Page 1

ano 47

outubro de 2011

nº 545

Crescente e desafiador mercado de tintas spray

Hydronorth celebra 30 anos

O consumo de spray no Brasil vem aumentando ano a ano, de 2005 a 2010 o mercado total simples­

A Hydronorth comemora 30 anos de atuação

mente dobrou de tamanho. Hoje o consumo per capita de aerossol no Brasil representa apenas 20%

em 2011. A empresa, 100% nacional, tem

do que é consumido na Argentina, portanto, ainda existe muita oportunidade de crescimento do

grande destaque e é pioneira no mercado de

setor no mercado nacional. “Estamos em constante crescimento e de olho no que vem acontecendo

resinas impermeabilizantes, sendo detentora

no Brasil e no Mundo. Nossa expectativa para 2011 é dobrar o volume de vendas que tivemos em

de marcas bem conhecidas como o Graffiatto®.

2009”, salienta Mario Lavacca, gerente de produto da Suvinil...

10

“A Hydronorth é mais que...

46


EDITORIAL

A edição de outubro sempre tem um gostinho especial, afinal, é o mês em que se celebra o Dia do Pintor, datado em 18 de outubro. Neste número, os fabricantes de tintas, revendedores e empresas de máquinas e acessórios para pintura, home­ nageiam estes profissionais que são os grandes inspiradores de produtos cada vez mais eficientes e práticos, desenvolvidos para beneficiar o trabalho de aplicação. Através do Jornal do Pintor, presenteamos os pintores de todas as regiões do País com as notícias mais recentes do setor, mantendo-os informados e atualizados diante de tantas inovações e iniciativas importantes. Além do Dia do Pintor, celebramos nas próximas páginas os 50 anos de ani­ versário da Suvinil; os 30 da Hydronorth e os 10 da tesa no Brasil. Um pouco da história e dos fatos mais marcantes destas

empresas são destacados. O segmento de tintas Spray também ganha espaço nesta edição. Abordamos o crescimento deste mercado e listamos alguns produtos disponíveis no mercado nacional. O leitor conhecerá um pouco sobre a empresa Maxi-Cril que, recentemente, inovou e modernizou a identidade visual das embalagens de suas tintas nas categorias Premium e Standard. A parceria da Coral com a Bombril para um novo projeto social – a Casa Bombril – é outra notícia que pode ser conferida, assim como a parceria da Futura com a Casa Hope e a da Montana com a revenda Pio Tintas. A Montana, inclusive, divulga um novo verniz base água que promete vários benefícios. E falando em verniz, a Sherwin-Williams Divisão Automotiva lança o Verniz Fosco, que segue a tendência de pintura fosca vinda dos Estados Unidos e da Europa. No segmento automotivo também revelamos com exclusividade o trabalho que a Personale Imports passa a fazer no Brasil com a recente e exclusiva repre­

Foto: Douglas Moreira

Dedicado aos Pintores de todo Brasil

sentação da marca norte-americana Malco Pro, que oferece produtos para limpeza e polimento de veículos. O Jornal ainda segue com informações sobre a novidade em rolo da Castor; o workshop da Meguiar’s; além de dica da Argalit para os pontos de vendas; e as ações do Sitivesp; da AkzoNobel e muito mais! Parabéns aos pintores!!! Francely Morrell

. . . > > C e r t if ica do < < . . . . . .................................................................................................

Futura Tintas recebe certificado de Empresa Amiga do Bem ONG Amigos do Bem destacou a importância dos projetos sociais desenvolvidos no sertão do nordeste e o apoio que a fabricante de tintas tem dado ao colaborar com as ações da entidade

EXPEDIENTE

Pelo segundo ano consecutivo, a ONG Amigos do Bem homenageou a Futura Tintas com o certificado de Empresa Amiga do Bem, em reconhecimento ao apoio que a indústria tem dado aos projetos desenvolvidos pela entidade no sertão nordestino. A entrega do cer­ tificado aconteceu no final do mês de agosto, em São Paulo (SP), em evento com a participação de represen­ tantes de 100 empresas colaboradoras. A Futura Tintas, desde 2007, é parceira do Amigos do Bem, instituição que desenvolve projetos de cará­ ter humano e social no sertão dos estados de Ala­ goas, Pernambuco e Ceará. “Nossa indústria se or­ gulha de fazer parte desta iniciativa que resgata, an­ tes de tudo, a dignidade humana. Estamos muito sa­

Rubens Sidorovich, diretor comercial da Futura Tintas, e a presidente da instituição, Alcione de Albanesi

tisfeitos com os resultados dessas ações que tiram do anonimato as dificuldades enfrentadas pelos ser­ tanejos”, destaca Rubens Sidorovich, diretor comer­ cial da Futura Tintas. A Futura é a única empresa do setor de tintas a co­ laborar com os projetos do Amigos do Bem. Com seu apoio e de outras marcas brasileiras, mais de 9600 fa­ mílias (cerca de 60 mil pessoas), tiveram suas vidas transformadas por projetos de educação, geração de renda, atendimento médico, distribuição de medica­ mentos, construção de moradias e cisternas. Com a construção dos Centros de Transformação, mais de 10 mil crianças e jovens serão beneficiados pelo trabalho do Amigos do Bem.

Fundador: F. L. Morrell •18-03-1927 •23-10-2001 | Diretor Comercial: Francis Louis Morrell Júnior | Diretora Executiva: Francely Morrell | Projeto Gráfico: Kinthos Criação e Design | Colaboradores: Gabriela Lozasso (Mtb. 26.667) e Sandra Scigliano (Mtb. 25.798) | Publicidade: Carlos Alberto Cunha e Alessandra Pironti | Representantes: Rovenda - Repres. Poderoso (Aracaju/SE) Tel.: (79) 3254-5627/Fax: (79) 3211-3266 |Flexa Representações (Maceió/AL) Tel.: (82) 355-6112/Fax: (82) 3032-1339 | A. F. Gusmão (Belo Horizonte/MG) Telefax: (31) 3496-0738 | Edição mensal Ano 47 - Outubro/11 - nº 545 As opiniões dos artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores. Dispensada da emissão de documentação fiscal, conforme pedido de Regime Especial Protocolo 2.346/91 de 04/07/91. Não é permitida a reprodução de maté­rias, no todo ou em parte, sem prévia autorização e citação da fonte. “JORNAL DO PINTOR” é marca registrada pela MORRELL EDITORA TÉCNICA desde 1962 e sua utilização, sem autorização, é vedada em qualquer forma.

2 • outubro_2011

Administração, Redação e Publicidade: Rua Filomena Parmigiani Fiorda, 140 Santo Amaro Cep: 04756-130 - São Paulo/SP Tel: (11) 5645-0505 | Fax: (11) 5645-0509 jp@jornaldopintor.com.br www.jornaldopintor.com.br @jornaldopintor.com.br

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 3


. . . > > S o lu ç õ es < < . . . . . . . . . .................................................................................................

Personale destaca representação exclusiva da marca Malco A empresa inclui em seu portfólio a tecnologia Malco Pro que compreende produtos automotivos para limpeza e cuidados com a pintura A Personale, através de sua divisão Personale Imports, anuncia a representação exclusiva no Bra­ sil da marca norte-americana Malco Pro. Com esta parceria, firmada desde o mês de agosto, o merca­ do nacional passa a ter acesso a linha completa de soluções para limpeza e cuidados com os automó­ veis como os Compostos Polidores, Ceras e Lustra­ dores, Shampoos para lavagens, Limpadores espe­ ciais e Hidratantes. De acordo com Luciane Schmitt, do departamen­ to de vendas da Personale, o objetivo é tornar os pro­ dutos Malco mais acessíveis aos profissionais - tanto no que diz respeito à presença do produto em cada re­ gião, quanto em seu valor monetário -; além de ofe­ recer maior variedade e opções exclusivas, sem simi­ lares no mercado. “Ter a representação da marca Malco no Brasil é a confirmação de que deram certos todos os traba­ lhos desenvolvidos pela Personale nesses 15 anos de atua­ção. Começar a trabalhar com essa linha de pro­ dutos complementa a nossa paixão por carros e pick­ -ups “com personalidade”, pois quem gosta de carro cuida bem dele”, diz Luciane. Ela destaca que os produtos da Malco oferecem um excelente custo/benefício para o profissional. “Além

4 • outubro_2011

vencional pode manchar as borrachas e deixar resí­ duos acumulados pelo automóvel, a cera Malco pos­ sui uma tecnologia desenvolvida para evitar estas si­ tuações específicas”. A Personale oferecerá cursos referentes à aplicação dos produtos da marca. Já que visam o conhecimen­ to técnico dos produtos, sendo ideal para quem dese­ ja aprender a polir e para polidores profissionais que já possuem conhecimento técnico e pretendem aper­ feiçoamento na área. Representantes e distribuidores em algumas re­ giões estão sendo projetados e, em breve, os produ­ tos estarão disponíveis para os profissionais em re­ vendas de tintas e lojas virtuais. Entretanto, enquan­ to não houver representantes/distribuidores na região demandada, a empresa fará o atendimento direto aos consumidores finais.

de apresentarem maior rendimento, possuem quali­ dade superior aos similares”. E exemplifica: “enquan­ to uma lata de cera convencional possui a capacida­ de de polir 10 carros, com a mesma medida de cera da Malco é possível polir aproximadamente 80 carros. Quanto à qualidade superior, enquanto uma cera con­

Sobre a Personale A empresa Personale Acessórios deu início a suas atividades em meados da década de 90, especializada em produção, venda e instalação de acessórios para pick-ups. Hoje, com 15 anos de mercado, a empresa concentra-se na importação e distribuição de rodas esportivas, além da linha Malco Pro.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 5


. . . > > E volu ç ão < < . . . . . . . . . .................................................................................................

Suvinil festeja 50 anos com lata comemorativa O 50º aniversário da fabricante também é celebrado diante das inovações da marca e a evolução de sua linha de produtos A Suvinil, marca de tintas imobiliárias da BASF, co­ memora em 2011 o seu 50º aniversário com uma lata comemorativa do Suvinil Látex Maxx. Durante as pró­ ximas semanas, os consumidores encontrarão os pro­ dutos da linha em uma embalagem retrô, que refor­ ça a tradição adquirida pela marca e a preferência do mercado. Do início da fabricação do PVA aos produtos inova­ dores, como o Suvinil Acrílico AntiBactéria, lá se vão cinco décadas, período em que os processos foram se aprimorando cada vez mais e a busca pela excelência

se tornou parte do dia a dia da marca. Sempre aten­ ta às novidades e investindo em pesquisas e testes, a empresa se destaca no mercado por oferecer produ­ tos originais, sempre à frente das demandas dos con­ sumidores. “Inovação é um dos principais pilares do negócio da Suvinil. Novas ideias, que revolucionaram o mer­ cado durante esses 50 anos de sucesso da marca, fa­ zem parte da nossa rotina e trajetória”, afirma Eugê­ nio Luporini Neto, Vice-Presidente de Tintas Imobiliá­ rias e Repintura da BASF.

Aplicativo Suvinil Cores para iPhone auxilia consumidor na transformação de ambiente Com o objetivo de ajudar o consumidor a compor a decoração de ambientes, a Suvinil apresenta ao mercado o seu exclusivo aplicati­ vo para iPhone, o Suvinil Cores. A partir de um mapeamento inova­ dor que apontou as principais necessidades no momento de esco­ lher a tonalidade para a sua decoração, a plataforma é dividida em quatro ferramentas principais. Em “Encontre Sua Cor”, o usuário consegue identificar cores em fotos e ainda tem disponível o leque completo para escolher qual­ quer uma 1.533 tonalidades Suvinil. Na seção “Cor Ideal” é possí­ vel selecionar as cores de acordo com as sensações e característi­

6 • outubro_2011

cas que deseja inspirar em cada ambiente. Já em “Ferramentas”, o suporte ‘Como Pintar‘ traz dicas e ensina o passo a passo para quem deseja pintar o ambiente sozinho, e a ‘Calculadora de Tin­ tas‘, ajuda a contabilizar a quantidade exata necessária para com­ por determinada área e evitar desperdícios. Por fim, pelo canal Twit­ ter, o usuário será diretamente conectado ao perfil oficial da mar­ ca na rede e ficará por dentro de todas as novidades e tendências do mercado de tintas. O aplicativo Suvinil Cores já está disponível gratuitamente na AppleStore.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 7


. . . > > t i n ta s pa r a M a de i ras << ......................................................................................

AkzoNobel lança três produtos em feira do setor madeireiro Divisão de Tintas Industriais e Adesivos para Madeira da multinacional holandesa revela lançamentos para o tratamento da madeira na Feira Madeira&Design 2011 A divisão de Tintas Industriais e Ade­ sivos para Madeira da multinacional holandesa AkzoNobel, participou da Madeira&Design, feira do setor de mó­ veis que aconteceu no Centro de Even­ tos São Luís, na capital paulistana. A companhia apresentou em seu estan­ de três novos produtos para o setor: dois para acabamento industrial de portas de madeira e um adesivo para coladei­ ras de borda. Para o tratamento de madeira, a empresa traz para o mercado o Siste­ ma Retardante de Chamas, um produ­ to para acabamento de portas composto de selador e verniz. Com versões à base de solvente e água, nas cores natural e branca, o sistema possui a caracterís­ tica de retardar o efeito de chamas nas portas, em caso de incêndio. A unidade também lança a Laca Aca­ bamento Branca, um primer (tinta pre­ paratória de superfícies) base água, in­ dicado para pintura de molduras, baten­

8 • outubro_2011

tes e guarnições de portas e janelas. “O produto pode ser usado na preparação

de superfícies internas e externas de madeira de construção civil, aceitando

acabamento final com praticamente to­ dos os tipos de tintas imobiliárias”, afir­ ma Fábio Fortes, gerente de negócios de Tintas para Madeira. A empresa também lança o Hotmelt para coladeiras de borda, um adesivo granulado de alta performance que, quando utilizado em temperaturas en­ tre 190 e 220ºC, funde-se ao material e garante alta qualidade na colagem de produtos como móveis e portas, agre­ gando valor e segurança ao produto fi­ nal. “A AkzoNobel é reconhecida como líder no suprimento global de tintas para madeira. A empresa investe cons­ tantemente no desenvolvimento tecno­ lógico e melhoria de processos. Nos­ sos produtos têm excelentes proprie­ dades químicas e físicas, assegurando excelente adesão, alto nível de resistên­ cia química, flexibilidade e durabilida­ de a desgaste intenso”, afirma Everson Stelle, supervisor de vendas de adesi­ vos para madeira.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 9


. . . > > t i n ta s Spr ay < < . . . .................................................................................................

Crescente e desafiador mercado de tintas spray O consumo de spray no Brasil vem aumentando ano a ano, de 2005 a 2010 o mercado total simples­ mente dobrou de tamanho. Hoje o consumo per ca­ pita de aerossol no Brasil representa apenas 20% do que é consumido na Argentina, portanto, ainda existe muita oportunidade de crescimento do setor no mer­ cado nacional. “Estamos em constante crescimento e de olho no que vem acontecendo no Brasil e no Mun­ do. Nossa expectativa para 2011 é dobrar o volume de vendas que tivemos em 2009”, salienta Mario Lavac­ ca, gerente de produto da Suvinil, empresa que está presente no mercado de tintas em spray desde 2009. Segundo Lavacca, os consumidores, cada vez mais exigentes, procuram soluções rápidas e eficientes. Em função disso, o executivo acredita que hoje o maior de­ safio do mercado de sprays é inovar de maneira sus­ tentável, buscando novas matérias-primas e atenden­ do necessidades específicas. Dirley Fonseca, gerente comercial da Aeroflex, de­ tentora da marca Mundial Prime, compartilha a mes­ ma análise. Ele observa que a indústria de tintas spray tem conseguido avanços significativos em qualidade e eficiência, entretanto, trazer novidades, oferecer quali­

dade e inovação sem aumentar custos e apostando na criatividade para adaptar processos às novas condições é um dos principais desafios. “Diante deste cenário, a Mundial Prime tem investido em tecnologia e capaci­ tação técnica para crescer e sedimentar sua marca no mercado que está em franca expansão”, incrementa. Eduardo Lara Gouvêa, sócio-diretor da Colorart, nota que o mercado de tinta spray no Brasil está pas­ sando por uma grande mudança com a entrada de no­ vos fabricantes, que trazem mais produtos aos pontos de venda fazendo o mercado crescer cada vez mais. “Com isso, a expectativa da Colorart é que esse cresci­ mento continue nos próximos anos a uma taxa de 10% a 15% ao ano”, diz o diretor, que ainda comenta: “nos­ so principal desafio é ensinar o consumidor a substi­ tuir o esmalte em latas convencionais pelo aerossol, ou seja, abandonar a combinação de lata + pincel + sol­ vente e utilizar apenas o spray, que é muito mais rá­ pido, prático e fácil de utilizar. Acreditamos que mui­ to em breve todas as casas do Brasil terão de duas a três latas de spray”. A praticidade das tintas spray também é citada pelo gerente de marketing e negócios da Hydronorth, Fá­

bio Munhoz, que atrela o benefício com a ampliação do segmento de bricolagem, do faça você mesmo. “Cada vez mais os consumidores buscam alternativas no se­ tor tinteiro para recriarem seus próprios ambientes e objetos, e a indústria precisa investir em linhas práti­ cas que possam ser utilizadas por profissionais e não­ -profissionais, conquistando novos nichos de mercado para atuação”, relata. Nova lei para tintas spray A nova lei 12.408, sancionada em 26 de maio de 2011, regulamenta o uso das tintas spray. A lei proíbe a venda de tintas em embalagem aerossol para meno­ res de 18 anos. O produto só poderá ser vendido para os maiores de idade, mediante a apresentação de do­ cumento de identidade e nota fiscal emitida em nome do comprador. As embalagens de tintas spray passarão a trazer o seguinte aviso: “Pichação é Crime. Proibida a venda para menores de 18 anos”. O objetivo principal é combater a pichação indevi­ da. A lei descriminaliza a prática de grafitagem, des­ de que tenha sido previamente autorizada.

Mundial Prime é a marca comercial da Aeroflex de uma vasta linha de produtos e complementos para linha automotiva e construção civil. Entre essas solu­ ções, estão as tintas spray que prometem algumas ca­ racterísticas importantes como cobertura uniforme e o brilho intenso após a secagem. Conforme explica o gerente comercial, Dirley Fonseca, devido a esses be­ nefícios é uma tinta com um ótimo rendimento. “Conseguimos ter este produto de alta performan­ ce com um custo muito acessível, pois temos como es­ tratégia dar ao consumidor emergente a condição de acesso a esse tipo de produto que, até pouco tempo, era utilizado por consumidores de maior poder aqui­ sitivo”, acrescenta Fonseca. A empresa Colorart apresenta a linha de sprays Colorart, que tem como diferencial, segundo informa­ ções fornecidas, ser uma tinta premium, ou seja, com 10 • outubro_2011

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 11


. . . > > t i n ta s Spr ay < < . . . ................................................................................................. qualidade superior. Entre as características da linha estão a secagem rápida, a praticidade, fácil aplicação com alta cober­ tura e acabamento liso e brilhante. Os sprays Colorart ainda possuem alta aderência e são resistentes a sol­ ventes e combustíveis; oferecem nivelamento na apli­ cação, sem sinais de brocha, não escorre, além de di­ minuir custos, já que não requer solventes, nem pincel. A Colorart constantemente lança produtos para atender as necessidades dos consumidores e ampliar a sua participação de mercado. A empresa também busca uma maior diversidade de cores sempre atu­ ais e modernas, a fim de valorizar as peças que se­ rão pintadas. A tinta spray Pinta Fácil, da Hydronorth, é indica­ da tanto para profissionais como para pintores ama­

dores, uma vez que é muito simples de ser aplicada. O produto destina-se a proteger e embelezar superfícies que requerem uma tecnologia diferenciada das tintas comuns. Formulada para áreas internas e externas, a fabricante afirma que a Pinta Fácil se caracteriza pelo rendimento acima da média. Pinturas de geladeiras, máquinas de lavar e demais superfícies da linha branca, além de objetos de ma­ deira e alvenaria podem ser renovados com o produ­ to. O spray também é uma excelente opção para pes­ soas que trabalham com artesanato e mercado de bri­ colagem, em geral. A Hydronorth também oferece a versão Pinta Fá­ cil alta temperatura, para ser utilizada na cobertura de superfícies submetidas a temperaturas até 600°, como lareiras e fogões, em geral. Na mesma embalagem prática e moderna, o con­ sumidor também encontra o spray Tira Fácil, para a remoção de tintas, texturas e vernizes em madeira e metal. A Pinta Fácil conta com três acabamentos di­ ferentes – fosco, brilhante e metalizado. O esmalte sintético premium Dialine Spray foi cria­ do pela Tintas Iquine com o objetivo de oferecer dura­ bilidade e secagem rápida, além de proporcionar tam­ bém, uma boa limpeza do ambiente. É um produto que segundo a fabricante, é de fácil aplicação, tem alta co­ bertura e resistência, sendo que sua fórmula cria uma película lisa que dificulta a aderência às sujeiras. A garantia deste fino acabamento é indicado para

12 • outubro_2011

metais ferrosos galvanizados, madeiras e alvenarias, em ambientes externos e internos. Feito à base de re­ sina alquídica, seu conteúdo de 350 ml rende de 1,1 a 1,3 m² e está disponível em diversas cores, com des­ taque para o branco neve, o vermelho, o marrom taba­ co e o preto, que fazem parte do portfólio de tendên­ cias 2011 da Iquine. A linha de sprays da Lukscolor compreende oito produtos, desenvolvidos para os mais diversos tipos de superfícies, com dezenas de cores e três acabamen­ tos: brilhante, fosco e metálico.  Além dos itens de acabamento, a fabricante tam­ bém disponibiliza em spray, seladora para madeira,

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 13


. . . > > t i n ta s Spr ay < < . . . .................................................................................................

lubrificante e fundos específicos para preparação de superfície. Todos os produtos são assegurados com o selo “premium” de qualidade. O Lukscolor Spray Premium Multiuso é uma tinta indicada para aço, ferro, madeira, alvenaria, gesso e cerâmica, para ambientes externos e internos. Sua fór­ mula garante secagem rápida e alta resistência ao sol e à chuva. Disponível em três acabamentos: metálico (dez cores), brilhante (21 cores) e fosco (duas cores). O Lukscolor Spray Premium Metalizada valoriza as superfícies de gesso, madeira, cerâmica, papel e me­ tal. São dez cores metálicas, seis delas para ambien­ tes internos e quatro para externos. Para cobrir superfícies de alumínio anodizado ou não polido, o lançamento é o Lukscolor Spray Premium Alumínio, desenvolvido especialmente para a pintura

14 • outubro_2011

de portas, grades, portões, janelas e esquadrias. O produto é resistente às intempéries e pode ser encontrado em três opções de acabamento: metálico (três cores), brilhante (uma cor) e fos­ co (uma cor). Desenvolvido para o uso em madei­ ras, o Lukscolor Spray Premium Ma­ deira & Móveis é um verniz com duplo filtro solar. Pode ser aplicado em por­ tas, janelas, móveis, tampos de mesa, componentes de lancha e outros obje­ tos em ambientes externos e também internos. Sua fórmula especial garan­ te proteção contra os raios ultraviole­ ta, além de ser resistente à água e abrasão. Disponí­ vel nas tonalidades imbúia, mogno e natural, nos aca­ bamentos fosco e brilhante. Para complementar a aplicação de Spray Luksco­ lor em madeiras, a empresa também lança a Selado­ ra Spray Premium Lukscolor, na cor natural. Para dar um efeito luminoso em trabalhos escola­ res, vitrines, decoração e artesanatos em geral, a li­ nha tem o Lukscolor Spray Premium Luminosa. A tin­ ta pode ser usada em madeira, ferro, gesso, papel, vi­ dro, isopor e folhas, exclusivamente em ambientes in­ ternos e brilha sob a luz negra. O Lukscolor Spray Premium Alta Temperatura re­ siste até 600° C. A tinta é indicada para aplicação em partes externas de objetos ou superfícies metálicas

que serão expostos a altas temperaturas como esca­ pamentos de motos, chaminés, lareiras e partes ex­ ternas de churrasqueiras e fogões.   O Lukscolor Spray Premium Lubrificante repele a umidade, evita a ferrugem, facilita a remoção de pa­ rafusos e porcas, lubrifica e protege dobradiças, fer­ ramentas, rolamentos, fechaduras, motores, máqui­ nas, brinquedos e utensílios domésticos em geral. Sua composição não ataca a pintura e não danifica plásti­ cos e borrachas. O Suvinil Spray Multiuso, a tinta spray da Suvinil, marca de tintas imobiliárias da BASF, é indicado para pinturas artísticas em geral, grafites, artesanato, de­

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 15


. . . > > t i n ta s Spr ay < < . . . ........................

Brasilata é uma das finalistas do Prêmio Nacional de Inovação promovido pela CNI

coração, reparos e uso profissional. Pro­ mete, segundo a fabricante, um excelen­ te acabamento, boa aderência, secagem rápida e resistência extra à ação do sol e da chuva. Pode ser usado em ambientes inter­ nos e externos e tem acabamento em duas versões: brilhante e fosco. A Tedox está localizada em Gravataí, no Rio Grande do Sul, e atua há 25 anos na industrialização de produtos para os segmentos de material de construção, ferragens, lojas de tintas e autopeças. A empresa comercializa cupinicidas, im­ permeabilizantes e complementos de pinturas, que formam um portfólio de mais de 25 itens. De acordo com Flávio Cardoso, di­ retor comercial da Tedox, a bandeira da companhia é a de desenvolver sempre produtos de qualidade aliados a inova­ ção. “O mercado pede esta evolução. Pensando nisto estamos lançando a li­ nha de sprays Turbo Jet, com as princi­ pais cores de esmaltes sintéticos e au­ tomotivos”, informa. O produto, segundo Cardoso, ofere­ ce secagem rápida e uma embalagem prática e moderna. Como desafio, a em­

16 • outubro_2011

... > > Prêmio << ....................................

Maior fabricante de latas de aço do país é classificada entre as três finalistas na categoria Gestão da Inovação - Grande Empresa

presa pretende atingir vários públicos e segmentos. “Com este mesmo gancho lançaremos a linha Cupinicida em ae­ rossol”, afirma o diretor. Cardoso reitera que todo o esforço e o desenvolvimento da Tedox estão em­ basados em um mercado em franca evo­ lução, tendo em vista que uma das prin­ cipais indústrias de envase da Europa está se instalando no Brasil. “Destaco ainda que as principais indústrias nacio­ nais de tintas estão desenvolvendo suas linhas também em aerossol, pois em um mercado onde o detalhe faz a diferença, atender públicos com diferentes perfis é um ganho. O aerossol tem esta penetra­ ção e isso pode ser comprovado com o público do faça você mesmo, que cres­ ce a cada dia”, conclui.

Entre as 24 empresas classificadas no Prêmio Nacional de Inovação, a Bra­ silata foi uma das três finalistas da ca­ tegoria Gestão da Inovação – Grande Empresa, ao lado da Companhia Ener­ gética do Ceará (Coelce) e da vencedo­ ra Siemens. O prêmio é um projeto da Confedera­ ção Nacional da Indústria (CNI) e do Mo­ vimento Brasil Competitivo, com apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e do Ministério da Ciência e Tec­ nologia (MCT). A premiação distinguiu as empre­ sas industriais com as melhores prá­ ticas de inovação, de acordo com qua­ tro categorias: competitividade, design, desenvolvimento sustentável e gestão da inovação. A Brasilata foi agraciada nesta última categoria, com base na análise dos mé­ todos, técnicas e ferramentas de gestão

da inovação e a criação de um ambiente corporativo favorável ao desenvolvimen­ to de projetos inovadores. Pioneira na adoção do sistema in­ terno de sugestões, implantado desde 1987, a Brasilata estimula “o meio em­ preendedor interno” e seus funcioná­ rios são contratados como “inventores”. Desde então, a empresa tem desenvol­ vido sistemas exclusivos de fechamen­ to em latas de aço e novos conceitos em embalagens metálicas para tintas e pro­ dutos químicos.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 17


... > > po nto d e v enda << ......................

Saiba como expor as tintas nos pontos de vendas Argalit possui um trabalho ativo de apoio aos lojistas. Confira algumas dicas

18 • outubro_2011

Desenvolver relações de valor para garantir uma boa oferta aos consumi­ dores é muito importante para os pon­ tos de vendas. As tintas, por exemplo, são produtos que se colocados bem ex­ postos complementam a lucrativida­ de da loja. Setores e departamentos têm sido trabalhados com o conceito de store­ -in-store, ou seja, departamentos fun­ cionam como lojas dentro das próprias lojas, às vezes até com check-outs pró­ prios. Tudo isso porque os clientes não buscam mais produtos e sim soluções - desejam encontrar tudo em um só lu­ gar. Por isso, expositores versáteis e fa­ cilmente ajustáveis ao layout do estabe­ lecimento são os mais indicados. Com um mix variado de produtos,

força de vendas e do apoio operacional em ações nos estabelecimentos”, expli­ ca o coordenador de Marketing da Arga­ lit, Rafael Motta. Para ajudar o lojista a agregar valor à venda, a empresa realiza ações que são sempre garantia de retorno nas ven­ das. Workshops, cafés da manhã, pales­ tras, demonstração de produtos para os clientes, brindes e sorteios são fer­ ramentas utilizadas com sucesso e que garantem a satisfação de todos.

a Argalit busca sempre acompanhar o crescimento do segmento para possibi­ litar ao seu público-alvo acesso a pro­ dutos inovadores que acompanham o crescimento do negócio da construção civil. Por isso, os clientes poderão en­ contrar junto aos revendedores, produ­ tos de qualidade e custo-benefício, ali­ nhados às tendências do mercado. “Te­ mos uma equipe de promotores de ven­ das nas ruas, atendendo rotas definidas mês a mês, com o objetivo de ter o maior alcance de clientes. O trabalho consis­ te na constante manutenção dos produ­ tos na loja, mantendo-os limpos, orga­ nizados e bem expostos. Assim, conse­ guimos ter um feedback do relaciona­ mento com o cliente, além do auxílio na

Deixe as vitrines bem dispostas, gôn­ dolas organizadas para que o produto fi­ que em evidência; Utilize material promocional como catálogos, faixas e banners para lan­ çamento de produtos e para reforçar a marca; Separe produtos que servem como iscas para levar o cliente a percorrer a loja; Agrupe produtos correlatos de modo a criar soluções integradas aos clientes; Disponha de televisão ou monito­ res, não apenas para propaganda, mas também para auxiliar na escolha e bus­ ca dos produtos, venda de complemen­ tos, mostrar novidades ou para entre­ ter os clientes.

Dicas da Argalit: Prefira ilhas no centro da loja ou em áreas de grande circulação que aumen­ tam a visão do cliente em relação aos produtos que deseja dar destaque;

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 19


. . . > > C o m e m or aç ão < < . ..................................................................................................

Marca tesa completa 10 anos de atuação no Brasil No passado, o nome tesa representava apenas um pequeno rolo de fita adesiva transparente. Hoje, o grupo de empresas da tesa tem um forte destaque no segmento de fitas autoadesivas A marca tesa está no mercado mundial há 75 anos e, em setembro, a afiliada brasileira celebrou 10 anos de atuação nacional. Localizada em Curitiba (PR), a tesa Brasil comemora em 2011 uma década de suces­ so com as operações no país. Dez anos que a compa­ nhia diz serem dedicados à busca de um objetivo prin­ cipal: oferecer ao mercado brasileiro as melhores so­ luções em fitas adesivas. A verdadeira face global da tesa pertence à atual equipe de aproximadamente 3.700 colaboradores tra­ balhando em mais de 50 filiais. Na América Latina,

20 • outubro_2011

as unidades da tesa estão crescendo há uma taxa su­ perior à média. As afiliadas estão sendo beneficiadas pelo crescimento econômico e pela presença de dé­ cadas no mercado, em alguns casos, com caracterís­ ticas especiais devido à história particular da empre­ sa em certas regiões – como, por exemplo, o podero­ so negócio industrial no Brasil e a vasta experiência com os produtos destinados aos consumidores finais no Chile e na Colômbia. Para que a tesa possa combi­ nar seus recursos efetivamente, as atividades na re­ gião são coordenadas internacionalmente com um for­ te espírito de parceria das quatro principais unidades, que estão localizadas no Brasil, no Chile, na Colôm­ bia e na Guatemala.   A estratégia da empresa inclui posicionamento ativo e antecipado nos mercados em crescimento com pers­ pectivas brilhantes para o futuro. E para a tesa, o foco nos consumidores e o compartilhamento da aprendi­ zagem formam a base para soluções inteligentes – no passado, no presente e no futuro. “Uma das virtudes da tesa sempre foi estar aber­ ta a novos desenvolvimentos e novas necessidades do mercado. Prevendo importantes tendências da indús­ tria, compreendendo-as rapidamente e desenvolven­

do soluções inovadoras para acomodá-las. Isso permi­ tiu que a empresa explorasse progressivamente novos mercados promissores, fortalecendo a eficiência eco­ nômica e ficando cada vez mais competitiva – graças ao grande investimento em novos métodos de produ­ ção encontrados na tesa”, conclui a coordenadora de marketing, Lyriane Fernanda Mezomo.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 21


. . . > > A mbien t e s < < . . . . . . . .................................................................................................

Glasurit ensina truques para ampliar os ambientes gastando pouco Fabricante de tintas dá dicas do melhor uso de cores para aumentar pequenos espaços Em casas e apartamentos peque­ nos, todo e qualquer centímetro faz a di­ ferença. Por isso, a Glasurit, marca de tintas imobiliárias da BASF, ensina al­ guns truques e soluções para aumen­ tar o ambiente. Ao utilizar a cor adequa­ da na pintura das paredes ou soluções simples de organização dos espaços, é possível trazer a sensação de bem-es­ tar para qualquer cantinho. A cozinha, por exemplo, é o lugar onde todo mundo gosta de se encon­ trar. A turma é grande e o ambiente é pequeno? Uma dica é unir a cozinha e a sala. Assim todos terão a impressão de um lugar maior. Para separar onde termina um cômodo e começa o outro, use cores diferentes. “Tirar a parede da cozinha, integrando-a com a sala, aju­ da a ampliar o espaço” afirma Erica Ta­ guti, consultora de pinturas decorativas da Glasurit. Não existe cor certa ou errada: tudo vai depender do estilo e gosto pessoal dos moradores. Para ampliar os cômo­ dos, porém, o melhor é usar cores mais

22 • outubro_2011

“alargar” a parede. Se ela for mais fina, no entanto, listras verticais podem ser usadas com sucesso para dar destaque a um cantinho especial. Para fazer lis­ tras, basta usar fita crepe e muita cria­ tividade. Já para os tetos o ideal é usar uma cor mais clara. O Branco é uma ótima opção, pois reflete melhor a luz. claras. O Verde Abacate traz frescor à cozinha e pode ser combinado com co­ res mais escuras para a sala de jantar e estar. Não é necessário usar tom so­ bre tom. “Podem ser combinadas cores diferenciadas (Vermelho Paixão e Verde Trevo da Sorte, Azul Harmonia e Laranja Cenoura, Amarelo Alegria e Roxo Equi­ líbrio) ou a seleção de opções com con­ traste mais suave (Verde Trevo da Sorte e Azul Céu, Laranja e Amarelo Canário, Laranja Cenoura e Vermelho Paixão)”, sugere Erica Taguti. Para uma decora­ ção mais ousada, em ambientes com boa iluminação, é possível aplicar uma cor mais forte ou escura. As cores frias também passam uma

sensação de espaço maior. Entre as su­ geridas pela especialista estão o Ver­ de Piscina, o Verde Lima, o Gelo, o Azul Céu e o Roxo Equilíbrio. “Elas são indi­ cadas porque “afastam” visualmente as paredes”, explica Erica. No entanto, para aqueles que quiserem optar por cores mais escuras, também existe solução. Dependendo do ambiente, tons de Con­ creto e até mesmo o Preto, ao contrário do que se pensa, ajudam a deixar o am­ biente maior. ”Nesse caso, é preciso boa iluminação. Procure utilizar a cor mais escura em paredes pequenas, para não pesar muito”, completa a consultora. Os truques não param por aí. Usar listras horizontais também ajuda a

Preço acessível Todas as dicas acima podem ser co­ locadas em prática gastando muito pou­ co. A Glasurit possui no mercado a linha “Glasurit Na Medida Certa”, um sache plástico que contém um litro de tinta e cobre uma parede de até 2,5 metros x 2,5 metros (considerando duas demãos). Com essa opção, é possível pintar par­ te da residência por cerca de R$ 10,00 (preço sugerido). O produto está dispo­ nível em 24 cores. Para facilitar a esco­ lha das cores, a Glasurit possui ainda o “Glasurit Teste em Casa”, tubo de 30 ml de tinta, com uma prática esponja apli­ cadora que permite ao cliente escolher a cor em casa, junto com a família.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 23


. . . > > a c e ss ó r ios de p int u ra < < ....................................................................................

Castor moderniza rolos de poliéster Ferramentas da linha passam a ser fabricadas com acabamento reto nas laterais, que facilita o trabalho do usuário A Castor modernizou a linha de Rolos de Pintura de Espuma Poliéster. A principal mudança nas peças é que agora elas passam a ser fabricadas com corte reto nas laterais – na versão anterior eram arredondadas e a espuma presa nas extremidades. Uma mudança no processo produtivo permitiu criar o acabamento reto, mantendo alta resistência e durabilidade da espuma. “O maior benefício ao usuário é que o rolo com corte reto possibilita que ele faça a pintura dos cantos sem a necessidade de recorrer a um pincel, ganhan­ do agilidade na execução dos trabalhos”, explica Cris­ tina Czarlinski, diretora de marketing da Castor, lem­ brando que a mudança atende a uma demanda anti­

24 • outubro_2011

ga dos usuários. Segundo a executiva, a qualidade da espuma, alia­ da ao novo processo produtivo, promove ainda alta re­ sistência à ação dos solventes e excelente fixação da espuma no tubo, aumentando a durabilidade e o tem­ po de vida útil do produto, que passa a ser produzi­ do com o corte reto em três medidas: de 5, 9 e 15cm. As demais características da linha foram manti­ das. Os rolos são produzidos com espuma poliéster de alta densidade; estrutura de aço trefilado e galva­ nizado, protegida contra ferrugem; e cabo anatômico de plástico. Durante a atividade de pintura, eles rolam com facilidade, possuem alta absorção e retenção de tinta e proporcionam ótimo acabamento. Os rolos de espuma poliéster da Castor possuem espuma cinza e os cabos são confeccionados na cor vermelha, para se diferenciar dos rolos de espuma po­ liéter – disponíveis com espuma na cor amarela e cabo azul. O poliéter é um poliuretano com baixo desenvol­ vimento de calor, possui alta resiliência e resistência à hidrólise elevada; e o poliéster possui alta resistên­ cia à abrasão, ao impacto, a óleos, graxas e solventes, além de resistência ao calor e ao oxigênio elevados. Trata-se de um cuidado importante, pois são pro­ dutos desenvolvidos com aplicações diferenciadas. En­ quanto os rolos de espuma poliéster da Castor podem

ser usados para aplicação de tintas PVA e acrílicas (à base d’ água), esmaltes sintéticos, óleos, vernizes e zarcão; os rolos de poliéter são indicados para tintas base d’água, sobretudo, as tintas látex.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 25


. . . > > p ar c e r i a < < . . . . . . . . . ..................................................................................................

Parceira da Montana inaugura loja na região oeste de São Paulo (SP) A loja Pio Tintas chega com a proposta de comercializar produtos que colaboram com a preservação do meio ambiente e traz vários diferenciais para o conforto de seus clientes Diante do compromisso em preservar o meio am­ biente e intensificar a qualidade de vida das pesso­ as, Gustavo Hoffmann e Fabiano Custel, que acumu­ lam cerca de oito anos de experiência no mercado de tintas, resolveram investir em um conceito de loja di­ ferente. Optaram em abrir o espaço em um local ar­ borizado, cujo nome e logomarca fazem referência ao nome da rua (Rua Pio XI, nº 143, bairro da Lapa) onde está localizada a revenda. “Nossa logomarca é uma árvore para que possamos demonstrar nossa preocu­ pação com a preservação do meio ambiente e a esco­ lha dos produtos que vendemos em nossa loja. O stain Osmocolor, preservativo de madeiras é um deles”, in­ forma Gustavo. A Pio Tintas está num prédio com aproximadamen­ te 290 m² divididos entre a loja, seu estoque e área onde ocorrerão cursos para profissionais. “As aulas serão ministradas por técnicos das fábricas de tin­ tas que irão discutir e apresentar dicas de aplicação e os detalhes dos acabamentos para que o público aperfeiçoe seus conhecimentos”, explica Hoffmann. Além disso, Gustavo destaca outros diferenciais. “Quem

26 • outubro_2011

fizer sua visita e estiver com crianças, pode deixá-los no “Espaço Baby” enquanto escolhem os produtos de sua preferência. O atendimento também será um di­ ferencial já que temos vendedores qualificados e ex­ perientes para orientar os consumidores com os me­ lhores produtos de acordo com suas obras”. A Montana está com um grande painel na loja para ajudar os clientes na hora de optarem pelo acabamento que melhor atende seu projeto. “Será um importante aliado nas vendas, pois o consumidor poderá visualizar o aspecto e aparência de como ficará sua madeira. Te­ mos ainda um jardim de inverno com um deck disponi­ bilizado pela Montana com acabamento do Osmocolor Stain Castanho UV Deck”, conta Gustavo. O proprietário fala também sobre a parceria com a Montana e sua importância: “trata-se de uma mar­ ca de liderança no mercado com um mix completo de produtos específicos para cada tipo de madeira, além de produtos de alta qualidade e durabilidade. Gosta­ ríamos de destacar nossa satisfação com a colabora­ ção de todos os envolvidos da Montana nessa parceria, que certamente será de sucesso”, conclui.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 27


. . . > > p at r oc ín io < < . . . . . . .................................................................................................

Coral patrocina Casa Bombril A Coral, empresa do Grupo Akzo­ Nobel, acaba de anunciar uma parce­ ria com a Bombril para seu mais novo projeto social – a Casa Bombril. Com sede na capital paulista, o projeto tem como objetivo contribuir para a capaci­ tação profissional e o desenvolvimento de assistentes do lar, por meio de cur­ sos e debates gratuitos. Em linha com esses objetivos, a Co­ ral assina as pinturas externas e inter­ nas do imóvel de três andares, além de promover cursos com temas relevantes para o público-foco. “Participar de um projeto de tamanha relevância como a Casa Bombril é motivo de grande sa­ tisfação e está em linha com os valo­ res da AkzoNobel. Valorizar o capital humano e as relações interpessoais é como investir hoje para se conquis­ tar uma sociedade sustentável ama­ nhã. É nisso que acreditamos e é des­ sa forma que esperamos, tendo como base nossas cores, inspirar e colabo­ rar para transformar a vida das pesso­ as que passarem pela Casa Bombril”,

28 • outubro_2011

Foto: Ney Fernandes

Projeto contribui para a capacitação profissional

Da esq. p/ direita: Carlos Moreno (eterno garoto propaganda da Bombril), Marcelo Abreu (gerente de marketing institucional da AkzoNobel tintas decorativas para o Brasil); Daniela Mercury (cantora) e Ricardo Sampaio (gerente de marketing institucional da Bombril)

“Participar de um projeto de tamanha relevância como a Casa Bombril é motivo de grande satisfação e está em linha com os valores da AkzoNobel” Benito Berretta, diretor de marketing da AkzoNobel Tintas Decorativas para América Latina

exalta Benito Berretta, diretor de ma­ rketing da AkzoNobel Tintas Decorati­ vas para a América Latina. A nova Casa tem seus ambientes co­ loridos com cerca de 1700 litros de tin­ tas por 11 tons do universo de mais de 2016 cores da marca Coral. Pimenta rosa, amarelo arco-íris e batom foram algumas das tonalidades selecionadas. E para auxiliar na escolha dessas co­ res, os especialistas da empresa lança­ ram mão de alguns recursos tecnoló­ gicos desenvolvidos pela própria Coral, como o “Simulador de Ambientes” e o Coral Studio - novo aplicativo para ipho­ ne, iPod e iPad. Em relação aos cursos, será no mó­ dulo Pratice que as participantes re­ ceberão dicas e truques para a lim­ peza das mais diferentes superfícies, como paredes, madeiras, acabamen­ tos especiais, entre outros. Os interes­ sados podem fazer a inscrição pelo site da Bombril (www.bombril.com.br). Os cursos, gratuitos, contam com a parce­ ria do SENAC.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 29


. . . > > A utom ot ivo < < . . . . . .................................................................................................

Maxi Rubber r ealiza o 1º Workshop Meguiar’s Brasil O evento impulsionou a troca de informações sobre os produtos da marca que são distribuídos pela Maxi Rubber no mercado brasileiro A Maxi Rubber em parceria com a Revista Rod&Custom e Senai Ipiranga, realizaram no dia 27 de agosto o 1º WorkShop Meguiar’s Brasil na linha Profissional Mirror Glaze. A Maxi Rubber é distribui­ dora oficial da marca norte-americana Meguiar’s na li­ nha Profissional Mirror Glaze e comercializa mais de 50 itens em todo o Brasil. No Workshop foram exibi­ dos os produtos da linha e as mais recentes tecnolo­ gias em polimento, proteção e manutenção, ressaltan­ do os diferencias de aplicação e a qualidade. Este 1º Workshop Meguiar’s Brasil linha Mirror Gla­ ze teve como principal desafio aproximar a marca dos profissionais, buscando novas ideias e oportunidades. O evento contou com a presença de profissionais de re­ pintura automotiva e polimento, e os produtos foram apresentados pelos consultores técnicos Meguiar’s, Alexandre Figueiredo e Andrew Scruton. Algumas soluções da Linha Profissional Morror Glaze ganharam destaque durante o Workshop: - M85 Corte de Diamante 2.0: polidor conhecido pelos profissionais pelo seu corte rápido, aliado a tec­ nologia de alto brilho. - M105 Composto Ultra Cut: um composto poli­ dor à base de água com tecnologia Super Micro Abra­

30 • outubro_2011

superfície. - M83 – Dupla Ação: exerce a função de polidor e lustrador. Proporciona brilho intenso ao veículo. - M80 Brilho Rápido: lustrador que proporciona bri­ lho rápido e de fácil aplicação. - M82 Lustrador: lustrador de rápida aplicação e fácil remoção.

sivo (TSMA). - M205 Ultra Finishing Polish: lustrador à base de água. Indicado para a remoção rápida e permanente de hologramas e defeitos de todos os tipos de pintu­ ras. Sua fórmula exclusiva, de acordo com a Meguiar’s, deixa o acabamento do veículo impecável. - M34 inspeção Final: utilizado para limpeza da superfície após o polimento, sendo ideal para acaba­ mento final. - M84 Composto Polidor Forte: remove riscos da

Entre as ceras, destacam-se: - G18216 Cera Ultimate Paste Wax: avançada tec­ nologia em cera sintética. Para a máxima proteção e durabilidade da cor. Pode ser aplicada sob a luz do sol com a superfície aquecida. - Cera NXT Generation 2.0: proporciona avançada proteção e brilho intenso. Elimina marcas de riscos superficiais, deixando o aspecto de brilho molhado. - M21 Selante Sintético 2.0: tecnologia de políme­ ros sintéticos que proporciona maior proteção e dura­ bilidade do acabamento. - M26 Cera de Carnaúba Hi-Tech Yellow Wax: for­ mulada com a cera de carnaúba brasileira, proporcio­ na maior proteção e brilho. - M66 Super Cera: com poder de limpeza, restau­ ra o brilho e proporciona uma proteção duradoura do acabamento.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 31


. . . > > l a n ça m en to < < . . . . .................................................................................................

Montana lança acabamento PU monocomponente O novo verniz poliuretânico monocomponente é base água e promete atender as necessidades das marcenarias, mesmo as que não têm cabine

A Montana decidiu facilitar o trabalho dos marceneiros com o desenvolvimento do novo Verniz Poliuretânico (PU) Base Água Mono­ componente – Série HEC. Comercializado em baldes plásticos de 3,6 litros, a nova solução em verniz promete atender as necessidades das marcenarias, mesmo as que não têm ca­ bine, pois pode ser aplicado com pistola, rolo ou boneca. Bastam duas demãos e não há ne­ cessidade do uso de seladora. A fabricante garante que o produto confe­ re qualidade, do fundo ao acabamento, além de alta resistência e facilidade na aplicação. É apresentado em versões com brilho 10 e 20, com toque acetinado, e segundo o químico da Montana, Vilnei Schreiber, é um verniz que traz vantagens adicionais por ser base água: “o acabamento tem baixo odor e baixo índice de compostos orgânicos voláteis, conhecidos pela sigla VOC, o que possibilita retoques em ambientes internos”, destaca.

32 • outubro_2011

Conforme informa Schreiber, o novo ver­ niz não sofre variações em função das dife­ rentes condições climáticas. “O produto não apresenta manchas esbranquiçadas quando aplicado em ambiente com umidade relativa do ar elevada, como ocorre com os produtos a base de nitrocelulose”, explica. O químico da Montana também salienta que é um verniz com boa resistência a ris­ cos e a produtos de limpeza, tem alta trans­ parência, secagem rápida, ótimo alastra­ mento e suavidade ao toque. “O acabamento atende muito bem as exigências das indús­ trias moveleiras e da alta decoração, e man­ tém as características naturais da madeira”, acrescenta. A novidade é indicada para apli­ cações sobre painéis revestidos com lâminas de madeira ou em madeira maciça, de su­ perfície plana ou usinada, para uso em mó­ veis de cozinha ou escritório, divisórias, ar­ mários, entre outros.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 33


. . . > > p r oj e to < < . . . . . . . . . . . .................................................................................................

Coral apóia projeto de reciclagem de embalagem em parceria com a C&C Como parte do projeto Participe Recicle, pintores e consumidores em geral poderão doar latas de tintas vazias no posto de recolhimento da loja C&C Marginal Tietê, contribuindo com a sustentabilidade A iniciativa com foco na reciclagem das embalagens de tintas resultou num projeto entre a Coral, marca de tintas decorativas da AkzoNobel, e a C&C Casa & Constru­ ção, rede varejista de materiais de constru­ ção. A ideia é incentivar os consumidores a devolverem as latas usadas para posterior reciclagem. Inicialmente, o posto de reco­ lhimento estará concentrado na loja Nova Tietê, localizada na Marginal Tietê, na ca­ pital paulista. Posteriormente, outras uni­ dades da C&C participarão desse progra­ ma de reciclagem. “É uma honra apoiar este projeto base­ ado nessa parceria com a C&C. Temos a missão de levar cores para a vida das pes­ soas de maneira sustentável. A cor tem pa­ pel fundamental nos ambientes e até no humor das pessoas e sob esse olhar de cuidar da qualidade de vida, cada um de nós deve trabalhar com atitudes sus­ tentáveis. Não queremos só fazer produtos com menos toxicidade, mas também ter parcerias como essa que é a confirmação de que a sustentabilidade é a susten­ tação de nossos pilares estratégicos”, diz Elaine Poço, diretora de R&D e Sustentabilidade da AkzoNobel Tin­

34 • outubro_2011

tas Decorativas para a América Latina. A C&C Casa e Construção, com o apoio da Coral, já está disponibilizando pessoas treinadas e um es­ paço próprio para o recebimento e descarte das em­ balagens. Para o descarte, é necessário que as latas sejam de tintas imobiliárias e estejam vazias (não ne­ cessariamente sem resíduos), limitando-se a 30 latas por cliente. As entregas para coleta podem ser feitas

se custo algum de segunda a sábado, das 8h às 23h, e no domingo das 9h às 20h. “A missão da C&C é transformar o so­ nho de morar e viver bem em um ambien­ te e numa atmosfera saudável. E isso vem ao nosso encontro. Somos o primeiro home center sustentável no Brasil e temos man­ tido nossa missão. Queremos motivar os clientes a colaborar com este projeto que é um marco, pois é inédito em nosso mer­ cado”, declara Jorge Gonçalves Filho, dire­ tor geral da C&C. A campanha será permanente e o reco­ lhimento será efetuado pela Gerdau até o seu Centro de Reciclagem de embalagens metálicas. Segundo Mauro Florio, diretor de marketing da C&C, o objetivo da campa­ nha é evitar que as embalagens de tinta utilizadas se acumulem em depósitos de lixo e aterros já sobrecar­ regados, além de estimular práticas ecologicamente corretas. “Estamos nos antecipando a Política Nacio­ nal de Resíduos Sólidos. E o projeto ganha ainda mais valor sendo compartilhado com a Coral e com os con­ sumidores, onde todos acabam se sentindo bem ten­ do uma atitude tão positiva”, diz.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 35


. . . > > n ovi da de < < . . . . . . . . . .................................................................................................

Sherwin-Williams Divisão Automotiva apresenta o Verniz Fosco Seguindo tendências internacionais, a empresa traz para o mercado brasileiro o produto que gera o efeito fosco na customização do veículo

A Sherwin-Williams Divisão Automo­ tiva disponibiliza em sua linha de produ­ tos o Verniz Fosco, voltado à customiza­ ção de veículos. De acordo com Vanes­ sa Rossi, do departamento de marketing da empresa, o produto foi desenvolvido para conferir um efeito fosco extrema­ mente diferenciado dos carros com pin­ tura comum. Ela explica que sendo uma tendência vinda dos Estados Unidos e da Europa, a pintura fosca está atraindo cada vez mais adeptos no Brasil, fato que incen­ tivou a Sherwin-Williams Divisão Auto­ motiva a trazer mais esta opção ao mer­ cado nacional. Fácil de aplicar, o Verniz Fosco da

36 • outubro_2011

marca permite a personalização de qualquer carro, independentemente da cor que ele seja, inclusive metálicas, um grande diferencial de outros méto­ dos utilizados para o fosqueamento de automóveis. Apesar da pintura com Verniz Fosco e do envelopamento apresentarem vi­ sualmente o mesmo efeito, a fabrican­ te afirma que o novo produto tem maior durabilidade. Além disso, o verniz promete a mes­ ma proteção dos outros vernizes, per­ mite reparo no caso do aparecimento de um risco e não apresenta manchas que aparecem no adesivo, devido à ex­ posição ao sol.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 37


. . . > > r e ven da < < . . . . . . . . . . ..................................................................................................

Só Tintas abre sua oitava filial A rede inaugura loja em Itaipava (RJ) e tem projetos de expandir para a capital fluminense

O Grupo Só Tintas que atende toda a região serra­ na e baixada fluminense do estado do Rio de Janeiro inaugurou sua oitava loja que fica em Itaipava (RJ), na rua Estrada União Indústria nº 11035 A. Esta filial pos­ sui 300 m2, tem dois andares com um pé direito duplo e é bem iluminada. Segundo Frederico Borba, diretor administrativo/financeiro da rede Só Tintas, trata-se de uma loja conceito.

38 • outubro_2011

“Ela tem um padrão premium, acompanhando o perfil da própria região. Na linha decorativa trabalha­ mos com as marcas Coral e Suvinil, e os produtos que tem tido a maior procura são o Coral Decora Acetina­ do e o Suvinil Antibactéria”, comenta Borba. A revenda também comercializa produtos dos segmentos automotivos e industrial. Na linha au­ tomotiva trabalha com a Sherwin-Williams Divisão Automotiva - Lazzuril e tem todo o portfólio da mar­ ca Norton, desde as lixas até os kits de polimento e cristalização. Com estacionamento para oito carros, a nova loja conta com os sistemas tintométricos decorativos Co­ ral e Suvinil e na linha automotiva o da Lazzuril e ofe­ rece cursos tanto na linha decorativa, quanto na au­ tomotiva. Os cursos proferidos são voltados para pro­ fissionais, assim como para quem não é profissional, mas quer saber como aplicar uma textura ou um efei­ to diferente na parede. Ainda este ano, a rede Só Tintas irá inaugurar mais três filiais, totalizando 11 lojas no estado do Rio de Janeiro. “Desde 2008, estamos em expansão. Te­ mos o Projeto Plano de Aceleração Só Tintas (PAS) que tem como objetivo nos levar a liderança do vare­ jo de tintas do estado do Rio até dezembro de 2015!

No PAS trabalhamos focados na abertura de novas lo­ jas e treinamento dos nossos colaboradores. Os trei­ namentos são ministrados por uma consultoria e vai desde a parte administrativa até a gerencial de loja. Estamos caminhando em direção ao mercado da ci­ dade do Rio de Janeiro, onde temos expectativas de fincar a primeira bandeira da Só Tintas até meados de 2012”, explica Borba.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 39


. . . > > i novação < < . . . . . . . . . ..................................................................................................

Cerviflan apresenta inovações em embalagens metálicas para tintas imobiliárias Empresa investe na inclusão do necking na lata de 1/16 e na redução da solda na de 18 litros Estudos indicam que 70% das decisões de compra ocorrem no ponto de venda, o que torna a embalagem um componente estratégico. Atenta a esse cenário e às necessidades de seus clientes, a Cerviflan, com um dos parques industriais mais modernos da América Latina, realizou recente­ mente duas inovações em latas metálicas para tin­ tas imobiliárias: a inclusão do necking na embalagem de 1/16, e a redução da solda na de 18 litros. “Investi­

Diferença de soldas: antes (lata da esquerda) e depois (lata da direita)

Embalagens com necking nas latinhas de 1/16

40 • outubro_2011

mos em nosso parque fabril de forma contínua, o que permite que a Cerviflan saia na frente no desenvolvi­ mento de melhorias para atender a diferentes públi­ cos”, afirma o diretor-presidente da empresa, Vicen­ te Lozargo Filho. No caso da colocação do necking nas latinhas de 1/16, a iniciativa, segundo o executivo, ajuda tanto os fabricantes de tintas, como lojistas e consumidores fi­ nais. Pesquisas informais realizadas pela Cerviflan nos pontos de venda identificaram que esse tipo de emba­ lagem é a que mais sofre danos e quedas por proble­

mas de empilhamento. Com a presença do novo item – um suporte colocado na parte inferior da lata –, o ar­ mazenamento torna-se mais fácil não só na loja, mas na casa do consumidor. Outra vantagem citada pelo di­ retor-presidente é a diminuição do desperdício. “A Cerviflan foi a primeira empresa do mercado a produzir embalagens com necking. E com esse novo produto no portfólio, a empresa completa sua linha de latas de tintas com necking”, comenta Lozargo Filho. Assim como na embalagem de 1/16 com necking, a fabricante garante que foi pioneira na redução do espaço de solda na lata de 18 litros. “Essa inovação favorece, principalmente, os apelos de marketing para melhor e maior exposição do rótulo do produ­ to sem a interferência da solda”, diz o diretor-presi­ dente, após esclarecer que o local da soldagem não permite decoração. Segundo ele, essa empreitada é mais um exemplo do compromisso da Cerviflan de trazer ao mercado o que há de mais moderno no segmento. “Vale lembrar que fomos nós que lançamos, em 1982, a solda elé­ trica das latas, possibilitando maior segurança e re­ sistência das embalagens, além do fator sustentabi­ lidade, uma vez que se substituiu a solda por estanho e chumbo”, finaliza.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 41


. . . > > r e p in t u r a < < . . . . . . . .................................................................................................

Sitivesp atualiza manual de repintura automotiva O objetivo é estimular os profissionais da área de repintura automotiva a buscarem constante atualização e aperfeiçoamento em suas atividades O Manual de Repintura Automotiva, produzi­ do pela Comissão de Repintura e Complemen­ tos Automotivos do Sitivesp (Sindicato da Indús­ tria de Tintas e Vernizes do Estado de São Pau­ lo), acaba de ser atualizado. O evento de lança­ mento da nova versão aconteceu dia 20 de julho, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), onde também foram realizadas as palestras “Linha do Tempo na Repintura Auto­ motiva” e “Produtividade na Oficina”. O objetivo do novo Manual de Repintura Au­ tomotiva é levar ao aplicador de tintas informa­ ções valiosas sobre o uso adequado dos produ­ tos e estimular os profissionais da área de re­ pintura automotiva a buscarem atualização e aperfeiçoamento nos procedimentos técnicos da pintura. A última versão do manual, lançado em 1994, foi feita em 2002. Contudo, com o cons­ tante desenvolvimento de novas matérias-pri­ mas, tecnologias e processos, foi necessário fa­ zer o trabalho de atualização. O resultado é um novo layout de capa e das páginas internas. Al­ guns itens foram mais detalhados e a apresen­ tação dos processos de aplicação das tintas foi renovada, através de ilustrações e da impres­ são feita em quatro cores, que visa facilitar o entendimento do leitor. Entre os tópicos abordados no manual estão: Segurança no local do trabalho – com informações so­ bre EPIs, descarte de embalagens, limpeza; Processos de repintura/substratos – em metais, plásticos, fibras

pamentos; Polimentos; entre outros. Inicialmente, o manual está disponível so­ mente na versão impressa e pode ser solicita­ do ao Sitivesp e às empresas apoiadoras e par­ ticipantes da Comissão de Repintura e Comple­ mentos Automotivos.

de vidro e de carbono; Tipos de Tintas - esmaltes sin­ téticos, nitrocelulose, base poliéster, poliuretano, base água poliéster e base água poliuretano; além de Equi­

Aperfeiçoamento constante A atualização do manual, assim como as pa­ lestras organizadas para este evento “Linha do Tempo na Repintura Automotiva” e “Produtivida­ de na Oficina”, visam enriquecer o conhecimento dos profissionais da área. “A ideia é promover o aperfeiçoamento, diminuição de erros e retraba­ lho e, por consequência, maior sucesso nas ati­ vidades de repintura”, destaca Silas Molero, co­ ordenador da Comissão de Repintura e Comple­ mentos Automotivos do Sitivesp. Para contribuir com o desenvolvimento do mercado de repintura automotiva e a qualificação dos profissionais, a comissão do Sitivesp também trabalha na promoção de eventos voltados aos profissionais do setor e desenvolve outras publi­ cações, como as cartilhas “Tintas à base de água e baixo VOC”, “Acerto de Cores”, Técnicas de Po­ limento”, “Reparo de Peças Plásticas” e “Orça­ mentação”, ferramentas que complementam o Manual de Repintura Automotiva e são bastante utilizadas em cursos e treinamentos realizados pelas lojas e oficinas. A atualização do manual, assim como o estudo de novos temas de cartilhas, são me­ tas permanentes da comissão.

Encontro de repintura automotiva atrai mais de 400 participantes O VIII Encontro de Re­ pintura e Complementos Automotivos, realizado em São Paulo, no dia 20 de agosto, reuniu mais de 400 profissionais da área de funilaria e pintu­ ra automotiva, ratificando o sucesso deste evento e o interesse do setor por ações que visam promo­ ver a atualização e o apri­ moramento dessas ativi­ dades. Promovido pelo Sitivesp (Sindicato da Indústria de Tintas e Vernizes do Estado de São Paulo), com o apoio da Escola SENAI Conde José Vicente de Azevedo e in­ dústrias do segmento automotivo, o encontro contou com ampla programação de palestras, nos quais es­ pecialistas da área abordaram os seguintes temas: Li­ nha do tempo na repintura automotiva; Acerto de co­ res; Reparos rápidos e técnicas de alongamento; Po­ 42 • outubro_2011

limento à base d´água; e Pinturas especiais. Os participantes do evento puderam ainda conhecer as dependências da Escola SENAI Conde José Vicente de Azevedo - localizada no Ipiranga, na capital paulista - e especializada no segmento automotivo. “Além da integração e da troca de experiências entre os partici­ pantes, o encontro proporciona a reciclagem e atua­ lização dos conhecimentos dos profissionais, que de­

monstraram grande interesse em conhecer as tendências, novas tec­ nologias, técnicas e produtos dis­ poníveis no mercado”, destaca Si­ las Molero, coordenador da Comis­ são de Repintura e Complementos Automotivos do Sitivesp. O Sindica­ to aproveitou o evento para distribuir aos participantes o Manual de Re­ pintura Automotiva, produzido pela Comissão de Repintura e Comple­ mentos Automotivos do Sitivesp e que foi atualizado recentemente. Para contribuir com o desenvol­ vimento do mercado de repintura automotiva e a quali­ ficação dos profissionais, o Sitivesp também desenvolve outras publicações, como as cartilhas “Tintas à base de água e baixo VOC”, “Acerto de Cores”, Técnicas de Poli­ mento”, “Reparo de Peças Plásticas” e “Orçamentação”, trabalhos que complementam o Manual de Repintura Automotiva e são bastante utilizadas em cursos e trei­ namentos realizados pelas lojas e oficinas. www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 43


. . . > > E mpr e s a < < . . . . . . . . . . .................................................................................................

Tintas Maxi-Cril desenvolve produtos que prometem facilitar o processo de pintura Itens buscam transformar os ambientes com qualidade e conforto para o consumidor

Paulo Kharlakian, diretor da Tintas Maxi-Cril: busca pela satisfação dos consumidores

A Tintas Maxi-Cril, empresa locali­ zada em Guarulhos (SP), está presen­ te no mercado imobiliário há 13 anos. A família Kharlakian, fundadora da em­ presa, trabalhou durante anos na fabri­ cação de pigmentação para a indústria têxtil e na década de 90 aplicou no setor de tintas todo o conhecimento e o domí­ nio da tecnologia das cores, ingressando de vez no segmento imobiliário. “Traba­ lhamos em constante inovação e temos como missão buscar a satisfação total dos consumidores, com produtos e ser­ viços de excelência”, afirma o diretor da empresa, Paulo Kharlakian. Compõem o portfólio da Maxi-Cril aproximadamente 136 produtos e 260 itens, que atendem as diversas necessi­ dades dos clientes, como por exemplo,

uma linha completa de complementos e texturas para tratamento e acabamen­ to de superfícies. Além disso, a empre­ sa oferece diversas opções em tintas nas linhas Premium, Standard e Econômica, todas atendendo às especificações das normas da ABNT (Associação Brasilei­ ra de Normas Técnicas). No momento, a grande aposta da Maxi-Cril é a tinta Maxi-Cril Uma De­ mão. Dentro do conceito de fácil aplica­ ção, o ambiente desejado ganha cores e é renovado com comodidade. De acordo com Kharlakian, devido a sua tecnolo­ gia, a tinta pode ser aplicada tanto nas paredes internas quanto externas, ten­ do uma excelente resistência às intem­ péries e alastramento. Em uma só de­ mão promete oferecer ótimo acabamen­

to e cobertura, inclusive em superfícies previamente pintadas com cores inten­ sas como preto, azul profundo ou roxo. Além disso, é um produto baseado no conceito europeu: o de oferecer pratici­ dade aos consumidores. De acordo com o diretor, a Maxi-Cril é a primeira empre­ sa no mercado brasileiro de tintas imo­ biliárias a lançar um produto com esse conceito de finíssimo acabamento com apenas uma demão. “Outro diferencial é que ela apresenta uma economia de custo de até 32% em comparação a tinta convencional e reduz o tempo de pintura em 50%, já que exige uma demão ape­ nas”, complementa Kharlakian. Com 12 opções de cores, a Tinta Ma­ xi-Cril Uma Demão dilui e homogeneí­ za na própria embalagem - chamada de inteligente e com capacidade para 7,2 li­ tros, onde a tampa serve como bandeja e a lata como caçamba (no caso de uso de escada), ajudando no processo da pintu­ ra. O produto também pode ser encon­ trado em latas metálicas de 16,2 litros. Embalagens diferenciadas A Maxi-Cril recentemente inovou e modernizou a identidade visual de suas tintas nas categorias Premium e Stan­ dard. As novas embalagens garantem uma apresentação mais comunicativa, com cenas cotidianas que humanizam os produtos, tornando-os mais próximos dos clientes. Elas ainda trazem no design a personalidade da marca. “O material explora não só os atributos e benefícios

44 • outubro_2011

de cada produto, mas também retrata a credibilidade, seriedade e compromisso da marca”, explica o diretor. Para ajudar na hora da compra, os rótulos têm bula em português que orientam, de forma didática e educati­ va, como o profissional deve preparar a superfície que vai receber a tinta e ob­ ter um resultado satisfatório. Treinamento Para os consumidores mais exigen­ tes, a mudança do ambiente desejado está relacionada à confiança deposita­ da na marca, as vantagens oferecidas por ela e a qualidade do serviço. Pen­ sando nisso, a empresa vem apostando em um conceito inovador de treinamen­ to para aproximar as lojas dos clientes. A partir de parcerias com revende­ dores credenciados, a fabricante oferece aos franqueados um treinamento para os promotores, para que agreguem va­ lor à compra, tanto do varejista quanto do consumidor final. Com isso, a equipe da loja fica preparada para encontrar so­ luções adequadas às necessidades dos clientes. E para valorizar esse trabalho, as próprias lojas que recebem os trei­ namentos também oferecem o serviço de pintura, entregando o local no prazo estabelecido e em perfeitas condições. De acordo com Kharlakian, essa é uma maneira de impulsionar as vendas e fa­ zer com que as duas marcas (loja fran­ queada e a indústria de tintas) ganhem maior credibilidade. www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 45


. . . > > c e l eb r aç ão < < . . . . ..................................................................................................

Hydronorth celebra 30 anos A empresa, que nasceu como fabricante de produtos para limpeza, conquistou posição de grande destaque no segmento de resinas impermeabilizantes e trabalha com a ideia de que é possível construir um mundo sustentável através da pintura truções verdes ao redor do mundo – a Hydronorth tornou-se uma empresa bra­ sileira dedicada ao desenvolvimento de um pacote de soluções em pinturas que contribuem diretamente com a perfor­ mance de uma obra sustentável. Parte deste trabalho foi a recente criação da linha Ecopintura – que compreende tin­ ta acrílica, massa, revestimento Graf­ fiatto®, esmalte base água, verniz base água e revestimento impermeabilizante para telhado - cujo desenvolvimento se baseou no conceito dos três “R”s: reu­ tilizar, reciclar e reduzir. Por isso, den­ tre os benefícios ambientais, as emba­ lagens dos produtos de Ecopintura são recicláveis e os produtos possibilitam a redução de COV ou VOC (Compostos Or­ gânicos Voláteis). “Inovação está no DNA da empresa e os valores transmitidos pelo meu pai é a base do nosso sucesso. Quando pen­ samos em sustentabilidade, pensamos em oferecer soluções que de fato sejam relevantes ao mercado. Através de nos­ sos produtos cuidamos das pessoas e do meio ambiente sem renunciar à evolução A Hydronorth comemora 30 anos de atuação em 2011. A empresa, 100% na­ cional, tem grande destaque e é pionei­ ra no mercado de resinas impermeabili­ zantes, sendo detentora de marcas bem conhecidas como o Graffiatto®. “A Hydro­ north é mais que uma empresa, é um so­ nho realizado. No início éramos uma fá­ brica de produtos de limpeza e hoje so­ mos líder na área de resinas imperme­ abilizantes. Crescemos com foco em va­ lores como espiritualidade, simplicida­ de, valorização das pessoas e no pra­

zer em trabalhar”, diz Amado Góis, fun­ dador da empresa e atual presidente do conselho administrativo, acrescentan­ do a frase do poeta português, Fernan­ do Pessoa: “o homem sonha, Deus quer e a obra nasce”. O parque fabril da Hydronorth está situado a 13 km de Londrina (PR), onde são produzidos os impermeabilizantes, tintas, texturas e vernizes. Possui esta­ ção de tratamento de resíduos em sua planta de Cambé (PR) e dois Centros de Distribuição instalados em Recife (PE)

“A Hydronorth é mais que uma empresa, é um sonho realizado. No início éramos uma fábrica de produtos de limpeza e hoje somos líder na área de resinas impermeabilizantes. Crescemos com foco em valores como espiritualidade, simplicidade, valorização das pessoas e no prazer em trabalhar” Amado Góis, fundador da empresa e atual presidente do conselho administrativo

e no Rio de Janeiro (RJ) para atender as regiões Norte e Nordeste e os estados fluminenses e Espírito Santo. Ao longo de sua trajetória, a compa­ nhia consolidou um forte compromisso com a sustentabilidade e passou a in­ corporar aos seus projetos tecnologias sustentáveis que, ao mesmo tempo em que buscam a preservação do meio am­ biente, trazem também bem-estar para as pessoas. “A Hydronorth é uma em­ presa inovadora e hoje estamos inovan­ do com o conceito da sustentabilidade”, comenta Góis. Desde 2010, como membro do GBC Brasil (Green Building Council) – ONG em prol do desenvolvimento de cons­ 46 • outubro_2011

tecnológica e aos benefícios de embe­ lezamento e proteção das superfícies, o que nos alegra muito”, declara Matheus Góis, diretor executivo da Hydronorth. A companhia também trabalha no sentido de ajudar na regulamentação do setor, incrementando projetos que visam tanto à padronização de qualidade das tintas como a qualificação profissional de pintores e resineiros. O projeto inde­ pendente Sou Resineiro Hydronorth ha­ bilita pintores e mão de obra especiali­ zada em telhados e impermeabilização a executarem um serviço diferenciado e com critério técnico. A fabricante tam­ bém é credenciada pelo programa Coa­ ting Care. www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro â&#x20AC;˘ 47


. . . > > p ass o a pa ss o < < . .................................................................................................

Eucatex ensina a impermeabilizar paredes com praticidade e rapidez Combater umidade e infiltração em espaços internos e externos é procedimento obrigatório para garantir a qualidade dos ambientes. Para realizar este trabalho, a Eucatex oferece o Eucatex Impermeabilizante Parede 5 em 1. Capaz de solucionar cinco problemas de uma só vez, segundo a fabricante é um produto que sela, impermeabiliza, elimina microfissuras, pinta e combate microorganismos como bolor, fun­ gos e algas. É indicado para superfícies externas de reboco, blocos e calhas de concreto, telhas de fibrocimento e cerâmica, massa acrílica e blocos cerâmicos não vitrificados e oferece acabamento emborrachado com elasticidade permanente, que resulta em ótima aderência, e é de fácil aplicação. Além disso, a empresa garante que o Eucatex Impermeabilizante Parede 5 em 1 proporciona proteção contra batida de chuva, tem excelente resistência às intempéries e proteção contra os raios UV, maresia e variações térmicas. Outro destaque são as possibilidades de cores. Além do Branco, Gelo, Palha, Tangerina e Verde Lima, disponíveis na cartela, o produto conta ainda com mais de 500 tonalidades no E-Colors, sis­ tema tintométrico da Eucatex. Está disponível em lata de 18 kg e galão de 3,6 kg. Para demonstrar a aplicação, a Eucatex elaborou um passo a passo especial. Confira!

01

04

05

01. Prepare o material necessário: Bandeja Rolo de lã pelo alto Trincha Eucatex Impermeabilizante Parede 5 em 1 02. No caso de primeira pintura, prepare a parede: o reboco deve estar curado em 28 dias; a parede deve estar limpa, sem mofo e seca para depois receber apli­ cação do Eucatex Impermeabilizante Parede 5 em 1. 02

03. Dilua o Eucatex Impermeabilizante Parede 5 em 1 em 10% de água limpa (o procedimento deve ser re­ petido em todas as demãos).

06

04. Com auxílio do rolo ou da trincha, aplique o pro­ duto na superfície e aguarde quatro horas entre demãos. 05. Após a secagem, de no mínimo 4 horas, apli­ que a segunda demão. 06. Para finalizar, obedecendo ao mesmo procedi­ mento, aplique a terceira demão.

03

48 • outubro_2011

07. A secagem final acontece após 12 horas. De­ pois desse período a parede já está impermeabiliza­ da e protegida.

07

www.jornaldopintor.com.br


. . . > > a c ess ó r ios < < . . . . . . .................................................................................................

Norton lança Luvas de Proteção certificadas Empresa amplia linha de EPIs com novas luvas que contribuem com a segurança do trabalhador Reconhecida mundialmente por suas ferramentas abrasivas, a Norton, marca da Saint-Gobain, está amplian­ do a linha de acessórios para aten­ der a demanda por produtos com a sua marca. Luvas de Proteção contra agentes perfurantes e cortantes são o mais novo lançamento em Equipa­ mentos de Proteção Individual (EPI). Ideais para a proteção das mãos em atividades realizadas nas indústrias em geral e em segmentos como o au­ tomotivo, metalúrgico, construção ci­ vil e também para trabalhos domésti­ cos, as novas luvas chegam ao mer­ cado para contribuir com a seguran­ ça do trabalhador, uma das questões

mais sérias envolvendo a vida dos pro­ fissionais brasileiros. Ergonômicas e com alta flexibili­ dade, as luvas de proteção Norton es­ tão disponíveis nas versões: branca, mesclada e pigmentada. Elas contam com Certificação de Aprovação (CA 8293 para as brancas e mescladas e CA 10464 para as pigmentadas), sen­ do resistentes ao corte por lâmina ní­ vel 1 e perfuração por punção nível 1. O destaque da linha são as pigmen­ tadas, que além de não ter costura têm palma aderente, acabamento em over­ lock e punho elástico. Os três mode­ los são confeccionados em quatro fios de algodão.

Canal Norton Abrasivos já está no ar no YouTube Está no ar o Canal Norton Abrasivos, espaço que a Norton criou para apresentar ao mercado, clientes e usuários de seus produtos e serviços, além das no­ vidades, vídeos de aplicação de produtos e de segu­ rança no uso de abrasivos. Com mais esta ação, a Norton amplia a oferta de serviços destinados aos profissionais que utilizam suas lixas, rebolos, discos de corte e desbaste, dis­ cos diamantados, superabrasivos e acessórios e que já contavam com treinamentos ministrados em Centros de Excelência instalados em suas fábricas ou através de unidades móveis (Vans Automotivas e para Cons­

G U I A

www.jornaldopintor.com.br

DE

P RODUTO S

&

trução), que percorrem todo país. Uma das características dos produtos Norton é que eles estão presentes em praticamente todas as etapas das cadeias produtivas dos mais variados segmentos da economia. São utilizados, por exemplo, nas ofici­ nas de reparação automotiva e em indústrias como as de bens de capital, siderúrgicas, automobilísticas, moveleiras e de couro e calçados. Uma parte signi­ ficativa do negócio está ligada ao setor da constru­ ção civil. O Canal Norton Abrasivos pode ser acessa­ do através do YouTube, no endereço: http://www.youtube.com/user/NortonAbrasivos

S ER V I Ç O S

2011_outubro • 49


G U I A

50 • outubro_2011

DE

P RODUTO S

&

S ER V I Ç O S

www.jornaldopintor.com.br


ONDE COMPRAR BEM artur alvin

centro

santana

vila formosa

“EMPRESA FUNDADA EM 1938”

Tintas Residenciais, Automotivas e Industriais Artigos para Pinturas em geral Matriz: Av. Rio Branco, 738 - Tels.: 3221-4186 / 3221-1609 Loja 2: R. Monteiro de Melo, 373/377 - Tel.: 3865-5802 Loja 3: R. Alvarenga, 1179 - Tels.: 3032-1702 / 3813-8346 Loja 4: R. Clélia, 1789 - Tels.: 3673-0433 / 3673-0014 Loja 5: Av. Jangadeiro, 347 - Tels.: 5666-7658 / 5667-4926 Loja 6: Al. Araguaia, 870 - Tels.: 4193-6708 / 4689-0996

anuncie aqui

Butantã

Para anunciar nesta seção sua loja pagará somente A loja mais completa de São Paulo

R$ 121,00 por mês. Ligue para:

Central Televendas [11]

3746-3450

Vl. Sonia Av. Prof. Francisco Morato, 3777 - (11) 3746-3450 Butantã Rua Camargo, 99 - (11) 3819-5000 Jabaquara Av. Jabaquara, 1863 - (11) 5587-1000 Osasco Av. dos Autonomistas, 413 - (11) 3743-4000

(11) 5645.0505

higienópolis

anuncie aqui

Para anunciar nesta seção sua loja pagará somente R$ 121,00 por mês. Ligue para: (11) 5645.0505

www.tintasfamosas.com.br butantã

pirituba

cambuci

são mateus

caxingui

ipiranga

anuncie aqui

zona leste

zona leste

Para anunciar nesta seção sua loja pagará TUDO PARA A PINTURA DE SUA CASA E CARRO Rua Silva Bueno, 1.949 - Tel. 2914-0955 Av. Paes de Barros, 3.354 - Tel. 2274-1433 Via Anchieta, 1.200 - Tel. 2914-6800 www.comapitintas.com.br www.jornaldopintor.com.br

somente R$ 121,00 por mês. Ligue para: (11) 5645.0505

Vl. Prudente: Av. do Oratório, 3.215-A [11] 2024-9200 Mooca: Rua Visconde de Inhomerim, 1.148 [11] 2362-8600 www.atacadaodastintas.com.br

2011_outubro • 51


ONDE COMPRAR BEM ZONA SUL

barueri/sp

piracicaba/SP

são bernardo do campo/SP

piracicaba/SP

itajaí/sc

tintas automotivas • imobiliárias • industriais • artesanato e afins r. Joaquim Floriano 442 - Itaim Bibi - 3167-7821 Av. Prestes Maia 635 - Centro - 3228-3611 Av. Moreira Guimarães 1393 - Moema - 5044-3292 Av. Morumbi 8281 - Brooklin - 5531-7112 R. Domingos de Moraes 749 - Vl. Mariana - 5081-7330 R. Rui Barbosa 236 - Bela Vista - 3253-0123 Av. Rangel Pestana 1400 - Brás - 3313-2418 Rua da Mooca, 608 - 3207-0112

Sistemas: Selfcolor - Coral - Lukscolor - Lazzuril [automotiva ] Matriz: Rua Duque de Caxias 783 Centro Fone/Fax [11] 4198-5111 - sulamerica.tintas@terra.com.br Filial: Av. Independência 4911 Éden - Sorocaba/SP Fone [15] 3325-2523/3739 - Fax [15] 3325-3354 sulamericatintas@superig.com.br

BAURU/sp

Boituva/SP

[47]

Tintas das melhores marcas, com o melhor preço para o acabamento de sua construção. (15) (15)

3363-1303 3363-1304

tintas e artigos para pintura em geral

tintajai@brturbo.com.br

www.jctintas.com.br Av. Mário Pedro Vercellino, 362 - Centro

anuncie aqui

Rua Alfredo Eicke, 114 Barra do Rio

rio claro/sp

joaçaba/SC

Santo André/SP

rio de janeiro/rj

Para anunciar nesta seção sua loja pagará somente R$ 121,00 por mês. Ligue para: (11) 5645.0505

mogi das cruzes/sp

A Casa Do Ramo Que Mais Barato Vende Especializada em Tintas para Automóveis e Construção • Vernizes • Esmaltes • Solventes • Pincéis, etc. Entregas Rápidas

Matriz: Av. Dom Hélder Câmara, 7721 (antiga Suburbana) Piedade - Rio De Janeiro/RJ PABX (21) 2597.2644 Fax (21) 2596.8010 Filial: R. Barão de Ipanema, 43 - Loja A Copacabana - Rio De Janeiro/RJ / PABX (21) 2235.2910 e-mail: mar@mardastintas.com.br | www.mardastintas.com.br

rio de janeiro/rj

osasco/SP

Pensou em Pintar, venha para ...

Tintas Automotivas, Frota, Hospitalar, Imobiliária, Industriais e Acessórios em geral av. dom helder câmara, 9440 - Cascadura - RJ tel.: [21] 2599-2606 | fax: [21] 2593-6122 www.colorimetria.com.br e-mail: colorimetria@colorimetria.com. br

Aqui não fazemos só tinta. Fazemos também amizade!!!

anuncie aqui

Para anunciar nesta seção sua loja pagará somente R$ 121,00 por mês. Ligue para: (11) 5645.0505 52 • outubro_2011

R.D.L. Transportes ESPECIALISTA NO TRANSPORTE DE TINTAS E COMPLEMENTOS COM SEGURO TOTAL DA CARGA Excelente estrutura de Coletas e Entregas com Rapidez e Segurança em todo Grande Rio e Grande São Paulo São Paulo/SP: Rua Pedra Sabão 409 Vl. Guilherme Telefax (11) 2909-0907 Rio de Janeiro/RJ: Av. Nova York 398 Bonsucesso Telefax (21) 2590-7773 www.jornaldopintor.com.br


BOLSA DE SERVIÇO DA rePINTURA automotiva Esses valores são sugestivos podendo variar de região para região e não incluem montagem, desmontagem, parte elétrica e tapeçaria

SUGESTÃO BÁSICA DE ORÇAMENTO PARA REPINTURA AUTOMOTIVA:

esmalte sintético CAPÔ

esmalte poliuretano

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

PEÇA NOVA

170,00

200,00

230,00

PEÇA RECUPERADA

200,00

230,00

260,00

PARA-LAMA PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

CAPÔ

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

PEÇA NOVA

250,00

300,00

350,00

PEÇA RECUPERADA

280,00

330,00

380,00

PARA-LAMA 80,00

100,00

120,00

PEÇA NOVA

140,00

170,00

200,00

100,00

120,00

150,00

PEÇA RECUPERADA

170,00

200,00

230,00

LATERAL TRASEIRA

LATERAL TRASEIRA 80,00

100,00

120,00

PEÇA NOVA

180,00

210,00

240,00

PEÇA RECUPERADA

100,00

120,00

150,00

PEÇA RECUPERADA

210,00

240,00

270,00

TETO

180,00

200,00

250,00

TETO

300,00

350,00

380,00

TRASEIRA COMPLETA

300,00

350,00

400,00

TRASEIRA COMPLETA

600,00

700,00

800,00

FRENTE COMPLETA

350,00

400,00

450,00

FRENTE COMPLETA

700,00

800,00

900,00

1.000,00

1.200,00

1.500,00

1.800,00

2.400,00

2.800,00

PEÇA NOVA

PINTURA TOTAL

PINTURA TOTAL

base poliéster CAPÔ

base água

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

PEÇA NOVA

250,00

300,00

350,00

PEÇA NOVA

450,00

500,00

550,00

PEÇA RECUPERADA

280,00

330,00

380,00

PEÇA RECUPERADA

450,00

500,00

550,00

PEÇA NOVA

140,00

170,00

200,00

PEÇA NOVA

400,00

450,00

500,00

PEÇA RECUPERADA

170,00

200,00

230,00

PEÇA RECUPERADA

400,00

450,00

500,00

PARA-LAMA

CAPÔ

PARALAMA

LATERAL TRASEIRA

LATERAL TRASEIRA

PEÇA NOVA

180,00

210,00

240,00

PEÇA NOVA

500,00

550,00

600,00

PEÇA RECUPERADA

210,00

240,00

270,00

PEÇA RECUPERADA

500,00

550,00

600,00

TETO

300,00

350,00

380,00

TETO

600,00

700,00

800,00

TRASEIRA COMPLETA

600,00

700,00

800,00

TRASEIRA COMPLETA

600,00

600,00

600,00

FRENTE COMPLETA

1.000,00

1.200,00

1.500,00

PINTURA TOTAL

4.000,00

5.000,00

6.000,00

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

80,00

100,00

120,00

FRENTE COMPLETA PINTURA TOTAL

700,00

800,00

900,00

1.800,00

2.400,00

2.800,00

laca nitrocelulose CAPÔ PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

170,00

200,00

230,00

PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

100,00

120,00

150,00

TETO

180,00

200,00

250,00

TRASEIRA COMPLETA

300,00

350,00

400,00

FRENTE COMPLETA

350,00

400,00

450,00

1.000,00

1.200,00

1.500,00

200,00

230,00

260,00

80,00

100,00

120,00

100,00

120,00

150,00

PARA-LAMA PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

LATERAL TRASEIRA

PINTURA TOTAL

JP Diverte Tocando a campainha Um menino estava na ponta dos pés, todo esticado, tentando al­ cançar uma campainha. Ele olha­ va para os lados e não encontrava nada onde pudesse subir nem nin­ guém que pudesse ajudá-lo. Quan­ do estava prestes a desistir da mis­ são, foi flagrado. Um policial passou por ele e per­ guntou se o pequeno estava preci­ sando de alguma ajuda. - Sim, seu policial, será que o se­ www.jornaldopintor.com.br

nhor poderia tocar essa campainha para mim? - disse o pequeno. O policial resolveu ajudá-lo e acionou o botão. Então, o pequeno saiu corren­ do, gritando: - Agora fuja porque eles costumam jogar água... A supergalinha No interior de Minas Gerais, uma ga­ linha botou um ovo de meio quilo. A his­ tória correu, e todo mundo queria saber os detalhes. Jornais, emissoras de te­

levisão e repórteres estavam atrás da galinha. - Como conseguiu essa façanha, senhora galinha? - perguntou um jor­ nalista. - Isso é segredo de família! - E seus planos para o futuro? - Botar um ovo de um quilo! Na seqüência, todos foram en­ trevistar o galo para obter mais de­ talhes. - Como conseguiram tal façanha, se­ nhor galo?

- Isso é segredo de família! - E os planos para o futuro? - Encher o avestruz de porrada! Flagrante O casal está na cama e o telefo­ ne toca insistentemente. A mulher resolve atender. - Quem era o maldito? - Meu marido. Ligou pra avisar que vai chegar muito tarde hoje. Está jogando pôquer com você e mais al­ guns amigos. 2011_outubro • 53


BOLSA DE SERVIÇO DA PINTURA PREÇOS BASEADOS EM CUSTO TOTAL FINAL APURADO

PLANILHA DE COTAÇÃO

(Mão-de-obra, leis sociais, faturamento, tintas, massas ou

Acima de 3 metros Nível A: Andaime

m² = Metro quadrado

vernizes em geral, ferramentas e equipamentos gerais,

Acima de 6 metros Nível B: Cadeira Suspensa

ml - Metro linear

inclusive balancins, etc), com responsabilidade total de

Acima de 6 metros Nível C: Balancim Manual

m = Metro

PINTURA PRONTA.

Acima de 6 metros Nível D: Balancim Elétrico S/B - Semibrilho

CONCRETO OU TIJOLO APARENTE Silicone base de água...................................................................................................................................................................................................10,29 m2 Silicone base solvente.....................................................................................................................................................................................................15,42 m2 Verniz acrílico base de água.......................................................................................................................................................................................12,04 m2 Verniz acrílico base de solvente..................................................................................................................................................................................18,59 m2 Verniz poliuretano monocomponente.................................................................................................................................................................... 22,72 m2

fundos e restaurações Descascamento de Superfície até 3 m................................................................................................................................................................... 0,35m² Descascamento de Superfície acima de 3 m..................................................................................................Nível A.....................................0,43m² Descascamento de Superfície acima de 6 m.................................................................................................. Nível B.....................................0,58m² Descascamento de Superfície acima de 6 m.................................................................................................. Nível C..................................... 0,67m² Descascamento de Superfície acima de 6 m..................................................................................................Nível D.....................................0,78m² Aplicação de Fundo Preparador até 3 m............................................................................................................................................................12,60m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 3 m............................................................................................Nível A....................................13,30m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m............................................................................................ Nível B....................................14,05m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m............................................................................................ Nível C....................................14,40m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m............................................................................................Nível D....................................15,20m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante até 3 m............................................................................................................................................. 15,10m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 3 m............................................................................Nível A....................................15,80m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m............................................................................ Nível B....................................16,50m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m............................................................................ Nível C.................................... 17,20m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m............................................................................Nível D.................................... 17,90m² Restauração de Fissuras até 3 m................................................................................................................................................................................0,90ml Restauração de Fissuras acima de 3 m..............................................................................................................Nível A....................................... 1,20ml Restauração de Fissuras acima de 6 m.............................................................................................................. Nível B....................................... 1,45ml Restauração de Fissuras acima de 6 m.............................................................................................................. Nível C....................................... 1,75ml Restauração de Fissuras acima de 6 m..............................................................................................................Nível D......................................2,05ml Restauração de Trincas de Massa até 3 m............................................................................................................................................................ 3,10ml Restauração de Trincas de Massa acima de 3 m .......................................................................................Nível A......................................3,50ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m ....................................................................................... Nível B......................................4,20ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m......................................................................................... Nível C......................................4,90ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m.........................................................................................Nível D......................................5,20ml Restauração de Trincas de Alvenaria até 3 m...................................................................................................................................................... 5,15ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 3 m...................................................................................Nível A......................................5,70ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m................................................................................... Nível B......................................6,20ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m................................................................................... Nível C......................................6,90ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m...................................................................................Nível D...................................... 7,30ml Execução de Emboço até 3 m..................................................................................................................................................................................... 5,10m² Execução de Emboço acima de 3 m ..................................................................................................................Nível A.....................................6,30m² Execução de Emboço acima de 6 m .................................................................................................................. Nível B..................................... 7,05m² Execução de Emboço acima de 6 m................................................................................................................... Nível C..................................... 7,90m² Execução de Emboço acima de 6 m...................................................................................................................Nível D.....................................8,40m²

pintura interna - TETOS E PAREDES Látex PVA simples c/fundo uniformizante - sobre emboço............................................................................................................................. 6,47 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão comercial - sobre emboço ou gesso.............................................................................................. 9,07 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão luxo e retoques c/iluminação farta no local sobre emboço ou gesso............................................................................................................................................................................... 11,89 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão luxo e retoques sobre emboço ou gesso c/acabamento final em verniz sobre látex (liquibrilho)...................................................................................................................................12,44 m2 Só massa corrida para receber papel de parede sobre emboço.......................................................................................................... 5,69 m2 Óleo simples c/faixa sinalizada para barras de garagem.........................................................................................................................15,00 m2 Óleo c/massa corrida e faixas sinalizadas para barras de garagem....................................................................................................17,36 m2 Esmalte acetinado c/massa corrida sobre emboço fino padrão luxo...................................................................................................18,58 m2 Esmalte automotivo tipo laca brilhante c/massa corrida............................................................................................................................. 40,66 m2 Quantil ou similar sobre fundo látex simples........................................................................................................................................................ 13,22m2 Quantil ou similar sobre massa corrida e fundo látex....................................................................................................................................18,04 m2 Epóxi bicomponente simples....................................................................................................................................................................................... 41,76 m2 Epóxi bicomponente c/massa corrida adequada......................................................................................................................................... 56,43 m2 Poliuretano bicomponente simples........................................................................................................................................................................... 43,12 m2 Poliuretano bicomponente c/massa corrida adequada............................................................................................................................. 62,06 m2 Borracha clorada simples............................................................................................................................................................................................... 31,66 m2 Textura - Externa | Interna............................................................................................................................................................................ 15,68 | 19,04 m2 Pátina................................................................................................................................................................................................................... 22,40 | 28,00 m2 Pintura Manchada............................................................................................................................................................................................... 8,96 |14,56 m2 Aplicação de Massa PVA até 3 m.............................................................................................................................................................................. 4,20m² Aplicação de Massa PVA acima de 3 m ......................................................................................................... Nível A....................................... 4,83m² Aplicação de Massa PVA acima de 6 m ..........................................................................................................Nível B....................................... 5,58m² Aplicação de Gesso sobre Emboço até 3 m....................................................................................................................................................... 4,42m² Aplicação de Gesso sobre Emboço acima de 3 m.................................................................................... Nível A.........................................5,10m² Aplicação de Gesso sobre Emboço acima de 6 m.....................................................................................Nível B....................................... 5,98m² Aplicação de Massa Única até 3 m......................................................................................................................................................................... 18,00m² Aplicação de Massa Única acima de 3 m ..................................................................................................... Nível A......................................18,30m² 54 • outubro_2011

Aplicação de Massa Única acima de 6 m ......................................................................................................Nível B....................................... 19,10m² Aplicação de Textura até 3 m..................................................................................................................................................................................... 12,20m² Aplicação de Textura acima de 3 m ................................................................................................................ Nível A......................................13,05m² Aplicação de Textura acima de 6 m .................................................................................................................Nível B......................................13,60m² Aplicação de Textura Tipo Rústica até 3 m........................................................................................................................................................... 16,30m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 3 m ....................................................................................... Nível A.......................................17,40m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m ........................................................................................Nível B........................................18,12m² Látex PVA sobre Massa até 3 m..................................................................................................................................................................................7,90m² Látex PVA sobre Massa acima de 3 m ............................................................................................................. Nível A.........................................8,14m² Látex PVA sobre Massa acima de 6 m ..............................................................................................................Nível B.........................................8,91m² Látex PVA sobre Massa Única até 3 m.................................................................................................................................................................... 8,70m² Látex PVA sobre Massa Única acima de 3 m ............................................................................................... Nível A....................................... 8,95m² Látex PVA sobre Massa Única acima de 6 m ................................................................................................Nível B.......................................9,80m² Látex PVA sobre Gesso até 3 m................................................................................................................................................................................. 9,50m² Látex PVA sobre Gesso acima de 3 m ............................................................................................................. Nível A....................................... 9,84m² Látex PVA sobre Gesso acima de 6 m ..............................................................................................................Nível B......................................10,78m² Látex PVA sobre Textura até 3 m...............................................................................................................................................................................10,45m² Látex PVA sobre Textura acima de 3 m ............................................................................................................ Nível A......................................10,82m² Látex PVA sobre Textura acima de 6 m .............................................................................................................Nível B........................................11,85m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso até 3 m............................................................................................................................................................. 14,70m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso acima de 3 m ......................................................................................... Nível A......................................15,54m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso acima de 6 m ..........................................................................................Nível B......................................16,38m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso até 3 m...................................................................................................................................................................16,18m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso acima de 3 m .............................................................................................. Nível A........................................ 17,12m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso acima de 6 m ...............................................................................................Nível B......................................18,00m²

pintura EXTERNA Látex PVA tipo interior/exterior até 6m alt............................................................................................................................................................. 6,25 m2 Látex acrílico c/fundo uniformizante de textura até 6m alt..........................................................................................................................12,58 m2 Idem acima de 6m alt....................................................................................................................................................................................................... 17,51 m2 Textura acrílica c/calafetação e látex acrílico......................................................................................................................................................15,77 m2 Aplicação de Massa Acrílica até 3 m....................................................................................................................................................................... 13,60m². Aplicação de Massa Acrílica acima de 3 m ................................................................................................... Nível A.......................................14,20m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m ....................................................................................................Nível B.......................................14,70m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m.....................................................................................................Nível C..................................... 25,35m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m.................................................................................................... Nível D.......................................16,30m² Aplicação de Massa Única até 3 m........................................................................................................................................................................... 15,10m² Aplicação de Massa Única acima de 3 m ..................................................................................................... Nível A.......................................15,80m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m ......................................................................................................Nível B.......................................16,40m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m........................................................................................................Nível C........................................17,05m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m....................................................................................................... Nível D........................................ 18,10m² Aplicação de Textura Acrílica até 3 m...................................................................................................................................................................... 13,60m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 3 m .................................................................................................. Nível A.......................................14,50m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m ...................................................................................................Nível B........................................ 15,10m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m....................................................................................................Nível C.......................................16,40m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m................................................................................................... Nível D........................................17,90m² Aplicação de Textura Tipo Rústica até 3 m............................................................................................................................................................ 16,32m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 3 m ....................................................................................... Nível A........................................17,40m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m ........................................................................................Nível B.........................................18,12m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m..........................................................................................Nível C.......................................19,68m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m......................................................................................... Nível D..................................... 22,68m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica até 3 m.............................................................................................................................................. 14,00m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 3 m ......................................................................... Nível A.......................................14,80m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m ..........................................................................Nível B.......................................15,60m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m............................................................................Nível C.......................................16,05m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m........................................................................... Nível D.......................................16,90m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única até 3 m................................................................................................................................................ 14,90m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 3 m ............................................................................ Nível A.......................................15,30m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m .............................................................................Nível B.......................................16,05m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m..............................................................................Nível C.......................................16,80m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m............................................................................. Nível D......................................... 17,10m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura até 3 m.............................................................................................................................................................. 15,10m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 3 m ........................................................................................ Nível A.......................................15,80m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m .........................................................................................Nível B.......................................16,50m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m...........................................................................................Nível C........................................17,20m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m.......................................................................................... Nível D........................................17,90m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica até 3 m....................................................................................................................................................15,41m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 3 m .............................................................................. Nível A.........................................16,31m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m ...............................................................................Nível B......................................... 17,15m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m................................................................................Nível C........................................17,65m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m............................................................................... Nível D.........................................18,61m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única até 3 m..................................................................................................................................................... 16,40m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 3 m ................................................................................ Nível A........................................17,40m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m...................................................................................Nível B........................................17,65m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m...................................................................................Nível C.......................................18,50m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m.................................................................................. Nível D.......................................18,80m² www.jornaldopintor.com.br


BOLSA DE SERVIÇO DA PINTURA Látex Acrílico S/B sobre Textura até 3 m................................................................................................................................................................. 16,60m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 3 m.............................................................................................. Nível A........................................17,40m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m...............................................................................................Nível B.........................................18,15m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m...............................................................................................Nível C.......................................18,90m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m.............................................................................................. Nível D.......................................19,70m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente até 3 m................................................................................................................................................. 14,00m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 3 m ............................................................................ Nível A.......................................14,80m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m .............................................................................Nível B.......................................15,60m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m..............................................................................Nível C.......................................16,05m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m............................................................................. Nível D.......................................16,90m² Látex Acrílico sobre Piso.....................................................................................................................................................................................................11,80m² Látex Acrílico sobre Piso (Faixas de Demarcação)................................................................................................................................................ 5,40ml

SUPERFÍCIES METÁLICAS Só repintura em esmalte, grafite ou alumínio.....................................................................................................................................................13,08 m2 Desoxidação esmalte, grafite ou alumínio c/fundo zarcão............................................................................................................................ 17,10 m2 Idem c/fundo especial - galvanizados ou alumínio......................................................................................................................................... 19,24 m2 Esmalte, grafite ou alumínio em perfis, cantoneiras, batentes e tubulações aparentes até 4”...................................................................................................................................................................................................................6,61 m2 Idem calhas ou rufos......................................................................................................................................................................................................... 6,85 m2 Esmalte grafite ou alumínio com massa automotiva...................................................................................................................................... 28,92 m2 Tratamento, zarcão e epóxi bicomponente e acabamento...................................................................................................................... 63,70 m2

REGRAS DE MEDIÇÃO Venezianas: multiplicar por 3. Vitrô basculante: multiplicar o vão por 3. Vitrô não-basculante e janelas: multiplicar por 2. Grade: multiplicar por 3. Caiação interna ou externam borracha clorada ou epóxi: não descontar vãos até 4,00 m2. Para vãos superiores a 4,00 m2 deduzir apenas o que exceder a este valor. Têmpera de gesso, cola, têmpera lavável e látex: não descontar vãos de até 2,00 m2. Para vãos superiores a 2,00 m2 deduzir apenas o que exceder a este valor. Espaletas, faixas, vigas e molduras isoladas com largura de até 40 cm., são medidas por metro linear e cobradas a razão de 50% dos preços unitários por m2. Caixilhos de ferro, ferragens pesadas: multiplicar a área do vão-luz por 2.

MAPA DE CÁLCULO DE DILUIÇÃO, Nº DE DEMÃOS E RENDIMENTO DAS TINTAS

TIPO DE TINTAS

SOLVENTES

SUPERFÍCIES DE MADEIRA Óleo sem massa - obras populares.........................................................................................................................................................................12,20 m Idem rodapés.........................................................................................................................................................................................................................3,48 m Idem beirais até 60 cms. larg. madeira à vista..................................................................................................................................................10,43 m2 Verniz poliuretano tipo naval - obras populares................................................................................................................................................. 14,10 m2 Idem rodapés......................................................................................................................................................................................................................... 6,47 m Idem beirais até 60 cms. larg. madeira à vista................................................................................................................................................. 10,80 m2 Esmalte acetinado c/massa corrida padrão comercial..................................................................................................................................19,00 m2 Idem rodapés........................................................................................................................................................................................................................... 7,84m Esmalte acetinado c/massa corrida a óleo padrão luxo........................................................................................................................... 22,60 m2 Idem rodapés........................................................................................................................................................................................................................ 9,80 m Esmalte automotivo alto brilho c/massa corrida adequada e lixa d’água...................................................................................... 60,37 m2 Idem rodapés......................................................................................................................................................................................................................... 29,13m Laqueação, acabamento pome em pó............................................................................................................................................................. 69,20 m2 Lustração natural c/cera a boneca padrão comercial....................................................................................................................................17,46 m2 Lustração natural c/goma laca padrão luxo..................................................................................................................................................... 26,36 m2 2

diversos Caiação até 3 m.................................................................................................................................................................................................................. 4,27m² Caiação acima de 3 m ............................................................................................................................................. Nível A........................................ 4,53m² Caiação acima de 6 m ..............................................................................................................................................Nível B........................................ 4,80m² Caiação acima de 6 m...............................................................................................................................................Nível C........................................5,04m² Caiação acima de 6 m.............................................................................................................................................. Nível D........................................ 5,29m² Verniz Filtro Solar Marítimo........................................................................................................................................................................................... 32,30m² Esmalte Sintético................................................................................................................................................................................................................. 37,30m² Barrado de Garagem em Esmalte Sintético....................................................................................................................................................... 39,80m² Pintura de Tubulação e Corrimão em Esmalte Sintético................................................................................................................................. 29,60ml

fachadas Lavagem Externa com Hidrojateamento até 3 m................................................................................................................................................. 1,05m2 Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 3 m........................................................................... Nível A..........................................1,65m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m............................................................................Nível B..........................................2,15m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m............................................................................Nível C........................................ 2,39m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m........................................................................... Nível D........................................ 2,98m² Instalação de Tela Fachadeiro.......................................................................................................................................................................................5,10m² Bandeja Nível A.................................................................................................................................................................................................................. 45,80ml Bandeja Suspensa acima de 3 m..............................................................................................................................................................................76,30ml

Estrutura metálicas planas: multiplicar a área de projeção horizontal por 2. Estruturas metálicas ou de madeira em arco: aumentar 30% a área de projeção horizontal e multiplicar por 2. Estruturas metálicas: multiplicar a área do vão-luz por 2. Elementos vazados: multiplicar a área por 5. Terças e elementos de sustentação de telhas: multiplicar a área de projeção horizontal por 2. Esquadrias de madeira: Portas ou janelas-guilhotina com batentes: multiplicar a área do vão-luz por 3. Portas ou janelas-guilhotina sem batentes: multiplicar a área do vão-luz por 2. Caixilhos com venezianas: multiplicar a área do vão-luz por 5.

Líquido Base PVA Incolor Líquido Base Acrílico Incolor Líquido Impermeabilizante a Óleo Selador Pigmentado PVA Selador Pigmentado Acrílico Primer a Óleo para Madeiras Primer Surfacer Zarcão Comum Fundos Anticorrosivos Sintéticos Zarcão Preparado tipo Petrobras Zarcão Borracha Clorada Zarcão Epóxi Catalisado Cromato de Zinco Primer Epóxi Catalisado Óxido Primer Epóxi Catalisado Branco Primer para Galvanizados Massa PVA e Acrílica Super Extra Massa a Óleo e Sintéticas Massa Epóxi Catalisada Massa para Madeira Tinta Látex PVA Super Extra Tinta Látex PVA 2ª Linha Tinta Acrílica 100% Super Extra Tinta a Óleo Fosca Tinta a Óleo Brilho Super Extra Esmalte Sintético Brilho Super Extra Esmalte Sintético Semibrilho Super Tinta Grafite Super Extra Tinta Alumínio Super Extra Esmalte Epóxi Brilhante Catalisado Esmalte Epóxi Semibrilho Catalisado Esmalte Poliuretano Catalisado Esmalte Borracha Clorada Tinta Demarcação Borracha Clorada Tinta Cerâmica Super Extra Stain Semitransparente para Madeira Stain Cores Sólidas para Madeira Verniz Copal Brilhante Verniz Marítimo Brilhante Verniz Seda Sintético Semibrilho Verniz Epóxi Catalisado Verniz Poliuretano Catalisado Verniz Premium Duplo Filtro para Madeira

Água Água Aguarrás Água Água Aguarrás Thinner Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Água Aguarrás Solvente próprio Água Água Água Água Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás

DILUIÇÃO Trincha

Rolo

Pistola

Nº de Demãos

Rend. p/ Demão

15% 30% 20% 10% 10%

50 a 100% 15% 40% até 30% até 20% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% 10% 15% 10% até 15% até 15% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% 10% 20% 20% 20% 25% 20% 20% 5%

10 a 20% 20% 20% 30% 20% 20% 40% 40% 20% 20% 20% 20% 20% 20% até 25% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 30% 20% 30% 30% 30% 30% 30% 30% 10%

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 3 3 4 finas 3 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 3 2 3 3 3 2 2 3

30 m2 30 m2 30 m2 25 m2 25 m2 25 m2 25 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 50-70 m2 50-70 m2 50-70 m2 08-12 m2 5 m2 5 m2 14--15 m2 30-35 m2 25-30 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 25-30 m2 25-30 m2 18 m2 70 m2 50 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30 m2

10% 10% 30% 30% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 15% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 15% 15% 15% 20% 15% 15% -

- Os rendimentos apontados são válidos para a embalagem: galão 3,6 litros. - O rendimento real, dependendo do método de aplicação preparo de superfícies e condições de trabalho.

Divulgue sua empresa e seus produtos em uma das páginas mais lidas do Jornal do Pintor pelos pintores. Patrocine a bolsa de serviço da pintura.

(11) 5645.0505

www.jornaldopintor.com.br

2011_outubro • 55


JP #545  

Jornal do Pintor - Edição de Outubro 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you