Issuu on Google+

w w w . j o r n a l e d i c a o d o b r a s i l . c o m . b r

Belo Horizonte/Brasília

De 7 a 14 de novembro de 2010

Nº 1440

R$ 1,00

O

Educação e Cultura

Divulgação

LÁZARO Pontes afirma que o assédio moral pode gerar problemas psicológicos sérios nos funcionários

PÁGINA 4

Anastasia deve escolher secretários até o dia 30 O governador mineiro Antonio Anastasia pretende prestigiar muitos deputados estaduais e federais. Até o dia 30 deste novembro, ele deve definir os nomes que irão integrar o seu secretariado. Gil Pereira, deputado do Partido Progressista, eleito pelo Norte de Minas, poderá ser apontado. ANTONIO Anastasia deve manter a sua equipe técnica

Política

PÁGINA 3

Ônibus de BH já contam com o Projeto Leitura para Todos Nos ônibus de Belo Horizonte existe o Projeto Leitura para Todos, cujo objetivo é levar à população a literatura, de forma gratuita e descontraída. Os textos são produzidos por alunos, pais e funcionários de escolas da rede municipal de ensino. Eles são afixados na parte traseira dos bancos. Há um prêmio de incentivo à leitura no país.

PÁGINA 5

Existe uma atividade que atrai muito o público no Brasil. Tudo isso tem como base o futebol, com os jogadores ganhando muita exposição. Nas últimas eleições, a vitória de ex-futebolistas foi um grande destaque. O atleticano Marques foi o segundo deputado mais votado e espera alavancar sua carreira política, como fez o ex-goleiro João Leite.

Esporte

Todos tem como objetivo incentivar o hábito da leitura PÁGINA 10

ALMG

Divulgaçãor

A Va l e , empresa dominante no Brasil, poderá ser vítima diante das novas regras que vão endurecer a taxação sobre a indústria de mineração, segundo discurso da presidente da República eleita, Dilma Rousseff (foto). Lula também ataca a empresa por exportar minério sem agregar conteúdo à produção.

O PROJETO Leitura para

Cidades

Atletas de futebol se destacam na política

Dilma Rousseff critica a Vale por sua exportação de minério

Economia

JEditorial

advogado trabalhista Lázaro Pontes Rodrigues destaca as causas do assédio moral no serviço e aponta quais são os perfis dos profissionais mais prejudicados. Ele cita as medidas que devem ser tomadas pelos trabalhadores e aponta a s f a l h a s d a s empresas nestes casos.

PBH

Divulgação

Trabalhador no Brasil pode ser vítima de assédio moral

A PARTIR de agora, Marques será conhecido pelas suas atuações legislativas

PÁGINA 12

Estudo aponta agressividade na infância após parto difícil Em consequência de um parto difícil, os bebês se tornam propensos a desenvolver problemas comportamentais durante a infância, como agressividade. Um estudo foi desenvolvido com crianças que nasceram no sul da China. Elas foram avaliadas quando tinham de 4 a 6 anos.

Vida

PÁGINA 8


NOTA DEZ Bons resultados O deputado Dinis Pinheiro (foto) vem trabalhando, com muita eficiência, como primeiro secretário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde é bastante elogiado. Por causa disso, ele é um dos nomes cotados para assumir a presidência da Casa.

EDITORIAL

A nova presidente

A

vitória conquistada por Dilma Rousseff deixa a população brasileira cheia de esperança para que haja uma boa administração nos próximos quatro anos. Em sua primeira entrevista após ser eleita presidente da República, ela prometeu: “Pretendo reajustar os benefícios do Bolsa Família”. O procedimento básico de seu futuro governo se fixará na erradicação da pobreza e também na Reforma Tributária e Política. Para conquistar uma boa administração, como esperam os brasileiros que lhes deram a vitória nas urnas, é importante que ela escolha pessoas de excelente qualidade para ocupar a diretoria dos ministérios e demais órgãos públicos. A saúde do povo brasileiro e a elevação do mercado de trabalho precisam ser prioridades já no início do novo Governo Federal. Com relação à saúde, vários governadores estaduais estão se manifestando, pedindo a Dilma Rousseff para que haja recursos financeiros com urgência. Se trabalhar nessas atitudes com total precisão, a presidente não precisará se amedrontar com Luiz Inácio Lula da Silva, assim que ele lhe entregar a faixa presidencial. As falhas do governo de Lula precisam ser eliminadas para que o PT não mais prossiga vítima de críticas na maioria dos estados. Os atuais trabalhadores e os que já se encontram aposentados reclamam do atual presidente e do PT, porque, durante quatro anos, não tiveram melhorias financeiras. Atenção Dilma Rousseff! Tome providências rápidas para que todos os brasileiros tenham dias mais felizes.

EDIÇÃO DO BRASIL Julho Editorial Ltda Cooperativa de Comunicação Social

ARTHUR LUIZ FERREIRA Diretor-Editor EUJÁCIO ANTÔNIO SILVA Diretor-Responsável ESCRITÓRIO CENTRAL - BELO HORIZONTE AV. FRANCISCO SÁ, 360 - PRADO CEP 30.411-145 TELEFONE: (0 xx 31) 3291-9080 Endereços Eletrônicos: jornaledicaodobrasil@terra.com.br e.brasil@yahoo.com.br Site: www.jornaledicaodobrasil.com.br

O P I N I Ã O

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

Violência sexual contra criança no Brasil ainda é subnotificada

O

contar, porque sabe que, se denunciar, o agressor vai ser preso, sendo que ele sustenta a família. Muitas vezes, ele vem desse contexto cultural machista, que vê a mulher como objeto de dominação e a criança como alguém que não tem direito. É o que a gente chama de cultura “adultocêntrica”. Quem manda é o adulto e a criança só obedece, não tem desejo, não pode falar, se expressar e participar das relações familiares e comunitárias.

s números do Disque 100, serviço da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, que recebe, encaminha e monitora denúncias de violência contra crianças e adolescentes, não são modestos: foram 13 mil casos relatados, 36% deles referentes a situações de violência sexual, como abuso e exploração. Entretanto, eles estão longe de retratar a verdadeira dimensão do problema no país. Na avaliação da secretária executiva do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, Karina Figueiredo, o tema ainda é cercado de tabus, fazendo com que, muitas vezes, esse tipo de agressão se transforme em um crime tácito.

Nos casos dos crimes sexuais, essa proximidade muito recorrente entre abusador e vítima dificulta uma radiografia mais exata do problema? É difícil romper o muro do silêncio, romper as barreiras que envolvem a violência. Falar sobre isso ainda é complicado para muitas famílias. Há dificuldade de quem convive identificar a violência. Ou identifica e fala: “Não é nada”. Há o professor que identifica, mas tem medo de contar e sofrer represália. Acreditamos que esses sejam os fatores que fazem com que muitas denúncias não cheguem aos canais oficiais.

A violência sexual contra crianças e adolescentes é um crime mais comum do que se pode imaginar? Bem mais comum. Há muito mais casos do que são denunciados. Por isso que, nos últimos dez anos, temos investido muito em campanhas, na sensibilização da sociedade. Temos capacitado profissionais de educação e saúde. Acreditamos que avançamos muito, mas temos que continuar falando sobre isso, sensibilizando, discutindo nas comunidades e escolas. Discutindo com as famílias, com as próprias crianças e adolescentes.

A violência contra crianças e adolescentes, especialmente a sexual, ainda é um tipo de violação tácita? Ainda são poucos os casos que acabam descortinados?

De acordo com os dados do Dique 100, o tipo de denúncia mais recorrente é o de violência sexual. Por que esse tipo de violência lidera as estatísticas?

Se analisarmos os últimos dez anos, que foi quando implantamos o Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-Juvenil, é possível perceber que a violência sexual começou a ser mais discutida. Então, isso faz com que haja mais denúncias. Esse tipo de violência sempre existiu, porém as pessoas têm denunciado mais.

Vemos a violência sexual como a manifestação de vários fatores. Não é só o pedófilo que tem um transtorno de personalidade. Há a questão cultural. Temos o machismo, o homem que ainda acha que a mulher é objeto de dominação dele. O pai que acha que a filha é obrigada a servi-lo. Temos trabalhado nos últimos quatro anos na afirmação do direito que a criança e o adolescente têm de desenvolver sua sexualidade de forma saudável, sem violência. São direitos humanos que devem ser respeitados.

O abusador, na maioria das vezes, é alguém próximo da vítima? Ele é o pai, o padrasto, o tio. Alguém do ciclo familiar, de convivência da criança. Por isso é difícil contar. Muitas vezes a mãe percebe, mas não quer Divulgação

2

A Região Nordeste é a que mais ofereceu denúncias ao Dique 100, nos primeiros meses deste ano. Foram mais de 5 mil casos. Em sua avaliação, a violência sexual ganha um contorno específico em cada região? Não necessariamente. Acredito que houve mais denúncias no Nordeste, porque a região tem investido muito em campanhas. Cidades que são referência de exploração sexual no turismo, como Salvador, Fortaleza, Recife e Natal, têm apresentado campanhas fortes, trabalhado muito com o setor de turismo. Em função disso, o número de denúncias talvez tenha uma proporção maior do que em outras regiões. Mas temos evidências que o Nordeste é uma região onde a exploração sexual no turismo ainda é muito recorrente, sobretudo no litoral. O Ministério do Turismo tem se esforçado para trabalhar a sensibilização da rede que envolve o turismo. Embora haja uma fiscalização maior, isso ainda é muito comum. Se você andar pelas praias de Recife, Natal, Fortaleza e Salvador, vai encontrar o turista branco, europeu, com a menina brasileira. É o dono da barraca na praia que agencia. É o taxista, o dono do restaurante, o funcionário do hotel.

Em sua análise, quais foram os principais avanços conquistados nos últimos dez anos em relação ao enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes? Karina Figueiredo: “Esse tipo de violência sempre existiu, porém as pessoas têm denunciado mais”

L

O principal avanço é a mobilização da sociedade para enfrentar e falar sobre a violência sexual, que antes era muito velada. Conseguimos mobilizar vários setores, tanto do governo quanto da sociedade. Hoje temos uma Polícia Rodoviária Federal envolvida nesse processo. Temos a Polícia Federal, o turismo, a educação. São vários setores nessa perspectiva.

Problemas ambientais e as previsões de Malthus

i um interessante trabalho do professor Luís Cláudio Costa, reitor da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e integrante da delegação brasileira na Cúpula Mundial de Segurança Alimentar da FAO, em Roma, sob o título “O Erro de Malthus”. Como o próprio título do artigo indica, teria havido um equívoco por parte de Malthus (Thomas Robert Malthus 1766-1834), quando ele fez a importante previsão de que enquanto a população do mundo crescia em progressão geométrica, a proporção do crescimento dos alimentos não era suficiente para a alimentação de todos. O artigo é muito interessante. Deve ser lido e analisado. Por esta razão, desejo comentá-lo e sugerir a meus leitores. O reitor lembra que, inicialmente, as previsões de Malthus não se tornaram verdadeiras. O crescimento muito grande da população foi observado, mas a fome prevista não se confirmou de imediato, pois as novas tecnologias desenvolvidas a nível mundial, inclusive no Brasil, em instituições como a Universidade Federal de Viçosa, a Universidade Rural do Rio de Janeiro, a Escola Superior de Agricultura

Luis de Queiroz (Esalq), o Instituto Agronômico de Campinas (IAC) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), possibilitaram um progresso extraordinário na produção de alimentos. Ficou assim sem ser cumprida por algum tempo a previsão de Malthus. Porém, a população mundial cresceu de acordo com o previsto, e apareceu um novo fator negativo que tornou sem efeito o incremento da produção de alimentos. Este fator negativo que atuou e atua na produção de alimentos é a poluição da natureza, como resultado da ampla utilização de combustíveis com carbono, o petróleo, utilizado para movimentar os veículos nas grandes cidades. O professor Luis Cláudio utiliza em seu artigo a indicação de que continua válida a expressão: “O desafio de alimentar a bilhões de pessoas em 2050 é preocupante”. Na época de Malthus, ainda não eram tão intensas as agressões ao meio ambiente. Desta maneira, as importantíssimas pesquisas agropecuárias que tornaram positivo o aumento da produção de alimentos perderam efeito pela poluição atmosférica produzida na queima de combustíveis, em detrimento das lavouras. Existe um esforço muito grande de

determinados países para conter a queima de combustíveis poluidores. Infelizmente, os Estados Unidos e muitos outros países desenvolvidos não têm aceitado o controle do consumo de combustíveis produtores de dióxido de carbono, o CO2. Não há esperanças de que os países ricos aceitem a restrição. As mudanças climáticas criadas pela poluição atmosférica tornaram válidas as previsões de Malthus, mas com o sentido inverso, isto é, não se trata de aumento da população maior que a produtividade agrícola, mas a diminuição da produtividade pela poluição. Em seu artigo, o reitor Luís Cláudio insiste que as mudanças climáticas fazem com que o aumento da produtividade agrícola em termos globais seja de apenas 1% a 2% ao ano, o que é muito pouco para atender o crescimento demográfico.

Aluísio Pimenta Professor e Membro da Academia Mineira de Letras


P O L Í T I C A

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

V I G Í LI A S

Anastasia pode definir secretariado até o dia 30 Paralelamente às discussões relativas à eleição da Mesa Diretora da Assembleia, os assuntos que dizem respeito à formação da nova equipe de

governo também ganham corpo. O tema, tratado debaixo de sete chaves, vaza para a imprensa muito à conta-gota. Mas os analistas apontam que o governador Anastasia manterá a sua equipe técnica,

De Dilma para Clésio

procurando, no entanto, prestigiar deputados, tanto federais como estaduais. Calcula-se que, por volta do dia 30, as escolhas já estejam definidas, porém não se sabe quando serão anunciadas oficialmente.

ALMG

Tércio Amaral

cair sobre o nome do parlamentar tucano Dalmo Ribeiro. Sebastião Costa, do PPS, tem chances de ser indicado para uma vaga no Tribunal de Contas. Entre os deputados federais, por enquanto, os nomes cotados para cargos no governo são: Bilac Pinto, do Partido da República, Domingos Sávio, do PSDB, Marcos Montes ou Carlos Melles, do Democratas. Toda esta engenharia política provocaria a convocação de suplentes, que passariam a ocupar cadeiras como parlamentares, a saber: Romel Anízio, o popular Romão, do PP, Ana Maria Atayde, do PSDB, e Rodrigo Matos, filho do prefeito de Juiz de Fora, que também ficou na suplência pelo PSDB. A convocação de um representante do Partido Verde para a secretaria faria com que Rômulo Ve-

Se não quiser continuar como secretário em Minas, Fuad Noman vai para São Paulo se tornar diretor da área internacional do Banco Itaú. Aliás, no mercado financeiro internacional, Fuad desfruta de enorme prestígio.

DALMO Ribeiro, futuro líder do Governo?

Boulevard complicado

neroso continuasse como deputado, garantindo o equilíbrio das forças políticas da cidade de Betim. Se confirmada a ida de Sebastião Costa para o Conselho do Tribunal de Contas, Gláucia Brandão, do PPS, também continuará com sua cadeira na Casa Legislativa. No caso da convocação de dois deputados federais, os beneficiados seriam os dois primeiros suplentes da coligação proporcional, ou seja: Vitor Penido, do Democratas, e o veterano político Bonifácio Andrada, do PSDB.

Desempenho de Dilma no Vale do Aço é destaque em Minas Gerais

Prefeito murcho Depois da frustrada participação como coordenador da campanha de Hélio Costa, o prefeito de Uberaba, Anderson Adauto, volta a despachar normalmente em seu gabinete. Agora, desgastado e respondendo a processos em Brasília, não sabe o que fazer para reverter o seu complicado quadro político junto a seu próprio povo.

Quando deixava os estúdios da TV Assembleia, na semana passada, o deputado tucano Lafaiete Andrada foi saudado como futuro secretário. Assustado, o parlamentar adiantou: “Tem de perguntar isto para o governador”.

Os problemas da saúde O Conselho de Medicina de Minas Gerais informa que os planos de saúde não repassam mais de que R$ 40 para médicos que atendem os pacientes pelo sistema. De acordo com o Conselho, isto é insuficiente para que os profissionais possam cobrir despesas de aluguel de sala, contas de água e telefone, secretária, etc. Por isto, muitos médicos só querem trabalhar atendendo clientes particulares. É isso ai.

Anastasia e a modernidade Segundo consta nos bastidores, o governador Antonio Anastasia precisa da autorização da Assembleia para editar leis delegadas. Uma de suas primeiras medidas seria tentar modernizar a Secretaria da Fazenda. Vai enfrentar uma guerra contra os poderosos fiscais daquela pasta.

Apoio da Fiemg Para o presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais, empresário Olavo Machado, as primeiras falas da presidente eleita Dilma Rousseff agradaram aos empresários. “Esperamos que ela continue nesta linha de raciocínio”, aponta.

secretário de Esportes e da Juventude, Alberto Rodrigues Lima; do secretário de Transportes e Obras Públicas, João Antônio Fleury Teixeira; do diretor-presidente da BHTrans, Ramon Victor Cesar; do diretor-geral da Ademg, cel. PM José Eustáquio Natal; do gerente do Projeto Estruturador da Copa de 2014, Eder Campos; do presidente do América, Marcus Vinícius Salum; do presidente do Atlético, Alexandre Kalil; do presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella; e do presidente da Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE), Carlos Augusto da Cruz.

Lia Priscila/Almg

Audiência Pública discutirá obras para a Copa do Mundo de 2014 tante para acompanhar os preparativos para o evento e realizar as adequações necessárias. “Temos que começar a fiscalizar e analisar as obras agora, pois assim haverá tempo suficiente para eventuais reparos e, principalmente, para se fazer cumprir os prazos previstos”, destaca. Os convidados irão apresentar informações sobre o cumprimento do cronograma de intervenções nos estádios e as etapas do planejamento das obras no entorno. A audiência vai contar com a participação da secretária de Estado de Turismo, Érica Campos Drumond; do

Na primeira semana de funcionamento, o Boulevard Shopping, considerado por muitos como o shopping dos pobres de BH, já recebeu críticas, especialmente por falta da facilidade de acesso. O congestionamento tomou conta da Av. dos Andradas, na esquina de Contorno e adjacências. Um horror.

Deputado secretário?

A candidata eleita a presidente, Dilma Rousseff (PT), registrou um desempenho melhor nos 26 municípios do Colar Metropolitano do Vale do Aço do que o tucano José Serra (PSBD), em relação à média de votos obtidos no País e nos demais municípios do Estado. Enquanto obteve em Minas 58,45%, no Vale do Aço a candidata petista alcançou 65% dos votos válidos, contra 35% destinados a Serra. É o que aponta um levantamento do Instituto de Pesquisa Tabulare, de Ipatinga, baseando-se como fonte o banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral. Em números absolutos, Dilma obteve cerca de 63 mil a mais que Serra nos 26 municípios do Colar Metropolitano. O melhor desempenho de Dilma foi em Pingo D’água (77,8%), seguido dos municípios de Ipaba (76,9%), Córrego Novo (74,5%), e Açucena (74,4%). A petista derrotou Serra em todos os municípios da região, mas o resultado mais apertado foi em Ipatinga, 51,5% contra 48,5% dos votos válidos. A Tabulare apurou também a média de abstenções no Vale do Aço, que foi de 24%, sendo a maior registrada em Açucena, com 35%.

A Copa do Mundo de 2014 será tema da audiência pública que a Comissão de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais irá realizar na próxima quinta-feira, 11 de novembro, às 9h30. O objetivo é discutir o andamento das obras nos estádios Governador Magalhães Pinto (Mineirão) e Independência e os preparativos para a Copa, que terá em Belo Horizonte uma de suas 12 sedes. O autor do requerimento para a audiência, deputado Alencar da Silveira Jr. (PDT), que preside a comissão, afirma que o encontro é impor-

Antes de sua viagem de descanso, a presidente Dilma Rousseff ligou para quatro pessoas de Minas, entre elas o presidente da Confederação Nacional dos Transportes, Clésio Andrade, que em nosso Estado também preside o Partido da República (PR). A presidente eleita agradeceu e ambos ficaram de voltar a falar em breve.

Poder do secretário

Os primeiros nomes Tendo como base o Projeto de Lei que delega poderes ao chefe do Executivo para promover mais reformas no âmbito da administração pública, há especulações com relação à fusão de órgãos e secretarias. É o caso da possível fusão das secretarias de Assuntos Regionais e da Reforma Agrária, fazendo nascer uma única pasta, cujo titular pode ser o deputado eleito pelo Norte de Minas, Gil Pereira, do Partido Progressista, em seu quarto mandato. Outros nomes cogitados nos bastidores da Assembleia para a composição do secretariado são: o atual líder do governo, Maury Torres, e o deputado Lafaiete Andrada, ambos do PSDB, Agostinho Patrus e Thiago Ulisses, do Partido Verde. Já a liderança do governo na Casa pode re-

3

Arbitragem vergonhosa Se a arbitragem do nosso futebol brasileiro continuar como está, qualquer hora vai ter juiz apitando pênalti em uma jogada no meio do campo. O que temos visto neste Campeonato Brasileiro da Série A e B é uma vergonha. O presidente da Arbitragem da CBF, Sérgio Correia da Silva, ou não entende do assunto ou se finge de cego.

PMDB no governo

ALENCAR da Silveira Jr: “Temos que começar a fiscalizar e analisar as obras”

Quem encontra com o deputado do PMDB, Wanderley Miranda, nos corredores da Assembleia, não tem dúvida. Seu partido vai caminhar para a base de sustentação do governo estadual, devendo, inclusive, indicar nomes para ocupar cargos no segundo escalão. É aguardar para conferir...

Alberto e a política Depois de ajudar a costurar sua própria sucessão no governo estadual, o presidente da Assembleia e vice-governador eleito, Alberto Pinto Coelho, ajudará o governador Anastasia em conversas e entendimentos políticos, visando colaborar com o governo dos próximos quatro anos.

Adalberto Lustosa de Matos Advogado

Anastasia contra a censura Telefones: (31) 3221-3447 (31) 3282-3447 (31) 9983-3312 Rua São Paulo, 1071 - Sala 1715 Centro Empresarial São Paulo - Centro Belo Horizonte - MG - CEP 30.170-907 dr.lustosa@bol.com.br drlustosa@hotmail.com

2552-6333

Segundo divulgou a imprensa, o governador Antonio Anastasia foi o primeiro a se manifestar contra o projeto do deputado Carlin Moura, que estabelece o Conselho de Controle da Mídia (leia-se Conselho para servir de Censura à Imprensa). Logo Moura, que estava até sendo cortejado pela imprensa como uma liderança expressiva de Contagem, com possibilidade de se tornar prefeito de lá, uma espécie de político arejado, de boa presença junto à juventude. Que coisa feia, eminente parlamentar...


4

EDUCAÇÃO E CULTURA Marília governadora? Em meados de 2010, a imprensa denunciou um possível interesse exagerado da prefeita de Contagem, Marília Campos, com empresas do setor privado, na questão envolvendo o Projeto Minha Casa Minha Vida. Dizia-se, à época, que a MRV Engenharia estava simplesmente acabando com todas as áreas verdes da parte histórica da cidade, com a conivência do município. No setor de saúde, o Hospital Municipal é um desastre. Politicamente, Marília não conseguiu eleger um único deputado de seu interesse neste pleito. A imprensa local queixa-se dela por ter o estilo de política fanfarrona. Vale dizer que, em época de campanha, se expõe, procura ser divulgada, mas uma vez no poder, se isola, não fala com ninguém e ainda por cima deixa que a comunicação seja comandada por alguém que não é profissional do setor. Cena um: Mesmo assim, Marília Campos apareceu na imprensa, na semana passada, como uma das possíveis candidatas ao Governo de Minas. Cena dois: O presidente do PT, Reginaldo Lopes, disse que antes de 2014 há o pleito de 2012, com eleição de prefeitos. “Precisamos, inclusive, eleger alguém de nosso partido para suceder a companheira Marília”, antecipou-se. Final: Na época da Operação Pasárgada, quando vários prefeitos foram envolvidos e alguns até presos, o nome da mandatária contagense chegou a ser mencionado. Em contrapartida, sua colega, a prefeita de Betim, Maria do Carmo Lara, ex-deputada federal e ex-presidente do PT estadual, nunca teve seu nome relacionado com este tipo questão.

Problemas no IEF Políticos de oposição prometem, antes do final do ano, voltar a um assunto que muito incomoda o Palácio da Liberdade: a questão da fraude do Instituto Estadual de Florestas (IEF), que culminou com a prisão de alguns de seus dirigentes por desvios de conduta e outros delitos mais pesados.

Mineração predadora Na avaliação de especialistas, daqui a 40 anos, a Região Metropolitana de Belo Horizonte terá sérios problemas com abastecimento de água. Atualmente, Nova Lima é a caixa d’água da Grande BH. Porém, o município sofre duas ações predadoras ao mesmo tempo: o excesso de construções, com prédios e condomínios autorizados pelo prefeito Carlinhos Rodrigues, e a ação das mineradoras, que são por demais impiedosas. Em outros municípios do entorno, como Rio Acima, Raposos, Sabará, Brumadinho e Igarapé, as mineradoras se incumbem de cavar o subsolo, cortando até as nascentes de água. Com isso, essas empresas podem transformar a região num verdadeiro deserto, ou melhor, numa cratera sem utilidade, contendo apenas resíduos de minério. Isto é que podemos chamar de ganância.

Assédio moral pode gerar traumas no trabalhador Felipe José de Jesus Imagine começar o dia de trabalho tendo um ótimo desempenho, desenvolvendo juntamente com os colegas todas as suas tarefas. Então receber um elogio de um supervisor, de que seu trabalho foi comprovadamente eficiente. Isto é o que espera qualquer trabalhador em sua profissão, porém muitas vezes o assédio moral no serviço impede esta realização satisfatória. O bloqueio, segundo a Organização Internacional de Trabalho (OIT) é caracterizado por atos agressivos que visam especialmente a desmoralização e a desestabilização emocional. Já o assédio moral se caracteriza pela exposição dos trabalhadores a situações humilhantes e constrangedoras durante a jornada. No Brasil, existe o Projeto de Lei Federal nº. 2369/2003, criado pelo deputado federal Mauro Guimarães Passos, que dispõe sobre o assédio moral nas relações de trabalho. Mesmo existindo este projeto em tramitação no país, a OIT aponta que cerca de 33% da população economicamente ativa sofre ou já sofreu assédio moral. Em entrevista ao Jornal Edição do Brasil, o advogado trabalhista Lázaro Pontes Rodrigues aponta quais são as causas do assédio moral e os perfis dos profissionais mais prejudicados. “O assédio ocorre geralmente com pessoas de moral baixo, geralmente na faixa etária entre 30 e 35 anos. Ocorre muito por estes profissionais terem chegado a esta idade sem serem graduados ou por não terem a experiência desejada pelo empregador. É geralmente identificado em empresas privadas. No caso de órgãos públicos, isso é mais difícil de acontecer. Vale lembrar que problemas familiares podem gerar

Eleição dos magistrados Os magistrados mineiros se movimentam em torno do nome do desembargador de São Paulo, Roberto Calandra, candidato a presidente da Associação dos Magistrados do Brasil, cujo pleito se dará no início de dezembro, reunindo votantes de todo território nacional.

Dilma em Montes Claros De acordo com o prefeito de Montes Claros, Tadeu Leite, a presidente eleita Dilma Rousseff conquistou mais de 60% dos quase 300 mil eleitores de seu município. “Um banho”, comemora Tadeu.

O presidente e a imprensa Semana passada, na sala de imprensa da Assembleia, os jornalistas comentavam: “É importante que o presidente da Casa, Alberto Pinto Coelho, quando efetivamente se tornar vice-governador, mantenha o mesmo estilo de diálogo constante com os jornalistas, como aconteceu durante estes quatro anos à frente da presidência da Casa Legislativa mineira.

Newtão será processado? Veloz em suas decisões, a Justiça Eleitoral, por enquanto, não demonstrou se vai efetivamente abrir um processo contra o deputado eleito, Newton Cardoso. A população mineira tomou conhecimento de que, uma semana antes do pleito, Perouse Cardoso, irmão do ex-governador, foi pego distribuindo dinheiro para cabos eleitorais na região do Vale do Aço. Os cerca de R$ 30 mil apreendidos pela Polícia Civil são, do ponto de vista de prova, bem contundentes. Mais do que alguns panfletos que, no passado, serviram de instrumentalização jurídica, motivando cassações de personalidades importantes da política mineira e brasileira. Essa é a visão de advogados.

SEGUNDO Lázaro Pontes, a depressão é um dos agravantes do assédio moral

Precauções Para reverter estas situações de humilhação, Lázaro Pontes cita as medidas a serem tomadas pelo trabalhador e aponta quais são as falhas das empresas nestes casos. “Em primeiro lugar, o trabalhador deve mover uma ação na Justiça do Trabalho. Lá, ele vai relatar o que aconteceu. Se tiver alguma prova cabível, como gravação ou testemunhas, deve apresentar imediatamente. No caso das empresas, para evitar este tipo de situação, elas devem ficar de olho em suas equipes e também ter mais atenção aos funcionários, ajudar e incentivar. Tudo isto pode evitar constrangimentos e discussões entre as partes, o que gera um progresso do profissional e da empresa”, conclui o advogado. Conheça o site www.assediomoral.org

Fundo ProCultura: circo, dança, teatro, artes visuais e música

Academia sem prestígio Considerado no passado um ativista da direita radical, o nome do advogado Orlando Vaz Filho está sendo lembrado para a presidência da Academia Mineira de Letras. Deve ser por falta de opção, pois Orlandinho, como é conhecido, tem fama apenas como advogado que ficou rico, embora os meios literários mineiros não conheçam bem seus trabalhos para credenciá-lo como presidente da centenária instituição.

dificuldades e levar ao assédio do contratado”, diz. Perguntado sobre a conduta dos chefes que praticam assédio moral, o advogado diz que na maioria das vezes existe certa repugnância por parte deles com relação ao empregado. “Na maioria das vezes, o superior nem percebe o empregado, não cumprimenta, não olha, não discute ideias com este profissional, ou seja, de forma alguma ele se dirige à pessoa, o que é péssimo para o trabalhador, pois ele se sente humilhado e desmotivado para o seu serviço”. Qualquer profissional está sujeito a este tipo de situação, por isso é preciso ficar atento ao que acontece no ambiente de trabalho. Destaque para as empresas de telemarketing. “O assédio moral é mais comum em empresas que estipulam metas. O problema não é o alvo, mas a sua exposição caso não feche bem o mês, como, por exemplo, ter que se vestir de mico ou outro bicho sugerido pela empresa”, ressalta Lázaro. O advogado afirma que este sofrimento pode acarretar problemas psicológicos sérios aos funcionários. “Além da exposição a esta situação, danos pesados podem ocorrer. A maior consequência é a depressão, o que acaba com o profissional, desestabiliza sua vida, sem falar na baixa autoestima”, salienta. O estudante de administração Rodrigo Dias já passou por isso. “Foi a pior experiência de minha vida. Por diversas vezes fui xingado na frente de clientes e de certa forma humilhado. Por não bater a meta estipulada, tive que lavar a loja durante um mês, sendo que essa tarefa era dividida entre funcionários. No decorrer de uns dois anos, fiquei desmotivado a voltar para o comércio, até que vi que não adiantaria ficar parado. Então investi nos estudos”, conta o estudante.

JEditorial

V I G ÍLIAS DOBRADAS

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

O

Ministério da Cultura, por meio da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura e da Fundação Nacional de Artes, acaba de lançar novos editais para a seleção de projetos de circo, dança, teatro, artes visuais e música. O investimento total é de R$ 48 milhões. O Prêmio ProCultura de Estímulo ao Circo, Dança e Teatro é o que conta com maior orçamento. Serão R$ 22,2 milhões para a premiação de 197 projetos, nas categorias Produção Artística, Programação de Espaços Cênicos e Substituição de Lona Cir-

cense e/ou Acessórios. Para as Artes Visuais, serão destinados R$ 14 milhões. O Prêmio ProCultura de Estímulo às Artes Visuais contempla projetos que visam à instalação ou ampliação de bibliotecas; publicação de periódicos e revistas sobre artes visuais; pesquisa de acervos artísticos e apoio à aquisição de obras representativas das artes visuais brasileiras. Na área da música, foram publicados três editais com investimentos que chegam a R$ 11,8 milhões. O Prêmio ProCultura de Apoio a Festivais e Mostras de Música vai contemplar 60 projetos com R$ 5,8 milhões. O Prêmio ProCultura de Apoio à Banda de Música reserva R$ 4,5 milhões para a compra de instrumentos de sopro e de percussão.

Serão selecionadas 176 bandas de todo o país. Cada uma receberá até R$ 25 mil. Já o Prêmio ProCultura Palcos Musicais Permanentes prevê investimentos de R$ 1,5 milhão para espaços privados com até 600 lugares e programação artística contínua, em todo o território nacional. Quinze projetos serão selecionados e cada um vai receber R$ 100 mil. Os editais fazem parte do Programa ProCultura, lançado pelo ministro da Cultura Juca Ferreira, no último dia 20, em Brasília. Inicialmente, foram divulgados 15 editais. Até o final de novembro, novos editais deverão ser lançados. Ao todo, serão aplicados R$ 300 milhões em oito novos fundos setoriais: Acesso e Diversidade; Ações Transversais e Equalização de Políticas Culturais; Artes Visuais;

Circo, Dança e Teatro; Incentivo à Inovação Audiovisual; Livro, Leitura, Literatura e Língua Portuguesa; Música; Patrimônio e Memória. Os recursos são do Fundo Nacional da Cultura. O FNC é um fundo público, constituído de recursos destinados exclusivamente à execução de programas, projetos ou ações culturais. A distribuição dos recursos foi decidida pela comissão do FNC, após a apresentação das diretrizes e ações aos Comitês Técnicos dos oitos setores. Cada comitê é formado por representantes do Sistema Minc e por dez representantes da sociedade civil, incluindo três especialistas de notório saber. As inscrições devem ser feitas pelo Salic Web. Informações: www.cultura.gov.br e www. funarte.gov.br

SESC/MG promove Concurso de Redação Com o propósito de ampliar a reflexão sobre a correlação entre Turismo e Biodiversidade, o Sesc/MG está promovendo o Concurso de Redação Turismo e Biodiversidade: Desenvolvimento com Respeito. Os interessados em participar da competição devem se inscrever até o dia 17 de novembro, pelo site www. seminariodeturismosescmg.com.br. Podem participar do concurso es-

tudantes de turismo e meio ambiente (nível técnico) e de turismo, geografia, ciências biológicas e áreas afins (nível superior), que estejam matriculados em escolas localizadas em Minas Gerais. O texto deve ter características dissertativas e ser desenvolvido sob o tema Turismo e Biodiversidade: Desenvolvimento com Respeito. Os três primeiros colocados serão

premiados com um notebook cada. Além dos três melhores trabalhos, serão premiados com Menção Honrosa (troféu) os sete trabalhos selecionados. A  entrega dos prêmios aos contemplados ocorrerá no dia 03 de dezembro, no  auditório do Sesc/MG (Rua Tupinambás, 956, 16º andar), em Belo Horizonte/MG. Informações: 3279-1494

SP Consultoria Empresarial e Institucional Ltda. Estratégias em Saúde Consultoria e Assessoria Especializada às Secretarias Municipais de Saúde nas áreas de: Gestão Organizacional Planejamento Estratégico e Situacional Programação Assistencial Instrumentalização e formalização legal do FMS

Gestão orçamentária, Financeira

e Patrimonial do FMS Políticas Governamentais de Saúde Geoprocessamento Assessoria Jurídica

Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1890 - Conjunto 1108 - Bairro Sion Belo Horizonte / MG - Cep 30320-000 Fones: (31) 2555-5179 / 2535-5180 - Fax: (31) 2555-1807 E-mail: sp.consultoria@yahoo.com.br


E C O N O M I A 5 Benefício a idosos e Vale enfrentará duro pessoas com deficiência teste no Governo Dilma

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

A presidente da República eleita, Dilma Rousseff, já deixou clara sua posição na defesa de novas regras que vão endurecer a taxação sobre a indústria da mineração, na qual a Vale é a empresa dominante no País. As mudanças, que incluem um novo posicionamento da maior empresa brasileira depois da Petrobras, deverão culminar com a saída do presidente da Vale, Roger Agnelli, em janeiro de 2011, conforme antecipou o colunista do site IG, Gulherme Barros. O desenho da Vale no Governo Dilma não está totalmente fechado, mas a mineradora deverá ter seu grau de autonomia reduzido e enfrentar uma maior ingerência do novo governo eleito. Na prática, a ideia dos integrantes do

governo Dilma é aprovar o novo marco regulatório do setor, que deve aumentar os royalties pagos pela mineradora, beneficiando municípios e Estados produtores de metais. Além disso, a intenção é fazer com que a empresa deixe de ser um mero fornecedor de matérias-primas e agregue mais valor à produção. A mineradora, que se tornou a segunda maior do mundo e a maior produtora de minério de ferro pelas mãos de Agnelli, no cargo desde 2001, já vem sofrendo o impacto do aumento do risco político. As ações da mineradora brasileira, apesar do cenário favorável por conta da alta demanda da China por minério de ferro, subiram 3,8% no último mês. As rivais da Vale, a anglo-australiana BHP Billiton

ROGER Agnelli pode deixar a Vale em janeiro de 2011

Idosos com 65 anos ou mais e pessoas com deficiência, de qualquer faixa etária, têm direito ao Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social (BPC), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). No Brasil, atualmente, há mais de 3,3 milhões de beneficiários distribuídos por todos os Estados. O pagamento equivale a um salário mínimo mensal. Em ambos os casos, para ter acesso ao benefício, a renda mensal bruta per capita da família deve ser inferior a ¼ (um quarto) do salário mínimo. A pessoa precisa comprovar que não possui condição de se manter financeiramente ou de ter o sustento provido pela família. Pessoas com deficiência têm que comprovar que estão incapacitadas para o trabalho e para a vida independente. Garantido pela Constituição Federal e previsto no Estatuto do Idoso, o BPC é um benefício individual, não vitalício e intransferível, que integra a proteção social básica no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (Suas). É direito de cidadania assegurado pela proteção social não contributiva da Seguridade Social. Para receber o BPC, não é necessário ter contribuído para a Previdência Social.

e a australiana Rio Tinto, subiram 12,7% e 12,7%, respectivamente no mesmo período. Apesar de a empresa ter sido vendida por US$ 3,1 bilhões ao setor privado, o peso do governo nas decisões estratégicas da companhia é grande, embora não tenha sido tão usado ao longo da última década. Para especialistas, as mudanças no marco regulatório poderão distribuir melhor a renda proveniente da exploração mineral, como deseja o governo. Em seu discurso na noite da vitória, Dilma Rousseff disse: “Definitivamente não alienaremos nossas riquezas para deixar ao povo só as migalhas”. A gestão de Agnelli, de 51 anos, foi alvo de críticas do presidente Lula depois da crise internacional, no fim de 2008. A Vale paralisou projetos de investimentos e demitiu funcionários. Lula atacou a empresa pelo fato de exportar minério sem agregar conteúdo à produção. Na última semana, Agnelli, que tem evitado comentar sua saída da mineradora, reiterou, em seus pronunciamentos públicos, que a Vale é uma empresa “extraordinariamente importante” para o Brasil, ressaltando que qualquer governo vai querer trabalhar muito próximo à empresa. Recentemente, a Vale anunciou que vai dobrar o investimento para R$ 40 bilhões em 2011. Na semana passada, confirmou o interesse em investir numa siderúrgica no Ceará com empresas coreanas, um sinal de agrado aos petistas.

O que fazer Para requerer o BPC, a pessoa idosa ou com deficiência deve procurar uma agência do INSS, preencher o formulário de solicitação do benefício, apresentar declaração de renda dos membros da família, comprovar residência e apresentar os documentos de identificação próprios e da família. Antes disso, é necessário agendar o atendimento pelo telefone 135 da Central de Atendimento da Previdência Social (ligação gratuita) ou no site www.previdenciasocial.gov.br. Em relação à pessoa com deficiência, ela deve passar por avaliação da incapacidade para a vida independente e para o trabalho, feita por perícia médica e assistencial do INSS. Se for comprovado que a pessoa é impossibilitada de se deslocar até o local da perícia, a avaliação se dá no domicílio ou na instituição onde a pessoa estiver internada.

Recursos Os recursos financeiros do BPC têm origem no orçamento da Seguridade Social, são administrados pelo MDS e repassados para o INSS por meio do Fundo Nacional de Assistência Social. O benefício é pago diretamente ao beneficiário ou ao seu representante legal (procurador, tutor ou curador) pela rede bancária autorizada. Nas localidades onde não há estabelecimento bancário, o pagamento é efetuado por órgãos autorizados pelo INSS. O beneficiário recebe de graça do banco um cartão magnético para usar somente para sacar o benefício. O beneficiário não é obrigado a adquirir nenhum serviço ou produto do banco.

Bloomberg via Getty Images

Fecomércio Minas inaugura Centro de Estudos Sindicais do Sindicalismo Patronal Brasileiro. A primeira a palestrar foi a consultora jurídica sindical, Tacianny Machado, que, como tema, falou sobre a Constituição Federal de 1988 e o Sistema Sindical. Na segunda palestra, foi discutida a gestão das entidades sindicais e seus aspectos jurídicos e administrativos, com o consultor jurídico sindical, Rodrigo Penido. “Os sindicatos devem seguir seus princípios, observando toda a legislação vigente, principalmente a Constituição Federal, a CLT e o Código Civil, além das portarias do MTE. Dessa forma o sindicato poderá exercer todas as suas funções plenamente”, explicou Rodrigo. Ainda no primeiro painel do dia, o consultor Jurídico Sindical, Júlio Linhares, falou sobre as contribuições devidas às entidades sindicais e sua importância para o Sistema Sindical. “São muitos os benefícios para as empresas que pagam as contribuições. São oferecidos vários convênios, além de consultorias em diversas áreas. Mas as penalidades são igualmente importantes: as empresas podem ser multadas pelo MTE, ficam impossibilitadas de participar de concorrências públicas e ainda podem não ter concedidos

Aqui você encomenda seu sonho, nós realizamos, respeitando a magia do momento. Av. Bandeirantes, 2323 Bairro Serra - CEP 30210-420 Belo Horizonte - MG Telefones: 3287-4422 / 3287-1293 www.buffetsausalito.com.br

ou renovados os registros de licença de funcionamento, pe-

los órgãos federais, estaduais ou municipais”, alertou Júlio. Fecomércio

O dia 27 de outubro foi especial para o Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos. Foi inaugurado, na sede da Fecomércio Minas, o Centro de Estudos Sindicais (CES), que visa preparar as entidades sindicais do comércio mineiro. O presidente do Sistema, Lázaro Luiz Gonzaga, junto com presidentes e diretores de vários Sindicatos Filiados, fizeram a inauguração da placa do CES, que simboliza o lançamento do Centro. “O sindicato laboral tem uma escola para sindicalistas desde 1988, precisamos nos preparar. Essa iniciativa da Fecomércio, na criação de um centro profissionalizante para sindicalistas patronais, é pioneira em nosso país”, declarou Lázaro. Lázaro destacou que a Fecomércio Minas tem colaboradores qualificados para ministrarem as aulas do CES. Ele encerrou seu discurso agradecendo a todos pela presença e contribuição. O dia foi marcado por palestras de esclarecimento sobre o CES, além de todo o sistema sindical e seus pontos mais importantes. O primeiro painel realizado no dia, liderado pela Consultoria Jurídica Sindical da Fecomércio Minas, discutiu sobre os principais aspectos

LÁZARO Luiz Gonzaga, presidentes e diretores de sindicatos filiados, além dos diretores interinos do Sesc e do Senac

Sesc e Senac O diretor regional interino do Sesc, Namilton Nei Alves Coelho, e o diretor regional interino do Senac, José Carlos Cirilo, fizeram apresentações de suas entidades, explicando o funcionamento, a integração com o Sistema, falando sobre as instalações físicas e os programas desenvolvidos nas áreas de especialidade de cada um. Namilton, diretor do Sesc, falou sobre a missão, visão e valores da entidade, que tem por objetivo desenvolver ações que reflitam na melhoria da qualidade de vida e no bem-estar social do trabalhador no comércio de bens, serviços, turismo e da comunidade em geral, por meio de atividades nas áreas de educação, saúde, cultura e lazer. O Senac também fez sua apresentação através de José Carlos Cirilo, que mostrou a história da entidade, política

organizacional, visão, princípios e missão, que é contribuir para o desenvolvimento da sociedade por meio da ações educacionais inovadoras, além de objetivos estratégicos e o desafio da sustentabilidade. Para atualização, inovação e expansão, o Senac Minas oferece ainda Soluções Corporativas, o Hotel Senac Grogotó, o SenacMóvel, o Restaurante Escola Senac, o Centro Gastronômico Senac Tiradentes, o portal Senac Minas, o portal Descubra Minas e a ferramenta educativa online Aprendendo com o Senac. “Isso tudo é apenas um pedacinho do Senac Minas. Continuaremos formando milhares de pessoas em todo o país e firmando cada vez mais o nosso objetivo, que é estar presente em todas as etapas do crescimento profissional”, finalizou Cirilo.

A nova lei de resíduos sólidos

  No início deste mês de agosto foi publicada a Lei nº 12.305, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, marco regulatório aguardado por longos 21 (vinte e um) anos, tempo de tramitação do projeto no Congresso Nacional. A edição do marco regulatório do saneamento básico em 2007, conceito mais amplo e que abarca o manejo dos resíduos sólidos, aguçou ainda mais a discussão. Contudo, já consideramos de início que muitos Estados (como o mineiro) e alguns municípios não ficaram à espera de uma legislação nacional e à espreita das sanções que essa poderia disciplinar. Ao contrário, considerando a competência que o tema guarda a esses entes, muito já havia sido feito. Agora, mediante essa nova Lei que visa a fixar as diretrizes a todos os Planos de Manejo e situações decorrentes de resíduos e rejeitos (conceito diferenciado, dicotômico e mais técnico do que simplesmente “lixo”), algumas regras claras foram colocadas na mesa. Elas buscam, sem dúvida alguma, abarcar os pleitos de categorias relevantes da sociedade, em sua maioria absoluta voltadas para o desenvolvimento nacional, o meio ambiente e erradicação da pobreza e das desigualdades sociais. De antemão, realçamos que a própria lei determinou que esses Planos deverão estar prontos em um universo de 2 (dois) anos, já que tantas de suas regras dependem de discussões, alianças entre entes federados, análises técnicas e, assim desejamos, encaixe à realidade local. No entanto, em que pese a falsa tranquilidade que esse prazo possa indicar, o período não é tão extenso assim, se se visualiza tudo quanto esses Planos precisam conter, a dependerem, muitas vezes, de soluções aos mesmos anteriores. Também recomendamos, além da vigília ao prazo e à adequação atenta à realidade e particularidades de cada localidade, a atenção ao bloqueio de repasse de verbas federais aos entes que não tiverem seus Planos no prazo devido. E não é só: acreditar que moratórias desse prazo serão concedidas benevolamente por lei posterior não é uma atitude sensata. Exemplo claro disso tivemos com o Plano Diretor. O prazo chegou a ser postergado e, mesmo assim, diversos municípios editaram suas leis de afogadilho, em virtude disso, recheadas de incongruências. Isso porque ainda que planejar não seja uma cultura arraigada em nós, brasileiros, e aí não excluímos nenhum cidadão, pois é esse que vem a ocupar as casas legislativas, mostra-se o planejamento como peça-chave fundamental. E mais: não só é preciso planejar, como é necessário fazer para um horizonte longo. Portanto, antes de entender os detalhamentos desses Planos, fica a nossa advertência: já é tempo (se já não o era) de iniciar os trabalhos no sentido do planejamento necessário à implantação dessa política pública, se temos como meta um meio ambiente equilibrado e um espaço físico-cívico onde nós mesmos caibamos. Camila Pyramo: advogada-sócia do Missiaggia & Picinin Advocacia e Consultoria, procuradora municipal de Belo Horizonte, mestranda pela PUC/MG, especialista em Direito Municipal e Processual Civil Juliana Picinin: advogada-sócia do Missiaggia & Picinin Advocacia e Consultoria, professora de Direito Administrativo e Processual, mestre pela UFMG

E LO Y LANNA Fotógrafo Profissional

FOTO - JORNALISMO - CONGRESSOS - EVENTOS SOCIAIS

TELEFONES: 3450-0980 / 9603-4396

Rua Tamóios, 62 - Sala 100 - Centro Belo Horizonte / Minas Gerais

Luciana Cyrino Pinto Coelho ADVOGADA

RUA ERÊ, 125 - 1º ANDAR - BAIRRO PRADO CEP 30.410-450 - BELO HORIZONTE / MG

TEL: (31) 3316-6692 CEL.: (31) 9932-5289


6

G E R A L

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

JORNAL DO ACIR ANTÃO DA COCHEIRA

Divulgação

O marqueteiro Hyé Ribeiro já previa a vitória de Dilma Rousseff em Minas Gerais desde o dia 15 de outubro, numa rodada de amigos. Previsão acertada, diga-se de passagem.

A NI V E RS A RI A NT E S Domingo, dia 07 de novembro Daniela Portela Roberto Vital Maurício Andrés

Patrus Ananias, que anda muito calado nos últimos dias, é o nome do presidente Lula para assumir uma cadeira no Supremo Tribunal Federal. Advogado ele é. Jaiminho Martins, Fernando Pimentel e Leonardo Quintão podem ser os nomes de Minas no Ministério de Dilma. E a CPMF, volta ou não volta no próximo governo? Se depender da presidente Dilma, o governo não vai tomar nenhuma iniciativa para tal.

SALÁRIO MÍNIMO – Dilma também falou sem medo sobre o novo salário mínimo, que não deverá passar de R$ 538 em 2011 e que pode chegar a R$ 700 em janeiro de 2014, desfazendo qualquer tipo de especulação de que o mínimo poderia chegar a R$ 600,00, como prometeu o seu adversário José Serra. ALIÁS, falando em José Serra, os mineiros ficaram ressentidos pela falta de agradecimento em sua fala de domingo à noite, após a apuração. Ele não quis agradecer o senador Aécio Neves e nem o governador Anastasia, sem falar no ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Serra falou da perda de uma batalha, mas que a guerra ainda não tinha acabado, dando a entender que ele voltará a ser candidato a presidência da República. Será? PIMENTEL – O ex-prefeito chegou a ser anunciado com toda a pompa como integrante da equipe de transição. De repente, seu nome não apareceu mais entre os de Palocci, Michel Temer e José Eduardo Dutra, que ficaram na coordenação dos trabalhos da transição. Seu nome já é lembrado para ser ministro das Cidades ou presidente do BNDES.

Os cemitérios da Paz e da Saudade continuam os mais abandonados pela Prefeitura de Belo Horizonte.

Terça-feira, dia 09 Jornalista Paulo César de Oliveira Jornalista e Cartunista Son Salvador

O prefeito Marcio Lacerda não compareceu à inauguração do Boulevard Shopping, embora fosse esperado na cerimônia. Também não deu satisfações.

DÍVIDA – O presidente do PMDB de Minas, deputado Antônio Andrade, não descartou empurrar para Hélio Costa, ex-candidato do partido ao governo de Minas, uma dívida de mais de R$ 3 milhões que ainda tem que ser paga. O tesoureiro da campanha, Célio Mazzoni, pessoa de confiança de Hélio, já informou que o senador assinou documento se comprometendo com a dívida. A maneira como o deputado Antônio Andrade se manifestou deixou a impressão de que o partido sabia do rombo que teria sido feito com a aquiescência de Hélio Costa.

Medalha Santos Dumont Em solenidade presidida pelo governador Antonio Anastasia, na casa natal do pai da aviação, na Fazenda Cabangu, o jornalista Dimas Lopes recebeu, do Governo de Minas, a Medalha Santos Dumont 2010. Apaixonado por aviação, o homenageado é autor de dezenas de artigos e crônicas sobre o setor e de uma série de matérias sobre a internacionalização do Aeroporto Tancredo Neves, em Confins, publicada em 1989, no extinto jornal “Diário de Minas”. A foto é de Eloy Lanna.

Eloy Lanna

A VERDADEIRA DILMA – O presidente Lula sempre teve muito respeito e admiração pela competência da sua ministra da Casa Civil. Enquanto ele dava o tom de como deveria ser o governo, Dilma tratava de tocar o Ministério como se fosse uma primeira ministra, deixando o presidente à vontade para fazer o que ele mais gosta: política. Lula, que está acima do PT, a empurrou goela abaixo do partido e a fez candidata, construindo contra todas as previsões um nome para disputar a presidência com antecedência de alguns anos. Só Lula sabia da capacidade de sua ministra e, mesmo assim, conduziu sua campanha, tutelando-a no rádio, na televisão e em todo o país, como se os eleitores fossem eleger um poste. Passadas às eleições, surgiu uma nova Dilma no discurso de agradecimento ainda no domingo à noite, quando o Tribunal Superior Eleitoral proclamava a sua eleição. Ali, naquele momento, apareceu a Dilma que poucos conheciam, delineando em poucas linhas o seu pensamento e já se impondo como presidente, desligando-se umbilicalmente do seu padrinho, o presidente Lula. Dias depois, o próprio presidente vinha a público dizer que o futuro governo terá a cara da Dilma e que ele não vai fazer nenhuma intromissão na formação do ministério. Lula também declarou que nunca pensou em voltar em 2014 e que só falará com Dilma se for solicitado para tal, para sugerir alguma coisa. Dilma, que já havia mais ou menos traçado o que será o seu governo no discurso de agradecimento, voltou a afirmar que não vai mudar as linhas básicas da política econômica. Também falou do papel que vai exercer na condução dos negócios da República, com uma política fiscal e financeira austera, o que vai se traduzir num ajuste de contas.

Segunda-feira, dia 08 Publicitário Simão Lacerda Advogada Maria de Fátima Lacerda

Quarta-feira, dia 10 Padre Antônio Gonçalves Pedro Lúcio Fernandes Papa João Dias – Rei da Feijoada Quinta-feira, dia 11 Murai Caetano – Chico da Kafua Sra. Emília Mascarenhas (esposa de Pacífico Mascarenhas) Sexta-feira, dia 12 Rubens Lessa de Carvalho José Renato Barbosa (Associação Comunitária do Prado/Calafate) Sábado, dia 13 Sra. Regina Richard (esposa do jornalista Fernando Richard) Fernando Policarto

A todos, os nossos Parabéns!

TURISMO e LAZER

EMPRESÁRIOS, gerentes e gestores ligados ao turismo podem se qualificar gratuitamente Empresários, gerentes e gestores ligados ao turismo podem se qualificar gratuitamente para melhorar o serviço oferecido ao turista em Belo Horizonte. Esta é uma das iniciativas visando à preparação da cidade para Copa de 2014. Com o objetivo de qualificar e reciclar esses profissionais que lidam com turistas, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur e com apoio do Ministério do Turismo, está disponibilizando um curso de Qualificação Empresarial. Uma ação no Capacitur, que é um Programa de Capacitação Permanente do Município. Ministrado pela Faculdade de Tecnologia do Comércio (Fatec Comércio – CDL/BH), o curso é gratuito e atende a hotéis, bares, restaurantes, agências de viagem e outros empreendimentos ligados ao turismo. São três semanas de curso com didáticas diferenciadas, totalizando 50h. Das 12 aulas, metade é aplicada em módulos virtuais e metade em aulas presenciais, que acontecem nas segundas e quartas-feiras nos turnos da manhã, tarde ou noite. O material didático, que também é gratuito, é composto de uma apostila impressa e um DVD com vários artigos, reportagens, estudos de caso, vídeos e fotos de Belo Horizonte, além de exercícios que abordam os seguintes temas: a comunicação e suas forças na relação de trabalho, liderança e gestão eficaz de equipes, fundamentos da gestão financeira, marketing aplicado ao turismo, planejamento estratégico para turismo e perspectivas para a Copa do Mundo de 2014. De acordo com o professor do curso, que é mestre em Turismo e Meio Ambiente, Marcos Delgado, se trata de um trabalho de diagnóstico empresarial com exercícios autorreflexivos. “Debatemos as ideias a partir da realidade do estabelecimento de cada aluno, pois é um público muito heterogêneo. Esta sendo uma experiência muito positiva com ótimo resultado”, ressalta. A assessora-chefe de Capacitação Profissional da Belotur, Neuma Horta, explica a importância de qualificar o público foco deste projeto. “Os empresários e gerentes serão replicadores desta qualidade no atendimento, pois poderão fornecer as informações e incentivar melhorias dentro de sua equipe”, conclui. As vagas são limitadas. O programa, que foi iniciado em 30 de agosto, prevê a qualificação 500 profissionais. Até o momento, cerca de 120 já foram contemplados e receberam o Certificado de Conclusão do Curso, que é expedido pela Prefeitura de Belo Horizonte, Belotur e Ministério do Turismo. Os interessados devem entrar em contato com a Fatec pelo (31) 3249-1845 ou (31) 3249-1838.

Seminário debate a relação da Lagoa da Pampulha com BH A Casa do Baile promoveu, no último dia 5, uma discussão abrangente sobre a relação da Lagoa da Pampulha com a cidade de Belo Horizonte. O seminário “A Lagoa da Cidade” reuniu profissionais das áreas de urbanismo, meio ambiente e turismo para conduzir uma discussão sobre o papel da Lagoa da Pampulha como marco urbano, elemento do meio ambiente construído e como atrativo turístico. Sob uma ótica contemporânea, a discussão que se pretende realizar remete tanto à história da cidade quanto à sua

visibilidade no cenário internacional. A lagoa e as edificações que compõem o Complexo Arquitetônico da Pampulha constituem uma referência histórico-urbanística que se traduz como marco da arquitetura moderna desenvolvida no Brasil a partir da década de 1940. Ao longo do tempo, elas influenciaram e sofreram influências no crescimento da cidade que as abriga. A Casa do Baile, com a função de centro de referência de urbanismo, arquitetura e design da Fundação Municipal de Cultura, aposta na relevância dos te-

mas que foram abordados no seminário “A Lagoa da Cidade”. Tudo isso no sentido de promover um debate consistente e coerente com a condição atual da Lagoa da Pampulha, de modo a ampliar o conhecimento e oferecer fundamentos para que a lagoa seja devidamente protegida e valorizada no cenário e funcionamento de Belo Horizonte. O seminário também discutiu a situação atual e os investimentos que serão destinados à lagoa e seu entorno, diante da perspectiva da Copa do Mundo de 2014. PBH

JEditorial

Curso de Qualificação Empresarial prepara cidade para Copa de 2014

O SEMINÁRIO discutiu os investimentos para a Copa do Mundo de 2014


EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

S O C I A L

7

Editada por Emilienne Santos

mili.edicaodobrasil@globo.com

B&L

QUAL A MELHOR forma de aprender se não em um lugar belíssimo, cercado por uma vasta Mata Atlântica, com estudo de campo e toda infraestrutura necessária? Esse é o mais novo projeto ecopedagógico do Hotel Estalagem Fazenda Lazer, localizado em Carandaí-MG. O objetivo é proporcionar educação ambiental em meio a uma atmosfera natural e de produção rural, tendo em vista a conscientização e a sensibilização para a importância da preservação ambiental. O PROJETO, que está caminhando de “vento em popa”, teve início há cerca de dois meses. A primeira turma recebida pelo hotel era composta por 25 alunos do primeiro ano do ensino médio do Colégio SESI Hamleto, de Belo Horizonte. A excursão aconteceu em 17 de setembro, para um dia de campo programado. O TEMA proposto pelo colégio abrangeu os Projetos Mata Atlântica e Alimento Orgânico.  No primeiro, além do passeio pela mata preservada, os jovens observaram  e identificaram espécies da flora e da fauna local, aprenderam noções sobre ecologia, relações ecológicas, desequilíbrio ambiental e preservação do ecossistema Mata Atlântica.

A ABAV (Associação Brasileira dos Agentes de Viagens) está com um novo projeto, que conta com a parceria de várias agências de viagens pelo país. O programa é o Viaja Fácil Brasil, no qual as pessoas que gostam de viajar poderão adquirir pacotes turísticos, passagens, cruzeiros e todos os tipos de viagens pagando parcelas que cabem no bolso. O PROGRAMA funciona no sistema de consórcio, variando de preço de acordo com o que se procura. Uma agência que está apostando no sucesso do programa, aqui em BH, é a B&L Union Travel, que já atende os primeiros clientes fazendo o consórcio viagem.

FERNANDA BELLONI O FERNANDA Bellone Coifeur, desde sua inauguração, em 2007, vem conquistando clientes de toda a cidade. O sucesso é resultado do aprimoramento e de serviços de qualidade. Atualmente, o salão tem atendido 10 noivas (Dia da Noiva) por mês e o resultado é fantástico, elas saem de lá verdadeiras princesas para o dia do sonho. ALÉM DE UMA estrutura sofisticada e clean, o salão sempre busca inovar e trazer as melhores novidades para as suas clientes. Mais recentemente, o estabelecimento enviou o hairstylist Alex Martins para fazer um curso da Wella em São Paulo.

A PROGRAMAÇÃO do projeto “BH Espera por Você 2011” está especial e promete movimentar Belo Horizonte nos meses de janeiro e fevereiro. O programa, que já funciona há dois anos, conseguiu descontos de até 50% em hotelaria, salões de convenções e transportes para colocar a Capital mineira no foco do turismo nacional durante as férias de 2011. Além do turismo de negócios, BH tem um grande potencial gastronômico e cultural. A campanha “BH Espera por Você”, promovida pelo Belo Horizonte Convention e Visitors Bureau (BHC&VB), visa mostrar para o Brasil e para o mundo a capacidade e a hospitalidade que só Minas tem.

SAÚDE SOCIAL O LAB REDE irá comemorar 10 anos de funcionamento. Para a ocasião, a empresa realizará o evento “Confraternização Lab Rede 10 anos”, que acontecerá no dia 12 de novembro, no Centro de Convenções da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG). O evento terá como tema o associativismo com foco em inovação, evolução, pró-atividade, marketing, e mudança de atitude. Serão várias palestras e seminários durante um dia de programação, além de café da manhã e coquetel oferecido aos participantes. Espera-se a presença de várias pessoas de renome no mundo médico, incluindo os proprietários dos laboratórios de BH, como Hermes Pardini, Humberto Abrão, Mater Dei, Araújo, etc. 

HALLOWEEN O ENGENHEIRO ambiental Vinícius Calais, em meio à mata Atlântica do Hotel Estalagem, junto com a turma de alunos do Colégio SESI Hamleto JÁ NO PROJETO Alimento Orgânico, os alunos acompanharam o manejo e a importância de se produzir uma horta orgânica, os benefícios para a saúde e o meio ambiente, além de realizarem um plantio orgânico na horta do Estalagem. O DESENVOLVIMENTO desse projeto é fruto de uma parceria entre o Hotel e a Quíron, agência de Belo Horizonte especializada em turismo educacional, que é a responsável pela comercialização do programa ecopedagógico junto às escolas da Grande Belo Horizonte. Os projetos ecopedagógicos são definidos previamente pela escola em função da faixa etária, e a equipe do hotel oferece infraestrutura e profissionais de apoio e desenvolvimento para trabalharem em parceria com os professores. O ESTALAGEM possui um engenheiro ambiental, equipe de recreação especializada, funcionários experientes em agropecuária e guias com conhecimentos em fauna e flora. O hotel também desenvolve os projetos Parceiro da Água, Coleta Seletiva e Técnicas de Reprodução Agropecuária. O engenheiro ambiental, proprietário do hotel e coordenador do projeto, Vinícius Calais, pretende, por meio do programa, apoiar as escolas e os professores, visando atinar os jovens para importância da educação ambiental.

O CHEIO de Graça Lounge Bar recebeu uma badalada festa Halloween à fantasia, promovida pela academia Rio Sport Center, na sexta-feira, dia 29 de outubro. No evento, que contou com a presença da banda Chevette Hatch, que toca hits dos anos 80, e com a animação do DJ Fábio Mendes, que agitou a pista, foi realizado um concurso de melhor fantasia. O primeiro e o segundo lugar foram contemplados com R$ 250,00 e R$ 150,00 em dinheiro, respectivamente. O 3º lugar foi premiado com um delicioso jantar japonês, no valor de R$ 50, no restaurante Shitake.

Fotos: Eloy Lanna

A LOJA DE roupas masculinas Dyrant for Men, localizada no Bairro de Lourdes, é uma ótima opção para quem busca qualidade e preço. A loja trabalha com as melhores marcas e com todos os tipos de estilos, desde o social ao esportivo. O LOCAL TEM um visual aconchegante e prima pelo atendimento de primeira. Quem está em busca de roupas novas deve dar uma passada por lá e conferir.

CONVENTION

Estalagem Fazenda Lazer: aprendizado com prazer  

Divulgação

FOR MEN

SKAL

Os anfitriões Peluso San e Meire Nunes junto com o casal Antônio da Mata e Márcia

Peluso e Toninho

O PRESIDENTE do Skal, Antônio da Mata, não tem descansado. Além de tentar renovar e buscar novos skalegas, ele tem reunido a turma cada vez com mais frequência. A última confraternização contou com a hospitalidade do Peluso San, em seu restaurante Fratelli d’ Itália, no Bairro Funcionários. O hostess recebeu os skalegas com um cardápio variado e delicioso, indo de carpatios a massas com variados tipos de molho.

Marco Aurélio, Márcia e Antonio da Mata

Os skalegas reunidos


V I D A

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

Cigarro e jovens: combinação que atinge cerca de 25 milhões

Bebês que vieram ao mundo através de um parto difícil, com o uso de fórceps, são mais propensos a desenvolver problemas como agressividade durante a infância, se comparados com aqueles que nasceram de cesariana, informou um estudo feito na China. Os pesquisadores acreditam que os problemas comportamentais podem estar ligados ao alto nível de cortisol, um hormônio que o corpo produz durante o nascimento estressante e difícil. “A associação entre o modo de nascimento e uma psicopatologia na infância está provavelmente relacionada ao efeito do cortisol”, escreveram os pesquisadores em um artigo publicado no BJOG: Jornal Internacional de Ginecologia e Obstetrícia. Estudos anteriores conclu-

JEditorial

Agressividade na infância pode estar associada a um parto difícil

OS PROBLEMAS comportamentais podem estar ligados ao alto nível de cortisol íram que os níveis de cortisol no sangue do cordão umbilical são menores em bebês que nascem de cesariana opcional, seguido pelo parto normal espontâneo. Altos níveis de

cortisol são encontrados em partos normais com a ajuda de fórceps ou por vácuo extrator. “Os níveis de cortisol foram relacionados à psicopatologia infantil. Entretanto, mais

estudos são necessários”, escreveram os cientistas, liderados pelo professor Jianmeng Liu, vice-diretor do Instituto de Saúde Reprodutora e da Criança do Centro de Ciências da Saúde da Universidade de Pequim. O estudo envolveu 4.190 crianças que nasceram nas províncias de Zhejiang e Jiangsu, no sul da China. Elas foram avaliadas entre as idades de 4 e 6 anos, por problemas como timidez, ansiedade, depressão, dificuldade de concentração e comportamento delinquente e agressivo. Tais problemas foram menores em crianças que nasceram por cesariana e maiores naquelas cujas mães deram à luz com a ajuda de instrumentos como fórceps ou vácuo extrator.

Segundo dados do último Levantamento de Índice Rápido Aedes aegypti (LIRAa), realizado no período de 18 a 22 de outubro, o município teve redução significativa, com 0,3%, no índice de infestação. Isso prova que a cidade está cada vez mais empenhada no combate à Dengue, além de atender à exigência do Ministério da Saúde, que considera como controlado o índice abaixo de 1%. Segundo informou o responsável pelo setor de vigilância em saúde, Aloysio Nogueira, o trabalho foi minucioso e os agentes da Dengue visitaram os 146 bairros da cidade. Ele também comemora a redução do índice de infestação, que foi bem menor em relação ao mesmo período do ano passado. Apesar disso, Nogueira reforça que o problema maior ainda é a falta de cuidados por parte da população, uma vez que o criadouro predominante, ou seja, 70% da larva do mosquito, foi encontrado em depósito de água, como caixas d’água, tambores e tanques. “É preciso que a população fique alerta, ainda mais com a chegada das chuvas, período em que a proliferação dos focos do mosquito tende a aumentar. Reforço que a Dengue é uma doença de comportamento. Se as pessoas não fizerem sua parte, ficará difícil combater o Aedes aegypti”. De acordo com o levantamento, o segundo lugar onde foram encontradas mais larvas do mosquito ficou para os depósitos pequenos, como latas, vasos de plantas e garrafas. Os bairros que re-

PMSL

Cai infestação pelo mosquito da dengue em Santa Luzia

Felipe José de Jesus Durante as décadas de 1960, 1970 e 1980, o cigarro era, para muitos jovens no Brasil, um artigo de luxo, uma forma de autoafirmação perante os anseios da sociedade, que ainda mantinha os antigos costumes das famílias conservadoras vindas do interior. O que era um modismo naqueles tempos se tornou um grande problema de saúde pública. Hoje, em pleno Século XXI, é uma máquina milionária através das indústrias de tabaco e por meio de um dos públicos mais preocupantes, os jovens. Segundo a Pesquisa Especial de Tabagismo, (PETab), divulgada pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), existem no Brasil atualmente cerca de 25 milhões de jovens fumantes, todos com idade a partir dos 15 anos. A tendência é que este quadro aumente ainda mais. Cerca de 200 mil pessoas morrem por ano no Brasil em consequência do tabagismo, conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS). Entre os jovens, os homens fumam 2,5% a mais do que as mulheres. A aposentada Maria de Lourdes, de 51 anos, conta que começou a fumar quando ainda tinha 13 anos, por influência de amigos da escola. “Não tenho vergonha de dizer, pois a primeira vez que fumei morava no interior, entrávamos para o banheiro do colégio ou íamos para trás da escola ou da igreja, sempre em locais escondidos. Me sentia adulta e inserida no meio, pois era o ano de 1973, tinha 16 anos, período de música e de muitas mudanças na sociedade mundial. Fumar fazia parte daquilo”, diz. Sobre a falta de controle nas vendas do cigarro, a aposentada salienta que hoje os meios de comunicação são mais acessíveis, o que não justifica o aumento deste consumo. “Eu acredito que é uma tremenda falta de consciência dos jovens e seus pais, pois antes a propaganda incentivava o fumo, hoje não. Um exemplo: nas décadas de 1970 e 1980, a publicidade investia em músicas bacanas, esporte radical, mas no final era cigarro, uma doença. Eu acredito que para a venda de cigarros deveria existir uma legislação mais rígida, como se fosse a venda de um remédio controlado, apenas com receita”, conclui. Segundo especialistas, no país, além das propagandas que incentivam o uso do tabaco, outro agravante é o valor do cigarro. O preço é considerado o sexto mais barato do mundo. “Não posso dizer que é barato, pois pagar R$3,50 por dia fica caro no final. Gasto cerca de R$80 por mês. Em relação a outros países, aqui realmente é mais barato. Estive em Londres e lá tudo o que é prejudicial à saúde é mais caro. Um maço chega a custar R$20, ou seja, para fumar todos os dias tem que ter muito dinheiro”, afirma uma consultora de beleza que não quis se identificar. No Brasil, as cidades nas quais os jovens mais fumam são: Porto Alegre, com cerca de 25,2%, Curitiba, com 21,5%, Belo Horizonte, com 20,4%, e São Paulo, com cerca de 19,9%, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), que ainda aponta que as maiores prevalências do uso se concentram nas cidades mais industrializadas.

SEGUNDO o  INCA, existem atualmente no Brasil cerca de 25 milhões de jovens fumantes

JEditorial

8

Medo de engordar Entre as dificuldades enfrentadas por quem deseja parar de fumar, a vaidade é a que mais preocupa as mulheres, principalmente na juventude. Segundo pesquisa realizada através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e pela Defesa Civil do Rio de Janeiro, cerca de 58% das fumantes têm receio de acabar com o vício e ganhar peso logo em seguida.

Embolia pulmonar é fatal em 22% das internações

ALOYSIO Nogueira é responsável pelo setor de vigilância em saúde gistraram maior índice de infestação foram Palmital e Nova Conquista. Segundo Aloysio, as ações de combate à doença serão intensificadas a partir da

segunda quinzena de novembro, com ênfase nos bairros mais críticos. “Faremos ações educativas. Os próprios agentes irão às casas com um saco plástico e recolherão os

depósitos pequenos removíveis, como latas e garrafas. Continuaremos também com a distribuição de capas de caixas d’água e o mutirão de limpeza”.

A cada dez pessoas que dão entrada num hospital público por causa de embolia pulmonar (EP), pelo menos duas morrem. De acordo com o Datasus, do Ministério da Saúde, entre setembro de 2009 e agosto de 2010 (período de um ano), das 4.963 pessoas hospitalizadas no SUS, 1.087 morreram (21,9%). Apesar da alta taxa de mortalidade da doença, uma pesquisa divulgada mostrou que a embolia pulmonar é desconhecida por 78% dos brasileiros. O levantamento foi realizado pelo Ibope a pedido da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) e da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT). Dentre os 1.008 entrevistados, 39% já tinham ouvido falar da doença, mas não sabiam do que se tratava, enquanto outros 39% sequer conheciam a enfermidade. O poder de morte da embolia pulmonar (21,9%) é maior do que o de outras doenças mais conhecidas, como o infarto agudo do miocárdio (com 12,8% de taxa de mortalidade), a tuberculose pulmonar (6,9%) e o

Mal de Alzheimer (18,8%). A embolia pulmonar é uma complicação de outra doença: a trombose. O tromboembolismo venoso (TEV) ocorre quando um coágulo (trombo) bloqueia a circulação sanguínea. Quando esses trombos se fixam dentro de vasos profundos da perna, coxa ou pelve – os membros inferiores concentram 90% dos casos – a doença é chamada de trombose venosa profunda (TVP). Os sintomas mais comuns são inchaço da perna, endurecimento da panturrilha (empastamento) e aparecimento de veias e varizes. O tratamento da TVP ocorre por meio de anticoagulantes que impedem o crescimento do trombo e a formação de novos coágulos. No entanto, se essa doença não for identificada e tratada, o trombo pode cair na corrente sanguínea e atingir o pulmão, bloqueando as artérias pulmonares – configurando a embolia pulmonar. Dependendo da obstrução provocada pelo êmbolo, os sintomas vão desde dificuldades na respiração até a morte.

Andréa Fiuza Caligrafia Artística

ENCADERNAÇÃO EM GERAL Executamos qualquer tipo de encadernação em CAPA DURA com revestimento em PERCALUX, TECIDO, COURO, PAPEL ESPECIAL, PELICA ou qualquer material escolhido pelo cliente que seja adequado para uso de cola. Temos WIRE-O nas cores: preto, branco e prata, fazemos até 42 cm de largura em PP OU CAPA DURA. Também trabalhamos com aspiral. Traga seu trabalho de faculdade.

Rua Esmeralda, 550 - Bairro Prado - Telefax: (31) 3372-2700 Site: www.abencadernacoes.com.br / E-mail: ab@encadernacoes.com.br

Sobrescrito com bico de pena em convites Tels.: (31) 3227-2613 / 8799-5477


C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

9 SABARÁ

Iniciado curso de capacitação para catadores de material reciclável

Cidade é referência em cirurgia eletiva na Região Metropolitana

Prefeitura de Montes Claros, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, iniciou, no último dia 4, o I Curso de Capacitação para Catadores de Material Reciclável. O objetivo principal é incrementar a geração de renda deste grupo de profissionais e criar condições para maior organização do trabalho em associação ou cooperativa, com apoio legal do Executivo municipal. O curso acontecerá em seis módulos, até abril de 2011. O primeiro diagnosticará com os participantes os desafios e potencialidades, identidade, histórico da atividade e do movimento social. O segundo realizará um diagnóstico dos principais desafios do empreendimento, a cidade reciclável, meio ambiente e sustentabilidade. O terceiro envolverá a tecnologia social da reciclagem, logística da coleta seletiva, sistema e cadeia produtiva da reciclagem, além de política pública de manejo de resíduos sólidos. O quarto módulo abrange a gestão e logística do empreendimento produtivo, formalização de um empreendimento econômico solidário, planejamento estratégico e gestão democrática. O quinto módulo envolverá a economia solidária e o trabalho do catador, redes de cooperação, democracia, poder e gestão social. Por último, o sexto módulo abordará a história dos movimentos sociais no Brasil, desenvolvimento e transformações, políticas públicas, poder local e avaliação do processo formativo. Inicialmente, o curso atenderá um grupo de 70 profissionais, duas vezes ao mês, com direito à cesta básica. A chefe de Desenvolvimento Sustentável e Cidadania, Ivonilde Pimenta, destaca que o objetivo principal é capacitar os catadores com o apoio público. “Queremos gerar renda para estas famílias com o Projeto “Cataforte” de coleta seletiva no município. Vamos transformar o produto coletado e dar um preço a ele, ou transforma-lo numa bolsa de sucata e outras coisas. Queremos que trabalhem unidos, dentro da economia solidária, meio ambiente,

JEditorial

MONTES CLAROS

O CURSO acontecerá em seis módulos, até abril de 2011 sustentabilidade e com um preço justo”, afirma. A catadora Maria Santa de Carvalho está no ramo há cinco anos e diz que a profissão é difícil, mas que o curso pode ajudar a mudar esta realidade. “Novos conhecimentos sempre são bons. Tudo é um grande aprendizado na vida. Acredito que com este curso meu trabalho irá melhorar, minha renda tem chances de aumentar em 100%”, destaca. Já a catadora Franciele de Jesus Ramos, há mais de 10 anos no setor, diz que trabalha para ajudar sua mãe. “Acredito que esta é uma boa profissão. A renda que temos dá para ajudar e, com o curso, vai aumentar. Não acho que vir aqui seja um tempo perdido”, argumenta. Maria Madalena Rodrigues Duarte Lima é integrante do Movimento Nacional dos Catadores em Itaúna. Conta que veio auxiliar na capacitação das catadoras locais. “Trabalho no ramo há 42 anos. Estou no movimento há 10 anos e acredito no nosso trabalho. O curso vem trazer qualificação e formação nas políticas públicas nacional, estadual e municipal, além de agregar a formação de autogestão, conhecimento do movimento e a valorização do trabalho com a prestação de serviço para o município”, finaliza.

Devido à falta de demanda de sabarenses para cirurgias eletivas, uma vez que todos os que aguardavam a operação foram atendidos, o município de Sabará passa, a partir de 2011, a receber, em iniciativa inédita, pacientes da Região Metropolitana de Belo Horizonte. A primeira cidade a encaminhar seus pacientes para as cirurgias eletivas realizadas no Hospital Cristiano Machado (HCM) será Jaboticatubas. A Pactuação Programada Integrada (PPI), que pactua as internações nas clínicas cirúrgica, obstétrica, médica e pediátrica, foi firmada durante a reunião técnica da regulação da Região Metropolitana de Belo Horizonte, na Gerência Regional de Saúde de Belo Horizonte, no dia 14 de outubro. “Esse acordo é o reconhecimento do investimento e desenvolvimento da saúde do município por toda região metropolitana, mas ainda temos muito a fazer pela população”, ressalta o prefeito William Borges. Mesmo não havendo mais fila de espera para os residentes na cidade, os sabarenses continuarão a ser prioridade nas cirurgias realizadas no HCM, como histerectomias (retira de útero), cirurgia de hérnia, entre outras, a exceção das cirurgias ortopédicas e de otorrino, que ainda são realizadas em Belo Horizonte. Das cirurgias feitas até o momento no HCM, 264 foram eletivas e 430 ambulatoriais. Informações: 3672-7214.

ITABIRITO Praça da Saudade: mais um presente para a população

IPATINGA

Representantes dos Conselhos de Segurança Pública (Conseps) de todas as Regionais conheceram de perto o Centro Integrado de Monitoramento (CIM) – Projeto Ipatinga Segura – Olho Vivo, desenvolvido pela Prefeitura de Ipatinga em parceria com a Polícia Militar. O grupo visitou, pela primeira vez, as instalações do Olho Vivo. Eles receberam explicações de como o projeto funciona. Em 11 meses de funcionamento, a redução de crimes violentos na área central de Ipatinga chega a 62%, segundo a PM. Durante a visita, o coordenador do projeto, José Carlos de Souza, esclareceu que o programa funciona como um meio de apoio aos órgãos de defesa social. “O projeto funciona em parceria com a Polícia Militar e tem como proposta o policiamento preventivo. Este é um programa de sucesso”, avaliou. Atualmente, são 19 câmeras instaladas no centro de Ipatinga e outras 24 em 12 bairros. Todas as câmeras estão funcionando e são monitoradas 24 horas na CIM, localizada à Rua Edgar Boy Rossi. Para José Carlos, o acompanha-

PMI

Conselhos de Segurança visitam o Centro Integrado de Monitoramento

19 CÂMERAS foram instaladas no centro de Ipatinga e outras 24 em 12 bairros mento da sociedade é fundamental para o sucesso do projeto. “O Olho Vivo é uma ação de gestão pública de grande relevância. Os Conseps são uma parcela significativa da comunidade e parceiros de nosso governo”, afirmou.

Dr. Paulo César G. Guerra Tel.: (31) 3241-4777 Fax: (31) 2555-4777 Rua Piauí, 179 - Santa Efigênia CEP 30150-320 - Belo Horizonte - MG

Durante a visita, o secretário de Governo, Francisco Pereira Lemos, lembrou que o projeto atua também na repressão contra a violência. “Segurança pública é um tema relevante e por isso o prefeito Robson Gomes deu total apoio em sua implantação”.

Para ele, a administração municipal entende que quanto maior a participação da comunidade, maior será a ação dos órgãos de defesa social. Além do Olho Vivo, a Prefeitura de Ipatinga estuda outros projetos de segurança pública em parceria com a comunidade. Presidente do Consep 4, Adenir Soares Martins, a Pretinha, ressaltou que a visita teve como proposta conhecer o sistema de segurança que vem sendo bastante comentado na cidade. “O projeto é uma coisa maravilhosa. Com as câmeras é possível fazer toda vigilância. A partir de agora vou me sentir mais segura”, esclareceu. Presidente da Associação de Moradores do Centro e do Consep 1, Gerson Paulino disse que a visita foi interessante para que as lideranças fizessem uma análise do programa. “Reivindicamos esta visita e fomos atendidos. Queremos lutar pela segurança no Centro de Ipatinga. A administração do Robson Gomes está de parabéns com a implantação e manutenção do projeto”, comentou.

MAQUETE da futura praça Visando o conforto e bem-estar dos moradores do Bairro Saudade, a Prefeitura de Itabirito está construindo um agradável espaço de convivência, entre as Ruas Hermano Pereira Lima e Agripino Lima. “A parte estrutural já está concluída, agora iremos começar a parte paisagística e finalizar essa obra, que irá melhorar em 100% a segurança e o conforto dos moradores”, esclarece Waldecir Gonçalves de Souza, chefe de Obras da prefeitura. O espaço, que dá acesso a várias residências, estava parcialmente comprometido, devido a uma erosão causada pelas chuvas do início deste ano. A nova praça, além de facilitar a entrada dos moradores em suas casas, terá mesas com tabuleiro para prática de xadrez e dama e bancos confortáveis com uma bela vista da cidade. “Parabenizo a prefeitura pelo atendimento e aos funcionários pela conclusão da obra, essa praça é um sonho. Antes eu não tinha liberdade dentro

da minha casa, pois a escada passava na minha porta. Hoje ela está no local certo”, conta Eulália Maria Rocha Cruz, moradora do bairro. A reestruturação do local, segundo o secretário de Urbanismo, Aloísio Alves, visa oferecer tranquilidade aos moradores da região, evitando a utilização do espaço público para ações ilícitas e prejudiciais à população. “Ao invés de apenas arrumarmos o buraco, decidimos construir essa praça para resgatar os valores daquele local”, ressalta o secretário. Neste último mês, a Prefeitura de Itabirito construiu mais de 200 metros de passeio e meio-fio, além da reconstrução de toda a rede fluvial, com cerca de 400 metros, que ligou a Rua Engenheiro Simão Lacerda ao Rio Itabirito. As ações colaboram com um melhor escoamento da água da chuva e também com a acessibilidade na Rua Engenheiro Simão Lacerda, em frente à sede da Guarda Municipal.


10

C I D A D E S JUIZ DE FORA

BELO HORIZONTE

PJF

Desde março, estão circulando nos ônibus da Capital textos literários selecionados no concurso “Eu sou a Natureza”, do Projeto Leitura para Todos, realizado pela Secretaria Municipal de Educação, BHTrans e Associação Cultural Teia de Textos. No dia 22 de outubro, iniciou-se a terceira etapa, com divulgação em 53 ônibus de cinco outras linhas. Os textos foram produzidos por alunos, pais e funcionários de escolas da rede municipal de ensino. Publicados em diversos gêneros, como crônicas, poemas e contos, os textos nos levam a refletir sobre as relações entre os homens e os demais seres vivos, despertando uma consciência ecológica nos participantes e na população em geral. Essa fase do projeto foi dividida em quatro etapas, sendo cada uma com duração de dois meses. No total, vão circular 4.662 lâminas ilustradas e coloridas em 259 ônibus de 28 linhas próximas às escolas participantes do concurso. As linhas contempladas na terceira etapa são 302, 5506C, 9410, 2256A e 5502B. O Projeto Leitura para Todos começou em 2004 e tem como objetivo levar à população a literatura, de forma gratuita e descontraída, e incentivar o hábito da leitura. Com o concurso “Eu sou a Natureza”, o projeto também visa estimular a produção literária sobre um tema em destaque, como é o caso da natureza. Os textos são afixados na parte traseira dos bancos dos ônibus com

NA MOSTRA, haverá apresentações de dança, capoeira, música, artesanato, artes visuais e teatro Mais de três mil alunos integrantes das oficinas do Programa Gente em Primeiro Lugar estão mobilizados para a mostra itinerante, que será realizada entre os meses de novembro e dezembro. Já estão programadas apresentações nos 41 bairros atendidos no Eixo Cultura-Cidadania e no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM). De acordo com o coordenador Sérgio Eloi, a Mostra Cultural Gente em Primeiro Lugar representa uma forma de apresentar aos pais, aos responsáveis e às comunidades o trabalho desenvolvido pelas crianças e adolescentes, com orientação de 24 articuladores culturais. “Além de prestar contas das atividades desenvolvidas, as apresentações são importantes para aumentar a autoestima dos participantes e das famílias. Nestes eventos, os alunos percebem que são importantes e capazes de desenvolver habilidades artístico-culturais”, explica Sérgio Eloi. Na Mostra, haverá apresentações de dança, capoeira, música, artesanato, artes visuais e teatro. Sérgio destaca que, além dos bairros, haverá dois dias de programação no CCBM (7 e 8 de dezembro), de modo que a cidade como um todo poderá ter acesso ao trabalho realizado. Segundo ele, esta é a primeira vez que a mostra acontece de forma sistematizada, mas o projeto já vem promovendo uma série de apresentações. “Sempre que acontece alguma atividade nas escolas e na comunidade, como Festa Junina e Festa da Primavera, nossos alunos são convidados a mostrar seu trabalho”, afirma o coordenador. Realizado desde agosto de 2009, o Programa Gente em Primeiro Lugar proporciona, a crianças e adolescentes, oportunidade de desenvolver habilidades artísticas por meio das oficinas culturais. “No entanto, a importância do projeto vai além, porque tem permitido que os integrantes desenvolvam outros conceitos de cidadania, como responsabilidade, autoconfiança e sentimento de coletividade”, diz Sérgio Eloi.

MATEUS LEME

PBH

Projeto Leitura para Todos nos ônibus da Capital mineira

Mostra exibe trabalhos de oficinas culturais

NO TOTAL, vão circular 4.662 lâminas ilustradas e coloridas em 259 ônibus cordões de nylon, plastificados no formato A4, permitindo que o usuário tenha acesso às obras literárias durante a sua viagem. Em 2007, o Leitura para Todos foi o vencedor do prêmio VivaLeitura, dos ministérios da Cultura e da Educação, na categoria “Sociedade: empresas, ONGs, pessoas físicas e universidades”, concorrendo com 1.860 projetos de todo o Brasil. Esse é o mais importante prêmio de incentivo à leitura no país. O título “Leitura para Todos Cidade Administrativa” marca outro momento do projeto, contemplando ônibus de linhas que dão acesso à Cidade Administrativa. Ele já está na segunda etapa, utilizando

1.998 lâminas afixadas em 111 ônibus de 12 linhas que circulam no local e em bairros do entorno. O patrocínio é da Accenture, empresa global de consultoria de gestão. Um grande diferencial desse projeto é que ele conta com belas criações do funcionalismo público estadual, que tem enviado sua contribuição para a circulação de uma literatura de qualidade nos ônibus. A intenção da BHTrans e da Associação Cultural Teia de Textos é expandir o Leitura para Todos para a frota total dos ônibus municipais de Belo Horizonte, despertando a atenção e o interesse pela leitura em pessoas de diferentes faixas etárias, tornando a

viagem de ônibus mais divertida e atraente. No Brasil, a mídia mais eficiente depois da TV são os transportes coletivos. A BHTrans e a Teia de Textos estão empenhadas em buscar mais empresas dispostas a apoiar a ampliação do projeto. Os parceiros contam com isenção fiscal, já que o Leitura para Todos foi aprovado pela Lei Rouanet em 2007. A frota de ônibus municipais da Capital tem hoje 2.832 veículos, que são utilizados por 1,5 milhão de passageiros diariamente. Outras empresas como o Hospital Semper, Agência Lapis Raro, AEC e Copasa já apoiaram o projeto por meio das Leis Municipal e Federal de Incentivo à Cultura.

OURO PRETO

Reformulação do Estatuto do Magistério está em andamento

ma atenção especial foi dada pela Prefeitura de Mateus Leme para reformulação do Estatuto do Magistério, atendendo a uma antiga reivindicação dos servidores municipais da Educação. Um estudo da Lei Complementar nº 12, de 12 de janeiro de 2001, foi iniciado pela prefeitura, por meio da Secretaria de Educação. Uma comissão foi formada por educadores municipais e profissionais especializados, que estão classificando os principais itens que necessitam de alterações. Este processo também é acompanhado pela presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Mateus Leme, dando transparência nesse trabalho de atualização do Estatuto. As reuniões acontecem desde 2009, com conversas, estudos aprofundados e levantamento de dados, que seguirão periodicamente até a conclusão deste processo. Após esse trabalho, o projeto de reformulação será entregue ao prefeito, juntamente com jurídico, controladoria interna e Câmara de Vereadores, para avaliarem a reformulação. Caso seja necessário, alguns ajustes serão feitos. O objetivo dessa reformulação é atualizar e adequar as Leis à realidade da educação dentro do município de Mateus Leme. A atual administração não tem medido esforços para oferecer cada vez mais educação de qualidade à população.

Ouro Preto terá em breve um Instituto Médico Legal (IML), que vai gerenciar os processos ligados à medicina legal na cidade e região. Através de uma parceria entre a Prefeitura de Ouro Preto, a Polícia Civil de Minas Gerais e a Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), foi celebrado na manhã do dia 25 de outubro, no Gabinete do prefeito, um termo de cooperação técnica para adaptação da Capela no Cemitério da Saudade, com o intuir de abri-

gar a sede do Instituto. O espaço onde será implantado o IML terá uso compartilhado entre a Ufop, junto a seus professores e estudantes de medicina, a Polícia Civil, com conhecimento técnico, equipe e médicos legistas, e a administração municipal, por meio de serviços de manutenção em geral. O município será responsável pela segurança do espaço, a universidade pela obra de adaptação e a Polícia Civil por todos os equipamentos

essenciais e equipe. “Atualmente, os trabalhos de Medicina Legal de Ouro Preto, como autópsia e necropsia, são realizados em Conselheiro Lafaiete ou outras cidades. A implantação do IML aqui irá facilitar o trabalho da Polícia Civil, será útil para a população de toda região”, afirma a procuradora Geral de Ouro Preto, Juliana Pires. A capela do Cemitério da Saudade, que atualmente não está em uso, terá suas

características arquitetônicas originais preservadas. O espaço localizado na área da antiga Febem é de propriedade do Estado de Minas Gerais. A vigência do contrato assinado é de 60 meses, no mínimo. O IML de Ouro Preto deve entrar em operação em março de 2011.

A REuNIÃO contou com representantes da prefeitura, da ufop e da Polícia Civil

Guilherme Margarido - Ascom PMOP

Kildary/PML

Cidade terá Instituto Médico Legal

UMA comissão foi formada por educadores municipais e profissionais especializados

U

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010


C I D A D E S

De 7 a 14 de novembro de 2010

SETE LAGOAS

JEditorial

Cidade está em campanha contra a prática do bullying

MAROCA: “A humilhação é algo traumático para as crianças”

O Conselho Nacional da Juventude (CNJ) e o Juizado da Infância e da Juventude promovem uma campanha de combate à prática de violência e humilhação dentro das escolas em todo o país. Em Sete Lagoas, a campanha tem a adesão da prefeitura, especialmente das secretarias de Assistência Social e Educação, que convidam toda a população a participar desse movimento. “A humilhação é algo traumático para a criança, muitas vezes não fazemos ideia do que isso pode causar na vida de alguém”, afirmou o prefeito Maroca, ao ver uma das alunas da rede municipal de ensino vestindo uma camisa da campanha. Em Sete Lagoas, o projeto educativo foi lançado pelo juiz de Direito, Dr. Edilson Rumbeslperger Rodrigues, como titular da Vara da Infância e da Juventude.

Ações No dia 29 de outubro aconteceu um encontro para discussão do tema no auditório do Senai, com a participação de representantes de todas as escolas públicas e particulares que fazem parte da Comarca de Sete Lagoas. Na oportunidade, Edilson Rodrigues falou sobre a prática do bullying. No dia 30, foi realizado um pedágio na orla da Lagoa Paulino, com a distribuição de 500 adesivos com os seguintes dizeres: “Bullying, diga não a ele”, patrocinado pelo empresariado local.

SANTA LUZIA

Fazendo parte da Rede Municipal de Ensino desde 1998, a Escola Edwar Lima, localizada no Palmital, em Santa Luzia, foi reinaugurada em mais um projeto da atual administração, que vai revitalizar e ampliar as escolas do município. Com a ação, os mais de 1.200 alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental ganharam, no último dia 27, com a presença do prefeito Gilberto Dorneles, uma biblioteca, sala de informática, sala multifuncional e um local para o Programa Mais Educação, além de quadra coberta e pintura novinha. “Os alunos e a comunidade gostaram demais. A escola ficou linda”, disse a diretora Adirceley Drumond. A cerimônia de reinauguração aconteceu na nova quadra, com a participação do secretariado, dos alunos que ensaiaram apresentações para os presentes e pessoas da comunidade. “Não medimos esforços para que a Escola Edwar Lima fosse revitalizada. Hoje é um dia muito especial pra gente. Agora, gostaria de fazer um pedido aos alunos. Cuidem bem e façam bom uso da nova escola. Isso tudo é para vocês”, disse a secretária de Educação, Francislene Grácio. Antes de oficializar a reinauguração, o prefeito Dr. Gilberto falou aos alunos: “É um dia muito especial porque assumimos o compromisso de reformar e ampliar a escola. Participar desse momento é muito importante. Vamos continuar trabalhando para que mais escolas sejam reformadas e construídas no município. Mandem um recado para os pais de vocês. Sabemos das dificuldades e carências da comunidade, não

PMSL

Escola Municipal Edwar Lima é reinaugurada

DR. GILBERTO: “Vamos continuar trabalhando para que mais escolas sejam reformadas”

estamos medindo esforços para melhorar a vida de todos”, finalizou. Para externar o sentimento da comunidade, Aparecida Pinheiro da Silva representou os presentes: “Como mãe de aluno aqui da escola queria agradecer ao prefeito de coração. Que o senhor continue com esse olhar especial com a nossa comunidade e a nossa escola”. Representando os alunos, Bruno Campos, do 9º ano, agradeceu. “Queria agradecer a visita à nossa escola e pedir que o prefeito continue nos ajudando a crescer com um ensino de qualidade e cada vez mais avançado”, afirmou.

Cursos da Fecomércio Departamento Pessoal - Avançado Data - 08, 09, 10, 11, 12, 16, 17 e 18 de novembro Atividades Funcionais da Zeladoria - Curso gratuito Data - 08, 09, 10, 11 e 12 de novembro Aperfeiçoamento em Controle de Estoque para Lojas de Autopeças Data - 09, 10, 11, 12, 16, 17, 18 e 19 de novembro Formação do Preço de Venda Data - 16, 17, 18 e 19 de novembro Fantástico Atendimento: Relações Humanas e Contato com o Cliente Data - 22, 23, 24, 25 e 26 de novembro Gerente Como Facilitador da Capacidade Produtiva Data - 29, 30 de novembro

Informações: (31) 3270-3359 E-MAIL: cde@fecomerciomg.org.br

11

PAULO CESAR PEDROSA QUEM SABE, SABE

paulocesarpedrosa@yahoo.com.br

Advogado & Jornalista RP: 098523 / 296

Fotos: Divulgaçãor

EDIÇÃO DO BRASIL

O M I N I S T R O d o S T F, C a r l o s Ve l o so, recebendo a Medalha Confederativa

AMAGIS OuTORGA MEDALHA GUIDO DE ANDRADE

Danilo de Castro recebendo a Medalha Confederativa

Foram agraciados com a Medalha Condecorativa “Comenda Desembargador Guido de Andrade” o ex-presidente do Brasil, Itamar Franco, o ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Carlos Veloso, e o político e ex-secretário de Governo de Minas Gerais, Danilo de Castro. A solenidade aconteceu na quarta-feira, dia 27 de outubro, no salão de festas da Amagis, e teve como orador oficial o juiz Gilson Lemes, diretor da Revista Amagis Jurídica.

Itamar Franco recebendo a Medalha Confederativa

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TURISMO INAUGURA SEDE NO RIO DE JANEIRO O presidente da Confederação Nacional do Turismo (CNTur), Nelson de Abreu Pinto, convida para a inauguração da sede da CNTur Rio e o lançamento das Linhas de Créditos Especiais BNDES, destinadas aos setores de restaurantes comerciais e coletivos, hotéis e meios de hospedagem, agências e operadoras de turismo, organizadores de eventos e empresas de turismo

em geral. Haverá abertura solene e premiação de autoridades e parceiros do turismo brasileiro com o prêmio “Elos do Turismo 2010”, além de lançamento da Pesquisa CNTur / República Opinião sobre o mercado e o comportamento do setor face aos novos desafios. O evento será realizado no dia 22 de novembro, no Centro Empresarial Mário Henrique Simonsen, na Barra da Tijuca – RJ.

CANAL ABERTO FERIADÃO NAS ESTRADAS. Nos pedágios que a Concer administra, na BR-040 Juiz de Fora-Rio de Janeiro, 270 mil veículos passaram no feriadão de Finados. Foi o mesmo movimento registrado no mesmo trecho, Rio-Juiz de Fora, no feriado de 7 de Setembro. No feriado de 12 de Outubro, passaram 292 mil carros. Num fim de semana comum, são 40 mil veículos. ALIMENTOS & JUROS. O Banco Central (BC), ao mesmo tempo em que chama a atenção sobre os preços elevados dos alimentos, piorando as projeções de inflação, usa a última ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) para reforçar sua convicção de que o cenário é benigno. Deixa claro que não vai aumentar a Taxa Básica de Juros (Selic), hoje em 10,75% ao ano. FLORESTA AMAZÔNICA. Para tentar entender como era o clima do planeta antes da Revolução Industrial, ou seja, antes de haver poluição em larga escala, especialistas da Universidade de São Paulo e de Harvard foram buscar pelo ar puro que pudessem encontrar. E acharam sobre a Floresta Amazônica. CORAÇÃO SAUDÁVEL. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que até 2040 o índice de doenças cardiovasculares no Brasil deve aumentar em 250%. Hoje, 300 mil brasileiros morrem anualmente por causa desses problemas. E de 14% a 25% dos infartos ocorrem sem sinal de dor. Além disso, 30% dos brasileiros são hipertensos. De cada cem, apenas de 25 a 30 têm a doença controlada. DOCE & OBESIDADE. Pesquisa inédita com 2.700 homens e mulheres, de 18 a 80 anos, em 14 estados do país, pode ajudar a entender porque o brasileiro está engordando em ritmo acelerado e registrando cada vez mais doenças cardiovasculares. Levantamento realizado pela Associação Brasileira de Nutrologia (Abran)

revela que na hora de escolher a sobremesa, 69% preferem chocolates, gelatinas, pudins e outras gulodices bem açucaradas. Somente 26% optam pelas frutas e apenas 5% dispensam esse prato depois das refeições. RELANÇAMENTO DO CD. O escritor, violeiro e jornalista Tadeu Martins lança na segunda-feira, 08 de novembro, no Restaurante Maria das Tranças, da Rua Professor Morais, o CD “Causos, Cordas e Cordéis”. ESCOLAS PÚBLICAS. O Governo de Minas está recuperando todas as escolas públicas estaduais, internamente e externamente, com destaque para a pintura e os desenhos nos muros, deixando as escolas com melhor identificação. São pequenas obras como essas que valorizam os professores e alunos, com mais cidadania, além de trazer segurança para a comunidade. O CRUZEIRO está deixando escapar a grande oportunidade de ser Campeão Brasileiro pelos seus próprios erros. Não tem um cobrador de pênalti e falta, não tem centroavante e vem jogando sem alma e motivação. 73 ANOS. O presidente do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais, Juiz Jadir Silva, convida para a solenidade de entrega do Colar e da Medalha do Mérito Judiciário Militar por ocasião da comemoração dos 73 anos da Justiça Militar de Minas, 09 de novembro, 17h, no Clube dos Oficiais. TARIFA DO CELULAR VARIA ATÉ 814%. Um estudo realizado pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor Pró-Teste mostrou que no Brasil a tarifa do celular varia até 814%. Como a diferença é grande, quem compara bem economiza uma bela grana. Segundo a pesquisa, o custo do minuto do pré-pago é mais alto. Por outro lado, com o pré-pago, é mais fácil ter controle de quanto será gasto com o celular, evitando surpresas no fim do mês.

“A imagem que gostaria que ficasse de mim é a imagem de um irmão”. Dom Helder Câmara.

PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS. EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIE. TELEFONE: 0800-311119 Cartas, convites e e-mails, encaminhar para Redação do Jornal Edição do Brasil - Av. Francisco Sá, 360 - Prado, Cep: 30.410-060.

Conheça os melhores restaurantes das seguintes cidades: SANTA LUZIA: Rest. e Lanchonete Colher de Chá Espaguete na Chapa Bar Ltda MONTES CLAROS: Churrascaria Chimarrão Churrascaria e Pizzaria Papaula Bar do Toco Churrascaria Restaurante Sabor e Saúde Chicos Pizzaria e Churrascaria Uai Tchê Cervejaria Lumas Churrascaria Armandos Restaurante Restaurante Favorito IPATINGA Restaurante Tempero Mineiro Restaurante Sabor e Aroma Restaurante Bom Apetite Restaurante D’Lucas Restaurante Vovó Efigênia Restaurante Popular SABARÁ Restaurante e Pizzaria 314 - Sabarabuçu Barroco Cekisabe

Restaurante PauTerra CORONEL FABRICIANO Restaurante Angra Restaurante Cantina da Nona Restaurante Amigão Pizzaria do Jayme JUIZ DE FORA: Restaurante Bacco Restaurante Brazão Restaurante Belas Artes Restauante Bertu’s VESPASIANO Restaurante Vespagril Restaurante Taberna Restaurante Vovó Marguerita Restaurante Tropic Restaurante B&N BETIM Restaurante e Pizzaria Hudson Churrascaria Carro de Boi Cantina da Vovó Ana


12

E S P O R T E

EDIÇÃO DO BRASIL

De 7 a 14 de novembro de 2010

Fifa destaca preparação para a Copa 2014 com otimismo

Futebol abre as portas da política a ex-atletas Dupla do tetra na Câmara No Rio, a dupla tetracampeã mundial, Romário e Bebeto, foi eleita para a Câmara Federal. O baixinho conquistou 146 mil votos, contra 28 mil de Bebeto. Quem também garantiu seu mandato foi o atual presidente do Vasco da Gama e ex-atacante, Roberto Dinamite. O mandatário vascaíno será deputado estadual.

MARQUES, ídolo do Atlético, espera ser um bom deputado

CBF

O futebol é, sem dúvida, a atividade que mais atrai público no Brasil. Os jogadores ganham mais exposição do que em qualquer horário eleitoral. Assim, é impossível que passem imperceptíveis pela multidão. A grande exposição, que para alguns pode causar constrangimento, a outros serve de degrau para a vida pública. Sempre foi frequente a participação de personalidades brasileiras na política. Nessas últimas eleições, foi a vez dos ex-jogadores de futebol roubarem a cena. Em Minas Gerais, o atleticano Marques foi o segundo deputado estadual mais votado do pleito. A quantidade significativa de votos (153.225 no total) conquistada pelo ex-atacante não é atribuída a nenhum padrinho político, mas sim ao que Marques fez no gramado. “Para falar a verdade, eu sentia o carinho do povo pelas cidades que eu passava, mas não tinha a noção da importância que eu tinha para essas pessoas. Desde o me-

nino de dez anos a uma senhora de 80. Todos vinham emocionados falar comigo, da importância que tive como atleta e também do meu caráter, que eu sou um exemplo. Foi muito legal a minha campanha”, diz o ex-atacante. Marques espera aproveitar a oportunidade que a visibilidade como atleta lhe deu para alavancar sua carreira política, tal como fez outro ídolo atleticano, o ex-goleiro João Leite, futuro companheiro de Marques na Assembleia. Leite é uma boa inspiração para atletas que optam pela vida pública. O deputado tucano já não tem votos apenas pelo seu trabalho dentro de campo, mas também pelas suas atividades legislativas. Do lado celeste, o vice-presidente de futebol, Gustavo Perrella, garantiu uma vaga como deputado estadual. Seu pai, Zezé Perrella, será suplente do senador eleito, Itamar Franco. O ex-treinador do Galo e da Raposa, Procópio Cardoso, também foi candidato a deputado estadual, mas não conseguiu votos suficientes.

ALMG

José Alves Neto

O site da Fifa destacou, na semana passada, os preparativos para a realização da Copa do Mundo no Brasil, em 2014. O texto, em tom bastante otimista, descreve o esforço feito pelo Governo Brasileiro, as maravilhas naturais e o fato do Brasil ser “o país do futebol”. Segundo o texto, o governo espera investir R$ 17 bilhões em infraestrutura. Um dos pontos mais focados pelo informe é a necessidade de reforma dos 16 aeroportos das 12 cidades que receberão os jogos da Copa do Mundo de 2014. “Nós estamos fazendo todo o esforço para a Copa do Mundo de 2014, porém muitos aspectos estão recebendo maior atenção, como os aeroportos”, diz ao site da Fifa o ministro dos esportes, Orlando Silva, que acredita que 600 mil turistas estrangeiros visitarão o Brasil na época do Mundial. Sobre os estádios, o texto da Fifa destaca o fato do Maracanã ser o único que recebeu partidas da Copa de 1950 que está no programa para 2014. Além disso, dá detalhes das obras do Mineirão e do Mané Garrincha, em Brasília. Polêmicas à parte, a Fifa dá como certa a realização, no próximo mês de julho, da obra de rebaixamento do gramado do Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Embora a diretoria do Internacional ainda não tenha decidido por fazer ou não o procedimento. No informe, são citadas ainda as obras de reconstrução dos estádios da Fonte Nova, em Salvador, e do José Fragelli, em Cuiabá. Além de lembrar que o processo de licitação está em fase final nas sedes de Natal, Fortaleza, Manaus e Curitiba. Sobre a sede de São Paulo, que está causando maior divergência quanto ao estádio que receberá os jogos da Copa do Mundo, nenhuma palavra. Para completar, o texto é encerrado com as palavras otimistas de Ricardo Teixeira, presidente da CBF e do Comitê Organizador Local. “O Brasil de longe é o país do futebol. Isso não é um clichê ou um slogan, é uma constatação se observarmos o fato do Brasil ser o único país a ter estado em todas as edições da Copa do Mundo e ter o recorde de cinco títulos”, diz Teixeira. O presidente da CBF ainda completa falando sobre a oportunidade que os turistas terão de conhecer um pouco mais do país. “Em 2014, teremos a chance de receber a Copa em 12 cidades localizadas em lindas regiões do Brasil”, afirma o dirigente.

Passada a conquista do Campeonato Mineiro de Vôlei, o Sada Cruzeiro já retomou a preparação para a Superliga Masculina 2010/11. No último dia 30, em Itabira, o time celeste conquistou pela segunda vez o título de campeão estadual ao vencer o Vivo Minas por 3 sets a 0. Depois de alguns dias de descanso, a equipe voltou aos treinos na manhã do dia 03 de novembro, no CT do Barro Preto, e agora concentra todas as atenções no campeonato nacional. Os dois primeiros jogos do Sada Cruzeiro pela Superliga serão fora de casa. O time vai estrear no dia 10 de novembro, às 19h, contra o Sesi, em São Paulo. Depois, no dia 12, ainda na Capital paulista, o Sada Cruzeiro encara o Pinheiros Sky, às 18h30, com transmissão do Sportv. Depois disso a equipe de Marcelo Mendez enfrenta o Vivo Minas

Divulgação

Após título Mineiro, Sada Cruzeiro treina para estreia na Superliga

O SADA Cruzeiro vem evoluindo a cada jogo, para alegria de sua torcida no dia 19, em jogo com mando de campo celeste. “Comemoramos muito o título Mineiro, mas agora nosso foco é a Superliga. A gente se prepara o ano todo para chegar bem nesse momento.

O campeonato está muito forte, com muitas equipes que podem ser campeãs, e nós também estamos na briga. Os primeiros jogos serão contra adversários difíceis e temos que nos preparar muito”, afir-

ma o central Renato Felizardo. O principal campeonato do vôlei brasileiro terá participação de 15 clubes, de seis estados do país: Sada Cruzeiro Vôlei, BMG/Montes Claros e Vivo/Minas, de Minas Gerais; BMG/São Bernardo, Medley/Campinas, Pinheiros/ Sky, Santo André, São Caetano/Tamoyo, Sesi-SP e Vôlei Futuro, de São Paulo; Soya/ Blumenau e Cimed, de Santa Catarina; Fátima/Medquímica/ Sogipa, do Rio Grande do Sul; Londrina/Sercomtel, do Paraná; e Volta Redonda, do Rio de Janeiro. Na fase classificatória, as equipes jogam em turno e returno. Os oito times mais bem classificados passarão para as quartas de final, que serão disputadas em série melhor de três partidas, assim como as semifinais. A final será disputada em jogo único, em Minas Gerais.

RICARDO Teixeira, apenas palavras otimistas ao site da Fifa

MINEIRINHO

Renata Cyrino Cirurgiã Dentista Odontologia estética Prótese – Implantodontia

Av. Augusto de Lima, 655 – Sala 1015 Telefone: (31) 3271-0191 Centro - Belo Horizonte - MG www.renatacyrino.hpq.ig.com.br


jornal Edição do Brasil