Issuu on Google+

Ano 2 | No 113 | Publisher: Luciano Maciel | De 12 a 18 de Junho de 2013 | Distribuição Gratuita

serviço montadora

mercado Toyota

volta com o programa “citroën confiance” para seminovos

lança ação comercial para o etios

pág 10

pág 8

acesse o portal: jornaldofarol.com.br

Família Livina 2014 LaNçameNTo

Nissan lança modelos com mais itens de série em todas as versões e um novo posicionamento para o X-Gear, que se torna a versão topo de linha do modelo.

pág 6


02

De 12 a 18 de junho de 2013

Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol


www.guarulhoshoje.com.br Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

De 12 a 18 de junho de 2013

03


08 04

Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

Terça-feira, 28junho de maio de 2013 De 12 a 18 de de 2013

MERCADO

Nissan fecha maio com mais de seis mil unidades vendidas A Nissan confirmou a venda de 6.167 unidades no mês de maio. Com o resultado a marca japonesa acumula 31.350 unidades vendidas nos cinco primeiros meses do ano, totalizando 2,2% de participação de mercado. O destaque da montadora ficou com o sedan compacto Versa, com 1.650 uni-

Página da Renault no facebook ultrapassa a marca de dois milhões de fãs

dades comercializadas, crescimento de 7% sobre o mesmo mês de 2012. Entre as regiões com maior volume de vendas da Nissan estão às cidades de Recife-PE e Santos-SP, com 4%, e São Paulo (SP), com 3,2%. Em São José dos Pinhais-PR, onde a marca tem uma fábrica, o market share foi de 5,3%.

Renault encerra maio com 18.111 unidades vendidas A Renault encerrou o mês de maio com um aumento de 3,9% das vendas em relação ao mesmo período, em 2012. De acordo com a montadora, 18.111 unidades foram comercializados naquele mês. Entre os destaques, está o Novo Clio, cujas vendas atingiram 2.756 unidades, 205% a mais do que no mesmo mês de 2012, em um segmento que caiu 16,8% no acumulado de janeiro a maio 2013 em relação ao mesmo período de 2012. O resultado de vendas do Duster também teve um desempenho significativo, com 3.737 carros vendidos, 12% acima do volume de maio de 2012. As vendas do Renault Sandero também apresentaram crescimento neste mês de maio, ficando 6,5% maior que maio de 2012, com 5.756 unidades emplacadas. O novo Master apresentou um crescimento de vendas de 7,8% em relação a maio do ano passado, com 663 unidades comercializadas.

A página oficial da Renault do Brasil no Facebook ultrapassou a marca de dois milhões de fãs, se destacando como uma das maiores fã pages da montadora em todo o mundo. Dentre as montadoras brasileiras que marcam presença no Facebook, a Renault é a segunda mais seguida pelos apaixonados por carro que navegam pela rede. O Facebook hoje é uma das mais importantes ferramentas de relacionamento entre empresas e consumidores. Na fan Page, a empresa oferece uma ferramenta para localizar concessionárias e uma plataforma exclusiva de atendimento aos clientes do Facebook, chamada SAC 2.0.

Toyota apresenta número de vendas em maio A Toyota do Brasil apresentou o resultado de vendas do mês de maio. Foram comercializadas neste período 15.170 unidades, número 83% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. Naquela ocasião, 8.302 veículos foram vendidos pela montadora no mercado brasileiro. Os principais responsáveis pelo resultado do último mês foram o Etios, com

5.493 unidades vendidas, o Corolla, com 4.775, a Hilux, com 3.623 e a SW4, com 1.094. No acumulado do ano, de janeiro a maio, o valor foi ainda mais expressivo e o total de comercializações atingiu a marca de 66.547 unidades, aumento de 90 % em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram vendidos 34.983 veículos.


www.guarulhoshoje.com.br Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

De 12 a 18 de junho de 2013

05


06

De 12 a 18 de junho de 2013

Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

LANÇAMENTO

Nissan apresenta linha 2014 do Livina e com a versão X-Gear

A família Livina 2014 está chegando aos 165 concessionários Nissan de todo o País com mais itens de série em todas as versões e um novo posicionamento para o X-Gear, que se torna a versão topo de linha do modelo. Com seu visual diferenciado, o X-Gear tem como destaques sua característica de design, indicada àqueles que procuram um veículo diferenciado. O estilo do LX-Gear inclui apliques laterais, para-choques e grade e rodas exclusivas. Além disso, possui itens de série como

câmbio automático, bancos e volante de couro, ar-condicionado digital, I-Key (chave presencial) e faróis de neblina. Para a linha 2014, passa a contar também com maçanetas pintadas na cor do veículo. As outras versões da família Livina 2014 também trazem novidades. Desde a opção de entrada, o modelo terá ainda mais segurança com a introdução dos freios ABS e do sistema auxiliar BA (Brake Assistance) como item de série. A partir da versão S,

o Livina passa a contar com espelhos retrovisores externos pintados na cor da carroceria, faixa decorativa na tampa do porta-malas, sistema de áudio com MP3, conexão AUX e entrada para cartão SD, além dos racks de teto, acessório que proporciona maior robustez ao veículo.

ESPAÇO O Livina oferece espaço suficiente para o motorista e passageiros, com medidas acima da média para joelhos, ombros e cabeça. O condutor do carro tem 877 milímetros para se acomodar, desde o limite dos pedais até o encosto do banco dianteiro. Os passageiros do banco traseiro dispõem de 584 mm, enquanto o porta-malas tem 850 mm. Somadas as medidas, temos 2.311 mm de espaço útil, que vai dos pés do motorista até o porta-malas. O espaço do porta-malas tem capacidade para 449 litros, mas pode chegar a 769 litros com o rebatimento da segunda fileira de bancos. Desde a versão de entrada trazem equipamentos como o airbag duplo, direção com assistência elétrica, travas, vidros e retrovisores com acionamentos elétricos, ar-condicionado, chave com controle remoto, para-choques na cor do veículo, além dos recém-introduzidos freios ABS e sistema auxiliar de frenagem BA. Além disso, alguns detalhes no acabamento fazem a diferença no estilo, como a inclusão dos acabamentos em prata na cabine. Os modelos contam ainda com amplo porta-luvas e inúmeros porta-objetos para acomodar facilmente materiais que carregamos diariamente. E a linha Livina conta com três anos de garantia, outro grande diferencial no segmento, e que é um padrão para modelos Nissan.

Motorização - O Livina conta com duas opções de motor: 1.6 16V e 1.8 16V, ambos flex fuel. O 1.8 16V gera 125 cavalos a 5.200 rpm de potência quando abastecido com gasolina e 126 cv, na mesma rotação, com álcool. O torque máximo é de 17,5 kgfm a 4.800 rpm com qualquer um dos combustíveis, e a taxa de compressão é de 9,9:1. O motor 1.6 16V com o câmbio manual de cinco velocidades no Livina leva o monovolume a 183 km/h de velocidade máxima e a acelerar de 0 a 100 km/h em 11,7 segundos. Quando roda com gasolina, esse propulsor faz 14,8 km/l na cidade, valor que sobe para 17,5 km/l na estrada. Com álcool, os valores ficam, respectivamente, em 7,7 km/l e 10,5 km/l.


www.guarulhoshoje.com.br Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

De 12 a 18 de junho de 2013

07


08

Siga-nos em: em: facebook.com.jornaldofarol facebook.com.jornaldofarol Siga-nos

Terça-feira, 28junho de maio de 2013 De 12 a 18 de de 2013

MERCADO

Toyota lança ação comercial para o Etios As concessionárias Toyota ainda oferecem a opção de adquirir o Etios XS, em sua versão hatchback, com taxa zero de juros, em 24 vezes, com 60% de entrada e mais duas parcelas anuais. Além disso, também serão oferecidas taxas especiais para as outras versões do compacto.

DESEMPENHO

Motor EcoBoost 1.0 ganha prêmio de Motor Internacional do ano do ano de 2013 O motor 1.0 EcoBoost da Ford foi eleito o Motor Internacional do Ano 2013 pelo segundo ano consecutivo. Com três cilindros e uma tecnologia que combina injeção direta de combustível, o propulsor alcançou a maior pontuação já registrada na história do prêmio. O EcoBoost 1.0 venceu também o prêmio anual da revista Engine Technology International, na categoria “Melhor Motor até 1.0 litro”. Um júri de 87 jornalistas automotivos de 35 países atribuiu o prêmio com base nos critérios de dirigibilidade, desempenho, economia, refinamento e eficiência na aplicação de tecnologias avançadas de motores. A montadora é uma das três únicas marcas de automóveis a conquistar vitórias consecutivas nos 15 anos de história do prêmio. O Ford 1.0 EcoBoost venceu também o prêmio International Paul Pietsch Award 2013 de inovação tecnológica, da revista alemã Auto Motor und Sport, o Dewar Trophy do Royal Automobile Club da Grã-Bretanha e o Breakthrough Award da revista Popular Mechanics dos Estados Unidos.

A Ford Argentina antecipou sua linha de produtos globais para 2013 antes do Salão do Automóvel de Buenos Aires no dia 18 de junho. A empresa anunciou que no segundo semestre deste ano lançará no mercado argentino o Novo Focus, o Novo Kuga e o New Fiesta 2014, já vendido no Brasil, reafirmando o objetivo de ter na região uma linha 100% formada por produtos globais até 2015. Os novos veículos se somam à Nova Ranger e ao Novo EcoSport. Com eles, a montadora amplia a sua linha de produtos globais na Argentina em cinco dos segmentos mais importantes do mercado. Até o final de 2013, cerca de 80% dos produtos da marca no país terão plataformas globais.

Divulgação

A Toyota e sua rede de distribuidores promovem durante o mês de junho uma ação comercial para o Etios em todas as suas 140 concessionárias da marca espalhadas pelo Brasil. A montadora tem como objetivo consolidar ainda mais a participação do veículo no segmento de carros compactos. Ao comprar o modelo, o cliente poderá escolher uma das seguintes condições: vale-combustível ou seguro Etios ou taxa zero. No primeiro caso, ao adquirir o carro dentro do prazo da campanha, o cliente pode optar pelo cartão de abastecimento Good Card, com R$ 1.500 em crédito de combustível. Já no seguindo, pode conseguir um ano de seguro.

Novo Focus, Kuga e New Fiesta são novidades da Ford na Argentina

PUBLICAÇÃO

Hyundai iX35 recebe prêmio de melhor Utilitário Premium do Brasil pelo Auto Esporte O Hyundai iX35 foi eleito o melhor do segmento Utilitário Premium, na edição especial da revista Autoesporte Qual Comprar 2013 (Junho/2013). Segundo a publicação, em meio aos concorrentes, o modelo “leva vantagem em relação aos rivais diretos não apenas na nacionalização, mas principalmente pelo motor 2.0 16V Flex capaz de gerar 178 cv com etanol, que o deixa bem a frente dos crossovers das marcas japonesas”. Além disso, foi ressaltada a relação entre motor e transmissão, no qual o carro equipa câmbio automático de seis marchas.

O ix35 é equipado com motorização Flex visando maior custo/ benefício aliado a versatilidade e potência. Segundo a publicação, o motor bicombustível e a futura fabricação desse modelo no Brasil foram também fatores importantes para que o modelo levasse o título de melhor escolha do segmento. Recém-lançada no Brasil, a Nova Santa Fe recebeu o selo Boa Compra! na categoria Utilitário de Luxo. Novo design, motorização V6 de 270 cv e tração nas quatro rodas desde a versão de entrada foram as qualidades destacadas.


www.guarulhoshoje.com.br Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

09

De 12 a 18 de junho de 2013

Agência Kumbaya

LOJA BUTANTÃ

Fox GII 1.6

Spacefox GII 1.6

2011 Completo

R$

28.900

,00

Palio Weekend Trekking 1.6 Completo

R$

34.490

Palio 1.0

2011 Completo

,00

R$

33.990

,00

Fiesta Hatch 1.0

23.900

R$

21.490

2012 2 portas | Ar

,00

R$

23.900

17.990

,00

R$

18.900

Seminovos com

3 ANOS DE GARANTIA você só encontra aqui! MELHORES CONDIÇÕES DE FINANCIAMENTO

Fone: (11) 3721-4516 Av. Eliseu de Almeida, 722 - Butantã Fone: (11) 5041-6832 Rua Veira de Moraes, 2.195 - Campo Belo Fone: (11) 3683-6560 Av. dos Autonomistas, 4.785 - Osasco

Hertz. Acelerando com o Brasil. RESPEITE OS LIMITES DE VELOCIDADE. Fotos meramente ilustrativas. Nos reservamos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.

,00

2011 Básico

2012 4 portas | Completo

,00

R$

Prisma Joy 1.0

Celta LT

2011 Completo

R$

Uno Mille 1.0

2011 4 portas | Ar | VD | TV

Seminovos

,00


10 08

De 12 a 18 de junho de 2013 Terça-feira, 28 de maio de 2013

Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

GERAL

Montadora relança programa “Citroën Confiance” para seminovos

08

mas neste caso terá um custo de R$ A Citroën relançou o programa Citroën Confiance, onde os veículos 200,00 de franquia. Todos os veículos vendidos pelo seminovos vendidos nas concesCitroën Confiance devem ter até sete sionárias participantes do programa anos de fabricação e um máximo de passam a ter garantia mais ampla 120.000 km rodados. O programa e assistência 24 horas em parceria com a seguradora Mapfre. Revisto atende veículos Citroën e de praticamente todas as marcas existentes no e ampliado, o projeto também inclui Brasil. Não entram veículos sinistraa checagem e controle de 93 itens, incluindo elementos de carroceria, dos ou que tenham sido utilizados para fins profissionais. componentes mecânicos (motor, As concessionárias participantes tubulações, transmissão, embreapossuem identificação externa Citroën gem, escapamento etc.), elétricos Confiance e, dependendo do volume (bateria, iluminação etc.) e de segurança (freios, amortecedores, direção, de vendas, podem contar com departamento e equipes exclusivas para pneus etc.). atender aos clientes de seminovos. Outra vantagem é que os itens Isso inclui também a identificação de cobertos pela garantia podem ser vendedores e estoques, a criação reparados tanto nas concessionárias de papelaria exclusiva e treinamento da marca quanto nas oficinas homoespecífico para as equipes. A estimalogadas pela Mapfre, sem nenhum tiva da Citroën é chegar ao final de custo ao cliente. Se preferir, o cliente 2013 com cerca de seis mil veículos tem ainda a opção de fazer o reparo vendidos dentro do novo programa. em uma oficina não credenciada, Terça-feira, 28 de maio de 2013

Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

Hábitos ao volante podem prejudicar a durabilidade da junta homocinética do veículo A junta homocinética, peça articulada que liga o semieixo à roda, é um importante componente no sistema de transmissão de força do veículo. A peça, projetada com a função de transmitir de forma constante o torque do motor às rodas, quando estão em movimento, requer alguns cuidados do motorista para que seja garantida a sua vida útil. “O excesso de torque e trancos na arrancada podem provocar maior desgaste na peça”, afirmou o supervisor de serviços da Nakata, Jair Silva. De acordo com ele, o veículo com problema de alinhamento e que esterce acima do máximo recomendado pode até provocar a quebra da junta homocinética. Excesso de carga e trancos também podem danificar a peça. “É preciso ficar atento nas curvas. Ruídos e estalos ao esterçar o veículo podem ser sinais de que está na hora de fazer a manutenção na junta homocinética”, ressalta o supervisor de serviços, acrescentando que graxa no piso também

pode indicar problemas na peça. No entanto, se o barulho for originado ao acelerar o carro em linha reta pode ser defeito na junta deslizante do lado do câmbio. A coifa, que é a manga de borracha que protege a junta homocinética da contaminação de resíduos como poeira, chuva e lama, também pode rasgar, prejudicando problemas futuros na peça. “Uma vez cortada, há penetração de abrasivos para o interior da coifa e perda de graxa, o que ocasiona desgaste e marcas profundas que provocarão ruídos”, destacou. A recomendação é fazer uma avaliação entre 5 e 10 mil km da junta homocinética, especialmente, da coifa. A durabilidade da peça pode ser extensa dependendo das condições de uso do veículo. Em caso de quebra de qualquer uma das juntas, o veículo não traciona e para de funcionar. Silva lembra também que caso ocorra a troca, mas é necessário realizar o alinhamento do veiculo.


www.guarulhoshoje.com.br Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

De 12 a 18 de junho de 2013

11


12

De 12 a 18 de junho de 2013

Siga-nos em: facebook.com.jornaldofarol

SERVIÇO

Empresas credenciadas em vistoria garantem procedência na hora de comprar veículo usado

As Empresas de Vistoria Veicular, hoje denominadas ECV (Empresa Credenciada em Vistoria) foram criadas para atender ao público comprador de veículos usados, oferecendo a estes a realização de perícia nos chassis dos veículos. Passaram as Empresas a realizarem a denominada vistoria cautelar, ferramenta eficiente para impedir que o consumidor venha adquirir um veículo com adulterações nas numerações do chassi, motor, cambio ou outro identificador de agregados ou documental do veículo. Outra etapa de grande importância da vistoria cautelar é a análise minuciosa da estrutura do veículo, onde é apresentado ao cliente a real condição estrutural do mesmo. No caso da presença de danos, será indicado ao cliente qual o grau do dano e a importância que o mesmo representa para a segurança do veículo e seus ocupantes e sobre a possível depreciação de seu valor no mercado. Prestam as ECV’s um serviço de utilidade pública, sendo que, na cidade de Guarulhos, existem empresas instaladas há mais de oito anos, sempre colaborando com os Órgãos de Trânsito e disponibilizando ao cidadão, através de um serviço de excelência, uma comodidade e uma garantia quando da aquisição de um veículo. Mais recentemente, outra portaria do DENATRAN, de n° 1334/2010, estabeleceu novos procedimentos para prestação de serviços pela ECV’s para a emissão do laudo de vistoria veicular. As empresas tiveram que se adequar com as novas regras do credenciamento, exigindo investimento e cumprimento de extensa gama de requisitos. Em grande parte dos municípios, as ECV’s ainda não operam com o novo modelo implantado. Portanto, as empresas credenciadas pelo Denatran (somente as credenciadas) realizam as vistorias em ambiente monitorado e controlado por aplicativo integrado ao sistema nacional. Os laudos das vistorias são emitidos exclusivamente por meio eletrônico e só possuem validade uma vez registrados no citado sistema de controle. Hoje, os laudos de vistorias emitidos pelas ECV’s, que estejam regularmente credenciadas, pela sua confiabilidade advinda da sistemática mencionada, são válidos para fins de transferência do veículo junto ao Órgão de Trânsito, dispensando o veículo de nova vistoria na Unidade. Referidos laudos são apenas convalidados pelo Detran/Ciretran, uma vez que o órgão Estatal possui controle e acesso à regularidade de sua emissão.

Ônus são motivos dos altos preços

As empresas de vistoria arcam com um alto custo financeiro, tanto na obtenção do credenciamento, quanto na sua manutenção e na operacionabilidade dos serviços. Necessitam comprovar habilitação jurídica, regularidade fiscal e qualificação técnica, bem como cumprir todas as demais exigências impostas pela Administração Pública. A manutenção dos serviços implica na obrigatoriedade em custear seguro a garantir pleno ressarcimento por eventuais prejuízos causados ao usuário; em gastos com a capacitação e reciclagem dos funcionários da área técnica; além, é claro, de todas as demais despesas inerentes a qualquer empresa, como locação de imóvel, funcionários, taxas e impostos, etc. Os serviços prestados pelas ECV’s são opcionais ao cidadão, porém, se revestem de excelência, até mesmo, porque elas arcam com todo um ônus para garantir um bem ao usuário, às vezes de alto valor. Os preços cobrados pelas empresas na cidade são justos e compatíveis com os custos e os serviços prestados. Ademais, estamos numa das maiores cidades do país, onde é elevado o custo de vida, o de locação de imóvel, o de mão de obra especializada, dentre outros. A singela comparação com valores praticados em outros municípios não traduz um comparativo justo. Não é verdade que os preços são abusivos, nem tampouco a fantasiosa ideia da existência de cartel. Os valores se aproximam, em razão do próprio mercado e da equivalência dos custos, que são semelhantes a todas as empresas. PInobstante, é conveniente frisar que a procura de uma empresa credenciada de vistoria, para obtenção de laudo válido para a transferência de veículo é uma opção do cida-

dão. O serviço de vistoria do Detran e Ciretrans continuam sendo realizados normalmente, sem custos aos usuários, salvo as taxas legais. Para tal, é necessário encaminhar o veículo à Unidade de Trânsito, juntamente com o decalque da numeração do chassi e do motor,cuja coleta não precisa ser realizada por nenhuma empresa ou órgão específico. Vale concluir que a criação das ECV’s e a aceitação de seus laudos veiculares para fins de transferência de veículo é um avanço nas normas de trânsito, privilegiando o cidadão. Antes, aquele que queria munir-se da garantia que lhe assegura a vistoria veicular de uma empresa credenciada e fosse realizar a transferência do veículo teria de se submeter-se aos dois procedimentos: o serviço da ECV e a vistoria da Unidade de Trânsito. Hoje, basta o laudo emitido pela empresa e, se não o desejar, continua disponibilizando o serviço de vistoria do DETRAN. Infelizmente, a simplificação dos procedimentos parece não ter agradado alguns, cujos interesses não revelados devem ter sido atingidos.


Jornal do Farol Autos | A02 | N113