Page 1

DISPUTA

HOJE

Entre o PSD e o PSDB

PROUNI

Fundo dos Estados

Mais 144 mil bolsas

Pagamento gera expectativa entre governadores. nA4

Partidos se degladiam pela mesa diretora da Câmara.nA4

Para participar é necessário cursar o ensino médio. nA5

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2013 - Ano XXV

• Domingo e Segunda R$ 2,50 • Terça a Sábado R$ 1,50

MACAPÁ EM CRISE

DIVULGAÇÃO

Clécio decreta situação de emergência em 5 setores O prefeito Clécio Luís, decretou Situação de Emergência com base na análise de dados oficiais dos órgãos municipais. Saúde, Urbanização, Administração, Fi-

nanças e Meio Ambiente são os setores considerados essenciais, mas que diante do estado de caos, precisa de atenção especial para funcionar. nB1 CELIANE FREITAS

Comemoração inevitável

VESTIBULAR UNIFAP

Resultado é comemorado por calouros e familiares

O resultado pode ser acessado no site http://www.unifap.br/ depsec ou no portal de notícias do Jornal do Dia (www. jdia.com.br). nA3

COMUNICADO

DIVULGAÇÃO

Carnaval e turismo amapaense viram vitrine na internet

mento do turismo nesse período. A página traz notícias, galerias de fotos, programação completa da quadra carnavalesca. nA3

ASCOM/GEA

Endereço eletrônico surge com a proposta de ser a cyber vitrine do Carnaval Amapaense, além de ferramenta para o fortaleci-

JORNAL DO DIA

Secretariado de Clécio ontem, reunido para anunciar a situação de emergência: dívida pode chegar a R$ 250 milhões

Devido a problema de logística na entrega do papel jornal, a edição de hoje será reduzida. Pedimos a compreensão de todos os leitores.

Neimisson da Silva alegou que já vinha sofrendo “humilhações” por parte da vítima

POLÍCIA

Acusado de decepar mão de borracheiro se apresenta à polícia O endereço eletrônico www.carnavalnomeiodomundo.com.br fortalece a divulgação do carnaval e do Estado

O homem acusado de ter decepado com um golpe de terçado a mão do borracheiro George da Silva, se apresentou à polícia. Neimisson Costa da Silva, foi acompanhado de advogado à 2ª DP onde o caso está sendo apurado. nB2

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


Opinião O voto de confiança

JD RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

H

á uma espécie de esperança no ar mostrada pela população macapaense. A eleição de Clécio Luiz para prefeito da Capital que, apesar de pertencer a um partido considerado pequeno nas comparações nacionais, e emergente, nas comparações locais, os macapaenses que já deram voto suficiente para ele se eleger, claramente demonstram que estão dispostos a dar, agora, o voto de confiança. A promessa feita durante a campanha de que adotaria um plano de emergência para os primeiros 100 dias da administração, soaram bem aos ouvidos dos eleitores, mas, da mesma forma que aceitaram a promessa, vão querer conhecer o tal programa emergencial e acompanhar a sua execução. Esse tipo de promessa é uma repetição do que já disseram outros agentes públicos eleitos que, entretanto, utilizaram o período de 100 dias pedidos, muito mais para dar desculpas do que para atuar diretamente

nos pontos considerados chaves e que precisariam da presença dos administradores municipais. Está pesando positivamente para o lado do prefeito Clécio o fato de ele ter sido vereador na Câmara Municipal de Macapá por 8 anos, a serem completados agora; mas pesa contra o prefeito Clécio o fato dele não ter participado, ativamente, de nenhum ação emergencial como propõe agora. Como atuava na oposição, sempre dava preferência à tribuna das críticas. Então vai depender da equipe de auxiliares que montar para executar as tarefas que são próprias de uma prefeitura e, especialmente, no caso de Macapá, aquelas que estão precisando de maior embalo na Administração. O prefeito Clécio tem muito trabalho pela frente. Não pode deixar de analisar os detalhes de cada setor do município e considerar os recursos que vai precisar gastar em cada um deles, as pessoas responsáveis por esses gastos

e os limites que o orçamento lhe impõe. Considerar a parceria, seja com o Governo Federal ou com o Governo Estadual, logo no começo da jornada, será contar demais com a sorte, elemento que pouco contribui com o labor de uma administração que precisa de criatividade, dedicação e competência. A população de Macapá tem dado provas de que não é das mais apressadas quando o assunto é resultado. Ela, costumeiramente, dá oportunidade para o novo gestor. Exemplos recentes foram dados nas substituições, por exemplo, dos secretários de estado da saúde, quando cessaram as reclamações, mesmo não tendo cessado os problemas daquela secretaria. Mas é muito bom ficar atendo, pois, em seguida ao prazo que a população dá e que não é combinado com ninguém, e por isso não é previsível, volta com patamares de exigência bem mais fortes e que podem levar a administração a desconfortos jamais imaginados. Entretanto, não é por isso que o prefeito não deva considerar a possibilidade de cooperação do Estado e

da União. A estratégia do prefeito e de sua equipe - deve ser aquela centrada na confiança, insto é, não pode dar qualquer sinal de que vai utilizar os recursos para ganhar supremacia política, bem como, não deve esperar que essa conclusão seja do cooperador, pois, este tem sido o pior erro dos administradores municipais. Não pode o prefeito, por estar iniciando um mandato de 4 anos, entender que aquele que está iniciando a segunda metade do mandato seja o que mais precisa. Isso pode valer para a organização política, mas fere de morte, a organização administrativa. Se um prefeito trabalho conforme manda as regras e mostra-se dedicado, participativo, conhecedor dos problemas, além de apresentar resultados, pode ter certeza de que o governador e sua equipe, como a presidenta e sua equipe, além dos outros agentes políticos buscarão abrigo sob as forças do prefeito, mas, caso contrário, continuarão de costas viradas para a administração municipal e, pior, colocando dificuldades até onde elas não existem.

O presidente fantasma Condensado do Estado de S. Paulo

J

á se disse, mas é apropriado repetir: a situação criada com o autogolpe chavista, referendado por um Judiciário submisso ao regime, que prorrogou indefinidamente o mandato do caudilho venezuelano, que terminou no último dia 10, transpôs para o mundo dos fatos o realismo mágico que projetou a literatura latino-americana desde o lançamento, em 1967, de Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez. Em algum lugar na ilha de Cuba, o dirigente supremo de outro país também banhado pelo Mar do Caribe se recupera ou não - da quarta cirurgia a que se submeteu ali para extirpar o câncer que o acometeu há um ano e meio em uma porção não revelada de sua anatomia pélvica. Hugo Chávez, o paciente, deixou Caracas em 8 de dezembro para se operar três dias depois. Ao se despedir, pediu aos venezuelanos que votassem no seu vice, Nicolás Maduro, “se se apresentar alguma circunstância inesperada que requeira novas eleições presidenciais”. Nos 40 dias que se seguiram, ele foi visto - e quem

sabe ouvido - por muito poucos: além dos médicos, atendentes e familiares, apenas os hierarcas do chavismo e a cúpula castrista hão de ter tido esse peculiar privilégio. Ao mundo se informou, sucessivamente, que a cirurgia tinha sido bem-sucedida, que o enfermo teve uma hemorragia, depois uma infecção pulmonar, alegadamente superada, e problemas respiratórios dos quais estaria se recuperando. “Nosso comandante está subindo a montanha”, rejubilou-se Maduro em seguida a mais um bate-volta entre Caracas e Havana. “Provas” disso seriam a minirreunião de gabinete que teria conduzido na terça-feira e o suposto ato de nomeação, no mesmo dia, do novo chanceler do país, o linha-dura Elías Jaua, seu vice até outubro passado, quando saiu para disputar (e perder) a eleição para o governo do Estado de Miranda. Na Venezuela, o vice-presidente no exercício da presidência, como é o caso de Maduro, tem apenas uma parte dos poderes do titular. Ele não pode, por exemplo, nomear e demitir

ministros. O substituto de Chávez fez o anúncio na Assembleia Nacional, sem exibir o documento da designação, com a imprescindível assinatura do Comandante. Devem se esperar novos capítulos dessa farsa que só acabará na improvável hipótese de sua alta médica, ou quando ele falecer - mais precisamente, quando os chavistas, em acordo com seus mentores cubanos, acharem oportuno dar a notícia. Em tese, o regime poderia esperar 180 dias a contar do início do mandato do qual o líder não tomou posse para declarar a sua “ausência absoluta”, como prevê a Constituição (para presidentes efetivamente empossados), com a convocação de novas eleições. Mas a sobrevida do presidente fantasma, que promove reuniões de trabalho e nomeia ministros em circunstâncias igualmente fantasmagóricas, parece convir - por ora - ao aparato chavista. De outro modo não se explica por que, impedido o chefe de assumir, não se marcaram novas eleições no prazo constitucional de 30 dias. No país em transe, a oposição teria escassas chances contra Maduro, o herdeiro ungido.

Ungido, mas não necessariamente a salvo de rivalidades e conflitos de interesses nas entranhas do sistema. Por exemplo, entre nacionalistas próximos às Forças Armadas, como o presidente da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello, e a ala “cubana” que detém amplo espaço no partido oficial, o PSUV. Num prognóstico otimista, a interinidade prolongada de Maduro criaria as condições para a afirmação de sua liderança - embora ele tenha de afirmar e reafirmar que o seu patrono é quem governa -, estabilizando o chavismo sem Chávez. Mas está para nascer a autocracia que não sofra fraturas, menos ou mais expostas, quando o autocrata se vai. A virtual certeza de que a Revolução Bolivariana seria legitimada pelo voto, na pessoa de Maduro, se a eleição fosse hoje, tem prazo incerto de validade. Os chavistas, se pudessem, aplicariam a fórmula cubana que permitiu a Raúl Castro suceder a Fidel mediante a formalidade de sua sagração pelo Parlamento de partido único. Devem estar se perguntando a que artes de realismo mágico poderiam recorrer para chegar ao mesmo resultado, exorcizando o “risco urna”.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 14 Pág

Edição número

8107

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Editorial

Automutilação do Congresso

A

proximidade da renovação das Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, na abertura do ano legislativo a se iniciar em fevereiro, põe em foco mais uma vez - a esqualidez do Congresso Nacional, que deveria ser a principal instituição política da República. Expõe também os deploráveis usos e costumes dos seus prováveis dirigentes na segunda metade da atual legislatura, decerto compartilhados por sabe-se lá quantos de seus pares. O definhamento do Congresso, diga-se desde logo, não resulta de terem sido as suas funções usurpadas pelos dois outros Poderes - o Executivo e o Judiciário. O Legislativo só tem a si próprio a culpar pela sua consolidada desimportância e a degradação incessante de sua imagem. A instituição parlamentar renunciou, por livre e espontânea vontade, à posição que lhe cabia ocupar na vida política brasileira. Os seus integrantes de há muito deixaram de ser os formuladores da agenda nacional e os interlocutores por excelência da sociedade, nas suas agruras e aspirações. No Brasil, o Congresso não faz nada disso. O seu papel fiscalizador ele mesmo desmoralizou com as suas CPIs de fancaria, criadas a partir de interesses partidários, conduzidas com escandaloso facciosismo pela

maioria de turno e encerradas sob acordos espúrios para salvar a pele dos suspeitos de lá e de cá. Quanto às leis, ora as leis. Se os congressistas se permitem terminar um período dito legislativo sem votar nem ao menos o Orçamento da União para o ano vindouro - o projeto mais importante que incumbe ao Parlamento a cada exercício -, que dirá de tudo o mais? Propostas de autoria própria nascem, em geral, para constar. As excelências preferem contrabandear para dentro das medidas provisórias (MPs) do Executivo cláusulas que convêm às clientelas patrocinadoras de suas campanhas - e que não guardam a menor relação com o objeto da MP. O governo, por sua vez, aceita a farsa. De todo modo, se vetar partes do projeto de conversão afinal aprovado, a vida segue - mais de 3 mil vetos, muitos já encanecidos, aguardam apreciação parlamentar. O debate dos grandes assuntos, por fim, foi abandonado. O sistema de funcionamento das duas Casas do Congresso desencoraja, na prática, os pronunciamentos e réplicas que mereceriam ocupar o horário nobre de uma sessão. Em consequência, o plenário se tornou irrelevante para a imprensa. Não há perigo de melhorar. No Congresso, em suma, tudo que pode dar errado dá errado.

Hora-Hora

Presidência Moisés Souza (PSC) já está passando o terno para assumir a presidência da Assembleia Legislativa, no próximo dia 1º de fevereiro. Tendência do TJAP rejeitar denúncia do Ministério Público contra Moisés só reforça essa possibilidade. Movimento Contudo, nos bastidores do Legislativo, a movimentação é intensa, daqueles que tentam anular a eleição para a Mesa Diretora, realizada no início de 2012. Grupo quer nova eleição, da qual o atual presidente, Junior Favacho, tem tudo para sair com mandato renovado.

Desconto A presidente da República, Dilma Rousseff, acaba de assinar decreto para que o consumidor brasileiro tenha um desconto de 20% na sua tarifa de energia elétrica, para compensar cobranças superfaturadas feitas pelas concessionárias por longos 10 anos. De fora Conforme palavra oficial da quase falida Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), os amapaenses pouco serão beneficiados pelo desconto. Afinal, nos últimos dez anos, por conta de sua monteira de dívida, a CEA ficou sem reajustar o valor da tarifa.

A conferir Tem gente que anotou na agenda a meta ambiciosa anunciada pelo governador Camilo Capiberibe, de fazer com que o Amapá alcance a autossuficiência na produção de farinha de mandioca. Para depois fazer comparação entre o prometido e a realidade. Sucatas Inauguradas às pressas, no final do mandato do então governador João Capiberibe, muitas pequenas indústrias de produção de farinha se tornaram sucatas. E quem entende do assunto, diz que não foi descaso do governo que sucedeu o do PSB. Falha Entre outras coisas, Faltava às tais fábricas de farinha um projeto de logística de transporte, que estimulasse os pequenos produtores rurais a entregarem sua produção de mandioca para a fabricação de farinha, em sistema de cooperativa. Inviável Aliás, pequenas fábricas de produção rural abundaram no primeiro governo do PSB e quase todas fracassaram. Fábricas de polpas de frutas instaladas próximo a Serra do Navio, por exemplo, se tornaram inviáveis, por insuficiência de plantio de frutas nas proximidades.

MINUTOS Queixa - Vereadores de Macapá queixam-se da falta de diálogo entre os poderes Executivo e Legislativo municipal. Postura do prefeito Clécio seria o fator a emperrar conversas. Foco - Sem outros pleitos para dividir a atenção, eleição para a Prefeitura de Pedra Branca do Amapari está no foco de todas as correntes políticas amapaenses. Vai pegar fogo.


Geral

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Site reúne informações sobre o carnaval 2013 e o turismo no Amapá

Coluna

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI

O endereço eletrônico www.carnavalnomeiodomundo.com.br surge com a proposta de ser a cyber vitrine do Carnaval Amapaense

F

oi lançado oficialmente ontem (17), o site do Carnaval Amapaense. A cerimônia ocorreu na sede da Junta Comercial do Amapá (Jucap), com a presença do coordenador de Eventos do governo, Jean Alex Nunes, do presidente da Liga Independente das Escolas de Sampa (Liesap), Luiz Mota, o Geleia, e dos secretários Zé Miguel (Cultura), Dorival Santos (Turismo) e Carlos Henrique Shcmidth (Comunicação). O endereço eletrônico www.carnavalnomeiodomundo.com.br surge com a proposta de ser a cyber vitrine do Carnaval Amapaense, além de ferramenta para o fortalecimento do turismo nesse período. ' A página traz notícias, galerias de fotos, programação completa da quadra carnavalesca, além de guias de hotéis e restaurantes. É possível ainda obter informações sobre preços de ingressos e camarotes e conhecer as fantasias, sambas, enredos e históricos das escolas de samba do Amapá. Segundo Jean Alex, a proposta é intensificar a divulgação e fortalecer o carnaval local. "O site surgiu de uma articulação entre a Secretaria de Turismo, Liesap e iniciativa privada, através dos empresários cujos negócios estão ligados ao carnaval. Já temos a

O

CRIANÇAS DO ARAGUAIA

Operação cojunta À frente da operação está Gilles Gomes, o coordenador da Comissão na SDH. A operação também envolverá os Ministérios da Defesa e da Justiça.

O endereço eletrônico www.carnavalnomeiodomundo.com.br surge com a proposta de ser a cyber vitrine do Carnaval Amapaense, além de ferramenta para o fortalecimento do turismo nesse período.

Central do Carnaval, que é a parte física, e agora entregamos a parte virtual, que na era da informação é imprescindível", destaca o coordenador. Na opinião do secretário de Turismo, Dorival Santos, é uma ferramenta para fortalecer a vinda do turista e sua fidelização. "O foco é no carnaval, claro, mas na página o visitante pode conhecer também nossas belezas naturais e culturais, além de nossa gastronomia

que, sem dúvidas, é uma das melhores do Brasil. É uma ferramenta que será aproveitada também pelas agências de turismo", pondera Dorival. Segundo o presidente da Liesap, Luiz Mota, trata-se de mais um passo para o crescimento do nosso carnaval. "O Carnaval Amapaense tem se profissionalizado cada vez mais. Desde o ano passado, já estamos na era da Cidade do Samba. A Liesap trabalha com

afinco para fazer o melhor carnaval possível. E esse lançamento da página na internet é um grande passo nesse sentido", avalia o presidente. A atualização do site é feita em conjunto com entre Comunicação da Liesa e Secretaria de Estado da Comunicação (Secom). Após o período da folia, a prestação de contas dos recursos deverá ser disponibilizada ao internauta no endereço eletrônico.

A

Desconhecidos

23 no Cofre

Segundo Gilles, não há marcas de tiros nos crânios. E à época da expedição nas quais foram recolhidas, não havia, como hoje, a tecnologia e o cuidado no reconhecimento

Desde 1991, a comissão, em seguidas expedições, procura os corpos de 64 guerrilheiros desaparecidos. Agora, em vez de 25 ossadas, oficialmente são 23 sob sua tutela..

Cerco no cemitério Gilles garante que as expedições se empenham nas escavações com informações precisas e pesquisas antropológicas. E vai continuar a investigar o caso das crianças.

A volta As duas ossadas provavelmente serão enterradas no cemitério de Xambioá, como indigentes, até que se concluam as investigações de quem são. Mais 5? O contrato de aluguel da nova sede do Ministério da Integração, na Quadra 906 Norte em Brasília, pode chegar a 10 anos em vez de 5, ou R$ 100 milhões. Há uma cláusula que permite a prorrogação, se de interesse da pasta.

2016, serão 50% das vagas destinadas aos beneficiados pela Lei 12.711/12, que dispõe sobre a reserva de cotas para quem possui renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e aos autodeclarados pretos, pardos e indígenas. Do total de vagas disponibilizadas por meio do PS

2013 e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 48 foram reservadas aos candidatos de baixa renda e 128 para cotas de raça. Em 2013, 14.512 candidatos concorreram a 1.030 vagas em 24 cursos. Durante a segunda fase, o número de concorrentes caiu para 11.925.

Os candidatos aprovados devem efetivar habilitação e matrícula, junto ao Departamento de Registro e Controle Acadêmico ? DERCA/UNIFAP, obrigatoriamente, no período estabelecido em Edital de Convocação a ser divulgado a partir do dia 08 de fevereiro de 2013.

Presidência do Judiciário visita Turma Recursal

Gastança A nova sede tem cerca de 10 mil metros quadrados de área construída. No mercado em Brasília, o custo de uma obra do tipo é de R$ 2,5 mil por m². Ou seja, com R$ 25 milhões o Ministério construiria um anexo no terreno da União atrás do Bloco E. Reforma

N

a manhã de ontem (17) o presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador Mário Gurtyev de Queiroz, esteve em visita a Turma Recursal dos Juizados Especiais do Estado, Unidade Judiciária autônoma - e integrada permanentemente por quatro Juízes de Direito de Entrância Final titulares e, portanto, vitalícios e inamovíveis. A turma recursal é composta pelos magistrados Rommel Araújo, César Scapin, Reginaldo Andrade e Sueli Pini. Os Gabinetes dos Juízes integrantes da Turma Re-

Jornalista

Twitter @leandromazzini

governo prepara delicada e sigilosa operação para devolver a Xambioá, no Araguaia (TO), as ossadas de duas crianças. Foram descobertas no inventário da Polícia Federal e do IML de Brasília junto aos ossos de outros 23 ex-guerrilheiros, guardados numa sala-cofre do Hospital Universitário da UnB. A comissão de Mortos e Desaparecidos da Secretaria de Direitos Humanos (SDH) vai pedir à AGU e à Justiça Federal autorização para a operação. As crianças não foram identificadas, e as autoridades investigam a ação de uma ex-guerrilheira, que teria incluído os ossos no material da expedição de 2001.

Resultado final do vestibular da Unifap é comemorado por calouros e familiares Universidade Federal do Amapá (Unifap) divulgou ontem no início da tarde, o resultado final do Processo Seletivo 2013. Os envelopes com os nomes dos aprovados foram abertos às 14h, no auditório do Conselho Superior (Consu). O resultado pode ser acessado no site http://www.unifap.br/ depsec ou no portal de notícias do Jornal do Dia (www.jdia.com.br) A classificação final de quem fez a prova da 2ª fase se deu pela ordem decrescente do total de pontos obtidos pelo candidato mediante a somatória dos pontos das provas da 1ª e 2ª fase. Este ano a novidade foi a reserva de vagas às pessoas que optaram por concorrer de acordo com a Lei 12.711/12. A Unifap disponibilizou 12,5% das vagas aos cotistas. A cada ano esse percentual será elevado e, até

A3

Doze construtoras disputam licitação para reformar os três andares do Bloco E, da Esplanada, deixados vazios pela equipe da Integração.

Lavagem eleitoral A tradicional Lavagem do Bonfim virou festa política. A exemplo de outros anos, políticos desfilam. Sem Wagner, em agenda na China, foram saudados o prefeito ACM Neto (DEM), Gabrielli (PT), a senadora Lídice (PSB) e o vice-governador Otto (PSD). Plantão Por conta das eleições para Câmara e Senado, alguns parlamentares batem ponto em Brasília durante o recesso. Ontem, o federal Nazareno Fonteles (PT-PI) foi visto com assessores num restaurante da capital. Pátria Mãe Antonio Grassi, presidente da Funarte e comissário do Ano do Brasil em Portugal, comemora o sucesso do Espaço Brasil em Lisboa. Shows de Zé Ricardo e Xutos e Pontapés (25), The Black Mamba (27) Carminho e Milton Nascimento (1 e 2/2). Ponto Final Quantos ossos ainda vão sair do armário da ditadura?

Com Vinícius Tavares, Marcos Seabra e Adelina Vasconcelos

cursal ficam instalados no 1º andar do Fórum Desembargador Leal de Mira, enquanto que a Secretaria e o Plenário do

órgão funcionam no 2º andar do mesmo prédio, onde continuam a ser julgados os mandados de segurança e os recursos

interpostos contra as decisões proferidas por todos os Juizados Especiais Cíveis e Criminais do Estado, inclusive os virtuais.

www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br @colunaesplanada


Geral JD Governos dizem que receberão nesta sexta dinheiro do fundo dos estados

A4

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Congresso não votou nova regra de divisão da verba, como mandou STF.Ministério não informou qual critério adotou para o repasse desta sexta

S

ecretarias de quatro governos estaduais – Amapá, Tocantins, Acre e Piauí – informaram ao G1 nesta quinta que receberam do Tesouro Nacional a confirmação de que o repasse da segunda parcela de 2013 do Fundo de Participação dos Estados (FPE) será feito normalmente nesta sexta-feira (18), último dia de prazo para os depósitos. Havia dúvida sobre o repasse – que é feito a cada dez dias – porque o critério de distribuição dos recursos do fundo foi considerado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O tribunal havia estipulado prazo até o fim de 2012 para que o Congresso aprovasse uma nova regra de partilha entre os estados. Mas os parlamentares entraram em férias sem analisar o tema. Até o ano passado, 85% dos recursos do fundo eram direcionados para os estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e 15% para os das regiões Sul e Sudeste. O primeiro pagamento de 2013, em 10 de janeiro, foi feito ainda com base na regra antiga. O governo federal interpretou que não precisava fazer o repasse com base em uma nova regra porque o dinheiro repassado era referente à arrecadação dos últimos dias de 2012. Para o segundo pagamento do ano, que deve ser feito nesta sexta (a data fixa é dia 20, domingo – daí, a antecipação), o Ministério da Fazenda ainda não havia informado, até a última atualização

Marco Maia (PT-RS), reúne-se na tarde desta quarta-feira (16) com os líderes do PSDB e do PSD na Câmara em busca de um acordo sobre qual dos partidos vai ocupar a vaga da primeira secretaria da Mesa diretora

PSDB e PSD disputam espaço na Mesa da Câmara

O Secretarias dos governos do Acre, Amapá, Tocantins e Piauí, alguns dos estados que mais dependem das verbas do FPE

desta reportagem, qual critério de divisão dos recursos iria empregar. Secretarias dos governos do Acre, Amapá, Tocantins e Piauí, alguns dos estados que mais dependem das verbas do FPE, afirmaram ao G1 que foram avisadas pelo Tesouro Nacional que o depósito do dinheiro será feito nesta sexta. Mas não souberam dizer qual critério foi adotado para a definição do valor. De acordo com a assessoria da Secretaria de Planejamento do Amapá, o repasse está confirmado no sistema que o Tesouro Nacional disponibiliza para consulta às secretarias estaduais. Ainda segundo a secretaria, cons-

ta no sistema que o repasse desta sexta ao estado será no valor de R$ 19,84 milhões – 70% da receita do Amapá vêm dos repasses do FPE. A Secretaria da Fazenda do Piauí também fez a consulta no sistema e verificou que o pagamento vai cair na sexta. De acordo com o secretário Silvano Alencar, o valor será de R$ 33 milhões. “Acho que não vai ter problema, vai cair o pagamento normalmente. Conferimos no sistema”, disse. De acordo com o secretário, os repasses do FPE correspondem a quase metade da receita anual do estado. O secretário de fazenda

do Acre, Mâncio Cordeiro, também disse que confirmou o repasse para seu estado no sistema que interliga o Tesouro e as secretarias estaduais. “Não tenho nenhuma razão para acreditar que não vai sair o pagamento. Recebemos a confirmação”, disse. O secretário não soube informar quanto seria repassado para o Acre. De acordo com Mâncio, a verba do FPE corresponde a 60% da receita total do estado. A Secretaria da Fazenda do Tocantins informou que tomou conhecimento, pelo sistema do Tesouro Nacional, que o dinheiro do FPE para o estado será depositado nesta sexta.

presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), reúne-se na tarde desta quarta-feira (16) com os líderes do PSDB e do PSD na Câmara em busca de um acordo sobre qual dos partidos vai ocupar a vaga da primeira secretaria da Mesa diretora da Casa. A eleição que vai escolher o novo presidente da Casa e a composição da Mesa ocorre no dia 4 de fevereiro.Os dois partidos travam um impasse por estarem empatados como a terceira legenda com maior número de deputados - a primeira é o PMDB e a segunda, o PT. O PSDB, que hoje tem a primeira secretaria, tem 51 deputados, mesmo número do

novo partido, o PSD. Pelo regimento da Câmara, o terceiro maior partido tem o direito de indicar o primeiro–secretário da Casa. A vaga hoje é ocupada pelo PSDB. O líder do partido na Casa, Bruno Araújo (PE), afirmou que espera que o presidente da Casa dê prioridade ao partido mais antigo. “Para nós, parece razoável que se siga o principio da antiguidade [...] O principio do desempate tem de vir do presidente, mas não pode ser no dado” , disse Araújo. O líder do PSD, Guilherme Campos (SP), afirmou que o partido não vai desistir de ter a primeira secretaria da Mesa. “Nossa posição é de ter a primeira secretaria”, disse.

Decisão liminar afasta presidente dos conselhos do Sesc e Senac

A

Justiça do Rio determinou, em liminar, o afastamento de Antônio Oliveira Santos do cargo de presidente dos conselhos nacionais do Sesc (Serviço Social do Comércio) e do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). Em decisão proferida na quarta-feira (16), o juiz Josimar de Miranda Andrade, da 20ª Vara Cível do Rio de Janeiro, acolheu pedido feito pela Federação do Comércio do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) e pela administração regional do Rio de Janeiro do Sesc e do Senac. Oliveira Santos, que é o presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviço e Turismo (CNC) e, em função disso, acumula também o comando dos conselhos nacionais do

Dilma decreta exigências de conteúdo nacional em obras do PAC

D Presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviço e Turismo (CNC) e, em função disso, acumula também o comando dos conselhos nacionais do sistema Sesc e Senac, informou que irá recorrer da decisão

sistema Sesc e Senac, informou que irá recorrer da decisão “tão logo as administrações nacionais do Sesc e do Senac sejam oficialmente notificadas”. Em comunicado, a CNC

repudiou o afastamento e destacou que a decisão “foi proferida em caráter provisório, sem que Sesc e Senac tenham tido oportunidade de se manifestar”. O juiz da 20ª Vara acolheu a tese defendida pela administração regional do Sesc e do Senac no Rio, de que Oliveira Santos não poderia mais estar à frente da direção das entidades por ter contas rejeitadas por decisão definitiva do Tribunal de Contas da União (TCU). Ao conceder a antecipação de tutela, o magistrado destacou que regimento interno das instituições estabelece que membros do conselho que tiverem rejeitadas suas contas, em razão de decisão definitiva, perderá o mandato. “A violação a este dispositivo é imperiosa e não deixa dúvidas sequer quanto a sua interpretação”, disse Andrade na sentença. “Não podemos deixar de reconhecer que a moralidade é requisito indispensável para

exercício da posição e do quilate do cargo exercido pelo primeiro réu. O país experimenta algumas afrontas a norma constitucional, no que diz respeito a moralidade, até mesmo empossando deputados condenados para o exercício do cargo, o que é lamentável, mas é fato”, acrescentou o juiz. Segundo Cristiano Zanin Martins, sócio do escritório de advocacia que representa a Fecomércio-RJ, entre as irregularidades que levaram à rejeição das contas no TCU está a compra de equipamentos sem a realização de licitação. “Desde 2004 ele não poderia estar mais à frente da direção das entidades por ter tido contas rejeitadas pelo TCU e isso agora foi reconhecido pela Justiça”, afirmou o advogado, lembrando que Oliveira Santos está há mais de 30 anos à frente da CNC. “A princípio, acredito que deverão ser convocadas agora novas eleições.

ois decretos foram baixados pela presidente Dilma Rousseff exigindo percentuais mínimos de conteúdo nacional na aquisição de produtos manufaturados e serviços em obras com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O governo iniciou esse tema com a Medida Provisória 580. Conforme publicado no “Diário Oficial da União” (DOU) desta quarta-feira (16), o decreto 7.888 estabelece que nas obras de mobilidade urbana com recursos do PAC, um mínimo de 80% dos produtos manufaturados (materiais rodantes e sistemas embarcados, sistemas funcionais e de infraestrutura de vias, sistemas auxiliares de plataformas, estações e oficinas) e 100% dos serviços contratados (engenharia, arquitetura, planejamento urbano e paisagismo) deverão ter origem nacional. Já o decreto 7.889 cria a Comissão Interministerial de Aquisições do Programa de Aceleração do Crescimento (CIA-PAC), que será responsável por indicar em quais contratações públicas haverá a

exigência de conteúdo nacional. A CIA-PAC será constituida pelos ministros da Fazenda, Planejamento, Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia e Relações Exteriores. Segundo o decreto, são classificados como produtos manufaturados nacionais os “produtos submetidos a operação que modifique a sua natureza, a natureza de seus insumos, sua finalidade ou os que aperfeiçoe para o consumo, produzido no território nacional de acordo com o processo produtivo básico disciplinado em ato normativo específico ou com as regras de origem estabelecidas em ato do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior”. E serviços nacionais são definidos no texto legal como “serviços classificados de acordo com a Nomenclatura Brasileira de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio, instituída pelo Decreto no 7.708, de 2 de abril de 2012, concebidos e prestados no território nacional ou prestados conforme critérios estabelecidos em ato do Ministério.


Geral

JD

ProUni abre inscrições para mais de 144 mil bolsas Para participar, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em estabelecimento particular na condição de bolsista

Os candidatos podem se inscrever até as 23h59 (horário de Brasília) de segunda-feira (21)

E

stão abertas, a partir de ontem (17), as incrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni), exclusivamente no site do programa. Os candidatos podem se inscrever até as 23h59 (horário de Brasília) de segunda-feira (21). O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Para participar, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em estabelecimento particular na condi-

ção de bolsista. Também é pré-requisito ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 e atingido pelo menos 450 pontos, além de não ter zerado a nota da redação. Até o ano passado, a exigência mínima era alcançar 400 pontos. A bolsa integral é concedida a estudantes com renda bruta familiar por pessoa até 1,5 salário mínimo, e as parciais àqueles com renda familiar até três salários mínimos por pessoa. Na hora de se candidatar a uma vaga, o estudante deve informar o número de inscrição e a

senha usados no Enem 2012. Ele escolhe, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno entre as bolsas disponíveis, de acordo com o seu perfil. Os candidatos podem consultar as vagas disponíveis no endereço http://prounialuno. mec.gov.br/consulta/publica. Na primeira edição deste ano, o Programa Universidade para Todos (ProUni) vai oferecer 144.639 vagas, das quais 99.223 são bolsas de estudo integrais e 45.416 parciais (50% da mensalidade). A primeira divulgação dos resultados será no dia

24 deste mês e a segunda, no dia 8 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das etapas poderá aderir a uma lista de espera nos dias 24 e 25 de fevereiro. Após a divulgação dos resultados, os candidatos pré-selecionados terão um prazo para comparecer à instituição de ensino com os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição. A bolsa do ProUni pode ser uma alternativa para quem não conseguiu uma vaga no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior. Caso o candidato seja selecionado nos dois programas, deverá optar por um deles, já que é vedado usar uma bolsa do programa e estar, simultaneamente, matriculado em instituição de ensino superior pública e gratuita. O estudante que conseguir apenas uma bolsa parcial (50% da mensalidade) pode custear a outra parte por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) sem a necessidade de apresentar fiador. Para isso, é preciso que a instituição onde o aluno pretende se matricular tenha firmado termo de adesão ao Fies e ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc). (agenciabrasil)

Sindicato envia 140 mil jornais para mobilizar população no caso GM

P

ara mobilizar a população em São José dos Campos em prol dos 1.500 empregos ameaçados na General Motors, o Sindicato dos Metalúrgicos começou a enviar nesta quarta-feira (16) 140 mil

jornais para residências da cidade para convocar a população a participar das ações da entidade. Faltam 9 dias para o fim do prazo fixado pela montadora para assegurar os postos de trabalho na planta.

A intenção do veículo batizado ‘SOS Empregos’ é sensibilizar a população sobre a ameaça de demissão em massa depois do dia 26 de janeiro. Na ocasião, a Montagem de Veículos Automotores (MVA) - uma das oito fábricas do complexo da GM em São José - será fechado. O jornal tem quatro páginas e está sendo distribuído nas casas em todas as regiões da cidade por um empresa contratada pelo sindicato. A meta é que a publicação atinja um público de 560 mil pessoas. De acordo como presidente do sindicato, Antônio de Barros Ferreira ‘Macapá’, as demissões na GM são um problema de toda a população. “Não é um problema apenas do trabalhador da GM e dos familiares deles. Uma demissão assim na cidade representa um problema para a economia, vai afetar todo mundo”, disse ao G1. Reunião Nesta sexta-feira (18), lí-

deres do sindicato e o diretor de relações institucionais da GM, Luiz Moan, têm uma nova rodada de negociações. Essa será a penúltima reunião para decidir o futuro dos funcionários que estão em layoff e a mão de obra considerada excedente no MVA. Um encontro nesta quarta-feira (16) terminou sem acordo e ampliou a tensão entre a empresa e os trabalhadores. Entre as propostas que foram expostas pelos sindicalistas à empresa na reunião, estão a continuidade do modelo Classic na planta de São José dos Campos, produção local de modelos que atualmente são importados, retomada da produção de caminhões, revezamento do layoff e um novo acordo trabalhista que garanta empregos e investimentos. Entenda o caso Desde agosto de 2012, ocasião em que foi anunciada a intenção de fechar a Montagem de Veículos Automotores (MVA), a empresa mantém 770 funcionários afastados em layoff - suspensão temporária dos contratos de trabalho. Outros 700 são mantidos na linha, que terá as atividades encerradas no próximo dia 26 de janeiro. Procurada pela reportagem do G1, a General Motors informou que não está comentando as negociações com o sindicato. Em outras ocasiões, a empresa já havia negado a intenção de transferir a produção do MVA da unidade joseense para Rosário, na Argentina. A informação vem sendo divulgada pelos sindicalistas desde o início da tensão com a empresa, em julho de 2012.

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A5

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

JD

Mundo

Violência

Argélia reforça fronteiras para tentar conter avanços de terroristas, conta jornalista argelino

O sequestro de 40 estrangeiros na Argélia (África) – perto da fronteira com a Líbia, por um grupo extremista islâmico em reação à ação militar no Mali (África) – fez o governo argelino intensificar as forças de segurança no país. Desde o último dia (16) foram enviados militares para as áreas de fronteira com o Mali, a Mauritânia e a Líbia. A estimativa é que sejam acionados mais de 45 mil homens para a proteção aérea, marítima e terrestre. Em entrevista o jornalista argelino Massinissa Benlakehal, que acompanha o assunto, disse ontem (17) que a população da Argélia vê com receio o avanço dos extremistas islâmicos e os conflitos com as forças de segurança dos países envolvidos no processo. Segundo ele, os refugiados do Mali buscam abrigo e segurança no Sul da Argélia. O grupo extremista – cujas traduções do nome variam entre Assinantes pelo Sangue, Luta contra o Sangue e Capuzes, comandado pelo argelino Mokhtar Belmokhtar, expulso da Al Qaeda do Magrebe Islâmico – assumiu a autoria do sequestro coletivo. O jornalista argelino indicou que Belmokhtar atua para fortalecer a liderança na região. Massinissa Benlakehal contou que, ao mesmo tempo, há um temor na Argélia com o avanço dos extremistas, representados por diferentes grupos, pois eles seguem em direção às fronteiras do Sul do país e passam a dominar essas áreas. “Há um temor na Argélia [principalmente das autoridades] em não conseguir controlar o movimento”, ressaltou o jornalista argelino. “Mas não é fácil prever as ações de terroristas, em especial, desse grupo”, destacou. “Os grandes líderes desses grupos são conhecidos por serem de Argélia.” Segundo o jornalista argelino, antes da ação francesa no Mali, as autoridades da Argélia deram um alerta sobre o crescimento de grupos extremistas na região e seus avanços. “Desde o início, a Argélia alertou os países sobre um eventual aumento de riscos na região e que isso é impossível de controlar”, disse Massinissa Benlakehal. Em relação aos reféns, mantidos pelo grupo de Belmokhtar, o jornalista argelino disse que as informações são desencontradas, pois há dados de que eram apenas 20 pessoas, depois o número subiu para 40. Há também notícias de que os argelinos sequestrados tenham sido liberados, sendo que apenas os estrangeiros são mantidos em poder dos sequestradores.

Maior do mundo Cordão da Bola Preta concorre ao título de maior festa de rua do mundo

Com 95 anos de existência, o bloco Cordão da Bola Preta, um dos mais tradicionais do carnaval do Rio de Janeiro, concorre ao título de a maior festa de rua do planeta, concedido pelo Guinness Book. A informação foi confirmada pela Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro. No Rio, há cerca de 500 blocos de rua que participam do carnaval da cidade. Criado em 1918, o Cordão da Bola Preta é o mais antigo bloco de rua do Rio. Em 2012, o grupo bateu recorde de público ao reunir mais de 2 milhões de pessoas, segundo informações do comando do grupo. Tradicionalmente, o bloco desfila no sábado de carnaval a partir das 9 horas. Ao longo do ano, o Cordão da Bola Preta promove eventos, como feijoadas e bailes. Informações completas sobre o bloco podem ser obtidas no endereço http://www.cordaodabolapreta.com. br/programacao. A Secretaria de Turismo do Rio detalhou a organização para o carnaval de 2013, incluindo a colocação de 16,2 mil banheiros e uma campanha maciça para seu uso adequado. No total, são esperados 492 blocos carnavalescos – 44% a mais do que no ano passado.. (agenciabrasil)


Esporte

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Estádio Glicério Marques está interditado pelo Corpo de Bombeiros/AP O Comandante Raimundo Américo Miranda informa as autoridades, desportistas e a sociedade em geral, sobre o verdadeiro estado físico das arquibancadas Elcio Barbosa

Da Reportagem

A

preocupação com o estado físico em que se encontram as arquibancadas do velho estádio Municipal, Glicério de Souza Marques já mobilizou a equipe de engenharia do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá CBM/AP, que vistoriou as dependências do estádio ‘vovô’ da cidade, no ultimo dia 11 de janeiro. O objetivo da vistoria foi apresentar um Laudo Técnico, através da real situação do estado físico das arquibancadas do estádio. Hoje as arquibancadas do Glicério Marques já estão interditadas. A última revitalização do estádio aconteceu a 21 anos atrás, de lá pra cá, ninguém mais fez nada. O Comandante Geral do CBM/AP, Raimundo Américo Miranda reuniu ontem os engenheiros da corporação para aprontar o laudo técnico, e informar as autoridades, desportistas e a sociedade em geral, sobre o verdadeiro estado físico das arquibancadas do estádio. De acordo com o comandante dos serviços técnicos do CBM/AP, Frederico Fonseca Fernandes Medeiros, Major Medeiros foram detectadas, uma série de patologias, ou seja, deficiências na estrutura metálica das arquibancadas do estádio. “Para o nível de lotação prevista em uma competição nacional, coloca em risco a estrutura da arquibancada podendo vir a ruir e acontecer um acidente. Essa estrutura já está interditada, e vamos encaminhar o resultado do laudo técnico para a administração do estádio” informou Medeiros. Entretanto, o Paulo Sampaio Conrado Bezerra, chefa da divisão de seção de vistoria do CBM/AP, tenente Sampaio, disse que hoje haverá uma reunião com a Coordenadoria de Esportes e Lazer (Comel), da Prefeitura de Macapá, com o

Paysandu vence Paragominas com gol de placa do atacante João Neto

O

cesso. Os dois times voltam a jogar no próximo domingo, dia 20. O Papão retorna à Belém, onde enfrentará o Águia, a partir das 10h, na Curuzu. Já o PFC seguirá para Santarém para duelar com o São Francisco, às 17h, no Colosso do Tapajós. Com o resultado, o Papão momentaneamente assume a liderança do Parazão, já que o outro jogo da rodada, entre o Azulão Marabaense e o Cametá, terminou empatado sem qualquer gol marcado. (soupapao.com)

Sem previsão de estreia, Seedorf demonstra preocupação com jogos no verão carioca Vista panoramica do velho e descampado Glicerão e ao fundo a modernidade do prédio que chegou em Macapá e que o estádio não acompanhou

propósito de discutir hipóteses estratégias, e o que poderá ser feitas para que o estádio possa encontra condições para abrigar publico para as competições em nível nacional. O comandante do CBM/ AP, Raimundo Américo Miranda ressaltou que o Amapá está preste a sediar uma partida da primeira fase da Copa do Brasil Feminino no dia 2 de fevereiro. E diante disso, o parecer aponta para interditar o estádio. “Eu tenho que acatar o laudo técnico dos engenheiros, o parecer vai para as mãos do coordenador municipal para ele tomar as devidas providencias, isso é para evitar

Atlético-MG apresentou o atacante Araújo, que estava no Náutico e assinou contrato com o time mineiro até o final da temporada. O jogador chegou animado e prometeu dar o máximo dentro de campo para ajudar o clube a conquistar as vitórias. “O professor Cuca já me conhece, sabe do meu potencial, o que posso render. O torcedor pode ficar tranquilo que vou dar o meu máximo, quero ajudar o clube”, disse Araújo, que ainda garantiu que não perdeu o fôlego, mesmo tendo 35 anos e projeta títulos pelo Atlético-MG. “Quero conquistar mais títulos,

uma catástrofe no estádio” frisou Miranda. Comel discute estratégias para o caso O Coordenador da Coordenadoria de Esportes e Lazer do Município de Macapá, (Comel), George Alex Ferreira, salientou que na segunda-feira, 21, às 9 horas da manha haverá uma reunião composta pelos representantes da Federação Amapaense de Futebol, Paulo Rodrigues, Sedel Rogério Salvador, e entidades desportivas com o objetivo de encontrar o mais rápido possível soluções para sanar este problema. “Não só da estrutura da arquibancada, mas também

da iluminação, gramado, a segurança dos extintores de incêndio, acesso do público as arquibancadas, tudo que é possível para deixar o estádio em condições de receber jogos nacionais. Acho que esse laudo dos bombeiros chega em boa hora, não fico nem um pouco chateado, o bombeiros está cumprindo a função dele, a cabe a nós encontramos soluções, a prefeitura atravessa um momento difícil, mas temos que fazer, vamos convidar o secretário da Seinf do estado e do município para juntos resolver o problema” anunciou Alex Ferreira coordenador da Comel (EB).

este é o objetivo, trabalho com este pensamento de conquistar. Vamos brigar por isso nas competições. Estou com muita vontade. Tenho mais uma oportunidade de disputar a Libertadores”, declarou. Questionado sobre os valores da transferência, Araújo confirmou que o salário de R$ 200 mil divulgado pelo seu empresário, Gilson Marcos, não é verdadeiro, mas o jogador não quis entrar em detalhes. “Foi um negócio inesperado, já foi resolvido. Não vou revelar valores, mas soltaram valores que não existem. Está tudo sobe controle”, afirmou. (uol)

Araújo é apresentado no Atlético-MG e sonha com Libertadores

Dorival comanda segundo coletivo do Flamengo em 2013 com mudanças no meio-campo

S

Paragominas e Paysandu, pela segunda rodada do Parazão 2013

Paysandu conseguiu a reabilitação no Campeonato Paraense ao vencer o Paragominas por 2 a 1 na última quarta-feira, dia 16, na Arena Verde, em jogo válido pela segunda rodada da competição. O Papão abriu a contagem com um gol de placa do atacante João Neto e ampliou a vantagem com Rafael Oliveira. O zagueiro Rubran descontou para a equipe da casa, que chegou a criar algumas oportunidades para empatar a partida, mas sem su-

Araújo é apresentado no Atlético-MG e sonha com Libertadores

O

A6

ob forte chuva no campo cinco do Ninho do Urubu, o técnico Dorival Júnior iniciou o segundo coletivo do ano,. Em relação ao primeiro coletivo, o time do Flamengo teve apenas uma alteração, com a saída de Amaral para a entrada de Cáceres no meio de campo. A equipe escalada foi: Felipe; Léo Moura, Renato Santos, Frauches e Ramon; Cáceres, Ibson e Rodolfo; Nixon, Hernane e Rafinha. Durante a atividade, Dorival paralisou o time por algumas vezes para dar instruções. Esta deve ser a escalação para

a estreia no Campeonato Carioca, sábado, contra o Quissamã, no Engenhão. No meio da atividade, o treinador rubro-negro sacou Rodolfo e Cáceres para as entradas de Amaral e Luiz Antônio. Outro grupo de nove jogadores ainda está em rotina de treinos físicos durante a pré-temporada. Eles permaneceram em outro no campo quatro, incluídos aí os novos reforços Elias, Gabriel e João Paulo. Cléber Santana, Alex Silva, Renato e Thomás também fizeram parte deste segundo grupo. (uol)

Dorival em treino do Flamengo

Seedorf em treinamento do Botafogo durante a pré-temporada

S

eedorf voltou ao Botafogo e mostrou que ainda é o dono do pedaço. Equilibrados em cima de um muro ao lado do gramado do treinamento do Botafogo em Saquarema, torcedores logo gritaram o seu nome assim que o avistaram entrar em campo. Sorridente, o veterano meia, de 36 anos, retribuiu o carinho com um aceno. Depois, partiu rumo ao treinamento tático. Sorridente, o camisa 10 não quis cravar que está fora da estreia do time, no domingo, contra o Duque de Caxias. Segundo a ele, a decisão cabe ao técnico Oswaldo de Oliveira e aos preparadores físicos. Mas nas entrelinhas deixou claro que ainda não seria o ideal. “(Sobre a estreia) tem de

falar com o preparador físico. Estou treinando e disponível, mas tem de ter uma base, senão se machuca rapidinho. Estou treinando e tem de ter paciência”, afirmou o meia. Por quase não ter tido descanso ao emendar a saída do Milan com a chegada ao Botafogo, em 2012, Seedorf chegou uma semana depois na pré-temporada do Botafogo. Embora garanta que tem facilidade para entrar em forma, a tendência é mesmo que o jogador fique fora das partidas. Ainda que não jogue neste domingo, ele demonstra uma preocupação com o Campeonato Carioca: o verão do Rio de Janeiro. E pediu atenção aos comandantes do futebol brasileiro. (uol)

Valdivia segue sem treinar com bola e dificilmente jogará no domingo

A

usente nos quatro primeiros dias da pré-temporada, Valdivia também deve ser desfalque na estreia do Palmeiras no ano. Por conta de uma lesão no tornozelo esquerdo, o jogador não treina com bola desde a manhã de segunda-feira e segue sem previsão de volta. É improvável sua presença no jogo contra o Bragantino, neste domingo, no Pacaembu. O meia se machucou após levar um carrinho de Henrique. Foi constatada uma contusão leve, sem fratura ou entorse, mas desde então ele não tra-

balha mais com o resto do grupo. O chileno tem trabalhado em dois períodos, inclusive nesta quinta-feira, segundo o clube, quando o elenco só treinará à tarde. “Ele teve uma melhora considerável do inchaço no tornozelo esquerdo, e a amplitude do movimento articular está normal. O retorno aos treinos com bola depende exclusivamente do conforto e da segurança do próprio Valdivia. Ele só retornará aos trabalhos com o grupo caso se sinta 100%”, disse o médico Rubens Sampaio. (espn.br)


Esporte

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Enquanto isso...

“Vi um pouco do treino de finalzação dele. É impressonante a forma que ele finaliza” disse Paulinho sobre Alexandre Pato

Paulinho mostra calma sobre seleção e diz que chute de Pato é “impressionante” Espectador de um dos treinos de Alexandre Pato, o volante elogiou a performance do ex-jogador do Milan, contratação mais cara da história do futebol

P

eça importante do elenco do Corinthians e titular da seleção brasileira no fim da Era Mano Menezes, Paulinho está empolgado com o novo companheiro de equipe. Espectador de um dos treinos de Alexandre Pato, o volante elogiou a performance do ex-jogador do Milan, contratação mais cara da história do futebol brasileiro.

“Vi um pouco do treino de finalzação dele. É impressonante a forma que ele finaliza. É um jogador muito rápido. Ainda está sentindo um pouco de tempo de bola, mas vai nos ajudar bastante”, disse Paulinho. Para o jogador, o Corinthians fez bem em ir ao mercado para trazer Alexandre Pato, Renato Augusto e Gil, reforços que

custaram ao clube quase R$ 60 milhões. Nada indica, porém, que ele perca seu espaço dentro do time de Tite. Artilheiro do Corinthians no ano passado com 12 gols, Paulinho terá de se adaptar à mudança de comando na seleção. Nos últimos dias de comando de Mano Menezes, ele dividiu o meio-campo com Ramires como titular.

Agora, terá de aguardar a decisão de Luiz Felipe Scolari. “Não tenho e nunca tive contato [com ele]. Depende de mim, dos meus companheiros, de fazer um bom trabalho no Corinthians. Se tiver consciência e fazendo o melhor não tem porque se preocupar. Sempre aconteceu natural a convocação de todos aqui no Corinthians”, completou. (uol)

Felipão pediu adversários melhores para a seleção, diz presidente da CBF sobre série de amistosos

O presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin, afirmou que foi o técnico Luiz Felipe Scolari que pediu amistosos da seleção brasileira contra times mais fortes no primeiro semestre de 2013. “Estamos atendendo principalmente as sugestões do técnico da Seleção, Luiz Felipe Scolari, como também do coordenador de seleções, Carlos Alberto Parreira”, afirmou o dirigente sobre a escolha dos adversários, em entrevista ao site da CBF ontem(17). “Os próximos adversários são considerados da elite do futebol mundial. Vamos enfrentar a Inglaterra por duas vezes. Vamos enfrentar a Itália. Vamos enfrentar a Rússia. E vamos enfrentar, inclusive, a França, que já nos deu muitos aborrecimentos”, disse Marin. “São equipes consideradas de primeiro nível do futebol mundial. A Seleção precisa, acima de tudo, do apoio da imensa torcida brasileira, de que o torcedor se integre a essa manifestação, a esse desejo, a essa torcida de alcançarmos o título em 2014”. (espn.br)

Belfort e Bisping trocam empurrões e inglês insinua que brasileiro luta dopado Milan negocia com Real Madrid a volta de Kaká à Itália

O Milan está negociando com o Real Madrid para ter Kaká de volta. Segundo informações do canal de TV do próprio clube rossonero, o presidente Silvio Berlusconi está tratando pessoalmente com Florentino Pérez, mandatário do time espanhol, o retorno do armador ao time italiano. A vontade do Milan vai ao encontro ao desejo de Kaká. Na última quarta-feira, o brasileiro afirmou que está disposto a fazer sacrifícios para jogar em Milão novamente. Ele não tem prestígio com o técnico José Mourinho e figura no banco de reservas na maioria das partidas. Segundo informações do jornal Gazzeta dello Sport, a vontade do Milan seria ter Kaká por empréstimo até o final da atual temporada. O motivo seria idade do brasileiro – 30 anos, considerada um pouco alta - e o salário de aproximadamente 32 milhões de reais, o que seria um alto custo para o clube. O jornal ainda diz que dois agentes que representam Kaká se encontraram rapidamente com o staff no Milan. Na reunião também estava presente Barbara Berlusconi, oque, segundo o diário, seria um indício de que não se tratava de um encontro qualquer. Mesmo assim, o vice-presidente do Milan, Adriano Gallianni, disse que a negociação é difícil por causa da remuneração que o meia recebe em Madrid. “Custo seria muito alto”. Kaká deixou o Milan em 2009, após uma passagem de seis anos pelo time rossonero. No peírodo, ele conquistou um Campeonato Italiano e uma Uefa Champions League. . (espn.br) Belfort e Bisping trocam empurrão na coletiva de ontem do UFC São Paulo

D

epois de um clima amistoso na entrevista coletiva que aconteceu em hotel da zona sul de São Paulo ontem, outro evento preparatório para a luta de sexta-feira quase acabou em briga. Vitor Belfort e Michael Bisping trocaram empurrões durante a tradicional encarada e o inglês chegou a insinuar que o brasileiro compete dopado. “Ele já foi punido por doping. Fala de Deus, da Bíblia, mas é um hipócrita. Ele fala como se nada tivesse acontecido. Sempre foge das perguntas sobre uso de testosterona”, atacou Bisping. Belfort não falou sobre as provocações do inglês. O brasileiro testou positivo em 2006 para a substância 4-hidroxitestosterona e chegou a ser suspenso por nove meses.

Durante as fotos da encarada, que coloca os dois rivais frente a frente logo depois da pesagem, o brasileiro tentou colocar o punho fechado na frente do rosto de Bisping. O inglês ficou empurrando a mão de Belfort, iniciando um princípio de confusão. “Nem toquei nele. Fechei o punho só para mostrar como eu estou motivado para essa luta”. Depois que a “turma do deixa disso” os separou, Vitor começou a apontar para o inglês gritando: ”estou pronto, estou pronto”. Bisping ficou provocando de um jeito mais sarcástico, do outro lado. Ao longo da coletiva, Vitor teve que ouvir mais provocações de Bisping. Rebatendo aos questionamentos sobre seu preparo físico, o brasileiro destacou que iria

lutar por 25 minutos, tempo somado dos cinco rounds, nem que a luta acabasse antes disso. “Tenho a certeza da vitória. Não é arrogância, é confiança. Combinei com minha equipe que não interessa o quanto a luta vai durar, eu vou continuar treinando no vestiário até os 25 minutos. É uma forma de me preparar mentalmente”, disse Belfort, que depois disso foi alvo de ironia do inglês. “Ele está tentando se convencer de que pode aguentar, e que vai para o vestiário depois. Não preciso apostar com meus companheiros, sei que aguento. Você e seus amigos podem ir lá e treinar um pouquinho depois, mas eu vou te arrebentar de qualquer jeito”, avisou Bisping. O inglês ainda insinuou que muitos brasileiros

preferem torcer por ele, e não por Vitor: “A maioria vai apoiar Belfort, mas nem todos, porque tenho saído pela cidade e vi que tenho um pouco de torcida. Quero agradecer a essa galera. Só queria destacar que nem todos vão torcer por ele”. Depois, ele ainda emendou um “muito obrigado” em português. Antes do desentendimento entre as principais estrelas da noite, outros rivais ficaram perto da pancadaria. Daniel Sarafian e C.B. Dollaway também trocaram empurrões: os dois encostaram testa com testa e se mantiveram nessa posição durante alguns segundos. Um dirigente do UFC teve que separá-los. O brasileiro sempre manteve uma cara mais invocada, sempre olhando fixo para seu adversário.. (uol).

Após admitir ‘mergulho’ no campo, Suárez deve ser punido pelo Liverpool O atacante Luiz Suárez deve ser punido pelo Liverpool por conduta antidesportiva. O uruguaio admitiu que se jogou no campo durante o empate contra o Stoke City, pelo Camepoanto Inglês, em outubro. Na época, após a partida, o jogador foi chamado de ‘ uma vergonha’, pelo técnico do Stoke, Tony Pulis. O descontentamento do treinador foi ampliado por outros jogadores. Jogador do Stoke, o meia Michael Kightly disse que Suárez gritava ‘como se quebrassem sua perna’ toda vez sentia um toque. Já Laurent Koscielny, do Arsenal, disse que o uruguaio ‘trapaceava’. “Futebol é isso, às vezes você faz coisas no campo que você mais tarde pensa: ‘Por que eu fiz aquilo?’. Fui acusado de ter me jogado na área e isso é verdade. Estávamos empatando em casa contra o Stoke e precisávamos vencer. Depois do que todo passou a falar disso, entendi que o nome Suárez vende jornais”, afirmou o atacante.. (espn.br)


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Mensagem do Dia “O amor é uma fonte inesgotável de reflexão, profunda como a eternidade, alta como o céu, vasta como o universo”. Alfred de Vigny

Empresário Antônio Carlos, Deputado Michel JK, Empresário Felipe

Empresários Mira e Josue Rocha

Tereza Serrano sempre nas melhores baladas

Consultor de vendas Wladimir Henrique

Pierre Alcolumbre

Brena Wanzeler

Geandra Bastos

FIQUE LIGADO!!! No mês de janeiro você confere o programa balada fashion retro com as principais matérias de 2012. Todos os sábados ás 18:40 e reprise aos domingos às 13h. Contamos com sua audiência!!! Esta colunista e empresário Cleber Rabelo (Rabelo Store)

Deyvide Brother e Jayne Diniz


CadernoB

DiaDia

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Clécio decreta estado de emergência em cinco setores do município

O prefeito Clécio Luís (PSOL) garante que vai enfrentar a crise e resolver o problema sem que seja necessária a intervenção do governo federal CELIANE FREITAS

ELEN COSTA DA REDAÇÃO

F

oi em uma coletiva para a imprensa local ocorrida na manhã de ontem (17), na sala de reunião da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM), que o prefeito Clécio Luis anunciou a 2ª etapa de seu plano emergencial e decretou situação de emergência para cinco setores do município. Segundo ele, o quadro em que a Prefeitura se encontra não é diferente do citado durante o período eleitoral. Porém, a situação, segundo o prefeito, é bem mais dramática nos setores da administração, finanças, saúde, manutenção urbanística e meio ambiente. Há 18 dias à frente da administração, Clécio garante que relutou e avaliou muito a situação antes de tomar qualquer decisão. “Nós sabíamos que o quadro era esse. Porém o caso está elevado à máxima potência. Então diante disso resolvemos decretar estado de emergência nessas cinco áreas do município de Macapá. Ela é absolutamente necessária porque a situação só pode ser enfrentada realmente com medidas mais drásticas, mais enérgicas, mais firmes. Algumas até mais amargas”, expôs o prefeito. Ainda de acordo com Clécio, os problemas são gravíssimos e as medidas devem ser tomadas para que a Prefeitura não entre definitivamente em situação de insolência. No início da semana, o prefeito fez sua primeira visita institucional ao Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), onde explanou o que iria fazer sinteticamente. O prefeito garantiu que está expondo a situação à imprensa para que a mesma seja de conhecimento da população de Macapá. “Queremos explicitar não no sentido de fazer caça às bruxas ou de imputar culpa a alguém, mas sim no sentido de envolver a população para a solução dos problemas. Nós estamos muito confiantes que esses problemas serão superados. E isso que é o mais importante”, assegurou. Outra preocupação do governo municipal é em relação ao pagamento de precatórios, que de acordo com ele não foi efetuado no ano passado, podendo acarretar novamente no bloqueio das contas da prefeitura. “É algo irrecorrível. Não tem como recorrer. Tem que pagar porque já transitou em julgada. A Prefeitura tem que pagar sob pena de ter seus recursos sequestrados pela Justiça em favor das pessoas que são os credores desses precatórios. O resultado disso é terrível para o pagamento de pessoal e uma série de coisas”, proferiu Clécio.

Clécio Luis anunciou a 2ª etapa de seu plano emergencial e decretou situação de emergência para cinco setores do município. Segundo ele, o quadro em que a Prefeitura se encontra não é diferente do citado durante o período eleitoral.

Administração Conforme denúncias do prefeito, os vícios citados na folha de pagamento, como os valores imputados e debitados a servidores muito acima da remuneração e gastos excessivos com cargos comissionados fez com que a folha de pagamento chegasse a quase 70% no exercício anterior. “Não há nenhum critério de cálculo para se chegar aqueles valores. Está folha não foi paga. Não foi honrada e nós acabamos herdando essa folha”, disse Clécio. O prefeito afirmou que fica difícil administrar com a estrutura física da prefeitura comprometida e com instalações de secretarias de forma fracionada. Como se não bastasse, os contratos essenciais como de telefonia, veículo, combustível, material de expediente, de limpeza e de manutenção estão suspensos por falta de pagamento. “A prefeitura hoje não tem uma gota de combustível. Não tem nenhum carro alugado em circulação. Não há uma única linha de telefone na Prefeitura de Macapá que não esteja cortada”, lamentou. Finanças Atualmente o orçamento bruto da Prefeitura é de R$ 527 milhões. Sendo parte de convênios e outra de recursos pré-determinados para certas áreas. De acordo com o prefeito Clécio Luiz até o momento a Secretária de Finanças apurou uma dívida de mais de R$ 243 milhões, podendo a mesma ser acrescida tendo em vista que os levantamentos estão inconclusos. A preocupação do gestor é que se somados os valores da dívida com os R$ 266 milhões do valor da folha a prefeitura se tor-

nará tecnicamente insolvente. “Nós não temos como pagar as dívidas e pagar pessoal ao mesmo tempo. Nós não temos orçamento para fazer um centavo se quer de investimento”, declarou Clécio. Ainda segundo o prefeito, o calendário tributário que precisa ser feito anualmente não foi elaborado no ano passado. O instrumento é usado para planejar a arrecadação para o pagamento de dívidas e manutenção da PMM. “A prefeitura hoje no melhor cenário arrecada apenas 20% daquilo que poderia arrecadar com seus tributos, taxas e impostos. A cada R$ 10 de arrecadação que deveria estar entrando na prefeitura para honrar esses compromissos, para fazer a prefeitura também honrar com seus serviços públicos, apenas R$ 2 são arrecadados, pelo menos oficialmente. Para ser ter uma idéia hoje nas finanças municipais, os próprios servidores estão se cotizando para comprar papel, tonner, e até combustível dos próprios carros para poder minimamente botar as suas atribuições em dias”, revelou o gestor da cidade de Macapá. Uma das alternativas para resolver o problema e fazer com que a prefeitura avance é a volta austera da arrecadação de tributos, taxas e impostos, que segundo Clécio Luiz não estava sendo feita. “Pra se ter uma idéia, os eventos, shows que acontecem em nossa cidade não se tem uma cultura de cobrar o ISS. Nós não queremos, e é importante que se diga isso, nós não vamos aumentar nenhum imposto. Nós não vamos asfixiar nenhum empresário, nenhum

Clécio fez questão de lembrar que por falta de pagamento as empresas responsáveis pela coleta de lixo e entulhos não estavam realizando os serviços, e que o resultado dessa situação pode ser visto a olho nu.

empreendedor. O que nós queremos é aumentar a base de arrecadação. Que todos paguem. Que paguem até menos, mas que todos possam pagar para que a prefeitura possa voltar a arrecadar e honrar os seus compromissos”, esclareceu o prefeito. Meio Ambiente O Parque Zoobotânico também foi citado e colocado na lista do prefeito. Em 2010 o local abrigava 235 animais. Atualmente somente 61 vivem no parque e em situação crítica. A maioria morreu por falta de assistência ou sumiu. Clécio demonstrou estar preocupado com a estrutura física do parque também está comprometida, com as jaulas estão corroídas e não oferecem condições, e com os prédios administrativos que estão sem condições de funcionamento e com sinais de curto circuito em boa parte da rede elétrica. Manutenção Urbanística Clécio fez questão de lembrar que por falta de pagamento as empresas responsáveis pela coleta de lixo e entulhos não estavam realizando os serviços, e que o resultado dessa situação pode ser visto a olho nu. “Quando cessa a coleta, não cessa a produção. Então nós herdamos algumas toneladas de lixo, que mesmo com a retomada da coleta nós ainda não conseguimos normalizá-la”, disse ele. Para se ter novamente um serviço de excelência e com maior intensidade no que diz respeito à limpeza da cidade, o prefeito afirmou que precisa dá um sinal à empresa contratada. Mas que para isso precisa ajustar o orçamento da PMM. Saúde A estrutura básica da saúde no município de Macapá é precária. Sobre o assunto, o prefeito admitiu que as UPA’s (Unidades de Pronto Atendimento) estão abertas, mas em verdades não estão funcionando. Clécio afirmou que não há frota de veículos e as quatro ambulâncias que a prefeitura dispõe pelo Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estão paradas. Ainda segundo ele, a rede laboratorial está completamente paralisada, e que não é possível realizar nenhum exame pela rede municipal. Na semana passada, depois de uma denúncia

anônima, uma equipe da prefeitura acompanhada da Guarda Municipal, encontrou um depósito clandestino com material, documentos e medicamentos. A farmácia que funciona como uma de central de medicamentos também está sem a menor condição, de acordo com o prefeito. “Os remédios que vão pra lá estão estragando porque o depósito não oferece condições de armazenamento. Não temos a farmácia básica para hipertensão, diabetes, tabagismos, tuberculose, e hanseníase. Os banheiros tanto da administração da saúde, quanto das unidades básicas de saúde não funcionam, estão interditados”, disse ele. Outro posicionamento de Clécio foi em relação ao atendimento médico em áreas ribeirinhas que deixaram de ser realizados por falta de estrutura. Mas a preocupação maior do gestor é que não há garantias de permanência dos profissionais da saúde nas unidades, já que boa parte da rede não oferece condições de permanência aos mesmos. Antes de finalizara a coletiva, Clécio Luiz falou sobre a fraude na folha de pagamento do Programa Estratégia de Saúde da Família e a falta de alimentação do sistema de informações do Sistema único de Saúde (SUS). Segundo ele, são fraudes gravíssimas com recursos federais. “O SUS tem um sistema orgânico e se você não alimentá-lo ele não gera recursos financeiros para o município. E há algum tempo a PMM não alimenta esse sistema com essas informações, e com isso ela tem deixado de receber alguns milhões de reais para saúde”, ressaltou. Além de não receber o recurso, a falta de informações também gera dificuldade de diagnostico. O prefeito explicou que como o município de Macapá não informou o índice de infestação de dengue está fora e deixará de receber recursos volumosos para apoio ao combate. “Se formos aos postos de saúde veremos que esses números são alarmantes. Mas por não serem oficiais não existem para a prefeitura”, esclareceu Clécio. Caso de polícia Foi durante a coletiva que Clécio assegurou que algumas situações terão que virar caso de polícia. De acordo com informações do prefeito, houve um número gigantesco de contratações em período vedado pela legislação. Além das contratações ilegais, ele disse que houve muitas demissões. Uma movimentação muito alta de pessoas que foram contratadas e de pessoas que foram demitidas em pleno período eleitoral. “Tomaremos as medidas necessárias. Algumas medidas serão mais amargas. Em relação às fraudes, ao inchaço nas folhas de pagamento serão medidas mais duras, mas nós vamos resolver. A Prefeitura de Macapá não vai ficar refém da corrupção, da fraude, do desmando e da desídia. Se nós não tomarmos essas decisões nós vamos ter que demitir essas pessoas que foram contatadas ilegalmente e responsabilizar essas pessoas que contrataram foram responsáveis por essas decisões”, ameaçou o prefeito.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO DOS ANJOS SERÁ ENTREGUE NA PRIMEIRA QUINZENA DE FEVEREIRO

C

om 98% das obras concluídas, a Escola Estadual Augusto dos Anjos, localizada na esquina da Rua Eliezer Levy com a Avenida Marcílio Dias, no bairro do Laguinho, será entregue pelo governador Camilo Capiberibe na primeira quinzena de fevereiro deste ano. A afirmação é da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf). A empresa responsável pela tarefa de construção do novo prédio acelera os trabalhos, uma vez que o ano letivo está prestes a começar e os alunos, que hoje estão estudando em um local improvisado, já vão iniciar 2013 usufruindo de uma escola moderna, arrojada e com todo o conforto para o ensino-aprendizagem. 85 operários, que trabalham diretamente com carteira assinada, se revezam na parte de acabamento, a exemplo do jardim na entrada e no entorno da escola, corrimão nas laterais das escadas que dão acesso aos três pavimentos do colégio e pintura do refeitório e da quadra poliesportiva. A escola segue o modelo protótipo com 16 salas de aula, quadra poliesportiva, refeitório para 60 pessoas, sala de informática para 20 terminais de computadores, auditório para 100 expectadores e bloco administrativo. Com a construção e ampliação, a escola vai oferecer vagas para uma média de 2 mil alunos, nos três turnos. Outra novidade, além da inclusão do Ensino Médio, será a entrada principal, que, depois de pronta, passará para a Avenida Marcílio Dias e não pela Rua Eliezer Levy, onde costumavam acontecer diversos acidentes, principalmente nas horas de entrada e saída de alunos. Mas, para isso, por solicitação da Seinf, a empresa teve de fazer algumas adaptações, como o serviço de drenagem para escoamento das águas pluviais. O valor da obra é de aproximadamente R$ 5 milhões, recursos oriundos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com aditivos, em função das mudanças que foram feitas, como a climatização das salas, que não estava no projeto original, bem como as rampas de acessibilidade e piso tátil, que vai orientar pessoas com deficiência visual ou com baixa visão. De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Joel Banha, a Escola Augusto dos Anjos está dentro dos padrões modernos que vêm sendo adotados pelo atual governo.


Geral

JD

B2

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Acusado de decepar mão de borracheiro se apresenta à polícia Neimisson da Silva alegou que já vinha sofrendo “humilhações” por parte da vítima CELIANE FREITAS

Segundo informações do delegado adjunto, Francisco Julião Barbosa, Nei, como é conhecido, confessou o crime e tentou justificar o ato cruel e covarde, alegando que há algum tempo vinha sofrendo “maus tratos” por parte da vítima

ELEN COSTA Da Redação

O

homem acusado de ter decepado com um golpe de terçado a mão esquerda do borracheiro George da Silva, de 39 anos, se apresentou na manhã desta quinta-feira (17) à polícia. Neimisson Costa da Silva, de 20 anos, foi acompanhado de seu advogado, Eduardo Campos, à 2ª Delegacia de Polícia onde o caso está sendo apurado. Segundo informações do delegado adjunto, Francisco Julião Barbosa, Nei, como é conhecido, confessou o crime e tentou justificar o ato cruel e covarde, alegando que há algum tempo vinha sofrendo “maus tratos” por parte da vítima. Sobre a arma usada para lesionar gravemente o trabalhador, o acusado disse que a mesma estava no porta-malas do carro – o Fiat Uno, cor azul escuro, de placas NFB-2509. “Ele contou que sempre que ia ao estabelecimento era humilhado pelo George e que naquele dia ele acabou perdendo as estribeiras e cometeu a atrocidade”, relatou Julião. Neimisson foi liberado assim que terminou de prestar depoimento. De acordo com a autoridade policial, além de o caso ter saído do estado flagrancial, o acusado se apresen-

tou espontaneamente e não há ainda elementos para mantê-lo preso. “Eu ainda preciso ouvir as testemunhas e a vítima para poder concluir o inquérito policial, e posterior a isso, pedir a prisão do acusado”, explicou o delegado, afirmando que ainda hoje (18) irá ao Hospital de Emergências para colher o depoimento de George. Conforme o apurado pela polícia, Nei já responde a um inquérito na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) por ter agredido a esposa. Ele poderá responder agora pelo crime de lesão corporal de natureza grave, ou tentativa de homicídio, dependendo do entendimento do delegado responsável pelo caso. O acusado deixou a delegacia, sem falar com a imprensa. O defensor dele não quis falar com as equipes de reportagem e também não permitiu que seu cliente se manifestasse. Pressão Segundo informações de uma fonte de dentro do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval, Neimisson só procurou a delegacia porque se sentiu pressionado. Desde o dia do fato, as imagens dele vinham sendo divulgadas na mídia e nas redes sociais de

computadores. Uma denúncia anônima levou agentes da Polícia Civil da equipe Captura até uma residência localizada no bairro Renascer I, na Zona Norte de Macapá, as proximidades do local onde o crime aconteceu. A casa era de propriedade da sogra do agressor, e de acordo com a denúncia, era lá que Neimisson estava homiziado. A polícia foi até o local indicado para verificar a veracidade da informação. Ao chegar ao endereço não encontraram Neimisson. Porém, a mulher bastante nervosa, ligou para ele pedindo que se entregasse. Relembrando o fato Por volta das 19h45 do dia 11 do mês corrente, Neimisson chega à borracharia onde a vítima trabalhava a pouco mais de um mês, localizada na Rua Tancredo Neves, no bairro São Lázaro. Conforme o vídeo gravado pelo circuito interno de segurança do estabelecimento e repassado à imprensa, o acusado desce de seu veículo e pede para calibrar os pneus do carro. Segundo relatos, George diz que por determinação do proprietário não pode deixar que ele mesmo faça o serviço e pediu para que outro funcionário o fizesse. Assim que foi atendido,

Nei deixou o local sem pagar. Ele estava acompanhado de uma mulher e de duas crianças. Sem esperar, o borracheiro foi surpreendido pelo agressor que estacionou o carro mais a frente e retornou com um terçado. George ainda chegou a correr e pegou um pedaço de madeira para se defender. Mas foi atingido com uma terçada que lhe decepou a mão esquerda. Neimisson então fugiu do local. O que chamou a atenção de todos, é que o crime foi pra ticado na frente da mulher do acusado, das crianças e de um adolescente de 15 anos que trabalhava como assistente na borracharia. Recuperação George foi socorrido e conduzido para o Hospital de Emergências (HE). Ele deu entrada naquela casa de saúde uns 15 minutos após o fato e foi de imediato levado para a sala de cirurgia. De acordo com familiares da vítima, ele foi submetido a um processo de re-constituição do membro que durou cerca de seis horas. As equipes médicas responsáveis pelo implante aguardam e recuperação de George para saber se o membro será aceito ou rejeitado pelo órgão do paciente.

Agentes penitenciários programam paralisação nacional REPORTAGEM JD Da Redação

A

pós reunião realizada em Brasília sobre o veto da presidenta Dilma Rousseff ao porte de arma integral, os agentes penitenciários de todo o Brasil decidiram realizar uma paralisação de advertência de 24 horas, no próximo dia 30 de janeiro. A parada será em todos os estados, tanto nas unidades estaduais como federais. No entanto, a categoria afirma que irá manter os serviços essenciais e respeitar o número limite de servidores trabalhando de 30%, conforme lei de greve. A decisão foi tomada em consenso de líderes sindicais e representantes da Federação Nacional dos Servidores Penitenciários (FENASPEN), que discutiram o veto do nosso Porte de arma. Na reunião em Brasília, foi definido também outras medidas para reverter essa decisão presidencial, no intuito de assegurar e garantir esse direito à segurança dos agentes

penitenciários do país. Representantes de praticamente todos os Estados estão mobilizados. Por esse motivo, cada unidade da Federação deverá realizar uma assembleia local com os demais servidores e decidir se irão aderir às ações em nível nacional. A princípio, o encontro em Brasília estabeleceu alguns pontos. Um deles é que será confeccionada uma carta aberta a toda a sociedade, a qual deverá ser distribuída em um ato público a ser realizado no dia 23 de janeiro. Neste mesmo dia, os servidores deverão coletar assinaturas de repúdio contra o veto da presidenta. O outro ponto é a paralisação nacional de 24 horas nas unidades prisionais. Também será publicado o edital de convocação para o Congresso, que acontecerá nos dias 20 e 21 em Brasília, onde deverão estar presentes caravanas dos Estados que aderirem ao movimento para deliberar se a categoria irá ou não entrar em greve

por tempo indeterminado, caso o veto não seja derrubado antes. O presidente da FENASPEN explica que todos os prazos foram definidos respeitando os prazos legais, que a paralisação requer. “A principio nossa intenção era de realizar a paralisação no dia 23 de janeiro, para dar mais agilidade, mas infelizmente devido aos prazos legais referentes a todas as questões jurídicas de publicações e comunicados as au-

toridades competentes para que a paralisação e até mesmo a greve não sejam consideradas ilegais, foram definidas então essas datas. Mas esperamos que todos os Estados venham somar conosco, já que essa luta não é individual de cada Estado, todos irão se beneficiar com a lei, então precisamos do apoio maciço de toda a categoria em nível de Brasil, pois temos que mostrar a nossa força neste momento”, relatou Anunciação.

Categoria da PC apresenta demandas a presidente da CCJ da AL

V

ários temas estiveram na pauta de reunião do deputado estadual Charles Marques (PSDC), com a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) do Estado do Amapá na tarde desta quinta-feira (17). No encontro que ocorreu na sede do sindicato com a participação do presidente do Sinpol Elias Rodrigues, de seu vice Antônio Sotelo, a diretoria da Associação dos Escrivães/Oficiais da Polícia Civil do Amapá (Aesp), Delma Lúcia Coelho, os sindicalistas fizeram um breve relato da atual situação da Policia Civil no Amapá. Durante o encontro, o deputado, que além de primeiro-secretário preside a Comissão de Constituição, Redação e Justiça (CCJ) ouviu reivindicações, sugestões e anseios dos representantes dos policiais civis do Estado, mas os principais temas em discussão foram o reajuste salarial e a reformulação da Leio Orgânica da categoria, projeto que foi aprovado na Assembleia Legislativa do Estado do Amapá. Elias Rodrigues pediu empenho do deputado quanto a Lei 1595 de 28 de dezembro de 2011, que autoriza o Poder Executivo a realinhar o subsidio dos servidores agentes e oficiais de Policia Civil no Estado do Amapá. “O governador Camilo Capiberibe, entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), deixando a lei indefinida. Por isso pedimos o apoio do deputado para uma solução definitiva desse pro-

cesso”, explicou o presidente informando que as perdas salarias chegam a quase 50% na comparação com o salário de delegado de polícia. Na reunião também ficou definido a formação de comissões para trabalhar na reformulação da Lei Orgânica da categoria, que dispõe sobre sua organização, atribuições e funcionamento, define o regime jurídico de seus servidores, publicada no Diário Oficial do Estado no dia 23 de março de 2005. O deputado Charles Marques, sugeriu que a discussão seja dividida em três etapas: a primeira será o lançado o convite às pessoas interessadas em participarem do grupo de estudos. A segunda etapa será a colheita de opiniões através da internet, pelo facebook do deputado Charles Marques e do Sinpol/AP, e o passo a seguir será a realização de plenárias de estudos com a categoria e representantes do Executivo Estadual em datas ainda a serem definidas sobre os temas sugeridos pelos policiais. “Com essa metodologia, todos poderão participar”, elogia Elias Rodrigues, sobre a iniciativa do parlamentar. “Será a lei mais discutida e debatida pelos verdadeiros interessados”, frisou Charles Marques, informando que pretende essa etapa no mês de maio, para que no mês de setembro ou outubro o projeto possa entrar em pauta na Assembleia Legislativa.

Unidade semi-intensiva é instalada no Pronto Atendimento Infantil

A

direção do Pronto Atendimento Infantil (PAI) implantou na quarta-feira (16), uma unidade semi-intensiva para atender casos de urgência e emergência que chegam naquele hospital. O espaço possui quatro leitos, quatro ventiladores pulmonares, sete aspiradores e quatro bombas de fusão. A nova estrutura irá resguarda a vida de crianças que buscam atendimento no PAI. O Pronto Atendimento Infantil é a porta de entrada para atender crianças e adolescentes com idades entre 1 e 12 anos, submetidas a situações que requerem atendimento de urgência e emergência. Há casos onde o atendimento exige destreza e agilidade da equipe que ali atua. A diretora do PAI, Olinda

Consuelo, explicou que entre os casos que requerem maior empenho dos profissionais estão os de envenenamento e afogamento. “Ao chegar aqui, o paciente é encaminhado, imediatamente, para a unidade semi-intensiva, onde os primeiros atendimentos são realizados. No setor ficam, 24 horas por dia, dois técnicos de enfermagem e um enfermeiro que prestam os primeiros socorros. No local trabalham pessoas especializadas nesse tipo de atendimento”, comenta Olinda. A instalação da nova unidade semi-intensiva no PAI faz parte do projeto de readequação e ampliação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança e do Adolescente lançado pelo Governo do Estado.


JD

Economia

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

B3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Agência Nacional do Petróleo confirma aumento da quantidade de álcool na gasolina Percentual de etanol misturado na gasolina passará de 20% para 25% no final da safra de cana de açúcar tia de etanol na gasolina de 25% para 20% em outubro de 2011, devido a uma escassez do biocombustível e a um aumento no preço. Para este ano, no entanto, a indústria de cana afirma ser capaz de atender a uma demanda maior. Durante a semana, circularam rumores de que a gasolina deve sofrer aumento de 7% ainda em janeiro. O preço do óleo diesel também pode subir entre 4% e 5%, o que seria o primeiro aumento nos postos em quase dez anos.

Durante a semana, circularam rumores de que a gasolina deve sofrer aumento de 7% ainda em janeiro

A

diretora geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, disse nesta quinta-feira (17) que o percentual de etanol misturado na gasolina passará de 20% para 25% no final da safra de cana de açúcar, possivelmente em abril deste ano.

“A gente tem que confirmar a safra, mas estamos achando que sim”, disse, durante evento no Rio. A informação foi divulgada pela Agência Brasil, que é pública. A medida deve dar impulso ao mercado de etanol, e ainda melhorar a situação financeira da Petrobras, sem a ne-

cessidade de subir tanto o preço da gasolina. Atualmente, a estatal vem amargando prejuízos na área de abastecimento, porque importa gasolina para revendê-la, a preços mais baixos, no mercado brasileiro o governo, controlador da Petrobras, não permite o re-

passe da instabilidade dos preços do petróleo para os combustíveis. A estatal tem importado volumes crescentes de combustíveis para atender ao mercado interno. Com o aumento da mistura do etanol, passaria a importar menos gasolina. O Brasil reduziu a quan-

Petrobras espera por reajuste Com uma grande carga de investimentos condicionada ao reajuste, o aumento nos preços da gasolina é desejável para a Petrobras (PETR3; PETR4), que planeja investir entre R$ 85 bilhões e R$ 90 bilhões em 2013. Em 2012, ainda antes do reajuste de 7,8% nas refinarias, a presidente da Petrobras, Graça Foster, havia afirmado que o preço do combustível estava defasado em 15%. Esse aumento não chegou ao consumidor, uma vez que o governo zerou o Cide

(Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), principal tributo cobrado do setor. Desta vez, os postos verão o aumento, que deve ser aliviado com a redução de outros tributos, como PIS/Cofins. Gasolina subiu em junho, mas alta não chegou ao consumidor No final de junho, a Petrobras anunciou um reajuste de 7,83% nos preços da gasolina e de 3,94% no do diesel. Em seguida, o governo zerou tributos sobre os combustíveis, para evitar que o aumento chegasse às distribuidoras e aos consumidores. O Ministério da Fazenda divulgou uma nota anunciando que zerou a alíquota da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) incidente na venda da gasolina e do óleo diesel. O reajuste da Petrobras passou a ser válido nas refinarias a partir de 25 de junho, e considerou os preços da gasolina e do diesel sem os tributos federais Cide e PIS/Cofins, nem o tributo estadual ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).. (uol)

CNI identifica moderada recuperação da atividade industrial

O

faturamento da indústria brasileira cresceu 2,5% em novembro de 2012, em comparação a outubro, após dois meses consecutivos de queda, segundo o levantamento Indicadores Industriais da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgado ontem (17). Para a confederação, o aumento é um indicador

“robusto”, e o crescimento do setor deverá fechar o ano em 2,5%, o que aponta moderada, mas persistente recuperação da atividade industrial e para um panorama, no geral, positivo. A área em que houve o maior faturamento em novembro foi a da indústria de vestuário, com crescimento de 6,2%, aumento de 11,3% no em-

prego e de 10,7% nas horas trabalhadas. O pior desempenho foi no setor de material eletrônico e de comunicação, com queda de 23,5% na produção, diminuição de 11,7% no emprego e de 1,3% na massa salarial. A utilização da capacidade instalada apresentou o maior resultado desde março do ano passado, com a média de 81,4% da

indústria em operação. Em relação ao mesmo período de 2011, o índice foi o mesmo. O aumento do uso da capacidade industrial instalada sinaliza avanços positivos para os investimentos em 2013, de acordo com o economista da CNI Marcelo de Ávila. Para o gerente executivo de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Bran-

Preço do material escolar varia até 450%, revela pesquisa do Procon-SP

O

preço do material escolar varia até 450% de uma loja para outra, revelou pesquisa da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo. O órgão visitou 78 estabelecimentos, na capital e no interior. Na capital, onde foram pesquisados 195 itens, uma borracha látex (branca) que custava R$ 0,40 em um estabelecimento foi encontrado por R$ 2,20 em outro. No interior do Estado, a maior diferença foi encontrada em Jundiaí: uma caneta esferográfica ponta fina 0,7, que custava R$ 0,85 em um estabeleci-

mento, foi encontrado por R$ 4,50 em outro. Nesse caso, a diferença é de 429%. A íntegra da pesquisa por cidade está disponível no site do Procon-SP. O Procon-SP alerta os pais para que, além de pesquisar preços, verifiquem também a qualidade e a procedência dos produtos, evitando comprar em vendedores ambulantes. “O preço pode ser menor, mas não há emissão de nota fiscal e muitas vezes os produtos não possuem certificação do órgão responsável”, diz a diretora de estudos e pesquisa da Fundação Procon-SP, Valéria Garcia. (agenciabrasil)

co, a redução da ociosidade da indústria, acompanhada da manutenção relativa dos salários, gera pressão sobre os custos das empresas. Ele explica que isso implica impacto sobre a competitividade dos produtos brasileiros em relação aos importados e sobre o Custo Brasil – que considera não só os custos nas indústrias, mas

também a logística, os tributos, entre outros fatores que oneram a produção no país. Segundo Castelo Branco, a manutenção dos salários reflete a dinâmica do mercado de trabalho brasileiro, que mantém níveis baixos de desemprego, o que faz com que a demanda por mão de obra seja constante. (agenciabrasil)

Mesmo com prejuízo, companhias aéreas manterão promoções em 2013

A

s companhias aéreas esperam aumentar em 9% o número de passageiros em 2013. Haverá mudanças para recuperar o lucro, mas está descartado o fim das promoções. A notícia foi dada pelo presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas, Eduardo Sanovicz. Ele disse ontem (17) que em 2012, embora a demanda tenha crescido 7,14%, com 75 milhões de passageiros, o setor terminou o ano com prejuízo. Ele não informou o valor da perda financeira. Neste ano, segundo o executivo, as empresas querem recuperar o lucro, mas as mudanças não incluem aumento do preço das passagens. Nem deter-

minarão o encerramento das promoções de compras antecipadas com preço menor. O presidente da associação das companhias aéreas espera que em 2013 o crescimento do setor mantenha ritmo semelhante ao do Produto Interno Bruto (PIB).. (uol)

Fiesp e centrais sindicais defendem que Banco Central continue a reduzir juros

A

Força Sindical e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) criticaram a manutenção da taxa básica de juros (Selic) em 7,25% ao ano. Elas consideraram que o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) “perdeu uma oportunidade” de continuar diminuindo os juros e, com isso, segundo a Contraf, “forçar uma queda maior dos juros e dos spreads dos bancos, a fim de baratear o crédito e incentivar o emprego, o desenvolvimento e a dis-

tribuição de renda”. A Força Sindical defendeu mais cortes na Selic como forma de estimular a economia. “É preciso agilidade e reduções eficazes dos juros para facilitar o crescimento da economia e diminuir a dívida pública, estimular a produção industrial, que se encontra estagnada, aumentar o consumo e gerar empregos de qualidade”, diz o comunicado assinado pelo presidente da central sindical, Paulo Pereira da Silva. A Federação das Indústria do Estado de São Paulo (Fiesp) também

defendeu que o Banco Central continue a reduzir os juros para aumentar a competitividade da economia brasileira. “Acreditamos que novas quedas na Selic ocorrerão ao longo do ano, mas o governo precisa aumentar a competitividade da economia e destravar o investimento. A exemplo do que fez recentemente com a MP [Medida Provisória] 579, que trouxe a redução no preço de energia”, diz a nota assinada pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf. A Federação do Comércio de

São Paulo (Fecomercio-SP), ao contrário da Fiesp, defendeu a manutenção do patamar dos juros. “ A Fecomercio-SP considera essa ação razoável, uma vez que não há mais espaços para redução da taxa básica de juros enquanto a inflação permanecer acima 4,5% e o cenário internacional continuar incerto”, explicou a entidade que apontou ainda a dificuldade enfrentada pela autoridade monetária para conciliar crescimento econômico com controle a inflação.. (agenciabrasil)


JD

Diversão&Cultura

Brasileiro “O Som ao Redor” é premiado em Nova York O Brasil era representado ainda na categoria de melhor documentário por “Olhe Para Mim de Novo”, de Claudia Priscilla e Kiko Goifma

O

brasileiro “O som ao redor”, do diretor Kleber Mendonça, foi escolhido o melhor filme latino-americano pelo júri da terceira edição do Prêmio Cinema Tropical, entregue na sede do diário “The New York Times”. Também concorriam a melhor filme de ficção o brasileiro “Heleno”, de José Henrique Fonseca; o argentino “O estudante”, de Santiago Mitre; o mexicano “Os Últimos Cristeiros”, de Matías Meyer; e o chileno “Verão”, de José Luis Torres. “O Som ao Redor” também fora indicado nas categorias de melhor diretor de ficção, onde o mexicano Matías Meyer acabou premiado, e melhor estreia, em que “O Estudante” foi o eleito.

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

B4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Celebridades Tem que pagar Dolabella terá que pagar R$40 mil à camareira; ator vai recorrer da decisão

O ator Dado Dolabella terá de pagar R$ 40 mil de indenização à camareira Esmeralda de Souza Honório. Esmeralda acusa Dolabella de tê-la agredido durante uma briga dele com a então namorada Luana Piovani, em uma boate, no Rio, em 2008. A 11ª Câmara Cível do Rio reformou, por unanimidade, a sentença que julgara improcedente o pedido dessa condenação. A causa foi ganha pelos advogados Marcelo Salomão e Maria José Arruda de Almeida. Na decisão em 1ª instância, a juíza argumentou que Dado seria inocente porque “em briga de marido e mulher ninguém mete a colher”. Mas a desembargadora Myriam Medeiros da Fonseca Costa, relatora da apelação, não entendeu assim.. (uol)

Fica longe dela Juiz determina que perseguidor mantenha distância de Ellen Page

“O Som Ao Redor”, de Kléber Mendonça Filho, mostra como a vida numa rua de classe média na zona sul do Recife toma um rumo inesperado após a chegada de uma milícia que oferece a paz de espírito da segurança particular

O Brasil era representado ainda na categoria de melhor documentário por “Olhe Para Mim de Novo”, de Claudia Priscilla e Kiko Goifman, mas o júri prefe-

riu o chileno “O Salva-vidas”, de Maite Alberdi. Ao todo, 16 filmes procedentes de Brasil, México, Argentina, Chile e Equador disputavam as

categorias de melhor filme de ficção, melhor documentário, melhor diretor de ficção, melhor diretor de documentário e melhor estreia. (uol)

Justiça julga improcedente ação para suspender cenas do “BBB”

Um fã que perseguia a atriz Ellen Page, ameaçando-a de morte online, foi condenado a ficar longe dela. As informações são do site TMZ. A polícia de Los Angeles começou no ano passado a rastrear as ameaças que Ellen vinha recebendo via Twitter, e que incluíam frases como “Eu vou matar Ellen Paige. Ela está morta” A investigação levou à um único suspeito, Joshua Michael Myers, que foi condenado a não entrar mais em contato com a atriz pelos próximos três anos. Ellen estava presente na corte durante a condenação. (uol)

Edward Furlong Ator de “Exterminador do Futuro 2” é demitido de filme após episódio de violência doméstica

Edward Furlong, o ator que ficou internacionalmente conhecido ainda adolescente por seu papel em “Exterminador do Futuro 2”, foi recentemente demitido da produção de um filme, devido aos seus problemas com violência doméstica. As informações são do site “TMZ”. Furlong foi preso no último domingo por supostamente atacar sua namorada, e apesar de ter alegado inocência continua detido. Esta é a terceira vez que o ator é acusado de violência doméstica em apenas 3 meses. (uol)

Durante a investigação, Daniel chegou a ter seu passaporte apreendido

A

juíza federal Luciana Melchiori Bezerra, da 24ª Vara Federal Cível em São Paulo, manteve decisão liminar de junho de 2012, que julgou improcedente o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que a TV Globo deixasse de transmitir, durante a exibição das edições do “Big Brother Brasil”, cenas que pudessem estar relacionadas à prática de crimes. O pedido do Ministério Público foi feito após o ex-participante Daniel Echaniz ter supostamente abusado de Monique Amin, no final da primeira festa do “BBB12”, em janeiro de 2012. O Ministério alegou que “fora veiculada imagem de suposto estupro de vulnerável” na 12ª edição do reality, uma vez que a vítima “se encontrava aparentemente adormecida”. Em sua decisão, a juíza afirmou que a determinação para impedir a TV Globo de transmitir cenas relacionadas à prática de crimes seria algo genérico, já que não haveria amparo para

justificar a providência judicial, uma vez que as cenas utilizadas como argumento pelo MPF não caracterizaram abuso sexual, após o arquivamento do inquérito policial instaurado pela Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, ante a alegação da participante Monique, de que o ato sexual fora consentido. A juíza Luciana Bezerra, em sua sentença, ressaltou que a liberdade de imprensa é algo assegurado constitucionalmente, não cabendo à União Federal impor restrições prévias à exibição ou a estrutura de conteúdos ligados à imprensa. Caso Daniel Daniel Echaniz e Monique Amin protagonizaram cenas quentes embaixo do edredom após a primeira festa do “BBB12”. Pelas redes sociais, o público denunciou o suposto caso de estupro por parte de Daniel, uma vez que Monique estava alcoolizada - e pediram a expulsão do participante. (uol)

Resumo das Novelas Malhação Ju exige que Dinho conte para Lia sobre Valentina. Ju conta para Gil que Dinho ficou com Valentina. Após o fim da festa, Dinho pede para conversar com Lia, mas Paulina o orienta a ir para casa. Dinho se aconselha com Fatinha, que sugere que ele negue o beijo de Valentina. Dinho tenta conversar com Lia, mas primeiro Robson interrompe e, depois, Fatinha e Orelha o impedem. No Misturama, Valentina assiste à TV Orelha e descobre que toda a turma vê o programa. Rita avisa a Fatinha sobre nova reunião do CRAU. Valentina diz a Orelha que tem uma boa reportagem para ele.

Guerra dos Sexos Nando aceita as desculpa de Juliana. Charlô comenta com Otávio que lembrou do baile em que dançaram juntos no passado. Giocondo deixa Dino em dúvida com suas insinuações sobre Nando. Frô se esconde de Ronaldo. Carolina ouve Otávio dizer para Felipe que Juliana tem um envolvimento com Nando. Vânia pede para Juliana ajudá-la a voltar a trabalhar na loja. Otávio engana Nando para que ele siga seu plano. Felipe pergunta a Juliana o que existe entre ela e Nando. Nieta arruma um jeito de falar para Dino o que combinou com Otávio. Kiko pede para Nenê contratar alguns capangas para sequestrar Nando.

Lado a Lado Isabel tenta se aproximar de Elias, mas ele a rejeita. Laura avisa à mãe que Elias foi encontrado. Zé Maria decide levar Elias para junto de Jurema e Afonso. Constância chama Praxedes e denuncia Isabel. Esther rompe o noivado com Albertinho. Mario avisa a Frederico que Luciano entrará na peça. Praxedes prende Isabel por atentado ao pudor.

Salve Jorge Morena confessa a Théo que esteve na boate e fala sobre a carta de Waleska. Ele fica desconfiado e diz que vai até o local entregar a carta pessoalmente. Morena aborda o assunto tráfico de pessoas sem dizer que foi vítima, mas Théo acredita que esse tipo de crime é lenda. Helô não deixa que Stênio conte nada sobre a investigação para Lívia. Helô exige que Berna revele o que sabe sobre a adoção de Aisha. Antônia tenta prestar queixa contra o ex-marido. Celso exige que Deborah impeça a ex-mulher de ver sua filha. Helô obriga Berna a contar a verdade para Mustafá. Théo vai à casa de Lucimar e conhece Russo.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Para alguns será obvio que você está uma pilha e que precisa descansar. Para todos os outros há maneiras mil de declinar de cobranças e tentativas de controle. O melhor é fugir pra bem longe até amanhã. Você consegue. Touro (21 abr. a 20 mai.) Climão no campo emocional impede você de soltar as rédeas do autocontrole e ser feliz? Tente a jardinagem, leitura ou atividade manual criativa. Sonhos e meditação ajudam a renovar energias e equilibrar o coração. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.)

Sempre se pode tomar um susto com um amigo, não é mesmo? Tenha seu dia de experiências esquisitas com um deles, apenas pra tirar o gosto de monotonia ambiente. Estouvamento emocional atropela paquera boa. Câncer (21 jun. a 21 jul.) É verdade que o que você mais precisa neste momento é provar sua independência. Mas não dá pra fazer isto em todos os níveis e ao mesmo tempo. Desacordo com parceiros sobre pontos que são essenciais pra você.. Leão (22 jul. a 22 ago.) O hábito é uma segunda natureza’, reza do ditado. Mas que verdadeiro isto nestes tempos! Inclua bons hábitos em sua rotina de vida agora, aguente firme por seis semanas e veja o resultado maravilhoso. Pressa demais não! Virgem (23 ago. a 22 set.) Sem duvida um período anual ótimo pra você colocar em pratica habilidades criativas, também espetacular pra reforçar seu território profissional, e excelente pra angariar olhares de admiração. Saiba negociar acordos hoje.

Libra (23 set. a 22 out.) Não é bom ficar esperando que o seu sócio tome todas as decisões, nem aconselhável que seu cônjuge resolva todos os detalhes da viagem sem te consultar. As pessoas esperam certa autonomia e mais energia de você hoje! Escorpião (23 out. a 21 nov.) Tem sempre um dia no mês em que sua saúde fica sensível e é preciso ir devagar, porque não dá pra trabalhar doente, se sentindo mal e a fim de dar um chute na mesa. Deixe sua agenda bem flexível e cuide melhor de si mesmo. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Paixão e romance no ar! Que bom pra você, sagitariano. Dia de provar sua capacidade estratégica, seu olhar de lince, sua sensibilidade para as coisas realmente importantes, arrojando-se rumo ao futuro. Capricórnio

(22 dez. a 20 jan.) Certo, quem quiser que te siga agora. Em casa, por exemplo, falta alguém com pulso pra tocar as coisas? La vai você tentando dar um jeito no que não anda. Mas não intimide: nada de ser inflexível com os pobres mortais..

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Um dia próspero em ideias ousadas, e que bom que as pessoas estão sensíveis ao que é inédito, sedentas por respostas diferentes. Pra você brilhar mais ainda, tome a dianteira e seja o portavoz de uma causa bem bacana. Peixes (20 fev. a 20 mar.) Lua e Urano juntinhos no seu setor financeiro prometem altos e baixos, o que não é ruim, mas exige boa dose de independência e tirocínio rápido pra agir agora e não ser levado por outros. Você vai contra a corrente, mas e daí?


JD

Diversão&Cultura

Brasileiro “O Som ao Redor” é premiado em Nova York O Brasil era representado ainda na categoria de melhor documentário por “Olhe Para Mim de Novo”, de Claudia Priscilla e Kiko Goifma

O

brasileiro “O som ao redor”, do diretor Kleber Mendonça, foi escolhido o melhor filme latino-americano pelo júri da terceira edição do Prêmio Cinema Tropical, entregue na sede do diário “The New York Times”. Também concorriam a melhor filme de ficção o brasileiro “Heleno”, de José Henrique Fonseca; o argentino “O estudante”, de Santiago Mitre; o mexicano “Os Últimos Cristeiros”, de Matías Meyer; e o chileno “Verão”, de José Luis Torres. “O Som ao Redor” também fora indicado nas categorias de melhor diretor de ficção, onde o mexicano Matías Meyer acabou premiado, e melhor estreia, em que “O Estudante” foi o eleito.

Macapá-AP, sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

C4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Celebridades Tem que pagar Dolabella terá que pagar R$40 mil à camareira; ator vai recorrer da decisão

O ator Dado Dolabella terá de pagar R$ 40 mil de indenização à camareira Esmeralda de Souza Honório. Esmeralda acusa Dolabella de tê-la agredido durante uma briga dele com a então namorada Luana Piovani, em uma boate, no Rio, em 2008. A 11ª Câmara Cível do Rio reformou, por unanimidade, a sentença que julgara improcedente o pedido dessa condenação. A causa foi ganha pelos advogados Marcelo Salomão e Maria José Arruda de Almeida. Na decisão em 1ª instância, a juíza argumentou que Dado seria inocente porque “em briga de marido e mulher ninguém mete a colher”. Mas a desembargadora Myriam Medeiros da Fonseca Costa, relatora da apelação, não entendeu assim.. (uol)

Fica longe dela Juiz determina que perseguidor mantenha distância de Ellen Page

“O Som Ao Redor”, de Kléber Mendonça Filho, mostra como a vida numa rua de classe média na zona sul do Recife toma um rumo inesperado após a chegada de uma milícia que oferece a paz de espírito da segurança particular

O Brasil era representado ainda na categoria de melhor documentário por “Olhe Para Mim de Novo”, de Claudia Priscilla e Kiko Goifman, mas o júri prefe-

riu o chileno “O Salva-vidas”, de Maite Alberdi. Ao todo, 16 filmes procedentes de Brasil, México, Argentina, Chile e Equador disputavam as

categorias de melhor filme de ficção, melhor documentário, melhor diretor de ficção, melhor diretor de documentário e melhor estreia. (uol)

Justiça julga improcedente ação para suspender cenas do “BBB”

Um fã que perseguia a atriz Ellen Page, ameaçando-a de morte online, foi condenado a ficar longe dela. As informações são do site TMZ. A polícia de Los Angeles começou no ano passado a rastrear as ameaças que Ellen vinha recebendo via Twitter, e que incluíam frases como “Eu vou matar Ellen Paige. Ela está morta” A investigação levou à um único suspeito, Joshua Michael Myers, que foi condenado a não entrar mais em contato com a atriz pelos próximos três anos. Ellen estava presente na corte durante a condenação. (uol)

Edward Furlong Ator de “Exterminador do Futuro 2” é demitido de filme após episódio de violência doméstica

Edward Furlong, o ator que ficou internacionalmente conhecido ainda adolescente por seu papel em “Exterminador do Futuro 2”, foi recentemente demitido da produção de um filme, devido aos seus problemas com violência doméstica. As informações são do site “TMZ”. Furlong foi preso no último domingo por supostamente atacar sua namorada, e apesar de ter alegado inocência continua detido. Esta é a terceira vez que o ator é acusado de violência doméstica em apenas 3 meses. (uol)

Durante a investigação, Daniel chegou a ter seu passaporte apreendido

A

juíza federal Luciana Melchiori Bezerra, da 24ª Vara Federal Cível em São Paulo, manteve decisão liminar de junho de 2012, que julgou improcedente o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que a TV Globo deixasse de transmitir, durante a exibição das edições do “Big Brother Brasil”, cenas que pudessem estar relacionadas à prática de crimes. O pedido do Ministério Público foi feito após o ex-participante Daniel Echaniz ter supostamente abusado de Monique Amin, no final da primeira festa do “BBB12”, em janeiro de 2012. O Ministério alegou que “fora veiculada imagem de suposto estupro de vulnerável” na 12ª edição do reality, uma vez que a vítima “se encontrava aparentemente adormecida”. Em sua decisão, a juíza afirmou que a determinação para impedir a TV Globo de transmitir cenas relacionadas à prática de crimes seria algo genérico, já que não haveria amparo para

justificar a providência judicial, uma vez que as cenas utilizadas como argumento pelo MPF não caracterizaram abuso sexual, após o arquivamento do inquérito policial instaurado pela Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, ante a alegação da participante Monique, de que o ato sexual fora consentido. A juíza Luciana Bezerra, em sua sentença, ressaltou que a liberdade de imprensa é algo assegurado constitucionalmente, não cabendo à União Federal impor restrições prévias à exibição ou a estrutura de conteúdos ligados à imprensa. Caso Daniel Daniel Echaniz e Monique Amin protagonizaram cenas quentes embaixo do edredom após a primeira festa do “BBB12”. Pelas redes sociais, o público denunciou o suposto caso de estupro por parte de Daniel, uma vez que Monique estava alcoolizada - e pediram a expulsão do participante. (uol)

Resumo das Novelas Malhação Ju exige que Dinho conte para Lia sobre Valentina. Ju conta para Gil que Dinho ficou com Valentina. Após o fim da festa, Dinho pede para conversar com Lia, mas Paulina o orienta a ir para casa. Dinho se aconselha com Fatinha, que sugere que ele negue o beijo de Valentina. Dinho tenta conversar com Lia, mas primeiro Robson interrompe e, depois, Fatinha e Orelha o impedem. No Misturama, Valentina assiste à TV Orelha e descobre que toda a turma vê o programa. Rita avisa a Fatinha sobre nova reunião do CRAU. Valentina diz a Orelha que tem uma boa reportagem para ele.

Guerra dos Sexos Nando aceita as desculpa de Juliana. Charlô comenta com Otávio que lembrou do baile em que dançaram juntos no passado. Giocondo deixa Dino em dúvida com suas insinuações sobre Nando. Frô se esconde de Ronaldo. Carolina ouve Otávio dizer para Felipe que Juliana tem um envolvimento com Nando. Vânia pede para Juliana ajudá-la a voltar a trabalhar na loja. Otávio engana Nando para que ele siga seu plano. Felipe pergunta a Juliana o que existe entre ela e Nando. Nieta arruma um jeito de falar para Dino o que combinou com Otávio. Kiko pede para Nenê contratar alguns capangas para sequestrar Nando.

Lado a Lado Isabel tenta se aproximar de Elias, mas ele a rejeita. Laura avisa à mãe que Elias foi encontrado. Zé Maria decide levar Elias para junto de Jurema e Afonso. Constância chama Praxedes e denuncia Isabel. Esther rompe o noivado com Albertinho. Mario avisa a Frederico que Luciano entrará na peça. Praxedes prende Isabel por atentado ao pudor.

Salve Jorge Morena confessa a Théo que esteve na boate e fala sobre a carta de Waleska. Ele fica desconfiado e diz que vai até o local entregar a carta pessoalmente. Morena aborda o assunto tráfico de pessoas sem dizer que foi vítima, mas Théo acredita que esse tipo de crime é lenda. Helô não deixa que Stênio conte nada sobre a investigação para Lívia. Helô exige que Berna revele o que sabe sobre a adoção de Aisha. Antônia tenta prestar queixa contra o ex-marido. Celso exige que Deborah impeça a ex-mulher de ver sua filha. Helô obriga Berna a contar a verdade para Mustafá. Théo vai à casa de Lucimar e conhece Russo.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Para alguns será obvio que você está uma pilha e que precisa descansar. Para todos os outros há maneiras mil de declinar de cobranças e tentativas de controle. O melhor é fugir pra bem longe até amanhã. Você consegue. Touro (21 abr. a 20 mai.) Climão no campo emocional impede você de soltar as rédeas do autocontrole e ser feliz? Tente a jardinagem, leitura ou atividade manual criativa. Sonhos e meditação ajudam a renovar energias e equilibrar o coração. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.)

Sempre se pode tomar um susto com um amigo, não é mesmo? Tenha seu dia de experiências esquisitas com um deles, apenas pra tirar o gosto de monotonia ambiente. Estouvamento emocional atropela paquera boa. Câncer (21 jun. a 21 jul.) É verdade que o que você mais precisa neste momento é provar sua independência. Mas não dá pra fazer isto em todos os níveis e ao mesmo tempo. Desacordo com parceiros sobre pontos que são essenciais pra você.. Leão (22 jul. a 22 ago.) O hábito é uma segunda natureza’, reza do ditado. Mas que verdadeiro isto nestes tempos! Inclua bons hábitos em sua rotina de vida agora, aguente firme por seis semanas e veja o resultado maravilhoso. Pressa demais não! Virgem (23 ago. a 22 set.) Sem duvida um período anual ótimo pra você colocar em pratica habilidades criativas, também espetacular pra reforçar seu território profissional, e excelente pra angariar olhares de admiração. Saiba negociar acordos hoje.

Libra (23 set. a 22 out.) Não é bom ficar esperando que o seu sócio tome todas as decisões, nem aconselhável que seu cônjuge resolva todos os detalhes da viagem sem te consultar. As pessoas esperam certa autonomia e mais energia de você hoje! Escorpião (23 out. a 21 nov.) Tem sempre um dia no mês em que sua saúde fica sensível e é preciso ir devagar, porque não dá pra trabalhar doente, se sentindo mal e a fim de dar um chute na mesa. Deixe sua agenda bem flexível e cuide melhor de si mesmo. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Paixão e romance no ar! Que bom pra você, sagitariano. Dia de provar sua capacidade estratégica, seu olhar de lince, sua sensibilidade para as coisas realmente importantes, arrojando-se rumo ao futuro. Capricórnio

(22 dez. a 20 jan.) Certo, quem quiser que te siga agora. Em casa, por exemplo, falta alguém com pulso pra tocar as coisas? La vai você tentando dar um jeito no que não anda. Mas não intimide: nada de ser inflexível com os pobres mortais..

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Um dia próspero em ideias ousadas, e que bom que as pessoas estão sensíveis ao que é inédito, sedentas por respostas diferentes. Pra você brilhar mais ainda, tome a dianteira e seja o portavoz de uma causa bem bacana. Peixes (20 fev. a 20 mar.) Lua e Urano juntinhos no seu setor financeiro prometem altos e baixos, o que não é ruim, mas exige boa dose de independência e tirocínio rápido pra agir agora e não ser levado por outros. Você vai contra a corrente, mas e daí?

Jornal do Dia 18/01/2013  

Jornal do Dia 18/01/2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you