Issuu on Google+

VALÉRIO

DECISÃO

MALUF

Entrega passaportes

Contra a Espanha

Contas bloqueadas

Promotores querem bloqueio definitivo. nA4

STF tenta evitar que condenados fujam do país. nA5

Seleção brasileira bateu a Colômbia em busca da final. nA7 Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Sábado, 17 de Novembro de 2012 - Ano XXV

• Domingo e Segunda R$ 3,50 • Terça a Sábado R$ 1,50

PRESSÃO

DIVULGAÇÃO

Governo cobra dos deputados estaduais federalização da CEA De acordo com o governo, se até o dia 31 de dezembro, os deputados não tomarem nenhuma decisão, o Amapá pode perder a chance de solucionar o proble-

ma e ser penalizado de maneira trágica. Ao invés de R$1,28 bilhão, terá que pagar R$2,5 bilhões sem nenhum tipo de amortização da dívida da CEA. nB1 ASCOM/GEA

Chelala: coordenação da transição

TRANSIÇÃO

Equipe tenta não perder recursos do PAC O dinheiro servirá para melhorar as vias da capital, além de outras características com drenagem, meio-fio, calçadas com acessibilidade e mobilidade urbana no padrão exigido pela legislação. nB3

Coletiva ontem, com a imprensa local: pressão do Executivo quanto a questão da CEA. Governo joga a responsabilidade da aprovação para os deputados

MAGISTRATURA

Juízes tomam posse após promoções no Judiciário DIVULGAÇÃO

PARA O AMAPÁ

ASCOM/GEA

BNDES assina proposta de empréstimo bilionário O diretor de Infraestrutura Social do Banco Nacional para o Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Guilherme Lacerda, assinou proposta que garante ao Amapá o empréstimo de R$ 1,5 bilhão. Estado terá dois anos de carência e 20 anos para efetuar o pagamento. nB2

CELIANE FREITAS

Mercado de cosméticos da Amazônia em discussão no evento

ECONOMIA

Mercado de cosméticos recebe incentivos durante o Amazontech Setor pesqueiro será um dos beneficiados com o empréstimo de R$ 1,5 bilhão Desembargador Mário Gurtyev

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Mário Gurtyev, deu posse aos Juízes de Direito de Entrância Final. Entre eles estão o magistrado César Augusto Souza Pereira e Stella Simonne Ramos. nA3

BRANDON LEE

Karateca amapaense disputa Campeonato Brasileiro em CE Brando Lee garantiu vaga no certame nacional por ocasião a Federação Amapaense do Desporto Escolar (FADE) e promete medalha. nA6

Sebrae decidiu criar o projeto depois que estudos e pesquisas realizadas com as famílias e cooperativas extrativistas apontaram o potencial da produção de insumos não madeireiros. nB1

FOLIA

Samba de enredo do carnaval 2013 é lançado no Meio do Mundo nB3

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

Opinião

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

Editor: Janderson Cantanhede - cantanhede@jdia.com.br

A queda da barraca RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

O

discurso afinado de que o Estado do Amapá e, especialmente, a Cidade de Macapá são detentores de potencial turístico importante para a economia local, de pouco está adiantando. E não é por fala de esforço! Os que conhecem o trabalho desenvolvido atualmente pelos trabalhadores do setor estão falando muito bem dos dirigentes do turismo na esfera estadual. Na esfera municipal, apenas muita vontade e mais nada. Mesmo assim os responsáveis pelo turismo, tanto na área da gestão do Estado como na área da gestão do Município de Macapá, estão batendo com a cabeça no muro, pois não têm orçamento para praticar a sua responsabilidade. Turismo não se faz sem recurso. E sem recurso não se tem resultado. Então não adianta espe-

rar muito daqueles que são colocados nos comandos, pois eles não são mágicos e, muito menos, transformam vontade em sucesso se os elementos completares que sempre estão em falta e nunca estão disponíveis. Os orçamentos simbólicos conformam a realidade – muito esforço de poucas pessoas, muita esperança de muitos e poucos recursos para que os sonhos virem realidade e o potencial turístico do Amapá ganhe importância econômica. Trabalhar com projetos sem uma sustentação programática e financeira é malhar em ferro frio. Até mesmo os mais comprometidos cansam e desistem depois de receberem tantas promessas e perceberem que elas não são cumpridas. Por enquanto o turismo do Amapá está reservado às autoridades dos governos do Estado e do Municí-

Amapá sem rumo EDINHO DUARTE

deputado estadual

A

s atenções das áreas técnicas e políticas do Estado estiveram voltadas para eventos que marcaram a semana no Amapá. Muito embora marcados por alguns constrangimentos, percebidos por poucos e anotados por alguns, deu para descobri o quanto o Estado do Amapá está distante do foco das questões que estão no dia a dia de estados aqui da Região Norte. A falta de planejamento e de discussões objetivas pode ser um dos motivos que deixaram o Amapá sem sintonia com os outros Estados. As autoridades demoram demais para tomar uma decisão. E quando tomam, não o fazem com a certeza técnica que precisa e ligam os desconfiômetros da política, para observar se o posicionamento vai ou não vai trazer prejuízos para as futuras investidas no mundo eleitoral desenhado por partidos e por grupos de pessoas. É muito difícil obter su-

cesso sem a certeza técnica, imaginem quando essa situação vem acompanha da desconfiança política. Os outros estados da Região já escreveram capítulos muito importantes na linha do sentido do desenvolvimento da Unidade Federativa e já começam a criara as condições para melhorar a velocidade de avanço, ou seja, já estão mexendo nos botões da aceleração positiva, enquanto nós aqui no Amapá, ainda não conseguimos dar a partida. Não podemos nos conformar em participar de eventos, onde os protagonistas são estados equivalentes ao nosso, e ficar olhando as projeções de desenvolvimento que nos deixam muito para traz, como coadjuvantes, mas na rabeira e sem perspectiva de reverter a situação. E o que precisa ser feito imediatamente? Primeiro a preparação de uma equipe local que possa avaliar a situação do Amapá. Não é possível

pio de Macapá. Eles, por razão de ofício, comparecem a todos os chamados. Vão a todos os encontros e levam o que dá para levar e quem dá para levar ou esteja disposto a ir, mas os resultados são difíceis de colocar nos relatórios, mesmo quando se mira datas distantes das atuais. Um exemplo da falta de conciliação das propostas para o turismo no Estado do Amapá e no Município de Macapá é o balneário de Fazendinha. Pode ser o que for, pode estar como estiver, para aqueles que vem visitar Macapá, têm Fazendinha como principal pólo de atração. Nem mesmo o Lugar Bonito tem esse o fetiche tão insinuante quanto Fazendinha. Pois bem. No dia 15 de novembro, à vista de mais de duas mil pessoas, entre elas alguns visitantes que estão em Macapá por conta da Amazontech 2012, viram uma das barracas pública da praia, literalmente virar sobre veranistas que estavam se imagi-

nando seguros de outros riscos e protegidos do sol. Não estavam. A barraca tombou e por pouco, muito pouco, não deixou tombados aqueles que estavam sob a barraca ou às proximidades dela. Coberta de telha e desgastadas pelo tempo de construção e uso, não agüentou a força do vento e dos punhos de uma rede. Um grande susto e algumas das mais incríveis constatações: no local não havia ambulância, guarda-vidas ou mesmo guarda municipal. E foi na Fazendinha. Em um dia de sol. Depois do meio-dia, mas antes das três da tarde. Fazendinha, queiram os responsáveis pelo turismo no Estado do Amapá ou não, é o principal ponto de atração de todo o Estado. Repito! Uma pena! Mas uma realidade que precisa mudar. E mudar rápido se não quiserem que sejam botados fora até os poucos reais que estão nos orçamentos dos do Estado e do Município de Macapá.

deixar o Amapá como uma Unidade que está rateando e com dificuldades para sair do lugar; depois, fazer com que essa equipe conheça as iniciativas dos outros estados para que possa evitar os erros e limpar o caminho que pode levar ao sucesso. Por incrível que pareça e já por algum tempo, deixamos até de falar nas obras estruturantes, nos serviços básicos para o desenvolvimento de outros que serão, mais tarde, rotineiros e repetitivos, mas que sem eles não dará para avançar no que se prega atualmente. Modernização tecnológica não se alcança sem profissionais preparados para desenvolver a moderna tecnologia. Às vezes fico observando informações que por aqui desembarcam, baseadas em tecnologia avançada, divulgadas por quem deveria estar fazendo, mas que, de certo, não tem o preparo suficiente para garantir, pelo menos, um cronograma onde os eventos estejam postos e sendo esperado para um determinado tempo. A falta do planejamento é um especial capítulo não escrito, mas praticado por muitos, sem que desse instrumento se sinta falta. E isso é grave!

Os desacertos entre os poderes, que sempre estão levando às desconfiança e, até, às vinganças sem sentido, com o sentido de prejudicar, anular, tirar da frente, como se houvesse possibilidade de prescindir, seja lá de quem for. A corrente de vaidades que está instalada no Estado, onde pessoas prejudicam suas histórias e querem tirar a forra em outras, se valendo de instituições que precisam contar com gente comprometida com o desenvolvimento do Estado e não em um eventual período administrativo que fica à frente e por tempo determinado. Os acontecimentos em um cenário como o que está instalado no Amapá vêm por gravidade, de forma descontrolada e sem qualquer filtro, a não ser aquele em que serve à pessoalidade e nunca a coletividade. A mudança que precisa ser feita no Estado do Amapá é conceitual e geral. Não dá mais para continuar vendo o tempo passar, com as dificuldades aumentando e criando um ambiente onde para gastar vale tudo e pagar as contas não é prioridade. Assim como esta, o Estado do Amapá está sem rumo.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 14 Pág

Edição número

8058

A2

Editorial

Solução urgente

O

governador Camilo Capiberibe intensificou ontem a ofensiva contra a Assembleia Legislativa, pressionando o Parlamento estadual a votar os projetos relacionados ao processo de federalização da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA). Durante entrevista coletiva à imprensa, na manhã de sexta-feira, o governador foi enfático, ao salientar que não há mais nada a ser feito em relação ao assunto, a não ser analisar e votar os projetos encaminhados pelo Executivo. Entre os projetos, um pede autorização ao Legislativo, para que o Governo do Estado contraia empréstimo de R$ 1,4 bilhão, no BNDES. O recurso será usado para pagar dívidas da CEA, uma das condições para que o processo de federalização da empresa avance. Camilo Capiberibe afirma que se não forem saudadas as pendências financeiras da companhia, o Estado não conseguirá viabilizar a federalização. Nesse caso, a CEA poderá ter decretada a caducidade da sua concessão, o que acarretaria prejuízos ainda maiores para o Amapá. Dizendo-se preocupado com a demora do Legislativo em aprovar os projetos de lei, o governador desqualificou os esforços dos parlamentares estaduais, que alegam estar em busca de alternativas para o processo de federalização, que não o definido pelo Governo. A maior preocupação dos parlamentares amapaenses é exatamente

evitar que o Estado contraia empréstimo no BNDES. Para isso, sugerem que sejam analisadas alternativas, como, por exemplo, fazer uma espécie de encontro de contas entre os governos estadual e federal. Da parte do Amapá, seriam cobradas as compensações financeiras relacionadas à criação do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, no final do Governo de FHC, abatendo, com isso, o montante da dívida da CEA. É uma ideia interessante, mas parece já não haver mais tempo para colocá-la em prática. Tem razão o governador, ao cobrar celeridade no processo, pois é real a ameaça que paira sobre o futuro da companhia, caso o processo de federalização não seja concluído a contento. Contudo, o que causa desconforto ao povo amapaense, nesse momento agudo, é perceber que o assunto vai chegar ao seu desfecho sem que tenha havido um debate mais aprofundado sobre ele. Isso apesar do drama enfrentado pela CEA já ser antigo. Já não cabe mais, no momento, procurar a solução ideal para o problema, mas sim minimizar as perdas inevitáveis que a sociedade irá sofrer. Se, ao contrário do que diz o governador Camilo, ainda existem saídas alternativas, elas precisam ser viabilizadas com urgência. Não dá mais para correr riscos. Do contrário, a conta a ser paga pelo povo poderá ser ainda mais salgada.

Hora-Hora Memória - O Departamento Estadual de Trânsito do Amapá realiza amanhã, 18, a partir das 17 horas, em frente à Casa do Artesão, uma blitz educativa. Evento faz parte da programação do Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito. Crise – O Corpo de Bombeiros Militares do Amapá está atravessando uma das mais sérias crises de todos os tempos. A informação parte das esposas dos militares, já que, pelo regulamento disciplinar, os próprios estão impedidos de fazer as denúncias.

rente para motosserra, ganha de “bônus” um dia de folga. Limpeza - A limpeza dos quartéis do CBM, que era feita por uma empresa terceirizada, foi suspensa, pois o contrato chegou ao fim. O mesmo não foi renovado e nem outra licitação foi iniciada. Para que os quartéis não virem um grande lixão, parte da corporação, antes de deixar o serviço, é obrigada a fazer faxina, inclusive a lavagem das viaturas.

Gambiarra - Uma das evidências do problema dos Bombeiros é o sucateamento de motosserras. Para conseguir uma em condições de uso, os militares precisaram desmontar outras cinco, danificadas. Pior é que a gambiarra resolve o problema apenas por algumas horas. Depois a máquina quebra de novo.

Tensão – O clima nos quartéis do CBM é de quase insubordinação da tropa. A determinação para que os “soldados do fogo” fossem combater o incêndio florestal do Lago Piratuba, sem o pagamento de diárias, alimentou a indisciplina. Se continuar assim, pode acontecer uma greve como a ocorrida no Rio de Janeiro, no ano passado, com consequências trágicas.

Jeitinho - Como os recursos para manutenção de equipamentos básicos já estão esgotados, a corporação deu um “jeitinho amapaense” para contemporizar a situação: quem se dispuser a “colaborar”, comprando, por exemplo, do seu próprio bolso uma cor-

Irregularidade - Caso a ser apurado pelo CRM-AP e pela Procuradoria da República no Amapá: O Hospital de Pediatria está funcionando há mais de um ano sem um diretor clínico, fato que impediria, por lei federal, que qualquer paciente fosse internado no local.


JD

“ ”

A3 Geral Juízes tomam posse em razão Entre Aspas de promoções e remoções

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista cantanhede@jdia.com.br

Pressão – O governador Camilo (PSB) voltou ontem a dar pressão sobre os deputados estaduais, quanto a federalização da CEA. Desta vez, foi mais pontual: se não aprovarem o projeto até o dia 31 de dezembro o povo do Amapá será penalizado.

Necessidade - A federalização está na dependência do posicionamento da Assembleia Legislativa. Para federalizar, os deputados precisam aprovar três projetos exigidos pelo governo federal. Se não aprovarem, o governo não tem como levar o pleno adiante.

préstimo de R$ 1,4 bilhão para sanear as dívidas da empresa. Pagamento - A dívida existe e a culpa é da gestão do Estado nos últimos anos. Como o governo federal não deu a opção de perdão da dívida, o governo vai ter que pagar.

Suspenso - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) oficializou nesta sexta-feira nova sanção contra a TIM, operadora de telefonia que luta para restaurar sua imagem em meio a sucessivos embates com a autarquia.

Prejuízo - A federalização é a proposta menos prejudicial para o Estado. Entre os procedimentos exigidos pelo Ministério de Minas e Energia (MME) para federalizar, está a assinatura do Protocolo de Intenções, que foi assinado na semana passada, a elaboração do Plano de Contingências, que já foi apresentado, e a aprovação dos três Projetos de Lei que estão na Assembleia.

Instabilidade - A agência reguladora suspendeu a venda do pacote promocional “Infinity Day”, por considerar que isso poderia levar a uma “potencial instabilidade” na rede da operadora. A TIM negou irregularidades e diz que busca resolver rapidamente a suspensão

Polêmica - A principal polêmica é sobre o em-

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@jdia.com.br

Monitoramento - O Conselho Nacional de

Justiça (CNJ) criou uma comissão para monitorar processos que tratam da liberdade de imprensa, abordando temas como censura, segredo de Justiça e “assuntos de interesse público”.

18 de novembro, Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trânsito. Na ocasião, haverá blitz educativa mostrando à sociedade as consequências de um trânsito violento e homenageando as pessoas que perderam suas vidas em decorrência da imprudência.

Números O Amapá possui números alarmantes no que diz respeito à violência no trânsito. De acordo com estatísticas do Detran, constatou-se que mais de 90% das vitimas estão envolvidas em acidentes, sendo 50% com motocicletas. A blitz educativa contará com abordagens individualizadas, entrega de material ilustrativo, brindes (lixeiras para veículos) e também será distribuído um fitilho branco, que simbolizará a paz no trânsito. A ação acontecerá em

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Em razão dessa grande movimentação de magistrados, três cargos no Judiciário ainda precisam ser preenchidos DIVULGAÇÃO

Acompanhamento - Batizado de Fórum Nacional do Poder Judiciário e Liberdade, a ideia é fazer uma estatística das decisões e acompanhar as ações que tratem diretamente do tema, com o objetivo de identificar a atuação dos magistrados, ajudando a fornecer informações que possam orientar sentenças em todas as instâncias da Justiça. A proposta é do ministro Ayres Britto (STF). Sem votos - O presidente do STF, ministro Ayres Britto, vai se aposentar amanhã sem deixar na Corte seus votos com as penas sugeridas a 14 réus que condenou no processo do mensalão. Apesar de não ter mais utilidade prática, Britto não quis divulgar suas dosimetrias: ficarão guardadas na casa dele. Até amanhã

Blitz reforça combate à violência no trânsito E m alusão ao Dia Mundial em Memória às Vitimas de Trânsito, foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) uma data como forma de homenagear as vítimas de trânsito, que, em todo o mundo, é realizada no terceiro domingo do mês de novembro. Em todo o país, diversos pontos turísticos e monumentos serão iluminados como forma de lembrar as vítimas do trânsito, utilizando o tema da ação: “Parada (Pacto Nacional Pela Redução de Acidentes), Pare, Pense e Mude”. O respeito às regras de trânsito é o respeito à vida. O Amapá recebeu na quinta-feira, 15, no Monumento Marco Zero do Equador, uma faixa preta no seu obelisco, que será iluminado durante a noite com a cor laranja simbolizando a ação da parada. A faixa preta e a iluminação laranja no monumento permanecerão até

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

frente à Casa do Artesão, iniciando às 17h e se estendendo até às 19h, com o objetivo de orientar motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres sobre seus direitos e deveres no trânsito. “A conscientização se dá através da educação no trânsito, onde muitos não a têm, causando assim riscos iminentes. De qualquer forma, esse momento será para lembrar aquelas pessoas que perderam suas vidas ou foram vitimas do trânsito violento, além de alertar que essas tragédias poderiam ser evitadas”, ponderou o diretor do Detran, Sávio Pinto. Vale ressaltar que a ação será coordenada pelo Núcleo de Educação de Trânsito do Detran (Neduc), contando com apoio direto dos servidores do Departamento e com a parceria da Secretaria de Estado da Saúde e do Batalhão de Policiamento de Trânsito. (Detran)

A blitz educativa contará com abordagens individualizadas, entrega de material ilustrativo, brindes (lixeiras para veículos) e também será distribuído um fitilho branco, que simbolizará a paz no trânsito.

Desembargador Mário Gurtyev, deu posse aos Juízes de Direito de Entrância Final

DA REPORTAGEM

O

presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Mário Gurtyev, deu posse aos Juízes de Direito de Entrância Final, César Augusto Souza Pereira e Stella Simonne Ramos. Especificamente para exercerem, o primeiro, a jurisdição Civil e Administrativa do novo órgão, e a segunda, a Coordenação das Varas de Infância e Juventude de todo o Estado, propagando e desenvolvendo Políticas Públicas a serem adotadas e cumpridas por todo o Judiciário Juvenil do Estado e para executar as medidas socioeducativas aplicadas pelo Juizado de Infância e Juventude de Macapá, inclusive as de internação e de semiliberdade, com competência quanto a estas, também, para aplicar as impostas por Varas de outras Comarcas nas quais não existam instituições adequadas para a correta execução. A terceira competência deste novo Juizado é a da jurisdição exercida diante da prática de atos infracionais por adolescentes, processando-os e julgando-os, além do dever de fiscalizar a atuação dos Conselhos Tutelares, em face de faltas graves cometidas por crianças e abusos praticados contra estas. Esta última vaga do Juizado de Infância e Juventude, na próxima semana, estará sendo ofertada por edital para ser preenchida por remoção entre Juízes de Entrância Final, pelo critério de antiguidade, por se tratar de primeiro provimento. No mesmo evento também tomaram posse para completar a composição da nova Turma Recursal dos Juizados Especiais do Estado, os juízes de Direito de Entrância Final César Augusto Scapin e Reginaldo de Andrade, removidos que foram pelo critério de merecimento. Para assumir a titularidade da Vara Única da Comarca de Pedra Branca do Amapari, também tomou posse o juiz de Direito de Entrância Inicial João Teixeira de Matos Júnior. Outra posse foi no cargo de titular da 1ª Vara da Comarca de Laranjal do Jari, foi do juiz de Direito Substituto Ofirney da Conceição Sadala, promovido pelo critério de antiguidade. O presidente do Tribunal manifestou sua alegria com todos os acontecimentos do dia, principalmente porque conseguiu com rapidez, preencher

seis claros nos órgãos jurisdicionais do Estado, de forma pacífica. Em razão dessa grande movimentação de magistrados, três cargos ainda precisam ser preenchidos: a terceira competência do Juizado de Infância e Juventude (processar e julgar atos infracionais), que será ofertada inicialmente para ser provida por remoção pelo critério de antiguidade, por se tratar de primeiro provimento; e as Varas do Juizado Especial Sul de Macapá e de Execuções Penais do Estado, cujos provimentos deverão ocorrer por titularização da única Juíza Auxiliar de Entrância Final remanescente, se for de seu interesse, e/ou por promoção(ões) de Juízes de Direito de Entrância Inicial, ambas pelo critério de antiguidade, em razão de anteriormente haverem sido providas por merecimento. Compreensão A administração da Justiça no Estado, para preencher os cargos destes três últimos órgãos citados, conta com a compreensão dos magistrados interessados, a fim de que, a exemplo do acima narrado, consiga efetuar os provimentos de forma rápida e em plena concórdia, o mesmo devendo ocorrer com as duas promoções de Juízes de Direito Substitutos que dos comentados provimentos resultarão. O presidente afirmou ainda que “por ser o exercício da jurisdição o poder de, através do processo, declarar o direito em cada caso concreto e, consequentemente, de restabelecer a paz social abalada pelas respectivas lides, os magistrados, modelos que são para o cidadão comum, devem dar exemplos de compreensão e resignação na obtenção de solução para eventuais conflitos que surjam como obstáculos à consecução de seus interesses”, concluiu. Juizado especial Acompanhando os avanços na forma de entrega da prestação jurisdicional, o TJAP criou e já instalou a Turma Recursal dos Juizados Especiais do Estado como Unidade Judiciária autônoma e integrada permanentemente por quatro Juízes de Direito de Entrância Final titulares e, portanto, vitalícios e inamovíveis. Tudo começou com a iniciativa da Presidência, motivada pelo elevadíssimo crescimento da demanda submetida aos Juizados Especiais do Es-

tado, com a multiplicação de recursos na mesma proporção, o que sobrecarregava os juízes que compunham o antigo modelo da Turma Recursal, principalmente porque cumulavam jurisdição em outros órgãos jurisdicionais e, também, por haver recebido reiteradas reclamações de advogados e jurisdicionados em relação à instabilidade que vinha reinando na jurisprudência daquele extinto órgão. Assim, diante das justificativas apresentadas, reforçadas pela edição de Lei Federal com idêntico objetivo, com vigência para os Juizados Especiais Federais, o Plenário Administrativo do Tribunal de Justiça, por ocasião de sua 575ª Sessão Ordinária, realizada em 12.08.2012, aprovou a proposição e o consequente encaminhamento do anteprojeto ao órgão legislativo estadual. Com a nova estrutura, os gabinetes dos juízes integrantes da Turma Recursal ficaram instalados no 1º andar do Fórum Desembargador Leal de Mira, enquanto que a Secretaria e o Plenário do órgão permanecerão funcionando no 2º andar do mesmo prédio, onde continuarão a ser julgados os mandados de segurança e os recursos interpostos contra as decisões proferidas por todos os Juizados Especiais Cíveis e Criminais do Estado, inclusive os virtuais. A transformação implementará grande celeridade na entrega da prestação jurisdicional do microssistema dos Juizados Especiais, principalmente porque os novos integrantes da atual e definitiva composição do novo modelo da Turma Recursal são magistrados de reconhecido preparo e experiência e não cumularão outras atribuições jurisdicionais, como anteriormente ocorria. A nova composição da Turma Recursal é a seguinte: juízes de Direito de Entrância Final Constantino Augusto Tork Brahuna e Rommel Araújo de Oliveira, removidos para o novo órgão por antiguidade e empossados no mês de setembro; e os Juízes de Direito de Entrância Final César Augusto Scapin e Reginaldo Gomes de Andrade, removidos por merecimento e empossados quando outros magistrados, por haver igualmente obtido êxito em pedidos que haviam formulado, também experimentaram a desejada movimentação nas respectivas carreiras.


JD

Geral

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

Promotor visa bloqueio de R$ 3,5 bi de Paulo Maluf Decisão da Corte de Jersey abre portas para bloqueio definitivo dos bens

P

romotores brasileiros acreditam que a decisão de justiça de Jersey, que considerou o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) culpado por desvio de US$ 22 milhões, abra as portas para um bloqueio definitivo de US$ 1,7 bilhão (R$ 3,5 bilhões) em ativos do ex-prefeito em todo o mundo. O promotor Silvio Marques, do Ministério Público Estadual de São Paulo, comemorou a decisão da Justiça de Jersey, apontando que ela terá um “efeito direto” nos processos que Maluf sofre no Brasil. Um dos principais é o de improbidade, que ainda precisa ser julgado em instância final. No total, a ação pede bloqueio definitivo e a devolução de mais de US$ 400 milhões de dólares que Maluf teria movimentado em paraísos fiscais nos Estados Unidos e na Europa. Pela lei brasileira, porém, a multa por improbidade é multiplicada e, se condenado, Maluf teria que devolver US$ 1,7 bilhão.

O

A

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

LULA SONHA COM NOBEL DA PAZ

O

Sou rei O ex-presidente levou assessores e agentes da PF de seguranças, respaldado pela Constituição, como ex-chefe de Estado.

Deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) culpado por desvio de US$ 22 milhões

Maluf não é réu na Ilha de Jersey”, afirma o texto. A segunda anotação: “A sentença mostra claramente, o que temos afirmado à exaustão, que Paulo Maluf não têm conta na Ilha de Jersey.” No terceiro item empurra para seu sucessor, Celso Pitta (falecido)a responsabilidade pela gestão dos recursos públicos municipais citados na ação de Jersey. Pitta não é citado nominalmente, mas a referência é feita ao seu período de mandatário

municipal: “A sentença mostra claramente que os eventuais recursos citados na ação teriam sido movimentados em janeiro e fevereiro de 1998, quando Paulo Maluf não era mais prefeito de São Paulo, já que seu mandato acabou em dezembro de 1996. Portanto já havia saído da Prefeitura a mais de um ano.” O capítulo quatro da nota de defesa do ex-prefeito assinala que a responsabilidade pela obra da Avenida Água Espraiada foi da antiga Empresa

Municipal de Urbanização (Emurb). “A ação não tem embasamento legal já que a obra não foi feita pela Prefeitura, mas sim pela Emurb, sendo, portanto, a Prefeitura parte ilegítima na questão.” “A ação não tem embasamento legal pois qualquer obra realizada em território brasileiro, si feita de forma irregular, o que não é o caso dessa, terá de ser julgada pela Justiça brasileira”, diz o texto. Item 6: “À decisão cabe recurso.”

União cobrará dinheiro desviado do mensalão somente se STF determinar AGU (Advocacia-Geral da União) deverá se movimentar para recuperar o dinheiro desviado pelos réus do mensalão, somente se houver determinação expressa da Justiça ou dos órgãos de controle. De acordo com o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, este é o método adotado pela instituição em processos semelhantes. “Normalmente, a gente entra quando há execu-

Coluna

ex-presidente Lula iniciou roteiro de viagens em campanha pelo Nobel da Paz. Embore não divulgue, sua proposta é levar a empresários e políticos dados sobre o sucesso do Bolsa Família. Não por acaso, ele passará por países cuja grande parte da população sofre com a fome: África do Sul (ontem e hoje), Moçambique, Etiópia e Índia, onde recebe o Prêmio Indira Gandhy na sexta. A assessoria de Lula confirmou que ele viaja com comitiva num jato particular, mas não informou o proprietário. E que tudo é pago pelos contratantes das palestras.

Assessoria de Paulo Maluf diz que ele não tem conta na Ilha de Jersey

ex-prefeito Paulo Maluf (1993-1996) insiste na versão de que não tem dinheiro na Ilha de Jersey. Maluf continua categórico. “A sentença (de Jersey) mostra claramente o que temos afirmado à exaustão, que Paulo Maluf não têm conta na Ilha de Jersey”, diz o texto divulgado por sua assessoria de imprensa, subscrita pelo jornalista Adilson Laranjeira. A nota é dividida em seis itens. “A sentença mostra claramente que Paulo

A4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

ção. Tem que aguardar a decisão - caso haja uma decisão dentro do processo relativo à essa questão - e a gente vai atuar de acordo com a decisão”, explicou Adams. O chefe da AGU participou de audiência nesta tarde com o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Carlos Ayres Britto. Segundo Adams, o encontro -- fechado à imprensa -- foi uma homenagem a Ayres Britto, que deixa o

Supremo hoje (16). A recuperação das verbas públicas desviadas no esquema conhecido como mensalão, estimadas em mais de R$ 135 milhões, divide opiniões no plenário do STF. Uma corrente, liderada pelo ministro decano Celso de Mello, acredita que a Corte deve estipular na decisão a quantia exata que os réus terão que devolver à União. A proposta encontra re-

sistência, pois há dúvidas sobre o valor exato desviado e sobre a proporção que deve ser adotada na divisão do ressarcimento entre os réus. Alguns ministros, entre eles Marco Aurélio Mello, também alegam que a regra da recomposição ao erário só foi explicitada em lei de 2008, portanto, em momento posterior aos eventos do esquema, que ocorreram entre 2003 e 2005. (Folha de S. Paulo)

Parlatório

Toga Quente

No projeto Nobel, Lula quer holofote. Aproveita para preparar o evento da Food and Agriculture Organization (FAO), da ONU, em Adis Abeba, em março. Ele patrocina e será o principal orador.

O tom de voz exaltado do ministro José Antonio Dias Toffoli defendendo punição aos mensaleiros com pagamento de multa, e não prisão, estranhou os colegas do STF na quarta.

Disputa por Blairo

O vice Michel Temer, do PMDB, e o presidente do PSB, governador Eduardo Campos (PE), disputam a filiação do senador Blairo Maggi, revoltado com o PR por ter reconduzido, sem debate, o condenado Costa Neto ao comando do partido. Blairo foi convencido por aliados a tentar última cartada, com o senador Alfredo Nascimento, para controlar a legenda. Se não der, dá adeus.

Na balança É no Senado, a Casa Alta, que os partidos mostram quem tem ou não poder – até de barganha com o Planalto e com governadores. Daí a disputa. Atualmente, o PMDB tem 20 senadores e o PSB conta com quatro. Nobel... Em passagem discreta por Brasília, o japonês Akira Suzuki, Nobel de Química em 2010, jantou numa conhecida churrascaria na quinta perto da Torre. Após 2h30 servindo pratos de salada, os anfitriões brasileiros descobriram que Suzuki evita carnes. ...do Mico A turma brazuca ainda brindou a visita com o tradicional “Tim Tim”.. que significa pejorativamente o órgão genital masculino no Japão. Silêncio constrangedor à mesa. Guerra rural Com o deputado Moreira Mendes à frente, os ruralistas querem evitar a convocação do irmão de Kátia Abreu, André Abreu, na CPI do Trabalho Escravo. O requerimento já foi aprovado. JK se revira O MP de Contas do DF enviou ofício ao TCE, provocado pelo senador Cristovam (PDT), para investigar o contrato de R$ 8,6 milhões do GDF com empresa de Singapura para planejamento de Brasília. Cristovam pediu auditoria e que nenhuma verba seja repassada sem aval do tribunal. Olho no imposto A presidente vai sancionar Lei que obriga comerciantes a informa-

rem em nota fiscal os tributos sobre os produtos e serviços. Texto do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) surgiu de iniciativa popular com 1,56 milhão de assinaturas. Bingo oficial A Caixa pretende abrir mais 5.500 casas lotéricas até 2015. A cobiça de todos os lados é tamanha que há lobby dos lotéricos na Câmara para aprovar lei que fixa em 20 anos a concessão de uma loja. O governo sabe o que faz. A maior parte do dinheiro arrecadado vai para o superávit primário. Jatinho$ O incidente com o governador Cid Gomes na segunda, que andou pela pista do Aeroporto de Salvador, revela a pujança de mandatários com dinheiro alheio. Ele fez ida e volta (para Fortaleza) de Jatinho. Uma viagem dessas sai a R$ 50 mil, por baixo. Econômica Se optasse por avião de carreira, Cid pagaria por alto R$ 4 mil reais pelos trechos, para ele e mais três assessores, em voos da GOL ou TAM, que têm mais de quatro rotas diárias entre as capitais. Memória & exemplo Cid pode pegar uma dica de economia com Gabeira. Quando exilado na Suécia, ele cumprimentou numa cafeteria um homem de terno numa bicicleta. Era o ministro da Cultura, indo para o trabalho. Ponto final Resta saber quem vai indicar Lula para o Nobel da Paz. Como praxe, não pode ser o próprio.

(Com Marcos Seabra e Vinícius Tavares)

www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br


Política

JD

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

A5

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

liga cartel da Empresário Marcos Valério Relatório Operação Águas Claras entrega passaporte para o a Cachoeira e Delta Supremo pela segunda vez E

Entrega do documento foi fixada pelo relator para evitar fugas ao exterior

A

defesa do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, operador do mensalão, entregou pela segunda vez o passaporte dele ao STF (Supremo Tribunal Federal). O documento foi repassado no dia 14, um dia após o prazo final dado pelo relator do caso, Joaquim Barbosa, aos 25 condenados. A entrega do passaporte foi fixada pelo relator para evitar fugas ao exterior. O ministro atendeu ao pedido do Ministério Público. Em 2005, Valério já havia deixado outro passaporte no Supremo. A retenção do documento ainda será decidida pelo plenário do STF. Advogados do deputado João Paulo Cunha (PT-SP) entraram com recurso questionando a medida. Entre os condenados, o deputado Pedro Henry (PP-MT) repassou o passaporte ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT-SP), alegando que é um documento diplomático. O ex-deputado Bispo Rodrigues enviou uma manifestação explicando que não está com seu passaporte porque a Polícia Federal apreendeu o documento em uma operação em 2006. Além de reter passapor-

Empresário Marcos Valério, condenado no processo do mensalão

tes, Barbosa ainda determinou que os condenados também fossem incluídos na lista de “procurados e impedidos” da Polícia Federal nos postos de fronteira, já que só podem sair do país com autorização do Supremo. A decisão de reter os passaportes gerou uma troca de alfinetadas entre Barbosa e o ex-ministro José Dirceu. No despacho, o relator

defendeu o julgamento e disse que alguns réus “deram impressão de serem pessoas fora do alcance da lei, a ponto de, em atitude de manifesta afronta a este Supremo Tribunal Federal, qualificar como política, a árdua e séria, imparcial e transparente atividade jurisdicional a que vem se dedicando esta Corte”. Dirceu classificou a medida como “puro populismo

jurídico” e violação dos direitos dos réus. O petista fez em seu blog duras críticas a Barbosa. “A decisão do relator (...) é puro populismo jurídico e uma séria violação aos direitos dos réus ainda não condenados, uma vez que o julgamento não acabou e a sentença não transitou em julgado”, escreveu Dirceu, que chamou a medida de “exagerada”. (folha.com).

Entidades rebatem PT e defendem atuação do STF no mensalão

A

Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) e a Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho) divulgaram notas ontem (16) defendendo a atuação do STF (Supremo Tribunal Federal) no julgamento do mensalão e rebatendo nota divulgada pelo PT, que acusa a Corte de ter agido politicamente. As duas associações afirmam que a análise do caso é técnica e que tem a participação de ministros que foram indicados pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela presidente Dilma Rousseff, o que “comprova independência desses ministros em relação a quem os nomeou”. Para a Ajufe, o julgamento é pautado por “respeito aos princípios constitucionais garantidores de um processo penal justo, especialmente o contraditório e a ampla defesa”, afirma o texto. “Trata-se de julgamento técnico, tendo todos os votos sido devidamente fundamentados em seus aspectos fáticos e jurídicos, como determina a Constituição Federal”, completa. Na avaliação da Ajufe, “a irresignação quanto às penas que vêm sendo aplicadas é perfeitamente compreensível dentro do contexto e, por essa razão,

mpresários acusados de formarem cartel para fraudar licitações de autarquias e companhias de água em municípios de cinco Estados podem ter ligações com o contraventor Carlinhos Cachoeira, preso em Brasília desde fevereiro. Relatório de inteligência da Operação Águas Claras - missão integrada da Polícia Civil e do Ministério Público - revela que João Arthur Rassi, alvo da investigação, é irmão de Luiz Alberto Rassi, estabelecido em Goiânia e próximo a Cachoeira. Interceptações telefônicas mostram negócios dos Rassi com o grupo do contraventor em 2011. Grampos expõem Luiz Alberto “negociando consórcios e divisões de lotes de licitações no Estado de Goiás com emissários de Carlinhos Cachoeira, mas que a decisão final dependeria de aval da Construtora Delta”. João Arthur é dono da Construtora Santa Tereza. A Operação Águas Claras identificou fraudes em pelo menos 16 contratos firmados por 29 empresários do setor de medição e leitura de consumo de água com administrações de municípios de São Paulo, Santa Catarina, Ceará, Piauí e Goiás. A investigação mostra que os empresários criaram a Associação Brasil Medição, com sede em São Paulo, supostamente com o fim de tramar ajustes de preços e editais para fraudar licitações. A Construtora Delta, carro-chefe do escândalo Cachoeira, é uma das 20 associadas da entidade. O presidente da Brasil Medição, Joaquim Carvalho Motta Junior, é citado na operação. “Na qualidade de presidente da associação e em conluio com os demais sócios e diretores das empresas indicadas nestes re-

latórios, frustrou o caráter competitivo das licitações de que participou, promovendo acordos para o direcionamento das licitações e ajustes para a fixação de preços”, afirma o relatório. Segundo o Ministério Público, a associação “ocultava reuniões secretas onde os negócios escusos do bando eram combinados, sendo recolhidas evidências a respeito da conjuração existente entre as variadas pessoas jurídicas para burlar certames licitatórios, com o alijamento de quaisquer outras concorrentes”. Graduado em engenharia elétrica, Motta Junior preside o Grupo TCM, com atuação, desde 1992, na prestação de serviços de leitura e entrega de contas de água, gás e energia. Em recente entrevista a uma publicação especializada ele declarou que o objetivo da Brasil Medição é “congregar o mercado de serviços a fim de garantir a contínua evolução do setor e oferecer às companhias de saneamento, energia e gás, serviços de qualidade e gestão produtiva”. O vice de Motta Junior na Brasil Medição é o empresário Reynaldo Costa Filho, sócio da Allsan Engenharia, líder da organização, segundo a polícia. A Allsan é uma das maiores empresas do País na área de medição de consumo. Costa Filho foi preso por ordem judicial. Escutas telefônicas indicam negociações entre ele e Lourival Nery, empresário piauiense e diretor financeiro da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), vinculada ao Ministério das Cidades. Nery, por seu advogado Mário Roberto Pereira de Araújo, informou que possui uma empresa de consultoria que mantém contrato com a Allsan e negou irregularidades.. (estadao. com)

Senado retoma análise do Fundo de Participação dos Estados na próxima semana

L

a crítica do PT deve ser recebida como expressão de inconformismo, no exercício da liberdade de expressão. Nada mais do que isso”. A Anamatra afirma que o resultado do julgamento é “técnico” e que os todos os ministros deram provas “de honradez e correção” durante o julgamento. “As afirmações do PT quanto a dizer que o Supremo Tribunal Federal fez da Ação Penal 470 um julgamento político e teoricamente de exceção é do mesmo modo descabida,

PROCLAMAS DE CASAMENTO

O oficial do Registro Civil de casamentos e mais anexos da Comarca de Macapá, capital do Estado do Amapá, República Federativa do Brasil, por nomeação legal, etc... FAZ SABER que se pretendem casar: JOSÉ IRLAN MACHADO NETO KATIELE DA SILVA FERREIRA Ele é filho de Manoel Neto Castelo e de Maria da Conceição Machado Neto. Ela é filha de Antonio Ferreira da Silva e de Quitéria da Silva Ferreira. Quem souber de qualquer impedimento legal que os iniba de casar um com o outro, acuse-os na forma da Lei. Macapá-Ap., 13 de novembro de 2012 Josiane Cavalcante de Souza Escrevente

na visão da entidade da magistratura do Trabalho, momento infeliz em que resvala no discurso dos regimes de exceção, como aquele instalado no Brasil em 1964 e que foi combatido pela atual presidente da República com sacrifício de sua própria integridade física e liberdade”. A associação diz ainda que o enfrentamento aos crimes do mensalão, como peculato e lavagem “ é uma conquista para sociedade e uma perda importante para essas organiza-

ções [criminosas] que pilham o patrimônio público e desfiguram os hábitos da moralidade pública e privada”. “Espera a Anamatra que os bons ventos desse julgamento se espraiem sobre outras ações idênticas, e com rapidez, não importando a filiação partidária de outros réus”, diz o documento. “E que os erros de alguns poucos não sirvam para desviar os rumos positivos do Brasil. As pessoas passam, mas as instituições permanecem”. (agenciabrasil)

íderes partidários retomarão na terça-feira (20) as conversas para tentar fechar um texto mais próximo do consenso que viabilize a votação, no Senado, do FPE (Fundo de Participação dos Estados). O líder do governo na Casa, Eduardo Braga (PMDB-AM), disse que o esboço de uma primeira proposta será apresentado informalmente pelo relator da matéria na Comissão de Assuntos Econômicos, Walter Pinheiro (PT-BA). “Não será fácil um consenso. Creio que todos os senadores têm interesses legítimos de querer manter os recursos de seus estados”, avaliou Braga. A intenção do relator e também líder do PT é acordar um texto que permita a votação da matéria até o dia 28. Eduardo Braga acrescentou que, em conversas com alguns senadores, Walter Pinheiro tem falado sobre a intenção de criar um piso mantendo os atuais recursos repassados aos estados. Segundo o líder do governo, a ideia é, ao mesmo tempo, criar uma regra de transição

com novos critérios para o partilhamento dos recursos. Em discurso na tribuna do Senado, Pinheiro já manifestou a intenção de estabelecer a transição com prazo de quatro a cinco anos a partir de 2013. Neste período, seria avaliado o que agregar ou modificar na regra, que tem de ser aprovada até 31 de dezembro de 2012, por determinação do STF (Supremo Tribunal Federal). “Diversos senadores sugeriram [como critério de distribuição do FPE] o IDH [Índice de Desenvolvimento Humano), Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica], sugeriram renda, PIB [Produto Interno Bruto] per capita”, destacou Pinheiro. O relator frisou que a regra de transição dará mais tempo para a identificação do “melhor parâmetro para a distribui��ão cada vez mais justa”. Walter Pinheiro disse que, por ele, essa transição deve ir até 2016. Ele acrescentou que, com isso, os governadores eleitos ou reeleitos em 2014 “estarão experimentando” o Plano Plurianual de 2016. (uol)


JD

Esporte

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Karateca amapaense Brando Lee disputa Campeonato Brasileiro em Fortaleza Atleta estudante de 17 anos viajou ontem do Aeroporto de Macapá para a capital Fortaleza no Ceará Elcio Barbosa

Da Reportagem

O

Katareca do Amapá participa neste sábado, 17, e amanhã domingo, 18, no estado do Ceará em Fortaleza, do II Campeonato Brasileiro de Karater Escolar, edição 2012. O atleta-estudante, de 17 anos, Brando Lee estuda na escola estadual Castelo Branco. Brando Lee é faixa preta de Karater, e pesa atualmente 61 kg, categoria da luta do atleta na capital cearence. Brando Lee garan-

tiu vaga no certame nacional por ocasião a Federação Amapaense do Desporto Escolar (FADE), ser filiada a Confederação Brasileira da modalidade. O Presidente da FADE é o professor de educação física, Armindo Rogério Moreira. Antes de viajar, Brando Lee falou da satisfação em poder participar da competição, e representar o Amapá em mais um evento em nível nacional. Ele expressou a tristeza de ir sem a presença dos amigos

que o admiram. Entretanto, fez questão de anunciar que, o estado amapaense tem chances de trazer medalhas. “É uma satisfação muito grande em poder representar o Amapá em uma competição em nível nacional através da Federação que tem a frente o professor e amigo, Armindo Rogério, pessoa de responsabilidade que meda total apoio para poder desenvolver o meu estilo de luta por conta da federação amapaense” anunciou Lee.

Definidas escolas campeãs dos jogos escolares amapaenses 2012 Da Reportagem

O

Vasconcelos, vice-presidente da Associação com o Secretário da Sedel Rogério

jogos no Amapá, Cilene Coutinho. A escola campeã na Capoeira, naipe masculino foi Irineu da Gama Paes, a vice – campeã, a escola estadual Maria de Nazaré P. Vasconcelos. No feminino, campeã foi à escola Iri-

Vasconcelos, vice-presidente da Associação com o Secretário da Sedel Rogério

neu da Gama Paes, a vice – campeã, a escola Raimunda Virgolino. No Karatê masculino, a campeã foi à escola Maria de Nazaré P. Vasconcelos, a vice – campeã escola Castelo Branco. No feminino, a campeã, escola Castelo Branco, a vice – campeã, a escola Maria Cavalcante. O Badminton naipe masculino, a campeã foi escola Meta, a vice – campeã, a escola Antonio Messias, no feminino, a campeã foi à escola Meta, a vice – campeã, a escola Antonio Messias. As três ultimas modalidades não fazem parte das Olimpíadas Escolares, que acontecerão em Cuiabá, mas estão inseridas na cadeia de modalidades dos JEAP’ s, que com os resultados a Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), já confirma as Escolas Campeãs e Vice - campeãs Gerais dos JEAP’ s 2012.

Wendel aposta em R. Gomes para minar insatisfeitos e trazer reforços em 2013

A

no mais alto nível técnico dentro do estilo dele. Armindo ressaltou que o Amapá sempre tem participado das competições da Confederação do Desporto Escolar, ele frisou que após esta competição que acontece em Fortaleza, haverá os jogos do Basquetebol e do atletismo serão realizados em Belém do Pará em janeiro de 2013, mas, a grande expectativa dele é a espécie da Mini Copa do Mundo Escolar que será realizado em Brasília.

FIFA confirma seis sedes para a Copa das Confederações em 2013

A

Elcio Barbosa

Governo do Amapá (GEA), através da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) já publicou a lista das escolas campeãs dos jogos escolares de 2012. A premiação das escolas campeãs e vice-campeãs dos (JEAP’ s) de 2012, será realizada após o retorno da delegação amapaense da cidade de Cuiabá, onde o Amapá participa dos jogos Estudantis Nacionais. “Neste final de semana aconteceram às últimas competições dos JEAP’ s, na faixa etária de 15 a 17 anos, com as disputas das modalidades, Badminton, Capoeira e Karatê, e que a premiação acontecerá logo após o retorno da Delegação Amapaense, da cidade de Cuiabá (MT),” disse a Coordenadora dos

Currículo Brando Lee é campeão Norte Nordeste, Brasileiro, e Mundial. O lutador iniciou a carreira dentro do Karatê desde os 3 anos de idade. Brando Lee já conquistou vários títulos no estado paraense, e subiu o lugar mais alto do pódio em Macapá. O Presidente da Federação Amapaense de Desporto Escolar, (FADE), Armindo Rogério disse que aposta no Brando Lee devido ele já possuir um currículo invejável, e que está

volta de Ricardo Gomes está sendo tratada com muita alegria por todos no Vasco. Os jogadores, em especial, têm muito o que comemorar, segundo Wendel. Para o volante, o retorno do ex-zagueiro - agora na função de diretor técnico - será decisivo para acabar com os focos de insatisfações existentes no elenco por conta de salários atrasados. Além disso, o camisa 77 afirmou que a presença de Ricardo ajudará na chegada de reforços para 2013. “Fico feliz pela volta do Ricardo, ao futebol. Ele tem muito para nos ajudar aqui no Vasco. Ele já veio pela manhã. Já começou a trabalhar. Certeza que em casa ele já está entrando em contato com jogadores. É um cara adorado na França e em Portugal. Ele tem contatos no mundo todo e, com isso, esse fator Ricardo pode trazer muita gente para cá”, disse. Um dos atletas que manifestou o desejo de sair do clube no fim do ano foi Eduardo Costa. O jogador reclamou bastante dos salários atrasados e deu a entender que outros companheiros pensavam da mesma forma. Quem também preocupa é Juninho Pernambucano. O contrato do camisa 8 termina no fim do ano e a renovação ainda não é garantida. Wendel minimizou a situação e disse que a chegada

de Ricardo Gomes poderá reverter essa situação incômoda no clube. “Talvez a chegada do Ricardo possa convencer o Eduardo Costa a ficar. O Juninho é um grande jogador e tem muito a ajudar no Vasco. É um cara vitorioso e hoje em dia é difícil ter gente assim. Quanto mais jogadores assim o Vasco tiver, só temos a ganhar”, afirmou. Com 51 pontos, o Cruzmaltino está em sétimo lugar no Campeonato Brasileiro. Apenas com três vitórias e uma combinação improvável de resultados, o time terá chances de conquistar uma vaga para a Libertadores. O time volta a campo ontem, às 19h30, quando enfrentará o Coritiba, no Couto Pereira.

Wendel confia no poder de Ricardo Gomes para ter um Vasco mais forte em 2013

Copa das Confederações FIFA 2013 terá seis cidades-sede: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. A confirmação foi anunciada na manhã da última quinta-feira, 8/11, no Museu do Futebol, em São Paulo. “Pela primeira vez essa competição será realizada em seis cidades de um mesmo país, e pela primeira vez metade dos estádios do Mundial serão entregues e testados um ano antes da Copa do Mundo”, disse o presidente do Comitê Organizador Local e presidente da CBF, José Maria Marin. Segundo o ministro do esporte, Aldo Rebelo, a confirmação das seis sedes indica o alto grau de cooperação entre as três esferas de governo, FIFA e COL. “Há um espírito de ajuda e de esforço comum. Peço licença à FIFA e ao COL para dizer que o maior interessado no êxito da Copa do Mundo é o Brasil: para o governo, para a imprensa, para os patrocinadores nacionais e principalmente para o povo brasileiro, que tem o imenso orgulho de receber esse grande evento e que buscará com todo o empenho fazer dele um evento exemplar”, disse. Os ingressos serão vendidos a partir de 3 dezembro, pela internet. Os valores para o público em geral variam de R$ 28,50 (meia-entrada nos jogos da fase de grupos para a Categoria 4, a mais barata e exclusiva para residentes no Brasil) até R$ 418 (preço da Categoria 1, a mais nobre, na partida final, a ser disputada no Maracanã). Torcedores que não tenham acesso à rede em casa ou no trabalho também terão oportunidade de adquirir os ingressos. O governo federal vai oferecer a estrutura de laboratórios de informática de escolas públicas para democratizar o acesso evento. O torneio será entre 15 e 30 de junho. Brasília vai ser palco somente da abertura, no dia 15, às 16h, com a participação da Seleção Brasileira. As demais sedes receberão três jogos cada.

0 Mané Garrincha em Brasília e Rio de Janeiro, que já passaram da marca de 70% da conclusão das reformas, só devem ser entregues em 2013

O estádio do Maraca no Rio de Janeiro está com mais de 70% acabado e será palco das partidas finais da competição. Foto de Daniel Basil 700

Regulamento As oito seleções que disputam o torneio serão divididas em dois grupos de quatro equipes que jogam entre si. As partidas desta primeira fase acontecem de 15 a 23 de junho. A Arena Pernambuco, em Recife, terá suas três partidas já nessa fase inicial, enquanto Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador e Rio de Janeiro receberão dois jogos da disputa de grupos. As semifinais serão formadas pelo campeão de um grupo contra o segundo lugar do outro e vão ser realizadas no Mineirão, em Belo Horizonte, no dia 26, a partir das 16h, e na Arena Castelão, em Fortaleza, no dia 27, no mesmo horário. A disputa do terceiro lugar está reservada para a Arena Fonte Nova em Salvador, às 13h de 30 de junho. A grande final será no novo Maracanã, no Rio de Janeiro, também no dia 30, às 19h. Sete representantes já

estão definidos, quatro deles campeões mundiais: a Seleção Brasileira, como anfitriã, a Espanha (última campeã), o Uruguai (vencedor da Copa América) e a Itália (vice-campeã da Eurocopa). Somam-se a essas seleções o México (campeão da Copa Ouro), Japão (campeão asiático) e o Taiti (campeão da Oceania). O representante africano sairá do torneio continental a ser disputado no início do ano que vem. O sorteio das chaves do torneio será realizado em 1º de dezembro, em São Paulo. “Participei do evento em 1997 e ganhamos a final contra a Austrália por 6 x 0 com três gols meus. É uma competição que agrada muito a todos os jogadores. A gente quer dar o melhor pela Seleção e temos uma grande oportunidade antes da Copa do Mundo”, afirmou Ronaldo, ex-jogador e integrante do Conselho de Administração do COL.


JD

Esporte

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Principais lutas do UFC 153 Brasil bate Colômbia e faz esperada decisão com P a Espanha no Mundial

Decisão entre brasileiros e espanhóis era esperada desde o começo da competição e é uma reedição da final do mundial de 2008

Gabriel marcou dois e garantiu vaga do Brasil na decisão

O

Brasil até sofreu mais do que esperava, mas está na decisão do Mundial de Futsal. Diante da surpreendente Colômbia, a seleção brasileira esbarrou em uma defesa bem armada, mas conseguiu deslanchar no segundo do tempo e venceu o jogo por 3 a 1 na se-

mifinal desta sexta-feira. Agora, Falcão e cia. terão a poderosa Espanha, que venceu a Itália mais cedo, pela frente na disputa pelo título, no domingo. A decisão entre brasileiros e espanhóis era esperada desde o começo da competição e é uma reedição da final de 2008. Na

ocasião, o Brasil precisou dos pênaltis para se sagrar campeão. Os dois times são os únicos a levantar a taça do torneio desde 1989, quando a Fifa passou a organizar a competição – a Espanha tem duas taças, e o Brasil, quatro. Na edição de 2012, o Brasil tem uma campanha um pouco melhor que a Espanha, mas também não vem tendo muitas facilidades. Os brasileiros venceram os seis jogos que fizeram até a final, mas precisaram da prorrogação para bater a Argentina nas quartas. Já os espanhóis empataram com o Irã na primeira fase e não têm 100% de aproveitamento. “Nenhuma equipe venceu o outra [no duelo Brasil x Espanha] por mais de um gol de diferença e isso no futsal é incrível. Todo mundo se conhece, vai ser um jogo de detalhes e a gente espera que seja melhor para o Brasil”, disse Falcão. O destaque do Brasil nesta sexta foi Gabriel. Logo aos 41 segundos de jogo, o ala abriu o placar para o Brasil com um chute no cantinho do goleiro Lozano. Com um começo muito bom da seleção, já se esperava uma goleada. Mas não foi bem assim. Os brasileiros até ficavam com a bola, mas não conseguiam criar mui-

to. O castigo veio no fim do primeiro tempo, quando a Colômbia empatou com Toro, em uma jogada de contra-ataque. Precisando sair para o jogo de novo, o Brasil acordou. Aos 7 minutos do segundo tempo, Gabriel voltou a colocar a seleção a frente do placar. Um minuto e meio depois, Toro ainda marcou contra, de novo em jogada de Gabriel, e aumentou a vantagem brasileira. A seleção voltou a controlar a partida e segurou o placar até o final. “A gente esperava dificuldade, a Colômbia individualmente é um time muito bom, mas semifinal é assim, tem que sofrer mesmo. Fico feliz por ter ajudado. A gente sabe que todo time tem que participar para sair o gol. Fico feliz por ter feito os gols, mas o importante é trabalhar em conjunto”, disse Gabriel, o ‘héroi’ do jogo. “Começou fácil, ficou difícil, mas depois os jogadores tiveram inteligência e construíram o placar. Existe a tensão, alembrança do jogo contra a Argentina. A gente se contagiou com a facilidade inicial, mas o peso é sempre do Brasil nesse tipo de jogo e é difícil não errar”, analisou o técnico Márcio Sorato. (espn.com)

Na busca pelo tri, Vettel lidera primeiro treino livre nos EUA; Alonso é terceiro

O

líder do Mundial de Fórmula 1 foi, também, o líder do primeiro treino da história da categoria no circuito de Austin, no Texas. Sebastian Vettel fez sua melhor volta em 1min38s125 e liderou a primeira sessão livre para o GP dos Estados Unidos. O piloto da Real Bull, que pode conquistar o tricampeonato nesta etapa, fez seguidas voltas mais rápidas; na última delas, baixou quase meio segundo na melhor marca até então. A segunda colocação ficou com Lewis Hamilton, e o terceiro colocado foi Fernando Alonso, vice-líder da temporada. Jenson Button terminou a sessão em quarto lugar, seguido por Mark Webber. Felipe Massa, em sexto, foi o melhor brasileiro do treino que abriu os trabalhos na pista, estreante no calendário. Bruno Senna, com problemas, ficou apenas em 23º.

Alemão Sebastian Vettel durante o primeiro treino da Fórmula 1 em Austin EUA

GP dos Estados Unidos - Primeiro treino livre 1-) Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) – 1min38s125 2-) Lewis Hamilton (GBR/McLaren-Mercedes) - 1min39s543 3-) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 1min40s337 4-) Jenson Button (GBR/McLaren-Mercedes) – 1min40s528 5-) Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) – 1min40s650

6-) Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1min40s966 7-) Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) - 1min41s023 8-) Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - 1min41s036 9-) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1min41s159 10-) Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) 1min41s473 22-) Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) - 1min44s548

Perto de cair, Palmeiras corre atrás de Pikachu, criado na escola de Paulo Henrique Ganso

O

Palmeiras já começou a planejar a próxima temporada, e o técnico Gilson Kleina já tem um nome para ocupar a lateral direita da equipe: Yago Pikachu, revelação do Paysandu, que acaba de subir para a Série B do Brasileiro. O lateral, natural de Belém do Pará, ganhou esse apelido do técnico Capitão, o mesmo que treinou Paulo Henrique Ganso no futsal da Tuna Luso. O motivo era uma suposta semelhança do jogador com o personagem

do desenho animado Pokémon. Pikachu é apenas três anos mais novo do que o conterrâneo famoso. Ele é o grande destaque da equipe paraense, tem 20 anos e virou o artilheiro do time com 12 gols no ano. O treinador palmeirense já sonda o lateral desde a época em que comandava a Ponte Preta e tentou levá-lo a Campinas há alguns meses. Na última semana, com o acesso do Paysandu à segunda divisão, as conversas entre empresários paraenses

e paulistas se tornaram mais frequentes, e o jogador já sabe que não ficará no Pará em 2013. Apurou que Kleina ligou na quarta-feira a uma pessoa próxima a Pikachu e reforçou o desejo de contar com o lateral no próximo ano. O próprio presidente do Paysandu faz campanha para vender seu principal jogador e vê na negociação uma forma de minimizar os problemas financeiros da agremiação, que tem vários atletas com salários atrasados. (uol)

Yago Pikachu, lateral do Paysandu, é a revelação da Série C e foi sondado pelo Palmeiras

ara todos aqueles que são apaixonados pelo melhor MMA do mundo, venho por meio dessa postagem apresentar informações sobre o UFC 154 St. Pierre vs. Condit. Essa edição do UFC acontecerá no dia 17 de novembro no Bell Centre, Quebec, no Canadá. O UFC 154 tem sido aguardado por milhares de fãs do esporte, pois nele vamos presenciar a volta de uma grande lenda do MMA, falo do canadense Georges St. Pierre, ou sim-

plesmente GSP. Lembrando que Georges St. Pierre e Carlos Condit estarão disputando o Cinturão Unificado do Peso Meio Médio nessa edição do Ultimate. Outra notícia muito boa para os fãs brasileiros de MMA, é que no card do UFC 154 teremos dois brasileiros lutando, Rafael dos Anjos e Rodrigo Damm, que participou do TUF Brasil 2012. Confira abaixo o card completo do UFC 154. (ksnoticias.com)


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

Primeira Dama Claudia Capiberibe e o Governador do Estado Amapá Camilo Capiberibe

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Meire Pernafort e Delcio Magalhâes

Mensagem do Dia “Há três métodos para ganhar sabedoria:primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o maisfácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo”. Confúcio.

Empresário Alfeu Junior

Advogado Sidney Avis e Juliana Bastos

Karina Alvarenga

Magareth e Marcia Medina

Apresentação Artistica no AmazonTech 2012

Figurinha carimbada das baladas amapaense Ivan serrao sempre esbanja simpatia

Tatiany Nery

NESTE FINAL DE ANO APROVEITE E ANUNCIE SUA EMPRESA NA COLUNA SOCIAL DO JORNAL DO DIA

ANUNCIE AQUI! LIGUE: 9112 5045


CadernoB

DiaDia Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

GEA diz que se AL não agilizar a votação sobre a CEA, o povo será penalizado Para o governador, os deputados devem ter censo de urgência e não deixar que a situação saia do controle ELEN COSTA Da Redação

O

governador Camilo Capiberibe reuniu a impressa na manhã de ontem (16), e durante uma coletiva no Palácio do Setentrião, disse que se a Assembléia Legislativa não agilizar as votações para o processo de federalização da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), o consumidor final será o maior prejudicado. De acordo com Camilo, se até o dia 31 de dezembro deste ano, os deputados não tomarem nenhuma decisão, o Amapá pode perder a chance de solucionar o problema e ser penalizado de maneira trágica. Ao invés de R$1,28 bilhão, terá que pagar R$2,5 bilhões sem nenhum tipo de amortização da dívida da Companhia. Federalização Para ele, a federalização é a proposta menos prejudicial para todos. “Já tivemos um diálogo com o presidente da Assembléia Legislativa e já colocamos com toda clareza os riscos e a emergência em resolver esse problema até o final de 2012.Sabemos que realmente é uma responsabilidade muito grande. Mas sabemos que não temos nesse mo-

mento tempo a perder”, alertou o governador, garantindo já ter tentado de tudo que estava ao alcance do GEApara a solução problema, inclusive tentou até conseguir o perdão da dívida em Brasília, mas não obteve êxito. Camilo afirmou que em uma das tentativas com o Poder Legislativo do Amapá, sugeriu que os parlamentares fossem até o Estado de Goiás para conhecerem o processo de federalização de lá. Segundo ele, a preocupação do Estado em tornar pública essa situação é de que se o projeto não for aprovado e o processo de federalização não for feito o quantoantes, o prazo para a execução de tal irá se esgotar. “Precisamos desembolsar mais de R$ 400 milhões ainda este ano para garantir que no dia 1° de janeiro de 2013 nós façamos um segundo desembolso e federalizemos a companhia. Se isso não acontecer o GEA perde completamente o controle e a Assembléia Legislativa também. Empenho Então a casa deve fazer tudo que estiver que fazer. Aprovar e entender que se não fizer logo o que tem que ser feito agora, vai ser

CELIANE FREITAS

De acordo com Camilo, se até o dia 31 de dezembro deste ano, os deputados não tomarem nenhuma decisão, o Amapá pode perder a chance

muito pior para todos. Mas principalmente para a população. Para o consumidor de energia desse Estado”, disse ele. Tarifa congelada Em uma das cláusulas de negociação no processo de federalização com o Ministério de Minas e Energia, está a proposta de congelamento da tarifa atual até 2016. Camilo de-

clarou que estácriando um “cenário” dentro da situação para que o cliente da Companhia seja o menos afetado possível. “Nós teríamos que dar a federalização um reajuste de 100% no valor da tarifa imediatamente. Mas estamos negociando justamente para garantir que o Amapá não saia com o prejuízo. Porém, esse cenário favorável vai deixar

Medida Provisória parcela dívidas de estados e municípios com a Previdência

O

Poder Executivo enviou ao Congresso a Medida Provisória 589/12, que autoriza estados, Distrito Federal e municípios com dívidas juntos à Previdência Social, relativos às contribuições sociais, a refinanciarem os débitos vencidos até 31 de outubro deste ano. Os interessados terão até o dia 29 de março de 2013 para aderirem às condições da renegociação. De acordo com a MP, os débitos serão consolidados e descontados diretamente da parcela mensal do Fundo de Participação dos Estados (FPE) ou do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) a que ente federado têm direito. A retenção será equivalente a 2% da média mensal da receita corrente líquida do estado ou município. O dinheiro será repassado ao Tesouro Nacional.

As prefeituras ou governos que fecharem os contratos de renegociação terão redução de 60% das multas por atraso, de 25% dos juros por atraso e 100% dos encargos legais. Ainda conforme a MP, sobre as prestações mensais vão incidir juros mensais, equivalentes à taxa Selic, mais 1% de encargo. As normas para o refinanciamento serão editadas pela Receita Federal e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Regularização O objetivo da MP, segundo o Executivo, é permitir a regularização das dívidas dos estados e, principalmente, dos municípios junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com a Receita Federal, que administra as contribuições sociais, apenas 682 prefeituras

brasileiras (12,3% do total) não possuem dívidas previdenciárias. A regularidade fiscal é um dos requisitos para que os entes federados possam receber empréstimos e avais federais e celebrar acordos ou convênios oriundos de emendas parlamentares ao Orçamento da União.Poderão ser renegociadas as dívidas constituídas ou não, inscritas ou não em dívida ativa, ainda que em fase de execução fiscal ou que tenham sido objeto de parcelamento anterior não integralmente quitado. O estado ou município que renegociar seus atrasados não poderá se beneficiar de outro programa de parcelamento de dívidas previdenciárias. O texto traz ainda uma mudança importante na Lei da Seguridade Social (8.212/91): os órgãos da administração direta e indireta (autarquias, funda-

ções e empresas) da União, estados, Distrito Federal e municípios terão de apresentar anualmente à Receita Federal a folha de pagamento e toda a contabilidade entregue ao tribunal de contas a que estão vinculados (da União, estadual, distrital ou municipal). A medida, argumenta o governo federal, visa a coibir a sonegação fiscal das contribuições sociais. A entrega será feita até o dia 30 de abril do ano seguinte ao encerramento do exercício financeiro. Tramitação A MP será analisada por uma comissão mista, especialmente criada para esse fim. Se aprovada, seguirá para exame, separadamente, nos Plenários da Câmara e do Senado. O texto passará a trancar a pauta da Casa onde estiver tramitando a partir de 8 de fevereiro de 2013.

Conselho Tutelar comemora a prestação de serviços à comunidade santanense

N

o próximo dia 18 de Novembro (domingo) comemoramos o Dia Nacional do Conselheiro Tutelar. Em Santana, o Conselho Tutelar com sede e jurisdição em toda área de abrangência do município, vem se encarregando de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, como previsto na Lei Federal nº 8.069/90 e Lei Municipal nº 141/93. Atualmente o órgão está em seu 5º colegiado, composto pelos conselheiros Nadabe Cordeiro (presidente), Gilson dos Santos Duarte, Frederico Lima Mo-

reira, Pedro freitas e Maria Ocilene Lima Pacheco e os suplentes Vanderclei Pinheiro e Ana Lúcia Fernandes, todos comprometidos com a proteção da Criança e Adolescente, como preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente na Lei 8069/90. A gestão tem feito um papel extraordinário nos atendimentos de plantões 24 horas e sobre aviso nos finais de semana e feriados, tendo como foco as causas referentes a maus tratos, negligência familiar, enfrentamento do trabalho infantil, exploração sexual,

abuso sexual, desvio de conduta, fuga domiciliar, orientações de guarda, adoção, vagas escolares entre outros casos. O Conselho Tutelar ainda executa projetos como o “Sala Lúdica” único a nível de Estado contemplado em parceria com a empresa do senhor Romeu Jk que foi o patrono da mesma, o projeto “Direitos e Deveres da Família” coordenado pela presidente Nadabe Cordeiro e executado em parceria com Assembleia de Deus com objetivo de atender também a zona rural, o projeto

“Nova Trilha” que atende meninas em situação de fuga domiciliar e outros. Um dos desafios alcançados pela atual gestão em 2012 foi a aquisição de um veículo, conseguido junto a Procuradoria do Trabalho com apoio do Ministério do Trabalho e Emprego. O veículo foi entregue em janeiro deste ano e desde então auxilia nas ações do órgão. Destaque também, para o material técnico recebido este ano, que contribui com as palestras e atividades extras desenvolvidas pelo Conselho Tutelar de Santana. (Ascom/PMS)

de existir se nós não fizermos imediatamente o que temos que fazer a tempo. Senso de Urgência O diretor presidente da CEA deixou muito claro isso. Nós temos um tempo e esse tempo corre contra a solução. Se a Assembléia Legislativa não tiver censo de urgência e fizer sua parte em tempo ágil, o povo desse Estado

vai ser penalizado de maneira trágica e nós pouco vamos poder fazer. Nesse momento nós temos o controle. Mas se esperarmos o ano virar, haverá a caducidade, e o controle vai inteiro para a mão do Ministério que vai fazer o que bem entender sem nenhum tipo de negociação com ninguém aqui nesse Estado”, expôs Capiberibe.

Mercado de cosméticos recebe incentivos durante o Amazontech

A

região amazônica sempre mostrou-se um campo em potencial para a produção de produtos de beleza, cosméticos e afins, tendo em vista a abundância de recursos naturais necessários para tanto. Sob esse olhar que o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) realizou nesta sexta-feira (16), no Auditório Helicônia do Amazontech, na Cidade do Samba, um seminário para apresentação do Projeto Estruturante Cosméticos de Base Florestal da Amazônia. E o Amapá está intrinsecamente ligado a esse projeto. Diante de um mercado promissor, as unidades do Sebrae na Amazônia, através do Projeto, pretendem realizar o levantamento de dados tributários praticados em toda a região, de insumos utilizados para o desenvolvimento de novos produtos, além de diagnóstico na universidades, institutos e academias buscando conhecer as áreas de ensino, pesquisa e extensão. De acordo com Larissa Vale Queiroz, analista do

Sebrae/AP e gestora do projeto, o Sebrae decidiu criar o projeto depois que estudos e pesquisas realizadas com as famílias e cooperativas extrativistas apontaram o potencial da produção de insumos não madeireiros. “A partir de então surgiu a necessidade de fazermos um estudo para a viabilidade da produção de cosméticos. É um mercado promissor na região amazônica, mas que ainda não está organizado. O nosso foco é pesquisar e capacitar a base da cadeia produtiva, que são as cooperativas extrativistas”, detalha a analista. Com o levantamento de dados essenciais para uma boa produção em termos qualitativos, o Projeto Estruturante Cosméticos de Base Florestal da Amazônia beneficiará as famílias e cooperativas extrativistas a partir do momento em que haverá compartilhamento de informações e transferência de tecnologias. A gestora do projeto também contou que empresas como a Chamma da Amazônia serão parceiras nesse processo. (Gabriel Fagundes) CELIANE FREITAS

Carlos Alvarenga, superintendente do Sebrae-AP


Geral

JD

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

BNDES assina proposta de empréstimo bilionário para o AP Os recursos serão utilizados, entre muitas ações, para a instalação de indústrias pesqueiras nos Município de Oiapoque e Calçoene

N

a última quarta-feira (14), o governador, Camilo Capiberibe, e o diretor de Infraestrutura Social do Banco Nacional para o Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Guilherme Lacerda, assinaram uma proposta que garante ao Amapá o empréstimo de R$ 1,5 bilhão. O Estado terá dois anos de carência e 20 anos para efetuar o pagamento da dívida. “É bastante tempo. Tempo suficiente para quitarmos. Eles emprestam um volume de recurso elevado, porque sabem que junto com esses investimentos realizados virá o desenvolvimento econômico”, disse Camilo. Ainda de acordo com Governo, os recursos serão utilizados, entre diversas ações, para a instalação de indústrias pesqueiras nos município de Oiapoque e Calçoene. “Os atracadouros e toda a infra-estrutura para o setor da pesca será feita com esse dinheiro. Nós estamos falando em gerar emprego e melhorar a arrecadação. Então isso é um resultado imediato desses investimentos.E com isso o BNDES tem consciência que nós teremos plena condição de efetuar o pagamento dessa dívida.”, esclareceu. Outras obras que serão

DIVULGAÇÃO

tenciário e na rede pública de saúde. Camilo explicou ainda, que os valores do recurso não serão entregues ao Amapá de uma única vez. O embolso seráfeito de acordo com a capacidade do Estado de execução, e de acordo com a capacidade do Estado em pagamento. “Esse empréstimo deve ser executado em

mais ou menos 10 anos. Então essa gestão, a próxima gestão e um pedaço de uma outra gestão ainda estarão executando esse plano que está sendo aprovado agora.Isso significa que esse empréstimo pode ser contratado agora, mas vai beneficiar o Estado do Amapá nos próximos 10 anos.” contou o governador.

Federalização da educação básica volta ser discutida

O objetivo da discussão é averiguar se a responsabilidade pela educação básica deve ser do governo federal.

N

a próxima quarta-feira (21), a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) dará continuidade ao ciclo de audiên-

cias públicas sobre o tema Educação e Federalismo. O objetivo da discussão é averiguar se a responsabilidade pela educação básica deve

ser do governo federal. Atualmente, a obrigação é dos municípios. Na sexta audiência do ciclo, foram convidados a expressar sua opinião so-

bre o tema o presidente do Instituto Alfa e Beto, João Batista Oliveira; a educadora Guiomar Namo de Mello; e o cientista político Fernando Abrúcio. O ciclo de audiências é uma iniciativa dos senadores Cristovam Buarque (PDT-DF), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR). A reunião terá início às 10h, na sala 15 da Ala Senador Alexandre Costa. A audiência será transmitida pelo site da TV Senado (www.senado.leg. br/tv) e pelo site do Instituto Legislativo Brasileiro (www.senado.leg.br/sf/ senado/ilb). Perguntas podem ser enviadas aos convidados, no dia da reunião, por meio do Alô Senado, pelo telefone (0800 61 22 11), por formulário disponível no site (www.senado.leg. br/alosenado) ou pelas redes sociais (facebook. com/alosenadofederal ou twitter.(Agência Senado).

Projeto de lei deve analisar se fluência oral em língua estrangeira poderá ser meta da educação básica

E

m reunião na próxima terça-feira (20), às 11h, a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) deve votar em caráter terminativo projeto de lei que estabelece a fluência oral como um dos objetivos do ensino de línguas estrangeiras na educação básica (PLS 71/2012). Para o senador Cícero Lucena (PSDB-PB), autor do projeto, o investimento no ensino de idiomas na rede pública tem sido alto, mas os resultados, modestos. Cícero Lucena propõe modificação na Lei de Diretrizes Básicas da Educação (LDB) de modo a deslocar o ensino de línguas estrangeiras da “parte diversificada” para o centro

do currículo, além de antecipar o início de sua obrigatoriedade para o quinto ano do ensino fundamental. Em sua avaliação, a medida abrirá milhares de novos postos de trabalho para estudantes de letras, e os concursos públicos para admissão de professores de idiomas passarão a incluir provas orais – o que, para ele, aumentará a exigência de competência profissional e conduzirá a reformas curriculares na formação de docentes. O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), relator, recomenda a aprovação do projeto. Segundo ele, a oralidade no estudo de línguas estrangeiras tem

sido posta em segundo plano, situação que estimula a demanda por cursos privados que estão fora do alcance da população mais pobre. Educação física Outro projeto na pauta da CE determina que as atividades de educação física nas escolas somente sejam ministradas por profissionais formados na área. O PLS 103/2012, do senador Ivo Cassol (PP-RO), também tramita em caráter terminativo. Atualmente, de acordo com a LDB, o professor de educação física deve ter nível superior para dar aula a alunos dos anos finais do ensino fundamental e do

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com FAZENDINHA O Balneário de Fazendinha, no distrito do mesmo nome, em Macapá, foi palco de um problema que bem mostra o descaso das autoridades com aquele que é um dos principais pontos turísticos do Estado. Por volta das 14 horas uma daquelas barracas públicas tombou e por pouco não mutila ou mesmo retira a vida de um dos cinco veranistas que estavam sob a barraca. SEM APOIO Ainda por ocasião da queda da barraca no Balneário de Fazendinha foi constatado que, mesmo com mais de duas mil pessoas no local, não havia ambulância por perto, nem guarda-vidas e até carros de polícia. Em um momento como o que foi registrado no feriado do dia 15 de novembro, fica escancarada a falta de estrutura e cuidado com a vida dos freqüentadores e zelo pela saúde. Cada um que se vire!

Setor pesqueiro deverá ser beneficiado com o empréstimo

executadas com dinheiro do empréstimo, segundo Camilo Capiberibe, é a duplicação da Rodovia Duca Serra, e a pavimentação de várias rodovias estaduais. A Construção de mais quatro Centros Integrados de Segurança Pública (Ciosp), e Unidades de Policiamento. O investimento também será feito no melhoramento do setor peni-

B2

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

ensino médio. Mas, para alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, é aceito que as aulas sejam dadas pelo professor titular da turma, formado em pedagogia, mas sem formação específica em educação física. Relator da proposta na comissão, o senador Benedito de Lira (PP-AL) deu parecer favorável à matéria, concordando que, para o bem da saúde dos alunos, é necessário um professor devidamente qualificado em educação física. O senador acrescenta que os cursos de pedagogia não abordam o ensino da educação física com a mesma profundidade de outras disciplinas.

DE QUE ADIANTA A defesa civil do Estado tem catalogados mais de 150 pontos críticos que estão passiveis de ocorrência durante o período chuvoso que começa em janeiro de 2013. Mesmo assim as medidas preventivas ainda não forma tomadas e farão falta no momento da necessidade. Esse é um erro que se repete no sistema de prevenção de ocorrências indesejadas no Estado. Como nos casos de ocorrência de incêndio na cidade e no campo, falta água para as equipes dos bombeiros, de nada tem adianto se antecipar a previsão de ocorrências indesejadas se não são tomadas as providência para combatê-las. NATAL Já estão sendo montadas as estruturas para receber a ornamentação, como motivos natalinos, no

Centro Comercial de Macapá. Desde quando essa atribuição está repartida ou assumida pela direção da Federação do Comércio que não só nota-se que o trabalho é feito seguindo um planejamento, como deixaram de correr pelo ralo recursos públicos que todos os anos corriam. CASO CEA Depois de ficar em uma saia justa, o Governo do Estado começa a encarar, de frente, a questão. Primeiro mandou para a Assembléia Legislativa uma batata quente daquelas e depois assumiu que desde 1993 que a CEA não paga as suas contas em dia. Agora é só esperar pelos deputados que estão estudando uma formula para saírem sem grandes arranhões desse episódio CEA. Agora, para quem dizia que ia diminuir os custos e ficar no comando da empresa, aumentar e ficar fora é uma mudança e tanto. 23 ou 16 Esta o Ministério Público tem grandes chances de não vencer. A alegação de vício no processo de emenda a Lei Orgânica do Município de Macapá para se adaptar à Constituição Federal, pode não ter sucesso. Mesmo assim sete dos 23 vereadores eleitos não estão dormindo, por dia, as 8 horas recomendadas. BURACOS O prefeito eleito de Macapá, Clécio Luis (PSOL) já está prevendo ouvir muitas reclamações dos macapaenses nos primeiros dias do ano. Acontece que desde agosto que a Prefeitura de Macapá não recupera nem uma rua ou avenida da cidade e isso indica que muitos buracos surgirão no começo do período chuvoso. Se a maquia de usinagem de asfalto estiver com problemas no começo do ano.

Segmento afro prepara festa para a Semana da Consciência Negra

N

ovembro é o mês da Consciência Negra. A Secretaria Extraordinária de Políticas para Afrodescendentes (Seafro) e da Cultura (Secult), organizou uma festa entre os dias 18 a 30 de novembro, junto com as entidades ligadas ao movimento negro. Oficinas, seminários, caminhada Zumbi dos Palmares, rufar dos tambores, debates, capoeira, hip-hop, apresentação de candomblé e umbanda, shows com artistas regionais, a tradicional Missa dos Quilombos e o momento mais aguardado, o Encontro dos Tambores, no Centro de Cultura Negra do Amapá, estão previstos na programação. O Encontro dos Tambores é o maior evento dentro da Semana da Consciência Negra no Amapá, que este ano ocorrerá de 21 a 24 de novembro. É o momento em que as comunidades encantam o público com suas manifestações: marabaixo, batuque, sairé, zimba e tambor de crioula. E para que a apresentação esteja à altura, o governo estadual repassa a cada grupo uma ajuda para as indumentárias, que este ano passou de R$ 4 mil para R$ 5 mil, atendendo aos pedidos

das comunidades. Ano passado, os números contabilizados foram considerados positivos pela coordenação representada pelo Estado, porém, para este ano, o governo, em parceria com os segmentos, pretende tornar a Semana da Consciência Negra muito mais exuberante, estendendo serviços e ações para o maior número possível de participantes. De acordo com Iran Lima, um dos coordenadores, representando a Secult, em 2011 o público do evento chegou a 10 mil pessoas por dia, foram realizadas 8 oficinas, 950 pessoas foram atendidas em cursos diversos, o governo do Estado investiu R$ 750.191,50. Foram 1.320 pessoas das comunidades hospedadas em hotéis durante os quatro dias do Encontro dos Tambores e servidas 2.640 refeições, no almoço e jantar. Para 2012, o objetivo é organizar a semana com ações, seminários e oficinas descentralizadas durante a Semana Zumbi dos Palmares, como forma de promover, sensibilizar e dar uma formação mais crítica aos envolvidos no evento. (Ascom/GEA)


Geral

JD

Equipe de transição trabalha para não perder recursos do PAC O dinheiro servirá para melhorar vias com drenagem, meio-fio, calçadas com acessibilidade e mobilidade urbana no padrão exigido pela legislação

E

m consulta prévia feita ao Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, referente a recursos de 2012, a Comissão de Transição do prefeito eleito de Macapá, Clécio Luís (PSOL), detectou que a prefeitura de Macapá cadastrou o município para dois projetos que podem não sair do papel se os prazos para apresentação de projetos não forem cumpridos. O montante é superior a R$ 19 milhões em recursos para pavimentação e sistema de água. A primeira proposta, no valor de R$ 9 milhões, é destinada a projeto de recuperação de vias de grande fluxo no centro da cidade. Trata-se do polígono que compreende a av. Feliciano Coelho, a rua Leopoldo Machado, a av. Ernestino Borges, fechando com a rua Cândido Mendes. O dinheiro servirá para melhorar essas vias com drenagem, meio-fio, calçadas com acessibilidade e mobilidade urbana no padrão exigido pela legislação federal. Para que o recurso não seja perdido, a

O montante é superior a R$ 19 milhões em recursos para pavimentação e sistema de água.

equipe de transição trabalha junto aos técnicos da PMM para que o projeto seja apresentado até a próxima, sexta-feira (23), prazo limite. Para a construção do sistema isolado de abas-

Restaurantes e bares podem ser proibidos de cobrar por couvert não solicitado

A

Câmara analisa proposta que proíbe restaurantes e bares de servir qualquer produto não solicitado pelo cliente, como os conhecidos couverts. Segundo o projeto, caso o estabelecimento sirva o item não pedido, o produto deverá ser considerado uma cortesia, ou seja, não poderá ser cobrado. A medida está prevista no Projeto de Lei 4417/12, do ex-deputado Major Fábio (DEM-PB). O Código de Defesa do Consumidor (Lei 8078/90) já impede os fornecedores de produ-

tos ou serviços de entregar ao consumidor qualquer item sem solicitação anterior. “No entanto, acreditamos que nossa proposição vem somar a legislação já estabelecida por explicitar que tudo o que for servido ao consumidor sem sua solicitação deverá ser considerado como cortesia e, portanto, não poderá ser cobrado”, argumentou Major Fábio A proposta será analisada de forma conclusiva pelas comissões de Defesa do Consumidor; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

A medida está prevista no Projeto de Lei 4417/12, do ex-deputado Major Fábio (DEM-PB).

tecimento de água no Distrito do Coração, há R$ 10.200.000,00 cadastrados no PAC Saneamento. Com esse recurso será possível construir a elevatória, o reservatório para tratamento e distri-

buição, além da rede de distribuição domiciliária. Para esse fim, o prazo é um pouco mais elástico, até o final do ano. Mas, a equipe também atua para que o valor não seja perdido.

Hemoap comemora Dia Nacional do Doador de Sangue

O

e será enviado à sanção presidencial. O adicional de periculosidade corresponde a 30% do salário, exceto gratificações, prêmios ou participações nos lucros das empresas. A emenda do Senado excluiu do projeto da Câmara o direito ao adicional de periculosidade para atividades sujeitas a acidentes de trânsito e de trabalho.

B3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Samba de Enredo do Carnaval 2013 é lançado no Amazontech

É

com grande festa quecarnavalescos e foliões participam do lançamentodos sambas de enredopara o carnaval 2013 em Macapá. O evento vai acontecer hoje (17),a partir de 23 horas,no Amazontech que esta sendo realizada no complexo do meio do mundo. A agremiação carnavalescaMaracatu da Favela vem com o tema “Tic-tac, tic-tac, tic-tac: acertemos ponteiros, é tempo de folia”. Em seguida, Boêmios do Laguinho canta“Nação Pernambucália: Um frevo no meio do mundo”. Já a escola Piratas da Batucada homenageia“Janary: sonhos e amores domito caboclo”. A Piratas Estilizadosvai falar do Bar do Abreu com o tema “O Bar do Abreu é tradição! Estilizados vivencia a sua história na apoteose da emoção”.A escola Império do Povo, de Santana, traz como tema “Pedra Branca do Amapari: o tesouro da Amazônia”. Já aescola Embaixada do Samba vem com o tema “Energia: fonte da vida que gera calor, progresso, samba e amor”. No grupo de acesso, a escola Império da Zona Norteapresenta“Batuque e Marabaixo: sons de reis que ecoam da mãe África”. A Emissários da Cegonha canta“Criar é dar forma ao próprio destino”, enquanto que a escola “Unidos do Buritizal vem com o tema: Da Capadócia para o mundo, salve Jorge e os guerreiros de ogum yê”.

Por fim, a escola de samba Império Solidariedade vai cantar“Dalança à dança, da espada a fé, amor, ferro e aço. do céu a terra e mar. Saravá são Jorge! ésogunhê babá”. Para o diretor de carnaval Helton Jucá, esta é a realização de um projeto desenvolvidodurante o ano todo com muito trabalho e dedicação. “Já nos reunimos com várias entidades que contribuem para o carnaval em Macapá, a coordenação das escolas de sambas já estão organizando as compras de ferragens, tecidos, alegorias e toda produção carnavalesca”, frisou Helton Jucá. Segundo ele, oSebrae e o Amazontechforam grandes incentivadoresna realização do lançamento.“Com esta parceria, já estamos lançando oficialmente o nosso Cd que já estará pronto para comercializaçãono início de dezembro”, finaliza o diretor. No dia 2 de dezembro,Dia Nacional do Samba, o Cd do carnaval será lançado oficialmente e estará disponível à população amapaense por aproximadamente R$ 15. A comunidade pode esperar um carnaval grandioso em 2013, visto que a festa é um dos eventos principais que movimenta a economia do Estado, a renda que gira do mercado informal é alta nessa época, principalmente no mês de dezembro e janeiro, nos período que antecedem o carnaval. (Mônica Costa)

O evento tem como objetivo sensibilizar a sociedade para a importância de manter o estoque preventivo de sangue no período das festas de fim de ano.

O

Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) intensifica os preparativos para realizar a programação em homenagem ao doador voluntário de sangue, comemorado no dia 25 de novembro. O evento tem como objetivo sensibilizar a sociedade para a importância de manter o estoque preventivo de sangue no período das festas de fim de ano. O diretor do Hemoap, Ivan Daniel, disse que as atividades serão dedicadas especialmente aos doadores do Hemocentro, mas também serão abertas ao público em geral. “Será uma semana de sensibilização para a doação de sangue, que iniciará no próximo dia 24 e seguirá até o dia 29 de novembro. Teremos uma ação social e festiva com apresentações

de música ao vivo, distribuição de brindes, palestras e vídeos”, afirmou o diretor. Para a realização do evento, o Hemoap contará com o apoio dos servidores do Super Fácil, do Laboratório Central de Saúde Pública do Amapá (Lacen), Instituto Embeleze, Clínica Fonte e Sesi. Na ocasião, serão oferecidos serviços de emissão de documentos, vacinação, dicas de beleza, exames, avaliação e orientação nutricional, e cadastramento no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome). Serviço Ação Social e Festiva Data: 24/11/12 Hora: a partir das 7h30 Local: Estacionamento do Hemoap

Câmara aprova adicional de periculosidade para vigilantes Plenário aprovou nesta terça-feira (13) emenda do Senado ao Projeto de Lei 1033/03, que estende o adicional de periculosidade aos vigilantes e seguranças privados, devido ao risco de roubos ou outras espécies de violência física. O projeto é de autoria da ex-deputada e hoje senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

Outra novidade da emenda é a permissão para descontar do adicional outros valores de mesma natureza já concedidos ao vigilante em razão de acordo coletivo. Os senadores incluíram no texto a especificação de que o adicional vinculado ao risco de roubo ou violência será devido aos trabalhadores das atividades de segurança pessoal e pa-

trimonial. O presidente da Câmara, Marco Maia, agradeceu aos líderes partidários pelo acordo que viabilizou a aprovação da proposta nesta terça-feira. “Meu pai era vigilante, por isso sou sabedor da importância e da responsabilidade desses profissionais que garantem a segurança de milhões de pessoas e de seu patrimônio”, afirmou.

Depois do Cd já gravado em estúdio a liesa prepara festa de lançamento

MP abre crédito de R$ 1,68 bilhão para financiamento estudantil

A

Câmara analisa a Medida Provisória 588/12, que abre crédito extraordinário de R$ 1,68 bilhão para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Por meio desse programa, o Ministério da Educação (MEC) oferece empréstimos a juros baixos (3,4% ao ano) aos estudantes que queiram frequentar um curso superior privado. De acordo com as regras do Fies, durante o curso e até 18 meses após o seu término, o aluno deve pagar no máximo R$ 50 a cada três meses, referentes aos juros do financiamento. Após esse período, começa a fase de amortização do empréstimo. O prazo máximo para pagamento do valor devido é três vezes o período financiado mais um ano. Ou seja, um estudante que tenha financiado um curso de quatro anos terá 13 anos para pagá-lo. “Atualmente, milhares de estudantes recorrem ao financiamento, acarretando

nos últimos três anos um crescimento exponencial em sua demanda. Portanto, a ausência ou redução desse instrumento comprometeria a credibilidade da política de ampliação do acesso de jovens ao ensino superior, em face do não oferecimento de novas vagas ou pela evasão desses estudantes das universidades, o que justifica a urgência e relevância do crédito”, justificou a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. De acordo com o MEC, somente no primeiro semestre deste ano, 176 mil universitários aderiram ao fundo. Projeto Já tramita no Congresso um projeto de crédito suplementar que destina R$ 1,78 bilhão para os ministérios de Ciência e Tecnologia; da Educação; da Cultura; e do Esporte. Desse montante, R$ 1,68 bilhão, ou seja, o mesmo valor da MP, é destinado ao Fies.


JD

DiaDia

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

B4

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Show Room da Beleza apresenta inovação e práticas sustentáveis para salões São oito empresas expositoras dos estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Macapá

N

ovos rumos para a ciência, tecnologia e negócios sustentáveis, é o tema do Amazontech 2012. O evento apresenta oportunidades de negócios para diversos segmentos empresariais. O Show Room da Beleza é um espaço que apresenta novas tecnologias mercadológicas para salões de beleza no evento. Além da exposição das empresas, há um ambiente para demonstrações de produtos, materiais e equipamentos para melhor valorizar os visitantes deste espaço. O Show Room está projetado no quarto galpão da Cidade do Samba, dentro da Exposição Mercadológica, e conta com a participação de oito empresas brasileiras do segmento de beleza, que apresentam novos produtos. Dentro deste espaço há, também um salão de beleza modelo, onde são demonstrados diariamente produtos, equipamentos e novas tecnologias para o público alvo. A gestora de projetos do Sebrae e responsável pelo Show Room da Beleza, Denise Nunes, disse que existe a galeria da beleza, onde empresas apresentam características do bioma amazônico, práticas

sustentáveis, inovadoras e que tragam algum tipo de benefício para aqueles que prospectam investir na Região Amazônica Nos últimos anos, as empresas brasileiras do setor de cosméticos vêm agregando cada vez mais valor as suas marcas, com iniciativas que mostram o interesse dos executivos no desenvolvimento sustentável dos biomas brasileiros. Produtos Orgânicos O empresário Rafael Krause de Santa Catarina, um dos expositores do Show Room da Beleza, trouxe para expor no Amazontech produtos orgânicos extraído de plantas, totalmente natural. Segundo ele, os cosméticos produzidos pelas empresas ‘Herbia’ e ‘Alfa’, como shampoo, condicionador, hidratante, maquiagem e desodorante são todos orgânicos, extraídos de plantas e não possuem produtos químicos. Outra empresa voltada para a área de tecnologia para salões de beleza é a Avantti informática, empresa do Rio de Janeiro, que trabalha no gerenciamento de salões de beleza. Segundo a representante da Avantti

informática, Lilian Mariana, a empresa atua no mercado há mais de 15 anos e atende salões de beleza e clínicas de estética de todo Brasil, “visamos atender desde o pequeno empreendedor, até as empresa de grande, pois nosso sistema ajuda esses empresários, a ter um controle do seu estoque, gerenciar suas contas, assim ele consegue obter maior recurso para entrar em contato com seus clientes, como mala direta, sms e controle efetivo de seu empreendimento”, afirma. O Amazontech O Amazontech é uma realização do Sebrae, Governo do Estado do Amapá, Embapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e Unifap (Universidade Federal do Amapá) com patrocínio da CAIXA e Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). O evento acontece no Complexo Meio do Mundo, em Macapá. O espaço é composto pelo Monumento Marco Zero do Equador (Linha do Equador), Escola Sambódromo de Artes Populares e a Cidade do Samba. (Amazontech)

O Show Room da Beleza é um espaço que apresenta novas tecnologias mercadológicas para salões de beleza no evento.

Exposição da Alexandre Vaz Tavares é destaque na Feira de Ciência e Tecnologia foram fabricados pelos próprios alunos e estão à mostra. A iniciativa partiu do meu professor, que desenvolveu vários projetos e selecionamos esses aqui, todos produzidos com garrafas pet”, comentou a aluna Estefany Duarte, que, entusiasmada, detalhou a forma como foi feita a confecção de alguns objetos como o sofá e a poltrona. Estefany Duarte tem 16 anos e está concluindo o 3º ano do ensino médio. Comentando sobre a participação na Feira, ela assegurou que tudo é muito interessante e produtivo para os estudantes. “Antes, a gente não tinha noção do que podia transformar, pois nada se perde, tudo se transforma. Se tivermos atitude e vontade, tudo pode se realizar, basta querer”, filosofou, acrescentando que o conhecimento adquirido em sala de aula pode ser utilizado em benefício da cidade. (GEA)

“Menina dos olhos” da presidente Dilma Rousseff, o CSF já concedeu bolsas a 12.207 universitários

A

lunos da Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares participam da 1ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Educação (Fecte) com exposição de produtos feitos de ma-

teriais reciclados de garrafas pet. O trabalho chama a atenção dos visitantes neste terceiro dia do Amazontech 2012, evento de sustentabilidade, negócios e tecnologia, que está acon-

tecendo no Complexo Meio do Mundo, zona Sul de Macapá. Arvores de Natal, sofás, poltronas, ursinhos puff, cortinas, mesas de estar e brinquedos são alguns dos produtos que

Oficina de biojoias do Amazontech 2012 estimula a interação do público

A

lunos, professores, artesãos e curiosos participaram nesta quinta-feira, 15, no Complexo Meio do Mundo - espaço do Sambódromo, da Oficina de Fabricação de Biojoias. O evento faz parte da programação do Amazontech 2012, promovido pelo Sebrae, Universidade Federal do Amapá (Unifap), Embrapa e Governo do Estado do Amapá, com o apoio da CAIXA e da Sudam. O projeto teve o objetivo de trabalhar a produção de peças feitas em fibra de miriti, também conhecido como buriti, além do curaua e osso. A paraense Nilma Chagas Arraes, do Sebrae/PA, foi a palestrante da oficina. A desing esclareceu que era uma oficina

apenas de demonstração, mas, em virtude da turma superar o número de inscritos esperados, optou-se por trabalhar a interação com os participantes. Os alunos receberam informações a respeito do conceito de uma peça de caráter cultural, traçados, harmonia na hora da produção. Logo em seguida, foram divididos em grupo para construção e demonstração de uma peça para a turma. “Estou muito feliz, pois percebi que eles conseguiram captar os conceitos e as principais ideias que lhes foram repassadas”, ressaltou Nilma Chagas. Ela destacou ainda que os colares foram as peças mais produzidas pelos amapaenses. Dependendo

da criatividade, após adquirir a prática da construção, esses materiais podem ser comercializados em valores que variam de R$ 10 a R$ 150, em qualquer lugar do Brasil. A professora Alexinara Maciel se inscreveu, juntamente com oito alunos da Escola Estadual Maria Cavalcante, do bairro Brasil Novo. A intenção é utilizar os conhecimentos adquiridos para implantar um projeto de oficinas na instituição. “Queremos despertar o interesse dos alunos em projetos como esse, para levarmos à nossa escola”, afirmou a docente. Já a autônoma Odaléa Maria Correa pretende utilizar as técnicas adquiridas com sementes para a produção de materiais a serem

comercializados. “Tenho um terreno no município de Porto Grande, lá existem plantas que produzem essas fibras, posso trabalhar com elas”, comemorou Maria. Biojoias São peças confeccionadas com sementes ou gemas vegetais, cascas, cocos ou madeiras reaproveitadas. Fibras e outros materiais encontrados no ventre das ricas florestas do Brasil, em especial a floresta amazônica. Elas nascem como forma de valorização da identidade cultural e do compromisso dos povos amazônicos, que unem a geração de renda com a preservação da natureza. (Secom)

Estande Café Literário promove noite de autógrafos com escritor amapaense

F

ernando Canto, escritor impregnado da cultura amazônica, como ele próprio se define, fez uma sessão de autógrafos de seu livro “Adoradores do Sol” no estande Café Literário, no Amazontech, na noite desta quinta-feira, 15. O espaço é coordenado pela gerente de Livro, Leitura e Literatura, da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Ângela Nunes, tendo como proposta divulgar e fomentar os trabalhos de artistas e escritores da terra. Prestigiaram o evento o superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AP), João Carlos Alvarenga; a gestora do Amazontech, Isana Figueiredo; a analista do Sebrae e parceira na coordenação do estande Café Literário, Rosimar Monteiro; o poeta e amigo do autor, Oswaldo Simões; e visitantes. Para dar uma mostra do trabalho de Fernando Canto, Oswaldo Simões fez a leitura do texto “O Equinócio e a cidade”, contido na coletânea. Passando pelo estande, a poesia atraiu o jovem acadêmico de Educação Física, Romário Brito, que, naquele momento, espontaneamente, pediu para apresentar ao público texto de sua autoria “Sensível

Lampião”. “Eu ia passando e vi o ‘amigo’ declamando e me senti confortável de vir mostrar também os meus pensamentos”, disse. Em seu pronunciamento, Carlos Alvarenga enfatizou a importância da literatura no registro histórico de um povo. “Nada é feito sem cultura, o que fica, o que materializa o passado é a cultura, você, Fernando Canto, é um grande incentivador da cultura e da história do Amapá. Continue sendo esse alavancador das coisas do Amapá e da Amazônia”. A obra O livro “Adoradores do Sol” é uma coletânea de textos publicados em jornais macapaenses de 2007 a 2009 - um panorama da vida amapaense. Tanto a cultura como outros aspectos sociais locais são evidenciados num quadro no qual o autor retrata com personalidade e autenticidade suas memórias e opiniões, numa linguagem acessível a todos. Fernando revela em suas crônicas e artigos situações até então desconhecidas da grande maioria dos amapaenses: são resultados de suas pesquisas individuais, lembranças e mergulhos poéticos que a vida e a paisagem instigam para a feitura da sua literatura. (GEA)

Fernando Canto, escritor impregnado da cultura amazônica, como ele próprio se define, fez uma sessão de autógrafos de seu livro


CadernoC

Atualidades Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

Editor: Ana Barbosa - anabarbosa@jdia.com.br

Comissão da Verdade cria grupo para apurar violações contra índios Objetivo do grupo será esclarecer a autoria e as circunstâncias em que se deram violações dos direitos humanos, como torturas e desaparecimentos

A

Comissão Nacional da Verdade publicou ontem (16) no Diário Oficial da União resolução que cria um grupo de trabalho para apurar violações aos direitos humanos com motivações políticas de pessoas que lutavam pela terra e de povos indígenas no período da ditadura militar. O objetivo do grupo será esclarecer a autoria e as circunstâncias em que se deram violações como torturas, mortes, desaparecimentos e ocultações de cadáveres. A

investigação visa a tornar públicos os locais, os autores e as instituições envolvidas nesses crimes. A resolução publicada no Diário Oficial da União nomeia a psicanalista Maria Rita Kehl presidente do grupo, que também terá como integrantes Heloísa Maria Murgel Starling, Pedro Helena Pontual Machado, Wilkie Buzatti Antunes e Inimá Ferreira Simões. Nenhum dos integrantes será remunerado pelas atividades. (agenciabrasil)

COTIDIANO Repasse Saúde suspende repasse a mais 1,5 mil cidades por irregularidades em informações

O

Ministério da Saúde suspendeu ontem (16) o repasse de recursos destinados à área de vigilância sanitária para 1.421 municípios que não abasteceram regularmente o Sistema de Informação Ambulatorial. A portaria publicada no Diário Oficial da União estabelece a mesma punição para 89 cidades que não cadastraram serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. A verba que ficou retida é referente ao terceiro quadrimestre de 2012. Para recuperá-la, os municípios devem atualizar as informações nos sistemas do Ministério da Saúde, que repassará os recursos no mês seguinte ao da regularização. (agenciabrasil)

Apoio Comunidade terapêutica terá apoio para atender dependentes de drogas A psicanalista Maria Rita Kehl presidente do grupo é presidente do grupo

Anatel suspende promoção da TIM que oferece ligações ilimitadas a R$ 0,50 por dia

A

Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) proibiu onten (16) a operadora de telefonia TIM de comercializar a promoção denominada Infinity Day, iniciada no último domingo (11), na qual o usuário pode fazer chamadas locais ilimitadas pagando R$ 0,50 por dia. Segundo a agência, a promoção poderá causar instabilidade na rede de serviço móvel pessoal e prejuízo à qualidade da prestação do serviço aos usuários da TIM. Os valores anunciados pela promoção Infinity Day devem ser cobrados até as 23h59 do próximo domingo (18), para evitar lesão a direitos dos usuá-

rios. Em 24 horas, a empresa deverá enviar aos clientes uma mensagem de texto para comunicar a suspensão da promoção. A empresa também deverá divulgar um comunicado nos mesmos veículos e no mesmo formato em que noticiou a promoção Infinity Day. Se a proibição não for cumprida, a TIM terá que pagar R$ 200 mil por dia, para cada estado em que houver descumprimento. Se a empresa não cumprir a determinação de mandar mensagens para os clientes, a multa é R$ 10 mil por dia. No despacho, publicado no Diário Oficial da União, o superintendente de Serviços Privados da Anatel, Bruno

Ramos, lembra que a agência só permitiu o retorno da comercialização dos serviços da TIM, que ficou suspenso por 11 dias em julho, sob a condição de uma avaliação periódica dos planos de melhorias apresentados pela empresa na ocasião, e que Anatel pode exigir alterações se detectar demanda de tráfego ou estratégia de marketing não mensuradas nesse plano. A empresa deverá apre-

sentar à Anatel ajustes ao plano em até 30 dias, com dados objetivos capazes de demonstrar se a capacidade de suas redes é adequada à promoção Infinity Day. A TIM disse que se posicionará em breve sobre a proibição da Anatel, mas já informou, por meio de comunicado, que foram transmitidos para a agência todos os detalhes técnicos e mercadológicos da iniciativa, que é limitada a 19 cidades. (agenciabrasil)

A

s comunidades terapêuticas interessadas em receber apoio do governo para atender usuários e dependentes de drogas têm até o dia 7 de janeiro para se inscrever no Ministério da Justiça. Edital da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad/MJ) informa que as instituições responsáveis pelo acolhimento receberão R$ 1 mil por mês, por pessoa, no caso do atendimento de adultos; e R$ 1,5 mil, no caso de crianças, adolescentes e mulheres em fase de amamentação. Não serão permitidas contenção física, isolamento ou restrição à liberdade das pessoas acolhidas. As internações devem ser voluntárias e de acordo com Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre instituições que atendem pessoas em situação de uso, abuso ou dependência de substâncias psicoativas. A habilitação e a pré-qualificação das comunidades depende de regularidade jurídica, fiscal e trabalhista; situação financeira e condições técnicas. (agenciabrasil)


JD

Geral

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

C2

Editora: Ana Barbosa - anabarbosa@jdia.com.br

América Latina crescerá Setor bancário global 3,2% em 2012 e 4% em encolhe com cerca de 160 2013, segundo OCDE mil demissões desde janeiro A Bancos menores e corretoras também estão demitindo funcionários

G

randes bancos no mundo anunciaram cortes de cerca de 160 mil vagas de trabalho desde o início do ano passado, com mais demissões ainda por vir ao passo que o setor se reestrutura, sendo que muitos deixarão o setor para sempre uma vez já que o ritmo de demissões ultrapassa o de novas contratações. Uma análise da agência de notícias Reuters sobre demissões em 29 grandes bancos mostrou que os cortes de empregos são maiores na Europa do que na Ásia e nos Estados Unidos. Isso é um golpe especialmente para o Reino Unido, onde a indústria financeira responde por 10% da economia. Estimativa conservadora O total de cerca de 160 mil cortes planejados de postos trabalho, entretanto, é provavelmente uma estimativa conservadora, já que bancos menores e corretoras também estão demitindo funcionários ou fechando as portas, e os bancos maiores nem sempre divulgam números de metas de demissões. A contagem não inclui relatos sobre um possível corte de 6 mil postos de trabalho no Commerzbank, por exemplo, que o grupo alemão não confirmou na semana passada. Os bem pagos funcionários de bancos de investimentos estão arcando com o ônus de cortes de custos a medida em que o número de negócios diminui e a renda cai. Esse é, particularmente, o caso em que algumas atividades como

A contagem não inclui relatos sobre um possível corte de 6 mil postos de trabalho no Commerzbank

o venda de ações, onde os volumes estão baixos, estão espremendo as margens dos bancos. “Quando eu demiti milhares de pessoas do negócio de ações este ano, eu sabia que a maioria estaria fora para sempre nesse negócio. Algumas terão apenas que encontrar algo completamente diferente para fazer”, disse um alto executivo de um banco internacional em Londres, que pediu anonimato. Os cortes de empregos afetam as receitas fiscais geralmente ceifadas em um momento em que a recuperação da economia global está mais lenta. Demissões desde 2009 O imposto de renda deste ano do setor bancário no Reino Unido pode cair

para cerca de 40 bilhões de libras (US$ 63 bilhões), ante 70 bilhões de libras registradas entre 2007 e 2008, no começo na crise financeira, de acordo com o Centro de Economia e Pesquisas de Negócios (CEBR, na sigla em inglês). Os cortes de empregos anunciados desde o início de 2011 seguem as demissões já realizadas desde 2009. Entre 29 instituições, desde o maior banco do continente, o HSBC, ao banco Morgan Stanley, pouco mais de 83,7 mil empregos líquidos foram perdidos desde 2009, com 167,2 mil demissões e 83,5 mil contratações. Trabalhadores dos bancos de varejo não estão imunes a corte de trabalho, principalmente nas economias europeias. Na

França, por exemplo, executivo de bancos preveem que a receita vai titubear. “Ainda há um excesso de 300 mil empregados nas principais empresas de serviço financeiro na Europa”, disse Caio Gilberti da consultoria AlixPartners. Com o encolhimento dos bancos, poucos daqueles que estão perdendo seus postos encontrarão empregos equivalentes em outras instituições financeiras, disseram banqueiros e caçadores de talentos. Muitos daqueles que tiveram carreiras lucrativas durante os bons anos estão deixando o setor de bancos para sempre e estão criando suas próprias consultorias ou mesmo outros tipos de negócios. (uol)

Chefes de Estado e governo devem aprovar documento em defesa do estímulo à economia e geração de emprego

A

o final da 22ª Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e Governo, os líderes políticos, reunidos em Cádiz, no Sul da Espanha, devem aprovar hoje (17) uma declaração defendendo o crescimento econômico e a geração de emprego. O documento deve conter recomendações de estímulo para as pequenas e médias empresas, o fortalecimento dos mercados regionais e a consolidação de propostas para a reforma do sistema financeiro.

Os chefes de Estado e primeiros-ministros devem aprovar também um plano de ação conjunto, assim como comunicados sobre temas específicos, como o controle sobre as Ilhas Malvinas, o embargo econômico a Cuba e o uso da planta da coca como tradição. O texto preliminar da declaração final foi negociado pelas delegações dos 22 países que integram a cúpula. Na declaração há incentivos para o fortalecimento da competitividade na América Lati-

na. Porém, o documento pode ser alterado até o encerramento dos debates amanhã. No texto, há menção também à questão da infraestrutura, como as áreas de telecomunicações, transporte e energia. No documento preliminar, o texto é claro: “[Devemos] promover políticas de crescimento inclusivo, com equidade e baseadas no trabalho decente”. Em seguida, há um trecho que recomenda “acordos comerciais equilibrados” e o fim das barreiras econômi-

cas e “investimentos produtivos”. O texto sugere também a consolidação das instituições regionais, o fortalecimento do sistema de educação e o impulso à comunidade ibero-americana, defendendo ainda medidas para o desenvolvimento sustentável e políticas ambientais. Há ainda recomendações sobre medidas de combate ao crime organizado e de incentivos à transparência do Estado. (agenciabrasil)

Inadimplência das empresas iniciará 2013 em queda e a dos consumidores seguirá em recuo gradual

A

inadimplência das empresas deve iniciar 2013 em queda, segundo a Serasa Experian, que divulgou ontem (16) o Indicador de Perspectiva da Inadimplência das Empresas. No caso do consumidor, o cenário é de normalização dos níveis de inadimplência após o ciclo de elevação verificado a partir do início de 2011. O indicador das empresas, que permite antever os movimentos da inadimplência com seis meses de antecedência, apontou queda de 1,5% no mês de

setembro de 2012 em relação ao mês anterior, ficando em 94,2. De acordo com a Serasa, a sequência de recuos mensais do indicador e a sua permanência abaixo do nível 100 sinalizam o recuo da inadimplência no próximo ano. Para a Serasa, a expectativa de menor inadimplência das empresas é resultado da perspectiva de manutenção da taxa básica de juros, a Selic, no atual mínimo histórico (7,25% ao ano) pelos próximos 12 meses, aproximadamente. Segundo a

Serasa, a taxa mais baixa diminui o custo financeiro para as empresas. Os economistas da Serasa avaliam ainda que a retomada mais firme da atividade econômica desde o terceiro trimestre de 2012 e a gradativa normalização da inadimplência dos consumidores favorecerão recuo mais expressivo da inadimplência. Já o Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Inadimplência do Consumidor recuou 0,8% em setembro de 2012, na comparação com agosto, atingindo o valor de 97,4.

Na avaliação da Serasa, a manutenção das taxas de desemprego em patamares historicamente baixos, a continuidade de ganhos salariais acima da inflação, o recuo das taxas de juros para o consumidor final e o maior rigor das instituições financeiras na concessão de crédito contribuirão para a melhora gradativa do cenário da inadimplência do consumidor, não apenas durante o último trimestre de 2012, mas também ao longo do primeiro trimestre de 2013, ao menos. (agenciabrasil)

economia da América Latina crescerá 3,2% neste ano e 4% em 2013, segundo o relatório da OCDE e a Cepal divulgado ontem durante a Cúpula Ibero-Americana na cidade espanhola de Cádiz. Apesar do contínuo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da América Latina, as perspectivas econômicas da região “estão submissas à incerteza e à volatilidade no contexto externo”, assinala o relatório, apresentado pelo secretário-geral da OCDE, Ángel Gurría, e a secretária executiva da Cepal, Alicia Bárcena. O crescimento na América Latina “é quase um clichê”, disse Gurría ao ressaltar que a região segue “resistindo melhor aos embates da crise global” e deve continuar resistindo apesar dos “grandes desafios” que enfrenta a longo prazo, como a redução da demanda interna e a exportação de recursos naturais. A arrecadação tributária “continua sendo excessivamente baixa” na América Latina, informou, ao lembrar que passou de 14% a 19,4% de 1990 a 2010, mas segue longe dos 34% de média nos países da OCDE. O relatório, que há seis anos é apresentado durante a mesma cúpula, enfoca desta vez as pequenas e médias empresas latino-americanas e a forma de impulsioná-las com mudanças estruturais. A economia mundial registrará uma “lenta expansão”, devido aos problemas tributários, a fragilidade financeira e os altos níveis de desemprego na zona do euro, segundo o documento que indica que a consolidação do crescimento nos Estados Unidos continuará frágil. Nesse contexto, estima-se que as economias da China e da Índia, que foram uma grande força motriz para o crescimento mundial, em particular para a América Latina, desacelerarão. As taxas de desemprego em 2012 serão de 6,5% na região, frente a 8% na OCDE e 11,5% na zona do euro, com tendência a aumentar para 12% em 2013, afirmou Gurría. A América Latina em geral fortaleceu sua posição em termos de reservas internacionais, 16% do PIB, e muitos países da região

têm uma dívida relativamente baixa e bom acesso ao financiamento internacional, o que permitirá evitar uma contração da economia, aponta o estudo. O relatório recomenda, entre outras posturas, um maior investimento em infraestruturas e assegurar a coerência entre as políticas de estabilização em curto prazo e as medidas estruturais para aumentar o crescimento potencial. Apesar da maioria dos países latino-americanos conseguir combinar as taxas de crescimento econômico com a redução da pobreza nos últimos anos, as desigualdades na região continuam sendo das mais altas do mundo, com 31% da população em níveis de pobreza. Quanto às pequenas e médias empresas, o estudo ressalta que são “atores-chave para aumentar o crescimento potencial da América Latina”, mas, indica que essas empresas apresentam uma baixa produtividade e grande heterogeneidade em seu acesso a mercados tecnologias e capital humano. As pequenas e médias empresas representam 99% das empresas na América Latina, empregando 67% da população ativa, e no entanto, sua contribuição ao PIB é relativamente baixa. As grandes empresas na região têm níveis de produtividade que chegam a ser 33 vezes maiores que os das microempresas e seis vezes maiores que os das pequenas, comparado com 1,3 e 2,4 vezes nos países da OCDE, segundo o relatório. O financiamento e o acesso à informação são dois aspectos básicos para um desenvolvimento melhor das pequenas e médias empresas na América Latina, segundo o relatório, aspectos ressaltados tanto por Gurría como por Bárcenas em sua apresentação, na qual discursaram o ministro espanhol de Relações Exteriores, José Manuel García-Margallo, e o secretário-geral ibero-americano, Enrique Iglesias. Também estiveram presentes o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Luis Alberto Moreno, e Enrique García, presidente do CAF, banco de desenvolvimento da América Latina.EFE (yahoo)

CNI: 53% das empresas não podem mais se endividar

P

esquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada ontem (16), mostra que 37% das empresas industriais não têm mais espaço para o endividamento. A pesquisa revela também que 16% das empresas disseram estar acima do limite de endividamento. No total, portanto, 53% das empresas industriais não podem mais se endividar. De acordo com a pesquisa, 18% dizem não ter qualquer tipo de endividamento atualmente. A maior parcela, 69%, tem algum tipo de endividamento e 13% não responderam. A pesquisa foi feita com 2.383 empresas, sendo 849 pequenas, 937 médias e 597 grandes. Os dados foram coletados no período

de 2 a 13 de julho de 2012. Usado por 69% das indústrias, o capital próprio é a maior fonte de financiamento, segundo os dados da CNI. Os empréstimos bancários compõem o financiamento de 56% das empresas, enquanto o crédito de fornecedores e de clientes é utilizado por 34%. A captação externa de recursos é usada por 4% das companhias industriais. Para 47% das empresas, a falta de linhas de crédito adequadas às suas necessidades foi a principal dificuldade apontada na obtenção de crédito. Em seguida, vem a exigência de garantias reais (assinalada por 44%) e de documentos e renovação de cadastros (registrada por 39%). (agenciabrasil)


JD

Geral

Infraero diz que período de chuva não afetará obras do aeroporto de Manaus

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

C3

Editora: Ana Barbosa- anabarbosa@jdia.com.br

JD

Mundo

Multa

Obras iniciaram há um ano e a previsão é de que seja terminada em 2013

A

Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) garantiu ontem (16) que o período chuvoso no Amazonas não vão interferir no andamento das obras de expansão do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes para a Copa de 2014. Segundo a Infraero, o cronograma continuará sendo feito como planejado. As obras iniciadas há um ano estão 38,8% realizadas. Segundo o superintendente regional da Infraero, Rubem Lima, a previsão é de que a ampliação do aeroporto chegue aos 51% até dezembro deste ano. “Estamos trabalhando também no viaduto, saguão público e cobertura das áreas administrativas. Em relação às chuvas, não há com que se preocupar porque trabalhamos com pré-moldados e estamos na parte de instalação”, afirmou. Juntos as novas frentes em andamento somam 61% da cobertura total do empreendimento. Atualmente, 870 trabalhadores estão envolvidos diretamente nas obras e mais 2.700 indiretos. As equipes

Petrolífera BP pagará multa bilionária por acidente no Golfo do México

A previsão é de que a ampliação do aeroporto chegue aos 51% até dezembro deste ano.

de engenheiros e de técnicos nas obras somam mais de 80 profissionais. As áreas laterais e o local onde funcionará a parte administrativa do aeroporto são outras áreas em construção. A obra do novo estacionamento, de acordo com o superintendente do aeroporto Eduardo Gomes, Aldecir Lima, deve estar concluída em maio do ano que vem. “Com as laterais prontas, vamos desviar os passageiros para um outro es-

paço na sala de embarque que vai ter muito tapume, mas isso deve ocorrer em março ou abril”, disse Aldecir Lima. Com a ampliação, o terminal de passageiros terá uma área total de mais de 97 mil metros quadrados. A obra tem prazo de conclusão para dezembro de 2013. A capacidade do novo aeroporto será duplicada de 6,4 milhões para 13,5 milhões de passageiros. O estacionamento terá uma área de mais

de 192 mil metros quadrados com 2.670 vagas. Serão 87 balcões de check-in, 16 elevadores sociais, seis elevadores de serviço, 13 escadas rolantes e oito pontes de embarque. O número de balcões de atendimento e de lojas no saguão também vai aumentar. A nova estrutura terá ainda uma praça de alimentação no piso superior. O investimento total da obra é de R$ 315,98 milhões. (G1)

Futuro presidente da China promete manter-se firme nos princípios do comunismo

O

futuro presidente da China, Xi Jinping, que é atualmente secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista Chinês (PCC), reuniu ontem (16) a nova equipe para definir as prioridades políticas, econômicas e sociais. Em nota oficial, ele disse que seguirá os princípios do comunismo com características chinesas e do respeito ao Parlamento. “[Foi] uma reunião extremamente importante, convocada na fase decisiva da construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos

os aspectos”, informa o texto, acrescentando que as medidas serão tomadas em respeito aos princípios do Partido Comunista Chinês e do Parlamento. Ontem (15) foi anunciada a formação do novo comando político da China durante o 18º Congresso Nacional do PCC, que começou dia 8. A escolha foi definida por 2.307 delegados. Xi Jinping assume no lugar de Hu Jintao a partir de 2013. Como primeiro-ministro será nomeado Li Keqiang, em substituição ao atual titular Wen Jibao.

Ao encerrar o congresso, Hu Jintao apelou para que todos trabalhem seguindo “o caminho do socialismo com características chinesas”. Segundo ele, é fundamental promover reformas, buscar a superação de dificuldades e criar um ambiente de prosperidade. No dia 14, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse que a relação entre o Brasil e a China permanecerá intensa e inalterada, mesmo com o anúncio de mudanças na cúpula política chinesa. Patriota acrescentou que está em vigência o

Plano Decenal de Cooperação entre o Brasil e a China nas áreas de comércio, cultura, agricultura, ciência, educação, tecnologia e inovação. “Acompanhamos com muito interesse tudo que se passa na China, um parceiro estratégico do Brasil, mas temos plena confiança de que continuaremos desenvolvimento uma relação intensa e cordial em todos os planos”, ressaltou o chanceler. “Temos plena confiança de que o governo chinês implementará com muito entusiasmo esse plano decenal.” (agenciabrasil)

A petrolífera British Petroleum (BP) está sendo multada em US$ 4,5 bilhões (o equivalente a R$ 9 bilhões) por autoridades norte-americanas devido ao acidente no Golfo do México há dois anos. O Departamento de Justiça declarou a BP culpada por 14 acusações. A multa é a maior já aplicada pela Justiça norte-americana. Dois trabalhadores da empresa foram indiciados por homicídio durante o acidente com a plataforma e um executivo terá que responder por obstruir investigações. Em 20 de abril de 2010, uma explosão na plataforma Deepwater Horizon, a 80 quilômetros de Nova Orleans, no Sul dos Estados Unidos, causou 11 mortes e provocou o vazamento de litros de petróleo no Golfo do México. (agenciabrasil)

Colômbia Massacre leva governo a promover ação conjunta para identificar responsáveis O massacre de dez camponeses na região de Santa Rosa de Osos, no departamento (estado) de Antioquia, na Colômbia, levou o governo do presidente Juan Manuel Santos a promover uma ação conjunta das Forças Armadas, da Polícia Nacional e da Procuradoria-Geral do Estado em busca dos responsáveis pelo crime. As autoridades suspeitam da quadrilha conhecida como Los Rastrojos. As vítimas foram nove homens e uma mulher. Todos os agricultores foram mortos após um dia de trabalho em uma fazenda que planta árvores frutíferas. De acordo com investigações preliminares, três homens, que pertencem ao grupo Los Rastrojos, invadiram a fazenda e mataram os moradores com armas e uma granada. O ministro da Defesa da Colômbia, Juan Carlos Pinzón, informou que foi capturado Oscar Darío Barrera, conhecido como Caracho, que é apontado como chefe da quadrilha. “Precisamos proteger a vida e os direitos dos cidadãos”, disse ele. O diretor da Polícia Nacional, general José Roberto Leon Riano, disse que há investigações que apontam como mandante do crime o líder do grupo Los Rastrojos, conhecido como Jorge 18. ‘’Em plena coordenação entre as Forças Armadas, a Polícia Nacional e o Gabinete do Procurador-Geral em Barrientos foi capturado Oscar Darío, conhecido como Caracho”, acrescentou o ministro. Com o líder do grupo, foram presos dois homens, considerados cúmplices na morte dos camponeses, além de apreendidas três pistolas e quatro granadas. (agenciabrasil)

É essa agora

Iate com destino à Austrália encalha com US$ 120 milhões em cocaína

A

polícia australiana anunciou ontem (16) a descoberta de 200 kg de cocaína a bordo de um iate que encalhou perto do litoral de Tonga, no Pacífico Sul. A embarcação “JeReVe”, que saíra do Equador e tinha a Austrália como destino, levava uma carga avaliada em US$ 120 milhões. Dentro do iate também foi encontrado o cadáver bastante decomposto de um homem, cuja morte está sendo investigada pelas autoridades de Tonga com a ajuda de agentes australianos. Em agosto, a polícia australiana fora informada de que uma embarcação com cocaína partira do Equador com destino ao país, o que motivou a investigação sobre seu movimento pelo Pacífico Sul até sua localização em um pequeno atol de Tonga. As autoridades perderam a pista do iate em outubro, mas um mês depois ele foi encontrado

As autoridades perderam a pista do iate em outubro, mas um mês depois ele foi encontrado no remoto atol de Luatafito

no remoto atol de Luatafito. As autoridades de Tonga demoraram vários

dias para examinar a embarcação devido às condições da maré e à dis-

tância do local, explicou a polícia australiana em comunicado. (G1)

Japão dissolve Câmara Baixa e convoca eleições para dezembro O gabinete do primeiro-ministro do Japão, Yoshihiko Noda, aprovou formalmente ontem (16) a dissolução da Câmara dos Deputados, abrindo caminho para a convocação de eleições gerais antecipadas, previstas para 16 de dezembro. Noda, de 55 anos, tomou a decisão de antecipar o pleito geral após ter acordado com a oposição a aprovação de várias medidas promovidas por seu gabinete. As duas medidas, que receberão o sinal verde antes da dissolução da câmara baixa, preveem a reforma do sistema eleitoral para modificar o peso do voto das províncias e a emissão de novos bônus para financiar as atividades do Estado no atual exercício. As eleições de dezembro vão escolher um novo premiê para um país que já teve seis chefes de governo diferentes nos últimos seis anos. Yoshihiko Noda, por exemplo, chegou ao poder em setembro de 2011, após a demissão de Naoto Kan, que caiu depois de muitas críticas por sua atuação durante a tragédia provocada pelo terremoto e tsunami de março deste ano. Noda porá fim a três anos de governo do Partido Democrático (PD) no Japão após ter desbancado o Partido Liberal-Democrata (PLD) depois de mais de meio século no poder. Assediado pela oposição e com uma popularidade das mais baixas, Noda também anunciará nesta sexta o início da campanha eleitoral em 4 de dezembro. As pesquisas mostram o opositor PLD, liderado pelo ex-primeiro-ministro Shinzo Abe, como o favorito para as eleições. O novo primeiro-ministro terá o desafio de recuperar a economia, estabelecer uma nova política energética após o acidente nuclear em Fukushima e continuar a reconstrução das zonas devastadas pelo terremoto e tsunami que assolaram o nordeste do país em março de 2011. (G1)


JD

Diversão&Cultura

Sertanejo Gusttavo Lima tira uma de Wando durante show em Belém Artista continuou sua apresentação com a peça em mãos

G

usttavo Lima protagonizou uma cena curiosa durante seu show em Belém, no Pará, realizado na quinta-feira (15). Enquanto cantava, uma fã arremessou uma calcinha ao palco, que foi recolhida por ele. O artista não somente continuou sua apresentação com a peça em mãos como, em um determinado momento, a cheirou. Depois, leu o que parecia ser um recado escrito no forro da calcinha. Gusttavo acabou tendo um momento Wando, já que o cantor, morto em fevereiro deste ano, também costumava “curtir” as peças íntimas que suas fãs lhe davam de presente. (ofuxico)

Macapá-AP, sábado, 17 de novembro de 2012

C4

Editora: Ana Barbosa- anabarbosa@jdia.com.br

Celebridades Sonho Flávia Alessandra revela querer posar para “Playboy” desde menina

A

atriz Flávia Alessandra, 38 anos, revelou, em entrevista à revista “IstoÉ Gente”, que tinha o sonho de posar nua para a “Playboy” desde que era uma menina. A loira apareceu nua na publicação masculina duas vezes, em 2006 e 2009. “Desde menina eu falava que, um dia, posaria para aquela revista. Meu pai ficava doido (risos). Fiz o primeiro ensaio no mar, uma homenagem ao meu pai e ao meu avô, que era mergulhador”, contou a atriz, que, atualmente, faz parte do elenco da novela das 21h da Globo, “Salve Jorge”. Flávia ainda contou que recebeu outro convite da revista recentemente, mas que não aceitou por falta de interesse. “Fiz as outras duas vezes porque tinha vontade. Acho bonito. Queria que acontecesse quando eu já tivesse uma carreira estabelecida. Foi um sonho realizado”, afirmou. A loira é casada com o ator Otaviano Costa, com quem tem a filha Olívia, de 3 anos. Ela ainda é mãe de Giulia, 12 anos, fruto do casamento com o ator Marcos Paulo, que morreu há cerca de uma semana vítima de uma embolia pulmonar. (yahoo)

É verdade

Peça foi arremessada por fã durante show em Belém, na última quarta-feira (15)

Cantora Rihanna bebe champagne e faz festa dentro de avião com fãs

A

cantora Rihanna, 24 anos, sabe mesmo como aproveitar a vida. Na quarta-feira (14), ela fez uma festa, regada a muita champagne, em um avião aterrisado em Los Angeles, nos Estados Unidos, com alguns de seus fãs. A morena estava

comemorando o lançamento da sua nova turnê, “777”, cujo nome se refere aos sete países nos quais ela fará sete shows em sete dias. A ideia é que ela sirva de divulgação do novo CD da cantora, “Unapologetic”. (yahoo)

Coldplay cancela turnê no Brasil três dias após anunciar shows no país

O

Coldplay anunciou ontem (16) o cancelamento da turnê pela América Latina, que incluiria dois shows no Brasil, três dias após confirmar shows na região. As apresentações em solo brasileiro aconteceriam em fevereiro de 2013 nas cidades de Porto Alegre e São Paulo. A banda britânica publicou a notícia em inglês, espanhol e português em seu site oficial. “Com muita tristeza nós fomos forçados a adiar a nossa recém-anunciada tour na Améri-

ca Latina devido a circunstâncias inesperadas. Pedimos desculpas a todos que estavam esperando pelos shows e torcemos para que novas datas sejam anunciadas em breve”, diz o comunicado. Seria a quinta vez do grupo no Brasil. A última ocasião na qual o quarteto esteve no Brasil foi em 2011, quando fechou uma das noites do Rock in Rio. O quinto álbum do Coldplay, “Mylo xyloto”, foi lançado em outubro de 2011. (G1)

Resumo das Novelas Guerra dos sexos Juliana se afasta de Fábio, mas não consegue ir embora. Vânia chega em seu apartamento pouco antes de Manoela. Charlô ouve Agenor falando sobre uma nova sabotagem à Positano e o prende. Analú leva Kiko ao estúdio para ver as fotos que Nando fez para a campanha da Positano. Juliana conta para Manoela que é amante de Fábio. Veruska arma a fuga de Agenor. Nando conta o que houve entre ele e Roberta no iate e Otávio ri da ingenuidade do motorista. Nenê chega com um homem mal-encarado à casa de Semíramis e um investigador os observa. Fábio agradece Carolina por ter avisado a Vânia sobre Manoela.

Malhação Lia reage tranquila à presença de Ju, que fica irritada e vai embora. Dinho e Lia namoram. Lorenzo vê Marcela e Cezar juntos e fica triste. Raquel avisa ao marido que deixou Lia sair. Marcela decide passar a noite com Cezar. Luiza tenta consolar Rita. Lorenzo tira Lia do quarto de Dinho e vai embora com ela, no momento em que Alice e Mário chegam. Rita decide contar a verdade para Mathias depois da eleição para o Grêmio. Tico termina a discussão entre Lorenzo, Alice e Mário, acalmando a situação. Lorenzo ameaça Raquel para que ela saia de sua casa.

Lado a Lado Catarina avisa que quer alugar o teatro e Diva não gosta. Jurema se preocupa ao saber que Berenice ainda gosta de Zé Maria. Edgar se revolta com a chegada de Laura. Caniço e Berenice deixam os clientes aflitos com suas atitudes na confeitaria. Celinha avisa a Assunção sobre a volta de Laura. Zé Maria pensa em Isabel. Constância conhece Esther e decide casar Albertinho com ela. Laura fica desconfortável com Melissa. Caniço abraça Berenice, assim que avista Zé Maria. Laura avisa a Jurema que Isabel está voltando para o Brasil. Laura desconfia da ansiedade de Jurema em falar com Isabel. Catarina faz o papel de Diva e todos aprovam sua atuação.

Salve Jorge Helô liga para Antônia e Arturo atende e confirma que sua nora está com um novo negócio. Morena não consegue contar para Theo sobre sua possível viagem para o exterior. Diva se interessa em comprar a casa de Lucimar. Helô descobre que a identidade que Wanda apresentou é falsa. Wanda conversa com Santiago. Aída avisa que viajará para encontrar o coronel Nunes. Lívia avalia Rosângela e Jéssica. Lucimar avisa a Nilceia que elas serão despejadas se não pagarem o reajuste do aluguel. Morena viaja com Junior para um evento da cavalaria.. Maitê encontra Wanda na rua.

Sabrina rebate rótulo de burra: “Não consigo ser uma pessoa rasa”

A

apresentadora do programa “Pânico na Band”, Sabrina Sato, rebateu as críticas de que é uma pessoa “burra” e afirmou que um de seus principais hobbies é a leitura, de acordo com entrevista concedida à coluna “Retratos da Vida”, do jornal “Extra”, desta quinta-feira (15). “Quanto mais você lê, melhor fica, e isso vai se refletir em qualquer conversa ou atividade. Não consigo ser uma pessoa rasa”, opinou a morena, que complementou que uma das qualidades de que mais gosta nela mesma é a curiosidade. Atualmente, aliás, ela está encerrando a leitura de um livro: “O Ócio Criativo”, de Domenico de Mais. A publicação ainda informou que Sabrina sempre leva na bolsa algum livro de Osho, líder religioso e filósofo indiano. (yahoo)

Horóscopo 21/03 a 19/04 ÁRIES É para você cuidar da sua imagem hoje. Aquela imagem que todos podem ver e dar palpite, e não da imagem que você tem de si mesmo.

23/09 a 22/10 LIBRA Você está bem sensível a todo tipo de pressão e manipulação dentro de casa, por parte de uma pessoa da família.

20/04 a 20/05 TOURO Acento astrológico em Escorpião revela a importância de relacionamentos fieis, com quem você possa contar nos momentos bons e ruins.

23/10 a 21/11 ESCORPIÃO Saúde, aparência e postura são os temas hoje como se comportar, como se segurar quando dá vontade de dar livre vazão a seus impulsos e suas intuições.

21/05 a 21/06 GÊMEOS A maneira como você se alimenta, o que faz com seu tempo livre, como aborda suas tarefas diárias, tudo isto está precisando mudar, depurar algo que o impede de viver melhor.

22/11 a 21/12 SAGITÁRIO O segredo é a melhor maneira de você manter em ritmo crescente um negocio que está em vias de se concretizar. Amigos e contatos podem ser ótimos, podem veicular seus talentos e dons.

22/06 a 22/07 CÂNCER SSe a fertilidade é um dom, você a tem em abundancia! Mas será que apenas isto basta para seguir adiante, contente consigo mesmo e orgulhoso do território conquistado? 23/07 a 22/08 LEÃO Há momentos em que a família pede, pesa e exige. Este pode ser um destes períodos em que a densidade emocional aumenta, as forças que o prendem ao passado ficam mais fortes. 23/08 a 22/09 VIRGEM Importante focar nas suas realizações, estar conectado com o que é preciso fazer para ser melhor e ser notado.

22/12 a 19/01 CAPRICÓRNIO Lua em seu signo encontra-se com Plutão, trazendo a tona camadas profundas de emoções contidas, controladas, e assim se revela algo. 20/01 a 18/02 AQUÁRIO Semana vai terminando sob um ritmo intenso, apropriado para mergulhos profundos e sensações poderosas. Suas antenas funcionam a toda hoje. Mas não entre em confronto com alguém mais poderoso e sutil. 19/02 a 20/03 PEIXES É ótimo ter amigos, mas se um deles manipula emoções para conseguir o que for de você, ai é preciso rever que amizade é esta.


Jornal do dia 17/11/2012