Page 1

fórmula 1

Vetado

Vettel é favorito

mãos limpas

Adriano não joga

Alemão esteve entre os melhores tempos em quase todos os dias que foi à pista.

Marília cobra explicações

O Imperador não enfrenta o Nacional na quarta-feira, pela segunda rodada da Libertadores. nC1

nC2

Deputada cobrou explicações do senador Capiberibe sobre declarações no Senado. nA4

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Domingo e Segunda R$ 3,50 - Terça a Sábado R$ 1,50

Macapá-AP, Terça-feira, 06 de Março de 2012 - Ano XXV

saúde

CPI vai investigar fraudes em licitações e superfaturamento Requerimento que deu origem à Comissão Parlamentar de Inquérito é do deputado Valdeco Vieira (PPS), que apontou uma série de denúncias de irregularidades na Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), que teriam

motivado inclusive a instauração de inquéritos civis por parte do Ministério Público Estadual. CPI teve a aprovação de 22 dos 24 deputados estaduais. nA4

insegurança

Heverton mendes

Agente penitenciário leva tiro ao sair de casa Glauber Monteiro Pena estava em frente à sua residência, no bairro Buritizal, quando foi surpreendido por dois homens que estavam em uma motocicleta. nB2

polêmica

Deputados criam projeto de lei para “curar” gays Objetivo da bancada evangélica de pautar novamente o velho debate na Câmara dos Deputados foi atingido. nA5

Proposta é do deputado João Campos

Enquanto licitação não sai, usuários de ônibus utilizam sistema que não atende as exigências

macapá

Audiência vai discutir licitação para o transporte público Sindicalista Alexsandro Souza cobrou mais segurança aos agentes

A audiência publica é parte do processo de licitação que a Empresa Municipal de Transportes Urbanos está fazendo com jornal do dia

o objetivo de ampliar a frota e melhorar as condições dos veículos. nB3

sem recursos

TFD cancela passagens de pacientes

Pacientes procuram por informações na coordenação do TFD

A falta de repasse do governo para a agência de turismo responsável pela programação das passagens, comprometeu o tratamento dos beneficiados. A coordenação do TFD disse que o atraso se deu por conta da abertura do orçamento. nB1

Fla

Gol de Ronaldinho custa R$ 833 mil Por conta diss, craque não consegue escapar das críticas. nC1

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

“ ” Opinião

EntreAspas

JANDERSONCANTANHEDE Jornalista

Bem antes – Muita gente não sabe, mas a CPI da Saúde já tinha assinaturas suficientes bem antes de ser anunciada no último final de semana.

Batido o martelo - Na quinta-feira da semana passada, 22 deputados estaduais bateram o martelo sobre a aprovação da CPI da Saúde. Dois dias depois, o exsecretário Edilson Pereira foi exonerado do cargo. Pulando fora – Coincidência ou não, a saída de Edilson aumenta as suspeitas de que o fisioterapeuta não estava muito afim de arcar com as conseqüências das possíveis irregularidades encontradas na pasta. Outra explicação Fontes da cozinha palaciana têm outra versão para a exoneração. Contam que um desentendimento entre o ex-secretário e o chefe do Executivo teria motivado a saída de Edilson. Verdade – O certo é que a saída de Edilson

foi motivada por problemas de saúde, seja ela pessoal ou estrutural. O setor há muito vem revelando uma precariedade sem igual. Não é à toa que as pesquisas do Ministério da Saúde mostram Macapá em último lugar na região Norte. Daqui não saio – Os mais críticos pensam que o secretário petista, Joel Banha, poderia tomar o mesmo caminho trilhado pelos demais ex-secretários que abandonaram o barco socialista. Lá pelas bandas da Infraestrutura já acendeu o sinal amarelo. Todo cuidado é pouco para não deixar o sinal vermelho acender... Devolução - Cerca de 11 mil agentes e servidores da PF perderam na Justiça o reajuste de 84,32%, ganho em 1990. Alguns devem pagar até R$ 380 mil ao governo. Chateado – Irritado com o andamento das obras para a Copa de 2014, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, atacou duramente os organizadores. Para ele,

FotodoDia

o país precisa de um chute na bunda para acelerar o Mundial. Alguém discorda?

Ele discorda - O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, é um dos sem noção que discordou de Jérôme Valcke. Chegou a pedir à Fifa, inclusive, o afastamento do secretário-geral da entidade das negociações sobre a Copa do Mundo de 2014. Vergonha – O que Aldo Rebelo e o resto dos envolvidos na Copa precisa ter é mais responsabilidade e se organizarem melhor. Talvez até pensaram que com o “jeitinho brasileiro” a Copa de 2014 poderia ser levada nas coxas. Ledo engano. O resultado foi uma puxada de orelha para todo o mundo ver. Sem opções – Se Macapá continuar do jeito

que está hoje, com os órgãos de segurança pública fechando tudo o que é local público afim de evitar aglomerações, som alto e badernas, daqui até o final do ano não teremos mais opções de lazer. Discordo – Não sou contra o trabalho da polícia que evita exageros nas madrugadas amapaenses. Mas também não sou a favor do radicalismo que até hoje interditou a orla de Macapá no horário de meia noite às 6 da manhã. Penalizados - Acredito que a segurança pública tem cabeças pensantes o suficiente para encontrar um meio termo. O que não pode é o cidadão de bem ser privado do simples lazer por culpa de meia dúzia de fanfanrrões. Até amanhã...

“Ojornalismoé,antesdetudoesobretudo,aprática diáriadainteligênciaeoexercíciocotidiano do caráter” (Claudio Abramo) Siga: @cantanhede_AP Acesse:jandersoncantanhede.wordpress.com Email: cantanhede@jdia.com.br

O prédio da UNA, localizado no bairro do Laguinho, está abandonado. Folhas secas e mato se aglomeram no local. Falta limpeza e nova pintura para que um dos principais pontos de festas regionais não caia no esquecimento. HEVERTON MENDES

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

A2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Editorial

Rever o passado para construir o futuro

T

em causado alguma apreensão o atual clima político no Amapá, com intensa disputa entre grupos adversários, ataques de tribunas parlamentares, aberturas de CPIs, denúncias de irregularidades administrativas, entre outras questões polêmicas. Só na Assembleia Legislativa, em uma semana foram abertas duas CPIs. Uma para investigar a Amprev e outra, aprovada ontem, para investigar denúncias de possíveis irregularidades administrativas na Secretaria de Estado da Saúde no Governo Camilo, a partir de denúncias encaminhadas ao Legislativo pelo Ministério Público do Estado. Na tribuna do Senado, na semana passada, foi o senador João Capiberibe (PSB) quem marcou presença no debate político. Ele cobrou da Procuradoria Geral da República e do Superior Tribunal de Justiça urgência na conclusão da Operação Mãos Limpas, detonada em 2010 no Amapá, envolvendo as principais autoridades do estado na época. Na visão do senador, a demora na conclusão do processo frustra as aspirações da maioria dos cidadãos e das cidadãs amapaenses, além de representar estorvo para o atual governo, que não pode ter acesso a documentos apreendidos pela Polícia Federal. Ontem, na Assembléia Legislativa, a deputada

estadual Marília Góes manifestou concordância com o pronunciamento do senador. Garantiu que quer, também, a conclusão do processo, para que ela e o marido, ex-governador Waldez Góes, possam apresentar suas defesas. Se concordou com Capiberibe nesse aspecto, confrontou-o em muitos outros, cobrando explicações do mesmo sobre pontos que o envolvem na Operação Mãos Limpas e sobre outros pontos da vida pública do senador. É claro que toda essa animosidade na cena política local pode trazer estorvo ao Amapá, que depende de muitas iniciativas do poder público para desenvolver suas vocações e realizar suas potencialidades. Estando seus agentes públicos envolvidos em tão grande nível de querelas políticas, terão menos tempo para dedicar-se aos assuntos urgentes e importantes que reclamam suas preciosas atenções. Contudo, não se pode negar também que o esclarecimento de todos os fatos acima mencionados, e muitos outros que permanecem na obscuridade, é fundamental para o Amapá. Porque não adiante seguir em frente sem resolver os problemas passados - os já distantes, os recentes e os muito recentes. Sob pena de repeti-los eternamente.

Hora-Hora

Retrovisor – O deputado Jacy Amanajás, insatisfeito com os rumos do debate sobre o requerimento para instalação da CPI da Saúde, ontem, no Legislativo, defendeu que a comissão a ser instalada tenha um bom espelho retrovisor, para examinar questões anteriores ao Governo Camilo. Desnecessário – Para o deputado Eider Pena, contudo, o retrovisor desnecessário neste caso. Segundo ele, denúncias sobre irregularidades na saúde referentes ao período pré-Camilo já estão sendo investigadas em outras instâncias. Já as do atual governo, não. Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994) Diretor Editorial: José Arcângelo Pinto Pereira Diret. Adm. Financeira e Contábil: Maria Inerine Pinto Pereira Diretor de Assuntos Corporativos: Luiz Alberto Pinto Pereira Diretor Executivo: Marcelo Roza Assessoria Jurídica e Tributária: Dr. Américo Diniz — OAB/AP 194 Dr. Eduardo Tavares — OAB/DF - 27421 Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br josemaria@jdia.com.br mariaruth@jdia.com.br

Índice Opinião - A2, A3 Política - A4 Economia - A5 e A6

Meio Norte - A7 Diversão - A8 Dia Dia - B1, B3

JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representantes comerciais JC Repres. Com. Ltda. - Brasília, DF n Tel. (61) 2262-7469 - Rio de Janeiro, RJ nº Tel. (21) 2223-7551, São Paulo Visão Global Comunicação S/C Ltda. n Rua Alvarenga, 573- Butantã - CEP - 05509-000 - São Paulo, SP Tel. (11) 3032-3595, Fax (11) 3032-4102. New Mídia - Belém-PA (Gil Montalverne) Tel.: (91) 3279-3911 / 8191-2217 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Polícia - B2 Santana - B4 Classidia - 12 Pág

Ediçãonúmero 7844

Onipresente – Para encerrar o assunto, a deputada Marilia Góes considerou importante, sim, olhar no retrovisor. Só fez um alerta: quem olhar para trás, na direção de governos passados, vai acabar enxergando por lá o próprio deputado Jacy, personagem onipresente no Hemoap. Ameaça – O presidente do Sindicato dos Médicos do Amapá, Fernan-

do Nascimento, diz que se a Prefeitura de Macapá não resolver os problemas da categoria, entre eles a baixa remuneração, pode haver uma debandada geral dos profissionais de saúde. Prazo – Segundo Nascimento, dos cerca de cem médicos à disposição da Prefeitura, apenas 10% são concursados. E, assim como os demais, ganham muito mal. O prazo para solução do problema é até o final de março. Divergência – O deputado estadual Dalto Martins é contrário a que o Governo do Estado faça novos investimentos na estrutura do Hospital das Clínicas Alberto Lima. Não está sozinho nessa posição. Vai em frente - Mas não adiantará muito torcer o nariz para a obra, mais uma das inúmeras já realizadas no hospital – que continua mal das pernas. O edital da mesma já está lançado e a nova reforma e ampliação vai consumir R$ 13 milhões, entre recursos dos governos federal e estadual.

Frases do Dia “Democracianestepaísérelativa, mas corrupção é absoluta.” (Paulo Brossard) “Acorrupçãonãoéumainvençãobrasileira, masaimpunidadeéumacoisamuitonossa.” (Jô Soares) “Nuncaseachedemaisp , oistudooqueédemaissobra, tudooquesobraérestoetudooque é resto vai para o lixo.” (Gilbert Fire) “Quemconheceasuaignorânciarevelaamaisprofunda sapiência.Quemignoraasuaignorânciavivenamais profunda ilusão.” (Lao-Tsé)


JD

Opinião Os graves problemas

MônicaHauck RH artigos

Jornalista

O

contar com o apoio do comando do Estado. Com relação à Secretaria de Saúde, o primeiro secretário escolhido pelo Governador, Evandro Costa Gama, ficou no cargo 177 dias, desde a nomeação, em 1º de janeiro de 2011, até a despedida, feita por carta, em 26 de junho de 2011. A partir do dia da despedida do secretário Evandro Gama, 26 de junho, até o dia 1º de agosto, a Secretaria do Estado da Saúde teve administração interina por 36 dias. Apenas no dia 2 de agosto é que houve a posse no cargo mais proeminente da saúde pública estadual a de Edilson Afonso Mendes Pereira -, que ficou no cargo até o final da tarde da última sextafeira, dia 2, quando foi exonerado pelo governador Camilo. Foram 214 dias de muita pressão. Ou menos do que isso, pois a população deu uma clara trégua de 45 dias para o secretário Edilson logo que ele assumiu o cargo, como que reconhecendo e antevendo as dificuldades que teria à frente da Secretaria. Agora assume a mesma Secretaria de Estado da Saúde o economista, historiador, bacharel em Direito e especialista em Gestão de Sistema e Serviços de Saúde, Lineu da Silva Facundes, trazendo a experiência de ter sido

Um minuto de atenção, por favor MARLETHSILVA COLUNISTA

Q

uando criança, vi na casa de parentes uma chaleira que apitava quando a água fervia. Para mim aquilo era novidade e achei, e ainda acho, muito engenhoso o sistema. Fiquei lá, ao lado do fogão, esperando a água ferver para ouvir o apito. Êta mundinho simplório em que vivíamos! Na época, só havia dois utensílios domésticos que faziam ruído para chamar nossa atenção: a tal chaleira, que pouca gente tinha porque, afinal, não era assim tão importante, e o despertador. Agora os aparelhos eletrônicos vêm equipados com bips, apitos e musiquinhas para nos obrigar a prestar atenção neles. Minha máquina de lavar roupa toca uma cançãozinha simpática quando termina o “serviço”. O celular fica bipando dentro da minha bolsa para avisar que recebi uma nova informação. O problema, caro leitor, é que toda hora tem informação nova; 99% delas inúteis, dispensáveis, ainda que sedutoras. Como novas informações são sedutoras! Como gostamos de estar “por dentro”. Ou melhor, como tememos ficar por fora... Oh, vergonha tremenda de estar desatualizado, de não saber do que as pessoas estão falando. A exceção é quando o tema em questão é a vida dos outros – aí é até muito elegante mostrar-

se desinformado. Nada mais elegante do que ser o último a saber da nova fofoca. Mas isso é minha opinião e deve ter quem discorde. A maioria das informações que nos são oferecidas é bobagem, querido leitor. E quem lhes diz isso é uma jornalista que ganha a vida empacotando informação. Pois falo com tranquilidade porque há o joio e há o trigo. Muitas informações até teriam seu valor em outro contexto, mas, no mundo de abundância em que vivemos hoje, precisamos escolher. Tem ruído demais, tem barulho demais a nossa volta. Pre­­cisamos decidir em que vamos focar nossa atenção porque isso vai acabar determinando coisas importantes na nossa vida. Estou exagerando? Pense comigo: será que dá para ter algum pensamento menos fútil e passageiro em meio ao barulho e à agitação? Desconfio que não. Se focarmos no ruído, seremos superficiais como ele. Como você acha que aqueles “famosos” sem currículo entraram naquele estado de semidem ê n c i a intelectual e moral que os leva a submeter-se a situações humilhantes? Focando no ruído, que não

A3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

O perfil humano das novas lideranças

RODOLFOJUAREZ governador Camilo Capiberibe tem encontrado muitas dificuldades para mostrar que o resultado da sua gestão está alinhado com o propósito que estabeleceu. Até agora não conseguiu resolver o problema inicial de uma administração, que necessite estabelecer uma relação entre o que diz querer e o que consegue fazer – contar com uma equipe que seja capaz de resolver os problemas setoriais do Governo. Dois dos três setores dos mais nervosos do Governo continuam patinando e logo no comando: educação e saúde. Parece até que há uma relação muito próxima dos problemas. Desde a primeira mudança que as duas secretarias tiveram alterações de comando em tempos praticamente iguais, muito embora os secretários, daqueles tempos, demonstrassem contar com a confiança do governador, fazendo questão de destacar essa confiança e, de certa forma, deixando os seus auxiliares tranqüilos com relação a uma eventual mudança. É claro que o cargo de Secretário de Estado é um cargo de confiança e que pode, por isso, ter o seu ocupante trocado conforme decisão exclusiva do governador, mesmo que o auxiliar detenha a amizade e possa

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

secretário municipal de saúde do Município de Macapá e também de quem já ocupa o cargo de Secretário Adjunto da mesma Secretaria de Saúde. A expectativa é com relação à habilidade que vai precisar empregar para motivar o compartilhamento das responsabilidades suas e dos médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde, que estão como observadores e precisam atuar como protagonistas do processo. As ações iniciais serão decisivas para que o trabalho entre em uma rotina que possa despertar a confiança naqueles que precisam do sistema de saúde estadual e que andam muito desconfiados com muito do que acontece no sistema. Reconhecer que os problemas são graves e que precisam ser atacados imediatamente poderia ser um bom começo para a nova direção da Secretaria. Não há mais espaços para desculpas e muito menos querer que os pacientes esperem por mais tempo, um tempo que eles não têm mais e que, ao contrário, lhes faz muita falta. Repetir erros é o que ninguém quer mais, inclusive na escolha que é de responsabilidade do governador. Na linguagem mais comum: ninguém agüenta mais!

os deixou ver as coisas realmente bonitas e importantes que estão por aí. O ruído gera agitação, que é outro motor da superficialidade. Enquanto lia sobre atenção para escrever este texto, encontrei esta frase: “A atenção é a forma mais rara e pura de generosidade”. Quem a escreveu foi a francesa Simone Weil, que morreu aos 30 e poucos anos depois de impressionar meio mundo. Simone era um gênio e era também uma mística que queria fugir da superficialidade. Foi chamada por Albert Camus de “o único grande espírito do nosso tempo” – o tempo deles era a primeira metade do século 20. O argumento dela é: oferecer sua atenção para alguém é oferecer algo precioso, que vai gerar um contato verdadeiro. Traduzindo a frase para os dias de hoje, seria o caso de se dizer: “Não checar o celular e baixar a tampa do laptop enquanto fala com alguém é uma forma rara e pura de generosidade, que vai fazer seu interlocutor se sentir muito especial”.

A

s empresas estão certas de que no âmbito da Gestão de Pessoas tornou-se crucial a adoção de um novo perfil que sugira, também, um novo modo de pensar e agir quanto ao incentivo das práticas da nova liderança. Mas, a despeito da maioria dos líderes considerarem o trabalho em equipe importante e investir na formação de um time de alto desempenho, ainda é notória a dificuldade quanto à adoção dos conceitos da nova liderança nas células de trabalho. É fundamental que o novo líder seja flexível e consiga inteirar-se das necessidades e expectativas do grupo, despertando em todas as pessoas o desejo de cooperar por disposição própria e não por imposição. “Pessoas precisam ser tratadas cada vez mais como parceiras e não mais como empregadas”, Peter Drucker. Esse é o estímulo e o caminho para a configuração da liderança essencial. Entende-se que o próprio ritmo imposto pelas demandas inerentes à função do líder, somado ao compromisso com a entrega dos resultados, traz dificuldades à proposição do trabalho colaborativo. Afinal, muitas vezes é mais rápido fazer por si mesmo do que dispor de tempo para formar pessoas até que tenham condição de contribuir de forma autônoma. Mas, esse é o principal papel do líder: desenvolver aqueles que estão sob a sua responsabilidade. O perfil das novas lideranças é permeado

por conceitos, tais como: aprendizado em grupo, relações interativas, ações colaborativas, criação de alianças e melhoria do ambiente de trabalho, mas todos ficam sujeitos à percepção particular de cada indivíduo. Cabe ao gestor interpretar e criar um sentido comum quanto ao trabalho em equipe, através de um esforço conjunto que contemple o bem-estar da empresa e de seu contingente humano. Um líder que não conheça a si mesmo, não conseguirá conhecer sua equipe. O autoconhecimento tem papel de destaque dentre as habilidades do novo líder, que deve estar sempre atento às expectativas e às necessidade dos seus colaboradores. Para isso é essencial que, antes de tudo, tenha conhecimento de seus talentos e suas limitações, através de uma autoavaliação justa que o permita, a partir de si próprio, entender e considerar o perfil de seus colaboradores. “É imperativo ter consciência de que as pessoas são feitas de corpo, mente, emoções e espírito” - Stephen Covey. Equipes não devem ser gerenciadas, mas, sim lideradas. Desse modo, enxergar as pessoas na sua complexidade e estimular o potencial de realização de cada uma delas, oferecendo-lhes um modelo de conduta pautado na considera-

ção e respeito mútuo, é o único modo de garantir a conquista dos resultados e a manutenção dos talentos de uma empresa. No cenário atual não há mais espaço para que os gestores reproduzam o modelo onde o colaborador é um ativo da empresa, devendo assim ser controlado e não orientado. Na esfera das novas lideranças considera-se, enquanto premissa básica, a eficácia dos modelos de Gestão de Pessoas em linha com as necessidades e as expectativas do grupo. O líder, através das suas atitudes e iniciativas, deve ilustrar a mudança que deseja provocar na sua equipe. Deve, pelo exemplo, suscitar nos seus liderados o desejo de segui-lo, pois “se a palavra ilustra, o exemplo arrasta”, a referência é fundamental. No sentido das novas lideranças, se um gestor consegue inspirar seus colaboradores a sonhar mais, aprender mais e se tornar mais, certamente estará cumprindo com maestria a missão do líder.

Liderança feminina e a culpa de crescer MônicaHauck RH artigos

N

a estrada para a Liderança Feminina podemos encontrar inúmeros motivos que nos levam a ficar pelo caminho: estatísticas, discrepância salarial, falta de oportunidades. Todos estes obstáculos são reais, mas hoje quero falar do que acontece dentro de nós. Nossos maiores inimigos são internos. Se os combatermos, ficamos mais fortes para encarar o mundo exterior. Acredito que um grande entrave para o crescimento profissional das mulheres é a culpa que ela carrega, ainda que de forma inconsciente, por não estar no lar. A culpa acontece quando temos dentro de nós crenças que destoam da nossa vivência. Vivemos culpadas porque trabalhamos, estudamos, temos filhos, viajamos a trabalho. Mas faço uma pergunta: nossas avós (que tinham dez ou mais filhos) dedicavam mais ou menos tempo por criança, no seu dia a dia? De certa forma estes dez filhos também tinham mães ocupadas com outros afazeres. Ainda que sejam de cuidar dos outros filhos e das atividades domésticas. Hoje temos em média apenas dois filhos e, porque trabalhamos, nos sentimos culpadas por não conseguir suprir as necessidades demandadas por eles. Pergunte às suas avós se no tempo delas era papel do pai ou da mãe brincar com seus filhos. Já te adianto que na maioria das vezes a resposta será negativa. Mas ainda sim, nos sentimos culpadas porque não brincamos o suficiente, por não estarmos pertos o suficiente. Mas o que significa mesmo a palavra suficiente? Outra culpa que ainda

perdura é a do papel de dona de casa. Antigamente, as mulheres passavam o dia cuidando da casa. Pergunte para essas mulheres se elas tinham máquinas de lavar louça, roupa, secadora, microondas e vários objetos que encurtam o trabalho doméstico. O que quero dizer é: ainda faz sentido carregar o mesmo modelo mental, se o mundo e o próprio ofício mudaram tanto? Encontro mulheres absolutamente esgotadas porque precisam trabalhar, educar seus filhos e ainda sentem culpa quando encontram a casa bagunçada. Com isso, elas passam o final de semana limpando a casa em vez de dormir, descansar, namorar e passear com as pessoas que amam. Este é um fardo muito pesado! Não é à toa que a média de idade de mulheres com câncer e problemas cardíacos tenha caído tanto. Pra mim está claro o problema: ele se chama anacronismo. Acontece quando transportamos valores de outro tempo para o nosso. Hoje não faz sentido carregar o mesmo senso de dever de um mundo que não existe mais, vivemos num novo mundo sob uma nova dinâmica. O problema é que sempre o mundo muda mais rápido

que nossa cultura e nossos padrões mentais. O resultado é toda uma geração de mulheres, que em maior ou menor grau, se sentem culpadas por trabalhar, ter um lar e filhos. A questão não é fácil de ser resolvida. Acredito que podemos desempenhar vários papeis, mas precisamos saber priorizar, planejar e “por que não: renunciar”? Pessoalmente, se por um lado tenho uma vida profissional intensa, por outro eu já adiei, cursos, mestrados, viagens a até sonhos para ser mãe e esposa. Até hoje limito minha agenda profissional em prol destes outros papeis. Sigo em frente, não sei qual será o resultado, mas sei que as escolhas são minhas e ninguém deve pagar por elas, pois fiz isso por mim, pela mulher que escolhi ser, e tento viver uma vida plena, cheia de papeis e sem culpa. Enfim, diante de tantos sugestionamentos e influências que nos dizem o que é certo e o que é errado, tenho uma sugestão: vamos nós, mulheres dizer o que é certo e o que é errado dentro da nossa realidade; dentro das possibilidades que temos dentro e fora de nós, e na medida do possível viver uma vida sem culpa e cheia de significado. Você aceita o desafio?


JD

Geral

Aprovado a instalação da CPI da Saúde no Amapá Entre as principais denúncias estão a substituição de certames licitatórios

O

s deputados estaduais aprovaram na sessão de ontem (5) a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para a abertura de um processo de investigação na área da saúde pública estadual. O autor do Requerimento que deu origem à chamada “CPI da Saúde” foi o deputado Valdeco Vieira (PPS), que apontou uma série de denúncias de irregularidades na Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), que teriam motivado inclusive a instauração de inquéritos civis por parte do Ministério Público Estadual. O pedido de instalação da CPI contou com 22 assinaturas, o que significa a maioria esmagadora dos parlamentares da Casa, afinal o Requerimento com pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito deve ser sobrescrito por pelo menos um terço dos deputados. “A votação em Plenário foi simbólica, para legitimar o processo, pois quase a totalidade dos parlamentares haviam dado o aval para a instalação da CPI, pois esta Casa precisa das respostas à sociedade”, disse Roseli Matos (DEM), que presidiu boa parte da sessão. O autor do pedido de CPI, Valdeco Vieira, disse que a Promotoria de Justi-

Entre as principais denúncias recebidas pela AL, estão a substituição de certames licitatórios tradicionais por operações chamadas Indenização de Serviço, assim como superfaturamentos de contratações diversas, desde passagens aéreas, fretamento de aviões, locações e outros casos suspeitos. “O fornecedor de medicamentos é o mesmo denunciado pela Operação Mãos Limpas. Por muito menos vários secretários foram presos e

agora as denúincias dão conta de que R$ 530 milhões foram mal utilizados”, disse KekaCantuária (PDT). O deputado Agnaldo Balieiro (PSB) foi o único a votar contra a instalação da CPI da Saúde, mas em pronunciamento na sessão de hoje disse que espera que as investigações da Comissão também alcancem outros períodos administrativos, desde 2008. Ele também disse que espera poder participar dos trabalhos da CPI.

Marilia cobra explicações de João Capiberibe sobre Mãos Limpas e outras denúncias

A

deputada estadual Marilia Góes, líder do PDT na Assembleia Legislativa, cobrou ontem, do senador João Capiberibe (PSB), esclarecimentos sobre o envolvimento de integrantes da família Capiberibe em fatos investigados na Operação Mãos Limpas. Cobrou, também, esclarecimentos sobre o que chamou de “fatos nebulosos” da vida pública do senador, que governou o Amapá no período de 1995 a 2002. A cobrança foi feita através de discurso que a deputada pedetista proferiu ontem na tribuna da Assembleia, em resposta a pronunciamento feito pelo senador João Capiberibe (PSB) na semana passada, no Senado. Na ocasião, Capiberibe cobrou a conclusão do inquérito decorrente da operação Mãos Limpas, que investiga desvio de recursos públicos no Amapá. Marilia, em seu discurso, disse concordar com a cobrança do senador. “O povo amapaense tem o direito de conhecer todos os fatos relacionados à operação e vê-los devidamente esclarecidos”. Ela destacou também seu interesse particular em que o assunto seja esclarecido, por estar envolvida a sua honra pessoal, de seu marido (Waldez Góes, ex-governador), de sua família e de seu grupo político. “Só estaremos em paz, quando tudo estiver devidamente colocado a limpo”, disse a deputada, alegando que até o momento ela e seu marido não tiveram o direito de apresentar sua defesa no caso. Cobranças Durante o discurso, o senador João Capiberibe foi questionado pela deputada, a respeito de seu envolvimento nas denúncias da Operação Mãos Limpas. “(Capiberibe) Precisa justifi-

car, por exemplo, o uso de passagens aéreas desta Assembleia Legislativa em benefício próprio, através do gabinete de seu filho (Camilo Capiberibe), quando este era deputado”. Marilia Góes também mencionou as investigações feitas pela Polícia Federal nas casas de Raquel Capiberibe, conselheira do TCE e irmã do senador, além da nomeação de Cláudia Camargo, primeira-dama do Estado, como assessora da presidência do Tribunal de Contas. Além das denúncias envolvendo a Operação Mãos Limpas, Marilia também pediu explicações sobre outros fatos relacionados à vida pública de João Capiberibe, que classificou de “nebulosos”. “Como gosta de falar em transparência, sugiro ao senhor João Capiberibe, ex-governador do estado, que também apresente, por iniciativa própria, esclarecimentos ao povo amapaense sobre muitos fatos nebulosos relacionados à sua vida pública”. A deputada sugere a João Capiberibe que explique a nomeação, quando governador, de sua irmã Raquel Capiberibe para o Tribunal de Contas do Estado. “Para quem vive condenando práticas de nepotismo e se julga o paladino da moral, esse é um assunto que não pode ficar sem esclarecimento. Assim como a prática de nepotismo cruzado, quando conseguiu nomear seu filho Camilo para o Senado, antes de ter seu mandato cassado”. A parlamentar diz ainda que o senador precisa esclarecer a “relação espúria” de um escritório de advocacia contratado pela Procuradoria Geral do Estado e que, ao mesmo tempo, advogava em defesa pessoal de Capiberibe; a “operação financeira criminosa” que resultou na quebra do Banap e as irregularidades cometidas na Secretaria de

Deputada do PDT cita envolvimento da família Capiberibe na Operação Mãos Limpas e em outros casos de corrupção no Amapá

Saúde, começando pelo milionário desvio de recursos promovido por Antenor Ferrari, de mais de R$ 200 milhões. Cobrou também explicações sobre os mais de 20 termos aditivos, relacionados às obras de reestruturação do Hospital Geral. “Alguns desses aditivos foram assinados nos últimos momentos de seu segundo mandato como governador, contrariando parecer da Procuradoria Geral do Estado. Foram assinados e pagos em tempo recorde, antes de sua saída do governo. Qual o destino desse dinheiro, senhor João Capiberibe? Quem se beneficiou com ele? Certamente não foi o povo do Amapá”. Marília Góes pontuou ainda as denúncias de irregularidades cometidas pelo atual Governo do PSB, comandado por Camilo Capiberibe, entre elas a acusação de cobrança de propina a um fornecedor, por parte do esposo da exSecretária de Estado da Educação Miriam Correa; a tentativa de extorsão de fornecedores no Imap, com cobrança de comissões a serem destinadas ao PSB; as suspeitas de di-

recionamento de contratos para fornecedores préescolhidos em diversas secretarias do estado; irregularidades na emissão de carteiras no Detran, em benefício de pessoas indicadas pelo PSB; e as investigações do Ministério Público Federal, que revelaram um esquema de direcionamento de licitações na Secretaria de Estado da Infra-Estrutura, envolvendo quase 100 milhões de reais, recursos do BNDES, viabilizados pelo Governo passado. “Em pouco mais de um ano, este governo já produziu uma série de escândalos de corrupção, além das chocantes e volumosas denúncias de assédio moral e perseguição contra servidores públicos que não rezam na cartilha do PSB. Trata-se de um governo que bate recordes em números de contratações feitas com dispensa de licitação”, disparou. “Esperamos que o senhor João Capiberibe, em função do silêncio e omissão do governador Camilo, seu filho, preste os esclarecimentos necessários, se é que preza, de fato, pela verdade e pela justiça”, complementa.

A4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Bastidores danotícia RODOLFOJUAREZ Jornalista Dois novos secretários Dois novos secretários foram empossados pelo governador Camilo na sextafeira. O professor Adalberto Carvalho, assumiu a Secretaria de Estado da Educação e o delegado Sávio Alves Pinto, assumiu o Departamento Estadual de Trânsito. Os dois gestores que saíram, José Maria Lobato e Alex João Gomes, respectivamente da Seed e do Detran, voltam às suas atividades anteriores. Mais mudança No final da tarde da sextafeira o governador exonerou o secretário de Estado da Saúde, Edilson Pereira e, desta vez foi rápido e nomeou para o cargo que ficara vago, o economista Lineu da Silva Facundes, ele que ocupava o cargo de secretário adjunto da mesma Secretaria de Saúde. Para a vaga aberta com a saída de Facundes, foi nomeado o médio Ronaldo Dantas.

Deputado Valdeco Vieira (PPS): autor do Requerimento

ça instaurou procedimentos e iniciou uma série de investigações a respeito das denúncias contra a Sesa. “O Ministério Público fez a parte dele, mas esbarrou em limitações da legislação, daí ter recorrido à Assembleia Legislativa, que é quem tem poder para a abertura de processos e identificar a prática de crimes de responsabilidade por parte de secretários de Estado, dos governadores ou de seus vices”, disse Vieira.

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

Em dias Durante os primeiros 427 dias do governo Camilo Capiberibe (29,24%) do mandato, já foram nomeados três secretários de saúde, sendo que o primeiro ficou 177 dias, o segundo 214 dias e ainda teve um espaço 36 dias de que a Secretaria de Saúde ficou sem secretário efetivo, sendo administrada por secretário interino. Desde sexta-feira, dia 2 de março, que Lineu Facundes é o novo secretário de saúde do Estado. IDSUS O Ministério da Saúde mandou publicar na semana passada o Índice de Desempenho do SUS. Os dados vão se utilizados para avaliar 24 indicadores e fazer com que o Governo Federal compreenda como está a saúde no Brasil a partir dos Estados e dos Municípios. Esses dados vão ser utilizados para analisar caso a caso ou por grupo de casos a melhor maneira de intervir no sistema para que as ações de saúde em todo o Brasil melhorem. Os especialistas então preocupados com a crescente onda de reclamações do setor. Posição do Amapá no IDSUS O Estado do Amapá aparece em 22º lugar na tabela do Índice de Desempenho do SUS, com a nota 5,08 à frente apenas do Amazonas (5,03), da Paraíba (5,00), do Rio de Janeiro (4,58) de Rondônia (4,49) e do Pará (4,17). A média apurada para o Brasil é de 5,47 pontos o que coloca o Estado do Amapá abaixo da média nacional. O Ministério da Saúde está prometendo que a divulgação do IDSUS será realizada a cada três anos. Desde a idealização até a fase de finalização, o índice foi construído com a participação de vários segmentos do Governo, técnicos, acadêmicos e com a participação e aprovação do Conselho Nacional de Saúde. Contas sujas Por 4 votos a 3, o Tribunal Superior Eleitoral – TSE determinou no final da semana passada que não poderão concorrer às eleições municipais, deste ano de 2012, os políticos que tiverem prestação de contas de campanha de 2010 rejeitadas pela Justiça Eleitoral. Reprovação anteriores às eleições de 2010, serão analisadas caso a caso. Com isso o TSE muda a interpretação da lei eleitoral feitas para as eleições passadas (2010), quando era exigido apenas que o candidato apresentasse as contas para ter liberado o registro de candidato. Dúvidas A validade da mudança provocou polêmica no plenário do TSE e os ministros chegaram a se reunir em volta do presidente Ricardo Lewandowski, para discutir, fora dos microfones, uma

solução diante do impasse. A Justiça terá de analisar caso a caso se a nova regra vale para contas rejeitadas referentes à eleições anteriores a 2010. A maioria dos ministros entendeu que a intenção da Lei das Eleições foi também verificar o conteúdo das contas. Deu pra desconfiar Os índices que refletem a aproximação entre os preços propostos e os preços apresentados pela Secretária de Estado da Infraestrutura, depois da realização das licitações, chamou a atenção do Ministério Público Federal do Amapá que resolveu investigar e concluiu pela recomendação ao Governador em anular os processos licitatórios correspondentes. Os preços propostos chegaram tão próximos daqueles oferecidos pelo Governo que ficaram em 0,34% de diferença um do outro. Par completar, apenas uma empresa havia oferecido o preço para realizar os serviços. Roleta russa Crítico do projeto Ficha Limpa, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) comparou a nova lei a uma roleta russa. Polêmico, ele ainda deu a entender que o tribunal não deve “se curvar à opinião pública”. “Me parece que a Lei da Ficha Limpa vai causar vítimas em todos os partidos com essa amplitude. É uma roleta russa com todas as balas no revólver, feita pelos partidos”, atacou o ministro. “O que me preocupa são os fundamentos de que o tribunal deva se curvar à opinião pública. Isso me parece preocupante, o que decreta o falecimento dos argumentos constitucionais”. A proposta da CEA O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, reuniuse nesta sexta-feira, 2, com uma deputada federal, tres deputados federais e um senador. No encontro, que contou com a presença de secretários de governo e do presidente da CEA foi apresentada aos parlamentares a proposta que o governo estadual defenderá junto ao Ministério de Minas e Energia (MME) para o saneamento da CEA. Os presentes Os parlamentares que estiveram na reunião foram: a deputada federal Fátima Pelaes (PMDB/AP), os deputados federais Vinícius Gurgel (PR/AP), Evandro Milhomen (PCdoB/AP), Bala Rocha (PDT/AP) e o senador Randolfe Rodrigues (Psol/AP). De acordo com o coordenador da bancada federal, deputado Evandro Milhomen, a alternativa formulada pelo Estado para a viabilidade da Companhia de Eletricidade do Amapá receberá total apoio dos deputados. Código Florestal A votação do novo Código Florestal brasileiro, marcada para esta terça-feira (6), na Câmara dos Deputados, vai enfrentar fortes resistências dos setores ambientalista e científico. Mesmo assim, o governo não abre mão de ver a matéria aprovada definitivamente, como está, nesta semana. A primeira batalha A primeira batalha a ser enfrentada pelos defensores do texto será com a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que já se manifestou contrária à proposta da forma como saiu do Senado. Os cientistas da SBPC querem mudanças na matéria e o veto de alguns trechos colocados pelo senador Jorge Viana (PT-AC) – que foi o relator do projeto no Senado. Um documento entregue pela SBPC ao relator da matéria na Câmara, deputado Paulo Piau (PMDBMG), aponta que as APPs serão reduzidas em 50% com o novo texto.


Política

JD

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

A5

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Frente Parlamentar Evangélica cria projeto “cura gay” com discussão de proposta de lei Além disso, o projeto apresentado pelos evangélicos tem o objetivo de suprimir o parágrafo único da resolução do conselho que diz que “os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades” DIVULGAÇÃO

A proposta é do presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado João Campos (PSDB-GO)

S

e existem inconstitucionalidades explícitas na proposta de lei que pretende mudar uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP), para permitir que psicólogos possam atuar na chamada “cura gay”, caberá ao Congresso Nacional decidir. Mas o objetivo da bancada evangélica de pautar novamente o velho debate na Câmara dos Deputados foi atingido. A proposta, de autoria do presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado João Campos (PSDB-GO), deverá pautar as discussões da Comissão de Seguridade

Social e Família ainda no primeiro semestre, em uma, duas ou até mais audiências. Trata-se de um projeto de decreto legislativo que tem por objetivo abolir dois dispositivos aprovados em 1999 pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP). Um das normas contestadas pelo Legislativo veta a participação dos psicólogos em atividades públicas que reforcem preconceitos sociais. Além disso, o projeto apresentado pelos evangélicos tem o objetivo de suprimir o parágrafo único da resolução do conselho que diz que “os psicólogos não

colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades”. No fim do ano passado, foi apresentado requerimento de audiência pública pelo relator do projeto, deputado Roberto de Lucena (PV-SP), que havia elaborado parecer em favor da aprovação da proposta. Geralmente, as audiências públicas servem para instruir o relator em seus pareceres e são feitas antes de o relatório ser apresentado. Nesse caso, houve uma inversão do trâmite. Lucena se justificou dizendo-se surpreendido

pela polêmica sobre o assunto, daí a decisão de pedir as audiências, mesmo depois de já ter elaborado seu parecer. “Fiquei muito honrado pela oportunidade e confiança de relatar essa proposta e meu voto foi pela aprovação. Só que me dei conta da complexidade da matéria, da polêmica que envolve esse assunto. Recebi vários e-mails e telefonemas em meu gabinete, de pessoas que são a favor e também de entidades representativas da sociedade que defendem a causa gay. Por isso, decidi pedir a audiência para ouvir todo mundo”, disse. “Vou para a audiência como uma folha de papel em branco.” Embora os dispositivos do CFP contestados pelo projeto falem explicitamente de cura da homossexualidade, o relator defendeuse dizendo que a proposta não abrirá espaço para considerar a homossexualidade uma doença. “Essa proposta em nada tem a ver com a cura gay. Isso foi uma distorção da imprensa. Nem o autor e nem eu tratamos a homossexuali-

dade como doença. O que queremos é que não seja negado a ninguém, ao homossexual, ao heterossexual, ao bissexual e até ao assexuado, o direito de um auxílio profissional. Queremos que os psicólogos não sejam impedidos de atender uma pessoa que tenha desejo de mudar”, destacou o relator. O projeto foi apresentado no ano passado, mas a ideia não é nova na Câmara dos Deputados e, invariavelmente, volta à baila pelas mãos da bancada evangélica. Em 2005, o então deputado federal Neucimar Fraga (PL-ES), também integrante da bancada, tentou convencer os 52 parlamentares da Comissão de Seguridade Social e Família a aprovarem sua proposta que garantia o “tratamento” pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Na época, Neucimar chegou a coletar histórias de homens que diziam-se curados da homossexualidade depois que tiveram ajuda de profissionais ou de religiosos. Ele ainda ressaltou que a proposta tinha o objetivo de garantir tra-

tamento gratuito para quem “volutariamente” se apresentasse para ser curado. Agora, a justificativa apresentada no projeto, pelo deputado João Campos, passa questionamento da competência do CFP em ditar as regras para o exercício da profissão. No texto, o deputado acusa o conselho de usurpar uma competência que é do Legislativo, a de fazer as leis. Além disso, o texto alega que o CFP restringiu o trabalho do psicólogo e o “direito da pessoa de receber orientação profissional”. “O Conselho Federal de Psicologia, ao restringir o trabalho dos profissionais e o direito da pessoa de receber orientação profissional, por intermédio do questionado ato normativo, extrapolou o seu poder regulamentar. O Conselho Federal de Psicologia, ao criar e restringir direitos mediante resolução, usurpou a competência do Poder Legislativo, incorrendo em abuso de poder regulamentar, com graves implicações no plano jurídicoconstitucional”, diz o texto.

Frente Parlamentar LGBT considera aberração projeto que propõe a “cura” do homossexualismo

O

coordenador da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT, deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), considerou uma “aberração” o projeto apresentado pelo deputado João Campos (PSDB-GO) que prevê mudanças na resolução do Conselho Federal de Psicologia, com o objetivo de permitir que psicólogos trabalhem na chamada “cura gay”. “Considero uma aberração o fato de se propor um projeto desses. Querem legalizar um tratamento que enseja tortura psicológica e física. O principal grupo dos Estados Unidos que defendeu a psicoterapia como forma de curar a homossexualidade já veio a público pedir desculpas pelos suicídios que muitos adolescentes cometeram, induzidos por esse suposto tratamento”, argumentou o deputado. Jean Wyllys avaliou que a inconstitucionalidade da proposta é clara porque fere o princípio da dignidade humana. “O projeto do deputado João Campos jamais será aprovado na Comissão de Constituição e Justiça porque fere o princípio da Constituição que é fundamental, o da dignidade humana. Além disso, a proposta contraria um ponto pacífico na comunidade científica que é a certeza de que a homossexualidade não é uma doença”, destacou. “Nenhuma orientação sexual é doença, nem a heterossexualidade, nem a homossexualidade, nem a bissexualidade. Não há hierarquia entre elas e uma não é mais saudável que a outra. São expressões diferentes da sexualidade humana. A comunidade cientifica entende, a Organização Mundial da Saúde também. Se todos os tratados de direitos humanos garantem que a orientação sexual tem que ser exercida livremente, não faz sentido alguém querer legalizar a cura para

DIVULGAÇÃO

Deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), considerou uma “aberração” o projeto apresentado pelo deputado João Campos (PSDB-GO)

certa orientação sexual”, rebateu o deputado que aceitou participar do debate que poderá ocorrer na Comissão de Seguridade Social e Família. “Eu aceito porque é o espaço democrático da gente colocar essas ideias. Talvez

as pessoas defendam isso por pura ignorância. Muita gente, talvez, acredite ainda que a homossexualidade é uma doença, porque aprendeu isso. É uma informação errada que precisa mesmo ser erradicada”, disse Jean Wyllys.

PROCLAMAS DE CASAMENTO

A Tabeliã de Notas e mais anexos do 1º Ofício de Notas da Comarca de Santana, Estado do Amapá - Cartório Oliveira, localizado à Rua Castelo Branco nº 641, Bairro Área Comercial, por nomeação legal, etc. FAZ SABER que se pretendem casar se:

GILMAR FERREIRA MELO e ADRIANA NASCIMENTO LEAL

Ele, filho de João Rodrigues de Paulo Melo e de Sofia Ferreira de Aguiar. Ela, filha de José Ribamar de Sousa Leal e de Cleides Nascimento Leal. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei, lavro o presente para se afixado em Cartório e publicado no Jornal de circulação diária ou imprensa local. Macapá-AP, 05 de Março de 2012 Cléia dos Santos Macedo Escrevente Autorizada


Economia

JD

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Após final de ano ruim, economia no Brasil tem desempenho fraco País acumula crescimento de no máximo 2,9% em 2011, bem abaixo das previsões para o início do ano, de 5%

A

pós um final de ano ruim, os primeiros sinais são de que a economia brasileira começou 2012 ainda fraca. Amanhã, será divulgado o resultado do PIB (Produto Interno Bruto) de 2011 e o número não deve encher os olhos do governo. A expectativa é que, após a estagnação registrada no terceiro trimestre, o crescimento tenha ficado próximo de zero nos últimos meses do ano. A falta de ritmo se mantém no início de 2012 e fortaleceu a percepção de que o BC (Banco Central) pode promover cortes mais intensos na taxa de juros do que se esperava até uma semana atrás. O Copom (Comitê de Política Monetária) do BC tem reunião nesta semana para decidir sobre os juros. Segundo levantamento da Folha com economistas de dez instituições, a expansão do PIB no quarto trimestre ante os três meses anteriores ficou entre zero e 0,4%. Com isso, o país acumula crescimento de no máximo 2,9% em 2011, bem abaixo das previsões do governo no início do ano, de 5%. Indústria fraca

A retração da indústria teve grande impacto. Os dados do setor indicam que ele encolheu pelo segundo trimestre seguido. O quadro segue o mesmo em janeiro, quando a produção industrial recuou entre 0,5% e 1%, segundo projeção de economistas. Para além do problema do real valorizado, que barateia importações e encarece exportações, analistas apontam outros entraves importantes para a expansão industrial: baixa produtividade, aumento dos custos com mão de obra e carga tributária alta. “A falta de competitividade persiste e não é fácil de ser contornada. Com a demanda externa fraca e o câmbio valorizado, a indústria permanece frágil”, afirma Júlio Gomes de Almeida, do IEDI (Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial). Entre os números que indicam uma retomada tímida da economia neste ano, estão também a queda do crédito em janeiro e as vendas fracas de automóveis em fevereiro. Por outro lado, economistas projetam um desempenho positivo para o varejo, puxado principalmente pela venda de alimentos e

A6

Funcionários da Celpa decidem parar por 48 horas em protesto

O

bebidas, que ganham impulso com o forte aumento do salário mínimo, de 14%. O economista-chefe do Bradesco, Octavio de Barros, diz que a atividade co-

meçou o ano mais fraca do que o esperado, mas vê sinais de recuperação mais consistente nos próximos meses. Segundo ele, dados mais

recentes mostram retomada da confiança empresarial e do consumidor, redução de estoques industriais e recuperação da geração de vagas.

s funcionários da Celpa, distribuidora de energia elétrica paraense do grupo Rede Energia, decidiram fazer uma paralisação de 48 horas para protestar contra o não pagamento de parcela do PCCS (Plano de Cargo de Carreira e Salários) e para pedir a federalização da empresa. A empresa distribui energia elétrica para os 143 municípios do Pará e atende a cerca de 1,6 milhão de clientes. A decisão aconteceu em assembleia da Federação dos Urbanitários do Pará realizada na manhã de ontem, informou a assessoria de imprensa do sindicato. Os trabalhadores protestavam também em relação “à gestão equivocada” que levou a distribuidora de energia elétrica à atual situação, que culminou no pedido de recuperação judicial na semana passada. A empresa, que tem uma dívida total de cerca de R$ 2 bilhões, deveria ter realizado o pagamento da 38ª parcela do PCCS aos trabalhadores até 22 de fevereiro, segundo disse o presidente do sindicato, Ronaldo Romeiro, à Reuters, na semana passada. O sindicado defende ainda que a Eletrobras assuma a distribuidora.

Receita segue a lei, mas prejudica aposentados com 65 anos ou mais

A

Receita Federal seguiu o que manda a lei ao elaborar as regras para a declaração do IR deste ano. Mas, ao fazer isso, o fisco acabou prejudicando os aposentados que completaram 65 anos de idade até 31 de janeiro de 2011. Pela lei, os aposentados e pensionistas gozam de um valor extra de isenção men-

sal (a partir do mês em que completam 65 anos) e na declaração anual. O benefício abrange apenas os valores pagos pela previdência oficial ou por entidade privada. Assim, quem completou 65 anos até 31 de janeiro de 2011 tem direito ao benefício pelos 12 meses do ano passado. Mas a Receita, ao calcular o limite global dessa isenção adi-

cional para 2011 (incluindo o 13º salário), não seguiu a mesma regra do limite de isenção normal concedido aos demais contribuintes (aqui incluídos os aposentados com menos de 65 anos). Essa disparidade ocorreu porque em 2011 foram usados dois limites de isenção do IR: um de janeiro a março (R$ 1.499,15) e outro de abril a dezem-

Petrobras dará 5.000 bolsas e abre 11 mil vagas em cursos

A

ANP (Agência Nacional do Petróleo) autorizou a Petrobras a investir R$ 320,9 milhões na concessão de 5.000 bolsas de estudos no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras, do governo federal. Serão 2.754 bolsas para graduação e 1.901 para doutorado na modalidade sanduíche quando o aluno estuda no exterior até 12 meses e complementa o curso no Brasil. Outras 345 bolsas serão de doutorado pleno, com duração de até 48 meses, entre 2012 e 2017. Segundo a ANP, o valor aprovado inclui passagens ida e volta classe econômica, seguro saúde e despesas com taxas escolares no exterior. Os projetos que serão desenvolvidos pelos bolsistas serão relacionados à indústria do petróleo, gás natural, energia e biocombustíveis. Os recursos a serem investidos fazem parte da cláusula de investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) previstas desde o início das licitações de áreas de petróleo e gás natural no país, que obriga as companhias do setor a investirem 1% da receita bruta que obtêm em campos de alta produtividade, que pagam participação especial, em seus centros de pesquisa no Brasil ou em instituições de pesquisa nacio-

nais. De 1998 a 2011 foram gerados R$ 6,2 bilhões para aplicação em P&D, informou a ANP, sendo quase a totalidade de responsabilidade da Petrobras. O programa Ciência sem Fronteiras prevê oferecer até 75 mil bolsas de intercâmbio nos próximos 4 anos. A ANP informou ainda, que de 2006 a 2012 foram autorizados R$ 569 milhões em programas de formação de mão de obra especializada para o setor, como o Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural) e o Programa de Formação de Recursos Humanos da

Petrobras, que prevê a concessão de 12.548 bolsas para alunos de cursos técnicos, graduação, mestrado e doutorado. Bolsas Petrobras Nesta segunda-feira, a Petrobras anuncia a abertura do processo seletivo para preencher 11 mil vagas de cursos gratuitos em 14 Estados no âmbito do Prominp, abrangendo todos os níveis de escolaridade, visando a qualificação de mão de obra para o setor de petróleo e gás natural no país. Sessenta por cento das vagas são para níveis básicos, informou a estatal. As inscrições começam na próxima quarta-feira (7) e vão até 12 de abril.

bro (R$ 1.566,61). Para o limite anual de isenção, a Receita usou o valor maior multiplicado por 12 (R$ 18.799,32), conforme o inciso 1 do artigo 10 da lei nº 12.469. Já para o limite extra dado aos aposentados com 65 anos ou mais a Receita usou o valor menor por três meses e o maior por dez meses (incluindo o 13º),

conforme o inciso 3 do mesmo artigo. Assim, a soma dá R$ 20.163,55 (esse é o valor máximo lançado na linha 06 da ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis). Se fosse usado o mesmo critério para os aposentados, a soma seria de R$ 20.365,93 (13 vezes R$ 1.566,61). A diferença de R$ 202,38 pode ser tributada se esses aposenta-

dos tiverem renda anual tributável acima de R$ 23.499,15. Um aposentado na alíquota de 7,5% pagará R$ 15,17 a mais; um na de 15%, R$ 30,35; um na de 22,5%, R$ 45,53; e um na de 27,5%, R$ 55,65. Esses valores serão menores se o aposentado completou 65 anos em fevereiro ou em março do ano passado.

Número de pedidos de falência sobe pelo segundo mês consecutivo, diz Serasa

O

número de empresas com falências requeridas teve a segunda alta consecutiva no mês de fevereiro, segundo levantamento divulgado ontem (5) pela empresa de consultoria Serasa Experian. Em todo o país foram feitos 152 pedidos, 24 a mais do que o registrado em janeiro e 32 acima do apurado em dezembro. Em fevereiro de 2011, foram registrados 134 pedidos de falência. As micro e pequenas empresas lideraram o número de pedidos em fevereiro deste ano, com 79 dos 152 registros no mês. Médias e

grandes empresas, respectivamente, tiveram 46 e 27 requerimentos cada. As falências decretadas também apresentaram alta. Em fevereiro foram 45, ante 33 em janeiro. Porém, se comparado ao mesmo mês do ano anterior, houve redução. No segundo mês de 2011 foram 64 decretos, 19 a mais do que o registrado em 2012. As micro e as pequenas empresas também aparecem na primeira posição do ranking de falências decretadas, com 35 das 45 sentenças dadas no mês. Médias empresas tiveram nove decretos e grandes,

apenas um. Segundo os economistas da Serasa, o aumento da inadimplência das empresas, sobretudo por meio de protestos, indica que o requerimento de falências vem sendo utilizado como forma de cobrança. Eles salientam que a inadimplência sobe em razão da menor capacidade de gerar receitas para pagar as dívidas assumidas, consequência da baixa atividade econômica e dos juros ainda elevados. Além disso, a inadimplência do consumidor influencia diretamente no caixa dos negócios.


JD

Geral

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Hackers estão ganhando a guerra pela segurança,dizem executivos em palestra

JD

Mundo

Rússia DIVULGAÇÃO

Hackers estão sendo bem-sucedidos com todo tipo de empresas, o conjunto de palestrantes considerou o assunto de uma perspectiva pessoal DIVULGAÇÃO

P

rofissionais de segurança de tecnologia buscando informações de líderes do mercado em San Francisco nesta semana viram mais do lado negro do que esperavam: uma série de presidentes-executivos cujas empresas sofreram ataques de hackers. “É bastante desanimador”, disse Gregory Roll, que foi à conferência em busca de conselhos e para avaliar a opção de comprar softwares de segurança para seu empregador, um grande banco que ele se recusou a nomear porque não estava autorizado a falar em nome da instituição. “É uma batalha constante, e estamos perdendo”. A conferência anual RSA Conference, que termina nesta sexta-feira, atraiu um público recorde de mais de 20 mil pessoas enquanto o Congresso vota sobre novas legislações com o objetivo de proteger melhor empresas norte-americanas de ciberataques por espiões, criminosos e ativistas. Se a proposta de lei sugere que hackers estão sendo bem-sucedidos com todo tipo de empresas, o conjunto de palestrantes considerou o assunto de uma perspectiva pessoal. A palestra de abertura, de Art Coviello, conselheiro da patrocinadora da conferência e vítima de hacking RSA, definiu o tom com a música

Após eleição de Putin, opositores são presos

A polícia russa prendeu ontem em Moscou dezenas de pessoas, entre elas o escritor Eduard Limonov, durante uma manifestação não autorizada em frente à CEC (Comissão Eleitoral Central) convocada pelo partido “Outra Rússia”. Os manifestantes se opõem ao resultado das eleições presidenciais que deram a vitória ao primeiroministro Vladimir Putin. Segundo relatório dos monitores internacionais, as eleições presidenciais na Rússia foram claramente enviesadas em favor de Putin.

Barack Obama

A conferência anual RSA Conference, já atraiu um público recorde de mais de 20 mil pessoas

dos Rolling Stones “You Can’t Always Get What You Want” (você nem sempre consegue o que quer, em português). A RSA, controlada pela fabricante de equipamentos de armazenamento de dados EMC, é a maior fornecedora de tokens geradores de senhas utilizados por agências governamentais, bancos e outros para autenticar empregados ou clientes que fazem login for a do escritório. Pouco depois da conferência RSA do ano passado, a empresa

disse que um e-mail com um anexo infectado havia sido aberto por um funcionário. Isso deu a hackers acesso à rede corporativa e eles emergiram com informações sobre como a RSA calcula os números mostrados em Tokens SecurID, que em seguida foram usadas num ataque a Lockhead Martin que o empresa de defesa disse ter frustrado. Conviello disse que ele esperava que as mazelas da empresa ajudassem a criar um sentido de urgência em

face de oponentes formidáveis, especialmente governos estrangeiros, que estão sendo auxiliados pela crescente indefinição das fronteiras entre atividades on-line profissionais e pessoais. Cerca de 70% de empregados numa pesquisa que ele citou admitiram subverter regras corporativas com o objetivo de conseguir acesso a outros recursos por meio de redes sociais e smartphones, fazendo com que a segurança se torne muito mais difícil.

Contribuinte deve ficar atento às pendências da declaração do IRPF 2012

O

ato de enviar a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2012 no início do prazo não significa que o contribuinte com direito à restituição estará nos primeiros lotes. Para ter direito à restituição a partir de junho, muitos preenchem e enviam o formulário eletrônico logo no início do prazo. O problema é que a regra não vale se forem constatadas inconsistências ou pendências na declaração. Por isso, caso note alguma inconsistência ou pendência, o correto é refazer e enviar uma declaração retificadora para escapar da malha fina. Os contribuintes também devem

verificar no portal do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) se existem eventuais pendências após o processamento das declarações. Consultada na sexta-feira (2), a Receita Federal respondeu que não tem ainda uma previsão para inciar o processamento e liberar o extrato da declaração no e-CAC. A regularização por meio do e-CAC pode evitar muita dor de cabeça. Um contribuinte que acredita ter direito à restituição pode, por descuido, não perceber que tem, na verdade, imposto a pagar. Como ficará aguardando pela restitução e tem dívida com a Receita, terminará arcan-

do com multa e juros sobre o tributo. Portanto, é melhor que o contribuinte faça as correções assim que identificar o erro. O e-CAC é um portal eletrônico de atendimento virtual onde diversos serviços protegidos por sigilo fiscal podem ser realizados via internet pelo próprio contribuinte. Para ter acesso ao portal, o contribuinte deve ter um certificado digital ou fazer um cadastro utilizando o número dos recibos das duas últimas declarações. No eCAC, os contribuintes podem, além de verificar eventuais pendências na declaração, realizar diversos serviços. Todos os anos são libera-

dos sete lotes regulares de restituições. De acordo com a Receita Federal, os lotes são liberados a cada dia 15, a partir de junho, exceto quando a data cai no fim de semana ou no feriado. Nesse caso, a liberação do dinheiro no banco é normalmente transferida para o primeiro dia útil após a data. Este ano, o dinheiro do último lote regular deverá ser liberado no dia 17 de dezembro. Depois, o contribunte deve aguardar a liberação de lotes residuais. Na declaração de 2011, o primeiro lote residual só foi liberado no dia 16 de janeiro de 2012. O segundo saiu no dia 15 de fevereiro.

Reafirma apoio a Israel

Em encontro ontem com o primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, o presidente americano, Barack Obama, disse que “os EUA sempre protegerão Israel”. O encontro aconteceu no momento de grande tensão entre ocidente e Irã por causa do desenvolvimento do programa nuclear iraniano. Obama disse ainda que tanto Israel quanto os EUA preferem resolver a questão nuclear com o Irã diplomaticamente, mas que nenhuma possibilidade foi descartada.

Congo

Chega a 200 número de mortos em explosão

O número de mortos por causa do incêndio e posteriores explosões em um arsenal na capital da República do Congo chegou a 200 pessoas, aos quais se somam centenas de feridos, informou ontem o jornal governista congolês “Les Dépêches”, de Brazaville. No entanto, o número poderia aumentar nas próximas horas, já que “os soldados das Forças de Segurança desdobrados continuam recuperando corpos enterrados sob os escombros” dos múltiplos prédios destroçados, disse o porta-voz do governo e ministro da Informação do país, Bienvenu Okiemy.


JD

Geral

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

A8

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Rais: tire suas dúvidas O QUE É A RAIS A gestão governamental do setor do trabalho conta com o importante instrumento de coleta de dados denominado de Relação Anual de Informações Sociais - RAIS. Instituída pelo Decreto nº 76.900, de 23/12/75, a RAIS tem por objetivo: - o suprimento às necessidades de controle da atividade trabalhista no País, - o provimento de dados para a elaboração de estatísticas do trabalho, a disponibilização de informações do mercado de trabalho às entidades governamentais. - Os dados coletados pela RAIS constituem expressivos insumos para atendimento das necessidades: da legislação da nacionalização do trabalho de controle dos registros do FGTS ; dos Sistemas de Arrecadação e de Concessão e Benefícios Previdenciários; de estudos técnicos de natureza estatística e atuarial; de identificação do trabalhador com direito ao abono salarial PIS/PASEP. Quem deve declarar São obrigados a entregar a declaração da RAIS: - inscritos no CNPJ com ou sem empregados - o estabelecimento que não possuiu empregados ou manteve suas atividades paralisadas durante o anobase está obrigado a entregar a RAIS Negativa; - todos os empregadores, conforme definidos na CLT ; - todas as pessoas jurídicas de direito privado, inclusive as empresas públicas domiciliadas no País, com registro, ou não, nas

Juntas Comerciais, no Ministério da Fazenda, nas Secretarias de Finanças ou da Fazenda dos governos estaduais e nos cartórios de registro de pessoa jurídica; - empresas individuais, inclusive as que não possuem empregados; - cartórios extrajudiciais e consórcios de empresas; - empregadores urbanos pessoas físicas (autônomos e profissionais liberais) que mantiveram empregados no ano-base; - órgãos da administração direta e indireta dos governos federal, estadual ou municipal, inclusive as fundações supervisionadas e entidades criadas por lei, com atribuições de fiscalização do exercício das profissões liberais; - condomínios e sociedades civis; - empregadores rurais pessoas físicas que mantiveram empregados no ano-base; filiais, agências, sucursais, representações ou quaisquer outras formas de entidades vinculadas à pessoa jurídica domiciliada no exterior. Notas O estabelecimento isento de inscrição no CNPJ é identificado pelo número de matrícula no CEI, conforme parágrafo único do art. 2º do Decreto nº 76.900/75. Nessa categoria, incluem-se obras, empregadores pessoas físicas, urbanas e rurais que mantiveram empregados. O estabelecimento inscrito no Cadastro Específico no INSS (CEI), que não possui empregados ou manteve suas atividades paralisadas durante o ano-base está dispensado de declarar a

RAIS Negativa A empresa/entidade que possui filiais, agências ou sucursais deve declarar a RAIS separadamente, por estabelecimento (local de trabalho), entendido como tal todos aqueles sujeitos à inscrição no CNPJ, na categoria de órgão-estabelecimento. No caso dos órgãos da administração pública direta ou indireta, a RAIS de cada órgão-estabelecimento deve ser fornecida separadamente, por local de trabalho dos empregados/ servidores. Como declarar a RAIS de uma empresa que tem matriz e filiais? R: A empresa/entidade que possui filiais, agências, sucursais, com ou sem empregados, ou sem movimento no ano-base, deve fornecer as informações separadamente, por estabelecimento – CNPJ específico (subarquivo). É possível centralizar as informações das filiais no CNPJ da matriz da empresa? R.: Não. A RAIS das filiais poderá ser entregue pela matriz, desde que os trabalhadores sejam informados sob o CNPJ da filial a qual estiveram vinculados. (atenção!!) Como deve ser a declaração da RAIS de uma Empresa de construção civil que tem matrícula CEI vinculada ao CNPJ? R: A declaração deve ser fornecida separadamente da seguinte forma: 1º Matriz/Filial - Iniciar a declaração pela inscrição do CNPJ com prefixo 00 e deixar o campo CEI vinculado em branco, relacio-

nando somente os empregados que trabalham no CNPJ da Matriz/Filial, ou declarar RAIS negativa se a empresa não manteve nenhum empregado no ano base. 2º Obras (Canteiros) – Iniciar a declaração pela inscrição do CNPJ com prefixo 01 para a 1º obra, 02 para a 2º obra e assim por diante, e no campo CEI vinculado informar a matrícula CEI correspondente a cada obra com os respectivos trabalhadores vinculados ao CEI.

social vigente em Dezembro, conforme registro constante no CNPJ da Secretaria da Receita Federal.

Como declarar a RAIS de Empregador pessoa física, inscrita no CEI, com empregados, e que no decorrer do ano-base passou a ser pessoa jurídica (CNPJ)? R: Deverão ser feitas duas declarações de RAIS: primeiramente declarar a RAIS da inscrição do CEI com os empregados até a data em que ocorreu a transferência; e segundo, declarar a RAIS da inscrição do CNPJ com os respectivos empregados, considerando como data de admissão a data da transferência.

Pessoa física inscrita no CEI que teve funcionários no ano-base deve declarar RAIS? R: Sim. O estabelecimento inscrito no Cadastro Específico do INSS (CEI) que contratou empregado durante o ano-base deve declarar a RAIS.

Como declarar a RAIS no caso de uma empresa que no decorrer do ano base mudou a razão social? R: Deve informar a razão

Como deve ser a declaração da RAIS de uma Empresa de construção civil que tem matrícula CEI vinculada ao CNPJ? R: A declaração deve ser

Estabelecimentos de empresas diferentes podem compor o mesmo arquivo da RAIS? R.: Na geração da RAIS, podem ser incluídas inscrições CNPJ/CEI diferentes e em qualquer quantidade; o programa GDRAIS2011 providenciará a geração do arquivo de entrega com os estabelecimentos selecionados.

O estabelecimento inscrito no CEI que não manteve empregado no ano base está obrigado a declarar a RAIS negativa? R.: Não. O estabelecimento está dispensado de declarar a RAIS negativa.

fornecida separadamente da seguinte forma: 1º Matriz/Filial - Iniciar a declaração pela inscrição do CNPJ com prefixo 00 e deixar o campo CEI vinculado em branco, relacionando somente os empregados que trabalham no CNPJ da Matriz/Filial, ou declarar RAIS negativa se a empresa não manteve nenhum empregado no ano base. 2º Obras (Canteiros) – Iniciar a declaração pela inscrição do CNPJ com prefixo 01 para a 1º obra, 02 para a 2º obra e assim por diante, e no campo CEI vinculado informar a matrícula CEI correspondente a cada obra com os respectivos trabalhadores vinculados. Como declarar a RAIS de Empregador pessoa física, inscrita no CEI, com empregados, e que no decorrer do ano-base passou a ser pessoa jurídica (CNPJ)? R: Deverão ser feitas duas declarações de RAIS: primeiramente declarar a RAIS da inscrição do CEI com os empregados até a data em que ocorreu a transferência; e em segundo, declarar a RAIS do CNPJ com os respectivos empregados considerando como data de admissão a data da transferência.


Caderno B

DiaDia Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Programa de Tratamento Fora do Domicílio desmarca passagens dos pacientes A falta de repasse para a agência de viagens compromete tratamento dos beneficiários na capital amapaense FOTOSHEVERTONMENDES

Segundo a gestora, Maria Anunciada, na semana passada alguns convênios passaram por contratempos ocasionados pela falta de abertura do orçamento governamental

ANDERSONCALANDRINI Da Redação

M

ais uma vez o Programa de Tratamento Fora de Domicilio (PTFD) falha com seus benefiários de denuncias. A falta de repasse do Governo do Estado à empresa Açaí Turismo comprometeu a viagem dos beneficiados para tratamentos de saúde em outras regiões do país. Na semana passada, alguns pacientes que esperavam pelas passagens foram informados na última hora pela empresa que suas viagens não foram confirmadas. A mesma só iria acontecer se o pagamento do convênio fosse efetuado pelo GEA. Esse foi o caso de Amaury Azevedo, que precisaria realizar uma bateria de exa-

mes na cidade de Sorocaba-SP, porém no sábado, a agencia informou que a viagem não estava confirmada. “Tudo iniciou na segunda-feira (27), dia em que assinei os papeis no PTFD, que me davam o direito a viagem. Na ocasião, o representante do Programa afirmou que a empresa de turismo iria entrar em contato na sexta-feira (03) para me fornecer o número do voo, e que minha viagem iria acontecer na madrugado do dia (05). Porém a empresa me ligou com um dia de atraso para dizer que eu não iria viajar por conta do não pagamento do convênio”, explicou o paciente. Munido do depoimento, a reportagem do Jornal do Dia foi até a sede do PTFD, onde conversou com Maria Anunciada Barrao, gerente

geral do Programa. Segundo a gestora, na semana passada alguns convênios passaram por contratempos ocasionados pela falta de abertura do orçamento governamental. “O problema estava agendado para ser resolvido na manhã de ontem (05). Hoje, eu acredito que tudo já está regulamentado”, explicou. A gerente afirmou que o pagamento já estava agendado no decorrer do dia, portanto a abertura do orçamento do PTFD ainda não foi aberta, e não há previsão para isso. Maria confirmou que os pacientes que foram prejudicados terão as suas passagens confirmadas. “Mas as pessoas que perderam suas viagens já estão sendo reagendadas, para que possam realizar o tratamento fora do domicílio”, definiu.

A gerente recomendou para os beneficiários procurem a sede do PTFD para um novo o agendamento. Justiça No ano passado, a Justiça Federal concedeu tutela antecipada (liminar) que obriga o GEA e a União a adotar providências necessárias para proporcionar o pagamento de ajuda de custos para as despesas com alimentação, pernoite e passagens a todos os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) beneficiários do programa Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e seus acompanhantes. Em caso de atraso ou descumprimento da liminar, foi fixado pagamento de multa diária no valor de R$ 10 mil, a ser

revertida em favor dos beneficiários do programa TFD e a decretação de prisão pela prática do crime de prevaricação. A reportagem procurou a agencia de viagens, mas ninguém quis comentar sobre o assunto. O Programa O Programa tem como finalidade possibilitar acesso na rede de Sistema Único de Saúde - SUS, na assistência laboratorial, hospitalar e serviços de apoio ao diagnóstico e terapêutico, quando esgotados os recursos para tratamentos existentes na rede de saúde do Estado, facilitando o deslocamento de pacientes que precisam de tratamento especializado, por meio da disponibilização da marcação de consultas, cirur-

gias e exames, ofertando apoio técnico, passagens aéreas, estadia, transporte e auxílio financeiro aos beneficiados para que se mantenham no local onde foram encaminhados. O plano de tratamento ainda conta com uma Casa de Apoio na cidade de Belém do Pará que deveria ajudar e dar assistência aos pacientes que se deslocam ao vizinho Estado do Pará. No entanto, baseado em relatórios referentes ao ano de 2010, de denúncias de pacientes e dos próprios funcionários do plano de tratamento, e ainda de visitas técnicas realizadas por servidores e autoridades do Estado do Amapá, a Secretaria de Saúde constatou várias irregularidades no atendimento aos usuários do programa.

Protesto força PMM a afirmar acordo com profissionais da saúde

N

a manhã de ontem (05), o Sindicato dos Servidores em Saúde (Sindesaúde), realizou uma paralisação na Praça da Bandeira cm servidores da saúde municipal, em protesto contra a morosidade da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) em relação aos acordos não firmados com a classe. Segundo Dorinaldo Malafaia, isso ocorreu por conta de uma paralisação estratégica que estava programada para ocorrer na manhã de ontem. “Em assembléia no dia 01 de

março, nós destacamos uma paralisação para cobrar do município as exigências, que o mesmo já havia afirmado que iria acontecer” explicou o presidente do Sindesaúde. A paralisação deveria acontecer na manhã da ultima segunda-feira, mas devido uma ação nacional do Levantamento de Índice Rápido (Lira), a ação poderia trazer prejuízos a PMM. “Não foi a toa que escolhemos essa data, pois esse levantamento é muito importante para determinar qual o orçamento será de-

Entreum goleeoutro TULIOPANTOJA Sociólogo Tramitando As Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs), de relatoria do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), tramitarão pelo rito abreviado previsto no artigo 12 da Lei 9.868/99 (Lei das ADIs) e serão decididas em caráter definitivo pelo Plenário. As ações, ajuizadas pelo governador do Amapá, questionam normas que autorizaram a implantação da Casa de Apoio aos Estudantes e Professores Provenientes do Interior do Estado e a criação do Programa Bolsa Aluguel, no âmbito estadual. Casa de Apoio a Estudantes Por meio da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4723, o governador

questiona a Lei estadual 1.597/2011, de iniciativa parlamentar e que autoriza o Poder Executivo a construir e implantar na cidade de Macapá a Casa de Apoio aos Estudantes e Professores Provenientes do Interior do Estado. Argumentos De acordo com o governador, a Constituição Federal diz que cabe ao chefe do Executivo a iniciativa nos projetos de lei que disponham sobre organização administrativa, assim como criação e extinção de órgãos da Administração Pública. Como o projeto que deu origem à lei questionada foi de autoria de um deputado estadual, estaria configurada a inconstitucionalidade formal por vício de iniciativa, sustenta o governador.

dicado a cada município para o combate a dengue”, explicou Malafaia. Os sindicalizados afirmaram que essa foi uma forma de pressionar a Prefeitura de Macapá a cumprir o que já havia prometido a classe, e ainda não tinha saído do papel. “Dessa vez temos um documento assinado no dia (02) pelo próprio prefeito, que nós dá garantia de que nossas reivindicações fossem atendidas”, explicou Dorinaldo. Direitos Lei 014 – Esse código

Bolsa Aluguel O governador também questiona a Lei estadual 1.600/2011, também de iniciativa parlamentar e que autoriza o Poder Executivo a instituir o Programa Bolsa Aluguel no Estado do Amapá, que consiste na concessão de benefício financeiro destinado ao pagamento de aluguel de imóvel a famílias com renda per capita de até três salários mínimos. Outros argumentos O governo argumenta ainda que a norma viola o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal, “uma vez que utiliza o salário mínimo como referência para o benefício instituído”. Nos dois casos, o governador invocou o princípio da simetria constitucional incidente no processo legislativo (artigo 25 da Constituição Federal) e ofensa ao princípio da independência e harmonia entre os poderes (Artigo 2º da Constituição Federal). Lei Seca Representantes

do

Con-

afirma que nenhum funcionário público deve receber menos de um salário mínimo. Alguns setores da saúde municipal, como os agentes de endemias, recebem cerca de R$ 450 mensais. “Segundo o acordo firmado a partir do dia hoje, a secretaria municipal de administração estará recebendo os servidores para a realização da mudança dos dados nas carteiras de trabalho”, disse Dorinaldo. Em relação a Emenda 51, a recomendação nacional dá a oportunidade

gresso Nacional, Detran, da Polícia Rodoviária Federal, de bares e restaurantes, organizações não-governamentais, associações de familiares e amigos de vítimas de trânsito e de medicina de tráfego estão entre os expositores das audiências públicas a serem realizadas no Supremo Tribunal Federal (STF), nos dias 07 e 14 de maio, para discutir a Lei 11.705/2008, também conhecida como “Lei Seca”, que proibiu a venda de bebidas alcoólicas ao longo das rodovias federais. Via modelo A Rua Mato Grosso, principal via de acesso que liga zona norte ao centro da cidade, que no inicio da gestão municipal foi colocada em um projeto para ser a via modelo da capital, passados alguns anos trafegar pela rua virou um verdadeiro tormentos para quem utiliza a mesma. Que de modelo não tem nada, parece mais a superfície de outro planeta. Restaurante popular Ainda falando do bairro do pacoval, o restaurante po-

para funcionários do contrato passar do regime celetista, que não fornece nenhum vinculo de proteção, para o regime estatutário, onde os mesmo passarão a ser funcionários públicos. “Essa dá uma maior segurança aos trabalhadores, pois passarão a ser funcionários efetivos, o que diminuirá seu receio de ser retirado do serviço que presta a prefeitura”, complementa o presidente do Sindesaúde. Segundo Malafaia, esses direitos já haviam sido oferecidos aos servidores,

pular construído e até hoje não inaugurado, esta com a sua estrutura toda pronta, o projeto era para o mesmo funcionar com preços acessíveis a população de baixa renda. Será que ta faltando panela para cozinhar? Poluição sonora Depois da proibição de estacionar na extensão da orla do bairro Santa Inês desde a rampa do açaí até a rotatória, os Jovens sem muita alternativa, migraram para o estacionamento próximo da captação de água da Caesa, agora são os moradores daquele perímetro que já acionaram até mesmo a justiça para que seja tomada alguma providência a respeito da poluição sonora. Lançamento de livro Lançamento do livro ‘Brasil em Dados Comparativos das Unidades Federadas’, de autoria do deputado Julio Cesar (PSD-PI), o presidente da Câmara, Marco Maia, disse que a publicação servirá para elaborar leis, discutir projetos e dialogar com a sociedade, por

porém, não houve nenhuma confirmação oficial do abono. “Agora a situação é outra, pois com a assinatura da prefeitura com o Sindicato, a partir de hoje (06) já passaremos a trocar os regimes de trabalho dos servidores, assim como a oficialização de seus novos direitos”, concluiu Dorinaldo Malafaia. O documento ainda eleva o Sindesaúde a categoria de representante oficial da classe, e de agora em diante ele estará nas mesas de negociações. (A.C)

meio de informações detalhadas sobre os municípios. O deputado Júlio César ressaltou que o livro é resultado de nove anos de estudos. Na obra é possível encontrar os mais variados dados sobre as desigualdades regionais brasileiras. Código Florestal O líder do governo, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que o novo Código Florestal (PL 1876/99) deverá estar pronto para ser votado hoje. No mesmo dia, segundo ele, poderá ser votada a Medida Provisória 547/11, que trata da prevenção de desastres. Prioridades Outras prioridades do governo são a Lei Geral da Copa, cuja votação em Plenário poderá ocorrer entre os dias 13 e 15 deste mês, e o projeto de lei que trata da nova divisão dos royalties para a exploração de petróleo, ainda sem data definida. Por hoje é o que há, até quinta!


JD

Polícia

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

B2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Agente penitenciário leva tiro em frente de casa Glauber Monteiro foi surpreendido por dois homens que estavam numa moto e atingido com um tiro na coxa ALYNE KAISER Da Redação

O

Agente Penitenciário Glauber Monteiro Pena, estava em frente à casa dele, localizada na Avenida Xavantes, no bairro Buritizal quando foi surpreendido por dois homens que estavam em uma motocicleta. Um deles puxou uma arma e atirou na direção de Glauber, que acabou sendo atingido com um tiro na coxa. Glauber foi levado às pressas para o Hospital de Emergências e depois de algumas horas foi liberado. De acordo com informações da Polícia, ele teria visto a pessoa que tentou lhe matar e assim que sair do Hospital prestará informações na Delegacia para que o criminoso responda pelo crime. De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Amapá (Sinapen), Alexsan-

Presidente do Sinapen, Alexsandro Souza: apreensão de armas no Iapen

dro Souza, a placa da moto foi anotada e repassada para a polícia. “Semana passada fizemos uma revista num dos piores pavilhões do presídio. Ele acredita que isso seja uma represália, porque foi no plantão dele. Isso mostra a insegurança em que nós agentes vivemos, seja fora ou dentro do cadeião”, diz Alex. Segundo ele, não há coletes e muito menos, armas para que sejam cauteladas e

os agentes possam utilizar fora do horário de trabalho. “Temos que ter proteção tanto fora quando dentro do Iapen. Queremos chamar atenção e dizer que não temos condições de trabalho. O Glauber foi só mais uma vítima”, disse o presidente. Alex lembrou que até agora já foram apreendidas 4 armas dentro do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Em 2010 foram 16 e em 2011 foram 6.

Ultrapassagem perigosa acaba em morte na Rodovia AP 10 ALYNE KAISER Da Redação

P

assava das 9h da manhã de ontem quando um grave acidente ocorrido na Rodovia AP 10, próximo à linha H, no KM 9 culminou com a morte de um jovem após um motorista imprudente fazer uma ultrapassagem errada. O jovem Erwin Lee Costa Galvão, de 30 anos, trafegava na motocicleta Titan de placas NET 2418, sentido norte-sul quando foi surpreendido por um veiculo Gol de placas NEV 6825 que vinha no sentido contrário. De acordo com informações da Polícia Militar, o veiculo Gol tentava fazer uma ultrapassagem na carreta de placas NFA 9694, mas não deu tempo. A colisão frontal fez com que o jovem Erwin tivesse morte instantânea. O motorista do veiculo fugiu assim que cometera a infração. Homens da Polícia Técnica Científica estiveram no local e fizeram a perícia no corpo do rapaz. Possivelmente, Erwin tenha tido a cabeça esmagada pelo

pneu da carreta. O motorista da carreta Hugo permaneceu no local do acidente e prestou informações a polícia. O motorista do Gol que causou o acidente deve ser intimado pela polícia para comparecer a Delegacia de Acidentes de Trânsito (Deatran) para responder a um inquérito policial. Semana passada outro motoqueiro perdeu a vida ao ser atropelado numa rodovia por uma carreta. O acidente aconteceu por volta das 15h30 da tarde do dia 28 de fevereiro quando o agricultor Francisco das Chagas Gomes, conduzia a motocicleta de placa NEY 5168 no sentido Macapá – Santana. De acordo com uma testemunha que estava em uma parada de ônibus ali perto, Francisco trafegava naquela rodovia quando as proximidades do 34º Bis e uma faculdade, tentou desviar e foi parar na pista contrária. O que ele não contava era que bateria frontalmente com o caminhão de placas JTS 1785, que era conduzido por Francisco Pereira de Souza. A vítima bateu de frente

RondaPolicial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM Aconteceu em Oiapoque: três índias menores de idade morrem misteriosamente na aldeia Uahá Mais uma charada para os médicos legistas da POLITEC decifrarem. Tratam-se das mortes das indígenas: -Tamila Silva Batista (12), morreu Às 18h de sextafeira(2); - Deisiane Silva Maciel (10), morreu Às 10h30min de sábado (3); -Vanessa Nunes Batista (10), morreu Às 16h de sábado (3). Mais duas pessoas vieram encaminhadas para Macapá em estado grave, o Diego da Silva Maciel (12), internado no PAI e a Nilza Severina (20) que ficou internada no Hospital da Mulher. As que faleceram foram vitimas de vômitos constantes, inclusive vomita-

ram sangue. Os corpos chegaram por volta das 06h00min de ontem na POLITEC, a fim de serem necropsiados, onde dentro de alguns

dias, poderemos saber a causa mortis das mesmas. Esse caso aconteceu na Aldeia Uahá, no Município de Oiapoque. Motoqueiro perde a perna em acidente de trânsito Foi por volta das 05h18min da madrugada de domingo que o Jackson Pantoja de Jesus (24), residente na Av.

com o caminhão e a roda traseira teria passado por cima de sua cabeça. O impacto foi tão forte que o capacete foi cuspido e a cabeça lesionada seriamente. Francisco foi levado as pressas para o Hospital de Emergências onde ficou internado, mas acabou falecendo naquela casa de saúde. No dia 26 de fevereiro outro acidente envolveu motociclistas. Jean William Lobato, de 24 anos e Antônio Ferreira de Brito de 31 que estavam em motocicletas colidiram frontalmente na Rua Antônio Flexa da Costa, Bairro Novo Horizonte. Com o impacto do acidente Jean morreu na hora já Antônio foi levado as pressas para o Hospital de Emergências. Até agora já morreram 9 pessoas vítimas de acidente de trânsito que estavam em motocicletas. D12 15 vítimas de acidentes de transito, 14 eram do sexo masculino e 1 do sexo feminino, 9 estavam em motos, 3 eram ciclistas, 2 eram pedestres e 1 estava de carro. (Estatísticas de Bolero Neto)

Antonio Picanço e Silva, 2630, no Jardim II, dirigia uma moto na Rodovia do Curiaú, levando na garupa Elivoni Conceição da Silva (24), quando foram violentamente atropelados por um carro de passeio. Com o choque ele perdeu a perna esquerda no local e teve várias fraturas pelo corpo, enquanto que a Elivoni também sofreu várias fraturas pelo corpo. O motorista causador do acidente fugiu, mas, o para choque do carro ficou no chão com a placa NEW- 4678 e já foi entregue no CIOSP do Pacoval. Trio assalta uma residência no Marabaixo atira na polícia e acaba preso Três pessoas envolvidas nesse assalto sendo dois homens e uma mulher e aconteceu em uma residência no Bairro Marabaixo II, por volta das 09h00min da noite de sábado passado, quando dois maus elementos armados com revólveres invadiram a referida residência e anunciaram o assalto. Como uma pes-

A dupla teve ajuda do próprio funcionário do estabelecimento para praticar o assalto no Marabaixo

Inteligência prende dupla acusada de assalto no bairro do Marabaixo

O

comerciante José Ribamar de Sousa, foi vítima no bairro Marabaixo 1, da onda de assaltos em Macapá. Os bandidos tiveram a ajuda de um dos empregados do comerciante que passava informações para dois comparsas. Foi ele que informou que o empresário guardava dinhei-

ro em casa. Diante disso, Francileno Oliveira da Silva, conhecido como “Babado” que é morador do Marabaixo II, e Bruno Guedes da Silva, residente no bairro do Muca, abordaram a vítima armados com um revolver calibre 38, levando de Ribamar uma pequena quantia em dinheiro e um net-

book. A prisão dos acusados só foi possível com o trabalho minucioso de investigação realizado pela chefia do setor de inteligência do 6º Batalhão de Polícia. O trabalho feito com rigor teve êxito e conseguiu colocar “Babado” e Bruno Guedes atrás das grades. (Aline Kayser)

Homem é executado no estacionamento do Estádio Zerão

P

assava das 3h30 da madrugada de domingo (4) quando amigos se divertiam no estacionamento do Estádio Zerão, zona sul da cidade. De repente, dois homens que estavam em uma mo-

tocicleta se aproximaram de Wilker Lobato da Silva, de 35 anos, e começaram a efetuar diversos disparos de arma de fogo em sua direção. Wilker foi atingido com pelo menos quatro tiros

pelo corpo, nas pernas, cabeça e tórax. Ele teve morte instantânea. Os criminosos fugiram em alta velocidade e até o fechamento desta edição não haviam sido presos pela polícia. (A.C)

Dupla é detida com maconha e óxi no Pará

E

m Santa Izabel do Pará a guarnição comandada pelo capitão Josimar realizou a prisão de Mayck Miller Lopes Correa, de 19 anos, que foi encontrado com dezessete trouxas de maconha, três pedras de oxi e a quantia de R$28,00. Mayck Miller Lopes Correa foi dedurado por um viciado que, ao ser abordado, foi encontrado com uma pedra de oxi em uma das ruas do bairro Novo Horizonte. Interrogado o homem acabou entregando a boca que ficava as proximidades do local onde

soa notou a ação dos bandidos, ligou para o CIODES que encaminhou uma Guarnição do 6º Batalhão da PM, que quando chegou ao local já encontrou os bandidos saindo em uma moto, então começou uma troca de tiros, onde eles acabaram caindo da moto e foram presos. São eles: Francelino Oliveira da Silva e Bruno Guedes da Silva. Porém, quem deu toda a dica para os assaltantes foi a empregada da casa, que também foi presa e se chama Edimiecheli Loureiro. Os bandidos já tinham levado um notebook, joias e dinheiro, mas tudo foi recuperado pela Polícia. Os três foram flagranciados no CIOSP do Pacoval pelo Delegado Frederico Murta. Trio assalta uma residência e dois são presos Foi por volta das 08h30min da noite de sábado (3) que estava acontecendo um assalto em uma residência que fica na Rua Jovino Dinoá, no Bairro Jesus de Nazaré, quando o CIODES foi acionado por uma pessoa

foi apreendido. Com apoio da viatura do cabo Gerson o local foi cercado e na revista Mayck Miller Lopes que estava em companhia de um adolescente foi encontrado o entorpecente que materializou o flagrante. “Eles sempre estão acompanhados de menores, pois caso venham a cair para a polícia jogam a culpa nos menores” disse o capitão Josimar. Interrogado o indiciado acabou confessando que estava no ramo da droga há quatro dias quando aca-

que desconfiou do assalto. Uma Guarnição do 6º Batalhão da PM foi rápida e chegou ao local na hora em que os bandidos estavam saindo da casa, sendo que dois montavam em uma moto e o outro fugia a pé. Os que estavam de moto entraram na contra mão da Rua Leopoldo Machado e deram de cara com a VTR policial e caíram no asfalto e foram presos. São eles: Felipe Machado Uchoa (22 ) e o adolescente L.C.G de 16 anos. O Felipe tentou se desfazer do revólver jogando o mesmo em via pública e foi flagranciado no CIOSP do Pacoval pelo Delegado Ericlaudio Alencar. O terceiro elemento conseguiu fugir. O menor foi entregue na DEIAI. Assessor parlamentar é vítima de tentiva de homicídio O assessor parlamentar Ebrain Santana Dias, foi vítima de três terçadadas pelo corpo, cujo crime aconteceu por volta das 04h30min da madrugada de sábado (3) em frente a uma “Boite”, na Cidade de Tartarugalzinho. O acusado havia fugido mas foi preso por uma Guar-

bou preso pela PM. Questionado como e onde conseguiu a droga o mesmo respondeu que obteve há cerca de uma semana atrás, em Belém, no bairro do Paar, com uma mulher que não sabe o nome, pagando a quantia de R$ 100,00. “Além da maconha ela me forneceu algumas gramas de oxi para eu experimentar a venda aqui em Santa Izabel” disse Mayck Miller Lopes que já esteve preso quando adolescente por desacato e no ano passado envolvido em um assalto. (Diário do Pará)

nição da PM, na tarde de domingo por volta das 03h45min, ele se chama Ataíde de Sousa Belfort (21) e teve que ser encaminhado para Macapá a fim de ser flagranciado. DTE prende dupla com 5,5KG de crack Mais uma denúncia anônima fez com que uma Equipe da Polícia Civil da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, prendesse no início da noite de sábado (3) em uma casa no Bairro Jardim I, o Alan Marques de Souza (25) e o Marcdelo Prado dos Santos (35), vulgo “Ceará”. Com eles os policiais apreenderam 5,5kg de crack. Segundo o delegado Antonio Uberlândio, as denúncias anônimas vêm sendo fator preponderante, para que sua equipe venha tirando de circulação vários traficantes e ele avisa que quem quiser continuar colaborando com a Polícia é só ligar para o CIODES 190 ou 0800 96 80 80, não precisa se identificar. Os acusados foram flagranciados na própria Delegacia e encaminhados ao IAPEN.


JD

DiaDia

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

B3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Mesa de negociações tenta evitar greves no funcionalismo público Objetivo é expor ao Executivo uma série de reivindicações visando melhorias trabalhistas para os servidores públicos

C

omponentes da “Mesa de Negociações” do Governo do Amapá começaram a cumprir na manhã de ontem, 5, uma extensa agenda de reuniões com sindicatos e representantes de categorias de classe dos servidores públicos. O objetivo é expor ao Executivo uma série de reivindicações visando melhorias trabalhistas para o funcionalismo estadual. As informações são da Agência Amapá. A Mesa de Negociações é composta por secretários de Estado (Planejamento, Educação, Segurança Pública, Administração) e representantes do Gabinete Civil, Auditoria e da Procuradoria Geral do Estado. Os integrantes têm a função de ouvir, avaliar as proposições dos sindicatos e apresentar, em encontros posteriores, soluções viáveis para a solução das reivindicações apresentadas. O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Amapá (Sinapen) foi o primeiro a ser recebido pelos representantes do GEA, apresentando, entre diversos assuntos pautados, a revisão das horas-extras e o paga-

mento retroativo de progressões salariais concedidas em 2009, ainda na gestão passada. Esta é a primeira vez que o GEA se reúne com o Sinapen neste ano. Dentre as reivindicações expostas na mesa de reuniões, o Sinapen propõe aumento de 30% no salário-base (cujo impacto na folha do governo seria de R$ 510 mil); além de subir de 15% para 30% a Gratificação da Atividade Penitenciária (GAP), segundo Alexander, sem reajuste desde 2004. Por fim, aumentar de 10% para 30% na bonificação de periculosidade. Segundo o secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Tesouro, Juliano Del Castilho, todas as reivindicações expostas aos membros da Mesa de Negociações serão levadas ao conhecimento do governador Camilo Capiberibe que, segundo o secretário, tem grande interesse em resolver as pendências apresentadas. “Iniciamos as conversas com os representantes das categorias de classe do Estado visando encontrar soluções pertinentes ao governo, to-

mando cuidado para não extrapolar a disponibilidade orçamentária e ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Sobretudo, a vontade do governo estadual é alinhar os interesses de todos os lados envolvidos”, garante o secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Tesouro, que coordenou o rumo das reuniões de ontem. O Sindicato dos Servidores Público da Educação do Amapá (Sinsepeap) foi recebido pela mesa de negociações logo depois de encerrada a reunião com o Sinapen. Os representantes dos professores apresentaram uma longa pauta de reivindicações e o encontro entrou pela tarde. Este foi o primeiro encontro oficial do novo secretário de Estado da Educação, Dr. Adalberto Carvalho Ribeiro, o qual anunciou aos representantes da categoria a chegada do primeiro lote dos computadores que foram adquiridos por meio do projeto “Professor Conectado”. O assunto das reuniões pauta-se, em geral, no pagamento retroativo de

HEVERTON MENDES

Professores durante greve; categoria ainda aguarda melhorias no funcionalismo público

promoções, progressões e revisão salariais e de horas-extras, previdência, estabilidade funcional, qualidade no trabalho e piso salarial, além de estabelecer e reavaliar a questão da regência de classe dos professores. Governo e sindicato voltarão a se reunir em outro

momento. Desta vez, para expor as contrapartidas do GEA aos representantes de classe dos servidores. Hoje Nesta terça-feira, 6, a Mesa de Negociações receberá, às 8h30, o Sindicato da Polícia Civil e o Sindicato dos Policiais Mi-

litares. Na quarta-feira, 7, encerrando esta primeira etapa das reuniões, os representantes do governo estadual se reunirão, às 8h30, com o Sindicato da Saúde e, às 10h30, Sindicato da Gestão (administrativo). Os encontros acontecerão na Sala de Reuniões da Seplan.

PMM e EMTU discutem transporte coletivo com a população

E

stá marcada para o dia 12 deste mês, audiência pública na Câmara de Vereadores de Macapá para discutir o transporte coletivo na capital. A audiência publica é parte do processo de licitação que a Empresa Municipal de Transportes Urbanos está fazendo com o objetivo de ampliar a frota e melhorar as condições dos veículos que fazem o transporte coletivo hoje, em Macapá. “Esse é o momento que nós vamos ouvir a comunidade, que é parte interessada no processo. A EMTU e Prefeitura de Macapá estão convidando os usuários a participar da audiência para que

nós possamos ouvir as reivindicações dizer a população o que está sendo feito para melhorar o transporte coletivo na cidade”, diz o presidente da EMTU Carlos Sérgio Monteiro. Carlos explica que a licitação foi anulada para que fossem feitas alterações recomendadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), entre elas a realização de uma nova audiência publica antes do certame. “Essa audiência publica é o ultimo item que faltava para que possamos republicar o edital e em seguida fazer a licitação. Todos os outros pontos já foram corrigidos. Após a audiência publica

nós vamos remeter todo o processo ao TCE e se o tribunal não sugerir mais mudanças, nós vamos finalmente, realizar a primeira licitação para o transporte coletivo na cidade. E a orientação do prefeito Roberto Góes é de que essa licitação seja feita o mais rápido possível porque a frota de ônibus não atende mais a nossa necessidade. Além disso, é preciso melhorar urgentemente a qualidade dos veículos que fazem o transporte de passageiros e só a licitação vai resolver esses problemas” ressalta Monteiro. A audiência pública começa as 9h da manhã.

Parceria público-privada estuda formas de levar energia a grandes empreendimentos no Amapá

A

Ferreira Gomes Energia, responsável pelas obras da futura Usina Hidrelétrica (UHE) Ferreira Gomes, em conjunto com a Secretaria de Estado da Indústria Comércio e Mineração (Seicom), Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), Anglo American, Beadell e Zamapá Mineração assinaram Termo de Compromisso para parceria inédita ontem (5). O poder público e as empresas se articularam para encontrar solução à deficiência de atendimento à alta demanda de energia pelos grandes empreendimentos na região de Pedra Branca do Amaparí, Serra do Navio e Tartarugalzinho. Ao longo dos próximos quatro meses, serão feitos projetos e estudos de viabilidade para obras em subestações de energia e linhas de transmissão que poderão receber novas cargas e abastecer com regularidade a região. Essa energia não prejudicará o abastecimento já previsto para o restante do Amapá quando a UHE Ferreira Gomes entrar em operação. “Será energia de qualidade e em abundância suficiente para atender tanto aos empreendimentos atuais instalados quanto a demandas futuras no Amapá”, afirma José Reinaldo Picanço, da Seicom. Para José Ramalho, diretor presidente da CEA, “esta iniciativa representa uma parceria inédita, entre o po-

DIVULGAÇÃO

Projetos e estudos para aumentar capacidade nas linhas de transmissão

der público e a iniciativa privada que vai permitir a substituição do uso de termelétrica por energia limpa e de qualidade”. Os estudos deverão prever custos, necessidades técnicas e legais para obras de interligação elétrica para o escoamento da energia elétrica produzida pela UHE Ferreira Gomes à região mineradora. As despesas dos estudos serão repartidas entre as empresas privadas. Pelas obrigações da concessão obtida junto ao Governo Federal, a UHE Ferreira Gomes Energia já tem destinados 70% da energia para o chamado mercado cativo de energia elétrica, constituído pelas distribuidoras, da qual a CEA fará parte com a conexão do Amapá ao Sistema Interligado Na-

cional. Os outros 30% da energia poderão ser comercializados conforme as condições de mercado, em livre oferta. “O que estamos articulando é a busca de viabilidade técnico-financeira para que toda essa energia gerada pela UHE Ferreira Gomes seja investida na região, ficando no Estado os tributos decorrentes desta operação”, explica Gastão Rocha, diretor técnico da Ferreira Gomes Energia. Feitos os estudos e constatada a viabilidade dos empreendimentos, as empresas parcerias darão início ao planejamento e preparativos das obras. A perspectiva é de que, se aprovadas, tudo esteja pronto até o até o fim de 2013 quando está prevista a entrada em operação da UHE Ferreira Gomes.

HEVERTON MENDES

EMTU e Prefeitura de Macapá estão convidando a população em prol de melhoria no setor de transporte

Alberto Lima oferece consulta pré-anestésica

A

Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) implantou, no Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL), o Sistema de Consulta Pré-Anestésica. As pré-consultas acontecem no ambulatório localizado no bloco A do HCAL e são mais um avanço para a saúde da população. O procedimento é uma consulta médica semelhante a que o paciente faz com o cirurgião, porém voltada para identificar aspectos importantes do ponto de vista anestésico, como algum tipo de alergia, se o paciente usa algum medicamento que pode vir a interferir na anestesia, verifi-

cação de exames. A consulta serve para dar mais segurança ao usuário, pois, além da possibilidade de se discutir previamente com o paciente o planejamento da anestesia, o usuário recebe todas as informações necessárias. Apesar de a anestesia ser um procedimento médico de alta segurança por promover analgesia, relaxamento muscular e equilíbrio das funções vitais, ela ainda provoca muito medo no paciente cirúrgico, o que acaba causando a chamada ansiedade pré-operatória, fazendo com que o paciente chegue a se preocupar mais com o risco da aneste-

sia do que com o próprio resultado da cirurgia. O diretor do HCAL, médico Paulo Nunes, frisou que a Sesa quer mudar essa realidade e mostrar que o anestesista do SUS está ao lado do paciente, enquanto que o cirurgião tem a total liberdade e confiança para desempenhar o seu trabalho. A intenção é expandir o serviço não só para os pacientes cirúrgicos, mas também aos que passam por tratamentos. “Com o tempo, destinaremos para utilizar esse serviço os pacientes com dores crônicas, incluindo os oncológicos”, relatou o médico.

Governo e bancada federal realizam ato público contra o novo Código Florestal

O

Governo do Estado do Amapá e a bancada federal realizam nesta terça-feira, 6, às 17h, no Monumento do Marco Zero do Equador, um ato público contra o novo Código Florestal. A manifestação pretende chamar a atenção para a votação do substitutivo do Código Florestal, que também ocorre nesta terça-feira, na Câmara dos Deputados, em Brasília. O Amapá está engajado na luta para ver suprimido o parágrafo que permite reduzir a área de Reserva

Legal nas propriedades rurais da Amazônia (para até 50%, quando o Estado tiver Zoneamento EcológicoEconômico aprovado, e mais de 65% do seu território, ocupado por unidades de conservação da natureza de domínio público, devidamente regularizadas, e terras indígenas homologadas). Como o Amapá é o único Estado da Federação nessa condição, entendese que pelo menos 250 mil hectares de florestas poderão ser suprimidos do território amapaense

se for mantido esse dispositivo, que foi incluído pelo Senado Federal no artigo 13 do Projeto de Lei nº 1.876/99. A iniciativa dos amapaenses reforça o compromisso do Estado com a promoção de um modelo de desenvolvimento que apresente inovações capazes de alavancar o crescimento econômico e, ao mesmo tempo, seja harmonioso com a conservação da biodiversidade, inclusão social e manutenção das condições naturais da floresta amazônica.


Santana

JD

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

B4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Obra de revitalização da Biblioteca Pública está prevista este mês no município santanense Segundo Prefeitura do Município, processo de licitação está sendo finalizado para dá início às obras andrezasanches Da Redação

I

nicio de ano letivo e a Biblioteca Pública de Santana continua de portas fechadas. Desde maio de 2011, que a reforma do prédio da Biblioteca Pública Municipal ainda não saiu do papel. O local está coberto pelo mato e com a estrutura comprometida pela ação do tempo. A previsão é que as obras de revitalização iniciem ainda este mês. Inaugurado em 2000 e ocupando uma área de quase 2.000 metros, a biblioteca contava com um acervo de quase oito mil exemplares, eram obras de pesquisa, livros didáticos, além de fontes utilizadas para estudo de nível superior. O prédio era visitado diariamente por dezenas de estudantes da rede pública de ensino e pela comunidade em geral. Hoje todo o material está em um depósito, algumas obras já estão desatualizadas.

O mesmo complexo também possuía um auditório contendo cerca de 250 lugares, o ambiente era utilizado para exibição de filmes e apresentações de teatro. Em 2006, o mesmo espaço passou desenvolver o projeto cultural denominado “Casa Brasil”, mas que funcionou até o ano de 2009, pois a estrutura do auditório onde ocorria as atividades, teve também que passar por reparos. O local ainda é dividido com o Núcleo de Produção Artesanal, inaugurado em 2001, e utilizado para produção de peças produzidas por pessoas da comunidade, que aproveitavam para participar de cursos e comercializar seus produtos. Com toda essa utilidade, há quem não acredite que o complexo esteja desativado. “A biblioteca era o lugar onde os grupos de estudos se reuniam, agora temos que nos contentar com o acervo das escolas” disse a estudante Janaina

Rodrigues. A acadêmica Regiane Cabral é outra moradora do município, que lamenta o fechamento da biblioteca. “É preciso que o poder público passe a valorizar mais esse tipo de instituição”, criticou. Sobre o assunto, o prefeito do Municipio, Antonio Nogueira, informou que o processo de licitação está sendo finalizado, cerca de R$ 200 mil em recursos serão utilizados nos serviços de reforma, que incluem reparos na cobertura, parte elétrica, hidráulica e outros serviços. “ As obras iniciam ainda nesta segunda quinzena de março” afirmou o gestor. O prédio foi inaugurado em 28 de fevereiro de 2000, após emenda parlamentar do senador Bala Rocha. Através da Lei Estadual n° 0533 de 23 de maio de 2000, o governo do Estado ficou autorizado a equipar a biblioteca, contribuindo com a doação de um acervo contendo 512 títulos.

FOTOSANDREZASANCHES

Palco onde ocorria shows culturais se deteriorou com a ação do tempo

Na entrada da biblioteca, um aviso informa que o prédio ficará fechado por 90 dias. Mas já se passaram mais de três meses. Prefeitura avisa que o local será recuperado dentro dos próximos meses

Conselhos de Segurança do município são reconhecidos de interesse Público andrezasanches Da Redação

A

Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública (CONSEG) dos bairros Nova Brasília, Nova União e Provedor I, localizada na rua Euclides Rodrigues, no bairro Nova Brasília, foi considerada de interesse público no âmbito do Estado. O projeto de Lei foi protocolado na Assembleia Legislativa através do deputado estadual Charles Marques (PSDC). De utilidade Pública e natureza associativa, os CONSEGs são entidades civis sem fins lucrativos, com personalidade jurídica de direito privado, que têm como finalidade discutir problemas e temas referentes a Segurança Pública da comunidade. Buscam intermediar o diálogo entre a população e a Secretaria de Segurança Pública, com o objetivo de solucionar os problemas de segurança de acordo com suas abrangências, em função do cidadão e da comunidade. Essas entidades congregam lideranças comunitárias, autoridades policiais e as de outros órgãos públicos direta ou indiretamente ligados à Segurança Públi-

ca, para a discussão e adoção de medidas práticas que resultem na melhoria da qualidade de vida das comunidades, especialmente aquelas que apresentem maior exposição a fatores de risco que interfiram na dignidade humana. A modalidade de Associação Comunitária é garantida no art. 5º, XVII, da Constituição Federal, levam ao conhecimento da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, as sugestões e reivindicações da comunidade na forma definida no Regulamento e colaboram com iniciativas de outros órgãos que visem o bem estar da comunidade, fortalecendo os vínculos da comunidade com sua polícia na integração de esforços para a prevenção de infrações e acidentes, contribuindo para que as polícias estaduais operem de forma integrada na solução dos problemas de segurança. No espaço de abrangência de cada CONSEG, outros temas poderão ser tratados, como cidadania, direitos individuais e coletivos, educação, saúde, transportes, meio ambiente, turismo, esporte, lazer, cultura, folclore, saneamento, economia, geração de

emprego e renda, no âmbito de cada município, para a definição de prioridades de segurança pública. De acordo com o deputado Charles Marques (PSDC), o trabalho de um CONSEG permite que a Polícia MIlitar tenha uma visão mais realista dos problemas com a segurança local. “Podendo melhorar a sua atuação realizando estudos, apresentando sugestões, participando do planejamento e da implantação de campanhas educativas que possam melhor orientar a população a respeito dos assuntos para uma segurança pública preventiva no combate às causas da violência”, afirmou o parlamentar. Cada Conselho possui um presidente, um vice e um secretário, que realizam reuniões periódicas com a população, na presença do comandante da Polícia Militar e do delegado titular da área, além de autoridades convidadas, como membros da guarda civil e líderes comunitários. Esses encontros ocorrem em locais disponibilizados pela própria comunidade, podendo ser itinerantes. (Ascom/ Charles Marques)

Conselhos de Segurança do município são reconhecidos de interesse Público ANDREZA SANCHES

andrezasanches Da Redação

O

Ministério da Saúde entregou 100 Unidades Odontológicas Móveis (UOMs) a municípios inseridos no Plano “Brasil Sem Miséria”. A população de 16 estados será beneficiada com os veículos que oferecem gratuitamente tratamento clínico odontológico, além de ações de promoção e prevenção à saúde bucal. Cada UOM tem capacidade para realizar até 350 atendimentos por mês. O Ministério da Saúde investiu R$ 15,4 milhões na compra dos veículos e equipamentos e é responsável pelo custeio desses serviços, para o qual o investimento chega a R$ 5,6 milhões por ano. Os municípios contemplados com a entrega das 100 UOMs também receberão um incentivo financeiro de R$ 3,5 mil para a aquisição de instrumentais odontológicos, como pinças, espelhos e curetas. No Amapá foram contempladas os municipios de Itaubal, Oiapoque, Calçoene e Ferreira Gomes. As equipes de Saúde Bucal são compostas

As equipes de Saúde Bucal são compostas por cirurgião-dentista, auxiliar de saúde bucal e técnico de saúde bucal, farão o atendimento

por cirurgião-dentista, auxiliar de saúde bucal e técnico de saúde bucal, farão o atendimento nas unidades móveis. As UOMs farão o encaminhamento, para os Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), dos casos que necessitarem de tratamento odontológico mais complexo. No caso das próteses (dentaduras), a parte clínica poderá será feita na própria unidade móvel. Apenas a parte laboratorial será encaminhada aos Laboratórios Regionais de Prótese Dentária. As UOMs contam com um consultório odontológico equipado com cadeira odontológica, kit de

pontas (conhecido como “motorzinho do dentista”), mocho (cadeira do dentista), refletor, amalgamador e fotopolimerizador (materiais que fazem o preparo dos materiais utilizados nas restaurações dos dentes), raio-X odontológico e autoclave para esterilização do material. Além disso, todas as unidades possuem arcondicionado, pia para lavagem das mãos, reservatórios de água, armários para armazenagem de material e, acoplado ao veículo, uma carroceria que carrega um gerador, responsável por fornecer energia ao consultório. (Informações MEC)


Caderno C

Esporte Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Gol de Ronaldinho custa R$ 833 mil e meia vira alvo de críticas no Flamengo Com Airton e Willians lesionados, a tendência é que Joel confirme a entrada de Maldonado e Muralha entre os titulares DIVULGAÇÃO

O

gol de Ronaldinho Gaúcho na partida do último domingo, contra o Duque de Caxias, garantiu a vitória do Flamengo pela segunda rodada da Taça Rio, mas não evitou uma nova série de cobranças ao jogador por parte da torcida. Com um salário de R$ 1,250 milhão e um altíssimo custo de aproximadamente R$ 833 mil por cada vez que balança as redes em 2012, o craque não consegue escapar dos seguidos questionamentos pelo rendimento abaixo do esperado. Em dois meses da atual temporada, o jogador recebeu R$ 2,5 milhões, mas seu desempenho ainda está longe de ser equivalente ao salário milionário. O Gaúcho marcou apenas três gols, não foi decisivo como muitos esperavam e chamou mais a atenção no noticiário por polêmicas fora de campo do que pelo futebol que o consagrou como melhor jogador do mundo em duas oportunidades. Entre insônias, mulheres na concentração e poucos gols, Ronaldinho conseguiu criar um panorama completamente diferente

Ronaldinho foi muito marcado contra o Duque de Caxias e não teve grande atuação, mas fez um gol que deu a vitória ao flamengo

de quando chegou ao clube, em janeiro de 2011, e já experimenta um alto grau de rejeição. Internamente, segundo apurou a reportagem, é comum ver dirigentes e conselheiros questionando a alta cúpula do rubro-negro se o investimento feito no joga-

dor é válido. Apesar do pouco tempo de convívio com a estrela do time, o técnico Joel Santana já percebeu o volume excessivo de cobranças ao jogador. Ainda que tente evitar uma polêmica sobre o caso e não comente as recentes exibições, o

treinador não esconde que também espera uma atuação digna do status do camisa 10. “Tenho certeza que ele vai atuar bem e fazer os gols que nós ainda estamos esperando. O Ronaldo é experiente, sabe conviver bem com essas

Adriano é vetado e não joga a Libertadores; Sheik e Castan treinam e podem voltar

D

epois de ter um desempenho decepcionante durante a derrota para o Santos por 1 a 0, Adriano mais uma vez está afastado pela comissão técnica para ser submetido a uma semana completa de treinamentos, na busca por um melhor condicionamento físico. O Imperador não enfrenta o Nacional, do Paraguai, na quarta-feira, pela segunda rodada da Libertadores, e volta no sábado, contra o Guarani, pelo Campeonato Paulista. Em compensação, Tite ganhará dois reforços de peso. O zagueiro Leandro Castan e o atacante Emerson Sheik foram liberados pelo departamento médico e treinaram normalmente nesta segunda. Uma preocupação de última hora é com Alessandro, que deixou o treino

DIVULGAÇÃO

cobranças que estão acontecendo e vai sair dessa. Um jogador com a bagagem dele, sabe que sempre se espera o melhor. Tem que saber trabalhar com os dois lados da fama”, disse Joel. O comentário de Joel reflete bem o clima tranquilo

para Ronaldinho no departamento de futebol, mesmo com todas os questionamentos sobre o seu desempenho. Desde a saída de Vanderlei Luxemburgo, do diretor Luis Augusto Veloso e do supervisor Isaías Tinoco, o jogador não sofre uma cobrança direta.

É mais difícil marcar o Ganso do que o Neymar, diz lateral do Inter DIVULGAÇÃO

Ganso (10) e Neymar durante confronto contra o Corinthians

O

Adriano foi mal no clássico e terá outra semana de treinos para aprimorar parte física

desta segunda com dores musculares. O lateral ficará em tratamento. Weldinho, seu reserva imediato, está vetado porque se machucou contra o Santos. Dessa forma, Tite corre o risco de ter de improvisar na lateral direita, e Edenilson surge como opção. Wallace também está fora. O atleta de 24 anos atuou no sacrifício nos minutos finais do clássico e passará por um exa-

Campeonato paulista 2012

me de imagem na terçafeira para avaliar o grau da contusão. Assim, o Timão não terá um zagueiro na reserva diante dos paraguaios, pois Paulo André vive fase final de recuperação de uma cirurgia no joelho, enquanto o jovem Marquinhos não foi inscrito no torneio. Recuperado de uma lesão na panturrilha, Castan afirmou: “Estou

100%”. Já Sheik só não estará em campo caso reclame de dores devido a uma pubalgia crônica. A tendência é o Timão entrar em campo no Pacaembu, às 22h de quarta, com a seguinte formação: Julio Cesar; Alessandro (Edenilson), Chicão, Leandro Castan e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Emerson Sheik, Liedson e Jorge Henrique (Alex).

lateral direito do Inter Nei afirmou que é mais difícil marcar o meia Paulo Henrique Ganso do que o atacante Neymar, ambos do Santos. O clube gaúcho enfrentará a equipe paulista nesta quarta-feira, às 19h30, na Vila Belmiro, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. “[O Santos] não é só Neymar, falam muito do Neymar, mas é mais difícil marcar o Ganso, que pensa, que deixa o Neymar fazer uma jogada diferenciada”, afirmou Nei em entrevista coletiva.

Campeonato carioca 2012 Grupo A

Grupo B

“O Neymar vem para cima. O problema é quando o Ganso vem junto com o Neymar”, completou. O jogador do Internacional disse ainda que o empate em Santos será “ótimo”. “Se a gente consegue ganhar em casa e empatar fora, no final somos campeões, mas não vamos para nos defender”, garantiu. O líder do Grupo 1 da Libertadores é o The Strongest com 6 pontos (2 jogos), seguido pelo Inter (3 pontos e 1 jogo), Santos (0 ponto e 1 jogo) e Juan Aurich (0 ponto e 2 jogos).


JD

Esporte

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Vettel “vence” pré-temporada da Fórmula 1 marcada pelo pessimismo da Ferrari Consistente, o alemão esteve entre os melhores tempos em quase todos os dias que foi à pista DV I ULGAÇÃO

F

avorito para a temporada de Fórmula 1 que se aproxima, Sebastian Vettel mostrou sua força na pré-temporada. Consistente, o alemão esteve entre os melhores tempos em quase todos os dias que foi à pista e levaria um título simbólico da preparação. A análise está longe de ser científica. Na pré-temporada da Fórmula 1, as escuderias usam diferentes estratégias ao longo dos dias, e os tempos não refletem exatemente a qualidade de cada um dos carros. Não deixa de ser representativo, no entanto, que Vettel tenha aparecido mais vezes entre os primeiros em Jerez e em Barcelona. Em um campeonato hipotético, em que os mesmos pontos dados aos vencedores das corridas seriam distribuídos aos líderes de cada dia, Vettel faria 85 pontos. O alemão foi o primeiro do dia uma vez, e ficou na terceira colocação outras quatro vezes. Alonso foi o segundo com 83 pontos e Romain Grosjean, da Lotus, o terceiro

com 79. A Red Bull tem sido colocada em um patamar de favoritismo ao lado da McLaren pelos principais analistas da categoria. O ritmo constante apresentado, os bons tempos e até o discurso pesam na avaliação. A Lotus, que além de Grosjean ainda fechou Barcelona com o melhor tempo do ano, de Kimi Raikkonen, também agradou. Já a presença de Alonso na segunda colocação do “mini-campeonato” chega a ser uma surpresa. Um dos grandes destaques (negativos) da preparação foi o discurso pessimista do espanhol e de Felipe Massa, que não esconderam o descontentamento com um carro que parece não ter dado certo novamente. No último fim de semana em Barcelona, a Ferrari até impediu que os dois pilotos dessem entrevistas. Só que Pat Fry, diretor técnico que os substituiu na conversa com a imprensa, não mudou o cenário. “Estou decepcionado com o nível de nos-

sa performance no momento. A mudança na posição do esc a p a mento que fizemos na última semana nos atrasou e tentamos compensar isso”, disse Fry, que avaliou como baixas as chances de pódio da escuderia na Autrália, abertura da temporada. Ao todo, foram três sessões de treinos, sendo uma em Jerez de la Frontera e duas em Barcelona, cada um delas com quatro dias de treinos. Ao todo, as equipes que mais andaram foram Mercedes, Williams e Ferrari, nesta ordem.

Carro de Sebastian Vettel para a temporada 2112 o alemão foi bem na pré-temporada e segue favorito

Ted Boy Marino diz que MMA não é esporte

U

m dos grandes ícones do telecath, a luta-livre que no fundo não passava de um teatro e que fez grande sucesso nos anos 1960 e 1970, Ted Boy Marino desaprova a grande febre

atual do esporte. Para o antigo mocinho dos shows de TV, o MMA não é esporte. “Você chamaria de esporte? Eu não chamaria. Você tem de matar o outro cara para sobreviver. Tem soco na cara,

cotovelada, joelhada... É algo cheio de agressividade”, disse Ted Boy Marino em entrevista ao Diário de S. Paulo. Italiano de nascimento, Ted Boy Marino foi estrela de diversos programas de TV, in-

clusive da Globo. Suas lutas eram conhecidas pelo repetido roteiro em que ele sofre com os vilões e consegue uma virada no fim. Tudo, é claro, não passava de encenação.

Wladimir Klitschko conquista 50º nocaute da carreira e mantém cinturão

DV I ULGAÇÃO

Vôlei Futuro homenageia Wallace e usa camisa com protesto após racismo na Superliga

DV I ULGAÇÃO

Klitschko acerta soco no rosto de Jean-Marc Mormeck em luta realizada na Alemanha

A

Técnico Cezar Douglas orienta o ponta Camejo no jogo entre Vôlei Futuro e Cruzeiro

O

ato racista contra o oposto Wallace, do Sada Cruzeiro, não foi deixado de lado na primeira rodada depois do ocorrido. Neste sábado, o time do Vôlei Futuro, em partida justamente contra o time mineiro, entrou em quadra com uma camiseta preta com os dizeres “VF Contra a Discriminação”. Além disso, a camiseta de todos os jogadores tem o nome de Wallace escrito. “Eu não consigo entender como uma coisa dessas acontece ainda atualmente. É um fato triste. Espero que o jogo seja uma grande festa, para nós, para os torce-

dores”, afirmou o levantador Ricardinho, do time de Araçatuba, em entrevista ao Sportv. Na última quarta-feira, durante o duelo entre Vivo/ Minas e Cruzeiro, uma torcedora xingou Wallace de “macaco”, o que causou protestos e reclamações. O caso deve ser encaminhado para o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) na próxima semana, e o órgão pode até mesmo multar o Minas pelos acontecimentos. Em 2011, justamente Vôlei Futuro e Sada Cruzeiro estiveram envolvidos em uma polêmica semelhante. Du-

ToquedePrimeira Antonio Luiz alpcampos@hotmail.com Positivo Trem x ABC é a grande pedida de amanhã no Glicerão. O jogo vale pela Copa do Brasil e inicia às 20h30. Está sendo aguardada casa cheia.

bas de efeito moral. Égua!

Negativo Corintianos e santistas brigaram antes do jogo. Galera usou barras de ferro, pedaços de madeira e pedras. PM lançou bom-

Trembala I Locomotiva liderada por Hugo Sales tem consciência que encara um forte concorrente.

Trembala Equipe treina há um mês, sendo uma combinação de jogadores “importados” e de casa.

Trembala II

rante uma partida da semifinal da Superliga, a torcida do time mineiro xingou o central Michael, dos paulistas, de “bicha”. No jogo seguinte, o time de Araçatuba protestou e todos os jogadores, em uma atitude semelhante à deste sábado, usaram uma camiseta rosa protestando contra a homofobia. Em sua página no Twitter, o central Gustavo Endres, da seleção brasileira e da Cimed/Sky, elogiou a atitude da equipe do interior de São Paulo. “To impressionado com a coragem do @ VFuturo em renunciar aos patrocinadores,na

Grupo experiente forma o elenco rubro-negro e reúne condições de impor ritmo de jogo. Trembala III O bicampeão estadual tem Centro de Treinamento com a melhor estrutura do Amapá. Papão e Leão Paysandu pega o Espigão, Rondônia, na Copa do Brasil. Remo encara o Real, Roraima. ABC/RN Primeiro clube do futebol potiguar, fundado em 29 JUN 15. Chamam de ‘mais querido’

camisa,em prol da discriminação. EXEMPLAR.PARABÉNS MESMO!!!”, escreveu o jogador. Apesar da homenagem, o jogo, em si, foi bastante tenso, principalmente com provocações da torcida local ao oposto Lorena, do Vôlei Futuro, que acabou como maior pontuador ao marcar 28 pontos. Mesmo assim, o time visitante acabou derrotado por 3 sets a 1, parciais de 24-26, 26-24, 25-23 e 25-23. O resultado colocou o Sada Cruzeiro novamente na liderança da Superliga, com 44 pontos. Já o time paulista caiu para o segundo lugar, com 43.

ABC/RN I O nome ABC homenageia o pacto de amizade fraternal entre Argentina, Brasil e Chile. ABC/RN II Divide com o América/MG a primazia de decacampeão estadual. Dez títulos seguidos. ABC/RN III Tem tradição nacional e foi campeão brasileiro da Série C/2010. Elefante é o mascote. Libertadores Vasco x Alianza duelam hoje. Santos x Inter/RS e Boca x Fluminense jogam na quarta.

ntes do combate contra o desafiante francês Jean-Marc Mormeck, neste sábado, o ucraniano Wladimir Klitschko não prometeu nocaute. Nem precisou. A luta, realizada em Duesseldorf, na Alemanha, durou apenas quatro rounds. O suficiente para Mormeck abusar dos clinches e tomar alguns socos do ucraniano. No meio do quarto assalto, uma sequência de três socos derrubou o francês, e deu a Klitschko o 50º nocaute de sua carreira. Assim, ele manteve seus quatro cinturões entre os pesos pesados: Federação Internacional de Boxe (FIB), Organização Mundial de Boxe (OMB), Organização Internacional de Boxe (OIB) e Associação Mundial de Boxe (AMB) e chegou a sua 57ª vitória (além de 3 derrotas) no boxe. Desde o início do combate, Jean-Marc mostrou que entrou no ringue disposto a evitar duros golpes do adversário. No primeiro assalto a tarefa foi bem cumprida, e o máxi-

Glicerão Vitor Jayme e equipe ralaram para deixar o estádio em condições de receber Trem x ABC. Competência Luis Paulo Pina organiza a logística do ABC em terra amapaense. E faz muito bem!!! Cariocão Botafogo vence Volta Redonda e lidera seu grupo. Não tem jogo no meio da semana. Carcará Independente Clube reúne dia 15 de março e decide se participa ou não do

mo que o atual campeão conseguiu foi se irritar. No round seguinte, no entanto, Mormeck foi ao chão pela primeira vez após um soco de direita. O árbitro abriu contagem, mas o pugilista se levantou e seguiu “agarrando” seu rival, em uma estratégia de defesa. Depois de dominar o terceiro round, Klitschko acabou com a brincadeira na sequência. Distribuiu duros golpes no rosto de seu desafiante. Na última das sequências, encaixou uma esquerda e uma direita na ponta do queixo. Por último, outra esquerda, apenas para derrubar Jean-Marc. O árbitro mais uma vez abriu contagem e, desta vez, encerrou a luta, já que o francês não demonstrou condições de continuar no combate. Esta foi a 15ª quinta vitória consecutiva do ucraniano, que segue soberano na categoria. O último revés dele foi em 2004, para o norte-americano Lamon Brewster. Já o pugilista francês perdeu pela quinta vez, além de 36 vitórias - 22 por nocaute.

Amapazão. Expectativa Governador Camilo Capiberibe ainda não revelou o patrocínio do GEA ao Amapazão. Trânsito Livre A presidente do Trem, Socorro Marinho, pode encabeçar chapa na eleição do Piratão. MONTER IO Você SabiaMARCOS Que Kaká brilha, Real Madrid goleia o Espanyol e emplaca dez vitorias consecutivas. Brasileiro fez um gol e deu passe para dois de Higuaín


JD

Diversão&Cultura

Celebridades Sérgio Reis

“Pânico”, que passava na RedeTV! , anunciou a troca de emissora no mês passado

Q

A

DIVULGAÇÃO

deixa CTI, mas não tem previsão de alta O cantor Sérgio Reis deixou a CTI na tarde de ontem (5) e já foi transferido para o quarto do hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, de acordo com a assessoria de imprensa do hospital. Ele foi internado no domingo (4) após sofrer uma queda durante um show em Três Marias,

Alessandra Negrini O apresentador Emílio Surita, do “Pânico na TV”, que deve voltar à televisão no dia 1º de abril, às 21h, na Band

croblogging. O “Pânico”, que passava

Kim Kardashian vai doar o dobro do valor ganho em presentes de casamento estrela de reality show Kim Kardashian vai ficar com os presentes recebidos no seu casamento relâmpago com o jogador de basquete Kris Humphries, mas prometeu doar o valor de tudo o que ganhou em dobro para uma instituição de caridade. O site “TMZ” obteve o cartão em que Kim agradece aos presentes e explica o que

C3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

“Pânico” já tem data e horário de estreia na Band uem já está com saudades do “Pânico na TV” não precisa se preocupar. O programa já tem data e horário de estreia na Band. De acordo com o perfil oficial da atração no Twitter, Emílio Surita, Sabrina Sato e companhia voltam ao ar no dia 1º de abril. Os programas inéditos irão ao ar aos domingos, às 21h, com reprises às sextas-feiras, às 21h20. O diretor da atração, Alan Rapp, também tem confirmado a data e o horário por meio do serviço de mi-

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

será feito. Kim protagoniza um reality show de muito sucesso nos EUA, “Kourtney and Kim Take New York”, e ficou casada por 72 dias. A cerimônia, a briga e o divórcio foram, claro, exibidos na TV. No Brasil, o programa é transmitido pelo canal pago E!. Segundo fontes do site, os presentes valeriam US$ 100 mil (cerca de R$ 170 mil).

na RedeTV! desde que começou a ser exibido, em

2003, anunciou a troca de emissora no mês passado.

Namorada de Justin Bieber grava de shortinho nos EUA

DIVULGAÇÃO

Quero ficar sem telefone e e-mail

Alessandra Negrini, 41, não acredita que a tecnologia faz parte do futuro da humanidade. Em entrevista à revista “TPM” de março, ela contou que tem planos de ficar sem telefone e e-mail. “Eu acho que o futuro é se desconectar. Daqui a um tempo, chique vai ser tomar banho de rio, pisar na terra, jogar conversa fora com os amigos. Não pretendo ficar escrava da tecnologia por muito tempo. Já estou pensando em me desfazer de telefone, e-mail”, disse Alessandra.

Gustavo Kuerten

N o Hall da Fama do tênis

O ex-tenista Gustavo Kuerten entrou para o Hall da Fama Internacional da modalidade e é o primeiro brasileiro, entre os homens, a fazer parte da seleta galeria. Ele se junta à compatriota Maria Esther Bueno, que tem lugar cativo no Hall da Fama desde 1978.

A atriz e cantora Selena Gomez, que gravou de shortinho e deixou as pernas à mostra durante gravação de filme

S

elena Gomez, 19, deixou muito marmanjo boquiaberto quando saiu do trailer em que estava esperando para as filmagens de “Spring Breakers”, na Flórida. A cantora e atriz, também conhecida como namorada de Justin Bieber, vestia um shortinho que deixou os

pernões e que pernões! à mostra. O filme, que conta a história de quatro universitárias que são presas após roubar um restaurante, deve estrear em 2013 nos Estados Unidos. Também estão no elenco James Franco, Vanessa Hudgens e Heather Morris, entre outros.

Desprezado pelo Oscar, DiCaprio envia champanhe aos atores indicados

O

ator Leonardo DiCaprio, 37, foi esnobado pelo Oscar deste ano, mas não perdeu a elegância. Segundo o jornal “Chicago Sun Times”, DiCaprio enviou uma garrafa de champanhe Dom Perignon para os atores indicados ao prêmio. A performance de DiCaprio em “J. Edgar”, na qual ele o diretor do FBI por três

décadas, não foi lembrada pela Academia de Cinema de Hollywood.

DIVULGAÇÃO

Leonardo DiCaprio em cena do filme “J. Edgar”, dirigido por Clint Eastwood

Resumo das Novelas Malhação Babi combina de ajudar Guido a fazer uma entrega em um bairro mais distante. Laura chama Tamtam para trabalhar no brechó. Fabiano critica o estilo de vida de Kiko e diz a Bertoni que só aceita dirigir o seriado se Gabriel continuar no projeto. Carmem conta para Helena que Nelson está trabalhando no posto de gasolina. Babi e Natália veem Débora trabalhando na comunidade. Helena vai até o posto e critica o emprego de Nelson, deixando-o chateado. Betão não gosta de saber que Babi saiu com Guido.

Amor Eterno Amor A televisão falha e Carlos não ouve Verbena falar sobre o dom que seu filho possui. Fernando repreende Miriam ao saber que ela ajudou sua tia com a entrevista para a TV. Carlos lembra de sua infância. Miriam observa as estrelas com Gabriel. Carlos pensa em Elisa ao olhar para as estrelas. Valéria vai atrás de Carlos e se assusta com a onça que faz companhia para o peão. Jacira reclama quando o marido sai para trabalhar. Tobias e Josué admiram Carlos pela forma que ele doma um búfalo.

Aquele Beijo Iara propõe uma solução para impedir que o Covil do Bagre seja destruído. Claudia visita Rubinho e tenta descobrir se o ex-marido tramou com Lucena e Henrique a sua separação de Vicente. Maruschka diz a Odessa que não pretende fazer nada contra Marisol e fingirá que não sabe de nada. Iara procura Ana Girafa e avisa que ela terá que entrar na justiça contra Maruschka para salvar o Covil do Bagre. Ticiano e Gisele fazem compras para a Comprare. Belezinha é demitida da Shunel e Eveva ameaça Felizardo com uma greve das costureiras.

Fina Estampa Zambeze conforta Álvaro. Pereirinha dá o valor de seus serviços a Tereza Cristina. Griselda surpreende Antenor e Patrícia na cozinha. Alice descobre a senha do cofre de Tereza Cristina. Quinzé conta para Griselda que Ferdinand está foragido e que Tereza Cristina é suspeita de ser a assassina de Marcela. Wallace pede para Clint convocar a imprensa para uma coletiva. Enzo não gosta quando Danielle o dispensa por causa de Pedro Jorge. Guaracy flagra Jackelaine e Alberto se beijando na cozinha.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Cena astral anuncia nervosismo e irritabilidade para começar a semana. A tendência a distrair-se é grande, cuidado ao lidar com instrumentos de precisão, por exemplo. Vênus entra em Touro abençoando sua vida financeira daqui em diante.

Libra (23 set. a 22 out.) As peças de um quebra cabeça estão se encaixando agora. Importante ficar de olho no comportamento de parceiros, sócios e clientes. Esteja preparado para explicações e atitudes nada ortodoxas. As coisas vão mudar mais uma vez.

Touro (21 abr. a 20 mai.) Pode comemorar: Vênus, regente do seu signo, entra hoje em Touro, sinal de atração, sorte, beleza, vida com mais conforto e afeto para todo taurino! Desta vez esse trajeto será especialmente auspicioso, mentalize e realize mais.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Marte indica: convide um amigo para sair e conversar, tirando a limpo camadas de mal entendidos que andam corroendo a confiança mutua. Em casa, soluções inéditas e experimentações acontecem em boa hora. Surpresinhas!

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Semana começa com astros em posições de destaque- seu regente Mercúrio forma hoje aspecto forte com Urano e com Lua, trazendo percepções importantes e rápidas. Vênus entra em Touro, fazendo voltar a você muito do bem que já fez. Câncer (21 jun. a 21 jul.) A semana começa com um cenário astral de muito movimento e abertura para você. Mudanças de última hora terão de ser feitas, um desafio que com sua tremenda criatividade será fácil superar. O afeto dos amigos estará presente. Leão (22 jul. a 22 ago.) Lua em seu signo hoje pede momentos de mais cuidado consigo, diminua o ritmo e perceba como pode atender melhor suas necessidades emocionais e físicas também. Pensamento original e saídas nada comuns ajudarão você a rever seu presente. Virgem (23 ago. a 22 set.)

Guarde para si algumas conclusões sobre a vida intima, nestes dias será preciso que você aja com mais audácia, deixando em segundo plano a zona de conforto e o que é familiar. Não tenha medo de ser diferente, por ai é que virá a alegria.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Viagens, amores e impacto emocional no horizonte dos sagitarianos logo nesta primeira semana. O clima anda excitante, e você aberto para viver novas experiências. Outra novidade boa: Vênus agora em Touro consolida afetividades. Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Finanças em destaque abrem semana que promete muitas informações novas e um clima bem mais sensual e interessante no amor! Vênus em Touro arma ótimo aspecto com Netuno, o que representa suavidade e ternura. Mudanças em casa. Aquário (21 jan. a 19 fev.)

Aquele lado idealista que você tem pode florescer com beleza e força nestes próximos dias. Acontecimentos artísticos e sociais terão o poder de sensibilizar você, que tem ai campo rico para se manifestar. Melhora cenário doméstico.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) A novidade boa para você hoje é que Vênus entra em Touro, sinal positivo para as amizades, as viagens, as mudanças de casa, os estudos. Será mais fácil falar dos sentimentos também. E vem uma surpresa boa no âmbito financeiro também.


Sociedade

Aline Lima alinec.lima@hotmail.com

Macapá-AP, terça-feira, 06 de março de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Deputado Bala Rocha e Evandro Milhomen

Combata o Mau Humor

Cantor Latino em apresentação em Macapá

Mensagem do dia “Aprendi que um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo para ajudálo a levantar-se.” (Gabriel Garcia Marquez)

1 - Não leve os problemas tão a sério. É claro que é preciso saber a hora de encarar as coisas com mais seriedade, mas às vezes, rir de si mesma pode ser o melhor remédio para encarar as preocupações de uma maneira diferente. 2 - Fique longe de pessoas chatas, negativas, que vivem reclamando de tudo e de todos. O mau humor pode ser contagioso. 3 - Uma boa dica para acabar com o mau humor é escolher um dia da semana, algumas horinhas depois do expediente, por exemplo, para jogar conversa fora com aquela pessoa especial. Isso ajuda a aliviar o estresse da rotina.

Equipe e banda do Latino

Biaja Keitt

Claudia e Tatiele

Ebonie Emanuele

4 - Mexa-se. Fazer exercícios é uma ótima maneira de combater o mau humor. Vale jogar bola, pedalar, dançar ou até sair de casa para uma caminhada. 5 - Busque diversão nas coisas simples da vida, tais como cantar no chuveiro logo cedo, assistir filmes de comédia, dançar ao som de suas músicas preferidas, tomar um banho de chuva. 6 - Se é o trabalho que está deixando você aborrecida ou alguém anda te tirando do sério, talvez você precise de um tempo para entender suas emoções e lidar melhor com a situação. Siga sua rotina, porém tente reservar mais tempo para você. 7 - Quando estiver triste ou irritada, relembre os momentos ruins que ficaram para trás. Pensar nos acontecimentos da vida e em como foi preciso superação para vencê-los Isso ajuda a trazer a sensação de calma e relaxamento.

Cleiton Amanajas

Eliana Braga

Ana Carla

Jornal do Dia 06/03/2012  

Jornal do Dia 06/03/2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you