Page 1

ALFENAS, SÁBADO, 22 DE JUNHO DE 2013 - EDIÇÃO Nº 2890

Venício Scatolino

BR 369 está em reformas Venício Scatolino

Estrada ganha nova camada de asfalto e fica livre dos buracos Cerca de três mil pessoas participaram do manifesto na Praça Getúlio Vargas

Manifestação pacífica Em um protesto pacífico, com a participação de jovens, crianças e idosos, cerca de três mil pessoas (de acordo com a PM) seguiram pelas ruas de Alfenas no final da tarde de ontem, dia 21. Cartazes demonstravam a indignação da população

quanto à taxa de esgoto cobrada pela Copasa, falta de segurança e tarifa do transporte público. A caminhada começou por volta das 16h e foi acompanhada pela Polícia Militar, que interrompeu o trânsito.

CIDADE - PÁG. 9

Obra dos Correios será retomada em julho A reforma da Agência Central e Centro de Distribuição dos Correios de Alfenas, localizada na esquina da Avenida São José com a Rua Juscelino Barbosa, no centro da cidade, será retomada no início de julho deste ano com previsão de conclusão em fe-

Opinião.......................2 e 3 Cidade........................4 a 9 Polícia..............................10 Esporte......................11 e 12 Geral.........................13 a 15 Editais...........................16 16 páginas mais o Caderno L e a coluna Mistura Fina

vereiro do ano que vem. De acordo com João Roberto Bueno, Supervisor Regional do Núcleo de Engenharia da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos), a empreiteira já assumiu a obra, porém é preciso atualizar a parte burocrática antes do reinício da obra física, para evitar multa da Prefeitura e Corpo de Bombeiros. A chave do prédio foi entregue à empreiteira Vanguard e Obras Públicas Ltda. na tarde de quartafeira, dia 19. Na quarta-feira, dia 19, a reportagem do Jornal dos Lagos teve acesso à parte interna do prédio.

CIDADE - PÁG. 6

Encarte Nesta semana, o Caderno L destaca as festas juninas, um acontecimento especial, marcante nos mês de junho e julho. Com a chegada do inverno, estas festas são propícias para bebidas quentes, como quentão e vinho quente. Tem ainda as colunas ‘Na Tela’ e ‘Mistura Fina’; esta traz o baile de inverno e também os aniversariantes da semana.

O trecho da BR 369 entre Alfenas e Campos Gerais está em reforma. Estão sendo feitas restauração do piso, roçada das margens, limpeza de canaletas e sarjetas e pintura. No total serão 57,40 quilômetros de restauração e conservação. O contrato, no valor de R$ 17 milhões, vai até março de 2015. O serviço é feito pela empresa Constrol. CIDADE - PÁG. 5

6ª Mostra Alfenas aposta em diversificação A 6ª Mostra Alfenas será nos dias 22, 23 e 24 de agosto, na praça Getúlio Vargas. Serão 144 estandes, além das carretas do Senac e da Cemig e da Agenda de Relaciona-

mentos do Sebrae. Haverá uma grande diversidade de empresas, mostrando a versatilidade da economia alfenense. As rádios Atenas FM e Cultura AM, a TVE Alfenas, o Jornal dos La-

gos, a Arte Gráfica Atenas, o Colégio Atenas e a UNIFENAS estarão presentes na Mostra, com estandes. Haverá também apresentação do projeto Minas ao Luar, shows de artistas

locais e desfile das empresas participantes. A entrada será gratuita. Na quinta e na sexta, o funcionamento será de 12 às 22 horas. No sábado, de 12 às 24 horas. CIDADE - PÁG. 8

Chapadão depende de vitória diante do Ypiranga O Chapadão Esporte Clube tem jogo decisivo amanhã, domingo, pela Copa Regional. Em casa, o time de Alfenas precisa da vitória sobre o Ypiranga de Cruzília para tentar classificação para a fase se-

mifinal. Além de vencer, precisa de tropeços de Campo-meense (que joga em Guaranésia) e também do TAC (que vai atuar em Areado). Para a partida de amanhã, o Chapadão espera contar com o apoio da torci-

da, já que o presidente Reginaldo Silva informa que os portões estarão abertos para os torcedores. O confronto entre Ypiranga e Chapadão será no estádio Rachid B. Saliba, às 15h15. ESPORTE - PÁG. 11


Alfenas, sábado, 22 de junho de 2013

2 Editorial RONALDO SABÓIA, Compositor intér-

Agora parece que vai A entrega das chaves dos Correios para a empreiteira que deve, finalmente, reiniciar as obras, nos dá a esperança de que a reforma agora será para valer. Ao longo dos últimos anos foi estressante ver um prédio tão belo "esqueletado" bem no centro da cidade, os anúncios feitos e depois negados de reinício dos trabalhos, os apontamentos de possíveis irregularidades, o abandono das obras e, finalmente, em 2011, a paralisação total. Parecia que o problema não teria fim. E o povo sendo atendido em locais improvisados, então, era triste de ver. Também triste era passar por ali todos os dias e ver o mato crescendo do lado de fora, as armações das janelas sem os vidros, os tapumes empenados. Desolador, uma sensação grande de abandono, um verdadeiro prédio fantasma. Eis que nesta semana parece que o imbróglio desatou. A ECT informou que as obras serão retomadas. A empreiteira vencedora da licitação vai receber quase R$ 1 milhão. Por este valor, espera-se uma obra bem feita e realmente entregue em 210 dias.

Se isto realmente acontecer, antes do Natal poderemos reinaugurar os Correios de Alfenas. Mais importante que isto, será muito bom ver os usuários voltarem a ser atendidos no local de sempre e, espera-se, com mais conforto, mobilidade e agilidade. Ao que parece, algumas linhas originais do prédio poderão ser mantidas, mas o restante será todo modificado. Como o imóvel não foi tombado a tempo como patrimônio arquitetônico, não há como evitar que mais um prédio antigo seja modernizado. Sendo assim, vamos torcer para que, ao menos, ele seja funcional e ao mesmo tempo bonito. Um outro aspecto interessante desta reforma é que ele vai gerar empregos a prestadores de serviços como pedreiros e serventes de pedreiro, por exemplo. Não deixa de ser uma boa notícia. Vamos aguardar o desenrolar. Vamos rezar para que as obras não sofram nova paralisação por nenhum motivo. E vamos aguardar ansiosamente pela reabertura da agência.

prete e instrumentista - Alfenas – MG E-mail: ronaldosaboia@alfenas.psi.br

Que país é esse? Sou brasileiro e brasileiro não desiste nunca! E como brasileiro, por hora devo dizer que encontrei a resposta para uma pergunta que estava me deixando louco há anos. A pergunta é: 'Que país é esse?'... que país é esse em que vivemos? Será que é exatamente essa nação que realmente almejamos? Será que nós somos otários diante do sistema? Confesso que tenho corrido há anos em busca de uma resposta concreta, tentando encontrar algo que nos leve a um resultado final em relação à mesma que, incessantemente, quase que ininterruptamente, buscamos, e até então a pergunta continua: 'Que país é esse?' Espero estar certo diante dessa angustiante indagação, porque acho que encontrei a resposta. Um compositor brasileiro descreveu em sua composição, em forma de canto, a seguinte frase, com a mesma pergunta, questionando com a mesma intensidade: "Que país é esse?" Salve, salve Legião Urbana. Mas agora, por um momento, eu sinto que posso responder essa pergunta, 'Que país é esse?' No momento em que vivemos, podemos afirmar que esse país é nada mais, nada menos que um gigante adormecido que está acordando de um sono profundo por onde passou e foi alvo de um enorme pesadelo incrivelmente horrível. E nesse pesadelo nós pudemos ver as favelas, o Senado, o Congresso Federal numa sujeira imensa, deixando transbordar para todos os lados toda podridão humana e foi possível observar que ninguém respeitava a Constituição. E o mais triste ainda é que todos, tanto favelas, Senado e Congresso Federal, juntos a nós, população, acreditávamos no futuro dessa nação. E agora nos resta a pergunta: 'Que país é esse?' Por ali, vimos também, sangue por todos os lados, manchando os papéis e documentos; e ninguém se preocupava com o futuro da nação. Mas o gigante acaba de acordar e não há mais espaço para bandidos e corruptos, e o que agora resta para nossa gente honesta e ordeira, é lu-

tarmos, irmos para as ruas gritar, rebelar, botar para fora aquele brado retumbante de real liberdade que está entalado na garganta há décadas e dizer sim à independência e à liberdade; e não, à violência. Queremos ser libertos da corrupção, da violência, dos baixos investimentos na saúde e educação e, principalmente, em saneamento básico, Queremos estar libertos desses altos salários pagos a políticos e lideranças de nosso país com verbas públicas. Um país com salário mínimo de R$ 678 não pode pagar para políticos, juízes e promotores, salários tão altos quanto os atuais. Queremos respeito com as verbas públicas. Estamos vivendo um momento histórico; é único. É o momento de nossa juventude se unir a toda população para dar um brado em alto e bom som que se diz: 'Chega! Chega de picaretagem!' Esperamos que esse brado possa ecoar por todo o país, por todo o planeta. Queremos ser libertos da incompetência administrativa, queremos ser libertos das altas taxas e tarifas (leia-se Copasa, em Alfenas) sobre os bens naturais e de extrema necessidade ao povo brasileiro, em especial ao povo alfenense. Queremos que nosso brado seja ouvido não somente no Ipiranga, mas sim muito além; bem mais além do infinito. Queremos produzir ecos em todo sistema, em todo brasil. Avante Brasil! O gigante que estava adormecido acordou! Hoje, vejo o gigante povo brasileiro nas ruas, lutando pelos seus direitos e fazendo valer seus direitos. Parece um sonho que está se realizando. Políticos e dirigentes da nação: quero acreditar que seus dias de glórias estão ameaçados, pois o povo gigante brasileiro acordou e muita novidade está por vir. Protestar sim, envolver em violência está por fora. A verdadeira democracia abomina a violência. Exerça sua democracia com inteligência! Bom fim de semana minha gente amiga e de paz!

PAINEL DO LEITOR

A juventude efervescente “Dentre as várias fotos de jovens segurando cartazes e frases publicadas durante as manifestações por todo o país na segunda-feira, dia 17 de junho de 2013, uma traduziu, pra mim, a materialização daquela quantidade imensurável de jovens nas ruas, manifestando sobre tudo: "jogaram mentos na geração coca-cola". Meio bobinha, com o uso de humor, o criador dessa frase usou a reação química gerada pela mistura "bombástica" da bala "mentos" com o criticado refrigerante "cocacola" e a nomenclatura criada por Renato Russo no início dos anos 80 "Geração Cocacola" para definir o despertar da inércia de uma juventude considerada passiva aos fatos, virtual, acomodada e sem causa. Perfeito, pensei. Assim como uma bomba prestes a estourar toda essa efervescência estava ali, guardada, todos esses anos prestes a estourar, às vezes em silêncio, às vezes se manifestando baixinho, como um "shiiiii", mas existia,

Jornal dos Lagos Publicação da UNIFENAS. Órgão oficial de publicações de editais do Fórum de Alfenas. EDITOR: Valdir Cezário - Reg. 6.321 - DRT-MG EDITORAÇÃO GRÁFICA: Paulo Henrique Corsini. REDAÇÃO E PUBLICIDADE: Rua Bias Fortes, 191 Centro - CEP: 37.130-000 - ALFENAS-MG TELEFAX: 35 3299-3878 PUBLICIDADE (fone): 35 3299-3892. Home page: www.jornaldoslagos.com.br e-mail: jlagos@unifenas.br

Impresso em offset, na Arte Gráfica Atenas Ltda *** As idéias e os conceitos emitidos em artigos assinados não representam necessariamente a opinião deste jornal, sendo de exclusiva responsabilidade dos autores ***

como em qualquer geração. É intrínseco do jovem ser efervescente, ser explosivo, ser protestador. Mas era necessário que algo desse o "start" nesse dragão adormecido. Escutei e li várias coisas durante esses dias de protestos e manifestações: "Tudo isso por causa de R$0,20? Pelo que eles estão protestando? Será que há a necessidade disso tudo? Acho que é preciso ter um foco para todas essas manifestações surtirem efeito..." No começo eu também achei que era preciso maior foco, mais "sentido", até mesmo mais "organização", mas não é bem assim que as coisas funcionam. Esse grito está engasgado há muito tempo, o grito por TUDO, grito pela marginalização, grito por dignidade, por respeito, por corrupção, por grito. A imprensa em si percebeu e também sentiu esse grito. Com uma cobertura totalmente partidária e parcial precisou voltar atrás e começar a mostrar a verdadeira realidade dos fatos porque a efervescente juventude não iria deixar que tapassem seus olhos cobertos por muito tempo. Tudo isso foi lindo de se ver. Uma emoção inexplicável, ruas das maiores cidades do país tomadas por jovens manifestantes com vontade de mudança, com os rostos novamente pintados, mas usando todas as cores, todas suas vontades, unidos em uma massa heterogenea. Ali ninguém era um, ninguém era um nome, todos se tornavam parte de um momento que mesmo tendo acontecido ontem já está registrado na nossa história. Que esse furacão não cesse, que a geração cresça ainda mais, que queira entender mais do mundo em que vive, que nada possa silenciar a multidão. Felipe França, jornalista, Alfenas-MG

Day by day “Mais uma vez a história se repete, porém desta vez posso fazer uma narração ao invés de uma dissertação! Nesta semana que se passou estive na capital mineira e lá permaneci por duas noites, tempo suficiente para constatar até onde chega a falta de instrução do ser humano e do que ele é capaz de fazer simplesmente por nada. Digo por nada em razão de saber que muitos que lá se encontram são meros aproveitadores e não sabem o que está ocorrendo, mas simplesmente estão ali para trazer à tona uma baderna. A verdade é que milhares de pessoas continuam a expressar seus inconformismos e indignações, de forma legal, principalmente pelos atos de nossos mandatários. É legítimo, como outrora comentado, quando pacífico. Da forma bárbara como tem sido a atuação de alguns pseudos manifestantes é banalizar os protestos que ocorrem diuturnamente. Pude ver em uma rápida passagem que várias pessoas estavam proferindo palavras de ordem, demonstrando o porquê estavam lá e o que estavam reivindicando. Por outro lado, uma pequena parte se encontrava com a cabeça toda coberta, evitando com que fossem identificados, inclusive pela polícia militar e câmeras. Daí é de se notar o animus dos mesmos! Não é à toa que incendiavam lixos, quebravam garrafas, dentre outras atitudes amorais. Vi que a intenção deste grupo é tumultuar, trazer o terror para a população local, se aproveitando deste momento histórico para o país, para beneficiar em detrimento dos verdadeiros insurgentes. Causar prejuízos a comerciantes, trabalhadores que se dedicam diariamente, não é forma de criticar, de deixar cristalina a revolta interiorizada, que ora acaba por se exteriorizar, de uma forma negativa e maléfica.

Ainda há que se falar sobre a continuidade em depredar e danificar o patrimônio público, que é o mesmo de atear fogo e quebrar seu próprio conjunto de bens. Estragase o bem comum, demonstrando o egoísmo do ser humano em prejuízo do sentimento alheio, inclusive pelo patrimônio histórico. Continuo a dizer que é pura e inigualável ignorância! Mais perplexo fiquei ao ver que horas após ter passado pela Praça Sete, em Belo Horizonte, várias lojas e agências bancárias foram destruídas, saqueadas e depredadas totalmente. Triste ver isto... ...mais desgostoso foi ter visto pela TV a região central do Rio de Janeiro e São Paulo aniquiladas por meliantes, atacando a polícia em verdadeiro confronto análogo a uma batalha. Um verdadeiro gesto de covardia, sendo milhares de pessoas em afronta a centenas de milicianos. Como deixar de agir e defender a própria integridade? Então perquiro: cadê os direitos humanos para defender estes homens que estão trabalhando para manter a ordem e a paz contra estes ataques insanos? Se agem são criticados! Se ficarem em uma atitude mais amena também são criticados! Qual a melhor solução para se evitar a censura? Então deixem que alfinetem, mas preservar a vida e a ordem é fundamental. E o que se dizer da capital Federal, com cenas de destruição que se iniciaram na noite desta última quinta-feira! Vejo que o repúdio é válido e deve ser feito sempre que houver descontentamento da população, mas sejamos conscientes e contra qualquer ato de vandalismo e selvageria, pois se for para continuar a ver tais atitudes, o melhor é deixar tudo como está, visto que as contas públicas estão somente crescendo com tanta ruína do patrimônio público, dia após dia.”

Fernando Leite Crivelari, Alfenas-MG


Alfenas, sábado, 22 de junho de 2013

3 ILMA MANSO VIEIRA - Bacharel em Filosofia

WALDIR DE LUNA CARNEIRO Teatrólogo

DIRCEU - O livro do repórter Otávio Cabral, - "Dirceu, do movimento estudantil a Cuba. Da guerrilha à clandestinidade, do PT ao Poder, do Palácio ao Mensalão..." Um personagem com vários nomes, ele era "Daniel", "Hoffman", "Carlos Henrique", "Pedro Caroço", era cubano e argentino. Moço, era chamado "Ronnie Von", "Alain Delon", porque tinha panca de artista. Um personagem cuja história se confunde com a história da esquerda latino-americana na segunda metade do século XX, e particularmente com a do Brasil no século XXI. É um livro fascinante que parece filme do Frank Capra às avessas. JEFFERSON DE ANDRADE - Perdemos um grande amigo. Um escritor dos mais importantes que conhecemos e com o qual mantivemos longas conversas. Jefferson colaborou no "Pasquim", autor do livro "Ana de Assis", história de um amor trágico, que causou polêmica pelo enfoque que deu na tragédia e culminou na morte de Euclides da Cunha, servindo de roteiro para a minissérie "Desejos", de Glória Perez. Seu último livro "Nunca Seremos Felizes" é um assustador retrato politico do Brasil. Colaborador do "Estado de Minas", escreveu em uma extensa matéria sobre "Revolução em Campina Brava", com o título de "Um teatro do Brasil tragicômico". Jefferson foi sepultado em Paraguaçu, no dia 8 de abril e só tardiamente soubemos de sua partida desta terra que ele tão bem conhecia, amava, criticava, sorria e sofria. Estava escrevendo sobre seu pai Donato, um grande ator que interpretava "As mãos de Eurídice", de Pedro Bloch, tão bom ou melhor que Rodolfo Mayer. "CINQUENTA TONS..." - O escritor e jornalista Fernando Jorge, que comentamos na edição anterior, tem página inteira sobre o best-seller da escritora in-

mansur@pitnet.com.br

glesa E.L.James: "Cinquenta tons de porcaria, história idiota, para leitores que desejam também ficar idiotas. Os três livros da pornógrafa vão ficar na lata de lixo da literatura." PREFERÊNCIAS - Parafraseando François Mauriac: "Se há uma verdade que se evidencia nos Evangelhos, é que o Senhor não tinha preferência por pessoas. Se Zaqueu, trepado no seu sicômoro fosse um milionário brasileiro, o Senhor teria dito do mesmo modo: "Hoje quero jantar em tua casa, Eike Batista!" FAMOSOS - Em 1957 Fidel Castro deu uma entrevista ao jornalista Herbert Nathews do NEW YORK TIMES: "O poder não me interessa, depois da vitória quero voltar a ser advogado." - HITLER - Na Áustria, quando tentava rumos na arte confessou a um amigo que era judeu: "Detesto politica, meu único objetivo é ser pintor." MUSSOLINI - Ao seu genro Galeazzo Ciano: "Quero uma lápide: aqui jaz uma das maiores inteligências da Europa." GETÚLIO VARGAS "Vamos deixar como está para ver como fica." JÂNIO QUADROS - "Podem me contestar, no meu governo tinha planos de invadir as Guianas." SAUDOSISTA - "De vez em quando, esbarro num saudosista. É um sujeito esplêndido, que vive enfiado no passado. Direi mais: - vive feliz e realizado no passado como um peixinho num aquário. E convenhamos que isto é bonito, é lindo." (Nelson Rodrigues) "MÁXIMAS" - "A economia é a arte de alcançar a miséria com auxílio da estatística. A politica é a arte de fazer hoje os erros de amanhã - Mulher gorda é que nem Ferrari... quando pisa na balança vai de zero a cem num segundo." (Moacyr e Kleber Thiers Vieira)

Quem foi Antônio Joaquim Vieira (PARTE II) Em baixo de chuva ou sol, lá ia Antônio Joaquim Vieira enfrentando a lama, cavalgando seu cavalo, para atender o compromisso cívico de estar presente às sessões políticas. Numa certa ocasião, durante três dias ele fez viagem pelas estradas agrestes para cumprir o chamado para as reuniões da Câmara, e elas não realizaram. Por que? Os membros convocados não compareciam. E moravam na cidade. Só Antônio Joaquim cumpria o seu dever. Recebeu do D. Pedro II, a patente de Alferes e já no período republicano lhe foi oferecida a nomeação de Coronel, a qual recusou. Sentia-se muito bem com a farda suntuosa, chapéu com penacho e escudo, e uma espada gravada a ouro. O chapéu do Alferes e a espingarda de caça, ainda em bom estado de conservação estavam até pouco sob a guarda de sua neta Magdalena Manso Vieira, recentemente falecida. Agora, sob os cuidados da Núbia, a herdeira do legado familiar da Magdalena, que mora em VassourasRJ, na fazenda Cachoeira Grande onde o chapéu está exposto à visitação. A espada pertence ao Museu de São Paulo. Antônio Joaquim Vieira fundou, em 1850, junto com sua irmã Eufrosina, a primeira escola rural do município construída de madeira e que abrigava filhos, sobrinhos, ex-escravos, vizinhos e outros mais. Quem precisasse de conhecimento, encontrava abrigo na sua escola. Não havia interesse financeiro. Ele foi um autêntico educador. O ensino era gratuito. Contratava professores do Rio de Janeiro, que ficavam hospedados no Solar dos Vieira para ensinar as crianças e adultos. Além da alfabetização tinha aulas de Filosofia, Ciências, Literatura e Historia. Da escola rural - que era considerada a "Meca dos alfenenses sedentos

A vida é sempre um aprendizado MESTRES, procurai mais ser AMADOS do que TEMIDOS O amor remove montanhas; O temor cria montanhas. O mestre não é feito pelos títulos e sim pela vocação e amor na arte de ensinar. Tudo se torna mais fácil quando amamos e somos amados. Quem ensina também aprende, e como aprendemos com nossos alunos! Cada dia da nossa vida é um aprendizado; hoje, sou uma pessoa e amanhã serei outra pelo que aprendi. Muitos dizem, com orgulho: "Eu sou assim!"; "meu pai era assim!". Só Deus pe. Conheci um renomado professor de física, engenheiro, muito respeitado na sua cidade, carregava debaixo do braço as provas, muito orgulhoso pelo número de 'zeros' dados aos alunos; outro professor de química de um conceituado colégio de Belo Horizonte, que marcou profundamente um dos meus sobrinhos. Depois de resolver 300 exercícios de OXI-REDUÇÃO, recebia uma prova com quatro questões valendo dez e tirava ZERO. Antes que mele me falasse a nota eu li as questões e dizia: você não fez! Era impossível. Nesse colégio houve muitos suicídios

de alunos por frustrações. Felizmente, esse professor já descansa em paz. Os professores bons e ruins nunca serão esquecidos, uns pelo gosto do 'mel' e outros pelo amargo do 'fel'. Estou completando 50 anos de magistério na área de química. Caí no magistério por acaso e como me apaixonei! Ensinei o que sabia e também o que não sabia... Cometi erros, mas os acertos foram muito maiores. Logo no início, verde na profissão, ao corrigir uma prova final à vista do aluno, faltou meio ponto. Ficou reprovado e deixou de estudar. Nunca mais corrigi 'prova final' à vista do aluno. Como naquele tempo não havia conselho de classe, com as notas finais, sem o conhecimento dos alunos e nem da direção da escola, reuníamos sigilosamente em minha casa e, ora um, ora outro professor, completava a nota que faltava para o aluno ir para segunda época e não ser reprovado. A diferença de dois ou até mais pontos que leva a uma reprovação, nem sempre é justa, podendo levar a várias

consequências para o reprovado. Nessas pequenas diferenças há um somatório, de muitos erros, que podem ser cometidos na ministração do assunto, na elaboração e correção das provas, nas condições psicológicas antes e durante as provas, o clima de terror e questões inúteis. Se eu voltasse atrás, trabalharia com o mesmo amor e entusiasmo, porém, seria menos exigente nas avaliações. Continuaria cobrando muito silêncio, atenção e respeito durante as aulas e o cumprimento das tarefas de casa. Numa escola era distribuído mensalmente um formulário para os alunos avaliarem o professor. Isso me ajudou muito! É muito bom você estar do lado de lá... e só assim você pode melhorar o lado de cá. Fiz muitos cursos, tive vários professores, mas os alunos foram e são meus grandes mestres. A vida é sempre um aprendizado!" Maria Noemy de Oliveira Bastos, professora de Química aposentada, Alfenas-MG

de saber". De Alfenas, saíram respeitáveis mestres. Ela funcionou por mais de 20 anos e só parou quando Eufrosina, irmã de Antônio Joaquim, faleceu. De formação cristã Antônio Joaquim pautava sua vida nos ensinamentos de Cristo e, uma época em que os escravos eram meros instrumentos de trabalho, proporcionava-lhes ao lado dos seus filhos, meios de libertar suas mentes, enquanto a libertação dos corpos estava a caminho. Vivendo em tempos de transição política, de transição religiosa, de transição econômica, cultural e profissional, ele nunca soube transigir. Morreu Antônio Joaquim Vieira em 12 de agosto de 1908 e deixou seus 13 filhos, netos e bisnetos. Seus filhos, todos Manso Vieira. De sua neta Aspásia Ayer, filha de Armando Manso Vieira, tem uma reflexão muito bonita quando ela diz: "Os filhos serão ótimos. E Antônio Joaquim Vieira os estará colhendo no céu, com a companheira de toda a sua vida Rita de Cássia e os filhos que já se foram, tecendo o coro de glória destinada aos vencedores da arena da vida, nos páreos da justiça, do amor ao próximo e das virtudes". O jornal O Alfenense publicou em 1928, um fato inusitado de Antônio Joaquim. O Juiz da Comarca, Dr. Cavalcante, convocara os dez membros da Câmara para mudanças na Constituição Municipal. Antônio Joaquim sai do Campo Redondo à cavalo, atravessa à nado os rios Muzambo e São Tomé, debaixo de chuva torrencial, enfrenta a lama das estradas e chega à cidade no horário determinado. Não houve sessão por falta de presença dos outros membros, que residiam na cidade. Assim, a sessão foi adiada e mais uma vez, aconteceu o mesmo adiamento pela mesma razão. E Antônio Joaquim Vieira, firme, e com pontualidade britânica estava lá presente. "Na terceira convocação, a sessão é novamente suspensa e ele então, já sem mais paciência para aquele tipo de atitude, levantase com fidalguia, e desenvolveu o seu protesto concluindo energicamente: "...é um abuso dos que não estão presentes, Dr. Cavalcante". Com o dedo indicador ao alto, continua:... "nossas Leis não precisam de reformas. É preciso reformar os costumes dos homens. Mande buscar os jurados em suas casas. "Que venham obrigados". Mas o Juiz irado com a audácia dele determina a sua prisão pronunciou: "Considere preso o Alferes Antônio Joaquim Vieira. Em seguida, o Juiz pediu a lista dos jurados faltosos, reabriu a sessão. Antônio Joaquim foi o único a reformar o artigo com as palavras: "Todo brasileiro é obrigado a ter vergonha na cara". Em Alfenas, Antônio Joaquim Vieira tem ainda alguns bisnetos, continuidade do nome MANSO VIEIRA. Seus descendentes carregam a sua carga genética, como marca de seu caráter.


4

sábado, 22 de junho de 2013

ACAA celebra dia do Fusca Felipe França Da Redação

A

Associação de Carros Antigos de Alfenas (ACAA) irá realizar amanhã, domingo, dia 23, a partir das 9h30, na Praça da Estação, o encontro anual em comemoração ao Dia Mundial do Fusca. O objetivo do encontro, dessa vez, vai além de reunir os colecionadores e trocar experiências: o grupo vai comemorar o dia do carro mais querido do Brasil, com uma fusqueata. A ocasião deve ainda ser marcada pela vistoria de carros que visam ganhar o certificado de originalidade do veículo para receber a placa preta que identifica o carro de colecionado. A ACAA é a primeira da região dos lagos a ser credenciada pelo Detran para a emissão desse certificado.

Besouro Com um nome curioso, o Fusca, também chamado de Beatle, ou "besouro", nos EUA, começou a ser fabricado no Brasil em 1959, no complexo da VW em São Bernardo do Campo. No entanto, o carro já era feito no Brasil desde o início dos anos 50 pela empresa Brasmotor, em um galpão alugado no bairro do Ipiranga. Os carros eram importados da Alemanha e montados no sistema de CKD (Completely Knocked Down, ou completamente desmontados). Nas décadas seguintes, o carro assumiu a liderança entre os veículos de passeio e continuou a ser fabricado até 1986, quando foi aposentado pela primeira vez. Isso porque, sete anos depois, o então presidente da república, Itamar Franco solicitou à Volks-wagen que o Fusca voltasse a ser produzido. O "segundo mandato" do modelo durou até junho de 1996, quando o Fusca se despediu com a marca de 3,3 milhões de unidades vendidas. No mercado brasileiro, a histórica marca só seria superada vários anos depois pelo Gol. Após ser descontinuado no Brasil, o único país que continuou produzindo o Fusca foi o México. O carro permaneceu em linha até 2003, quando a série Última Edición marcou a aposentadoria definitiva do veterano Volkswagen.


Alfenas, sábado, 22 de junho de 2013

5 BR 369

Serviços de restauração e conservação na pista Fotos: Venício Scatolino

Majô de Souza Reportagem local

O piso passa por imprimação antes de receber asfalto

E

stão chegando à ponte das Amoras - na divisa dos municípios de Alfenas e Campos Gerais os serviços de restauração e conservação da BR 369. Estão sendo feitas restauração do piso, roçada das margens, limpeza de canaletas e sarjetas e pintura pela empresa Constrol. As obras começaram em 4 de março de 2013, no entroncament o da BR

369 com a BR 265 (Boa Esperança) até Campos Gerais e está vindo em direção a Alfenas. A empresa Constrol venceu a licitação com o valor de R$ 17.470.392,23. O contrato vai até 3 de março de 2015. Isto significa que haverá serviços de manutenção sempre que necessário.

Nova camada de asfalto é aplicada na estrada

O asfalto antigo está sendo retirado pelas máquinas O trecho total tem 57,40 quilômetros de extensão. O serviço faz parte do projeto Crema 1ª etapa e se insere no programa do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte).

Com o trabalho há paradas dos dois lados da pista. O antigo asfalto está sendo retirado e uma nova camada vem sendo aplicada, tornando o piso mais liso e sem buracos. Segundo o gerente re-

gional da unidade local do Dnit em Oliveira, Sílvio Duarte Melo, este é um serviço paliativo. Uma reforma total da rodovia deverá ser feita, mas ainda está em fase de projeto na sede do departamento em Brasília.

Rolo compressor compacta o piso da rodovia


sábado, 22 de junho de 2013

6

Empreiteira recebe chave

de agência dos Correios Obras devem recomeçar na primeira semana de julho Fotos: Felipe França

Felipe França Reportagem local

João Roberto Bueno, Supervisor de Núcleo da ECT, entrega chave do prédio da agência dos Correios para a representante da empreiteira Vanguart, Maria Estela Laga, acompanhado pelo gerente da agência, Edmar José Ferreira

A

pós o tema da reforma da Agência Central dos Correios de Alfenas voltar a ser abordado pelo Jornal dos Lagos, na última quarta-feira, dia 19, o gerente geral da agência, Edmar José Ferreira, entrou em contato com a redação para informar que o processo de licitação já havia acontecido e que a empreiteira vencedora, desde o início de junho, organiza os trâmites burocráticos para a retomada das obras. Na tarde da própria quarta-feira a chave do prédio foi entregue à engenheira contratada para o novo processo de reestruturação e reforma da agência. Na companhia de José Roberto Bueno Peloso, engenheiro Civil Sênior, Supervisor do Núcleo de Engenharia 02 regional de Varginha e da engenheira civil Maria Estela Lage Pereira, a reportagem do JL teve acesso ao interior da agência, localizada na esquina da Avenida São José coma Rua Juscelino Barbosa, no centro de Alfenas, fechada desde março de 2011, quando mais uma vez uma empreiteira abandonou as obras, paralisadas desde então. José Roberto explicou que após o abandono das obras em 2011 pela Helc Contrutora Ltda, empreiteira contratada para dar continuidade à reforma, iniciou-se um processo de multas e penalidades por não cumprimento de prazo e abandono. Com isso, foi necessário ser reincidido o contrato entre a empreiteira e a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) para só

Pisos e teto ainda apresentam muitas infiltrações

Janelas do segundo andar da agência, de madeira nobre, serão restauradas e reutilizadas na reforma então depois abrir nova licitação. De acordo com a Assessoria de Imprensa da ECT, o contrato para a conclusão da Agência e Centro de Distribuição dos Correios em Alfenas, no valor de R$ 939.476,65, foi assinado pela Empreiteira Vanguard e Obras Públicas Ltda., com matriz na cidade de Campos Gerais, há 36 km de Alfenas. O prazo de execução é de 210 dias, com início previsto para, "no máximo", dia 3 de junho de 2013, já que o contrato foi oficializado no dia 18, terça-feira. De acordo com José Roberto a empresa tem dez dias úteis após

a oficialização do contrato, para apresentar parte burocrática antes de iniciar as obras. A engenheira Maria Estela atua em Alfenas há 20 anos, e foi contratada pela empreiteira a fim de facilitar o contato com órgãos municipais, pois conhecer leis locais e também para adiantar a conclusão da obra por saber nas necessidades dos alfenenses e apreço pelo

prédio histórico. Estela já se encarregou em providenciar novo alvará de funcionamento da agência e apresentar ao Corpo de Bombeiros projeto de prevenção de incêndio. "Todo trâmite burocrático já está em andamento e com certeza até a data estipulada a obra será retomada", diz. O supervisor explica que sem esses documentos a empreiteira não poderia reiniciar as obras. "Se a construtora começa a mexer no prédio sem autorização dos Bombeiros e da Prefeitura sofre o risco de ter a obra notificada, consequentemente embargada. Se isso acontece a empreiteira e os Correios são multados", diz. De acordo com a engenheira, serão contratados para a execução do projeto: um mestre de obras, um encarregado e cerca de cinco pedreiros e

Algumas janelas continuam fechadas com tapumes

Materiais abandonados pela antiga empreiteira do projeto ainda continuam dentro da agência. "Muita coisa foi saqueada", diz José Roberto oito serventes. "A obras já estão bem avançadas, o momento agora é organizar as etapas e concluir o mais rápido possível, com tecnologia avançada e acessibilidade", diz. José Roberto diz que a primeira parte a ser concluída será a fachada. "Alfenas já está com saudades

desse prédio e tenho certeza de que muita gente tem histórias relacionadas a ele", diz o engenheiro contando uma história pessoal relacionada à antiga agencia. Ontem, sexta-feira, dia 21, a empreiteira começou a fazer limpeza e higienização do prédio.

Paulo Arimatéia rebate reportagem

O

Felipe França

quatro meses em que de-

Da Redação

sempenhou seu trabalho, separou o lixo reciclado de pneus e sofás recolhidos pela Secretaria de Meio Ambiente, além de recolher animais em decomposição, e descartar agrotóxicos e venenos, que podem ter causado a ele problemas de saúde, pela não utilização de material de segurança adequado. Após denúncia de vizinhos que reclamavam do mau cheiro do local e temiam o desenvolvimento do mosquito da dengue, a equipe do Jornal dos Lagos esteve até o local, que em poucos dias foi limpo pelo órgão responsável. Porém

catador de material reciclado, Paulo Arimatéia, reivindica pagamento e auxílio saúde por serviços prestados à atual gestão de Alfenas, referente a serviços de reciclagem por quatro meses em barracão localizado na Rua Castro Alves, bairro Jardim São Carlos (antiga Contorno). Paulo alega que foi designado a ele o cargo de coordenador da reciclagem de Alfenas. Seu trabalho seria então limpar e organizar o barracão todos os dias, inclusive foi entregue a ele a chave do local. Segundo Paulo, nos

Paulo alega que tudo foi feito sem a sua autorização, sem consultá-lo e que o descarte inadequado do material já separado lhe causou um prejuízo de R$ 1.800, pois o reciclado já estaria vendido. O catador, muito indignado com a falta de consideração, ouviu que não faz parte do quadro de funcionários da Prefeitura e que deveria procurar seus direitos. "Depois de tanta luta para manter tudo limpo e organizado, tenho que escutar isso. A partir desse triste dia, minha saúde não é mais a mesma". Paulo diz que, por ter inalado produtos tóxicos, faz tratamento com bombinha de asma, quatro vezes

ao dia. O catador diz que já tentou vários acordos para receber pelo tempo que trabalhou no barracão, pelo material que havia coletado e foi descartado e pelos danos causados a sua saúde, porém sem nenhuma resposta. Em carta enviada ao Jornal dos Lagos, Paulo ainda enfatiza que fez parte da gestão anterior registrado pela Secretaria do Desenvolvimento Rural quando era presidente da Associação dos Catadores de Material Recicláveis (CNPJ 07114081-0001-08). Ele diz ainda ter várias fotos, vídeos e testemunhas para comprovar serviços prestados.


sábado, 22 de junho de 2013

7

Inverno começa com temperatura amena Venício Scatolino

Felipe França Da Redação

O

inverno começou oficialmente às 2h04 de ontem, sexta-feira, dia 21. Neste ano, a previsão é de que se mantenham as condições de neutralidade do fenômeno El Niño durante toda a estação. Essa configuração do Oceano Pacífico contribui para a ocorrência de chuvas dentro da média. Depois de um início de junho com chuva nas regiões Central, Oeste, Leste e Norte de Minas, uma nova frente fria deve causar precipitações no centro-sul do Estado. A nova massa de ar fria não será muito intensa, o que vai fazer com que o inverno comece com temperaturas amenas. Segundo o meteorologista Arthur Chaves, da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), a expectativa para inverno é

Inverno: na região Sul do Estado a temperatura deve estar abaixo da média, com chuva e neblina de chuvas em torno da média na maior parte do Estado, "principalmente, por causa da ausência de El Niño e La Niña, mas, nas regiões da Zona da Mata, Triângulo e Sul de Minas, há previsão de chuvas ligeiramente acima da média", explica. Já com relação ao clima, a Região Metropolita-

na de Belo Horizonte deve apresentar umidade relativa do ar abaixo de 15%, mas também há possibilidade de ocorrência de chuvas esporádicas, mesmo

neste período seco, seguidos de dias com temperaturas próximas dos 11°C. O inverno deve ter temperaturas próximas

à média nas regiões Leste, Triângulo, Central e Norte de Minas e ligeiramente abaixo da média na Zona da Mata e Sul de Minas. A ocorrência de umidade relativa do ar estará baixa nas regiões Oeste, Triângulo, Central e Norte de Minas, inferior a 20% em alguns períodos do inverno, prin-

Odontologia da UNIFENAS recebe nota 4 do Ministério da Educação Avaliadores do MEC visitaram o curso oferecido no câmpus de Varginha Galvone Oliveira

Everton Marques Assessoria de Comunicação da UNIFENAS

"

Esta nota reflete a seriedade e o compromisso que a Universidade tem na oferta do curso [de Odontologia]". A afirmação vem do professor Luiz Antônio Sartori, coordenador da graduação ministrada no câmpus de Varginha e que foi avaliado pelo MEC (Ministério da Educação) com a nota 4 (escala que vai de 1 a 5). A nota foi atribuída após uma comissão de avaliadores do Ministério visitar a Universidade. Estes avaliadores analisaram o corpo docente, a estrutura física e pedagógica. Também realizaram entrevistas com professores, alunos, colaboradores e coordenação do curso. Diante de tudo que viu e ava-

Alunos atuam sob a supervisão de professor na Clínica de Odontologia liou, a comissão emitiu um relatório final, e o MEC atribuiu a nota 4. O resultado coloca o curso da UNIFENAS entre os melhores do Estado de Minas Gerais. No câmpus de Varginha, a graduação em

Odontologia foi implantada em 1999. A partir de 2004, ela passou a ser oferecida no período noturno, com duração de dez semestres. Como destaca o professor Sartori, o curso se tornou uma opção para quem trabalha durante o

dia e deseja se graduar na área. Mais informações sobre o curso oferecido pela Universidade, em Varginha, podem ser acessadas pelo site http://www. u n i f e n a s . b r / odontovarg.asp.

Encontro de Carros de Bois A Associação das Amazonas e Cavaleiros Amâncio de Souza realiza hoje, sábado, e amanhã, domingo, o 2º Encontro de Carros de Bois de Alfenas. A saída será às 13 horas, da Praça da Estação, rumo à Chácara Colibri, que fica na avenida Lincoln Westin da Silveira, 1.400, Santa Edwiges. Haverá roda de viola com duplas sertanejas da região. Amanhã, domingo, saída dos carreiros da chácara, passando pelo centro da cidade e retornando ao local de partida. Os participantes receberão troféus. Haverá serviço de bar e show com a dupla Mogiano e Mogianinho.

cipalmente em agosto e setembro. O meteorologista destaca que são esperados valores de umidade relativa do ar mais altos do que no ano passado. Já no Leste, Zona da Mata e Sul de Minas, a proximidade do oceano contribui para níveis mais confortáveis de umidade relativa do ar.

É necessário ficar atento às queimadas no final do inverno, devido ao tempo seco que impera nesta estação. Com a ocorrência de temperaturas altas no Norte, Noroeste, Triângulo e Oeste de Minas, espera-se a incidência de queimadas em uma proporção semelhante ao do ano passado.

Aquecendo os motores Denise Prado Da Redação

Q

uem se interessar em contribuir com as campanhas de agasalho ainda dá tempo. Uma delas e a que está sendo realizada pelo Motoclube Rota dos Lagos - que está sempre presente em determinadas campanhas educativas e sociais do município de Alfenas. A "Campanha do Agasalho/2013 - Motores que Aquecem", cuja denominação, segundo o Serviço Social da entidade, quer incentivar o sublime ato de "Dar e Receber" entre as pessoas está a todo vapor. Para que a comunidade alfenense possa fazer suas doações, alguns integrantes do "Rota", que em sua maioria são comerciantes locais, disponibilizaram seus estabelecimentos comerciais para arrecadação de roupas, cobertores e outros assessórios que

possam aquecer, tais como luvas, gorros, calçados, meias etc. Caixas de coleta foram instaladas em dois pontos: Mercearia Aeroporto, na Rua Joaquim Borges, 168, bairro Jardim Aeroporto, e na Loja Millenium Presentes, na Praça Getúlio Vargas, 293. De acordo com o presidente da entidade, Jair Pereira Dias, a campanha está prevista para encerrar no final de junho. As peças arrecadadas serão doadas a algumas instituições já cadastradas no Motoclube. As doações deverão ser entregues em horário comercial.


sábado, 22 de junho de 2013

8

Mostra Alfenas

Estandes vão mostrar diversificação econômica Imagens Ilustrativas/Acia

Majô de Souza

Toda a extensão da Praça Getúlio Vargas será ocupada por estandes de tamanhos variados

Reportagem local

A

exatos dois meses da Mostra Alfenas, os preparativos continuam em ritmo acelerado. A maioria dos 144 estandes já foi adquirida, mas ainda há unidades disponíveis. A sexta edição da Mostra Alfenas será nos dias 22, 23 e 24 de agosto. Haverá grande diversificação, mostrando a versatilidade da economia alfenense. A grande novidade deste ano será a apresentação do projeto Minas ao Luar no sábado, dia 24, de 20h30 às 23h30. Outra inovação é que o fechamento da praça Getúlio Vargas será por tapumes metálicos, mas a entrada continua sendo gratuita. Serão seis pórticos de acesso, um em cada canto da praça e dois na mão inglesa, além de duas saídas de emergência. Os estandes ficarão no entorno de toda a praça e também no meio das duas

Na concha acústica será montada uma praça de alimentação partes da mesma. Os da mão inglesa terão 10x10 metros. No pátio de matriz estarão os estandes de 5X5 metros e o palco. Os demais terão medida de 4X4 metros. Em frente ao Clube XV ficará a carreta do Senac, que terá cursos de informática e oficinas ligadas ao setor de recursos humanos. Na concha acústica será instalada a praça de alimentação e atrás da igreja matriz de São José e Dores, a carreta da Cemig. O Sebrae participa com uma Agenda de Relaciona-

Foram negociados quatro estandes com tamanho de 10x10 metros mentos. O governo de Minas também se fará presente por meio das Secre-

tarias de Desenvolvimento Econômico e de Trabalho e Emprego, com parti-

Aluno de Alfenas é premiado em concurso Reprodução

Da Redação

O

estudante Gabriel de Castro Miranda, que cursa o 5º ano da Escola Estadual Especial Esperança em Alfenas, ficou em segundo lugar em todo o Estado de Minas Gerais, no concurso de frases realizado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Ele recebeu das mãos do governador Antônio Anastasia um smartphone. A premiação aconteceu em Belo Horizonte, no dia

Gabriel recebeu seu prêmio das mãos do governador 6 de junho. A Secretaria de Estado de Educação solicitou a participação de alunos da

rede pública no concurso, que teve como tema o leite. Gabriel escreveu a frase "Leite, alimento preferi-

do da família que sabe onde quer chegar". Na cerimônia de entrega dos prêmios, o governador disse que a conquista do aluno premia o trabalho do governo de Minas e da Escola Esperança, tornando-a referência e orgulho de Alfenas e de Minas. Para a diretora Meila B. A. S. Pereira, o prêmio representa um marco na história da escola e a coloca no cenário estadual de educação. "É um reflexo do trabalho realizado pela escola", resumiu.

Maioria dos estandes da mostra possui área de 4x4 metros cipação de algumas empresas e da economia solidária em seus estandes. A mostra é organizada pela Acia (Associação Comercial e Industrial de Alfenas) e terá vários patrocinadores. A UNIFENAS é uma das patrocinadoras da Mostra, terá um grande estande montado na praça. As Rádios Atenas FM e Cultura AM, o Jornal dos Lagos, a TVE Alfenas, o Colégio Atenas e a Arte Gráfica Atenas também terão estandes e apresentarão seus produtos e serviços à comunidade que for visitar a Mostra Alfe-nas. O público esperado pela Acia é de 40 mil pessoas nos três dias. Mais que uma mostra, o objetivo é que os

participantes realizem negócios. Nos dias 22 e 23, quinta e sexta, o funcionamento da mostra será de 12 às 22 horas. No sábado, de 12 às 24 horas. Na quinta-feira, haverá desfile das lojas participantes, às 20 horas. Na sexta-feira, no mesmo horário, shows de artistas locais. Participam empresas de prestação de serviços, indústria e comércio. Por exemplo, estarão na mostra pet shop, ótica, escolas, farmácia, banco, órgãos públicos e roupas. Empresas interessadas em adquirir estandes podem entrar em contato com um agente de negócios da Acia, de 8 às 11 e de 13 às 18 horas, pelo telefone 3292-1733.


Alfenas, sábado, 22 de junho de 2013

9

Ato pacífico é realizado em Alfenas Fotos: Venício Scatolino

Cláudia Cabral Reportagem local

C

om o grito "Vem pra Rua, Alfenas!" manifestantes deram exemplo de cidadania durante o protesto realizado na tarde de ontem, dia 21, na cidade de Alfenas. De acordo com a Polícia Militar, pelo menos três mil pessoas participaram da manifestação contra o preço do transporte público, que atualmente é de R$ 2,25, e contra a corrupção. Além destas reivindicações, incluíram a insatisfação contra as taxas cobradas pela Copasa e Cemig e a falta de segurança pública. O policiamento foi intensificado nas principais vias e a caminhada começou por volta de 16 horas. O Corpo de Bombeiros também colocou dois pontos de apoio na Praça Getúlio Vargas com a viatura de resgate e combate à incêndio, caso fosse necessário. A Guarda Municipal colocou 18 homens nas ruas para a segurança dos manifestantes e patrimônio público. Após saírem da Unifal, os manifestantes se dirigiram pela Avenida Governador Valadares até a Praça Getúlio Vargas. Em seguida, se dirigiram para o Fórum Milton Campos, Câmara de Vereadores e Prefeitura. Na sede do Poder Executivo invadiram a entrada onde cantaram o Hino Nacional e ficaram por cerca de meia hora. Na tarde de ontem várias escolas estaduais e municipais não tiveram aula. Algumas, por precaução, dispensaram os alunos mais cedo e outras resolveram fechar as portas no período da tarde. As atividades acadêmicas da UNIFENAS se encerraram às 13h e na Unifal durante todo o dia. Todas as repartições municipais também encerraram o expediente por volta de 16h. A Câmara de Vereadores também dispensou os funcionários por volta de 14h. Somente funcionou a ambulância 24 horas da Secretaria Municipal de Saúde para emergências. Mais cedo, a Polícia Militar orientou a Alfetur, empresa responsável pelo transporte público na cidade, a retirar os seus veículos de circulação, pois ha-

Ponto final de ônibus coletivo transferido para a Avenida São José mas não foi utilizado

Em frente à Prefeitura manifestantes cantaram o Hino Nacional via uma ameaça de bomba. Antes, a firma pretendia transferir o ponto final localizado na Praça Doutor Emílio da Silveira, para a Avenida São José, o que acabou não acontecendo e muitos dos usuários ficaram esperando pelo ônibus que não apareceu. Cerca de uma hora antes da concentração se iniciar em frente à Unifal, alguns comerciantes liberaram os funcionários mais cedo e fecharam as portas do estabelecimento. Outros permaneceram com a loja aberta, descendo as portas somente no momento em que a manifestação passava pela rua. Não ocorreram tumultos e nem quebradeira no momento em que o movimento passou pela área central da cidade. Na manhã de ontem, dia 21, a direção da Acia (Associação Comercial e Industrial de Alfenas) já havia publicado em sua página do Facebook um comunicado sobre a manifestação popular em que orientava associados, comerciantes e empresários. "Não existe motivo para preocupações devido a atos isolados de vandalismo que têm ocorrido nestas manifestações de reivindicações em outras cidades", informou a nota. Mesmo assim, orientou os lojistas que se sentirem inseguros para fecharem seus estabelecimentos às 16h30 por questão de prevenção e segurança. A entidade ressaltou ainda que "deve prevalecer o bom senso e aconselha que as lojas deverão ser fechadas somente se o proprietário se sinta ameaçado e para que dê liberdade para que todos possam participar do movimento,

reivindicando questões do interesse da classe como, por exemplo, segurança pública, saúde e a aplicação do dinheiro dos impostos na infraestrutura da cidade". Já o presidente da OAB, Daniel Murad Ramos, informou através de nota encaminhada aos meios de comunicação que "o direito de reunião e manifestação, desde que realizado de forma pacífica, é vital ao Estado Democrático". E acrescentou que "as manifestações devem ser pacíficas. Abusos não podem ser tolerados e servem apenas para atrapalhar o movimento. De outro lado o abuso de autoridade do Estado e a violência policial não podem ser aceitos. A OAB estará atenta contra tais abusos, colocando sua estrutura à disposição daqueles que forem víti-

mas da intolerância e da violência", enfatizou o advogado. Em frente aos órgãos públicos, sobretudo nas sedes do Judiciário, Executivo e Legislativo, o policiamento foi reforçado. De acordo com o comandante da 18ª Companhia Militar Independente, major Adenísio Ferreira de Paula, tudo ocorreu na maior tranquilidade. Próximo à Prefeitura uma bomba foi jogada, sem causar ferimentos, mas os manifestantes vaiaram a atitude. A Polícia Militar se limitou a acompanhar os manifestantes e conduzir o trânsito com o auxílio da Guarda Municipal. Desta forma, o objetivo dos organizadores, até o momento que chegaram à Prefeitura, foi alcançado que era de realizar um protesto pacífico.

Passageiros esperam coletivo, mas Alfetur antes de começar o protesto retirou todos os veículos das ruas

Em frente ao Fórum o policiamento foi reforçado

Policial orienta o trânsito na Praça Doutor Emílio da Silveira

Manifestantes passaram pela Avenida Governador Valadares

Cartazes expressavam a indignação de quem protestou em Alfenas

Manifestantes contornaram toda a Getúlio Vargas

Protesto seguiu da Praça Doutor Emílio da Silveira, onde fica o ponto final da Alfetur, pela Cônego José Carlos


sábado, 22 de junho de 2013

10

Regularização de documentos resgata a cidadania de detentos em Minas Fotos: Divulgação/Seds MG

Denise Prado Editoria de Polícia

D

esde o início do mês, detentos do Sistema Prisional de Minas Gerais começaram a contar com mais ação do governo que é tirar a Carteira de Identidade com mais agilidade, garantindo assim o exercício da cidadania. A emissão do documento começou a ser facilitada com a impressão de fotografias 3x4 dentro das próprias unidades prisionais, que receberam 25 impressoras fotográficas durante 1º seminário "Documentação como Direito Pleno ao Exercício da Cidadania". O evento, realizado no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil, em Belo Horizonte, teve como objetivo consolidar a parceria entre a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o Sindicato dos Oficiais de Registro Civil das Pessoas Naturais de Minas Gerais (Recivil) e a Polícia Civil de Minas Gerais para emissão da documentação básica - Certidão de Nascimento e Registro Geral dos presos. "Só com a Carteira de Identidade em mãos é possível solucionar uma série de problemas e acessar outros direitos garantidos às pessoas privadas de liberdade, como a inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio e marcação de uma cirurgia no Sistema Único de Saúde", lembrou o subsecretário de Administração Prisional, Murilo Andrade de Oliveira. Para ele, o retorno do preso à sociedade após o cumprimento da pena só é possível com a regularização das informações e registros civis.

Documentação Atualmente, Minas Gerais tem 12.500 detentos trabalhando dentro e fora dos estabelecimentos peni-

Por meio de uma parceria com a Polícia Civil, os identificadores vão até a Unidade para colher as impressões digitais dos detentos tenciários e cerca de 400 parcerias de trabalho. A expectativa é que todos os que recebem salário tenham, futuramente, um cartão-benefício para fazer a movimentação do dinheiro. "Cerca de 90% dos detentos têm Cadastros de Pessoas Físicas irregulares, e para a regularização do documento é indispensável a Certidão de Nascimento ou Casamento e/ou Carteira de Identidade," disse o subsecretário. O diretor de saúde e psicossocial da superintendência de Atendimento ao Preso, Jober Gabriel de Souza, explica que foi iniciada este ano uma série de mutirões nas unidades prisionais, em parceria com o Recivil, para emissão das certidões, o que facilita a produção dos RGs. "Após as certidões emitidas, serão feitas as impressões fotográficas nos estabelecimentos prisionais polos das Regiões Integradas de Segurança Pública que possuem as impressoras adquiridas", esclareceu. Na sequência, os documentos serão apresentados nos postos de Identificação da Polícia Civil para a produção do documento

Para o subsecretário Murilo Andrade, o retorno do preso à sociedade só é possível com a regularização das informações e registros civis de identidade.

Em Alfenas A Unidade Prisional de Alfenas ainda não conta com impressora fotográfica, mas a regularização da documentação dos presos é uma das prioridades da Unidade, por meio do trabalho do núcleo social. Para a confecção dos RGs dos detentos, o núcleo social solicita junto aos Cartórios de Registro Civil, cópias das Certidões de

Nascimento ou Casamento do preso e, em seguida, providencia as fotos. Por meio de uma parceria com a Polícia Civil, os identificadores levam todo o equipamento para a Unidade, a fim de tirar as impressões digitais dos presos para a produção do RG. Outro documento que é regularizado pelo núcleo social é o CPF, pois com ele, o detento, ao começar a trabalhar, pode solicitar o seu cartão-benefício.

OPINIÃO MÔNICA NAVES BARCELOS Farmacêutica Bioquímica Mestrado - Universidade Federal de Lavras (UFLA) monicanavesbarcelos@yahoo.com.br

Saúde sim! Cigarro, charuto e cachimbo não!

Você fuma? Então veja os malefícios que este hábito causa no organismo e também para as pessoas que estão próximas cotidianamente. Cigarros, charutos e cachimbo contem tabaco. Daí, o nome tabagismo. Ao consumi-los, são veiculadas para o nosso organismo inúmeras substancias tóxicas. Dentre elas, encontra-se a nicotina (que causa a dependência), o monóxido de carbono (um gás venenoso, o mesmo presente na poluição atmosférica) e alcatrão (causa câncer). Conscientizar sobre os efeitos ruins do tabagismo é importante tanto para fumantes quanto para quem não fuma. Todos os anos, muitas pessoas morrem devido às consequências que o consumo de cigarros, charutos e cachimbo causam. São elas:

Tumores malignos na boca, faringe, laringe, esôfago, bexiga e colo do útero; Impotência sexual; Complicações na gestação (tanto para a saúde materna quanto para a saúde fetal, como por exemplo, fetos com baixo peso ao nascer, partos prematuros e mortes perinatais. Estudos mostram que o tabagismo na gestação pode contribuir para a síndrome da morte súbita do bebê, além de causar importantes alterações no desenvolvimento do sistema nervoso fetal); Úlcera do aparelho digestivo; Infecção respiratória; Trombose vascular; Câncer ao associar com álcool;

Derrame cerebral e Infarto do miocárdio ao associar com anticoncepcionais; Prejuízo para a saúde de quem está próximo ("fumante passivo"). Procure o médico e Farmacêutico. Os farmacêuticos são profissionais devidamente qualificados para orientar a população quanto às consequências ruins do tabagismo. Desta forma, não se deve olhar o farmacêutico como um profissional apenas vinculado a terapêutica medicamentosa, mas também vinculado ao paciente/ cliente ao atuar na prevenção de doenças. Esta atuação é um dever ao qual ele não se negará a cumprir. Afinal, farmácias e drogarias são centros de atenção primária, focados na saúde, na vida.


Alfenas, sábado, 22 de junho de 2013

11 Copa Regional de Futebol Amador

Só a vitória interessa ao Chapadão Outro resultado que não seja os três pontos eliminará time de Alfenas do Regional Valdir Cezário

Otávio Borba

JOGOS DA RODADA

Editoria de Esporte

O

Chapadão Esporte Clube decidirá amanhã, domingo, dia 23, o seu destino na Copa Regional de Futebol Amador. O time de Alfenas receberá, às 15h15, no estádio Rachid B. Saliba, o Ypiranga Atlético Clube e só a vitória interessa aos alfenenses para que a possibilidade de classificação seja evidente. Além disso, terá de torcer por tropeços de Três Pontas Atlético Clube (que joga em Areado) e de Clube Recreativo Campo-meense (que vai atuar em Guaranésia). No turno da segunda fase, o Chapadão perdeu para o Ypiranga, em Cruzília, por dois a um. A matemática para o time alfenense é simples, mas primeiro o Chapadão precisa vencer. Caso perca ou empate, nem precisará mais desta matemática, pois ficará de fora. Se vencer por diferença de até dois gols, terá de torcer por derrota do Campo-meense e do TAC. Se vencer por três ou mais gols de diferença, bastará um empate do TAC em Areado; ou derrota do Campo-meense em Guaranésia. No último domingo, em Campo do Meio, o time de Alfenas se apresentou bem na etapa final e merecia uma melhor sorte, mas o gol que tomou logo aos dois minutos de jogo, em falha do goleiro Flávio Moranga, desestabilizou toda a equipe e dificultou uma reação. De acordo com o treinador, Uarli Christi, no decorrer da semana, quinta, dia 20, e sexta-feira, 21, deveriam ocorrer treinamentos. Na quinta-feira estava marcado apenas treino com bola parada e arremates a gol. E ontem, sexta-feira, seria realizado o coletivo onde o treinador definiria o grupo, bem como os 11 titulares para o confronto de amanhã. Tais atividades aconteceriam no estádio Rachid B. Saliba, onde o Chapadão manda os seus jogos. Para Christi, a situação

Amanhã, domingo, dia 23, 15h15:

-União Atlética Areadense x Três Pontas Atlético Clube, no estádio João Lourenço, em Areado. Árbitro: Daniel Eduardo Gonçalves Franco. Auxiliares: Aguinarras Amadeu Costa Bento e Lázaro de Carvalho. Representante: José Ailton da Silva. Reserva: Vanderli Pereira Lemos.

-Esporte Clube Chapadão x Ypiranga Atlético Clube, no estádio Rachid B. Saliba, em Alfenas. Árbitro: Antônio Tarcísio Gomes da Silva. Auxiliares: Edivaldo Batista Ferreira e Mauro Gabriel. Representante: Gilberto Antônio Cardoso Junqueira. Fiscal: Rogério Venâncio

O meia Renatinho (esquerda) pode ter volta garantida no time titular é complicada, "mas vamos lutar com todas as nossas forças para que possamos reverter este quadro e chegar à tão sonhada classificação. Nosso time mostrou gana e disposição em Campo do Meio; levamos azar com aquele gol logo de cara. Mas os nossos jogadores mostraram desempenho e vontade de vencer; na verdade, aquele não era o nosso dia", argumenta. Segundo Christi, "alguma mudança deve ocorrer, não apenas no time titular, mas também na maneira de jogar. Vamos ficar o tempo todo em cima deles, mas sem esquecermos da defesa, pois não podemos tomar gol; caso contrário, tudo se complicará ainda mais", relata. Para este jogo, Uarli informa que terá a volta dos jogadores Papa e Leonardo Tukinha, que por motivos pessoais, estiveram ausentes no compromisso anterior.

De graça O presidente do Esporte Clube Chapadão, Reginaldo Silva, por telefone, informou que os portões do estádio Rachid B. Saliba serão abertos para o torcedor do time que representa Alfenas. "O nosso torcedor merece isto, pois ele tem sido fiel conosco e com-

parecido em quase todos os jogos, mesmo quando atuamos fora de casa. E isto será um presente para ele e, certamente, o nosso time vai correr ainda mais para pode brindar este pessoal que acredita no nosso grupo", revela. Aventou-se uma mudança de campo para este confronto. No entanto, o presidente Reginaldo Silva se mostrou contra. "Não perdemos nenhuma partida no campo da Saliba e o presidente do Operário, Jarbas Soares, foi o único que se mostrou solidário à nossa equipe. E justamente por isso, vamos jogar lá

e se Deus quiser, vencer onde estamos acostumados a atuar, ou seja, no campo da Saliba", informa. O treinador Uarli Christi disse que está satisfeito em relação ao apoio dos torcedores. "Será o nosso combustível; vamos nos entregar ainda mais e tenho certeza que o torcedor do futebol alfenense estará jogando conosco, em busca da classificação. Nossos jogadores estão cientes de suas responsabilidades e todos nós estamos unidos em busca do sonho que se tornou difícil, mas não impossível", encerra.

-Cruzeiro Esporte Clube x Clube Recreativo Campo-meense, no estádio do Cruzeiro, em Guaranésia. Árbitro: Vander Sebastião Batista. Auxiliares: Ilton Augusto da Silva e Carlos Alexandre da Silva. Representante: Jaderson de Souza. Reserva: Raphael de Carvalho Pereira

CLASSIFICAÇÃO CHAVE ÚNICA COL. E Q U I P E S 1º U.A. Areadense

PG J V E D GP GC SG 09 5 2 3 0 05 03 02

2º Cruzeiro E.C.

08 5

07

00

3º Ypiranga A.C. 07 5 2 1 2 07 06 4º C.R. Campo-meense 07 5 1 4 0 08 06

01 02

5º Três Pontas A.C. 6º E.C. Chapadão

04 5 04 5

2

1 1

2 1

1 3 1 3

07

02 04

04 -2 07 -3

REGULAMENTO: Na segunda fase, os times classificados da chave A (Chapadão, Cruzeiro e Areadense) enfrentam os da chave B (Campo-meense, Ypiranga e Três Pontas) em turno e returno. Ao final da fase, os quatro times melhores colocados, independente de chave, se classificam para a fase semifinal

Começa amanhã o 1º Quarentão

E

Otávio Borba

brica de Ladrilhos Nossa

Editoria de Esporte

Aparecida e Point do Som/ Vip Pneus. Na B, estão: Chapadense, Alfenense/ Drogaria Atenas, Floricultura Jardim do Eden, Alfenense E. C./Corretora Monte Alegre e Unifi.

stá marcado para

amanhã, domingo, dia 23, o início da 1ª Copa de Futebol Máster de Alfenas, o "Quarentão". Os jogos serão realizados nos estádios do Alfenense Futebol Clube e Rachid B. Saliba, a partir das 8h30. A competição é realizada e organizada pela Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo. Na chave A, estão as equipes da Casa Coelho, PS4, Clube Esportivo Operário/Grão de Ouro, Fá-

De acordo com Edvaldo Cavalcanti, da Selt, classificam-se para as semifinais, as duas equipes que mais pontuarem, sendo que o primeiro colocado da chave A enfrentará o segundo da B, e o primeiro da B jogará com o segundo da A. A final está prevista para o dia 4 de agosto, no

campo do Alfenense. Os jogos de amanhã, domingo, dia 23, são os seguintes: no campo do Alfenense Futebol Clube, às 8h30, a Floricultura Jardim do Eden enfrenta o Alfenense/Corretora Monte Alegre; e em seguida, o Clube Esportivo Operário/Grão de Ouro

jogam com a Fábrica de Ladrilhos Nossa Senhora Aparecida. No estádio Rachid B. Saliba, também com início às 8h30, a Casa Coelho vai jogar com o PS4 e, na partida de fundo, o Chapadense enfrentará com o Alfenense/Drogaria Atenas.


sábado, 22 de junho de 2013

12

Copa Sul Mineira de Base

Escolinha Cruz Preta vai a Lavras pelas quartas de final Fotos: Otávio Borba

Time Mirim da Escolinha Cruz Preta quer resultado positivo para buscar vaga na semifinal

Já a equipe Infantil quer melhor desempenho agora do que na primeira fase

Batendo bola com o leitor (*) Pedro A. Souza ***Copa das Confederações: -Resultados: Brasil 3 x 0 Japão; México 1 x 2 Itália; Espanha 2 x 1 Uruguai; Taiti 1 x 6 Nigéria; Brasil 2 x 0 México; Itália 4 x 3 Japão; Espanha 10 x 0 Taiti; e Nigéria 1 x 2 Uruguai. Foram marcados 38 gols nas oito partidas. Média de 4,75 gols por partida. No Grupo A, Brasil e Itália já estão classificados para a semifinal; no B, Espanha, praticamente garantida em primeiro lugar; e Uruguai e Nigéria decidem a classificação. -Próximos jogos: hoje, sábado, 16 horas, Itália x Brasil, em Salvador; Japão x México, em Belo Horizonte. Amanhã, domingo, dia 23, 16 horas, Nigéria x Espanha, em Fortaleza; Uruguai x Taiti, em Recife. -Semifinais: dia 26, quarta-feira, 1º do A x 2º do B (1), em Belo Horizonte; dia 27, quinta-feira, 1º do B x 2º do A (2), em Fortaleza. -Decisão do terceiro lugar: domingo, dia 30, 13 horas, perdedor (1 ) x Perdedor (2), em Salvador. -Final: domingo, dia 30, 19 horas, vencedor (1) x vencedor (2), no Rio de Janeiro. ***COMENTÁRIOS RÁPIDOS DOS JOGOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA: -No jogo contra o Japão, o gol de Neymar, logo no início, facilitou para que fosse imposto o estilo de jogo que Felipão implantou. Na partida com o México, o gol brasileiro também não demorou muito para sair. O escrete canarinho administrou e no final fez dois a zero. Não sou muito adepto a destacar individualmente, mas agora o jogador Neymar apresentou o futebol que apresentava em seu antigo clube, o Santos. Jô também vem aproveitando os poucos minutos que tem entrado, fazendo gols importantes.

MENSAGEM:

E os meninos da categoria Juvenil estão conscientes da importância do jogo de amanhã Otávio Borba Editoria de Esporte

H

oje, sábado, dia 22, tem início as quartas de finais da Copa Sul Mineira de Futebol de Base, promovida e organizada pela Liga Sul Mineira de Futebol, como sede em Varginha. Mas a partida entre a Escolinha Cruz Preta de Alfenas e o SindUfla de Lavras, em comum acordo entre os seus treinadores e com o aval do presidente da Liga, Mauro Alves da Costa, vão se enfrentar amanhã, domingo, dia 23, a partir das 13h15, na cidade de Lavras. Em princípio, pelo re-

gulamento, esses jogos seriam em Alfenas. As três categorias da Escolinha Cruz Preta, comandadas pelo treinador José Carlos de Moraes, o Vardemá, alternaram bons e maus momentos na competição. Porém, se classificandoram na quarta posição. Além de Carlinhos Vardemá, a Escolinha Cruz Preta conta com o auxílio do empresário Carlos Rogério (Pizzaria La Piu Bella), além de Rodrigo Terra (professor de Educação Física) e dos estagiários de Educação Física da UNIFENAS, Rafael 'Coca' Figueiredo, Petherson Carvalho, Luiz

Gustavo Assis e Waynne Gomes. De acordo com o treinador Carlinhos Vardemá, todas as categorias comandadas por ele e seus auxiliares vão com muita confiança para este confronto. "Tivemos alguns problemas de indisciplinas no decorrer da competição, mas acredito que tudo foi superado e vamos buscar bons resultados para que possamos decidir com mais tranquilidade, jogando em Alfenas", relata. Conforme Carlinhos, "os meninos estão ansiosos, assim como todos nós que trabalhamos com eles. Mas é preciso muita garra e personalidade para que possamos desenvolver um bom papel diante dos garotos de Lavras", complementa. Não houve atividades na segunda-feira, mas teve treino físico na quarta-feira, no Alfenas Náutico Clube, e teria o coleti-

vo apronto ontem, sextafeira, quando ele relacionaria os meninos que vão para o jogo de amanhã. A Escolinha Cruz Preta movimenta mais de 300 alunos e as atividades ocorrem no estádio Rachid B. Saliba. Os jogos de hoje, sábado, acontecem na cidade de Coqueiral, onde o Selt/Coqueiral recebe o Bola Preta de Eloi Mendes. Em campo Belo, o Sparta se defronta com o Semel/Boa Esporte de Varginha. O Esporte Clube Recreativo do Sul, de Machado, recebe o Athletic/Unimed, de São João Del Rey. Todas estas partidas são nas categorias Mirim, Infantil e Juvenil. De acordo com o presidente da Liga, Mauro Alves da Costa, não há vantagem em gols feitos fora de casa, mais sim o direito de decidir em seu próprio campo, com o apoio dos seus torcedores.

"A verdade pode não estar com você. Alguém pensa diferente de você. Essa diferença lhe aperta o coração. Você não sabe o que fazer. Vem o desespero. No entanto, reflita um pouco. Será que a outra pessoa não está certa? Respeite essa maneira diferente. Inicie a mudança por você antes de exigir a modificação alheia. Aproxime-se. Compreenda. A verdade pede compreensão para se afirmar". Desejo aos amigos leitores um abençoado final de semana. Paz, esperança e bons pensamentos são os meus desejos. Um abraço a todos os leitores. Conte aos amigos, espalhe por aí o Jornal dos Lagos.

Lembretes: -Estude sua própria personalidade. De nada nos valerá o conhecimento de todas as ciências do mundo, de tudo o que está fora de nós, se não conhecermos a nós mesmos. -Não se prenda às opiniões da multidão! Viva sua vida, de acordo com as luzes que lhe chegam do Alto. A multidão julga o lado exterior. O íntimo só Deus conhece. RECOMENDE A RÁDIO CULTURA AOS SEUS AMIGOS E AMIGAS. ESPALHE POR AÍ (AM ou OM = 1180 KHW)

RÁDIO CULTURA AM DE ALFENAS: A RÁDIO DO POVO! e-mail: jlagos@unifenas.br - Show do Esporte - Rádio Cultura AM. Horários: de segunda a sexta, das 11h às 12 horas. Sábado: de 11h às 13 horas.

(*) Cirurgião Dentista e Comentarista Esportivo da Cultura AM


Alfenas, sábado, 22 de junho de 2013

13

PM apreende submetralhadora com jovem Polícia continua foram encontradas uma buscas por foragido submetralhadora ThompReprodução

Editoria de Polícia

Reprodução

P

or meio de um mandado de busca e apreensão, policiais militares de Campos Gerais estiveram em uma residência na zona rural, na terça-feira, dia 18. No local, um jovem de 22 anos tentou fugir, mas foi contido. Durante as buscas na residência dele,

son, calibre 45, e um carregador com 15 munições intactas acoplado na arma. Os policiais encontraram também um caminhão, cujo chassi não condizia com o especificado no CRVL. O autor foi preso em flagrante e a arma, munições e caminhão apreendidos.

Editoria de Polícia

P A arma foi encontrada em poder de um jovem de 22 anos

Adolescente é flagrado onze vezes no tráfico Reprodução

Denise Prado Editoria de Polícia

D

urante uma operação realizada por uma equipe de policiais da 18ª Companhia da Polícia Militar Independente de Alfenas, dois adolescentes que se encontravam em uma das ruas do bairro Santa Luzia foram abor-

dados. Depois de busca pessoal e nas imediações, a polícia encontrou 22 microtubos contendo cocaína e quatorze pedras de crack que eles assumiram estar comercializando. De acordo com a PM, um dos infratores já foi apreendido cerca de onze vezes, neste primeiro semestre.

A apreensão de droga aconteceu no Santa Luzia

Orientações contra a dengue no trânsito

rocurado por ter matado a ex-namorada de 17 anos a facadas em Parati, no litoral do Rio de Janeiro e ateado fogo no ex-sogro, em Alfenas, Roberto José Freire, de 23 anos, continua foragido da polícia. No início dessa semana, o ex-presidiário teria sido visto em Três Corações em busca da ex-cunhada e jurado de morte o resto da família da jovem Tayná Heloise Alves Bomfim, assassinada por ele. De acordo com o delegado regional de Alfenas, Celso Ávila, a polícia civil tem feito operações em Alfenas e cidades da região, como Varginha, onde, através de denúncias, o rapaz teria sido visto. "Estamos em contato com outras cidades e rastre-

Editoria de Polícia

Reprodução

A

Patrulha de Trânsito da 18ª Companhia da Polícia Militar Independente de Alfenas, comandada pelo 1º tenente Castro, realizou - em conjunto com funcionários da Vigilância Epidemiológica, Tiro de Guerra e agentes da Guarda Municipal uma blitz educativa no município. Os envolvidos na campanha distribuíram panfletos e adesivos para aproximadamente 150 motoris-

A

Motoristas foram orientados em Campanha contra a Dengue tas, numa tentativa de conscientizá-los sobre os cuidados para se evitar a dengue. Um dos alertas divul-

gados durante a ação foi de que "o mosquito aedes aegypti, transmissor da doença, leva de sete a dez dias para passar de ovo até

Reprodução

Caderno de Minas

W.L.O., 29, foi preso depois de furtar veículo Fiat Strada

Polícia presente no campo urante evento realizado por produtores rurais na sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Alfenas, a 18ª Companhia da Polícia Militar Independente, por meio da Patrulha Rural, se fez presente, com o intuito de orientar a população rural, assim como os produtores rurais.

Empresário continua Editoria de Polícia

Durante encontro de produtores rurais, PM distribuiu dicas de prevenção

D

ando os passos de Roberto, acredito que em breve ele será encontrado e preso", diz. Ávila diz que os familiares de Tayná são assistidos pelo CRAS e CRES e inseridas no programa de apoio a testemunhas. Roberto teve dois filhos com Tayná.

desaparecido

a fase adulta. Desta feita, os cuidados para eliminar os focos de reprodução do mosquito devem ocorrer rapidamente".

O foco das orientações realizadas pela equipe foi em relação ao período da safra do café, momento em que o número de pessoas no ambiente rural aumenta para a realização da colheita.

Dicas Alguns cuidados foram transmitidos pelos militares, dos quais se destacam: -Coloque cadeados nas por-

teiras e portões de acesso; - Transporte cargas preferencialmente durante o dia; - Evite deixar visíveis máquinas, implementos agrícolas, ferramentas ou outros objetos de valor; - Vistorie a sua propriedade periodicamente, verificando cercas, animais e possíveis sinais que indiquem a presença de estranhos.

O empresário Eduardo Lifante continua desaparecido

Ex-presidiário é preso por furto de veículo em Itaú de Minas Editoria de Polícia

Editoria de Polícia

Roberto José Freire é procurado pelas polícias de MG e RJ

O

alfenense e ex-

presidiário W.L.O., 29, foi preso no início da semana, por furtar uma caminhonete Fiat Strada, em São Sebastião do Paraíso. O veículo tinha acabado de ser retirado de uma carreta para ser entregue a uma concessionária. O autor aproveitou

um descuido, entrou na caminhonete e fugiu no veículo zero quilômetro. Minutos depois, o rapaz foi preso pela Polícia Rodoviária. Ele chegou a dar nome falso, mas acabou sendo descoberto. W.L.O. já cumpriu pena na Unidade Prisional de Alfenas e foi desligado no ano passado.

Policia Civil de Alfenas continua as buscas pelo empresário Eduardo Ramos Lifante, de 38 anos, desaparecido desde a tarde de segundafeira, dia 10. De acordo com o delegado regional Celso Ávila, a polícia trabalha com as hipóteses de homicídio e não descarta a possibilidade de Eduardo ter sido sequestrado, mesmo ninguém tendo entrado em contato com a família. "Estamos seguindo algumas pistas e investigando alguns suspeitos, mas nada muito concreto até o momento", diz o delegado. Na tarde do dia 11, a caminhonete de Eduardo, uma S-10, cor preta, foi localizada abandonada às margens da rodovia que liga Alfenas ao município de Paraguaçu, com a chave no contato e sem sinais de arrombamentos ou marcas de violência. As chaves estavam no contato. O celular e os documentos da vítima desapareceram. As buscas têm sido mais difíceis pois Eduardo não possui contas bancaárias e nem celular em seu nome.


Alfenas, sábado, 22 de junho de 2013

14 PÉROLAS DO CLOVIS CLOVIS PEREIRA, Alfenense e professor em São Paulo-SP

"Zés que militaram em Alfenas" Alfenas teve em passado distante, diversos filhos, -alguns adotivos- outros nossos conterrâneos e contemporâneos. Muitos eram reconhecidos como 'Zé', seguido de apelido ou sobrenome. Tentarei recordar e prestar homenagem aos 'Zés' com quem convivi. Zé Negrinho era tintureiro, profissão da época em que o prestador de serviço recolhia em domicílio peças de roupa para lavar, passar entregando-as ao freguês nos 'trinques. Pedalando a bicicleta era visto pelas ruas alfenenses recolhendo ou entregando roupa aos clientes. Zé Martins de Azevedo Júnior era visto circulando de bicicleta pelas ruas da cidade e à tarde, rezava 'Ave Maria' pela Rádio Cultura. Religioso, tratável e sempre lembrado com saudade. Zé do galo era 'estrangeiro' importado de Serrania e parente do Geraldo Mangueira um seleiro de mão cheia e bom esportista. Treinava equipes amadoras local. Zé havia falta de alguns parafusos e dizia ter um galo de briga invencível. Acontece que, embora fosse vizinho do dito cujo no bairro Igrejinha, jamais vi tal ave. Quando algum alfenense duvidava das 'qualidades invencíveis' do galo, Zé, em represália, ficava 'peladão' sendo necessária a presença de um parente para que vestisse a roupa. Protestando, desfilava palavrões. Zé pintinho era outro 'estrangeiro', conhecido como 'Expresso Fama'. Vindo a pé de Fama, era visto percorrendo as ruas alfenenses entregando encomendas de produtos de Fama e adquirindo outros para, ao retornar, entregá-los aos que lhe faziam pedido diversos. Certa vez me disse: "Meu filho Ubirajara é sargento no Regimento de Três Corações e jogador de futebol no time do regimento, o Montese". Como futebolista o conheci nas várias vezes em que o 'Montese' jogou em Alfenas. Ubirajara era bom de bola e leal, jogava sorrindo! Zé Resck, um 'estrangeiro' que participou do progresso alfenense como empresário e comerciante. O Cine Carlos Gomes movimentava os alfenenses, apresentando bons espetáculos tanto na tela como no palco em se exibiam artis-

tas consagrados do eixo Rio-São Paulo. Alegre e tratável por natureza, o tricordiano Zé Resck era só alegria nas ruas alfenenses. Zé formiga era da terra. Embora faltando uma leva de parafusos e uma voz fanhosa, fazia da Praça Getúlio Vargas seu reduto. Os estudantes aplaudiam as 'tiradas' do Zé Formiga que entre outras, dizia comer quantos pratos de comida lhe fossem servidos e soltava gargalhadas. Pessoa simples e querida por todos. Morava pros lados da estação ferroviária. Zé beija-flor alfenense nato. Era encarregado de levar nossos conterrâneos à última morada. Zé do Nhô era devoto e integrante de folia de Reis. Tinha a missão de pedir entre os moradores, almoço e café para os foliões. Residia próximo ao campo do América. Fora da época, era trabalhador rural. Pessoa estimada e conhecida entre os alfenenses. Zé pessegueiro era responsável pelo matadouro municipal. Homem batalhador. Na área do matadouro, Zé pessegueiro cultivava plantação de alho, juntamente com 'seu Chico', pai do João Gostoso, que residia na colônia do matadouro. Também dirigia o caminhão de entregas de carnes, um velho Ford ano 1938 que, de vez em sempre, era 'rebocado' pelo caminhão da prefeitura dirigido pelo 'Mascudo', devido falha mecânica. Homem honesto, sério e com ele não tinha 'meia-palavra', ou é ou não é, dizia. Tive o prazer de conviver com filho Antônio de Oliveira Prado, atirador número 9 da turma de 1954, quando servimos no TG-71, sob as ordens do Sgt. Lisípo Nataniel Ribeiro. José Maria de Oliveira - Zé da Nêga , dispensa comentário. Seus quitutes e assados movimentavam as reuniões das famílias alfenenses. Jamais será igualado. Participava das embaixadas de congo e sua educação para com seus semelhantes, era algo sensacional! Zé Netto, construtor de muitas obras importantes em Alfenas. A igreja de N. Sra. Aparecida, foi erguida sob sua responsabilidade. Descansem em paz, "Zés alfenenses e estrangeiros!!"

LUCIANA SIQUEIRA CARVALHO Professora de pintura ateliê ‘Luciana Siqueira Carvalho’ e-mail: lutuca_frank@hotmail.com blog: lumaosquefazem.blogspot.com

Siga atrás de seu sonho Não olhe onde você caiu, mas onde você escorregou... Olhe a vida pelo para-brisa e não pelo retrovisor... As pessoas podem duvidar do que você fala, mas acreditam no que você faz... Seja gentil com as pessoas enquanto estiver "bem" na vida... Porque poderá precisar delas se você cair. Nunca explique... Seus amigos não precisam de suas explicações... e seus inimigos não acreditam nelas. O tempo que você passou fazendo o que gosta não foi tempo perdido. Portanto, não perca nenhum segundo da gratuidade de Deus por você. Vá atrás do seu sonho com muita paixão ou então recue e veja-o indo embora. E sabe de outra coisa: Se você ouvir seu coração e usar sua cabeça nunca estará errado. Viva... apenas viva.

DR. HÉLIO MOREIRA (*) O autor é alfenense, nasceu em Gaspar Lopes e reside em Goiânia; é membro da Academia Goiana de Letras; da Academia Goiana de Medicina; Instituto Histórico e Geográfico de Goiás drhmoreira@gmail.com www.heliomoreira.blogspot.com www.academiagoianadeletras.org

BAÚ LITERÁRIO

Batistão ensina como conservar carne na gordura Estava, na companhia de vários peões, conversando "fiado", após terminar a lida da vacinação do gado; o ambiente era, como sempre, muito descontraído, cada peão contava alguma estória das sua vida, principalmente sobre acontecimentos do passado; não sei por que, de repente o assunto tomou o rumo das discussões sobre movimentações de gado de uma fazenda para outra e as dificuldades encontradas para se encontrar alimentos nos gerais do sertão de Goiás para alimentar os peões encarregados daquela empreitada. Batistão, que estava mais quieto até àquela hora, entrou na conversa e passou a explicar como ele, chefe de tropa, fazia: A primeira coisa que eu fazia era visitar o chiqueiro de onde iria comprar o porco, depende muito do seu feitio para dar certo o preparo da carne e do toicinho; como ninguém entendera esta relação, Batistão passou a explicar, em detalhes, todo o procedimento. O chiqueiro, prá meu gosto e pela necessidade de agasalhar bem o toicinho nas latas, tem que ser "bem grandote, arrampado e com boa descaída"; a água de serventia dos porcos deve ser colocada na parte de riba do chiqueiro e as comidas na parte de baixo, obrigando os "capados" a andar de riba prá baixo e de baixo prá riba, várias vezes no dia, com isto o toicinho fica mais "recarcado", quer dizer, não fica mole, com parecença de muchiba. Para organizar o toicinho, a primeira coisa que eu faço é separar as duas bandas do porco e colocar em cima de um estrado de madeira com pernas de cavaletes, com serventia de mesa, sempre com a banha pro lado de riba e deixar esfriar por algumas horas; dispois, com uma faca bem amolada, dessas de cortar até pensamento, começa a retalhar como se fosse imitar escama de peixe, com cortes bem fundos, amóde di que, dispois de feito o talho, quem esta olhando, não vê que está cortada, a não ser que se enfie o dedo nos vales dos cortes feitos pela faca, dispois, enche aqueles vãos com sal, na quantidade de uma mãozada em cada trieiro da faca, às vezes coloca alho, outras vezes pimenta, dependendo do gosto do fregueis; dispois enrola a manta igual a enrolar a capa de chuva prá colocar na garupa do cavalo, deixando a pele para o lado de fora. Dispois de tudo pronto, coloca-se os pacotes de mantas no sol, desde quando ele desponta até principiando escurecer, pra móde do sal "ensopar" no toicinho; dispois é preciso enxugar o toicinho e, para fazer isto, amarrar um laço de muita fortidão, de preferência feito de couro de boi velho, entre dois esteios de uma varanda, longe do sol, e coloca as mantas dependuradas naquela corda, com o toicinho de cara prá riba, uma de pareio com a outra, acumo fosse roupa enxugando no varal; deixa ai por 8 dias, pingando no chão a sobra de gordura, aquela que já sabemos que iria derreter com a viagem. Dispois disto o toicinho esta pronto para ser embalado, então temos que abri-lo, outra vez, em riba da bancada, onde já estava colocada uma folha já seca de bananeira, de preferência das nanicas; o freguês começa

então a enrolar a banda na folha de bananeira, lembrando-se de forrar todas as suas beiras com palhas de buriti; pelo menos por três meses está garantido que não vai haver perda; a cada uma ou duas voltas é preciso recobrir o toicinho com folhas secas de bananeira para ajudar na conservação; dispois de tudo enrolado, o pacote é arrochado com corda de embira de bananeira ou de "olho do buriti", aliais, que tem mais fortaleza que a embira. Falta agora colocar dentro dos caixotes, daqueles que suportam carregar três latas de querosene jacaré. No respeito ao preparo da carne, acredito que ninguém consegue fazer igual o que a Narandinha, minha mulher, faz: ela tem preferência que o porco seja grandote, 10 arrobas prá riba já esta bom, a móde di que assim a fartança de carne é maior e não precisa repetir a matança várias vezes, como acontece se o animal é pequenote. Pica a carne aos pedaços, não pode ser de muita grandoria, tempera com sal e alho e outras coisas a escolha do freguês, coloca toda a maçaroca dentro de um tacho de cobre, local onde já estava fervendo a gordura, que aliás, tem que ser aquela que sobra do redenho e a que rodeia o rim, que tem a parecença de um óleo, não pode ser a do toicinho, pra mode num talhar. Dispois de tudo colocado no tacho, deixa-se ferver, principia com fogo brando e devagar vai "apertando" a labareda, com a "chega" de mais lenha no burraio, quando a carne principiar a ficar dourada é hora de fazer o teste: joga um palito de fósforo "beija flor" dentro do tacho, sem riscar sua cabeça, se acender é sinal que está no ponto de parar a ferveção, é só deixar esfriar e enfardar, minha mulher gosta de usar latas vazias de querosene. É preciso por sentido prá não despregar completamente a tampa da lata, é melhor deixar mais da metade sem abrir, pois fica mais no jeito para dispois fechá-la; estando tudo nos conforme, despeja, bem devagar, para não espirrar, aquela gordura que usou para fritar a carne e que já esfriou, até a metade da lata, dispois vai colocando os pedaços de carne, pouco a pouco, com calma e paciência, pois deste proceder irá depender o sucesso da faina; no final, tem que sobrar gordura por cima da carne; fecha a tampa e cola com cera de abelha, a preferência da minha mulher é pela mandaguarí, que é uma abelha do cerrado e que dá no oco do pequizeiro, do pau ferro ou da maria preta; outro tipo de cera não fecha a lata, como é de serventia, deixa suspiro nas beiras, então é arriscoso da carne ficar rançosa. Pronto, temos gordura e carne para três meses. Acho que tudo o que foi dito pelo Batistão pode ser experimentado na prática, porém, a história do palito de fósforo precisa ser checada, será verdade?


sábado, 22 de junho de 2013

15

Foto: Jorge Rodrigues Jorge/CZN

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora. Os capítulos que vão ao ar estão sujeitos a eventuais reedições - de 24/06 a 29/6/2013 MALHAÇÃO

FLOR DO CARIBE Globo – 18h15

Globo – 17:35 h Segunda (24/06) - Bruno pede Fatinha em casamento. Fatinha cria regras para o seu relacionamento com Bruno até que a data do casamento chegue. Há uma passagem de tempo. Pilha cobra o beijo que Fatinha prometeu se passasse para a faculdade. Chegam os convites de casamento de Bruno e Fatinha. Raquel se culpa pelo leilão do apartamento e Lia consola a mãe. Bruno insiste, mas Fatinha mantém firme as regras do namoro. Luana visita Sal, que promete revelar o paradeiro do dinheiro de Lia. Terça (25/06) - Sal garante a Luana que é um novo homem e pede para chamar Vitor ao seu encontro. Olavo e Marta não permitem que Ju viaje com Gil. Luana e Sal escolhem o nome de seu filho e se emocionam. Pilha cobra o beijo prometido de Fatinha. Paulina fala com Raquel sobre o leilão do apartamento. Gil cobra envolvimento de Ju na organização da viagem. Bruno enfrenta Pilha, que desiste do beijo de Fatinha. Quarta (26/06) - Não Haverá Exibição. Quinta (27/06) - Não Haverá Exibição. Sexta (28/06) - Sal não aceita a proposta de Alemão e afirma que quer mudar de vida. Ju finalmente conta para Gil que não tem permissão para viajar. Nélio e Rasta incentivam Bruno a fazer uma despedida de solteiro. Tizinha deixa escapar para Fatinha sobre a festa de despedida de solteiro de Bruno. Luana recebe uma suposta mensagem de Vitor e vai ao seu encontro. Bruno não gosta do envolvimento de Fatinha no leilão. Fatinha cobra uma explicação do noivo sobre sua despedida de solteiro. Alemão ameaça Sal com uma foto de Luana e diz que está com a menina.

SARAMANDAIA GLOBO- 23 horas

Segunda (24/06) - Isabel e os tenentes fazem uma busca na casa de Dionísio à procura das obras de arte roubadas. Marizé desconfia que Lipe não quer ir à escola por causa das ameaças de Mateus. Ester e Cassiano discutem por causa dos ciúmes que Ester sente de Cristal. Dionísio afirma a Alberto que alguém em sua casa o traiu e desconfia de Ester. Juliano convida Donato e Bibiana para serem padrinhos de seu casamento. Os tenentes tentam interceptar o avião de Gonzalo, que decola com as obras de arte roubadas. Terça (25/06) - Mantovani avisa a Cassiano que a interceptação ao avião de Gonzalo foi feita. Os policiais retiram do avião as caixas com as joias roubadas por Dionísio. Guiomar alerta Ester sobre o perigo que corre se Dionísio descobrir que foi ela quem denunciou o bunker. Alberto tenta seduzir Ester e a deixa amedrontada. Isabel e os agentes da polícia federal vão à casa de Dionísio avisar que encontraram as joias e convocam Alberto para acompanhá-los até a delegacia. Quarta (26/06) - Alberto e Dionísio negam que as joias sejam deles. Dionísio fica furioso com Alberto por ter perdido suas joias. Samuel não se conforma com o fato de Dionísio ter conseguido escapar da acusação de roubo das joias. Lindaura teme por Ester estar na casa de Dionísio. Veridiana não acredita que a filha esteja morta. Dionísio revela a Alberto que queimou as fotos que estavam no bunker. Alberto pergunta a Ester se foi ela quem fez a denúncia contra ele e Dionísio para a polícia. Quinta (27/06) - Alberto fica desnorteado e pede ajuda a Ester que, com medo, acaba abraçando o ex-marido. Isabel desconfia que algo está errado com Ester depois que fala com ela ao telefone. Donato pergunta a Marizé se ela sabe de algo que possa estar acontecendo com Lipe na escola. Duque se emociona quando Amaralina revela que se sente protegida por ele. Alberto tranca Ester no bunker. Sexta (28/06) - Alberto destrata Samuca quando o menino pergunta por Ester. Ester desmaia no bunker. Alberto liberta Ester, mas a ameaça, caso revele o que sabe no depoimento que fará à polícia. Elba diz a Cassiano que gostaria de conhecer Veridiana, que recebe um terço de Nossa Senhora da cantora. Alberto pega Samuca na escola e diz ao menino que vai levá-lo para passear em uma praia deserta. Ester é indagada sobre as joias durante seu depoimento à polícia. Sábado (29/06) - Samuca liga para Ester e avisa que está no barco com Alberto. Ester entende que o filho corre perigo estando sozinho com Alberto e resolve dizer em seu depoimento à polícia que não reconhece as joias. Cassiano desconfia que Ester esteja sendo ameaçada por Alberto. Isabel marca um encontro com Ester. Dionísio despede Doralice, depois de acusá-la pelo roubo de seu relógio. Veridiana permite que Lino viaje com Carol para o Rio de Janeiro.

Segunda (24/06) - Gibão sonha com a mudança do nome da cidade de Bole-Bole para Saramandaia. Leocádia apara as asas do filho Gibão. Alguns meses depois, Bia filma a manifestação do povo a favor da mudança do nome da cidade. O prefeito Lua tenta convencer Redonda a se unir aos manifestantes. Zélia conta para Lua que está grávida. Gibão consola Marcina. Risoleta vai ao velório de Cazuza e Aparadeira a enfrenta. Zico começa seu comício no momento em que o cortejo passa pela praça. Cazuza se levanta do caixão e todos se assustam. Vitória e Zico lembram de seu passado juntos. Terça (25/06) - Zico e Vitória ficam abalados com a presença um do outro. Cazuza reclama do caixão que Aparadeira comprou para ele. Gibão tem uma visão com dona Redonda. Marcina enfrenta Aparadeira por causa do namorado. Vitória confessa a Cleide, governanta da fazenda, que não teve coragem de contar a verdade a Zico. O coração de Cazuza tenta sair pela boca. Aristóbulo decide entrar na pensão, mas vai embora apressado ao ouvir soarem as badaladas que marcam a meia-noite. Gibão sonha com Marcina. Marcina invade o quarto de Gibão para seduzi-lo. Quarta (26/06) - Gibão tenta resistir a Marcina, quando Zélia chega. Vitória contraria Zico e permanece na missa em homenagem a Cazuza. Chateada, Marcina vai embora da casa de Gibão e começa a sentir o corpo pegar fogo. Zico encerra o discurso de Aristóbulo. Cazuza e Aparadeira correm ao verem Marcina caída no canteiro. Leocádia convida Vitória para ir a sua casa. Helena reza e uma rosa do altar cai em sua mão. Laura volta para casa e implora que a mãe convença Zico a deixá-la ficar. Risoleta aborda Aristóbulo na rua, mas ele se afasta. Zico destrata a filha, Laura, ao chegar à fazenda. Quinta (27/06) - Stela enfrenta Zico e pede que Laura fique. Gibão fala para Vitória sobre seu sonho de mudar o nome da cidade. Lua conta para o irmão que Zélia está grávida e Gibão não percebe o aviso que o pássaro tenta lhe dar. Gibão fala para Encolheu sobre sua visão com dona Redonda, mas ele não dá atenção. Vitória descobre a gravidez de Zélia e apoia a filha. Bia se preocupa com dona Redonda. Aristóbulo visita o túmulo de uma antiga namorada. Marcina decide ir atrás de Gibão e Aparadeira manda Cazuza impedi-la. Aristóbulo chega à pensão, mas é impedido de entrar pelo delegado. Sexta (28/06) - Risoleta discute com Aparadeira para defender Aristóbulo. Marcina briga com Rosalice por causa de Gibão. Rochinha e Laura conversam sobre o passado. Gibão tem uma visão que o deixa aflito e pede o consolo de Leocádia. Aristóbulo e Risoleta pensam um no outro. Tiago vê Stela na rua e fica encantado. Vitória visita a usina da família e celebra o resultado da cachaça. Carlito conta para Zico que o nome 'Saramandaia' foi registrado. Tiago conta para a mãe que viu Stela. Vitória e Zico se encontram em seu antigo esconderijo e acabam se beijando.

DONA XEPA RECORD - 22 horas Segunda (24/06) - Rosália comemora ao encontrar a escritura do terreno em seu nome. Durante o debate, Matilda e Xepa discutem por causa do condomínio que seus maridos iriam construir. Xepa teme que Rosália tenha o péssimo caráter do pai e desabafa com Dorivaldo. Édison, Benito e Graxinha são agredidos por capangas de Fuinha, mas conseguem escapar após a luta. Rosália procura por mais informações do terreno no cartório. Meg se emociona ao saber que seu marido precisa ser operado. Rosália visita o terreno e descobre que é habitado. Terça (25/06) - Rosália pergunta por Esmeraldino ao senhor no terreno. Dafne pressiona Geni, que afirma ser apenas profissional o seu envolvimento com Robério. Nervoso, Júlio César sai do consultório ao saber que seu caso é cirúrgico. Yasmin organiza o evento de moda no ateliê. Miro inicia o workshop com o debate entre Lis e Édison. Meg tenta convencer Júlio César a operar, mas o empresário foge. Vitor Hugo acusa Pérola, mas Isabela e Rosália os interrompem. Quarta (26/06) - Rosália finge preocupação ao ver Isabela atordoada com a discussão. Antes de ir embora, a fotógrafa conta que está grávida. Dorivaldo teme que Xepa se afaste e tem uma crise de tosse por medo de se declarar para a feirante. Rosália aproveita seu momento a sós com Vitor Hugo e tenta seduzi-lo. Júlio César resolve listar seus desejos para cumprir antes de morrer. Vitor Hugo pede desculpas a Isabela. Isabela revela que Rosália está pensando em se mudar para São Paulo. Rosália derruba a escritura do terreno e François lê o documento.

SANGUE BOM

AMOR À VIDA

Globo – 19h15

Globo – 21 h

Segunda (24/06) - Irene foge de casa e Fabinho se desespera. Maurício discute com Amora. Filipinho e Tábata se preocupam com uma foto em família que Mônica pede para tirar. Charlene é promovida. Verônica discute com Natan. Bento se enfurece com uma entrevista de Amora. Lara fala para Sueli Pedrosa mandar Zito seguir Amora. Maurício decide viajar e Verônica o apoia. Renata pergunta se ainda tem chance de reatar com Érico. Zito segue Amora até a casa de Bento. Zito fotografa Amora e Bento aos beijos.

Segunda (24/06) - Amarilys impede Ninho de contar para Bruno que é o pai biológico de Paulinha. Paloma conta que é mãe de Paulinha. Pilar desconfia da traição de César. Paulinha melhora e Bruno comemora a notícia com a família. Valdirene conhece uma moça que promete ajudá-la a se aproximar dos jogadores. Pilar interroga Priscila sobre o carro que ela supostamente ganhou de seu marido. César manda Aline procurar um flat para morar. Paloma recusa as flores que Bruno leva para ela. Lutero acusa Félix de roubar o hospital.

Terça (25/06) - Jonas e Douglas flagram Zito saindo da casa de Bento e Amora destrói as fotos tiradas por ele. Salma fala para Amora que não acredita em seu romance com Bento. Palmira estimula Érico a montar uma agência. Filipinho vê a foto da família na internet e se emociona. Malu discute com Bárbara. Margot aconselha Fabinho a contar para Plínio que é seu filho. Malu conta para Plínio que esteve com Irene na Toca do Saci. Giane provoca Amora. Bárbara vai à casa de Gilson. Fabinho revela que Irene e Plínio são seus pais.

Terça (25/06) - Félix acusa Lutero de não estar capacitado a continuar como diretor clínico do hospital. Paloma pede para Amarilys inventar uma desculpa para mandar Bruno embora. Bruno decide contar a verdade sobre Paulinha para Paloma. Thales afirma a Leila que não seguirá seu plano e ela termina o namoro. Niko e Eron dispensam mais uma candidata à mãe de aluguel. Aline obriga César a tomar banho antes de ir embora. Félix tenta manipular César durante a reunião com o conselho do hospital.

Quarta (26/06) - Plínio e Malu se surpreendem com a revelação de Fabinho. Bento expulsa Bárbara da casa de Gilson. Bárbara obriga Kevin a voltar para casa. Fabinho conta sua história para Plínio. Fabinho volta a trabalhar na Class Mídia. Damáris ameaça Wilson para não se divorciar dele. Damáris invade um show de Brunetty. Verônica e Érico trocam olhares no Cantaí. Bárbara, Bento e Amora se surpreendem quando Malu chega acompanhada de Fabinho na festa de Luz. Quinta (27/06) - Amora fica com ciúmes de Bento. Bento tira satisfações com Malu por estar com Fabinho. Barrabás fica incomodado com a presença de Fabinho. Fabinho provoca Bento. Lili reconhece Verônica vestida de Palmira Valente. Brenda se insinua para Barrabás. Bento e Amora discutem. Lili aconselha Verônica a contar a verdade para Érico. Fabinho se insinua para Bárbara. Malu conta para Luz sobre seu plano. Fabinho beija Bárbara. Sexta (28/06) - Fabinho marca um encontro com Bárbara e manda Malu colocar uma câmera em seu quarto. Amora garante a Bento que vai assumir o romance dos dois. Douglas tenta beijar Giane. Silvério vê Giane tentando andar de salto alto. Malu instala a câmera no quarto de Bárbara e se esconde no banheiro. Plínio afirma a Celinha que não magoou Irene. Tina vê Bárbara com Fabinho no quarto e manda uma mensagem para Natan. Áurea hipnotiza Damáris. Bárbara confessa o que fez contra Irene para ficar com Plínio. Sábado (29/06) - Fabinho orienta Malu a salvar o vídeo com as confissões. Malu pede que Kevin transfira o arquivo da câmera para seu computador. Malu revela à mãe que gravou todas as suas confissões. Plínio fica arrasado com o vídeo de Bárbara e Malu pede que o pai converse com Fabinho. Amora teme que sua imagem seja afetada com o vídeo de Bárbara. Giane implica com Bento por causa de Amora. Brenda tenta enfrentar Rosemere. Fabinho ameaça Amora para que ela se case com ele.

Quarta (26/06) - Félix convence o pai a conversar com os médicos em particular. Jacques conta a César que Paloma poderia ter morrido por causa de Lutero. César manda Paulinha ser transferida para onde Paloma está. Rebeca e Pérsio conversam animados. Bernarda aconselha Lutero a encarar a idade avançada com sabedoria. Aline convence César a alugar o flat para ela. Márcia se surpreende com a empolgação de Atílio com Rita Cadilac no baile funk. Paloma recusa o beijo de Bruno. Quinta (27/06) - Paloma explica por que não pode beijar Bruno e o tranquiliza. Niko e Eron convidam Amarilys para gestar o filho que eles pretendem ter. Márcia se arruma para seu casamento com Atílio. Lutero é oficialmente afastado do cargo de diretor clínico do hospital e Jacques finge lamentar o fato. Thales pede para conversar com Vega. Atílio sente-se tonto antes de ir para o cartório. Paloma fala para Paulinha que ela ficará em seu apartamento. Félix conversa com Jacques. Nicole exige saber de Vinícius quanto tempo de vida ela tem. Joana fala para Lutero que Glauce fez o parto de Paulinha. Sexta (28/06) - Ninho tenta se entender com Paulinha. Thales considera os conselhos de Vega sobre o plano de Leila. Nicole descobre que tem pouco tempo vida. Amarilys conta sobre a proposta de Niko e Eron para Paloma e Félix. Bruno pede para conversar com Paloma. Félix pensa em usar Amarilys para se aproximar de Eron. Glauce decide sumir com o prontuário de Luana. Michel se declara para Patrícia. César avisa a Aline que não pode ficar com ela à noite. Bruno não aceita que Paloma leve Paulinha para sua casa. Sábado (29/06) - Paloma tenta convencer Bruno a deixá-la levar Paulinha para casa. Pilar cobra atenção de César. Paloma garante que vai levar Paulinha para sua casa. Ordália convence Bruno a deixar Paulinha ficar com Paloma. Perséfone conta que passou a noite na emergência com Renan. César avisa a Félix que precisa investigar a acusação feita por Lutero e o vilão pensa em pedir a ajuda de Eron. Thales encontra Nicole em seu apartamento. Aline entrega um presente a César no momento em que Félix e Eron entram no consultório.

JOSÉ DO EGITO RECORD - 21h30 Quarta (26/06) - O Faraó tem outro pesadelo. A pedido do soberano, diversos magos, sábios e adivinhos são chamados para tentar decifrar os pesadelos do Faraó. Mais velhos, Benjamin e Mara trocam um selinho de forma desajeitada. Ninguém consegue decifrar os pesadelos do Faraó. Pentephres decide tentar. Com a devida permissão, o copeiro fala sobre o hebreu, antigo escravo de Potifar, que interpretou seu sonho corretamente. Ele revela que o rapaz se chama José. O Faraó decide que José deve ser trazido ao palácio. Potifar vai até a cadeia para buscar José.

CARROSSEL SBT - 21 horas Segunda (24/06) - Laura dá a ideia de fazer um almoço romântico em homenagem aos professores Helena e Renê. Helena recebe em sua casa um bilhete e um presente. Na praça, Kokimoto e Paulo observam Renê. Os garotos colam uma carta na bola e chutam para perto do professor. Maria Joanina aceita o convite de Cirilo e vai até sua casa. Helena chega à casa abandonada e se surpreende com toda a decoração. Renê aparece e a professora agradece ao namorado pela surpresa. Cirilo espera Maria Joaquina para irem juntos ao jogo. Terça (25/06) - O jogo começa e Cirilo fica admirando Maria Joaquina ao invés de prestar a atenção na partida. Firmino revela que, numa noite, Jaime, Paulo e Mário entraram escondidos na escola usando uma cópia de sua chave. De volta ao jogo, Cirilo marca um gol. Cirilo sai correndo e se ajoelha para comemorar o gol. O menino tira a camiseta do time e exibe uma outra camiseta com a declaração: "Maria Joaquina, eu te amo". Jorge liga na sala da diretora e diz que Laura, Paulo, Cirilo, Jaime e Mário usaram as chaves de Firmino para entrar na escola durante a noite e roubar o resultado das provas. Quarta (26/06) - As meninas se reúnem na casa de Maria Joaquina e esperam ansiosamente Valéria e Bibi, que foram à casa da professora Helena convencê-la a dar aula no próximo ano para a mesma turma. Firmino conta a Olivia o que aconteceu naquela noite. A diretora conta a Helena o que aconteceu e a professora fica decepcionada. Olívia tenta fazer com que a professora desista de seus alunos no próximo ano, para que ela tome conta deles. A diretora comunica Firmino que marcou uma reunião com os pais e pede a presença do porteiro. As crianças vão à casa de Helena e pedem perdão.

Quinta (27/06) - Rosália finge ser o documento de uma cliente e deixa François desconfiado. Geni, Graxinha e Gisele anunciam que Xepa é a nova presidente da associação. Dafne e Robério se assustam com a chegada de Matilda. Lis pressiona Júlio César, que confessa estar com um problema de coração. Isabela confessa estar com medo e Vitor Hugo conforta a amada. Benito conecta o computador à televisão e as pessoas se reúnem para assistir a palestra da feirante. Tímida, Xepa se prepara para o inicio da palestra e Feliciano tenta manter a calma diante da impertinência dos alunos.

Quinta (27/06) - Helena avisa aos alunos que eles passaram de todos os limites. Firmino fica irritado ao ver a diretora esconder parte da história e decide contar tudo. Firmino conta a verdadeira versão e os pais ficam mais aliviados. A diretora dá uma segunda alternativa aos pais: ela diz que acompanhará seus filhos de perto no próximo ano. Renê recebe um telefonema de Helena e a professora conta o que aconteceu ao namorado. Firmino arruma sua mala e se despede da Escola Mundial.

Sexta (28/06) - Xepa fica envergonhada ao se apresentar na faculdade de Édison. Matilda se irrita com Dorivaldo e Ângelo, que assistem à palestra de Xepa pela televisão. Júlio César fica perplexo ao saber que Pérola subornou François. Robério e Graxinha observam o misterioso carro preto que ronda a vila. Xepa fica envergonhada ao ter seu vídeo exibido na palestra. Dona Xepa fica assustada ao ver que recebeu um peixe de presente. Os sequestradores ligam para Pérola e pedem dinheiro em troca da libertação de François. Rosália fica nervosa ao receber uma carta registrada destinada a seu pai.

Sexta (28/06) - Firmino vai até a casa de Helena, diz que foi mandado embora e pede ajuda. Renê e Helena se prontificam a falar com Olívia. Rafael oferece sua casa para que Firmino possa ficar por um tempo. Antes de dormir, Jorge reclama que não aguenta mais se sentir tão sozinho. No outro dia, Helena tenta convencer Olívia a mudar de ideia. Rosana e Jorge escolhem um filhote de cachorro. Em um ato de bondade, Jorge diz para a mãe que quer levar uma cachorra da raça de Rabito.

Daniel Boaventura, ator da Globo Novos rumos - Daniel Boaventura não terá férias. Atualmente suando a camisa no "Dança dos Famosos", do "Domingão do Faustão", ele já está confirmado para integrar o elenco fixo da série "Tapas & Beijos". Na produção, ele dará vida a PC, um dentista que conquista o coração de Fátima, interpretada por Fernanda Torres. O envolvimento dos dois causa muita confusão e ciúmes em Armani, de Vladimir Brichta. Seu último trabalho na tevê foi no "remake" de "Guerra dos Sexos". Entre quatro paredes - Depois de duas edições, a Band pretende inovar na próxima temporada de "Mulheres Ricas". A principio, a ideia é mostrar mais do dia a dia de casadas das "socialites" escolhidas e focar nos gastos em excesso cometidos pelos casais. Até agora, nenhum nome foi confirmado na continuação do programa. Mas, ao que parece, Narcisa Tamborindeguy e Val Marchiori, destaques do "reality show" desde sua estreia, não devem voltar a integrar o elenco da produção. Mudando de direção - Boninho vai comandar as tardes de sábado da Globo. Dirigindo o "TV Xuxa" e o "Estrelas", ele agora assume também o "Caldeirão do Huck". O diretor será o principal responsável pela produção e deve promover algumas mudanças no programa de Luciano. Para compensar o excesso de trabalho, ele passou o "Vídeo Show" para o núcleo de Ricardo Waddington. De volta - Confirmada desde o ano passado, a segunda temporada do programa "Na Moral" já começou a ser gravada. Com apresentação de Pedro Bial, o "talk show" terá o humorista Marcelo Adnet como primeiro convidado em seu retorno ao ar. A produção deve estrear em julho no mesmo horário de sempre, nas noites de quinta, substituindo o "Globo Mar". Ritmo acelerado - Intitulada temporariamente de "Além do Horizonte", a novela que substituirá "Sangue Bom" tem autoria de Marcos Bernstein e Carlos Gregório, com supervisão de João Emanuel Carneiro. As gravações devem começar logo, com externas que serão gravadas na Amazônia. Novidade no ar - Cissa Guimarães está produzindo uma nova série para o "Fantástico". A atriz vai apresentar o quadro "Mães Coragem", que será baseado em histórias comoventes de superação envolvendo a maternidade. A produção contará ainda com a direção de Patricia Guimarães, com quem Cissa trabalhou no "Viver com Fé", do GNT. Ganhando o mundo - Depois de fazer sucesso em território nacional, "Avenida Brasil" começa a ser exibida em diferentes partes do mundo. A novela de João Emanuel Carneiro já foi vendida pela América Latina, causou protestos na Rússia por ir ao ar no horário da tarde quando poucos podem assistir e agora estreia na Grécia, na emissora Alpha TV. Tempo de recessão - Parece que as emissoras abertas estão passando por uma grande reforma estrutural. Depois que a Record confirmou o investimento na terceirização de suas produções, como vai acontecer com a série "Os Milagres de Jesus Cristo", que será gravada pela produtora Academia Filmes, é a vez do SBT começar a economizar. O canal do Silvio Santos cogita a ideia de ter 70% dos programas feitos por produtoras independentes.


Alfenas, sábado, 22 de junho de 2013

16 1ª VARA CRIMINAL, DE ATOS INFRACIONAIS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE E DE CARTAS PRECATÓRIAS CRIMINAIS DA COMARCA DE ALFENAS - MG Processo nº 016 11 010194-2 PRAZO DO EDITAL: 30 (TRINTA) DIAS EDITAL A DRA. DENISE LUCIO TAVELA, MMª. Juíza de Direito da 1ª Vara Criminal, de Atos Infracionais da Infância e da Juventude e de Cartas Precatórias Criminais da Comarca de Alfenas/MG, em pleno exercício do cargo, na forma da lei etc... FAZ saber aos que virem o presente ou dele tiverem conhecimento, que tem em andamento nesta Vara o Processo nº 0101942-10.2011, onde figuram como representados A. G., W. V. F. e P. H. V. . E, constando dos autos que foram remetidos a este Juízo os objetos apreendidos, pelo presente INTIMA EVENTUAIS INTERESSADOS para manifestarem interesse na restituição dos seguintes bens 1 (uma) carteira preta, 1 (uma) caveira em material aparentando ser plástico, 23 (vinte e três) pulseiras/bijuterias, 08 (oito) brincos/bijuterias, 01 (um) anel/bijuteria, 01 (um) aparelho de TV, marca LG, 14", devendo comparecer nesta Secretaria, situada no Fórum Milton Campos, Praça Dr. Emílio da Silveira, nº 314, Alfenas, MG, no PRAZO DE 10 (DEZ) DIAS. Ficando esclarecido que decorrido o mencionado prazo, sem manifestação, os bens serão doados a entidade de assistência social ou então destruídos caso não haja interessados na doação, tudo nos termos dos artigos 9º e 10º do Provimento Conjunto nº 01/2003, editado pela douta Corregedoria Geral de Justiça deste Estado. Para conhecimento de todos e bem como para ressalvar direitos e obrigações, expediu-se o presente que será publicado e afixado na forma da lei. Dado e passado nesta cidade de Alfenas, MG, aos 13 de maio de 2013. Eu, __________________________,((WANDERLENA BECKER MUNHOZ FERNANDES MANSO RABELO), Escrivã Judicial mandei digitar e assino. DENISE LUCIO TAVELA Juíza de Direito

EDITAIS DE PROCLAMAS REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS

local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 18 de junho de 2013.

REGISTRO CIVIL DE ALFENAS - MG CERTIDÃO DO EDITAL DE PROCLAMAS CERTIFICO que na data de 14 de junho de 2013, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: RENATO JEFFERSON VIEIRA e JOYCE CRISTINA DE CARVALHO RODRIGUES; ele filho de Valdecir Aparecido Vieira e Aurimar Silva; e ela filha de Nilton Antunes Rodrigues e Anna Felix de Carvalho Rodrigues; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 14 de junho de 2013. CERTIFICO que na data de 17 de junho de 2013, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: LEOMIR MANOEL DA FONSECA e CAMILA APARECIDA FERREIRA DE MORAIS; ele filho de José Manoel da Fonseca e Maria Rosa de Andrade Fonseca; e ela filha de José Eugênio de Morais e Ana Maria Ferreira, e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 17 de junho de 2013. CERTIFICO que na data de 17 de junho de 2013, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: ANDERSON PEREIRA DO NASCIMENTO e de CARMEN LÚCIA DE OLIVEIRA. Ele filho de Luiz Antonio do Nascimento e Solange Pereira do Nascimento; e ela filha de Laercio de Oliveira e Leni Prado Oliveira; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 17 de junho de 2013. CERTIFICO que na data de 18 de junho de 2013, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: SÍLVIO GUTIERRIS BRITTIS e JANAINA VIEIRA DA SILVEIRA DE CARVALHO. Ele filho de Agostinho Brittis e Izabel Gutierris Brittis; e ela filha de Ailton José de Carvalho e de Maria de Fátima Vieira da Silveira de Carvalho, e que será enviado à imprensa

CERTIFICO que na data de 18 de junho de 2013, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: JEFERSON SANTOS RODRIGUES e ALICE SILVA COSTA. Ele filho de Nelson Antunes Rodrigues e Maria Ivani Santos Rodrigues; e ela filha de João Costa e Lenidia Antonia da Silva, e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 18 de junho de 2013. CERTIFICO que na data de 18 de junho de 2013, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: CARLOS RAMOS DOS SANTOS e de MARTA DE PAULA. Ele filho de Maria Ramos dos Santos; e ela filha de Sebastião Antonio de Paula e Teresa Maria de Lima, e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 18 de junho de 2013. CERTIFICO que na data de 18 de junho de 2013, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: ANTÔNIO DIAS DE ALENCAR e SARA GONÇALVES. Ele filho de José Dias da Silva e Maria Pereira de Alencar; e ela filha de Expedito José Gonçalves e Rita Maria Gonçalves, e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 18 de junho de 2013. CERTIFICO que na data de 19 de junho de 2013, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: JOSÉ ROBERTO ALMEIDA e CATARINA FELIZ DOS REIS. Ele filho de Maria do Rosario; e ela filha de Efigênio José Francisco e Santa Feliz dos Reis, e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 19 de junho de 2013.

Alessandro Mesquita Oficial do Registro Civil

CMSA - Conselho Municipal de Saúde de Alfenas Rua Pres. Arthur Bernardes, 927 - Centro, Alfenas - MG. Tel. Fax: 3698 - 2211/ email: cmsa@alfenas.mg.gov.br PROCESSO ELEITORAL 2013/2014 INSCRIÇÕES ABERTAS O Conselho Municipal de Saúde de Alfenas, no uso de suas atribuições legais, de acordo com a lei Federal nº 8080 e 8142 e a Lei Municipal nº 2.494 de 11 de novembro de 1993 e conforme reunião da plenária aprovada no dia 13 de Junho de 2012, convoca os conselheiros para eleição da Diretoria 2013/2014. As inscrições para as eleições da Diretoria do Conselho Municipal de Saúde de Alfenas serão realizadas no período de 18 de Junho a 28 de Julho de 2013, na Secretaria do Conselho situada na Rua Presidente Arthur Bernardes nº 927, no período de 12 às 18 horas, de segunda à sextafeira. A chapa interessada deverá relacionar os candidatos para os cargos de: 1. Presidente 2. Vice- Presidente 3. 1º Secretário 4. 2º Secretário 5. Diretor de Relações Públicas 6. Vice-Diretor de Relações Públicas Eleições e Posse As eleições serão realizadas na Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Alfenas do dia 31 de Julho de 2013 às 18:30 horas ,na sede da Superintendência Regional de Saúde de Alfenas. A nova diretoria tomará posse na reunião ordinária do dia 31 de Julho de 2013. Alfenas, 17 de Junho de 2013 Grazielle Miranda Vice-Presidente - CMSA Erick José de Carvalho 1° Secretário - CMSA

ASSOCIAÇÃO DE PROTEÇÃO A MATERNIDADE E INFÂNCIA DE ALFENAS CNPJ 17.878.356/0001-25 ALFENAS-MG BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 A T I V O CIRCULANTE DISPONIBILIDADES Caixa Bancos c/ Movimento

674,25 27.727,11

Aplicações Financeiras Total Circulante

0,00 28.401,36

NÃO CIRCULANTE INVESTIMENTOS Investimentos Total Investimentos

200,00 200,00

IMOBILIZADO Prédio Maquinas e Equipamentos Móveis e Utensilios Total Imobilizado Total Permanente Total Ativo

366.335,15 1.406,00 57.846,43 425.587,58 425.787,58 454.188,94

P A S S I V O CIRCULANTE OBRIGAÇÕES OPERACIONAIS ENCARGOS SOCIAIS A RECOLHER Encargos Sociais a Recolher Salários a Pagar Valores a Compensar Outras Conas a Pagar Total Circulante

6.754,77 16.053,79 577,06 4.730,00 28.115,62

PATRIMONIO SOCIAL Patrimonio Social Total Patrimonio Total Passivo

426.073,32 426.073,32 454.188,94

ASSOCIAÇÃO DE PROTEÇÃO A MATERNIDADE E INFÂNCIA DE ALFENAS CNPJ 17.878.356/0001-25 ALFENAS-MG DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO PERÍODO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012

RECEITAS Contribuições Pessoas Fisicas Contribuições Pessoas Juridicas Doações em Generos - Pessoas Fisicas Doações em Generos - Pessoas Juridicas Doações em Generos - Governo Municipal Subvenção Governo Federal PETI Governo Federal Isenção INSS Governo Federal Isenção COFINS/CSLL FMIA-Fundo Mun.da Infância e da Adolescência Governo Municipal -Doação de Mão de Obra Receitas Financeiras Outras Receitas - NOTA 01 Total Receitas DESPESAS Custo das Gratuidades Outros Custos Encargos Sociais e Trabalhistas Despesas Tributárias Despesas Financeiras Total Despesas Superavit do Exercicio antes da CSLL Contribuição Social Superavit do Exercicio

466.788,99 3.614,01 8.339,97 13.491,50 32.063,10 4.200,00 70.654,80 44.682,84 14.852,00 123.277,29 1.218,08 267.194,73 1.050.377,31

229.945,05 61.670,09 333.615,74 85.010,62 3.168,96 713.410,46 336.966,85 (30.327,02) 306.639,83

Nota 01: No ano de 2012 foi lançada a aquisição de um Imóvel que foi adquirido através do Processo nº 016 02 023 600- de Ação de Usucapião que foi contabilizado pelo valor venal constante no IPTU/PMA. José Dalmo Vieira da Costa Presidente

João Carlos da Silva Contador- CRC-MG 16.259

EDIÇÃO COMPLETA - JORNAL DOS LAGOS - 22 DE JUNHO 2013  

*BR 369 está em reformas; *6ª Mostra Alfenas aposta em diversificação; *Chapadão depende de vitória diante do Ypiranga; *Manifestação pacífi...

Advertisement