Issuu on Google+

ALFENAS, QUARTA-FEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2014 - EDIÇÃO Nº 2957

Vaec e Alfenense decidem Master Estão definidos os dois finalistas do 1º Torneio Independente de Futebol Master, taça Edson Velano Dozza. O Vaec ficou com a primeira vaga na final ao bater, nos pênaltis, a Floricultura Jardim do Éden por quatro a um, com destaque para o goleiro Getúlio, que defendeu duas cobranças. No tempo normal, os dois times empataram em um a um. A outra vaga ficou com o Alfenense EC/Dental Minas que precisou correr muito, se defender, atacar e ver Luizinho marcar um belo gol diante do ABC/Tamandaré. O jogo foi equilibrado e de alto nível técnico, com destaques para o meia Alemão, os volantes Marcelinho Chapada e Ninho e o bonito gol de Luizinho. Agora, Alfenense e Vaec vão fazer a final do torneio no próximo domingo, 9 horas, no estádio do Alfenense. Caso haja empate no tempo normal, o troféu será decidido nas cobranças de pênaltis.ESPORTE-PÁGS. 10 E 11

Segunda fase do Copão de Futsal vai até sexta ESPORTE - PÁG. 12

No Residencial Alfenas

Mães reclamam do transporte escolar Venício Scatolino

Várias mães moradoras do Residencial Alfenas, no bairro Jardim São Carlos, reclamam sobre a situação do transporte escolar. Algumas ressaltam que o ônibus passa muito cedo e crianças têm de ficar esperando de madrugada. Outras reivindicam o serviço, pois, apesar dos filhos estudarem próximo ao local, na Escola João Januário de Magalhães, o Caic, é perigoso para muitos deles que trafegam sozinhos a Avenida Governador Va-

ladares. O superintendente administrativo da secretaria de Educação e Cultura de Alfenas, Hercílio Paes Leme, afirmou que já entrou em contato com o setor de transporte escolar do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) para saber a partir de qual quilometragem o aluno tem direito ao benefício. Porém, ressaltou que todos os casos estão sendo estudados.

PÁG. 7

Mãe se arrisca com os filhos para atravessar Avenida Governador Valadares

Polícia de SP prende suspeito de homicídio Na semana passada, a Polícia Civil de São João da Boa Vista/SP, fez a prisão de um dos suspeitos de participar do homicídio ocorrido em Alfenas, no dia 18 de janeiro, na Avenida José Paulino da Costa, próximo a uma distribuidora de bebidas. O pedreiro Éderson Vieira, 25, foi morto a facadas após uma confusão.

- PÁG. 9

Mart Minas inaugura loja em Alfenas A empresa MartMinas vai inaugurar sua loja em Alfenas na próxima quinta-feira, dia 27. A loja fica perto do trevo de acesso à

cidade e oferece 240 vagas de estacionamento. São dez mil itens à venda. O modelo de vendas é o chamado “atacarejo”. Ou

seja, são feitas vendas no atacado e no varejo. Haverá ainda serviço de televendas para comerciantes.

CIDADE - PÁG. 5

Justiça analisa ação de revisão do FGTS Começa a ser analisada a ação civil pública proposta pela Defensoria Pública da União, em que se pede a correção do FGTS por um índice que reflita a inflação do período de 1999 a 2013.

Hoje, a correção é feita pela Taxa Referencial mais 3% ao ano. Na mesma linha, a OAB pretende entrar com ação pedindo a revisão da tabela do Imposto de Renda

Pessoa Física. Segundo a Ordem, há 15 anos quem recebia até seis salários mínimos por mês era isento. Hoje, a isenção só chega a quem recebe 2,5 salários.

CIDADE - PÁG. 3

Missões começam em três paróquias Três paróquias de Alfenas - São José e Dores, Nossa Senhora de Fátima e São Pedro - receberão as Missões Redentoristas. A abertura oficial será amanhã, dia 20, com missa solene, às 19 horas. Cada paróquia terá uma programação, o que inclui visitas domiciliares, rezas e missas nas matrizes e capelas. A última vez que

Alfenas recebeu as Missões foi em 2001.

CIDADE - PÁG. 6

Opinião............................2 Cidade........................3 a 7 Polícia.........................8

e 9

Esporte........................10 a 12 Editais.........................8 e 12 Nesta edição: 12 páginas


Alfenas, quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

2

Editorial

Mais uma empresa para Alfenas Uma nova empresa vai ser inaugurada em Alfenas no próximo dia 27. É a MartMinas, que possui várias lojas no Estado, vendendo dez mil itens pelo sistema “atacarejo”, atacado e varejo num mesmo espaço. A novidade deverá atrair muitos consumidores. A empresa está gerando 150 empregos diretos na cidade, o que é muito bom e deverá conquistar clientes não só de Alfenas, mas de toda a região, pois tem a promessa de vender produtos mais barato. Caberá à população comparar e decidir onde comprar. É sempre saudável cotar preços e depois optar. A loja vai vender de tudo: alimentos perecíveis congelados, hortifrútis, material de limpeza, material de higiene, bomboniere, entre outros. A diferença é que comerciantes como donos de restaurantes, bares, hotéis e pousadas, poderão comprar no atacado. Mas o consumidor comum também terá sua vez. A estrutura construída é grande e muda a paisagem da região do trevo, inclusive com estacionamento para 240 veículos. O único senão é o acesso. O complicado trevo de Alfenas deverá ficar ainda mais congestionado com a nova loja. Normalmente motoristas e motociclistas já precisam de atenção e paciência. Agora vão precisar de mais ainda, especialmente em horários de pico, como 7, 11, 13 e 18 horas. Pedestres também devem tomar cuidado com o aumento do movimento. Este movimento somado à falta de redutores de velocidade faz com que os veículos passem ali em alta velocidade. Talvez seja a hora da própria empresa ou a Prefeitura pensar numa alternativa. Existe uma pequena rua atrás da loja, que sai na Vila Teixeira, de terra. São poucos metros e certamente não ficaria caro asfaltá-los. A via poderia desviar um pouco do trânsito. Quem mora em determinadas regiões da cidade poderia sair por ela, entrar na BR 491 e voltar à cidade pela Rua Rui Martins ou mesmo pela perimetral. Isto facilitaria também a vida das pessoas que certamente virão de cidades como Serrania, Divisa Nova, Areado e Alterosa. Alfenas continua atraindo investimentos de empreendedores. O ritmo parece menor agora, mas mesmo assim, empresas estão se instalando aqui. Bom para a cidade e toda a região.

Sábado: dia de contabilidade vivencial (*) Juarez Alvarenga Nosso íntimo no dia de sábado é como andar no trânsito de uma cidade grande: tranquilo, leve e descontraído. Sentimos como fosse o dono da cidade. Proteger nossas vidas de relaxamentos e ter totalmente sob nossas rédeas é necessário não deixar acumular problemas ou adversidades. Retirar de nosso interior pesados óbices é como um pescador profissional tira o peixe gigante das profundezas das águas. Exige astúcia, destreza, operacionalidade e experiência. Fazer nossa contabilidade vivencial no sábado seria como Leonardo da Vinci pintou Monaliza. Cheia de detalhes e um sorriso tímido, encantado com a vida.

Impresso em offset, na Arte Gráfica Atenas Ltda *** As idéias e os conceitos emitidos em artigos assinados não representam necessariamente a opinião deste jornal, sendo de exclusiva responsabilidade dos autores ***

cometidos com imediatismo aumenta substancialmente a possibilidade de reter suas consequências ou amenizar seus efeitos. A contabilidade de sábado é como o comerciante ao fim da noite: confere os resultados da luta contando na máquina a quantia vendida. A contabilidade vivencial de sábado é a parada no box e depois dela nossas vidas acelera com segurança. Procure ser reflexivo na sua contabilidade vivencial de sábado que sua vida nunca escapará de suas rédeas. Será você o rei de seu próprio castelo íntimo. (*) Advogado e escritor, Alfenas-MG e-mail: juarezlalvarenga@ig.com.br

CRÔNICA BÍBLICA MOZAR DE SOUZA, Psicólogo, Psicopedagogo e Professor

Filipenses. 3:14

e-mail: pastormozar@hotmail.com - Novo telefone: 9924-4547

Não tenha medo de sonhar Quando o assunto é sonho há muitas indagações: o que é o sonho? Quais as razões deles existirem? Eles são verdades ou mentira? Outros dizem por que só alguns sonham? São muitas dúvidas, porque alguns sonhos ainda são mistérios. O sonho pode ser dividido em dois significados: Primeiro, o sonho do sono. São fenômenos inconscientes independentes de qualquer desejo, além

do porão da inconsciência. Segundo, é o sonho motivado pela consciência. Um produto puro do desejo de ultrapassar a lógica natural no mundo do pensamento positivo. Um enriquecimento da mente que leva o desamparado sentir-se protegido, o fraco sentir-se forte, o desanimado sentir-se renovado, o tímido sentir-se corajoso, e o derrotado sentir-se encorajado. Quem sonha em vencer enfrentará

sempre com um caixão nas costas. Paulo, o apóstolo, nos fala: “Prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”. Observam-se três pontos importantes neste texto sagrado: Primeiro, “Prossigo para o alvo”. Muitos param devidos pequenos obstáculos da vida, reclamam, choram e condenam os outros. Paulo vivia cercado de pessoas maldosas que lutavam

de tudo, são imagens vivas, o sonhador não estar morto, mas apenas dormindo, por isso, participa de tudo que acontece

um mundo de obstáculos como: rejeição, culpa, timidez, insegurança, medo e crises. Nota-se que os conflitos sempre

para ele parar. Mas o apóstolo dizia: “vou prosseguir”. Segundo, “Prossigo para o prêmio da

no sonho.

vêm de dentro e nunca de fora. Nin-

soberana vocação de Deus”. O prêmio é

O sonho do sono tem poder de libertar a pessoa de tudo que é amargo que se encontra no inconsciente, tristezas, angústias da vida, frustrações, rancor, ódio, humilhação. São conteúdos

guém tem poder para impedir ninguém crescer, o que impede a realização do sonho de uma pessoa é o complexo da mente da própria pessoa. No pensamento encontra-se a força

o resultado do sonho, é a conquista e o triunfo daquilo que se propôs alcançar. Toda vitória tem um preço a pagar e Paulo pagava o preço do seu sonho. Terceiro, “Prossigo em Cristo Jesus”.

manifestos que ficam guardados no inconsciente, não estão lá como coisas

ou a fraqueza para tudo. Quando se fala que o homem é aquilo que pensa, justi-

Muitos têm corrido, mas poucos têm chegado; muitos têm almejado, mas

mortas, mas vivas. Estudiosos do sono

fica-se esta fala por causa da memória.

poucos têm conquistado; muitos têm

explicam que um terço do sono é sonho, indiferente se a pessoa lembra ou não. Esse tipo de sonho é um resgate de

Uma vez que a memória não deleta e não reconhece nada como falso ou mentira. Tudo que o homem pensar em ser

se esforçado, mas poucos recebem o prêmio. Se o seu sonho descarta o poder de

todas as informações do passado que brotaram da dor, contudo, vêm em

ele será. Quem pensa que não vai vencer, não vencerá; quem pensa que é um mi-

Jesus a sua carreira será inútil. Acertar o alvo só é possível em comunhão es-

forma de personagens e cores que nada tem a ver com a realidade presente. Na

serável, não será farto; quem pensa que é um infeliz, nada o fará feliz. O pensar

piritual. Jesus disse: “sem mim nada podeis fazer”.

verdade, os sonhos são esvaziamento

pode produzir uma depressão de viver

NÃO TENHA MEDO DE SONHAR!!!

Dr. MOZAR DE SOUZA

Jornal dos Lagos Publicação da UNIFENAS. Órgão oficial de publicações de editais do Fórum de Alfenas. EDITOR: Valdir Cezário - Reg. 6.321 - DRT-MG EDITORAÇÃO GRÁFICA: Paulo Henrique Corsini REDAÇÃO E PUBLICIDADE: Rua Bias Fortes, 191 - Centro CEP: 37.130-000 - ALFENAS-MG TELEFAX: 35 3299-3878 PUBLICIDADE (fone): 35 3299-3892. Home page: www.jornaldoslagos.com.br e-mail: jlagos@unifenas.br

Aplaudir nos êxitos semanais e nos reprovar nos fracassos tão naturais da vida humana é tornar a contabilidade surrealista. Aprimorar as virtudes no desenrolar da semana ou extinguir os erros são estratégias condignas, só com nossa consciência, que estão acontecendo e estão também sendo monitoradas pelos nossos sentidos vivenciais. Vigiar nosso comportamento é aumentar em muito nosso repertório de acertos. Refletir, antes de agir, aumenta a probabilidade de êxito. Destrinchar os créditos da semana com os débitos nos trará como resultados um superávit significativo. Agir sob os erros

CRP-MG 04.32025

Psicólogo Comportamental CONTATO COM O PSICÓLOGO: (35) 9924-4547 CONSULTÓRIO: Centro Multiprofissional Introcaso Rua Coronel Pedro Corrêa, 445 - centro Tels. (35) 3297-2020 // 3292-2899 Alfenas - Minas Gerais

Motivos para consulta psicológica: > Desejo de mudanças na vida. > Síndrome de pânico, solidão, estresse. > Ansiedade, depressão, angústia. > Falta de motivação, indecisão. > Dificuldade conjugal, e com os filhos. > Baixa estima, infelicidade, desânimo > Fraco desempenho no trabalho e sexual


quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

SINE OFERECE VAGAS

33

Número de indenizações do Seguro DPVAT aumentou em 25% em 2013

Atualização 18/02/2014

Da Redação

-AJUDANTE DE CARGA E DESCARGA(CNH-B) -ATENDENTE DE BALCÃO -AUXILIAR DE ESCRITURAÇAO FISCAL -AUXILIAR DE INSPEÇAO DE QUALIDADE -BARMAM -CASEIRO -CARTAZISTA -CAIXA/ATENDENTE -ELETRICISTA DE AUTOS -ELETROTECNICO -EMPREGADA DOMÉSTICA -GARÇOM /GARÇONETE -INSTALADOR DE CORTINAS -MARMORISTA -MECANICO DE AUTOS -PATROLEIRO -PROFESSOR DE INGLÊS -SECRETÁRIA -VENDEDOR -TECNICO DE INSTALAÇÃO DE INTERNET(CNH-B)

Rua Manoel Pedro Rodrigues - 126 - Centro Alfenas MG - Fone: 35 3698-1757 Horário: 8 às 11hs/13 às 17hs

Cargo Atendente de farmácia

Vagas

Cidade

1

Alfenas

Auxiliar administrativo (faturamento) 1

Alfenas

Auxiliar de manutenção

Alfenas

1

Auxiliar de mecânica

1

Alfenas

Auxiliar de produção

1

Alfenas

Balconista

1

Alfenas

Chapeiro

1

Alfenas

Costureira

1

Alfenas

Encarregado de serviços gerais

1

Farmacêutico

1

Alfenas

Garçom/Garçonete

1

Alfenas

Jornalista

1

Alfenas

Motoboy

1

Alfenas

Padeiro

1

Alfenas

Port.s de necessidades especiais

1

Alfenas

Serviços gerais

1

Alfenas

Sociólogo

1

Alfenas

Técnico de enfermagem

1

Alfenas

A

quantidade de inde nizações pagas pelo Seguro DPVAT no ano de 2013 somou 633.845, registrando um aumento de 25% em relação a 2012. Os dados são da Seguradora Líder-DPVAT, administradora do seguro no País, que despendeu montante superior a R$ 3,2 bilhões em pagamentos de indenizações. O estudo aponta um crescimento de 26% nas indenizações por invalidez permanente pagas em 2013, que totalizaram 444.206 pagamentos. Esta foi a cobertura com maior incidência de pedidos, registrando 70%. As indenizações por reembolso de despesas médicas e hospitalares somaram 134.872, representando 21% da quantidade total de pagamentos do ano de 2013. O levantamento traz uma perspectiva positiva: a redução de 10% no número de indenizações pagas por morte no Brasil. A Seguradora pagou, em

1

Alfenas

Técnico em eletrônica

1

Alfenas

Técnico em informática

2

Alfenas

Telemarketing

1

Alfenas

Vigilante

1

Alfenas

Perfil das vítimas Em 2013, as principais vítimas de acidentes de trânsito indenizados

pelo Seguro DPVAT foram homens, somando 76%. Quando observada a faixa etária, a maior incidência de pagamentos foi para vítimas entre 18 e 34 anos (50,9%) predominantemente para o sexo masculino (40%). Quando analisado o perfil das vítimas, 60% dos benefícios foram pagos para os condutores (53% para motociclistas e 7% para motoristas dos demais veículos), seguido pelos pedestres (22%) e por passageiros dos veículos (18%). O estudo aponta que 71% das indenizações pagas em 2013 foram para acidentes envolvendo motocicletas, embora o veículo de duas rodas represente apenas 27% da frota nacional. Em seguida, os automóveis, que somam 60% da frota, foram os veículos que responsáveis por 24% dos acidentes indenizados.

Serviço Solicitar o Seguro DPVAT é fácil, rápido,

simples, gratuito e não é preciso da ajuda de intermediários. A própria vítima ou beneficiário pode ir a um ponto oficial de atendimento em posse da documentação completa para dar entrada no benefício. Com a documentação correta, a indenização é paga em até 30 dias. O pagamento da indenização é feito em conta corrente ou poupança da vítima ou de seus bene-ficiários, em até 30 dias após a apresentação da documentação necessária. O valor da indenização é de R$ 13.500 no caso de morte, de até R$ 13.500 nos casos de invalidez permanente, variando conforme o grau da invalidez, e de até R$ 2.700 em caso de reembolso de despesas médicas e hospitalares comprovadas. Para saber sobre a documentação necessária, locais de atendimento ou informações do andamento do pedido, a vítima pode ligar gratuitamente para o telefone 0800 022 12 04 ou pelo site www.dpvatseguro dotransito.com.br

Educação, Ação Social e Defesa Social: união em prol do combate às drogas Secretarias iniciam primeira fase com palestras e concursos Venício Scatolino

Denise Prado Reportagem local

Alfenas

Técnico em eletricista

2013, 54.767 benefícios por acidentes fatais, ante 60.752 em 2012. Dos recursos arrecadados pelo Seguro DPVAT, 45% são destinados ao Sistema Único de Saúde para ajuda no custeio do tratamento de vítimas de trânsito. Em 2013 este valor superou R$ 3,6 bilhões, enquanto, em 2012, foram direcionados R$ 3,2 bi ao SUS. Outros 5% são destinados ao Departamento Nacional de Trânsito para realização de campanhas educativas e ações preventivas no trânsito brasileiro. Em 2013, foram entregues mais de R$ 400 milhões ao órgão. Um dos principais destaques da gestão da seguradora em 2013 foi o aumento significativo do número de pontos de atendimento para a solicitação do seguro, chegando a 7.757 contra 4.783 em 2012, um aumento de 62%.

E

sta semana, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Ação Social e Defesa Social convocaram uma reunião com representantes de vários órgãos, para dar início a um plano de ação para o enfrentamento ao crack. Estiveram presentes na reunião o delegado de Polícia Civil, Arlen P. Silva Ribeiro; tenente da PM, João Elísio de Souza Júnior; Dênis Silva Moreira representando o Crefal, a presidente do Conselho Tutelar, Cacilda Novais; secretária de Educação e Cultura, Kátia Geralda Goyatá; a coordenadora do Creas, Maria José Silvério; diretora de Projetos e Ações Educativas da Secretaria de Defesa Social, Márcia Maria Silva Bem; secretária de Ação Social, Maria Idalina da Silva; o presidente do Conselho da Saúde, Rogério Ramos Prado; e o secretário de Defesa Social, Vander Cherri Marcolino. Depois de um debate sobre as ações que devem acontecer ao longo do ano,

A reunião aconteceu na Secretaria Municipal de Educação e Cultura e envolveu representantes de vários órgãos do município optou-se no primeiro momento, iniciar a campanha na Escola Municipal Antônio Joaquim Vieira (Polivalente) que constará de palestras, concurso de redação e de vídeos, além de outdoors, folhetos entre outras ações. O presidente do Conselho da Saúde, Rogério Prado, lembrou sobre a necessidade de se ter um estudo maior sobre os adolescentes que se encontram envolvidos com o tráfico e/ou uso de drogas e onde estão concentrados, tanto em questão de

bairros (moradias) quanto o nome das escolas em que estão inseridos. Além da reativação do Comad (Conselho Municipal Antidrogas).

Segundo o secretário de Defesa Social, Vander Cherri, aliada a estas ações, num segundo momento, a campanha será mais impactante para que se atinja também àqueles que já estão nas drogas e fora da escola. Para a secretaria Kátia Goyatá é importante que os pais dos alunos também participem des-

ta campanha, assim, eles terão um grande papel no concurso de redação, além de orientações que receberão durante as palestras que serão desenvolvidas no ambiente escolar. Segundo a secretária, a faixa etária que será atingida, nesta primeira fase, será para os alunos de 6º ao 9º anos. Já as palestras poderão atingir também os alunos do noturno, onde também estão inseridos jovens no programa EJA - Educação de Jovens e Adultos.


44

quarta-feira, 19 de de 2014 quarta-feira, 19fevereiro de fevereiro de


Alfenas, quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

5

Mart Minas inaugura loja no dia 27 Majô de Souza Reportagem local

A

loja da rede MartMinas em Alfenas será inaugurada no próximo dia 27 de fevereiro, às 10 horas. Localizada bem próxima ao trevo da BR 491 - na av. Mario Barbosa Vieira 250 - a unidade possui 4.800 m² de área de venda e 240 vagas de estacionamento, sendo uma parte coberta. Segundo o diretor de Marketing Filipe Martins, o funcionamento será de segunda a sábado, de 7h30 às 21 horas. Aos domingos, de 8 às 14 horas. A empresa trabalha com o modelo chamado “atacarejo”, ou seja, atacado e varejo no mesmo espaço. São lojas grandes, com estoque variado e promessa de preços mais

Venício Scatolino

baixos. Ali serão atendidos consumidores domésticos, padarias, restaurantes, lanchonetes, mercearias, hotéis e bares, entre outros. Quem preferir, pode comprar pelo sistema de televendas, em que o pequeno comerciante passa por telefone a lista do que precisa. Quando ele chega à loja, os produtos já estão separados. Martins ressalta que não há necessidade de cadastro para comprar no varejo. Já no atacado é preciso fornecer dados da empresa para a emissão de nota fiscal. O diretor afirma que um dos diferenciais do “atacarejo” são os preços praticados, entre 10% e 15% mais baratos que o varejo tradicional. “Não estou falando apenas das

Localizada próxima ao trevo da BR 491, loja vai vender no atacado e no varejo ofertas, mas sim de todo o mix de produtos da loja. São dez mil itens de produtos perecíveis congelados e resfriados, higiene pesso-

al, limpeza, bazar, gêneros alimentícios, bomboniere, hortifrútis etc.” O pessoal já foi contratado. São 150 empregos

diretos. Os contratados estão recebendo treinamento em outra loja do grupo. Mas, ressalta Martins, quem tiver interesse pode

deixar currículo na própria loja, no setor de Recursos Humanos. “Assim que surgirem vagas, entramos em contato”, explica.

Apartamentos são invadidos no Residencial Alfenas Venício Scatolino

Cláudia Cabral

Três meses

Reportagem local

O

s imóveis foram entregues aos beneficiários em dezembro do ano passado. Porém, quando o lavrador José Reinaldo dos Santos foi se mudar com sua família havia outras pessoas ocupando o apartamento. Segundo ele, a ocupação indevida foi feita à noite, há 15 dias. Ele procurou a Prefeitura, a Caixa Econômica Federal e fez um boletim de ocorrência. Mas até o momento continua pagando o aluguel e pior: terá de arcar com o boleto que vence no dia 28 de fevereiro, referentes às prestações da unidade em seu nome. Foram mais de cinco anos participando das reuniões e quando recebeu as chaves do tão sonhado apartamento não chegou nem a entrar no imóvel. José Reinaldo espera uma resolução para o problema, pois, não tem condições de arcar com os pagamentos do aluguel e da prestação do imóvel. O secretário municipal

Dois apartamentos foram invadidos no Residencial Alfenas de Habitação, José Luiz Bruzadelli, confirmou que alguns apartamentos foram invadidos. Porém, tomar alguma providência sobre o assunto não é de responsabilidade da Prefeitura, mas sim da Caixa Econômica Federal. Segundo ele, foram entregues 248 apartamentos dos 270 construídos no Jardim São Carlos. Outros 22 imóveis restantes faltavam parte da documentação. Conforme o secretário, além das invasões no Resi-

dencial Alfenas há também casos de ocupação indevida nos residenciais Vale Verde e Alterosas. Conforme informações da Caixa Econômica Federal, em Belo Horizonte, a CEF tem conhecimento de dois apartamentos que foram invadidos no Residen-cial Alfenas. Nestes casos a CEF informou que está tomando as devidas providências para a reintegração

de posse das unidades. Mas desconhece o problema nos outros dois conjuntos habitacionais: Vale Verde e Alterosa. Nestes condomínios já foram realizadas vistorias pela Caixa e pela Prefeitura. No Alterosa, em 78 apartamentos está sendo inves-tigada qualquer irregularidade de ocupação e, no Vale Verde, não há informações se está ocorrendo o mesmo

Os apartamentos do Residencial Alfenas, localizado no bairro Jardim São Carlos, foram entregues no dia 20 de dezembro. O condomínio foi construído pelo Programa Minha Casa Minha Vida, da Caixa Econômica Federal, em parceria com o município. Um investimento de R$ 13,5 milhões com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). problema. A Caixa lembra que o beneficiário tem 30 dias para se mudar para o apartamento, passando

As famílias seleciona-das pelo programa tem renda de até R$ 1,6 mil. Os apartamentos têm área de 42,29m², divididos em dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço. O condomínio dispõe de estacionamento descoberto, com uma vaga por apartamento, centro comunitário e área de lazer. O custo médio de cada unidade é de R$ 50 mil. esse período se o local for invadido a responsabilidade não é mais da construtora ou CEF.


quarta-feira, fevereiro quarta-feira, 1919 dede fevereiro dede 2014

6

CENAS DA CIDADE Abertura oficial das Missões será amanhã Majô de Souza Reportagem local

A

abertura oficial das Missões Redentoristas 2014 será amanhã, quinta-feira, na matriz de Nossa Senhora de Fátima. Haverá missa solene às 19 horas, marcando o início dos trabalhos. De agora até junho, várias atividades serão realizadas nas paróquias de Nossa Senhora de Fátima, São Pedro e São José e Dores. Cada uma terá programação própria. Mesmo após o término das Missões, as reuniões de párocos, coordenadores e auxiliares continuarão. A proposta das Missões é reavivar os ideais da Igreja Católica e disseminar o Evangelho de Cristo.

Na fase preparatória das Missões é feito o levantamento sócio-religioso e a montagem dos setores missionários. As paróquias são divididas em comunidades e em setores missionários. Na segunda etapa é feita a integração dos setores e a preparação das celebrações domiciliares. A terceira etapa é o que os fiéis chamam propriamente de Santas Missões. Nesta fase são realizadas celebrações em toda a comunidade e cerimônias diversas. A reportagem tentou obter a programação de cada paróquia. Na São José e Dores, a secretaria informou que ainda não havia recebido orientações do pároco. Na Nossa Senhora de Fátima, a informação é

que a programação mais detalhada deverá ser definida pelos religiosos que chegarão amanhã . A programação da paróquia de São Pedro já foi definida. Na sexta-feira, dia 21, haverá missa de apresentação da irmã Tereza e padres responsáveis pelas Missões - Sebastião e Ademir, na nova matriz. Até o dia 3 de abril, a irmã fará visitas às casas de paroquianos. De 3 a 6 do mesmo mês, acontece de prémissão (primeira frase). De 7 de abril a 6 de maio acontece a segunda fase, com reza nas residências. De 7 a 25 de junho, acontecem as missões propriamente ditas, com várias ações e participação dos padres redentoristas.

Fotos: Venício Scatolino

Na janela lateral - Este belo gavião parece olhar pela janela de um barracão próximo à rodoviária. Talvez esteja apenas apreciando o movimento.

Ações pedem revisão do FGTS e tabela do IR Majô de Souza Da Redação

a inflação do período entre janeiro de 1999 e dezembro de 2013.

eve início no dia 6 a análise da ação civil pública impetrada na Justiça Federal no Rio Grande do Sul pela Defensoria Pública da União, que pede a revisão da forma de correção do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Este julgamento deverá valer para todos os trabalhadores que possuem o benefício, em todo o país. A Justiça vai discutir o reajuste do Fundo. A ação pede que este reajuste seja feito com base em um índice de preço, corrigindo assim o saldo de acordo com

Não há prazo para a decisão do mérito. Enquanto isto, sindicados e associações também estão entrando com ações no mesmo sentido. Há ainda mais de 40 mil ações individuais. A solução deverá demorar alguns anos, pois a Caixa Federal, gestora do FGTS, deve recorrer. Na esteira das ações pela correção do FGTS, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) deverá entrar no final deste mês com uma ação no Supremo Tribunal Fe-

T

deral pedindo mudanças na forma de correção da tabela do Imposto de Renda Pessoa Física. Segundo os cálculos da Ordem, quem ganhava até seis salários mínimos 15 anos atrás era isento do IR. Atualmente, a isenção é apenas para quem ganha até 2,5 salários. A ação da OAB vai questionar a aplicação da TR (Taxa Referencial) a partir de 1999 para definir as faixas de pagamento do IR e também a faixa de isenção. E vai solicitar que a correção seja feita com base na inflação, a partir de 2014.

Perigo na estrada - Dia desses, este bovino escapou e ficou à beira da rodovia 491. Justamente quando passavam vários veículos, decidiu atravessar.

Fugindo do sol

- Um papelão foi colocado no ponto de taxi perto da matriz. O visual não e bonito, mas mostra a necessidade de mais árvores na praça.


quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

7

No Residencial Alfenas

Mães reivindicam transporte para os filhos Fotos: Venício Scatolino

Cláudia Cabral

Secretaria de Educação avalia todos os casos

Reportagem local

A

lgumas mães do Residencial Alfenas, no Jardim São Carlos, estão revoltadas com o transporte escolar oferecido pela Prefeitura. Muitas reclamam da falta dele e outras que o ônibus está passando muito cedo para pegar as crianças. É o caso da filha de Luíza Aparecida Bernardes, de apenas nove anos. A menina estuda no período da manhã na Escola Estadual Levindo Lambert. A aula começa às 7h, mas a garota tem de esperar no ponto de ônibus todos os dias às 5h40. De acordo com a mãe não há um horário certo para o transporte passar naquele local. “Teve dias da semana que passou que o motorista pegou a criança às 6h30”, conta Luiza Aparecida. Para piorar, o ponto fica a quatro quadras de onde a família mora. A mãe não pode esperar, com a filha, o ônibus passar; por isso, é a irmã mais velha de 14 anos que fica no local. Para Luíza é um descaso com os estudantes, pois aquela área da cidade e muito perigosa. Várias moradoras do condomínio relataram à reportagem que já viram, na semana passada, um homem pelado observando as meninas que passavam por aquela região. Segundo elas, o rapaz estava escondido no meio do mato que fica ao lado dos prédios. À tarde é o mesmo problema. Segundo as mães, muitos estudantes vão para a escola sem almoço, pois têm de sair de casa às 11h40: e a aula só começa às 13h. A garagem da empresa que presta serviço de transporte de alunos para a Prefeitura fica no bairro Vista Grande, próximo do condomínio. Por esse motivo, as mães solicitam que pelo menos o ponto de ônibus fique mais próximo do local. Outras mães reclamam da falta do transporte escolar para os filhos. São estudantes da Escola João Januário de Magalhães, Caic, localizada no bairro Vila Esperança, próximo ao Residencial Alfenas. Por ser mais perto de casa alguns estudantes do condomínio não foram contemplados; porém, muitos reclamam que não é o fato da distância, mas sim o perigo que muitas crianças estão correndo ao atravessar a Avenida Governador Valadares, de grande movimento de veículos durante todo o dia. Segundo a dona de casa Vera Souza, na semana que passou ela presenciou quando duas crianças atravessavam sozinhas a avenida e um caminhão em alta velocidade quase passou por cima das duas. A dona de casa Luciene Alves Moreira tem três filhos estudando no Caic. Todos,

Mãe com os filhos atravessam correndo a Avenida Governador Valadares

Levi Moura, vice-presidente da associação de moradores (esquerda) cobra das mães a documentação, porém, algumas delas não estão conseguindo nas escolas segundo ela, dependem do transporte, sobretudo, a menina de 15 anos que estuda à noite. Ela ainda tem um filho de seis e outro de 12 anos. Luciene já foi à Secretaria Municipal de Educação, apresentou a declaração dos filhos solicitada, mas foi informada que a escola fica a poucos metros do local e não teria como atendê-la. A mesma história é de Michele Aparecida Oliveira que tem três filhos esdudando no Caic e na Escola Estadual Doutor Napoleão Sales, no bairro Vista Grande. Por dois dias da semana passada teve de faltar do serviço para poder levar os filhos na escola. Além do perigo no trânsito, ressalta que é arriscado deixar uma criança de oito anos andando sozinha naquela região, pois, vários terrenos estão tomados pelo mato, o que possibilita o esconderijo de pessoas mal intencionadas. O problema da moradora Sabrina Márcia Cabreira já é mais complicado. No ano passado os filhos estudavam na Escola Municipal Tereza Paulino, no bairro Pinheirinho, e na Escola Estadual Samuel Engel, no Residencial Oliveira. Com a mudança da família para o condomínio no Jardim São Carlos a mãe foi procurar um local mais perto de casa para que os filhos pudessem estudar. Mas não encontrou vagas nas escolas Levindo Lambert e Napoleão Sales. “Meus filhos querem estudar, mas não tem vaga”, lamenta a mãe.

Vera Souza presenciou essa semana dois garotos quase serem atropelados por um caminhão na Avenida Governador Valadares

Sabrina Márcia Cabreira não encontrou vagas nas escolas próximas para os filhos

O superintendente administrativo da secretaria de Educação e Cultura de Alfenas, Hercílio Paes Leme afirmou que já entrou em contato com o setor de transporte escolar do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) para averiguar a partir de qual quilometragem o aluno tem direito ao benefício. Segundo ele, o outro problema é com relação às crianças estarem chegando muito cedo à escola, sobretudo, os estudantes da Escola Estadual Arlindo Silveira. A direção da instituição já entrou em contato com a secretaria e relatou que muitos alunos estão chegando às 12h20, ou seja, têm de esperar no pátio por cerca de 40 minutos antes do início da aula. O superintendente explica que o município possui três ônibus da empresa contratada para fazer o transporte escolar, além da Alfetur que oferece desconto de 50% do valor da passagem para os estudantes. Segundo ele, os três veículos praticamente passam em todas as escolas e, consequentemente, uma delas vai ter de receber os alunos mais cedo. No caso do Arlindo Silveira, a primeira que a empresa de ônibus deixa os alunos, a direção ressalta que não tem um funcionário para ficar no pátio com as crianças. Nesse horário as servidoras estão fazendo a limpeza das salas de aula. Quanto aos alunos do Caic e do Bem Querer, que ficam na região norte da cidade, o superintendente afirma que mesmo estando bem próximas ao condomínio a empresa tem feito o transporte de alguns estudantes. Mesmo assim, deve ser levada em conta a quilo-

metragem estabelecida no edital quando foi feita a licitação para a escolha da empresa que presta o serviço na cidade; ou seja: esse limite não pode ser ultrapassado. Além disso, os veículos têm capacidade para transportar de 45 a 50 alunos e a secretaria não tem como atender toda a demanda. Quanto à falta de vagas nas escolas para atender alunos do residencial. O superintendente ressaltou que as escolas que têm condições de receber alunos do sexto ano são o Napoleão Sales, Judith Viana e Levindo Lambert. Para alunos do primeiro ano do Ensino Fundamental são as escolas Caic, Arlindo Silveira e Coronel José Bento. E quando não há vagas nestes locais, o estudante é encaminhado para outro setor e oferecido o transporte escolar quando for mais distante de sua casa. Ainda conforme o superintendente, todos os casos solicitando o transporte escolar estão sendo averiguados. Ressalta que a Prefeitura não está negando o benefício para alguns alunos. Deve ser levado em conta também o custo para o município com o serviço, pois, tanto o Governo Federal como o Estadual repassam um valor aquém do que o município gasta com o transporte escolar. É bom lembrar que o Residencial Alfenas foi inaugurado no final do ano passado. Muitas famílias moravam em outros bairros e não tinham necessidade do transporte, pois, os filhos estudavam mais próximos de suas casas. Ao todo são cerca de 270 famílias residindo naquele condomínio.

Mães devem apresentar declaração do filho O vice-presidente da associação de moradores do Residencial Alfenas, Levi Moura, informou que a Secretaria Municipal de Educação solicitou uma declaração de todos os alunos residentes no condomínio, informando a série e o horário que estudam. Esse documento deve ser fornecido pela escola. Porém, segundo ele, das 300 crianças apenas 33 já entregaram o papel para ele, que ficou responsável por entregar toda a documentação na Prefeitura. Conforme ainda o vice-presidente todos os estudantes que apresentaram o documento tiveram sua situação resolvida. Mas em alguns casos, como o da mãe Michele, a escola não entregou o documento porque a diretora informou que só irá fornecê-lo quando for confirmado que o transporte será

oferecido a estes alunos. Para Levi Moura fica difícil reivindicar por apenas 10% dos estudantes se a grande maioria ainda não se manifestou. Com relação ao Caic, afirmou que por lei apenas tem direito ao transporte alunos moradores em uma distância superior a 1.800 metros e a escola relatada fica a 600 metros do condomínio. Quanto ao ônibus entrar no residencial é perigoso, pois, muitas crianças brincam naquela área e algumas delas podem ser atropeladas. O acordo então foi embarcar os estudantes na rua próxima ao condomínio.

Levi Moura afirma que das 300 crianças apenas 33 estão com as declarações prontas para serem entregues na Prefeitura


quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

8

PM de Machado tem novo comandante Foto: Jornal de Poço Fundo

Editoria de Polícia

REGISTRO CIVIL DE ALFENAS - MG

N

a semana passada aconteceu a solenidade de posse do novo comandante da 164ª Companhia de Polícia Militar, com sede em Machado (a 32km de Alfenas). O até então comandante, tenente Geraldo César Parreira, passou para o quadro de reserva e deixou o cargo para o tenente Fernando Sanches Gouveia. A solenidade foi presidida pelo comandante da 18ª Companhia de Polícia Militar Independente de Alfenas, major Adenisio Ferreira de Paula. O evento contou com aproximadamente 200 pessoas, entre elas, membros do Executivo, Legislativo e Judiciário, além de coordenadores de instituições de ensino, presidentes de conselhos comunitários, sindicatos e empresários, não só de Machado como de outras cidades da região e familiares. Um dos momentos que mais emocionou o público foi o das palavras do 1º tenente Parreira, que expressou através da voz trêmula, devido à emoção

CERTIDÃO DO EDITAL DE PROCLAMAS CERTIFICO que na data de 03 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: SERGIO MORAIS e VÉRA CRUZ DE CARVALHO. Ele filho de João Morais Neto e Alice Santos Morais; e ela filha de Antonio Leal de Carvalho e Iria de Fátima Carvalho; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 03 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 04 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: GRILSON GREBIO CASATI e ROSILENE SANTOS SILVA; ele filho de Sérgio Carlos Casati e Rosa Maria Casati; e ela filha de Antonio Simão da Silva e Sônia Maria da Silva, e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 04 de fevereiro de 2014.

Momento da passagem de comando do tenente Parreira (à direita), para o tenente Sanches (à esquerda) tendo ao fundo, o comandante major Adenisio Ferreira de Paula da despedida, o contentamento de ter trabalhado em prol da segurança pública local de maneira participativa com aquela comunidade. O novo comandante, tenente Sanches, também chamou a atenção por seu discurso claro e direto, com menção especial à numerosa família de onde veio, através da qual os valores morais e de devoção a Deus lhe foram incutidos desde cedo.

Boas vindas Ainda na semana passada, membros do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Machado reuniram-se com o tenente Geraldo César Parreira do Nascimento e tenente Fernando Sanches Gouveia, na sede da 164ª Companhia de Polícia Militar. A reunião tratou de questões administrativas do conselho. No entanto, foram

conferidas homenagens aos dois oficiais, pela passagem e assunção do comando PM na cidade. Sob a presidência de Joana D’Arc Siqueira, o conselho reafirmou o irrestrito apoio da entidade em prol da segurança local. Estiveram ainda presentes o presidente da Câmara Municipal de Machado, vereador Célio Cândido Alves, e o vereador Willian Conti, além de outros membros do Consep de Machado.

Pelotão PM tem novo comandante em Alfenas Foto: PM

Editoria de Polícia

O

EDITAL DE PROCLAMAS REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS

1º Pelotão de Polícia Militar, localizado no bairro Itaparica, em Alfenas, tem um novo comandante, o 1º tenente Fábio José Castro Oliveira. No dia 6 de fevereiro, o tenente Castro, que é lotado na 18ª Companhia de Polícia Militar Independente desde 2005, assumiu o comando do 1º Pelotão, substituindo o tenente João Elísio de Souza Júnior que foi para o subcomando da Companhia. A fração é responsável pelo policiamento ostensivo e preservação da ordem pública, subordinada à 18ª Companhia.

O oficial, que atuou na Seção de Apoio Logístico e também no comando da equipe Tático Móvel da Unidade, busca desenvolver um policiamento em que a construção da segurança pública se faz com a participação comunitária, expediente onde a integração entre Polícia Militar, demais órgãos de Defesa Social e representantes da sociedade são perceptíveis. Seu compromisso é o de atuar “não só na repressão, mas também na prevenção criminal de forma relevante”, afirmou o novo comandante.

O 1º tenente Fábio José de Castro Oliveira assumiu o comando do 1º Pelotão de Polícia Militar, localizado no bairro Itaparica

CERTIFICO que na data de 04 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: PEDRO HENRIQUE BALDINI BATISTA e VANESSA DE SOUZA; ele filho de Antonio Moacir Batista e Maria Aparecida Baldini ; e ela filha de Anisio Francisco de Souza e Valdirene Maria Cirino; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 04 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 05 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: GILVANO DIAS DOS SANTOS e JOSIANA DA SILVA OLIVEIRA; ele filho de Osvaldo Dias dos Santos e Luzelita Ramos da Silva; e ela filha de Cristina Elaine Silva Oliveira; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 05 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 07 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: ESTEVÃO TAVARES DE FIGUEIREDO e ALLINE MOTERANI DE MORAIS; ele filho de Sérgio Ronan de Figueiredo e Odelita Pereira Tavares de Figueiredo; e ela filha de Ricardo Alencar de Morais e Nádia Moterani de Morais; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 07 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 07 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: WALMIR CAPRONI e SYMONE FUNATO MENESES; ele filho de Walter Caproni de Oliveira e Maria das Graças Carvalho Oliveira; e ela filha de Delio Cruz Meneses e Yoko Funato Meneses; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 07 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 07 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: GALILEU LIVIO e FLÁVIO MARIA DE FIGUEIREDO FARIA; ele filho de Cezar Livio e Solangia de Oliveira Livio; e ela filha de Celio de Faria e Irene Carmen de Faria; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 07 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 07 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: VILSO CABRAL DELFINO BRAZ e NAYARA DE CARVALHO ALVES; ele filho de Wilson Delfino Braz e Nilza Cabral Braz; e ela filha de Agnaldo da Silva Alves e Adriana de Carvalho; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 07 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 10 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: EDMAR CARVALHO FERREIRA e ANA CLÁUDIA DE CÁSSIA SANTOS; ele filho de Corcino de Deus Ferreira e Edileuza de Jesus Carvalho Ferreira; e ela filha de José Mauricio dos Santos e Rita de Cássia Santos; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 10 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 10 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: JOÃO PAULO DOS REIS e DENISE DA SILVA ASSIS; ele filho de José de Souza Reis e Selma Batista dos Reis; e ela filha de Oswaldo Marcio de Assis e Augusta da Silva Assis; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 10 de fevereiro de 2014. CERTIFICO que na data de 10 de fevereiro de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: JOHNATAN DE SOUZA SILVA e TAMIRIS SIMONE DA SILVA; ele filho de Joaquim Inácio da Silva e Mônica Aparecida de Souza Silva; e ela filha de Antonio Carlos da Silva e Jane Simone Custódio da Silva; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 10 de fevereiro de 2014. Alessandro Mesquita Oficial do Registro Civil


Alfenas, quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

9

Suspeito de participar de morte de pedreiro é preso Denise Prado Editoria de Polícia

N

a semana passada, a Polícia Civil de São João da Boa Vista/SP (a 147km de Alfenas), fez a prisão de um dos suspeitos de participar do homicídio ocorrido em Alfenas, no dia 18 de janeiro, na Avenida José Paulino da Costa, próximo a uma distribuidora de bebidas. Éderson Vieira, 25 anos, pedreiro, natural de Alfenas, morreu após ser atingido por facadas: uma delas foi no tórax do lado esquerdo. Outros dois jovens - um deles irmão da vítima - também foram atingidos. Segundo informações, a Polícia Civil de Alfenas repassou informações para a PC de São João da Boa Vista de que o suspeito Luís Fernando Mialichi estaria foragido no estado de São Paulo. A Polícia Civil de São João da Boa Vista montou operação e conseguiu prender o suspeito que estava com um mandado de prisão aberto em seu desfavor. As testemunhas, ou seja, as duas vítimas que sobreviveram ao crime, estiveram na 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil para prestarem novos depoimentos: eles também fizeram o reconhecimento do suspeito. Segundo informações, os dois não tiveram dúvidas de que o rapaz preso seria um dos

Fotos: Maria Lúcia/Reprodução

Fotos: Reprodução

participantes. Uma das vítimas contou que Luís Fernando Mialichi estava junto com o rapaz que deu as facadas, desde o início da confusão, e seria ele o ocupante do taxi; ele estava no banco de trás do veículo. O outro suspeito está sendo procurado pela polícia. Sua identidade não foi divulgada pela Polícia Civil.

O crime Em depoimento, as duas vítimas sobreviventes contaram que, naquela noite, saíram de uma casa de forró e foram para a esquina, terminar a noite bebendo com amigos. Em determinado momento, chegou um carro ocupado por dois rapazes que queriam que um travesti - que também se encontrava na esquina - entrasse no carro deles. Houve a confusão entre os amigos e os dois ocupantes do carro. A discussão terminou e um deles foi buscar mais cerveja quando foi empurrado por um dos rapazes (no caso, seria Luis Fernando Mia-lichi). Houve outro tumulto, mas eles acabaram indo embora. Meia hora depois, os dois retornaram e, desta vez, de táxi. Um deles saiu e chamou A.V., de 18 anos, que teria empurrado um deles (Luís Fernando) que acabou caindo no chão e se ferindo. Um dos amigos,

Luis Fernando Mialichi foi preso em São João da Boa Vista, interior de São Paulo

O pedreiro Éderson Vieira, 25 anos, morreu após golpes de facas, na avenida José Paulino da Costa

na tentativa de acalmar os ânimos, levou uma faca e caiu no chão, em estado grave. Em seguida, o rapaz foi em direção de A.V., e desferiu um golpe e atingiu o abdome. Éderson, na tentativa de proteger o irmão, levou um corte no punho e outro no tórax, que foi fatal. Para chegar até os autores, a Polícia Civil se valeu, em primeiro lugar, das câmeras de vídeo. Éderson Vieira foi sepultado no mesmo dia, no terceiro cemitério, onde se encontram os restos mortais de sua mãe. Éderson

Jovens presos com arma de fogo e faca Editoria de Polícia

N

a tarde de sexta-fei ra, dia 14, durante uma operação no bairro Jardim Alvorada, militares receberam informações de que dois jovens estariam em atitudes suspeitas, na Rua Padre Cornélio Hans e que, inclusive um deles, estaria portando um objeto na cintura. De imediato, os policiais se dirigiram ao local indicado e realizaram a abordagem aos jovem de 18 anos e outro adolescente de 17. Antes de serem abordados, eles tentaram desfazer dos objetos que acabaram apreendidos. Os dois envolvidos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, jun-

Nem OAB escapa da ação de ladrões

As armas estavam em poder de um jovem de 18 anos e de adolescente de 17 anos tamente com uma garrucha de dois canos calibre 22 e uma faca. O adolescente prestou depoimento e foi liberado, já H.V.S.R. foi preso em flagrante e levado para o presídio de Alfenas.

Espingarda As polícias Civil e Militar de Paraguaçu cumpri-

ram uma ordem judicial em uma residência do bairro Colina São Marcos. Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão, os policiais apreenderam uma espingarda, além de munições intactas e deflagradas. Um homem foi preso.

Para quebrar a porta que ficou estilhaçada foi usado um paralelepípedo Editoria de Polícia

N tinha a guarda dos dois irmãos menores de idade que, na sua falta, estão sendo assistidos pela ONG Dias Melhores, uma vez que são amparados pela instituição desde que eram pequenos.

em mesmo a sede da OAB/MG (Ordem dos Advogados do Brasil em Minas Gerais) - subseção de Alfenas, escapou da ação de ladrões. Na madrugada de segunda-feira, dia 17, o ladrão arremessou um paralelepípedo contra a porta de vidros e, por esta abertura, entrou no recinto e furtou um aparelho de

televisão. O furto foi descoberto de manhã, quando funcionários chegaram para trabalhar. Segundo informações, o alarme chegou a disparar por volta de duas horas da madrugada, o que não adiantou. Perito da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil esteve no local e colheu impressões digitais que podem ajudar nas investigações.

Drogas apreendidas em Alfenas e Machado Fotos: Polícia Militar

Editoria de Polícia

D

urante o fim de semana, em três situações diferentes, a PM recebeu denúncias sobre tráfico de drogas. Em Machado, dois jovens de 20 e 22 anos foram abordados na companhia de outros dois adolescentes. Com eles foram apreendidos dinheiro e pedras de crack. Já em Alfenas, militares realizavam patrulha-mento para averiguar denúncia no bairro Recreio Vale do Sol, momento em que entraram em uma casa abandonada. No local, dois adolescentes foram apreendidos juntamente com 12 microtubos com cocaína, 17 buchas de maconha e uma pedra de crack. Outra apreensão aconteceu no bairro Santa Luzia. Os policiais realizavam patrulhamento quando visualizaram um rapaz já conhecido por envolvimento com o tráfico de drogas. Ele foi abordado e, no local

Durante ações policiais em Alfenas e Machado, a Polícia Militar apreendeu drogas e dinheiro

onde se encontrava, foram localizadas 37 buchas de

maconha, um microtubo com cocaína e dinheiro.


quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

10

Torneio Independente Master/Taça Edson Velano Dozza

Jogos emocionantes levam dois à final Valdir Cezário Editoria de Esporte

D

ois jogos emocionantes, definidos em detalhes, apontaram os finalistas do 1º Torneio Independente de Futebol Master, Taça Edson Velano Dozza. A rodada semifinal da competição foi disputada no domingo, dia 16, na parte da manhã e início da tarde, no estádio do Alfenense Futebol Clube, no centro da cidade. O Vaec foi o

primeiro a ganhar uma das vagas ao bater, nos pênaltis, a Floricultura Jardim do Eden (4x1). No tempo normal houve empate em um gol. O outro classificado foi o Alfenense EC/ Dental Minas, que passou apertado, mas venceu o ABC/ Tamandaré por um a zero. Vaec e Alfenense farão a final da competição no próximo domingo, dia 23, 9 horas, no estádio das Duchas. Caso haja empate no tempo normal, a decisão para saber quem levará o troféu Edson Velano Dozza - nome do neto do ho-

menageado pela organização, o fundador da UNIFENAS, professor Edson Antônio Velano, falecido em 2008 - será através de cobranças de tiros livres diretos da marca do pênalti. Por enquanto, o artilheiro é o atacante Da Silva, do ABC, que marcou dez gols. A defesa menos vazada também pertence ao ABC: o goleiro Ailton sofreu apenas dois gols. A competição é promovida pelo médico Boaventura Passos Vinhas e organizada pelo professor de Educação Física Luciano Veiga. VAEC 1 X 1 FLORICULTURA JARDIM DO EDEN 4 X 1 - Pênaltis LOCAL: Estádio do Alfenense Futebol Clube, em Alfenas. DIA E HORA: domingo, dia 23, 8h50. MOTIVO: primeiro jogo da semifinal do Torneio Independente de Futebol Amador, Taça Edson Velano Dozza, promovido pelo médico Boaventura Passos Vinhas. GOLS: Guilherme Feijão, para o Vaec; e Reinaldo, para a Floricultura. ÁRBITRO: Alexandre Flausino. AUXILIARES: Juracy Bispo das Virgens e Carlos Henrique Corrêa, o Iti. VAEC: Getúlio, Tatuzinho, Juarez, Helton e Aroldo; Alexandre Régis, Luiz Almeida, Fausto Pirata e Ronaldinho; Guilherme Feijão e Zé Wagner. Treinador: Antônio Carlos, Neguinho. No banco: Cleber, Cornélio, Luiz Antônio ‘Barriga’ e Boaventura. FLORICULTURA JARDIM DO ÉDEN: Edmo, Valtinho (Marcelo Mendes), Valdema, Juvenil e Marcelo (SIrleyzinho); Sinval (Gladson), Alessandro Fumaça, Lê (Marcelo Zóio), e Marquinhos Tchuke (Zé Rafael); Xandinho (Reinaldo) e Marquinhos Pantera (Marcel).

Na segunda cobrança de pênalti, feita por Zé Rafael, o goleiro vai seguro no canto direito e pega

GETÚLIO SALVA Goleiro pega dois pênaltis e dá classificação ao Vaec Fotos: Valdir Cezário

Editoria de Esporte

O

primeiro jogo da rodada dupla semifinal começou um pouco atrasado, por volta de 8h50. Vaec e Floricultura Jardim do Eden apresentaram tempos distintos e procuraram errar o menos possível com o objetivo de não dar oportunidade ao adversário. A equipe de Cláudio dos Santos - Floricultura apresentou falhas, principalmente no meio-campo. Apenas Sinval tentou fazer a proteção da zaga; ele jogou de cabeça-de-área e ficou demasiadamente sobrecarregado. Em algumas vezes, Sinval até que recebeu o auxílio de Alessandro Fumaça. Por outro lado, o Vaec levou a campo jogadores mais experientes no meiocampo, como Luiz Almeida e Ronaldinho, além de Alexandre Régis e Fausto. E foi pelo setor esquerdo que se deu início à jogada do gol do Vaec, ainda na primeira etapa. Aos 30 minutos, o ala Aroldo escapou pela esquerda avançou até a linha de fundo e cruzou na medida para o atacante Guilherme Feijão, que cabeceou firme, sem defesa para o goleiro Edmo. Enquanto isso, a Floricultura continuou apresentando falhas na marcação.

O atacante Guilherme Feijão (acima) foi eficiente e marcou o gol do Vaec; e viu sua defesa (foto à esquerda) não dar espaço ao ataque da Floricultura Na segunda etapa, pelo menos nos 13 minutos iniciais, o ritmo pouco mudou. O Vaec comandou os lances de ataque e aos seis minutos quase fez o segundo: o atacante Zé Wagner conduziu a bola em velocidade, sozinho, só que demorou na conclusão e foi desarmado pelo ala Valtinho. Os erros continuavam sendo a tônica do time da Floricultura. Porém, numa tentativa de jogada pela esquerda, a situação se inverteu e Marquinhos Pantera acertou o pé, após jogada individual, cruzou na área e o atacante Reinaldo - que acabara de entrar no lugar de Xandi-

nho - cabeceou de forma desajeitada e a bola foi morrer no ângulo direito do goleiro Getúlio: 1x1. A sequência do segundo tempo foi envolvida de lances para os dois times, com maior pressão por parte do Vaec. Aos 18 minutos, por exemplo, Luiz Almeida fez excelente jogada individual, tirou dois zagueiros do lance e chutou forte: o goleiro Edmo espalmou a bola para escanteio. Na cobrança do tiro de canto, o goleiro Edmo tirou a bola da cabeça do atacante Zé Wagner. Depois, outros dois lances de perigo para o setor defensivo do time de Cláudio dos Santos: num, o zagueiro Valdema

atrasou na ‘fogueira’ a bola para Edmo; o goleiro da Floricultura foi arrojado e saiu nos pés do atacante Zé Wagner. No outro, o meia Ronaldinho recebeu a bola quase na marca do pênalti e chutou forte, mas por cima do gol de Edmo. Na conclusão do tempo, aos 45 minutos, o atacante Reinaldo cobrou falta no canto direito de Getúlio que fez espetacular defesa para escanteio.

Pênaltis Com o empate no tempo normal, a decisão da vaga na final foi para as cobranças de pênaltis. E prevaleceu a experiência

O volante Fausto Pirata (direita) também se projetou ao ataque para tentar o gol do goleiro Getúlio que efetuou defesa nas duas primeiras cobranças da Floricultura, efetuadas por Reinaldo e Zé Rafael. Ele só não defendeu a cobrança de Gladson, no can-

to direito. Luiz Almeida, Aroldo, Guilherme Feijão e Jaílson Adonis converteram suas cobranças e confirmaram a classificação do Vaec para a fina: quatro a um. (V.C.)


quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

11

Torneio Independente Master/Taça Edson Velano Dozza

ALFENENSE 1 X 0 ABC

LUIZINHO MARCA Belo gol põe Alfenense na decisão Fotos: Valdir Cezário

Valdir Cezário Editoria de Esporte

O meia Alemão foi protagonista de belas jogadas e um dos responsáveis por dar mais consistência ao meio-campo do time alviverde

Ao apoiar o ataque, o ala Luizinho arriscou chute e marcou um belo gol que classificou o Alfenense para a grande decisão

O jogo O Alfenense foi o primeiro a ser ousado ao ataque e foi aos quatro minutos: o lateral direito Adauto fez jogada em profundidade, foi à linha de fundo e cruzou na área; a bola passou por toda a extensão do gol e saiu do outro lado do campo. Outro lance alviverde foi aos 25 minutos, com o experiente Alemão: ele fez jogada individual, se livrou do seu marcador e chutou forte; a bola resvalou na cabeça do zagueiro Evandro Pit-bull e ainda raspou no travessão do goleiro Ailton. Até então com a melhor campanha dentre os participantes (cem por cento de aproveitamento na primeira fase), o Vaec tratou de responder à altura. Foi ao ataque e, aos 30 minutos, quase abriu o placar. Da Silva recebeu a bola na entrada da área e chutou rasteiro; o goleiro

ALFENENSE EC/DENTAL MINAS: Max, Adauto, Danilo, Alexandre ‘Vermeio’ e Luizinho; Marcelinho Chapada, Vantuir, Ninho e Alemão; Gibi e Erivelton (Tuca). Treinador: Luiz Carlos Jacinto, que ainda contou no banco com Antônio ‘Pernilongo’, Rapadura, Tuca, João Cabral e Darci. ABC/TAMANDARÉ: Ailton, Reginaldo (Ademir), Cleiton, Evandro Pitibull e Marquinhos Piti (Volnei); Toninho, Gilberto Caniggia (Rodrigo Urias), Nilsinho e Evaldo (Toninho Chicrete); Derson e Da Silva. Treinador: Dênis de Paula, que ainda contou no banco com Rogerinho e Carlinhos.

O

segundo jogo da rodada dupla semifinal envolveu duas equipes que já haviam se enfrentado na última rodada da primeira fase. Naquela oportunidade, o ABC/Tamandaré levou a melhor sobre o Alfenense EC/ Dental Minas (venceu por dois a zero). Porém, na semifinal de domingo, a história do jogo foi completamente diferente. O time alviverde foi mais ousado e determinado, jogou com mais vontade e maior garra; e com um belo gol do lateral Luizinho, conquistou vitória apertada e vai disputar a final com o Vaec. O ABC não encontrou espaço para superar a zaga e o gol defendido por Max. Em campo, jogadores que passearam pelo futebol profissional, como o meia Alemão (ex-Atlético), do Alfenense, um dos principais destaques do encontro, acompanhado pelo lateral Luizinho (ex-Alfenense e América de Alfenas). Do lado do Vaec, atletas da região que conquistaram títulos por suas equipes e dentre eles, Toninho, Nilsinho e Evaldo, que vieram de Campo do Meio. Sem falar de alguns destaques do futebol amador local, que também colecionam títulos e participações de destacadas em equipes por onde apresentaram futebol que já chamou a atenção de torcedores e dirigentes.

LOCAL: Estádio do Alfenense Futebol Clube, em Alfenas. DIA E HORA: domingo, dia 23, 11 horas. MOTIVO: segundo jogo da semifinal do Torneio Independente de Futebol Amador, Taça Edson Velano Dozza, promovido pelo médico Boaventura Passos Vinhas. GOL: Luizinho, para o Alfenense EC/Dental Minas. ÁRBITRO: Wellington de Souza Ruela. AUXILIARES: Carlos Tadeu e Carlos Henrique Corrêa, o Iti.

O atacante Derson (com a bola) bem que tentou, mas não conseguiu furar o bloqueio defensivo adversário, comandado por Alexandre ‘Vermeio’ Max defendeu com rebote e o zagueiro Danilo aliviou. Sete minutos depois, Evaldo fez jogada pela esquerda e conseguiu cruzamento na área; a bola passou pela defesa e Da Silva, sozinho, cabeceou à queima-roupa para que o goleiro Max executasse espetacular defesa. Determinado na defesa, mais versátil no meiocampo e ousado no ataque, o Alfenense partiu em busca do gol. Como as jogadas pelo meio estavam mais difíceis, a solução foi explorar as descidas dos laterais Adauto e Luizinho. E foi aos 40 minutos que Luizinho in-

vestiu pelo setor esquerdo de ataque. Não chegou à linha de fundo e da intermediária arriscou chute (que até poderia ter sido um cruzamento): a bola ganhou velocidade, porém caiu de forma abrupta no gol defendido por Ailton. O goleiro do ABC talvez nem esperava que o ala alfe-nense alcançasse seu intento. Mas foi gol e comemoração por parte dos alviverdes. O ritmo da segunda etapa não foi diferente. O torcedor não saiu das arquibancadas e viu mais emoções. O Alfenense continuou da mesma forma que jogou no primeiro

tempo. Logo aos seis minutos, Erivelton fez jogada pela esquerda e cruzou rasteiro; a bola resvalou em Nilsinho e quase enganou o goleiro Ailton. Depois, Vantuir recebeu passe de Gibi e cruzou na área: Alemão cabeceou e Ailton se esticou, defendeu e mandou a bola para escanteio. Somente as 17 minutos, o ABC esboçou reação em cobrança de falta feita por Da Silva; Max fez a defesa. E o seu treinador Dênis de Paula, o Deninho, procurou alternativas no banco de reservas para mudar o estilo de jogo e tornar seu time mais ofensivo. Colocou Rodrigo Urias no lugar de

Gilberto Caniggia e Toninho Chicrete no de Evaldo; também tirou o lateral Reginaldo e colocou Ademir e Volnei substituiu a Marquinhos Piti. Mas foi em vão numa das poucas jogadas de ataque, Derson escapou pela direita e chutou forte e cruzado; a bola tirou tinta da trave direita de Max e se perdeu pela linha de fundo. E foi só, pois o Alfenense

ainda criou uma oportunidade com Tuca - que entrara no lugar de Erivelton: o atacante recebeu passe de Gibi, pela direita, e chutou fraco para a defesa do goleiro Ailton. Final de jogo, vitória apertada, porém, muito comemorada pelo Alfenense Esporte Clube, que fará a decisão do torneio no próximo domingo, 9 horas, com o Vaec.

O artilheiro Da Silva também tentou: foi em vão e não foi suficiente para reanimar o ABC


quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

12

COPÃO EM RITMO FINAL Jogos da segunda fase vão até sexta, no Sesi Valdir Cezário Editoria de Esporte

A

segunda fase da 12ª edição da Copa Alfenas de Futsal teria início na noite de ontem, no ginásio coberto do Sesi. Na sexta-feira, dia 14, foram decididos os classificados da chave B. Duas partidas foram realizadas no Sesi e apontaram os confrontos para a segunda fase da competição. O Copão é promovido e organizado pela Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude. Na primeira partida de sexta, Drogaria Renascer e Casa Coelho empataram em cinco gols, resultado que levou as duas equipes à segunda fase. André, Braan e Paulo Sérgio (3) marcaram os gols da Drogaria, enquanto Leo-

nardo (2), Luiz Eduardo, Vinícius e Lucas fizeram os gols da Casa Coelho. Em seguida, o Bar do Otávio/Comida de Boteco garantiui a classificação com vitória de seis a dois sobre a Microsul. João Paulo (2), Otávio Elias, Hélisson ‘Marre-ta’, Willian e Rafael Oliveira fizeram os tentos para o Bar, enquanto Leonardo e Fabrício descontaram para a Microsul. Com sete pontos, a Casa Coelho terminou em primeiro na chave B. O Bar do Otávio ficou em segundo, com seis gols, enquanto a Drogaria Renascer foi a terceira colocada com quatro pontos. A Microsul ficou de fora. Na chave A já estavam definidos o Paramotos em primeiro; o Pinheirense

em segundo e o Depósito de Bebidas do Alemão em terceiro.

Segunda fase A segunda fase do Copão será disputada por seis equipes. As três classificadas da chave A vão enfrentar as três da chave B, em turno único. Ao final da fase, as quatro melhores colocadas, independente de chave, passam para a fase semifinal. Amanhã, quinta-feira, dia 20, haverá rodada com três partidas. Na primeira, a Casa Coelho vai enfrentar o Pinheirense/Óticas Precisão, às 19 horas; em seguida, às 20 horas, o Bar do Otávio jogará com a Paramotos. E às 21 horas, a Drogaria Renascer terá duelo diante do Depósito de Bebidas do Alemão.

Na sexta-feira, dia 21, será disputada a última rodada da segunda fase. Na primeira partida, às 19 horas, o Pinheirense enfrentará a Drogaria Renascer; depois, 20 horas, o Bar do Otávio jogará diante do Depósito de Bebidas do Alemão. Por fim, às 21 horas, a Casa Coelho terá a Paramotos pela frente. Os jogos semifinais acontecem na próxima quarta-feira, dia 26, e a decisão do Copão será na quinta, dia 27. Por enquanto, o artilheiro do Copão é Jhon Eric, do Depósito de Bebidas do Alemão, com oito gols; ele é acompanhado por Fabinho Graveto, do Pinheirense, com seis. Rogério Cebolinha e Buguinho, ambos da Paramotos, vêm em seguida, com cinco gols marcados.

TOQUES RÁPIDOS Módulo 2: Tricordiano perde A quinta rodada da primeira fase - última do turno - do Campeonato Mineiro da Primeira Divisão, Módulo 2, não foi nada boa para o Tricordiano, representante do Sul de Minas na competição. O time de Três Corações, no domingo, foi à cidade de Teófilo Otoni e perdeu para o líder América por três a um. Renaldo e Tiago Resende (2) marcaram os gols do time americano, enquanto Tiago Limas descontou para o Tricordiano, que inclusive, saiu na frente. Com a derrota, o time de Três Corações agora é o

Brasília, 19 de fevereiro de 2014. Kátia Regina de Abreu Presidente

COMARCA DE ALFENAS - SECRETARIA DA 1ª VARA CÍVEL - EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS - PROCESSO nº 0016 11 004712 - 9 - BUSCA/APREENSÃO - Requerente: BV Financeira S/A Crédito Financiamento e Investimento Requerido: Alessandro Gabriel dos Santos. O Dr. NELSON MARQUES DA SILVA, MM. Juiz de Direito da Primeira Vara Cível da Comarca de Alfenas - MG, em pleno exercício de seu cargo, na forma da lei, etc... FAZ SABER aos quantos o presente edital de citação virem, ou dele conhecimento tiverem, expedido dos autos acima mencionados, que pelo mesmo CITA o requerido ALESSANDRO GABRIEL DOS SANTOS, portador do CPF nº 101.136.476-03, atualmente em lugar incerto e não sabido, para, tomar conhecimento da ação proposta e apresentar resposta no prazo de 15 (quinze) dias, contados a partir da fluência deste edital. Fica, ainda, advertido que não sendo contestada a ação no prazo acima referido, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos alegados na inicial (art. 285, C.P.C.). E, para que não aleguem ignorância, e para conhecimento de todos expediu-se o presente EDITAL, que será afixado no saguão do Fórum Milton Campos, situado na Praça Dr. Emilio da Silveira, n º 314, centro, Alfenas-M.G., e publicado na forma da lei. Dado e passado nesta cidade de Alfenas-M.G., aos 03 de fevereiro de 2014. Advogada da requerente Dra Lind Lilian de Oliveira Lopes, inscrita na OAB/MG 134.483. Eu, Maria Isabel de Oliveira, Escrivã Judicial solicitei a digitação, conferi e subscrevi. O Juiz de Direito: Nelson Marques da Silva

em seguida com sete pontos. O Demo-

ganhos. Outros resultados da rodada:

Na chave B, a liderança é do Montes

Uberlândia 1 x 1 Nacional, no Parque

Claros, com 12 pontos. O Uberlândia

do Sabiá, em Uberlândia; Democrata/

tem dez; o Araxá oito; Patrocinense

SL 2 x 3 Social, na Arena do Jacaré, em

e Mamoré estão com quatro pontos

Sete Lagoas; Araxá 0 x 0 Patrocinense,

e em último o Nacional de Uberaba

no Fausto Alvin, em Araxá; Mamoré

com três. Hoje tem rodada, a primeira

GERAIS. JUÍZO DE DIREITO DA 2.ª VARA CÍVEL. EDITAL DE CITAÇÃO. PRAZO 30

2 x 3 Montes Claros, no Bernardo

do returno: Tricordiano x América/

em que BV FINANCEIRA S/A CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO move

Queiroz, em Patos de Minas; e Betim/

TO, 15h30, no Elias Arbex, em Três

contra SELMARA DE SOUZA ALVES. O Dr. Paulo Cássio Moreira, MM. Juiz de Direito, da

Ipatinga 0 x 1 Democrata/GV, no Ipatingão, em Ipatinga. O América/TO tem 11 pontos e lidera a chave A, seguido pelo Democrata/GV com dez pontos; Betim e Social vêm

Corações; Montes Claros x Mamoré, 19

Lei, etc., FAZ SABER aos que o presente EDITAL DE CITAÇÃO virem ou dele conhecimento

crata/SL é o lanterna, com um ponto.

horas; Democrata/GV x Betim, 19h30;

colocação com nove pontos. No clássico entre Atlético e Cruzeiro, no Independência, empate sem gols que não agradou os atleticanos porque o Galo encontra-se em situação complicada na tabela. Outros resultados: Villa Nova 1 x 3 Tombense, em Nova Lima; Minas Boca 2 x 1 América, em Sete Lagoas; Guarani 0 x 1 URT, em Divinópolis. O BOA lidera com 12 pontos; o Cruzeiro tem 11 e é o segundo; Caldense e Tombense têm nove pontos cada; Tupi tem sete. Em sexto lugar está a URT com seis; o Guarani vem em seguida com cinco. O oitavo é

Alterosa Futebol Clube. O Chapadão deve iniciar os treinos na próxima semana, sob o comando do treinador Uarli Christi. Além de Chapadão e Alterosa F.C., ainda participam da competição: Associação Esportiva Coqueirense (Coqueiral), Esporte Clube Palmeirinha, de Guaxupé; Atlhetic

COMARCA DE ALFENAS, ESTADO DE MINAS (TRINTA) DIAS. AÇÃO DE BUSCA E APREENSÃO. Processo n.º 0118060-61.2011.8.13.0016,

2ª Vara Cível da Cidade e Comarca de Alfenas, em pleno exercício de seu cargo, na forma da tiverem, expedido nos autos de Ação referida. Pelo Presente, CITA SELMARA DE SOUZA ALVES, inscrita no CPF nº 058.805.276-03, que se encontram em lugar incerto e não sabido,

Patrocinense x Araxá, 20 horas; Na-

para tomarem conhecimento da ação proposta e querendo apresentar resposta no prazo de 15

cional x Uberlândia, 20 horas; Social

as advertências dos art. 285, 319 e 803 do CPC. Advertências: (art. 285 e 319 do CPC): “não sendo

x Democrata/SL, 20h30.

(quinze) dias, contados da execução da liminar, apresentar contestação, sob pena de revelia, com contestada a ação, no prazo legal, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos constantes da petição inicial”, ficando cientificada de que poderá, ainda, sem prejuízo de eventual resposta caso entenda ter havido pagamento a maior e desejar restituição, pagar a integralidade da dívida pendente, no prazo de 05 (cinco) dias da execução da liminar, segundo os valores apresentados pelo autor na petição inicial, hipótese em que o bem lhe será restituído livre de ônus. E, para que não aleguem ignorância, expediu-se o presente, que será afixado no saguão do Fórum Milton

o América com cinco pontos e depois vem o Atlético, também com cinco. O Minas Boca é o décimo, com quatro pontos. E nas últimas posições estão: Nacional e Villa Nova, ambos com três pontos. A sexta rodada será disputada hoje, quarta, com os jogos: URT x Atlético Mineiro, 19h30, em Patos de Minas; Tombense x BOA Esporte, 20 horas, em Tombos; Nacional x Minas Boca, 20 horas, em Muriaé; Tupi x Villa Nova, 20h30, em Juiz de Fora; e Cruzeiro x Guarani, 22 horas, no Mineirão, com arbitragem do alfenense Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira.

Chapadão no Regional O Esporte Clube Chapadão, mais uma vez, vai representar Alfenas na Copa Regional de Futebol Amador, promovida e organizada pela Liga Sul Mineira de Futebol, com sede em Varginha. O time de Alfenas, inclusive, fará a abertura da competição, dia 16 de março, 15h30, em Alterosa, diante do

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil - CNA, em conjunto com as Federações Estaduais de Agricultura e os Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais com base no Decreto-lei nº 1.166, de 15 de abril de 1.971, que dispõe sobre a Contribuição Sindical Rural - CSR, em atendimento ao princípio da publicidade e ao espírito do que contém o art. 605 da CLT, vêm NOTIFICAR e CONVOCAR os produtores rurais, pessoas físicas, que possuem imóvel rural ou empreendem, a qualquer título, atividade econômica rural, enquadrados como “Empresários” ou “Empregadores Rurais”, nos termos do artigo 1º, inciso II, alíneas a, b e c do citado Decreto-lei, para realizarem o pagamento das Guias de Recolhimento da Contribuição Sindical Rural do exercício de 2014, devida por força do que estabelecem o Decreto-lei 1.166/71 e os artigos 578 e seguintes da CLT, aplicáveis à espécie. O seu recolhimento deverá ser efetuado impreterivelmente até o dia 22 de maio de 2014, em qualquer estabelecimento integrante do sistema nacional de compensação bancária. A falta de recolhimento da Contribuição Sindical Rural até a data de vencimento acima indicada, constituirá o produtor rural em mora e o sujeitará ao pagamento de juros, multa e atualização monetária previstos no artigo 600 da CLT. As guias foram emitidas com base nas informações prestadas pelos contribuintes nas Declarações do Imposto Sobre a Propriedade Territorial Rural - ITR, repassadas à CNA pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, com amparo no que estabelece o artigo 17 da Lei nº 9.393, de 19 de dezembro de 1.996, remetidas, por via postal, para os endereços indicados nas respectivas Declarações. Em caso de perda, de extravio ou de não recebimento da Guia de Recolhimento pela via postal, o contribuinte deverá solicitar a emissão da 2ª via, diretamente, à Federação da Agricultura do Estado onde têm domicílio, até 5 (cinco) dias úteis antes da data do vencimento, podendo optar, ainda, pela sua retirada, diretamente, pela internet, no site da CNA: www.canaldoprodutor.com.br. Eventuais impugnações administrativas contra o lançamento e cobrança da contribuição deverão ser feitas, no prazo de 30 (trinta) dias, contados do recebimento da guia, por escrito, perante a CNA, situada no SGAN Quadra 601, Módulo K, Edifício CNA, Brasília - Distrito Federal, Cep: 70.830-903. O protocolo das impugnações poderá ser realizado pelo contribuinte na sede da CNA ou da Federação da Agricultura do Estado, podendo ainda, a impugnação ser enviada diretamente à CNA, por correio, no endereço acima mencionado. O sistema sindical rural é composto pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil-CNA, pelas Federações Estaduais de Agricultura e/ou Pecuária e pelos Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais.

quinto colocado na chave A (classificam só três), com seis pontos

Caldense e BOA vencem Pela Módulo 1 da Primeira Divisão, os dois times da região estão numa boa e integram o G4 na classificação geral. O BOA Esporte, de Varginha, em casa, não deu trégua e venceu o Nacional de Muriaé por um a zero, gol de Marinho Donizetti, em cobrança de pênalti. O resultado deixa o BOA na liderança isolada do certame, 12 pontos e cem por cento de aproveitamento. A Caldense também fez bonito: venceu o Tupi por três a zero, gols de Luiz Eduardo (2) e Marcel. A Veterana, com a vitória, ocupa a terceira

E D I TAL CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL PESSOA FÍSICA EXERCÍCIO DE 2014

Clube de São João Del Rey; Três Pontas Atlético Clube; Madre de Deus E.C.; Grêmio Anchieta EC, de Santa Rita do Sapucaí; Cruzeiro EC, de Guaranésia; e Machado Futebol Clube. O torneio será disputado por dez equipes: o campeão levará premiação em dinheiro no valor de R$ 7 mil e o vice, R$ 3 mil.

Campos, sito na Praça Dr. Emílio da Silveira, nº 314, Centro, em Alfenas-MG e publicado na forma da Lei. Dado e Passado em Secretaria, nesta cidade e comarca de Alfenas, Estado de Minas Gerais, aos 31 de janeiro de 2014. Eu, __________ Maria Rita de Oliveira, Escrivã Judicial, solicitei a digitação, conferi e subscrevi. PAULO CÁSSIO MOREIRA Juiz de Direito


EDIÇÃO COMPLETA - JORNAL DOS LAGOS - 19 DE FEVEREIRO 2014