Page 1

MAIA

Decisão pela vaga da mesa

AUMENTOU

HENRIQUE ALVES

O consumo de energia

Decisão passa por nomes entre PSDB e PSD. nA4

Denúncias fazem parte

Mira sobre seu nome seria pela eleição da Casa. nA4

No ano passado foi em média 12% maior.

nA4

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Terça-feira, 22 de Janeiro de 2013 - Ano XXV DIVULGAÇÃO

• Domingo e Segunda R$ 2,50 • Terça a Sábado R$ 1,50

MAIS BARATO

Sefaz anuncia redução de 12% do IPVA este ano IMPOSTOS

Allan traça aumento na arrecadação municipal O vice-prefeito Allan Sales realizou ontem (21) reunião com vários secretários municipais que fazem parte da Comissão de Arrecadação, objetivando traçar estratégias para a PMM melhorar suas receitas próprias. nA3 JORNAL DO DIA

MACAPÁ

Plano dos cem dias inicia com limpeza dos canais

Serviços envolve retirada de entulhos de lixeiras viciadas e o trabalho de conscientização com a população

O OUTRO LADO

“Estão satanizando a Saúde de Macapá”, contra-ataca Otacílio “Estão querendo satanizar o setor de saúde” foi o que disse o ex-gestor sobre o diagnóstico apresentado durante o anúncio da Situação de

Emergência feito pela Prefeitura. “É normal quando há uma transição, quando encerra-se uma gestão e passa-se para outra”, disse . nB2

Secretário Marcos Roberto, da Segurança Pública: estratégia para a folia

Pagamento de salários atrasados também faz parte do plano. nB3 JORNAL DO DIA

Vice-prefeito Allan Sales montou comissão para discutir o assunto

2013. O imposto ficará, em média, 12% mais barato em relação a 2012, devido à desvalorização no preço dos veículos usados. nB4

CELIANE FREITAS

A Secretaria da Fazenda (Sefaz) e o Detran divulgaram o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para

JORNAL DO DIA

OPERAÇÃO FOLIA

Segurança define estratégia do Carnaval

O foco principal é o desfile das escolas de samba no Sambódromo, nos dias 8 e 9 de fevereiro, assim como o desfile de A Banda, na Terça-feira, ambos na capital. nB3

A ação inicia pela feira do Infraero II e vai se estender às demais

ESTRUTURA

Feiras passam por diagnóstico e recebem manutenção Otacílio Barbosa esclareceu que não há fraudes ou excesso de pagamentos

Na manhã de ontem, a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (Semdec) reuniu com feirantes do Infraero II para discutir a situação da feira do bairro. nB1

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


Opinião Olhando para o umbigo

JD

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

O

carnaval está chegando, os dirigentes das escolas e da liga estão animados, mas, até agora, a população está arredia e sem falar muito no carnaval deste ano. E é preciso que o povo fale, discuta, concorde, discorde, mostre-se participante do processo. A omissão popular, especialmente nesse caso e nessa época, pode exigir novas providências dos organizadores para motivar a todos para que desses, a maioria apóie a iniciativa. Não basta fazer a festa para os festeiros. A festa, qualquer uma, tem que ser feita para o povo e quando o povo não participa não dá nem para se medir se valeu ou não valeu a pena. Os organizadores e os financiadores precisam entender que, apesar de ser o carnaval um produto de venda, essa venda não terá importância se não for feita pela própria população. De que adiantam os in-

gressos se, antecipadamente, já se sabem que o produto da arrecadação da venda deles é insuficiente? De que vale o esforço dos dirigentes das escolas, se não tiver o calor e o reconhecimento do povo? É necessário que a população participe. Ela, a população, tem olhado para a programação e visto apenas os preços que tem que pagar para participar. Isso não serve para medir o carnaval, seja do lugar que for e na época que for. O que mede o carnaval ou outro qualquer evento é a participação popular, o interesse do povo. Trabalhar isso é uma necessidade e passa a ser uma obrigação para os organizadores que não podem entregar tudo para a mídia, tem que encontrar o caminho que aproxima o povo das escolas e as escolas do povo. Os enredos estão bons, os dirigentes tem se esfor-

çado bastante, a parte técnica está sendo trabalhada, mas precisamos compreender que os problemas que a organização tem enfrentado a cada ano precisam ser resolvidos. Até agora ninguém entendeu o que aconteceu com Liesa. Essas coisas não passam sem explicação e as perguntas se repetem e as dúvidas aumentam. Os dirigentes precisam entender que todos pensam e cada um faz a avaliação de acordo com as informações que têm. Como foi que as escolas filiadas à Liesa, deixaram aquela entidade e se filiaram à outra, a Liga Independente? E porque aconteceu isso? Seria infantilidade imaginar que a população não percebe. É importante considerar esse fator. É uma questão de respeito à população que só quer compreender. Ela continua esperando essa explicação e os dirigentes e patrocinadores precisam compreender que este é um assunto sério.

Dar o passo maior que a perna ou continuar andando de passo errado de pouco vai adiantar, pois, a cada ano, um buraco negro se agiganta na frente do carnaval amapaense que, chegará a hora que não contará mais com a paciência do contribuinte para financiar o evento que, ninguém nega, é importante para todos. Os dirigentes devem reconhecer que têm contado com a paciência do povo e a compreensão dos governantes. Até os empresários estão arredios, fugindo de grandes compromissos e ficando de fora, observando as coisas se acomodarem. Não tem bastado o esforço dos brincantes e dirigentes das escolas, a compreensão dos patrocinadores e paciência do contribuinte para ficar perdoando os sucessivos erros. Acertar o rumo deve ser a palavra de ordem para 2013, entretanto, terá que ser definido esse rumo que não pode ser o do umbigo.

Prever o futuro ou construí-lo? JOSÉ GOLDEMBERG

Professor emérito da Universidade de São Paulo

T

entar prever o futuro parecer ser uma das características inatas dos seres humanos, principalmente em tempos de crise. No passado distante, a evidente vulnerabilidade dos nossos antepassados diante de catástrofes naturais os levava desesperadamente aos líderes religiosos, à procura de consolo e esperança no porvir. Na Bíblia os profetas têm um papel preponderante. Nos dias atuais, um exercício realizado frequentemente por algumas revistas científicas é também fazer previsões. As mais conhecidas são as da Scientific American, que há 167 anos publica trabalhos dos melhores cientistas em todos os campos do conhecimento. Isso dá à publicação certa credibilidade em prever o futuro, uma vez que, segundo seus editores, “um passado forte é uma base boa para olhar o futuro”. A revista acredita que suas “previsões” ou “projeções”, baseadas em ciência, têm mais credibilidade que as visões das sacerdo-

tisas de Delfos, que diziam muito mais sobre o destino dos homens, seus sucessos e fracassos, do que sobre desenvolvimento técnicos. Isto é o que a Scientific American, em sua edição de janeiro, faz: formula uma série de previsões provocativas e as perspectivas de que se realizem. Exemplos dessas previsões: haverá carros voadores no futuro? Armas nucleares serão eliminadas? O aquecimento da Terra será evitado usando as tecnologias que conhecemos? A engenharia genética eliminará doenças? Poderemos transportar nossa civilização para outros planetas numa “arca”, como fez Noé, conforme a Bíblia? A revista não discute o futuro da energia, mas é possível fazer previsões do que vai acontecer nessa área para garantir a produção energética de que a humanidade vai necessitar nas próximas décadas. Em nível mundial, nos dias de hoje, combustíveis fósseis (carvão mineral, gás natural e petróleo) representam mais de

80% de toda a energia que consumimos. Essa é uma situação que não pode durar muito tempo. As reservas de combustíveis fósseis são grandes, mas finitas. Ao que sabemos, cerca da metade desses recursos já foi usada. A metade restante ainda vai durar muitos anos, mas está distribuída de forma geográfica muito irregular. Algumas regiões são muito bem dotadas, como o Oriente Médio, mas em geral a situação não é boa. A verdade é que é mais fácil, hoje, usar os combustíveis fósseis do que produtos florestais, e a razão principal para tal é que desde o século 19 todo o desenvolvimento tecnológico foi orientado para otimizar a sua extração do subsolo e o seu uso. Isso não foi feito ainda para a utilização da energia das florestas ou dos produtos agrícolas, mas é uma das direções em que se pode trabalhar e construir o futuro sobre ela. Os combustíveis fósseis que usamos atualmente também se originaram de florestas (e de vida marinha e matéria orgânica dos oceanos), as quais fo-

ram soterradas centenas de milhões de anos atrás. A natureza encarregou-se de processá-las de forma a darem origem a esses combustíveis. Há poucas dúvidas de que o trabalho científico de hoje nos permitirá repetir o que a natureza fez no passado. Muito mais produtivo do que tentar prever o futuro é construí-lo a partir do que sabemos hoje, e não consultar oráculos como o de Delfos, cartomantes, gurus e profetas. É isso o que a experiência da Scientific American nos tenta dizer. Além disso, governos e fundações apoiam e premiam os avanços que nos conduzam a um desenvolvimento sustentável que se baseie no uso de fontes renováveis de energia. Neste ano de 2013, a Fundação Zayed, de Abu Dabi, que foi criada pelo esclarecido Sheik Zayed para premiar desenvolvimentos nessa área, atribuiu o seu prêmio principal ao autor deste artigo pelos seus trabalhos científicos sobre etanol de cana-de-açúcar, o maior dos programas de energia renovável do mundo logo depois da hidreletricidade.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 14 Pág

Edição número

8110

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

A2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Opinião

Mais ação e menos discurso

N

ão é de hoje a impressão de que, por aqui, o trem do Legislativo corre sobre os trilhos do Executivo. Em outros termos, o Poder Legislativo é refém do Poder Executivo, em confronto com os princípios constitucionais da harmonia, autonomia e independência dos Poderes. A imagem ganha corpo ante a vocação legislativa do Executivo, que se materializa em edições sucessivas de medidas provisórias (MPs) pelo presidente da República. A banalização do uso de MPs, deixando de lado a relevância e a urgência expressas na Constituição federal, acentua o caráter imperial do presidencialismo e expande a convicção de que se cultiva no Brasil um “parlamentarismo às avessas”, modelagem enviesada que lembra a monarquia parlamentar de Pedro II. Não sem razão, a imagem do Legislativo é a mais borrada no cenário institucional. Basta compará-la com a dos outros Poderes. De um lado, desponta a extraordinária força do Executivo, que canaliza os efeitos das políticas sociais e econômicas, propiciando a elevação da figura presidencial aos píncaros da admiração popular. De outro, vê-se o prestígio do Poder Judiciário, o mais sagrado no sistema cognitivo da sociedade por causa da missão de administrar e distribuir a justiça. Nos últimos tempos, coroando o reconhecimento público, o Judiciário cumpriu extensa pauta de decisões sobre matérias de impacto social, fechando um ciclo de fama com a Ação Penal 470 (mensalão) e expandindo a visibilidade, a ponto de conferir alta popularidade aos seus componentes. Esses traços contribuem para empanar o retrato do Legislativo. A par da bateria crítica que corrói a imagem de atores que balizam suas práticas nas mazelas da política (patrimonialismo, mandonismo, coronelismo, fisiologismo, nepotismo), o conjunto parlamentar mostra-se débil em algumas frentes. Na esfera do Orçamento da União, que passa por seu crivo, a prerrogativa de liberar recursos é da chefe do Executivo. Com o “poder da caneta”, só com sua assinatura chegará às bases dos parlamentares o

dinheiro a elas destinado. Como se pode aduzir, há forte desequilíbrio na balança dos Poderes. O nó da questão pode ser cortado pela espada do próprio Legislativo. No caso das medidas provisórias, basta analisar sua pertinência e, ainda, expurgá-las de matérias exógenas que escapam ao seu objeto. Como se sabe, as MPs dão carona a uma pletora de temas estranhos à sua finalidade. No caso do Orçamento, basta que o Parlamento aprove emenda alterando sua natureza, de autorizativo para impositivo, pelo qual os recursos aprovados não carecerão da caneta presidencial para chegar ao destino. E por que essa decisão, que parece tão simples, não entra na pauta? Por não ser do interesse do Executivo. Cavalo comedor, cabresto curto. Sob esse axioma, embutem-se as metas de pleno controle do Orçamento, dos fluxos de caixa do Tesouro e, por fim, da estratégia de controlar os painéis de votação nas Casas congressuais. Afinal, administrar a parte mais sensível ao corpo parlamentar - verbas para as bases - faz parte da engenharia que mantém insuperável a capacidade do Poder Executivo de manobrar as rédeas do Parlamento. Por todos os lados transparece o poder descomunal do Executivo. Mas há facetas que apresentam grau menor de dificuldades operacionais e estão a merecer tratamento prioritário do Legislativo. Uma delas é o vácuo infraconstitucional que se criou a partir da Constituição de 1988. Distorções, vazios e desequilíbrios entre Poderes não constituem matéria nova. Deputados e senadores conhecem sobejamente os vãos e desvãos das cúpulas côncava e convexa do Congresso Nacional. Perguntaram uma vez ao grande Demóstenes (384322 a.C.), famoso pelo dom da oratória: “Qual a principal virtude do orador?”. Respondeu: “Ação”. E depois? Voltou a repetir: “Ação”. Sabia ele que essa virtude, própria dos atores, era mais nobre que a eloquência. A razão? Porque é o motor da humanidade. Mais ação, srs. parlamentares. (Por Gaudêncio Torquato)

Hora-Hora

Escândalo Sumiço de computadores da secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh) é o escândalo do momento em Macapá. Com Polícia Civil e Ministério Público chamados para a apuração do caso. Demorou Uma coisa, contudo, chama a atenção nessa história: Por que demorou tanto para a nova equipe da Semduh dar o alarme sobre o desaparecimento dos computadores? Afinal, era evidente que algo estava errado na secretaria.

Convênio A Suframa e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) assinaram convênio com valor estimado de R$ 5,75 milhões. Os recursos serão utilizados para aprimorar ações de desenvolvimento na região e incentivar a formação de capital intelectual. Objetivo Os Estados do Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima serão beneficiados com o convênio, e também os municípios de Macapá e Santana, no Amapá. Entre os objetivos do convênio estão o

desenvolvimento de um modelo de gestão e de inovação na região, tendo como base a interação Universidade-Empresa, através dos Arranjos Produtivos Locais (APLs). Meio a meio O show do conjunto Sambô, realizado domingo à noite, foi elogiado pelo aspecto musical. Nesse caso, quem foi, bateu palmas. Por outro lado, a organização do evento foi alvo de críticas generalizadas. Desafinado Marcado para começar às 21 horas, o show só foi iniciado por volta de meia-noite, complicando a vida de quem tinha que trabalhar no dia seguinte. Além disso, serviços prometidos pelos organizadores simplesmente foram ignorados. Bagaço O prefeito de Tartarugalzinho, Almir Rezende (PT do B), quer autorização para vender sucatas de veículos da frota municipal. A situação está tão ruim, que ele espera arrecadar, com a venda, o suficiente para comprar apenas alguns pneus para os veículos ainda em condições de uso.


JD

Geral

“ ” Entre Aspas

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista cantanhede@jdia.com.br

Reclamação - Aqui em Macapá virou moda os promotores de eventos anunciarem uma coisa e oferecer outra. Nos últimos eventos que fui foi assim: falam que vão oferecer mundos e fundos e na hora o serviço é uma negação e de péssima qualidade.

A mesma coisa - Essa realidade não foi diferente no último final de semana, quando ocorreu o show do grupo Estação Sambô, ocorrido no CetaEcotel, promovido pelo Malagueta. Pelo jeito, pimenta nos olhos dos outros é refresco! A desejar - Se por um lado o grupo Sambô vem tendo na mídia do plim-plimanuncio em horário nobre, por outro em Macapá realizou um show onde a organização do

evento deixou (e muito) a desejar.

Assim não dá - No open bar montado no evento, o serviço oferecido era de matar qualquer um de raiva. Fazendo uma comparação bem otimista, foi o mesmo que ter colocado quatro atendentes dentro de uma sapateira para dar conta de mil pessoas. Assim não dá Malagueta! Decepção - Quem gastou um pouco mais, comprando um ingresso de R$ 130 (antecipado) para ter comodidade no tal “tapete vermelho” com bebida de graça, acabou decepcionado. Para se ter uma ideia, a fila para pegar bebida era comparada aquelas do leite quando o Amapá ainda era território. Um verdadeiro inferno em forma de atendimento.

Sem providências - Eu gostaria de saber onde estão a Promotoria do Consumidor e o Procon nessas horas. O que muitos promotores de eventos estão fazendo com os consumidores em Macapá é um flagrante desrespeito tipificado no Código de Defesa do Consumidor. Porém, não sei o que acontece que esse tipo de situação continua passando despercebida por ambos os órgãos fiscalizadores e ninguém toma providência. Arrecadação – O vice-prefeito Alan Salles promete aumentar a arrecadação municipal. Já sabe que se ficar dependendo de recursos federais e estaduais não vai dar para trabalhar. Ontem, ele reuniu secretários e já montou uma comissão para traçar estratégias. Seguro de si, Alan já disse que não vai ser bicho de sete-cabeças...

Enquanto isso - O Senado já gastou R$ 714 mil para discutir a reforma de cinco códigos e leis brasileiras, mas nenhuma das propostas ainda saiu do papel. Só em passagens aéreas para a participação de especialistas convidados, o Senado desembolsou R$ 603,9 mil. Notáveis - Estão em debate os códigos Penal, Civil, Eleitoral, direito do consumidor e o pacto federativo, entre outros. Os especialistas não recebem salário para integrar as comissões. Em contrapartida, têm as despesas relacionadas ao trabalho bancadas pelo Senado. Entre os “notáveis” chamados para discutir as mudanças, estão juristas e ex-ministros como Nelson Jobim e Everardo Maciel. Até amanhã...

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@jdia.com.br

Allan Sales reúne com secretários e traça estratégias para aumentar a arrecadação As receitas federais e estaduais irão dar a autenticidade ao orçamento aprovado de 2013, considerou o vice-prefeito

O

vice-prefeito Allan Sales realizou ontem (21) reunião com vários secretários municipais que fazem parte da Comissão de Arrecadação, objetivando traçar estratégias para a PMM melhorar suas receitas próprias como IPTU, alvará, ITBI, ISSQN, taxas e dívida ativa. O encontro teve a presença do secretário Paulo Mendes (Finanças), do secretário Éden Paulo (Desenvolvimento Urbano), do secretário Luis Fernando (Meio Ambiente), Marta Barriga da Procuradoria Municipal, Vladimir Almeida da CTMac e da secretária Sheila Pastana (Planejamento) Estas receitas junto com as receitas institucionais que são FPM, SUS, FUNDEB, ICMS, IPVA, COTA DA CID irão dar a autenticidade ao orçamento aprovado de 2013 que é de R$ 527 milhões aproximadamente. O vice Allan Sales tem como missão reestruturar e agilizar o atendimento e os recebimentos que a PMM tem pendente. A primeira reunião foi considerada muito positiva, uma vez que todos os secretários sabem que o prefeito Clécio decretou Estado de Emergência na PMM, no entanto, possuem a consciência de que

O

Coluna

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

COM R$ 40 MILHÕES EM CAIXA, PT ABANDONA MENSALEIROS

O

PT abandonou os condenados no mensalão. Prova foi a realização da ‘vaquinha’ do diretório em Brasília, que promoveu jantar para angariar fundos a fim de pagar multas dos mensaleiros, e a malsucedida arrecadação. Foram só R$ 15 mil. Ano passado, o PT embolsou R$ 39,3 milhões apenas com repasse do Fundo Partidário autorizado pelo TSE, e deu de ombros para os ex-dirigentes: José Dirceu, José Genoino, João Paulo Cunha e Delúbio Soares devem, juntos, R$ 1,8 milhão à Justiça.

Vice milionário O dinheiro repassado ao PT no Fundo Partidário foi equivalente a 13,76% do total, por ser a maior bancada. Segundo maior, o PMDB levou R$ 33,5 milhões (11,7%).

Oposição

Fundo eleitoral

Maiores partidos da oposição, PSDB e DEM surgem em terceiro e quarto na lista do Fundo. Com R$: 27,5 milhões (9,63%) e R$ 17,2 milhões (6,03%), respectivamente.

O PSB, de Eduardo Campos, e o PDT, de Carlos Lupi, legendas que ensaiam candidatura presidencial, levaram R$ 18,5 milhões (6,47%) e R$ 13,3 milhões (4,65%).

Paraíba quer voz

Uma reunião entre os senadores da Paraíba e deputados no fim de semana em João Pessoa lançou movimento suprapartidário em defesa do Nordeste. Sairá pauta de reivindicações para apresentar à presidente Dilma. Reivindicam política permanente de desenvolvimento e retomada das obras de transposição do Rio São Francisco.

Em Cuiabá, o ministro do Trabalho, Brizola Neto, encheu a bola do senador correligionário Pedro Taques, cotado para desafiar Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado. “Ele está preparado para disputar qualquer cargo”. Café é cool O encontro teve a presença do secretário Paulo Mendes (Finanças), do secretário Éden Paulo (Desenvolvimento Urbano), do secretário Luis Fernando (Meio Ambiente), Marta Barriga da Procuradoria Municipal, Vladimir Almeida da CTMac e da secretária Sheila Pastana (Planejamento)

a administração precisa dar respostas no ano de 2013, superando e equalizando débitos da folha, consignação, prestadores de serviços principais como vigilantes e lixo, fornecedores de remédios além do custo operacional diário da máquina pública. Allan Sales já foi Secretário de Fazenda Municipal. Em sua gestão em 2009 foi muito bem avaliado pelos serviços e resultados adquiridos nesta pasta. Saiu da PMM após 11 meses de serviço para de-

fender suas idéias e teses de administração e economia pública, das quais as mesmas levaram a uma aliança com o senador Randolfe Rodrigues e hoje também com o prefeito Clécio que busca em Allan sua visão empreendedora e de resultados já prestados na PMM. A próxima reunião da Comissão Arrecadadora deverá ocorrer no dia 6 de fevereiro, onde os participantes da mesma já terão números e previsões para as respectivas arrecada-

ções próprias dos tributos municipais que juntamente com os institucionais e os convênios do Estado e Governo Federal e também as Emendas Parlamentares serão a base de Receita para melhoria de nossa Macapá. "Acredito que com muito trabalho conseguiremos alcançar os objetivos. Espero dar à população e à cidade cada vez mais o resgate da auto estima e o compromisso com as oportunidades para todos que vivem em nossa capital", finalizou Sales.

exercer o cargo. A anulação das eleições também pode acontecer quando é comprovada a prática, no processo eleitoral, de fraude, falsidade, coação, abuso de poder, compra de votos ou emprego de processo de propaganda proibido por lei. No Amapá Ficou estabelecida a data de 31 de março de 2013 para que sejam escolhidos o novo prefeito e vice-prefeito do município de Pedra Branca do Amaparí-AP. A data foi definida na primeira sessão do pleno do TRE-AP. As datas para convenções, que devem acontecer no período de 31 de janeiro a 3 de fevereiro. O último dia para a apre-

sentação do requerimento de registro de candidaturas no Cartório Eleitoral da 11ª Zona é 8 de fevereiro. A partir do dia 17 de fevereiro começa a veiculação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, que seguirá até o dia 28 de março. A diplomação acontecerá no dia 15 de abril. Atualmente, os presidentes das câmaras de vereadores ocupam os cargos de prefeito e vice-prefeito até que as novas eleições ocorram. Veja abaixo o novo calendário das novas eleições: Guarapari-ES: 03/02/2013 Erechim-RS: 03/03/2013 Eugênio de Castro-RS: 03/03/2013

Novo Hamburgo-RS: 03/03/2013 Sidrolândia-MS: 03/03/2013 C a m a m u - B A : 03/03/2013 Balneário Rincão-SC: 03/03/2013 Campo Erê-SC: 03/03/2013 C r i c i ú m a - S C : 03/03/2013 Tangará-SC: 03/03/2013 Bonito-MS: 03/03/2013 Pedra Branca do Amapari- AP: 31/03/2013 São João do Paraíso -MG: 07/04/2013 Biquinhas -MG: 07/04/2013 Diamantina -MG: 07/04/2013 Cachoeira Dourada -MG: 07/04/2013 Joaquim Távora-PR: 07/04/2013 (Mônica Costa)

A3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Bancada do holofote

TREs definem datas para eleições em 17 municípios s Tribunais Regionais Eleitorais de 17 municípios brasileiros definiram as datas para as próximas eleições para prefeito e vice-prefeito. Os pleitos estão agendados para os meses de fevereiro, março e abril. Os municípios estão localizados em Santa Catarina, Minas Gerais, no Rio Grande do Sul, em Mato Grosso do Sul, no Espírito Santo, na Bahia, no Paraná e no Amapá. Em todas as cidades, as eleições foram anuladas por que os candidatos que concorreram com registro de candidatura rejeitado obtiveram mais de 50% dos votos válidos. Esses votos foram então anulados pela Justiça Eleitoral e os candidatos não poderão tomar posse e

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Além de cerveja, surpresa: os jovens bebem mais café. A Associação Brasileira da Indústria do Café indica que consumo na faixa etária de 15 a 19 cresceu de 85% para 91%; de 83% para 90% entre 20 e 26 anos; de 86% para 94% entre 27 e 35. Para todos O consumo 4% maior das classes D e E evitaram ano drástico para o café. Para comparação, a compra de bens duráveis cresceu apenas 5% em 2012. UFC PMDB Na disputa para líder do PMDB, Osmar Terra tem se apresentado como alternativa a Sandro Mabel, tido como cristão novo no PMDB, apesar da volta ao partido. Jeitinho É tradição em todas as Copas, mas com caixa apertado o governo quer investir no voluntarismo para evitar mais gastos para o evento de 2014. O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, apresenta hoje o programa Brasil Voluntário. Serão 7 mil vagas.

Alô, Obama Jaime Ginzburg, professor de literatura na USP, relatou em artigo a humilhação que passou no aeroporto de Washington em escala para Minneapolis. Ficou 4 horas detido por... ter errado a cor da assinatura de azul para preta num documento. Perigo na balança Periga o saldo da balança. As exportações na 3ª semana de Janeiro foram de US$ 3,2 bilhões, 18% abaixo da média acumulada até a 2ª semana. Houve recuo em minério de ferro e grãos, além de automóveis e celulose. Acolhida O PDT de Mato Grosso abriu portas à ex-senadora Serys Slhessarenko, que abandonou chateada o PT há dois anos, preterida por Carlos Abicalil na disputa para o Congresso. Abicalil perdeu para Pedro Taques, do PDT que agora dá nova chance a Serys. Energia total Os irmãos Viana – Tião, governador do Acre, e Jorge, senador – investem na construção de Pequenas Centrais Elétricas (PCH) na Amazônia. Memória Sobre a nota de Criméia Almeida, presa grávida de sete meses na década de 70 em São Paulo: ela esperava o filho do ex-guerrilheiro André Grabois. Ponto Final A vaquinha dos mensaleiros foi para o brejo.

Com Vinícius Tavares, Marcos Seabra e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br @colunaesplanada


Geral

JD

A4

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Consumo de energia no país sobe 4,2% em 2012, diz ONS Maior alta em relação a 2011 foi registrada no Nordeste, com 7,4%. Por conta do calor, consumo de energia em dezembro cresceu 6,3%.

R

elatório do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) aponta que o consumo de energia no país durante o ano de 2012 foi 4,2% maior que o verificado em 2011. Se comparados apenas os meses de dezembro, o aumento no consumo chega a 6,3%. De acordo com o ONS, o resultado de dezembro, que contraria o padrão para a época, é explicado principalmente pelo aumento das temperaturas acima do esperado no Sudeste, Centro-Oeste e Sul. “É importante ressaltar que a incorporação de novos aparelhos de refrigeração e ventilação para uso residencial e comercial, como resultado da melhoria de renda e da política de desoneração fiscal, tem feito com que a carga fique ainda mais sensível às oscilações de temperatura e sensação térmica”, aponta o relatório. O texto ressalta ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) da indústria, apurado pela FGV, aumentou “ligeiramente”, de 84% para 84,1% entre novembro e dezembro, e manteve-se

Marco Maia (PT-RS), reúne-se na tarde desta quarta-feira (16) com os líderes do PSDB e do PSD na Câmara em busca de um acordo sobre qual dos partidos vai ocupar a vaga da primeira secretaria da Mesa diretora

Aneel autoriza operação de três termelétricas em SP, MS e GO

A

Se comparados apenas os meses de dezembro, o aumento no consumo chega a 6,3%.

ligeiramente acima da média histórica dos últimos cinco anos (83,6%). A maior alta, na comparação anual, foi registrada no subsistema Nordeste, onde o consumo de energia em 2012 cresceu 7,4%. De acordo com

o ONS, o resultado se deve, principalmente, à “manutenção do desempenho econômico da região” e à “carga de energia das classes comercial e residencial, reflexo do incremento da renda familiar e do avanço do

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicou na edição desta segunda-feira (21) do Diário Oficial da União autorização para operação de três usinas termelétricas nos Estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo e Goiás. Um dos despachos da agência restaura a operação, até 14 de março de 2013, da termelétrica William Arjona, instala-

da em Campo Grande (MS). A usina tem potência instalada de 206.350 kW. As outras duas unidades autorizadas a funcionar são as usinas Caeté, que fica em Paulicéia (SP), com potência de 33.759 kW; e a usina Cachoeira Dourada, que fica na cidade de mesmo nome, em Goiás, e tem potência de 40.000 kW.( G1)

emprego.” A região Sul vem na sequencia, com aumento de 5,1%, seguida pelo subsistema Sudeste/Centro-Oeste (3,6%). Na região Norte, o consumo de energia foi 1,2% maior que em 2011. ( G1)

Maia diz que vai decidir sobre disputa entre PSDB e PSD por vaga na Mesa

O

presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), afirmou nesta segunda-feira (21) que deve decidir, até o começo da próxima semana, o espaço que PSDB e PSD terão na composição da Mesa Diretora da Casa. A eleição que vai escolher o novo presidente da Câmara e os demais integrantes da Mesa está marcada para 4 de fevereiro. PSDB e PSD travam um impasse porque estão empatados como a terceira legenda com maior número de deputados – o PT tem 87, o PMDB, 78, e PSDB e PSD, 51 cada. Pelo regimento da Câmara, o terceiro maior partido tem o direito de indicar o primeiro-secretário da Casa. Atualmente, a vaga é ocupada pelo PSDB. A situação é inédita na Casa, e líderes dos dois partidos já afirmaram que não abrem mão do posto. “A decisão será minha. No momento que eu tomar a decisão, ela está tomada. Ao tomar a decisão, qualquer um dos dois partidos poderá buscar uma contextualização da minha decisão no STF [Supremo Tribunal Federal] ou no TSE [Tribunal Superior Eleitoral]. O que nós queremos fazer é evitar que essa questão pare mais uma vez no Supremo, no Judiciário. Vamos tomar esta decisão até o início da próxima semana”, disse o presidente da Casa.

Líder do PMDB é candidato à presidência da Câmara dos Deputados.

Henrique Alves diz que denúncias fazem parte do “clima eleitoral”

O

“Ao tomar a decisão, qualquer um dos dois partidos poderá buscar uma contextualização da minha decisão no STF ou no TSE. O que nós queremos fazer é evitar que essa questão pare mais uma vez no Supremo, no Judiciário.”, disse o presidente

Desde a semana passada, Marco Maia busca um entendimento com os líderes dos dois partidos – Bruno Araújo (PSDB-PE) e Guilherme Campos (PSD-SP)

PROCLAMAS DE CASAMENTO

Bel ª Maria Cristiane da Silva Passos, Oficial do 2º Registro Civil das Pessoas Naturais do Distrito e Município de Macapá - Estado do Amapá; FAZ SABER que se pretendem casar: JACY TORQUATO DE ALMEIDA NETO e TAYNA SOUZA RODRIGUES Ele, filho de Elizeu Moraes de Almeida e Ana Celia Ferreira de Oliveira Almeida. Ela, filha de Wanderlei Amanajas Rodrigues e Zeneide Freitas de Souza. Alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da Lei. Lavro o presente para ser afixado em Cartório e publicado na Imprensa local. Macapá-AP, 21 de janeiro de 2013 Francilene da Silva Duarte Escrevente autorizada

– sobre o espaço na Mesa. “Estamos na verdade tentando conversar, chegar a um entendimento entre os dois partidos que não necessite uma tomada de

decisão mais dura em relação a quem deva ocupar uma ou outra posição. Ainda está em negociação com os líderes”, disse o presidente. ( G1)

PROCLAMAS DE CASAMENTO

O oficial do Registro Civil de casamentos e mais anexos da Comarca de Macapá, capital do Estado do Amapá, República Federativa do Brasil, por nomeação legal, etc... FAZ SABER que se pretendem casar: FABRICIO DA SILVA LOUREIRO ELENILDE DE SOUSA LIMA NASCIMENTO Ele é filho de Manoel Deusuino Ramos Loureiro e de Maria Deusdete Lopes da Silva. Ela é filha de Luis Ribeiro do Nascimento e de Gracinilde de Sousa Lima Nascimento. Quem souber de qualquer impedimento legal que os iniba de casar um com o outro, acuse-os na forma da Lei. Macapá-AP, 21 de janeiro de 2013

Josiane Cavalcante de Souza Escrevente

líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), candidato do partido à presidência da Casa, afirmou nesta segunda-feira (21) que as denúncias que tem sido alvo são parte do “clima eleitoral” instalado na Casa. A eleição que vai escolher o novo presidente da Câmara está marcada para 4 de fevereiro. Na semana passada, o ex-assessor do gabinete do deputado Aloizio Dutra de Almeida pediu demissão do cargo após denúncias de que uma construtora da qual é sócio recebeu verbas indicadas por Henrique Alves para tocar obras no Rio Grande do Norte. Na análise do peemedebista, todas as acusações que o envolviam estão superadas. “Já esclareci esse assunto”, afirmou o deputado. Alves já havia dito antes que a demissão do assessor tinha por finalidade evitar uma “distorção política”. “Faz parte. Acho que o clima eleitoral tem essas questões. Acho que faz parte do jogo e é nosso dever responder e esclarecer. Temos de estudar pautas importantes para este ano. Está

tudo muito bem”, disse o deputado, que passou a tarde desta segunda na sala da liderança do partido na Câmara. Além de Henrique Eduardo Alves, disputam a presidência da Câmara a atual vice-presidente da Casa, Rose de Freitas (PMDB-ES), que lançou a candidatura mesmo sem o aval da cúpula peemedebista. O outro candidato é o deputado Júlio Delgado (PSB-MG). Retirada de candidatura O deputado Ronaldo Fonseca (PR-DF), que também havia se lançado como candidato, retirou seu nome da disputa nesta segunda-feira. Por meio de uma nota, ele afirma que decidiu deixar a disputa como resultado de uma “reflexão” junto ao partido. “Convencido da virtude daqueles que sabem honrar seus compromissos partidários, coloco-me à disposição para cerrar fileiras na jornada eleitoral que escolherá a experiência política como critério para o comando de nossa Casa Legislativa|”, disse o deputado em nota. ( G1)


Geral

JD

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

A5

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Procuradoria vai ao Supremo Tribunal Federal contra trechos do Código Florestal

A

Procuradoria-Geral da República (PGR) protocolou nesta segunda-feira (21) no Supremo Tribunal Federal (STF) três ações judiciais questionando a constitucionalidade de trechos do novo Código Florestal, sancionado em 2012 pela presi-

dente Dilma Rousseff. O Ministério Público pede que o STF interprete, com base na Constituição, pontos específicos da legislação e também declare a inconstitucionalidade de 39 dispositivos da lei ambiental. As ações foram distribuídas automaticamente

pelo sistema do tribunal para os gabinetes dos ministros Luiz Fux, Rosa Weber e Gilmar Mendes. Elaboradas pela procuradora-geral da República em exercício, Sandra Cureau, as ações diretas de inconstitucionalidade foram divididas em três temas que pautaram as discussões da reforma ambiental no Legislativo: Áreas de Preservação Permanente (APP), reserva legal e anistia a desmatadores. Aréa de preservação Entre os pontos criticados pela PGR está a possibilidade de os donos de propriedades rurais contabilizarem áreas de preservação permanente no percentual de reserva legal. O artigo 15 do Código Florestal autoriza essa operação, desde que atendidos três pré-requisitos. Um de-

les é que o benefício previsto nesse artigo não implique a conversão de novas áreas para o uso alternativo do solo. A procuradora em exercício argumenta que, com essa alteração, uma propriedade com mais de quatro módulos fiscais que incluir 10% de APP só precisará manter mais 10% adicionais como reserva legal (no caso de uma terra que esteja fora da Amazônia e do Cerrado e, portanto, tenha de ter 20% de reserva legal). Reserva Legal Sandra Cureau também destaca que aquelas propriedades que tiverem mais de 20% de APP não terão de manter qualquer metragem de reserva legal. Segundo ela, “haveria uma substituição de reserva legal por APP”.

“Na região amazônica, a redução das reservas legais diminuiria o patamar de cobertura florestal a níveis que comprometeriam a continuidade física da floresta, aumentando significativamente o risco de extinção de espécies, comprometendo sua efetividade como ecossistemas funcionais e seus serviços ecossistêmicos”, afirmou a procuradora. Nova Legislação A PGR também questiona a suposta anistia concedida aos produtores rurais que degradaram áreas preservadas até 22 de julho de 2008. A nova legislação exclui o dever de pagar multas e impede a aplicação de eventuais sanções penais. “Além da diminuição direta dos padrões de proteção, em virtude da fragi-

lização dos espaços territoriais especialmente protegidos, merece especial atenção dessa Corte Constitucional a sem precedentes fragilização dos instrumentos de proteção ambiental e a autorização para consolidação dos danos ambientais já perpetrados, ainda que praticados com afronta à legislação anteriormente vigente.”, ressaltou Sandra Cureau. Outro ponto do Código alvo da reclamação do Ministério Público é o que permite a construção de projetos habitacionais em áreas de mangues ou restingas nos quais a “função ecológica” do manguezal “esteja comprometida”. Segundo a PGR, o dispositivo é inconstitucional por “afrontar” o dever de restaurar as áreas de preservação ambiental.


Esporte

JD

ADEC goleia E. C. Macapá por 5 x 0 em amistoso

Um árbitro da Federação Amapaense de Futebol foi chamado para explicar como o atleta deve se comportar dentro de campo em uma partida oficial Elcio Barbosa

Da Reportagem

A

atacante, Dani capetinha, assim é chamada pelas companheiras de clube marcou quatro dos cinco gols da vitória da ADEC em amistoso treino realizado contra o Esporte Clube Macapá no ultimo sábado, 19, no Glicério Marques. O amistoso serviu de treinamento da equipe amapaense, que vai estrear na Copa do Brasil feminino, marcado pela CBF, para o dia, 2, de fevereiro em Macapá contra o Esmac do Pará. O treinador, Ubiraelson Batista da Silva viu alguns erros infantis das meninas no amistoso, e já solicitou através da Sedel, um arbitro da Federação Amapaense de futebol (FAF), para palestrar para as atletas, com o objetivo de orienta – lás, ao ponto de, elas se comportarem em uma competição nacional, já que é a primeira vez que, a equipe de Calçoene vai representa o Amapá em certame do futebol brasileiro. O que se viu no amistoso entre as atletas foi um total desconhecimento das dezessete regras do futebol. É por isso, o motivo da diretoria da ADEC em convidar um árbitro da FAF para fazer esclareci-

Treinador, Ubiraelson Batista da Silva ouve a conversa do árbitro junto com as atletas momentos antes do amistoso

mentos às atletas. O árbitro da FAF definido foi o experiente, Reinaldo da Mata Nazaré. Árbitro de no hall para ensinar as regras que o futebol exige no mundo moderno. “Dentro das possibilidades, agente vai fazer esses esclarecimentos das dezessete regras do futebol. a gente entende o seguinte: devido um atleta não conhecer as regras ele vai fazer uma falta desnecessária, ele pensa que exercer de força não é falta e exerço de força é falta, por exemple, ombro a ombro, gesto, prejudica o atleta, e ele conhecendo uma par-

te, vai diminuir muito as faltas nas partidas que ele estiver” ressaltou o arbitro. De acordo com o preparador físico da equipe Moab Neves, a palestra deve acontecer no auditório da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer, Sedel. Local onde a equipe está hospedada. “Muitas vezes o atleta não conhece as regras do futebol, então, o arbitro apita uma falta desnecessária, e o atleta questiona o arbitro, e ele acaba sendo expulso do jogo por não conhecer a regra, é importante o arbitro palestra para as meninas não

cometerem um deslize logo na partida de estréia” sustentou Moab Neves. O grupo amapaense que se prepara para a competição. A ADEC possui as goleiras, Catitu, e Joyane (Pracuúba); Laterais: Nilda (Calçoene), Índia e Eunice (Breu); Zagueiras: Samia (Calçoene), Telmara (Calçoene) e Ticão (Pracuúba); Volantes: Mayra e Vanessa (Calçoene), Yane (Calçoene), Sandra (Jari), Sandrinha e Dilcy (Jari), Odilei (Macapá); Atacantes: Raiane (Calçoene), Nanda e Jule (Macapá) e Lurdes (Pará); Ataque: Lorena (Calçoene) (EB).

Muricy aguarda Edu Dracena, Léo e Marcos Assunção para armar o seu time ideal

O

Santos começou a temporada com o pé direito, mas o técnico Muricy Ramalho sabe que ainda falta muito para o seu time render o esperado. Não bastasse a falta de entrosamento algo natural em um início de ano, três jogadores considerados titulares ainda não estão prontos para atuar em 2013. O lateral esquerdo Léo, o zagueiro Edu Dracena e o meia Marcos Assunção estão aprimorando a parte física para ficar à disposição do treinador. E ele aguarda ansiosamente por isso. “Assunção, Edu e Léo ficaram treinando a semana inteira, com uma folga só no domingo. Eles estão se esforçando para jogar assim que possível”, afirmou Muricy, lembrando a im-

portância de ter no elenco peças de reposição. “Neste ano, nós já começamos com essas peças. Isso é importante porque teremos muitos jogos e agora começa um momento perigoso de exigir muito o jogador na parte muscular, uma condição que não tem ainda”, emendou ele. Sem os três veteranos, Muricy escalou o zagueiro Neto, o lateral esquerdo Guilherme Santos e o meia Cícero nas vitórias sobre Grêmio Barueri, em amistoso, e São Bernardo, na estreia do Paulistão. Os três foram contratados para esta temporada, assim como Marcos Assunção. Neste momento, na cabeça do técnico a formação ideal do Santos conta com Rafael; Galhardo (Bruno Peres), Edu Dracena, Durval e Léo;

Renê Júnior, Arouca, Marcos Assunção e Montillo; Neymar e André (Miralles). “Neste ano, nós estamos fazendo um plantel para a temporada toda. A expectativa é para que a gente faça uma boa temporada. Não só o começo como a gente apostou nos últimos anos”, disse o comandante alvinegro. Dos três titulares em potencial que estão de fora, o que deve demorar mais para jogar é Edu Dracena. Capitão do time nas últimas temporadas, o zagueiro, que sofreu a lesão ligamentar no empate entre Santos e Botafogo, no dia 18 de julho do ano passado, deve voltar aos gramados em três semanas. “Estou treinando bem, fazendo todos os movimentos e não sentindo nada.

Agora é pegar mais confiança e ritmo de jogo”, comentou o beque. Marcos Assunção, que será apresentado formalmente na próxima terça-feira, deve treinar com os companheiros nesta semana. O mesmo acontece com Léo, em fase final de recuperação de uma lesão no joelho direito. “Eu estou 100% recuperado do joelho direito. O objetivo agora é fazer fortalecimento muscular e aprimorar a parte física. Amanhã (segunda-feira) vou treinar fisicamente com o grupo e, durante a semana, devo ser liberado para as atividades com bola”, falou o lateral. “Eu confesso que estou contando os dias para estrear em 2013”, acrescentou o experiente defensor. (uol)

Fla fecha contratação de Carlos Eduardo e pode anunciar meia no início da semana

O

meia Carlos Eduardo está mesmo a caminho da Gávea. O jogador e o Flamengo chegaram a um acordo no final do último sábado e aguardam apenas o documento de liberação do Rubin Kazan além da resolução de outros trâmites burocráticos para confirmar a negociação, o que deve acontecer ainda nesta segunda ou na terça-feira. O atleta virá por empréstimo de um ano e meio. A negociação foi encaminhada pelo diretor executivo Paulo Pelaipe, que mantinha contato frequente com o empresário do jogador, Jorge Machado, desde o fim do ano passado. Neste final de semana, os dois acertaram as bases salariais, que será uma das maiores do atual elenco rubro-negro, e fecharam o acordo.

Carlos Eduardo pode ser anunciado ainda durante esta segunda-feira pelo Flamengo

“Restam detalhes. Estamos vendo algumas coisas burocráticas. Esperamos anunciar até quarta-feira”, disse o vice de futebol, Wallim Vasconcelos. O Flamengo venceu forte concorrência para contar com o jogador em 2013.

Santos, Fluminense e até mesmo o Internacional eram candidatos a contratar Carlos Eduardo. Ou paulistas desistiram da transação na última semana, enquanto o Tricolor diminuiu seu interesse ao fechar com Felipe. Contra o

Inter pesou o passado do apoiador pelo Grêmio, clube que o revelou. Carlos Eduardo será a quinta contratação do Flamengo para a temporada. Além do meia, o Rubro-negro contará com Elias, Gabriel, João Paulo e Wallace. (uol)

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Papão da show, goleia o Águia por 6 x 2 na Curuzu e assume a liderança do Parazão

O

Paysandu não tomou conhecimento do Águia de Marabá e aplicou uma sonora goleada de 6 a 2, na equipe comandada pelo treinador João Galvão. Os gols dos bicolores foram marcados por Rafael Oliveira (3x), João Neto (2x) e Yago Pikachu. William Santos e Robert foram os autores dos gols do Águia. Com o resultado, o Paysandu passa a somar sete pontos e assume a liderança da competição. Já o Águia de Marabá permanece com dois pontos, na quinta colocação, mas as duas equipes dependem dos resultados da terceira rodada. Na próxima rodada, o Paysandu vai fazer clássico contra o Remo, sábado, a partir das 16h local (17h horário de Brasília), no estádio Mangueirão, em Belém. Quatro gols só no primeiro tempo Em um campeonato com jogos acirrados e placares apertados, o primeiro tempo de Paysandu e Águia de Marabá fugiu ao que vinha sendo realizado, com quatro gols marcados. Após algumas oportunidades desperdiçadas, o Paysandu abriu o placar com Rafael Oliveira, aos 26 minutos, recebendo cruzamento de Yago Pikachu e mandando para o gol. Aos 33 minutos, Mocajuba fez jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Leleu, que cabeceou pra fora, perdendo a oportunidade de deixar tudo igual. Um minuto depois, Eduardo Ramos lançou para Esdras, que foi derrubado na

área, mas a bola sobrou para Rafael Oliveira ampliar o placar: 2 a 0. Não demorou muito e a rede voltou a balançar. Aos 37 minutos, Rafael ganhou lance com Rayro e cruzou para João Neto, que mandou para o gol. O goleiro Leandro chegou a defender, mas a bola acabou entrando: 3 a 0 Paysandu. E quando parecia que as coisas iam desandar para o Águia, o volante William Santos recebeu lançamento na área, dominou bonito e diminuiu para os visitantes. Segundo tempo teve novo show do Papão Nem bem o jogo recomeçou e o Paysandu foi logo mostrando que o dia era de festa na Cuzuru. O volante Esdras apareceu novamente na área e foi dessa vez foi derrubado na área por Diogo, pênalti. Yago Pikachu cobrou, com categoria, aos 3 minutos, fazendo 4 a 1. Três minutos depois, Alex Gaibu cruzou na medida para João Neto, que cabeceou consciente para o gol, ampliando a goleada do Paysandu. Com o jogo totalmente controlado, os bicolores passaram a dosar a partida, mas sem abdicar do ataque, tanto que aos 18 minutos, João Neto cruzou e Rafael Oliveira, de peixinho, fez o terceiro gol dele, o sexto do Paysandu. Tranquilos em campo, os donos da casa relaxaram e o atacante Robert, que havia entrado no lugar de Leleu, bateu com categoria, aos 28 minutos, diminuindo o placar e dando números finais a partida: 6 a 2 Paysandu. (soupapao)

São Paulo tem até quarta-feira para tentar evitar interdição do Morumbi

Final da Sul-Americana de 2012 foi marcada por confusão no Morumbi

A

Conmebol informou ontem que o São Paulo tem até a tarde da próxima quarta-feira para explicar à entidade os incidentes ocorridos na final da Copa Sul-Americana, contra o Tigre, no dia 12 de dezembro do ano passado, no Morumbi. Segundo a Conmebol, o Tricolor precisa apresentar provas em sua defesa. No último fim de semana, o conselheiro do São Paulo Miguel Aidar recebeu uma ligação da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) avisando que a Conmebol punirá o time pela confusão na final da Sul-Americana, no final do ano passado, quando jogadores do Tigre entraram em conflito com seguranças do time paulista. A sanção poderá ser a interdição no Morumbi, culminando assim na perda de mandos de campo do Tricolor na Libertadores. Indagado sobre o assunto, o técnico Ney Franco disse que será uma injustiça se o São Paulo for punido por um erro do adversário. E que, se isso acontecer, vários times do continente deverão perder

o mando a partir de agora. “Eu tenho certeza que não será punido por um erro de visitante. Se isso acontecer, a Conmebol vai ter de punir equipes que precisam usar seguranças para proteger o batedor de escanteio com o escudo, por exemplo. Quer dizer que um adversário vem na nossa casa, faz o que faz, e a gente ainda vai ser punido? Seria injustiça enorme se isso acontecesse”, comentou Ney. Na final da Copa Sul-Americana, após um primeiro tempo nervoso, o São Paulo abriu 2 a 0 apesar da violência dos jogadores argentinos, que abusaram das faltas duras para tentar parar o ataque adversário. Na saída para o intervalo, atletas e comissão técnica do Tigre entraram em conflito com seguranças do São Paulo no túnel para os vestiários. Os argentinos disseram terem sido ameaçados com uma arma e se recusaram voltar a campo para a etapa final. Com a ausência do adversário, o time do Morumbi foi declarado campeão do torneio continental. (uol)


Esporte

JD

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Enquanto isso...

Varejão tem embolia pulmonar, é internado e está fora da temporada Vitor Belfort acerta chute para ‘apagar’ Michael Bisping na luta principal do UFC São Paulo

Vitória de Belfort foi inédita em tempo, modo e número de golpes; entenda A resistência de Belfort é um assunto antigo, e Bisping fez questão de explorá-lo logo no primeiro contato que teve com a imprensa brasileira, ainda em 2012

O

nocaute sobre Michael Bisping, no evento principal do UFC em São Paulo, foi carregado de significados para Vitor Belfort. Ao vencer o inglês no segundo round, no ginásio do Ibirapuera, o brasileiro respondeu a pelo menos duas das críticas que o perseguem ao longo da carreira: a não ter resistência para além do primeiro round e a de concentrar seus ataques nas mãos. A resistência de Belfort é um assunto antigo, e Bisping fez questão de explorá-lo logo no primeiro contato que teve com a imprensa brasileira, ainda em 2012. “Belfort é um ótimo lutador. No primeiro round”, disse o inglês. Ele não estava completamente errado. A vitória contra Bisping foi a primeira de Vitor Belfort

no UFC que não aconteceu no round inicial do combate. Antes, ele havia derrotado dez oponentes, sempre no assalto inicial das lutas mesmo na época em que as lutas ainda não tinham o limite de tempo atual, ele nunca havia levado mais de cinco minutos para vencer. A lista de vitórias de Belfort no UFC tem os triunfos diante de Tra Telligman, Scott Ferrozzo, Tank Abbott, Joe Charles, Vanderlei Silva, Marvin Eastman, Randy Couture, Rich Franklin e Yoshihiro Akyiama e Anthony Johnson. Todos sucumbiram no primeiro round. Em contrapartida, Belfort sempre teve problemas em lutas mais longas, perdendo 75% dos combates que passaram do segundo round. Por isso, era consenso que, diante de Bisping, as chan-

ces de vitória iriam diminuindo com o tempo. Outro fato inédito na carreira de Belfort foi o número de ataques significativos do brasileiro no combate. Foram 18, um novo recorde para as luta que ele venceu no UFC. Antes, até pela característica explosiva e de terminar rapidamente os combates, ele tinha uma média de 10 golpes significativos por luta. O recorde anterior, 17, era justamente da estreia, diante de Tra Telligman, no UFC 12. Surpresa - Além do tempo de luta e do número de golpes, a vitória de Belfort sobre Bisping foi inédita pela forma como o brasileiro chegou ao nocaute técnico. Criado nas artes marciais pelas mãos de Carlson Gracie, um dos maiores mestres de jiu-jitsu de todos os tempos,

Belfort sempre teve como ponto forte na luta de pé o boxe. Mas, diante do inglês, os dois golpes mais contundentes do brasileiro - inclusive o que definiu o combate - foram com a perna esquerda. Um chute alto, pouco comum no arsenal de golpes mais temidos de Belfort. Das 15 lutas que Vitor venceu por nocaute ou nocaute técnico, 11 foram conquistadas com um soco ou uma sequência de socos. Em duas vezes, o juiz interrompeu a luta devido a cortes nos adversários. Apenas uma vez, antes da vitória contra Bisping, o brasileiro havia usado as pernas - foi contra Marvin Eastman, no UFC 43, quando encaixou uma sequência de joelhadas antes de iniciar a série de socos que deu fim à luta. (uol)

Brasiliense divulga imagem de Romarinho sendo agredido

O

time do Brasiliense divulgou nesta segunda-feira uma imagem do atacante Romarinho sendo agredido por um zagueiro do Brasília na derrota do Jacaré para o Colorado, por 2 a 0, no último sábado, na rodada de abertura do campeonato candango. O momento foi flagrado pela TV do clube, que transmitia a partida pela internet. O lance aconteceu aos 21 minutos do segundo tempo, quando o Brasiliense já perdia por um 1 a 0. O time do Jacaré se preparava para cobrar uma falta na entrada da área no momento em que Romarinho tenta se posicionar perto da barreira do Brasília. Após rápido desentendimento com o zagueiro Danilo, o atacante é atingido com uma cabeçada. Nada foi marcado pelo árbitro da partida, Rogério Bueno,

Agora no Galatasaray, Sneijder diz que tanto ele como a Inter ficaram satisfeitos com a negociação

Nesta segunda-feira, o meia holandês Wesley Sneijder declarou que está muito feliz com seu acerto com o Galatasaray, da Turquia. O Jogador teve sua saída da Inter de Milão confirmada no último domingo, após o time turco oferecer cerca de 7,5 milhões de euros pelo armador. “Estou muito feliz com as coisas foram resolvidas. Tanto eu como a Inter ficamos satisfeitos como desfecho”, disse o atleta, minutos antes de embarcar em um jatinho privado que o levaria para a Turquia. Em entrevista ao site oficial da Inter, o presidente do clube, Massimo Moratti, afirmou que os turcos foram corretos nas negociações. “Fizeram tudo do jeito certo, da maneira apropriada. O presidente e o vice são pessoas muito legais. Acho que o jogador está feliz também”, declarou o dirigente. Sneijder foi colocado na ‘geladeira’ no início da temporada após recusar uma redução salarial. Sem acordo, sua saída era tratada como iminente pela imprensa italiana. Mesmo assim, Moratti disse que o holandês permanecerá na história da equipe. “Ele sempre será lembrado por ser um jogador chave na nossa história. Ficamos orgulhosos de tê-lo aqui, assim como tenho certeza que o Galatasaray também ficará”, afirmou o cartola. Sneijder foi um dos principais nomes na histórica temporada 2009-2010 para a Internazionale, quando a equipe conquistou o Italiano, a Champions League e a Copa da Itália – feito que era alcançado desde 1965. . (espn.br)

Romarinho leva a mão à testa após agressão (Foto: Cláudio Bispo / Divulgação)

que aparentemente não vou a agressão. - O jogador me deu uma cabeçada. O bandeirinha

deve ter visto, mas não sei se fingiu que não viu. Depois o zagueiro veio me pedir desculpa, mas acho

que a arbitragem já começou errando - reclamou Romarinho ao fim da partida. (globoesporte.com)

Emprestado pelo Timão ao Roma, Marquinhos entra na mira do Barça

C

As más notícias sobre Anderson Varejão não param. Depois de realizar uma cirurgia no quadril ainda no começo deste mês, o brasileiro foi diagnosticado com um quadro de embolia pulmonar e está internado no hospital “Ceveland Clinic” desde a última quinta-feira. O pivô do Cleveland Cavaliers teve detectado um coágulo de sangue na parte inferior do pulmão direito e deve ficar internado por mais dias. A expectativa é que o brasileiro faça tratamento pelos próximos 3 meses. Com isso, ele já não atua mais nesta temporada da NBA. Embora triste com a notícia, Varejão mantém um discurso otimista e lembra que o carinho de familiares, amigos e fãs é um grande aliado nesse momento. “Conversei com os médicos e me passaram calma, me deixaram tranquilos. O tratamento não é complicado, nem doloroso, vou me recuperar bem e estar 100% em algumas semanas. Mas não adianta pressa. Estava chateado por ter que passar pela cirurgia, perder parte da temporada, e fiquei triste com essa notícia. Soube há alguns dias e não esperava”, comentou o pivô. “É ruim ficar de fora, muito ruim quando é por motivos assim, como lesão ou algum problema médico, mas quero enxergar o lado bom, que vou ficar bem logo. Tenho recebido muito carinho da minha família, dos meus amigos e dos fãs, que estão sempre mandando mensagens e isso me ajuda muito a superar os problemas”, completou.. (espn.br)

om uma zaga titular que somada tem 59 anos – Puyol tem 34 e Pique 25 – o Barcelona está em busca de jovens para a posição. Segundo o jornal italiano “Corriere dello Sport”, Marquinhos, defensor de 18 anos que pertence ao Corinthians, mas está emprestado ao Roma, recebeu sondagens da equipe espanhola e pode se tornar companheiro de Messi, Xavi, Iniesta e Cia na próxima temporada. Apesar da investida blaugrana, a equipe italiana deve blindar o jogador, que foi observado por dois olheiros do Barça durante

a partida contra a Fiorentina, pela Copa da Itália. A expectativa de Claudio Fenucci, gerente do Roma, é manter o jogador mesmo após o término do contrato de empréstimo com o clube paulista, já que consta uma cláusula no contrato que dá aos italianos o direito da compra do jogador. Nós temos um projeto técnico a longo prazo, construído sobre os jovens, então não temos razão para mudar nossa estratégia. Na verdade, queremos continuar a crescer e investir – falou o dirigente. (globoesporte.com)

Balotelli pode trocar City pelo Milan nesta semana, diz jornal inglês O atacante italiano Mario Balotelli pode voltar ao futebol italiano ainda nesta semana. Segundo informações do jornal inglês The Guardian, dirigentes de Milan e Manchester City se encontrarão ontem para discutir uma possível transferência do problemático atleta. Segundo informações da publicação, o City quer 37 milhões de euros para liberar o atacante em definitivo. Com dificuldades financeiras, a quantia é considerada muito alta pelo Milan, que deve tentar o atacante por empréstimo até o final da atual temporada. Na última sexta, o vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, havia dito que as negociações poderiam se encerrar caso o City optasse por continuar a pedir alto pelo jogador. “Se estas condições permanecerem, ele ficará em Manchester”, disse o dirigente, ao jornal Gazzetta dello Sport. Balotelli está em baixa na equipe inglesa. Com Campeonato Inglês já na 23 ª rodada, o jogador iniciou apenas sete partidas como titular e conseguiu balançar a rede apenas uma vez (em novembro, vitória por 2 a 0 sobre o Wigan). Recentemente, Balotelli foi clicado brigando em um treino com o técnico Roberto Mancini. Na ocasião, o treinador o recriminou após o atacante dar uma entrada perigosa no companheiro Scott Sinclair. .. (espn.br)


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Mensagem do Dia A única coisa que vale a pena é fixar o olhar com mais atenção no presente; o futuro chegará sozinho, inesperadamente. É tolo quem pensa no futuro antes de pensar no presente. Nicolau Gogol

Juiz César Scapin

Waldeir Garcia Ribeiro, João Alvarenga e Arthur Sotão

Empresário Marcelo Pacheco

Todo charme de Gleiciane Rodrigues

Casal Renivaldo e Caroline Costa celebram recentemente 5 anos de casados. Felicidades!!!

Maynara Piçanco

Taymara Tavares

FIQUE LIGADO!!! No mês de janeiro você confere o programa balada fashion retro com as principais matérias de 2012. Todos os sábados ás 18:40 e reprise aos domingos às 13h. Contamos com sua audiência!!! Adna Gurtyev e Juiza Stella

Jornalistas Diani Correa, Joicilene Santos e Odivar Filho a publicitária Jamile Dantas e o Cinegrafista Charles Pessoa, em pose para a coluna


CadernoB

DiaDia

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Feiras municipais passam por diagnóstico e começam a receber manutenção São cerca de dez feiras em Macapá, que até ano passado eram valorizadas somente na palavra. O trabalho será feito a partir da união de diversas secretarias municipais CELIANE FREITAS

GABRIEL FAGUNDES DA REDAÇÃO

H

á muito tempo que as feiras da capital amapaense encontram-se em estado de abandono. Locais onde reúnem-se os produtores, agricultores desta terra, a maioria das feiras tem a infeliz aparência de sujeira, são cercadas por lixo e sempre marcadas por algum fedor. Esse quadro é fruto do descaso e o desrespeito que o governo municipal teve nos últimos anos - embora seja, em parte, culpa dos próprios feirantes - com relação a esses espaços de geração de renda. Outros problemas também foram encontrados nas férias de Macapá. O contrato de permissão de uso das feiras do município, por exemplo, está vencido desde 2009 e as taxas de uso dos boxes atrasadas desde junho do ano passado. A solução para os problemas, porém, parece enfim estar chegando. Pelo menos supõe-se que sejam os primeiros indicadores de que haverão ações voltadas para as feiras de Macapá. Um exemplo é que na manhã desta segunda-feira (21) o secretário José de Oliveira, da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (Semdec), se reuniu com munícipes membros da Associação de Feirantes e Empreendedores do Infraero II para discutir a situação da feira do bairro, uma das menos conhecidas da cidade. Durante a reunião, que fora realizada dentro da sala do secretário, os associados falaram da atual situação da feira do Infraero II e pediram ajuda a

A solução para os problemas, porém, parece enfim estar chegando. Pelo menos supõe-se que sejam os primeiros indicadores de que haverão ações voltadas para as feiras de Macapá.

secretaria. O secretário, por sua vez, enfatizou o papel da secretaria e disse que esta vai sim atuar em prol das famílias que trabalham na feira, a partir de diagnósticos situacionais do local e da sua posterior manutenção. “A nossa situação é aquela conhecida: de abandono. Poucas pessoas conhecem a feira do nosso bairro. A prefeitura nunca olhou para a gente”, disse um dos munícipes, ao que o secretário respondeu: “Num primeiro momento é isso mesmo que temos que fazer: ter esse contato direto”, disse José Oliveira aos associados. “Estaremos realizando

visitas a feira, faremos um relatório situacional para podermos encontrar uma solução para o problema”, acrescentou. São 30 famílias que hoje trabalham de forma precária na feira do Infraero II. Raquel Baía, presidente da Associação dos Feirantes, confessou estar esperançosa que o poder público atue na feira do bairro. “Nós queremos essa parceria, de trabalho conjunto, e só assim que pode funcionar. Estamos saindo daqui com a certeza de que podemos contar com o apoio da prefeitura. Temos muitos problemas lá na feira, até problemas judiciais, mas temos cer-

teza que serão solucionados”, disse a presidente. Trabalho completo A atenção que será dada a feira do Infraero II deverá ser estendida a todas as outras de Macapá. Para tanto, diversas secretarias municipais, além da Semdec, deverão trabalhar em conjunto para solucionar os problemas que atingem cada uma. Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semur), Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh), além da Coordenadoria de Vigilância Sanitária do Município atuarão em cooperação para que o trabalho real-

mente aconteça e seja eficiente e eficaz. É o que considera fundamental José Oliveira. “Depois de colher as informações internas e administrativas, o próximo passo das secretarias é atuar para a resolução dos problemas que afligem o município”, afirmou o secretário, “e o primordial agora é isso: é conhecer a realidade e mostrar para a sociedade. As soluções podem vir não só do município, mas de parcerias com o Governo Estadual e com o Governo Federal, além do próprio Ministério Público Estadual (MPE/AP). Todas serão feitas em conjunto”, finalizou.

Categoria da Polícia Civil apresenta demandas ao Legislativo REPORTAGEM JD

V

Da Redação

ários temas estiveram na pauta de reunião do deputado estadual Charles Marques (PSDC), com a diretoria do sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) do Estado do Amapá na tarde de quinta-feira (17). No encontro que ocorreu na sede do sindicato com a participação do presidente do Sinpol Elias Rodrigues, de seu vice Antônio Sotelo, a diretoria da Associação dos Escrivães/Oficiais da Polícia Civil do Amapá (Aesp), Delma Lúcia Coelho, os sindicalistas fizeram um breve relato da atual situação da Policia Civil no Amapá. Durante o encontro, o deputado ouviu reivindicações, sugestões e anseios dos representantes dos policiais civis do Estado, mas os principais temas em discussão foram: o reajuste salarial e a reformulação da Leio Orgânica da categoria, projeto que foi aprovado na Assembleia Legislativa do Estado do Amapá. Elias Rodrigues pediu empenho do deputado quanto a Lei 1595 de 28 de dezembro de 2011, que autoriza o Poder Executivo a realinhar o subsidio dos servidores agentes e oficiais de Policia Civil no Estado do Amapá. “O governador Camilo Capiberibe, entrou com

uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), deixando a lei indefinida. Por isso pedimos o apoio do deputado para uma solução definitiva desse processo”, explicou o presidente informando que as perdas salarias chegam a quase 50% na comparação com o salário de delegado de policia. Na reunião também ficou definido a formação de comissões para trabalhar na reformulação da Lei Orgânica da categoria, que dispõe sobre sua organização, atribuições e funcionamento, define o regime jurídico de seus servidores, publicada no Diário Oficial do Estado no dia 23 de março de 2005. O deputado Charles Marques, sugeriu que a discussão seja dividida em três etapas: a primeira será o lançado o convite às pessoas interessadas em participarem do grupo de estudos. A segunda etapa será a colheita de opiniões através da internet, pelo facebook do deputado Charles Marques e do Sinpol/AP, e o passo a seguir será a realização de plenárias de estudos com a categoria e representantes do Executivo Estadual em datas ainda a serem definidas sobre os temas sugeridos pelos policiais. “Com essa metodologia, todos poderão participar”, elogia Elias Rodrigues, so-

DEPUTADA ACREDITA NA VOLTA DAS ATIVIDADES DA JARI CELULOSE

Acreditamos que em um ano a empresa possa voltar e os empregados possam recomeçar suas vidas de onde pararam”, declarou a deputada Raimunda Beirão (PMDB), sobre o fechamento da fábrica da Jari Celulose. A paralisação anunciada das atividades desde novembro de 2012 é para fazer uma substituição da planta, com mais de 30 anos de vida útil, por outra unidade que passaria a produzir celulose solúvel, já em outubro deste ano. A deputada lamentou a paralisação e o desemprego gerado. Cerca de sete mil pessoas que trabalhavam na fábrica ficaram desempregadas e sem perspectivas de voltar ao mercado de trabalho local. Muitos destes trabalhadores já começaram a migrar para outros municípios e para o vizinho estado do Pará em busca de novas oportunidades. Raimunda Beirão lembrou que em dezembro de 2012 houve uma reunião com representantes da Jari e parlamentares estaduais e federais. Durante o encontro a empresa garantiu que volta às atividades em um ano e que a paralisação se daria até para garantir a segurança dos trabalhadores da fábrica. “Fizemos tudo o que foi possível para que isso não acontecesse, mas infelizmente a fábrica teve que parar. Somente quem conhece a região, como eu conheço, sabe o quanto a situação está difícil para todas estas famílias. Mas vamos pedir a Deus que a empresa possa voltar daqui a um ano”, disse confiante Beirão.

ESCOLA DO LEGISLATIVO E MINISTÉRIO PÚBLICO DA CIDADANIA BUSCAM PARCERIA

O

“O governador Camilo Capiberibe, entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), deixando a lei indefinida. Por isso pedimos o apoio do deputado para uma solução definitiva desse processo”, explicou o presidente

bre a iniciativa do parlamentar. “Será a lei mais discutida e debatida pelos verdadeiros interessados”,

frisou Charles Marques, informando que pretende essa etapa no mês de maio, para que no mês de

setembro ou outubro o projeto possa entrar em pauta na Assembleia Legislativa.

encontro serviu para as instituições alinharem parcerias por meio de projetos de assistência social, voltados para desenvolver ações conjuntas que possam beneficiar idosos, deficientes e a população em geral. As propostas serão direcionadas para as áreas de saúde, educação e oportunidade de inserção no mercado de trabalho. Pedro Leite salientou que a Esleg está bem estruturada e aparelhada, pronta para receber atividades diversas. “Acredito que o Poder Legislativo do Estado pode contribuir muito com as ações que o MP promove. A Esleg possui uma ótima estrutura que precisa ser empregada em atividades eficientes para atender a população”, declarou. O promotor disse ainda que a parceria, além de garantir o acesso à cidadania.


Geral

JD

B2

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

“Querem satanizar o setor da saúde”, revida ex-secretário Ex-secretário Otacílio Barbosa revidou ontem, durante entrevista, que teria deixado sua pasta em condições de emergência

CELIANE FREITAS

Sobre este último dado, Otacílio Barbosa esclareceu que não há fraudes ou excesso de pagamentos.

ANDREZA SANCHES Da Redação

F

oi através de informações confusas que o ex-secretário Municipal de Saúde, Otacílio Barbosa criticou a posição da atual administração da Prefeitura de Macapá sobre os alarmes anunciados nos últimos dias na rede pública municipal de saúde. Durante entrevista em uma emissora de rádio local, o ex-gestor tentou explicar sobre contratos irregulares, situação das Unidades de Saúde e defendeu a punição para aqueles que comprovadamente praticaram improbidade administrativa. “Estão querendo satanizar o setor de saúde” foi o que disse o ex-gestor sobre o diagnóstico apresentado durante o anúncio da Situação de Emergência feito pela Prefeitura Municipal de Macapá. “É normal quando há uma transição, quando encerra-se uma gestão e passa-se para outra” tentou explicar Barbosa.

Segundo o último relatório, a atual administração detectou situações dramáticas e a total desorganização do setor da saúde, além de impossibilidade na prestação dos atendimentos básicos, folha salarial com desvio de funções e excesso de pagamentos ilegais e casos de irresponsabilidade administrativa. Sobre este último dado, Otacílio Barbosa esclareceu que não há fraudes ou excesso de pagamentos. “Houve sim uma modificação no organograma de funcionamento da Secretaria de Saúde, o prefeito Roberto Góes enviou para Câmara de Vereadores, um Projeto de Lei pedindo a alteração no organograma” explicou o ex gestor, informando que foram criados duas funções na pasta, a de sub secretário de ação e saúde e sub secretário de administração, como medida para contribuir com a administração do setor. Sobre a folha de paga-

mento, alvo de uma auditoria realizada pela PMM quanto aos programas Estratégia Saúde da Família (ESF), Núcleo de Apoio ao Saúde da Família (Nasf), Equipe Multidisciplinar de Atenção Domiciliar (Emad) e Equipe Multidisciplinar de Apoio Profissional (Emap), cujas irregularidades vão desde inclusão ilegal nos programas até pagamentos indevidos, o ex secretário de Saúde disse que não há como haver fraude em função dos repasses serem federais. Ex-secretário disse que alertou sobre os contratos de serviço emergencial, como manutenção de veículos, compra de combustível, manutenção dos sistemas elétricos e hidráulicos nas unidades de saúde, higienização entre outros que precisavam ter continuidade, uma vez que são indispensáveis. Sobre o armazenamento de medicamentos em depósitos irregulares, denunciado pela atual admi-

nistração, Otacílio Barbosa, informou que a Central de Medicamentos não possuía espaço para armazenamento, portanto foram enviados para outro local de forma provisória. “Quem cometeu ato de improbidade administrativa, que pague por isso”, finalizou o secretário. Irregularidades Na auditoria feita na Secretaria Municipal de Saúde foram detectados a não formalização de critérios para a contratação dos profissionais e a inexistência de ficha funcional, além de profissionais cadastrados em mais de um programa. A auditoria ainda identificou o inchaço na folha do PSF de janeiro a novembro, sem aprovação do Conselho Intergestor Bipartite (CIB) e credenciada junto ao Ministério da Saúde (MS), passando de 625 para 897 profissionais, o que causou um impacto de quase R$ 600 mil na folha de pagamento.

Semed detecta escolas sucateadas e programas municipais pagos com recursos federais REPORTAGEM JD Da Redação

E

scolas depredadas e sucateadas, atraso no pagamento dos professores e fornecedores programas municipais pagos com verba federal. Esses e muitos outros problemas foram identificados pelos atuais gestores da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A prefeitura de Macapá está empenhada em fechar o diagnostico situacional da Secretaria para tomar medidas urgentes, mas alguns pontos, como pagamentos dos salários atrasados, já foram sanados. Pagamento dos professores A prefeitura de Macapá honrou o pagamento dos professores que estavam com salários referentes aos meses de novembro, dezembro e férias atrasados. Regularizar a situação dos salários dos servidores foi a primeira medida do prefeito Clécio Luis, assim que assumiu. O Sindicato dos Professores está acompanhando todo o processo e o canal de diálogo com a Prefeitura está aberto para tratar dos direitos do trabalhador da educação. “Os gestores têm consciência do dever que assumiram e sabem da importância do pagamento das dívidas deixadas pela ges-

tão anterior. A Semed conta com uma consultoria técnica que estuda detalhadamente a folha de pagamento, para assim priorizar o pagamento do piso salarial, que hoje chega a 7,97%, tudo isso com responsabilidade financeira, pois é prioridade para o prefeito Clécio Luis”, garante o secretário de Educação do Município, Saul Peloso. O secretário destaca ainda que a valorização e o cumprimento do estatuto do magistério são promessas de campanha do prefeito Clécio Luis. À frente da Semed, Saul Peloso e a subsecretária Antonia Andrade, administram com a mesma preocupação: a de que não se pode comprometer o pagamento de salários dos servidores. A atual gestão tem como meta garantir um serviço público de qualidade, com respeito à sociedade macapaense. Escolas sucateadas Uma equipe da Semed percorre as 80 escolas da rede municipal da capital e vem encontrando inúmeros problemas - Carteiras quebradas, banheiros em péssimas condições de uso, materiais de informática, como computadores e mesas, em processo de deteriorização, a mercê das chuvas por conta de goteiras, salas sem/ ou

com segurança inadequada, cozinhas sujas, móveis sucateados, estrutura física de algumas escolas com riscos aos alunos e funcionários, dentre outros problemas. Diante desse cenário, o secretário de Educação se compromete em fazer o possível para atender às prioridades das escolas neste momento de realização das matrículas 2013. No decorrer da gestão serão realizadas mudanças necessárias para que se chegue ao patamar de escolas modelo, com renovação nas estruturas físicas e pedagógicas. O trabalho é desafiador, com resultados para curto, médio e longo prazo, mas o empenho está centralizado em melhorias. “Os recursos para este ano já estão comprometidos, mas faremos múltiplos esforços para que essas metas sejam atingidas, pois a educação deve ser vista com uma atenção especial por todos”, declarou o secretário. No primeiro momento a Semed deu início a uma força tarefa nas escolas da zona norte, com limpeza e manutenção das unidades para os dias de matrículas. Ao longo de 2013 serão abertas licitações para grandes reformas emergenciais e ampliações, bem como para construção de escolas.

Programas Municipais Existem dois programas municipais de atendimento ao educando em atividades na Semed: a entrega de Kits escolares e o Programa Escola Viva. O primeiro foi cumprido em sua totalidade, quanto ao Programa Escola Viva, foi detectado que não houve o repasse das parcelas dos convênios firmados com os Caixas Escolares. Os recursos para custear os programas são oriundos do tesouro municipal e federal, porém foram mantidos praticamente, em sua totalidade, com verbas federais. Não se sabe ao certo quais os meses pendentes dos repasses do Escola Viva, nem o número de alunos que deixaram de receber o benefício, pois os arquivos com as informações pertinentes ao Programa, com números, valores e afins, até o momento não foi encontrado nos registros físico e digital da Semed. O Programa Escola Viva consiste em atender alunos da rede Municipal de Ensino, servindo 4 refeições diárias, e nos meses de férias escolares distribuir cestas de alimentos individualmente a cada criança, com vistas ao incentivo de hábitos alimentares saudáveis entre os educandos e o acompanhamento nutricional durante os 200 dias letivos.

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com SUICÍDIOS NO AMAPÁ O número de 43 mortes por suicídio, ocorridas no Estado do Amapá, em 2012, faz parte de um cenário dantesco que está assustando a população. Afinal de contas são mais de 7 mortes, por suicido, a cada bimestre. Representa quase 7,71% de todas as 557 mortes violentas registradas no Estado em 2012 e eleva para 6,41 o índice de suicídios anuais para cada grupo de 100 mil habitantes, colocando o Amapá nas primeiras posições nesse macabro ranking nacional. TRAGÉDIO DO MACACOARI O dia 21 de janeiro lembra para os amapaenses a tragédia do Macacoari. Naquele dia, em 1958, morreram o depurado federal Coaracy Nunes, o suplente de deputado federal Hildemar Maia e o piloto Hamilton Silva. Eles voltavam daquela localidade, hoje distrito do município de Itaubal, depois de um pernoite, pois haviam saído de Macapá na tarde do dia anterior para cumprir uma série de compromissos. DEIXOU ESPOSA E SETE FILHOS O deputado Coaracy Nunes era casado com dona Carmem Rocha Nunes e tinha 7 filhos: Coaracy Nunes Filho, Carmency, Cláudio, Joaquim Ascendino Neto, Yara, Moema e Maria das Graças, esta com apenas 2 anos de idade. Coaracy Nunes era irmão do Coronel Janary Nunes, primeiro governador do Amapá que, a época da tragédia, era presidente da Petrobrás. No ano anterior havia se licenciado da Câmara Federal para fazer a Escola Superior de Guerra, assumindo o mandato, durante o período o suplente Hildemar Maia. SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA O prefeito de Macapá, Clécio Luís decretou, depois de 17 dias como prefeito, situação de emergência no município, segundo fontes da própria prefeitura, com base em análise de dados feitos nos órgãos do município. Saúde, Urbanização, Administração, Finanças e Meio Ambiente são os setores considerados pela equipe técnica como essenciais, mas que, “diante do estado de caos encontrado”, precisa de atenção especial para

funcionar adequadamente e prestar serviços para a população. PRAZO A situação de emergência está prevista para durar 90 dias e foi pedida para que a Prefeitura encontre soluções para os problemas que estão desafiando a administração. Inicialmente, em declaração pública, o secretário de saúde do município, Anderso Walter, havia anunciado que os postos de saude suspenderiam o atendimento de forma completa. O prefeito Clécio Luis reapareceu depois, desmentindo o secretário e comunicando que os atendimentos não seriam afetados com a medida. SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA Situação de emergência é o reconhecimento legal pelo poder público de situação anormal provocada por desastres, quando os danos são suportáveis e superáveis pela comunidade afetada. Diferente de estado de calamidade que é o reconhecimento legal pelo poder público de situação anormal provocada por desastres, causando sérios danos à comunidade afetada, inclusive à vida de seus integrantes. Ou seja, estado de calamidade é mais grave que situação de emergência. ENQUADRAMENTO A Situação de Emergência e o Estado de Calamidade Pública são duas possibilidades legais de exceção regulamentadas pelo Conselho Nacional de Defesa Civil desde 1999 e que são utilizadas para combater os efeitos de acidentes e desastres nos municípios. Existe no Brasil um manual para a decretação da Situação de Emergência e do Estado de Calamidade Pública que leva em conta critérios como a intensidade dos danos e o tamanho do prejuízo social e econômico sofrido pela região. IMPACTO Segundo a Secretaria Nacional de Defesa Civil, a Situação de Emergência e do Estado de Calamidade Pública devem ser decretadas considerando o impacto do desastre para a coletividade – não individualmente – e necessidades relacionadas com recursos humanos, materiais, institucionais e financeiros.

Vagas de estágio poderá ser reservada a alunos da rede pública de estudo

A

Câmara analisa o Projeto de Lei 4697/12, do deputado Damião Feliciano (PDT-PB), que destina obrigatoriamente 50% das vagas de estágio no setor privado a alunos de escolas públicas dos ensinos médio e superior. No caso das instituições públicas, a proposta apenas recomenda essa reserva. Pelo texto, os responsáveis pela execução e fiscalização dos convênios ou contratos de estágio deverão manter o registro atualizado das vagas reservadas aos alunos da rede pública. Além disso, terão de elaborar relatório anual a ser arquivado juntamente com o convênio ou contrato. Empresas privadas que desrespeitarem a norma ficarão sujeitas a multas entre R$ 1 mil e R$ 5 mil.

A penalidade, conforme o projeto, será revertida para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do estado em que a companhia está sediada. Integração Feliciano argumenta que os estágios são importantes para promover a integração dos estudantes de baixa renda à vida comunitária e o ingresso deles no mercado de trabalho. “Essa experiência os ajuda a superar as desigualdades socioeconômicas e alcançar maior equidade social”, sustenta. O deputado lembra ainda que medida semelhante já é adotada no Distrito Federal, com bons resultados.


Geral

JD

B3

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Ligações clandestinas entram na mira da CEA Companhia de Eletricidade do Amapá após solicitar regularização, deverá iniciar os cortes nos próximos dias

A

Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), através da Seção de Fiscalização, ligada à Divisão de Controle e Medição (Sefi/DCM), inicia processo de atualização de cadastros das unidades consumidoras de energia elétrica e regularização das clandestinas, localizadas nos bairros Renascer e Universidade, em Macapá. A ação acontece em duas etapas, sendo que a primeira já foi realizada com distribuição de material informativo e segue com a ligação das unidades que possuírem padrão de entrada, em conformidade com o disposto no anexo dos avisos entregues, e suspensão de energia daquelas que permanecerem em situação irregular. A próxima etapa está agendada para o mês de fevereiro. Segundo o chefe da Seção de Fiscalização (Sefi/ DCM), Hedilberto Pedroso, as ações são baseadas nos artigos 168,169 e170, da Resolução de n° 414, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que diz que em casos de ligações clandestinas a determinação é suspensão imediata do fornecimento de energia elétrica, porém, a CEA vem adotando uma política de informação ao consumidor, realizando visitas com distribuição de folder, informando os procedimentos para a regularização. “Os avisos

Segundo o chefe da Seção de Fiscalização Hedilberto Pedroso, as ações são baseadas nos artigos 168,169 e 170, da Resolução de n° 414, da Aneel, que diz que em casos de ligações clandestinas a determinação é suspensão imediata do fornecimento de energia elétrica.

foram feitos com bastante antecedência, entre 10 e 20 dias, para que o consumidor possa providenciar a construção do padrão de entrada para receber a ligação, conforme estabelece a resolução da Aneel. A lista de materiais se encontra no folder, que é entregue junto com o aviso pela equipe de Fiscalização da

CEA. A segunda etapa é a realização dos serviços. Caso o consumidor não tenha construído o padrão, terá o fornecimento de energia suspenso”, explicou. Hedilberto informou ainda que, mesmo depois da suspensão, o morador que providenciar a construção do padrão, enquanto a equipe da CEA

estiver no local, terá sua energia elétrica ligada no mesmo dia, após apresentar documentação necessária para efetuar o cadastro, caso contrário, a solicitação de re-ligação deverá ser efetuada na Agência, em Macapá. As ações são executadas sempre depois do fim do mês, levando em consideração o pagamento

Secretaria dos Transportes começa a operação tapa-buracos

A

Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap), iniciou o programa de tapa-buracos nas sedes dos municípios. O serviço já beneficiou Itaubal do Piririm e Amapá e agora chega a Calçoene. Na próxima semana, duas outras frentes estarão em ação. A primeira irá atender os municípios de Pracuúba, Tartarugalzinho e Ferreira Gomes e a segunda vai até Pedra Branca do Amapari e Serra do Navio. Posteriormente, os trabalhos

serão desenvolvidos em outras localidades, de acordo com um calendário estabelecido pela Setrap. Essa programação é resultado do encontro que o governador Camilo Capiberibe teve com os prefeitos eleitos e reeleitos logo após o pleito de 2012. Foi um compromisso assumido pelo governador para recuperar as ruas e avenidas dos municípios, mesmo no período de inverno. O secretário dos Transportes, Bruno Mineiro,

esteve semana passada nos municípios de Amapá e Calçoene fiscalizando a operação, que segue em ritmo acelerado. Segundo ele, os técnicos da secretaria estão sendo bem recebidos pela comunidade, vereadores e prefeituras. “Essa operação é uma medida paliativa no período de chuva, para que os municípios não fiquem com suas ruas e avenidas intrafegáveis. Mas com a chegada do verão estaremos asfaltando e fazendo limpeza

nas sedes dos municípios. A Setrap também realiza a manutenção do ramal principal de Amapá e a podagem e sinalização da Rodovia AP-70, no acesso a Itaubal, que no próximo final de semana terá a programa festiva e religiosa em homenagem a São Sebastião. Ainda durante o inverno há uma equipe de emergência pronta para atender os problemas de atoleiros e recuperação de pontes, afirmou o secretário. (Ascom)

Plano Emergencial inicia com a limpeza dos canais

C

omo estava previsto na segunda etapa do Plano Emergencial do prefeito Clécio Luis, a Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) iniciou as obras de limpeza de toda a cidade. Simultaneamente, os trabalhadores começaram a ser realizado na manhã desta segunda-feira (21) nos canais da Avenida Mendonça Júnior, no bairro Central, onde o prazo para conclusão dos serviços é de cinco dias, e no canal do bairro Perpétuo Socorro, as proximidades da Feira do Pescado, na Avenida Ana Nery, onde os trabalhos devem ser realizados em até 15 dias. “Entramos agora de forma intensa na limpeza da cidade como estava previsto no plano”, disse o prefeito. Conforme o calendário de planejamento para a limpeza de Macapá, os serviços também serão estendidos até as áreas de ressaca com o intuito de fazer a desobstrução das áreas alagadas. “Vamos entrar nas áreas de ponte e retirar carcaças de geladeira, fogão, cama, colchão, plásticos e garrafas

petti dos lagos. Isso fará com que o fluxo das águas pluviais corra normalmente evitando os alagamentos”, frisou Clécio. Conscientização Para que a limpeza da cidade funcione de maneira eficaz, prefeitura de Macapá estará realizando juntamente com os serviços de retiradas de entulhos de lixeiras viciadas, um trabalho de conscientização com a população. Equipes da administração municipal, das secretarias de Mobilização, Obras, Meio Ambiente e Manutenção Urbanística, distribuíram folders e conversaram com os moradores. “Não é só uma questão de aspecto visual. Mas limpeza também é uma questão da saúde pública. Portanto, para que a gente mantenha a cidade limpa é necessário que haja uma compreensão e um apoio da população para que a gente não faça a limpeza hoje, e amanhã eles voltem a jogar esses materiais nos canais. Nós precisamos de apoio da população para manter a cidade limpa porque essa limpeza

do funcionalismo público e particular. Os serviços serão executados nos dias 6, 7 e 8 de fevereiro e, para essa etapa, serão disponibilizadas sete equipes distribuídas para atender os imóveis, localizados na Avenida Pompeia, na Travessa Durval Melo e proximidades (Renascer), além da Travessa Neuza, Passagem do Ma-

lha e arredores (Universidade). Mais esclarecimentos o consumidor pode ligar para o Call Center da CEA, no telefone 0800-0960196, ou comparecer no atendimento da Companhia, localizado na Avenida Cora de Carvalho, entre as ruas Manoel Eudóxio e Hamilton Silva, em Macapá.

Macapá organiza Dia da Saúde para encerrar atividades do Pronatec

A

lunos fizeram exames e receberam orientações de profissionais especializados. Saúde foi a palavra que marcou o último dia da 1ª edição dos cursos do Pronatec 2012 no Sest Senat de Macapá (AP). A proposta teve como objetivo atender alunos e profissionais da unidade, que durante todo o dia receberam atendimento médico e de enfermagem com profissionais do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá, avaliação e orientação postural com a fisioterapeuta da unidade Bruna Rocha e coleta de sangue com profissionais da Secretaria de Saúde para realização de exames como diabetes, hemograma, colesterol, glicose, creatinina, uréia, triglicerídeos, TGO e TGP. “Os estudantes ficaram impressionados e

felizes com as atividades. É uma forma grandiosa de promover a saúde, buscando orientar aos nossos alunos e colaboradores sobre a importância da qualidade de vida. Por isso, não poderíamos deixar de realizar um evento desta natureza”, garante a promotora de Esportes e Lazer da unidade, Gilcilene dos Santos Soares. Sobre o Sest Senat Ligado à Confederação Nacional do Transporte (CNT), desde sua criação em setembro de 1993, o Sest Senat atua na preparação de mão de obra para o setor transportador e na melhoria da qualidade de vida de trabalhadores no transporte. As instituições são presididas pelo senador Clésio Andrade. Atualmente, existem unidades espalhadas pelas cinco regiões do país.

Conforme o calendário de planejamento para a limpeza de Macapá, os serviços também serão estendidos até as áreas de ressaca

custa e custa muito caro”, enfatizou o gestor do município de Macapá. Apoio De acordo com Clécio, a Prefeitura iniciou os trabalhos sozinha. Mas ele afirmou que já solicitou o apoio do Governo do Estado do Amapá para que a limpeza da capital seja feita de forma ágil. “Nós começamos sozinhos. Mas esperamos contar com o apoio do Governo do Estado. Já solicitamos esse apoio e não tenho dúvidas que seremos

atendidos. Já orçamos esse apoio e estamos agora somente aguardando a resposta”, revelou. Pagamento Ainda segundo informações do prefeito, o pagamento da folha de pessoal foi incluído no plano emergencial e parte da dívida já foi quitada. “Nós incluímos um ponto a mais no plano emergencial que foi o pagamento de pessoal. Nós já fizemos. Falta apenas uma pequena parte que falta ser auditada”, Disse Clécio Luiz.

A proposta teve como objetivo atender alunos e profissionais da unidade, que durante todo o dia receberam atendimento médico


DiaDia

JD

B4

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

IPVA no AP ficará 12% mais barato este ano No ano passado, foram arrecadados R$ 43 milhões. A previsão para 2013 é que R$ 47 milhões

O

Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é o imposto cobrado anualmente de todas as pessoas que possuem veículos automotores, sejam esses carros, motos, caminhões, ônibus, micro-ônibus, entre outros. O dinheiro arrecadado com o pagamento do IPVA é dividido meio-a-meio entre o governo federal e o estado em que o veiculo este cadastrado. A arrecadação com o IPVA serve para ser aplicada em manutenção das vias públicas na conservação do asfalto, sinalização e iluminação. O IPVA deve ser pago por todos os proprietários de veículos automotores que circulam em solo nacional, com exceção dos

veículos mais antigos (entre 10 e 20 anos dependendo do Estado), veículos com potência menor que 50cc, veículos adaptados para portadores de deficiência, taxis, diplomáticos e maquinas agrícolas. Para aqueles que não estão dentro de nenhuma das categorias especificadas acima, devem obrigatoriamente pagar o IPVA, anualmente, lembrando que o valor a ser pago varia para cada Estado brasileiro. No Amapá A Secretaria da Fazenda e o Detran de Amapá divulgaram o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para 2013, mas a

CELIANE FREITAS

definição de valores ainda depende da publicação de uma portaria do Diário Oficial. Segundo a Sefaz, em 2013, o imposto ficará, em média, 12% mais barato em relação a 2012, devido à desvalorização no preço dos veículos usados. No ano passado, foram arrecadados R$ 43 milhões com o IPVA. A previsão para 2013 é que R$ 47 milhões sejam obtidos com a cobrança do imposto. O pagamento do imposto pode ser feito de uma só vez, até o vencimento da 1ª parcela (com desconto de 20%) ou ser dividido em seis parcelas sem desconto e sem juros. Os proprietários de veículos automotores em débito relativo aos anos anterioCELIANE FREITAS

Segundo a Sefaz, em 2013, o imposto ficará, em média, 12% mais barato em relação a 2012, devido à desvalorização no preço dos veículos usados.

res com IPVA poderão parcelar de seus débitos em até dez parcelas iguais, com juros de 1% ao mês. Alíquotas 3% para automóveis, caminhonetes e embarcações recreativas ou esportivas, inclusive jet sky e aeronaves não destinadas à atividade comercial, nacionais e estrangeiros; 1,5% para ônibus, microônibus, caminhões, cavalos mecânicos, motocicletas e similares ou qualquer outro veículo automotor não indicado no inciso anterior. Os valores podem ser consultados no site do Detran, com a placa e número do Renavam.

As fiscalizações deverão ocorrer depois de setembro, quando se esgota o prazo para o pagamento do imposto.

Calendário e pagamento O calendário de pagamento do IPVA no Amapá,

Criança morre ao brincar com álcool e fogo

P

assava das 13h da tarde deste domingo (20) quando a família do pequeno Josenildo Oliveira dos Santos Herculano, de apenas 6 anos de idade, se viu diante de uma tragédia. Após 15 horas de internação no Hospital de Emergências e com 70% do corpo queimado, o garoto não resistiu aos ferimentos e acabou morren-

do naquela casa de saúde. De acordo com informaçoes, Josenildo e mais três amiguinhos, de 8 e 13 anos, estavam próximo a casa deles, na área da Caesinha, no bairro Perpétuo Socorro quando encontraram um réptil e tentaram mata-lo. Os garotos começaram uma queima com álcool líquido e sequer imaginavam que o pior ia acontecer.

Após uma explosão, Josenildo teve 70% de queimaduras no corpo, de 2· e 3· graus. Cauê, de 8 anos e Nildo, de 13 anos sofreram queimaduras leves e foram internados no HE. Uma quarta criança de 13 anos também estava junto e felizmente não se feriu. Tragédia em Macapá Dejoel Palheta da Silva, de 35 anos, estava tentan-

do consertar a energia elétrica de sua residência, localizada no Canal das Pedrinhas, quando o inesperado aconteceu. O homem levou uma forte descarga elétrica e acabou caindo do poste. Mesmo levado ao Hospital de Emergências, o homem não resistiu aos graves ferimentos e acabou falecendo naquela casa de saúde.

Segurança Pública define estratégia da Operação Carnaval

E

m reunião ampliada ocorrida ontem (21), o secretário da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Marcos Roberto Marques, definiu com o coordenador de Eventos do governo, Jean Alex Nunes, as estratégias e o planejamento da Operação de Segurança do Carnaval 2013. Na sala de reuniões da Sejusp participaram dirigentes da Polícia Militar (Bope, Batalhão de Trânsito, Batalhão Ambiental), Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Delegacia de Acidentes de Trânsito, Detran/AP, Politec, além de órgãos da administração da capital diretamente envolvidos no evento, como CTMac e Guarda Municipal. Ainda sem definição dos contingentes, foi deliberado sobre o reforço do policiamento ostensivo nos principais eventos do calendário do Carnaval. O foco principal é o desfile das escolas de samba no Sambódromo, nos dias 8 e 9 de fevereiro, assim como o desfile de A Banda, na Terça-feira Gorda, 12 de fevereiro, ambos na capital.

Vistoria técnica No caso do Sambódromo, as medidas incluem a vistoria técnica do Corpo de Bombeiros, o videomonitoramento e o controle das áreas de acesso e estacionamentos. Para garantir o fluxo de veículos haverá intervenções da Secretaria dos Transportes nas principais vias de acesso e manutenção da iluminação pública pela Companhia de Eletricidade do Amapá. “Para garantir a segurança do público e dos brincantes nenhuma área do Sambódromo será liberada sem a vistoria técnica, por isso o cronograma de obras deve ser cumprido à risca”, alertou o secretário Marcos Roberto. Para o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Raimundo Miranda, “tudo será vistoriado com antecedência de forma rigorosa: as arquibancadas, os camarotes, as saídas de emergência, as estruturas de madeiras e as instalações elétricas”.

Reuniões setoriais Traçada a estratégia de segurança macro para o Carnaval 2013, os detalhes pontuais serão ajustados em reuniões setoriais. Questões de trânsito estão a cargo do Detran, Delegacia de Acidentes de Trânsito e CTMac. Da mesma forma, o planejamento do atendimento de emergência é da responsabilidade do Corpo de Bombeiros, com estrutura das ambulâncias do Samu e reforço de uma ambulância do Iapen. A próxima reunião unificada de todos os órgãos da Segurança Pública está marcada para segunda-feira, 28. Nesse encontro, os planos de ação setoriais serão aglutinados na Operação de Segurança do Carnaval 2013, com definição de contingentes, equipamentos e escalas de serviço. Central do Carnaval O grande teste da estratégia de segurança será neste domingo, 27, na Central do Carnaval durante a apresentação da Maracatu da Favela, agremiação cam-

peã de 2012. A partir das 18h, será interditada a Rua Cândido Mendes no trecho compreendido entre a Avenida Coaracy Nunes até o posto de combustíveis localizado em frente ao Parque do Forte. Investimentos Este ano, o Governo do Amapá investe mais de R$ 3,7 milhões no Carnaval, cuja maior parte, R$ 2,7 milhões, no desfile das escolas de samba, nos dias 8 e 9 de fevereiro, no Sambódromo. Além de Macapá, a programação também acontecerá nos municípios de Santana, Mazagão, Oiapoque e Laranjal do Jari. Site do Carnaval Desde 17 de fevereiro, está em operação o Site do Carnaval, lançado pelo Governo do Estado e Liesap. Através do endereço www. carnavalnomeiodomundo. com.br, o internauta pode acompanhar toda a programação dos eventos, notícias, galerias de fotos, históricos e sambas e enredos das escolas amapaenses.

que é o mesmo para todos os finais de placas, começa em 15 de março, para cota única ou primeira parcela. As parcelas seguintes vencem em 15/04, 15/05, 15/06, 15/07 e 15/08. O prazo para licenciamento vai até 30 de agosto e a fiscalização começa no dia 02 de setembro. O boleto pode ser impresso no site da Secretaria da Fazenda, informando o Renavam do carro. O imposto pode ser pago nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil. Isenção Veículo utilizado como automóvel na prestação de serviço de transporte de passageiros (táxi), limitado a um veículo por proprietário ou arrendatário, em se tratando de arrendamento mercantil; Veícu-

los especiais para deficientes físicos; Veículo de transporte coletivo urbano ou metropolitano, com linha regular e permanente concedida através de contrato de concessão de serviço público; Veículo tipo motocicleta utilizado no serviço de transporte de passageiros, na condição de aluguel (moto-táxi), com potência entre 125 e 250 cilindradas, devidamente licenciadas pelo Poder Executivo Municipal; Veículos das instituições religiosas; Que tenha mais de 10 anos, contados do ano seguinte a data de sua fabricação; Que tenha sido transferido de outra unidade federada para o estado do Amapá, cujo imposto tiver sido integralmente recolhido nessa unidade federada, no exercício da transferência. (Mônica Costa)

Carnaval Beira Rio divulga programação deste ano

O

Instituto Beira Rio de Carnaval já está organizando os últimos preparativos para o carnaval deste ano da instituição. A finalidade do evento é inserir no período carnavalesco mais uma opção para a população e turistas, fortalecendo dessa forma, o desenvolvimento econômico e turístico do Estado. De acordo com o superintendente Erlier Jodson, o evento contará com a participação de onze blocos entre sujos, tradicionais (adultos e infantis). A programação ocorrerá nos dias 10 e 11 de fevereiro, a partir das 19h. “Além da alternativa de entretenimento para os amapaenses, um evento dessa proporção gera emprego e renda, provenientes da demanda de novos postos de trabalho necessários antes, durante e depois do evento”, afirma Erlier Jodson. Seguindo o cronograma de atividades, cada bloco terá cerca de 2 horas para desfilar no percurso proposto. A área de concentração dos blocos será a Praça do Coco, na Rua Bingo Uchoa (próximo a loja Top Internacional) passando pela Avenida Azarias Neto, com dispersão no corredor da folia montado em frente à Casa do Artesão. Para a concretização do projeto, a instituição conta este ano com a parceria da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM), através do Instituto Municipal de Turismo (MACAPÀTUR), a Fundação Municipal de

Cultura de Macapá (FUNCULT), além das Secretarias de Manutenção Urbanística (SEMUR), de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (SEMDHUR), de Meio Ambiente (SEMAM), da Guarda Municipal, da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (TCMac) e da Policia Militar do Estado que darão suporte durante toda a realização do evento. Instituto Beira Rio O Circuito Popular de Carnaval Beira Rio foi criado em 2010 onde teve a sua primeira edição revivendo os antigos carnavais da Praça da Bandeira, em decorrência de não poder utilizar o espaço físico do Complexo Beira Rio e Praça do Coco por conta de demanda judicial. Já em 2011 e 2012 colocados no maior complexo turísticos do Estado o complexo das Praças Beira Rio e Praça do Coco passamos a desenvolver em definitivamente o CARNAVAL POPULAR BEIRA RIO sendo que em 2013 cominamos o encerramento da programação em homenagem ao aniversário da Cidade de Macapá nos seus 255 anos de existência. No Circuito Beira Rio, além dos desfiles dos blocos, teremos ainda a feira do artesanato, gastronomia, lazer, cultura, campanhas de preservação e conscientização ambiental e muita folia para a população que participará ativamente da programação momesca.


CadernoC

Atualidades

Editora: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Estudo revela que o tédio pode reduzir a ansiedade

Foi revelado que a sensação ainda pode ajudar na memória e na criatividade

V

ocê anda entediada ultimamente? Rotinas diárias cansativas, reuniões monótonas, assuntos recorrentes no trabalho: tudo isso pode fazer de você uma vítima do tédio. Apesar desse sentimento não ser dos mais prazerosos, ele pode ter um lado bom, segundo revelou uma pesquisa divulgada no Daily Mail. Na semana passada, psicólogos descobriram que o tédio no trabalho pode ter um efeito positivo sobre a criatividade. Essa não é a primeira vez que o tédio tem sido associado a uma melhora criativa do cérebro. No ano passado, o eminente neurocientista e professor da Universidade de Oxford, Baroness Greenfield, sugeriu que o tédio é bom para as crianças, porque as incentiva a usarem a sua imaginação e desenvolver um sentido de identidade de ter que encontrar coisas para fazer. O professor Peter Toohey, da Universidade de Calgary, no Canadá, diz em seu livro sobre este assunto que o tédio está ligado à quantidade de dopamina no cérebro de uma pessoa. Estudos descobriram que as pessoas com níveis mais baixos da substância química do cérebro sofrem de crises mais longas e mais frequentes de tédio. De acordo com as pesquisas, os efeitos do tédio não se limitam apenas à

Na semana passada, psicólogos descobriram que o tédio no trabalho pode ter um efeito positivo sobre a criatividade

criatividade: eles têm implicações para a sua saúde e também pode ser prejudicial, causando baixa na imunidade e estimulando a depressão. Entretanto, existem as vantagens de se estar entediada. Afinal, algumas vezes é impossível de evitá-lo. Confira abaixo alguns benefícios do tédio. Pode ajudar a emagrecer Muita gente mantém uma rotina de comer sempre no mesmo lugar e todo dia a mesma coisa. Isso pode tirar a vontade de comer determinados alimentos, já que eles estão ali todos os dias, cozidos do mesmo jeito e com

o mesmo gosto. De acordo com nutricionistas das Universidades de Buffalo e Vermont, comer a mesma comida todos os dias leva a um consumo geral menor de calorias. Na avaliação, mulheres que comeram macarrão por sete dias consumiram 100 calorias por dia até o final da semana. Aquelas que receberam uma dieta mais variada normalmente comiam mais. Reduz a ansiedade Um pouco de tédio pode ser uma coisa boa, especialmente se você está estressado, diz o Dr. Esther Priyadharshini, um professor da Universidade de

East Anglia. “Todos nós precisamos de um tempo quietos, longe do bombardeio constante de estimulação. Não há necessidade de um frenesi de atividade em todos os momentos”, afirmou o especialista. No ano passado, o professor Mary Immordino-Yang, um psicólogo da Universidade da Califórnia, descobriu que algumas pessoas tendem a experimentar a introspecção consciente quando estão entediados, o que os torna menos ansiosos e mais motivados, resultando que eles têm melhor desempenho em testes e tarefas, melhorando também a memória.. (mulher.uol)

Brasil tem 15 filmes na 42ª edição do Festival Internacional de Cinema de Rotterdam

C

om um total de 15 títulos em diversas mostras, o cinema brasileiro terá uma expressiva participação na 42ª edição do Festival Internacional de Cinema de Rotterdam, na Holanda, que começa na próxima quarta-feira (23) e vai até o dia 3 de fevereiro. O destaque é o filme Eles Voltam, do diretor pernambucano Marcelo Lordello, que em sua estreia internacional concorre ao prêmio Hivos Tiger, o principal da parte competitiva do festival. No último Festival de Brasília, Eles Voltam ganhou os prêmios de melhor longa de ficção, melhor atriz e melhor atriz coadjuvante. O filme conta a história de duas crianças que, por brigarem constantemente durante uma viagem à praia, são deixados na beira da estrada pelos próprios pais. Eles voltam é mais uma produção pernambucana a participar da mostra competitiva do festival da cidade holandesa, depois de Baixio das Bestas, premiada com o Hivos Tiger em 2007, e de O Som ao Redor, em 2012. Em outras seções do festival, mais cinco filmes brasileiros fazem em Rotterdam sua estreia mundial. São eles A Floresta de Jonathas, de Sérgio Andrade; Avanti Poppolo, de Michael Wahrmann; Morro dos Prazeres, de Maria Augusta Ramos; O Rio nos Pertence, de Ricardo Pretti e O Uivo da Gaita, de Bruno Safadi. Integram ainda a participação brasileira deste

ano em Rotterdam cinco curta metragens, filmes já exibidos em outra mostras internacionais e produções feitas originalmente para outras mídias, como a internet e a TV. O Festival de Rotterdam é um dos 77 eventos contemplados em 2013 pelo Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais, da Agência Nacional de Cinema (Ancine). O programa, que acaba de ser renovado por meio de portaria da agência, viabilizou em 2012 a presença de 85 filmes brasileiros – 38 longas, 22 curtas e 25 médias-metragens – em 43 festivais realizados em 21 países. Lançado pela Ancine em 2006, o programa auxilia com serviços e recursos financeiros os filmes brasileiros oficialmente selecionados para festivais estrangeiros. São quatro tipos diferentes de apoios, compreendendo desde a concessão de cópia legendada ao envio da cópia e ao apoio financeiro para a promoção do filme. Segundo a Ancine, os valores do apoio diferem em função da categoria do evento para o qual o filme foi selecionado, mas o mínimo é de R$ 4.200. O requerente deve solicitar o apoio com pelo menos 30 dias de antecedência em relação à data do festival. No caso do Festival de Rotterdam, cinco filmes foram beneficiados pelo programa de apoio da Ancine. (agenciabrasil)

Mônica, a personagem dentuça e brigona, faz 50 anos

Com a matrícula feita, calouros da UFABC terão de esperar até 29 de julho para o início das aulas

Sem aulas até julho, calouros da UFABC pretendem fazer cursos de idiomas e intercâmbio

C

onvocados no primeiro processo seletivo de 2013 do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), os 1.960 ingressantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) só começarão as aulas da graduação no dia 29 de julho. Tudo por conta da greve de professores deflagrada no ano passado, quando os alunos ficaram sem aulas de junho a setembro. Com a vaga na universidade garantidas e seis meses pela frente, os estudantes fazem planos para investir seu tempo. As opções vão de fazer um curso de língua estrangeira, viajar em intercâmbio a procurar um emprego até que o ano letivo comece. Mesmo com os empecilhos ocasionados pela greve, a caloura Júlia Paiva, que vai fazer bacharelado em ciência e tecnologia está ansiosa para estudar na UFABC. “Eu

acho greve sempre um pouco preocupante. Mas sempre é bom estudar em uma federal”, comenta. “Apesar das greves, estou animada.” A estudante, que tem 18 anos, ainda espera o resultado da Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo) e da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). “Se eu passar só na UFABC, vou cuidar um pouco de mim. Passei o ano enlouquecida, prestando todos os vestibulares”, desabafa. “Pretendo começar a trabalhar também”. Investir em uma língua estrangeira está entre as principais perspectivas dos calouros até julho. É o caso de Thais Padovani, 17. “Queria fazer alemão, e ler todos os livros que não consegui ler na época do vestibular”, conta a novata. O calouro Renan Degaspari, 17, que fará bacharelado em ciência e tecnologia, segue a mesma linha. “Es-

tava planejando fazer um intercâmbio para o Canadá nesse meio tempo”. Alessandra Reis, 17, pretende ir para seu terceiro idioma estrangeiro. “Eu já falo inglês e alemão, então pretendo estudar francês”, comenta a estudante do bacharelado em ciência e tecnologia. “Vou trabalhar e frequentar o curso que a universidade vai dar”, planeja. Curso de inserção universitária Os ingressantes da UFABC já costumam começar as aulas mais tarde, geralmente no mês de maio, por conta do calendário da instituição, dividido em quadrimestres. Como dessa vez as aulas se iniciam ainda mais tarde, a universidade pretende organizar um curso de inserção universitária para que os estudantes não fiquem parados por seis meses. O curso deve explicar o

projeto pedagógico da universidade e ainda ter revisão de conteúdos do ensino médio. No entanto, ainda não há data para seu início. As inscrições para o curso de inserção universitária, de acordo com a UFABC, poderão ser realizadas em breve por meio de formulários eletrônicos que estarão disponíveis no site da instituição. O DCE (Diretório Central dos Estudantes) deve também ter um calendário de atividades para inserção dos calouros. “A entidade irá organizar uma série de atividades culturais e de formação que valerão também como horas complementares. Iniciamos também uma mostra de cinema e já na próxima semana teremos uma jornada cultural, com música, circo, dança e teatro”, explica Gabriel Camargo, presidente do DCE... (folha.com)

M

ônica, a menina brava e corajosa que jamais abandonava seu coelhinho de estimação, faz 50 anos em março. A personagem, criada por Mauricio de Sousa em homenagem à filha, virou referência para as crianças que hoje são adultas e tentam transmitir a filhos e netos a simpatia que tinham pela menina dentuça e de vestido vermelho. A equipe de Mauricio de Sousa decidiu que 2013 será de comemorações do aniversário da Mônica. “Quando algumas pessoas me encontram e sabem que eu sou a Mônica, ficam emocionadas. Para mim, isso é emocionante também”, ressaltou à Empresa Brasil de Comunicação (EBC) Mônica, que inspirou a personagem. A personagem Mônica nasceu em 1963 nas tiras do Cebolinha. Em seguida, Mauricio de Sousa, também inspirado nas filhas, criou as personagens Magali, apaixonada por melancias e gulosa, e Maria Cebolinha, que assim como o Cebolinha, trocava as letras ao falar. A Mônica que inspirou a personagem é atualmente diretora da Área Comercial da empresa Mauricio de Sousa Produções. Em entrevista à EBC, Mônica lembrou que tinha 3 anos quando o pai a transformou

em personagem constante nas tiras do Cebolinha. “Acho que só tive noção de que era personagem e que era inspirado em mim quando fui ao programa da Hebe Camargo. Mas não liguei muito”, contou. “Quando fui para a escola, as pessoas perguntavam do meu pai. Aí que ficou um pouco mais evidente para mim”. Simpática, Mônica disse que viu o pai começar a carreira na sala de casa, por isso observar o processo de criação de personagens passou a ser normal para ela. “Meu pai começou a carreira na sala da nossa casa. Então foi tudo muito normal para mim e minhas irmãs Magali e Mariângela, que temos diferença de idade de um ano para cada”, contou. “Convivemos com isso. É como se os personagens fossem a nossa família”. Haverá comemorações dos 50 anos da Mônica em várias cidades do país, a partir do carnaval de Salvador, na Bahia. Em março, será encenada a peça Romeu e Julieta, uma remontagem da que foi apresentada nos anos 1980. A peça será exibida em várias cidades – que ainda serão definidas. Também haverá um bolo, de 50 metros de cumprimento, para comemorar a data. (agenciabrasil)


JD

Economia

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Receita divulgou os números da fiscalização no ano passado e o resultado, sem a malha fina, foi recorde em lançamento de créditos tributários [valores supostamente devidos por contribuintes]

Receita deve concluir este ano projeto que cria malha fina para pessoa jurídica Com o sistema informatizado pronto, será possível revisar de 20 mil a 30 mil declarações de empresas em um ano

A

Receita Federal pretende finalizar neste ano o projeto que cria a malha fina para pessoas jurídicas. Com o sistema informatizado pronto, será possível revisar de 20 mil a 30 mil declarações de empresas em um ano. Hoje (21), a Receita divulgou os números da fiscalização no ano passado e o resultado, sem a malha fina, foi recorde em lançamento de créditos tributários [valores supostamente devidos por contribuintes]. No total, foram R$ 115,8 bilhões, valor que supera em 5,6% os créditos tributários de 2011. “A malha da pessoa jurídica, prevista para 2012, não saiu por questões orçamentárias, mas temos perspectivas de implementá-la em 2013”, disse

o subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Caio Marcos Cândido. A malha fina é um banco de dados usado atualmente para contribuintes pessoas físicas no qual são armazenadas as declarações que apresentam inconsistências após os diversos cruzamento realizados pelos sistemas informatizados do Fisco. De acordo com Caio Marcos, os números da fiscalização em 2012 poderiam ser melhores também, não fosse pelos cerca de 120 auditores que se aposentaram e por uma movimento por reajustes salarial conhecida como Operação Crédito Zero, que consistiu na realização de todo o processo de fiscalização, mas sem o lançamento do resultado nos

bancos de dados da Receita Federal. Mesmo assim, os números divulgados foram considerados “muito bons” pela Receita Federal. O subsecretário não acredita em prejuízos para os cofres públicos porque o trabalho ainda será concluído. “Em 2013, o auditor este ano terá que dar o resultado da carga de trabalho deste ano e do ano passado. Receberá carga dobrada. A que ele não fez e a deste ano. Então, ele terá que se desdobrar para fazer os dois [trabalhos]. É uma questão administrativa que faremos funcionar. E nós faremos, pode ter certeza”, disse. Mesmo com o lançamento de R$ 115,8 bilhões em créditos tributários, não significa que todo esse recurso irá para os cofres da

União, pois os contribuintes poderão questionar administrativamente para não pagar o valor e ainda recorrer à Justiça. No primeiro caso, o processo poderá levar até cinco anos e só então o dinheiro devido ser depositado. Segundo Caio Marcos, cerca de 75% dos contribuintes questionam as autuações da Receita. O número de fiscalizações em 2012 diminui apenas em relação às pequenas e médias empresas. Em relação às empresas consideradas diferenciadas, que são os maiores contribuintes, responsáveis por 70% da arrecadação federal, o número de fiscalizações aumentou. Os contribuintes que serão fiscalizados neste ano já foram selecionados e

dependem de cada unidade da Receita pelo Brasil. Porém, se ao longo do ano, houver um fato relevante, que não esteja entre os casos previstos, os fiscais poderão incluir o novo fato nas operações, ressaltou o subsecretário. Das fiscalizações encerradas em 2012, a Receita identificou 27%, em tese, com possibilidade de existência de dolo, por meio de fraude, simulação ou conluio. Nesses casos, o problema é encaminhado para o Ministério Público Federal, que pode entrar com ação penal contra os possíveis infratores. No universo das pessoas físicas fiscalizadas, as autuações se concentraram nos contribuintes cuja principal ocupação declarada foi a de proprietário

ou dirigente de sociedades empresarias, além de profissionais liberais. Entre as pessoas jurídicas, as autuações se concentraram nos segmentos industrial, de prestação de serviços e comércio. No ano passado, foram considerados grandes contribuintes para a Receita as empresas incluídas em qualquer um dos seguintes parâmetros: mais de R$ 100 milhões de receita bruta, débitos em Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais acima de R$ 10 milhões, massa salarial acima de R$ 18 milhões e débitos declarados em Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social acima de R$ 6 milhões.. (agenciabrasil)

Inadimplência de empresas e consumidores Empresas poderão aprovar compensações de deve cair em 2013, segundo Serasa

A

inadimplência das empresas e dos consumidores deve diminuir em 2013, diante de um melhor cenário externo e da tendência de queda apresentada nos meses anteriores. A análise é da empresa de análise de crédito Serasa Experian, que divulgou um relatório ontem (21). De acordo com os economistas da Serasa, o cenário será mais positivo para as empresas ao longo

do ano. “A perspectiva de manutenção, durante o ano de 2013, da taxa básica de juros (taxa Selic) em patamar historicamente baixo, a tendência de aceleração do crescimento econômico interno e a predominância de um cenário externo mais positivo contribuirão para o estabelecimento de um quadro mais favorável para a queda da inadimplência das empresas em 2013”, afirmam. O indicador de

perspectiva de inadimplência das empresas, que emprega uma metodologia que permite prever os ciclos de inadimplência, registrou queda de 1,7% em novembro de 2012 em relação a outubro. Já em relação ao consumidor, a tendência é de que a inadimplência siga em queda gradual. Entre as razões apontadas pelo Serasa, estão a manutenção da taxa de desemprego próximo dos patamares

mínimos históricos; salários sendo corrigidos, em sua maioria, acima da inflação; presença de condições monetárias propícias a movimentos de renegociação de débitos em atraso; e maior cautela e rigor no processo de análise e concessão de crédito bancário. O índice que mede a inadimplência do consumidor recuou 0,2% em novembro de 2012 em relação a outubro. (agenciabrasil)

Redução de juros em 2012 impulsiona crédito para pequenas empresas nos bancos públicos

A

redução dos juros bancários, liderada pelos bancos públicos desde abril do ano passado, fez com que as micro e pequenas empresas fossem às instituições em busca de crédito. Só no Banco do Brasil (BB) e na Caixa Econômica Federal elas contrataram R$ 182,3 bilhões no ano passado, 34,7% a mais que em 2011. Foram R$ 122,3 bilhões no BB, com incremento de 25% em relação aos R$ 98,1 bilhões do ano anterior, e R$ 60 bilhões na Caixa, onde o aumento de crédito foi mais significativo, 61%, comparado aos R$ 37,3 bilhões contratados em 2011. Essa diferença é explicada em parte pelo fato de a Caixa ter iniciado o processo de redução dos juros antes do BB. De acordo com o vice-

-presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil, Osmar Dias, as principais linhas de crédito usadas foram para desconto de títulos, capital de giro e financiamentos com Cartão BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Os bons resultados, segundo ele, “refletem o contínuo esforço do banco para apoiar o crescimento das micro e pequenas empresas”. Exemplo disso, segundo Admilson Monteiro Garcia, diretor de Negócios Internacionais do BB, foi o recente acordo firmado com o Portal B2Brazil.com para a promoção de pequenas e médias empresas, clientes do banco, no mercado internacional. Para ele, o apoio é importante porque existem pou-

cos canais especializados em comércio exterior. O objetivo do acordo, acrescentou, é “potencializar a promoção dos nossos clientes internacionalmente”, aproveitando a capilaridade do banco, que tem operações em 139 países e está presente fisicamente em 24. Além disso, o BB continua com a oferta de serviços financeiros para

apoiar as operações e os negócios gerados pelos clientes, ressaltou. A parceria com a B2Brazil. com prevê o desenvolvimento de portal de negócios internacionais customizado para que as empresas clientes do BB possam se registrar e incluir seus produtos e serviços no mercado global.. (agenciabrasil)

impostos pela internet

A

s empresas que pedem compensações de tributos à Receita Federal contam com mais dois serviços oferecidos pela internet. Desde o último dia (18), os contribuintes poderão atualizar dados bancários e aprovar o ressarcimento no Centro Virtual de Atendimento do órgão (e-CAC). De acordo com o Fisco, a ferramenta acelera o recebimento do dinheiro pelos contribuintes. Os dois serviços estão voltados às empresas que usam o Pedido Eletrônico de Restituição, Ressarcimento ou Reembolso e Declaração de Compensação (Per/Dcomp). O sistema permite que empresas que alegam pagamento de tributos a mais em um exercício peçam desconto em outros tributos ou sejam ressarcidas pelo Fisco no exercício seguinte. A Comunicação para Compensação de Ofício é o documento no qual o contribuinte autoriza que a Receita faça o abatimento ou o ressarcimento da forma sugerida pelo Fisco. Depois que a Receita aprova o pedido, a empresa tem 15 dias para se manifestar. Caso não o faça, a compensação é executada no décimo sexto dia. Antes, a Receita Federal tinha de emitir manualmente a correspondência com a Comunicação para Compensação de Ofício. Agora, os contribuintes

que optaram pelo Domicílio Tributário Eletrônico receberão o documento na caixa postal disponível no e-CAC e poderão autorizar ou recusar a compensação pela própria internet. Além disso, o contribuinte poderá imprimir a segunda via do comunicado e ter acesso à lista completa dos débitos passíveis de compensação. Por meio do serviço Atualização de Dados Bancários, as empresas poderão corrigir os dados bancários informados no pedido de restituição ou ressarcimento identificados como inválidos. Todos os contribuintes com processos nessa situação receberão mensagem de aviso na caixa postal disponível no e-CAC. Antes, era necessário aguardar a notificação do Fisco e ir a uma unidade da Receita fazer a correção. Os novos serviços não se aplicam à Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O contribuinte que tiver declarado um número de conta errado para o pagamento da restituição deve ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 40040001 (capitais), 0800-7290001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos). Nesse caso, basta agendar o depósito em qualquer conta-corrente ou de poupança em seu nome... (uol)


JD

Geral

Estudantes cobram reajuste de 30% nas bolsas de mestrado e doutorado No segundo semestre do ano passado, houve um reajuste de 10%. Os estudantes pedem a complementação do percentual

Marta de reivindicações foi entrege ao minostro Mercadante durante o 2º Encontro Nacional de Grêmios da União Brasileira dos Estudantes Secundarista

E

studantes de pós-graduação entregaram na noite do ultimo dia (20) ao ministro da Educação, Aloizio Mercadante, uma carta de reivindicações. A principal demanda é o reajuste em 30% das bolsas de mestrado e doutorado oferecidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Em 2012, houve um acordo com o Ministério da Ciência e Tecnologia para um aumento de 40% no valor das bolsas. No segundo semestre do ano passado, houve um reajuste de

10%. Os estudantes pedem a complementação do percentual. O diretor de Políticas Educacionais da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) e mestrando em História Social na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Lucas Machado, afirma que “sem que o pesquisador seja valorizado não tem como o Brasil projetar e organizar o seu desenvolvimento. A valorização do pesquisador é questão fundamental para pensar estrategicamente a situação brasileira”. O valor da bolsa de estudos é R$ 1.350, para mestrado, e R$ 2 mil, para estudantes de doutorado.

“Qualquer pessoa em início de carreira pode ganhar mais do que o valor da bolsa, o que nos estimula a continuar na universidade? Tem que gostar muito mesmo de pesquisar”, afirma Tamara Naiz da Silva, tesoureira da ANPG. A entrega foi feita durante o 2º Encontro Nacional de Grêmios da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), evento sediado na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) simultaneamente ao 14º Conselho Nacional de Entidades de Base (Coneb) da União Nacional dos Estudantes (UNE). Na manhã de ontem (20), o ministro conversou com os

T

eve início ontem (21) na capital paulista a parceria do governo estadual e do Poder Judiciário que pretende agilizar os processos de internação involuntária ou compulsória de dependentes químicos. De acordo com o desembargador Antonio Carlos Malheiros, coordenador da Vara de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo, a parceria, oficializada no último dia 11, está condicionada ao respeito aos direitos humanos, podendo até mesmo ser suspensa, caso sejam verificadas violações. “Esperamos que isso não aconteça. Agora é evidente que não só nós, do Poder Judiciário, mas o Ministério Público, a OAB [Ordem dos Advogados do Brasil], a Defensoria Pública, todos nós estaremos atentos ao resguardo da dignidade da pessoa humana. Todos nós somos antimanicomiais, mas há exceções quando a vida da pessoa está em risco ou ela está colocando em risco a vida de um terceiro”, disse ele, em resposta aos participantes de uma manifestação contra internação em manicômios. O desembargador destacou a preocupação que teve inicialmente de essa ser uma ação apenas para retirar os usuários da Cracolândia, na região central. “Eu não poderia conceber ação do Judiciário com um movimento higienista ou

de internação em massa, como ocorreu em outros estados. Eu jamais compactuaria com isso. Mas houve uma resposta no dia da instalação da medida, no Palácio dos Bandeirantes, que não seria, em hipótese nenhuma, uma ação com esse intuito”, declarou. Para julgar as medidas cautelares que autorizam a internação compulsória ou involuntária (a pedido da família), um anexo do Tribunal de Justiça foi instalado no Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas (Cratod). O posto atende em regime de plantão, das 9 às 13 horas. Além do juiz e sua equipe técnica, irão atuar defensores públicos, que representam os usuários, e promotores de justiça. A secretária da Justiça e da Defesa da Cidadania, Eloisa de Sousa Arruda, destacou que, antes de obrigar a internação, devem ser esgotadas todas as tentativas de uma ação consentida pelo usuário. “Existem agentes que estão atuando nas ruas, tanto a Missão Belém [organização não governamental] com mais de 50 abordadores sociais, como as equipes municipais de saúde e de assistência social, para tentar as internações voluntárias”, declarou. De acordo com a secretária, a medida tem como foco pessoas em estado de drogadição avançado, especialmente as que pos-

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

JD

Mundo

Reunião

Europeus, africanos e Nações Unidas discutem em fevereiro crise no Mali

A União Europeia (que reúne 27 país) quer discutir a crise no Mali com representantes da União Africana (42 nações) e da Comunidade Econômica de Estados de África Ocidental (Cedao), além das Nações Unidas, no próximo dia 5. A reunião deve ocorrer em Bruxelas, na Bélgica, sob organização da União Africana e da Cedao. O porta-voz da Diplomacia da União Europeia, Michael Mann, disse que deve ser debatida a formação de um Exército no Mali com apoio dos europeus no combate aos grupos extremistas islâmicos que atuam no Norte do país. Na semana passada, os europeus decidiram acelerar o envio de 450 homens para a missão destinada a organizar as forças militares do Mali. O objetivo é concluir a operação na primeira quinzena de fevereiro. Por enquanto, dez países anunciaram intenção de cooperar. Os grupos extremistas islâmicos, que representam três comandos distintos, ocupam o Norte do Mali, enquanto o governo tem o controle do Sul do país. A população se queixa da insegurança e das pressões dos extremistas adeptos à sharia – aplicação dos preceitos islâmicos no cotidiano. (agenciabrasil)

4 x EUA

estudantes da UNE. Com os secundaristas, na parte da tarde, o tema do debate foi a Lei de Cotas. “Se mais de 80% dos estudantes do Brasil são de escola pública, por que não 50% das vagas nas universidades serem destinadas a eles?”, questionou Mercadante arrancando aplausos dos cerca de 1,5 mil alunos presentes. A estudante Isadora Faber, autora da página Diário de Classe, também participou do debate. Ela ficou conhecida por manter uma página na internet em que mostra os problemas e cobra melhorias na escola pública onde estuda, em Florianópolis. . (agenciabrasil)

São Paulo começa a fazer internação compulsória de dependentes químicos suem doenças reflexas. “Algumas delas têm comorbidades, como tuberculose, aids e hepatite, além da situação das grávidas e crianças. Algumas pessoas estão em situação bastante comprometida de saúde e sem a capacidade de decidir sobre o seu próprio destino”, avaliou. A família do usuário também poderá solicitar os serviços de saúde por meio do Samu - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Desde que a internação compulsória foi anunciada, o número de pessoas que procuram o Cratod aumentou, de acordo com a coordenadora de Saúde Mental, Álcool e Drogas, Rosangela Elias. “Não chegou a dobrar, mas pela mídia as pessoas ficam sabendo e querem mais informações”. É o caso da diarista Aparecida Miranda, 63 anos, que procurou o serviço hoje para pedir a internação da filha de 33 anos, mãe de quatro filhos e usuária de drogas há 15 anos. “Ela mora mais na rua do que comigo. E quando chega é quebrando tudo. Ela nunca procurou internação. Ela fica muito agressiva dentro de casa. Eu chamo a polícia, eles levam ela amarrada, mas depois que sai do hospital, volta tudo de novo”, relatou. Aparecida vê na iniciativa do governo estadual uma

C3

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

forma de conseguir a internação mesmo sem o consentimento da filha. “Ela nunca quis ser internada. Meus vizinhos mesmo falaram, agora é a sua vez. Por mim, ela fica um ano, dois, o tempo que for. Ela representa um risco, porque diz que vai me matar, matar os filhos dela. Ela dorme com uma faca debaixo da cama”, declarou. Atualmente, existem 700 leitos na rede de saúde para atendimento de dependentes químicos. De acordo com a secretária de Justiça, a expectativa é que esse número seja ampliado para 1,1 mil em 2014. O Cratod atende, anualmente, cerca de 1,4 mil pessoas, segundo a Secretaria de Estado da Saúde. “A maior parte desses atendimentos é de pessoas que vêm voluntariamente buscar ajuda e nós fazemos o acolhimento”, explicou Rosangela. Vagner Santos, de 35 anos, também procurou o serviço para se livrar do vício que tem há 21 anos. “Não aguento mais. O crack mata aos poucos, se pelo menos fosse de uma vez. Eu quero ser internado. Se eu sair daqui, eu vou fumar”, relatou. Ele, que é morador de rua, espera poder retomar a vida familiar depois do tratamento. “Mas é muito difícil. Já fui internado oito vezes e sempre volto”, lamentou. (agenciabrasil)

Consulado em Porto Alegre será o quarto dos EUA no Brasil

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil prepara para o final de 2014 o funcionamento do quarto consulado no país. O contrato de locação do novo consulado, que funcionará em Porto Alegre, será assinado hoje (22) pelo embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon. Em seguida, deverá ser agilizado o processo para a instalação de um consulado em Belo Horizonte. O primeiro Consulado dos Estados Unidos em Porto Alegre foi aberto em 1918 e fechado em 1996, em decorrência da reestruturação no Departamento de Estado. Em abril de 2012, a secretária de Estado, Hillary Clinton, anunciou a abertura de mais dois consulados norte-americanos no Brasil – em Porto Alegre e Belo Horizonte. A Embaixada dos Estados Unidos está localizada em Brasília e há mais três consulados: Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. Além disso, existem três agências consulares no país, em Fortaleza, Manaus e Porto Alegre. Os locais funcionam para o atendimento a cidadãos brasileiros interessados na emissão de vistos. De janeiro a dezembro de 2012, a embaixada e os consulados dos Estados Unidos no Brasil processaram 1.020.352 vistos. No mês de dezembro do mesmo ano, 66.932 vistos foram processados. Em outubro, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, conversou com Hillary Clinton sobre a busca de alternativas para facilitar as viagens entre norte-americanos e brasileiros. Na ocasião, Patriota demonstrou estar entusiasmado com a possibilidade de avançar nas facilidades. “É uma discussão que começou com um novo espírito, mas também sob instrução de nossos líderes, o presidente [Barack] Obama e a presidenta Dilma Rousseff, e temos confiança de que continuaremos a avançar nos próximos anos”, ressaltou ele. (agenciabrasil)

Muitas mortes Número de reféns mortos na Argélia sobe para 48

O número de reféns mortos no ataque de militantes islâmicos a uma refinaria de gás na Argélia pode chegar a 48, segundo autoridades do país. Um total de 25 sequestradores também pode ter morrido, há, ainda 20 estrangeiros ainda desaparecidos. O cerco à instalação acabou no último sábado (19) com um ataque de extremistas islâmicos no local. Os extremistas islâmicos mantiveram o controle da refinaria In Amenas por quatro dias, mantendo mais de cem estrangeiros como reféns. Mokhtar Belmokhtar, suspeito de ser o líder do grupo que provocou o ataque, diz que 40 militantes participaram da ação. Cinco suspeitos teriam sido presos. Os reféns foram capturados na base para os trabalhadores que faz parte de um conjunto de empresas chamado de Sonatrach-BP-Statoil, In Amenas, na fronteira da Argélia com a Líbia. Os extremistas disseram agir em apoio aos grupos islâmicos que dominam o Norte do Mali e estão sob pressão por parte do governo do país com apoio dos franceses. (agenciabrasil)


JD

Diversão&Cultura

Apenas de tapa-sexo, Valeska Popozuda diz que fantasia representa Photoshop

Muita chuva, na noite do último domingo, não deu trégua e desabou em diversos momentos durante o ensaio técnico do Salgueiro

A

penas com tapa sexo e o corpo pintado, a modelo Valeska Popozuda participou do ensaio técnico do Salgueiro, na noite do último domingo (20), na Sapucaí no Rio de Janeiro. Debaixo de um temporal, ela admitiu que se chovesse muito, a pintura poderia se desmanchar. “Agora eu estou só de tapa-sexo, mas eu vim preparada, se começar a desabar, eu coloco um shortinho e um top”, contou Valeska se preparando para entrar na avenida. A chuva, na noite deste domingo, não deu trégua e desabou em diversos momentos durante o ensaio técnico do Salgueiro.

Para Popozuda, que estava com o corpo pintado com as cores da escola, vermelha e branca, apesar da chuva o desânimo não podia tomar conta. “Não estou nem aí, o importante é esse calor humano, a comunidade. A gente vem que vem. É o povão, isso que importa. A chuva não atrapalha em nada. O importante é chegar junto”, brincou. Com um enredo patrocinado pela revista “Caras”, o Salgueiro vai buscar o título do Carnaval carioca dedicando-se ao tema “Fama”. Popozuda desfila há três anos na escola e, desta vez, sairá como musa na frente do quinto carro

mas, passaram por transformações e viraram celebridades”, disse. (uol)

Filhos e mulher de Wando disputam patrimônio de R$ 10 milhões

P

filhos e dois netos. A mulher do músico, Renata Costa Lana e Souza, e uma suposta filha que mora na Alemanha lutam na Justiça por uma parte da herança. Segundo a filha mais velha Gabrielle, a possível herdeira do cantor não quer fazer o exame de DNA. Companheiro de Wando há 30 anos, o maestro Carlos Kalunga mostrou a canção inédita “Não Vai Mudar” gravada pelo músico. “Essa música é a cara do Wando”, afirmou o maestro. Além disso, Wando também regravou “Fogo e Paixão” em espanhol.. (uol)

Resumo das Novelas

Olívia anota o endereço do restaurante onde Giocondo se encontrará com Roberta e tenta informar a Charlô. Felipe não se conforma de ver Juliana pedir desculpas para Nando. Carolina teme que Zenon se envolva com Charlô. Dino se arrepende de ter falsificado o balanço da Positano. Veruska avisa a Otávio que Olívia descobriu seu plano. Charlô não consegue sair da mansão. Fábio tenta acalmar Ciça. Olívia consegue fugir da mansão. Frô diz a Nando que Juliana pode estar interessada nele. Roberta chega ao restaurante. Nando liberta Charlô da biblioteca, e os dois tentam ajudar Roberta. Ronaldo chega à casa de Isadora.

Celebridades De bom humor “Só no CTI fico mal-humorada”, diz Claudia Jimenez

A atriz Claudia Jimenez, que foi submetida a uma cirurgia para troca da válvula aórtica no ano passado, participou do programa “Encontro Com Fátima Bernardes” desta segunda (21). Questionada pela apresentadora se tem momentos de mau humor, Claudia brincou. “Só no CTI [Centro de Terapia Intensiva] fico mal-humorada”, disse, aos risos. A atriz afirmou que o humor salvou sua vida em várias ocasiões. “O humor é revolucionário”, justificou ela, acrescentando que é bem-humorada desde pequena. “Já nasci assim. Na escola, meus colegas me pagavam com chocolate e bala para assistir à aula de religião. Porque era a palhaça da turma”.. (uol)

David Bowie afirmou que gostaria de ter ouvido, quando adolescente, o conselho para não usar drogas. Em depoimento ao tabloide britânico “The Sun”, Bowie, que volta à cena com novo disco após um jejum de 10 anos, afirmou que o pior momento de sua vida foi quando usou drogas. “O ponto mais baixo da minha vida foi em 1975, quando eu tinha 28 anos e vivia em Los Angeles”, conta. Na época, o cantor achava que não ia passar dos 30 – pensamento que rodeava sua cabeça desde criança. Ele conta que teve ajuda de sua assistente para conseguir largar o vício. Um ano depois, ele foi preso por porte de maconha. “As drogas tinham levado minha vida embora. Eu senti que eu provavelmente iria morrer e que tudo acabaria. Minha assistente, Coco, me tirou fora dessa. Graças a ela, eu saí da América para Berlim”, relatou.A mudança, na época, gerou uma nova fase na música de Bowie, hoje aos 66 anos. Na capital alemã, ele fez os discos “Heroes”, “Low” e “Lodger”. Enquanto se prepara para lançar “The Next Day”, Bowie falou também sobre a infância e afirmou que tem medo de voar. “Eu tenho tentado hipnoses, mas nada tem funcionado. Eu gosto de pensar que isso (o medo de voar) tem seus benefícios. Eu viajei por toda a América de trem e vi o que deveria ter visto”, disse.Ele ainda confidenciou ter feito uma série de “coisas estúpidas” quando era adolescente. “Quando eu tinha 14 anos, eu comprei um maço de cigarros mentolados e fumei no topo de um ônibus. Fiquei doente”.. (uol)

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Semana começou ótima pra você, que pode somar instinto com pensamento inovador e acertar o alvo num assunto que envolva amigos, entidades sociais, políticas ou culturais. Fale e alguém importante escutará o que tem a dizer.

róximo de um ano da morte de Wando, que morreu em 8 de fevereiro de 2012, Gabrielle, filha mais velha do cantor abriu o apartamento do pai na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, para mostrar as mais de 10 mil calcinhas que músico guardava das fãs. Emocionada, Gabrielle afirmou ser difícil ir até o local fechado por ordem judicial. “Tudo lembra ele aqui”, disse em entrevista ao “Fantástico”, da Globo. Vítima de parada cardíaca, Wando deixou um patrimônio de R$ 10 milhões para cinco herdeiros - três

Guerra dos Sexos

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Aos 66 anos, Bowie culpa drogas por “pior momento da vida”

alegórico. “Venho representando o photoshop, as pessoas que eram anôni-

Dinho tira satisfação com Orelha sobre o TV Sereia e o amigo o aconselha a seguir viagem com Valentina. Vitor e Lorenzo ajudam Lia, que sofre uma torção no pé. Rosa e Pilha recebem Vitor como hóspede em sua casa. Vitor conta para Rosa sobre a acusação que sofreu, mas jura ser inocente. Rômulo escreve uma carta de despedida e deixa a casa de Paulina. Mario e Alice comunicam a Dinho que se mudarão para Miami e o menino decide viajar com Valentina. As ideias de Fatinha são aceitas por todos no CRAU, deixando Ana furiosa. Vitor visita Lia e conta que se matriculou no Quadrante.

C4

Sem controle

Apenas de tapa-sexo, Valeska Popozuda diz que fantasia representa photoshop

Malhação

Macapá-AP, terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Lado a Lado Constância aconselha Albertinho a registrar Elias. Albertinho avisa à mãe que Esther terminou com ele. Guerra pede Celinha em casamento. Luciano pergunta a Mario e a Frederico se eles conhecem Manuel Loureiro. Teresa avisa a Sandra que ela não pode contar para ninguém que é mãe de Ângelo. Afonso fica intrigado ao notar que Túlio se interessou por Jurema. Chico leva Gilda pra visitar o morro. Zé Maria demonstra incômodo por Albertinho ser o pai de Elias. Isabel leva Elias para visitar Olavo. Fernando diz a Edgar e Bonifácio que comprou as ações com dinheiro emprestado por Umberto. Constância procura Esther.

Salve Jorge Lívia foge, deixando Jéssica desacordada. Wanda e Russo encontram o quarto de Lívia vazio. Lívia conversa com Stênio sobre a investigação da adoção de Aisha. Morena procura Jéssica, e Aída a encontra desacordada. Mustafá constata que Jéssica está morta. Antônia ajuda Morena e a leva até Theo. Russo percebe a desconfiança de Helô. Lívia simula desespero com a morte de Jéssica e Deborah tenta acalmá-la. Morena acusa Wanda de ter matado Jéssica. Sarila perdoa Ayla. Tamar descobre que está grávida. Celso manipula Raissa para não falar com Antônia. Helô descobre que Lívia mandou um funcionário interditar o banheiro do hotel e fica intrigada.

Touro (21 abr. a 20 mai.) A Lua em seu signo pede cuidados com a pele, cabelos, saúde e bem-estar até início da tarde. Depois, capriche na comunicação e exija o pagamento atrasado que lhe é de direito. A sorte estará ao seu lado em assuntos financeiros hoje. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.)

A partir de meados da tarde de hoje a Lua entra em seu signo e arma um aspecto poderoso e benéfico com Júpiter. Bom pra você reservar 48 hs para se cuidar bem! Evite prometer o que quer que seja aos outros. Viagem acertada. Câncer (21 jun. a 21 jul.) O clima astral de hoje privilegia as relações sociais, o pensamento objetivo, a racionalidade. Abordagens deste tipo terão mais sucesso no seu trabalho. Até a tarde, apoio de amigos e nova esperança que surge, comemore! Leão (22 jul. a 22 ago.) Foco total na sua reputação até meados da tarde, evitando misturar emoções e família com assuntos de trabalho, pelo menos para fins públicos e sociais. Depois, aposte em empreitadas conjuntas. Vida social em alta. Virgem (23 ago. a 22 set.) Reserve a manhã para decidir os rumos de uma viagem, acertar os detalhes de um processo judicial. Depois, conecte-se com as correntes culturais e expresse-as no seu trabalho. Vai ser fácil e você vai fazer sucesso por causa disto.

Libra (23 set. a 22 out.) Trate dos assuntos práticos que envolvem pagamentos e finanças até meados da tarde. Depois, visões mais abrangentes, viagens, estudos e publicações são o assunto em pauta. Você saberá de uma boa novidade. Escorpião (23 out. a 21 nov.) Você conta com muita sensibilidade para sentir o que seu parceiro espera, e o período da manhã privilegia a sensualidade e o apego amoroso. Mais tarde você pode tratar das finanças com mais sucesso, negociando melhor também. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Muito trabalho nesta semana, sagitariano. Mesmo hoje, tudo parece pesar sobre sua cabeça. Ainda bem que o céu desanuviará mais ao final da tarde. Ai, saia com amigos, melhore seu perfil nas redes sociais, compartilhe uma ideia. Capricórnio

(22 dez. a 20 jan.) Seu signo recebe dose extra de energia e conta com mais recursos para enfrentar uma semana de demandas e desafios. Já pela manhã, você primará pela capacidade pratica e sensibilidade. Depois, terá de negociar com todo mundo.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Um dia mágico e incrível pra você em muitos aspectos, mas o cenário astral envia os bons raios em sua direção a partir da tarde. Até lá, concentre-se nos seus alvos. Depois, pode aceitar até um novo desafio. Noticias de um amor! Peixes (20 fev. a 20 mar.) Sua mente está produtiva até meados da tarde, então aproveite para ter aquele papo difícil com um sócio ou cliente, ou escrever um trabalho importante. De tarde, preocupações com a família e casa, e ideias novas para elas.

Jornal do Dia 22/01/2013  

Jornal do Dia 22/01/2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you