Page 1

w w w . j o r n a l e d i c a o d o b r a s i l . c o m . b r

Belo Horizonte/Brasília

De 1º a 8 de maio de 2011

Nº 1463

R$ 1,00

Divulgação

Secretário garante entregar Mineirão pronto ao torcedor no final de 2012

O

s mineiros podem marcar no calendário. O novo Mineirão será inaugurado em dezembro de 2012, com uma grande festa de Reveillon, com 64 mil pessoas presentes na nova arena esportiva, totalmente moderna. Quem garante é o secretário extraordinário da Copa do Mundo do governo mineiro, Sérgio Barroso. Ele aposta: “A organização do evento em Minas será um modelo para o resto do país”.

SÉRGIO Barroso afirma que as obras em Minas não se tornarão elefantes brancos após a Copa do Mundo Opinião

PÁGINA..........2

Geral

PÁGINA.....6

ANTONIO Anastasia, Rogério Avelar e Marília Campos conversaram durante a cerimônia de posse Ao empossar a nova diretoria da Associação dos Municípios da Grande Belo Horizonte (Granbel), o governador Antonio Anastasia prometeu mais participação do governo do Estado junto à entidade, visando garantir o desenvolvimento integrado dos 34 municípios da região. O chefe do Executivo mineiro falou sobre a necessidade de chamar o Governo Federal para participar mais ativamente das ações estruturantes da RMBH. O presidente reeleito da entidade é o prefeito de Lagoa Santa, Rogério Avelar.

Cidades

PÁGINA........10

Vida

Receber um salário de R$ 3 mil por mês é o principal atrativo para os estudantes que se candidatam a empregos na área da saúde, principalmente nas especialidades de Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição. O aumento no número de empregos neste setor é um fenômeno mundial, de acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Cidades

PÁGINA.......9

Sete Lagoas pode eleger um prefeito de oposição Arquivo pessoal

Para usar a Academia ao Ar Livre é importante tomar certos cuidados Preste muita atenção. Não comece a praticar atividade física nas Academias ao Ar Livre sem antes receber orientação médica, pois a sua vida pode estar correndo risco. Quem garante é Behnam Talebipour, fisiatra e médico do setor esportivo do Minas Tênis Clube. Segundo ele, a ideia do projeto é arrojada, porém os aparelhos de ginástica não podem ser usados de maneira desordenada.

Cresce o número de empregos no setor da saúde

Behnam Talebipour lembra que o sedentarismo é um fator de risco para diversas doenças

PÁGINA..........................8

Diversos nomes já estão sendo lançados para a sucessão do prefeito de Sete Lagoas, Mário Márcio Maroca. Segundo a oposição local, o prefeito está desgastado por conta de uma administração muito insossa. Os nomes com possibilidades de vencer o confronto com o atual prefeito, no pleito de 2012, são: Múrcio Reis, Emílio Vasconcelos e Arnaldo Nogueira.

Política

JEditorial

O governador Antonio Anastasia recebeu, em seu gabinete, na semana passada, o prefeito de Santa Luzia, Gilberto Dorneles. O chefe do Executivo foi solicitar uma providência do governador no sentido de agilizar a reconstrução da ponte da BR-381, recentemente interditada. O prefeito aproveitou para solicitar do Estado uma solução para as vias de acesso de sua cidade, pois o movimento de veículos está intenso.

Governador empossa o presidente da Granbel Wellington Pedro/Imprensa MG

Prefeito de Santa Luzia faz visita ao governador

Devido ao desgaste político, Maroca pode não ser reeleito em 2012

PÁGINA..........................3


O P I N I Ã O

NOTA ZERO Os atleticanos mais fanáticos se mostram decepcionados com a atitude do ex-craque alvinegro Marques, por ter contratado dois filhos do seu chefe de gabinete para trabalhar ao seu lado na Assembleia Legislativa. Nos corredores da Casa, comenta-se que houve uma espécie de abuso de confiança do dito chefe de gabinete do parlamentar. Mas o povo confiou o mandato ao ex-jogador e, consequentemente, a ele cabe a responsabilidade de escolher seus assessores efetivamente de confiança. O Conselho Editorial do Jornal Edição do Brasil lhe concede uma nota zero.

José Alves Neto

Divulgação

T

EDITORIAL Os reflexos do descaso

uando vivo, o vice-presidente José Alencar reclamava dos juros altos do país, embora nunca tenha levado tão a sério a falta de grandes projetos do Governo Federal em Minas Gerais. Nosso Estado conta com a maior malha rodoviária do Brasil, mas, concomitantemente, detém o recorde dos problemas viários, cujo requinte de crueldade recai sobre a BR-381, com sua mórbida denominação de Rodovia da Morte. A reclamação das pessoas cujos parentes tiveram suas vidas ceifadas ao longo dos últimos anos no trecho entre Belo Horizonte e Barão de Cocais, perímetro mais perigoso da rodovia, se junta agora ao caos do trânsito causado pela interdição da ponte sobre o Rio das Velhas, bem na saída da Capital de Minas em direção ao Vale do Aço. Registra-se que a rodovia é nacional, mas os problemas são nossos, dos mineiros, que precisamos transitar pela carcomida ponte para uma das regiões mais desenvolvidas e industrializadas do nosso Estado, com destaque para Ipatinga, sede de uma das siderúrgicas mais importantes do Brasil, a Usiminas. De um modo geral, a Capital de Minas está com dificuldade de contato via terrestre com o Vale do Aço, o sul de Bahia e o Espírito Santo, tudo por conta da insensibilidade de autoridades governamentais que, ao longo dos anos, alegando falta de recursos financeiros, não promoveram melhorias no trecho da via. Afora esta triste realidade, pelo menos deveriam ter realizado a manutenção da ponte, construída há 60 anos. Mesmo com José Alencar oito anos na vice-presidência, não conseguimos sensibilizar o Governo Federal para os problemas estruturantes de nosso Estado. Resta agora apelar para a presidente Dilma Rousseff, que se diz mineira. Seria digno da parte dela materializar esta mineiridade, para que a reconstrução da inglória ponte não demore longos seis meses, como estimam os técnicos do Dnit. Uma lástima, diga-se de passagem.

EDIÇÃO DO BRASIL Julho editorial Ltda Cooperativa de Comunicação Social

ARTHUR LUIZ FERREIRA Diretor-Editor EUJÁCIO ANTÔNIO SILVA Diretor-Responsável ESCRITÓRIO CENTRAL - BELO HORIZONTE AV. FRANCISCO SÁ, 360 - PRADO CEP 30.411-145 TELEFONE: (0 xx 31) 3291-9080 Endereços Eletrônicos: jornaledicaodobrasil@terra.com.br e.brasil@yahoo.com.br Site: www.jornaledicaodobrasil.com.br

De 1º a 8 de maio de 2011

Minas Gerais não terá elefante branco após a Copa do Mundo

Vítima de esperteza

Q

EDIÇÃO DO BRASIL

Divulgação

2

itular da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo do governo mineiro, Sérgio Barroso quer que a organização do evento no Estado seja modelo para todo o país. “Queremos que Minas Gerais seja a melhor sede da Copa em 2014, e isso vai muito além da paixão dos mineiros pelo futebol e da modernização do Mineirão”. Ele acredita que o Estado cumprirá as metas estabelecidas, de acordo com o cronograma da Fifa, e estará pronto no fim do ano que vem. “O Mineirão será o primeiro estádio do Brasil a ficar pronto para a Copa. A obra será concluída em dezembro de 2012. Faremos uma grande festa de réveillon para 64 mil pessoas”, garante o secretário. Barroso também assegura que não haverá os chamados elefantes brancos, pois todas as obras realizadas são necessidades da população mineira. “A modernização do Mineirão será mais que um benefício, será um presente ao torcedor mineiro, que é apaixonado por futebol. As obras de mobilidade dispensam explicações. Todos enfrentam diariamente as dificuldades do trânsito na Capital”, afirma.

De acordo com Sérgio Barroso, o Mineirão será o primeiro estádio do Brasil a ficar pronto para a Copa Qual é o papel da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo na preparação de Minas para 2014? Queremos que Minas Gerais seja a melhor sede da Copa em 2014. E isso vai muito além da paixão dos mineiros pelo futebol e da modernização do Mineirão. Precisamos do compromisso e do envolvimento de todos para realizarmos as obras e os empreendimentos necessários que vão resultar em melhorias permanentes para a sociedade, nos quesitos mobilidade urbana, capacitação, meio ambiente etc. Ao todo, são 117 ações propostas para este ano, que serão desenvolvidas por meio de parcerias entre a Secretaria da Copa e demais secretarias, prefeituras e também Governo Federal. A execução desses projetos será coordenada pela Secopa.

O senhor acredita que as obras serão concluídas seguindo o cronograma previsto pela Fifa? Sim, nosso empenho é para que Minas Gerais seja protagonista na Copa das Confederações em 2013. Sabemos qual o nosso deadline e vamos cumprir. O Mineirão será o primeiro estádio do Brasil a ficar pronto para a Copa. A obra será concluída em dezembro de 2012. Faremos uma grande festa de réveillon para 64 mil pessoas.

A questão dos aeroportos é constantemente citada como o grande problema para esse Mundial. Que visão a Secretaria tem sobre esse assunto? Estamos trabalhando fortemente junto à Infraero e ao Governo Federal para realizar a ampliação do Aeroporto Internacional Tancredo Neves. Tenho confiança de que a reforma e a expansão do Terminal 1, assim como a ampliação da pista e do pátio, estarão concluídas em outubro de 2013. Com isso, a capacidade do aeroporto aumentará de cinco para oito milhões de passageiros por ano. Esperamos ainda que pelo menos metade da obra do terminal dois esteja pronta antes da Copa de 2014.

Realmente há como resolver esse problema dos aeroportos antes da Copa?

Márcio Fagundes

e

Sim, mas é preciso que todos os entes envolvidos no processo empenhem esforços para que a expansão do aeroporto esteja pronta até outubro de 2013. Para o Governo de Minas é fundamental essa obra, não somente para a Copa. Devo lembrar que o PIB mineiro cresceu 10,9% em relação ao ano passado. Queremos continuar avançando e para isso é necessário melhorar a infraestrutura do nosso Estado.

Toda essa estrutura construída será usufruída pela população após o Mundial? Em Minas não haverá elefante branco. A modernização do Mineirão será mais que um benefício, será um presente ao torcedor mineiro, que é apaixonado por futebol. As obras de mobilidade dispensam explicações. Todos enfrentam diariamente as dificuldades do trânsito na Capital. Hoje o metrô de Belo Horizonte transporta 200 mil passageiros por dia, os quatro corredores do BRT conseguirão transportar 900 mil pessoas por dia. Em relação aos hotéis, Belo Horizonte, principalmente de terça a quinta, tem uma ocupação média de 85% dos atuais 18 mil leitos. Com a Copa, conseguimos atrair R$ 1,8 bilhão de investimento. A Grande Belo Horizonte vai ganhar 7.731 novos leitos distribuídos em 36 hotéis, sendo quatro cinco estrelas, 14 quatro estrelas e 17 três estrelas. Isso tudo é muito importante e serão benefícios perenes para Minas. Agora, o que talvez seja ainda mais relevante, é o ganho cultural das pessoas. Quem quiser terá oportunidade de evoluir profissionalmente. Serão oferecidos muitos cursos de capacitação até a Copa. E o próprio evento em si, pela possibilidade de convivência com diversas culturas, será uma experiência única.

Assim como em outros setores, o senhor acredita que Minas Gerais possa ser exemplo de como preparar e receber um evento dessa magnitude? Nosso trabalho é para que Minas Gerais seja modelo de sede para o restante do país. Aqui a Copa começou em 2009 com o decreto que constituiu o Comitê Executivo das Copas. Desse núcleo, saiu o planejamento estratégico em abril de 2010, que estabelece as ações da Prefeitura de Belo Horizonte e do Governo de Minas para o Mundial. O resultado disso é a modernização do Mineirão cumprindo cronograma, as obras de mobilidade em andamento, a construção de diversos hotéis em vários pontos da capital e muitos outros projetos se transformando em ação. Não se trata apenas de querer que Minas Gerais seja referência nas Copas. Se estivéssemos em um campeonato, diríamos que o Governo de Minas é aquele atleta que treina diariamente porque tem uma meta: ser campeão.

São dois pra lá e dois pra acolá

xistiu uma única reforma no mundo, a Protestante, encabeçada por Martinho Lutero, na Alemanha. O movimento atacou diversos dogmas da Igreja Católica, no início do século XVI, ou seja, logo após a descoberta do Brasil. Ele permitiu a leitura livre dos ensinamentos bíblicos por parte dos crentes. Além disso, dissociou o Estado da Igreja, pois ambos se fundiam no poder absoluto. A Europa já cozinhava a fé em efervescente caldeirão cultural, enquanto os habitantes de Santa Cruz se banqueteavam com a carne humana. A reforma luterana gerou consequências inimagináveis no processo civilizatório da humanidade para desespero de Tupã. Depois desta reforma, todas as demais são meros arranjos históricos de manutenção do poder político-econômico. Se faz reforma, quando deveria se fazer revolução, no que de mais radical existe na proposição. De preferência no voto, mas se preciso à bala, como agora em alguns países do Oriente Médio. O Brasil abriu um debate sobre reforma política. A princípio, de menor valia, decorrente do fato de que a proposta partiu de dentro para fora. Isto é, os poderes constituídos atiçaram o assunto, na perspectiva de que é sempre melhor perder os anéis do que os dedos. A sociedade civil organizada, de certa forma, respondeu à provocação. Tem contribuição a dar ao tema, embora sem consenso. Financiamento público de campanha é dinheiro jogado fora para uns, porque contribuições voluntárias não faltarão, e fundamental para outros, que enxergam aí

a equidade na disputa. Este um exemplo de posições divergentes. O melancólico é que o país se nega a atingir a fase adulta. Como se sofresse de um psicossomático retardo adolescente, pois propugna a eterna ideia de nação jovem, em formação e fase de amadurecimento, em argumento descabido. Caíram as fronteiras com as novas tecnologias e a globalização da economia. Todos se expõem aos olhos do planeta. Os números positivos da economia brasileira são uma prova. Aqui não se aplica mais as expressões “subdesenvolvimento” e “terceiro-mundista”, corriqueiramente usadas nos estudos cepalinos das décadas de 60 e 70. A reforma política é abrangente. A eleitoral, por conseguinte, restrita. A primeira interessa à sociedade. A segunda à classe política e corporações, em especial, grudadas nas tetas públicas. O país necessita de uma reviravolta no papel dos entes da Federação, de uma inversão de prioridades. O município assumiria o vértice do triângulo. Mais dinheiro para os municípios! Menos para a União e estados! Um novo projeto institucional também passa pela democratização e um maior controle do Poder Judiciário pela sociedade. Juízes, desembargadores e ministros têm responsabilidade, ora, como têm!, com a rotineira violentação da cidadania no país. As pessoas se sentem desrespeitadas pela Justiça, muito mais do que pelos deputados ou senadores. O Legislativo e o Executivo, bem ou mal, são fiscalizados pela opinião pública. Sofrem diuturna e difusa vigilância.

A simples proposta de emenda constitucional com o voto facultativo teria o efeito de reforma fundamentalista no campo eleitoral. Ela bastaria para qualificar, depurar e expurgar o que de rançoso e retrógrado subexiste na política brasileira. As justificativas em contrário, entretanto, jogam com o desgastado discurso do despreparo do eleitorado, embora não tenham dele procuração. Se se fizer hoje uma consulta popular sobre a obrigatoriedade ou não do voto, assim como a da pena de morte, ninguém duvide de suas aprovações. Cerca de 200 nações aboliram a obrigatoriedade do voto em eleições. Votar é um direito. Vai às urnas quem quer! Esse o princípio! O Brasil tem por companhia cerca de 30 países na compulsoriedade do voto, a maioria da América Latina e África. Há exceções, como a Bélgica, que fala o neerlandês e o francês, produz mais de mil tipos de cerveja, sede do governo da União Européia, o que dispensa maiores comentários. O mundo já fala em democracia direta digital. Todos serão consultados sobre tudo, online. Os governos seguirão o império da maioria. Cada lar representará um parlamento doméstico. Imagine, que maravilha, uma política sem intermediários! Desaparecerão partidos e mandatos. A opção brasileira pelo passado foi feita lá atrás. A reforma até agora sugerida é mais antiquada do que andar para frente.

Jornalista, cronista político e advogado


P O L Í T I C A

EDIÇÃO DO BRASIL De 1º a 8 de maio de 2011

V I G Í LI A S

Oposição promete apear Maroca em Sete Lagoas Chefiando uma administração considerada “morna” por várias lideranças mineiras, o tucano Mário Márcio Campolina Paiva, mais conhecido em Sete Lagoas como Maroca, não está vivendo um bom momento, o que deixa a população na expectativa de que alguma atitude mais proativa seja tomada. O desgaste político do prefeito Maroca, filiado ao PSDB, é de tal ordem elevada que, se a eleição fosse hoje, ele dificilmente seria reeleito. Porém, nos bastidores da política local, não se sabe exatamente se o chefe do Executivo tem esta pretensão para 2012. Em Belo Horizonte, existe uma preocupação entre a cúpula tucana, no sentido de tentar preservar o poder em Sete Lagoas, por esta ser uma cidade economicamente estratégica, devido a sua proximidade com a Capital e também pelo seu potencial de crescimento industrial para os próximos anos. Oposição forte As informações locais dão

conta de que Emílio Vasconcelos, filho do ex-deputado Sérgio Emílio de Vasconcelos, pode ser um dos nomes fortes para tentar apear Maroca da prefeitura. Por outro lado, o PMDB lançou, recentemente, o empresário Arnaldo Nogueira como candidato. Ele é muito respeitado nos setores produtivos do município e também nas entidades de classe de BH. Outros dois nomes ainda figuram na lista. É o caso do ex-prefeito Múrcio Reis, atualmente sem filiação partidária. Ele percorre bairros e ruelas mais humildes de Sete Lagoas afirmando que, se voltar ao comando da cidade, terá experiência suficiente para colocá-la entre as mais desenvolvidas do Estado. Por fim, o atual prefeito ainda teria pela frente a concorrência de Leone Maciel, filiado ao Partido Progressista, muito ligado ao deputado federal Marcio Reinaldo. Detalhe: o PP é o mesmo partido do atual vice-governador do Estado, Alberto Pinto Coelho. Pelas informações de bastidores, o Palácio Tiradentes não fará qualquer tipo de movimentação para mudar o curso das discussões no

OAB X Assembleia

JEditorial

Tércio Amaral

3 Até mesmo os deputados de oposição consideraram radical a posição do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Minas, Luiz Cláudio Chaves, que fez uma representação contra a Assembleia Legislativa por causa dos altos valores pagos pelas denominadas sessões extras. O polêmico parlamentar Sávio Souza Cruz, do PMDB, entende que o pagamento é justo, pois em determinados dias eles ficam até tarde da noite em plenário. “Ademais, o Poder Legislativo é transparente em suas ações”, comenta o deputado estadual.

Exagero de um presidente Na maior tranquilidade, o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), empresário Paulo Solmucci, informou que a entidade pretende incentivar a formação de ambulantes do país inteiro, para que eles estejam falando seis línguas durante a Copa de 2014. Que delírio, não presidente?

Jornalista X futebol MÁRIO Márcio Maroca não goza de boa popularidade que diz respeito à sucessão em municípios do porte de Sete Lagoas, especialmente quando a disputa se der entre partidos da base aliada do governo. O comando político de Minas está mais preocupado com os casos nos quais a disputa

é mais nítida, envolvendo a oposição, mais precisamente o PT. Este não seria o caso presente, pois o Partido dos Trabalhadores de Sete Lagoas está longe de ter algum poder naquele município, segundo os matemáticos da política estadual.

Comentando a respeito da falta de espaços para grandes partidas de futebol em Belo Horizonte, o cronista esportivo Chico Maia ironizou: “Deixar o torcedor da Capital por mais de dois anos sem um estádio decente para assistir aos campeonatos foi de uma maldade sem tamanho”. Comentário: O próprio Chico Maia lembra: “A Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, está a uma distância de 60 quilômetros da Praça Sete. E os engarrafamentos durante os dias de jogos são normais. Ou seja, uma bagunça sem precedentes. Ninguém merece tamanho desprezo das autoridades”, rechaça o polêmico jornalista.

Povo na rua

Jornalistas políticos são recebidos por Anastasia e Alberto Pinto Coelho

Lideranças já estão começando a trabalhar nas redes sociais de Belo Horizonte para que haja um grande movimento de rua para evitar que o preço da gasolina continue subindo de maneira exacerbada, como está acontecendo. É a guardar para conferir.

Deputado exagerado Jaqueline Penna Na manhã da última quinta-feira, o governador Antonio Anastasia e seu secretário-adjunto de Comunicação, Nestor Oliveira, receberam, na sala de reuniões do Edifício Tiradentes, sede do governo, um grupo de jornalistas, que foi fazer uma visita de cortesia ao chefe do Executivo mineiro. Em seguida, o grupo se dirigiu ao gabinete do vice-governador Alberto Pinto Coelho. Durante cerca de 30 minutos, as autoridades conversaram descontraidamente. Jornalistas políticos Os jornalistas foram capitaneados por Carlos Lindem-

A CRÔNICA política de Belo Horizonte esteve reunida com o governador Antonio Anastasia

berg, reeleito recentemente para o cargo de presidente do Centro dos Cronistas Políticos e Parlamentares de Minas Gerais (CEPO). O presidente aproveitou para convidar o governador e seu vice para a solenidade de posse da entidade, a ser realizada no Plenário da Assembleia no próximo mês. A comitiva visitante foi composta, ainda, pelo vice-presidente do CEPO, jornalista Márcio Dotti, juntamente com membros da diretoria, entre eles Eduardo Ávila, Luiz Carlos Bernardes, Sérgio Moreira, Eujácio Antônio Silva, Chico Brant, Fábio Luiz Reis, Flávio Penna, João Carlos Amaral, Walter Freitas, Valéria Rodrigues, Jadir Barroso e Maurício Reis.

Assembleia prepara ciclo de debates sobre a pobreza e André Quintão reforçou a importância da construção coletiva do evento. “Teremos uma discussão intersetorial e também com foco regional, sem perder de vista o olhar de quem vive na pobreza”, avisou. Quintão salientou também que o evento terá um desdobramento natural, no segundo semestre, com as discussões regionalizadas do Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) para 2012-2015, além de debates sobre o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI) e sobre o Orçamento para 2012. Nesse sentido, o Ciclo de Debates servirá para colher subsídios. Quintão confirmou a disposição dos Governos Federal e Estadual de participarem e apoiarem o evento. “O presidente Dinis Pinheiro (PSDB), da Assembleia, também colocou o evento como uma das ações prioritárias da Casa neste semestre”, frisou. A próxima reunião preparatória do Ciclo de Debates será na quarta-feira (4 de maio), às 14h30, na Sala 2 da Escola do Legislativo (Avenida Olegário Maciel, 2.161 - Lourdes).

MANIFESTAÇÃO do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na Assembleia

Intromissão de FHC? No âmbito de Minas, os políticos do PSDB desconhecem a articulação comentada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, com a finalidade de promover a fusão do PSDB com os Democratas. Segundo fontes tucanas, tudo pode não passar de mais uma intromissão do “asqueroso” ex-presidente.

Sucessão em Rio Acima Advogado e jornalista, Paulo Pedrosa já se prepara para voltar à política em Rio Acima, município próximo a BH. Será, segundo sua assessoria, candidato à prefeitura pelo PPS, desta vez com estrutura para vencer. É isso aí.

Sucessão em Nova Lima Consta do rosário político de Belo Horizonte: o deputado federal Vitor Penido, do Democratas, está escolhendo os assessores e amigos que vão cuidar de sua campanha para a Prefeitura de Nova Lima no ano vindouro. Desta vez levanta a taça, promete Penido. Ricardo Barbosa/Almg

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizará, nos dias 9 e 10 de junho, o Ciclo de Debates Estratégias para Superação da Pobreza. A primeira reunião preparatória do evento reuniu, no dia 27 de abril, mais de cinquenta pessoas, representantes de órgãos públicos, de instituições de pesquisa e ensino e da sociedade organizada. Para o autor do requerimento, deputado André Quintão (PT), essa será a contribuição da ALMG no sentido de aprofundar em Minas a discussão nacional sobre a superação da pobreza extrema, uma das prioridades anunciadas pela presidente Dilma Rousseff. A programação prévia inclui um nivelamento de conceitos das várias facetas da pobreza; a discussão sobre o Plano Nacional de Combate à Pobreza Extrema, previsto para maio, e sobre as propostas do Governo de Minas nessa área; um diagnóstico da pobreza no Estado; e um debate sobre as políticas públicas aplicadas à pobreza, como educação e saúde. Algumas sugestões de alteração de conteúdo e de programação foram colhidas já neste primeiro encontro,

Sem a menor cerimônia, o deputado estadual Délio Malheiros, do PV, comentou com um jornalista da TV Assembleia que seu partido deve disputar a sucessão de Belo Horizonte no ano vindouro. Ele considera que a sigla está supervalorizada, uma espécie de “grife partidária”. Menos, não é mesmo excelência...

Gastos em Vespasiano A oposição em Vespasiano, na Grande Belo Horizonte, está reunindo dados para provar que o prefeito Carlos Murta gastou algo próximo a R$ 500 mil em publicidade este ano, deixando de realizar muitas obras sociais. É aguardar para ver se estes ditos opositores vão provar esta falação.

2552-6333


4

EDUCAÇÃO E CULTURA

Presidente sem prestígio Para quem não se lembra, o poderoso empresário da construção civil, Paulo Safady Simão, já tentou ser eleito deputado estadual, porém, na época, conseguiu votos suficientes apenas para se tornar vereador de BH. Cena um: Recentemente, Simão se tornou presidente regional do PSB, nova sigla partidária lançada em São Paulo pelo prefeito Gilberto Kassab. Cena final: Nos meandros dos negócios, o presidente Paulo Simão é considerado um sucesso, porém, na vertente política, a situação é de completa falta de aptidão para o exercício das atividades partidárias.

BMW em Montes Claros O vice-governador Alberto Pinto Coelho é o mais entusiasmado membro do governo mineiro com a possível vinda da montadora BMW para Montes Claros. Segundo ele, o governador Anastasia tem feito de tudo para viabilizar o projeto, que vai depender, no entanto, de conversas com o setor empresarial e o próprio comando político do Governo Federal. Cena um: Atualmente, a cidade de Montes Claros é um tronco rodoviário dos mais significativos do país. Cena final: O município é servido pela antiga estrada de ferro Central do Brasil, hoje Centro Atlântico.

Obras paradas Em Ribeirão das Neves, o prefeito Walace Ventura não tem conseguido sequer pagar as despesas comuns do município. Em relação a grandes obras, uma de suas promessas de campanha, nada de importante está sendo realizado por lá, comentam os inimigos políticos do atual prefeito. Detalhe: como já não pode mais ser candidato, Ventura estaria completamente apático em relação aos temas políticos.

Problemas em Juiz de Fora Muitos leitores de Juiz de Fora ligaram para a coluna informando que, por imprevidência do prefeito Custódio Mattos, a cidade ficou vários dias convivendo com toneladas de lixo, em função da falta de funcionários do serviço de limpeza durante a Semana Santa. Foram cerca de 50 toneladas de entulho em diversos bairros, deixando uma sujeira geral, inclusive com ratos e insetos.

Bolão da discórdia Já está na Justiça a decisão do Conselho de Cultura de Belo Horizonte, que no mês passado aprovou a inclusão do Bar do Bolão como Patrimônio Cultural de BH. O conhecido ponto da boemia belo-horizontina fica no tradicional Bairro Santa Tereza. Os proprietários do imóvel querem acabar com esta farra, dizendo que não levam vantagem alguma com este tipo de tombamento. É uma briga para anos a fio, podem apostar.

Sucessão em Uberlândia Em sua última passagem por Belo Horizonte, o prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, falou diretamente com o governador Anastasia: “O líder do Governo, deputado Luiz Humberto, do PSDB, é quem reúne melhores condições para representar o grupo visando à eleição de prefeito da minha cidade no ano vindouro”. O assunto vai voltar à pauta ainda neste primeiro semestre.

Deputado corrupto? Vejam bem, o Supremo Tribunal Federal aceitou denúncia de corrupção contra o deputado mineiro João Magalhães. Se dizendo inocente, o parlamentar alardeia que não deve nada e tudo não passa de armação. Eu, hein...

A Prefeitura de Santa Luzia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, teve a honra de formar a primeira turma de alunos do Programa de Inclusão de Jovens – ProJovem Urbano. A certificação dos 190 jovens que receberam o diploma de conclusão do Ensino Fundamental e o certificado de Qualificação Profissional dos arcos de Administração e Gestão Pública aconteceu no dia 15 de abril, no Ginásio Poliesportivo. Além dos formandos, a colação de grau contou com a presença de amigos, professores, equipe técnica e colaboradores do programa, bem como autoridades de Santa Luzia. “A importância da formatura do ProJovem Urbano vai além da certificação, é celebrar a conquista dos alunos e da Equipe ProJovem Urbano, que perseverou e acreditou no programa, a fim de elevar os índices de brasileiros com Ensino Fundamental completo de qualidade. Mais do que o saber, o programa proporcionou aos alunos e profissionais envolvidos o valor da participação cidadã na vida social do bairro, do município e, consequentemente, do País”, destacou a secretária de Educação, Francislene Grácio de Abreu. Na oportunidade, ela anunciou para todos que a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais oferecerá Ensino Médio na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) aos que desejarem prosseguir sua vida estudantil. Tal fato foi motivo de

grande comemoração e emoção entre os jovens do ProJovem Urbano. “As aulas deverão ter início em agosto”, disse Francislene. Os coordenadores do Programa ProJovem Urbano, Bruno Victor Pedra e Maria Isabela Gonçalves de Oliveira, ressaltaram que a conclusão do trabalho foi motivo de grande orgulho, uma vez que ao longo das atividades muitas adversidades foram superadas. Para eles, educadores e técnicos de apoio, a possibilidade de contribuir para o desenvolvimento social de Santa Luzia causou grande felicidade. “Ao olharmos para a caminhada trilhada nesta estrada chamada ProJovem Urbano, constatamos o quão gratificante ela foi. Colhemos derrotas, vitórias, superação de desafios inimagináveis e inúmeras lições de vida. Vale destacar que o ProJovem Urbano ocorreu em Santa Luzia por um desejo do nosso prefeito, Dr. Gilberto Dorneles, de oportunizar melhores condições de vida para a população jovem de nosso município. Ele não poupou esforços para assegurar todas as condições para que o Programa ocorresse”, enfatizou Bruno.

viam iniciado o ensino médio e apenas 3,5% cursavam o ensino superior. Diante esse quadro, o Governo Federal tomou a iniciativa de criar um Grupo Interministerial de Juventude, com o objetivo de formular uma Política Nacional  de Juventude. Assim, surgiu em 2008 o ProJovem Urbano, programa destinado ao atendimento de alunos com idade entre 18 e 29 anos, com o objetivo de assegurar aos jovens a conclusão do ensino fundamental e iniciação ao mundo do trabalho, por meio de atividades de qualificação profissional e formação cidadã.

Sobre o programa>> No início dos anos 2000, o Brasil possuía 23,4 milhões  de jovens na faixa etária de 18 a 24 anos. Desses, apenas 34% estavam frequentando a escola, 4,9% eram analfabetos, 35,3% não haviam concluído o ensino fundamental, somente 7,8% ha-

Histórico>> O ProJovem Urbano tem a finalidade de promover a inclusão social de jovens com idade entre 18 e 29 anos por meio da conclusão do Ensino Fundamental, atividades de qualificação profissional e ações comunitárias. Esses três pilares sustentam o

PMSL

Parece ser de verdade o distanciamento político entre o vice-prefeito de Belo Horizonte, Roberto Carvalho, e seu padrinho político, Fernando Pimentel. Na semana passada, por exemplo, Carvalho voltou a defender uma candidatura própria do PT à PBH, enquanto o ministro Pimentel continua pregando a manutenção da aliança que elegeu Marcio Lacerda. Ou seja, o ministro defende a parceria hoje existente, incluindo o PSDB. Este assunto ainda vai render, ora se vai.

ProJovem Urbano realiza formatura em Santa Luzia

A PRIMEIRA turma de alunos do Programa de Inclusão de Jovens Programa para o desenvolvimento integral do jovem brasileiro, criando condições para o rompimento do ciclo de reprodução das desigualdades, o que amplia a esperança da juventude em relação ao futuro do Brasil. O Programa ProJovem Urbano teve início em Santa Luzia no dia 19 de outubro de 2009. No início, possuía 34 profissionais. Destes, 28 eram educadores. As atividades ocorriam em quatro núcleos de ensino que funcionam em cinco escolas municipais e uma estadual. A estrutura operacional do Programa foi desenvolvida para o atendimento de setecentos alunos. Os arcos ocupacionais ofertados pelo ProJovem Urbano eram os de Administração e Gestão Pública e 3º Setor.

O município conseguiu fazer com que o programa chegasse ao seu final com mais de duzentos alunos e uma equipe profissional composta por dezenove profissionais, sendo dezesseis educadores.

SESC apresenta desfiles de roupas na Praça Sete O Sesc Minas é uma instituição voltada para a prestação de serviços na área social, atuando em praticamente todo o Estado, em unidades fixas e unidades volantes de trabalho. Entre as muitas atividades exercidas pelo SESC, está o incentivo à cultura e à moda mineira. No dia 11 de maio, a partir das 11h30, o Sesc Minas apresenta a coleção Cores, Sesc no Coração de BH, na Praça Sete. O evento conta com desfiles de roupas, apresentações artísticas e show. Tudo gratuito. Na passarela, roupas feitas com materiais reciclados como filtro de café, embalagens de

pasta de dente, catálogos telefônicos, caixinhas de leite, papel e tampas de refrigerantes. O desfile irá mostrar ainda a moda praia, infantil, casual e alta costura.

Coleção >>

Coleção Cores Sesc no Coração de BH acontece desde 2003 e tem como objetivo valorizar os novos estilistas mineiros, mostrando ao público que moda se faz com estilo e atitude.

O SESC Minas apresentará a Coleção Cores, na Praça Sete, no dia 11 de maio

Informações: 3279 1468 3279 1449.

LBV inicia a campanha 2011 “Eu ajudo a mudar!” Para enfrentar o grande desafio de tornar o Brasil um país de oportunidades iguais para todos os cidadãos, com justiça social, saúde, educação e segurança, as ações e práticas bem-sucedidas de organizações da sociedade civil têm exercido papel decisivo. Por isso, o trabalho da Legião da Boa Vontade (LBV) cada vez mais é reconhecido e aplaudido pela população. A LBV acredita que a transformação para melhor é possível se há a união de todos em torno de objetivos comuns. Por essa razão, a LBV deu início à edição 2011 da Campanha Eu ajudo a mudar!, importante iniciativa em favor de comunidades em situação de vulnerabilidade, a

viapalhoca.

Sucessão em BH

De 1º a 8 de maio de 2011

Sesc/MG

V I G ÍLIAS DOBRADAS

EDIÇÃO DO BRASIL

qual visa sensibilizar as pessoas e mobilizá-las a contribuir para essa mudança. No site da campanha (www. euajudoamudar.org), a LBV apresenta programas socioeducacionais que desenvolve em dezenas de cidades brasileiras, os quais necessitam de recursos para

continuar amparando os milhares de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos atendidos diariamente pela Instituição, por meio de escolas, abrigos para a Terceira Idade e Centros Comunitários de Assistência Social. Qualquer pessoa pode cola-

borar. Para isso, basta acessar o site da campanha ou, ainda, ajudar a divulgá-la na família e entre os amigos. Em Belo Horizonte, a Legião da Boa Vontade desenvolve suas ações por meio do Centro Comunitário de Assistência Social, localizados na Avenida Cristiano Machado, no número 10.765, no Planalto. Para outras informações, ligue: (31) 3490-8101,

<<Twitter>> (www.twitter.com/lbvbrasil) ou o Facebook (www.facebook.com/lbvbrasil)

SP Consultoria Empresarial e Institucional Ltda.

Adalberto Lustosa de Matos Advogado Telefones: (31) 3221-3447 (31) 3282-3447 (31) 9983-3312 Rua São Paulo, 1071 - Sala 1715 Centro Empresarial São Paulo - Centro Belo Horizonte - MG - CEP 30.170-907 dr.lustosa@bol.com.br drlustosa@hotmail.com

Estratégias em Saúde Consultoria e Assessoria Especializada às Secretarias Municipais de Saúde nas áreas de: Gestão Organizacional Planejamento Estratégico e Situacional Programação Assistencial Instrumentalização e formalização legal do FMS

Gestão orçamentária, Financeira

e Patrimonial do FMS Políticas Governamentais de Saúde Geoprocessamento Assessoria Jurídica

Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1890 - Conjunto 1108 - Bairro Sion Belo Horizonte / MG - Cep 30320-000 Fones: (31) 2555-5179 / 2535-5180 - Fax: (31) 2555-1807 E-mail: sp.consultoria@yahoo.com.br


5

E C O N O M I A

JEditorial

Os empresários do comércio da Capital mineira agora podem dar descontos para as compras feitas com dinheiro ou cheque, sem a necessidade de fazer a mesma ação para vendas com cartão. Entidades sindicais do comércio de Belo Horizonte, filiadas ao Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos, conseguiram liminar que impede os Procons Municipal e Estadual a autuarem ou aplicarem qualquer penalidade para às empresas que cobrarem preços diferenciados na compras feitas com cartão de crédito. A liminar foi concedida pelo desembargador Edivaldo George dos Santos, do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, no último dia 14. O consultor jurídico do Sistema Fecomércio Minas, Lucas Eduardo de Oliveira, argumenta que a decisão judicial permite o incentivo às vendas à vista, capitalizando as empresas e dando vantagens ao consumidor através dos descontos. Atualmente, os comerciantes pagam em torno de 5% do valor da venda para as administradoras de cartão. Além disso, o dinheiro chega ao caixa da empresa, em média, 30 dias após a transação feita na maquininha. “As compras realizadas por meio de cartão de crédito não podem ser consideradas à vista, pois o consumidor paga a fatura até 40 dias após a transação”, explica o consultor jurídico. 

O PRESIDENTE do Banco Central, Alexandre Tombini ainda que o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC aumentou pela terceira vez consecutiva a taxa básica de juros, que passou na última semana do patamar de 11,75% para 12% ao ano. “O Banco Central e o governo irão fazer com que a inflação convirja

De 1º a 8 de maio de 2011

Comprar à vista pode ficar mais barato para o cliente

BC fala em “problema global” e defende inflação de 4,5% para 2012 O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, afirmou nesta terça-feira que a crescente pressão inflacionária é um “problema mundial”. Ao participar da reunião plenária do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), voltou a defender esforços para que a inflação convirja em 2012 para 4,5%, centro da meta fixada pela autoridade monetária. Conforme revela o boletim Focus do Banco Central, o mercado elevou pela sétima vez consecutiva a previsão para a inflação oficial desse ano, ampliando de 6,29% na semana passada para 6,34%. A nova expectativa do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) é próxima de 6,5%, cifra da banda superior da meta do BC. Tombini relembrou

EDIÇÃO DO BRASIL

para a meta de 4,5% em 2012. Certamente o Brasil tem sido um dos países mais ativos no enfrentamento da pressão inflacionária. A nossa taxa de juros tem sido ajustada porque precisamos e de modo a fazer com que esse excesso de demanda seja eliminado”, declarou.

Fábio Marçal/PMC

Montes Claros se prepara para novos empreendimentos

Foram contempladas as empresas representadas pelo Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios de Belo Horizonte (Sincagem); Sindicato do Comércio Atacadista de Tecidos, Vestuário e Armarinho de Belo Horizonte (Sincateva); Sindicato do Comércio Varejista de Maquinismos, Ferragens, Tintas e Material de Construção de Belo Horizonte (Sindimaco); Sindicato do Comércio Varejista de Automóveis e Acessórios de Belo Horizonte (Sincopeças BH); Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Belo Horizonte (Sincovaga BH) e Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de Minas Gerais (Sincofarma Minas). Embora o Sincofarma Minas represente farmácias e drogarias em todo o Estado, essa decisão só é válida para Belo Horizonte. Decisão semelhante já havia sido concedida ao Sindicato dos Lojistas do Comércio de Belo Horizonte (Sindilojas BH). Desde agosto de 2010, mais de 25 mil estabelecimentos comerciais na Capital estavam autorizados a conceder descontos para quem paga com dinheiro ou cheque. Em março deste ano, a liminar que garantia esse direito foi confirmada pelo Juiz Manuel dos Reis Morais, da 6ª Vara de Fazenda Estadual. O mérito da liminar dada aos outros sindicatos ainda será julgado e ainda cabe recurso, mas até lá a decisão está em vigor.

Números

S

egundo entroncamento rodoviário do país, rota obrigatória para várias regiões brasileiras, Montes Claros oferece, atualmente, uma das mais completas infraestruturas do Estado para empreendimentos de médio e grande portes. E uma série de facilidades que agilizam a instalação das empresas, como explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Tecnologia, Edgar Santos Filho. “São incentivos a nível municipal (que aumentam na proporção do número de empregos diretos gerados), estadual e federal, que tornam-se ainda mais atraentes ao consideramos que o município está inserido na Área Mineira da Sudene”, destacou, lembrando que os incentivos também podem ser utilizados por empresas já instaladas que queiram se expandir. Para fortalecer ainda mais essa infraestrutura e atender melhor o empresariado, a Prefeitura de Montes Claros prepara-se para implantar um segundo Distrito Industrial, tendo em vista que o primeiro, com área de 5,2 milhões de metros quadrados, está saturado. “O Distrito Industrial 2, com área inicial de 1,5 milhão de metros quadrados, será instalado próximo a Nova Esperança, distante 19 quilômetros do perímetro urbano, porque o lugar proporcionará custos menores ao empresariado, facilitará futuras ampliações e aumentará as possibilidades de empregos para quem reside na zona rural”, frisa Edgar Santos. O secretário lembra grandes investimentos que o município possui no setor industrial, des-

Carro-chefe do Norte de Minas, região com área de 128.454.108 quilômetros quadrados, população de 1.591.507 habitantes (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas/ IBGE/2006), índice de Desenvolvimento Humano (IDH) médio de 0,691 (PNDU/2000), Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 8.742.916.000,00 (FIP/2007) e PIB per capta de R$ 6.091,76 (Fundação João Pinheiro/FJP/2007), Montes Claros proporciona a seus habitantes 1.267 indústrias, 4.093 prestadores de serviço formais, 154 empreendimentos do agrobusiness e 8.093 estabelecimentos comerciais. Frota com 121 táxis, 52 linhas de ônibus urbanos transportando 55.236 passageiros por dia (ATCMC/2010), aeroporto com capacidade para Boing 737-300 e Airbus A-320, duas empresas (Gol e TRIP) com 3 voos diários, rede hospitalar com seis instituições (1.031 leitos), três faculdades de Medicina, 14 instituições bancárias, rede hoteleira com 41 estabelecimentos (cerca de 2.500 leitos), 13 escolas de idiomas, 271 escolas de ensino fundamental, 117 escolas de ensino médio, 21 universidades e faculdades e cursos de aperfeiçoamento oferecidos pelo Sensi, Sebrae, Sesi, Sesc e Senac. Na área de segurança pública, 55º Batalhão do Exército Brasileiro, 10º Batalhão da Polícia Militar, 50º Batalhão da PM, 11ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP), 11ª Companhia de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário da PM, 8ª Delegacia Regional de Segurança Pública, 7º Batalhão de Bombeiros Militar, 14ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal e Departamento de Polícia Federal de Montes Claros. O Atlas do Mercado Brasileiro apontou o município como o mais dinâmico de Minas e o 27º do Brasil, considerando-se o IPC Florenzano, PIB, Depósitos bancários mais operações de crédito, crianção de empresas, licenciamento de veículos, população e cesta de gastos municipais per capta. “As ações administrativas desde 2009 já melhoraram esses números, que deverão ser atualizados brevemente”, frisa Edgar Santos.

DISTRITO Industrial de Montes Claros

tacando o Grupo Coteminas, gerador de 4.636 empregos diretos; Valleé Nordeste, que fabrica produtos veterinários desde 1979 e possui 585 funcionários; Grupo Novo Nordisk (mais de 800 funcionários), maior fabricante de insulina na América Latina, investindo em torno de US$ 200 milhões em recente ampliação; Usina de Biodiesel da Petrobras (investimentos de R$ 80 milhões), que quando operar plenamente vai gerar 50 empregos diretos e 20 mil indiretos na zona rural e Norte de Minas. Recentemente, a cidade recebeu a A&C Call Center, que começou gerando 600 empregos diretos, e gigantes do setor de alimentos e eletroeletrônicos, como Maxxi e Makro. Maiores redes varejistas do país estão aqui, como Ricardo Eletro, Casas Bahia (que se prepara para abrir loja em prédio próprio na Rua São Francisco, Magazine Luiza, Eletrosom, Ponto Frio e Eletrozema. Em junho, deverão começar as obras da espanhola Branco Brinck, que fabrica perfilados de última geração para a construção civil. Oferecerá, inicialmente 100 empregos diretos, que poderão chegar a 600 quando operar com carga total.  “A administração comemora os resultados da política de atração de novas empresas e a maneira efetiva com que contribui para a geração de emprego e renda”, diz Edgar Santos. “Fomos o sétimo município que mais gerou empregos em Minas no ano passado, e o maior criador de postos de trabalho, no primeiro bimestre de 2011. Significa que nosso trabalho está sendo bem feito”, destaca.

OS COMÉRCIOS agora podem dar descontos para as compras feitas com dinheiro

Senai se prepara para o 8º Minas Trend Preview O Senai-MG se prepara para uma ampla participação na 8ª edição do Minas Trend Preview (MTP), que acontece de 11 a 14 de maio, no Expominas, em Belo Horizonte. Os trabalhos começaram com bastante antecedência, com a participação de técnicos da instituição na curadoria junto às empresas mineiras produtoras de moda, que mostrarão sua coleção de preview. “Vemos o crescimento da participação do Senai de forma muito positiva para os setores envolvidos. Nossos técnicos estão mais próximos das indústrias e essa parceria está dando resultados gratificantes para o desenvolvimento de novos produtos”, diz o diretor do Centro de Desenvolvimento Tecnológico para Vestuário (Modatec-BH), Jorge Domingos Peixoto. E para descobrir novos talentos, entre jovens estilistas, o Senai promove o concurso “Drapping – Uma expressão criativa”, durante o Minas Trend Preview. O concurso acontece de 11 a 13 de maio com os seis alunos finalistas de escolas de moda de BH e Região Metropolitana. “O objetivo é apresentar o potencial dos alunos e promover o desenvolvimento da moda mineira, por meio da criatividade e da inovação”, explica Jouber Ribeiro da Silva, coordenador do Minas Trend Preview. Os alunos terão que empregar as técnicas de drapping /moulage, que é a criação de roupas diretamente no manequim de provas. “Além das habilidades de produção de roupas femininas tridimensionais, serão avaliados o desenvolvimento de desenhos técnicos e de ilustração de moda”, diz Jouber Ribeiro. O estande do concurso – que está sob a supervisão do Senai Modatec

O SENAI promoverá um concurso para descobrir novos talentos – terá cabines individuais para o desenvolvimento dos modelos, que serão julgados por uma equipe de estilistas renomados.

Sustentabilidade O Senai Modatec está confeccionando sacolas retornáveis, produzidas com a lona utilizada nos estandes da edição passada. Os acessórios serão distribuídos no evento. “Vamos dar a nossa contribuição para mudar o comportamento de consumidores e comerciantes quanto ao uso das sacolinhas plásticas, que já estão proibidas em Belo Horizonte”, diz Jorge Peixoto. O Caderno Perfil Moda – Inspirações + Tendências Verão 2011 / 12, antes lançado durante as edições do MTP, este ano foi antecipado, e seu lançamento aconteceu no começo deste mês, com as apostas da moda que vai ganhar as ruas brasileiras, para atender ao cronograma de criação e confecção da coleção de Verão.


6

G E R A L

EDIÇÃO DO BRASIL De 1º a 8 de maio de 2011

JORNAL DO ACIR ANTÃO Medalha da Inconfidência Agência Minas

UMA concorrida cerimônia, presidida pelo governador Antonio Anastasia e tendo a presidente Dilma Rousseff como oradora oficial, marcou a entrega da Medalha da Inconfidência 2011, no último dia 21 de abril. O jornalista Dimas Lopes, que acaba de completar 35 anos de atividade profissional, dedicados à Comunicação Social, recebeu a Medalha da Inconfidência do reitor da UEMG, professor Dijon Moraes Jr.

A NI V E RS A RI A NT E S Domingo, dia 1º de maio José Marcelo Alvarenga – Contagem Ari de Castro – Assembleia Legislativa

Segunda-feira, dia 02 OTIMAR BICALHO – Ele foi vereador durante muitos anos em Belo Horizonte. Contribuiu com a cidade interferindo na feitura de projetos e sugerindo outros como bom engenheiro que é. Otimar foi um dos mais importantes parlamentares da cidade. Está recebendo uma série de apelos dos amigos para voltar à luta política da qual está afastado há quase 20 anos. Seu pai, o saudoso Mário Bicalho, foi do antigo PTB e exerceu a vereança em Belo Horizonte por um bom tempo. PLANEJAMENTO – Outra coisa triste é a falta de planejamento na Região Metropolitana. Temos uma Agência Metropolitana criada por lei e instalada e que até agora não apresentou nenhuma sugestão para essas áreas totalmente defasadas de obras. É triste imaginar que as ligações de Belo Horizonte com o Leste, Norte, Sul e Oeste do Estado não têm alternativas imaginadas pelo planejamento, que já deveria estar pronto com toda a planilha de custos para que pudéssemos realizar essas obras. Faltam por exemplo a duplicação da rodovia 381 entre Belo Horizonte e João Monlevade; Pedro Leopoldo a Sete Lagoas na MG 242; Sabará a Belo Horizonte na MG-262.

SUCESSÃO do prefeito Marcio Lacerda vai embolando dentro do PT. Fernando Pimentel quer ser governador na próxima eleição e pretende manter a aliança com o PSDB que elegeu Lacerda. PÊSAMES – Ao vice-prefeito Roberto Carvalho, que perdeu na semana que passou a sua mãe, dona Emília. Mãe de 10 filhos, criou todos, fazendo poesia da vida que teve com eles. Depois de uma longa enfermidade, foi para os braços do senhor.

PONTE – É muito triste você imaginar que parte da economia de Minas, envolvendo mais de trezentas cidades do leste do Estado, sofre com a interdição da ponte sobre o Rio das Velhas, na divisa das cidades de Belo Horizonte, Sabará e Santa Luzia. É triste você imaginar que essa ponte, agora interditada porque literalmente rachou, foi construída há mais de 50 anos ainda no Governo JK, quando os veículos que rodavam em nossas estradas eram muito diferentes dos que hoje trafegam por aí. O principal caminhão daquela época era o FNM, nosso primeiro cavalo mecânico que não fazia mais que 80 km por hora e tinha carga menos pesada que os chamados bi-trem de hoje. O senador Aécio Neves voltou a criticar a morosidade com que o Governo Federal trata os interesses de Minas e pediu novamente que as chamadas estradas federais sejam estadualizadas com os recursos que hoje são arrecadados pela CIDE, através da venda da gasolina. Esses recursos devem ficar no Estado, justamente para serem usados na recuperação dessas rodovias.

SAULO COELHO, provedor da Santa Casa, anunciando a recuperação financeira daquela instituição centenária da cidade. Continua sendo a porta aberta do SUS para todo o Estado, enquanto a Santa Casa Saúde vai se expandindo com muito sucesso no atendimento. LINDA e comovente a Semana Santa de São João Del Rei. Pena que as nossas estações de TV não tenham espaço para mostrar as cenas comoventes da Paixão e Morte de Nosso Senhor.

Divulgação

Secretaria propõe um catálogo turístico diferente para Mariana

Uma nova estrutura para o município

N

o último dia 27, o secretário de Cultura e Turismo de Mariana, Cristiano Casimiro, funcionários da secretaria e consultoras representantes da Associação de Cultura Gerais se reuniram para debater um plano de organização de atividades turísticas, pautado pela estruturação e pela diversidade da oferta do turismo regional. Na ocasião, discutiu-se uma nova estrutura turística para o município a partir do que ele possa oferecer, respeitando suas limitações e apri-

morando suas qualidades. Inicialmente, ressaltou-se a necessidade de se definir um segmento turístico para a localidade, levando em consideração questões como “para onde ir?”, “por que ir?”, “em que época ir?” e, por fim, “o que fazer?”. “Desta forma, o trabalho em conjunto é fundamental para um desenvolvimento turístico com sensibilidade, iniciativa e, sobretudo, criatividade”, afirma o secretário de Cultura, Cristiano Casimiro. Em seguida, a reunião colocou em pauta uma estruturação da produção associada, que foi carac-

terizada como o futuro do turismo, onde os agentes trabalham unindo os setores da hotelaria, do artesanato, da gastronomia, entre outros.

Metodologia >

A metodologia utilizada para iniciar uma reestruturação do turismo em Mariana passará por um conhecimento da localidade, com o intuito de organizar uma equipe multidisciplinar, agregando valor às atividades diferenciadas para, enfim, obter um catálogo turístico diferenciado e direcionado.

A

Terça-feira, dia 03 Vittório Medioli Sebastião Mendes Barros

Quarta-feira, dia 04 Publicitário Pedro Fernandes José Paulo de Sousa – O Carioca Advogado Mário Genival Tourinho Nestor de Oliveira – secretário de Comunicação de Minas

Quinta-feira, dia 05 Geraldo Magela Barreto Publicitário Arnaldo Shacon Jornalista Artur Moraes – Rádio Itatiaia

Sexta-feira, dia 06 Drª Cláudia Malta

Sábado, dia 07 de maio Eunice Fialho Jornalista João Carlos do Amaral Dr. Dárcio Guimarães de Andrade

A todos, os nossos Parabéns!

Senai disponibiliza mais de 15 mil vagas

s inscrições para o Processo Seletivo Unificado (PSU) do Senai para o 2º semestre de 2011 estão abertas entre 02 e 20 de maio. O Processo Seletivo será destinado ao preenchimento de mais de 15 mil vagas de Aprendizagem Industrial e Técnico em diversas áreas profissionais da indústria. As inscrições serão realizadas somente pela internet, no site www.senaimg.com.br, utilizando o CPF do candidato. As provas serão aplicadas no dia 18 de junho, nas unidades do Senai. A seleção dos candidatos será feita através de provas de múltipla escolha de português e matemática. A lista com os cursos oferecidos em cada unidade, o turno das aulas e o número de vagas pode ser encontrada em qualquer unidade do Senai-MG ou no site do Se-

Neilton Sávio

DA COCHEIRA

Dr. Milton Reis Roberto Brant Ex-prefeito Júlio Laender Jornalista Luiz Fernando Perez

OS CANDIDATOS que forem selecionados no PSU iniciam seus estudos no segundo semestre de 2011 nai. Os candidatos que forem selecionados no PSU iniciam seus estudos no segundo semestre de 2011. Informações podem ser

obtidas através do Núcleo de Atendimento ao Cliente pelo telefone (31) 3484-9902 / 9945 ou com a unidade mais próxima do Senai.

Santa Luzia cobra empenho do Governo de Minas Gerais O prefeito de Santa Luzia, Gilberto Dorneles (PMDB), esteve reunido na Cidade Administrativa com o governador do Estado, Antônio Anastasia, e com o prefeito de Sabará, William Borges. Gilberto cobrou mais empenho do governador para o início das obras na ponte da BR 381, que está interditada desde o último dia 20. “Pedimos ao governador que agilize o início das obras na ponte, expus a ele a importância dessa obra, uma vez que veículos pesados e de passeio estão desviando pelas ruas de Santa Luzia. Vários moradores estão sofrendo com esse transtorno”, disse o prefeito. Ele acres-

centou ainda: “Assim que as obras na ponte forem concluídas, irei cobrar novamente do Estado uma solução para que as vias da nossa cidade passem também por reformas, porque o tráfego na cidade está intenso”, concluiu. O Governo Federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), confirmou a instalação de duas pontes metálicas. As passagens provisórias serão construídas ao lado da ponte condenada, cada uma atendendo a um sentido da via. As pontes serão montadas pelo Exército. Além disso, o governo mineiro irá providenciar intervenções nas estradas que

vêm sendo utilizadas como desvio. Sinalização e alguns trechos do pavimento serão melhorados e erosões, corrigidas. Outra medida divulgada pelo governador Antonio Anastasia foi a antecipação de melhorias em dois trechos contemplados pelos Caminhos de Minas, projeto voltado a intervenções nas estradas. O trecho que liga Taquaraçu a Bom Jesus deve ter a obra iniciada ainda neste ano, assim como a estrada que liga os municípios de Caeté a Barão de Cocais. Ambas as obras estavam previstas para começar apenas em 2012, num custo total de R$ 105 milhões.


EDIÇÃO DO BRASIL De 1º a 8 de maio de 2011

S O C I A L

7

Editada por Emilienne Santos

mili.edicaodobrasil@globo.com

Fotos: Emilienne Santos

ANTÔNIO da Mata, sua esposa Márcia e o fotógrafo Pedro Paulo

SKAL ABRIL ACONTECEU, no dia 27 de abril, o encontro do mês dos empresários do turismo de Belo Horizonte. O Skal Clube promoveu um delicioso almoço no prestigiado restaurante do Minas I e lotou as mesas do local, com muita animação e conversa. Apesar de ter acontecido no meio da semana, vários skalegas compareceram ao evento. Mesmo os que estavam um pouco sumidos apareceram para desfrutar do almoço entre amigos.

EM FAMÍLIA: Felipe Dias e Fernando Meira Dias

ANTÔNIO de Pádua e Marden Couto

ARMANDO Júnior e Júnior Albernaz

O PROFESSOR Antônio Balbino, dublê de cantor e tecladista nas horas vagas, foi destacado na Universidade de São Paulo (USP), como um dos 17 profissionais da área de Gestão em Tecnologia, que mais contribuíram com trabalhos científicos nos últimos 10 anos, juntamente com os professores Jacques Marcovitch (ex-reitor da USP), Eduardo Vasconcellos(Faculdade de Economia e Administração da USP) e outros. O estudo foi desenvolvido pelos Dr. Tarcízio Rego Quirino (Embrapa) e Dra. Maria Selma Baião (USP), apresentado no Simpósio Nacional de Administração de Ciência e Tecnologia na USP e publicado na Revista de Administração da Fea/USP/CNPQ número 22.

TROFÉU MG TURISMO E MULHER INFLUENTE Fotos: Eloy Lanna

PRATA DA CASA

MÃOS À OBRA DESDE MEADOS no ano passado, a Gerdau, em parceria com a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, o Ministério Público de Minas Gerais, a Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete e o Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID), está apoiando a restauração integral da Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Conselheiro Lafaiete (MG). O andamento avançado das obras está superando as expectativas do cronograma, sendo que 66% da restauração arquitetônica já está pronta, o que inclui revestimentos, pintura, esquadrias, instalação elétrica e área externa. Faltam somente alguns pequenos detalhes para a obra ser entregue. A previsão é que a reinauguração da Matriz aconteça em dezembro, mês de aniversário da padroeira da cidade. ATÉ O FINAL do ano também será concluída a segunda fase do projeto, que compreende a revitalização do forro e do piso, além da restauração artística das peças da Igreja. Até o momento, 13% desse trabalho já foi realizado. E para garantir a qualidade, os prazos e custos na execução dos serviços, o gerenciamento está sob responsabilidade da equipe técnica da Gerdau. É possível acompanhar o andamento da obra pelo site da Paróquia no endereço www.igrejamatrizcl.com. br. No site, também é possível conferir fotos de cada uma das etapas, que contam com um investimento de R$ 3,5 milhões.

OS ANFITRIÕES Claret e Suely Guerra

ESTÁ CHEGANDO ao mercado mineiro o mais novo e inovador clube de vantagens voltado para lazer e turismo: o Club Nomade. A empresa, sob direção do turismólogo Marcos Eduardo Tavares e do administrador Sady César Vieira Viana, tem como objetivo oferecer aos clientes mecanismos que facilitem o acesso ao lazer, ao descanso e à diversão, através de parcerias com diversos meios de hospedagens e de entretenimento. O Club Nomade também se subdivide na agência de viagens Nomade Trip e na promotora de eventos Nômade Fest, o que o torna ainda mais completo. O PORTAL www.clubnomade.com.br, que entra no ar no próximo dia 19, é o carro-chefe da empresa. Via web, é possível ter acesso a todo serviço oferecido. Além disso, os diretores estão prontos para atender cada cliente em suas necessidades individuais. O Club Nomade conta com parcerias ao redor do país. Diversos estabelecimentos de turismo e de entretenimento estão prontos para oferecer os mais vantajosos descontos e benefícios. PARA TER acesso às vantagens, basta entrar no site e se tornar um membro do clube. Todo processo é feito via web, de forma segura e confidencial. São várias as opções de associação, o que proporciona atendimento aos mais diversos públicos.

O QUE ROLA NA REDE

JOÃO Carlos Amaral, Suely Guerra e Fernando Joly

EM ALTA A CONFEDERAÇÃO Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apurou alta de 7,26% nas vendas do varejo na semana da Páscoa, segundo dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O resultado veio em linha com a projeção inicial da entidade, de crescimento de 8%, e se refere à variação registrada entre 2010 e 2011. O ÍNDICE foi calculado com base nas vendas nos sete dias que antecederam o início do feriado de Páscoa, entre o Domingo de Ramos e o Sábado de Aleluia. Em 2010, o indicador havia registrado variação positiva de 4,5% no período, conforme dados do SPC Brasil.

NOVAS CARAS, NOVOS MEIOS

DURANTE a última semana, de 25 a 29 de abril, acontecerem protestos por toda a Internet com relação aos altos preços do combustível. Jovens de toda Belo Horizonte estão se juntando para fazer um protesto em conjunto contra a alta de preços do ultimo mês. O EXEMPLO tomado para o protesto foi tirado de Goiânia (GO), onde o preço da gasolina passa dos R$ 3,00. Lá, motoristas de todas as idades foram ao posto de gasolina em parada e pediram ao frentista para abastecer o carro com R$ 0,50, pedindo troco a cédulas de R$ 20 e 50 ou passando em cartões de crédito ou débito. Além disso, ainda eram exigidas as notas fiscais, para que, assim, em forma de tributos, o posto pagasse mais pela nota fiscal que lucraria com a venda da gasolina. SE O EXEMPLO for seguido adiante, é melhor os postos de gasolina estarem preparados, pois uma multidão se prepara para fazer o mesmo durante vários dias da semana.

DIREÇÃO TEMPORÁRIA

MARCO Aurélio, Valdez Maranhão, deputado Fred Costa e Cléber Piusana

AGORA, o atual presidente da ACMinas, Roberto Luciano Fagundes, está com duas entidades na mão. Além da Associação Comercial, ele assumiu, na última semana, interinamente, o Belo Horizonte Convention & Visitors Bureau (BHC&VB), depois que o presidente Roberto Noronha se afastou temporariamente.


8

V I D A

Felipe José de Jesus

P

verte que, caso não haja acompanhamento profissional, alguns problemas sérios podem surgir. “Os praticantes podem sofrer lesões musculares como estiramentos, mialgia e tendinites. Fora isso, fadiga excessiva, síndrome de excesso de treinamento e lesões graves, como fraturas, luxações e rompimento dos ligamentos. Também vale citar problemas cardiovasculares como angina, infarto, morte súbita e AVC, trauma craniano, hemiplegia e tetraplegia. A prática de atividade física deve ser dosada, a falta ou o excesso são nocivos para a saúde”. Behnam Talebipour ressalta: “Para se sentir bem e ter uma vida mais saudável, o paciente deve decidir que não ficará mais um minuto sedentário. Assim, ele responderá o questionário PAR-Q. Se necessário, consultará um médico. Vai respeitar o uso adequado do material para cada atividade física planejada, evitar atividades com exposição ao sol, fazer a hidratação adequada, evitar atividade em jejum e finalmente conhecer seu limite. Para se ter uma boa saúde, a prática de atividade física é necessária”. Arquivo pessoal

ráticos, bonitos, arrojados, de última geração e acessíveis a crianças, jovens, adultos e idosos. Estas são algumas características dos aparelhos de ginástica instalados em diversas praças de Belo Horizonte, nas chamadas “Academias ao Ar Livre” ou “Academias da Terceira Idade” (ATI’s). O foco do projeto é o combate ao sedentarismo, principalmente entre os idosos. Criadas no Brasil em 2007, seguindo o modelo adotado em Pequim, Capital da China, as academias têm o apoio da Unimed, cooperativas de saúde e prefeituras. A ideia vem ganhando pontos no que diz respeito ao acesso para a população mais carente. Porém, para alguns especialistas, a novidade pode trazer riscos à saúde, caso não haja acompanhamento médico na prática e no uso dos equipamentos. Em entrevista ao Jornal Edição do Brasil, o fisiatra, médico do esporte do Minas Tênis Clube e diretor da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), Behnam Talebipour, fala sobre a atenção que as pessoas devem ter ao

iniciar a prática de exercícios. “É uma iniciativa excelente, pois a atividade física deve ser praticada por todos. Sedentarismo é um grande fator de risco para diversas doenças. Entretanto, antes de dar início à prática é importante responder as sete perguntas do Questionário de Prontidão para Atividade Física (PAR-Q), que é validado no Canadá e pode ser encontrado na internet. Se a resposta for positiva, o indivíduo deve consultar um médico, mas se todas as respostas forem negativas, ele pode começar a atividade física moderada”, diz. Além do questionário, o fisiatra chama atenção para a falta de profissionais de Educação Física nos parques. “É muito importante ter a orientação de profissionais no manuseio dos aparelhos. Os alunos PAR-Q positivos devem respeitar as recomendações e ser acompanhados regularmente por médicos que indicarão o local apropriado para a prática de exercícios, em função da patologia encontrada. Placas informativos sobre o uso dos aparelhos e a presença de professores seriam de grande ajuda”, afirma. Behnam Talebipour ad-

De acordo com o fisiatra e médico do esporte, Behnam Talebipour, o questionário PAQ-R é fundamental

PAR-Q D

e acordo com Behnam Talebipour, o questionário pode direcionar melhor os adeptos de 15 até 69 anos de idade. Ele deixa as sete perguntas para os que desejam começar a praticar exercícios nas praças. “Alguma vez um médico disse que você possui algum problema do coração e lhe recomendou que só fizesse atividade física

sob supervisão médica? Você sente dor no peito causada pela prática de atividade física? Você sentiu dor no peito no último mês? Você tende a perder a consciência ou cair como resultado de tonteira ou desmaio? Você tem algum problema ósseo ou muscular que poderia ser agravado com a prática de atividade física? Algum médico já lhe recomendou o uso de medicamentos

para a sua pressão arterial, circulação ou o seu coração? Você tem consciência, através da sua própria experiência ou aconselhamento médico, de alguma outra razão física que impeça sua prática de atividade física sem supervisão médica? Se o paciente responder sim a alguma das questões, deve fazer uma avaliação antes de começar os exercícios”, conclui.

De 1º a 8 de maio de 2011

Profissões que mais trazem perigo para os seus pulmões Divulgação

Academias ao Ar Livre trazem risco caso não haja uma perícia médica

EDIÇÃO DO BRASIL

A CONSTRUÇÃO civil está entre as áreas mais perigosas s vias respiratórias fazem parte de uma estrutura importante do nosso corpo, fundamental para a sobrevivência. Porém, estas vias estão em contato o tempo todo com as partículas nocivas do ambiente no qual vivemos e estão sujeitas a diversos tipos de infecção. Nos Estados Unidos, o Departamento de Trabalho estima que cerca de 23 mil trabalhadores desenvolveram algum tipo de doença pulmonar durante o exercício da profissão em 2008 e que 16 mil morrem a cada ano. Dados alarmantes como este nos fazem parar para pensar o quão perigosas são algumas profissões e o quanto elas podem prejudicar gradualmente a saúde de seus funcionários. Estudos apontam que a maioria destas mortes poderia ter sido evitada com medidas simples, como o uso de equipamentos de segurança ou diminuição da exposição na rotina de trabalho. Com base nestes estudos, o site health.com catalogou as dez profissões mais perigosas para os pulmões. Veja quais são:

Construção Civil Neste tipo de trabalho é comum a inalação de poeira de demolições, o que pode causar câncer de pulmão e asbestose, uma doença muito perigosa que provoca cicatrizes e endurecimento dos pulmões. Em construções antigas, era corriqueiro o uso de amianto, um componente muito tóxico. Se o operário não utilizar máscaras específicas para trabalhar nestes ambientes, a inalação do amianto pode provocar asbestose e outras doenças pulmonares.

Manufatura

ele pode liberar uma enorme quantidade de partículas que podem obstruir as vias respiratórias. Neste caso, o uso de máscara também é fundamental.

Bartender e garçons Em alguns países, como o Brasil, a lei contra o tabagismo em lugares de convívio comum acabou favorecendo a saúde de profissionais que precisam trabalhar com o atendimento aos clientes. Quem serve as bebidas em ambientes cheios de fumaça corre sério risco de contrair doenças do pulmão. Conhecidos como fumantes passivos, estes profissionais podem adquirir doenças típicas de quem é viciado em cigarro. Em cidades que não proíbem o fumo em local fechado, um sistema de ventilação eficiente pode amenizar o problema.

Cozinha Quem trabalha cozinhando pode ser acometido por várias doenças respiratórias, principalmente a asma. Profissionais que trabalham com farinha, como os padeiros, estão o tempo todo próximos de uma reação alérgica. Boa ventilação e uso de uma máscara de proteção podem ajudar a prevenir a doença.

Indústria automobilística Sprays de tintas estão entre os utensílios mais perigosos ao pulmão humano. Algumas destas tintas contêm isocianato de poliuretano, que pode irritar a pele, criar alergias e causar aperto no peito e problemas respiratórios graves. A inalação do isocianato pode causar ataques de asma, mas, para que isso não ocorra, o profissional deve usar respiradores e contar com um bom sistema de ventilação.

Transporte

Neste tipo de fábrica, os trabalhadores podem ficar expostos à poeira, produtos químicos e gases, o que pode gerar uma grande chance de desenvolver a DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica). A DPOC é uma doença crônica caracterizada pela diminuição da capacidade de respiração, gerando males como bronquite e enfisema pulmonar. Em fábricas de produtos alimentares, um composto chamado diacetil, que é um agente aromatizante utilizado na pipoca de micro-ondas, vinhos e comidas processadas, pode causar uma doença mortal chamada bronquite obliterante. Porém, com o simples uso da máscara de proteção, o efeito do diacetil sobre os pulmões é nulo.

Motoristas de caminhões e trabalhadores de estradas de ferro podem ter sérios problemas com a DPOC. Um dos principais fatores é a exaustão de diesel pelo escapamento dos veículos. Um estudo de 2004 encontrou uma ligação entre o combustível e a mortalidade por câncer de pulmão entre os trabalhadores da estrada de ferro dos EUA em 1950, quando a indústria passou a utilizar o diesel. Embora os motores a diesel emitam menos gases hoje em dia, a exaustão do combustível ainda é perigosa. O importante, nestes casos, é ficar fora da linha de escape dos gases e usar máscaras de proteção para reduzir o risco de doenças pulmonares.

Ambientes hospitalares

Mineração

Estima-se que de 8% a 12% dos trabalhadores de saúde sejam sensíveis aos resíduos encontrados em luvas de látex, que podem causar uma reação asmática grave. Ao colocar ou tirar a luva, estas partículas que ficam suspensas no ar acabam entrando pelas vias respiratórias e causando grandes transtornos. Alguns hospitais utilizam luvas de látex sintéticas, mas este tipo de alergia pode, muitas vezes, terminar a carreira de médicos e enfermeiros, já que o uso de luvas é fundamental para a profissão.

Indústria têxtil A bissinose é a doença respiratória mais comum no meio têxtil. Ela é causada pela inalação de partículas de tecidos como algodão e linho e tem maior incidência entre os profissionais que trabalham com tapeçaria, toalhas, meias e roupas de cama. Quando o tecido é rasgado ou cortado,

A categoria dos mineiros está diretamente exposta à poeira de todos os tipos. Os mineiros estão em alto risco para uma série de doenças pulmonares, incluindo a DPOC, devido à exposição à sílica, também conhecida como quartzo, que pode provocar silicose, uma doença que provoca cicatrizes nos pulmões.

Corpo de Bombeiros Quando um bombeiro chega a um prédio em chamas, ele pode inalar uma grande quantidade de fumaças e componentes químicos que podem estar presentes em micropartículas suspensas no ar. Embora seja obrigatório o uso do equipamento de respiração, em algumas situações o profissional pode optar por tirá-lo, principalmente quando precisam vasculhar escombros e verificar possíveis vazamentos de gases. Fonte: Site Terra.

Aqui você encomenda seu sonho, nós realizamos, respeitando a magia do momento.

Luciana Cyrino Pinto Coelho Advogada

RUA ERÊ, 125 - 1º ANDAR - BAIRRO PRADO Cep 30.410-450 - Belo horizonte / mg

Tel: (31) 3316-6692 Cel.: (31) 9932-5289

Av. Bandeirantes, 2323 Bairro Serra - CEP 30210-420 Belo Horizonte - MG Telefones: 3287-4422 / 3287-1293 www.buffetsausalito.com.br


C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL De 1º a 8 de maio de 2011

9 LAGOA DA PRATA

Cursos na área de saúde são os preferidos entre estudantes

10ª Cavalgada da Serra será realizada neste mês de maio

Felipe José de Jesus

Educaedu-Brasil

Para muitos estudantes universitários e de cursos técnicos da área de saúde, esta é uma área complicada, que exige muita dedicação e atenção, sem falar nas poucas horas de lazer e descanso. No entanto, para alguns, ela pode proporcionar ascensão, estabilidade profissional e respaldo financeiro. Dentro do mercado de trabalho, a saúde foi o setor que mais empregou em 2010, segundo dados da Organização Internacional do

Trabalho (OIT). Foram cerca de 2,8 milhões de empregos. No Brasil, os vencimentos na área podem passar dos R$ 3 mil. Para comprovar este interesse, de acordo com um levantamento realizado pelo Educaedu-Brasil, diretório global de educação, somente no primeiro trimestre de 2011 os cursos mais procurados não foram Direito, Engenharia, Jornalismo, Publicidade, Administração, Turismo etc, mas sim os de saúde. A gerente responsável pelo conteúdo de pesquisa

do Educaedu-Brasil Keli Campos, graduada em Comunicação e pós-graduada em Marketing e Pesquisa, fala sobre a análise realizada e a busca pelo campo profissional. “Temos mais de 28 mil acessos diários. Chegamos ao resultado através dos dados retirados do nosso sistema de cupons. Estes são formulários disponíveis no site da Educaedu-Brasil, em que os usuários podem entrar em contato direto com todas as faculdades e universidades de BH, SP e RJ, para solicitarem informações sobre determinado curso. Quando cada estudante se comunica com um centro de ensino pelo nosso diretório, é gerado um cupom. Desta forma verificamos um número expressivo na procura pelos cursos”, diz. Perguntada sobre o porquê deste interesse direto aos cursos de saúde, a gerente lembra que historicamente a área tem prestígio profissional e financeiro, porém ela lembra

De acordo com Keli Campos, os cursos mais procurados são Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição

Pessoal

BELO HORIZONTE

que hoje a Medicina não esta totalmente em primeiro lugar. “É fato que essas profissões despertam admiração, como a Medicina, que para muitos significa status entre familiares e também na sociedade”. Keli diz que seis graduações são mais requisitadas. “Temos uma lista. Entre os cursos que estão sendo mais procurados, Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição são os mais populares entre os visitantes. Temos também Odontologia, Farmácia e o curso de Medicina, que há vários anos aparece nas primeiras posições como um dos mais procurados nos vestibulares, lembra. “A área de saúde vem me proporcionando boas oportunidades. Queria Medicina, mas me formei em técnico de enfermagem em 2009. Hoje faço o superior e estou no 4º período. O curso me deu as ferramentas fundamentais para atuar no mercado de trabalho. Estou em dois turnos de um hospital, um como estagiária e outro como técnica, recebo em torno de R$1.500, vale a pena. Para mim, é uma área promissora. Eu indico, pois a saúde no Brasil não anda nada bem e a demanda por profissionais é grande, pois sempre vai existir alguém doente”, ressalta Angelita da Silva de 28 anos.

OS PARTICIPANTES da Cavalgada da Serra, em Lagoa da Prata Terminado o período chuvoso em Minas, uma tradição se repete há dezenas de anos. São as Cavalhadas, que acontecem em diversos municípios de nosso Estado. Existem algumas delas com um tom mais profissional, porém, em muitos casos, são caminhadas a cavalo, aquela em que o chefe de família reúne um grupo de amigos, alguns vizinhos e todos começam a fazer longos passeios no lombo dos animais. Eles passam por caminhos estritos, entre folhagens amareladas pela estação do tempo, subindo e descendo montanhas e atravessando chapadões, enfim, praticando um esporte comum a pessoas idosas, crianças e montadores mais experientes. Vale a alegria da farra, a amizade sempre cultivada. O início de tudo é sempre assim: começa com um dedo de prosa entre amigos, como se deu em Lagoa da Prata, no Oeste de Minas, em 2001. O motivo das longas prosas de então era para saber quem era o melhor “ponteiro” da região. Os proseadores não chegaram ao consenso sobre o melhor tocador de Berrante, mas, em compensação, foi aí que surgiu a ideia de realizar uma Cavalgada entre amigos, reunindo cavaleiros, sanfoneiros, violeiros, berranteiros e tudo mais. A primeira Cavalgada aconteceu em janeiro de 2002, saindo de Lagoa da Prata para Córrego Danta, cortando mais de cem quilômetros de estrada, atravessando o Rio São Francisco, trilhando caminhos pelo município de Luz, chegando à Serra do Bueno, na BR-262, para depois finalizar a aventura na Fazenda de Marcos Cardoso. Agora, completando dez anos, a Cavalgada da Serra, como é conhecida em Lagoa da Prata e região, tem um slogan: Comitiva da Amizade, sugestão de Silvio Eliase Leão dos Vidros, cuja frase foi retirada de uma Bandeira de Nossa Senhora Parecida. Em nove anos de Cavalgada, sempre aconteceram as bênçãos do Padre Adelzires, atualmente morando em Santo Antônio de Monte. A partir do segundo ano, a Cavalgada da Serra inverteu o roteiro. Agora, a turma se reúne na fazenda do Sr. Galeno Cardoso, no alto das montanhas. De lá, descem a Serra do Bueno, na dita 262, atravessam os municípios de Córrego Danta e Luz, até cruzar a ponte do Rio São Francisco. Chegam o centro de Lagoa da Prata no terceiro dia de viagem, trazendo nos alforjes muita saudade, poeira e alegria contagiante, de noites embaladas por violeiros e cantadores, que fazem gemer a genuína música de raiz pelas noites do sertão mineiro. A 10ª Cavalgada da Serra, a ser realizada neste mês maio, será marcada por fortes emoções, a começar pelo fato de comemorar também os 90 anos de seu Galeno Cardoso, hospedeiro dos cavaleiros. Nas noites seguintes, a turma pernoitará na fazenda de Vicente do Lona, no município de Córrego Danta. Fazem parte da Comissão Organizadora da 10ª Cavalgada da Serra: Maurício Cardoso Elcio (Gaguinho), Luiz Correa (Tizinho), Magno Alves (Guinho), Adão do Caminhão e o experiente José Pedro. Por sua vez, as mulheres, Matilde, Mariângela e Stefani, cuidarão da organização do evento na chegada da turma em Lagoa da Prata.

MATEUS LEME

Prefeitura doa terreno para instalação de nova empresa A

doação de um terreno de 4.000 metros quadrados, na Alameda do Ipê Roxo, no Distrito Industrial do Bairro Vila Suzana, pela Prefeitura de Mateus Leme à empresa Radiotech, deve gerar uma média de noventa empregos diretos e indiretos no município. O projeto de lei enviado à Câmara de Vereadores pelo prefeito Marlon Aurélio Guimarães, na semana passada, teve aprovação do Legislativo, com previsão de

início das obras para construção da empresa já nos próximos três meses. A conclusão do projeto deve acontece em no máximo dois anos. A Radiotech é uma empresa mineira situada na Região Metropolitana de Belo Horizonte, especializada na fabricação, instalação e remanejamento de torre de telecomunicações em todo país. Ela atua ainda na reparação de rádios das principais marcas existentes no mercado que utilizam a tecnologia WI-FI, nas frequências 2,4 e 5,8

Dr. Paulo César G. Guerra Tel.: (31) 3241-4777 Fax: (31) 2555-4777 Rua Piauí, 179 - Santa Efigênia CEP 30150-320 - Belo Horizonte - MG

Ghz. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Socioeconômico, a instalação desta nova empresa abrirá um novo mercado, desvinculado do setor automotivo, que já existe na cidade. O prefeito Marlon Guimarães também destaca: “Um dos focos da nossa administração é que a empregabilidade do município cresça. Por isso nos empenhamos para que as vagas na indústria e no comércio sejam preenchidas por cidadãos mateuslemenses”.

ITABIRITO

O

Na luta contra a Gripe Influenza

inverno se aproxima e Itabirito já se prepara para combater a Gripe Influenza. A campanha contra a doença começou no dia 25 e vai até o dia 13 de maio. “Estamos atentos para cumprir a determinação do Governo Federal, que se preocupa em manter toda a população vacinada”, explica Guilherme Carvalho, secretário de Saúde. A campanha nacional traz o tema “Vacinação para quem precisa de mais proteção. Um direito seu assegurado pelo SUS”. De acordo com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em 2011 a vacinação contra a gripe contemplará, além de idosos e indígenas, crianças entre seis meses e dois anos, gestantes e todos os profissionais da saúde. Para Cristiane Ferreira, grávida de sete meses, englobar as gestantes nessa campanha é mais uma forma de proteger aquela que possui o dom de gerar a vida. “Para que a criança seja gerada, além de amor e carinho, é fundamental ter saúde. Cabe a cada uma de nós aproveitarmos a oportunidade”, ressalta Cristiane.


10

C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL De 1º a 8 de maio de 2011

BELO HORIZONTE

CONGONHAS

Congresso Mineiro de Municípios: ferramenta de gestão municipal

Sistema de proteção e defesa do consumidor

e, principalmente, para manter um canal de comunicação sempre aberto entre municípios, população, governo estadual, federal, iniciativa privada e terceiro setor. Os governos que já incorporaram o conceito de transparência – uma nova ordem mundial – precisam entender como a comunicação bem feita pode ajudar, alavancar e facilitar os processos de gestão pública. É nesse cenário, onde a informação circula com mais rapidez e chega a um maior número de pessoas, que a AMM realiza o 28º Congresso Mineiro de Municípios. Um evento que já é referência no cenário político nacional, reunindo gestores públicos, empresários e população para promover o debate, qualificação e a troca de ideias sobre temas relacionados a uma comunicação eficiente e seus resultados.

ção serão tratados no evento, entre eles: endomarketing, assessoria de imprensa, ferramentas gratuitas de comunicação, marketing político, novas tecnologias de informação, transparência e governança, relacionamento entre administração pública e imprensa local, contratação de publicidade e muito mais. Uma excelente oportunidade para ampliar conhecimentos e estabelecer a relação de diálogo com diversos públicos. As novas formas de comunicação mudaram o jeito de vermos e entendermos o mundo Para acompanhar essas transformações é fundamental que os gestores públicos estejam abertos para as diversas tecnologias de informação, que hoje são importantes ferramentas para a divulgação do trabalho das prefeituras, da captação de recursos para os municípios

27ª Feira Repetindo o sucesso dos últimos anos, a AMM realiza, em paralelo ao Congresso, a Feira para o Desenvolvimento dos Municípios. Um espaço onde estarão reunidos instituições, empresas e prestadores de serviço que acreditam no potencial dos municípios mineiros e na capacidade de obter melhores resultados das administrações. Um momento oportuno para se difundir conhecimento, fazer intercâmbio de experiências, interagir com os participantes, discutir os rumos, realizar análises, concretizar o diálogo eficaz entre os diferentes fatores que integram a administração pública e fazer contatos com potenciais parceiros e/ou investidores.

A DEPUTADA federal Manuela D’Ávila faz palestra no dia 4, às 10 horas

Antonio Anastasia empossa nova diretoria da Granbel O

No último dia 26, o governador reuniu-se com o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Minas Gerais, Sebastião Donizete, com o objetivo de discutir soluções para recuperação da ponte. Uma das soluções encontradas foi a construção de duas pontes metálicas provisórias para permitir o tráfego de veículos. O Governo de Minas também pavimentará duas estradas estaduais próximas à rodovia federal para minimizar os impactos das obras de duplicação da BR-381, previstas para serem iniciadas este ano. Antonio Anastasia lembrou ainda que o Governo de Minas promoveu importantes avanços no processo de institucionalização da RMBH nos últimos oito anos. Neste período, foi criada a Assembleia Metropolitana e seu Conselho Executivo, a Agência Metropolitana e, agora, a Secretaria de Estado Extraordinária de Gestão Metropolitana.

parceria, capitaneada agora pela Agência Metropolitana, na realização do planejamento metropolitano, em absoluta e necessária harmonia com os municípios. Ainda que de acordo com a determinação constitucional mineira, o interesse metropolitano deve ser titularizado pelo Estado”, afirmou Anastasia também declarou que todos sabem, de maneira clara, que é impossível tratar o tema metropolitano sem uma harmonia perfeita, se possível, entre as esferas estadual, municipal e federal, na medida que tratamos de um fenômeno de grande relevância social e econômica, que é uma região com 5 milhões de habitantes. Ao lado do secretário de Governo, Danilo de Castro, e de prefeitos da RMBH, ele ressaltou que a parceria com os municípios e o poder público contribuiu, por exemplo, para a busca de alternativas ao problema do tráfego na BR-381, provocado pela interdição da ponte sobre o Rio das Velhas, na divisa dos municípios de Sabará e Santa Luzia.

Wellington Pedro/Imprensa MG

governador Antonio Anastasia empossou, na semana passada, no Palácio Tiradentes, a 31ª Diretoria Executiva da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), eleita para o biênio 2011/2012. Foram reconduzidos aos cargos o presidente da entidade, prefeito de Lagoa Santa, Rogério Avelar, e o diretor-tesoureiro, prefeito de Esmeraldas, Luiz Flávio Malta Leroy. Também tomaram posse a prefeita de Contagem, Marília Campos (vice-presidente); o prefeito de São Joaquim de Bicas, Antônio Carlos Resende (diretor-administrativo), e o prefeito de Taquaraçu de Minas, Marcílio Bezerra da Cruz (diretor-secretário). Durante a solenidade, o governador destacou a importância do trabalho integrado entre o Governo de Minas, os 34 municípios e a sociedade civil organizada, para que a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) supere as dificuldades e alcance prosperidade e progresso. “Teremos a continuidade da

Governador Anastasia, Rogério Avelar e Marília Campos durante a posse

Apoio aos municípios O presidente da Granbel, prefeito de Lagoa Santa, Rogério Avelar, afirmou que a sinergia entre Estado e municípios é fundamental para que haja melhoria na qualidade de vida da população da região. “Essa sintonia fina com o Governo do Estado significa fundamentalmente um trabalho para a melhoria da qualidade de vida da população e inaugurando nessa nova fase a posse na Cidade Administrativa, que para o Vetor Norte significa muito em termos de desenvolvimento da região”, disse. A Granbel é formada por 34 municípios e foi criada para ser o fórum de debates e decisões políticas, para manter a unidade da RMBH e representar interesses comuns. A associação é suprapartidária e congrega 14 partidos políticos. A RMBH é a terceira maior aglomeração urbana do Brasil e sétima da América Latina. A população é estimada em 5 milhões de habitantes (25% da população de Minas). A extensão territorial é 9.460 quilômetros quadrados (1,6% do Estado). O PIB é US$ 37,6 bilhões (34,5% do PIB estadual), o PIB per capta US$ 8,9 mil e o IDH é 0,813.

JEditorial

U

ma boa gestão pública deve, antes de tudo, ser transparente. Para isso, é necessário que tanto a sociedade como os gestores públicos estejam preparados e dispostos a participar de uma nova forma de governo e de administração do que é público. Os governos municipais precisam dialogar com a população, os servidores públicos precisam falar a mesma língua e a população deve ter acesso às informações: o que é público é de todos. O 28º Congresso Mineiro de Municípios, que acontece no Expominas de 3 a 5 de maio, vai discutir e debater temas ligados à comunicação, demonstrando através de palestras, oficinas e debates como as ferramentas de comunicação são fundamentais para uma gestão eficiente e moderna. Vários aspectos da comunica-

Os membros do Conselho Municipal de Defesa e Proteção dos Consumidores (Condecon) tomaram posse no último dia 25. A Lei Municipal 2.867, de 08 de julho de 2009, instituiu além do Conselho, a Diretoria, a Comissão Permanente de Normatização e o Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, que juntos compõem o Sistema Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor. O diretor do Procon Municipal, Marco Aurélio da Silva, explicou que “o cenário atual confirma que nossos desafios giram em torno das grandes fornecedoras de ser-

viços. O Procon trabalha ajudando nossa sociedade a comprar em Congonhas e a fortalecer nosso comércio”. Lembrou ainda que Congonhas interage o tempo todo com as maiores autoridades jurídicas da área da defesa dos direitos dos consumidores e possui assento em órgãos de Minas Gerais e do Brasil. “O Condecon atuará para proteger e defender qualquer cidadão que mantenha relação de consumo em Congonhas. Suas reuniões quinzenais estão abertas a participação de qualquer pessoa, que pode inclusive pedir avaliação de alguma relação de consumo”, explicou o diretor da Casa dos Conselhos, Renan Senra Barbosa. Representante do comércio local, Luciano Faria ressaltou as diversas iniciativas da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Congonhas, entidade que, segundo ele, trabalha para elevar aquisição de bens e serviços dentro do próprio município. O prefeito Anderson Cabido elogiou a atuação do Procon, que está entre os cinco melhores de Minas Gerais, “graças aos servidores municipais envolvidos no trabalho”. Anderson afirmou ainda que “Congonhas é uma cidade cada vez mais participativa, uma vez que as pessoas estão contribuindo mais para definir os rumos da cidade. E a participação nos diversos conselhos municipais é o que garante a melhoria da nossa comunidade como um todo”. Na próxima reunião, o Procon apresentará a minuta do regimento interno do Condecon e, em seguida, será constituída a diretoria.


C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL De 1º a 8 de maio de 2011

11

PAULO CESAR PEDROSA

MONTES CLAROS

Projeto vai revolucionar a educação em MOC

QUem SABe, SABe

paulocesarpedrosa@yahoo.com.br

Advogado & Jornalista RP: 098523 / 296

Este colunista, Argeu Géu e Pedro Magalhães

A

Prefeitura de Montes Claros sai na frente ao promover a modernização dos serviços voltados à comunidade escolar. É o Tei@Edu, que faz parte da proposta Cidade Digital e insere novas tecnologias nos processos pedagógicos. Além de proporcionar eficiência na integração da gestão da Secretaria Municipal de Educação, o sistema irá aumentar a produtividade das unidades escolares, melhorar a qualidade dos serviços prestados, possibilitar a formação continuada com a utilização da educação à distância e promover a inclusão digital de alunos, professores e servidores. Desde o ano passado, a prefeitura vem criando a infraestrutura necessária à execução do projeto nas escolas. Foram adquiridos centenas de computadores, impressoras, firewalls, no-breaks e switchs. Também foram estruturados os ambientes físicos (parte elétrica, cabeamento de dados para a instalação/conexão dos equipamentos de informática e instalação de internet). Um software livre de gestão escolar foi adotado (o i-Educar). O Portal educamoc.com.br foi desenvolvido pelos próprios monitores de informática da Secretaria, com a criação do Núcleo de Tecnologia Municipal de Montes Claros (NTM). Este Núcleo é gerenciado por uma equipe de analistas de sistemas, pedagogos e designers, todos com o propósito de adequar as estruturas de funcionamento escolar, os processos educacionais e os modelos de gestão aos novos procedimentos tecnológicos adotados para fomentar a informática na educação. A Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros avança e faz valer o artigo 2º da Lei de Diretrizes e Bases (LDB) da Educação, de 1996, definindo que o setor tem como finalidade “o pleno desenvolvimento do educando, preparo para o exercício

Paulo Cesar Mourão, Renata Mansur, Maurício Las Casas, este colunista, Ambrósio Viganó, Túlio Andrade e Cristiane Drummond

O PROGRAMA tem como objetivo a inclusão digital da cidadania e qualificação para o trabalho. De acordo com o prefeito Luiz Tadeu Leite, “o Sistema Municipal de Educação de Montes Claros torna-se um ambiente propício para

a disseminação do conhecimento, com métodos contemporâneos que, certamente, possibilitarão aos alunos uma condição privilegiada na vida em sociedade e para os desafios do mercado de trabalho”.

Educamoc De maneira leve e criativa, o portal foi criado para melhorar a comunicação e a interação com os alunos, professores, pais e funcionários da educação. O Educamoc, nesta nova fase, torna-se o ponto central de informações. Com disponibilização de documentos para downloads, cadastro de todas as unidades de ensino e dos mais de 37 mil alunos, o site vai oferecer um sistema de ensino à distância e formação continuada a professores e servidores.

Prouca A prefeitura encaminhou à Câmara Municipal um projeto de lei autorizando o município a adquirir cerca de 8 mil laptops (computadores) educacionais, que atenderão todos os alunos do 5º ao 9º ano da rede municipal. O Programa Um Computador por Aluno (Prouca), do Governo Federal, tem como objetivo a inclusão digital e cria uma rede de financiamento para os municípios com potencial de adesão. Dentro deste processo, a Secretaria está em negociação com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a Caixa Econômica Federal (CEF), para a liberação dos recursos.

Mariana

Aperfeicoamento para vendedor de automóveis Data: 02, 03, 04, 05 e 06 de maio Planejamento Financeiro 02, 03, 04, 05 e 06 de maio Atividades Funcionais da Zeladoria - Curso Gratuito Data: 09, 10, 11, 12 e 13 de maio Competência emocional para a Liderança Data: 30, 31 de maio, 01, 02 e 03 de junho Administração Financeira para Pequenas e médias empresas Data: 30, 31 de maio, 01, 02 e 03 de junho Informações: (31) 3270-3359 E-MAIL: cde@fecomerciomg.org.br

Cmm

A ponte que fica no km 454 da BR-381, em Sabará, foi interditada pela Polícia Rodoviária Federal no dia 20, depois de afundar. O trânsito de veículos foi bloqueado nos dois sentidos. A BR-381 liga Minas Gerais ao Espírito Santo. Agora a ponte será demolida e uma nova construída, a previsão é de que ela só esteja pronta em seis meses. A intervenção gera reflexos em Mariana, já que um dos desvios passa pelas rodovias MG-262 e BR-356, que cortam a cidade.

Cursos da Fecomércio

Tudo começou neste importante semanário há sete anos, na semana de 11 a 18 de abril de 2004, quando passei assinar a coluna “Quem Sabe, Sabe”. Agradeço aos diretores, jornalistas Arthur Ferreira e Eujácio Antônio, pela confiança e liberdade de expressão.

O senador do PSDB (Partido do Senador que Detesta o Bafômetro), Aécio Neves, o Manecinho, teve a lataria da sua imagem política arranhada numa blitz no Rio de Janeiro. Aético Neves, além de estar com a carteira vencida, recusou-se a fazer o teste do bafômetro na Operação Lei Seca. A careteira de trânsito estava vencida, mas a carteira do ex-governador mineiro estava cheia: ele pagou para um taxista dirigir seu carro até em casa e deu uma grana para uma garota de programa soprar o bafômetro em seu lugar. Eu sou amigo pessoal de Aético Neves, que me considera o seu guru e sua maior inspiração política depois de Dona Risoleta. Disse a ele: “Manecinho, meu rapaz, se você passasse de vez em quando em Minas isso não ia acontecer”. Afinal, ele não quer ser presidente? Mas qual? O cargo ou o conhaque? Por falar em PSB (Partido Social-Democrata da Blitz), eu até agora não consegui entender direito o que o intelectual e ex-presidente PHD, quer dizer, FHC, quis dizer naquele artigo da revista “Intere$$e Nacional”, uma espécie de “Contigo” da intelligentzia. Segundo Lula, que não leu o artigo, mas também não entendeu nada, o presidente Esnobando Henrique Cardoso quer que os tucanos abandonem o povão para conquistar a classe média com pão e manteiga. Agamenon, jornal O Globo.

INFLAÇÃO A presidente Dilma Rousseff disse que o governo está atento a alta da inflação, prometendo combater os especuladores. Se a inflação continuar subindo, tudo indica que o salário mínimo a partir de janeiro de 2012 poderá chegar a R$ 620,00, aumentando em R$ 10 bi o rombo na Previdência Social. O ministro Guido Mantega proibiu o aumento no preço da gasolina para não colocar lenha na fogueira da inflação e evitar o desgaste popular da medida. Imagine quanto estaria custando hoje o litro da gasolina se ele tivesse autorizado o reajuste.

CANAL ABERTO

FÓSSeIS De ARAXÁ. Há 60 mil anos, um grupo de 40 mastodontes passou por maus bocados no Triângulo Mineiro. O inverno veio com uma seca particularmente rigorosa, obrigando-os a migrar em busca de fontes d’água. Fêmeas e filhotes formavam o núcleo da manada; os machos aproximavam-se apenas quando interessados na reprodução. Somente em Minas foram achados 40 fósseis do parente do elefante que viveu há mais de 60 mil anos.

Interdição da ponte

Aida Anacleto questionou a atuação da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes

SENADOR AÉTICO NEVES

POSSe SINDLOC. O Sindicato das Empresas Locadoras de Automóveis de Minas convida para a posse da diretoria, no dia 03 de maio, no Imperador Recepções, tendo como novo presidente Leonardo Soares Nogueira Silva. Saulo Tomáz Fróes deixa a presidência e passa a ser o presidente de honra desse conceituado sindicato patronal. Penetra não entra!

Trânsito na BR-381 preocupa os vereadores do município Os transtornos gerados pelo desvio de trânsito da BR-381 para a MG-262 e a BR-356, que passam por Mariana, são motivos de preocupação na Câmara Municipal. Durante a Palavra Livre da 12ª reunião ordinária, que aconteceu na semana passada, a vereadora Aida Anacleto questionou a atuação da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes durante o feriado da Semana Santa. Ela afirmou que os moradores da parte alta da cidade foram prejudicados pelo grande fluxo de veículos. A opinião foi compartilhada pelo presidente da Casa, vereador Fernando Sampaio. “O Demutran devia ter colocado guardas no local. Isso já era esperado. É preciso ter mais percepção e se antecipar às coisas”, destacou Fernando. Os problemas apresentados no feriado serviram para aumentar a preocupação dos vereadores com o trânsito de agora em diante, já que a previsão é de que a construção de uma nova ponte na BR-381 leve cerca de seis meses. Por isso, a vereadora Aida Anacleto pediu a colocação de semáforos e redutores de velocidade na região. O vereador Juliano Duarte solicitou que fosse enviado um ofício da Câmara e da Secretaria de Transportes para o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), pedindo uma fiscalização maior no local durante o período do desvio. Uma comissão composta pelos vereadores Aida Anacleto, Juliano Duarte e Bruno Mol foi nomeada para se reunir com representantes das Câmaras de Ouro Preto, Itabirito e Ponte Nova para debater o assunto.

SETE ANOS

O GOveRNO DILmA continua gastando muito. Somente nos primeiros dois meses de governo os gastos sigilosos com cartão corporativo do gabinete da Presidência da República somaram R$ 1,665 milhão. Com isso, a média mensal dessas despesas este ano, de R$ 832 mil, supera em 62% a média mensal de 2010, de R$ 512 mil, na contramão do discurso de austeridade que é a marca do Governo Dilma. Segundo o Palácio, parte dessas despesas – exatos R$ 855 mil – refere-se à herança deixada pelo Governo Lula, já que a fatura do cartão corporativo de janeiro incorpora uma parte das despesas realizadas em dezembro.

É De eXCeLeNTe CONTeÚDO e qualidade o calendário de feiras e exposições industriais, comerciais e de serviços editado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas, com o objetivo de contribuir para divulgação dos eventos que acontecem no Estado. mINAS SÃO mUITAS. O governador de Minas, Antonio Anastasia, a secretária de Estado de Cultura, Eliane Parreiras, e o secretário de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho, lançaram na segunda feira, 25 de abril, no Espaço Minas Gerais, em São Paulo, o programa “Minas São Muitas” e a exposição “300 anos de cultura nas Minas Gerais” – uma mostra de artes visuais, literatura e música mineira. A SOLeNIDADe da Medalha da Inconfidência foi, sem dúvida, a mais bonita dos últimos anos. Parabéns ao cerimonial do governo do Estado pela organização. emPReSA GeNeROSA. A Vale elevou a previsão de remuneração da sua diretoria-executiva este ano para R$ 83,3 milhões. Em 2010, foram distribuídos R$ 79,4 milhões. O cálculo inclui salário, benefícios diretos e indiretos e bônus. “Sem INTRIGAS. O ex-presidente Lula em dito para amigos que a imprensa não sabe de nada. “De 15 em 15 dias eu janto com a Dilma no Alvorada ou almoço com ela em São Paulo. Portanto, intrigas têm valor zero entre nós!”

“Se você diverge de mim, não é meu inimigo, você me completa”. “A imagem que gostaria que ficasse de mim é a imagem de um irmão”.

Dom Helder Câmara.

exploração sexual não é turismo. É crime. Disque 100 e denuncie. PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS. EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIE. TELEFONE: 0800-311119 Cartas, críticas, convites e sugestões enviar para a redação do Edição do Brasil. Av. Francisco Sá, 360, CEP: 30.411-145, BH, MG.

Conheça os melhores restaurantes das seguintes cidades: SANTA LUZIA: Rest. e Lanchonete Colher de Chá Espaguete na Chapa Bar Ltda MONTES CLAROS: Churrascaria Chimarrão Churrascaria e Pizzaria Papaula Bar do Toco Churrascaria Restaurante Sabor e Saúde Chicos Pizzaria e Churrascaria Uai Tchê Cervejaria Lumas Churrascaria Armandos Restaurante Restaurante Favorito Bar e Restaurante Quintal

Restaurante PauTerra CORONEL FABRICIANO Restaurante Angra Restaurante Cantina da Nona Restaurante Amigão Pizzaria do Jayme JUIZ DE FORA: Restaurante Bacco Restaurante Brazão Restaurante Belas Artes Restauante Bertu’s

IPATINGA Restaurante Tempero Mineiro Restaurante Sabor e Aroma Restaurante Bom Apetite Restaurante D’Lucas Restaurante Vovó Efigênia Restaurante Popular

VESPASIANO Restaurante Vespagril Restaurante Taberna Restaurante Vovó Marguerita Restaurante Tropic Restaurante B&N

SABARÁ Restaurante e Pizzaria 314 - Sabarabuçu Barroco Cekisabe

BETIM Restaurante e Pizzaria Hudson Churrascaria Carro de Boi Cantina da Vovó Ana


12

E S P O R T E

EDIÇÃO DO BRASIL De 1º a 8 de maio de 2011

América já trabalha para a festa de seus 100 anos JEditorial

N

o último sábado, dia 30, data dos 99 anos de fundação do América Futebol Clube, o presidente Afonso Celso Raso prometeu trazer o campeão italiano Milan para ser o adversário em partida especial da festa do centenário. O presidente considera o Milan o maior clube do mundo. Diante disso, ele já trabalha no América com base no que é realizado no clube da Itália, muito elogiado em vários países da Europa. “Tentarei impor um amistoso no dia 30 de abril de 2012 entre o América e o Milan. Trata-se de um presente para a torcida”, afirma Afonso Celso Raso, que ainda quer muita festa durante o ano do centenário. Ao conversar com alguns conselheiros do clube, o atual presidente destaca jogadores do passado, como Jair Bala, Zuca, Tostão, Éder, Fred, Amaury, Euler, Gilberto Silva, Evanílson e Palhinha. Todos saíram da categoria de base do América e chegaram à Seleção Brasileira, devido ao futebol de alta categoria. Outro assunto nas conversas se fixa no desejo de ver o time do América numa disputa sul-americana no próximo ano. O presidente Afonso Celso Raso afirma que o Estádio Independência, cuja reforma está sendo efetivada, será local de jogos a partir de dezembro deste ano. Também o Centro de Treinamento Lana Drumond agora faz parte do trabalho do presidente para que haja reforma. Diante disso, o América terá uma forte participação financeira do Boulevard Shopping, que já se destaca em Belo Horizonte. Outro fato que preocupa demais o presidente é o América conseguir bons jogadores através do juvenil e júnior. Ele, para isso, vem destacando o trabalho de Magnus Lívio e Lucas de Carvalho no clube.

O SONHO do presidente Afonso Celso Raso é trazer o Milan da Itália para as comemorações

Cinco equipes de Sete Lagoas classificadas nos jogos do JIMI PMSL

Cruzeirense Henrique é destaque no site de Fifa Q

Chega dessa história de futebol

leção Brasileira. “Mas temos um diferencial, que é o grupo. Esta equipe é essencialmente a mesma da temporada passada, que brigou pelo título do Brasileirão até a rodada final, e tem a mesma base da anterior, quando fomos à final da Libertadores. Todo mundo sabe direitinho o espaço que deve ocupar e, num conjunto assim, quem chega também se adapta rapidamente”, analisa Henrique, dois dias antes do confronto com o Once Caldas pela ida das oitavas de final da Libertadores. “Como não temos tantos nomes muito famosos, acho que os adversários não acreditavam que poderíamos demonstrar tanto. Mas, para nós, essas vitórias todas não foram surpreendentes. Sempre soubemos que temos uma equipe forte o bastante para enfrentar qualquer outra. Para falar a verdade, talvez só os placares, sim, tenham sido meio surpreendentes até para nós”, diz ele, referindo-se, por exemplo, às duas goleadas sobre o Estudiantes de La Plata, por 5 a 0 em casa e 3 a 0 no campo do rival. Divulgação

uando Henrique começa a explicar a receita do sucesso desta equipe do Cruzeiro, por um instante fica difícil saber se ele está de fato falando da trajetória do time ou da sua própria. Porque o volante pode não ser o grande craque cruzeirense, nem o mais idolatrado pela torcida, mas existe alguma coisa na forma como atingiu um nível tão alto que, de alguma maneira, se assemelha ao jeito discreto como o Cruzeiro ganhou o status de melhor equipe do Brasil em 2011. “Não é que é verdade mesmo? Acho que existe alguma coisa em comum. Como, sem muita badalação, tanto eu como o Cruzeiro chegamos a uma fase tão boa”, sorri o meio-campista de 25 anos. O Cruzeiro, que chegou às oitavas de final da Copa Libertadores da América com a melhor campanha da competição, não fez grandes contratações para a temporada 2011 e não tem em seu elenco nenhum jogador realmente incensado pela mídia. Até outro dia, por exemplo, não tinha ninguém servindo a Se-

QUANDO chegou ao Cruzeiro, Henrique foi questinado pela torcida várias vezes

Faz sentido, no final das contas, que a tal equipe sem grandes astros, forte pelo conjunto, com jogadores de bom nível em todas as posições, no campo e no banco, tenha um jogador como Henrique como seu representante na Seleção Brasileira. Quando Mano Menezes divulgou a lista que incluía o nome do volante, para o amistoso diante da Escócia, explicou bem o porquê. “Ele vem de duas temporadas muito boas, com uma regularidade incrível.” Não momentos explosivos, não um talento indescritível: regularidade. Normalmente, não é a característica que leva alguém tão longe. Tanto que o próprio jogador custou a acreditar. “A gente estava voltando da partida diante do Deportes Tolima. Quando descemos no aeroporto e me disseram que eu tinha sido convocado, achei de verdade que era brincadeira do pessoal”, garante o volante. “Eu não passei por categorias de base. Então, tudo aconteceu tão rápido para mim como profissional que a Seleção logo passou a ser um sonho que cultivei. Mas, naquele momento, não esperava.” De fato, ter chegado à Seleção pela primeira vez só aos 25 anos não é o único passo pouco usual na carreira de Henrique Pacheco Lima. Depois de ter sido reprovado num período de testes no Coritiba, em 2003, aos 18 anos, ele voltou à sua Londrina natal, onde terminou o ensino médio e passou a procurar emprego. “Trabalhava numa empresa que fabricava tintas e arranjava uns bicos para ajudar em casa”, conta ele. Foi então que um amigo, Orlando, conseguiu agendar um teste para o meio-campista na equipe profissional do Londrina Esporte Clube. “Eu disse a ele: ‘Não quero, não. Chega dessa história de jogar futebol’. Mas acabou que ele me convenceu”, relembra Henrique, hoje agradecido pela insistência do amigo. “As coisas começaram a dar certo, me firmei no elenco e, no ano seguinte, já estava no Figueirense. Mas, se não fosse por ele, eu nem teria ido atrás. Já tinha desistido.” Após duas boas temporadas em Santa Catarina, Henrique foi negociado com o Jubilo Iwata, do Japão, em 2007, e no ano seguinte negociou seu retorno ao Brasil, para o Cruzeiro. Na época, foi uma contratação que passou quase despercebida. Mas, discretamente, Henrique virou titular. Depois, como quem não pretende grandes coisas, se tornou um nome fundamental da equipe. E, finalmente, tanto fez que alcançou a Seleção. “As conquistas vêm aos poucos, sem alarde, mas são sólidas. Os bons momentos não acontecem por acaso.” E aqui, por via das dúvidas, melhor esclarecer: estamos falando do Cruzeiro ou do Henrique? “Acho que dos dois. É a mesma história”, sorri o volante. Fonte: Site Fifa.

A EQUIPE fez bonito nos jogos

D

as seis equipes de Sete Lagoas que participaram da primeira etapa dos Jogos do Interior de Minas (JIMI), entre 19 e 24 de abril, cinco se classificaram para a etapa regional, que acontecerá em Arcos, de 19 a 24 de julho. Os atletas do handebol feminino e do vôlei masculino sagraram-se campeões da etapa microrregional, enquanto o handebol masculino (4º lugar), o vôlei feminino (4º lugar) e o basquete masculino (6º lugar) também têm vagas garantidas na próxima fase. O secretário municipal de Esportes e Lazer, Sérgio Antônio Alves de Paula, acredita que o bom resultado das equipes setelagoanas aconteceu “devido à qualidade dos atletas e técnicos, somada ao trabalho realizado pela Prefeitura de Sete Lagoas, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer”. “Para a próxima etapa do JIMI, daremos o mesmo apoio, com hospedagem, transporte e alimentação dos atletas”, afirma Sérgio Antônio. JEMG e JIMI estão inseridos no Programa Minas Olímpica do Governo de Minas, realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude e a Secretaria de Estado da Educação. Participarão do JEMG alunos do ensino fundamental e médio das escolas públicas e particulares do Estado. As modalidades disponíveis no JEMG são: atletismo, PCD, basquete, futsal, handebol, judô, natação, peteca, tênis de mesa, vôlei e xadrez, nas categorias masculino e feminino, em dois módulos – Módulo I, com alunos de 12 a 14 anos, e Módulo II, de 15 a 17 anos. Sete Lagoas será representada por 250 atletas de sete escolas, divididos em oito equipes, nos módulos I e II: futebol de salão masculino e feminino; handebol masculino e feminino; vôlei masculino e feminino; basquete masculino e feminino.

jornal Edição do Brasil  

de 1 a 8 de abril de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you