Page 1

GREEN DAY

ELITISMO

VOTO

Vocalista passa bem

No ensino técnico

Contrariado do revisor

Assessoria disse que ele estava se recuperando de “desconfortos gástricos”. nC4

Voto de Lewandowski voltou a contraria o relator. nA5

Isso é o que vê o especialista Claudio de Moura Castro.nA4

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Quinta-feira, 06 de Setembro de 2012 - Ano XXV DIVULGAÇÃO

Amarildo falou sobre as perdas

PERDAS SALARIAIS

• Domingo e Segunda R$ 3,50 • Terça a Sábado R$ 1,50

SEM DINHEIRO, SEM PROJETOS

GEA enfrenta protesto contra baixo orçamento da UEAP Mais uma vez os acadêmicos da Universidade Estadual do Amapá (Ueap) foram às ruas cobrar melhorias para a instituição. Carregando apitos

e faixas, os estudantes saíram do prédio da universidade até o Palácio do Setentrião em forma de protesto. nB2 HEVERTON MENDES

Grupo Gestão promete paralisação

Sindicato tenta negociação e reafirma que servidores estão insatisfeitos com o reajuste de apenas 12% do governo. nB4

FATALIDADE

Policial morre em acidente na estrada do Jari nB3

Segundo os acadêmicos, a principal bandeira de luta é o orçamento, porque todos os problemas da universidade surgem daí DIVULGAÇÃO

SEMANA DA PÁTRIA

NO ABANDONO

UNA completa14 anos de criação sem comemoração Abandonada há mais de dois anos, o espaço que antes mantinha uma programação cultural extensa passa por um dos piores momentos da sua história. nB1 HEVERTON MENDES

Desfile do Dia da Raça leva dois mil estudantes ao Sambódromo A data foi resgatada pela Secretaria Municipal de Educação como parte da programação pedagógica voltada à Semana da Pátria. O

evento que teve a finalidade de integrar a comunidade estudantil às comemorações pela Semana da Independência. nB1 HEVERTON MENDES

Seu Jorge faz show hoje na Expofeira

HOJE

Seu Jorge traz swing carioca para arena da Expofeira O público que visitar a 49ª Expofeira Agropecuária do Amapá hoje, 6, terá como atração nacional o cantor Seu Jorge. O evento acontece na arena de rodeio, a partir das 0h. nB2 O que se vê no local é lixo, mato e nenhuma atividade cultural Professores e estudantes desfilaram ontem, no final da tarde

JOGO DE EMPURRA

Regularização no Boné Azul é embargada pelo município, diz IMAP

LUTA À VISTA

O Programa Lote Legal que tem como objetivo regularizar os loteamentos e emitir títulos definitivos está enfrentando a burocracia do município, acusa o IMAP. nB1

Brasileiro promete nocaute em Toronto, no dia 22 de setembro, e fala em tom ameaçador em direção ao norte-americano. nA7

Belfort: “é bom Jones estar pronto”

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

Opinião

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

Da Fab para os bairros RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

D

esde o ano passado que as autoridades do Governo do Estado e principalmente, da Secretaria do Estado da Educação, vêm encontrando dificuldades para lidar com os professores da rede pública estadual. Em 2011 a confusão começou no final de maio e se estendeu pelo resto do mês e só arrefeceu na última quinzena de junho, depois que o Governo acenou com possibilidade de atender 20 reivindicações que estavam no documento que foi entregue ao governador do Estado. A principal questão, na alegação dos professores, representados pelo sindicato profissional da categoria já era, naquele momento, o pagamento do Piso Nacional do Professores. Durante o segundo semestre o clima entre os gestores e os sindicalistas se apresentou amenizado e, mesmo “empurrando com a barriga” o ano escolar terminou no começo de

janeiro deste ano. Em 2012, desde o começo das aulas em fevereiro, que os professores começaram a procurar as autoridades do setor, mas não conseguiram fechar uma pauta de negociações progressivas. A cada reunião tudo recomeçava do zero. No começo de maio os professores, já tendo como interlocutor o terceiro secretário de educação, fecharam questão na base do “tudo ou nada” e, como não tiveram resposta, entraram em greve que foi, liminarmente, considerada ilegal e dando a munição que o governo precisava para os contrataques e acirramento do ânimo entre as duas partes em confronto. Enquanto isso os alunos, em casa, esperavam inquietos pelas medidas que o governo e o sindicato tomariam para começar a resolver o já prejudicado ano escolar. Nem mesmo uma proposta de conciliação, feita pelo desembar-

gado prevento da questão, alcançou êxito. No final de junho, a dois dias do que fora planejado para o primeiro semestre, os professores comunicaram que estavam voltando ao trabalho. Uma estratégia para que as férias de julho não fossem prejudicadas e os professores recebessem, integralmente, pagamento do mês de julho. No final da primeira semana de agosto uma reunião, em praça pública, do sindicato dos professores deu a entender que nada havia sido resolvido. As cenas de vandalismo na sala de entrada do prédio da Secretaria de Estado da Educação, com o secretário recolhido em outra sala do mesmo prédio, mostravam o ambiente que administradores e professores contavam para a “negociação”. O clima que continua ruim, apesar das mídias veiculadas na televisão e no rádio, chegava às administrações das escolas. Na terça-feira, por exemplo, ocorreu um problema que tinha tudo para ser simples. Foi na Escola Esta-

Aparelhamento ANTONIO DELFIM NETTO Colunista Folha S.Paulo

O

Brasil tem avançado institucionalmente desde a Constituição de 1988, entretanto, em matéria de administração pública, a situação é ainda muito precária. O dramático crescimento do Estado e a tendência ao “aparelhamento partidário” são facilitados pela estabilidade, pela maior remuneração e pela melhor perspectiva de benefícios futuros do funcionalismo. Esse é um fator preocupante para a organização de um setor público eficiente, transparente e, de fato, republicano. É um grave equívoco pensar que o “grande aparelhador” foi o Partido dos Trabalhadores, para “fincar” sua “ideologia” no Estado. A história revela que ele é exatamente igual a todos os outros que chegaram ao poder. O supostamente virtuoso PSDB fez rigorosamente o mesmo. Na prática, a “ideologia” é só codinome elegante da “fisiologia”!

Os partidos sem ideologias aparentes não têm como esconder-se. São alvos fáceis dos que se pretendem “ideológicos” e diretamente marginalizados como “fisiológicos”. Nada disso é novidade. A disputa entre o janismo e o adhemarismo, em São Paulo, mostrou isso com toda crueza e deselegância: quem ganhava a eleição demitia, no primeiro decreto, todos os funcionários não estáveis admitidos pelo antecessor. O processo foi se aperfeiçoando. Quem - quando no poder - pode fazer um concurso manipulado para dar estabilidade aos seus correligionários não perde a oportunidade de fazê-lo. A Prefeitura de São Paulo mostrou isso há menos de 20 anos. Quando os concursos são controlados por grupos já instalados e que se pensam portadores da ideologia “verdadeira”, a tendência é dirigi-los para cooptar os “seus”, como

mostraram o PSDB e o PT recentemente. O caso do Ipea é paradigmático: com o PSDB, ele perfilhava um pretensioso cientificismo acadêmico, que vive no mundo do pensamento; sob o comando do perseverante e competente Marcio Pochmann, abandonou o alfabeto grego e mergulhou na mais lamacenta, profunda, íntima e bruta realidade brasileira! Talvez o pêndulo tenha caminhado rápido demais. Sendo membro do conselho do Ipea, creio que a presidenta fez uma boa arbitragem. Nomeou

dual Antônio Messias. Uma escola com 14 salas de aula, todas com mais de 45 alunos e que já foi referência no Estado, localizada no Bairro do Zerão. Pois bem, naquele dia faltou água na escola. No momento a diretora não estava na Escola, muito embora o relógio já marcasse mais de oito e meia da manhã. Os alunos foram dispensados e os problemas escancarados. São muitos e precisam ser resolvidos para o bem do ensino. Isso precisa ser visto com especial responsabilidade. Os pais, alguns deles voltando do trabalho para atender a emergência, não se conformaram e estão pedindo providências para que questões dessa ordem não ocorram mais. Deu para perceber que os alunos, apesar de muito jovens, estão sentindo no coração o problema e esperam juízo das autoridades para que essas questões não se agravem, pois sabem que eles já estão superando a capacidade dos que têm a incumbência de resolvê-los.

o ilustre economista e renomado pesquisador Marcelo Neri, com respeitável formação neoclássica, mas que construiu seu nome metendo a mão em problemas cruciantes que afligem o cidadão brasileiro. A propósito, os atuais estudos do Ipea podem dar melhor suporte às políticas públicas. Por exemplo, seus trabalhos recentes sobre o diferencial dos salários entre os setores público e privado. Eles mostram a validade dos argumentos do governo na disputa que terminou na greve insensata do funcionalismo federal. (esta coluna foi publicada integralmente no Jornal Folha de S.Paulo)

CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

Editorial

Situação reveladora

C

hamou atenção ontem, na propaganda política na TV, um comercial inserido ao longo da programação, direcionado contra um dos candidatos à Prefeitura de Macapá. Na peça publicitária, uma personagem fala que um homem que bate em mulher não tem condições de administrar uma cidade. O texto tem tom coloquial, como se fosse o fragmento de uma conversa entre duas amigas. O que surpreende na referida peça não é tanto a sua linha de argumentação, mas sim o repugnante artifício usado para sua veiculação. Ao contrário do que determina a Lei Eleitoral, o filme não é assinado por nenhuma coligação. Ou seja, os autores tentam esconder-se sob o manto do anonimato, para não assumir o ônus do baixo nível do ataque desferido. A vileza da manobra é ainda maior porque nem mesmo o alvo do ataque é claramente identificado, embora seja fácil saber quem a propaganda quer atingir. Trata-se de uma insinuação pouco sutil a respeito do candidato Clécio Luís (PSOL), mas como o filme não especifica o nome de ninguém, torna-se mais difícil o pedido de um direito de resposta. Todos sabem que antes do início da campanha eleitoral, Clécio Luís envolveu-se numa situação complicada com sua ex-esposa, Cleidenira Monteiro. Pelo Twitter, ela o acusou de agressão doméstica. O caso teve impacto negativo sobre a campanha eleitoral de Clécio. Como, contudo, os seus efeitos parecem es-

tar diminuindo, um dos adversários do candidato do PSOL decidiu que seria a hora de colocar novamente o dedo na ferida. E o fez da maneira covarde descrita acima. Em seu discurso na Convenção dos republicanos, na noite de terça-feira, 4, a primeira-dama norte-americana, Michele Obama, fez uma bela declaração, ao dizer que o poder não muda uma pessoa, mas revela quem ela é. Da mesma forma, a maneira como busca chegar ao poder também revela muito do caráter de um político. Se para chegar lá, o candidato considera que todos os meios são válidos, com certeza ele não terá escrúpulos no exercício do seu mandato. Ali, os fins também serão usados para justificar os meios. Por isso, é importante que o eleitor fique atento, e procure identificar quem foram os autores desse filme anônimo veiculado no dia de ontem e de outras armas censuráveis usadas na campanha eleitoral, pois elas são um excelente indicativo a respeito do comportamento futuro dos candidatos. Não se descarta, porém, que a propaganda tenha sido fruto apenas da mente iluminada de algum marqueteiro, veiculada sem o prévio conhecimento do candidato da coligação. É difícil, mas pode acontecer. Neste caso, para deixar as coisas transparentes, caberá ao candidato (ou candidata) vir a público para esclarecer o ocorrido e dizer o que acha do episódio. Do contrário, o eleitor poderá concluir que quem cala, consente.

Hora-Hora

Agenda - Reunião do candidato Clécio Luis (PSOL) com empresários, prevista para segunda-feira, foi reagendada para terça-feira, às 19 horas, no auditória da Acia. A entidade fará reunião com todos os candidatos à Prefeitura de Macapá. Jornal do Dia é parceiro na iniciativa e fará a cobertura integral do evento.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994) Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe Interino: Marcelo Ignacio da Roza Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos

A2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br josemaria@jdia.com.br mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representantes comerciais JC Repres. Com. Ltda. - Brasília, DF n Tel. (61) 2262-7469 - Rio de Janeiro, RJ nº Tel. (21) 2223-7551, São Paulo New Mídia - Belém-PA (Gil Montalverne) Tel.: (91) 3279-3911 / 8191-2217 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 12 Pág

Edição número

7999

Armadilha - Conhecida financeira em todo o Brasil, cuja marca ostenta publicidade nas camisas de clubes profissionais, está nas saídas de bancos distribuindo vistosos panfletos com oferta de empréstimos consignados. Real valor - A oferta é dirigida a funcionários públicos federais, estaduais, municipais, aposentados, pensionistas do INSS e das Forças Armadas. Quem emprestar R$ 5 mil, para pagar em 72 meses, vai desembolsar quase o dobro. Se for em 84 meses, paga quase uma vez e meia o valor emprestado. Quando a esmola é grande... Surpresa - Sem pesquisas para balizar um possível resultado da eleição majoritária no município de Santana, o segundo maior colégio eleitoral do Estado, o jeito é acreditar no popular boca a boca. Polarizado - Dizem por lá que a situação está polarizada

entre duas candidaturas, com maior probabilidade para um(a) com forte influência familiar. E aguardar. Precioso - Já tem batedeira de açaí em Macapá cobrando até R$ 8,00 pelo litro do produto, do tipo comum. Se o cliente quiser do “médio”, o preço pode chegar a R$ 10,00 e do grosso, a R$ 15,00. Mercado - Aumento exagerado deve-se a uma questão de mercado: deste mês até janeiro o açaí vendido em Macapá vem quase todo das ilhas do Pará, já que o Amapá vive período de entressafra. Com escassez de produto e demanda aquecida, não dá outra: preço alto. Turismo - Apesar das secretarias de Turismo de todos os 16 municípios do Estado não incentivarem a ida de visitantes as suas sedes, uns empresários, mesmo assim, resolveram investir em pequenas pousadas e até em confortáveis hotéis. Opção - Quem visitou Mazagão, durante a festa de São Tiago, em julho, voltou elogiando as acomodações de um hotel no centro da cidade, assim como o restaurante da casa, que oferece comidas de paladar caseiro e bebidas a preços interessantes.

Frases do Dia “A adversidade tem o efeito de despertar talentos que em circunstâncias prósperas teriam continuado adormecidos.” (Horácio)


JD

“ ”

Geral

Entre Aspas

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista cantanhede@jdia.com.br

Ao ataque - Demorou, mas a baixaria e a troca de acusações no horário eleitoral gratuito chegou. E chegou com força! Vejam que esta semana, a maioria dos candidatos partiu para o ataque. Já dá para imaginar o que vem pela frente...

Defesa – O prefeito Roberto Góes (PDT) usou parte do seu tempo de TV para se defender das cutucadas que vem recebendo dos demais candidatos quanto a Operação Mãos Limpas. Ataque – Já o candidato Clécio Luis (PSOL) vem batendo pesado em cima da atual administração de Roberto, mostrando as mazelas que não foram solucionadas. Violência – Clécio, por sua vez, também já virou alvo de algumas chamadas na TV por conta das denúncias feitas por sua ex-esposa, de violência contra a mulher. No vídeo, uma dona de casa pergunta se quem bate em mulher tem condições psicológicas de governar Macapá. Críticas – Davi Alcolumbre (DEM) também não poupou críticas à atual administração municipal, porém, vem focando mais na experiência que acumulou como deputado federal. Mais ataques – Já a candi-

data Cristina Almeida (PSB) resolveu misturar o bate-papo com o governador Camilo Capiberibe (PSB) e as falhas do mandato de Roberto.

Duvidoso – Tenho minhas dúvidas se a participação do governador Camilo Capiberibe no programa de Cristina foi uma boa jogada de marketing. Depois de tantas greves, protestos e críticas, Camilo pode não parecer neste momento um bom “padrinho” para Cristina.

Ingenuidade – Agora, uma coisa me chamou a atenção na prometida parceria “Cristina e Camilo”. Se o governo diz que pode fazer tanto junto com a prefeitura, caso Cristina seja eleita, porque não faz com Roberto? Sem ataques – O único candidato que até agora manteve o nível no programa eleitoral foi Milhomen (PCdoB) que em vez de atacar candidato “A” ou “B”, resolveu mostrar projetos aprovados e propostas para a capital. A meu ver, este é o melhor caminho a ser seguido, mesmo sabendo que promessa feita não é garantia de nada.

Golpe - O presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirmou em evento do partido que o caso do mensalão foi um “golpe” patrocinado pela elite, que recorreu a setores da “mídia conservadora, passando pelo Judiciário”, para derrotar o partido. Descontrole - A meu ver, tal declaração de Falcão é um sinal de descontrole pelo qual seu dirigente passa diante do julgamento, uma vez que as provas estão nos autos e nada foi inventado ou caiu do céu. Se roubou ou foi corrupto tem que ir para a cadeia. Sim, aquela mesma para onde vão os ladrões de galinha. Chega de pilantragem! A sociedade brasileira merece muito mais do que isso.

A3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Uso de laser contra aviões e esportistas pode se tornar novo tipo de crime no país Na área esportiva, goleiros são alvos dessas práticas

Substituída - Em sua despedida do cargo de corregedora nacional de Justiça, a ministra Eliana Calmon fracassou na tentativa de abrir processos contra juízes e desembargadores suspeitos de envolvimento com omissões, irregularidades e atos de corrupção. Quem assume - Tida como rigorosa, Eliana será substituída hoje, na Corregedoria, pelo ministro Francisco Falcão – também lotado no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Até amanhã...

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@jdia.com.br

Planos ilimitados afetam qualidade da telefonia celular, dizem deputados

O

deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Subcomissão Especial de Telefonia Móvel, afirmou ontem que os planos que preveem ligações gratuitas entre celulares da mesma operadora podem estar afetando a qualidade dos serviços. A subcomissão funciona no âmbito da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, que promoveu audiência pública sobre a qualidade da telefonia celular no País. De acordo com Eduardo Cunha, os planos ilimitados geram congestionamento da rede e impactam todo o sistema de telefonia celular. “O consumidor que paga pelo serviço está sendo punido”, disse. “Não podemos voltar ao tempo em que o telefone não funciona e a ligação não completa”, enfatizou. O deputado acredita que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem que atuar para resolver esse problema. Para o relator da subcomissão e presidente da Comissão de Fiscalização, deputado Edmar Arruda (PSC-PR), a Anatel tem que ser rigorosa na fiscalização das empresas. “O plano Liberty da TIM é uma enganação para o consumidor”, ressaltou. “Criou-se o plano ilimitado para se vender mais celulares, mas, a cada dez assinantes, um fala e nove não conseguem”, completou. “Algumas empresas podem estar de fato com problemas nas chamadas ilimitadas dentro da própria rede, o que pode estar gerando sobrecarga”, disse o presidente da Anatel, João Batista de Rezende. Porém, segundo ele, o plano comercial e mercadológico das empresas é decisão de cada uma delas e não pode haver interferência da agência. A Anatel está investigando, entretanto, se há distorções em relação à aplicação dos planos ilimitados, com derrubada pro-

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

posital das ligações.

novembro.

Fiscalização O deputado Nelson Marchezan Júnior (PSDB-RS) critica a visão de que o problema na prestação do serviço celular é o “barateamento dos serviços por parte de algumas empresas”. Para ele, esse é um caminho “inadequado”. Marchezan Júnior e Vanderlei Macris (PSDB-SP) consideram que a Anatel atuou tardiamente ao proibir a venda de chips pelas operadoras de celular, já que os problemas na qualidade do serviço são antigos. Marchezan lembrou que as empresas de telefonia celular aparecem no topo da lista de reclamações nos Procons de todo o País há vários anos. Entre julho e agosto deste ano, a Anatel proibiu TIM, Claro e Oi de vender chips em vários estados do País por 11 dias. A agência liberou as vendas após as empresas terem apresentado plano de melhoria da qualidade do serviço e terem se comprometido a investir R$ 20 bilhões até 2014. Conforme o presidente da Anatel, o órgão vai acompanhar, a cada três meses, a evolução dos indicadores de qualidade do serviço e do plano de investimentos. Rezende se propôs a voltar à comissão após a primeira avaliação da Anatel sobre a medida, que será feita em

Críticas O relator da subcomissão, Edmar Arruda, criticou a retomada rápida da venda de chips. “A proibição deveria ficar pelo menos seis meses”, opinou. “Se as operadoras têm dinheiro para fazer propaganda, têm dinheiro para melhorar o serviço”, completou. “A Anatel acordou em um dia e dormiu poucos dias depois”, opinou o deputado Edio Lopes (PMDB-RR). Ele acredita que é preciso repensar o modelo de agências reguladoras no País. Para o deputado Vaz de Lima (PSDB-SP), “a agência não cumpre o que é básico em seu papel: olhar a telefonia sob a ótica do consumidor”. Marchezan Júnior afirmou ainda que punição da Anatel sobre as empresas tem sido ineficaz, destacando que menos de 15% das multas aplicadas pela agência reguladora foram de fato recolhidas pelas operadoras. Já Macris questionou a ausência de penalidades com valor alto aplicadas pela Anatel, já que o órgão pode, pela legislação, aplicar multas de até R$ 50 milhões. O presidente da Anatel afirmou que a agência tem aplicado multas, mas que o processo administrativo é lento, ressaltando que as empresas podem recorrer, inclusive judicialmente. (Agência Câmara de Notícias)

Simulação mostra que os raios podem ofuscar e até causar cegueira momentânea nos pilotos

O

senador Lobão Filho (PMDB-MA) apresentou projeto de lei destinado a introduzir no Código Penal punição específica para quem expõe aeronaves a feixes de raio laser ou a qualquer outro tipo de luz amplificada. Os raios podem ofuscar e até causar cegueira momentânea nos pilotos, o que pode ser fatal nos momentos críticos do pouso ou decolagem. O PLS 327/2012, que também tipifica o mau uso do laser em estádios para dificultar o desempenho dos esportistas, começou a tramitar na semana passada. Como nesse momento atua no Senado uma comissão especial de senadores com a missão de reforma o Código Penal, a matéria foi despachada para o exame desse colegiado. Atualmente, quem for flagrado apontando um laser contra um avião pode ser enquadrado por expor a perigo embarcação ou aeronave, crime que prevê pena de dois a cinco anos de prisão. Em caso de acidente aéreo, a

pena sobe para 12 anos de reclusão. Sem mudar as penas, o senador optou por sugerir um tipo penal específico para o enfretamento do mau uso do laser contra aviões. Pelo texto, será crime utilizar equipamento ou objeto emissor de raio laser ou qualquer luz amplificada para causar riscos na segurança de transporte aéreo. A arriscada conduta é mais comum do que se imagina: somente em 2011 foram registrados 60 casos envolvendo o direcionamento de laser contra aeronaves em momentos de pouso ou decolagem, de acordo com o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). Ao justificar o projeto, Lobão destacou estudos de entidades internacionais de supervisão e controle de tráfego aéreo que apontam efeitos perigosos do laser para a visão dos tripulantes. Para a Federal Aviation Administration (FAA), dos Estados Unidos, pode haver inclusive deficiência visual permanente.

“O desvio da atenção dos pilotos por terem sido atingidos por uma emissão de laser é uma condição que afeta diretamente a segurança operacional da atividade aérea e, por isso, deve ser tratada como um risco que precisa ser devidamente mitigado”, argumenta. Goleiros no alvo Quanto ao uso de laser nas arenas esportivas, Lobão observa que é uma prática das mais comuns, especialmente em campos de futebol e tendo por alvo os goleiros. Para inibir a conduta, o senador amplia as normas punitivas já previstas no Estatuto do Torcedor (Lei 10.671, de 2003). Como previsto no projeto, o estatuto passará a definir como crime utilizar equipamento ou objeto emissor de raio laser ou qualquer luz amplificada para atrapalhar a visão ou a concentração dos atletas. Como nos demais delitos de conduta da lei, o torcedor ficará sujeito a pena de reclusão de um a dois anos, além de multa.

Senado e Câmara expandem parcerias em TV digital nos Estados do país

O

senador Anibal Diniz (PT-AC), na presidência da sessão plenária de ontem, anunciou a celebração de convênio da TV Câmara e da TV Senado com assembleias legislativas e câmaras de vereadores. A parceria tem o objetivo de estender a cobertura do sinal digital das TVs do Poder Legislativo. - É mais um passo para a democratização das informações e da comunicação, e também no sentido da transparência pública plena – comentou o senador, frisando que os eleitores poderão acompanhar a atividade dos parlamentares.

O convênio prevê que Recife (PE), Rio Branco (AC), Natal (RN) e Curitiba (PR) serão as próximas capitais a integrar a Rede Legislativa de TV Digital. No estado de São Paulo, as cidades

de Jaú, Barretos e Ribeirão Preto passarão a fazer parte da rede assim que suas câmaras municipais forem autorizadas pelo Ministério das Comunicações. (Agência Senado)


JD

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

Ensino técnico no Brasil é elitista, avalia especialista

Coluna

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Resultado disso, de acordo com o especialista, é uma grande concorrência pelas vagas, que são disputadas por exames, os chamados vestibulinhos FOTOS DIVULGAÇÃO

A4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Twitter @leandromazzini

‘NÃO ADMITO QUE JULGUEM MEU CARÁTER’

A

nota oficial divulgada pela presidente Dilma Rousseff para rebater o artigo do ex-presidente Fernando Henrique foi a versão mais cordial dos manuscritos de próprio punho da chefe-da-nação. ‘Não admito que julguem o meu caráter’, revelou ela para o senador Jorge Viana (PT-AC), numa conversa na terça. ‘Ele falou do meu governo, porque eu fui ministra de Minas e Energia e ministra da Casa Civil’, complementou para o aliado, sobre o texto publicado por FHC no domingo, citando ‘herança pesada’ herdada de Lula.

Rascunhos O texto divulgado é da própria Dilma Rousseff. Ela rascunhou a nota no Palácio do Alvorada, domingo, tão logo leu o artigo do ex-presidente.

Moura: escolas profissionalizantes atraem alunos com maior renda ...

... Canziani: ensino técnico como forma de buscar mais oportunidades

especialista em Educação Cláudio de Moura Castro disse hoje em palestra na Câmara que o ensino técnico no Brasil é elitista. Segundo ele, as escolas profissionalizantes atraem alunos com maior renda em razão do alto nível de ensino. Para o coordenador da Frente Parlamentar da Educação, deputado Alex Canziani (PTB-PR), no entanto, essa não é a realidade atual. Cláudio de Moura Castro, que é autor de mais

rica, em geral aqueles com maior renda”, alertou. Segundo Castro, essa realidade ainda prejudica a política de formação de mão-de-obra especializada no País, já que a grande maioria dos alunos dos institutos técnicos planeja prestar o vestibular e entrar na universidade. “A escola técnica recruta alunos que não estão interessados em ser técnicos. E aqueles que estão interessados não conseguem entrar porque o sistema de admissão é

O

de 30 livros sobre educação, explicou que os institutos federais de ensino técnico costumam oferecer um ensino acadêmico de alta qualidade, o que não é comum entre os centros de ensino gratuitos. Resultado disso, de acordo com o especialista, é uma grande concorrência pelas vagas, que são disputadas por exames, os chamados vestibulinhos. “Obviamente quem passa é quem teve uma experiência educacional mais

muito competitivo”, disse. Para o deputado Alex Canziani, no entanto, as políticas de ensino técnico recentes têm mudado essa realidade: “Houve um avanço importante com a expansão e a interiorização do ensino técnico, já que antes existia uma concentração nas capitais. Com isso, as pessoas que buscam efetivamente o ensino técnico para exercerem a profissão têm tido mais oportunidades”. Alex Canziani participa de uma comissão especial da Câmara que estuda propostas de reformulação do ensino médio no País. O grupo, criado em maio deste ano, deve organizar debates e palestras em vários estados para encontrar um modelo mais adequado às necessidades dos jovens e do setor produtivo. “O gargalo da educação brasileira é o ensino médio. Temos de discutir qual ensino médio queremos porque infelizmente o modelo que adotamos há muito anos não tem sido exitoso”, disse o deputado. Os 24 deputados do grupo devem debater temas diversos, que vão desde o currículo das escolas, até a quantidade de vagas necessárias de acordo com cada modelo de ensino. A ideia é que essa etapa deixe de ser simplesmente preparatória para o vestibular e atraia o interesse dos estudantes. Um dos assuntos que serão debatidos é a formação dos professores, que também foi criticada por Cláudio de Moura Castro na palestra de hoje. Segundo ele, a exigência de formação acadêmica dos docentes não combina com o ensino técnico profissionalizante: “Um professor que está ativo no mercado de trabalho será bem mais útil nessa etapa de ensino que um doutor”, argumentou. Outra crítica foi a falta de integração entre os conteúdos ensinados no chamado ensino técnico integrado, em que os alunos aprendem o conteúdo comum, exigido nos vestibulares, além de aprenderem uma profissão. “Os professores de matemática e física, por exemplo, em vez de integrarem a disciplina ao ensino profissionalizante, à profissão que os alunos estão aprendendo, ensinam o necessário para o vestibular, com exercícios comuns aos alunos em geral”, explicou. (Agência Câmara de Notícias)

Do time

Clipping

Para Viana, os petistas estão orgulhosos da resposta da presidente. ‘Sou amigo de FHC, sou até mais aliado dele que muitos pessedebistas, mas ele foi infeliz’, diz o senador.

Dilma lê diariamente os principais jornais – e revistas nos finais de semana. O hábito vem de quando era ‘analista de informações’ do saudoso ex-governador Leonel Brizola.

Educação na gráfica Ao pedir investimento no ensino público, a equipe do parlamentar errou a ortografia. Uma plotter (cartaz grande em lona) fixada num dos corredores da Câmara traz a foto de estudante e as palavras ‘Deputato (sic) Federal Paulo Rubem Santiago. A favor dos 10% do PIB para a Educação’. A gráfica trocou o ‘d’ pelo ‘t’ e constrangeu o político.

Ritual ministerial É ritual de Garibaldi Alves (PMDB-RN). Senador licenciado do cargo, hoje ministro da Previdência, ele de costume atravessa a Esplanada para cortar o cabelo e engraxar o sapato na barbearia do Senado. Calma, excelência Anda tão desconfiado do acordo com o PT na Câmara o deputado Henrique Alves, líder do PMDB, que ao encontrar ontem presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), ele o abraçou, posou para foto e soltou ‘Aqui é o futuro presidente da Câmara’.

sou por Síria, Egito e Líbano mês passado), Marcelo Rech – que viu de perto e sobreviveu a dois atentados no Oriente Médio – tem sido requisitado por empresários e universidades para palestras. PIB x PNE Estão preocupados os deputados da Comissão de Educação que foram este ano o ministro da Fazenda, Guido Mantega, pedir os 10% do PIB para o setor. ‘Ele nem sabia o que era o PNE (Plano Nacional de Educação), sopraram’, diz o deputado Izalci (PR-DF).

Cabideiro Uma das prioridades de Marco Maia este mês é fazer avançar o projeto de lei 865/11 que cria a Secretaria Extraordinária de Micros e Pequenas Empresas, o novo ministério.

Frente da Grana Será criada na Câmara a Frente Parlamentar para o Fortalecimento do Legislativo. Os deputados defendem redução do valor das emendas individuais de R$ 15 milhões para R$ 10 milhões, mas que sejam impositivas.

Sem palavras Os petistas defensores da MP do Código Florestal da presidente ficaram mudos na reunião de líderes ao ouvir do deputado Caiado que ela trata-se de ‘estelionato legislativo’.

Supremo esquecimento De um atento deputado: O Nordeste não terá um ministro no Supremo Tribunal Federal após a aposentadoria do sergipano Ayres de Britto.

Lágrimas do poder Na sua despedida da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça, a ministra do STJ Eliana Calmon caiu em lágrimas ao lembrar do pente fino no tribunal de SP e outros: ‘Inaugurei a investigação patrimonial no Poder Judiciário’.

Acostamento Vice-líder do PP, o deputado Jerônimo Goergen (RS) lidera comitiva ao Planalto para cobrar inclusão da BR 386 no PAC. O estado não foi agraciado no plano de concessão.

Mundo global Especialista em cobertura de conflitos (pas-

Ponto Final O Brasil evolui. Outrora, presidentes brigavam aos berros. Agora, por textos bem redigidos.

(Com Marcos Seabra e Vinícius Tavares)

www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br


Política

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

A5

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Revisor volta a contrariar relator e absolve réus do Banco Rural no julgamento do mensalão

Após Lewandowski, votou a ministra Rosa Weber, que absolveu AyannaTenório e condenou os outros três ex-dirigentes do banco

O

ministro Ricardo Lewandowski, revisor do processo do mensalão, votou pela absolvição dos réus Ayanna Tenório, ex-vice-presidente do Banco Rural, e Vinicius Samarane, ex-diretor estatutário e atual vice-presidente do banco, na sessão desta ontem (5) no Supremo Tribunal Federal (STF). O voto do revisor contraria o relator Joaquim Barbosa, que condenou os dois réus e outros dois dirigentes do banco --Kátia Rabello, ex-presidente do banco, e José Roberto Salgado, ex-vice-presidente operacional. Após Lewandowski, votou a ministra Rosa Weber, que absolveu Ayanna Tenório e condenou os outros três ex-dirigentes do banco (Samarane, Rabello e Salgado). Segundo a Procuradoria Geral da República, autora da denúncia, o Banco Rural disponibilizou R$ 3 milhões para o PT e outros R$ 29 milhões para agências do empresário Marcos Valério, por meio de empréstimos fraudulentos, para financiar o “valerioduto” --que teria sido usado para comprar o apoio de parlamentares aliados no primeiro governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Quatro dirigentes do Banco Rural são acusados de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e evasão de divisas --exceto Ayanna Tenório, que é acusada apenas dos três primeiros delitos. Neste momento, os ministros votarão apenas no que diz respeito à gestão fraudulenta, deixando para outro item a

análise sobre os demais crimes. Ayanna Tenório Segundo o revisor, não há provas de que Tenório tenha responsabilidade nos empréstimos fraudulentos do banco para as agências de Marcos Valério, considerado o operador do mensalão. “Não fiquei convencido que a ré tenha agido de forma fraudulenta e ardilosa na gestão da instituição financeira”, disse Lewandowski. O ministro afirmou que Valério e seus ex-sócios, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach, confirmaram que não conheciam Tenório. “Não há nenhuma prova nos autos de que tivesse mantido contato com Marcos Valério.” Lewandowski afirmou também que Ayanna Tenório não tinha experiência profissional no setor bancário e citou depoimentos de testemunhas que comprovariam isso. O ministro argumentou que a carreira profissional da ré era focada em recursos humanos e gestão, o que não daria a ela conhecimentos sobre o setor bancário. Para complementar, o revisor afirmou que a ré entrou no banco quando o suposto esquema já estaria implantado. “Primeiro, ela ingressou no banco apenas em 12 de abril de 2004, quando todos os fatos alegadamente criminosos já tinham ocorrido (...) e praticamente se esgotado. Segundo, não chegou a trabalhar com José Augusto Dummont, ex- presidente do Banco Rural, alegadamente responsável pelas operações tidas como

Na última segunda-feira (3), Lewandowski seguiu Barbosa e votou pela condenação de Kátia Rabello e José Roberto Salgado por gestão fraudulenta

fraudulentas.” Para o advogado criminalista Gustavo Badaró, que é professor de direito processual da USP (Universidade de São Paulo) e acompanha na redação a sessão de hoje, o ministro considerou que não há prova que Tenório tenha tido a intenção de agir de forma fraudulenta. “Ele entendeu que não há prova do que chama dolo específico, da intenção, o que levou à absolvição em relação à gestão fraudulenta”, afirmou o advogado. Além disso, Lewandowski considerou que Ayanna era “uma simples

Comissão aprova proposta que isenta candidato de crime cometido por cabo eleitoral

A

Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou ontem (5) projeto de lei que isenta o candidato de responsabilidade por crimes praticados por cabos eleitorais ou pessoas ligadas a ele durante a campanha eleitoral. A proposta do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) modifica o Código Eleitoral e prevê que o candidato só será responsabilizado por crimes praticados por pessoa vinculada a sua campanha ou candidatura se for comprovada a culpa ou participação no crime. “O candidato não responde pelo crime praticado em campanha eleitoral por pessoa vinculada a sua campanha ou candidatura, salvo se provada a sua participação dolosa”, diz o segundo, dos quatro artigos do projeto. Em sua justificativa, o autor argumenta que, em muitos casos, os candidatos, depois de eleitos, acabam perdendo o man-

dato por conta de crimes praticados por cabos eleitorais ou “companheiros do partido”. “É preciso ficar claro que na disputa eleitoral os chamados cabos eleitorais ou companheiros de partido, que por qualquer razão cometam irregularidades, por conta própria, tais fatos não podem ser atribuídos ao candidato, que não será responsável ou condenado por atividades havidas por terceiros”, ponderou Andrada na justificativa. “Neste ponto cabe ressaltar que é um assunto grave, pois tais fatos, às vezes, não passam de manobras de um adversário que se utiliza de práticas ilegais visando a prejudicar o outro adversário que nada tem haver com o fato. O objetivo principal do projeto é esclarecer uma questão de alta importância para atividades partidárias e garantir o exercício eleitoral legítimo”, acrescenta o autor da proposta..

empregada” e seguia orientações de dirigentes de alto escalão do banco. “Ela não teve outra opção senão concordar com a renovação dos empréstimos”, disse o ministro. Segundo Badaró, o Código Penal afasta a culpabilidade da pessoa que apenas “cumpre ordem não manifestamente ilegal de superior hierárquico.” Vinícius Samarane Sobre Vinícius Samarane, o revisor afirmou que a Procuradoria Geral da República não conseguiu provar a culpa do réu na renovação dos emprésti-

mos às agências de Marcos Valério e ao PT. O ministro afirmou que, nas datas em que as renovações foram feitas, o réu não ocupava cargo com poder decisório sobre isso. “Entendo que o Ministério Público, data vênia, não logrou em provar a participação do réu nos determinados fatos”, afirmou Lewandowski. “[Samarane] não era gestor e não podia ser agente do crime de gestão fraudulenta”, acrescentou. O ministro disse também que, embora o próprio Samarane tivesse afirmado que ocupava cargo de di-

reção, provavelmente para se gabar diante dos colegas, “na verdade, antes de 2004, não era diretor estatutário e não tinha poder para aprovar nenhuma transação bancária.” “É certo que [Vinícius Samarane] não participou da concessão de qualquer um dos empréstimos, ora mencionados, nem da classificação de seus riscos”, afirmou o revisor. Após Lewandowski concluir seu voto, Joaquim Barbosa pediu a palavra e rebateu argumentos do colega, afirmando que Ayanna Tenório não agiu com “candura”.

Justiça inicia nova etapa da campanha Eleições 2012

E

m busca do voto consciente, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa ontem (5) a segunda fase da campanha de esclarecimento sobre as eleições municipais de outubro. A segunda etapa tem como tema a compra de votos e será veiculada nas emissoras de rádio e televisão de manhã, no horário do almoço, à tarde e à noite. O objetivo é mostrar ao eleitor a importância da participação nas eleições e de evitar a troca de votos por vantagens. Na propaganda, a Justiça Eleitoral alerta que quem vende seu voto ganha dinheiro sujo e perde a chance de votar por um futuro melhor. A campanha menciona também a acessibilidade.

PROCLAMAS DE CASAMENTO

O oficial do Registro Civil de casamentos e mais anexos da Comarca de Macapá, capital do Estado do Amapá, República Federativa do Brasil, por nomeação legal, etc... FAZ SABER que se pretendem casar: ANDRÉ BORGES DA SILVA ROSALVA NUNES RODRIGUES Ele é filho de José Chaves da Silva e de Maria de Fatima Borges. Ela é filha de Sebastião Vale Rodrigues e de Maria da Conceição Nogueira. Quem souber de qualquer impedimento legal que os iniba de casar um com o outro, acuse-os na forma da Lei. Macapá-Ap., 29 de agosto de 2012 Josiane Cavalcante de Souza Escrevente


JD

Esporte

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Chiquinho é o novo talento do Santos que desbancou o Macapá em noite inspirada O jovem de meio campo do Santos amapaense defendeu, atacou e deu passe para os gols desequilibrando na partida Elcio Barbosa

Da Reportagem

O

esporte amapaense surge com uma nova esperança. Daniel Mendes de Souza, 17 anos, popular Chiquinho, apaixonado pelo futebol desde criança, foi o principal articulador das jogadas de meio de campo do “Peixe da Amazônia” na partida de definição para a classificação do Santos para a semifinal do Campeonato sub 19 de futebol. Chiquinho em noite inspirada desbancou a equipe do Esporte Clube Macapá na terça-feira, 4, no estádio municipal, Glicério Marques. O Santos goleou o clube azulino da FAB pelo placar de 3 a 1, com gols de Daniel Mendes aos 5 minutos do 2º tempo, Maicon empatou aos 25, Breno desempatou aos 32, e aos 40 minutos. O Santos garantiu classificação para a semifinal do certame juvenil. A competição é do departamento técnico da Federação Amapaense de Futebol (FAF). O Oratório terminou com 16 pontos em primeiro lugar geral da competição. O Trem ficou com 10, o São

José somou 15, e o Santos chegou a 7 pontos entrando assim, entre os quatro melhores do certame juvenil. Com essa definição da semifinal, na primeira partida o Oratório pega o Santos às 4 horas, e a outra semifinal, o Trem recebe o São José às 6 horas. Os jogos acontecem na tarde desta sexta-feira, 7 de setembro no Glicerão. A decisão está marcada para a tarde do domingo 9 de setembro no velho e deteriorado “Gigante da Favela”. Quando os torcedores pensavam que a partida seria fácil para o Santos, se enganaram. O Macapá engrossaria o caldo. A partida iniciou nervosa entre os jogadores. Mas, logo aos cinco minutos de jogo, surgiu o primeiro susto em campo, Daniel Mendes do santos chutou a bola, ela explodiu no travessão. Era o primeiro espanto do goleiro azulino. Até então o peixe dava o seu recado. O jovem Chiquinho conhecedor das jogadas de meio de campo, defendia, atacava, e ajudava a defesa, a marcar e sair rápido aos contra ataques. Pois, ele sabia onde colocar a gorduchinha, entre tantas

tentativas, ele colocou Luciano Marba na cara do gol, o atacante chutou forte e o goleiro macapaense defendeu. A torcida ficou mais com os nervos a flor da pele até por que o gol não saia no primeiro tempo. Placar final 0 a 0. A expectativas ficou para a segunda etapa devido o primeiro tempo não ter acontecido nada, e aos 5 minutos, Daniel Mendes marcou Santos 1 a 0. O Macapá esboçava reação, mas, não tinha forças e parava na forte marcação do time alvirrubro tucuju. Sem definição nem uma de jogada para surpreender o adversário. Os jogadores azulinos tiveram que investir em bolas paradas, e em uma dessas bolas paradas, aos 25 minutos Maicon cobrou a falta dentro da área, e o goleiro santista aceitou, era o gol de empate do Macapá. O resultado não classificava o Santos. O treinador Aldo Silva teve que trocar algumas peças. Colocou o atacante Sérgio no lugar do Luciano que estava cansado em campo. E o ala direita, Araci no lugar do Alex. Mudanças feitas, aos 32 minutos, Breno desem-

patou de pênalti para o Santos, 2 a 1. A partida começava ganhar uma forma, uma definição, e aos 40 minutos do segundo tempo, Breno novamente marcou o terceiro do Santos, o placar final peixe classificado (3 a 1). “O resultado do placar não é só eu que fiz, ajudei meus companheiros a vitória e a classificação. Dedico a vitória a meu pai a minha mãe que é dona de casa, e espero fazer uma boa semifinal contra o Oratório. É isso aí trabalhar mais que várias oportunidades acontecem no futebol. Não vou menosprezar o Oratório que é meu ex-clube, mas, vou defender o Santos que é o meu time este ano” disse o jovem jogador santista, Daniel, popular Chiquinho que já marcou dois gols no Campeonato. O Presidente Luciano Marba, disse que o Santos iniciou a competição desentrosado, com o decorrer do certame, após a quarta partida começou a pegar ritmo de jogo conquistando vitórias importantes na competição. “Estamos na semifinal e vamos pra cima do Oratório” disse o presidente.

Delegação das Olimpíadas Escolares embarca rumo a Poços de Caldas Elcio Barbosa

Da Reportagem

A

delegação amapaense que garantiu classificação na etapa regional das Olimpíadas Escolares já embarcou no Aeroporto Internacional de Macapá com destino a Poços de Caldas (MG), para disputar aos jogos nacionais nas faixas etárias de 12 a 14 anos na madrugada desta quarta-feira, 5. A delegação seguiu composta pelos atletas das modalidades individuais: Atletismo, Badminton, Luta Olímpica, Karatê, Ciclismo, Judô, Natação, Tênis de mesa, e Xadrez. Essas disputas vão do dia 6 até 10/09, enquanto que as modalidades coletivas acontecerão de 10 a 16 deste mês.

Os atletas amapaenses com exceção do atletismo embarcaram no vôo JJ3433 da TAM fazendo o seguinte trajeto: Saída de Macapá – 00h55/ Chegada em Belém – 1h45. Saída de Belém – 2h50/Chegada no Rio de Janeiro – 6h27. Saída do Rio de Janeiro – 12h08/Chega em São Paulo – 13h25. Saída de São Paulo – 14h/Chegada em Poços de Caldas – 18h. Os atletas do Atletismo embarcaram em um vôo que fez conexão em Belém, Brasília e Rio de Janeiro, onde, lá se juntaram com a delegação. A delegação das modalidades coletivas: Basquetebol, Futsal, Handebol e Voleibol participam das Olimpíadas Escolares 2012, de 10 a 16/09. O secretário do Desporto e Lazer, Rogério Salvador,

acompanhado do coordenador de esporte e lazer da Sedel, Ronaldo Miranda marcaram presença ao Aeroporto Internacional e transmitiram aos atletas a mensagem de incentivo e confiança, em nome do governador Camilo Capiberibe.

O Governo do Estado investe nos Jogos Escolares 2012, aproximadamente R$ 800 mil incluindo, os atletas de 15 a 17 anos, que participarão das Olimpíadas Escolares, em Cuiabá (MT), de 25 de novembro, a 8 de dezembro.

U

Lateral-direito Yago Pikachu comemora gol marcado na serie C

gociação seja oficializada e não fique apenas sendo ventilada pelos corredores da Curuzu. “O que chegou

André pede “paciência” e cautela ao Santos contra o Fluminense

Delegação Amapaense quando embarcava de madrugada no Aeroporto

Diretor desmente venda de Pikachu para a Ponte ma das principais revelações do Paysandu nos últimos anos, o lateral-direito Yago Pikachu está envolvido em especulações sobre sua possível saída do Papão, cujo destino seria a Ponte Preta-SP. Meios de comunicação noticiaram a informação, mas a diretoria bicolor desmente o acerto entre o jogador e o clube paulista. O diretor Alex Lima explica que houve apenas uma consulta do empresário do atleta sobre uma possível proposta. “O que houve foi que o empresário do jogador chegou em Belém e comunicou a diretoria do clube que possivelmente a Ponte Preta enviaria uma proposta pelo atleta, mas não passou disso”, garantiu Alex. Pikachu, tem multa com o Papão de R$ 1,2 milhões e não deve sair por um valor muito menor do estipulado em contrato. “Se alguém pagar a multa não teremos como segurar o jogador”, confirmou o diretor. Alex, aguarda que a ne-

Chiquinho surge como principal articulador do meio de campo do Santos

foi algo de ‘boca’, e de ‘boca’ a gente não negocia”, finalizou. A Ponte Preta-SP, conta

no elenco com o lateral-direito Cicinho, revelado nas categorias de base do Clube do Remo.

Mesmo sem Neymar, Ganso e Arouca, André acredita que o time possa vencer

A

pós sofrer derrotas para Bahia (3 a 1, na Vila Belmiro) e Sport (2 a 1, em Recife), o Santos buscará a sua reabilitação no Campeonato Brasileiro nesta quinta-feira, quando enfrentará o Fluminense, às 21 horas, no Engenhão, pela 22.ª rodada da competição. Nesta quarta, o atacante André destacou que o time precisará ter calma e jogar de forma cautelosa para não voltar a ser derrotado diante de um rival que hoje divide a liderança da competição com o Atlético-MG. “O Fluminense é um grande time e não poderemos nos expor muito, temos de ter paciência para marcar e qualidade para aproveitar as chances que surgirem”, afirmou o jogador, cujo primeiro gol como profissional foi marcado contra o time das Laranjeiras, em 2009, quando ele iniciava a sua trajetória pela equipe principal do Santos. André admitiu que os desfalques de Neymar e Arouca, ambos com a seleção brasileira, e de Paulo Henrique Ganso, lesionado, dificultam a vida do Santos no Rio, mas ele aposta que o time está preparado para vencer mesmo sem o importante trio de atletas. “É lógico que eles fazem fal-

ta, mas o Santos tem um grande elenco e vai conseguir suprir as ausências. O pensamento é de sair de lá com a vitória”, acrescentou. O jogador ainda renegou a condição de protagonista do time nesta quinta, em função principalmente das ausências de Neymar e Ganso. Ele disse que se sente apenas “mais um” da equipe e destacou: “A gente vem de duas derrotas, mas o Santos, por tradição, vai bem contra grandes equipes”. Para o jogo contra o Fluminense, o Santos ainda tem como preocupação a situação física do meia-atacante Patito. O argentino reclama de dores musculares e voltou a ficar fora de um treino, nesta quarta, após se ausentar também da atividade da última terça. Apesar disso, ele foi relacionado para encarar a equipe carioca e deve jogar ao lado de André no ataque. Caso não reúna boas condições de jogo, dará lugar ao garoto Victor Andrade. Com isso, o time titular deve ser escalado com a seguinte formação nesta quinta: Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Juan; Adriano, Gerson Magrão, Bernardo e Felipe Anderson; Patito (Victor Andrade) e André.


JD

Esporte

“É bom Jones estar pronto, pois vou nocautear”, ameaça Belfort sobre o UFC 152

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Enquanto isso...

Belfort entrou como substituto na vaga de desafiante a Jones. O campeão enfrentaria Dan Henderson, que se machucou

Brasileiro que viveu tragédia ao reagir em assalto faz história e ganha ouro na esgrima O brasileiro Jovane Silva Guissone fez história ontem ao ganhar a medalha de ouro nos Jogos Paraolímpicos de Londres na esgrima de cadeira de rodas, a primeira da história nacional tanto em Paralimpíada como em Jogos Olímpicos. Guissone duelou na final com Chick Sum Tom, de Hong Kong categoria B (espada e florete),e venceu por 15 a 14. O gaúcho, que vive em Esteio, na região metropolitana de Porto Alegre, já havia conquistado medalhas na Copa do Mundo de Montreal em 2011 e na Copa do Mundo de Marchal-2012. Ele viveu uma tragédia que o fez perder os movimentos da perna depois de reagir a um assalto. Em novembro de 2004, Jovane foi vítima de um assalto na cidade de Canoas. No incidente, o jovem levou um tiro que perfurou pulmão, baço e acertou a espinha. A lesão acabou interrompendo as funções motoras das pernas do gaúcho para sempre.

............................................................................

Belfort encara Jon Jones no dia 22 de setembro, em Toronto, Canadá

O

carioca Vitor Belfort, veterano do MMA, mostrou confiança no vídeo que promove o UFC 152, que o terá como desafiante ao cinturão dos meio-pesados, contra a sensação do evento, Jon Jones. O brasileiro promete nocaute em Toronto, no dia 22 de setembro, e fala

em tom ameaçador em direção ao norte-americano. “Eu vou nocauteá-lo, é melhor ele estar preparado para mim. Estou de volta para lutar, estou de volta para vencer”, afirma Belfort, ex-campeão dos meio pesados, mas atualmente um peso médio no UFC. “Será um leão enfrentan-

Damião diz não se sentir ameaçado com boa fase de veteranos como L. Fabiano, Fred e Love

do outro leão. Quem vai vencer? Quem puxar o ritmo. O plano é derrotá-lo”, completa o brasileiro. Belfort entrou como substituto na vaga de desafiante a Jones. O campeão enfrentaria Dan Henderson, que se machucou. Sem rivais, por recusa do próprio norte-americano ou de

Corinthians anuncia a contratação do zagueiro Anderson Polga, pentacampeão em 2002

O

Corinthians anunciou nesta ontem a contratação do zagueiro Anderson Polga, pentacampeão mundial em 2002, quando era reserva da seleção brasileira do técnico Luiz Felipe Scolari, na Copa do Japão e da Coreia do Sul. O vínculo do atleta de 33 anos será curto, válido até 31 de dezembro. Desde a saída de Leandro Castan, que foi vendido para a Roma, a diretoria de Parque São Jorge procurava um novo beque. Revelado pelo Grêmio, Polga se transferiu para o Sporting, de Portugal, em 2003.

Sério, Leandro Damião não se vê ameaçado com boa fase de atacantes não-convocados por Mano

A

tual camisa 9 da seleção, Leandro Damião leva ao amistoso da proxima sexta-feira contra a África do Sul a meta de cair no gosto da torcida de São Paulo, geralmente mais crítica em relação ao time nacional. Tudo isso em uma fase em que goleadores mais experientes atravessam bom momento no Campeonato Brasileiro, casos de Luís Fabiano, Fred e Vágner Love. Mesmo com a concorrência apertada, o atacante do Internacional diz se sentir seguro dentro do projeto de Mano. “Tem o Fred, o Luis Fabiano, grandes jogadores. O Vágner Love também. O Brasil está servido de bons atacantes, e o Mano vai decidir. Espero estar sempre convocado, mas respeito a decisão do Mano. Espero continuar defendendo bem a seleção brasileira”, afirmou Damião em entrevista ontem. O atacante do Inter marcou um dos gols da vitória por 3 a 0 sobre a Suécia em agosto, no último

amistoso da seleção. Damião começou como titular neste compromisso, mas depois viu o reserva Alexandre Pato anotar duas vezes. Agora, com mais uma lesão do companheiro de Milan, Damião encara os compromissos no Brasil contra África do Sul e China como a principal referência de área do grupo. Mesmo assim, o atacante rebate a situação de conforto extra. “O Pato não é meu rival, é meu companheiro de seleção. Quando não estou jogando, sempre estou torcendo por ele. Espero ajudar muito o Brasil, mas o Jonas e o Hulk também podem atuar em qualquer função na frente”, afirmou Damião. A seleção brasileira enfrenta a África do Sul às 15h45 de sexta-feira (de Brasília) no Estádio do Morumbi. Antes, na quinta-feira, o time faz reconhecimento de gramado no palco do jogo. Depois do primeiro amistoso, a partida é contra a China, em Recife.

possíveis desafiantes, Vitor aceitou o convite. O UFC 152 terá outra disputa de título, buscando coroar o primeiro peso mosca de sua história como campeão. Joseph Benavidez encara Demetrious Johnson na final do GP da divisão, que vai até 56,7 kg.

O Timão publicou em seu site oficial a seguinte notícia: “O zagueiro Anderson Polga deverá ser o novo reforço do Sport Club Corinthians Paulista. Clube e atleta chegaram a um acordo e resta apenas a realização de exames médicos para que ele reforce o Timão até 31 de dezembro de 2012. Experiente zagueiro de 33 anos, pentacampeão com a Seleção Brasileira na Copa de 2002, Polga chega para compor o elenco corinthiano, que já conta com Chicão, Paulo André e Wallace, além dos jovens Antônio Carlos e Felipe.”

Permanência de Kaká impediu Real Madrid de aumentar salário de C. Ronaldo, diz jornal

S

e Cristiano Ronaldo afirmou estar triste no Real Madrid por se sentir sem apoio dos companheiros de equipe, o clube levou azar ao tentar, sem sucesso, valorizar mais o atacante financeiramente. A cúpula merengue contava com a venda do brasileiro Kaká para preparar um aumento de vencimentos para o português, mas teve de segurar a renovação de contrato. A informação é do diário espanhol As, que afirma que o clube pensava em fazer um novo e recheado acordo com Cristiano mesmo antes do final da janela de transferências, mas para isso, era primordial a venda de Kaká. Como isso não aconteceu, o clube continua a pagar os altos salários para o brasileiro (9 milhões de euros, assim como o próprio Ronaldo), o que impediu a ação da direção do time espanhol. O jornal afirma, ainda, que tanto a cúpula do Real

como o técnico José Mourinho estavam convencidos de que Kaká deixaria Madri. O que os teria feito acreditar na saída do meia-atacante brasileiro foi a reunião do treinador português com Kaká e seu pai, no dia 23 de julho, quando Mourinho teria deixado claro a eles que não tinha o jogador em seus planos. Apesar disso, a falta de ofertas pelo atleta fez com que ele não fosse negociado. Mesmo Kaká afirmando ser amigo de Cristiano Ronaldo e demonstrando apoio ao português no “triste” momento de sua carreira, ele teria sido causador de outro problema para o Real Madrid: a equipe de basquete do clube também contava com o dinheiro da venda do brasileiro, para reforçar o seu elenco com um ou mais pivôs, mas, a exemplo de Cristiano Ronaldo, o time, que no basquete também tem como grande rival o Barcelona, ficou a ver navios.

Brasil fecha pódio nos 100 m T11, com ouro e recorde mundial de Terezinha Guilhermina

O Brasil teve desempenho brilhante na prova dos 100 m T11 nesta quarta-feira em Londres. Com atletas em todos os lugares do pódio, o país ainda viu Terezinha Guilhermina bater o recorde mundial da prova. Superando o cansaço da última terça-feira, que a impediu de completar a prova dos 400 m T11, a brasileira liderou a prova com folga e garantiu mais uma medalha de ouro para o país, com o tempo de 12s01. Após a prova, Terezinha falou sobre a superação: “Hoje pude mostrar ao mundo que num dia a gente pode chorar, mas no outro sorrir e dançar”. Na segunda colocação ficou a atleta do Brasil Jerusa Santos, com 12s75 e com o terceiro lugar e a medalha de bronze, a também brasileira Jhulia Oliveira, com o tempo de 12s76. Em quarto lugar, com 12s79, ficou a chinesa Juntingxian Jia. ............................................................................

Ciclista brasileiro vai ao banheiro e perde largada de prova contrarrelógio em Londres

O brasileiro João Alberto Schwindt perdeu a hora de sua largada e teve desempenho prejudicado na prova contrarrelógio individual C5 do ciclismo em Londres. Na competição contrarrelógio, cada atleta possui uma hora determinada para largar. O brasileiro, porém, confundiu seu horário com o de um cilcista australiano e foi ao banheiro antes da prova, sem se preocupar com o relógio. Ele, então, acabou atrasado para a largada e ficou apenas com a nona colocação da prova. ............................................................................

Após perder as pernas no automobilismo, Zanardi ganha ouro no ciclismo na Paraolimpíada

O italiano Alessandro Zanardi, ex-piloto das Fórmulas 1 e Indy, ganhou com facilidades a medalha de ouro em uma das provas do ciclismo dos Jogos Paraolímpicos de Londres, nesta quarta-feira, em Londres. Zanardi venceu a categoria H4, contrarrelógio, modalidade conhecida como handbike.Ele fechou a prova com 24min50s22, contra 25min17s40, do segundo colocado, o alemão Noberbert Mosand. O bronze ficou com o norte-americano Oscar Sanchez, com 25min35s26. “É uma das maiores realizações da minha vida. Trabalhei muito duro para chegar até aqui, e é ótimo viver isso aos 45 anos”, falou. “Foi muito bonito e também difícil”, continuou. O italiano perdeu as pernas em um grave acidente em setembro de 2001, após bater em uma prova da Indy [Cart, na época] em Lausitz, na Alemanha. Na volta após uma escapada de pista, Zanardi foi atingido em cheio pelo canadense Alex Tagliani a quase 300 km/h. A colisão dividiu o carro do futuro paraolímpico em dois e por pouco não tirou a sua vida.


Sociedade

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Contrate o Programa Balada Fashion para o seu evento: Inauguração de empresas, coquetel de lançamento da nova coleção, aniversário, formatura, confraternização, etc... Contatos: 9112 5045/ 9112 1989. Programa Balada Fashion todos os sábados às 0 e reprise aos domingos às 14h. Na REDETV.

Mensagem do Dia Josiel Alcolumbre

Dupla sertaneja Fernando e Sorocaba em apresentação na cidade

Dj DVD

As irmãs Carolina e Camila Pires e Safira Ferreira

Kelly Pantoja em apresentação na Expofeira

A Vara da Infância e Juventude de Santana está com dois projetos prontos para concorrer ao “Prêmio CNJ Infância e Juventude” promovido pelo Conselho Nacional de Justiça. Através de premiação, o CNJ quer valorizar e divulgar os projetos em execução pelo Brasil afora que colaboram com a proteção, o desenvolvimento e a formação de crianças e adolescentes

Josiene Modesto curtindo a expofeira 2012

Toda graça de Tatielle

Fátima Souza

“Se você quer transformar o mundo, experimente primeiro promover o seu aperfeiçoamento pessoal e realizar inovações no seu próprio interior.”Dalai Lama


CadernoB

DiaDia Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

Editor: Fabrício Costa- fabriciocosta@jdia.com.br

União dos Negros do Amapá completa 14 anos de criação sem comemoração Principal identidade cultural afrodescendente está em completo abandono e moradores cobram a reativação

O

Centro de Cultura Negra do Amapá, onde também funciona a sede da União dos Negros do Amapá (UNA) completou ontem (5), 14 anos de fundação. Entretanto, nenhuma manifestação comemorativa foi realizada no local. Abandonada há mais de dois anos, o espaço que antes mantinha uma programação cultural extensa passa por um dos piores momentos da sua história. Atualmente, a única programação registrada no local foi o Encontro dos Tambores. Segundo informações de organizadores, o evento só foi realizado graças a investimentos do governo do Estado. No dia 20 de julho foi criado o movimento “A Praça UNA”, que tem como principal finalidade resgatar e valorizar o espaço. Cerca de 20 instituições divididas entre o marabaixo, batuque, capoeira e movimentos culturais tentaram resgatar a importância do espaço. “Não temos nada pessoal contra ninguém. Queremos deixar bem claro que a nossa intenção é contribuir para a valorização do espaço.Do jeito que está não tem condições de realizar nada e queremos resgatar nossa cultura”, disse o agente cultural

Eraldo Almeida, um dos expoentes do movimento de resgate da UNA. Após o movimento, a Prefeitura de Macapá iniciou uma reforma no local. Para Eraldo, a reforma não é o problema, mas as pessoas que se intitulam donas do espaço. “O problema é de caráter.Tudo é na base de negociatas e cargos municipais e, para se manter na UNA tem que ter negociação. Todos os moradores do Laguinho estão tristes com essa situação”, salientou. Em março deste ano, o governo do Estado tentou iniciar uma reforma com a atual diretoria do local, porém nada ainda foi resolvido. Caso a negociação evoluísse, a Seafro passaria a ter sua sede dentro da área. Mas até o momento nada foi firmado. A reportagem do Jornal do Dia realizou várias tentativas de contado com Rildo, presidente da UNA, mas sem sucesso. Histórico Os moradores mais antigos afirmam que desde sua criação, a UNA nunca passou por qualquer manutenção na sua estrutura. “Esse local está abandonado há anos, as pessoas que estão a frente brigam pelo controle da UNA, pa-

FOTOS HEVERTON MENDES

Um local marcado por eventos significantes para o Estado, o prédio da UNA se tornou uma preocupação para os moradores do bairro do Laguinho

recendo que tudo aquilo não parece ser uma instituição pública”, disse um morador. Em toda a sua área, o mato é presença constante, as paredes apresentam pichações e rachaduras, além de lixo amontoado em vários pontos do terreno. Outros problemas também são visíveis como a

falta de segurança, já que as grades de proteção e o muro estão totalmente depredados. A fiação elétrica de toda a estrutura da UNA está completamente comprometida. Segundo informações, nos últimos eventos realizados no local, os organizadores tiveram que fazer ligação clandestina para ter acesso a energia.

Para os moradores, a representação cultural da UNA perdeu a identidade e o prestigio de vários movimentos afro descendentes do Estado. A UNA O Centro de Cultura Negra foi criado no dia 5 de setembro de 1998. O Centro mantinha museu e sa-

las multiuso para diversas atrações culturais. Nos primeiros anos de Centro, a população tinha acesso a curso sobre mitologia africana, figurinos afro-brasileiros, história do negro no Amapá, cabeleireiro, linguas e dialetos africanos, história da arte negra, bijuterias africanas e música negra.

Desfile do Dia da Raça leva dois mil estudantes ao Sambódromo ANDREZA SANCHES Da Redação

C

erca de dois mil estudantes da rede municipal de ensino da capital participaram ontem (5) na avenida Ivaldo Veras do desfile cívico do Dia da Raça. A data foi resgatada pela Secretaria Municipal de Educação como parte da programação pedagógica voltada à Semana da Pátria. O evento que teve a finalidade de integrar a comunidade estudantil às comemorações pela independência do Brasil reuniu pais, alunos e profissionais da educação. Com o tema “Macapá Vivenciando e Respeitando as Políticas para a Diversidade”, o desfile foi aberto pela Banda da Guarda Municipal de Macapá, seguida da Escola Municipal Hildemar Maia, primeira instituição escolar fundada na capital. Segundo a secretária municipal de Educação,

Conceição Medeiros, a Prefeitura recuperou a data como forma de incentivar a comunidade estudantil à valorização da cidadania. “Cerca de dois mil alunos desfilaram representando os 30 mil estudantes do município. Levamos para avenida temas diretamente ligados a assuntos como gênero, raça e etnia. O tema central foi trabalhado em conjunto com os estudantes durante atividades em sala de aula sobre a importância da miscigenação para o desenvolvimento do Brasil” disse a gestora. Para o diretor da Escola Municipal de Educação Infantil Sementinha, professor Miguel Paixão, o momento reforça as atividades executadas em sala de aula com as crianças. “ A educação infantil é o ponto inicial da formação do cidadão, ver as crianças participando diretamente de um evento

tão importante como este é uma maneira de reforçar o que elas aprendem na escola” comentou o educador. O desfile também foi aprovado pela supervisora pedagógica da Escola Municipal Rondonia, Andreia Nascimento. “Já iniciamos as atividades da Semana da Pátria com realização de projetos. Os nossos alunos precisam ter um conceito de valor à pátria, vestir a camisa da escola e ir para a avenida fazer essa demonstração de cidadania” disse a professora. As comemorações pela Independência do Brasil continuam amanhã (7), com desfile cívico-militar no Sambódromo, na zona Sul da capital, a partir das 7h30. A abertura contará a apresentação do 3º Regimento de Infantaria Estrangeiro, composto por militares da Guiana Francesa, seguido pela Marinha do Brasil 34º Batalhão de Infantaria de Selva, Po-

Sem medir esforços com o calor, crianças de várias idades mostram garra no desfile do Dia da Raça

lícia Militar do Amapá e Corpo de Bombeiros Militar do Amapá. Já no sábado (8), a programação ocorrerá na

zona Norte de Macapá, no início da rodovia do Curiaú, a partir das 16h. E na próxima quinta-feira (13), o Estado lembra a

data de criação do Território Federal do Amapá, com desfile cívico das escolas estaduais, a partir das 16h, no Sambódromo.

Regularização de Loteamento no Boné Azul é embargada pelo município, diz IMAP

O

Programa Lote Legal que tem como objetivo regularizar os loteamentos estaduais e a emissão títulos definitivos aos moradores dos principais loteamentos de Macapá está enfrentando a burocracia do município. Segundo informações dos moradores do Boné Azul, zona norte da cidade, o programa teria planejado a regularização da área no ano passado, e até o momento uma visita sequer foi realizada. De acordo com o presidente do IMAP (Instituto do Meio Ambiente), Mauricio de Souza, houve uma preparação do projeto no inicio do ano que compreende a demarcação do loteamento, georeferenciamento, identificação das

quadras e definição de arruamento. Em abril foi protocolado na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Sendurh)solicitando a expedição o alvará de projeto do Loteamento Boné Azul. “Reforçamos a importância do Programa, que é de interesse social e que não pode ser tratado como de interesse particular. Somente depois de uma pressão dos moradores, nós recebemos no final de junho do município um boleto para pagar a taxa de Alvará”, disse. O pagamento aconteceu no dia 3 de agosto, mas até o momento a Prefeitura ainda não entregou o alvará para o IMAP realizar o processo de regularização. “Enquanto o município não

repassar esse documento, não podemos pegar todas as informações do Loteamento e enviar para o cartório fazer o registro e logo em seguida a emissão do título”, explica o presidente. Uma reunião será marcada com os moradores do Boné Azul com a intenção de informar a demora, incentivando a cobrança junto a Sendurhreferente aemissão do documento. “Não se justifica isso, há mais de um mês foi pago o Alvará e não temos como avançar nos serviços sem esse documento”, concluiu Mauricio de Souza. A Prefeitura informa que não há demora no processo de entrega do Alvará e que, o procedimento é válido para todos que utilizam a emissão do documento.

Demora na regularização dos lotes no bairro Boné Azul irrita moradores que já moram há anos no local


Geral

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

B2

Editor: Pablo Oliveira- pc.oliveira@jdia.com.br

Acadêmicos da Ueap cobram orçamento digno para a instituição durante protesto Estudantes afirmam que a situação é péssima, pois falta dinheiro para projetos e compra de material no local CINTHYA PEIXE Da Redação

M

ais uma vez os acadêmicos da Universidade Estadual do Amapá (Ueap) foram às ruas para pedir melhorias para a instituição. Os estudantes saíram do prédio da Universidade até o Palácio do Setentrião, munidos de apitos, faixas e gritando: “A Ueap está um lixeira, mas tem dinheiro para pagar a Expofeira”. Segundo Miguel Conrado, do diretório Central dos Estudantes da Ueap (DCE), as manifestações terão prosseguimento hoje, sendo que uma das principais reivindicações dos alunos é o orçamento da instituição. “A nossa principal bandeira de luta é a questão do orçamento, porque todos os problemas da Universidade surgem daí. O orçamento é pouco e ainda foi 60% retirado, então não tem dinheiro para viabilizar projetos e até para a compra de materiais básicos. A situação está péssima”, falou Miguel. O membro do DCE disse

ainda que nesta manifestação os alunos não puderam contar com a adesão dos professores. No último protesto que aconteceu no dia 15 de agosto, os docentes tiveram o ponto cortado. Édpo Ferreira, acadêmico de pedagogia, declara que a Ueap passa por diversos problemas estruturais. “No inicio deste semestre o curso de pedagogia estava sem vários professores, porque a Ueap atrasou o edital para o processo simplificado, no caso a gente só tinha dois professores para ministrar nove disciplinas. Agora ainda há professores que assumiram até três disciplinas, o que ocasiona uma sobrecarga”, comentou o acadêmico. Ferreira relata que os alunos dos cursos de engenharia são os mais prejudicados. “Os cursos de engenharia, por exemplo, são caros e precisam de aulas práticas. Mas no campus da Presidente Vargas os laboratórios são pequenos e não dá para fazer uma aula com a turma inteira, então os professores precisam selecionar os alunos para par-

HEVERTON MENDES

Acadêmicos da Ueap desmotivados com a situação da instituição vãos às ruas como forma de chamar a atenção das autoridades competentes

ticiparem das aulas durante a semana. Ou seja, os professores perdem tempo, perde produtividade e os alunos perdem conteúdo, por não ter um espaçofísico

Seu Jorge traz swing carioca para a arena da Expofeira

O

público que visitar a 49ª Expofeira Agropecuária do Amapá hoje, 6, terá como atração nacional o cantor Seu Jorge. O evento acontece na arena de rodeio, a partir das 0h. De acordo com o empresário da Cia. de Rodeio RL, Reinaldo Lourenço, o show acontece após o rodeio nacional que acontece a partir das 20h e será totalmente gratuito para o público das arquibancadas e pista. “O show terá a pista e arquibancadas liberadas para o público amapaense. Esse é um presente do governo do Estado para o povo do Amapá. Nós conseguimos entrar em contato com os empresários do artista e fechamos o show para esta quinta-feira”, disse Reinaldo Lourenço. Os técnicos do cantor já estão no Estado preparando tudo para a apresentação do artista. Seu Jorge chega a Macapá na tarde desta quinta. Ainda de acordo com o empresário da Cia. de Rodeio RL, os ingressos para a área Vip estão disponíveis para a venda no valor de R$ 60,00.

Arquibancadas e pista liberadas para o público no show do Seu Jorge

Perfil Jorge Mário da Silva nasceu em 1970, em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, e cedo já sabia que queria ser músico. Passou por diversos empregos desde os 10 anos. Foi frequentador de bailes e rodas de samba carioca, e começou a cantar

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com Crise Os professores da Escola Estadual Antônio Messias, no Bairro Zerão, com 14 salas de aula, tiveram que dispensar todos os alunos do turno da manhã porque foram informados que não tinha água para atender as instalações sanitárias e a higiene geral da escola. Como a diretora Ana Célia não havia não estava na escola até as oito e meia da manhã, a medida teve que ser tomada. Os pais, aqueles que estavam em casa, muito preocupados foram à es-

cola e não pouparam críticas ao que havia acontecido. Terceira semana Na terceira semana da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, a maioria dos programas, tanto da majoritária como da proporcional, pouco melhorou, confirmando que para estas eleições as coordenações de campanha e os marqueteiros estão pouco criativos e se valem de velhas e desgastadas táticas para apresentar os seus candidatos,

cedo na noite. Saiu de casa aos 19 anos e foi morador de rua por alguns anos, onde fez seu primeiro contato com o teatro. Descoberto pelo clarinetista Paulo Moura, fez um teste para um musical e desde então sua vida mudou completamente. cada vez mais promesseiros o que os afasta muito da verdade e da realidade. Encontro de presidentes No período de 27 a 29 de setembro, o Tribunal de Justiça do Amapá vai sediar o 92º Encontro do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil. O evento, que acontece pelo menos quatro vezes ao ano, reúne num mesmo espaço os mandatários de Tribunais que, apesar da semelhança quanto à atividade fim, experimentam peculiaridades regionais diferentes. Abertura A solenidade de abertura oficial ocorrerá na quinta-feira, dia 27 de setembro, às 19h00, no Plenário do Tribunal de Justiça, com a

adequado”, lamentou. Os alunos reivindicam ainda uma gestão democrática para que os alunos e professores possam votar e escolher o reitor da institui-

ção. Entretanto este ponto ainda não pode ser cumprido, visto que de acordo com os estatutos que regem as instituições públicas de ensino superior, tal elei-

ção só pode acontecer após 50% dos servidores da universidade forem efetivos, característica que ainda não atinge a Ueap, que tem apenas 30%.

Exposição fotográfica “Olhar Contemporâneo” revela talentos das imagens

P

ara o público da 49ª Expofeira, a Tenda Multicultural está com a Exposição Fotográfica - Olhar Contemporâneo, que teve início dia 31 de agosto e vai até 9 de setembro, no Parque de Exposições da Fazendinha. O trabalho desenvolvido é resultado da oficina “Fotografia Contemporânea: Entre

abertura dos trabalhos pelo desembargador-presidente Mário Gurtyev de Queiroz. Em seguida, haverá o pronunciamento do desembargador Marcus Antônio de Souza Faver, presidente da Comissão Executiva do Colégio Permanente de Presidentes de Tribunais de Justiça do Brasil. Após a solenidade no Plenário, haverá um jantar oferecido pelo anfitrião do Encontro aos participantes. Grupo administrativo O Sindicato dos Servidores do Grupo Administrativo do Governo do Estado do Amapá está convocando todos os seus filiados e os não filiados da categoria profissional tanto do grupo administrativo como do grupo gestão para a reunião de Assembléia Ge-

o local e o global”, ministrada pela jornalista Shirley Penafort em junho deste ano. Os autores das fotografias são membros do Fotoclube, Fotógrafos Anônimos, instituição que tem como parceiros o Museu da Imagem e do Som (MIS) e o Sesc Amapá. O Fotoclube possui aproximadamente 30

ral do Sindicato, no dia de hoje, 6 de setembro, na sede da Avenida Pedro Baião, nº 919, no Trem, para eleger os membros da junta eleitoral e tratar dos sócios não quites. O presidente Aminadab de Souza Brito dos Santos está contando com a presença da maioria dos associados. Dia da Raça A Prefeitura de Macapá, através da Secretaria Municipal de Educação, está anunciando para esta quarta-feira, dia 5 de setembro, o 4º Desfile Cívico Municipal. Com a Temática: Macapá Vivenciando e Respeitando as Políticas para a Diversidade, 39 escolas se apresentarão divididas em 12 pelotões. Ao todo, 1.676 estudantes irão participar do evento.

associados e os encontros acontecem quinzenalmente, aos sábados, no auditório do MIS, no 2º piso do Teatro das Bacabeiras. Para quem quiser participar do grupo não precisa ser fotógrafo, basta gostar e ter interesse na fotografia como forma de arte e como meio de transformação social.

As demais secretarias e autarquias do governo municipal também serão representadas na Avenida Ivaldo Veras. A programação inicia às 15h. Licenciamento ambiental Com intuito de agilizar e desburocratizar o licenciamento ambiental, os técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Ordenamento Territorial do Amapá (Imap) explanaram informações direcionadas ao licenciamento ambiental na construção civil: loteamento/condomínio e fornecedores de comércio varejista de gás. O evento ocorreu nesta segunda-feira, 3, no Pavilhão Internacional de Oportunidades de Negócios, no Parque de Exposições da Fazendinha.


JD

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

Sargento morre em grave acidente na estrada do Jari A

B3

Editor: Pablo Oliveira- pc.oliveira@jdia.com.br

Polícia Civil prende envolvido no assassinato de delegado

Há dez anos na corporação, o militar dirigia pick-up quando capotou ALYNE KAISER Da Redação

U

m grave acidente ocorrido na manhã de ontem na BR 210 por volta das 6h30, entre as comunidades de Vila Nova e Rio Preto culminou com a morte de uma pessoa. O sargento Fábio de Souza da Silva, de 32 anos, condutor do veiculo Ford Ranger da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) teve morte instantânea após capotar com o carro oficial daquela secretaria. Mais duas pessoas estavam com ele, Orivaldo Ferreira Martins, Administrador e Coordenador de Projetos da Sejusp e o capitão do Bombeiro, Carlos

Augusto Jorge Cardoso, que está Coordenador do Núcleo de Execução e Acompanhamento de Projetos. Augusto quebrou o braço e Orivaldo sofreu leves escoriações pelo corpo. De acordo com informações, a equipe da Sejusp estava à caminho dos municípios de Laranjal e Vitória do Jari. Eles estavam cuidando do processo de regularização das áreas que pertencem aquela secretaria. O motorista do veiculo teria perdido a direção ao descer uma montanha, desceu a ribanceira e capotou por longos 10 metros. Até o fechamento desta edição nenhuma nota oficial da Sejusp havia sido lançada.

DIVULGAÇÃO

Na capotagem, o sargento Fábio de Souza Silva teve morte instantânea

Polícia Civil do Pará prendeu, em Goiânia (GO), ontem, Vailton Pereira Evangelista, 27 anos, indiciado por envolvimento no assassinato do delegado André Albuquerque, em Parauapebas, sudeste do Pará. A prisão foi feita pela equipe policial do Núcleo de Apoio à Investigação, da Polícia Civil em Redenção. O acusado foi preso às 7h30, depois de ser abordado no momento em que saía de casa. O preso deverá ser transferido para o Estado do Pará, após autorização do Poder Judiciário de Goiás. Ele permanece recolhido na capital goiana, sem data para ser recambiado. O assassinato do delegado ocorreu em 3 de outubro de 2010, por volta de 20h30, em uma área de invasão. Na época, o policial, que era diretor da seccional urbana local, foi à área, juntamente com quatro investigadores, para prender criminosos que estavam escondidos em uma casa.

No imóvel, estavam Joel Bispo de Sousa, 31, de apelido “Índio”, e Ronaldo Rodrigues Lopes, 23, o “Rodrigo” (ambos fugitivos do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes), de Marabá; Roni Moura Eleotério, 27, de apelido “Baby Dool”, e Vailton Pereira Evangelista. Ao chegar ao local, a equipe policial foi surpreendida a tiros pelos criminosos. O delegado André Albuquerque foi atingido por dois disparos de arma de fogo – no braço e peito –, feitos por Joel Bispo de Sousa, e morreu no local. Durante as investigações, foi confirmada a autoria do crime e a identificados dos envolvidos. Foi feita assim a representação pela decretação das prisões preventivas de todos ao Poder Judiciário da Comarca de Parauapebas. Os levantamentos iniciais mostraram que os criminosos fugiram da cidade para outros Estados. (Agência Pará de Notícias)

Armamentos são entregues ao Iapen, mas ainda não são suficientes FOTOS HEVERTON MENDES

CINTHYA PEIXE Da Redação

A

gentes do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) receberam ontem novos armamentos. A partir de agora, estão disponíveis 95 armas, sendo 15 carabinas Taurus semiautomáticas e mais 80 pistolas Taurus PT 100 plus com capacidade de 16 tiros, além de 13 mil munições. O presidente do Sindicato dos Agentes e Educadores Penitenciários do Estado do Amapá (Sinapen), Alexandro Soares diz que é a primeira vez que a categoria recebe este tipo de armamento. “Metade do armamento está sendo entregue agora e até o fim do mês a expecta-

Novos carros e armamentos para os servidores do Iapen como forma de melhoria na casa prisional

tiva é que mais armamentos sejam disponibilizados, algo que nunca aconteceu,

Emerson Cavasin, preso há oito meses pelo crime de estelionato, diz que a escola ajuda na ressocialização dos presos

Ronda Policial JOÃO BOLERO

Da 99,1 FM BLOG DO BOLERO Farmácia é assaltada no bairro São Lázaro Dois maus elementos armados com armas de fogo e que estavam a pé, por volta de 01h45min da tarde de ontem, invadiram uma farmácia que fica Rua José Adilson Pinto Pereira, no bairro São Lázaro, renderam os funcionários e sob ameaça de morte roubaram do caixa cerca de 700 reais, celulares e joias, em seguida fugiram, pegando uma das avenidas que vai parar no “Boeirinho”. O 2º Batalhão da PM foi acionado, fez algumas incursões nas avenidas, mas não teve êxito na prisão dos acusados. Traficante é preso com crack em Santana

já que administração penitenciária pela primeira vez está fazendo a entrega desses equipamentos. Até o fim do ano teremos em torno de 130 coletes a prova de balas, que darão mais segurança para o servidor. Esta era uma reivindicação antiga da categoria”, declarou Alexandro. Entretanto, o presidente do Sinapen informa que o quantitativo ainda não é suficiente. “Hoje ainda não é suficiente para suprir todas as necessidades dos agentes, mas também não podemos culpar a atual administração pela falta de investimentos, que já vem de mais de 10 anos”, relata. As armas são poucas, se comparadas ao número de servidores. “Hoje somos um total de 550 agentes penitenciários e o quantitativo de armamento que está chegando são 95. As armas entregues ainda são poucas em comparação ao

número de servidores, mas vai melhorar porque antes a gente só tinha 30 revol-

veres calibre 48. Não é suficiente, mas já melhora muito a situação dos servidores”, falou Alexandro Soares. Escola Além da entrega dos armamentos, aconteceu uma programação na Escola Estadual São José, que fica dentro do Iapen. Os reeducando fizeram o hasteamento da bandeira nacional como parte da comemoração do Dia da Pátria. A banda da Polícia Militar fez uma participação especial tocando para o desfile cívico. Os 420 alunos da escola e de outros cursos profissionalizantes oferecidos receberam uniformes (calça e camisa) e também o laboratório de informática, que já existia funcionando de

modo precário, foi reinaugurado. Ele tinha 20 computadores e agora reinaugura oficialmente com mais 20 máquinas, um servidor de rede; 15 estações para o laboratório; 2 estações para a área administrativa; 1 roteador wireless; 1 impressora laser e 10 estabilizadores com sistema operacional Linux Educacional 4.0. Emerson Cavasin, preso há oito meses pelo crime de estelionato diz que a escola ajuda na ressocialização dos presos. “O preso passa por muitas dificuldades dentro da penitenciária, ontem mesmo jogaram spray de pimenta dentro da minha cela. Então, eles têm que investir na área escolar para melhorar a nossa situação”, comentou.

O presidente do Sinapen, Alexandro Soares, diz que é a 1ª vez que a categoria recebe este tipo de armamento

Uma denúncia anônima fez com que uma Guarnição da PM do 4º Batalhão, comandada pelo SGT. Carvalho prendesse por volta de 00h10min de segunda-feira (3), o Dione Ferreira dos Santos (27), quando ele comercializava droga na Área Portuária de Santana, a 200m da 1ª DP. Com ele os policiais apreenderam 84 cabeças de crack e certa importância em dinheiro, proveniente da venda da droga. Dione foi flagranciado pelo Delegado Rubinaldo na 1ª DP e deverá seguir para o IAPEN. Quadrilha é presa após assaltar um sitio na comunidade do Matapi Policiais Militares do 4º Batalhão de Santana, após receberem um telefonema durante a madrugada, dado conta de que estava acontecendo um assalto em um sítio na Comunidade do Matapi (STN) e quando os policiais chegaram ao local, já foram recebidos a tiros, onde um das balas perfurou a VTR policial, porém, seis deles acabaram se entregando, enquanto os outros cinco conseguiram fugir, mas duas horas depois, eles foram presos em uma casa no Distrito do Coração pela mesma Guarnição da PM. Eles roubaram do sítio 1.750 reais, sete celulares e vários objetos. A vítima JOSÉ EDVALDO, juntamente com

os acusados, foram apresentados na 1ª DP de Santana, onde o delegado de plantão Ronaldo Intringer lavrou o flagrante pediu a prisão preventiva dos 11 acusados. Adolescente de 17 anos é executado com cinco tiros na cabeça Quatro homens sendo que dois estavam em uma moto e dois a pé, por volta das 11h50mind na noite de ontem, se aproximaram do adolescente Pedro Alesson Cavalcante dos Santos (17) e dispararam cinco tiros na cabeça da vítima que estava sentada em um banco na Rua Hamilton Silva, conto com o Canal do Beirol. O Pedro morreu na hora, enquanto que os criminosos fugiram e até agora não foram presos. Dupla de moto assalta loja de perfumaria Dois maus elementos armados com arma de fogo, e que montavam em uma moto azul, de placa NEY-7809 (quente), por volta das 03h25min da tarde de ontem, invadiram uma loja de perfumaria que fica na Rua Santos Dumont, renderam a caixa, roubaram pouco mais de 50 reais e dois celulares dos funcionários. A polícia já constatou que a moto há quatro dias foi tomada em assalto.


JD

DiaDia

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

B4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Com 82% de perdas salariais, servidores da Gestão ameaçam paralisar atividades Sindicato tenta negociação e reafirma que servidores estão insatisfeitos com o reajuste de apenas 12% do governo

FRANK FIGUEIRA Da Redação

P

assados cinco meses após as primeiras tentativas de um ajuste salarial, os servidores da gestão estadual prometem paralisar as suas atividades caso o Governo do Estado não atenda as suas reivindicações. Considerado a categoria mais desvalorizada, a insatisfação salarial é unânime entre os profissionais. Segundo Aminadab Brito, presidente do Sindicato do Grupo de Gestão do Amapá (Sinsgaap), as perda salarial dos servidores estava em 102% em abril, sendo que o GEA repassou um reajuste de apenas 12% em junho, o que representa atualmente 82% de perdas salariais. “Estamos tentando sentar com a equipe do Governo do Estado para vê a possibilidade de atender pelo menos a metade dessa perda”, disse Brito. Para o sindicalista, 20% de aumento salarial até o final deste semestre seria ideal, porém, vai depender da equipe de negociação do executivo estadual. “Eles falaram que a mesa está

aberta, já estamos tentando uma nova reunião, porque a nossa classe ficou insatisfeita com o reajuste autorizado pelo governo, porque de 100% você só receber 12% é um absurdo”, explicou. A reunião não avançou devido a greve da educação. De acordo com o sindicalista, os 12% foi uma estratégia para amenizar a insatisfação dos servidores, entretanto, a possibilidade de paralisação das atividades ganha força dentro dos órgãos. “Estamos tentando segurar essa situação, justamente para evitar contrapontos, porque os servidores estão querendo paralisar, mas o sindicato está querendo a diplomacia para negociar, mas caso a nossa proposta não for aceita, iremos reunir e decidir sobre uma paralisação”, concluiu. Segundo levantamento, atualmente o grupo de gestão mantém cerca de 2800 servidores. A grande maioria estão lotados nas agências do Super-Fácil. O Sinsgaap reivindica a equiparação salarial com a categoria de agente de comunicação social, que

DIVULGAÇÃO

A grande maioria dos servidores do grupo Gestão estão lotados nas agências do Super Fácil

mantém uma tabela especial. A defasagem salarial em relação a essa tabela chega a 82%. Segundo in-

formações, existe um processo na Procuradoria Geral do Estado (PGE), cujo parecer é favorável à classe.

Nova eleição Hoje (6), a categoria participa de uma Assembleia para decidir o processo

eleitoral dentro do Sindicato. A eleição da nova composição deve acontecer em novembro.

Após inspeção que contatou irregularidades, Centro de Custódia de Oiapoque passará por reparos CINTHYA PEIXE Da Redação

E

m inspeção realizada pelo Ministério Público Estadual no Centro de Custódia de Oiapoque, o promotor de Justiça titular de Oiapoque, Jander Vilhena, apurou a existência de inúmeras irregularidades no local, referentes à segurança, recursos humanos e equi-

pamentos de apoio. Não havia veiculo apropriado para o transporte dos detentos, sendo que a locomoção vem sendo feita em veículo particular e inapropriado, o que representa risco à segurança da população, dos agentes responsáveis pelo transporte e aos próprios custodiados. A inspeção apurou,

ainda, a inexistência de acompanhamento de assistência jurídica, social e à saúde aos presos, além da falta de materiais essenciais para o funcionamento do Centro, como pisos e trancas, e carência de munição e material de segurança para os agentes penitenciários. O presidente do Sindicato dos Agentes e Educadores Penitenciários

Financiamento estudantil poderá ser estendido em até dois semestres

O

prazo do financiamento estudantil concedido por meio do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) poderá ser ampliado por até dois semestres consecutivos. O aluno continuará a receber o financiamento, caso precise de mais tempo para concluir o curso. Isto ocorre em função de reprovação em uma matéria, doenças e outras situações que impliquem afastamento das aulas. Portaria publicada hoje (5) no Diário Oficial da União estabelece que o pedido de dilatação do prazo poderá ser feito pelo estudante entre o semestre previsto para encerramento do curso e o primeiro trimestre do período referente à ampliação. O pedido precisa ser validado pela Comissão Permanente de Supervisão e Avaliação (CPSA) em até cinco dias. “Para cada semestre a ser dilatado, o estudante deverá efetuar solicitação no SisFies [Sistema Informatizado do Fies], devendo a primeira ocorrer a partir do semestre seguinte ao término de utiliza-

do Estado do Amapá (Sinapen), Alexandro Soares, disse que algumas medidas já estão sendo tomadas para melhorar a situação no Centro de Custódia. “O Ministério Público fez a inspeção, então a administração já deve estar mandado cinco pistolas e carabinas, e também colchões. Além disto, será feita uma pequena reforma e uma

ção do financiamento, observado o limite de até dois semestres consecutivos”, informou o Ministério da Educação. Havendo validação da solicitação de ampliação do prazo, o estudante deverá comparecer à CPSA para assinar o Documento de Regularidade de Dilatação (DRD), impresso em duas vias – uma destinada ao estudante e a outra, à própria CPSA. Durante o período de dilatação do financiamento, a realização de transferência só poderá

ocorrer em casos de mudança de instituição de ensino para conclusão do curso financiado e desde que a quantidade de semestres a cursar não ultrapasse o prazo máximo permitido para ampliação. O estudante não poderá efetuar transferência de curso e de instituição de ensino em um mesmo semestre. A ampliação do prazo de utilização do financiamento, segundo o MEC, não será considerada no cômputo do prazo de amortização do financiamento.

balas, viaturas adequada para o transporte dos detentos, combustível, a prestação de assistência à saúde e a construção de uma enfermaria , bem como a prestação de assistência jurídica, educacional e psicológica. Os recomendados terão o prazo de 30 dias para prestar informações quanto às providencias adotadas.

Governo acusa Prefeitura de impedir conclusão das obras de água do Renascer

I

O aluno continuará a receber o financiamento, caso precise de mais tempo para concluir o curso

viatura será enviada para dar apoio logístico para o Centro de Custódia de Oiapoque”, informou Alexandro. O Ministério Público recomenda, entre outras medidas, a realização das reformas estruturais que possam proporcionar segurança à população e dignidade aos presos; a disponibilização de algemas, coletes à prova de

nicialmente prevista para ser inaugurada em julho passado, a primeira etapa das obras de ampliação da rede de abastecimento de água de Macapá, que atenderá aos bairros Renascer e Pantanal, encontram-se paralisadas e sem previsão de conclusão. Segundo a assessoria da Caesa (Companhia de Água e Esgoto do Amapá), a razão para o atraso decorre da decisão da Prefeitura de Macapá em interditar novamente a execução dos serviços. A interdição, além de atrasar a obra, atinge diretamente a população residente nos bairros, e que dependem de poços amazonas, em sua maioria. Desde o lançamento das obras, em março deste ano, a prefeitura vem interditando a execução do projeto, sendo esta a terceira paralisação. Mesmo com a intermediação do Ministério Público Estadual no sentido de solucionar o problema, o

município abandonou o acordo assinado e voltou a paralisar os serviços. A última interdição já dura mais de trinta dias, motivando inclusive a demissão dos trabalhadores por parte da empresa construtora. A mesma empresa também já teve equipamentos apreendidos pelo município, na sexta-feira passada. De acordo com a Constituição Federal de 1988, é atribuição exclusiva do município fornecer serviços de saneamento básico à população (água, esgoto, lixo e drenagem), diretamente ou por concessão. Em Macapá, além de não fornecer esses serviços, a prefeitura vem impedindo o GEA de executar obras para ampliar os serviços prestados pela Caesa, empresa pública estadual. Segundo o diretor-presidente da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), Ruy Smith, o Estado não criará nenhum obstácu-

lo para que o município assuma sua obrigação. “Porém, se não tem condições de fazer, então o correto é não atrapalhar”, defende o presidente. Segundo ele, o prefeito devia tratar melhor a Caesa, visto que esta substitui a prefeitura em tarefas que a municipalidade deveria estar promovendo, com grandes ônus financeiros para a empresa e o Governo do Amapá. Implantados no final da década de 90, quando os lotes foram doados pelo governo do Estado, os bairros Renascer e Pantanal não possuem rede de água tratada. Preocupado com a situação, o governador Camilo Capiberibe destinou R$ 3,9 milhões do empréstimo realizado junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a obra da rede de 32.920 metros que irá beneficiar 22 mil habitantes nos dois bairros.


CadernoC

Atualidades Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Prêmio de Design elege os melhores projetos do varejo

É verdade Questão de gosto

Associação Brasileira de Franchising divulga os vencedores do 3º Prêmio de Design, em parceria com a Retail Design Institute

R

econhecer os projetos de design que contribuem para elevar a experiência de compra dos consumidores, a conquista de mercado e a melhoria de desempenho da rede, além de estimular o uso do design como ferramenta estratégica de negócio. Esse é o objetivo do 3º Prêmio de Design, realizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) em parceria com o Retail Design Institute (RDI). Para o vice-presidente do RDI, reconhecido arquiteto, Manoel Alves Lima, a iniciativa é um incentivo para a difusão do uso do design no varejo nacional. “O prêmio celebra os projetos destacados por diversos fatores da relação entre o franqueado e o consumidor, pela exposição adequada dos produtos e pela conscientização sustentável do projeto”, ressaltou. Dezesseis empresas concorreram à premiação. A categoria loja, que visa reconhecer o projeto que melhor utilizou o design como ferramenta estratégica, foi dividida em: Pleno (que engloba as redes com 10 ou mais franqueados, e com no mínimo três anos de atuação), a vencedora foi a rede Timberland. O segundo lugar ficou com a rede Start Point. Na categoria Sênior (re-

Pesquisa desvenda quais são os tons de esmaltes que os homens mais gostam nas mulheres

A rede Chilli Beans foi reconhecida com uma Menção Honrosa Pop Store, por ter apresentado durante o Rock in Rio 2011 uma loja atenta aos princípios da sustentabilidade

des com 30 ou mais franqueados e com no mínimo cinco anos de atividade) foram premiadas as redes Scala, em primeiro lugar, e a marca Morana, em segundo lugar. Já na categoria Máster (redes franqueadoras com 60 ou mais franqueados e com no mínimo dez anos de atividade), o primeiro lugar foi para a marca Bob´s e o segundo lugar ficou com a rede Água Doce Sabores do Brasil. A premiação mais esperada da noite, Design do Ano, foi entregue à rede

Bob´s. A franqueadora utilizou o design para transformar seu ponto de venda em um ambiente aberto, arejado, transparente e integrado com as características locais. A rede Chilli Beans foi reconhecida com uma Menção Honrosa Pop Store, por ter apresentado durante o Rock in Rio 2011 uma loja atenta aos princípios da sustentabilidade. Ao final do evento, a estrutura foi desmontada em pequenas partes para que o público pudesse levar para casa, de recordação.

O prêmio da modalidade Quiosque foi entregue à rede Nutty Bavarian, pelo projeto que visou atualizar o layout do espaço para algo mais moderno e sofisticado. Na categoria Design Sustentável, o Bob´s foi o vencedor por ter aplicado conceitos de sustentabilidade ao projeto, como: redução no consumo de energia, atendimento da legislação quanto à mobilidade, e ainda permeabilidade e utilização da água. O prêmio Inovação do Ano ficou para a rede Jelly.

Gordo ativo é tão saudável quanto magro, dizem estudos

D

ois estudos publicados hoje questionam o conceito já cristalizado de que gordura extra é sempre sinal de maior risco para a saúde. O fenômeno é chamado pelos pesquisadores de paradoxo da obesidade: em certos casos, os quilos além da conta não indicam perigo e podem até ser protetores. A primeira pesquisa analisou dados de 43 mil americanos divididos em grupos conforme o nível de obesidade e os resultados em testes de colesterol, pressão arterial e condicionamento físico. Após um acompanhamento de cerca de 14 anos, os médicos, liderados por Francisco Ortega, da Universidade de Granada (Espanha), perceberam que os obesos considerados saudáveis após os exames tiveram um risco 38% menor do que os não saudáveis de morrer por qualquer causa. A redução de morte por problema cardíaco ou câncer foi de 30% a 50%. O desempenho desses gordos “em forma” ao longo do tempo foi similar ao dos magros saudáveis, segundo o estudo, publicado hoje no “European Heart Journal”. Outro trabalho, na mesma edição da revista especializada, analisou, por três anos, a mortalidade de 64 mil suecos com problemas cardíacos (como angina e infarto) submetidos a um exame de imagem para determinar a saúde de suas artérias coronárias. Os pacientes foram subdivididos de acordo com seu IMC (índice de massa corporal, calculado dividindo o peso em quilos pela altura ao quadrado, em metros). O gráfico de mortalidade ficou em forma de “U”: quem estava nos extremos (muito magros ou obesos mórbidos) tinha risco mais alto de morrer do que paciente intermediários, com sobrepeso ou obesidade moderada. De acordo com o cardiologista Eduardo Gomes Lima, do Hospital 9 de Julho, esses achados propõem um questionamento ao uso do índice de massa corporal como método para avaliar obesidade. “Dizer que um IMC a partir de 30 significa obesidade é suficiente? Nessa população vai ter obeso de verdade, mas também uma população com boa condição física, com muita massa magra. Não dá para colocar o IMC como grande definidor de prognóstico dos pacientes.” A pesquisa que acompanhou os americanos credita o melhor condicio-

namento físico dos obesos saudáveis como responsável pelo menor risco de morte observado nesse grupo em relação aos não saudáveis. De acordo com o cardiologista Raul Santos, diretor da unidade de lípides do Incor (Instituto do Coração do HC de São Paulo), os exercícios reduzem o impacto dos efeitos prejudiciais da gordura. “O exercício tem ação anticoagulante, ajuda a dilatação dos vasos e melhora a resistência à insulina, tendo um efeito contrário ao da obesidade. É melhor ser um obeso que se exercita do que um magro sedentário.” Para Santos, no caso do estudo com cardíacos, o efeito protetor conferido

aos obesos moderados é mais difícil de explicar. Uma possibilidade é a de esse grupo ter pessoas com menos gordura abdominal, que produz substâncias inflamatórias e é um conhecido fator de risco cardíaco. “Recomendamos a quem tem problema cardíaco perder peso, especialmente se a pessoa for barriguda.” Lima afirma que não se deve ficar com a impressão de que a obesidade não tem consequências. “A obesidade mórbida sempre está associada a um prognóstico pior.” Para ele, o importante é a necessidade de redefinir os limites da obesidade. “Talvez a gente esteja sendo muito rígido nessa avaliação.”

Uma pesquisa realizada pela TNS Research International e apresentada pela Mundial Impala aponta que os homens gostam sim, de mulheres com as unhas bem cuidadas! 55% da ala masculina prefere os tons pastel nas unhas das mulheres. As coleções de primavera/verão 2013 investem no azul, verde, lilás, lavanda, coral e o dourado. Em termos de efeito, surgem o perolado, o metalizado e o glitter. Neste caso, 30% dos homens destacam o azul e o verde como tons irreverentes. Já as cores flúor e o amarelo foram indicados por 38% dos homens como tonalidades que combinam mais com o Carnaval. Para 55% dos entrevistados, as variações de vermelhos são sexy e 26% acham as cores escuras, em geral atraentes. Entretanto, não se deixe enganar pelo resultado! 44% dos gatos apontaram que o vermelho fica bem apenas nas mãos, mas nos pés as cores claras caem melhor. Apenas 8% dos homens não gostam das unhas dos pés pintadas.

Só mais um palpite Aprenda a lidar com palpites e pessoas invasivas durante a gravidez

Basta você revelar que está grávida para virar praticamente uma celebridade instantânea. Todo mundo quer tocar a sua barriga e tem um palpitezinho guardado no bolso pronto para ser dado sem ser solicitado. Só faltam os paparazzi e seus flashes. Evidentemente, não é por mal que as pessoas fazem isso. Para a psicóloga Olga Tessari, autora do livro “Dirija sua vida sem medo” (Editora Letras Jurídicas), elas querem transmitir sua experiência e ensinar o que consideram correto. É como se dissessem ‘se determinada coisa que eu faço ou fiz foi boa para mim, você deveria fazê-la também’. No começo a sensação é até boa, mas acaba cansando. Então você precisa aprender a colocar certos limites para evitar essa invasão em tempo integral. Os hormônios durante esse período ficam meio malucos, o que pode levá-la a dar respostas um tanto malcriadas. Mas tenha paciência. No geral, as pessoas nem se dão conta de que estão sendo inconvenientes. Uma santa alterada Assim, quando aquela mão se aproximar de sua barriga, respire fundo. “Penso que as grávidas deveriam ser mais tolerantes. Será que elas próprias já não fizeram isso uma vez na vida?”, questiona Tessari. A psicóloga argumenta que a mulher grávida é vista, mesmo que inconscientemente, como uma espécie de santa e, por isso, tocar a barriga dela seria como tocar em uma divindade. Mas se você acha que está mais para “mulher à beira de um ataque de nervos” do que para santa, não precisa engolir em seco e dar um sorriso amarelo. A obstetra Bruna Salani, do Hospital e Maternidade São Luiz, em São Paulo, aconselha suas pacientes a explicar que sentem um pouco de aflição de ter a barriga tocada. Ligia Marques, consultora de etiqueta, sugere um “contra-ataque”, “coloque a mão no rosto da pessoa para que ela sinta o incômodo que esse tipo de aproximação invasiva traz. Aí, talvez, na próxima vez ela pense melhor antes de fazer isso”, diz. Sobre a chuva de palpites, há várias formas de dar respostas polidas e, mesmo assim, fazer com que os outros entendam que as sugestões deles não são bem-vindas. Quer ver uma boa estratégia? Faça o pré-natal direitinho, seguindo a risca o que diz seu médico. “Assim, quando alguém chegar cheio de opinião, você pode dizer de forma educada que está seguindo o pré-natal e as ordens médicas”, diz Salani. Há outras respostas possíveis como dizer que gostaria de adquirir a experiência da maternidade por si mesma, seguindo suas próprias crenças, experimentando e aprendendo com os erros que cometer. “E acrescentar que um dia quer se tornar alguém tão experiente como quem está opinando”, propõe Marques. E simplesmente ignorar. Para o obstetra do Hospital Israelita Albert Einstein, Carlos Czeresnia, a grávida deve valorizar seus instintos e as opiniões abalizadas dos médicos. Mito ou verdade? Veja os cinco clichês mais repetidos para as grávidas e saiba quais têm fundamento: 1- Vai mudar a lua, seu bebê vai nascer: não existe nada que comprove essa correlação. A analogia deve ter surgido porque um calendário usado para contagem da gestação é o lunar e cada semana corresponde a um ciclo de mudança de lua. 2- Sua barriga está baixa, o bebê vai nascer: isso é verdade em boa parte das vezes porque, na primeira gestação, pode acontecer a chamada “queda do ventre” cerca de duas semanas antes do parto, que tem a ver com a descida da cabecinha do bebê. 3- O bebê da amiga da prima da minha cunhada morreu um pouco antes do parto: isso, de fato, pode acontecer, mas raramente no caso de uma gravidez normal, sem fatores complicadores como hipertensão, diabetes ou problemas autoimunes. E, mesmo nesses casos, um bom acompanhamento reduz a possibilidade de intercorrências mais sérias. 4- Exercício físico acelera o parto: não há o menor risco de isso acontecer. 5- Não agache que o bebê pode nascer: a grávida pode baixar o quanto quiser -lembre-se das mulheres do campo que trabalham de cócoras.


Economia

JD

Atualizar o Código de Defesa do Consumidor ou não? Eis a questão

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Perdas no varejo chegam a 1,96% da receita

Propostas atualizam o CDC em três áreas: comércio eletrônico, superendividamento do consumidor e ações coletivas

DIVULGAÇÃO

De acordo com a 12ª edição da pesquisa realizada pelo PROVAR/FIA, em parceria com a ABRAS, Nielsen e o IBEVAR, a quebra operacional ainda é a maior responsável pelo prejuízo

A Propostas atualizam o CDC em três áreas: comércio eletrônico, superendividamento do consumidor e ações coletivas

E

m agosto deste ano, começou a tramitar no Senado a atualização do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/1990). As propostas foram apresentadas aos senadores em março, na forma de anteprojeto, por uma comissão de juristas reunida especialmente para esta missão. As propostas atualizam o CDC em três áreas: comércio eletrônico, superendividamento do consumidor e ações coletivas. Este foi o tema que norteou o debate em um dos painéis do CONAREC 2012: “A evolução da regulamentação das relações de consumo. Os novos dispositivos que farão a diferença na defesa do consumidor”. Mediado por Marcelo Sodré, diretor adjunto da PUC, o debate contou com a participação de Brito Filomeno, consultor jurídico e professor em direito do consumidor da B.R. & P., Advogados Associados, Leonardo Bessa, diretor de relações institucionais e promotoria de defesa ao consumidor da Brasilcon, Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Proteste e Maria Elisa Novais, gerente jurídica do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor Durante o debate, o co-

mércio eletrônico se apresentou como um dos setores que parece “puxar a fila” dentro deste projeto de atualização do CDC. Além de regras específicas a atualização deste setor no CDC trata da divulgação dos dados do fornecedor, da proibição de spams, do direito de arrependimento da compra e das penas para práticas abusivas contra o consumidor. Mas, para Maria Elisa Novais, mais do que uma atualização, o CDC necessita de esclarecimento e melhores interpretações, para ela o CDC “é uma lei moderna”, que necessita de uma boa interpretação judicial e “boa fé contratual” quando aplicado nas relações de consumo. Neste ponto todos os debatedores concordaram que certamente o e-commerce necessita ser avaliado com “mais precisão”, mas a Internet como um ecossistema próprio necessita de uma “regulamentação global”. Maria Elisa reforçou: “no que diz respeito o ao CDC, alguns temas só precisam ser praticados”. Leonardo Bessa, que faz parte da comissão que preparou a atualização do CDC, concorda que o Código tem os princípios ge-

rais, mas que o e-commerce e os outros setores destacados merecem ser analisados, e alertou: “O embate maior será dentro do Congresso Nacional. Lá os interesses divergem e temos que ter muita atenção ao tema da atualização do CDC”. Maria Inês foi mais incisiva: “No Congresso os interesses são muitos e os do consumidor é minoria. Não queremos que o CDC seja transformado para atender melhor as empresas”. Brito, que também é contrário à atualização, disse que o superendividamento, por exemplo, não carece de atualização e sim de “prevenção”. Para o consultor jurídico existem questões que merecem um tratamento menos burocrático. “Prevenção, informação e educação financeira, são alguns aspectos que não precisam de leis e sim de esclarecimento e boa vontade”. Ao final do painel, entre os que apoiam e os que são contrários à atualização do Código de Defesa do Consumidor, ficou claro que muito em breve teremos o desdobramento de fato deste episódio, que com certeza deverá apresentar novos rumos para novos e enriquecedores debates.

Alimentos pressionaram inflação em agosto

O

s alimentos foram responsáveis por mais da metade do aumento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em agosto deste ano, que ficou em 0,41%. O tomate foi o item de maior impacto na inflação oficial, com uma alta de preços de 18,96% em agosto. “Os alimentos continuam sendo pressionados tanto internamente, por conta da seca, quanto pelo aumento do preços internacionais de produtos como a soja, o trigo e o milho, devido a problemas climáticos nos Estados Unidos e na Rússia”, explicou a coordenadora de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eulina Nunes. A alta nos preços internacionais dos três produtos provocou impacto direto no bolso do consumidor, por causa da alta do aumento do óleo de soja (1,25%) e farinha de trigo (1%). O maior impacto, no entanto, foi indireto, uma vez que a soja, o trigo e o milho são usados como ração animal ou ingrediente para outros alimentos, tais como os ovos de galinha (3,92%), a carne de frango

(1,35%), o macarrão (1,22%) e o pão francês (0,88%). No ano, os alimentos acumulam inflação de 5,1%, taxa bem superior aos 3,51% registrados no mesmo período do ano passado. Os serviços também têm influenciado fortemente a inflação oficial. Entre os principais impactos, nos oito primeiros meses do ano, estão o aumento do custo dos empregados domésticos (9,9%), refeição fora de casa (5,31%) e alu-

guel residencial (6,85%). Segundo Eulina Nunes, o aumento da renda e a ampliação do mercado de trabalho resultam em maior demanda por serviços. Segundo o IBGE, as taxas de inflação apresentadas pelas demais classes de despesas em agosto foram: habitação (0,22%), artigos de residência (0,4%), vestuário (0,19%), transportes (0,06%), saúde e cuidados pessoais (0,53%), despesas pessoais (0,42%) e educação (0,51%).

pesquisa realizada ajustes (10%). pelo PROVAR/FIA Os produtos com valida(Programa de Admi- de vencida continuam renistração do Varejo, da gistrando a maior causa Fundação Instituto de Ad- da quebra operacional nas ministração), em parceria redes de supermercados, com a ABRAS (Associação com um total de 35%, e Brasileira de Supermerca- apresentam um aumento dos), a Nielsen e o IBEVAR de 6 p.p. em relação à últi(Instituto Brasileiro de ma pesquisa, em que foi Executivos do Varejo), re- registrado 29%. Outras vela que as perdas no va- causas deste quesito avarejo supermercadista bra- liado foram: produtos dasileiro somaram em média nificados por colaborado1,96% da receita opera- res (20%), produtos cional das empresas em danificados por clientes 2011, representando uma (17%), causas adversas queda de 0,30 p.p. em re- (16%) e embalagens valação a 2010. zias com conteúdo furtaO levantamento feito com 262 Causas das perdas empresas brasileiras do setor de supermercados mostrou que as principais causas de perdas no varejo deste segmento são: quebra operacional, com 33%; furto externo, com 19%; erros administrativos (16%); furto interno (15%); fornecedores e outros

do (14%). Para Claudio Felisoni, presidente do Conselho do PROVAR/FIA, a queda na média de perdas é causada pelo aumento de investimentos em prevenção. “Esse resultado promissor é fruto de iniciativas como a realização de mais treinamentos para colaboradores, entre 28% dos supermercadistas entrevistados. Mas também deixa claro um potencial de melhoria presente na logística das empresas para evitar a quebra operacional”, conclui.

Por que o computador é essencial para alavancar as vendas?

M

odelagem de vendas é uma receita simples. Comece por fornecer ao computador uma base de conhecimento apoiada em princípios estabelecidos, que definam o desenho geral de uma venda perfeita. Em seguida, insira dados sobre a situação real da venda; esses dados são as informações essenciais coletadas nas interações com o cliente. O real é, então, comparado com o ideal – à diferença entre os dois damos o nome de ‘gap’ ou lacuna, em português. A partir daí, o computador fornece informações construtivas sobre a melhor forma de minimizar esta lacuna. Este conceito, chamado de Modelo de Vendas, é um recurso que confere à automação de vendas um diferencial importante. Na automação de vendas aplicada com precisão, temos duas fontes de informação sendo inseridas no computador. Uma é proveniente das informações fornecidas pelo vendedor e a outra, baseada em experiências bem sucedidas no passado, matéria prima utilizada na composição do modelo de vendas. Quando o computador compara a informação fornecida pelo vendedor com aquela que “ele” entendeu, a partir do modelo, está sendo feita, na prática, uma comparação da realidade com práticas bem sucedidas. Com isto, é possível alertar ao vendedor o que “esta experiência” recomenda naquele momento. Vale lembrar que não se trata de uma

imposição, e sim uma sugestão do que o vendedor pode fazer para minimizar seus riscos e melhorar suas chances. Enquanto o vendedor traz consigo a sua própria vivência, intuição e conhecimento, a máquina contrapõe com práticas que têm se demonstrado eficazes ao longo do tempo. Em outras palavras, enquanto o vendedor vê a situação com os seus olhos e a sua perspectiva, o modelo de vendas traz a melhor prática baseada em anos de experiências bem sucedidas. Esta nova automação de vendas permite ao vendedor entender o que efetivamente está acontecendo na venda, comparado com o que deveria ter acontecido. E isto de forma automática, a cada interação. Hoje, através dos sistemas de CRM, existe uma gama de informações enorme armazenada nas bases de dados. Boa parte delas colhidas pelos vendedores nos processos de venda. O problema é que quando se usa o CRM como base da automação de vendas, sem um modelo bem desenhado, como saber qual a parcela do conhecimento adquirido determina uma estratégia de venda bem sucedida? A verdade é que raramente se tem esta informação. E é por isto que somente um CRM não pode ser considerado automação de vendas. Falta o modelo, falta experiência. Também por esta razão, o vendedor típico rejeita o CRM no qual é obrigado a entrar com uma quantidade enorme de informações

sem que o sistema “as transforme em conhecimento ou experiência” que o ajude a prever melhor os resultados ou a ganhar a venda. Uma análise simples nos leva de volta a Pareto. Podemos dizer, com segurança, que se nos basearmos em suas regras, 80% do conhecimento necessário para que se determine uma estratégia de vendas bem sucedida provém de 20% de toda a informação, geralmente colhida pelo vendedor. Na automação de vendas aplicada com precisão, há o estímulo ao vendedor em coletar somente esta informação. O computador as compara com o modelo de vendas do qual é, no fim do dia, uma descrição dos eventos e das características essenciais da oportunidade de vendas, e avalia as lacunas. Para que o computador ”entenda” o que está acontecendo na venda, ele deve ter como referência um modelo de vendas que descreva o mais precisamente possível como uma venda ideal deve ser. Assim, o computador transforma-se em uma ferramenta efetiva de suporte ao vendedor, validando o seu bom senso, apoiando-o a ser mais preciso em suas previsões e a vender mais. Em suma, baseado na experiência de vendas e nas informações essenciais, que só um bom vendedor consegue trazer, o computador se transforma em uma espécie de mentor que “troca ideias” com o vendedor e o auxilia na tomada de decisão.


JD

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

C3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Brasil é o maior mercado consumidor de crack do mundo, aponta estudo

JD

Mundo

Julgamento à vista

Estudo ouviu 4,6 mil pessoas com mais de 14 anos em 149 municípios do país

O

Brasil é o maior mercado mundial do crack e o segundo maior de cocaína, conforme resultado de pesquisa do Instituto Nacional de Pesquisa de Políticas Públicas do Álcool e Outras Drogas (Inpad) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Os dados do estudo - que ouviu 4,6 mil pessoas com mais de 14 anos em 149 municípios do país – foram apresentados ontem (5) na capital paulista. Os resultados do estudo, que tem o nome de Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad), apontam ainda que o Brasil representa 20% do consumo mundial do crack. A cocaína fumada (crack e oxi) já foi usada pelo menos uma vez por 2,6 milhões de brasileiros, representando 1,4% dos adultos. Os adolescentes que já experimentaram esse tipo da droga foram 150 mil, o equivalente a 1%. De acordo com o relatório, cerca de 4% da população adulta brasileira, 6 milhões de pessoas, já experimentaram cocaína

DIVULGAÇÃO

Equador pode levar caso Assange a Haia, diz Baltasar Garzón

Estudo apontam ainda que o Brasil representa 20% do consumo mundial do crack. A cocaína fumada (crack e oxi) já foi usada pelo menos uma vez por 2,6 milhões de brasileiros, representando 1,4% dos adultos

alguma vez na vida. Entre os adolescentes, jovens de 14 a 18 anos, 44 mil admitiram já ter usado a droga, o equivalente a 3% desse público. Em 2011, 2,6 milhões de adultos e 244 mil adolescentes usaram cocaína. O levantamento do Inpad revelou também que a cocaína usada via

intranasal (cheirada) é a mais comum. Aproximadamente 5,6 milhões de pessoas já a experimentaram na vida e, somente no último ano, 2,3 milhões fizeram uso. Entre os adolescentes, o uso é menor, 316 mil experimentaram durante a vida e 226 mil usaram no último ano. A pesquisa também com-

parou o consumo de cocaína nas regiões brasileiras em 2011. No Sudeste está concentrado o maior número de usuários, 46% deles. No Nordeste estão 27%, no Norte 10%, Centro-Oeste 10% e Sul 7%. Relatórios com resultado e metodologia estão na página do Inpad na internet. (www.inpad.org.br)

Turmas de alfabetização terão minibiblioteca em sala de aula a partir do próximo ano

A

partir de 2013, todas as salas de turmas de alfabetização de escolas brasileiras terão uma minibiblioteca com cerca de 25 livros de literatura para estimular o hábito da leitura desde o início da trajetória escolar. Essa estratégia está contida no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, programa que será lançado pelo Ministério da Educação (MEC), cujo objetivo é garantir que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos ao concluírem o 3º ano do ensino fundamental. Serão 10 milhões de livros para as 400 mil classes de alfabetização que existem no país. Os detalhes do programa foram apresentados pelo secretário de Educação Básica do MEC, César Callegari, a representantes de ministérios da Educação dos

países ibero-americanos, reunidos em Salamanca (Espanha) para o Congresso das Línguas na Educação e na Cultura. De acordo com o secretário, apesar de o programa ainda não ter sido lançado oficialmente, 5.100 municípios (de um total de 5.564 cidades, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e todos os estados já aderiram ao pacto que, além da distribuição de materiais didáticos, prevê a formação de professores alfabetizadores com distribuição de bolsas de estudos e avaliações periódicas para medir o nível de alfabetização dos alunos ao fim do 3º ano do ensino fundamental. A primeira edição da prova que irá medir o nível de alfabetização dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental está prevista

para ser realizado em novembro de 2014. Será a primeira vez que uma avaliação oficial vai apurar essa informação. No ano passado, o Todos pela Educação aplicou um exame amostral para aferir a alfabetização de alunos da mesma faixa etária. Os resultados da Prova ABC apontaram que mais de 40% dos alunos que concluíram os três primeiros anos do ensino fundamental não tinham a capacidade de leitura esperada para essa etapa. “Não basta ter uma bandeira bonita. É fundamental que os entes federativos possam prestar contas em relação a esse compromisso que assumiram. É uma avaliação muito mais daqueles que se comprometem do que das crianças”, disse Callegari. O investimento anual total do pacto será R$ 1,3 bi-

lhões. A capacitação dos professores alfabetizadores, que será feita por 36 universidades públicas, está programada para começar em fevereiro de 2013. O custo com a compra e distribuição de materiais didáticos - incluindo os livros de literatura que ficarão nas salas de aula será R$ 340 milhões. Os representantes dos ministérios da Educação presentes ao encontro apontaram que a alfabetização é um gargalo para todos os sistemas de ensino dos países que participam do evento. Com apoio da Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), o grupo planeja organizar um novo encontro exclusivamente para debater o tema e a experiência brasileira poderá servir de inspiração.

Governo promete não aumentar número de vistos para haitianos

O

ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, afastou ontem (5) a possibilidade de o governo ampliar a quantidade de vistos concedidos aos imigrantes haitianos. Patriota disse que está mantida a meta de 1.200 até dezembro. Segundo ele, o objetivo é impedir a ação do crime organizado, que tira proveito da oportunidade dada pelo governo brasileiro aos haitianos. “São cerca de cem vistos por mês, 1.200 por ano. Até o mês de agosto, 760 vistos foram concedidos. Mas a ideia é não facilitar mais o ingresso, pois isso facilita a ação do crime organizado, que lucra com a migração [desorganizada]”, disse Patriota, durante audiência pública na

Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara. Em fevereiro, os presidentes Dilma Rousseff e Michel Martelly, do Haiti, fecharam acordo para deter a imigração ilegal dos haitianos, que desde janeiro chegam na fronteira do Brasil com o Peru. Na ocasião, foi negociada a concessão de vistos que não representam permissões de trabalho, mas permitem que os haitianos entrem no Brasil sem passar por redes de atravessadores. As autoridades haitianas dizem que as famílias escolhem os mais fortes e com mais estudos para deixar o país, pois esses têm mais chances de conseguir emprego. Geralmente a chegada à fron-

O Equador pode estar pronto a levar o caso do australiano Julian Assange à Corte Internacional de Justiça (CIJ) em Haia, se o Reino Unido e a Suécia não chegarem a um acordo para proteger o fundador do WikiLeaks de uma possível extradição aos Estados Unidos, disse nesta quarta-feira, 5, o ex-juiz espanhol Baltasar Garzón, que assumiu a defesa do editor do website. “Meu entendimento é que essa medida (levar o caso à CIJ) apenas ocorreria se não houver acordo entre as partes envolvidas.” Garzón afirmou que sua maior preocupação, compartilhada pelo governo equatoriano, é que Assange seja enviado aos EUA sob acusações de espionagem ou de traição, relacionadas às atividades do WikiLeaks. A CIJ, tribunal das Nações Unidas, julga litígios e disputas entre países. Assange é procurado pela justiça da Suécia sob acusações de estupro feitas por duas mulheres. A violência sexual teria ocorrido quando ele visitou Estocolmo em 2010. Assange, além de negar as acusações, acredita que o governo dos EUA poderá processá-lo porque o WikiLeaks publicou centenas de milhares de documentos diplomáticos e secretos do Departamento de Estado a partir de 2010. As declarações de Garzón indicam que o caso Assange poderá virar uma dor de cabeça ainda maior para o governo britânico, após meses de apelações diplomáticas e jurídicas. Assange, que estava sob prisão domiciliar no interior da Inglaterra, se refugiou na Embaixada do Equador em Londres em junho e pediu asilo político, concedido em agosto pelo governo equatoriano. No entanto, as autoridades britânicas não lhe deram um salvo-conduto e o australiano pode ser preso se sair da embaixada. Garzón pede ao governo britânico que deixe Assange partir livremente ao Equador.

Segurança

Britânico ouve rugido, e polícia busca suposto leão de origem desconhecida

A polícia inglesa está em busca de um leão que teria sido visto em um campo, próximo a vila de St Osyth, na costa leste da Inglaterra. Os primeiros relatos de um “gato grande”, parecido com um leão, chegaram às autoridades por volta das 19h do domingo (15h, horário de Brasília). Policiais acreditam na veracidade das informações sobre o leão, já que uma foto tirada por moradores - ainda que feita de longe e de má qualidade - foi mostrada às autoridades. Eles chegaram a fechar ruas próximas a Earls Hall Drive, local onde o leão teria sido avistado. Helicópteros Equipes com o auxílio de policiais armados e dois helicópteros buscam pegadas do animal na região e pediram reforço a especialistas do zoológico de Colchester - que ressaltou, porém, que nenhum de seus leões escapou. Um circo que estava na área também foi contactado, mas informou que não não tem nenhum animal desaparecido, e sequer possui leões.

Alerta Tremor de 7,6 graus na Costa Rica provoca alertas de tsunami no Caribe

objetivo é impedir a ação do crime organizado, que tira proveito da oportunidade dada pelo governo brasileiro aos haitianos

teira do Brasil depende da ajuda de atravessadores que cobravam, em média, no começo deste ano, o equivalente a R$ 3 mil. As denúncias de dificuldades, falta de assistência e até fome tornaram-se

frequentes entre os imigrantes que chegam nas cidades fronteiriças tanto do Brasil, como também do Peru. Os governos locais se queixam de falta de recursos para receber os haitianos.

Um “forte abalo” foi registrado no noroeste da Costa Rica às 8h42 (horário local, 11h42 no horário de Brasília) de ontem, 5. A magnitude do tremor, segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), foi corrigida de 7,9 para 7,6 graus. De acordo com as primeiras informações disponíveis, o epicentro do tremor está a 151 km a oeste de San José, a uma profundidade de 20 km. O Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico (PTWC), disse que há possibilidade de tsunami para a região do Caribe, mas cancelou o alerta para a maioria dos países da região que estavam na lista original do organismo, em comunicado publicado em seu site. No momento, o alerta se estende apenas para Costa Rica, Panamá e Nicarágua. Os países que saíram da lista original são El Salvador, Honduras, México, Colômbia, Equador, Guatemala e Peru. “Terremotos deste tamanho têm o potencial de gerar um tsunami destrutivo generalizado, que pode afetar a costa de toda a região do Caribe”, disse o PTWC no comunicado.


JD

Diversão&Cultura

Começam as filmagens do novo filme do boneco Chucky Produção é da Universal 1440 Entertainment, braço da Universal para filmes de menor produção. O roteiro e a direção é de Don Mancini

H

á poucos meses foi anunciado que o boneco assassino do cinema iria voltar à ativa em seu sexto filme, chamado de Curse of Chucky. As filmagens dessa nova “aventura” do menininho começaram nesta quarta, dia 5, no Canadá. A história mostra Nica, uma garota que sofre com o suicídio de sua mãe quando Barb, sua irmã mais velha, chega com a família para o funeral. As duas não se dão bem, mas as coisas vão piorar. É que a filha de Barb tem um boneco falante de cabelos vermelhos bem estranho que se chama Chucky. O brinquedo chegou misteriosamente via correio. Logo, assassinatos começam a acontecer na casa e Nica desconfia do boneco.

DIVULGAÇÃO

Macapá-AP, quinta-feira, 06 de setembro de 2012

C4

Editor: Franck Figueira - franckfigueira@jdia.com.br

Celebridades Lívia Andrade

“Já joguei um sapato no Silvio Santos e ele não brigou comigo”

A atriz e apresentadora Lívia Andrade lembrou, de um episódio que passou com o apresentador Silvio Santos. Ela contou que já chegou a jogar um sapato no “homem do baú”. “Eu estava escondida quando ele entrou no camarim, no lugar do frigobar, e tinha um paletó pendurado. O Silvio entrou e perguntou onde eu estava. Eu peguei o sapato e ataquei nele. Pegou na perna dele e ele falou: ‘Ela é louca, né?’. Acho que ele não me leva muito a sério. Acho que ele pensa que eu sou meio doida mesmo. Mas é melhor ele pensar assim”.

Adelaide

Personagem do “Zorra Total”, é denunciada por racismo

Filmagens dessa nova “aventura” do menininho começaram nesta quarta, dia 5, no Canadá

É Chucky de volta pronto para terminar o trabalho que começou há mais de

20 anos. A produção é da Universal 1440 Entertainment, braço da Universal para filmes de menor produção. O roteiro e a direção é de Don Mancini, criador da franquia e que escreveu todos os longas anteriores

e comandou O Filho de Chucky, de 2004. O elenco tem Fiona Dourif (como Nica), Danielle Bisutti (Barb), Brennan Elliott (Ian), Brad Dourif (dublador de Chucky), entre outros. A estreia acontece em 2013.

Vocalista do Green Day tem alta do hospital e volta para Los Angeles

O

vocalista do Green Day, Billie Joe Armstrong, saiu do hospital onde estava na Itália e voltou para Los Angeles. As informações são do site TMZ. Em entrevista para o site ao chegar no aeroporto de Los Angeles, Armstrong conseguiu manifestar que estava completamente sem voz. A banda havia cancelado um show no último domingo (2) na cidade de Bologna, na Itália, após o vocalista ser hospitalizado. Jornais locais italianos já haviam informado

na última terça (4) que Billie Joe Armstrong havia sido liberado do hospital e estava se recuperando de “desconfortos gástricos”. Em um vídeo publicado no site oficial do grupo, o baixista Mike Dirnt e o baterista Tré Cool pediram desculpas aos fãs pelo cancelamento. Segundo os músicos, Armstrong deu entrada no hospital no sábado (1º) à noite “por causa de uma doença”. “Os médicos acharam melhor ele não fazer o show”, explicou Dirnt. Dirnt e Cool afirmaram que estão “devastados” por não poderem se apresentar. “Billie também está muito decepcionado”, disse Cool, garantindo que o trio voltará à cidade para o show “assim que puder”.

Resumo das Novelas Malhação Orelha afirma não ser o autor do grafite, mas Mathias não acredita. Leandro acredita que Orelha não seja o grafiteiro misterioso. Marcela pede para falar com Nando. Mario recebe a informação de que o casarão será vendido e quase beija Alice. Morgana não aceita que Nando divida o casarão com Marcela e Gil. Leandro informa que os alunos que não apresentarem o trabalho ganharão nota zero. Marcela vê Fatinha se insinuar para o professor de robótica. Dinho garante a Orelha que descobrirá quem é o grafiteiro misterioso. Dinho pede para Ju passar a noite com ele no colégio para descobrir quem está grafitando, mas ela recusa.

Cheias de Charme Penha descobre que foi injusta com Gilson. Cida participa de um desfile. Fabian reclama com Inácio por ter saído com suas fãs. Chayene fala para Socorro não contar a ninguém que cantará com ela no show de Luan Santana. Penha leva Patrick para a aula de surf e encontra Gilson novamente. Socorro ouve Chayene dizer que não vai deixá-la cantar no show. Fabian vai para São Paulo e diz que Inácio usará um ponto eletrônico. Sarmento se emociona com o apoio de Cida. Chayene estranha o comportamento de Socorro. Tom descobre a farsa de Inácio com suas fãs.

Amor Eterno Amor Clara se preocupa com a demora de Miriam. Jáqui confessa a Gil que está apaixonada por Henrique, e ele revela que está namorando Laura escondido. Fernando leva Miriam para o farol. Rodrigo e Gabriel descobrem que Fernando sequestrou Miriam. Bruno desconfia que uma mulher esteja sequestrando uma criança rodoviária e a denuncia. Julinha, Laís, Flavinha e Robson fazem um simulado com Cris. Clara sonha com o farol e avisa a Rodrigo. Confundindo Miriam com Alice, Fernando afirma que seu amante vai chegar a qualquer momento. Bruno é promovido Gil mostra a Jacira o ensaio fotográfico feito por ela.

Avenida Brasil Tufão pede Nina em casamento. Ivana acusa a cozinheira de tentar seduzir os homens da família, e Jorginho tenta defender a namorada. Janaína incentiva Nina a aceitar o pedido de Tufão. Carminha e Max combinam um golpe. Ivana é hostil com Nina. Olenka comenta com Silas sobre o arquiteto que está investindo em Monalisa. Suelen fica com Leandro. Janaína flagra Max falando com Nina. Tufão não consegue disfarçar a tristeza ao se despedir da cozinheira. Monalisa e Silas ficam juntos. Verônica expulsa Cadinho de casa. Leandro confessa a Roni que ficou com Suelen.

A personagem Adelaide, interpretada pelo ator Rodrigo Sant’anna no humorístico “Zorra Total”, foi acusada de racismo por parte de telespectadores e ONGs e está sendo investigada pela 19ª Promotoria de Investigação Penal, no Rio. Segundo a promotora Christiane Monnerat, que cuida do caso, várias denúncias de cidadãos e ONGs foram recebidas pela Ouvidoria Nacional da Igualdade Racial, órgão ligado à Presidência da República, que notificou a promotoria sobre os possíveis “estereótipos racistas” da personagem.

Natália e Thaís Disputam vaga no próximo “Big Brother Brasil”

Depois de Kleber Bambam, do “BBB1”, e Dhomini, do “BBB3”, se enfrentarem na estreia do Paredão Retrô BBB, as ex-BBBs Natália, do “BBB8”, e Thaís, do “BBB2”, disputam a preferência do público na enquete que está no ar no blog do “BBB13”. A duas disputarão no segundo paredão os votos do público até a próxima sexta-feira (7). A enquete “Quem você gostaria de ver na casa do BBB13?” faz parte do processo de seleção para a edição de 2013. No primeiro Paredão Retrô BBB, Kleber Bambam venceu com 52% dos votos o concorrente Dhomini. Segundo Boninho, diretor do reality show, seis dos 180 participantes de edições anteriores voltarão à casa comandada por Pedro Bial na 13ª edição.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Um bom dia pra você aplicar todo o seu conhecimento da natureza humana. Mercúrio e Plutão sinalizam bom entendimento dos motivos que geram comportamentos. Lua e Mercúrio abastecem com sobriedade nas finanças e amores. Touro (21 abr. a 20 mai.) Hoje a Lua transita seu signo! Por 48 horas é melhor cuidar de seus afazeres pessoais, deixando o resto em segundo plano. Invista em saúde, bem-estar e alegria interior. Contato com Plutão favorece mergulhos íntimos profundos. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Um dia especial pra tomada de decisões que afetam suas relações com família, incluindo aí imóveis e bens materiais. Receberá apoio e será plenamente compreendido por seus parentes. Mas terá de falar de assuntos delicados. Câncer (21 jun. a 21 jul.) Com Vênus em seu signo o momento é de investir em beleza e diplomacia, prodigalizando afeto e simpatia por ai! Lua em Touro traz amigos fieis que sustentam suas iniciativas, mesmo as mais ousadas. Pensamento original. Leão (22 jul. a 22 ago.) A falta de segurança na carreira motivará você hoje a buscar maior controle dos processos e tarefas. Um subalterno estará envolvido nisso e o ajudará. Emoções e sentimentos escondidos poderão ser revelados e transformados. Virgem (23 ago. a 22 set.) Vitalidade e animação não faltam pra você hoje! Sol e Marte dão sinal verde para empreendimentos audaciosos e independentes. A Lua vem reforçar este cenário positivo, indicando viagens e ajuda externa.

Libra (23 set. a 22 out.) Mais um dia de pressa e acumulo de estímulos - e pode ser assim até outubro! Daí a importância de preservar seus poucos momentos de relaxamento. Lua, Mercúrio, Marte e Plutão avisam: momento de mudanças importantes. Escorpião (23 out. a 21 nov.) Você irá motivar revelações hoje! Através de sua capacidade de ir fundo nos assuntos e ver além do obvio, ajudará quem não tem pique ou garra de se reciclar. No amor, enfoques honestos ajudarão a manter o romance. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Um dia em que o mais importante é ser prático, fiel, sem resvalar na miragem ou na ilusão. As pessoas querem soluções testadas, e também não querem correr riscos desnecessários. Um subalterno o ajudará em casa e no trabalho. Capricórnio

(22 dez. a 20 jan.) A Lua corre no signo do amor e da sensualidade hoje! Você, mais antenado com tudo que pode trazer paz de espírito e segurança, pode se deixar atrair por esta vibração. Seu poder de visão está poderoso. Investimento em saúde é benéfico.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Existem coisas simples de serem resolvidas e outras, bem mais complicadas. E existem abordagens simplórias e práticas que, já muito experimentadas, resultam em efeitos ótimos. Hoje é dia de investir nestas ultimas, no amor e na carreira. Peixes (20 fev. a 20 mar.) Férteis suas ideias hoje! Além de pensamentos originais e visão profunda, você conta com o realismo necessário pra abordar pequenos problemas de trabalho e do cotidiano de casa. Algo lhe será revelado por alguém bem próximo.

Jornal do Dia 06/08/2012  

Jornal do Dia 06/08/2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you