Page 1

VERACRUZ

Ele pode ter substituto

Veja o que a hyundai planeja para o SUV. nD1

TREINO

NOSSA GENTE O que há de melhor para você

Segredos revelados

Minotauro revela os segredos do treino de Anderson Silva. nA7

Confira nesta edição. A revista não pode ser vendida separadamente.

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Domingo e Segunda, 01 e 02 de Julho de 2012 - Ano XXV

Domingo e Segunda R$ 3,50 - Terça a Sábado R$ 1,50

Eleições 2012

Roberto Góes (PDT)

Cristina Almeida (PSB)

Clécio Luis (PSOL)

Evandro Milhomen (PCdoB)

Davi Alcolumbre (DEM)

Genival Cruz (PSTU)

Convenções partidárias definem candidatos para a disputa eleitoral

Sem grandes surpresas, os partidos confirmaram nos dois últimos dias os principais nomes da disputa pela Pre-

SOB JÚDICE

Posse de Sueli Pini é contestada no STF

por conta dos vices anunciados na última hora, e a candidatura do Professor Marco Antônio pelo PSDB. nA4 e A5 JORNAL DO DIA

FALTA SAÚDE

Amapá tem o maior índice de crianças com cáries do país

A informação faz parte das pesquisas realizadas e atualizadas de dois em dois anos pela doutora em odontopediatria Cristina Granella. Outros dados a respeito do percentual de crianças com cárie foram expostos durante o do 3º Módulo de Odontopediatria. nB3 JORNAL DO DIA

Está na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) o mandato de segurança movido pelo juiz Constantino Brahuna, contra a desembargadora Sueli Pini, que assumiu recentemente. nB2

feitura de Macapá e Santana, que reúnem os dois maiores colégios eleitorais do Estado. A maior expectativa ficou

Professores entregaram pedido de afastamento aos deputados

EM PAUTA

Afastamento de Camilo será lido nesta segunda na AL Falta de educação bucal compromete a saúde das crianças do Amapá

DECISÃO

Sueli Pini: incerteza no TJAP

AMAPAZÃO

São José e Oratório se enfrentam hoje no returno A expectativa é grande para esta partida. Pois, será o encontro de duas apaixonadas torcidas. nA6

Operadoras não podem vender celular bloqueado A multa às operadoras em caso de descumprimento foi estabelecida em R$ 50 mil por dia. Cabe recurso à decisão, da 5ª Turma do tribunal, tomada como resposta a uma ação do MPF. nB3

DIVERSÃO

Deus Ex: Human Revolution cumpre o que prometeu O título mistura bem a jogabilidade de games de tiro em primeira pessoa com elementos de RPG, espionagem e também diálogos. nC1

Depois de ser lida, a Mesa Diretora da Casa vai comunicar os líderes de partidos para que indiquem os nomes dos deputados para comporem a Comissão Especial que irá analisar a representação feita pelo sindicato contra o governador. nB1

NA BAHIA

STF cassa liminar que considerava ilegal greve dos professores A decisão foi proferida em resposta à reclamação feita pela defesa do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB). A greve no ensino público do estado completa 80 dias. nB1

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

Opinião

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de junho de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Boas e felizes férias! RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

O

mês de julho de 2012 começa em um domingo, como que anunciando as férias escolares e o início do período onde se justifica ir aos balneários de Macapá, principalmente ao balneário da Fazendinha. Não adianta querer dizer agora que as férias escolares serão sacrificadas. Ninguém tem o direito de fazer isso. Quem não demonstrou estar atento às datas e às oportunidades para o turismo local, foram as repartições que tratam do turismo pelo lado do Estado e pelo lado do Município. Mas o descuido não foi pelo fato de não estarem trabalhando juntos. A Secretária de Estado do Turismo e a Coordenadoria Municipal de Turismo têm a mesma missão - desenvolver o turismo local utilizando todas as possibilidades que tiver. Não há melhora oportunidade do que as férias de julho para avançar

nos projetos de turismo. A Prefeitura de Macapá já avisou que o Macapá Verão 2012 só começa no dia 14 de julho, isto é, bem no meio do mês símbolo das férias. Mesmo assim, o Governo do Estado nem isso fez dando a nítida impressão que vai ficar a beira do caminho, a esperar. A situação não ficou confortável para ninguém, isto é, tanto os gestores da área municipal voltada para o turismo, como os gestores estaduais do setor, conseguiram convencer a população com as justificativas apresentadas. Enquanto isso os imãs externos estão atraindo os moradores daqui para seus eventos. Desde abril que a cidade de Afuá já desenvolve intensa campanha para que os macapaenses estejam no Festival do Camarão de 2012; também já faz algum tempo que os paraenses estão mostrando o caminho de Belém para os daqui passarem as férias de julho por lá.

Tudo parece lógico para eles; entretanto, para os gestores daqui, esperar é a melhor solução, diminuir o tamanho do mês, também. Mas é isso mesmo. Se não tem calendário, o Macapá Verão vai mesmo sem calendário e a festa será feita do mesmo tamanho e com o mesmo entusiasmo. O que não dá para agüentar, depois, é o choro daqueles que são responsáveis pelas receitas públicas dos Municípios e do Estado. É claro que há um impacto direto na receita tributária do Estado, especialmente a receita de serviço e a receita de circulação de mercadoria, que não aumenta e, ao contrário, tem grandes possibilidades de diminuir, com a evasão de divisas devido à preferência dos gastos individuais daqueles que moram aqui. Mas, por aqui, já se tornou comum não considerar as oportunidades. Todos esperam que as soluções caiam do céu. São poucos – se é que existem – aqueles que se mostram dispostos a de-

senvolver o turismo em Macapá ou Santana. As dificuldades que alegam são repetições de outras ocasiões. Uma pena não ser aproveitado o melhor período do ano, quando as pessoas estão dispostas a atender os apelos dos eventos de veraneio. E precisa muito pouco para tudo vire sucesso. É possível até que os governos estejam atrapalhando a iniciativa privada no desenvolvimento de planos de turismo que possam se transformar em preferência administrativa e em resultado econômico que é bom para o Estado, para o Município e para a população que ainda acredita no milagre do entendimento. Não deixe de sugerir o seu próprio “comando”, agendando para esse dia primeiro de julho também o começo do seu veraneio, mudando o seu dia a dia e mostrando que muita coisa pode ser realizada independente das vontades dos governos. Basta querer e confiar que pode também! Então, boas e felizes férias para todos!

Vai dar em nada! VANESSA FREITAS

Palestrante, consultora de empresas, escritora, professora universitária, executive coach, apresentadora do programa “Espaço da Mulher” e diretora da melhoRH consultoria. Escreve aos domingos no JD.

N

ão quero ser determinista ou dramática nesta crô-

nica. Mas todos sabem que vamos morrer! Isto não sou eu quem vos avisa – ainda bem! Que vamos morrer já sabemos, e que nenhum de nós seráavisado, isto também nós sabemos, mas será que “valorizamos” esta verdade? Se valorizássemos não perderíamos nosso tempo nos preocupando com a conta bancária que ficou negativa por três dias ou uma semana (qual a diferença se ela sempre fica?) Não ficaríamos “arrasada” com as seis celulites que acabaram de surgir em nossa bunda! E também não pensaríamos em morrer (de novo), quando aquele cafajeste nos

abandonar (ou aquela bandida) te trocar por outro (ou outra). Sim tudo bem, que você não consegue esquecer cafajestes, eu também já gostei de cafajestes alguma vez nesta vida (claro que não vou contar quantas vezes), mas não concedo direitos á eles para me derrubarem. Se levássemos á sério o fato de que iremos morrer, não ficaríamos perdendo vida com quem não merece e discutindo tolices com o companheiro, como: você está no caminho errado, pergunte a alguém o caminho (homens nunca perguntam nada a ninguém por que querem se achar no comando e temos que aceitar isso). Não querem parecer tolos e são! Todos nós so-

mos! Eu também tenho minhas neuras de vez em quando, fico questionando se educo meu filho de forma rígida ou se ás vezes sou muito “light” permitindo o que não devia. Eu temo sair à noite por causa da bandidagem e fico furiosa em saber que por causa dos “bandidos” (digo bandidos de verdade), tenho que ficar presa em casa com medo de voltar às três da manhã e ir mais cedo para o cemitério - Nessa hora eu respeito a morte de verdade! Não estou dizendo que ganhar a consciência de que vamos morrer nos dê o direitode enfiar o pé na jaca em tudo na vida! Não é isso... Refiro-me a conquistarmos o direito de vivermos mais em paz com o mundo e conosco e também termos o direito de “perder o medo do ridículo”, afinal, é você quem primeiro se

rotula diante de tudo na vida. Refiro-me ao fato de ficarmos nos crucificando mesmo quando estamos fazendo o nosso melhor. Maridão reclamou da comida? - Manda cozinhar! Perdeu o semestre na faculdade? - Volta e vai estudar! Reclamaram da sua falta de organização, disciplina ou sei lá o quê? - Paciência! Está estressada com as contas para pagar? - Gasta menos e aceita a tua vida real, cheia de limitações, para que tenhas mais paz enquanto estiver por aqui. Deixa de inventar problemas pra tua cabeça administrar, por que no final isto tudo vai dar em nada! Isso mesmo... Toda esta parafernália complexa e caótica chamada vida, vai dar em nada e você escolhe como caminhar até a cena final.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994) Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Carlos Nogueira Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br josemaria@jdia.com.br mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representantes comerciais JC Repres. Com. Ltda. - Brasília, DF n Tel. (61) 2262-7469 - Rio de Janeiro, RJ nº Tel. (21) 2223-7551, São Paulo New Mídia - Belém-PA (Gil Montalverne) Tel.: (91) 3279-3911 / 8191-2217 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

A2

Editorial

Tendências eleitorais

A

eleição municipal para a Prefeitura de Macapá deverá ter duas tendências principais. De um lado, dois candidatos – Roberto Góes, do PDT, e Cristina Almeida, PSB, estarão envolvidos em um embate político com dimensão estadual, iniciado em 2003, quando o pedetista Waldez Góes sucedeu a João Alberto Capiberibe, do PSB, no Governo. Se a estadualização prevalecer, estes dois irão polarizar a campanha. Roberto vai representar o chamado grupo da “Harmonia” e Cristina, a auto-denominada “Mudança”. O atual prefeito defenderá as eventuais virtudes da gestão do PDT, como a promoção do desenvolvimento econômico, a geração de emprego e renda, além da opção pelo diálogo na condução política do Governo. Por outro lado, será atacado pelos adversários por conta das muitas denúncias de irregularidades nas gestões estadual e municipal, com destaque para os fatos relacionados à Operação Mãos Limpas, desencadeada pela Polícia Federal em 2010. Cristina irá enaltecer o que os socialistas consideram as marcas positivas da gestão do PSB no Governo, em especial o uso criterioso e responsável dos recursos públicos e a retomada de obras importantes deixadas pela administração anterior. Seus adversários, contudo, denunciarão as atitudes belicosas do governador e seu grupo, em especial nos relacionamentos com os partidos políticos, instituições e servidores públicos, e

também apontarão as falhas administrativas, repisando o bordão: “Dinheiro tem, o que falta é gestão”. Na outra vertente, os demais candidatos tentarão propor uma via alternativa para a campanha, a fim de evitar a polarização entre PDT e PSB. Clécio Lins (PSOL), Davi Alcolumbre (DEM) e Evandro Milhomem (PCdoB) vão buscar discursos alternativos, como já deixaram claro nas movimentações pré-campanha. Clécio, respaldado pela referência do senador Randolfe Rodrigues, investirá no discurso da moralidade pública e na importância de que a campanha debata os temas que interessam à população de Macapá. Milhomem e Davi, já tarimbados na vida pública e com passado de envolvimento em administrações do PDT e também do PSB, vão procurar fixar-se mais na municipalização do debate. Ou seja, para eles o que mais interessa é focar a campanha na discussão de soluções para os problemas do município. Do PSTU, não se espera novidades. Como sempre, o partido trará sua metralhadora giratória, disparando sobre todos os demais candidatos. Se o eleitor estiver cansado do já desgastado confronto entre PDT e PSB, a terceira via ganhará relevância. Contudo, com a força das máquinas do Estado e do município em seu favor, é provável que os dois partidos e seus candidatos ainda consigam prevalecer como as principais forças do cenário político.

Hora-Hora

Limite - Negociação para definir coligação eleitoral é que nem o programa do Chacrinha: só acaba quando termina. No caso, mesmo com o fim do prazo para definir as parcerias, as negociações continuam até quinta-feira, dia 5, data-limite para registro de atas no TRE.

Dança do 22 – Em Macapá, o Partido da República (PR) foi um dos mais cortejados para composição de alianças, transitando entre dois opostos, o PDT e o PSB. Ao sabor da dança das negociações, ficou numa posição do tipo: dois pra lá, dois pra cá. Propaganda – Com o início do período eleitoral, as prefeituras ficam restringidas no direito de fazer propagandas oficiais. Entre o dia 7 de julho e o dia da votação, propaganda só em casos de grave e urgente necessidade pública, e com autorização da Justiça Eleitoral. Recomendação – No Twitter, sábado de manhã, o presidente do TRE-AP, Raimundo Vales, fez recomendação aos partidos, referente à eleição para Câmara de Vereadores em Macapá: “Sugiro aos partidos e coligações que escolham candidatos na proporção de 23 vagas”. Alternativa – Nesse caso, segundo Vales, se a Câmara permanecer com 16 cadeiras, serão registrados apenas candidatos nessa proporção, sem necessidade de serem

feitas novas convenções. A questão do número de vereadores em Macapá ainda é controvertida. Amazontech – Uma comitiva amapaense, com representantes do Sebrae, Embrapa, Unifap e Governo do Estado, visita a Guiana Francesa e o Suriname, de hoje (domingo) a quinta-feira. Vai apresentar aos vizinhos o evento Amazontech, que acontece em novembro no Amapá. Finalmente - A criança vinda do interior do Estado, que estava internada há quase 30 dias no Hospital de Pediatria, aguardando um leito na UTI para realizar uma cirurgia de um tumor na cabeça, finalmente foi operada. A cirurgia havia sido desmarcada por quatro vezes. Sorte - O garoto contou com a sorte - já que um leito na UTI ficou vago – e com a boa vontade do pessoal do hospital, que diante da oportunidade agiu rápido para resolver o problema. Uma vida foi salva, mas é triste saber que para isso a sorte foi um fator decisivo. Primeira missa – Na próxima segunda-feira, às 18h30, na Catedral de São José, padre Thomas Maria celebra sua primeira missa solene. Ele é filho do delegado Hildeberto Carneiro e de Judith Cruz, que, orgulhosos, convidam parentes e amigos para a celebração.

Índice Opinião - A2, A3 Especial - A4, A5 Geral - A6 Sociedade - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2 Classidia - 12 Pag.

Esportes - C1, C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Carro e Moto - D1, D2, D3 Social Click JD - D4 Economia - E1, E2, E3, E4

Edição número 7942


JD

“ ”

Geral

Jornalista cantanhede@jdia.com.br

Surpresa – O anúncio de Lucas Barreto rumo a uma vaga de vereador pegou todo mundo de surpresa. Porém, a estratégia se trata de pura sobrevivência política. Desgaste - Lucas Barreto está desde 2006 sem mandato e vinha tentando emplacar seu nome em eleições desgastantes. Passou para o segundo na polêmica eleição de 2010, mas não conseguiu vencer nas urnas Camilo Capiberibe. Disputar de forma duvidosa as eleições deste ano poderia ser um golpe fatal.

Na certeza – Para não correr riscos, Lucas resolveu vencer um desafio mais simples do que aqueles que vinha enfrentando: disputar uma vaga para vereador. Com a popularidade que acumulou nas últimas eleições, a garantia da vaga na vereança é quase certa. Chateado – Quem estava extremamente chateado ontem, horas antes do prazo final do termino das convenções, era o governador paralelo Gilvam Borges (PMDB). Motivo: Roberto Góes (PDT) não teria cumprido o acordo feito com os aliados peemedebistas. Mesmo assim - Sem mandato desde o ano passado, Gilvam é considerado por muitos como um amigo fiel do PDT. Porém, isso não foi suficiente para que ele emplacasse a peemedebista Francisca Favacho na vice de Roberto. Apesar da decepção,

Gilvam disse que vai apoiar o PDT para não colocar em risco as eleições das lideranças do PMDB.

Sem lei – Um amigo advogado me adiantou ontem que em um rápido passeio pelas convenções, flagrou várias transgressões à lei eleitoral. Tudo foi registrado pela sua máquina fotográfica e vai enriquecer as denúncias que serão feitas por ele, na Justiça Eleitoral. Segundo ele, na disputa eleitoral vale tudo, só não vale esquecer da lei. Promessas – Com o início da disputa eleitoral oficial, chegam também nos ouvidos dos eleitores as promessas muitas vezes fantasiosas e impossíveis de serem cumpridas. Chegou a hora de separar o joio do trigo.

Sem planos – A grande questão é que muitos candidatos (até mesmo os mais tarimbados) vão para o palanque levando só o blá-blá-blá debaixo do braço. Projeto de governo que é bom, nada! Na hora dos debates televisivos, ficam naquela de um ficar acusando o outro, como se depois de eleitos fossem viver de picuinhas. Aliás, pensando bem, tem muito político por aí vivendo disso...

Ponto fraco – O prefeito Roberto Góes (PDT) pode se preparar que seus adversários políticos não vão dar mole para os dois meses em que ele ficou preso na Papuda, em Brasília. Alias, esse foi um tema bastante lembrado na convenção de ontem, do PSB/PT. Revide – Se Roberto quiser entrar no jogo dos Capiberibes não vai enfrentar segredo, afinal, quem não lembra que a mesma Polícia Federal que levou a turma para a Papuda foi a mesma que visitou a casa da ex-conselheira do TCE, Raquel Capiberibe? Afastamento – Se ontem o PSB estava em festa, na próxima segunda-feira o clima pode ser de preocupação, principalmente para o governador Camilo Capiberibe. Fontes da Assembleia Legislativa confirmam que o pedido de afastamento apresentado pelos professores será lido amanhã. Macapá Verão – Em outras épocas, hoje seria dia de festa em Macapá, primeiro final de semana das férias, quando tradicionalmente é dado início ao Macapá Verão. Porém, a programação da Prefeitura ainda não está fechada e do Governo continua em análise. Bom domingo a todos...

“O jornalismo é, antes de tudo e sobretudo, a prática diária da inteligência e o exercício cotidiano do caráter” (Claudio Abramo) Siga: @cantanhede_AP Acesse: jandersoncantanhede.wordpress.com Email: cantanhede@jdia.com.br

DOM PEDRO JOSÉ CONTI

D

A3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Ar novo

Entre Aspas

JANDERSON CANTANHEDE

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Bispo de Macapá

epois que o papa João XXIII anunciou a convocação do Concílio que ia se chamar de “Vaticano II”, muitos perguntaram para ele o porquê de tanto trabalho e, sobretudo, se achava que isso ia dar realmente em alguma coisa. As explicações dadas foram muitas, conforme o público ouvinte, mas tem uma anedota que talvez explique mais do que tantos discursos. Contam que para responder aos questionamentos dos próprios responsáveis da Cúria Romana, certo dia, o papa João XXIII, estando no seu gabinete, levantou-se da cadeira e, calmamente, dirigiu-se à janela e, abrindo-a, disse: “Eis aqui! É por isso”. Com esse gesto o papa queria dizer que precisava deixar entrar na Igreja um novo ar, um ar de esperança e de renovação. Mas também a Igreja precisava abrir mais as suas portas e janelas à sociedade em mudança. Aos novos tempos a Igreja devia responder com novo entusiasmo, com uma nova linguagem, numa atitude de escuta e de diálogo. Ainda hoje, após 50 anos daqueles dias, usamos muito as palavras “novo” e “nova”. Falamos, por exemplo, de “nova” evangelização: “nova em seu ardor, em seus métodos, em sua expressão” (cf. Santo Domingo n. 28,29 e 30). Jesus Cristo é o mesmo “ontem, hoje e sempre”, cantamos no Jubileu do ano 2000, mas para ser conhecido e encontrado pelos homens de hoje precisa, também, falar a linguagem do nosso tempo. O domingo no qual fazemos a memória de São Pedro e São Paulo nos dá a possibilidade, todo ano, de

refletirmos um pouco sobre a história e a caminhada da nossa Igreja. Este ano, achei oportuno colocar algo que iremos comemorar a partir do dia 11 de outubro. O papa Bento XVI convocou todos os católicos para celebrar o Ano da Fé, a partir desse dia até o domingo de Cristo Rei do ano seguinte (24 de novembro 2013). Tudo isso para celebrar os 50 anos do Concílio Vaticano II. Nessa oportunidade, também, lembraremos os 20 anos da publicação do Catecismo da Igreja Católica, um dos frutos mais preciosos do próprio Concílio. Quem pouco conhece da vida e da vitalidade da Igreja católica talvez ache isso saudosismo. Se fosse assim poderíamos dizer o mesmo da memória dos santos e das santas ou, até, de Nosso Senhor Jesus Cristo. No dia em que a Igreja deixar de fazer a memória de Jesus perderá a própria identidade e a própria missão. Com efeito, a tarefa da Igreja, até o fim dos tempos, é, justamente, aquela de manter viva a memória fiel de Jesus Cristo para que todos possam conhecer e acreditar nele. Podemos encontrar e experimentar a presença de Jesus vivo somente na comunidade viva e atuante que se alimenta da sua memória. Nos romances, nos filmes, nas enciclopédias podemos encontrar “informações” sobre Jesus, mas não a pessoa dele que ainda hoje nos fala, chama-nos a segui-lo para participar da sua alegria e nos envia para comunicar aos outros as maravilhas que a fé nele continua fazendo. Para ser fiel, a Igreja precisa de uma fé segura, firme e clara. É responsabilidade do sucessor de Pedro zelar

pela unidade da Igreja na fé e na comunhão, respeitando as diversidades dos carismas, mas apontando sempre o caminho certo. Jesus prometeu o Espírito Santo para iluminar os passos da sua Igreja. Apesar de a fé ser sempre “penumbra” neste mundo frágil e pecador, os cristãos tem a certeza de não ser enganados a respeito daquilo que devem acreditar. Ao mesmo tempo, uma Igreja viva não fica contemplando a si mesma, mas vai ao encontro de toda a humanidade porque ela mesma é feita de humanidade. Seguindo o exemplo de Paulo, apóstolo dos pagãos, podemos deixar ressoar as primeiras palavras, sempre tocantes, da Constituição sobre a Igreja no Mundo de Hoje do Concílio Vaticano II: “As alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos homens de hoje, sobretudo dos pobres e de todos aqueles que sofrem, são também as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos discípulos de Jesus Cristo; e não há realidade alguma verdadeiramente humana que não encontre eco no seu coração” (cf. Gaudium et Spes n.1). “Ar novo” não é qualquer novidade. Ar novo é a única mensagem da salvação, anunciada numa forma que seja compreensível e cativante também para os homens de hoje, como o foi para tantos cristãos e cristãs dos séculos passados. Ainda hoje, o coração humano busca o Deus verdadeiro. Camuflagens, falsificações, sub-rogados e acomodações sempre existiram e sempre existirão, mas nada se compara com a única fonte de água viva que é Jesus. Que São Pedro e São Paulo nos ajudem a ser sempre mais testemunhas e missionários do único Senhor Jesus, fiéis à Igreja-comunidade que ele deixou.

Sinal de Alerta CHARLES CHELALA Economista

O

jornal Folha de S. Paulo publicou, no dia 22 de junho passado, matéria que analisa a queda da arrecadação dos tributos federais, decorrentes do processo de desaceleração da economia que já sente impactos da crise mundial e também oriundos dos próprios remédios adotados para contrabalançar a crise, ou seja, a desoneração de impostos para estimular a economia, em especial as reduções de alíquotas do Imposto Sobre Produtos Industrializados – IPI. Segundo a reportagem assinada por Gustavo Patu “no total, a arrecadação se mantém em alta, mas em ritmo abaixo das expectativas iniciais da equipe da presidente Dilma Rousse-

ff”. Analisando a o desempenho individual de cada tributo, é revelado que o “principal tributo federal, o Imposto de Renda teve a primeira queda de receita do ano, na comparação com período equivalente de 2011 e considerada a inflação. Segundo os números preliminares pesquisados pela ‘Folha’, a piora foi puxada pelo Imposto de Renda das pessoas jurídicas”. Mais adiante um trecho da matéria também destaca a queda da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido – CSLL e do Imposto sobre Operações Financeiras – IOF, ambos caindo em torno de 9%, sentindo o fato de terem suas alíquotas reduzidas no pacote federal de estímulo ao crédito.

A maior das reduções, no entanto, se revelou no IPI incidente sobre automóveis, que caiu em 24% por duas razões: desempenho fraco das vendas e pelos incentivos fiscais já mencionados. Estes indícios de arrecadação inferior à estimada repercutem diretamente no Amapá, Unidade da Federação com fortíssima participação do Estado na sua economia (46% do Produto Interno Bruto) e que apresenta uma estrutura de receitas estaduais significativamente dependentes de transferências da União, em especial do Fundo de Participação dos Estados – FPE, que responde por uma parcela superior a 60% de tudo que entra do tesouro estadual, a maior dentre todos os Estados do Brasil. Ocorre que o FPE é um fundo composto por 21,5% do total arrecadado

pelo Imposto de Renda e pelo Imposto sobre Produtos Industrializados, daí que um fraco desempenho das arrecadações destes tributos traz, na mesma proporção, expectativas sombrias para o fechamento das contas do Estado. Há ainda um item agravante no caso:

se relembrarmos que o orçamento estadual foi alterado na Assembleia Legislativa, tendo suas estimativas de receitas ampliadas em comparação com a proposta original do Executivo, são maiores as possibilidades de não efetivação dos valores orçados como in-

gressos nos cofres públicos do Estado. Como o dinheiro público é ainda o eixo dinâmico da economia estadual, acende-se o sinal de alerta, pois se mínguam os gastos do governo todas demais atividades econômicas também sentirão o impacto.


JD

Especial

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

A4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Sem surpresas, partidos confirmam candid

Corrida eleitoral mudou a rotina nos grandes centros do Estado. O dia foi de convenções por todas as partes. Em Macapá e San DA REDAÇÃO

O

ntem (30) encerrou o prazo dado pela Justiça Eleitoral para os partidos políticos decidirem os candidatos que disputarão às eleições municipais de outubro. No Amapá, o cenário político está definido e os eleitores já podem avaliar os nomes daqueles que irão comandar os destinos das cidades pelos próximos quatro anos. A corrida eleitoral mudou a rotina nos grandes centros do Estado. O dia foi de convenções por todas as partes. Em Macapá e Santana – os dois maiores municípios – a expectativa ficou por conta do nome dos vices de alguns dos principais candidatos. Na capital amapaense, seis candidatos disputam a preferência do eleitor.

Neste jogo pela cadeira de prefeito da maior cidade do Estado, as lideranças tratam de costurar as alianças, mesmo com o quadro político definido. A meta é agregar o maior número de partido possível nas coligações. A corrida pela conquista de legendas se justifica: os candidatos querem garantir o maior espaço de tempo na propaganda eleitoral. Todos sabem que cada segundo será fundamental na luta para conquistar o voto do eleitor. Mas do que atrair a atenção do público, os candidatos terão que reverter o quadro atual político do Estado. A luta também será para resgatar a credibilidade do político amapaense, machada por conta dos escândalos de corrupção, contatos até na mídia nacional. Muitos afirmam que as

eleições de outubro podem ser um ‘divisor de águas’ tanto para o governo estadual como para o municipal. O pleito servirá de termômetro para testar a popularidade de Camilo Capiberibe e Roberto Góes. O primeiro enfrenta um forte desgaste político, provocado pelas greves e insatisfação do servidor público. O prefeito da capital, também tem problemas acumulados nestes quase quatro anos de administração. O número elevado de candidatos deve ser, justamente, por esta insatisfação das outras legendas, pelo tratamento que elas têm recebido. Mesmo assim, os dois partidos que dominam as atenções PSB e PDT lançaram candidaturas. Convenções Na tarde de ontem na

sede da Aerc, na avenida Padre Júlio, o presidente do PDT no Amapá, o ex-governador Waldez Góes, confirmou o nome do prefeito Roberto Góes para a reeleição. A expectativa ficou por conta da apresentação do vice. Três partidos disputavam para compor a chapa do pedetista: PP, PR e PMDB. As discussões se concentraram sobre os nomes de Cleuma Duarte, Telma Gurgel e Francisca Favacho, respectivamente. O nome da vice só foi conhecido momento antes do início da convenção. Depois de muita discussão, os aliados optaram pela deputada Telma Gurgel. O PSB do governador Camilo Capiberibe – depois de desarticular a candidatura do Partido dos Trabalhadores – repete a composição feita

na eleição de 2010. Os socialistas homologaram a candidatura da deputada Cristina Almeida (PSB) para a Prefeitura de Macapá. Na convenção realizada na manhã de sábado, no ginásio da Escola Azevedo Costa, no Laguinho, ela anunciou o nome de Edvandro Vilhena (PT), ex-chefe de gabinete da vice-governadora Dora Nascimento. A festa dos Democratas, no Ginásio Santa Inês, na Orla de Macapá, foi discreta. Os líderes dos partidos que compõem a chapa, não fizeram mistérios. Oficializaram o nome do deputado federal, David Alcolumbre (DEM) a prefeito da capital. Indicada pelo PTB, de Lucas Barreto, a professora Jurema Costa (PTB) será candidata a vice. Na sexta-feira (29), foi

a vez do PSOL apresentar candidatura. Liderados pelo senador Randolfe Rodrigues, o partido homologou o nome do vereador Clécio Luís. Ele tem uma coligação com o PPS, que indicou o nome do empresário Allan Sales para o posto de vice. A chapa foi confirmada na convenção realizada no Ginásio Santa Inês, na Orla da capital. Na quinta-feira (28) os comunistas confirmaram o nome do deputado federal Evandro Milhomen (PCdoB). A candidatura animou a militância do partido, que lotou o ginásio do Trem Desportivo Clube. A empresária Patriciana Araújo (PRB) será a companheira de chapa. O rodoviário Genivaldo Cruz será candidato a prefeito de Macapá pelo PSTU.

Convenção do PDT/PR

Convenção do PSB/PT

Convenção do PSOL/PPS

Convenção do DEM/PTB

Convenção do PCdoB/PRB

Convenção do PSTU

Convenção do PSDB


Especial

JD

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

A5

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

datos rumo a Prefeitura de Macapá

ntana – os dois maiores municípios – a expectativa ficou por conta do nome dos vices de alguns dos principais candidatos

Em Santana, convenções partidárias ocorrem em clima de eleição

A

o contrário de todas as convenções que já foram realizadas no município de Santana em período pré-eleitoral, a deste ano se transformou em clima de eleição. Os partidos chegam ao último dia do calendário do Supremo Tribunal Eleitoral para a formação de chapas a todo vapor. Ao que tudo indica as disputas serão bastante acirradas e cheias de surpresas. No sábado (29),o Partido dos Trabalhadores (PT) lotou o Ginásio de Esportes do município, na convenção que homologou o nome da ex deputada federal, professora Marcivânia Flexa à sucessão na Prefeitura de Santana. No palanque, a presença do governador do Estado Camilo Capiberibe, vice governadora Dora Nascimento, o ex presi-

dente da Assembleia Legislativa, Jorge Amanajás ( PSDB), deputado federal Luíz Carlos (PSDB), do líder do partido do município, prefeito Antonio Nogueira e dos vereadores que disputam o pleito nessas eleições, foi uma prévia da consolidação partidária. A defesa da conjuntura pela continuação do mandato PT foi fortemente anunciada durante a convenção. Este ano, compõem a chapa majoritária o Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Socialista Brasileiro (PSB), como prefeita Marcivânia Flexa e vice prefeito Mauricio Medeiros. Coligam ao PT ainda, os partidos PSDB, PC do B, PMM, PTC, PTN e PR. Já o PT do B, do empresário Mário Brandão, traz como vice tenente Marizete (PMDB), coligando aos partidos PDT, PP, PRB e PSD.

Outro que disputa as eleições este ano, é o vereador Robson Rocha (PTB), filho do ex prefeito Rosemiro Rocha e irmão da deputada estadual Mira Rocha,a chapa será composta pela vice Rosalina Matos (DEM), irmã da deputada estadual Roseli Matos. O prazo legal para que os partidos políticos realizarem suas convenções para escolher quem são seus candidatos a prefeito, vice e vereador nas eleições municipais de outubro, assim como as coligações com outras legendas para a disputa encerrou neste sábado (30). Com suas legendas definidas, intensifica a corrida pela construção de um programa de governo para os candidatos que disputam as vagas e o preparo para a campanha eleitoral. No próximo dia 5 deste mês, é último dia para os

partidos políticos e coligações apresentarem no cartório eleitoral competente, até as 19h, requerimento de registro de candidatos a prefeito, vice e vereadores. No dia seguinte é permitida a campanha eleitoral na internet, vedada a veiculação de qualquer tipo de propaganda paga. Já no dia 8, encerra o prazo para a Justiça Eleitoral publicar lista dos pedidos de registro de candidatos apresentados pelos partidos políticos ou coligação. Já em agosto, os partidos políticos, as coligações e os candidatos são obrigados a divulgar, pela internet, relatório discriminado dos recursos em dinheiro ou estimáveis em dinheiro que tenham recebido para financiamento da campanha eleitoral e os gastos que realizarem, em site criado pela Justiça Eleitoral para esse fim.

Confira o perfil de cada um dos candidatos Roberto Góes (PDT)

Iniciou sua carreira política como vereador de Macapá em 1992. Em 1994, elegeu-se deputado estadual, sendo reeleito outras três vezes seguidamente. Em 2008 concorre a prefeitura de Macapá, sendo eleito no segundo turno.Acumula também a presidência da Federação Amapaense de Futebol. Roberto Góes é primo de Waldez Góes, ex-governador do Amapá.

Clécio Luis (PSOL)

É geógrafo, especialista em desenvolvimento sustentável e gestão ambiental. Hoje é professor da rede pública e vereador. Em 2003 foi convocado à cumprir a tarefa de coordenar o gabinete do Mandato do Povo do Deputado Randolfe Rodrigues. Em 2004 foi eleito para cumprir Mandato de Vereador de Macapá. Em 2008 foi reeleito como o 4° vereador mais votado no Município de Macapá, pelo PSOL.

Davi Alcolumbre (DEM)

David Samuel Alcolumbre Tobelem, ou apenas Davi Alcolumbre (Macapá, Amapá, 19 de junho de 1977) é um político brasileiro. Foi vereador em Macapá de 2001 a 2003. Em 2002 foi eleito deputado federal pelo estado do Amapá, sendo reeleito em 2006. É filiado ao DEM, partido do qual faz parte do Diretório Nacional e também do Conselho Político do Movimento Jovem.

Cristina Almeida (PSB)

Cristina Almeida, amapaense legítima e é graduada em Administração de Empresas. É servidora pública concursada da Assembleia Legislativa do Amapá e já ocupou vários cargos na administração pública como secretária Estadual de Indústria e Comércio (Seicom), secretária municipal de Meio Ambiente e Turismo (Semat – Macapá), além de superintendente regional do INCRA). Em 2008, foi eleita vereadora do Município de Macapá. Em 2010, foi eleita deputada estadual.

Evandro Milhomen (PCdoB)

Evandro Costa Milhomen, ou simplesmente Evandro Milhomen ( Santana, Amapá, 21 de abril de 1962), é um sociólogo e político brasileiro, atualmente deputado federal pelo Amapá. É filiado ao PCdoB. Foi vereador em Macapá entre 1997 e 1999, eleito pelo PSB, mesmo partido pelo qual se elegeu deputado federal em 1999 e se reelegeu em 2003. Para a eleição de 2007 trocou de partido, ingressando no PC do B.

Genival Cruz (PSTU)

Genival Cruz é militante social e representante dos rodoviários. Foi levantando essa bandeira em prol da classe dos motoristas que ganhou notoriedade no meio, disputando em 2010 as eleições para o governo do Estado. O anúncio de sua candidatura não teve grandes festas durante as convenções, porém, ele disse que está preparado para enfrentar os grandes candidatos políticos no debate.

Tucanos lançam no último minuto candidatura própria com o nome do Professor Marcos

O

ntem, no fechamento desta edição, a redação do Jornal do Dia recebeu a notícia confirmando o nome do Professor Marco Antônio para a disputa pela Prefeitura de Macapá. O nome do neófito na disputa política mostrou o descontentamento do PSDB com os aliados de outras eleições, entre eles, o PDT de Roberto Góes. Apesar do PSDB ter tido espaço na atual administra-

ção municipal, os tucanos dizem que os acordos não foram cumpridos e que por isso, resolveram lançar candidatura pura rumo ao pleito. Para os especialistas políticos, o voo solo dos tucanos demonstra coragem e vontade para disputarem sozinhos as eleições. O vice do Professor Marco será a professora Neuma. Já o então pré-candidato, Michel JK, teve que adiar os planos de disputar a PMM por uma orientação da regional.

Coluna

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

O

A ESTRATÉGIA DO PSDB

PSDB prepara o contra-ataque ao PT nas eleições deste ano mirando 2014. Vai provocar os rivais com a série de escândalos nos governos Lula e Dilma. O secretário-geral do PSDB, deputado Rodrigo de Castro (MG), conclui com a Executiva Nacional a cartilha com diretrizes para os candidatos a vereador e prefeito do partido. ‘A diferença do PSDB para o PT está no campo ético’, resume. O que já está definido: Aécio Neves, o potencial candidato ao Planalto, vai subir palanques nas capitais e interior.

Caravana E os oito governadores tucanos também terão de fazer campanhas para aliados fora dos estados. O PSDB só não sabe o que fazer com Perillo, de Goiás, alvo da CPI.

Na telinha?

Pulando

Aécio já se prontificou para José Serra não só em subir no palanque em São Paulo, como aparecer no programa de TV. Falta Serrar deixar.

O deputado federal Izalci (DF) já tem parecer do MP e só aguarda o TSE para sair do PR e se filiar ao PSDB em Brasília. Alega justa causa.

Pinóquio na CPI O senador randolfe (PSOL-AP) vai provocar o MP para denunciar por crime de falsidade o professor Walter Paulo, comprador da casa de Marconi Perillo (PSDB) em Goiás, que no depoimento negou conhecer Cachoeira. Escutas da PF revelam que Cachoeira pagava o IPTU da casa.

Poder online Foi a pressão popular, com fotos de manifestação no Facebook e mensagens no Twitter, que fez a Câmara dos Vereadores de Fortaleza enterrar, por ora, votação do projeto de lei que aumenta para R$ 15.031 o salário dos edis. Poder dos pelots O lobby das mineradoras tratorou o projeto de lei do deputado Carlos Brandão (PSDB-MA), que prevê imposto de 10% sobre a o valor de cada remessa bruta do minério de ferro, por medida protecionista.

tor de Itaipu Jorge Samek para fazer reparos em conjuntos habitacionais de operários da usina. Depois, ganhou contrato para coletar lixo. ... e lixo De repente, em poucos meses, a construtora conquistou responsabilidade técnica e conseguiu contrato para coleta de lixo... em Assunção, no Paraguai, pela ‘experiência’ na usina de Itaipu.

Ascensão Natural da pequena Serro, em Minas, a desembargadora Asussete Magalhães toma posse como ministra do STJ em agosto.

A grande família Senador licenciado, o ministro Garibaldi Alves filho (Previdência) desmente que será o presidente do Senado. É que o primo, Henrique Alves, tem acordo para presidir a Câmara. E o pai, Garibaldi Alves, é senador na vaga da governadora Rosalba (RN).

Pavio Luiz Antônio Pagot quer estourar. O ex-chefão do DNIT, demitido pela presidente Dilma, diz a amigos que sempre ajudou o governo: ‘Me jogaram uma bomba no colo’.

Doação de cestas Não se engane ao pensar ver na cadeia mensaleiros do DEM ou PT. Na comunidade jurídica tem-se como certa a condenação com aplicação das penas brandas.

Transparência Em 41.369 páginas, já está disponível no portal transparência do governo federal os nomes, cargos, lotação, carga horária e salário de todos os servidores do Executivo. São de 706.755 servidores.

Vale-tudo Pegou mal Cláudio Monteiro, ex-chefe de Gabinete de Agnelo Queiroz (DF), dizer na CPI que “numa campanha política só não vale perder”.

Cimento... Uma empreiteira de Curitiba, sem obras grandes no portfólio, foi escolhida pelo dire-

Ponto final O Brasil é a sexta maior economia do mundo. Mas o 84º em Índice de Desenvolvimento Humano medido pela ONU.

www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br


JD

Esporte

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

A6

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Zerão é tricampeão no futebol de areia do AP

Victor Brasil é a principal novidade diante do Sport

Time da zona sul de Macapá está sendo chamado de rei da areia

ELCIO BARBOSA

ELCIO BARBOSA Da Redação

O

Zerão conquistou o tricampeonato de futebol de areia ao derrotar na partida decisiva o Muca por 3 x 1 na manhã deste sábado (30), na arena do bairro Novo Buritizal, e a equipe do Jardim I ficou na terceira colocação do certame. Após três meses de competição, a equipe do bairro Zerão sobrou na partida decisiva frente ao Muca e levantou o caneco pela terceira vez garantindo o sucesso e ser chamado de rei da areia. O placar foi formado ainda na primeira etapa já que o time do Zerão possui jogadores experientes de outras decisões como Romário, Júlio, Diego e Grande e Delson, Drica reforços da equipe, eles emplacaram um ritmo forte e devido o sol escaldante da manha do sábado em Macapá, venceram por 3 X 1 no tempo normal de partida. “Nosso trabalho vem desde a escolinha do bairro Zerão, parabenizamos a equipe do Zerão que trabalhou direitinho e conquistou o terceiro título, o rei da areia” falou, Clelton Dantas Paixão diretor do time do Zerão. O Muca que fazia a estreia disputando a partida

Goleiro terá a primeira oportunidade na equipe principal do Coritiba. Titulares serão poupados

P O Zerão conquistou o tricampeonato de futebol de areia ao derrotar na partida decisiva o Muca por 3 x 1

decisiva não se encontrou na areia e perdeu o empenho de reagir na partida. A torcidas das equipes incentivavam os atletas para continuarem em busca da vitória. Meio a dificuldade, a Federação de Beach Soccer fez a entrega da premiação colocando o valor de R$ 1. 000 mil reais para o Zerão primeiro colocado, R$ 500 reais para o Muca segundo e R$ 300 reais para o Jardim Felicidade terceiro lugar, e R$ 100 reais para o

melhor goleiro e o artilheiro da competição. “Houve uma reivindicação dos moradores do Muca até porque o Muca era representado por outros bairros, e corremos atrás pra gente ser o legitimo representante do Muca e conseguimos montamos uma equipe, infelizmente não deu para sermos campeões, mas, para o ano se Deus quiser estaremos novamente para disputar o Interbairros” disse Fabrício Vilhena Picanço, organiza-

dor do time do Muca. “Nossa maior reivindicação é com o governo estadual por areia nas arenas nos bairros da cidade que não tem mais areia, terminamos esta competição com sucesso, e vamos iniciar o torneio de Verão marcado para o dia 15 de julho entre as quatro equipes filiadas a federação, Canário, Santos, Atlético Amapaense e o Cruzeiro” disse Carlos Alves Presidente da Federação Amapaense de Beach Soccer.

São José e Oratório se enfrentam neste domingo pelo returno do Amapazão

A

Sociedade Esportiva e Recreativa São José e Oratório Recreativo Clube jogam neste domingo (1) para abrir a segunda rodada do Campeonato Amapaense de Futebol com horário para as 17 horas no estádio Glicério Marques. O São José iniciou o segundo turno do certame com o empate diante do Santana por um placar de 1 x 1. O Oratório também empatou na estreia com o Santos por 0 x 0. As equipes vão a atrás da vitória neste duelo com o intuito de dá um passo importante, e ser líder da competição, haja a vista que o Ypiranga venceu o Independente e soma três pontos. O técnico Romeu Figueira testa nova formação na equipe, o tra-

dicional três cinco um, deve sair para entrar o um, quatro, quatro, dois. No Oratório o treinador Carlinhos Dornelles já conhece parte do elenco. Pois é dele a base do clube do Remo, local de onde vieram parte do elenco oratoriano deste ano. Entretanto o treinador vai oxigenar o grupo para continuar confiante e correr atrás do título do returno e conquistar o título inédito para o Oratório. A expectativa é grande para esta partida. Pois, será o encontro de duas apaixonadas torcidas. Motivo que antigamente lotavam o conhecido estádio ‘Gigante da Favela’. Principal palco das melhores partidas de futebol da era amadora do futebol amapaense. (E.B)

ensando na final da Copa do Brasil, o Coritiba vai escalar os reservas no duelo contra o Sport, neste domingo (29), às 16h, válido pela 7.ª rodada do Campeonato Brasileiro. E entre o time de “coadjuvantes”, a principal novidade está debaixo das traves. O goleiro Victor Brasil, de 19 anos, vai estrear na equipe titular do Coxa. Com Vanderlei poupado e Bruno Fuso se recuperando de lesão, esta será a chance do arqueiro reserva tentar conquistar a torcida e o técnico Marcelo Oliveira. Por isso, ele valoriza a partida do fim de semana. “O pessoal pode falar que é só mais um jogo do Brasileiro, mas não é só um jogo. São três pontos em casa que a gente tem de ganhar e que vão fazer a diferença lá na frente”, diz. Em meio a elogios e demonstração de confiança no jovem atleta, o técnico coxa-branca ressalta que o que mais Victor vai precisar na partida contra os pernambucanos é tranquilidade.

“O Victor tem um potencial grande, jogou uma Taça São Paulo muito boa, já foi convocado pela seleção brasileira. Ele ainda tem algumas dificuldades que precisa ser trabalhadas, mas tem toda capacidade para ir bem. O que pode influenciar é o emocional. Isso vamos tentar trabalhar, dar confiança nesta estreia dele”, comentou Oliveira. Dentre os jogadores considerados titulares, apenas Sérgio Manoel suspenso do jogo de ida da decisão da Copa do Brasil – vai atuar. “Da partida existe a chance de sair atletas que podem não ter se apresentado tão bem até aqui, mas que poderão ajudar na caminhada até o final do ano”, projetou o treinador do Coritiba. A única dúvida está no meio-campo, onde França e Robinho disputam uma vaga. Com isso, o Coritiba contará com Victor Brasil; Jonas, Demerson, Luccas Claro e Chico; França (Robinho), Sérgio Manoel, Tcheco, Lincoln; Anderson Aquino e Marcel.

ELCIO BARBOSA

Fábio Aurélio sofre lesão e pode ficar seis meses sem jogar

O

Oratório vai em busca da vitória, neste domingo, pelo Amapazão

Próximos jogos pelo Campeonato Brasileiro Série A

lateral-esquerdo Fábio Aurélio vai desfalcar o Grêmio antes mesmo de fazer a sua estreia no clube. Ontem, o jogador sofreu uma grave lesão no joelho direito durante um treinamento recreativo e pode ficar afastado dos gramados por até seis meses de acordo com o departamento médico da equipe. O jogador já foi descartado para o duelo com o Atlético Mineiro, domingo, no Estádio Olímpico, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Em uma disputa de bola neste sábado, Fábio Aurélio saltou para evitar um carrinho do atacante Marcelo Moreno. Na queda, o lateral-esquerdo torceu o joelho direito. Diretor médico do Grêmio, Márcio Bolzoni explicou que a suspeita é de

rompimento do ligamento cruzado anterior. Ainda ontem, Fábio Aurélio realizará exames de ressonância magnética para descobrir a gravidade da lesão. Caso a previsão do médico seja confirmada, o lateral-esquerdo deve desfalcar o Grêmio por seis meses, o que o levaria a voltar a entrar em campo apenas em 2013. Com um histórico de várias lesões, Fábio Aurélio praticamente não defendeu o Liverpool, seu ex-clube, nas últimas duas temporadas do futebol europeu. Diante do Atlético-MG, a tendência é que o técnico Vanderlei Luxemburgo escale Anderson Pico na lateral esquerda do Grêmio. Outra possibilidade é a improvisação de Edilson.

Ronaldinho chega em Porto Alegre e já recebe vaias

A

ssim que colocou os pés na cidade onde nasceu, o atleticano Ronaldinho Gaúcho já sentiu o gosto do ambiente que terá que enfrentar no domingo, às 18h30, quando o quarto colocado Grêmio recebe o vice-líder Atlético Mineiro. Na noite de sexta-feira, o jogador desembarcou em Porto Alegre - no aeroporto Salgado Filho - junto com a delegação do Galo. Cercado por seguranças do clube mineiro, o astro do futebol mundial teve de ouvir as primeiras vaias e manifestações contrárias a ele, que partiram de alguns torcedores tricolores presentes no local. Ontem, às 9h30, o Atlético fez o último treinamento antes de entrar em campo, neste domingo, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Atleticano Ronaldinho Gaúcho: jogador é vaiado por torcedores


JD

Esporte

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

A6

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Zerão é tricampeão no futebol de areia do AP

Victor Brasil é a principal novidade diante do Sport

Time da zona sul de Macapá está sendo chamado de rei da areia

ELCIO BARBOSA

ELCIO BARBOSA Da Redação

O

Zerão conquistou o tricampeonato de futebol de areia ao derrotar na partida decisiva o Muca por 3 x 1 na manhã deste sábado (30), na arena do bairro Novo Buritizal, e a equipe do Jardim I ficou na terceira colocação do certame. Após três meses de competição, a equipe do bairro Zerão sobrou na partida decisiva frente ao Muca e levantou o caneco pela terceira vez garantindo o sucesso e ser chamado de rei da areia. O placar foi formado ainda na primeira etapa já que o time do Zerão possui jogadores experientes de outras decisões como Romário, Júlio, Diego e Grande e Delson, Drica reforços da equipe, eles emplacaram um ritmo forte e devido o sol escaldante da manha do sábado em Macapá, venceram por 3 X 1 no tempo normal de partida. “Nosso trabalho vem desde a escolinha do bairro Zerão, parabenizamos a equipe do Zerão que trabalhou direitinho e conquistou o terceiro título, o rei da areia” falou, Clelton Dantas Paixão diretor do time do Zerão. O Muca que fazia a estreia disputando a partida

Goleiro terá a primeira oportunidade na equipe principal do Coritiba. Titulares serão poupados

P O Zerão conquistou o tricampeonato de futebol de areia ao derrotar na partida decisiva o Muca por 3 x 1

decisiva não se encontrou na areia e perdeu o empenho de reagir na partida. A torcidas das equipes incentivavam os atletas para continuarem em busca da vitória. Meio a dificuldade, a Federação de Beach Soccer fez a entrega da premiação colocando o valor de R$ 1. 000 mil reais para o Zerão primeiro colocado, R$ 500 reais para o Muca segundo e R$ 300 reais para o Jardim Felicidade terceiro lugar, e R$ 100 reais para o

melhor goleiro e o artilheiro da competição. “Houve uma reivindicação dos moradores do Muca até porque o Muca era representado por outros bairros, e corremos atrás pra gente ser o legitimo representante do Muca e conseguimos montamos uma equipe, infelizmente não deu para sermos campeões, mas, para o ano se Deus quiser estaremos novamente para disputar o Interbairros” disse Fabrício Vilhena Picanço, organiza-

dor do time do Muca. “Nossa maior reivindicação é com o governo estadual por areia nas arenas nos bairros da cidade que não tem mais areia, terminamos esta competição com sucesso, e vamos iniciar o torneio de Verão marcado para o dia 15 de julho entre as quatro equipes filiadas a federação, Canário, Santos, Atlético Amapaense e o Cruzeiro” disse Carlos Alves Presidente da Federação Amapaense de Beach Soccer.

São José e Oratório se enfrentam neste domingo pelo returno do Amapazão

A

Sociedade Esportiva e Recreativa São José e Oratório Recreativo Clube jogam neste domingo (1) para abrir a segunda rodada do Campeonato Amapaense de Futebol com horário para as 17 horas no estádio Glicério Marques. O São José iniciou o segundo turno do certame com o empate diante do Santana por um placar de 1 x 1. O Oratório também empatou na estreia com o Santos por 0 x 0. As equipes vão a atrás da vitória neste duelo com o intuito de dá um passo importante, e ser líder da competição, haja a vista que o Ypiranga venceu o Independente e soma três pontos. O técnico Romeu Figueira testa nova formação na equipe, o tra-

dicional três cinco um, deve sair para entrar o um, quatro, quatro, dois. No Oratório o treinador Carlinhos Dornelles já conhece parte do elenco. Pois é dele a base do clube do Remo, local de onde vieram parte do elenco oratoriano deste ano. Entretanto o treinador vai oxigenar o grupo para continuar confiante e correr atrás do título do returno e conquistar o título inédito para o Oratório. A expectativa é grande para esta partida. Pois, será o encontro de duas apaixonadas torcidas. Motivo que antigamente lotavam o conhecido estádio ‘Gigante da Favela’. Principal palco das melhores partidas de futebol da era amadora do futebol amapaense. (E.B)

ensando na final da Copa do Brasil, o Coritiba vai escalar os reservas no duelo contra o Sport, neste domingo (29), às 16h, válido pela 7.ª rodada do Campeonato Brasileiro. E entre o time de “coadjuvantes”, a principal novidade está debaixo das traves. O goleiro Victor Brasil, de 19 anos, vai estrear na equipe titular do Coxa. Com Vanderlei poupado e Bruno Fuso se recuperando de lesão, esta será a chance do arqueiro reserva tentar conquistar a torcida e o técnico Marcelo Oliveira. Por isso, ele valoriza a partida do fim de semana. “O pessoal pode falar que é só mais um jogo do Brasileiro, mas não é só um jogo. São três pontos em casa que a gente tem de ganhar e que vão fazer a diferença lá na frente”, diz. Em meio a elogios e demonstração de confiança no jovem atleta, o técnico coxa-branca ressalta que o que mais Victor vai precisar na partida contra os pernambucanos é tranquilidade.

“O Victor tem um potencial grande, jogou uma Taça São Paulo muito boa, já foi convocado pela seleção brasileira. Ele ainda tem algumas dificuldades que precisa ser trabalhadas, mas tem toda capacidade para ir bem. O que pode influenciar é o emocional. Isso vamos tentar trabalhar, dar confiança nesta estreia dele”, comentou Oliveira. Dentre os jogadores considerados titulares, apenas Sérgio Manoel suspenso do jogo de ida da decisão da Copa do Brasil – vai atuar. “Da partida existe a chance de sair atletas que podem não ter se apresentado tão bem até aqui, mas que poderão ajudar na caminhada até o final do ano”, projetou o treinador do Coritiba. A única dúvida está no meio-campo, onde França e Robinho disputam uma vaga. Com isso, o Coritiba contará com Victor Brasil; Jonas, Demerson, Luccas Claro e Chico; França (Robinho), Sérgio Manoel, Tcheco, Lincoln; Anderson Aquino e Marcel.

ELCIO BARBOSA

Fábio Aurélio sofre lesão e pode ficar seis meses sem jogar

O

Oratório vai em busca da vitória, neste domingo, pelo Amapazão

Próximos jogos pelo Campeonato Brasileiro Série A

lateral-esquerdo Fábio Aurélio vai desfalcar o Grêmio antes mesmo de fazer a sua estreia no clube. Ontem, o jogador sofreu uma grave lesão no joelho direito durante um treinamento recreativo e pode ficar afastado dos gramados por até seis meses de acordo com o departamento médico da equipe. O jogador já foi descartado para o duelo com o Atlético Mineiro, domingo, no Estádio Olímpico, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Em uma disputa de bola neste sábado, Fábio Aurélio saltou para evitar um carrinho do atacante Marcelo Moreno. Na queda, o lateral-esquerdo torceu o joelho direito. Diretor médico do Grêmio, Márcio Bolzoni explicou que a suspeita é de

rompimento do ligamento cruzado anterior. Ainda ontem, Fábio Aurélio realizará exames de ressonância magnética para descobrir a gravidade da lesão. Caso a previsão do médico seja confirmada, o lateral-esquerdo deve desfalcar o Grêmio por seis meses, o que o levaria a voltar a entrar em campo apenas em 2013. Com um histórico de várias lesões, Fábio Aurélio praticamente não defendeu o Liverpool, seu ex-clube, nas últimas duas temporadas do futebol europeu. Diante do Atlético-MG, a tendência é que o técnico Vanderlei Luxemburgo escale Anderson Pico na lateral esquerda do Grêmio. Outra possibilidade é a improvisação de Edilson.

Ronaldinho chega em Porto Alegre e já recebe vaias

A

ssim que colocou os pés na cidade onde nasceu, o atleticano Ronaldinho Gaúcho já sentiu o gosto do ambiente que terá que enfrentar no domingo, às 18h30, quando o quarto colocado Grêmio recebe o vice-líder Atlético Mineiro. Na noite de sexta-feira, o jogador desembarcou em Porto Alegre - no aeroporto Salgado Filho - junto com a delegação do Galo. Cercado por seguranças do clube mineiro, o astro do futebol mundial teve de ouvir as primeiras vaias e manifestações contrárias a ele, que partiram de alguns torcedores tricolores presentes no local. Ontem, às 9h30, o Atlético fez o último treinamento antes de entrar em campo, neste domingo, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Atleticano Ronaldinho Gaúcho: jogador é vaiado por torcedores


JD

Esporte

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Minotauro revela treino pesado de Anderson e não teme lesão

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

“O Anderson está em sua melhor fase. Ele está treinando pesado e vai estar muito forte para essa luta. Acho que o Sonnen não vai ter chances”, declarou Rodrigo Minotauro

Serena Williams espanta zebra, oitavas em Wimbledon DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

O bém”, explicou. Para Minotauro, é impossível simplesmente “pegar leve” nos treinos antes de uma luta. “Quando termina o treino, tem que ter dado um pouco mais do que pode. E o treinador tem que puxar a orelha do cara que parar de treinar. Com o excesso de treinamento e de contato, não dá para prever se o cara vai se machucar”, admitiu. Minotauro aproveitou para defender o colega Vitor Belfort das acusações de ter “amarelado” ao desistir do combate contra Wanderlei Silva devido a uma lesão na

Anderson Silva treina na academia de Minotauro para enfrentar Sonnen no UFC 148

A

nderson Silva treina no Rio de Janeiro na academia do Team Nogueira, com Rodrigo Minotauro, para a luta contra Chael Sonnen no UFC 148 no dia 7 de julho. E, segundo o parceiro de treinamentos, não tem receio de uma possível lesão devido ao ritmo puxado da preparação. “O Anderson está em sua melhor fase. Ele está trei-

nando pesado e vai estar muito forte para essa luta. Acho que o Sonnen não vai ter chances”, declarou Minotauro. O peso pesado, que não conseguiu se recuperar da fratura no braço a tempo de lutar no UFC 149, admitiu que a dedicação extrema de Anderson vai contra o pedido do presidente Dana White, que recomendou “pegar leve” nos treinos a fim de

evitar lesões como a que tirou o próprio Minotauro de combate. “É esporte de alto rendimento, de contato extremo, então é isso aí mesmo. A cobrança é muita, e o UFC também não quer te ver cansado lá dentro. Se você cansa no meio da luta, recebe um puxão de orelha. Então a gente quer treinar mais do que pode, e isso aí causa lesões tam-

mão esquerda. Durante o UFC 147 em Belo Horizonte, Belfort foi hostilizado pelo público e chamado de “arregão” pela torcida. “Isso não existe. O cara se machuca mesmo, os treinos são muito fortes, e se não está 100%, ele não vai lutar 80%, ou 50%. O Vitor acho que nem chegaria a 80%. Ele usa as mãos para bater, e se está com a mão machucada, o que ele vai fazer? Acho que é bom essa farpa porque estimula a torcida, mas tem que respeitar o momento do outro que está machucado”, opinou Minotauro.

retrospecto era amplamente favorável, mas Serena Williams deu um susto antes de espantar a zebra e vencer a chinesa Jie Zheng por 2 sets a 1 (6-7 (5-7), 6-2, 9-7), de virada, para garantir vaga nas oitavas de final em Wimbledon. O duelo em Londres foi o sexto entre Serena Williams e Jie Zheng. A norte-americana venceu os outros cinco jogos e contabilizava apenas dois sets perdidos para a rival chinesa na soma dos confrontos até então. A partida entre Williams e Zheng atraiu a presença de celebridades na arquibancada em Wimbledon. O meio de campo Ryan Giggs, do Manchester United, e o ator Dustin Hoffman acompanharam o confronto de perto.

Com boa atuação de Sheilla, Brasil bate a Enquanto isso... Tailândia e segue na briga pelo título do Grand Jules Bianchi não deu

D

epois de começar a fase final do Grand Prix tropeçando contra os Estados Unidos, a seleção feminina de vôlei engrenou na competição. Na madrugada deste sábado, as comandadas do técnico José Roberto Guimarães novamente fizeram um bom jogo e com facilidade venceram a Tailândia por 3 sets a 0, com parciais de 25-20, 2523 e 25-14. O triunfo contra as tailandeses foi o terceiro do Brasil nesta fase final do torneio e manteve o país na briga pelo título. A seleção encerra sua participação na competição neste domingo contra a Turquia e precisa torcer por um tropeço das norte-americanas contra a China para conseguir a conquista. A oposto Sheilla foi um dos destaques do Brasil no triunfo contra a Tailândia. A jogadora terminou a partida como a maior pontuadora do jogo com 15 acertos e elogiou as rivais. “O time jogou bem. A Tailândia é um adversário complicado. Nos mantivemos concentradas durante todo o confronto. Tivemos dificuldade com o saque delas no início do jogo, mas ao longo do confronto nosso saque e

DIVULGAÇÃO

Magnano comenta ingresso de 5º brasileiro na NBA e vê seleção aberta a Fab Melo

Jogadoras da seleção brasileira de vôlei comemora a vitória contra a Tailândia

bloqueio funcionaram”, comemorou. Para o duelo desta madrugada, Zé Roberto manteve o mesmo time que atropelou Cuba na última sexta-feira. Com isso, Fernandinha, Adenízia e Fernanda Garay novamente começaram a partida como titulares. Apesar disso, o Brasil não iniciou bem o jogo e viu as adversárias largarem na frente do placar impulsionadas principalmente pela

Oiapoque Seleção Oiapoquense realiza seus últimos preparativos para a estreia no Intermunicipal.

ANTONIO LUIZ

aos clubes. Amapazão Oratório x São José abrem a 2ª rodada este domingo às 17hs, no Gigante da Favela. Amapazão I A decepção do returno fica por conta do nanico público que tem comparecido aos jogos. Brasileirão Domingo agitado

boa consistência defensiva. Porém, a eficiência de Fernanda Garay e Sheilla recolocaram a seleção no jogo. Após virar para 18 a 17, a equipe de Zé Roberto não deu mais chances para as rivais e fechou o 1º set em 25 a 20. O 2º set começou mais tranquilo para as brasileiras. O time aproveitou a superioridade pelo alto e teve o bloqueio como principal armar para passar pelo volume de jogo da

Mengão x Atlético-GO, Lusa x Santos e Palmeiras x Figueirense.

Colunista alpcampos@hotmail.com

Negativo Falta de vaga em voos no trecho Macapá/Belém adiou a estreia do Santos na Série D. O problema deve adiar outros jogos, gerando enorme prejuízo

chances para os adversários na primeira corrida da etapa de Nurburgring da World Series, neste sábado, e conquistou a sua primeira vitória na temporada 2012 da categoria. O francês da equipe Tech 1 largou na pole position e não foi incomodado em nenhum momento durante a prova para terminar 9s7 frente de Nico Muller, da Draco, segundo colocado. Robin Frijns completou o pódio da prova. O melhor brasileiro na corrida foi Cesar Ramos, da Lotus, que recebeu a bandeira quadriculada na 12ª colocação. O piloto gaúcho, que retorna à categoria depois de ficar fora das três primeiras etapas, poderia ter conseguido um resultado melhor, já que estava em décimo até a penúltima volta, quando levou um toque do colombiano Carlos Huertas e rodou. Os outros três pilotos do país também não tiveram um bom sábado na Alemanha: Yan Cunha, da Pons, foi o 17º, André Negrão, da Drago, 19º, e Lucas Foresti, da Dams, abandonou na 11ª volta. ............................................................................

Toque de Primeira Positivo Final de semana cheio de esporte, com final no Futebol de Areia, Circuito Banco do Brasil – Vôlei de Praia. Ainda tem Liga Nacional de Clubes de Vôlei e Amapazão.

Bianchi domina a 1ª corrida do final de semana

com

Oiapoque I Dia 03 JUL encara Calçoene o prefeito Aguinaldo Rocha oferece apoio à rapaziada. Libertadores Há quem aposte na mística do Boca Juniors em pleno Pacaembu. O Timão vai deixar? Vôlei de Praia Circuito Banco do Brasil reúne elite e os campeões serão conhecidos neste domingo.

Tailândia. No fim, vitória do Brasil na parcial por 25 a 23. Já o 3º set foi praticamente decidido logo no início em um contra-ataque. Depois de boa disputa de bolas, a levantadora Fernandinha conseguiu o ponto para o Brasil, que abriu 10 a 7 e só teve o trabalho de administrar a vantagem. Com saque e bloqueio eficientes, a seleção brasileira fechou a parcial em 25 a 14 e decretou a vitória no duelo.

Vôlei de Quadra Liga Nacional de Clubes tem Congresso Técnico este domingo e jogos na segunda-feira Papão da Amazônia Ansiedade marca o Paysandu antes da estreia na segunda-feira contra o Luverdense. Corrida do Bombeiro Esta prova também chamada Corrida do Fogo ocorre domingo. Atletismo de primeira! Futsal Fraldinha Reúne garotos de 5 a 7 anos e o certame desperta interesse de familiares e educadores. Copa do Brasil Palmeiras x Coritiba ini-

Ao mesmo tempo que a seleção derrotava a Grécia em São Carlos, na noite da última quinta-feira, em um torneio de preparação olímpica, o mineiro Fabricio Melo era escolhido pelo Boston Celtics no Draft da NBA [processo de recrutamento de novos jogadores pela liga]. Após a partida amistosa, o técnico Rubén Magnano disse que a equipe nacional tem portas abertas ao jovem pivô em oportunidades futuras. O treinador argentino da seleção masculina afirmou que esteve recentemente com Fab Melo [como é conhecido nos EUA] em Nova York, onde convidou o atleta para integrar a equipe B do Brasil no último Sul-Americano, competição que teve desfecho na última semana. No entanto, o envolvimento no processo de recrutamento da NBA impediu a viagem até o torneio na Argentina. ciam a decisão em São Paulo, mas a final acontece em Curitiba. Futebol Sub-18 FAF marcou para 09 de agosto o início desse importante certame de formação de base. Escolinha Zico 10 Prima na capacitação dos instrutores, valorizando ex-atletas com formação acadêmica. Escolinha Zico 10 I Sub-13 vai a Belém de 09 a 12 AGO e faz amistosos com Paysandu, Desportiva e Tuna. Fenômeno Azul Atletas experientes lideram o Remo no combate deste domingo contra o Penarol-AM.

Orca Demolidora Presidente Arlindo Moreira batalha e Oratório já assegurou disputa nacional em 2013. Copa Marcílio Dias José Maria Teixeira e Cia Ltda celebram cinquenta anos do evento. A festa vai rolar! Eurocopa 2012 Favorita Espanha e surpreendente Itália definem este domingo a corre europeia. Confira! Você Sabia Que os I Jogos No Meio do Mundo institui uma espécie de Miniolimpíada. Rola de 15 a 25 JUL, com 17 modalidades esportivas. Reúne 4 mil brasileiros e franceses.


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

U

Gabriela Koch Chefe Berlusconni

Mensagem do dia “Uma vez que as guerras nascem no espírito dos homens, é no espírito dos homens que se devem erguer as defesas da paz”. Archibald McLeish, poeta americano

Regi Junior

Gleica e Henrique

Paulo chama e Arlete

Thais Guedes

ma comitiva formada por 19 pessoas, entre elas, dirigentes do Sebrae, secretários de Estado e técnicos, apresentam no período de 1º a 5 de julho, na Guiana Francesa (Caiena) e Suriname (Paramaribo) o evento Amazontech. Desenvolvido pelo Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), Unifap (Universidade Federal do Amapá) e GEA (Governo do Estado do Amapá), o Amazontech que objetiva a disseminação da inovação e tecnologia para desenvolver negócios na Amazônia, incluindo estratégias de mercado, políticas públicas, responsabilidade sócioambiental e educação, assegurando competitividade e sustentabilidade. A comitiva, representando as Instituições que realizam o Amazontech no Amapá, será recebida no país vizinho, por uma delegação da Câmara de Comércio e Indústria (CCIG) que acompanhará a comitiva até Paramaribo e se reunirão com membros da Câmara de Comércio do Suriname (KKF). Óleo de coco para diminuir a gordura abdominal O óleo de coco é uma das substâncias mais comentadas do momento entre as alternativas naturais para acelerar o emagrecimento. Quando se fala em óleo, a ideia que se tem é de algo prejudicial à saúde. No entanto, esse óleo é obtido por meio de um processo de fermentação do coco maduro (fresco ou seco) que evita a oxidação dele e, consequentemente, a produção do LDL, o colesterol ruim. Dessa forma, o óleo de coco se torna altamente benéfico para a saúde, pois previne doenças, promove a sensação de bem-estar e ainda dá uma ajudinha para quem quer perder peso.


CadernoB

DiaDia Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Assembleia faz a leitura do pedido de afastamento do governador amanhã A representação foi feita na semana passada pelo Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá Da Redação

O

A Assembleia Legislativa fará nesta segunda-feira (2) a leitura do pedido de afastamento do governador Camilo Capiberibe do cargo, por crime de responsabilidade. A representação foi feito na semana passada pelo Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá (Sinsepeap). A categoria cobra do Executivo a implantação do piso salarial. Segundo a Assembleia Legislativa, depois de ser lida a Mesa Diretora da Casa vai comunicar os líderes de partidos para que indiquem os nomes dos deputados para comporem a Comissão Especial que irá analisar a representação feita pelo sindicato contra o governador. Os integrantes da comissão terão os nomes publicados no Diário Oficial, identificando o presidente e relator. Pelo Regimento Interno da Casa, a comissão terá cinco sessões consecutivas

para preparar o relatório sobre denúncia. O mesmo prazo deverá ser dado ao governador para que ele apresente defesa. Encerrado esta fase, o relator irá encaminhar ao plenário o parecer sobre o caso. Para que o relatório seja votado é necessário dois terço do parlamento. Caso o parecer seja pela admissibilidade da denúncia e for aprovado pelos deputados, o governador será afastado imediatamente do cargo por 180 dias. Em seguida, o Legislativo abre o processo de impeachment de Camilo Capiberibe. Se for cassado, ele perde o mandato e tem os direitos políticos suspensos. Entenda o caso Na quarta-feira (27), o Sindicato dos Professores protocolou na Assembleia Legislativa a representação por crime de responsabilidade contra o governador Camilo Capiberibe (PSB). A ação, acompanhada por um abaixo-assinado com aproximadamente 2 mil assinaturas, pede o afasta-

mento de Capiberibe do cargo. Um dos advogados que assinou a petição, Waldeci Alves, defendeu uma apuração ‘rigorosa’ das denúncias contra Camilo Capiberibe. “O governador cometeu crime de responsabilidade ao violar a lei do piso”, sustenta o jurista. “O chefe do Executivo além de quebrar o pacto federativo, o governador se coloca acima da Constituição Federal, justamente por não reconhecer a lei federal, que é competência da União, criar um piso nacional mínimo”, emendou. A ação é respaldada pela Constituição Estadual, conforme prevê os artigos 120 e 121. O texto diz que ‘nesta situação de violação da lei federal, a decisão judicial, no caso do Supremo Tribunal Federal, cabe à abertura de um processo por crime de responsabilidade’. De acordo com o advogado, o Amapá não paga o piso de R$ 1.451,00. Atualmente, o teto salarial pago pelo Estado de pouco mais de R$ 1 mil.

DIVULGAÇÃO

Sinsepeap cobra do Executivo a implantação do piso salarial

STF cassa liminar que considerava ilegal greve dos professores

O

ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), cassou os efeitos da liminar que declarava a ilegalidade da greve dos professores estaduais da Bahia e pedia o retorno imediato dos profissionais às atividades sob pena de multa diária de R$ 50 mil. A decisão foi proferida em resposta à reclamação feita pela defesa do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB). A greve no ensino público do estado completa 80 dias na sexta-feira (29). O ministro remeteu os autos do processo para ser julgado pelos desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O TJ-BA informa que já tomou conhecimento da decisão e afirma que o caso deve ser apreciado na próxima semana. Em nota, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) ressalta que o julgamento atual não afeta o do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que manteve o corte do salário dos professores que participam da greve. A reclamação foi julgada procedente em parte,

sendo remetidas para a instância estadual ainda algumas questões de caráter processual pedidas pela defesa, entre elas, a aplicação da legislação específica de greve, abrangendo, por exemplo, os dissídios da categoria. Em sua decisão, o ministro do STF considerou “lamentável” o fato do TJ-BA não ter se posicionado em relação à situação de greve. “O órgão judiciário que, embora competente para apreciação da controvérsia, ainda não se manifestou, de modo inaugural, nos autos da referida ação civil pública”. Em seguida, retrata que seria cabível, por parte do judiciário estadual, “mostrar caminhos seguros para uma desejável conciliação entre as partes, além do equilíbrio necessário entre o exercício do direito constitucional de greve e a garantia da continuidade da prestação de serviços públicos de importância capital para a população, como é seguramente a educação”. A PGE, órgão de defesa do Governo, afirma que, assim que notificada da decisão, entrará com as “medidas cabíveis em

defesa dos milhares dos estudantes”. Os representantes da APLB não foram encontrados para comentar a decisão. Demissões Cinquenta e sete professores do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) tiveram os contratos rompidos com o Governo do Estado da Bahia por não acatarem a convocação de retorno imediato às salas de aula, segundo informações da Secretaria de Administração do Estado (Saeb). O desligamento dos profissionais foi oficializado em divulgação no Diário Oficial do Estado de quinta-feira (28). No mesmo dia, foi publicado no documento o afastamento de três professores efetivos, com punição aplicada a eles de processo administrativo por indisciplina, de acordo com a Saeb. Os três serão punidos por adotarem comportamentos inadequados, como vandalismo e ameaças, ao tentar impedir aulas para estudantes do 3º ano do ensino médio do Colégio Thales de Azevedo, no bairro do Costa Azul, em

Ministro Ricardo Lewandowski pediu o retorno imediato dos profissionais às atividades sob pena de multa

Salvador. No Diário Oficial de sexta-feira (29), segundo a Saeb, outros 57 professores efetivos são convocados a se apresentar imediatamente para o retorno às salas de aula. Segundo a Saeb, os professores em regime Reda foram demitidos porque, assim como aqueles que estão em estágio probatório, não podem participar de movimentos grevistas.

Pedido dos professores Os professores pediram reajuste de 22,22%. Eles alegam que o governo fez acordo com a categoria, em novembro do ano passado, que garantia os valores do piso nacional, e depois ignorou o acordo mandando para a Assembleia um projeto de lei com valores menores. No dia 25 de abril, os deputados aprovaram o projeto enviado pelo executivo

que garante o piso nacional a mais de cinco mil professores de nível médio. A proposta feita pelo governo prevê reajuste salarial entre 22% e 26% por meio de progressão na carreira, através da presença regular em cursos de qualificação promovidos pelo governo. O sindicato aponta que a proposta não contempla os professores aposentados, em licença médica e estágio probatório.

Reivindicações de servidores podem custar R$ 60 bi

N

a contabilidade do Ministério do Planejamento, o custo das reivindicações apresentadas por servidores públicos para 2013 alcança R$ 60 bilhões. “É mais do que a previsão de gastos do Orçamento com as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)”, comentou o secretário de relações de trabalho, Sérgio Mendonça, responsável pela Mesa Permanente de Negociação com o

funcionalismo. Mendonça vem recebendo representantes de categorias e anotando as reivindicações. Por ora não apresentou nenhuma contraproposta, o que levou algumas categorias a cruzarem os braços e ameaçarem uma greve geral. Segundo avaliação da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), cerca de 300 mil servidores já estão parados, e a greve geral

pode alcançar 500 mil. A paralisação é apoiada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), braço sindical do PT. Mas Mendonça não acredita em greve geral. “Não é comum uma greve geral, os interesses são muito específicos, não acho possível”, comentou. Ele calcula que nos quatro meses em que coordena a Mesa Permanente de Negociação foram realizadas 130 reuniões

com representantes de diferentes categorias. Segundo o secretário, a orientação do governo é reconhecer a legalidade do movimento, mas admite o corte do ponto dos funcionários grevistas. “Não vamos esticar a corda demais, mas temos de garantir os serviços.” Conforme Mendonça, o governo ainda deve demorar um mês para apresentar uma contraproposta aos funcionários públicos. Em 31 de

julho, um mês antes do prazo final para o envio da proposta da nova lei orçamentária para 2013 ao Congresso, o governo deverá ter alguma resposta aos servidores, prevê o secretário. Mas ele não adiantou os critérios do governo para a concessão de correção salarial em 2013. Reajustes O impacto dos gastos com pessoal no conjunto das despesas públicas é uma das principais

preocupações do governo. Várias categorias pedem correção de 22%. Algumas, como os auditores fiscais da Receita Federal, há 12 dias em operação-padrão, pedem mais de 30% de reajuste. “O custo total da folha de salários é de R$ 200 bilhões, e só o impacto das reivindicações do executivo civil chega a R$ 60 bilhões”, calcula o secretário. O valor corresponde a mais de três vezes os repasses do Bolsa Família.


JD

Polícia

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

B2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Posse de Sueli Pini é contestada no STF Juiz Constantino Brahuna contesta no Supremo impedimento dos votos que deram posse à Sueli Pini Da Redação

E

stá na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) o mandato de segurança movido pelo juiz Constantino Brahuna, contra a desembargadora Sueli Pini, que assumiu recentemente no Tribunal de Justiça do Amapá. A decisão que deu posse à Pini foi dada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que na prática acatou dois pedidos interpostos pela magistrada para que fosse revista decisão do TJAP sobre promoção de magistrados naquele tribunal. O relator foi o conselheiro José Roberto Neves Amorim. O CNJdesconsiderou o voto do desembargador Agostino Silvério Júnior, por considerá-lo impedido. O desembargador Mário

Gurtyev disse que o motivo do CNJ considerar Agostino impedido foi pelo fato da nota do desembargador destoar das demais notas dadas aos candidatos que concorriam à vaga deixada pelo desembargador hoje aposentado, Honildo Amaral de Melo Castro. Outro motivo para desconsiderar Agostino impedido foi o fato do mesmo estar enfrentando ação penal movida pela juíza Sueli Pini, que por sua vez também enfrenta uma ação penal movida por Agostino. Disputa A disputa entre Brahuna e Pini pela vaga não é de hoje. Em março deste ano, o CNJ decidiu desconstituir o resultado do processo eleitoral que elegeu o juiz Constantino Augusto Tork Brahunapara o cargo de desembar-

gador. A eleição fora questionada no CNJ pela juíza Sueli Pini, que também concorria à vaga. À época, o CNJ havia decidido pela promoção por merecimento da juíza. Decepcionado, Brahuna considerou a posse de Sueli Pini um arranjo para anular o processo de escolha do novo desembargador, e adiantou que iria entrar com um mandado de segurança junto ao STF. O processo deu entrada no dia 20 do mês passado, e foi distribuído para o ministro Luis Fux. No último dia 27, o processo foi despachado para a presidência do STF, que deverá se manifestar nos próximos dias quanto ao assunto. O advogado de Constantino Brahuna é o desembargador aposentado, Honildo Amaral de Melo Castro.

Os 190 anos do Grande Oriente do Brasil

HEVERTON MENDES

Desembargadora Sueli Pini, que assumiu recentemente no Tribunal de Justiça do Amapá

Entidades religiosas podem ficar isentas de INSS na construção de templos

Grande Oriente do Brasil reuniu seus membros para comemorar os 190 anos de existência

N

a semana que passou o Grande Oriente do Brasil (GOB), a maior potência maçônica da América Latina e uma das cinco maiores do planeta, reuniu seus membros em Brasília, para comemorar os 190 anos de existência, com direito as homenagens aos decanos da daquela entidade filantrópica. História É creditada ao GOB grandes feitos nacionais como: Abolição da Escravatura, Independência do Brasil e a Proclamação da República, dentre outras, sempre idealizadas e conduzidas por maçons da extirpe de José Bonifácio de Andrada e Silva (Primeiro Soberano Grão-Mestre) e D. Pedro I (Segundo Soberano Grão-Mestre). Berço da maçonaria brasileira, o GOB que tem sua

sede em Brasília (DF), marcou a data com uma sessão solene seguido de jantar comemorativo, onde participaram os Grão-Mestres Estaduais, convidados especiais e os maçons mais antigos dos Estados, onde hes foram prestadas homenagens especiais. Homenagem Pelo Amapá o escolhido foi o médico traumato-ortopedista Raimundo Lopes. Maçom desde 27 de novembro de 1971 teve sua iniciação em Boa Vista (RR), na Loja 20 de Agosto. Em 1975, por contingência profissional veio transferido para o Macapá, sendo um dos responsáveis pela fundação da primeira loja do GOB em 1989 que foi a Tiradentes. Completando 40 anos de trabalhos ininterruptos frente à entidade amapaense, o médico Raimundo Lopes foi agracia-

do no Planalto com a comenda Cruz da Perfeição Maçônica. No último dia 16 foi à vez do Soberano Grão-Mestre da loja amapaense Marcos José da Silva, entregar ao médico Lopes, a Monção de Gratidão devido à condição de decano do homenageado, por sua grande contribuição e destaque alcançado pelo GOB em todo o mundo. “Apesar dos 40 anos passados, me sinto como um jovem aprendiz, sempre ávido por conhecimento e aprimoramento”, ensinou Lopes. “A Maçonaria faz parte do substrato da minha história pessoal, e mais do que receber a homenagem e agradecimentos pela dedicação, devo agradecer a Maçonaria por tudo que me proporcionou”, encerrou Lopes, bastante emocionado.

Projeto de Lei quer isentar as entidades religiosas da contribuição previdenciária relativa à construção de templo

T

ramita na Câmara o Projeto de Lei 3045/11, do deputado licenciado Aguinaldo Ribeiro (PB), que isenta as entidades religiosas da contribuição previdenciária relativa à construção de templo ou de sede social. De acordo com a Lei Orgânica da Seguridade Social (8.212/91), as pessoas jurídicas devem recolher para o INSS 20% do total de remunerações pagas aos trabalhadores, ou 15% sobre o valor bruto da nota fiscal em serviços prestados por cooperativas de trabalho. O parlamentar argumenta que sua proposta busca

Projeto cria sistema de inclusão previdenciária para trabalhador de baixa renda no país

A

Câmara analisa o Projeto de Lei 3082/12, do Senado, que cria um sistema especial de inclusão previdenciária para os trabalhadores de baixa renda e para aqueles que se dedicam exclusivamente ao trabalho doméstico. Pela proposta, a alíquota será de 7,65% sobre o menor salário de contribuição, desde que optem pelo recebimento de benefícios de um salário mínimo. De acordo com a proposta, trabalhador de baixa renda é aquele que, sem vínculo empregatício, tenha rendimentos mensais inferiores a dois salários mínimos. Autor da proposta, o senador Paulo Paim (PT-RS) ressalta que é imprescindível que haja estímulos a um significativo

reduzir as dificuldades enfrentadas pelas entidades religiosas nas comunidades pobres, onde, muitas vezes, os próprios fiéis ajudam financeiramente na construção do templo. Aguinaldo Ribeiro diz também que, “após a obra estar concluída ou já em fase avançada, a entidade religiosa com frequência se vê surpreendida com a presença da fiscalização do INSS, que passa a exigir contribuições que seriam devidas, acrescidas de multas e outras penalidades”. O autor da proposta acredita que deve ser vedada a incidência de impostos sobre o templo já construí-

do, mas também na construção do templo. Tramitação A proposta está apensada ao PL 3991/08, do deputado Jefferson Campos (PSD-SP), de idêntico teor. Ambas terão análise conclusiva das comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Outro projeto de mesmo teor (PL 4704/04), do ex-deputado Feu Rosa, foi arquivado ao final da 52ª legislatura (20032006), em razão de sua tramitação não ter sido concluída.

Código Florestal poderá ser revisto a cada cinco anos

A

Câmara analisa o Projeto de Lei 3371/12, do deputado Alceu Moreira (PMDB-RS), que prevê a revisão do Código Florestal(Lei 12.651/12) a cada cinco anos.

Pela proposta, a alíquota será de 7,65% sobre o menor salário de contribuição

aumento da cobertura do sistema de Previdência social. Ele cita dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísti-

ca (Pnad-IBGE), de 1998, dando conta de que há cerca de 39 milhões de trabalhadores que não são contribuintes da Previdência pública. O parlamentar observa

que, “tendo em vista que a população ocupada está na casa de 66 milhões de pessoas, conclui-se que essa previdência abrange apenas 41% do total das pessoas ocupadas”.

Proteção Alceu Moreira explica que a revisão periódica pretende manter a legislação atualizada, procurando harmonizar a proteção ao meio ambiente com o desenvolvimento agropecuário. “Devemos evitar que o novo Código Florestal se torne obsoleto ao longo dos anos, como ocorreu com o atual, e crie obstáculos desnecessários ao desenvolvimento do País.” Na opinião de Moreira, o código anterior (4.771/65) impunha dificuldades ao produtor rural.

Câmara analisa o Projeto de Lei, do deputado Alceu Moreira, que prevê a revisão do Código Florestal(Lei 12.651/12) a cada cinco anos


JD

DiaDia

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

B3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Amapá é o Estado com maior índice de crianças com dentes cariados no país

Esta informação faz parte das pesquisas realizadas e atualizadas de dois em dois anos por especialista no assunto CINTHYA PEIXE Da Redação

O

Amapá é o Estado brasileiro que apresenta o maior índice de crianças com dentes cariados. Esta informação faz parte das pesquisas realizadas e atualizadas de dois em dois anos pela doutora em odontopediatria Cristina Granella. Outros dados a respeito do percentual de crianças com cárie foram expostos durante o do 3º Módulo de Atualização em Odontopediatria, que é promovido pela Associação Brasileira de Odontopedria – Regional Amapá. O evento ocorreu no último sábado, 30, auditório do Conselho Regional de Odontologia do Amapá. O 3º Módulo de Atualização em Odontopediatria foi ministrado pela doutora Helenice Biancalana, que é diretora do Departamento de Prevenção e Promoção de Saúde da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD). Helenice Biancalana informou que o último levantamento de saúde bucal mostrou uma

evolução, mas há muitas diferenças nos índices entre o norte e sul do país. “Os últimos levantamentos mostram uma evolução na saúde bucal do nosso país, mas somos um país de desigualdades e a condição de saúde bucal da região sudeste e sul é muito diferente da região norte. Enquanto em São Paulo temos um índice 1,7%; no Amapá temos um índice de 3,2% de dentes cariados, perdidos e obturados”, explicou a cirurgiã-dentista. Biancalana disse que esses dados negativos refletem a falta de políticas públicas voltadas para a saúde bucal. “Há uma necessidade maior de políticas públicas que dêem atenção para a saúde bucal da região norte, falta melhorar a condição do saneamento básico e os profissionais precisam também se envolver com a saúde coletiva”, comentou a doutora. Projetos Há diversos projetos e pesquisas desenvolvidas por estudantes e profissionais com o intuito de

melhorar a saúde bucal das crianças do estado. Dentre estes projetos, destaca-se a “Avaliação do percentual de perda precoce do primeiro molar permanente”, que avaliou crianças de 9 a 12 anos da rede pública do município de Macapá. A pesquisa foi desenvolvida pelas dentistas Darlene Rilda Viana, Nayara Ferreira Brito e Viviane Gonçalves. Os estudos, feitos em 1444 estudantes, constataram que há a perda precoce do primeiro molar. Este dente é a unidade mais importante da mastigação e sua pode acarretar alterações das arcadas dentárias pelo resto da vida. Estas alterações poderão ser: a diminuição da função mastigatória onde houver a perda, migração dos dentes vizinhos para o espaço do dente ausente, erupção contínua do dente antagonista, distúrbios na articulação têmporo-mandibular afetando o equilíbrio do sistema mastigatório. Para diminuir a perda primeiro molar perma-

DIVULGAÇÃO

O principal sintoma da cárie é a dor. Em geral, a dor de dente significa que algo não vai bem

nente, as dentistas sugerem que haja programas de prevenção e também conscientizar as famílias a respeito da importância deste dente. Cárie A cárie é um dos distúrbios mais comuns, depois apenas do resfriado. Normalmente, ocorre em crianças e jovens, mas pode afetar qualquer pes-

soa. É uma causa comum de perda de dentes em pessoas jovens. “Cárie” é outra forma de se denominar a deterioração do dente. A deterioração do dente é fortemente influenciada pelo estilo de vida do indivíduo - o que se come, como se cuida dos dentes, a presença de flúor na água ingerida e o flúor no creme dental. A heredita-

riedade também tem um papel importante na predisposição de seus dentes para se deteriorarem. O principal sintoma da cárie é a dor. Em geral, a dor de dente significa que algo não vai bem. Portanto, dores constantes no mesmo dente, principalmente quando ingerimos algo doce ou gelado, sugerem uma visita ao dentista.

Semana do Bombeiro encerra com tradicional Corrida do Fogo DIVULGAÇÃO

CINTHYA PEIXE Da Redação

N

este domingo, 1, acontece a 37ª edição da Corrida do Fogo. A competição é organizada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá (CBMAP) e tem a função encerrar a Semana do Bombeiro, que começou no início de junho. A prova está prevista para iniciar às 7h20, sendo que a concentração dos atletas acontecerá uma hora antes. O objetivo da competição é, além de incentivar a prática de atividades físicas, confraternizar e promover a interação entre Corpo de Bombeiros, demais órgãos integran-

tes das Forças Armadas e a comunidade civil por meio do esporte. Major Assunção, do Centro de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros, informou Corrida do Fogo, é a principal modalidade disputada durante a Semana do Bombeiro, já que ela envolve também o público externo. “No período do território o bombeiro fazia parte da Policia Militar, somente em 1990 houve a emancipação, mas antes dessa emancipação a corrida já existia. Desta forma consideramos a Corrida do Fogo uma competição tradicional dentro da corporação e também junto ao público externo”, destacou.

A corrida terá um percurso de 10 km para competidores gerais e 2 km para cadeirantes. A saída será em frente ao Comando Geral da corporação, na Avenida Padre Júlio. Ao longo do percurso haverá fiscais com a função de orientar os atletas e anotar possíveis infrações. Além de duas ambulâncias com socorristas e postos de hidratação a cada 3 km. Serão premiados com medalhas os três primeiros colocados de cada categoria. Além disso, o Major Assunção ressalta que será realizada distribuição de vários prêmios surpresas para os vencedores da competição.

A prova está prevista para iniciar às 7h20, sendo que a concentração dos atletas acontecerá uma hora antes

Justiça determina que operadoras não podem vender celular bloqueado

O

TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região determinou ontem que as empresas de telefonia não podem vender ao consumidor aparelhos celulares bloqueados. A multa às operadoras em caso de descumprimento foi estabelecida em R$ 50 mil por dia. Cabe recurso à decisão, da 5ª Turma do tribunal, tomada como resposta a uma ação do MPF (Ministério Público Federal) e da Oi Móvel. Na prática, a decisão não deve ter muito impacto, já que desde 2010 a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) permite que o consumidor peça às operadoras que desbloqueiem o aparelho gratuitamente. “Desde então, as empresas passaram a optar pela fidelização do cliente por meio dos planos, e não do aparelho”, aponta Eduardo Tude, da consultoria Teleco. “O que mudaria, se a decisão se confirmar, é que antes o cliente tinha que ir à operadora pedir o desblo-

queio e agora o aparelho celular já viria desbloqueado”, completa. Normas A venda de aparelhos bloqueados por até 12 meses é prevista por uma norma da Anatel. O recurso do MPF e da Oi Móvel foi a essa norma, com o argumento de que “nada justifica o bloqueio dos aparelhos, pois tal prática vincula o consumidor a uma única operadora”. “Nossa argumentação é em defesa do consumidor, e não contra”, afirma Eduardo Levy, do SindiTelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal). “O cliente tem a opção de comprar o telefone pelo valor que ele quiser e habilitar na operadora. Mas também pode escolher o melhor valor e assumir, por opção, uma fidelização, pagando mais barato pelo aparelho.” Levy diz ainda que a prática de fidelização é comum no mundo todo. “Não obrigamos nin-

DIVULGAÇÃO

guém a fazer nada. O legislador é que acaba retirando a opção do cliente, e não o contrário”. Fidelização Em sua defesa, durante o julgamento, as operadoras Vivo e Claro sustentaram a tese de que o consumidor sempre teve o direito de procurar a operadora mais conveniente e pagar o valor total do aparelho celular. Declararam ainda que, para conceder benefícios ao cliente, precisam arcar com o custo do aparelho e acabam por “transportar determinados encargos para o mercado”. O argumento foi rechaçado pelo tribunal. O relator do caso, o desembargador federal Souza Prudente, declarou que nos dias atuais “não vale a vontade do príncipe, mas a vontade do povo manifestada em lei”. “O bloqueio técnico dos aparelhos celulares configura uma violência contra o consumidor”, afirmou. “Ao obrigar o consumidor a ficar fidelizado a determinado plano, está

Empresas passaram a optar pela fidelização do cliente por meio dos planos, e não do aparelho

caracterizada a venda casada, uma afronta, pois, aos direitos do

consumidor”, declarou a desembargadora federal Selene Almeida em seu

voto. A decisão da 5ª Turma do tribunal foi unânime.


DiaDia

JD

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

B4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Bailique vai receber novos investimentos Energia 24 horas, passarelas reformadas, pagamento do Renda , entre outros, foram anunciados para a comunidade

M

oradores do arquipélago do Bailique sentem do dia-a-dia as mudanças que começam a modificar a vida nas comunidades. Energia 24 horas, passarelas reformadas, pagamento do Renda Para Viver Melhor na localidade e merenda escolar regionalizada. “Forneço peixe para a merenda, agora vamos poder armazenar por mais tempo com a energia 24 horas, e não temos mais que ir à Macapá receber o benefício, nossa vida está melhorando”, confirma o pescador Eliziário Almeida. O arquipélago é distrito de Macapá, formado por oito ilhas onde se dividem 47 comunidades, reconhecidas pelo Conselho da região. A população de cerca de 12 mil habitantes vive na maioria da pesca de camarão e peixe, extração de palmito, venda de açaí e outras frutas como melancia e pequenos comércios. Durante oito anos Bailique foi abandonado pelo poder público e se distanciou do modelo de desenvolvimento sustentável que virou sua marca registrada. A retomada de projetos de crescimento iniciou em 2011 e agora começam a aparecer os primeiros resultados. 12 meses atrás- Há um ano uma comitiva do GEA esteve no arquipélago e durante a Escuta Popular do Plano Plurianual Participativo (PPA) ouviu reclamações das condições de

vida. A partir desse momento, técnicos do Governo do Estado iniciaram o planejamento das ações para atender as necessidades e executam os projetos que estão aquecendo a economia local, levando benefícios sociais para os moradores e desenvolvimento para a localidade. Projetos importantes estão sendo retomados, como as fábricas de beneficiamento de produtos regionais, de gelo, hotel escola e escola bosque. Passarelas Elo de trânsito dos moradores, as passarelas em madeira estavam na maioria em estado de calamidade, destruídas, inseguras e sendo remendadas pelos próprios moradores. O GEA assinou convênio de R$ 1.057 milhão com o Conselho Comunitário de Bailique (CCB) para a construção de 9.900 metros de passarelas com mão-de-obra local. “As comunidades foram selecionadas pelo critério de necessidade e urgência. Em breve as demais também serão atendidas”, informou o presidente do CCB, Paulo Rocha. Progresso, Macedônia, Itamatatuba, Santo Antônio, Freguesia, Franquinho, Igarapé do Meio, Maúba, Monte Carlos e Boa Esperança foram selecionadas. Até agora foram executados 70% dos serviços. Renda Pra viver MelhorAs 522 famílias bailiquen-

ses atendidas pelo programa realizaram um fato inédito. Pela primeira vez as mães e responsáveis estão sacando no caixa do Banco Postal da Vila Progresso, o valor de R$ 388,00, cada uma. “Só de pensar que não tenho que ir para Macapá receber é um alívio. Tinha que gastar com passagem e deixar meus filhos aqui, assim é muito melhor”, disse a dona de casa Ana Celes, da localidade Ponta do Curuá. Uma parceria com o Banco do Brasil está possibilitando essa novidade. O pagamento está sendo feito desde sexta-feira por localidade por causa da capacidade de atendimento do Banco, insuficiente para receber todos os beneficiados de uma vez. Energia 24 horas Depois de 10 anos a comunidade do Bailique volta a ter geração de energia 24h. O governador Camilo, e os presidentes da CEA, José Ramalho, e da Soenergy, Jairo Piedrahita, foram na Usina Termelétrica do Bailique, na Vila Macedônia, acompanhar de perto o funcionamento das novas máquinas no primeiro dia de geração 24h. Os quatro geradores irão atender aproximadamente 1.047 famílias de oito comunidades, beneficiando mais de 5 mil pessoas da Progresso, Macedônia, Buritizal, Nossa Senhora Aparecida, Jaranduba, Igarapé do Meio, Macaco de Fora e

O governador Camilo, e os presidentes da CEA, José Ramalho, e da Soenergy, Jairo Piedrahita, foram na Usina Termelétrica do Bailique, na Vila Macedônia, acompanhar de perto o funcionamento das novas máquinas

São João Batista. A maior vantagem da energia 24 horas é o desenvolvimento econômico e sustentável da região. O governador disse que não foi fácil colocar novas máquinas para gerar energia 24h no distrito. “É preciso ter competência, conhecimento técnico e vontade política. A época de esperar acabou, agora temos que realizar, com mais energia aumentam os investimentos e a geração de emprego e renda”, disse o governador. Economia e Merenda Reginalizada Pescadores e produtores de Bailique estão fornecendo produtos para a alimentação dos alunos das 27 escolas estaduais. Na co-

munidade de Carneiro, a exemplo das demais, a base da merenda é peixe, camarão, açaí e sucos de frutas regionais, produzidas nas localidades. Com os repasses regulares dos governos Estadual e Federal, os pequenos fornecedores têm uma renda permanente e os estudantes deixam o suco com bolacha para se alimentar de tapioquinha, açaí, peixe e camarão. “Compramos direto nos barcos dos produtores e fazemos o pagamento em dia”, disse o diretor da Escola Estadual Igarapé do Carneiro, José Conceição. No Franquinho durante a programação em homenagem a São Pedro, padroeiro dos pescadores, o

GEA anunciou as novas medidas que complementam as então realizadas. Na área de educação, ele informou que vai abrir a licitação para a construção de dez escolas para substituir as que estão em estado precário e que o ensino técnico profissionalizante será implantado na Escola Bosque. Ainda garantiram que Bailique será contemplado com o projeto que pretende o financiamento de R$ 116 milhões do Fundo Amazônia para o desenvolvimento da cadeia produtiva do açaí, madeira e castanha, e que na Rio + 20, assinou Termo de Cooperação com o Fundo Vale para buscar recursos e investir mais na localidade.

Moradores do bairro Amazonas recebem títulos de terra

O

sonho da casa própria e titulada dessa vez é realidade no bairro Amazonas. Foram entregues 400 títulos definitivos de terras aos moradores residentes da zona Norte de Macapá. Sem nenhum custo, a ação do Programa Lote Legal, o ato faz parte do PROAMAPÁ, e tem como objetivo regularizar os loteamentos estaduais com emissão de 6.445 títulos definitivos aos moradores dessas áreas. Para o cadeirante que mora há quase dez anos no bairro Amazonas, José Carlos Sampaio, essa é a prova do compromisso do governador

Camilo com os que moram em lugares afastados do centro da cidade. “Tenho três filhos e um de nossos sonhos agora é realidade, que é de ser proprietário definitivo de um terreno. Minha esposa agora pode ficar despreocupada, pois além de não gastarmos nada com a regularização em cartório, poderemos planejar o futuro para o bem-estar de nossos filhos”, declarou. O diretor-presidente do Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (Imap), Maurício de Souza, declarou que esse é o segundo passo que o

governador está dando por meio do órgão. “São 400 famílias beneficiadas, e o que é melhor, não teve nenhum custo para essas pessoas. O próximo passo agora é nos bairros Renascer, Marabaixo I, II e III, Açucena, Tucumã, Boné Azul, Brasil Novo, Vale Verde e Jovelina. A intenção é entregar até dezembro todos os 6.445 títulos”, afirma Maurício. O Programa Lote Legal vai regularizar a situação de 6.445 proprietários de imóveis de dez bairros de Macapá, doados pelo Estado entre o início da década de 90 e o ano de 2000.

Unidade do Super Fácil é inaugurada em Calçoene

O

s moradores da Municipio de Calçoene distante a 356 kilomêtros da capital amapaense, Ganhou uma nova unidade do Super Fàcil na última sexta-feira. A medida beneficiará nove mil cidadãos que moram na cidade, que não precisarão se deslocar até Macapá para obter os diversos atendimentos que o órgão disponibiliza na capital. De acordo com o diretor-presidente do Siac, Dário Nascimento, a ação foi executada em parceria com a Prefeitura Municipal de Calçoene, que reformou o antigo Hotel de Trânsito do Governo Estadual e adequou o prédio onde funcionará o Super Fácil. A Prefeitura também cedeu 10 servidores, que foram capacitados pelo Estado, para realizarem os atendimentos no Siac. O diretor também explicou que o custo mensal do Estado com a nova unidade é de R$ 14 mil ao mês, montante que

Bairro Amazonas: zona norte já recebeu 400 títulos definitivos de terras aos moradores

Semana do empreendedor individual inicia segunda ao lado do Bacabeiras

N

Ação foi executada em parceria com a prefeitura

pagará as gratificações para os funcionários municipais cedidos ao Siac, além do investimento de R$ 33 mil em móveis e aparelhamento do órgão. Essa é a 9º unidade do Super Fácil no Amapá. Serviços Dário Nascimento explicou que no local serão disponibilizados serviços do

Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete), Sistema Nacional de Empregos (Sine), Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), Agência de Fomento do Amapá (Afap) e Polícia Técnico-Científica do Amapá (Politec).

o período de 2 a 7 de julho, das 8h as 18h, o Sebrae estará realizando ao lado do Teatro das Bacabeiras, a Semana do Empreendedor Individual (EI). O evento conta com a participação da Tribuna Empresarial. Durante a Semana do EI, a Tribuna Empresarial terá o papel de informar e orientar o trabalhador quanto a ações movidas exclusivamente por Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Empreendedores Individuais. De acordo com o gestor de projetos do Sebrae, Iranei Lopes, por meio de um convênio de cooperação técnica firmado entre Sebrae e Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, essa parceria vem trazer mais agili-

dade e facilidade para a proposição de ações civis de interesse empresarial. As ações que podem ingressar no Juizado Especial das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Amapá são: Danos causados em acidente de trânsito: (caso alguém venha a causar algum dano em veículo de propriedade da sua empresa); Cobrança de cheque sem fundos ou outro título de crédito (quando um cliente da empresa efetuar o pagamento de bens ou serviços com cheque sem fundos ou título de crédito, estes poderão ser executados, a fim de quitar o débito; Cobrança de taxas de condomínio; Cobrança de honorários de profissionais liberais (advogados, engenheiros,

contadores, por exemplo); Relativas a direitos do consumidor (compra de aparelhos elétricos ou móveis com defeito, por exemplo); Desentendimentos entre vizinhos (ações possessórias de imóveis de pequeno valor). Na Tribuna Empresarial são excluídas as ações relacionadas ao direito de família, falência, fiscal, de interesse da Fazenda Pública, acidente de trabalho e ao estado e capacidade das pessoas. O empresário que não puder ir à ação da Semana do Empreendedor Individual, pode procurar a sede do Sebrae, na Avenida Ernestino Borges, 740, Laguinho, para dar entrada em seu processo em horário comercial.


CadernoC

Atualidades Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Vacina contra o cigarro bloqueia a nicotina no cérebro de cobaias

Análise do seu jogo favorito Deus Ex: Human Revolution DIVULGAÇÃO

Especialistas do Weill Cornell Medical College, criaram uma vacina que leva o organismo do vacinado a produzir anticorpos que atacam a nicotina

F

umantes poderão um dia ser imunizados contra a nicotina para que deixem de sentir prazer com o hábito, segundo pesquisadores nos Estados Unidos. Os especialistas do Weill Cornell Medical College, em Nova York, criaram uma vacina que leva o organismo do vacinado a produzir anticorpos que atacam a nicotina. O estudo, feito com ratos de laboratório e publicado na revista científica Science Translational Medicine, mostrou que os índices da nicotina no cérebro dos animais foram reduzidos em 85% após a vacinação. Serão necessários anos de pesquisa antes que a vacina possa ser testada em humanos. Entretanto, o coordenador do estudo, Ronald Crystal, está convencido de que haverá benefícios. “Parece-nos que a melhor forma de tratar a dependência crônica por nicotina associada ao fumo é ter esses anticorpos fazendo patrulha, limpando o sangue antes que a nicotina possa ter qualquer efeito biológico”, ele disse. Nova abordagem Outras “vacinas contra o fumo”, que treinam o sistema imunológico para produzir anticorpos que se acoplam à nicotina, foram desenvolvidas no passado. Esse é o mesmo método usado em vacinações contra doenças. O desafio até agora tem sido conseguir produzir anticorpos suficientes para impedir que a droga entre no cérebro e produza a

sensação de prazer. Os cientistas do Weill Cornell Medical College, no entanto, usaram um caminho completamente diferente: eles optaram por criar uma vacina baseada em terapia genética que, segundo eles, é mais promissora. Um vírus geneticamente modificado contendo instruções para a fabricação de anticorpos de nicotina é usado para infectar o fígado do vacinado. Isso transforma o órgão em uma fábrica desses anticorpos. Após receber injeções de nicotina, ratos que haviam sido imunizados apresentaram 85% menos nicotina em seus cérebros do que um outro grupo de ratos que não havia sido vacinado. Não se sabe se isso pode ser repetido em humanos ou se esse índice de redução seria suficiente para ajudar fumantes a abandonar o hábito. Crystal disse que se tal vacina puder ser criada, “as pessoas saberão que se começarem a fumar novamente, não vão sentir prazer devido à vacina contra a nicotina e isso pode ajudá-las a abandonar o hábito”. “Temos muita esperança de que esse tipo de estratégia (de desenvolvimento da) vacina possa finalmente ajudar milhões de fumantes que tentaram parar, tentaram todos os métodos existentes no mercado hoje, mas sentem que a dependência por nicotina é tão grande que

acaba derrotando todas essas abordagens atuais.” ‘Impressionante’ Também há questões relacionadas à segurança de terapias genéticas em humanos que precisarão ser respondidas. Darren Griffin, professor de genética da University of Kent, na Inglaterra, disse que os resultados do estudo são “impressionantes e intrigantes, com grande potencial”, mas avisou que ainda há muitas questões que precisam ser resolvidas. Para ele, a questão principal é saber “se os efeitos bioquímicos nos ratos de laboratório se traduziriam em uma dependência reduzida em humanos, uma vez que essas dependências podem ser tanto físicas como psicológicas”. Simon Waddington, do University College London, disse: “A tecnologia em que se baseia a terapia genética está melhorando o tempo todo e é animador ver esses resultados preliminares sugerindo que (a terapia genética) poderia ser usada para resolver o problema da dependência por nicotina”. Se

tal vacina fosse criada, poderia haver também questões éticas. Por exemplo, em relação à vacinação de pessoas na infância, antes de que começassem a fumar.

Introdução Criada em 2000 nos PCs, pelo game designer Warren Spector (hoje funcionário da Disney), a franquia “Deus EX” marcou época ao mostrar um futuro dominado pela tecnologia, muito parecido com o estilo cyberpunk consolidado por William Gibson e seu livro “Neuromancer” e outros escritores. Pontos Positivos Narrativa Ambientado em futuro não muito distante, com tecnologia avançada, em especial na área da robótica, ao melhor estilo “Blade Runner”, “DEX: HR” trata dos conflitos político e moral que cercam a questão de próteses que permitem melhorar habilidades dos seres humanos. Seriam elas a próxima etapa na evolução ou estariam esses avançados equipamentos tecnológicos despindo as pessoas de seus instintos e sentimentos? Até que ponto alguém pode ser modificado e continuar humano? Essas questões gerais servem como palco para outras histórias, como o passado do protagonista Adam Jensen, a busca por cientistas capturados e outros arcos menores que tornam o mundo de “Deus EX” um lugar rico e interessante de explorar.

Pílula “quatro em um” torna tratamento do HIV mais seguro, simples e eficaz

U

m novo comprimido que combina quatro drogas anti-HIV em um único tratamento diário é seguro e eficaz, de acordo com um estudo publicado nos EUA. Espera-se que a “pílula quatro em um” torne mais fácil para os pacientes manter a medicação e melhorar os efeitos de seu tratamento. Um estudo publicado na revista especializada Lancet afirma que esta poderia ser uma “nova opção de tratamento”. Um especialista britânico disse que a pílula era “uma grande notícia” e fazia parte de um movimento em direção a doses diárias únicas para portadores do HIV. O HIV é incurável, e o tratamento da infecção requer terapia que combina múltiplas drogas usadas para controlar o vírus. Isso pode significar tomar vários comprimidos em diferentes horários do dia. E esquecer de um significa que o corpo pode perder a luta contra o HIV. Pesquisadores e empresas farmacêuticas têm combinado alguns medicamentos em comprimidos individuais, para facilitar a administração das doses. A “pílula quatro em um” é a primeira a incluir um tipo de droga anti-HIV conhecido como um inibidor da

Considerações “Deus EX: Human Revolution” cumpre bem todas as promessas e expectativas que criou, modernizando a cultuada grife criada por Warren Spector, mas sem perder a identidade. O título mistura bem a jogabilidade de games de tiro em primeira pessoa com elementos de RPG, espionagem e também diálogos ao estilo “Mass Effect” e “Elder Scrolls IV: Oblivion” permitindo moldar a aventura e personagem como bem quiser para acompanhar a intrigante história. Com múltiplos finais, escolhas morais e uma bela direção artística, é um dos melhores games desta temporada 2011.

DIVULGAÇÃO

Mistura de estilos De maneira mais acentuada, “Human Revolution” é um game de tiro em primeira pessoa com fortes elementos de stealth e pitadas de RPG, o que se faz notar mais pelo acúmulo de experiência e evolução de habilidades. Por mais que não seja absolutamente excelente em nenhum departamento, o game faz um bom trabalho em unir isso tudo de maneira divertida e competente. Por mais que você prefira atacar como um Rambo e sair atirando em tudo no cenário, as habilidades de espionagem são fáceis o bastante de utilizar para você cogitar usar em uma missão ou outra - e vice-versa. Cenários Perto de outros games com visão em primeira pessoa, “Human Revolution” não é nenhuma proeza gráfica, mas acerta em cheio na direção de arte. Cada ambiente é retratado com grande quantidade de detalhes, que ajudam a tornar a Detroit, China e outros lugares futuristas do game em cenários críveis, cheios de vida. Predominam nas fases tons de cinza e laranja, que reforçam a sensação de se estar em “um futuro em que nem tudo deu tão certo como deveria”. Duração Em um mundo em que shooters de primeira linha duram lá cerca de 8 a 10 horas, é reconfortante ver como “DEX: HR” faz pelo menos o dobro com um mínimo de esforço. A trama principal é extensa e envolvente e há um sem número de missões adicionais para colecionar que aumentam ainda mais a duração. Pontos Negativos Modelos humanos Apesar dos cenários bonitos, detalhados e variados, “DEX: HR” é uma lástima no que se refere a modelos humanos. Os bonecos são simplórios, cheios de movimentos robóticos que ainda por cima se repetem à exaustão durante a trama - você vai cansar de ver Jensen cruzando os braços enquanto conversa com alguém e pessoas falando com uma das mãos esticadas, como se fosse dar um golpe de caratê, por exemplo.

Célula infectada pelo HIV: nova pílula ajuda a interromper replicação do vírus

integrase, que interrompe a replicação do vírus. “Segura, simples, eficaz” Paul Sax, diretor clínico do Brigham and Women’s Hospital, em Boston, Massachusetts, e professor associado da Harvard Medical School, disse: “A adesão dos pacientes à medicação é vital, especialmente para pacientes com HIV, onde a perda de doses pode levar o vírus a tornar-se resistente.” Ele liderou a pesquisa comparando o efeito da pílula quatro em um com o do melhor tratamento dispo-

nível até então em 700 pacientes. Ele disse que a pílula quatro em um era tão segura e eficaz quanto as opções anteriores, embora houvesse um nível maior de problemas renais, entre aqueles que a tomam. “Nossos resultados fornecem uma opção adicional altamente potente e bem tolerada, e reforça a simplicidade do tratamento através da combinação de vários antirretrovirais em um único comprimido.” Dr. Steve Taylor, especialista em HIV no Birmingham Heartland Hospital, disse: “Sem dúvi-

da, o desenvolvimento de uma pílula única é um grande avanço no combate ao HIV.” “Passamos um longo tempo com pessoas tomando até 40 comprimidos três vezes ao dia”, diz. Ele disse que o novo comprimido foi “uma grande notícia” para as pessoas com HIV e que a pílula quatro em um aumentaria as opções de tratamento. No entanto, ele alertou que muitas pessoas ainda tinham o HIV não diagnosticado. Um quarto das pessoas com HIV no Reino Unido não sabem que estão infectadas.

Final apressado A intricada trama do jogo é uma que vai se revelando aos poucos, lentamente... até completar mais ou menos 3/4 da brincadeira. Daí para frente, a impressão é que a equipe da Eidos Montreal teve de se apressar para terminar o game no prazo, o que resulta em informações aos montes sendo jogadas para o usuário, assim como várias revelações importantes feitas sem lá muito impacto. Lutas contra os chefes Durante todo o game há um equilíbrio perfeito entre tiroteios, espionagem e coisas para resolver na base do papo... menos nos embates contra chefões. São apenas três durante todo o game, mas quebram completamente o ritmo, oferecendo unicamente uma jogabilidade de shooter e desprezando praticamente todas as habilidades sociais, hackers e de espionagem. Quem for pelo caminho da porrada deve encontrar poucos problemas com estes trechos, mas quem optar por criar um Jensen mais sorrateiro deve penar nestas partes, tendo que lidar com armas mil que quase não usa e se vendo até obrigado a comprar habilidades que não queria só para conseguir avançar no jogo.


JD

Geral

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Atendimento às mulheres vítimas de violência é precário em todo o país

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

JD

Mundo

Kofi Annan DIVULGAÇÃO

Essa é a conclusão da comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) que investiga a violência contra mulheres e que esteve em São Paulo

O

atendimento às mulheres vítimas de violência é precário em todo país. Essa é a conclusão da comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) que investiga a violência contra mulheres e que esteve em São Paulo para promover audiência pública sobre o tema. Esse panorama foi traçado após a CPMI ter feito várias diligências pelos estados de Pernambuco, Santa Catarina, Minas Gerais, Alagoas, do Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo e de São Paulo analisando os equipamentos oferecidos pelos poderes públicos e que são voltados ao atendimento das mulheres vítimas de violência. “De modo geral, podemos afirmar que o atendimento à mulher em situação de violência no país não está bom. Vimos que grande parte dos equipamentos, ou seja, as delegacias especializadas, os centros de referências, os núcleos de atendimento às mulheres em situação de violência e as varas especializadas funcionam de forma ainda muito precária. Muitos desses equipamentos funcionam em espaços públicos inadequados ou [em quantidade] insuficiente, com número de profissionais insuficientes e despreparados para fazer um bom acolhimento à mulher em situação de violência”, disse a relatora da CPMI, senadora Ana Rita (PT-ES), em entrevista coletiva concedida na Assembleia Legislativa de São Paulo. Segundo a relatora, a situação observada pela CPMI

DIVULGAÇÃO

Comunidade internacional será reponsável por mortes se continuar dividida

A comunidade internacional terá uma parte da responsabilidade pelas mortes na Síria se continuar dividida, afirmou Kofi Annan neste sábado em Genebra, no início da reunião sobre o conflito sírio. “Os sírios serão as principais vítimas e seus mortos não serão apenas a consequência de atos de tortura, mas também o resultado de sua incapacidade a superar as divisões”, disse Annan, em um discurso aos ministros das Relações Exteriores que participam na reunião do Grupo de Ação sobre a Síria.

Mohamed Mursi Prazo vai até segunda-feira, 2 de julho. A oferta para este segundo semestre é de 90.311 mil bolsas - 52.487 integrais e 37.824 parciais (50% da mensalidade)

em São Paulo não é muito diferente da encontrada nos demais estados. A senadora diz que para atender os 645 municípios paulistas, há apenas 129 delegacias especializadas na defesa da mulher, 14 centros de referência e 23 casas de abrigo. Para Ana Rita, São Paulo precisa renovar, até o final deste ano, o pacto nacional estabelecido junto ao governo federal, em 2007, e que prevê um conjunto de ações de enfrentamento à violência contra a mulher. “Esperamos que São Paulo faça a repactuação até o final deste ano. Alguns outros estados já fizeram a repactuação e estão se comprometendo com ações efetivas para o enfrentamento à situação de violência [contra a mulher]”, disse. A senadora Marta Suplicy (PT-SP), que faz parte da CPMI e acompanhou as di-

ligências feitas em São Paulo, fez críticas sobre o atendimento oferecido pelo estado às mulheres vítimas de violência. “A situação em São Paulo é dramática porque não existe Secretaria da Mulher, não existe conselho da mulher, não existe coordenadoria da mulher”, disse a senadora. Marta também reclamou que há poucas delegacias especializadas no atendimento às mulheres no estado. “Eles fecharam algumas e as colocaram dentro de outras delegacias. Quatro delas foram desativadas e jogadas dentro de delegacias, em saletas, sem pessoas especializadas para atender”, disse. Procurada pela Agência Brasil, a Secretaria de Justiça disse que está em estudo a criação de uma coordenadoria estadual voltada para mulheres. Já a Secretaria de Segurança Pública confirmou que há 129 de-

legacias no estado voltadas para a defesa da mulher, nove delas instaladas na capital, e contestou a informação de que delegacias da mulher estariam sendo fechadas no estado. “Nenhuma delegacia será fechada. Algumas delas estão passando pelo projeto de reengenharia da Polícia Civil, que tem como objetivo promover melhorias de condições de trabalho aos policiais, de atendimento ao público e das investigações”, disse a secretaria. A secretaria também informou que, desde 2008, há o Programa Bem-me-quer, que permite que, a partir do registro de uma ocorrência de violência sexual, a mulher ou a criança/ adolescente de até 14 anos seja transportada da delegacia até o Hospital Pérola Byington, na capital paulista, por veículos específicos para este fim e assistidas por especialistas.

Juramento como novo presidente egípcio

O islamita Mohamed Mursi se tornou oficialmente ontem o quinto presidente da República do Egito, depois de prestar juramento na Alta Corte Constitucional, em sucessão a Hosni Mubarak, derrubado por uma revolta popular em 2011. “Juro por Deus todo-poderoso preservar o sistema republicano, respeitar a Constituição e a lei, proteger totalmente os interesses do povo”, declarou Mursi. “Hoje, o povo egípcio estabeleceu as bases de uma vida nova, de uma liberdade total, de uma verdadeira democracia”, afirmou em um breve discurso.

Tempestade

MS promete R$ 994 milhões em investimentos até 2014

O

ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou investimentos de R$ 994 milhões para produção e inovação no complexo industrial da saúde até 2014. A prioridade será o fortalecimento da pesquisa e da produção de medicamentos e equipamentos médico-hospitalares no país, disse o ministro, durante seminário sobre saúde e desenvolvimento. “Nossa estimativa é que, com as margens de preferência [dadas a 80 itens nacionais que poderão ser comprados com preços até 25% superiores aos dos concorrentes intarnacionais], combinada à ampliação da capacidade de financiar a renovação e melhoria dos equipamentos médico-hospitalares, podemos ter um impacto positivo de reduzir em US$ 2 bilhões as importações desse tipo de equipamento no país”, ressaltou o ministro. De acordo com Padilha, o governo vai também esti-

mular ainda a produção de biotecnológicos, que representam aproximadamente 30% do orçamento da pasta da Saúde, embora estejam presentes apenas em 5% das unidades de tratamento no país. Ele anunciou uma série de iniciativas para estimular a pesquisa, o desenvolvimento tecnológico e a produção nacional, entre elas, nove novas parcerias público-privadas para este ano, além das 34 já existentes, para a produção de equipamentos, medicamentos e vacinas. Em pouco mais de um ano, o poder de compra de medicamentos do governo cresceu de 5,8% para 12,5% sobre o orçamento final (R$ 1,9 bilhão para R$ 7,7 bilhões). O governo oferece 810 medicamentos gratuitos à população e a produção nacional de medicamentos gerou economia de R$ 400 milhões para o ministério em 2011. “Hoje a saúde mobiliza 8,8% do Produto Interno

Bruto [PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país] ou R$ 364,58 bilhões. Isso é mais do que o agronegócio ou o turismo conseguem mobilizar”, disse Padilha. Ele lembrou que cerca de 90% do mercado de vacinas é movimentado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e que o setor emprega 10% da força de trabalho do país. Outra estratégia para aumentar a demanda por produtos nacionais na área da saúde é uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para oferecer aos estados e municípios um nova linha de financiamento para compra de equipamentos com 60% de componentes nacionais, que pretende dobrar o investimento direto em equipamentos médico-hospitalares com conteúdo nacional. “É mais um esforço para estimular a compra de

equipamentos médicos-hospitalares produzidos aqui, que têm um impacto muito importante na economia, sobretudo, no setor privado brasileiro, e assim ajudar a reverter o déficit de balança comercial que existe na compra de bens no nosso país”. O ministro não divulgou o valor do financiamento ou uma previsão para o lançamento da linha de crédito. A perspectiva de crescimento da indústria da saúde é de 9,8% e o déficit da economia da saúde gera cerca de US$ 10 bilhões por ano, sendo US$ 3,18 bilhões somente em equipamentos, máquinas e materiais, segundo dados do ministério. Edição: Nádia Franco// Matéria e título alterados às 19h55 para correção de informações: o total de investimentos destinados à produção e inovação no complexo industrial da saúde até 2014 é R$ 994 milhões, e não R$ 994 bilhões

2 milhões sem energia nos EUA

Uma violenta tempestade que afetou a região metropolitana de Washington DC matou uma pessoa e deixou 2 milhões de moradores sem energia elétrica. O canal NBC News informou que uma mulher morreu na queda de uma árvore sobre sua casa ao norte de Virginia. O governador de West Virginia, Earl Ray Tomblin, declarou estado de emergência depois que mais de 500 mil clientes em 27 condados ficaram sem energia elétrica. A Pepco, empresa que fornece energia elétrica, informou que 226.012 moradores foram afetados no condado de Montgomery, 133.160 no condado de Prince George, ambos em Maryland, e 66.684 em Washington. Mais de 800 mil pessoas estavam sem energia elétrica na Virginia, segundo a empresa Dominion Virginia Power.

Suu Kyi

MEC diz que problemas em matrículas do Sisu são pontuais

O

Ministério da Educação (MEC) divulgou nota negando que as matrículas dos aprovados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) tenham sido interrompidas pela greve dos servidores das instituições federais. De acordo com o governo, foram registrados problemas apenas em algumas universidades e os prazos conti-

nuam mantidos. De acordo com a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (Fasubra), o processo de matrícula em 48 universidades e institutos federais que participam do Sisu tinham sido interrompidos por decisão do comando de greve nacional. Entretanto, de acordo com o MEC, um balanço do pri-

meiro dia de matrículas apontou problemas nas universidades federais do Ceará (UFC), Piauí (UFPI), do Recôncavo da Bahia (UFRB) e de alguns campi da Federal do Tocantins (UFT) e da Tecnológica do Paraná (UFTPR). Segundo a nota divulgada pelo MEC, neste primeiro dia foi constatado “o esforço dos reitores para assegurar o direito dos es-

tudantes em 21 universidades federais” que participam desta edição do Sisu. “O MEC faz o acompanhamento das matrículas, caso a caso, e orienta as universidades que enfrentam problemas mais agudos com o movimento grevista dos funcionários para que lancem mão do sistema de matrículas pela internet”, diz o texto.

Mianmar após visitar 5 países europeus

A líder da oposição birmanesa e Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, retornou neste sábado a Mianmar após visitar cinco países europeus, onde foi recebida como uma heroína da democracia. Milhares de birmaneses foram ao aeroporto de Yangun receber a “Dama”, que após saudar seus compatriotas seguiu de carro para casa, segundo a imprensa birmanesa na Tailândia. A primeira viagem mundial de Suu Kyi desde que assumiu a chefia do movimento democrático birmanês, em 1988, começou em 13 de junho e incluiu Suíça, Noruega, Irlanda, Reino Unido e França.


JD

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

C3


JD

Diversão&Cultura

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Festival de Música Amapaense vai destacar talentos tucujus A realização é da Associação Educacional e Cultural Essência (Aece), com o apoio do governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult)

T

erá início na quarta-feira (4) de julho, no Teatro das Bacabeiras, o II Festival de Música do Estado do Amapá, uma realização da Associação Educacional e Cultural Essência (Aece), com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O Festival tem cunho educativo e visa proporcionar a construção do conhecimento, em especial sobre música erudita, por meio de oficinas e cursos ministrados por professores de outros estados. O Concerto de Abertura, com início às 20h, no Teatro das Bacabeiras, contará com as apresentações da Orquestra Filarmônica Meninos do IMMES (OFIMMES), do Coral de Clarinetes CEPM Walkíria Lima e do Grupo de Danças Isadora Duncan - Coreógrafa Myrla Barreto. A entrada é franca. Na quinta-feira, 5, a pro-

DIVULGAÇÃO

C4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Celebridades Dany Bananinha

Agressão por ciúme

Segundo informações da coluna de Léo Dias, do jornal O Dia, Dany Bananinha arrumou confusão com uma promoter que conversava com um ex-namorado da assistente de palco, em festa no Copacabana Palace.

No Jô, Bruno Mazzeo

Festival tem cunho educativo e visa proporcionar a construção do conhecimento

gramação cultural continua no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço, às 19h30, com o Quarteto Essency e Banda Raimun-

do Vaz, também com entrada franca. O Festival oferecerá os cursos de prática de orquestra, banda, big band e canto coral, bem como técnicas de ensaios, técnicas de improvisação, técnicas vocais, além de leitura de partituras e instrumentos de cordas e sopro. “O objetivo é resgatar tudo que de bom já foi feito neste Estado e dar continuidade, haja vista que com o aparecimento de novos grupos musicais, quer seja de cunho religioso ou secular, se faz necessário lapidar o conhecimento adquirido empiricamente. E, partindo desta visão, é que se objetiva a sequência de eventos para acelerar este âmbito do conhecimento”, diz a coordenadora Administrativa e presidente da Aece, Heloísa Batista Pinto. A Associação realizou o primeiro Festival de Músi-

ca do Estado do Amapá em julho de 2011, com a participação de maestros renomados, como Arley França e Paulo Leniuson, professora de técnica vocal Natália Lacueva Lepri e o violoncelista Moises Levy. A primeira edição também contou com a parceria governamental, empresas, além de recursos dos próprios dirigentes da Aece, que não mediram esforços para realização deste grande evento, que despertou interesse inclusive de municípios como Laranjal do Jari, Vitória do Jari, Oiapoque, dentre outros. As inscrições estão acontecendo na Avenida Mendonça Júnior, nº 1871 (entre as ruas Prof. Tostes e Manoel Eudóxio Pereira atrás do Supermercado Santa Lúcia da Av. Padre Júlio). Mais informações pelo telefone: (96) 81183401/9153-3401.

Representante de Cruise diz que ator está muito triste com o divórcio

DIVULGAÇÃO

Tom Cruise e Katie Holmes estão se separando após 5 anos de união

D

e acordo com a revista People , o relações públicas do ator Tom Cruise emitiu uma declaração à imprensa, a respeito do divórcio do seu cliente com a atriz Katie Holmes. “Kate entrou com os papéis do divórcio e Tom está profundamente triste e se

concentrando em seus três filhos. Por favor, permitam privacidade ao casal para que possam resolver isto”. Cruise segundo a publicação, reagiu à atitude da esposa com surpresa. Juntos eles são pais de Suri, 6 anos, de quem Katie quer ter a guarda total.

Resumo das Novelas Malhação Gabriel explica a Kiko e Nelson seu plano para desmascarar Moisés. Débora aproveita a ausência da mãe no brechó e convida Bernardo para encontrá-la. Janjão aceita ajudar Gabriel em seu plano contra Moisés. Carmem conta para Laura como foi sua viagem para Friburgo. Bernardo se interessa pelo brechó e Débora não percebe suas más intenções. Natália fica apreensiva ao saber do plano de Gabriel para pegar Moisés. Bernardo pega o colar de ouro de Laura sem que Débora veja.

Amor Eterno Amor Melissa ameaça Dimas. Mauro recebe notícias de Julinho e Laís. Rodrigo convida Clara para ir à fazenda com ele e Elisa, e Miriam se entristece. Fernando manda Regina se esconder embaixo da cama quando Miriam chega. Rodrigo tenta convencer Tobias a ir com ele para a fazenda. Deolinda escuta Fernando humilhando Regina. Jáqui perdoa Tati. Dimas vê a foto de Zenóbio no jornal de Fernando. Beto fica com ciúmes de Gabi. Robson descobre uma pista sobre o paradeiro de Julinho e Laís.

Cheias de Charme Inácio termina de vez com Rosário. Conrado confirma para Sarmento que eles receberão sua quantia com a tramoia que armaram para Otto. Socorro tenta descobrir que tempero Naldo usa na comida de Chayene. Penha se sensibiliza com Manuela. Dinha descobre que Inácio terminou com Rosário. Fabian pensa em ir ao ensaio das Empreguetes. Penha conta para Otto que Lygia está hospitalizada. Samuel se preocupa com a mãe. Chayene se anima com a música que Funny compôs para ela. Serginho convida Cida para uma festa.

Avenida Brasil Jorginho vê Max e Nina dançando de rosto colado. Tufão conta para Carminha que esteve com Lucinda em busca de informações sobre Rita. Nina despista Max e procura Jorginho, mas não o encontra. Iran se muda para a casa Jorginho. Monalisa pensa em reconquistar Silas. Diógenes diz a Roni e Leandro que o olheiro Tavinho Nunes assistirá ao jogo. Verônica e Noêmia perseguem Cadinho na praia deserta. Dolores sugere que Roni peça Suelen em casamento. Cadinho consegue fugir da praia em um helicóptero. Suelen não aceita o pedido de casamento de Leandro.

‘E aí, Comeu?’

Jô Soares recebeu em seu programa os atores Bruno Mazzeo e Emílio Orciollo Neto, que falam do filme E aí, Comeu?, em cartaz no Brasil. Os atores comentaram de como surgiu a ideia do longa. “A gente tinha acabado de se separar. Estávamos no Carnaval de Salvador, mas foi muito estranho, porque as coisas haviam mudado muito no período em que fiquei casado”, conta Mazzeo. “A gente estava no trio-elétrico da Ivete”, lembra Emílio.

‘A Fazenda’

Nem lembra dos R$ 2 milhões

Penélope Nova e Diego Pombo conversaram por um bom tempo na varanda da sede do reality show da Rede Record, A Fazenda. Durante o papo, a ex-VJ da MTV disse que está muito sensível e que, por um momento, se sentiu muito sozinha.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Junho termina com um cenário astral delicado, tenso, que exige mais do que boa vontade de você. Esportes e atividades físicas e manuais cabem direitinho na sua agenda; e serão excelentes meios de canalizar aflições e tensões.

Libra (23 set. a 22 out.) Poucas vezes durante este ano o cenário astral esteve tão delicado para os librianos. Uma cruz astral pede equilíbrio, você vê e sabe disso, o difícil é fazer os outros entenderem. A tensão é entre forças imensas. Observe, mas não se imole.

Touro (21 abr. a 20 mai.) Com a Lua transitando seu setor de relacionamentos estáveis, você está mais suscetível ao que seus parceiros irão pensar de si, de seu comportamento e de seus desejos. Um bom começo para resolver pendências e desarticular a má vontade.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Lua em seu signo hoje arma aspecto bonito com Marte, seu regente, favorecendo atividades esportivas, dinamismo e coragem pessoal. Alimentação e ar puro são essenciais. Não se curve a demandas alheias além do razoável.

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Mês que termina com tensões, e Lua e Marte reforçam criticas e nervosismo com problemas familiares. Controle a impaciência e a aposte na paz, na colaboração mutua. Mercúrio, Vênus e Urano favorecem as artes e a inventividade. Câncer (21 jun. a 21 jul.) Sol e Plutão alcançam hoje o momento mais tenso de um ângulo difícil. Consciência de que é preciso abrir mão de algo caro a você, para preservar o que é essencial. Escolhas difíceis, mas você está bem articulado e engenhoso. Leão (22 jul. a 22 ago.) Você é a pessoa certa que vai tornar o ambiente mais leve, divertido e variado hoje. Aspectos positivos de Vênus e de Urano anunciam afetos, amizades e ousadia na dose certa; o amor pode acontecer em grande estilo enfim. Virgem (23 ago. a 22 set.) Marte está deixando seu signo, questão de horas para que a energia aguerrida do planeta do combate passe adiante. Foram meses intensos, e agora você tem de aprender a movimentar sua vida animado pelo sonho e pela esperança.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Esteja pronto a estender sua mão aos amigos e parentes que precisarem de você - seu golpe de vista e seu instinto lhe dirão como agir e o que fazer para melhorar ou ajudar alguém. Não misture dinheiro com amizade. Discrição na vida intima. Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Você faz parte da tribo dos que recebem em cheio as energias dissonantes deste cenário astral complicado. Para neutralizar um pouco, pegue leve, muito leve! Não pressione, nem cobre, seja mais maleável e confie na bondade universal. Aquário (21 jan. a 19 fev.) Tensão no ar com clima astral imprevisível. Faça a sua parte: cuide bem da saúde, não mexa em eletricidade nem corra riscos desnecessários se aventurando por ai. Não é dia para testar limites nem inventar modas. Amor em alta. Peixes (20 fev. a 20 mar.) Hábitos simples e programação leve e sem complicações para este sábado em si já complexo. A norma é estar em crise hoje. Mas você escapa de lado, quase não sente o astral de cobrança. Mas tem de ficar atento para ajudar quem precisar.


CadernoD

Carro&Moto

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Hyundai planeja substituto para o Veracruz Modelo atual deixaria de ser produzido logo após a chegada do Santa Fe 2013, que será oferecido em duas versões

A

Hyundai nunca conseguiu atingir sua expectativa de vendas para o Veracruz, estabelecida em 50 mil unidades ao ano. Por isso, mesmo, planeja encerrar a produção do modelo com a chegada do Santa Fe 2013 - que será oferecido em duas versões com distâncias entre-eixos distintas. A alongada será quase 10 cm maior que a con-

vencional. Mas, ainda assim, não terá o mesmo porte do Veracruz. Sendo assim, é fácil concluir que o Santa Fe 2013 não será propriamente um substituto do modelo. E parece que nem é isso o que a montadora pretende. Em declaração ao s i t e War-

ds Auto, o CEO da Hyundai norte-americana, John Krafcik, disse que o mercado deveria ficar atento a “futuros detalhes de um potencial crossover premium”. Se isso, realmente, ocorrer, o mais provável

é que o modelo compartilhe plataforma com os sedãs Genesis e Equus. A dúvida é: que mudanças a Hyundai estaria preparando para conseguir posicionar bem o “novo” Veracruz entre os crossovers de luxo?

Troller T4 recebe novo motor na linha 2013 DIVULGAÇÃO

Jipe ainda tem novidades visuais e lista de acessórios revista

N Hyundai cogita substituto para o Veracruz

Dualogic Plus é a novidade da linha 2013 do sedã Linea e da minivan Idea

A

Fiat segue divulgando as novidades da linha 2013 de seus modelos. Depois do hatchback médio Bravo, da multivan Doblò e do Uno, além das versões renovadas da perua Palio, da picape Strada e do sedã compacto Siena, chegou a vez do sedã Linea e da minivan Idea. Em ambos os casos, o principal destaque é o câmbio Dualogic Plus, uma evolução da alavanca automatizada Dualogic, lançada em 2008, no extinto hatch Stilo. Visualmente, Linea e Idea seguem idênticos aos modelos 2012. O novo câmbio traz duas novas tecnologias: o Creeping e o Auto-Up Shift Abort. O Creeping move o carro levemente para frente assim que o pedal do freio é liberado – recurso presente em carros equipados com câmbio automático. Já o outro, impede o engate de uma marcha maior quando o acelerador é pressionado, evitando a perda de torque em ultrapassagens, por exemplo. O dispositivo ‘segura’ a marcha, contribuindo para retomadas com mais torque. A gama Linea também sofreu alterações. A versão topo de linha T-Jet, equipada com motor 1.4 16V Turbo e câmbio manual, deixa de ser oferecida. Portanto, a partir de agora, o sedã terá apenas a versão de entrada Essence, com câmbio manual ou Dualogic, e a top Absolute, esta apenas com a alavanca automatizada. No interior, as novidades se resumem à nova

DIVULGAÇÃO

ovidades na linha 2013 do jipe Troller T4, que começa nesta quinta-feira sua pré-venda. A maior delas vai sob o capô. Lá mora o novo motor MWM International MaxxForce 3.2 TGV, com a tecnologia Euro 5 e adequado ao Proconve L6. A moderna unidade conta com turbina de geometria variável e utiliza uma pressão de injeção de combustível mais alta para gerar potência. O resultado são 165 cv e torque máximo de 38,7 mkgf. O visual do Troller 2013 ganhou pequenas modificações. Grade e aplique do para-choque, por exemplo, ganharam novas cores. O emblema \”4X4\” recebeu cores verdes e o jipe passa a vir de série com snorkel – com capacidade de submersão de até 800 mm – e peito de aço. Troller e fábrica no Ceará A Troller vai aumentar a

Fiat optou por manter o desenho do Linea nacional; na Turquia, sedã foi levemente retocado

capacidade de produção de sua fábrica localizada em Horizonte, Ceára. De acordo com o jornal Diário do Nordeste, a subsidiária da Ford especializada em produzir jipes solicitou à Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) uma \”Licença de Instalação\” para a ampliação de seus galpões. A medida visa aumentar a quantidade de veículos e utensílios produzidos na unidade. Ainda segundo o periódico, a Ford planeja investir R$ 2,8 bilhões entre 2011 e 2015 no Nordeste. Parte destes recursos serão destinados a ampliação da capacidade produtiva da Troller. Em 2006 a fábrica cearense produziu 625 unidades. No ano seguinte, incorporada pelos americanos, a Troller alcançou produção de 80 carros mensais. Em 2008 esse número aumentou 21%. Em 2011 foram 1.275 unidades.

Nissan irá fabricar Sentra 2013 em duas fábricas na América do Norte

DIVULGAÇÃO

Além da unidade mexicana em Aguascalientes, sedã será feito nos EUA

Linha 2013 da minivan Idea não sofreu qualquer alteração estética

grafia do quadro de instrumentos e do display de LCD branco, novas opções de rodas aro 16 e borboletas para troca de marchas, no Absolute. O Idea 2013, por sua vez, passa a vir com o mesmo

Além do câmbio Dualogic Plus, interior do Linea 2013 ganhou novos tecidos e grafismos nos instrumentos

rádio disponível no Siena, Strada e Palio Weekend, além de novos tecidos de revestimento interno. O rádio vem na cor preta, nas versões Attractive e Essence, e cinza, no Idea Adventure. Os botões das

funções Locker (bloqueio de diferencial) e My Car (configuração de multimídia) passam a ficar abaixo do rádio. Já o botão de travamento das portas agora fica abaixo das saídas de ar centrais.

Minivan Idea ganhou novo volante, tecidos, e o som mais moderno, com comandos do console integrados

N

issan anunciou que a próxima geração do sedã Sentra será produzido em uma segunda fábrica em Canton, estado do Mississipi, nos Estados Unidos. De acordo com o site Automotive News, a fabricante japonesa irá adicionar 600 trabalhadores para a produção do Sentra 2013, totalizando 4.500 funcionários. O lançamento está previsto para o final de 2012. A medida faz parte do processo que a marca está fazendo para diminuir a produção local, no Japão, e acomodar o crescimento de vendas no México, Estados Unidos e Brasil. Com visual inspirado no novo Altima – mostrado no Salão de Nova York –, a nova geração do Sentra deu as caras na China, onde será chamada de Sylphy, em substituição ao sedã homônimo que passa a es-

tar em conformidade com a nova estratégia global da Nissan. O modelo chegou ao mercado chinês em junho, com motor 1.8 litro de quatro cilindros e transmissão Xtronic continuamente variável. O carro foi redesenhado com o intuito de brigar por uma parcela maior do mercado no segmento que tem o Toyota Corolla e o Honda Civic como líderes. Nos Estados Unidos, as vendas caíram Sentra 18% para 46.773 unidades até maio. Em 2011, a Nissan vendeu 114,991 Sentra na terra do Tio Sam, um aumento de 22% sobre 2010. Além da unidade mexicana, e a fábrica nos Estados Unidos, a nova geração deve ganhar o reforço das instalações de Tochigi, no Japão, e Miaoli, em Taiwan, responsáveis pelo antigo Sylphy.


Carro&Moto

JD

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Citroën revela sedãs para mercados emergentes

C-Elysée e a versão três volumes do C4 Ambos serão apresentados oficialmente em setembro, durante o Salão do Automóvel de Paris. De acordo com a Citroën

A

Citroën revelou as primeiras imagens e informações sobre dois novos sedãs compactos voltados para mercados emergentes. Trata-se do C-Elysée, que usa a mesma plataforma do Peugeot 301, e do C4 L, a versão três volumes do C4. Ambos serão apresentados oficialmente em setembro, durante o Salão do Automóvel de Paris. De acordo com a Citroën, o C-Elysée possui porta-malas com 506 litros de capacidade volumétrica, graças em parte aos 2,65 metros de distância entre-eixos. Entre os equipamentos oferecidos de série neste sedã destacam-se ar-condicionado digital, sistema de áudio com MP3 e conectividade Bluetooth para telefones móveis. O motor que empurrará o C-Elysée será o VTi 72, um quatro cilindros, 1.4 litro, a gasolina, e capaz de entregar 72 cavalos de potência. Ainda segundo a marca francesa, a suspensão do sedã foi testada em vários tipos de piso e “sob uma ampla gama de condições de condução”. Ou seja, outro indicativo de que o modelo está apto a rodar em locais onde há asfalto de qualidade ruim, característica de países com economia em curva de crescimento. O C-Elysée será fabricado na Espanha e além do mercado espanhol, ele será lançado até o fim deste ano na Turquia, em países da Europa Central e na Argélia. Já o C4 L tem desenho assinado pelo Centro de Design da Citroën de Xangai, na China, e virá equipado com o motor VTi 135 ou mesmo bloco THP, desenvolvido em parceria

DIVULGAÇÃO

Motor do C-Elysée será o VTi 72, um quatro cilindros, 1.4 litro, a gasolina, e capaz de entregar 72 cavalos de potência

C4 L tem desenho assinado pelo Centro de Design da Citroën de Xangai, na China

com a BMW. O THP, sigla para o termo turbo de alta pressão, é usado em modelos da Peugeot, como o crossover 3008, o sedã 508, e o cupê RCZ, além do hatchback esportivo DS3, da Citroën. Dependendo do país, o bloco turbinado poderá ser de

150 cv ou 170 cv, ambos a gasolina. Em todos os casos, o conjunto estará conectado a um novo câmbio automático de seis marchas. A lista de equipamentos, por sua vez, tem como destaques navegador GPS com tela touch-screen, câ-

mera traseira, para-brisa aquecido, ionizador de ar e bancos envolventes, com encostos capazes de inclinar a até 29°. O C4 L será fabricado em Wuhan, na China, até o fim deste ano, e em Kaluga, na Rússia, a partir do primeiro trimestre de 2013.

Ford libera atualização do Sync para Edge e Fusion

O

s proprietários brasileiros dos Ford Fusion e Edge já poderão deixar de lado as aulas de francês. A montadora passou a disponibilizar, em sua rede autorizada, uma atualização do sistema multimídia Sync, desenvolvido em parceria com a Microsoft. Com o “update”, os comandos de voz ganham a opção do português brasileiro. As versões originalmente equipadas com GPS também recebem os mapas do Brasil. As modificações aparecem no momento em que clientes aguardam a nova geração do Ford Fusion dar as caras nas concessionárias do país. A linha 2013 do sedan deve desembarcar por aqui apenas no segundo semestre

DIVULGAÇÃO

D

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Pista livre JOSÉ ARCANGELO

Colunista

Festival Aproveitando o embalo, desde o zero do IPI nos modelos populares e a redução para os mais potentes, as concessionárias do Grupo Orion (Renault, Ford, Honda, Nissan, Fiat e as Multimarcas Moselli Seminovos e Betral Seminovos Plus), estão reunidas desde a última sexta (29), no estacionamento coberto do SEBRAE no bairro do Laguinho para mais um Festival AutoShow, com encerramento previsto para as 13 horas de hoje (domingo). Oportunidades Faltando pouco mais de 30 dias para a volta do IPI integral aos veículos – mas a tendência é sua prorrogação pelo Governo Federal –, está na hora de aproveitar o Festival AutoShow para trocar de carro. Tabelas especiais de financiamentos dos bancos das montadoras, avaliação honesta dos usados e seminovos revisados, com garantias de até um ano e IPVA 2012 quitados, são algumas das vantagens, sem contar com amplo conforto e tranquilidade do local de atendimento. Novos Quem manda no seu bolso e vontade é você mesmo. Mas se pretende adquirir uma GM Zafira ou Meriva saiba que estes modelos estão sendo descontinuados, isto é, a linguagem das montadoras para explicarem a saída de linha. A minivan Spin, montada na plataforma do Cobalt será a substituta, com versões de cinco e sete lugares, com preços variando de R$ 44.500,00 a R$ 54.690,00, respectivamente. MPV A GM diz que o Spin é um MPV, sigla em inglês que significa “veículo de uso múltiplo” e vem concorrer com Fiat Doblò, Renault Kangoo e Peugeot Partner. Air bags só para o condutor e carona, freios ABS (antitravamento) e 32 portas-treco. Vem

equipadas com rodas aros de 15 polegadas, um tanto baixo para o modelo. O motor é 1.8 Econoflex, isto é, carro novo com motor velho. Zafira e Meriva ainda vão conviver com o Spin nas lojas até o final do ano. Meta Sangue novo na concessionária Honda do Amapá, (Safira). A gerente Loise Araújo – tem o DNA do pai Miguel Araújo - arregaçou as mangas, motivou a equipe, aproveitou muito bem a mídia nacional realizando um casamento perfeito com a local e sucesso veio com a meta de venda alcançada, cinco dias antes de findar o mês, com a vantagem de ainda contar com as notas a serem emitidas no Festival AutoShow. Virada O Grupo Orion, também, apostou todas as fichas na jovem administradora de Empresas Caroline Stephany, que assumiu recentemente a gerência da Trilha Norte (Nissan). Em exatos 30 dias distribuiu simpatia, tarefas e metas para sua equipe, com os resultados altamente positivos. Conta com as vendas crescentes do melhor compacto do ano, o March, o japonês que todo consumidor sonhava ter a agora pode levar para sua garagem. Carol é filha da economista Lília Ruth e do médico Clovis Omar. Caoa A concessionária da Hyundai em Macapá, a Caoa, com uma grande promoção dos seus veículos. Tucson, Elantra, Veloster e i30 com taxa zero, 50% de entrada e agora com saldo do financiamento em 24 parcelas sem juros. A equipe da montadora coreana está à disposição da clientela para um test drive. O show room está localizado na Rua Adilson José Pinto Pereira 224, bairro de São Lázaro/Zona Norte, com amplo estacionamento.

Auto Pista

deste ano. Enquanto isso, donos das versões híbrida ou V6 de 2010, 2011 ou 2012 podem renovar o pacote de tecnologia do veículo sem pagar nada, por meio de um agendamento através do telefone 0800 703-3673. No caso

do Edge, apenas modelos SEL 2009, Limited 2010 e Limited 2011 poderão ser atualizados. Depois da alteração, o sistema Sync será desvinculado das funções de reconhecimento de voz para rádio, CD, DVD e ar-condi-

cionado. Ou seja, o nome da rádio não será mais reconhecido por satélite. Mas os comandos vocais para mecanismos externos, como USB e Bluetooth, continuam disponíveis, e melhor, com a opção do português do Brasil.

Honda é a marca preferida dos Estados Unidos e acordo com uma pesquisa divulgada pelo o Instituto Harris Interactive de pesquisas, a japonesa Honda é a marca preferida dos consumidores dos Estados Unidos. Contrariando os mais fanáticos nacionalistas, a Ford (primeira entre as montadoras locais) é apenas a terceira, atrás da também asiática Toyota. A pesquisa consultou mais de 38.000 pessoas. O estudo é realizado anualmente e é conhecido como EquiTrend Harris 2012. Entre as marcas de luxo, outro ponto negativo para as empresas norte-americanas. A alemã Mer-

D2

cedes-Benz é a mais conceituada pelos motoristas, seguida por BMW, Lexus, Cadillac (essa sim uma marca local, pertencente à General Motors) e Acura. De acordo com o consultor do Instituto Harris Interactive, Mike Chadsey, os dados divulgados seguem os rankings de venda dos Estados Unidos. Por lá, nos últimos anos as montadoras japonesas vêm se destacando em volume de vendas, seguidas pelas alemãs e depois pelas locais, como Ford, e Chevrolet. “Esse dado sugere que os consumidores estão satisfeitos com seus veículos”, afirmou Chandsey.

DIVULGAÇÃO

Miguel Araújo, diretor de Seminovos do Grupo Orion já em Macapá, depois do sucesso no tratamento de saúde realizado na Beneficência Portuguesa (SP), com direito a um bom descanso nas praias da Baixada Santista em companhia do anjo de guarda que atende por Lia Araújo. -x-x-x-x- Minivans da Citröen, a C3 Picasso e C3 Aircross com novos motores: modelos GL e GLX, com câmbio manual recebem unidade inédita de 1,5 litro e oito válvulas, entregando de 89 a 93 cv. Já a GLX (Exclusive), com câmbio automático, permanece com o 1.6 litro 16V. Em Macapá a Citröen (Monte Carlo) fica na Padre Júlio, bairro de Santa Rita. –x-x-x-x- O SUV Renault Duster (Lagoa Automóveis) continua reinando no Meio do Mundo com vendas excepcionais, segundo a gerente Carla Lopes. –x-x-x-x- Mas vem ai o novo Ford Ecosport com uma boa companhia: a Nova e imponente Ford Ranger. –x-x-x-x- Parece que acabou o “amor” do amapaense pelos modelos chineses. Moda que passou muito rápida. –x-x-x-x- Vendas do Honda CR-V no Amapá assim como no resto do País em alta. A cor mais procurada é a branca. Falta o SUV no pátio da montadora japonesa e nas lojas. É aceitação 100% dos fiéis consumidores da marca. –x-x-x-x- Quer um relógio de classe, moderno, tipo executivo por um preço honesto? Então vá até a loja de acessórios da Betral Veículos (Fiat). Não deixe de cobiçar as camisas! –x-x-x-x-“Não devemos ter medo de inventar seja o que for. Tudo que existe em nós existe também na natureza, pois, fazemos parte dela”. (Pablo Picasso). –x-x-x-x- Freando... e desejando boas férias sem tragédias no trânsito. –x-x-x-x- Bom Domingo!


Carro&Moto

JD

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Chevrolet Spin já está entre nós

D3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Em detalhes

Minivan usa plataforma do Cobalt e terá versões de 5 e 7 lugares; confira avaliação

FOTOS DIVULGAÇÃO

FOTOS DIVULGAÇÃO

Ferrari 599XX é leiloada por 1,4 milhão de euros

A Ferrari anunciou que arrecadou 1,8 milhão de euros – aproximadamente R$ 4,7 milhões – em um leilão online organizado em favor das vítimas dos terremotos que atingiram a região de Emilia-Romagna, no norte da Itália. Os sismos aconteceram nos dias 20 e 29 de maio e deixaram 26 vítimas fatais, além de centenas de feridos. De acordo com a Defesa Civil italiana, cerca de 15 mil pessoas continuam desabrigadas nas áreas atingidas pelos tremores. Do total de 1,8 milhão de euros arrecadado, 1,4 milhão refere-se ao valor angariado com a venda do superesportivo 599XX, a versão do cupê de luxo 599 Fiorano homologada para disputar competições em circuitos fechados. ............................................................................

Chevrolet Spin traz motor 1.8 8V com 108 cv de potência e 17,1 kgfm de torque

A

Chevrolet lançou oficialmente na manhã do último dia (28) sua mais nova minivan, a Spin. O modelo partirá de R$ 44.590 na versão manual de entrada LT com cinco lugares, e com sete lugares na versão LTZ a partir de R$ 50.990. A versão topo de linha, com câmbio automático, sai a partir de R$ 54.690. A Spin chega para substituir de uma só vez Meriva e Zafira que, segundo a GM, ainda não possuem data de despedida. No entanto, ambas devem deixar o mercado até o final do ano. Com a mesma carroceria, o modelo pretende atacar rivais como os Nissan Livina e Grand Livina com espaço para cinco ou sete ocupantes. Sob o capô, a minivan da Chevrolet virá equipada com o velho motor 1.8 8V já conhecido, mas que agora ganhou melhorias no sistema de admissão de ar e escape e leva o nome Econo.Flex. Ele rende agora 108 cv de potência e até 17,1 kgfm a 3.200 rpm com etanol. O câmbio pode ser manual de 5 velocidades ou automático de 6 velocidades com trocas sequenciais, a mesma caixa de transmissão utilizada no sedã médio Cruze. Todas as versões da Spin virão equipadas com ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS, airbag duplo e trio elétrico. As rodas podem ser de ferro ou de liga, sempre aro 15 e com pneus 195/65. A dianteira é moderna e e tem faróis esticados que lembram os da picape S10. A lateral traz linhas muito semelhantes às do Cobalt, que começam no farol e na lanterna, terminando nas portas. O porte é mais para Zafira do que para a Meriva, enquanto a traseira cau-

sará divergências por privilegiar o espaço e não o visual. Com 2,62 m de distância entre-eixos, a Spin ficou com espaço limitado nos bancos traseiros, embora a montadora alegue que seu foco é a versatilidade. Mesas do tipo avião? Esqueça, os bancos traseiros sequer possuem sistema de correr, tudo para evitar alto preço. Na terceira fileira de bancos, o modelo da Chevrolet leva a melhor comparado ao Nissan. O banco rebate por meio de uma alça na parte inferior do encosto, e o acesso é fácil. O espaço para a cabeça é excelente. Há 23 combinações de posicionamento dos bancos na versão de sete lugares, o que facilita o transporte de bagagens. Levar pequenos objetos também é simples, por conta dos 32 porta-trecos espalhados pela cabine. O porta-malas, de acordo com a GM, é o maior da categoria: 710 l na versão de cinco lugares, podendo chegar a 1.168 l com os bancos rebatidos. A sensação de espaço é boa na frente, mas há costuras falhas e falta uma simples lâmpada nos espelhos do quebra-sol. A posição de dirigir ficou mais alta, graças ao ponto H (lo-

Único Lexus LFA à venda no Brasil custa R$ 2,9 milhões

Uma jóia realmente rara. Esse talvez seja o principal argumento da Lexus para seduzir um pequeno grupo de clientes brasileiros que está interessado na única unidade do LFA à venda no país. A bandeira de luxo da Toyota anunciou que disponibilizará apenas um exemplar do supercupê por aqui. Será tão difícil ver o LFA em ação em solo nacional, que a cifra pedida condiz que tamanha exclusividade: R$ 2,9 milhões. Esse preço supera até mesmo modelos de marcas tradicionais no ramo, como Ferrari e Lamborghini. ............................................................................

Versão LTZ é a topo de linha e traz rodas de liga leve aro 15 e espaço para até 7 pessoas

calizado na junção entre o assento e o encosto dos bancos) erguido em 6 cm em relação ao Cobalt. A suspensão é a mesma do sedã, com calibragem específica do conjunto de amortecedores e molas. A Spin é firme e segura nas curvas, com pouca rolagem da carroceria. Nem mesmo a elevada posição de dirigir passa insegurança. Sofre apenas quem viaja no banco de trás. Como o assento fica praticamente em cima do eixo, os impactos são sentidos com maior intensidade. O volante regula apenas em altura, e a direção é leve e precisa. O câmbio manual tem engates precisos e cai bem

H

Novo Bugatti Veyron pode ser híbrido

Por enquanto, são só especulações. Mas, ao que tudo indica, a nova versão do carro de rua mais rápido do mundo pode ser híbrida. Em entrevista à revista Auto Express, Jens Schulenburg, chefe de engenharia da Bugatti, declarou que a montadora do grupo Volkswagen a tecnologia está em estudo e pode aparecer no próximo Veyron. E acrescentou: “Nosso grande desafio será reduzir o peso do automóvel – estamos procurando por invenções incríveis, como rodas feitas inteiramente de fibra de carbono”, adiantou. A versão atual do superesportivo francês chega à aproximadamente duas toneladas. ............................................................................

Este é o Aston Martin DB9 1M criado pelo Facebook

Dica para seu carro...

oje em dia é muito importante economizar em tudo. Depois que meu carro teve problemas com o indicador de consumo de combustível comecei a cuidar freqüentemente o quanto o carro gasta. Procurei na internet dicas para melhorar o consumo de combustível e resolvi compartilhar o que achei aqui no blog. Evite acelerar ou frear bruscamente. Além de aumentar o consumo, atitudes como estas causam o desgaste prematuro do veículo; Quando atingir a velocidade desejada, alivie aos poucos o acelerador; Sempre que possível dirija com as janelas fechadas para diminuir a resistência

ao motor 1.8. O resultado é que, na pista de testes, o desempenho foi apenas razoável – o consumo ficará para um teste futuro, pois o carro não pôde sair do Campo de Provas da GM em nosso teste. A versão manual acelerou de 0 a 100 km/h em 11,8 s, com o motor girando a 3.500 rpm a 120 km/h em quinta marcha. A Spin compartilha ainda a moderna transmissão automática GF6 do Cruze. Essa foi a 100 km/h em 12,9 s. Na onda de sucesso do Cobalt, a GM espera emplacar 2.800 unidades da Spin por mês, número até conservador. Ela tem tudo para bater a meta, mas não empolga tanto com o sedã.

do ar; Evite andar com o ar-condicionado ligado em dias frios; Leve o carro à revisão para verificar filtros de ar e de combustível. Motor desregulado pode consumir até 60% mais combustível; Evite carregar mais peso do que a capacidade do carro; Troque as marchas na hora certa. Isso evita com que o motor ande em alta rotação. A maioria dos carros vem com conta-giros no painel, exceção feita aos modelos populares. Leia o manual e respeite a faixa de rotação indicada; Desligue o carro se estiver por mais de dois minutos parado em congestio-

namentos; Pé no breque. Testes feitos com veículos mostram que velocidades moderadas são mais econômicas; Use uma planilha para anotar a quantidade de combustível abastecida e a quilometragem percorrida; Abasteça no mesmo posto e peça que o frentista faça o teste de proveta para saber se o combustível é adulterado; Não leve peso desnecessário não porta-malas, pois isso exigirá mais esforço do motor; Não encha o tanque de combustível até a boca. Nos carros atuais, parte dele acaba se perdendo pelo bocal ou pela válvula de alívio;

A ligação entre as redes sociais e as fabricantes ainda se move de maneira estranha e com resultados controversos. A Aston Martin teve a ideia de comemorar o fato de sua página no Facebook ter chegado a 1 milhão de fãs e deixou que os usuários personalizassem uma edição limitada do Aston Martin DB9, escolhendo o nome, visual e acabamento. Apenas agora a Aston revelou o DB9 produzido com base na pesquisa. O nome escolhido foi DB9 1M, com a cor azul, linhas brancas atravessando a lateral do veículo e a frase “True passion should be shared” (Paixão verdadeira deve ser compartilhada) no capô. No acabamento, rodas de cor prata-diamante com 20 raios, freios na cor preta e interior na cor Obsidian Black e Spicy Red. As mudanças são apenas visuais, mantendo o motor 6.0 V12 de 477 cv e 443 de torque, ligado a uma transmissão automática de seis marchas e capaz de ir a 0 a 100 km/h em 4,8 segundos. ............................................................................

Não espere o tanque ficar na reserva. Resíduos do fundo podem entupir os bicos injetores; Calibre os pneus a cada 15 dias e mantenha a direção alinhada. Se você tem mais alguma dica para diminuir o consumo de combustível do carro, compartilhe conosco. FOTOS DIVULGAÇÃO

Mercedes lança SLK 55 AMG no Brasil

Já está no Brasil o Mercedes-Benz SLK 55 AMG, o mais potente da história. Seu motor V8 5.5 litros entrega 421 cv e tem torque de 55 mkgf. Para levar o pequeno monstro para casa é preciso desembolsar 244.900 dólares, o equivalentre a pouco mais de meio milhão de reais. O pessoal da Mercedes não colocou só um motor potente. A suspensão esportiva da AMG trabalha em perfeita sincronia com o Direct Steer, sistema de direção da marca, entregando assim uma dirigibilidade precisa. As rodas de 18” exclusivas da AMG, as diferenças aerodinâmicas, spoiler modificado completam as mudanças estéticas do roadster. A velocidade máxima da criança é limitada eletronicamente a 250 km/h e o 0 a 100 é completado em 4,6 segundos, o ideal para baixar a capota e deixar seu cabelo bagunçado.


Click JD

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Editor responsavél Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Luiz Santos Gerente Moselli Veiculos, pousando na foto com mais uma mássdquina oferecida no Feirão Auto Show

Louise Araújo gerente da Safira Honda, no feirão Auto Show que encerra hoje no Sebrae-AP

Ediane Sanches

Márcia Cascaes e Nasly Ravenna

Diretamente do estado da Paraíba para curtir férias em Macapá Stanley, Nilton, Stênia, Paulo Sérgio, Karol, Sirlley e Kalyane, sejam bem-vindos

Lenne Cantanhede e Larissa Tayssa

Thayse Rodriques com o esposo Pietro Penafort e a pequena Maria Lunna, só sorrisos...

Gian Mendonça Gerente Geral de vendas

Jornalista cá de casa Cinthya Peixe

Alyne Kaiser, Rayanne Rodrigues, Bonieck Beckenbauer Furtado e Débora Thomaz


CadernoE

Economia&Negócios Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Pesquisa revela que profissionais com até 30 anos buscam promoção no emprego Resposta foi apontada por 20,90% dos 1500 entrevistados e em 2º lugar aparecem as metas e os desafios estimulantes

U

m levantamento realizado pela Page Personal revelou que a promoção é o que os profissionais com até 30 anos mais buscam em um emprego. A resposta foi apontada por 20,90% dos 1500 entrevistados. Em segundo lugar aparecem as metas e os desafios estimulantes, com 19,2%. O salário está na terceira colocação, com 18,9%, seguido de qualidade de vida (9,8%), gestor competente (4,9%), bom ambiente de trabalho (4,2%), possibilidade de lidar com pessoas (4,2%) e estabilidade (4%). “Embora o perfil dos profissionais mais jovens seja arrojado e superficialmente muito diferente das

gerações anteriores, eles respondem aos mesmos anseios: as metas claras e a compensação financeira ou hierárquica são as grandes engrenagens dos planos motivacionais há muito tempo” , explica o diretor da Page Personnel no Brasil, Gil Van Delft. Em contrapartida, os que os jovens menos desejam é ter uma baixa carga de trabalho (0,4%), bolsa de estudo (0,9%), home office (0,9%), horário flexível (1,1%), proximidade entre o escritório e a casa (2,9%), oferta de benefícios (2,2%), possibilidade de trabalhar em outra cidade (2,9%) e identificação com a cultura e valores (3,6%).

Sampa x Rio O estudo indicou ainda as preferências de paulistas e cariocas na hora de buscar um emprego. Das 16 opções de resposta oferecidas na pesquisa, em 11 delas são diferentes na prioridade. Por exemplo, para os jovens de São Paulo, as empresas que oferecem metas e desafios estimulantes atraem 18% deste público, enquanto entre os cariocas o indicador é de 16%. Além disso, 6% dos paulistas buscam um ambiente de trabalho agradável e a possibilidade de liderar pessoas. Entre os profissionais do Rio de Janeiro, o indicador é de apenas 2%.

DIVULGAÇÃO

Segundo levantamento, promoção é o que os profissionais com até 30 anos mais buscam em um emprego

Profissionais querem privacidade em seus perfis nas redes sociais

E

mbora boa parte dos profissionais curta as redes sociais, e, inclusive, querem ter acesso às elas no ambiente corporativo, eles não se sentem tão à vontade com seus chefes acessando seus perfis. Segundo pesquisa elaborada pela Kelly Workforce, dos profissionais entrevistados da geração Y, 56% disseram que seus chefes não deveriam ter o direito de acessar seu perfil nas redes sociais. A porcentagem é quase a mesma na geração X (58%) e Baby Boomers (53%). O levantamento entrevistou 168 mil profissionais em mais de 30 países. Ainda, entre as regiões, dos profissionais das Américas, 51%

acreditam que os empregadores não deveriam ter acesso ao perfil profissional dos seus empregados. Na região Ásia-Pacífico (APAC), 64% acham o mesmo enquanto no EMEA (Oriente Médio, Leste Europeu, África), 64% pensam assim. Empregadores potenciais Na média mundial, 56% dos empregados acreditam que os empregadores não deveriam ter acesso ao perfil profissional dos colaboradores. Assim como não acham certo os chefes acessarem os perfis virtuais, os profissionais também não acreditam que os empregadores em potencial têm esse direito.

Nas Américas, 50% dos profissionais disseram que os recrutadores não deveriam acessar os perfis durante o processo de tomada de decisão. O levantamento também fez outras constatações a respeito do comportamento dos profissionais diante as redes virtuais. Nas Américas, por exemplo, 33% afirmaram acionar seu networking, através das redes sociais, quando estão tomando alguma decisão sobre suas carreiras profissionais. Ainda, 26% dos profissionais de tal região acham mais fácil encontrar emprego via redes sociais do que pelos meios tradicionais, como jornal e empresas e recrutamento e seleção.

Aproximadamente 40% dos jovens buscam programas de trainee após se formarem

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Profissionais não querem que chefes bisbilhotem seus perfis nas redes sociais

Crescimento profissional: garanta o seu, aprendendo a negociar

P

ense em sua rotina: você dribla dificuldades o tempo todo, precisa dar conta de suas atribuições e depende diretamente da decisão de outras pessoas. Afinal, mesmo trabalhando por conta própria, você não é uma ilha. E esta convivência, independente do seu ramo de atividade, exige uma boa dose de negociação. Você já se deu conta disso?

Pesquisa revela que 35% dos jovens buscam tornar-se trainee de uma grande companhia após concluírem a graduação

U

ma pesquisa realizada pela Page Talent revela que 35% dos jovens buscam tornar-se trainee de uma grande companhia após concluírem a graduação. Outros 23% querem ser efetivados no estágio atual, o que proporciona uma vantagem às empresas que valorizam o profissional que já faz parte de sua equipe. “Um estagiário que é valorizado é sempre o

primeiro a vestir a camisa. Ele vai defendê-la onde estiver e lutar para conquistar seu espaço na folha de pagamento”, explica a gerente da Page Talent, Manoela Costa. Nova oportunidade Já 16% dos entrevistados disseram que desejam ser efetivados em outras empresas. Para outros 15%, a prioridade é fazer intercâmbios fora

do País e 11% gostariam de ter independência e abrir seu próprio negócio. “A pesquisa procurou entender qual é a preferência dos jovens profissionais no momento de escolher as prioridades de sua carreira”, finaliza Costa. Metodologia A pesquisa foi realizada em abril deste ano e entrevistou cerca de 850 jovens de 19 a 25 anos.

A arte de negociar Há certo tempo, a prática da negociação era vista como incumbência exclusiva de compradores, vendedores e de alguns funcionários de Recursos Humanos. Mas esta realidade mudou, e muito. Em todas as divisões de uma empresa, os profissionais estão envolvidos com a negociação: afinal, são diversos interesses e obrigações para se conciliar, e nesta briga ninguém quer sair perdendo. Quer um exemplo? A negociação está tão incorporada ao seu dia-a-dia que você nem sempre percebe: ao lidar com sua equipe, ao conversar com seu chefe, ao prestar contas ao cliente, ao definir propostas e metas, ao defender

idéias e melhorias...até mesmo ao pleitear aumento do seu salário! Sendo assim, a dica é caprichar nesta característica que, diante da competitividade do mundo corporativo, tem sido vista como pré-requisito em uma contratação. Neste sentido, o consultor Luiz Felipe Cortoni, professor do Instituto Vanzolini (USP) e sócio-diretor da LCZ, relata os erros mais comuns da negociação. Exagerar na argumentação Para o consultor, é normal que o funcionário considere que seus argumentos são poderosos e imbatíveis. “No entanto, não é a nós mesmos que nossos argumentos devem convencer, e sim ao interlocutor”, declara. Leve em consideração, portanto, que a outra parte se verá na posição de rebater os argumentos, pois também acredita em suas próprias opiniões. Pressionar o interlocutor Segundo Cortoni, quanto mais pressionado o interlocutor, maior sua defesa e a dificuldade para se chegar, enfim, a um acordo.

Evite subestimar a outra parte, acreditando que ela não possui argumentos, resistência ou armas suficientes. Você poderá se surpreender com isso! Negar-se a ceder A negociação não deve ser vista como uma queda de braço. Há condição, em determinado momento, de abrir mão de determinadas posições para chegar a uma solução alternativa e consensual. É possível formar uma terceira opinião, que não é a nossa nem a do nosso interlocutor, “mas uma posição onde o acordo é confortável para os dois”, esclarece o consultor. Demonstrar triunfo no final Para Cortoni, além de se tratar de um erro básico e infantil, é ainda muito freqüente. Afinal, ninguém gosta de saber que foi vencido ou que poderia ter saído do processo com mais algumas conquistas. A conclusão, neste caso, é que a outra parte pode perceber o quanto perdeu e querer, justamente por isso, retomar a negociação, ou seja, voltar à estaca zero!


JD

Economia&Negócios

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

E2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Mercado pede dinamismo e ousadia Segundo pesquisa, 71% dos entrevistados afirmam que suas empresas não dispõem de líderes na quantidade

A

s notícias apontam vários “apagões” para o ano 2012, entre eles, o de talentos no Brasil. Sim, é verdade, já estamos vivendo este momento e a falta de liderança é uma grande preocupação dos RHs das empresas dos mais diferentes segmentos. Acontece que liderar nos dias de hoje é completamente diferente do que se fazia há alguns anos. Em pouco tempo, tudo mudou – a dinâmica das operações, as culturas organizacionais e a velocidade com que as decisões são tomadas, tudo acontece muito rápido, o tempo todo. Segundo a pesquisa “Sonhos e pesadelos dos líderes empresariais brasileiros”, desenvolvida pela consultoria Empreenda e aplicada entre altos executivos do mercado, 71% dos entrevistados afirmam que suas empresas não dispõem de líderes na quantidade e qualidade necessárias para sustentar as estratégias traçadas em crescimento. Além disso, a pesquisa aponta outro ponto bastante curioso, quando questionados sobre seus principais sonhos, estes executivos apontaram que gostariam de ser líderes mais inspiradores, e desejam também ter condições para cuidar melhor da própria saúde e conquistar melhor qualidade de vida – dados que representam como ainda estamos em fase de experimentação destes novos modelos de liderança. Se há alguns anos, o líder

contava com fortes hierarquias corporativas e exercia o autoritarismo como forma padrão para a liderança de suas equipes, hoje, a defesa por planos horizontais de hierarquia cresce a cada dia. Com muitos jovens da geração Y nas atuais equipes das empresas, antigas estruturas já não são mais aceitas e cargos são muito questionáveis. As equipes mais jovens buscam hoje alguém em quem se espelhar e visualizar grande inspiração. Esta geração busca como exemplo um líder dinâmico, com boas ideias, aberto ao diálogo, sem medo de ousar e buscar novos caminhos. O mundo corporativo determina hoje a reinvenção e adaptação a todo momento, a toda prova. As palavras de ordem hoje são compartilhamento e participação. Atualmente, os líderes que estão obtendo sucesso com suas equipes são aqueles dispostos a oferecer autonomia aos liderados, aqueles que acreditam no potencial das pessoas e, com isso, cedem espaço para que elas se desenvolvam e aprendam no dia a dia das funções. Do início ao fim do dia, além de todas as suas outras funções, espera-se que o líder de equipe incentive e motive todas as pessoas ao seu redor na busca de um objetivo comum. O ambiente de trabalho há de ser saudável – é importante que as equipes se sintam em casa, num ambiente familiar onde seu espaço é respei-

DIVULGAÇÃO

Atualmente, os líderes que estão obtendo sucesso com suas equipes são aqueles dispostos a oferecer autonomia aos liderados

tado. O líder de hoje deve cuidar bem do trabalho de dentro de casa, ou seja, sua equipe, mas deve ser grande especialista de toda a movimentação fora de casa também – mercado e concorrência. Em plena era digital, os líderes precisam ser capazes de enxergar as oportunidades de negócios que estes novos canais estão gerando e saibam como inserir sua

empresa neste segmento de mercado. É esperado que este líder assuma plenamente diferentes papéis durante seu dia, seja como vendedor, empreendedor, psicólogo, apaziguador, planejamento geral e um grande consultor de seu mercado e suas particularidades, das suas tendências e todas as possíveis concorrências. Com tantas atribuições

para um cargo só e o mercado em plena reinvenção, são muitos os desafios de empresas e profissionais na definição do verdadeiro papel do líder de hoje, e nos meios de formação destes profissionais de forma que o acúmulo de funções não comprometa a qualidade de vida e as expectativas não despejem tanta cobrança na figura de uma

pessoa só. As dicas a respeito de delegar funções e acreditar na equipe devem se aplicar também a este profissional, foco de muita atenção nas empresas de hoje. É um mundo novo, novas hierarquias, e muitos desafios. Fonte: Novos líderes: mercado pede dinamismo e ousadia (Portal Carreira & Sucesso)

Posicionamento: um diferencial no mercado de atuação R.H ARTIGOS Fonte

E

m um cenário competitivo e com expressivas transformações em várias áreas profissionais, o posicionamento de uma empresa torna-se importante instrumento, para contribuir com o sucesso organizacional, além de gerar diferenciais sobre a concorrência e maior aproximação com o cliente. De maneira figurativa, não é possível aceitar entrar em um barco e permitir que a onda leve sua carreira profissional para qualquer destino. Observe abaixo, como tornar o posicionamento um grande diferencial e assumir o compromisso de prometer menos e fazer mais. Encontre caminhos para conduzir seus sonhos à realidade - Precisamos compreender, que no ambiente profissional, o posicionamento concretiza-se no ato de desenvolver a imagem da

organização, para ocupar um lugar de destaque na mente do consumidor. Toda empresa precisa gerar diferenciais, pois é uma questão de sobrevivência. Na vida pessoal não é nada diferente para quem deseja ser o primeiro colocado. Ser o número um, exige treinamento, visualização constante das metas e perseverança para superar desafios. Acredite que seu posicionamento diante de uma decisão mostra o quanto você pode fazer a diferença. Estabeleça as metas e os rumos que deseja realizar. Torne-os o mais visível possível para sua mente e defina os critérios necessários para alcançar esses resultados. Visualize você passando pela linha de chegada - Imagine que você está participando de uma corrida. Antes do sinal da largada o que passa em sua mente? Pensa em desculpas para justificar sua colocação? Encontra

desmotivação ao perceber o perfil dos concorrentes ou visualiza você passando pela linha de chegada? Há alunos que, antes de receber a avaliação, reclamam que a prova está difícil. Há vendedores que prezam em falar da concorrência ao contrário de enaltecer a empresa que trabalham. Lembre que, se não puder ser o primeiro em uma categoria, estabeleça uma nova categoria em que seja o primeiro. Esse importante princípio do marketing indica que, ao contrário de desculpas será preciso visualizar as conquistas. Posicionamento exige uma estratégia de destaque. Algumas empresas buscam posicionamento no preço, nas características dos produtos, no serviço oferecido, na equipe de trabalho ou na localização. Na sua carreira, qual a estratégia utilizada para encontrar um posicionamento de destaque? Como você está posicionado em re-

DIVULGAÇÃO

Acredite que seu posicionamento diante de uma decisão mostra o quanto você pode fazer a diferença

lação as suas metas e desafios? Concentre seus esforços no que deseja realizar e conceda priori-

dade absoluta para estimular seu potencial. Não permita que o barco da sua vida navegue à deri-

va, mas conduza para que alcance a descoberta de novas e vitoriosas oportunidades.

Empreendedorismo: individualismo ou competência?

A

companhei recentemente, a apresentação de uma dissertação de mestrado, indicando os principais atributos do perfil empreendedor, no processo de internacionalização de pequenas e médias empresas. Os resultados apontaram quatro características essenciais: a relação existente com a identidade de uma oportunidade, a melhoria do desempenho operacional, o gerenciamento de turbulências e a tomada de decisão diante de problemas. Interessante constatar

que os quatro fatores, relacionam-se diretamente ao ser humano, ou seja, para se manter empreendedor, há o compromisso de desenvolver suas competências, rompendo o individualismo e procurando por novas oportunidades, com o desejo de acreditar na capacidade de superar desafios. Mas como ser empreendedor em um cenário de competitividade? O empreendedor sabe que grandes realizações ocorrem, quando se rompe a inércia do comodismo e confia, que todo resultado é

gerado por mudanças em observar o ambiente à sua volta. Nesta direção, além de cultivar o hábito de participar de treinamentos e palestras, é importante também, participar de reuniões em núcleos setoriais, com o propósito de fortalecer sua rede de relacionamentos e buscar definitivamente, abandonar qualquer situação que limite sua capacidade para a expansão do seu negócio. Para um empreendedor, o desafio de se manter em constante atualização não é perda de tempo, mas o en-

sejo de expandir seus conhecimentos e traduzir sua estratégia em resultados, desenvolvendo cinco competências essenciais. A primeira está no conhecimento sobre os processos de trabalho. Em seguida, o aprofundamento de técnicas específicas sobre o que trabalho que deverá ser realizado. O terceiro item refere-se em saber organizar os fluxos de trabalho de acordo com o tempo, a meta e os recursos financeiros disponíveis. O próximo fator é de suma importância, pois exige a ação de alinhar sua

ideia, com o impacto que estará conquistando diante de possíveis clientes. O quinto exercício é uma revisão de desempenho, avaliando a autonomia do projeto, a responsabilidade social e os resultados a serem conquistados. Note que são cinco exercícios, que além de contribuir com o desenvolvimento das competências, direcionam forças para transformar a ideia de empreender não em uma utopia, mas em algo real e produtivo. Perceba que em um período em que a duração dos

empregos formais está menor e, os mais diversos setores são caracterizados por expressiva volatilidade, o intraempreendedorismo ao ser aplicado diariamente, passa a ser um diferencial para fortalecer a sua capacidade de superar desafios. Seja em uma reunião, visita a um cliente ou desenvolvendo um projeto pessoal, o empreendedorismo está dentro de você. Procure continuamente lembrar e revisar, as quatro características essenciais dos resultados da dissertação que estão no início deste texto.


JD

Economia&Negócios

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

Vagas temporárias: mais de 17 mil oportunidades paras férias de julho

E3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

7 pecados capitais que você não deve cometer em uma corporação DIVULGAÇÃO

Pesquisa vale para todas as regiões do país com diversas funcões e salários

O

mercado de trabalho deve criar cerca de 17 mil vagas nas férias de julho nos segmentos de entretenimento, indústria e comércio. Um aumento de 3% em relação a 2011, devido as férias escolares em todo o País. É o que revela a pesquisa encomendada pela Asserttem em parceira com o sindicato paulista que representa a mesma categoria (Sindeprestem). As vagas são para todas as regiões do País: com previsão de 8.818 contratações temporárias no Sudeste, 2.992 no Sul, 2.621 no Nordeste, mais de 1.400 no Centro-Oeste e 1.080no Norte. “Os estudantes de áreas correlatas ao lazer e entretenimento têm no trabalho temporário oportunidade de conhecer melhor o mercado no qual desejam ingressar, podendo inclusive ser contemplados com a efetivação”, afirma a presidente da Asserttem, Jismália de Oliveira Alves. Para o diretor de Comunicação da Asserttem, Evandro Freitas de Souza, mesmo sendo um trabalho temporário, o profissional deve aproveitar a oportunidade para mostrar o seu potencial. “O mercado está disputado e as empresas precisam de mão de obra de qualidade. Educação, simpatia, responsabilidade e facilidade para trabalhar em equipe podem ser os

DIVULGAÇÃO

Dividir tarefas com colegas é uma das dicas feitas por especialistas

A As principais funções envolvem linha de produção, degustação e promotores de venda (call center), entre outros

diferenciais para uma efetivação”, explica Souza. Lazer e entretenimento Mais de 13 mil oportunidades de emprego nas vagas temporárias do segmento de lazer e entretenimento são em parques temáticos; clubes; hotéis; pousadas; acampamentos; bares e restaurantes. Entre todas as vagas, 10% têm chance de efetivação. O segmento também deve contratar cerca de 3 mil jovens, média de 25%, para o primeiro emprego. Os candidatos com nível de escolaridade superior completo ou cursando o último ano dos cursos de

Educação Física, Turismo, Hotelaria, Administração, Psicologia, Publicidade e Pedagogia terão prioridade no processo seletivo. As principais funções são de atendimento, monitores, operadores de brinquedos, garçons, serviços de quarto e serviços de cozinha. A remuneração vai de R$ 40 a R$ 180 por dia de trabalho e algumas empresas não exigem necessariamente experiência profissional para os cargos. Indústria e comércio Segundo dados da pesquisa, os dois segmentos irão contratar 3,5 mil temporários para trabalhares

na indústria de produtos de lazer; marketing promocional e eventos. Mais de 500 jovens, o que equivale a 15%, irão trabalhar pela primeira vez. A expectativa é que a média de efetivação seja de 5% após término dos contratos temporários. Os candidatos deverão ter concluído o 2° grau, ter experiência na área, boa apresentação, fácil comunicação e simpatia para concorrer a vagas temporárias na indústria e comércio. As principais funções envolvem linha de produção, degustação e promotores. A remuneração varia entre R$ 700 e R$ 1.800.

Veja quanto ganha um funcionário iniciante de empresas de tecnologia

V

ocê já deve ter se feito a pergunta: “quanto ganha quem trabalha no Facebook?” “E no Google?”. Pois um estudo realizado pela PayScale, revela os salários dos profissionais

iniciantes das maiores empresas de tecnologia em 2012. O maior salário inicial, por exemplo, é pago Nvidia Corp, de US$ 99.400 por ano. Já um profissional com algum

tempo de carreira recebe, em média, US$ 134 mil anuais. Salários No geral, a menor média salarial para início de carreira apurada foi de

US$ 47.100 por ano, na Sony Eletronics, Inc.Veja abaixo, o salário pago para quem começa e para os profissionais em meio de carreira nas principais empresas de tecnologia.

ndar na linha pode não ser fácil, mas como já imaginado é mais do que necessário em uma corporação principalmente naquelas em que o comportamento costuma ditar as regras de convivência. Por isso, se você perceber que manter a compostura está complicado demais, que tal repensar suas atitudes e mudar esse jogo? Segundo a especialista em Soluções de RH da De Bernt Entschev Human Capital, Aline Lumi Takushi, muitos profissionais costumam adotar uma postura inadequada por desconhecimento. “Tivemos uma profissional da área comercial que certa vez postou, nas redes sociais, algumas fotos em traje de banho. A atitude não pegou bem, já que todos tinham acesso à página dela, mas isso foi logo corrigido após a orientação do gestor que aconselhou a colaboradora a usar filtros em sua página social”, conta. Nesta situação, assim como em tantas outras, foi o gestor o principal responsável pela mudança. “Nem sempre o trabalhador tem a percepção sobre o seu próprio comportamento e como o mesmo reflete em sua vida profissional. Por isso, o feedback é tão importante. Ele pode promover a autoanálise e gerar mudanças”, diz a managing partner da Thomas Case & Associados, Izabel de Almeida.

mular demais, não. Reflita o quanto você deseja progredir na carreira e pense se está disposto a passar por cima das pessoas para atingir os seus objetivos. Se essa for realmente a sua intenção, tome cuidado: certamente sua jornada não será tão boa assim. “O avarento almeja tanto o crescimento que se esquece de analisar os caminhos que deve percorrer - e estes, podem não ser nada bons”, diz Alice.

Observe Uma dica importante para evitar que pequenos erros possam prejudicar sua imagem na corporação é a observação. Isso mesmo! Observe o comportamento dos demais colegas e certifique-se de que suas ações estão realmente de acordo com as políticas da empresa em que atua. E não se preocupe se alguém lhe der um feedback negativo. Por mais constrangedor que possa parecer, ouça a mensagem com atenção e não tente se justificar, afinal, somente assim você poderá se adequar, de fato, à cultura da sua empresa.

Inveja: invejar o crescimento do seu colega pode comprometê-lo em uma organização, especialmente se por essa razão você passar a adotar uma postura inadequada no trabalho. Que tal se ao invés de desejar a capacidade do outro, você investir nas suas reais aptidões?

7 pecados capitais Para ajudá-lo a identificar os erros mais inaceitáveis em uma corporação, a opinião das profissionais Izabel e Aline, que juntas nos ajudaram a elaborar os 7 pecados capitais que você não deve cometer. Confira! Gula: deixe de ser ‘fominha’ e aprenda a dividir seu trabalho com a equipe. Ninguém gosta de um líder centralizador, tampouco de alguém que não sabe compartilhar suas vitórias com os demais contratados. Por isso, se você pretente manter o clima agradável, bem como seu emprego, que tal repensar a forma como você concentra e distribui suas atividades? Avareza: acumular riquezas é bom, mas acu-

Luxúria: deixar-se dominar pelas paixões pode ser uma atitude nada positiva no trabalho, mais ainda se a pessoa do seu interesse trabalhar com você. Os casos de assédio sexual estão aí para provar esse fato. E mesmo se o envolvimento for consentido, redobre sua atenção: lembre-se que trabalho é trabalho e que a vida pessoal não deve afetar o dia-a-dia da corporação. Ira: não digerir e metabolizar os acontecimentos pode trazer muita dor de cabeça. O outro extremo também não é nada bom, afinal, explosões de raiva não são adequadas para o ambiente de trabalho. Assim, se você deseja manter um clima agradável na corporação, que tal aprender a trabalhar a raiva e se controlar um pouco melhor? Resolva seus conflitos com seus colegas e não deixe para amanhã aquela conversa que você poderia ter hoje.

Preguiça: aversão ao trabalho e lentidão demais podem realmente afetar seu desempenho na corporação, e isso, de uma forma muito negativa, acredite. Tenha em mente que empurrar as coisas com a barriga também implica em se empurrar para fora da empresa, afinal, seu chefe não terá preguiça de demití-lo. Tente descobrir os motivos do problema. Às vezes você pode não estar satisfeito com as tarefas que tem desempenhado na empresa ou mesmo precisa de vitaminas pela manhã. Vaidade: vaidade bem dosada faz bem, mas em excesso faz com que seus colegas de trabalho o considerem uma pessoa chata. E sabemos que você não ficará nada contente de saber que seus colegas preferem almoçar ou fazer um happy hour sem a sua “maravilhosa companhia”. Por isso, que tal conter seu ego um pouquinho? Talvez essa siples atitude possa ajudar a melhorar seus relacionamentos na empresa.


JD

Economia&Negócios

Macapá-AP, domingo e segunda, 01 e 02 de julho de 2012

E4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Saiba o que fazer quando sua empresa quer te promover sem aumentar o seu salário Consultor revela que em caso de promoção, uma das melhores formas de agir é negociar sua remuneração

A

promoção enfim chegou e com ela a promessa de mais responsabilidades. A conquista, de fato, teria tudo para ser maravilhosa, mas isso, claro, se não fosse por um pequeno detalhe: aumento salarial que é bom, nada. Se pararmos para analisar certamente encontraremos muitos profissionais que já vivenciaram tal situação, mas será que todos sabem como agir quando a remuneração não vem? De acordo com a consultora associada da Muttare, Roberta Yono Ebina, não. Segundo ela, alguns colaboradores acabam aceitando a proposta oferecida pela empresa sem analisar criteriosamente os termos da promoção. Com isso, mais tarde, muitos se arrependem e acabam se queixando dos termos exigidos pela corporação. “Cada empresa possui uma política de remuneração. Por isso, os colaboradores devem analisar uma proposta e entender a razão desta política antes de tomar uma decisão. Depois de aceitar um termo, não é justo criticar a organização. O gestor deve ter maturi-

dade em relação a isto”, diz a consultora. Políticas organizacionais Hoje, existem empresas que costumam adotar políticas como a exigida por lei, em que o colaborador recebe um aumento salarial a cada vez que tem um aumento de função ou responsabilidade e também aquelas que apresentam restrições salariais para os colaboradores que já tenham recebido um aumento em um período inferior a seis meses. “Se a política da empresa é aumentar o salário quando se tem uma promoção, que se faça cumprir a política – isto demonstra integridade. Mas nem todas são assim, algumas apenas permitem um novo aumento após seis meses de trabalho em um cargo e, com isso, correm o risco de perder um bom profissional por conta da existência de uma regra inútil”, argumenta Roberta. Outra prática pouco aceita pelos colaboradores é ainda a barganha com a remuneração variável. “As empresas compram desempenho com o uso de

DIVULGAÇÃO

bônus e isso pode se tornar motivo de corrupção nas organizações”, diz a consultora da Muttare. Segundo ela, não é raro, por exemplo, encontrar empresas que afirmem ao colaborador, que se ele não fizer uma atividade como o diretor espera, que o mesmo poderá ficar sem o seu bônus. “A remuneração variável deve trazer o sentimento de justiça por um trabalho feito ou superado e não ser mecanismo de barganha para obrigar o colaborador a atuar de determinada maneira ou aguentar o chefe”, diz. Negocie Para quem não sabe, o salário base (recebido mensalmente) age como forma de, teoricamente, recompensar a pessoa que cumpre com as responsabilidades e metas do cargo que ocupa. já o bônus, não. Ele é uma das formas de remuneração variável adotadas para recompensar a pessoa que supera as responsabilidades ou metas comprometidas do cargo que ocupa. Por isso, se um dia você for surpreendido por uma

Seu salário deve ser pago mensalmente de acordo com as exigências diárias de seu trabalho

promoção em que sua remuneração virá apenas em forma de bônus, negocie! Lembre-se que o seu salário deve ser pago mensalmente de acordo com as exigências diárias de seu trabalho e que o bônus é apenas uma forma que a empresa terá de remunerá-lo pelo cumprimento das metas impostas pela organização. “Uma empresa que adota

essa postura pode estar tentando comprar o desempenho do colaborador. Não se deve usar a remuneração variável como causa para atingir algo, essa remuneração é uma consequência de desempenho excedido”, explica Roberta. Novo emprego E se por acaso o trabalhador perceber que a empresa não cederá aos

seus argumentos ou que não pretende mudar a política de remuneração, a melhor decisão é sair da organização. “Se ele deixar claro a todos a razão da sua não concordância, sua imagem não será afetada. Mas como a empresa irá lidar com a negativa do colaborador dependerá da liderança na corporação”, completa.

Veja as habilidades que empresas esperam do profissional de auditoria

B

uscar profissionais com apurado senso crítico e analítico e com experiência em gerenciamento de riscos são algumas das características que grandes corporações esperam de um profissional de auditoria. Quase 60% dos empresários brasileiros afirmam que este é o perfil mais desejado. Entre os americanos e canadenses o indicador é de 70%. Os dados fazem parte da pesquisa mundial “O Pulso da Profissão”, realizado pelo The IIA Global - Institute of Internal Auditors, que ouviu mais de 1.200 executivos de auditoria de dezenas empresas com faturamentos anuais acima de um bilhão de dólares.

Quase 200 brasileiros executivos participaram da pesquisa, dando ao país a segunda posição, atrás somente dos EUA. Os resultados regionalizados mostram também algumas diferenças de prioridades pelos executivos em cada país. A fraude, por exemplo, mais de 40% dos entrevistados brasileiros apontaram como uma das principais preocupações e pretendem aumentar os investimentos nesta área para 2012, em comparação ao ano passado. A mesma questão é relevante apenas para 27% dos auditores da América do Norte. “Os resultados revelam sinais de que o auditor interno necessita se preparar para ser um

DIVULGAÇÃO

agente capaz de identificar os rumos a serem seguidos pela empresa e auxiliá-la na tomada de decisões, contribuindo para ganhos e economia de recursos significativos”, comenta o diretor-presidente do IIIA Brasil, (Instituto dos Auditores Internos do Brasil) filiada ao IIA Global, Braselino Silva. Outras habilidades A capacitação de informações estratégicas, foi eleita como outra capacidade essencial para os executivos da América do Norte, com 50%; conhecimentos em tecnologia e ferramentas de internet, com 49% e a visão de negócios, é importante para 46% dos entrevistados.

Quase 200 brasileiros executivos participaram da pesquisa, dando ao país a segunda posição

Oportunidades de emprego na área de TI crescem em maio de 2012

A

área de TI (Tecnologia da Informação) se destacou no mês de maio em relação à oferta de vagas profissionais, segundo levantamento da Right Management. Do total de vagas analisadas, 27% se referiam a tal campo de atuação. Comparando o número com o mês de abril, houve um aumento de 36% no número de vagas ofertadas. Em relação ao mesmo período de 2011, o aumento foi ainda mais expressivo, de 144%. “Até o final do ano, o mercado tende a se aquecer para as contratações e, neste caso, haverá espaço para profissionais de tecnologia, muito em função de empresas que estão em expansão, com novos projetos e investimentos”, afirma a diretora de transição de carreira da Right Management, Matilde Berna. Ainda segundo o estu-

FOTOS DIVULGAÇÃO

do, o setor de serviços especializados foi o que mais ofertou vagas no mês passado (25%), sendo seguido pelo de logística e transportes (8%) e Telecom (7,3%). Serviços e indústria Já no que se refe à contratação de executivos em maio, o maior empregador ainda foi o setor industrial, com 49% das vagas captadas. De acordo com o levantamento, a maioria das vagas foi impulsionada por demandas da construção civil (16,5%), bens de consumo (11%), do setor automotivo (9%) e farmacêutico (7,5%). “O setor industrial continua liderando este resultado em função do cenário positivo no consumo, até este momento. Percebe-se que as empresas continuam buscando profissionais para acelerar seus projetos de investimentos”, afirma a diretora.

De acordo com o levantamento, a maioria das vagas foi impulsionada por demandas da construção civil (16,5%), bens de consumo (11%), etc

Contratações de dezembro A consultoria ainda destaca que no mês de maio houve um grande aumento de oportunidades para executivos

no estado do Rio de Janeiro. Segundo o indicador, as oportunidades representaram quase 20% de todas as vagas captadas pelo estudo no mês em questão.

Além disso, comparado a abril, o crescimento de vagas foi de 66%. “Ainda podemos observar que segmentos como construção civil, infraestrutura, bens de

consumo e tecnologia da informação, são segmentos que se destacarão nos próximos meses também”, finaliza Matilde.

Jornal do Dia 01-02/07/2012  

Jornal do Dia 01-02/07/2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you