Page 1

• EDIÇÃO VALOR R$ 2,00

* FUNDADO EM 04 DE FEVEREIRO DE 1987

MACAPÁ-AP, QUINTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2018 - ANO XXXI

PRÉ-CAMPANHA

Justiça proíbe que Gilvam utilize de espaços públicos

Eles devem se abster de autorizar e permitir a utilização dos prédios para fins eleitorais. C1

MP BUSCA SOLUÇÃO PARA NORMALIZAR MATRÍCULAS NAS ESCOLAS DE MACAPÁ

B2 DIVULGAÇÃO

DAVI ALCOLUMBRE (DEM) E JOÃO CAPIBERIBE (PSB), representantes amapaenses, lideram a lista.

Davi e Capiberibe possuem o maior número de gastos no Senado

102 TITULARES E SUPLENTES DO SENADO FEDERAL GASTARAM R$ 64,7 MILHÕES DO INÍCIO DA LEGISLATURA ATÉ O ÚLTIMO DIA 30.

Nesta semana, o Congresso em Foco divulgou uma lista com os 10 senadores que mais gastaram no exercício das atividades. No total, os parlamentares listados acumularam despesas de R$ 12,6 milhões, o que representa quase

20% do que todos os 102 titulares e suplentes que exerceram mandato no Senado Federal, desde fevereiro de 2015. Os gastos são referentes à cota para o exercício da atividade parlamentar dos senadores (Ceaps). nA4

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO

TRAGÉDIA A DIFICULDADE para agendar e realizar o exame ainda é o principal motivo.

AS TAXAS de inscrição para ambos os concursos variam de nível escolar.

MAMOGRAFIAS

Amapá é o estado com o menor número de exames O Amapá, por sua vez, contabilizou 260 mamografias no SUS (1,1%). O ideal seria ficar na casa dos 24 mil. nC2

NESTA EDIÇÃO CADERNO A............................4Pag. CADERNO B............................4Pag. CADERNO C............................4Pag.

539 VAGAS

O CASO aconteceu no bairro Jesus de Nazaré, em Macapá

Jovem baleado por engano por policial morre no hospital

Após cinco dias internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas Alberto Lima (HCAL), morre Ricardo Brito de

Oliveira, de 21 anos. Ele foi atingido por três tiros nas costas por um policial civil na última sexta-feira (6), após ser confundido com um assaltante. nB4

GEA divulga edital de três concursos públicos Os selecionados pelo concurso irão atuar na Fundação da Criança e do Adolescente (Fcria); Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN) e na Gestão Governamental do Estado do Amapá, nas áreas administrativa e financeira. O salário inicial R$ 2.856,04. nA4

NA INTERNET: www.jdia.com.br/portal2 - REDAÇÃO: 99157-0560 / 98130-3838 - COMERCIAL: comercialjd.2011@.gmail.com 3217.1100 / 99902-3326


A2

Opinião

Macapá-AP, quainta-feira, 12 de julho de 2018

Simplesmente vergonhoso ESTADÃO

T

rês parlamentares de um mesmo partido realizaram uma manobra jurídica para tentar livrar da cadeia, contra todas as regras do Direito, o líder máximo da legenda. Foi por pouco, mas as autoridades judiciais conseguiram a tempo desvelar a malandragem, pondo fim à nefasta tentativa de burlar o Judiciário em favor da impunidade do político. Uma vez revelada a tramoia, seria de esperar que o referido partido estivesse profundamente envergonhado com a atitude de seus três parlamentares. A tentativa de ludibriar o Judiciário é grave atentado contra o País e contra a moralidade pública. Foi o que o PT viveu nos últimos dias, só que ao contrário. Em vez de ficar profundamente consternada, a legenda tem se mostrado orgulhosa da manobra dos deputados Wadih Damous, Paulo Pimenta e Paulo Teixeira, que tentaram burlar o princípio do juiz natural a fim de tirar Lula da Silva da cadeia. Sem nenhum argumento jurídico que pudesse fundamentar a soltura do ex-presidente, eles impetraram um pedido de habeas

corpus baseados tão somente no fato de que, na ocasião, o plantonista do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4.ª Região era o desembargador Rogério Favreto, cuja carreira tem fortes ligações com o PT. Trata-se de verdadeira pirraça com o Estado de Direito. Desde domingo, lideranças petistas têm defendido a estapafúrdia ideia de que um magistrado, manifestamente incompetente para atuar no caso e manifestamente ligado ao partido, pudesse expedir alvará de soltura para o seu líder, que cumpre pena por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Com isso, o PT deu mais um passo para a desmoralização das instituições. Como se não bastasse promover o aparelhamento do Estado nos anos em que esteve no governo federal, o PT postula abertamente que as pessoas indicadas pela legenda continuem a trabalhar em seu benefício, a despeito do que a lei determina. O desembargador Rogério Favreto foi nomeado ao TRF-4 pela presidente Dilma Rousseff. Sem solução de continuidade, o PT também pôs em andamento virulenta campanha contra as autoridades judiciais que desvela-

ram a manobra dos três deputados. Em completa inversão dos fatos, disseram que o juiz Sérgio Moro, que foi o primeiro a destacar que o alvará de soltura tinha sido expedido por quem não tinha direito de fazê-lo, havia agido por conta própria, o que seria a prova de seu ativismo antipetista. Ora, foi o próprio desembargador Favreto que intimou o juiz da 13.ª Vara Federal de Curitiba a manifestar-se sobre a soltura de Lula. “Solicite-se ao juízo de primeiro grau que, no prazo de cinco dias, se entender necessário, preste esclarecimentos adicionais que reputar relevantes para o julgamento desta impetração, ressaltando que o transcurso do prazo sem manifestação será interpretado como inexistência de tais acréscimos”, escreveu o plantonista no seu despacho de domingo de manhã. Fez bem, portanto, o juiz Sérgio Moro em atender com diligência à solicitação do desembargador Favreto para que apresentasse os devidos esclarecimentos. Havia erros crassos na decisão, que necessitavam ser retificados com urgência, para evitar danos maiores. O juiz da 13.ª Vara Federal de Curitiba lembrou que o

desembargador plantonista não tinha competência para atuar no processo. Moro também apontou outro erro básico contido no pedido de habeas corpus impetrado pelos três deputados petistas: tendo sido a prisão de Lula determinada pela 8.ª Turma do TRF-4, não havia como o juízo de primeiro grau ser a autoridade coatora. O PT não parece, no entanto, interessado nos fatos e tampouco no direito. A senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, chamou de “intromissão arbitrária administrativa” a decisão do presidente do TRF-4, desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores, que pôs um ponto final à insistência do desembargador Favreto em soltar Lula. Cumprindo estritamente suas atribuições institucionais, o presidente do TRF-4 dirimiu o conflito de competência, afirmando que o caso devia ser levado ao relator, pois o plantonista não era a autoridade competente para julgar o tal pedido de habeas corpus. O partido de Lula apequena-se ainda mais ao se vangloriar dos próprios erros. O episódio de domingo não traz nenhuma glória. É simplesmente vergonhoso.

A crise e as ilhas da fantasia Dirceu Gonçalves

É

uma afronta à Nação a existência de 18 empresas estatais operando no vermelho, que consumem R$ 18,2 bilhões anuais do Tesouro e, ainda assim, pagam salários médios mensais de R$ 13,4 mil a cada um de seus 73 mil funcionários. Nem mesmo o governo, inchado por muitos favorecimentos, tem salários são altos. A média de ganho dos servidores públicos é de R$ 10 mil mensais, enquanto o trabalhador comum de carteira assinada ganha R$ 2,2 mil mensais. Lembrando que, pelo setor privado não ter a estabilidade dada ao funcionalismo, o pais registra hoje mais de 14 milhões de desempregados que, pelo menos teoricamente, não têm renda. Só

os números acima, confrontados, demonstram a grande desigualdade nacional, num país de elevada carga tributária e cujo governo insiste em restringir a previdência social como se isso resolvesse a crise. A relação das estatais deficitárias inclui desde a Embrapa, um reconhecido centro de pesquisas agrícolas, com dependência de 95% do Tesouro, até a EPL, criada para estudar o frustrado trem-bala (98%), e passa por empresas de desenvolvimento regional, de tecnologia nuclear, trens, hospitais e ate EBC, que faz a comunicação do governo. Existem até empresas como a Valec, de trens, cujos diretores são acusados de corrupção. Todas deveriam ser operadas pela iniciativa privada, com regras do mercado e gerando com seu tra-

balho os recursos para sua subsistência. Mas, estatais, além de praticar salários supervalorizados, ainda são passiveis de absorver os cabos eleitorais, parentes e até amantes de gente influente, tudo pago pelo Tesouro. Nosso país tem de ser entendido como pronto para o mercado. A montagem de companhias estatais só se justificou na época de implantação da infraestrutura, quando a iniciativa privada não possuía capital ou não se interessava por ali colocar o seu dinheiro. Agora que, apesar de todas as distorções e problemas, somos uma das dez maiores economias do mundo, não há razão para o governo manter empresas. Elas têm de ser transferidas ao particular que a opere e dela tire sua estabilidade e sobrevivência. O dinheiro

dos impostos pago pelo contribuinte tem de ser empregado na manutenção das atividades de governo e nos serviços de saúde, educação, segurança e outros que o Estado tem obrigação de prestar ao povo. Se continuarmos sugados pela ineficiência e verminose do empreguismo de luxo, jamais conseguiremos fazer frente à concorrência que nos impõem as grandes potências econômicas do planeta, notadamente a China, que cresce e alarga suas fronteiras econômicas, inclusive para dentro do Brasil. Enquanto não conseguirmos ter o Estado mínimo, só normatizador, licenciador e fiscalizador, o Brasil não terá jeito. Continuará sendo o reluzente país do futuro e o carrasco do seu povo no presente.

ESPLANADA POR LEANDRO MAZZINI Jorna-

Twitter @leandromazzi-

U

O PLANTONISTA CERTO

ma planilha com a relação de plantonistas de 2018 determinada pela direção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, de posse da Coluna, evidencia que foi premeditada a ação e escolhido o dia para a tentativa de liberdade forçada do ex-presidente Lula da Silva, detento condenado por corrupção. O único plantão do ano

Perfil Favreto, petista por 19 anos, é também ex-secretário do fracassado projeto de reforma do Judiciário do Governo de Lula, como revelamos domingo. Imagine o que viria...

Cegueira

Pito oficial

Além da manobra político-jurídica, que ficou notória na segunda sentença de Favreto, ele atropelou a Resolução 71 do CNJ cujo Artigo 1º o proibia de conceder HC.

Com o silêncio dos togados das Altas Cortes, a presidente do STJ, Laurita Vaz, puxou para si a responsabilidade da bronca oficial ao desembargador, em nota divulgada.

Sobrou para todos Cresce o número de representações contra o desembargador Favreto. Ontem eram seis, e mais duas a caminho – do Nas Ruas e de coletivo de advogados de Brasília. O corregedor do Conselho Nacional de Justiça, ministro João Noronha, também acolheu denúncia contra o juiz Sérgio Moro, por descumprimento de sentença, e contra o relator do processo de Lula, desembargador Gebran Neto.

Palácio não vê

Há fila na porta do Ministério do Esporte de presidentes de federações de esportes lamentando a MP 841, que tira repasses da União para as entidades, a fim de fomentar o fundo pela segurança pública. Os presidentes pedem ajuda para provar que investimentos em modalidades para crianças são ações de prevenção contra a violência.

Alívio no caixa

Com o fracasso do leilão da Lotex – a ‘raspadinha’ federal que daria exclusividade no País ao operador – os governadores do Rio de Janeiro, Luiz Pezão, e Wellington Dias, do Piauí, entre outros, respiram aliviados. As ‘raspadinhas’ estaduais, que serão extintas com a estreia da Lotex, dão caixa extra aos cofres e ajudam em programas sociais.

Fuga de capital

Editado por Omega Publicidade Ltda. Rua Mato Grosso, 296 A - Bairro Pacoval CEP. 68.908-350 - Macapá-AP CNPJ 03.926.197/0001-82 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(*1917 +2006) e Irene Pereira(*1923 +2011) 1º Presidente: JÚLIO MARIA PINTO PEREIRA 1987 a 1991 - (*1954 +1994)

Presidente em Exercício: LÚCIA THEREZA PEREIRA Editor chefe: CAROLINE MIRANDA DE LIMA Consultoria Jurídica: RAMON BATISTA DO RÊGO (OAB/AP 1453)

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296 A Pacoval, Macapá (AP) CEP 68.908-350 E-mails Pautas e contatos com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Departamento Comercial: comercialjd.2011@gmail.com JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br

Representante comercial J.C. Representações e Publicidades Ltda. Av. Rio Branco, 173 / 602 e 603 Centro - Rio de Janeiro - CEP 20040-007 CNPJ 30.868.129/0001-87 Telefax: RJ (21) 2262-7469 2262-8116 / 2533-1133 SP (11) 3223-7551 BRASÍLIA (61) 3328-4108 Contatos: Fale com a redação (96) 3217-1117 - (96) 3217-1108 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110

Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

para o desembargador Rogério Favreto, um ex-petista, é no período de 4 a 18 de julho. Os deputados do PT aproveitaram o primeiro domingo de plantão de Favreto e impetraram o pedido de habeas corpus. A lista nomina o plantão e períodos de outros 23 magistrados, e Favreto só voltaria o ano que vem. Era a chance única do partido.

Aliás, seguem em tramitação no Supremo Tribunal Federal ações de cinco Estados contra a criação da Lotex. A insegurança jurídica afugentou investidores internacionais.

Fez escola

Filha do memorável Dr. Enéas, Gabriela Enéas lançará sua pré-candidatura ao Governo de Minas pelo PMB - Partido da Mulher Brasileira, em BH, na próxima segunda-feira.

Quepe e fé

Com Messias no sobrenome, o evangélico e líder nas pesquisas para presidente, Jair Bolsonaro (PSL), tem citado a Bíblia e versículos em palestras. É forma de conquistar a atenção do eleitor crente que ainda o vê como capitão e com desconfiança.

Bioeconomia

A APEX Brasil e o Itamaraty conduziram amplo benchmark (aperfeiçoamento de práticas em setores) sobre ‘O Estado da Bioeconomia Avançada de Baixo Carbono’. O estudo será apresentado em painel hoje no auditório da Agência. Quem quiser se inscrever para acompanhar online o link é <https://bit.ly/2zodJvH>.

Biofuturo

Segundo a Agência, 20 países compõem a Plataforma para o Biofuturo. O foco da apresentação será oportunidades sobre biocombustíveis e bioprodutos não energéticos.

Pista livre

O Governo do DF vai reconstruir 192 metros da parte do viaduto que desabou no Eixão Sul. Será por licitação, orçado em R$ 15 milhões e cinco meses de prazo para a obra.

Viva a imprensa

Parabéns à Tribuna Independente de Alagoas pelos 11 anos, que reproduz a Coluna diariamente há cinco. Uma honra para nossa equipe.

Com Equipe DF, SP e Nordeste

ÍNDICE Opinião .....................A2, A3 Social..........................A4 Geral ..........................B1,B2,B3 Polícia .......................B4

Acompanha o

caderno de ClasssiDia 8pág. Geral ...........................C1 Esporte ......................C2 Cultura .......................C3 Geral ...........................C4

Aos domingos Veículos ....................D1,D2,D3 Informe .....................D4

Edição número

9603

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


Opinião

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de julho de 2018

Câmara aprova MP que estabelece preços mínimos de frete DIVULGAÇÃO

Medida atende a reivindicação dos caminhoneiros, que paralisaram todas as atividades por 11 dias em maio. Texto não define o valor do preço mínimo, que será estipulado por tabela da ANTT. G1 Nacional

A

Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira (11) a medida provisória que estabelece preços mínimos para o serviço de frete. O texto concede anistia às multas de trânsito e de decisões judiciais aplicadas entre os dias 21 de maio e 4 de junho em razão da greve de caminhoneiros. Havia consenso entre os partidos e a votação ocorreu de maneira simbólica, sem a contagem de votos no painel eletrônico. O texto segue agora para o Senado A medida atende a uma das principais reivindica-

A MEDIDA ATENDE A UMA DAS PRINCIPAIS reivindicações dos caminhoneiros para encerrar a greve, que durou 11 dias e paralisou o abastecimento de bens e combustível no país.

ções dos caminhoneiros para encerrar a greve, que durou 11 dias e paralisou o abastecimento de bens e combustível no país. O texto não define o valor dos preços mínimos. Caberá à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) calcular os pisos mínimos, levando em consideração o tipo de carga, a distância, os custos de pedágio e preço do diesel. Atualmente vigora uma tabela editada em 30 de maio, que foi contestada na Justiça. Setores do agronegócio, que acionaram o Supremo Tribunal Federal (STF) contra a ta-

bela, consideram os valores acimas dos preços de mercado. O texto aprovado nesta quarta dá anistia aos infratores que não tiverem respeitado os valores da tabela de frete atualmente em vigor. A anistia vale para as infrações ocorridas entre o dia 30 de maio e 19 de julho, período em que a medida provisória vigorou antes de virar lei. Anistia para caminhoneiros grevistas Durante a discussão da medida provisória, o deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) apresentou

uma emenda para anistiar multas aplicadas a caminhoneiros entre 30 de maio e 19 de julho. Havia um destaque do PSB para que o dispositivo fosse retirado do texto, mas o partido concordou com a rejeição do destaque, e a anistia acabou sendo aprovada pelos deputados. No entanto, o relator da proposta, deputado Osmar Terra (MDB-RS), costurou um acordo entre os partidos e anunciou em plenário, dizendo falar em nome do governo, que o presidente Michel Temer vai vetar a anistia.

Senado autoriza retorno de até 470 mil empresas ao Simples Nacional DIVULGAÇÃO

G1 Nacional

O

Senado aprovou nesta terça-feira (10), por unanimidade, um projeto que permite o retorno, ao Simples Nacional, de micro e pequenas empresas que foram excluídas do regime em janeiro deste ano por causa de dívidas tributárias. Segundo o relator da proposta, José Pimentel (PT-CE), o texto pode beneficiar até 470,9 mil empresários. De imediato, estima Pimentel, 215 mil terão condições de retornar ao programa. A proposta tem origem na Câmara dos Deputados e, como foi aprovada pelos senadores sem modificações no conteúdo, segue para a sanção do presidente Michel Temer. O Simples Nacional é um regime de arrecadação, cobrança e fiscalização de impostos que unifica oito impostos municipais, estaduais e federais em uma guia de pagamento. A medida foi criada há

EMPRESAS FORAM EXCLUÍDAS do programa em janeiro deste ano por causa de dívidas tributárias.

mais de 10 anos com o objetivo de desburocratizar o pagamento de impostos e incentivar o micro e pequeno empresário. Projeto Será permitida a volta ao programa dos microempreendedores individuais (MEI), micro empresas e empresas de pequeno porte excluídos

do Simples Nacional no início de 2018 desde que essas pessoas jurídicas façam a adesão a um programa de regularização de tributária. Trata-se do Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte optantes pelo Simples Nacional (Pert-SN). De acordo com Pimentel, até o começo

deste mês, 215 mil empresas já aderiram ao programa. O projeto aprovado nesta terça abre prazo de 30 dias, contados a partir da publicação do texto no “Diário Oficial da União”, para a empresa optar pelo retorno ao Simples Nacional. Segundo José Pimentel, um veto presidencial, de janeiro deste ano, fez com que “milhares de micro e pequenas empresas não conseguissem saldar dívidas com a União”, por isso, acabaram excluídas do Simples Nacional. “A aprovação do projeto não gera nenhum tipo de renúncia fiscal, já que permite a recuperação de micro e pequenas empresas que, de outra forma, terminariam extintas e impossibilitadas de pagar tributos e cumprir a sua função social de criação de empregos e geração de renda. A pena de exclusão do Simples Nacional não aumenta a arrecadação, antes, causa a sua diminuição”, justifica o parlamentar petista.

A3

Porandubas Políticas Gaudêncio Torquato

A

menos de três meses das eleições, a pergunta recorrente continua sem resposta: quem vai para o 2º turno? Os horizontes estão fechados. Será que há alguma semelhança com o pleito de 1989? Cerca de 20 candidatos, os protagonistas do centro dispersos e dois candidatos das margens ganhando passaporte para o segundo tempo do jogo: Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva. Hoje, as interrogações se multiplicam. SDS - Só Deus sabe. Jus sperneandi Direito de espernear. Mais que isso: esperneando o PT chama a atenção. Essa é uma razoável explicação para a "favrética" decisão do juiz plantonista do TRF-4, desembargador Rogério Favreto (donde pinço o neologismo), que autorizava a libertação do ex-presidente Lula. Só faltou Sua Excelência expressar de público sua condiQuerem emção de "petista de carteirinha". Foi assessor purrar artigos do petismo por muito tempo. O fato abriu defeituosos para polêmica nessa friacima da saúde gem que toma conta do Sul e do Sudeste pública. Sistemas nesses dias de reverde saúde são imsão de expectativas com o desempenho portantes comde nossa seleção na pradores de equiCopa do Mundo na pamentos, Rússia. A estratégia do PT medicamentos e De pronto, urge lembrar que a recorrente outros insue sempre anunciada mos. estratégia do PT é a de utilizar todos os meios possíveis para alcançar a meta eleitoral: elevar seu candidato presidencial ao 2º turno, fazer uma grande bancada de deputados Federais e estaduais, livrar-se da enrascada que queima atores políticos e, acima de tudo, passar para outros protagonistas a culpa pelos graves entraves que impedem a caminhada do país rumo ao crescimento. O PT foi o responsável pelo buraco gigantesco em que está afundado o país. Usando artifícios e mistificação, tenta transferir essa carga pesada para os ombros do atual governo. Politicagem A volta de Lula ao noticiário central faz parte da liturgia que o PT ensaia para inscrever seu nome como candidato, dia 15 de agosto, puxando os militantes para as ruas, abrindo o verbo solto de Gleisi Hoffmann, continuando a farta coleção de recursos - que deverão, ainda, chegar ao TSE, ao STJ e ao próprio STF. Para lembrar: só o caso do Tríplex no Guarujá ganhou 75 recursos. O PT deverá ir com Lula ao processo eleitoral até que a mais alta Corte dê uma decisão para ele sair do páreo. Já se sabe que o partido não se conformará com eventual decisão do TSE de não aprovar sua inscrição como candidato. Estão previstos recurso ao STJ e, caso este confirme posição do TSE. Indefinições O PT, portanto, ganha mais espaço dentro da algaravia nacional, usando Lula como aríete para abrir muralhas e invadir arsenais de votos. Busca firmar parcerias com partidos de esquerda, sendo sua jóia da Coroa o PSB da viúva de Eduardo Campos. O PC do B e o PSOL estarão com o candidato petista que vier a disputar o 2º turno. Mas a hipótese de o PT ficar fora do segundo tempo da disputa eleitoral prevalece. E quem está sendo aguardado para os 45 minutos finais? 2º turno A voz corrente, essa que esquenta as conversas de fim de tarde e de noites homenageando Baco, é de que uma vaga pertence ao ex-capitão Bolsonaro. Este consultor acaba de chegar do Nordeste onde sentiu o crescimento da onda bolsonariana. É evidente que o deputado continua frequentando os primeiros lugares nas projeções. Mas este consultor ainda não se convenceu de que sua passagem para o 2º turno é garantida. Entre as razões, o fato de que, até o momento, disporá de ralos segundos para explicitar seu pensamento no espaço de mídia eleitoral. Ademais, ele próprio reconhece ignorância sobre os grandes temas nacionais. Lembre-se que 65% do eleitorado confessam ainda não ter escolhido seu candidato.


A4

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de julho de 2018

Davi e Capiberibe possuem o maior número de gastos no Senado Federal

102 titulares e suplentes do Senado Federal gastaram R$ 64,7 milhões do início da legislatura até o último dia 30. Somados os custos com passagens aéreas (R$ 22 milhões), o montante chega a R$ 87 milhões. DIVULGAÇÃO

se manifestou sobre o assunto. “A cota parlamentar existe para financiar o trabalho dos parlamentares. Por lei, nosso mandato tem orçamento mensal no valor de R$ 42.855,20 mil reais, que pode ser utilizado integral ou parcialmente. Com essa verba mensal meu mandato mantém um gabinete em Brasília e um escritório em

Macapá que possui endereço e abriga a assessoria lá. No caso do escritório de Macapá, os gastos somam energia elétrica, água, internet, veículos e combustíveis. Viajamos por todo o Estado com equipe local, garantindo diárias, alimentação, transporte rodoviário e fluvial e combustível. Além disso, os assessores do Estado também fazem viagens interestaduais e intermunicipais acompanhando os projetos do mandato. Muitas vezes a locomoção entre um município e outro é bem precária, o que torna o traslado ainda mais caro”, diz trecho da resposta de Capiberibe. O valor da cota varia conforme o estado de origem do senador: de R$ 21 mil (Distrito Federal e Goiás) a R$ 44,2 mil (Amazonas). As despesas são ressarcidas pelo Senado mediante apresentação de recibo ou nota fiscal. Ficam de fora salários, auxílio-moradia, veículo oficial e verba para contratar assessores.

cação a etapa de exame documental e médico. Os selecionados para o cargo de monitor socioeducativo para a FCRIA passarão, ainda, por uma Etapa de Exame de Aptidão Física, de caráter eliminatório. Além disso, passarão por uma etapa de avaliação psicológica. Na quarta-feira também foi divulgado o edital do concurso para o preenchimento de 110 vagas efetivas e 440 para o cadastro reserva para os cargos de Educador Social Penitenciário, feminino e masculino e para Agente Penitenciário, feminino e masculino para atuarem no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá. Para ambos os cargos é

cobrado apenas o nível médio, e a remuneração inicial é de R$ 3.318,64. As inscrições estarão abertas no dia 17/09/2018 e encerrarão no dia 15/10/2018. Para realizar a inscrição, o interessado, também, deve acessar, via internet, o endereço eletrônico www. concursosfcc.com.br. A taxa de inscrição é de R$ 85,00. O concurso contará com Prova Objetivas, de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. As provas para ambos os cargos estão previstas para o dia 09/12/2018, no período da Manhã. A responsável pela execução dos concursos é a Fundação Carlos Chagas.

Redação

N

esta semana, o Congresso em Foco divulgou uma lista com os 10 senadores que mais gastaram no exercício das atividades. No total, os parlamentares listados acumularam despesas de R$ 12,6 milhões, o que representa quase 20% do que todos os 102 titulares e suplentes que exerceram mandato no Senado Federal, desde fevereiro de 2015. Davi Alcolumbre (DEM) e João Capiberibe (PSB), representantes amapaenses, lideram a lista. Os gastos são referentes à cota para o exercício da atividade parlamentar dos senadores (Ceaps), também conhecida como “cotão”. Todo parlamentar tem direito a uma Cota Parlamenta, que garante além de verbas indenizatórias, despesas com passagens aéreas e telefonia e serviços postais. Instituída pelo Ato da Mesa 43/2009, a cota visa ao custeio de despesas típicas do exercício do man-

Redação

O

Governo do Estado do Amapá (GEA), através da Secretária de Estado Da Administração (Sead), publicou nessa quarta-feira, 11, o edital de três concursos para o provimento no total de 539 vagas efetivas. Os selecionados pelo concurso irão atuar na Fundação da Criança e do Adolescente (Fcria); Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN) e na Gestão Governamental do Estado do Amapá, nas áreas administrativa e financeira. O salário inicial R$ 2.856,04. Para atuação na FCRIA, foram disponibilizadas 64 vagas efetivas e 140 para o cadastro reserva, entre cargos de nível médio e superior. Os cargos do nível médio são para: Educador Social Nível Médio e para Monitor Socioeducativo. O salário pra essas vagas é de R$ 2.856,04. Já para o nível superior, serão 14 vagas efetivas e 30 para o cadastro reserva. Os cargos são para: Educador Social Nível Superior, nas áreas de Educação de Artes, Pedagogia e Psicologia. Para a área da Gestão Governamental do Estado do Amapá, serão ofertados cargos para o nível superior e médio. Ao todo serão 365 vagas efetivas e 560 para cadastro reserva. Os cargos do nível supe-

Davi Alcolumbre (DEM) e João Capiberibe (PSB), representantes amapaenses, lideram a lista.

dato parlamentar. Ao todo, o Senado Federal gastou R$ 64,7 milhões do início da legislatura até o último dia 30. Somados os custos com passagens aéreas (R$ 22 milhões) o montante chega a R$ 87 milhões. A pesquisa, no entanto, excluiu da lista dos dez maiores gastadores as despesas com os bilhetes aéreos, devido as tarifas para via-

gens entre Brasília e os estados do Norte e Nordeste ser mais caras do que para outros destinos. Mesmo assim, a exemplo da Câmara, os parlamentares dessas duas regiões foram os mais perdulários. O senador Davi Alcolumbre lidera a lista, com gastos no valor de R$ 1,46 milhão. A sua principal despesa refere-se à divulgação da atividade

parlamentar, que custou R$ 761.375,60. Em segundo lugar, João Capiberibe utilizou o valor de R$ 1,28 milhão. Ele, por sua vez, teve maior gasto com locomoção, hospedagem, alimentação, combustível e lubrificante, que totalizou R$ 464.520,66. Os senadores que compõe a lista foram procurados pelo Congresso em Foco e apenas João Capiberibe

GEA divulga edital de três concursos públicos com total de 539 vagas efetivas rior são para: Analista Administrativo; Analista Jurídico; Analista de Finanças e Controle e Analista de Planejamento e Orçamento. O salário para o cargo de nível superior é de R$ 6.830,76. Ainda na área da Gestão Governamental do Estado do Amapá, serão ofertadas 300 vagas efetivas e 400 para o cadastro reserva para o cargo de Assistente Administrativo. O salário para esse cargo é de R$ 3.048,23. As taxas de inscrição, para ambos os concursos, variam de nível escolar, sendo que para os cargos de nível médio a taxa é de R$ 85,00 e de nível superior R$ 100,00. As inscrições estarão abertas, para ambos os concurso, no dia 13/08/2018 e encerrarão no dia 14/09/2018. Para realizar a inscrição, o interessado deve acessar, via internet, o endereço ele-

trônico www.concursosfcc. com.br e escolher qual dos concurso e cargo irá optar. Os concursos contarão com provas Prova Objetiva e Discursiva/Redação para ambos os níveis de escolaridade. As Provas Objetivas, de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos, constarão de questões objetivas de múltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas cada uma e abordarão assuntos do conteúdo programático que consta no edital. A responsável pela execução dos concursos é a Fundação Carlos Chagas. Para as vagas da FCRIA, a aplicação das provas estão previstas para o dia 25/11/2018, no período da Manhã para os cargos de Ensino Médio e no período da Tarde para cargos de Nível Superior. As provas para a área da Gestão Governamental do Estado do Amapá estão

previstas para o dia 02/12/2018, no período da Manhã para os cargos de Ensino Médio e no período da Tarde para cargos de Nível Superior. O certame ainda tem como requisitos de classifi-


MACAPÁ-AP, QUINTA-FEIRA, 12 de julho de 2018

Tragédia:

Educação:

MP busca solução para normalizar matrículas nas escolas de Macapá

Jovem baleado por engano por policial morre no hospital Além dele, outro jovem também foi alvejado e morreu no local do crime. B4

B2

CRDT alerta para os cuidados com a pele durante o verão DIVULGAÇÃO

Principais doenças de pele estão relacionadas à exposição excessiva ao sol, falta de proteção e banho em locais inapropriados.

Prefeitura de Calçoene tem estimativa de 6 mil pessoas para Goiabal Verão Da Redação

O

Da Redação

A

exposição excessiva ao sol pode gerar manchas na pele, queimaduras, envelhecimento precoce e até mesmo risco de câncer. O alerta é do Centro de Referência em Doenças Tropicais (CRDT). Além disso, banhos em locais inapropriados contribuem para a disseminação de outras doenças de pele como micoses ou dermatite. O dermatologista do CRDT, Paulo Mauricio Figueiredo, afirma que durante os passeios em balneários, os cuidados com a pele devem ser redobrados, o protetor solar deve ser reaplicado a cada duas horas, pois é comum, no decorrer do dia o produto sair do corpo, além disso, é importante sempre tomar bastante água para não haver desidratação. “Neste período, os raios solares são mais intensos no Amapá, então toda forma de proteção é válida quando a pessoa pretende passar um longo período de exposição ao sol. Por esse motivo, é recomendado o uso de produtos com fator de proteção solar a partir de 40; chapéus, sombrinhas e roupas com proteção ultravioleta também são itens indispensáveis na hora de prevenir possíveis doenças. No caso de roupas com proteção, são mais indicados para pessoas que têm maior sensibilidade ao Sol”, informa o especialista. Segundo o dermatologista, o sol tem um efeito cumulativo, cada exposição causa, com o tempo, diversos efeitos na pele que desencadeia problemas como a melanose, (manchas causadas pelo sol), o melasma, adquirido por mulheres principalmente no período de pós-gravidez, envelhecimento precoce, pois o excesso de sol deixa a pele manchada,

ALÉM DISSO, banhos em locais inapropriados contribuem para a disseminação de outras doenças de pele como micoses ou dermatite.

espessa e áspera, além de causar queimaduras e desidratação, e em casos mais graves, algumas pessoas podem desenvolver câncer de pele. Essas doenças aparecem com muita frequência em pessoas a partir de 40 anos, caso ela não proteja sua pele. “Essa idade não é uma regra, pois quanto mais cedo a pessoa procurar cuidar de sua pele, menos danos ela terá no futuro. Então, o protetor solar é essencial, mas não é apenas o único modo de prevenção. Por esse motivo, recomendo que as pessoas possam procurar acompanhamento médico”, ressalta o dermatologista. No Amapá, o índice de casos de pessoas com câncer de pele é baixo, pois nos estados da Região Norte, grande parte da população tende a ter maior pigmentação de melanina, um dos fatores importantes de proteção, pois, quanto maior é a quantidade, a pele se torna mais resistente à radiação ultravioleta. A cor da pele e a reação ao sol são determinadas por uma classificação chamada de fototipos cutâneos, que variam de 1 a 6, da pele mais clara à pele negra. “Conforme a numeração, aumenta podemos estabelecer a quantidade de melanina e a sensibilidade que cada pessoa tem com a exposição ao sol. Nesse caso, aqui no Amapá, a maioria das pessoas tem a classificação estabelecida a partir do fototipo 4, ou seja temos, uma proteção natural contra os raios ultra-

violetas, mas isso não é motivo para não usar protetor solar, pois todo cuidado é importante”, alerta Paulo. O dermatologista destaca que o sol não traz somente malefícios, ele é um dos responsáveis pela produção de vitamina D, através dos raios ultravioleta B, que melhora a absorção do cálcio fortalecendo os ossos. “O medo excessivo de se expor ao sol causou nas pessoas um déficit de vitamina D. Pessoas de pele clara necessitam de exposição solar no tempo 15 minutos sem o protetor, já pessoas de pele escura, o tempo varia de 45 minutos a 1 hora, evitando os horários onde a incidência dos raios solares é intensa, como por exemplo entre 12 e 15 horas”, afirma. Quanto às micoses e dermatite, o dermatologista diz que o ideal é tomar banho apenas em locais apropriados e ficar atento às placas de alerta em balneários, quanto à água inapropriada, pois a poluição dos rios pode gerar outros problemas de saúde. Outro ponto relevante está em manter sempre a pele limpa e seca, pois o suor, misturado com queimaduras do sol, facilita a penetração dos fungos. “Outra dica importante para proteção, principalmente para pessoas que têm pele oleosa, é usar produtos com fator solar em forma de spray ou gel, pois facilita a absorção mais rápida nesses tipos de pele, deixando-a mais seca e protegida ao longo do dia”, destaca Paulo. 

Tratamento O Centro de Referência de Doenças Tropicais oferece à população tratamentos dermatológicos de média complexidade com 2.600 atendimentos mensais voltados para consultas e exames ambulatoriais como micológico, baciloscopia, pesquisa de ácaro, leishmaniose, dermato-neurológico para pessoas que têm suspeita de hanseníase, entre outros procedimentos que ajudam a detectar doenças na pele e tratá-las de maneira correta. “Para que as pessoas possam receber atendimento gratuito, é necessário o encaminhamento do clínico geral da Unidade Básica de Saúde (UBS), pois muitos problemas com relação a pele podem ser acompanhados nas UBSs. Quando o paciente precisa de um acompanhamento maior ele é recebido pelo CRDT”, afirma a diretora do CRDT, Inês Martins A diretora alerta que quando surgem manchas na pele, micoses e dermatite, é sempre importante procurara ajuda médica antes de qualquer providência, para que a pessoa possa saber o diagnóstico e tratamento corretos desses problemas. Além de serviços dermatológicos, o CRDT é referência no Amapá na área da infectologia que oferece para a população tratamento de hepatite, doença de chagas, toxoplasmose, e casos complexos tuberculose, entre outros procedimentos.

Goiabal Verão 2018 acontecerá no período de 14 a 29 julho, no município de Calçoene, na praia do Goiabal. Atrações musicais, torneios esportivos e atividades recreativas fazem parte do evento. No ano passado, Calçoene e mais 11 municípios do Amapá foram incluídos no Mapa do Roteiro Turístico Brasileiro. O reconhecimento pelo Ministério do Turismo possibilita aos contemplados acesso a recursos federais para o desenvolvimento do setor turístico. A programação inicia no sábado, 14. Às 20h, haverá a abertura oficial do evento com a presença do prefeito e autoridades locais. Em seguida, às 22h, os shows ficarão por conta de Antony dos teclados, Taty Taylor e banda Babilônia, além de DJs da Megalodon. No domingo, 15, o evento começa pela manhã. Às 11h, inicia os torneios de futebol nas categorias masculino e feminino. À noite, a partir das 19h, as trações musicais são Osmar Show & Loirinha do Arrocha e DJs do Megalodon. O dia encerra com Neyzinho e banda e Megalodon. No dia 21 de julho, sábado, Antony dos teclados e da dupla Smith Gomes & Tamires se apresentarão. No mesmo dia, haverá a Corrida de cinco quilômetros. No dia seguinte, 22, o evento conta com torneios de futebol, vôlei, corrida de cavalos e luta marajoara (combate corpo-a-corpo realizada na areia). Jorge Palmerim e Voxx Voyage encer-

ram o dia. O último final de semana, 28 e 29 de julho, o evento contará com Renner dos teclados e banda AR-15, as finais do futebol, vôlei e concursos de musa, mister e rainha gay do Goiabal Verão 2018 shows de Rogério & Cia e da dupla Alex & Renata Segundo a Prefeitura de Calçoene, o Goiabal verão é uma das propostas da agenda de Trabalho do setor econômico da atual gestão, que além do evento da praia do goiabal, estará dando toda estrutura para os eventos realizados nos balneários locais. A prefeitura tem como objetivo focar no Empreendedorismo para fomentar o setor da Cultura e do Turismo local. Dentro deste contexto visionário o foco é incrementar mais o setor econômico das atividades do comércio local, envolvendo Restaurantes, hotéis , bares , açougues , produtos da agricultura local ,artesanatos , lojas , serviços de transporte e outras atividades que possam atender o consumo do público que estará prestigiando este evento no mês de julho no Município de Calçoene. “Em 2017 retomamos com a programação, que estava há três anos sem acontecer. A programação de verão na praia de Goiabal é um momento muito agradável para a população e para a economia e turismo do de Calçoene”, contou Jones Cavalcante, prefeito de Calçoene. Segundo ele, esse é a consolidação de um evento que é tradição no município.


B2

Dia-Dia

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de julho de 2018

MP busca solução para normalizar matrículas nas escolas de Macapá A medida foi tomada depois que a PJDE analisou o resultado da chamada escolar 2018 e foi percebido que o número estipulado pela chamada foi menor do que o número de matrículas realizadas Da Redação

N

esta terça-feira, 10, o Ministério Público do Amapá, por meio da Promotoria de Justiça da Defesa da Educação (PJDE), convidou representantes da rede municipal e estadual de Educação para uma reunião onde buscaram debater os procedimentos que serão instaurados para normalizar as matrículas nas instituições de ensino público da zona rural e urbana de Macapá. A medida foi tomada depois que a PJDE analisou o resultado da chamada escolar 2018 e foi percebido que o número estipulado pela chamada foi menor do que o número de matrículas realizadas. A chamada escolar é o instrumento utilizado para mapear as demandas por matrículas escolares. Outro assunto que foi

JDIA

abordado durante a reunião foi a questão de obras nas instituições de ensino público que não foram concluídas. Esse foi um dos motivos que fizeram com que fossem ocasionados os problemas com as matrículas escolares. Segundo Marciane Santo, secretária adjunta de Políticas de Educação da SEED, explicou a real situação com os cronogramas de obras das escolas estaduais. A secretária, ainda, se comprometeu em disponibilizar o cronograma de obras do segundo semestre deste ano das escolas estaduais à Promotoria de Justiça da Educação. A gestora também adiantou sobre a construção de duas escolas, uma de ensino fundamental e outra de ensino médio no Conjunto Macapaba. A subsecretária munici-

pal de Educação da SEMED, Francisca Oliveira, durante a reunião, demonstrou preocupação com a questão discutida. A subsecretária sugeriu a implantação de um portal de chamada e atendimento telefônico para pessoas que não têm acesso à internet; colaboração entre as escolas para atender as demandas existentes no território que se localizam e a divulgação das informações nos diversos meios de comunicação. Outro solução trazida pelo Estado é através da implantação do Superfácil Educação, que está sendo organizado pela SEED. O Super Fácil Educação é um complexo administrativo anexo à Secretaria Estadual de Educação do Amapá (SEED), e busca facilitar o atendimento e solicita-

ções na área da educação. Será possível pedir solicitação de licença, carta de lotação, movimentação do servidor, documentação funcional, calendário escolar, além de diversos atendimentos que, atualmente, são oferecidos de forma isolada nos centros e núcleos espalhados pelo complexo da Seed. Após terem sido discutidos os procedimentos para solucionar os problemas das matrículas, o Titular da Promotoria de Educação, Roberto Alvares, requisitou à Secretária de Estado de Infraestrutura (SEINF) o encaminhamento de informações sobre as obras de construção de escola no conjunto Macapaba. Também marcou audiência para o dia 31 deste mês com os participantes da reunião em questão. O promotor de Justiça, ainda, explanou sobre esse problema que vem sendo enfrentado pela população amapaense, bem como os passos que devem ser seguidos para sanar tais casos. “Os problemas enfrentados pelas mães e pais que buscam matricular seus filhos na rede pública de ensino visando um futuro mais promissor, serão solucionados com a união de forças da rede estadual e municipal. Esta audiência marca o compromisso de todas as partes para com milhares de crianças e adolescentes afetados anualmente”, pontuou o promotor de Justiça, Roberto Alvares.

qualquer momento e em qualquer lugar. “O curso possibilita a criação e a produção de bolos, tortas, cupcakes e outros doces em modelos mais sofisticados e atualiza os participantes nas tendências de mercado”, disse a gestora do projeto do Sebrae, Cadeia do Trigo, Vanusa Collares. Ela, explica que a ação oportuniza aos participantes, o acesso ao mercado de trabalho, não apenas no segmento de confeitaria, mas nas variadas áreas da panificação, já que são ofertados diversos cursos com técnicas diferenciadas. Para a Cake Designer Simone Brandão, o conteúdo das aulas é bastante versátil, o material e as técnicas utilizadas, se encaixam desde temas de aniversário infantil, feriados tradicionais como o Natal, Páscoa ou até mesmo Casamentos. “O material usado no

curso tem uma durabilidade boa, é possível aplicar no bolo ou no cupcake, uma técnica nova que estou aprimorando para composição da mesa de aniversário, espero que com essas novas técnicas, os participantes conquistem um número maior de clientes e tenham seu trabalho

mais valorizado”, disse a Cake Designer Simone Brandão. O Curso de Confeitaria Cake Design, ocorreu na Casa do Sorveteiro, no período de 25 a 29 de junho, das 8h às 12h, das 14h às 18h e das 18h30 às 22h30. Cada curso contou em média com 15 participantes.

A CHAMADA ESCOLAR É O INSTRUMENTO utilizado para mapear as demandas por matrículas escolares.

Sebrae realiza Curso de Confeitaria com técnicas do Cake Design Ascom Sebrae 

S

ebrae promove Curso de Confeitaria Cake Design, na Casa do Sorveteiro, em Macapá. Participam da capacitação, empresários do segmento de confeitaria atendidos pelo projeto da instituição, Cadeia do Trigo. O curso é ministrado pela Cake Designer maranhense, Simone Brandão. No treinamento são praticados técnicas do BoloPin-UP, Jóias Comestíveis, Bolo Esculpido, Bolo de Casamento e Bolo Espatulado. De acordo com a gestora do projeto do Sebrae, Cadeia do Trigo, Vanusa Collares, as disciplinas são intermediadas por aulas práticas, teóricas e teóricas online, o que garante melhor utilização do tempo de estudo, com o sistema semipresencial. São disponibilizados vídeoaulas com técnicas básicas de confeitaria, que podem ser acessados a

SEBRAE

CPI dos Cartões de Crédito recomenda medidas para reduzir risco DIVULGAÇÃO

A EXPECTATIVA DA COMISSÃO é que em seis meses todas essas recomendações estejam implementadas.

Agência Brasil

A

Comissão Parlamentar de Inquérito dos Cartões de Crédito encerrou os trabalhos nesta quarta-feira (11) com a aprovação simbólica do relatório do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). O documento recomenda ao Banco Central (BC) e demais órgãos reguladores do sistema financeiro a adoção de medidas para reduzir o risco de crédito, ampliar a concorrência no mercado, melhorar a educação financeira e evitar que os consumidores se endividem além do necessário. Entre as principais medidas sugeridas no relatório está a de que o BC imponha um teto para a tarifa de intercâmbio na função crédito e que sugere à autoridade monetária e ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) estudo de medidas de desverticalização do mercado. “A verticalização do mercado de cartões, com os maiores bancos se tornando importantes emissores e controladores de adquirentes e bandeiras, permite que se crie uma série de subsídios cruzados, distorcendo os preços relevantes como, por exemplo, tarifa de intercâmbio, tarifa de desconto e anuidade dos cartões, com o objetivo de afastar a concorrência”, aponta Fernando Bezerra Coelho em seu o relatório. Ao destacar ser prática comum nos Estados Unidos, Reino Unido e União Europeia a cobrança de tarifa de abertura de crédito rotativo, quando não é pago o valor mínimo exigido da fatura, o relatório propõe que o Brasil adote a cobrança de uma combinação de tarifa fixa e juros no caso do crédito rotativo. Outra recomendação pede a transformação de recebíveis em títulos negociáveis dentro e fora do mercado finan-

ceiro e a alteração da forma de cobrança do cheque especial. Com isso, segundo o relatório, a expectativa é de que os lojistas poderiam, por exemplo, oferecer os recebíveis em garantia para fornecedores ou vender os títulos para fundos de direito creditório. Para o cheque especial, o relatório recomenda que a cobrança atual, que corresponde a um percentual sobre o saldo negativo, seja modificada para uma combinação entre a tarifa fixa e o montante variável, proporcional ao valor do empréstimo. A expectativa da comissão é que em seis meses todas essas recomendações estejam implementadas. Lojistas O texto aprovado hoje (11) sugere ainda que o prazo para pagamento de recebíveis de compras com cartão de crédito a lojistas seja reduzido de 30 para 15 dias, e que em um período de 18 meses seja estudada a possibilidade para que esse prazo seja de apenas 2 dias. Novos projetos Além dos que já estão tramitando na Câmara e no Senado, o relatório sugere novos projetos de lei, como o que cria títulos de crédito (para os comerciantes) a partir dos recebíveis. Outra proposta quer obrigar bancos e estabelecimentos comerciais a investirem parte do faturamento em ações de educação financeira, dando maior transparência sobre os juros cobrados por meio de orientações claras e didáticas aos consumidores. Um terceiro projeto de lei proposto pela CPI dos Cartões de Crédito proíbe propagandas com referência ao chamado “parcelamento sem juros” que, segundo o relator Fernando Bezerra Coelho, “é uma mentira”.


Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de julho de 2018

B3

Câmara aprova isenção do pagamento da conta de luz para famílias de baixa DIVULGAÇÃO

Medida foi incluída no projeto relacionado à venda das distribuidoras de energia. Pelo projeto, isenção valerá para famílias que tiverem renda de até meio salário mínimo e consumirem até 70 kwh/mês. G1 Nacional

A

Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (10) a isenção do pagamento da conta de luz para famílias de baixa renda. Segundo o Ministério de Minas e Energia, 8,9 milhões de famílias devem ser beneficiadas. A medida foi aprovada durante a votação do projeto que viabiliza a

A MEDIDA foi aprovada durante a votação do projeto que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras.

privatização de seis distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras. O texto-base da proposta já havia sido aprovado na semana passada, mas os deputados ainda precisavam analisar os destaques (possíveis mudanças ao texto original) para concluir a votação.

Durante a análise dos destaques, os deputados modificaram as regras da chamada Tarifa Social. Pela proposta, serão beneficiadas com a isenção do pagamento da conta de luz as famílias: com renda mensal menor ou igual a meio salário mínimo; e que consumirem até 70 kwh/mês. O texto define, ainda, que o pagamento caberá à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). As famílias beneficiadas com a medida deverão estar incluídas do Cadastro Único dos programas sociais do governo. Durante a sessão, os partidos de oposição defenderam que o consumo fosse de até 80 kwh/ mês, mas a base governista defendeu 50 kwh/ mês. Diante disso, houve um acordo e os parla-

mentares chegaram ao consumo de 70 kwh/mês. Atualmente, os descontos para famílias de baixa renda são calculados com base no consumo, que vai de 30 kwh/mês a 220 kwh/mês. O desconto varia de 10% a 65%. Pela lei atualmente em vigor, somente indígenas e quilombolas cujas famílias são consideradas de baixa renda têm direito ao desconto de 100% na conta de luz. Com a conclusão da votação do projeto, nesta terça, o texto seguirá para votação no Senado e, em seguida, para sanção presidencial. Impacto Durante a análise da proposta, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), alertou os parlamentares sobre a necessidade de ser fei-

to um estudo sobre o impacto da medida nas contas públicas. “Eu preciso que alguém me informe qual o impacto no orçamento do governo. Se alguém deixará de pagar a conta, outra pessoa vai pagar”, disse Maia. Em resposta, o deputado Julio Lopes (PP-RJ), relator do projeto, afirmou que não haverá acréscimo de despesas e que a emenda já tinha sido negociada com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “A própria Aneel concordou que não haveria qualquer acréscimo de despesa porque o consumo de todos será monitorado. Hoje, os quatro níveis da tarifa social de energia não são monitorados”, afirmou. Após a aprovação do projeto, o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, publicou uma mensagem no Twitter na qual afirmou que 14 milhões de pessoas devem ser beneficiadas com a privatização das distribuidoras: Os deputados entenderam que era hora de acabar com o apartheid energético que separa injustamente os mais de 14 milhões de brasileiros das regiões norte e Nordeste do resto do País. Aprovaram o projeto das distribuidoras. Nossos aplausos e agradecimentos.

Irrigação

Também na noite desta terça, os deputados aprovaram uma medida provisória (MP) que impede áreas que integram Projetos Públicos de Irrigação (PPIs) de serem retomadas pelo governo caso estejam dadas em garantia como hipoteca a algum banco oficial responsável por financiar o agricultor. Neste caso, a retomada ficará a cargo da instituição financeira, a quem caberá comunicar o poder público da existência do crédito hipotecário. Um trecho polêmico adicionado ao texto ainda altera um dispositivo da Política Nacional de Irrigação. Pela nova redação, o governo não poderá declarar quais obras de infraestrutura de irrigação, que provoquem alterações em curso de água ou retirada de vegetação em área de preservação permanente (APP), poderão ser consideradas de utilidade pública para efeito de licenciamento ambiental. Por se tratar de uma medida provisória, as regras já estão em vigor temporariamente. Porém, para passar a valer definitivamente, a MP ainda precisa ser aprovada no Senado até 24 de julho, quando perderá a validade.


B4

Dia-Dia

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de julho de 2018

Jovem baleado por engano por policial morre no hospital A vítima estava em estado grave na UTI após ser atingido por três tiros nas costas por um policial que se matou em seguida. Além dele, outro jovem também foi alvejado e morreu no local do crime. Da Redação

A

pós cinco dias internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas Alberto Lima (HCAL), morre Ricardo Brito de Oliveira, de 21 anos. Ele foi atingido por três tiros nas costas por um policial civil na última sexta-feira (6), após ser confundido com um assaltante. O caso aconteceu no bairro Jesus de Nazaré, em Macapá. Ricardo teria passado por procedimento cirúrgi-

O

novo estudo realizado por pela organização suíça Small Arms Survey revelou o Brasil na sexta posição no ranking de armas de fogo em mãos de civis. Há aproximadamente um bilhão de armas de fogo no mundo, e a grande maioria delas está em mãos civis - não militares. Segundo o estudo, um total de 85% das armas de fogo legais e ilegais do mundo está na mão de civis - excedendo em muito o número de armamentos em posse das Forças Armadas modernas e pelos órgãos de segurança pública. O grupo, que fornece pesquisa e perícia sobre proliferação de armas e violência armada, examinou a propriedade de pistolas automáticas e revólveres, espingardas, carabinas, rifles de assalto e metralhadoras sub e leves, mantidas por entidades civis, militares e policiais. Estima-se que 857 milhões de armas de fogo, tanto legais como ilícitas, sejam mantidas por civis, incluindo indivíduos, empresas de segurança privada, grupos armados não-estatais e gangues. Curiosamente, o número de armas nos arsenais militares é muito menos im-

JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

DIVULGAÇÃO

co e acabou perdendo um rim. Entretanto, seu estado de saúde era considerado grave pela equipe médica. Familiares de “Ricardinho”, como era conhecido, fizeram campanhas para conseguir bolsas de sangue em prol dele. Além dele, um outro jovem identificado como Ronald Willian de Oliveira, de 21 anos, também foi alvejado pelos disparos de arma de fogo efetuados pelo policial civil Jorge Henrique Banha. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do crime antes de receber atendimento médico. Entenda o caso Por volta de 20h da última sexta-feira, Ricardo e Ronald teriam sido alvejados após serem confundidos com assaltantes em uma distribuidora de bebidas. A dona do estabelecimento chegou a ser atingida pelos disparos, mas foi atendida e não corre risco de morte. Segundo a polícia, o agente chegou ao mercantil e viu que a dona do estabelecimento estava com dois jovens no interior do local e estranhou o fato por saber que ela atendia seus clientes com o portão

ELE FOI ATINGIDO POR TRÊS TIROS nas costas por um policial civil na última sexta-feira (6), após ser confundido com um assaltante.

de grade fechado. Ele teria então efetuado os disparos. Ao menos 10 tiros foram efetuados. Após perceber que se tratava de um engano, Jorge atirou contra a própria cabeça. Ele chegou a ser levado para o Hospital de Emergências (HE), mas morreu momentos depois. De acordo com a Delegacia Especializada em Investigação de Atos Infracionais (Deiai), o policial civil atuava há 25 anos na corporação e era colega de

trabalho do pai de Ricardo. Em entrevista ao portal de notícias G1 Amapá, a mãe de Ricardo relatou que presenciou a tragédia. Ela aguardava os jovens dentro do veículo quando escutou os tiros no estabelecimento. Ainda em depoimento, a mãe disse que mais um primo dele estava no banco de trás, mas nem ele e a mãe foram atingidos pelos disparos de arma de fogo. De acordo com a polícia, havia marcas de tiros no veículo.

Brasil é o 6º no ranking de armas de fogo em mãos de civis, avalia estudo Da Redação

Ronda Policial

pressionante, mostra o documento. Os estoques pertencentes às forças armadas em 177 países continham pelo menos 133 milhões de armas de fogo. Rússia, China, Coreia do Norte, Ucrânia e os EUA combinados têm os maiores estoques de armas pequenas do mundo. O Exército russo possuía o maior arsenal militar de armas de fogo (30,3 milhões), mas anunciou o descarte de mais de 10 milhões de armas em 2010, incluindo quatro milhões de fuzis de assalto Kalashnikov, destacou o Small Arms Survey. Novas técnicas de segurança privada no Brasil Grande parte das armas de fogo em mãos de civis no Brasil está sob a guarda de empresas de segurança privada. O especialista em segurança Glauco Tavares, que dirige o Grupo RG Brasil - um dos maiores em segurança no País – ressalta que, segundo orientação da Polícia Federal, o uso de arma de fogo por parte de vigilantes é autorizado somente durante o período de trabalho. “Ao fim do expediente o armamento deve ser recolhido, já que está sob responsabilidade da empresa pres-

tadora do serviço”, afirma. Tavares aponta que, apesar do domínio das armas de fogo, o emprego de armas não letais tem ganhado espaço na segurança privada. “Em algumas situações para garantir a seguridade do ambiente e a integridade do profissional encarregado do serviço, o artifício de defesa mais recomendado é a arma não letal, principalmente quando não há necessidade de uso da força”, aponta o especialista. Os profissionais são devidamente treinados para garantir o melhor manuseio dos artifícios. Entre os instrumentos mais utilizados estão sprays de pimenta, causadores de

forte irritação nos olhos e vias respiratórias, capazes de imobilizar e inibir ações de criminosos. Os taser de choque, que emitem descargas elétricas que resultam na imobilização, também integram a seleção de armas não letais. “O uso de armas não letais não torna a atividade de segurança menos ostensiva, evita a possibilidade de chegar às vias de fato. Mesmo para utilizar armas não letais as empresas de segurança privada precisam ter autorização. Estes produtos são controlados pelo exército e a sua compra depende da autorização da Polícia Federal”, finaliza o especialista. DIVULGAÇÃO

BLOG DO BOLERO

POLICIAIS PRENDEM HOMEM ACUSADO DE HOMICÍDIO A delegada Elza Nogueira e seus agentes, prenderam nesta manhã de terça-feira (10), o EDSON DAS CHAGAS CIPRIANO (29). É que ele foi acusado de ter assassinado com uma facada no pescoço o colega de bebedeira ADALBERTO DIAS DE SÁ, quando junto com mais dois colegas, acabaram brigando e culminou na morte do Adalberto. Esse crime na noite de 28 de fevereiro deste ano, no bairro Piçarreira, próximo ao Aeroporto. Após o crime, o EDSON sumiu, e hoje foi preso por meio de uma mandado de prisão. AUTÔNOMO É ASSASSINADO COM VÁRIOS TIROS NO BAIRRO PROVEDOR II Foi por volta das 08h30min da noite desta segunda-feira (9) que aconteceu um homicídio em Santana, quando o

JEAN SANTOS GOUVEIA (20), estava conversando em frente à casa do tio dele, e no momento não havia energia elétrica, foi quando um elemento que estava do outro lado da rua se aproximou do Jean e disparou pelo menos 9 tiros nele, em seguida fugiu. O tio juntamente com outras pessoas da família, socorreram o Jean e levaram até o H.E de Santana, porém, ele acabou morrendo minutos depois. A polícia suspeita de acerto de contas o motivo do crime. MOTOQUEIRO MORRE VÍTIMA DE ACIDENTE DE TRÂNSITO Esse acidente aconteceu na Rodovia 210, o Tartarugalzinho, quando um motoqueiro de prenome RAI, foi abalroado por uma Hilux conduzida por LUIZ CARLOS PINTO BALIEIRO JÚNIOR. Com o choque o Rai teve fraturas e baques pelo corpo e acabou morrendo.

Família é rendida por dupla de criminosos e tem eletrônicos roubados em Macapá Portal GEA

O

Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap) inaugurou nesta sexta-feira, 4, um novo laboratório totalmente moderno e equipado com computadores e toda estrutura necessária para realizar treinamentos, no prédio da instituição, em Macapá. O objetivo é capacitar todos os servidores da instituição e demais órgãos do Governo do Estado do Amapá (GEA). O novo laboratório é um espaço devidamente estruturado contendo 10 computadores para uso dos alunos e um computador para o instrutor. Os treinamentos serão voltados para capacitar os servidores em ferramentas tecnológicas como sistemas, softwares e quaisquer outro sistema desenvolvido e/ou gerenciado pelo Prodap. O diretor-presidente do Centro de Gestão da Tecnologia da Informação, Lutiano Silva, explicou que além da capacitação dos servidos do estado a intenção é, também, levar formação de inclusão digital a toda sociedade amapaense.

De acordo com ele, o laboratório servirá para potencializar a gestão pública e também formar cidadãos em tecnologias de atuação do Prodap. “Quem ganha com isso é o governo e a sociedade”, afirma. O novo espaço de treinamento receberá suas primeiras aulas já na próxima semana. A primeira capacitação será do projeto Diário Eletrônico para a equipe da Secretaria de Estado da Administração (Sead). E a segunda formação será com o Sistema Integrado de Gestão Administrativa (Siga), para a equipe da Procuradoria-Geral do Estado (PGE). O coordenador de microfilmagem, Petter Fleury, contou que em comparação aos demais, esse foi o laboratório que teve a estrutura mais bem definida para treinamento. E disse também que as máquinas possuem placa de vídeo, wireless e alta velocidade. “São máquinas excelentes e uma sala muito boa. Estou satisfeito com todo o trabalho realizado, uma estrutura a nível profissional para o Prodap atender o estado”, destaca.


MACAPÁ-AP, QUINTA-FEIRA, 12 de julho de 2018 DIVULGAÇÃO

Mamografia: Amapá é o estado com o menor número de exames

Acordo:

Brasil e Bolívia negociam tratado para integração elétrica

C2

A expectativa é fechar os termos de cooperação até março de 2019 C4

Justiça proíbe que Gilvam Borges utilize de espaços públicos para promover pré-campanha Eles devem se abster de autorizar e permitir a utilização dos prédios para fins eleitorais. Foi fixada multa de R$ 10 mil, caso a ordem judicial seja descumprida. Redação

A

Justiça Eleitoral atendeu, nesta terça-feira, 10, ao pedido do Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) sobre a denúncia de abuso do poder político contra o pré-candidatura ao senado Gilvam Borges. O mesmo estaria utilizando os prédios das

câmaras de vereadores dos municípios para lançar sua pré-candidatura. A decisão foi enviada para o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido no qual Gilvam é filiado, e os presidentes das Câmaras de Vereadores de nove municípios. Eles devem se abster de autorizar e permitir a utilização dos prédios para fins eleitorais. Foi fixada multa de R$ 10 mil, caso a ordem judicial seja descumprida. Em caravana, iniciada em junho, o pretenso candidato percorre câmaras municipais para apresentar propostas de campanha. O MP Eleitoral entende que com essa atitude houve um favorecimento de candidatura ou de partido político e configura conduta vedada e abuso de poder político. Além disso, alertou sobre ameaça à igualdade entre os pré-candidatos, em razão do tratamento privilegiado que o pré-candidato e o

DIVULGAÇÃO

O MP ELEITORAL entende que com essa atitude houve um favorecimento de candidatura ou de partido político e configura conduta vedada e abuso de poder político.

partido vêm recebendo das câmaras municipais. “A Lei das Eleições proíbe a utilização de bens públicos, no curso da campanha, porque a prática ma-

nipula a intenção de voto do eleitor e acentua condições de desigualdade em relação aos candidatos”, enfatiza a decisão. A Justiça Eleitoral entende que tal

conduta “deve ser ainda mais combatida em pré-campanha, cujo o intuito não pode ser o de pedir apoio ao eleitor”. A investigação aberta para apurar a prática de conduta vedada de utilização de bens públicos para fins eleitorais será aprofundada. Ações judiciais cabíveis devem ser propostas, em tempo oportuno, a fim de responsabilizar os agentes públicos envolvidos na irregularidade. Segunda condenação Na semana passada, a Justiça Eleitoral, também, proibiu o pré-candidato Gilvam Borges (MDB) de divulgar sua pré-candidatura ao Senado pelo Amapá por meio de links patrocinados em suas redes sociais. Segundo o órgão, a finalidade da atuação é resguardar a legitimidade e a rigidez do período eleitoral. A decisão liminar da Justiça Eleitoral atendeu ao pedido do Ministério Público Elei-

Aécio deve ser o único investigado na Lava Jato a ficar fora da eleição Agência Brasil

D

e quase presidente da República a réu praticamente fora da disputa eleitoral. Em quatro anos, Aécio Neves (PSDB-MG) foi do céu ao inferno bafejado por denúncias de corrupção. A três meses das eleições, ele corre o risco de ser o único senador investigado na Operação Lava Jato a não disputar um mandato. Os outros 20 parlamentares que respondem a inquérito ou ação penal abertos com base nas delações da megaoperação estão em plena pré-campanha eleitoral e, salvo algum infortúnio, terão suas fotos exibidas na urna eletrônica em outubro. Como mostrou o Congresso em Foco, a tendência é que Aécio fique fora de qualquer disputa em 2018 para não prejudicar a candidatura do senador Antonio Anastasia (PSDB) ao governo estadual. Ontem, este site voltou a confirmar a informação com pessoas próximas ao tucano. Caso mude de

ideia, seu caminho deve ser a Câmara. Entre os demais senadores investigados, 15 vão tentar renovar o mandato de oito anos no Senado. É o caso de integrantes das cúpulas do MDB – como o presidente da Casa, Eunício Oliveira (CE), e dos senadores Edison Lobão (MA), Jader Barbalho (PA), Renan Calheiros (AL) e Romero Jucá (RR) –, do PT, como Humberto Costa (PE) e Lindbergh Farias (RJ), e do PP, como Benedito de Lira (AL) e Ciro Nogueira (PI). Também pretendem disputar a reeleição dois senadores cujos inquéritos inicialmente foram relacionados à Lava Jato, mas acabaram retirados da alça da operação pelo relator, ministro Edson Fachin: Jorge Viana (PT-AC) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). Lídice da Mata (PSB-BA), que também foi afastada da Lava Jato por Fachin, é pré-candidata a deputada federal. De todo o grupo, o único que almeja o governo de seu estado é Ivo Cassol

(PP-RO), que tenta voltar para o seu terceiro mandato. Condenado a quatro anos e oito meses de prisão em 2013 pelo Supremo Tribunal Federal, por crimes contra a Lei de Licitações, ele conseguiu este ano reduzir sua pena para quatro anos. Na prática, escapou da prisão e teve sua pena reduzida à prestação de serviços e ao pagamento de multa. Cassol responde a dois inquéritos originados da Lava Jato (3614 e 4411) por suspeita de ter recebido propina em troca de favorecimento na construção das obras das usinas hidrelétricas do Rio Madeira. “Rebaixamento” Além de Aécio, outros três parlamentares emparedados pela Lava Jato não vão concorrer à reeleição: Gleisi Hoffmann (PT-PR), José Agripino (DEM-RN) e Dalirio Beber (PSDB-SC). O trio tem pretensões mais modestas. Seja pelo desgaste provocado pelas denúncias, seja pela incapacidade de reunir votos

suficientes para permanecer no Senado. Gleisi e Agripino são pré-candidatos a deputado federal. Suplente efetivado no mandato desde a morte do ex-senador Luiz Henrique da Silveira (MDB-SC), Dalirio deve disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. Apesar de ter sido absolvida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), há cerca de um mês, das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro, Gleisi Hoffmann ainda tem contas a prestar à Justiça. Ainda existem duas denúncias e um inquérito contra a petista ativos no STF, sem data para análise. Uma das principais defensoras da candidatura do ex-presidente Lula, Gleisi também tem tido seu nome ventilado como possível vice do petista. O favorito para o posto, no entanto, é o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. Em setembro do ano passado, a PGR apresentou denúncia contra Gleisi, os ex-presidentes Dilma Rousseff e Lula, os ex-mi-

toral (MP Eleitoral). Gilvam Borges utilizou link patrocinado para anunciar a apresentação de propostas na Câmara Municipal de Calçoene (AP), mais de um mês antes do período previsto para o início da propaganda eleitoral 2018. A divulgação de propostas de campanha por meio de link patrocinado caracteriza propaganda antecipada, segundo os órgãos competentes. A conduta “não encontra amparo no artigo 36-A, da Lei das Eleições, que apenas contém hipóteses de divulgação de atos de pré-candidatura nas quais não ocorra a realização de gastos do pré-candidato”, afirma trecho da decisão. O Facebook também deve ser intimado a retirar do ar a postagem veiculada por meio do link em questão. A empresa deverá, ainda, informar o período e o valor gasto com o impulsionamento da postagem. DIVULGAÇÃO

OUTROS 20 PARLAMENTARES que respondem a inquérito ou ação penal abertos com base nas delações da megaoperação estão em plena pré-campanha eleitoral.

nistros Antonio Palocci Filho, Guido Mantega, Edinho Silva e Paulo Bernardo, além do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. De acordo com o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, os petistas receberam quase R$ 1,5 bilhão ilicitamente. A senadora e outros acusados sem direito a foro privilegiado são suspeitos de terem se beneficiado de repasses de valo-

res da empresa Consist Software, que tinha contrato com o Ministério do Planejamento para gestão de empréstimos consignados. Na época, o ministro da pasta era Paulo Bernardo, marido da senadora. Ela também é suspeita de ter recebido R$ 5 milhões para suas campanhas eleitorais à prefeitura de Curitiba (2008), ao Senado (2010) e ao governo do Paraná (2014).


C2

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de julho de 2018

Amapá é o estado com o menor número de exames de mamografias Segundo a pesquisa, a dificuldade para agendar e realizar o exame ainda é o principal motivo para baixa no número.

N

Redação

esta semana, aSociedade Brasileira de Mastologia (SBM), em parceria com a Rede Brasileira de Pesquisa em Mastologia, revelou que entre as 11,5 milhões de mamografias que deveriam ser em 2017, apenas 2,7 milhões de fato foram realizadas (ou 24,1%). Este resultado é o pior nos últimos 5 anos e refere-se aos atendimentos do Sistema Único de Saúde (SUS). O Amapá é o estado que apresenta o resultado mais grave em relação aos números de atendimentos. O presidente da SBM reforça que valorizar o diagnóstico precoce torna o tratamento mais eficaz e barato. “Existe uma relação direta entre chance de cura e tamanho de tumor”, afirma.Além do Amapá, Rondônia e Distrito Federal também obtiveram posição crítica no levantamento. Segundo a pesquisa, esperava-se que 76,9 mil mulheres em Rondônia se submetessem a esse exame. Entretanto, foram registradas somente 5,7 mil (7,4%) em 2017. No Distri-

to Federal, foram apenas 5 mil exames (3,1%), ante um potencial total de 158,7 mil. O Amapá, por sua vez, contabilizou 260 mamografias no SUS (1,1%). O ideal seria ficar na casa dos 24 mil. “A dificuldade para agendar e realizar a mamografia ainda é o principal motivo para o baixo número de exames”, afirma o mastologista Ruffo de Freitas Junior, coordenador do estudo, em comunicado à imprensa. “Isso, claro, além da triste realidade encontrada em hospitais com equipamentos quebrados e falta de técnicos qualificados para operá-los”, completa. Além da dificuldade de acesso, o medo do tratamento e a dor causada pela compressão das mamas durante o exame são motivos que afastam as mulheres da mamografia. Para Frasson, esses problemas se resolvem com informação. Atualmente, o tratamento contra o câncer é altamente personalizado e envolve menos reações adversas do que antes. Além disso, a cirurgia de reconstrução dos seios já está disponível nos hospitais públicos. Quanto aos incômodos do exame, não dá pra negar que eles existem. Acontece que a compressão garante muito mais nitidez ao resultado. É uma dor que passa e que pode evitar um problemão mais pra frente, afirma o estudo. Mamografia A mamografia ou mastografia é um exame de rastreio por imagem, que tem como finalidade estudar o tecido mamário. Esse tipo

DIVULGAÇÃO

Estudo aponta que sobreviventes do ebola sofrem de problemas neurológicos DIVULGAÇÃO

Bem Estar

P ALÉM DA DIFICULDADE DE ACESSO, o medo do tratamento e a dor causada pela compressão das mamas durante o exame são motivos que afastam as mulheres da mamografia.

DIVULGAÇÃO

ATUALMENTE, o tratamento contra o câncer é altamente personalizado e envolve menos reações adversas do que antes.

de exame pode detectar um nódulo, mesmo que este ainda não seja palpável. O câncer de mama é o segundo tipo de tumor maligno mais comum en-

tre as mulheres no Brasil e no mundo, ficando só atrás do de pele. De acordo com o Inca, ele responde por cerca de 28% dos casos novos todo ano.

Casos de sarampo aumentam no país; veja sintomas e como se proteger Bem Estar

P

or que o sarampo, que já tinha praticamente sumido, está de volta? Há casos principalmente no norte do país. Segundo a vigilância de saúde, os novos casos foram trazidos por venezuelanos que chegaram ao Brasil. Já são duas mortes em Roraima e uma no Amazonas – um bebê de apenas sete meses. O sarampo é um vírus de fácil transmissão, explica a infectologista Rosana Richtmann. As bolinhas vermelhas só aparecem alguns dias depois e a doença começa com tosse, coriza e febre. Muitas pessoas não tomam a vacina porque acham que o sarampo é uma doença leve, mas a verdade é que ela pode até

levar a complicações neurológicas nas crianças. Entre as complicações estão:Infecção nos ouvidos, Diarreia, Vômito, Hemorragia, Alterações neurológicas (convulsões e encefalites) ePneumonia bacteriana secundária. Hepatite Todo mundo precisa tomar duas doses da vacina a partir de um ano de idade. A imunização está dentro da vacina tríplice viral (protege contra sarampo, rubéola e caxumba). Hepatites Casos de hepatites também preocupam. A hepatite A aumentou mais de 70% no Brasil, principalmente entre homens. A hepatite B também preo-

cupa, porque muita gente esquece de se vacinar. É possível controlar e mesmo eliminar os vírus da hepatite. Isso porque os vírus A e B têm vacina e ainda existem outros métodos de prevenção e tratamento. Hepatite A: transmitida pelo contato de fezes com a boca. É preciso higienizar os alimentos, consumir só água potável, higienizar as partes íntimas e usar proteção no sexo. Tem vacina. Hepatite B: transmitida pelos fluídos sexuais e sangue. Usar camisinha, não compartilhar objetos cortantes e cuidados com procedimentos invasivos são meios de prevenção. Tem vacina. Hepatite C: também transmitida pelos fluídos

sexuais e sangue. A prevenção é a mesma da hepatite B. Esse tipo é o que

esquisa publicada na “EmergingInfectiousDiseases” nesta quarta-feira (11) dá um panorama das sequelas deixadas pela infecção por ebola em sobreviventes. Dores de cabeça, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e enxaqueca debilitante estão entre os rastros deixados pela infecção. “Alguns sobreviventes são incapazes de cuidar de si mesmos”, relata nota sobre a pesquisa. O estudo analisou dados de sobreviventes do mais recente surto de ebola, que provocou mais de 11.300 mortes entre 2014 e 2016 na África Ocidental. Foram mais de 29.000 casos registrados, segundo a Organização Mundial de Saúde. A pesquisa foi conduzida pela Universidade de Liverpool e King’s College London, no Reino Unido, em parceria com pesquisadores de Serra Leoa (África Ocidental). “Sabíamos que uma doença tão grave como o ebola deixaria sobreviventes com grandes problemas”, diz Janet Scott, uma das autoras do estudo e pesquisadora da Universidade de Liberpool. No total, pesquisadores observaram anotações de mais de 300 sobreviventes do ebola. Desses, cientistas selecionaram 34 pacientes.

mais gera adoecimento e óbitos, apesar de 90% dos casos poderem ser cura-

NO TOTAL, pesquisadores observaram anotações de mais de 300 sobreviventes do ebola.

Eles foram submetidos a exame neurológico completo, triagem psiquiátrica e investigações especializadas -- incluindo imagens do cérebro. O diagnóstico neurológico mais frequente foi o de enxaqueca, seguido por Acidente Vascular Cerebral e lesões nervosas periféricas locais. Dentre diversas disfunções psiquiátricas, cientistas diagnosticaram depressão mais grave e transtorno de ansiedade generalizada. “Nós encontramos um amplo conjunto de sintomas neurológicos e psiquiátricos, desde os menos graves aos mais incapacitantes”, diz Patrick Howlett, um dos autores do estudo e pesquisador do King’s College London. O conjunto de sintomas, dizem os cientistas, está sendo conhecido como síndrome do pós-ebola e é urgente a formação de profissionais que sejam capazes de lidar com todas as sequelas, afirmam pesquisadores.

dos e os remédios estarem disponíveis no SUS. Não tem vacina. DIVULGAÇÃO

O SARAMPO é um vírus de fácil transmissão e que pode gerar até complicações neurológicas. Casos de hepatites também estão aumentando.


Esporte

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de julho de 2018

C3

Time de goalball do AP viaja até Cuiabá em busca de vaga no brasileiro DIVULGAÇÃO

Atletas do Amapá vão disputar o Regional Centro-Norte da modalidade entre os dias 12 e 15 de julho. Competição dá três vagas para a fase nacional.

DIVULGAÇÃO

Globo Esporte AP

C

omposta por oito membros, a delegação amapaense masculina de goalball – esporte para deficientes visuais semelhante ao futebol – viaja para Cuiabá, no Mato Grosso, para disputar entre 12 e 15 de julho o regional Centro-Norte, que vai qualificar três equipes para o Campeonato Brasileiro da modalidade. Os seis jogadores e os dois técnicos fizeram o último treino em Macapá nesta quarta-feira (11) e a expectativa é de otimismo quanto à competição. O elenco treina junto a dois anos e tem atletas com idades entre 21 e 39 anos. A equipe foi formada pela Secretaria de Estado do Des-

JORGE MENDES DISSE estar muito feliz pelo acerto e agradeceu ao presidente da Juventus

A COMPETIÇÃO em Cuiabá será disputada por 13 equipes do Norte e Centro-Oeste divididas em três grupos. Os amapaenses estão no Grupo A e estreiam nesta quinta-feira (12), às 17h.

porto e Lazer (Sedel). - Uma equipe nova, são dois anos apenas de equipe. Participamos no ano passado da competição, mais por experiência, e agora eles estão mais bem treinados. São dois anos de preparação intensiva e nesse ano foi treino quase todo dia. E vamos sim brigar pela vaga no brasileiro – destacou o técnico Rodrigo Ikegami. A competição em Cuia-

bá será disputada por 13 equipes do Norte e Centro-Oeste divididas em três grupos. Os amapaenses estão no Grupo A e estreiam nesta quinta-feira (12), às 17h. Goalball A modalidade é praticada apenas por deficientes visuais, e a bola, mais ou menos do tamanho de uma de basquete, tem guizos no interior.

O barulho destes sininhos é que orienta os atletas, e apenas quando a bola sai das mãos do arremessador é possível para a defesa determinar qual foi o tipo de lançamento escolhido. Esta percepção, associada ao rápido reflexo do corpo, é fundamental para o bom posicionamento em quadra. A modalidade esteve presente na última edição das Paralimpíadas no Rio em 2016.

Sindicato de empresa que patrocina Juventus decreta greve por conta de CR7 GloboEsporte

A

chegada de Cristiano Ronaldo à Itália está gerando reações de todos os tipos, nem sempre positiva. Nesta quarta-feira, o sindicato dos trabalhadores da Fiat, uma das patrocinadoras da Juventus, anunciou que os funcionários entrarão em greve por dois dias devido à contratação do português. – Não é aceitável que os trabalhadores continuem fazendo enormes sacrifícios econômicos, enquanto a companhia gasta milhões de euros num jogador. Dizem que os tempos estão difíceis, que precisamos recorrer a redes de segurança social, à espera do lançamento de novos modelos, que nunca chegam. E enquanto os trabalhadores e suas famílias apertam os cintos cada vez mais, a empresa decide investir muito dinheiro em um único recurso humano! Isso é justo? É normal que uma pessoa ganhe milhões, enquanto milhares de fa-

mílias não conseguem nem chegar ao meio do mês? – protesta o comunicado divulgado pelo sindicado. A Velha Senhora desembolsará cerca de 100 milhões de euros para contar com o jogador. De acordo com o site italiano “Football-Italia”, parte desse valor será financiado pela empresa Exor, que perten-

ce a montadora de veículos e a mesma família do dono da Juventus Massimiliano Agnelli. A família Agnelli é dona da Juventus, da Fiat e de outras empresas relacionadas ao ramo automobilístico. Esta não é a primeira vez que a patrocinadora investe dinheiro nas negociações da Juventus com jo-

gadores. O argentino Higuaín também foi contratado graças aos recursos da Fiat. Na semana passada, quando a contratação de Cristiano Ronaldo ainda era uma especulação, a agência italiana “Dire” já mostrava que haviam funcionários insatisfeitos com o gasto milionário feito pela multinacional. DIVULGAÇÃO

FUNCIONÁRIOS ESTÃO INSATISFEITOS com os investimentos feitos em apenas um jogador de futebol e questionam diferença de tratamento dado aos trabalhadores da multinacional e o clube de Turim

Empresário afirma que CR7 vai encerrar carreira na Juventus GloboEsporte

A

Juventus terá o privilégio de ser o último clube da vitoriosa carreira de Cristiano Ronaldo. A informação foi divulgada pelo empresário do jogador, Jorge Mendes. Em entrevista ao jornal espanhol “Sport”, o agente do astro se mostrou muito satisfeitocom a transferência. - Estou muito feliz por Cristiano. A Juventus será seu último clube. É uma opção de vida definitiva, mas muito bem pensada por Cristiano - afirmou o agente do atleta. Em carta, Cristiano Ronaldo diz que pediu para sair: “Peço que me compreendam” Cristiano Ronaldo assinou um contrato de quatro anos com a Ju-

- Depois de Higuaín (contratado junto ao Napoli em 2016, por 94,7 milhões de euros), também Cristiano Ronaldo? É uma vergonha. Os trabalhadores não recebem aumento há 10 anos. O salário de Cristiano poderia dar 200 euros (R$ 917) de aumento para todos os funcionários da empresa. Já perdemos 10,7% devido a inflação na última década, algo que nunca foi reposto. E a empresa gasta 126 milhões de euros por ano com patrocínios, sendo 26,5 milhões só para a Juventus – reclama Gerado Giannone, funcionário da empresa há 18 anos. Em nota, o clube de Turim informou que o contrato com CR7 tem duração de quatro anos. A Juve desembolsou 100 milhões de euros, pagáveis em dois anos, mais o mecanismo de solidariedade

ventus. O empresário Jorge Mendes agradeceu ao presidente do clube italiano, Andrea Agnelli, pela forma como a negociação foi conduzida até o desfecho. - Ele vai encerrar uma carreira maravilhosa nesta equipe. Agradeço especialmente a Andrea Agnelli por sua consistência no trato com o Real Madrid - comentou o empresário. A Juve desembolsou 100 milhões de euros, pagáveis em dois anos, mais o mecanismo de solidariedade prevista pelos regulamentos da FIFA e encargos acessórios de € 12 milhões para contar com o craque. Entusiasmados com a contratação, os torcedores italianos estão comprando muitas camisas do craque.

prevista pelos regulamentos da Fifa e encargos acessórios de € 12 milhões para contar com o craque. Valorização na bolsa Antes da contratação de Cristiano Ronaldo, a direção da Juventus se reuniu com os patrocinadores para discutir se o negócio seria lucrativo. A Velha Senhora faz parte da bolsa de valores de Milão e vem tendo suas ações em alta desde que o interesse no craque português começou a ser especulado. Segundo o jornal “A Bola”, de Portugal, após a confirmação do negócio com CR7, as ações subiram mais de 5%, chegando a 5,7%, o maior valor no último ano. Desde que as especulações começaram, o valor dos títulos da Juve teve aumento de 37,7%. A contação atual é de 0,9 euros por ação.


C4

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de julho de 2018

Brasil e Bolívia negociam tratado para integração elétrica A expectativa é fechar os termos de cooperação até março de 2019 Agência Brasil

O

s governos do Brasil e da Bolívia negociam alternativas de aproveitamento do potencial hidrelétrico ao menor custo, com menos impactos socioambientais e mais efeitos socioeconômicos positivos, de tal forma que a energia gerada possa ser destinada ao território brasileiro. Os acordos ainda estão em fase de negociações. Inicialmente, a disposição é para definir um tratado binacional, com bases legais e segurança jurídica, para uma integração elétrica de grande porte entre o Brasil e a Bolívia. A expectativa é fechar os termos de cooperação até março de 2019. No último dia 5, técnicos brasileiros e bolivianos se reuniram, em Santa Cruz de laSierra (Bolívia), no Co-

DIVULGAÇÃO

mitê Técnico Bilateral Brasil-Bolívia em matéria energética (CTB). O vice-ministro de Eletricidade da Bolívia, Bismark Canelas, e Moacir Bertol, do Ministério de Minas e Energia, coordenaram os trabalhos. Para a próxima reunião, prevista para 2019, brasileiros e bolivianos deverão levar estudos mais aprofundadas de normas legais e infralegais que devem ser criadas ou adaptadas para viabilizar as propostas. Etapas Na reunião da semana passada, as atividades foram desenvolvidas em três etapas. Na primeira, foram debatidos os estudos hidrelétricos do Rio Madeira e dos principais rios localizados em território boliviano e brasileiro. Já na segunda etapa, houve os estudos preliminares sobre a possível operação da Usina Hidrelétrica Jirau em cota constante de aproximadamente 90 metros sobre o nível do mar para que opere com essa quantidade tanto no período de cheia, quanto no período de seca. Na última etapa, foram debatidos o impacto no território boliviano e os

INICIALMENTE, a disposição é para definir um tratado binacional, com bases legais e segurança jurídica, para uma integração elétrica de grande porte entre o Brasil e a Bolívia. A expectativa é fechar os termos de cooperação até março de 2019.

rendimentos da usina binacional, além da interconexão energética por meio de geração termelétrica em curto, médio e longo prazos entre os países, viabilizando uma oferta potencial superior a 14 GW. Parceria Os grupos de trabalho de brasileiros e bolivianos estudam as condições para o intercâmbio de eletricidade há três anos, por meio do comitê que faz análises técnicas e legais,

para buscar possibilidades do fornecimento de energia elétrica em longo prazo com caráter ininterrompível a partir da Bolívia. Os temas tratados consideraram os aspectos de exploração e produção de gás natural na Bolívia, informações gerais sobre o contrato de suprimento firmado entre a Petrobras e a Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB), que acaba no final de 2019, e a possibilidade de renovação do acordo.

OEA se reúne para tratar da violência na Nicarágua G1 Nacional

O

Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) se reúnio nestaquarta-feira (11) para discutir a brutal repressão na Nicarágua, onde centenas de manifestantes foram mortos pelas forças de segurança e grupos paramilitares simpatizantes do presidente Daniel Ortega. O Centro Nicaraguense de Direitos Humanos (Cenidh) denunciou que 24 pessoas foram assassinadas no final de semana passado em Cara-

zo – a 60 quilômetros ao sul da capital, Manágua. A “operação limpeza”, denunciada pelo Cenidh, foi para desmantelar as barricadas, erguidas em várias partes do pais, desde o dia 18 de abril. O estopim dos protestos foi uma reforma da previdência, que o governo acabou revogando. Mas as manifestações continuaram, espalhando-se por todo o pais, desta vez pedindo justiça pelos mortos da repressão – entre eles, um jornalista que cobria os eventos. Ortega pediu a mediação da Igreja CatóliDIVULGAÇÃO

O ESTOPIM dos protestos foi uma reforma da previdência, que o governo acabou revogando.

ca, num Dialogo Nacional, com a oposição e vários setores da sociedade: agricultores, empresários, sindicalistas e estudantes. Os bispos exigiram certas condições – entre elas, o fim a repressão e a aceitação de uma investigação da Comissão Interamericana de Defesa dos Direitos Humanos (CIDH) – entidade ligada a Organização dos Estados Americanos (OEA), que reúne 34 países das Américas e do Caribe. Ortega aceitou, mas rejeitou o primeiro relatório da CIDH, que acusa o governo de usar a força para intimidar os manifestantes. Muitos dos mais de 200 mortos, em quase três meses de protestos, foram baleados na cabeça, no pescoço, nos olhos. Segundo o secretario-executivo da CIDH, Paulo Abrão, isso constitui prova de que “atiraram para matar”. Exames balísticos realizados pelos investigadores da CIDH revelaram que as balas, de alto calibre, partiram de armas normalmente usadas pelas forcas de segurança. Entre as vitimas dos mais recentes ataques, estão bispos e sacerdotes que foram golpeados por patrulhas de simpatizantes de Ortega. A CIDH e o Alto Comissariado das Nações

Unidas para os Direitos Humanos emitiram um comunicado condenando “energicamente os graves atos de violência, ocorridos em diferentes zonas da Nicarágua neste final de semana, que teriam deixado pelo menos 20 pessoas mortas, entre elas, pelo menos dois policiais”. O documento também pede ao governo que “se abstenha de fazer declarações publicas que estigmatizem os atores que defendem os direitos humanos”. A nova onda de violência ocorreu depois que Ortega rejeitou a recomendação dos demais integrantes do Dialogo Nacional de antecipar as eleições, para apaziguar o pais. Líder da Revolução Sandinista de 1979, contra a ditadura de Anastasio Somoza, Ortega conquistou seu terceiro mandato presidencial consecutivo em 2016. Mas os resultados da votação – sem a presença de observadores internacionais – foi questionada pela oposição e também por antigos aliados do ex-guerrilheiro esquerdista. Ortega e a mulher, RosarioMurillo – que também é sua vice-presidente – são acusados de querer instalar uma dinastia politica corrupta, como a dos Somoza.

Após novas tarifas dos EUA, China pede união contra o protecionismo na OMC G1 Nacional

A

China pediu nesta quarta-feira (11) aos membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) que se unam solidariamente e “resistam” às práticas protecionistas dos EUA, depois que o governo norte-americano elevou o tom na disputa comercial, ameaçando com novas tarifas de 10% sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses na terça-feira (10). A alíquota de 10% entraria em vigor em pelo menos dois meses e inclui uma série de bens, entre eles soja, aço, alumínio, produtos químicos e alimentícios. Pequim afirma que vai responder mais uma vez contra as medidas tarifárias de Washington, inclusive por “medidas qualitativas”. Empresas norte-americanas na China temem que essa ameaça possa significar inspeções mais duras ou atrasos em aprovações de investimentos ou mesmo boicotes ao consumidor. Na sexta-feira (6), a China apresentou uma ação contra os EUA na Organização Mundial do Comércio (OMC) pela imposição de taxas de importação, informou seu Ministério do Comércio. O Ministério das Relações Exteriores descreveu as ameaças de Washington como “intimidação típica” e disse que a China precisa contra-atacar para proteger seus interesses. “Essa é uma luta entre unilateralismo e multilateralismo, protecionismo e livre comércio, poder e regras”, afirmou a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, HuaChunying, nesta quarta. Lista de produtos Na terça-feira (10), autoridades dos EUA divulgaram a lista de milhares de importações chinesas que o governo norte-americano quer atingir com as novas tarifas. A medida provocou críticas de alguns grupos industriais dos EUA. Os US$ 200 bilhões superam de longe o valor total de bens que a China importa dos EUA, o que significa que Pequim pode precisar pensar em maneiras criativas de responder a tais medidas dos EUA. O montante corresponde a 40% das vendas chinesas anuais para os EUA. Reação dos mercados Os mercados acionários da China caíram nesta quarta, após três dias seguidos de ganhos, e o iuan enfraqueceu depois que os Estados Unidos ameaçaram com mais ta-

rifas de importação sobre produtos chineses, intensificando o conflito entre as duas maiores economias do mundo. As bolsas de valores europeias também operavam em queda nesta quarta com a escalada na disputa comercial entre os EUA e a China, após ganhos seguidos de seis sessões. O dólar sobe frente ao real, também refletindo o agravamento do cenário internacional depois que os Estados Unidos ameaçaram adotar novas tarifas sobre produtos da China. Entenda a tensão entre EUA e China Há anos, os EUA reclamam de um considerável déficit comercial (que é a diferença do volume exportado entre os dois países) com a China. A meta de Trump era reduzir em pelo menos US$ 100 bilhões o rombo com a China. Os EUA defendem que o país asiático rouba propriedade intelectual, especialmente no setor de tecnologia, além de violar segredos comerciais de empresas americanas, gerando uma concorrência desleal com o resto do mundo. Por isso, o combate aos produtos “made in China” é uma bandeira de campanha de Trump que recebeu o apoio de vários países. O tiro inicial foi dado em abril, quando os EUA anunciaram tarifas de US$ 50 bilhões sobre 1,3 mil produtos chineses, alegando violação de propriedade intelectual. Em resposta, a China impôs tarifas de 25% sobre 128 produtos dos EUA, como soja, carros, aviões, carne e produtos químicos. Desde então, os dois países não pararam de trocar novas ameaças e agravaram a guerra comercial. Guerras comerciais começam quando um país impõe tarifas comerciais à importação de outro, que responde sobretaxando os produtos do concorrente. Na semana passada, Washington impôs tarifas de 25% sobre US$ 34 bilhões em importações chinesas, somando 818 produtos. As taxas miram em produtos chineses que, para o governo de Trump, são comercializados de forma injusta, como veículos de passageiros, transmissores de rádio, peças para aviões e discos rígidos para computadores. Uma segunda parte dos bens, avaliada em US$ 16 bilhões, será analisada após um processo de revisão e observação do público.

Jornal do Dia 12.07.2018  

Edição de quinta-feira

Jornal do Dia 12.07.2018  

Edição de quinta-feira

Advertisement