Page 1

w w w . j o r n a l e d i c a o d o b r a s i l . c o m . b r

Belo Horizonte/Brasília

21 a 28 de agosto de 2011

Nº 1479

R$ 1,00

Desaposentação já é realidade

O aposentado pode voltar atrás e se desaposentar

Dicas para quem deseja ser líder em uma empresa Cristiane de Ávila, diretora-executiva da Associação Brasileira de Recursos Humanos de Minas Gerais (ABRH/MG), dá dicas para quem deseja ser líder e exercer cargos de influência dentro de uma empresa. Econo-

A advogada Sibele Barony analisa a questão da desaposentação

Prestígio do Partido Progressista

O GOVERNADOR Antonio Anastasia e Alberto Pinto Coelho durante o evento Passou de 200 o número de presentes, entre prefeitos, vereadores e líderes regionais, no 4º Congresso do Partido Progressista, realizado na última sexta-feira, em Belo Horizonte, sob os olhares do vice-governador e presidente do partido, Alberto Pinto Coelho. Os trabalhos foram abertos por Antonio Anastasia, com várias palestras sobre temas diversos acontecendo na sequência. Política – Página 3

mia – Página 6

CRISTIANE de Ávila diz que um líder preparado tem de saber lidar com a pluralidade de perfis dentro da equipe

Ginástica laboral é remédio indicado para curar o stress

Vida – Página 8

SESC promove ação em prol do envelhecimento saudável

Kit de material é entregue a alunos de Santa Luzia Educação e Cultura Página 4

Pode ser considerada um sucesso a ideia do SESC-MG de criar eventos com a finalidade de discutir o envelhecimento saudável. Recentemente, a entidade promoveu o 3º Fórum Técnico da Longevidade, reunindo cerca de 600 convidados, entre estudantes, coordenadores de grupos de convivência, pesquisadores e palestrantes. Foram discutidos temas como a melhor forma de qualificar e capacitar os profissionais que atendem à terceira idade. Cidades – Página 10

Copa do Mundo 2014 leva prefeito de Montes Claros à sede da CBF

O prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, foi bater na porta do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, no Rio de Janeiro. Ao lado do deputado Tadeu Martins Leite, ele solicitou o empenho do presidente da entidade no sentido de analisar a oportunidade de o município sediar eventos da Copa do Mundo de 2014. Ricardo Teixeira recebeu a documentação e prometeu voltar a falar em breve sobre o assunto. Esportes – Página 12

JEditorial

JEditorial

Quem se aposentou e continua trabalhando pode voltar atrás, se desaposentar e requerer novamente o direito, acrescentando os benefícios pagos por meio da contribuição ao INSS. Segundo a advogada Sibele Barony, muitos têm medo de procurar este caminho, por acreditarem que podem perder as conquistas anteriormente adquiridas, porém, segundo a especialista, não há chances de disso acontecer. Opinião – Página 2


O P I N I Ã O

2

EDITORIAL

Processo de desaposentação pode ser vantajoso

Assembleia Legislativa fez a sua parte. E agora?

EDIÇÃO DO BRASIL Julho Editorial Ltda Cooperativa de Comunicação Social ARTHUR LUIZ FERREIRA Diretor-Editor (licenciado) EUJÁCIO ANTÔNIO SILVA Diretor-Responsável ESCRITÓRIO CENTRAL - BELO HORIZONTE AV. FRANCISCO SÁ, 360 - PRADO CEP 30.411-145 TELEFONE: (0 xx 31) 3291-9080 Endereços Eletrônicos: jornaledicaodobrasil@terra.com.br e.brasil@yahoo.com.br Site: www.jornaledicaodobrasil.com.br

21 a 28 de agosto 2011

* Mauro Bomfim

José Alves Neto

Divulgação

D

esde o fim da censura à imprensa, no fatídico período após a revolução de 64, jornalistas e grandes veículos de comunicação vêm traçando metas comuns para exercer plenamente o direito de informar. Muitas vezes, precisam fazer isso através de fiscalização e denúncias, especialmente contra pessoas que estão no poder, exercendo cargos influentes, onde sempre acontecem abusos de toda ordem, como malversação do dinheiro público e troca de favores que beneficiam os mais poderosos, quando não, as grandes empresas e organizações internacionais. O Brasil, efetivamente, vive uma democracia, apesar de jovem, mas uma democracia, isto ninguém pode negar. Por outro lado, só o tempo se incumbirá de corrigir os defeitos e as imperfeições do regime, ocorridos nestes novos tempos vividos, especialmente a partir de 1988, quando entrou em vigor a Constituição Brasileira, popularmente conhecida como Constituição Cidadã. A partir desta nova Carta Magna, os Três Poderes foram mantidos, porém, dois deles, nitidamente, ficaram no cume do domínio. Não há como negar que nesta República Federativa o poderio do Executivo sobre os demais entes é uma realidade. Hoje, todos também reconhecem a grande importância concedida ao Judiciário, permitindo que alguns de seus membros se julguem acima de tudo e de todos. Nestes dois entes federados, a imprensa tem encontrado dificuldades para esmiuçar os seus bastidores. Fora isto, existe, na prática, o quarto poder aqui instalado: trata-se do Ministério Público. É uma verdadeira teia de vaidade, tecida com esmero de detalhes, para se saber quem pode mais, aliás, cada vez mais. A imprensa mineira sempre tem acesso aos temas necessários para desenvolver sua atividade jornalística na Casa Legislativa estadual. Não é só isto. Os parlamentares são mais acessíveis à população nas Câmaras de Vereadores, nas Assembleias e no Congresso Nacional, endereços que funcionam como uma verdadeira caixa de ressonância de nosso povão, para onde são encaminhadas as mais diferentes reivindicações, postulações e demandas. A mídia tem sido implacável contra os atos da Assembleia Legislativa, embora não tenha o mesmo comportamento contra os exageros dos demais poderes. Recentemente, havia uma manobra para que promotores de Justiça, em casos especiais, se locupletassem com salários de R$ 22 mil, apenas por conta de algumas especialidades dentro da própria carreira profissional. No intuito de evitar mais polêmicas sobre o que acontece nos bastidores do Legislativo mineiro, a Mesa Diretoria da Casa, sob o comando do presidente Dinis Pinheiro, renovou contrato com a Controladoria-Geral do Estado, com a finalidade de auditar as notas fiscais dos deputados apresentadas para justificar despesas com verbas indenizatórias, referentes a pagamentos diversos, feitos diretamente pelos gabinetes. Tomada esta decisão de se auto-fiscalizar, o presidente Dinis Pinheiro quer tirar das manchetes negativas o nome da instituição e de seus colegas parlamentares, que a partir de agora serão fiscalizados três vezes: pela contabilidade interna, pela Auditoria-Geral do Estado e, finalmente, pelo Tribunal de Contas. Resta, finalmente, questionar: qual a transparência e quem fiscaliza as contas do Judiciário e do Ministério Público a não ser o “cansado” Tribunal de Contas?

EDIÇÃO DO BRASIL

Sibele Barony explica que é importante analisar se a desaposentação será vantajosa

Poucos conhecem ou já ouviram falar sobre a desaposentação, um processo que pode beneficiar milhares de trabalhadores que continuam na ativa mesmo após se aposentarem. A advogada do Sindicato dos Aposentados de Minas Gerais, Sibele Barony, fala ao Jornal Edição do Brasil sobre essa questão e quais os procedimentos a serem adotados. Pertencente à Comissão de Assuntos Previdenciários da OAB/MG e especialista em Direito Previdenciário, Sibele tem experiência suficiente para acabar com aquilo que ela considera o maior problema no processo de desaposentação: a falta de informação. “Muitos têm medo do benefício ser cassado, mas não existe essa possibilidade”, garante.

“Muitas pessoas não têm confiança no êxito jurídico do processo” Entenda o processo A desaposentação nada mais é do que o aproveitamento daquele tempo em que a pessoa continuou trabalhando depois de aposentado e teve que pagar as contribuições previdenciárias ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Essas contribuições – quando não há qualquer contra-prestação, pelo fato de que ele não tem direito a alguns auxílios – servem para aumentar a sua aposentadoria.”.

Exemplo prático Vamos dar um exemplo no caso de uma aposentadoria proporcional. Um homem que trabalhou por 30 anos em determinada empresa se aposentou e continuou trabalhando por mais cinco anos. Então ele vai aproveitar essas contribuições previdenciárias para aumentar e fazer com que aquela aposentadoria proporcional se torne integral”.

O primeiro passo O primeiro passo é ir até o posto do INSS para fazer o pedido. Lógico que será indeferido, mas essa solicitação é necessária para provocar a via administrativa. Há juízes que entendem que primeiro é necessário agir por essa via, para depois acionar o Poder Judiciário. Aí, sim, com a negativa, ele vai impetrar um mandato de segurança na Justiça Federal. Nada impede que um aposentado vá à Justiça de imediato, mas existem juízes que não reconhecem isso”.

Principais alertas É importante tomar muito cuidado, pois há pessoas que se aposentam e continuam trabalhando, porém recebendo um salário menor do que antes. Se esse valor de salário for menor, então não é interessante reivindicar essa desaposentação, pois esse processo leva em conta o cálculo da legislação atual. Outro grupo que precisa ficar atento agrega as pessoas que se aposentaram antes de 1999, quando não existia o fator previdenciário. Cada caso deve ser analisado com muita calma e cautela, para que o beneficiário não corra o risco de receber um valor menor. É perigosa aquela aventura jurídica, uma ação temerária em uma questão que não valeria à pena. Por isso, antes de mais nada, é importante analisar se essa desaposentação será vantajosa”.

Sem risco de ter a aposentadoria cassada Há muita falta de informação sobre essa questão. Muitas pessoas têm medo de o benefício ser cassado, mas não existe essa possibilidade por dois motivos: primeiro, porque o cidadão já se aposentou preenchendo os requisitos para tal; segundo, porque a aposentadoria tem caráter alimentar e ninguém pode ser privado de receber o benefício que substitui sua renda. Outras pessoas não têm muita confiança no êxito jurídico do processo. Vale citar que, realmente, em Belo Horizonte, alguns juízes estão indeferindo, mas o STJ já se posicionou no sentido de que é possível a renúncia à aposentadoria [por constituir direito patrimonial disponível]”.

Procure seus direitos É necessário que as pessoas interessadas em iniciarem o procedimento procurem um profissional capacitado e de confiança, para averiguar se existe a possibilidade de conseguir e se esse pedido de desaposentação é realmente vantajoso. Para maiores esclarecimentos, o site do escritório Barony Advocacia é www.baronyadvocacia.adv.br”.

Vagas para cada sexo nas eleições 2012 Uma questão vem provocando muita polêmica: como será definida a proporcionalidade das vagas de cada sexo para as eleições municipais de 2012? Essa temática preocupa partidos políticos, assessores e pré-candidatos, sobretudo para as eleições proporcionais de vereador. Como montar uma chapa de candidatos a vereador que respeite a chamada cota de gêneros? Como proceder para todo o registro da chapa não ser indeferido? Até 2009, a primitiva redação da Lei n. 9504/97 se referia, numa intenção claramente machista do Legislativo, a 70% de homens e 30% de mulheres. A partir da minirreforma eleitoral de 2009, a redação do art. 10, § 3º da Lei Geral das Eleições passou a ser a seguinte: 3º: Do número de vagas resultante das regras previstas neste artigo, cada partido ou coligação deverá reservar o mínimo de trinta por cento e o máximo de setenta por cento para candidaturas de cada sexo. É dizer: estabeleceu-se a quota de gêneros em proporção de 70% e 30% para candidaturas de cada sexo, o que significa dizer que é permitido, por exemplo, ter 70% de candidaturas de mulheres. Isso é uma alvíssara para a democracia que precisa de maior participação feminina, apesar do relativo desencanto das mulheres pela política, realçando-se a inédita situação singular de termos uma presidenta da República, a primeira na história da Velha e Nova República. Sabe-se que a Legislação Eleitoral, quando se trata de candidatura para vereador, chamada de eleição proporcional, permite o lançamento de até o dobro do número de lugares a preencher nas Câmaras Municipais, em caso de coligação e até 150% do número de lugares a preencher em caso de candidatura isolada pelo partido político. Tomemos como exemplo as Câmaras dos pequenos municípios de nossa região, formada por 09 vereadores em sua esmagadora maioria. Se houver coligação de partidos, poderão ser lançados 18 nomes, ou seja, o dobro. Se não houver coligação, 14 nomes, que corresponde a 150% de 09. Nessa proporção, em caso de coligação, quanto à cota de gêneros, 06 cadeiras devem ser obrigatoriamente preenchidas e não simplesmente reservadas para os 30% e 12 cadeiras para o outro gênero, que corresponde a 70%. A grande novidade é que a Justiça Eleitoral, segundo a interpretação da norma pelo Plenário do TSE, para as eleições de 2012 não mais aceitará simplesmente sejam preenchidas vagas remanescentes caso não cumpridos os percentuais. Será considerado o número de vereadores efetivamente lançados e escolhidos em convenção para fins de incidir os percentuais de 30% e 70%. Exemplo prático: um partido A, em município que possui 09 vereadores, resolvendo não coligar, lança o total de 14 candidatos, correspondente a 150%. Lançou 09 candidaturas do gênero masculino, que atendeu a proporção de 70%, mas não conseguiu preencher as 05 restantes com candidaturas do gênero masculino. Logo, não poderá mais preencher essas 05 vagas faltantes com homens, como ocorria nas eleições anteriores. Nesse mesmo exemplo, se o partido A não conseguiu lançar nem mesmo 14 homens e apenas 10, não lançando nenhuma candidatura feminina. Isso significa que os percentuais de cotas de gêneros incidirão sobre o número efetivamente lançado de candidatos, ou seja, 10, isso significando que dos 10 apenas 07 ou 70% poderão ser candidatos homens, sendo que 03 candidatos masculinos não poderão ser registrados, eis que a Justiça Eleitoral obrigará o partido, em diligência, a reduzir o número lançado para apenas 07 homens, que deverá ser o número definitivo de candidatos nessa hipótese. Lembrando-se que o próprio artigo 10, da Lei Geral das Eleições (*lei 9504/97), em seu § 4º estabelece que em todos os cálculos, será sempre desprezada a fração, se inferior a meio, e igualada a um, se igual ou superior. Essa nova interpretação da chamada cota de gêneros foi estabelecida em dois julgamentos históricos do Pleno do TSE: Recurso Especial Eleitoral nº 78432, de Belém/PA, decisão publicada em 12/08/2010, relator Ministro Arnaldo Versiani e no RESP nº 84672 , publicado em 09/09/2010, relator Ministro Marcelo Ribeiro. A pena aguçada desses dois ministros do TSE, ambos mineiros, consolida a adequada interpretação da norma eleitoral sobre a cota de gêneros, eliminando de uma vez por todas o tratamento casuístico ou preconceituoso, sobretudo em relação às mulheres, o sexo frágil normalmente não contemplado pelos partidos no preenchimento de vagas nas eleições parlamentares. A sabedoria de Salomão, sua inteligência penetrante e a visão de seu espírito eram tão vastas como as areias que estão à beira do mar, segundo as Sagradas Escrituras. Diríamos que a interpretação do TSE ao tema foi uma decisão salomônica.

* Advogado e cronista maurobomfim@maurobomfim.com.br


P O L Í T I C A

EDIÇÃO DO BRASIL 21 a 28 de agosto 2011

Tércio Amaral Temas como a renegociação da dívida do Estado com a União, política mineral e das águas de Minas, além da abordagem partidária em geral. Estes assuntos dominaram os bastidores do 4º Congresso Progressista, promovido pela cúpula do

ouro em nosso subsolo. Além disto, somos o maior produtor de nióbio do Brasil, de zinco e cimento. Também produzimos cerca de 75% do minério de ferro do país. Depois de divulgar estes números, o presidente do Sindiextra falou sobre a necessidade de se criar uma Agência Reguladora Nacional do setor mineral, a exemplo do que existe na Aviação Civil, no segmento de telecomunicações, saúde, etc. Fernando Coura pediu apoio dos políticos mineiros, por meio do deputado federal Luiz Fernando Faria e do senador Francisco Dorneles, presidente nacional do PP, para que sua tese de criação da agência seja levada a efeito. “Teria de haver regras claras. A partir desta realidade, haveria uma descentralização, o que permitiria aos estados terem mais poder junto ao setor, para continuar contribuindo com a economia e o desenvolvimento de Minas”. Os demais palestrantes do Congresso foram: Fernando Schuffner, diretor de desenvolvimento da Cemig, deputado federal Toninho Pinheiro, deputado federal Marcio Reinaldo, entre outros.

V I G Í LI A S CPI em Ipatinga A semana terminou com mais um pedido de CPI na Câmara de Vereadores de Ipatinga, desta vez contra o prefeito Robson Gomes. O objetivo é apurar possíveis irregularidades de um contrato do município com o Instituto de Gestão Pública de Vitória, no Espírito Santo. Este ano, já foram pagos mais de R$ 6 milhões, sem que tenha havido resultados concretos. O nome do prefeito tem aparecido cada vez mais na imprensa, quase sempre de maneira negativa. É tudo que planejou o PT local. Ou seja, quanto maior o desgaste de Robson Gomes, mais fácil fica para os petistas conquistarem o poder no ano vindouro. Coisas da política mineira.

Partido Progressista estadual. O evento, realizado no auditório do Hotel Ouro Minas, na manhã da última sexta-feira, reuniu presenças como o governador Antonio Anastasia, o vice Alberto Pinto Coelho – que preside o PP estadual – e o presidente nacional do PP, senador Francisco Dorneles.

Palestrantes aplaudidos Com experiência de secretário de Fazenda do governo mineiro, o economista Leonardo Maurício Colombini exibiu um painel mostrando o crescimento da dívida pública de Minas Gerais, que ultrapassa a casa dos R$ 50 bilhões, situação que preocupa as autoridades e é vivida por todos os governos estaduais do Brasil. O secretário, ao final de sua fala, pediu o apoio dos políticos presentes no sentido de levar à frente a tese de uma abertura para que haja renegociação dos valores junto ao Governo Federal, pois os pagamentos dos juros mensais consomem 13% da arrecadação do governo mineiro, enquanto o valor nominal da dívida continua crescendo de maneira descontrolada. O segundo palestrante importante do evento foi o empresário Fernando Coura, vice-presidente da Federação das Indústrias e presidente do Sindicato da Indústria Mineral de Minas (Sindiextra). Aplaudido várias vezes, Coura lembrou a importância do segmento mineral, destacando: “Depois de 300 anos, estamos descobrindo que ainda existe muito

Eloy Lanna

Economia domina o 4º Congresso do PP

3

FERNANDO Coura solicita a criação de uma Agência Reguladora

Antônio Júlio e o PT Na opinião do deputado Antônio Júlio, o fim do Bloco Sem Censura, composto por deputados estaduais do PT, PMDB e PRB, pode significar mais problemas para o governo. Segundo ele, o PT, sem ter alguém para controlar, vai ficar ainda mais nervoso, partindo para cima do governo, com denúncias mais pesadas a todo instante.

Tema político Por diversas vezes, o condutor da solenidade, Alberto Pinto Coelho, deixou a Mesa Diretoria dos Trabalhos para atender à imprensa. Perguntado sobre assuntos políticos, ele disse que o PP está apostando na possibilidade da candidatura do senador tucano Aécio Neves a presidente da República. “Veja bem, estou falando como presidente do Partido Progressista. Em relação à disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte, no pleito passado, nós apoiamos Marcio Lacerda. Diante desta realidade, podemos até analisar a manutenção desta aliança no ano vindouro, caso seja esta a conclusão de nosso partido na Capital, embora o assunto venha a ser discutido objetivamente só no início do ano que vem”, vaticinou.

A vez de Itabirito Depois de ganhar a fábrica da Coca-Cola, Itabirito receberá investimentos do grupo internacional BHP Billiton, que vai instalar ali sua filial, com a finalidade de explorar cerca de vinte milhões de toneladas de minério de ferro, na divisa do município com Ouro Preto, gerando mais emprego e renda para a população.

Sucessão em BH Na opinião do deputado estadual do PMDB, Vanderlei Miranda, seu partido vai defender candidatura própria para a sucessão em Belo Horizonte. Ele não descarta a possibilidade de uma aliança com o PSDB, caso o prefeito Marcio Lacerda venha a optar pelo PT como parceiro de chapa. É aguardar para conferir...

DIVERSAS autoridades prestigiaram o evento

Sucessão em BH II Imaginem só: O PDT quer lançar o nome do presidente do Cruzeiro e senador Zezé Perrella para disputar a PBH. Se isto acontecer, a imprensa e a oposição terão um prato cheio, afinal o ilustre senador é protagonista de uma série de denúncias pesadas, cujas investigações circulam atualmente nas esferas do Judiciário nacional.

Jornalista da vez Considerado prata da casa, o jovem jornalista Heron Guimarães é o novo diretor-executivo do grupo do jornal O Tempo. Dizem que a escolha foi pessoal, do megaempresário e dono de tudo por lá, Vittório Medioli.

Presidente da Assembleia comanda reunião no interior Almg

O

primeiro Encontro Regional do Rio Doce, destinado a discutir com a população da região projetos do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), em Governador Valadares, contou com a participação do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), além de outros sete parlamentares. O encontro integra o projeto-piloto do Estado em rede, modelo implantado pelo Governo do Estado para estimular a participação da sociedade no planejamento das ações governamentais, em especial as estratégias de desenvolvimento regional. A secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, ressaltou que o encontro inaugurou, na região do Rio Doce, uma nova etapa do choque de gestão. As sugestões e opiniões dos representantes da sociedade civil são incorporadas a instrumentos de planejamento, tais como o PMDI, por meio da discussão de projetos organizados em redes de desenvolvimento integrado. “O governo e a sociedade vão exercitar o diálogo e o consenso. O governador tem nos incitado a ousar sempre com responsabilidade. Queremos ouvi-los para que possamos implantar as prioridades destacadas aqui”, disse Vilhena. O deputado Dinis Pinheiro lembrou a importância de se buscar a solidariedade entre as diversas regiões do Estado, a fim de reduzir as desigualdades entre os municípios. Dinis garantiu que a Assembleia valorizará as sugestões populares na discussão e votação do PMDI. “As prioridades do Rio Doce já são conhecidas: a duplicação da BR-381, a chegada do gasoduto, a instalação de uma universidade federal, a construção de um novo hospital, entre outros. Algumas são ações de âmbito federal e outras, estadual. Com essa discussão, identificaremos outras prioridades, que serão inseridas no PMDI, posteriormente examinado, debatido e aperfeiçoado na Assembleia”, afirmou o presidente. As autoridades e a população foram saudadas pela prefeita de Governador Valadares, Elisa Costa, que também cobrou a redução das desigualdades na região do Rio Doce. “A melhor forma de fazer isso é essa que estamos construindo: ouvir a sociedade”, afirmou. A secretária de Estado da Casa Civil e Relações Institucionais, Maria Coeli Simões, e a ouvidora-geral do Estado, Célia Pitchon, também ressaltaram em seus pronunciamentos a importância de se avançar nos mecanismos de participação popular na gestão do Estado. A forte presença dos parlamentares foi elogiada pelo secretário-adjunto de Estado de Governo, Leonardo Couto. Compareceram o 1º vice-presidente da ALMG, deputado José Henrique (PMDB); a deputada estadual Rosângela Reis (PV); os deputados estaduais Bonifácio Mourão (PSDB), Gustavo Corrêa (DEM), Carlos Henrique (PRB), Hélio Gomes (PSL) e Luiz Carlos Miranda (PDT); além do deputado federal Gabriel Chalita (PSB-SP), convidado para ser palestrante no evento. A Câmara Municipal de Governador Valadares foi representada por seu presidente, vereador Heldo Armond. O encontro terminou com uma exposição sobre a participação nas redes de desenvolvimento e reuniões de grupos de trabalho, que resultarão em um caderno de prioridades estratégicas regionais. Foram discutidos projetos de desenvolvimento nas seguintes redes de desenvolvimento integrado: saúde, educação, defesa e segurança, cidades, ciência, tecnologia e inovação, desenvolvimento econômico sustentável, desenvolvimento rural, desenvolvimento social e proteção, desenvolvimento do capital humano, identidade mineira e infraestrutura.

Coitada da Marília Gastando verdadeira fortuna com propaganda na TV, visando mostrar suas realizações em Contagem, a prefeita Marília Campos não escapou do Sindicato dos Professores, que fez a seguinte denúncia: “Faltam investimentos nas escolas do município e os desmandos beiram o absurdo”. E agora, D. Marília?

Vereador desacreditado Ninguém acredita que seja pra valer o requerimento do vereador do PMDB, Iran Barbosa, convocando o prefeito Marcio Lacerda à Câmara Municipal para explicar as denúncias em relação ao fretamento de aviões. Segundo informações de bastidores, o pedido não tem a menor chance de ser aprovado em plenário. Vale dizer que Iran não tem esta aptidão toda para fazer aposição aberta ao prefeito. “Ele pode no máximo buscar os holofotes, já que estamos nos aproximando do período eleitoral”, comenta um vereador governista.

DINIS Pinheiro foi a Valadares com vários deputados

2552-6333


4

EDUCAÇÃO E CULTURA Foi hilária a cena acontecida no início da noite da última terça-feira. O presidente da BHTrans, Ramon Victor César, chegou mais de uma hora atrasado para um debate na Associação Comercial de Minas, no centro da Capital, devido ao trânsito caótico. Cena final: Como autoridade máxima do tráfego de Belo Horizonte, o presidente da autarquia estava lá exatamente para falar sobre mobilidade urbana. A gargalhada tomou conta na hora da justificativa do atraso. Cena ridícula, diga-se de passagem.

Lula em Minas O ex-presidente Lula bateu o martelo. A partir de agora, vai conduzir pessoalmente as discussões sobre as eleições em Betim e Contagem, municípios considerados estratégicos para o comando nacional do PT. Comentário: Pelo visto, o senador Aécio Neves e o governador Antonio Anastasia terão muito trabalho na esfera política em 2012.

Governo agiota Ao discutir a questão da dívida pública de Minas, o deputado e ex-presidente da Assembleia, Dr. Viana, foi enfático: “A dívida pública do Estado é de mais de R$ 50 bilhões por conta dos juros cobrados pelo Governo Federal. Aliás, Brasília está sendo agiota dos estados. Isto é um absurdo”, esbravejou o deputado.

Comentários esportivos Na tradicional Praça Sete, na porta do Café Nice, a semana começou com os atleticanos irados pela falta de vitórias do time. Um deles, mais exaltado, lembrou que depois da aquisição do ex-dirigente do Cruzeiro, Roberto Maluf, há risco de o presidente do Galo, Alexandre Kalil, buscar para os quadros alvinegros o atual presidente cruzeirense, Zezé Perrella, depois que ele deixar a presidência da Raposa no final de ano. Isto é que é ironia pesada...

Promotor na política? Nos meandros da Câmara de Vereadores de BH, surgem comentários maldosos contra o promotor de Justiça João Medeiros, no cargo de defensor do patrimônio público há 12 anos. Uma das citações chama atenção sobre a possibilidade do representante do Ministério Público se tornar candidato a deputado federal, diante da tanta exposição na mídia, na hora de denunciar vereadores, prefeitos e outros políticos. Será?

Shopping incoerente Em dias normais, um ingresso para cinema no Shopping Cidade, no Centro de BH, custa R$ 8. Já um saco de pipoca sai por R$ 6.

Sucessão em Juiz de Fora Vejam o que aconteceu em um encontro de políticos em Juiz de Fora. O empresário Marcelo Detoni, no meio do bate-papo, se irritou e lascou a seguinte frase: “Estou filiado ao PSC, quero ser candidato a prefeito e tem mais: não devo satisfação a ninguém, afinal já acertei com o presidente nacional do partido. Agora só falta ver os valores com o presidente estadual”. Cena única: Vitor Nósseis, dirigente máximo da sigla, estava presente e ficou simplesmente mudo diante da detonação. Aí tem coisa, ah se tem...

Sucessão em MOC Quando esteve em Belo Horizonte, na semana passada, o milionário Warmillon Fonseca, que vem a ser prefeito de Pirapora, soltou o verbo a pessoas ligadas à Cidade Administrativa. Primeiro: não está preocupado com falações referentes a enriquecimento ilícito, conforme denúncia da imprensa. Segundo: não pretende abandonar a política. Terceiro: não pode mais ser candidato em Pirapora, pois já foi reeleito. Quarto: pediu ao seu amigo, o deputado estadual e atual secretário de Estado, Gil Pereira, para guardar para ele uma vaga que lhe permita disputar a eleição em Montes Claros, no ano vindouro. Conclusão: Entende o Sr. Fonseca que, se não for eleito prefeito de MOC, já estaria com sua candidatura garantida para deputado federal em 2014. Isto é, se até lá não houver problemas com a Justiça, claro.

Adalberto Lustosa de Matos Advogado Telefones: (31) 3221-3447 (31) 3282-3447 (31) 9983-3312

Banda Trilha leva ao barzinho boa opção para quem gosta de cinema José Alves Neto Ir ao cinema, teatro ou barzinho? Essa é uma grande dúvida entre os casais de Belo Horizonte ao escolherem um programa para os fins de semana. Uma boa opção para evitar qualquer tipo de racha é acompanhar um show da Banda Trilha, que, além de boa música, oferece um interessante entretenimento de teor teatral, com a interpretação dos maiores sucessos do cinema. Essa ponte entre as três artes (música, cinema e teatro) é o principal propósito do grupo, formado por músicos, atores e cinéfilos. Durante o show, os artistas não apenas tocam as grandes canções que embalaram os clássicos cinematográficos, como também interpretam as cenas antológicas, de modo que a plateia se sente dentro das produções. “A Banda interpreta as trilhas sonoras de forma mais inerente ao cinema, com músicos vestidos de personagens famosos. Ao mesmo tempo em que a música é executada, os telões exibem trechos dos filmes”, diz Rodrigo Anjos, diretor e vocal. Oito pessoas protagonizam esse divertido grupo. Além de Rodrigo Anjos (voz e violão), Matheus Couto (baixo), Camila Magalhães (voz), Humberto Lima (bateria), Renata Lanza (voz), Luciano Correa (saxofone e flauta), Rodrigo Dutra (teclado e vídeos) e Marcelo Fabri (guitarra) integram a Banda Trilha, que surgiu no final de 2006. A quantidade de componentes e a estrutura necessária fazem com que o grupo necessite de uma boa estrutura física para se apresentar. Com isso, a banda não tem suas apresentações restritas tão somente aos bares. “Nossa interpretação requer um bom espaço. Hoje temos feito mais em salões e também teatros, porque eles comportam muito bem o nosso cenário”. Ele também revela uma das atuais intenções da banda. “É um objetivo nosso fazer um show em um cinema da Capital”, confessa. Na decisão de que música tocar nos shows, os integrantes se baseiam em alguns componentes fundamentais. “Nos baseamos em três pilares, o filme, a trilha e a música. Buscamos achar um filme que apresente qualidade nesses requisitos para o show. Algumas estão sempre em nossas apresentações, como Pretty Woman”, revela.

Divulgação

Até tu, BHTrans...

21 a 28 de agosto 2011

A BANDA interpreta as cenas marcantes do cinema de forma teatral

Teatro musical O intuito de ser um grupo teatral é bastante evidente, uma vez que na apresentação da banda, em seu site da internet, os integrantes são classificados como “elenco”. Rodrigo Anjos explica o porquê dessa nomeação. “Na verdade, não existe o músico da Trilha, existe um artista que estará tocando como se fosse o ator do filme, interpretando musicalmente esse ator”, revela. Para contratar os shows da Banda Trilha, basta ligar (31) 9993-5555, informações no site www.bandatrilha.com.

Alunos de Santa Luzia recebem kits de material O Dia do Estudante, comemorado em 11 de agosto, foi marcado pela entrega do kit de material escolar nas 26 escolas municipais de Santa Luzia. O prefeito Gilberto Dorneles, acompanhado da secretária de Educação, Francislene Grácio, esteve em duas escolas da rede, onde entregou alguns kits aos alunos. Na oportunidade, Dorneles afi rmou que a entrega dos materiais contribui com a educação de cada estudante. “Estamos investindo no aluno da rede municipal sem medir esforços. A valorização é fundamental para o futuro de cada cidadão luziense”, disse. Para a secretária de Educação,

Divulgação

V IGÍLIAS DOBRADAS

EDIÇÃO DO BRASIL

Dorneles afirmou que a entrega dos materiais contribui com a educação de cada estudante

Francislene Grácio, a entrega dos kits é uma forma de reconhecimento do prefeito para com os mais de 18 mil estudantes da rede municipal. “É com muita alegria e satisfação que entregamos o material escolar. Sabemos que ele é muito importante para cada um”, afirmou a secretária. A diretora da Escola Santa Luzia, Ana Cecília Cota, agradeceu ao prefeito e à secretária pela entrega dos kits. “Que cada aluno aproveite da melhor maneira possível o material entregue, reconheço o esforço da prefeitura que busca sempre valorizar o ensino em nossa cidade”, finalizou. Os cinco kits entregues aos alunos variam de acordo com a faixa etária.

Abertas as inscrições para o Oscar da Ecologia mineira As inscrições para a segunda edição do Oscar da Ecologia, como é coAdministrativa com a presença do governador Antonio Augusto Anastasia. nhecido o “Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade e Amor à Natureza”, já Para a organização, o mais importante é reconhecer quem faz além estão abertas. Exemplos de empresas privadas e públicas, de instituições de das determinações legais e assume o seu papel na sociedade como ensino e ações individuais de cidadãos que agente responsável pela qualidade de contribuam para proteger o meio ambiente e vida. Projeto Manuelzão, Verdemar, o melhorar a qualidade de vida das populações cidadão Ernesto Soares (devido ao trabapodem concorrer. As inscrições de projetos lho voluntário na revitalização do córrego que cumpram rigorosamente as legislações Joões) e a então presidente da Câmara A premiação homenageia o professor e conservasocioambientais e trabalhos indicados por Municipal Luzia Ferreira foram alguns cionista mineiro Hugo Werneck, fundador do Centro meio da comunidade ambientalista podem premiados em 2010. para a Conservação da Natureza em Minas Gerais, uma ser realizadas até o dia 30 de setembro, no O Oscar da Ecologia é apoiado pela das primeiras ONGs ambientalistas da América Latina. site www.premiohugowerneck.com.br. Secretaria de Estado de Meio Ambiente O troféu, que será entregue aos 19 vencedores A edição passada contou com a partie Desenvolvimento Sustentável (Semad), classificados nas 3 categorias (Temáticas, Setoriais cipação de 152 projetos, número que deve Federação das Indústrias do Estado de Mie Lideranças), faz alusão ao voo da borboleta, que ser amplamente superado neste ano. Os nas Gerais (Fiemg), Fundação Dom Cabral despertava o amor do ambientalista Hugo Werneck, premiados da edição 2011 serão conheci(FDC), Associação Mineira de Defesa do eternizado no borboletário da Fundação Zoo-Botânica dos durante solenidade pública, que será Ambiente (Amda) e Centro Hugo Werneck de Belo Horizonte, criado por ele quando era diretor. realizada no dia 10 de novembro na Cidade de Proteção à Natureza.

Hugo Werneck

SP Consultoria Empresarial e Institucional Ltda. Estratégias em Saúde Consultoria, Treinamento e Capacitação em áreas estratégicas das Secretarias de Saúde: Planejamento Estratégico e Situacional Programação em Saúde Gestão Hospitalar Gestão Contábil e Financeira de recursos do SUS

Fontes de Financiamento/Captação de Recursos Auditoria Assistencial, Contábil e Financeira Direito Constitucional e Administrativo Políticas Governamentais de Saúde Participação e Controle Social

Rua São Paulo, 1071 - Sala 1715 Centro Empresarial São Paulo - Centro Belo Horizonte - MG - CEP 30.170-907 dr.lustosa@bol.com.br drlustosa@hotmail.com

Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1890 - Conjunto 1108 - Bairro Sion Belo Horizonte / MG - CEP 30320-000 Fones: (31) 2555-5179 / 2535-5180 / 7816-1151 / Fax: (31) 2555-1807 E-mail: sp.consultoria@yahoo.com.br


EDIÇÃO DO BRASIL 21 a 28 de agosto 2011

G E R A L

5

JORNAL DO ACIR ANTÃO O VEREADOR de BH, Joel Moreira Filho (PTC), e Luís Cláudio Chaves, presidente da OAB de Minas Gerais, durante o Baile do Advogado

MAIS UM – O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, não resistiu à pressão que lhe foi imposta pela imprensa e pelos adversários do PMDB dentro do governo e teve que pedir demissão do cargo à presidente Dilma, mesmo prestigiado pelo vice Michel Temer. Até agora já são quatro os ministros que deixaram seus cargos por corrupção ou simplesmente por incompatibilidade com a presidente: Antônio Palocci, Alfredo Nascimento, Nelson Jobim e Wagner Rossi. Outro dia escrevi aqui que Dilma deseja ter uma agenda positiva de governo, mas que até agora não conseguiu implementá-la porque os escândalos que vêm sucedendo em sua administração não permitiram sobrar espaço para um momento mais positivo. Para aqueles que se preocupam em contar a história da República, só mesmo no conturbado Governo João Goulart, na fase presidencialista, houve uma crise como essa. Naquela época, entre 18 e 21 de junho de 1963, o presidente se viu obrigado a substituir nove ministros. Brasília continua fervilhando e o próximo cair deve ser o do Turismo, Pedro Novais, às voltas com escândalos que levaram mais de 20 pessoas envolvidas com o seu ministério para a carceragem da Polícia Federal. NÃO VAI SER FÁCIL – O prefeito Marcio Lacerda já conheceu o tamanho de sua dificuldade para se reeleger ao cargo em Belo Horizonte. Embora ele já tenha apoios explícitos como do PCdoB, que anunciou essa decisão outro dia como parte de um acordo nacional, o PT e o PSDB, que fizeram a dobradinha histórica com Aécio e Pimentel, devem ficar de fora da coligação, já que terão candidaturas próprias na Capital. O nome do PSDB deverá ser o do deputado federal Rodrigo de Castro, enquanto no PT fala-se no nome do vice-prefeito Roberto Carvalho, além de Patrus correndo por fora e o próprio Fernando Pimentel, que pode apoiar Patrus para limpar seu caminho rumo ao Palácio da Liberdade.

FELIPÃO já foi sondado por Ricardo Teixeira para voltar a ser o técnico da Seleção Brasileira, que vem colhendo insucessos sob o comando de Mano Menezes. Felipão já estaria agindo nos bastidores, mas só assumiria o posto no próximo ano. O presidente da CBF entende que o atual técnico é bom e que chamou o que há de melhor no futebol brasileiro para disputar a Copa América, mas não carrega o fator “sorte”.

A NI V E RS A RI A NT E S Domingo, dia 21 de agosto Raul Bernardo Nelson de Senna Rita de Cássia Diniz – Contagem Publicitário Chico Bastos

Segunda-feira, dia 22 Ex-senador Ronan Tito Barbara Luiza Oliveira Santos Ronaldo Eustáquio Bretz – ex-gerente do PIC

Terça-feira, dia 23

DA COCHEIRA A paixão pelo Clube Atlético Mineiro é tão grande que um torcedor de Governador Valadares chorou diante dos microfones da Rádio Itatiaia, confessando ser “um sem vergonha” por acreditar numa reabilitação do time no Campeonato Nacional, depois de levar uma reviravolta no placar pelo Corinthians. A Câmara Municipal de Belo Horizonte está com disposição para discutir um projeto de revitalização da Lagoinha, incluindo a região do Bonfim. Só esperamos que o assunto não se resuma em diminuir largura de rua e construção de tobogãs nas esquinas movimentadas do bairro. Comerciantes da Avenida Antônio Carlos, nas proximidades da esquina com a Abraão Caram, estão reclamando da poeira que as máquinas estão levantando, e a construtora não está nem aí. A culpa cai em cima do prefeito.

Coisseur Elza Pereira Terezinha Sampaio Flávio e Berenice Rocha Iran Ibraim Jacob

Quarta-feira, dia 24 Glória Viegas Jaqueline Saldanha Marques

Quinta-feira, dia 25 Ex-deputado Armando Costa Roberto Gontijo André Luiz Anun

Sexta-feira, dia 26 Jornalista Rodrigo Mineiro Irene Bertoldo Iolanda Guimarães Santos

Sábado, dia 27 Jornalista Roberto Melo Renato de Carvalho Coelho Toninho do Cavaquinho

A todos, os nossos Parabéns!


EDIÇÃO DO BRASIL 21 a 28 de agosto 2011

Liderança pode ser adquirida por meio de experiências profissionais

Andreza Cruz diálogo também são pontos vidade e ao clima organizacional”, relata a presidente. importantes”, diz Cristiane. O mercado de trabalho O líder tem um suposto er um bom líder vai além poder devido à posição hie- está cada vez mais interesde saber distribuir tare- rárquica que ocupa, mas a sado em candidatos que fas e coordenar pessoas. efetiva posição de liderança tenham esse perfil de lideDesafios sempre surgem e é conquistada. Quando não rança. Por isso, durante saber como lidar com eles consegue essa interação os processos seletivos, os pode garantir a permanência com os colaboradores, ele contratantes buscam pesem um cargo dentro de uma pode utilizar seu cargo como soas que tenham foco no empresa. A presidente da forma de se impor. “Assim, a resultado em equilíbrio com Diretoria-Executiva da Asso- pessoa não é reconhecida a gestão de pessoas, visão ciação Brasileira de Recursos como líder, mas sim como sistêmica atrelada e focada Humanos de Minas Gerais chefe, ou seja, manda quem nos valores da “chave” e (ABRH/MG), Cristiane de Ávi- pode, obedece quem tem capacidade de se envolver. la, explica que os princípios de juízo. Esse estilo é extremaCristiane ressalta que competência de um líder são mente prejudicial à produti- valorizar pessoas que já conhecimento, habilidade, atitude, valores e envolvimento, o que ela chama de “chave”. Esses comportamentos e atitudes devem transparecer durante o dia-a-dia dentro da empresa. “Além dos princípios de competência, um líder preparado tem de saber lidar com a pluralidade de perfis dentro da equipe, afinal trabalhamos com pessoas de gerações, motivações e interesses totalmente diferentes”. Por isso, ele deve conhecer melhor a sua equipe, saber de suas parO LÍDER tem um suposto poder devido ticularidades e assim definir à posição hierárquica que ocupa, mas e estabelecer metas. Transparência e estar aberto ao a efetiva posição de liderança é conquistada

Divulgação

S

trabalham na empresa para preencher essas vagas é uma excelente estratégia de reconhecimento e retenção de talentos. “O momento de buscar no mercado externo é influenciado pela ausência de mão-de-obra com conhecimento específico”, explica ela. Espaço conquistado >> Muitas pessoas dizem que liderança é algo que está na personalidade, ou seja, um líder é nato. No entanto, Cristiane acredita que a liderança é um resultado das experiências que um profissional tem durante a vida. “É importante que se desenvolva o desejo de estar a frente de pessoas, o exercício diário de superação de desafios, a capacidade de fazer leituras dos fatos vividos e aprender com elas, a busca de conhecimento e ferramentas necessárias, ter a ciência do alto grau de responsabilidade que este papel exige, desenvolver constantemente sua capacidade de se conhecer e ao outro, de influenciar pessoas e finalmente entender a liderança como missão”, finaliza ela.

Élcio Paraíso

6

E C O N O M I A

PARA Cristiane, um líder deve conhecer a sua equipe

Minas Gerais ganhou, no dia 10 de agosto, uma das maiores feiras do setor automotivo do país. O Sistema Fecomércio Minas e o Sindicato do Comércio Varejista de Automóveis e Acessórios de Belo Horizonte (Sincopeças-BH), em parceria com a Diretriz Feira e Eventos, lançaram a Minasparts – Feira da Indústria de Autopeças e Reparação Automotiva, um evento que alcançou o sucesso em vários estados do Brasil. O presidente do Sistema, Lázaro Luiz Gonzaga, ressaltou seu contentamento em realizar a abertura da Minasparts. “Em nome do Sistema e do Sebrae, quero parabenizá-los pela excepcional estrutura de um evento tão significativo para o nosso Estado. Minas Gerais e o Brasil vivem um momento muito importante economicamente. Como representantes do comércio, temos grande responsabilidade sobre isso, pois somos o maior gerador de empregos e movimentamos a economia do nosso país”, ressaltou Lázaro, desejando, também, boas-vindas aos visitantes de outras cidades e estados. O presidente do Sincopeças-BH, Helton Andrade, também destacou sua satisfação e alegria por inaugurar um evento que surgiu apenas de uma vontade. “Foram meses de planejamento e tudo isso não seria possível sem a estrutura do Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos. Esta feira é apenas mais um resultado dessa composição, comprovando que o Sistema

Fecomércio

Mercado mineiro em alta velocidade

O PRESIDENTE Lázaro Gonzaga, o diretor da Diretriz, Cássio Drecsh, o secretário Raphael Andrade e o presidente do Sincopeças, Helton Andrade

Fiemg

Política industrial brasileira é debatida na Fiemg SEGUNDO Heloisa, mais medidas serão anunciadas ao longo do tempo

O diálogo franco marcou a visita da secretária de Desenvolvimento da Produção do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Heloisa Menezes, à Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). Ela apresentou o Plano Brasil Maior ao empresariado mineiro, ouviu elogios e pedidos para que a desoneração na indústria continue e atinja mais setores. O presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior, solicitou isonomia de competição com produtos estrangeiros. Machado Junior agradeceu a agilidade com que a presidente Dilma Rousseff e o ministro Fernando Pimentel têm atendido às demandas da indústria. “O Plano Brasil Maior é mais do que esperávamos, mas é um início. Agora, precisa ser aperfeiçoado para que, efetivamente, ofereça condições para concorrermos com produtos estrangeiros, num momento em que o mundo vira os olhos para nosso mercado”, disse o presidente da Fiemg. A posição defendida pelo MDIC é de que o Plano, divulgado no último dia 2, representa, de fato, um primeiro passo para a construção da política industrial brasileira. Ele abrange o período de 2011 a 2014. “Mais medidas serão anunciadas ao longo do tempo”, garantiu a secretária Heloisa Menezes. Ela explicou que algumas ações de desoneração não foram tomadas neste momento por causa do contexto restritivo vivido, de crise na economia dos países europeus e dos Estados Unidos. Enfatizou, no entanto, que continuam na pauta do Ministério e do Governo Federal. Está entre elas

a que considera a depreciação acelerada de máquinas, que reduz os impostos das empresas. De acordo com a secretária, isso representaria uma renúncia de R$ 60 bilhões. Menezes afirmou que outras pastas também divulgarão ações que terão impacto direto na indústria. Fez questão de falar sobre a transversalidade com que o Brasil Maior é tratado pelo Governo Federal. “Há também anúncios a serem feitos pelos ministérios do Planejamento e de Ciência e Tecnologia. A articulação é fundamental. Se ficarmos somente com o MDIC, estaremos de mãos atadas”, informou. O presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Mauro Borges, citou ao empresariado mineiro os objetivos do Plano Brasil Maior. Ele afirmou que o foco é na inovação tecnológica e no adensamento produtivo. “A política persegue, obsessivamente, o fortalecimento da competitividade da produção e da economia brasileira”, explicou. Para o presidente do Conselho de Política Econômica e Industrial da Fiemg, Lincoln Fernandes, o Plano está recheado de pontos que podem dar início à retomada da competitividade da indústria mineira e brasileira. Ele ressaltou, no entanto, que medidas fundamentais precisam ser inseridas na política industrial do país. Entre elas estão: considerar a depreciação acelerada de bens de capital, para redução do imposto de renda; inserir a indústria de bens de capital entre os setores que terão desoneração na folha de pagamentos; incluir empresas que declarem lucro presumido entre as que recebem incentivos à inovação, por meio da Lei do Bem.

funciona, que tem uma diretoria atuante e preocupada com a evolução do comércio”, afirmou. Representando o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, o secretário municipal adjunto de Desenvolvimento Econômico, Raphael Andrade, passou a mensagem do chefe do Executivo, parabenizando os organizadores pela iniciativa de trazer à Capital mineira uma feira voltada ao setor de autopeças e reparação automotiva, que exerce significativa influência na economia. “É uma excelente oportunidade para trazer investimentos e crescimento a nossa cidade. Queremos que Belo Horizonte ultrapasse as fronteiras e se torne referência em todos os aspectos possíveis. Esta feira é muito bem-vinda e tenho certeza que será a primeira de muitas”, destacou o secretário. No estande do Sistema, o Sesc-MG marcou presença com o Circuito Sesc de Saúde, realizando exames gratuitos de acuidade visual, medição de pressão arterial, glicemia, acuidade auditiva e expirometria, que mede a capacidade pulmonar. O Senac-MG cuidou do relaxamento dos visitantes com o SPA das mãos e a massagem nas costas. No estande do Sebrae-MG, os participantes da feira tiveram a oportunidade de ver de perto os trabalhos e cursos realizados pela entidade.

Empregos e renda contribuem para o desenvolvimento em MOC

O

presidente da Câmara Municipal de Montes Claros, Valcir Soares, entende que o momento pelo qual passa a cidade é favorável ao desenvolvimento e à economia. Para ele, o fator determinante ao desenvolvimento social é a geração de empregos e renda. Na opinião do vereador, projetos e incentivos fizeram com que a cidade alcançasse visibilidade em todo país, o que atraiu os olhares de investidores e grandes empresas, como a A&C Call Center e a Alpargatas, que no ano que vem estará empregando mais de 2 mil pessoas. “É de grande valia a aproximação dos poderes e a soma de forças para que a cidade e todo o Norte de Minas caminhem a passos largos, rumo ao desenvolvimento. Com a geração de empregos em nosso município, várias famílias que enfrentam situação de risco social encontrarão oportunidades neste novo cenário”, frisou o presidente da Câmara.


EDIÇÃO DO BRASIL 21 a 28 de agosto 2011

S O C I A L

7

Editada por Emilienne Santos

mili.edicaodobrasil@globo.com

Fotos: Eloy Lanna

TREINAMENTO PARA ESTREITAR o relacionamento com os agentes de viagens de Belo Horizonte e crescer na preferência entre os turistas de Minas Gerais, o Escritório de Turismo da República Dominicana no Brasil realizou no dia 18 de agosto uma capacitação para 80 profissionais da Capital mineira. O objetivo foi mostrar as novidades e principais atrações turísticas do país caribenho. COM O APOIO das companhias aéreas Copa Airlines, GOL e Taca Airlines, além das operado-

ras ADV Tour, MMT GapNet, Nascimento Turismo e Sanchat Tour, a República Dominicana apresentou as novidades de seus principais destinos turísticos, entre eles Punta Cana, Santo Domingo, Samaná e La Romana. Após o curso, foi oferecido um coquetel para convidados no Mercure BH Minascentro. O evento faz parte de uma série de capacitações que, além de Belo Horizonte, contempla também as cidades de Porto Alegre e Brasília.

ENCERRAMENTO NO DIA 12 de agosto aconteceu o jantar em comemoração a 8ª edição do Pedalando no Topo, o mais conhecido evento de spinning ao ar livre da América Latina. Professores italianos e brasileiros que comandaram as aulas na Serra do Rola Moça se reuniram na sexta-feira, véspera do evento, no Restaurante Natural e

Café Mandala, localizado na região da Savassi. O local escolhido oferece alimentos artesanalmente preparados, cozidos e assados com alto valor nutritivo, pratos vegetarianos e adicionais de frango, peixe e massas, sobremesas e sucos naturais, além de produtos integrais e complementos saudáveis.

THEREZA Madi e Gabi Madi

INVESTIMENTO NESTA ÚLTIMA semana, representantes da Belotur se reuniram com mais de 50 produtores de Belo Horizonte para discutir o III Edital de Seleção para Concessão de Subvenção a Eventos de Potencial Turístico na cidade. ESSA É mais uma iniciativa pública da Prefei-

tura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, para esclarecer e democratizar as informações desse Edital que apoia financeiramente projetos de entretenimento, ciência, recreação, esporte, cultura e lazer envolvidos na promoção da cidade de Belo Horizonte.

LANÇAMENTO AS CAPAS da edição 2011/2012 das listas telefônicas Guiatel serão ilustradas com obras do Museu de Artes e Ofícios – MAO. A iniciativa tem como objetivo difundir o espaço cultural, que abriga um rico acervo do universo do trabalho, das artes e dos ofícios de Minas. As obras retratadas nas capas contam a história da evolução do trabalho, com a apresentação de objetos, instrumentos e

utensílios de trabalho do período pré-industrial brasileiro. O LANÇAMENTO das 29 capas aconteceu na última quarta-feira, dia 17, na sede do MAO, e contou com a presença dos sócios do Guiatel, Wilson Melo Lima e Marcone Reis Fagundes, da presidente do Instituto Cultural Flávio Gutierrez – ICFG, Angela Gutierrez, entre outras autoridades.

ÉRICA Drummond, o presidente do Skal, Antônio da Mata, e a diretora do Skal, Beth Pimenta

COMPETIÇÃO ACABOU na última sexta-feira, dia 19, o período de inscrições do Prêmio Gerdau Melhores da Terra. São duas as categorias: Novidade Expointer, voltada para máquinas e equipamentos agrícolas lançados há menos de um ano, e Pesquisa e Desenvolvimento, voltada para estudantes de gradu-

ação e pós-graduação, profissionais das ciências agrárias e produtores que tenham desenvolvido, fora das instituições de pesquisa, soluções que contribuam favoravelmente para o processo de produção agrícola. Agora é esperar para conhecer os selecionados e ganhadores!

E-COMPRAS SEGUNDO o relatório Webshoppers, divulgado na última semana, pela e-bit e a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (câmara-e.net), o faturamento do comércio eletrônico brasileiro no primeiro semestre de 2011 foi de 8,4 bilhões de reais, com um crescimento de 24% em relação ao primeiro semestre de 2010. A EVOLUÇÃO da segurança no e-commerce

foi outro aspecto destacado. O levantamento também apontou que 49% dos entrevistados estão se sentindo mais seguros para fazerem compras eletrônicas, em relação a um ou dois anos atrás, e 21% se sentem muito mais seguros, ou seja, 70% responderam afirmativamente. Apesar disso, 58% ainda não se sentem seguros em fazer uma transação online via Internet Banking.

EM FAMÍLIA: Felipe Dias e Fernando Meira Dias

MODA SOL PARA QUEM gosta de óculos de sol grandes e marcantes, uma boa notícia. Esta semana, a Evoke traz ao Brasil três novas cores do seu consagrado modelo Amplifier: Black Temple White (preto e branco ideal para compor o figurino elegante dos dias frios de inverno) e Purple Gren e Ice Red Gren Lines (com discretos detalhes em colorido, para quem já entrou no clima leve da primavera). INSPIRADO na cultura urbana e na moda dos

anos 70, o Amplifier apresenta linhas geométricas e estilo moderno, em mais de 20 opções de cores – tonalidades neutras, chamativas e com detalhes em tons diferentes –, com opções de lente inteira ou em degradê. A silhueta original, que causou estranheza ao ser lançada, logo caiu no gosto de algumas das principais marcas de óculos do mundo, servindo de referência para adaptações próprias e lançando tendência em diversos países.

NO CAFÉ... ACONTECE no próximo dia 30 mais um esperado Café Parlamentar na ACMinas. Dessa vez os interessados irão se reunir com o presidente da Trip

Linhas Aéreas, para um bate-papo sobre o turismo em Belo Horizonte.

3ª EXPOCASÓRIO NOS PRÓXIMOS dias 26, 27 e 28 de agosto acontece a 3ª Expocasório, feira dedicada ao mercado de casamentos. As principais empresas do segmento vão estar reunidas no Minascentro, oferecendo ao público as melhores opções do mercado. A expectativa é que o evento receba cerca de 8 mil pessoas. OS VISITANTES poderão conferir desfiles com vestidos de noivas, tiaras e acessórios, além de bolos, lembrancinhas, brindes, iluminações e bebidas. Destaque para os fornecedores Essencialle Cerimonial, Vitdrinks Distribuidora de Bebidas e Explendore Decoração, que têm se firmado cada dia mais no mercado mineiro.


8

V I D A

Divulgação

Felipe José de Jesus

O

JEditorial

s ambientes de trabalho nos dias de hoje são muitas vezes recheados de situações estressantes. Falta de tempo, pressão, metas a cumprir e outras circunstâncias estão presentes na vida de qualquer profissional. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o stress é o principal reflexo dessa realidade moderna. Contudo, para tentar diminuir esta pressão e melhorar as relações, a ginástica laboral (GL) entra como promoção de saúde dentro das empresas privadas e órgãos públicos. Essa modalidade de exercício surgiu em 1925 na Polônia, com o nome de ginástica de pausa. Já na década de 1960, atingiu outros países da Europa. Ela chegou ao Brasil em 1973, com um projeto de educação física compensatória e recreação, no qual a escola estabelecia uma proposta de exercícios baseados em análises biomecânicas. Atualmente, mais de duas mil empresas no Brasil utilizam o exercício como forma de diminuir o stress entre os trabalhadores. A educadora física e facilitadora de Biodanza, Cynthia Meneses, explica que o exercício laboral é uma forma de mostrar a preocupação da empresa com o funcionário. “Trabalhei na Secretaria de Desenvolvimento Social, na Siemens e na Company, hoje estou na academia São Bento Fitness. Um dos benefícios que pontuo é a diminuição do índice de afastamento por Doença Osteomuscular Relacionada ao Trabalho (DORT). Sem o exercício, elevados índices de stress surgem. Além disto, há outros pontos interessantes: demonstra a apreensão da empresa com a qualidade de vida do trabalhador e contribui para uma melhor disposição no trabalho, resultando em melhor rendimento”, afirma. De acordo com a educadora física, a ginástica, além de prevenir doenças osteomusculares, traz benefícios ao psicológico. “O exercício fortalece a imagem da empresa frente ao funcionário, melhora o relacionamento, favorece o contato pessoal e social. A prática reduz os níveis de fadiga geral e localizada, reduz o absenteísmo e melhora a postura. Auxilia na diminuição do stress, melhora o relacionamento interpessoal e aumenta a autoestima. Fora isso, utilizamos questionários, que servem como instrumentos avaliativos, para mensurar todos os nossos resultados”, afirma.

Critérios Por meio da portaria, fica formalizado o critério de atendimento de pelo menos 60% ao SUS para que as entidades obtenham a certificação de filantrópicas – ou a renovem. A renovação ocorre a cada três anos. O atendimento ambulatorial pelo SUS agora pode compor até 10% desse percentual nas entidades filantrópicas em geral. Esse é um reconhecimento do Ministério da Saúde ao novo perfil de atendimento da saúde pública. Já no caso de hospitais que se dedicam à Oncologia e à Oftalmologia, 100% dos atendimentos poderão ser ambulatoriais. “Estamos falando aqui de procedimentos, como a quimioterapia, radioterapia e pequenas cirurgias oftalmológicas, que não envolvem necessariamente internação do paciente. Agora, hospitais que têm

21 a 28 de agosto 2011

Ginástica Laboral é alternativa contra stress dentro da empresa

Entidades filantrópicas recebem R$ 300 milhões em todo o país O Ministério da Saúde anunciou as novas regras para a certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social na Área de Saúde (Cebas) que prestam serviço ao Sistema Único de Saúde (SUS). A portaria foi assinada pelo ministro Alexandre Padilha, durante o XXI Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos em Brasília. Também foram anunciados SEGUNDO Padilha, a repasses de R$ 100 milhões este portaria simplifica e torna ano e R$ 200 milhões em 2012 para o Incentivo de Apoio à Conmais claras as regras tratualização de 700 entidades filantrópicas. Além disso, o ministro autorizou a liberação de R$ 12 milhões do Timemania para convênios com 170 entidades, cujo projeto de qualificação da gestão foi aprovado pelo Ministério. De acordo com Padilha, a portaria simplifica e torna mais claras as regras para a certificação e renovação do certificado de filantropia. “As medidas anunciadas demonstram o reconhecimento à importância das entidades filantrópicas. Queremos o estreitamento cada vez maior das relações delas com o SUS”, ressalta o ministro.

EDIÇÃO DO BRASIL

importante contribuição nesse tipo de procedimento pelo SUS podem obter a certificação”, acrescenta Padilha. Atendimentos que compreendam as redes prioritárias do SUS – Rede de Urgência e Emergência (Saúde Toda Hora), Oncologia, Rede Cegonha (de atendimento materno e infantil) e atendimento a usuários de álcool e drogas – terão peso maior na composição do percentual mínimo para a obtenção/ renovação do certificado. O Ministério da Saúde ainda autorizará incentivo de 20% aos repasses totais a entidades filantrópicas que comprovarem 100% de atendimento pelo SUS. Há hoje 1.478 entidades filantrópicas no Brasil. Em 2010, o ministério repassou R$ 6,6 bilhões às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos no país inteiro, como custeio à realização de procedimentos.

C

ontribuir para uma formação melhor dos adolescentes atendidos. Este é o principal objetivo de uma sequência de atividades voltadas para o combate às drogas, desenvolvidas no Centro Comunitário da LBV na Capital mineira, com os integrantes do programa Espaço de Convivência. Esta ação também faz parte da pioneira campanha da instituição em defesa da vida: Não use drogas. Viver é melhor! Na última semana, o psicólogo Marcelo Henrique de Oliveira Mendes, do Centro de Referência Estadual em Álcool e Outras Drogas, convidado a palestrar sobre o assunto, afirmou: “Pelas pesquisas, a gente vê que o início do uso de drogas é geralmente na adolescência. É uma forma de prevenção educá-los para evitar que eles entrem neste tipo de comportamento. Falamos também sobre o papel do grupo, porque as vezes a influência vem do grupo mesmo. A fase mais crítica é de 12 a 17 anos, quando começam as mudanças de comportamento. E todos têm um caso pra contar sobre o assunto. É imitação, vê o outro usando e começa a querer usar também, acha que é normal”. O palestrante também ressaltou o quanto os adolescentes já aprenderam: “Eles mostraram que estão bem espertos em relação a isso, estão atentos, têm consciência. E, mesmo em situação próxima de pessoas que fazem o uso, eles ainda têm resistência e consciência do perigo. O papel social da LBV de ajudar, educar e instruir é fundamental para as crianças e adolescentes. A base é a família, a religião e a escola. A LBV cria esta consciência educacional, questão da cidadania, dos diretos”. Segundo a assistente social Fernanda Pantuso, as atividades de prevenção e orientação sobre o uso de drogas tiveram início há dois meses e surgiram a partir da demanda que foi apresentada; das necessidades das famílias que se encontram em estado de grande vulnerabilidade; do parecer social e do local de residência dos atendidos. Ela ressalta: “Considerando que os adolescentes se encontram na faixa de formação de personalidade, de escolha dos caminhos que vão seguir, é importante prevenir. Na LBV eles participam e recebem orientações sobre os mais diversos assuntos ligados à adolescência. A palestra acrescentou bastante informações, eles demonstraram grande interesse, interagindo o tempo todo. Já trabalhamos outros temas pelo papel da LBV na formação humana das pessoas atendidas. As atividades socioeducativas, as intervenções, as palestra têm o principal objetivo de contribuir para uma formação melhor”. Mateus Silva, adolescente, afirmou: “Muito boa a palestra. A gente aprendeu sobre o nosso desenvolvimento e atenção com o que está acontecendo ao nosso redor. Tudo que o psicólogo falou é verdade. A gente anda em grupos, e às vezes eles falam: Ah! você não é homem. Mas, eu não vou no caminho errado, não. A droga começa muito bem, mas depois vai destruindo a nossa vida, acabando com os nossos relacionamentos com a família. O que a gente aprende aqui vai ajudar muito no nosso desenvolvimento, nosso crescimento para a vida”. Informações, (31) 3490-8101.

O INÍCIO do uso de drogas acontece geralmente na adolescência

JEditorial

Adolescentes participam de ação educativa sobre drogas

No Brasil, mais de duas mil companhias já aderiram ao exercício

Efeitos positivos De acordo com Daniel de Alencar, 29 anos, que trabalha com telemarketing, o exercício o ajudou a evitar até uma demissão. “O exercício foi implantado no ano passado na empresa em que trabalho. O meu nível de stress estava tão alto que discuti com o meu superior e quase perdi meu emprego. Agora temos 20 minutos de pausa todos os dias. Resultado, meu desempenho e as relações melhoraram”, diz.

Nas escolas Cynthia ressalta que o exercício pode ser muito útil também no ambiente escolar. “Em escolas, a GL é muito interessante para os funcionários, especialmente os professores que passam muito tempo em pé escrevendo, pois esta rotina cria uma sobrecarga muscular, que seria beneficiada com uma GL compensatória. Para os alunos, nem tanto, pois existe a educação física”. Ela finaliza afirmando que os resultados só são possíveis através da ajuda dos responsáveis. “É importante deixar claro que a participação dos chefes e coordenadores contribui para a adesão dos funcionários. No Brasil, falta divulgação, pois no exterior esta prática é considerada extremamente importante nas empresas, e é inclusive muito bem remunerada”, conclui.


C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL 21 a 28 de agosto 2011

9

BELO HORIZONTE

A Escola de Saúde Pública de Minas Gerais (ESP-MG) buscou soluções de acessibilidade para facilitar a participação de portadores de necessidades especiais nos cursos oferecidos pela instituição. A escola, que em 2011 qualificou mais de 20 mil profissionais de saúde apenas no primeiro semestre, instalou em seus laboratórios de informática o Leitor de Tela NVDA, programa completamente gratuito, que “conta” para o usuário tudo o que aparece no monitor do computador. “O software tem um acelerador de vídeo e, na medida em que o deficiente visual movimenta o cursor pela tela, ele capta a informação e a traduz, por meio de som”, explica Herivelton Ferraz, funcionário do setor de Gestão de Tecnologia da Informação. Ele também é deficiente visual, ingressou na ESP-MG após um concurso público em dezembro de 2010. Desde fevereiro deste ano é responsável por implantar melhorias no sistema para aumentar a acessibilidade. “Estamos nos antecipando e somos o primeiro órgão público de Minas Gerais a investir em tecnologia assistiva de forma preventiva, ou seja, estamos

HERIVELTON é responsável por melhorias no sistema

Exposição agropecuária promete agitar a região LUAN De 25 a 28 de agosto acontece mais uma edição da Exposição Agropecuária de Mariana, Santana na Mina Del Rey. O Sindicato dos Profaz show dutores Rurais divulgou algumas das no dia 25 atrações que já foram confirmadas para os quatro dias de festa. As principais atrações dos shows são Luan Santana na quinta-feira, Tomate na sexta-feira, Fernando e Sorocaba no sábado e Grupo Revelação no domingo, este com entrada franca. Os shows de abertura e encerramento ainda serão definidos. No primeiro lote, o passaporte para pista custa R$ 50,00.Para o camarote o passaporte é R$ 120,00. Os ingressos individuais para os shows de quinta-feira e sábado custam R$ 25,00 por dia, e o de sexta-feira R$ 20,00. Já o camarote custa R$ 50,00 por dia. Os valores estão sujeitos a alteração de acordo com o lote de ingressos. Além dos shows, os animais, equinos e bovinos, estarão em exposição todos os dias. Será montada a Mini Fazendinha com animais de pequeno porte, um atrativo para as crianças. Já estão confirmados também o Torneio Leiteiro e o Mini Laticínio. O Torneio Leiteiro conta com duas categorias: vacas e novilhas, com premiação de 1º, 2º e 3º lugar. O Mini Laticínio funcionará sábado e domingo, aberto ao público e todos poderão acompanhar as etapas de produção dos derivados do leite. Após a produção, iogurtes e queijos serão oferecidos à degustação. Outra atração confirmada é a cavalgada no domingo. A saída é da rodoviária e termina na Mina Del Rey. A exposição é uma realização do Sindicato dos Produtores Rurais de Mariana, com o patrocínio da prefeitura e apoio da Vale.

Divulgação

Escola instala software para deficientes visuais

MARIANA

nos antecipando e abrindo a possibilidade para futuras inscrições de alunos com esse tipo de deficiência”, explica o funcionário. Herilvelton destaca também que já estão sendo estudadas soluções para deficientes auditivos, já que parte deles apresenta dificuldades com a língua portuguesa, tendo em vista as diferenças no uso da

norma culta do idioma e a Libras (Linguagem Brasileira de Sinais). A Tecnologia Assistiva é um termo utilizado para identificar todos os recursos e serviços que contribuem para proporcionar ou ampliar habilidades funcionais de pessoas com deficiência e, consequentemente, promover uma vida mais independente.

CONTAGEM

MONTES CLAROS

CeasaMinas recebe comitiva da Jamaica Quinze representantes do governo da Jamaica visitaram o entreposto de Contagem da CeasaMinas. Eles foram a diversas lojas e acompanharam o processo de acondicionamento de frutas em câmaras frias e de seleção dos melhores produtos a serem vendidos. Além disso, os visitantes estiveram no MLP, na recém-inaugurada Central do Produtor e acompanharam duas palestras. Uma das visitantes foi a promotora de empreendimentos do Ministério da Agricultura jamaicano, Julian Douglas. Ela disse que na Jamaica não há um grande mercado como a CeasaMinas

e que a visita foi muito útil. “Queremos agregar valor aos nossos produtos e aqui vimos idéias que podem ser reproduzidas”, disse ela. Uma dessas iniciativas é o uso de caixas plásticas. Quando estavam no MLP, o técnico da Seção de Agroqualidade, Valdir Campos, disse que, a partir de 2 de outubro, bananas e tomates não poderão mais ser transportados em caixas de madeira. Ele disse ainda que as caixas plásticas que vão ser usadas devem ser padronizadas na altura e largura. Após a caminhada pelo entreposto,

Novo voo liga a cidade a mais regiões do Brasil

os jamaicanos assistiram o vídeo institucional da CeasaMinas e acompanharam duas palestras com informações do Departamento Técnico (Detec) e da Seção de Agroqualidade. A visita foi guiada por Valdir Campos e André Milagres (Seção de Agroqualidade) e por Ana Luiza Moura e Liliane de Lima (Decom). Já as palestras foram dadas por Wilson Guide (Detec) e Joaquim Alvarenga (Seção de Agroqualidade). O coordenador da visita foi o professor Carlos Leite, do Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Parceria entre a prefeitura e a população beneficia o trânsito No início de agosto, um acordo em prol da população de Itabirito foi firmado entre a prefeitura e a família Gomes Ferreira. As partes entraram em consenso com o intuito de melhorar o fluxo de veículos e pedestres na Rua Doutor Eurico Rodrigues, no centro da cidade. A ação resultou na demolição da residência da família, que existia há mais de 80 anos, para a execução do alargamento da via, que passará a funcionar com faixa dupla de circulação de veículos. “A proposta que a prefeitura nos fez foi ótima. Nossa casa estava praticamente no meio da rua, atrapalhando o trânsito. Sempre tivemos problemas com os carros que batiam ali”, desabafa Álvaro Gomes Ferreira, um dos moradores da casa. Em contrapartida à entrega parcial do terreno, a prefeitura se comprometeu a construir uma nova residência no espaço restante do

PMI

ITABIRITO

O turista norte-mineiro ganhou mais comodidade e opções de destino para viajar de avião a partir de Montes Claros. Além do desembarque no Aeroporto da Pampulha, a companhia aérea TRIP liga a cidade ao Aeroporto Internacional de Confins, em Belo Horizonte, de onde, a partir deste mês, já é possível fazer conexões rápidas para outras regiões do país. O novo voo vai chegar às cidades de Belém (PA), Marabá (PA), Carajás (PA), Vitória (ES), Goiânia (GO), Maceió (AL), Porto Velho (RO), Manaus (AM), Recife (PE), São Luiz (MA) e até a paradisíaca ilha de Fernando de Noronha. Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Tecnologia, Edgard Santos Filho, a conectividade a mais cidades gera vantagens não só para o embarque dos montes-clarenses como também para o desembarque de passageiros atraídos pelo turismo de negócios de Montes Claros. “Temos hoje uma cidade com crédito para que empresários de outras partes do país invistam aqui. A flexibilização de voos demonstra a capacidade do aeroporto de Montes Claros de receber mais rotas diárias. Temos certeza que o sucesso das outras companhias que vieram fez a TRIP acreditar no potencial de Montes Claros”, afirma. O voo decola diariamente de Montes Claros, às 7 horas. De Confins, o retorno é às 21h30.

lote, disponibilizando o material e a mão-de-obra. Enquanto está em fase de construção da nova casa, a administração municipal providenciou uma residência para a família, que está ansiosa para A CASA estava praticamente no receber a nova casa e assistir da meio da rua, atrapalhando o trânsito janela o trânsito de Itabirito ficar cada vez melhor. “Moravam quatro pessoas na casa. Agora, minha mãe, de 96 anos, está feliz com a mudança e ansiosa para ver a nova o trânsito no local. Agradecemos à família que residência”, diz Álvaro. nos atendeu positivamente, cedendo parte do Segundo o vice-prefeito e secretário de terreno, para trazer melhorias para o povo de Obras e Serviços, Rildox, o projeto para a exeItabirito”, explica Rildox. cução da obra já está aprovado pela Câmara Outros acordos estão sendo firmados entre a Municipal desde 2006. “Existe um estrangulaprefeitura e os proprietários de imóveis vizinhos à mento da via naquele ponto, que dificulta muito intervenção, ainda com o objetivo de alargar a via.

Dr. Paulo César G. Guerra Tel.: (31) 3241-4777 Fax: (31) 2555-4777 Rua Piauí, 179 - Santa Efigênia CEP 30150-320 - Belo Horizonte - MG


10

C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL 21 a 28 de agosto 2011

BELO HORIZONTE

Felipe José de Jesus

Felipe José de Jesus

Por um lado os jovens vivendo em meio à modernidade, computadores e internet, com um mundo de conhecimento a apenas um click. Do outro lado os mais velhos, a terceira idade, com a sabedoria que foi adquirida em livros, nas escolas e de seus pais. Esta discrepância nas formas de conhecimento vem criando um distanciamento entre as gerações. Visando reverter esse quadro, o Sesc realizou, no dia 10 de agosto, em Belo Horizonte, a 3ª edição do Fórum Técnico da Longe-

vidade – Gerações Interligadas, que discutiu o envelhecimento proveitoso e as formas de criar proximidade entre os públicos. Cerca de 600 pessoas marcaram presença no teatro do Palladium. Entre elas, estudantes, coordenadores de grupos de convivência, pesquisadores e o palestrante Mariano Sánchez Martínez, professor titular do Departamento de Sociologia da Universidade de Granada, na Espanha. De acordo com Jane Pascoal, responsável pelo Programa 3ª Idade, do Sesc, um dos objetivos do fórum é qualificar e capacitar

os profissionais que atuam com a terceira idade. “O Sesc realiza de dois em dois anos o fórum, que é voltado para estudantes e pesquisadores do assunto. Primeiramente, é uma troca de sabedoria. Estamos trabalhando para provocar o resgate do respeito. Funciona da seguinte forma, são alunos envolvidos nos programas da terceira idade ensinando tecnologia. Já os idosos ensinam aos jovens diversas coisas que eles não conhecem, como, por exemplo, cantigas de roda. Assim disseminamos a importância do relacionamento entre as gerações, principalmente no núcleo familiar”, explicou.

Compreensão Para o diretor regional do Sesc, Namilton Nei Alvez Coelho, o fórum é uma oportunidade de mostrar que ainda falta abrangência por parte da sociedade ao idoso. “O evento é uma oportunidade de mostrar a realidade dos idosos no Brasil. Eles ainda sofrem preconceito, não tem a mesma correlação, respeito, igualdade de justiça. Nem tudo é igual. Além disto, ainda falta compreensão por parte dos mais jovens. O foco aqui é trazer reflexão”, alertou.

Site espanhol

De acordo com Jane Pascoal, o evento é uma forma de mostrar a importância do relacionamento entre pessoas de diferentes idades

Durante sua apresentação, o palestrante Mariano Sánchez Martínez falou sobre as possibilidades de melhorias para o grupo da 3ª idade e da importância do Sesc como agente. “É uma ação de extrema importância para o Brasil. Temos que ter atividades que ajudem o lado social deste idoso. Os jovens podem ajudar. Já o Sesc está de parabéns pela abertura do espaço de discussão e de fomento do assunto. Para os que desejam conhecer mais sobre ações relacionadas ao tema, indico o site: www.redintergeneracional.es/. Nele é possível ver trabalhos, sobre o tema”, concluiu o palestrante Mariano Sánchez Martínez.

O crédito se reafirma como forte alavanca dos negócios varejistas, através dos diversos meios de financiamento. É o que revela o Balanço do Crédito do Comércio Lojista de Belo Horizonte, referente ao mês de junho de 2011. As vendas a prazo correspondem a 65% da receita O TIPO de venda a prazo mais praticado é de vendas, contra 35% das o cartão de crédito, com 73% das operações vendas realizadas à vista. Do total dos estabelecimentos pesquisados, o tipo vezes estimulada pelo comércio. de venda a prazo mais praticado é Por parte dos empresários, a queo cartão de crédito, com 73% das da no aceite do cheque pode ser operações, contra 71% e 68% atribuída à estratégia de evitar o apurados em sondagens anteriorisco inerente ao seu aceite. res. Mais uma vez, a sondagem “No entanto, a opção pelo confirma a liderança absoluta do cheque pode fortalecer o capital cartão de crédito como meio de fide giro no curto prazo e evitar o nanciamento, com posicionamento peso das taxas cobradas pelas addistante das demais modalidades ministradoras de cartão, que giram oferecidas. de 3% a 5% sobre a operação”, Para a economista da Fecoenfatiza a economista. mércio Minas, Silvânia Araújo, O índice de inadimplência se os empresários preferem utilizar manteve no mesmo patamar das o cartão como instrumento de sondagens anteriores, situando em financiamento para evitar a inadim2%. Para Silvânia, o quadro relaplência. “Além disso, o aumento tivamente estável é um indicativo do uso do cartão é uma resposta positivo para a saúde financeira à evolução cultural e tecnológica do comércio. Evitar o aceite de dos processos de compra e venda cheques é ação mais comum exigidos pelo mercado consumidor no comércio, líder com 63% das mais bancarizado e digitalizado, respostas. favorecido pelo ambiente de esta“Hoje, o aceite do cheque tem bilidade monetária”, enfatiza. uma barreira no comportamento do Do ponto de vista do consumiconsumidor, que considera o meio dor, o avanço pode ser atribuído arriscado e busca a praticidade, à preferência em usar o cartão segurança e conveniência no uso como meio de parcelamento das dos cartões, que são estimulados compras de rotinas. por diversos tipos de premiação”. Em movimento contrário, o Além disso, de acordo com a ecocheque pré-datado registrou recuo nomista, o público jovem utiliza de para 17% em relação aos 19% forma única os meios eletrônicos registrados em maio. Segundo Silde pagamentos nas compras, vânia Araújo, a queda demonstra movimento que sinaliza uma tena preferência dos consumidores dência de redução paulatina do pelos meios eletrônicos como uso do cheque, já observada em forma de parcelamento, muitas alguns países.

JEditorial

3º Fórum da Longevidade trabalha para unir gerações

Oferta de crédito em BH garante o bom desempenho do comércio


C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL 21 a 28 de agosto 2011

PAULO CESAR PEDROSA

SABARÁ

Município é contemplado com um campus para instalação do IFMG

QUEM SABE, SABE

O Ministério do Turismo cancelou um empenho (promessa de pagamento futuro) de R$ 12 milhões para o Instituto Brasileiro de Hospedagem (IBH) após denúncias de irregularidades. O projeto cancelado previa gastar, entre outras coisas R$ 4 milhões (33,3% do total) só com coffee breaks e lanches para convidados nas aulas inaugurais dos cursos previstos no convênio. Esse montante que seria gasto com cafés e lanches é quatro

WILLIAM Borges destaca mais uma conquista para Sabará

Sabará será contemplada com um hotel de primeira linha, capaz de gerar turismo sustentável, promovendo o bem-estar de turistas, funcionários e da sociedade”. A Verts começou a cadastrar interessados em trabalhar no local e providenciará curso de capacitação para os funcionários. Na entrada do hotel será disponibilizado um espaço para a exposição de produtos da comunidade. “A implantação do hotel também proporcionará um crescimento no número de empregos indiretos, pois Ravena estará mais movimentada. Desta forma, este projeto incrementará a economia local”, comenta o prefeito William Borges.

MATEUS LEME

PML

SÃO dez computadores para atender a comunidade

telecentro, que conta com dez computadores para atender a comunidade no horário de 08h às 17h, de segunda a sexta-feira, com várias opções de cursos pela internet, consultas e pesquisas escolares. Os interessados devem se cadastrar na Rua Miguel Alves Diniz, n° 406, no centro. Mais informações podem ser obtidas na Secretaria de Assistência Social, pelo telefone 3535-4029.

Conheça os melhores restaurantes das seguintes cidades: SANTA LUZIA: Rest. e Lanchonete Colher de Chá Espaguete na Chapa Bar Ltda MONTES CLAROS: Churrascaria Chimarrão Churrascaria e Pizzaria Papaula Bar do Toco Churrascaria Restaurante Sabor e Saúde Chicos Pizzaria e Churrascaria Uai Tchê Cervejaria Lumas Churrascaria Armandos Restaurante Restaurante Favorito Bar e Restaurante Quintal

vezes maior que os R$ 959 mil que o instituto se propôs a investir com a contratação de professores. A ONG é dirigida por César Gonçalves, afastado há três anos dos quadros da Brasiliatur – empresa do governo do Distrito Federal que cuida das ações de turismo – em meio a denúncias de malversação de recursos públicos. Cesar Gonçalves foi exonerado pelo ex-governador José Roberto Arruda, que perdeu o cargo e foi preso.

Restaurante PauTerra CORONEL FABRICIANO Restaurante Angra Restaurante Cantina da Nona Restaurante Amigão Pizzaria do Jayme JUIZ DE FORA: Restaurante Bacco Restaurante Brazão Restaurante Belas Artes Restauante Bertu’s

IPATINGA Restaurante Tempero Mineiro Restaurante Sabor e Aroma Restaurante Bom Apetite Restaurante D’Lucas Restaurante Vovó Efigênia Restaurante Popular

VESPASIANO Restaurante Vespagril Restaurante Taberna Restaurante Vovó Marguerita Restaurante Tropic Restaurante B&N

SABARÁ Restaurante e Pizzaria 314 - Sabarabuçu Barroco Cekisabe

BETIM Restaurante e Pizzaria Hudson Churrascaria Carro de Boi Cantina da Vovó Ana

Responsável pela nomeação do ex-presidente da Embratur, Mário Moyses, preso na Operação Voucher, a senhora Marta Suplicy (PT-SP) chegou a se esconder no banheiro do cafezinho do plenário do Senado para fugir de jornalistas. A vice-presidente da Casa se encastelou na cadeira de presidente por quatro horas, de olhos grudados no computador, enquanto a oposição criticava o desvio de R$

4 milhões no Ministério do Turismo, durante parte da gestão de Marta. Moyses foi braço-direito de Marta em São Paulo, inclusive em campanhas. No período em que presidiu a sessão, ela manteve o semblante contrariado. Quando o senador Mário Couto (PSDB-PA) falou de “ladrões” no Turismo, citando a prisão de Moyses, ela virou o rosto para o lado, com expressão de impaciência.

Macoud Patrocínio e Aluízio Rangel no Mercado Central

CANAL ABERTO

Prefeito Marlon inaugura nova unidade de telecentro A segunda unidade de telecentro foi inaugurada pela atual administração de Mateus Leme no último dia 12 de agosto, no centro da cidade. O local recebeu o nome do ilustre mateuslemense Rodolfo Vilaça Guimarães, que teve participação efetiva no desenvolvimento do município. O evento contou com a participação do prefeito Marlon Guimarães, secretários, autoridades municipais, população e familiares do homenageado. O coral infantil da Escola Municipal Judith Abreu fez uma bela apresentação, emocionando os presentes. O prefeito Marlon ressaltou: “Esta unidade do telecentro mostra o compromisso da atual administração em incluir definitivamente o município na era digital, promovendo o acesso da população às novas tecnologias. Mais um telecentro será inaugurado em breve em Serra Azul, somando três unidades na nossa gestão”. Em seguida houve o descerramento da placa e uma visita pelas dependências do

Advogado & Jornalista RP: 098523 / 296

PARA O BANHEIRO

Hotel No dia 5 de agosto, o prefeito William Borges reuniu-se com empresários e a comunidade de Ravena para apresentar o projeto de construção de um hotel no distrito sabarense. Administrado pela Vert Hotéis, será construído, no distrito, um “Hotel-Verde” visando à preservação do meio ambiente, desde o planejamento do hotel, passando pelo projeto de arquitetura e construção, até seu funcionamento. Segundo William Borges, trata-se de um momento importantíssimo para o município, pois a iniciativa proporcionará diversos benefícios. “Acreditamos muito neste novo empreendimento, que possibilitará a geração de emprego e renda para a comunidade local.

paulocesarpedrosa@yahoo.com.br

SEM LANCHES E COFFEE BREAKS

Divulgação

O prefeito William Borges esteve em Brasília, na semana passada, para participar do lançamento da expansão da Rede Federal de Educação Superior e Profissional Tecnológica. A cidade de Sabará foi contemplada com um Campus para instalação do IFMG (Instituto Federal de Minas Gerais), antigo Cefet, no valor de R$ 10 milhões. Além disso, o ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou que o MEC irá custear o pagamento de cerca de 60 professores para cursos técnicos profissionalizantes e de graduação. A prefeitura já iniciou o estudo para viabilizar a doação do terreno, que terá 60 mil metros quadrados. Esta conquista comprova o empenho da atual administração para proporcionar ensino de qualidade à população sabarense. O prefeito William Borges destacou o quanto esta parceria é fundamental para o desenvolvimento local. “Após muito esforço e diversas articulações políticas, tivemos mais esta conquista tão importante para Sabará, pois o nosso maior objetivo é a capacitação dos sabarenses, ampliando ainda mais a inserção deles no mercado de trabalho”.

11

CABEÇA BOA. Estudos liderados por Laura Middleton, da Universidade de Waterloo, no Canadá, mediu o gasto energético e a capacidade cognitiva de adultos acima de 60 anos, por dois a cinco anos. Caminhar pelo bairro, cozinhar, cuidar do jardim e outras tarefas rotineiras gastam poucas calorias, mas podem ser os melhores exercícios para deixar seu cérebro em forma e evitar falhas de memória, antes e depois do 60 anos. A boa notícia de que não é preciso se esfolar em exercícios intensos e suar em bicas para ter neurônios ativos por muitos anos. Isso foi comprovado em pelo menos três estudos divulgados esta semana. Pesquisadores brasileiros confirmaram que atividades leves e moderadas protegem o cérebro de verdade. ORGULHO PRÓPRIO. Mesmo com problemas inerentes a qualquer metrópole, o Rio de Janeiro desperta cada vez mais o orgulho de seus moradores. É o que revela a Pesquisa de Percepção 2011 do Rio Como Vamos. Realizado em maio pelo Ibope, o trabalho entrevistou 1.358 cariocas. A grande maioria (76%), diz ter orgulho do Rio. SEM CANA. Com tantas queimadas no Brasil destruindo nossas nascentes de água, a fauna e a flora, a nova projeção da safra de cana-de-açúcar aponta para mais uma queda de quase 10%. Com isso podemos amargar novos aumentos no preço do álcool. O PETRÓLEO É NOSSO. Belo Horizonte, que já teve a gasolina e o álcool mais baratos do Brasil, tem hoje o combustível entre os mais caros. NÃO SOPRO. Vanderlei Luxemburgo, o técnico arrogante e prepo-

tente do Flamengo, foi parado numa blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro e se recusou a assoprar o bafômetro. O carro que ele dirigia foi entregue ao seu “segurança”. FUGIU DA BLITZ. O apresentador Bruno de Luca foi parado numa Blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro. Segundo os agentes, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e teve a habilitação apreendida. Ele perdeu sete pontos na carteira e foi multado em R$ 957. Após ter os documentos recolhidos, Bruno voltou pra seu carro – um Kia Sportage – e, segundo os agentes, fugiu da blitz, entrando num imóvel no bairro. O apresentador só poderia deixar o local após a chegada de outro condutor. Por causa da fuga da blitz, considerada infração gravíssima, ele responderá a uma processo administrativo do Detran. SUPER SIMPLES. A presidente Dilma Rousseff anunciou o aumento de 50% em todas as faixas da tabela no Simples Nacional, em vigor desde 2007, no qual sete impostos federais, estaduais e municipais foram reunidos para reduzir custos das pequenas e micro empresas. A ideia é que mais empreendedores se enquadrem no programa, que já conta com 5,3 milhões de firmas. O projeto que será enviado ao Congresso propõe o aumento do teto da receita bruta anual as microempresas dos atuais R$ 240 mil para R$ 360 mil. No caso das pequenas empresas, passa de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões. Foi ampliada a faixa do Microempreendedor Individual, o chamado MEI. Além disso, quem está inadimplente poderá parcelar metade de sua dívida em até 60 meses, uma medida que beneficiará cerca de 500 mil empresas, que até o início do ano estavam em débito com o Fisco e correm o risco de exclusão.

“Se você diverge de mim, não é meu inimigo, você me completa”. “A imagem que gostaria que ficasse de mim é a imagem de um irmão”.

Dom Helder Câmara

Exploração sexual não é turismo. É crime. Disque 100 e denuncie. PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS. EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIE. TELEFONE: 0800-311119 Cartas, críticas, convites e sugestões enviar para a redação do Edição do Brasil. Av. Francisco Sá, 360, CEP: 30.411-145, BH, MG.


12

E S P O R T E

AABB em obras para melhor conforto dos seus associados

EDIÇÃO DO BRASIL 21 a 28 de agosto 2011

TADEU Martins Leite, Ricardo Teixeira e Luiz Tadeu Leite

EM POUCO tempo, o clube terá um novo visual dos colaboradores. Paisagismo: Revitalização dos jardins, com limpeza e plantio de grama em alguns taludes, proporcionando melhor visualização do bosque e do salão de festas. Cobertura do solarium ao

lado do restaurante: Obra já executada. Obra em andamento: Reforma/modernização do salão de festas. Obra a ser executada: Revitalização/modernização do parque infantil.

Futebol mineiro precisa ser revisto * Chico Maia O futebol mineiro vai muito mal e o presidente da FMF, Paulo Schettino, repetiu em Minas o que Ricardo Teixeira fez na CBF: manobrou nos bastidores para mudar o estatuto a fim de prorrogar o seu mandato. Terminaria em fins de 2012, mas com a aprovação dos clubes profissionais e ligas amadoras do interior foi prorrogado até 2014. A Assembleia Geral convocada por ele aprovou quase que por unanimidade. Atlético, Cruzeiro e América, os maiores, disseram amém! Também! Só espero que o Dr. Schettino faça, agora, o mínimo para melhorar alguma coisa em nosso futebol, visando perspectivas de um futuro menos trágico: campeonatos de infantis, juvenis e principalmente juniores que possam ser assistidos pelo público. Para isso, horários e locais decentes, acessíveis aos torcedores. Moralização dos Campeonatos da Primeira, Segunda e Terceira Divisões. Só deve disputar quem tiver condições, atendendo às exigências mínimas de estádios que ofereçam boas condições para o

*Jornalista esportivo público e gramados que atendam aos jogadores. Que pare com a ganância de arrecadar com taxas de inscrição de clubes e atletas, e acabe

com “jeitinhos” e prorrogações de prazos para clubes entrarem nas competições. Se estiver legal, no prazo, disputa, se não estiver, que fique fora até se organizar. Que cumpra com o seu papel e seja corajoso, encarando Ministério Público, Polícia Militar, Bombeiros e outras autoridades que fazem exigências absurdas para liberar a capacidade de público nos estádios de Minas Gerais. Todo excesso dessa turma precisa ser questionado, olho no olho ou judicialmente. O que prevalece hoje é uma atitude omissa, passiva, medrosa e acomodada da Federação, que teoricamente representa os interesses dos clubes. Que promova uma reorganização total do nosso futebol, nos moldes que a CBF fez em 2000/2001, com o apoio da Fundação Getúlio Vargas, que culminou com a fórmula do atual Brasileiro, a partir de 2003. Que mexa nos estatutos da Federação e acabe com essa palhaçada de mandatos eternos. Que se estipule: no máximo dois mandatos consecutivos, e que, depois disso, o sujeito vá cuidar de sua vida, longe da entidade!

D

urante audiência concedida ao vice-presidente da Comissão de Esporte, Lazer e Juventude da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Tadeu Martins Leite, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol e chefe do Comitê Local da Copa 2014, Ricardo Teixeira, recebeu o prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, que esteve acompanhado de montes-clarenses envolvidos no projeto de transformar a cidade em um Centro de Treinamento de Seleções (CTS) durante o Mundial em 2014. A reunião foi na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Ricardo Teixeira gostou das informações sobre a estrutura oferecida por Montes Claros apresentadas durante o encontro, que contou ainda com as presenças do vereador Alfredo Ramos, representando a Câmara Municipal, dos empresários Paulo César Santiago e Rubens Teixeira, e de Alexander Macedo, montes-clarense que atua na área esportiva no Rio de Janeiro. Teixeira agradeceu a presença dos “conterrâneos”, ao lembrar que é mineiro de Carlos Chagas, e elogiou o esforço conjunto de autoridades e representantes da sociedade no Projeto Montes

Exemplo Um único exemplo de como funciona o futebol mineiro, longe dos holofotes da mídia: o prazo para inscrições dos clubes para a disputa da Terceira Divisão estava se esgotando e somente cinco clubes haviam se inscrito. Aí, a FMF prorrogou o prazo para que mais clubes se adequassem às exigências e pudessem se inscrever. Perguntei pessoalmente ao presidente da Federação, delegado Paulo Schettino, se aquela medida seria a mais correta, já que punia aos clubes que estavam cumprindo com as suas obrigações. Ele argu-

mentou que só com cinco seria impossível fazer o campeonato. Lembrei a ele, que quase todo ano, clubes sem condições se inscrevem e saem das competições, por falta de condições estruturais e financeiras, e que isso tira a credibilidade das disputas. Ele disse que “infelizmente” não tinha outro jeito. Parece mentira, mas é verdade: a FMF prefere manter a bagunça do que obrigar os clubes a se organizarem devidamente, primando pela qualidade dos espetáculos e credibilidade das instituições. Vejam no que deu: a Terceira

MINEIRINHO

Divisão, que a Federação chama de “Segunda”, começou no sábado, e na quinta-feira anterior, a entidade emitiu nota oficial dizendo que União Luziense, Arsenal, Contagem, Araxá, Jacutinga, Santarritense, Valeriodoce e Siderúrgica teriam que jogar com portões fechados. De 14 participantes, oito não poderiam abrir os portões aos torcedores; nem seus, nem aos adversários! Ora, ora, a razão de ser do futebol é a torcida, que, entretanto, em Minas Gerais não pode entrar nos estádios para ver seu time jogar! É desanimador!

Claros 2014. O presidente da CBF deu dicas sobre ações que o município deve colocar em prática para confirmar a condição de CTS, disse que a decisão não depende exclusivamente dele, mas que fará o que estiver ao seu alcance para ajudar na concretização do projeto. O deputado Tadeu Martins Leite se mostrou otimista após o encontro. O presidente da CBF garantiu que Minas Gerais terá uma participação de destaque na Copa de 2014, o que reforça a possibilidade de não só Montes Claros, mas também a maioria das seis cidades mineiras pré-selecionadas serem confirmadas como Centro de Treinamento de Seleções”, afirmou o deputado, que acredita ainda que Belo Horizonte poderá sediar o jogo de abertura da Copa. O prefeito Luiz Tadeu Leite lembrou que a cidade de Montes Claros já está pré-selecionada como CTS para 2014, e que tem plenas chances de ser incluída na lista definitiva que sairá no fim deste ano. “A partir da definição, partiremos para o trabalho de convencimento das delegações, para atrair uma das seleções classificadas para o CTS em Montes Claros”, explicou o prefeito.

CURTINHAS Divulgação

Visando oferecer mais conforto para seus associados, a diretoria vem executando projetos que estão melhorando a cada dia as instalações do clube AABB. Um bom exemplo é a revitalização do parque aquático que encontra-se concluída, após reforma do toboágua, troca do piso da orla das piscinas com aumento da área e instalação de novo mobiliário com número maior de mesas e cadeiras. Veja a seguir algumas obras já executadas: Fraldário: Espaço cuidadosamente decorado e equipado para o cuidado e alimentação de crianças de 0 a 3 anos, composto por cadeira para alimentação, berço, pia para higiene, micro-ondas, geladeira e toda estrutura necessária. Melhorias no acesso ao clube: Recapeamento da rua principal e criação de passagem de nível entre as piscinas. Vestiários dos funcionários do clube: Reforma/modernização do vestiário dos funcionários, uma antiga reivindicação

AABB

CBF

Projeto 2014 para Montes Claros é apresentado ao presidente da CBF

LOCO Abreu pode sofrer um processo

A

O CHUTAR três bolas na direção do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, Loco Abreu, jogador de Botafogo, pretendia dar um “lençol” na estátua. porém, após a terceira tentativa, seguranças do local viram a situação – que se agravou quando alguns turistas vaiaram a atitude do jogador e chamaram a atenção do atacante, que deixou o Corcovado rapidamente. Reitor do Santuário do Cristo, o padre Omar Raposo tomou conhecimento da história no relatório diário que recebe. “Fui informado que o jogador esteve lá chutando as bolas e que ele queria encobrir a imagem, passar a bola por cima. Mas, não conseguiu porque os seguranças do parque pediram para ele parar. Os turistas não gostaram e vaiaram. É um absurdo. A questão já sai do âmbito popular e jornalístico para o âmbito jurídico. É grave. Eu nunca tinha visto um caso desse, é inédito”. O padre enviou um relatório descrevendo detalhes do ocorrido para o departamento jurídico da Arquidiocese, que vai avaliar se moverá alguma ação contra o jogador ou a agência uruguaia. Cuca a respeito de Pierre: “É muito bom. Ele é um primeiro volante pega-

dor e a gente tem essa necessidade. A diretoria estava trabalhando em cima do jogador e acabou ocorrendo, graças ao trabalho bem feito do pessoal”. Obs: Cuca chegou a pedir para a torcida que convencesse a diretoria a contratar Pierre. Bobô: “Fui criado nas categorias de base do Corinthians e saí jovem. Cumpri meu contrato inteiro no Besiktas-TUR, de cinco anos e meio, resolvi voltar para o Brasil por ter saudades de disputar o Campeonato Brasileiro e outras questões de família. Sou um jogador de área, centroavante, gosto mais de ficar na área, finalizar em gol, mas também consigo sair, espero fazer a torcida cruzeirense muito feliz”. Vamos esperar para ver. Ruy Cabeção joga atualmente no Brasiliense. Ele conta que quando jogava no Botafogo, em 2005, depois de uma partida, viveu uma situação terrível, como a que Fred, do Fluminense, passou recentemente. Alguns membros de torcida organizada me seguiram até um restaurante, e eu fui retirado de dentro do carro, com minha esposa grávida de seis meses. As ameaças são sempre as mesmas. Disseram que sabiam onde eu morava e onde meus filhos estudavam. Diziam que se o clube caísse para a Segunda Divisão nossa vida não ia ser fácil. “Tomara que nunca aconteça o que houve com o colombiano Escobar (jogador assassinado depois da Copa de 1994, nos EUA, após fazer um gol contra). Somos artistas e, antes disso, seres humanos”. Contratado junto ao Avaí no início da atual temporada por aproximadamente R$ 2,3 milhões, como um pedido do então treinador do Atlético, Dorival Júnior, o lateral direito Patric não correspondeu às expectativas. O jogador foi afastado pelo técnico Cuca após a derrota para o Corinthians na semana passada. Detalhe: Patric foi substituído durante a partida e não gostou e saiu de campo andando lentamente mesmo com as vaias da torcida atleticana. Como dizem, vai tarde.

jornal Edição do Brasil  

de 21 a 28 de agosto de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you