Page 1

www.jornaldosudoeste.com.br Diretor: Nelson de Paula Duarte - Bissemanário de Circulação Regional - São Sebastião do Paraíso/MG, Sábado, 9 de fevereiro de 2013 - ANO XXVII- Edição: 1662 - R$ 1,30

Cratera põe em risco a vida de moradores de Paraíso

página 9

Atraso no pagamento de serviços de hemodiálise poderá comprometer atendimento página 3

Secretaria de Trânsito anuncia alterações em três ruas de Paraíso página 7

Calçada com menos de um metro ao lado de buraco com cinco metros de profundidade

Ladrão arromba estúdio fotográfico e PM recupera veja na página 3 equipamentos furtados Paraíso se torna pólo de instituição federal e oferece cursos técnicos a partir de abril

Alunos do Objetivo NHN são aprovados nas melhores universidades de medicina do pais

pág. 5

Vereadores visitam área de risco às margens da BR – 491 página 6

página 12


página 2

Jornal do Sudoeste OPINIÃO

CURT AS CURTAS CORREIOS A Câmara Municipal de Paraíso foi chamada a intervir na situação que envolve a agência franqueada dos Correios, localizada na Praça Comendador José Honório. Por vencimento do contrato o local está fechado desde o final do ano passado. Durante vistoria por questão de detalhes e intolerância em relação ao funcionamento de um roteador não houve a liberação para o funcionamento do estabelecimento. Moral da história, na agência central avolumam-se as filas e de tão ruim que ficou o atendimento já gerou BO. Os vereadores prometem mobilizar as lideranças suprapartidárias para tentar dar jeito na situação. FRAGMENTADA Na primeira sessão ordinária de 2013 a Câmara Municipal já demonstra fragilidade no relacionamento entre seus pares. Diferente do que ocorreu pelo menos nos dois primeiros anos da legislatura passada, o clima de unidade é algo que parece estar longe de ocorrer. Além das disputas partidárias, os desgastes pela eleição da mesa diretora, continuam fazendo estragos e ampliando o clima de divisão. Alguns pronunciamentos, frases indiretas, vereadores que deixaram de se falar entre si e olhares que não se cruzam dão o tom de como as coisas andam. DIVIDIDA O anúncio do nome do vereador Sérgio Aparecido Gomes como líder de bancada do PSD, PHS, PSC e PMDB, deixou algumas pessoas boquiabertas. De fora ficaram o PR, PTB, DM, PV e PT. Se não se aglutinarem tendem a ficar isolados, muito embora o discurso é de que trabalharão em conjunto para o bem da cidade. Houve quem saísse pela tangente dizendo que todos são líderes e que a chegada de mais um líder grupal ajudará as outras lideranças já existentes. COLISÃO O presidente da casa, José Luiz Correa (PT) e o líder do prefeito na Câmara, Valdir do Prado (PR) já demonstraram que em muitos momentos vão estar em rota de colisão, por entendimentos e interesses distintos. Vide a linha de pensamento de cada um em relação a construção da sede da nova Câmara e o pedido de ofício em apoio para transferência do Pronto Socorro para o Hospital Sagrado Coração de Jesus. Apesar das aparências e muito além dos panos quentes já é possível prever sem dificuldades que haverá bons confrontos entre as partes. TV CÂMARA Na visita que fizeram a Divinópolis, vereadores de Paraíso conheceram um modelo de divulgação do trabalho Legislativo que pode chegar ao cidadão, à população e ao eleitor de maneira direta, sem esbarrar em empecilhos burocráticos jurídicos. Trata-se da TV Câmara que começa a ser implantado em muitos municípios, como Araraquara, Franca e Ribeirão Preto, no interior Paulista, além de Betim, Uberaba e Divinópolis em Minas. O canal funciona em parceria com a TV Câmara de Brasília, TV Assembleia de Belo Horizonte e há espaço para um canal local para o Legislativo paraisense. É uma forma de dar mais visibilidade e transparência aos trabalhos dos vereadores. CASA NOVA No próximo dia 19 de fevereiro, às 9 horas haverá na Câmara Municipal reunião dos vereadores interessados, com o engenheiro responsável pela elaboração do projeto para a construção do prédio da nova sede do Legislativo. O projeto foi concebido há três anos numa proposição do então vereador Ailton Rocha de Sillos. A construção só não foi iniciada porque na época a maioria preferiu contemplar entidades sociais. Agora a ideia ganha novo fôlego com o argumento de se dar mais independência aos poderes e que os vereadores e funcionários tenham condições adequadas para trabalhar e exercerem suas funções. CARNAVAL Na tarde de sexta-feira era grande a movimentação de paraisenses que deixaram a cidade pelo Terminal Rodoviário Angelo Scavazza, e outros pontos da cidade em ônibus particulares. Já nas rodovias a movimentação aumentou no início da noite, com destinos variados desde São Tomás de Aquino, Cássia, Muzambinho, Alfenas, Capitólio, interior paulista entre outros lugares. Como na cidade não haverá desfiles das escolas de samba, blocos, trio elétrico ou coisa que o valha o folião paraisense não teve outra alternativa a não ser ir atrás de outras paragens. Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu. MONTE SANTO Pela proximidade entre as cidades, muitos paraisenses deverão curtir o carnaval nas cidades vizinhas. Monte Santo de Minas deverá ser um dos locais mais visitados pelos paraisenses. Se em anos anteriores os carnavalescos desfilavam aqui e corriam para lá, agora a fuga em massa vai movimentar e muito a BR-491, que está em obras. Um dos mais belos e tradicionais carnavais da região receberá o reforço dos foliões locais. Pena que por lá o calçadão do samba foi desativado, mas mesmo assim o brilho das escolas não se apagou e nem foi ofuscado. BRAZ E BELÉM A Escola de Samba do Braz terá como enredo “No Palco da Vida a Estrela Sou Eu”. A bateria da escola é comandada pelo paraisense Gustavo Bernardino. Já a Escola de Samba do Belém entrará na avenida com o enredo “Luz, Câmera, Belém em Ação, Cinema Made in Brasil”, de autoria da professora Marlene Pucci Palacini. O carnaval montesantense com cinco noites de muita alegria e diversão, começou ontem com a Banda do Guetto. As escolas desfilam sábado e segunda, na avenida Pedro Paulino da Costa, sendo que no domingo tem matinê às 16 horas em frente ao palco principal. INVESTIGADO O procurador-geral da república, Roberto Gurgel, enviou a acusação contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o Ministério Público Federal (MPF) de Minas Gerais. A ação é baseada em um depoimento de Marcos Valério que mostra o suposto envolvimento do ex-presidente no esquema do mensalão. O empresário acusa e afirma que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabia do mensalão e teve contas pessoais pagas pelo esquema. Nesta altura do campeonato é o tipo da coisa que se questiona se vai dar samba. PREOCUPADOS Pacientes renais que dependem de sessões de hemodiálise se mostravam preocupados sexta-feira (8/2). O motivo foi terem tomado conhecimento que já estaria começando faltar medicamento utilizado, e que outros produtos também estariam prestes a ser pego o último volume na prateleira. Tal dificuldade conforme foi ventilado por médicos na Santa Casa é atribuída à falta de repasse pela Prefeitura de pagamentos do SUS, relativo a faturas de novembro, dezembro e janeiro, montante superior a R$ 600 mil. “PROCURANDO UM JEITO” Ouvido pelo Jornal do Sudoeste o prefeito Reminho Aloise disse que não houve empenho prévio das faturas dois últimos meses do ano pela administração anterior. Estamos procurando uma forma dentro da lei para quitar o débito. Quanto à de janeiro assim que chegar às nossas mãos, o que ainda não aconteceu, será paga. EMPENHADO OU NÃO? Advogado que atua na área do Direito Público não vê empecilho para a prefeitura “clarear” os esperados “cobres”, e acertar a situação. Pondera que o dinheiro já foi liberado pelo Ministério da Saúde (entenda-se SUS),e está disponível na Prefeitura, é sinal que faturas apresentadas pelo serviço de hemodiálise da Santa Casa foram apresentadas, o que é pressuposto de legalidade para se fazer o empenho agora, sem maiores delongas. Agora, se o Ministério da Saúde ainda não liberou os valores de novembro e dezembro que somam R$ 470 mil, aí são outros quinhentos...

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

RECUO EM TERMOS O Estado de S.Paulo

Se em política as coisas fossem o que parecem, seria o caso de saudar a conversão do novo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, à sensatez no caso da perda dos mandatos dos quatro de seus pares condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão. Em dezembro passado, a maioria da Corte decidiu que, encerrado definitivamente o julgamento, com a publicação do acórdão com os votos dos magistrados em relação a cada réu e o exame dos eventuais recursos que só podem ser interpostos depois dessa etapa, se forem mantidas as sentenças proferidas contra os mensaleiros, os deputados José Genoino e João Paulo Cunha, do PT, Valdemar Costa Neto, do PR, e Pedro Henry, do PP, perderão automaticamente os seus mandatos em razão das penas que lhes foram aplicadas. Nem poderia ser de outro modo. Primeiro, porque assim determina a Constituição. Segundo porque seria o cúmulo do absurdo que políticos condenados, respectivamente, a 6 anos e 11 meses; 9 anos e 4 meses; 7 anos e 10 meses; e 7 anos e 2 meses, além do pagamento de multas, pudessem conservar atrás das grades a sua condição de parlamentares - quem sabe com o distintivo de congressistas alfinetado à roupa. Ou, ainda mais grotesco, frequentassem de dia o Congresso e voltassem à noite à prisão, colônia ou albergue onde cumpririam pena em regime semiaberto. Imediatamente, o então titular da Câmara, o petista Marco Maia - apoiado, entre outros, por Henrique Alves, o futuro sucessor, então líder da bancada do PMDB na Casa - declarou que o STF não pode determinar a perda dos mandatos, porque a decisão incumbiria ao plenário, em votação secreta. Empossado, Alves manteve a posição corporativa alegando que, tendo sido os parlamentares “abençoados pelo voto popular”, seria “lógico” que a palavra final sobre o destino dos colegas condenados coubesse não à Justiça, mas aos demais políticos. Isso foi na segundafeira. Dois dias depois, à saída de uma visita protocolar ao presidente do Supremo e relator do caso do mensalão,

C RÔNICA Correndo atrás do sonho Joel Cintra Borges

“Se o duro combate os fracos abate, aos bravos, aos fortes, só pode exaltar.” Gonçalves Dias, na Canção do Tamoio. No primeiro dia de aula na Escola de Veterinária da UFMG, em Belo Horizonte, lá estávamos nós, cinquenta orgulhosos calouros, cabeças raspadas e boinas com o símbolo da carreira de nossa escolha. Para as moças o trote era diferente, pareceme que apenas ter o rosto pintado. O importante, porém, foi o que aconteceu no fim da aula. Meio-dia, todo mundo com fome precipitando-se em direção à porta para correr para o refeitório, quando um dos colegas chamou nossa atenção: – Gente, fiz o vestibular e passei, mas estou aqui com a cara e a coragem. Não tenho roupa, não tenho onde ficar e nem dinheiro para comer. Preciso da ajuda de vocês para tudo! Seu nome era Ismael e, agora que olhávamos melhor, podíamos ver que usava umas roupas velhas e sapatos estragados. O que se seguiu foi que cada um de nós ajudou como pôde, a própria escola arranjou um trabalho para ele. E o Ismael acabou formando-se junto conosco! Ontem conheci uma moça muito nova que estava trabalhando como secretária. Perguntei se não ia estudar. Vou – ela falou. O quê? – Administração. E você gosta de Administração? E ela falou um “gosto” espremido que poderia soar como tudo, menos com o verbo gostar, amar, interessar-se por. Prosseguindo a conversa perguntei o que realmente ela gostaria de fazer, de estudar. E a palavra saiu fluida, gostosa, como se fosse um desabafo: – Psicologia! – E por que você não faz? – E ela deu duzentas razões, nenhuma válida. É muito caro, aqui não tem escola... E eu me lembrei do Ismael. Lembrei-me do maior jurista do Brasil na atualidade, Dr. Joaquim Barbosa, atual Presidente do Supremo Tribunal Federal, a pessoa que tem devolvido a nós brasileiros o orgulho, a vergonha, a confiança. O homem que fez especializações em vários países e fala fluentemente seis línguas. Filho de lavadeira, que estudou Direito na Faculdade de Brasília, ao mesmo tempo que trabalhava como faxineiro, varrendo salas, lavando banheiros... – Sue a camisa primeiro, minha filha. – Foi o que me ocorreu na hora. – Corra atrás do seu sonho. Não desista tão fácil de sua vontade de ser Psicóloga. Faça cursinho, preste exame em escolas federais, se não der, tente um financiamento para pagar depois de formada. Mas, tente. Lute, encharque sua roupa de suor, de lágrimas, até do sangue derramado no trabalho honesto. Mas, vá!

RELOJOARIA PONTUAL Aqui qualidade e bom gosto não custa mais caro.

JÓIA - RELÓGIOS - PRESENTES FINOS PERFUMES IMPORTADOS PRODUTO ORIGINAL

REST AURAÇÃO DE RESTAURAÇÃO RELÓGIOS ANTIGOS TRA TAMENTO TRAT ANTI-CUPINS Fone: (35) 3531-7557 Com. João Alves, 74 (Praça da Fonte) ao lado do Juizado Especial

www.pontualparaiso.com.br EXPEDIENTE

Jornal do Sudoeste

BISEMANÁRIO DE CIRCULAÇÃO REGIONAL Filiado: Adjori e Abrajori GRÁFICA E EDITORA DR LTDA. Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1 - Centro - Fone: (35) 3531.1897 CEP: 37950-000 / São Sebastião do Paraíso - MG E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br e jornalsudoeste@paraisonet.com.br homepage: www.jornaldosudoeste.com.br Editor e Diretor Responsável: Nelson de Paula Duarte - MT 08199 Diagramação: Vasco Caetano Vasco REGISTRADO NO CARTÓRIO DE TÍTULO E DOCUMENTOS REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS SOB Nº 20 DO LIVRO B1 FOLHAS 024. Impressão: Sangaletti Editora e Gráfica Ltda EPP - GRAFISC Gráfica e Editora Rua Santa Isabel, 250 - Vila Isabel - São Carlos - SP - CEP: 13.570-790

Textos assinados são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a opinião do jornal.

Joaquim Barbosa, Alves se desdisse por completo. Para espanto dos jornalistas, afirmou que “não há hipótese de (ele) não cumprir a decisão do STF”. E foi além: “Nós só vamos fazer aquilo que o nosso regimento determina: finalizar o processo. Coisas de formalidade legal e ponto. Não há nenhuma possibilidade de confrontarmos com o mérito, questionar a decisão do Supremo”. Ao pé da letra isso significa que a Mesa da Câmara, quando informada oficialmente da decisão transitada em julgado, deverá declarar a extinção dos mandatos dos mensaleiros e convocar de imediato os seus suplentes. A Câmara, comparou o jurista Joaquim Falcão, em artigo na Folha de S.Paulo, está na situação do juiz que recebe um pedido de divórcio: ele é obrigado a cumprir a vontade do casal. “Assim também a Câmara”, escreveu. “É obrigada a declarar perda de mandato dos deputados condenados no mensalão. (…) Não tem nem a escolha de não exercitar esse poder.” Mas não é bem assim que Alves pretende “finalizar o processo”. Segundo ele, a Mesa deverá encaminhar o ofício do STF à Corregedoria da Casa, que avaliará se a Corte respeitou o direito de defesa dos réus. Ou seja, os políticos julgarão a conduta do Supremo! E se acharem que os acusados não puderam se defender plenamente? Como se isso fosse pouco, Alves admite a hipótese, defendida, entre outros, pelo primeiro-vice-presidente da Mesa, o petista André Vargas, de que também o Conselho de Ética teria de ser ouvido - não por outro motivo o PT pleiteia o comando do órgão, cujo titular é escolhido pelo próprio Alves, como presidente da Câmara. E o plenário daria a última palavra. Resta claro, portanto, que o astucioso peemedebista, no exercício do seu 11.º mandato consecutivo, não está integralmente comprometido com o acatamento da decisão do STF, como declarou com todas as letras no seu volte-face. O que ele quer, por ora, é tirar o assunto de pauta, sem se antagonizar nem com a Justiça nem com os aliados dos mensaleiros. Alves torce para que o julgamento não chegue tão cedo ao epílogo. E, quando chegar, não terá pressa para fazer a sua parte.

COLUNA ESPÍRITA

Tela de Leitura Joanna de Ângelis

Os anjos guardiães são embaixadores de Deus, mantendo acesa a chama da fé nos corações e auxiliando os enfraquecidos na luta terrestre. Quais estrelas formosas, iluminam as noites das almas e atendem-lhes as necessidades com unção e devotamento inigualáveis. Perseveram ao lado dos seus tutelados em toda circunstância, jamais se impacientando ou os abandonando, mesmo quando eles, em desequilíbrio, vociferam e atiram-se aos despenhadeiros da alucinação. Vigilantes, utilizam-se de cada ensejo para instruir e educar, orientando com segurança na marcha de ascensão. Envolvem os pupilos em ternura incomum, mas não anuem com seus erros, admoestando com severidade quando necessário, a fim de lhes cri-arem hábitos saudáveis e conduta moral correta. São sábios e evoluídos, encontrando-se em perfeita sintonia com o pensamento divino, que buscam transmitir, de modo que as criaturas se integrem psiquicamente na harmonia geral que vige no Cosmo. Trabalham infatigavelmente pelo Bem, no qual confiam com absoluta fidelidade, infundindo coragem àqueles que protegem, mantendo a assistência em qualquer circunstância, na glória ou no fracasso, nos momentos de elevação moral e naquele outros de perturbação e vulgaridade. Nunca censuram, porque a sua é a missão de edificar as almas no amor, preservando o livre-arbítrio de cada uma, levantando-as após a queda, e permanecendo leais até que alcancem a meta da sua evolução. Os anjos guardiães são lições vivas de amor, que nunca se cansam, porquanto aplicam milênios do tempo terrestre auxiliando aqueles que lhes são confiados, sem se imporem nem lhes entorpecerem a liberdade de escolha. Constituem a casta dos Espíritos Nobres que cooperam para o progresso da humanidade e da Terra, trabalhando com

afinco para alcançar as metas que anelam. Cada criatura, no mundo, encontra-se vinculada a um anjo guardião, em quem pode e deve buscar inspiração, auscultandoo e deixando-se por ele conduzir em nome da Consciência Cósmica. Tem cuidado para que te não afastes psiquicamente do teu anjo guardião. Ele jamais se aparta do seu protegido, mas este, por presunção ou ignorância, rompe os laços de ligação emocional e mental, debandando da rota libertadora. Quando erres e experimentes a solidão, refaze o passo e busca-o pelo pensamento em oração, partindo de imediato para a ação edificante. Quando alcances as cumeadas do êxito, recorda-o, feliz com o teu sucesso, no entanto preservandote do orgulho, dos perigos das facilidades terrestres. Na enfermidade, procura ouvi-lo interiormente sugerindote bom ânimo e equilíbrio. Na saúde, mantém o intercâmbio, canalizando tuas forças para as atividades enobrecedoras. Muitas vezes sentirás a tentação de desvairar, mudando de rumo. Mantém-te atento e supera a maléfica inspiração. O teu anjo guardião não poderá impedir que os Espíritos perturbadores se acerquem de ti, especialmente se atraídos pelos teus pensamentos e atos, em razão do teu passado, ou invejando as tuas realizações... Todavia te induzirão ao amor, a fim de que te eleves e os ajudes, afastando-os do mal em que se comprazem. O teu anjo guardião é o teu mestre e amigo mais próximo. Imana-te a ele. Entre eles, os anjos guardiães e Deus, encontra-se Jesus, o Guia perfeito da humanidade. Medita nas Suas lições e busca seguir-Lhe as diretrizes, a fim de que o teu anjo guardião te conduza ao aprisco que Jesus levará ao Pai Amoroso. (PSICOGRAFIA DO MÉDIUM DIVALDO PEREIRA FRANCO).

FALECIMENTOS 05/01 - Hygina Maria Duarte, 88 anos 06/01 - Maria de Lourdes Augusta, 57 anos 06/01 - Alfredo Bento Neto, 83 anos 06/01 - Lícia Marcolini Vicentini, 82 anos

P.M. Itamogi/MG, através do Prefeito Municipal no uso de suas atribuições legais Homologa e firma Contrato ref. ao Proc. Lic. Nº 03/13 Pregão nº 01/13 cujo objeto é“Contratação de DJ e locação de equipamentos de som para a animação do carnaval/2013; locação de tendas piramidais; contratação de empresa de segurança e fornecimento de lanches, com as empresas: SIMONE RIBEIRO GOMES ME, devidamente inscrita no CNPJNº 10.462.669/0001-59, localizada a rua João Simão 46 Cond. bandeirantes Jacui/MG, pelo valor global de R$ 3.096,00; SOM PETRO SONORIZAÇÃO E EVENTOS LTDA, devidamente inscrita no CNPJNº08.102.942/0001-92, localizada a rua Sta. Barbara 283, Centro Guaranesia/MG, pelo valor global de R$ 17.950,00, - Itamogi/MG - 07/ 02/2013 – Osmair Martins – Prefeito Municipal.


São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

Jornal do Sudoeste

página 3

Atraso no pagamento de serviços de hemodiálise poderá comprometer atendimento Pacientes que utilizam o serviço de hemodiálise na Santa Casa de São Sebastião do Paraíso estavam apreensivos, sexta-feira (08/02), compartilhando preocupação de diretores do hospital, e de profissionais que atuam na referida especialidade. Segundo informações, alguns medicamentos essenciais já estão em falta, e de outros resta pequeno estoque. Um dos pacientes entrou em contato com o Jornal do Sudoeste. “Hoje faltou o produto Eparina”, disse, referindose a um medicamento anticoagulante. Ainda de acordo com suas informações a Santa Casa teria conseguido medicamentos cedidos por empréstimo, através de outro hospital na região, mas foi algo emergencial e ficou claro que não poderão fazer novos empréstimos. Como se não bastasse, outro produto químico utilizado durante as sessões de hemodiálise, popularmente conhecido como “banho”, já está prestes a acabar, o que significa problema sério. Os dois laboratórios que fabricam referido produto estão retendo pedidos até que faturas anteriores, em aberto, sejam quitadas. A hemodiálise da Santa Casa até dias atrás atendia 92 pacientes, mas outros dez passaram a receber tratamento, tendo em vista um surto que atingiu moradores em Monte Santo de Minas, deixando sérias complicações renais. Em alguns casos, pacientes que

passam pelo setor de urgência e emergência também eram encaminhados para a hemodiálise, mas foi suspenso, por falta de medicamentos. O serviço de hemodiálise é feito pelo SUS e a dificuldade financeira alegada pela Santa Casa é atribuída à falta de repasse de pagamentos relativos a três meses por parte da prefeitura, valor que pode chegar a R$ 500 mil. Fontes ligadas à administração municipal explicam que as despesas não foram empenhadas na administração anterior. Ao Jornal do Sudoeste o prefeito Rêmolo Aloise confirmou que os serviços de hemodiálise referente aos meses de novembro e dezembro de fato não foram empenhados no orçamento. “O de janeiro assim que a fatura chegar será paga”, explica. Segundo o prefeito, uma comissão foi formada para analisar despesas não empenhadas. “Uma das opções, a mais correta, é pedir autorização para o Tribunal de Contas para resolver estes casos. Esse caminho deixa o gestor tranquilo, mas é demorado. Buscamos orientação jurídica interna e externa, pedi que examinassem todos os mais de cem casos”. O prefeito informa que a comissão está em fase final de estudo e o próximo passo para os aprovados, é encaminhar para a Câmara de Vereadores para apreciação de valores orçados. Uma vez aprovado, é mandar pagar, esse é o caminho, explica. Mesmo assim,

Reminho prevê que futuramente poderá enfrentar problemas, por isso quer se resguardar. Sobre a alegada falta de medicamentos e do “banho” utilizado nas sessões de hemodiálise, o prefeito disse que desconhecia esta questão. “Estou sabendo agora por intermédio de vocês”. “Estamos prontos para ajudar no que for necessário, e buscamos o mecanismo correto. Se houver determinação e tivermos o amparo legal, faremos o pagamento de imediato”, disse Reminho. Informações obtidas pelo Jornal do Sudoeste dão conta que o Ministério Público teria sido solicitado para intervir no caso e procedimento estaria em andamento. SAÍDA LEGAL Advogado especialista em Direito Público ouvido pelo “JS” pondera a necessidade do empenho prévio, no entanto, observa que se já houve a liberação por parte do Ministério da Saúde (SUS) dos valores R$ 470 mil, ou seja, R$ 235 mil de novembro e igual quantia relativo a dezembro, é sinal que as faturas foram enviadas, e há o reconhecimento de serviço prestado. Neste caso, com base no artigo 37 da Lei 4320/ 64 há o entendimento que a Prefeitura poderá quitar o débito com a Santa Casa. Outra alternativa seria fazer o empenho valendo-se do orçamento de 2013, que teria amparo em outro instrumento legal.


Jornal do Sudoeste

página 4

Coluna Saúde Animal

Recorte e colecione!

O GATO PRETO De acordo com o Dicionário Houaiss da lingua portuguesa, a palavra superstição, que origina-se do latim superstitione, significa “1. crença ou noção sem base na razão ou no conhecimento, que leva a criar falsas obrigações, a temer coisas inócuas, a depositar confiança em coisas absurdas, sem nenhuma relação racional entre os fatos e as supostas causas a eles associadas; crendice, misticismo; 2. crença em presságios e sinais, originada por acontecimentos ou coincidências fortuitas, sem qualquer relação comprovável com os fatos dos quais se acredita sejam prenúncio; 3. religião primitiva, em que se cultuam basicamente espíritos que se crê estarem presentes nas coisas e nas forças da natureza; paganismo, magia, feitiçaria; 4. crença cega, arraigada e exagerada em alguma coisa, alguma regra ou algum princípio, que se adora ou se segue sem questionar.” Os gatos pretos são alvos e vítimas constantes dessa insanidade que só poderia vir, mesmo, do único animal que destrói, por prazer, quase tudo o que põe a mão: o homem!! Muitos habitantes de vários países ainda enxerguam o gato preto como “mal presságio” e/ou “sinal de má sorte”. E o pior de tudo é quando usam-se esses animais para sacrifícios em rituais da mais pura ignorância! Lamentável. Segundo historiadores, essa crença teve início na idade média, onde havia uma “febre religiosa” intensa e acreditava-se que existiam bruxas e que essas bruxas poderiam assumir a forma de gatos pretos. Há outras “explicações”, como as dos que usam “magia negra”, onde acreditam que o gato preto macho seja a personificação do próprio diabo. Apesar das crendices, maluquices e outras ignorâncias da mente humana, o gato preto conseguiu sobreviver à tudo isso. Ainda bem que gatos são peritos em conquistar a atenção e até mesmo a adoração de seus donos e conviventes. E, talvez esse “dom” misturado às diferenças de cultura entre os vários países do mundo, tenha sido fundamental para que gatos de pelagem preta não tenham sido aniquilados da face da Terra. No Egito antigo o gato preto era idolatrado, tendo até mesmo um deus com sua forma, o deus Bast. E, na Inglaterra, algumas superstições são de que o gato preto traz é sorte, como para pescadores e até para noivas! No sul da França, acredita-se que quem dá proteção e cuida de um gato preto terá boa sorte. Na Letônia, os agricultores acreditam que ao achar um gato preto em seus reservatórios de sementes é um ótimo presságio, já que nesse país os gatos são o “espírito de Rungis”, o “deus da colheita” para eles. Na Escócia, um gato preto no alpendre de casa traz prosperidade. Para dizer a verdade e de maneira bem simples, o gato preto nada mais é do que apenas um gato de pelagem escura. Parece bobagem essa afirmação, mas é simples assim! E, para finalizar, em minha opinião toda essa crendice do “mal agouro” sobre gatos pretos nada mais é do que a exteriorização da maldade da mente do “bicho homem”!! *ROGÉRIO CALÇADO MARTINS

– médico-veterinário – CRMV/MG 5492 *Especialista em Clínica e Cirurgia Geral de Pequenos Animais (Pós-graduação “lato sensu”) *Membro da ANCLIVEPA (Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais) *Consultor Técnico do Site www.saude animal.com.br *Proprietário da Clínica Veterinária VETERICÃO (São Sebastião do Paraíso/MG)

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

Estou caminhando errado para muitos, mas tenho certeza de que estou certo!

por Cilas Campos

Provérbios 14: 12 Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte. Tão cedo a nossa vida começa e já saímos do ventre e temos que chorar. Se não chorar levamos um tapa da enfermeira para chorarmos. Este choro faz bem, pois abre os brônquios e é ai que nós aprendemos depois a falar, a cantar. Por causa desse tapa. Talvez você queira ter nascido quietinho em silencio e se assim acontecesse talvez você seria mudo. A vida nos da grandes lições. Desde que Adão e Eva pecaram no Edem e fomos obrigados a sair de lá. Parece que aquela expulsão de Deus foi estúpida porem se o nosso Adão e Eva tivessem ficado lá eles comeriam do fruto da árvore da vida e não morreriam mais, e nós estaríamos à raça humana com pecado sem poder nos redimir. Por isso Deus foi perfeito em nos expulsar. Porque agora temos uma constituição que é a palavra de Deus, para seguirmos e retomar o caminho. O caminho que você tem seguido. Quantas pessoas já te advertiram por estar errado e você tem ignorado. Na minha juventude entrei por um caminho da morte! Quantas pessoas me advertiram e eu as ignorei. Paguei um preço altíssimo. Numa noite sombria muito fria, eu estava fora de casa, lembrei-me daquela musica do Roberto Carlos “A Janela” que ele dizia ver uma estrada. E quantas vezes ele queria seguir por ela para saber aonde iria dar. Dizia ele na musica que às vezes dava vontade de abandonar a família e sair para esse mundo aberto, mas também dizia: às vezes lá fora eu não terei um ombro amigo para chorar, e é certo que vai haver frio e chuva e é certo que vou querer voltar. Jesus conta em Lucas 15 que o filho pródigo deixou o caminho de casa e deixou o pai com lagrimas nos olhos. Quem vai não sai com tristeza, porque sai numa expectativa de

conquista, sai vendo coisas novas e ele é entretido por uma jornada diferente de tudo. Quem fica esta dentro da rotina, a momento que parece que a pessoa esta por ali, imbuindo com a esperança de que aquela pessoa não foi. É triste para quem fica. É triste também saber que você volta, mas somente com o corpo, porque o ambiente que vive é um mundo diferente da sua família. Aquele pródigo (Esbanjador) levou os bens que não lhe era hora de ser lhe dado. Foi assim que eu fiz um dia. É assim que você esta fazendo hoje, e ate quando vai seguindo rumos errados? Gastando a sua saúde, arrebentando com o suor da família e achando que é o dono do mundo. Tudo tem um fim, ou é feliz ou é miserável. O fim para mim, foi de uma vida sofrida e um encontro aberto com Jesus, ele disse para mim: - Vou te tirar desse caminho escabroso, dessas densas trevas. E disse mais: - A porta é estreita, o caminho é apertado, mas te conduzira a salvação. E eu aceitei! Faz 30 anos que tenho certeza que sai do caminho da morte. Ate quando você vai continuar sendo ruim para sua família? Destruindo amizades! A maldição tem tomado conta da sua família, falta paz dentro do seu lar. Quanto tempo faz que você não abraça o seu querido familiar e diz que o ama. Uma coisa me intriga nos viventes, nós damos mais flores para as pessoas depois que elas morrem do que em vida. Que desperdício! O seu abraço, sua voz e seu sorriso para a pessoa que esta ao seu lado é muito mais do que um buquê de flor. O primeiro rei de Israel começou muito bem a sua vida, chegou a ser um rei, suicidou-se e trouxe muita miséria. Veja ontem o nosso país, a tragédia de PC Farias por uma aventura política é desconhecido ate sua trágica morte, sua esposa também é encontrada morta e fica um casal de filhos órfãos. Pense bem a vida é para ser vivida. Viva ela hoje, porque o amanhã pertence a Deus. Um abraço e uma boa semana!

Prefeitura irá oferecer 300 vagas para cursos de línguas A Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Educação Profissional e Ensino Superior anunciou na manhã de quintafeira (7/2), a abertura de trezentas vagas para cursos de línguas na modalidade à distância em São Sebastião do Paraíso. Português, inglês, francês e espanhol são as quatro línguas oferecidas neste início de trabalho. Outros cursos estão programados ao longo do ano. As aulas, em sistema semipresencial, vão acontecer na Universidade Integrada de Minas Gerais (Uaitec), com sede no Centro de Vocação Tecnológica (CVT), localizado na Praça da Saudade, em frente ao cemitério municipal. Qualquer pessoa com idade acima de 15 anos já pode fazer a pré-inscrição pelo site: www.uaitec.mg.gov.br. Após a pré-inscrição, o candidato deverá comparecer à Secretaria da Uaitec para validar sua inscrição no período de 13 a 15 de fevereiro. Inicialmente serão oferecidas 50 vagas para o curso de português, 75 vagas para os

cursos de francês e inglês e 100 para o de espanhol. A aula inaugural com a presença do governador Antonio Anastasia, via teleconferência, está marcada para o dia 18 de fevereiro, às 14 horas. “Este trabalho é uma ação da Prefeitura com as entidades parceiras, e tem o propósito de melhorar a formação pessoal e profissional do cidadão paraisense”, afirmou o secretário da pasta, Cícero Barbosa. “Isto também incentiva a competitividade para o trabalho e a melhoria de renda”, disse Francisco Landi Pereira, gerente de desenvolvimento da Cooparaiso. A vinda de cursos profissionalizantes, de graduação e de pós-graduação é uma das metas da atual administração, objetivando ampliar os horizontes de atuação, a inclusão digital e democratizar a informação com a oferta de cursos superiores aos jovens e adultos – principais beneficiados. Maiores informações pelos telefones (35) 3411-7126 e (35) 3539-7000, ramal 7188. texto: Adriano Rosa.

DR. LINO CALAFIORI CIRURGIÃO DENTISTA CROMG 13.730

ESTÉTICA - PRÓTESE CLÍNICA GERAL Rua Tiradentes, 999-A Fone: 3531-2070

por Gérson Peres Batista

Cursos de Instrutor e Treinador de Xadrez Portal Xadrez Total

Luciane Sepúlveda Viana (foto), presidente da Federação Mineira de Xadrez (FMX), confirmou que São Sebastião do Paraíso sediará nos dias 16 e 17 de março os cursos de instrutor e treinador de xadrez. Os cursos são oficiais da entidade e realizados anualmente. Em 2012 aconteceu na capital Belo Horizonte ministrados pelo psicólogo e professor de xadrez Julio Lapertosa Viana. Em Paraíso, o pedagogo e professor de xadrez Gérson Peres Batista será o responsável por ministrar ambos os cursos. O Colégio Objetivo NHN, por intermédio da diretora Maria José Colombaroli, sediará os curso. Conteúdo dos curso de instrutor (16/3): - Por que xadrez nas escolas? - O xadrez na matemática - A psicologia e sua relação com o xadrez - Xadrez e construtivismo - As inteligências múltiplas e o xadrez - Inteligência emocional relacionada ao xadrez - O xadrez como elemento socializador - Informática aplicada ao xadrez - Regras elementares - Notação das partidas - Noções de estratégia e tática - Conhecimentos básicos sobre abertura, meio-jogo e final - Didática - Motivação do aluno - Sugestões de atividades a serem aplicadas em sala de aula - Como dar aulas pela internet - Bibliografia recomendada Conteúdo do curso de treinador (17/3): - Abertura - Meio-jogo - Final - Tática - Estratégia - Análise - Cálculo - Preparação psicológica - Atuação nos torneios - Condicionamento físico - Alimentação - Como dar aulas pela internet - Material didático (livros e softwares) Os cursos são destinados a todos os inte-

Luciane Sepúlveda Viana é a presidente da Federação Mineira de Xadrez

ressados em adquirir conhecimentos de xadrez. As inscrições podem ser feitas no Clube de Xadrez Online. Telefones: (35) 3558-9317 / 8859-5791. FRANCA A cidade de Franca possui 44 escolas municipais e a nova administração da cidade pretende levar o xadrez a todos as escolas. Atualmente o município conta com três professores da modalidade, que cobrem cerca de 15 escolas ministrando regras e noções elementares do xadrez para alunos do 3º e 4º anos do ensino fundamental. O Prof. Américo Alves Rossato, gerente de esportes e promoção da saúde da Prefeitura Municipal de Franca, esteve em São Sebastião do Paraíso em 7 de fevereiro onde ser reuniu com o MI Evandro Amorim Barbosa e com o Prof. Gérson Peres Batista. Na pauta, o início do intercâmbio com ambos os enxadristas de Paraíso para participarem do processo de capacitação de professores e desenvolvimento técnico dos alunos de xadrez de Franca. A ideia é que o MI Evandro Barbosa trabalhe na formação de atletas (xadrez competitivo) e o Prof. Gérson Peres na preparação dos professores que ministrarão as aulas (xadrez pedagógico).

e-mail: sergi.magalhaes@bol.com.br SERGIO MAGALHÃES

Frentes de trabalho Getty Images

Só a Williams ainda não apresentou o novo carro de 2013 e salvo uma grande surpresa, o que é pouco provável, o FW35 não deverá ser diferente do que as outras equipes mostraram. Apenas uma evolução do modelo do ano passado. Há uma certa preocupação com a temporada de 2014 quando o regulamento sofrerá mudança drástica com a introdução dos motores V6 turbo de 1,6L substituindo os atuais V8 aspirados de 2,4L. Por isso ninguém quis arriscar nos carros de 2013, nem Adrian Newey, o gênio da Red Bull, Luiz Razia realizou os primeiros testes que não fez questão de com a Marussia em Jerez de la Frontera esconder o horroroso degrau no bico do RB9. Pelo menos nisso McLaren, Todt e Ross Brawn no comando e foi curtir a Ferrari, Force India, Toro Rosso e Marussia vida fazendo pesca submarina e desenhando capricharam. Sauber e Mercedes apenas barcos. Aos 69 anos está sendo recrutado para disfarçaram o degrau, enquanto que Red Bull, trabalhar exclusivamente no carro do próximo Lotus e Caterham mantiveram o mesmo ano. A mudança será tão significativa que o design. projetista frisou que o modelo F138 que a Ano passado a FIA estabeleceu mudanças Ferrari disputará esta temporada é brincadeira na parte frontal dos carros para proteger a de criança perto do que será visto em 2014. E cabeça dos pilotos em caso de colisão entre James Allison, diretor-técnico da Lotus dois carros de frente. O resultado foi o reforçou dizendo que a última grande mudança famigerado “degrau no bico” que deixou um no regulamento da Fórmula 1, em 2009, foi aspecto nada atraente. Para melhorar o visual, uma “marola” perto do “tsunami” que espera a própria FIA autorizou os projetistas a cobrir para 2014. o degrau sem eliminá-lo do chassi. Mas os que A semana marcou as estreias de Lewis mantiveram alegaram não valer a pena colocar Hamilton na Mercedes, de Sergio Pérez na McLaren, de Nico Hulkenberg e Estaban mais peso nos carros. É preciso levar em conta que o regulamento Gutierrez na Sauber, de Valteri Bottas na atual vigora desde 2009 e não tem muita coisa Williams, de Charles Pic e Guido van der Garde que possa ser inventada, principalmente depois na Caterham e de Luiz Razia e Max Chilton na da proibição dos difusores duplos, dos dutos Marussia, na primeira das três baterias de testes frontais acionados pelos pilotos, das restrições coletivos de pré-temporada. A próxima será de no uso dos gases dos escapamentos e no 19 a 22 e a última de 28 a 3 de março, todas na mapeamento dos motores. E quem arriscasse Espanha. Depois os carros só voltam à pista alguma solução inovadora correria o risco de na sexta-feira (15) já nos treinos livres para o atrasar o projeto de 2014. O melhor negócio GP da Austrália. foi manter a receita de 2012 para começar o mais rápido os estudos da próxima temporada. Bruno Senna Dispensado da Williams e sem sucesso nas Ferrari, Mercedes e Lotus já estão trabalhando em duas frentes. A Ferrari está negociações com Force India e Caterham, reforçando seu staff técnico e foi buscar o sul- Bruno Senna desistiu da F-1 e vai competir no africano Rory Byrne, uma das peças-chave no Mundial de Endurance (WEC) – campeonato esquema vitorioso da equipe que dominou a composto de corridas de longa duração como Fórmula 1 nos anos 2000/01/02/03/04 com as 24 Horas de Le Mans –, defendendo a Aston Schumacher. Byrne se aposentou depois da Martin. Um novo recomeço, um novo desafio. dissolvência do “dream team” que tinha Jean Que seja feliz.


São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

Jornal do Sudoeste

Vereador reivindica policiamento para Guardinha

página 5

Ladrão arromba estúdio fotográfico e PM recupera equipamentos furtados Fotos: Roberto Nogueira

Preocupado com a ausência de policiamento no distrito de Guardinha, o vereador Beto da Guardinha, solicitou ao presidente da Câmara Municipal, José Luiz Corrêa, que o acompanhasse em reunião com o novo comandante da Polícia Militar em São Sebastião do Paraíso, tenente coronel Daniel. Os três se reuniram na manhã de sexta-feira (08/ 02), na sede da PM. Entre as reivindicações apresentadas, destaca-se o pedido de uma motocicleta cedida a um policial para fazer ronda em Guardinha. No momento, não há sequer uma viatura à disposição da PM naquele distrito e, neste caso, de acordo com o vereador Beto, uma moto já prestaria um ótimo serviço. “A população se sente mais segura quando vê uma viatura ou uma moto dirigida por um policial, passando pe-

los principais pontos do distrito. Podíamos estudar a possibilidade de isso ocorrer durante os fins de semana também, que é quando acontecem os maiores índices de violência e a população fica nas ruas e nos bares até tarde da noite”, comentou Beto. O tenente coronel Daniel enfatizou que não pode prometer nada, dadas as limitações de logística e pessoal pelas quais passa a PM em todo Estado, mas afirmou que vai avaliar com atenção e fazer o possível. “Gostaria de resolver isso imediatamente, mas tenho minhas limitações. Acredito que conseguiremos chegar num bom resultado se nos empenharmos, pois hoje contamos com o coronel Bernardes à frente da Secretaria Municipal de Segurança Pública. Acredito que a Prefeitura dará a contrapartida neste caso”, disse o comandante. Ele ainda mencionou que as

reivindicações do vereador Beto vêm ao encontro das necessidades da população. “Vejo que a comunidade de Guardinha está muito bem representada. Vocês estão realmente firmes no propósito de buscar melhorias na segurança daquele Distrito”, afirmou. O presidente da Câmara comentou que tão logo o recém chegado comandante da PM esteja inteirado da realidade local, gostaria de recebê-lo na sede do Legislativo para que seja feita uma explanação aos vereadores sobre os principais problemas enfrentados pela PM em Paraíso. José Luiz salientou ainda a existência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara e disse que o diálogo entre esta e a PM é fundamental. (Assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores).

Dupla é surpreendida pela PM com 40 pinos de cocaína Um homem foi preso e um adolescente foi apreendido durante operação no Itamarati Por Ralph Diniz

Suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas, um homem foi preso e um menor foi apreendido na noite de terça-feira (5/2) em São Sebastião do Paraíso. A dupla foi abordada e capturada pela Polícia Militar no Jardim Itamarati. Por volta das 23h20, durante patrulhamento na rua Juca

Belmiro, a PM se deparou com dois indivíduos em atitude suspeita. Ao notar a presença da viatura, o homem de 30 anos e adolescente de 17 anos tentaram fugir. Enquanto corria, um deles dispensou algo no solo. Os militares os seguiram e efetuaram a abordagem. Em seguida, encontraram o objeto atirado pelo caminho. Constatou-se que aquele se tratava de

um invólucro contendo 40 pinos de cocaína. Um dos policiais visualizou que a droga havia sido abandonada pelo menor. O homem foi preso em flagrante delito e o menor infrator apreendido. Ambos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a substância entorpecente localizada.

Dezesseis horas depois de ter sido acionada para uma ocorrência sobre o roubo em um estúdio fotográfico no centro da cidade, a Polícia Militar conseguiu recuperar parte do material roubado e prender três suspeitos do crime. A ação da polícia foi motivada por denúncia anônima informando a existência de pessoas negociando os equipamentos. Os envolvidos foram conduzidos para a delegacia para prestarem esclarecimentos. O fotógrafo Victor Hugo Silva foi surpreendido na manhã de quinta-feira (7/2), com um telefonema informando que seu estúdio fotográfico estava com um dos vidros da porta de entrada quebrada. Ele foi até o estabelecimento localizado na avenida Monsenhor Mancini, nº 116 quando deparou com o lugar todo revirado. Possivelmente durante a madrugada ladrões estiveram no local onde reviraram as instalações e levaram vários equipamentos avaliados em cerca de R$ 30 mil. “É lamentável isso tudo, é material de trabalho da gente e não é a primeira vez que isso me acontece aqui em Paraíso”, disse. A Polícia Militar foi solicitada e compareceu ao endereço onde foi constatado o arrombamento. O autor inicialmente quebrou o vidro da janela e percebendo a não existência de alarme, aproveitou a situação e também quebrou um vidro da porta de entrada. A perícia da Polícia Civil foi acionada e iniciou o trabalho de investigação, com a realização de exame de datiloscopia, para averiguar a existência de impressões digitais do autor. Conforme Victor Hugo todo o estúdio e escritório foi revirado. Do local foram levadas duas máquinas Nikon D300, dois flashes SB800, dois conjuntos de lentes sendo um de 50 mm e outra 18-200 mm, pilhas, carregadores, baterias, cartões de memória entre outros acessórios. “Acredito que tudo vale cerca de 30 mil”, disse a vítima. O fotógrafo contou a reportagem que esta é a segunda vez que seu estabelecimento foi furtado. “Agora estou de partida aqui da cidade, mas quando cheguei e montei o estúdio aqui, mas em outro endereço, fui roubado e me levaram uma câmera igual a estas e outros equipamentos, na época, tive um prejuízo de mais de R$ 10 mil”, disse.

Leonardo foi preso e confessou autoria do roubo, dias depois de sair da cadeia

após ter sido acionada, a Polícia Militar anunciou ter recuperado parte do material e prendeu três pessoas envolvidas no roubo e receptação dos equipamentos do fotógrafo. “Recebemos denúncias anônimas, sobre pessoas que estariam comercializando material fotográfico e chegamos até os acusados”, disse a cabo Caé. A partir das informações recebidas a polícia chegou até Leonardo Aparecido dos Reis, 20, que foi localizado em frente uma residência na rua Geraldo Marcolini, no bairro Vila Radaelli. Durante abordagem na residência a polícia encontrou uma bolsa contendo uma máquina fotográfica Nikon D300 e dois flashes que foram levados, além de outros pequenos acessórios. Indagado Leonardo confessou a autoria do furto e ainda indicou um casal de comparsas que estava ajudando a comercializar o material furtado. Uma quarta pessoa também envolvida, acusada de

receptação foi encaminhada para a delegacia, junto com os demais. Ela é acusada de adquirir uma impressora de fotos 3x4 produto do furto, mas o equipamento não foi localizado em sua casa. Segundo a PM, Leonardo teria deixado o presídio há sete dias. Victor Hugo reconheceu o material recuperado. “Felizmente o prejuízo será menor do que imaginei, agradeço a Deus e à Polícia pelo empenho, juntamente às pessoas que fizeram a denúncia anônima” disse o fotógrafo. Trabalharam na ocorrência de recuperação dos objetos, o sargento Souza, sargento Igor, soldado Márcio, soldado Teles, Cabo Caie e Cabo Reginaldo. A Polícia Militar ressalta a importância deste tipo de atitude da comunidade e reação das pessoas. Para denunciar qualquer fato ou situação de crime, pessoas e veículos em atitudes suspeitas, basta ligar para o telefone 190 ou 181. Não é preciso identificar.

RECUPERAÇÃO Na tarde de sexta-feira (8/ 2), pouco mais de 24 horas

Ladrões arrombam estúdio fotográfico e levaram R$ 30 mil em equipamentos

CONSERTO DE TV LED, LCD E PLASMA, - SOM - MONITOR - MICROONDAS

A garantia do melhor conserto

Garantia de 4 meses TÉCNICO RESPONSÁVEL: Roberto

e-mail: eletronicadigital7@gmail.com - São Sebastião do Paraíso - MG Fone: 3558-1697- Av. Monsenhor Felipe, 129


Jornal do Sudoeste

página 6

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

Quatro secretários do município reúnem-se com representantes de produtores rurais Presidentes e representantes das associações dos produtores rurais em São Sebastião do Paraíso reuniram-se com quatro secretários do Governo Municipal, na quarta-feira (6/ 2). O encontro realizado na sede da Secretaria Municipal de Agricultura também contou com a presença de representantes de cooperativas, Emater e do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável. Entre os diversos assuntos debatidos o que mais chamou atenção foi a questão da necessidade de realização de obras emergenciais nas estradas rurais. Várias delas estão em situação precárias em virtude das chuvas intensas dos últimos dias. O encontro das lideranças rurais com os demais secretários da administração municipal já havia sido acertado pelo secretário de Agricultura, Mauro Westin. Na reunião ele estava acompanhado do secretário de Obras e Planejamento Urbano, Maurício Marcolini, do de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Sustentável, Ailton Rocha de Sillos e de Eduardo José Scarano Guidi, secretário de Meio Ambiente. Também participou o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Sustentável, Marco Aurélio de Paula. Das nove associações de produtores rurais, apenas a dos Pimentas, não se fez representar. O primeiro secretário que falou com os produtores rurais foi Maurício Marcolini que abordou sobre a situação das estradas. Ele disse que muitas vias secundárias do município estão danificadas em função das chuvas. “Máquinas temos para consertar os estragos e estamos fazendo os trechos emergenciais, difícil é fazer os drenos, se não definir os pontos para drenar não adianta ter máquina”, anunciou. Outro ponto que ficou acertado a partir de determinação de Marcolini é que as demandas de cada comunidade deverão ser endereçadas aos presidentes das associações rurais. Ele disponibilizou o telefone da Secretaria de Obras e também deverá ser criado um email para o encaminhamento das reivindicações. “Não tenho condições de atender a todos individualmente, mas os presidentes vão filtrar e serão o elo com a secretaria daquilo que eles necessitam”, observou.

Roberto Nogueira

Segurança Pública faz reunião com parceiros

Produtores rurais ouviram e apresentaram sugestões para o desenvolvimento do setor Ele considerou que a maioria das estradas está em estado razoável, mas existem pontos críticos em vários trechos, reconheceu. Ele citou exemplo como a via que vai para a região do Morro Alto, da Antinha e na estrada da Guardinha que leva ao Morro da mesa. Consultado por Westin, o secretário Marcolini acredita que até outubro e novembro quando entrar a nova temporada das águas as estradas rurais do município já estarão todas patroladas. “O prefeito Reminho propôs que fizéssemos parcerias e o nosso compromisso é de fazermos de maneira decente e definitiva”, disse o secretário de Agricultura. Ailton Rocha de Sillos, apresentou a Secretaria de Industria, Comércio e Desenvolvimento Sustentável, como a repartição de fomento aos mais diversos segmentos e empreendimentos. “Antes de uma empresa vir a se instalar aqui temos que ver se temos capacidade de fornecer água, energia, mão-de-obra, matériaprima ou outra demanda. Já estamos trabalhando para estruturar a criação do novo parque industrial, temos que olhar para o futuro, mas sem esbarrar nas exigências legais”, anunciou. Ele disse que esteve com dirigentes da Federação da Agricultura de Minas Gerais

(Faemg) e do Senar. “Temos tido aqui grandes demandas e queremos o Senar aqui mais presente isso é desenvolvimento econômico, olharmos o futuro mas com sustentabilidade”, acrescentou. Sillos citou que a Acissp (Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de São Sebastião do Paraíso) esta pronta para oferecer suporte e treinamento, bem como a formalização de atividades. “Estamos à disposição para caminharmos juntos com todos vocês”, disse o secretário. Ele elogiou a intenção de se criar no município um centro de distribuição de hortifrutis ressaltando que a parceria e integração entre as entidades produtivas serão de extrema importância. O secretário de Meio Ambiente, Eduardo Scarano também se colocou à disposição dos produtores rurais. Ele demonstrou preocupação em relação a colocação de containers nas propriedades rurais para a coleta seletiva e de recicláveis. Também foi manifestada a satisfação pela implantação do programa de produção de mudas de verduras e do centro de distribuição. “Cerca de 80% do que é comercializado vem de fora, estamos à disposição para ajudar o setor nosso crescer e desenvolver, por isso pode

contar com a gente”, completou. O presidente do CMDRS, Marco Aurélio de Paula enfatizou que os produtores ficaram satisfeitos com a presença dos secretários que vieram saber das demandas dos produtores e também apresentaram propostas para melhorar o setor. “O momento é favorável, temos a união de forças em prol da agricultura, cabe a cada comunidade apresentar as suas propostas para alavancar e desenvolver o nosso setor”, disse. Em nome dos produtores rurais, Marcos Roberto Soares, da Associação dos Produtores da região das mercês agradeceu a presença de todos, a disposição e o interesse da administração municipal pelo segmento produtivo rural. Para Mauro Westin, organizador da reunião a oportunidade foi bastante proveitosa. “Estamos vivendo um momento muito oportuno, temos uma estrutura muito boa e temos de colocá-la a nosso favor e esta integração entre as secretarias é muito importante e vai nos ajudar muito, acredito que com trabalho e dedicação vamos alcançar os nossos objetivos”, avaliou. A próxima reunião dos dirigentes das associações rurais deverá ser agendada para o próximo mês. (Roberto Nogueira)

Setor agrícola passará por reestruturação com rganização da feira, festas e eventos Durante a reunião dos secretários de governo da administração municipal com os dirigentes das associações rurais foram tratados vários assuntos como a reestruturação das feiras livres, organização de festas e calendário de eventos. “Temos muitos atrativos, além da produção normal de cada comunidade, também podemos explorar o artesanato, levar os ternos de congo para animar as festas rurais e promover a nossa cultura”, comentou o secretário de Obras, Maurício Marcolini. Outro aspecto abordado é o funcionamento dos telecentros rurais, que servirá de atrativo para a implementação da internet rural. Conforme o secretário de Agricultura, Mauro Westin, a partir de uma reunião preliminar os comerciantes de feiras livres do município já puderam apresentar as suas reivindicações para o setor. “Voltaremos

a falar com eles quando a diretoria da associação deles estiver organizada, com diretoria formada; mas alguns assuntos já foram pontuados e já estamos estudando”, descreve. Ele se referiu as reivindicações para implantação da feira nas imediações da Casa da Cultura, por exemplo. Westin defende o fortalecimento e maior comparecimento nas feiras em frente a Prefeitura, na Praça São José, como contrapartida. Na oportunidade também foi anunciada a proposta de reestruturar a feira da Vila Formosa. “Pensamos na criação de um setor de alimentação, que passaria a funcionar na Praça Bireno Marcolini. Assim abriríamos espaços para que mais produtores possam fazer parte da feira, respeitando os pontos que são fixos”, disse Marcolini. O secretário também defendeu que a disposição das barracas ocorra de forma setorizada e

segmentada de maneira higiênica e oferecendo conforto aos usuários. Westin defendeu ainda que seja incentivada a inclusão de produtos artesanais nas feiras livres. “Temos produtos que agregam valor, como alimentos caseiros e outros gêneros que podem tornar estes locais mais atrativos aos consumidores”, acrescenta. O presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, Marco Aurélio de Paula informou ainda que nesta semana chegaram as 10 barracas doadas pelo Governo do Estado e que integra o programa Minas Sem Fome. Já Ilson José Aparecido, educador técnico da Cooparaiso, citou que continua em andamento a implantação dos Telecentros nas comunidades rurais. “Temos vários pontos em funcionamento, alguns em manutenção devido aos estra-

gos causados pelas chuvas, assim como a expansão da rede de comunicação nas comunidades”, citou. O secretário de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Sustentável, Ailton Rocha de Sillos acrescentou que esta é uma importante ferramenta para levar capacitação ao homem do campo. Marcolini sugeriu ainda que as associações rurais em comum acordo elaborem um calendário de eventos e festas. “É interessante para não haver dois eventos ao mesmo tempo, para que uma comunidade visite a outra. Também acredito que vale a pena levar os ternos de congo nestas festividades, para que se apresentem e divulgue a cultura”, acrescentou. Westin e Ilson gostaram da proposta e disseram que levarão a ideia aos grupos e associações. (Roberto Nogueira)

Vereadores visitam área de risco às margens da BR – 491 Por Ralph Diniz

A reivindicação de moradores do Parque São Francisco contra o sistema de escoamento de águas pluviais da rodovia BR – 491 surtiu efeito e todos os dez vereadores de São Sebastião do Paraíso estiveram no local na tarde de sexta-feira (8/ 2) para testemunhar o caos vivido por essas pessoas.

De acordo com o vereador Valdir do Prado, a água das fortes chuvas que têm atingido a região é levada das canaletas diretamente para as casas do bairro, situado abaixo do trevo que dá acesso ao Jardim Itamarati. “A Nascentes das Geraes fez uma galeria de captação que joga a água dentro das casas. É um desrespeito muito grande com essas pes-

soas, que já perderam móveis e tiveram suas casas danificadas”, conta. Segundo Prado, além das enxurradas, infiltrações no asfalto da rotatória colocam em risco o paredão de terra que separa rodovia e bairro. “Se nada for feito, isso pode desbarrancar e causar uma tragédia ainda maior. Nós vereadores estamos unidos para cobrar as

devidas providências dos responsáveis”, completa. A moradora de uma casa vizinha a um terreno com erosão afirma: “Além da água, entram cobras, baratas e outros animais aqui em casa”. Após caminharem pelo local, o grupo de vereadores se comprometeu a contactar a concessionária da rodovia e o Ministério Público.

A Secretaria Municipal de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil realizou na terça-feira (5/2) reunião com os gestores de convênios na área de segurança pública que fazem cooperação mútua entre o Estado e a Prefeitura de São Sebastião do Paraíso. O objetivo do encontro foi garantir um maior apoio aos órgãos de segurança do município, através de orientações administrativas que possibilitarão uma maior agilidade na execução das solicitações. A proposta também prevê uma melhoria na execução dos trabalhos de segurança pública em Paraíso. A maioria dos convênios já existe há algum tempo. Apenas

o que foi firmado com a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) é que começou a ter o apoio da Prefeitura em 2012. No encontro ficou estipulado que, todo mês de julho, haverá uma reunião para que seja feito um planejamento do repasse feito pela Prefeitura para o ano seguinte. A reunião contou com a presença do secretário municipal de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil, Ronaldo Antônio Bernardes, da gerente da Secretaria de Segurança Pública, Maria Cândida Torrano de Freitas e de representantes das polícias Militar, Civil e Rodoviária, além do Corpo de Bombeiros e da Suapi. (Adriano Rosa)

• Dos Leitores • Quero reforçar a reclamação de vários usuários que utilizam os serviços prestados pelo nosso Correio, e publicado nesse Jornal na edição do dia 3 de fevereiro. Nada contra os funcionários que são educados e ás vezes até exageram nas gentilezas. Mas só isso não significa bom atendimento. Eles trabalham em câmara lenta e de cabeça baixa sem observar a multidão que às vezes fica até horas aguardando para ser chamada. Seria conveniente que o próprio gerente ocasionalmen-

te passasse pelo saguão e observasse essa situação e tomasse providências. Todos são muito burocráticos. Comigo mesmo aconteceu um dia quase no final do expediente com o saguão vazio, com três guichês desocupados, a funcionária me fez voltar para retirar uma senha de atendimento sob alegação que isso é um controle interno. É o fim do mundo! ANTÔNIO BRAGA – RG. 3.910.970-7 José Marinzeck Filho, 35 Mocoquinha São Sebastião do Paraíso

CONTAMINADA Tenho uma sobrinha com o nome de Pâmela de Assis Castro Leone que encontra-se internada no Hospital Santa Isabel em São Paulo desde o dia 31/01/2013. A mesma esteve em suas férias na cidade de Monte Santo de Minas e ontem após exames realizados foi constatado positivo para a bactéria Streptococos e Salmonela. Penso que o número de casos possa ser bem maior do que estão divulgando nos jor-

nais, pois como minha sobrinha, várias pessoas estiveram na cidade e hoje podem estar com problemas ou internadas sem saber o motivo. Peço que divulguem mais a notícia, pois acredito que ajudara as pessoas e as autoridades a tomarem maiores providencias. Fernando Castro Cel. (11) 7818-0686 Fernando Sergio de Assis Castro E-mail: fernando@fcseguros.com.br São Paulo (SP)

Prefeitura Municipal de São Sebastião do Paraíso – MG. Processo de Licitação, modalidade Pregão n.º 007/2013, Presencial, Processo n.º 105/2013 , Registro de Preços n.º 004/2013, Tipo Menor Valor Por Item Objeto: Fornecimento de diversos materiais de limpeza e higienização, destinados a manutenção das atividades de diversos setores municipais, pelo periodo de 12 meses, com entrega parcelada. A abertura será dia 27 de fevereiro de 2013, às 09:00 horas. O edital completo e as demais informações relativas a presente licitação encontram-se à disposição no site: www.ssparaiso.mg.gov.br e na Prefeitura Municipal, Gerência de Compras e Licitações, na Praça dos Imigrantes, n.º 20, Lagoinha, (Anexo I) nesta cidade, fone (0xx35) 3539-7000 ou fone/fax (0xx35) 3539-7015, diariamente das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:00 horas, onde poderão ser lidos, examinados e adquiridos. São Sebastião do Paraíso – MG, 08 de fevereiro de 2013. Wellington Bonacini de Carvalho – Pregoeiro. Prefeitura Municipal de São Sebastião do Paraíso – MG. Processo de Licitação, modalidade Pregão n.º 009/2013, Presencial, Processo n.º 00132/2013 , Registro de Preços n.º 006/2013, tipo menor preço por item Objeto: Aquisição de suplementos nutricionais orais para atender as necessidades da Secretaria de Saúde e Ação social pelo período de 12 meses . A abertura será dia 28 de fevereiro de 2013, às 09:00 horas. O edital completo e as demais informações relativas a presente licitação encontram-se à disposição no site: www.ssparaiso.mg.gov.br e na Prefeitura Municipal, Gerência de Compras e Licitações, na Praça dos Imigrantes, n.º 20, Lagoinha, (Anexo I) nesta cidade, fone (0xx35) 3539-7000 ou fone/fax (0xx35) 3539-7015, diariamente das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:00 horas, onde poderão ser lidos, examinados e adquiridos. São Sebastião do Paraíso – MG, 08 de fevereiro de 2013. Welington Bonacini de Carvalho – Pregoeiro(a). Prefeitura Municipal de São Sebastião do Paraíso – MG. Processo de Licitação, modalidade Pregão n.º 001/2013, Presencial, Processo n.º 005/2013 , Registro de Preços n.º 001/2013 , Tipo Menor Valor Por Item Objeto: Aquisição de materiais odontológicos, destinados aos consultórios dentários das unidades de saúde da família e o Centro de Especialidades Odontológicas, integrando a manutenção das atividades das ações de média e alta complexidade, por um período de 12 (doze) meses A abertura será dia 25 de fevereiro de 2013, às 08:30 horas. O edital completo e as demais informações relativas a presente licitação encontram-se à disposição no site: www.ssparaiso.mg.gov.br e na Prefeitura Municipal, Gerência de Compras e Licitações, na Praça dos Imigrantes, n.º 20, Lagoinha, (Anexo I) nesta cidade, fone (0xx35) 3539-7000 ou fone/fax (0xx35) 3539-7015, diariamente das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:00 horas, onde poderão ser lidos, examinados e adquiridos. São Sebastião do Paraíso – MG, 31 de janeiro de 2013. WELLINGTON BONACINI DE CARVALHO – Pregoeiro(a).


Jornal do Sudoeste

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

página 7

Secretaria de Trânsito anuncia alterações em três ruas de Paraíso Santa Luzia terá novas regras de estacionamento; José de Bello e Alfredo Fidélis Marques terão mão única de circulação Por Ralph Diniz

Com o objetivo de melhorar o fluxo de veículos e prevenir os acidentes dentro do município de São Sebastião do Paraíso, a Secretaria de Segurança Pública, Trânsito e Transporte realizará alterações em algumas das principais ruas da cidade. Além de melhorias na sinalização, alterações na mão de direção e áreas de estacionamento poderão ser vistas a partir do próximo mês. A primeira ação deverá acontecer na rua Santa Luzia, um dos locais que concentram maior número de acidentes automobilísticos. Para reduzir os dados negativos, o logradouro será sinalizado e a secretaria proibirá o estacionamento na região da Vila Formosa para quem segue rumo à avenida Wenceslau Braz. Apenas os que guiam no sentido contrário poderão parar. Já no Jardim Coolapa, a proibição se estenderá aos dois lados da via. “A dificudade da Santa Luzia é que ela vai afunilando. Espero que

essa medida resolva boa parte dos problemas de lá”, declara o secretário Ronaldo Bernardes. De acordo com pesquisa efetuada pela pasta, a maioria da população daquele local aprovou as alterações. Em seguida, as atenções serão voltadas para outros dois pontos cruciais no desenvolvimento do trânsito paraisense. As ruas José de Bello e Alfredo Fidélis Marques não terão mais mão dupla. Na primeira, a circulação de veículos será permitida apenas no sentido à rua Geraldo Marcolini; a segunda somente dará acesso à avenida Monsenhor Mancini. No cruzamento destas duas, a solicitação de um semáforo para o controle do tráfego é antigo e já foi abordado diversas vezes pelo Jornal do Sudoeste. A engenheira de trânsito Walquíria Caetano informa que uma análise da necessidade será realizada a partir dessas modificações. Conforme explica Bernardes, as alterações serão efetuadas em março, assim que as tintas e as placas adquiridas pela

prefeitura forem entregues pelos fornecedores. Ele também afirma que a situação da rua La Salle, que dá acesso à Santa Casa também será analisada, contudo, em um primeiro momento, apenas melhorias na sinalização serão feitas. “Temos que divulgar para que a comunidade se conscientize da mudança”, completa. Ele também informa que a a pasta pretende ampliar a melhoria na sinalização nas demais vias da área central e, também, nos bairros de Paraíso. Inclusive, o prefeito Reminho Aloise já teria autorizado o projeto de modernização dos semáforos da cidade. O secretário conta que novos equipamentos, fabricados com lâmpadas de LED e com crônometro de contagem regressiva, substituirão os existentes. O novo modelo também indicará quando os pedestres poderão atravessar as ruas, reduzindo o risco de atropelamentos. Na tarde de quinta-feira (7/2), o Ronaldo Bernardes se reuniu com representantes de uma empresa especializada no assunto.

Falta de placas com nome das ruas gera problemas em Paraíso Por Cristiane Bindewald

Moradores e visitantes de São Sebastião do Paraíso reclamam constantemente das dificuldades encontradas devido à falta de placas com nome de ruas em muitos bairros do município. Há bairros onde inclusive o serviço de entrega de correspondência é precário em função da ausência de identificação das ruas. Por este motivo, o bairro Santa Tereza, por exemplo, criado há mais de dez anos, não era atendido pelos serviços dos Correios. Após empenho dos ex-vereadores

Claudio Santana da Mata e Antônio César Picirilo, o bairro passou a contar com o serviço desde janeiro de 2012, após a prefeitura providenciar a colocação de placas. Vendedoras que precisam visitar clientes em toda a cidade procuraram a reportagem do JS para reclamar sobre as dificuldades para trabalhar em determinados bairros da cidade, onde não conseguem localizar o nome das ruas. Em 2011, enquanto vereador, o secretário de Desenvolvimento Sustentável Ailton Rocha de Silos, atual secretário de Desenvolvimento Sustentável, fez indicação em sessão da

Câmara de Vereadores sugerindo que o nome das ruas fosse pintado nos postes. “Vi isso em algumas cidades, como Marília, funciona muito bem e tem menor custo”, comenta. Na ocasião, a ideia foi bem acatada, mas não foi colocada em prática. “Mas vamos resolver essa questão, agora, todos podem ficar tranqüilos, pois a situação atual é uma vergonha”, afirma. O secretário de Obras, Maurício Marcolini, foi procurado pela reportagem do JS para falar sobre o assunto, mas não retornou a ligação.

Vereadores de Paraíso propõem mobilização contra cobrança antecipada pelo tratamento de esgoto A convite da Câmara Municipal de Divinópolis, o vereador presidente da Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso, José Luiz Corrêa, os vereadores membros da Comissão de Turismo e Meio Ambiente, Marcos Antonio Vitorino e José Luiz das Graças, e ainda o chefe de gabinete da presidência, José Augusto Zague, estiveram naquele município

na terça-feira (05/02), com o objetivo de discutir um problema comum: a cobrança antecipada da tarifa de esgoto pela Copasa. A reunião foi agendada pelo vereador Hilton de Aguiar, que fez uma explanação sobre os problemas advindos da cobrança antecipada para o município de Divinópolis e lembrou a indignação da população

divinopolitana com o pagamento de um serviço que ainda não é prestado. A reunião contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Divinópolis, Rodyson Kris-tnamurti e do diretor de Comunicação, Flávio Ramos. Na reunião, discutiu-se sobre uma atuação conjunta entre os vereadores de São Sebastião do Paraíso e Divinó-polis, no

Edifícios e torre continuam sem sinalização

sentido de impedir a cobrança antecipada da tarifa de esgoto. José Luiz Corrêa comunicou ao presidente da Câmara de Divinópolis a intenção de realizar uma audiência pública sobre o assunto em São Sebastião do Paraíso e propôs uma grande articulação de municípios para a realização de audiência conjunta, que seria realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerias.

Corrêa, comunicou, ainda, que há problemas semelhantes nas cidades de Guaxupé, Carmo do Rio Claro, Alfenas e Varginha. Os vereadores Marcos Antonio Vitorino (Marcão da Ambulância) e José Luiz das Graças (Zé Luiz do Érika) falaram da indignação da população paraisense com a cobrança antecipada e defenderam a união das lideranças políticas regio-

nais, no sentido de dar maior força ao movimento, de caráter suprapartidário. Durante a visita os vereadores e o chefe de gabinete, conheceram o sistema da TV Câmara, que é utilizado pela Câmara de Divinópolis para transmissão das sessões por meio do canal local da Rede Minas e do portal de internet daquele órgão.

Ciclistas na calçada: lei que proíbe existe, mas não é cumprida

Flagrante, ciclista transitando em cima da calçada no centro Sebastião Tadeu Ribeiro

Torre de telefonia sem sinalização de luz vermelha durante a noite Sebastião Tadeu Ribeiro

Há duas semanas (26/01), o Jornal do Sudoeste publicou matéria sob o título: “A necessária sinalização em edifícios e torres”. Foi mencionado que em Paraíso tem um aeroporto que opera com pousos e decolagens no período noturno, e, por esta razão é necessário que edifícios e torres mais altas na cidade tenham instalado no topo das edificações, lâmpadas vermelhas que servem de alerta para se evitar colisões de aeronaves à noite

ou quando houver, na linguagem técnica, os C.Bs, que significa cúmulos baixos ou nuvens baixas que atrapalham a visibilidade até mesmo durante o dia. Na matéria foram citados, edifícios e torres em que as lâmpadas de alertas não estão acesas, sendo dois edifícios residenciais localizados na Praça Comendador João Alves (Fonte), outro, residencial e comercial no cruzamento das ruas Pimenta de Pádua com Capitão Pádua, e grande torre de telefonia da OI, localizada

no cruzamento da rua Pinto Ribeiro com a Alferes Patrício. Retornamos para verificar na madrugada de sexta-feira (08/02) e constatamos que nenhum deles sanou a irregularidade, as luzes vermelhas continuam apagadas. É motivo para que a fiscalização municipal e Corpo de Bombeiros tomem providências. É só dar uma voltinha à noite pela cidade e observar. “Quem avisa, amigo é”, e “ prevenção e caldo de galinha não fazem mal a ninguém”, dizem os ditos populares.

Velho problema que desafia autoridades responsáveis pelo trânsito em São Sebastião do Paraíso é o trânsito de bicicletas em cima de calçadas e praças. Várias pessoas já foram atropeladas por ciclistas. Dentre outros podemos citar a senhora Zenaide, ex-funcionária dos Correios. Há mais ou menos sete anos ela caminhava pela calçada da rua Dr. Placidino Brigagão próximo ao cruzamento com a avenida Angelo Calafiori e foi atropelada. Sofreu fratura no braço e escoriações pelo corpo. Um senhor que reside na rua Pimenta de Pádua nos procurou denunciado que estava saindo de sua residência, e, quando colocou o pé sobre a calçada levou um baita susto porque um ciclista transitava sobre ela. Por pouco não foi atropelado. Conforme disse o denunciante que pediu para não ter seu nome revelado, ele cha-

mou a atenção do tal ciclista que inclusive estava equipado com capacete, joelheira e roupa apropriada para a prática do ciclismo. Em vez de pedir desculpas e sair da calçada o ciclista desacatou o senhor e depois seguiu sem sair da calçada. Outro fato a ser ressaltado: no momento em que estávamos conversando, não é que outro ciclista passou bem próximo de nós. Eu estava com a câmera fotográfica na mão e consegui registrar o fato. Este velho e sério problema que há anos e anos tem provocado acidentes e desafiado autoridades responsáveis pelo trânsito em Paraíso, tem solução sim. Para isso acontecer é necessário ser regulamentada lei municipal, aliás, já existe, pois foi aprovada na época em que a saudosa vereadora Cida Pimenta presidia a Câmara. É preciso dar autonomia aos guardas municipais para junto à Polícia Militar se faça a fis-

calização permanente a este respeito. É apreender as bicicletas daqueles que estiverem circulando em cima das calçadas, e, em caso de acidentes o condutor terá que ser penalizado de acordo com leis vigentes. Caso sejam menores, pais ou responsáveis devem responder pelos estragos. O reclamante faz a sugestão para que seja colocada em prática a lei aprovada pela Câmara e que ficou conhecida como “Lei José Quesquez” , que prevê o emplacamento de bicicletas, e com isso se ter cadastro de dados do veículo e proprietário. Aprovada há algum tempo não saiu do papel, e é uma forma de inibir infratores e se aplicar medidas punitivas àqueles que fazem questão de seguirem ao arrepio à lei, e até mesmo de princípios básicos de educação. Importante lembrar que em outras épocas era exigido o emplacamento de bicicletas em São Sebastião do Paraíso.


Jornal do Sudoeste

página 8

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

Eleito um dos melhores do mundo, treinador da Intelli afirma: “continuo sendo o mesmo Cidão de sempre” Técnico comanda equipe do interior paulista em pré-temporada na Arena João Mambrini REPRODUÇÃO Por Ralph Diniz

Quem ouve a voz serena, humilde e quase mineira de Aparecido Donizete Silva, 48, não imagina que este homem foi eleito por um site italiano o quarto melhor profissional do mundo sua área. Natural de São Joaquim da Barra e treinador da atual campeã brasileira de futsal há quase 28 anos, Cidão volta a São Sebastião do Paraíso como se retornasse a sua própria casa. O carinho pela cidade não nasceu por um capricho do acaso. Em outubro do ano passado, ele e seus comandados conquistaram, dentro da Arena João Mambrini, o maior título da história do Intelli/Orlândia. Poucos minutos de conversa já demonstram que Cidão é um homem diferenciado. Comandante de alguns dos maiores atletas do planeta, como o craque Falcão e outros, ele não se deixa levar pelo bom momento vivido pelo time que ajudou a estruturar. Durante sua passagem por Paraíso, onde prepara seu escrete para a próxima temporada, o técnico re-

cebeu a reportagem do Jornal do Sudoeste e falou sobre as dificuldades encontradas no início da carreira, a paixão pelo esporte, sua relação com grandes jogadores e torcida, família... A seguir, conheça um pouco mais sobre a vida do treinador da melhor equipe de futsal do Brasil: JS: Como é voltar para o lugar onde vocês conquistaram o maior título da história da Intelli? Cidão: Eu me sinto em casa. Da primeira vez que estive aqui, para conhecer a estrutura, comentei com um amigo que eu me sentia muito bem. Não sei se foi pelo fato do meu pai ser mineiro. Quando foi para definir aonde disputaríamos as finais da Liga, disse ao meu presidente que algo me dizia que Paraíso era o lugar certo. Sertãozinho tentou de todas as formas nos levar para fazer essa pré-temporada lá, e até nos ofereceram mais vantagens, mas o que dá certo não se pode mudar. Tem um sabor especial.

JUSTIÇA MULHERES DE TODAS AS CORES... É a música de Martinho da Vila, para mim fantástica, que me faz rememorar episódios de minha vida passada e presente, em que tive e tenho oportunidades de conhecer os mais diversos tipos de mulheres, as dignas representantes do sexo frágil, e que não param de me espantar com suas características inusitadas. Aliás, eu deveria escrever isso no Dia Inter- Renato Zouain Zupo nacional da Mulher, mas para mim todos os dias são das mulheres, para o bem e para o mal. E há, mesmo, segundo o filósofo de botequim Martinho da Vila, inúmeros tipos de mulheres. Conheci vários desses tipos, em salas de audiência, em salas de aula, em bares, no mercado de trabalho. Formam grupos seletos e distintos que têm, cada qual, suas peculiaridades. Vamos a elas. MULHER VERDUREIRA Escolhe seu homem como quem está escolhendo tomates em um sacolão. Opta pelos mais tenros e simplesmente despreza o restante, como faz com os homens. É extremamente carinhosa e gentil com o parceiro escolhido, bastante amorosa e meiga. Com o restante da humanidade do sexo masculino, no entanto, é turrona e chata. Pune os machos não escolhidos simplesmente pelo fato de que não foram seus escolhidos. Como dizia Nietsche, as mulheres só são amáveis quando amam. Quando não amam... MULHER ENCRUZILHADA É a indecisa. Tem uma dificuldade enorme de julgar e escolher, como se estivesse perdida em uma encruzilhada sem saber para que lado (ou para quem) ir. E titubeia porque é exigente demais, insegura demais. Vende caro o passe, porque adora o colo da mãe e do pai e não acha justo trocar a família de origem se o pretenso parceiro não for realmente muito bom. Só que, indecisa em saber se o candidato merece ou não a honra de sua mão (e de outras partes do seu corpo), acaba acordando sozinha, com quarenta anos, na encruzilhada e ainda sem saber que caminho tomar. MULHER ADRENALINA Pode ter o melhor parceiro do mundo, que lhe dá uma bela casa, um carro, uma vida sexual agradável e filhos bacanas. Mesmo assim está insatisfeita, porque quer aventura, quer adrenalina, quer “viver”, como esse tipo de mulher costuma dizer quando resolve se separar do marido/namorado. E geralmente se separa, nada a segura dentro das calças. Descobre, depois e tardiamente, que todos nós homens somos mais ou menos parecidos. Se o caso é gostar de emoções fortes, ao invés de se aventurar por aí, a Mulher Adrenalina deveria aprender paraquedismo ou passear na montanha russa. Sofreria menos. MULHER REMELA Não sabe escolher homens. Como no ditado, umas gostam dos olhos, outras da remela. Esse tipo de mulher gosta de remela, escolhe o pior do pior dos parceiros disponíveis na praça. Geralmente seus amores são tão intensamente sexuais que, alcançado o primeiro orgasmo com o parceiro pessimamente escolhido, fecha os olhos para os defeitos do cara: se é drogado, alcoólatra, ronca, tem chulé... Para a Mulher Remela, pouco importa. O negócio dela é revirar os olhinhos na cama. Depois, as remeladas inundam e entopem os fóruns do país com queixas de agressões, exames de DNA, pensões alimentícias, etc... MULHER MÃE Para mim, o melhor tipo. Cuida-nos e preocupa-se conosco. Orgulha-se de nós e não tem qualquer vergonha de viver à nossa sombra. As feministas que me desculpem, mas nunca conheci uma mulher-mãe infeliz. Mesmo quando traída perdoa, assim como uma mãe perdoa a um filho. É feliz simplesmente pelo fato de estar ao lado de seu homem. As feministas não são, e jamais serão, este tipo de mulher, porque se esqueceram, ou não se lembraram, ou não conhecem, o que poetava Camões: “amar é estar preso por vontade”. Renato Zupo é Juiz de Direito na comarca de Araxá.

JS: Você ainda consegue reviver os lances daquele jogo contra o Joinville? Cidão: A arena lotada, o placar desfavorável... Tudo vem à cabeça. No dia em que chegamos, quando entrei, deu a sensação de ver tudo o que aconteceu. Se fosse escrever um roteiro de uma dia situação tão emocionante, talvez você não conseguiria imaginar algo assim. Foi inesquecível para todo mundo. Todos da comissão técnica reviram aquele jogo. JS: Os treinadores costumam dizer que mais difícil do que se tornar campeão é se manter campeão. Isso é verdade? Cidão: É sim. Nós temos uma história interessante: desde que fundamos o nosso clube, nossos objetivos eram sempre bem planejados. Iniciou-se com um time amador em busca de títulos dentro da cidade. Depois, da região. Mais tarde no estado e, por fim, do Brasil, e agora vem a situação de busca de mundial. Quando se chega em um nível tão alto como é hoje, devemos ter cuidado. Na minha preleção para os jogadores quando chegamos aqui, disse que, por mais madura que a equipe seja, não podemos deixar uma imagem de que vamos conquistar a Liga novamente apenas pelo nosso nome. Agora nós somos o time a ser batido e muito mais difícil. Ao mesmo tempo, a responabilidade de permanecer no topo acaba sendo um incentivo a mais. Nós temos que traçar essa meta e conseguir nos manter no topo. JS: Como começou a sua carreira no futsal? Cidão: Fui para Orlândia com 10 anos. Lá conheci o futsal porque fui trabalhar como oficeboy em um clube, cujo presidente é o dono da Intelli hoje (Vincenzo Antonio Spedicato). Com 15 anos já comecei a viver essa coisa do esporte. Na época tinham muitos torneios de férias e eu ajudava na organização e peguei o gosto pela coisa. Tentei trabalhar no setor financeiro, mas já percebia que o negócio era voltado para aquele lado. Consequentemente, a Intelli já começava sua história com um time amador para conquistar os torneios que eu ajudava a organizar. Eu tinha 21 anos quando treinei o primeiro time da Intelli, mas mal sabia o que era bola. Na primeira Taça EPTV da região eu já estava como treinador. Não sabia o que fa-

Com mais de mil jogos no currículo, Cidão é exemplo de humildade e simpatia

zer, mas já era o treinador. Não existia treinamentos, era totalmente amador, mas foi o início de uma história que veio culminar no título de campeão brasileiro. Assumiu o cargo de técnico efetivo da Intelli em 2001, quando a equipe voltou de uma paralisação em suas atividades. JS: E já são mais de 1000 jogos? Cidão: Pois é. Dificilmente você encontra um treinador com essa ligação com uma equipe. Criei raízes aqui. Foi depois de 2001 que a quantidade de jogos aumentou, porque nosso time faz cerca de 80 jogos por ano. Eu comecei muito cedo e acho que não tem ninguém com esse número no cenário do futsal nacional. JS: A Intelli se tornou a extensão da sua casa? Sim, porque você acaba passando mais tempo dentro do clube do que com a família. É muito bom quando você vê que dá resultados. JS: E como é lidar com tantos craques ? Cidão: É tranquilo. Quando comecei lá atrás, Ciço, Falcão e Vinícius estavam iniciando uma história e eram como ídolos para mim. Comandá-los acaba sendo um grande prazer. O pessoal de fora acha que é difícil, mas não é. Difícil mesmo é comandar pernas de pau.

Eles são pessoas fáceis de trabalhar. JS: Neste mês você foi eleito pelo site italiano “Futsalplanet” o quarto melhor treinador da modalidade do mundo. Como se sente? Cidão: É estranho essa sensação, pois você não é o melhor treinador sozinho. É todo um contexto que faz isso. São os bons jogadores, a comissão técnica... Não me sinto o melhor do mundo ou o melhor do Brasil, me sinto o treinador da melhor equipe e, junto com isso, vêm jogadores, comissão técnica, torcida, imprensa, a cidade... O resultado dessa eleição pode dar a entender que sou imprescindível para o time, mas não sei se é assim. Acho que se outro treinador viesse aqui e soubesse levar a equipe, conseguiria conquistar os mesmos títulos. JS: É raro ver um treinador tão querido pela torcida como você é. Como é essa relação de carinho com essas pessoas? Cidão: Acho que o meu maior segredo foi ter mantido a mesma postura desde quando cheguei aqui. Se as pessoas conhcecessem o Cidão quando ele chegou, veriam o mesmo Cidão de hoje. Trato as pessoas da mesma forma, não mudei meu jeito de vestir, frequento os mesmo lugares, falo com o mesmo tom de voz...

Isso é o que faz com que as pessoas tenham essa referência de mim. Mas também fui muito criticado no começo do trabalho. Esse elo com o torcedor foi conquistado com o tempo. JS: Você disse que passa mais tempo com sua equipe do que com a família, como sua esposa e filhos lidam com isso? Cidão: Minhas esposa é a que mais sofre, porque tem que ficartrabalhando sozinha na minha ausência. Todos eles sentem de perto isso. A minha ausência acaba sendo um costume. Eles têm consciência de que tudo o que eu faço é para eles. Eles estão acima de futsal, de Intelli, de tudo. JS: É comum que treinadores e a própria imprensa chamem de “família” um time onde o espírito de comunhão e doação são muito visíveis. Você acredita que exista uma “família Intelli”? Cidão: Eu não falo do termo família porque o futebol tem muitos momentos de hipocrisia. Na verdade, tudo o você faz deve ser feito como se fosse uma família. No seu dia a dia.... tudo teria que ser, porque a coisa não funciona se não for feita com amor. Tem treinador que usa,mas acho hipocrisia porque não é bem assim. Família é para muito forte e dura para sempre. O trabalho e o futebol não.

Craques da Intelli voltam a Paraíso para realizar pré-temporada Campeões nacionais se concentram na cidade em busca nova conquistas Por Ralph Diniz

Campeã da Liga Nacional em São Sebastião do Paraíso, a equipe do Intelli/Orlândia volta à cidade onde conquistou o título mais importante de sua história. Desde segunda-feira (4/ 2), o time do interior paulista, estrelado por Falcão, Ciço e Vinícius, realiza pré-temporada na Arena João Mambrini. O objetivo da comissão técnica é preparar o grupo para uma maratona de jogos e manter sua hegemonia no futsal nacional. Após duas semanas de aperfeiçoamento físico em Orlândia, jogadores e comissão

técnica chegaram em Paraíso com o objetivo de treinar novos esquemas táticos para a temporada 2013. Com o calendário “apertado”, principalmente no primeiro semestre, o técnico Aparecido Donizete Silva – o Cidão – ressalta importância do período de concentração longe de casa e dos problemas do cotidiano. “É interessante vir aqui e ficar uma semana. Quando você vai implantar um esquema de jogo perto de casa, vamos para a quadra, fazemos e trabalho e voltamos para o lar. Lá, vivemos outras situações. Não se foca tanto no trabalho como se você estivesse aqui,

respirando e vivendo isso por 24 horas. Podemos sentar no hotel e discutir o que deu certo e o que erramos. A estadia em Paraíso é muito importante para toda a temporada”, afirma o treinador. A primeira disputa de título do Intelli acontece ainda neste mês, quando o time viaja para Concórdia – SC a fim de disputar a Superliga, torneio que reune os campeões das ligas regionais e o campeão nacional da temporada passada. “Vamos jogar todos os dias nessa competição”, conta Cidão. O Campeonato Paulista tem início logo em seguida. Um acordo entre federação e tevê fez

com que a final do certame fosse adiantada em alguns meses. Com isso, o período de descanso entre uma partida e outra será ainda mais reduzido. Por fim, a luta pelo bi nacional começará em abril e vai até o final do ano. Se Orlândia repetir o feito de chegar às finais da Liga, Cidão garante que as decisões serão jogadas novamente na Arena João Mambrini. Ainda não confirmados, os campeonatos sul-americano e mundial podem estender a agenda de jogos da equipe, que fica hospedada em São Sebastião do Paraíso até o início da próxima semana.

Dr. Joel Cintra Borges Médico-veterinário - CRMV-MG 0343 Exames de brucelose e tuberculose, toques, partos, vacinações, clínica e cirurgia. CÃES E GATOS: ATENDIMENTO A DOMICÍLIO. CONSULTÓRIO: Rua da Bahia, 19 - Jardim Independência FONES: 3531-4549 e 9975-4549 SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO - MG


Jornal do Sudoeste

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

página 9

Cratera põe em risco a vida de moradores de Paraíso Pedestres e veículos já caíram no buraco Por Cristiane Bindewald

Uma cratera, medindo cerca de três metros de profundidade por trinta metros de comprimento, coloca em risco a vida de quem reside ou trafega pelo Jardim Acapulco, em São Sebastião do Paraíso, desde novembro de 2012. Localizada entre as ruas Professora Alice Alcântara do Prado e Antônio de Bello, chegando à rua José Porfírio Borges, a cratera é fruto das obras de saneamento básico no bairro, iniciadas em outubro de 2012 e paralisadas em novembro do mesmo ano, devido às fortes chuvas, conforme declaração de moradores do local. Com o aumento das precipitações pluviométricas nos meses de dezembro e janeiro, a cratera vem crescendo a cada dia. Moradores das imediações afirmam estar apreensivos, devido ao perigo iminente de queda. Na rua Professora Alice Alcântara do Prado há outro buraco de cinco metros de profundidade e três metros de largura, onde os pedestres caminham por um espaço de um metro de calçada restante. Uma moradora, que prefere não se identificar, relata ter escutado um for-

te barulho no dia 20 de novembro, por volta das 2h30 da madrugada. Foi ver havia acontecido e observou um carro caído dentro da cratera. Há cerca de quinze dias, segundo seu relato, também caíram no buraco um idoso de bicicleta e um motociclista. Ela tem filhos pequenos e está com medo, pois observou várias crianças brincando dentro do buraco. Além disso, a cratera está se aproximando de sua residência, que está a poucos metros do local. No final de janeiro, a prefeitura interditou as duas ruas e colocou sinalizadores. O secretário municipal de Obras, Maurício Marcolini, disse à reportagem do JS que tomou conhecimento do problema e tomará medidas para resolver a questão, assim que cessarem as chuvas. “Tem chovido muito em curto espaço de tempo e a drenagem de águas pluviais tem sido insuficiente”, comenta. Por enquanto, para evitar o agravamento do problema, Marcolini afirma que será colocado entulho para diminuir o impacto da água no solo, evitando que a cratera continue a crescer.

Calçada com menos de um metro ao lado de buraco com cinco metros de profundidade

Cratera com mais de 30 metros, é fruto das obras de saneamento básico no bairro

“Decisão é tardia” disse Ourique sobre prazo adicional no Funcafé Por: Roberto Nogueira

O superintendente da Cooparaiso (Cooperativa Regional dos Cafeicultores de São Sebastião do Paraíso), Francisco Ourique afirmou que a decisão do governo em autorizar a prorrogação do prazo adicional para pagamento de dívidas dos cafeicultores, “veio tardia e não atingiu a massa de produtores que poderia atender”. Ele também criticou a falta de uma política governamental para o setor para os próximos três anos, considerando que o Brasil está numa condição privilegiada frente aos demais países exportadores. No dia 31 de janeiro o CMN (Conselho Monetário Nacional) publicou a Resolução nº 4.183, que autorizou a concessão de prazo adicional de 60 dias para o pagamento da primeira parcela das operações de estocagem contratadas em 2012, que utiliza recursos do Funcafé (Fundo de Defesa da Economia Cafeeira). A medida também abrange as operações de custeio convertidas em estocagem até 31 de março de 2013, que também podem ser beneficiadas com tempo extra. A iniciativa do governo visa reduzir as pressões de queda dos preços recebidos pelos cafeicultores desde o final do ano passado. A resolução foi concedida como resultado de uma reunião solicitada pelo presidente da Comissão Técnica de Cafeicultura da Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (FAEMG), Breno Mesquita, e que contou com a participação de todos os presidentes regionais da Associação dos Sindicatos do Sul de Minas e Zona da Mata (ASSUL) e do presidente executivo do Conselho Nacional do Café (CNC), Silas Brasileiro. Breno destaca que a concessão do prazo é uma vitória para os produtores

no cenário atual. “Trabalhamos muito pela extensão porque esses 60 dias adicionais são exatamente o tempo necessário para FAEMG, CNC e Ministérios ligados ao setor buscarmos, juntos, uma política de geração de renda para o setor”, justifica. A decisão, no entanto, não foi só elogios. Para o superintendente da Cooparaiso, Francisco Ourique que é especialista em mercado de café, “a prorrogação dos prazos veio dentro de um cenário que dará maior resistência ao produtor para que ele espere por uma política de governo que possa parar esta especulação baixista que hoje está dominando o setor”, diz. Ele explica que desde junho do ano passado as instituições ligadas à área de produção apresentaram ao governo um plano vinculado a uma análise do que o mercado já demonstrava. “Os preços estavam caindo de R$ 500,00 para R$ 400,00 a saca e o governo saiu com um programa de custeio e pré-comercialização e alertamos o governo para a atual conjuntura recessiva internacional dos principais países compradores de café”, relata. De acordo com Ourique, as medidas adotadas não eram suficientes e o governo acabou reconhecendo esta definição no final do ano quando começaram as iniciativas para prorrogar as dívidas que estavam vencendo em dezembro e janeiro. No entanto, a decisão somente foi formalizada em 31 de janeiro e já não atingiu a totalidade dos produtores. “Este prazo de espera demanda do governo ações concretas, é preciso debruçar sobre a política do café para tomar as medidas adequadas em relação a conjuntura e não somente analisar sobre a visão de determinados interesses de mercado”, comenta.

Para o superintendente da Cooparaiso, o governo precisa reformular uma política que seja adequada aos produtores de café que é uma situação excepcional para o Brasil. “Há uma demanda plena pela safra brasileira como há de café robusta, uma vez que os problemas na América Central e Colômbia se multiplicam em relação a qualidade. Lamentavelmente os produtores desta regiões estão sofrendo muito, o contexto todo propicia ao Brasil uma situação tranquila e absolutamente vantajosa”, detalha. Ele ressalta novamente que é necessário haver políticas públicas claras para enfrentar os próximos dois a três anos. Embora o governo persista em ter soluções pontuais ainda que sejam bem vindas elas não resolvem o problema do desajuste da situação do mercado de café, no momento, avalia o especialista. “O torrefador compra apenas o que precisa, porque o mercado está em baixa, o mundo inteiro está preocupado com a perda de renda e recessão do setor, seguido do desemprego que acaba aumentando a vulnerabilidade do mercado”, esclarece. Para Ourique a resposta do governo precisa ser clara e prática. A decisão do governo oficializada no último dia de janeiro é considerada como tardia pelo superintendente. “Ela atendeu aos produtores que coseguiram de forma individual junto ao agente de crédito prazo maior para pagar a sua dívida. Os bancos operam baseados em normas, resoluções e por mais que o governo tenha sinalizado a intenção de prorrogar o tempo, estas instituições que regulamentadas pelo Banco Central, não puderam fazer nada. “Lamentavelmente não tenho a abrangência de quantos foram beneficiados, mas a massa de produtores atingida não foi aquela que po-

Divulgação

deria ser”, descreve. Expectativa e soluções Em relação a safra de 2014, Francisco Ourique opina que os cuidados com a lavoura através da observância dos tratos culturais e manejo adequado que já vem sendo realizado nos últimos três anos, somado a ajuda do clima é o que vai garantir a produtividade da safra. “Não posso correlacionar produtividade com a postergação dos vencimentos com alguma vantagem nem de qualidade ou volume para as próximas safras”, anuncia. Ele insiste na mudança de mentalidade do governo em fazer política pública para o café. “Somente a prorrogação de dívida, que começou em 1996 e que redundou depois na maior crise do setor com alto grau de endividamento e preços baixos, naquela época tinha sentido, pois, deu ao produtor fôlego para recuperar a produção, mas agora não é o quadro de hoje”, acrescenta. Ourique define que hoje existem lavouras tecnificada e recuperada cuja produção está em um patamar bastante importante. “O que precisamos é de uma política para os próximos três anos no mínimo, garantindo que o Brasil terá uma lavoura e um produtor financeiramente saudável para que possamos neste período recepcionarmos uma demanda mundial de 10 milhões de sacas. Não há nenhum outro país do mundo igual ao Brasil e Vietnã, talvez a Indonésia preparado para responder esta demanda que vem crescendo a todo ano de 2 a 3%”. Para o superintendente da Cooparaiso este é o jogo estratégico que o governo precisa encarar. “Nós produtores, organismos e empresas dos produtores podemos fazer a nossa parte, tentamos fazer da

Francisco Ourique, superintendente da Cooparaiso comenta sobre o mercado de café no Brasil e no mundo

melhor parte possível, agora tem que haver políticas públicas, pois, senão fica extremamente difícil prosseguir”, insiste. “Política macro econômica não resolve o problema setorial, políticas setoriais resolvem os problemas setoriais”, descreve e ensina o especialista. Quanto à inércia do governo em apresentar alternativas práticas para o setor Ourique conta que desde os 16 anos de idade trabalha com o setor, iniciou no extinto IBC (Instituto Brasileiro do Café) e também passou por outros órgãos governamentais ele destaca que

existe solução para a cafeicultura. “Sou uma testemunha viva da capacidade do governo brasileiro de produzir políticas públicas e enquanto eu trabalhei no IBC, participei e construímos ações tentando de alguma forma adequar o Brasil no cenário internacional do café. A minha convicção é de que a nossa incapacidade intelectual, a capacidade opera-cional e os instrumentos do governo estão lá, não desapareceram, o que está faltando é decisão e energia política administrativa para encarar o desafio de um segmento”, conclui.


Jornal do Sudoeste

página 10

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO.

“Portal Transparência” A Lei de Acesso a Informação (lei n° 12.527) foi sancionada pela presidenta da República em 18 de novembro de 2011, e tem o propósito de regulamentar o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas, e seus dispositivos são aplicáveis aos três poderes da União, Estados, Distrito Federal e Municípios. A Lei de Acesso a Informação estabelece que as informações de interesse coletivo ou geral deverão ser divulgadas de oficio pelos órgãos públicos, espontaneamente e independente de solicitações. O artigo 8° da lei prevê rol mínimo de informações que os órgãos e entidades públicas devem postar na internet. As informações podem ser solicitadas pelo o cidadão comum a qualquer instância ou órgão administrativo. A lei representa uma mudança de paradigma em matéria de transparência pública, pois estabelece que o acesso é a regra e o sigilo, a exceção. O cidadão poderá solicitar acesso a informações públicas, ou seja, àquelas não classificadas como sigilosas, conforme procedimento que observará as regras, prazos, instrumentos de controle e recursos previstos. Temos que vencer a cultura do sigilo que de forma silenciosa e invisível, ainda se constitui em um dos grandes obstáculos para abertura dos governos. Nós cidadãos devemos contribuir para a aplicação dessa lei. O direito à informação e protegido por: 1° Declaração Universal dos Direitos Humanos. 2° Pacto de direitos Civis e Políticos. 3 ° Convenções regionais de direitos humanos. 4° Constituição cidadã de 1988. O acesso à informação através dessa Lei significa uma conquista para a consolidação democrática do Brasil e também para as ações de prevenção à corrupção no País. Esse fato permite um controle melhor da gestão pública. Nosso direito à informação encontra-se previsto na Cons-

tituição Federal, no inciso XXXIII do Capitulo 1 Dos Direitos e Deveres Coletivos, que dispõe que: “ Todos tem direito a receber dos órgão públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo geral que lhe serão prestadas.” O cidadão bem informado tem melhores condições de conhecer e acessar outros direitos essenciais, tais como: saúde, educação, benefícios sociais. O acesso à informação como Direito Fundamental, também é reconhecido por organismos como a ONU e a OEA e o Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos. Toda pessoa terá direito à liberdade de expressão, esse direito incluirá a liberdade de procurar, de receber e defender informações e ideias de qualquer natureza. A implementação com êxito da Lei Brasileira, produzirá uma sociedade com maior participação política nas administrações públicas. Essa Lei já vigora em 90 nações. Formaremos cidadãos mais conscientes dos deveres e responsabilidades coletivos. O acesso à informação é um bem público, usufruí-lo e participar depende de nós. O acesso à Informação Pública é um Direito Universal, a informação sob a guarda do Estado é um bem público, fato esse que favorece a consolidação da democracia. Cidadão acesse os seus direitos. Norma Aparecida Perrone Naves, doutora em Letras Linguistica e Semiótica pela USP (Universidade de São Paulo/SP). Membro do Grupo de Estudos Linguisticos e Educacionais do Estado de São Paulo . Membro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Membro da Academia Paraisense de Cultura. Membro de Bancas de Teses de Doutorado da USP (São Paulo) e UNESP (Araraquara).

* Planos disponíveis somente para internet via cabo - Venda e instalação sujeita a viabilidade técnica - Oferta valida até fev/2013.

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013


Jornal do Sudoeste

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

página 11

SÃO TOMÁS DE AQUINO

R ADAR Noticiando a Câmara A primeira sessão da Câmara Municipal de São Tomás de Aquino aconteceu dia 5, terça feira às 19 horas. Horário e dia da semana como nos anos anteriores seguindo determinação do regimento interno. O ambiente não podia ser melhor. Paz e harmonia, o que esperamos seja uma constante durante 2013/2014. Os vereadores, todos, fazendo seus pronunciamentos que tiveram como conteúdo, a vontade de trabalhar e muito por São Tomás. Com toda certeza, em parcerias construtivas com Executivo aquinense. Bem ,nós já falamos e vamos repetir, não existe oposição em São Tomás, toda vez que é para votar um bom projeto, os vereadores falam a mesma língua e ninguém fica de pé. A votação é sempre por unanimidade.

Noticiando a Câmara II O vereador Dalmon Superbi (PMDB) participou aos presentes sobre a audiência pública que será realizada em São Tomás de Aquino dia 12 de abril às 9h30 pela 4ª Regional da Polícia Civil. Dalmon ressaltou a importância da audiência sobre segurança pública e disse ser um momento oportuno para o aquinense estar apresentando sugestões ou até mesmo questionamentos sobre serviços prestados pela Polícia Civil. Anote em sua agenda para não esquecer. A participação das pessoas da comunidade aquinense só pode dar bons resultados com as questões que envolvem segurança pública de nossa cidade.

Noticiando a Câmara III O vereador Valdinei Vieira dos Santos, Nei (PMDB) já fez sua estreia na primeira sessão. Apresentou uma indicação com o pedido para o Executivo de uma limpeza urgente no Córrego Fortaleza bairro do Rosário. Atento aos anseios dos eleitores, o peemedebista já começou a trabalhar com uma pauta de prioridades. Com esse tempo de chuva, realmente o mato cresce rápido e o Córrego Fortaleza está necessitando de uma boa limpeza.

Noticiando a Câmara IV O presidente da Câmara, Vanderson Aparecido Rezende, (PT) colocou na pauta de votação do dia, o projeto que mudou a nomenclatura do Departamento de Finanças da Prefeitura que agora responde pelo nome de Secretaria de Finanças. Ainda em tempo, a lembrança que o vice presidente da Casa Legislativa aquinense, Marcos Fontana Filho (PR) está representando São Tomás de Aquino na suplência do Conselho Fiscal da nova diretoria da AMEG ( Associação dos Municípios do Médio Rio Grande) para o exercício de 2013.

por Selma Braia

Nomeados membros das comissões permanentes da Câmara Municipal As Comissões Permanentes da Câmara Municipal de São Tomás de Aquino para o período Legislativo de 2013 à 2014 ficaram compostas da seguinte forma: I - Comissão de Legislação, Justiça e Redação: Titulares: Marcos Fontana Filho (Presidente), Valdinei Vieira dos Santos (Relator), Mateus Ribeiro Oliveira(Membro).Suplentes: Catia Aparecida Carvalho de Souza, Maria das Graças Martins, Libércio Nogueira de Souza. II - Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária: Titulares : Wanderlei Andrade da Silva (Presidente), Dalmon Superbi (Relator), Mateus Ribeiro Oliveira. (Membro).Suplentes: Valdinei Vieira dos Santos, Marcos Fontana Filho, Catia Aparecida Carvalho de Souza.

Veradores da esquerda para direita Libércio, Dalmon e Maria das Graças

III - Comissão de Direitos Humanos e Cidadania. Titulares: Catia Aparecida Carvalho de Souza (Presidente), Maria das Graças Martins (Relatora), Libércio Nogueira de Souza( Membro). Suplentes: Dalmon Superbi, Wanderlei Andrade da Silva, Mateus Ribeiro de Oliveira. IV- Comissão de Administração Pública, Habitação, Transporte, Infra Estrutura e Planejamento Urbano. Titulares: Libércio Nogueira de Souza (presidente), Marcos Fontana Filho, (Relator), Dalmon Superbi (Membro). Suplentes: Mateus Ribeiro Oliveira, Valdinei Vieira dos Santos, Maria das Graças Martins.

Presidente Vanderson Rezende (centro) Marcos Fontana vice presidente (à direita) Mateus Oliveira 1º Secretário (à esquerda)

V- Comissão de Meio Ambiente, Agricultura, Indústria e Comércio. Titulares: Maria das Graças (Presidente),Mateus Ribeiro Oliveira (Relator),Catia Aparecida Carvalho de Souza (Membro).Suplentes: Marcos Fontana Filho,Libércio Nogueira de Souza, Dalmon Superbi. VI - Comissão de Educação, Saúde, Esporte, Ciência, Cultura e Lazer. Titulares: Titulares: Mateus Ribeiro de Oliveira (Presidente), Valdinei Vieira dos Santos (Relator), Wanderlei Andrade da Silva (Membro). Suplentes: Libércio Nogueira de Souza, Maria das Graças Martins, Catia Aparecida Carvalho de Souza.

Vereadores Da direita para a esquerda Vanderlei, Cátia e Valdinei

Cuidar do patrimônio público é um dever de quem ama a cidade

Reflexão da Semana “A maior necessidade do mundo é a de homens. Homens que não se compram nem se vendam, homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos. Homens que não temam chamar o erro pelo seu nome, homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola é ao pólo. Homens que permaneçam firmes pelo que é reto ainda que aconteça tudo errado.” Ellen White

Dr. Joel Cintra Borges Médico-veterinário - CRMV-MG 0343 Exames de brucelose e tuberculose, toques, partos, vacinações, clínica e cirurgia. CÃES E GATOS: ATENDIMENTO A DOMICÍLIO. CONSULTÓRIO: Rua da Bahia, 19 - Jardim Independência FONES: 3531-4549 e 9975-4549 SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO - MG

Academia ao Ar Livre na COHAB

São Tomás de Aquino tem três academias ao ar livre. Um benefício que envolve não só a prática da ginástica mas também um hábito saudável que ajuda a saúde do corpo e da mente, principalmente para as pessoas da 3ª Idade. A academia do bairro COHAB (Santa Clara) já tem aparelhos danificados. A do bairro do Rosário também e o parque infantil lá instalado, faltando peças. Queremos deixar claro que sabemos que os moradores dos bairros citados são pessoas de bem, honradas, trabalhadoras e agradecidas

Academia ao Ar Livre no Bairro do Rosário

pelos benefícios recebidos em seus bairros. Acreditamos que não foram os moradores que destruíram tanto as academias como o parquinho. Quantas cidades pequenas como a nossa gostariam de ter uma academia e nós temos três e um parquinho tão sonhado pelas crianças. Para esses vândalos anônimos o nosso repúdio pela destruição do que é público, de todos. Lembrando que foi o deputado Antônio Carlos Arantes quem conseguiu as academias e o parquinho para os aquinenses.

Academia ao Ar Livre na Avenida Clemente Santana

Parque Infantil no Largo do Rosário


Jornal do Sudoeste

página 12

Paraíso se torna pólo de instituição federal e oferece cursos técnicos a partir de abril Instituto Federal de Muzambinho e prefeitura abrirão 160 vagas gratuitas. Edital dos três primeiros cursos será publicado neste mês Por Ralph Diniz

Parceria entre a prefeitura de São Sebastião do Paraíso e o Instituto Federal de Muzambinho garantirá 160 vagas em cursos técnicos nos próximos meses. Na tarde de quinta-feira (7/ 2) a coordenadora geral de Ensino à Distância da instituição de ensino visitou a sede do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) para avaliar a estrutura física do local onde as aulas serão ministradas. Três cursos de ensino à distância (EAD) já estão garantidos e devem ter início em abril. Serão eles: Agente Comunitário de Saúde (80 vagas), Transações Imobiliárias (40 vagas) e Hospedagem (40 vagas). De acordo com Secretaria de Ciência, Tecnologia, Educação Profissional e Ensino Superior, qualquer pessoa pode concorrer a uma vaga, desde que tenha o Ensino Médio completo ou curse o antigo terceiro ano do colegial. Além dos paraisenses, moradores dos seis municípios da microrregião também poderão se inscrever. As secretarias de

Saúde e Educação dessas cidades serão comunicadas nos próximos dias. O processo seletivo para concorrer a uma das bolsas de estudo será realizado via sorteio, em março. Segundo o secretário Cícero Barbosa da Silva, esse formato, que substitui as tradicionais provas de múltipla, exclui possível desequilíbrio educacional entre os candidatos. “Será mais justo”, completa. O edital para o concurso será publicado no próximo dia 18 nos sites da prefeitura e do instituto federal, e inscrição deverá ser realizada pessoalmente. Os agraciados com uma vaga não pagarão nada para se qualificar. “Nos preocupamos em trazer cursos que não sobrecarreguem uma renda per capita que sabemos que é mediana, por isso, vamos oferecer os cursos gratuitos”, explica. Ainda de acordo com Cícero, o acontecimento faz com que o trabalho da recém-criada secretaria seja iniciado com “pé direito”. “Ter uma escola técnica que tenha uma ligação com o governo federal é algo que

a cidade espera há anos. Não é uma escola técnica qualquer, tem uma importância muito grande para todos”, ressalta. Ele ainda afirma que os primeiros cursos vêm de encontro com a necessidade do município em encontrar profissionais qualificados nas referentes áreas. A coordenadora de EAD, Rosângela de Assis Lopes Rodrigues, elogiou a estrutura do CVT, e faz algumas ressalvas que devem ser corrigidas para atender as exigências do Instituto Federal de Muzambinho. “Poucas modificações na estrutura precisam ser feitas, mas de uma forma geral, é muito bom espaço. O local é relativamente novo e tem uma boa acessibilidade. Acho que poderemos fazer uma boa parceria”, declara. Se tudo ocorrer conforme o esperado, novos cursos presenciais também serão oferecidos no pólo de Paraíso já em agosto. Além disso, outros de EAD podem chegar no próximo ano. A secretaria espera que 400 vagas sejam abertas com essa parceria.

São Sebastião do Paraíso-MG e Região 9 de fevereiro de 2013

1360607541  
Advertisement