Page 1

ano 48

JUNHO de 2012

nº 553

Segmento de stain cresce ano a ano

A tecnologia diferenciada dos stains está sendo gradativamente reconhecida pelos consumidores no Brasil, devido as suas vantagens, sobretudo no item manutenção. De acordo com João Roberto Ximenes, gerente de vendas da Vedacit/Otto Baumgart, quando comparado aos vernizes tradicionais, o stain tem uma economia de mão de obra muito grande na reaplicação. “Com ele, não é necessário toda a remoção do material anteriormente aplicado, o que é um grande problema na aplicação de vernizes, com os quais devem ser removidos

08

em sua totalidade...

Luztol lança cola PVA

Thinner: mercado estável

Sparlack adere às mídias digitais

A Luztol acaba de ampliar a sua linha de

Os reflexos da crise mundial aos poucos vão

A Sparlack, marca com mais de 80 anos de

produtos com mais um lançamento no mer-

chegando ao mercado brasileiro, atingindo

mercado e presença consolidada no segmento

cado. Trata-se da Luzcola, uma cola à base

também o segmento de tintas como um todo.

de vernizes e stains, mergulha no mundo

de resina PVA, lavável e não tóxica. Segundo

Com os thinners a situação não é muito dife-

digital. As novidades são os canais da marca

a empresa, o novo produto oferece grande

rente. Alguns dos fabricantes entrevistados

no facebook e twitter, além da “Mania de Ma-

resistência e intenso poder adesivo...

16

para esta reportagem confirmam...

22

deira”, uma newsletter mensal...

29


EDITORIAL

Nesta edição, no mês em que acontece a conferência da ONU para a sustentabilidade, a Rio+20, tivemos a oportunidade de tratar de um tema que, direta ou indiretamente, acaba envolvendo a questão do meio ambiente: a preservação das madeiras com a utilização de stain. Nesta reportagem, um dos especialistas - Rafael Ferreira, gerente de marketing & comunicação da Montana Química - evidencia que o crescente consumo da madeira na construção civil está diretamente relacionado à sustentabilidade do planeta já que a madeira é o único material de construção efetivamente renovável e o que pode durar mais de 100 anos, se ela estiver devidamente protegida com produtos específicos. Com base nisso, destacamos os benefícios do stain, os produtos disponíveis no mercado nacional e, de forma inédita em nossas pautas, divulgamos um box com dicas atualizadas sobre a aplicação adequada do stain e que foram gentilmente enviadas por algumas empresas à pedido do Jornal do Pintor. A preocupação com a conscientização ambiental também segue impressa em nossas páginas com a divulgação do patro-

cínio da Eucatex no documentário Laje dos Sonhos, que mostra a interação do homem com o Parque Estadual Marinho da Laje de Santos, local que ainda sofre com ações destrutivas, como a pesca e a caça submarina. Outro assunto que tem sido destaque são as tintas antibactérias capazes de proteger as paredes contra bactérias que são comuns em infecções hospitalares e/ou alimentares. O Acrílico Premium Plus Luks­clean, da Lukscolor, é um exemplo de produto que passa a ter este poder. Alta performance das tintas também pode ser conferida na tinta acrílica Clima & Tempo lançada pela Sherwin-Williams. A fabricante admite que o novo produto não mancha com pingos de água e tem uma secagem extra rápida. Novidade também vem da Redelease que lança a tinta Impergel PU com elevados índices de resistência química e mecânica para ser aplicada em diversos substratos como concreto, metal, vidro, cerâmica e muitos outros. E o mercado de thinners é outra abordagem especial desta edição. A maioria dos fabricantes entrevistados confirmaram que suas vendas não cresceram, mas alguns seguem otimistas mesmo com o cenário incerto. Confira as opiniões e os indicadores deste atual panorama. O leitor ainda irá conhecer os detalhes da promo-

Foto: Douglas Moreira

PRESERVAÇÃO EM PAUTA

ção que a Montana está fazendo nas lojas parceiras da marca; o novo centro de treinamento para repintura automotiva da AkzoNobel; saberá quem é o novo presidente da PPG Industries; além de ficar por dentro de todas as novidades das empresas Autoshine, Coral, HERO, Luztol, Sparlack e do Sitivesp. Boa Leitura!

Francely Morrell

. .. >> T e cno lo gi a < < . . . . . . . . . . . . . . ..................................................................................................

Sherwin-Williams lança tinta imobiliária com super tecnologia Metalatex Clima & Tempo seca em até 30 minutos e ainda protege contra manchas da chuva

EXPEDIENTE

A Sherwin-Williams lançou no mercado a tinta acrílica Clima & Tempo, um produto inovador que otimiza o período entre demãos e acelera o tempo final da pintura. Recente em linha, ele facilita o trabalho e aplicação em dias úmidos e, segundo a fabricante, é a única tinta no mercado que não mancha com pingos de água, com uma secagem extra rápida. Parte da linha Metalatex, o Clima & Tempo apresenta alta resistência e excelente cobertura úmida, ideal para pinturas externas, com fórmula exclusiva que garante que a tinta não manche e nem escor-

ra com a chuva, pingos de água e orvalho após 30 minutos da aplicação. A Sherwin-­ Williams admite ser a solução perfeita para a famosa desculpa de “tempo ruim para pintura”. Segundo a fabricante, além de ser um produto premium de conceito inovador, Clima & Tempo garante o não desbotamento das cores, evita a extração de solúveis e diminui em até 50% o tempo de secagem total. O produto está disponível em 10 cores prontas com acabamento acetinado, nos tamanhos 18 L e 3,6 L.

Fundador: F. L. Morrell •18-03-1927 •23-10-2001 | Diretor Comercial: Francis Louis Morrell Júnior | Diretora Executiva: Francely Morrell | Projeto Gráfico: Kinthos Criação e Design | Colaboradores: Gabriela Lozasso (Mtb. 26.667) e Sandra Scigliano (Mtb. 25.798) | Publicidade: Carlos Alberto Cunha e Alessandra Pironti | Representantes: Rovenda - Repres. Poderoso (Aracaju/SE) Tel.: (79) 3254-5627/Fax: (79) 3211-3266 |Flexa Representações (Maceió/AL) Tel.: (82) 355-6112/Fax: (82) 3032-1339 | A. F. Gusmão (Belo Horizonte/MG) Telefax: (31) 3496-0738 | Edição mensal Ano 48 - Junho/12 - nº 553 As opiniões dos artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores. Dispensada da emissão de documentação fiscal, conforme pedido de Regime Especial Protocolo 2.346/91 de 04/07/91. Não é permitida a reprodução de maté­rias, no todo ou em parte, sem prévia autorização e citação da fonte. “JORNAL DO PINTOR” é marca registrada pela MORRELL EDITORA TÉCNICA desde 1962 e sua utilização, sem autorização, é vedada em qualquer forma.

2 • JUNHO_2012

Administração, Redação e Publicidade: Rua Filomena Parmigiani Fiorda, 140 Santo Amaro Cep: 04756-130 - São Paulo/SP Tel: (11) 5645-0505 | Fax: (11) 5645-0509 jp@jornaldopintor.com.br www.jornaldopintor.com.br facebook.com/jornaldopintor @jornaldopintor.com.br

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 3


. .. >> Ne g óci o s < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . ..................................................................................................

PPG recebe novo diretor presidente no Brasil e adota um novo posicionamento de mercado Em uma iniciativa para expandir os negócios da PPG Industrial no Brasil, a empresa está sob novo comando com a recente nomeação do diretor presidente, Carlos Alberto Oliveira Santa Cruz. Engenheiro industrial pela Universidad de Lima, no Peru, pós graduado em mar­ keting pela ESAN, também no Peru, e com EMBA pela Univesity St Thomas (Opus School of Business, USA), o executivo acumulou mais de 20 anos de experiência profissional na 3M, passando por diversas áreas e cargos nesta empresa, com atuações em países como Brasil, Estados Unidos e China. O novo líder veio para imprimir um novo ritmo aos negócios da companhia no Brasil e conta que as iniciativas já começaram: “nosso objetivo é aumentar a participação da PPG no mercado brasileiro, por isso, todo o trabalho da empresa no Brasil será alinhado com a matriz, em Pittsburgh, adaptando as estratégias ao mercado local”, diz o presidente. De acordo com Santa Cruz, nestes

4 • JUNHO_2012

sentando-a como a empresa que possui o mais completo portfólio do mercado, trazendo inovação e apresentando soluções amplas e inteligentes desenvolvidas com a mais alta tecnologia e sustentabilidade para todos os tipos de superfícies em caráter mundial. Trata-se do “Bringing Innovation to the surface” ou “Trazendo inovação para a superfície”.

16 anos no Brasil, o mercado aprendeu a reconhecer a qualidade dos produtos e serviços da PPG e a constante preocupação em buscar melhorias.

Além destas estratégias, recentemente a PPG iniciou um novo posicionamento no mercado global, para destacar a atuação “plural” da companhia, apre-

Nova campanha A campanha, que possui peças desenvolvidas para todo o mundo, está focada nos segmentos: aeroespacial, indústria automobilística, produtos de consumo, infraestrutura, energia renovável, construção comercial, construção residencial e mercado marítimo. O mote está em torno da aplicação de tintas em locais como montanha russa e edifícios modernos, espaços que seriam comuns aos nossos olhos e chamam a atenção para o poder de transformação das cores. Os três pilares da campanha são inovação, sustentabilidade e liderança em cores.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 5


. .. >> M e i o Amb i e n t e < < . . . . . . . . . . .................................................................................................

Eucatex patrocina documentário sobre a preservação ambiental de Santos (SP) O filme Laje dos Sonhos fala da interação humana com o único parque marinho do Estado de São Paulo e abrigo de várias espécies em extinção Preocupada com a conscientização ambiental, não apenas nas áreas onde está presente, mas em todo o país, a Eucatex é patrocinadora do documentário Laje dos Sonhos que teve sua pré-estreia em maio no Cine Roxy, em Santos, e no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo.

tema de um documentário, a Laje de Santos, apesar de ser uma área de conservação, ainda sofre com ações destrutivas, como a pesca e a caça submarina, ambas proibidas no local. “Para a Eucatex é fundamental participar de projetos que valorizam o meio ambiente e incentivam a preservação. Ações como essa devem ser

que a ideia é retratar a relação do homem com o espaço, além de falar da história do lugar. “Um dos personagens principais é o mergulhador Clóvis Benno de Carvalho, o pioneiro em operar mergulhos na Laje. Nosso objetivo não é fazer julgamentos e sim contar histórias interessantes. A análise crítica ficará por conta

Com o objetivo de divulgar, tanto no Brasil como no exterior, o único parque de preservação marinha do Estado de São Paulo, o filme de 52 minutos mostra a interação do homem com o Parque Estadual Marinho da Laje de Santos, localizado a aproximadamente 40 quilômetros da cidade. Pela primeira vez como

divulgadas para que sirvam de inspiração para criação de outras, além de alertar a população contra um problema comum em diversos locais, a destruição de reservas e parques”, ressalta Regina Ricci, gerente de marketing corporativo da Eucatex. Raquel Pellegrini, diretora do documentário, conta

do espectador”. Realizado pelo Instituto Laje Viva, organização não governamental criada para desenvolver e apoiar ações que preservem e protejam o parque marinho, o filme foi aprovado pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo (PROAC).

6 • JUNHO_2012

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 7


.. . >> S ta i n < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ...........................................................................................

Segmento de stain cresce ano a ano

A tecnologia diferenciada dos stains está sendo gradativamente reconhecida pelos consumidores no Brasil, devido as suas vantagens, sobretudo no item manutenção. De acordo com João Roberto Ximenes, gerente de vendas da Vedacit/Otto Baumgart, quando comparado aos vernizes tradicionais, o stain tem uma economia de mão de obra muito grande na reaplicação. “Com ele, não é necessário toda a remoção do material anteriormente aplicado, o que é um grande problema na aplicação de vernizes, com os quais devem ser removidos em sua totalidade. Outra vantagem é que o stain vai se desgastando por igual ao longo do tempo, diferentemente do verniz que costumeiramente se desfaz em lascas”, explica. De fato, segundo todos os especialistas consultados nesta matéria, se comparado aos vernizes convencionais, o stain não forma película e por isso não descasca e não forma bolhas, além de proporcionar ultrarresistência, podendo

inclusive ser aplicado em decks. Entretanto, conforme avisa Gregório Bastos Alencar, coordenador de produto das Tintas Eucatex, para aplicação do stain a madeira deve estar livre de quaisquer produtos que possam impedir a sua penetração. “Este é o desafio a ser superado: conscientizar o consumidor e o aplicador de que se trata de uma tecnologia diferenciada e que, portanto, a aplicação não deve ser feita como um verniz convencional”. O stain é um produto muito indicado para aplicação em superfícies de madeira e pode ser aplicado em ambientes externos ou internos, especialmente em portas, janelas, decks de piscina, casas/ fachadas de madeiras, esquadrias, lambris, forros, móveis, entre outros. O diretor geral da Sayerlack, Marcelo Cenacchi, destaca que é um produto completo que trata e protege a madeira contra a ação do sol, chuva e fungos e tem diversas opções de cores com acabamento acetinado, o mais próximo da madeira

Dicas sobre Stain Onde posso usar o Stain? É um produto para aplicação em madeira sem acabamento, conhecida como “madeira crua”. Também pode ser reaplicado em madeiras que já tenham recebido o produto como forma de manutenção. (Fonte: Montana) É possível usar aguarrás ou thinner no Stain? O Stain é um produto “pronto para uso”. Não deve ser diluído. (Fonte: Montana) Quais os cuidados necessários na hora de aplicar o Stain? Que a madeira esteja “crua”, sem umidade e sem nenhum revestimento para que o produto possa impregnar. A primeira demão deve, necessariamente, ser aplicada com um pincel, para garantir impregnação do produto na madeira. (Fonte: Sparlack) Qual a melhor maneira de se aplicar o Stain? O Stain pode ser aplicado com rolo de lã baixa, disponíveis nos tamanho de 9, 15 e 23cm ou com pincel de pêlos macios ou de filamentos sintéticos desenvolvidos para esta aplicação. (Fonte: Pincéis Tigre) Quantas demãos de Stain são ideais para se obter um bom resultado? 8 • JUNHO_2012

natural. Mário Lavacca, gerente de produto da Suvinil, observa que o consumidor que aprecia este aspecto natural da madeira já vem percebendo a vantagem do stain em relação aos outros produtos, uma vez que ele se diferencia dos vernizes - por não formar filme -, o que facilita manutenção e a repintura. Para Geisa de Souza Bom, analista de produto e trade marketing revenda, da PPG, hoje os pintores perceberam que o stain é um produto de fácil aplicação e performance em relação aos vernizes comuns, mas ainda sim os fabricantes precisam comunicar o conceito do produto, pois a cultura do verniz no Brasil é muito forte. “Automaticamente, a evolução do stain passa para os consumidores finais que, muitas vezes, compram os produtos que o pintor indica”, diz. Contudo, para Benito Berretta, diretor de marketing da AkzoNobel Tintas Decorativas para América Latina, as preferências por tipo de acabamen-

to e produto variam muito de consumidor para consumidor, e de profissional para profissional, além de existirem influências regionais e culturais. “Atualmente, não existe uma aplicação específica que vem ganhando espaço, existe sim, uma evolução natural da tecnologia que facilita os processos e que traz novas opções ao consumidor e profissionais, como no caso de produtos (inclusive o stain) com maior durabilidade ou a base de água que deixam o processo mais ágil e agradável”. Mercado em ascensão E como os consumidores, pintores e profissionais de arquitetura estão em busca de soluções cada vez mais adequadas para madeiras, principalmente às expostas ao intemperismo, não é à toa que o mercado de stain tem crescido a cada ano em relação aos acabamentos tradicionais. Sendo um mercado em ascensão, chega a crescer a taxa de 20% ao ano baseando-se nos núme-

Em superfícies internas, são necessárias pelo menos duas demãos e em superfícies externas serão necessárias pelo menos três demãos. O tempo de intervalo entre as demãos para Stains base solvente é de no mínimo 16 horas e para Stains base água de no mínimo 4 horas. (Fonte: Sparlack) Como conservar o produto após o seu uso? A embalagem deverá ser bem fechada e guardada em local fresco e sem umidade. O produto não deverá ser utilizado se apresentar aspecto anormal - mais viscoso ou com forte separação e sedimento. (Fonte: Sparlack) Quais os procedimentos corretos para conservar os pincéis e rolos após o uso? Retire o excesso do Stain com o uso de um jornal. Com um solvente utilizado normalmente em tinta deve-se fazer a limpeza para remoção do produto. Finalizar com água e sabão neutro. Não é recomendado deixar os rolos e pincéis de molho. (Fonte: Pincéis Tigre) Stain pode ser aplicado com boneca? Para o caso de uso interior, sem exposição ao sol ou chuva, até pode ser utilizada aplicação a boneca, porém nessa situação o Stain não dará nenhuma proteção à madeira. (Fonte: Montana) O Jornal do Pintor agradece todas as fontes consultadas nesta matéria. www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 9


.. . >> S ta i n < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ........................................................................................... ros de algumas empresas que atuam no segmento. Apesar disso, o volume de vendas de vernizes ainda é maior que o de stains, em função da tradição centenária do primeiro. Porém, conforme ressalta Rafael Ferreira, gerente de marketing & comunicação da Montana Química, é notório que esta diferença diminua a cada ano, principalmente pela maior aplicação da madeira em ambientes externos, onde o stain leva grande vantagem em durabilidade e manutenção. Ele justifica: “este crescente consumo da madeira na construção civil está diretamente relacionado ao tema ‘sustentabilidade do planeta’, uma vez que está provado que a madeira é o único material de construção efetivamente renovável, isto é, apresenta o melhor ciclo de vida como produto sustentável. Madeira você planta, colhe, planta novamente e assim por diante. E, neste processo, ela absorve e armazena o CO² durante toda sua vida útil, o que pode durar mais de 100 anos, se ela estiver devidamente protegida com produtos específicos”, e acrescenta: “este conhecimento vem sendo adquirido pelos usuários, especificadores, arquitetos e engenheiros, da mesma forma vem sendo intensificado

10 • JUNHO_2012

o interesse em adquirir mais informações sobre produtos adequados para a madeira. Daí o crescimento na utilização de stains preservativos». Neste contexto, Ferreira acredita que esse crescimento também ganha impulso com um grande aliado que são os balconistas preocupados em passar informações de qualidade para consumidores e pintores: “eles têm colaborado com explicações sobre os tipos de acabamentos disponíveis no mercado e seus diferenciais”.

do produto a madeira é conservada por muitos anos, devido à ótima resistência às intempéries. As diversas cores oferecidas pelo produto também podem ser misturadas entre si, aumentando o leque de opções. Além disso, tem ação fungicida e bactericida e a empresa informa que para repintar a superfície não é necessário lixar e nem remover o produto. “Sempre estamos procurando alternativas de melhorias para o Pró-Madeira, procurando atender cada vez mais o consumidor”, diz.

A Dissoltex oferece o stain Pró-Madeira D´Collore que, segundo o gerente superintendente, Rubens Teixeira Filho, possui inúmeras vantagens, entre elas, o fato de não formar filme, ser de fácil aplicação e manutenção. A fabricante admite que com o uso

A Eucatex disponibiliza para o consumidor o Eucatex Stain nas opões incolor, mogno e imbuia que, segundo Gregório Bastos Alencar, coordenador de produto da empresa, oferece alta performance e máxima tecnologia no tratamento e proteção de madeiras novas, externas e internas. Sua fórmula é hidrorrepelente e penetra nas fibras da madeira sem formar filme, o que impede possíveis trincas, descascamentos ou aparecimento de bolhas. É indicado para proteção e decoração de casas de madeira, portas, janelas, lambris, decks e madeiras decorativas em geral. O acabamento acetinado valoriza

ainda mais os veios naturais da madeira e, em conjunto com o filtro solar presente na composição, a fabricante admite ter inigualável durabilidade. A Lukscolor oferece ao mercado o Stain Premium Plus. Trata-se de um revestimento impregnante para a proteção e decoração de superfícies de madeiras, para uso em ambientes externos e internos. O produto oferece acabamento acetinado e transparente que, segundo a fabricante, penetra nas fibras da madeira, sem formar filme, realçando seus veios, desenhos e preservando as superfícies por longo tempo. De acordo com Arthur Gil Moraes Filho, da gerência de desenvolvimento da Lukscolor, é uma solução de fácil aplicação e manutenção. Ele vem pronto para uso e, portanto, não re-

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 11


.. . >> S ta i n < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ...........................................................................................

quer diluição; garante alto rendimento (80 a 100 m²/galão (3,6 l) / demão) e possui ação fungicida de grande efeito residual. Além disso, a fabricante assegura que não trinca e não descasca, devido à película flexível que penetra nos veios da madeira. Moraes ainda ressalta a alta durabilidade proporcionada por este stain. Ele explica que o produto contém resinas que acompanham os movimentos da madeira e resistem à ação do tempo. “Também apresenta filtros solares para proteção contra às radiações ultra-violeta, e ação hidrorrepelente - não permite a penetração da água, evitando a deterioração prematura da Madeira”, esclarece. A Montana oferece o Osmocolor Stain que possui mais de 30 anos de existên-

12 • JUNHO_2012

cia, sendo um produto consagrado no mercado e atende a classificação constante da Tabela 7 – item 4.4.1.1, da norma ABNT NBR 11702 – Tintas para construção civil. Rafael Ferreira, gerente de marketing & comunicação da empresa conta que este stain vem pronto para uso, é de fácil aplicação e reaplicação, o que também facilita a vida daqueles que o utilizam. Contém fungicida eficaz na formulação, devidamente registrada junto ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Além disso, contém resinas hidrorrepelentes e filtros solares, que protegem a madeira das intempéries. Osmocolor Stain disponibiliza 19 cores em diferentes versões como a ­Clear, Semitransparente e Cores Sólidas. E

para o segundo semestre, Ferreira re­ vela que a empresa prepara algumas novidades neste segmento. “Lançamos recentemente a nova embalagem do Osmocolor CS (Cores Sólidas). Reformulamos aspectos da embalagem com foco na crescente demanda pelo produto. É uma tendência. Arquitetos, engenheiros, construtores e proprietários de imóveis aderem às cores claras e ao branco neve”, ressalta o executivo que acrescenta: “Osmocolor CS não só protege e embeleza a madeira com sua maior pigmentação, mas também – e isto é muito importante – não amarela com o passar do tempo”. Ferreira explica que esta propriedade se deve à alta qualidade de suas resinas e solvente.

pregnante que também vem pronto para uso, tem triplo filtro solar, é hidrorrepelente e possui ação fungicida, sendo indicado em superfícies de madeira internas ou externas. Segundo Geisa de Souza Bom, analista de produto e trade marketing revenda, uma das grandes vantagens deste produto é a facilidade de manutenção e reaplicação, reduzindo o custo em relação a vernizes.

A linha Majestic, da PPG, para proteção da madeira disponibiliza para o mercado brasileiro dois tipos de stains: Majestic Deck Stain para decks de madeira e Majestic Stain para superfícies de madeira. O primeiro produto possui três anos de garantia, é hidrorrepelente, tem triplo filtro solar, ação algicida e fungicida. Vem pronto para uso e é indicado para superfícies internas e externas de pisos de madeira (deck). Já o Majestic Stain é uma solução im-

Com a linha Polisten, a Sayerlack atende às diversas necessidades do mercado. Ao todo são cinco versões. O produto mais recente, lançado este ano, é o Polisten Acqua um stain base água, sem cheiro, em três opções de cores, além do transparente, para realçar os veios da madeira. Conta com exclusivo ultrabloqueador solar, que absorve a luz do sol impedido que ela degrade a madeira trazendo maior durabilidade ao stain na madeira. “O Polisten Acqua reúne a

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 13


.. . >> S ta i n < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ...........................................................................................

mais avançada tecnologia para cuidar da madeira sem descuidar do meio ambiente, oferecendo proteção total tanto para uso interno quanto externo como estruturas de telhado, decks, móveis de jardim, casas pré-fabricadas de madeira etc. Por ser base água, tem baixíssimo odor e é muito fácil de aplicar. Lançamos com as cores mais utilizadas no mercado - natural, imbuia, castanheira e mogno inglês - e com durabilidade de até três anos”, explica o diretor geral da Sayerlack, Marcelo Cenacchi. Outra opção da linha é o Polisten Tingido desenvolvido para realçar os veios da madeira com oito opções de cores, triplo filtro solar e durabilidade de até três anos. Tem também o Polisten Clear para preservar a cor natural da madeira. Esta é a opção incolor com ultrabloqueador

14 • JUNHO_2012

solar e durabilidade de até dois anos. Já o Polisten Natural serve para realçar a cor natural da madeira, uma solução que é transparente com duplo filtro solar e durabilidade de até dois anos. E a versão Polisten Transparente vem com filtro solar.  Além das características particulares de cada versão, toda linha de stains da série Polisten são hidrorrepelentes, possuem ação inseticida, fungicida, e real­çam os veios da madeira sem formar filme o que garante a facilidade de manutenção: basta lixar levemente e lavar com detergente neutro, deixar secar e aplicar o Polisten novamente.

sem cheiro após 1 hora, além de preservar e realçar a beleza dos veios da madeira. “A fórmula inovadora da versão base água possui resistência à chuva, ou seja, se chover após 30 minutos da aplicação na primeira, segunda ou terceira demão, o produto não escorre e a

A Sparlack, marca de tintas da AkzoNobel, tem novidades na sua linha de stains. A empresa lança o Stain Plus Base Água, considerado uma evolução em proteção para madeira. Para o consumidor entender melhor, este produto é um relançamento do Efeito Natural (que agora é Stain Plus Base Água) e, segundo Benito Berretta, diretor de mar­ keting da AkzoNobel Tintas Decorativas para América Latina, apresenta desempenho diferenciado, com dupla proteção contra fungos e bolor, película resistente à chuva após 30 minutos da aplicação,

madeira não fica manchada”, ressalta. Pronto para o uso, o novo Stain Plus Base Água possui acabamento acetinado premium e, como o próprio nome já diz, é um produto à base de água que contribui para a preservação do meio ambiente, por meio do baixo teor residual de voláteis orgânicos (VOC). Indicado para portas, janelas, decks e móveis de jardim. O produto pode ser encontrado a partir de junho em todas as regiões do Brasil em dois tipos de embalagens: galão (3,6L) e quarto (0,9L). Stain Plus Base Água está disponível em quatro co-

res prontas (Natural, Imbuia, Mogno e Ipê), além de 25 tons personalizados, por meio do sistema tintométrico como Madeira Curtida, Ouro Cassino, Licor de Chocolate e Cidra. A outra novidade é que o Sparlack Stain agora é Stain Plus e sua nova fórmula oferece dupla proteção contra fungos e bolor e alta repelência à água. O acabamento acetinado premium mantém mais aparente o relevo natural da madeira proporcionando mais beleza à superfície. Berretta conta que o produto foi desenvolvido a partir de diversos estudos e pesquisas de novas tecnologias que facilitam o processo de proteção, prolongando a vida da madeira. A novidade da marca Sparlack conta com cinco opções de cores prontas (transparente, natural, imbuia, mogno e ipê), além de mais 27 cores por meio do sistema tintométrico. O produto é indicado para portas, janelas, decks e móveis de jardim e pode ser encontrado em todas as regiões do Brasil em três opções de embalagens: lata, galão e quarto. A Suvinil possui o Suvinil Stain Impregnante que, conforme destaca Mário Lavacca, gerente de produto da marca, tem alto poder de penetração, ótima

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 15


.. . >> S ta i n < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .......................

aderência, secagem rápida e fácil aplicação. Lavacca diz que esta solução foi especialmente desenvolvida para penetrar na madeira e não formar película. Por este motivo, sua formulação é menos viscosa e seu rendimento até duas vezes maior. “O stain vem sendo muito bem aceito pelo público, pois é uma categoria que tem crescido acima do mercado. A grande vantagem do produto é a sua fácil manutenção e repintura, além de ser muito indicado para decks”, menciona. O Suvinil Stain Impregnante está disponível nas versões natural, mogno, imbuia e em mais de 35 cores no Sistema Suvinil SelfColor. A Vedacit/Otto Baumgart disponibiliza para o consumidor o Multistain Vedacit, acabamento impermeável que

16 • JUNHO_2012

confere grande proteção às madeiras. João Roberto Ximenes, gerente de vendas, explica que é um produto de fácil aplicação, tem alto poder de repelência à água e duplo filtro solar, proporcionando às madeiras ótima aparência, resistência ao intemperismo e grande durabilidade. É fornecido em cores e também transparente, realçando a aparência natural das madeiras, igualando a sua tonalidade e podendo apresentar um leve brilho.

O Multistain Vedacit é indicado para uso em madeiras não resinosas e em ambientes internos e externos como decks, portões, esquadrias, portas, janelas, lambris, estruturas de telhados, beirais e forros. Está disponível em lata de 900 ml, galão de 3,6 litros e lata de 18 litros.

... >> LAN ÇAMENTO << ....................................

Luztol lança cola PVA Luzcola é ideal para o uso em papel, madeira, couro e tecido A Luztol acaba de ampliar a sua linha de produtos com mais um lançamento no mercado. Trata-se da Luzcola, uma cola à base de resina PVA, lavável e não tóxica. Segundo a empresa, o novo produto oferece grande resistência e intenso poder adesivo. É indicado para colar MDF, aglomerados, artefatos de madeira, laminados decorativos, couro, papel, papelão, tecido e materiais porosos em geral. De acordo com Anderson Rios, do departamento de marketing da empresa, o produto é excelente para a montagem de móveis. Conforme descrito na embalagem do produto, imediatamente após a aplicação da Luzcola é necessário proceder a prensagem, que pode ser à quente ou à frio. A pressão utilizada no processo de colagem vai depender do tipo de madeira. A fabricante indica que não exceda o período de cinco minutos entre a montagem dos painéis e a prensagem. Este processo vai evitar a secagem da cola. No mercado desde o final de maio, a Luzcola está sendo comercializada

em lojas de material de construção, madeireiras e marcenaria. O produto está disponível em embalagens de 1 kg e 500 g.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 17


. .. >> p r o m o ç ão < < . . . . . . . . . . . . . . . . . .................................................................................................

É realizada a promoção “Craques Montana” Em parceria com a Prada embalagens, a Montana faz promoção onde consumidores e vendedores das lojas participantes faturam prêmios A Montana reuniu originalidade, arte, madeira e uma das maiores paixões nacionais. O resultado é a promoção “Craques Montana” que teve início no mês de maio. Na ação, os consumidores e vendedores faturam prêmios. Cada ganhador levará uma escultura exclusiva de autoria do artista plástico Glenn Hamilthon, reconhecido no mercado das artes em todo o País pelo elevado valor estético que agrega em suas obras. Os clientes premiados recebem a obra “Craque Montana” e o balconista responsável pelo maior número de vendas de produtos da marca, fatura o troféu “Craque de Vendas”. Cada loja parceira da Montana fará a promoção durante 45 dias. Depois a campanha passa para outras duas lojas. As revendas que fizeram a estreia desta ação foram a Cofert/Campinas Tintas, em Campinas (SP), e a Ribeiro Tintas, em Tramandaí (RS). As peças de autoria de Glenn Hamilthon são feitas em madeira reaproveitada e tratada com stain Osmocolor da Montana. Para completar o time, esta

18 • JUNHO_2012

deste projeto é muito positivo para estreitar o relacionamento com as revendas. “Somos fabricantes de embalagens de alta tecnologia. Inclusive, a única no País que atende os mercados de produtos químicos e alimentícios com extenso portfólio de produtos. Nesta ação, em parceria com a Montana, teremos contato com lojistas e consumidores. É uma ótima oportunidade de demonstrar, juntamente com a Montana, a tecnologia e inovação que as duas empresas empregam em seus produtos”, avalia. Equipe da Cofert/Campinas Tintas durante divulgação da promoção

cam­panha traz a exposição itinerante de suas esculturas de grandes proporções: “Cíclope Guerreiro” e “Aos Meus Filhos”. Ambas permanecem na loja participante durante o período de duração da promoção (45 dias). Esta iniciativa é resultado da união criativa de esforços entre as empresas Montana Química e Prada Embalagens. De acordo com o gerente comercial da Prada, Reinaldo dos Santos, fazer parte

Como participar Para participar, basta comprar R$ 30,00 em produtos da Montana Química nas revendas participantes. Esse valor dá direito a um cupom que deve ser preenchido corretamente com seus dados pessoais e responder à pergunta: “Qual a melhor embalagem metálica e a empresa que fabrica os melhores produtos para madeira?”. Cada cupom preenchido deverá ser depositado na urna que estará na própria loja, ao lado

Escultura exposta na loja Ribeiro Tintas, em Tramandaí (RS)

da escultura “Cíclope Guerreiro”. Ao final será realizado um sorteio aberto ao público, com a presença de representantes da Montana e da Prada, na própria loja, em dia e horário marcados. Na ocasião também será revelado o vendedor campeão.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 19


. .. >> E q ui pa m en tos < < . . . . . . . . . . .................................................................................................

Fábrica da HERO Latin America fechará o semestre em pleno vapor Produção do Titan irá dobrar e outros equipamentos serão produzidos localmente

Representantes da HERO no Brasil desde 2007, a MAST Sistemas Tintométricos desde o final do ano passado firmou uma parceria com a empresa canadense e passou a chamar-se HERO Latin America. Com isso, além do mercado brasileiro que já conhecia, a empresa passa também a comercializar os equipamentos para toda a América Latina. Apesar de nosso país representar de 60% a 65% das vendas de toda a região latino americana, existem muitos clientes a serem conquistados, além do desafio de manter os antigos, que antes tratavam diretamente com a matriz da HERO. “Estamos aos poucos entendendo o que cada país quer e atendendo as suas exigências, pois existem muitas particularidades dentro desta região”, explica Daniel Gondelman, diretor técnico da empresa. O mercado a ser conquistado é grande e, por conta disso, a empresa passou por uma reestruturação para poder crescer com segurança. Novos colaboradores foram contratados dentro das áreas comercial, administrativa e técnica. Além disso, só em 2012 foram abertas

20 • JUNHO_2012

filiais em Pernambuco, Bahia e Santa Catarina - que se juntaram as já existentes no Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Goiás. Segundo Gondelman cada uma dessas filiais conta com um profissional treinado pela própria HERO para, desta forma, a empresa oferecer um atendimento especializado. “Treinamos pessoalmente todos eles, pois os clientes querem soluções rápidas e precisas”, afirma. Equipamentos O Titan já está sendo produzido na nova fábrica, localizada em Santo André, no Grande ABC - Estado de São Paulo. O espaço, que conta com dois mil m2, por enquanto suporta a montagem de 12 equipamentos por semana. Mas a partir deste mês, a promessa do diretor é que a HERO passe a produzir 25 unidades do Titan por semana, chegando a 100 equipamentos/mês. O Titan, inclusive, conta com um novo desenvolvimento - na verdade uma adaptação do modelo canadense para toda a América Latina: “nesta região se usa muito as textu-

ras e sua embalagem tem o peso muito mais elevado do que qualquer outra tinta. Portanto, o Titan é bem robusto, suportando um peso de mais de 40 quilos e também sendo compatível com as latas quadradas”, explica. Além do Titan, a HERO em até dois meses passará a fabricar o D23 – uma dosadora manual de corantes - e também o A100, a menor dosadora automática do mercado, segundo a empresa. Gondelman promete que até dezembro de 2012 a empresa também já estará fabricando localmente o A200 (dosadora automática), que posteriormente será substituída pelo A201 - uma máquina com um recipiente maior e de maior velocidade. As expectativas para o segundo semestre são as melhores possíveis. Segundo o diretor há muito trabalho a ser feito, muitos clientes a serem conquistados. Em termos de crescimento, Gondelman espera que a empresa cresça 30% em relação ao ano passado - somente dentro do mercado brasileiro. “Se houver uma comparação englobando toda a América Latina, nosso crescimento deve chegar a 50%. Estamos trabalhando para isso”, finaliza.

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 21


. .. >> Thi nne r < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ................................................................................................

Thinner: mercado estável Os primeiros meses do ano não foram muito animadores e as opiniões estão divididas se o mercado melhora no segundo semestre ou não

Os reflexos da crise mundial aos poucos vão chegando ao mercado brasileiro, atingindo também o segmento de tintas como um todo. Com os thinners a situa­ ção não é muito diferente. Alguns dos fabricantes entrevistados para esta reportagem confirmam que suas vendas não cresceram, outros acreditam até que a situação não irá melhorar muito em 2012, mas também existem aqueles que apostam em um segundo semestre com retomada das vendas e retorno ao nível normal. Juliana Pellegrino, gerente da Brasolv, afirma que o desaquecimento do consumo trouxe algumas incertezas e o índice de inadimplência também aumentou. “Além disso, tivemos a desestabilidade de alguns concorrentes, o que traz bons resultados para nossa empresa, mas mesmo assim não acreditamos no crescimento do mercado”, diz. Vaty Colombo, diretor executivo Unidade Revenda da Anjo, reitera a opinião de Juliana dizendo que realmente o segmento não percebeu nenhum crescimento e sim uma estabilização. A Engenheira Luzia Cavalsan Fenara, diretora da Thinsol credita que esta morosidade se deve a situação econômica refletida pelo mercado externo e interno e pela queda de consumo e da renda da população. Em contrapartida a estas opiniões, alguns entrevistados se mostraram otimistas. Gisele R. Babo, gerente da qualidade da Natrielli Química, observa que “mesmo com medidas anti-inflacioná22 • JUNHO_2012

rias e defasagem cambial, a Natrielli registrou elevação das vendas em termos totais. Estes resultados refletem a queda da atividade econômica ocorrida em 2011, depois de um ótimo 2010. No entanto, o resultado demonstra o potencial ainda a ser conquistado e o quanto a empresa tem a crescer, já que existem grandes estímulos pela frente, tais como as ações do governo e os eventos esportivos”. Estes estímulos também foram citados por Antonio Carlos Mainczyk, superintendente da Tintas Tempo, que acredita em um aquecimento do mercado nos próximos meses. O Grupo Pochteca, que lançou os thinners Tonali no último mês de abril, também está otimista. De acordo com Claudemir Bianchini, gerente comercial da Divisão Solventes, nos últimos meses a empresa percebeu o mercado com muitas mudanças no posicionamento dos fabricantes de Thinners, devido à sazonalidade normal para os primeiros meses do ano. “Por conta disso, acreditamos que a partir do início do segundo semestre os volumes retornem ao nível normal, mas ainda sem nenhum crescimento expressivo”, pondera. Claudemir Rodrigues dos Santos , químico da Luztol, destaca também o fato dos fornecedores alterarem os preços das matérias-primas. “Esperamos que eles consigam estabilizar os preços para que futuras negociações não sejam prejudicadas”. Confira nesta reportagem os princi-

pais thinners do mercado. A Anjo possui duas linhas de thinners: os convencionais e os ecoeficientes. Da linha convencional, a empresa destaca o Thinner 2750, indicado para a diluição de esmaltes sintéticos industriais, automotivos, primers sintéticos, primers nitrocelulose em condições favoráveis e desengraxantes de superfície

em geral. O 2900 é de uso na diluição de produtos à base de nitrocelulose e possui boa resistência ao branqueamento, de acordo com a empresa. O Thinner 3020 é ideal para a diluição de produtos à base de nitrocelulose como lacas, vernizes, primers e especialmente seladoras, pois possui alta resistência ao branqueamento (blush). O Thinner 5000 é indicado para tintas e primer poliuretano,

tintas poliéster e para retoque. Já a linha de thinners ecoeficientes é composta por três produtos: Econômico, Standard e Premium. O primeiro substitui o 2750; o standard substitui o 2900 e o Premium substitui o 5000. De acordo com a Anjo, os produtos ecoeficientes reduzem o impacto na natureza, diminuindo a quantidade de poluentes jogados no meio ambiente. Esta linha também não utiliza produtos como tolueno, xileno, benzendo e nenhum outro solvente aromático, além de contar com 40% das matérias-primas de fontes renováveis. Segundo a Anjo, ela é a única que possui este produto no mercado brasileiro. A Brasolv trabalha com duas linhas de produtos. A primeira delas chama-­ se Brasolv e é uma linha econômica que promete oferecer produtos de qualidade com preços competitivos. Conta com os seguintes thinners: de limpeza, para esmalte e primer, de uso geral, extra, super extra e poliéster e poliuretano. Já a linha Original (que compreende os thinners Multiuso, Extra, Super Extra e PU Poliéster) integra os produtos Premium, ou seja, voltados para clien-

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 23


. .. >> Thi nne r < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ................................................................................................ tes que buscam qualidade superior em todos os seus trabalhos, com resultados que surpreendem, segundo a empresa.

automotivo e chega a resistir até 75% de umidade relativa do ar, sem branquear ou manchar os produtos.

A Luztol apresenta uma gama de produtos variados para atender a demanda do mercado. No caso dos thinners, existem produtos em linha que atendem os segmentos automotivo e também imobiliário. Um deles é o Thin-

A Natrielli afirma que os produtos de sua linha são formulados com matérias-primas da Petrobras e de seus distribuidores. Além disso, a empresa fabrica thinners isentos de benzeno, clorados e metanol. Há uma grande diversidade deste tipo de produto, sendo que os mais vendidos são: Thinner 8100 - recomendado para a limpeza de peças, remoção de óleos, graxas, resíduos de tintas sintéticas e limpeza de equipamentos de pintura. O Thinner 8116 - ideal para a diluição de primer universal e esmalte sintético automotivo em dias quentes, para a limpeza de máquinas e pistolas de pintura. O Thinner 8800 - recomendado para a diluição

ner para limpeza em geral. A empresa disponibiliza também um produto para a diluição de lacas, primers e vernizes à base de nitrocelulose. De acordo com a fabricante ele chega a resistir até 65% da umidade relativa do ar, sem branquear ou manchar os produtos. O outro produto de destaque é um thinner para a diluição de lacas, seladoras, vernizes e primers à base de nitrocelulose e esmalte

24 • JUNHO_2012

de seladoras para madeira, primer universal, tintas automotivas sintéticas e à base de nitrocelulose. A empresa ainda destacou o thinner 8137, que tem a mesma aplicação do 8800, porém para ser utilizado em dias muito frios e úmidos, pois ele retarda a secagem. O grupo Pochteca, com a marca Tonali lançada no último mês de abril, produz uma linha completa de thinners e solventes, além de blendas com a com-

uso em produtos à base de nitrocelulose, proporcionando acabamento aprimorado sob diversas condições de temperatura e umidade, resultando em excelente acabamento e brilho, de acordo com a empresa. A linha Tonali contempla todos os solventes utilizados nos segmentos imobiliário, automotivo e industrial e eles são produzidos com matérias-primas de primeira qualidade adquiridas das refinarias e grandes empresas brasileiras. O Thinner Universal PU x Poliéster 4300 é o destaque da Tempo Tintas. Recomendado para a diluição de tintas poliuretano e poliéster, por conta de sua composição nobre e balanceada, o produto, segundo a empresa, produz acabamento de excelente qualidade e é compatível com todas as tintas

posição definida pelos clientes. O Thinner TON16 dilui tintas sintéticas em geral, primers sintéticos e é ideal para a limpeza de equipamentos de pintura. O TON800 é utilizado com produtos à base de nitrocelulose, tais como: lacas, seladoras e vernizes. Finalmente o TON 37 também é de

www.jornaldopintor.com.br


www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO â&#x20AC;˘ 25


... >> T h i nner << ........................................... do mercado. Apresenta-se nas seguintes embalagens: 900 ml, 5 litros, 18 litros e 200 litros. A Tempo fabrica thinners para todos os tipos de tintas do mercado. Segundo a empresa todos os produtos são elaborados com matérias-primas adquiridas de fontes de primeira qualidade e eles não trabalham com produtos recuperados. A Thinsol é uma empresa com 20 anos de atuação no segmento de thinners e solventes. Além de atuar no mercado padrão de varejo - lojas de materiais de construção e lojas de tintas atua também no segmento industrial desenvolvendo produtos especiais voltados para outros segmentos. De acordo com a empresa, os produtos contam com menor toxicidade, solventes ecológicos e matérias-primas de fontes renováveis.

A linha de solventes é bem variada, destacando-se o Thinner 125 para limpeza geral; o 216 para o uso em pinturas de primers nitro sintéticos e primeiras demãos; o Thinner 237 é usado para acabamento e ideal para uso em temperaturas mais frias e úmidas; o Thinner 610, que é utilizado em vernizes e seladoras com base PU; os produtos 803/804 para oficinas automotivas e os 708/710/720 para silkscreen.

... >> C ampanh a << ........................................

Tudo de Cor Para Você leva suas cores para Caruaru durante a Fórmula Truck Patrocinadora de dois pilotos da Scuderia Iveco, a Coral promove seu projeto socioambiental e leva suas cores ao Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil (PETI)

Em 6 de maio aconteceu a terceira etapa da Fórmula Truck na cidade de Caruaru, em Pernambuco. Para celebrar a parceria entre a Coral e a categoria esportiva, a fabricante de tintas levou as suas cores para um local da região por meio do projeto “Tudo de cor para você”. Desta vez, a entidade escolhida foi o Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil (PETI), na cidade de Caruaru, no agreste pernambucano. A pintura do PETI contou com a participação dos pilotos e padrinhos deste projeto – Hisgué e Beto Monteiro - que competem com caminhões da Scuderia Iveco. Também participaram da ação voluntários da região e pintores profissionais. Assim como acontece durante as competições, os esportistas atuaram com empenho e determinação para, 26 • JUNHO_2012

por meio das cores, levar alegria para as crianças atendidas pelo Programa. Antes da pintura foi realizada a preparação da superfície que somou cerca de 1.100 m² e, logo em seguida, os pintores entraram em ação utilizando as cores Relva Primaveril e Branco Brilhante. Desde 2010, a parceria entre Coral e Fórmula Truck já beneficiou mais de 1.500 pessoas, além de usar mais de seis mil litros de tintas para os 16 mil metros quadrados já coloridos. A primeira etapa da Fórmula Truck foi realizada no dia 04 de março, no circuito de Velopark, na cidade de Nova Santa Rita (RS), com vitória de Beto Monteiro. A segunda etapa aconteceu no Rio de Janeiro, no bairro de Jacarepaguá, em 1º de abril, e rendeu ao esportista o bicampeonato. www.jornaldopintor.com.br


. .. >> Re i na ug u r aç ão < < . . . . . . . . .................................................................................................

AkzoNobel reinaugura Centro de Treinamento para Repintura Automotiva Unidade de negócios de Tintas e Revestimentos Automotivos & Aeroespaciais da multinacional holandesa contou com a presença do novo CEO Ton Büchner para reinaugurar centro de treinamento mais moderno e de maior capacidade

Os executivos na reinauguração do ATC

A unidade de negócios de Tintas e Revestimentos Automotivos & Aeroespaciais da AkzoNobel, empresa de destaque global no mercado de tintas e revestimentos, aproveitou a visita do novo CEO da AkzoNobel ao Brasil, Ton Büchner, para reinaugurar seu Automotive Training Center (ATC), o novo centro de treinamento para repintura automotiva, que fica na sede da empresa, em São Bernardo do Campo (SP). Totalmente reformulado, o ATC, chamado anteriormente de CRIC – Car Refinishes Instruction Center ganhou novas salas com diferentes configurações que ampliaram sua capacidade em 30%, para melhor atender a demanda crescente de treinamentos programa-

www.jornaldopintor.com.br

dos pela unidade de negócios. O ATC também ganhou nova comunicação visual, mais moderna e arrojada, além de novos materiais.    O novo centro tem como principal objetivo capacitar os profissionais no mercado de repintura automotiva para aprimorar técnicas de aplicação, reciclagem de conhecimentos e divulgar os benefícios dos produtos e das novas tecnologias disponibilizadas pela AkzoNobel. O ATC recebe profissionais de toda a América Latina e conta com diversos treinamentos para as marcas Wanda e Sikkens, entre eles: Sistema de Produtos, Tingimento, Prevenção de erros, ColorPro, Rapid Repair, CostPro, entre outros.   Visita do novo CEO Ao assumir o posto de novo CEO do Grupo AkzoNobel, no primeiro dia de maio deste ano, o executivo Ton Büchner escolheu como seu primeiro destino visitar as unidades de negócios da companhia no Brasil. Em sua primeira visita à unidade em São Bernardo do Campo (SP) Büchner foi recebido pelo diretor geral para America Latina da unidade de Tintas Automotivas & Aeroespaciais,  Almir Gozzi, juntamente com Jaap de Jong, diretor regional para América Latina e diretor geral Brasil da AkzoNobel. Büchner participou de um tour pelas instalações da fábrica e de uma apresentação sobre a área de atuação, segmentos de mercado e estratégias da unidade

Almir Gozzi, Ton Büchner e Jaap de Jong no novo centro

de negócios Tintas Automotivas & Aeroespaciais. Durante a visita Ton Büchner teve a oportunidade de reinaugurar o ATC. “Foi um marco importante a visita de nosso novo CEO em nosso site, o que demonstra o papel estratégico de nossa unidade de negócios para o crescimento da AkzoNobel no Brasil. A sua presença na reinauguração de nosso centro de treinamento teve um significado especial, pois reforça o nosso compromisso de investir cada vez mais para estreitar e desenvolver  parcerias sustentáveis com nossos clientes”, comentou Gozzi.

2012_JUNHO • 27


. .. >> Re v e nda < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .................................................................................................

Autoshine lança linha HGS para ser comercializada em revendas de tintas A nova linha High Gloss System foi desenvolvida pela empresa especialmente para ser comercializada em lojas de tintas e de autopeças. Composta por produtos com tecnologia de ponta, ela promete vantagens competitivas Especialista em desenvolver produtos para car care e há 15 anos nesse segmento, a Autoshine sempre trabalhou suas linhas em supermercados e lojas de autopeças, além de atuar em marcas próprias e terceirização. Contudo, a empresa decidiu ampliar sua participação e acaba de lançar a série HGS – High Gloss System, que passa a ser a porta de entrada da marca nas revendas de tintas. Para isso, a Autoshine investiu na divisão HGS formada por uma nova equipe de assistência técnica, de representantes comerciais e distribuidores. Também tem desenvolvido um trabalho recente em campanhas de vendas para balconistas e revendedores, incluindo materiais para os pontos de vendas. A HGS é uma linha completa para acabamento, proteção, cristalização e espelhamento de pinturas. Conforme explica Kazuo Matzui, diretor da Autoshine, ela apresenta excelentes vantagens competitivas e inovação tecnológica. “Nosso know-how em formu-

28 • JUNHO_2012

Kazuo Matzui, diretor da Autoshine

lação de produtos está inserido nesta nova linha. Conseguimos fazer um produto com a mesma qualidade dos importados, porém com preço mais competitivo. Desta forma, com a linha HGS podemos garantir alto valor agregado, tecnologia compatível com as marcas internacionais e melhor preço”, ressalta. Um dos destaques da família HGS é a Cera Cristalizadora Autoshine que promete

criar uma proteção extra e brilho intenso com efeito cristalizado (brilho molhado). Matzui conta que quem já testou o produto se impressionou com o excelente acabamento e brilho em relação a alguns produtos importados e que chegam a ser mais caros. Embalagens diferenciadas e vídeo de aplicação Além da formulação dos produtos HGS, a empresa também se preocupou em dar um foco diferenciado para as embalagens. Com design moderno, elas formam kits práticos e explicativos que acompanham os aplicadores. “Percebemos que o consumidor final está

começando a comprar estes produtos (linha de cristalização) que, antigamente, era demandado somente por profissionais. Este novo cenário do mercado fez com que investíssemos muito não só nos produtos, mas também nos moldes das embalagens”, esclarece Matzui. Outra inovação da marca são os vídeos que mostram a aplicação de cada produto, suporte que também será estendido para a linha HGS. Os links dos vídeos apresentados pelo Batistinha – parceiro da Autoshine – podem ser encontrados no site da empresa (www.autoshine.com.br) e estarão impressos nas embalagens da série HGS. “Isso é muito inovador no mercado brasileiro de car care e nós saímos na frente. Quando o consumidor adquirir um dos produtos HGS ele vai ver na embalagem um link para acessar os vídeos e conferir de perto como é feita a aplicação do produto que ele acabou de adquirir na loja”, acrescenta o diretor lembrando que, em breve, a linha HGS também contará com novos polidores e boinas.

www.jornaldopintor.com.br


.. . >> L a nça m e n to < < . . . . . . . . . . . . . . ................................................................................................

Redelease lança tinta à base de poliuretano Denominada Impergel PU, o produto garante altíssima resistência química e mecânica A Redelease, distribuidora de especialidades químicas, acaba de lançar a tinta Impergel PU. À base de poliuretano, a novidade destaca-se pelos elevados índices de resistência química e mecânica, tanto que a fabricante admite que está sendo chamada de “a tinta definitiva”. “Levamos cerca de dois anos até alcançarmos a formulação ideal, que combina extrema durabilidade, alto brilho e fácil higienização. Para se ter uma ideia da resistência da Impergel PU, os ensaios acelerados mostram que a qualidade da pintura se mantém inalterada por sete anos, contra dois anos das

tintas à base de epóxi”, detalha Rubens Cruz, sócio-diretor da Redelease. Disponível em seis cores básicas – podem ser combinadas para gerar dezenas de outras tonalidades – a tinta Impergel PU é indicada a qualquer tipo de substrato, a exemplo de concreto, metal, vidro, cerâmica e fibras de vidro, e à aplicação tanto em ambientes domésticos quanto industriais. Seu rendimento teórico, comprovado nos testes feitos pela Redelease, permite a cobertura de 50 m² com apenas um galão de 3,6 litros (uma demão). A tinta Impergel PU faz parte de um

. .. >> A nt i b act ér i a < < . . . . . . . . . . . . .......................

... >> I nternet << ..........................................

Lukscolor apresenta tinta Acrílica Premium Plus Luksclean com antibactéria

Sparlack adere às mídias digitais

O produto garante reduzir até 99% das bactérias das paredes, por um período de até dois anos após a aplicação

Empresa agora está presente no facebook e no twitter

O Acrílico Premium Plus Luksclean agora é antibactéria e capaz de proteger as paredes contra as bactérias Pseudômonas aeruginosa, Staphylococcus aureus, Salmonela choleraesuis e Escherichia coli, que são comuns em infecções hospitalares e/ou alimentares e podem causar sérias doenças. Além de ser antibactéria, a fabricante destaca que o produto é desenvolvido com tecnologia avançada que garante a www.jornaldopintor.com.br

durabilidade da tinta mesmo depois de centenas de lavagens, sem estragar ou perder a cor. Para limpar bastam apenas água e sabão. É possível eliminar também manchas de grafite, lápis de cor, solado de sapato, café, mostarda, catchup, chocolate, graxa, gordura, batom, entre outras, sem alterar o aspecto da pintura. Esta tinta está disponível no mercado em oito cores prontas e milhares de opções no Luksystem.

completo sistema de pintura desenvolvido pela Redelease, que ainda contempla primer de alta aderência, diluente, dosador e rolo. Conforme lembra Cruz, as lojas de material de construção receberão kits com todos esses itens. Segundo o diretor, o mercado brasileiro de tintas à base de poliuretano movimenta 3 milhões de litros/ano – a demanda pelos outros tipos ultrapassa a casa dos 800 milhões/ano. “A Redelea­se decidiu participar de um segmento premium, no qual o fator mais importante para o consumidor é a relação custo x benefício”, completa.

A Sparlack, marca com mais de 80 anos de mercado e presença consolidada no segmento de vernizes e stains, mergulha no mundo digital. As novidades são os canais da marca no facebook e twitter, além da “Mania de Madeira”, uma newsletter mensal para apresentar as novidades do mundo da madeira para seus amantes. Segundo a empresa o objetivo é oferecer mais do que produtos inovadores para os consumidores. “A madeira é personagem constante no nosso dia a dia, está em todo lugar. Temos obras incríveis feitas com esta matéria-prima tão nobre e nosso papel é mostrar um pouquinho disto tudo”, comenta Tamara Goes, gerente da marca Sparlack, que faz parte do segmento decorativo da multinacional holandesa AkzoNobel. 2012_JUNHO • 29


G U I A

30 • JUNHO_2012

DE

P R O D U T O S

&

S E R V I Ç O S

www.jornaldopintor.com.br


ONDE COMPRAR BEM artur alvin

santana

vila formosa

Butantã

A loja mais completa de São Paulo

Central Televendas [11]

3746-3450

Vl. Sonia Av. Prof. Francisco Morato, 3777 - (11) 3746-3450 Butantã Rua Camargo, 99 - (11) 3819-5000 Jabaquara Av. Jabaquara, 1863 - (11) 5587-1000 Osasco Av. dos Autonomistas, 413 - (11) 3743-4000

zona leste

higienópolis

www.tintasfamosas.com.br pirituba

butantã

caxingui

são mateus

ipiranga

ZONA LESTE

ZONA SUL

TUDO PARA A PINTURA DE SUA CASA E CARRO Rua Silva Bueno, 1.949 - Tel. 2914-0955 Av. Paes de Barros, 3.354 - Tel. 2274-1433 Via Anchieta, 1.200 - Tel. 2914-6800 www.comapitintas.com.br www.jornaldopintor.com.br

r. Joaquim Floriano 442 - Itaim Bibi - 3167-7821 Av. Prestes Maia 635 - Centro - 3228-3611 Av. Moreira Guimarães 1393 - Moema - 5044-3292 Av. Morumbi 8281 - Brooklin - 5531-7112 R. Domingos de Moraes 749 - Vl. Mariana - 5081-7330 R. Rui Barbosa 236 - Bela Vista - 3253-0123 Av. Rangel Pestana 1400 - Brás - 3313-2418 Rua da Mooca, 608 - 3207-0112

2012_JUNHO • 31


ONDE COMPRAR BEM barueri/sp

BAURU/sp

rio claro/sp

itajaí/sc

tintas automotivas • imobiliárias • industriais • artesanato e afins Sistemas:Selfcolor - Coral - Lukscolor - Lazzuril [automotiva] Matriz: Rua da Prata, 652 - Jd. dos Camargos/Barueri Fone/Fax [11] 2543-6131 - sulamerica.tintas@terra.com.br Filial: Av. Independência 4911 Éden - Sorocaba/SP Fone [15] 3325-2523/3739 - Fax [15] 3325-3354 sulamericatintas@superig.com.br

Boituva/SP

tintas e artigos para pintura em geral

[47]

tintajai@brturbo.com.br

Rua Alfredo Eicke, 114 Barra do Rio

Santo André/SP

A Casa Do Ramo Que Mais Barato Vende Especializada em Tintas para Automóveis e Construção • Vernizes • Esmaltes • Solventes • Pincéis, etc.

Tintas das melhores marcas, com o melhor preço para o acabamento de sua construção. (15) (15)

rio de janeiro/rj

Entregas Rápidas

Matriz: Av. Dom Hélder Câmara, 7721 (antiga Suburbana) Piedade - Rio De Janeiro/RJ PABX (21) 2597.2644 Fax (21) 2596.8010 Filial: R. Barão de Ipanema, 43 - Loja A Copacabana - Rio De Janeiro/RJ / PABX (21) 2235.2910 e-mail: mar@mardastintas.com.br | www.mardastintas.com.br

3363-1303 3363-1304

www.jctintas.com.br Av. Mário Pedro Vercellino, 362 - Centro

rio de janeiro/rj

piracicaba/SP

Pensou em Pintar, venha para ...

Tintas Automotivas, Frota, Hospitalar, Imobiliária, Industriais e Acessórios em geral av. dom helder câmara, 9440 - Cascadura - RJ tel.: [21] 2599-2606 | fax: [21] 2593-6122 www.colorimetria.com.br e-mail: colorimetria@colorimetria.com. br

Aqui não fazemos só tinta. Fazemos também amizade!!!

Santo andré/sp

piracicaba/SP

são bernardo do campo/SP

anuncie aqui

Para anunciar nesta seção sua loja pagará somente

R$ 168,00 por mês e receberá 25 exemplares do Ligue para: (11) 5645.0505 32 • JUNHO_2012

www.jornaldopintor.com.br


BOLSA DE SERVIÇO DA rePINTURA automotiva Esses valores são sugestivos podendo variar de região para região e não incluem montagem, desmontagem, parte elétrica e tapeçaria

SUGESTÃO BÁSICA DE ORÇAMENTO PARA REPINTURA AUTOMOTIVA:

esmalte sintético CAPÔ

esmalte poliuretano

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

PEÇA NOVA

131,00

213,00

245,00

PEÇA RECUPERADA

213,00

245,00

277,00

PARA-LAMA PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

CAPÔ

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

PEÇA NOVA

266,00

319,00

373,00

PEÇA RECUPERADA

300,00

350,00

405,00

PARA-LAMA 85,00

106,50

128,00

PEÇA NOVA

149,00

181,00

213,00

106,50

128,00

160,00

PEÇA RECUPERADA

181,00

213,00

245,00

LATERAL TRASEIRA

LATERAL TRASEIRA 85,20

106,50

128,00

PEÇA NOVA

192,00

224,00

255,00

PEÇA RECUPERADA

106,50

128,00

160,00

PEÇA RECUPERADA

224,00

255,00

288,00

TETO

192,00

213,00

266,00

TETO

319,00

373,00

405,00

TRASEIRA COMPLETA

319,00

373,00

426,00

TRASEIRA COMPLETA

640,00

745,00

852,00

FRENTE COMPLETA

373,00

426,00

480,00

FRENTE COMPLETA

745,00

852,00

958,00

1.065,00

1.278,00

1.600,00

1.917,00

2.556,00

2.982,00

PEÇA NOVA

PINTURA TOTAL

PINTURA TOTAL

base poliéster CAPÔ

base água

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

PEÇA NOVA

266,00

319,00

373,00

PEÇA NOVA

480,00

532,00

586,00

PEÇA RECUPERADA

300,00

350,00

405,00

PEÇA RECUPERADA

480,00

532,00

586,00

PEÇA NOVA

149,00

181,00

213,00

PEÇA NOVA

426,00

480,00

532,00

PEÇA RECUPERADA

181,00

213,00

245,00

PEÇA RECUPERADA

426,00

480,00

532,00

PARA-LAMA

CAPÔ

PARALAMA

LATERAL TRASEIRA

LATERAL TRASEIRA

PEÇA NOVA

192,00

223,00

255,00

PEÇA NOVA

532,00

586,00

640,00

PEÇA RECUPERADA

224,00

255,00

288,00

PEÇA RECUPERADA

532,00

586,00

640,00

TETO

319,00

373,00

405,00

TETO

640,00

745,00

852,00

TRASEIRA COMPLETA

640,00

745,00

852,00

TRASEIRA COMPLETA

640,00

640,00

640,00

FRENTE COMPLETA

1.065,00

1.278,00

1.600,00

PINTURA TOTAL

4.260,00

5.325,00

6.400,00

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

85,20

106,50

128,00

FRENTE COMPLETA PINTURA TOTAL

745,00

852,00

958,00

1.917,00

2.556,00

2.982,00

laca nitrocelulose CAPÔ PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

181,00

213,00

245,00

PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

106,50

128,00

160,00

TETO

192,00

213,00

266,00

TRASEIRA COMPLETA

319,00

373,00

426,00

FRENTE COMPLETA

373,00

426,00

480,00

1.065,00

1.278,00

1.600,00

213,00

245,00

277,00

85,00

106,50

128,00

106,50

128,00

160,00

PARA-LAMA PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

LATERAL TRASEIRA

PINTURA TOTAL

JP Diverte No pedágio Na estrada, o automóvel em péssimas condições pára no pedágio. O funcionário diz: - São R$ 5. - Ok, vendido. Telegrama João veio para São Paulo tentar a vida. Como única referência, tinha o endereço de um amigo que anteriormente conhecera aqui, o José. Ao chegar à rodoviária, debaixo www.jornaldopintor.com.br

de uma chuva fenomenal, o papel com o endereço de seu amigo borrou. Desesperado, e com apenas alguns trocados, João resolve escrever um telegrama para um amigo da sua cidade natal pedindo ajuda: - Você sabe o endereço do José? No dia seguinte chegou à resposta: - Sei... Aventura O que um pára-quedas com defeito de fabricação disse ao pára-quedista, já

a poucos metros do chão? - Estou com você e não abro

na sua, ele era presidente dos Estados Unidos.

Adolescência O adolescente não queria saber de nada na vida: não trabalhava, não estudava, dormia durante o dia. Isso era demais para seu pai: - Estou muito preocupado. Você já tem 15 anos! O que quer da vida? Sabe o que Abraham Lincoln fazia quando tinha a sua idade? - Na minha idade eu não sei. Mas

Bagagem internacional O sujeito chega no balcão da companhia aérea para fazer o check -in, deposita duas malas enormes na esteira e ordena: - Quero que esta mala vá pra Paris e esta outra para Tel-Aviv! - Como não é possível? Foi exatamente isso o que vocês fizeram na semana passada! 2012_JUNHO • 33


BOLSA DE SERVIÇO DA PINTURA PREÇOS BASEADOS EM CUSTO TOTAL FINAL APURADO

PLANILHA DE COTAÇÃO

(Mão-de-obra, leis sociais, faturamento, tintas, massas ou

Acima de 3 metros Nível A: Andaime

m² = Metro quadrado

vernizes em geral, ferramentas e equipamentos gerais,

Acima de 6 metros Nível B: Cadeira Suspensa

ml - Metro linear

inclusive balancins, etc), com responsabilidade total de

Acima de 6 metros Nível C: Balancim Manual

m = Metro

PINTURA PRONTA.

Acima de 6 metros Nível D: Balancim Elétrico S/B - Semibrilho

CONCRETO OU TIJOLO APARENTE Silicone base de água...................................................................................................................................................................................................10,96 m2 Silicone base solvente..................................................................................................................................................................................................... 16,42 m2 Verniz acrílico base de água....................................................................................................................................................................................... 12,82 m2 Verniz acrílico base de solvente..................................................................................................................................................................................19,80 m2 Verniz poliuretano monocomponente.................................................................................................................................................................... 24,20 m2

fundos e restaurações Descascamento de Superfície até 3 m................................................................................................................................................................... 0,37m² Descascamento de Superfície acima de 3 m..................................................................................................Nível A.....................................0,46m² Descascamento de Superfície acima de 6 m.................................................................................................. Nível B.....................................0,62m² Descascamento de Superfície acima de 6 m.................................................................................................. Nível C...................................... 0,71m² Descascamento de Superfície acima de 6 m..................................................................................................Nível D.....................................0,83m² Aplicação de Fundo Preparador até 3 m............................................................................................................................................................13,42m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 3 m............................................................................................Nível A..................................... 14,16m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m............................................................................................ Nível B....................................14,96m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m............................................................................................ Nível C....................................15,34m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m............................................................................................Nível D....................................16,99m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante até 3 m............................................................................................................................................16,08m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 3 m............................................................................Nível A....................................16,83m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m............................................................................ Nível B.....................................17,57m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m............................................................................ Nível C....................................18,32m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m............................................................................Nível D....................................19,06m² Restauração de Fissuras até 3 m................................................................................................................................................................................0,96ml Restauração de Fissuras acima de 3 m..............................................................................................................Nível A....................................... 1,28ml Restauração de Fissuras acima de 6 m.............................................................................................................. Nível B....................................... 1,54ml Restauração de Fissuras acima de 6 m.............................................................................................................. Nível C....................................... 1,86ml Restauração de Fissuras acima de 6 m..............................................................................................................Nível D....................................... 2,18ml Restauração de Trincas de Massa até 3 m...........................................................................................................................................................3,30ml Restauração de Trincas de Massa acima de 3 m .......................................................................................Nível A......................................3,73ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m ....................................................................................... Nível B......................................4,47ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m......................................................................................... Nível C......................................5,22ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m.........................................................................................Nível D......................................5,54ml Restauração de Trincas de Alvenaria até 3 m.....................................................................................................................................................5,48ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 3 m...................................................................................Nível A......................................6,07ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m................................................................................... Nível B......................................6,60ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m................................................................................... Nível C...................................... 7,35ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m...................................................................................Nível D...................................... 7,77ml Execução de Emboço até 3 m.................................................................................................................................................................................... 5,43m² Execução de Emboço acima de 3 m ..................................................................................................................Nível A...................................... 6,71m² Execução de Emboço acima de 6 m .................................................................................................................. Nível B....................................... 7,51m² Execução de Emboço acima de 6 m................................................................................................................... Nível C.......................................8,41m² Execução de Emboço acima de 6 m...................................................................................................................Nível D.....................................8,95m²

pintura interna - TETOS E PAREDES Látex PVA simples c/fundo uniformizante - sobre emboço............................................................................................................................. 6,89 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão comercial - sobre emboço ou gesso..............................................................................................9,66 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão luxo e retoques c/iluminação farta no local sobre emboço ou gesso.............................................................................................................................................................................. 12,77 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão luxo e retoques sobre emboço ou gesso c/acabamento final em verniz sobre látex (liquibrilho)...................................................................................................................................13,25 m2 Só massa corrida para receber papel de parede sobre emboço..........................................................................................................6,06 m2 Óleo simples c/faixa sinalizada para barras de garagem.........................................................................................................................15,98 m2 Óleo c/massa corrida e faixas sinalizadas para barras de garagem...................................................................................................18,49 m2 Esmalte acetinado c/massa corrida sobre emboço fino padrão luxo...................................................................................................19,79 m2 Esmalte automotivo tipo laca brilhante c/massa corrida............................................................................................................................. 43,30 m2 Quantil ou similar sobre fundo látex simples.......................................................................................................................................................14,08 m2 Quantil ou similar sobre massa corrida e fundo látex......................................................................................................................................19,21 m2 Epóxi bicomponente simples..................................................................................................................................................................................... 44,47 m2 Epóxi bicomponente c/massa corrida adequada.......................................................................................................................................... 60,10 m2 Poliuretano bicomponente simples......................................................................................................................................................................... 45,92 m2 Poliuretano bicomponente c/massa corrida adequada............................................................................................................................. 66,09 m2 Borracha clorada simples............................................................................................................................................................................................. 33,72 m2 Textura - Externa | Interna........................................................................................................................................................................... 16,07 | 20,28 m2 Pátina................................................................................................................................................................................................................... 23,86 | 29,82 m2 Pintura Manchada.................................................................................................................................................................................................9,54 |15,51 m2 Aplicação de Massa PVA até 3 m.............................................................................................................................................................................. 4,47m² Aplicação de Massa PVA acima de 3 m ......................................................................................................... Nível A.........................................5,14m² Aplicação de Massa PVA acima de 6 m ..........................................................................................................Nível B....................................... 5,94m² Aplicação de Gesso sobre Emboço até 3 m.........................................................................................................................................................4,71m² Aplicação de Gesso sobre Emboço acima de 3 m.................................................................................... Nível A....................................... 5,43m² Aplicação de Gesso sobre Emboço acima de 6 m.....................................................................................Nível B....................................... 6,37m² Aplicação de Massa Única até 3 m........................................................................................................................................................................... 19,17m² Aplicação de Massa Única acima de 3 m ..................................................................................................... Nível A......................................19,49m² 34 • JUNHO_2012

Aplicação de Massa Única acima de 6 m ......................................................................................................Nível B.................................... 20,34m² Aplicação de Textura até 3 m..................................................................................................................................................................................... 12,99m² Aplicação de Textura acima de 3 m ................................................................................................................ Nível A......................................13,90m² Aplicação de Textura acima de 6 m .................................................................................................................Nível B......................................14,48m² Aplicação de Textura Tipo Rústica até 3 m............................................................................................................................................................ 17,34m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 3 m ....................................................................................... Nível A......................................18,53m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m ........................................................................................Nível B......................................19,30m² Látex PVA sobre Massa até 3 m................................................................................................................................................................................... 8,41m² Látex PVA sobre Massa acima de 3 m ............................................................................................................. Nível A....................................... 8,67m² Látex PVA sobre Massa acima de 6 m ..............................................................................................................Nível B....................................... 9,49m² Látex PVA sobre Massa Única até 3 m.................................................................................................................................................................... 9,27m² Látex PVA sobre Massa Única acima de 3 m ............................................................................................... Nível A....................................... 9,53m² Látex PVA sobre Massa Única acima de 6 m ................................................................................................Nível B......................................10,44m² Látex PVA sobre Gesso até 3 m................................................................................................................................................................................. 10,12m² Látex PVA sobre Gesso acima de 3 m ............................................................................................................. Nível A......................................10,48m² Látex PVA sobre Gesso acima de 6 m ..............................................................................................................Nível B........................................11,48m² Látex PVA sobre Textura até 3 m.................................................................................................................................................................................. 11,13m² Látex PVA sobre Textura acima de 3 m ............................................................................................................ Nível A........................................11,52m² Látex PVA sobre Textura acima de 6 m .............................................................................................................Nível B......................................12,62m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso até 3 m............................................................................................................................................................. 15,66m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso acima de 3 m ......................................................................................... Nível A......................................16,55m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso acima de 6 m ..........................................................................................Nível B.......................................17,44m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso até 3 m..................................................................................................................................................................17,23m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso acima de 3 m .............................................................................................. Nível A......................................18,23m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso acima de 6 m ...............................................................................................Nível B........................................19,17m²

pintura EXTERNA Látex PVA tipo interior/exterior até 6m alt............................................................................................................................................................. 6,66 m2 Látex acrílico c/fundo uniformizante de textura até 6m alt..........................................................................................................................13,40 m2 Idem acima de 6m alt..................................................................................................................................................................................................... 18,65 m2 Textura acrílica c/calafetação e látex acrílico......................................................................................................................................................16,80 m2 Aplicação de Massa Acrílica até 3 m....................................................................................................................................................................... 14,48m². Aplicação de Massa Acrílica acima de 3 m ................................................................................................... Nível A.........................................15,12m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m ....................................................................................................Nível B.......................................15,66m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m.....................................................................................................Nível C......................................27,00m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m.................................................................................................... Nível D........................................17,36m² Aplicação de Massa Única até 3 m.......................................................................................................................................................................... 16,08m² Aplicação de Massa Única acima de 3 m ..................................................................................................... Nível A.......................................16,83m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m ......................................................................................................Nível B........................................ 17,47m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m........................................................................................................Nível C.........................................18,16m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m....................................................................................................... Nível D.......................................19,28m² Aplicação de Textura Acrílica até 3 m...................................................................................................................................................................... 14,48m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 3 m .................................................................................................. Nível A.......................................15,44m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m ...................................................................................................Nível B.......................................16,08m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m....................................................................................................Nível C........................................ 17,47m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m................................................................................................... Nível D.......................................19,06m² Aplicação de Textura Tipo Rústica até 3 m............................................................................................................................................................. 17,38m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 3 m ....................................................................................... Nível A.......................................18,44m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m ........................................................................................Nível B.......................................19,30m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m..........................................................................................Nível C..................................... 20,96m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m......................................................................................... Nível D....................................... 24,15m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica até 3 m................................................................................................................................................14,91m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 3 m ......................................................................... Nível A....................................... 15,76m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m ..........................................................................Nível B.........................................16,61m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m............................................................................Nível C........................................17,09m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m........................................................................... Nível D.......................................18,00m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única até 3 m................................................................................................................................................ 15,87m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 3 m ............................................................................ Nível A.......................................16,29m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m .............................................................................Nível B........................................17,09m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m..............................................................................Nível C........................................17,89m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m............................................................................. Nível D.........................................18,21m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura até 3 m............................................................................................................................................................. 16,08m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 3 m ........................................................................................ Nível A.......................................16,83m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m .........................................................................................Nível B........................................17,57m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m...........................................................................................Nível C.......................................18,32m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m.......................................................................................... Nível D.......................................19,06m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica até 3 m....................................................................................................................................................16,41m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 3 m .............................................................................. Nível A........................................ 17,37m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m ...............................................................................Nível B.......................................18,26m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m................................................................................Nível C.......................................18,80m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m............................................................................... Nível D.......................................19,82m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única até 3 m...................................................................................................................................................... 17,47m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 3 m ................................................................................ Nível A.......................................18,53m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m...................................................................................Nível B.......................................18,80m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m...................................................................................Nível C.......................................19,70m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m.................................................................................. Nível D..................................... 20,02m² www.jornaldopintor.com.br


BOLSA DE SERVIÇO DA PINTURA Látex Acrílico S/B sobre Textura até 3 m.................................................................................................................................................................. 17,63m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 3 m.............................................................................................. Nível A.......................................18,53m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m...............................................................................................Nível B.......................................19,33m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m...............................................................................................Nível C.......................................20,13m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m.............................................................................................. Nível D..................................... 20,98m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente até 3 m...................................................................................................................................................14,91m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 3 m ............................................................................ Nível A....................................... 15,76m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m .............................................................................Nível B.........................................16,61m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m..............................................................................Nível C........................................17,09m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m............................................................................. Nível D.......................................18,00m² Látex Acrílico sobre Piso................................................................................................................................................................................................... 12,57m² Látex Acrílico sobre Piso (Faixas de Demarcação)................................................................................................................................................ 5,75ml

SUPERFÍCIES METÁLICAS Só repintura em esmalte, grafite ou alumínio.....................................................................................................................................................13,93 m2 Desoxidação esmalte, grafite ou alumínio c/fundo zarcão........................................................................................................................... 18,21 m2 Idem c/fundo especial - galvanizados ou alumínio....................................................................................................................................... 20,49 m2 Esmalte, grafite ou alumínio em perfis, cantoneiras, batentes e tubulações aparentes até 4”................................................................................................................................................................................................................. 7,04 m2 Idem calhas ou rufos..........................................................................................................................................................................................................7,30 m2 Esmalte grafite ou alumínio com massa automotiva........................................................................................................................................30,14 m2 Tratamento, zarcão e epóxi bicomponente e acabamento....................................................................................................................... 67,84 m2

REGRAS DE MEDIÇÃO Venezianas: multiplicar por 3. Vitrô basculante: multiplicar o vão por 3. Vitrô não-basculante e janelas: multiplicar por 2. Grade: multiplicar por 3. Caiação interna ou externam borracha clorada ou epóxi: não descontar vãos até 4,00 m2. Para vãos superiores a 4,00 m2 deduzir apenas o que exceder a este valor. Têmpera de gesso, cola, têmpera lavável e látex: não descontar vãos de até 2,00 m2. Para vãos superiores a 2,00 m2 deduzir apenas o que exceder a este valor. Espaletas, faixas, vigas e molduras isoladas com largura de até 40 cm., são medidas por metro linear e cobradas a razão de 50% dos preços unitários por m2. Caixilhos de ferro, ferragens pesadas: multiplicar a área do vão-luz por 2.

MAPA DE CÁLCULO DE DILUIÇÃO, Nº DE DEMÃOS E RENDIMENTO DAS TINTAS

TIPO DE TINTAS

SOLVENTES

SUPERFÍCIES DE MADEIRA Óleo sem massa - obras populares.........................................................................................................................................................................13,00 m Idem rodapés.......................................................................................................................................................................................................................... 3,71 m Idem beirais até 60 cms. larg. madeira à vista.......................................................................................................................................................11,11 m2 Verniz poliuretano tipo naval - obras populares................................................................................................................................................15,02 m2 Idem rodapés........................................................................................................................................................................................................................ 6,90 m Idem beirais até 60 cms. larg. madeira à vista................................................................................................................................................... 11,50 m2 Esmalte acetinado c/massa corrida padrão comercial................................................................................................................................ 20,24 m2 Idem rodapés.........................................................................................................................................................................................................................8,35 m Esmalte acetinado c/massa corrida a óleo padrão luxo............................................................................................................................24,07 m2 Idem rodapés....................................................................................................................................................................................................................... 10,44 m Esmalte automotivo alto brilho c/massa corrida adequada e lixa d’água.........................................................................................6,78 m2 Idem rodapés....................................................................................................................................................................................................................... 31,00 m Laqueação, acabamento pome em pó............................................................................................................................................................. 73,70 m2 Lustração natural c/cera a boneca padrão comercial...................................................................................................................................19,00 m2 Lustração natural c/goma laca padrão luxo..................................................................................................................................................... 28,07 m2 2

diversos Caiação até 3 m.................................................................................................................................................................................................................. 4,55m² Caiação acima de 3 m ............................................................................................................................................. Nível A........................................ 4,82m² Caiação acima de 6 m ..............................................................................................................................................Nível B........................................... 5,11m² Caiação acima de 6 m...............................................................................................................................................Nível C........................................ 5,37m² Caiação acima de 6 m.............................................................................................................................................. Nível D........................................ 5,63m² Verniz Filtro Solar Marítimo........................................................................................................................................................................................... 34,40m² Esmalte Sintético.................................................................................................................................................................................................................... 7,77m² Barrado de Garagem em Esmalte Sintético....................................................................................................................................................... 42,39m² Pintura de Tubulação e Corrimão em Esmalte Sintético................................................................................................................................... 31,52ml

fachadas Lavagem Externa com Hidrojateamento até 3 m...................................................................................................................................................1,12m2 Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 3 m........................................................................... Nível A.......................................... 1,76m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m............................................................................Nível B........................................ 2,30m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m............................................................................Nível C........................................ 2,55m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m........................................................................... Nível D..........................................3,17m² Instalação de Tela Fachadeiro..................................................................................................................................................................................... 5,43m² Bandeja Nível A.................................................................................................................................................................................................................. 48,78ml Bandeja Suspensa acima de 3 m............................................................................................................................................................................... 81,26ml

Estrutura metálicas planas: multiplicar a área de projeção horizontal por 2. Estruturas metálicas ou de madeira em arco: aumentar 30% a área de projeção horizontal e multiplicar por 2. Estruturas metálicas: multiplicar a área do vão-luz por 2. Elementos vazados: multiplicar a área por 5. Terças e elementos de sustentação de telhas: multiplicar a área de projeção horizontal por 2. Esquadrias de madeira: Portas ou janelas-guilhotina com batentes: multiplicar a área do vão-luz por 3. Portas ou janelas-guilhotina sem batentes: multiplicar a área do vão-luz por 2. Caixilhos com venezianas: multiplicar a área do vão-luz por 5.

Líquido Base PVA Incolor Líquido Base Acrílico Incolor Líquido Impermeabilizante a Óleo Selador Pigmentado PVA Selador Pigmentado Acrílico Primer a Óleo para Madeiras Primer Surfacer Zarcão Comum Fundos Anticorrosivos Sintéticos Zarcão Preparado tipo Petrobras Zarcão Borracha Clorada Zarcão Epóxi Catalisado Cromato de Zinco Primer Epóxi Catalisado Óxido Primer Epóxi Catalisado Branco Primer para Galvanizados Massa PVA e Acrílica Super Extra Massa a Óleo e Sintéticas Massa Epóxi Catalisada Massa para Madeira Tinta Látex PVA Super Extra Tinta Látex PVA 2ª Linha Tinta Acrílica 100% Super Extra Tinta a Óleo Fosca Tinta a Óleo Brilho Super Extra Esmalte Sintético Brilho Super Extra Esmalte Sintético Semibrilho Super Tinta Grafite Super Extra Tinta Alumínio Super Extra Esmalte Epóxi Brilhante Catalisado Esmalte Epóxi Semibrilho Catalisado Esmalte Poliuretano Catalisado Esmalte Borracha Clorada Tinta Demarcação Borracha Clorada Tinta Cerâmica Super Extra Stain Semitransparente para Madeira Stain Cores Sólidas para Madeira Verniz Copal Brilhante Verniz Marítimo Brilhante Verniz Seda Sintético Semibrilho Verniz Epóxi Catalisado Verniz Poliuretano Catalisado Verniz Premium Duplo Filtro para Madeira

Água Água Aguarrás Água Água Aguarrás Thinner Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Água Aguarrás Solvente próprio Água Água Água Água Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás

DILUIÇÃO Trincha

Rolo

Pistola

Nº de Demãos

Rend. p/ Demão

15% 30% 20% 10% 10%

50 a 100% 15% 40% até 30% até 20% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% 10% 15% 10% até 15% até 15% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% 10% 20% 20% 20% 25% 20% 20% 5%

10 a 20% 20% 20% 30% 20% 20% 40% 40% 20% 20% 20% 20% 20% 20% até 25% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 30% 20% 30% 30% 30% 30% 30% 30% 10%

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 3 3 4 finas 3 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 3 2 3 3 3 2 2 3

30 m2 30 m2 30 m2 25 m2 25 m2 25 m2 25 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 50-70 m2 50-70 m2 50-70 m2 08-12 m2 5 m2 5 m2 14--15 m2 30-35 m2 25-30 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 25-30 m2 25-30 m2 18 m2 70 m2 50 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30 m2

10% 10% 30% 30% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 15% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 15% 15% 15% 20% 15% 15% -

- Os rendimentos apontados são válidos para a embalagem: galão 3,6 litros. - O rendimento real, dependendo do método de aplicação preparo de superfícies e condições de trabalho.

A Bolsa de Serviço da Pintura é uma das páginas mais lidas do Jornal do Pintor. Divulgue sua empresa e seus produtos. Patrocine! (11) 5645.0505 www.jornaldopintor.com.br

2012_JUNHO • 35


JP #553  

Jornal do Pintor - Edição de Junho 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you