Page 1

FPE

Depósito agendado Governo disse que depósito será feito hoje.

nA4

CALHEIROS

PISO

Na mira da PGR

Reajuste de 7,97%

Procuradoria quer inquérito contra ele. nA5

Mercadante anunciou reajuste ontem. nA4

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013 - Ano XXV

Comunicado Devido o apagão ocorrido ontem à noite, na capital, a edição de hoje do Jornal do Dia será reduzida. A falta de informação correta quanto aos desligamentos é tão grave quanto os blackouts ocorridos. Pedimos aos nossos leitores a devida compreensão. O Editor

POLÍCIA CIVIL

Deputado quer discutir revisão da Lei Orgânica

• Domingo e Segunda R$ 2,50 • Terça a Sábado R$ 1,50

MACAPÁ

Dívidas na Prefeitura chegam a R$ 150 milhões, diz Clécio DENÚNCIA

Medicamentos e equipamentos são encontrados abandonados ASCOM/PMM

Há 11 dias no comando da administração da capital amapaense, o prefeito Clécio Luís afirmou ter encontrado diversas irregularidades e pendências na PMM. Só para fornecedores da Prefeitura, Clécio afirmou que foi contabilizada uma de dívida de mais de R$ 150 milhões. nB2

INFLAÇÃO

Gasto com trabalhador doméstico teve maior impacto em 2012 De acordo com o IBGE, o aumento do custo dos empregados domésticos é motivado, pelo menos em parte, pela ampliação das oportunidades no mercado de trabalho brasileiro. nB3

No encontro com sindicalistas, foi encaminhado à Assembleia Legislativa proposta salarial a serem discutidas com o Governo do Estado e a revisão da Lei Orgânica da categoria, que será retomada este ano. nA3

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Deputado Charles Marques vem conduzindo as discussões com os policiais civis

SISU

Nota de corte pode ter 10 pontos de diferença

A nota de corte dos candidatos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) pode ter apenas 10 pontos de diferença entre os alunos de ampla concorrência e os candidatos inscritos. nA4

Os portões abrirão às 7h e fecharão às 8h

VESTIBULAR 2013

Segunda fase da Estadual será neste domingo Os técnicos confirmaram que nos dois locais havia grande quantidade de medicamentos que deveriam ter sido usados nas Unidades Básicas de Saúde da sede da capital e distritos. nB2

Mais de 1.500 candidatos se submeterão às provas da segunda fase do Vestibular 2013 da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), no domingo, 13, em cinco escolas, quatro em Macapá e uma em Santana. nA3

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


Opinião

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Transição RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

M

ais uma vez uma equipe de transição trabalhou e não pode avaliar os resultados. São tão precárias as informações e tão inexatos os dados que a equipe fica como se tivesse nas mãos um verdadeiro quebra cabeça. E estamos no tempo em que o acesso a informação deveria ser para todos e não uma equipe de transição. Por isso as informações são buscadas nos empoeirados escaninhos da administração, alcançados apenas por mecanismos comparados a GPS, comandados sabe lá por quem. Tomara que os vereadores que tomaram posse este ano tenham aprendido a lição e discutam o projeto de lei que vá determinar, não só a forma de se fazer a transição na Prefeitura, mas também a obrigatoriedade de ser feita esta transição com o conhecimento da população. No próximo ano, em outubro, tem eleição para o

cargo de Governador do Estado e, até agora os legisladores estaduais ainda não iniciaram a discussão para definir a forma de fazer a transição de governo. Como não há dificuldade para se elaborar uma lei dessa espécie, não se deve esperar que haja interesse, seja lá de quem for, em manter a troca de governo sem regra, por mais evidente que se entenda que essa não é a melhor estratégia. E porque os legisladores estaduais e municipais não cuidam disso logo se a União já tem a Lei da Transição? Os governos têm que aproveitar todo o tempo disponível e caminha para se comportar como se estivessem em uma corrida de revezamento, onde as transições do bastão são feitas aproveitando a velocidade de quem entrega o bastão e a capacidade de reação daquele que segue na corrida com o mesmo bastão. A eficiência dessa entrega, na maioria das vezes é mais importante do que a

velocidade ou a capacidade técnica individual de cada um dos corredores. E essa é a tendência administrativa. As soluções dos problemas de uma gestão, comprovadamente, deixaram de estar diretamente relacionada com as propostas individuais ou de grupos partidários. Primeiro porque o gestor, quando chega para participar de um processo, todas as regras estão postas e é ele que precisa entender o cenário e não o conjunto entendê-lo e seguir os as suas propostas, apesar de algumas delas serem ‘milagrosas’. O faz tudo, o sabe tudo, está mais para aquele que não faz nada e que não sabe nada, a não ser favorecer as minorias e dificultar a vida para todos. É preciso entender que a Administração Pública se renova a cada dia, se modifica a cada ano e exige muito mais profissionalismo do que particularidades. É por isso que as ideologias com pretensão global, não conseguiram avançar e aquelas com propostas ortodoxas estão perdendo o espaço que imaginaram ter para todo

o sempre. A transição, que no momento mais parece uma incógnita, pode ser um elemento importante para a transparência, e fundamental para que os gestores que entram se alinhem aos interesses da população e deixem de fazer testes com a paciência e o dinheiro de todos. É preciso, entretanto, que haja respeito às regras, todas elas, inclusive da transparência que pode, a curto tempo, deixar a transição um instrumento obsoleto, tão geral seja o conhecimento de todos. Por enquanto a vontade e esconder tudo durante todo o tempo que puder. Parece que o gestor tem receio informar o que está fazendo, mesmo que seja para aquele ou aqueles que serão os objetos diretos do que esteja fazendo. E não se trata de costume ou mania. O sentimento mais parece de medo. E um medo que assusta, inibe e deixa os gestores inseguros. Por isso e nesse sentido, não seria inoportuno considerar que os governantes passam, também, por um momento de transição.

PSDB: renovação de olho no retrovisor IGOR MELLO

Publicado originalmente no Jornal do Brasil

A

vitória do novato Fernando Haddad (PT) sobre o veterano José Serra foi o estopim para que o grupo comandado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pregasse publicamente a renovação de quadros entre os tucanos, como forma de recuperar o espaço perdido para os partidos da base do governo federal. A questão se torna mais patente quando se sabe que o senador Aécio Neves já se prepara para lançar sua candidatura presidencial, jogando na rua sua campanha com vista a 2014. A prioridade dos tucanos, no momento, passa a ser montar palanques fortes para o mineiro. Como o tucanato tem no Rio de Janeiro um dos seus calcanhares de Aquiles - o partido não consegue se firmar nem ter um nome forte para representá-lo surgiu a ideia de projetar na briga eleitoral membros do tradicional grupo de economistas do partido que conta com Pedro Ma-

lan (ex-ministro da Fazenda), Edmar Bacha (ex-presidente do BNDES), Gustavo Franco e Armínio Fraga (ambos ex-presidentes do Banco Central). Pretendem lançá-los nas disputas pelo Senado e pelo governo do Rio. “Esses nomes já foram discutidos em outros pleitos, mas não houve êxito em convencê-los a se candidatarem”, admite o presidente estadual do PSDB, deputado Luiz Paulo Corrêa da Rocha Ou seja, ao que tudo indica, a posição do partido parece ser de renovar sem lançar ninguém novo. Mas, para Luiz Paulo, apesar de serem nomes com décadas

de serviços prestados aos tucanos, eles podem ser considerados sangue novo: “Renovação de quadros não tem a ver com idade. Um partido tem que ter seus quadros experientes, mas estar atento a buscar novos quadros qualificados. A discussão ainda está em uma fase inicial, por conta da conjuntura nacio-

nal, mas a escolha tem muito mais a ver com o fato de serem pessoas que trabalharam com grande êxito no governo FHC e que gozam de grande prestígio na sociedade”, concluiu. Em outras palavras, o tucanato quer renovar olhando no retrovisor, destacando o serviço já prestado.

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

Opinião

A

Preliminares para 2014!

pós 2008, a comunicação pré e eleitoral dos partidos de centro-centro direita, pelo menos na Europa, tem deixado de lado as propostas Liberais e assumido cada vez mais as posturas de um novo Centro-Democrata-Cristão. Os partidos de centro-esquerda não conseguem encaixar um discurso, especialmente com a síndrome de fracasso de Hollande na França, com a debaclê do PSOE na Espanha e com a débil velocidade inicial do SPD na Alemanha para a eleição deste ano. O estudo do professor David Samuels da Universidade de Minnesota, que o crescimento do PT dependeu e depende só de Lula, indica que os escândalos, condenações e prisões, ou chegam a Lula no imaginário popular ou não afetarão o PT. Do ponto de vista político, só o PSOL tem avançado nesse quadro. O PSB ainda é produto de personagens. Na expectativa que a imagem de Lula não seja afetada, cada dia mais a grande maioria do PT quer enrolar Dilma até outubro e forçar a candidatura de

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 14 Pág

Edição número

8101

Lula em 2014. A clara tendência ao espalhamento eleitoral, nítido na eleição de 2012, está levando todos os partidos relevantes a seguir a longa dinâmica do PMDB: “confederar-se” para fazer a maior bancada federal possível. Ou seja, cada diretório estadual faz as composições locais necessárias para manter ou fazer crescer as suas bancadas. E a eleição presidencial de 2014 fica para junho de 2014. A morte de Chávez preocupa Lula e Cristina. Era cômodo ter uma esquerda-radical-populista a sua esquerda. Lula passava por socialdemocrata. Se morrer, não haverá mais essa acomodação em que eles ficam como centro-esquerda-populista. Aliás, o populismo continuou a crescer na América Latina em 2012 e deverá seguir o mesmo ritmo em 2013. A PAX política mineira dá sinais de esgotamento, com o grande partido de todos –inaugurado por Hélio Garcia- se dissolvendo em contradições e conflitos multi-internos. (César Maia)

Hora-Hora Juventude Em meados do ano passado, o governador Camilo Capiberibe fez o lançamento do programa Onda Jovem, em resposta à movimentação feita pela deputada Marilia Góes, na Assembleia Legislativa, questionando a falta de políticas públicas do Governo para a juventude. Cobrança Em audiências públicas no Legislativo, Marilia cobrou o prosseguimento do programa Amapá Jovem, lançado durante o Governo Waldez, através de lei, e desativado pelo governador Camilo Capiberibe, a partir de janeiro de 2011.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

A2

Só onda Então o Governo do Estado entrou com o Onda Jovem, tentando neutralizar as ações da parlamentar. Fez lançamento com estardalhaço, inscreveu jovens no programa, prometeu muito e, de prático, não fez nada. Hoje, ninguém mais fala no programa. Foi só onda. Esquecido Por falar em muito barulho por nada, alguém ainda lembra do Proamapá? Lançado pelo Governo do Estado, no ano passado, como estratégia de marketing e comunicação, é outro programa que caiu no esquecimento. Nem o pessoal da Secom fala mais nele.

Sem resposta Se você tiver dúvidas sobre questões relacionadas à sua habilitação e eventuais infrações que tenha cometido no trânsito, melhor não procurar o site do Detran amapaense. Lá, no link que deveria tirar dúvidas sobre esses temas, as perguntas não tem respostas. Prazo Na campanha, Clécio Luis prometeu um programa de cem dias, para atacar os problemas mais críticos do município, logo que assumisse a Prefeitura de Macapá. O problema disso é que o tempo passa rápido demais. Ritos Passados 10 dias de seu mandato, ou 10% dos cem primeiros, pouca coisa foi possível fazer pelo novo prefeito. Especialmente porque no serviço público a vontade de agir sempre esbarra nos prazos e trâmites exigidos pelos ritos legais. Aquilo que se convencionou chamar de burocracia. Retrovisor Só para refrescar a memória: quem primeiro reclamou dessa história de olhar no retrovisor, na política amapaense, foi Camilo Capiberibe. Isso quando era candidato à Prefeitura de Macapá e Roberto Góes, então seu concorrente, apontava mazelas passadas do PSB, tanto na Prefeitura, quanto no Governo do Estado.

MINUTOS Tesoura - A CEA especializou-se em cortes. Corte geral no fornecimento de energia pelos motivos mais banais possíveis. E corte no fornecimento quando o usuário atrasa o pagamento. Pergunta - Alguém acredita que o rendimento das aulas nas escolas públicas, nesse período que deveria ser de férias, é igual ao do período normal do ano letivo? Pois é. Silêncio – Dificilmente alguém do PDT terá disposição de vir à público justificar problemas da gestão de Roberto Góes na Prefeitura de Macapá. Só se o próprio se dispuser. O que é improvável.


JD

“ ”

Geral

Entre Aspas

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista cantanhede@jdia.com.br

Blackout - Não foi nem uma ou duas vezes que especialistas avisaram sobre o perigo de apagões em Macapá. Ontem, a capital ficou por mais de três horas sem energia.

Verdade seja dita - A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) precisa, mais do que nunca, falar a verdade e dizer para a população o que realmente está acontecendo. Afinal de contas, de que adianta dizer que tudo é culpa das chuvas quando todo mundo sabe que a empresa está em um poço sem fundo? Às escuras - Desde o ano passado que o presidente do Sindicato dos Urbanitários, Audrey Cardoso, vinha alertando para o perigo de blackout. Chegou até a cantar a pedra dizendo que

o amapaense corria o risco de passar o Natal no escuro. Por pouco isso não aconteceu...

Conta outra - Agora, nos primeiros onze dias de 2013, Macapá enfrenta apagões e ninguém explica o que realmente está acontecendo. Afinal de contas, alguém acredita que a capital está às escuras por culpa das chuvas? Conta outra... Fora de rota - Anteontem, a CEA divulgou um cronograma de desligamentos com a justificativa de que faria manutenção na rede elétrica. Porém, o apagão de ontem à noite foi totalmente fora do que a Companhia previu. E olha que nem estava chovendo. A quem recorrer – O atuante Ministério Públi-

co Estadual bem que poderia pressionar o governo de Camilo Capiberibe quanto os apagões. Afinal de contas, o que está realmente acontecendo? Os prejuízos serão indenizados? A situação vai se prolongar por quantos dias? A quem recorrer? Sem salário – Os professores do município de Oiapoque estão até agora sonhando com o peru de Natal. Tudo porque estão por receber o mês de novembro, dezembro e a metade do décimo terceiro. Apelar para quem? Cotidiano – Essa situação enfrentada pelos educadores de Oiapoque se reflete em quase todos os municípios. Agora eu pergunto: por onde enfiaram a Lei de Responsabilidade Fiscal que está em vigor e que deveria ser cumprida pelos prefeitos que deixaram seus mandatos e saíram pelas

Apelando - Mais uma vez chamo aqui o próprio Ministério Público, tanto estadual quanto federal, para atuarem no problema. Roberto Góes deixou a Prefeitura de Macapá com dívidas até o pescoço. Lá em Oiapoque não é diferente. Santana então nem se fala. Ninguém toma providência de nada. Apelar para quem meu Deus? Esconderijo - O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, define como “inconcebível” a possibilidade de a Câmara não cumprir a decisão do Supremo Tribunal Federal que mandou cassar automaticamente os mandatos dos quatro deputados condenados no julgamento do mensalão. Alguém discorda?

O

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@jdia.com.br

M

de já divulgada a nota do Enem do ano de 2012, os candidatos só saberão o resultado junto com os aprovados no processo seletivo, na data provável de 28 de janeiro. Havendo sobra de vagas do vestibular, serão convocados os candidatos classificados que estejam concorrendo para o mesmo curso e que tenham optado pela utilização das notas do Enem 2012, conforme a ordem de classificação e o tipo de vaga Os portões de acesso às escolas que realizarão o certame abrirão às 7h e fecharão às 8h, quando será dado início à prova de quatro horas de duração. Serão 24 questões de múltipla escolha nas disciplinas de: Biologia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira Moderna (Inglês, Espanhol, Francês), Língua Portuguesa, Literatura, Matemática, Química, além da Redação.

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

AÉREAS FALIDAS DEVEM R$ 900 MILHÕES

N

ão bastassem as altas tarifas – e surreais – das companhias, dados revelados à coluna dão combustível para a CPI das Aéreas, protocolada na Câmara. O governo sofre calote constante das empresas, e o problema aterrissa no bolso da União. Só Transbrasil (R$ 95,4 milhões), Varig (R$ 495,6 milhões) e Vasp (R$ 302,2 milhões) devem, juntas, R$ 893 milhões à Infraero, que sobe em milhões com valores corrigidos. São tarifas não pagas de serviços nos pátios. Não foi revelado quanto devem as empresas em operação.

WebSegredo Segundo a assessoria da Infraero, a Gol, que comprou a Webjet, pagou todas as dívidas com a estatal.

Será?

No saldo

A Infraero informa que monitora diariamente as taxas de embarque cobradas os passageiros pelas aéreas, que depois são repassadas à estatal.

A estatal jura que as atuais companhias repassam em dia estas taxas de embarque, mas não explica por que esse crédito cai nas contas das empresas, e não da Infraero.

Utilidade Muita gente culpa a Infraero. Mas atrasos no check-in e na devolução de bagagens, além de voos cancelados são de responsabilidade das companhias.

Reza forte O governo acredita piamente no sobrenatural, há décadas, para evitar o racionamento de energia. Entidade esotérica cientifica, conveniada desde 1986 com o Ministério de Minas e Energia, a Fundação Cacique Cobra Coral envia hoje ao ministro Lobão e à presidente Dilma relatório, nada agradável, sobre previsão de chuvas para 2013. Dança da chuva

O deputado estadual Charles Marques (PSDC), reuniu na quinta-feira (10), com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Amapá (Sinpol/AP)

mês de setembro ou outubro o projeto possa en-

trar em pauta na Assembleia Legislativa.

Segunda fase do Vestibular 2013 da Universidade do Estado será neste domingo

ais de 1.500 candidatos se submeterão às provas da segunda fase do Vestibular 2013 da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), no domingo, 13, em cinco escolas, quatro em Macapá e uma em Santana. Serão tipos diferentes de prova para cada área escolhida, mais a Redação. Pela primeira vez, a Ueap oferece vagas para acesso por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) - cinquenta por cento das vagas, o equivalente a 275 do total para onze cursos, sendo que para ambos os tipos de ingresso será aplicado o sistema de cotas para rede pública, afrodescendentes, indígenas, pessoas com deficiência e cota universal. As notas mínimas para concorrer a uma vaga na Ueap pelo Enem são 500 pontos (no total) e 100 pontos (por área). Apesar

Coluna

Até amanhã...

O passo a seguir de acordo com o deputado será a realização de plenárias de estudos deputado Charles Marques em relação às reivindicações dos policiais civis do Amapá. O deputado informou que na próxima quinta-feira (17), haverá uma nova reunião com a categoria, para a criação do Grupo de Estudos, que será formado por policiais empenhados na causa e iniciar o esboço do anteprojeto que visa receber ideias da categoria, através do facebook do deputado Charles Marques e do Sinpol/AP. O passo a seguir de acordo com o deputado será a realização de plenárias de estudos com a categoria e representantes do Executivo Estadual em datas ainda a serem definidas sobre os temas sugeridos pelos policiais. “Com essa metodologia, todos poderão participar”, elogia Elias Rodrigues, sobre a iniciativa do parlamentar. “Será a lei mais discutida e debatida pelos verdadeiros interessados”, frisou Charles Marques, informando que pretende essa etapa no mês de maio, para que no

A3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

portas dos fundos?

Deputado discute revisão da Lei Orgânica da Policia Civil deputado estadual Charles Marques (PSDC), reuniu na quinta-feira (10), com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Amapá (Sinpol/AP), Elias Rodrigues e dois membros da diretoria do sindicato. No encontro, os sindicalistas encaminharam ao parlamentar proposta salarial a serem discutidas com o Governo do Estado e a revisão da Lei Orgânica da categoria, que será retomada este ano, de acordo com o deputado. A criação da Lei Orgânica da Policia Civil do Estado do Amapá, que dispõe sobre sua organização, atribuições e funcionamento, define o regime jurídico de seus servidores, foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 23 de março de 2005. De acordo com o presidente do Sinpol, a proposta de reajuste salarial será construída dentro do diálogo e negociação coerente com o governo do Estado. Elias Rodrigues afirmou que a classe está confiante no empenho do

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

A Fundação é dirigida pela médium Adelaide Scritori, consultora de dezenas de órgãos internacionais. Ganhou fama com José Sarney, ao prever possível acidente de avião quando presidente. Desde então, faz trabalhos mediúnicos para ‘controlar o tempo’. Inquérito... A Procuradora-Geral da República Roberta Tratajano abriu inquérito Civil Público sobre procedimento administrativo no Inca (1.30.001.001415/201248) por suspeita de desvio de finalidade na contratação de terceirizados. ...Na maca É que obrigado pelo TCU e MPF a demitir terceirizados e contratar concursados, o Inca estaria usando parceria com a Organização Pan Americana de Saúde para driblar. Pé na bola A presidente Dilma vai inaugurar mês que vem a Arena Fonte Nova, em Salvador. O estádio tem 91% das obras concluídas.

Bandeira 3 A Anatel cobra na Justiça Federal o pagamento de contribuição do Fundo para a Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) por uma empresa de... rádio-táxi. O STJ vai decidir. Isso abre precedente para todas as empresas do setor. Miúdo Com sol a pino no Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste, as chuvas fortes acabam com as lavouras no Sul e obrigarão os governos a subsidiar lavouras. No Oeste do Paraná, o grão da soja não cresceu. Globalização do boato Uma vaca morreu há dois anos em pasto do Centro-Oeste, com suspeita do mal da Vaca Louca. Bastou um boato local e seis países, entre eles os maiores importadores do Brasil, suspenderem as compras. Frigoríficos quase faliram. Baianeses Vai dar mistura de baiano com chinês. O governador Jaques Wagner embarca domingo para Pequim. Tenta levar para a Bahia uma indústria automotiva (BAIC-Beijing AutomotiveGroup) e uma do setor de equipamentos para indústria do petróleo. Ponto Final A Lapa do Rio chora a morte do artista chileno Selarón, assassinado. Será que o bairro ganhará UPP?

Com Vinícius Tavares, Marcos Seabra e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br @colunaesplanada


Geral

JD

A4

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

MEC anuncia reajuste de 7,97% do piso salarial de professores Piso para docentes do ensino básico passa de R$ 1.451 para R$ 1.567

O

ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou nesta quinta-feira (10) reajuste de 7,97268% do piso salarial de professores do ensino básico da rede pública brasileira, que abrange educação infantil e nível médio. Com o aumento, o piso salarial para os professores passa de R$ 1.451 para R$ 1.567. O aumento é concedido com base no percentual de aumento, de 2011 a 2012, do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). No ano passado, o reajuste do piso salarial dos professores de educação básica e que cumprem 40 horas semanais foi de 22,22%. Portanto, o reajuste deste ano representa quase um terço do aumento ocorrido em 2012. “Dessa vez, [a correção] não tem o mesmo impacto que a correção do ano passado, mas é um reajuste acima da inflação. O problema é que nós partimos de um patamar muito baixo de salário. R$ 1.567 é pouco mais que dois salários mínimos”, afirmou. O ministro disse que os estados e municípios precisam respeitar reajuste do piso salarial, ainda que tenham perdido receitas devido à desaceleração da economia brasileira. A correção deve ser aplicada já nos pagamentos salariais relativos a janeiro. “Houve uma desaceleração da economia, uma queda de receitas, mas a lei é essa, e a lei está embasada num caminho de recuperação do piso para permitir que a educação brasileira dê um salto de qualidade”, disse. Para o ministro, o aumento de R$ 14,2 bilhões,

O STF havia determinado que, até 31 de dezembro de 2012, o Congresso elaborasse uma nova legislação sobre o tema.

Governo diz que parcela de fundo de estados será depositada nesta quinta

O O ministro disse que os estados e municípios precisam respeitar reajuste do piso salarial, ainda que tenham perdido receitas devido à desaceleração da economia brasileira.

em 2013, dos repasses da União aos estados e municípios através do Fundeb pode ajudar a pagar o reajuste salarial de 7,97%. Em 2012, o Fundeb foi de R$ 102,6 bilhões. Em 2013, os repasses somarão R$ 116,8 bilhões, de acordo com Mercadante. Impacto O ministro afirmou que, segundo associações de estados e municípios, o impacto do piso de R$ 1.567 será de R$ R$ 2,1 bilhões aos cofres dos governos estaduais e prefeituras. Segundo o ministro a expectativa é de que em 2014 o reajuste do piso seja superior ao deste ano. “O reajuste está vinculado ao desempenho econômico. Sempre é assim. À medida que a economia cresce, o reajuste cresce mais. O MEC continua em-

penhado em solução pactuada [com estados e municípios] porque no ano que vem o reajuste deve ser ainda maior”, afirmou. Em 2012, estados e municípios criticaram o reajuste de 22,22%. De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios, o aumento custou cerca de R$ 7 bilhões, entre gastos com o salário de docentes, com a contratação de novos professores e com o reajuste na pensão dos professores aposentados. Entenda como é feito o cálculo Desde 2009, por lei, o reajuste do piso salarial é feito anualmente em janeiro seguindo como indicador o Fundeb. O fundo reúne recursos provenientes de tributos e da complementação da União, que são repassados aos governos

municipais e estaduais. Durante o ano vigente, o valor mínimo anual investido pelo fundo por aluno da educação básica é calculado com base em estimativas de arrecadação. A variação desse valor impacta na variação do salário dos professores. Para o ano de 2012, a estimativa do custo por aluno era de R$ 2.096,68, o que representaria um aumento de 21,2% em relação ao valor final de 2011 (R$ 1.729,28). Assim, o reajuste estimado do piso salarial era maior do que o que de fato aconteceu. Porém, em 28 de dezembro de 2012, o governo revisou o valor para baixo (R$ 1.867,15) porque as estimativas de receita não se concretizaram. A variação do valor por aluno entre 2011 e 2012, então, foi de 7,97%.

Nota de corte de candidatos do Sisu pode ter apenas 10 pontos de diferença A nota de corte dos candidatos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) pode ter apenas 10 pontos de diferença entre os alunos de ampla concorrência e os candidatos inscritos nos critérios de cotas, com baixa renda familiar per capita (inferior a 1,5 salário mínimo). É o caso do curso de engenharia elétrica da Universidade Federal do Ceará (UFC). Os alunos sem cotas tiveram nota de corte de 667,36 pontos, já os cotistas registraram 657,24 na nota de corte. No curso de medicina da UFC, o mais procurado do Sisu, os alunos não cotistas e cotistas de baixa renda mantêm uma diferença de 37,68 pontos na nota de corte. Cada um dos grupos registrou 783 e 745,32 pontos na nota de corte, respectivamente. Os dados são referentes a estudo comparativo divulgado hoje (10) pelo Ministério da Educação (MEC). No curso com a maior nota de corte, o de medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), as notas mantêm praticamente o mesmo desempenho registrado na Federal do Ceará. Os alunos inscritos na ampla concorrência obtiveram a nota de corte de 821 pontos, já os cotistas

de baixa renda atingiram 778,81 pontos. Para o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o resultado pode ser considerado “excelente”, já que “o desempenho dos cotistas até o momento é muito próximo do desempenho da ampla concorrência”. “É um grande resultado, mas não pode ser lido como uma acomodação e muito menos como se o desafio da qualidade no ensino médio não fosse imenso para o Brasil, para o MEC, especialmente para as secretarias estaduais de Educação – responsáveis

por 86% da rede”, disse Mercadante. A Lei de Cotas prevê para este ano a reserva de 12,5% das vagas para estudantes que concluíram o ensino médio no ensino público, alunos cuja renda familiar é igual ou inferior a 1,5 salário mínimo, além de garantir o acesso de alunos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Para Mercadante, a Lei de Cotas impõe a reestruturação dessa etapa de ensino, já que vai garantir o acesso de estudantes da rede pública às universidades federais. A lei será imple-

mentada de forma gradual por quatro anos. Neste ano, serão 12,5% do total de vagas reservadas às universidades federais. Em 2014, o número sobe para 25% do total de vagas reservadas. Em 2015, serão 37,5% do total de vagas reservadas e em 30 de agosto de 2016 completa o prazo para o cumprimento total da lei, com 50% de todas as vagas reservadas. “Nós avaliamos que no ano que vem isso [a diferença no desempenho entre cotistas e não cotistas] deverá se manter, com uma pequena discrepância.

governo decidiu que depositará nesta quinta (10) o dinheiro referente à última parcela de 2012 do Fundo de Participação dos Estados, segundo informou na noite desta quarta (9) a assessoria do Ministério da Fazenda. A parcela, referente aos dez últimos dias de 2012, totaliza R$ 2,68 bilhões, de acordo com o Banco do Brasil, responsável pelo pagamento. Em 2010, o Supremo Tribunal Federal julgou inconstitucional a regra utilizada para divisão dos recursos do fundo entre os estados e estipulou 31 de dezembro de 2012 como prazo para que o Congresso votasse um novo critério de distribuição da verba, mas isso não ocorreu. O repasse previsto para esta quinta ainda será feito com base na regra vetada pelo STF porque o governo interpretou que, como a parcela se refere aos últimos dias do ano passado, não está sujeita a um novo critério. A próxima parcela a ser paga, referente aos dez primeiros dias de janeiro, já teria se estar submetida à nova regra. Mas, para o pagamento dessa parcela e das próximas, o governo ainda não decidiu como procederá. A eventual aprovação de um novo critério pelo Congresso só deverá ocorrer a partir de fevereiro, quando termina o período de recesso dos parlamentares. Para alguns governos estaduais, o FPE é a principal fonte de receita - no Acre, por exemplo, os repasses do fundo representam 60% da arrecadação estadual. Em 2010, o STF havia considerado inconstitucionais as regras que determinam a divisão do FPE entre os estados. De 1989 a 2012, a partilha levou em conta a mesma proporção: 85% para estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e 15% para os do Sul e Sudeste. Além disso, um coeficiente que leva em conta tamanho do estado, da população e a renda per capita dos habitantes define o quanto vai para cada unidade da federação. O fundo é formado por 21,5% da arrecadação da União com Imposto de Renda e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Só em 2012, distribuiu R$ 50 bilhões aos estados. Ao considerar a fórmula da divisão inconstitucional, o STF havia determinado que, até 31 de dezembro de

2012, o Congresso elaborasse uma nova legislação sobre o tema. Mas os parlamentares deixaram o prazo vencer sem aprovar nenhum novo projeto. Como o Congresso está em férias e a primeira transferência do FPE de 2013 ocorre nesta quinta (10), o governo federal teve de decidir se faria o pagamento baseado na regra antiga ou se adiaria o repasse. Na segunda-feira (7), o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, e o ministro interino da Fazenda, Nelson Barbosa, se reuniram com o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, para tratar do assunto. Na ocasião, Adams e Nelson Barbosa afirmaram que o governo analisava a possibilidade de seguir recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) e manter os repasses do FPE em 2013 com base na regra em vigor em 2012, enquanto o Congresso não votar uma nova fórmula. Tramitação no Congresso O líder do PT no Senado e relator do projeto para nova partilha do FPE, Walter Pinheiro (BA), afirmou nesta quarta-feira (9) que vai pedir prioridade na Casa para a votação da proposta que define a nova distribuição. Para Pinheiro, o tema deve ser votado assim que o Congresso voltar das férias, em fevereiro. “Vamos ver se o Congresso consegue avaliar a proposta logo no começo dos trabalhos, em fevereiro [...] Se conseguirmos votar, ao menos vamos ter uma regra básica. Sai desta fragilidade jurídica que está agora”, disse Pinheiro. Pela proposta de Pinheiro, os estados receberiam em 2013 e 2014 o mesmo que obtiveram em 2012. Caso a União tenha uma arrecadação maior com IPI e IR nos próximos anos, a verba adicional que caberia aos estados seria dividida atendendo critérios de população e renda domiciliar per capita. O projeto de Pinheiro deixa aberta a possibilidade de as regras mduarem de novo em 2015, se for esse o desejo do Congresso. Um requerimento para apreciação em caráter de urgência da matéria foi apresentado à Mesa do Senado no final do ano, mas ainda depende de apreciação em plenário. O Senado retoma os trabalhos na primeira semana de fevereiro.


Política

JD

PGR pede abertura de inquérito contra Renan Calheiros no STF Senador é suspeito de pavimentar estrada em reserva ambiental. Cotado para presidir Senado, parlamentar não comentou decisão

A

Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito para investigar a conduta do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), cotado para suceder José Sarney (PMDB-AP) na presidência do Senado. O pedido foi encaminhado à Suprema Corte devido ao fato de Calheiros ter prerrogativa de foro privilegiado como senador. O parlamentar alagoano, que comandou o Senado entre 2005 e 2007, é suspeito de ter cometido um crime ambiental por supostamente ordenar a pavimentação de uma estrada de 700 metros dentro de uma reserva ambiental por meio de sua empresa, a Agropecuária Alagoas. A assessoria de imprensa do senador disse que ele não iria comentar as suspeitas. O processo foi distribuído no dia 2 ao gabinete da ministra Cármen Lúcia. Em razão do recesso do Judiciário, a magistrada ainda não analisou o caso. No retorno das férias do STF, ela deve formalizar a abertura do inquérito. Calheiros é acusado pelo Ministério Público Federal pela “produção de danos ambientais, patrimoniais e morais coletivos” por conta da pavimentação de uma estrada no interior da Estação Ecológica de Murici (ESEC Murici), uma unidade de conservação federal localizada no município de Flexeiras (AL) e administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO). Em novembro, o procurador da República An-

selmo Henrique Cordeiro Lopes havia ajuizado uma ação civil pública contra Calheiros e a Agropecuária Alagoas. O acesso pavimentado com paralelepípedos por determinação do senador liga a agropecuária à BR-101. O procurador da República alega que o calçamento da estrada ocorreu sem qualquer licença ou

PROCLAMAS DE CASAMENTO

O oficial do Registro Civil de casamentos e mais anexos da Comarca de Macapá, capital do Estado do Amapá, República Federativa do Brasil, por nomeação legal, etc... FAZ SABER que se pretendem casar: JOSUÉ FERREIRA DE BRITO NILDILENE ALMEIDA DA SILVA Ele é filho de João Ferreira de Brito e de Hildebrandina Sampaio de Brito. Ela é filha de Josué Peres da Silva e de Lindalva de Almeida. Quem souber de qualquer impedimento legal que os iniba de casar um com o outro, acuse-os na forma da Lei. Macapá-AP, 09 de janeiro de 2013

Sonia Regina Sena de Almeida Costa Escrevente

autorização do Instituto Chico Mendes. Considerando que a conduta praticada é considerada crime, as informações apuradas pela Polícia Federal e apresentadas pelo ICMBIO foram encaminhadas à Procuradoria Geral da República e ao Supremo para análise. Em relatório do Instituto Chico Mendes, diz o Ministério Público, foi apon-

tado que em diversos pontos a estrada está a menos de um metro da floresta. Já em outros, está dentro da própria mata. Os procuradores da República também alegam na ação civil que “a pavimentação da estrada na unidade de conservação tinha o objetivo de facilitar o escoamento de produtos bovinos da Fazenda Alagoas”.

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

A5

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Proximidade com a cidade causou problemas sociais e culturais na Terra Indígena Dourados

O

riginalmente dividida em duas aldeias, a Bororó e a Jaguapiru, a Terra Indígena Dourados fica a poucos quilômetros do centro de Dourados, segunda maior cidade sul-mato-grossense. Quem não vive no município e passa pela região mal percebe onde termina o limite urbano e começa a área indígena, de 3,5 mil hectares (um hectare corresponde a dez mil metros quadrados, aproximadamente um campo de futebol oficial), onde vivem cerca de 14 mil índios kaiowás, ñandevas e terenas. Parte das famílias vive em casas de alvenaria próximas à rodovia, mas a maioria mora em barracos improvisados. Além da falta de terras para o plantio, a proximidade com a cidade, causou a desagregação social e uma série de problemas sociais e culturais, como o alcoolismo, as disputas internas por poder, brigas, assassinatos e suicídios. Embora tenha sido identificada e demarcada ainda durante a primeira década do século passado, a Reserva Dourados só foi homologada em 1965. Segundo o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), dos 51 assassinatos de índios registrados em todo o país em 2011, 32 ocorreram no Mato Grosso do Sul, 14 dos quais em Dourados. Caso de Fátima de Oliveira, guarani kaiowá da aldeia Jaguapiru, morta por estrangulamento e, supostamente, vítima de abuso sexual. Ou de Romão Cunha Martins, também guarani kaiowá, assassinado dentro de casa, em Jaguapiru. De acordo com o cacique Getúlio Juca de Oliveira, um dos líderes locais, o “confinamento” em uma área pequena para a manutenção do modo de vida indígena e a falta de perspectivas também leva os índios ao suicídio. O

número de casos registrados não é preciso e, de acordo com o próprio cacique, há suspeitas de que algumas mortes tenham sido, de fato, homicídios. “Tem caso de índio que se enforcou sentado no chão. Outro que se enforcou amarrando um paninho, quase um fiozinho, em um galhinho de árvore que não ia aguentar o peso de um homem adulto”, disse o cacique à Agência Brasil e à TV Brasil, reconhecendo, contudo, a ocorrência de suicídios que a comunidade associa ao desespero. “Por que índio está se matando? Tem uma coisa por trás para índio estar se judiando assim. Alguns cometeram suicídio. Talvez sentiram que ninguém tomava providência, que ninguém dava apoio, que não conseguiam o que queriam e acabaram se suicidando”, diz o cacique. “Pode ter vários tipos de trabalho de apoio [social]. Aqui, sem ser terra, nada vai resolver. A dificuldade e a violência estão crescendo porque tem muita gente aqui”, acrescentou o cacique, explicando que os índios reivindicam que a União reconheça e demarque ao menos nove tekohas (territórios sagrados) onde, garante, viveram seus antepassados. Oliveira também destaca a necessidade de que os não índios sejam retirados do interior da Reserva Dourados. “A violência aqui dentro também aumentou porque os não índios entraram na aldeia trazendo maldade. Antes nós não tínhamos essas drogas, nem vício em bebida para fazer maldade. Tínhamos nossas festas, nossas bebidas e comidas, mas vivíamos tranquilos”, disse o cacique, referindo-se a uma das fazendas de soja que cercam a terra indígena e se queixando de que, com a proximidade, os alimentos cultivados pelos índios, bem como os animais, têm sido contaminados pelo uso intensivo de agrotóxicos nas propriedades vizinhas, algumas delas arrendadas pelos próprios índios, que não têm meios para produzir em suas terras. Para combater a violência e o aliciamento de índios, principalmente dos mais jovens, por traficantes de drogas da região, a Força Nacional vem atuando na reserva desde junho de 2011. “O problema lá é de segurança pública, [causado] pelas drogas, alcoolismo e brigas”, diz o capitão da Força, José Roger Duarte. (agenciabrasil)


Esporte

JD

Lembrança do tempo de ouro do Glicério Marques marca 63 anos de histórias

Motivo de maior comentário por toda a cidade de Macapá após a partida em que o Flamengo derrotou o Santos por 7 a 0 Elcio Barbosa

Da Reportagem

S

em muito, o que, comemorar o estádio municipal, Glicério de Souza Marques troca de idade na terça-feira, 15 de janeiro. Sob a marca da linha imaginária do equador em Macapá, capital do estado do Amapá, o Glicério Marques é rico somente na história que ele possui, por que hoje, o estádio está com a estrutura metálica desgastada e comprometida pelo tempo. Motivo de saudades daqueles que vivenciaram a história do principal palco que um dia, foi chamado de “Gigante da Favela”. Contudo, são 63 anos de história, e que é enriquecida por vários contos de craques que jogaram na ‘era de ouro do futebol amapaense’. “Mas para iniciarmos a reflexão dessa contextualização histórica é necessário começarmos por, Heitor Lemos da Conceição. Hoje ele está aposentado pela Prefeitura de Macapá, mas começou a trabalhar no estádio como atendente de telefone, e se aposentou dentro do Glicério Marques como administrador. Portanto, ele deve ser considerado como uma vida da história do Glicerão” lembra Adervane Costa popular Baraquinha, e atual administrador do Glicério Marques. Adervane Costa se aprofunda na história do ‘Gigante da Favela’, e revela fatos que ainda muita gente não sabe. “Eu comecei a freqüentar o estádio para bater a minha bolinha, através de gandula, e acompanhando o Heitor, por que ele mora perto de casa, eu vinha com ele aí, a gente começou aprender, a amar o estádio” disse ainda “Tem outra pessoa que se identifica com o estádio que é o Raimundo Macedo Dias, nosso conhecidíssimo “Bode”, que inclusive foi maqueiro da Federação do Desporto do Amapá, na época FDA, onde trabalhou junto com o saudoso, Raimundo Sousa Santos, o nosso, Sacaca.

Jogo entre Macapá e São José da década de 70 no gigante da favela e ao fundo tinha outro lance de arquibancada

Ele foi maqueiro e depois massagista, são pessoas que gostavam do futebol, pessoas como Piraca, Vadoca, Haroldo Pinto Pereira, tem as pessoas da imprensa que narraram grandes jogos como, o Nilson Montoril, Humberto Moreira, Vicente Rocha, e os jovens da imprensa que estão chegando agora são importantes para a história do Glicério Marques” notificou o Administrador Adervane Costa. O jornalista, Humberto Moreira postou ontem no Facebook, sobre o aniversário do estádio. Ele registrou que já narrou mais de mil jogos no Glicerão. “Já transmiti mais de 1000 (é mil mesmo), jogos no municipal ao longo dos meus 45 anos de imprensa. Hoje o estádio está em petição de miséria. Tomara que o prefeito Clécio olhe com carinho para o Gigante da Favela cuja história se confunde com a cidade” relatou na internet o jornalista, Humberto Moreira. Dentre a vasta programação alusiva aos 63 anos de história do Glicério Marques, o novo Coordenadoria da Coordenadoria Municipal de Esportes e Lazer, Comel, pertencente à Prefeitura de Macapá, Alex Ferreira falou sobre a agenda de aniversário do estádio será realizada em uma extensa

Estadio Glicério Marques foi inaugurado no dia 15 de janeiro de 1950 pelo governador Janary Nunes

programação para marcar a data. “Em parceria com o governo do estado, Federação de futebol, Associação de Veteranos do Futebol Amapaense e das Escolas de Samba estaremos organizando uma programação muito especial para comemorar essa data, a programação começa meio dia e vai até as 22 horas do dia 15 na terça feira”, Alex Ferreira disse ainda que “As pessoas que fizeram história no estádio e jogaram futebol receberão uma placa da Prefeitura pelos relevantes serviços ao futebol amapaense, não pelo desporto, mas pela sociedade amapaense, convidamos

todas as pessoas pêra marcar presença na terça no estádio para comemorarmos a data” convidou Alex Ferreira, Coordenador da Comel. A partida decisiva da Copa Assefeap entre as escolinhas de futebol abrirá a programação esportiva. Os Campeões do Amapá enfrenta a Renovação pela categoria sub 15. Depois jogam Assefeap x Sindicato das Escolinhas de Futebol. Os Boêmios do Laguinho enfrentam a Maracatu da Favela. Os Piratas da Batucada x Piratas Estilizados. A RDM x a equipe do Perfil do Samba. A Zona Norte x Zona Sul, finalizam a programação esportiva.

Flamengo confirma Elias como primeiro reforço da nova diretoria para 2013

O

Flamengo anunciou ontem, em seu site oficial, a contratação do volante Elias, ex-Corinthians e que estava no Sporting, de Portugal. Aos 27 anos, o jogador chega ao clube como a primeira contratação da gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello e por empréstimo de uma temporada, com o valor dos direitos econômicos fixados. A contratação acalma a ânsia da torcida por reforços para 2013 e conta, claro, com o aval do técnico Dorival Júnior. O volante chegou ao Rio ainda ontem para realizar exames médicos e assinar o contrato. Ainda em 2012, os rubro-negros fizeram uma consulta sobre a situação do jogador, mas a resposta foi desanimadora. Contratação mais cara da história do Sporting, por 8,8 milhões de euros junto ao Atlético de Madrid, Elias seria negociado pelos portugueses por cerca de oito milhões de euros, em busca do retorno do

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Seama Esporte Clube inicia trabalhos de 2013 hoje no Avertinão Elcio Barbosa

Da Reportagem

A

diretoria da Seama Esporte Clube inicia hoje com os trabalhos do futsal masculino no Avertino Ramos. A reapresentação é importante para o reinicio dos treinos. O horário da apresentação dos atletas está marcado para as 12 horas. O primeiro compromisso da equipe de 2013 será a partida amistosa marcada para o município de Calçoene. O evento abrilhantará a festa em homenagem aos melhores

atletas de futsal de 2013 da localidade. “É importante que nossos atletas se apresentem para iniciarmos os trabalhos deste ano. Pois, o Clube quer continuar com as conquistas que obteve a exemplo do ano passado em diversas categorias. O calendário da Federação é extenso e precisamos está preparados para o ano que se inicia, saudamos e desejamos bom retorno, a todos os nossos atletas” saudou professor, Olivaldo Nunes diretor do Clube Seama.

Após aventuras na Europa, Rodrigo Defendi é apresentado no Botafogo e quer se firmar no Brasil

O zagueiro Rodrigo Defendi foi apresentado pelo Botafogo ontem

A

os poucos o Botafogo vai apresentando os reforços para 2013 que já estão treinando com o elenco desde a semana passada. Ontem, foi a vez do zagueiro Rodrigo Defendi, de 26 anos, que volta ao Brasil depois de passar por aventuras em diversos times da Europa, para onde foi em 2005, quando tinha apenas 17 anos. Rodrigo Defendi, que estava no Vitória de Guimarães, de Portugal, assinou contrato por um ano com o clube alvinegro. O zagueiro contou a sua trajetória de carreira no continente europeu, suas breves passagens por equipes brasileiras e disse que agora pretende se firmar no país. “Saí muito novo, com 17 para 18 anos. Estava no Cruzeiro e fui para o Tottenham com um contrato de quatro anos, mas não me adaptei. Fiquei um ano no time B e pedi para ser emprestado para Udinese,

onde fiquei seis meses. Depois, fui emprestado para o Roma e Avellino, quando terminou meu contrato com o Tottenham. O Avellino acabou falindo e voltei para o Brasil. Fiquei um tempo parado e fui para o Palmeiras. Tinha a promessa de chegar no time B e logo ir para o A, mas isso não aconteceu. Fui para o Paraná por três meses e depois pro Vitória de Guimarães, o clube que mais tive sequência”, contou o novo reforço botafoguense, apresentado após o treino desta quinta pela manhã em General Severiano. Com a chegada de Rodrigo Defendi, o Botafogo agora conta com seis zagueiro no elenco. Além dele, Dória, Antônio Carlos, André, Bolívar e o jovem Matheus. No entanto, a concorrência não preocupa Defendi, que espera mostrar serviço para o técnico Oswaldo de Oliveira. (espn.br)

Dupla de ataque é trunfo azulino para temporada

U Com passagem na seleção, Elias chega com papel de grande aposta da diretoria do Flamengo

investimento feito. A partir daí, a negociação foi deixada em banho-maria pelo diretor-executivo de futebol, Paulo Pelaipe. Sem dinheiro em caixa, o dirigente buscou investidores no mercado para bancar a situação. O acerto salarial com o jogador ocorreu sem maiores problemas. Sem ofertas consideradas satisfatórias pela transferência definitiva de Elias, o Sporting foi convencido a em-

prestar o jogador em busca de uma valorização e, enfim, revenda. Nesta operação, o Flamengo conta com a ajuda de investidores, a quem recorre, também, para buscar outros jogadores. Gabriel, meia do Bahia, Jussandro, lateral, também do Bahia, Carlos Eduardo, do Rubin Kazan, e João Paulo, do Mogi Mirim são outros alvos na mira. O anúncio do primeiro reforço de 2013 ocorre um

dia após a diretoria conseguir o desbloqueio de parte das penhoras e acertar os salários de dezembro dos funcionários e novembro dos jogadores. Os vencimentos de dezembro dos atletas só expiram no próximo dia 25. Desde o início, o intuito da diretoria era depositar os salários aos jogadores antes de anunciar qualquer contratação, evitando, desta maneira, um desconforto. (uol)

ma das principais apostas do time do Remo para o Campeonato Paraense é a dupla de ataque que impõe respeito, formada por Branco e Paulista, os dois experientes jogadores encarregados de balançar as redes adversárias. Paulista, que fará na próxima segunda-feira, contra o Santa Cruz de Cuiarana, sua estreia com a camisa azulina em jogos oficiais, aposta que o entrosamento com Branco virá em um curto espaço de tempo. “Nosso entrosamento está muito bom. Fizemos algumas boas jogadas no amistoso contra o Castanhal e muitos gols nos coletivos da pré-temporada. Vamos nos preparar para tentar desequilibrar e levar o Remo às vitórias. Nossas características batem bastante. O (técnico) Flávio Araújo deu liberdade grande para a gente se movimentar

bastante ali na frente. Quando ele sair um pouco mais, eu fico na área. Nós estamos prontos para fazer isso na partida”, afirmou. Paulista sonha com o título e a artilharia do Parazão para conquistar definitivamente um espaço no coração dos remistas, já que deixou uma boa impressão na partida contra o Japiim da Estrada, no final do ano passado. Na ocasião, ele entrou no segundo tempo e decidiu o amistoso a favor do Leão Azul, criando algumas jogadas de perigo e marcando um bonito gol. (remo100porcento.com)


Esporte

JD

Corinthians confirma titulares fora das primeiras rodadas do Paulista

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Enquanto isso...

Único que preocupa a comissão para a estreia é o atacante Romarinho. Nos primeiros dias de treino, o talismã da Libertadores do ano passado sofreu com bolhas nos pés e chegou a ser afastado dos treinos com bola

Com bolha no pé, Romarinho é dúvida para estreia do Corinthians no Paulistão

O

s titulares do Corinthians que participaram do Mundial de Clubes devem demorar um pouco mais para voltarem a jogar. Em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, Cléber Xavier, auxiliar do técnico Tite, confirmou que Cássio, Paulinho, Emerson e companhia não devem jogar as primeiras rodadas do Campeonato Paulista. “O grupo que inicia os dois, três, quatro primeiros jogos é o que está aqui no CT hoje. Nós temos 19 jogadores de linha e quatro

goleiros [Julio Cesar, Danilo Fernandes e mais dois provenientes da base]”, explicou Cléber Xavier. O elenco do Corinthians foi dividido em três para a pré-temporada. O primeiro grupo voltou já na semana passada, e conta com atletas que não foram ao Japão e jovens da base. A segunda turma chegou na última segunda e tem mais dez atletas: Julio Cesar, Danilo Fernandes, Edenilson, Felipe, Wallace, Guilherme Andrade, William Arão, Guilherme, Romarinho e

Giovanni. Entre eles, o único que preocupa a comissão para a estreia é o atacante Romarinho. Nos primeiros dias de treino, o talismã da Libertadores do ano passado sofreu com bolhas nos pés e chegou a ser afastado dos treinos com bola. Xavier preferiu, no entanto, não fazer previsões sobre Cássio e Guerrero, heróis do Mundial que iniciam 2013 carregando lesões da última temporada. “A cada jogo que vier a gente vai avaliar. Com um

grupo que tem dois por posição a gente fica tranquilo quanto a isso e não vai cometer nenhum atropelo”, disse ele. Renato Augusto, Gil e Alexandre Pato, contratados que chegaram nesta semana, também podem aparecer nos primeiros jogos, mas essa liberação depende dos médicos e preparadores físicos. Quem está mais perto da estreia é o meia que veio do Bayer Leverkusen, por ter chegado alguns dias antes dos colegas. (uol)

Após renovar, piloto de testes ignora Massa e revela torcida por Alonso Piloto de testes da Ferrari, Marc Gené renovou seu contrato com a escuderia italiana por mais uma temporada. Responsável por ajudar os engenheiros da equipe a fazer melhorias e encontrar possíveis falhas no carro, o espanhol de 38 anos se disse animado com a continuidade do trabalho e ignorou o brasileiro Felipe Massa em seu discurso sobre as expectativas para 2013. - Estou honrado em poder continuar trabalhando para a Ferrari. Minha meta é clara. Quero ajudar a Ferrari e Fernando Alonso a terem um carro capaz de vencer o título – disse, em entrevista à revista “Speed Week”. Contratado da Ferrari desde 2005, Gene teve suas atividades limitadas a partir de 2009, com a proibição de testes durante a temporada. Desde então, sua participação se concentra majoritariamente em atividades promocionais, demonstrações com os carros e trabalhos no simulador. Como piloto titular, o espanhol estreou na Fórmula 1 em 1999, pela Minardi, onde permaneceu até o fim do ano seguinte. Em 2001 assumiu o posto de piloto de testes de Williams, time no qual substituiu Ralf Schumacher quando o alemão esteve sem condições de correr, no GP da Itália, de 2003, e nos GPs da França e Grã-Bretanha de 2004. Seu melhor resultado foi um quinto lugar, em Monza.. (globoesporte.com)

Bisping se revolta com provocação de Belfort: “Vá se f**er! Eu vou ao Brasil e acabar com ele”

F

altando nove dias para o evento, o blog começa a esquentar de vez os motores para o UFC São Paulo, que acontece no próximo dia 19, no ginásio do Ibirapuera. E para dar oficialmente essa largada, publico um papo bem interessante que tive com Michael Bisping em Las Vegas, na semana passada, sobre a luta principal do evento contra Vitor Belfort. Com seu jeito muito sincero, apenas um assunto tirou o inglês do sério, quando relembrei que o brasileiro o chamou de “hooligan” na época em que estiveram na capital paulista em novembro do ano passado para divulgar o show à imprensa. “Vá se f*der! Eu vou para o Brasil para acabar com ele.” Ele ainda falou sobre a pressão extra que terá pelo fato de que se vencer Vitor Belfort em 19 de janeiro será o próximo adversário de Anderson Silva pelo cinturão dos médios. “Sempre que aconteceu isso eu perdi. Pensei: ‘não acredito que estou nessa situação de novo’. Mas tudo bem.” Confira abaixo os melhores momentos dessa conversa Queria entender por que você ficou tão irritado quando o Vitor lhe chamou de “hooligan”… Vitor é um cara tão respeitoso, sempre fica falando de respeito… Para mim, meu estilo, é o de promover as lutas. Não que eu provoque muito, mas gosto que criar um ambiente para a luta. Estava sendo educado, polido, então ele resolve falar

m*rda e dizer que sou um p*rra de um hooligan? Vá se f*der! Eu vou para o Brasil para acabar com ele. Mas ele tentou se desculpar depois, de alguma maneira? Ele me mandou uma mensagem de texto e eu não respondi. Eu não quero ser seu amigo, vamos lutar, não quero ficar de conversinha. Não quero falar de treino nem nada, te vejo no octógono. É isso que vou fazer em 19 de janeiro. Depois disso, podemos ser amigos. Acho que ele disse isso por conta do futebol, da Inglaterra ter muitos fãs de futebol . E essa provocação ainda mexe contigo? Já superei isso. No dia, quando ouvi, claro que fiquei puto, mas agora superei. Eu gosto quando enfrento alguém ter emoções envolvidas, gosto de ter problemas com a pessoa. Sou um cara emocional, muito sensível, luto muito melhor nessas ocasiões. Se o rival é muito amigável, sinto como se tivesse fazendo um treino. Mas se alguém me irrita, luto de forma diferente. Talvez tenha ligado demais para isso de propósito, para me sentir dessa maneira Como está sua preparação? Qual a avaliação você faz de seu treinamento? A preparação está indo muito bem, meu peso está tranquilo, meu condicionamento está muito bom, estou fazendo sparing de cinco rounds e cinco minutos, sempre apertando nos dois últimos minutos, meu cardio

Bisping manda Belfort enfiar SMS “no traseiro” e o chama de trapaceiro

está ótimo. Eu melhorei para essa luta e estou empolgado demais para ela. Tenho muito respeito pelo Vitor, mas vou deixar uma coisa clara, não estou indo para o Brasil para perder, estou indo para vencer. Eu acho que ele está me subestimando, está achando que será uma luta fácil, mas ele terá o maior choque de sua vida. Mas o que você aprendeu nessas tentativas passadas de disputar o cinturão em que você acabou perdendo? Acho que quanto mais o tempo passou, mais confiante eu fiquei, estou melhor. Eu sempre falo que acredito em mim, mas pode ser que isso não tenha sido verdade sempre. Mas agora estou

há muito tempo nisso, luto há muito tempo no UFC. Eu sei que mereço isso e realmente confio em uma vitória em São Paulo. Pensa em enfrentar o Anderson em casa, na Inglaterra? Já vou enfrentar o Vitor no Brasil, então acho que não deveria lutar contra o Anderson lá também. Lutar pelo título, na Inglaterra, sempre foi meu sonho, mas não acredito que isso vá acontecer, por conta da diferença de horário, prejudicaria a venda de pay-per-view . Seria um sonho, seria um presente para os ingleses e para mim, mas acho que um território neutro seria justo. Ele é brasileiro, eu inglês, então vamos fazer em Las Vegas. (uol)

Preterido na Inter de Milão, Philippe Coutinho pode acertar com o Aston Villa Detentor da 16ª colocação na tabela de classificação do Campeonato Inglês, o Aston Villa pode recorrer a um brasileiro para escapar do rebaixamento no torneio nacional. Preterido pelo treinador Andrea Stramaccioni na Inter de Milão, o meio-campista Philippe Coutinho surge como possível reforço do clube de Birmingham ainda nesta janela de transferências do futebol europeu. “Eu posso confirmar que o Aston Villa fez uma sondagem em relação ao jogador. Eles desejam a contratação, mas, com todo respeito, ainda não há nada de concreto sobre uma possível saída da Internazionale, explicou o empresário do jogador, Cacau Barbosa, ao site ‘FC Inter News’. Criado nas categorias de base do Vasco, Coutinho alcançou o profissional em 2009 e chegou ao time italiano em 2010. O meio-campista era apontado como um dos principais jogadores da nova geração do futebol brasileiro e ganhou oportunidade na Seleção, mas jamais conseguiu se firmar em sua equipe ou no time nacional. O brasileiro não mostrou o porquê era tratado como uma estrela nas divisões de base do clube carioca e acabou emprestado ao Espanyol no início de 2012. Philippe Coutinho realizou boas partidas pela equipe da Espanha e retornou ao time de Milão. Com desempenho irregular, foi preterido por Sramaccioni e pode deixar a equipe italiana.. (espn.br) Algoz de Alison e Emanuel em Londres, campeão olímpico de praia se aposenta por lesão O jogador alemão de vôlei de praia Jonas Reckermann (na foto a esquerda)anunciou, ontem, que está se aposentando do esporte por causa de uma lesão nas costas. O atleta de 33 anos deixa as areias após sua maior conquista no esporte: o ouro olímpico em Londres-2012. Ao lado do parceiro Julius Brink, Reckermann faturou a medalha dourada após vencer os brasileiros Alison e Emanuel na final olímpica e passou a ocupar o posto de primeiro europeu a garantir tal feito no vôlei de praia. O jogador também soma dois títulos europeus e o Mundial de 2009 em seu currículo. “É uma decisão difícil de ser tomada, mas não se pode comprar saúde e, portanto, no fim, isso se torna uma prioridade”, declarou o jogador. Testes médicos revelaram, em dezembro do ano passado, que se Reckermann continuasse jogando em alto nível ele teria danos irreversíveis em suas costas.Triste com a aposentadoria “forçada”, o alemão lamenta não poder participar dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016. “Eu gostaria de continuar competindo ao lado do Julius, e defender nosso título na praia de Copacabana seria ótimo”, lamentou. Para a próxima edição dos Jogos, Julius Brink irá treinar ao lado do antigo parceiro Sebastian Fuchs.. (espn.br)


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Mensagem do Dia O maior erro que você pode cometer, é o de ficar o tempo todo com medo de cometer algum. Desconhecido

Chapa Legalidade e Justiça em recente reunião (09/01/13) com representantes de Sindicatos da Federação das Indústrias do Estado do Amapá. União em prol do avanço e do desenvolvimento do Setor Industrial do Amapá

Empresário Ray (Casa do Motoqueiro) acompanhado do filho

Darlan Costa

Laryssa Lins

Repórter Carla Ferreira

Fabíola e Beatriz Amanajás: só orgulho

FIQUE LIGADO!!! No mês de janeiro você confere o programa balada fashion retro com as principais matérias de 2012. Todos os sábados ás 18:40 e reprise aos domingos às 13h. Contamos com sua audiência!!!

Casal Jane e Selles Nafes

Jornalista Silvio Souza


CadernoB

DiaDia

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Novo comandante da Guarda assume com deficit de 300 homens e ameaça de despejo Enquanto Luiz Álvaro era empossado para administrar a instituição, oficiais de Justiça estavam no prédio da GM para entregar a notificação de despejo por falta de pagamento do aluguel do imóvel que chega há um ano ELEN COSTA DA REDAÇÃO

A

partir de agora a Guarda Municipal de Macapá está sob nova administração. Foi empossado na manhã de ontem (10), no teatro das Bacabeiras, na primeira cerimônia oficial do prefeito Clécio Luiz, o inspetor Álvaro Luiz. É ele quem comandará nos próximos anos a corporação. Álvaro disse que tem grandes expectativas, já conta com o apoio efetivo da prefeitura. “O prefeito está vestindo a Guarda Municipal de valores éticos, morais, e transparência. Nós estamos cheios da vontade de trabalhar e já com promessas de grandes parcerias com o estado, com a segurança do estado, com o apoio direto e massivo do prefeito, que tem uma nova visão e trouxe essa nova visão para a guarda, trazendo membros históricos da sua classe para assumir”, falou o comandante. Planos Uma das promessas durante o discurso do novo comandante foi a de se unir com outros órgãos para reconstruir a cidade de Macapá. Álvaro admitiu que para ter um serviço de excelência dentro da cidade de Macapá, a Guarda Municipal precisaria de pelo menos 300 novos homens. Mas garantiu que mesmo em situação precária fará o que estiver ao alcance para que a instituição cumpra com eficácia e rigor as solicitações da comunidade macapaense. “Nós estamos com a vontade de reconstruir. O prefeito devolveu a dignidade para toda a classe. Temos que ativar a Defesa Civil em conjunto com as outras secretarias porque estamos nesse período in-

vernoso e os alagamentos estão aí. Vamos estar com todo o efetivo necessário para ajudar a reconstruir nossa cidade. A guarda municipal quer ajudar o prefeito a reconstruir a historia de Macapá. Os servidores estão trabalhando voluntariamente. Alguns deixando suas férias e folgas de lado. Estão vestindo seu fardamento trabalhando porque a vontade é de reconstruir. Nós realmente precisamos inovar a corporação para oxigenar e para atender a todas as solicitações das escolas, postos de saúde, praças e parques”, ponderou Álvaro. Já o prefeito Clécio Luiz garantiu que realizará concurso para aumentar o efetivo da Guarda Municipal. Mas disse que a prioridade inicial será resgatar a auto-estima dos servidores que fazem parte da corporação. “Faremos isso pagando o plano de cargos e carreira e o salário. Vamos dialogar para que a gente possa atingir essa meta progressivamente. Vamos investir em qualificação, investir em equipamentos. Voltar a fazer com que a Guarda Municipal tenha presença física e psicológica na sociedade. Que ela assuma seu papel como integrante do sistema de segurança. Isso significa que devemos fazer a guarda voltar a ser uma instituição respeitada. E para isso devemos fazer esses profissionais passarem por qualificação continuada. Temos que investir em equipamentos, insumos, materiais e também ter um local próprio, construído especificamente para ser o quartel da Guarda Municipal.”, certificou o prefeito. Com a cooperação do governo do estado a Guarda Municipal vai voltar a

CELIANE FREITAS

Vereadores foram até a 6ª Delegacia para resgistrarem boletim de ocorrência contra desaparecimento dos documentos daquela casa de lei

ter o espaço e integração com as demais instituições no Centro Integrado de Operações e Defesa Social (Ciodes). Assim também como reassumir a presença física e psicológica na orla de Macapá como no parque do forte, nos logradouros públicos e na rodovia Tancredo neves.

dentro da Guarda dando opiniões através de seus representantes, seus presidentes de bairro, através dos conselhos comunitários de segurança pública. Nós faremos todo um apanhado para que a gente não tenha nenhum tipo de prejuízo com a sociedade”, garantiu.

Armas de fogo Uma das principais lutas da Guarda Municipal de Macapá é a utilização de arma de fogo na corporação. Sobre o assunto o comandante disse que realizará estudos técnicos e jurídicos para que ao longo do tempo o projeto seja exposto ao prefeito e a sociedade. “Queremos que a sociedade esteja

Medidas de urgência A primeira medida de urgência tomada pela nova administração da Guarda Municipal é de reativar a fiscalização constante no trânsito. “Grande parte dos semáforos está quebrada e nós precisamos atender imediatamente a essa solicitação. Já estamos colocando os nossos servidores na frenCELIANE FREITAS

“A prefeitura deve todos os aluguéis. Alguns há quase dois anos. Deve os caçambeiros a cerca de seis meses. Deve os vigilantes. Deve todos os fornecedores de merenda escolar, de complementação alimentícia do programa escola viva, os transportes. Deve os uniformes escolares. Deve tudo”, expôs Clécio.

te das escolas e nas travessias. Tudo isso para que nós possamos ter uma guarda cidadã para atender bem a comunidade”, explicou o comandante. Outra atitude de emergência que será tomada por Álvaro Luiz é reativação máxima da frota de viaturas da instituição, já que a maioria dos carros está parada e/ou sucateada. “Essas medidas já foram tomadas e já começaram a funcionar para que a Guarda Municipal possa ter a mobilidade administrativa na fiscalização dos seus próprios membros e no atendimento a comunidade”, garantiu. Diferencial Álvaro Luiz encerrou seu discurso assegurando que seu grande diferencial será a transparência, a probidade administrativa, e a clareza. “Não mentir para os servidores, não usar nenhum tipo de subterfúgio que possa ofender a dignidade humana e nem a dignidade da própria corporação. Esse será o meu lema. Seremos transparentes e muito probos para que haja uma administração totalmente diferenciada das outras. Para que o cidadão chegue até a gente. Para que o servidor chegue aqui e seja bem atendido. Nós não aceitamos nenhum tipo de palavras que possa ofender nenhum servidor. Pois ele tem o direito de está esclarecido, ele tem que se sentir dentro da casa dele com liberdade”, finalizou o novo comandante. Constrangimento Transcorria tudo normalmente na cerimônia de posse do novo comandante da Guarda Municipal de Macapá até que uma pequena movimentação entre a diretoria chamou a atenção de todos que participavam do evento. A informação só foi revelada durante o pronunciamento do prefeito Clécio Luiz. De acordo com ele, naquele exato momento, oficiais de Justiça estavam na sede da instituição, localizada na Avenida Coaracy Nunes, no Centro da cidade, fazendo a notificação da ordem de despejo por falta de pagamento do

aluguel do imóvel, que se estende por um ano. “Não é possível que ao mesmo tempo em que a gente esteja aqui fazendo uma solenidade de posse com toda a guarda, nós estejamos sendo notificados com ordem de despejo do comando da guarda porque a prefeitura não paga o aluguel há mais de um ano. Não são dois meses, três meses. São 12 meses”, explicitou o prefeito. Dívidas Sob ameaça de despejo da Guarda Municipal, Clécio Luiz disse que não há outra alternativa a não ser efetuar o pagamento da dívida. Ele lembrou também de outras classes que estão há quase dois anos sem receber. Segundo o prefeito, o valor da divida da administração municipal somente com fornecedores ultrapassa dos R$ 1 milhão. “Nós temos que pagar. A prefeitura deve todos os aluguéis. Alguns há quase dois anos. Deve os caçambeiros a cerca de seis meses. Deve os vigilantes. Deve todos os fornecedores de merenda escolar, de complementação alimentícia do programa escola viva, os transportes. Deve os uniformes escolares. Deve tudo”, expôs Clécio. Ainda de acordo com informações de Clécio Luiz, a prefeitura tem uma dívida com consignados no valor de R$ 22 milhões e com a Macapá Prev no valore de R$ 28 milhões. “São muitas dívidas que obviamente nós não podemos nos esquivar, não podemos deixar para trás e dizer não vamos pagar, porque a gestão é impessoal. Agora claro que essas dívidas serão honradas progressivamente porque nós também temos que pagar os servidores. Os salários da atual gestão. Temos que limpar a cidade, fazer tapa buraco. Só pra se ter uma idéia, nós não temos hoje uma gota de asfalto. Então nós precisamos compatibilizar, honrar esses compromissos e ao mesmo tempo andar pra frente, pois foi pra isso que nós fomos eleito. O que não pode é a prefeitura sair taxada como sendo caloteira”, disse ele.


Geral

JD

B2

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Clécio avalia primeiros dez dias e diz que tem R$ 150 milhões em dívidas

Há exatos 11 dias à frente da administração municipal, o prefeito fez a avaliação da realidade da PMM e comentou sobre as ações iniciais de sua gestão GABRIEL FAGUNDES Da Redação

A

verdade é que desde o ano passado Clécio Luís (PSol), prefeito de Macapá, vinha colocando que a situação da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) era caótica. As falas se confirmaram: há 11 dias no comando da administração da capital amapaense, Clécio afirmou ter encontrado diversas irregularidades e pendências na PMM. Queima de arquivos Computadores, discos rígidos (HD’s), servidores de internet arquivos, tudo foi levado da PMM, o que não causou espanto no prefeito. “Sempre houve sonegação de informações. Hoje encontramos todo tipo de problemas na administração e nas finanças do município. Mas isso não nos amedontra, já sabíamos que era essa a situação, e há muito que vínhamos denunciado”, afirmou Clécio. Ao que tudo indica, a queima de arquivos parece ter ocorrido em todas as secretarias municipais. Na última quarta-feira (9), por

CELIANE FREITAS

exemplo, o secretário Éden Paulo, do Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh), afirmou que os primeiros diagnósticos da secretaria demonstravam esse tipo de irregularidade. Primeiras ações Segundo o prefeito, a sua prioridade ao assumir a PMM foi o pagamento de pessoal. “Já pagamos os professores, pessoal de apoio, a Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac), servidores efetivos”, comentou. O passo agora, Clécio acrescenta, é pagar os servidores da saúde, que compõem a maior folha de pagamento. “E ainda vamos pagar os vigilantes, merendeiras, caçambeiros e por último os cargos comissionados”. Dívidas Só para fornecedores da Prefeitura, Clécio afirmou que foi contabilizada uma de dívida de mais de R$ 150 milhões. “Nos próximos dias estaremos quitando esses compromissos que não foram levados a sério pela gestão passada”, finalizou o prefeito.

Há 11 dias no comando da administração da capital amapaense, Clécio afirmou ter encontrado diversas irregularidades e pendências na PMM.

CELIANE FREITAS

Centro de Música Walkiria Lima abre seleção para 70 vagas CELIANE FREITAS

Os técnicos confirmaram que nos dois locais havia grande quantidade de medicamentos que deveriam ter sido usados nas Unidades Básicas de Saúde da sede da capital e distritos.

Denúncias revela medicamentos e equipamentos hospitalares abandonados em depósitos ELEN COSTA Da Redação

D

uas denúncias de descaso com o dinheiro público e com a população levaram técnicos da Secretaria de Saúde do Município (Semsa), da Vigilância Sanitária e da Guarda Civil Municipal aos depósitos onde estariam guardados os medicamentos. A visita para constatação do que foi relatado, com pedido de segredo quanto à fonte, aconteceu na manhã de ontem (10). Os técnicos confirmaram que nos dois locais havia grande quantidade de medicamentos que deveriam ter sido usados nas Unidades Básicas de Saúde da sede da capital e distritos. Medicamentos, equipamentos como balança infantil, bebedouro lacrado, e equipamentos como autoclave, usado para esterilizar instrumentos, kit para exame de PCCU, soros, gel para utrassonografia, livros para orientação de agentes comunitários de saúde, documentos com termos que comprovam doações do Ministério da Saúde para o município, dentre outros materiais, foram encontrados.

Alguns medicamentos estão no prazo de validade, outros devem ser descartados. Há equipamentos que podem ser recuperados, outros não. Causou indignação a quantidade de medicamentos que perderam o prazo de validade, como para hanseníase, tuberculose, diabetes, hipertensão e remédios como o paracetamol. “É dinheiro jogado fora, são medicamentos e equipamentos caros, que deveriam estar salvando vidas e prevenindo doenças. A população padeceu por causa desse tipo de atitude. Não podemos permitir que fatos como esse volte a acontecer. Vamos apurar para que os responsáveis sejam punidos”, disse o prefeito Clécio Luis, que acompanhou a inspeção. O primeiro depósito visitado fica no bairro Jardim Felicidade I. O proprietário fez a denúncia e relatou que em outubro de 2012 foi procurado por funcionários da Prefeitura de Macapá (PMM) para alugar o espaço. Com a promessa de que o contrato seria assinado, ele entregou as chaves

do local e o material foi transferido. Ele procurou a atual gestão da Semsa para comunicar que no depósito estavam materiais hospitalares e que estava exalando um cheiro anormal, o que levou os profissionais até o depósito. No bairro do Trem, outra denúncia causou a segunda vistoria. O galpão estava fechado, porém, o proprietário permitiu que os cadeados fossem arrombados porque não estava com as chaves em mãos. Dentro, mais demonstrações de descaso: foram encontrados caixas com espéculos para preventivos, bacias em inox, documentos oficiais da Secretaria e do Ministério da Saúde, prontuários de pacientes e outros. A especulação de que materiais escolares estariam no local não procedeu completamente. Apenas carteiras quebradas foram achadas. A secretária adjunta da Semsa, Daniela Pinheiro, informou que o Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado e será feita uma perícia para que as providências sejam tomadas e os responsáveis penalizados.

De acordo com Sandra Regina, diretora adjunta do Centro de Música Walkiria Lima, há três tipos de processos seletivos

MÔNICA COSTA Da Redação

O

Centro de Educação Profissional de Música Walkiria Lima, inicia o Processo Seletivo 2013 para seleção de novos alunos aos cursos básico e técnico. As inscrições já iniciaram no dia 08 de janeiro e podem ser feitas até o dia 18 de janeiro, na secretaria escolar do CEPMWL, que fica localizada na Avenida Feliciano Coelho, 1959, bairro Santa Rita. De acordo com Sandra Regina, diretora adjunta do Centro de Música Walkiria Lima, há três tipos de processos seletivos, o de musicalização que é o aluno que entra no inicio, e processo de classificação que é a partir de um conhecimento prévio do curso básico e o curso técnico. “Os números de vagas ocorrerão por curso, turno, instrumento e limites de idade. Serão oferecidas

70 vagas para o curso técnico e 74 vagas para o curso básico” disse a diretora. Segundo ela, entre os cursos oferecidos estão: piano, violino, violão, baixo elétrico, flauta doce, clarinete, saxofone, trompete, violoncelo e canto lírico. Nos turnos da manhã, tarde e noite de acordo com vagas ofertadas. Para o estudante Adonias de Oliveira Soares, que é apaixonado por Orquestra Sinfonia Celeste se inscrever no curso de saxofone será a sua prioridade para o aprendizado. “Embora a maioria das pessoas preferem seguir a carreira de Músico, eu pretendo apenas aprender a tocar saxofone, porque me identifico com este tipo de instrumento,” disse o jovem. As vagas são para os turnos da manhã, tarde e noite e um dos pré-requisitos para a inscrição é ter no mínimo 10 anos e 12

anos, no caso do curso básico de saxofone. Das vagas ofertadas por curso, 3% são reservadas a candidatos indígenas, 5% étnico Racial e 5% aos portadores de deficiência, desde que as deficiências sejam compatíveis com o exercício de suas atividades profissionais, podendo as mesmas, serem ocupadas pelos demais candidatos na hipótese do não preenchimento pelo público do sistema de reserva de vagas. Para realizar a inscrição será necessário apresentação da carteira de identidade e o CPF ou Certidão de nascimento, na efetivação o candidato receberá o comprovante que indicará o local e horário das provas. As provas de Seleção para musicalização vai ocorrer no dia 1º de fevereiro. A Seleção para o curso básico e a Seleção para o curso técnico será nos dias 6 e 7 de fevereiro.


JD

Economia

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

B3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Inadimplência do consumidor cresce 15% O valor médio desse tipo de dívida ficou em R$ 322,60 no ano de 2012, um crescimento de 0,6% ante 2011

O

s aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que recebem acima do valor do salário mínimo terão um reajuste de 6,15% nos benefícios neste ano. Os dados foram publicados no “Diário Oficial da União” ontem. Uma aposentadoria de R$ 1.000, portanto, será reajustada para R$ 1.061,50. Veja exemplos no quadro abaixo. O teto pago pela Previdência será elevado para R$ 4.157,05. Atualmente, o valor máximo pago pela Previdência é de R$ 3.916,20. O aumento máximo, portanto, será de R$ 240,85. Segundo cálculos da Previdência, o aumento para quem ganha acima do salário mínimo representará um impacto de R$ 9,1 bilhões aos cofres públicos. O percentual de reajuste corresponde à correção pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), estimado pelo governo no Orçamento. O índice ofi-

para quem tornou-se aposentado ou pensionista em 2012. Nos bancos, a inadimplência subiu 8,2% em 2012 e registrou valor médio de R$ 1.310,31, alta de 0,6% na relação com 2011

cial será divulgado amanhã pelo IBGE. Desde 2011, o governo só tem dado a correção da inflação do ano anterior. O maior reajuste dos últimos anos foi em 2010, com correção de 7,72%, em um ano de inflação de 3,45%.

Para aqueles segurados que tiveram o benefício concedido a partir de fevereiro de 2012, o reajuste será menor, referente à inflação acumulada entre o mês de concessão do benefício e dezembro. Quem se aposentou em feverei-

ro, por exemplo, terá um reajuste de 5,61%. Ou seja, se recebe um benefício de R$ 1.000, passará a ganhar R$ 1.056,10. Aposentados em dezembro de 2012 terão reajuste de apenas 0,69%. Veja, na segunda tabela, o reajuste

Governo paga última parcela de 2012 do FPE

O

Banco do Brasil confirmou ontem (10) o depósito de R$ 2,683 bilhões do governo correspondente à última parcela de 2012 do Fundo de Participação dos Estados (FPE), referente aos dez últimos dias de dezembro do ano passado. Mesmo com a liberação, o impasse sobre as liberações continua porque o Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu, após reclamação de alguns estados, que a regra para o repasse é inconstitucional e deu um prazo até 31 de dezembro de 2012 para que o Congresso Nacional estabelecesse novos procedimentos. Como isso não ocorreu, o Ministério da Fazenda liberou o último recurso de 2012 com base em parecer do Tribunal de Contas da União (TCU) por entender que o dinheiro depositado ontem (10) leva em consideração critérios do ano passado e portanto está fora do prazo estabelecido para as mudanças. A questão agora é definir como serão feitos os próximos repasses. No final do ano, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) chegou a alertar que os recursos do FPE são fundamentais para os estados mais pobres. O mesmo entendimento é o do ministro interino da Fazenda, Nelson Barbosa, que ao deixar reunião com o presidente do STF, Joaquim Barbosa, e advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, na última segunda-feira (7), disse que

O

BB cria linha de crédito para financiar impostos de micro e pequenas empresas

O

Banco do Brasil (BB) passou a oferecer este mês linha de crédito para financiar os impostos das micro e pequenas empresas que faturam até R$ 3,6 milhões por ano. No total, está disponível um volume de R$ 1 bilhão até 31 de março deste ano ou até o término dos recursos. De acordo com o banco, a medida visa a atender a uma demanda dos empresários, principalmente no setor de comércio, que precisam de recursos para quitar tributos no início do ano, que muitas são mais elevados devido ao aquecimento das vendas do Natal. A linha de crédito oferece juros a partir de Taxa Referencial (TR) mais 0,96% ao mês. O prazo de pagamento pode chegar a 24 meses, contando com carência de até três meses para pagar a primeira

a maioria dos estados brasileiros têm nessa fonte de recursos uma importante parcela de sua receita total. “Tendo em vista que o Congresso não aprovou a tempo uma mudança na divisão do FPE, isso cria um impasse, não há dúvida. A União veio apresentar o problema ao Supremo Tribunal Federal e a impor-

tância econômica desse problema”, completou. Os recursos dos fundos são repassados aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios, pela participação, estabelecida na Constituição, na arrecadação de tributos federais. De acordo com informações do Tesouro Nacional, a Constituição de 1988 deter-

minou que, a partir de 1993, 44% do produto arrecadado com o Imposto de Renda e com o Imposto sobre Produtos Industrializados sejam destinados aos fundos da seguinte forma: 21,5%, ao Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal, e 22,5%, ao Fundo de Participação dos Municípios. (agenciabrasil)

Gasto com trabalhador doméstico é o item com maior impacto na inflação em 2012 custo dos empregados domésticos, que teve um aumento de 12,73% no ano passado, foi o item que teve o maior impacto na inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 2012. Além disso, a inflação desse tipo de serviço foi duas vezes maior do que o IPCA no ano, que atingiu 5,84%, segundo dados divulgados ontem (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a coordenadora de Índices de Preços do IBGE, Eulina dos Santos, o aumento do custo dos empregados domésticos é motivado, pelo menos em parte, pela ampliação das oportunidades no mercado de trabalho brasileiro, que tem levado uma parcela

Salário mínimo Quem recebe um salário mínimo, atualmente em R$ 622, terá direito a um reajuste maior, de 9% (R$ 678), já que esse é o aumento que o governo estipulou para o piso nacional. Como esse também é o menor valor pago pelo INSS, alguns segurados que antes não recebiam o

desses trabalhadores a procurar outros empregos. “O [custo do] empregado doméstico vem aumentando nos últimos anos. Com a alternativa de outros empregos, os empregados domésticos têm ficado cada dia mais escassos. E, com o salário mínimo aumentando acima da inflação, os salários têm sido pressionados”, disse. Outros itens que tiveram grande impacto na inflação em 2012 foram a refeição fora de casa, com alta de preços de 8,59%, o aluguel residencial (8,95%), planos de saúde (7,79%), cursos regulares (8,35%), cigarro (25,48%), lanches (11,23%), arroz (36,67%), mão de obra (11,57%) e passagem aérea (26%). Entre os grupos de despesas, os alimentos tiveram o principal impacto na infla-

ção, com uma alta de preços de 9,86%. Em seguida, vêm despesas pessoais (10,17%), habitação (6,79%), saúde e cuidados pessoais (5,95%), vestuário (5,79%) e educação (7,78%). Com impactos menores na inflação, aparecem os grupos de transpor-

tes (0,48%), comunicação (0,77%) e artigos de residência (0,84%). O principal impulso na inflação de 2012 aconteceu no último trimestre do ano, quando foi acumulada uma alta de preços de 1,99% nos três meses.(agenciabrasil)

mínimo passarão a ganhar pelo piso. É o caso de benefícios até R$ 638, que ficariam abaixo do novo salário mínimo com o reajuste de R$ 678. O impacto previsto com o reajuste dos benefícios equivalentes ao mínimo vão significar um gasto adicional de R$ 10,7 bilhões aos cofres públicos. De acordo com o INSS, esta faixa compreende cerca de 20 milhões de segurados. (folha.uol)

prestação. O empréstimo pode ser contratado com garantias reais ou pessoais. Para a empresa que não conta com garantias suficientes, o BB coloca à disposição o Fundo de Garantia de Operações (FGO), que garante até 80% do valor da operação. Segundo a instituição, 50% de recursos vêm do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) e de 50%, de conta própria do BB. De acordo com o banco, essa composição permite economia de 50% do valor do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), uma vez que o encargo não incide sobre os recursos do Pasep. O BB informou ainda que para, ter acesso ao empréstimo, a empresa precisa ser correntista do banco e ter cadastro e limite de crédito analisados. (uol)

Belém é a capital que registrou a maior inflação oficial no ano passado

B

elém foi a cidade com maior inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), entre as 11 capitais pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano passado. A capital paraense registrou uma inflação oficial de 8,31% em 2012. Mais cinco capitais tiveram inflação acima da média nacional, de 5,84%: Rio de Janeiro (7,34%), Re-

cife (6,79%), Fortaleza (6,7%), Salvador (6,2%) e Belo Horizonte (6,03%). Curitiba, que em 2011 registrou a maior taxa (7,13%), no ano passado teve um aumento de preços de apenas 5,73%. Também tiveram um IPCA menor do que a média nacional as cidades de Porto Alegre (5,56%), Brasília (5,43%), Goiânia (5,4%) e São Paulo (4,72%). (agenciabrasil)

Preços da construção civil têm alta de 5,68% em 2012

O

Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), que a mede a inflação do setor, fechou 2012 em 5,68%. Calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada ontem (10), a taxa ficou um pouco acima da registrada em 2011, 5,65%. No mês de dezembro, indicador subiu 0,43% e também ficou acima da taxa anterior, de novembro, quando houve alta de 0,22%. Em dezembro de 2011, o INCC subiu 0,12%. Em 2012, os custos da mão de obra tiveram inflação de

10,61%, maior do que a de 2011, quando o índice aumentou 9,6%. Por outro lado, os gastos com materiais diminuíram, passando de 2,64% para 1,67% de um ano para o outro, uma redução de quase um ponto percentual. Em geral, em dezembro do ano passado, os custos de uma obra por metro quadrado no país chegaram a R$ 855,64, sendo R$ 453,79 referentes a gastos com materiais e R$ 401,85, com mão de obra. Em 2011, os valores eram R$ 446,35 e R$ 363,30, respectivamente. (agenciabrasil)


JD

Diversão&Cultura

“Big Bang” e “Jogos Vorazes” vencem a 39ª edição do People’s Choice Awards

Cerimônia, apresentada pela atriz de “The Big Bang Theory” Kaley Cuoco, aconteceu na madrugada de ontem (10) no Teatro Nokia, em Los Angeles

Jogos Vorazes” foi escolhido o Filme Favorito na 39ª edição do People’s Choice Awards. A série “The Big Bang Theory” foi a vencedora na categoria Comédia de TV Favorita. A cerimônia, apresentada pela atriz de “The Big Bang Theory” Kaley Cuoco, aconteceu na madrugada de ontem (10) no Teatro Nokia, em Los Angeles. Os vencedores do People’s Choice Awards, que premia desde 1975 o melhor do cinema, TV e música dos EUA, são escolhidos pelo público. A edição deste ano contabilizou 450 milhões de votos. Logo no início do evento, Jennifer Aniston foi premiada como Atriz Favorita de Comédia em Cinema, e os fãs escolheram Taylor Swift como a Artista Favori-

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

B4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Celebridades 1º beijo do BBB13 Fani e Nasser trocam beijos na beira da piscina durante Festa Rave

Durante a Festa Rave, na madrugada de ontem (10), começaram a rolar as primeiras investidas amorosas dos brothers. Na beira da piscina, Fani cedeu aos pedidos de Nasser dando um rápido selinho no gaúcho. O brother pareceu gostar da brincadeira e deu um beijo um pouco mais longo na sister, que logo cortou a brincadeira e saiu na sequência, deixando Nasser sozinho. Visivelmente alterada, Fani se mostra uma das mais animadas na festa. Minutos antes, a sister trocou de roupa na beira da piscina, com a ajuda de Anamara, que tapou os seios da amiga com as mãos. Os brothers continuam a aproveitar a piscina enquanto a Festa Rave agita a madrugada do “BBB13”.. (uol)

Um grnade homem Charlie Sheen paga funeral de fotógrafo que seguia Justin Bieber

Elenco de “The Big Bang Theory” recebe o prêmio de Comédia de TV Favorita do People’s Choice Awards

ta de Country. Os atores Jensen Ackles e Jared Padalecki, de “Supernatural”, o Programa de Ficção Científica Favorito, anunciaram a Banda Favorita, prêmio que ficou com Maroon 5. “Estar em uma banda, sem os fãs, você não é nada. Muito obrigado a todos que nos apoiaram”, disse Adam Levine, que chegou a se emocionar e se confundir com o discurso ao receber o prêmio. Em seguida, Alicia Keys apresentou o hit que dá nome ao seu novo disco, “Girl on Fire”. Ellen DeGeneres, a Apresentadora Favorita de TV em Horário Diurno do People’s Choice Awards, anunciou a vencedora do prêmio de Atriz Favorita de Comédia para TV, que ficou com Lea Michele, de “Glee”. A série musical também foi premiada em Ator Favorito de Comédia na TV, por Chris Colfer. O Ator Favorito de Comédia para Cinema foi Adam Sandler e o cantor country Jason Aldean se apresentou em seguida fechando outro segmento da cerimônia. O Melhor Artista Revelação foi o grupo The Wanted, que venceu as boy bands One Direction e Fun na categoria. “Nós nunca esperamos ganhar, muito obrigado”, disse o vocalista Max George. Os atores Stephen Amell, de “Arrow”, e Morena Baccarin, de “Homeland”, anunciaram a Melhor Atriz de Cinema, Jennifer Lawrence, de “Jogos Vorazes”. O Artista Pop Favorito do People’s Choice Awards foi Katy Perry, que disse que devia existir um prêmio de melhores fãs. “Eles me deram tempo para crescer

como artista”, falou. A Atriz Dramática Favorita de TV foi Ellen Pompeo, a Meredith Grey de “Grey’s Anatomy”. Nathan Fillion foi o Ator Dramático de TV Favorito e Robert Downey Jr. o Ator Favorito de Cinema. Em seguida, a cerimônia homenageou Sandra Bullock por seus esforços para a reconstrução de Nova Orleans após a destruição causada pelo furacão Katrina. Ela se tornou a primeira vencedora do prêmio Humanitário Favorito do People’s Choice Awards. A vencedora do prêmio de Atriz Dramática Favorita foi Emma Watson, que está no longa “As Vantagens de ser Invisível”. Heidi Klum anunciou a última apresentação musical da noite, que foi de Christina Aguilera. A cantora recebeu em seguida o prêmio People’s Voice.. (uol)

Gil fica intrigado com a cena que testemunhou. Ju ajuda Lia a escolher sua roupa para o casamento de Isabela e Leandro. Valentina decide deixar o hostel. Gil fala para Ju que acredita que Dinho se envolveu com a argentina. Clô implica com a decoração do Misturama para o casamento. Cezar dispensa Britney e acredita ter resolvido seu problema com ela. Dinho encontra Lia e elogia o figurino da namorada. Ana pede para ir ao casamento com Bruno e Ju. Marcela tenta acalmar Isabela que está ansiosa. Na frente de Dinho, Gil conta para Lia que o namorado discutiu com Valentina na rua. Fatinha conta para Dinho que Valentina foi embora.

Guerra dos Sexos Charlô não se conforma de ter perdido a corrida para Otávio. Analú ameaça contar para a avó sobre a armação de Kiko. Roberta aconselha Felipe a conversar com Juliana. Nando vai ao sítio levar mantimentos para Juliana. Isadora recebe suas malas de volta e é rude com Ulisses. Analú conta que Kiko dopou o cavalo de Otávio. Juliana acusa Nando de ter revelado seu caso com Fábio para Manoela. Otávio se vangloria por ter conseguido enganar Charlô. Nando se declara para Juliana e a beija. Charlô convence Roberta a conversar com Nando. Ronaldo tenta ser gentil com Isadora. Ulisses fala para Lucilene que não quer ficar com ela, e Frô a consola.

Alguém discorda Beyoncé é eleita mulher mais sexy do século 21 por revista masculina

A cantora Beyoncé, 31 anos, foi eleita a mulher mais sexy do século 21 pela revista masculina “GQ”. A publicação listou um total de 100 mulheres. Na capa, Beyoncé aparece vestindo camiseta rasgada deixando ligeiramente à mostra os seios. Ela também usa uma calcinha estampada e corrente de ouro na cintura. Esta é o primeiro ensaio estrelado pela artista depois de ter sido mãe. Em janeiro de 2011 ela deu à luz Ivy Blue, fruto do casamento com o rapper Jay-Z.. (uol)

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) A noticia astral de hoje é o transito de Vênus em Capricórnio, para sua estadia anual no signo das coisas duráveis. Bom pra você curtir o lado gostoso de ter um cantinho com seu amor, e para ter orgulho dele. Vale até 2/2 Touro (21 abr. a 20 mai.) A partir de hoje e até 2/2 Vênus, o planeta que comanda seu signo, transitará o signo irmão de Capricórnio. Não é luxo e glamour, mas durabilidade e convencionalismo que determinarão escolhas pessoais, financeiras e amorosas. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.)

A atriz de “Jogos Vorazes” Jennifer Lawrence recebe o prêmio de Melhor Atriz de Cinema da edição de 2013 do People”s Choice Awards. O longa também foi premiado em Filme Favorito

Resumo das Novelas Malhação

O ator Charlie Sheen enviou um cheque de US$ 12 mil à família de Chris Guerra, fotógrafo que morreu atropelado ao tentar registrar Justin Bieber em sua Ferrari no dia 1º de janeiro, informou o site TMZ. O dinheiro deve ajudar nas despesas do funeral, que aconteceu ontem (11). Amigo de um fotógrafo próximo a Guerra, Sheen soube que a família estava tentando levantar um dinheiro para pagar a cerimônia e decidiu ajudar. (uol)

Lado a Lado Albertinho expulsa Elias e Olavo do campo de futebol. Diva desmaia durante a encenação da peça, e Luciano a ajuda. Edgar fica furioso ao saber que Laranjeiras atacou Laura. Celinha fica indignada com Alice ao perceber que a sobrinha gosta da ideia de ser cortejada por Gustavo. Edgar agride Laranjeiras. Sandra fica irritada com Praxedes, diante da recusa do pai de agir contra Laranjeiras. Edgar tenta convencer Bonifácio a abrir o capital da fábrica. Isabel explica a Jurema sobre a matéria que Laura fará sobre a cultura do seu povo, e pede à tia segredo sobre a identidade de Paulo Lima. Edgar decide escrever uma matéria sobre a agressão às mulheres no trabalho.

Salve Jorge Russo acompanha Lucimar à casa de Helô e intimida Morena e Jéssica. Morena pensa em entregar o bilhete de Waleska. Lívia fala para Wanda que precisa tirar Helô de seu caminho. Arturo e Isaurinha imploram que Celso não faça escândalo com Antônia. Sidney filma a discussão entre o casal. Barros e Jô suspeitam de que Pescoço esteja envolvido no sumiço da filha de Delzuite. Theo vê Morena entrar em uma boate e fica abalado. Rosângela grava uma conversa de Waleska sobre Morena e Jéssica. Deborah avisa a Celso sobre o vídeo divulgado na internet com a briga entre ele e Antônia. Demir leva Zyah à loja do pretendente de Ayla.

Se você aproveitou bem os meses anteriores pra criar algo novo, como uma atividade capaz de gerar renda extra, prepare-se: Vênus promete trazer ganhos e benfeitorias materiais como bom resultado dela. Curiosidade no amor. Câncer (21 jun. a 21 jul.) O planeta do amor passa a transitar o signo que gere seus relacionamentos estáveis. Escolhidos com realismo e convencionais, sem novidades da moda, eles fluem como uma ajuda para você ancorar. Timidez no amor. Leão (22 jul. a 22 ago.) Depois de um período quente e bem solto nas artes do amor e do sexo, Vênus puxa as rédeas e traz perguntas chatas pra você: é pra valer? Vai durar? A sensualidade se mantem, mas o fogo demora a acender um pouco mais. Virgem (23 ago. a 22 set.) Temporada aberta de muito sexo e sensualidade a flor da pele com Vênus agora no signo irmão de Capricórnio. Tudo muito discreto e de bom gosto, mas sempre com altas doses de carinho! Vale até 2/2, vai conferir.

Libra (23 set. a 22 out.) Depois de tantas andanças por ai chega o momento de se voltar pra dentro, cuidar da cassa, quem sabe ate vender o imóvel, e comprar algo mais bacana. Vênus em Capricórnio favorece estas incursões até 2/2. Busca de segurança. Escorpião (23 out. a 21 nov.) Falar bonito não é pra qualquer um! Você pode treinar agora se consegue encantar, atrair e seduzir alguém por meio da sua expressão no ambiente imediato. Vênus em Capricórnio tem a ver. E aproxima você dos amigos e irmãos também. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Seu trabalho vai render mais nos próximos dias. Vênus em Capricórnio pede um pouco de paciência, disciplina e tolerância zero pra estouvamentos financeiros, mas ao menos garante um chão bem firme pra você sonhar depois. Capricórnio

(22 dez. a 20 jan.) Um período poderoso se aproxima pra você! Fala seu jogo, seus planos, suas metas devem ser iniciadas em breve. Vênus agora em seu signo ainda dá uma ajudazinha extra no astral, aumenta seu encanto e poder sedutor.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Você sabe que há momentos bons pra se retirar do mundo e curtir um bom livro e uma caminhada na praia, arejando a mente, soltando o nervosismo pela pele. Vênus em Capricórnio agora amplia esta conexão terrena. Peixes (20 fev. a 20 mar.) Só mesmo os amigos leais, de sempre, podem satisfazer sua sede por fidelidade. Pode ser que eles não sejam os melhores companheiros para uma noitada inconsequente, mas são seus apoios verdadeiros para toda uma vida..

Jornal do Dia 11/01/2013  

Jornal do Dia 11/01/2013

Advertisement