Issuu on Google+

Jornal do Município A serviço do munícipe www.jornaldomunicipio.com.br * redacao@jornaldomunicipio.com.br * 4674-0872 * R$ 0,50

Sexta-feira, 20 de janeiro de 2012 - Ano 18 - Edição nº 1.163

Três cidades do Alto Tietê terão acesso ao Rodoanel De acordo com o projeto do trecho Leste do Rodoanel Mårio Covas, que teve suas obras iniciadas no dia 21 de dezembro passado, em Ribeirão Pires, no ABC paulista e contou com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB), apenas os municípios de Suzano, Itaquaquecetuba e Arujå, terão acesso à nova rodovia. Pågina 07

Foto: Milton Mishida

Trecho Leste terĂĄ onze quilĂ´metros de pontes

Governo de SP vai contratar 60 mĂŠdicos para o Hospital Regional PĂĄgina 07

Subprefeitura inspeciona ĂĄreas Para Loureiro, “Governo jĂĄ vive de risco no Jd. SĂŁo Paulo Foto: AI/SPG

clima de ressaca�

Foto: Arquivo Pessoal

Subprefeito alerta sobre risco

Com o perĂ­odo das chuvas, a Subprefeitura de Guaianases estĂĄ dando continuidade ao trabalho

de remoção de famílias que construíram irregularmente suas moradias em åreas      

de Pesquisas TecnolĂłgicas (IPT) da Universidade de SĂŁo Paulo (USP) como sendo de alto risco de

deslizamento de terra. Ao todo, foram identificadas 407 ĂĄreas de risco na cidade. PĂĄgina 06

O arquiteto JosĂŠ Carlos Dias Loureiro, presidente do DiretĂłrio Municipal do Partido da RepĂşblica (PR) e prĂŠ-candidato a prefeito de Ferraz de Vasconcelos, afirmou que estĂĄ trabalhando intensamente com o objetivo de provocar

uma mudança radical no comando do municĂ­pio a partir de 2013. “A Prefeitura tem de ser a melhor prestadora de serviço da cidade e nĂŁo tem sido, ao contrĂĄrio, tem deixado a desejarâ€?, declarou. PĂĄgina 05


2

Sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Geral

Jornal do MunicĂ­pio

Estamos vivendo o início de mais um ano eleitoral com a disputa por prefeitura e vagas de vereadores. Todos os políticos, mesmo os que não serão candidatos em 2012, não medirão esforços para eleger os seus aliados, e com isso muitos tentarão comprar o seu voto. Fique atento, não venda seu voto, pois se o vender agora não poderå cobrar benefícios para sua cidade, melhorias na educação, melhor atendimento à saúde, porque a dívida com você foi quitada antes mesmo da eleição, e ele se for eleito não terå nenhum compromisso com você durante o mandato. É importante ter

consciência de que nosso voto não tem preço. Por isso devemos conhecer as ideias dos candidatos e sua história, conhecendo assim seus valores e responsabilidade. Com o voto consciente toda a sociedade ganha!       

     

 os candidatos que realmente querem se comprometer com o povo na luta pela melhoria e qualidade de vida, acredite! Ainda existem candidatos movidos pelos ideais de trabalhar em favor do povo e com intenção de fazer o possível para melhorar as condiçþes de vida da população com RESPONDABILIDADE E TRABALHO!

Miguel Leite PESQUISAS Desde o dia 1º deste mês jå estå em vigor o calendårio eleitoral de 2012. De acordo com determinação da Justiça Eleitoral, todas as pesquisas que forem divulgadas terão de ser registradas no cartório eleitoral do local onde a pesquisa foi realizada e tem de atender a todos os requisitos que manda a lei.

Alfredo de Jezus Filho Presidente do Sindicato dos MetalĂşrgicos de Ferraz de Vasconcelos

Mesmo com inflação, empresas estĂŁo otimistas para 2012 Kurth Tonn       no limite superior do teto da meta estipulada pelo Banco Central (6,5% pelo IPCA), o câmbio esteve valorizado durante grande parte do ano, e os juros bĂĄsicos (Selic) sofreram sucessivas elevaçþes. No entanto, os resultados de 2011 foram positivos para as Micro e Pequenas Empresas. De janeiro a novembro do ano passado, houve aumento de 4,3% no faturamento real sobre igual perĂ­odo do ano anterior. Esse resultado, junto com o aquecimento do mercado interno, tem gerado boas expectativas nos empresĂĄrios para 2012. É o que mostra pesquisa divulgada pelo Sebrae-SP na segunda-feira, 16. De acordo com a pesquisa, em novembro de 2011, o faturamento real da Micro e Pequenas

Empresas paulistas apresentou aumento de 6,1% sobre o mesmo mĂŞs do ano anterior. O perĂ­odo pesquisado foi especialmente bom para a indĂşstria. O setor, prejudicado pela concorrĂŞncia com importados e pelas elevaçþes dos juros, havia registrado quedas contĂ­nuas na receita entre julho e setembro. Em novembro, houve aumento no faturamento. “As vendas da indĂşstria de pequeno porte para abastecer o comĂŠrcio no final do ano passado se concentraram nos meses de outubro e novembro, o que explica o aumento de 5% no faturamento registradoâ€?, relata Aureo do Carmo, presidente da Acifv. A pesquisa tambĂŠm mostra que o setor de serviços foi o que registrou maior crescimento no faturamento, na comparação de novembro dos dois Ăşltimos anos, com alta de 13,5%. ComĂŠrcio foi o setor que menos cresceu,

mas tambĂŠm registrou aumento, correspondendo a alta de 2,3%. Mesmo com as incertezas no cenĂĄrio econĂ´mico internacional no inĂ­cio deste ano, em especial quanto Ă s dificuldades de financiamento nos paĂ­ses da europa, os empresĂĄrios se mantĂŠm otimista. Dos proprietĂĄrios de MPEs, 31% acreditam que terĂŁo aumento no faturamento em 2012, 50% acham que manterĂŁo a receita e apenas 7% esperam queda no faturamento real. Na visĂŁo do presidente da Associação Comercial e Industrial de Ferraz de Vasconcelos - ACIFV, as reduçþes nos juros bĂĄsicos registradas nos Ăşltimos meses, a melhora no nĂ­vel de atividade da economia e a expectativa de crescimento no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro levarĂŁo a resultados mais favorĂĄveis em 2012. De acordo com ele, “as empresas vĂŁo acompanhar o ritmo de crescimento na economia

do país. Considerando as características das Micro e Pequenas Empresas, que vendem principalmente para o consumidor, a evolução da oferta de emprego e da renda na economia são          positivamente o desempenho das empresas em 2012�. Sobre a pesquisa A pesquisa de conjuntura Indicadores Sebrae-SP Ê realizada mensalmente pelo Sebrae-SP, com apoio da Fundação Seade. Em novembro, participaram do levantamento 2.716 micro e pequenas empresas dos setores de comÊrcio (57% do universo das MPEs paulistas neste setor), serviços (32%) e indústria de transformação (11%). Em todo o Estado, são mais de 1,3 milhão de empresas nestes três setores.

TĂ?TULO DE ELEITOR AtĂŠ o dia 9 de maio os brasileiros que mudaram de endereço, ou completam 16 anos de idade poderĂŁo solicitar a emissĂŁo do TĂ­tulo de Eleitor e participar das eleiçþes municipais de outubro. Os interessados devem procurar o CartĂłrio Eleitoral de sua cidade para obter mĂŠis informaçþes. 2Âş TURNO O municĂ­pio de Itaquaquecetuba poderĂĄ ter segundo turno nas eleiçþes deste ano. Atualmente, a cidade possui mais de 196 mil eleitores e como o prazo para que novos tĂ­tulos sejam emitidos termina no dia 9 de maio, o nĂşmero em ItaquĂĄ pode ultrapassar os 200 mil eleitores, o que de acordo com a lei eleitoral obriga o municĂ­pio a realizar dois turnos. No Alto TietĂŞ hoje, sĂł Mogi das Cruzes possui dois turnos. A UNIFOGO SISTEMAS CONTRA INCĂŠNDIO LTDA – ME portadora do CNPJ 09.648.176/0001-29 com sede na Rua Kango Takiuti, 39 – Vila do Americano – Ferraz de Vasconcelos vem por meio desta publicação, informar aos interessados o extravio da Autorização de ImpressĂŁo de Documento Fiscal (AIDF) 4285 referente Ă  confecção de duas mil notas       ANA ROZA ALUMINIO CRISTAL LTDA ME torna pĂşblico que recebeu da CETESB a Renovação da Licença de Operação N° 26003399 , vĂĄlida atĂŠ 11/01/2016, para FABRICAĂ‡ĂƒO DE PANELAS DE ALUMĂ?NIO PARA USO DOMÉSTICO Ă  RUA ILJIMA, 1423, VL SANTO ANTĂ”NIO, FERRAZ DE VASCONCELOS.

Expediente O JORNAL DO MUNICĂ?PIO ĂŠ um jornal de propriedade da            !  "        #          $     % &'()*)    +.  /     3  .  ( RazĂŁo Social:          (( CNPJ: 4'()54()5'6444&7' Inscrição Municipal: 75'5         8    #

Jornalista ResponsĂĄvel: Daniela Foiadelli Sede: 8 "  9 4&   5  :(    ;<  =   > 4)/*5&/4( Fone/fax: 7?574)5* E-mail:  @B      ( (E Site: GGG(B      ( (E     '?/*/*77

Filiado à ADJORI Periodicidade:   ( Data de distribuição: sexta-feira Circulação: ;<  =    $ <  H::E  .  KE    "  3  H    H:Q( T V        . .   E   ( T W    B   : W   <    #     #.   V  W   % /X))  &76&*6&X5'


Sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Jornal do MunicĂ­pio

Três cidades do Alto Tietê terão acesso ao Rodoanel Foto: Reprodução iTV Sol

Miguel Leite De Ribeirão Pires De acordo com o projeto do trecho Leste do Rodoanel Mário Covas, que teve suas obras iniciadas no dia 21 de dezembro passado, em Ribeirão Pires, no ABC paulista e contou com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB), apenas os municípios de Suzano, Itaquaquecetuba e Arujá, terão acesso à nova rodovia. As licenças ambientais para a construção de viadutos sobre os rios Tietê e Guaió já foram liberadas. O investimento será de R$ 2,8 bilhões aplicados na construção, desapropriações, reassentamentos e projetos ambientais. Outros R$ 2,4 bilhões serão destinados a operação, conservação e obras de ampliação nos Trechos Sul e Leste ao longo dos próximos 35 anos. O traçado do Trecho Leste corta seis municípios: Ribeirão Pires, Mauá (no ABC), Suzano, Poá, Itaquaquecetuba e Arujá, no Alto Tietê. Os acessos serão nos seguintes pontos:    !" # interligação com Avenida Papa João XXIII, em Mauá; SP 66, em Suzano; Rodovia Ayrton Senna (SP70), em Itaquaquecetuba; e Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Arujá. & ' *   em 30 meses, ou seja, em março de 2014 e está começando um mês antes do previsto. Foram grandes cuidados ambientais na área das várzeas do Tietê e do Rio Guaió, inclusive

Evento em Riberão Pires sobre o Trecho Leste do Rodoanel, contou com a presença de Alckmin e prefeitos do Alto Tietê

ela não mexe em terra: teremos 11 quilômetros praticamente de viadutos e baixa altitude, muitas inovaçþes em termos de engenharia", afirmou o governador. Segundo informaçþes da Coodenadoria de Comunicação do Governo do Estado, as obras deste novo trecho devem gerar 3,5 mil empregos diretos e 14 mil indiretos. Com 43,5 quilômetros de extensão, o trecho integra uma importante ligação entre as principais rodovias que passam pela Região Metropolitana de São Paulo. A previsão Ê que a obra seja entregue em março de 2014, prazo estimado de 30 meses de execução. Nessa etapa inicial, serão produzidas, no próprio canteiro de obras, as peças prÊ-moldadas, como vigas e outras peças de concreto usinado, fundamentais para

a construção da rodovia. A implantação do Trecho Leste demanda mais de 12 mil vigas, o que resulta na mÊdia de produção de 12 vigas por dia. Ao todo, o projeto contempla 16,8 quilômetros de pontes e viadutos, alÊm de um quilômetro de túnel. O Trecho Leste deve r e c e b e r, d i a r i a m e n t e , mais de 24 mil veículos. Estima-se que entre 60% e 70% desse fluxo seja de veículos pesados. Por isso, sua importância não só para o desenvolvimento econômico do Estado, mas tambÊm para o trânsito da Região Metropolitana de São Paulo, que deixarå de receber tråfego com origem e destino nos sistemas rodoviårios interligados pelo Rodoanel. Em conexão com o Trecho Sul e o Sistema AnchietaImigrantes tambÊm viabiliza uma ligação mais

Mapa mostra projeto final do Rodoanel

rĂĄpida e eficiente com o Porto de Santos e com o Aeroporto Internacional de Guarulhos. O Rodoanel MĂĄrio Covas (SP-21) ĂŠ uma obra fundamental para desafogar o intenso trĂĄfego da regiĂŁo metropolitana, principalmente de caminhĂľes. Dividido em    !     a plataforma logĂ­stica rodoviĂĄria de radial para anelar, interligando 10 rodovias que chegam Ă  capital do Estado: FernĂŁo Dias, Dutra, Ayrton Senna, Anchieta, Imigrantes, RĂŠgis Bittencourt, Raposo Tavares, Castello Branco, AnhangĂźera e Bandeirantes.

'

RegiĂŁo


7

 

Sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Jornal do MunicĂ­pio


/

Sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Eleiçþes

Jornal do MunicĂ­pio

Loureiro quer um novo grupo comandando Ferraz em 2013

Partidos PR e PTdoB apresentam seus prĂŠT W      9     #+ ( T  candidatos

.          : $ W   PR Reportagem Local

O arquiteto JosĂŠ Carlos Dias Loureiro, presidente do DiretĂłrio Municipal do Partido da RepĂşblica (PR) e prĂŠ-candidato a prefeito de Ferraz de Vasconcelos, afirmou que estĂĄ trabalhando intensamente com o objetivo de provocar uma mudança radical no comando do municĂ­pio a partir de 2013. â&#x20AC;&#x153;A Prefeitura tem de ser a melhor prestadora de serviço da cidade e nĂŁo tem sido, ao contrĂĄrio, tem deixado a desejarâ&#x20AC;?, declarou. O polĂ­tico participou do programa â&#x20AC;&#x153;CafĂŠ com PolĂ­ticaâ&#x20AC;?, da iTV Sol NotĂ­cias, gravado na manhĂŁ de quarta-feira (18). Durante a entrevista Loureiro falou ao jornalista Miguel Leite sobre a organização do PR, que segundo ele, terĂĄ candidato prĂłprio a Prefeitura e uma chapa completa de vereadores. â&#x20AC;&#x153;JĂĄ estamos realizando reuniĂľes com os prĂŠ-candidatos a vereador e discutindo nosso plano de governo para apresentar Ă  sociedade no momento em que o calendĂĄrio eleitoral nos permitirâ&#x20AC;?, adianta Loureiro. Candidato a prefeito por duas vezes (2000 e 2004)

?      @  lugar, sendo que em 2004 foi vencido pelo atual prefeito Jorge Abissamra (PSB), por pouco mais de 1,3 mil votos. A entrevista completa vocĂŞ assiste na iTV Sol: www. solnoticiaspress.blogspot. com. A seguir alguns trechos da entrevista do prĂŠ-candidato ao programa â&#x20AC;&#x153;CafĂŠ com PolĂ­ticaâ&#x20AC;?. Jornal do MunicĂ­pio â&#x20AC;&#x201C; Como a polĂ­tica surgiu na vida do senhor? JosĂŠ Carlos Dias Loureiro â&#x20AC;&#x201C; Na universidade eu jĂĄ vivia polĂ­tica. Nos anos 80 eu me filiei ao PMDB, mas no final dos anos 90 fui convidado pelo PPS e assumi a direção do partido em 1998, para em 2000 disputar pela primeira vez a Prefeitura de Ferraz. Em 2004 eu me coloquei novamente Ă  disposição dos eleitores onde disputei a eleição mais acirrada da histĂłria de Ferraz. Jornal do MunicĂ­pio â&#x20AC;&#x201C; Como estĂŁo os preparativos para a disputa da eleição deste ano? JosĂŠ Carlos Dias Loureiro â&#x20AC;&#x201C; Estamos com um grupo forte, com uma chapa de prĂŠ-candidatos a vereador muito boa. Temos pessoas comprometidas

Foto: Reprodução iTV Sol Notícias

Miguel Leite entrevista Loureiro no â&#x20AC;&#x153;CafĂŠ com PolĂ­ticaâ&#x20AC;?

com a cidade e com o partido e, principalmente, com o objetivo de eleger o prĂłximo prefeito de Ferraz de Vasconcelos. Jornal do MunicĂ­pio â&#x20AC;&#x201C; O senhor foi secretĂĄrio de Serviços Urbanos na administração Jorge Abissamra. Porque deixou o cargo? JosĂŠ Carlos Dias Loureiro â&#x20AC;&#x201C; Todos sabem que eu fui secretĂĄrio durante o primeiro mandado do prefeito Jorge Abissamra Isso ocorreu num ato de humildade mĂştua em benefĂ­cio da cidade.

PP pode apoiar PR Miguel Leite O Partido Progressista (PP) pode se aliar ao Partido da RepĂşblica (PR) e apoiar a prĂŠ-candidatura do arquiteto JosĂŠ Carlos Dias Loureiro. A informação ĂŠ do empresĂĄrio Nasser Khodr Eid que ĂŠ prĂŠ-candidato a vereador em Ferraz de Vasconcelos. De acordo com o empresĂĄrio a cidade necessita urgente de mudança. â&#x20AC;&#x153;NĂłs estamos nos estruturando, realizando reuniĂľes com lideranças de '      maioria da população clama por mudança e renovação na polĂ­tica municipal. O

PR demonstra ter o mesmo objetivo que o nosso partido e por esse motivo estamos conversando bastante e participando o nosso presidente (Roberto JoroflĂĄ), no sentido de fazer uma aliança e tudo indica que isso vai ocorrerâ&#x20AC;?, informa Nasser. â&#x20AC;&#x153;As reuniĂľes que nĂłs temos realizado pelos bairros de Ferraz, tĂŞm nos mostrado que os moradores estĂŁo descontentes com inĂşmeras situaçþes, mas principalmente no que diz respeito Ă  saĂşde, educação e a segurança. Para essas ĂĄreas, nĂłs estamos elaborando vĂĄrios projetos para o futuroâ&#x20AC;?, adianta o empresĂĄrio.

Nasser De famĂ­lia tradicional  / <! =  >   do advogado Mohamed Khodr Eid e da professora da Rede Estadual de Ensino Luzinete Maria dos Santos e irmĂŁo de Mohamed Khodr Eid JĂşnior e Samir Khodr Eid. Seus avĂ´s Khodr Hamad Eid e Leila Mohamed Ogde eram comerciantes. â&#x20AC;&#x153;NĂŁo tem como fugir da polĂ­ticaâ&#x20AC;?. Desde criança sempre vivi a polĂ­tica acompanhando meus pais, nos principais acontecimentos e articulaçþes, que marcaram a histĂłria do municĂ­pio de Ferraz, onde trabalhei ajudando na campanha

Entretanto, no segundo mandato (2009) assumi a Secretaria de Planejamento e fiquei atĂŠ setembro daquele ano, quando o prefeito me solicitou o cargo, alegando que iria realizar uma renovação na administração dele. Jornal do MunicĂ­pio â&#x20AC;&#x201C; No segundo mandato do prefeito Abissamra foi instalado o caos geral na administração municipal, com a instituição do calote geral nos fornecedores e a crise no lixo. Qual a proposta do PR para tirar Ferraz do buraco?

JosĂŠ Carlos Dias Loureiro â&#x20AC;&#x201C; TĂŁo logo deixei a Prefeitura em 2009, eu nĂŁo tive mais nenhum contato com o prefeito. Hoje, entendo que a Prefeitura tem de ser a melhor prestadora de serviço da cidade e nĂŁo tem sido, ao contrĂĄrio, tem deixado a desejar. A Prefeitura tem de passar por uma reformulação total e em 2013, um novo grupo assumirĂĄ o comando da cidade, pois no caminho   * 

*Q JĂĄ podemos ver que o Governo Municipal estĂĄ vivendo uma ressaca.

Cicero do GĂĄs ZĂŠ JoĂŁo Olavo Santana Renato Ferraz Luiz Marcondes Adelmo Ivan do Bar Neguinho Thiago Coutinho Avante Eu Vou (Samuel) Luiz TenĂłrio Carlos Ciriaco Ricardo da Padaria Nestor Cabeleireiro Fernando Vieira Rose Bolachinha Professor Alexandre Zoinho da FarmĂĄcia Tarcisio (Xuxa) Cesar do Castelo PaulĂŁo Vila SĂŁo Paulo Paulo PĂŠrola BĂĄ Lava RĂĄpido GillĂł (Zezinho) LĂş Rosana Lila do Coco Lucimara Margarete Professora Raquel DrÂŞ Marisa Mazeo

PTdoB Greten Rosimeire Negritude Sr. Osvaldo Luizinho da Tapioca JoĂŁo Caravana

Foto: Reprodução iTV Sol Notícias

Nasser: â&#x20AC;&#x153;Vivo polĂ­tica desde criançaâ&#x20AC;?

do Deputado Federal MissionĂĄrio Jose OlĂ­mpio (PP) na sua candidatura onde foi eleito, sendo ele o segundo mais votado

do partido. Assim ganhei experiĂŞncias e maturidade com o aprendizado e com isso sinto-me a vontade para colocar em pratica

tudo aquilo que aprendi. Estarei serviço da sociedade, e para concretizar isso, o caminho Ê a política.


?

Sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

RegiĂŁo

Jornal do MunicĂ­pio

Subprefeitura de Guaianases inspeciona åreas de risco no Jd. São Paulo Y   9#         Z     :  EW  3  :   9    $       <    Assessoria de Imprensa Com o período das chuvas, a Subprefeitura de Guaianases estå dando continuidade ao trabalho de remoção de famílias que construíram irregularmente suas moradias em åreas       de Pesquisas Tecnológicas (IPT) da Universidade de São Paulo (USP) como sendo de alto risco de deslizamento de terra. Ao todo, foram identificadas 407 åreas de risco na cidade. As duas åreas inspecionadas no Jd. São Paulo ficam bem próximas e foram alvos de desocupação no ano passado. A desocupação da primeira delas, localizada nas proximidades da rua Teotônio Pavão, teve início em abril de 2011, quando o poder público removeu 46 famílias, com o intuito

de preservar a vida dos moradores. A segunda årea inspecionada fica na rua Estanislau de Toledo Piza, num terreno que pertence à Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab-SP), onde vårias casas foram construídas irregularmente na encosta do morro. Ali, a desocupação ocorreu em agosto de 2011, quando a Subprefeitura realizou uma operação de desfazimento e apreensão de materiais de construção. Para acompanhar de perto a situação, o subprefeito Saint Clair da Rocha Coutinho Sobrinho vistoriou a årea e conversou com os moradores sobre a necessidade deles se mudarem o mais råpido possível, jå que a terra da encosta estå muito molhada e pode ceder a qualquer momento. Para tanto, informou-lhes

Foto: AI/SPG

VisĂŁo que se tem da rua Teotonio PavĂŁo mostra o perigo da encosta

sobre a existência do cadastro socioeconômico que as famílias deverão recorrer para cobrirem as despesas com as novas moradias. AlÊm da parceria com a Secretaria da Habitação,

Subprefeitura de Itaquera lacra dois bares na Cidade LĂ­der Foto: AI/SPI

Bar sendo lacrado na Rua Ari JosĂŠ Ligori

Assessoria de Imprensa A Subprefeitura de Itaquera fechou na manhã desta quarta-feira, 18/01, dois bares localizados no Jardim Fernandes, Cidade Líder, por falta de licença de funcionamento. Os bares foram emparedados e lacrados pela Supervisão de Fiscalização da Subprefeitura, alÊm de receber multas no valor de 6.060,00 Reais cada um. A Subprefeitura jå havia registrado vårias reclamaçþes de moradores,

feitas por meio do SAC da Prefeitura em relação aos dois estabelecimentos irregulares. O p r i m e i r o estabelecimento fechado estava localizado na Rua Palmeira-Laca, e jå havia sido autuado em 14/04/2009 por meio do processo 20090.110.751-0, e intimado a apresentar licença de funcionamento. Jå o segundo estabelecimento fechado estava localizado na Rua Ari Jose Liguori, e foi autuado em 08/12/2010 por meio do processo 20100.334.580-4, e intimado

a apresentar licença de funcionamento. Z[@   <  da Subprefeitura retornaram aos locais em datas distintas e os estabelecimentos foram novamente autuados, agora no valor de 1.000,00 Reais o primeiro, e o segundo no valor de 1.430,00 Reais. AlÊm disso, foram intimados a regularizarem a situação ou encerrarem as atividades dentro de 30 dias. A força tarefa montada pela subprefeitura de Itaquera para essa operação de fechamento contou com o apoio da Guarda Civil Metropolitana.

o trabalho vem sendo realizado conjuntamente com a Defesa Civil, SupervisĂŁo de Fiscalização, SupervisĂŁo de Habitação, Coordenadoria de Obras e ATOS â&#x20AC;&#x201C; Assessoria TĂŠcnica de Obras e Serviços, da Secretaria da Coordenação das Subprefeituras. No Ăşltimo dia 12, o Subprefeito reuniu-se na sede da subprefeitura com representantes da Cohab, Hab-Lest, para definir em conjunto uma saĂ­da para promover uma nova desocupação do local. Ficou acertado que as famĂ­lias seriam cadastradas e incluĂ­das no Programa Parceria Social AuxĂ­lioAluguel para que pudessem ser retiradas da ĂĄrea de risco.

Fisioterapia de PoĂĄ vai ampliar atendimento Foto: Fernando AraĂşjo

Assessoria de Imprensa O Centro de Fisioterapia de Poå, que diariamente atende aproximadamente 200 pessoas, deverå aumentar a capacidade de atendimento para 300 pacientes por dia, quando o novo prÊdio da Fisioterapia, que serå construído em Calmon Viana ficar pronto. A informação Ê da Secretåria de Saúde, Clåudia Cristina de Deus, que adiantou tambÊm que no novo local, serão oferecidos mais serviços de saúde, como hidroterapia, terapia ocupacional e pilates. Claudia contou que o novo prÊdio, terå cinco andares, com estrutura moderna, contando inclusive, com uma piscina, para que as atividades de hidroterapia possam ser feitas. Ainda de acordo com a Secretåria, quando a Fisioterapia se instalar de fato em Calmon Viana, passarå a se chamar Centro de Reabilitação, em virtude da equipe multidisciplinar que farå o atendimento. AlÊm disso, a obra do novo prÊdio jå foi para licitação.

No novo prĂŠdio da Fisioterapia, serĂĄ possĂ­vel aumentar o nĂşmero de atendimentos diĂĄrios e oferecer novos tratamentos

Atualmente o Centro de Fisioterapia estĂĄ localizado em um prĂŠdio no bairro Jardim Ă urea. Claudia contou que em breve, a Fisioterapia deverĂĄ sair desse local, para um prĂŠdio na regiĂŁo central do municĂ­pio, atĂŠ que o Centro de Reabilitação seja construĂ­do: â&#x20AC;&#x153;Vamos sair, pois a Prefeitura jĂĄ tem planos para o prĂŠdio que ocupamos no momento, mas estamos vendo um local no Centro de PoĂĄ para ficarmos atĂŠ que o nosso

>      QY  o Centro de Reabilitação estiver funcionando em Calmon, todos irĂŁo ver como o projeto foi bem elaboradoâ&#x20AC;?.

Os atendimentos que sĂŁo feitos no Centro de Fisioterapia permanecerĂŁo. A população vai continuar usufruindo no novo local, dos serviços de ortopedia, neurologia adulto e infantil, traumatologia, educação postural global, conhecido como RPG, acupuntura, fonoaudiologia, odontologia e ambulatĂłrio de respiratĂłria adulto e infantil. â&#x20AC;&#x153;Continuaremos com os serviços que jĂĄ oferecemos e teremos alguns novos. Estou orgulhosa do projeto do Centro de Reabilitação, pois ampliaremos o atendimento, que jĂĄ ĂŠ tido como referĂŞncia na regiĂŁoâ&#x20AC;?, disse Claudia.


Sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Jornal do MunicĂ­pio

SaĂşde contrata 60 mĂŠdicos para o Hospital Regional

Foto: Miguel Leite

Filme de combate e prevenção às drogas serå lançado em Ferraz Por Lourdes Ramos

Miguel Leite De ItaquĂĄ O Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos vai receber 60 novos mĂŠdicos     Q[[  ĂŠ do governador Geraldo Alckmin (PSDB), durante solenidade de entrega de 250 apartamentos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano CDHU em Itaquaquecetuba, a funcionĂĄrios pĂşblicos municipais e estaduais da cidade. De acordo com Alckmin um concurso pĂşblico foi aberto para o preenchimento das vagas.

Associação apoia a prÊ-candidatura de Izidro Neto a prefeito Foto: Divulgação

Vereador Izidro (centro) e integrantes da diretoria da Acaapesp

Da Assessoria de Izidro Neto Associação dos Consultores, Assessores e Articuladores Políticos do Estado de São Paulo (Acaapesp) decidiu apoiar a prÊ-candidatura do vereador JosÊ Izidro Neto (PMDB), a prefeito de Ferraz de Vasconcelos, em outubro. O anúncio da parceria política ocorreu durante encontro, na quinta-feira, dia 12, na Câmara Municipal, no centro. A entidade funciona na Vila Antonieta, na capital. O órgão Ê presidido por Alan Montoro.

Ferraz

5

Na reuniĂŁo, Izidro Neto disse que o apoio irrestrito a sua prĂŠ-candidatura por parte da entidade que reĂşne pessoas gabaritadas na articulação polĂ­tica em todo o Estado de SĂŁo Paulo o deixou bastante contente e, ao mesmo tempo, surpreso, jĂĄ que, nĂŁo esperava receber toda a diretoria do grupo, em Ferraz de Vasconcelos. Ele ressalta que manteve os contatos com representantes da Acaapesp, recentemente, porĂŠm, nĂŁo achava que o acordo fosse feito de maneira imediata. â&#x20AC;&#x153;A Associação ĂŠ formada em sua maioria por profissionais liberais

e, acima de tudo, estå comprometida para promover o bem-estar da população em geral. !   <

 contar com o apoio desse respeitado ĂłrgĂŁoâ&#x20AC;?, aponta Izidro. Segundo ele, caso vença a eleição pretende fazer uma administração transparente e, sobretudo, zelar o dinheiro pĂşblico. JĂĄ o vereador e presidente do diretĂłrio local do PMDB, Juracy Ferreira da Silva         do colega representa um grande desafio polĂ­tico. Por isso, ele promete bater de porta em porta pedindo voto.

Um dos fundadores da Acaapesp, SĂŠrgio Osicran garantiu que a entidade optou por apoiar a prĂŠcandidatura de Izidro Neto por tratar-se de um homem sĂŠrio e comprometido com o cidadĂŁo em geral. AlĂŠm disso, pesou na decisĂŁo o fato de Ferraz de Vasconcelos apresentar realidade social semelhante a da capital paulista, isto ĂŠ, ser um municĂ­pio operĂĄrio. Em breve, uma nova reuniĂŁo deverĂĄ ser feita para traçar metas comuns. â&#x20AC;&#x153;Vamos lutar pela vitĂłria do companheiro Izidro Neto em outubroâ&#x20AC;?, conclui SĂŠrgio Osicran.

 \      @*        

         ]   '   '   prevenção contra as drogas estå sendo realizada pelo roteirista e professor de história, Marcos Vecch, com o apoio da Polícia Militar para presentear a cidade de Ferraz ^   QZ 

*  ]'   Q Pela primeira vez, Ferraz de Vasconcelos se torna  *        @        '   @Q=     _ ` de janeiro, centenas de pessoas assistiram as gravaçþes das cenas feitas no trecho entre as ruas Tito Temporim e Viaduto Airtom Senna na regiĂŁo central da cidade. As drogas sĂŁo um dos problemas mais marcantes das sociedades contemporâneas. O resultado negativo disso ĂŠ de ordem social e econĂ´mica. Social, pois desestrutura a famĂ­lia e econĂ´mica, por gerar diversos custos para os governos que na maioria das vezes mantĂŠm o tratamento. =  {!   @ '>    | e o crime. Grande parte dos usuĂĄrios ĂŠ jovens, muitos começam a usar geralmente na escola e em idade cada vez mais prematura. Z    !} ^ !     do espectador para a instituição famĂ­lia. Por isso, batizou o curta com o nome - ¨Onde Estiver, Estaremos¨, e com o subtĂ­tulo - ¨AtĂŠ onde a vida de um jovem viciado pode interferir na vida de sua famĂ­lia¨. Assim, o curta pode ~    '      >Â&#x20AC;   @Q ^  <     @ >      Â&#x20AC;  <    Â&#x201A;/<    e carinho. Amigos e patrocinadores me ajudaram a dar vida ao projeto. Por isso, em momento algum precisei    @      Q}      @    "        Q   certeza que faremos um bom trabalho de orientação e prevenção as drogasâ&#x20AC;?, concluiu. Z  !          ]    Â&#x192; minutos, apresenta vĂĄrios depoimentos de autoridades policiais, psicĂłloga, pedagoga, ex-dependentes quĂ­micos e familiares, entre outros. Marcos Vecch encerrou a entrevista agradecendo os patrocinadores envolvidos nesta etapa da produção:    ! Â&#x201E;<< Â&#x2020;! Â&#x2021;   Y  Estaçþes e a Casa das Fraldas. TambĂŠm agradeceu o apoio e a participação especial da PolĂ­cia Militar, do Delegado da PolĂ­cia Civil Wagner Lombisani, e o apoio da SecretĂĄria de Segurança e Serviços Urbanos â&#x20AC;&#x201C; Ana Acilda. â&#x20AC;&#x153;Estou muito ansioso para ver como o pĂşblico vai reagir, mas tambĂŠm muito feliz com o resultado do trabalho. Acredito que outros patrocinadores contribuirĂŁo para a segunda etapa do projeto acontecer, que ĂŠ a impressĂŁo de pelo menos 50 mil CD´sâ&#x20AC;?, finalizou emocionado o produtor e roteirista Marcos Vecch.


)

Destaque

Sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Jornal do MunicĂ­pio


Edição 1163