Issuu on Google+

w w w . j o r n a l e d i c a o d o b r a s i l . c o m . b r

Belo Horizonte/Brasília

De 15 a 22 de maio de 2011

Nº 1465

R$ 1,00

Helena Leão/ALMG

Servidores de prefeituras estão realizando funções de policiais Existem prefeituras em Minas Gerais contratando funcionários sem a devida qualificação. Eles às vezes trabalham em funções da Polícia Civil, o que acarreta em atendimento precário para o povo mineiro. A denúncia é feita pelo presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado (Sindipol), Denílson Martins. Ele revela que os policiais civis de Minas têm um dos piores salários do Brasil. Denílson Martins espera dias melhores para os policiais civis do Estado

Opinião

PÁGINA..........2

A bebida altera a percepção e os reflexos, mesmo em pequenas doses

Vida

PÁGINA......8

Pouco a pouco o atual prefeito de Ipatinga, Robson Gomes, vai perdendo prestígio. Diminui a cada dia a possibilidade dele conseguir eleger um sucessor. Por conta disso, o PMDB tenta se juntar ao PT para indicar um nome, enquanto o Partido Verde deve caminhar com a deputada Rosângela Reis em 2012. No município de Fabriciano, a segunda cidade mais importante do Vale do Aço, os petistas batem cabeça entre seus filiados, facilitando a ascensão do atual deputado Celinho Sinttrocel, do PCdoB.

Política

Panificadores comemoram os bons resultados do setor Sindipan-MG

Fábio Marçal

Montes Claros pode sediar eventos da Copa de 2014

Segundo Milton Inhaquiti, para manter o setor aquecido é preciso oferecer produtos de qualidade e inovação

Luiz Tadeu Leite diz que investirá pesado no setor de esportes

O Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 liberou informações indicando que Montes Claros, no Norte de Minas, tem condições de sediar um dos Centros de Treinamento de Seleções (CTS). O prefeito Luiz Tadeu Leite afirma que investe e continuará investindo nas estruturas esportivas de seu município, para viabilizar a inclusão definitiva de MOC nesta significativa lista da Fifa.

Esportes

PÁGINA.....12

O Sindicato das Indústrias da Panificação de Minas Gerais relata que em 2010 o setor cresceu em média 13%, com lucro estimado em R$ 56 bilhões no país. Milton Inhaquiti, presidente da entidade sindical da regional de Uberlândia, lembra a necessidade constante da reciclagem para profissionais que atuam na área. Sua receita é fazer um curso no Senai, como forma de garantir um bom emprego com boas técnicas.

Economia

PÁGINA........6

Rosângela Reis volta a ser lembrada para a Prefeitura de Ipatinga PÁGINA........3

Método Kumon beneficia alunos ao longo de 53 anos Lucky Assessoria de Comunicação

JEditorial

Na Construção Civil, quando funcionários apresentam atrasos e queda de produtividade, logo vem a suspeita. Muitas vezes eles estão consumindo álcool em excesso. Nesse setor, esse fato é muito preocupante, devido aos riscos inerentes à profissão. Para a supervisora do Departamento de Serviço Social da Indústria da Construção Civil, Sylvia Helena de Castro, o alcoolismo está presente em diversas áreas: trata-se da substância psicoativa mais popular do planeta e a droga preferida dos brasileiros.

JEditorial

Ipatinga e Fabriciano na mira das oposições

Trabalhadores da Construção Civil são corrompidos pelo alcoolismo

Júlia Shiroiwa: “Percebemos o quanto o estudo destas disciplinas desenvolve a capacidade dos alunos”

Criado no Japão em 1958, o Kumon vem ajudando alunos que apresentam dificuldade de aprendizado, não só em Matemática, mas também em disciplinas como Português, Japonês e atualmente o Inglês. No Brasil desde 1977, mais de 100 mil pessoas atualmente estudam por esse método. A gerente de Desenvolvimento de Capital Humano do Kumon no Brasil, Júlia Shiroiwa, destaca os principais benefícios das aulas.

Educação e Cultura

PÁGINA..4


O P I N I Ã O

NOTA ZERO Prefeita antidemocrática

JEditorial

Política com origem nos meandros do sindicalismo mineiro, a prefeita de Betim, Maria do Carmo Lara, não quer atender as reivindicações do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-Ute). Essa situação levou os professores do município a se manterem em greve por cerca de 60 dias. “Ela prega democracia, mas não é democrática”, dizem os grevistas. Nota zero para a prefeita.

EDITORIAL O golpe da sacola plástica O que deveria ter sido uma decisão acertada, no sentido de colaborar com o meio ambiente em Belo Horizonte, está caminhando para se tornar mais um custo a ser embutido nas compras dos consumidores nos supermercados da Capital. Trata-se do fim da sacola de plástico convencional, usada pelas donas de casa há muitos e muitos anos. Essa proibição acontece graças a uma lei proposta pelo vereador do PT, Arnaldo Godoy. Na prática, nos 30 primeiros dias de funcionamento da nova regra, já foram vendidas milhares de sacolas retornáveis e outras alternativas, gerando milhões de reais para a indústria de plástico em Minas. A história de que haveria apenas sacolas com material biodegradável, ao custo de R$ 0,19, foi um engodo geral. O tom desesperador do vereador Arnaldo Godoy, agora querendo mudar a lei para frear os especuladores, dificilmente encontrará respaldo na própria Câmara, depois que o negócio ficou vantajoso para os espertos empresários, que começaram a lançar produtos diferentes, como as sacolas retornáveis. Pasmem: só este item já levou R$ 2 milhões do pobre consumidor mineiro. Surge, inclusive, a palavra do experiente vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Marcelo Souza e Silva, alertando para uma límpida realidade: “A Lei da Sacola não lega tantos benefícios à população, mas no seu bojo traz enormes dificuldades aos pequenos varejistas, sem condições de arcar com os custos da nova sacola, obrigados a transferir os preços ao consumidor, aumentando os transtornos e elevando o valor de seus produtos nas prateleiras”. É possível dizer que a Lei da Sacola, ou a Lei Arnaldo Godoy, sinaliza para mais uma “armadilha” contra os belo-horizontinos, tão abismados com o surpreendente aumento dos preços dos produtos nos últimos meses.

EDIÇÃO DO BRASIL Julho Editorial Ltda Cooperativa de Comunicação Social

ARTHUR LUIZ FERREIRA Diretor-Editor EUJÁCIO ANTÔNIO SILVA Diretor-Responsável ESCRITÓRIO CENTRAL - BELO HORIZONTE AV. FRANCISCO SÁ, 360 - PRADO CEP 30.411-145 TELEFONE: (0 xx 31) 3291-9080 Endereços Eletrônicos: jornaledicaodobrasil@terra.com.br e.brasil@yahoo.com.br Site: www.jornaledicaodobrasil.com.br

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

Polícia Civil quer melhores salários e mais qualificação Divulgação

2

José Alves Neto

O

DENÍLSON Martins: “O nosso salário é um dos piores presidente do Sindicato dos do país”

Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais (Sindipol), Denílson Martins, em entrevista ao jornal Edição do Brasil, fala sobre as reivindicações da categoria. Para ele, a Polícia Civil mineira encontra-se sucateada. Ele denuncia que funcionários públicos não capacitados estão exercendo funções de polícia em diversas cidades. Martins acredita que as exigências da categoria poderão ser atendidas, devido ao aumento da arrecadação e do PIB estadual.

O aumento salarial é uma das reivindicações da Polícia Civil de Minas Gerais? Sim, pois nosso salário é um dos piores do país. Minas Gerais é o segundo maior orçamento, tem uma das maiores populações e um dos maiores PIBs. O que exigimos do governo é essa consideração. Não é justo nossos policiais ganharem menos que os do Pará. O Código Penal é o mesmo, e o delinquente não tem fronteiras para suas atividades. Diga-se de passagem, a Polícia Civil de Minas é uma das melhores do país, trabalha fora do Estado, vai lá, prende, busca, estoura cativeiro, traz sequestrador. Veja no Norte de Minas: sem nenhum recurso, os policiais conseguiram pegar aquele serial killer que buscava suas vítimas pela internet e matou uma secretária, sua quinta vítima.

vínculo institucional, comprometendo assim a segurança das operações, o sigilo e até mesmo o sucesso das atividades investigativas. Esse grau de dependência das prefeituras tem prejudicado muito, sem falar nos setores privados. Isso tudo acontece porque o Estado é incompetente e omisso na realização de concursos. Esse concurso que o governador anunciou recentemente não atende sequer a metade da demanda com relação os que já poderão se aposentar em abril.

Isso ocorre em muitas cidades de Minas? Em 99% dos municípios.

E em relação à estrutura física? Vou até fazer uma denúncia, a maioria dos prédios municipais que são cedidos para o funcionamento das delegacias são de improvisos, não tem sequer planos de brigadas de incêndio. Isso é uma falta de respeito com a população e o policial civil, que está ali colocando sua vida em risco para servir à sociedade. O que estamos cobrando do governo é esse cuidado. No Sul de Minas, inclusive, a delegacia de Itamonte pegou fogo. Não tinha sequer um extintor de incêndio para apagar. Vários policiais foram processados por causa disso, porém eles não têm culpa, pois quem colocou os indivíduos ali foi o Estado. São prédios improvisados e impróprios para o atendimento ao público e a prestação de serviço.

Há uma defasagem muito grande O governador já está ciente dessas no quadro da Polícia Civil no Estado? reivindicações? Vocês acreditam que Sim, e essa defasagem compromete a pres- elas podem ser atendidas? No interior, há servidores de prefeitutação de serviço da polícia judiciária. Sem contar ras realizando funções que deveriam as condições de trabalho, porque o policial adoEssas reivindicações foram entregues no ece em função das péssimas condições, são so- dia 22 de fevereiro. Nós acreditamos que elas ser de policiais? Há servidores de prefeituras realizando funções que teriam de ser realizadas por policiais. Trazem intimações, exercem papel de escrivão e tomam depoimento. Isso prejudica a prestação de serviço, pois não são pessoas habilitadas para essas funções, não são servidores treinados. Não gostaria de imaginar quantas pessoas poderiam ser soltas porque não foram autuadas ou detidas por representantes específicos para esse fim, como prevê a Constituição. Esses servidores não têm

Chico Brant*

T

brecarregados. Há delegados que chegam a ser responsáveis por nove cidades em um processo de ampliação de competência. Quando acontece um delito em uma das cidades, ele tem que se deslocar imediatamente, colocando sua vida em risco. Sem falar também na famigerada escolta e custódia de presos. Temos cerca de doze mil presos no interior do Estado sob nossa custódia, isso tem que ser equacionado. A Suape tem que assumir a questão e não a Polícia Civil, cuja função é investigar. Nossas reivindicações são baseadas nesse cenário.

serão atendidas, pois uma das condicionantes é o crescimento da renda líquida do Estado. O próprio governo anunciou que o PIB de Minas foi maior que o da China. Tivemos um crescimento real da receita, por isso esperamos que o governo tenha responsabilidade e atenda as demandas. Não estamos sendo radicais nem cobrando tudo de uma vez. O governo pode, sim, fazer uma agenda para nossas reivindicações, haja vista que só para se formar um policial na academia são necessários seis meses. Não queremos varinha de condão, mas apenas ser atendidos minimamente em nossas solicitações.

Osama, Obama e Oriente Médio

al como o personagem, o assunto Bin Laden ainda não está enterrado. O tema deve perdurar em razão de não ter sido mostrada a foto do cadáver do terrorista: artigo de primeira necessidade num mundo midiático. Claro que Bin Laden está morto, apesar das conjecturas em contrário, feitas por aqueles que veem chifre em cabeça de cavalo. A própria família do profeta do terror já admitiu que ele não existe mais. A questão, pois, não é discutir o seu fim, mas tentar entender, sem teorias conspiratórias, o que ele representa. Em política, diz a lição, não existe fato gratuito. No cartaz “Procura-se Bin Laden” só havia a alternativa “morto”. Logo, o ataque à fortaleza de Abbottabad, feito como espetáculo de mídia e assistido ao vivo pelo presidente Obama e seu “staff”, buscou efeitos de demonstração. Falando cinicamente: se não fosse por isso, a eliminação do terrorista seria anunciada, a posteriori, como decorrência de um confronto qualquer, real ou não. Duas outras lições ensinam que os objetivos estratégicos da política ou da guerra não são revelados e, preferencialmente, miram alvos indiretos. Além, portanto, do óbvio desejo americano de vingar as vítimas inocentes do 11 de Setembro, e de desarticular a rede radical da Al Qaeda, a operação de 2 de maio

visou também outras metas. Uma delas é o Paquistão, que homiziou o mentor do atentado às Torres Gêmeas e agora está sob suspeita. Seu governo, antes inteiramente alinhado e sustentado pelos EUA, dá retaguarda a talibãs do Afeganistão, flerta com a China e dispõe de armas atômicas. Assim, se torna um ator perigoso a ser contido no cenário asiático, já problemático por causa do crescimento chinês. É preciso também analisar o fim de Bin Laden no contexto das alterações do quadro político do Oriente Médio. Um a um, caem os ditadores perpétuos do antigo dominó de poder formado de aliados ocidentais. Contudo, alguns embates ainda não foram decididos, como na Síria e Líbia. A execução sumária, acima do Direito, do chefe saudita do terror agora é um fantasma a rondar Ghaddafi. No Oriente Médio, populações enormes se tornarão consumidoras do mercado globalizado, tão logo adquiram o mínimo de democracia e de renda, rejeitem os radicais, e os bilionários árabes não usufruam mais, sozinhos, do seu vasto mundo de petróleo, do qual também dependem a Terra inteira e, especialmente, os países industrializados. Por isso, é menos ruim para os EUA contar com governos árabes de base popular que aceitem o jogo democrático,

mesmo que almejem instaurar regimes alinhados ao fundamentalismo islâmico. Isolado o terror da Al Qaeda e organizações similares, esses novos governos podem, mesmo a contragosto, negociar a paz com Israel: termo indispensável na equação política de Obama para o Oriente Médio. Sem Osama, o seu quase xará Obama também ficará mais perto da reeleição. Um amigo, experiente analista político, observou que, se for para garantir votos em 2012, é plausível até que a foto do morto apareça. Caso tudo dê certo, o presidente norte-americano terá motivos para comemorar maiores vitórias. Mas até lá permanecem os riscos de turbulência no Oriente Médio, região assentada em barris de petróleo e também de pólvora.

* Chico Brant é jornalista profissional desde 1968. Atualmente é membro do Conselho Fiscal do Centro de Cronistas Parlamentares de Minas Gerais – CEPPO.


P O L Í T I C A

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

Grupos dominantes devem perder espaço no Vale do Aço Convulsão em Ipatinga

Tércio Amaral

A luta começa pesada pelo controle político de Ipatinga, por ser um grande colégio eleitoral e principalmente um dos municípios mais ricos de Minas, com uma extensão territorial pequena e problemas sociais quase inexistentes, em comparação com outras cidades.

A

o avaliar o quadro de hoje, qualquer analista político diria sem sombra de dúvidas que mudanças radicais vão acontecer no comando de muitas cidades do Vale do Aço, a partir do pleito de 2012. Atualmente, o PT detém o poder em várias prefeituras. Apesar da industrialização da região, o Vale, politicamente, não é diferente dos grotões mineiros, como diria o ex-governador Tancredo Neves. Na verdade, os deputados federais mais votados por lá controlam a situação dos municípios sem sair de Brasília, como é o caso de Alexandre Silveira, Leonardo Quintão, Fabinho Liderança, Renzo Braz, Bernardo Santana, entre outros. Eles são considerados coronéis modernos da política partidária mineira e brasileira. Guilherme Bergamini

Nos bastidores, as discussões apontam para um desgaste do prefeito Robson Gomes. Ele vem a ser afilhado do deputado Alexandre Silveira, do PPS, que atualmente ocupa a Secretaria Extraordinária de Atividades Urbanas do governo mineiro. Ocorre que o atual chefe do Executivo daquele município já não pode mais disputar o pleito. Então, fica a querela para seu grupo resolver. Segundo os matemáticos da política local, a solução seria uma candidatura do próprio deputado Silveira. Caso contrário, eles possivelmente apoiariam a atual deputada do PV, Rosângela Reis, que já foi inclusive presidente da Câmara de Vereadores do município. A oposição por lá se organiza por intermédio do PMDB e do PT. Aliás, os petistas ipatinguenses lembram muito a imagem da histórica Torre de Babel, pois cada um fala uma língua.

Divisão em Fabriciano

CELINHO do Sinttrocel pode se tornar prefeito de Coronel Fabriciano

Talvez os maiores problemas do Partido dos Trabalhadores estejam na cidade de Coronel Fabriciano. O prefeito Chico Simões já ocupa o cargo em segundo mandato, porém seu partido anda completamente dividido. Essas disputas internas podem contribuir com a eleição do deputado José Célio de Alvarenga, popularmente conhecido por Celinho do Sinttrocel. Ele é referência em toda região por sua militância nos meandros do sindicalismo. Filiado ao PCdoB, o parlamentar também é ligado politicamente ao deputado federal Alexandre Silveira.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Dinis Pinheiro, recebeu para um almoço a nova diretoria do Centro de Cronistas Políticos e Parlamentares de Minas Gerais (Ceppo). Capitaneados pelo presidente e o vice, jornalistas Carlos Lindenberg e Márcio Doti, os diretores da entidade ouviram do parlamentar sobre os avanços que o Poder Legislativo vem experimentando nos últimos anos. Pinheiro fez questão de ressaltar a “altivez e firmeza que o ex-presidente Alberto Pinto Coelho atuou, colocando a Assembleia de Minas Gerais como a mais bem avaliada do Brasil”. Para Pinheiro, a crônica política, representada pelo Ceppo, tem sido fundamental para essa avaliação e visualização do Poder Legislativo pela comunidade

Almg

Presidente da Assembleia recebe jornalistas da crônica política

DINIS Pinheiro recebeu os novos dirigentes do Ceppo na Assembleia de Minas

mineira. “A Assembleia vem procurando fazer o melhor para os mineiros, sobretudo aos mais necessitados. Vamos instalar a

Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que são 15% da população, buscando sua inserção e respeito na

sociedade”. Ele destacou ainda que a partir de outubro a TV Assembleia estará funcionando através de canal aberto. Por seu lado, o presidente do Ceppo, jornalista Carlos Lindenberg, destacou a convivência afetiva com o atual comandante da Assembleia Legislativa e a harmonia e respeito com o trabalho existente entre a Casa e a cobertura de suas ações. Estiveram presentes ainda o diretor-geral da Assembleia, Eduardo Moreira, o secretário-geral, José Geraldo Prado, os deputados Tiago Ulisses e Alencar da Silveira e os jornalistas Rafael Pedrosa, Eduardo de Ávila, Eujácio Antonio Silva, Fábio Reis, Flávio Penna, João Carlos Amaral, Lúcio Braga, Luis Carlos Bernardes, Manoel Fagundes Murta e Walter Freitas, todos pelo Ceppo.

Deputado propõe Fórum de Debate para o Norte de Minas

O

deputado Arlen Santiago defende a adoção de um programa de desenvolvimento social na região Norte do Estado, inclusive nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O objetivo é minimizar os efeitos do surto do crescimento econômico que estas regiões terão com o início da exploração de gás, minério de ferro e ouro, com a utilização da energia eólica, substituindo formas poluidoras de energia e, também, com a possibilidade de implantação de indústrias, especialmente siderúrgicas, para beneficiamento da extração mineral. As perspectivas de desenvolvimento do Norte de Minas, que está se transformando na nova fronteira econômica do Estado, serão debatidas em seminário organizado pela Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), por sugestão do deputado. No entanto, ele considera fundamental que se

iniciem, imediatamente, ações que assegurem o crescimento sustentável da região. “É evidente que todos nós queremos o avanço econômico da região, sempre tratada de forma paternalista. Nossa voz sempre foi em defesa dos potenciais do Norte, dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, que precisavam ser explorados. A hora, felizmente chegou. Mas é preciso que este sonhado desenvolvimento não se torne um pesadelo para nossas cidades. É preciso que sejam elaboradas ações que compatibilizem o crescimento econômico com o desenvolvimento social”, afirmou o parlamentar. As novas fronteiras econômicas sempre trazem sérios problemas sociais, pela atração de pessoas em busca de emprego. Esta movimentação de pessoas de diferentes regiões do Estado e do país pressiona a demanda por segurança, saúde, educação, sane-

amento, transportes, comunicação e outros serviços públicos. “O momento para começarmos a providenciar isto é agora. O Norte de Minas já vivenciou uma dolorosa experiência com o improviso na década de 70, quando se iniciou o processo de industrialização estimulado pela ação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Muita mão-de-obra veio para a região e acabou indo para as periferias das cidades, seja pelo fracasso de alguns empreendimentos, seja pelo grau de sofisticação de outros que tiveram que importar pessoal especializado de outras regiões para atender suas necessidades”, destacou Arlen Santiago. O parlamentar considera importante as ações que vêm sendo desenvolvidas, como o combate à pobreza rural, mas defende a implementação de políticas de maior amplitude que assegure as

condições necessárias para um desenvolvimento sustentável. “O que estou propondo é uma ação conjunta do Governo do Estado com a iniciativa privada e a sociedade organizada para, desde já, definirmos as ações compensatórias que as empresas realizarão na Região, em parceria com o poder público. Considero fundamental envolver a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) nesta discussão, pois precisamos preparar a população para enfrentar os desafios deste crescimento, evitando assim, a importação de mão de obra especializada”, ressaltou. O deputado diz que pretende criar uma comissão representativa da região, com participação da Assembleia, dos prefeitos, vereadores e da sociedade civil para acompanhar e dar sugestões para as políticas públicas a serem realizadas visando harmonizar o desenvolvimento econômico com o social.

3

V I G Í LI A S Deputado assustado Toda vez que alguém fala sobre uma possível volta das balanças e, naturalmente, a criação de mais postos de fiscalização nas estradas, o deputado federal pelo PMDB mineiro, Mauro Lopes, se irrita. Ele tem um ótimo relacionamento com os empresários. Vê se pode...

Sucessão em Contagem Para fazer seu nome circular em Contagem com mais desenvoltura, o deputado federal Newton Cardoso até se tornou “sócio” de um jornal daquele município.

Contagem II Consta nos bastidores de Contagem que, se a eleição do ano vindouro fosse hoje, o tucano Ademir Lucas teria cerca de 37% da preferência dos eleitores. Por conta disto, o ex-deputado está querendo disputar o pleito. É aguardar para conferir.

Sucessão em Betim Circula nos corredores da Câmara Federal a informação de que o deputado Carlaile Pedrosa já se prepara para entrar no jogo sucessório de Betim, na Grande BH, em 2012. Aliás, as mesmas fontes apontam: a empresária Laura Medioli, esposa do presidente do jornal O Tempo, Vittório Medioli, seria candidata à vice nessa chapa. É isso aí...

Degradação de um político Terça-feira, 10 de maio, às 17h58. Na esquina da Avenida do Contorno com Amazonas, no barulho ensurdecedor de carros que transitam pela movimentada esquina da Capital, uma mesa na calçada, na porta de um boteco, três garrafas de cerveja vazias e outra já pela metade. Um cidadão falava com a língua um pouco enrolada, com nítidos sinais de embriaguês. Era nada menos do que o ex-deputado e ex-prefeito de Ipatinga, Chico Ferramenta, barbudo, com uma camisa amarelada, mais para suja do que para límpida. Ou seja, um petista possivelmente encerrando sua carreira política, podem apostar.

O empresário e a política Alguns membros do PMDB citaram, na semana passada, o nome do presidente da Federação das Indústrias, Olavo Machado, para disputar a Prefeitura de Belo Horizonte. A assessoria do empresário foi logo esclarecendo: “Deve ser coisa de algum amigo que fez veicular esta informação, pois o presidente não é filiado ao PMDB e sua meta é trabalhar em prol da indústria mineira”.

Azeredo é o padrinho Segundo dados disponíveis nos bastidores da PBH, coube ao então prefeito da cidade, Eduardo Azeredo, do PSDB, autorizar o primeiro Galpão de Reciclagem de Lixo da Capital, em um espaço localizado no início da Rua Curitiba, no hipercentro da cidade. Depois, o pessoal do PT chegou ao poder e deu mais ênfase à Asmare. Ou seja, esta bandeira petista em favor da reciclagem em BH teve origem tucana. Coisas da vida pública.

Greve em Betim Até semana passada, cerca de 30 mil alunos da rede municipal de ensino estavam sem aula em Betim, desde o dia 24 de março, por conta da greve dos professores. A prefeita Maria do Carmo Lara está desesperada, sem saber o que fazer.

Acredite se quiser O vereador Valmir Jacinto, de Anápolis-GO, durante sessão na Câmara de Vereadores, há cerca de 15 dias, pediu um minuto de silêncio aos presentes pela morte do saudita Osama Bin Laden.

Instituto de tecnocratas O jornalista e ambientalista Paulo Ponce anda muito preocupado com os tecnocratas do Instituto Estadual de Florestas, pois para retirar um certificado de licença para o consumo de algum subproduto da madeira estão exigindo até o atestado de óbito da árvore. Porém, a preocupação maior é com uma obra na Gruta da Lapinha, que se encontra paralisada há mais de dois anos. O que será que está havendo com este grande órgão vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente?

2552-6333


4

EDUCAÇÃO E CULTURA

V I G ÍLIAS DOBRADAS

Kumon completa 53 anos com 120 mil alunos no país

PMDB antidemocrático Um dos mais antigos partidos políticos do Brasil, o PMDB, criado por Tancredo Neves, Ulysses Guimarães, Teotônio Vilela e Mário Covas, entre outras figuras expoentes, até hoje coloca em prática atitudes de partidos totalitários, como no período da Ditadura Militar. Cena um: Em Minas Gerais, a cúpula peemedebista já definiu pelas candidaturas próprias, ou no máximo uma aliança com o PT, deixando de fora o PSDB e o Democratas. Cena final: Porém, por via das dúvidas, a cúpula já prepara uma intervenção em cerca de 150 diretórios municipais, numa tentativa de evitar que o Palácio da Liberdade possa influenciar na hora que o PMDB decidir lançar seus candidatos a prefeitos e vereadores em 2012.

Felipe José de Jesus Boa concentração, rapidez de raciocínio lógico, principalmente para cálculos, e grande experiência na resolução de problemas na vida em coletividade. Estas e muitas outras qualidades podem ser atribuídas a um dos métodos de ensino mais difundidos da educação, o Kumon, que está completando 53 anos de existência. Criado no Japão em 1958 pelo professor de Matemática Toru Kumon, o método tinha como objetivo fazer com que o aluno dominasse o conteúdo do ensino médio o quanto antes, por meio do autodidatismo, ou seja, desenvolvendo a capacidade de aprendizado por si mesmo, principalmente em matemática. O Kumon chegou ao Brasil em 1977, sendo instalado inicialmente em Londrina. Hoje, são mais de 1.600 unidades espalhadas pelo país. De acordo com dados do Portal Aprendiz, na América do Sul houve recentemente um aumento de matriculados. Hoje existem cerca de 120 mil alunos adeptos, fora os 4,2 milhões de estudantes em outros 44 países. Segundo educadores, o método vem ajudando alunos que apresentam dificuldade de aprendizado, não só em Matemática, mas também em disciplinas como Português, Japonês e atualmente o Inglês. Em entrevista ao Jornal Edição do Brasil, a gerente de Desenvolvimento de Capital Humano do Kumon no Brasil, Júlia Shiroiwa, fala sobre a importância do

Dinis e Alberto

Sem usar meias palavras, o deputado Alencar da Silveira comenta que a oposição usa todo horário normal das sessões plenárias da Casa para fazer obstrução aos projetos do governo, evitando a aprovação de muitas matérias. Isto tem levado a Mesa Diretora a convocar reuniões extras. “Por isso a imprensa tem que entender que a culpa pela situação é da oposição, sempre rancorosa”, lamenta o ilustre parlamentar. Eu, hein...

método e o crescimento da franquia. “O método foi criado em 1958 e ajuda o aluno a ter melhor desempenho escolar, não apenas na série atual, mas também a médio e longo prazo. No Brasil, os educadores que conhecem os resultados apresentados pelos estudantes indicam o Kumon e abrem as portas das escolas para apresentação aos professores, pais e alunos. Temos unidades em todo o país, são cerca de 1.700. Isto mostra o quanto o método é eficiente”, diz. Apesar de muito aplicado em áreas como a Matemática, a gerente lembra que ele ajuda também nas disciplinas de Português, Japonês e Inglês. “No Brasil, vemos o quanto o estudo destas disciplinas desenvolve a capacidade dos alunos, influenciando nas demais matérias. Por exemplo, no Kumon Português desenvolvemos leitura, interpretação de textos e síntese, o que vai ajudar os alunos em disciplinas como História e Geografia, além de entendimentos dos enunciados dos problemas matemáticos”, lembra. Perguntada sobre a idade ideal, Julia Shiroiwa diz que a criança deve iniciar seus estudos antes mesmo dos quatro anos de idade. “Alunos de qualquer idade podem estudar no Kumon, pré-escolares a partir de três anos, adolescentes, adultos. Como o método é individualizado, o aluno pode se matricular em qualquer época do ano, pois não trabalhamos com formação de turmas”, ressalta.

Lucky Assessoria de Comunicação

Sempre que fala a respeito das conquistas do Poder Legislativo mineiro, considerado um dos mais eficientes do país, o presidente da Assembleia, Dinis Pinheiro, menciona que tais conquistas se devem em grande parte ao seu antecessor, Alberto Pinto Coelho, hoje vice-governador do Estado. Isto é que é lealdade...

Culpa da oposição

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

Bons resultados De acordo com a gerente, os estudantes percebem os benefícios obtidos quando conseguem, com facilidade, acompanhar os conteúdos discutidos pelos seus educadores. “Os alunos reconhecem as boas consequências do curso quando conseguem resolver exercícios e ainda ajudar os colegas. Fora isto, por exemplo, em matemática, vão ter habilidade de cálculo e domínio sobre os conteúdos. O estudo desenvolve habilidades que serão úteis tanto na vida acadêmica quanto na pessoal, como o raciocínio lógico, cálculo mental, noção de estimativa e agilidade”, conclui

De acordo com Júlia Shiroiwa, crianças a partir de três anos já podem estudar o método Kumon

O retorno dos Ferrara Já se fala nos meandros políticos sobre a pretensão do ex-prefeito Sérgio Ferrara de lançar um de seus netos na vida pública, começando como candidato a vereador na Capital. Acamado com problemas na coluna há vários anos, o ex-prefeito de BH nunca perde o contato com os meios políticos.

Ferrara II Segundo uma fonte bem articulada, Sérgio Ferrara, na última eleição municipal, ajudou a eleger a atual vereadora Priscila Abreu, mas estaria decepcionado com a atuação da nobre edil. Por conta disto, tentará reverter este jogo. É aguardar para conferir...

BHTrans lança “Vida no Trânsito” com campanha para motociclistas

Prestígio do Clésio O dia 11 de maio foi escolhido para dar início à Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito (2011/2020), aprovada na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de reduzir o número de mortos em acidentes de trânsito em todo o mundo. Em Belo Horizonte, a data foi escolhida para o lançamento do “Projeto Vida no Trânsito”, que tem por objetivo reduzir o número atual de mortos e vítimas graves em acidentes de trânsito. Cinco cidades brasileiras vão participar do “Vida no Trânsito”. Belo Horizonte foi escolhida porque já faz o acompanhamento da evolução dos acidentes e por apresentar um grande potencial para o desenvolvimento do projeto, que está sendo

Em Brasília, o ministro Fernando Pimentel diz a amigos que não vê o menor problema de ser capitaneado pelo senador mineiro Clésio Andrade, em relação aos contatos que estão sendo feitos diretamente com a presidente Dilma Rousseff, com a finalidade de levar para o Palácio do Planalto as prioridades das grandes obras estruturantes de Minas, como a recuperação da BR-381, Rodoanel, Metrô, etc. Cena final: Além de Pimentel, outros políticos, inclusive os deputados do PT, fazem parte dessa frente, criada pelo senador do PR para buscar recursos necessários à realização desses projetos.

Elegância do governador Considerado um dos grandes oradores entre os políticos contemporâneos, o governador Antonio Anastasia, ao participar de um evento de moda promovido pela Fiemg, recebeu um aberto elogio da estilista Glorinha Kalil. “Ele é um homem muito elegante e chique”.

supervisionado pela prefeitura, BHTrans, secretarias municipais de Saúde e Educação. As cidades selecionadas deverão desenvolver planos de ação para a prevenção de acidentes, bem como criar mecanismos de monitoramento e avaliação das atividades e dos resultados alcançados, que possam ser reproduzidas por outras cidades brasileiras. Em Belo Horizonte, foram eleitos cinco grupos de risco prioritários, que devem nortear as medidas de prevenção, com base nas análises dos cruzamentos das diversas fontes de dados da área do trânsito e da saúde: atropelamentos, bebida alcoólica e direção, excesso de velocidade, condutor jovem envolvido em acidente de trânsito e acidentes de motocicleta.

SESC Minas realiza baile de 15 anos para adolescentes carentes O Sesc Minas Gerais irá realizar, no dia 28 de maio, a partir das 21h, a quarta edição do Especial Baile de 15 anos, projeto que oferece às adolescentes carentes portadoras de algum tipo de deficiência a possibilidade de viver um dia especial. O baile acontece no Laces Contagem-Betim.

Ao todo, serão 45 adolescentes que receberão vestidos, sapatos, maquiagens e toda a estrutura necessária para realizar uma grande festa. O Sesc Minas Gerais irá proporcionar, juntamente com os parceiros, um evento completo. Todos os vestidos, feitos exclusivamente para a ocasião,

serão criados e confeccionados por estilistas, dados as debutantes logo após o evento. Além disso, cadetes da Polícia Militar foram convocados para dançar com as debutantes, que terão um Dia de Princesa, quando profissionais dedicados exclusivamente às aniversarian-

tes farão os cabelos e as maquiagens.   Com o baile, o Sesc/MG tem o objetivo de proporcionar para estas meninas vivências inesquecíveis. Uma oportunidade em que a igualdade social será praticada e a cidadania ganhará novos valores. Informações: 3279-1442.

SP Consultoria Empresarial e Institucional Ltda.

Adalberto Lustosa de Matos Advogado Telefones: (31) 3221-3447 (31) 3282-3447 (31) 9983-3312 Rua São Paulo, 1071 - Sala 1715 Centro Empresarial São Paulo - Centro Belo Horizonte - MG - CEP 30.170-907 dr.lustosa@bol.com.br drlustosa@hotmail.com

Estratégias em Saúde Consultoria, Treinamento e Capacitação em áreas estratégicas das Secretarias de Saúde: Planejamento Estratégico e Situacional Programação em Saúde Gestão Hospitalar Gestão Contábil e Financeira de recursos do SUS

Fontes de Financiamento/Captação de Recursos Auditoria Assistencial, Contábil e Financeira Direito Constitucional e Administrativo Políticas Governamentais de Saúde Participação e Controle Social

Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1890 - Conjunto 1108 - Bairro Sion Belo Horizonte / MG - CEP 30320-000 Fones: (31) 2555-5179 / 2535-5180 / 7816-1151 / Fax: (31) 2555-1807 E-mail: sp.consultoria@yahoo.com.br


5

G E R A L

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

JORNAL DO ACIR ANTÃO Miss Taise Ferreira A Miss Taise Ferreira, de 18 anos, é detentora dos títulos Brazil Model Minas Gerais, Brazil Model Nações e Brazil Model Capitais Brasileiras. Ela passa sua faixa à sucessora ainda este ano, após mostrar sua beleza e seu charme por todo Estado. Taise atualmente faz faculdade de Jornalismo e trabalha como modelo. A próxima edição do concurso deve acontecer em agosto.

O prefeito José Milton, o presidente da ALMG, Dinis Pinheiro, o vice-governador Alberto Pinto Coelho, o senador Clésio Andrade e o novo presidente da AMM, Ângelo Roncalli JAPÃO – A tragédia que abalou o Japão e repercutiu no mundo completou dois meses essa semana. Aos poucos, o povo japonês vai reconstruindo o país que detém fortes reservas econômicas para seguir em frente. No entanto, outro valor da filosofia oriental tem sido fundamental para reerguer a potência asiática. A paciência aparece em diversas fábulas da cultura japonesa, e é um contraponto interessante ao imediatismo consumista que se impõe sobre as culturas ocidentais matizadas pela mão pesada norte-americana. É de incontestável relevância preservar as culturas e tradições, para que tenhamos um amplo parâmetro diverso recheado da beleza que compõe o mundo. Infelizmente, valores ocidentais parecem querer se estabelecer cada vez mais sobre o mundo oriental. Que o Japão não se curve e continue a apreciar sua grama, não mais nem menos verde que a do vizinho, apenas de tonalidade diferente. COPA – O secretário-geral da Fifa, Jerome Valker, afirmou que São Paulo está fora da Copa das Confederações, competição que testa as condições do país-sede para a realização da Copa do Mundo. Até agora, o estádio mais adiantado em termos de obras no Brasil é justamente o Mineirão, enquanto São Paulo ainda não sabe qual estádio usará. Fica mais uma vez provado que se Belo Horizonte tivesse uma rede hoteleira mais ampla certamente faria a abertura da Copa de 2014. EMPREGO FORMAL – De acordo com divulgação do Ministério do Trabalho na última quarta-feira, dia 11, o Brasil bateu o próprio recorde na criação de emprego formal no ano passado. Em algumas áreas, como a comunicação, cresce o contingente de trabalhadores informais, famosos free lancers, que entraram de vez em cena com o advento cada vez mais forte da era da internet. Nessas áreas, o emprego com os moldes tradicionais vem sendo gradativamente substituído pelo profissional afinado com as novas tendências do mercado. Mesmo que a oferta de emprego formal diminua, trabalho, para quem tem material a apresentar, jamais faltará. MINISTRA – Ana de Holanda teve que sair escoltada pela polícia na última audiência pública na Assembleia Legislativa de São Paulo. A ministra da Cultura tem sido muito criticada por sua postura conservadora em relação aos progressos estabelecidos anteriormente no tratamento da cultura digital no Brasil. Outro fator que complica a situação da irmã de Chico Buarque é a recente acusação de que ela teria recebido durante os dias em que se ausentou do trabalho. Ela já afirmou que devolverá a quantia, e que a mesma não representa ilegalidade, apenas recomendação.

CINEMA – Woody Allen está lançando um novo filme, que estreará no Brasil no dia 6 de junho. A história conta a trajetória de um americano que viaja a Paris e se encontra com grandes nomes da cena cultural dos anos 20, como Picasso, Salvador Dalí, Hemingway, Gertrude Stein e Luis Buñuel. No entanto, o próprio diretor adverte que a tendência a romantizar o passado parte do preceito de que a dor do momento é mais latente. O que não invalida o fato de que também houve sofrimento em outras épocas. A primeira-dama francesa Carla Bruni, faz uma ponta no longa

OS VEREADORES Alberto Magno Dias e Demétrio de Miranda Ayala, pela Câmara Municipal de Guanhães, concederam ao jornalista guanhanense Dimas Lopes, por unanimidade e pela 2ª vez, voto de Congratulação pelo recebimento da Medalha da Inconfidência 2011. “É uma honra para Guanhães ter um cidadão de tamanha expressividade, sendo este um ato de grande relevância para a história do município”, ressalta o comunicado, por ofício da presidência e secretaria da Câmara.

Página na internet: www.acirantao.blogspot.com

A NI V E RS A RI A NT E S Domingo, dia 15 de maio Coronel Luciene de Albuquerque Professor José Dolabela Segunda-feira, dia 16 Hindemburgo Pereira Diniz Expedito Monteiro Lara – Contagem Pastor Glaycon Terra Pinto Dr. Mazuro Leduck Terça-feira, dia 17 Dona Dica – Santa Cruz Acabamentos Cristiano Augusto Alves da Silva Quarta-feira, dia 18 Ex-deputado José Fernando Aparecido de Oliveira Sra. Maria Aparecida Carvalho (esposa de João Carlos Amaral) Quinta-feira, dia 19 Eduardo Braz Jornalista Kátia Lage Dr. Armando Verdolim – Barão de Cocais Sexta-feira, dia 20 Bernardina Pereira Cássia Calixto Irma Caixeta Santiago Sábado, dia 21 Jornalista Ito Abraão Fernando de Magalhães Pinto Dr. Evandro de Pádua Abreu Vereadora Neuzinha Santos José Lincoln Magalhães

A todos, os nossos Parabéns!


6

E C O N O M I A

Felipe José de Jesus

O

s produtos feitos por panificadores, como pão de sal, roscas, bolos, torradas e biscoitos, estão na mesa de café do brasileiro há anos, agradando aos mais diversos paladares. No entanto, com o passar do tempo, houve uma mudança de comportamento destes consumidores. Atualmente, os mais de 40 milhões de compradores que entram em padarias exigem produtos de elevada qualidade e não aceitam somente aquele convencional pão de sal. O Sindicato das Indústrias de Panificação em Minas Gerais (Sindipan-MG) aponta que, hoje, para se manterem no mercado, os profissionais do setor precisam se reciclar e, principalmente, estar atentos ao crescimento desse mercado. Somente em 2010, o setor teve expansão de 13,7%, com lucro de R$ 56 bilhões, correspondente a 85% das vendas de pães, já que vários supermercados também estão no setor, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria da Panificação (Abip). Milton Inhaquiti, presidente do Sindipan-MG em Uberlândia, lembra que os rendimentos dos profissionais de panificação podem ultrapassar R$ 1,5 mil mensais. “Hoje, para os empresários manterem aquecido o setor, é necessário oferecer produtos de qualidade e inovação. Eles estão procurando profissionais que estejam interessados em aprender novas técnicas. Por isso, quem

trabalha no ramo precisa se qualificar sempre”, diz. De acordo com o presidente, além de dedicação, o funcionário precisa estar sempre se reciclando. “Ter dedicação é muito bom, mas para que o profissional se conserve é necessário ter boas práticas de fabricação, cursos em boas escolas, visitação em feiras e participação em seminários e palestras. Hoje, muitas empresas estão dando suporte, oferecendo oportunidades de cursos para melhorar as aptidões de seus colaboradores”, lembra. Perguntado sobre a possibilidade de crescimento do setor, Milton afirma que pode haver um avanço na profissão, desde que os empresários e panificadores invistam na qualidade das mercadorias ofertadas. “Devido ao maior poder de compras dos brasileiros, principalmente na classe C, as vendas estão aumentando muito. Para este ano, estamos com uma projeção de crescimento do setor entre 10% e 15%, porém isso só vai se concretizar por meio da boa qualidade dos produtos oferecidos”, conclui.

Sindipan-MG

Panificação exige qualificação e prevê crescimento do setor

Cursos na área Para os interessados no curso de panificação, o presidente do Sindipan indica o nome de duas instituições voltadas para qualificação completa. “Para uma boa qualificação e reciclagem no setor, o local mais indicado é o Serviço de Aprendizagem Industrial (Senai)”, conclui Milton Inhaquiti.

SEGUNDO Milton Inhaquiti, o profissional do setor pode ganhar até R$ 2 mil mensais

Governo libera R$ 1,7 milhão para o Vale do Jequitinhonha um potencial muito grande, ressaltando que o Governo de Minas continuará a investir na região. “Este vale é o vale das riquezas e não da pobreza”. Para Rosa Maria Barbosa da Silva, vice-presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) de Minas Novas, com o PCPR está acontecendo o fortalecimento da agricultura familiar. “Em Minas Novas, todos os subprojetos foram de abastecimento de água. A pessoas que tinham ido para a cidade estão retornando às suas terras, porque agora tem água”, contou.

JEditorial

O Governo de Minas autorizou a liberação de R$ 1,7 milhão para 64 convênios de subprojetos do Projeto de Combate à Pobreza Rural de Minas Gerais (PCPR/MG), beneficiando 3.200 famílias, de 30 municípios. Os investimentos, não reembolsáveis, são de natureza produtiva, social e de infraestrutura. Os dois eventos contaram com a participação do secretário de Estado de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas, Gil Pereira. Durante seu pronunciamento, em Diamantina, ele afirmou que o Vale do Jequitinhonha tem

GIL Pereira: “Este vale é o vale das riquezas e não da pobreza” O PCPR/MG O PCPR/MG é fruto de um acordo de empréstimo firmado entre o Governo de Minas Gerais e o Banco Mundial (Bird) e está sob a coordenação do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas (Sedvan). Em 2010, o projeto cumpriu e superou todas as metas acordadas com o Banco Mundial, tornou-se modelo para outros

estados brasileiros e política pública do Governo de Minas. O objetivo do projeto, que contempla os 188 municípios situados no Norte de Minas e nos vales do Jequitinhonha e Mucuri, é a redução da pobreza e a melhoria da renda e da qualidade de vida da população rural. Até o momento, já foram assinados 2.156 convênios, somando o valor total de R$ 98,9 milhões em investimentos e beneficiando 119,6 mil famílias.

Jequitinhonha e Diamantina Na cidade de Jequitinhonha, foram assinados 34 convênios, no valor de R$ 700 mil, beneficiando 1.125 famílias de 12 municípios (Bandeira, Cachoeira de Pajeú, Felisburgo, Jacinto, Jequitinhonha, Joaíma, Monte Formoso, Palmópolis, Pedra Azul, Rio do Prado, Rubim, Santa Maria do Salto e Santo Antônio do Jacinto). Em Diamantina, foram liberados 30 subprojetos, no valor de R$ 993 mil, beneficiando 2.126 famílias, de 17 municípios (Coronel Murta, Padre Paraíso, Angelândia, Aricanduva, Capelinha, Curvelo, Diamantina, Felício dos Santos, Felixlândia, Morro das Garças, Presidente Juscelino, Presidente Kubitscheck, Santo Hipólito, Senador Modestino Gonçalves, Serro, Turmalina e Veredinha). Durante o evento, o secretário Gil Pereira, por determinação do governador Antonio Anastasia, anunciou que a Copasa vai iniciar as obras de expansão do atendimento de serviços de esgotamento sanitário da cidade de Diamantina, no valor de R$ 3.074.555,58.

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

Fiemg leva empresas mineiras a feiras de moda na Europa A Fiemg abre mais um espaço para que os empresários do Estado realizem novos negócios. A instituição oferece vagas para participação na Missão Empresarial de Prospecção de Moda, que visita duas grandes feiras do setor, em Berlim e Paris. Promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pela Rede de Centros Internacionais de Negócios (CIN), com organização da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), a viagem acontece entre os dias 4 e 12 de julho. As inscrições estão abertas pelo site do CIN-MG (www.fiemg.org.br/cin). A missão colocará os empresários mineiros em contato com as tendências da moda europeia, com ideias e estratégias das grandes marcas globais. Em Berlim, eles participarão da Bread & Butter (http://www.breadandbutter.com), de 6 a 8 de julho, e, em Paris, estarão em contato com a indústria local na Mode City (www.mode-city.com), que acontece do dia 9 a 11 do mesmo mês. Elas estão inseridas no calendário internacional de grandes eventos do setor. Os empresários participantes da missão terão reuniões para preparação para as feiras, apoio técnico e logístico do CIN, apoio de especialistas e intérpretes que acompanharão a viagem. Haverá também visita aos principais roteiros comerciais e culturais de moda de Berlim e Paris, para contato com os empresários e tendências locais. A Missão Empresarial de Prospecção de Moda integra o programa AL-Invest, financiado pela Comissão Europeia. Ele busca o fortalecimento e a internacionalização das pequenas e médias empresas latino-americanas, o intercâmbio de inovações e conhecimento e a promoção de negócios com empresas européias. No Mercosul, Chile e Venezuela, o programa é implementado e co-financiado por um consórcio de instituições liderado pela CNI. Informações: (31) 3263-4725 / 4722 ou pcomercial@fiemg.com.br

Cheque pré-datado e cartão de crédito invertem os papéis O cheque pré-datado vem ganhando mais espaço no comércio de Belo Horizonte. Enquanto isso, as maquininhas de cartão de crédito trabalharam menos nos balcões das lojas. Isso foi constatado pelo Balanço do Crédito do Comércio Lojista de Belo Horizonte – Abril de 2011, realizado pelo Departamento de Economia do Sistema Fecomércio Minas, com dados referentes a março deste ano. As compras com o cheque pré-datado representaram 23% das vendas a prazo, contra 18% da sondagem anterior. Já as transações feitas com o cartão de crédito corresponderam a 67% das vendas. Na última sondagem, esse item registrava 74% das vendas a prazo. Desde agosto de 2010, as compras pagas com cartão de crédito só cresciam e os cheques pré-datados se mantinham praticamente estáveis. Em Belo Horizonte, nas lojas pesquisadas, 70% de tudo que é comercializado é vendido a prazo. A oscilação entre as principais formas de pagamento dessa modalidade pode significar a busca do equilíbrio orçamentário, que faz o consumidor evitar o endividamento com o cartão e disciplinar mais o seu uso. Essa é a explicação da coordenadora do departamento de Economia do Sistema Fecomércio Minas, Silvânia Araújo. Ela ainda endossa: “Além disso, pode sinalizar mudança de comportamento frente à política monetária apertada e a pressão inflacionária sobre o poder de compra real”. Apesar disso, o número de lojas que aceitam os cheques continua em baixa. Essa sondagem repete a anterior ao mensurar esse quesito, com 23%. A decisão do empresário de aceitar ou não o cheque, seja pré-datado ou à vista, depende de algumas variáveis. Além do risco de inadimplência, há também as altas taxas a serem pagas às administradoras de cartão de crédito, o tipo de mercadoria comercializada e o planejamento financeiro de cada empresa. O Balanço do Crédito também apurou como anda a inadimplência nas vendas a prazo na Capital. De cada R$ 100,00 em vendas, R$ 2,00 não chegaram ao caixa dos empresários do comércio. Isso é um sinal positivo diante da comparação com sondagens imediatamente anteriores de fevereiro e março, já que elas registraram 3% e 5% respectivamente. Além disso, outros trabalhos realizados pelo Sistema Fecomércio, a exemplo da Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC), indicam que o consumidor está aprendendo a lidar com o crédito. Foram pesquisadas 300 empresas do segmento de comércio varejista de Belo Horizonte, sendo a maioria, 56%, de pequeno porte, com até 9 funcionários.


EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

S O C I A L

7

Editada por Emilienne Santos

mili.edicaodobrasil@globo.com

NA NOITE NO DIA 6 de maio, saiu uma denúncia no Jornal O Tempo sobre o deputado federal Eros Biondini. Ele supostamente teria recebido doações para sua campanha política de um parente já falecido. MESMO com essas “preocupações” em mente, o deputado Biondini, no mesmo dia, resolveu espairecer em uma casa noturna de Belo Horizonte, curtindo uma música sertaneja com sua esposa. ELE ESTAVA presente em um dos camarotes da Santtorine, se divertindo com os amigos. E parece que compartilhou de uma noite muito agradável ao som de Rick e Ricardo.

Café para os Mineiros PARA COMEMORAR o Dia Nacional do Café, 24 de maio, será realizado em Belo Horizonte um evento que reunirá as melhores cafeterias da Capital em um Guia – o Circuito de Cafeterias, que irá até 24 de junho e promete agitar os estabelecimentos. SERÃO 18 cafeterias participantes. O Circuito tem como objetivo não só criar uma rota de cafeterias que possibilite aos apreciadores de cafés conhecerem diversos produtos, mas fomentar negócios e movimentar o mercado. PARA A OCASIÃO, cada uma delas criou um produto à base de café, desde drinks especiais a bolos, mousses e petit gateau. Com o Guia em mãos, cada cafeteria visitada e o produto indicado consumido, a página correspondente a cafeteria será carimbada. Após completar o circuito, o participante ganhará uma mug e concorrerá a passeios para a Rota do Café, no Sul de Minas.

FEIJOADA DO MARANHÃO EM SÃO LUIS

FERNANDO Borges e Gutemberg Bogéa

GUILHERME Marques, Valdez Maranhão, o secretário de Turismo, Liviomar Macatrão, e Nan Souza

MEDALHA INCONFIDÊNCIA 21 DE ABRIL

POLÍTICA DISSEMINADA BELO HORIZONTE, no dia 6 de maio, sediou o Seminário “Rumo aos Municípios 2012: Estradas e Bandeiras”, no Hotel San Diego. O evento foi coordenado pelo ex-ministro Eliseu Padilha, presidente da FUG – Fundação Ulysses Guimarães Nacional. No evento, estiveram presentes políticos muito representativos ao PMDB, entre deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores, além do atual presidente do PMDB nacional, o senador Valdir Raupp (RO), e a deputada federal Marinha Raupp (RO). ELES VIERAM de Brasília especialmente para a atividade peemedebista. Foi um dia de debates, articulações de metas e lançamento do Curso Preparatório para Candidatos ao pleito de 2012, composto dos Cursos Dicção/ Oratória e de capacitação para Gestores Públicos Municipais. ANTES do embarque para Brasília e mesmo com Maria Elvira fora do País, Prata Neto recepcionou Valdir Raupp e Marinha (amigos do casal) com um café mineiro ao final da tarde. Na despedida, brindes de champanhe em comemoração ao sucesso do evento.  

GOVERNADOR Renato Casagrande e Vando Borges

A CONFEDERAÇÃO Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) vai orientar os seus mais de 800 mil associados a não conceder crédito além da capacidade do consumidor em honrar o compromisso, segundo informou o presidente da entidade, Roque Pellizzaro Junior. Essa é a primeira vez que a entidade que representa os lojistas brasileiros decide orientar seus associados a reduzir o volume de concessão de crédito no comércio. EM ABRIL, a inadimplência do consumidor registrou alta de 3,5% ante igual mês de 2010, de acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O resultado decorre do encarecimento do crédito devido a mais uma elevação da taxa Selic pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central e da pressão mais forte dos juros para pessoa física, fatores que também contribuíram para a alta da inadimplência no ano, que já soma 2,24% até abril.

SEMANA DE MUSEUS DURANTE a 9ª Semana Nacional de Museus, de 16 a 22 de maio, o Espaço TIM UFMG do Conhecimento comparece com uma programação que reflete seu objetivo de aproximar a população do conhecimento científico. A RODADA de eventos também marca um ano de atividades do Espaço do Conhecimento, o primeiro a ser instalado no Circuito Cultural Praça da Liberdade. Na programação, os interessados poderão assistir palestras de diferentes áreas científicas e tecnológicas. São várias até o fim da rodada. Quem quiser ver a programação é só acessar: http://www. ufmg.br/espacodoconhecimento.

DIA DA FEIJOADA

LUZIANNA Lanna e o marido

NOVO NA CIDADE O CLUB NOMADE, o mais novo e inovador clube de vantagens voltado para lazer e turismo, está chegando ao mercado mineiro. Para marcar o início de suas atividades, os sócios-diretores Sady Cesar Vieira Viana e Marcos Eduardo Tavares recebem amigos, convidados e imprensa no próximo dia 19, no Espaço La Cancha, em Belo Horizonte. OS PRESENTES poderão conhecer um pouco mais sobre o clube através de vídeo institucional e conversa com os sócios-diretores. A partir do dia 19 o site www.clubnomade.com. br já estará no ar.

SEM CRÉDITO, SEM COMPRA?

LETÍCIA Nelson de Senna e Rui Mourão

PARECE que agora é pra valer! Belo Horizonte irá oficializar o Dia da Feijoada. O projeto, do vereador Edinho do Açougue, está em tramitação na Câmara, para a data de 18 de maio. E PARA BOAS notícias sempre há uma comemoração. Por isso, no dia 21 de maio, “O Rei da Feijoada” e a “Feijoaria” (novo restaurante que tem como prato principal é Feijoada) vão promover uma Feijoada especial em honra ao projeto. Será um sábado animadíssimo, com direito a boa comida e muita cerveja gelada.


V I D A

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

Alcoolismo na construção civil preocupa especialistas do setor

A construção civil no Brasil vive um bom momento, com mercado aquecido, melhores condições de trabalho e perspectivas profissionais, porém um grave problema ligado à saúde vem preocupando o setor: o alcoolismo. Apesar de existirem poucos dados concretos e pesquisas quantitativas, especialistas afirmam que esta é uma realidade nos canteiros de obra, que precisa ser analisada e combatida, devido aos riscos inerentes à profissão. A supervisora do Departamento de Serviço Social da Indústria da Construção Civil de Minas (Seconci-MG), Sylvia Helena Costa, explica que o álcool é a substância psicoativa mais popular do planeta e a droga preferida dos brasileiros. Segundo ela, o alcoolismo está presente em diversas áreas produtivas, inclusive na construção civil em proporção significativa, requerendo uma intervenção sistemática quando casos são diagnosticados. “Um índice expressivo de absenteísmo, atrasos  e queda de produtividade  são indícios de que o problema está presente. Infelizmente vivemos uma realidade na qual nenhum ambiente de trabalho está imune ao consumo de álcool”, diz. Daniel Boratto, médico do trabalho da empresa Ocupacional, especialista em medicina do trabalho, explica que esse problema na construção civil ganha proporções maiores porque o funcionário numa obra sob efeito de álcool potencializa o risco de acidentes, colocando a vida dele e de terceiros em perigo. A bebida altera muito a percepção e os reflexos, mesmo quando em pequenas doses. É mais fácil ficar tonto, tropeçar ou cair ao executar uma tarefa em altura ou em escavações, sem falar na possibilidade de se ferir ou aos

seus colegas com ferramentas, como martelo, pregos, arames e máquinas pesadas. Boratto acrescenta que faltam dados concretos sobre a questão exatamente pelo fato de que as pessoas não costumam admitir em exames médicos para o trabalho que tem problemas com bebida alcoólica . Os casos só chegam até a gente quando algum problema mais sério acontece. Ninguém vai admitir em um exame admissional que faz uso de álcool. Nesses casos, orientamos, encaminhamos para tratamento ou afastamos o funcionário do serviço”. Cabe lembrar que, em geral, os homens são os que mais abusam da bebida alcoólica. A incidência de alcoolismo é maior entre os homens do que entre as mulheres, e a  construção civil emprega em larga escala a população masculina, ainda que esteja crescendo o número de mulheres absorvidas pelo setor. Para a assistente social da Seconci, o enfrentamento deste problema esbarra em limites sócio-econômicos e culturais. “Mesmo os casos mais ‘leves’ de alcoolismo requerem uma intervenção sistemática, com a realização de consultas periódicas, o envolvimento de uma equipe multidisciplinar experiente (médico, psicólogo, psiquiatra, assistente social), além da família”, explica Sylvia Helena. Daniel Boratto  acrescenta: “O trabalho de diagnóstico e tratamento é complexo, envolvendo médico, engenheiro de segurança, enfermagem do trabalho, entre outros. Afinal, as pessoas dentro da obra são as primeiras a perceber os sinais. Geralmente, quem vai detectar esse problema é o encarregado, o mestre de segurança ou o engenheiro, que têm contato direto com os trabalhadores e vão perceber pela atitude da pessoa se ela está alcoolizada”, explica.

“Ninguém vai admitir em um exame admissional que faz uso de álcool ” Daniel Boratto

Orientação Apesar da complexidade da questão, os especialistas são unânimes ao afirmar que a orientação é o caminho mais adequado quando o assunto é alcoolismo na construção civil. Segundo Daniel Boratto, que também é médico do trabalho de uma grande construtora, as empresas desse setor têm se preocupado com essa realidade. Elas vêm buscando meios para prevenir esse mal, oferecendo aos funcionários palestras e discussões com apoio de entidades que lidam com essa realidade, como os Alcoólicos Anônimos. A iniciativa vem apresentando resultados positivos. “Percebemos muitas adesões, com participação intensa dos trabalhadores. Alguns passam a frequentar reuniões do AA, enquanto outros nos contam depois que pararam de beber após as palestras”. Sylvia Helena explica que na Seconci o assunto é abordado sob diversos aspectos, mostrando o comprometimento biológico, psicológico, familiar, social e laboral. “Este é um

PBH

Prefeito de Santa Luzia participa de reunião sobre o Consórcio da Saúde

A REUNIÃO contou com a presença dos prefeitos da RMBH Em uma iniciativa pioneira, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, e prefeitos de outras seis cidades da Região Metropolitana assinaram o contrato de constituição do Consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde (Cias). A assinatura, realizada durante a primeira assembleia geral do Cias, na sede da Prefeitura de Belo Horizonte, tem como objetivo melhorar o atendimento oferecido aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além do prefeito Gilberto Dorneles e do secretário municipal de Saúde de Santa Luzia, José Eduardo de Oliveira, a reunião contou com a presença dos prefeitos e secretários dos municípios de Belo Horizonte, Caeté, Nova Lima, Ribeirão das Neves, Sabará e Vespasiano. O consórcio foi criado pela Lei 10.105, de 17 de fevereiro de 2011, e será composto por presidente, secretário-executivo, assessores jurídicos e técnicos de enfermagem, entre outros profissionais. O presidente, vice-presidente e o secretário-executivo foram eleitos ontem durante a assembleia.

Os cargos serão ocupados, respectivamente, por Walace Ventura, prefeito de Ribeirão das Neves, Carlos Roberto Rodrigues, prefeito de Nova Lima, e Alcy Moreira, médico da Gerência de Urgência e Emergência da Secretaria Municipal de Saúde da Capital. Além deles, foram eleitos os membros do Conselho Fiscal do Cias, que será composto pelos secretários de Saúde de Santa Luzia, Caeté e Vespasiano, José Eduardo de Oliveira, Flávia Alencar e Hérica Teixeira. O prefeito de Santa Luzia, Gilberto Dorneles, destacou a importância do trabalho que será realizado pelo Cias. “O consórcio é uma grande ferramenta de cooperação entre os municípios da Região Metropolitana e é resultado de um esforço coletivo na área de saúde”, afirmou. Para o secretário José Eduardo de Oliveira, o consórcio irá otimizar o atendimento. “Com o Cias será possível realizar aquisição conjunta de medicamentos e equipamentos, entre outras ações. Isso irá possibilitar ter mais estrutura nas unidades de saúde dos municípios,

e oferecer um melhor atendimento aos pacientes”, disse o secretário. Objetivos Atualmente, cerca de 3,5 milhões de pessoas vivem nas cidades que integram o Cias. O objetivo é que o cidadão possa ser atendido perto de onde mora. As ações previstas para o consórcio serão voltadas para o atendimento dos cidadãos pelo SUS, de acordo com a supervisão e regulação dos gestores municipais. O primeiro projeto do Cias será a ampliação dos serviços oferecidos pelo Samu, expandindo a assistência pré-hospitalar móvel de forma integrada na região. Com exceção de Santa Luzia, todos os outros municípios consorciados dependem do Samu da capital para atendimento médico. Com a ampliação, haverá mais veículos que sairão da própria cidade. Entre outros projetos que serão apresentados nos primeiros 180 dias, estão o de gerenciamento de Unidades de Pronto Atendimento (Upas), aquisição conjunta de medicamentos e materiais hospitalares, estruturação de uma central única de ambulâncias e ampliação da oferta de consultas, procedimentos e exames especializados. Além disso, o consórcio pretende criar uma remuneração única entre os médicos dos sete municípios. Outras ações conjuntas previstas pelo Cias incluem a implantação e o desenvolvimento de ações e serviços hospitalares de média e de alta complexidade e a contratação de serviços e execução de obras para uso compartilhado dos entes consorciados. As ações serão desenvolvidas mediante comprovação da necessidade e da viabilidade de operacionalização, após serem aprovadas em assembléia geral realizada com todos os membros.

tema muito solicitado em palestras e está sempre presente na programação das SIPATs (Semanas Internas de Prevenção de Acidentes). Estimulamos a sua abordagem para que seja sistematicamente discutido. É necessário entender o alcoolismo e seu contexto. As possibilidades de enfrentamento desta questão são diferentes, mas todas só têm eficácia se houver uma compreensão clara, madura e realista da mesma”. Vale finalizar lembrando que o alcoolismo não é um mal só da construção civil, mas da sociedade como um todo, pois uma parte da população tem o hábito de fazer uso de bebida alcoólica achando que isso normal. O problema na construção civil é que ela é cheia de situações de risco, mesmo para quem está sóbrio. Basta uma dose para deixar uma pessoa tonta, incapacitada para atividades na obra, pronta para provocar ou sofrer acidentes de trabalho.

SP Consultoria amplia a sua área de atuação A SP Consultoria é considerada uma empresa centrada na capacitação e evolução do processo de gestão e vem se destacando nos espaços institucionais, pela sua notória experiência na área de Gestão de Saúde Pública. Ela conta com profissionais qualificados e com grande experiência em todos os níveis de Gestão do Sistema Único de Saúde, ou seja, o foco é a consultoria, o treinamento e a capacitação de servidores, e em determinadas situações um choque de gestão na saúde. Agregando o leque de serviços, passou a atuar em gestão hospitalar (administração hospitalar), hospitais públicos e filantrópicos. Consiste também no treinamento  e capacitação de gestores e servidores no âmbito hospitalar, visando novos conceitos de administração, certificação de acreditação hospitalar e incentivos.

Felipe José de Jesus

Tatiana Rocha

JEditorial

8

IRLENE Silva Nunes, da Secretaria de Saúde de Nova Lima, e Saulo Serra

Sono na hora do sexo pode ser culpa do relógio biológico

ELAS precisam dormir mais cedo que eles

Quando uma mulher diz que está cansada demais para o sexo, ela pode não estar usando uma desculpa. Segundo pesquisadores da Universidade de Harvard, homens e mulheres têm relógios biológicos regulados de forma diferente para o sono, por causa do ciclo circardiano (o ritmo do organismo em 24 horas, influenciado pela luz do sol). Assim, elas estão sempre seis minutos mais adiantadas do que eles, como divulgou o Daily Mail. Após analisar 157 voluntários de ambos os sexos, que passaram oito semanas dormindo no laboratório, isolados do mundo para que seus ciclos circadianos pudessem

agir o mais próximo da naturalidade possível, os pesquisadores descobriram que as mulheres “brigam” com sua necessidade de dormir mais cedo. Elas acabam sendo responsáveis por 50% das queixas de insônia, visto que, quando despertam no meio da noite, enfrentam dificuldades para retomar o sono. Descoberta >> Os cientistas descobriram ainda que há mulheres com um ciclo circadiano tão acelerado que seus dias terminam antes das 24 horas, fazendo com que elas necessitem dormir mais cedo e, cansadas, deixem o sexo em segundo plano.

Aqui você encomenda seu sonho, nós realizamos, respeitando a magia do momento.

Luciana Cyrino Pinto Coelho Advogada

RUA ERÊ, 125 - 1º ANDAR - BAIRRO PRADO Cep 30.410-450 - Belo horizonte / mg

Tel: (31) 3316-6692 Cel.: (31) 9932-5289

Av. Bandeirantes, 2323 Bairro Serra - CEP 30210-420 Belo Horizonte - MG Telefones: 3287-4422 / 3287-1293 www.buffetsausalito.com.br


C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

9 ITABIRITO

Primeira Capital mineira pode ter que dividir o “Dia de Minas” A

Prefeitura inaugura nova creche para a população

Capital do Estado é simbolicamente transferida para Mariana. A surpresa é que, recentemente, foi entregue à Assembleia um projeto que visa à divisão das comemorações da primeira vila mineira, que em 2011 completa 300 anos de elevação à Vila Nossa Senhora do Carmo, com o município de Matias Cardoso, no Norte de Minas. O projeto, que é de autoria da deputada Ana Maria Resende (PSDB),

Elcio Rocha

primeira Capital de Minas Gerais, Mariana, é, há cerca de 30 anos, cenário das comemorações do Dia de Minas. A festividade acontece todo ano no dia do aniversário da cidade, 16 de julho. Criado através da lei estadual nº. 7561, o evento é uma solenidade política com entrega de comendas a personalidades brasileiras que contribuíram e contribuem para o desenvolvimento do município. Na ocasião, a

O ANIVERSÁRIO de Mariana é comemorado no dia 16 de julho

PMI

MARIANA

visa nova redação ao artigo 256 da Constituição do Estado, criando o Dia dos Gerais, comemorado em 8 de dezembro, no qual a Capital do Estado deverá ser transferida simbolicamente para Matias Cardoso. Esse mesmo projeto já foi tema de discussão na Assembleia Legislativa em 2008, com a Proposta de Emenda a Constituição (PEC 46/08), porém não foi aprovado. A nova comissão que vai analisar a PEC 15/11, que cria o “Dia dos Gerais”, foi nomeada com os deputados Almir Paraca (PT) como presidente, Rômulo Viegas (PSDB) como vice e Tadeuzinho Leite (PMDB) como relator. A proposta da deputada reconhece que Mariana foi berço da sociedade aurífera do Estado, com a fundação do Ribeirão Nossa Senhora do Carmo, em 1696. No entanto, defende que antes disso, a partir de 1660, o bandeirante Mathias Cardoso de Almeida já se fixava nas margens do Rio Verde Grande e, posteriormente, do Rio São Francisco, em Morrinho, atual cidade de Matias Cardoso. Em resumo, a deputada justifica que o Estado foi formado pelas Minas, a partir de Mariana, e pelos Gerais, a partir de Matias Cardoso. Dessa forma, o documento conclui que a PEC busca confirmar a verdade histórica de Minas Gerais.

O PREFEITO Manoel da Mota conheceu a estrutura montada especialmente para o bem-estar dos alunos As mães dos bairros Vila Gonçalo, Saudade, Santo Antônio, Novo Horizonte e Praia foram presenteadas pela Prefeitura de Itabirito com a inauguração da Creche Municipal Cantinho Feliz, que atenderá 70 crianças em período integral. “Aqui as crianças começarão a aprender o milagre que é ler o mundo. A educação é a alma de uma sociedade e a arma mais poderosa para mudarmos nossa realidade”, destacou o prefeito Manoel da Mota na solenidade de inauguração. “As mães poderão deixar seus filhos com toda tranquilidade, tendo a certeza de que serão bem cuidados”, completou o prefeito. Este é o caso da professora Ruthnéia Maia de Deus, de 36 anos, que estava na inauguração com a pequena Karen, de 3 meses. Moradora da Vila Gonçalo, ela já tem onde deixar a menina quando precisar retornar ao trabalho. “Vou ficar mais tranquila, ainda mais que a creche é pertinho de casa. É só descer as escadas”, comemorou. A nova creche está em um espaço totalmente reformado, com seis salas de aula, em uma estrutura com banheiros adaptados, cozinha e refeitório, com os padrões de qualidade mais modernos para o bem-estar dos alunos e tranquilidade das mães. “O tamanho da obra está em seu alcance social. Estamos preocupados com a edificação humana, com as pequenas coisas que interferem na vida das pessoas. Esta creche representa mais qualidade de vida às mães e um acolhimento digno às crianças”, afirmou o vice-prefeito, Rildox. “Esta é uma manhã festiva, em que cumprimos nosso compromisso de trazer uma creche para a comunidade. Ela atende uma demanda crescente que vem sendo verificada em Itabirito, permitindo que as mães possam trabalhar e trazer mais conforto aos seus filhos”, afirmou Ricardo Francisco, secretário de Educação. Para o presidente da Câmara de Itabirito, Geraldo Mendanha, “a creche traz mais dinamismo no dia-a-dia das mães, possibilitando mais tranquilidade para que elas possam exercer as suas profissões”.

SETE LAGOAS

Câmara Municipal realiza importante audiência pública

Mau uso de cartões do transporte coletivo

Divulgação

“Estamos satisfeitos. A audiência pública que promovemos em Passos para discutir a questão da segurança na região foi um sucesso”. Com essas palavras, o deputado estadual Cássio Soares definiu o encontro, que reuniu mais de 500 pessoas na Câmara Municipal de Passos, no último dia 6 de maio. Segundo ele, a mobilização das diversas camadas da população e a integração do poder público foram fatores primordiais para o êxito da iniciativa. A mobilização feita e o trabalho de Cássio Soares foram enaltecidos pelo presidente da Comissão de Segurança Pública da ALMG, deputado João Leite. “Conheço o Cássio e o seu compromisso com essa região. Acompanho seu trabalho e suas constantes reivindicações ao governo do Estado”, disse. Durante o evento, o deputado anunciou a liberação de 15 novas viaturas para a Polícia Militar de Passos, confirmada pelo Comando Geral da PMMG. “Graças à sensibilidade do governador Anastasia, poderemos oferecer à população melhores condições de atendimento no setor”, frisou Cássio.

CÁSSIO Soares anunciou a liberação de 15 novas viaturas para a Polícia Militar

Outras ações Outra notícia importante anunciada pelo deputado foi o aumento do efetivo militar. “A segurança pública necessita de um constante aparelhamento e modernização, mas o mais importante é contar com profissionais que atendam à demanda existente. Nesse sentido, receberemos mais 40 policiais”, frisou o deputado. Cássio lembrou ainda que iniciou as negociações com o Estado para a liberação de recursos para a construção da nova sede do Corpo de Bombeiros. “Levamos o nosso pleito ao vice-governador Alberto Pinto Coelho, que prometeu encaminhá-lo aos órgãos competentes”. Também noticiou o aumento de vagas de internação para menores infratores. Não menos importante foi a divulgação da reposição do déficit de agentes penitenciários

nas cadeias públicas da região, bem como a abertura de concurso público da Polícia Civil para preenchimento de novas vagas de escrivão e delegado. “Está mais do que claro que a sociedade busca um melhor atendimento no setor de segurança, e a contratação de profissionais competentes, com certeza, contribuirá para isso”, ressaltou. Serão mais de 350 vagas abertas no próximo concurso. O encaminhamento de solicitação para a instalação de uma Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), bem como a Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp), foi outra notícia divulgada pelo deputado Cássio, que contou com a aprovação dos presentes. “Com isso, o setor poderá agilizar o atendimento ao cidadão, contribuindo para a solução mais imediata das questões existentes”.

Disque Denúncia A divulgação mais acentuada do Programa Disque Denúncia também foi outra iniciativa lembrada pelo deputado. “Sabemos da eficiência desse serviço na

elucidação de casos policiais. Queremos ampliar sua divulgação, visando estimular uma maior contribuição da população”, frisou.

Requerimentos O deputado Cássio Soares apresentou diversos requerimentos na audiência pública. Dentre eles, foi pleiteado o aumento do policiamento no distrito de Petúnia no município de Nova Resende, como também nos distritos de Olhos D’água e Ponte Alta, em Delfinópolis. Requereu, também, a instalação da comarca de Itaú de Minas ou a criação de mais uma vara em Pratápolis, que está sobrecarregada com o volume de processos. “Itaú de Minas precisa, também, de um delegado para atender em tempo integral as demandas da cidade”, frisou. Outro tema, objeto de requerimento do deputado, foi a assunção da cadeia pública

de Alpinópolis pela Secretaria de Defesa Social. “Sabemos que há um cronograma para assunção das cadeias públicas, mas estamos tentando mobilizar o governo para a necessidade urgente de atender o município de Alpinópolis”, considerou Cássio, ressaltando que “lá o órgão está instalado no centro da cidade, gerando insegurança à população”. O deputado esclareceu que, com a assunção da cadeia de Alpinópolis, haverá uma intervenção por parte do Estado, possibilitando melhoria no atendimento, aumento de profissionais especializados e, consequentemente, maior segurança para a população.

Menores infratores Durante a reunião, o promotor de Justiça, Éder Capute, ressaltou a enorme incidência de crimes cometidos por jovens. Segundo ele, será necessária a disponibilização de vagas para atender a demanda do município. Imediatamente foi feito contato telefônico com

Dr. Paulo César G. Guerra Tel.: (31) 3241-4777 Fax: (31) 2555-4777 Rua Piauí, 179 - Santa Efigênia CEP 30150-320 - Belo Horizonte - MG

o subsecretário de Medidas Socioeducativas, Ronaldo Pedron, que informou que disponibilizará quatro vagas e se comprometeu a absorver a demanda do município, conforme solicitações já feitas pelo deputado Cássio Soares.

Quim Drummond/PMLS

PASSOS

O trabalho de fiscalização sobre a utilização dos cartões de acesso dos estudantes ao transporte coletivo de Sete Lagoas fez com que a Secretaria Municipal de Educação passasse a economizar R$ 36 mil por mês. Quem explica é o secretário de Educação, Fernando Campos Abreu: “Em 2010, foi feito o rastreamento da utilização dos cartões e detectado um número significativo de estudantes que faziam o uso irregular do benefício. Percebemos que havia alunos que utilizavam o cartão de madrugada, fora do horário de aula e até mesmo nos finais de semana.  O secretário afirma que a fiscalização permite, agora, que o benefício chegue aos estudantes realmente necessitados. “Com o uso do cartão, são transportados cerca de 1.600 alunos da cidade. Rastreamos no ano passado os 437 alunos que utilizavam irregularmente o benefício, que foi imediatamente cortado, gerando uma economia de R$ 36 mil mensais para a prefeitura”, explica Fernando Campos.  Segundo o secretário de Educação, há regras para utilização do transporte coletivo. “Se não existir a vaga numa escola perto da residência do aluno, a Secretaria de Educação custeia o transporte. Essa medida faz parte do acordo firmado com o Ministério Público e a Superintendência Regional de Ensino. O pai que manifeste seu desejo de que o filho estude longe de casa deve arcar com os custos de transporte”, finaliza.

FERNANDO Campos acredita que o rigor na fiscalização traz benefícios aos estudantes


10

C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

MATEUS LEME

Procissão do Triunfo Eucarístico mobiliza a população da cidade

Prefeito realiza antigo sonho da população

O MUNICÍPIO de Ouro Preto revive a grande festa de 1733

e estadual de ensino, o Colégio Arquidiocesano e as paróquias, bem como ordens terceiras e irmandades, bandas de música e corais, historiadores e pesquisadores. Toda a comunidade vem se dedicando à organização e aos pormenores. A história do Triunfo Eucarístico foi resgatada pelos esforços do poeta e ensaísta Affonso Ávila, um dos maiores estudiosos do barroco mineiro em todo o país, responsável pela republicação do Triunfo Eucarístico em 1967 e sua projeção na cultura contemporânea. Ao analisar o texto de 1734, Ávila explica que o Triunfo foi uma das expressões mais impressionantes da cultura barroca no Brasil. A festa traduziu a riqueza da sociedade mineradora, bem como a sofisticação do padrão de vida urbana alcançado nas primeiras vilas do ouro. A grandiosa procissão foi

reconstituída pela primeira vez em 1993, quando o então prefeito Ângelo Oswaldo promoveu a comemoração dos seus 260 anos, juntamente com a Paróquia do Pilar. Novamente prefeito, ele diz que “a comunidade pediu, mais uma vez, a volta do Triunfo. Fizemos a reedição de 2006 e voltamos uma vez ainda, em 2011, comemorando os 300 anos de Vila Rica e abrindo as celebrações do tricentenário da criação da Paróquia do Pilar, que ocorreu em 1712”. Ângelo Oswaldo e o secretário de Cultura e Turismo, maestro Chiquinho de Assis Gonzaga, dizem que a cidade sonha com o belo evento e quer homenagear o saudoso padre José Feliciano Simões, ao lado do atual pároco do Pilar, padre Marcelo Santiago, também defensor do patrimônio cultural.

CORONEL FABRICIANO

Reunião da Câmara aprova contas de 2007 Sílvio Ribeiro Vieira, participou da Tribuna Popular “Nonô da Loteria” na última reunião ordinária da Câmara Municipal. Na pauta, a reinstalação da agência da Caixa no Melo Viana. O projeto de prospecção para a reabertura da agência no distrito foi realizado em 2009, a partir de requerimento do vereador Marcos da Luz, que culminou com uma análise da caracterização mercadológica. Desde 2007 o petista tem lutado pela reabertura da agên-

cia fechada no início da década de 90, “numa política clara de sucateamento e privatização do patrimônio público federal iniciada por Collor e continuada nos governos FHC”. “A nossa ideia é garantir para o Melo Viana uma agência que oferecerá atendimento presencial e todos os serviços prestados pela Caixa, que é um banco oficial de fomento, gestor financeiro dos programas sociais do governo federal e dos recursos do PAC”, disse o vereador.  

marcosdaluz.blogspot.com

Em sessão extraordinária realizada no dia 10 de maio, a Câmara Municipal de Coronel Fabriciano aprovou, por unanimidade, as contas públicas do município referentes ao ano de 2007, seguindo o parecer prévio favorável à aprovação emitido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A informação foi repassada pelo líder do governo na Casa, vereador Marcos da Luz (PT). O relatório técnico da 2ª Câmara do TCE, presidido pelo conselheiro Eduardo Carone e relatado pelo auditor Gilberto Diniz, constante das notas taquigráficas anexas ao processo n° 749.411, foi pela aprovação sem ressalvas das contas prestadas pelo Poder Executivo em 2007. À época o vereador respondia pela pasta de Administração e Finanças do município. Na análise técnica, verificou-se o cumprimento dos índices constitucionais relativos à manutenção e desenvolvimento do ensino (26,53%) e às ações e serviços públicos de saúde (21,44%), superiores ao mínimo exigido de 25 e 15%, respectivamente. Através da Resolução n° 421/11, da Mesa Diretora, a Câmara comunicará o resultado da votação ao TCE, obedecendo os procedimentos legais.   Caixa no Melo Viana Atendendo convite do vereador Marcos da Luz (PT), o gerente-geral da Caixa Econômica Federal de Coronel Fabriciano,

A INFORMAÇÃO foi repassada pelo líder do governo na Casa, vereador Marcos da Luz

ENCADERNAÇÃO EM GERAL Executamos qualquer tipo de encadernação em CAPA DURA com revestimento em PERCALUX, TECIDO, COURO, PAPEL ESPECIAL, PELICA ou qualquer material escolhido pelo cliente que seja adequado para uso de cola. Temos WIRE-O nas cores: preto, branco e prata, fazemos até 42 cm de largura em PP OU CAPA DURA. Também trabalhamos com aspiral. Traga seu trabalho de faculdade.

Rua Esmeralda, 550 - Bairro Prado - Telefax: (31) 3372-2700 Site: www.abencadernacoes.com.br / E-mail: ab@encadernacoes.com.br

Já foram iniciadas as obras de pavimentação no Bairro Central. O recurso na ordem de R$ 215 mil foi conseguido pelo prefeito Marlon Aurélio Guimarães, atendendo uma antiga reivindicação da população do bairro. As máquinas já começaram a preparação da base, para colocação do calçamento poliédrico nas seguintes ruas: Realino Pinheiro, Idalina Moreira, Horácio Martins, Ciro Fonseca e Juvenal Saraiva. Mais esta obra entregue pela atual administração beneficiará não só os moradores do Bairro Central, mas também as pessoas que transitam por estas vias. A previsão é que nos próximos sessenta dias, o serviço seja concluído pela Secretaria de Obras.

numa parceria que não só recupera os espaços, mas os transformam em locais para a prática de exercícios físicos orientados por profissionais, com a implantação das academias ao ar livre. Dando sequência aos projetos, serão revitalizadas nos próximos meses as praças do Bairro Vila Suzana, do Araçás, de São Sebastião em Azurita, de São José em Serra Azul e a praça de Sítio Novo. Os locais terão a estrutura re-

cuperada, com readequação destes espaços para receber os equipamentos de ginástica, iluminação, projeto de paisagismo e jardinagem, para que a população aproveite e desfrute destes novos ambientes para o lazer e a prática de esportes. No próximo mês está prevista a inauguração de mais uma academia ao ar livre, na praça do BairroAraçás, que passa pela reforma e revitalização, onde também será desenvolvido o projeto Praça Viva, já realizado pela Secretaria de Esporte. PMML

A maior festa do Brasil colonial será revivida em Ouro Preto no último domingo de maio, como parte do vasto calendário comemorativo dos 300 anos de fundação de Vila Rica. A Procissão do Triunfo Eucarístico foi a mais rica e suntuosa festa de caráter religioso que se tem notícia no país e  será reencenada no dia 29 de maio, a partir das 16h, após celebração de missa solene cantada, exatamente como aconteceu em maio de 1733, durante inauguração da matriz do Pilar de Vila Rica. O cortejo monumental e os nove dias de festas preparatórias, um marco na história da cidade, foram relatados pelo português Simão Ferreira Machado, em livro publicado em Lisboa, em 1734. A obra, que servirá de roteiro para a reconstituição do evento em 2011, traz minuciosos detalhes dos trajes usados, alegorias, danças, cenários, entre outros. Os planetas e mitos greco-romanos são caracterizados no cortejo, uma grande festa religiosa e pagã. Carros alegóricos, andores, cavaleiros, coros e conjuntos instrumentais, anjos e figuras bíblicas conferem ao desfile uma dimensão sem igual. Nas irmandades, são intensos os preparativos, assim como nas escolas e oficinas de arte e artesanato. Centenas de pessoas já estão mobilizadas em Ouro Preto para a nova Festa do Triunfo, como artistas plásticos, artesãos, professores e alunos da Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop) e dos cursos de Artes Cênicas e Música do Instituto de Filosofia Artes e Cultura (Ifac) da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop). Estarão envolvidas também as redes públicas municipal

Neno Vianna/PMOP

OURO PRETO

Academias ao ar livre O projeto de revitalização das praças de Mateus Leme desenvolvido pela Secretaria de Meio Ambiente uniu com a Secretaria de Esporte

A OBRA de pavimentação já foi iniciada

SABARÁ

Projeto para serviço de mototaxi A prefeitura encaminhou à Câmara Municipal o projeto de lei nº 011, de 12 de abril de 2011, que regulamenta o exercício das atividades dos profissionais em transporte de passageiros (mototaxista), em entrega de mercadorias (motofretista), em serviço comunitário de rua e “motoboy”, com o uso de motocicletas e motonetas. O projeto será estudado e votado pelos vereadores do município em plenária realizada na Câmara. Caso seja aprovado, todo o trabalho será planejado, organizado, executado, dirigido, coordenado, autorizado, fiscalizado e controlado pela Secretaria Municipal de Defesa Social. Para regulamentação, os profissionais deverão obedecer algumas regras, como ter completado a idade mínima de 21 anos, possuir habilitação há pelo menos dois anos na

categoria “A” e ter residência fixa no município há pelo menos três anos. O veículo cadastrado deverá apresentar exigências de padronização e o condutor fazer o uso correto do colete de segurança dotado de dispositivos retrorrefletivos, nos termos da regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Ser cadastrado como profissional autônomo, proprietário de um único veículo, desenvolver serviços seguindo a jornada máxima de trabalho de 44 horas semanais, limitadas a oito horas diárias, admitindo-se, em casos excepcionais, a extensão da jornada diária por até 2 horas, além de respeitar os interesses e necessidades da população são alguns dos quesitos que constam no projeto de lei. Apresentar bom estado de conservação, funcionamento, segu-

rança e limpeza, circular somente nas vias com autorização emitida pelo órgão ou entidade executiva de trânsito do município e participar, sempre que convocado, de cursos, seminários, fóruns, reuniões ou encontros promovidos pelo órgão competente do município também são algumas das regras. Será permitida uma concessão de licença para cada grupo de 2 mil habitantes para o serviço de mototáxi. A medida visa preservar a segurança do trânsito municipal, dos condutores e dos passageiros desses veículos.

Para o prefeito William Borges, é de grande importância a regulamentação da profissão que gerará fonte de renda e emprego no município. “Além de se tratar de uma lei que regulamenta a profissão e dignifica o profissional que se habilitará para a atividade, é mais uma opção de transporte para o cidadão sabarense”, diz.


C I D A D E S

11

PAULO CESAR PEDROSA

MONTES CLAROS

Novo Distrito Industrial vai começar a funcionar em 2012 Fábio Marçal/PMC

QUEM SABE, SABE

paulocesarpedrosa@yahoo.com.br

Advogado & Jornalista RP: 098523 / 296 Divulgação

De 15 a 22 de maio de 2011

ECAD E AS FRAUDES Uma família brasileira de sobrenome Silva, composta por pai, mãe e dois filhos menores de idade, pode estar por trás da segunda fraude que abala o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD). De acordo com o Ecaednet, sistema de busca que o escritório responsável pelo pagamento dos direitos autorais dos músicos do país mantém na internet, Marco Aurélio da Silva, Laurinda Nascimento Vieira da Silva, Marco Tales Vieira Silva e Laís Petra Vieira Silva seriam mais prolíferos que Chico Buarque. Só Marco Aurélio, o patriarca da família, tem 629 obras registradas em seu nome, frente às 468 do irmão da ministra da Cultura, Ana Hollanda.

O EMPRESÁRIO Alberto Ramos e o vice-governador Alberto Pinto Coelho em recente acontecimento na Capital

TROCA-TROCA Em Brasília, um dos assuntos mais comentados, além da criação e as adesões ao PSD (Partido Social Democrático), é o questionamento sobre qual partido vai acabar primeiro, se o DEM ou o PSDB. JEditorial

EDIÇÃO DO BRASIL

DESTRUIÇÃO DA FAMÍLIA

TERRENO onde será instalado o novo Distrito Industrial, na BR-135 O novo Distrito Industrial (DI) de Montes Claros, às margens da BR-135, a 15 quilômetros do Centro, sentido Nova Esperança, vai começar a funcionar no início de 2012, de acordo com a administração municipal. O processo de aquisição do terreno está seguindo um cronograma elaborado pela prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Tecnologia. O terreno é de um milhão e duzentos mil metros quadrados. A prefeitura já vem recebendo visitas

de empreendedores e realizando extenso trabalho no sentido de viabilizar a instalação de unidades empregadoras, dentro da proposta da administração de gerar empregos e renda. A cidade, além de polo regional, está em terceiro lugar na geração de novos postos de trabalho em Minas Gerais. Segundo o secretário Edgar Santos Filho, estão sendo tomadas todas as providências necessárias para agilizar a instalação do novo distrito, como o levantamento topográfi co. Outra ação visa dis-

ponibilizar energia através da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Os trâmites legais também estão sendo providenciados, de acordo com a legislação. “Estamos trabalhando para criar ações de desenvolvimento ordenado e temos certeza que o distrito vai gerar muitos empregos, inclusive para os moradores da zona rural”, afirma Edgar Santos, lembrando que a administração do prefeito Luiz Tadeu Leite tem a geração de empregos e renda como prioridade.

SANTA LUZIA

Diante dos transtornos causados à Santa Luzia pelo desvio do tráfego da BR-381, após a interdição da ponte sobre o Rio das Velhas, a prefeitura da cidade, juntamente com a Polícia Rodoviária Estadual, optou por restringir o tráfego de veículos pesados no município. Em um encontro entre o prefeito de Santa Luzia, Gilberto Dorneles, o prefeito de Sabará, William Borges, o comandante do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (PMRv), Ten. Cel. Sebastião Emídio, e representantes de empresas das duas cidades, ficou decidido que apenas os veículos que atendem às empresas locais terão permissão para circular na região. Os veículos autorizados vão possuir um selo que será fixado no para-brisa. “Nossas vias não suportam o tráfego intenso de carretas oriundas da BR-381. A população está sofrendo com a situação, e nós tivemos que encontrar uma forma de amenizar os transtornos, priorizando a logística das empresas locais. Assim, definimos que apenas os veículos das empresas da região estarão autorizados a circular na cidade. Eles serão identificados com um selo e verificados nos portais do município”, disse Dorneles. O secretário municipal de Segurança Pública, Trânsito e Transportes, Ronildo dos Santos, enfatizou que as empresas também precisam se comprometer com a restrição. “Não há

PMS

Prefeitura restringe tráfego de caminhões no desvio da BR-381

WILLIAM Borges, Gilberto Dorneles e Sebastião Emídio condições do poder público arcar com todos os entraves dessa situação. As empresas também vão ter que se adequar, pois nesse momento é a solução mais viável para não gerar outros prejuízos ao município”, disse o secretário. “Cabe à Prefeitura de Santa Luzia disponibilizar e fiscalizar o credenciamento dos veículos autorizados. Nós vamos fazer o trabalho de fiscalização nas rodovias estaduais de acesso ao município”, enfatizou o Ten. Cel. Emídio. “A fiscalização será intensificada e não haverá flexibilidade. O objetivo é não permitir que o fluxo

intenso de veículos de carga da BR381 recaia sobre a cidade”, finalizou o comandante. Desde a interdição da ponte sobre o Rio das Velhas na BR-381, no dia 20 de abril, cerca de 20 mil veículos passam por Santa Luzia diariamente. Além do aumento do percurso em até 54 km, os congestionamentos são constantes. Inicialmente, cerca de 1.200 selos estão sendo distribuídos às empresas cadastradas. Com a identificação especial, apenas caminhões com até 15 metros de comprimento e 30 toneladas poderão passar pelo bloqueio.

Cursos da Fecomércio Sped Fiscal - EFD Pis/Confins Data: 16, 17 e 18 de maio Nota Fiscal Eletrônica para o segmento de Autopeças Data: 16, 17 e 18 de maio Legislação Tributária Estadual – ICMS Data: 16, 17, 18, 19 e 20 de maio Fluxo de caixa Data: 23, 24, 25, 26 e 27 de maio Competência Emocional para a Liderança Data: 30, 31 de maio, 01, 02 e 03 de junho Administração Financeira p/a Pequenas e Médias Empresas Data: 30, 31 de maio, 01, 02 e 03 de junho

Informações: (31) 3270-3359 E-MAIL: cde@fecomerciomg.org.br

Embora o casamento entre pessoas do mesmo sexo não tenha sido tema da 49ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), religiosos que participaram do evento condenaram o reconhecimento da união homoafetiva. O arcebispo de Maringá (PR), Dom Anuar Battisti, afirmou que a união entre homossexuais, aprovada pelo Supremo, representa uma “agressão frontal” à família. Segundo ele, a Justiça está “institucionalizando a destruição da família”.

ELISABETH Ribeiro e Luiz Carlos Alves no evento do Sindiloc

CANAL ABERTO DE OLHO NA SONEGAÇÃO. O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, manifestou ao presidente do Tribunal de Justiça, Manoel Alberto, preocupação com o número de liminares concedidas às distribuidoras de combustíveis para circularem sem obrigação com o Fisco estadual. CERVEJA & CIGARRO. A quinta edição do Leblon Jazz Festival, que aconteceu esta semana, na cidade Maravilhosa, foi patrocinada pela cervejaria Itaipava e a indústria Souza Cruz, por R$ 2,5 milhões. COMEMORAÇÃO. Em grande estilo, o Tribunal Regional da 3ª Região comemorou, no dia 6 de maio, os 70 anos da Justiça Trabalhista. A sessão solene foi dirigida pelo presidente do TRT, desembargador Eduardo Augusto Lobato. VIROU GALINHA. O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, Galeão, pior aeroporto do

Brasil, está sendo apelidado de galinhão. Quando descem três, quatro, cinco voos internacionais, as filas são intermináveis. Os viajantes estão gastando mais de duas horas para sair do aeroporto. VIROU HOTELEIRO. O homem mais rico do Brasil, Eike Batista, ao invés de construir novos hotéis, está comprando pronto e reformando, a exemplo do que fez com o tradicional Hotel Glória. A rede Othon de hotéis está na sua lista. “Oposição é o bicho mais fácil de crescer. Oposição é que nem carrapicho. Eu fui oposição a vida inteira. A gente cresce sem ninguém precisar plantar”. Ex-presidente Lula POSSE CDL. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte convida para a solenidade de posse da sua diretoria, eleita para o triênio 2011-2013. O evento será realizado no dia 16 de maio às 20horas, na CDL, Av. João Pinheiro. Penetra não entra. SEM BARRIGA. A AmBev está investindo mais de R$ 20 milhões em seu maior lançamento desde que foi criada, há mais

de dez anos. Trata-se da Skol 360, uma nova cerveja que está sendo lançada neste mês em todo o país, cujo principal apelo é a fórmula que promete acabar com a sensação de inchaço para quem bebe junto com refeições. O rótulo fará parte da família Skol, marca mais consumida do país, com 33% de participação. BRASIL PAÍS RICO & SALÁRIOS ALTOS. A crise nos países ricos e o aquecimento interno fazem o número de executivos estrangeiros crescer até 40% no Brasil, por causa dos altos salários que nós pagamos aqui, 30% maiores que lá fora. “Decidi vir para o Brasil pelo desafio que essa mudança representaria, pelas oportunidades que aqui eu teria, pelo momento de crescimento que o país está vivendo e o interesse que tenho na cultura daqui. Nos últimos dois anos, está bem difícil conseguir um emprego nos EUA em função da crise.” Advogado americano Lucas Kurt.

“Se você diverge de mim, não é meu inimigo, você me completa”. “A imagem que gostaria que ficasse de mim é a imagem de um irmão”.

Dom Helder Câmara.

Exploração sexual não é turismo. É crime. Disque 100 e denuncie. PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS. EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIE. TELEFONE: 0800-311119 Cartas, críticas, convites e sugestões enviar para a redação do Edição do Brasil. Av. Francisco Sá, 360, CEP: 30.411-145, BH, MG.

Conheça os melhores restaurantes das seguintes cidades: SANTA LUZIA: Rest. e Lanchonete Colher de Chá Espaguete na Chapa Bar Ltda MONTES CLAROS: Churrascaria Chimarrão Churrascaria e Pizzaria Papaula Bar do Toco Churrascaria Restaurante Sabor e Saúde Chicos Pizzaria e Churrascaria Uai Tchê Cervejaria Lumas Churrascaria Armandos Restaurante Restaurante Favorito Bar e Restaurante Quintal

Restaurante PauTerra CORONEL FABRICIANO Restaurante Angra Restaurante Cantina da Nona Restaurante Amigão Pizzaria do Jayme JUIZ DE FORA: Restaurante Bacco Restaurante Brazão Restaurante Belas Artes Restauante Bertu’s

IPATINGA Restaurante Tempero Mineiro Restaurante Sabor e Aroma Restaurante Bom Apetite Restaurante D’Lucas Restaurante Vovó Efigênia Restaurante Popular

VESPASIANO Restaurante Vespagril Restaurante Taberna Restaurante Vovó Marguerita Restaurante Tropic Restaurante B&N

SABARÁ Restaurante e Pizzaria 314 - Sabarabuçu Barroco Cekisabe

BETIM Restaurante e Pizzaria Hudson Churrascaria Carro de Boi Cantina da Vovó Ana


12

E S P O R T E

EDIÇÃO DO BRASIL

De 15 a 22 de maio de 2011

Montes Claros pode sediar Centro de Treinamento de Seleções em 2014 M

cidades. Junto ao critério, será analisada toda a infraestrutura dos municípios. Montes Claros, neste item, é considerada uma das cidades que oferecem as melhores condições. O prefeito Luiz Tadeu Leite comemorou a indicação, lembrando que por trás disso está a excelente infraestrutura e a reforma que a administração promoveu no Estádio José Maria Melo, para que sediasse jogos da Primeira Divisão do Campeonato Mineiro de Futebol. “Isso é bom sob todos os aspectos. Primeiro, trará para mais perto as emoções do Mundial de 2014; segundo, é mais uma oportunidade de geração de empregos e renda”, destacou. O secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Antônio

Eustáquio Gomes (Toninho da Cowan), afirmou que a cidade tem todas as condições de sediar o centro de treinamento, uma vez que conta com um bom aeroporto, fica a cerca de uma hora de avião de Belo Horizonte e Salvador, boa rede hoteleira, excelentes restaurantes e clubes de lazer. Além disso, a administração investiu no estádio José Maria Melo, estando em condições de atender às exigências da Fifa. “Estamos torcendo para que Montes Claros seja escolhida, sendo bom para os torcedores, para a prefeitura e para a população, uma vez que possibilita a divulgação de Montes Claros, divertimento para os torcedores e geração de empregos e renda”, declarou, acrescentando que será uma forma de intercâmbio com os turistas.

Fábio Marçal

ontes Claros, pólo regional do Norte de Minas e quinta maior cidade do Estado, está na relação divulgada pelo Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014, como candidata em potencial para sediar um dos Centros de Treinamento de Seleções (CTS). A relação contém 145 locais, sendo que em Minas apenas seis municípios foram citados. Além do estádio José Maria Melo, em MOC, que foi reformado pela administração do prefeito Luiz Tadeu Leite, aparecem as cidades de Araxá, Extrema, Juiz de Fora, Matias Barbosa e Uberlândia. A citação não quer dizer que o local será escolhido pela Fifa. Serão feitas visitas e vistorias para se chegar a pelo menos 90 locais, sendo que o comitê organizador tem obrigação de definir, pelas regras, pelo menos 64

O PREFEITO Luiz Tadeu Leite comemorou a indicação

NENECA é mais uma contratação para o Campeonato Brasileiro

O América conta agora com duas muralhas em seu gol para o Campeonato Brasileiro. No dia 10 de maio, o clube apresentou oficialmente o goleiro Neneca, como mais um reforço para a Série A. Ele se junta ao experiente Flávio, chamado pela torcida de “Muralha Verde”, e aos jovens Glaycon e Matheus. Neneca é um velho conhecido da torcida mineira. Ele atuou pelo Rio Branco de Andradas, quando despertou o interesse de vários clubes, inclusive do próprio América. “Quando procuramos o empresário dele, o Neneca já havia assinado com o Santo André. Mas é um atleta que sempre esteve em nossos planos e, agora, chega em um momento muito especial para nós”, disse o diretor de futebol, Alexandre Mattos, que apresentou o jogador à imprensa. Alexandre confirmou o contrato com o goleiro até o final de 2012. “Ele faz parte do projeto do centenário do América”, completou o dirigente. Neneca destacou-se nacionalmente no Santo André, em 2008, quando foi eleito o melhor goleiro da Série B do Brasileirão. Conhecido por defesas “im-

MINEIRINHO

possíveis”, também é um bom pegador de pênaltis. Este ano, ainda pelo Santo André, o novo reforço do Coelho defendeu três pênaltis do atacante Kléber, ex-Cruzeiro, que hoje defende o Palmeiras. “É um prazer muito grande jogar no América, estou feliz por disputar o Brasileiro da Série A. Espero ajudar a equipe a conquistar seus objetivos”, frisou. O goleiro é 10 anos mais jovem que o titular Flávio, mas reconhece no companheiro de posição uma referência nacional. Ele, no entanto, espera conquistar a titularidade no decorrer da temporada. “Como sempre fiz na carreira, respeitei todos os meus companheiros. O Flávio é um cara que respeito muito, devido à história que ele tem no futebol e, principalmente, aqui no América. No dia-a-dia vou trabalhar e mostrar minhas qualidades para buscar a titularidade”, disse o atleta. Com Neneca, o clube já contratou para o brasileiro o volante Amaral, o lateral-esquerdo Thiago Carletto, o zagueiro Anderson, o volante apoiador Glauber e Rodriguinho Fonte: Site América.

Venda de camisas do encontro de ex-jogadores de Ipatinga Cláudio Salvador

Divulgação

Neneca quer ser a mais nova “Muralha Verde” do América

DIRETORES voluntários do Enfavi organizam o encontro A venda de camisas para o Encontro de Futebol de Atletas Veteranos de Ipatinga (Enfavi), que este ano chega a sua 8ª edição, já começou. Todos os 15 diretores voluntários já estão autorizados a repassar as camisas ao preço de R$ 30,00. A camiseta vale como ingresso para participar dos jogos amistosos que serão realizados no dia 29 deste mês, no estádio Ipatingão, e da confraternização, com direito a churrasco, bebidas e almoço. “No ato da venda das camisas, os ex-atletas serão informados quanto ao horário em que estarão em campo no dia 29. Provavelmente, deveremos realizar três jogos, formando seis equipes, para dar oportunidades a todos. Com um novo planejamento, a tendência é que a primeira partida seja realizada entre atletas que atuaram no futebol amador e profissional ipatinguense na década de 60. Na sequência, jogam os ex-atletas da década de 70 e, logo em seguida, os ex-atletas de 1980”, explicou Cosme Matos, um dos diretores do Enfavi. Os jogos começam às 8h. No próximo dia 19, às 18h, a diretoria do Enfavi fará uma nova reunião na Cantina do Papai, no Bairro Bom Retiro. Serão definidos os nomes das pessoas que serão homenageadas em 2011 e os últimos detalhes da festa. Os apoiadores do Enfavi são Disbam, Cleber Contabilidade, Cipalam, Imobiliária Santanense, Liga de Desportos de Ipatinga (LDI), Moradia Imobiliária, Prefeitura de Ipatinga e Di Classi. O prefeito de Ipatinga, Robson Gomes da Silva, anunciou que fará o possível para estar em campo e participar de pelo menos um dos amistosos. Ele recebeu das mãos do presidente do Enfavi, Amantino Alves, e do diretor Cosme Matos a camisa que vale como ingresso do evento.


jornal Edição do Brasil