precisam diminuir o ritmo. No caso da reforma do Estádio Independência, no Bairro Horto, em Belo Horizonte, o cronograma já está com um ano de atraso. Um horror.

18 a 25 de setembro de 2011

Itabirito ganha independência econômica com a Coca-Cola Tatiana Rocha Com investimentos que giram em torno de R$ 250 milhões, a Coca-Cola irá se instalar, em breve, no município de Itabirito. Essa é a oportunidade histórica para a região conseguir sua independência financeira, pois, além de gerar mais de três mil empregos diretos e indiretos, a cidade deve arrecadar só de ICMS cerca de R$ 50 milhões por ano, a partir de 2013. O prefeito local, Manoel da Mota, se mostra entusiasmado com possibilidade de ver Itabirito crescendo no âmbito econômico, o que, consequentemente, trará mais qualidade de vida para a população. Segundo ele, a opção pelo município se deu por fatores logísticos, infraestrutura local, condições econômicas e de gestão das políticas públicas da cidade. Manoel da Mota conta que o anúncio foi recebido com festa, pois os moradores esperavam com ansiedade pela chegada de um grande empreendimento. Essa instalação representa a diversificação da economia local, antes focada na mineração. Irá resultar num ciclo de crescimento consistente na cidade, com maior renda e comércio em expansão, sem falar nos tributos, que promovem possibilidades de mais investimentos públicos. Outra questão que deve movimentar a economia local é a demanda de empresas fornecedoras que a própria fábrica da Coca-Cola irá promover. Já estão sendo feitos estudos no distrito industrial para que elas possam se instalar na região. Para preparar os trabalhadores locais, a administração vai intensificar os investimentos em

Divulgação

V IGÍLIAS DOBRADAS

EDIÇÃO DO BRASIL

SEGUNDO Manoel da Mota, os moradores esperavam com ansiedade pela chegada de um grande empreendimento

educação e qualificação profissional, com ações como o passe escolar gratuito, que proporciona transporte gratuito a todos que desejam fazer o primeiro curso técnico ou superior em outras cidades. “A Prefeitura de Itabirito está sempre preocupada com a capacitação dos seus jovens. Para isso, criou o Núcleo de Assistência à Juventude, que atende cerca de 4.300 jovens com dezenas de cursos profissionalizantes.

Além disso, há a construção do Senai, um investimento de R$ 3,5 milhões”, ressalta o prefeito. Para atrair a nova planta da empresa, o município doou um terreno de 310 mil metros quadrados, enquanto o governo do Estado ofereceu benefícios tributários, linhas de financiamentos do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e auxílio para a concessão do licenciamento ambiental.

 De acordo com informações da empresa, que pertence ao grupo Fomento Econômico Mexicano S/A (Femsa), as obras da nova unidade devem ser concluídas em um ano e meio. Durante a construção, serão gerados 500 postos de trabalho. A planta se tornou necessária porque a atual fábrica, na região Noroeste da Capital, não comporta uma expansão. A fábrica terá capacidade para produzir 2,1 bilhões de litros de refrigerante por ano.

Período de greves Não são apenas os professores mineiros que estão em greve. Também os funcionários dos Correios, professores de diversas universidades e o pessoal do Incra. Agora, a Receita Federal está discutindo se vai parar de trabalhar visando melhorar suas condições de atendimento. Vale dizer: não é só o Governo de Minas que está encontrando problemas com grevistas. O Governo Federal também entra na dança para valer.

Clésio irritante Antes do anúncio oficial do Palácio do Planalto, a assessoria do senador Clésio Andrade informou à imprensa que o Governo Federal iria lançar o edital de construção do Rodoanel na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A antecipação da informação irritou setores de Brasília. Alguns membros do PT chegaram ao dizer: “O senador é aliado, mas não fala em nome do governo”.

Os problemas de Confins As verbas federais para o Aeroporto de Confins são minguadas. Quem diz isto são os empresários do setor de turismo. Consequentemente, se o governo estadual quiser ter um aeroporto que possa representar o crescimento econômico de Minas, independente da Copa, deve tratar de colocar dinheiro no projeto. Caso contrário, teremos, em vez de aumento de capacidade, apenas puxadinhos.

Sem dinheiro Os cofres da Prefeitura de Belo Horizonte devem andar realmente em baixa. Veja que, em alguns setores, os fornecedores da nobre PBH estão esperando mais de quatro meses para receber. Que maldade, prefeito Lacerda.

Um fato inusitado O STF, por maioria de votos, em sessão plenária de 25/11/2010, julgou inconstitucional a Emenda nº 30, da vigente Carta Magna, que permitia às Fazendas Federal, Estadual e Municipal o pagamento de débitos representados por precatórios judiciários, no prazo máximo de 10 anos. O inusitado julgamento se dera após o decurso decenal da apresentação de 2 (dois) processos de arguição direta de inconstitucionalidade, junto ao mencionado Pretório, ambos de responsabilidade e iniciativa da OAB - Conselho Federal Nacional das Indústrias de São Paulo. Por mais incrível que pareça, essa emenda não mais poderia ser suscetível de julgamento, revogada que fora em 09/12/2009, quando passou a viger outra Emenda, a de nº 62, afigurando-se “pior que o soneto”, ou seja, inspirada em propósitos subalternos. Ampliou o prazo de pagamento de precatórios para 15 anos, esmagando, de forma desumana e cruel, os direitos adquiridos de credores, a maioria idosos e doentes.

De enfatizar, a rigor, que a Emenda que deveria ser objeto de julgamento seria a de nº 62, cuja arguição de inconstitucionalidade foi, a tempo e modo, apresentada pelo Conselho Federal da OAB, e outros; expediente esse que se acha em tramitação no STF, há muito tempo, sem qualquer movimentação. Oxalá que o julgamento dessa nova Emenda (nº 62), não se converta em vitória de pirro, mitologia grega na qual o seu autor narra fato ocorrido com apenado Zeus, que permaneceu eternamente obrigado a levar ao topo de um monte enorme rochedo, deixando-o rolar ladeira abaixo, repetindo tal gesto infinitamente.      A Constituição Brasileira, de maneira substancial, traça normas respeitantes à formação de poderes públicos, compelindo ao STF o dever de fiscalizar e fazer cumprir seus preceitos.      Por outro lado, segundo lapidar conceito de Richard Simonetti, em sua obra “A Constituição Divina”, publicada pela Ed. C.E.A.C., 2ª Ed./

set/1999, Baurú-SP., pag 11, ali se consignou: “O grande problema das constituições é que exigem fiscalizações para que sejam cumpridas. E como o Estado é impotente para fazê-lo em plenitude, situam-se como letra morta para considerável parcela da população, particularmente para aquele que detém a riqueza e o poder, ou que simplesmente usam de esperteza, consagrada entre nós como o “jeitinho brasileiro” de descumprir as leis.       Por isso mesmo, é com grande tristeza que se assiste, a descrédito de nosso povo, com relação à atuação, nos últimos tempos, do Poder Judiciário, que a cada dia compromete a sua tradicional austeridade, ferindo desprimorosamente a memória dos grandes vultos de sua história.

Dr. José Matha Filho e Laércio José de Oliveira

SP Consultoria Empresarial e Institucional Ltda. Estratégias em Saúde Consultoria, Treinamento e Capacitação em áreas estratégicas das Secretarias de Saúde:

Dr. Paulo César G. Guerra Tel.: (31) 3241-4777 Fax: (31) 2555-4777 Rua Piauí, 179 - Santa Efigênia CEP 30150-320 - Belo Horizonte - MG

Planejamento Estratégico e Situacional Programação em Saúde Gestão Hospitalar Gestão Contábil e Financeira de recursos do SUS

Fontes de Financiamento/Captação de Recursos Auditoria Assistencial, Contábil e Financeira Direito Constitucional e Administrativo Políticas Governamentais de Saúde Participação e Controle Social

Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1890 - Conjunto 1108 - Bairro Sion Belo Horizonte / MG - CEP 30320-000 Fones: (31) 2555-5179 / 2535-5180 / 7816-1151 / Fax: (31) 2555-1807 E-mail: sp.consultoria@yahoo.com.br


EDIÇÃO DO BRASIL 18 a 25 de setembro de 2011

Deputado vê crescimento real e sustentável em Montes Claros

JEditorial

Maria Miranda

O BARRO Preto é o maior centro de pronta entrega de Minas Gerais dos consumidores do Brasil. “Os números são expressivos e tendem a crescer”. Ele afirma também: “Já foi dito ao governo com muita clareza que precisamos enfrentar os chineses com as mesmas armas que eles. Quanto à qualidade dos produtos, pode ser que alguns ofereçam uma característica expressiva,

enquanto outros não”. Quanto à carga tributária, o governo mineiro tem procurado compensar o setor de vestuário em Minas, que fica em desvantagem em relação a outros estados. Para isso, foram criados regimes especiais de tributação. O presidente ressalta, porém, que isso só serve para o mercado

interno. “A exportação em nada ganha com essa prática. Já a carga tributária federal é muito alta em relação aos países que são nossos concorrentes, como China, Índia, Paquistão etc”. O presidente enfatiza que o único incentivo recebido pelo setor é a desoneração da folha de pagamento, o que atinge apenas 3% do mercado. “Os empresários estão esperando pela alteração do limite do faturamento do Super Simples, que ainda não veio. Também é esperado o crédito dos tributos em função das exportações para as empresas do Simples Nacional, que é 97%, pois todo o setor de confecções do país está nesta modalidade de tributação. O Sindivest/MG trabalha com o objetivo de representar as indústrias do vestuário, e promover ações e serviços para o desenvolvimento e fortalecimento da categoria econômica.

Fábio Marçal/PMC

Sindicato do Vestuário promove ações para fortalecer o setor Um dos setores econômicos que se destaca em Minas Gerais é o de vestuário. O Barro Preto, em Belo Horizonte, é o maior e mais importante centro de pronta entrega. São mais de cinco mil empresas em todo o Estado, ligadas ao Sindicato das Indústrias do Vestuário. Elas empregam atualmente cerca de 150 mil pessoas. No ano passado, o faturamento total girou em torno R$ 1,4 bilhão. Para este ano, a expectativa é que o crescimento fique em 10%. O presidente do Sindivest/ MG, Michel Aburachid, fala sobre o mercado, ressaltando que o poder de consumo dos brasileiros aumentou mais de 50% nos últimos dez anos. Apesar do bom momento, o setor enfrenta um concorrente de peso: a China. De acordo com Aburachid, os chineses se destacam nas classes C e D, abocanhando 15%

Marinha apresenta proposta para a indústria calçadista

O deputado federal (PMDB) e ex-ministro da Saúde, Saraiva Felipe (foto), que começou sua vida pública em Montes Claros, afirma que está acompanhando com bons olhos a expansão econômica e industrial do município nos últimos anos, com essa nova etapa na geração de emprego e renda para a comunidade, depois de um período de estagnação. “É uma realidade, um crescimento real e sustentável que consolida a vocação do município como polo regional. Montes Claros se beneficia do ciclo virtuoso do crescimento do país através de um modelo próprio, muito bem capitalizado pela administração do prefeito Luiz Tadeu Leite, com base em industrialização crescente, infraestrutura adequada e um forte e competitivo setor de serviços. Tudo isso oxigenado por um invejável centro universitário, que irradia conhecimento e modernização, e uma eficiente rede de serviços médicos, que chega a ser referência regional, com influência até no Sul da Bahia”, frisa. Conhecedor das peculiaridades do Estado e do País, o parlamentar destaca: “Ao contrário de outras regiões, que têm sua economia atrelada à demanda por commodities no mercado internacional, esse modelo indústria-serviços qualificados-educação vai garantir a sustentabilidade do crescimento de Montes Claros. Eu acompanho esse fenômeno no dia-a-dia, acionado que sou permanentemente em Brasília para acompanhar pleitos encaminhados aos órgãos federais pelo prefeito Luiz Tadeu Leite. Ele tem sido o grande timoneiro desse novo momento”, finaliza.

Instituto CeasaMinas e CDL fazem parceria

Divulgação

A Marinha do Brasil participou, na semana passada, do projeto Compre Bem da Fiemg. O encontro entre a diretoria de Abastecimento da Marinha e a indústria calçadista foi o ponto de partida para estreitar as relações da indústria mineira com as forças armadas nacionais. A instituição detalhou o funcionamento do Centro de Obtenção da Marinha, sediado no Rio de Janeiro, responsável pela aquisição, no território nacional, dos diversos itens necessários em suas atividades. Todas as aquisições são efetuadas por meio de licitações na modalidade de Pregão Eletrônico. “Não existe dificuldade em vender para as forças armadas, desde que apresente itens de qualidade com preços justos”, afirmou o capitão-de-Fragata Willy de Souza Lieberenz. A Marinha não compra produtos chineses e privilegia os produtos nacionais.  De acordo com o superintendente de Desenvolvimento Empresarial, Sérgio Lourenço, para muitas empresas, o Pregão Eletrônico requer capacitação. “A Fiemg vai disponibilizar acompanhamento técnico e capacitação para que ninguém perca vendas por não operar bem a ferramenta online. Nosso foco é viabilizar negócios”, salientou.  A Marinha adquire cotidianamente gêneros alimentícios, grãos, rações de combate e itens diversos, além de mate-

5

E C O N O M I A

O

Instituto CeasaMinas e a Fundação CDL firmaram uma parceria. O objetivo é beneficiar jovens (16 a 20 anos de idade) que estejam em situação de vulnerabilidade. Os beneficiados devem ser moradores de bairros próximos ao entreposto de Contagem. A intenção é inseri-los no mercado de trabalho. Segundo o diretor-executivo do Instituto CeasaMinas, Francisco Ozéas, 1.500 jovens devem ser ajudados nos próximos 14 meses. Ao todo serão 1.484 horas de treinamento. As primeiras quatrocentas serão teóricas. De acordo com o presidente da Fundação CDL, Altair Rezende, os jovens vão receber diversas instruções, aprendendo como se vestir ou evitar o uso de gírias. As outras 1.084 horas serão práticas. O Instituto CeasaMinas vai ficar responsável por ser o elo entre as empresas e a Fundação CDL. Caberá ao Instituto ceder o espaço para a realização das atividades. Inicialmente, serão utilizadas quatro salas de aula, duas de reunião e um auditório. A notícia da parceria foi bem recebida pela ACCeasa, que deve colaborar na formação dos adolescentes.

Sobre o Instituto CeasaMinas

A MARINHA gasta 100 mil pares de calçados por ano riais comuns como produtos de limpeza e higiene, viaturas de serviço, materiais de saúde e fardamento. O encontro na Fiemg teve foco específico no segmento de calçados e reuniu a indústria calçadista de diversas partes do Estado. O potencial de compra neste setor é de cerca R$ 3,5 milhões – são 100 mil pares de calçados por ano. A compra de todo fardamento totaliza R$ 20,7 milhões.  A diretoria da instituição salientou que todo item adquirido possui uma especificação técnica detalhada ou uma amostra padrão. “A cada fornecimento

é realizada uma perícia técnica em nossos laboratórios ou contratados, como os do Senai, para garantirmos a qualidade do bem adquirido”, disse o capitão-de-Fragata Antonio Liberto Candido Vieira. Entre os itens de calçados comprados pela Marinha estão botas de convés, coturno marron e de selva, sapatos masculino e feminino e tênis para educação física.   As empresas interessadas em fornecer para a Marinha do Brasil devem se credenciar no site www.comprasnet.gov.br e em seguida se dirigir a um órgão público designado como

cadastrador para validação do credenciamento. Com esse procedimento a empresa estará apta a participar de licitações do Governo.   Com o projeto Compre Bem, a Fiemg tem colocado frente a frente compradores que possuem demanda específica e fornecedores. Desde o início do Compre Bem (1999), foram mais de 4,5 mil fornecedores participando de 304 edições do projeto. De janeiro a agosto deste ano, foram demandados 92 itens e 346 fornecedores participaram dos encontros de negócios.

O Instituto foi criado em 2008 e é responsável pelas ações sociais da CeasaMinas: Prodal Banco de Alimentos, Banco Popular, Aprendiz Legal, Telecentro, Apoio a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Contagem (Asmac), Escola Ceasa Cidadã, Rede Que Vale, Ação Ceasa Cidadã e Ação Saúde.

Fundação CDL A Fundação CDL pró-criança foi criada em 1986 e não tem fins lucrativos. Ela conta com cinco projetos: Programa Educação e Trabalho (promove a qualificação profissional de jovens e adolescentes), Projeto Sorridente (cuida da saúde bucal), Brincar é Coisa Séria (constrói brinquedotecas), Natal de Todo Mundo (doação de brinquedos no Natal), Projeto Ver é Bom Demais (oferece assistência oftalmológica) e Cidadania Digital (ensina computação). Informações: 3399-2011.

Adalberto Lustosa de Matos Advogado Telefones: ENCADERNAÇÃO EM GERAL Executamos qualquer tipo de encadernação em CAPA DURA com revestimento em PERCALUX, TECIDO, COURO, PAPEL ESPECIAL, PELICA ou qualquer material escolhido pelo cliente que seja adequado para uso de cola. Temos WIRE-O nas cores: preto, branco e prata, fazemos até 42 cm de largura em PP OU CAPA DURA. Também trabalhamos com aspiral. Traga seu trabalho de faculdade.

(31) 3221-3447 (31) 3282-3447 (31) 9983-3312 Rua São Paulo, 1071 - Sala 1715

Rua Esmeralda, 550 - Bairro Prado - Telefax: (31) 3372-2700 Site: www.abencadernacoes.com.br / E-mail: ab@encadernacoes.com.br

Centro Empresarial São Paulo - Centro Belo Horizonte - MG - CEP 30.170-907 dr.lustosa@bol.com.br / drlustosa@hotmail.com


6

G E R A L

EDIÇÃO DO BRASIL 18 a 25 de setembro de 2011

JORNAL DO ACIR ANTÃO Divulgação

Email: acir.antao@ig.com.br

CONFRONTO – O PT resolveu em bloco atazanar a vida do Governo de Minas, através do seu braço sindical representado pelos professores, trabalhadores da saúde e até mesmo da construção civil com uma série de paralisações e greves que visam tirar o sossego do governador Antonio Anastasia. A ideia é passar para a população que o governo está inerte quando uma parte dos professores mantém uma greve de 100 dias, trazendo prejuízos para os alunos mais pobres da rede pública de ensino, já que aqueles que podem pagar colégios particulares não sofrem com a paralisação. O esquema que funciona a partir da liderança do PT na Assembleia até já sofreu uma baixa com a retirada do PMDB do bloco de oposição ao governo, já que os deputados peemedebistas entenderam que a oposição chegou às raias do radicalismo. O PT entende que Anastasia não é Aécio, pois o atual senador tinha a seu favor pesquisas que refletiam sua liderança em alta, embora o governo de Anastasia seja bem avaliado e é isso que a oposição representada pelo PT pretende: CRONÔMETRO – Belo Horizonte chega atrasada na instalação de sinais de trânsito com cronômetro. Algumas cidades do interior já os têm, como é o caso de Oliveira. Esses semáforos ajudam aos motoristas que ficam sabendo o tempo em que ele fica aberto ou fechado ao tráfego. A BHTrans é contra a instalação desses semáforos, pois eles evitam que o motorista cometa infração. Em consequência, o número de multas vai diminuir.

A NI V E RS A RI A NT E S

ANDRÉ Aparecido de Oliveira, deputado Dilzon Melo, o aniversariante Adair Vidal e o prefeito de Lagoa Santa, Rogério Avelar, na mansão do Adair, em Lagoa Santa

Domingo, dia 18 de setembro Dia Municipal da Seresta Jornalista Carlos Felipe Gueber Ferreira – Contagem Jornalista Ilson Lima Manoel Farias – Contagem Radialista Maurílio Grilo Jornalista José Góes Delegado Libério Rodrigues de Moraes Maradona – Edição do Brasil

FALANDO EM OLIVEIRA, na quinta-feira passada, a Assembleia Legislativa, por iniciativa do deputado Sávio Sousa Cruz, homenageou aquele município pelos seus 150 anos de emancipação política. A cidade passa por um bom momento com a instalação de uma empresa que fabrica chicote para automóveis, empregando mais de 1.500 operários. O prefeito Ronaldo Resende, considerado um “doido”, conseguiu inclusive resolver um velho problema que foi a urbanização da Avenida Maracanã, melhorando seu visual com a construção de quadras poliesportivas. Ronaldo Resende disse em seu discurso que, antigamente, o lugar mais triste do município era a Rodoviária, de onde os jovens partiam em busca de estudo e oportunidades, já que a cidade não oferecia um curso superior e emprego. “Hoje isso mudou e graças a Deus estamos oxigenando a cidade com novas lideranças, pois nossos jovens não precisam mais deixar a região em busca de oportunidades”, disse o prefeito.

Segunda-feira, dia 19 Zinho Alfaiate Ricardo Minelli Neto

Terça-feira, dia 20 Dr. Castelar Guimarães Sra Aparecida Diniz Couto Jornalista Shirley Barroso

Quarta-feira, dia 21 Robson Froes Anselmo Alves Teixeira Marcus Starling de Castro

Quinta-feira, dia 22

DA COCHEIRA

Ex-deputado Irany Barbosa Ex-deputado Marcos Tito

Sexta-feira, dia 23

Belo Horizonte está em obras. É no Mineirão, na Antônio Carlos, na Pedro I e na Contorno, sem falar na construção de novos hotéis.

José Romualdo Cançado Bahia Guido Fonseca, ex-prefeito de Contagem Sra Ivani Chagas Coutinho, esposa do Coronel Jair Cançado Coutinho Júlio Varela Drª Maria de Fátima, esposa do vice-prefeito Roberto Carvalho

A chamada base aliada tentou esvaziar a presença da presidente Dilma em Minas, evitando que ela ficasse muito tempo ao lado do governador Antonio Anastasia.

Sábado, dia 24 Mercês Joviano de Matos Ramon de Oliveira Ex-deputado Geraldo Resende – Uberlândia Mauricio Siqueira

Até quando o povo de Contagem vai ficar sem uma rodoviária. A prefeita Maria do Carmo Lara resolveu esse problema em Betim, construindo uma rodoviária às margens da BR-381.

A todos, os nossos Parabéns!

CULTURA E EDUCAÇÃO Felipe José de Jesus

A importância da cultura africana no Brasil Felipe José de Jesus “Nossas origens, história e cultura estão totalmente ligadas à África. Somos uma mistura. Por isso, temos como missão desconstruir a ideia de inferioridade criada sobre os negros, uma visão escandalosa que deve ser abolida”. Com estas palavras, o professor de História Daniel Alvendanha, da Rede de Ensino Piaget, iniciou sua palestra “Cultura Africana no Brasil”. O evento foi realizado no dia 5 de setembro, no Piaget, em uma iniciativa do próprio Alvnedanha e da professora Cláudia Lucioli, de Português/ Redação, com a participação da palestrante e historiadora convidada, Kelly Tavares. Cerca de 150 pessoas estiveram presentes, entre alunos, professores e capoeiristas. Durante o evento, foram apresentadas músicas da África e a tradicional roda de capoeira. Daniel lembrou que a cultura africana vinda das senzalas é cultuada até hoje pelos brasileiros. “A minha missão com os alunos do 9º ano é fazê-los entender o continente africano através da história. A melhor forma de falar da África é através de nós mesmos. Os escravos e quilombolas produziam muita cultura e deixaram tudo isso para nós, como exemplo o Axé, o Samba, a Feijoada etc. A ideia é fazer os alunos sentirem a energia produzida dentro das senzalas. Nós temos, mesmo pelo fenótipo branco ou negro, traços desta herança. Nós todos temos raízes africanas, por isso não existe superioridade,

Internet pode se tornar mais potente que o cérebro humano

A

SEGUNDO Daniel Alvendanha (centro), o evento teve como foco mostrar os costumes africanos

somos todos iguais”. De acordo com a palestrante Kelly Tavares, foi uma oportunidade de prender a atenção dos alunos e fugir das tradicionais aulas de História. “Eu trouxe elementos diferentes para desconstruir certas ideias que as pessoas têm em relação à escravidão. Aulas assim são importantes. A história pegada do livro sem uma interpretação não tem tanto valor. Percebemos que eles ficaram surpresos com as novas informações. Hoje, o tema é menos marginalizado, mas ainda é necessário difundir esta ideia aos estudantes”, ressaltou.

Atenção d os

alunos

De acord o com Pandora Yasmim, os alunos Mate us e do 9º an totalmen o, o eve te inovad n to o r. “Prime paraben foi izar o pro iro temo s que fessor D pois gos aniel e a tamos m esco uit Achamo s interes o das apresenta la, s ções. a nte, porq uma dan ue a cop ça e ao e m ira é e não sabía s mos disto mo tempo uma lu ter este ta, . Foi muit evento n o colégio o importante mostrara , os alun m os se param da interessados e vários p roda de c articiapoeira, realmen se entros te na cult ando ura afric os estud ana”, afi antes. rmaram

rede de internet global tem mais sites do que o número de neurônios de um cérebro humano. Segundo o fundador da revista Wired, Kevin Kelly, há pelo menos um trilhão de webpages no mundo, enquanto um homem possui, em média, 100 bilhões de neurônios. Como Kevin Kelly conta no livro lançado em 2010, What Technology Wants, embora seja menor em número de neurônios, o cérebro ainda é mais “potente”, devido às sinapses – ligações entre os neurônios. “Cada um faz ligações a milhares de outros, enquanto que cada página se liga a cerca de outras 60”, constatou ao perceber que o cérebro humano tem 100 vezes mais ligações. O que torna o estudo relevante é o fato de que, diferentemente da web, o cérebro humano não dobra o tamanho a cada dois anos. A página em branco desta situação é que, nesta velocidade, a internet pode se tornar mais potente do que o cérebro humano.

World Wide Web Foundation Seguindo na mesma diretriz, a fundação criada pelo “pai” da internet, Tim Berners-Lee, está engajada em um novo estudo para mapear o real tamanho da rede mundial de computadores. De acordo com o site da CNN, o Google investiu US$ 1 milhão na fundação para a pesquisa intitulada World Wide Web Index. Em um e-mail para a CNN, a fundação descreveu o projeto como a primeira medida multidimensional sobre a web e o impacto dela nas pessoas e nações. O relatório deverá ser liberado anualmente e, segundo a fundação, não responderá todas as perguntas sobre a internet, mas ajudará a preencher alguns abismos existentes entre rede física e usuário. O primeiro dos cinco relatórios ficará pronto ao final de 2011.


S O C I A L

EDIÇÃO DO BRASIL 18 a 25 de setembro de 2011

7

Editada por Emilienne Santos

mili.edicaodobrasil@globo.com

Fotos: Eloy Lanna

CONGRESSOS A ARTETERAPEUTA e psicóloga Otília Rosângela Souza, de Belo Horizonte, nome expressivo da arteterapia no Brasil, é a coordenadora-geral do 3º Congresso Latinoamericano de Arteterapia, que acontece de 12 a 15 de outubro, na Estalagem das Minas Gerais, em Ouro Preto. Nome de destaque no evento, o escritor e filósofo Rubem Alves fará a conferência especial de abertura “A contribuição da arte para o crescimento do ser”. O evento, que reúne especialistas renomados da área, acontece simultaneamente ao 4º Congresso Mercosul de Arteterapia e 1º Congresso Lusobrasilero de Arteterapia. Centenas de participantes do Brasil e do exterior estarão na importante cidade histórica de Minas para o encontro.

HOMEM ORQUESTRA ANTÔNIO Balbino nos teclados

CULTURA E TURISMO LADO A LADO A LEI ESTADUAL de Incentivo à Cultura de Minas Gerais é um instrumento que tem possibilitado a realização de grandes projetos culturais, a fim de dinamizar e consolidar o mercado cultural de Belo Horizonte. Pensando nisso, o Ouro Minas Palace Hotel está apoiando, por meio dessa lei, importantes realizações culturais em 2011. Dentre os projetos que o Ouro Minas está apoiando esse ano estão: o musical “Clara Negra”, teatro de bonecos “Familia Silva” e o espetáculo “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, da obra de Jorge Amado.

ESPORTEANDO A 3ª ETAPA do Campeonato Mineiro de Bicicross foi realizada em Betim, nesse último final de semana, 17 e 18 de setembro, na Pista Internacional Aquileu Franco do Amaral. A Federação Mineira de Bicicross (FMBX) e a Prefeitura de Betim são responsáveis pelo evento. Com capacidade para duas mil pessoas, a Pista Aquileu Franco, no Bairro Bueno Franco, é considerada uma das melhores do Brasil. A organização do evento contou com lotação máxima, nos dois dias de prova, com entrada gratuita.

FASHION TOUR DE 27 DE SETEMBRO a 9 de outubro, o Boulevard Shopping se transforma no centro da moda em Belo Horizonte e será alvo das atenções de quem curte ou faz as tendências na cena fashion. O shopping recebe em grande estilo o Projeto “Fashion Tour”, com curadoria de Paulo Borges, diretor artístico do São Paulo Fashion Week e do Fashion Rio. Criado em 2010, o “Fashion Tour” já passou por Salvador, Belém e Porto Alegre, e chega, pela primeira vez, à Capital mineira. A ABERTURA do “Fashion Tour” acontece no dia 27 de setembro com coquetel para convidados. Após, Paulo Borges, no dia 28, ministra a palestra “Novos Caminhos da Moda”, no cinema do shopping, para convidados. No período entre 27 de setembro e 9 de outubro todos que passarem pelo Boulevard poderão apreciar a exposição de fotos que estará disponível no terceiro piso.

CHEF DE LA COSINE O chef de cozinha Muraí Caetano, do restaurante Xico da kafua, está com a agenda pra lá de cheia nesse mês de setembro. Além de estar à frente de um dos restaurantes mineiros mais renomados de Belo Horizonte, ele ainda encontra tempo para promoções, divulgações e até para cozinhar em outras cidades e estados. Ele participará da cozinha do Hotel Solares em São Luis (MA), preparando um almoço mineiro para jornalistas e promovendo a degustação da maravilhosa cachaça Havana, que está no mercado há mais de 60 anos

MURAÍ Caetano na degustação da cachaça Havana

HOMENAGEM NO PRÓXIMO dia 10 de outubro, a Associação Brasileira dos Jornalistas de Turismo de Minas Gerais (Abrajet-MG) será homenageada pela Assembleia Legislativa, por indicação do deputado estadual Tenente Lúcio, que é presidente da Comissão de Turismo da Casa. No mesmo dia acontece a posse da nova diretoria da associação, encabeçada pelo jornalista João Carlos Amaral, que promete trazer novos ares a entidade.

A DIRETORIA da Abrajet reunida no Xico da Kafua: Claret Guerra, Sérgio Neves, Eduardo Oliveira, João Carlos Amaral e Eujácio Silva

EVERYWERE A SURFACE To Air, grife e loja multimarca especializada na curadoria e comercialização de produtos premium de moda, abriu no dia 7 de setembro as portas da terceira filial da marca, primeira nos EUA, no coração do Soho, em Nova Iorque, levando ao público tanto coleções masculinas quanto femininas. PROJETADA pela equipe da label em parceria com o arquiteto Frederico Masotto, os 2000m² de área da Flagship refletirá a estética da Surface to Air por meio da utilização de materiais como mármore, concreto, madeira e ardósia, mantendo o estilo e a atitude de Nova Iorque. A sede está localizada em Paris e a primeira filial fica em São Paulo, dos sócios Karina Mota, Seba Orth, David Laloum e Rafael Pelosini, na Alameda Lorena, nos Jardins.

NOS TEMPOS DE ROMA A Fiat, o Ministério da Cultura e a Casa Fiat de Cultura abrem espaço para uma arrebatadora exposição – “Roma: A vida e os imperadores, O universo inteiro e Roma eram um só” –, que acontece de 21 de setembro a 18 de dezembro na Casa Fiat de Cultura. No dia antecedente a abertura ao público, convidados serão recebidos para um coquetel de lançamento.

O TECLADISTA e cantor Antônio Balbino, com um repertório eclético, tanto nacional quanto internacional, tem sido requisitado para abrilhantar vários eventos elegantes de Belo Horizonte. Ele foi o escolhido para embalar os namorados em uma das noites mais românticas do ano no Automóvel Clube e em mais ímpares festividades. No dia 23 de setembro, estará participando das comemorações de aniversário do Clube Makenzie. No dia 8 de outubro, estará na festa de confraternização do Sindicato de Odontologia de Minas Gerais.

COLEÇÃO NOVA NA POIZON NO ÚLTIMO mês de agosto, as sócias Ana Paula Silveira e Cristiana Dias abriram as portas da Poizon para o lançamento da coleção primavera/verão 2012. Um happy hour tropical, com coquetéis exóticos, animou os desfiles dos novos looks na maison. “Apresentamos diversas novidades para a moda festa e casual. Os clássicos continuam em alta, com a presença de muitos vestidos tubinhos e outros menos encorpados. O estilo balneário traz os tons naturais, de bege e branco, além da força do marinho”, revela Ana Paula. Em relação aos tecidos, a seda, o algodão e o linho predominam no quesito conforto e charme para as próximas estações.

AS SÓCIAS Ana Paula Silveira e Cristiana Dias durante o lançamento


Hábitos alimentares saudáveis previnem o Câncer de Próstata

DE acordo com Ailton Faion, de 20 anos para cá, o preconceito dos homens com o exame de toque diminuiu nesta idade, é mais comum entre os negros. É uma indisposição que provoca o crescimento anormal e incontrolado das células. Tem 98% de chances de cura quando detectado no início, porém para sanar é necessário que o homem faça o exame do toque e o Antígeno Prostático Específico (PSA) uma vez por ano. Não existe exame capaz de substituir o toque retal, o primeiro deve acontecer aos 40 anos. De 20 anos para cá, o preconceito de fazer o exame diminuiu, ainda bem. É hereditário, se algum parente próximo tiver, aumentam as chances de desenvolvimento”, afirma.

Riscos e prevenção Câncer de Próstata Exame Retal Digital

Além de falar sobre o diagnóstico, o especialista ressalta que hábitos alimentares não-saudáveis e o sedentarismo são pontos negativos. “Uma dieta rica em gordura e muito pobre em vegetais e frutas baixa literalmente as defesas do corpo. Fora isso, a falta de exercícios físicos regulares e também o peso acima do normal podem aumentar os riscos. Já quem quiser prevenir pode fazer coisas simples, como ingerir pouco sal e açúcar, além de comer muita salada, fazer caminhada e tomar banhos de sol”, diz.

Formas de tratamento De acordo com o médico, sabendo como a indisposição está se desenvolvendo e a localização exata do tumor, é mais fácil indicar o melhor tratamento. “Existem a hormonoterapia, a radioterapia e a cirurgia. Tem também a observação vigilante. Vale dizer que o tratamento mais atual é a cirurgia robótica, porém este método ainda está um pouco longe da realidade brasileira, principalmente pelos

custos, pois ela é cara”, afirma. Para Faion, muitos homens se recusam a fazer os exames por causa dos efeitos colaterais, porém ele lembra que existem tratamentos. “Inicialmente os homens abdicam, é normal. Um dos motivos é por causa das sequelas, como incontinência urinária e perda de ereção. Se isso acontecer, existem tratamentos”, finaliza o urologista.

A gravidez é o momento de maior realização na enfrentar dificuldades para engravidar, diminuindo vida de muitas mulheres, mas pode se tornar um o risco de fertilidade. O endocrinologista afirma que pesadelo quando vem acompanhada da diabetes metade das mulheres que já contraíram a doença gestacional. O endocrinologista Marcio Mancini, desenvolve diabetes tipo dois adiante. chefe do Grupo de Obesidade do Hospital das Embora esses dados sejam alarmantes, os Clínicas da USP, explica que essa doença é uma cuidados para prevenção são simples. Segundo alteração da glicose no sangue durante o período de Mancini, caso o problema seja constatado rapigestação, no qual o aumento leva à hiperglicemia. damente, o tratamento pode ser feito em uma As mulheres com pré-disposição à obesidade, semana por meio de medidas dietéticas para ou mesmo as magras que engordam muitos quilos normalizar a taxa de glicose no sangue. Se não durante a gravidez e aquelas com mais de 40 surtir efeito, a paciente começa a fazer uso da anos, precisam ficar atentas, visto que são as que insulina. apresentam mais riscos de desenvolver a doença. Como medidas preventivas e recomendações, O especialista comenta que é comum as pacientes o médico salienta a importância do acompanhaconfundirem o ganho de peso, por exemplo, com mento médico à gestante e o hábito de uma alium sintoma da gestação. mentação saudável, como comer, em média, seis “Controlar a alimentação e o peso é indispenvezes por dia em pequenas quantidades, controlar sável nesse período. A diabetes gestacional pode o peso e praticar exercícios físicos regularmente. acometer mulheres de todas as idades e trazer uma Consumir bebidas alcoólicas e, sobretudo, fumar série de complicações, inclusive o aborto”, salienta. cigarros, é Gestantes com essa doença apresentam maioestritamenres chances de ter pressão alta, além dos riscos te proibido, para a saúde do bebê, que pode nascer prematuro já que aue com falta de ar. O médico revela que as mães dementam o vem realizar o exame de diabetes entre a 24ª e 28ª risco da pasemana de gestação, e os filhos devem fazer o teste tologia.  da “ponta do dedo” nos primeiros dias de vida, para diagnosticar ou não a hipoglicemia. Esses bebês podem desenvolver A GRAVIDEZ um risco maior de macrocemia, ou pode se tornar seja, nascem maiores do que os outros  (com mais de 4 kg), e são natuum pesadelo ralmente pré-dispostos a tornarem-se quando vem diabéticos e obesos no futuro. Assim como o filho, a mãe diabétiacompanhada ca deve submeter-se a exames cerca da diabetes de um mês e meio após o nascimento do bebê, a fim de verificar se continua portadora da enfermidade. No entanto, os cuidados devem ser feitos antes mesmo da gestação, do contrário, elas podem

JEditorial

hegar aos 50 anos de idade com a saúde em dia, vitalidade e disposição para curtir os bons momentos da vida é o desejo da maioria dos homens. Contudo, nem sempre esta situação é uma realidade, principalmente para os que encaram uma das doenças mais preocupantes para o sexo masculino, o Câncer de Próstata. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a enfermidade ocorre quando as células da próstata sofrem mutações e começam a se multiplicar sem controle, causando dificuldade em urinar, disfunção erétil etc. Estas células podem se espalhar em direção a outras partes do corpo, especialmente ossos e linfonodos. Segundo o último levantamento do Instituto Nacional de Câncer (INCA), a patologia apresentou cerca de 50 mil novos casos no Brasil. O crescimento nas taxas de incidência é decorrente do aumento da expectativa de vida da população. Em média, 15 mil homens, a cada 100 mil casos diagnosticados, morrem no país por complicações da doença. O urologista Ailton Gomes Faion, chefe da unidade do Hospital Militar de Minas Gerais, posto já ocupado pelo ex-presidente e médico Juscelino Kubitschek, fala sobre o diagnóstico e lembra que a moléstia é genética. “O Câncer de Próstata é o tumor mais comum em homens com mais de 50 anos de idade, 80% ocorre

18 a 25 de setembro de 2011

Mulheres que já tiveram diabetes podem voltar a ter na gravidez Simone Diziz

C

Felipe José de Jesus

EDIÇÃO DO BRASIL

Acesso a medicamentos gratuitos triplica no país O programa do Ministério da Saúde que oferece gratuitamente 11 medicamentos para hipertensão e diabetes aumentou em três vezes o acesso ao tratamento dessas doenças nas mais de 19 mil unidades privadas credenciadas ao programa. Em janeiro, 853 mil pacientes de hipertensão e diabetes foram atendidos, enquanto que, em agosto, o número saltou para 2,7 milhões. “Os números mostram que o brasileiro está mais e melhor assistido para o tratamento dessas doenças prevalentes na população, e diretamente relacionadas aos novos hábitos de vida do brasileiro”, observa o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.  A quantidade de hipertensos beneficiados saltou 254%, de 658 mil em janeiro para 2,3 milhões em agosto. Já o número de diabéticos beneficiados aumentou 180%, passando de 306 mil para 860 mil no mesmo período.

JEditorial

8

V I D A

Antes da criação do “Saúde Não Tem Preço”, os produtos eram oferecidos com até 90% de desconto nas drogarias credenciadas ao Aqui Tem Farmácia Popular.

 Crescimento A região Norte foi a que apresentou maior crescimento de pessoas beneficiadas. A região teve crescimento de 713% no período, passando de 7.774 beneficiados, em janeiro, para 62.713 em agosto. Destaque também para a região Centro-Oeste, onde o aumento foi de 566%, passando de 20.691 para 155.105 no mesmo período. No Nordeste, o programa apresentou 349% de crescimento, o número de beneficiados passou de 57.921 em janeiro para 259.906 em agosto. Já nas regiões Sul e Sudeste o

crescimento foi, respectivamente, de 265% e 184%. “A oferta de saúde está cada vez melhor distribuída pelo país, sem prejuízo de qualquer região, por meio do Farmácia Popular. O maior crescimento do programa na região Norte indica que a assistência farmacêutica está se ampliando de maneira equânime no Brasil, chegando a todos os brasileiros, sem distinção”, afirma o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Carlos Gadelha.

 Doenças A hipertensão arterial atinge 23,3% da população adulta brasileira (maiores de 18 anos), de acordo com o estudo Vigilância de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2010, que considera o diagnóstico médico referido pelo entrevistado. Ainda pelo Vigitel, a diabetes atinge 6,3% da população adulta, sendo maior em mulheres, 7%, do quem em homens, 5,4%.  O Saúde Não Tem Preço tem alavancado

a oferta do programa Aqui Tem Farmácia Popular como um todo, incluindo os 14 produtos ofertados com 90% de desconto, para o tratamento de asma, incontinência urinária, osteoporose, rinite, colesterol, doença de Parkinson, glaucoma e os anticoncepcionais. O número de pessoas atendidas pelo programa cresceu 172% de janeiro a agosto, saltando de 1,2 milhões para 3,4 milhões.

Orientações aos usuários Para obter os produtos disponíveis no Saúde não Tem Preço, o usuário precisa apresentar CPF, documento com foto e receita médica, que é exigida pelo programa como uma forma de se evitar a automedicação, incentivando o uso racional de medicamentos e a promoção da saúde. Eventuais dúvidas podem ser esclarecidas e comunicadas ao Ministério da Saúde – pelos estabelecimentos credenciados ou pelos usuários do programa – por meio da ouvidoria do SUS, no telefone 136, como

também pelo e-mail analise.fpopular@saude.gov.br. Os medicamentos gratuitos para hipertensão e diabetes são identificados pelo princípio ativo, que é a substância que compõe o medicamento. Os itens disponíveis são informados pelas unidades do programa, onde os usuários podem ser orientados pelo profissional farmacêutico. É ele que deverá informar, ao usuário, o princípio ativo que identifica o nome comercial do medicamento (de marca, genérico ou similar) prescrito pelo médico.


C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL 18 a 25 de setembro de 2011

9

NORTE DE MINAS

ITABIRITO

Rio São Francisco completa 510 anos no dia 4 de outubro

Programa de Formação Profissional para jovens

BEATRIZ Morais se reuniu com técnicos e ambientalistas

 São Francisco No dia 4 de outubro de 1501, uma expedição naval comandada por Américo Vespúcio, que descia parte da costa brasileira para reconhecimento, deparou-se com a imensidão da foz de um rio grandioso. Desse encontro nasce o primeiro relato oficial em relação ao Rio São Francisco e a data do seu batismo pelos portugueses, que escolheram esse nome por ser o dia 4 de outubro o dia do Santo São Francisco. Pelos índios daquela região, o Rio era conhecido como Opará, um vocábulo que representa a sua imensidão na etimologia tupi-guarani. Opará = rio-mar. Hoje, o São Francisco é o Velho Chico, é o rio da integração nacional, o rio do Cerrado, da Caatinga e do Sertão, o rio do Brasil, o rio da polêmica da transposição, o rio que sofre, o rio que precisa de uma solução. No Rio São Francisco são: 2.700 km de extensão; 4 regiões (Alto, Médio, Sub-Médio e Baixo São Francisco); 7 unidades da Federação (Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Goiás, e Distrito Federal); 504 municípios; 16 milhões de habitantes (9,5% da população do país); 639.219 quilômetros quadrados de área de drenagem e 168 afluentes.

dustrial (Senai) de Ouro Preto, participando de um curso de qualificação técnica. Aos selecionados será oferecida uma bolsa no valor de R$ 465,00, além de transporte gratuito. Após a parte teórica, os jovens dão continuidade ao seu desenvolvimento, por meio de experiência profissional em uma das áreas da Vale, no período de seis a 12 meses. Para essa fase, é oferecida uma série de benefícios, como Seguro de Vida, Plano de Alimentação e um salário de R$ 1.150,00. Os selecionados ingressam no Projeto Vargem Grande-Itabiritos, um investimento de US$ 1,5 bilhão. Os interessados devem se inscrever pelo site www. vale.com, acessando Carreiras / Oportunidades na Vale / Programa de Formação Profissional / Complexo Vargem Grande. Telefone: (31) 3291-0576.

MARIANA

Mais um evento entra no calendário oficial da cidade Leandro Sena/PMM

Amams

N

o ano em que o rio da integração nacional, o São Francisco, comemora 510 anos de existência, a Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) mobilizam as lideranças políticas, ambientalistas, ONGs, entidades e órgãos do Norte de Minas para uma expedição ambiental,  revitalização e tombamento como patrimônio mundial da Unesco. No dia 9 de setembro, a subsecretária de Desenvolvimento Regional e Políticas Urbanas (Sedru), Beatriz Morais de Sá, esteve representando os secretários Bilac Pinto, da Sedru, e do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães Chaves, na primeira reunião preparatória com técnicos e ambientalista de órgãos, ONGs e entidades da região, para desenvolver uma pauta da expedição. A revitalização do Rio São Francisco e o tombamento como patrimônio mundial da Unesco foram  colocados como prioridades entre as reivindicações apontadas pelos participantes, além de uma discussão mais abrangente sobre a sua atual situação. Em relação à revitalização do rio, o engenheiro da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaiba (Codevasf), Sidenísio Lopes, disse que o trabalho continua sendo realizado pelo órgão, mas o que não está acontecendo é a divulgação. O idealizador da Expedição Ambiental pelo Rio São Francisco, o presidente da Amams e prefeito de Patis, Valmir Morais de Sá, havia apresentado o projeto ao governador Antonio Anastasia e ao secretário de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães Chaves. Foi mostrada a atual situação em que se encontra o rio, em sua parte mineira, com vários pontos assoreados, comprometendo a sobrevivência de vários ribeirinhos que tem seu sustento através da pesca e outros produtos oriundos do rio. A Expedição Ambiental acontecerá no dia 5 de outubro, na comunidade de Travessão, em São Francisco, com um encontro de pescadores amadores e profissionais, ambientalistas e agricultores das cidades de Pirapora, São Romão, Buritizeiro, Ibiaí, São Francisco, Pedras de Maria da Cruz, Manga e Itacarambi se deslocando de barcos até o local. Ao longo da expedição acontecerão algumas paradas, com os membros participando de mutirões de limpeza nas margens, reuniões com os ribeirinhos que apresentarão as suas reivindicações, peixamentos com distribuição de alevinos, além de exposições de artes plásticas, apresentações artísticas e culturais.

A Vale, em parceria com a Prefeitura de Itabirito, está com inscrições abertas, até o dia 25 de setembro, para o Programa de Formação Profissional do Complexo Vargem Grande. Os interessados devem ter a idade mínima de 23 anos e ensino médio completo, além da Carteira Nacional de Habitação – categoria D, para Operação de Mina. É desejável curso técnico em Eletrônica, Eletroeletrônica ou Mecânica. As vagas serão para as áreas de Manutenção de Mina e Usina nas áreas de Mecânica, Solda e Elétrica, além de Operação de Equipamentos de Mina e Usina. O programa é composto por duas fases. A primeira é de formação teórica, oferecida num período de três a cinco meses, em que os jovens estudam em tempo integral no Serviço Nacional de Aprendizagem In-

SANTA LUZIA

PMSL

Alunos participam de projeto sobre educação patrimonial

OS ALUNOS assistiram a uma palestra sobre o folclore luziense

Dando continuidade ao projeto educacional “Memória e Vida”, iniciado em 2006 pela Secretaria de Cultura e Turismo de Santa Luzia, 177 alunos das escolas municipais Jaime Avelar Lima e Maria José de Brito foram recebidos no Solar da Baronesa. Com o intuito de mobilizar sobre a importância de preservar o patrimônio imaterial e identificar o folclore como formador da identidade cultural, individual e coletiva, os alunos assistiram a uma palestra sobre o folclore luziense, proferida pelo guia turístico Fábio Júnior, onde se sentiram orgulhosos e responsáveis pelo patrimônio da cidade. Eles se mobilizaram com a palestra e demonstraram muito

interesse pelo tema, através das perguntas, exemplos e histórias relatadas por eles mesmos. Nos meses de setembro e outubro, durante as aulas, esses alunos deverão fazer a pesquisa de gabinete e campo, e no mês de novembro acontecerá a culminância do projeto dentro da escola. A execução é uma das exigências do Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha/MG) para a pontuação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) Cultural e está sob a coordenação, elaboração e execução da Turismóloga Ana Cristina Tófani e do historiador Marco Aurélio C. Fonseca.

BELO HORIZONTE SESC/MG realiza encontro de bandas na Praça da Liberdade PBH

No dia 25 de setembro, o Sesc realiza mais Horizonte), Corporação Musical Banda Nossa uma edição do Encontro de Bandas. O evento Senhora das Dores (Itapecerica),  Corporação acontece a partir das 9h, na Praça da Liberdade, Musical São Pio X (Andrelândia), Banda de Múe vai contar com a presença de 16 bandas de sica Teodoro Faria (São João Del Rei),  Banda todo o Estado. Santa Matilde (Conselheiro Lafaiete) e CorporaJá estão confirmadas as seguintes bandas: ção Musical União de Machado (Machado). Sociedade Musical União Social (Cachoeira do O Encontro de Bandas tem como objetivo Campo), Banda Municipal (Uberlândia), Corpreservar e valorizar a cultura e as tradições poração Musical Nova Estação (Cambuquira), mineiras, por meio de um grande encontro em Corporação Musical Bom Jesus de Porto Alegre que bandas centenárias mostram a história e (Moeda), Lira Paroquial Treze de Junho (Peçaa música mineira. É uma forma de resgatar os nha), Sociedade Musical União XV de Novembro costumes do povo mineiro, lembrando a imporBanda da Guarda Municipal de Belo Horizonte (Mariana), Banda de Música Santa Cecília (Ritátância da música e das tradições como fator de polis), Banda Racional em Belo Horizonte (Belo Horizonte), Banda da preservação cultural. Valsas, marchas, dobrados, boleros e cantigas Guarda Municipal de Belo Horizonte (Belo Horizonte), Banda de Música são os destaques dos estilos musicais que serão tocados pelas bandas 12 de Março (Belo Horizonte), Sociedade Musical Carlos Gomes (Belo convidadas. Informações (31) 3279-1438.

MOSTRA de Teatro de Bonecos realizada na Praça da Sé, em Mariana No último dia 12, foi aprovada por unanimidade a inclusão da “Mostra de Teatro de Bonecos da Cia Navegante – Teatro de Marionetes” no calendário oficial de eventos do município de Mariana. Em menos de dois meses, é o segundo projeto do vereador Juliano Duarte (PPS) aprovado, que agrega maior visibilidade na área cultural, pela difusão da cultura livre. Assim como aconteceu com a Mostra de Dança de Mariana, a Mostra de Teatro de Bonecos propõe a construção um espaço de encontro, diálogo, pesquisa e promoção de uma linguagem singular que atrai público das mais diversas idades. Esse evento em especial acontece desde 2006, em oficinas durante o Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, e mais recentemente uma vez por ano entre a segunda quinzena de agosto e a primeira quinzena de setembro. Numa região de grande visibilidade no campo das artes cênicas, a Mostra de Teatro de Bonecos da Cia Navegante reúne artistas de teatro de bonecos em sua variedade: marionetes, fantoches, mamulengos, bonecos de balcão e caixas de teatro lambe-lambe. Além de fomentar a formação de novos bonequeiros, o encontro contribui para facilitar o acesso a esta arte, especialmente junto aos estudantes, a comunidade local e os turistas que visitam a cidade. “Esse tipo de iniciativa é muito importante, pois dá a oportunidade de expansão à cultura local, em seu formato e conteúdo”, afirmou o vereador Juliano.

Renata Cyrino Cirurgiã Dentista ODONTOLOGIA ESTÉTICA PRÓTESE – IMPLANTODONTIA

Av. Augusto de Lima, 655 – Sala 1015 Telefone: (31) 3271-0191 Centro - Belo Horizonte - MG www.renatacyrino.hpq.ig.com.br

E LO Y LANNA Fotógrafo Profissional

FOTO - JORNALISMO - CONGRESSOS - EVENTOS SOCIAIS

TELEFONES: 3450-0980 / 9603-4396

Rua Tamóios, 62 - Sala 100 - Centro Belo Horizonte / Minas Gerais

Luciana Cyrino Pinto Coelho Advogada

RUA ERÊ, 125 - 1º ANDAR - BAIRRO PRADO Cep 30.410-450 - Belo horizonte / mg

Tel: (31) 3316-6692 Cel.: (31) 9932-5289


10

C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL 18 a 25 de setembro de 2011

BELO HORIZONTE

CONTAGEM

Minas atinge marca recorde de 10 mil presos trabalhando

Ações integradas promovem capacitação na CeasaMinas Divulgação/Seds

M

inas Gerais acaba de atingir a marca histórica de 10 mil presos trabalhando enquanto cumprem pena. Com o recorde, o Estado reforça o primeiro lugar do país em número de detentos trabalhando nas unidades prisionais. As ocupações variam desde a construção civil e a limpeza urbana até fabricação de circuitos elétricos, passando por artesanato, padaria, frigorífico, produção de roupas e sacolas. Para atingir essa estatística, a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), por meio do Programa Trabalhando a Cidadania, tem cerca de 300 parceiros, entre empresas privadas, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips), fundações, autarquias e mais de 30 prefeituras municipais. O secretário de Defesa Social, Lafayette Andrada, ressalta que a ressocialização dos detentos é um dos pilares da política prisional do Estado. “Investimos muito na humanização das unidades, por meio do incentivo ao trabalho e ao estudo. Por isso, Minas hoje não é somente o Estado que tem mais presos trabalhando, é também o que, proporcionalmente à população carcerária, também tem mais detentos estudando”, ressalta. “Para trabalhar nas unidades prisionais o detento precisa passar pela indicação das Comissões Técnicas de Classificação (CTCs), formadas por advogado, médico, psicólogo, assistente social e agentes penitenciários. Elas avaliam a situação de cada preso, para ver se eles têm perfil para trabalho, analisando, por exemplo, questões de segurança e saúde”, explica o secretário.

Geração de renda Pelo trabalho, os detentos recebem remição de pena, ou seja, a cada três dias de trabalho têm menos um na sentença. Além disso, muitos são remunerados diretamente, recebendo, na maior parte das vezes, 3/4 do salário mínimo, conforme determina a legislação vigente, ou pela venda daquilo que produzem como é o caso dos que fazem artesanato. “O trabalho autônomo também é muito interessante, pois reforça o vínculo do preso com a família. São os familiares que levam o material a ser trabalhado e que vendem o produto fabricado, gerando renda”, afirma o diretor de Trabalho e Produção da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), Helil Bruzadelli. O detento Juliano Silva Zuddio, de 38 anos, trabalha na marcenaria do Presídio Antônio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves. Ele, que é pai de seis filhos, conta que o salário que recebe é fundamental para ajudar os familiares. “Todos os meses mando o dinheiro para a minha família, que

A CADA três dias de trabalho, o detento tem um dia a menos na sentença está em outra cidade”. Além do salário, ele vê a atuação profissional como perspectiva para uma nova vida quando estiver livre. “O que aprendi aqui vai fazer parte da minha volta à sociedade. Pretendo voltar a trabalhar com caminhão, mas se não der certo vou trabalhar na marcenaria do meu pai, que está parada porque ele já está mais velho”, contou. De acordo com o diretor Helil Bruzadelli, já se pode falar em uma inversão de fluxo, com entidades procurando, cada vez mais, o sistema prisional para parceria, e não o contrário. Ele acredita que um dos fatores impulsionadores foi o lançamento, em maio deste ano, do Cartão Trabalhando a Cidadania, entregue aos presos para que eles efetuem saques e pagamentos a débito, diminuindo a circulação de dinheiro dentro das unidades prisionais. “É um modelo seguro e transparente na movimentação do recurso, inovador no Brasil”, afirmou.

Dar oportunidade aos usuários e trabalhadores da Central de Abastecimento de usufruir serviços de saúde e capacitação profissional gratuita ou a preços diferenciados são propostas do Projeto de Integração - Ação Profissional e Social na CeasaMinas. A proposta, que é uma iniciativa do Sincagen, conta com a parceria do Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos e também da Associação Comercial da Ceasa (ACCEASA). Para colocar a ação em prática, o Senac Minas ministra, a partir do dia 20, palestra de sensibilização, três workshops, além de dar início ao programa PAS (Programa Alimento Seguro) para dez empresas, que poderão indicar até dois funcionários. O foco deste treinamento tem como objetivo orientar sobre as ferramentas de segurança de alimentos, os requisitos de boas práticas e legislações sanitárias. O PAS tem como intuito disseminar conhecimentos sobre segurança dos alimentos e a implantação das boas práticas e do sistema APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) nos estabelecimentos que produzem alimentos. Tudo isso com vistas a garantir as condições de higiene e a qualidade dos alimentos a serem consumidos pela população. O programa é uma ação nacional, mantido e coordenado por entidades do Sistema S (Senac, Sesc, Sesi, Senai e Sebrae), apoiado por órgãos públicos e associações empresariais. Nos dias 20, 22, 27 e 29, apro-

ximadamente 10 empresas terão o treinamento, através do Senac, sobre o PAS. Além disso, para saber sobre previdência social e seus benefícios, o Senac dispõe, no dia 29, da palestra de sensibilização, em que serão tratados assuntos como previdência social, filiação e

inscrição, qualidade do segurado, carência, dentre outros tópicos. Três workshops também farão parte do projeto de integração no período de 3 a 7 de outubro, sendo eles: logística eficiente, administração eficaz do tempo e as cinco qualidades dos supervendedores.

Cuidados com a saúde Promover a saúde do homem é outro desafio do Projeto Integração – Ação Profissional e Social na CeasaMinas. O Sesc Minas, por meio do Projeto Veredas da Saúde, levará uma campanha de conscientização da saúde, principalmente do homem, aos usuários e trabalhadores do entreposto de Contagem das Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (CeasaMinas), entre os dias 26 e 30 de setembro. A campanha contará com o caminhão da saúde do Sesc, onde funcionam as Unidades Volantes de Medicina Preventiva. A expectativa é realizar 120 atendimentos laboratoriais por dia, com o foco na saúde do homem, uma vez que a grande maioria das pessoas que circulam no entreposto

é composta por este grupo. Para tanto, serão realizados diariamente 50 exames de PSA para diagnosticar o câncer de próstata, 20 exames de eletrocardiograma, cerca de 30 exames de colesterol, triglicérides, acido úrico e glicose, além de 20 exames de mamografia. O Projeto Veredas da Saúde promoverá também, no dia 30, palestras interativas sobre a saúde do homem, oficinas de prevenção do câncer de próstata, sobre análise do fator RH, peso e nutrição, controle da diabetes, educação postural e distribuição de folhetos educativos. Será realizada ainda uma palestra sobre técnicas de escovação e distribuição de kits de escovas para as 60 crianças da creche da CeasaMinas.


MONTES CLAROS

PAULO CESAR PEDROSA

Ipsemg será reformado e escola ganha novo prédio entorno. Já para a reforma do prédio que funciona como sede regional do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (Ipsemg), os recursos são da ordem de R$ 625 mil. “Esperamos que não apenas as instalações físicas sejam melhoradas, mas também o atendimento aos servidores públicos”, defendeu o deputado Tadeu Martins Leite, que elogiou a iniciativa do Governo do Estado de liberar os recursos. Fábio Marçal/PMC

daquela comunidade, serão investidos R$ 2,2 milhões, para erguer uma estrutura completa, com mais oito amplas salas de aula. O deputado acredita que, com esta nova estrutura, o distrito terá melhores condições de atender a demanda de alunos, lembrando que a escola não atende apenas aos moradores de Aparecida do Mundo Novo, mas também de muitas outras comunidades rurais localizadas em seu

QUEM SABE, SABE

paulocesarpedrosa@yahoo.com.br

Advogado & Jornalista RP: 098523 / 296

Valdez Maranhão

18 a 25 de setembro de 2011

O deputado estadual Tadeu Martins Leite informou que foram assinados, pela Secretaria de Transporte e Obras Públicas (Setop), os contratos para realização das obras de construção da Escola Estadual de Aparecida do Mundo Novo e para a reforma do prédio do Centro Regional do Ipsemg em Montes Claros, localizado na Avenida Cula Mangabeira. Na construção da escola, uma antiga reivindicação

11

C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL

Sérgio Moreira e João Carlos Amaral em encontro da Abrajet ONG DOS MILHÕES No apagar das luzes de 2010, o Ministério do Turismo aprovou, em menos de duas horas, um projeto de R$ 13,8 milhões do Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Cultural (Indesc) de Jundiaí (SP), para qualificar 11.520 profissionais do turismo, preferencialmente nas

12 cidades-sedes da Copa de 2014. Criada em 2005 pelo sindicalista Luiz Gonzaga da Silva, a ONG não tem nenhuma experiência em programas relacionados ao turismo, mas já recebeu milhões do Ministério. Até hoje nenhum aluno foi matriculado.

AVISO PRÉVIO RETROATIVO, NÃO As confederações patronais se uniram para evitar que a proporcionalidade do aviso prévio ao tempo da contratação na empresa seja retroativa e prejudique o setor produtivo. Em carta enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), entidades patronais defendem que só

os demitidos a partir da decisão sejam contemplados e pedem que o pagamento proporcional seja de um dia por ano de vínculo, limitado a 20 anos. Os empresários aceitam discutir uma regra permanente de até três dias por ano de contratação.

CPMF DE NOVO, NÃO

BAIRRO Aparecida do Mundo Novo, onde será construída a escola

SABARÁ

JEditorial

Guarda Mirim contribui para a formação dos jovens sabarenses

WILLIAM Borges: “A escola é o espaço ideal para a construção da ci­dadania”

Viabilizado pelo Governo William Borges, o Projeto Guarda Mirim foi implantado no município em 2010, com o objetivo de contribuir na formação da cidadania, na preven­ção da criminalidade e na disseminação do patrio­tismo das crianças e ado­ lescentes inclusos na rede municipal de ensino. Inicialmente, o projeto abrange as esco­las municipais Adão de Fá­tima Pereira, Professora Maria Aparecida Batista e Professora Marita Dias, já tendo formado 90 alunos. A medida conta com o auxílio da Guar­da Municipal que atua como a disciplinadora do projeto, resgatando valores familiares por meio de palestras, ofici­nas, dinâmicas de gru­po, na conscientização da preservação do meio ambiente, atividades cí­vicas, recreativas, entre outras, como noções de saúde, higiene e educação no trânsito. Segundo o pre­feito William Borges, a escola é o espaço ideal para a construção da ci­dadania. “Pela prática educadora será possível discutir e disseminar va­lores éticos e dar con­dições para os jovens cons­truírem um caminho de caráter e sucesso”, disse.

Conheça os melhores restaurantes das seguintes cidades: SANTA LUZIA: Rest. e Lanchonete Colher de Chá Espaguete na Chapa Bar Ltda MONTES CLAROS: Churrascaria Chimarrão Churrascaria e Pizzaria Papaula Bar do Toco Churrascaria Restaurante Sabor e Saúde Chicos Pizzaria e Churrascaria Uai Tchê Cervejaria Lumas Churrascaria Armandos Restaurante Restaurante Favorito Bar e Restaurante Quintal

Restaurante PauTerra CORONEL FABRICIANO Restaurante Angra Restaurante Cantina da Nona Restaurante Amigão Pizzaria do Jayme JUIZ DE FORA: Restaurante Bacco Restaurante Brazão Restaurante Belas Artes Restauante Bertu’s

IPATINGA Restaurante Tempero Mineiro Restaurante Sabor e Aroma Restaurante Bom Apetite Restaurante D’Lucas Restaurante Vovó Efigênia Restaurante Popular

VESPASIANO Restaurante Vespagril Restaurante Taberna Restaurante Vovó Marguerita Restaurante Tropic Restaurante B&N

SABARÁ Restaurante e Pizzaria 314 - Sabarabuçu Barroco Cekisabe

BETIM Restaurante e Pizzaria Hudson Churrascaria Carro de Boi Cantina da Vovó Ana

Por acordo entre o presidente da Câmara, Marcos Maia (PT-RS), e os partidos, a regulamentação da Emenda 29, que fixa percentuais de investimento em saúde para União, estados e municípios deve ser votada no dia 28. Pela proposta, os estados terão que aumentar suas despesas com

a Saúde e, por isso, governadores defendem um novo imposto para custear os gastos do setor. Mas não há disposição política na Câmara para recriar a CPMF. Nós brasileiros não aquentamos mais impostos, principalmente este. Que culpa temos se o dinheiro foi desviado?

SEM PRISÃO Quem rouba corre o risco de ser condenado a quatro anos de prisão. Já quem comete crime de corrupção pode receber uma pena bem mais branda, de apenas dois anos, embora um roubo de dinheiro público prejudique milhares de pessoas. Essa é uma das várias incoerências

da legislação, que, por vezes, prevê sanção menor para crimes mais graves. Para tentar equilibrar esses casos, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados criou uma subcomissão para reformar o Código Penal e as outras leis criminais.

CANAL ABERTO SEM ÁLCOOL. A Ambev lançou um programa para evitar a venda de bebidas alcoólicas a menores de idade em supermercados e bares. O programa terá como ícone “+ID” e pretende estimular a apresentação de documento de identidade no momento da compra de bebidas. Nos supermercados que aderirem ao programa, por exemplo, um sistema nos caixas bloqueará a venda de bebidas após a leitura do código de barras. A liberação da compra só será feita depois que o cliente digitar sua data de nascimento. BRASIL BOLA DA VEZ. Pesquisa do Centro de Estudos em Private Equity e Venture Capital da FGV (GV cepe) mostra o apetite pelo Brasil. Os investidores pretendem aportar US$ 20 bilhões no país no biênio 2011-2012, 72% mais que no último par de anos. O setor de serviços é destaque na sondagem: está presente na carteira de 80% dos 25 principais gestores de fundos. CORAÇÃO NA HORA “H”. Quase metade das pessoas que sofrem infarto nunca havia apresentado queixas de doenças do coração, diz Ricardo Pavanello, supervisor de cardiologia do Hospital do Coração (HCor). Os mais jovens correm maior risco de eventos graves por não terem o que os médicos chamam de “circulação de artéria coronária colateral”, a rede de pequenas artérias saudáveis que se ligam a uma artéria obstruída, suprimindo total ou parcialmente o fluxo de sangue oxigenado. E este ganho só aparece com o passar dos anos. SEM CARRRO. Dia 22 de setembro, quinta-feira, é o dia mundial “sem carro”. Vamos todos andar de ônibus, metrô, bicicleta ou a pé.

JANTAR DO PANIFICADOR. A AMIPÃO e o Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação realizaram com grande sucesso, na sexta-feira passada, dia 16 de setembro, o 52º Jantar do Panificador na Serraria Souza Pinto. Parabéns às competentes diretorias pelo evento. EXEMPLO ESPORTIVO E AMOR AO BRASIL. Fabiana Murer é mesmo um espetáculo nessa prova plasticamente tão bonita que é o salto com vara. Nossa campeã é também a campeã do mundo, após vencer a prova na Coréia do Sul. E ainda se deu ao luxo de dizer que gosta mesmo da vitória quando é mais difícil, porque ela, Fabiana, se diverte mais. FUMOU PORQUE QUIS. O juiz Magno Assunção, da 28ª Vara Cível do Rio, negou indenização de R$ 1,2 milhão ao ex-fumante Areski Santiag, que teve câncer pulmonar após consumir cigarros por 50 anos. Segundo o juiz, Magno era “viciado internacional que assumiu o risco de sofrer as consequências de seu inveterado vício e descontrole para consigo, sua saúde e a de seus familiares”. PORTAL DO TURISMO. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, está desenvolvendo um novo portal do Turismo de Minas Gerais. O lançamento acontecerá dia 20 de setembro, terça-feira, às 15h30 no SESC Palladium, e contará com a presença das entidades do Conselho Estadual e Municipal de Turismo. ELEIÇÃO PRESIDENCIAL. A eleição para presidente do Cruzeiro Esporte Clube, a ser realizada no dia 03 de outubro, das 19 às 21 horas, caminha para formação de três chapas: 1°: Antônio Claret; 2°: Alberto Rodrigues; 3°: Gilvan de Pinho Tavares.

“Se você diverge de mim, não é meu inimigo, você me completa”. “A imagem que gostaria que ficasse de mim é a imagem de um irmão”.

Dom Helder Câmara

Exploração sexual não é turismo. É crime. Disque 100 e denuncie. PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS. EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIE. TELEFONE: 0800-311119 Cartas, críticas, convites e sugestões enviar para a redação do Edição do Brasil. Av. Francisco Sá, 360, CEP: 30.411-145, BH, MG.


12

E S P O R T E

Divulgação

Alberto Rodrigues surge como opção para eleição do Cruzeiro

A

eleição presidencial no Cruzeiro, marcada para o próximo dia 3 de outubro, começa a esquentar e pode ter três chapas concorrendo à cadeira do atual presidente, Zezé Perrella. O candidato da situação será Gilvan de Pinho Tavares, que em princípio concorreria apenas com o ex-diretor de marketing da Raposa, Antônio Claret, mas uma terceira via começa a ganhar força no clube. O vereador e jornalista Alberto Rodrigues seria o cabeça de chapa, e teria como vice o ex-presidente cruzeirense, César Masci. Alberto Rodrigues, que também é narrador das partidas do Cruzeiro na Rádio Itatiaia, declarou em entrevista à emissora que ainda está pensado na proposta de assumir o comando da equipe celeste. “Estou pensando. A proposta foi feita em uma conversa informal com o César Masci. Fiquei surpreso, já que muitos torcedores estão me apoiando nas redes sociais. Mas nunca havia passado pela minha cabeça ser candidato nas eleições do Cruzeiro”, declarou Alberto Rodrigues, que afirmou também que poderá ocorrer uma inversão de papéis, com César Masci como

ALBERTO Rodrigues pode disputar a presidência celeste contra Gilvan Tavares

presidente e ele como vice. “Ainda vou pensar. Pode ser que César Masci seja o presidente e eu o vice. Ou diferente. Eu presidente e ele vice. Vamos ver, ainda tenho que pensar. Nunca me passou pela cabeça isso. Sou jornalista, radialista. É diferente ser narrador e presidente. Se acontecer, evidentemente terei que abandonar a rádio”, disse.

< Gilvan Tavares > O vice-presidente do Cruzeiro e candidato à presidência, Gilvan de Pinho Tavares, comentou sobre a possibilidade de mais uma chapa disputando a eleição no clube. No

dia 3, foi levantada a possibilidade de César Masci, ex-presidente do clube, e Alberto Rodrigues, narrador dos jogos do time mineiro na Rádio Itatiaia, formarem uma aliança para o pleito. Gilvan não acredita que a ideia vá para frente. “O César Masci é outro candidato que já prestou relevantes serviços ao Cruzeiro e não acredito que ele vá arregaçar as mangas para disputar a eleição comigo, porque ele foi um dos que, de primeira hora, lançou minha candidatura, dizendo que já havia passado o momento de eu assumir a presidência do Cruzeiro. Assim como o último candidato que se apresentou, meu amigo Alberto Rodrigues”, contou Gilvan.

EDIÇÃO DO BRASIL 18 a 25 de setembro de 2011

Respeito é bom e faz bem a todo mundo! *Chico Maia

O

s empresários do ramo da comercialização de jogadores de futebol reclamam que o mercado está cada dia pior para brasileiros, principalmente nos países mais fortes da Europa. Também pudera! A maioria chega lá, enche os bolsos de dinheiro, diz que não se adaptou e quer voltar logo, gerando enormes prejuízos e desconfiança! Insatisfeito em ter sido obrigado a permanecer no Cruzeiro, Gilberto voltou a chutar o balde com suas declarações infelizes na chegada do time em Confins, depois da derrota para o Santos. O clima entre ele, Roger e Fábio não era dos melhores; ficou pior ainda, prejudicando todo o clube. No América, André Dias também foi destemperado ao manifestar a sua insatisfação com o técnico Givanildo, que o substituiu nos 2 x 2 com o Avaí.  Questionado, o treinador foi firme e disse que o atacante tinha que respeitar o colega de trabalho que entrou no seu lugar e à decisão do superior hierárquico. E que se não estivesse satisfeito pedisse para sair. Menos mal que André reconheceu que fez besteira e pediu desculpas públicas. São comuns notícias de jogadores experientes e rodados como Gilberto e André Dias agindo assim, porém o futebol é cheio de exemplos que envolvem também atletas que ainda nem chegaram ao profissional.  Na semifinal da Taça BH de Juniores, Leleu, que deve se achar uma estrela, esbravejou e saiu xingando, quando o técnico Rogério Micale o substituiu. E nem olhou para a cara do companheiro que entraria em seu lugar. Semanas antes, Wendell, sério candidato a “foguete molhado”, também do Atlético, agiu de forma semelhante contra o então técnico do profissional, Dorival Junior.   A ser imitado  A volta do Uruguai à prateleira de cima do futebol Sul-Americano e mundial não é por acaso, nem fruto de algum imediatismo. Desde 2005, quando perdeu a repescagem das eliminatórias da Copa da Alemanha para a Austrália, começou o trabalho de recuperação, quando Oscar Tabárez,

voltou ao comando da seleção. Ele aceitou a missão com a condição de coordenar também, todas as categorias de base. Sua filosofia era preparar seres humanos para a vida e não apenas chutadores de bolas de futebol.  Implantou métodos que estão em vigor até hoje; na seleção infantil à principal. As atividades fora dos gramados são tão valorizadas quanto dentro. Os jogadores aprendem primeiro a respeitar os colegas, a instituição que defendem e ao público. São treinados até para conceder entrevistas, em todo tipo de situação. Os bons e maus momentos entram no script, para que nenhuma declaração mal dada comprometa o trabalho ou estrague o ambiente. O futebol brasileiro precisa seguir exemplos como o do Uruguai de Oscar Tabárez.  Às vezes alguém comenta que já não se liga tanto em futebol como antes, e a reação que temos é que isso seja fruto de reação isolada ou momentânea, devido a um eventual mau momento pelo qual passa o time de quem fala. Mas os números da audiência da Globo nas transmissões mostram que a cada ano a motivação do público é menor, e que nos últimos cinco anos houve uma considerável queda de 25%.  São vários fatores que levam alguém a se desmotivar com o futebol, mas não tenho a menor dúvida que o comportamento arrogante e desrespeitoso de muitos jogadores contribuem muito para isso também. É como a política. De tanto ver homens públicos metendo a mão impunemente, as pessoas tomam cada vez mais antipatia do assunto. O resultado final é sempre o pior possível. No futebol, time onde não há respeito entre colegas e à hierarquia, não vai render. Na política, o resultado é um país esculhambado, violento e corrupto como o Brasil, apesar do ótimo potencial que temos.

*Jornalista e comentarista esportivo

T U R I S M O

Miami se destaca entre os turistas brasileiros

Ministério do Turismo vai investir em Minas Gerais Divulgação

Emilienne Santos

< Hospedagem > Para quem pretende visitar Miami, uma opção de hospedagem é o Mandarin Orieltal Hotel, localizado em Down Town, em uma ilha com acesso limitado a hóspedes e moradores. A Brickell Key, também conhecida por Claughton Island, é um espaço feito por construtores, com 44 acres, idealizado em 1943. Atualmente é considerado uma das áreas mais prestigiadas de Miami. O hotel possui cerca de 365 quartos, todos com vista para o infinito oceano Atlântico e com ambiente climatizado e decoração tranquilizadora. Segundo Allie Spang, relações públicas do Mandarin, a alta temporada no hotel acontece durante

Codevasf

N

ão é novidade para brasileiros e norte-americanos que Miami está entre as 10 cidades mais visitadas e apreciadas pelos turistas de todo o Brasil. Com a queda do dólar frente ao real nos últimos meses, as visitas à cidade por latino-americanos se tornaram ainda mais frequentes. Para 2011, a expectativa do Miami Convention & Visitors Bureau é que a cidade receba cerca de 2 milhões de brasileiros. Miami é considerada um centro turístico, sendo uma das cidades mais escolhidas como destino por turistas nos Estados Unidos, por causa de seu clima quente o ano inteiro, belas praias e variado polo comercial. Por lá se pode achar desde pequenos produtos cosméticos a caros relógios Rolex, além de todos os tipos de comidas - de junk food a tailandesa - e variados tipos de bares e boates. Além da expectativa turística, uma das cidades mais visadas do estado da Florida, na costa sul dos Estados Unidos, ainda especula quanto ao mercado imobiliário. Em 2010, muitos investidores do Brasil começaram a comprar imóveis em Miami, após o “boom” do mercado imobiliário brasileiro. No ano passado, esse número chegou a 9% das aquisições imobiliárias da cidade. Este ano a perspectiva dos corretores de Miami é que este número dobre, chegando a 20%.

“O turismo ecológico é o segmento turístico que, proporcionalmente, mais cresce no mundo. E a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), como um dos principais agentes de desenvolvimento sustentável do Vale do São Francisco em Minas Gerais, tem a missão de apoiar toda e qualquer ação nesse sentido”. Foi o que afirmou Dimas Rodrigues, superintendente da Codevasf em Minas, durante visita técnica do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e do presidente em exercício da Codevasf, Clementino de Souza Coelho, à cidade de São Roque de Minas e ao Parque Nacional da Serra da Canastra – Parnacanastra, no último final de semana. Eles estavam acompanhados do diretor da área de revitalização de bacias hidrográficas do São Francisco, Guilherme Almeida. Durante a visita, o ministro Fernando Bezerra assinou a autorização para abertura de procedimento licitatório visando a execução das obras de revitalização de estradas internas do Parnacanastra. Nessas ações, o Ministério da Integração Nacional, por intermédio da Codevasf irá investir recursos da ordem de R$13 milhões. De acordo com dados da Codevasf os investimentos irão impulsionar, ainda mais, o turismo ecológico no local, melhorando as condições de tráfego no Parque. O projeto básico consiste na execução de estudos e a proposição de soluções viárias, visando corrigir as deficiências existentes nos trechos avaliados, envolvendo traçado, solução geotécnica e geológica, projetos de terraplanagem, drenagem, obras de arte correntes, preservação do meio ambiente e segurança viária. Numa extensão de 190,85 km, serão 176,73 km de revestimento primário, 6,0 km em calçamento tipo bloquete e 8,12 km de acessos exclusivos para pedestres. Na solenidade de assinatura da autorização para início das ações de revi-

o afamado spring break, ocasião em que americanos e canadenses – que formam cerca de 70% de clientes do hotel – descem para a costa estadunidense para descansar, comemorar e curtir a praia e o clima quente do litoral da Florida. Além dos norte-americanos, os brasileiros também estão na lista dos turistas mais recepcionados no hotel, cerca de 30% dos hóspedes são provenientes do Brasil. Além de quartos com qualidade cinco estrelas, o Mandarin também disponibiliza um reconhecido SPA para os clientes. Com várias opções de tratamento estético e relaxante. O Mandarin SPA a pouco tempo foi premiado pelo guia Forbes Travel, como um dos melhores SPA’s dos Estados Unidos e único na florida com categoria cinco estrelas. De acordo com Spang uma das vantagens de ter como escolha o Mandarin Oriental é a localização e os serviços oferecidos. “Aqui o hóspede pode relaxar em um exclusivo serviço de SPA e ainda estar perto dos maiores atrativos de Miami”, comenta. Para complementar os atrativos, o hotel ainda disponibiliza, não somente para hóspedes, como também para pessoas que apreciam uma culinária sofisticada, o restaurante Azul, que possui um cardápio refinado e é assinado pelo chefe Frederic

Monnet. O restaurante oferece aos clientes pratos para paladares refinados, com receitas originais e especiarias únicas. O lounge do Mandarin também é um ponto que chama a atenção. Lá se pode encontrar um bar com vista para o oceano com os diversos drinks americanos, mas o maior destaque é para o cardápio com mais de 250 tipos de Martinis exclusivos. O Mandarin Oriental Hotel abriu as portas em 2000 e desde então vem se destacando no ramo hoteleiro de Miami, já recebeu artistas e músicos consagrados no mundo todo, não somente pela excelência dos serviços e localização, como também pela privacidade que oferece aos hóspedes. < Transporte > Atualmente em Minas Gerais, a linha aérea que merece destaque pela qualidade e rapidez dos serviços de transporte para Miami é a American Airlines (AA). Foi a primeira a voltar a disponibilizar voos diretos BH/Miami quando o aeroporto Tancredo Neves se viu viável para o ofício. Desde então os voos da companhia tem permanecido lotados de passageiros e vem sendo destacada pelo ótimo atendimento e pontualidade.

O MINISTRO Fernando Bezzera em visita a Minas talização das estradas do Parnacanastra, o ministro Fernando Bezerra falou da importância desse investimento na preservação do local para as gerações futuras. Fez questão de enfatizar que a sua vinda a essa região marca o seu compromisso com a orientação da presidenta Dilma Rousseff em priorizar a defesa da sustentabilidade da preservação ambiental. Na oportunidade, o procurador geral de Justiça de Minas Gerais, Alceu Torres, entregou ao ministro placa comemorativa de dez anos de atuação da Defensoria Pública do Rio São Francisco. Para o engenheiro-agrônomo Fernando Britto, chefe de gabinete da Codevasf em Minas e vice-presidente da Sociedade Mineira de Engenheiros Agrônomos, a atuação da Codevasf na região do Alto São Francisco tem sido mais constante, sempre com ações de revitalização da bacia hidrográfica do rio, através da recuperação de processos erosivos e implantação de sistemas de esgotamento sanitário. Durante sua presença na região, o ministro e sua comitiva realizaram visita técnica ao Parnacanastra, onde receberam informações sobre o local. Em seguida, conheceu de perto as nascentes históricas do Velho Chico. No seu retorno para São Roque de Minas, fez o plantio simbólico de mudas do bioma natural. Durante toda a sua permanência na região, ele foi acompanhado por vários prefeitos, deputados, o coordenador do Programa de Revitalização de Bacias Hidrográficas de Minas Gerais, Aluísio Fantini,o presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio São Francisco, Geraldo dos Santos, entre outras autoridades.


jornal Edição do Brasil