Issuu on Google+

jornaldoguara.com

ano 32 • edição 683

Escola e moradores brigam por estacionamento A Administração Regional suspendeu a construção de um estacionamento em frente à escola Mundo Mágico do Saber na QE 28, após protesto dos moradores. Tentativa de conciliação entre pais de alunos e moradores não deu certo (Página 5).

17 a 23 de maio de 2014

Distribuição Gratuita

Guará antes e depois

Sábado tem Pholhas no aniversário da Água Vida O grupo Pholhas, ícone da música romântica dos anos 70/80, é a atração do aniversário da Academia Água Vida, neste sábado, no Clube da Asmec, no Sia (Página 15).

Caminhada Cultural de volta neste sábado Quem estiver passando pelo calçadão do Guará II neste sábado vai encontrar 15 pontos com atrações culturais e esportivas ao longo dos 8 quilômetros do percurso. A Caminhada Cultural realizada desde 2011 não é organizada há pelo menos um ano. Veja quem são as atrações na página 13.

Estrelas do CR Guará, campeão de 96, de volta ao gramado Jogo comemorativo faz parte da programação do aniversário do Guará e lembra o único título do Lobo da Colina (Página 11).

Novo serviço da Codeplan mostra o crescimento da cidade nos últimos quatro anos e pode ajudar no combate às invasões de área pública. Páginas 8 e 9


2

opinião

17 a 23 de maio de 2014

Poucas & Boas

jornal do guará

alcir de souza

Obstrução de rua

Adesivos

Zoneamento

Ir a qualquer encontro ou até mesmo estacionar próximo a um comitê é certeza que seu carro vai receber um adesivo de um político, mesmo sem te perguntarem se você concorda. Aconteceu comigo duas vezes em uma semana. Meu carro foi adesivado num café da manhã que não teria motivação política - mas teve. O pior foi quando estacionei próximo a um comitê para visitar um amigo que morava ao lado e quando voltei tinham colado um adesivo no vidro traseiro. Daqui pra frente vai ser assim.

Moradores do Polo de Moda tem reclamado muito do barulho provocado por bares durante o período da noite. Tem gente reclamando inclusive do barulho das oficinas e serralherias durante o dia. Mesmo que reclamem, a fiscalização nada pode fazer, a não ser contra os bares que fiquem abertas além do horário permitido, no caso meia noite de segunda a quinta e até 2h da manhã de sexta a domingo. Acontece que Polo de Moda, QE 40 e Setor de Oficinas são quadras comerciais e não de moradia. Por isso, a prioridade é das empresas.

Peça de volta O deputado distrital Alírio Neto, ex-secretário de Justiça e Cidadania, voltou a encenar a peça Pais & Filhos, um monólogo sobre drogas, com base em fatos reais. A peça mostra a luta de um pai para tirar o filho das drogras. A reestreia aconteceu no Teatro do Museu da Imprensa, no Setor de Indústrias Gráficas. Alírio já fez 120 apresentações para cerca de 50 mil espectadores.

Chacareiros Venceu no dia 5 de maio o prazo para que os 73 chacareiros deixem o Parque do Guará, conforme acordo entre eles, o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e o Ministério Público. Consultamos o Ibram antes do fechamento desta edição, mas fomos informados que o relatório da vistoria ainda não ficou pronto. Já se sabe, entretanto, que alguns já haviam se mudado antes do vencimento do prazo. Mas, segundo alguns defensores do Parque, a maioria continua lá. Resta saber o que vai acontecer, se eles vão tentar protelar novamente a saída ou se o governo vai interferir com mais força.

Candidato O empresário guaraense Aderbal Luiz da Silva (Ali Imóveis) finalmente foi convencido a disputar uma eleição, depois de inúmeros convites. Ele aceitou o convite do PMDB, partido a que está filiado, e vai disputar uma vaga para a Câmara Legilstativa. A base, lógico, é o Guará, onde é bastante conhecido.

Novo comandante Depois de ficar apenas três meses no cargo, o cel. Carlos Kobolt já não mais o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar do Guará. Ele foi substituido pelo cel. André Luiz Pinheiro Borges, 42 anos, que era o comandante do 3º Batalhão da Asa Norte.

Trocar pra que? Alguns moradores ligaram para a redação do Jornal do Guará criticando o recapeamento da pista entre o bar Traíra, ao lado da QE 42, até a QE 46. Segundo eles, o asfalto não tinha qualquer problema que sugerisse o recapeamento.

ISSN 2357-8823

Editor: A  lcir Alves de Souza (DRT 767/80) Reportagem: Rafael Souza (DRT 10260/13) Endereço: EQ 31/33 Ed. Consei Sala 113/114 71065-315 • Guará • DF

61 33814181

jornaldoguara.com

Moro no conjunto D da QE 40 e como é bem no início da rua a coisa é bem complicada e os mecânicos, além de não respeitarem os moradores, travam a saída da rua com carros estacionados em até fila dupla, um verdadeiro desrespeito. Mas, como não há fiscalização, fica tudo como está o dia todo. E se a gente reclama ele discutem além de avariar nosso carro de alguma forma. As autoridades competentes deveriam aparecer de vez em quando para verificarem as condições em que nos encontramos. Reféns de profissionais que não podem ser considerados cidadãos. Marilia Sales

Asfalto ruim Li e gostei de sua coluna no Jornal do Guará e percebi que há espaço para críticas e elogios. Gostaria de falar a respeito do asfalto da via secundária que fica entre o conjunto N da QE 19 do Guará II e os edifícios da QI 31, em especial na frente do Edifício Essencial by Victoria. O asfalto naquela via está muito ruim e gostaria de pedir que fossem tomadas providências no sentido de colocarem um novo, tal qual estão fazendo na via principal do referido bairro. Cláudia Beatriz Lage da Silva

Praça da Moda Feira e os políticos Aos sábados e domingos é um verdadeiro desfile de políticos na Feira do Guará. Todos em busca dos cerca de 10 mil potenciais eleitores que passam por lá nos finais de semana.

alcir@jornaldoguara.com

JORNAL DO GUARÁ

Palavra Franca

Circulação

O Jornal do Guará (tiragem comprovada de 8 mil exemplares) é distribuído gratuitamente por todas as bancas de jornais do Guará; em todos os estabelecimentos comerciais, clubes de serviço, associações, entidades; nas agências bancárias, na Administração Regional; nos consultórios médicos e odontológicos e portarias dos edifícios comerciais do Guará. E, ainda, através de mala direta a líderes comunitários, empresários, autoridades que moram no Guará ou que interessam à cidade; empresas do SIA, Sof Sul e ParkShopping; GDF, Câmara Legislativa, bancada do DF no Congresso Nacional e agências de publicidade.

/jornaldoguara

contato@jornaldoguara.com

É triste ver como o dinheiro que pagamos em impostos ao governo é desperdiçado. Fiquei indignado com a reportagem sobre a Praça da Moda. Gastar quase R$ 300 mil numa obra muito diferente do que foi anunciada e era esperada pela comunidade é um absurdo. Sou leitor assíduo do Jornal do Guará e venho acompanhando há muito tempo o mau uso do dinheiro público no Guará. Vide o banheiro da Feira, o campo de futebol, entre outros. E ainda tem as emendas parlamentares, com denúncias de superfaturamento e desvios. Revoltante! José Messias de Sousa


Guará II - QE 30 Leite Longa Vida Piracanjuba 1L

Coxão Mole Bovino

Carne Suína Com Toucinho

Coxa e Sobrecoxa Superfrango Resfriada

Melão Rei

13,98

6,99

3,99

3,99

Banana Prata

Laranja Pêra

Maçã Disney Pacote 1Kg

Pêra Willian’s

2,98

1,49

3,99

5,98

Uva Niágara ou Red Glober Bandeja 500g

1,99

Kg

Kg

Kg

Kg

É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente.

cada

Kg

Kg

cada

Kg

4,99 cada

Pão de Forma 500g ou Bisnaguinha 300g Wickbold

Mussarela Piracanjuba ou Presunto Sadia

1,99

3,49

100g

cada

Farinha Láctea Nestlé 400g

Biscoito Passatempo Recheado Bichos 140g

3,89

7,99

1,69

cada

cada

cada

Bebida Láctea Toddynho 200ml

Suco Maguary Sabores 1L

Guaraná Antartica 2,5L

Cerveja Skol 269ml

Sabão em Pó Omo Multiação 1Kg

1,29

2,99

3,98

1,29

5,99

cada

Guará II - QE 30 (61) 3381-6585

Requeijão Cremoso Itambé Tradicional 250g

cada

Taguatinga - Samdu Norte QI 8 (61) 3354-1934

Sobradinho I - Qd. 6 (61) 3387-9230

www.superdonadecasa.com.br

Candangolândia - QR 5/7 (61) 3304-1561

cada

Gama Leste - Qd. 8 (61) 3012-8282

/donadecasasupermercados

cada

Águas Claras - Rua 7 Sul (61) 3043-5700

N O VA

LO J A

cada

Ofertas válidas para todas as lojas até 19/05/2014, ou enquanto durarem os estoques. Após essa data, os preços voltam ao normal. Para melhor atender nossos clientes, não vendemos por atacado e reservamo-nos o direito de limitar, por cliente, a quantidade dos produtos anunciados. Garantimos a quantidade máxima de 12 unidades/ kg de cada produto por loja. Fica ressalvada eventual retificação das ofertas aqui veiculadas. As fotos deste anúncio são meramente ilustrativas e os preços expressos em Reais, salvo os erros de impressão e diagramação. NÃO JOGUE ESTE IMPRESSO EM VIA PÚBLICA. ESTE FOLHETO TAMBÉM PODE SER RECICLADO. COLABORE COM O MEIO AMBIENTE.


cidade

jornal do guará

17 a 23 de maio de 2014

5

Estacionamento da discórdia

Moradores contestam obra que atenderia escola e comércio próximo

V

izinhos da escola Mundo Mágico do Saber no Conjunto A da QE 28 reclamam há vários anos do movimento na rua no início e no final do período de aula, quando os pais deixam e buscam os alunos. Segundo alguns deles, nas horas de maior movimento acessos às garagens são obstruídos e há casos de avaria nas grades e portões. Mas a solução encontrada pela Administração do Guará para resolver o problema está provocando discórdia entre os moradores,

“O estacionamento foi solicitado exatamente para atender aos vizinhos, ao evitar que os pais estacionem na rua”, rebate a proprietária da escola, Lúpia Queiroz

os pais e a proprietária da escola. Depois de receber cinco solicitações da escola desde 1987 e um abaixo-assinado com mais de 400 assinaturas de moradores solicitando a construção do estacionamento, a Administração incluiu a obra num pacote de obras licitado no mês passado. Mas, assim que as máquinas terraplenarem o local, os vizinhos se mobilizaram contra o estacionamento, porque, segundo eles, o movimento da rua iria aumentar por conta também do comércio do outro lado da via contorno, no Setor de Oficinas e na Área Especial 4A, onde funcionam duas agências bancárias. Surpreso com a reação dos moradores, o administrador regional Antonio Carlos Freitas convocou as duas partes para uma reunião para tentar resolver o impasse. Durante cerca de duas horas, moradores e pais de alunos esquentaram o debate e a situação piorou. Estrategicamente divididos nos dois lados do Teatro da Administração do Guará, os grupos trocaram acusações e o que era para ser uma conciliação tornou o problema ainda maior. “Os moradores querem dor-

mir. Não temos mais tranquilidade depois que a escola veio pra cá. E está piorando mais ainda depois que ela cresceu”, afirma o líder do movimento dos vizinhos, Márcio Bittencourt. “O estacionamento foi solicitado exatamente para atender aos vizinhos, ao evitar que os pais estacionem na rua”, rebate a proprietária da escola, Lúpia Queiroz. “Imaginamos que estávamos resolvendo um problema para os moradores, porque a escola está autorizada, tem alvará, habite-se e não pode ser removida ou deixar de funcionar sem que haja justificativa. Pra nós, a reação dos moradores foi uma surpresa”, afirma o administrador regional Antonio Carlos Freitas.

Mais movimento A maior preocupação dos moradores é com a utilização do estacionamento para usuários do comércio e dos bancos em frente. “A rua vai ficar movimentada o dia todo e vai piorar na saída e entrada dos alunos. Os moradores não podem pagar pelo crescimento desordenado da cidade”, critica Sandro Pereira Neto. A mais

O administrador regional Antonio Carlos Freitas convocou as duas partes para uma reunião para tentar resolver o impasse. Depois da reunião o administrador decidiu cancelar a obra exaltada durante a reunião era a moradora Rosenir Pereira Martins, que afirma que o portão de sua casa foi avariado duas vezes por pais de alunos. “Um dos pais chegou a sugerir que eu me mudasse daqui”. Já o síndico do residencial Dolce Vita, um dos condomínios verticais construídos ao lado da via contorno depois da aprovação do PDL do Guará, Leonardo Foggia, critica o que considera intolerância dos moradores. “Eles precisam entender que o condomínio e a escola não podem mais ser retirados. E que juntos pre-

cisamos encontrar soluções que atendam a todos”. Um dos argumentos dos moradores de que a obra iria compactar o solo foi rebatido pelo diretor de Obras da Administração, Rubens Mendes. “Todos os estacionamentos há algum tempo estão sendo feitos em bloquete, que não impede o escoamento das águas das chuvas”, explica. Diante do impasse, o administrador regional Antonio Carlos Freitas suspendeu a obra do estacionamento até a realização de outra rodada de negociação, na próxima semana.


6

política

17 a 23 de maio de 2014

Falando em Política

márcia fernandez

Território livre do analfabetismo

Verdade

OGDF está divulgando que recebeu o documento que declara o DF um território livre do analfabetismo. Parabéns a este e a todos os governos passados que investiram nesta prioridade. Ninguém erradica o analfabetismo em três anos. É um trabalho de longo prazo e culminou com o atingimento da meta agora. Tivemos até uma PHD coordenando o programa ABCDEF. Eurides Brito e muitos outros. Eu fui alfabetizadora de adultos no Guará.

O governador Agnelo Queiroz está pronto para a reeleição, juntamente com Tadeu Filippelli. Terá pela frente que enfrentar a ira dos servidores públicos insatisfeitos com a péssima relação política entre executivo e servidores. Além do mais, muitos serviços estão sendo sabotados pelos insatisfeitos o que acaba refletindo diretamente na avaliação negativa do governo. Por outro lado, o GDF está emplacando grandes projetos que estão bem visíveis à população como a construção de moradias e as obras de mobilidade urbana. Mas, tudo é uma questão de percepção, é o cotidiano do cidadão comum que influencia na aprovação do governo e o cotidiano do brasiliense não está muito bom.

Candidaturas confirmadas Confirmadas estão. Mas até 30 de junho muita coisa pode mudar. Agnelo, Filippelli e Geraldo Magela disputam os cargos majoritários. Arruda terá Liliane Roriz como vice-governadora e sonha em ter Eliana Pedrosa como senadora. Toninho do PSOL é candidato ao GDF, mas ainda negocia as duas vagas majoritárias. Rollemberg disputa GDF e Reguffe o Senado. Falta o vice. Quem sabe Rogério Rosso ou Eliana Pedrosa. Pitiman concorre ao GDF e sonha com Eliana Pedrosa para o Senado. Só que Eliana Pedrosa é candidata ao GDF e tem aparecido bem nas pesquisas. Vai ser bom para o eleitor.

jornal do guará

O DF sempre é uma surpresa Pesquisa realizada entre 26 de abril e 2 maio mostra que Aécio Neves (PSDB) lidera as intenções de voto para presidente no Distrito Federal, com 19,3%, contra 17,6% da presidenta Dilma Rousseff (PT). Mas 58,7% ainda não sabem em quem vão votar. Eduardo Campos (PSB), aparece em terceiro, com 12%, segundo o Instituto Dados. Randolfe Rodrigues (PSOL) é a surpresa na pesquisa estimulada, com 2,4% dos votos.

Nova direção DFTrans O experiente coronel reformado da Polícia Militar, ex-comandante do batalhão de Operações Especiais, ex-secretário de Segurança Pública do DF, ex-diretor-geral do Detran e ex-administrador do Paranoá, Jair Tedeschi, assumiu, a gestão do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans). O órgão responsável pelo sistema de transportes da capital passou por inúmeras denúncias durante a gestão do ex-diretor, Campanella.

G5 não desiste da vaga de senador O deputado Olair Francisco um dos líderes do G5, um grupo formado por cinco partidos é sempre direto. Na hora de defender a sua turma o parlamentar que quer disputar uma vaga no Senado, não tem papas na língua. "O nosso grupo têm condições de vencer e derrotar qualquer candidato ao governo,” ressaltaOlair. Será que o dito bloco tem tanto poder assim?


cidade

jornal do guará

17 a 23 de maio de 2014

7

Câmara Legislativa debate cercamento de áreas públicas por condomínios

Assunto interessa moradores da quadra Lúcio Costa e do Guará I

A

polêmica envolvendo a construção de muros e instalação de grades em áreas públicas adjacentes a lotes residenciais no Distrito Federal foi trazida ao plenário da Câmara Legislativa na última quinta-feira (15 de maio). Por iniciativa do deputado Wasny de Roure (PT), a sessão ordinária desta tarde foi transformada em comissão geral para discutir possíveis soluções para o problema. "Esse é um drama antigo que atinge moradores de várias cidades, como Gama e quadra Lúcio Costa, no Guará. Precisamos encontrar uma solução, pois as demolições estão ocorrendo e a Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) ainda não foi votada", explicou Wasny. Representando a Agência de Fiscalização do DF (Agefis), Marco Antônio Santana buscou justificar o dever do órgão de cumprir determinações legais. "O Ministério Público nos cobra o controle da ocupação do solo e muitas vezes somos obrigados a cumprir ordens de demolição. Estamos, como todo mundo, esperando que a Luos traga segurança legal para essa questão", disse. Moema Pereira, em nome da Secretaria de Desenvolvimento Habitacional do DF (Sedhab) concordou: "Trabalhamos para aperfeiçoar o texto da Luos no que concerne à questão dos cercamentos. En-

tendemos que o problema só será resolvido quando forem aprovados os planos diretores locais de cada cidade, mas até lá precisaremos de uma regulamentação geral provisória". O deputado Dr. Michel (PP) também destacou a urgência do problema. "Essa é uma questão emergencial. Estão retirando as grades dos blocos e casas, deixando as famílias expostas à insegurança. Governador, não espere sair a Luos para resolver esse problema. Apresente uma lei específica sobre as grades que assim você vai se capitalizar politicamente, de verdade", aconselhou. Logo em seguida, o líder do PT na Casa, deputado Chico Vigilante (PT), trouxe a resposta do governo: "Assumo o compromisso do governador de enviar a esta Casa um projeto de lei específico sobre esse assunto para que, antes do recesso de julho, possamos votar e resolver definitivamente esse problema".

Insegurança Agaciel Maia (PTC) também apontou o problema da insegurança como justificativa para a construção de muros e grades. "O cercamento só aconteceu por causa da deficiência do Estado em garantir segurança aos cidadãos. O grande problema é que esse mesmo Estado, ineficiente, quer fiscali-

zar e punir os que buscam uma solução para a insegurança por conta própria", apontou. Em defesa da desobstrução dos espaços públicos, por outro lado, falou a diretora de Normas e Padrões Urbanos da Sedhab, Josiana Aguiar Wanderley. "Brasília tem fartura de áreas públicas, mas o processo desordenado de ocupação gerou o cercamento indiscriminado desses espaços. Isso

O Jornal do Guará tem Aura! Quando você encontrar o ícone ao lado nas páginas do seu JG é sinal que existe conteúdo que só pode ser visto através de um smatphone ou tablet, como fotos e vídeos que complementam nosso material impresso. Para ter uma experiência de realidade aumentada com o Jornal do Guará pegue seu gadget e siga os passos ao lado. Só é preciso fazer isso uma vez e você terá sempre conteúdo exclusivo do Jornal do Guará nas mãos.

é um tiro no pé, pois estamos abrindo mão de calçadas acessíveis, arborização e áreas de lazer, desfigurando a cidade como um espaço social. Há lugares em que a calçada tem 60 centímetros de largura, onde os pedestres têm que disputar espaço com os carros. É preciso pôr em prática os avanços do urbanismo, construindo espaços públicos acessíveis e agradáveis", defendeu.

Instale o aplicativo Aurasma Disponível gratuitamente na AppleStore e GlooglePlay Abra seu navegador de internet e digite

bit.do/gua Confirme que o Aurasma está instalado. Abra o aplicativo Aurasma, aponte sua câmera para a página do Jornal do Guará, que tiver o link ao lado, e veja nosso conteúdo exclusivo.


8

cida

jornal do guará

Fotos aéreas mostram crescimento da Codeplan lança o Geo Serviço, um mosaico de fotografias aéreas do DF e Entorno, com fotos de 2009 e 2013

D

o Projeto de Infraestrutura e Dados Espaciais da Companhia de Desenvolvimento do Planalto Central nasceu o Geo Serviço, um software que monta um mosaico completo, com imagens em alta resolução, de todo o território do DF e parte da região do Entorno. O serviço disponibilizado no site da Codeplan utiliza ortofotos, imagens aéreas corrigidas geograficamente, para mostrar uma visão ampla de um território de mais de 8 mil quilômetros quadrados (o DF tem cerca de 5 mil quilômetros quadrados de área). São dois mosaicos, um de 2009 e um de 2013. As imagens tem melhor resolução e são mais atualizadas que o serviço desenvolvido pelo Google, além de serem validades pela Terracap, possibilitando a identificação visual das mudanças ocorridas no período. O software foi desenvolvido sem custo, com os técnicos da própria Codeplan Ao comparar a fotos do Guará no período, depara-se com duas cidades bem diferentes, principamente pela ocupação dos lotes vazios no Guará II, tanto na Avenida Central quanto ao longo da parte oeste da Avenida Contorno.

As fotos mostram os novos condomínios residenciais verticas na avenida central do Guará II, e nas áreas especiais ao longo da avenida contorno, próximas ao setor de oficinas e a QE 40. Na foto abaixo à direita, a ocupação irregular de lotes ao longo da linha férrea por oficinas e residências.

O que também chama a atenção é a quantidade de construções irregulares. Na quadra 2A, conhecida como Setor de Oficinas do Guará, uma rua inteira surgiu ao longo da linha do trem, com oficinas e residências construídas da alvenaria na área que pertence à União, menos de 20 metros da linha férrea. Os mosaicos mostram também a gradual transformação do SMAS, SOF Sul e SGV, todos ao longo da via EPIA, em um grande setor residencial, chamado agora de Park Sul. Boa parte dos lotes destinados a empresas já estão

ocupados por condomínios residenciais verticais prontos ou em construção. O Geo Serviço vai auxiliar no desenvolvimento de projetos dos órgãos públicos do GDF. O DER/DF, por exemplo, já utiliza o novo recurso para atualização da malha rodoviária. Ao IBRAM tem sido possível a ampliação da fiscalização ambiental no território. O IBGE/DF é mais um órgão que já tem utilizado o novo Geo Serviço, atualmente atualiza a malha censitária. Tudo isso sem custo, convênio, acordo ou neces-

sidade de autorização. O produto está disponível na internet e tem acesso livre e irrestrito. Com a ferramenta, o cidadão poderá estudar o território, localizar e definir o limite de suas propriedades, acompanhar o crescimento urbano da região ao longo do tempo e desenvolver pesquisas acadêmicos. O serviço pode reduzir custos com estudos topográficos e ajudar na fiscalização de ocupações de áreas públicas e na preservação das áreas de proteção ambiental.

SERVIÇO Use o Geo Serviço Fotografe um dos códigos abaixo com um leitor de QR code

(Diposnível gratuitamente na loja de aplicativos do seu smartphone ou tablet).

bit.do/geobsb

http://


ade

17 a 23 de maio de 2014

cidade e ocupações irregulares

À esquerda e acima os novos prédios no Setor de Oficinas Sul, ao longo da EPIA, setor agora chamado de ParkSul. À direita as mudanças na sáida do Guará I para a EPTG. Abaixo as novas obras no CAVE, como a Casa da Cultura e o Fórum do Guará e, à direita, o SMAS com os novos residenciais onde ficava o estádio Pelezão e a rodoviária nova.

9


BRASÍLIA SEM FRONTEIRAS DO GDF.

ESTUDANTES ESTÃO DECOLANDO PARA A EUROPA E OS ESTADOS UNIDOS. COM ESTE PROGRAMA O GDF IMPULSIONA A GERAÇÃO DE CONHECIMENTO E DE NOVOS LÍDERES NO DF. O Programa Brasília Sem Fronteiras do GDF oferece educação, imersão e capacitação internacional. Entre os 190 selecionados, 40 são alunos dos Centros Interescolares de Línguas (CILs) e 150 são servidores públicos. Do total, 100 servidores embarcaram para Holanda e Áustria, todos os alunos dos CILs para os Estados Unidos e restante seguirá para o exterior em novembro. Este ano, o Brasília Sem Fronteiras foi ampliado e terá um investimento de R$ 30 milhões, 950 vagas e uma nova categoria: universitários. O programa também terá novos destinos: França, Espanha, Nova Zelândia, além de Estados Unidos, Holanda e Áustria. A primeira edição ocorreu em 2013 com 126 participantes que já trouxeram muito conhecimento na bagagem.

Saiba mais em: www.internacional.df.gov.br


esporte

jornal do guará

Guará Vivo

joel alves

Melhora o sinal da Rádio Guará FM

17 a 23 de maio de 2014

Estrelas do CR Guará de volta ao campo

Ex-jogadores do time campeão de 96 jogam neste sábado

Os craques que fizeram o Guará campeão brasiliense de futebol em 1996, único título do Clube de Regatas Guará, vão se reapresentar em um jogo comemorativo neste sábado. Coordenado pelo ex-jogador Edi Carlos, os jogadores enfrentarão outros veteranos do futebol brasiliense no estádio do Cave, às 9h. Zinha, Julio Cesar, Eder Antunes, Mozer, Chaguinha, Gilson, Marquinhos, Carioca e o próprio Edi Carlos jogam em homenagem aos 45 anos da cidade e os 18 anos do título contra Túlio Guerreiro, Evandro, Leandro, Gerson, Paulo Isidoro e outros ex-jogadores. A entrada é franca.

Os moradores estão ouvindo melhor a sua rádio comunitária. A Guará FM, a única rádio comunitária do Guará, está transmitindo bem e o sinal pode ser captado de duas maneiras: através do rádio pelo dial 98,1 FM, ou através do site. www.guarafm.com.br. Além de ser uma rádio comunitária, a Guará FM é também uma rádio WEB. São vários bons programas durante a semana. No sábado você pode ouvir o PROGRAMA GUARÁ VIVO, que discute as questões da cidade e transmite muita música boa.

Copa e a indústria turística O turismo é uma das indústrias que mais crescem no mundo. Tem lugares no mundo que sobrevivem quase só disso. Cancun por exemplo. Um local pequeno fatura quase 3 bilhões por ano, enquanto o Brasil com toda sua dimensão, fatura 4 bilhões. Isto mostra que nosso potencial é enorme. Teremos em junho uma oportunidade quase única de mostrar o Brasil ao mundo e faturar economicamente. Isto pode aumentar significativamente nossa renda, pois vamos faturar em dólar. Temos no Centro-Oeste um potencial enorme e praticamente inexplorado. Com as reformas do Aeroporto de Brasília e novas linhas internacionais diretas para nossa cidade, abre-se um mercado altamente lucrativo. Teremos muitos jogos da Copa aqui em Brasília e isso é uma senhora vitrine para nossa rica cultura, nossas cachoeiras, nossas terras belíssimas e nosso verde incomparável. São inúmeras oportunidade para os trabalhadores dessa área. Podemos faturar com os motoristas, recepcionistas, camareiras, artistas plásticos, artesãos, agricultores com seus produtos orgânicos e cobiçadíssimos lá fora. Os tupiniquins terão uma grande oportunidade, resta saber se vão saber faturar essa. Os turistas visitam nosso país e vão embora, mas deixam aqui seu rico dinheiro. Mais do que nunca é preciso pensar grande e deixar este terrível complexo de vira-lata.

Consciencia Ecológica Este nome é pouco perceptível à primeira vista, mas é muito simples. O guaraense tem consciência ecológica quando não joga papel ou plástico na rua, quando não joga o esgoto de sua casa na rede de água pluvial, quando recolhe corretamente seu lixo, separando o lixo seco do lixo orgânico, quando não joga óleo de cozinha no ralo da pia, e por ai vai. Das nossas atitudes atuais vai depender a existência das nossas futuras gerações. Faça a sua parte.

11

Campeonato Brasileiro de Bicicross

Guaraenses se destacam em etapa de Guarapuava

Dois atletas guaraenses ficaram entre as três primeiras colocações da prova da 2ª etapa do Campeontao Brasileiro de Bicicross, realiada em Guarapuva (Paraná), no final de semana passado. Wellington Ferndandes, campeão brasileiro do ano passado, foi o terceiro colocado e a segunda colocação coube a Marco Túlio Bites, também do Guará. Wellington era o grande favorito para ganhar a prova, mas uma contusão no ombro impediu que ele pudesse competir em igualdade de condições com os concorrentes da prova. A terceira etapa será realizada em agosto, no Mato Grosso.

Torneio aberto de dominó domingo Como parte da festa de 45 anos do Guará, a Administração Regional e a Federação Brasiliense de Dominó (FEBRAD) promovem um torneio de dominó às 9h de domingo (18 de maio), no estacionamento do Ginásio do Cave. As inscrições são gratuitas e qualquer pessoa, a partir de 10 anos de idade, pode participar. Os menores

de idade devem estar acompanhados de um responsável. Os vencedores serão premiados com troféus e medalhas. As inscrições devem ser feitas clicando aqui e a ficha deverá ser entregue até a sexta-feira (16 de maio), às 17h30, na Gerência de Esporte da Administração, no Ginásio Cave.


SIENA EL 1.0

AIR BAG e ABS 3 ANOS DE GARANTIA TAXA DE 0,99

Entrada RS 3.900,00

48 x RS 698,00

SIA Trecho 3 • Cidade do Automóvel • Noroeste (SAAN EPIA Norte) • Aeroporto 61 3362 6230 61 3363 9099 61 3213 7800 61 2195 2111 Siena EL 1.0 2014/2014 básico, pintura sólida, por apenas R$ 29.990,00 à vista ou entrada de R$ 3.900,00 + 48 parcelas de R$ 698,00 mensais. Valor total financiado R$ 37.404,00. Taxa de 0,99% am. Taxa de cadastro e registro do Detran não inclusas no financiamento. Promoção válida até 30/05/2014.


cultura

jornal do guará

17 a 23 de maio de 2014

13

Sábado é dia de

Caminhada Cultural A

Orla do Guará II será palco de mais uma edição da Caminhada Cultural, no próximo sábado (17), a partir das 17h. O evento, organizado pela Administração Regional, consiste na apresentação de grupos artísticos, esportivos e de lazer ao longo dos oito quilômetros do calçadão que contorna a cidade. Serão 15 pontos ao longo do percurso, proporcionando aos praticantes de caminhada uma representação significativa da produção artística do Guará. Em cada ponto haverá uma tenda com diversas atrações, como as apresentações musicais com Bartô Blues, Rafael Tavares, Claudivan Santiago, Be-É, Carlinhos do Guará, Rota Capital, Sindicato do Reggae e Beto e Isabel .

Além da Tribo das Artes, declamando poesias, Sindicato dos Escritores (literatura), os artistas plásticos Julimar dos Santos e Rafael Souza. A apresentação de dança será com o professor Paulo Vinícius e na área esportiva terá Kung Fu e Taekwondo. Também terá exposição do Museu do Vinil. O evento será encerrado no estacionamento do Ginásio do Cave, com a Caravana da Música

SERVIÇO Caminhada Cultural Calçadão do Guará II 17 de maio - a partir das 17h

Homenagem aos 30 anos da Nova Acrópole A Nova Acrópole foi homenageada por 30 anos de atividades no Brasil em sessão solene na Câmara dos Deputados. A Nova Acrópole é uma Organização Internacional presente em mais de 50 países e tem como principal missão educar as pessoas e incliná-las em direção à ideia do bem. O professor Luis Carlos Marques, Diretor da Nova Acrópole no Brasil, destacou que não basta capacitar as pessoas, é necessário despertar nelas o que possuem de melhor. A Nova Acrópole atua na área de Filosofia, cujo estudo tem sentido prático e ativo, e não apenas intelectual e contemplativo,

na área de cultura, que busca a implementação de valores humanos, permitindo ao indivíduo transformar-se e ampliar-se, e na área de voluntariado, nascida de uma enraizada solidariedade e compromisso com os problemas da nossa sociedade atual. No Guará, a Escola de Filosofia Nova Acrópole está instalada na QE 24, Conjunto A, Casa 06, Guará II, em frente ao Metrô, Estação Guará. A Escola é conduzida por voluntários formados pela própria escola, e o funcionamento é somente noturno, no horário das 18h às 22h. Os telefones da Escola são 3567-5024 e 9237-6087.

O deputado Mauro Benevides entregou placa comemorativa ao professor Luis Carlos Marques ao final da sessão


cultura

jornal do guará

Umas e Outras

josé gurgel

Pedra portuguesa Revoltado com o que viu, o Caixa Preta soltou o verbo e disse que alguém entendeu errado a retirada das pedras portuguesas para colocação do novo piso. Quando da audiência pública que decidiu pela retirada das pedras, foi acertado que depois de retiradas elas seriam estocadas para a recomposição do piso das diversas praças que continuam ao Deus dará, completamente abandonadas. Pois com a febre dos PEC’s e campos sintéticos que assolou a cidade as praças não ficaram em segundo plano, simplesmente foram esquecidas. O velho Caixa estava indignado como a coisa está sendo conduzida e sentou o “pau” sem dó nem piedade contra a forma como as pedras estão sendo arrancadas. Concordo plenamente com a opinião do Caixa. Só não entendo essa falta de tato da Administração na retirada sem qualquer cuidado e zelo para reaproveitamento futuro, parecendo até que não há muita preocupação pela coisa pública. Por causa desse descaso, as redes sociais estavam cheias de reclamações justas e inflamadas, contra tal desatino.

Do jeito que querem O Caixa me explicava que falar de coisas erradas aqui no Guará é ficar repetindo o que já se tornou praxe, pois sem querer respeitar regras e normas vigentes fazem tudo do jeito que querem como se leis não existissem. Basta dar uma chegada ali na QE-28 na orla, onde estão premiando alguém com um estacionamento pra ninguém botar defeito,. Os moradores estão “chiando” pois não foram consultados. Com essa proliferação de atos danosos pouco restará do Guará a não ser lamentar futuramente o efeito desses descalabros. Já não bastam os puxadinhos e a “quioscaiada” numa concorrência danosa ao comércio regularmente estabelecido e ao visual da nossa cidade. Bem próximo do Edifício Três Irmãos, está ali um dos símbolos da falta de fiscalização e da omissão de quem deveria evitar essas coisas acontecerem. Me digam quem protege tanto esse pessoal, qual o interesse de manter encravado na nossa paisagem, coisa tão feia e destoante? Isso sem contar com aquele trailer que foi deslocado do estacionamento da AE-04 e colocado em cima da calçada no balão da quadra tirando a visão dos motoristas, pois para quem não sabe ali é um setor de oficinas. Se alguém reclamar aqui, é bem capaz deles arrancarem um trambolho lá em Sobradinho, mas nem olham para o daqui. Torno a perguntar: quem é o pai da criança?

legrug.gurgel@gmail.com

17 a 23 de maio de 2014

15

Água Vida comemora 31 anos de vida com show dos Pholhas

Q

uem não perdeu os 30 anos da Academia Água vida, comemorados em 2013, com o grande show do RPM assistido por mais de 4 mil pessoas, no Ópera Hall, com certeza não vai querer ficar de fora de mais uma vez grande festa para soprar velinhas para uma das principais academias do Distrito Federal. Neste sábado, 17 de maio, a partir das 21h, no Clube da ASMEC (SIA/antigo Clube da Telebrasília), a academia Água Vida comemora seus 31 anos de história no Guará com a já tradicional festa de aniversário. Desta vez a atração é um dos grupos de maior sucesso nos anos 70, Os Pholhas. A festa de aniversário da Água Vida já faz parte do calendário do Guará. Há 10 anos, Gilson Pacheco e Joana Soares trazem grandes shows para homenagear não só o trabalho realizado pela academia, mas também para agradecer o Guará e relembrar os tempos de Ginásio do Guará (GG), onde muitos amigos estudaram e ajudaram a construir a história da cidade. Toda a equipe da academia, professores e direção, estão envolvidos na organização. A grande tristeza para Gilson Pacheco é que, uma vez,o aniversário da Água Vida não será realizado no tradicional Salão de Múltiplas Funções do CAVE, interditado pelo Corpo de Bombeiros.

"A academia Água Vida é uma grande família. Sempre nos pautamos pela ética, pelo profissionalismo e respeito com nossos clientes e nossa cidade. Sempre nos envolvemos com eventos educacionais, esportivos e sociais. O Guará nos deu tudo que temos e procuramos sempre retribuir da melhor maneira possível", diz o empresário Gilson Pacheco, Joana Soares e os filhos Bárbara e Iuri refletem o ambiente familiar cultivado pela academia em mais de três décadas de serviços prestados.

Os Pholhas: o romantismo que nunca sai de moda “The time goes by and I know", "My Mistake", "I’ll find another girl" e "She made me cry”. Lembrou? São Os Pholhas, brasileiros que construíram uma carreira de enorme sucesso com suas baladas nos anos 1970, mesmo cantando em inglês. Sucesso que ultrapassou fronteiras. O Pholhas foi formado em 1968, em São Paulo, quando Santisteban, Fernandes e Oswaldo Malagutti convidaram Bitão (autor do sucesso da jovem guarda “Tijolinho”) para integrar um grupo que reunisse todas as suas afinidades musicais. Depois de grande repercussão e de arrebanharem fãs por todo o Estado, com a qualidade instrumental e vocal do grupo, eles chegaram ao pri-

meiro disco, gravado em 1972. Logo no primeiro disco, a banda estourou “My Mistake”, “Pope”, “Shadow of Love” e “My First Girl”, com 450 mil cópias vendidas do primeiro compacto. Em 2014, completando 46 anos ininterruptos de boa música, os Pholhas acumulam uma vasta experiência musical e carreira internacional, colecionando vários discos de ouro e platina e conquistando cada vez mais uma legião incrível de admiradores. São, sem nenhuma dúvida, um dos principais nomes da cena pop brasileira com milhões de discos vendidos.

SERVIÇO Pholhas no aniversário da Academia Água Vida 17 de maio - 21h Clube da ASMEC (SIA/antigo Clube da Telebrasília) Informações: 3382-3030 Ingressos: Mesa para 4 lugares R$ 200 (para alunos da academia e sócios da ASMEC) e R$ 240 (demais).


H e n r i q u e e

s

i

d e

n c

i a l

3º Ofício - R 07.143497

r

Viva sua independência aqui

1e2

Lançamento

quartos e lojas

o edifício • 8 apartamentos por andar • 9 lojas • Vagas de garagem • 4 elevadores • Lazer completo

rua das Figueiras Águas Claras

1 quarto

2 quartos

• 42 e 44 m² • Cozinha americana • Varanda gourmet

• 57 m² • 1 suíte • Varanda gourmet

ACEssE o Qr CodE E CoNhEçA mAis

I n c o r p o r a ç ã o, c o n s t r u ç ã o e V e n d a s

CJ 1700

Visite nOssOs estandes: Águas Claras: AV. ArAuCáriAs - 3562 1111 • asa Norte: EQN 208/209 NortE sEdE (Ed. Number one – térreo) –

(61) 3326 2222 – www.paulooctavio.com.br

A m A rc A dA n o s sA c i dA d e


Jornal do Guará 683