Page 1

DESTAQUE

TUNÍSIA

Prêmio internacional

UFC 149

Prisão perpétua para ex-presidente

Barão esquenta a disputa

Ben Ali é condenado por morte de 43 pessoas em rebelião. nC3

Alessandra Negrini recebe prêmio em LA, por atuação no longa "Dois Coelhos". nC4

Brasileiro responde a provocações na véspera do confronto. nA7

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Sexta-feira, 20 de Julho de 2012 - Ano XXV

Domingo e Segunda R$ 3,50 Terça a Sábado R$ 1,50

HABITAÇÃO

Atraso na entrega de imóveis pode obrigar a indenizações Projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional obriga que as construtoras e incorporadoras paguem indenização ao consumidor, caso não entreguem os

imóveis vendidos na data estabelecida em contrato. ndenizações podem chegar a 2% do valor total definido para o imóvel negociado. nB2 HEVERTON MENDES

CONSUMO

Açaí continua imbatível, apesar do preço alto e da

CONCURSO

MP aguarda resposta da Fundação Universa sobre denúncias Promotoria de Justiça da Cidadania expediu ofícios à Seed e Fundação Universa, pedindo explicações sobre falhas referentes aos deficientes auditivos. nB4 HEVERTON MENDES

contaminação Mesmo contaminado ou com o preço nas alturas, açaí ainda é sagrado na mesa dos amapaenses. Famílias apertam o orçamento para garantir consumo diário do produto. Em agosto, o preço deve subir. nB1

Dona Nilda compra açaí diariamente, para garantir a satisfação de toda a família, que tem sete membros

Promotor Pedro Leite vê falhas no concurso

DIREITOS

RECONHECIMENTO

Agricultoras da Perimetral Norte ocupam pelo órgão. Superintendência assegua sede do INCRA em busca do Crédito de ra que os pagamentos serão realizados a Apoio à Mulher, que não está sendo pago partir do final do mês. nA3

quilombolas no país

Agricultoras cobram do Incra Proposta regulamenta Crédito de Apoio à Mulher demarcação de terras nA3

HEVERTON MENDES

PROPOSTA

Projeto isenta 13º salário de Imposto de Renda nA5

SEM PRESSÃO

Riquelme rejeita proposta do Flamengo O meia argentino recebeu a proposta do Flamengo, mas recusou após saber da pressão da torcida e do

momento difícil do time no Campeonato Brasileiro.

As agricultoras ocuparam a sede do Incra, em Macapá, cobrando o pagamento do benefício a que têm direito

TRÁFICO

Polícia prende 16 pessoas em Laranjal do Jari Homens do 11º Batalhão da Polícia Militar encontraram cerca de 10 papelotes de crack e 10

papelotes de merla, que estavam em vários cômodos de um bar daquele município. nB3

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

Opinião

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Editorial

As obras paradas e o Governo RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

A

parentemente o lado mais privilegiado da relação contratante-contratado é aquele do contratante, onde sempre está posicionado representando o setor público, aquele que detém Poder. Mesmo assim, muitos dos problemas pontuados na análise geral da questão das obras paradas e os esqueletos de construções e de canteiros desativados que estão espalhados pelas cidades e entre elas, estão localizados no setor público, com omissões inexplicáveis que são reclamadas, em regra, pelo contratado. Recentemente e a guisa de exemplo, um diretor de um órgão, por obrigações da função de diretor ou por questões não reveladas, teve que ausentar-se da sede Macapá, por mais de 15 dias, e não deixou nenhum substituo para manter ativa a relação entre o contratante e o contratado que passava por momentos decisivos e, ao final, chegou à conclusão que não havia, da parte do agente público, qualquer interesse do agente, como também da unidade pública em honrar o contrato ou, pelo menos, determinara a maneira de

evitar que mais uma obra fique parada e a empresa tenha que dispensar os funcionários. Esse é apenas um exemplo de comportamento atual de agente público, mas são às centenas os diferentes grupos de agentes que estão sempre muito desatentos com relação às obras e aos serviços de engenharia. Boa parte das obras paradas é o resultado de decisão declarada do contratante ou por omissão completa dele que não demonstra interesse no cumprimento daquilo que foi assinado pelo gestor público. Depois da licitação concluída, empresa selecionada e o contrato assinado, ao invés de deixar que as coisas se desenvolvam por si só, o que se observa é o desinteresse do contratante que, quando tem em mãos a primeira fatura, começa a “enrolar”, deixando o tempo passar e, com isso, desmotivando os dirigentes da empresa contratada que, por mais que queira outro cenário, se vê com o espaço limitado, porque o pagamento não é feito e a fiscalização não modifica o comportamento. A situação do governo é

colunista

O

promisso com a execução do que consta do contrato. Os erros de projetos são repetidos e alguns grosseiros demais. Até mesmo falta de conhecimento do local onde vai ser executada a obra ou realizado o serviço tem motivado atrasos de obras e de serviços. Como o setor público arregimenta bons clientes das empresas de construção e serviço de engenharia do Estado, os dirigentes vão “agüentando” a situação, atuando em forma de defender o patrimônio adquirido antes, para que ele não seja aplicado sem a garantia de receber ou, quando tem a garantia de receber, não sabem quando isso vai ocorrer. Muitos exemplos são registrados, alguns agredindo, frontalmente, os princípios constitucionais da Administração Pública, entre eles o da publicidade e da eficiência. É opinião geral – se o setor público, especialmente o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Macapá e de Santana, quiser, pode eliminar, completamente, a possibilidade de uma obra virar esqueleto ou um canteiro virar morada de ratos. Basta fazer cumprir o contrato.

A vingança dos consumidores

ELIANE CANTANHÊDE crescimento econômico vai ser pífio, o grau de confiança dos empresários já andou melhor, os funcionários estão parando o trabalho e o trânsito em Brasília e os trabalhadores ameaçam greve. Mas Dilma Rousseff tem suas armas. Depois de combater os juros altos, usar o Dia do Trabalho para atacar a “lógica perversa” dos bancos, suspender (via ANS) 268 planos de saúde e 37 operadoras, agora é a vez de Dilma guerrear com as companhias de telefones celulares. A Anatel decidiu bloquear, a partir da próxima segunda, a venda de chips da Tim, da Oi e da Claro em diferentes Estados, inclusive São Paulo. Bancos, planos de saúde e operadoras de celular encabeçam as listas de reclamações dos órgãos de proteção aos consumidores. Quem tem conta em banco, plano de saúde e

tão delicada que quando é necessário enfrentar um problema da obra, todos fogem dele, deixando a impressão que têm medo de decidir. Alguns profissionais dizem até, que não decidem, pois, não sabem se a decisão que for tomada, será respeitada pelos superiores hierárquicos; outros preferem ficar longe do que consideram “confusão”. As equipes de fiscalização do contratante do setor público, seja o Governo, ou qualquer outro órgão, não dispõe do transporte que deveria ser disponibilizado pelo órgão para as visitas diárias dos técnicos da equipe de fiscalização. Entre esses técnicos já foram tomadas pelo menos duas decisões: não usam os seus carros particulares para o deslocamento até a obra e não aceitar carona em carro da empresa para não serem malfalados. Uma situação que está penalizando os profissionais que trabalham diretamente na fiscalização da execução da obra e que têm a atribuição de “medir” o que está concluído da obra para servir de base para ao faturamento e posterior recebimento. Na opinião de alguns engenheiros de empresas o que há é um pouco caso mesmo e até falta de com-

celular sabe bem por quê. Nem é preciso citar números. É a ganância, mas não só. Impera também o despreparo, a ineficiência e o descaso com o cliente. Atire a primeira flor quem nunca teve problema com o celular. Quando você mais precisa, falta sinal ou a ligação cai no meio, uma, duas, três vezes. Há erros nas contas e o atendimento nas lojas e no 0800 é desesperador. Mas, enfim, vamos esquecer o muro de lamentações para ver a coisa pelo lado político. Funcionários são só parte da

população. Consumidores somos “a” população. O que é mais importante para o país e pesa mais contra ou a favor da popularidade de Dilma? Servidores em confronto com policiais na Esplana-

da dos Ministérios, por aumentos que podem chegar a R$ 92 bilhões (metade de toda a atual folha de pagamento do serviço público federal)? Ou os consumidores se sentindo vingados? Como a “faxina” já deu o que tinha de dar, a economia não é nenhuma vitrine e PIB até virou bobagem, o marqueteiro João Santana deve ter tido uma boa sacada. Dilma agora é “a vingadora dos consumidores”. PS - E as companhias aéreas?

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994) Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe Interino: Marcelo Ignacio da Roza Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br josemaria@jdia.com.br mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representantes comerciais JC Repres. Com. Ltda. - Brasília, DF n Tel. (61) 2262-7469 - Rio de Janeiro, RJ nº Tel. (21) 2223-7551, São Paulo New Mídia - Belém-PA (Gil Montalverne) Tel.: (91) 3279-3911 / 8191-2217 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 12 Pág

Edição número

7959

A2

A

Vala comum

s obras de saneamento que a Caesa realiza em Macapá são de grande importância para a sociedade amapaense. Não há dúvidas quanto a isso. Contudo, a relevância dessas obras não justifica que sua execução seja feita ao custo da destruição das ruas e avenidas da cidade. O assunto já rendeu intensos conflitos entre a Caesa e a Prefeitura de Macapá. Inconformado com o modo de operação das empresas contratadas pela estatal para realizar as obras de saneamento, o prefeito Roberto Góes chegou a determinar a interdição de todos os serviços em curso na cidade. Condicionou a liberação das obras ao compromisso dessas empresas deixarem as vias de Macapá recuperadas, depois de concluídos seus serviços. Aliás, o trabalho só pode ser considerado concluído, depois de feita a recuperação das vias. A queixa do prefeito tinha razão de ser. E continua tendo. Em geral, as empresas abrem buracos nas ruas para implantação de tubulações de redes subterrâneas, e vão embora, depois de apenas encherem os buracos de terras. A recomposição asfáltica não é feita. Muitas vezes esse desserviço à comunidade é prestado em ruas e avenidas onde o asfalto está em boas condições – o que é raro, em Macapá, e, portanto, mais lamentável ainda vê-lo destruído. Quando o prefeito, como medida extrema, decidiu pela interdição das obras, Ruy Smith, presidente da Caesa, entrou em cena e, na ocasião, demonstrou ser uma figura pública equilibrada. Argu-

mentou que os conflitos entre Governo e Prefeitura tinham a ver com questões políticas e que ele defendia a solução técnica.Comprometeu-se a estimular o diálogo entre os setores de infra-estrutura estadual e municipal, a fim de garantir a continuidade das obras, sem deixar de atender os interesses da prefeitura. Por um tempo, as coisas andaram mais calmas, embora o problema não tenha sido resolvido definitivamente, pois aqui e ali as empresas abriam buracos e os deixavam mal tampados. Agora, contudo, a situação volta a agravar-se. Avenidas importantes, como Nações Unidades e Cora de Carvalho, depois de realizados os serviços, foram deixadas com buracos abertos, como se não fosse responsabilidade de quem os abriu, fechá-los, devolvendo as ruas ao uso da comunidade. O antes ponderado Ruy Smith, agora resolveu inclusive fazer gracejos com a situação, ignorando que é seu dever cobrar das empresas contratadas pela Caesa o cumprimento de obrigações contratuais e o respeito à sociedade macapaense. O gestor que antes primava pela condução técnica do assunto, e que exatamente por isso conseguiu ser uma voz de equilíbrio, fundamental para a resoluçãodo conflito, hoje se deixa contagiar pelo predominante clima político, caindo na vala comum. Vala comum como uma dessas muitas, que as empresas contratadas pela Caesa costumam deixar nas ruas de Macapá.

Hora-Hora

Silêncio – O diretor do Detran, Francisco Sávio Alves Pinto, ainda não disse nada a respeito da denúncia, veiculada em um jornal local, sobre o fato de sua Carteira de Habilitação ter sido cassada no passado, por excesso de infrações.

Não convenceu – As primeiras tentativas de explicação não convenceram. Pelo menos não aos responsáveis pela comunicação do Governo, que não deixaram veicular uma nota explicativa preparada pela Assessoria de Comunicação do Detran. Pão e circo –A Expofeira deste ano começa mais cedo, de 31 de agosto a 9 de setembro. Antes, portanto, das eleições. O que para muitos não pegou bem, por considerarem que política de “pão e circo” pode influenciar humor do eleitorado. Será? Improviso – Um indicativo de que as equipes participantes dos Jogos no Meio do Mundo não estavam preparadas para participar do evento: a equipe de basquete masculino da Escola Gabriel de Almeida Café levou apenas sete atletas para o jogo contra a Guiana Francesa.

Esgotados - Como o basquete exige muito esforço dos atletas, é normal que os técnicos disponham de até doze atletas por jogo, fazendo rodízio constante entre os cinco que entram em quadra. Com apenas sete jogadores, o grupo amapaense terminou o jogo com um palmo de língua de fora. Comemoração – No próximo dia 25, a Coordenadoria de Aquicultura da Prefeitura de Macapá vai comemorar o Dia Municipal da Aquicultura. O evento será realizado no auditório da Subprefeitura Zona Norte, às 9 horas da manhã. Inauguração - No dia 2 de agosto, o Instituto do Câncer Joel Magalhães (Ijoma) realiza a inauguração do seu centro de atendimento aos portadores da doença. A inauguração será às 8h30. O Ijoma fica localizado na Rua Silas Salgado, sem número, atrás da EMTU.

Resposta – O Ijoma é uma resposta da sociedade amapaense à inércia do poder público em dotar o estado de um centro de atendimento a vítimas de câncer. Tendo à frente o padre Paulo Matias, Ijomaergueu seu centro de atendimento na base da solidariedade da população.

Frases do Dia “Se não buscarmos o impossível, acabamos por não realizar o possível.” (Leonardo Boff) “A vida não exige das pessoas o que elas ainda não têm condições de dar.” (Zibia Gasparetto)


JD

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

A3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Assentados ocupam o Incra em busca do Crédito de Apoio à Mulher

Recurso é destinado a grupos de mulheres rurais que desempenham atividades econômicas de produção de bens FOTOS HEVERTON MENDES

O superintendente substituto do Incra/AP, Américo da Silva, informou que já entrou em acordo com as famílias assentadas e que até o final deste mês os recursos devem começar a ser liberados

ANDREZA SANCHES Da Redação

A

gricultoras dos assentamentos Tucano I, II, Sete Ilhas, Riozinho e Nova Divisão, comunidades localizadas na Perimetral Norte, a mais de 300 quilômetros da capital ocuparam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) em busca do Crédito de Apoio a Mulher. Implantado desde 2008, os recursos referem-se auma das modalidades de crédito ofertadas pelo Instituto, mas ainda não foi aplicado nas comunidades rurais do Estado. O Crédito Apoio Mulher é voltado a grupos produtivos de mulheres titulares

de um lote e que realizam atividades econômicas de produção de bens, prestação de serviços, comercialização ou consumo solidário associadas ou não. Até hoje, os investimentos já atenderam cerca de 500 mulheres assentadas com a aplicação de mais de R$ 290 mil em projetos que vão desde a criação de aves ao produção de artesanato. No Amapá, cerca de 60 mulheres ocupavam a sede do INCRA desde a última quarta-feira (18) em busca da aplicabilidade desses recursos nos assentamentos da Perimetral Norte. A agricultora Maria Alves, trabalha com a produção de mandioca e banana a mais de dez anos na comunidade Tucano I, uma vez por

semana traz para a capital tudo o que é produzido no assentamento, com a venda dos produtos consegue faturar menos de um salário mínimo. Para a agricultora, o crédito acrescentaria mais oportunidades o que se refere a produção agrícola na comunidade. “Com o crédito seria possível fortalecer as atividades produtivas, além de possibilitar investimentos em máquinas e equipamentos, favorecerendo bastante na renda familiar” disse a agricultora. Sobre a cobrança pelo crédito, o superintendente substituto do INCRA/AP, Américo da Silva, informou que já entrou em acordo com as famílias assentadas e que até o final deste mês

os recursos devem ser liberados. “Os investimentos foram empenhados no ano passado, mas em função da morosidade de organização das comissões nas próprias comunidades, os recursos não foram aplicados. Hoje temos apenas 40 créditos disponíveis, os 20 restantes já foram empenhados, mas dependem da liberação em Brasília (DF)” esclareceu o superintendente substituto. As comunidades que cobram a aplicação do Crédito de Apoio a Mulher vivem da agricultura familiar, produzindo abacaxi, banana, arroz, açaí, cupuaçu, além de hortaliças e criação de aves e peixes. Toda produção escoada ao menos uma

vez por semana para Macapá, para ser comercializada na Feira do Agricultor. Apoio à Mulher O Crédito de Apoio a Mulher é uma das modalidades do Crédito Instalação, concedido desde 1985 pelo Governo Federal e proporciona a cada mulher titular do lote o direito a R$ 3.000,00, liberados em parcela única. Para isto, as assentadas devem se organizar em grupos produtivos de mulheres. Os recursos da modalidade Apoio Mulher podem ser utilizados tanto para custeio quanto para investimento, na aquisição de bens destinados ao desenvolvimento de atividades econômicas de apoio

à produção, beneficiamento e comercialização, projetos hortifrutigranjeiros, cultivo de plantas medicinais, produção de fitoterápicos, produção de artesanatos, confecção de roupas, criação de animais de grande, médio e pequeno porte, exceto bovino de corte. As Superintendências Regionais do Incra são responsáveis pela gestão do Crédito de Apoio Mulher. Para acessar este crédito, o grupo produtivo de mulheres deve procurar os técnicos da Assessoria Técnica, social e Ambiental à Reforma Agrária para elaborar o Projeto Básico, que define as estratégias econômicas do grupo produtivo.

Governo investe R$ 750 mil na Agricultura Familiar em Calçoene

Proposta regulamenta demarcação de terras ocupadas por quilombolas O

Vicentinho diz que reconhecimento das terras de remanescentes quilombolas deve ser regulamentado

A

Câmara analisa o Projeto de Lei 3452/12, do deputado Vicentinho (PT-SP), que regulamenta o reconhecimento e a demarcação das terras ocupadas por remanescentes de comunidades quilombolas – descendentes de indivíduos que resistiram ao regime de escravidão. Esses direitos estão previstos na Constituição, mas ainda dependem de regulamentação. A proposta determina que a demarcação será feita por via administrativa, a não ser que a área reclamada faça parte de propriedade privada, hipótese em que a demarcação

será realizada judicialmente. O texto também assegura assistência jurídica à comunidade quilombola, com o objetivo de manter a integridade do território. O projeto prevê ainda a preservação da identidade cultural (tradições, usos e costumes) da comunidade remanescente dos quilombos. Esse grupo também terá tratamento preferencial na política agrícola, como já ocorre com os beneficiários de programas de reforma agrária. Constituição Vicentinho critica o fato de o texto constitucional que garante o

reconhecimento das terras de remanescentes quilombolas ainda não ter sido devidamente regulamentado. Atualmente, a questão é tratada por um decreto do Executivo (4887/03), norma com menos segurança jurídica do que um projeto aprovado pelo Congresso. Tramitação A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; de Direitos Humanos e Minorias; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. (Agência Câmara)

governador do Amapá, Camilo Capiberibe, anunciou na última quarta-feira, 18, no distrito de Lourenço, em Calçoene, que investirá R$ 750 mil no Programa Territorial da Agricultura Familiar e Floresta (Protaf) do referido município. Ao todo, 150 agricultores, já cadastrados, serão beneficiados na região. O repasse será feito em setembro deste ano. A ação faz parte do Programa de Obras e Ações para Mudar o Amapá (PROAMAPÁ), que consiste na melhoria de vida da população dos 16 municípios do Estado. Dentre os 150 beneficiados, 50 moram em Calçoene, outros 50 residem no Lourenço e a mesma quantidade no Carnot, localidade que compõe o referido município. O Protaf O Protaf foi criado para ampliar o atendimento aos trabalhadores que têm como base a agricultura familiar. O programa também objetiva a redução da prática do desmatamento e queimadas, a diminuição da insegurança alimentar e a geração de renda no meio rural. Outras metas do Protaf são aquisição de insumos e serviços de mecanização agrícola, a serem contratados pela entidade. “Tenho certeza que essa política trará desenvolvimento para o Carnot, Calçoene e Lourenço. Queremos que a agricultura familiar se desenvolva e dê lucro para o produtor rural do

Governador Camilo Capiberibe fala sobre os benefícios para Calçoene

Amapá. O Protaf está oportunizando este avanço no setor produtivo e estamos investindo para a melhoria da nossa produção agrícola”, avaliou o governador. Benefícios para o Distrito de Lourenço Ainda em Lourenço, o governador lembrou que o Departamento Estadual de Trânsito do Amapá (Detran/AP) firmou parceria com o Centro de Formação de Condutores Marco Zero. A parceria possibilitará que os cidadãos de Lourenço façam provas para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na própria localidade. Conforme o diretor da autoescola Marco Zero, Eliseu Andrade, o Detran não prestava serviços no distrito há quatro anos. Ele explicou que a parceria com o órgão, que já abriu os processos para que cerca de 70 pessoas façam a prova

teórica para condutores e 30 habitantes prestem exames para a renovação da CNH, sem precisarem se deslocar até Calçoene ou Macapá, mostra o compromisso da gestão de Camilo Capiberibe com o povo da localidade. “Todos os amapaenses têm direito aos serviços públicos. A aplicação do exame para a obtenção da CNH, por meio do Detran, mostra o nosso respeito para com os cidadãos que residem no distrito de Lourenço”, afirmou o governador. Ação em prol do Lourenço Em 2011, o governador Camilo Capiberibe inaugurou o Quartel da Polícia Militar, a Escola Estadual Juvenal Guimarães Teixeira e o Sistema de Abastecimento de Água da Caesa, que já funcionava, mas de forma precária, no distrito do Lourenço. (Ascom/ Secom)


JD

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

A4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Projeto isenta 13º salário do Imposto de Renda

Coluna

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

Lobão Filho diz que a medida aumentará renda disponível do trabalhador

Vasconcelo Quadros (interino)

A

CONFRONTO FEDERAL

Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) quer derrubar o diretor da Polícia Federal, Leandro Coimbra. O movimento, que será deflagrado no próximo dia 25 com uma paralisação nacional, é o desfecho de um conflito que se arrasta desde o governo Lula entre agentes e delegados pelo controle interno da corporação que mais tem atuado no combate a corrupção. “Não é pessoal. O que não queremos mais é delegado administrando a polícia”, diz o presidente da Fenapef, o agente federal Marcos Wink.

Sinal dos tempos No início dos anos 1990, a mesma Fenapef foi quem derrubou o então diretor Romeu Tuma, sob a alegação de que este, delegado originário da Polícia Civil, era um corpo estranho à PF e usava a o cargo para fins políticos.

Sem vínculo

De longe

A luta dos agentes agora tem motivação oposta: eles querem no comando uma autoridade sem vínculos com o DPF, mas com isenção para gerir os conflitos internos. Para desespero dos delegados, aceitam até um procurador da República.

O ex-ministro José Dirceu decidiu que não comparecerá ao plenário do STF durante o julgamento do mensalão. Queria ir, mas foi desaconselhado pelos advogados sob o argumento de que sua presença poderia ser interpretada com uma afronta aos ministros.

Para Lobão Filho, autor do projeto, a parcela dispensada retornará logo aos cofres públicos, na forma de tributos sobre o consumo, como o IPI

P

rojeto que isenta o 13º salário do desconto do Imposto de Renda pode ser examinado pelos senadores após o recesso parlamentar. A proposta altera a Lei nº 7.713, de 22 de dezembro de 1988. O autor do projeto, senador Lobão Filho (PMDB-MA), argumenta que a medida aumentará a renda disponível do trabalhador, o que vai contribuir para fomentar o consumo.

“Ao aumentar o consumo, estará sendo dado formidável impulso aos setores produtivos da economia, aumentando a geração de empregos e a circulação de bens, serviços e renda, como um todo. Em outras palavras, contribuindo para incrementar o Produto Interno Bruto”, justifica o senador. Na avaliação do parlamentar, a isenção do imposto não afetará o orça-

mento da União. Para Lobão Filho, a parcela dispensada retornará logo aos cofres públicos na forma de tributos sobre o consumo como o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O senador argumenta ainda que o 13º salário é fator de redistribuição de renda e, além de ajudar a atenuar o endividamento acumulado durante o ano, a medida também vai proporcionar à popu-

lação uma poupança para enfrentar as despesas típicas do início do ano. Tramitação O projeto (PLS 266/2012) foi apresentado no dia 17 de julho, na véspera do recessoparlamentar, e será examinado pelas comissões de Assuntos Sociais (CAS) e de Assuntos Econômicos (CAE) – nesta, em caráter terminativo. (Agência Senado)

Um mês depois, MP avança pouco sobre patrimônio de Luciano Ducci

O

Ministério Público avançou pouco na investigação sobre supostas irregularidades da evolução patrimonial do prefeito Luciano Ducci (PSB). Um mês depois de receber das mãos de Ducci cópias das declarações de Imposto de Renda dele e dos familiares, os promotores que cuidam do caso ainda analisam a documentação. No dia 18 de junho, os promotores haviam dito que analisariam o caso em 30 dias. Por se tratar de informações fiscais e sigilosas, o MP não dá mais detalhes do curso da investigação. A suspeita envolvendo os bens da família Ducci foi levantada pela revista Veja. A reportagem informava que o patrimô-

Ruim e perverso

Cálculo feito pelo deputado JoséReguffe (PDT-DF) apontando que, além de ruim,os serviços de telefonia móvel no Brasil são os mais caros do mundo: em média o brasileiro paga 45 centavos de real por minuto, o americano seis centavos, o chinês cinco centavos e o indiano dois centavos. Abusivo Com o mesmo dinheiro gasto para falar 22 minutos e meio na India, o brasileiro só fala um minuto. “O preço é abusivo os serviços são de qualidade deficiente”, alfineta Reguffe. Fogo amigo Ao defender a PF das insistentes insinuações de uso político das operações contra a corrupção, o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo acabou revelando que boa parte dos ataques partem dos parceiros do governo. Só fatos “Até os da base aliada andam dizendo que a PF atua contra o governo e que o Ministério da Justiça perdeu o controle (da instituição)”, admite o ministro. Ele garante que a PF age em cima de fatos. A nova lei de combate à lavagem vai ampliar ainda mais as reações.

Prefeito Luciano Ducci (PSB): ele afirma que a denúncia é infundada e tem cunho eleitoreiro

nio do prefeito teria saltado de pouco mais de R$ 1 milhão, em 2008, para mais R$ 30 milhões

neste ano. A revista dizia ainda que essa disparidade teria motivado o MP do Paraná a abrir uma investigação – fato que foi desmentido pela instituição. Até ontem, não havia qualquer inquérito aberto para apurar o caso. O procurador Arion Rolim Pereira, que coordena o Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Proteção ao Patrimônio Público do MP, disse que os documentos fiscais entregues pelo prefeito estão sendo analisados pelos promotores. O MP só deve abrir inquérito se, ao final desta análise, houver indícios de ilicitudes; caso contrário o caso será arquivado. Desde que a suspeita foi levantada pela revista Veja, o prefeito e candidato à reeleição negou qualquer irregularidade

com a evolução do patrimônio da família. Na época, Ducci explicou que os bens não foram acumulados em apenas quatro anos e que o patrimônio já pertencia a família Dal Prá, de sua mulher, Marry Ducci. “Não há nada a ser escondido. São bens adquiridos ao longo de toda uma vida por uma família, que tem tradição no ramo do agronegócio, da pecuária”, disse Ducci, na época da divulgação da reportagem. O prefeito classificou as acusações como “baixas e rasteiras”, de “caráter eleitoreiro”, e atribuiu o repasse dessas informações a “aloprados”. “O dossiê que saiu na revista Veja é falso, mentiroso, calunioso e denigre a imagem da família. Atacar a família é uma coisa baixa e sórdida”, afirmou.

O carro na frente dos bois A reação da Anatel, enquadrando as operadoras Oi, Tim e Claro é um alento aoindefeso consumidor, mas chega com mais de uma década de atraso. Nos países civilizados, a regulação que garante a eficácia dos serviços foi primeiro passo das privatizações.

vam sem interlocutor no governo. Maldição de agosto Os funcionários do Banco Central fizeram manifestação ontem em 10 capitais em frente às sedes da instituição. Se nada mudar, a partir do próximo dia 31 entram em greve junto com servidores das demais carreiras de estado. É a maldição de agosto rondando o gabinete da presidente Dilma Roussef. Ela diz que não cederá. Espantoso Dormita na Câmara, desde 2008, projeto que obriga a divulgação imediata _ por todos os meios eletrônicos e cibernéticos _ das queixas relacionadas ao desaparecimento de crianças e adolescentes. Fenômeno ampliado pela negligência estatal, os registros mostram que somem por ano entre 18 mil a 20 mil crianças, 16% delas deficientes. Desengavetando Autor do projeto, o deputado Alfredo Kaefer (PSDB-PR) promete que vai desengavetá-lo em agosto. Os alertas sobre desaparecidos devem priorizar terminais rodoviários e aeroportuários.

O bombeiro Depois do “espanto” da ministra do Planejamento, Mirian Belchior, com o endurecimento do movimento grevista, o Palácio do Planalto chegou a conclusão de que é hora do eterno bombeiro Gilberto Carvalho entrar em cena.

Em sigilo A polícia já identificou um dos suspeitos pelo assassinato do agente federal Wilson Tapajós de Macedo, executado no Cemitério de Brasília. Os primeiros indícios apontam que a motivação do crime pode não ter relação com a Operação Monte Carlo.

Conflito anunciado Só o paciente espírito cristãodo ministro da Secretaria Geral da Presidência é que pode salvar o governo de um desastre anunciado: o desgaste de um confronto com os sindicatos que representam os servidores federais. As entidades esta-

Cortina de fumaça Os investigadores que atuam no caso não têm dúvida que o agente foi assassinato por sua condição de policial e que os matadores são profissionais. O suposto mandante pode ter aproveitado a barulheira da CPI para tentar confundir a polícia.

(Com Gilmar Correa e Marcos Seabra)

www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br


Política

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

A5

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

PSDB tem candidatos mais ricos, no papel O que puxa a média dos tucanos é o patrimônio declarado por seus candidatos a vereador, que totaliza R$ 5 bilhões

S

e suas declarações de bens estiverem corretas, os políticos do PSDB que disputam as eleições municipais de 2012 são, na média, os mais ricos do país. Seus cerca de 36 mil candidatos têm um patrimônio somado de R$ 7 bilhões, ou R$ 196 mil por candidato. Essa taxa per capita dos tucanos é 46% mais alta do que a média

geral de todos os partidos. É também 57% maior na comparação com os bens declarados pelos seus rivais do PT. O que puxa a média dos tucanos para cima é o patrimônio declarado por seus candidatos a vereador. Ele totaliza R$ 5 bilhões, ou R$ 152 mil por candidato, o que é 47% maior do que a média ge-

ral. Porém esse número pode estar artificialmente inflado por erros nas declarações de bens de alguns tucanos. Isso não acontece entre os candidatos a prefeito do partido, e o seu patrimônio médio fica apenas 10% acima do dos outros partidos. O mais “rico” candidato a vereador pelo PSDB é o pastor Waldeci Ferreira, da

Corte encerra audiências sobre as contas de Maluf no exterior DIVULGAÇÃO

Assembleia de Deus, que tenta voltar a ocupar uma cadeira na Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia (GO). Ele declarou à Justiça eleitoral que sua fazenda de 40 alqueires em Morro Agudo de Goiás vale R$ 600 milhões. Seria o hectare de terra mais caro do Brasil, talvez do mundo: R$ 6,2 milhões. Assim como o pastor Waldeci, pelo menos outros quatro candidatos a vereador tucanos parecem ter digitado três zeros a mais em um de seus bens, elevando seu valor às centenas de milhões. São casas, sítios, apartamentos e terrenos que, segundo as declarações, valeriam até R$ 500 milhões cada um. Se fossem excluídos os zeros adicionais da conta, a riqueza dos candidatos tucanos a vereador cairia à média dos outros partidos. Mas eventuais correções só podem ser feitas pelos próprios candidatos, e devem ser formalizadas junto a um cartório eleitoral. Enquanto isso, vale o que está registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Os possíveis zeros a mais no valor de bens declarados não são exclusividade do PSDB. Candidatos a vereador do PMDB, PSL, PV, PTB, PC do B, PSB, PDT e PT parecem também ter se confundido ao preencer as declarações para o TSE. Outro pastor, este do PPS, declarou uma kombi por

R$ 199 milhões. São tantos erros aparentes que, acertadas as contas, o PSDB poderia até voltar ao topo do ranking da riqueza por candidato. As declarações de bens dos candidatos a prefeito são menos exageradas. Examinando-se o patrimônio dos mais ricos é menos comum encontrar valores estranhamente altos -apenas três ou quatro fogem escandalosamente à média, e nenhum deles é tucano. Entre os que disputam prefeituras, há mais erros aparentes (para cima) em declarações de petistas. Como o apartamento de R$ 586 milhões do candidato a prefeito de Verdejante (PE). O PDT é o partido com a mais alta média de patrimônio de candidatos a prefeito: R$ 1,314 milhão por cabeça. Ela é puxada para cima por um candidato apenas, Otaviano Pivetta, um dos dois Pivettas que concorrem à Prefeitura de Lucas do Rio Verde (MT). Os R$ 321 milhões declarados pelo empresário do agronegócio não são miragem estatística. Excluídas as aberrações, ele é o mais rico dos 464.658 candidatos que aparecerão nas urnas em outubro. O PP aparece em segundo lugar no ranking partidário dos patrimônios dos candidatos a prefeito, com média de R$ 1,266 milhão. Mas, ao contrário do PDT,

essa taxa é inflacionada por um possível erro de declaração. Concorrente à Prefeitura de Vitória do Xingu (PA), Sebastião Pretinho Ferreira da Silva declarou que sua fazenda de 1 mil hectares vale R$ 500 milhões -menos de 1/10 do valor do hectare do Pastor Waldeci, mas ainda assim, um hectare muito caro. O PSDB é o terceiro colocado no ranking da riqueza dos prefeitos, com média de R$ 888 mil. É 11% maior do que a do PT. Mas nenhum tucano parece ter errado na conta, pelo menos na casa dos milhões. Os R$ 86 milhões de Jales Fontoura (Goianésia-GO) e os R$ 60 milhões de João Andrade (Pitangueiras-SP) são oriundos de participações em grandes empresas. Em compensação, dois petistas parecem ter acrescido zeros a seus bens. Mesmo assim, o patrimônio declarado dos tucanos cresceu proporcionalmente mais do que o dos petistas nos últimos quatro anos. Em comparação à eleição de prefeitos de 2008, a média do PSDB aumentou 16% acima da inflação, enquanto a do PT cresceu 9% além do INPC do período. Nada menos do que 18 candidatos a prefeito do PSDB têm patrimônio declarado superior a R$ 10 milhões, contra 7 do PT -dois quais dois parecem conter erros.

Em reunião com prefeitos, Dilma destaca licitações mais flexíveis do PAC

N

o lançamento de um programa para obras de mobilidade em 75 municípios de médio porte, a presidente Dilma Rousseff destacou ontem a possibilidade de usar o Regime Diferenciado de Contratações (RDC), que permite a realização de licitações de modo flexibilizado. O programa prevê recursos de R$ 7 bilhões para municípios com população entre 250 e 700 mil habitantes. “Nós alteramos vários procedimentos para acelerar as obras, queria lembrar

que como é PAC, incide sobre essas obras todo aquele processo de simplificação que se caracterizou como RDC”, destacou a presidente em breve pronunciamento na abertura da reunião com os prefeitos. Ela sancionou hoje a lei que estende as obras do PAC o novo regime de licitação. A presidente afirmou que será dado prioridade aos projetos que estejam em “fase avançada de elaboração”. O objetivo é permitir “resultados o mais rápido

possível”. Ela destacou que o programa vai gerar empregos e renda nos municípios e melhoria na vida dos habitantes dessa cidade. “Queremos garantir transporte público coletivo de qualidade e melhorar a condição de vida das pessoas”. A reunião continua com a presença do ministro Aguinaldo Ribeiro (Cidades), Miriam Belchior (Planejamento) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais). A imprensa, no entanto, foi retirada do local.

Primeira via da carteira de identidade será gratuita em todo o país Juiz Howard Page rejeitou o pedido dos advogados da empresa Durant, suspeita de ligação com a família do ex-prefeito

A

Corte Real de Jersey concluiu ontem, 19, o julgamento de contas relacionadas ao ex-prefeito Paulo Maluf e à sua família. O juiz Howard Page rejeitou o pedido dos advogados da empresa Durant, suspeita de ligação com a família do ex-prefeito, para que mais tempo fosse dado para apresentar uma defesa. A Durant tem

como seu diretor Flávio Maluf, filho do ex-prefeito. A Prefeitura de São Paulo abriu processo pedindo de US$ 22 milhões, que estão em contas em Jersey, sejam repatriados aos cofres públicos paulistanos, sob alegação de que são resultados de desvios de verbas da construção da Avenida Águas Espraiadas (rebatizada de Jornalista Roberto

Marinho), na década de 1990. A defesa de Maluf tentou argumentar que a Prefeitura apresentou no último dia do julgamento uma nova evidência e que, portanto, precisariam de mais tempo para responder à corte. O juiz Howard Page recusou o argumento e deu por encerradas as audiências, que começaram no dia 5 de julho. Page tomará uma decisão sobre o destino dos US$ 22 milhões nas próximas semanas. Na última quarta-feira, 18, advogados da Durant admitiram em documentos entregues à Justiça de Jersey que a família de Maluf controlava contas na ilha britânica do Canal da Mancha, mas negam que recursos tenham corrupção como origem. Admitiram ainda que o próprio Maluf recebeu “comissões” nessas contas. A admissão dos advogados desmonta a versão sustentada por Maluf há anos, de que ele não tem contas no exterior.

A

gora a emissão da primeira via da carteira de identidade será gratuita em todo o território nacional. A determinação está na lei sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada ontem no Diário Oficial da União. A emissão da segunda via do documento, porém, pode ser cobrada e a taxa, determinada pela legislação de cada estado. Atualmente, alguns estados já isentam o cidadão do pagamento da primeira identidade como o Rio de Janeiro e o Acre, além do Distrito Federal. Para requerer a carteira de identidade é preciso apresentar certidão de nascimento ou de casamento. Brasileiros natos ou naturalizados e o português beneficiado pelo Estatuto da Igualdade podem obter o documento. A lei sancionada pela presidenta Dilma e pela ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, modifica a Lei no 7.116, de 29 de agosto de 1983, que não traz expresso o direito à gratuidade.


JD

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Itaubal vence Santana e é líder da Chave C no intermunicipal Chave está sendo disputada em Itaubal e será decidida sábado, quando define seleções classificadas Elcio Barbosa

Da Reportagem

O

município de Itaubal do Piririm está em festa durante esta semana, por estar recebendo os jogos classificatórios da chave C do Campeonato Intermunicipal de Seleções, realizado pela Federação Amapaense de Futebol (FAF). Ontem o jogo preliminar foi entre Santana e Porto Grande, que empataram por 2 a 2. No jogo principal, a seleção de Itaubal venceu Cutias por 1 a 0. Amanhã será realizada a ultima rodada da chave. Na primeira rodada, a seleção de Cutias faturou três pontos ao vencer Santana por 3 a 0. Já a partida entre Porto Grande e Itaubal não saiu do 0 a 0, com cada

equipe somando um ponto. Como no primeiro jogo realizado ontem, Santana e Porto Grande ficaram no empate por 2 a 2. Porto passou a somar dois pontos na chave, por também ter empatado na primeira rodada. Já Santana, ficou com apenas 1 ponto na classificação. Depois da vitória na partida de ontem, Itaubal chegou aos 4 pontos, pois havia empatado na estréia e lidera a Chave C. Cutias soma 3 pontos, com uma vitória e uma derrota. “Trabalhamos muito durante a semana para deixar o time pronto para a partida de hoje e conseguimos a vitória, agora vamos encarar no sábado a seleção de Santana, a fim de garantirmos a classificação

DIVULGAÇÃO

Da Reportagem

A

diretoria do Esporte Clube Macapá fez homenagem ao atual Presidente, o jornalista, Wilson Pontes de Sena no dia em que a entidade desportiva completou 68 anos de histórias e glórias no desporto amapaense, no futebol a equipe adulta venceu o Vera Cruz do Amapá por 1 a 0 em partida amistosa realizada no Glicério Marques, o gol de Tom Brito foi marcado ainda no primeiro tempo de jogo. A presença da imprensa, e ilustres convidados almoçaram na sede improvisada, localizada na Avenida, Raimundo Álvares da Costa no centro da cidade. O Macapá vai participar este ano do campeonato sub 17, promovido pela Federação Amapaense de Futebol (FAF). O vice-presidente da FAF, Paulo Rodrigues disse em homenagem aos azulinos que o clube filiado a casa do futebol tem histórias e glórias no desporto amapaense.

Atentamente sob olhares dos convidados narrou articulando que os arquivos vivos são reconhecidos ao longo da história. “O futebol do Amapá continua sendo escrito por pessoas sábias, seu Wilson Pontes de Sena, presidente azulino, hoje tem 80 anos de idade e permanece lendo textos sem o uso dos óculos, isso é incrível, quando, ele chega a casa do futebol temos que tirar o chapéu pra ele, por que temos que ficar tento tudo que ele fala, ele é compromissado com o futebol amapaense” discursou Rodrigues. O gestor do futebol amapaense ainda em uso da palavra lembrou que o presidente azulino acumulou em sabedorias, nesses longos anos. Por isso, ele é uma referencia para o futebol amapaense. Categoricamente Rodrigues afirmou um pouco da trajetória do homem que dura esse tempo todo cuidando de um clube, mais tradicionais do Amapá. “Nós temos que ter respeito pelo seu Wilson, por que para mim, é um homem que

O goleiro do Itaubal segurou a vitória para o time da casa contra Cutias por um tento a zero

para aproxima fase” disse o Prefeito de Itaubal, Mirivaldo Costa. A rodada deste sábado será entre as seleções e

dignifica o nosso trabalho, o Esporte Clube Macapá só tem a ganhar com as prerrogativas, e as qualidades que ele tem, é por que o Macapá possui personalidade dentro do futebol, nós precisamos de pessoas como seu Wilson, o Macapá conquistou o primeiro título do Copão da Amazônia, primeiro campeonato profissional do Amapá, então, meus parabéns q eu a sua diretoria continua apoiando o seu sonho, de transformar em realidade a história azulina”, pontuou o diretor da FAF. “A caminhada que está sendo feita pelo Esporte Clube Macapá jamais será apagada, principalmente no que tange o patrimônio, informo a todos que recebi a noticia da empresa que tem contrato em construir a nova sede vai reinicias os trabalhos dentro dos próximos dias, gostaria de apresentar uma homenagem aos que já se foram, Emanuel Duarte Morais foi o fundador do clube, Asézio Guedez, Mair Bermegui, Alberto Lima, Abdala Houat, Raimundo Anáise Oliveira, da mesma forma

Zinho diz que desempenho do Flamengo e pressão da torcida fizeram Riquelme rejeitar clube”

J

uan Román Riquelme não irá ser o sonhado camisa 10 do Flamengo. Na noite da última quarta-feira, a diretoria acertou os últimos detalhes da contratação do atleta e apresentou as garantias financeiras exigidas pelo estafe do argentino. No entanto, ao mesmo tempo, o desempenho pífio do time na partida contra o Corinthians - derrota por 3 a 0 - e a pressão da torcida, que vaiou, xingou e chegou a ficar de costas para o campo, assustou o jogador. Com isso, o argentino recuou na ideia de se transferir para o Brasil e decidiu recusar a proposta rubro-negra. “O Riquelme disse que o problema não foi financeiro, mas sim futebolístico. Ele até elogiou nossa proposta, agradeceu, mas disse que ficou assustado com ontem [jogo contra o Corinthians]. Não gostou da atuação do time, da reação da torcida, da pressão daqui. Ficou complicado, infelizmente. Uma pena, pois fizemos todos os esforços para contratá-lo”, lamentou o diretor de futebol Zinho. Para deixar Riquelme

tranquilo em relação ao pagamento de seus salários, o Flamengo recorreu à TV Globo e, através de adiantamento de cotas de transmissão de jogos, assegurou que o valor acertado ficaria em dia. O argentino ganharia R$ 500 mil mensais no clube da Gávea. “Até uma questão de contrato nós acertamos. Nós sugerimos até o final de 2013, ele queria dois anos. Pediu garantia, nós demos. O problema foi dentro de campo. Ele agora deve acertar com outro time”, comentou Zinho. Riquelme decidiu abandonar o Boca Juniors após o vice-campeonato da Copa Libertadores deste ano. Além de Flamengo, Cruzeiro e Grêmio se interessaram em trazer o jogador para o Brasil. No entanto, o argentino não se animou. O destino do atleta segue incerto. A imprensa argentina noticiou nesta quinta-feira o interesse do Rosário Central, atualmente na segunda divisão da Argentina. O clube, no entanto, negou as informações e destacou que não negocia com os empresários de Ri-

Paysandu viaja para jogo em Recife com três desfalques

A

Cutias e Porto Grande, às 14 horas, e Itaubal e Santana, as 16 horas. Conforme a tabela dos jogos as seleções de Itaubal, Cutias,

Porto Grande e Santana jogam entre si, e somente as duas equipes melhores classificadas devem prosseguir na competição.

Wilson Sena recebe homenagem no aniversário dos 68 anos do Macapá Elcio Barbosa

A6

quelme. Negociação conturbada O polêmico “não” de Riquelme é o desfecho de uma negociação conturbada desde o início. Assim que anunciou que deixaria o Boca Juniors após o fim da edição deste ano da Copa Libertadores, o meia admitiu o interesse em jogar no Flamengo. O clube, por sua vez, mesmo interessado, decidiu manter o sigilo da negociação e despistar a imprensa sobre as conversas que já vinham acontecendo. No início desta semana, após a publicação da informação que o vice de finanças do clube, Michel Levy, estava na Argentina conversando com Riquelme, Zinho ficou insatisfeito com o vazamento e chegou a dizer que o Flamengo não teria sequer cogitado a hipótese de negociar com o jogador. Na última quarta, no entanto, com o andamento avançado do negócio, ele se calou. E nesta quinta, em entrevista coletiva, após anunciar a recusa, o diretor disse que o argentino sempre interessou ao clube.

Fernando Canto ao lado do presidente Wilson Sena

aos atletas que ao longo da história pisaram nos gramados amapaense em defesa do Esporte Clube Macapá, Erondino pai do Bira e do Aldo, Assis, Aroldo Santos e Marco Antônio, Falcon Nery, e Guara Lacerda, e a todos os que fizeram pelo Macapá meu muito obrigado”, descreveu o presidente azulino, Wilson Sena. A programação alusiva ao

aniversário do clube se estendeu com as partidas amistosas no velho estádio, Glicério Marques. No primeiro confronto da noite na categoria sub 13, a escolinha Zico Dez venceu os ypiranguistas por 4 x 0. Nos veteranos houve o empate entre São Paulo e Vera Cruz, e no jogo principal o Macapá derrotou, o Vera Cruz por um tento a zero.

Toque de Primeira ANTONIO LUIZ

Colunista alpcampos@hotmail.com Positivo No mês de setembro, o mestre Luciano Nogueira ministra seminário técnico e graduação de Muay Thai, em Macapá. Ainda serão definidos data e local do evento. Negativo A galera flamenguista está de cabeça quente com o chocolate que tomou do Corinthians. Mas cá prá nós, o time rubro-negro mostra deficiências da defesa ao ataque. Amapazão I Últimos jogos deixaram o campeonato em aberto e os clubes brigam por classificação. Amapazão II Independente x Oratório é a emocionante partida marcada para este sábado. Confira! Brasileirão Marca 03 jogos amanhã, com destaque para Vasco x Santos e Corinthians x Portuguesa. Ciclismo I Este sábado acontece Prova de Resistência na Rodovia AP 070, Circuito do Curiaú.

Ciclismo II No domingo ocorre a valorizada XXVIII Corrida Ciclística Macapá Verão de Estrada. Ciclismo III Vale pontos no ranking nacional, com largada de F Gomes e chegada na Fazendinha. Arnaldo Santos Filho Mengão cai ante o Timão e cai na tristeza este conceituado mestre de direito do CEAP. Judô Olímpico Boa estrutura e 14 judocas bem rankiados dão ao Brasil a chance de ganhar 4 medalhas. Jogos No Meio do Mundo I Acabou a fase das modalidades coletivas com troféus, medalhas, certificados e emoção. Jogos No Meio do Mundo II Hoje inicia a etapa das modalidades individuais, que se estende até o dia 25 de julho. Topo I Estudo recente revela que o Corinthians é a marca mais valiosa do futebol brasileiro,

delegação bicolor viajou ontem para Recife (PE) com as malas desfalcadas. Sem o lateral direito Yago e o meia Leandrinho, suspensos, e o volante Ricardo Capanema, lesionado no joelho direito, o treinador Roberval Davino aproveitou para montar a equipe que vai encarar o Santa Cruz-PE amanhã à noite, no estádio do Arruda. Serão três mudanças já confirmadas e uma que deve ser efetuada, esta última por critério técnico. A depender do treino de ontem, Robinho ganhou a vaga de Harison na armação da jogada e pode fazer sua estreia com a camisa bicolor nessa Série C do Campeonato Brasileiro. O substituído, que foi titular nas duas partidas anteriores, sequer foi relacionado para a viagem à capital pernambucana. A vaga da lateral direita foi preenchida por Régis, que volta à sua posição de origem. Pelo lado esquerdo, o zagueiro Pablo volta a ser opção. Ele esteve em campo nas duas primeiras rodadas da Terceirona, sempre entrando no decorrer das partidas. Na cabeça de área a dúvida é entre Vânderson e Neto, com maiores chances para o primeiro. O Paysandu tentará a recuperação no Campeonato Brasileiro depois da derrota dentro de casa na segunda-feira, para o Fortaleza-CE. Ainda segundo colocado na classificação do Grupo A, o time paraense precisa voltar de Recife pelo menos com um ponto para manter-se entre os quatro primeiros, posição que garante a classificação para a fase seguinte. Sem falar que o Coral pernambucano ocupa a quarta colocação com cinco pontos, apenas um a menos que o Papão.

Topo I O valor de mercado do supercampeão brasileiro e da Libertadores chega a R$ 1 bilhão. Canário Em setembro ocorre eleição no Santana Clube e Abrão Costa é candidato da oposição. Peixe da Amazônia Falta de vaga nos voos atrapalham a campanha do Santos no Brasileiro da Série D. Macapá Verão I O bicho vai final de semana, com atividades esportivas, recreativas, culturais e lazer. Macapá Verão II Fazendinha, Curiaú, Araxá e Canal do Jandiá vão ser contagiados pela intensa euforia. Tocha Olímpica Chega hoje a Londres, após passar em dezenas de mãos desde 18 MAI, o início da odisseia. Santana Verão Rivanildo Coutinho informa que este fim de semana, a alegria toma conta de balneários. Você Sabia? Que amanhã, às 08hs, na sede do MV-13, será fundada a Associação dos Torcedores do Fluminense. Elegante coquetel brinda o evento, que tem como padrinho Aldo Silva.


JD

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012 DIVULGAÇÃO

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Enquanto isso...

Nadal desiste de disputar a Olimpíada por contusão

Urijah Faber e Renan Barão dão a tradicional encarada, na coletiva pré-UFC 149, no Canadá. Os dois lutadores vão disputar cinturão interino dos Galos

Barão esquenta clima para disputa de cinturão: “Quem tem boca fala o que quer”

O espanhol Rafael Nadal desistiu de disputar a Olimpíada de Londres. Em comunicado oficial divulgado à imprensa nesta quinta-feira, o tenista, que havia sido nomeado porta-bandeira de seu país na cerimônia de abertura dos Jogos, informou que não terá condições de competir por problemas físicos e lamentou a situação: “Esse é um dos momentos mais tristes da minha carreira”. Eliminado logo na segunda rodada de Wimbledon, no final do mês passado, o número três do mundo já havia admitido que vinha lutando novamente contra dores no joelho e que não sabia se estaria 100% fisicamente para disputar a Olimpíada e tentar defender o título conquistado por ele em Pequim-2008. No comunicado divulgado ontem, o tenista explica que prefere que outro atleta, em melhor forma física, defenda a Espanha. ............................................................................

Em uma entrevista recente, Faber desmereceu a série invicta de Barão, que data de 2005. Ele afirma que também venceria os oponentes do brasilleiro

A

pesar do respeito entre as grandes estrelas do UFC 149, sábado, no Canadá, o brasileiro Renan Barão deu uma esquentada no clima durante a coletiva de imprensa realizada ontem. Questionado sobre uma alfinetada dada por Urijah Faber no passado, o potiguar não teve papas na língua e contra-atacou antes da disputa do cinturão interino, na categoria galo. Em uma entre-

vista recente, Faber desmereceu a série invicta de Barão, que data de 2005. Segundo o norte-americano, ele venceria todos os oponentes pelos quais o brasileiro passou. Sobre isso, Barão retrucou. “Eu acho que quem tem boca fala o que quer. Ele vai ter que mostrar que pode me vencer. Se acha que venceria todos os oponentes que derrotei, terá que mostrar isso no octó-

gono”, afirmou o brasileiro, que foi de poucas palavras no restante do evento e, apesar da resposta atravessada, trocou cumprimentos e sorrisos na hora da encarada. “É uma felicidade muito grande chegar a esta disputa de cinturão. Não me sinto pressionado e estou tranquilo para mostrar meu trabalho, espero que seja o máximo”, completou Barão. Como já havia dito ante-

riormente, Faber voltou a falar que espera um combate duro contra Barão, substituto do lesionado Dominick Cruz, o campeão dos galos do UFC. “Acho que ele virá muito bem para esta luta. Será uma guerra. No sábado, vamos bater à beça um no outro para saber quem é o melhor”, afirmou o norte-americano, que já perdeu para José Aldo, parceiro de treinos de Barão.

Atacante do Independiente anuncia acerto com o Santos e quer a camisa 11, de Neymar

O atacante Patrício Rodríguez, do Independiente, anunciou ontem que acertou para defender o Santos. Em sua conta no Twiter, o jogador de 22 anos mostrou-se satisfeito em atuar pelo time brasileiro e planeja uma parceria com Neymar. “Hoje viajo em busca de uma parceria com Neymar. Sou um eterno agradecido ao mundo vermelho”, escreveu Rodríguez. Rodríguez ainda brincou sobre a numeração que utilizará no Santos. Acostumado a utilizar a camisa 11 no Independiente, o atacante ‘cobrou’ que Neymar deixe utilizar seu número predileto. “Já avisei ao Santos que, se não me derem a camisa 11, volto para cá #a11deneymarparapato”, brincou o jogador. ............................................................................

Talita e Maria Elisa caem em chave perigosa no vôlei de praia em Londres

A

FIVB (Federação Internacional de Vôlei) sorteou ontem os grupos e a ordem dos jogos de vôlei de praia da Olimpíada de Londres. Entre as quatro duplas brasileiras, três tiveram boas notícias, e apenas Talita e Maria Elisa caíram em chave mais difícil. Apesar de ser cabeça-de-chave, o time verde-amarelo entrou em um grupo duro, com três duplas com experiência e em ascensão: as alemãs Goller e Ludwig, as australianas Bawden e Palmer e as holandesas Meppelink e Van Gestel. A dupla da Alemanha, por exemplo, já obteve um bronze no Circuito Mundial deste ano, enquanto a parceria da Holanda tem mostrado evolução e ficou em quinto lugar no Grand Slam de Moscou. As australianas também já somaram dois quintos lugares em 2012. Vale lembrar que o chaveamento da Olimpíada segue apenas o ranking, no sistema ‘serpentina’, como os organizadores chamam.

FOTOS DIVULGAÇÃO

Mano minimiza tensão por negociações e diz que ninguém terá mais vontade que o Brasil em Londres

Sorteio deixou Maria Elisa (e) e Talita em uma chave bastante equilibrada na Olimpíada de Londres

O único sorteio acontece logo no início, para definir em qual grupo fica cada um dos cabeças. Para Juliana e Larissa, a distribuição das duplas foi bem mais favorável. Apesar de também caírem com um time alemão - Holtwick e Semmler -, as brasileiras tiveram a vantagem de pegar a frágil dupla das Ilhas Maurício (Rigobert e Li). No grupo A, Juliana e Larissa ainda enfrentarão as tchecas Kla-

palova e Hajeckova, que costumam ter desempenho irregular ao longo das competições, alternando resultados surpreendentes e derrotas simples. A julgar pelo favoritismo e pelo retrospecto, as duplas masculinas do Brasil devem ter vida tranquila na primeira fase em Londres. Alison e Emanuel, que estão no grupo A, enfrentarão Heuscher/Bellaguarda (Suíça), Nicolai/Lupo (Itália) e Dop-

pler/Horst (Áustria). Ricardo e Pedro Cunha não serão cabeças-de-chave, mas tiveram sorte de cair no grupo dos anfitriões, a dupla britânica Grotowski e Garcia, que não tem tradição. Os brasileiros também terão pela frente Skarlund e Spinnangr, da Noruega, e Binstock e Reader, do Canadá. O vôlei de praia na Olimpíada começa no sábado, dia 28 de julho, e vai até 9 de agosto.

Massa acha que sua permanência na Ferrari depende só de seu desempenho

F

elipe Massa acredita que sua permanência na Ferrari para o próximo ano depende única e somente de seu desempenho na pista, apesar da movimentação vista no mercado de pilotos. O brasileiro tem passado por uma fase difícil em 2012, que é seu último ano de contrato com o time italiano, sendo que o piloto ocupa somente a 13ª colocação no Mundial, enquanto seu companheiro de

equipe, Fernando Alonso, é o líder na tabela. Contudo, serve como consolo a Massa seu desempenho na última prova disputada, o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, na qual terminou na quarta colocação, seu melhor resultado desde 2010. Ao site oficial da Ferrari, o brasileiro mostrou confiar que, caso consiga manter tal nível de rendimento, terá seu futuro garantido no time para 2013.

“Tenho certeza que guiar da maneira com a qual guio no momento é a única coisa que preciso fazer para garantir meu futuro. O que acontece no mercado de pilotos não tem um efeito significativo em minha posição. Se eu mantiver a minha performance de Silverstone, então não preciso me preocupar muito com meu futuro”, afirmou Massa, que voltou a destacar sua melhora nas últimas

quatro provas. “Nas duas corridas anteriores, em Montreal e Valência, eu era inteiramente capaz de terminar entre os cinco primeiros ou até mesmo no pódio. Mas, por razões distintas – rodei em Montreal e tive um problema no assoalho em Valência –, isso não aconteceu. Se não fosse por isso, eu estaria lutando pelas cinco primeiras posições em todas as corridas desde Mônaco.”

O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, vê como normal o período de negociações envolvendo os jogadores convocados para a seleção brasileira. Nove dos 18 atletas chamados pelo treinador para a Olimpíada de Londres já trocaram de time ou estão sendo sondados para transferências. “Vejo com naturalidade. Sempre na metade do ano tem a janela de transferência. Já foi até pior, com mais jogadores envolvidos. Pertence à vida individual de cada um. É direito deles”, defendeu o técnico. Mano Menezes ressaltou a vontade dos jogadores em ganhar a medalha de ouro. “Ninguém vai querer mais do que o Brasil. É um compromisso que a gente conseguiu criar nos jogadores. Tem muita gente bem preparada. Não temos a ilusão de que eles vão querer menos, mas ninguém mais do que o Brasil”, afirmou o técnico.. ............................................................................

Marcos Gomes é suspenso preventivamente por 30 dias

O piloto Marcos Gomes, da Medley Full Time, foi suspenso preventivamente em 30 dias após ser pego no exame antidoping realizado na etapa do Velopark, terceira da temporada da Stock Car, em 6 de maio. A punição foi aplicada na última quarta-feira pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da CBA, Fernando Marques de Campos Cabral, e vale a partir da data de expedição. A substância acusada no exame não foi divulgada. Como a próxima etapa da categoria acontece apenas no dia 26 de agosto, em Salvador, a suspensão preventiva não deve afetar a campanha do paulista, que ocupa atualmente a décima colocação no campeonato.


CadernoB

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Mesmo com contaminação e preço alto, amapaenses não abrem mão do açaí

Para muitas famílias, vale à pena apertar o orçamento para garantir o fruto na mesa diariamente. Preço deve subir em agosto CINTHYA PEIXE Da Redação

E

m todas as amassadeiras de açaí inspecionadas pelo Departamento de Vigilância Sanitária (DVS) da Prefeitura de Macapáforam detectadas contaminação, tanto no fruto quanto na água usada para bater o produto. Mesmo assim,muitas famílias amapaenses não abrem mão de consumir o açaí todos os dias. O preço alto atrapalha, mas também não é motivo suficiente para tirar o açaí da mesa do amapaense. Todos acabam dando um jeitinho para continuar a curtir a fruta que “alimenta a paixão do nosso povo”. Na casa da diarista Nilda Ferreira Maciel o açaí é consumido todos os dias. “Eu compro cinco litros de açaí diariamente, então eu gasto até R$20,00 por dia,

já que onde eu compro o litro agora está custando R$4,00”, conta Nilda. A diarista diz que a quantidade é grande, porque a família também é. No total, são sete pessoas em casa. Se mantiver a rotina do consumo de açaí diariamente, ela pode gastarcerca de R$600 por mês só com o produto. “Eu recebo por semana e tenho que separar logo o dinheiro do açaí, já que é prioridade e na minha família”, explica. Nilda diz que toma o cuidado de comprar em amassadeiras que apresentem uma boa higiene. “Eu observo a higiene do local, se a água é filtrada e de que maneira eles batem o açaí, para tentar prevenir qualquer tipo de risco”, esclarece. A diarista garante que está preparada para o aumento no preço do produ-

FOTOS HEVERTON MENDES

Dona Nilda é diarista e garante que precisa comprar até cinco litros por dia, para garantir açaí para toda a família, que tem sete membros

to, que deve acontecer a partir do mês que vem, quando a safra amapaense chega ao fim. “Se o preço aumentar, não tem jeito, a gente vai ter que separar mais dinheiro para comprar da mesma forma”, afirma ela.

Cuidado com manuseio do açaí deve começar na hora da colheita e continuar até a hora da produção do vinho e venda nas amassadeiras

O caso Em notícia publicada na edição de ontem, do JD, o Departamento de Vigilância Sanitária (DVS) da Prefeitura de Macapá anunciou que foram encontrados coliformes fecais e indícios de restos de insetos na água, no caroço e no vinho do açaí e, além disto, estão em processo de investigação casos suspeitos de Doença de Chagas. Dayanne Coutinho, diretora da DVS ressalta que a contaminação acontece principalmente a partir da manipulação do fruto.

“Apesar da maioria das amassadeiras já utilizarem água mineral ou filtrada, a contaminação está acontecendo no momento da manipulação do açaí. A pessoa que manipula o alimento geralmente é o mesmo que pega o dinheiro, o que não pode ocorrer”, explicou a diretora. Eduardo Souza, presidente do Sindicato dos Produtores e Beneficiadoresdos Produtos da Floresta no Estado do Amapá (Sindaçaí) diz que o açaí precisa ser manuseado com segurança desde que é colhido. “A contaminação acontece desde que ele é tirado da árvore e principalmente durante o transporte. Mas quando o açaí chega na amassadeira a gente pode limpar este alimento para que a contaminação seja eliminada”, falou o presidente.

Amapá é o segundo maior produtor de açaí da região Norte

O

Amapá está em 2º lugar na lista dos produtores de açaí da região Norte, respondendo por 2,26% da produção. A primeira colocação fica com o estado do Pará visto que as microrregiões Furos de Breves, Arari, Belém, Salgado, Cametá e Guamá, respondem por 97% da produção ou 119 mil toneladas. Os principais municípios produtores de açaí no Amapá são: Mazagão, Santana e Macapá. A exploração do açaí é de fundamental importância para as economias dos Estados do Pará, Maranhão, Amapá, Acre e Rondônia, especialmente para o primeiro e o terceiro, pois responde pela sustentação econômica das populações ribeirinhas. As atividades de extração, transporte, comercialização e industrialização de frutos e palmito de açaizeiro são responsáveis pela geração de 25 mil empregos diretos e geram anualmente mais de R$ 40 milhões em receitas.

Propagação Até os anos 1980, o consumo de açaí era quase que exclusivamente regional, porém a partir da década de 1990 o aumento da demanda nacional do consumo de açaí começou a se transformar em hábito nas academias de ginástica das regiões Sul e Sudeste, em decorrência da função energética do fruto. Sendo assim, foi criada uma bebida, que é uma mistura de açaí com guaraná, granola e banana. Os estados do Rio de Janeiro e São Paulo foram os primeiros a introduzir este hábito, seguidos por Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Tocantins, Pernambuco e Ceará. Ao mesmo tempo o açaí foi ocupando espaço nos mercados internacionais, principalmente nos Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul, Austrália e alguns países europeus. (Cinthya Peixe, com informações do texto Açaí no Amapá: Aspectos Socioeconômicos da Produção, da economista Cláudia Chelala)


JD

Polícia

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Polícia prende acusados de tráfico em Laranjal do Jari A

B3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Policiamento de trânsito poderá ser exclusividade da Polícia Militar

Um bar era usado para prostituição e comercialização da droga aprrendida

Polícia Militar prendeu por volta das 22h de quarta-feira (18), dezesseis pessoas acusadas de tráfico de drogas em Laranjal do Jari

ALYNE KAISER Da Redação

H

omens do 11º Batalhão da Polícia Militar, com sede no município de Laranjal do Jari, prenderam por volta das 22h de quarta-feira (18), dezesseis pessoas acusadas de tráfico de drogas naquele município. A prisão se deu após uma denúncia anônima àquele Batalhão. A denúncia informava sobre a

ocorrência de tráfico de drogas e favorecimento à prostituição num bar da cidade. Ao chegarem ao local, no Bar dos Viajantes, localizado na Rua da Usina, no bairro das Malvinas, as equipes flagraram pessoas uso substâncias entorpecentes. Uma busca foi realizada no local e a polícia conseguiu encontrar cerca de 10 papelotes de crack e 10 papelotes de merla, que

estavam espalhados por vários cômodos. Todos os presentes negaram ser proprietários da droga, inclusive a gerente do bar, Benedita Moraes, que disse desconhecer o consumo e a guarda do produto naquele ambiente. Todos os envolvidos foram apresentados na Delegacia de Policia Civil do Município e responderão pelo crime de tráfico e uso de drogas.

De acordo com a polícia, o bar não possuía licença de funcionamento, que é expedida pelo Corpo de Bombeiros e pela Polícia Civil. O 11º Batalhão deve fazer,em breve, a comunicação da ocorrência ao órgão competente, responsável pela concessão de licença de funcionamento a esses gêneros de estabelecimentos comerciais, para que faça o fechamento definitivo do mesmo.

Indígena continua desaparecida no Estado

A

jovem indígena Talita Ariane Hortêncio dos Santos, de 18 anos continua desaparecida. Ela é membro da tribo Galibis, do município de Oiapoque, e foi vista pela última vez no dia 27 de junho deste ano. Um inquérito policial foi instaurado na Delegacia de Crimes Contra a Mulher (DECCM), para apurar o caso do desaparecimento. Pouco depois do sumiço da jovem, a polícia recebeu uma denúncia anônima, informando que ela foi vista entran-

do num veículo de passeio. A jovem indígena morava em Macapá há pelo menos três anos, junto com uma tia. Ela está fazendo faculdade de Psicologia. Segundo uma fonte, um homem faz ligações diárias para a família da jovem e diz que é para a polícia ser retirada do caso. Ele ainda coloca a jovem para falar com a família e dizer que está bem. A delegada responsável pelo caso não foi encontrada na tarde de ontem.

Ronda Policial JOÃO BOLERO

Da 99,1 FM BLOG DO BOLERO Homem é acusado de crime e estelionato Pelo menos três vítimas já foram ao CIOSP do Pacoval e registraram ocorrências contra o Eduardo dos Reis da Silva, que reside no bairro Perpétuo Socorro. O crime dele é estelionato. Segundo as vítimas que são diretoras de escola pública, ele pedia que indicassem pessoas para trabalhar através de contrato de trabalho, em uma firma de razão social “R.B. SERVIÇOS GERAIS LTDA” que segundo o Delegado Júlio Cezar, da 2ª DP é uma firma fantasma. Ele cobrava 25 reais de cada candidato e já havia arrecado 1.725,00 reais, fruto desse trabalho de desonesto. O Delegado Julio Cézar também descobriu que ele vinha agindo de maneira fraudulenta, inscrevendo as pessoas para adquirirem casas no programa do Governo Federal “Minha casa, minha gente”. Segundo

Quem tiver qualquer informação que possa levar à jovem deve ligar para 190, que terá a identidade preservada. Empresário desaparecido Outro mistério que ainda não foi desvendado é sobre o desaparecimento do empresário Pedro do Carmo da Silva, mais conhecido como “Pedrão”, de 43 anos. Ele está desaparecido desde o dia 11 de abril deste ano, quando saiu de sua casa, no bairro Infraero I, para fazer uma cobrança e

nunca mais retornou. Familiares da vítima buscam informações sobre seu paradeiro. Na época do desaparecimento, eles souberam que Pedrão entrou num carro preto e teria sido visto pela última vez numa rua do bairro São Lázaro. Dias após o sumiço, o veiculo em que Pedrão estava foi encontrado com outra pessoa. O homem informou à polícia que Pedrão teria ido para o município de Santana para comprar um jet-ski e que o carro havia sido emprestado. (A.K)

algumas pessoas que já prestaram depoimento, o mesmo dizia que era Agente Penitenciário. Eduardo foi indiciado em Inquérito Policial e pode ter a prisão dele decretada pela Justiça. Assaltantes continuam não respeitando as igrejas Um ladrão entrou na noite de terça-feira passada na área interna onde ficam os carros e motos da Paróquia de São Benedito e furtou uma moto de um dos fiéis que participava da missa naquela Igreja. Aliás que uma testemunha chegou a notar quando ele passou pelo menos 10min mexendo na ignição da moto, talvez testando as chaves mestras que ele usava para praticar esse tipo de crime. A moto pertence ao Mayles Fernandes, é uma XTZ125, de cor prata, placa NEY-0051. Se alguém souber o paradeiro dela, favor ligar para o CIODES 190 ou Disk Denúncia da Polícia Civil 0800-96-80-80, ou mesmo para o celular do Mayles 9124-1764, que será generosamente gratificado. PM de Porto Grande prende um suspeito de matar ex-detento do Iapen Uma Guarnição da PM do 7º Batalhão sediada em

Câmara analisa o Projeto de Lei 3477/12, do deputado William Dib (PSDB-SP), que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB – 9.503/97) para tornar explícitas as competências das polícias militares dos estados e do Distrito Federal como integrantes do sistema nacional de trânsito. Atualmente, o CTB estabelece que cabe às polícias militares executar a fiscalização de trânsito, por meio de convênio com o órgão executivo de trânsito, simultaneamente com os demais agentes credenciados. O autor argumenta que, por envolver a preservação da ordem pública, o policiamento ostensivo, inclusive de trânsito, deve ser exercido exclusivamente pelas polícias militares dos estados e do Distrito Federal. Ele sustenta que os próprios currículos dos cursos de formação das polícias militares costumam conferir atenção especial ao policiamento e à fiscalização de trânsito. “É muito comum também a estrutura organizacional das polícias militares possuir unidades especializadas em trânsito”, disse Dib. A proposta torna explícito no CTB que caberá às polícias militares dos estados e do Distrito

Federal as seguintes atribuições: - cumprir e fazer cumprir a legislação e as normas de procedimento de trânsito; - exercer, com exclusividade, a polícia ostensiva para o trânsito nas rodovias estaduais e vias urbanas; - elaborar e encaminhar aos órgãos competentes os boletins de ocorrências relativos aos acidentes de trânsito; - coletar e tabular os dados estatísticos de acidentes de trânsito; - implementar as medidas da Política Nacional de Segurança e Educação de Trânsito; - articular-se com os demais órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito no Estado, sob a coordenação do CETRAN da respectiva unidade da Federação; - elaborar o auto de infração de trânsito e encaminhar ao órgão com competência circunscricional sobre a via. - exercer outras atribuições mediante convênio com o respectivo órgão do sistema nacional de trânsito. Tramitação A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Viação e Transportes; Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e Constituição e Justiça e de Cidadania. (Agência Câmara)

Operação Sinal Vermelho prende quadrilha de assaltantes no PA

A

Operação Sinal Vermelho, realizada desde a última quarta-feira, 11, em conjunto com equipes de policiais civis da Superintendência do Sudeste Paraense, da Seccional e do Núcleo de Apoio à Investigação de Marabá, contando com o apoio do Núcleo de Inteligência Policial (NIP), resultou na prisão de uma quadrilha que, nos últimos dias, estava aterrorizando o município. A maioria dos integrantes da quadrilha é de ex-presidiários e foragidos da Justiça, acusados de roubo de veículos, que são encaminhados para desmanche em outros Estados. Sob o comando do superintendente da Regional Sudeste do Pará, delegado Alberto Teixeira, a operação foi iniciada a partir de informações repassadas pelo Disque Denúncia (181) e pelo Disque Denúncia do município de Marabá (94-3312-3350). O delegado informou que a operação foi divida em duas etapas - a primeira foi deflagrada no dia 11 e resultou na prisão de Elicio Carlos Ribeiro dos Santos, Fábio Gomes Santos (que

já foi preso no município de Bom Jesus por assalto a ônibus) e Ronaldo Ribeiro Lima (que ficou preso 2 anos e 7 meses pela prática de assaltos na região). Com Fábio Gomes foi encontrado um revólver calibre 38 e quatro munições. Na residência do acusado foram encontradas munições de vários calibres, entre as quais de calibre 9 mm, de uso restrito das Forças Armadas. No local também foi encontrado um carregador de pistola do mesmo calibre. Com base nas informações recebidas pelo NIP, após a prisão de Fábio, a equipe policial passou a monitorar os demais integrantes do bando, que já se preparavam para roubar um veículo. Foi iniciada, então, a segunda etapa da operação, que resultou na prisão de mais quatro acusados - Cleudo de Oliveira Moreira (ex-policial militar que responde a processo por porte ilegal de arma), Roberto Benício dos Santos (conhecido pela prática de assaltos na região), Elisvan Oliveira Santos e José de Ribamar Soares Pinto (apelidado de “Zezinho”. (Agência Pará)

Porto Grande prendeu na manhã de ontem, o Igor Silva da Conceição, como um dos suspeitos de ter assassinado com um tiro de revólver no peito o ex-detento do IAPEN Ronaldo Balieiro de Araújo (22), cujo crime aconteceu na madrugada da última segunda-feira (16), na Área 6 da Cidade de Porto Grande. O Igor foi apresentado ao Delegado Júlio Cezar, Titular da Delegacia de Polícia de Porto Grande onde negou categoricamente a autoria do crime e, como até agora, não apareceu nenhuma testemunha do homicídio, ele acabou sendo liberado. Tentativa de suicídio virou rotina no H.E Todos os dias o H.E de Macapá registra a entrada de pessoas que tentam o suicídio. Tem dias que chegam a ser registrados até quatro casos. A maioria por envenenamento, mas já houve caso por enforcamento e uso de arma branca, principalmente pessoas que cortaram os pulsos. O uso de drogas vem motivando certas pessoas a tentarem contra a própria vida, como foi o caso do autônomo de prenome JOSÉ, que na noite da última terça-feira, foi tirado da forca com uma corda em volta do pescoço e levado ao H.E da Capital. Segundo um membro da família, o José estava drogado quando praticou a tentativa de suicídio.


JD

DiaDia

Entrega de imóvel com atraso pode acarretar indenização ao consumidor Caso o prazo ultrapasse seis meses, cliente pode receber restituição atualizada

C

onstrutoras e incorporadoras terão de indenizar o consumidor caso não entreguem os imóveis vendidos na data contratada. É o que prevê projeto de lei apresentado pelo senador Eduardo Lopes (PRB-RJ). A proposta aguarda designação do relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). O projeto de lei do Senado (PLS 97/2012) determina que as empresas indenizem o equivalente a 2% do valor total contratado se não honrarem o contrato. Não haverá indenização apenas quando o contrato previr prazo de tolerância, que não pode ser maior do que seis meses. Para isso, a proposta de Eduardo Lopes altera o Código de Defesa do Consumidor (lei 8.078/1990). Se a entrega do imóvel não acontecer no prazo, além da indenização, o projeto de lei determina multa moratória mensal de 0,5% sobre o valor total do imóvel, devidamente atualizado, a contar da data prevista no contrato. De acordo com o projeto, o consumidor poderá utilizar o valor proveniente da multa para abater em parcelas que vencerem após o prazo previsto para entrega do imóvel ou pedir sua devolução, que deve ser feita em, no máximo, 90 dias após a entrega das chaves ou da assinatura da escritura definitiva. Na hipótese de o atraso ser superior a seis meses, o consumidor poderá rescindir o contrato e receber restituição atualizada das parcelas já pagas. Ao justificar o projeto, o autor observa que a indenização para atraso na entrega do imóvel não é prevista na maioria dos

Dados de indústrias do setor apontam que empreendimentos imobiliários no Brasil cresceram 25 vezes em 8 anos

contratos. Quando existe tal previsão, ressaltou, as penalidades são insuficientes para compensar os transtornos causados ao consumidor. “A intenção é compensar o consumidor que não pôde mudar-se no período estimado e precisou contar com a caridade de amigos, parentes ou mesmo alugar um imóvel. Essa situação não é prevista nos contratos e, quando muito, as penalidades eventualmente estabelecidas para o fornecedor não são suficientes para compensar os inconvenientes e prejuízos causados ao consumidor e, reflexamente, a eventuais amigos e parentes”, argu-

mentou. O senador Eduardo Lopes informou que a adoção do percentual de 2% deveu-se ao fato de já ser previsto esse índice para descumprimento de ações impostas ao consumidor. Com o projeto, ressaltou o senador, a regra vai passar a ser uma “via de mão dupla”. Segundo dados da indústria da construção civil, nos últimos oito anos, informa o senador na justificação do projeto, o volume de empreendimentos imobiliários no Brasil aumentou 25 vezes. Apesar de comemorar esse crescimento, o senador observa que também aumentaram

os problemas causados aos consumidores, bem como aos fornecedores, que comercializam imóveis “na planta”, enfrentam dificuldades para contratar mão de obra e comprar material, o que resulta no descumprimento de prazos. No entanto, na avaliação do autor, o ônus não pode recair apenas sobre o consumidor, segundo ele, “a parte mais fraca da relação negocial”. Depois de examinado pela CCJ, o projeto ainda será votado pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), onde receberá decisão terminativa. (Agência Senado)

Jovens de Vitória do Jari recebem qualificação por meio do Programa Projovem Trabalhador

D

epois de Mazagão, agora é a vez do município de Vitória do Jari ser atendido com o programa Projovem Trabalhador. São 298 vagas para jovens com idade entre 18 e 29 anos. A aula inaugural acontecerá no dia 23 de julho, às 10h, no Centro Comunitário do município. O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete), é responsável pelo monitoramento e supervisão do programa. A implantação do Projo-

vem Trabalhador em Vitória do Jari é fruto de uma emenda parlamentar no valor de R$ 500 mil da deputada federal Fátima Pelaes. O recurso, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), foi repassado por meio de convênio diretamente para a Prefeitura de Vitória do Jari. A verba assegura a aplicação de cursos de cabeleireiro, artesanato, auxiliar administrativo, alimentação, construção e reparos, gráficos, joalheria, serviços pessoais, telemática (infor-

mática) e vestuário (confecções de roupas). A duração dos cursos é de seis meses. Durante a qualificação, os jovens recebem uma bolsa auxilio mensal, no valor R$ 100. O Projovem Trabalhador é um programa do governo federal que permite qualificar jovens em cursos específicos e orientados nas potencialidades das localidades atendidas. O foco é inserir esse jovem, após a qualificação, no mercado de trabalho ou em atividades de geração de renda.

Além de monitorar e supervisionar os cursos, a Sete também ficará responsável por encaminhar os jovens ao mercado de trabalho. “O Amapá tem avançado no processo de qualificação da juventude. Mazagão e agora Vitória do Jari são bons exemplos desse esforço em conjunto entre os governos estadual, federal e prefeituras na busca de oportunidades para esse segmento. Isso é fazer política com responsabilidade”, atestou Sivaldo Brito, secretário da Sete. (Ascom/Sete)

Diagro cadastra médicos veterinários para executar vacinação contra brucelose no AP

A

Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Amapá (Diagro) está cadastrando médicos veterinários em suas Unidades Veterinárias Locais (UVL’s) para atuarem na vacinação contra brucelose em todo o Estado. A vacina contra a brucelose é viva, portanto, por representar risco a saúde de quem manuseia, deve ser aplicada pelo médico veterinário ou por vacinador treinado, sob sua responsabilidade. Segundo o diretor-presidente da Diagro, Marcos

Aurélio de Araújo, a brucelose é uma doença dos animais transmissível ao homem. A presença desta enfermidade leva a queda na produção animal e torna o produto da pecuária vulnerável a barreiras sanitárias, diminuindo sua competitividade no comércio. A vacinação contra brucelose é obrigatória para todas as bezerras, com idade entre três e oito meses, e a compra da vacina se dá mediante apresentação de receita emitida por médico veterinário cadastrado.

Para solicitar o cadastramento, o médico deverá apresentar junto a uma UVL, cópia da carteira do CRMV/AP, comprovante de residência e duas fotos 2x2, bem como assinar um Termo de Compromisso. A doença A brucelose, também conhecida como febre de malta, é uma doença infecciosa causada pelas bactérias do gênero Brucella. Essas bactérias são principalmente transmitidas entre animais e causa brucelose em muitos ver-

tebrados diferentes como carneiro, bode, gado, cervo, porco, cachorro etc. Os humanos são infectados ao entrar em contato com animais ou produtos animais, contaminados com essas bactérias. Em humanos, a brucelose pode causar uma gama de sintomas que são similares à gripe, os quais podem incluir febre, suor, dor de cabeça, dor nas costas e fraqueza. Pode também ocorrer infecção grave no sistema nervoso central ou no revestimento do coração.

B2

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com Em busca de apoio O Prefeito de Macapá esteve em Brasília, na quarta-feira, dia 18, em audiência com o Presidente do Senado José Sarney, discutindo apoio para projetos de ampliação do número de habitações populares no Amapá. O Presidente do Senado mobilizou a equipe técnica de assessores para ofertarem todo o auxilio necessário. O prefeito disse para o presidente do Senado que, até o final do mandato atual, a Prefeitura de Macapá deve ultrapassar a marca das 1.200unidades habitacionais entregues. O Programa Primeiro foi o Conjunto Habitacional Mucajá, com 592 unidades. A Prefeitura está programando para setembro, a entrega do Bairro Forte, do programa “Minha Casa, Minha Vida” que tem investimentos da Prefeitura de Macapá, inclusive na seleção das famílias beneficiadas. As obras do Bairro Forte estão 95% dos serviços concluídos. São 600 casas destinadas a pessoas com renda de até 03salários mínimos. A construção do conjunto habitacional está gerando 254empregos diretos e 350 indiretos. Outras 36 casas em construção estão no loteamento Parque dos Buritis e serão entregues ainda este ano. Mais de um bilhão Cento e noventa e quatro candidatos apresentaram pedidos de registro de candidatura à Justiça Eleitoral para concorrer às 26 prefeituras das capitais dos Estados do país, segundo informações que estão no DivulgaCand 2012. A previsão de gastos máximos de campanha de todos esses candidatos chega a R$ 1,26 bilhão. Perdeu o prazo De acordo com a Lei das Eleições (Lei 9504/97), o Congresso Nacional tinha prazo até 10 de junho para fixar, por lei, os limites de gastos de campanha para os cargos em disputa nas Eleições 2012, no caso prefeito, vice-prefeito e vereador, observa-

das as peculiaridades locais. O dia 10 de junho marcou o início do período de realização das convenções partidárias para a escolha de candidatos e definição de coligações. O prazo para as convenções terminou no dia 30 de junho. Sem limite Como não houve elaboração de lei específica para fixar esses limites, a partir do dia 11 de junho foi permitido a cada partido estabelecer o limite de gastos de campanha para os cargos em disputa e comunicá-lo à Justiça Eleitoral nos pedidos de registro de seus candidatos. Cabe à Justiça Eleitoral dar ampla publicidade a essas informações. Candidatos Os candidatos à prefeitura de São Paulo são os que mais gastam. Os 12 candidatos a prefeitos planejam gastar 341,5 milhões. Os candidatos à prefeitura de Belo Horizonte pretendem gastar R$ 80.7 milhões; os candidatos para a prefeitura de Curitiba estimam que, juntos vão gastar R$ 71,1 milhões. Depois vem Salvador (R$ 62,3 milhões), Fortaleza (R$ 59,7 milhões), Goiânia (R$ 54,5 milhões) e Rio de Janeiro (R$ 50,25 milhões). Os 7 candidatos à Prefeitura de Macapá prometem gastar até R$ 15,6 milhões. Acesso aos prédios do Poder Judiciário Desde quarta-feira, dia 18, que, em cumprimento ao que orientou o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por ocasião do julgamento do Procedimento de Controle Administrativo nº 0005182-11.2011.2.00.0000, que o acesso de pessoas aos prédios do Poder Judiciário do Estado do Amapá será obrigatoriamente e indistintamente por meio dos portais com detectores de metais. Inclui-se nessa obrigação os desembargadores, juízes, membros do Ministério Público, advogados, serventuários da Justiça, autoridades convidadas e os demais que tiverem que entrar naqules prédios.

Caminhada Bote Fé divulga Jornada Mundial da Juventude

A

s dioceses de todo o Brasil estão organizando programações esportivas para o dia 22 de julho. Em Macapá a Diocese fará uma caminhada de abertura da contagem regressiva para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorrerá em 2013, no Rio de Janeiro, quando o Papa Bento XVI se encontrará com jovens do mundo inteiro. A caminhada integra o Bote Fé na Vida, um projeto para evangelizar através do Esporte. De acordo com a coordenação do evento, a Caminhada tem como objetivos: Divulgar a JMJ (Contagem regressiva de 1 ano para a JMJ); Fomentar unidade entre as diversas expressões da juventude; Promover qualidade de vida; Despertar o esporte como canal de prevenção a drogas e promoção de saúde; Inclusão social; Esporte como forma de evangeli-

zação indireta. Muita fé e tênis no pé! É a proposta da caminhada. O percurso da caminhada é o seguinte: av. General Gurjão, rua Cândido Mendes, rua Beira Rio e orla do Araxá. O público alvo são os Jovens de todas as paróquias, pastorais e movimentos, bem como famílias e religiosos de toda Diocese de Macapá. Recomendações: -Certifique-se de que você esteja apto à prática esportiva; - Use roupas leves e tênis; - Venha de Camisa Branca; - Trazer um quilo de alimento não perecível que será doado a uma instituição de caridade de Macapá. Contatos: 91146741 – Patrick Galvão e 81371684 – Padre Lourenço Filho. ((Oscar Filho – Pastoral da Comunicação)

Programação

Dia 22/07/2012 07h30 - Início com a Santa Missa na Catedral de São José; 08h30 - Concentração e preparativos após a missa ao lado da Catedral na Av. Gal. Gurjão; 08h45 - Saída da Caminhada rumo ao Complexo do Araxá; 09h45 - Chegada ao Complexo do Araxá e encerramento com Oração.


DiaDia

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

B4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Promotor quer esclarecimentos sobre problemas em concurso da educação Deficientes auditivos denunciam que foram prejudicados nas provas, por falta de apoio de intérprete em Libras CINTHYA PEIXE Da Redação

O

Promotor Pedro Leite, titular da Promotoria de Justiça da Cidadania, declarou que expediu ontem ofício para a Secretaria de Estado da Administração (Sead) e Fundação Universa, para que as duas instituições dêem uma resposta a respeito das denúncias feitas pelos candidatos com deficiência auditiva, que denunciaram irregularidades que teriam ocorrido na aplicação da prova do concurso público da educação, realizado no último final de semana. “Eles precisam informar a respeito dos fatos que estão sendo relatados pelos surdos. Estou requisi-

tando que no prazo de 10 dias eles respondam e, se eu não me convencer das informações prestadas, uma recomendação será expedida para que as provas sejam refeitas. Se o Estado se recusar, será dada entrada em uma ação para anular o concurso”, declarou Pedro Leite. Pedro Leite enfatizou que houve falhas no concurso. “Não podemos ser levianos em declarar que não tinham intérpretes para atender os surdos, mas não havia em número suficiente para atender satisfatoriamente e se eles tivessem agrupados os candidatos em um só lugar ficaria mais fácil. Além disto, colocaram câmeras focando o candidato, o que causou constrangi-

FOTOS HEVERTON MENDES

mento”, disse o promotor. Luiza Cearense, Secretaria de Estado da Administração (Sead), declarou que oficialmente ainda não foram comunicados a respeito das denúncias dos candidatos surdos. Além disso, Luiza falou que era impossível ter um intérprete para cada candidato. “O interprete estava presente na sala, mas era impossível ter um profissional para atender o candidato individualmente. Se os candidatos surdos se sentiram prejudicados, eles deveriam ter comunicado na hora da prova”, comenta a secretária. Segundo ela, a partir do momento em que forem comunicados, a Seed e a Fundação Universairão

Promotor Pedro Leite afirma que houve falhas pela ausência de intérpretes durante concurso público

Deficientes auditivos afirmam que foram prejudicados no concurso público e buscam solução na Sead

analisar os casos individualmente. “Vamos verificar se o candidato solicitou atendimento especial anteriormente e também qual instrutor estava presente na sua sala de aula, para saber se realmente o candidato não recebeu apoio durante a prova”, explica Luiza. O promotor Pedro Leite, por sua vez, disse que não é a primeira vez que acontecem problemas em relação a provas prestadas por deficientes. “É rotineiro este tipo de denúncia. Em muitas situações a instituição teve que fazer modificações no edital, já que eles não resguardavam vagas para deficientes, por exemplo,”, falou Leite.

O caso Candidatos com deficiência auditiva denunciaram que não lhes foi garantido o amplo acesso ao conteúdo das provas do concurso, visto que eles não tiveram direito à interpretação da prova através de intérprete habilitado em Língua Brasileira de Sinais (Libras). “Em algumas escolas os intérpretes não eram fluentes em Libras e a Fundação Universa ainda impedia estes profissionais de interpretarem as provas para os surdos. Em algumas escolas não tinham interpretes e onde havia eles não podiam fazer a tradução de texto, o que é errado”, explica Tamila Santos, intérprete do

grupo. Tamila declarou que os candidatos surdos que solicitaram atendimento especializado teriam o direito ao intérprete para a realização da prova de conhecimento e não somente ter a tradução das informações iniciais do concurso, como acontece com os outros candidatos. Cleonice Rodrigues, surda e que realizou a prova, informou que houve desrespeito aos portadores de deficiência auditiva. “A Fundação Universa não teve respeito com a comunidade surda. A nossa interpretação em relação a Língua Portuguesa é limita e precisamos de intérprete para isto”, relatou.

Museu da Imagem e do Som ganhará espaço próprio em 2013 no Cine Territorial

Dois aspectos do projeto, mostrados em maquetes eletrônicas: no primeiro, uma área de contemplação. No segundo, aspecto da fachada do museu, cuja obra já tem mais de R$ 1 milhão em emendas parlamentares

N

esta sexta-feira, 20, às 9h30, técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Ordenamento Territorial (Imap), da Agência de Desenvolvimento do Amapá (Adap), da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e o secretário de Cultura Zé Miguel farão visita ao antigo Cine Territorial (anexo à Escola Barão do Rio Branco), onde futuramente, será implantado o Museu da Imagem e do Som (MIS), que há mais de dois anos funciona, temporariamente, em três salas no Teatro das Bacabeiras. Os técnicos farão uma avaliação das condições do prédio para dar início às obras de reforma, ampliação e modernização.

Os serviços estão garantidos através de recursos de duas emendas parlamentares que totalizam mais de R$ 1 milhão: R$ 800 mil da deputada federal Janete Capiberibe, R$ 300 mil do senador Randolph Rodrigues e mais a contrapartida do Estado. Os trabalhos serão iniciados assim que os recursos forem liberados. O projeto prevê a implantação de um parque paisagístico, de contemplação e lazer para a população, o qual amplia a percepção de acesso ao MIS. A sala do antigo Cine Territorial terá sua função histórica preservada, será apenas reformada e modernizada, tendo capacidade para

100 lugares. O prédio anexo, que será construído, terá três pavimentos. No térreo haverá Corredor Galeria e a Reserva Técnica. No primeiro piso funcionará ateliê multiuso, sala com terminais de acesso ao acervo, sala de visitação, e o segundo piso comportará os espaços administrativos, estúdio de vídeo e áudio, duas galerias e um café bomboniere. Adailson Oliveira Bartolomeu e Robertino Gomes Lacerda, arquitetos e urbanistas da Adap, justificam no projeto a relevância de se construir um espaço próprio para o MIS: “A proposta busca, a um só tempo, abrigar a memória audiovisual do

Estado e evidenciar a relevância de se pensar, produzir e realizar o cinema e o vídeo profissionalmente no Amapá. Essa iniciativa deriva de um interesse museológico que trará consigo outros segmentos culturais, estimulando, dessa forma, uma cadeia produtiva que promove a cultura, estimula o turismo, gera empregos, impostos, numa cadeia que se desdobra em números infindos gerando produtos e conceitos. Dessa forma, a construção e implantação do MIS traz à sociedade amapaense importante espaço para uma cidadania imagética, para a preservação e promoção da identidade dos povos aqui residentes”.

Finalidade do MIS O Museu da Imagem e do Som do Amapá existe desde 2007. É uma unidade vinculada à Secult, com a missão de preservar, mapear e divulgar registros audiovisuais referentes à história e cultura do Amapá através de ações de educação patrimonial, eventos que promovam elementos de nossa cultura e ações de formação de produtores audiovisuais. Outro caminho que vem sendo trilhado é a disponibilização do acervo na internet com o intuito de tornar o espaço virtual um prolongamento de seu espaço físico. A ideia é fazer com que o “visitante virtual” possa ter acesso, em alguma

medida, ao acervo e demais informações referentes ao Museu. Essas ações afirmativas passam, inevitavelmente, por um tratamento adequado do acervo como: catalogação, digitalização e facilitação do acesso às fotografias, slides, vídeos, filmes e áudios que compõem a reserva técnica do MIS-AP. Neidiane Sucupira, coordenadora de Preservação da Memória Material e Imaterial da Secult, é quem está à frente da gerência do MIS, interinamente. Ela assumiu o lugar de Alexandre Brito, que deixou o cargo para assumir emprego em outra instituição como servidor efetivo. (Agência Amapá)


CadernoC

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Editor: Franck Figueira - franckfigueira@jdia.com.br

Trabalhador que não concluir curso de qualificação pode perder seguro-desemprego

COTIDIANO Pará

Objetivo da medida é aumentar as possibilidades do trabalhador sem emprego conseguir voltar ao mercado, por estar melhor qualificado

O

trabalhador que solicita o seguro-desemprego pela terceira vez em dez anos precisa fazer um curso profissionalizante para ter direito ao benefício. A determinação, que faz parte do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), vale desde o último dia 10 na cidade de São Paulo e passou a vigorar no Estado do Rio de Janeiro no dia 16, terça-feira. O que se percebe em postos de atendimento ao trabalhador da capital paulista é que ainda existem muitas dúvidas em relação à medida. “Muitas pessoas acham que o fato de irem ao curso fará com que percam o direito ao dinheiro do seguro”, cita Valdecy Brito, gerente do Seguro-Desempre-

go dos CATs (Centros de Apoio ao Trabalho) da cidade de São Paulo. É justamente o contrário. O trabalhador é obrigado a se matricular no curso, no caso de ser o terceiro pedido do benefício em dez anos, e a concluí-lo, a não ser que não haja um programa compatível com sua área de atuação ou sua escolaridade no município ou na região metropolitana em que reside – ou ainda em município limítrofe. Nesses casos, ele estará desobrigado da exigência. O objetivo de tal deliberação, salienta Brito, é “qualificar o trabalhador para que ele consiga uma colocação”. “Temos diariamente [nos CATs] uma média de 7.000 a 8.000 vagas e não conseguimos preenchê-las porque

Heverton Mendes

Terra Alta promove Festa da Acerola

No próximo domingo, 21, acontece a segunda edição da Festa da Acerola. Duas mil pessoas estão sendo esperadas para o evento que vai apresentar guloseimas produzidas com o fruto, como bolos, tortas, doces e uma grande variedade de biscoitos, além dos produtos tradicionais como sucos, polpas, licores. Terra Alta é um dos maiores produtores de acerola do Estado, com 17 mil pés do fruto plantados e uma produção média por planta de 70 quilos do fruto/ano, da variedade 54, que tem alto poder produtivo, com frutos de tamanho grande e de coloração vermelha intensa, propícia para o mercado consumidor, especialmente para a comercialização in natura.

Saúde

Obrigatoriedade do curso ainda gera dúvidas entre os trabalhadores

O benefício é cancelado nos seguintes casos Pela recusa, por parte do trabalhador desempregado, de outro emprego condizente com sua qualificação e sua remuneração anterior; Pela recusa do trabalhador em frequentar e concluir um curso de qualificação condizente com sua área de atuação e sua escolaridade e que seja oferecido no município ou na região metropolitana em que reside, ou ainda em um município limítrofe; Por comprovação de falsidade na prestação das informações necessárias à habilitação; Por comprovação de fraude visando ao recebimento do seguro-desemprego; Por morte do segurado.

os cidadãos não possuem qualificação condizente com os pré-requisitos que elas estabelecem”, afirma. A oferta de oportunidades associada ao pagamento do seguro também pode provocar desentendimentos. Pela lei 7.998/90, artigo 8, quando é dada a entrada no pedido do benefício, o trabalhador é direcionado a vagas de emprego dis-

poníveis que sejam condizentes com sua ocupação e sua remuneração anteriores. Não aceitar o novo posto sem justificativa legal também implica o cancelamento do seguro. “O seguro-desemprego é um direito adquirido, garantido pela Constituição, mas que passa a ser condicionado por algumas regras, a obedecer alguns critérios”, estabelece o gerente dos CATs.

Ourives paraense cria joias que levam as “Digitais da Amazônia”

Q

uantas formas, cores e texturas da floresta passam despercebidas aos olhos dos homens, na imensidão da Amazônia? Certamente, muitas. Mas ao olhar atento e eternamente curioso do ourives e pesquisador autodidata Paulo Tavares, os mistérios das árvores, galhos, folhas e frutos se revelam em um dos objetos mais sedutores já criados pelo homem: as joias. A partir de técnicas inéditas de ourivesaria, Paulo juntou toda a experiência de anos de pesquisas e de trabalho na banca de ourives, ao talento criativo de

Mônica Matos, para criar peças exclusivas, que retratam a fauna, a flora e toda a biodiversidade da floresta e da cultura amazônicas. As gemas vegetais, uma criação de Paulo Tavares a partir de resinas naturais, se harmonizam com o brilho da prata e a textura das fibras naturais para formar uma coleção denominada “Digitais da Amazônia”. São peças que trazem para o mundo da joalheria as nervuras das folhas, o retorcido dos cipós e galhos, as múltiplas formas dos animais que habitam esse universo tão particular, como

macacos, borboletas, peixes, serpentes e tartarugas. O resultado desse trabalho levou dois anos e dois meses para ser concluído, incluindo o período de pesquisa, produção e confecção das 43 peças e das gemas vegetais de diversos pigmentos. Pingentes, colares, brincos e anéis mostram a beleza da matéria prima e também expressam o conceito de sustentabilidade, a principal característica do trabalho de Paulo e Mônica. As peças refletem ainda o trabalho paralelo desenvolvido pelos dois artistas da

joalheria, que inclui um projeto de geração de renda para comunidades do interior do Estado e o mapeamento e distribuição de mudas de Pau Brasil. A árvore símbolo do país é uma das inspirações de algumas peças, como o anel “Seringa”, que se transforma em pingente (peça inspirada na forma da semente da seringueira e confeccionada com gema vegetal da resina do Pau Brasil), e o conjunto “Pau Brasil”, formado por pingente, colar e anel, reproduzindo a forma das lascas da palmeira, descartadas naturalmente pela natureza.

Para OIT, 14 Estados brasileiros podem erradicar trabalho infantil

C

om a queda consistente dos indicadores de trabalho infantil no país, 14 Estados brasileiros podem erradicar o problema até 2015, segundo estimativa feita pela OIT (Organização Internacional do Trabalho) em relatório divulgado nesta quinta-feira (19). De acordo com a organização, desde 2004, nove Estados já apresentam indicadores tão baixos de trabalho infantil que sequer têm significância amostral. São eles Roraima, Pará, Maranhão, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Outros cinco Estados se juntaram a esse

grupo em 2009: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Sergipe e Tocantins. “Em se mantendo esta tendência de insignificância estatística até 2015, essa situação seria uma evidência da existência de importantes zonas livres de trabalho infantil nessa faixa etária, desde que se intensifiquem em oferta e qualidade as políticas públicas destinadas à proteção integral de crianças e adolescentes e à geração de oportunidades de trabalho decente para homens e mulheres, aliadas à oferta adequada de serviços e equipamentos que facilitem a conciliação entre o trabalho e as responsabili-

dades familiares”, afirma o documento da OIT. O relatório da OIT destaca que apenas duas unidades da federação registraram aumento no indicador: Acre (cujo nível de ocupação dobrou, ao passar de 1,2% para 2,5% entre 2004 e 2009) e Goiás (aumento de 0,8% para 1,3%). Por outro lado, alguns Estados reduziram drasticamente a incidência de trabalho infantil: na Paraíba, o percentual de crianças e adolescentes que estavam trabalhando reduziu-se de 23,1% para 11,6% em cinco anos. No Pará, o percentual diminui de 25% para 14,5% e no

Maranhão de 26,7% para 17,3%, durante o mesmo período. Números em queda desde 1992 A incidência do trabalho infantil no país tem caído em um ritmo intenso, afirma o relatório da OIT. Durante a década de 2000, a trajetória de queda do indicador, que começou na década anterior, foi mantida. O número de crianças e adolescentes entre 0 e 17 anos de idade ocupados, que era de 8,42 milhões (19,6% do total) em 1992, caiu para 4,85 milhões (10,8%) em 2007, e agora está em 4,2 milhões (9,8%) em 2009, ano com os dados mais recentes.

Ameaça do sal para o sistema circulatório

O sal está na mira das autoridades de saúde do Brasil. Um acordo entre o Ministério da Saúde e os representantes da indústria alimentícia determinou a redução nos níveis de sal em vários tipos de alimentos, que será implantada ao longo dos próximos anos. Isso acontece porque o sal aumenta a pressão arterial, uma doença silenciosa, que vai danificando aos poucos as nossas veias e artérias. Quando menos se espera, ela pode resultar num infarto ou num acidente vascular cerebral (AVC). Nos dois casos, a vítima pode morrer ou sobreviver com sequelas. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o ideal é não ultrapassar o limite de consumo de 2 gramas de sódio por dia, o que equivale a 5 gramas de sal.

Concurso

Marinha abre vagas para Praças da Armada

A Marinha abriu concurso para 80 vagas no Quadro Técnico de Praças da Armada no Corpo de Praças da Armada 2012. Na área eletroeletrônica são 35 vagas para técnico em automação industrial; técnico em eletroeletrônica; técnico em eletromecânica; técnico em eletrônica; técnico em eletrotécnica; técnico em eletrotécnica naval; e técnico em mecatrônica. Na área mecânica são 45 vagas para técnico em manutenção automotiva; técnico em mecânica; técnico em mecânica naval; técnico em mecatrônica; e técnico em refrigeração e climatização. O candidato deve ser do sexo masculino; ter 18 anos completos e menos de 25 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro de 2013; ter concluído ou estar concluindo o curso técnico de nível médio relativo à área técnica à qual concorre.

Seca no Ceará

Cruz Vermelha arrecada alimentos

A Cruz Vermelha, no Ceará, iniciou uma campanha de arrecadação de alimentos para contribuir com as pessoas que têm sofrido com a seca no interior do estado. A Cruz Vermelha está recebendo, além de alimentos, água e material de higiene pessoal. Até o momento, três toneladas de doações já foram recebidas e mais de mil litros de água reunidos. O secretário geral da Cruz Vermelha, Darlan Aragão, ressalta que 170 municípios decretaram estado de emergência, 47 pela defesa civil do estado. Mais informações pelo telefone (85) 3472-3535.


Economia

JD

Macapá-AP, sexta-feira, de julho de 2012

C2

Editor: Franck Figueira - franckfigueira@jdia.com.br

Trabalho formal cresce 53,6% no Brasil

Crescimento ocorreu no período de 2003 a 2010, com média anual de 5,51%, e foi mais acentuado nas regiões mais pobres

O

número de empregos formais no País cresceu 53,6% entre 2003 e 2010, informou a Organização Internacional do Trabalho (OIT). O Brasil encerrou 2010 com 44,07 milhões de pessoas empregadas em postos formais. De acordo com o relatório “Perfil do Trabalho Decente no Brasil: um olhar sobre as unidades da Federação”, divulgado nesta quinta-feira, o aumento equivale a um crescimento médio anual de 5,51% no período. A Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE), citado pela OIT, aponta que 15,38 milhões de postos formais de trabalho foram criados no Brasil entre 2003 e 2010. Em 2006, a taxa de formalidade do País passou pela primeira vez da metade e chegou a 50,6%. Em 2009, o indicador estava em 54,3%. Os postos de empregos formais tiveram maior crescimento, informa a OIT, em regiões mais pobres e com

mercado de trabalho menos estruturado. O Norte aumentou em 85,7% o número de vínculos empregatícios formais entre 2003 e 2010 e o Nordeste registrou alta de 64,9%. Na proporção de postos formais sobre total de trabalhadores, as taxas ainda divergiam muito entre os Estados. No ano de 2009, 69,1% da população trabalhadora de São Paulo estava em emprego formal. No Distrito Federal, a taxa era de 69% e, em Santa Catarina, 68,8%. No mesmo ano, apenas 25,9% dos trabalhadores do Piauí ocupavam postos formais. No Maranhão, eram 29,9%. Em relação ao trabalho doméstico, a organização informou que, em 2009, 71,4% dos trabalhadores desta categoria não possuíam carteira assinada. No mês de setembro do mesmo ano, o rendimento médio mensal era de R$ 408, valor abaixo do salário mínimo vigente na época, de R$ 465. Apenas 2,2% dos trabalhadores domésticos estavam associados a sindicato.

Empregos verdes O número de empregos sustentáveis formais existentes passou de 2,29 milhões no País em 2006 para 2,90 milhões em 2010. De acordo com a OIT, o total de empregos verdes em 2006 representava 6,5% do total de empregos no País e, em 2010, chegou a 6,6% do total de vínculos empregatícios. A OIT entende como empregos verdes as atividades econômicas que contribuem para a redução das emissões de carbono ou conservação ambiental. Entre 2006 e 2010, os empregos verdes cresceram 26,7% no País. No Centro-Oeste e no Norte, a expansão superou a média nacional e ficou em 43,7% e 40,1%, respectivamente. Em números, o Sudeste respondia por 56,8% dos empregos verdes criados no Brasil, em 2010. O Estado de São Paulo, sozinho, respondia por 30,2% do total de empregos verdes no País. Na sequência da análise por regiões, ficaram o Nordeste (16,4%) e o Sul (14,4%).

Remuneração feminina ainda é 17,3% menor que a de homens

O

s salários recebidos pelas trabalhadoras eram 17,3% menores do que as remunerações dos homens em 2009, quando consideradas as horas trabalhadas, de acordo com o relatório “Perfil do Trabalho Decente no Brasil: um olhar sobre as unidades da Federação”, divulgado nesta quinta-feira pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Sem considerar as horas trabalhadas, a diferença de remuneração de homens e mulheres foi ainda maior e atingiu 29,3% em 2009. A jornada de trabalho média feminina é mais curta que a masculina, segundo a OIT, por causa da maior presença das mulheres em trabalhos precários em tempo parcial e devido também a uma maior dificuldade de as mulheres fazerem hora extra e exercerem atividades como revezamento noturno. A proporção de mulheres no mercado de trabalho pulou de 57% em 1992 para 62,9% em 2004 e chegou a 64,8% em 2009. No mesmo período, a proporção de homens que

trabalham caiu, passando de 90% em 1992 para 86,8% em 2004 e 86,7% em 2009. Com mais mulheres inseridas no mercado de trabalho e menos homens, o diferencial entre gêneros diminuiu, passando de 24 pontos porcentuais em 2004 para 21,9 pontos porcentuais em 2009. Com a mudança, as mulheres passaram a responder por 44,5% da População Economicamente Ativa (PEA) em 2009, contra 40% em 1992. A taxa de formalidade feminina - mulheres que ocupavam postos formais de trabalho sobre o total das que trabalham -, em 2009, ainda era inferior à taxa masculina. Para mulheres, o índice era de 50,7%, enquanto, para os homens, a taxa era de 57%. Estrangeiros O número de estrangeiros autorizados a trabalhar no Brasil pela Coordenação Geral de Imigração, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), cresceu 25,9% entre 2010 e 2011. Segundo o relatório divulgado pela OIT, este contingente de trabalhadores passou de 56 mil para 70 mil no período analisado.

Em 2011, os norte-americanos foram os que mais solicitaram autorizações de trabalho, respondendo por 15% do total concedido. Durante 2008 e 2009, as autorizações concedidas para trabalhadores estrangeiros ficavam em torno de 43 mil. A região que mais autorizou o trabalho de estrangeiros foi a Sudeste, que respondeu por 88,2% das autorizações concedidas em 2011 para trabalho de estrangeiros no País. São Paulo e Rio de Janeiro representaram, respectivamente, 48,2% e 32,3% do total. De acordo com a OIT, o aumento significativo das autorizações pode ser explicado pelo crescimento econômico do País e pelo aumento de investimentos. Além disso, a organização aponta a crise financeira internacional como fator de aumento da oferta de profissionais qualificados disponíveis para vir ao País. O Censo de 2010 mostra que 268 mil imigrantes se encontravam no Brasil, um aumento de 86,7% na comparação com o censo de 2000. DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Segundo relatório da OIT, 15,38 milhões de postos de trabalho foram criados no Brasil no período analisado

Desembolso do BNDES de janeiro a maio soma R$ 43 bi

O

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) desembolsou R$ 43,8 bilhões de janeiro a maio de 2012, registrando ligeiro aumento de 1% na comparação com igual período de 2011. Somente em maio, as liberações atingiram R$ 9,7 bilhões, praticamente iguais às do mesmo mês do ano anterior, informou o banco ontem (19) O setor de infraestrutura, puxado pelos segmentos de energia elétrica, telecomunicações e transporte ferroviário, liderou o desempenho do banco nos primeiros cinco meses do ano, respondendo por 39% das liberações. Em segundo lugar, o setor de indústria teve participação de 26%, impulsionado por projetos de papel e celulose, têxtil e vestuário e metalurgia. As micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) responderam por 39% dos desembolsos totais do BNDES nos pri-

mentos devem aumentar nos próximos meses, e a tendência é que isso se reflita em uma aceleração no ritmo dos desembolsos”, avalia o superintendente da Área de Planejamento do BNDES, Cláudio Leal, explicando que a expectativa é que os desembolsos sejam impulsionados pelas medidas adotadas recentemente pelo banco, que reduziu juros em seus programas e linhas. Na indústria, um dos destaques foi o segmento químico e petroquímico. Na infraestrutura, os segmentos de construção, serviços de utilidade pública e transportes tiveram os resultados mais expressivos. Os enquadramentos de projetos no BNDES também cresceram no período, numa expansão total de 13%. O enquadramento é a etapa que se segue à consulta e é um termômetro da disposição de investimento do setor empresarial.

No lançamento, Dilma diz que PAC Mobilidade vai gerar mais empregos

A

presidente Dilma Rousseff avaliou na manhã de ontem que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Médias Cidades ajudará a aumentar a demanda para o setor da construção civil e a gerar empregos no país. No ano da eleição municipal, essa versão do PAC contará R$ 7 bilhões em financiamentos públicos para projetos de metrô, veículos leves sobre trilhos (VLT) e corredores de ônibus. O programa será voltado a cidades consideradas de médio porte, com população de 250 a 700 mil habitantes. A presidente avaliou que há uma melhoria na qualidade dos projetos que o governo federal tem recebido, e destacou esperar que os prefeitos respondam a essa tendência. “Nesse momento em

Sem considerar as horas trabalhadas, diferença de remuneração entre homens e mulheres foi ainda maior e atingiu 29,3%

meiros cinco meses de 2012, mantendo uma participação importante no desempenho do banco. Para as MPMEs, foram destinados R$ 17,2 bilhões em financiamentos, com 384 mil operações realizadas no período, o que representa 95% do total de operações efetuadas entre janeiro e maio. O Cartão BNDES, com R$ 3,7 bilhões desembolsados até maio passado, é importante instrumento de acesso ao crédito às empresas de menor porte. Consultas por financiamentos aumentam De janeiro a maio de 2012 o total de consultas por financiamentos do BNDES chegou a R$ 92,5 bilhões, um aumento de 27% em relação a igual período de 2011. O crescimento das consultas abrange todos os setores econômicos: agropecuária, indústria, infraestrutura e comércio e serviços. “O comportamento das consultas é uma indicação de que os investi-

que estamos vivendo é uma contribuição que as cidades darão numa perspectiva de médio prazo para que haja uma melhoria das condições de vida e ao mesmo tempo é, sem sombra de dúvida, uma demanda sobre a construção civil. Vai gerar emprego e vai gerar melhorias nas cidades”, declarou a presidente. O governo quer usar essa nova edição do PAC para ajudar a destravar investimentos no país, para combater os efeitos da crise financeira internacional e impulsionar o crescimento da economia doméstica. “Nosso objetivo é investir nesse PAC Mobilidade, que completa o PAC que nós lançamos de grandes cidades e esse processo de intervenção do governo federal na questão urbana, auxiliando os municípios e os Estados a investir

para garantir um nível de humanização das grandes e médias cidades no nosso país”, disse Dilma. A presidente destacou que, por serem do PAC, os empreendimentos contarão com Regime Diferenciado de Contratação (RDC), o que agilizará a execução das obras. Dilma cobrou que os prefeitos presentes apresentem os seus projetos ao governo federal, os quais serão selecionados depois das eleições municipais em outubro. “Estamos todos - União, Estados e municípios fazendo um esforço para reaprender a investir e planejar”, declarou Dilma em um breve discurso durante a abertura da reunião com os prefeitos no Palácio do Planalto. Após a fala da presidente, a imprensa foi orientada a se retirar e não acompanhou a reunião de ministros e prefeitos.


JD

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Ex-presidente da Tunísia é condenado à revelia e pega prisão perpétua

C3

Editor: Franck Figueira - franckfigueira@jdia.com.br

JD

Mundo

Efeito estufa DIVULGAÇÃO

Ele foi acusado de cumplicidade na morte de 43 manifestantes em rebelião DIVULGAÇÃO

Iceberg de mais de 100 km² se desprende

Um iceberg de mais de cem quilômetros quadrados se desprendeu de uma geleira no norte da Groenlândia. As imagens de um satélite da Nasa mostram quando o iceberg, duas vezes maior do que a ilha de Manhattan, se desprende da geleira Petermann. Em 2010, outro iceberg, de 250 quilômetros quadrados, se desprendeu da mesma geleira. Alguns cientistas afirmam que o desprendimento é um evento dramático e preocupante.

Chile

Bel Ali foi julgado junto com dezenas de dirigentes de seu regime, incluindo o general Ali Seriati, ex-chefe de segurança presidencial

O

deposto presidente tunisiano Zine El Abidine Ben Ali foi condenado à revelia à prisão perpétua por cumplicidade na morte de 43 manifestantes durante a rebelião popular que o tirou do poder, informou nesta quinta-feira o juiz Hedi Ayari, do tribunal militar da Tunísia.

Bel Ali era julgado junto a dezenas de dirigentes de seu regime, incluindo o general Ali Seriati, ex-chefe de segurança do presidente, que recebeu, por sua vez, uma condenação de 20 anos de prisão, assim como dois ex-ministros do Interior, Rafik Belhaj Kacem, condenado a 15 anos, e Ah-

med Friaa, absolvido. As famílias das vítimas reagiram com revolta ante o veredicto, que consideram muito clemente em relação a Seriati e Kacem, e denunciaram a absolvição de Friaa. Eles foram julgados por seu papel na morte de 43 manifestantes e nos feri-

mentos de outros 97 na capital Túnis e em outras cidades do país, como Bizerte e Nabeul. No total, mais de 300 pessoas morreram no levante popular iniciado em 17 de dezembro de 2010 e que terminou em 14 de janeiro de 2011 com a fuga de Ben Ali para a Arábia Saudita.

Mensagem encontrada sob túmulo de Lênin prega esperança no comunismo

E

xatamente 33 anos depois de ter sido enterrada debaixo de uma estátua de Lênin em Kamchatka, no extremo leste da Rússia, uma cápsula do tempo escrita pela Komsomol, a união da juventude comunista, foi encontrada com uma mensagem ao mundo em 2024. A mensagem foi colocada sob a estátua em julho de 1979 para comemorar o 55º aniversário do grupo e de sua dedicação ao le-

ninismo e esperava-se que fosse lida 45 anos depois. O texto contém palavras de incentivo para as futuras gerações e expressa o desejo e o sonho de que os futuros leitores sejam “melhores pessoas” (que os seus escritores), mas que tivessem o ideal comunista. “Permitam que suas músicas sejam mais felizes. Permitam que o amor de vocês seja mais cálido.

Nós não sentimos pena de nós mesmos porque somos assim: vocês serão melhores que nós”, diz a mensagem. “Melhorem o mundo em nome do comunismo, como Vladimir Lênin nos ensinou e como o Partido Comunista nos ensina. Lênin está sempre conosco!”. Na União Soviética, era comum enterrar cápsulas do tempo sob as estátuas de Lênin. O texto foi escrito a mão e contém muitos

elogios aos antigos heróis soviéticos. No fim, o texto conclui: “Sem memória não há futuro. Lembrem-se, como nós nos lembramos, dos heróis imortais da Revolução de Outubro e da Guerra Civil, heróis da defesa gloriosa do nosso país nos terríveis anos da invasão nazista. Como eles, nós não podemos imaginar uma vida sem luta e trabalho criativo em nome do comunismo”.

Conservadorismo representa ameaça na luta contra Aids na América Latina

A

América Latina e o Caribe mantêm sob controle a epidemia da Aids, mas uma onda de conservadorismo ameaça os esforços para prevenir a propagação do vírus, disseram autoridades da agência da ONU de luta contra a doença (Unaids) na última quarta-feira (18). “A América Latina mantém uma epidemia relativamente estabilizada, avançou em

relação ao tratamento” dos doentes, disse Pedro Chequer, coordenador da Unaids no Brasil. A região se destaca por uma ampla cobertura no tratamento com antirretrovirais, de quase 70%, o que contribuiu para reduzir sensivelmente as mortes por causa da doença. Devido ao maior acesso ao tratamento antirretroviral, a Aids deixou de ser

uma “sentença de morte para se transformar em uma condição crônica”, disse Jorge Chediak, coordenador regional da Unaids. O organismo internacional destacou o papel do Brasil na ampliação da cobertura do tratamento contra a Aids. O país fabrica 10 dos 20 medicamentos utilizados na terapia, que também distribui a países da África DIVULGAÇÃO

O organismo internacional destacou o papel do Brasil na ampliação da cobertura do tratamento

e América Latina. Além disso, distribui gratuitamente meio milhão de camisinhas por ano. Contudo, apesar dos avanços, a região enfrenta “de modo geral uma onda de conservadorismo que preocupa”. Em alguns países “há restrições ao acesso de preservativos, por exemplo, na escola”, disse Chequer. “Os grupos conservadores religiosos, católicos e não católicos, consideram a distribuição de preservativos como algo inadequado do ponto de vista moral e religioso”, enfatizou. Também a falta fortalecer as ações contra o estigma e a favor da população mais vulnerável. “Na América Latina a epidemia predomina entre gays, transexuais e trabalhadores sexuais, e há uma certa cautela em abordar esse problema de forma direta” por causa desse conservadorismo, destacou o responsável da Unaids. No ano passado, 99.000 pessoas contraíram o HIV (vírus da imunodeficiência humana) na América Latina e Caribe, e cerca de 67.000 pessoas morreram por causa da doença.

Pescadores protestam contra nova lei

A Câmara de Deputados do Chile enviou ao Senado a nova Lei Geral de Pesca que é rechaçada por pescadores artesanais, segundo os quais, ela privatizaria os recursos do país. Desta forma, pescadores artesanais e membros de comunidades indígenas mapuches bloquearam estradas como forma de protesto e realizaram mobilizações em diversos pontos do sul do Chile contra a norma. Os parlamentares rechaçaram ontem o artigo que estabelecia que o Estado tem o domínio absoluto dos recursos hídricos e biológicos existentes no Chile e que permitia a concessão de sua exploração.

Espanha

Governo será fiador da ajuda aos bancos

O ministro de finanças alemão, Wolfgang Schuble, afirmou nesta quinta-feira ante o Parlamento de seu país (que deve se pronunciar sobre o plano de ajuda europeu aos bancos espanhóis), que o governo espanhol será o fiador do empréstimo de até 100 bilhões de euros ao sistema financeiro do país. “É a Espanha que pede (a ajuda), é a Espanha que recebe o dinheiro e é a Espanha que será o fiador do empréstimo”, disse Sch?uble ao Bundestag. O ministro prometeu ainda que os bancos espanhóis não poderão ter acesso direto aos fundos europeus. A câmara baixa alemã deve aprovar nesta quinta-feira uma ajuda de até 100 bilhões de euros à Espanha para recapitalizar seus bancos, apesar das reticências de alguns deputados.

Síria

ONU não aprova resolução

O Conselho de Segurança das Nações não aprovou nesta quinta-feira uma resolução que abriria caminho para intervenções mais significativas contra a Síria. Por 11 votos a favor, dois votos contra e duas abstenções, a resolução foi derrubada. China e Rússia são os membros do Conselho com poder de veto e desde segunda-feira, o chanceler russo Sergei Lavrov já havia avisado que o país iria bloquear a resolução, apesar dos apelos dos demais membros. O ministro de Assuntos Exteriores alemão, Guido Westerwelle, apelou ao “sentido de responsabilidade” da China e da Rússia.


JD

Diversão&Cultura

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Alessandra Negrini leva prêmio em festival de LA Atriz premiada foi muito aplaudida após exibição do longa “Dois Coelhos” Divulgação

N

a última quarta-feira (18), no Los Angeles Brazilian Film Festival, Alessandra Negrini foi homenageada com o prêmio de Melhor Atriz pelo filme Dois Coelhos. A atriz foi muito aplaudida após a exibição do longa. A noite de premiação acontece oficialmente nesta quinta-feira (19), mas a atriz brasileira teve sua homenagem anteci-

pada, já que embarcou para San Francisco, onde passará suas férias ao lado do filho Antônio. A edição 2012 do Brazilian Film Festival comemora os 100 anos de Jorge Amado. A neta do escritor recebeu um troféu em homenagem às obras do avô e, durante o discurso, se emocionou e agradeceu o carinho e reconhecimento.

C4

Editor: Franck Figueira - franckfigueira@jdia.com.br

Celebridades Fred Willard

Conduta imprópria

O ator e comediante Fred Willard foi preso por apresentar conduta imprópria na noite desta quarta-feira (18) em Hollywood. Segundo o TMZ, a polícia flagrou o americano com as calças arriadas em um cinema adulto. De acordo com fontes do site, policiais à paisana foram ao cinema Tiki Theather e encontraram o ator de 78 anos assistindo a um filme pornô enquanto se masturbava com o seu pênis exposto.

Comando

‘À Beira do Caminho’ é inspirado em canções de Roberto Carlos

À Alessandra chegou ao Los Angeles Brazilian Film Festival ao lado do filho

Beira do Caminho, novo filme de Breno Silveira, é inspirado em canções de Roberto Carlos. O longa conta a história de João (João Miguel), um homem que encontra na estrada uma saída para esquecer os dramas de seu passado. Por acaso ou sorte, seu caminho se cruza com o de um menino (Vinicius Nascimento) em busca do pai que nunca conheceu. A partir desse encontro,

nasce uma bela relação que movimentará o delicado equilíbrio construído por João para enfrentar seus fantasmas. No vídeo, publicado com exclusividade pelo Terra, diretor e elenco falam sobre produção e as filmagens de À Beira do Caminho, que estreia em 10 de agosto. No elenco também estão os atores Dira Paes, Ângelo Antônio e Ludmila Rosa, entre outros.

Patrícia terá programa de calouros e humor

A nova atração de Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos, terá calouros e muito humor, informou a coluna Zapping, do jornal Agora São Paulo. O programa vai se chamar Sábado À Noite. A atração do SBT terá um quadro com show de calouros, em que serão avaliados outros talentos sem ser o de saber cantar. Allan Benatti, Edú Nunes, Murilo Gun e Marco Zenni serão os humoristas responsáveis pelo quadro de humor.

Preta Gil

Cantora recebe prêmio no Japão

A cantora Preta Gil recebeu o prêmio de revelação da MPB da comunidade brasileira no Japão ontem (19). Preta agradeceu no Twitter e postou uma imagem após a celebração. “Obrigado ao Brazilian Internacional Press Awards, lindo prêmio, me emocionei muito!” escreveu a cantora no microblog. Preta se apresentará no domingo (22) no Brazilian Day, festival da cultura brasileira, em Tóquio

Polícia acredita que Sage traficava medicamentos

Divulgação

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) A Lua Nova em Câncer vai mexer com questões voltadas para sua vida doméstica e familiar. Uma mudança de casa pode começar a ser planejada, ou mesmo a chegada de algum parente ou filho. Emoções à flor da pele. Analgésicos em pó foram encontrados no quarto de Sage Stallone

O

s investigadores da polícia de Los Angeles, responsáveis pelo caso da morte do filho do ator Sylvester Stallone, consideram a possibilidade de Sage ter sido um traficante de drogas. Sage Stallone, que morreu na última sexta-feira (13), aos 36 anos, não tinha o perfil de um viciado, segundo os peritos. “Ele era gordinho, e viciados normalmente são magros”, ressaltou um deles ao site. No domingo (15), foi realizada uma autópsia no corpo do ator, que não deter-

minou a causa da morte, por isso outros exames toxicológicos deverão ser feitos durante as próximas semanas. Uma fonte também garantiu que não foi encontrada nenhuma embalagem do analgésico Hydrocodone na casa de Sage. Porém, foram achadas mais de 60 garrafas com receitas médicas e sacos com um pó branco (que também parece ser o genérico do Vicodin), o que indica que Sage poderia ser um traficante do medicamento.

Resumo das Novelas Malhação Cristal dispensa Tomás. Isabela rejeita a ideia de ter um irmão e Fabiano se preocupa. Betão manda uma mensagem para o amigo fotógrafo de Maria. Depois de conversar com Laura, Isabela sai apressada do brechó. Tamtam beija Dieguinho. Isabela não quer ouvir as explicações do pai sobre o filho com Carmem. Kiko faz tatuagens iguais às de Moisés e Fôjo fica preocupado. Betão se declara para Babi e ela o desafia a provar que mudou. Cristal conversa com Tereza. Bernardo e Jefferson brigam no pátio da escola. Laura procura Carmem.

Amor Eterno Amor Miriam e Rodrigo conversam. Teresa estranha o comportamento de Elisa. Kléber aconselha Rodrigo a assinar um contrato pré-nupcial. Clara comenta com Kátia sobre o homem que viu perto de Melissa. Divina teme que Melissa a expulse de casa. Gil e Laura esclarecem o mal entendido entre eles. Marlene fica encantada com o apoio de William. Dimas tenta se aproximar de Priscila. Tobias não gosta quando vê um cartaz com a foto de Jacira. Pedro fala sobre a pesquisa de Juca e Rodrigo se esforça para prestar atenção. Tobias confronta Rodrigo.

Cheias de Charme Rosário tenta se aproximar de Inácio, que resiste. Sarmento revela a Sônia que vendeu as joias da família. Cida conta para Valda que comprou o apartamento para elas morarem. Dinha tenta consolar Inácio. Socorro inventa uma desculpa para não ter ajudado na mudança e Rosário desconfia. Naldo vai para o Piauí buscar dona Epifânia. Cida se anima ao saber que Elano está voltando de viagem. Penha não gosta de entrevista de Patrick no rádio. Fabian garante a Eloy que não se relaciona com Chayene há tempos. Eloy desmente Fabian e publica suas fotos no quarto da cantora.

Avenida Brasil Nilo confirma para Carminha que Nina é Rita. A família de Tufão viaja para Cabo Frio e convida Nina. Carminha decide não ir e convence a todos de que Nina deve permanecer na casa com ela. Carminha dá folga para Janaína. Cadinho vai à casa de Verônica e os dois ficam juntos. Carminha conta para Max o que descobriu sobre Nina, e ele fica dividido entre as duas. Nilo avisa a Lucinda que Carminha descobriu a verdade sobre Nina. Carminha explica a Lúcio o seu plano contra Nina. Nina serve o café da manhã a Carminha.

Touro (21 abr. a 20 mai.) A Lua Nova em Câncer promete novidades em assuntos relacionados a novos contatos comerciais e possíveis contratos. O movimento aumenta e a vida social ganha um novo colorido. Amizades em alta. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) A Lua Nova em Câncer vai mexer com suas finanças e investimentos e uma nova proposta de ganho pode surgir de repente. Avalie seus gastos e não se envolva em nada que não seja absolutamente seguro. Saturno exige isso. Câncer (21 jun. a 21 jul.) A Lua começa um novo ciclo lunar em seu signo e indica que boas novidades podem surgir neste período. Alguns problemas domésticos podem tirar seu equilíbrio, no entanto, eles devem ser tratados racionalmente. Leão (22 jul. a 22 ago.) A Lua começa um novo ciclo no dia de hoje e você fica mais fechado e introspectivo. Mercúrio em seu signo pode aumentar essa tendência à reflexão e introspecção. Cuidado com as palavras e a comunicação em geral. Virgem (23 ago. a 22 set.) A Lua nova em Câncer vai movimentar sua vida social e trazer novas oportunidades de contatos com grandes empresas, instituições ou clubes, especialmente se estiver envolvido em trabalhos sociais e políticos.

Libra (23 set. a 22 out.) A Lua inicia um novo ciclo no dia de hoje e movimenta sua vida profissional. Um novo projeto pode surgir, uma promoção ou mesmo um convite para um novo trabalho. As novidades chegam e vêm para ficar. Escorpião (23 out. a 21 nov.) A Lua começa um novo ciclo no signo de Câncer e vai movimentar questões relacionadas com projetos e planos. Assuntos relacionados a viagens e estudos começam a fazer parte de suas metas futuras. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Apesar de os relacionamentos passarem por uma ótima fase, um romance pode passar por uma espécie de crivo durante os próximos dias. É hora de avaliar o quanto vale a pena abrir seu coração neste momento. Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) A Lua começa um novo ciclo agora no signo de Câncer e seus relacionamentos, tanto os pessoais quanto os profissionais, serão mobilizados. Saturno traz seriedade e a possibilidades de um compromisso ser firmado nesta fase. Aquário

(21 jan. a 19 fev.) A Lua começa um novo ciclo e vai mobilizar assuntos relacionados com o seu trabalho. Um novo projeto de trabalho pode trazer ânimo à sua vida. Olhe com mais atenção à sua saúde. Peixes (20 fev. a 20 mar.) A Lua começa um novo ciclo, agora no signo de Câncer, e promete mexer com seu coração. Um namoro que vem sendo construindo nos últimos tempos pode começar. Caso esteja só, alguém interessante pode se aproximar de você.


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de julho de 2012

Mensagem do dia “As vezes é preciso parar e olhar para longe, para podermos enxergar o que está diante de nós.” (John Kennedy)

Projeto Livre pelo Livro: Descobrir o prazer da leitura

Anne e Tumucumaque

Bruno Gurjão

Natalia Monteiro

Enrique Rebelo

Naiana Santiago

A linda Andressa

A inclusão no fantástico mundo da literatura infanto-juvenil levou o Juiz César Augusto Souza Pereira, titular do Juizado da Infância e Juventude de Macapá, a oficializar atividades pedagógicas através da instalação de espaços-bibliotecas, brinquedotecas, gibitecas e babytecas, por meio do Projeto “Livre pelo Livro”. O Livre pelo Livro vem despertando, através de Expositores Ambulantes; Baús-Estantes e/ou Quiosques de Leituras que são instalados em escolas, hospitais infantis, igrejas e abrigos, o interesse de crianças pelo conteúdo exposto. O Projeto funciona como uma extensão da biblioteca central do Tribunal de Justiça e já vem atuando, desde 2002, em seu núcleo-sede no 2º pavimento - ala onde está instalado o Juizado Menorista do Fórum Desembargador Leal de Mira. As pessoas que possuem livros infantis em bom estado de conservação, livros de cunho jurídico e outras obras literárias devem procurar a sala onde funciona o Projeto, conforme o endereço acima, ou ligar para o telefone 3312-4549.

DJ Leandro Rick

Contrate o Programa Balada Fashion para o seu evento: Inauguração de empresas, coquetel de lançamento da nova coleção, aniversário, formatura, confraternização, etc... Contatos: 9112 5045/ 9112 1989. Programa Balada Fashion todos os sábados às 18:40 e reprise aos domingos às 14h. Na REDETV.

Jornal do Dia 20/07/2012  

Jornal do Dia 20/07/2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you