Page 8

sábado, 09 de novembro de 2013

8

Liberado o tráfego na Rui Martins Cláudia Cabral Reportagem loc al

A

pós t rê s m e se s de obras, a Prefeitura liberou essa sem ana o trânsito na Av enida Rui Totti Martins, m esm o restando o asfaltam ento do trecho e a m elhoria no acostam ento. Conform e o secretário m unicipal de Obras, Décio Paulino, para dar condições de tráfego foi feito um paliativ o com restos de asfalto retirados das m elhorias feitas na BR 4 9 1 . Du ra nt e um per íodo ser á fe i t o o te st e de com pac taç ão e som en te

depoi s o asfa lto dev e ser recom posto. Porém , antes disso v ai ser feito o acostam ent o. Ainda de ac ordo com o secretário, futuram ente a av enida dev e ser ilum inada em toda a sua exte nsão que liga a Rua Martins Alfenas, próxim o ao Jardim da Colina, até à BR 4 9 1 . N o l oc a l onde ocor r eu o de sm or ona m e nto ser á ce rca do por alam brado. A Avenida Rui Martins foi interditada há m ais de se is m ese s pe l a Coordenadoria Municipal de Defesa Civ il depois que par te do asfalto cede u e

Avenida Rui Totti Martins liga a Rua Martins Alfenas até a BR 491 causou um a crate ra. Os v eículos for am proibidos

de trafegar no local, m esm o a ssim m otocic li st as

conseguiam atravessar. A tubulação doada pela

pal de Desenv olvimento na época, era de que o gabião

Se cret ária de Est ado de Transportes e Obras Públicas foi colocada para que a água do Córrego Estiv a pudesse atravessar por de-

existente no córrego Estiv a ce de u prov ocan do u m a er osão. A r ec om posiç ão

baixo da pista. Com o o anterior tinha se deteriorado foi n ec essá ri o um t ub o bem maior com m ais de 4 0 m etros de extensão e 2 ,5 m etros de altura. O projeto básico elabo-

m ento Urbano; contudo, a obra não saiu. Em 2 008, a v ia chegou a ficar interditada em toda sua ext ensã o por te m po

rado por engenhei ros do m unicípio chegou a con-

deslizam ento de terra que ocorreu nos dois lados da v ia. Um a cratera foi aber-

clusão de que seriam necessári os recursos da ordem de R$ 54 0 m il. Porém, com a doação do tubo e com recursos próprios do m unicípio esse v alor dim inuiu em 50%. Desde quando foi asfaltada, há seis anos, pela em presa Melo Machado, de Varginha, a Rui Martins v em apresentando problem as. Em jan eiro do ano passado, o trecho de um a das pistas ficou interdita-

estaria no cronogram a da Secretaria de Desenv olv i-

indeterm inado. O m otiv o da pr oib i ç ão foi o

ta am eaçando a estrutura do asfalto. Um a cerca de aram e farpado, dev ido ao buraco, ficou suspensa no ar. Na época a Prefeitura fe z a con t en sã o do deslizam ento e im plantou dois redutores de velocidade. O trev o de acesso à rodov ia 4 9 1 foi tam bém adequado. Em 2009 , outro trecho

do dev ido ao afundam ento do asfalto, m as não im pediu o t rânsit o inte nso

da av enida corria o risco de de sm or on a r . O deslizam e nto foi do l ado direit o para quem desce sen ti do r odov ia . Se m e -

que continuav a normal. A causa da destruição do asfalto, conform e inform ações da Secretaria Munici-

lhante problem a atual, a erosão ocorreu próximo ao córrego Estiv a, que passa ao lado da v ia.

EDIÇÃO COMPLETA - JORNAL DOS LAGOS - 09 DE NOVEMBRO 2013  

*Presidente da FETA é agraciada com medalha Ordem do Mérito Legislativo; *Corrêa acelera para o título europeu; *Movimento pede soluções par...

EDIÇÃO COMPLETA - JORNAL DOS LAGOS - 09 DE NOVEMBRO 2013  

*Presidente da FETA é agraciada com medalha Ordem do Mérito Legislativo; *Corrêa acelera para o título europeu; *Movimento pede soluções par...

Advertisement