Page 1

Macapá-AP, Quinta-feira, 25 de Abril de 2013 - Ano XXVI DIVULGAÇÃO

* Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

•Domingo e Segunda R$ 2,50 •Terça a Sábado R$ 1,50

PEDRA BRANCA DO AMAPARI

Julgamento é suspenso, mas Gemaque toma posse Thiago Mendonça interpreta o músico

CINEMA

O juiz João Bosco Ferreira pediu vistas do processo que coloca em xeque o deferimento da candidatura de Genival Gemaque (PR), eleito

prefeito de Pedra Branca do Amapari, em eleição suplementar. Juiz Ernesto Collares, relator do processo, votou pelo não conhecimento

do recurso, e foi seguido pela juíza Elayne Koressawa e desembargador Carmo Antônio. Posse de Gemaque deve acontecer hoje. nA3 CELIANE FREITAS

Inspirado em Renato Russo, filme fala aos jovens de hoje Cineasta produz filme inspirado na música “Somos Tão Jovens”, de Renato Russo, mas diz que a mensagem é voltada para a juventude dos dias de hoje. nC3 ARQUIVO

RECUPERAÇÃO

Abandonado há 10 anos, prédio será sede do SAMU

Depois de mais de dez anos de abandono, o prédio onde funcionava a Clínica de Pneumologia, no Pacoval, vai sediar o Centro Regulador do SAMU. A obra deve ser lançada hoje, pelo Governo do Estado. nC1

Prédio está sendo preparado para o início das obras, que serão executadas sob responsabilidade da Secretaria de Estado da Infra-Estrutura

PROJETO POLÊMICO Capoeiristas em plena ação

ESPORTE

Capoeira conquista espaço em Macapá Com a força da sua tradição, Capoeira de Angola mobiliza pessoas de todas as idades e ganha cada vez mais popularidade e adeptos em Macapá. nC2

AGÊNCIA CÂMARA

Comissão aprova novas regras para ICMS e estados menores podem ter perdas A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou ontem, o projeto de reforma do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Reforma unifica-

rá em 4% a alíquota interestadual de 94% das transações comerciais do país. Para alguns senadores, projeto pode prejudicar estados menos desenvolvidos. nB1 CELIANE FREITAS

Plenário da Comissão de Constituição e Justiça, ontem

VOTAÇÃO NA CCJ

Aprovado projeto de meia-entrada para estudantes

JUSTIÇA

Senado dá autonomia maior aos delegados nB2

Com apoio do Batalhão de Trânsito, a CTMac realizou uma blitz ontem, em Macapá, para combater o transporte irregular de passageiros e cargas. No total, 22 motos e um carro foram apreendidos. nC1 JORNAL DO DIA

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou ontem o projeto de lei que regulamenta a meia-entrada para estudantes, jovens de baixa renda, portadores de necessidades especiais e idosos em eventos esportivos e culturais no Brasil. nB3

VIOLÊNCIA

Garota de Programa é assassinada a tiros no Novo Buritizal Uma garota de programa ainda não identificada foi assassinada na madrugada de ontem, na Avenida Ernesto Pereira Colares, bairro Novo Buritizal. Moradores daquela avenida ouviram disparos de vários tiros e acionaram a polícia, que ao chegar no local, encontrou a mulher estirada na rua, já sem vida. nA4 Funcionários da Politec fazem a remoção do corpo da mulher, morta na madrugada de ontem, na zona sul de Macapá

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

Poucas & Boas

• DIÁLOGO não existe. Di-

zem que ele bate o pé e canta: “Bate o pé, bate o pé, bate o pé, oh! bate o pé assim como eu”. Freud explica.... Gente mimada, “amamãezado” e “apapaizado”. Ainda bem que por aqui todos são bem civilizados, senão já tinham colocado este garoto no colo e a peia ia comer solta por ai!

• NOSSOS queridos e esti-

mados amigos jornalistas, menos por favor! Assim imaginamos que estamos em outro país. A imaginação muda conforme meu pirão? Quanta criatividade o dinheiro traz para uns e outros. Menos, queridos e queridas!

• A CRISE na saúde públi-

ca no Amapá parece não ter fim. Agora chegou a vez do CTI do Hospital Alberto Lima (HCAL) suspender a admissão de doentes. Segundo membros do corpo clínico, por falta de material esterilizado para entubá-los. “Não somos irresponsáveis a ponto de usar materiais esterilizados de forma incompleta em pacientes que já estão com o

quadro grave de saúde”, desabafou um profissional. É que a Secretaria de Saúde deixou de adquirir os kits especiais de esterilização. Não se sabe por quais motivos. Com a palavra o Ministério Público, CRM-AP e Sindimed!

• PARA COMPLETAR o

caos na saúde, por deficiência na limpeza de salas, corredores, leitos e janelas, os profissionais que atuam na UTI do HCAL estão denunciando um fato da mais alta gravidade, para que os órgãos responsáveis tomem providências. Um grupo de bactérias (germes), altamente resistentes aos antibióticos mais modernos, com grande potencial de prejuízos à saúde, está presente naquele local, podendo levar à morte os pacientes ali internados. Com a palavra a secretária Olinda!

• COM 20 MILHÕES de

votos nas últimas eleições presidenciais, a ex-senadora acreana Marina Silva espera arrecadar 500 mil assinaturas para a criação do seu partido, cuja base terá três itens: desenvolvimento

Opinião

sustentável, educação e saúde de qualidade. Cuspido e copiado de um partido aqui no Meio do Mundo, que há 20 anos capenga e não acerta nada.

• RASTEIRA, mais do que

um puxão de tapete, foi a que deu o governador Camilo no prefeito de Santana Robson Rocha. Depois de receber o prefeito, deputados estaduais e vereadores daquele município no Setentrião, Camilo foi até Brasília e pediu, em audiência no Ministério dos Portos, a concessão para administrar o porto de Santana, de olho nos milhões de toneladas de soja que podem ser exportadas por lá. Imediatamente Rocha mobilizou parte da bancada federal e o “xerife” Sarney para impedir a verdadeira “trairagem” oficial. E olha que um certo senador considerava a soja semente “non grata” no Amapá. Porém o governador foi ao twitter e disse que não quer briga com ninguém, apenas que o Governo tem a possibilidade de investir no Porto.

• MUITAS DENÚNCIAS

chegando à Redação, sobre problemas com a Vivo. Dizem que contas chegaram três vezes mais caras e mesmo assim os telefones foram cortados. O cliente teve que pagar para depois a Vivo verificar e constatar o erro. Mesmo assim os ditos telefones ficaram cortados dois meses e ainda receberam contas, como se estivessem em funcionamento. Com a palavra a Anatel!

• TEM ALGUNS políticos

que só querem tomar conta da vida do vizinho. Olhar para os problemas públicos de sua responsabilidade nem pensar. Melhor mesmo é perseguir outros para tirar o foco do caos instalado.

• ONTEM o senador José

Sarney estava de berço. Nós, aqui da redação, desejamos vida e muita saúde, e que continue trabalhando pelo desenvolvimento e crescimento do Estado. Em 2014, com certeza, estaremos nos encontrando na política local. Boa sorte!

• HOJE TEM projeto Bote-

quim, no Villa Nova Shopping, na Praça de Alimentação. No Delícias Comidas Típicas terá o famoso camarão no bafo e outras iguarias locais.

A população está com medo RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

A

população de Macapá está vivendo uma de suas mais difíceis experiências – a falta de segurança. A situação está ficando insustentável. É claro que as pessoas se sentindo inseguras modificam completamente as suas referências e os seus valores, deixando de ser um agente social passivo para ser, na medida em que imaginar, um agente ativo, capaz de preparar-se para o pior em um processo desgastante e que coloca em risco tudo o que conheceu e experimentou nos momentos de dificuldades. O assalto ocorrido esta semana na frente de um banco, no meio da tarde, com um desfecho trágico em que morreu um dos bandidos, é mais um sinal de alerta para todos, inclusive para aqueles que nada têm a ver com comportamento daqueles que assaltam, atiram e fazem reféns. Esperar que as quatro moças que serviram de escudo humano para o assaltante tenham, desde aque-

le momento, o mesmo modo de vida, é querer demais de um ser humano sensível e influenciável, como todos aqueles que estão no batente, todos os dias, pelo pão de cada dia. É uma situação deveras especial. Mesmo assim são poucas as iniciativas, mesmo as de ordem geral, para colocar um fim nesses assaltos a mão armada, realizados a luz do sol e deixando a própria sorte vidas inocentes cujos donos narram as formas espetaculares de como conseguiram preservá-la protegendo-se do tiroteio. Nessa história, apenas o terceiro elemento - a população -, não sabe de nada, nem tem idéia do que vai acontecer. A polícia tem o seu plano de treinamento desenvolvido; os bandidos, os que não têm o treinamento, têm uma coragem muito grande e uma disposição, ainda maior, para enfrentar todos os riscos da operação, inclusive a polícia militar do Estado. A população não. Fica

absolutamente desprotegida e, em algumas vezes, devido desconhecer o perigo, ainda aumentam o risco de ser alvo de uma “bala perdida”. Já faz algum tempo que registramos, em artigo como esse, que esse momento poderia chegar. E chegou e aqui se instalou, levando pânico para os que simplesmente estavam no lugar errado na hora errada. E grande o número de assaltantes utilizando armas de fogo para alcançar os seus objetivos. A cada dia os criminosos deixam, cada vez mais, apavorada a população que, percebe um rastilho de desconfiança no sistema de defesa social, comprovando que a situação se agrava a cada dia, a cada mês e a cada ano, quando crianças acabam sendo alvos de incríveis situações de vexame e medo.

M e s m o com todos esses problemas ainda há esperança de tudo mudar. Ainda há a possibilidade de ser encontrado um caminho que possa mostrar a todos que a situação está sob controle. A Polícia Militar, isso é constatado, abandona alguns setores da cidade, deixando os moradores entregues à própria sorte e do jeito que gostam aqueles que estão dispostos a assaltar os miniboxes e pedestres. É muito grande o número de mortes violentas no Estado e especialmente em Macapá. A morte proveniente de arma de fogo e mortes provenientes de arma branca são exemplos de como os amapaenses precisam de ajuda e proteção. Às polícias cabe combater qualquer desse crime, evitar que aconteça, mas especialmente à Polícia Militar cabe uma boa dose de coerência para reconhecer as dificuldades.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe Interino: Marcelo Ignacio da Roza Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, Geral - A4 Cidade - B1

Cidade - B2 Geral - B3 Polícia - B4 Geral - C1

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esporte - C2 Diversão&Cultura - C3 Social - C4 Classidia - 10 Pág

Edição número

8185

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

A2

Editor: Janderson Cantanhede - cantanhede@jdia.com.br

ESPLANADA POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

ALGOZ DE ROSE É PROMOVIDO NO PLANALTO

A

ministra Gleisi Hoffmann promoveu o advogado da União Cesar Dutra Carrijo, que coordenou a sindicância sobre as irregularidades cometidas por Rosemary Noronha no escritório da Presidência em São Paulo – que foram muitas, e absurdas. Foi um prêmio pelo enterro da carreira da protegida do ex-presidente Lula. Até há um mês apenas um assessor técnico, Carrijo foi nomeado Subchefe Adjunto da Subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil, com o cobiçado DAS 101.5, em substituição a uma servidora.

Subindo

A nomeação saiu no D.O. dia 27 de Março. A Casa Civil informa que Carrijo é servidor desde 2005, e a partir de 2006 galgou posições no Planalto ‘sempre liderando equipes’.

Descendo

Amigos de Rose, alguns petistas da alta não gostaram do relatório contra a ex-secretária. Enrolada até o pescoço, agora está abandonada pelo padrinho Lula, e procura emprego.

Ensaio

O deputado José Genoino (PT-SP), condenado pelo STF, entrou na fila do popular bandejão ontem para servir seu prato entre servidores e visitantes da Câmara.

CPI das loterias

A denúncia é grave e o deputado acaba de pedir a CPI das Loterias. As notas publicadas pela coluna sobre a onda suspeita de milionários motivaram um email anônimo para Anthony Garotinho (PR-RJ). Um suposto funcionário da Caixa denuncia manipulação no sistema de informática das loterias após o sorteio de prêmios sem ganhadores.

Sortudo gaiato

Ou seja, assim que se constata o acúmulo do prêmio, antes da divulgação no site da Caixa, pode-se gerar um volante avulso com os números sorteados para alguém. A assessoria da Caixa Loterias não se manifestou até o fechamento da coluna.

Prévia

Segundo Garotinho, descobriu-se que apenas uma pessoa ganhou mais de 100 vezes em vários concursos nos últimos anos. A Coluna já publicou o curioso caso de Caxias do Sul (RS), onde houve 22 ganhadores em 11 anos. Só no último Março, foram quatro.

Torre Gay

A Segurança do Senado foi acionada ontem no 15º andar do Anexo 1 para retirar uma grande bandeira com as cores do arco-íris numa janela. O autor não foi identificado.

Calote geral

A situação é muito ruim para empresas fornecedoras de prefeituras no Brasil inteiro. Onde prefeitos da oposição venceram, há calote de meses.

Fio descapado

Deputados do PT requereram audiência pública na Comissão de Fiscalização com diretores da Light, do Rio, para cobrar bons serviços. É choque em Aécio Neves (PSDB), que comprou a empresa através da Cemig, quando governador de Minas.

Palanque no cerrado

O deputado Caiado (PMDB-GO) se encontrou Sábado com o ex-governador Joaquim Roriz para pedir apoio no entorno de Brasília. ‘Sou pré-candidato ao governo do estado. Foi a primeira vez que sentei com Roriz para conversar.’

A volta

Luiz Estêvão, o ex-se-

nador com direitos cassados até 2022, já tem escritório montado para consolidar o PRTB no DF. E diz que há uma fila de dezenas de mandatários querendo conversa.

A poderosa

Apadrinhada por Carlos Lupi e no cargo há oito anos, Fabiana Araújo, coordenadora-geral de Empreendedorismo Juvenil do Ministério do Trabalho, ficou na mira de Brizola Neto, que pediu sua substituição ao Planalto. Não levou. Caiu foi o ministro.

Linha muda

O presidente Henrique Alves (PMDB-RN) deu aval ao deputado Edinho Bez (PMDB-SC), que vai reunir diretores das operadoras de telefonia dia 22 de Maio.

Linha direta

Bez vai ouvir todas as grandes em audiência pública para cobrar bons serviços: há três pedidos de CPI das telefônicas; se não convencerem, Alves autoriza a Mesa a abrir.

Ponto Final

Preço das passagens nas alturas e sinal de celular no chão! Vale CPI pra tudo!

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


JD

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Em Pedra Branca, pedido de vistas suspende julgamento de recurso contra Gemaque Independente da paralisação do julgamento, que tem placar favorável ao prefeito eleito, ele deve tomar posse hoje, em Pedra Branca

O

pedido de vistas feito pelo juiz federal João Bosco Ferreira, suspendeu o julgamento do recurso que contesta o deferimento da candidatura de Genival Gemaque (PR) à Prefeitura de Pedra Branca do Amapari. Gemaque disputou e venceu a eleição suplementar, realizada no dia 7 de Abril. O julgamento teve início na sessão de ontem, do pleno do TRE-AP e, com o pedido de vistas, deve ser retomado na próxima sessão, prevista para o dia 8 de maio. O relator do processo, Juiz Ernesto Collares, votou pelo não conhecimento do recurso devido à perda do interesse processual, uma vez que o recorrente da causa é Francisco Cunha (PSOL), que desistiu de concorrer à eleição suplementar antes do pleito. A outra parte recorrente do processo, coligação A Força Jovem, da candidata Beth Pelaes que também renunciou ao pleito, desistiu do recurso na terça-feira, 23. Acompanharam o voto do relator o Desembargador Carmo Antônio e a Juíza ElayneKoressawa, tendo o Dr. Cassius Clay declarado sua suspeição para atuar no processo.

DIVUGAÇÃO

O presidente do TRE-AP, o desembargador Raimundo Vales,destacou que embora o resultado do julgamento tenha sido adiado para próxima sessão do pleno, a posse do novo prefeito de Pedra Branca do Amapari, Genival Gemaque, e da vice-prefeita Nanci de Souza, já pode ser realizada, de acordo com a data marcada da Câmara de Vereadores do Município.

O presidente do TRE-AP, o desembargador Raimundo Vales,destacou que embora o resultado do julgamento tenha sido adiado para próxima sessão do pleno, a posse do novo prefeito de Pedra

Branca do Amapari, Genival Gemaque, e da vice-prefeita Nanci de Souza, já pode ser realizada, de acordo com a data marcada da Câmara de Vereadores do Município. A posse está prevista para esta

quinta-feira, 25. A sessão de ontem, do pleno do TRE-AP, foi aúltima que teve a participação daProcuradora Regional Eleitoral, Damaris Baggio, que será transferida para outro estado.

M

Marina Silva Requião se disse “indignado e constrangido” com o pedido de urgência. Ele denominou a proposta de “absurda e desnecessária”. Já Mário Couto manifestou a intenção de não fazer acordo e afirmou que o governo age como uma “ditadura branca”, que há muito tempo vem “desmoralizando e diminuindo” o Senado nas suas atribuições. Vários senadores apontaram a proposição como uma manobra do governo federal para prejudicar a oficialização do partido Rede Sustentabilidade da ex-senadora e ex-ministra Marina Silva, apontada como provável candidata à presidência da República. “Nós estamos aqui definindo de forma casuística quem poderá ser candidato em 2014”, disse o senador Pedro Taques (PDT-MT) ao afirmar que o projeto “envergonhava” os

Dia-Dia

Economia e desperdício

Deve acontecer no início de maio a inauguração dos terminais modulares de embarque e desembarque de passageiros do Aeroporto Internacional de Macapá, conforme noticiou este JD no início desta semana. Tudo indica que a situação dos usuários do aeroporto irá melhorar sensivelmente, a partir da entrada em funcionamento dos terminais. Não há, contudo, motivos para comemorar, visto que a poucos metros dos novos terminais permanece, como lembrança incômoda, a obra abandonada do novo terminal de passageiros do Aeroporto de Macapá. Quase impossível entender a lógica da gestão pública brasileira, que inventa uma solução esdrúxula como esta: construir dois novos terminais em caráter provisório, em vez de tomar providências para a retomada da obra do terminal definitivo. Com isso, o dinheiro público economizado por meio do combate à corrupção acaba escoando, em outra ponta, pelo ralo do desperdício.

Hora-Hora

Proposta de regras para partidos novos acirra discussão no Senado esmo antes de lido o requerimento de urgência para a votação do PLC 14/2013, que restringe o acesso das novas legendas ao tempo de propaganda na TV e aos recursos do fundo partidário, o tema acirrou os ânimos no Plenário do Senado. Senadores de oposição divergiram sobre a proposta. Enquanto Aécio Neves (PSDB-MG) classificou o projeto de “violência contra a democracia”, o senador José Agripino (DEM-RN) defendeu o tempo de rádio e TV e os recursos como “patrimônio do partido que teve seus eleitos com votos depositados nas urnas”. Aécio Neves ainda reclamou da “fragilização” do Senado, que teria se tornado uma “casa de vassalagem” e “extensão do Palácio do Planalto”, opinião acompanhada pelos senadores Mário Couto (PSDB-PA) e até Roberto Requião (PMDB-PR), que é de partido da base do governo.

A3

Os senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) pediram que o requerimento de urgência para o PLC 14/2013 não fosse votado, mas o senador Jorge Viana (PT-AC), na presidência da sessão, disse que, nos termos do Regimento Interno, seria obrigado a fazer a leitura do documento

congressistas. Taques também lembrou que muitos dos que apoiaram a criação do PSD, agora querem barrar a criação de novos partidos. Golpe O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) chamou a proposta de “golpe com endereço certo”. E sustentou que impedir o povo de escolher livremente seus representantes é “mudar de lado, rasgar o histórico e a própria trajetória política do PT”. Os senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) pediram que o requerimento de urgência para o PLC 14/2013 não fosse votado, mas o senador Jorge Viana (PT-AC), na presidência da sessão, disse que, nos termos do Regimento Interno, seria obrigado a fazer a leitura do documento e depois proceder à votação. CasildoMaldaner(PMDB-SC) sustentou que a matéria não pode ser questão de bancada, uma vez que não seria correto criar novas regras “açodadamente”, no período pré-eleitoral. “Nós que pregamos o direito de exercer a democracia podemos debater, mas não encami-

nhar uma questão dessa. Hoje o consenso se constrói havendo o dissenso”, argumentou. 70 ideologias Humberto Costa (PT-PE) lançou um desafio para que os parlamentares apresentassem propostas no sentido de ampliar o tempo da propaganda eleitoral igualmente entre todos os partidos para que todos tivessem condições de disputa. O senador sustentou que “nenhum partido está proibido de se organizar, se tiver assinaturas necessárias” e defendeu o princípio da fidelidade partidária. “Existem neste país 31

partidos criados, e mais 39 em formação. São 70 ideologias diferentes que justifiquem a existência de 70 partidos políticos?” – questionou. Para Alvaro Dias (PSDB-PR) a tese é correta, mas a proposta é oportunista. Ele se mostrou a favor da aprovação do projeto, para barrar o grande volume de partidos, mas apenas depois das eleições. Segundo o senador, fazer isso agora seria aprovar a “um ato de esperteza” do governo e não uma reforma política. “O Congresso Nacional deve ao país um novo modelo político e não está cumprindo o dever”, afirmou.

Azedou Boas parceiras nos dois primeiros anos de mandato, as deputadas Roseli Matos (DEM) e Marília Góes (PDT) entraram em rota de colisão neste início de ano legislativo. Desfeita Antes, as duas faziam dobradinha na oposição. Após a guinada política em direção ao Governo do PSB, promovida pela presidência da Assembleia, Roseli passou a fazer parte da bancada governista. Marilia manteve sua posição. Críticas Na sessão de terça-feira, Roseli ficou incomodada com as críticas aos parlamentares, feitas por professores que ocuparam a tribuna em horário que seria usado por Marilia. Após a sessão, ela foi tirar satisfação com a pedetista. O tempo fechou. Homenagem Manoel Brasil tomou a frente das homenagens ao senador José Sarney, que ontem completou 83 anos. A intenção de Brasil era fazer uma homenagem na sessão da Assembleia. Faltou quórum. Desperdício Na visão de Brasil, Sarney, que é senador pelo Amapá desde o início da década de 90, poderia ter feito muito mais pelo Estado. Se não fez, a culpa não é dele (Sarney), mas dos políticos amapaenses

que não souberam explorar o potencial do ex-presidente da República. Oposição Para Manoel Brasil, Sarney sempre sofreu fortes resistências de alguns grupos políticosamapaenses, o que acabou por limitar sua ação em benefício do Amapá. Navegação A Câmara dos Deputados vai chamar o Governo Federal para que apresente medidas para a fiscalização, a segurança, o financiamento e a modernização do transporte de cargas e passageiros pela navegação fluvial na Amazônia. Audiência Requerimento da deputada Janete Capiberibe (PSB), propondo audiência pública nestesentido, foi aprovado ontempela Comissão da Amazônia. Unimed Os senadores Capiberibe (PSB) e Randolfe(PSOL) querem meter a colher no angu encaroçado da Unimed Macapá. No dizer de Capiberibe, para buscar uma saída menos traumática para os 38 mil clientes da cooperativa. Transferência Capiberibe conversou com o presidente da ANS, André Longo, sobre a possibilidade dos clientes serem transferidos para a Central Nacional da Unimed.

MINUTOS Almoço - Governador Camilo Capiberibe almoçou ontem, em Brasilia, com os prefeitos do Amapá que se encontram na capital federal. Encontro - Prefeitos estão participando do II Encontro de Municípios com o Desenvolvimento Sustentável e das Cidades na Faixa de Fronteira. Bancada - O governo do Estado bancou passagens aéreas e transporte local para os prefeitos. Já as prefeituras pagaram a hospedagem e a alimentação. E a conta do almoço, quem pagou? Restrito - Câmara de Vereadores de Macapá começa hoje a transmitir, via rádio, suas sessões legislativas. Como teste, transmissão será apenas pela Rádio Bailique FM 105,9. Geral - Dentro de 30 dias, transmissão deve atingir todo o município, via Rádio e TV. É o Canal Legislativo Municipal.

Vários senadores apontaram a proposição como uma manobra do governo federal para prejudicar a oficialização do partido Rede Sustentabilidade da ex-senadora e ex-ministra Marina Silva, apontada como provável candidata à presidente

Votação – A PEC 37, que limita poder de investigação dosMinistérios Público estaduais e federal, deve ser votada em junho, na Câmara Federal.


JD

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

A4


CadernoB

Geral

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

CAE aprova reforma do ICMS com salvaguardas para estados O relator alterou seu primeiro substitutivo, apresentado em 16 de abril, para atender à cobrança de maior segurança na compensação aos estados

A

Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou ontem, 24, substitutivo do relator, senador Delcídio do Amaral (PT-MS), para a reforma do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Na próxima reunião, prevista para o dia 30, serão examinadas emendas destacadas pelos senadores ao projeto de resolução (PRS 1/2013) de autoria do Executivo. O relator alterou seu primeiro substitutivo, apresentado em 16 de abril, para atender à cobrança de maior segurança na compensação aos estados pela redução das alíquotas interestaduais do imposto. Pelo novo texto, a reforma do ICMS ficará condicionada à aprovação de duas leis complementares: a que trata da própria compensação financeira aos estados e a que viabiliza a convalidação dos incentivos fiscais considerados inconstitucionais pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Na prática, a reforma unificará em 4% a alíquota interestadual de 94% das transações comerciais do país, pelos cálculos do relator. Hoje, os estados do Sul e Sudeste têm alíquota interestadual de 7% e os demais, de 12%. A busca da unificação gradual prevê a redução de um ponto percentual por ano nas alíquotas, começando em 2014. Segundo Delcídio do Amaral, a mudança reduz a carga tributária do país e cria uma “saída ordenada” da guerra fiscal – que “prejudica a economia e ameaça a Federação”. Exceções Ficam de fora dessa unificação produtos industrializados, beneficiados e agropecuários originados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, além do Espírito Santo, que terão alíquota de 7%. Outra exceção contempla as operações interestaduais originadas da Zona Franca de Manaus (ZFM) e das áreas de livre comércio de Boa Vista e Bonfim (RR),Tabatinga (AM), de Guajará-Mirim (RO), de Macapá e Santana (AP) e de Basileia, Cruzeiro do Sul e Epitaciolândia (AC), que terão alíquotas de 12%. A exigência, tanto para os bens industrializados no Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Espírito Santo, quanto para os da ZFM e das áreas de livre comér-

DIVULGAÇÃO

A

Na prática, a reforma unificará em 4% a alíquota interestadual de 94% das transações comerciais do país, pelos cálculos do relator. Hoje, os estados do Sul e Sudeste têm alíquota interestadual de 7% e os demais, de 12%.

cio, é que sejam manufaturados conforme o “processo produtivo básico” estabelecido pelo governo federal. A terceira exceção é o gás natural, nacional ou importado. Nas operações originadas das regiões Sul e Sudeste, exceto Espírito Santo, destinadas às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, inclusive Espírito Santo, a alíquota será de 7%. Nas demais situações, que abrangem o gás boliviano que passa por Mato Grosso do Sul, a alíquota será de 12%. Compensação A forma como será feita a compensação das perdas sofridas pelos estados com a redução das alíquotas gerou polêmica em todas as reuniões da CAE. A maioria dos senadores manifestou temor com o risco de se repetir o que aconteceu na década de 1990, quando uma lei complementar – a 87/1996, Lei Kandir – isentou de ICMS os produtos para exportação. Como nunca foi regulamentada, a compensação da União aos estados, por conta dessa desoneração, é hoje inferior a 10% dos valores devidos. Para facilitar o entendimento, o governo enviou para o Congresso a Medida Provisória 599/2012, que estabelece dois fundos para minimizar os prejuízos – o de compensação de receitas (FCR) e o desenvolvimento regional

(FDR). Mas diversos senadores apontaram a “fragilidade” dessa sistemática de compensação, seja pelo meio utilizado – uma medida provisória –, seja pela competência delegada ao Ministério da Fazenda para fixar regras sobre as transferências. Em busca da segurança jurídica reclamada nos debates, o senador Paulo Bauer (PSDB-SC) apresentou um projeto de lei complementar (PLS 106/2013), cujo relatório foi lido nesta quarta-fera pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE). O relator apontou um “evidente conflito” entre a importância da reforma do ICMS como solução para a guerra fiscal e a fragilidade da sistemática proposta para a compensação de perdas de receita para entes federativos. Para ele, é necessário avançar na institucionalização da compensação das perdas. Uma das suas sugestões, que consta de substitutivo apresentado ao projeto, é tornar “obrigatórias” essas transferências da União aos estados. Incentivos Para facilitar a aprovação da unificação das alíquotas do ICMS, o governo mandou para a Câmara dos Deputados um projeto de lei complementar que viabiliza a convalidação dos benefícios tributários inconstitucionais (PLP

238/2013). A intenção é evitar que a simples derrubada desses incentivos por uma súmula vinculante do STF aumente a insegurança jurídica em torno dos investimentos em execução com base nesses instrumentos. Como a proposta está na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, o senador Wellington Dias (PT-PI) apresentou no Senado projeto com idêntico teor, o PLS 124/2013. Assim como o projeto original, o de Wellington Dias reduz o quórum para deliberação no Conselho de Administração Fazendária (Confaz): de unanimidade para três quintos das unidades federadas e um terço dos estados integrantes de cada uma das cinco regiões do país. Dívidas Além disso, a proposta apresenta uma solução para os contratos de rolagem de dívidas assinados pelos estados na década de 1990. A intenção é reduzir os encargos dessas dívidas, com a troca do Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Além disso, os juros reais são reduzidos para 4% – alguns contratos antigos preveem juros de até 9%. Emenda da senadora Ana Amélia (PP-RS) reduz ainda mais os juros, para 2%.

Unificação de ICMS prejudica estados menos desenvolvidos, diz Wilder Morais

E

m pronunciamento ontem, 24, o senador Wilder Morais (DEM-GO) disse que unificação das alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) prejudica os estados menos desenvolvidos da Federação. Wilder disse que votou contra o projeto de resolução do Senado de unificação das alíquotas, aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), por defender um debate mais aprofundado sobre o tema, além da manutenção da atual alíquota de ICMS, tanto para a industria quanto para o comércio. A unificação do ICMS representa praticamente 70% da reforma tributária, que não pode ser feita de forma

Senadora pede manutenção da alíquota de ICMS da Zona Franca de Manaus

acelerada, sem se avaliarem os estragos a serem gerados aos estados em desenvolvimento, disse Wilder. Na última década, afirmou, a única política que teve eficácia para o desenvolvimento dos estados menos desenvolvidos foi a dos incentivos fiscais. - Entendo que não podemos tirar o único mecanismo que os governadores dos estados têm para atrair as empresas. Isso é mais uma vez a concentração do poder na União - disse o senador. Wilder ressaltou que a maior parte de todos os recursos já fica na União. Os estados, disse o senador, estão todos em dificuldades financeiras, e, para superar isso, precisam atrair novas empresas. Os incentivos são adotados,

DIVULGAÇÃO

senadora Vanessa Grazziotin (PDdoB-AM) se mostrou favorável à diferenciação da Zona Franca de Manaus no Projeto de Resolução (PRS 1/2013), que prevê a unificação futura das alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS). No Plenário, ela advertiu que uma redução no imposto arrecadado nos produtos produzidos pela zona decretaria o fim desse modelo de desenvolvimento. Estima-se que a arrecadação de ICMS do estado do Amazonas poderia sofrer perdas superiores a 40%. Como o PRS 1/2013 não muda a alíquota de ICMS interno nos estados, apenas o interestadual, a senadora quer garantir a maior alíquota possível para o estado do Amazonas (ela pede a manutenção em 12%). Se isso ocorrer, os estados de destino, que receberão os bens da Zona Franca, terão uma arrecadação menor na venda final da mercadoria produzida na zona franca. Para o consumidor final, a porcentagem de imposto distribuída entre os estados de origem ou no destino não altera o valor final do imposto pago pelo bem. Vanessa reconheceu que os demais estados resistem à manutenção de 12% de ICMS na Zona Franca, porque eles perderiam arrecadação e, com menor alíquota, ficaria ainda mais difícil conceder incentivos fiscais de ICMS para atração de empresas. “Acho que essa é a questão principal. Mas o que precisamos entender é que estamos estabelecendo uma nova ordem tributária no Brasil, e não haverá mais a necessidade da concessão de incentivos para a atração de indústrias. Estão sendo criados fundos de desenvolvimento regional, fundos de compensação financeira que trarão um equilíbrio maior”. Guerra fiscal Em aparte, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) concordou que a alíquota da Zona Franca de Manaus seja mantida em 12%, mas desconfia das medidas propostas para igualar os estados. Para ele, a competição entre as unidades da federação para atrair empresas é legítima. “Não havendo qualquer tipo de incentivo no campo fiscal, as indústrias se concentrarão no Sudeste do Brasil, onde existe um grande mercado, matéria-prima mais próxima e mão de obra mais qualificada, além de melhor infraestrutura e a melhor capacidade logística”. Cássio se disse “radicalmente contra aqueles que dizem que a guerra fiscal é um malefício para o Brasil”. Segundo o senador da Paraíba, não fosse essa competição haveria “um fosso ainda maior separando as regiões menos desenvolvidas e os centros mais desenvolvidos do Brasil”. DIVULGAÇÃO

Vanessa reconheceu que os demais estados resistem à manutenção de 12% de ICMS na Zona Franca, porque eles perderiam arrecadação e, com menor alíquota, ficaria ainda mais difícil conceder incentivos.

Comissão mista aprova relatório da MP dos Portos

O explicou, porque os estados não têm infraestrutura, o que não pode ser considerado uma questão de guerra fiscal, mas um fortalecedor da política mais importante para todos as unidades da Federação, que é a política de geração de empregos, disse Wilder.

- Acho importante criar o fundo de desenvolvimento regional, mas é preciso fazer diferente da proposta do governo. Primeiro, precisamos investir maciçamente na infraestrutura dos estados, e aí, sim, com o passar do tempo, unificamos o ICMS – afirmou.

relatório final sobre a Medida Provisória 595, a chamada MP dos Portos, foi aprovado ontem, 24, na comissão mista do Congresso criada para analisar a MP. O relator, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), apresentou um adendo com mudanças na MP, que deve ser votado até o dia 16 de maio nos plenários da Câmara e do Senado para não perder a validade.A reunião para votar o relatório atrasou duas horas e meia porque os parlamentares estavam tentando chegar a um acordo sobre o texto final. Foram feitos destaques ao texto principal, que estão sendo analisados pelos deputados e senadores. A Ordem do Dia no Senado e na Câmara foi suspensa para a votação na comissão mista. Segundo o governo, as mudanças no setor vão permitir investimentos de mais de R$ 54 bilhões, com a oferta de 159 áreas em portos públicos ao setor privado. A medida estabelece um novo marco legal para o setor portuário e substitui a lei atual do setor, em vigor desde 1993.


Geral

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

B2

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Em meio a polêmicas, Senado aprova projeto que dá maior autonomia a delegados O texto diz que eles só poderão ser afastados de uma investigação por um superior hierárquico

D

epois de mais de três horas de debates, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou projeto que regulamenta as atribuições dos delegados em inquéritos policiais. O texto diz que eles só poderão ser afastados de uma investigação – por um superior hierárquico se houver motivo de interesse público ou descumprimento de procedimentos previstos em regulamento e que possam prejudicar os resultados da investigação. Para que o afastamento ocorra é preciso fundamentação por escrito dos motivos. O objetivo do projeto é garantir autonomia dos delegados em investigações. A proposta estabelece que o cargo de delegado de polícia é exclusivo de bacharel em Direito e diz que a categoria tem direito ao mesmo tratamento dado a magistrados, integrantes da Defensoria Pública e do Ministério Público. O senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) tentou adiar a votação sob o ar-

gumento de que o assunto é polêmico e precisaria ser melhor discutido em audiências públicas. Ele entende que que a proposta limita o controle externo da polícia por parte do Ministério Público (MP), tarefa prevista no artigo 129 da Constituição Federal. “O que pretende o projeto é aumentar a autonomia da polícia, o que não é compatível com a história de abusos que marca tal atividade no nosso país. Deveria ser o contrário, o controle externo deveria ser fortalecido para evitar abusos dos organismos policiais, que muitas vezes cometem crimes, ilegalidades, desmandos, abusos de poder e tortura. A realidade é que gabinetes dos promotores são procurados todos os dias por pessoas reclamando de atos ilícitos praticados pelas policias”, criticou o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES). Em defesa do projeto, o relator da proposta, senador Humberto Costa (PT-PE) disse que a proposta trata exclusiva-

DICULGAÇÃO

O senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) tentou adiar a votação sob o argumento de que o assunto é polêmico e precisaria ser melhor discutido em audiências públicas. Ele entende que que a proposta limita o controle externo da polícia por parte do Ministério Público (MP), tarefa prevista no artigo 129 da Constituição Federal.

mente de investigação policial. “Tratamos das garantias e deveres do

delegado dentro do inquérito. Em nenhum momento as atribuições do

Setap avisa que cartões de meiapassagem serão bloqueados no dia 2

N

o dia 2 de maio, próxima quinta-feira, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) inicia o bloqueio dos car-

tões de meia-passagem que não foram recadastrados. O processo de recadastramento iniciou-se em 14 de fevereiro e se estende até 30 de abril. O Setap

estimava que 37 mil estudantes fossem ter acesso ao benefício, mas até ontem, a procura pelo serviço ainda era pequena. Até 31 de maio, os car-

tões de meia-passagem emitidos pelo Setap poderão ser recebidos na Subprefeitura e no Posto de Venda localizado na Rua Tiradentes. Após esse prazo, os cartões serão recolhidos para a sede do sindicato. Após o cadastro e recadastro, inicia uma nova fase, que consiste nas visitas às escolas para verificar se os alunos cadastrados estão frequentando as aulas. Cartões que ficarem por 90 dias sem uso, serão automaticamente bloqueados pelo sistema. Este ano o Setap desburocratizou o processo. Para o recadastramento, está sendo exigida apenas a declaração escolar e o cartão de meia-passagem (além da fotocópia de ambos). Isso, além de reduzir o volume de papel, reduz o tempo de espera. Para quem está requerendo o benefício pela primeira vez, os primeiros cartões começaram a ser entregues em 4 de março. “Quem se cadastrou na Escola Hildemar Maia, recebe o cartão no Posto de Venda do Setap localizado na Rua Tiradentes, próximo ao Cartório Jucá. Quem fez o cadastro na Subprefeitura, receberá o cartão lá mesmo”, explica Artur Sotão, gestor do Sistema de Bilhetagem. Para os novos cadastros, o aluno deve ir pessoalmente aos postos de atendimento com cópia e original de: certidão de nascimento ou carteira de identidade, comprovante de residência e declaração escolar. Não é preciso levar foto 3x4. A imagem do aluno será capturada por meio digital no ato do cadastro. Não há necessidade de cadastro para alunos com menos de 7 anos. Para este público, é garantida a gratuidade, desde que esteja acompanhado de um adulto. Os alunos da rede municipal tiveram a isenção da taxa de recadastramento. O Setap recebeu relação dos alunos matriculados nas escolas da rede municipal. Assim, os alunos que dessas escolas que requeiram a continuidade do benefício, não precisam levar declaração escolar.

MP estão comprometidas. Tampouco haverá invasão da polícia nas

atribuições do Ministério Público”, garantiu Costa. (Agência Brasil)

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com SHOPPING POPULAR O projeto do Shopping Popular, sobre o qual tanto se falou ao que tudo indica está dependendo do humor daqueles que estão com a ocasional oportunidade de se manifestar sobre ele. No final do ano passado e este ano, o então secretário de infraestrutura Joel Banha, que está hoje como deputado estadual, disse que o projeto imaginado tinha sido completamente sepultado e que o local seria uma praça onde se daria oportunidade para comercialização de frutas e verduras. Explicava as razões. Agora, nem dois meses depois, funcionários públicos, do estado e do município, anunciam a retomada do projeto com as adaptações necessárias. ENQUANTO ISSO... Enquanto isso os feirantes e principalmente ambulantes, ficam sem saber o que realmente vai acontecer. Segundo eles, de acordo com o funcionário público “da vez”, a proposta muda e coloca para mais distante a solução de um problema que não duraria um ano. Já se vão 4 anos e nada. Ou melhor, “tudo”, pois, pelo que se é dado a ver, tudo está como antes. Os ambulantes desconfiam também, que ainda estão aprontando pois, desta vez, o novo prefeito, que não tinha solução, já disse que tem. CONSELHO TUTELAR Os conselheiros tutelares do município de Macapá e todos os outros órgãos da polícia judiciária, Ministério Público e da Justiça do Amapá estão enfrentando um problema novo – os bailes marcados pelas redes sociais, que começam depois da meia noite, onde os convidados são adolescentes que ainda não completaram 18 anos. As “batidas” realizadas por aqueles órgãos ainda não produziram os resultados esperados, mesmo assim alguns organizadores já respondem processo pro corrupção de menores. EMERGÊNCIA AMBIENTAL Tudo começou muito an-

tes, mas foi recrudescido depois da posse dos prefeitos eleitos em 2012. Todos eles demonstraram uma simpatia muito forte pela “declaração de situação de emergência” nos municípios que começavam administrar com as mais diversas desculpas, algumas delas completamente sem cabimento. A coisa está tão difundida que agora o gestor do Ibama acaba de levantar a hipótese de declaração de emergia pra atender os focos de incêndio que poderão acontecer no período sem chuva que se aproxima. O caso é que, ainda dá tempo para fazer todas as licitações necessárias. PORQUE DECLARAR EMERGÊNCIA? Os administradores públicos estão entendendo que as licitações, se na forma que for, “atrapalham a administração” e procuram encontrar um meio de driblar a exigência que a Administração Pública carrega na forma de princípios, como publicidade, moralidade, impessoalidade, transparência e eficiência. Declarar situação de emergência é um dos motivos para comprar sem licitação, de quem quiser e pelo preço que quiser. Esse modelo é que o gestor do Ibama pretende adotar. PLANEJAMENTO URBANO Macapá está sediando um importante encontro onde está sendo tratado o planejamento urbano no Brasil. Estudantes de outros centros, vindos de países latinoamericanos e europeus estão na capital do Estado debatendo o conceito científico do planejamento urbano. Questões como mobilidade, hierarquização viária, transporte coletivo, expansão urbana, áreas impróprias para habitação coleta do lixo, tem mostrado o seu viés teórico. Para Macapá o problema principal é que a regra que a prefeitura dispõe converge para o plano diretor, que como diz o próprio nome, contem as diretrizes para o desenvolvimento urbano de Macapá e só.


Geral

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

B3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Regulamentada da meia-entrada para estudantes O texto determina que a meia-entrada fique limitada a 40% do total de ingressos disponíveis para cada evento

A

Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara finalizouontem, 24, a votação do projeto de lei que regulamenta a meia-entrada para estudantes, jovens de baixa renda, portadores de necessidades especiais e idosos em cinemas, teatros, eventos esportivos e culturais. Como tramitava em caráter conclusivo, se não forem apresentados requerimentos para votação pelo plenário, a matéria seguirá para o Senado. O texto determina que a meia-entrada fique limitada a 40% do total de ingressos disponíveis para cada evento. Durante a votação, foi discutida a possibilidade de exclusão dos idosos do percentual de 40% da meia-entrada. Mas o limite foi mantido no relatório do deputado Vicente Cândido (PT-SP).

Para Vicente Cândido, os idosos não serão prejudicados. “Estamos criando uma isonomia. A massa maior de beneficiários da lei são os estudantes. Devemos ter no Brasil mais de 50 milhões de estudantes. Se 50 milhões estão enquadrados dentro desses 40%, os idosos, que são 24 milhões [também têm que estar]. É para fazer justiça”, argumentou. Segundo o parecer aprovado hoje, a emissão da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) caberá apenas à Associação Nacional de Pós-Graduandos, à União Nacional dos Estudantes, e à União Brasileira dos Estudantes Secundaristas. O documento, com validade de um ano, será em modelo único nacional padronizado, com certificação digital atestada pelo Instituto Nacional

de Tecnologia da Informação (ITI). Terão direito à meia-entrada os jovens de 15 a 29 anos de idade de baixa renda, inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, cuja renda familiar mensal seja de até dois salários mínimos. Para o relator a regulamentação vai possibilitar a redução dos preços dos ingressos. “Os artistas estão mostrando que é viável porque o que dá segurança ao produtor cultural é a previsibilidade. Antes, não se sabia qual seria a demanda de meia-entrada. Na dúvida, jogava-se o preço lá em cima. Agora vai ser possível emitir 40% de meia-entrada e o resto com o preço diferenciado. A segurança jurídica vai garantir essa previsibilidade”, observou Vicente Cândido. (Agência Brasil)

DIVULGAÇÃO

Segundo o parecer aprovado hoje, a emissão da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) caberá apenas à Associação Nacional de Pós-Graduandos, à União Nacional dos Estudantes, e à União Brasileira dos Estudantes Secundaristas.

Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão será comemorado com palestras e caminhada

A

Coordenação Estadual de Hipertensão e Diabetes (HiperDia) realiza amanhã, 26, um seminário sobre Hipertensão Arterial. A finalidade é orientar pacientes que sofrem com a doença sobre os cuidados que deve se tomar para evitar problemas maiores. O evento, alusivo ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, comemorado em 26 de abril, acontecerá no Centro de Referência e Atendimento à Mulher (Cram), no horário das 8 às 12horas e das 14 às 17horas. No sábado, 27, haverá um pas-

seio ciclístico e caminhada com concentração no Complexo do Araxá, a partir das 17horas. De acordo com dados publicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2012 a hipertensão atingiu 1 em cada 3 pessoas no mundo, algo em torno de 2 milhões de pessoas. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde (MS), cerca de 30 milhões de brasileiros têm hipertensão e outros 12 milhões que ainda não sabem que possuem a doença. Já no Amapá, existem 11.608 pacientes cadastrados no programa Hiper-

Estilista carioca presta consultoria de moda para empresas da indústria de confecções

O

Sebrae no Amapá, está realizando, de 22 a 26 de abril, no escritório regional de Santana, uma consultoria para sete empresas da indústria da confecção, para que as mesmas possam desenvolver suas coleções primavera-verão. A capacitação é ministrada pela estilista ca-

rioca, Célia Martins. Segundo a diretora técnica do Sebrae, Ana Dalva Ferreira, “o objetivo (da consultoria) é usar como ferramentas de mudanças as cores e formas de cada estação, gerando as tendências das coleções primavera-verão e outono-inverno” disse.

DIVULGAÇÃO

Dia. Destes, somente 10.265 são atendidos pelo Programa Saúde da Família (PSF). O coordenador do HiperDia no Estado, Odilon Ribeiro, diz que a doença é silenciosa e, devido a isso, a pessoa deve ter todo cuidado. “A doença normalmente evolui sem manifestar qualquer sintoma, sem que a pessoa saiba, até subitamente provocar uma complicação grave que se pode tornar fatal. Por conseguinte, a hipertensão é uma inimiga fatal que, acima de tudo, só pode ser combatida quando detectada”, explica Odilon.

Para a estilista, com a abertura de novos mercados, houve um aumento expressivo na concorrência entre empresas do mesmo ramo. “Para poder competir nesse mercado é preciso introduzir continuamente novos produtos”, explica ele, acrescentando que o profissional de desenvolvimento de produtos é o estilista, que estuda desde a ideia inicial do produto até a sua avaliação pelo consumidor final. A gestora do projeto Indústria de Confecção de Macapá e Santana, Vanusa Collares, ressalta que o estilista estuda muito sobre seu público-alvo, tendências da moda em todo o mundo, varidade de tecidos, técnicas de costura, história da moda, cores, e diferentes materiais.

Como se prevenir contra a hipertensão - Substitua o sal por temperos naturais (limão, alho, cebola, cheiro-verde, orégano, cominho, coentro, manjericão etc.); - Substituir gorduras animais por óleos vegetais (óleo de soja, milho ou girassol); - Evitar açúcar e doces; - Retirar o saleiro da mesa; - Evitar frituras; - Consumir alimentos que sejam fonte de fibras, como frutas, cereais integrais, hortaliças e legumes, de preferência crus; - Evitar alimentos industrializados (molhos prontos, ketchup, caldos concentrados, mostarda etc.); - Evitar os embutidos (salsicha, linguiça, presunto, salame etc.); - Evitar as conservas e os enlatados; - Evitar os salgadinhos para aperitivo (batata frita, amendoim salgado etc.).

“As empresas participantes estão confeccionando suas próprias coleções e terão a oportunidade de apresentá-las na inauguração do Centro Educacional Sebrae, prevista para junho” afirma. Participam da consultoria as representantes das empresas: Ateliê da Filó, Ateliê e Malharia da Carmor, Malharia Ponto a Ponto, Tãnia Moda Praia, Fio de Ouro, Paixão Modas e Ateliê Mana. (Fernanda Picanço)

Creap começa a entregar aparelhos auditivos em maio DIVULGAÇÃO

O

s primeiros 60 pacientes inscritos no Serviço de Saúde Auditiva do Centro de Reabilitação do Amapá (Creap) deverão receber os aparelhos auditivos em maio deste ano. Os moldes dos respectivos aparelhos já estão sendo confeccionados. A intenção do Creap é atender mensalmente 60 pessoas que foram cadastradas para receber o equipamento. Até o final deste ano serão entregues cerca de 960 aparelhos de uso bilateral. A diretora do Creap, Fernanda Patrícia de Farias Rocha, destaca que o objetivo é oferecer aos pacientes a oportunidade de inclusão social por meio da realização de exames auditivos e entrega do Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI), o aparelho auditivo. Para garantir a aquisição dos aparelhos, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) assinou contrato recentemente com empresas fornecedoras de aparelhos auditivos. Em 2011, a Sesa fez a doação de 280 aparelhos a pacientes previamente cadastrados.(Ascom/Sesa)


Polícia

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

B4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Garota de programa é assassinada a tiros Oficial da PM informou que a vítima era garota de programa que atuava no bairro Novo Buritizal ELEN COSTA Da Redação

P

assava pouco mais das 2 horas da madrugada de ontem, 24, quando moradores da Avenida Ernesto Pereira Colares, no bairro Novo Buritizal, zona sul de Macapá , ouviram disparos de arma de fogo. Ao saírem de suas residências para verificar o que estava acontecendo, eles se depararam com uma mulher caída ao chão, ao lado do muro do prédio do antigo Aninga. A mesma já estava morta. A Polícia Militar (PM) foi acionada. Equipes do 1º batalhão seguiram para o local, assim como uma equipe do Corpo de Bombeiros, que confirmou o

óbito da vítima. Segundo informações do sargento Ney da PM, testemunhas disseram aos militares que pelo menos seis tiros foram disparados e, logo em seguida, um veículo modelo Fiat Pálio, na cor prata, foi visto deixando o lugar em alta velocidade. Os peritos da Polícia Técnico-Científica (Politec) encontraram cinco cápsulas de pistola ponto 40, próximas ao corpo. Ainda de acordo com os profissionais da Politec, nenhuma documentação pessoal foi encontrada e por isso o cadáver foi removido para o Instituto de Medicina Legal (IML) sem identificação. O oficial da PM informou

que a vítima era garota de programa e atuava naquela região. Outras profissionais do sexo relataram que a mulher, com idade entre 20 e 25 anos, estava há poucos dias no Amapá. Ela teria vindo de Belém, no Pará. Horas antes de ser morta, a vítima havia feito três programas e decidiu ir fazer um lanche, momento em que foi encurralada pelo assassino, segundo as companheiras. Agentes da Polícia Civil da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa (Decipe) estiveram no local do crime, colhendo informações a fim de identificar o acusado. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso.

Os peritos da Polícia Técnico-Científica (Politec) encontraram cinco cápsulas de pistola ponto 40, próximas ao corpo

PM prende quadrilha acusada de Dois quilos de drogas são assalto a minibox no Cidade Nova encontrados em som de carro

durante perícia ELEN COSTA Da Redação

D

urante trabalhos de perícia realizados no início desta semana, na Polícia Técnico-Científico (Politec), profissionais daquele órgão encontraram dois quilos de substâncias entorpecentes que estavam escondidos dentro de uma caixa de som, em um carro modelo Gol, placas NEJ-7904. O produto estava dividido em duas porções grandes e armazenado em balões de aniversário. De acordo com o delegado Luiz Carlos Gomes Júnior, titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), o carro havia sido apreendido no mês passado, depois que o proprietário foi flagrado transportando outros dois quilos de crack, que estavam divididos em quatro porções, e da mesma forma,

Antes de dar voz de prisão aos suspeitos, os policiais fizeram uma revista minuciosa em áreas próximas ao local e acabaram encontrando um revólver calibre 38 , a cerca de 40 metros do veículo

ELEN COSTA Da Redação

O

ntem, por volta de 0h30, a equipe do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM), da Polícia Militar (PM), prendeu uma quadrilha acusada de ter efetuado roubo em um estabelecimento comercial localizado no bairro Cidade Nova. Segundo o Boletim de Ocorrências (BO), o crime aconteceu na noite da terça-feira, 23. O grupo acabou foi localizado e capturado algumas horas depois, já na madrugada de ontem, na Rua Claudomiro de Moraes, bairro Buritizal, zona sul da capital amapaense. De acordo com o oficial do BRPM, logo após terem praticado o assalto, Alberto Magno da Silva, de 21 anos, Paulo Wuillen Barro-

so da Silva, de 27, e dois adolescentes, ambos de 17 anos de idade, fugiram por uma área de ponte e em seguida entraram em um taxi de modelo Gol, cor vermelha, de placas NEV7832. “Munidos dessas informações, nós começamos a realizar as diligências a depois de algumas horas avistamos o referido taxi as proximidades do Super Fácil da Zona Sul. Abordamos os indivíduos e durantes as buscas pessoais encontramos no bolso de um deles uma quantia em dinheiro. Na busca veicular achamos no porta-luvas um montante ainda maior”, relatou o tenente Raiol, que comandou a operação. Antes de dar voz de prisão aos suspeitos, os policiais fizeram uma revista minuciosa em áreas próximas ao local e acabaram encontrando um revólver

Operação Purgato resulta na prisão de família acusada de envolvimento com tráfico de drogas

A

Polícia Civil conseguiu ordem judicial para efetuar a prisão de integrantes de uma mesma família, acusadas de envolvimento com tráfico de drogas no município de Amapá. Segundo a denúncia, resultado de uma investigação que durou quatro meses, a principal acusada é uma dona de casa, que agia junto com seus cinco filhos, sendo três deles adolescentes, com idades de 15, 16 e 17 anos. Responsável pela investigação, o delegado Victor Crispim solicitou à Justiça local a prisão do grupo, o que foi atendido pela juíza Larissa Loronha.

A operação policial foi batizada de Purgato (limpeza em Latim). Os mandados de prisão foram cumpridas na terça-feira, 23. Durante o cumprimento da ordem judicial, a polícia encontrou 103 pedras de substância entorpecente (crack) e uma quantidade do próprio produto em estado bruto. Os agentes também apreenderam muitos objetos eletrônicos de procedência duvidosa, como tablets, dezesseis aparelhos de telefones celulares, câmeras digitais, aparelhos de DVD, caixas amplificadas, televisão e quase mil reais em espécie.

calibre 38, a cerca de 40 metros do veículo. Todos foram encaminhados para a delegacia e lá, um dos menores infratores, conhecido como “Gordo”, foi reconhecido pela vítima. O dono do Minibox roubado relatou às autoridades que foi estrangulado pelo adolescente, que lhe tomou R$ 800 em dinheiro. A quadrilha também é acusada de ter praticado pelo menos mais dois crimes em Macapá. Um deles a uma chocolataria, no bairro do Trem, e outro a uma pizzaria, no Laguinho. Alberto Magno e Paulo Wuillwn foram apresentados no Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval, enquanto os menores foram encaminhados para a Delegacia Especializada em Investigação de Atos Infracionais (Deiai).

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

BLOG DO BOLERO Assaltante que foi morto na tentativa de assalto era procurado pela polícia paraense O ELHINTON DA CRUZ BARBOSA (19), o assaltante que foi morto em troca de tiros com o BOPE na tarde de segunda-feira (22), no Centro da Cidade, era foragido da Justiça Paraense, pois existia contra ele um mandado de prisão datado de 27.12.2012, assinado pelo juiz Newton Carneiro Primo, do Município de Portel/PA. É que o Elhinton havia praticado um assassinato, quando matou a bala o filho de um oficial de justiça, cujo crime ele praticou em Barcarena/PA. Ele também era suspeito de ter praticado

recentemente, um assalto em uma ourivesaria no Município de Pedra Branca do Amapari, neste Estado. Mototaxista clandestino acusado de assaltar mercearia Dois maus elementos armados com armas de fogo e que estavam em uma moto de cor preta, sendo que o condutor estava com uma camisa de mototaxista clandestino, enquanto que o da garupa com uma camisa vermelha com o número 11 nas costas, eles invadiram uma Mercearia que fica na Rua Campo Grande, no bairro Infraero I, isso por volta das 03h45min da tarde de ontem (23), renderam o

camuflados em balões de aniversário. “Nós recebemos uma denúncia anônima de que esse Gol estaria fazendo o transporte e distribuição de droga no bairro do Congós. No dia 28 de março iniciamos nossas investigações. Nesse mesmo dia, o carro foi localizado na Rua Claudomiro de Moraes, no bairro do Buritizal. Fizemos a abordagem. O Adriano demonstrou um comportamento bastante suspeito e durante as buscas nós encontramos os dois primeiros quilos escondidos embaixo do banco do passageiro. Agora, mais de 15 dias depois, os peritos encontraram mais drogas no carro”, detalhou Luiz Carlos. À época, o condutor e dono do veículo foi preso e levado para a sede da especializada, situada nos altos do Centro Integrado de Operações e

Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval. Adriano Santana Vilhena negou o envolvimento com o tráfico de drogas, atribuindo a responsabilidade do entorpecente a um indivíduo que identificou apenas como “Júnior”. Segundo ele, essa pessoa teria lhe pedido uma carona e saltou do carro minutos antes da abordagem policial. A versão de Adriano não convenceu a autoridade policial. Após ouvir o acusado, o delegado o indiciou por crime de tráfico de drogas e solicitou à Justiça a prisão preventiva do mesmo. O pedido foi aceito e o suposto traficante foi encaminhado para para o Instituto de Administração Penitenciário (Iapen). O delgado garante que as investigações irão continuar, pois há possibilidade de outras pessoas estarem envolvidas com o crime.

proprietário e roubaram a renda do comércio, cujo valor não foi repassado para a nossa reportagem. O 2º Batalhão da PM foi acionado, porém, os assaltantes não foram presos.

flagranciada pelo delegado de polícia daquele Município. A quadrilha estava de carro quando foi presa. Eles são: -ALESSANDRO DA PENHA MENDES (29); -JAILSON CHAGAS DOS SANTOS (27); -Um adolescente de 17 anos e outro de 16 anos de idade, que foram entregues na DEIAI aqui de Macapá.

Polícia rodoviária federal prende quadrilha que assaltou uma farmácia em serra do navio Uma quadrilha, composta por dois adultos e dois adolescentes, foi presa por volta das 09h00min da manhã de ontem (23), no Km 70 da BR-156 por uma Guarnição da Polícia Rodoviária Federal, que estava na cola da referida quadrilha, pois noite de segunda-feira passada, os acusados assaltaram uma farmácia que fica na Cidade de Serra do Navio, de onde eles roubaram mais de 2 mil reais. É bom frisar que, os policiais ainda chegaram a apreender cerca de 1.400 em poder da quadrilha, que foi levada de volta a Serra do Navio, onde foi

Consultório odontológico é assaltado no pacoval Dois maus elementos armados com armas de fogo, por volta das 05h10min da tarde de ontem (23), invadiram um consultório odontológico, que fica na Rua Guanabara, no Pacoval, e após renderam dos funcionários, roubaram 1 notebook, 1 celular e a bolsa de uma funcionária, onde continha certa importância em dinheiro. As vítimas não souberam informar se os assaltantes estavam a pé ou motorizados.


CadernoC

Cidade Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

FOTOS: CELIANE FREITAS

Prédio abandonado há mais de 10 anos vai sediar serviços do SAMU Governo vai anunciar hoje o início das obras a unidade irá funcionar no antigo prédio da Clinica de Pneumologia, abandonado há mais de dez anos FOTOS: CELIANE FREITAS

Durante a blitz foram apreendidas 22 motos, por estarem com documentação irregular, e um veículo por estar realizando transporte clandestino

Blitz em Macapá combate transporte clandestino de cargas e passageiros CRISTIANE COUTINHO Da Reportagem

O

No complexo a população contará com um prédio de dois pavimentos, sendo que no primeiro funcionará o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência)

CRISTIANE COUTINHO Da Reportagem

O

Governo do Estado lança hoje, no bairro do Pacoval as obras do Prédio onde irá funcionar o Complexo Regular do SUS/SAMU no Estado. A unidade irá funcionar no antigo prédio da Clinica de Pneumologia, abandonado há mais de dez anos. No complexo a população contará com um prédio de dois pavimentos, sendo que no primeiro funcionará o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), com o trabalho de controle das ambulâncias, e no pavimento superior os servi-

ços destinados ao SUS (Sistema Único de Saúde), com atendimento destinado a agendamentos nas áreas de assistência pré-hospitalar, como consultas, procedimentos laboratoriais, ambulatoriais de urgência e emergência e inter-hospitalar, como internações, leitos de UTI, UTI aérea e procedimentos ambulatoriais de média e alta complexidade. A ideia é que toda essa parte de marcação de consultas e controle seja feita fora dos hospitais, diminuindo as filas de espera dos pacientes, já que um banco de dados será criado para que as consultas sejam distribuídas

de acordo com cada especialidade. Segundo o secretário de Infra Estrutura, Amilton Coutinho, o Governo irá investir R$ 1.136,387,04 na construção do complexo, que possui uma área de 1.516 metros quadrados. Abandono O prédio onde era para funcionar uma Clinica de Pneumologia está situado na Av. Ceará, no bairro do Pacoval, e encontrava-se abandonado há mais de 12 anos. Inaugurada em 1994, a clinica funcionou apenas apenas até o ano 2000, quando os serviços foram paralisados. Moradores das proximi-

dades já haviam pedido providencias para que autoridades utilizassem o prédio, pois logo que se encerraram os atendimentos, o lugar ficou sem vigia, totalmente abandonado e com isso os equipamentos existentes na clinica foram saqueados, instalação elétrica, sanitários e até mesmo a cobertura do local foram levados. O lugar acabou virando refúgio para marginais e usuários de drogas, deixando os moradores com medo de passar pelas proximidades à noite. Situação que, a se cumprir o plano do Governo, pode começar a mudar.

Oficina prepara profissionais para implantação da Rede Psicossocial no Amapá

A

Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), através da Coordenação Estadual de Saúde Mental, realiza hoje e amanhã, 25 e 26, na Escola de Administração Pública, a oficina para implantação da Rede Psicossocial no Amapá (RAPS). O objetivo do evento é oferecer aos gestores e técnicos da saúde conhecimento dos diversos componentes da rede psicossocial, a legislação referente aos serviços, o financiamento, além de possibilitar estraté-

gias de pactuação e contratualização, beneficiando a demanda crescente de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) por cuidados em Saúde Mental em todos os níveis de atenção. Segundo a Organização Mundial de Saúde, os transtornos mentais serão a segunda causa de adoecimento da população em 2020. Diante deste e de outros dados importantes é que o Governo Federal, através da Política Nacional de Saúde Mental, busca

consolidar um modelo de atenção aberto e de base comunitária. A Rede de Atenção Psicossocial estabelece os pontos de atenção (serviços) para o atendimento de pessoas com transtornos mentais, incluindo a dependência de crack, álcool e outras drogas. A Rede ampliará o acesso à atenção psicossocial da população em geral e também promoverá o acesso das pessoas com transtornos mentais e com necessidades decorrentes

do uso de substâncias químicas e suas famílias aos pontos de atenção.Outro objetivo da Rede é garantir a articulação e integração dos pontos de atenção das redes de saúde no território, qualificando o cuidado por meio do acolhimento, do acompanhamento contínuo e da atenção às urgências. Ações intersetoriais, para reinserção social e reabilitação, incluindo ações de prevenção e de redução de danos, também fazem parte dos objetivos da Rede. De acordo com a coordenadora do programa de saúde mental do Estado, Michelle Maleama, a oficina pretende capacitar os profissionais dos 16 municípios para a implantação da Rede no Estado. “A oficina contará com representantes e técnicos dos 16 municípios do Estado e as diversas instituições relacionadas com esta rede, inclusive a saúde mental indígena, além da apoiadora do Ministério da Saúde para a implantação do RAPS no Amapá”, diz Michelle. (Ascom/Sesa)

ntem de manhã, 24, equipes da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) e do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTRAN) realizaram uma blitz em dois pontos estratégicos de Macapá, com o objetivo de punir o transporte clandestino de cargas e de passageiros. As blitz se concentram em dois pontos, um na Rua Cândido Mendes, entre General Gurjão e Presidente Vargas, e outro na esquina da General Rondon com General Gurjão, em frente à Catedral de Macapá, neste caso pegando de surpresa os motoristas na subida da ladeira da via. Segundo o chefe do Departamento de Transporte e Fiscalização da CTMac, Jairo Rocha, “o principal foco dessa blitz é combater mototaxis clandestinos, cargas e fretamentos e táxis irregulares”.

Durante a blitz foram apreendidas 22 motos, por estarem com documentação irregular, e um veículo por estar realizando transporte clandestino. Fiscalização Os órgãos relacionados ao setor de segurança pública e de trânsito têm intensificado a realização de blitzes em toda a cidade de Macapá, especialmente nos finais de semana. Essas ações, que incluem equipes do Conselho Tutelar de Macapá e do Juizado da Infância e Juventude, tem diversos objetivos, entre eles inibir a permanência de menores em estabelecimentos comerciais, como bares e boates, prática frequente nas noites de sexta-feira e sábado. Outro foco dos trabalhos é o combate e punição severa, com base na Lei Seca, aos condutores que insistem em dirigir após o consumo de bebida alcoólica, e o combate a outras infrações às leis de trânsito.

Chuvas facilitam transporte de material do Luz Para Todos ao interior do Amapá

A

s chuvas fortes deste período do ano no Amapá estão sendo decisivas na retomada das obras do Programa Federal Luz para Todos (LPT), que visa energia elétrica às comunidades isoladas e das áreas rurais em todo o Brasil. Em várias localidades do interior do Estado só está sendo possível transportar os materiais das obras, inclusive os mais pesados, em razão das cheias dos rios e igarapés que sobem com as águas das chuvas. O coordenador estadual do LPT no Amapá, Paulo Luiz da Silva, da Eletrobras Eletronorte, explicou que no verão amazônico, período sem chuvas no segundo semestre do ano, os rios secam muito e não é possível navegar. A partir de junho, julho não passa mais balsa, barco, e em muitos trechos nem canoa pequena. Em muitos locais não existem acessos para carros e em alguns casos é preciso percorrer distâncias com mais de 20 quilômetros, viagens que só podem ser feitas de barco e neste período de cheia dos rios. O coordenador regional do LPT, Henrique Luduvice, Paulo Luiz da Silva e outros gestores do Programa Fe-

deral no Amapá, reuniram-se na primeira semana de abril, na sede do Incra, em Macapá, com lideranças e representantes de assentamentos e localidades do interior do Estado, com a finalidade de atender as reivindicações das comunidades que cobram mais rapidez no transporte dos materiais e nos serviços de instalação das linhas rurais. As comunidades sonham com a energia elétrica permanente e de qualidade para desenvolver mais as regiões do interior amapaense atendidas pelo LPT. A população rural cobra uma resposta concreta sobre quando as obras deverão ser retomadas. “Aproveitamos este encontro no Incra para a definição de novos cronogramas com os empreiteiros, aproveitando a época das chuvas para transportar material e equipamentos. Em alguns blocos as obras já foram retomadas, a exemplo do bloco três, na região central do Estado, que contempla comunidades dos municípios de Pedra Branca do Amapari, Porto Grande, Ferreira Gomes, Tartarugalzinho e Cutias do Araguari”, explicou o coordenador.


Esporte

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Capoeira de Angola cresce no Amapá

Valorização da juventude nos bairros periféricos tem contribuído para o crescimento do esporte em Macapá Elcio Barbosa

preservas crianças que vivem em casos de risco social nas áreas de pontes. A capoeira de angola foi difundida ainda no Congós devido à existência do alto índice de violência entre a juventude e as crianças no lugar. Segundo informações da Coordenadora da UCA do bairro do Congós, Claudete Tavares Vilhena, somente, na UCA dos Congós já possuem, 75 jovens, que praticam a capoeira como forma de atividade social e desportiva. “A ca-

Da Reportagem

A

Capoeira de Angola é o estilo de capoeira mais próximo de como os negros escravos jogavam a capoeira. Caracterizada por movimentos furtivos executados perto do solo, ela enfatiza as tradições da capoeira, que na raiz dela está ligada aos rituais afro-brasileiros. A música é cadenciada, orgânica e ritualizada por uma bateria completa de oito instrumentos. É segmentada pela cultura que se fez oficial, como o jogo, a dança, a mímica, a luta e a ancestralidade, todos unidos de forma coesa, simples e sintética. Desde um início da formação dela até os dias de hoje. Atualmente, essas diferentes leituras acerca da capoeira estão manifestadas através da prática dos grupos, e declaradas em duas principais vertentes: a capoeira de Angola, que possui como referência

Projeto da planta do Velódromo do Amapá

Mestre Pastinha, e a capoeira regional, que tem como principal personagem Mestre Bimba. Mas é a capoeira implantada na Bahia por mestre Bimba que vamos enalte-

cer, por que possuir maior ênfase em características com o jogo, a brincadeira e a busca pela ancestralidade, possuindo em regra movimentos mais lentos, rasteiros e lúdicos.

Feliphe Lacerda retorna aos treinos para reforçar SERSJ/Ceap Elcio Barbosa

O

Da Reportagem

A

s ondas da Pororoca voltam a ser atração em 2013, é que técnicos de educação física pertencentes à Prefeitura de Macapá (PMM), e o recordista em Surf na Pororoca, o brasileiro Serginho Laus, seguiram nesta terça-feira, 23, junto com uma equipe formada por uma expedição, até a foz, do Rio Araguari cumpri mais uma missão, além do projeto ‘Pororoca Solidária’, acompanhar o paraplégico, Fernando Fernandes surfa a maior onda ‘gigante do mundo’, a Pororoca do Rio Araguari. Eles acompanham a equipe Surfando na Selva, o desafio é do paraplégico Fernando Fernandes, conhecido por ter participado também do Big Bro-

Ypiranga e Cristal estréiam hoje pelo Sub 20 no Glicério Marques Da Reportagem

O

Ypiranga Clube estréia hoje as 20h30 pelo certame Sub 20 de Futebol no estádio municipal, Glicério de Souza Marques. O negro anil encara o Clube Atlético Cristal que também faz a estréia dele co Campeonato sub 20 2013. Na oportunidade, o técnico, Germano Tiago realizou treino apronto na tarde de ontem, 24 de abril no campo da Associação Padre, Vitório Galiani. O grupo Sub 20 da Coruja da Torre terá o volante, Glauco, meio campista, Pirulito, e Guerreiro, e Alisson fechando o meio de campo ao ataque. Como jogadores de penetração na área adversário, o treinador testou, Paulinho que deve vestir a camisa 9, e Makoka,

Atleta de ponta do São José Ceap Feliphe Lacerda já conquistou títulos pelo tricolor do Laguinho em outras temporadas

final do estadual” assinou o atleta tricolor. A 2ª fase do 2º turno inicia nesta sexta-feira entre as equipes participantes do certame estadual ainda edição de 2012: Associação

dos Basqueteiros do Amapá (ABAP), Centro Didático Avertino Ramos, Centro Didático Paulo Conrado Bezerra, Meta/ Oratório, Ypiranga Clube, e SER São José/Ceap.

Cadeirante surfa hoje ondas da Pororoca do Rio Araguari Elcio Barbosa

Essa riqueza chegou ao Amapá através da União Capoeira Associado (UCA). Ela funciona através do nível nacional, e internacional no bairro dos Congós. O objetivo é resgatar e

Elcio Barbosa

Da Reportagem

armador do time de basquetebol da Sociedade Esportiva e Recreativa São José (SERSJ/Ceap) Feliphe Lacerda já retornou aos treinamentos. O atleta disse que ficou, 50, dias parado para fazer tratamento intensivo. Feliphe Lacerda sofreu uma lesão na virilha esquerda. A lesão ocorreu ainda na primeira fase do certame adulto masculino, na partida entre São José/ Ceap e Ypiranga, em partida realizada no Avertinão. Após exames médicos, Feliphe Lacerda nada sentiu, e foi liberado pelos médicos para voltar aos treinamentos. O São José teve uma perda muito grande com a contusão do melhor jogador do grupo na atualidade. Feliphe Lacerda atuou em outras temporadas pelo Santo André, e no Corinthians Paulista. Feliphe Lacerda reforça o São José/Ceap nesta 2ª fase, do 2º turno do certame estadual de basquetebol. “Agora vamos retornar aos treinamentos para voltar a ter o ritmo de jogo dos meus companheiros, espero contribuir com o grupo nesta reta

poeira tem crescido muito no Amapá, o problema é que, o estado não tem garantido muito apoio pra nós, isso tem dificultado muito nossos eventos. No bairro do Ypê, por exemplo, são 53 jovens, que somados com o do bairro Congós no total, chegam a 128 jovens que ocupam a mente praticando esporte” declarou a Coordenadora. O estado não tem dado apoio às atividades desportivas principalmente nas rodas dos grupos da capoeira.

ther Brasil. Após a viagem, o atleta paraolímpico profere a palestra “Pororoca e Uma Aventura Para Todos”, nas comunidades ribeirinhas onde fala sobre as experiências que teve na vida. Fernando Fernandes será o primeiro cadeirante a encarar as ondas da pororoca. Ele é ex-modelo que, após o acidente em 2009 que o deixou paraplégico, se dedicou ao esporte e é detentor de diversos títulos mundiais de campeão de canoagem paraolímpica. Ele declarou que está treinando com a equipe de Serginho Laus e que aguarda com ansiedade pelo momento de experimentar as ondas no Amapá. A palestra busca motivar as pessoas a partir da história dele, se superar também. Serginho e Fer-

nando tratarão de assuntos como acessibilidade no esporte, meio ambiente, sustentabilidade, além de motivação, superação e planejamento. A experiência na foz do Araguari será contada em primeira mão para quem participar da palestra. Toda a aventura será registrada pelas equipes do Esporte Espetacular (Globo), ABC News (USA) e ESPN. Os dois atletas iniciaram a viagem na terça-feira, 23, acompanhados da equipe da PMM que irá realizar ações sociais, e estudo de viabilidade turística. Eles ficam no trecho do rio Araguari que percorre Macapá, e abrange as comunidades de Bom Amigo, Igarapé Novo e Itamatatuba no arquipélago do Bailique. (Amapadigital)

como a novidade do grupo. O elenco negro anil concentra na sede social do Clube, localizado na Desidério Antonio Coelho no bairro do Terem. Após o almoço, eles acompanham a palestra do treinador. As 18h o ônibus segue com desti-

no ao estádio, Glicério Marques, local da partida. “Eu pedi a eles humildade, já que é a estréia da equipe, esperamos sair com a vitória que pra nós, três pontos é muito importante para a nossa classificação” alegou Tiago, treinador.

Time treinou na caixa de areia para ganhar condicionamento físico

Artilheiro faz quatro, Borussia repete Bayern e atropela o Real Madrid

S

e o Bayern de Munique mostrou a força do futebol alemão na última terça, ao golear o Barcelona por 4 a 0, o Borussia Dortmund ratificou o poder teutônico nesta quarta. Em partida inspirada do atacante Lewandowski, autor de quatro gols, a equipe aurinegra atropelou o Real Madrid por 4 a 1, em Dortmund, e agora pode perder por até dois gols de diferença em Madri que ainda assim vai à final da Liga dos Campeões. Esta, inclusive, foi a primeira vez na história das competições europeias que um jogador fez quatro gols em cima do time merengue, que é o maior vencedor da história da Champions League. O Borussia também se tornou apenas o segundo time a fazer quatro gols em cima do Real Madrid desde que o técnico José Mourinho assumiu a equipe, em 2010. O outro foi o Barcelona, que fez 5 a 0 nos blancos, logo no ano em que o português assinou com a equipe da capital espanhola. A festa de Lewandowski começou logo no início do jogo, quando o camisa 10 Götze cruzou da esquerda e o artilheiro deu uma voa-

Lewandowski faz o 4 com as mãos após deixar sua marca contra o Real Madrid

dora para mandar para dentro. Havia dúvidas se o meia jogaria com vontade, já que foi vendido para o Bayern de Munique na última terça, mas o jovem atleta respondeu com grande atuação. Uma bobeada da zaga alemã, porém, deu de presente o empate para o Real ainda no primeiro tempo: Hummels tentou recuar e deu de graça para Higuaín, que rolou para Cristiano Ronaldo, sem goleiro, tocar para as redes. Na segunda etapa, porém, o Borussia voltou cheio de vontade e sufocou o Real Madrid. Lewandowski precisou de apenas 16 minutos para fazer mais

três e praticamente “matar” os merengues. Primeiro, Reus chutou de fora da área e a bola sobrou para o matador mandar de bico para o gol. Cinco minutos depois, ele amorteceu cruzamento rasteiro, driblou Pepe e fuzilou Diego López com um chute no ângulo. Quando o estrago já era grande, Xabi Alonso ainda fez pênalti em cima de Reus. Lewandoski pegou a bola, encheu o pé e anotou mais um. Na comemoração, ainda tirou onda e saiu fazendo o número quatro com as mãos para a torcida, que, como sempre, encheu o Signal Iduna Park. (uol)


JD

Diversão&Cultura

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

C3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Filme inspirado em Renato Russo é para jovens de hoje No filme, Renato Russo é vivido pelo ator Thiago Mendonça. Ele que já interpretou o cantor Luciano no filme “2 Filhos de Francisco” aprendeu a tocar violão

O

cineasta Antonio Carlos da Fontoura sempre teve o sonho de fazer um longa sobre música. “Mas não tinha a intenção de gravar especificamente um filme sobre o Renato Russo”, disse. E foi assim que ele chegou à direção de “Somos Tão Jovens”, produção que retrata o período entre o surgimento do Aborto Elétrico e o começo do sucesso da Legião Urbana. Segundo o cineasta, a ideia não era fazer um “docudrama” dos anos 70 e 80. “O filme é para os jovens de hoje, e não daquela época”, disse ele na tarde desta terça-feira (23) em conversa com jornalistas, em São Paulo, sobre o filme que estreia nos cinemas no próximo dia 3 de maio. “A vida de Renato, apesar de breve, de 36 anos, é

Cena do filme “A Morte do Demônio”, remake do clássico do terror “The Evil Dead - A Morte do Demônio”, dirigido em 1981 por Sam Raimi

Atriz diz que “A Morte do Demônio” foi a pior experiência de sua vida

Thiago Mendonça interpreta Renato Russo no filme “Somos Tão Jovens”

muito grande para ser tratada num filme. Percebi que o Renato tinha nascido no mesmo ano da fundação de Brasília [em 1960]. A partir daí tive a ideia de contar a história de um moleque que cresceu em Brasília e era ‘fora da caixa’, diferente dos outros”, disse. Para construir “Somos

Tão Jovens”, o diretor contou com a aprovação de dona Carminha, mãe de Renato, e com a ajuda do produtor Luiz Fernando Borges e do escritor Carlos Marcelo, autor do livro “Renato Russo - O Filho da Revolução”. No filme, Renato Russo é vivido pelo ator Thiago Mendonça. Ele que já interpretou o cantor Luciano no filme “2 Filhos de Francisco” aprendeu a tocar violão e teve aulas de canto. “Como todo personagem, precisei humanizar a figura do Renato, tirando o lugar do mito”, disse Thiago. Personagens fictícios Alguns dos personagens da trama foram inseridos para representar algo da vida de Renato, como a atriz Laila Zaid, que interpretou o papel de Ana Claudia Costa e Pinto, filha de um militar. “A Aninha é um personagem ficcional. O filme é amarrado em fatos. Sintetizei todas as mulheres que o Renato teve em uma só”, explicou Fontoura. “Mas era verdade que o Renato levava as meninas para a casa dele porque a mãe dele me contou”. Para Laila, sua personagem no filme representou o papel do feminino e da descoberta da sexualidade na vida de Renato. Antigo guitarrista da banda, Dado Villa-Lobos comentou sobre o tabu na época. “Uma relação homossexual naquela cidade era muito difícil. Se já era difícil pegar uma menina, imagina um menino?”, brincou. “Sabíamos que havia o homossexualismo no meio, mas não tínhamos o interesse sobre o assunto”. O personagem de Carlinhos (interpretado por Antonio Bento), com que o cantor se relacionou brevemente no longa, também é fictício. “Inserimos para fazer a ligação de Renato com a região de Taguatinga, no Distrito Federal, onde ele era viciado. O Carlinhos também representou uma classe

social diferente da de Renato”, disse Fontoura. Personagens reais O papel de Dado Villa-Lobos é interpretado pelo próprio filho do músico, Nicolau Villa-Lobos. Estudante de cinema e jogador profissional de pôquer, ele disse que confundia atuação com vida real. “Foi acontecendo. Não sei até que ponto atuei, porque não sou ator. O Dado sempre foi meio contido. Identifiquei isto e tentei mostrar na tela”, contou. O filho do baterista Marcelo Bonfá, João Pedro Bonfá, também chegou a ensaiar as músicas para participar do filme, mas acabou deixando a produção por problemas de saúde. Em seu lugar entrou o amigo Conrado Godoy. A verdadeira irmã de Renato, Carmem Teresa, ganhou vida na atuação da atriz Bianca Comparato. “Não me preocupei em agradar a Carmem, que acompanhou de perto as gravações, mas sim em fazer um bom trabalho de atriz. Foi uma tarefa de observação e de pegar as coisas que ela falava nas entrelinhas. Fiz com leveza para transmitir o amor e o carinho que existia entre eles”, disse Bianca. Gravações O elenco do filme ficou em Brasília durante dois meses gravando nos lugares onde Renato passou durante o período em que morou com os pais. O entrosamento natural do elenco foi um pedido do diretor e, por isso, os atores se hospedaram juntos no oitavo andar do Hotel Nacional. “Quando via, eles estavam tocando e cantando as músicas do Legião na madrugada. Não sei como os hóspedes aguentaram”, brincou Fontoura. “Foi fácil para nós porque éramos uma galera de verdade em Brasília. Vivemos intensamente os dias de gravação”, contou a atriz Laila Zaid. (uol/cinema)

Resumo das Novelas Malhação Bruno discute com Fatinha, Lia e Ju repreendem Vitor. Com a ajuda de Isabela, Marcela despista Robson e deixa a carta na mesa de Mathias. Vitor decide contar a Fatinha toda a história de Sal. Nélio e Rasta apoiam Bruno. Mathias parabeniza Fera pelo bom resultado no simulado. Lia questiona Fatinha sobre a noite que passou com Vitor e a menina inventa que os dois ficaram juntos. Kika ouve a conversa de Fatinha e Lia. Mathias conversa com Fatinha sobre seu baixo desempenho escolar. Lia diz a Vitor que não quer mais saber dele. Mathias lê a carta da admiradora e se prepara para o encontro.

Guerra dos Sexos Frô teme ficar sozinha. Charlô recebe a notícia de que ganhou a aposta e Otávio fica furioso. Nando lamenta ter deixado Roberta. Charlô volta para a loja e todos a saúdam. Frô se declara para Kiko. Carolina sofre na cadeia. Manoela pega Ciça e Fábio se desespera. Roberta resolve viajar para tentar esquecer Nando. Dino desconfia de que Nieta esteja grávida. Felipe decide abrir uma empresa de consultoria. Dalete é escolhida para participar do desfile inaugural da loja, e Frô fica com inveja. Charlô se declara para Otávio e os dois se beijam.

Flor do Caribe Cassiano promete a Samuca que não deixará Alberto gritar com ele. Guiomar pergunta a Dionísio o que ele fez com Maria Adília. Ciro pede a mão de Mila em namoro. Cristal manda por Alberto um CD com suas músicas e uma carta para Cassiano. Dom Rafael pede a Amparo que descubra o nome do empresário de Cristal, ao saber que a filha fará uma turnê pela América do Sul. Ester pergunta a Cassiano se ele esteve com alguma mulher no Caribe. Juliano se esconde no armário, para Mila não vê-lo no quarto de Natália. Alberto mostra a Ester o dossiê contra Cassiano e diz que vai entregá-lo à polícia e pedir a guarda dos filhos.

Salve Jorge Márcia aconselha Érica a conversar com Theo. Drago repreende Élcio por ter dado o endereço de Érica para Lívia. Berna se lamenta para Fatma. Wanda pede segredo sobre o dinheiro para Aisha. Lívia fica satisfeita com o depoimento de Haroldo. Áurea pede para Érica voltar com Theo. Wanda repreende Lívia pelo erro que cometeu na audiência. Jô consegue ficar no caixa da boate. Farid exige que Cyla deixe Ayla dançar no restaurante com a brasileira. Stenio conta para Helô que acredita que Lívia mentiu na audiência. Theo diz a Nunes que acredita que pode provar que Lívia mentiu em seu depoimento. Leonor pede ajuda a Arturo e Isaurinha para lidar com Amanda e Celso contra Carlos.

Para falar a verdade, morro de medo de ver esses filmes”, admite a atriz Jane Levy que, apesar disso, protagoniza o remake de “Uma Noite Alucinante - A Morte do Demônio”, lançado no Brasil em 19 de abril. “Era uma coisa tão nada a ver com tudo o que já fiz até agora que achei que tinha que tentar. Queria saber como é esse mundo.” A atriz nunca tinha visto o original de 1981, o clássico assustador e histericamente engraçado estrelado por Bruce Campbell e dirigido por Sam Raimi. Conversando recentemente com um grupo de jornalistas no Javits Center, em Manhattan, Jane mais conhecida como a Tessa Altman da série “Suburgatory”, da ABC explicou que só assistiu ao filme depois de conquistar o papel de Mia na nova versão. “Eu adorei”, diz ela. “Não achei engraçado, não. Achei assustador. Aliás, não sei como podem

achar engraçado, mas é completamente diferente do que estamos fazendo” Dirigido por Fede Alvarez e produzido por Raimi, Campbell e Rob Tapert, “A Morte do Demônio” usa e abusa do horror, da violência e do sangue. Nele, Mia se hospeda numa cabana no meio da floresta com vários amigos e acabam descobrindo o Livro dos Mortos, o que transforma o filme numa missão de sobrevivência, com a personagem principal encarnando um demônio medonho e letal. “O nosso, com certeza, não é engraçado”, ela avisa. “Parte de mim estava torcendo para que tivesse um pouquinho de comédia porque o negócio estava bem pesado e até comecei a ficar nervosa. Quem vai querer assistir ao filme de uma viciada que vira demônio? Mas, apesar de tudo, acabou saindo uma coisa bem interessante.” (uol)

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Um ótimo dia pra escutar seus queridos e levar super a sério o que eles estão querendo dizer há tempos! Mais sensível a suas reivindicações, também você estará pronto a apostar todas as fichas na paz geral. No trabalho, entusiasme a equipe com boas atitudes. Touro (21 abr. a 20 mai.) Dia de equilibrar as finanças contando com um trabalho inesperado. Astral perfeito pra investir um pouco também em equipamentos ou utensílios que expandam seus talentos e dons. Multiplicação de interesses. Relacionamento bom com seus colegas e empregados. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.)

Hoje você conseguirá disseminar um pouco de sua fé para seus filhos, dando aquele toque de esperança também ao seu amor. Exercite a caridade com quem depende de sua boa vontade. Bons ventos levam adiante seus projetos pessoais. Criatividade.

Libra (23 set. a 22 out.) Hoje a Lua transita por seu signo, sinalizando sensibilidade a mais. Um ótimo contato com Júpiter, pela manhã, configura paz, confiança em si mesma e fé no futuro. Aproveite o embalo para buscar a beleza, a arte e traze-la até sua intimidade. Escorpião (23 out. a 21 nov.) Recolhimento é dica esperta pra você se sentir bem hoje! Um toque de generosidade pra quem precisa, um pouco de meditação e como sempre o respeito a suas intuições são essenciais. Algo vem de presente, por méritos passados, fique ligado e agradeça. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) O lado divertido e positivo do dia fica por conta do contato com amigos queridos, da troca energética com o pessoal do clube, do grupo a que pertence etc. A arte pode ser um passaporte para um contentamento maior. Divulgue seus negócios com facilidade.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) Ligações fortes com a família, canceriano! Que tal ajeitar um cantinho bonito e gostoso em casa e reunir o pessoal para um momento de união? Senso estético pronunciado também ajuda a tornar mais bonitas suas relações intimas. Inspiração e intuição maiores.

Mesmo sendo um férreo combatente, dono de uma disciplina pra ninguém botar defeito, hoje é dia de sorrir, de compartilhar e de somar esforços com outras pessoas. Um trabalho toma rumos maiores do que imaginava. Empolgação vem dai.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Nada de mesmice hoje! Aposte firme em uma mudança de ares, colocando um pouco mais de arte e bom gosto em seu dia. Você poderá ter boas horas ao lado de filhos, ou de pessoas próximas deles. Há uma expansão social em andamento. Simpatia!

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Conexões fortes com mestres espirituais, inspiração, sonhos claros, fé; você tem rumo e deve segui-lo. Viagens e relações com estrangeiros ou publicações são temas que animam e o levam mais longe. O amor está presente. Vitorias de filhos.

Virgem (23 ago. a 22 set.) O bom contato é que lhe garantirá a segurança necessária para acertar todos os alvos na profissão hoje. Mostre sua capacidade técnica e pericia ao lidar com linguagens diversas. Investimentos positivos, pois você está vendo claramente para onde tem de ir.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) Assuntos ligados a heranças, bens imóveis, patrimônio de pais e familiares são os temas que ganham destaque hoje e bem positivo! Noticias boas levantam seu astral e representam melhorias que estão chegando em seu estilo de vida. Persista.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.)


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, quinta-feira, 25 de abril de 2013

Aniversariante Maria do Livramento e filhos Aniversariante Maria do Livramento

Mensagem do Dia Mais vale a lágrima da derrota, do que a vergonha de não ter lutado. (Bob Marley)

Aniversariante Maria do Livramento e noras

Esta colunista e aniversariante Maria do Livramento

Aniversariante com Natasha e Neivaldo Santos

Aniversariante Maria do Livramento e netos

Homenagem dos netos Vitória Santos e Júnior

jornal do dia 25/04/2013  

jornal do dia 25/04/2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you