Issuu on Google+

ESPECULAÇÕES

DILMA

CALHEIROS

Sobre as cassações

Aumento é o menor

Sem votação do orçamento

Barbosa não vê crise sobre comentários feitos. nA4

Presidente do Senado suspendeu votação.nA5

Aumento da gasolina é menor que redução da energia. nA5

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Quarta-feira, 06 de Fevereiro de 2013 - Ano XXV

• Domingo e Segunda R$ 2,50 • Terça a Sábado R$ 1,50

BARES E BOATES

EM ALTA

Fiscalização resulta em 16 notificações e 2 interdições

Postura do Município, prédios sem sinalização para as saídas de emergência, outros sem a existência de saída de emergência, dentre outras irregularidades. nB3 DIVULGAÇÃO

Os locais visitados, em sua maioria, apresentaram irregularidades ou vencimento nos documentos, condições estruturais em desacordo com o Código de

Preço do açaí assusta consumidores Os consumidores de açaí se assustam cada vez mais com o aumento do preço do produto. Cerca de R$15 é o valor comercializado atualmente em vários pontos de vendas da cidade de Macapá. Muitos consumidores amapaenses até evitam comprar o tradicional vinho na hora das refeições. nB2

MACAPÁ

Câmara inicia ano legislativo e Clécio destaca dívida de R$ 250 milhões nB1

“A situação em que assumimos a PMM, que é gravíssima, em nada abala o otimismo de reconstruir nossa capital”, disse Clécio JORNAL DO DIA

LEGISLATIVO

DIVULGAÇÃO

Balanço do Executivo marca retorno dos trabalhos na Assembleia nos últimos anos e as perspectivas para 2013, e acredita manter o mesmo ritmo ditado com base na harmonia. nB2

DIVULGAÇÃO

Na tradicional mensagem anual do Executivo ao Legislativo, Camilo Capiberibe abordou as principais conquistas do Estado Este ano foram investidos mais de R$ 3,7 milhões no Carnaval

SAMBÓDROMO

Ingressos vão variar entre R$ 5 a R$ 70 no carnaval Além das arquibancadas de concreto, cujos ingressos estão sendo vendidos a R$ 15, e área vip, a R$ 50 a pulseira, próximas da pista (frisas) e R$ 70 na área Premium, também estão sendo construídas arquibancadas populares de mil lugares, próximas à dispersão, com o preço de R$ 5. nB4

Tentativa de frear as DST/AIDS

CARNAVAL

Cinco mil preservativos serão distribuídos nos ônibus

Os preservativos serão distribuídos nos ônibus que circularem de sexta, 8, a domingo,10. Esse trabalho já vem sendo feito há alguns anos. No ano passado foram distribuídos 5 mil preservativos.nB4 Ontem, o plenário da Assembleia ficou lotado durante a retomada dos trabalhos

ACABOU A PACIÊNCIA

Belfort se irrita com politicagem do UFC e diz merecer luta com Anderson Acabou a paciência de Vitor Belfort com as negociações envolvendo disputas de cinturão no UFC. Sempre muito político em suas declarações, o brasileiro se mostrou irritado com as politicagens internas da franquia e acredita que, depois de seu nocaute sobre Michael Bisping, no UFC São Paulo, merece enfrentar Anderson Silva pelo cinturão dos médios. nA7

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


Opinião

JD

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

A crônica redundante de mortes anunciadas Cláudio dell´Orto

A

tragédia do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, soma-se à lamentável estatística da negligência do poder público e dos gestores privados ao risco a que estão submetidas milhares de pessoas em nosso país. São bairros inteiros construídos irregularmente em encostas, áreas de mananciais e terrenos em locais de enchentes; favelas vizinhas de subestações elétricas de alta tensão; edifícios reformados à revelia das plantas, dos cálculos de engenharia e das normas de segurança; casas de espetáculo, baladas e danceterias sem alvarás de funcionamento em dia, brigadas de incêndio e saídas de emergência adequadas. Depois de cada tragédia, surgem as entrevistas das autoridades competentes anunciando a adoção de medidas que sempre deveriam ter sido adotadas e que, com o tempo, acabam novamente no esquecimento, até que se repita a tragédia, como ocorreu agora em Santa Maria. Por isso, o Poder Judiciário, guardião da

aplicação das leis e do Estado de Direito, deve ser mais rigoroso nos processos nos quais se discutem os alvarás para eventos e estabelecimentos com grande fluxo de pessoas, bem como em outros casos em que a sociedade esteja em risco, como no tocante às moradias, edifícios comerciais e localização ilegal de comunidades habitacionais. Os juízes de todo o Brasil e os fluminenses, estes por meio da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj), lamentam profundamente a tragédia ocorrida na cidade gaúcha, que vitimou 237 pessoas e deixou mais de 100 feridos em estado gra-

ve, de acordo com os dados da Defesa Civil. Nossa entidade solidariza-se com a dor dos familiares e espera que a investigação seja concluída com agilidade e que os culpados sejam punidos no máximo rigor da lei. Há medidas cabíveis no âmbito do Judiciário para minimizar as chances de que outros desastres como o ocorrido em Santa Maria repitam-se. A Justiça deve exigir maior responsabilidade dos administradores públicos e privados para garantir a segurança de espetáculos em locais que recebam grande público. Medida prática seria o maior rigor em processos judiciais nos quais se discutem os alvarás para eventos e estabelecimentos com grande fluxo de pessoas, com indenizações efetivas nos casos

de responsabilidade civil. O mais importante é, de maneira definitiva e não apenas em meio à dor das perdas e no rescaldo das tragédias, que as leis sejam cumpridas quanto às exigências de segurança, edificação, ocupação e uso do solo, procedimentos de segurança, brigadas de incêndio e outras normas relativas às moradias, escritórios, estádios, cinemas, teatros e casas de espetáculo e entretenimento em geral. À Justiça cabe punir exemplarmente os responsáveis do setor público e privado. A todos, contudo, precisa ser inerente que a perda da vida humana é absolutamente irreparável! (Desembargador Cláudio dell’Orto é o presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro - Amaerj).

A reforma dos Códigos Condensado do Estado de S. Paulo

P

reocupada com os problemas que estão surgindo com a reforma do Código Penal e do Código de Processo Penal, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) tomou duas importantes iniciativas. Primeiro, advertiu o Congresso para a má qualidade dos dispositivos relativos aos crimes financeiros, alegando que a tipificação desse tipo de delito é confusa e que as penas previstas são muito mais brandas do que as que estão em vigor e, segundo, prometeu enviar uma nota técnica ao Senado, dentro de dois meses, com sugestões para aperfeiçoar os projetos que lá estão sendo discutidos. Os dois códigos estão em vigor desde 1940 e 1941, respectivamente. Apesar de considerar sua reforma necessária e oportuna, os juízes criminais federais discordam do modo como vem sendo conduzida. Instalada em outubro de 2011, a comissão especial do Senado encarregada de preparar a reforma do sistema criminal do País elaborou um projeto de Códi-

go Penal que foi muito mal recebido por magistrados, procuradores de Justiça e criminalistas. Em audiência pública realizada no ano passado no Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCrim), a entidade alegou que a comissão cedeu a interesses políticos, grupos de pressão e corporações profissionais. Na ocasião, juristas respeitados classificam o projeto como “obsceno”. Segundo eles, a proposta contém incoerências e deixa a desejar em muitos pontos, incorporando modismos doutrinários e inovações que não têm apoio entre os especialistas em direito penal. No caso dos crimes financeiros, por exemplo, o projeto deixa de listar, como delito, o funcionamento de instituição financeira não autorizada e a adoção de contabilidade paralela pelos bancos. Além disso, limita o conceito jurídico de evasão de divisas apenas à saída física do dinheiro. Isso significa que um doleiro que fizer uma remessa por meios eletrônicos ficaria livre de punição. Os juízes federais consideram ainda que a comissão do Senado cedeu às

pressões da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), introduzindo no projeto um artigo que criminaliza eventuais violações das prerrogativas dos advogados. Além de alegar que seus filiados não são subordinados hierarquicamente aos juízes, a entidade acusa a magistratura de “calar” e “humilhar” os advogados. Os juízes federais consideram as pretensões da OAB exageradas e afirmam que a proposta da entidade acolhida pela comissão viola a independência do juiz. “A criminalização das violações das prerrogativas dos advogados gera temor e insegurança. Se o magistrado indefere o pedido de um advogado, não é o caso de se imputar um crime, mas apenas de impetrar um recurso judicial”, afirma o juiz federal Rafael Wolff. Entre as sugestões que a Ajufe apresentará à comissão de reforma do Código Penal e do Código de Processo Penal, duas merecem destaques: alterar os critérios de contagem do prazo de prescrição e ampliar o sistema de delação premiada. Inspirando-se no plea bargain vigente na legislação processual penal dos Estados Unidos, os

juízes federais defendem a adoção de um mecanismo processual pelo qual o acusado pode fazer um acordo para confessar o crime, em troca da redução da pena. No sistema da delação premiada, para reduzir a pena um dos acusados contribui com informações sobre terceiros envolvidos no crime. Já no sistema da plea bargain, o acordo abrange apenas o réu e o crime por ele praticado - e a negociação tem de ser feita tanto com o juiz como com o Ministério Público. Segundo Sérgio Moro, 85% dos casos criminais na Justiça Federal dos Estados Unidos terminam em acordo. “Esse sistema possibilita a resolução de casos singelos de forma mais rápida, permitindo ao Judiciário concentrar o foco nos casos mais complexos”. Algumas das propostas da Ajufe já estão contempladas no projeto elaborado pela comissão do Senado. Para a entidade, contudo, a reforma do Código Penal e do Código de Processo Penal será demorada, mas projetos específicos sobre aumento do prazo de prescrição de crimes e a introdução do plea bargain poderiam ser aprovados mais rapidamente.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 12 Pág

Edição número

8122

A2

Editorial

Mudanças políticas e suas consequências

O

governador Camilo Capiberibe já definiu sua linha de ação para esse ano pré-eleitoral e o próximo, quando vai tentar a reeleição. A estratégia começa com o fortalecimento da sua base política, o que vai provocar mudanças significativas na equipe de governo. As primeiras ocorreram em dezembro. Outras estão previstas para este mês, a confirmar se no período pré ou pós-carnaval. A decisão sobre a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa era o sinal verde que faltava, para o projeto avançar. Em outra frente de ação, o governador dá indícios claros de que vai adotar uma postura mais popular, para tentar conquistar a simpatia da população. Fiscalizar obras e serviços públicos, visitar os municípios, promover reuniões com representantes da sociedade civil são itens que estarão cada vez mais presentes na agenda governamental. As mudanças em curso resultam da convicção de que, apesar de eventuais méritos administrativos, a imagem pública do governador é ruim e, se não melhorar, a reeleição pode ficar comprometida. Convicção formada a partir da leitura de pesquisas de opinião pública e da realidade das ruas.

Camilo está seguindo receituário recorrente entre governantes tucujus e brasileiros, de um modo geral. Começam seus mandatos adotando medidas de austeridade, para corrigir as tais “heranças malditas” que recebem de seus antecessores. Em geral, essas medidas são impopulares e desgastam a imagem do governante. Para limpar a barra, os mesmos são aconselhados a adotar um receituário populista. Na prática, decidem sair do gabinete e ir para as ruas. Traduzindo: sair do gabinete significa deixar de lado a preocupação excessiva com a gestão. Ir para as ruas significa fazer política (com foco eleitoral). Em termos administrativos, essas mudanças acabam tornando o governo menos rigoroso no controle das contas públicas, pois o cofre precisa ser aberto para atender demandas trazidas das relações com a comunidade. Muitas das quais não deveriam fazer parte das prioridades da gestão. Em geral, a estratégia dá os seguintes resultados: Os governantes conseguem alcançar, nas urnas, os objetivos políticos esperados. Por outro lado, acabam gerando o que mais tarde será chamado de herança maldita por seus sucessores.

Hora-Hora Popular Dentro da nova estratégia de tentar popularizar sua imagem pública, o governador Camilo Capiberibe fez “visita surpresa” ao Hospital de Emergência, para conversar com pacientes e ouvir, dos mesmos, o que acham do pronto-socorro da capital. Diagnóstico Durante a visita, o governador definiu qual o principal problema do pronto-socorro: a Sala de Medicação, com poucos enfermeiros e muitos pacientes. A maioria deles com problemas de saúde que deveriam ser resolvidos na rede básica de saúde, do município. Gravidade Esse, de fato, é um problema grave do Hospital de Emergências. Mas é exagero dizer que seja o principal. Quem trabalha e quem frequenta o pronto-socorro com assiduidade sabe que existem outros problemas maiores. Coisa que não se detecta numa visita de algumas horas. Folia O Abrigo São José vai comemorar o carnaval com o baile “Idosos na Folia, que acontece hoje, nas dependências do próprio abrigo, a partir das 18 ho-

ras. Apesar da folia carnavalesca, quem conhece o abrigo sabe que a vida dos idosos de lá está longe de ser uma festa. Oposição Ronaldo Caiado será o líder do DEM na Câmara dos Deputados, em 2013. Segundo César Maia, ex-prefeito do Rio de Janeiro, a escolha tem uma razão bem definida. “O DEM vai fazer oposição para valer, com intensidade, energia e dureza, como se faz oposição na Europa”. Confirmado Está confirmado: O carnaval de 2013 será mesmo o melhor de todos os tempos no Amapá. Afinal, o governador Camilo repete isso em cada release do Governo do Estado que trata do assunto. Com tanta insistência, vai ser difícil, depois, dizer que já houve carnaval melhor. Debates O debate entre ativistas gays e ativistas religiosos está esquentando no Brasil. Muitos ficam preocupados com a intensidade das discussões, mas enquanto permanecer no nível do debate, eles devem ser considerados normais. A sociedade precisa mesmo discutir suas divergências.

MINUTOS Prorrogação - O prazo de inscrição do Programa de Bolsas de Iniciação Científica Júnior, que se encerraria no dia 31 de janeiro, foi prorrogado até 15 de fevereiro. Expectativa – Com negociações políticas a pleno vapor, governador Camilo tem conseguido atrair para as bases do governo muito político com mandato. Mudanças na equipe em breve.


Geral

JD

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

A3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Imap e Batalhão Ambiental apreendem madeira avaliada em aproximadamente R$ 3,5 milhões

Toda a madeira apreendida será transportada para Macapá, a partir do dia 6 de fevereiro, e será beneficiada e destinada a projetos sociais como recuperação de passarelas e apoio às famílias carentes.

O

Instituto de Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial (Imap) e Batalhão Ambiental realizaram, no período de 30 de janeiro a 5 de fevereiro, uma ampla fiscalização nos assentamentos Nova Colina , no município de Porto Grande, e Cedro, em Tartarugalzinho. O objetivo da ação era vistoriar os Projetos de Manejo Florestal Sustestentáveis (PMFSs) licenciados pelo Imap e desenvolvidos nessas regiões, assim como coibir o desmatamento ilegal nas áreas. Foram vistoriados cerca de vinte projetos. Alguns apresentaram irregularidades como exploração em Área de Preservação Permanente (APP), transporte sem o devido Documento de Origem Florestal (DOF), pátios de armazenamento não cadastrados e ramais de acesso em desacordo com a legislação. Segundo o diretor do Imap, Mauricio Souza, foram lavrados mais de dez autos de infração, com total de multas superior a R$ 250 mil, e apreendidos mais de 350 metros cúbicos de madeira (angelim-pedra e vermelho, ma-

Aiô Folia, o Carnaval multicultural de Macapá

A

Segundo o diretor do Imap, Mauricio Souza, foram lavrados mais de dez autos de infração, com total de multas superior a R$ 250 mil.

caúba, cumari, dentre outras), além de dois tratores. "O volume de madeira apreendido, considerando o valor médio de exportação de R$ 1 mil o metro cúbico, supera os

R$ 3,5 milhões e equivale a dez carretas do tipo gaiola carregadas de toras de madeira ou mais de 12 mil unidades de tábuas", justifica Mauricio. Toda a madeira apreen-

dida será transportada para Macapá, a partir do dia 6 de fevereiro, e será beneficiada e destinada a projetos sociais como recuperação de passarelas e apoio às famílias carentes.

iô Folia, o Carnaval da Zona Norte, é uma realização em parceria da Federação Cultural e Social Zona Norte e a Banda Placa, com patrocínio do Governo do Estado do Amapá. O evento veio com a proposta de trazer a Folia de Momo, antes concentrada no Centro e Zona Sul da cidade, para a Zona Norte de Macapá. Com apresentação multicultural, as atrações variaram entre grupos de Batuque, Marabaixo, marchinhas de Carnaval, grupos locais de toada e outros grupos convidados. A ideia é colocar a Zona Norte no circuito carnavalesco, promovendo, dessa forma, a inclusão de crianças, jovens e adultos que passaram a ter mais uma opção para pular o Carnaval. Isso inclui, também, a movimentação econômica entre autônomos que atuam na área. A programação contou com três dias de folia. Além da peculiarida-

de em ser um Carnaval multicultural, possui mais algumas curiosidades. Uma delas é o nome da vestimenta, normalmente conhecida como "abadá"; no Aiô Folia é chamada de "Surí" (derivação de uma palavra indígena que significa 'camisa sem manga'), e o próprio nome "Aiô" (derivação de uma palavra indígena que significa 'festa de todos'). O evento, realizado na Rodovia do Curiaú, acontece uma semana antes dos desfiles das escolas de samba e blocos. Segundo Carlos Augusto, o "Carlitão", líder da Banda Placa, e também um dos organizadores, para que não seja uma competição entre o Carnaval da Zona Norte com o da Zona Sul e sim a integração do Aiô Folia no circuito carnavalesco. "Queremos oferecer, não só à população da Zona Norte, como também a outras pessoas que queiram conhecer e participar do evento, mais uma opção para curtir o Carnaval em Macapá".

Acesso à internet móvel é maior problema das operadoras, diz Anatel

120 Empreendedores Individuais são capacitados pelo Sebrae para o carnaval no município de Santana O

Depois de cumprirem critérios e adquirirem licença, os empreendedores individuais cadastrados buscam capacitação no Sebrae para serem referência em qualidade no atendimento e no serviço de alimentos e bebidas.

O

treinamento é voltado para um grupo de 120 empreendedores individuais atendidos e cadastrados pela prefeitura de Santana que trabalharam com a comercialização de alimentos e bebidas durante o carnaval 2013 no município. Depois de cumprirem critérios e adquirirem licença, os empreendedores individuais cadastrados buscam capacitação no Sebrae para serem referência em qualidade no atendimento e no serviço de alimentos e bebidas. As palestras têm a finalidade de torná-los

aptos para o trabalho de forma organizada, dentro dos padrões de ambiente e higiene além de proporcionar conhecimento técnico sobre os problemas relacionados à contaminação que podem resultar tanto na deterioração dos produtos, quanto nos riscos à saúde dos consumidores. O evento oferta palestras na área de Formalização de Empreendedores Individuais, com a palestrante Audenise Coutinho, Atendimento ao Cliente, com Iranei Lopes e André Gomes e Manipulação de Alimentos, com a palestrante Nelma Pires.

Outros órgãos institucionais, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiro Militar, Vara da Infância e Juventude, Conselho Tutelar do Município de Santana e Prefeitura de Santana também participam do evento dando orientações técnicas e de legislação. A parceria firmada entre o Sebrae e a Prefeitura de Santana, se dá em atendimento a uma demanda dos empreendedores individuais do município, já que grande parte já está formalizada. Segundo o coordenador do Escritório Regional do Sebrae em Santana,

André Gomes, o carnaval contribui para o aquecimento econômico significativo no município. “Esses 120 negócios geram emprego diretos e indiretos e aquecem a economia local melhorando o desenvolvimento econômico”, finaliza André. A programação aconteceu na última segunda-feira, (4), das 14h às 19h, no Escritório Regional do Sebrae em Santana e contou com a participação da diretora técnica do Sebrae no Amapá, Ana Dalva Ferreira e do prefeito do município de Santana, Robson Rocha. (Ascom Sebrae)

primeiro relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) com a avaliação trimestral do desempenho das empresas de telefonia celular mostra que o acesso à rede de internet móvel é o principal problema do setor. O relatório, que será divulgado nesta quarta-feira (6), foi obtido com exclusividade pela reportagem. O resultado desse levantamento leva em consideração dados recolhidos de agosto a outubro de 2012 e serve apenas para acompanhamento da Anatel. Na prática, as empresas não podem ser punidas pelo descumprimento porque só em dezembro de 2012 elas passaram a ser obrigadas a obedecer à meta estabelecida. De acordo com o relatório, nenhuma das quatro grandes operadoras do país – Oi, Claro, TIM e Vivo –, cumpre a meta estipulada pela agência, de cerca de 98% de sucesso nas tentativas de conexão à rede de dados. O resultado mostra que a rede das empresas não suportava a demanda dos clientes por acesso à internet móvel. O acesso à rede de dados foi o único dos quatro indicadores acompanhados pela Anatel que as empresas não cumpriram. Nos outros três – acesso à rede de voz (sucesso nas tentativas de fazer chamadas), queda de chamadas e queda de conexões de internet móvel –, as quatro operadores estão dentro das metas. Resultado das empresas No caso da Claro, o índice de acesso dos clientes à rede de internet estava dentro da meta em agosto, mas caiu para cerca 93% em setembro e, em outubro, voltou a subir para cerca de 96%, mas ficou abaixo do esta-

belecido pela agência. Os dados relativos à Oi mostram que a empresa ficou abaixo da meta durante todo o trimestre, com índice médio de cerca de 96%. Já a TIM tinha cerca de 96% de sucesso nas conexões de dados durante agosto e setembro, mas caiu para cerca de 95% em outubro. Segundo o levantamento da Anatel, o pior desempenho foi da Vivo, que registrou índice de cerca de 93% entre setembro e outubro (o relatório não apresenta o número de agosto para a operadora). Suspensão de chips A Anatel passou a acompanhar o índice de qualidade do serviço das operadoras de telefonia celular no ano passado, devido ao aumento das reclamações de clientes dessas empresas. Em julho de 2012, a agência chegou a suspender a venda de chips da Claro, Oi e TIM nos estados em que cada empresa era campeã de queixas. As vendas só foram autorizadas depois que as empresas se comprometeram a realizar investimento na melhoria de suas redes e no atendimento dos usuários. O objetivo do acompanhamento, que vai durar dois anos e terá relatórios trimestrais para acompanhamento da população, é verificar os problemas apresentados pelo setor e exigir das empresas solução para eles. Reclamações Em dezembro, a Anatel já havia divulgado dados preliminares do relatório que apontavam que a TIM continuava líder em número de reclamações de clientes, mesmo após a medida cautelar que suspendeu a venda de chips da empresa, além de Claro e Oi. (G1)


Geral

JD

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

A4

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Barbosa chama de “especulação” fala de Henrique Alves sobre cassações

Na segunda, presidente da Câmara disse que Casa dará palavra final. Supremo Tribunal Federal determinou perda do mandado de condenados na ação do mensalão.

O presidente do Supremo evitou polemizar sobre as declarações do novo presidente da Câmara. Segundo Barbosa, ele não se incomodou com a provocação do parlamentar do PMDB.

O

presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, disse nesta terça-feira (5) não acreditar que a Câmara dos Deputados

possa vir a descumprir a decisão da corte que determinou a perda dos mandatos de parlamentares condenados no julgamento do mensalão. “Isso é só especulação.

Não acredito que isso vá ocorrer”, disse Barbosa ao deixar a sessão desta manhã do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Nesta segunda (4), após ser empossado presiden-

te da Câmara, o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) afirmou que a palavra final sobre a cassação do mandato dos parlamentares que foram considerados cul-

Seis conselheiros do CNJ votam por proibir patrocínio em evento de juízes

O

corregedor nacional de Justiça, ministro Francisco Falcão, e mais cinco integrantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) votaram nesta terça-feira (5) pela proibição do patrocínio privado da hospedagem e transporte de juízes em eventos e congressos de magistrados. A análise da resolução

pelo CNJ foi suspensa por um pedido de vista (mais tempo para apreciar o processo) do conselheiro Carlos Alberto Reis de Paula. A previsão é de que o plenário do CNJ retome a discussão do assunto no dia 19, na próxima sessão do órgão. Quinze conselheiros integram o colegiado, incluindo o presidente do

CNJ, ministro Joaquim Barbosa, que acumula suas funções no órgão com o comando do Supremo Tribunal Federal (STF). Em seu voto, Francisco Falcão propôs que o CNJ proíba os magistrados de usarem transporte ou hospedagem gratuitos ou subsidiados por pessoa ou empresa, mesmo quando intermediário por associação de classe, para participar de encontros, eventos, almoços, jantares, homenagens e eventos similares. “A Constituição é taxativa em proibir que magistrado receba qualquer título, qualquer contribuição,

qualquer patrocínio da iniciativa privada. Juiz tem de ser imparcial, isento e se portar de forma a dar o exemplo para a sociedade”, ressaltou Falcão ao final da sessão que suspendeu a apreciação de sua proposta. Apesar de impor limites aos eventos da magistratura, o corregedor abriu exceções aos encontros organizados com verba exclusiva das associações de classe de juízes ou àqueles realizados por instituição de ensino das quais o magistrado atue como professor, entre outras situações.

pados no processo do mensalão é da Casa. Indagado nesta segunda se a decisão caberia à Câmara ou ao Supremo, Henrique Alves disse: “Eu já falei sobre isso. Essa é a lógica da Câmara”. Questionado se sua posição não seria um “enfrentamento ao Judiciário”, o peemedebista disse: “Não, não. Vai ser finalizado aqui.” O presidente do Supremo evitou polemizar sobre as declarações do novo presidente da Câmara. Segundo Barbosa, ele não se incomodou com a provocação do parlamentar do PMDB. “A mim, não me preocupa nem um pouco”, ressaltou o magistrado, referindo-se ao comentário de Henrique Alves. No final do ano passado, no julgamento do mensalão, o STF determinou a perda do mandato parlamentar dos deputados federais condenados no processo. É o caso de Pedro Henry (PP-MT), Valdemar Costa Neto (PR-SP), João Paulo Cunha (PT-SP) e José Genoino (PT-SP). No mês passado, quando ainda estava em campanha pela presidência da Câmara, Henrique Alves afirmou em entrevista à “Folha de S.Paulo” que a Casa “não abriria mão” da prerrogativa de dar a pa-

lavra final. Revisor do processo do mensalão, o ministro Ricardo Lewandowski também classificou de “especulações” as declarações do presidente da Câmara. “Essa questão só vai se colocar quando a decisão for definitiva, com o trânsito em julgado. Por enquanto são meras especulações”, disse Lewandowski antes de ingressar na sessão das Turmas do STF. O novo vice-presidente da Câmara, deputado André Vargas (PT-PR), defendeu nesta segunda que cabe à Casa decidir sobre perda de mandato nos casos de condenação criminal. Segundo o deputado, após o fim dos recursos à decisão do Supremo Tribunal Federal, a Câmara vai ter que se manifestar sobre a situação dos deputados de acordo com os ritos de processos de cassação. Ele disse que a questão é primeiramente avaliada pela Corregedoria, em seguida pelo Conselho de Ética e só então vai a voto secreto no plenário da Casa. “É natural que passe pelos órgãos da Casa. O que eu estou dizendo é o que está no regimento da Câmara. Fora isso, é cassação sumária”, completou.

Deputados querem lei nacional para prevenção de incêndio

N

a primeira reunião da Comissão Externa da Câmara dos Deputados criada para acompanhar a apuração dos fatos relacionados ao incêndio que provocou a morte de 237 pessoas na boate Kiss em Santa Maria, parlamentares discutiram nesta terça-feira (5) a importância da criação de normas de prevenção de incêndios que sirvam para qualquer tipo de local com aglomeração de pessoas. O grupo, formado por dez deputados, definiu o prazo de 120 dias para apresentar um relatório com sugestões de aperfeiçoamento da legislação federal e com o acompanha-

mento das investigações da tragédia. Para o coordenador da comissão, Paulo Pimenta (PT-RS), é preciso investigar a responsabilização pelo acidente em Santa Maria em quatro esferas, incluindo o município e o Corpo de Bombeiros. “Há uma cadeia de responsabilidades que a investigação vai apontar, que envolvem responsabilidades individuais e institucionais. O alvará é de responsabilidade municipal e o plano de prevenção é dos bombeiros. Você tem também a responsabilidade dos proprietários da casa e o uso de artefatos pirotécnicos usados pela banda”, afirmou.


Geral JD Sem acordo, Renan Calheiros anuncia suspensão da votação do Orçamento

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

A5

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Votação do projeto pelo Congresso foi adiado para depois do carnaval. Líderes de oposição querem votar vetos antes de analisar Orçamento.

A

pós mais de uma hora de reunião nesta terça-feira (5), os lideres partidários da Câmara e do Senado não conseguiram chegar a um acordo sobre a votação da proposta do Orçamento, o que levou o presidente do Senado e do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), a supender sessão mista de deputados e senadores que havia sido convocada para a tarde desta terça. Sem acordo, a votação do projeto da lei orçamentária foi adiada para depois do carnaval, sem data definida. Alguns líderes não abrem mão de votar os mais de 3 mil vetos presidenciais antes de analisar a proposta. O cancelamento da sessão foi anunciado por Renan e pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). “O processo legislativo caminha pelo consenso e pelo entendimento. Tanto o presidente Henrique Eduardo Alves quanto eu trabalhamos para apreciarmos hoje [terça] o orçamento, mas não havia consenso. Como todos sabem, dificilmente teríamos quórum, e, como alguns não queriam votar, eu de pronto cancelei a convocação do Congresso

Dilma comparou a redução da tarifa energética ao aumento da gasolina quando falou de inflação em entrevista a radialistas do Paraná.

Para Dilma, aumento de gasolina é menor que redução de tarifa elétrica

A Presidente do Congresso Nacional Renan Calheiros (PMDB-AL), a supender sessão mista de deputados e senadores que havia sido convocada para a tarde desta terça-feira.

Nacional e vamos deixar essa tarefa para mais adiante”, disse Renan Calheiros. O presidente do Congresso afirmou ao chegar ao Senado na manhã desta terça que iria sentir a “disposição dos líderes” para confirmar a votação do Orçamento. Ele chegou a convocar a

sessão para apreciação do projeto. No final do ano passado, devido a falta de acordo, os líderes partidários também decidiram adiar para este ano a votação dos 3.060 vetos. Entre os vetos que precisam ser analisados está o veto ao artigo 3º da Lei os Royalties, feito pela presidente Dilma Rousseff. O artigo 3º do projeto de lei aprovado no Congresso diminuía a parcela de royalties e da participação especial dos contratos em vigor destinada a estados e municípios produtores de petróleo, mas Dilma vetou. Os parlamentares chegaram a firmar acordo para apreciar, em regime de urgência, o veto à Lei dos Royalties, mas o Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu que o veto não poderia ser votado antes da análise de mais de 3 mil vetos com prazo vencido que ainda não foram apreciados pelo Congresso. Como naquela ocasião não houve acordo, os parlamentares deixaram a votação do Orçamento para ser realizada assim que começassem os trabalhos de 2013. Na análise do presidente do Congresso, a votação do projeto da lei orçamentária não estaria atrelada à votação dos vetos. “A decisão do ministro [Luiz] Fux foi de determinar a apreciação dos vetos. Ele próprio declarou para a im-

prensa que não haveria nenhuma restrição para a apreciação do orçamento. Há uma expectativa nacional quanto a votação do orçamento, tanto que trabalhamos duramente hoje para votarmos o orçamento. O país está esperando que votemos. Infelizmente teríamos de votar o orçamento por consenso, acordo, negociação, mas houve resistência”, disse Renan Calheiros. O líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP), saiu da reunião contrariando a posição do presidente do Congresso. Segundo ele, a oposição irá separar os vetos em blocos para facilitar uma possível votação. “A decisão do Supremo foi bastante clara. Nenhuma preposição pode ser votada antes dos vetos. Portanto, está cancelada a votação do Orçamento enquanto não votarmos os vetos”, disse. Autor da decisão que impediu a votação dos vetos presidenciais, o ministro Luiz Fux voltou a enfatizar nesta terça que seu despacho não impede a votação de outras matérias legislativas, somente de vetos. Segundo o magistrado, sua decisão determina apenas que o Congresso não pode votar nenhum veto antes de apreciar os que já estavam na fila de votações. (G1)

presidente Dilma Rousseff afirmou na manhã desta terça-feira (5), em entrevista a rádios locais do Paraná, que o aumento no preço da gasolina é bem menor do que a redução da tarifa de energia elétrica. Ela afirmou ainda que cumprirá a promessa de desonerar “integralmente” os produtos da cesta básica, para reduzir o preço final de itens básicos, como arroz e feijão, para o consumidor. De acordo com anúncio do governo federal, o corte na tarifa de energia para residências será de 18% e para a indústria, de até 32%, e o aumento de 6,6% no litro da gasolina nas refinarias e, para o diesel, o reajuste ficou em 5,4%. Dilma comparou a redução da tarifa energética ao aumento da gasolina quando falou de inflação em entrevista a radialistas do Paraná. Para ela, o preço da gasolina é “inexorável”. “A inflação também sofre efeitos do aumento do preço da gasolina. Mas eu só queria dizer que o aumento do preço da gasolina e do diesel é um valor bastante menor ao chegar à bomba do que os valores da redução da tarifa de energia”, disse. Segundo a presidente, o preço da gasolina sofre ainda impacto do mercado internacional”. “O governo brasileiro e todos os governos do mundo, o que eles querem, eles querem controlar a volatilidade, ou seja, que não haja grande flutuação no preço da gasolina. Agora, em determinados momentos é inexorável, a Petrobras tem que aumentar

o preço porque senão, caso contrário, as perdas dela são muito grandes.” Dilma destacou também que “não dá para considerar que uma coisa compensou a outra”. “O aumento do combustível vai sem bem menor, mas bem menor mesmo, que a redução na tarifa de energia”, ressaltou. Cesta básica Ao dizer que vai desonerar “integralmente” os produtos da cesta básica, Dilma destacou que o governo reverá o conceito de cesta básica por considerá-lo “ultrapassado”. “O conceito de cesta básica está um pouco ultrapassado. Como a lei que definiu a cesta básica é bastante antiga, nós estamos revisando quais são os produtos que integram a cesta básica a fim de que nós possamos desonerar integralmente, até porque é uma promessa minha de alguns anos atrás. Nós tentamos fazer até o final do ano, nós estávamos negociando com os estados para desonerar os impostos estaduais como está muito difícil fazê-lo nós tomamos a iniciativa de fazer só pelo governo federal”, afirmou. Redução da inflação Para a presidente, a redução da tarifa energética vai ajudar na redução da inflação em 2013. “Vai reduzir preços, quando a gente considera que afeta todas as famílias do país, sem exceção. Terão na sua conta de luz o mínimo de redução de 18%. Eu tenho consciência também que a melhoria no preço da energia para os industriais, como a redução de até 32%, vai beneficiar uma maior produção, maior contratação e maior competitividade, tanto dos produtos feitos no exterior, quanto dos produtos que comercializamos lá fora”, afirmou. Às rádios paranaenses, Dilma disse lamentar que a Copel, empresa de energia do estado, tenha rejeitado as condições do acordo proposto pelo governo para a redução de tarifas. Quatro estados governados pelo PSDB não aderiram a proposta, a Cesp (São Paulo), a Cemig (Minas Gerais).(G1)


Esporte

JD

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

FAF confirma dez clubes no Amapazão 2013

O termino das inscrições aconteceram na ultima sexta-feira na sede da Federação Elcio Barbosa

Da Reportagem

O

departamento técnico da Federação Amapaense de Futebol (FAF) confirmou dez clubes inscritos para disputar o Campeonato Amapaense de Futebol Profissional de 2013. Até na ultima sexta-feira, 1, os dez times haviam confirmado participação no certame deste ano. Os dez clubes são: Clube Atlético Cristal, Esporte Clube Macapá, Independente Esporte Clube, Ypiranga Clube, Oratório Recreativo Clube, Sociedade Esportiva e Recreativa São José, Santana Esporte Clube, São Paulo Esporte Clube, Santos e Trem Desportivo Clube. O departamento técnico informou ainda que na sexta-feira, 8, a FAF reunirá as 17 horas com os representantes dos times para expor os modelos das tabelas do Campeonato, e aprovação do regulamento. “Existe a possibilidade de o certame amapaense ser seguido ao exemplo do modelo do campeonato carioca, ou seja, chave contra chave” explicou Reginaldo Nobre diretor técnico da instituição. O Oratório Campeão de 2012, já mobiliza diretoria para reconstruir a nova sede social da Avenida Cora de Carvalho no bairro Santa Rita junto com a iniciativa privada. “Vamos articular junto aos empresários amigos que quei-

Os atletas visam às vagas para o Brasileiro Regional que será realizado pela primeira vez no Amapá nos dias 06 e 07 de abril.

FAJ inicia Campeonato Estadual de 2013

A

O Oratório Campeão de 2012, já mobiliza diretoria para reconstruir a nova sede social da Avenida Cora de Carvalho no bairro Santa Rita junto com a iniciativa privada.

ram nos ajudar nessa iniciativa, esperamos que de certo” ressaltou o presidente bicolor, Arlindo Moreira. O Mazagão Es-

porte Clube foi o único clube que se licenciou em tempo óbvio, e não vai disputar o certame deste ano. O Amapá Clube está

punido pala FAF, e só poderá retornar a competição se pagar uma multa de R$10 mil reais ao TJD/ AP. (EB).

Federação Amapaense de Judô (FAJ) já abriu o calendário de eventos de 2013 realizando a primeira competição com sucesso. Cinco categorias masculinas e femininas movimentaram o Campeonato Amapaense de Judô. A competição aconteceu no fim de semana no Ginásio da Polícia Militar (PM/AP). Cerca de trezentos e setenta e um atletas que totalizou trezentos e oitenta e dois atletas inscritos ao evento representaram as onze agremiações e disputaram nas categorias: Sub-13, Sub-15, Sub-18, Sub-21 e Sênior (Masculino e Feminino). Os atletas visam às vagas para o Brasileiro Regional que será realizado pela primeira vez no Amapá nos dias 06 e 07 de abril. Dos participantes apenas setenta e quatro atletas confirmaram na delegação amapaense. As outras vinte e seis vagas serão preenchidas pela comissão técnica da FAJ.

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) informou que o Regional do Mundial Sênior será realizado no Rio de Janeiro no mês de agosto. O Presidente Antonio Viana e o Vice – presidente, Saulo Amaral disputaram a competição com o objetivo de motivar os mais novos atletas e se prepararem para os eventos Grand Masters de 2013, e subiram no lugar mais alto do pódio nas categorias Meio – médio, e Médio. Fábio Lins, diretor técnico e também atleta Grand Masters foi prata na categoria, Médio. O departamento técnico da federação apresentará um calendário de treinamento para todas as classes se prepararem para o grande regional, e os demais eventos nacionais. Nos dias 02 e 03 de março acontece a primeira etapa do Circuito Amapaense nas mesmas classes do Amapaense acrescendo a classe Grand Masters. (EB).

Felipão agradece Muricy por evolução de Neymar e elogia Ronaldinho

L

uiz Felipe Scolari tem muito o que agradecer ao técnico do Santos, Muricy Ramalho. Pelo menos essa é a avaliação do próprio comandante da Seleção Brasileira. No entendimento de Felipão, Muricy é o grande responsável pela evolução tática que Neymar, a maior estrela do País, tem apresentado nos últimos meses. “O papel do técnico da Seleção Brasileira nesse momento é ter bastante contato com o Muricy, porque o grande técnico do Neymar não sou eu, é o Muricy. Nesse ano, um

ano e meio em que o Muricy está no Santos, a gente já notou a diferença do Neymar, que era um menino que vinha se desenvolvendo e aprendendo a ter um posicionamento tático, mas com o Muricy isso foi enfatizado porque ele tem essa característica”, afirmou Felipão nesta terça durante entrevista no Estádio de Wembley, onde o Brasil enfrenta a Inglaterra nesta quarta. Scolari também destacou que o trabalho feito pela comissão técnica do time da Vila Belmiro merece ser reconhecido e que cabe a ele incentivar essa

Toque de Primeira ANTONIO LUIZ

Colunista alpcampos@hotmail.com Positivo Ypiranga Clube promete brilhar no futebol 2013, tanto no Amapazão quanto na Série D. Já no basquete adulto, vai brigar no Campeonato Amapaense e na Copa Norte. Negativo Europol descobre rede de corrupção internacional no futebol. Envolve mais de 30 países e 1/3 das pessoas é da Alemanha. Os braços da organização alcançam o Brasil. Corrupção Europeia Estão sob suspeitas os jogos da Liga dos Campeões, e eliminatórias da Copa do Mundo. Futebol Feminino I Após o gol no jogo ADEC 0x1 ESMAC, a autora levantou a blusa e mostrou os seios.

Futebol Feminino II Voltam a duelar dia 16 FEV 13 na Copa do Brasil. ADEC precisa apurar o meio-campo. Timão O campeão mundial Corinthians investe alto e embarca no patamar de clubes europeus. Orca Demolidora I Oratório Clube busca parcerias com a iniciativa privada para a construção de nova sede. Orca Demolidora II Disputa o Amapazão e promove campanha popular. Encara o Goiás na Copa do Brasil. Papão da Amazônia Paysandu vence o clássico com a Tuna e já está classificado na Copa Cidade de Belém.

Praça de Fátima I Campeonato de Interno da Associação Solteiros e Casados inicia em 16 FEV 13, às 19hs. Praça de Fátima II Panelinha e Panelão mudam para Novos e Usados. Mario Sousa preside a entidade. Cariocão Flamengo tem o melhor desempenho, com maior pontuação e o artilheiro do certame. Canil do Pitbull I Elenco de basquete se apresentou visando a Copa Norte em março, na capital paraense. Canil do Pitbull II Jorginho Macapá comanda o futebol e o presidente Rômulo Simões quer o Amapazão. Fenômeno Azul Embora sem 100% de aproveitamento, Remo é líder do Parazão. Galera em lua de mel. Leão Tucuju

Diretoria do EC Macapá apresentou comissão técnica e elencos feminino e profissional. Basquete Adulto Amanhã acontece reunião para definir tabela e regulamento do Campeonato Adulto/12. Amarelinha Brasil é 14º ranking mundial e hoje enfrenta a Inglaterra. Amistoso com cara de oficial! Capoeira I Jennifer Santos, a conhecida Margarida, representa o Amapá em intercâmbio feminino. Capoeira II Evento rola em março, em Teresina/PI e Margarida pertence ao Grupo Raízes do Brasil. Você Sabia? Presidência do MV-13 vai nomear a profª Nayara Lira para diretora do Museu do MV-13 e o jornalista Max Santana para diretor de Esporte e Eventos. Boa sorte!

evolução do jogador. “O que eu vejo é que o Muricy tem trabalhado bastante na parte tática e o Neymar evoluiu bastante. A minha parte é passar ao Neymar o conhecimento que estou observando na sua evolução. Trabalho reconhecido E para o Muricy é a minha palavra de apoio, de carinho e obrigado por ele estar trabalhando tão bem com todos os jogadores, mas principalmente com o Neymar”, completou. Neymar completa 21 anos nesta terça e é o grande nome da equipe que vai tentar o hexa em casa daqui a um ano e meio. No entanto, Felipão levou na primeira convocação atletas experientes que podem dividir a liderança e - sobretudo - as expectativas que recaem sobre a equipe. Apesar da idade Entre eles, destaque para Ronaldinho. Apesar da idade - e das polêmicas na carreira - Felipão não têm dúvidas de que o meia-atacante do Atléti-

co-MG pode exercer um papel fundamental no grupo. “O Ronaldinho tem 32 anos, mas é um jogador que no ano passado fez um campeonato espetacular pelo Atlético-MG e foi o líder daquele grupo. Tem a liderança e a capacidade para jogar ainda alguns anos e vai me mostrar se estou certo ou errado na medida que for jogando na equipe e for se integrando a esse grupo que ele já tinha sido integrado em algumas outras oportunidades.” Nivél de cobrança Felipão ainda destacou que Ronaldinho vai receber o mesmo nível de cobrança dos outros. “Não é porque ele tem 32 anos que vai ter tratamento diferente de outros, como o Neymar que hoje faz 21. O que espero é que o grupo todo trabalhe corretamente e se comporte bem dentro e fora de campo, mas principalmente nos momentos que estão envolvidos aqui com a Seleção, para que eu possa definir um grupo para a Copa das Confederações”, encerrou.


Esporte

JD

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

A7

Editor: Janderson Cantanhede - cantanhede@jdia.com.br

Enquanto isso...

Senna revela ter recusado oferta da F1 e correrá nas 24h de Le Mans: “fiquei impressionado” Sem vaga na Fórmula 1 em 2013 após ser dispensado pela Williams, o brasileiro Bruno Senna revelou ter recusado uma oferta para continuar na categoria em uma equipe menor, e se disse impressionado com a sua nova casa, a equipe Aston Martin do Mundial de Endurance, que disputará a prestigiada prova das 24 Horas de Le Mans. “Até 2009, sempre conquistei vitórias e pódios nas categorias por onde passei. Desde então, por uma série de circunstâncias fora do meu controle, não tive a mesma chance na Fórmula 1. As propostas que me foram oferecidas nesta temporada também não me davam essa possibilidade”, comentou Senna sobre a mudança. O brasileiro já conheceu a estrutura da Aston Martin e se disse empolgado no comunicado oficial: “Fiquei impressionado com o que encontrei. Todo o desenvolvimento do carro é feito em casa, desde o motor V8 até as peças. Parece uma equipe de Fórmula 1 em escala. Será bom dar uma diversificada na carreira e aprender mais uma categoria”. (uol)

Depois de seu nocaute sobre Michael Bisping, no UFC São Paulo, merece enfrentar Anderson Silva pelo cinturão dos médios diz Belfort

Belfort se irrita com politicagem do UFC e diz merecer luta com Anderson

Sempre muito político em suas declarações, o brasileiro se mostrou irritado com as politicagens internas da franquia e acredita em nocaute contra o Spider

A

cabou a paciência de Vitor Belfort com as negociações envolvendo disputas de cinturão no UFC. Sempre muito político em suas declarações, o brasileiro se mostrou irritado com as politicagens internas da franquia e acredita que, depois de seu nocaute sobre Michael Bisping, no UFC São Paulo, merece enfrentar Anderson Silva pelo cinturão dos médios. O carioca conversou com o blog no último fim de semana, antes do UFC 156, e abriu o jogo sobre sua irritação. Em momento nenhum ele pediu para enfrentar o Spider, tem apenas como meta uma revanche contra Jon Jones, mas disse merecer a disputa de título. “Eu quero lutar pelo cinturão, quero conquistar uma luta valendo título. Eu não sei quais são os critérios usados para que essas lutas pelo cinturão sejam casadas. Temos de sentar e

conversar. O que vejo hoje é que está tendo muita política interna, de lutador que fala que quer enfrentar um e não outro.” Reitero: em nenhum momento ele pediu para enfrentar Anderson. Apenas Jon Jones. Mas vejam abaixo o que ele falou. “Já existia um ranking. O Anderson é o número 1, o Bisping era o número 2, eu ganhei dele, então quem eu sou? O número 2 sou eu, o ranking é assim.” “Então porque Dana falou que eu não podia? Ele não me deu essa oportunidade. Tem coisas que você não pede. Pelas coisas que eu já fiz pelo esporte, pelo o que eu represento ao esporte, eu não preciso pedir nada, eu mereço. Ganhando da maneira que eu ganhei, eu mereço essa luta, não tenho que ficar pedindo.” “Agora, se vão me dar a luta, não sei, não quero entrar nessa política. Ao contrário, eu quero honrar o UFC, eles sabem que po-

dem contar comigo, sou um cara que luto nas duas categorias mesmo, se quiserem que eu lute com o Cain Velasquez (campeão dos pesados), eu luto também. Sou de uma época que não tinha esse negócio de peso. “ “Avisei para achar outro adversário para o Anderson, porque foi dito que ele teria a chance e eu não. Na verdade, nem sei porque ele falou isso. Eu não concordo com o que foi falado, principalmente pela maneira que eu liquidei a fatura.” Mais que merecer lutas valendo o cinturão, Vitor Belfort acredita que está incomodando as pessoas ao se apresentar em grande forma aos 35 anos, sendo 17 como lutador profissional. Para ele, essa é a única explicação para o boato surgido na última semana, quando foi dito que ele caiu no antidoping no UFC São Paulo, sendo que ainda nem tinha resul-

tado. “É porque eu estou em forma com 35 anos. Estava até falando com o Dana, parece que um cara como eu não pode estar bem, tem de estar aposentado. Na cabeça das pessoas, elas ficam se perguntando: Por que ele ainda está lutando e está ganhando dos caras?” “Eu não vou ser escada para ninguém. Se alguém está achando que vou servir de escada para qualquer lutador, está frito. Essa geração vai ter que roer osso para ganhar de mim e não vai ganhar, eu vou entrar confiante.” “A única coisa que consigo pensar é que estou incomodando o pessoal. Não saiu o resultado, não foi nada. Não sei o que acontece. Complicado um cara da minha idade estar em forma, mas ninguém sabe o que eu passei, o corte que sofri dez dias antes da luta. Dieta durante tanto tempo, ninguém sabe o que eu sofri.” (UOL)

Prefeitura de Manaus anuncia apoio de R$ 288 mil a lutadores de MMA e José Aldo será contemplado

O

prefeito de Manaus, Arthur Neto, anunciou nesta segunda-feira um apoio financeiro de R$ 288 mil aos lutadores de MMA nascidos no estado do Amazonas. Entre os contemplados com o patrocínio está o campeão

dos peso pena do UFC José Aldo. Além de Aldo, os lutadores Adriano Martins (do UFC), Ronaldo Jacaré (do UFC), Diego Brandão (do UFC), Marco Loro (do Bellator) e Ronys Torres (do World Serie of Fighting) receberão o

apoio. Cada um irá receber R$ 4 mil por mês, o que totaliza R$ 48 mil no ano, independente do “status” no esporte para usar a logomarca do município de Manaus nos calções durante a luta.

Já os lutadores amazonenses que lutam em torneios nacionais, como o Jungle Fight, receberão o apoio da prefeitura com as passagens para os eventos, segundo o secretário municipal de Esporte Fabrício Lima. (UOL)

Massa elogia carro e vê Ferrari em “outro planeta” na comparação com 2012

Apesar da sexta posição entre os 11 carros que testaram pela primeira vez na temporada em Jerez de la Frontera, o brasileiro Felipe Massa ficou otimista com o equilíbrio da nova Ferrari. Segundo ele, o desempenho não lembra em nada o lançamento desastroso do ano passado. “Acho que se você comparar com o ano passado, é um planeta completamente diferente”, afirmou Massa à revista Autosport. “No ano passado, lembro que sofremos muito para conduzir o carro. Era difícil mantê-lo na pista. Desta vez, a base é bem diferente”, completou o brasileiro. “O carro é muito mais equilibrado. Senti a traseira em uma boa direção, com tração. Esta é uma pista muito difícil com a traseira, com uma alta degradação. Diria que a diferença para o ano passado é enorme”, continuou o brasileiro. (UOL)

Neymar faz ensaio de cueca em homenagem a seleções campeãs da Copa do Mundo A carreira de “modelo” de Neymar ganhou outro ensaio. O atleta ficou mais uma vez de cueca para nova campanha da Lupo, patrocinadora do atacante santista. Aproveitando o gancho da Copa do Mundo, a marca de roupas íntimas utilizou o atleta para divulgar cuecas em homenagem a Brasil, Espanha, Inglaterra, Itália e Alemanha, seleções que já foram campeãs do Mundial. As cuecas contarão com as cores dos uniformes desses países. Na campanha, que irá ao ar neste mês, algumas mulheres vão às lojas da marca comprar uma cueca específica e são supreendida ao verem Neymar desfilar as peças procuradas. (UOL)


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

Mensagem do Dia O Estado deve fazer o que é útil. O indivíduo deve fazer o que é belo. Oscar Wilde

Deputado Estadual Michel JK e esposa Marilú

A presidenta do Sistema FIEAP, Jozi Rocha, com a gerente de Comunicação, Denise Távora

Carol Narizinho (Programa Pânico na TV) marcando prença VIP em evento na city

Franciney Bessa clicado na noite

Dj Elyabu (Santa Catarina) com Caçulinha e Helinho Castro em recente evento

Katia Miranda

Rainha das rainhas do carnaval 2013 Roberta Sussuarana

FIQUE LIGADO!!! No mês de janeiro você confere o programa balada fashion retro com as principais matérias de 2012. Todos os sábados ás 18:40 e reprise aos domingos às 13h. Contamos com sua audiência!!!

O agito dos amigos Larissa e Bruno Gurjão


CadernoB

DiaDia

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

Câmara inicia ano legislativo e prefeito Clécio destaca dívida de R$ 250 milhões

Presidente da Câmara de vereadores de Macapá Acácio Favacho destacou que é preciso união de todos para fiscalizar e auxiliar o poder executivo municipal REPORTAGEM JD DA REDAÇÃO

A

Câmara de Vereadores de Macapá realizou na manhã de ontem (5) a sua primeira sessão ordinária do ano de 2013 que abre a XI legislatura com 23 vereadores. Além de membros da sociedade que lotaram as galerias, o prefeito de Macapá Clécio Luis(PSOL) esteve presente para fazer a leitura da mensagem do executivo. Foi a primeira plenária da XI Legislatura, em 2013. Os 23 vereadores eleitos no último pleito compareceram ao encontro. O presidente da CMM, vereador Acácio Favacho (PMDB), saldou cada um dos 22 colegas legisladores e destacou que é preciso união de todos para fiscalizar e auxiliar o poder executivo municipal. O presidente disse também que trabalhará para que a Câmara seja uma extensão da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) nas ações que melhorem a vida do cidadão macapaense. “Sabemos as dificultas que teremos, mas iremos trabalhar por uma Macapá melhor”. Durante seu pronunciamento, o prefeito saldou os vereadores, servidores da CMM e colaboradores da PMM. Clécio Luís reafirmou seu compromisso em trabalhar para recuperar a arrecadação do município e a melhoria da qualidade de vida em Macapá. Ele assinalou que para isso, precisa do apoio da Câmara. “Nossa meta é uma relação fraterna e respeitosa com a Câmara.

CELIANE FREITAS

É importante que haja o respeito entre Poder Executivo e Parlamento Municipal, digo isso com a experiência de vereador de oposição que fui por oito anos. Além disso, quero estabelecer um canal entre os legisladores e as secretarias municipais para que resolvamos os problemas e demandas que a CMM levará a PMM”, enfatizou o prefeito. Detalhamento do Caos e otimismo Na ocasião, o prefeito explicou aos vereadores a real situação que encontrou a PMM. Clécio Luís elucidou que as dívidas herdadas da gestão anterior deixaram o poder municipal no caos orçamentário. “A situação em que assumimos a PMM, que é gravíssima, em nada abala o nosso otimismo e tenho a certeza que vamos reconstruir nossa capital. Mas não que será nada fácil, pois a dívida é de R$ 243 milhões, praticamente a metade de todo o orçamento do município, além do inchaço da folha de pagamento e o atraso dos salários dos servidores municipais. Mas nada disso nos tira a certeza de que nós, com muito trabalho, cuidaremos de Macapá”, assegurou o prefeito. Todos juntos para o bem de Macapá O prefeito ressaltou ainda que o parlamento municipal é o poder mais próximo do povo e se comprometeu em fortalecer a CMM para que ela desenvolva suas atividades em prol da população. “Nós estamos à disposi-

Durante seu pronunciamento, o prefeito saldou os vereadores, servidores da CMM e colaboradores da PMM. Clécio Luís reafirmou seu compromisso em trabalhar para recuperar a arrecadação do município e a melhoria da qualidade de vida em Macapá.

ção dos vereadores e da Câmara, dentro de nossas possibilidades, para sermos uma unidade de ação, cada um dentro de sua área de atuação e com sua autonomia, em benefício de Macapá e da população. O poder legislativo municipal é o mais próximo do povo, por isso, trabalharemos juntos para o bem da nossa população”, finalizou Clécio Luís.

Câmara Compõem a atual legislatura os vereadores Acácio Favacho (PMDB), Adriana Ramos (PTC), Aline Gurgel (PR), Allan Ramalho (PSB), André Lima (PSOL), Antonio Grilo (PV), Augusto Aguiar (PMDB), Carlos Murilo (PSC), Diego Duarte (PP), Eddy Clay Góes (PR), Edna Auzier (PDT), Jayme Perez (DEM), João Henrique (PR), Lucas Barreto (PTB), Marce-

Saúde monta estratégia de serviço para carnaval 2013 REPORTAGEM JD Da Redação

A

Prefeitura de Macapá desenvolverá uma série de ações na área da saúde durante o período do Carnaval. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) elaborou uma estratégia que irá disponibilizar serviços de urgência, emergência, promoção e prevenção da saúde, além de orientação e fiscalização. Atendimento As unidades de saúde, com funcionamento das 18h às 24h, receberão reforço de pessoal e medicamentos para os atendimentos de urgência e emergência. É importante esclarecer que, durante a quadra momesca, as Unidades Básicas de Saúde 24h Lélio Silva, Marabaixo e Perpétuo Socorro, permanecerão com seus Prontos Atendimentos abertos. As Unidades de Saúde 18h, Pedro Barros (Fazendinha), Congós, Rubin Aronovitch, vão realizar atendimento de urgência e emergência até a meia noite, como diariamente acontece. Já as demais UBSs 12h, fecharão na sexta-feira, 08, às 18h, e só retornarão na quarta-feira, 13, às 13h. Prevenção A Coordenação Municipal de DST/Aids vai realizar campanha de prevenção e orientação durante o carnaval. Uma equipe multidisciplinar, composta por 25 profissionais, vai

atuar em postos estratégicos para distribuição de camisinha e material informativo no Carnaval da Zona Norte, Sambódromo, Carnaval da Beira Rio e na Banda. O objetivo é levar aos brincantes e ao público em geral orientações quanto à prática do sexo seguro, como forma de prevenção contra as DST/Aids. A Semsa pretende distribuir cerca de 300 mil preservativos masculinos e femininos.

Fiscalização A vigilância Sanitária (ViSa) estará em uma ação de fiscalização frente aos ambulantes no entorno do sambódromo, para garantir que a população consuma produtos de qualidade. Os agentes vão inspecioná-los e orientá-los sobre a venda e o processamento de alimentos e, caso seja constatado irregularidades/infrações, farão a apreensão do material impróprio para con-

sumo, bem como será tomada as medidas cabíveis para com o ambulante infrator. Um posto da ViSa prestará atendimento à população fará o gerenciamento das equipes de fiscalização durante os dias de carnaval. As ações da Semsa serão aplicadas para garantir assistência durante o Carnaval em Macapá, para que os dias de folia sejam brincados de maneira responsável e segura. CELIANE FREITAS

lo Dias (PSDB), Nelson Souza (PCB), Neuzinha (PSB), Professor Madeira (PSOL), Rocha do Sucatão (PT), Ruzivan (PDT), Telma Nery (PP), Ulisses Parente (PSDB) e Washington Picanço (PSB). A mesa diretora para o biênio 2013-2014 é composta por Acácio Favacho (PMDB) como presidente, Diego Duarte (PP) como 1º vice-presidente, Edna Auzier (PDT) como 2º vice-

-presidente, Ruzivan (PDT) como 1º secretário e Marcelo Dias (PSDB) como 2º secretário. A Câmara Municipal recebeu uma reforma em sua estrutura física para dar mais acesso e oportunidade aos munícipes em acompanhar os trabalhos dos vereadores do município de Macapá. As sessões ocorrem as terças e quintas-feiras, as 9h da manhã.

Setrap reúne-se com diretoria do Dnit em Brasília

O

secretário de Estado dos Transportes (Setrap), Bruno Mineiro, esteve nesta terça-feira, 5, em Brasília (DF), com diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). É a primeira visita do secretário da Setrap a Brasília para reunião de trabalho junto ao órgão federal que gere as rodovias da União em todo o país. Em pauta estavam a BR-156 e o término das obras da ponte binacional, que ligará o Amapá com a França. “Estou aqui no Dnit com minha equipe de técnicos da Setrap, para acertar algumas pendências e dar mais celeridade para as obras da BR-156 e a con-

clusão da ponte binacional. Aqui, todos estão muito receptivos e vamos desenvolver um grande trabalho”, disse. A equipe foi recebida na sede do Dnit pelo coordenador-geral de Construção Rodoviária, Eloi Ângelo Palma Filho e Rafael Alves Gomes de Brito. Ambos fizeram uma explanação técnica sobre as obras da BR156 e prometeram empenho para agilizar a solução de algumas pendências técnicas. O secretário Bruno Mineiro também esteve em visita aos senadores José Sarney, Randolfe Rodrigues e João Capiberibe, onde solicitou apoio político para os pleitos que formulou junto ao Dnit. CELIANE FREITAS

A vigilância Sanitária (ViSa) estará em uma ação de fiscalização frente aos ambulantes no entorno do sambódromo, para garantir que a população consuma produtos de qualidade.

secretário de Estado dos Transportes (Setrap), Bruno Mineiro, esteve nesta terça-feira, 5, em Brasília (DF), com diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).


Geral

JD

B2

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Balanço do Executivo marca retorno dos trabalhos na Assembleia Legislativa

Em pronunciamento de mais de duas horas, governo fez um balanço das atividades para este ano e as metas cumpridas desde o inicio do seu mandato CELIANE FREITAS

O preço praticado em algumas batedeiras chega a assustar

Preço do Açaí a E$15 assusta os consumidores amapaenses

O Na tradicional mensagem anual do Executivo ao Legislativo, Camilo Capiberibe abordou as principais conquistas do Estado nos últimos anos e as perspectivas para 2013.

ELEN COSTA

A

Da Redação

Assembleia Legislativa do Amapá (AL) iniciou os trabalhos efetivamente ontem (5), depois de uma sessão de posse da nova mesa diretora para o biênio 20132015 na última sexta (1º). O ano de 2013 deve manter o mesmo ritmo ditado desde o início do segundo semestre de 2011 com a harmonia entre os poderes Legislativo e Executivo Estadual pelo governador Camilo Capiberibe (PSB), que em pronunciamento de mais de duas horas, fez um balanço das atividades do Governo para este ano e as metas cumpridas desde o inicio do seu mandato. Durante a sessão o Governador entregou aos parlamentares o documento “Plano Anual de Trabalho – PAT 2013, Balanço e Perspectiva”, que traz o relatório anual da gestão estadual. Na tradicional mensagem anual do Executivo ao Legislativo, Camilo Capiberibe abordou as principais conquistas do Estado nos últimos anos e as perspectivas para 2013. “É um documento norteador

do que estamos realizando. Um olhar que mostra que o Amapá passa por importantes transformações, que passam necessariamente pelas ações do Governo e da sociedade. É a ideia de planejamento com transparência que permite que a sociedade seja vigilante“, frisou o governador. O governador finalizou a leitura da mensagem, anunciando investimento no Programa Territorial da Agricultura Familiar e Floresta (Protaf), executado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, coordenada pela deputada Cristina Almeida, no montante de R$ 3,5 milhões através da assinatura de convênio para ser empregado no setor agrícola do Estado do Amapá. De acordo com o governador a verba será repassada diretamente ao agricultor. Segundo o Camilo Capiberibe, em 2011 os recursos do Protaf foram aplicados na compra de insumos de fundação, defensivos agrícolas e preparo mecanizado das áreas destinadas ao plantio de mandioca, feijão, milho e melancia. Atualmente, o programa

atente a 1.073 pequenos agricultores beneficiando 7.511 pessoas em 12 municípios, com investimentos do Estado de R$ 5,5 milhões. A secretária Cristina Almeida acrescentou que em 2013 serão investido R$ 11 milhões na agricultura familiar. “Esse montante significa o maior volume de recursos já investidos no setor em nosso Estado”, comentou a secretária. Ao usar a tribuna e fazer a saudação em nome dos demais parlamentares o deputado Eider Pena (PSD), disse sentir-se feliz ao ouvir as palavras paz e desenvolvimento. “Quando se fala em desenvolvimento, se fala em melhoria da qualidade de vida do povo do Estado do Amapá. Quando se fala de paz, se fala em unidade, união entre os poderes e a população”, frisou o deputado, destacando que há exatos 14 anos tomava posse como deputado estadual na Assembleia Legislativa. O deputado citou da luta em prol do desenvolvimento agrícola do Estado do Amapá, principalmente através dos produtos

oriundos da soja. Encerrando a sessão foi lançado oficialmente o clipe especial que evidencia uma campanha publicitária voltada a valorizar e estimular a autoestima dos amapaenses, nascidos ou não no Amapá. A iniciativa faz parte da política de comunicação social da ALAP que, em 2013, quer promover ainda mais o valor institucional do Poder Legislativo, agregando a sua imagem a real importância que possui no dia-a-dia de todos os cidadãos. O jingle “Amapaenses” é o primeiro passo nessa estratégia de comunicação, cuja veiculação coincidirá com a retomada oficial das atividades do Legislativo. O trabalho pretende elevar o sentimento de ‘amapalidade’ dos cidadãos, juntamente com a valorização da Casa de Leis e dos servidores, estimulando um novo olhar, uma ótica onde se enxergue que é possível vencer com trabalho e união. “Não deixa de ser também uma homenagem ao aniversário da cidade de Macapá, que transcorre na véspera”, disse o presidente em exercício da ALAP, deputado Júnior Favacho.

Executivo faz balanço e fala de investimentos para este ano REPORTAGEM JD Da Redação

N

a sessão inaugural da Assembleia Legislativa do Amapá, o governador Camilo elogiou a recém-conquistada estabilidade institucional, fez um balanço dos avanços em 2012 e anunciou a tão esperada reforma administrativa do Estado. Com base em estudo da Fundação Getúlio Vargas, o Projeto de Lei será encaminhado ao parlamento em abril. “Espero o entendimento e a colaboração dos deputados para executar um choque de gestão, com enxugamento da máquina administrativa, reforço dos órgãos de controle interno, valorização dos postos de trabalho e realinhamento salarial”, resumiu o governador. Além da reforma administrativa, o governador também encaminhará ao parlamento o Projeto de Lei de Concessões das Floretas Públicas do Amapá. “Com o apoio da Assembleia Legislativa, vamos conceder à

iniciativa privada a oportunidade de explorar 2,400 milhões de hectares de florestas por meio do plano de manejo”, antecipou. Estabilidade institucional No balanço das ações do governo, Camilo Capiberibe destacou que nos dois primeiros anos de sua gestão “trabalhamos para equilibrar as finanças do Estado do Amapá, como se tivéssemos de trocar os pneus de um automóvel em movimento”. O coroamento desse esforço, segundo o governador, aconteceu no final de 2012, “quando, finalmente, construímos a estabilidade institucional com a cooperação entre os Poderes”. O novo ambiente político permitiu ao governo atrair e consolidar investimentos para alavancar a economia amapaense. “Com isenções fiscais, há poucos dias foi possível à Amcel inaugurar, na área portuária de Santana, sua moderna unidade processadora de cavacos, um investi-

mento de 15 milhões de dólares”, contabilizou. O governador acrescentou que no início deste ano, o Grupo Zamin Ferrous, em reunião no Palácio do Setentrião, confirmou investimentos de 120 milhões de dólares para implantação da primeira siderúrgica no Amapá. A nova planta industrial será instalada no Distrito do Coração, em Macapá. Por fim, Camilo Capiberibe salientou o investimento de R$ 2,2 bilhões do Grupo EDP (Energia de Portugal) na construção de duas hidrelétricas. “É o maior empreendimento privado no Amapá, em Laranjal do Jari e em Porto Grande, que vai gerar energia suficiente para suprir o nosso Estado e exportar o excedente para o mercado nacional”, comemorou Camilo. Motor do desenvolvimento Na mensagem ao Legislativo, o governador enfatizou que “a estabilidade institucional é o motor do desenvolvimento para que

o Amapá se torne, gradativamente, menos dependente das transferências de recursos públicos da União”. Sobre o recém-conquistado ambiente de cooperação entre os Poderes, Camilo Capiberibe disse que “é impossível ao Executivo desempenhar suas missões e responsabilidades sem a inestimável colaboração do Poder Legislativo”. No campo econômico, o governador fez um contraponto entre o fraco desempenho da economia nacional, em 2012, afetada pela crise internacional, apesar de uma série de estímulos ao consumo, com o forte crescimento do Amapá, especialmente, na geração de empregos. De acordo com o Cadastro Geral do Ministério do Trabalho, de dezembro de 2011 a novembro do ano passado, o Amapá elevou o nível de emprego em 9,28%, enquanto no país o crescimento foi de apenas 3,57%; na Região Norte de 4,45%; Centro-Oeste de 4,95%.

s consumidores de Açaí se assustam cada vez mais com o aumento do preço do produto. R$15 é o valor comercializado atualmente em vários pontos de vendas da cidade de Macapá. Muitos consumidores amapaenses até evitam comprar o tradicional açaí na hora das refeições. Para Elissandro Alves, que vende açaí na zona norte de Macapá há 14 anos, em um ponto comercial no bairro São Lázaro, as vendas diminuíram porque o preço do produto aumentou quase 400%. “Vendíamos bem mais, quando o litro custava $4 reais, hoje de R$ 15, as vendas caíram.” Segundo ele, os preços aumentaram por causa do alto preço da saca do açaí, no momento custa R$ 260. Com 01 saca do fruto é possível render no máximo 22 litros, isso quando os caroços estão de boa qualidade. Porém com as vendas fracas, cobrir as despesas não é tão simples. “Há despesas com dois funcionários, gastos com gasolina e transporte,

energia, material para embalar e higiene da massadeira,” disse. De acordo com Maria das Graças, que mora no bairro do pacoval, com os preços elevados, fica difícil se alimentar com o fruto todos os dias como era de costume, “agora não tem como tomar açaí todos os dias, porque além der estar caro, só 01 litro não dá para todos nós, pois a nossa família é grande, e o salário é pouco.” reclamou a funcionária pública. A enfermeira Ana Maria não deixa de ter açaí na mesa “embora esteja caro, procuramos manter a tradição de tomar pelo menos 02 vezes durante na semana”. Os ribeirinhos são os maiores fornecedores do produto, com as chuvas intensas na região aumentam os riscos de acidentes com os apanhadores. “A chuva impede, o mato dificulta o acesso, os mosquitos aumentam nesta época, e além da palmeira ficar escorregadia, poucas pessoas conseguem subir na palmeira” informou o fornecedor, Raimundo Rosa. (Mônica Costa)

CTMac e Setap antecipam cadastramento da meia-passagem

O

s estudantes que estão aptos à meia-passagem no transporte público terão antecipada a oportunidade de obter o benefício. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) atendeu solicitação da Companhia de Trânsito de Macapá (CTMac) e antecipou o início do cadastramento para 14 de fevereiro. Inicialmente, o Setap iniciaria o processo somente em março. O pedido da CTMac se deve ao fato de vários estudantes de escolas municipais e particulares já terem concluído o ano letivo de 2012, apesar de, em algumas escolas da rede estadual, as aulas encerrarem apenas no final de fevereiro. O cadastramento inicia dia 14 e encerra apenas dia 30 de abril, sem prorrogação de prazo. Além de garantir a antecipação do prazo, outra conquista importante obtida pela CTMac foi a isenção da taxa de recadastramento para os alunos da rede municipal que já possuem o benefício. Em contrapartida, a Prefeitura de Macapá irá ceder espaços onde o Setap atenderá os estudantes. Os locais já definidos para o cadastramento são: Subprefeitura da Zona Norte, Escola Municipal Hildemar Maia (bairro do trem, atrás do Trem Desportivo Clube)

e Terminal Rodoviário de Santana (no bairro Nova Brasília). Neste último local, funcionará apenas o recadastramento. Novos espaços estão em estudo, além da possibilidade de um posto itinerante que vai percorrer escolas e universidades. Já estão confirmadas visitas à Ueap e Unifap, onde há grande demanda de estudantes e que servem como polos, tanto no centro, como na zona sul. O valor do cadastramento não será alterado. Serão apenas R$ 10 para cadastros novos e R$ 5 para recadastro. No caso dos alunos da rede municipal que obterão a isenção no recadastro, a listagem dos beneficiários será fornecida diretamente pela Prefeitura, não havendo necessidade de obtenção da declaração escolar. Para os demais alunos da rede privada e estadual, os documentos necessários para recadastro são: declaração escolar, comprovante de residência (caso o aluno tenha mudado de domicílio nos últimos doze meses) e o cartão de meia-passagem. Para os novos cadastros, o aluno deve ir pessoalmente aos postos de atendimento com cópia e original de: certidão de nascimento ou carteira de identidade, comprovante de residência e declaração escolar.


Geral

JD

B3

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Fiscalização em bares e boates da capital resulta em 16 notificações e 2 interdições Cerca de 50 técnicos foram envolvidos na ação, de órgãos que atuam diretamente com a fiscalização e a segurança de empreendimentos

A

Prefeitura de Macapá iniciou na sexta-feita, 1º de fevereiro, fiscalização em bares e boates da capital. Foram notificados 16 estabelecimentos e 2 foram interditados. Os locais visitados, em sua maioria, apresentaram irregularidades ou vencimento nos documentos, condições estruturais em desacordo com o Código de Postura do Município, prédios sem sinalização para as saídas de emergência, outros sem a existência de saída de emergência, dentre outras irregularidades. A ação já estava prevista no plano de cem dias do prefeito Clécio Luis, mas depois da tragédia de Santa Maria (RS), o trabalho foi intensificado. Cerca de 50 técnicos foram envolvidos na ação, de órgãos que atuam diretamente com a fiscalização e a segurança de empreendimentos com grande concentração de pessoas. Duas equipes foram formadas. Uma ficou responsável pela fiscalização de bares e boates da Zona Sul, e a outra efetivou a ação na Zona Norte de Macapá. Para o secretário municipal de Urbanização, José Mont’alverne, esta primeira ação foi o início de diversas outras fiscalizações que serão realizadas ao longo ano. “Neste primeiro momento a ação tem caráter mais educativo. A intenção é orientar proprietários quanto à necessidade de cumprirem as normas estabelecidas na legislação, além de garantir a segurança dos frequentadores desses locais”, informou. Estabelecimentos que têm por finalidade o en-

Duas equipes foram formadas. Uma ficou responsável pela fiscalização de bares e boates da Zona Sul, e a outra efetivou a ação na Zona Norte de Macapá.

tretenimento, devem se adequar às exigências estabelecidas pelos órgãos fiscalizadores, caso contrário, o local deverá permanecer interditado. O secretário da Semduh, Éden Paulo, destacou o caráter coletivo da ação. “Cada pasta orienta os proprietários de acordo com as suas atribuições. Vamos continuar com os trabalhos em conjunto com vários órgãos, o que torna mais

eficaz e correta a ação. Quanto aos estabelecimentos notificados, os proprietários devem sanar as irregularidades para voltarem a funcionar“, declarou Éden. Participaram da ação os órgãos: Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semur), responsável pela fiscalização do cumprimento do Código de Postura do Município; Secretária Municipal de Finanças (Semfi), responsá-

vel pela expedição de alvarás de funcionamento; Secretária Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh), que responde pela fiscalização estrutural, segurança e acessibilidade de estabelecimentos comerciais; Secretária Municipal de Meio Ambiente (Semam), que verifica questões pertinentes a sonorização; Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e polícias Militar e Civil.

Polícia captura mais um envolvido no roubo à casa de procurador de Justiça

D

epois de prender Reginaldo Santos Adarce, de 32 anos de idade, Jesse dos Aflitos Santos, de 31, e Francisco Umberino Alves, de 35, agentes da Polícia Civil do município de Porto Grande, chefiados pelo delegado Júlio César Darques, conseguiram chegar ao quarto envolvido no roubo à casa de um procurado de Justiça – fato ocorrido no último dia 1º. Através do depoimento dos três acusados, os policiais descobriram que o responsável por repassar as coordenadas da rotina da família do caseiro que tomava conta do sítio era Leonírio Menezes dos Santos, de 33 anos. Conforme o apurado, “Lico” como é conhecido, trabalha em uma vidraçaria e no final do ano passado havia ido prestar um serviço para a empresa no local que seria seu futuro alvo. Na manhã desta segunda-feira (4), o proprietário da empresa que já havia sido comunicado do ocorrido, acionou a polícia assim que Leonírio chegou ao trabalho. Imediatamente a equipe de Porto Grande que se encontrava na capital amapaense, se deslocou para a vidraçaria e vez a detenção do suspeito. Ele foi conduzido até o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do bairro do Pacoval, onde teve que se esclarecer com a autoridade policial. Segundo informações do delegado, Leonírio confessou que esteve sim no local

e que depois de comentar com os vizinhos que passaram a ser seus comparsas, sobre os objetos de valores que tinha visto no imóvel, foi assediado para levá-los até o sítio que fica localizado no ramal do balneário Pedra sobre Pedra. Ele afirmou ainda, que em dezembro de 2012 levou o trio até o lugar. Mas não sabia exatamente a data em que eles praticariam o crime. Foi através da oitiva dele também, que os policiais tiveram conhecimento que os criminosos usariam duas armas de fogo para praticar o roubo. A informação está sendo averiguada pelos agentes. Assim que terminou e ser ouvido Leonírio foi indiciado pro roubo qualificado e diferentemente dos demais, foi liberado para aguardar a decisão da Justiça, já que estava fora do estado flagrancial. Porém, o delegado garantiu que nos próximos dias irá solicitar a prisão do mesmo. Relembrando o crime Por volta das 21h de sexta-feira (1), Reginaldo, Jesse e Francisco foram presos na estrada que liga o município de Porto Grande a Macapá. Segundo informações do delegado Júlio César Darques, titular da Delegacia de Polícia daquela cidade, eles invadiram a residência de um procurador de Justiça e fizeram a família do caseiro inteira refém. Ainda de acordo com informações da autoridade, depois de amarrar, torturar,

e ameaçar as vítimas com facões e terçados, os criminosos alegavam que se tratava de policiais e que estavam ali em busca de objetos de valores e dinheiro que serviriam como pagamento de uma dívida que o proprietário da chácara tinha com os mesmos. Num descuido dos bandidos, uma das vítimas, um garoto de 13 anos de idade, conseguiu fugir pulando de uma altura de aproximadamente 25 metros. Enquanto a polícia era comunicada do crime, o trio de assaltantes que estava em um carro modelo Gol, cor dourada, e placa NEW4126, fugiu levando um aparelho de telefone celular, um molho de chaves e a quantia de R$ 20 do imóvel. Houve perseguição e os criminosos foram localizados na BR-156, já com destino a capital amapaense. Reginaldo, Jesse e Francisco receberam voz de prisão. No entanto, reagiram e travaram luta corporal com os agentes, que tiveram o apoio da Polícia Militar de Porto Grande. Eles foram contidos, presos e encaminhados à delegacia. Depoimento Durantes os interrogatórios a polícia descobriu que os assaltantes eram moradores do bairro Jardim Felicidade I, na Zona Norte de Macapá, e possivelmente teriam o apoio de outros comparsas. Jesse e Reginaldo foram os primeiros a depor e ambos afirmaram que Fran-

cisco seria o mentor intelectual e o executor principal da ação criminosa. Eles contaram ainda que enquanto estavam na carceragem aguardando para prestar depoimento, estavam sendo assediados pelo comparsa a assumir a culpa, para que o mesmo ganhasse liberdade e se virasse fora da cadeia para conseguir advogado para a dupla. Já Francisco garantiu que foi convidado por Reginaldo para participar do roubo. De acordo com ele, até chegar ao local, não tinha conhecimento do que iria acontecer, e ficou só de longe observando os dois comparsas praticarem o roubo. Até o momento nenhum dos acusados tinha passagem pela polícia. Os três serão encaminhados ao Instituto de Administração Penitenciária do estado (Iapen), e ficarão presos até o julgamento ou uma segunda ordem judicial.

Leonírio, o Lico, trabalha em uma vidraçaria e foi quem fez o serviço no sítio do procurador. Ele alega que foi assediado pelos comparsas

Para o secretário municipal de Urbanização, José Mont’alverne, esta primeira ação foi o início de diversas outras fiscalizações que serão realizadas ao longo ano. “Neste primeiro momento a ação tem caráter mais educativo.

Para o secretário municipal de Urbanização, José Mont’alverne, esta primeira ação foi o início de diversas outras fiscalizações que serão realizadas ao longo ano.

PM aprende família de traficantes

H

omens do 4 Batalhao da Policia Militar conseguiram prender no ultimo final de semana, três pessoas de uma mesma família acusadas de crime de trafico de drogas. Fábio Junior Correa de Souza, 29 anos, a esposa Marinete Neves Matias, de 37 e a enteada Maila Amanda Neves Martins, de 18 foram presos na tarde de sábado(02). Segundo a policia, o trio estava comercializando drogas no bairro dos Remédios no município de Santana. A equipe de rádio patrulha comandada pelo sargento Kleber Picanço, chegaram até a residência, numa área de pontes após uma denuncia anonima. Ao chegar na referida casa, Marinete, estava jogando baralho com mais três pessoas e rapidamente entrou na residência chamando por Fabio que deixou um prato, onde estava “quebrando a pedra” para preparar as embalagens embaixo da cama do casal. Na pressa de esconder a droga, Fábio deixou cair duas “cabeças” que Marinete recolheu e entregou para sua filha Maila esconder na toalha que estava enrolada em seu corpo. Os policiais também encontraram aproximadamente 60 gramas de substância supostamente maconha, além de 22 gramas de crack, 6 gra-

mas de pó e mais 4 “cabeças” que já estavam prontas para a venda. Os policiais encontraram também 4 terçados e 1 foice, que segundo Marinete era pra garantir a segurança deles já que no local muita gente não gosta deles. Foram encontrados ainda quatro aparelhos celular, um play station 2, um aparelho DVD e dois pen drives, que supostamente foram trocados por droga, já que eles não apresentaram documentos. Fachada – Segundo o sargento, Fábio usava um mini box para a venda da droga sem levantar suspeita. No interior do mini box foi encontrado também 6 pacotes de cigarros. Cerca de R$ 161,80 que supostamente foi conseguido com a venda da droga já que a informação era de que a quantidade de droga no local era maior que a encontrada. (Colaborou Ascom 4BPM) Droga no Jari – No mesmo dia, por volta das 17h50min a equipe do sargento R. Gonçalves, do município de Laranjal do Jari, conseguiu prender dois infratores com substâncias entorpecentes tipo Maconha, na Passarela Vila Nova no bairro Malvinas. O fato aconteceu quando a equipe encontrava-se em patrulhamento pela Rua da Usina e flagrou a dupla.


DiaDia

JD

B4

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Ingressos no Sambódromo para assistir o carnaval vão variar entre R$ 5 a R$ 70

Este ano, foi investido mais de R$ 3,7 milhões no Carnaval, a maior parte, R$ 2,7 milhões, no desfile das escolas de samba

N

a manhã do último sábado (2), o governo do Estado visitou o Sambódromo para fazer uma avaliação da reforma do local, bem como dos preparativos ao desfile das escolas de samba, que ocorrerá no próximo final de semana, dias 8 e 9 de fevereiro. Este ano, o Sambódromo passa por uma reforma completa em suas instalações. Na primeira etapa das obras, estão incluídos os reparos de toda a rede elétrica, pintura e restaurações na estrutura física do prédio. Na parte elétrica são executados reparos nas 14 torres de iluminação, nos quadros de distribuição, substituição de lâmpadas e calhas,

reatores, além dos acessórios de combate a incêndios e consertos na casa de bombas. Numa segunda etapa, que continua após o desfile oficial das escolas de samba, serão construídos dois conjuntos de banheiros, que ficarão por trás das arquibancadas metálicas, pondo um fim aos desconfortáveis banheiros químicos, utilizados todos os anos e retirados após a quadra carnavalesca. O valor global da obra, nas duas etapas, será de R$ 992.000,00, recursos do Tesouro Estadual. Além de assistir ao desfile das escolas, o folião poderá ir à boate construída na lateral e ainda contará com profissionais

CELIANE FREITAS

como cabeleireiros, maquiadores e massagistas. Durante as duas noites da folia, o espaço receberá a presença do ator global Bernardo Velasco, de “Malhação”. Além das arquibancadas de concreto, cujos ingressos estão sendo vendidos a R$ 15, e área vip, a R$ 50 a pulseira, próximas da pista (frisas) e R$ 70 na área Premium, também estão sendo construídas arquibancadas populares de mil lugares, próximas à dispersão, com o preço de R$ 5. Nas proximidades da pista, 50 frisas com capacidade para oito pessoas, sendo comercializadas a R$ 1.500 cada. No quesito segurança, o secretário de Estado de CELIANE FREITAS

A estimativamente é de que mais de seis mil empregos diretos e indiretos estejam sendo gerados no período de Carnaval.

Este ano, o Governo do Amapá investe mais de R$ 3,7 milhões no Carnaval, a maior parte, R$ 2,7 milhões, no desfile das escolas de samba, nos dias 8 e 9 de fevereiro, no Sambódromo. Além de Macapá, a programação também acontecerá nos municípios de Santana, Mazagão, Oiapoque e Laranjal do Jari.

Segurança Pública, Marcos Roberto, disse que todos os órgãos que compõem o sistema de segurança pública do Estado, e também a Guarda Municipal de Macapá, estarão envolvidos no evento. “A polícia vai estar nas ruas, de olho, também, na questão do trânsito, por isso, quem for para o Carnaval com o objetivo de beber, é melhor ir de táxi, para evitar acidentes”, recomendou o secretário. Este ano, o Governo do Amapá investe mais de R$ 3,7 milhões no Carnaval, a maior parte, R$ 2,7 milhões, no desfile das escolas de samba, nos

Bloco de sujos completa quatro anos de tradição em Santana

F

antasiados, com roupas coloridas ou de cara de limpa, no meio do povo ou apenas para assistir. Em Santana, os blocos de rua vêm ganhando força, e cada vez mais adeptos. A Banda de Santana, inspirada no tradicional bloco de sujos de Macapá, surgiu pela ausência de um Carnaval que resgatasse a manifestação popular. Em sua 4ª edição, o desfile já arrasta mais de três mil foliões pelas ruas e avenidas do município. Este ano, a Banda de Santana se apresenta no domingo de Carnaval, 10 de fevereiro. De acordo com a presidente e idealizadora da Banda, Magna Luz, a mudança da data do desfile ocorreu em consenso com a organização da Banda de Macapá, como forma de oportunizar os foliões a participarem dos dois eventos. “Os dois desfiles ocorriam na Terça-Feira de Carnaval, mas, este ano, resolvemos mudar o de Santana para que a população possa conhecer e prestigiar os dois desfiles”, disse a organizadora. No domingo, 10, os foliões se concentram a partir das 13h na Rua Ubaldo Figueira, onde será servido um caldo com verduras. Em seguida, o desfile percorrerá a Avenida Santana, Rua Adálvaro Cavalcante, Avenida Castro Alves, Rua Euclides Rodrigues, Avenida Coelho Neto, Rua Salvador Diniz, finalizando na Avenida Santana. História O interesse pela fundação da Banda de Santana

iniciou com um projeto organizado pela professora santanense Magna Luz, que na época coletava informações para produção de um trabalho de conclusão de curso sobre a tradicional Banda de Macapá. A pesquisa rendeu frutos, em conversas com os fundadores e organizadores do bloco de sujos da capital, veio a proposta de fazer um Carnaval de rua nos mesmos moldes do que ocorre em Macapá. Em 2010, surgia então a Banda de Santana, que iniciou apenas com um grupo de amigos, a maioria da mesma família, através da Associação dos Brincantes e Simpatizantes do Bloco de Sujos a Banda de Santana (ABSBAS). A fundadora da Banda, professora Magna Luz relembra a dificuldade com que saiu às ruas no primeiro ano e emoção com que conseguiu arrastar os primeiros brincantes. “A ideia era criar um grupo que levasse alegria pelas ruas de Santana, queríamos proporcionar maior integração entre os munícipes através da manifestação popular”, disse. Homenagem Já com as características da Banda de Macapá, o bloco de sujos de Santana também tem a sua homenageada, dona “Tarcísia”, como era conhecida no bairro Central, que não está mais entre nós, mas ganhou forma eterna e se tornou personagem principal do desfile de Carnaval. São mais de três metros de estrutura, à base de ferro, cetim e isopor, a

boneca é montada somente no dia com a ajuda dos familiares de dona Tarcisia, quem participa conta que o momento é único e emocionante. “A alegoria da Banda de Santana é a Boneca Tarcísia, que simboliza a história de vida alegre e participativa de uma moradora da Rua Ubaldo Figueira, que faleceu há alguns anos, foi a sua simpatia e vivacidade que influenciaram para que ela, assim como a história de vida da Chicona da Banda de Macapá, fosse a nossa homenageada”, informou Magna Luz. Outra característica da Banda é o preparo de um caldo à base de muita verdura, além da tradicional

batida, feita especialmente para ser distribuída entre os brincantes durante todo o percurso. Ações sociais Mas quem pensa que a Banda de Santana é somente proporcionar momentos de alegria, se engana, a preocupação com o social também é relevante. Um dos objetivos do projeto é propiciar o intercâmbio sociocultural entre os diversos bairros de Santana e conscientizar a sociedade local sobre a preservação das doenças sexualmente transmissíveis. Por outro, pretende-se incentivar as comunidades a participarem do evento destacando suas peculiaridades.

A Banda de Santana se apresenta no domingo de Carnaval, 10 de fevereiro. De acordo com a presidente e idealizadora da Banda, Magna Luz, a mudança da data do desfile ocorreu em consenso com a organização da Banda de Macapá.

dias 8 e 9 de fevereiro, no Sambódromo. Além de Macapá, a programação também acontecerá nos municípios de Santana, Mazagão, Oiapoque e Laranjal do Jari. A estimativamente é de que mais de seis mil empregos diretos e indiretos estejam sendo gerados no período de Carnaval. Só as escolas de samba, de acordo com dados da própria Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (Liesap), contataram em torno de três mil pessoas. São carpinteiros, eletricistas, soldadores, aderecistas, cozinheiros, pinto-

res, estilistas, costureiras, coreógrafos e profissionais artesanais, que, todos os anos, no período carnavalesco, têm a oportunidade de alcançar uma vaga de emprego, aumentando ou gerando renda para suas famílias. “Certamente, esse será o melhor Carnaval de todos os tempos. Primeiro, pela estrutura e investimentos do governo e, segundo, porque as escolas de samba estão, a cada ano, se profissionalizando, querendo, realmente, mostrar um espetáculo na avenida. E quem ganha com isso é a sociedade”, reforçou.

Cinco mil preservativos serão distribuídos nos ônibus durante o carnaval

O

Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) firmou parceria com a Associação Monte Horebe de Soros Positivos e o Serviço de Assistência Especializada em DST/Aids (SAE) para distribuir cerca de 5 mil preservativos durante o carnaval. Os preservativos serão distribuídos nos ônibus que circularem de sexta, 8, a domingo,10. Uma caixa estará estrategicamente colocada ao lado do motorista e cada passageiro poderá pegar o seu. Esse trabalho já vem sendo feito há alguns anos. No ano passado foram distribuídos 5 mil preservativos. De acordo com Francivaldo Souza do Nascimento, presidente da Associação Monte Horebe de Soros Positivos, parceira do Setap, a época de carnaval exige maior atenção das autoridades de saúde, se comparado aos demais períodos do

ano. “Ao longo das décadas, erroneamente as festas de carnaval ficaram ligadas no imaginário cultural de grande parte da população como um momento onde ‘vale tudo e tudo pode’”, diz. “Nosso objetivo não é estar impondo regras de conduta ética ou moral. Mas iremos sim, orientar da melhor forma possível sobre a existência das DSTs e os riscos iminentes de se contrair uma dessas nos casos onde ocorra relação sexual com um parceiro ou parceira desconhecido e sem qualquer proteção”, enfatiza Francivaldo. Ele atenta sobre a importância das pessoas com vida sexual ativa fazerem o teste. “Qualquer ato sexual sem proteção já se torna potencial fator de contaminação. Quanto mais rápido é feito o diagnóstico, melhor para o indivíduo, pois em caso de ser soropositivo, o tratamento é iniciado de imediato”, informa.


CadernoC

Editora: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Atualidades Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

Menos da metade dos professores de escolas públicas leem no tempo livre Levantamento mostra que 45% dos professores leem sempre ou quase sempre, e 21% o fazem eventualmente

U

m cabo de vassoura que era capaz de falar e sentir era o protagonista do primeiro livro lido pela então adolescente Denise Pazito. Hoje, professora e pedagoga no Espírito Santo, ela fala da experiência em seu blog. “O livro foi indicado pela escola. Provavelmente, eu estava no 4° ou 5° ano. Ele se chamava Memórias de um Cabo de Vassoura e o seu autor era Orígenes Lessa. Professora inspirada a minha. Acertou na mosca. Uma história encantadora. Me encantou pelo mundo das letras.” Mas assim como são capazes de encantar, os professores têm em suas mãos o poder de desencantar, não por intenção, às vezes por desconhecimento. Uma pesquisa feita pelo QEdu: Aprendizado em Foco, uma parceria entre a Meritt e a Fundação Lemann., organização sem fins lucrativos voltada para educação, mostra que menos da metade dos professores das escolas públicas brasileiras tem o hábito de ler no tempo livre. Baseado nas respostas dadas aos questionários socioeconômicos da Prova Brasil 2011, aplicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e divulgados em agosto do ano passado, o levantamento do QEdu mostra que dos 225.348 professores que responderam à questão, 101.933 (45%) leem sempre ou quase sempre, 46.748 (21%) o fazem eventualmente e 76.667 (34%), nunca ou quase nunca. No caso de Denise, a leitura levou essa prática para as salas de aula, no entanto, muitos brasileiros terminam o ensino básico sem ler um livro inteiro. Para além da falta do hábito de leitura, a questão pode estar ligada a infraestrutura. “O número de professores que não leem é chocante, mas isso pode estar ligado ao acesso. É preciso lembrar que faltam bibliotecas e que um livro é caro. Um professor de educação básica ganha em média 40% menos que um profissional de ensino superior. Acho que faltam políticas de incentivo. Não acredito que seja apenas desinteresse”, diz a diretora executiva do movimento Todos pela Educação, Priscila Cruz. Um levantamento divulgado em janeiro pelo movimento mostra que o Brasil precisa construir 128 mil bibliotecas escolares em sete anos para cumprir uma lei federal que vigora desde 2010. Segundo a pesquisa, faltam 128 mil bibliotecas no país. Para sanar esse déficit até 2020, deveriam ser erguidos 39 espaços por dia, em unidades de ensino públicas e particulares. Atualmente, a deficiência é maior nas escolas públicas (113.269), o que obrigaria a construção de 34 unidades por dia até 2020. Para Priscila, uma possível solução seriam os livros digitais. O Programa Nacional de Formação Continuada em Tecnologia Educacional (ProInfo Integrado) do Ministério da Educação distribui equipamentos tecnológicos nas escolas e oferece conteúdos e recursos multimídia. Além disso, o governo facilita o acesso aos conteúdos por meio da distribuição de tablets, tanto para professores quanto para estudantes. No ano passado, o MEC transferiu R$ 117 milhões para 24 estados e o Distrito Federal para a compra de 382.317 tablets, destinados inicialmente a professores do ensino médio. Sobre o acesso digital, os

dados do levantamento do QEdu mostram que 68% dos professores (148.910) que responderam à pergunta usam computador em sala de aula. O estado com a maior porcentagem é Mato Grosso do Sul: 95% dos professores disseram que usam o equipamento. O Maranhão é o estado com a menor porcentagem (50,5%) de professores fazem o uso do computador. É lá também onde se constatou a maior porcentagem de escolas onde não há computadores: 38,3%. Estão no Sudeste, no entanto, as maiores porcentagens dos professores que acreditam não ser necessário o uso de computador nas salas: Minas Gerais (16%), Rio de Janeiro (15,4%) e São Paulo (15%). O responsável pelo estudo, o coordenador de Projetos da Fundação Lemann, Ernesto Martins, diz que o país ainda tem problemas estruturais que dificultam o acesso a tecnologias. “Existem muitos desafios no país ligados a problemas de infraestrutura. Não apenas de acesso às máquinas, mas de acesso à internet, à qualidade dos sinais”, disse. Ao recepcionar o professor norte-americano, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, ressaltou a importância dos meios digitais: “O conteúdo ao qual o filho dos mais ricos tem acesso pode ser dado aos menos servidos de educação. Queremos tornar a educação não algo escasso, mas um direito humano que todas as pessoas possam ter”, disse. (Agência Brasil)

Mais da metade dos alunos do 9° ano querem trabalhar e estudar

O

s dados foram levantados pelo QEdu: Aprendizado em Foco, uma parceria entre a Meritt e a Fundação Lemann., organização sem fins lucrativos voltada para a educação. A pesquisa foi feita com base nos questionários socioeconômicos da Prova Brasil 2011, aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgada em agosto do ano passado. Dos 1.992.296 de alunos do 9° ano que responderam à pesquisa, 1.075.628 (55%) pretendem estudar e trabalhar, 614.838 (31%) querem continuar apenas estudando e 33.487 (2%) querem largar os estudos e se dedicar apenas ao trabalho. No 5° ano, de 2.280.315 alunos, 294.011 (14%) trabalham. A Constituição Federal proíbe qualquer trabalho para menores de 16 anos, salvo na condição de aprendiz a partir dos 14 anos. “Podemos inferir pelos dados que aqueles que ainda estão no 5° ano vivem em situação mais delicada de pobreza e trabalham muitas vezes ajudando as famílias. Já os alunos do 9° ano estão entrando no mercado e alguns abandonando as escolas”, diz o responsável pelo estudo, o coordenador de Projetos da Fundação Lemann, Ernesto Martins. (Agência Brasil)


JD

Economia

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Bebidas ficam mais caras neste carnaval Aumento do preço das bebidas estão embutido também elevação de impostos. Cervejas e chopes subiram 12,99%

O

s foliões irão pagar mais pelas bebidas neste carnaval. É o que aponta pesquisa divulgada hoje (5) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas. Cervejas e chopes, por exemplo, subiram 12,99% entre fevereiro de 2012 e janeiro de 2013, enquanto a inflação acumulada no período subiu 5,95%, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S). “Os biriteiros estão perdidos”, brincou o economista André Braz, da fundação. O cafezinho teve alta de 12,13% e refrigerantes e água mineral, de 8,67%, no mesmo período.

Mesmo quem optar por comprar bebidas em supermercados, onde em geral é mais barato, vão perceber também que o produto ficou mais caro

Demanda Segundo Braz, “em relação ao ano passado, as bebidas já ficaram mais caras”. Ele acredita que, durante o feriado do carnaval, “em função da demanda, os preços subam um pouco mais”. A variação média dos preços dos produtos e serviços consumidos no car-

naval também superou a inflação medida pela FGV, atingindo 7,46% nos últimos 12 meses. “O que o folião gasta mais é com comida e bebida e, às vezes, com hospedagem, quando viaja para outro local. Esses três segmentos – comer, beber e se hospedar – ficaram extremamente mais caros”. Doces e salgados mostraram aumento de 10,98%. Já hotéis subiram 7,12%. Impostos O economista destacou que no aumento do preço das bebidas estão embutido também elevação de impostos. “De qualquer forma, o preço para o consumidor final subiu”. Mesmo quem optar por comprar bebidas em supermercados, onde em geral é mais barato, vão perceber também que o produto ficou mais caro. “Quem gosta de beber já notou que a bebida ficou mais cara. E pode ficar mais cara ainda no período em que o consumo é maior”.

Páscoa deve gerar 74 mil vagas temporárias em todo o Brasil

M

ais de 73,7 mil trabalhadores temporários deverão ser contratados durante a Páscoa, no final de março, em todo o Brasil. A expectativa é da Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem) e do Sindicato das Empresas Prestadoras de

Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo (Sindeprestem). Neste ano, o número de contratações deverá ser superior ao do ano passado, quando foram contratados 70,8 mil trabalhadores em todo o país no período. Do total de vagas a serem preenchidas este ano, mais da

metade corresponde à Região Sudeste do país (Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo), que deve empregar 38,5 mil trabalhadores temporários. De acordo com o balanço, a maioria das vagas deverá ser ocupada na indústria, enquanto o comércio será responsável por 40% do total de con-

tratações de trabalhadores temporários. Na indústria, as principais vagas são para auxiliares de produção e de expedição, motorista, entregador, auxiliar de cozinha, promotor de vendas, estoquista e operador de empilhadeira. A remuneração média desses trabalhadores na indústria durante a Pás-

coa deve variar entre R$ 800 mil e R$ 2,2 mil, além de benefícios como vale-refeição e vale-transporte. Já no comércio, as principais vagas são para balconista, degustador, demonstrador e repositor. A remuneração no comércio deve variar entre R$ 750 e R$ 1,3 mil, também com direito a bene-

fícios. A expectativa é que 8% desse total de trabalhadores contratados tenham chance de efetivação no emprego temporário. A Páscoa, segundo a Asserttem, é o terceiro melhor período do ano para contratação de trabalhadores temporários, depois do Natal e do Dia das Mães. (agenciabrasil)

Vendas de material de construção caem 3% em janeiro e associação atribui queda ao período de chuvas

Varejo registra o maior movimento dos últimos cinco anos, diz Serasa

O

A

s vendas de material de construção apresentaram queda de 3% no mês de janeiro, em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo levantamento divulgado hoje (05) pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). Em comparação ao mês de dezembro, houve queda de 10 pontos percentuais nas vendas de mate-

riais de construção. Praticamente todos os segmentos contribuíram para a queda em janeiro, exceto os de revestimento cerâmico, argamassa e rejunte, que apresentaram crescimento entre 3% e 4% com relação ao mesmo mês de 2012. Para o presidente da Anamaco, Cláudio Conz, a queda nas vendas em janeiro já era esperada por causa das férias e das for-

tes chuvas de verão, que dificultam reformas e construções. A expectativa dele é que, após o Carnaval, as obras sejam retomadas e as vendas de material de construção cresçam. Para fevereiro, os comerciantes esperam que o volume de vendas cresça em torno de 36%, em comparação ao mês de janeiro. Segundo a associação, os programas de

liberação de crédito ao consumidor para compra de material de construção deverão impulsionar as vendas. A expectativa é que o crescimento do setor este ano fique em torno de 6,5%. Em 2012, o segmento do comércio de materiais de construção fechou com crescimento de 3,1% em relação ao ano anterior, com faturamento de R$ 55 bilhões.(agenciabrasil)

movimento no comércio varejista de todo o país aumentou 13,8%, em janeiro, em relação a igual mês do ano passado, a maior alta já registrada desde 2008, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. Na comparação com dezembro, houve aumento de 1,5%. Dos seis setores pesquisados, o de móveis, eletroeletrônicos e informática foi o que apresentou o melhor desempenho na comparação anual, com elevação de 15,6% ante janeiro de 2012 . Em relação a dezembro, houve aumento de 9,7%. Segundo avaliação dos economistas da Serasa Experian, a demanda aquecida foi estimulada pelos benefícios fiscais, razão que também motivou a grande procura por veículos, motos e peças. As concessionárias lideraram a alta do movimento em relação a dezembro, com aumento de 10,8%.

Comparadas às de janeiro do ano passado, as vendas foram 4,8% maiores. Os analistas da Serasa justificaram que o consumidor foi atraído pela queima de estoques dos veículos com Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) reduzido. No comércio de tecidos, vestuário, calçados e acessórios, ocorreu alta de 3,1% ante dezembro e de 3,9% na comparação com janeiro do ano passado. Nos supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas, o movimento ficou estável, mas sobre janeiro de 2012 foi constatada alta de 6,3%. Em lojas de materiais de construção, o movimento foi 4,2% maior do que em dezembro e 6,2% superior ao de janeiro do ano passado. A única baixa em relação a dezembro foi verificada no comércio de combustíveis e lubrificantes (-0,5%). Porém, sobre janeiro de 2012, o movimento cresceu 7,8%.


JD

Geral

Corte de imposto da cesta básica beneficiará famílias

Segundo a Fiesp, 0 corte no imposto das cestas básicas beneficiará as famílias que ganham até dois salários mínimos

Segundo estudo da Fiesp, famílias de menor renda gastam até 30% do que ganham com alimentos.

O

corte de impostos da cesta básica deve beneficiar, principalmente, as famílias que recebem até dois salários mínimos (R$ 1.356), e que representam cerca de 70% da população, segundo a Federação das Indústria do Estado de São Paulo (Fiesp). A presidente Dilma Rousseff disse, na última terça-feira (5), que o governo estuda cortar inte-

gralmente os tributos federais cobrados sobre a cesta básica, e também revisar os itens que fazem parte dela porque o conceito atual estaria “ultrapassado”. Segundo estudo da Fiesp, as famílias de menor renda gastam até 30% de tudo o que ganham com a compra de alimentos. Já as famílias que ganham mais de 25 salários mínimos gastam

apenas 12,7% de seu orçamento com a alimentação. “O corte de tributos da cesta básica afeta muito mais as famílias mais pobres, pois quanto menor a renda, maiores os gastos com alimentação”, disse o gerente do Departamento Agronegócios da Fiesp, Antônio Carlos Costa. Para Costa, a população deve sentir rapidamente o efeito das medidas do go-

verno, caso sejam confirmadas. “A indústria de alimentos no Brasil possui mais de 20 mil empresas. A concorrência é muito grande. Qualquer benefício em termos de desoneração [corte de tributos] será diretamente passado para o consumidor”, disse. Ainda de acordo com Costa, a presidente sinaliza de forma bastante importante para os Estados a necessidade de rever a tributação da cesta básica. “Os maiores impostos que incidem nos alimentos são estaduais”. De acordo com dados da Fiesp, com a desoneração de impostos da cesta básica, o governo deve injetar cerca de R$ 5 bilhões na economia do país. “Esse dinheiro volta para a economia com a aquisição de outros bens e serviços”, declarou Costa. Em setembro passado, a presidente vetou uma medida que reduziria a zero algumas taxas para produtos da cesta básica. Em vez disso, criou um grupo de trabalho para apresentar uma proposta de composição dessa cesta e dos respectivos cortes de tributos.(uol)

‘O balcão fechou’, diz ministro sobre vagas de medicina

A

s novas regras para criação de cursos de medicina no país vão garantir o “interesse público” da sociedade ao priorizar a expansão em cidades e regiões onde hoje há baixa oferta de vagas e médicos em relação ao tamanho da população. Governo vai decidir onde serão criadas escolas de medicina Análise: Prioridade deveria ser o investimento dos cursos existentes O argumento é do ministro Aloizio Mercadante (Educação), que defendeu a mudança na política de criação de cursos de medi-

cina no país. Reportagem da Folha publicada nesta terça-feira revelou que, a partir de agora, o governo federal vai determinar onde serão abertos novos cursos da graduação. Hoje, a demanda parte das instituições de ensino superior. “Essa lógica não assegura necessariamente o interesse público da sociedade. O interesse da instituição pode ser do mercado de medicina, mas não do interesse público no sentido de boas práticas médicas, com equipamentos disponíveis. (...) O balcão [para pedidos de criação de vagas] fechou”, disse

Mercadante em coletiva de imprensa. A pasta vai analisar os pedidos de abertura de curso de medicina que chegaram até o final de janeiro. Ao todo, 6.096 vagas aguardam análise do ministério. Dessas, 4.594 (75,3%) estão em novas escolas de medicina. As demais decorrem de pedido de aumento de vagas em cursos já existentes. Mercadante afirmou que a “ampla maioria” dos pedidos, entretanto, será negada. O secretário de Regulação e Supervisão do MEC, Jorge Messias, afirmou ainda que as atuais

vagas de medicina estão passando por um processo de supervisão --o uso acadêmico de leitos SUS (Sistema Único de Saúde), por exemplo, será analisado. No próximo ano, se encerra o ciclo de avaliação de cursos de saúde, entre eles medicina. O resultado desse ciclo pode culminar no fechamento de vagas da graduação. “Não interessa ao MEC promover uma saturação acadêmica do campo de prática. Ele [estudante] tem que ter condições mínimas asseguradas para oferta qualitativa do curso”, disse Messias. (uol)

C3

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

JD

Mundo

Violência

Quinze mortos, incluindo cinco crianças, em ataque no norte da Síria

P

elo menos 15 pessoas, incluindo uma mulher e cinco crianças, foram mortas em um ataque do Exército sírio contra um prédio em Aleppo, segunda maior cidade do país, indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH). “Identificamos 11 pessoas, incluindo uma mulher e cinco crianças, e conseguimos confirmar que outras quatro pessoas foram mortas neste ataque”, afirmou à AFP Rami Abdel Rahman, presidente da ONG Ele afirmou que o registro pode ser revisado para cima porque “ainda havia moradores entre os escombros”. Vídeos de militantes mostraram uma multidão reunida diante uma montanha de escombros, com algumas pessoas tentando retirar partes de construções à procura de sobreviventes. Amplos setores da cidade de Aleppo, que já foi a capital econômica do país, foram destruídos pelos bombardeios do Exército e pelos combates entre rebeldes e forças leais ao governo. Nesta metrópole, a televisão oficial síria informou também os assassinatos do ex-deputado Ibrahim Azzouz, de sua esposa e de suas duas filhas. O OSDH indicou que “ele foi abatido pelos rebeldes”, sem mencionar sua família. No leste do país, grupos de rebeldes islamitas avançaram na cidade de Deir Ezzor, segundo o OSDH. “Durante meses, a batalha no leste, na fronteira com o Iraque se concentrou na campanha de Deir Ezzor. Hoje, os rebeldes avançam rapidamente na cidade”, explica Abdel Rahmane. Neste domingo, pelo menos 31 pessoas morreram em todo o país, incluindo as vítimas de Aleppo, de acordo

Atentados matam pelo menos 8 no Iraque. Ataques, um deles suicida, ocorreram no norte da capital, Bagdá. Onda de atentados já matou mais de 60 pessoas em três dias.

P

elo menos 8 pessoas morreram nesta terça-feira (5) em atentados no norte de Bagdá, um deles suicida, no terceiro dia consecutivo de ataques que já deixaram 60 mortos. Seis pessoas, entre elas três soldados, morreram em um ataque suicida com carro-bomba em Taji, norte da capital. Outras duas pessoas morreram num atentados e por disparos, respectivamente, nas cidades de Baquba e Mossul. Na véspera, 23 pessoas morreram na periferia de Bagdá, em um atentado suicida contra a milícia anti-Al-Qaeda Sahwa. No domingo, um ataque com carro-bomba seguido de um ataque contra o quartel-general da polícia de Kirkuk (norte) deixou 30 mortos e 88 feridos. (G1)

Morre em Porto Alegre a 238ª vítima de incêndio da boate Kiss em Santa Maria no RS

M

orreu na tarde de ontém (5) pouco depois do meio-dia., a 238ª vítima do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, informou a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul. O jovem de 20 anos estava internado na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. A família pediu que o nome do rapaz não fosse divulgado. Além dele, o hospital chegou a receber outras dez vítimas do incêndio; seis delas ainda estão internadas. A tragédia ocorreu na madrugada do dia 27 de janeiro. Com relação aos feridos,

81 pessoas ainda seguem internadas em Porto Alegre, Santa Maria, Canoas e Caxias do Sul. Segundo a Secretaria da Saúde, onze pacientes tiveram alta nas últimas 24 horas, a maioria nos hospitais da cidade onde aconteceu a tragédia. Dos internados, 22 permanecem em ventilação mecânica. Sobre o incêndio O incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, região central do Rio Grande do Sul, deixou 237 mortos na madrugada do último domingo (27). O fogo teve início durante a apresentação da banda Gurizada Fan-

dangueira, que fez uso de artefatos pirotécnicos no palco. De acordo com relatos de sobreviventes e testemunhas, e das informações divulgadas até o momento por investigadores: - O vocalista segurou um artefato pirotécnico aceso. - Era comum a utilização de fogos pelo grupo. - A banda comprou um sinalizador proibido. - O extintor de incêndio não funcionou. - Havia mais público do que a capacidade. - A boate tinha apenas um acesso para a rua. - O alvará fornecido pelos Bombeiros estava vencido.

- Mais de 180 corpos foram retirados dos banheiros. - 90% das vítimas fatais tiveram asfixia mecânica. - Equipamentos de gravação estavam no conserto. Estão presos temporariamente o empresário Mauro Hoffmann, um dos sócios da boate, o músico Marcelo dos Santos e o produtor Luciano Leão, ambos, da banda Gurizada Fandangueira. O outro sócio na Kiss, Elissandro Spohr, está sob custódia policial em um hospital em Cruz Alta e deve depor aina esta semana. Ele também teve a prisão temporária decretada. (G1)

Bandidos fingem ser passageiros de ônibus e assaltam sacoleiros do interior de SP

U

m ônibus de sacoleiros que seguia de Sertãozinho (SP) para a capital paulista foi assaltado na noite da última segunda feira (4) próximo ao quilômetro 295 da Rodovia Anhanguera (SP330), em Cravinhos (SP). Segundo informações da Polícia Rodoviária, os suspeitos compraram passagens para a viagem, afirmando serem

comerciantes. Ninguém foi preso. O policial rodoviário Wagner Eduardo Fregnani disse que os ladrões foram os últimos a embarcar no ônibus, em um ponto de parada em frente ao Centro Popular de Compras de Ribeirão Preto (SP). Próximo à base da Polícia Rodoviária em Cravinhos, um dos homens teria dito que estava pas-

sando mal, foi até o motorista e anunciou o assalto. “A dupla ameaçou os passageiros com um revólver e uma arma de choque. O motorista foi obrigado a estacionar no acostamento. Outros dois homens que seguiam em um veículo logo atrás entraram e também participaram do crime”, afirmou Fregnani.

Os ladrões roubaram dinheiro, talões de cheque, cartões bancários, celulares e outros pertences dos passageiros. O prejuízo foi calculado em R$ 5,9 mil. A quadrilha fugiu pela rodovia e não foi localizada até a manhã de terça-feira (5). As vítimas prestaram depoimento na delegacia de Cravinhos, onde o caso será investigado. (uol)

Ministro se demite em protesto contra brutalidade policial no Egito

O

ministro da Cultura do Egito, Mohamed Saber Arab, pediu demissão na última segunda-feira (4), para denunciar a “brutalidade policial”, após a polícia ter agredido um manifestante nu no Cairo. A agência oficial Mena deu a notícia sem falar sobre os motivos, mas o jornal “Al Ahram” afirmou que o ministro saiu após a difusão de imagens da polícia atacando um homem aparentemente desarmado em frente ao palácio presidencial, em meio aos protestos contra o governo do presidente Mohamed Morsi. O anúncio da demissão ocorre pouco depois da notícia da morte de outro manifestante, que entrou em coma depois de ser detido pela polícia. Mohamed al-Guindi, de 28 anos, foi dado como desaparecido em 25 de janeiro, dia em que participou de uma manifestação em ocasião do segundo aniversário da revolta que derrubou o presidente Hosni Mubarak em 2011. A mãe da vítima, Samia, contou ao canal de televisão An Nahar que o militante tinha sido levado junto com outros manifestantes para um centro da polícia, onde foi torturado. Segundo um boletim médico preliminar, citado por ativistas, Mohamed al-Guindi foi atingido com objetos contundentes e teve várias costelas quebradas. Também sofreu com descargas elétricas.


JD

Diversão&Cultura

TJ-SP bloqueia contas da Globo envolvendo BBB 11 O Brasil era representado ainda na categoria de melhor documentário por “Olhe Para Mim de Novo”, de Claudia Priscilla e Kiko Goifma

O

Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de R$ 180 mil, em contas da Rede Globo de Televisão, para o pagamento de uma multa de um processo que envolve o “Big Brother Brasil 11”. A Central Globo de Comunicação informou que não comenta casos sub judice. A multa foi aplicada em uma ação que o bartender Igor Pachi move contra a TV Globo, por ter veiculado seu nome e imagem como se ele fosse um dos participantes do reality exibido em 2011. Entretanto, o verdadeiro participante era o ex-BBB Igor Gramani, e os nomes e as fotos foram trocados por engano. Embora o processo no qual Igor Pachi requer in-

Igor Gramani, participou do BBB11. A multa foi aplicada em uma ação que o bartender Igor Pachi move contra a TV Globo.

denização por danos morais não tenha sido julgado pela Justiça, a multa foi aplicada porque a Globo descumpriu uma liminar que deter-

minava a retirada do conteúdo da internet sob pena de multa. Como a emissora não atendeu a liminar, foi multada. A emissora recorreu da

multa e do bloqueio de suas contas alegando que não pôde enviar uma correspondência aos sites de notícias que não lhe pertencem, solicitando a retirada da informação equivocada e de uma retratação, porque não possui nenhum poder sobre estas empresas e sequer conseguiu o endereço de algumas delas. O recurso foi negado e o bloqueio mantido. Embora os R$ 180 mil ainda estejam bloqueados, o TJ-SP determinou que os valores não fossem entregues a Igor Pachi, e sim, que ficassem bloqueados aguardando a decisão final do processo. Procurada por meio de sua assessoria de imprensa, a TV Globo não havia se manifestado sobre a decisão. (uol)

“Carrossel” grava último capítulo na escola e totaliza 4.036 cenas na trama

Em clima de despedida, atores, familiares e produção festejaram gravação.

O

elenco da novela “Carrossel” gravou no final de semana a última cena no cenário da Escola Mundial na trama. Os atores, a produção e familiares se emocionaram, trocaram abraços e o clima de despedida tomou conta do estúdio 7 no SBT, .No total, foram 4.036 cenas, 240 dias, e aproximadamente 1.440 horas de gravações neste cenário. As gravações de outros núcleos da novela continuam até o mês de março. As gravações da novela no Estúdio 7 aconteceram quatro vezes por semana com duração de seis horas. Jean Paulo, o Cirilo, contou, em entrevista ao UOL, que sua rotina começa às 7h ao chegar no colégio, às 12h sai e já segue para o SBT, de lá só sai às 20h quando as gravações terminam. Relembre alguns acon-

tecimentos desde o início das gravações da trama: O elenco de Carrossel recebeu a visita surpresa da autora Iris Abravanel e da atriz mexicana Gabriela Rivero, intérprete original da professora Helena de Carrusel (1989); Famosos também visitaram os bastidores do cenário da Escola Mundial e ficaram encantados com as crianças. Nomes como dos integrantes do grupo KLB, da socialite Beth Szafir e dos ex-jogadores de futebol Cafú e Edinho (filho do Pelé) passaram por lá Cris Poli, a SuperNanny, ganhou uma participação especial na Escola Mundial. O grupo Restart também gravou na novela; “Carrossel” tem mais de 500 mil cópias vendidas entre um DVD e dois volumes do CD com a trilha sonora da novela. (uol)

Resumo das Novelas Malhação Devido à transmissão de amistoso da seleção brasileira de futebol, Malhação não será exibida nesta quarta-feira e volta normalmente no dia seguinte.

Guerra dos Sexos Vânia enfrenta Isadora Charlô pede que Roberta adiante a remessa para a loja. Carolina faz a cabeça de Isadora contra Vânia. Dalete implica com Frô por causa de Ronaldo. Roberta repreende Nando por ter ido atrás de Felipe. Ulisses flagra Frô e Ronaldo no provador. Roberta fica indignada com a chantagem dos diretores da Positano. Zenon procura Charlô. Juliana percebe a tristeza da avó com o sumiço de Otávio. Carolina pensa em ficar com o lugar de Isadora na loja. Vânia enfrenta Isadora. Uma mulher misteriosa procura Charlô para falar sobre Otávio. Nando vai à casa de Felipe.

Lado a Lado Zé Maria aceita desafiar lutador de jiu-jítsu Laura interpreta mal a conversa com Edgar e conclui que o ex-marido está com Heloisa. Isabel deixa claro para Albertinho que vigiará sua aproximação de Elias. Celinha e Constância discutem. Praxedes dá voz de prisão para Mário, Frederico e Luciano. Edgar conta para Jurema que escreverá uma matéria no jornal e pede segredo, revelando que assinará o texto com nome falso. Zé Maria aceita desafiar o lutador de jiu-jítsu, quando Isabel chega para tentar impedir.

Salve Jorge Morena corta a luz da boate Helô descobre que o mandante de seu atentado foi Santiago. Wanda recebe a notícia de que o ataque contra a delegada falhou e tem uma ideia para resolver seu problema. Helô e Barros interrogam o capanga de Santiago. Russo repreende Wanda por tentar eliminar Helô. Morena corta a luz da boate. Aída pega o telefone de Wanda no celular de Nunes. Russo conta para Lívia sobre o atentado que Wanda tentou armar para Helô. Wanda atropela Santiago. Stenio pede para reatar com Helô. Demir combina de visitar Adam no trabalho. Russo descobre que houve uma sabotagem na boate. Sheila procura Theo.

Macapá-AP, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013

C4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Celebridades Baladas Adriano, o Imperador, curte balada em Itaipava cercado de mulheres

O Imperador, não dispensa uma balada. Na semana passada, o jogador viajou para Itaipava, na Região Serrana do Rio, onde se divertiu na companhia de mulheres na boate Tamboatá. Ele chegou com seguranças em uma Mercedes Coupé, assistiu ao show do grupo Puro Pecado e deixou a noite com uma morena. A diversão de Adriano é garantida, já o seu futuro profissional é incerto. O último jogo do craque foi no ano passado, em março, pelo Corinthians. O jogador está sem clube desde que deixou de treinar no Flamengo, no início de novembro. Recentemente, o Guarani, de Campinas, andou sonhando em ter o atacante. Mas as negociações não prosseguiram. (ego)

Aniversário Com direito a gafe, Neymar ganha bolo de aniversário em Londres

O almoço de ontém na concentração da Seleção Brasileira em Londres teve uma comemoração especial: aniversário do atacante Neymar, que completa 21 anos. Mas também teve uma gafe: o jogador do Santos recebeu um bolo com um erro ortográfico (“parabéms”) e celebrou a data com os companheiros. A informação é do site oficial da CBF. Esta é a segunda vez que Neymar faz aniversário durante um período concentrado com a Seleção. Com Neymar e companhia, a seleção brasileira enfrenta a Inglaterra hoje às 17h30.

Gravidez Sheila Mello mostra barrigão de gravidez em Instagram

Na reta final de sua gravidez, Sheila Mello faz questão de mostrar a barriga aos seus fãs, no Instagram. A dançarina postou uma foto na rede social em que aparece levantando a blusa. “#clicks para Mammy Gestante”, disse ela na legenda. Sheila está curtindo muito os momentos de sua primeira gestação, fruto do casamento com o nadador Fernando Scherer, o “Xuxa”. Na tarde deste sábado (3), ela postou uma foto de seu barrigão e brincou: “”E o barrigão toma conta do meu ser. Boa semana gente!”, escreveu” (globo.com)

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Nesta fase você deve tomar cuidado com atitudes confusas e impulsivas, pois seu regente se encontra muito pressionado. Procure dar passos certeiros e estar ciente de suas escolhas. Tente agir racionalmente neste dia. Touro (21 abr. a 20 mai.) Seu regente recebe ótimas vibrações e, unido à fortuna e Júpiter, beneficia intensamente seus relacionamentos e suas finanças. Marte em Netuno unidos em Peixes pede discernimento na escolha de novas amizades. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.)

Seu regente entra em Peixes e, unido a Netuno, pode trazer algumas confusões aos seus dias. Marte também em meio a essa energia pode motivar você a posturas e atitudes impulsivas. Tome cuidado com novas escolhas. Seja racional. Câncer (21 jun. a 21 jul.) Certa sensação de alegria exagerada pode acometer você. O dia pede discernimento nas escolhas e atitudes racionais, especialmente as que envolvem seus relacionamentos. Tome cuidado com seus investimentos. Cuide de suas finanças. Leão (22 jul. a 22 ago.) Nesta fase você deve tomar muito cuidado com suas finanças, especialmente se estiver envolvido com uma parceria ou sociedade. Não tome atitudes irracionais, baseadas no impulso. Amor e intimidade em alta. Virgem (23 ago. a 22 set.) Muitos planetas em Peixes movimentam seus relacionamentos, tanto os pessoais quanto os profissionais. O momento pode ser confuso, caso seja necessário fazer escolhas definitivas. Adie se possível.

Libra (23 set. a 22 out.) Questões relacionadas a projetos de trabalho podem se tornar um pouco confusas. Se for obrigado a tomar uma decisão definitiva, seja absolutamente racional, escolhas erradas podem ser feitas neste período. Escorpião (23 out. a 21 nov.) Esta é uma fase de algumas alegrias em meio à pressão e tensão que tem vivido nos últimos meses. Uma pessoa especial pode mexer com seu coração e desencadear uma nova paixão. No entanto, nenhuma atitude deve ser tomada ainda. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Você entra em uma nova fase mais voltada para sua intimidade e vida doméstica. O momento é de introspecção e retomada de emoções que devem ser deixadas no passado. Um de seus pais pode precisar de você. Capricórnio

(22 dez. a 20 jan.) Esta pode ser uma fase de confusões, caso espere entender os acontecimentos através dos processos racionais. O momento deve ser de entrega, caso contrário, algumas escolhas erradas podem ser feitas. Adie decisões definitivas.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Esta é uma fase mais confusa, em que algumas escolhas podem ser mal feitas, especialmente as relacionadas às suas finanças. Caso seja necessário assinar um contrato que envolva dinheiro, leia-o atentamente ou adie, se for possível. Peixes (20 fev. a 20 mar.) Muitos planetas em seu signo tornam sua energia vital bastante intensa. É hora de tomar algumas atitudes que foram adiadas há semanas, mas tome muito cuidado com escolhas mal feitas.


Jornal do Dia 06/02/2013