Page 1

mais uma

emendas

Loco Abreu

Ferrão é ouro no tiro

Municípios mais poderosos

Campeonato não acabou

Ela totalizou 773,9 pontos para subir no lugar mais alto do pódio. nC3

Pela primeira vez, prefeitos poderão apresentar emendas ao orçamento da União. nA6

Ele aposta em novas chances.

nC3

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Quem lê, sabe mais! Macapá-AP, Sexta-feira, 21 de Outubro de 2011 - Ano XXV

EXPOFEIRA

Trabalhadores reclamam que não foram contemplados Trabalhadores que foram cadastrados para trabalhar na 48ª Expofeira reclamam que ficaram de fora do evento. Segundo eles, atá agora não foi dada qualquer explicação. nB1

Domingo e Segunda R$ 2,50 - Terça a Sábado R$ 1,50

agora é nosso

Sob liderança de Sarney, Amapá toma posse das terras da União Ontem, o gabinete do senador Sarney informou que recebeu do Incra a informação de que foi feita a certificação de glebas. Com isso, o Amapá poderá promover em cartório

PRECARIEDADE

realidade Secretaria Pacientes denunciam reconhece que falta falta de estrutura na medicamentos Com a desculpa de que a Secretaria de Saúde enfrenta dificuldades para fazer licitações, os hospitais estariam enfrentando a falta de remédios. nB1

a transferência das terras da União para o seu patrimônio. Hoje, boa parte dos recursos federais não é aplicada nos municípios amapaenses porque não há a titularidade.nA4 jornal do dia

cultura

Festival premia os melhores nomes da Nefrologia do Estado música amapaense

nA4

divulgação

A ausência de material como agulhas e medicamentos tem dificultado a vida dos pacientes que precisam de tratamento no se-

tor de nefrologia. Segundo eles, a ausência tem levado à adoção de outros tipos de aplicações, comprometendo o tratamento. nB3

sob polêmica

Câmara aprova contratos para suprir carência no ensino municipal Debaixo de muita discussão, a Câmara Muncipal de Macapá aprovou ontem, o projeto de lei que autoriza a Prefeitura de Macapá a

contratar professores afim de suprir a carência da rede municipal de ensino. Serão certa de 160 vagas. nA4 jornal do dia

educação

Estudantes estaduais acompanham de perto o dia-dia de uma redação Alunos da Escola Estadual Azevedo Costa, conheceram de perto o dia-dia da redação do Jornal do Dia. Os alu-

nos também publicam um jornal na escola montado por eles próprios, sob o auxílio dos professores. nB1

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

“ ” Opinião

EntreAspas

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista

Contratos – Debaixo de muita discussão, a Câmara de Vereadores de Macapá aprovou ontem a autorização para que a Prefeitura contrate 160 professores para suprir a carência do ensino municipal. Contrários – Apenas os vereadores Clécio Luís (PSOL), Washington Picanço (PSB) e Nelson Souza foram contrários ao projeto apresentado.

Sob questão – Para Clécio, o baixo salário (pouco mais do que R$ 700) e o longo período do contrato (até dezembro de 2012) são pontos do projeto inaceitáveis. Ele cobrou respeito ao piso nacional e a realização de concurso público para efetivação dos profissionais. Rebate – O revide da bancada de situação foi ferrenho em cima dos poucos que foram contrários ao projeto. O vereador Washington Picanço foi um dos mais criticados. Afinal de contas, o PSB cobra concurso para a educação municipal, mas não realiza a nível estadual. Sem saber – Já o vereador Clécio também foi duramente criticado, uma vez que desde o iní-

cio do ano cobrou mais professores nas salas de aula e agora, diante do projeto, votou contra. Aplausos – Nesse vai e vem, quem não estava entendendo mais nada era o povo que na plateia. As mesmas palmas que elogiavam os discursos da oposição, envaideciam os discursos da situação. Vai entender.

Inferno móvel – Falar no celular virou um jogo de sorte no Amapá. Sem exceção, todas as operadoras apresentam algum tipo de problema ou falha durante as ligações. A qualidade do serviço é tão baixa que em algumas tenho a impressão de estar conversando com alguém do outro lado com voz robótica. É um verdadeiro inferno que até hoje ninguém apresentou soluções. Pago – A telefonia móvel no Amapá é um serviço pago como em qualquer outro lugar do país. Aliás, aqui deveria ser até mais barato justamente por conta da baixa qualidade do serviço prestado. Como a maior parte da população já acostumou com tais absurdos, ninguém fala mais nada e tudo fica por isso mesmo. Uma vergonha.

FotodoDia

Festival – A Assembleia Legislativa comemorou em grande estilo o primeiro Festival de Música daquela Casa de Leis. Está de parabéns a iniciativa da presidência, que mostrou respeito e reconhecimento pelos artistas locais.

Expofeira – Começa hoje a 48ª Expofeira do Amapá. O show de abertura é da dupla sertaneja Cesar Minotti e Fabiano. A expectativa é que além da parte cultural e entretenimento que sempre foi destaque, o agronegócio também tenha maior espaço. Sem interesse – Não interessou a nenhuma empresa a obra do Hospital Metropolitano, localizado na zona norte de Macapá. Ontem, a licitação para a obra deu vazia. Direto – Se continuar havendo desinteresse pela obra, a Prefeitura de Macapá vai dispensar o processo licitatório e contratar diretamente os

interessados pelo projeto. Quem sabe desse jeito, olho no olho e dependendo do preço ofertado, alguém se interesse em terminar o serviço. Novela – O Hospital Metropolitano já virou novela. Lembro que no ano passado, o então governador Pedro Paulo (PP) visitou a obra e confirmou o andamento da mesma. Hoje continua do mesmo jeito. Quando será que veremos o capítulo final desse drama que causa tanto desgosto aos amapaenses? Cortando cabeças - A crise deflagrada com as denúncias de corrupção no Ministério do Esporte deverá custar ao PCdoB o comando da pasta. O Palácio do Planalto já avisou dirigentes do partido que a própria imagem do governo da presidente Dilma Rousseff começa a ficar desgastada. Até amanhã...

“Ojornalismoé,antesdetudoesobretudo,aprática diáriadainteligênciaeoexercíciocotidiano do caráter” (Claudio Abramo) Siga: @cantanhede_AP Acesse:jandersoncantanhede.wordpress.com Email: cantanhede@jdia.com.br

O sorriso de uma criança não tem preço. Principalmente para os enfermeiros e técnicos em enfermagem da Unimed Macapá, que realizaram esta semana uma brincadeira com todos as crianças que se encontravam no hospital da cooperativa. Esse é o trabalho gratificante que vai além do profissionalismo.

DIVULGAÇÃO

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Editorial ONG’s e governo: uma relação duvidosa

A

relação duvidosa entre ONG’s e o governo sempre causou polêmica. Principalmente agora, quando o décimo escândalo do governo Dilma fecha outubro aumentando ainda mais a lista de suspeitas e demissões. Essa relação entre governos e ONGs, é bom que se diga, não foi invenção dos governos do PT. Foi invenção do governo Fernando Henrique Cardoso. Era o ponto principal da lógica do programa Comunidade Solidária, idealizado por Ruth Cardoso. Em princípio, é uma boa ideia: se o governo não tem estrutura para tocar tudo sozinho na área social, que faça parcerias com gente bem intencionada na sociedade civil. Mas aí é que está o problema. Como diz o ditado, de boas intenções, o inferno está cheio. Era preciso haver mecanismos eficientes de fiscalização para separar quem realmente é honesto de quem está unicamente interessado na teta gorda que o governo tornou disponível. E o governo não tem esses mecanismos eficientes de fiscalização. O ministro da Controladoria Geral da União, Jorge Hage, costuma dizer que para cada milhão entregue a uma ONG o governo teria talvez de gastar outro milhão para montar uma estrutura que tornasse o processo realmente à prova de fraude. Porque é um processo pulverizado: milhares de ONGs, milhares de pequenas verbas que, juntas, causam um buraco imenso nas contas. De qualquer modo, de parte da CGU, esse ralo vem sendo alvo de preo-

cupação há algum tempo. E sugestões da Controladoria vêm se transformando em regras para tornar mais rigoroso o critério de repasse dos recursos. “São já duas as decisões recentes da presidenta Dilma, que deverão fazer grande diferença para o controle dos recursos transferidos pelo governo federal”, disse ontem Jorge Hage a este colunista. “A primeira, foi em 27 de junho, quando assinou decreto que acabou com o saque na boca do caixa, por parte das prefeituras”, continua. “E a segunda, agora em 16 de setembro, quando estabeleceu regras bem mais duras para a seleção das ONGs, proibindo convênios com ONGs de ‘ficha-suja’, digamos assim, ou que não tenham ao menos três anos de atuação naquela mesma atividade. Veja bem, não são três anos de criada apenas, mas três anos de efetiva experiência no assunto do convenio. Além disso, exige-se agora chamamento público para a escolha da ONG. E mais: exige-se que o próprio ministro assine o convênio; assim, ninguém mais poderá dizer que não sabia do que se passou”. Viu, Orlando Silva: não pode dizer que não sabia. Até aqui, a presidenta Dilma lidou com o caso no mesmo padrão que utilizou nas outras denúncias que surgiram. Primeiro, ela espera que o ministro se defenda. E quer que ele se exponha mesmo na sua argumentação. Quem se encolhe achando que pode submergir e esperar a onda passar, dança com a presidenta.

Hora-Hora Segurança - A 48ª edição da Expofeira do Amapá, que começa hoje, 21, vai contar com presença de agentes da Polícia Civil em todos os dias de festa. Foi montado esquema de plantão entre delegados, agentes e escrivãs, assim como logística para atender aos serviços. Abertura - A Expofeira terá como atração nacional na primeira noite do evento a dupla sertaneja César Menotti e Fabiano. O show dos irmãos será realizado no palco principal, localizado na arena de rodeios, e terá início a partir das 00h.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira (1917-2006) e Irene Pereira Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira (1954-1994) Diretor Editorial José Arcângelo Pinto Pereira Diret. Adm. Financeira e Contábil Maria Inerine Pinto Pereira Diretor de Assuntos Corporativos Luiz Alberto Pinto Pereira Diretora Executiva Lúcia Thereza Pereira Assessoria Jurídica e Tributária Dr. Américo Diniz — OAB/AP 194 Dr. Eduardo Tavares — OAB/DF - 27421 Editor-Chefe Janderson Cantanhede Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br josemaria@jdia.com.br mariaruth@jdia.com.br

Índice Opinião - A2, A3 Política - A4 Economia - A5 e A6

Meio Norte - A7 Diversão - A8 Dia Dia - B1, B3

JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representantes comerciais JC Repres. Com. Ltda. - Brasília, DF n Tel. (61) 2262-7469 - Rio de Janeiro, RJ nº Tel. (21) 2223-7551, São Paulo Visão Global Comunicação S/C Ltda. n Rua Alvarenga, 573- Butantã - CEP - 05509-000 - São Paulo, SP Tel. (11) 3032-3595, Fax (11) 3032-4102. New Mídia - Belém-PA (Gil Montalverne) Tel.: (91) 3279-3911 / 8191-2217 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Polícia - B2 Santana - B4 Classidia - 12 Pág

Ediçãonúmero 7735

Pela internet - Com mais de 7 mil acessos, o endereço eletrônico www.amapaexpofeira2011.com disponibilizará todas as informações sobre o maior evento multissetorial da Região do Platô das Guianas. Oportunidade responsável por projetar as potencialidades locais e, com isso, atrair novos investidores para o Estado. Empreendedorismo - O Sebrae no Amapá distribui 2.500 cartilhas sobre informações de Legalização de Empresas durante a Feira do Empreendedor que ocorre no período de 26 a 29 de outubro, das 16h às 22h, na área de exposição do Sebrae. A finalidade da cartilha de Legalização, voltada à Micro Empresa e

Empresa de Pequeno Porte, é apresentar informações gerais sobre como o empresário deve proceder para dar andamento no processo de formalização nos órgãos públicos, responsáveis pela expedição de alvará e inscrição como: Prefeitura, Receita Estadual, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária. Inutilizadas - A corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, afirmou que 54 investigações, muitas contra desembargadores e envolvendo denúncias graves, “estarão absolutamente inutilizadas” se o Supremo Tribunal Federal decidir que o Conselho Nacional de Justiça só pode agir se as corregedorias estaduais forem omissas ou negligentes. Sob julgo - O STF vai julgar ação da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), que defende a redução da competência do CNJ para processar e julgar desvios de magistrados. Impunidade - Eliana fez um longo relato sobre os fatos que a levaram a afirmar publicamente que havia um movimento articulado para esvaziar o trabalho da corregedoria nacional de Justiça. A corregedora entende que a redução dos poderes do CNJ trará maior impunidade.

Frases do Dia “Quemnãolê,nãopensa,equemnãopensaserápara sempre um servo”. (Paulo Francis) “Nãoháquemnãocometaerrose ,grandeshomenscometem grandes erros”. (Paulo Francis) “Possodizeroquequiser,nuncasabereo imotivopelo qualseescreve,nemcomonãoseescreve”. (Marguerite Duras)


JD

Opinião A Expofeira 2011

H

oje é o primeiro dia da Expofeira, um misto de propostas de desenvolvimento com parque de diversão, onde os organizadores ficam torcendo para que a população se motive e vá até ao Parque de Exposições da Fazendinha servir de pano de fundo e de número para justificar os gastos. Muito diferente dos tempos em que se aguardava o evento para avaliar o desenvolvimento do gado criado no Amapá. Bubalinos e caprinos entre os passeios de belos exemplares de reprodutores bovinos, mas, principalmente a certeza de que por aqui iam ficar os exemplares que melhorariam o rebanho. Mostras de máquinas modernas que seriam adquiridas para animar os criadores, incentivando-os a tirar o leite e a fazer o queijo, sem antes deixar de dispor a coalhada para ser degustada com a mais pura farinha d’água, deixando condições para que o caminho da industrialização dos derivados do boi ficasse aberto. Até mesmo as primeiras orientações para elaboração dos embutidos, aproveitamento do chifre, do couro e dos ossos, entrassem para um sistema que

estão fazendo o seu papel como os que irão até a feira também estarão, alguns contra a sua própria vontade, mas a grande maioria, aproveitando a oportunidade para ouvir e ver cantar uma dupla que tem fama nacional. Mas e a feira? Esse momento me faz lembrar, em detalhes, daquela feira que foi organizada na época em que o Capi era o secretário de agricultura do Estado quando Nova da Costa era o governador. Foram trazidos para o evento burros e carroças que, na teoria, uma vez entregue para os agricultores do Estado, revolucionariam o sistema e dariam prêmios para todos – agricultores, secretários das áreas do setor primário e ao próprio governador. Não deu certo! Dois meses depois os burros começaram a enfraquecer. Não havia ração adequada e, muito menos, havia funcionado, na prática, como os técnicos e o próprio secretário avisaram que ia funcionar. Resultado: não houve resultado. Os burros morreram e ainda tem por esses interiores esqueletos das carroças servindo de apoio para paneiros de mudas em algumas casas do interior. A Expofeira é assim: exige demais daqueles que sabem de menos.

muito bom: as respostas do século passado não foram exatamente bemsucedidas. Por outro lado, essa situação mostra a sinuca de bico em que se enfiou a sociedade moderna: criam-se expectativas às quais a própria sociedade não é capaz de corresponder, prega-se um modo de vida que não responde aos anseios naturais do ser humano. A sociedade moderna do Primeiro Mundo, em que as necessidades físicas já são garantidas, esqueceu que o homem não é feito apenas delas. Além de comida, é preciso, dizia o poeta, “diversão e arte”. E, mesmo com diversão e arte, precisa-se de “saída para qualquer parte”. Esse anseio pelo infinito expressou-se de diversas formas ao longo da história, mas sempre esteve presente. Nas construções feitas para durar, nas complexas e longuíssimas genealogias, na ligação com os antepassados e descendentes expressa nos ritos religiosos, o homem sempre procurou ir além

do meramente passageiro e contingente, mirar além da necessidade física imediata. O deus-mercado dos EUA, assim como o deusEstado europeu, não tem como saciar essa sede de infinito, essa necessidade tão humana de se perceber membro de algo maior, de algo que perdura. O velho sábio sobre a montanha foi trocado pelo Google, que nos diz o que queremos ouvir. Nada é permanente, e nada presta. É compreensível a indignação daqueles jovens, assim como é compreensível que os indignados não tenham propostas. Afinal, quaisquer propostas seriam referentes às mesmas necessidades físicas que, para eles, sempre já se apresentaram supridas. O que eles buscam é mais que comida, diversão e arte, que já têm. Resta saber se daí nascerá uma visão mais humana de sociedade, ou se em seus estertores a modernidade conseguirá fazer da indignação outro objeto de consumo.

A3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Canibalismo palaciano

RODOLFOJUAREZ Jornalista

poderia agregar valor para um produto ou que era vendido in natura, a baixo preço, ou jogado fora, prejudicando o ambiente e servindo de alimento para os urubus. Pato, peru, galinhas poedeiras das mais variadas raças e ovos de todos os tamanhos sempre estavam ali sendo mostrados para os empresários locais, por eles mesmos e para os jovens alunos que sempre estavam ali para conhecer o que era anunciado como parte daquilo que poderia modificar a qualidade de vida daqueles que moravam em Macapá. Mas esse tempo passou! Agora a grande expectativa para hoje, por exemplo, é a apresentação da dupla sertaneja Cesar Menotti e Fabiano cantando e chamando para cantar aqueles que estarão no Parque, exatamente para isso – ver e ouvir os últimos e os grandes sucessos daquela que é considerada “a dupla sertaneja mais simpática e querida do Brasil”. “A Camisa e o Botão”, “24 Horas de Amor”, “60 Dias Apaixonado”, “A Carta”, “A Coisa Ta Feia”, “É Ruim Que Dói”, “Passou da Conta”, “Segura na Mão de Deus” e tantos outros títulos que a dupla já cantou e já levou para o topo das paradas. Nada contra a dupla Cesar Menotti e Fabiano, eles

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

GilvamBorges Senador

O

veneno da perseguição entope as artérias do coração que bate, disritimado, no palácio do Setentrião. O seleto grupo de procuradores do Estado, vem sofrendo ataques que desencadeiam reações de letargia e improdutividade. A absurda política implantada pelo alto executivo da Procuradoria, enquadrando os procuradores sob a força da ordem unida, exigindo que todos “batam” o ponto, não considera a especialidade, nem a capacidade funcional de cada um deles. Sabe-se que os procuradores extrapolam seus horários normais, exercendo atividades noturnas em grande parte do tempo. É patente que uma Procuradoria, aparelhada e convenientemente estimulada, garante a defesa do Estado a qualquer hora

e tempo. Não precisa dizer que as suas funções são essenciais e estratégicas. No vizinho Estado do Acre, a Procuradoria é um exemplo marcante para o desenvolvimento. Sua participação, planejada e otimizada, facilita a tomada de importantes decisões, pelo Executivo, alavancando a economia do Estado. Há de se convir que existem diferenças em mandos e funções. Se o capataz não é o carcereiro, obviamente, deveremos sempre ter o homem certo no lugar certo – e para as atividades certas. Se o líder não consegue criar o necessário clima, a fim de executar-se com êxito e objetividade as tarefas, não adianta utilizarse dos inúteis recursos da pressão. Batendo-se com força sobre a mesa, duas coisas podem acontecer: ou quebra-se a mão ou a própria mesa. Naquele velho estilo do esbravador

inseguro: quem manda aqui, sou eu. Situação que pode piorar muito, se o autoritário ameaçar também virar a mesa de reunião. Lógico que os agredidos tirarão as cadeiras e a sala passará a ter um ar de decepção e a interrupção, pode postergar grandes e importantes decisões do Colegiado. O canibalismo oficial continua. Há dez meses de um governo, vazio e sem rumo, o desmanche da máquina pública é mais que evidente. Enquanto isso, os canibais das matas da Nova-Guiné, paparam recentemente um incauto pesquisador, branco dos olhos verdes. Os nativos salivavam, enquanto o pobre homem era assado nas labaredas de fogo. A história, às vezes se repete. Nos lugares onde existem muitas muriçocas, é recomendável jantar-se embaixo do mosqueteiro.

Siga o ruy smith

Indignados

carlos ramalhete Colunista

E

m Nova Iorque, um grupo de jovens resolveu “ocupar” o centro financeiro, acampando numa praça. Na Europa, vários outros grupos, apresentando-se como “os indignados”, estão fazendo protestos e acampamentos coletivos. A novidade neste fenômeno não é que se esteja indignado com a situação atual – financeira, moral, política etc. –, sim que esta indignação não venha, como sempre veio, acompanhada de alguma solução pronta, de alguma simplificação grosseira da realidade. As soluções prontas fizeram muitos milhões de vítimas no século passado, quando o nazismo e o comunismo tentaram “dar um jeito nas coisas”. Os indignados de hoje, ao contrário dos seus avós, sabem que está tudo errado, mas não têm propostas afirmativas. Por um lado, isso é

Saia justa 1 reinaldo bessa Colunista

C

ausou desconforto na plateia a palestra da jornalista econômica Lilian Witte Fibe após a posse da nova diretoria da Associação Médica do Paraná, na noite de terça-feira. Assim que a cerimônia terminou, ela foi chamada ao palco para falar ao auditório lotado de médicos e familiares. Começou discorrendo sobre a situação mundial e o papel do Brasil na atual crise.

Até aí, tudo bem. O problema foi quando ela passou a relatar dois “cases” médicos ocorridos em São Paulo. Saia justa 2 Em ambos os casos, os médicos apontados pela jornalista – sem que ela declinasse seus nomes – eram os vilões das histórias relatadas. Começou um leve burburinho na plateia, onde eram visíveis as caras espantadas com as críticas da tarimbada Lilian, que substituiu, na última hora, a escritora gaúcha

Lya Luft, que não pôde vir a Curitiba. Saia justa 3 Diante das intervenções um tanto inflamadas de alguns presentes, especialmente do médico José Fernando Macedo, que acabara de transmitir o cargo a João Carlos Baracho, Lilian baixou o tom, disse que há maus profissionais em todas as profissões, inclusive no jornalismo, e concluiu dizendo que admira muito a classe médica. A jornalista não ficou para o jantar.

Ruy Smith fala, entre outras coisas, conclusão de adutoras que substituirão as que sofrem vazamento. Basta confeir:


JD

Política

Amapá toma posse das terras da União sob liderança de Sarney A regularizão fundiária das terras da União sempre foi uma das principais batalhas do senador

A

regularizão fundiária das terras da União sempre foi uma das principais batalhas promovidas pela bancada federal em Brasília, sob a liderança do presidente José Sarney (PMDB-AP). Para construir uma simples escola, o Amapá tinha de pedir um pedaço de terra à União. Suas terras eram administradas pelo Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), excluídas as áreas de reserva indígena e de proteção ambiental. Ontem, quinta-feira (20), o gabinete do senador Sarney informou que recebeu do INCRA a informação de que foi feita a certificação da Gleba Matapi, nos municípios de Porto Grande, Pedra Branca do Amapari, Ferreira Gomes e Mazagão. Com isso, o Estado do Amapá poderá promover em cartório a transferência das terras da União para o seu patrimônio e titular seus ocupantes. O Estado do Amapá passa a ser dono de si próprio, do seu chão, senhor do seu território. E isso de fato, não apenas de

direito, com a efetiva transferência das terras da União para o Estado e a emissão dos primeiros títulos de propriedade. Hoje, boa parte dos recursos federais não é aplicada nos municípios amapaenses - entre outras distorções - porque não há a titularidade. Grande parte das emendas parlamentares sucumbe por esse simples detalhe. A começar pelo desenvolvimento da agropecuária, o pilar de qualquer economia. Nesse quinhão, parte dele ocupado por posseiros, as áreas com potencial de produção florestal e agrícola em nome da União estão, portanto, praticamente inexploradas economicamente na ausência da titularidade. Agora, o Amapá passa a ter a condição básica para poder plantar, industrializar, vender, receber créditos, financiamentos, enfim, produzir e gerar riqueza. “O Amapá passa a ter não só controle sobre sua economia, como maioridade na capacidade de pensar seu desenvolvimento. E o

JoséSarney(PMDB-APc )onseguetranferênciadeterrasdaUniãoparaoAmapá papel do presidente Sarney foi emblemático nisso, esteve todo o tempo à frente”, explicou o ex-deputado Antônio Feijão (PSDB-AP). Comemorando a informação recebida pelo INCRA, o presidente Sarney comentou: “Era uma situação absurda que congelava o desenvolvimento do estado. Nos últimos dez anos, o Basa (Banco da Amazônia) disponibilizou R$ 2,5 bilhões para a agroindústria do Amapá e mal conse-

guiu aplicar 5% desse volume de recursos”. O senador fez questão, também, de agradecer o ministro do Ministério do Desenvolvimento Agrário: “quero agradecer ao ministro e sua equipe. Todos muito atentos ao problema. Por meio do programa Terra Legal, o engenheiro Luiz Henrique Costa vem fazendo um excelente trabalho, tanto é que foi confirmada sua permanência à frente do citado programa no Amapá”.

Câmara aprova Projeto de Lei para contratação de professores do município

A

Câmara de Vereadores de Macapá aprovou no fim da manhã de ontem, 20, o Projeto de Lei 012/2011, do Executivo Municipal, que trata da contratação de profissionais da educação para suprir carência de pessoal em estabelecimentos de ensino da rede pública. O projeto teve os votos contrários dos vereadores Clécio Luís (PSOL), Nelson Sousa (PCB) e Washington Picanço (PSB), que declararam posicionamento no início da sessão. Eles chegaram a ser vaiados no momento da votação. É que boa parte das galerias foi ocupada por professores que torciam pela apro-

CâmaradeVereadoresdeMacapáaprovacontratoparaprofessoresdomunicípio

vação do Projeto. O município espera, a partir de agora, resolver a carência nas escolas, principalmente por conta da falta de professores. Mês passado a Secretária Municipal de Educação Helena Guerra declarou que, o município tinha pressa e interesse em resolver o problema que se agravou com o fim dos antigos contratos. Com a aprovação da Câmara de Vereadores, o projeto segue para a sanção do prefeito Roberto Góes para em seguida ocorrer as contratações. Pelo menos 70 profissionais deverão ser chamados para trabalhar nos estabelecimentos de ensino da capital.

Festival de Música da Al encerra com grande festa

O

s 20 anos de instituição do poder legislativo no Amapá foram comemorados com grande festa pela Assembléia Legislativa. Uma vasta agenda realizada promoveu homenagens, entrega de títulos e o 1ºFestival de Música da AL. Servidores e ex-parlamentares foram agraciados com títulos em homenagem a contribuição à história do poder legislativo. Considerado o carro chefe de toda programa-

ção o Festival de Música ocorreu com brilhantismo dos artistas locais, que participaram do festival.A finalíssima ocorreu na avenida fab enfrente ao prédio da Assembléia e levou a disputa 12 canções regionais. O grupo Senzalas, as cantoras juliele e Patrícia Bastos estiveram no palco do festival que teve como vencedores em 1º lugar a música “A pausa” de Sérgio Sales/Intérprete Ingrid Sato R$ 7 mil, o 2º lugar ficou com a Música “Meu lagui-

nho Querido” de Fernando Canto e Manoel Cordeiro/ Grupo Pilão R$ 3 mil, o 3º lugar foi para a música” Redenção” de Paulo Bastos/ Brenda Melo. O coordenador do Festival e incentivador da cultura deputado Michel JK,estendeu mais duas premiações de mil reais, atendendo o melhor arranjo e melhor interprete, os prêmios ficaram com Cleverson Baía e Brenda Fernandes respectivamente. O cantor e vereador Marcelo Dias também

prestigiou o evento e homenageando Michel JK, coordenador deste Festival. Para JK, “os artistas e a música amapaense não perdem para nenhuma cultura de outro estado, a nossa satisfação é enorme em conseguir comemorar uma data tão importante na história do Amapá, mostrando nossos brilhantes talentos, todos estão de parabéns” declarou. O Festival encerrou com um belo show do cantor Odair José.

Servidores demitidos no Governo Collor ganham novo prazo para pedir readmissão

A

Secretaria de Assistência Social e Cidadania do município de Santana (Semasc), através do Centro de Referência em Atendimento Social (Cras) abriu inscrições para o curso de E.V.A em flores, serão ofertadas vinte vagas para famílias atendidas pelo Cras. A ação tem por objetivo qualificar os usuários de programas assistências, como o Bolsa Família para que sejam inseridos no mercado de trabalho. As inscrições estão abertas e encerram no próximo

dia 21 deste mês, estão ocorrendo na sede do Cras no bairro Remédios em horário comercial. De acordo com o secretário de Assistência Social e Cidadania do Município, Cleiton Brandão, esta será a primeira capacitação voltada para as famílias assistidas pelos programais sociais em Santana. “Pretendemos facilitar a inclusão social e a inserção profissional, de forma que as famílias não dependam exclusivamente da ajuda financeira vinda dos programas, o curso os tor-

nará auto-sustentáveis” disse o gestor. O curso está previsto para iniciar no dia 24 de outubro e segue até o dia 28, os encontros ocorrerão no Centro Comunitário Vitoria Regia, a partir das 14h, com orientações. “A meta é investir cada vez mais, na qualificação profissional dos usuários dos programas sociais e principalmente do Bolsa Família, pois estamos certos de que a as famílias que participarem destes cursos terão melhores chances de autonomia

e impacto positivo na autoestima e proteção de suas família” ressaltou o secretário. O Centro de Referência da Assistência Social (Cras) atua com famílias e indivíduos em seu contexto comunitário, através de orientação e fortalecimento do convívio sócio - familiar. As famílias atendidas por este serviço, encontram-se em situação de risco e vulnerabilidade social, a maioria está cadastrada no programa bolsa família do governo federal.

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Bastidores danotícia RODOLFOJUAREZ Jornalista

TELETON A dupla Cesar Menotti e Fabiano que está hoje em Macapá, na 48º Expofeira, fará o show de encerramento da 14ª edição do Teleton, maratona televisiva realizada pela Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), nos dias 21 e 22 de outubro, nos estúdios do SBT, com transmissão também pela TV Cultura. O show acontecerá no dia 22/10, às 21h30, ao vivo. Ao lado do apresentador Silvio Santos. Queda de braço O Governo Federal defendeu em mensagem encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF), a decisão da presidente Dilma Rousseff de mudar as propostas orçamentárias do Judiciário e do Ministério Público para barrar os reajustes salariais pedidos por magistrados, servidores e integrantes do MP. Código Penal Ajustar o Código Penal aos princípios da Constituição de 1988 e às novas exigências da sociedade contemporânea é a principal tarefa da Comissão de Reforma do Código Penal instalada na terçafeira, dia 18, pelo presidente do Senado, José Sarney. A proposta para o novo CP A proposta de criação do colegiado foi apresentada pelo senador Pedro Taques (PDT-MT), que ressaltou o “atraso” do código, instituído pelo Decreto-Lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940, durante o governo de Getúlio Vargas: É preciso que seja revista a totalidade do Código Penal. Programa Segundo Tempo A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou na quartafeira (19) o acesso da imprensa a partes do inquérito que investiga a suposta participação do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, no desvio de dinheiro do Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, do qual era titular. As partes do inquérito que contêm dados fiscais, bancários e telefônicos permanecem em sigilo e o caso continua em segredo de justiça. Só aumenta O escândalo só faz aumentar. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que a Polícia Federal vai investigar as novas denúncias de desvio de verbas do Ministério do Esporte. De acordo com Cardozo, será ouvido o policial militar e ex-militante do PCdoB João Dias, que acusa o ministro Orlando Silva de receber dinheiro desviado de ONGs, que deveriam aplicá-lo no Projeto Segundo Tempo. Lotação Agentes da Empresa Municipal de Transportes Urbanos (EMTU) apreenderam dois veículos que estavam fazendo lotação nas ruas de Macapá. Os agentes que estavam a paisana acompanharam a movimentação dos veículos próximo a paradas de ônibus e flagraram o momento em que os motoristas abordaram os passageiros. Um Fiat Uno vermelho e um Fiat Siena prata foram apreendidos e recolhidos ao pátio da EMTU. Acordo salarial A Prefeitura de Macapá cumpre este mês o acordo firmado em junho com os professores do município e que garantiu cerca de 20% de reajuste real à categoria. O percentual apresentado pelo Município foi de 19,25%, sendo

15,25% pagos em junho e mais 5% agora em outubro. Para os auxiliares, que também incluem merendeiras e serventes, o percentual foi de 4,25% de reajuste além de 10% de adequação ao piso salarial, que estão sendo pagos em duas parcelas: 5% em junho e 5% em outubro. Vaga Lume A expedição Vaga Lume é um programa criado e desenvolvido para investir nos habitantes e comunidades rurais da Amazônia Legal brasileira como de fortalecer a região que abriga o maior patrimônio natural do planeta, oferecendo subsídios aqueles que estão dispostos a contribuir voluntariamente com a prática de leituras em suas respectivas comunidades. Substituição tributária O regime da substituição tributária do ICMS em relação às operações subsequentes abrangia uma lista pequena de produtos, mas que a partir de 2007 foi ampliada, atingindo atualmente mercadorias de vários segmentos, excetuados poucos setores, como os de vestuário e de calçados. Protocolo Para aplicação da substituição tributária em operações interestaduais é necessário que os Estados assinem um Protocolo ou um Convênio, estabelecendo a responsabilidade pelo recolhimento do imposto ao remetente da mercadoria, identificando o produto sujeito ao regime, bem como a margem de valor agregado a ser utilizada para cálculo do imposto. Novos PMs Depois de quatro meses de preparação, eles estão formados e aptos a atuarem em defesa da população amapaense A solenidade de formatura da primeira turma de 2011 de novos soldados da Polícia Militar do Amapá aconteceu ontem, quintafeira, dia 20, no saguão do Comando Geral da PM. Terceiro repasse do ICMS Os municípios amapaenses já receberam até este terceiro repasse do mês de outubro R$ 9.535.468,12 descriminados na seguinte forma: Macapá, R$ 5.283.688,69; Santana, R$ 2.214.765,04; Laranjal do Jari, R$ 249.314,34; Ferreira Gomes, R$ 162.331,81; Amapá, R$ 137.272,60; Tartarugalzinho, R$ 125.153,04; Calçoene, R$ 139.971,12; Oiapoque, R$ 164.124,48; Mazagão, R$ 145.415,89; Porto Grande, R$ 119.250,58; Pracuúba, R$ 101.457,38; Itaubal, R$ 117.734,43; Cutias, R$ 94.134,14; Serra do Navio, R$ 123.856,20; Amapari, R$ 209.971,00; e Vitória do Jari, R$ 147.027,38. CNJ No último dia 17, teve início inspeções realizadas pela Corregedoria Nacional de Justiça nas unidades administrativas e judiciárias do Tribunal de Justiça do Estado. Uma equipe do CNJ esteve instalada na sede do TJAP onde fez o atendimento individual, até quinta-feira, dia 20, quando encerram os trabalhos. Fim do mundo O pregador evangélico americano Harold Camping anunciou que o mundo vai acabar hoje, sexta-feira, dia 21. A notícia, que foi divulgada inicialmente na Family Radio, emissora fundada pelo pregador, correu mundo e está publicada em milhões de páginas na Internet no mundo inteiro desde quarta-feira.


Nacional

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A5

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Ministro das Cidades defende penas mais duras para motoristas embriagados

O ministro conta que, quando chegou a Brasília para assumir o mandato de deputado federal, se reeducou, pois o Distrito Federal “avançou muito na questão da cidadania, com o respeito à faixa de pedestres

O

ministro das Cidades, Mário Negromonte defendeu ontem (20) a aplicação de penas mais severas para os motoristas que provocam mortes em acidentes de trânsito, especialmente quando embriagados. Ele defende que, quanto maior for a irregularidade, maior deve ser a pena. E lembra que estão em tramitação no Congresso Nacional mais de 100 projetos que pretendem tornar as leis de trânsito mais duras. O ministro conta que, quando chegou a Brasília para assumir o mandato de deputado federal, se reeducou, pois o Distrito Federal “avançou muito na questão da cidadania, com o respeito à faixa de pedestres. Mesmo nos lugares em que não há sinalização, os motoristas aqui param para que o pe-

destre passe”, reconheceu. Negromonte disse que os índices de acidentes de trânsito no país são muito preocupantes, pois a cada dois dias morre o equivalente ao número de passageiros de um avião Boeing, ou seja, 100 casos de morte no trânsito por dia, o que ele considera “um absurdo”. “Se caísse um Boeing a cada dois dias, todo mundo ficaria chocado. No entanto, é preocupante que isso se torne rotina no trânsito”. Ele diz que o Ministério das Cidades e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) trabalham para mudar essas estatísticas. No feriado de Corpus Christ deste ano, por exemplo, houve redução de 35% nos acidentes em relação a 2010. O ministro citou o exemplo do Japão, onde se pratica

uma lei “compatível com a gravidade” dos casos em que um motorista mata alguém no trânsito por irresponsabilidade. Em vez de ser preso, o infrator é obrigado a trabalhar para sustentar a família do morto, explicou Negromonte. Ele acha que a legislação no Brasil ainda é muito branda e cita uma reportagem divulgada pela TV mostrando o caso de um motorista sem carteira que provocou a morte de uma pessoa no trânsito e, antes mesmo de ser condenado, cometeu outro crime desse tipo, dirigindo embriagado. Mário Negromonte participou ontem (20) do programa Bom Dia, Ministro, da EBC Serviços, uma produção multimídia feita com a participação de âncoras de rádio de todo o país.

DIVULGAÇÃO

OministroMárioNegromontelembraqueestãoemtramitaçãonoCongressoNacionam l aisde100projetosque pretendem tornar as leis de trânsito mais duras.

Saúde precisa de regras estáveis de financiamento para garantir qualidade dos serviços, diz Padilha

O

ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse ontem (20) que um dos principais desafios para a consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS), mais de 20 anos após sua criação, ainda é a definição de regras estáveis para o financiamento do setor. O SUS foi criado pela Constituição Federal de 1988. Sem detalhar como ocorreria a obtenção desses recursos, Padilha defendeu que a estabilidade é fundamental para garantir a qualidade dos serviços num modelo de saúde universal. No mês passado, a Câmara dos Deputados aprovou a regulamentação da Emenda Constitucional 29, que prevê percentuais mínimos de aplicação de recursos na saúde pela União, estados e municípios. O Parlamento, no entanto, rejeitou a criação da Contribuição Social para a Saúde (CCS), imposto cuja arrecadação seria destinada à área, de forma semelhante à Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), extinta em 2007. O texto ainda será avaliado pelo Senado. “Enfrentamos, ao longo dos últimos anos, um conjunto de crises que sempre tensionam para a ideia dos cortes de gastos sociais e menores

investimentos em saúde. A conquista de uma regra estável de financiamento, onde o crescimento da economia contribua permanentemente para financiar uma rede de proteção social e o conjunto do Sistema Nacional de Saúde é um grande desafio que precisa de muita mobilização para criar condições políticas e legitimidade para isso”, disse, ao participar, no Rio de Janeiro, do segundo dia da Conferência Mundial sobre Determinantes Sociais da Saúde. O evento termina hoje (21). Em seu discurso em uma das mesas de debate, ele também defendeu melhorias no processo de formação de médicos e de outros profissionais da saúde no Brasil.

Segundo o ministro, o modelo nacional ainda é baseado “no ideal liberal, privado, focado no conceito de que o bom profissional tem que ter seu consultório, que deve promover mais ações de saúde do que de prevenção”. “Esse é um grande obstáculo que precisamos vencer para enfrentar o problema da desigualdade no país, tanto do ponto de vista social como regional”, acrescentou. Padilha também voltou a defender o uso de “todos os mecanismos possíveis” para garantir o acesso dos países a medicamentos e equipamentos necessários para enfrentar as doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão, diabetes e doen-

ças cardiovasculares. “Não vamos enfrentar as doenças crônicas não transmissíveis se não usarmos todos os mecanismos possíveis para garantir o acesso a medicamentos e equipamentos pelos menores preços, de forma que [o acesso] seja sustentável a qualquer país do mundo.” O ministro ressaltou que só foi possível distribuir gratuitamente os antirretrovirais, fundamentais para o tratamento de pacientes soropositivos, porque metade dos medicamentos que os compõem já é produzida internamente, “a partir de ações firmes” que o governo brasileiro tomou, como a determinação de quebra de patentes.

PF vai apurar com todo rigor denúncias de desvios no Programa Segundo Tempo

O

CHAMADA DE EMPREGO A empresa, H Caetano Mandis ,CNPJ 09.381.219/000152, Localizada na Av. Procópio Rola,nº 1432-Ave.:Procópio Rola nº1432-A,Bairro Santa Rita ,Município de Macapá /AP ,Notifica o Funcionário Luciano Rafael Souza Bezerra,CTPS Nº4876154/00030 –AP residente na AV:21 de julho ,nº811,Bairro Buritizal,no Município de Macapá/AP ,para comparecer na referida empresa acima ,para tratar de assuntos referentes a sua ausência no emprego ,haja vista que o não comparecimento a mais 30 dias .após 48 horas da entrega deste pelo cartório o seu comparecimento na empresa será caracterizado como abandono de empregado (conforme legislação vigente),sendo pago por meio de depósito judicial.

ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse ontem (20) que a Polícia Federal (PF) vai apurar com todo rigor as denúncias de desvio de recursos do Programa Segundo Tempo do Ministério do Esporte. O policial militar João Dias Ferreira, delator o esquema, prestou depoimento por mais de sete horas na PF, em Brasília. “Ele prestou depoimento ontem, e a Polícia Federal vai apreciar os fatos que foram colocados e vai, dentro do rigor da lei, fazer as investigações necessárias”, disse O ministro explicou ainda que já há inquérito em curso na Justiça, e a Polícia Federal vai decidir se abre um novo processo. Cardozo disse ainda que João Dias dispensou proteção policial, quando foi prestar depoimento à PF. O pedido havia sido feito pela bancada do PSDB.


Economia

JD

Pela 1ª vez, municípios poderão apresentar emendas ao Orçamento da União Proposta preliminar apresentada pelo relator-geral, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), autoriza pleitos de cidades com até 50 mil habitantes Os municípios brasileiros com até 50 mil habitantes poderão apresentar emendas diretamente para a proposta orçamentária para 2012 em tramitação na Comissão Mista de Orçamento (PLN 28/11). Essa é a principal novidade do relatório preliminar ao projeto, entregue nesta quinta-feira pelo relatorgeral, Arlindo Chinaglia (PT-SP). Pelo texto, os municípios poderão indicar uma emenda no valor de R$ 300 mil a R$ 600 mil, dependendo do tamanho da população, entre oito ações previamente determinadas no relatório, nas áreas de educação, saúde básica, infraestrutura urbana e sanitária, agricultura, prevenção de desastres e recuperação de estradas vicinais. A lista das cidades está no Anexo V do relatório preliminar. “É uma ação inédita. Estamos inaugurando uma nova fase na comissão”, disse Chinaglia. Para garantir a participação da população, o relatório determina que a emenda será definida em audiência pública promovida conjunta-

mente pela prefeitura e a câmara de vereadores, com ampla participação social. O resultado da audiência será comunicado à Comissão de Orçamento, por correspondência, com data de postagem até o dia 23 de novembro. A correspondência deve identificar a obra a ser financiada com a emenda. A participação da prefeitura e das câmaras de vereadores é uma forma, segundo o relator, de garantir a “institucionalidade” da decisão. Os recursos serão repassados mediante transferência direta para as contas das prefeituras (modalidade de aplicação 40, no jargão técnico). Caso a cidade não escolha a área beneficiada até a data limite, os recursos serão endereçados à saúde básica. Segundo o relator, 4.953 municípios brasileiros (89% do total) vão ser favorecidos com as emendas, atingindo um universo de 65 milhões de pessoas. O deputado explicou que a ideia da emenda de iniciativa popular surgiu da sua experiência nas audiências públicas que parti-

cipou em 11 estados, no início do mês, para discutir o projeto do Orçamento para 2012. Nos encontros, Chinaglia disse que a tônica era a cobrança por mais recursos federais para atender problemas específicos dos estados. Valor carimbado O parecer destina R$ 2,209 bilhões para as emendas dos municípios. Essa é a única despesa, ao lado das emendas parlamentares, que o relatório “carimba”. Para as emendas individuais dos parlamentares, é destinado o mesmo valor do ano passado (R$ 13 milhões por parlamentar), que totaliza R$ 7,722 bilhões. As emendas coletivas receberam R$ 11,1 bilhões. Todos os recursos sairão do acréscimo de receita aprovado nesta semana pela comissão. As três destinações são as únicas com valores identificados no relatório preliminar. Chinaglia elencou uma lista de despesas que atenderá, mas não se comprometeu com números. A estratégia é definir valores nas negociações com o governo, os demais po-

deres e os integrantes do colegiado, com o relator atuando como interlocutor de todas as partes. É o caso, por exemplo, dos reajustes para servidores públicos, a compensação para os estados exportadores (Lei Kandir), e a revisão de benefícios previdenciários equivalentes e superiores ao salário mínimo. Relatores setoriais Além de estimular a participação social na decisão da alocação dos recursos federais, o relatório preliminar traz ainda outra marca que o diferencia dos anos recentes. Chinaglia destinou uma parte substancial da reserva de recursos – composta do acréscimo da receita e de parte da reserva de contingência – para os dez relatores setoriais atenderem as emendas de bancadas e comissões. São R$ 6,1 bilhões, o triplo do que foi reservado para os setoriais no ano passado. Essa medida dará mais poder à fase setorial do Orçamento, descentralizando a definição das despesas de 2012. Em compensação, o relatório reduz a margem de remanejamento de recursos para os relatores setoriais. Eles só poderão cancelar até 20% do total programado para investimento. Se o investimento for do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a margem de cancelamento é ainda menor (10%). No ano passado esses percentuais eram de, respectivamente, 30% e 15%. O corte de dotação é feito para liberar recursos, que são apropriados pelo relator setorial para atender áreas de seu interesse. Votação do relatório O presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), disse que pretende colocar o relatório preliminar em votação na próxima semana – na quarta (26) ou na quinta (27). O prazo de apresentação de emendas começa nesta sexta (21) e vai até terça (25). Esse cronograma vai depender de negociação com os parlamentares com assento no colegiado, que agora vão se inteirar do texto.

Aumenta índice de sobrevivência das pequenas empresas no Brasil

A

parcela de micro e pequenas empresas que sobrevivem aos primeiros dois anos de atividade aumentou no Brasil, segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

De acordo com pesquisa divulgada ontem (20) pelo órgão, 73,1% das novas pequenas companhias brasileiras mantêm-se abertas depois de dois anos. No levantamento divulgado no ano passado, esse índice

era de 71,9%. Dados A pesquisa do Sebrae tem como base os dados de abertura e fechamento de empresas registrados pela Receita Federal. Na pesqui-

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

No aeroporto de Guarulhos, adesão à greve é foi 80%, estima sindicato

A

adesão à greve dos funcionários da Infraero no aeroporto de Guarulhos (Cumbica) é de cerca de 80%, segundo José Carlos Domingos, diretor da base Guarulhos do Sindicato Nacional dos Aeroportuários. O diretor da base Guarulhos estima ainda que, em Brasília, 60% dos funcionários aderiram à paralisação. De acordo com ele, a situação mais crítica seria em Campinas (Viracopos), onde 100% dos trabalhadores da Infraero aderiram à greve de 48 horas para protestar contra a concessão desses três aeroportos para a iniciativa privada, segundo Domingos. “Estamos aguardando um posicionamento do governo para saber se a greve será mantida ou suspensa”, disse Domingos. A Infraero, por sua vez, informou que, até o final da manhã, a adesão dos funcionários à paralisação variava de 25% a 30% nos três aeroportos. De acordo com a estatal, a greve não causa transtorno aos passageiros. Segundo o diretor de administração da Infraero, José Eirado, houve alguns problemas no transporte de cargas em Campinas, mas os aeroportos estão operando normalmente. ‘Não houve aumento nem no número de atrasos nem nos cancelamentos. O índice está até menor que o da quinta-feira passada”, disse o diretor ao G1. Segundo ele, apesar da paralisação em Viracopos, todas as cargas de perecíveis estão sendo transportadas normalmente. A Infraero tem 2.781 funcionários nos três aeroportos, que realizam tarefas como posicionamento de

finger (estrutura que liga o terminal de passageiros aos aviões e é usado para embarque e desembarque), auxílio no posicionamento das aeronaves nos pátios e operação dos sistemas de informação aos passageiros (painéis e sistema de som). Se somados os empregados das companhias aéreas, de manuseio de bagagem e terceirizados, atuam em Guarulhos, Viracopos e Brasília entre 9 mil e 10 mil pessoas, informou a Infraero. Ainda de acordo com a empresa, houve realocação de funcionários para garantir a operação normal nos aeroportos. Protesto A greve de 48 horas foi iniciada à 0h desta quinta-feira (20) pelos funcionários da Infraero nos aeroportos de Brasília, Guarulhos e Campinas, em manifestação contra o modelo de concessão dos aeroportos elaborado pelo governo federal. O superintendente da Infraero no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, disse na manhã desta quinta que há cerca de 800 toneladas de cargas paradas no aeroporto em decorrência da greve de funcionários. A previsão do do sindicato dos trabalhadores, era de que o transporte de 690 toneladas deverá ficar paralisado. Enquanto a situação era complicada no terminal de cargas, para os passageiros não havia reflexos. Tanto o embarque quanto o desembarque ocorriam sem problemas. Os voos partiam dentro dos horários previstos, com atrasos e cancelamentos dentro do previsto.

Prévia da inflação oficial recua para 0,42% em outubro, diz IBGE

O

Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), que funciona como uma prévia da inflação oficial do país, ficou em 0,42% em outubro. O resultado ficou abaixo da taxa de 0,53% observada um mês antes. No ano, o IPCA-15 acumula alta de 5,48% e no período dos últimos 12 meses, o índice tem alta acumulada de 7,12%. Em outubro de 2010, a taxa havia ficado em 0,62%. De acordo com dados divulgados ontem (20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a diminuição na taxa foi puxada pela alta menos intensa em alimentação e bebidas (de 0,72% para 0,52%) e vestuário (de 1,00% para 0,38%). Alimentos importantes no consumo, apesar de

continuarem em alta, reduziram o ritmo de crescimento de preços, como o leite pasteurizado (de 2,64% para 1,43% em outubro), o frango (de 2,51% para 0,86%), as frutas (de 3,70% para 0,84%) e as carnes (de 1,79% para 0,55%). Entre os que ficaram mais baratos na passagem de um mês para o outro estão hortaliças (de -1,23% para -3,11%), tomate (de -1,66% para 6,27%) e alho (de -17,18% para -11,19%). Os produtos não alimentícios também pesaram menos no bolso do consumidor, tendo passado de 0,47% para 0,39%. Contribuíram para o movimento as roupas masculinas (de 0,73% para 0,13%), os salários dos empregados domésticos (de 0,99% para 0,10%) e os eletrodomésticos (de -0,03% para -1,09%).

sa deste ano, o índice de sobrevivência das companhias foi calculado com base nos dados das empresas abertas em 2006. No ano passado, as empresas usadas na pesquisa foram as abertas em 2005.

Diminui inadimplência com cheques

O

número de cheques devolvidos no país por falta de fundos caiu de 1,88%, em agosto, para 1,82%, em setembro, segundo o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a proporção foi

maior. De um total de 91,4 milhões de documentos compensados, em 2010, 1,59% foi devolvido. Consumo De acordo com os economistas da Serasa, para chegar ao Natal com melhores condições de consumo, o consumidor

está evitando novas dívidas, incluindo o parcelamento com cheque pré-datado. De janeiro a setembro deste ano de um total de 761,8 milhões de cheques compensados, 1,92% não tinha fundos. Esse percentual superou o registrado em igual período do ano passa-

do. Em 2010, de um total de 839 milhões de cheques emitidos, 1,80% foram devolvidos. No acumulado deste ano, o estado de Roraima foi o que apresentou a maior taxa 11,87%. Já a menor variação foi constatada em São Paulo (1,45%). (Agencia Brasil) oíndicetemaltaacumuladade7,12%E . moutubrode2010a ,taxahaviaficadoem0,62%


JD

Meio Norte

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A7

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Conferência Saúde debate rumos da saúde no Pará È uma oportunidade para gestores, usuários, trabalhadores e prestadores de saúde refletirem suas práticas, reverem estratégias e traçarem os novos rumosa DIVULGAÇÃO

Secom/AgenciaPará

C

om a participação de mais de 800 pessoas, começou, ontem, 20, no seminário Pio X, em Ananindeua, a Conferência Estadual de Saúde, promovida pelo Conselho Estadual de Saúde (CES), com apoio do governo do Estado, por meio da Sespa. Com o tema “Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social, Política Pública, Patrimônio do Povo Brasileiro”, a Conferência Estadual tem o objetivo de discutir e elaborar as propostas do Pará a serem levadas à 14ª Conferência Nacional de Saúde, que será realizada de 30 de novembro a 4 de dezembro, em Brasília. Também é uma oportunidade para gestores, usuários, trabalhadores e prestadores de saúde refletirem suas práticas, reverem estratégias e traçarem os novos rumos para garantir o direito à saúde no Estado. Helio Franco defendeu o papel da imprensa de denunciar casos de omissão ou mau funcionamento do SUS, dizendo que seu trabalho também “é uma forma de vigilância, para saber se estamos cumprindo

Asaúdenãodependeapenasdeserviçosm , astambéméinfluenciadaporcondicionantesedeterminantessociaisd , isseHélioFranco com o nosso dever”, já que as denúncias mostram o que precisa ser melhorado no Sistema. Ressaltou, ainda, que a saúde não depende apenas de serviços, mas também é influencia-

da por condicionantes e determinantes sociais, daí a importância de haver uma interface com as outras políticas públicas, principalmente a educação, que é fundamental na

mudança de comportamento das pessoas. Como exemplo, Franco citou o alto índice de acidentes de trânsito, cenário que pode ser mudado com a educação das crianças. O

Aeroporto Internacional de Belém já tem posto de segurança turística

G

arantir segurança e tranquilidade aos turistas que visitam o Pará. Este é o principal objetivo do Posto de Segurança Turística, instalado no Aeroporto Internacional de Belém, resultado de uma parceria entre a Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Infraero, Polícia Militar, através da Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur) e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup). No Posto, que começou a funcionar no final de setembro e intensificou ações durante todo o período do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, atuam as Polícias Civil, Mi-

litar, Federal e a brigada do Corpo de Bombeiros. Segundo a delegada Soraia Franco, o aeroporto de Belém era o único de porte internacional que não possuía Polícia Militar no Brasil. A implantação do posto faz parte de um projeto de segurança pública voltado ao turismo no Estado. A solicitação foi intermediada pela Assessoria de Segurança Turística da Paratur junto a Infraero, sob a coordenação do presidente da companhia, Adenauer Góes, para quem a segurança do turista garante que ele seja um multiplicador de boas notícias e valoriza a imagem da gestão pública.

O posto de segurança turística funciona 24h. Fica no saguão de embarque do aeroporto e possui alojamento. O local onde está instalado foi escolhido devido a maior concentração de pessoas, diz a delegada. Ressaltando que o posto não atende somente ao segmento turístico, mas a qualquer ocorrência. O atendimento conta com dois profissionais de segurança por turno, que são habilitados para atender os turistas e recebem também o apoio de viatura. A Companhia Independente de Policiamento Turístico - especializada no atendimento turístico há 15 anos no Pará - está pre-

parando o curso de formação de policiais militares para atuarem no atendimento ao turista no estado do Pará. E também estão sendo adquiridas pela Segup 20 viaturas para esse atendimento especializado. Também está em andamento o serviço de monitoramento eletrônico nos 21 pontos turísticos na capital do estado. A ferramenta, que garante imagens on line em áreas de grande fluxo, como o complexo Ver-o-Peso, permite a prevenção de assaltos aos turistas, assim como o socorro imediato em caso de tentativas de assaltos e a identificação dos autores.

Ações do Pronaf terão aporte de R$ 500 milhões para o Estado do Pará

O

Pará receberá R$ 500 milhões em recursos a serem aplicados nas ações do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Os investimentos estão previstos no Plano Safra da Agricultura Familiar 20112012, que será lançado no Estado, nesta sexta-feira, 21, em cerimônia no Hangar Centro de Convenções e

Feiras da Amazônia, com a presença do governador Simão Jatene; do ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence; dos secretários nacionais de Agricultura Familiar, Laudemir Müller, e de Regularização Fundiária na Amazônia Legal, Shirley Nascimento, e do Delegado Federal do MDA no Pará, Paulo Cunha. A solenidade faz parte da

OsinvestimentosestãoprevistosnoPlanoSafradaAgriculturaFamiliar2011-2012

programação da Feira Frutal Amazônia e Flor Pará, promovidas pelo governo do Estado e Instituto Frutal. O Plano Safra combina apoio ao aumento da produção de alimentos à geração de renda no campo e à promoção da organização econômica de agricultores familiares, assentados da reforma agrária e povos e comunidades tradicionais. O objetivo é ampliar a estruturação produtiva, a organização econômica e a geração de renda dos produtores familiares. Um dos suportes desta estratégia é o programa de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), que no Pará terá um subsídio de R$ 35 milhões, direcionados a ampliar o acesso a tecnologias de gestão e organização produtiva, com ações diferenciadas para jovens, mulheres e comunidades tradicionais. Do montante previsto para repasse ao Estado no Plano Safra, R$ 200 milhões são destinados para operações de investimento e R$ 300 milhões para operações de custeio. A partir desta safra, todas as linhas de investimento do Pronaf, inclusive a Mais Alimentos, terão juros de 1% ao ano para financiamentos de R$ 10 mil e de 2% ao ano de R$ 10 mil

até R$ 130 mil, com prazo de pagamento de até dez anos e até três anos de carência. Os recursos estão disponíveis nas instituições financeiras que operam com o Pronaf desde 1º de julho. Agricultura familiar No Pará, o Censo Agropecuário 2006 do IBGE aponta a existência de 196.150 estabelecimentos da agricultura familiar, o que corresponde a 88% dos imóveis rurais do Estado. Eles ocupam 31% da área total e são responsáveis por 84% do pessoal ocupado no meio rural (665.762 pessoas) e 69% do Valor Bruto da Produção Agropecuária. A agricultura familiar responde por 83% da produção estadual de feijão, 93% de mandioca, 84% de arroz em casca, 68% de leite e 79% de suínos. No Brasil, a agricultura familiar conta com mais de 4,3 milhões de unidades produtivas, o que corresponde a 84% do número de estabelecimentos rurais do Brasil. Este segmento produtivo responde por 10% do Produto Interno Bruto (PIB), 38% do Valor Bruto da Produção Agropecuária e 74,4% da ocupação de pessoal no meio rural (12,3 milhões de pessoas). (Agencia Pará)

mesmo vale para gravidez na adolescência, obesidade, diabetes e hipertensão, que podem ser controladas com mudanças de hábitos. O representante do Ministério da Saúde, Paulo de Tarso Ribeiro de Oliveira, admitiu que faltam recursos para a saúde e anunciou a assinatura, pelo ministro Alexandre Padilha, de três portarias que habilitam serviços de nefrologia e oncologia, que vinham sendo bancados apenas pelo governo estadual, aumentando, assim, o teto financeiro de média e alta complexidade do Estado em R$ 15 milhões. Por último, anunciou a ampliação dos recursos do Piso da Atenção Básica (PAB) fixo em R$ 30 milhões. Na conferência que proferiu logo após da cerimônia de abertura, Paulo de Tarso apresentou as principais políticas e ações do Ministério da Saúde, incluindo novidades como o Portal da Transparência, que vai disponibilizar para a população o extrato bancário dos Fundos de Saúde, para que todos saibam os valores repassados e

quem está sendo beneficiado com esses recursos. O presidente do Cosems, Charles Tocantins, que é secretário municipal de Saúde de Tucuruí, anunciou uma palestra sobre o tema “Acesso e Acolhimento com Qualidade”, mas questionou como introduziria o assunto se ele próprio ainda não conseguiu implementar isso em seu município?. “Muitas vezes participamos das conferências e achamos que é perda de tempo, no entanto, são as propostas nelas aprovadas que alavancam a saúde e apontam os novos rumos, esta conferência também vai fazer história no Pará”, afirmou, expondo em seguida as dificuldades que os municípios paraenses tem enfrentado para desenvolver ações e manter os serviços de saúde funcionando. Segundo Charles, apesar do Ministério da Saúde ter voltado a discutir a atenção básica após dez anos, há uma necessidade urgente de melhorar a formação acadêmica dos médicos e resgatá-los para a saúde pública.

Paratur, Sagri e Emater assinam convênio com Faepa

AProdeturprevêinvestimentosdeUS$44milhõesparaoParánospróximosanos Pará tem uma forte A assinatura do convênio vocação para o turis- será às 18h no Hangar – mo rural, tendo em Centro de Convenções e vista os diversos setores Feiras da Amazônia -, duvoltados para o agronegó- rante a abertura do Frutal cio. Nesta sexta-feira, 21, a Amazônia e Flor Pará, com Companhia Paraense de Tu- participação do governador rismo (Paratur) dá mais um Simão Jatene e do ministro passo para fortalecer esse do Desenvolvimento Agrásegmento, ao assinar um rio, Afonso Florence. Na termo de cooperação técni- ocasião o ministro lança o ca com a Secretaria de Esta- Plano Safra 2011/ 2012, do de Agricultura (Sagri), programa federal que destiFederação da Agricultura do na ao Pará R$ 500 milhões Pará (Faepa) e Empresa de para as linhas de custeio, inAssistência Técnica e Exten- vestimento e comercializasão Rural do Estado (Ema- ção do Programa Nacional ter), visando fortalecimento de Fortalecimento da Agrido turismo rural nos 144 cultura Familiar (Pronaf). Os municípios paraenses. contratos vão beneficiar 55 Adenauer Góes, presiden- mil agricultores familiares te da Paratur, explica que no Estado. essa parceria vem ao enPara o Ministério do Turiscontro de outras iniciativas mo o turismo rural “é o conjá feitas no sentido do apro- junto de atividades turísticas veitamento de fazendas e desenvolvidas no meio ruoutros empreendimentos, ral, comprometido com a assim como da promoção produção agropecuária, de feiras, leilões, exposições, agregando valor a produtos festivais e outros eventos e serviços, resgatando e com foco na atração de tu- promovendo o patrimônio ristas. “Já temos bons exem- cultural e natural da comuplos no Marajó, em Tracua- nidade”. Além do turismo teua, em Vigia de Nazaré e rural a parceria da Paratur outros municípios do Pará com a Sagri, Faepa e Emater onde as duas atividades es- também garantirá ações intão associadas e com bons tegradas no âmbito do Proresultados. Esta parceria com grama Nacional de DesenSagri, Faepa e Emater, que volvimento do Turismo atuam na área rural em vá- (Prodetur), que prevê invesrias frentes, sem dúvida vai timentos de US$ 44 milhões tornar a atividade cada vez para o Pará nos próximos mais forte no Pará”, afirma anos. A ideia é, com a parAdenauer, que está desde o ceria, beneficiar pequenos, dia 19 no Riocentro, Rio de médios e grandes produtoJaneiro, coordenando a par- res rurais, a partir da cadeia ticipação do Pará no 39º produtiva do turismo. AssiCongresso Brasileiro das nam o termo de cooperação Agências de Viagens, evento Adenauer Góes, presidente considerado o maior e mais da Paratur; Hildegardo Nuimportante da América Lati- nes, titular da Sagri; Cleide na, reunindo mais de 28 mil Oliveira, presidente da Emaprofissionais do ramo de ter e Carlos Xavier, presiagências de viagens. dente da Faepa.

O


JD

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A8


JD

DiaDia

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

SESA reconhece falta de medicamentos A secretaria informa que existe um processo licitatório, mas conclui somente na primeira quinzena de novembro AIDARE BRIDI Da Redação

C

omo se já não bastasse, a falta de profissionais para atender a população nos hospitais públicos da cidade, agora o problema é a falta de medicamentos nas farmácias dos hospitais do estado. As principais reclamações são relacionadas à falta de Sulfato Ferroso, que de acor-

do com os denunciantes são medicamentos simples e muito usados. Essa situação ao que parece vem perdurando há muito tempo. A reportagem do Jornal do Dia entrou em contato com a assessoria da Secretaria Estadual de Saúde (SESA) para obter respostas. A informação é que a secretaria criou o “Sistema de Registro de

Preço”, que abastece os hospitais para não faltar os remédios. Contudo, na realidade esse sistema parece não funcionar, já que essa não é a primeira nem segunda vez que a população sofre com a falta de medicação. A assessoria informou que a maior dificuldade se deve em relação às licitações, que são demoradas e acabam

atrasando a entrega desses remédios. A SESA reconhece a carência dos medicamentos, e assegura que tramita um processo licitatório para abastecer os hospitais pelo menos ate o fim do ano, ou até o primeiro semestre de 2012. Entretanto, os medicamento não estão nas prateleiras. Esse processo deve ser concluído na primeira quin-

B1

zena do próximo mês. Existem pacientes que tiveram que interromper tratamentos devido a ausência de medicamentos. “Tenho um filho que precisa de medicamentos, o remédio é muito caro e estou desesperada com essa situação, não tenho de onde tirar dinheiro, e ele precisa”, dise A.N.C. Muitos pacientes acionaram o Ministério Público do

Estado, no sentido de acompanhar o problema. Até o momento nenhuma medida foi divulgada. As farmácias estão vazias, e os principais medicamentos ausentes. “Eu já desisti de esperar por essa medicação, uns falam uma coisa e outros também, então eu decidi deixar como está”, disse uma paciente. A reportagem procurou informações mais precisas com o chefe de medicamentos ou o presidente da SESA, mais encontrou muitas dificuldades de contato com os mesmo.

Trabalhadores cadastrados para Expofeira ficam fora do evento

C

onsiderado um dos maiores eventos do Amapá, a 48ª Expofeira começa hoje e muitas profissionais cadastradas para o emprego temporário no Parque de Exposições não foram chamadas, o que gerou a indignação nos demais. A queixa é com os empregos para recepcionistas, e os cadastrados reclamam que não tem firma suficiente para o número de pessoas que ainda faltam ser chamadas. De acordo com alguns profissionais cadastrados, não existe nenhuma informação se serão chamadas para o serviço temporário. Segundo Glediana dos Santos, nenhuma

informação foi repassada pelos coordenadores, ou seja, não foi definido os locais e horários. “Amanhã já começa a expofeira, e não sabemos aonde vamos trabalhar”, explica. Glediana procura informações todos os dias no Parque, mas em vão. A coordenadora geral da 48ª Expofeira, Ivana Antunes, não há como contratar todas as pessoas que se cadastraram para trabalhar, e que na medida em que a feira for progredindo, as pessoas serão chamadas. “infelizmente, assim como em todo o lugar não conseguimos contemplar 100%

HEVERTON MENDES

das pessoas”, diz a coordenadora. Ivana ressalta ainda que as prioridades de empregos será para as pessoas que moram em torno do Parque, uma vez que as vagas são poucos já que se trata de um trabalho temporário. Governo do Estado O gabinete do governo Camilo Capiberibe será transferido para o parque de exposições, onde no primeiro dia do evento ele fará a abertura oficial, além de estar presente todos os dias para executando suas atividades como governador do próprio evento.

Alunos acompanham de perto o dia-dia do Jornal do Dia

FABRICIO

SegundoGledianadosSantosn , enhumainformaçãoforiepassadapeloscoordenadoreso ,usejan , ãofod i efinidooslocaisehorários.“Amanhãjácomeçaaexpofeira,enãosabemosaondevamostrabalhar”,

Fiscalização a motoqueiros clandestinos será rigorosa, declaram vereadores em audiência com legalizados

HEVERTON MENDES

AvisitatevecomoobjetivoacompanhardepertoofechamentodeumaediçãodoJprnadoDia

A

lunos da Escola Estadual Azevedo Costa, localizada no bairro Laguinho, visitaram na última quarta-feira a redação do Jornal do Dia. A visita teve como objetivo acompanhar de perto o fechamento da edição, uma vez que lá na escola eles também participam de um projeto voltado para o estímu-

lo da escrita e da leitura. Na semana passada, os alunos realizaram na semana passada uma manifestação em frente a escola, pedindo por melhores condições de funcionamento. Até hoje eles ainda não foram atendidos. Esses e outros assuntos fazem parte da próxima edição que será formatada pelos

O Dia em Foco

FRANCKFIGUEIRA franckfigueira@jdia.com.br

De olho O Ministério Público Federal instaurou inquérito civil público para acompanhar as políticas educacionais para surdos. Em representação, eles pediram a manutenção de escolas especializadas na educação de surdos nos estados onde existem e a criação de uma escola bilíngue no Amapá. Os motivos do pedido são esclarecidos em carta-denúncia entregue à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC). Um absurdo Os renais crônicos do Estado estão sofrendo com as mazelas encontradas no Centro de Nefrologia. A falta de uma simples agulha no processo de hemodiálise foi relatada por um paciente. Sem falar da ausên-

cia de medicamentos. É bom frisar que as sessões de hemodiálise são essenciais para os renais crônicos, e sem esse processo, pode levar o paciente ao óbito. Um absurdo. Absurdo II A falta de medicamentos na saúde estadual está apavorando aqueles que necessitam de tratamento. Uma mãe desesperada já acionou o Ministério Público Estadual para rever o a situação. Ele recebia um medicamento para o filho que custa em média R$ 5 mil. Ela informa que sequer deram previsão de chegada. Mais rigor Os mototaxistas e taxistas legalizados cobram mais rigor dos órgãos de segurança para frear

alunos que fazem parte do projeto. No Jornal do Dia, eles puderam ficar por dentro de como acontece o processo de produção da edição, desde a reportagem até a finalização. Na redação, eles puderam tirar dúvidas com editores e reporteres, além de fazer perguntas sobre curiosidades.

Aaudiênciafoa i nunciadaterça-feirapassadadepoisdamanifestaçãoemfrenteaoprédiodaprefeiturao , rganizada por moto-taxistas e taxistas legalizados.

O

município de Macapá vai mesmo aumentar a fiscalização ao transporte clandestino de passageiros na cidade. A decisão foi anunciada oficialmente na manhã de ontem, 20, durante sessão na Câmara de Vereadores. Os

o avanço dos transportes clandestinos na Capital. Esta semana, a classe realizou um protesto em frente ao prédio da Prefeitura, e na manhã de ontem, os profissionais lotaram as galerias da Câmara de Vereadores pedindo mais atenção do município. É esperar para ver os próximos capítulos.

bientes favoráveis, orientar e acompanhar o surgimento de novos negócios e estimular a cultura empreendedora por meio de informação e conhecimento. Este ano, o circuito passa por oito capitais brasileiras. A Feira do Empreendedor é um acontecimento com garantia de sucesso.

Crescimento E por falar em transportes clandestinos, isso não é só problema na Capital. Em frente ao terminal Rodoviário, existem vários veículos que realizam viagens para todos os municípios do Estado. Eles transitam livremente e sem nenhuma autorização dos órgãos competentes. Sem segurança para seus passageiros, caminhonetes, furgões e carros comuns são os mais requisitados para aqueles que preferem agilidade na hora da viagem.

Energia Durante o período de Expofeira, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), assegurou que vai dispor de dois geradores para suportar a carga elétrica. Um investimento alto que poderia ser revertido para a melhoria dos serviços a população. Moradores da Fazendinha não estão confiantes, é esperar para comprovar.

Sucesso Oportunidades de negócios estarão presentes na Feira do Empreendedor do Sebrae, que acontece de 26 a 29 de outubro, em Macapá. O objetivo é promover am-

Promessa Na sua página pessoal, o governador Camilo Capiberibe informou que até dezembro, o Museu Sacaca estará revitalizado e com novidades. E referente a obra da Avenida Tancrede Neves, o governador garantiu que no período de 10 meses, tudo vai ser entregue, além da

moto-taxistas estiveram na sessão cobrando dos vereadores uma posição favorável às fiscalizações diárias para intimidar os clandestinos que vêm fazendo o mesmo serviço sem pagar qualquer imposto. A audiência foi anunciada terça-feira passa-

ampliação da Feira do Pescado. É viver para crer. Puxão de orelha O chefe da Casa Civil, coronel Correia, chamou a atenção do comandante da Policia Militar e do Corpo de Bombeiro, simplesmente porque os mesmos não participavam da Audiência Publica na AL sobre as cargas horárias e horas extras dos militares. Com direito a puxão de orelha durante o uso da tribuna perante centenas de militares. Ta com moral. Atrasos Com a adesão da greve de funcionários da Infraero em São Paulo vai atingir os vôos em Macapá. De acordo com informações, não vai haver tumulto, como ocorreu em outras paralisações, mas terá atrasos. A greve de 48 horas foi iniciada à 0h de quinta-feira (20) pelos funcionários da Infraero nos aeroportos de Brasília, Guarulhos e Campinas, em manifestação contra o modelo de concessão dos aeroportos elaborado pelo governo federal.

da depois da manifestação em frente ao prédio da prefeitura, organizada por moto-taxistas e taxistas legalizados. A atitude do prefeito Roberto Góes foi convocar a direção da Empresa Municipal de Transportes Urbanos e buscar uma solução imediata para o problema. Ficou decidido que as fiscalizações serão mais efetivas apesar do pouco contingente para atuar no trabalho. Segundo o prefeito, a solução definitiva viria com a contratação de pessoal, o que só poderá ocorrer a partir do momento que a EMTU for transformada em autarquia. Para isso, já existe um Projeto de Lei em tramitação prevendo a incorporação de 100 novos agentes de trânsito. Além disso, Góes revogou o inciso do Decreto que tratava da cobrança do seguro de vida aos moto-taxistas, questionado pela categoria há algum tempo. Ele também considerou a manifestação legal declarando que soluções para o problema já estavam sendo estudadas com o conhecimento dos legalizados. Os vereadores Marcelo Dias (PSDB) e Gian do Nae (PMDB) declararam que o trabalho de fiscalização aos clandestinos já começou, tanto no caso das motos quanto dos táxis. “Tenho notícia de vans interceptadas pela EMTU por estarem fazendo lotação. Isso reflete o que foi acordado na última terça-feira entre o município e esta categoria. Quanto aos motoqueiros clandestinos, a fiscalização mais efetiva já começa a ganhar as ruas”, disse o vereador.


JD

Polícia

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Corpos de vaqueiros chegam à Macapá Os corpos foram necropsiados e em seguida liberados para sepultamento naquele município Alyne Kaiser DaReportagem

O

s corpos de dois homens que sofreram estranho acidente no município de Chaves foram transladados e chegaram à Macapá na manhã de ontem, por volta de 6h30. De acordo com informações da polícia, Ailson Nunes dos Santos, de 44 anos e um homem apenas identificado como “Capitão” estavam trabalhando numa Fazenda daquele município quando de repente uma fatalidade aconteceu. Os dois foram atingidos por um raio e tiveram morte instantânea.

A esposa de Ailson que viajou com o corpo do marido, disse estar traumatizada com o que aconteceu, pois dependia exclusivamente do marido para sobreviver e não saberia como iria aguentar uma perda tão repentina. Os corpos foram necropsiados e em seguida liberados para sepultamento naquele município. Curiosidades Os temporais de verão, quase sempre estão relacionados às nuvens cumulusnimbus (aquelas em forma

Homem é executado no Zerão

P

assava das 19h da última quarta-feira (19) quando um assassinato movimentou a Avenida Eurico dos Santos Barbosa, no bairro do Zerão. De acordo com informações da polícia, Sávio Ataide Matos, de 24 anos, estava em via pública quando dele se aproximou um homem e efetuou seis disparos à queima roupa. Sávio teve morte instantânea. O acusado de ter cometido o crime trajava

uma jaqueta e um boné, o que teria impedido a visualização e identificação do criminoso. Um inquérito policial foi instaurado para apurar o crime. O crime pode ter sido ocasionado por rixa antiga ou acerto de contas. Crimes de execução tem sido registrados com frequência em Macapá. Os criminosos geralmente chegam de motocicleta, matam e fogem sem deixar rastros.

Morto o quinto integrante de bando em Jacundá

DIVULGAÇÃO

Semchancedefuga,AndersondosSantosfoiderrubadoatiros

O

quinto integrante da quadrilha que causou terror na cidade de Jacundá, na última terça-feira, não atendeu à ordem de prisão, trocou tiros com policiais e acabou ferido e morto num matagal. Anderson dos Santos Soares, 25 anos, tem extensa passagem pela polícia de Marabá. A troca de tiros aconteceu na tarde de ontem e as buscas já foram encerradas. Segundo o tenente Rogério, responsável pela operação, Anderson Soares estava cercado. “Não existia qualquer opção de ele fugir, pois toda a área estava fortemente vigiada”. Rogério conta que o assaltante estava escondido na área da vaquejada, localizada a cinco quilômetros da cidade. “Vimos um cidadão suspeito que passava pela rodovia PA-

150. E quando nos aproximamos o suspeito empreendeu fuga. Tentamos prendê-lo, porém, fomos surpreendidos com tiros”. No tiroteio, Anderson se escondeu num matagal. “Tudo ficou silêncio, mas percebemos que ele estava ferido”, narrou o policial. Socorrido ainda com vida, Anderson morreu ao dar entrada no Hospital Municipal de Jacundá. Dos cinco envolvidos no crime, Anderson e Jedean Martins já foram identificados pela polícia. Os outros três também eram residentes na cidade marabaense. A polícia sabe agora que o autor dos disparos que matou o militar à paisana foi Anderson. A prova é a pistola calibre 22 encontrada com ele. Leia mais no site do Diário do Pará...

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

Polícia prende dois acusados de matar o autônomo em Santana Uma Guarnição da PM prendeu na tarde de ontem, o DEIVID MENDES SANCHES, 19 anos e apreendeu o J. S.S de 17 anos, eles são acusados juntamente com um terceiro elemento conhecido por “Meia Noite” de assassinar o autônomo ANTONIEL DA SILVA FREITAS, 27 anos, cujo crime aconteceu por volta de 01h30min da madrugada de ontem na Rodovia Salvador Diniz entre o Igarapé da Fortaleza e a Cidade de Santana, quando a víti-

ma foi morta com várias terçadadas pelo corpo. Ele foram presos em uma casa que fica na 16ª Avenida do Congós. Colisão entre dois carros com seis vítimas internadas no H.E e Hospital São Camilo Um grave acidente de trânsito que aconteceu por volta das 02h20min da madrugada de ontem, no cruzamento da Rua Leopoldo Machado com Pedro Lazarino, entre um carro cabine dupla que presta serviço a CEA com dois passageiros e um Fiat que conduzia quatro pessoas,

de cogumelo atômico). Segundo especialistas, as mortes por raios acontecem por despreparo e desconhecimento das pessoas. Quando o raio cai em cima da vítima, há morte em 80% dos casos. Os sobreviventes se salvam quando a corrente circula superficialmente, provocando apenas queimaduras, segundo Silvério Visacro, coordenador do Núcleo de Pesquisa em Descarga Atmosférica. Um raio pode cair muitas vezes no mesmo lugar; espelho não os atrai; próximo a prédios não existe perigo

(os pára-raios destes possuem raio de ação limitado de acordo com a altura do prédio). Os carros protegem seus ocupantes; praias e locais descampados representam alto risco em tempestades eletromagnéticas; na água do mar (bom condutor de eletricidade) o perigo de ser eletrocutado aumenta; usar telefone, eletrodomésticos e tomar banho durante a tempestade pode ser arriscado (caso não haja pára-raios ou este esteja com defeito, a descarga pode ser conduzida por aqueles meios até a

vítima). (Informações o Globo) O Brasil tem cerca de 50 milhões de descargas elétricas por ano, número que, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) vem aumentando nos últimos anos. No País, calcula-se que ocorra um acidente fatal envolvendo raios para cada 1,5 milhão de pessoas, sendo que, para cada situação fatal, ocorrem de cinco a nove acidentes não-fatais. Nos últimos 10 anos, foi registrada uma média de 132 mortes por ano.

Homem é preso por explorar travestis

A

casa onde estavam os travestis fica localizada em Moema, na zona sul de São Paulo / Helio Torchi/ Futura Press Casa onde estavam os travestis fica localizada em Moema, na zona sul de São Paulo Helio Torchi/ Futura Press Um homem foi preso, na noite de quinta-feira, por tráfico e exploração de sexual de travestis no bairro de Moema, zona sul de São Paulo. A prisão aconteceu por volta de 20h.

A polícia foi acionada depois que familiares de uma das vítimas fizeram uma denúncia no Ministério Público do Estado do Amazonas. A Secretária de Justiça, a Defesa de Cidadania e o Núcleo de enfretamento ao Tráfico de Pessoas, ambos do Estado de São Paulo, foram acionadas. Quando os policiais chegaram no local, encontraram a vítima e mais 11 travestis. Segundo a polícia, o acusado aliciava as vítimas pela

internet e rede sociais. Ele prometia emprego e pagava as passagens áreas. Quando chegavam na casa, eles eram obrigados a se prostituir até pagar toda a dívida. De acordo com alguns travestis, eles eram agredidos. O dono de estabelecimento foi preso em flagrante e as pessoas que estavam na casa encaminhadas para delegacia. Foi solicitada perícia no local. (eBand)

Adolescente é pego com 127 papelotes com maconha

U

m adolescente de 16 anos foi apreendido no município de São Sebastião da Boa Vista na Ilha do Marajó. Ele foi flagrado com 127 papelotes de maconha. De acordo com o delegado Pantoja, responsável pela Delegacia local, o jovem foi pego em via pública após a polícia ter recebido denúncia de que o jovem estaria comercializando drogas. A prisão aconteceu durante a manhã de ontem na rua 21 de Abril, a principal do município.

ACOMPANHADO De acordo com o delegado, lá era o ponto certo para a venda de entorpecente pelo jovem. O adolescente vendia as drogas na companhia de outro rapaz, também menor de idade, e de um adulto conhecido pelo nome de Robson, mas nenhum dos dois foi preso. Os cabos Augusto e Magalhães fizeram a apreensão do adolescente e o encaminharam para a delegacia. Em seguida, ele seria transferido para a Data. (Diário do Pará) (DOL)

D

parte do assalto, segundo as testemunhas. Lima disse ainda que o menino conseguiu fugir e que ele estaria escondendo o verdadeiro revólver utilizado no assalto. “Conseguimos prender os dois, mas ficava difícil abordar uma criança pequena, não tinha como suspeitar. Mas, envolver crianças nos assaltos está virando costume”. O proprietário da farmácia que preferiu não se identificar, contou que esta seria terceira vez a loja era assaltada. Ele disse ainda que

deixou seis feridos, algumas delas com gravidade. Segundo a Polícia, rabo de sinal foi o fator preponderante para o acidente, pois o FIAT atravessou a Rua Leopoldo Machado no semáforo amarelo e logicamente colidiu com o carro da CEA que atravessava a Av. Pedro Lazarino ainda no vermelho. Os que foram internados no H.E de Macapá: -KEISE PRISCILA GADELHA, 17 anos; -AURISTELA CARDOSO DANTAS, 24 anos; -PAULO RICARDO NOBRE, 24 anos; -WELINGTON SANTOS, 19 anos. Os dois passageiros da cabine dupla foram internados no Hospital São Camilo.

turno de terça para quarta-feira. Pelo menos quatro pessoas foram socorridas por seus familiares, logo após ingerirem veneno diverso. Duas são do sexo masculino e duas do sexo feminino. E essas pessoas tiveram que ser atendidas, mas já estão fora de perigo. O motivo de terem tomado veneno, não foi dito por seus familiares. Nós sempre aconselhamos que se na sua família existe alguma pessoa depressiva ou com comportamento estranho, ligue para o CVV (Centro de Valorização da Vida) com plantão 24 horas, nos fones 141 e32234111.

Preocupante: Quatro Pessoas Ingerem Veneno No plantão policial no-

Colisão entre carro e moto acabou sobrando para o motoqueiro Mais um grave acidente de trânsito durante o dia de ontem, quando um carro CELTA de placas NET- 1726, colidiu com

Chamou a PM para apartar briga e acabou presa

D

urante uma briga de vizinhas, Ana Carolina Menezes da Silva, 23 anos, acionou a polícia para resolver a discussão e acabou sendo agredida por dois policiais militares, em frente à sua residência na Cidade Nova VI, no bairro do Coqueiro. Ana contou que sua vizinha, uma senhora de idade, foi até sua casa para reclamar de umas roupas que estavam penduradas em um varal, quando elas começaram a discutir. “Pra não ficar brigando, chamei a polícia. Quando os dois policiais chegaram, ficaram contra mim”. Ela disse ainda que ao se recusar a entrar no carro da polícia, os PMs a agrediram. “Puxaram meu cabelo, me jogaram no chão e apertaram meu braço, que feriu por causa da algema. Eles ainda me colocaram no camburão, mas eu impedi com o pé que eles fechassem a mala”. Na Seccional da Cidade Nova, um dos PMs registrou um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) contra Ana, por desacato a autoridade. Já a vítima da agressão, fez exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e procuraria ainda a Corregedoria da Polícia Militar para que o caso seja investigado. (DOL)

Dupla não consegue realizar sequestro

D

Criança de 8 anos participa de assalto a farmácia ois homens foram presos na noite de ontem com duas armas de brinquedo, depois de realizar um assalto a uma farmácia, localizada no canteiro central do Paar, em Ananindeua. Thiago Emanuel Correa Azevedo, 19, e um adolescente de 15 anos, roubaram uma quantia em dinheiro e diversos chips de quatro operadoras telefônicas. De acordo com o Cabo Olimar Lima, da 7° ZPol, uma criança de aproximadamente oito anos também fez

B2

desconfiou no momento em que os bandidos entraram, mas que logo foi rendido e ameaçado com um revólver. “Já estou pensando em fechar a farmácia. Desse jeito, com medo, não tem condições de trabalhar”. De acordo com o delegado Luís Antônio Mendes, da Central de Flagrantes da Cidade Nova, o adolescente seria encaminhado para a Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data) e Thiago seria autuado em flagrante por roubo. (DOL)

uma moto de placas NEY-6942. O choque foi tão violento que o motoqueiro GLEDSON LUAN BARBOSA, 22 anos, foi arremessado a cerca de 10m de distância e sofreu várias fraturas pelo corpo e ficou internado no H.E da Capital. Esse acidente aconteceu no cruzamento da Rua Hamilton Silva com Av. Felipe Camarão, no Bairro Buritizal. Raio mata dois homens no município de chaves Chegaram à noite de ontem na POLITEC de Macapá os corpos dos vaqueiros AILSON NUNES DOS SANTOS, 44 anos e do “Capitão” Eles trabalhavam na Fazenda Santa Terezinha no Município de Chaves, e ontem a tarde foram atingidos por um raio quando um temporal desabou naquele Município, as duas vítimas morreram na hora.

ois adolescentes de 17 anos foram presos depois tentar sequestrar uma mulher e uma criança de cinco anos, que estavam em um carro na frente de um salão de beleza, na Invasão Parque União, no bairro do Tapanã. Durante a fuga, o terceiro assaltante fugiu e ainda atirou em direção ao veículo. Segundo a vítima que preferiu não se identificar, eles pretendiam entrar no veículo, mas ela conseguiu evitar. “Eu gritei que não ia entrar e que queria tirar a criança, foi quando a polícia chegou e eles ainda queriam fazer a gente de refém. Mas, não conseguiram”. O caso foi registrado na Base Comunitária do Tapanã e encaminhado para Icoaraci. (DOL)

Os corpos vieram conduzidos para Macapá, através de um barco do proprietário da fazenda, onde deverão ser necropciados e hoje seguem para Chaves, para sepultamento. Autônomo é executado a bala no Bairro Zerão Foi por volta das 07h00min noite de ontem que aconteceu mais um homicídio na capital. Desta vez a vítima foi executada com seis tiros de revólver. Ele se chamava SÁVIO ATAÍDE MATOS, 24 anos. O crime aconteceu em via pública na Av. Eurico dos Santos Barbosa, no Bairro do Zerão. O acusado é desconhecido, trajava uma jaqueta jeans e usava um boné preto. Ele fugiu tão logo cometeu o crime. A polícia suspeita de acerto de contas ou vingança o motivo do crime.


JD

DiaDia

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

B3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Pacientes denunciam falta de estruturas na Nefrologia do Hospital Alberto Lima O hospital também sofre com a falta de medicamentos e pouco material como agulhas para atender demanda de pacientes em Macapá andersoncalandrini Da Redação

A

falta de certos medicamentos nas farmácias do Hospital das Clinicas Dr. Alberto Lima (HCAL), atinge vários setores, e como exemplo temos a Nefrologia, que de acordo com denuncias de pacientes está com faltas de medicamentos e materiais como agulhas usadas para a aplicabilidade de medicamentos. “Em alguns momentos nós temos de fato o desabastecimento de agulhas 13 por 4,5, eu usada para a aplicação de insulina nos pacientes, porém esse tipo de procedimento quase não ocorre, podemos dizer

que muito rara esse tipo de medicação, pois aqui na nefrologia nós usamos muito a aplicação de outros medicamentos que substituem esse procedimento” explicou Igor Santana administrador da nefrologia do HCAL. Essa realidade de falta de medicamento é algo que de acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde está ocorrendo, porem os processos licitatórios para a adesão dos mesmos já estão ocorrendo e de acordo com a SESA deve ser concluído no inicio da segundo quinzena de novembro. “Quando nós encontramos esse desabastecimento de alguns materiais,

fotosHEVERTONMENDES

como agulhas, a clínica adota outro tipo de aplicação, que faz com o medicamento perca 10% em sua eficiência, porém essa forma de aplicação não acontece constantemente”, explicou Igor Santana. Medicamentos: A nefrologia também sofre com a falta de medicamentos. “Apesar de ficarmos em um anexo do hospital, não temos farmácia especifica, e como nossos medicamentos também fazem parte dos processos licitatórios do em alguns momentos ficamos sem medicamentos, porém na atualidade só um deles está em falta, que o Renalvit”, conclui Igor Santana.

AmbientelotadoporpacientesnoHospitaldasClínicasAlbertoLima,emMacapá,ontemàtarde

Reunião de licitação do Hospital Metropolitano não ocorreu

O

ntem deveria ter ocorrido, na Secretaria Municipal de Obras o processo licitatório, para execução das obras e instalações de conclusão do Hospital de Clínicas Metropolitano, porém como nenhumas empresas apareceram para o certame, o processo será iniciado novamente. Segundo Gilmar Gonçalves, presidente da comissão permanente de comissão, da secretaria municipal de obras (SEMOB), essa situação já era esperada, pois das oito empresas que aderiram o edital, apenas duas fizeram a visita técnica que parte do certame e dessas duas, nenhuma depositou a garantia que era necessária para a confirmação de sua continuidade no processo licitatório. E que por conta dessas evidências a SEMOB já es-

SegundoGilmarGonçalvesessasituaçãojáeraesperadaporqueapenasduasempresasfizeramavisitatécnica

Políticas educacionais para surdos será acompanhada pelo MP

E

m representação no Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP), o “Movimento Surdo em favor da Educação e Cultura surda” pede acompanhamento da instituição em políticas educacionais para deficientes auditivos. Os motivos do pedido são esclarecidos em carta-denúncia entregue à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC). No documento, os representantes afirmam que a atual política de educação inclusiva do Ministério da Educação (MEC) vai provocar o fechamento de escolas específicas para surdos existentes em alguns estados do Brasil. Dessa forma, os deficientes auditivos seriam remanejados para escolas regulares de ensino o que, para eles, significaria exclusão do sistema escolar. O Movimento defende que sem educação especializada o surdo enfrentará muito mais dificuldades ao ingressar numa escola de ouvintes tal como hoje

é concebida. O ideal, segundo os representantes, é preparar o aluno deficiente em uma escola bilíngue, na qual aprenderá Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Língua Portuguesa. Passada a etapa de aprendizado das duas línguas, os alunos estariam aptos a frequentar escola convencional acompanhados por um intérprete. A Lei 10.436, sancionada em 2002, reconhece a Libras como meio legal de comunicação e expressão. A profissão de tradutor e intérprete de Libras foi regulamentada pela Lei 12.319 de 2010. Escola bilíngue No Amapá, não há escola bilíngue. Esse foi outro motivo que trouxe os surdos ao MPF/AP. A partir dos pedidos, a instituição decidiu acompanhar, por meio de inquérito civil público, tanto as políticas educacionais do MEC voltadas para os deficientes auditivos, quanto a possibilidade de implantação de escola bilíngue no estado.

tava ciente que poderia ocorrer que nenhuma empresa aparece à reunião que fecharia o processo licitatório. “Agora teremos que fechar uma ata, e um relatório e enviá-los para o secretário, para que ele homologue essa situação, que chamamos de ‘licitação deserta’, e para que ele dê autorização para o relançamento do edital”, explicou Gilmar. Segundo informações da CPL da SEMOB, nenhumas das empresas relataram o porquê da não aparição, para a continuidade do Edital, e que agora eles terão que iniciar o processo mais uma vez. “Mesmo com a licitação deserta, nós calculamos que a procura foi boa, e que o edital estava bem elaborado, até porque não houve muitos questionamentos sobre as suas cláusulas, e agora é só reiniciar o processo”, con-

cluiu o presidente da CPL. E de acordo com a SEMOB, caso não haja o interesse nessa republicação do leilão, a Prefeitura poderá contratar uma empresa diretamente sem a necessidade de mais um edital, que foi o que ocorreu ao no Estádio Municipal Glicério Marques. A obra foi iniciada em 2004 para construção do Hospital do Câncer, mas devido à carência de hospitais públicos, o prefeito Roberto Góes, juntamente com a bancada federal conseguiu sensibilizar o Governo Federal da grande necessidade da construção de um hospital na zona norte, onde concentra cerca de 25 bairros com aproximadamente 150 mil habitantes. A obra está estima em aproximadamente R$ 5,5 milhões e o prazo de execução será de 240 dias. (Anderson Calandrini)

Mostra Cultural Seama 2011 deu um Show de Sustentabilidade em Macapá

Grupodedançadeuinícioaoevento,quecontoutambém,comapresençadebelasmoçasnoconcursoMissSeamaSustentável

O

Grupo Berço do Marabaixo deu inicio as apresentações do grande evento Cultural do Amapá, a VIII Mostra Cultura Seama, na última quarta-feira (19). Música, teatro, dança, e cultura fizeram parte das atrações, sendo todas produzidas com a temática Sustentabilidade uma Questão de Cultura. Acadêmicos, professores, colaboradores deram um show de criatividade e uma verdadeira aula sobre a Sustentabilidade, quem visitou a Mostra pôde levar para casa uma gama de experiências que podem ser aplicadas no dia a dia. E para animar à noite a cantora Ana Martel e a Banda Pop Rock Paralelo fizeram todos dançar. O Concurso Miss Seama

Sustentável foi o momento mais esperado pelo público que lotou as arquibancadas para torcer pela sua candidata. Apenas sete foram classificadas para a grande final. Ontem à noite encerrando o evento, teve no palco Adriana Raquel e Ramom Frazély e a final do concurso Miss Seama Sustentável. A diretora de Marketing e Relacionamento da Faculdade Seama, Danieli Scapin, falou do tema de 2011. “O mundo todo está preocupado com a sustentabilidade do planeta. Quando tratamos desse tema em nossa mostra cultural, pensamos em formas e maneiras de ajudar a conscientizar nossa sociedade para que tenhamos maior responsabilidade social”, finaliza Danieli.

VáriosestandesforammontadosnaViiiMostraCulturalSeama


Santana

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

B4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Taxistas clandestinos na mira de fiscalização Motoristas de Santana que não estão com seus veículos em dia precisam ficar atentos, pois a Sttrans vai combater transportes piratas na região andreza sanches Da Redação

F

iscais da Superintendência de Trânsito e Transporte de Santana (Sttrans) promoveu na manhã de ontem (20) uma intensa fiscalização voltada a taxistas. A blitz ocorreu na Área Portuária do município, visando a regularização dos profissionais, a partir da cobrança de documentos que autorizam a prática da atividade no município. A ação também buscou combater ao transporte clandestino de passageiros. Durante a fiscalização foram cobrados dos profissionais da categoria, documentos como licença de tráfego e carteira de taxista. Em Santana, existe uma frota de 500 taxistas entre comissionistas e proprietários, mas cerca de 125 atuam ilegalmente na praça, porque não efetuaram o recadastramento anual do registro, e estão circulando ilegalmente. Segundo o presidente do Sindicato dos Taxistas de Santana, João da Costa, o documento é necessário pois garante ao profissional

De acordo com o diretor de Trânsito do Sttrans, Valnei Guedes, a blitz ainda buscou identificar pessoas que estão agindo clandestinamente com o transporte ilegal de passageiros. “Uma das maiores reivindicação dos trabalhadores taxistas atualmente é quanto a ação de carros clandestinos. Por isso estamos intensificando os trabalhos” acrescentou o diretor. O taxista Antonio Pelaes que atua na praça a mais de cinco anos, apoio a fiscalização, para ele os clandestinos passaram a ser um problema constante. “Eles cobram cerca de R$ 2 a R$ 3 por cada passageiro na rota Macapá/ Santana, em uma corrida que cobramos em torno de R$ 35 a R$ 40, é complicado concorrer com eles” reclamou o motorista, alertando que os clandestinos não têm responsabilidade alguma com o passageiro, já que praticam a chamada lotação. Já o taxista Adnoelson Gomes, lembrou que os profissionais taxistas legalizados, devem ter seus direitos respeitados, já

CRAS oferta cursos para famílias atendidas pelo centro divulgação

divulgação

Fiscalizaçãovisaorientartaxistasparaatualizaçãodascarteirasprofissionais,alémdeidentificarmotoristasqueatuamcomotransporteclandestinonomunicípio que realizam periodicamente a verificação dos taxímetros e pagam impostos. “Não acho justo competir com essas pes-

soas, o que eles fazem é desvalorizar o nosso trabalho, principalmente daqueles que já atuam a anos na praça” indignou-

se o taxista. A fiscalização foi considerada positiva tanto para a Superintendência, quanto para os motoristas de

Guarda Florestal quer apoio do município para desempenhar atividades dos recrutas

C

OcursodeE.V.AemfloresserãoofertadasparafamíliasatendidaspeloCras

A

Secretaria de Assistência Social e Cidadania do município de Santana (Semasc), através do Centro de Referência em Atendimento Social (Cras) abriu inscrições para o curso de E.V.A em flores, serão ofertadas vinte vagas para famílias atendidas pelo Cras. A ação tem por objetivo qualificar os usuários de programas assistências, como o Bolsa Família para que sejam inseridos no mercado de trabalho. As inscrições estão abertas e encerram no próximo dia 21 deste mês, estão ocorrendo na sede do Cras no bairro Remédios em horário comercial. De acordo com o secretário de Assistência Social e Cidadania do Município, Cleiton Brandão, esta será a primeira capacitação voltada para as famílias assistidas pelos programais sociais em Santana. “Pretendemos facilitar a inclusão social e a inserção profissional, de forma que as famílias não dependam exclusivamente da ajuda financeira vinda dos programas, o curso os tor-

nará auto-sustentáveis” disse o gestor. O curso está previsto para iniciar no dia 24 de outubro e segue até o dia 28, os encontros ocorrerão no Centro Comunitário Vitoria Regia, a partir das 14h, com orientações. “A meta é investir cada vez mais, na qualificação profissional dos usuários dos programas sociais e principalmente do Bolsa Família, pois estamos certos de que a as famílias que participarem destes cursos terão melhores chances de autonomia e impacto positivo na autoestima e proteção de suas família” ressaltou o secretário. O Centro de Referência da Assistência Social (Cras) atua com famílias e indivíduos em seu contexto comunitário, através de orientação e fortalecimento do convívio sócio - familiar. As famílias atendidas por este serviço, encontram-se em situação de risco e vulnerabilidade social, a maioria está cadastrada no programa bolsa família do governo federal. (A.S)

taxi, que acreditam que desta forma haverá redução de veículos transportando clandestinamente passageiros.

riado há um ano a partir de um grupo de amigos voluntários, a Guarda Florestal tem sido um exemplo de dedicação ao meio ambiente e cidadania. Sem qualquer apoio financeiro, o agrupamento desenvolve treinamentos para aperfeiçoar técnicas de proteção e preservação da natureza, além de combater atos de vandalismos em área urbana. Esta semana, 40 recrutas participaram do Estágio Básico de Adaptação, ultima fase do curso de formação do destacamento. Foram nove meses de preparação, depois de conhecer conceitos sobre a guarda florestal, os recrutas enfrentam uma semana de treinamento no meio da mata. Desta vez, o lugar escolhido foi a Ilha de Santana, a oito minutos do porto do município. Com uma rotina diferente, os recrutas precisavam mostrar seu desempenho e habilidade para merecerem o lugar de mais novo membro do grupo. De acordo com o comandante Deyveson Oliveira, esse é o momento para desistir ou superar desafios. “Nesse estágio, os participantes recebem instruções coordenadas por cabos e

andreza sanches

Estasemanaq , uarentarcrutasparticiparamdoEstágioBásicodeAdaptaçãoú , ltimafasedocursodeformaçãododestacamento oficiais, divididos em dois grupos, alfa e bravo, recebem treinamento sobre primeiros socorros, sobrevivência na mata e direção diurna e noturna” explicou o comandante. No destacamento, a quantidade de mulheres chama atenção, pelo menos 80% de todo o grupo é feminino, um orgulho para

o agrupamento, já que elas demonstraram não ter limites quando se trata de cuidar do meio ambiente. “Considero essa instituição um exemplo de entidade, já que atuamos sem parceria, pelo bem comum e pela conscientização da população” disse a cabo Keyte Oliveira. Tanto empenho ainda andreza sanches

GuardasflorestaisaindaaguardamapoioparaqueostrabalhoscontinuemsendorealizadosnomunicípiodeSantana

esbarra na falta de apoio. Em Santana, a Guarda Florestal completará um ano desde que foi ativada, mas até hoje não conta com nenhum parceiro para respaldar suas atividades. Com esse treinamento, a guarda pretende sensibilizar o poder público a firmar convênios. “ Essa tem sido a principal dificuldade do agrupamento. Até hoje não contamos com qualquer apoio, já encaminhamos projeto a Câmara Municipal de Santana, e estamos aguardando resposta de uma votação, prevista para ocorrer em novembro” informou Oliveira. A expectativa é que a prefeitura do Santana passe a apoiar os trabalhos a partir de convênios, oportunizando os guardas a desempenharem atividades, como fiscalização em logradouros públicos e reservas ambientais nas localidades do município. “Enquanto o apoio não surge, os guardas florestais continuarão atuando em defesa da preservação do meio ambiente e conscientização do cidadão” concluiu o comandante Deyveson Oliveira. A formatura dos novos guardas florestais ocorre hoje (21) no Centro Comunitário Vitória Régia. (Andreza Sanches)


JD

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

C1

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Corrida do carteiro confirmada para o dia 6

Os profissionais e os carteiros terão que sair do centro, pasar pela praia do Araxá, voltar pelo beirol, pegar a estrada até o bairro Buritizal, seguir até o centro e depois chegar na sede dos carteiros. MARIO TOMAZ Da Redação

P

ela sexta vez consecutiva na administração do diretor Paulo Oliveira será realizada no dia 6 de novembro pelas ruas e avenidas de Macapá a Corrida dos Carteiros - Etapa Amapá. Serão 6km de muita emoção pelas ruas e avenidas da cidade, que já está virando uma tradição na região. Premiação no valor de R$ 28 mil confirmada para classificados nas categorias profissional e carteiro. Joazinho é um dos destaques da competição, um trabalhador dos carteiros que além de bom de titulo, aprendeu coisas boas na vida com o esporte. “Pra gente é um orgulho ver que o esporte mudou a vida dos profissionais desta empresa e fortaleceu a realização de atividades esportivas na região, principalmente porque vamos atingir mulheres, homens e portadores de deficiência, pois eles têm espaço

garantido em nossa corrida”, lembrou o diretor regional. Paulo Oliveira destacou acima os 2km de disputa dos cadeirantes. Eles irão sair da Secretaria de Educação e chegar em frente aos Correios na praça Barão do Rio Branco. Os profissionais e os carteiros terão que sair do centro, pasar pela praia do Araxá, voltar pelo beirol, pegar a estrada até o bairro Buritizal, seguir até o centro e depois chegar na sede dos carteiros. “Será um bom percurso para que as pessoas se sintam mais a vontade e além de esporte ganhem qualidade de vida”, destacou Paulo. Os interessados em se inscrever na corrida poderão procurar os Correios no Amapá e a sede da Federação com dois quilos de alimento não-perecível, se possível leite. “Todo material arrecado será entre a uma instituição filantrópica do Estado”, finalizou o diretor.

MARIOTOMAZ

DiretordoscorreiosnoamapáconfirmouquenesteanoapremiaçãodacompetiçãoseránaordemdeR$28min l ototae lquevencedoriráparaanacional

E agora? Amapá e Porto Grande só empatam MARIOTOMAZ

MARIO TOMAZ Da Redação

E

m clima de semifinal, Amapá e Porto Grande se enfrentaram nesta quarta-feira pelo Campeonato Intermunicipal de Futebol no estádio Júlio Vieira e não sairam do empate. Até nas expulsões: um de cada lado, foi empate entre as duas seleções. Os amaparinos estão mais nervosos, em plena festa de aniversário pode ficar de fora da competição. Um ponto forte para o treinador Carlos César incentivar seus jogadores a jogar no estádio Charles Brito com mais vontade. Acontece que na toca do Charlão, onde a equipe ainda não perdeu vaga no Intermunicipal. Para este jogo, a diretoria da Liga está convocando toda a comunidade para torcer pela seleção neste sábado, 15h30.

Jipeiros participam de curso de GPS

MARIOTOMAZ

O NoestádioJúlioVieiraaseleçaodeAmapánãoconseguiupassarparatimedogoleiroPiranhãoedecisãoserásábado

Prova de Resistência encerra campeonato estrada de ciclismo

MARIOTOMAZ

s associados do Jeep Clube de Macapá que se inscreveram no curso de Navegação por GPS, ministrado na última segunda (17) por militares do Exército Brasileiro, cumpriram todas as etapas da rigorosa pista montada para aferir os conhecimentos dos jipeiros amapaenses. O treinamento ocorreu na no Clube Toca da Onça, que integra as instalações do Comando de Fronteira do Amapá e 34º Batalhão de Infantaria de Selva (34º BIS). Segundo um dos instrutores do treinamento, o

capitão de Infantaria Balczó, com o curso de GPS os pilotos amapaenses estarão aptos a participar de competições internacionais. “Além do emprego esportivo que os jipeiros poderão utilizar, a correta utilização do GPS permitirá, por exemplo, localizar objetivos e também armazenar informações valiosas em uma viagem ou expedição, como pontos de apoio, postos de abastecimento, hotéis, restaurantes, enfim, uma gama de informações valiosas para pilotos de rally”, concluiu o militar.

Olimpiadas Escolares 2011 MARIOTOMAZ

D

DiretortécnicodaFederação,IvanildoPassosvao i rientaroscompetidoresantesdaprovaderesistênciaquevao i corrernarodoviaAlceuPaulo/Ramos participação de 40 atletas propício para a prática do na categoria individual poMARIO TOMAZ Da Redação disputantes. Alguns atletas esporte amapaense e de- derão ser campeóes, mas Federaçaõ Amapa- com chances de medalha pendendo da vitória tere- seu pontos não ficarão com ense de Ciclismo de ouro nesta prova não mos novidades no classifi- nenhuma equipe. “E com (FAC) confirmou para deverão disputá-la em vir- caçaõ geral do campeonato isso quem perde a equipe este final de semana a últi- tude de problemas médi- deste ano”, lembrou o pre- que poderia estar tranquila sidente. agora, mas terá de ver a ma prova do campeonato cos. O presidente Antõnio Na briga pela liderança da pontuação final para saber amapaense da categoria estrada. A competição Carlos Araújo lembrou que competição equipes tradi- se foi campeã ou não”, ocorrerá na rodovia do a prova sairá e terminará na cionais e novatas da fede- lembrou o diretor técnico Curiaú e contará com a região do Curiaú “Um local ração. Atletas que correm da FAC, Ivanildo Passos.

A

epois de três meses de disputa, encerrou-neste no último final de semana a etapa de 15 a 17 anos das Olimpíadas Escolares Amapaenses, um evento realizado pelo Governo do Amapá, através do Nùcleo de Esporte e Rendimento da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel). Nesta etapa, estiveram disputando a competição 1.963 atletas/ alunos, representantes de 67 escolas entre públicas e privadas dos Municípios de Macapá, Santana, Ferreira Gomes e Pedra Branca do Amapari, nos naipes masculino e feminino, nas modalidades de Atletismo, Badminton, Basquetebol, Capoeira, Ciclismo, Natação, Futsal, Handebol, Judô, Karate, Taekwondo, Voleibol, Xadrez

e Tênis de Mesa. Para a realização deste evento a Sedel contou com a parceria da Polícia Milltar, Federações Amadoras, Escola Santina Rioli, Colégio Amapaense, Faculdade Fama, Associação Cantumori, Trem Desportivo Clube, Piscina Olimpica, Santa Bartolomêa Capitânio, e acadêmicos da faculdade Fama, do curso de Educação Física. Nesta sexta-feira, 21, a partir das 15 horas haverá reunião com todos os representantes de escolas vencedoras para tratar assunto referente a composição da delegação do Amapá que estará viajando em dezembro para a cidade de Curitiba – Paraná, onde acontecerão as Olimpíadas Escolares Nacionais – Etapa de 15 a 17 anos.


JD

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Carisma e diálogo, as armas de Andrade no Papão Andrade vai comandar um elenco dividido entre três grupos: os que se rebelaram e derrubaram Édson Gaúcho, os fiéis ao ex-comandante e os indiferentes DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

DiretoresdoPaysandufizeramquestãodenegarqueumdosídolosmaisrecentesdoclubeo ,meiaThiagoPotiguar, estaria envolvido como moeda de troca na compra das cadeiras

Comotécnico,oPaysanduéoquartoclubedacarreiraeeleéoquartodoPapãonatemporada.

C

arismático e bonachão, Andrade deverá ouvir mais do que falar nos seus primeiros dias no Paysandu. O jeito de ser do novo treinador bicolor é bem apropriado para o ambiente que vai encontrar na Curuzu. Andrade vai comandar um elenco dividido entre três grupos: os que se rebelaram e derrubaram Édson Gaúcho, os fiéis ao excomandante e os indiferentes. Uni-los é um desafio para Andrade, como forma de dar competitividade ao time. Os salários atrasados em diferentes patamares (há jogadores com quatro, três, dois e um mês a receber) são outro problema a ser administrado. Enfim, inicialmente Andrade terá que ser mais

“bombeiro” do que treinador, em meio ao incêndio que vai encontrar. Antes das agruras, Andrade terá o carinho que merece pela bela história no futebol. Fez 569 jogos e 28 gols na gloriosa trajetória como jogador do Flamengo, onde teve como colegas Vandick (1987) e Aderson (1979). Atuou em outros 12 clubes, encerrando no Bangu/RJ, em 1999. Como técnico, o Paysandu é o quarto clube da carreira e ele é o quarto do Papão na temporada. Iniciou no CFZ(RJ), foi campeão brasileiro de 2009 no Flamengo e fracassou no Brasiliense. Estava desempregado há um ano. Diretores do Papão condenam troca de Potiguar

por cadeiras Enquanto se espera pela chegada do novo técnico Andrade, acompanhado pelo seu auxiliar Julio Camargo, e pelo presidente Luiz Omar Pinheiro, no início da madrugada desta sexta-feira (21), por volta das 0h em um voo direto do Rio de Janeiro a Belém, diretores do Paysandu fizeram questão de negar que um dos ídolos mais recentes do clube, o meia Thiago Potiguar, estaria envolvido como moeda de troca na compra das cadeiras usadas do estádio Arena da Baixada, do Atlético Paranaense. Em entrevista ao Portal ORM, o vice-presidente do clube, Toninho Assef, e o diretor de futebol alviceleste, Antônio Cláudio da Cos-

Sinomar quer Aldivan na armação

V

isando ao jogo amistoso do Remo, no próximo sábado, 22 de outubro, contra o Progresso, em São Caetano de Odivelas, o técnico Sinomar Naves comandou o primeiro coletivo da semana na tarde de ontem, no Baenão. Sem contar com o lateral-direito Cametá e o volante Betinho, destaques na vitória por 3 a 0 sobre a Tuna Luso, na última segunda-feira, o treinador voltou a escalar o time no 4-4-2, com Aldivan improvisado no meio-de-campo, fazendo uma função

de encostar mais nos atacantes. O time titular na movimentação começou com: Adriano; Gleison, Diego Barros, Joãozinho e Alex Ruan; Allan Petterson, Jhonnatan, Aldivan e Cristian Fernandes; Bruno Oliveira e Reis. De acordo com Sinomar, a função de Aldivan não é de um terceiro volante, mas sim, de um segundo armador. “Como o Aldivan tem características que facilitam sua atuação no meio-campo, ele pode fazer uma função de criação de jogadas, fazendo a ligação com

o ataque”, explicou Sinomar. O treinamento começou bastante disputado e o atacante Jayme, que treinou entre os reservas, abriu o placar da atividade. O zagueiro Diego Barros deixou tudo igual para o time titular, definindo o empate em 1 a 1. “Foi mais um treino intenso e muito disputado. O que mostra a dedicação que todos os nossos atletas estão demonstrando nesta etapa inicial de preparação da equipe”, observou o comandante azulino.

Dupla paraense brilha no judô master

DIVULGAÇÃO

ta - o Louro -, foram enfáticos ao afirmar que Thiago Potiguar não seria trocado por ‘cadeiras velhas e usadas de um estádio’. Louro, aliás, foi ainda mais além: ‘Já até conversamos com o Thiago para esclarecer que isto tudo que estão falando é mentira’. A informação - ou boato, como ambos trataram o assunto -, porém, ganhou força após uma reportagem do jornal Folha de São Paulo, onde consta uma declaração do presidente Luiz Omar Pinheiro sobre o assunto. Veja abaixo! ‘Não é que o Paysandu vai trocar o jogador só por cadeiras. Existe o interesse do Atlético no jogador e nós temos interesse nas cadeiras. Com base nisso, podemos começar uma negociação. Não teríamos condições de comprar cadeiras novas, precisamos de dinheiro e modernizar nosso estádio’. Mas, para o vice-presidente, Toninho Assef, ‘o presidente não tem cora-

gem de levar uma negociação como esta adiante’. ‘Como vice-presidente, eu sou contra e acredito que o conselho deliberativo também é. E por falar nisso, quem vai decidir se uma negociação como esta, que eu não tenho nem palavras para classificar, vai adiante será o conselho e não uma pessoa somente’, disparou, mas recuou quando perguntado se tal negociação estava em vigor: ‘Se estiver acontecendo, é entre o presidente e o Atlético Paranaense. Tem que ver com ele’. Louro completou dizendo que ‘é uma baita mentira isto tudo que estão falando sobre o Thiago Potiguar’. ‘Imagina como fica a cabeça de um jogador com o talento do Thiago ao saber que pode ser trocado por cadeiras velhas e usadas de um estádio? Por isso, conversamos com ele e vamos continuar fazendo isso periodicamente’, garantiu. Thiago Potiguar chegou no Paysandu após a Copa

Tubarão contrata zagueiro Admilton

O

zagueiro Admilton, revelado pelo Paysandu, tem chegada a Bragança prevista para o próximo final de semana. Ele é um dos novos reforços contratados pelo Bragantino com vistas a disputa da primeira fase do Paraense. De acordo com o diretor do Tubarão, Emerson Dias, o defensor está acertando sua saída do Bonsucesso, do Rio de Janeiro. Junto com Admilton deve

chegar também o atacante Whégno, que já conversou com a diretoria do Braga, mas ainda não acertou de uma vez a sua saída do Independente, pelo qual se sagrou campeão paraense da temporada. Fechando o ciclo de reforços, o time Bragantino ainda tenta um meia, que poderá ser Diego Biro ou Luis Carlos Baia. Enquanto os novos jogadores não chegam, o Tuba-

Na Grande Área Bola Cheia. Para o futebol interiorano que mostra sua valorização e derruba seleção que contam com jogadores que atuaram no futebol profissional, mostrando que tem de ocorrer valorização e não retrocesso.

O

categoria médio (70kg). “Quando eu cheguei para pesagem estava 300 gramas a mais da minha categoria de 60kg, aí tive que enfrentar outras meninas maiores e mais fortes do que eu, mas mesmo assim, consegui a medalha de ouro”, revela Rosângela. Os dois treinam judô há mais de 20 anos e possuem muita experiência nos tatames. “Hoje, eu também sou professora e vejo meus alunos evoluírem cada vez mais. É uma grande alegria passar minha técnica a eles”, disse a lutadora. No início do ano, Rosângela também conquis-

tou o 3° lugar no Mundial e atualmente lidera o ranking da Federação Paraense de Judô, na categoria máster. “Isso que nos motiva. Investir e saber que teremos ótimos resultados. Sempre iremos incentivar os atletas que representam nosso Estado”, afirmou a diretora técnica da secretaria de Esporte e Lazer, Claudia Moura. A dupla viajou para a competição com apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). Rosangela Ribeiro participará em novembro, das Olimpíadas Universitárias e do Campeonato Brasileiro Sênior de Judô.

Bola Murcha. Para a goleada do Flamengo que revoltou o torcedor na última quarta-feira. Se não era para entrar em campo que escalasse o time reserva e colocasse Negueba de cara. Não teriam tanto problema quando o time principal. Rayanne. Revista Nossa Gente é destaque do Badminton Amapaense em seu blog badmintonap.blogspot.com. Na expofeira quem quiser saber

rão segue se preparando para a estreia na primeira fase, domingo, no estádio Francisco Vasques, às 9h30, contra a Tuna Luso. Ontem pela manhã o grupo folgou, mas no período da tarde voltou ao batente, quando o treinador Henrir Lauar comandou coletivo, no estádio São Benedito. A sequência de treinamento continua hoje e amanhã, quando o time será anunciado.

título de campeão amapaense pelo Ceap. Foi seu quarto título consecutivo.

MARIOTOMAZ mariotomaz@jdia.com.br

Pará marcou presença e garantiu bons resultados no I Campeonato Panamericano Master de Judô. O evento foi disputado entre os dias 21 e 25 de setembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, promovido pela Confederação Panamericana de Judô em parceira com a Confederação Brasileira e reuniu os melhores atletas da modalidade. Os paraenses Rosângela Ribeiro e Alan Saraiva conquistaram o primeiro e o terceiro lugar na competição, respectivamente. Alan lutou pela categoria absoluto e a atleta de 33 anos pela

do Brasil de 2010, quando chamou a atenção do presidente alviceleste em um jogo ainda pelo Potyguar (RN), contra o Papão. Com a camisa alviceleste, ele disputou o campeonato paraense, onde foi destaque, e depois foi emprestado para o Henan Jianye, da China, time que defendeu por quatro meses. Sem adaptação ao futebol local, resolveu voltar ao Bicola. Desde então, porém, não conseguiu voltar ao futebol que o transformou em xodó da Fiel e, por isso, vem amargando um longo período no banco de reservas. Com ou sem Thiago e já sob o comando de Andrade e seu auxiliar técnico, Julio Camargo, que chegou a ser técnico do Grêmio mas foi dispensado após seis partidas, o Papão tem compromisso marcado para esta quarta-feira (26), às 21h30, no Mangueirão, contra o Rio Branco (AC) pela penúltima rodada da segunda fase da Série C do campeonato brasileiro.

mais sobre o esporte poderá dar uma conferida legal. Haverá clínica com o professor Aldir Dantas. Deusete. Viajou para Fortaleza onde participa de curso de capacitação em gestão pública a diretora Deusete Moreira. Ela será substituida por Eliana. Interdistrital. Está ficando cada vez mais emocionante as competições realizadas pela Comel (Coordenadoria Municipal de Esporte e Lazer). O grupo de trabalho já informou que a grande final será em Macapá. De aniversário. Neste final de semana, o goleiro Gleyson Aranha comemora mais um ano de vida. Recentemente conquistou o

Saudades. Do amigo Ceará Cachorro. A vila Amazonas não será mais a mesma sem o velho Pedro Antônio. Era presença forte e encarnava muito com o árbitro Herinaldo Nascimento Silva antes de depois das partidas de futebol. Torcedor ferrenho do Santana, Pedro Antõnio era conhecedor das minas de Serra do Navio. Intermunicipal. Pelo menos três emissoras deverão estar transmitindo o Campeonato intermunicipal neste final de semana direto de Porto Grande. O jogo será as seleções de Porto e Amapá. Brito Favorito confirmou ontem que o som local está pronto para fazer barulho durante o evento. Finados. Por ser dia de finados, quarta-feira, 2 de novembro, jogo entre Santana x Itaubal será antecipado para o dia 1 de novembro com jogo de volta no dia 5. Estamos certos !


JD

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

C3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Ana Luiza Ferrão é ouro no tiro esportivo no Pan Na pistola 25m, ela totalizou 773,9 pontos para subir no lugar mais alto do pódio, no Club Cinergetico Jalisciense, em Guadalajara

A

na Luiza Ferrão conquistou a primeira medalha de ouro do país, entre as mulheres, no tiro esportivo. Na pistola 25m, ela totalizou 773,9 pontos para subir no lugar mais alto do pódio, no Club Cinergetico Jalisciense, em Guadalajara. Para trás, ficaram a americana Sandra Uptagrafft, com pontuação 769,8, e avenezuelana Maribel Pineda, com 768,8. Assim, com a ajuda de Ana Luiza, o Brasil alcança a marca de 250º medalhas de ouro nos Jogos Pan-Amerinaco. - Atirei no que vi e acertei no que não vi - brincou Ana Luiza. - Cheguei a Guadalajara pensando em ganhar mesmo. Mas quando se entra na Vila de Atletas e se sente aquele clima, a coisa muda, a ficha cai, a ansiedade aumenta. (Lance!Press)

Brasil garante 5 nadadores nas finais

O

Brasil garantiu ontem cinco atletas nas finais da natação que serão disputadas nesta noite no Centro Aquático dos Jogos PanAmericanos de Guadalajara. Além de Cesar Cielo e Bruno Fratus, assegurados na decisão dos 50 metros livre, a delegação brasileira terá Gabriel Mangabeira, Kaio Márcio e Fernanda Alvarenga na briga por medalhas. Mangabeira avançou à final dos 100 metros borboleta com o melhor tempo das eliminatórias, com 52s95. Na mesma prova, Kaio Márcio registrou o sétimo tempo: 53s88. O segundo mais rápido do dia foi o norte-americano Christopher Brady (53s67), seguido do colombiano Omar Andres Pinzon (53s76). Fernanda Alvarenga se garantiu na decisão dos 200 metros costas com o oitavo e último tempo das eliminatórias - 2min21s24. Joanna Maranhão desistiu da disputa e ficou de fora da briga por mais uma medalha - já foi prata nos 400m medley e no 4x200m livre e bronze nos 200m medley. Joanna não competiu nesta quinta por causa de uma lesão no dedo indicador da mão esquerda. A equipe brasileira só não terá representantes na final dos 200 metros peito feminino nesta quinta. Michele Schimidt, com o décimo tempo (2min39s63), e Thamy Ventorini, o 11º (2min41s52), não conseguiram avançar na disputa.

Brasil busca entrosamento na quarta

A

seleção brasileira masculina de basquete terá pouco tempo para se preparar antes da estreia nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, que acontecerá na próxima quarta-feira. Com uma equipe remontada, após a conquista da vaga olímpica em setembro, os jogadores sabem que precisarão adquirir um rápido entrosamento se quiserem fazer bonito no México. “Teremos poucos dias de treinos e vamos aproveitar que alguns jogadores estavam no Pré-Olímpico para dar um entrosamento melhor à equipe. Com isso, acredito que chegaremos lá em um nível razoável de jogo”, declarou o ala Guilherme Giovannoni.

FOTOS DIVULGAÇÃO

AnaLuizaFerrãoconquistouaprimeiramedalhadeourodopaís,entreasmulheres,notiroesportivoeafirmaquesemprepintaumaansiedadequandovocêestáentreasatletasaopisaremGuadalajara

Alison e Emanuel garantem vaga nas semifinais no evento

O

s brasileiros Alison e Emanuel garantiram, ontem, a vaga nas semifinais do torneio de vôlei de praia dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, que está sendo disputado na cidade de Puerto Vallarta. A classificação veio com uma vitória fácil nas quartas de final, diante dos uruguaios Williman e Zanotta, por 2 sets 0, com parciais de 21/16 e 21/13, em apenas 33 minutos de jogo. Agora, Alison e Emanuel voltam a jogar já hoje, quando fazem a semifinal contra os mexicanos Miramontes e Virgen. Também nesta quinta, em outro confronto das quartas de final do Pan, a dupla do México derrotou os cubanos Gonzalez e Piña por 2 sets a 1, com parciais de 19/21, 21/16 e 15/12. Atuais campeões do Circuito Mundial e do Campeonato Mundial, Alison e Emanuel são favoritos ao ouro no Pan. Mas já tropeçaram na competição em

Agora,AlisoneEmanuev l oltamajogarhoje,quandofazemasemifinac l ontraosmexicanosMiramonteseVirgen

Guadalajara, ao perderem para os cubanos Gonzalez e Piña na segunda rodada da primeira fase. Agora, porém eles chegaram à semifinal, quando enfrentam os donos da casa. “É difícil jogar contra a torcida. Numa competição como essa, é país contra país. E eles estão jogando muito bem”, disse Emanuel em entrevista à TV Record, ao comentar sobre o confronto com os mexicanos hoje. “Espero que a gente consiga jogar na mesma intensidade que a gente jogou hoje (quinta).” Além do duelo entre Brasil e México, já foi definida a outra semifinal do torneio masculino de vôlei de praia. Terá os argentinos Etchegaray e Suarez, que venceram os norteamericanos Van Zwieten e Fuller (22/20 e 21/18), contra os venezuelanos Hernandez e Mussa, que bateram os guatemaltecos Leonardo e Garrido (duplo 21/15). (L.P)

Lesão tira Joanna Maranhão da disputa do Pan-Americano

J

oanna Maranhão está fora do Pan de Guadalajara. A batida de mão na borda da piscina, na disputa dos 200 m medley, há dois dias, quando ficou com o bronze, se intensificou. Ontem, ela não disputou o que seria sua última prova, os 200 m costas. No final da manhã, a nadadora fez os exames médicos, que apontaram uma inflamação no ligamento do dedo indicador da mão direita. “Quero me recuperarao quanto antes para me preparar para a Olimpíada”, afirmou Joanna. No Pan de Guadalajara, a atleta somou três medalhas. A prata nos 400 m medley e dois bronzes, no revezamento 4 x 200 m livre e nos 200 m medley. (L.P)

NoPandeGuadalajara,aatletasomoutrêsmedalhas.Apratanos400mmedleyedoisbronzes,norevezamento4x200mlivreenos200mmedley

Guga vai reeditar final do tri em Roland Garros

E

m comemoração aos 10 anos da conquista do tricampeonato em Roland Garros, Gustavo Kuerten vai enfrentar o espanhol Alex Corretja, na reedição da final de 2001. O confronto é o ponto alto do Rio Champions, de 17 a 19 de novembro, no Maracanãzinho, evento com alguns dos mais importantes tenistas do

mundo. “É um privilégio poder participar de um evento como estes, ainda mais eu que já saio como se fosse numa final, contra o Corretja, lembrando um grande momento meu. Só de começar a pensar nesse jogo resgata lembranças muito boas, do meu ano mais emocionante em Roland Garros”, afirmou Guga,

que venceu Corretja na decisão de 2001 por 3 sets a 1 - 6/7 (3/7), 7/5, 6/2 e 6/0. “Foi a final que eu mais desfrutei em Paris, porque do meio do terceiro set para frente eu tinha certeza que iria ganhar o torneio. A certeza era tanta que eu tentava jogar a bola para fora e ela entrava. E fui me sentindo praticamente

hipnotizado pelo momento, porque é muito difícil conseguir jogar tão bem em uma final, fazendo jogadas brilhantes o tempo todo”, relembrou o tenista catarinense, que soma sete vitórias em nove jogos contra o espanhol. Presenças O Rio Champions contará ainda com os brasi-

leiros Fernando Meligeni, atual campeão, e Marcos Daniel. Carlos Moyá e Gaston Gaudio, outros campeões de Roland Garros, também têm presença confirmada, além de Goran Ivanisevic, vencedor de Wimbledon, em 2001. Moyá foi derrotado por Guga em jogo-exibição disputado em São José (SC), no dia 8.


JD

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

C4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Muricy enfrenta hérnia e não deve viajar para o Rio

Técnico garante que nunca faltou empenho no São Paulo O Milton Cruz afirma tem tido sorte desde quando assumiu o cargo interinamente na equipe

A

vitória sobre o Libertad (PAR) na última quarta-feira deu ares mais tranquilos ao São Paulo. Depois de ficar seis jogos sem vencer, Milton Cruz, técnico interino, garantiu que nunca faltou empenho dos jogadores, mesmo com Adilson Batista no comando. O treinador também disse que tem tido sorte quando assume o cargo. No seu terceiro jogo no comando da equipe neste ano, ele conseguiu sua terceira vitória. - Eles estão se empenhando, não só hoje, mas com o Adilson também. A única coisa que mudou foi que tive um pouco mais de sorte, a bola entrou. Nos outros, a bola bateu na trave, gol contra. É um time diferente, de anos anteriores em que tínhamos jogadores de pegada, mas não tão fortes como esses, mesclando a base, e estamos fazendo isso, a pedido da diretoria - afirmou. Com dificuldade para vencer no Morumbi nas últimas oportunidades, Milton ainda garantiu que os adversários não deixaram de respeitar o Tricolor em sua casa.

técnico Muricy Ramalho permanece sem condições de trabalho e está em São Paulo, sob cuidados médicos de Joaquim Grava, profissional do Corinthians, para tratar de uma hérnia de disco. Depois de passar a noite de quarta para quinta-feira na capital, o treinador não teve condições de comandar o treinamento da tarde de ontem, no CT Rei Pelé. Segundo a assessoria de imprensa do Peixe, inclusive, dificilmente o comandante do Peixe terá condições de viajar para o Rio de Janeiro neste sábado, quando a delegação do Alvinegro parte para encarar o Flamengo,

neste domingo, no Engenhão. Tudo começou na tarde da última quarta-feira, quando após sentir dores lombares, Muricy se encaminhou para o Hospital São Luiz, em São Paulo, onde ainda não teve previsão de alta, e não pôde comandar o Alvinegro na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo. Tata, seu auxiliar técnico, trabalhou na partida. - O Tata já trabalha há bastante tempo com Muricy, já o conhece. Eles conversaram e acho que não muda muito. O Tata já sabe o perfil dele e é um pouco mais tranquilo e brincalhão do que o Muricy - analisa o zagueiro Bruno Rodrigo.

‘Campeonato não acabou’, diz Loco Abreu

MiltonaindagarantiuqueosadversáriosnãodeixaramderespeitaroTricoloremsuacasa

Dorival testa Gilberto ao lado de Jô no ataque

O

OtécnicodoInternacionaD l, orivaJ lúniorc ,omandouoprimeirotreinotáticodasemana

técnico do Internacional, Dorival Júnior, comandou na tarde desta quarta-feira, o primeiro treino tático da semana e testou alternativas projetando o confronto deste domingo, diante do Corinthians, no BeiraRio. A principal novidade foi a presença do atacante Gilberto ao lado de Jô. Sem poder escalar o volante Bolatti e o apoiador João Paulo, que foram poupados, o treinador promoveu a entrada de Elton e manteve Andrezinho entre os titulares, uma vez que Oscar, que voltou a treinar, é titular absoluto. Com isso, o Inter iniciou o treino com a seguinte escalação: Muriel, Nei, Rodri-

Brasil só joga no ‘Maraca’ na Copa-2014 se chegar à final do torneio

go Moledo, Juan e Kleber; Elton, Guiñazu, Andrezinho, D’Alessandro e Oscar; Jô. Já na parte final da atividade, o treinador promoveu a entrada de Tinga na vaga de Bolatti e Gilberto substituiu Andrezinho, o que melhorou o rendimento da equipe titular. O atacante, ex-Santa Cruz, ainda não teve uma sequência no Colorado, em razão de seguidas lesões. A tendência é que o treinador utilize Gilberto como opção para o decorrer do confronto deste domingo, já que a ideia de Dorival é manter o esquema 4-3-21, tendo apenas Jô, que segue com a confiança do treinador, como atacante.

OatacanteLocoafirmouqueoclubeaindateráoutraschancesdeassumiraponta

O

Botafogo desperdiçou uma grande chance de chegar à liderança do Campeonato Brasileiro na última quartafeira, quando perdeu para o Santos, que briga na parte de baixo da tabela, por 2 a 0. Como a partida era atrasada da 21.ª rodada, a equipe carioca era a única entre os primeiros colocados que atuava no dia, e assim dependia apenas dela própria para chegar ao topo. Mas, mesmo com o resultado negativo, o atacante Loco Abreu manteve a tranquilidade e afirmou que o clube ainda terá outras chances de assumir a ponta. “Era uma oportunidade, mas aqui não acabou o

campeonato. Continuamos na terceira colocação. E ontem ninguém podia somar pontos, então continuamos a dois pontos dos líderes, com confronto direto com o Vasco (no dia 13 de novembro). Então falta muito e a gente precisa aprender com este tipo de jogo também”, declarou. O Botafogo segue na terceira colocação do Brasileirão, com 52 pontos, enquanto Corinthians e Vasco têm 54. Agora com 30 jogos, mesmo número dos demais competidores, o time carioca não depende mais somente de si para ser campeão. Mesmo assim, Abreu exaltou a atuação da última quarta e lamentou apenas os gols perdidos.

Goleiro Vanderlei vive momento raro na meta do Coritiba no Brasileirão

O

Maracanã só receberá a seleção brasileira na Copa do Mundo-2014 se a equipe chegar à final da competição. A trajetória da equipe na primeira fase do torneio prevê passagens em São Paulo, Fortaleza e Brasília. Ontem, com o anúncio oficial da Fifa das sedes da abertura e da final do Mundial-2014, um fato chamou a atenção. A seleção corre o risco de nem atuar no estádio considerado “um dos maiores templos do futebol mundial”, como definiu Ricardo Teixeira, presidente da CBF, durante o evento realizado em Zurique. Teixeira nem pensa na possibilidade de a seleção ficar sem jogar no estádio, que também foi palco da decisão da Copa-1950. “Temos de convir que seria a coisa mais inacreditável tirar a final do Maracanã. Se Deus quiser vamos chegar à final, eu tenho certeza absoluta disso”, afirmou. Pela programação, o Brasil atuará em três regiões diferentes do país na primeira fase, com passagens pelas cidades de São Paulo, Fortaleza e Brasília.

Vanderlei comemora a boa fase no gol do Coritiba

V

anderlei completa no próximo domingo, contra o São Paulo, no Morumbi, uma sequência de 15 jogos como titular do Coritiba. Algo quase inédito para quem até outro dia amargou uma longa temporada na reserva de Édson Bastos. O arqueiro ganhou a camisa 1 após uma série de erros do antigo titular, especialmente na decisão da Copa do Brasil contra o Vasco. E, desde então, com defesas seguras, não deu

brecha ao rival – o Alviverde tem a sexta melhor defesa do Brasileiro com 37 gols sofridos, ao lado de Internacional e Bahia. “Acho que estou bem, fiz boas partidas, mas quero sempre mais”, afirmou o goleiro que, mesmo em evidência, prefere a cautela em relação ao futuro dentro do clube. “Não penso muito no que pode acontecer. Quero terminar o ano bem, só isso. Não sei o que vai ocorrer no ano que vem, se a comissão

técnica vai ficar, se virão mais jogadores...”, emendou ele. Vanderlei, porém, não terá ao seu lado o meia Tcheco e o volante Leandro Donizete contra o Tricolor paulista. Tcheco ficará três semanas se recuperando de lesão muscular na coxa direita. Já Donizete, com tendinite no joelho direito, deve estar à disposição apenas na próxima rodada, contra o América-MG, no dia 30, no Couto Pereira.

Jornal do Dia 21 10 2011  

Jornal do Dia 21 10 2011