Issuu on Google+

ALFINETADA

Pelé: Neymar quer aparecer

PORTUÁRIOS

RENAN

Comissão sob protestos

Na onda do cai fora

O camisa 10 alfinetou ontem o jogador em entrevista. nA7

MP dos Portos é acompanhada por trabalhadores. nA5

Presidente enfrentou protestos pela sua saída. nA4

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013 - Ano XXVI DIVULGAÇÃO

• Domingo e Segunda R$ 2,50 • Terça a Sábado R$ 1,50

DE DENTRO PRA FORA

Crimes podem estar sendo comandados da penitenciária

nizações que podem ser responsáveis por comandar crimes praticados do lado de fora da cadeia. O inquérito policial até agora não foi concluído. nB1 CELIANE FREITAS

Há cerca de dois anos a polícia deu início a uma investigação – que correu em segredo de Justiça até o momento – para identificar as lideranças dessas orgaBrahuna: Ministério Público deverá recorrer da decisão de ontem a favor do desembargador

DECIDIDO

Judiciário não considera Brahuna suspeito O secretário de Planejamento, Juliano Del Castilo, pode ser considerado um felizardo na administração pública do Amapá. Desde o ano passado, ele ganha uma gratificação no mínimo estranha. nB3

APELAR PARA QUEM?

Bairros da capital amargam 2 dias sem água

A comunidade reclama e conta que a única maneira é ter que se adaptar a rotina aos horários em que a água chega às torneiras. nB2 Bairros como o Muca, Alvorada, Nova Esperança, Congós, Santa Rita, Buritizal, Araxá estão sem água DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

EM OPERAÇÃO

Imap apreende peixes em período de defeso sem autorização ambiental

Ivana Cei permanece no cargo

JÁ NO MP

Ivana Cei é reconduzida ao cargo de Procuradora Pela segunda vez, a promotora Ivana Cei foi a mais votada para ocupar o cargo, recebendo 70 dos 73 votos possíveis. A eleição ocorreu no dia 7 deste mês. nB1

de defeso de algumas espécies de peixe em todo o Estado, que ocorre entre 15 de novembro a 15 de março. nB1

ASCOM/GEA

O pescado apreendido foi doado na manhã desta quarta-feira, 20, para instituições filantrópicas. Como está no período

Deputado Manoel Brasil: usar protetor é condição primordial

OLHA ESSA!

Deputado quer protetor solar para servidores públicos

Tramita na Assembleia Legislativa o projeto de Lei, do deputado Manoel Brasil (PRB), que torna obrigatória a distribuição gratuita de protetor solar aos servidores públicos. nB4

As pessoas que detinham a posse dos peixes não foram encontradas

FAF X CLUBES

Amapazão 2013 será definido amanhã A reunião aconteceu na tarde da ultima terça-feira, 19, na sede da FAF. A reunião levou mais ou menos uma hora de duração, e ainda não teve uma definição concreta. Os presidentes dos clubes saíram da FAF

dizendo que amanhã, eles retornam a se reunir para definir o Amapazão de 2013. O presidente da FAF Roberto Góes disse a uma emissora de Rádio local que, os presidentes dos clubes precisam saber quais recursos vão trabalhar este ano. nA6

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


Opinião Os buracos são meus

JD

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

F

azia tempo que eu não via uma herança, a princípio, aparentemente maldita, ser tão bem vinda para aquele que resolveu reservar um espaço, no seu depósito de problemas, para um que passou a ser bem-quisto e bem-vindo – o problema dos buracos das ruas e avenidas de Macapá. “Os buracos são meus!”. Decretou o prefeito Clécio Luis, quando viu que terceiros estavam tentando se aproprias da sua herança, sabe lá para que. Na dúvida deve ter pensado: “é melhor que fique com eles, vá lá que alguém venha e se aproprie e comece a fazer mídia a partir dos buracos e eu deixe passar a oportunidade.” Afinal de contas já havia decretado situação de emergência, que o povo não viu; alegado falta de dinheiro para pagar funcionários, que o povo não acreditou; e o povo o tinha elegido prefeito, que ele mesmo parece não acreditar até agora.

Então, os buracos o povo vê, nos buracos o povo acredita e quem sabe, o prefeito não esteja pensando que ai está o grande mote, a grande oportunidade para manter a população de frente, pois percebe que alguns da população já começaram a virar de costas para ele, em tão pouco tempo. Os “buracos são meus” pode ter sido a grande sacada que, mais tarde, pode virar o lema de uma campanha ou o slogan da administração. Que são muitos: são muitos. Que são de tamanhos variados: são de tamanhos variados. Que funcionam como um lembrete para o nome do prefeito: isso não resta qualquer dúvida. Fazer disso um atrativo para chamar a atenção para os problemas da cidade: não sobra qualquer “gotinha” de erro. Uma coisa só não está bem explicada – a declaração do prefeito de que encontrou um empresário bonzinho-bonzinho que se

dispôs a emprestar asfalto, exatamente do tipo que não tem aqui, que chamou de asfalto especial para tapar buraco, enquanto não chega o asfalto da Prefeitura de Macapá. Se não for confirmado que o coração desse empresário bonzinho-bonzinho, não está querendo cobrar em dobro depois, então o prefeito pode ter problema com os seus gastos feitos a partir do dinheiro público. No começo do mandato do governador Camilo apareceu por aqui outro empresário - bonzinho-bonzinho -, que se dispôs a resolver o problema das rodovias usando um tipo “revolucionário” de asfalto, que chamou de “lama asfáltica” e que foi tema de discursos inflamados por parte do então secretário de transportes do Governo. Mas tomara que a anunciada revolução tecnológica para tapa-buracos de ruas urbanas em Macapá (aonde chegamos!), não traga os problemas trazidos pela “lama asfáltica” e, ao contrário, seja o argumento que faltava para consolidar a tese e fazer va-

ler a pena da afirmação de que “os buracos são meus”. Não tivesse o Roberto Carlos se apressado e feito, para uma das novelas em cartaz na televisão, o hit “esse cara sou eu”, agora teria motivos melódicos e poéticos para fazer “os buracos são meus”. Por isso, só possível se lançar mão do artifício da paródia. Seguindo a melodia e reescrevendo a letra para, em seguida, ocupar espaços nas rádios e nas televisões locais, declamando ou cantando para todos os desesperados condutores que estão lembrando-se do prefeito a toda hora. Poderia começar assim a paródia: Quem é que pensa em você toda hora?/Que conta um a um enquanto desenrola/Que está todo tempo querendo te ver/ Porque não sabe ficar sem você/Que de noite e de dia te chama/ Pra dizer que tem lama e avisar/Esses buracos são meus/ São só meus/São só meus/São só meus. Esses buracos são meus/São só meus/São só meus. Esses buracos são meus.

A inflação em crescimento deve afetar o comércio Condensado do Estado de S. Paulo

E

ntre 2011 e 2012, as vendas do varejo cresceram 8,4%, excluídos veículos, peças e materiais de construção, segundo a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), do IBGE. Mas, se o resultado anual foi muito positivo, o mesmo não se pode dizer da tendência do último trimestre: em outubro, o volume de vendas aumentou apenas 0,6% em relação a setembro, e o porcentual caiu para 0,3%, em novembro, atingindo -0,5%, em dezembro, comparado aos meses anteriores. Justamente no último trimestre, o IPCA mostrou aceleração, passando de 0,59%, em outubro, para 0,60%, em novembro, e 0,79%, em dezembro. A correlação entre inflação e desempenho do varejo não pode ser ignorada. Tampouco se deve excluir a hipótese de que os resultados do comércio varejista, em janeiro, tenham sido afetados pelo IPCA de 0,86%. Do ponto de vista dos consumidores, os mais atingidos tendem a ser os

de menor renda, que despendem parcela maior do salário nos supermercados e na aquisição de alimentos e bebidas. No mês passado, a inflação do item alimentos e bebidas foi de 1,99%, mais que o dobro da média dos meses de janeiro de 2006 a 2012, calculou a consultoria LCA. Em dezembro, o volume de vendas de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo foi negativo em 0,3% em relação a novembro. Quedas bem mais fortes foram registradas em artigos farmacêuticos, equipamentos e material para escritórios, livros, jornais e revistas e outros artigos de uso pessoal. O departamento econômico de um grande banco notou que os resultados de dezembro foram bem inferiores aos esperados pelo mercado. A contribuição do comércio varejista para o PIB poderá ser menor em 2013, caso se confirmem as projeções de crescimento da ordem de 6%, inferiores às registradas em 2012.

O comércio varejista tem um peso não muito grande na formação do PIB, da ordem de 12%, mas é forte gerador de emprego. É, acima de tudo, o sinalizador natural das tendências de consumo. Graças ao baixo nível de desemprego e ao aumento da renda dos trabalhadores, pode-se afastar a hipótese de crescimento negativo do comércio.

Mas as vendas poderão ser menos expressivas devido ao reajuste menor do salário mínimo em relação a 2012, à progressiva redução dos cortes do IPI em veículos, móveis e linha branca (fogões, refrigeradores, máquinas de lavar, etc.), à persistência do endividamento com juros ainda elevados no crédito ao consumidor e, naturalmente, à inflação.

CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

A2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Análise

A sempre esquecida reforma política

E

m fevereiro deste ano tomei posse como presidente do PRB (Partido Republicano Brasileiro) no Estado de São Paulo tendo como meta levar adiante o projeto do Imposto Único como alternativa para a reforma tributária. Outra proposta que vou discutir com a cúpula nacional do partido é o apoio à retomada do debate envolvendo a reforma política, medida fundamental para o País, mas que é sempre esquecida. Tenho me manifestado frequentemente em defesa de uma ampla reforma política e que esse processo seja capaz de fazer com que algumas pessoas deixem de ser políticos profissionais. Entendo que seguindo essa linha, essa reforma poderia ser uma contribuição eficaz para combater a corrupção no Brasil. A política precisa de um tratamento de choque no País. É necessário muito rigor para exterminar a corrupção endêmica e os desmandos na vida pública brasileira. Nesse sentido, como venho dizendo há alguns anos, uma reforma política deveria ter como diretrizes os seguintes itens: 1) financiamento exclusivamente público de campanhas eleitorais, para controlar o poder econômico e desestimular negociatas com financiadores privados de campanhas; 2) voto distrital (preferencialmente misto) para aproximar o eleitor do eleito e proporcionar mecanismos mais eficientes de mútuo conhecimento e fiscalização; 3) radical redução dos cargos em comissão de livre provimento na administração pública, aqueles ocupados por pessoas indicadas por políticos e que não precisam de concurso, para assim fortalecer a for-

mação de uma burocracia administrativa profissional e estável; 4) eliminação da remuneração para o exercício de cargos eletivos no Legislativo (vereadores, deputados e senadores), aceitando-se somente o reembolso de custos incorridos no exercício da função, para evitar a profissionalização da política; 5) proibição de reeleições sucessivas também para o Poder Legislativo (vereadores, deputados estaduais, deputados federais e senadores) para estimular a rotatividade e evitar a acomodação dentro da atividade pública eletiva; 6) impedimento ao exercício de funções executivas por detentores de mandatos legislativos para garantir a plena independência entre os poderes; 7) obrigatoriedade de abertura automática dos sigilos fiscal e bancário de todos os candidatos a cargos políticos e de administradores públicos, independentemente de autorização judicial, para coibir a corrupção e inibir o apetite dos que entram na política por motivos inconfessáveis ou com passados duvidosos; 8) fidelidade partidária, para evitar que os parlamentares venais sejam cooptados em troca de apoio. O Brasil precisa empreender mudanças em sua estrutura política visando fortalecer o sistema democrático e eliminar práticas esclerosadas e ilícitas que dilapidam a ética e as finanças públicas. É imprescindível moralizar a máquina governamental brasileira em todos os níveis. Insisto em dizer que é preciso remodelar os parâmetros comportamentais da classe política do País. (Marcos Cintra)

Hora-Hora

Pai da criança Turma do PSB hoje reclama de cobranças que consideram descabidas, sobre obrigação de haver parceria entre Governo e Prefeitura. Esquecem que a ideia da parceria nasceu da cabeça de João Capiberibe, quando governador, no seu segundo mandato.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 14 Pág

Edição número

8134

Conflitos Capiberibe vivia às turras com Barcellos. Primeiro quando foi prefeito, e Barcellos governador. Depois, quando foi governador, e Barcellos prefeito. Foi com a tese da parceria entre Governo e Prefeitura que Capiberibe conseguiu eleger João Henrique prefeito de Macapá. Mudança Depois que João se elegeu, Capiberibe até tentou unir o planejamento dos Executivos estadual e municipal, de tão umbilical que pretendia a parceria. Agora, muita gente do PSB parece ter mudado de ideia quanto a essa história de parceria. Vitória Deputado Evandro Milhomem foi reconduzido à coordenação da banca-

da federal amapaense, com 7 votos. O outro candidato era o deputado Bala Rocha, que levou só um voto. Não precisa dizer de quem. Compensação Será que o sucesso eleitoral de Milhomem, na disputa pela coordenação da bancada, servirá de consolo, depois da acachapante derrota que sofreu na eleição municipal, quando foi candidato a prefeito de Macapá. Comunicação Prefeituras de Macapá e de Santana resolveram usar sites antigos, que herdaram das administrações anteriores, até que consigam reformular todo o projeto dos mesmos. Coisa que dá muito trabalho e que leva tempo. Especialmente se o dinheiro estiver curto. Exigência Já as Câmaras de Vereadores dos dois municípios retiraram seus sites do ar, para a devida reformulação. É que para os Executivos, fica difícil tocar a administração sem oferecer aos cidadãos serviços através da internet.

MINUTOS Dificuldade – Prioridades da operação tapa-buraco da PMM: ruas Cândido Mendes, General Rondon e Mato Grosso. Com tanto buraco, em tanto lugar, como definir prioridades? Do contra - Ativistas entregaram ontem, no Senado Federal, documento com 1,6 milhõesde assinaturas, pedindo a saída do Senador Renan (PMDB) da Presidência da Casa. Clareza - Frase do senador Aécio Neves, ontem: “Quem governa o Brasil é a lógica da reeleição”. Faltou dizer que a mesma lógica governa Estados e municípios brasileiros.


Geral

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Programa do IR para doação a fundos beneficiados pelo ECA

Coluna

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

O prazo para envio das informações vai de 1º de março a 30 de abril. O limite para a doação é até 3% do imposto devido.

O

contribuinte interessado nos fundos beneficiados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) poderá fazer as doações usando o programa da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física, que estará disponível a partir do dia 25 deste mês. O prazo para envio das informações vai de 1º de março a 30 de abril. O limite para a doação é até 3% do imposto devido. Segundo o supervisor Nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, o programa gerador do Imposto de Renda também irá apresentar uma lista com instituições previamente cadastradas na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e com o limite de doação para cada contribuinte. A doação será permitida pelo contribuinte que não abateu doações dentro do limite global de 6%. Ao optar pela doação, o programa irá emitir um Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), que deve ser pago até o último dia da entrega da declaração. De acordo com Adir, existem duas formas de fazer doações: uma é quando o contribuinte repassa os recursos diretamente para os conselhos, guarda os recibos e informa os pagamentos efetuados na declaração. A outra

A

Há indícios de que esses médicos fazem um primeiro atendimento a servidores no ambulatório do Congresso e os encaminham para suas clínicas particulares.

A doação será permitida pelo contribuinte que não abateu doações dentro do limite global de 6%.

forma é a que agora foi introduzida, com o programa do Imposto de Renda deste ano. A segunda alteração do imposto neste ano permite que o contribuinte não tenha que digitar o nome de beneficiários de pagamento de anos anteriores. O próprio programa trará a opção de importar essas

informações e o preenchimento será automático, deixando para o contribuinte a tarefa de indicar apenas os valores pagos, informou Adir. Ontem (20) a Receita Federal publicou no Diário Oficial da União normas e procedimentos para o preenchimento da declaração do Imposto de Ren-

da Pessoa Física 2013. A declaração poderá ser entregue pela internet ou em disquete nas agências da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. O programa gerador do Imposto de Renda estará disponível na página da Receita Federal a partir das 8h do próximo dia 25. (Agência Brasil)

Cotado

O marqueteiro

Surgiu o nome de Luiz Navarro Britto Filho como cotado para o cargo de Secretário da Transparência do Senado. Ele deixou o cargo de secretário-executivo da CGU.

O ex-vereador de Cuiabá, Totó Parente, que coordenou a campanha de Eduardo Cunha, foi nomeado pelo deputado como chefe da Assessoria Política da Liderança do PMDB.

Tensão total

A limpa no Senado em 25% dos cargos comissionados, anunciada pelo novo presidente, envolve a demissão de um servidor por gabinete de senador. O restante dos demitidos será da Diretoria Geral, Interlegis, Prodasen e Instituto Legislativo Brasileiro, entre outros órgãos. A tensão é grande inclusive entre senadores.

Grande família Nepotismo é neologismo fora do vocabulário para o prefeito de Barra dos Coqueiros (SE), Airton Martins (PMDB). Ele nomeou o tio para Secretário de Educação, a esposa para Ação Social, um sobrinho para o Turismo e uma sobrinha para Assessoria Jurídica. Esse Requião... Aliados de Renan Calheiros não aceitam a petição online que pede sua renúncia. Indicam que há suspeita de emails repetidos. O senador Roberto Requião aprontou essa: inscreveu o e-mail pessoal do próprio Renan no documento. Polêmico Requião é figura. Quando recebeu telegrama da presidente Dilma pelo seu aniversário, assinado por subordinado dela, mandou seu motorista assinar um agradecendo a ela.

Bruno Dantas, no dia 6. Em outro evento promovido pelo CNJ, o seminário Justiça em Números 2011, realizado em outubro passado, a secretária alertou para as consequências do aumento do consumo no Brasil para o Poder Judiciário.

“Atualmente somos 105 milhões de pessoas na categoria de consumidores. “O consumo no Brasil ainda tem potencial para crescer muito mais. Precisamos que essa força reflita no bem estar da sociedade e não em maior número de

processos na Justiça”, disse. O seminário “Juizados Especiais: diagnósticos e perspectivas” organizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), vai reunir especialistas para avaliar os primeiros 18 anos de funcionamento.

CNJ pede informações sobre doentes mentais em presídios

O

PLANTÃO MÉDICO

Passa lá

Q

Conselho Nacional de Justiça (CNJ) encaminhou aos juízes responsáveis pelo acompanhamento das medidas de segurança nas Varas de Execução Penal de três comarcas do país e no Distrito Federal pedidos de informação sobre a situação atual dos pacientes judiciários apontados na reportagem de O GLOBO, que revelou diversas violações às leis, sobretudo à chamada Lei Antimanicomial (10.216/2001), que prevê criação de residências terapêuticas e atendimento

Twitter @leandromazzini

lém de reduzir o serviço médico do Senado Federal a uma emergência, o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), quer comprar briga com os doutores concursados da Casa. Renan vai procurar o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e oferecer os serviços destes médicos para atendimento em hospitais públicos de Brasília, por escala de plantão, já que ficarão mais disponíveis com o fim do ambulatório no Congresso Nacional.

CNJ debate direitos dos consumidores uando um consumidor sente que teve um direito desrespeitado por uma empresa, frequentemente procura o Juizado Especial Cível mais próximo para reclamar. No seminário “Juizados Especiais: diagnósticos e perspectivas”, que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realizará em Brasília, nos dias 6 e 7 de março, serão debatidos, entre outros temas, soluções para evitar a judicialização de queixas de clientes de serviços de telefonia ou planos de saúde, por exemplo. “Em muitos casos, os juizados especiais cíveis têm julgado, basicamente, conflitos que envolvem relações de consumo. Precisamos pensar em uma política de defesa do consumidor que seja preventiva”, afirma o conselheiro do CNJ José Guilherme Vasi Werner, coordenador do seminário. A secretária Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ), Juliana Pereira, será a palestrante do Painel “Os Juizados e a Defesa do Consumidor”, que será presidido pelo conselheiro

A3

humanizado aos pacientes portadores de sofrimento mental. As informações devem ser prestadas dentro de 15 dias, a partir da intimação eletrônica. De acordo com o coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (DMF), juiz auxiliar da presidência do CNJ Luciano Losekann, eles terão 15 dias para informar as medidas tomadas ou que eventualmente deixaram de ser adotadas por eles em relação aos pacientes judiciários descritos na reporta-

gem. "Queremos saber de quem é a responsabilidade por essas violações e omissões; se do Executivo ou do Judiciário", afirmou Losekann. A reportagem de O GLOBO esteve em sete presídios, uma ala de tratamento psiquiátrico e um manicômio judiciário em São Luís (MA), Teresina (PI), Goiânia (GO) e Brasília. Na capital federal, a reportagem flagrou uso de drogas e medicação sendo utilizada em pessoas que sequer possuem diagnóstico oficial de transtorno mental. O jornal também revelou

que no presídio feminino não há diferenciação entre as presas comuns e as portadoras de transtornos mentais que cumprem medidas de segurança. Além de ficarem encarceradas nas mesmas celas, no DF as mulheres que cumprem medidas de segurança perderam o contato com os filhos e estão distantes da família. Uma realidade que destoa da Recomendação nº 35, aprovada pelo CNJ em 2011, que orienta os tribunais a adotarem a política antimanicomial.

Olho neles! Há emails fakes até de Barack Obama e Dilma. A petição online não tem efeito jurídico, mas mostra o poder do povo em tempos de internet e alertou os senadores. Afundou Um grupo de deputados está brabo com a ministra Gleisi Hoffmann, da Casa Civil de Dilma. Ela não os recebeu para debater impasse sobre a MP dos Portos, que saiu do Planalto. Atendeu aos portuários que foram lá. Caldo Maggi São Valdemar da Costa

Neto, o presidente, e Alfredo Nascimento, o ex-ministro, caciques do PR, quem fazem lobby contra a nomeação do senador Blairo Maggi, de seu próprio partido, para ministro de Dilma. Disseram a ela que ele não representa o PR. Quase Dilma já chamou mais de uma vez Blairo para ministro. Ele está reticente. Mas o PR quer outro nome. Suspeitam que, se o senador entrar, pode alegar perseguição e se filiar ao PSB, como adiantou a coluna. Vejam essa O líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE), irmão do condenado pelo STF José Genoino, acredita que a Casa só abrirá processo de cassação dos mensaleiros ano que vem... Logo ali A ANTT informou que Silvana Lúcia Castro Barros é servidora contratada por portaria desde Dezembro de 2012 e vai representar a agência em evento no Uruguai. Risco No país que pegou mania de inaugurar obra inacabada, o Governo do DF corre risco de repetir no belo Estádio Nacional o que houve com o Mineirão. Ponto Final Quer dizer que Oscar Pistorius confundiu a namorada com um bandido, meteu-lhe quatro tiros e tentou reanimá-la com um taco de basebol...

Com Vinícius Tavares, Marcos Seabra e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br @colunaesplanada


Geral JD Manifestantes pedem saída de Renan em frente ao Congresso Nacional

A4

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Pedidos pela saída do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da Presidência do Senado, estenderam ontem (20) uma bandeira do Brasil, de 150 metros quadrados.

I

ntegrantes de movimentos anticorrupção, que organizaram e apoiaram uma petição na internet pela saída do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da Presidência do Senado, estenderam ontem (20) uma bandeira do Brasil, de 150 metros quadrados, no gramado em frente ao Congresso Nacional. No centro do bandeirão, havia uma foto do presidente do Senado e a frase: “Ordem no Congresso”. Desde a eleição de Renan, no último dia 2, o movimento já recolheu pela internet, com a ajuda de redes sociais, quase 1,6 milhão de assinaturas a favor da saída do senador alagoano do cargo de presidente. O objetivo do abaixo-assinado era reunir número de assinaturas equivalente a 1% do eleitorado brasileiro - correspondente a 1,4 milhão de eleitores, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – e apresentar um projeto de lei de iniciativa popular com este objetivo. Apesar do número de assinaturas, conforme a Secretaria da Mesa Diretora do Senado, um processo deste tipo deve começar com uma denúncia no Conselho de Ética da Casa, e não como um projeto de lei. “Sabemos que essas assinaturas não têm feito prático, mas simbolicamente são muito importantes. Isso mostra que somos uma sociedade informada, conectada em

Juristas que estudam mudanças no Código Eleitoral entregam propostas ao Senado até junho

A Desde a eleição de Renan, no último dia 2, o movimento já recolheu pela internet, com a ajuda de redes sociais, quase 1,6 milhão de assinaturas a favor da saída do senador alagoano do cargo de presidente

rede, acompanhando os atos dos Três Poderes da República”, ressaltou Antônio Carlos Costa, do movimento Rio de Paz. Junto com as assinaturas, os manifestantes também vão protocolar hoje no Supremo Tribunal Federal (STF) uma carta na qual pedem ao presidente da Corte, ministro Joaquim Babosa, que acelere a análise da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Renan, no dia 25 de janeiro. Na denúncia, o senador é acusado de peculato, falsidade

ideológica e falsificação de documento por ter desviado verba de gabinete para pagar pensão a um filho. “Desejamos assinalar que a nossa solicitação a essa Corte reflete a apreensão e a repulsa da população com a constatação de que a demora no julgamento configura efetiva absolvição do acusado, que continuará exercendo um dos mais importantes cargos da República”, diz um trecho da carta. O presidente do Senado não comentou a manifestação de hoje. Na última

sexta-feira (15), ele divulgou nota dizendo que “a mobilização na internet é lícita e saudável, principalmente, entre os jovens”. No documento, o senador disse ainda que “o número de assinaturas não é tão importante quanto à mensagem, o que importa é saber que a sociedade quer um Congresso mais ágil e preocupado com os problemas dos cidadãos. E assim o será”. Renan também destacou que o Congresso Nacional vai trabalhar para garantir o maior desenvolvimento do Brasil.

Visita de blogueira cubana provoca tumulto na Câmara

A

chegada da jornalista e blogueira cubana Yoani Sánchez ao Congresso Nacional provocou um grande tumulto no final da manhã de hoje (20). Convidada para assistir à apresentação de um documentário em que ela critica o governo de Cuba, Yoani foi recebida por dezenas de deputados de oposição na chapelaria do Congresso, como é chamado o local de embarque e desembarque de parlamentares. Ela chegou em uma van da Câmara dos Deputados, escoltada por homens da Polícia Legislativa. Por causa do grande número de parlamentares e de jornalistas à espera da blogueira, a passagem de veículos chegou a ser interrompida. Protestos Depois de ser hostilizada por manifestantes durante a sua passagem por Recife, e Feira de Santana, na Bahia – onde foi impedida de ver o documentário Conexão Cuba-Honduras, do cineasta baiano Dado Galvão –, ela recebeu o convite do deputado Otávio Leite (PSDB-RJ) para assistir ao vídeo na Câmara. Na casa A exibição ocorre neste momento no Plenário 1 da Casa, onde são realizadas as reuniões da Comissão de Constituição e Justiça. O cineasta autor do documentário também está presente. “Hoje estamos aqui e isso é espetacular. Foram R$ 600 no bolso e uma câmera emprestada. Estou muito emocionado e feliz porque o cinema documental serviu para fortalecer a liberdade de ir e vir no nosso país”, disse Galvão a jornalistas pouco antes do início da exibição.

comissão especial que estuda mudanças no Código Eleitoral entregará, até 30 de junho, as propostas ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Os juristas encarregados de revisar o código iniciaram os trabalhos em 2010, após serem nomeados pelo então presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). Depois de receber as sugestões, Renan nomeará uma comissão especial de parlamentares para convertê-las em projetos de lei e propostas de emenda à Constituição. Ontem (20), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) José Antonio Dias Toffoli conversou com o senador sobre o andamento dos trabalhos. De acordo com Toffoli, o objetivo da reforma é “racionalizar o processo eleitoral”. O ministro lembrou que, atualmente, o candidato pode responder a até três processos sobre o mesmo tema “imputado como ilícito”.

Ele disse que esses mecanismos protelatórios de julgamento de candidaturas sobrecarregam a Justiça e representam “uma irracionalidade”. Segundo ele, não é raro o candidato ser absolvido em um processo e, em outro foro, ser condenado pelo mesmo tema em questão. De acordo com Toffoli, algumas das propostas dizem respeito à prestação de contas e ao financiamento de campanhas. São temas que ainda estão em debate na comissão para ver de que forma serão implementados, explicou o ministro. Um dia após ir ao Supremo para tratar com o ministro Luiz Fux da apreciação dos vetos presidenciais, Renan evitou falar com a imprensa. Já o ministro Dias Toffoli, assim que chegou ao Congresso para o encontro com Renan, disse que ainda não tem opinião formada sobre o parecer de Fux. Ao sair, Toffoli disse que não abordou o assunto com o senador.

Câmara aprova MPs de crédito para o Fies e bancos oficiais

D

epois de mais de dois meses sem apreciar qualquer matéria, em virtude do recesso parlamentar de final de ano e do recesso branco de carnaval, os deputados retomaram ontem (20s) suas atividades de plenário e aprovaram duas medidas provisórias. Uma trata da abertura de créditos extraordinários para o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) e a outra permite à União conceder créditos a bancos oficiais para financiamentos a projetos de infraestrutura, agropecuária e a empresas. As duas medidas serão agora encaminhadas à apreciação e votação do Senado Federal. A Medida Provisória (MP) 581, primeira matéria aprovada neste ano legislativo, autoriza a União a conceder créditos à Caixa

Econômica Federal (CEF) e ao Banco do Brasil (BB) nos valores de R$ 13 bilhões e R$ 8,1 bilhões, respectivamente, para financiamentos de projetos de infraestrutura , de pecuária e às empresas. Os recursos concedidos ao Banco do Brasil são para o financiamento do setor agropecuário, na safra 2012/2013. Dos R$ 13 bilhões concedidos à CEF, R$ 3 bilhões se destinam ao financiamento de bens de consumo duráveis para famílias com renda até R$ 1,6 mil. O dinheiro poderá também ser emprestado para a aquisição de material de construção. A MP também autoriza a União conceder subvenção às taxas de juros do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO) e muda regras dos fundos de financiamento constitucionais.


Geral

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

A5

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Portuários fazem protesto durante instalação de comissão que irá discutir MP dos Portos

Durante a reunião de instalação da comissão especial mista que irá analisar o texto, manifestação de trabalhadores portuários tentou impedir as discussões.

Senado aprova MP que libera recursos para compensar perdas da Lei Kandir

O

Senado aprovou ontem (20) a Medida Provisória (MP) 585, que libera R$ 1,95 bilhão para compensar estados e municípios pelas perdas decorrentes das desonerações para exportações (Lei Kandir). A matéria foi aprovada sem alterações na Câmara e no Senado e por isso não precisará passar por sanção presidencial, seguindo apenas para promulgação. Os parlamentares rejeitaram o parecer da comissão mista do Congresso criada para analisar a MP, uma vez que o relator da matéria, deputado Vicente Cândido (PT-SP), incluiu em seu substitutivo dispositivo que previa a retroatividade de benefícios tributários para projetos de reforma ou construção de estádios de futebol para a Copa do Mundo de 2014. Embora o texto do deputado Vicente Cândido tivesse sido aprovado na comissão mista com apoio dos governistas, os membros da Câmara e do Senado acabaram por rejeitar as alterações.

O deputado Paulinho da Força (PDT-SP), que representava os portuários, apresentou diversas questões para tentar suspender a reunião, mas não conseguiu evitar que o deputado José Guimarães (PT-CE) fosse eleito o presidente e o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) o relator da comissão.

A

polêmica em torno da Medida Provisória (MP) 595, que trata do programa de modernização dos portos brasileiros, começou já no primeiro dia de tramitação da matéria. Durante a reunião de instalação da comissão especial mista que irá analisar o texto, manifestação de trabalhadores portuários tentou impedir as discussões. Os portuários alegam que, do jeito que está, a MP irá gerar desemprego no setor. Os sindicalistas fizeram barulho e tumultuaram a sessão. O deputado Paulinho da Força (PDT-SP), que representava os portuários, apresentou diversas questões para tentar suspender a reunião, mas não conseguiu evitar que o deputado José Guimarães (PT-CE) fosse eleito o presidente e o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) o relator da comissão. Segundo Paulinho, os trabalhadores são contra a matéria porque ela cria diferenças de custos entre os novos portos privados, cuja criação foi autorizada pela MP, e os públicos. O

texto, de acordo com ele, isenta os privados de diversos encargos e impostos que os portos públicos têm que arcar. “Um sistema privado sem custo vai matar o público e ameaçar os empregos de quem trabalha no público”, disse. Além disso, o deputado alega que os trabalhadores não foram ouvidos durante a elaboração do texto pelo governo e estão preocupados com a forma de contratação nos dois sistemas. Segundo ele, há risco de uma greve geral em todos os portos do país se não houver negociação sobre as reivindicações. “Eu acho que nós, trabalhadores, temos que ter responsabilidade. Mas o governo tem que ter mais responsabilidade que nós. Ele discutiu com o setor patronal durante dois anos e não ouviu os trabalhadores. Agora a MP está aqui e tranca a pauta da Câmara no dia 21 de março. Se em um mês nós não conseguirmos resolver a situação, está arriscado nós termos um caos no país”, ressaltou.

Logo após o término da reunião de instalação da comissão, o relator recebeu as lideranças dos portuários. Eduardo Braga ouviu as reivindicações e marcou nova reunião com eles para o dia 24. A expectativa é que no próximo encontro seja estabelecido um cronograma de negociações que deverá acompanhar as discussões do texto na comissão. O líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), que foi eleito vice-presidente da comissão e está atuando nas negociações, admite que o texto será alterado e não deverá ser aprovado conforme o enviado pelo governo. “Nossa intenção é fazer um debate profundo como fizemos no setor elétrico. Haverá mudanças, terá pontos em que não haverá entendimento. Temos dois caminhos: votar ou retirar. [Não instalar a comissão] só vai retardar nossos trabalhos porque o prazo está contando, e sou daqueles que defendem que é preferível aproveitarmos bem o nosso tempo. Não tenha dúvida de que a

MP não será a que aqui chegou”, disse. A comissão mista irá aprovar o texto que servirá de base para análise do plenário da Câmara. Depois de passar pelos deputados, a matéria seguirá para o Senado. Se sofrer alterações, a MP deverá retornar para última análise na Câmara. Se for aprovado integralmente, o texto seguirá para sanção da presidenta Dilma Rousseff. A medida provisória pode ser reeditada até o dia 17 de março com novo prazo de 60 dias se for necessário. Além da MP 595, mais seis comissões mistas para análise de medidas provisórias foram instaladas hoje no Congresso. Todas elegeram presidentes, vices e relatores. Entre as comissões instaladas hoje está a da MP 591, que trata de alterações na medida provisória que fez a renovação das concessões do setor elétrico e que propiciou a queda na tarifa de energia. E a MP 592, que destina os recursos do royalties do petróleo para a educação.

Rússia pretende investir na infraestrutura dos portos brasileiros, diz ministro russo

O

ministro da Agricultura da Rússia, Nikolay Fedorov, disse que o país europeu tem intenção de investir na infraestrutura dos portos brasileiros. “A vinda do chefe de nosso governo ao Brasil [o primeiro-ministro russo Dmitri Medvedev] confirma nosso interesse”, disse em

entrevista à Agência Brasil. Federov falou ainda sobre as exportações de trigo russo para o Brasil, oficializadas ontem (20) por meio da assinatura de acordo em que a Rússia se compromete a cumprir exigências fitossanitárias brasileiras. Segundo o ministro, as vendas do produto para o merca-

do brasileiro podem atingir 1 milhão de toneladas por ano. Ele explicou que seu país é um grande exportador de trigo e que, somente na safra 2012/2013, as vendas externas do produto devem atingir 22 milhões de toneladas. No entanto, Fedorov disse que o volume fornecido ao Brasil estará sujeito à capacidade dos

produtores. O ministro reiterou a necessidade russa de importar farelo de soja para ração bovina e disse que as negociações prosseguirão nos próximos dias. Ao longo de dois dias de discussões no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), não foi formalizado acordo sobre o assunto.

Base e governo articulam para Congresso não analisar vetos antigos, diz Paim

O

senador Paulo Paim (PT-RS) disse ontem (20) que está em andamento uma articulação de lideranças da base e governo para estabelecer um mecanismo que exclua vetos antigos da apreciação do Congresso Nacional. Oficialmente, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), aguarda uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as regras para a análise dos vetos presidenciais. No ano passado, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux suspendeu a apreciação dos vetos à nova lei que trata dos royalties do petróleo enquanto o Congresso não votar mais de 3 mil vetos pendentes em ordem cronológica. Segundo a Constituição, a Casa tem 30 dias para apreciar os vetos presidenciais, sob pena de trancamento da pauta. “Sem novidades, está tudo parado por enquanto”, disse Renan ao deixar o Congresso no início da tarde desta quarta-feira. Na avaliação de Paim, a articulação pode abrir brecha para que não se coloque em votação vetos polêmicos, como “o fator previdenciário e os vetos mais antigos”. O senador defende a análise e derrubada do veto relacionado ao fator previdenciário, para acabar com fórmula usada para desestimular a aposentadoria precoce. Caso a apreciação não ocorra, Paim prometeu debater o tema e tentar incluir o fator previdenciário na pauta do Congresso. Já o senador Romero Jucá (PMDB-RR) defende que mais de mil vetos já “caducaram” e, por isso, podem ser considerados prejudicados pelo presidente do Senado, sem necessidade de ir à votação. Entre eles, estariam reajustes de salário mínimo de 2008, vetos à Lei de Diretrizes Orçamentárias de anos anteriores que já foram executadas e outros. Jucá destacou, no entanto, que vetos, como o do fator previdenciário e do Código Florestal, não seriam passíveis de arquivamento por parte do presidente Renan Calheiros. O líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), destacou que não tem como o Congresso votar qualquer coisa neste momento. “Estamos em compasso de espera. Temos que aguardar a modulação que o STF dará sobre o assunto”. Braga reconheceu que existem 26 vetos “potencialmente danosos” aos cofres do Tesouro Nacional. Segundo o líder, a derrubada desses vetos, entre eles fator previdenciário, Código Florestal, royalties, Refis, regulamentação da Emenda 29, por exemplo, significariam um impacto de R$ 500 bilhões aos cofres públicos. O líder do governo destacou, ainda, que outro problema é a possibilidade de obstrução por parte de bancadas que tenham interesse na votação de determinados vetos. O Rio de Janeiro, disse ele, poderia obstruir a sessão caso tentassem votar os vetos ao projeto de lei dos royalties. “Mesmo que o presidente do Congresso [Renan Calheiros] tentasse dar como prejudicado o veto é direito do parlamentar, tendo dez apoiadores, apresentar recurso ao plenário”, lembrou Braga.

senador Paulo Paim (PT-RS).


Esporte

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Amanhã os clubes profissionais e FAF definem Amapazão 2013 O encontro da ultima terça-feira, 19, serviu apenas para um encontro informal entre os Presidentes dos clubes e a Presidência da FAF Elcio Barbosa

Paragominas e Paysandu, pela segunda rodada do Parazão 2013

A

Meta/Oratório estréia nesta sexta-feira no estadual de basquetebol

Da Reportagem

imprensa esportiva não participou do encontro informal entre os dirigentes dos clubes do futebol amapaenses, e a Presidência da Federação Amapaense de Futebol (FAF). A reunião aconteceu na tarde da ultima terça-feira, 19, na sede da FAF. A reunião levou mais ou menos uma hora de duração, e ainda não teve uma definição concreta. Os presidentes dos clubes saíram da FAF dizendo que amanhã, eles retornam a se reunir para definir o Amapazão de 2013. O presidente da FAF Roberto Góes disse a uma emissora de Rádio local que, os presidentes dos clubes precisam saber quais recursos vão trabalhar este ano. A empresa multinacional de veículos, Chevrolet aceitou em fazer parceria com as federações por todo o Brasil. A FAF vai receber R$ 100 mil para investir no campeonato profissional. “Além disso, nós temos que saber quais valores o estado e a prefeitura de Macapá vão destinar ao Amapazão, é importante sabermos disso por que no ano passado, o governo repassou R$ 600 mil, e a prefeitura R$ 500 mil reais para o certame” explicou Góes. Fato inesperado foi quando a imprensa se deparou com a saída do presidente da Sociedade Esportiva e Recreativa São José (SERSJ), Rômulo Simões, da sala da reunião insatisfeito com o que, ele ouviu. “O São José não aceita outra data, o campeonato estava marcado para iniciar dia, 15, de março, agora sugeriram dia, 31 no fim do mês, outros desejam começar depois da Copa das Confederações, no mês de junho. O São José dessa forma está fora do Amapazão 2013”, disse Simões. Mas, diferente do presidente do São José, o presidente do Ypiranga Clube, Raimundo Tupã Duarte, falou que o momento é de

A

Fato inesperado foi quando a imprensa se deparou com a saída do presidente da Sociedade Esportiva e Recreativa São José (SERSJ), Rômulo Simões, da sala da reunião insatisfeito com o que, ele ouviu.

equilíbrio, pois, os times ainda estão em formação, e existem equipes que ainda não têm grupo definido. Outro presidente que se manifestou foi Arlindo Moreira, que disse que é melhor para o Oratório R. C. se surgisse mais sugestões, e parceiros por que a Copa do Brasil já está na porta. Ele anunciou o nome do treinador para a competição nacional, e para o campeonato estadual. Trata-se de Carlos André Tabosa dos Reis que possui um invejável currículo. Currículo O currículo do treinador aponta as seguintes qualificações: Carlos André B. Tabosa dos Reis. Natural de Manaus (AM) nasceu em

11/10/1970. É Treinador da CBF, EBF, Conmebol, FIFA, Nível III, possui licença A. Realizou os seguintes cursos: Oficial de Formação de Treinadores da CBF, EBF, Conmebol, FIFA. Nível I (Categorias de Base), Licença C, 2011. Nível II (Categorias de Base), Licença B em 2012. Nível III (Categoria Profissional), Licença A em 2012. Local: Granja Comary (Teresópolis-RJ). A Formação Acadêmica: É Gestor Empresarial, e Pós Graduação em Gestão de Pessoas. Clubes de atuação: Pedreira Esporte Clube 2009, Tuna Luso Brasileira em 2010, Estágio Clube Corinthians em 2012. Possui vários títulos como treinador: Campeão pela Tuna Luso Brasileira (PA), na 1ª Copa Comer-

cial, Vice - Campeão pela Tuna Luso Brasileira (PA), na 2ª Copa Comercial, e 3º Lugar pela Tuna Luso Brasileira no Campeonato Paraense 2010. Têm varias experiências como jogador de futebol com a Tuna Luso Brasileira (PA), Clube do Remo (PA), Tiradentes (PA), Marituba F. C. (PA). Foi auxiliar técnico do Claudemiro Alves Gonçalves Neto. Possui cursos complementares: É Qualificado de Treinadores de Futebol na E. B. F, Escola Brasileira de Futebol/PUC Minas. Curso de Informações T��cnicas e Científicas de Futebol na A. B. T. F. Curso Internacional de Futebol da A. B. T. F pela Emergency AID Course, The Football Association em Londres.

Di María é oferecido ao Manchester United e ao Paris Saint-Germain

S

egundo a Imprensa inglesa, o Real Madrid está decidido a vender Angel Di María na próxima janela de transferências, em

junho. O clube já teria oferecido o argentino a vários clubes europeus, entre eles o Manchester United e o Paris Saint Germain.

Os dirigentes merengues autorizaram os empresário do jogador a sondar clubes que possam estar interessados na sua contratação, diz

o diário “Daily Mirror”. Di María transferiu-se do Benfica para o Real Madrid no verão de 2010 por € 25 milhões.

diretoria da Meta/ Oratório estréia nesta sexta-feira, 22, no certame estadual de basquetebol adulto masculino, edição 2011/12. A comissão técnica, e o plantel já estão preparados para a competição. A festa do basquetebol amapaense inicia nesta sexta-feira, 22, com dois jogos no ginásio do São José, e o primeiro turno termina no dia 11 de março. O Coordenador de esportes da instituição, Gilmar Santos Justo revelou que o time de basquetebol deste ano envolve jovens atletas, e mescla com a experiência do gigante das quadras, Daniel Davis. Mas, o plantel já está definido com: Armador Juninho, Alas Fabinho, Davison, e Charles, Ala Pivô Jean, Egídio, e Daniel Davis como Pivô. Conforme informações de Gilmar Justo, a competição deste ano será forte por que, as seis equipes que irão disputar o certame, jogam entre si e farão vinte

partidas cada um. Entretanto, o regulamento indica que, cada vitória vale três pontos, e uma derrota vale um ponto. “Nossa estratégia é ir reforçando a equipe no decorrer da competição. A filosofia do basquetebol é, a melhor defesa é o ataque” afirmou o treinador. Justo disse ainda que o campeonato vai servir de preparação das equipes amapaenses para participar da Copa Norte que inicia logo após o certame estadual em Belém. A Meta/ Oratório está na chave B com Paysandu (PA), Remo (PA), Mirantes Jovens/Maranhense, e Cajuína Esporte Clube. “O nosso time para a Copa Norte será à base do campeonato, e teremos o clássico do futebol paraense das quadras, onde as torcidas, Fiel Bicolor do Paysandu, e Pavilhão Azul do Remo, são barulhentas no ginásio e iremos enfrentar essas equipes em quadras, são pedreiras para nós” argumentou o dirigente. (EB)

Poder público anuncia Projeto Dança sem Limites para deficientes auditivos

A

Inclusão social, consciência corporal, criatividade, socialização e a autoconfiança, são os objetivos do projeto “Dança sem Limites”, voltado para pessoas com deficiência auditiva. O projeto que está sendo encabeçada pela professora, graduada em Educação Física, Simone Barreto de Sousa, e que tem o apoio do governo do Amapá através da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer, deve ensinar aos deficientes auditivos, que eles podem ir além de onde imaginam. A professora Simone Barreto conhece o lado do deficiente auditivo, pois ela também faz parte desse quadro, e comenta sobre quando teve contato com a dança “eu era uma pessoa muito insegura, mas a partir da dança comecei a ter autoconfiança, pois através dela entendi que também posso realizar o que os outros realizam, e desta forma criei confiança em mim mesma.” comentou. A expressão corporal é determinante na comunicação e no relacionamento com ouvintes e não ouvintes. Além disso, os surdos podem sentir os sons das músicas “sempre que eu dançava procurava sentir a vibração da música e olhar a expressão corporal do pro-

fessor, e dos meus colegas, exigindo muito de mim. Então, descobri através da dança, que precisamos nos concentrar e ter autoconfiança” disse. Quando se perde uma sensibilidade deve-se exercitar outra, desta forma será trabalhada e ministrada às aulas no projeto “será colocado músicas com baixas, médias e altas freqüências e exercitando o sentir de cada um deles. Primeiro será colocado a mão de cada pessoa na caixa de som para sentirem a vibração, depois cada um realizará um exercício em sentir a música, sentir a vibração no corpo.” explica Simone. O projeto oferecerá uma relação direta com o autoconhecimento, com momentos de muito prazer e alegria, funcionando ainda como estimuladora da vida e do verdadeiro sentido da cidadania. As matriculas estão abertas e estão sendo realizada na secretaria do Centro Didático Professora Rosa Maria Ataíde. As aulas iniciarão no dia 12 de março no salão de dança Jalba Jensen, todas as terças e quintas a partir das 10 até as 11hrs. Podem se inscrever crianças, jovens e adultos com idade entre 9 a 30 anos. (Fonte – Asscom/ Sedel).

O projeto que está sendo encabeçada pela professora, graduada em Educação Física, Simone Barreto de Sousa


Esporte

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Enquanto isso...

Para Pelé, o Barcelona seria o clube mais adequado para Neymar no futuro

Neymar se preocupa mais em aparecer na mídia do que em jogar, diz Pelé Para o ex-camisa dez, Neymar está mais concentrado em seus afazeres fora de campo do que em suas atuações dentro do time

N

eymar se torna notícia quando faz gols, dribla adversários e faz boas exibições em campo, mas também quando muda o corte de cabelo, assume o namoro com a atriz Bruna Marquezine ou se diverte no Carnaval. Pelé se mostrou preocupado com esta parte extracampo e, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, fez algumas advertências e aconselhou o jogador. Para o ex-camisa dez, Neymar está mais concentrado em seus afazeres fora de campo do que em suas atuações. Pelé o aconselhou a jogar mais para o Santos e tomar cuidado com o seu destino no futuro. O Rei acha que o Barcelona se encaixaria melhor ao seu estilo de jogo e, por isso, seria o clube mais adequado para sua evolução. ”Ele é um jogador sem experiência internacional. Em todos os jogos fora do país ele não vai bem. Todos acham que ele tem de resolver os problemas da seleção. Neymar não está preparado para receber esse peso. (...)Nós do Santos falamos que ele é o melhor do mundo, claro. Mas ele já se preocupa mais em aparecer na mídia do que em jogar para o time. O Neymar tem muita responsabilidade. E sua preocupação é mudar o estilo, mudar o corte de cabelo”, criticou o Rei, ao ser questionado pelo jornal se ele achava Neymar um jogador comum na seleção. Pelé disse que procurou o treinador Muricy Ramalho para alertá-lo. “O Santos está perdendo com ele em campo. Todas as faltas, escanteios, pênaltis é com o Neymar. Cada falta que ele bate, fica fora do jogo um minuto. Ele tem de fi-

car na cabeça da área para pegar a bola, dar um drible, usar a habilidade. O Neymar tem de largar mais a bola, jogar para o time”, analisou. O ex-camisa dez ainda relatou uma experiência vivida por seu filho Edinho, que faz parte da comissão técnica do Santos. O fato reforça a imagem de como Neymar lida quando sofre uma marcação mais cerrada. “O Edinho faz os treinos do time. Ele não dá falta nos treinos e o Neymar fica bravo. Ele está viciado nas faltas”, contou. Com frequência, Neymar tem reclamado da forte marcação feita pelos adversários e encontra respaldo em Muricy. Entre outras declarações, o técnico já disse até que o melhor para o atacante era mesmo deixar o futebol brasileiro. No domingo, o jogador se envolveu em nova polêmica ao ser expulso diante da Ponte Preta após se desentender com os adversários. A fama de ‘cai-cai’ também o persegue e chegou ao exterior - como ficou comprovado quando defendeu a selelção brasileira em amistosos em Londres e durante os Jogos Olímpicos-2012. Neymar foi vaiado por supostamente cavar faltas. Pelé também opinou sobre uma discussão recorrente quando se fala sobre Neymar: quando o atacante deve ir para o futebol europeu? Para o ex-jogador, “o problema não é a idade para ir embora, mas ter condição de chegar lá fora e jogar”. O Rei acha que o melhor destino para o jogador seria a Espanha. “O jogo é mais duro na Inglaterra, Itália, Alemanha. Os juízes estão acostumados a deixar o jogo seguir. O Barcelona seria ideal para ele. O Santos

precisa dele e por isso acho que ele não deve sair, mas se sair deve ir para o Barcelona”, completou. A favor do Rei: - Imperador do Norte: Pelé está certíssimo. Neymar está virando produto e subproduto de marketing. O envolvimento com estrelas globais, cabelo extravagante, garoto-propaganda de tudo, comportamento de celebridade, etc, tudo isso faz parte do esquema e do show. Enfim, cada vez mais, um “escravo” muito bem pago pelo sistema. Gera lucros. E isso é o que importa. Por mais que seja responsável, o seu futebol, porém, com tantos compromissos comerciais e publicitários, vai ficando para o 2º ou 3º plano. Está virando, por conta desta personalidade midiática, uma presa fácil dos adversários, dentro e fora de campo. Falta alguém com autoridade e competência para reorientá-lo. - Duarte2012: Concordo com Pelé... Inclusive Pelé foi quem foi, pois quando todos iam para o vestiário pós treino, ele continuava em campo treinando... Antes dos jogos ele ficava em um canto sozinho imaginando as jogadas que poderia executar para ajudar o time... O Santos tem que vender logo o Neymar enquanto ainda pode pegar uma grana. - Stanzitto: Pela primeira vez vejo o Pelé falar uma coisa sensata. VERDADE absoluta! - Santista 37: Pelé, muitas vezes o critiquei por diversos assuntos, mas neste em especial quero parabenizá-lo por falar o que ninguém dentro do clube tem coragem, principalmente o fantoche do pseudo-treinador... E Laor, presta atenção, nem só de

mídia se vive. Quando tem de chegar e aconselhar tem que fazer pronto, doa a quem doer. Obrigado Pelé. Contra a opinião do ex-camisa 10: -JCODGDG: Os que estão julgando o rapaz, lembrem-se de quando tinham 18, 19, 20, 21 anos. O que vocês faziam na vida? Imaginem com o que sabiam e entendiam do mundo se tivessem a grana, a fama e a mídia o tempo todo ao lado de vocês. O que fariam? É fácil julgar o rapaz esquecendo isso. -educt00: Não adianta, o Pelé não resiste. Ele sempre procura diminuir qualquer sujeito que pareça ter potencial de craque. Foi assim com Zico, Romário, Maradona e, agora, Neymar. As observações do Pelé em tudo quanto é assunto, de futebol a política, são risíveis. Sem falar da “maravilha” criada por ele: a Lei Pelé. Ainda não encontrei definição melhor que aquela dada pelo Romário quando se referiu a alguns comentários do Pelé à época : O PELÉ CALADO É UM POETA! -m.tess: Pelé parou de jogar e começou a falar. Desastre. Mete o bico sem ser chamado na vida de qualquer craque que apareça. Foi assim com Zico, Romário e outros. Neymar é meio time do Santos. Calado, Pelé é um poeta como disse o inteligente Romário. Maradona que foi melhor do que ele não é tão antiético. -Regfoz: Não concordo com Pelé. O Neymar faz a parte dele. O Santos transformou o time baseado em um só jogador. Quem valoriza mais a mídia que o futebol seria o Presidente do Clube. O restante é fraco. (UOL)

Corinthians vai ao ponto mais alto de sua história para iniciar busca pelo bi da Libertadores

A

caminhada pelo bi da Copa Libertadores começará no ponto mais alto da história do Corinthians, literalmente. Às 22h desta quarta, o time alvinegro jogará contra o San Jose e a maior altitude de sua história, os 3.706 metros de Oruro, no oeste boliviano.

De acordo com o fisiologista Turíbio Leite, os efeitos da altitude podem ser sentidos sempre que se atua em localidade que ficam a mais de 2 mil metros acima do nível do mar. Dessa marca em diante, o prejuízo é exponencial. “Significa dizer que essa relação não é proporcional.

Não é que se você subir 500 metros de 2 mil para 2,5 mil é a mesma coisa que de 2,5 mil pra 3 mil. Os mesmos 500 metros a mais são muito piores em altitudes mais elevadas”, explica o especialista. Em sua história na Libertadores, o Corinthians jogou dez vezes nestas con-

dições. O ponto mais alto enfrentado pelo clube, no entanto, foi La Paz, na Copa Libertadores de 2003. Na ocasião, a equipe alvinegra saiu-se bem a 3.640 metros de altura e bateu o The Strongest por 2 a 0. Desta vez, no entanto, o desafio será maior. (UOL)

UFC passa tesoura no elenco, demite 16 e prevê 100 cortes; Caldeirão e Fitch estão fora

O UFC anunciou uma grande lista de demissão na quarta-feira e cortou nada menos que 16 lutadores de seu elenco. A maioria deles são atletas de médio porte, mas entre eles aparecem nomes como o do brasileiro Wagner Caldeirão (foto) e até de Jon Fitch, algoz de Erick Silva em 2012, e top 10 do ranking oficial dos meio-médios. A lista completa foi divulgada pelo site MMAFighting e tem: Jon Fitch, Wagner Caldeirão Prado, Mike Russow, Jacob Volkmann, Vladimir Matyushenko, Che Mills, Jay Hieron, Terry Etim, Paul Sass, Jorge Santiago, Mike Stumpf, Simeon Thoresen, C.J. Keith, Motonobu Tezuka, Josh Grispi e Ulysses Gomez. Mais do que isso, o MMAJunkie noticia que cerca de 100 nomes devem ser liberados pela organização ao longo de 2013. Com o aumento do número de edições do TUF e a criação de categorias como os moscas e a feminina dos galos, o UFC tem enxugado nomes do elenco para abrir vagas em outros lugares. A migração de diversos nomes do Strikeforce também contribui para as demissões. O nome mais surpreendente é o de Fitch, que vinha de bons resultados no Ultimate. Apesar da derrota para Demian Maia no UFC 156, ele havia batido a sensação Erick Silva no Rio, em outubro de 2012. O norte-americano já foi desafiante ao cinturão dos meio-médios e perdeu para Georges St-Pierre e ocupava a nona colocação do ranking do UFC. Já o brasileiro Wagner Caldeirão acabou sendo liberado depois de duas derrotas seguidas. Ele lutou três vezes no UFC: na primeira, uma dedada no olho em duelo com Phil Davis deixou o combate sem resultado; em seguida ele perdeu no tira-teima com Davis e, em janeiro, foi finalizado por Ilder Marajó em São Paulo.

Grêmio contesta versão palmeirense sobre negociação de Barcos

Segundo a diretoria do Grêmio, o clube gaúcho não tem obrigação de enviar um quinto jogador para o Palmeiras, caso Marcelo Moreno não se acerte com o time paulista. Os gaúchos também contestam a versão palmeirense de que o tricolor daria R$ 2,5 milhões para compensar a eventual desistência de Moreno. Afirmam que não há obrigatoriedade de compensação financeira. No Palmeiras a informação é de que um memorando de intenções assegura a compensação caso Moreno não se transfira. Ao blog, alto dirigente gremista disse que para seu clube a operação está praticamente encerrada. Espera apenas o Palmeiras definir de qual jogador quer parte dos direitos econômicos. Isso sem a necessidade de o atleta escolhido se transferir para o alviverde. Por essa versão, o Grêmio não vai mexer um dedo para colocar mais um boleiro no Palestra Itália. A assessoria de imprensa do Palmeiras, procurada pelo blog, disse apenas que a posição oficial já foi dada pelo clube. A falta de uma compensação pela recusa de Moreno joga mais óleo na fritura de José Carlos Brunoro por parte de conselheiros palmeirenses. Eles reclamam que o cartola remunerado foi amador ao liberar o atleta sem oficializar o acerto com todos os atletas gremistas. (UOL)


JD

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

A8


CadernoB

DiaDia

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Ações criminosas podem estar sendo comandadas de dentro da penitenciária

Em 2012 pelo menos seis assaltos de grande repercussão registrados pela polícia houve a interferência de presos durante as negociações para liberar bandidos. ELEN COSTA DA REDAÇÃO

A

s últimas ações criminosas que ocorreram em todo os Estado do Amapá passaram a preocupar autoridades ligadas a Segurança Pública. As mesmas têm demonstrado que os bandidos estão cada vez mais organizados, e que os delitos podem estar sendo ordenados por presos do Instituto de Administração Penitenciário (Iapen). Há cerca de dois anos a polícia deu início a uma investigação – que correu em segredo de Justiça até o momento – para identificar as lideranças dessas organizações que podem ser responsáveis por comandar crimes praticados do lado de fora da cadeia. O inquérito policial está sendo presidido pelo delegado Celso Pacheco, da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio (DECCP), e coordenador do Grupamento Tático Aéreo (GTA). Segundo informações da autoridade policial, parte do inquérito da Polícia Civil foi concluída no ano passado e depois após as analises uma das opções para inibir o comando de crime do lado de fora do Iapen, foi a

transferência de pelo menos seis presos apontados como líderes das facções. “Essa foi uma investigação que nós fizemos no ao passado juntamente com o Ministério Público, e que nós tivemos a oportunidade de naquele momento apontar algumas lideranças dentro do presídio. Nós encaminhamos através de relatório. Inclusive a minha sugestão foi da transferência dessas pessoas para outros presídios para que a gente pudesse acalmar a situação”, ponderou Celso Pacheco. Ainda de acordo com o delegado, a suspeita é que grande parte dos assaltos ocorridos no Amapá são realizados para capitalizar as quadrilhas que agem no estado. “As retiradas desses patrimônios dessas vítimas são para fomentar alguma coisa. Ou o tráfico de drogas, ou a compra de armamento, ou outros objetos que possam ser utilizados durante uma situação de crime. Já tivemos prisões inclusive de pessoas até com rádios comunicadores da polícia. Com coletes da polícia. Então isso pode ser fruto desses roubos”, disse ele. Recentemente um cri-

me ocorrido na Zona Norte de Macapá, onde três pessoas – entre elas uma criança – ficaram por cerca de quatro horas sob o domínio de dois bandidos, serviu como constatação de que delinquentes estão sendo treinados para esse tipo de situação. Exigências como a presença de advogados, parente e coletes balísticos vinham do presídio. A suspeita (ainda não confirmada) é de que o “adestramento” esteja sendo feito dentro da penitenciária, pois a maioria dos envolvidos nesse tipo de crime já esteve reclusa naquela unidade prisional. “O que podemos observar vendo as imagens que foram gravadas, é que todo o tempo eles demonstram frieza e organização. Estamos analisando tudo. A forma como os bandidos usaram os reféns como escudo e o manuseio do armamento. Confesso que é preocupante. Aqueles dois perpetradores tinham total domínio sobre seu armamento, principalmente por se tratar de uma pistola. Pois se entregarmos uma pistola a um leigo, esse leigo vai ter algum embaraço para o manuseio dessa arma”, declarou o delegado. Só no ano passado foi

CELIANE FREITAS

O inquérito policial está sendo presidido pelo delegado Celso Pacheco, da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio (DECCP), e coordenador do Grupamento Tático Aéreo (GTA).

pelo menos seis o número de assaltos de grande repercussão registrados pela polícia. E em todos eles houve a interferência de presos do Iapen durante as negociações para liberar bandidos. Celso Pacheco disse que após a conclusão do inquérito policial sobre o crime organizado dentro do presídio, um

relatório foi encaminhado ao Ministério Público Estadual (MPE). A solicitação era de que seis internos, entre eles o “Tourão”, acusado de comandar as negociações no assalto mais recente no Jardim felicidade II, e outro conhecido como “Sabonete”, que mesmo preso continuava liderando o tráfico de drogas

aqui fora, fossem transferidos para presídios de outros estados. Mas segundo a direção da penitenciária o pedido foi negado pela Justiça. A transferência de presos conforme a constituição, só pode ocorrer por decisão judicial, por iniciativa da direção do Iapen, ou da Secretária de Segurança Pública.

Imap apreende peixes em período de defeso sem autorização ambiental

F

iscais do Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (Imap) apreenderam 400 kg de pescados em uma embarcação vinda do Pará. A apreensão ocorreu na terça-feira, 19, na área portuária de Santana. O pescado apreendido foi doado na manhã desta quarta-feira, 20, para instituições filantrópicas. Como está no período de defeso de algumas espécies de peixe em todo o Estado, que ocorre entre 15 de novembro a 15 de março, durante essa época fica proibida a pesca, transporte e comercialização de peixes, de acordo com o Código Ambiental. O Imap realiza operações periodicamente para detectar qualquer ilícito ambiental. De acordo com o coordenador de Fiscalização do Instituto do Meio Ambiente, Fernando Souza, toda pesca que entra no Estado tem que estar provida de declaração expedi-

da pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Segundo ele, a embarcação apreendida não possuía a devida autorização. “Quando esse peixe chega ao nosso Estado e não tem a nota, ele é dado a entender que é pescado aqui. E como estamos no período de defeso do peixe, isso se torna proibido, então houve a apreensão da embarcação e do produto”, explica o coordenador. Fernando Souza ressaltou que quando o pescador não tem o documento de autorização, subentende que o peixe é ilegal. “As pessoas que detinham a posse dos peixes não foram encontradas, não podendo aplicar o auto de infração”, declarou. Aos infratores que forem notificados fazendo esse tipo de ilícito serão aplicadas as penalidades previstas na Lei n° 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, e no Decreto n° 3.179, de 21 de setembro de 1999. (Secom)

A apreensão ocorreu na terça-feira, 19, na área portuária de Santana. O pescado apreendido foi doado na manhã desta quarta-feira, 20, para instituições filantrópicas.

Promotora Ivana Cei é reconduzida ao cargo de Procuradora Geral de Justiça

O

governador Camilo Capiberibe, reconduzirá hoje (21), a promotora Ivana Lúcia Franco Cei ao cargo de procuradora-geral de Justiça do Estado do Amapá. Pela segunda vez, a promotora Ivana Cei foi a mais votada para ocupar o cargo, recebendo 70 dos 73 votos possíveis. A eleição ocorreu no dia 7 deste mês, na sede do Ministério Público Estadual (MPE). A lista tríplice, encabeçada por Ivana Cei, teve ainda os promotores Roberto Álvares e o procu-

rador Márcio Augusto Alves. Após a votação, a lista tríplice foi entregue, por uma comissão de membros do MPE, no Palácio do Setentrião, ao governador Camilo Capiberibe, que teve 15 dias para decidir quem dos três candidatos mais votados ficaria à frente do MPE durante o biênio 2013/2014. “Quero parabenizar a procuradora-geral de Justiça e desejar sucesso nesses dois anos de trabalho que ela terá pela frente”, disse o governador Camilo Capiberibe.

Pela segunda vez, a promotora Ivana Cei foi a mais votada para ocupar o cargo, recebendo 70 dos 73 votos possíveis.


Geral

JD

B2

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Falta de água na zona leste de Macapá gera transtorno à população A falta de água que era para durar na terça-feira se estendeu até a última quarta-feira causando inúmeros transtornos CELIANE FREITAS

“A água cai suja, para consumir, logo em seguida procuro coar e ferver para evitar o risco de contrair algum tipo de doença na família. Porém, já para lavar as roupas e as louças não é possível utilizar a água,” disse a moradora do bairro das Pedrinhas.

Mônica Costa Da Redação

F

alta água em alguns bairros da capital e os moradores reclamam da situação. Desde a última terça-feira (19), nos bairros do Muca, Alvorada, Nova Esperança, Congós, Santa Rita, Buritizal, Araxá e Pedrinhas, a água da Caesa não existe em algumas residências. A comunidade reclama e conta que a única maneira é ter que se adaptar a rotina aos horários em que a água chega às torneiras. As famílias que não tem poço em suas residências sofrem para lavar roupas, louças, cozinhar e outras necessidades. A moradora do bairro Novo Buritizal, Amanda Patrícia Lima, que tem cinco filhos pequenos, recla-

ma que já está cansada da falta de água em sua casa. “A gente sente um grande constrangimento, pois para pegar um pouco d’água, é necessário meu esposo incomodar o vizinho que tem poço, e ele mora do outro lado da rua” disse a moradora. Edite de Araújo falou que além de faltar água, o alimento chega sujo na torneira. “A água cai suja, para consumir, logo em seguida procuro coar e ferver para evitar o risco de contrair algum tipo de doença na família. Porém, já para lavar as roupas e as louças não é possível utilizar a água,” disse a moradora do bairro das Pedrinhas. Para Ana Lúcia Alves de Moraes, que mora na Avenida Equatorial no bairro

do Araxá há mais de 10 anos, normalizar esta situação precária parece uma trabalho impossível. “Todo tempo é a mesma coisa, não é possível que tantas obras que estão sendo realizadas não sirvam para trazer melhorias para a nossa comunidade”. Motivo De acordo com o Carlos Antônio de Melo, diretor operacional da Caesa, a falta de água em alguns bairros da capital foi ocasionada por causa da manutenção de uma bomba no sistema, na madrugada da última quarta-feira, 20. “Por causa de uma obra que estava sendo realizada na Rua Santos Dumont com a Avenida Clodovil Coelho, foi religado o sistema. Após a manu-

tenção da rede adutora DN 700mm x 500mm, que é por onde chega a água, os bairros Santa Rita, Alvorada e Nova Esperança já foram abastecidos” explicou Carlos Antonio. Segundo o diretor, é preciso algum tempo para que o abastecimento se normalize nas áreas atingidas. Sujeira O diretor operacional da Caesa disse também que a pressão na rede de distribuição influi na qualidade da água por causa das impurezas na tubulação, “se a água que chegar à torneira apresentar aspectos diferentes, é necessário que a população aguarde alguns instantes para que a cor se normalize,” finalizou Carlos Melo.

Últimos dias para o recadastramento em Mazagão REPORTAGEM JD Da Redação

E

ncerra amanhã (22) o prazo para recadastramento dos servidores efetivos. A Prefeitura Municipal de Mazagão está realizando as últimas chamadas a fim de que os servidores não percam o prazo. té a ultima quarta-feira

(20) foram recadastrados mais de 50% dos servidores efetivos. O recadastramento tem como objetivo avaliar a real situação funcional servidores ativos do município. Segundo o prefeito de Mazagão Dilson Borges, o objetivo é conhecer a realidade do município de Mazagão em termos de servidores. “Nosso objeti-

vo é saber qual a realidade do município em relação a servidores e somente realizando esse procedimento saberemos qual a realidade”, declarou. Para se recadastrar, o servidor municipal deverá apresentar cópias da portaria de nomeação, comprovante de residência, documentos de identificação pessoal com foto, CPF,

além de preencher uma ficha cadastral disponibilizada no ato do recadastramento. O recadastramento é obrigatório e esta acontecendo na sede da prefeitura de Mazagão e não haverá prorrogação do prazo. O não comparecimento do servidor no prazo estabelecido acarretará na suspensão temporária dos vencimentos.

Iapen e EAP desenvolvem projeto de valorização ao servidor REPORTAGEM JD Da Redação

O

Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), em parceria com a Escola de Administração Pública (EAP), iniciou na segunda-feira, 18, o projeto Bem Vindo Servidor, direcionado ao funcionário do instituto que retorna das férias. O Bem Vindo Servidor é desenvolvido em ciclos, todos os meses haverá cursos. Coordenado pela Escola de Administração Penitenciária (Esap), o curso tem como objetivo dar mais atenção à saúde física e metal do servidor, para prevenir doenças psicossomáticas como estresse, doenças gastrointestinais, doenças das articulações e do sistema cardiovascular. Portanto, atendendo a esta demanda do Iapen, a EAP proporciona nesta quarta-feira, 20, e quinta-feira, 21, sua participação

nesta parceria proporcionando as capacitações de Inteligência Emocional e de Comunicação Assertiva. O projeto favorece tanto o prestador de serviço carcerário quanto aos internos que cumprem penas. Do ponto de vista humanitário, a diretora da EAP, Izabel Cambraia, aponta

que o servidor com uma postura mais humanizada apresenta melhoria no trabalho prestado, visto que a ressocialização começa pelo tratamento de qualidade disponibilizado ao outro. “O bem-estar e controle emocional é extremamente positivo para o convívio, não é apenas a

violência que se propaga, a boa educação e exercício do dever social também se elevam. Portanto, não nos cabe tratar mal ou agir com preconceito aos que serão julgados pela lei, afinal de contas, os direitos humanos são para todos, sem exceção”, destaca Izabel Cambraia.

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com MORTE NO ASFALTO Na manhã de segunda-feira morreu vítima de atropelamento, o pastor Mendes. Um ônibus urbano o deixou estendido no asfalto e sem vida, no coração institucional da cidade, em plena Avenida FAB, a poucos passos da Câmara Municipal. Segundo os que presenciaram a cena, a violência do choque jogou o pastor violentamente contra o asfalto, onde bateu com a cabeça no chão, rompendo e abrindo mais de 10 cem. O sangue se misturou com a água da chuva que caia e às lamentações dos passantes e dos amigos do pastor. OS BURACOS SÃO MEUS Mesmos com a declaração de propriedade feita pelo prefeito Clécio Luis sobre os buracos que ocupam as ruas de Macapá, a população não se sensibilizou. Ficou claro que para todos que os usuários das vias de Macapá estão pouco interessados em saber de quem é o buraco, na verdade, eles não estão querendo nenhum deles, muito menos aqueles que passaram para a propriedade do prefeito. CPIs Completamente desmoralizado, o instituto das CPIs passou a ser um ente evitado por todos na Assembléia Legislativa. Os deputados avaliam que ficar próximo delas ou, pior, dentro delas, acaba chamando resultado ruim na eleição. Todos têm presente na mente o que aconteceu com o deputado Ruy Smith na legislatura passada, que mesmo sendo um bom deputado teve os votos enterrados junto com as CPIs que alardeava. CALADINHOS DEMAIS Os vereadores continuam muito calados no começo desta legislatura, mesmo tendo que enfrentar uma série de problemas com a cidade. Todos os pontos estão sendo tratados com muito zelo e acompanhados com especial atenção. Até mesmo as medidas do prefeito Clécio estão sendo objeto de avaliação pelos vereadores que continuam cautelosos mas, a boca pequena deixa escapar, que quando agirem, ninguém vai esquecer. ALAGAMENTOS Como se não bastassem os problemas herdados pelo prefeito Clécio, ele ainda tem que enfrentar quase todos os dias, chuvas muito forte que estão alagando ruas, transbordando canais e invadindo casa. Os que moram nas áreas de risco são, naturalmente, os mais afetados e já começam a perder a paciência e, inquietos, pedem ação imediata das secretarias municipais e do prefeito. LINHA MACAPÁ-SANTANA 20 novos ônibus já estão operando na linha Macapá–Santana, como parte do termo de compromisso firma-

do entre o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) e a Secretaria de Transportes do Estado do Amapá (Setrap). Desde o ano passado, quando o documento foi assinado, as linhas intermunicipais e metropolitanas tiveram ampliação de 60% da frota, segundo os empresários. FICOU CONTRA O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ajuizou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4909) no Supremo Tribunal Federal contra o Decreto 79/2011 do Estado do Pará, que fixa a incidência do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas operações interestaduais que destinem mercadorias ou bens para consumidor final no estado, quando a aquisição ocorrer de forma não presencial, ou seja, por meio de internet ou telemarketing. MULHERES CAMPONESAS O Movimento das Mulheres Camponesas abriu em Brasília, o I Encontro Nacional com 3 mil mulheres vindas de 23 estados brasileiros. Do Amapá, participam a secretária de Estado do Desenvolvimento Rural, Cristina Almeida, a presidente da Federação dos Agricultores e Agricultoras do Estado do Amapá e presidente do Sindicato Rural da Ilha de Santana, Noenes de Sousa Pereira, e a presidente da Associação de Moradores de Agricultura Familiar Rural de Pedra Branca, Rita da Conceição. VALE CULTURA A ministra da Cultura, Marta Suplicy, anunciou que o Vale Cultura, que será regulamentado no fim deste mês, será cumulativo e deve estar pronto para operar a partir de junho ou julho. Segundo ela, o trabalhador que tiver o “cartão pré-pago” do Vale Cultura poderá abrir mão de utilizar o benefício em um determinado mês e gastá-lo futuramente sem que ele expire. ESTÁGIO O estágio é uma forma de capacitar jovens do ensino superior para o mercado de trabalho. É a oportunidade que eles têm para colocar em prática tudo aquilo que estão aprendendo durante a vida acadêmica. Pensando nisso, o Tribunal de Justiça do Amapá vem realizando processos seletivos para a admissão de estagiários de nível superior. Atualmente são 136 estagiários distribuídos na sede do Tjap e nas comarcas de Macapá e Santana. PIS SOBRE ALUGUÉIS A discussão sobre a incidência do Programa de Integração Social (PIS) sobre a receita auferida na locação de imóveis, inclusive no que se refere às empresas que alugam imóveis próprios, teve sua repercussão geral reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em votação realizada no Plenário Virtual.


Geral

JD

B3

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Plano Emergencial alcança setor da saúde em março Reformas nas Unidades de Saúde, reabastecimento de farmácias básicas e ativação de um laboratório para exames são medidas a serem adotadas

O

Plano Emergencial seguido pela Prefeitura Municipal de Macapá para os primeiros cem dias de governo já alcança resultados positivos. Depois de iniciar a limpeza da cidade, incluir pagamento de pessoal e começar a desenhar o novo sistema de transporte público, o prefeito Clécio Luis anunciou para o próximo dia 4 de março, iniciativas emergenciais voltadas ao setor da saúde. Pequenas reformas nas Unidades de Saúde, reabastecimento de farmácias básicas e ativação de um laboratório para realização de exames são medidas a serem adotadas. Durante entrevista em uma emissora de rádio local, o prefeito de Macapá Clécio Luis disse que após o pagamento referente ao mês de fevereiro dos servidores municipais, a Prefeitura deve iniciar as ações destinadas a reorganização do setor da saúde pública. Em Macapá, existem 23 unidades de saúde prestam atendimento na área urbana e 21 estão localizadas na zona rural. Deste total, a situação é considerada emergencial em todas as unidades. Uma das primeiras iniciativas prevê o favorecimento de um ambiente digno e agradável para abrigar o servidor. “Para se ter uma ideia, a Unidade de Saúde Marcelo Cândia, localizada no bairro Buritizal, que já era referência de atendimento 24 horas, recebeu uma recomendação do Conselho Regional de Enfermagem para retirada dos profissionais, porque não havia condições de permanên-

Durante entrevista em uma emissora de rádio local, o prefeito de Macapá Clécio Luis disse que após o pagamento referente ao mês de fevereiro dos servidores municipais, a Prefeitura deve iniciar as ações destinadas a reorganização do setor da saúde pública.

cia. Vamos realizar reparos no sistema elétrico e hidrosanitário para melhorar as condições de trabalho ” ressaltou o prefeito. Outra medida a ser adotada, é a escala de plantões para que as Unidades funcionem às 18h e 24h, além do reabastecimento das farmácias básicas existentes nos postos. Um laboratório para exames será ativado no Posto de Congós, considerado melhor em estrutura física para prestar o serviço. Com o laboratório, um

veiculo coletará o material nos postos de saúde da capital e após realização dos exames, será devolvido aos postos. As ações também prevêem a criação de um protocolo, com informações sobre atendimentos prestados na referida Unidade. Orçamento Com pouco mais de R$ 500 milhões disponíveis em orçamento, prefeito Clécio Luis garante que não há recursos em caixa para investimentos. Isso

porque R$ 266 milhões foram aplicados em pagamento de pessoal, em função do descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. Da gestão passada, foram herdados R$ 243 milhões em dívidas, mais de R$ 15 milhões somente de salários atrasados, dos quais já foram pagos quase R$ 13 milhões e ainda faltam R$ 1,8 milhão para pagamento de cargos comissionados e plantões médicos de dezembro, algo entorno de R$ 1,4 milhão.

Inadimplência A Prefeitura está completamente inadimplente por vários convênios e recursos federais, com ausência de prestação de contas. A falta de recolhimento na Macapá Previdência também é outro imbróglio que a Prefeitura estar tentando resolver, a dívida chega a R$ 87 milhões. “No ano passado inteiro foram feitos dois repasses justamente em duas renegociações, a Prefeitura renegociava, tinha autorização do Ministério da

Previdência e Câmara de Vereadores, então pagava a primeira, recebia o Certificado de Regularização Previdenciária e não pagava mais” explicou o gestor que reforçou que atualmente, a Prefeitura de Macapá enfrenta dificuldade quanto a novas renegociações. Para evitar problemas, a gestão municipal está trabalhando para colocar no ar, o novo Portal da Transparência, em cumprimento as Leis da Transparência e Informação.

Peixe Popular retorna às vésperas da Semana Santa

A

pouco mais de um mês para a Semana Santa, a Agência de Pesca do Amapá (Pescap), por meio da Coordenadoria do Projeto Peixe Popular, vem intensificando suas atividades em torno da realização de mais uma ação do Projeto Peixe Popular, que deverá acontecer no período de 26 a 29 de março, em diversos pontos no Estado. O projeto, criado em 2011, pela Pescap, tem como objetivo ampliar cada vez mais o consumo de peixe pela população amapaense, trabalhando junto às colônias de pescadores do Estado no sentido de ofertar à comunidade uma variedade de pescado a um preço mais popular. Para que isso ocorra, a Pescap vem desde o lan-

çamento do projeto dando todo o apoio logístico aos pescadores participantes da ação, no intuito de diminuir os custos e baratear o produto para a população. Este ano, de acordo com o coordenador do projeto, Rudivaldo Paes, a Agência de Pesca fornecerá às colônias de pescadores todo o aparato necessário para o transporte, comercialização e o tratamento do pescado, com o fornecimento de combustível, gelo, condução, bem como faca, tábua e aventais. A proposta é que durante a ação da Semana Santa seja mantida a tabela de preços e a variedade de pescado oferecido durante as últimas edições, com preços que variam de R$ 3,00 a R$ 11,00. “A expectativa é que

este ano aproximadamente 100 toneladas de pescado sejam comercializadas durante os quatro dias de ação, nos 21 pontos de venda espalhados pelo Estado, superando

as expectativas de 2012, quando foram comercializadas 80 toneladas, das mais de 40 espécies ofertadas”, afirmou o coordenador do projeto, Rudivaldo Paes. Serão convidadas para a audiência autoridades como o vice-presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Comissão especial debaterá nos estados autonomia funcional das Defensorias

A

Este ano, de acordo com o coordenador do projeto, Rudivaldo Paes, a Agência de Pesca fornecerá às colônias de pescadores todo o aparato necessário para o transporte, comercialização

Aprovada MP que ajuda com R$ 1,95 bi estados e municípios

M

edida provisória que prevê auxílio financeiro da União a estados e municípios, no valor de R$ 1,95 bilhão, foi aprovada pelo Plenário do Senado, na quarta-feira (20). Os parlamentares rejeitaram as 19 emendas oferecidas à MP 585/2012 e aprovaram a medida sem alterações em relação à proposta do governo federal. A MP segue agora para promulgação. De acordo com a medida, a União destinará aos estados R$ 1,46 bilhão, correspondentes a 75% dos recursos. Os municípios ficarão com o restante, ou seja, R$ 487 milhões. Cada estado receberá sua parcela de acordo com coeficiente fi-

xado pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). A repartição dos recursos para os municípios é proporcional à participação no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Segundo o relator da MP, deputado Vicente Cândido (PT-SP), o Ministério da Fazenda já transferiu os recursos para estados e municípios exportadores, em parcela única. O relator informou que o governo não exerceu a prerrogativa prevista na MP de descontar do valor da transferência eventuais dívidas vencidas e não pagas por estados e municípios. Entre os estados exportadores que mais receberam recursos por meio da MP estão

Minas Gerais (24,8%), Mato Grosso (12,1%) e Pará (10%). O Distrito Federal não receberá este ano.Desde a aprovação da Lei Kandir (Lei Complementar 87/1996, com redação dada pela LC 115/2002), as exportações de produtos industrializados ficaram desoneradas de

Deputado Vicente Cândido (PT-SP)

ICMS. Para compensar as perdas sofridas por estados e municípios, a cada ano o governo edita uma medida provisória com a finalidade de dar amparo legal às transferências, como aconteceu este ano com a MP 585/2012. deputado Vicente Cândido (PT-SP)

comissão especial que discute a autonomia funcional e administrativa das Defensorias Públicas da União e do Distrito Federal aprovou a realização de audiência pública e de seminários regionais para debater a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 207/12), do Senado. Serão convidadas para a audiência autoridades como o vice-presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Os seminários nos estados devem contar com a participação de representantes do governo e da OAB local. Além da autonomia, a PEC garante a essas defensorias a iniciativa de elaborar a própria proposta orçamentária. Hoje, apenas as defensorias públicas estaduais contam com esse direito. Atender o cidadão Para o presidente da comissão especial, deputado Amauri Teixeira (PT-BA), defensorias públicas autônomas podem atender melhor os cidadãos que não têm acesso à Justiça. “O Judiciário

como poder já tem autonomia constitucional garantida. O Ministério Público já tem sua autonomia garantida. A Defensoria Pública, de todos esses órgãos, é o mais importante.” No entender de Amauri, “o Judiciário é um poder que deveria estar acima dos interesses. O Ministério Público atua defendendo a lei. A Defensoria Pública atua defendendo a sociedade. Então, para que a Defensoria tenha, realmente, condições de defender a sociedade, ela deve ter autonomia funcional e autonomia, principalmente, financeira e administrativa” Calendário indefinido Ficou decidido que a comissão vai se reunir sempre às terças-feiras. Ainda não há previsão de data para a audiência pública e para os seminários regionais. A PEC 207/12 já teve a sua admissibilidade aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se for aprovada na comissão especial, a PEC segue para votação no Plenário.


DiaDia

JD

B4

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Judiciário nega ação de exceção de suspeição movida contra o desembargador Brahuna MP-AP deverá recorrer da decisão por entender que o magistrado não tem imparcialidade para julgar casos que envolvam o Poder Legislativo

E

m sessão realizada na manhã desta quarta (20), o pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá – TJAP rejeitou a Ação de Exceção de Suspeição, movida pelo Ministério Público do Amapá, contra o desembargador Constantino Brahuna. Para o MP-AP, o magistrado deveria ser impedido de participar dos julgamentos envolvendo o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Moisés Souza, em razão de sua manifestação pública de amizade com o parlamentar. Durante uma reunião do conselho deliberativo da AMPREV, realizada em 22 de dezembro de 2011, o magistrado, que é relator em diversos processos em que figura como réu o deputado Moisés declarou: “Agora o que eu me comprometo é ir à Assembleia Legislativa, aí sim, aonde eu tenho um bom trânsito, entendeu? (…) Tudo pedindo a deputado. O presidente [Moisés Souza] é meu amigo pessoal, eu freqüento a casa dele, e ele a minha, então o presidente da Assembleia é meu amigo, então eu posso fazer isso” . Esse fato, aliado a outras evidências, motivou o pedido do Ministério Público para que Brahuna se afaste

da relatoria de todos os processos envolvendo o deputado Moisés e a Assembleia Legislativa, por suspeita de parcialidade na condução dos processos, em especial aqueles resultantes da Operação Eclésia. Além disso, no curso da Ação, o MP-AP relembra a decisão liminar concedida justamente por Brahuna em favor de Moisés, no tumultuado processo eleitoral que garantiu ao parlamentar a presidência da Casa de Leis Amapaense, em 2011. No entanto, para o juiz convocado Mário Mazureck, relator na ação de Exceção de Suspeição, não há nos autos, elementos considerados suficientes para afastar Constantino Brahuna dos referidos processos. Disse ainda que caberia ao próprio magistrado declarar-se suspeito. Sobre a gravação apresentada pelo MP-AP, Mazureck disse ser normal por “apenas demonstrar um bom relacionamento com o Poder Legislativo”, interpretou. O voto do relator foi acompanhado pelos desembargadores Luiz Carlos, Raimundo Vales, Décio Rufino (juiz convocado) e Carmo Antônio. O último ainda ponderou, antes de proferir seu parecer, que se estivesse no lugar de

CELIANE FREITAS

Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá – TJAP rejeitou a Ação de Exceção de Suspeição, movida pelo Ministério Público do Amapá, contra o desembargador Constantino Brahuna.

Brahuna, certamente se afastaria do processo, pois aquela declaração de amizade lhe acompanharia para sempre. Ainda assim, Carmo Antônio disse que não poderia julgar a existência de amizade íntima entre as partes, já que o próprio Constantino nega veementemente.

Os desembargadores Dôglas Evangelista e Agostino Silvério, presentes no Plenário, não participaram da votação, pois já declararam suspeição em processos que envolvam a Casa de Leis. O MP foi representado na sessão pela procuradora de justiça, Estela Sá.

Deputado quer distribuição gratuita de protetor solar a servidores públicos

T

ramita na Assembleia Legislativa o projeto de Lei, do deputado Manoel Brasil (PRB), que torna obrigatória a distribuição gratuita de protetor solar aos servidores públicos que trabalham em ambientes abertos. A proposta estabelece que o protetor deverá ser distribuído pelo Governo do Estado, entre os profissionais que serão beneficiados estão, por exemplo, professores de Educação Física, agentes de programas específicos de saúde, funcionários da garagem estadual, dentre outros. Além da distribuição do produto, o projeto também torna obrigatória orientação sobre os benefícios e formas de uso. A matéria lida na sessão da última segunda-feira (18) determina que as empresas e as concessionárias prestadoras de serviços públicos externos do Governo Estadual devem, obrigatoriamente, distribuir além de roupas e equipamentos protetores e de prevenção acidental, o protetor solar a seus trabalhadores nas seguintes áreas: obras de serviços públicos de construção; limpeza publica e de manutenção e todas as demais atividades que exponham o trabalhador à radiação solar. “Esta matéria já foi regulamentada a nível federal, através de projeto que instituiu a politica de prevenção e combate às doenças associadas à Exposição Solar no trabalho, e a aderida em diversos municípios brasileiros”, justifica o deputado. De acordo com o autor do projeto, a prevenção da saúde dos servidores é uma forma de economia e de continuidade da organização e bom atendimento do serviço público. Expor-se ao sol diariamente sem proteção também causa envelhecimen-

Investigações do MP revelam mais de R$ 14 milhões em desvios na gestão de Moisés Souza Os trabalhos decorrentes da Operação Eclésia, realizada em maio de 2012, permitiu que o Ministério Público ofertasse, até o momento, onze denúncias contra deputados estadu-

Semed e Ministério Público discutem regime educacional da Rede Municipal de Ensino

A

Deputado Manoel Brasil (PRB), que torna obrigatória a distribuição gratuita de protetor solar aos servidores públicos que trabalham em ambientes abertos.

to precoce e manchas de pele, que podem evoluir para carcinomas e melanomas. “Usar protetor solar hoje em dia é condição primordial não apenas para frequentar a praia ou a piscina. O sol, mesmo nos dias de mormaço, não poupa a pele de seus raios nocivos. Por isso, dermatologistas orientam para o uso diário do protetor solar, principalmente àqueles indivíduos de pele mais clara e sensível. A exposição continuada ao sol sem proteção pode levar, a longo prazo, ao temido câncer de pele”, orienta o deputado. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), a previsão do nú-

mero de novos casos de câncer de pele em 2012, para o Brasil, era de 62.680 casos novos de câncer da pele não melanoma entre homens e 71.490 em mulheres. Esses valores correspondem a um risco estimado de 65 casos novos a cada 100 mil homens e 71 para cada 100 mil mulheres. O câncer pode ocorrer em qualquer pessoa que se expõe excessivamente aos raios solares em horários impróprios (entre 10h e 16h) ou que tenham histórico da doença na família. No Estado do Amapá, de acordo com a estatística para 2012, foram de 590 novos casos, sendo 150 de câncer de pele, que responde por 25% do total

de tumores malignos detectados no país e seus tipos mais frequentes são carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma, este último o mais raro e também o mais maligno, por ter capacidade de se espalhar. O melanoma pode ocorrer sobre uma pinta já existente ou surgir sobre a pele normal. “Por estes motivos é que encaminhei o projeto, que visa tornar obrigatório o fornecimento de protetor solar aos servidores públicos, como aos funcionários das empresas privadas que venham a contratar serviços com o Estado, cujas atividades estejam expostas à radiação solar”, finaliza Manoel Brasil.

ais e demais pessoas envolvidas em casos de corrupção no Poder Legislativo amapaense. Tomando por base apenas as ações em curso, já somam aproximadamente R$14 milhões (quatorze milhões de reais) o montante desviado da AL, entre os anos de 2011 e meados de 2012.

Secretaria Municipal de Educação (Semed) provocou uma reunião nesta terça-feira, 19, com representantes do Ministério Público Estadual (MPE) e órgãos do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente (SGDCA) do Município de Macapá, para tratarem sobre a mudança provisória no regime educacional do município, que este ano passa a adotar o turno intermediário. O secretário da Semed, Saul Peloso, acredita que o método é um instrumento fundamental para a organização pedagógica e à inserção de todos os educandos na escola. “Dessa forma é evidenciado o compromisso dos profissionais que vivenciam a realidade escolar e as peculiaridades da Rede Pública Municipal de Ensino, colaborando para o êxito do trabalho escolar, com o compromisso de oferecer uma educação que valorize a permanência e a efetivação da aprendizagem do aluno”, declarou o secretário. A reunião, presidida pela procuradora de justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude, Judith Gonçalves Teles, contou com também com a presença de representantes da sociedade civil e dos promotores de justiça Pedro Leite e Tânia Aparecida e Conselhos Tutelares da zona norte e zona sul.

A procuradora de justiça, Judith Teles afirmou que o Ministério Público vai colaborar para o desenvolvimento positivo do regime a ser adotado pela Semed. “Estaremos bem próximo da Semed, buscando soluções aos problemas que a secretaria está passando. Iremos interagir com o conselho municipal a respeito das solicitações enviadas ao MPE”, ressaltou a promotora de justiça. A cessão de espaços, pelo Governo do Estado, para abrigar novas salas de aula também foi um dos pontos discutidos, bem como procedimentos para a realização do processo seletivo de novos servidores para a Semed. A subsecretária da educação municipal, Antônia Andrade, explicou a importância de se fazer esse planejamento junto com órgãos competentes. “Toda organização deve possuir um conjunto de normas e regras que regulem as atividades traduzidas em um documento que esteja disponível para a consulta de toda a comunidade escolar. Este Regimento Escolar, construído coletivamente, é um instrumento relevante, que orienta e define as normas estabelecidas na legislação vigente que são utilizadas e aplicadas na rede pública de ensino municipal. Essa é uma forma de nos respaldarmos nas nossas ações”, finalizou.


CadernoC

Atualidades

Editora: Cristiane Coutinho - cris-coutinho@hotmail.com

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Teoria de que mulheres preferem os cafajestes tem fundamento sim

Estudo da Universidade do Texas diz que, durante a ovulação, a mulher sente mais atração por homens cafajestes

Q

ual mulher nunca se apaixonou por um homem bonitão, sexy, esbanjando autoconfiança, atraente, mas... um verdadeiro cafajeste? Ou não falou, em vão, repetidas vezes para a amiga terminar logo com aquele garanhão? E qual homem nunca se perguntou por que diabos foi trocado por aquele cara que claramente não quer nada a sério com a mulher de seus sonhos? A pergunta que paira sobre todas essas situações é: as mulheres preferem os cafajestes? Para tentar respondê-la, a professora da Universidade do Texas (EUA) Kristina Durante fez três estudos com mulheres de 18 a 45 anos, durante o período de ovulação delas. A conclusão foi publicada neste ano com o título “Ovulation Leads Women to Perceive Sexy Cads as Good Dads (“Ovulação leva as mulheres a perceberem homens sexy e cafajestes como bons pais”, em tradução livre). O resultado surpreendeu até a pós-doutora em psicologia social: todas essas mulheres, independentemente da idade, se sentiram mais atraídas aos homens “cafajestes” durante a ovulação e atribuíram a eles características de bons pais e parceiros estáveis para toda a vida. A pesquisa também concluiu que, quando se tratava de enxergar os mesmos cafajestes com outras mulheres, a história era outra: as entrevistadas voltavam a vê-los como aventureiros a se evitar. Para piorar a situação dos homens que valorizam a fidelidade e querem ser maridos e pais, a ovulação não causou a mesma mudança nas mulheres em relação a eles. Culpa da evolução O que explica a mudança no comportamento durante a ovulação é a genética e a evolução. Segundo Kristina, as características dos cafajestes são ligadas a altos níveis de testosterona, sistema imunológico mais eficaz e, portanto, condições genéticas melhores. “A interpretação para isso é que somos mais atraídas por esses homens porque podemos passar seus bons

O

A

Petrobras (PETR4) (PETR3) descobriu petróleo de boa qualidade na área de cessão onerosa Florim, no pré-sal da bacia de Santos, informou a companhia ontém (20). Este é o sexto poço descoberto pela companhia após a assinatura do contrato de cessão onerosa, acordo assinado com o governo como parte do processo de capitalização da estatal, com direito a exploração de 5 bilhões de barris de petróleo que serão retirados de outras áreas localizadas ao redor de campos gigantes como Lula. Esse poço está situado em um reservatório carbonático logo abaixo da camada de sal, a uma profundidade d’água de 2.009 metros, a 206 quilômetros da costa do Rio

de Janeiro. Segundo a estatal, a perfuração chegou a uma profundidade de 5.498 metros e continuará até o nível de cerca de 6.100 metros, conforme previsto no contrato de cessão onerosa. Após a perfuração ser concluída, será feito um teste de formação para avaliar a produtividade dos reservatórios, de acordo com as atividades e investimentos previstos no Programa Exploratório Obrigatório (PEO). A fase exploratória deve se estender até setembro de 2014, quando poderá ser declarada a comercialidade da área. O poço comprovou “a existência de petróleo de boa qualidade (29º API), em reservatórios carbonáticos de excelente qualidade situados logo abaixo da camada de sal”. (globo)

Primeiro bilionário da televisão brasileira

Você é do tipo que cai na conversa de um homem tipicamente cafageste e acredita que irá muda-lo ?

genes aos nossos filhos. Em centenas de milhares de anos atrás, nossas crianças, se tinham esses sistemas imunológicos mais eficazes, tinham mais probabilidades de sobreviver nas condições ambientais dos nossos ancestrais”, explica a pesquisadora. A pesquisa considerou apenas as mulheres no período de ovulação, excluindo, portanto, meninas que ainda não entraram na puberdade, que usam métodos contraceptivos que inibem produção de hormônio ou mulheres que passaram da menopausa. Kristina acredita que quando as mulheres não estão ovulando têm uma visão mais realista dos cafajestes. Mais jovens, mais vulneráveis As mulheres com mais hormônio estrogênio tendem a cair mais facilmente na lábia dos cafajestes, de acordo com Kristina. “Então, se pensarmos nos níveis de estrogênio ao longo da vida, mulheres que são mais férteis, com 20 e poucos anos de idade, mais provavelmente se iludiriam com os cafajestes e sexy. Provavelmente, as mais jovens mostrariam mais esse efeito do que as mais ve-

lhas”, diz. E a pesquisadora revela que já foi “vítima” dos hormônios na juventude (e que a experiência pessoal foi um dos fatores que motivaram sua linha de estudo). “Eu já fui uma garota de 20 e poucos anos que esteve com garotos que provavelmente não seriam bons companheiros de longa data. Meus amigos e parentes deviam pensar ‘ele não é um cara legal’, mas quando eu estava junto do meu cafajeste sexy eu o percebia de forma diferente, através de lentes coloridas. Depois, olhando para trás, eu percebia que estava me iludindo”. Conflito entre o corpo e o cérebro A pesquisadora acredita que o fato de todas as mulheres do estudo terem atribuído aos cafajestes características de bons pais indica um mecanismo criado por elas, sem se darem conta. Seria uma forma de justificar o conflito que sentem por saberem que estão lidando com um homem que não deveriam, mas serem impelidas a ter relações sexuais com ele. “Quando você está ovulando, se sente mais atraída por canalhas, mas, por saber que eles não são do tipo está-

vel, e para se sentir melhor, você pensa que talvez, apenas com você, as coisas sejam diferentes e ele poderia se tornar um bom marido, um bom pai. É uma maneira de reduzir a ansiedade que sentimos por estarmos atraídas por eles. Pensamos: ‘ele pode não ser tão ruim’”. Preferem ou não preferem? Pensando no ponto de vista das mulheres brasileiras e dos “cafajestes nacionais”, essa teoria é válida? Para Elko Perissinotti, psiquiatra e psicanalista que é vice-diretor do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, as mulheres preferem, sim, esse tipo de homem, mas não sabem disso. “É um saber não sabido, mas sendo executado (na fantasia, pelo menos), sobretudo ao sabor da ovulação ou de bebidas alcoólicas. Mas sabemos muito bem que esse é apenas um exercício de genética, hormônios e desejos, porque a cultura bloqueia isso pela lei moral e pela modificação parcial da mente. Assim, o que faríamos de fato é transformado em objeto de desejo”, diz ele. (bol)

Aeroporto de Guarulhos passa por obra para acabar com problemas estruturais maior aeroporto do Brasil passou a ser administrado por uma empresa privada. O terminal de Guarulhos está em obras, e o principal desafio é acabar com os problemas estruturais a tempo da Copa do Mundo. No maior aeroporto do país, falta espaço para tudo. E sobram filas e reclamações. “Quando desembarquei tinha goteira no corredor”, afirma um passageiro. Na pista, o excesso de aviões faz muitos vôos saírem com atraso. A capacidade é para receber 25 milhões de passageiros por ano, mas, no ano passado, Guarulhos recebeu 32 milhões. “Estou achando tudo muito lento, a chegada muita lenta”, diz uma pas-

Petrobras descobre petróleo de boa qualidade na bacia de Santos

sageira. As primeiras medidas para mudar a avaliação do público foram a ampliação dos banheiros e a troca de toda a sinalização. Também tem mais gente nos corredores para orientar os passageiros. As maiores obras, por enquanto, só quem chega de avião consegue ver. Ao lado da pista, a imensa cratera marca o início da construção do terminal três, que será maior que o um e o dois juntos. A concessionária diz que será um dos terminais mais modernos do mundo, mas o prazo até a Copa do Mundo é apertado. “Vai dar tempo. Nós estamos hoje com mais de duas mil pessoas trabalhando na obra, sete dias

por semana, 24 horas por dia”, afirma Antônio Miguel Marques, presidente da concessionária. Um dos principais desafios para quem vai a Guarulhos de carro é conseguir estacionar. Faltam vagas. Esse será o 1º problema solucionado em breve. Um edifício-garagem para 2,6 mil carros começou a ser construído há quatro meses, e começa a funcionar em maio. Com o prédio, o número atual de vagas vai quase dobrar. Até a Copa, a concessionária pretende construir outro, elevando a capacidade de estacionamento para 10 mil carros. “Não houve expansão nesses 30 anos. O terminal 3 vai resolver esse problema. A gente tem muita confiança de que nós se-

remos um exemplo a ser seguido pelo mundo”, diz o presidente da concessionária.

O

apresentador Silvio Santos ganhou um perfil na revista norte-americana ‘Forbes’ por ter uma fortuna estimada de US$ 1,25 bi (cerca de R$ 2,5 bilhões). Segundo a revista, o apresentador é a primeiro famoso da TV brasileira a atingir o patamar de bilionário. A informação já havia sido antecipada pelo portal ‘Glamurama’. Na reportagem, a revista afirma que nunca nenhum outro apresentador brasileiro conseguiu entreter tantas gerações de telespectadores por tanto tempo. O grupo Sílvio Santos é um conglomerado com mais de 30 empresas, com receitas superiores a R$ 4 bilhões por ano. Entre as empresas do grupo, a que mais se destaca é a Jequiti. A linha de cósmeticos tem crescido a uma taxa de dois dígitos por ano e já teria atraído o interesse de gigantes do setor, como Coty e L’oreal. A reportagem cita

a história do empresário Silvio Santos, que teve início quando ele era ainda um adolescente no Rio de Janeiro. Problemas Porém, a vida de Sílvio Santos não teve apenas alegrias. Além do sequestro de uma de suas filhas, a revista cita o rombo deixado pelo banco PanAmericano, que era do grupo de empresas do apresentador. Com dívidas de R$ 4 bilhões, o banco foi vendido para o BTG Pactual. (bol)

Receita Federal implanta malha fina para empresas

A

Receita Federal coloca em prática ainda neste mês o sistema de malha fina para o contribuinte pessoa jurídica, por meio do qual as cerca de 4 milhões de empresas em atividade no país serão informadas diariamente sobre inconsistências no pagamento de tributos federais. A medida representará um reforço adicional para a cobrança de R$ 41,9 bilhões em débitos de grandes devedores. Para a Receita, a nova malha fina dará ao contribuinte uma percepção maior da capacidade de controle do fisco. “Com a percepção de que a Receita tem rigor na conferência dos tributos declarados, nós podemos aumentar a arrecadação espontânea... E uma malha fina vai influenciar o procedimento futuro do contribuinte”, disse o subsecretário de Arrecadação do órgão, Carlos Roberto Occaso. O sistema de malha fina de empresas fará uma análise diária dos documentos obrigatórios de arrecadação de impostos das companhias com o objetivo de detectar tributos que foram declarados e não foram pagos. Quando inconsistências forem detectadas, a malha fina emitirá e enviará auto-

maticamente um extrato ao contribuinte, alertando-o do ocorrido, em uma ação que representa um controle sistemático sobre o pagamento dos tributos. Occaso informou que esse sistema estava em fase de funcionamento experimental em São Paulo e que até o fim deste mês passará a ter abrangência nacional. Tributos atrasados Balanço apresentado nesta quarta-feira pela Receita mostrou que em 2012 o órgão cobrou R$ 143,3 bilhões em impostos atrasados, mas conseguiu recuperar efetivamente R$ 45 bilhões, 11,5% maior que o montante apurado em 2011. Do total recuperado, R$ 41,2 bilhões foram pagamentos feitos por empresas e o restante por contribuintes pessoa física. Para 2013, a estratégia de cobrança da Receita terá, além do reforço da malha fina de empresas, uma ação de cobrança direcionada a grandes contribuintes. O órgão selecionou 184 grandes companhias de diversos setores que devem R$ 6,8 bilhões em tributos atrasados e que serão objeto de ações especiais por meio da intensificação da cobrança. (uol)


JD

Economia

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

C2

Editora: Cristiane Coutinho - cris-coutinho@hotmail.com

Poder de consumo dos moradores de favela no país chega a R$ 56 bi por ano

69% dessas populações utilizam dinheiro como forma de pagamento, 9% usam cartão de crédito de terceiros e 10%, cartão de crédito próprio.

A pesquisa revela que a classe C cresceu muito mais nas comunidades das metrópoles do que no interior do país

O

s moradores das favelas brasileiras consomem cerca de R$ 56 bilhões por ano, o que equivale ao Produto Interno Bruto (PIB) da vizinha Bolívia. A constatação é de

pesquisa realizada pelo instituto Data Popular, em parceria com a Central Única de Favelas (Cufa) divulgada ontém (20). De acordo com o estudo, feito a partir de entrevis-

tas e do cruzamento de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) com os da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), o consumo popular triplicou nos

últimos dez anos. No entanto, apesar do enorme potencial de consumo de uma população de cerca de 12 milhões de habitantes, esse nicho de mercado ainda é pouco explorado devido ao preconceito, segundo o diretor do Data Popular, Renato Meirelles. “O morador de favela não quer sair da favela, ele quer capitalizar isso nas marcas que ele usa. Esse era um mercado invisível, pois estava debaixo dos nossos narizes, mas as pessoas só enxergavam a favela pela ótica da violência e do tráfico”, disse Meirelles. Segundo ele, dois terços dos moradores de favelas do país pertencem à metade mais rica do mundo. A pesquisa revela que a classe C cresceu muito mais nas comunidades das metrópoles do que no interior do país, com alta de quase 50% na última década (de 45% para 66%), assim como a média de escolaridade, que subiu de quatro para seis anos no mesmo período. O dono da empresa Vai Voando, Tomas Rabe, é

um dos empresários que apostaram no consumidor de baixa renda e hoje não se arrepende. Com cerca de 70 lojas de vendas de passagens áreas somente em favelas, sobretudo do Rio e São Paulo, a empresa, criada há pouco mais de dois anos, tem planos de abrir mais 50 lojas este ano, apenas no Rio de Janeiro. “Este mercado é invisível para quem não está atento”, disse o empresário. Segundo ele, menos de três anos depois, a empresa está embarcando uma média de 3 mil passageiros por mês, com 43 mil passageiros embarcados até hoje. Rabe explicou que, uma vez rompido o preconceito, é importante entender esse público e se adequar aos hábitos de consumo e à realidade dessa população. “A maioria não usa cartão de crédito e muitos não têm nem conta em banco. Então, nossa forma de pagamento é por boleto pré-pago”, explicou ele. Segundo o estudo, 69% dessas populações utili-

zam dinheiro como forma de pagamento, 9% usam cartão de crédito de terceiros e 10%, cartão de crédito próprio. Além disso, cerca de 69% dos moradores de comunidades vão ao shopping toda a semana e 50% comem fora semanalmente. Nos próximos 12 meses, 49% pretendem comprar móveis; 36%, querem um novo eletrodoméstico; e 24% pretendem contratar serviços de TV por assinatura. O empresário Elias Targilene é outro exemplo de sucesso entre os que investiram nas classes C, D e E. Com cinco shoppings populares construídos em um período de três anos, ele pretende lançar daqui a três meses o primeiro shopping do Brasil dentro de uma favela, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio. “Não podemos mais falar que ser popular é ser feio, sujo, fedido e desorganizado. Hoje, somos uma nação rica e ser pop hoje significa ter serviço, ser bonito, atender bem”, declarou o empresário. (agenciabrasil)

Consórcios batem recorde de vendas em 2012 A s vendas de bens e serviços por meio de consórcios bateram recorde em 2012, com o total de negócios chegando a R$ 80,1 bilhões. Houve aumento de vendas de 4,8%, ante o ano anterior, para 5,18 milhões de participantes – número que cresceu 11,4%. “Foi um resultado”, avaliou ontém (20), o presidente executivo da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, Paulo Roberto Rossi. Ele, no entanto, dis-

se que o número de novas cotas vendidas (2,53 milhões, com um avanço de 1,6%) ficou abaixo do que era previsto no início do ano passado, quando a projeção era crescer entre 7% e 9%. Para 2013, a expectativa é de aumento entre 5% e 7%. O executivo acredita que a evolução econômica do país abriu um leque de oportunidades, com ampliação da capacidade de consumo da população. Na opinião dele, o consumidor está mais conscien-

te e capaz de planejar a aquisição de bens no futuro, que é a essência das compras feitas por meio de consórcios. O produto que mais tem ampliado a participação nos negócios é a motocicleta, que registrou participação de 45,1% nas vendas no ano passado. Houve crescimento de 6,3% no número de participantes (2,38 milhões), e os negócios alcançaram R$ 14,9 bilhões ou 8% a mais do que em 2011. O fato de ser um veículo

de custo mais baixo em relação aos demais e possibilitar ingresso em grupos fechados para um período mais longo de pagamento, transformaram a motocicleta em um bem de sucesso, principalmente, entre as classes C e D, justificou Rossi. Ele lembrou que, além do estímulo ao consumo provocado pelas deficiências do transporte público e do trânsito ruim nas grandes cidades, no interior, cada vez mais as motocicletas têm substituído o

Cresce percentual de famílias inadimplentes, mostra CNC O percentual de famílias que disseram ter dívidas entre cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro aumentou, passando de 60,2%, em janeiro, para 61,5% em fevereiro, segundo aponta a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Em fevereiro de 2012, 57,4% haviam declarado ter dívidas. O percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso também registrou

alta em fevereiro. O percentual de famílias inadimplentes chegou a 22,1% em fevereiro de 2013, ante 21,2% em janeiro de 2013 e 20,5% em fevereiro de 2012. Também avançou o percentual de famílias que afirmaram não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso entre janeiro e fevereiro, passando de 6,6% para 7,0%. No entanto, na comparação anual, recuou. Em fevereiro de 2012, 7,3% haviam declarado que continuariam inadimplentes. Número de famílias que disseram ter dívidas passou de 60,2% para 61,5%.(agenciabrasil)

uso de tração animal. Na área de veículos leves, tradicional nicho do setor, com 85,7% do total participantes ativos e com representação de 12,5% nas vendas feitas no mercado interno, foram negociadas 2,28 milhões de cotas novas ou 4,1% acima do ano anterior. O volume financeiro teve alta de 18,6% com R$ 37 bilhões. A única queda constatada foi com o consórcio de imóveis cujas cotas ficaram 13,8% abaixo de

2011, e os negócios em R$ 20 bilhões caíram em 16,3%. “É reflexo do comportamento do consumidor eu se retrai para esperar o rumo que o mercado tomaria diante das oscilações de preços praticados na oferta de imóveis”, apontou Rossi. Para ele, neste ano, a tendência é de uma acomodação dos valores cobrados e isso deverá ter efeito positivo sobre a procura das cartas de crédito por meio dos consórcios.

Anatel multa Oi pela terceira vez em cinco dias

A

Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) multou, pela terceira vez em uma semana, a operadora de celular Oi. Somadas, essas multas já atingem R$ 39,3 milhões. Conforme publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União, desta vez o total é no valor de R$ 573,7 mil. A superintendência de serviços privados da Anatel atribuiu multa de R$ 338,88 mil à TNL PCS e de R$ 234,84 mil à 14 Brasil Telecom Celular, ambas empresas da Oi. As multas foram aplicadas pela agência reguladora sob o argumento de que as empresas descum-

prem regras da Lei Geral de Telecomunicações e do Regulamento Geral de Portabilidade, entre outras legislações. As punições fora aplicadas após o presidente da Anatel, João Rezende, rejeitar recurso interposto pela operadora. Desde o último dia 15, a operadora já foi multada em R$ 34,2 milhões e R$ 4,622 milhões. A Oi disse que está analisando a medida da Anatel e que deve recorrer judicialmente. A empresa disse ainda que é preciso “observar a razoabilidade e a proporcionalidade” no caso de multas regulatórias. (folha)

Financiamento de veículos deve ter alta de 8% em 2013

O

crescimento esperado para o número de financiamentos de veículos, em 2013, é 8%, disse o presidente da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras, Décio Carbonari. Com isso, o crédito para este tipo de financiamento passará dos R$ 201,6 bilhões registrados em 2012 para R$ 217,7 bilhões no final deste ano. Segundo o levantamento divulgado ontém (20) pela entidade, houve alta de 0,3% no saldo para financiamentos em

relação a 2011. Para Carbonari, caso não tivesse ocorrido a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o segmento não teria apresentado crescimento. “Em meados de maio [de 2012], quando não havia o beneficio do IPI, as vendas se comportaram de forma muito mais modesta”, disse. De acordo com ele, a tendência era de queda. “De janeiro a maio [de 2012] a carteira vinha caindo”, explica. A elevação da taxa de inadimplência do financia-

mento de automóveis, segundo Carbonari, teve início em 2011. Em janeiro daquele ano, o índice de inadimplência subiu, em razão das despesas com as festas de fim de ano, além de contas e impostos comuns desse período do ano. Mas as taxas não retrocederam e permaneceram altas em 2012. “Em 2011, o grande susto foi que a inadimplência veio e continuou crescendo sem parar até maio de 2012”, disse. A consequência foi que os bancos passaram a fazer ajus-

tes na concessão de crédito, tornando-o menos acessível para pessoas de baixa renda, camada da população com taxas de inadimplência em maior crescimento. Isso contribuiu para que as novas safras de financiamento tivessem qualidade, uma performance de pagamentos melhor”, avaliou. Como resultado, após atingir o auge em maio, quando chegou a 6,1%, a taxa de inadimplência caiu, fechando o ano em 5,3%.(agenciabrasil)


JD

Diversão&Cultura

Academy Awards será chamada apenas de Oscar Acontecerá no domingo 24, em Hollywood, maior premiação do cinema

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Editora: Cristiane Coutinho - cris-coutinho@hotmail.com

Celebridades Gravidez Priscila Pires assume gravidez: ‘É menino e se chamará Pietro’

Priscila Pires está grávida de seu segundo filho. A ex-BBB resolveu assumir a gravidez. Priscila está com quatro meses de gestação e espera outro menino, Pietro. Do casamento com o empresário Bruno Andrade, ela já é mãe de Gabriel, de 10 meses. “Não quis assumir antes porque era um momento nosso, íntimo, e quis esperar passar os três primeiros meses para o neném se firmar mais” Priscila descobriu que estava grávida quando foi passar o Natal com a família em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

U

m documentário produzido pelo canal de TV a cabo HB Em sua 85ª edição, o “Annual Academy Awards” será chamado apenas de Oscar. As informações são do site do jornal britânico “The Guardian”. A decisão de tirar o número do nome oficial da cerimônia, que acontecerá no próximo domingo 24, em Hollywood, e é responsável pela maior premiação do cinema foi tomada pelo marketing há três semanas. “Estamos rebatizando o Oscar”, disse o co-produtor Neil Meron. “Nós não vamos chamar 85ª edição do Oscar, vamos falar apenas Oscar. Será como o Grammy, que não recebe um número no título”, explicou. Tal atitude significa o fim de celebrações especiais para datas de aniversários

C3

Perdido no Rio Harrison Ford se perde durante trilha na Floresta da Tijuca

Harrison Ford, 70, passou por um susto durante um passeio no Rio de Janeiro. O ator, conhecido por interpretar o aventureiro destemido Indiana Jones no cinema, se perdeu durante uma trilha pela Floresta da Tijuca após um almoço em restaurante do local. Segundo o jornal “O Globo” um funcionário do restaurante ajudou a resgatar Harrison

Organizado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, o Oscar tem como marca principal a entrega da estatueta dourada.

significativas ou amostras dos eventos do passado. Mas, segundo a porta-voz da Academia, Teni Melidonian, a mudança pode não ser permanente.

“Será assim esse ano, mas podemos voltar a usar o ‘Academy Awards’ com o número da edição nos próximos anos”, declarou. Organizado pela

Academia de Artes e Ciências Cinematográfica de Hollywood, o Oscar tem como marca principal a entrega da estatueta dourada. (uol)

Com discurso sem nexo, Bial tira o foco dos protagonistas

“Dessa vida só se leva o rock, o jazz, com suingue funk.”

O

apresentador Pedro Bial sempre aproveita o seu encontro com os participantes momentos antes de anunciar a eliminação para dar recados, dicas ou confundi-los com mensagens ambíguas. O seu “discurso de eliminação” é uma atração do programa. No último paredão seu discurso era especialmente esperado. Afinal, era uma noite incomum. “Paredão ão ão ão”, disse no início do programa, empolgado com os 75,8 milhões de votos registrados, a maior votação ocorrida nesta edição. Os protagonistas da noite eram Ivan, Elieser e Kamilla. Todo mundo sabia, pelas enquetes, que a disputa estava entre os dois homens. O que aconteceu? Por que o público se dividiu desta forma? Por que a modelo teve tão poucos votos?

O “discurso” de Bial era o momento esperado para esclarecer algumas destas questões. Tentar ajudar os

espectadores, e talvez os “brothers”, a entenderem esta curiosa divisão, entre um candidato apresentado como “palhaço” (Elieser) e um “nerd” (Ivan). Bial, porém, optou por um delírio. “Dessa vida só se leva o rock, o jazz, com suingue funk. Mas é punk. Às vezes, tudo que nos resta é um velho blues”, disse, segundos antes de comunicar a eliminação de Ivan. Sem controle, o apresentador emendou palavras de sabor regional umas nas outras, criando um texto totalmente incompreensível. Ao final, sugeriu ao público que corresse ao site do programa para ver o sentido de algumas palavras. Bial roubou a cena dos protagonistas da noite. Depois de dividir de forma tão intensa o público, Ivan e Elieser mereciam um reconhecimento à altura do apresentador. Ele, infelizmente, preferiu chamar a atenção para si mesmo.

Resumo das Novelas Malhação Lorenzo critica a liberdade que Marcela dá para o namoro filho. Ju mostra as fotos de sua viagem para Gil. Paulina percebe que Raquel fica tensa ao receber uma carta do banco. Vitor leva Lia a um lugar secreto para conversar. Raquel convence Michel a deixar Fatinha ir à inauguração da ONG. Vitor pede Lia em namoro. Raquel vê Lia com Vitor e se irrita. Morgana se surpreende com Orelha. Bruno marca uma entrevista do CRAU com Filó. Lia conversa com Ju sobre Vitor. Rita suspeita que Orelha esteja interessado em Morgana. Filó leva o CRAU para a inauguração da creche da ONG. Pilha percebe que Orelha grava várias imagens de Morgana.

Guerra dos Sexos Charlô afirma a Juliana que, para não perder a aposta, precisa provar que Otávio sabotou a loja. Nieta fala para Dino que eles precisam buscar Carolina no Rio de Janeiro. Felipe afirma que não vai liberar o estoque das outras lojas para Charlô. Juliana segue a avó até o Rio de Janeiro. Nando decide ficar no hotel, enquanto Roberta procura o novo fornecedor. Veruska e Nenê vasculham novamente o quarto de Roberta e Carolina. No hotel, Nando pede o vinho que bebeu com Juliana. Juliana chega ao Rio de Janeiro. Ulisses se decepciona com o beijo de Lucilene e fica com Vânia novamente. Juliana encontra Nando no quarto do pai.

Lado a Lado Isabel conta a Jurema que viu Zé Maria de braço dado com uma moça. Zé Maria deixa claro para Chico que está interessado apenas na pesquisa de Fátima. Laura e Edgar trocam carícias. Jurema conta para Laura que a polícia prendeu vários foliões. Guerra conta para Edgar que a ordem de prisão dos foliões veio de algum político. Edgar descobre que foi Assunção quem ordenou as prisões e prefere não escrever a matéria para não prejudicar o pai de Laura. Assunção conta a Edgar e a Laura que foi ludibriado e comunica que mandou soltar os foliões. Laura revela a Edgar que Paulo Lima é seu pseudônimo de escritor. Laura resolve morar com Edgar.

Salve Jorge Russo tenta se defender da explosão. Rosângela fala para Zyah que Morena não está à venda. Mustafa lamenta por não ter conseguido socorrer Morena. Lívia fica furiosa com a notícia da fuga de Morena. Zyah encontra Morena. Buquê e Murat estranham quando Mustafa pede ajuda para comprar roupas de mulher. Morena revela a Zyah que foi enganada por Russo. Ayla desconfia do marido. Russo e Irina acreditam que Morena tenha morrido no atentado e mandam Rosângela confirmar a suspeita. Mustafa fala para Zyah ir até a boate. Rosângela confirma que Morena não morreu. Stenio fala para Helô que Pepeu se envolveu em uma briga e Drika pede socorro. Rosângela mente e afirma a Russo e Irina que Morena morreu.

Casamento Marcado Latino marca data de casamento com Rayanne Morais para dezembro

Latino marcou a data de seu casamento com a modelo Rayanne Morais para dezembro deste ano. De acordo com a assessoria de imprensa do cantor, a data prevista para o casal subir ao altar é 12 de dezembro, que cai numa quinta-feira. Latino, que completou 40 anos no início deste mês, já declarou que 12 é seu número da sorte. O cantor namora Rayanne desde maio de 2011.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Dia de muita sensibilidade, inspiração, intuição. Sentimentos e família enfatizados. Perceba o que lhe nutre emocionalmente e espiritualmente. Olhar subjetivo, profundo. Atenção com ilusões e falso glamour. Touro (21 abr. a 20 mai.) Foco voltado ao futuro e suas possibilidades criativas e as pessoas que lhe apoiarão. Anseio por algo que seja fruto de um chamado vocacional, inspirador, taurino. Amigos, grupos e empresas podem lhe apoiar em seus intentos criativos e profissionais. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.)

Momento muito importante para as questões profissionais. Quer realizar um sonho. Inspiração, criatividade, afeto e sensibilidade são fundamentais para a realização na carreira. Para que se sinta realizado deve estar emocional e espiritualmente envolvido com o que faz. Câncer (21 jun. a 21 jul.) Intuição, voz interior, pressentimentos, chamado espiritual, nativo de Câncer. Foco em autoconhecimento e no que amplia os seus horizontes emocionais e espirituais. Sinais se mostram intensamente,. Observe, refine a percepção. Leão (22 jul. a 22 ago.) Um dia muito importante para as questões emocionais e espirituais, leonino. Perceba do que você está tentando fugir ou se iludindo. Foco também em negócios e união de talentos. Confronto com o que precisa ser eliminado, velhos padrões, culpas e ilusões.! Virgem (23 ago. a 22 set.) Momento muito importante para as relações, parcerias e associações dos virginianos. Poderá se relacionar com pessoas muito sensíveis, intuitivas, criativas e espiritualizadas. Deve ter cuidado com a tendência a atrair pessoas problemáticas,

Libra (23 set. a 22 out.) Dia especial para as questões profissionais. Siga o chamado vocacional, libriano. As atividades que desempenha devem ser feitas com sensibilidade, criatividade e inspiração. Perceba o que a saúde e o corpo mostram para você sobre suas emoções. Escorpião (23 out. a 21 nov.) Intensa energia amorosa, sensível, criativa. Mas atenção com as ilusões, escorpiano. Foco nas obras da mente, do coração, da alma. Empatia, compaixão, sensibilidade. Energia especial no céu astrológico, que pede entrega aos mistérios da vida. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Compaixão e sensibilidade com os membros da família. Acarinhe, sagitariano. Situações que estão além do controle pessoal e que pedem entrega e aceitação espiritual. Foco no que lhe dá sustentação espiritual, emocional e interna, nativo de Sagitário. Capricórnio

(22 dez. a 20 jan.) Não é a mente racional que lhe dará as respostas que necessita, capricorniano. Dia em que deve agir com sensibilidade e empatia, atento às sutilezas da vida. Foco no que você compartilha com as pessoas, nos sentimentos.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Momento muito especial para constatar seus dons e dádivas na forma de talentos. Percepção de que o valor de algo está no despertar espiritual e emocional que promove. Evite negócios nebulosos ou obscuros. Valorize o que realmente é importante. Peixes (20 fev. a 20 mar.) A conjunção de Sol e Netuno em seu signo indica um momento muito sensível e especial. Percepção das energias transcendentes, sutis, espirituais e criativas, pisciano.


Sociedade

Macapá-AP, quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Mensagem do Dia “O amor é uma fonte inesgotável de reflexão, profunda como a eternidade, alta como o céu, vasta como o universo”. Alfred de Vigny

Empresários Ângela Sousa e Michel Costa da TAM Viagens Macapá acompanhados da sua equipe. TAM Viagens Macapá fica localizada na Rua Hamilton Silva, 1065 – Centro. Fone: (096) 3216-8800. Aproveite as facilidades!!!

Jornalista Delcy Dias comemora mais um aniversário em família


Jornal do Dia 21/02/2013