Page 1

MACAPÁ-AP, SEXTA-FEIRA, 30 DE MAIO DE 2014 - ANO XXVII

•DOMINGO E SEGUNDA R$ 2,50 •TERÇA A SÁBADO R$ 1,50

* FUNDADO EM 04 DE FEVEREIRO DE 1987 ELEIÇÕES 2014

PRESÍDIOS

Obras ganham Regime Diferenciado

EDUCAÇÃO

Estrangeiros poderão ter direito às bolsas do Prouni

Justiça Eleitoral destaca prazos aos partidos

Gleisi Hoffmann chegou a propor a aplicação do regime mais flexível. B4

A possibilidade está prevista no Projeto do senador Crivella. C1

Com a proximidade de alguns prazos importantes, foram sanadas dúvidas. B2

Assaltos a ônibus não param e PM inicia operação pente fino

Desde a semana passada, as abordagens foram intensificadas com a ocorrência de vários crimes praticados contra passageiros, principal-

mente em coletivos que circulam na Zona Norte da cidade. Em um dos casos, um membro da quadrilha reagiu à voz de prisão, atirou

contra a guarnição, foi baleado e morreu e, no outro, um dos acusados acabou preso. Também foram apreendidas armas brancas. nB2

PASSAGEIROS passam por pente fino

DIVULGAÇÃO

ECONOMIA EM XEQUE

Representantes do setor querem maior participação do poder público nas discussões em busca de soluções

Setor atacadista discute entraves e soluções

BANCOS

Segurança Pública lança Operação Saque Seguro Objetivo é alertar e orientar os clientes de bancos sobre como proceder de forma segura ao realizar qualquer tipo de transação bancária. nB1

Encontro acontece amanhã, às 8h30, na Fecomércio. O objetivo é discutir quais são os impactos que hoje o setor trazem para o Amapá, além de outros assuntos como a Substituição Tributária e os problemas enfrentados com a Suframa. nA4 DIVULGAÇÃO

SAÚDE PÚBLICA

Hospitais vão intensificar efetivo para a Copa do Mundo Apesar de Macapá não ser uma cidade-sede da competição esportiva, os ânimos exaltados dos torcedores podem acarretar em acidentes e por isso, equipes dos hos-

pitais estão sendo preparadas para o período. O aumento do efetivo ocorrerá além do Hospital de Emergências, no PAI, Alberto Lima e unidades básicas. nA3

FENAM

SUPLEMENTOS: sem critérios

ANVISA

Venda de suplementos sem critérios gera preocupação

ATUAÇÃO

Conferência discute propostas para a Defesa Civil

Segundo a chefa da divisão de saúde da ANVISA, Elizete Paraguaçu, a maior preocupação é falta de critérios na hora do consumo de suplementos. nC2

A Defesa Civil frente aos constantes desastres naturais, está realizando o evento para discutir propostas para nova metodologia. nB2

OBESIDADE

Excesso de peso afeta 2,1 bilhões em todo o mundo

NESTA EDIÇÃO CADERNO A............................4Pag. CADERNO B............................4Pag. CADERNO C............................4Pag. CLASSIDIA..............................8Pag.

PRECISA DE UM TÁXI? COVEN - 3222-5200 COOPTÁXI - 3223-2777 MARCO ZERO - 3223-2639

DIVULGAÇÃO

HOSPITAL de Emergências está na lista das unidades que terão reforço no período da Copa e festas juninas

Nos últimos 33 anos, segundo os pesquisadores, a taxa de adultos obesos e com excesso de peso aumentou 28%. nB4

NA INTERNET: www.jdia.com.br - REDAÇÃO: 3217.1117 - COMERCIAL: jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO: 3217.1111 - ATENDIMENTO: 3217.1110


A2

Opinião

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014 Editor: José Maria Baia - josemaria@jdia.com.br

Poucas & Boas

• BANDIDOS, literal-

mente, estão ficando cada vez mais ousados no Meio do Mundo. Alem de remeter pequenos empresários nos bairros periféricos para detrás das graves – comerciantes do lado de dentro e os meliantes de fora -, agora virou mania roubar carros, não desses últimos modelos, recheados de tecnologias, com alarmes eletrônicos sofisticados, chaves de contatos ausentes, bloqueadores e câmeras filmadoras.

• NESSES últimos dois

dias vários veículos automotores foram furtados, um dos quais um VW Gol modelo 1990, que o dono gastou uma pequena fortuna até maior que o valor venal do próprio veículo. Somente o kit de som custou mais de R$ 15 mil, alem das rodas de liga leve, pneus de bitola larga e faróis de xenônio, tudo

na casa dos R$ 20 mil. Para sua tristeza lhe levaram o mimo que depois de 48 horas o encontrou todo “depenado” num ramal do Km 09, local de desovas de cadáveres do crime organizado, ponto de transferências de drogas e de carcaças de carros.

• TODO cuidado é pouco

fora do período eleitoral. E não custa imaginar quando começar oficialmente. Os vazamentos de documentos oficiais sigilosos para a imprensa e adversários deve ser a tônica. Daí serão elaborados dossiês completos para colocar contra a parede os candidatos. E no campo livre da internet via ser igual guerra na Síria, Ucrânia e Iraque: bomba atrás de bomba! Quem viver verá!

frango tamanho família que o Nezinho faz propaganda, assado na lenha de Imbaubeira, quem der notícia por onde anda e onde pode ser encontrado o barulhento vereador petista macapaense Rocha, Ex-Sucatão, Bip Bip ou mesmo 1380!1380!1380! Não vale dizer que é na Câmara.

• DEPOIS de várias ex-

plosões em barcos na orla de Macapá, Santana e Matapí, que armazenavam combustíveis em carotes e tambores, com consequências trágicas, eis surge um “fogaréu” no fim do túnel, com o Ministério Público Cidadão, finalmente entrando na briga. Cercado de todos os cuidados ambientais como acontece nos Rios do Pará e Amazonas, em breve deve aparecer no Meio do Muno os postos de combustíveis flutuantes.

O

GOVERNO RECUA DE PORTARIA SOBRE ABORTO NO SUS

O

Ministério da Saúde recuou e revogou a portaria 415, com aval da presidente Dilma, após repercussão negativa com a revelação da Coluna sexta passada. Dilma está de olho na eleição e sob risco de ataques da bancada evangélica. A portaria oficia-

Saiu caro

Em 2010, após a polêmica, o PT pagou jatinho para que Gilberto Carvalho, Marcelo Crivella e Magno Malta corressem igrejas do País para acalmar padres e pastores.

que seduzem os pobres, a estelionatários que urdem falsas verdades com mentiras explícitas. A Copa, como evento esportivo, como festa internacional do esporte, está perdendo lugar nas manchetes internacionais. O que se exibe aos olhos do mundo é o retrato de um país incompetente e desastrado, onde a ordem é o caos. Ao invés da exaltação dos grandes feitos do futebol brasilei-

ro, a mídia estrangeira está mostrando as misérias do Brasil. A violência, a criminalidade, a pobreza, a corrupção, a falência dos sistemas de saúde e educação, o “pau” quebrando na rua, a desorganização e a irresponsabilidade em geral, o sumidouro do dinheiro público, a morte chegando com vaso sanitário na

Presidente:

Aldenor Benjamim dos Santos

CONSELHEIROS Haroldo Pinto Pereira Danieli Amanajás Scapin Carlos Augusto Tork de Oliveira José Arcângelo Pinto Pereira Janderson Carlos Nogueira Cantanhede Heloisa Figueiredo Pereira

Editado por Omega Publicidade Ltda. Rua Mato Grosso, 296 A - Bairro Pacoval CEP. 68.908-350 - Macapá-AP CNPJ 03.926.197/0001-82 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(*1917 +2006) e Irene Pereira(*1923 +2011) 1º Presidente: Júlio Maria Pinto Pereira 1987 a 1991 - (*1954 +1994) 2º Presidente: José Arcangelo Pinto Pereira 1991 a 2003

Vacância do Cargo 2005 a 2012 4º Presidente: Haroldo Pinto Pereira 2013 Presidente Executivo: Haroldo Pinto Pereira haroldopereira@jdia.com.br Vice-Presidente e Diretora Comercial Juliane Pereira juliane.pereira@jdia.com.br Gerente Comercial: Paolo Oliveira paolo.oliveira@jdia.com.br Consultoria Jurídica: Juliane Pereira (OAB/AP 1320) Jakeline Morato Pereira de Souza (OAB/AP 1381) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede cantanhede@jdia.com.br

ÍNDICE

cabeça ou nos desabamentos de construções para a Copa são as pautas que dominam o noticiário sobre o Brasil. Nem o Vaticano deixou de dar o seu “pitaco”, embora, nesse campo, esteja sem a autoridade e a isenção que o tema exige. Semana passada, ao alertarem o mundo inteiro sobre a exploração sexual, os porta-vozes de Deus mencionaram especialmente o Brasil, para onde acorrerão turistas ligados ao futebol e gringos loucos por mulheres e bumbuns tropicais. Esse é o palco do espetáculo que o Lula ofereceu para o mundo, crente de que o povo se deixa engambelar por pão e circo, (leia-se Bolsa-família e futebol pelo telão HD financiado com o programa “Minha Casa, Minha Vida”). Deu no que deu: a vinda de um colonizador da FIFA, chamado Jerôme Valcke, para fazer os subdesenvolvidos levantarem do berço esplêndido. E a mídia com o olho em cima, mostrando que o Brasil não leva jeito.

Opinião .....................A2, A3 Geral ..........................A4 Geral ..........................B1,B2,B3 Polícia ........................B4

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296 A Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68.908-350 E-mails Pautas e contatos com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br Departamento Comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br

Contatos: Fale com a redação (96) 3217-1117 (96) 3217-1108 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Acompanha o

caderno de ClasssiDia 8pág. Geral ...........................C1 Esporte ......................C2 Cultura .......................C3 Social ..........................C4

Aos domingos Veículos ....................D1,D2,D3 Informe .....................D4

Pressionado, o Ministério da Saúde alegou ‘falhas técnicas’. Mas onde há falha técnica alegada, também há insegurança jurídica. O fator eleitoral, na verdade, pesou mais.

Dilma rifa Gleisi

Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA - Tel.: (91) 3244.4722

3º Presidente: Maria Inerine Pinto Pereira 2003 a 2005

‘Falha técnica..’

No jantar dos pré-candidatos do PMDB, na terça no Palácio do Jaburu, com a presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer garantiu ao senador Roberto Requião que vai intervir no diretório do Paraná para bancar a candidatura dele ao governo. A operação tem aval da presidente Dilma, que assim rifou Gleisi Hoffman (PT).

Agora vai!

O PMDB está rachado entre candidatura e o apoio ao governador Beto Richa, candidato à reeleição. Como Temer sabe que Requião não tem os delegados para a convenção, já adiantou a estratégia. A turma de Richa diz que ‘será mais gostoso vencer de Requião’.

Pelo PT nacional

Gleisi Hoffmann sobra e sua candidatura fica enfraquecida, porque a previsão, hoje, seria um eventual 2º turno entre Richa e Requião. Sem Requião na disputa, Richa pode ganhar no 1º turno e Dilma ficaria sem palanque num eventual 2º turno nacional.

Isca no anzol

Pelo menos 14 delegados de entidades ligadas à pesca e aquicultura decidiram ontem seus 27 representantes da sociedade civil no CONAPE. O setor é dos que mais cresce.

Privataria..

Congressistas reclamam que PT, PMDB e PSDB enterraram pedidos de abertura da CPI da Privataria Tucana. Os presidentes da Câmara Marco Maia (PT) e Henrique Alves (PMDB) não instalaram, apesar de aprovada, ideia de Protógenes (PCdoB-SP).

.. na gaveta

O deputado Protógenes recorreu então à CCJ da Câmara, o deputado Chico Alencar (PSOL) se posicionou a favor em relatório e o presidente da Comissão, o petista Vicente Cândido (SP) sentou em cima.

Previ & Funcef

CONSELHO EDITORIAL

lizava a ‘interrupção da gestação’, em lugar de ‘curetagem’, e gerou polêmica. Juristas ouvidos pela Coluna apontavam insegurança na interpretação e risco de liberação do aborto para casos gerais. Hoje, a lei permite para casos de estupro, anencéfalo e risco de vida.

A dor do voto

Ao invés da exaltação dos grandes feitos do futebol brasileiro, a mídia estrangeira está mostrando as misérias do Brasil. ses nomes, que pontificavam com a bola nos pés, entortando a coluna dos gringos. Dos nossos espetáculos de futebol já não emana aquele brilho intenso de outrora. A luminosidade fátua de um ou outro jogador é tragada pelos escândalos. O que está em foco é o mal administrado país, entregue a gangues políticas, a senhores feudais

Twitter @leandromazzini

Dilma Rousseff sabe a dor de cabeça que o assunto lhe traz. Em 2010, às vésperas da eleição, uma frase mal interpretada a colocou na mira de evangélicos e católicos.

brada de açaí papa, com farinha baguda do Mazagão e uma banda daquele

sil não tem mais futebol na vitrine. O mundo não está mais nem aí para o futebol brasileiro. Passou-se o tempo em que os tupiniquins eram os artistas, os mestres, os gênios que encantavam plateias. Já não existem Pelés, Leônidas da Silva, Domingos da Guia, Garrinchas, para ficar só nes-

Jornalista

Dilma quer evitar ataques de adversários evangélicos e católicos que podem lhe tirar votos. O líder do PMDB, Eduardo Cunha, evangélico, já cercara o ministro da Saúde.

A Copa que não é nossa Brasil serviu um banquete para os organizadores da Copa do Mundo e a FIFA se serviu dele como bem quis. Ela começou com uma varredura na lei que proíbe a venda de bebida alcoólica nos estádios. Durante a Copa pode, mas só a cerveja liberada pela Fifa. Para as outras bebidas alcoólicas continua valendo a lei. Depois vieram as ordens para que tudo fosse feito de acordo com o padrão Fifa. E se seguiram as marcas e patentes exclusivas, o fim da burocracia para os interesses dela, o que se pode e o que não se pode vender nos estádios, o que se pode e o que não se pode veicular como propaganda, as palavras que não se podem pronunciar. Até no direito de ir e vir a Fifa mexeu. A serviço dela estará a PM, revistando e interceptando quem não gosta de futebol, mas passa perto do estádio. Tudo isso porque o Bra-

POR LEANDRO MAZZINI

Cerco e apreensão

• GANHA uma cuida do-

João Eichbaum Advogado e autor do livro Esse Circo Chamado Justiça

ESPLANADA

Edição número

8512

As coisas estão mudando gradativa e silenciosamente nos bilionários fundos de pensão de servidores federais, alvos da cobiça partidária desde que dom Pedro soltava pipa. Os sindicatos perderam a elei-

ção na FUNCEF (Caixa) e agora perderam na PREVI.

No sapatinho

A chapa que ganhou a eleição na Previ é ligada a ANABB- associação dos funcionários do BB, que também tem ligações políticas com a esquerda, mas sempre foram oposição ao Sindicato dos Bancários de São Paulo – ligado tradicionalmente ao PT.

No alambrado

Piada no Recife: O elenco do Santa Cruz, na zona de rabaixamento, pode ser interditado pela Vigilância Sanitária por ‘Empatite B’, doença que só faz o time empatar.

Vez dos marqueteiros

O marqueteiro Chico Santa Rita faz palestra sobre Rádio e TV – a importância da estratégia, em Brasília, hoje às 15h, no auditório do CNTC.

Ponto Final

Depois dessa polêmica sobre as trapalhadas do governo sobre o aborto, vale republicar: ‘Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade’. George Orwell

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


Opinião

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014

A3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Sem recursos suficientes, PMM Dia-Dia Pirataria em alta aposta na cooperação para reabrir o Parque Zoobotânico B N a tarde de ontem (29), estiveram reunidos com a Prefeitura de Macapá o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Volney Zanardi Júnior e o superintendente do Ibama Amapá, César Luiz Guimarães. A agenda foi pautada na cooperação da Rede de Proteção ao Meio Ambiente no Estado, na qual o Ibama, integrado com as secretarias Estadual e Municipal do Meio Ambiente, Batalhão Ambiental, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Marinha e Ministério Público, trabalha em todas as questões ambientais do Amapá. Na pauta do encontro, os órgãos representados aproveitaram a presença do presidente Volney Zanardi para debater os avanços e entraves de cada setor. Especificamente no município foi exposto todo esforço da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) na busca de uma solução imediata que resolva a situação da Fundação Parque Zoobotânico, que desde 2002 encontra-se fechado. Clécio Luís, acompanhado do diretor da Fundação Parque Zoobotânico, Márcio Pimentel, apresentou ao presidente do Ibama e aos demais integrantes da reunião a situação do es-

REABERTURA do Parque Zoobotânico totaliza quase R$ 16 milhões de investimentos

paço e quais ações estão sendo desenvolvidas para a revitalização do parque. “A revitalização do local é o mecanismo fundamental para a execução das medidas de readequação às leis ambientais. Infelizmente a prefeitura não possui o recurso, pois totalizam quase R$ 16 milhões de investimentos para reabri-lo. Estamos trabalhando de acordo com o nosso orçamento, já reformamos alguns logradouros de animais e primamos pela qualidade de vida dos mesmos. O fato é que só conseguiremos vencer todos os obstáculos com a

cooperação de todos os órgãos. Só assim reabriremos ao público, pois a expectativa da prefeitura é movimentar o Zoobotânico com atividades de cultura, lazer e conhecimento, além de ser mais um ponto turístico da capital”, destacou Clécio Luís. O presidente do Ibama demonstrou total apoio na reabertura do Parque. “Sabemos de todas as dificuldades, e não mediremos esforços para colaborar com a gestão municipal na revitalização do espaço, para que ele possa atender todas as diretrizes ambientais e jurí-

dicas, pois o Ibama é e sempre será a favor da preservação e valorização da nossa fauna e flora”. O parque foi criado em 31 de março de 1997, e está desativado há 13 anos por não atender à Legislação Ambiental, quanto aos logradouros dos animais e segurança dos visitantes. Possui uma área de 107 hectares, onde trabalham 16 funcionários. Com grande diversidade botânica, abriga um zoológico com 61 animais, distribuídos em 25 espécies da Amazônia que foram apreendidos, doados ou recolhidos pelo Ibama.

Hospitais vão intensificar efetivo para a Copa do Mundo e festas juninas Jéssica Alves Da Reportagem partir do mês de junho, as atenções nos serviços de saúde do Amapá irão ser redobradas devido ao período que coincide com a realização das tradicionais festas juninas e a Copa do Mundo no Brasil. A iniciativa visa o aumento de possíveis registros, especialmente no Hospital de Emergências de Macapá, em decorrência do uso de bebidas alcoólicas durante as festas e

A

jogos da seleção brasileira de futebol. Apesar de Macapá não ser uma cidade-sede da competição esportiva, os ânimos exaltados dos torcedores podem acarretar em acidentes e por isso, equipes dos hospitais estão sendo preparadas para o período. Mas, segundo informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) independente dos festejos e da competição esportiva, esse é um procedimento

rotineiro no setor. O aumento do efetivo ocorrerá além do Hospital de Emergências, no pronto Atendimento Infantil (PAI), Hospital Alberto Lima e Unidades Básicas de Saúde em Macapá e Santana. Por conta do feriado das festas juninas, a Secretaria de Estado da Saúde montou um esquema especial de atendimento para esse período. As principais unidades de atendimento do Estado estarão funcionando em regime de plantão. De acordo com diretor

do Hospital de Emergências, Regiclaudo Silva, a ação busca organizar e agilizar o atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), por conta das mudanças de horário praticadas por algumas unidades durante os feriados. “Órgãos como os hospitais e ambulatórios funcionam todos os dias, durante 24 horas, inclusive nos finais de semana e feriados. E no H.E funcionará os plantões para garantir o atendimento á população”, explicou.

A classe C, do paraíso ao inferno Gaudêncio Torquato

Jornalista

M

ais uma pista a indicar o andar da carruagem. Parcela da população brasileira é arrastada para cima e para baixo da pirâmide social pelas ondas de marés enchentes e marés vazantes. A primeira carrega as pessoas da classe C, a chamada nova classe média, para um passeio pelos territórios do grupo B, às vezes com direito a uma escapulida (rápida) ao topo, onde habita a categoria A. Quem propicia a subida é grana extra. A segunda maré, a baixa, empurra o contingente para as águas do fundo. Isso se dá quando a renda das famílias fica apenas no parco rendimento de aposentadoria, pensão ou bolsas, sem os ganhos com bicos e atividades paralelas. No sufoco do bolso apertado, quem foi induzido a consumir e se ver sem condição de ressarcir despesas, passa a usar de maneira indiscriminada cartões de crédito e a resvalar pela inadimplência. Tal radiografia, flagrada por pesquisa encomendada pelo Consultative Group to Assist the Poor (CGAP), organismo ligado ao Banco Mundial, e exposta neste jornal (OESP, 18/05/2014), pode explicar fenômenos que estão a ocorrer no país, a partir de manifestações de movimentos organizados e categorias profissionais. Ponderável parcela da

classe média que muda de condição, muitas vezes de um mês para outro, acaba ingressando no perigoso meio fio da instabilidade, tornando-se, ela própria, um dos eixos a mover a engrenagem da insatisfação social. A expressão desolada de um microempreendedor sobre seus ganhos mensais arremata a situação que abriga milhões de brasileiros: “ganho algo entre nada e R$ 5 mil; não dá para adivinhar quando e quanto vai entrar”. A insegurança que grassa por classes, espaços, setores e profissões tem se avolumado nos últimos meses, apesar de constatarmos que a taxa de desemprego se mantém estável (em torno de 5%, em março último, nas cinco maiores regiões metropolitanas). A questão é a baixa qualidade do emprego, que leva muitos a buscar outros meios de sobrevivência. Ademais, o cobertor social tem sido curto para cobrir novas demandas. A precária estrutura de serviços não tem recebido do Estado alavancagem para oferecer bom atendimento ao povo. Portanto, por conta do estranho fenômeno que aqui se forma - uma classe C mutante que tateia na escuridão entre as portas do céu e do inferno, passando pelo limbo - as pessoas decidiram abrir a locução sob propícia temperatura ambiental. As políticas sociais do governo, é oportuno lembrar, abriram buracos. A decisão de implantar gigantesco progra-

ma de distribuição de renda – elogiável, porquanto se vive, hoje, o menor nível de desigualdade de nossa história – não tem sido acompanhada de uma política educacional estruturante, capaz de elevar o grau civilizatório de milhões de pessoas que ascenderam na vida. Basta avaliar a estratégia de indução ao consumo, adotada pelo governo brasileiro para enfrentar a crise por que passaram as economias mundiais, a partir de 2008. Ouçam-se especialistas, dentre eles, Celso Amâncio, ex-diretor das Casas Bahia (OESP, 18/05/2014): “o governo incentivou o consumo, mas crédito é uma coisa e poder de compra é outro.” Quer dizer, o banco até oferece crédito, mas os novos consumidores não dispõem de educação financeira. Acabam usando e abusando de cartões de crédito, um pagando o outro. O governo forjou, de um lado, o populismo econômico para abrir as portas do consumo aos grupos emergentes, mas, por outro, deixou de oferecer a eles ferramentas (e valores) que balizam comportamentos da classe média tradicional. A cesta de compra dos emergentes inchou: TV por assinatura, internet, plano de saúde, escola privada para os filhos, moto ou carro novo. A ignorância em matéria financeira acabou estourando o bolso de tantos quantos achavam ter encontrado o Eldorado.

Sob essa engenharia, pode-se compreender o movimento das “placas tectônicas” que geram sismos nas camadas do centro da pirâmide. Como se recorda, o losango tem sido apresentado como o formato do novo Brasil: de topo mais espaçado, alargamento do meio e estreitamento da base. Ocorre que o saracoteio da classe C – que ora dança na pista do meio, ora na de baixo -, não permite apostar na substituição definitiva da pirâmide pelo losango. O que se vê na configuração é um redemoinho nas camadas centrais, a denotar insatisfação e impactos que afetam a vida de milhões de brasileiros, principalmente os habitantes de grandes cidades, cujas rotinas sofrem com congestionamentos, mobilizações, greves e paralisações de frentes de serviços públicos. É verdade que parte considerável da tensão urbana se deve ao momento especial do país: vésperas de Copa de Mundo e de campanha eleitoral. A estratégia de sensibilização do poder e de atores políticos ganha fôlego. Mas é inegável que há uma força centrípeta em ação, aqui mais forte e organizada, ali mais tênue e dispersa, dando a impressão de que o gigante “deitado eternamente em berço esplendido” faz parte da retórica do passado. A dissonância se forma em nossas mentes quando somos levados a cantar (sem interpretar os versos) nosso belo hino nacional.

rasil, País do futebol, a pátria de chuteiras e o paraíso da pirataria. E no Meio do Mundo não poderia ser diferente. Até na Capital Federal, na chamada Feira do Paraguai (SIA), já foram apreendidas toneladas de produtos “similares”. Quando o Governo Federal assinou o caderno de obrigações com a poderosa FIFA se comprometeu em fiscalizar com rigor e coibir a pirataria das marcas patrocinadoras não só nas sedes, mas como em todo o País, jurando cumprir fielmente a Lei Geral da Copa. Bem. Será que a FIFA está observando bem o mapa do Brasil? Ou o Governo federal está míope em muitas capitais brasileiras, inclusive aqui na Linha Imaginária? Alô! Conselho Nacional de Controle da Pirataria e Delitos contra a Propriedade Intelectual (CNCP), a xerife da situação. Por aqui em cada esquina existem 90% de produtos piratas e apenas 10% das marcas patrocinadoras da Copa, como Adidas, Nike e a própria FIFA. Incrível como os chineses conseguem colocar containers no Brasil recheados de produtos verde-amarelos por preços de mixaria. EnSemana passada quanto uma camisa uma alta autoridaoficial na nossa selede, despudoradamente ção custa R$ 200 reais a imitação –quase adquiria DVD’s e Games perfeita – sai por R$ piratas em frente a uma 25 reais. Até tecidos grane loja de importanas diversas cores os dos do centro a cidade, asiáticos emplacam a tudo dentro da maior R$ 1 real o metro normalidade vendido nas lojas que pagam impostos que eles entregariam por R$ 0,50 por metro. Mas pirataria aqui no Amapá é um dos mercados mais florescentes e impunes. Tem de tudo: CD’s, relógios, eletroeletrônico, confecções perfumes, cigarros, louças, medicamentos como aquele azulzinho para disfunção erétil, maconha misturada com folha de vinagreira vinda do Norte do Pará e até cocaína “batizada” com ácido bórico, barrila e talco. Semana passada uma alta autoridade, despudoradamente adquiria DVD’s e Games piratas em frente a uma grane loja de importados do centro a cidade, tudo dentro da maior normalidade. Aqui tudo é festa, tudo é alegria, corrupção em alta. E viva o Brasil hexacampeão.

Hora-Hora

Preços

No Rio de Janeiro a polícia prendeu vários cambistas que ofereciam ingressos verdadeiros para jogos da Copa do Mundo em hotéis de luxo para turistas. De bonificação, uma noite com uma mulata igual aquela do saudoso Sargenteli. Para jogos das quartas de final custavam R$ 27 mil e um ingresso em posição privilegiada era oferecido por R$ 38 mil na final. O bônus era uma dupla de mulatas de exportação.

Buraqueira

Na Rua Claudomiro de Moares, as proximidades da Feira do Produtor do Novo Buritizal, a situação é tão precária dos buracos que praticamente deteriorou uns 100 metros da pista, que nem com o tapa-buracos resolve. Lá os restos de pavimentação tem que ser retirados para uma nova. Mas antes é bom providenciar o escoamento das águas pluviais e dos comércios na lateral, causas das descomunais crateras. E não duvidem. A turma da feira está muita vontade e com apoio dos usuários pensam até em obstruir a via.

Concurso

A Prefeitura de Macapá vai dar um prêmio para a rua mais bem orna-

mentada e outro para o torcedor mais bem vestido. Pelas redes socais alguns gozadores começam outro concurso, para a via mais esburacada, enlameada e cheia e mato e o torcedor com camisa verde amarela mais “puída”. Mas os prêmios são mais que “valiosos”: para o primeiro vai uma carrada de aterro para tapar as crateras e o segundo um vidro aquele óleo para ser oferecido ao primeiro político cara de pau que aparecer por lá – quando tira a barba cai serragem-, pedindo voto.

Decisão

Em duas partidas no Mangueirão, os tradicionais rivais do futebol paraense Paysandu e Clube do Remo decidem o campeonato paraense, um dos mais tradicionais da Região Norte, que consegue colocar 45 mil espectadores nas arquibancadas por jogo, o dobro e um Fla Flu. O Papão da Curuzú foi o campeão do segundo turno arrancando dois empates (2 a 2 e 3 a 3). Como as duas torcidas no Meio do Mundo são grandes, as agências de viagens já estão com pacotes disponíveis para os dois jogos, com passagem ida e volta hospedagem, transporte, ingresso e alimentação.

MINUTOS

Consulta - A Agência Nacional de Vigilância

Sanitária (Anvisa) aprovou a promoção de consulta pública para definir alterações nos rótulos de alimentos que contém ingredientes capazes de provocar alergia. Entre as chamadas substâncias alergênicas a serem listadas nas embalagens dos produtos estão: cereais com glúten, crustáceos, ovo, peixe e amendoim.


A4

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014

Setor atacadista e distribuidor discute entraves e soluções no AP Substituição tributária e a prorrogação da Suframa são um dos assuntos a ser discutido Fábio Gomes

Da Reportagem

A

manhã (31), acontece na Fecomercio, um evento para discutir o setor do atacado e de distribuição no Amapá. O encontro está sendo promovido pela Associação Brasileira dos Distribuidores de Produtos Industrializados (ABADE) e Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado do Amapá (ADAAP). Parlamentares também foram convidados para o encontro. O presidente da ABADE, José do Egito Frota Lopes Filho, confirmou presença no evento. O objetivo é discutir quais são os impactos que hoje o setor trazem

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

para o Amapá, além de outros assuntos relacionados como a Substituição Tributária e os problemas enfrentados com a Suframa. O segundo momento do evento será voltado para os profissionais de venda e vai acontecer no CEAP, a partir das 15 horas. A primeira parte contará com a apresentação do humorista Augusto Bonequeira. Já no intervalo, as empresas farão demonstração de seus produtos. Em outro momento, o palestrante Dalmir Santana estará dando uma palestra motivacional para os profissionais de vendas. Segundo a organização, a ideia é fazer um evento maior do que o planejado a principio, para contar com vários políticos afim de que eles possam sentir como o setor está sobrevivendo. “O atacadista é o responsável direto por essa cadeia de abastecimento dos produtos, principalmente produtos alimentícios. O evento será

tanto para o pequeno comerciante como para os grandes supermercados. Queremos com isso colocar a par os gestores públicos sobre como estamos conseguindo atuar no setor”, explicou Rudi-

mar Carlos Três, da Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado do Amapá. Pelo fato do setor envolver uma cadeia grande de abastecimento, acredita-se que o assunto deva

ganhar o apoio do Governo do estado e da Prefeitura de Macapá para reduzir as dificuldades enfrentadas pelo setor. Outro assunto que também terá destaque é a prorrogação da Suframa ERICH MACIAS

“QUEREMOS COM ISSO COLOCAR A PAR os gestores públicos sobre como estamos conseguindo atuar no setor”, explicou Rudimar Carlos Três, da Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado do Amapá

até janeiro de 2024. “Há, portanto um medo por parte dos comerciantes que daqui a nove anos venha se perder este beneficio”, disse Rudimar. “O estado do Amazonas não tem interesse nenhum que o estado venha ter Suframa, por que o estado tem área de livre comercio, o estado do Pará, porém, tem interesse em comercializar seus produtos aqui dentro do estado, o estado de Minas também comercializa seus produtos aqui, então o maior prejudicado com a perca da Suframa é o próprio estado por que os produtos aumentariam em cerca de 25%, se você tem que comprar uma teve aqui pagará um preço, mas se quer comprar em Belém através talvez de internet pagará pelo correio, lá sairia mais acessível, temos que mostrar para o Amapá como funciona o processo por que o maior beneficio é para o consumidor”, concluiu.

CNJ estuda criação de um fórum nacional para combater o tráfico de pessoas

O

Conselho Nacional de Justiça está avaliando a criação de um fórum nacional do Poder Judiciário para monitoramento das demandas relacionadas ao tráfico de pessoas. A informação do conselheiro Guilherme Cal-

mon Nogueira da Gama foi apresentada ontem (29) durante a abertura do 4º Simpósio Internacional para o Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, na sede do Tribunal Regional do Trabalho do Rio, no centro da cidade.

A minuta da proposta de criação do fórum foi entregue aos participantes do encontro para identificar tanto no plano nacional como nos estados as ações e as providências que podem ser adotadas concretamente. Segundo Gui-

lherme Calmon, na próxima semana a proposta será analisada pela Comissão de Acesso à Justiça e Cidadania do CNJ e, se aprovada, será encaminhada ao plenário da instituição, para decisão final. Segundo o conselheiro,

OUTRO PONTO DESTACADO pelo conselheiro é a proteção à vítima de tráfico de pessoas, para evitar a perseguição pelo crime organizado.

o fórum permitiria elaborar estudos e propor medidas coordenadas sobre o tema, em todo o sistema judicial. De acordo com a proposta, ele será formado por um comitê judicial nacional e comitês estaduais de enfrentamento ao tráfico de pessoas, integrado por conselheiros do CNJ, juízes auxiliares e outros indicados por comitês estaduais. Se a criação do fórum for aprovada pelo CNJ, será editada uma resolução criando o colegiado. “Isso deve acontecer ainda no mês de junho. Estou trabalhando com este prazo para, a partir disso, chamar os juízes de cada um dos estados e do Distrito Federal para montar os comitês estaduais e formar o fórum já com atuação integrada”, estimou. Para o conselheiro, um

dos pontos que devem estar nas discussões é a capacitação dos profissionais que tratam do tema. “O Brasil é um país de dimensões continentais e nem sempre o juiz que está na ponta, ao receber uma denúncia, tem condições de conhecer questões muitas vezes intrincadas”, disse. Outro ponto destacado pelo conselheiro é a proteção à vítima de tráfico de pessoas, para evitar a perseguição pelo crime organizado. Como exemplo de medidas protetivas estudadas, ele citou uma segunda identidade civil para a vítima. “São medidas concretas que, seja no comitê nacional ou nos comitês estaduais, a gente vai poder ter, até com propostas legislativas para avançar com a legislação atual”, adiantou.(Agência Brasil)


MACAPÁ-AP, SEXTA-FEIRA, 30 de maio de 2014

Geral

Polícia Militar reage e realiza pente fino nos coletivos da zona norte B2

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

NA BALANÇA

TUDO LIMPO

Mutirão de limpeza no Santa Inês marca o lançamento do projeto Banho Bacana

B2

Excesso de peso afeta 2,1 bilhões em todo o mundo

B4

Segurança lança Operação Saque Seguro Objetivo é alertar e orientar os clientes visando prevenir as conhecidas “saidinhas” Andréa Maciel

Da Reportagem

H

oje (30) é realizada a Operação “Saque Seguro” pela Coordenadoria de Segurança Comunitária da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), cujo objetivo é alertar e orientar os clientes de bancos sobre como proceder de forma segura ao realizar qualquer tipo de transação bancária, visando prevenir as conhecidas “saidinhas”. Através de folhetos ilustrativos que serão distribuídos aos clientes, a Sejusp espera diminuir a quantidade de assaltos que ocorrem quando o cliente sai do banco, as famosas (saidinhas), nas quais, geralmente um meliante já está nas proximidades observando a movimentação, a espera de uma oportunidade, pois eles contem dicas de como evitar a criação de novas vítimas. Segundo o Coordenador de Segurança Comunitária

da Sejusp, Rubivan Nobre, esta Operação preventiva, preocupa-se com toda a população, “pois somos todos clientes de bancos”. Ele afirma que na maioria das vezes as pessoas vão ao banco de forma displicente, sem tomar precauções devidas, como por exemplo, “se há alguém próximo, observando, pessoas com atitudes suspeitas”, orienta. As pessoas idosas e pessoas inexperientes quanto ao serviço bancário, bem como a utilização de seu maquinário, também são foco desta ação, pois, pelo fato de desconhecer, ou por qualquer tipo de dificuldade, acabam solicitando ajuda de terceiros que nem sempre estão bem intencionados. Além da Sejusp, estarão presente durante a execução da Operação, a Polícia Militar do 1º, 2º e 6º batalhão, a Guarda Municipal, além da média de 70 pessoas voluntárias. Todos divididos em 8 equipes. O Tenente da Polícia Militar, Emerson Real, explica que a atuação da PM será de apoio aos demais, cada batalhão possui uma área de atuação e designará viaturas de acordo com sua área para monitorar os locais próximos a agências bancárias, locais estes que serão alvos da distribuição dos panfletos.

DIVULGAÇÃO

O OBJETIVO É ALERTAR e orientar os clientes de bancos sobre como proceder de forma segura ao realizar qualquer tipo de transação bancária

“Nosso policiamento ocorrerá no entorno das agências bancárias, devido a proximidade da época de pagamento federal, estadual e municipal e

como forma de apoio a esta Operação. Normalmente o policiamento já é reforçado nessas áreas comerciais durante esse período”, diz o Tenente.

Esse é o primeiro ato, mas nossa intensão é que esta medida se repita todos os meses ou no mínimo a cada dois meses. Sempre próximo à época

de pagamento. A Campanha ocorrerá às 9h30 em frente de agências bancárias do Centro, Buritizal e Zona Norte de Macapá.


B2

Dia-Dia

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014

Polícia Militar reage e realiza pente fino nos coletivos da zona norte Somente este ano, cerca de 40 ocorrências já foram registradas de roubos e assaltos nos ônibus

A

Polícia Militar do Amapá (PM-AP) deu início a operação “Ônibus Seguro”, com objetivo de garantir a segurança de usuários do transporte coletivo de Macapá. De acordo com a instituição, o projeto foi colocado em prática para combater as ações criminosas cometidas por quadrilhas armadas, que estavam invadindo os veículos e roubando objetos pessoais e dinheiro de passageiros e dos rodoviários. “No mês de março, deste ano, as equipes de militares começaram abordar os ônibus em horários alternados, explicar aos ocupantes os motivos, revistar bagagens e pessoas em

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

atitudes suspeitas”, disse o tenente Real. Segundo ele, desde a semana passada, as abordagens foram intensificadas com a ocorrência de vários crimes praticados contra passageiros, principalmente em coletivos que circulam na Zona Norte da cidade. Em um dos casos, um membro da quadrilha reagiu à voz de prisão, atirou contra a guarnição, foi baleado e morreu e, no outro, um dos acusados acabou preso. Também foram apreendidas armas brancas. A investida dos policiais é realizada, nos horários diurno e noturno, nos coletivos que trafegam por todos os bairros de Macapá. De acordo com a PM, motoristas e cobradores alegavam que já estavam com medo de trabalhar devido a onda de roubos dentro dos ônibus, pois corriam riscos de morte, visto que, somente este ano, cerca de 40 ocorrências foram registradas. Embora as revistas demorem cerca de 20 minutos e

resultem em atraso dos ônibus, os passageiros também aprovam a ação. A Polícia Militar reforça a importância sobre prevenção que as pessoas devem ter ao usar aparelhos eletrônicos (celular, tablete, entre outros) em via pública, pois isso acaba gerando oportunidades de serem vítimas dos criminosos, ou seja, evitar o uso desses aparelhos em pontos de ônibus, via pública, praças, ou mesmo dentro dos coletivos. De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, o trecho onde os profissionais mais correm risco é na BR-210, entre os bairros Brasil Novo e Amazonas, os mais distantes do centro da cidade. Somente na semana passada, dez assaltos foram registrados, quase dois por dia. O prejuízo acumulado pelas empresas desde o início do ano ultrapassa R4 50 mil. “A alternativa, caso não ocorra uma intensificação imediata no policiamento nesses bairros, é parar os veículos a partir

DIVULGAÇÃO

O PROJETO FOI COLOCADO em prática para combater as ações criminosas cometidas por quadrilhas armadas, que estavam invadindo os veículos e roubando objetos pessoais e dinheiro de passageiros

das 20h, ou reduzir a frota, que no período de 20h a 0h é de 70%. Poderíamos colocar segurança particular em cada coletivo, mas

ia afetar muito a folha de pagamento”, destacou Décio Melo. O presidente do Sindicato dos Rodoviários Ge-

nival Cruz disse que aprova qualquer medida decidida pelo Setap, que venha a evitar os assaltos nas frotas.

Mutirão de limpeza no Santa Inês marca o lançamento do projeto Banho Bacana

C

om a proximidade do verão e o consequente aumento do número de banhistas nos balneários do Estado, o Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (Imap), em parceria com diversas entidades, realizará na quarta-feira (4), um grande mutirão de limpeza na orla do bairro Santa Inês. A ação ocorrerá pela manhã, com a coleta de materiais em toda a extensão da orla, e marcará o lançamento do projeto Banho Bacana, que será desenvolvido durante os

meses de junho e julho em diversos balneários da região. O projeto, que visa promover o levantamento da balneabilidade dos rios, acontecerá semanalmente, com a coleta e análise periódica da água, seguindo a Resolução nº 274, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), que classifica a água como própria ou imprópria para banho, com a avaliação dos índices de contaminação por coliformes termotolerantes (coliformes fecais e Escherichia coli). Este ano, seis municípios, além da capital do

Estado, serão comtemplados: Porto Grande (orla), Ferreira Gomes (orla), Pedra Branca do Amapari (Água Fria), Serra do Navio (balneário de Pedra Preta), Calçoene (Cachoeira Grande), Oiapoque (Balneário do Km 9 e a orla do município); em Macapá será realizada nos balneários da Fazendinha, Curiaú e Ariri. Hoje (30), às 14h30, todos os órgãos envolvidos participam de uma reunião, no auditório da Secretaria de Estado do Planejamento, para a socialização das ações do projeto. (Agência Amapá)

O PROJETO, QUE VISA PROMOVER o levantamento da balneabilidade dos rios, acontecerá semanalmente, com a coleta e análise periódica da água.

Justiça Eleitoral reúne com representantes dos partidos políticos

O

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) realizou ontem (29), em seu Plenário, uma reunião com os representantes de todos os partidos que pretendem concorrer nas eleições Gerais de 2014. Durante o encontro, coordenado pela Secretaria Judiciária (Sejud TRE/AP), foi explicado aos presentes como proceder para o Registro de Candidaturas. Com a proximidade de alguns prazos importantes, foram sanadas dúvidas dos representantes partidários. Além disso, na ocasião foi explicado o procedimento e documentação necessária para autenticação dos candidatos junto a Justiça Elei-

toral e informado aos presentes sobre a Cartilha explicativa do TRE (informativo elaborado pela Sejud e disponível no site do TRE: http://www.tre-ap.jus.br/ ). A reunião foi conduzida pelo o chefe da Seção de Registros Partidários da Sejud, Raimundo Fonseca. Entre os assuntos abordados no encontro estão: Registro de Candidaturas, Convenções Partidárias, Coligações, Propaganda Eleitoral, entre outras questões esclarecidas aos representantes das agremiações sobre os procedimentos da Justiça Eleitoral para as Eleições 2014. Conforme Raimundo Fonseca, os partidos/coligações poderão obter infor-

mações sobre número de candidatos de cada agremiação e demais peculiaridades sobre os concorrentes a cargos eletivos pelo site do TRE. Ele explicou ainda como acessar a página e conseguir os dados. As Eleições Gerais ocorrerão no dia 5 de outubro de 2014. Portanto, até um ano antes (04/10/2013), os candidatos deverão cumprir com os requisitos de domicílio na circunscrição e filiação em partido político para poderem concorrer aos cargos majoritários e proporcionais. A mesma regra vale para o registro de novos partidos junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Conferência discute propostas para melhoria na atuação da Defesa Civil Andréa Maciel Da Reportagem

O

Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM/AP), por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), realizou ontem (29) e dará continuidade hoje (30), a I Conferência Estadual de

Defesa Civil, com tema “Proteção e Defesa Civil: Novos Paradigmas para o Sistema Nacional”, no auditório do SEBRAE. O resultado será levado até a 2ª Conferência Nacional de Proteção e Defesa Civil que ocorrerá em Brasília. A Defesa Civil Estadual frente aos constantes desastres naturais, como en-

chentes, vendavais, diversos pontos de risco estendido no Estado do Amapá, está realizando este evento que visa discutir propostas para a criação de uma nova metodologia da Lei de Defesa Civil Nacional, para realizar novas diretrizes que permitam uma atuação de forma mais efetiva e antecipada deste órgão. O Secretário Executivo da Cedec, Coronel BM (Bombeiro Militar), Jerrilson Oliveira, explica que conferências foram realizadas em todos os municípios do Brasil, depois as estaduais e no segundo semestre, “levaremos as propostas para que elas sejam inseridas em uma nova lei que beneficie o nosso Estado para a Conferência Nacional em Brasília”.

A Conferência Nacional de Proteção e Defesa Civil (CNPDC) está em sua 2ª edição e será realizada entre os dias 4 e 7 de novembro de 2014, em Brasília. Nela todos os participantes das etapas preparatórias anteriores irão analisar e debater as propostas descriminadas nas conferências estaduais, virtuais e livres. Participarão esta etapa Nacional: Delegados (as) natos (as), eleitos (as) e indicados (as), com direito a voz e voto; Convidados (as), com direito a voz, mas sem direito a voto e observadores (as), sem direto a voz e voto. Quanto a Conferência Estadual, todos os órgãos governamentais, não governamentais, comunidade científica, empresas pri-

vadas, estão participando desta prerrogativa em prol de melhorias nos casos que assolam a comunidade científica. A abertura aconteceu

nesta quinta-feira (29), às 18h, no auditório do Sebrae, localizado na Avenida Ernestino Borges, 740. Hoje, sexta-feira, o encontro ocorrerá das 7h30 às 18h.


Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014

B3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja.com.br

Diante do abate ilegal da carne de porco, Diagro e Vigilância anunciam fiscalização Abate de suínos no Estado é feito sem nenhum controle. A maior parte da carne de porco vem de fora Jéssica Alves

Da Reportagem

A

pós o recebimento de diversas denúncias de que carne de porco é comercializada de maneira irregular na rampa do bairro Santa Inês, na Zona Sul de Macapá, uma prática ilegal e considerada crime à saúde pública, a Vigilância Sanitária de Macapá está preparando um esquema de fiscalização para o combate a esta prática. De acordo com informações da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Amapá (Dia-

gro), o abate de suínos no Estado é feito sem nenhum controle. A maior parte da carne de porco, e derivados, vem de fora, mesmo assim não se sabe a procedência do produto. Segundo Alvaro Cavalcanti, coordenador de defesa animal da Diagro os animais mortos comercializados são de responsabilidade da Vigilância Sanitária. “Atuamos de forma conjunta com outros órgãos e atendendo às denúncias realizadas, mas não temos conhecimento desde ato”, explica Alvaro Cavalcanti. Gisela Cezimbra, Diretora do Departamento de Vigilância Sanitária de Macapá afirma que a grande dificuldade é a falta de um espaço adequado para a realização do abate dos animais e com isso os feirantes realizam o procedimento no mesmo local que vendem o produto. “A carne é comercializada de for-

ma irregular e por isso vamos realizar essa ação em conjunto coma Diagro para recolher e proibir essa prática, mas não vamos conseguir de uma hora para outra. Será em longo prazo”, afirma. Cavalcanti completa que está em planejamento à construção de um matadouro exclusivo para a realização de abates de suínos e assim a venda das carnes possam ocorrer de maneira regular. “inclusive temos técnicos nossos que participam destas reuniões sobre o assunto com vários órgãos, para poder adequar junto com o estado”, diz Cezimbra. O coordenador de fiscalização da Diagro destacou que o órgão tem a responsabilidade de fiscalizar o trânsito dos animais dentro do estado. “Existe um programa de educação sanitária que realizamos para o estímulo de cadastro entre os barqueiros e assim, ter um maior controle sobre o manu-

DIVULGAÇÃO

A MAIOR PARTE da carne de porco, e derivados, vem de fora, mesmo assim não se sabe a procedência do produto

seio e o transporte dos suínos e dar ao consumidor maior segurança na hora de comprar a carne em açougues”, disse.

Uma reunião entre os dois órgãos ocorrerá, ainda sem data definida, onde serão discutidas e planejadas as estratégias

de fiscalização e cadastro dos vendedores e barqueiros para a prática regular de venda e abate de carne suína.

Inclusão no mercado de trabalho para pessoas com deficiência é debatida

Com este canto te chamo, porque depende de ti. Quero encontrar um diamante, sei que ele existe e onde está. Não me acanho de pedir ajuda: sei que sozinho nunca vou poder achar. Mas desde

logo advirto: para repartir com todos”. Recintando o poema de Thiago de Melo, o presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Jodoval Farias, destacou o momento de

mobilização entre vários órgãos, entidades, poderes e associações empresárias na audiência pública sobre a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho ontem (29), no auditório do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE/AP). O diamante em questão do poema de Thiago de Melo, ressaltado pelo presidente do Conselho, seria a oportunidade de emprego no mercado de trabalho para as pessoas com deficiência, que não atinge nem 1% no Amapá, de um total de 24% de pessoas que

apresentam algum tipo de deficiência no Estado, segundo dados do IBGE. Embora segundo a coordenadora municipal de Mobilidade e Acessibilidade Urbana (CMMAU), Ariane Luna, destaque que a Lei Federal nº 8.213/91 (Lei de Cotas), que obriga as empresas com mais de 100 funcionários a incluírem pessoas com deficiência ou beneficiário reabilitado no seu quadro, isso não é uma realidade no Amapá, nem no resto do Brasil. “Precisamos de incentivo e cobrar das empresas sua responsabilida-

de legal e social, de modo que proporcionem às pessoas com deficiência e aos beneficiários reabilitados acesso a uma vaga no mercado de trabalho em igualdade de oportunidades”. A atual gestão da Prefeitura de Macapá cumpre com a determinação da lei, mas ainda segundo o prefeito de Macapá, Clécio Luís, é necessário muito mais, como a questão das condições no ambiente de trabalho, em relação à acessibilidade e os equipamentos adequados. “Há dez anos venho me aprofundando em relação à acessibilidade. Já cheguei a fazer um experimento em que fiquei preso a uma cadeira de roda para poder vivenciar o dia-a-dia de uma pessoa com deficiência e a situação é complicada, em relação a tudo, ambientes, transportes, calçadas e outros. Estamos enfrentando várias dificuldades, mas a CMMAU está fiscalizando e orientando os empreendimentos, e até

obras da prefeitura, para que passam por todo esse processo. Mas, vendo hoje tantas entidades e poderes juntos em prol dessa causa, acredito que teremos muitos resultados”. Na audiência, o público assistiu a palestras e debateram sobre os direitos, oportunidades, ações afirmativas, acessibilidade e barreiras, as dificuldades no ambiente de trabalho e as conquistas, além a inclusão das pessoas reabilitadas. O Dia D O Dia D será hoje (30), no Sebrae. Momento dedicado ao atendimento para a inclusão da pessoa com deficiência e do beneficiário reabilitado no mercado formal de trabalho, reunindo no mesmo espaço as empresas que vão disponibilizar vagas e os trabalhadores candidatos a uma oportunidade de emprego. Para participar do dia D, a pessoa com deficiência ou reabilitada candidata a uma vaga de emprego deve comparecer das 8h às 12h ou das 14h às 17h, no Sebrae, no mesmo dia do evento, munido de RG, CPF, PIS/Pasep e carteira de trabalho. Quem não possui carteira de trabalho ou carteira de identidade, haverá emissão no dia.


B4

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014

Excesso de peso afeta 2,1 bilhões em todo o mundo

Nos últimos 33 anos, segundo os pesquisadores, a taxa de adultos obesos e com excesso de peso aumentou 28%, enquanto a das crianças e adolescentes (até os 19 anos) subiu 47% Agência Brasil

O

número de pessoas obesas e com excesso de peso aumentou de 857 milhões em 1980 para 2,1 mil milhões em 2013, revela estudo publicado ontem (29) pela revista Lancet, segundo o qual o problema continua aumentando. Nos últimos 33 anos, segundo os pesquisadores, a taxa de adultos obesos e com excesso de peso aumentou 28%, enquanto a das crianças e adolescentes (até os 19 anos) subiu 47%. Coordenada por Emma-

nuela Gakidou, do Instituto para a Avaliação e a Métrica da Saúde da Universidade de Washington (EUA), a equipe de pesquisadores diz ter feito a análise com base em dados recolhidos em estudos, relatórios e na literatura científica sobre a prevalência do excesso de peso e obesidade em 188 países entre 1980 e 2013. “Ao contrário de outros grandes riscos para a saúde, como o tabaco e a nutrição infantil, a obesidade não está diminuindo. Os nossos resultados mostram que os aumentos na prevalência da obesidade têm sido substanciais, generalizados e concentrados em curto período de tempo”, alertou Gakidou, citada em comunicado enviado pela Lancet. Apesar da “imagem preocupante” que os números traçam, o ritmo de crescimento da epidemia parece ter abrandado nos últimos oito anos nos países desenvolvidos. Nos países em desenvolvimento, onde se concentram 62% dos obesos do mundo, o ritmo mantém-se elevado. As diferenças entre os países desenvolvidos e os em desenvolvimento revelam-se também em outros fatores: no mundo desenvolvido, os homens têm maiores taxas de obesida-

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

BLOG DO BOLERO

ESQUELETO HUMANO É ENCONTRADO PRÓXIMO A COMUNIDADE DE CASA GRANDE Passarinheiros encontraram na manhã desta quarta-feira (28), um esqueleto humano, que estava em um ramal distante a 2 km da Comunidade de Casa Grande, na Rodovia Alceu Paulo Ramos. A POLITEC fez a remoção do esqueleto, que ainda exalava mau cheiro, pois, existiam pedaços de carne, principalmente na parte das mãos. Segundo o perito, o esqueleto é do sexo feminino, e a vítima aparentemente foi assassinada a facadas, cujo crime, deve ter ocorrido há cerca de dez dias. Inclusive, a POLITEC está pedindo a colaboração das pessoas que tenham alguém da família desaparecida, que compareça até lá, pois, o vestuário ( roupa íntima) da vítima está bem visível. RATOS D’ÁGUA FAZEM MAIS UMA VÍTIMA EM CRIME DE LATROCÍNIO Foi por volta das 06h00min da manhã desta quarta-feira (28), na Comunidade de Rio Seco, que o marítimo JOSÉ MARIA OLIVEIRA DA SILVA (56), acabava de embarcar na ubá dele, juntamente com um membro da família, que estava com uma criança de colo, quando foram surpreendidos por dois elementos, que estavam em uma pequena canoa, movida a motor rabeta, que anunciaram o assalto. Como houve reação por parte do José, um dos bandidos disparou um tiro contra ele, que morreu na hora. Enquanto isso, a outra vítima, pegou a criança e colocou no colo, evitando que os ra-

tos d’água, matassem os mesmos. Após pegarem todo o dinheiro do comerciante, quantia não revelada, eles fugiram. Até agora, não foram presos. COMERCIANTE É ESFAQUEADO POR CAUSA DE UMA DÍVIDA E ACABA MORRENDO NO HOSPITAL Na última segunda-feira (26), por causa de uma dívida, de pouco mais de 120 reais, o ODIRAN RODRIGUES DOS SANTOS, recebeu uma facada nas costas, praticada pelo ELIAS SILVA COSTA FARIAS, vulgo “Camargo”, cujo crime aconteceu em Oiapoque. Em face disso, o Odiran foi Internado, e seu estado de saúde era considerado estável. Acontece que, na manhã desta quarta-feira (28), teria recebido a visita de um oficial de justiça, que teria lhe informado sobre a dívida, referente a pensão alimentícia. O certo é que, em seguida, ele teve uma forte dor no peito, e acabou falecendo. O corpo deverá chegar nesta quinta-feira a POLITEC, onde será necropsiado. IRMÃOS SÃO ATACADOS POR DOIS ASSALTANTES E POR POUCO NÃO PERDERAM A VIDA Foi por volta das 06h00min da manhã desta quarta-feira (28), que os irmãos KLEBER e CLEITON MOURA VAZ, de 27 e 20 anos respectivamente, acabavam de sair de uma boate, no bairro Jardim Felicidade, quando cercados por dois elementos armados com armas de fogo, que exigiram o celular deles, e num gesto de reação, foram agredidos a terçadadas,sendo que o Kleber, teve a mão esquer-

de do que as mulheres e nos países em desenvolvimento ocorre o oposto. O maior aumento nos níveis de excesso de peso e obesidade ocorreram entre 1992 e 2002, sobretudo entre os 20 e os 40 anos. A prevalência de excesso de peso e obesidade nas crianças aumentou significativamente nos países desenvolvidos, de 17% em 1980 para 24% em 2013 entre os rapazes, e de 16% para 23% entre as jovens. Nos países em desenvolvimento, o aumento passou de 8% para 13% tanto entre os rapazes quanto entre as jovens nos últimos 33 anos.

Obesidade no Brasil parou de crescer, diz ministério Depois de oito anos em ascensão, a obesidade no Brasil, pela primeira vez, parou de crescer. Os dados fazem parte da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), apresentada hoje (30) pelo Ministério da Saúde. Apesar da estabilização do índice, o estudo aponta que 50,8% dos brasileiros estão acima do peso ideal – destes, 17,5% são obesos. Na primeira edição da Vigitel, a proporção de pessoas acima do peso era

da decepada, enquanto o Cleiton, foi atingido nas costas com várias terçadadas. Até agora, ninguém foi preso. POLÍCIA CIVIL CUMPRE MAIS DOIS MANDADOS DE PRISÃO A equipe Captura da Polícia Civil executou mais dois mandados de prisão, na manhã desta quarta-feira (28), e mandou para o IAPEN, o ARILTON CHAGAS DA SILVA (28) “Ari”, pelo crime de tentativa de homicídio, por meio de arma de fogo, praticado contra o ITALO ROBERTO LOPES “Lelo”, ocorrido nesta Cidade, no início do ano. HOMEM É PRESO ACUSADO DE ESTELIONATO MARCELO SANTOS (32), residente no Conjunto Cabralzinho, foi preso por volta as 11h00min da manhã desta quarta-feira, na Av. Desidério Antonio Coelho, o bairro do Trem, logo após se envolver em uma luta corporal com o RONEY COSTA, que é uma das vítimas do Marcelo, de crime de estelionato. Aliás que, pelo meno 12 pessoas estão acusando o Marcelo, de terem sido enganadas por ele. Segundo as vítimas, ele abordava as pessoas que tinham carro, e oferecia proposta de alugar o veículo, ao preço de 4.500 reais por mês, para Prefeitura de Santana, porém, alegando que, o proprietário, tinha que da um caução de 250 reais na hora do contrato. Acontece que, vários meses se passaram, e nada de sair o pagamento do aluguel. No momento em que ele foi apresentado pelo SGT A. Leite do 2º Batalhão, no CIOSP do pacoval, chegaram naquele Órgão, mais quatro vítimas do acusado. Como a prisão não foi em flagrante, o mesmo foi liberado e, vai responder a Inquérito Policial.

de 42,6% e a de obesos era de 11,8%. Os dados mostram que a proporção de obesos entre homens e mulheres é a mesma: 17,5%. Já em relação ao excesso de peso, os homens acumulam percentuais mais expressivos: 54,7% contra 47,4%. O estudo também indica que a escolaridade se mostra um forte fator de proteção entre o público feminino. O percentual de excesso de peso entre as mulheres com até oito anos de estudo é de 58,3%. Entre mulheres com, no mínimo, 12 anos de escolaridade, o percentual cai para 36,6%. A prevalência da obesidade cai pela me-

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br DIVULGAÇÃO

tade entre os dois grupos, atingindo 24,4% e 11,8%, respectivamente. Para o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, os resultados positivos em relação ao excesso de peso e à obesidade estão diretamente relacionados aos avanços na alimentação saudável e à prática de atividades físicas. A Vigitel aponta um aumento de 11% em cinco

anos no percentual de atividade física no período de lazer, passando de 30,3% em 2009 para 33,8% em 2013. Os homens são os mais ativos: 41,2% praticam exercícios no tempo livre, enquanto, em 2009, o índice era de 39,7%. Entretanto, o aumento da prática de exercícios entre as mulheres foi maior, passando de 22,2% para 27,4% no mesmo período.

Coordenação de DST/Aids intensifica ações de prevenção no Estado Agência Amapá

A

intensificação das ações de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e Aids se deu, principalmente, com a instalação de dispensadores de preservativos em escolas e órgãos públicos. Segundo a Coordenação Estadual de DSTs/Aids e Hepatites Virais, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), por exemplo, em todos os municípios do Amapá já contam com esses equipamentos. No ano passado foram instalados 300 dispensadores com a distribuição de mais de três mil camisinhas. O projeto foi implantado com o

objetivo de facilitar o acesso da população aos produtos de prevenção como a camisinha masculina e a feminina, além do gel lubrificante. O próximo passo é disponibilizar esses produtos em outros locais estratégicos como as escolas, centros comunitários, associação de mulheres e espaços de grande movimento de pessoas. “A experiência dos dispensadores de preservativos nas Unidades de Saúde mostra que quanto mais descentralizarmos a oferta de camisinhas, mais as pessoas pegam e levam para casa. Isso é bom, porque contribui para a redução dos casos”, dis-

se o enfermeiro do DST/ Aids, Vencelau Pantoja. A Coordenação vai ampliar o acesso da população nos municípios do Estado ao teste rápido, uma das alternativa para saber se a pessoa é portadora do vírus HIV. “Em menos de 25 minutos já se tem o resultado tanto para HIV, sífilis e hepatite. O teste é oferecido gratuitamente nos postos de saúde ou no Serviço de Atendimento Especializado (SAE) em Macapá para fazer o exame. Em todos os municípios do Estado existe profissional capacitado para realizar os testes” ressaltou coordenadora do DSTs/Aids, Sílvia Maués.

Sancionada ampliação do RDC para obras em presídios

DIVULGAÇÃO

Agência Amapá

A

ampliação do Regime Diferenciado de Contratações (RDC) para obras de construção e reforma de presídios, instituída pela Medida Provisória 630/2013, foi sancionada na última quarta-feira (28) pela presidente Dilma Rousseff. Durante a tramitação da matéria no Congresso, a relatora, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), chegou a propor a aplicação do regime - mais flexível em relação às regras da Lei de Licitações - a todas as licitações públicas, mas a nova mudança acabou rejeitada. Com a sanção da MP 630, como Lei 12.980/2014, o uso do RDC, criado inicialmente para as obras relacionadas à Copa do Mundo e às Olimpíadas de

2016, passa a ser possível em mais quatro hipóteses: nas ações do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), no Sistema Único de Saúde (SUS), no sistema público de ensino e nos estabelecimentos penais e unidades de atendimento socioeducativo (para menores). A nova lei também muda as regras do RDC para a contratação integrada do RDC - modalidade que reúne numa só lici-

tação os projetos básico e executivo e a própria execução da obra. Agora, a modalidade exige, além de justificação técnica e econômica, a presença de pelo menos uma das seguintes condições: inovação tecnológica ou técnica; possibilidade de execução com diferentes metodologias; e possibilidade de execução com tecnologias de domínio restrito no mercado.


MACAPÁ-AP, SEXTA-FEIRA, 30 de maio de 2014

Geral

Suplementos alimentares consumidos de maneira incorreta podem causar danos à saúde C2 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

SOCIEDADE Dia de Conciliar

Feira do livro

Tema da Flap 2014 é definido C3

Será hoje (30), a realização de mais um mutirão temático promovido pela 1ª Vara do Juizado Especial Central do Fórum Virtual de Macapá, localizado na Avenida Padre Júlio Maria esquina com a Rua Odilardo Silva C4

Comissão aprova inclusão de estudantes estrangeiros nas bolsas do Prouni

A proposta será enviada à Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), onde tramitará em caráter terminativo Agência Senado

O

s estudantes estrangeiros poderão vir a ser qualificados para solicitar bolsas dentro do Programa Universidade para Todos (Prouni). A possibilidade está prevista no Projeto de Lei do Senado (PLS) 324/2011, de autoria do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), que obteve ontem (29) parecer favorável da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE). A proposta será enviada à Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), onde tramitará em caráter terminativo. O projeto foi aprovado com três emendas do relator, senador Cristovam Buarque (PDT-DF). Segundo

o texto, a bolsa de estudo integral do Prouni poderá ser concedida a brasileiros e estrangeiros “residentes em situação regular”, não portadores de diploma de curso superior, cuja renda familiar mensal per capita não exceda o valor de um salário mínimo e meio. Os estrangeiros em situação regular também poderão receber bolsas parciais, de 50% ou 25%, desde que a renda familiar per capita não ultrapasse os três salários mínimos. Ainda de acordo com a proposta aprovada, posterior regulamento disporá sobre a concessão de bolsas a estrangeiros, assegurada prioridade aos estudantes provenientes de países africanos e latino-americanos. Em seu voto favorável, Cristovam lembrou que durante décadas os Estados Unidos e diversos países da Europa ofereceram bolsas de estudo para jovens brasileiros. Esses programas, observou o senador, ajudaram a formar muitos jovens, que muitas vezes criaram laços de amizade nos países onde estudaram. Agora, em sua opinião, o Brasil já alcançou um nível de desenvolvimento que lhe permite

oferecer o mesmo tipo de apoio a jovens da África e de outros países da América Latina. — Os jovens estrangeiros residentes no Brasil já são brasileiros. E interessa a nós que eles sejam bem formados — disse Cristovam ao defender a aprovação do projeto, durante reunião da comissão presidida pela senadora Ana Amélia (PP-RS). Durante o debate, o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) manifestou preocupação em garantir as bolsas a todos os brasileiros interessados, antes de alcançar os estrangeiros. O relator respondeu que está clara a prioridade a brasileiros e pediu ao governo para ampliar os recursos destinados ao Prouni. Ana Amélia disse que a população muitas vezes tem dificuldade em entender por que o governo cria programas que vão beneficiar “países amigos”. Por isso, ela concordou com a necessidade de se garantir atenção prioritária aos estudantes brasileiros. Acordos A comissão também aprovou dois projetos de decreto legislativo sobre acordos internacionais. O

DIVULGAÇÃO

AINDA DE acordo com a proposta aprovada, posterior regulamento disporá sobre a concessão de bolsas a estrangeiros, assegurada prioridade aos estudantes provenientes de países africanos e latino-americanos

PDS 50/2014, que teve Cristovam como relator ad hoc, aprova Acordo sobre Auxílio Jurídico Mútuo em Matéria Penal, firmado pelos governos do Brasil e da Turquia. O PDS 47/2014, cujo relator ad hoc foi Flexa, aprova o Acordo de Cooperação Econômica e Tecnológica entre o Brasil e a Romênia. Por recomendação do relator, Flexa Ribeiro, a comissão rejeitou o PLS 500/2011, de autoria da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que autoriza o Poder Executivo a desenvolver, lançar e operar satélite que atenda à

região amazônica e a firmar acordo com outros países da região para compartilhamento de custos e de utilização do satélite. Segundo o relator, o projeto é inconstitucional por autorizar outro Poder a praticar atos de sua competência. A comissão aprovou ainda quatro requerimentos de realizações de audiências públicas. As audiências tratarão da proteção à inovação, de violações de regras do comércio internacional que prejudicam exportações brasileiras, da atuação de tropas brasileiras no Haiti e da atuação

das Forças Armadas em questões relacionadas à segurança pública. Ana Amélia concedeu vistas coletivas do PLS 26/2014, de autoria do senador Alvaro Dias (PSDB-PR), que acaba com o sigilo bancário de operações de instituições oficiais de crédito com países estrangeiros. O objetivo do projeto seria evitar a repetição de casos como a assinatura de financiamento, com cláusulas secretas, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao governo de Cuba, para modernização do porto de Mariel.


C2

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Venda de suplementos sem critérios gera preocupação, diz Anvisa no Amapá DIVULGAÇÃO

Os produtos são geralmente utilizados por pessoas que almejam definição muscular em um curto período de tempo Karina Rodrigues

Da reportagem

S

eja para manter a energia durante as atividades ou para ganhar massa muscular, os suplementos alimentares sempre foram um grande aliado dos atletas de academia. Essas substâncias, à base de proteínas, aminoácidos e açúcares, caíram no gosto dos esportistas, ganharam cada vez mais adeptos, saíram das academias e ocuparam espaço em lojas especializadas nesse tipo de produto. Segundo a chefa da divisão de saúde da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Elizete Paraguaçu, a maior preocupação é falta de critérios na hora do consumo de suplementos. “Muitas pessoas utilizam por indicação de um ami-

SEGUNDO a chefa da divisão de saúde da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Elizete Paraguaçu, a maior preocupação é falta de critérios na hora do consumo de suplementos

go, mas esses produtos precisam ser vendidos com alguns critérios, muitas vezes os suplementos estão sendo comercializados dentro das próprias academias, por isso pretendemos publicar normas técnicas para que sejam publicadas para regulamentar esses estabelecimentos e a venda desses produtos. A questão da venda sem nenhum critério, principalmente sem nenhuma avaliação médica põe em risco a saúde dos consumidores, porque assim como esses produ-

tos servem podem trazer benefícios estéticos traz risco a saúde”, ressalta. “As pessoas tem que procurar por qualidade de vida e não usar produtos que sobrecarreguem o corpo, porque podem ocasionar lesões hepáticas caso seu uso seja exacerbado. Os suplementos precisam ser usados de forma racional, para que não traga danos e não afete a qualidade de vida”, afirma. De acordo com Elizete, a Anivisa tem alguns critérios para a comercializa-

ção de suplementos, inclusive alguns já tiveram a sua venda proibida no país. “Não podemos expor nosso corpo dessa forma, pois o uso desses produtos podem trazer danos irreversíveis. Os critérios já são estabelecidos pela Anvisa, mas a parte de fiscalização fica encarregada pela vigilância sanitária municipal. ”, disse. “Fizemos uma sinalização para a própria Anvisa nacional, que é o órgão que regulamenta os estabelecimentos assistenciais de saúde do país inteiro, e

Felipão monta time campeão da Copa das Confederações no primeiro coletivo

DIVULGAÇÃO

Futebol

L

uiz Felipe Scolari comandou, pela primeira vez, um treino coletivo na Granja Comary, ainda que em campo reduzido. Depois de aquecer os atletas, atender a reportagem da Rede Globo e comandar um trabalho de passes, o treinador montou duas equipes e colocou como titular a mesma formação que venceu a Copa das Confederações no ano passado. A escalação foi formada por Júlio César, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho, Hulk, Oscar e Neymar; Fred. A opção pelo time já testado já havia sido adiantada por Felipão em entrevistas anteriores. Com coletes azuis, o time principal jogou contra Jefferson, Maicon, Dante, Henrique e Maxwell; Fernandinho, Hernanes, Ramires, Willian e Bernard; Jô. O duelo aconteceu em metade do campo principal e foi comandado de perto por Felipão, que ficou orientando seus comandados. A divisão dos times, a

A

TORCIDA REMISTA quer matar a saudade de ver o time em campeonatos brasileiros

princípio,só tira uma dúvida sobre as preferências de Felipão, se é que ela ainda existia: Victor, que ficou sentado atrás do gol do time reserva durante a atividade, é o segundo reserva de Júlio César. A atividade, como tem pedido Felipão, foi intensa. Ainda no bobinho, Neymar acertou uma entrada mais forte em Bernard, que entendeu e abraçou o companheiro. Quan-

do o jogo já estava rolando, foi Jô quem acertou uma solada em Luiz Gustavo, que não gostou e fez cara feia, apesar dos pedidos de desculpa do atacante. Depois do coletivo, os jogadores fizeram um trabalho de jogada ensaiada. Um defensor lançava um atacante, que escorava a bola para o meia, que abria o jogo para o ponta, que cruzava na área para os ata-

cantes testarem os goleiros. Thiago Silva, Marcelo, Mawxell e Henrique não participaram da atividade. No fim do trabalho, Felipão dividiu os jogadores para trabalhos específicos. Zagueiros e volantes treinaram domínios e lançamentos em um lado do campo, enquanto o restante do grupo seguiu treinando chutes a gol na parte oposta.

A

emoção ficou por conta da reviravolta no placar e a tensão sobrou para o final da partida após ânimos acalorados. Nem mesmo a confusão no final do jogo ofuscou a emoção do clássico entre Remo e Paysandu na última quarta-feira (28). O Papão ao empatar em 3 a 3 com o Leão, durante os acréscimos finais da partida, sagrou-se campeão da Taça Estado do Pará. Foi um primeiro tempo pegado. Paysandu e Remo fizeram um jogo equilibrado, com os dois times buscando o gol. E foi o Leão quem deu o primeiro bote, aos 6 minutos, com Lean-

dro Cearense, que após receber num cruzamento rasteiro dentro da grande mandou a redonda no fundo do gol. O Paysandu ficou mais ofensivo e partiu ao ataque, mas foi surpreendido após uma cobrança de escanteio cruzado na área, que deixou Raphael Andrade livre para marcar de cabeça o segundo gol. No segundo tempo, o Remo parecia mais reservado, no intuito de segurar a vantagem no placar e o técnico Roberto Fernandes optou por recuar o time ao tirar Thiago Potiguar e colocar mais um zagueiro. Porém, aos 13 minutos, Lima recebeu na área e chutou direito no gol, di-

minuindo o marcador. O Leão respondeu logo em seguida com Rubran, que de cabeça abriu ainda mais a vantagem, passando a administrar a vitória certeira que lhe daria o título. Os torcedores já começavam a comemorar o título e os jogadores relaxaram. Foi aí que o Paysandu enxergou a brecha e numa cobrança de pênalti aos 36 minutos, Augusto Recife diminuiu a vantagem. Mas, o grande nome da partida foi Zé Antônio, que nos acréscimos finais, aos 49 minutos, de cabeça deixou tudo igual e garantiu o título ao Paysandu, que jogava pela vantagem do empate. Após o gol de empate

do Paysandu, os ânimos ficaram a flor da pele e uma confusão generalizada tomou conta do campo. O jogo teve que ser interrompido após uma briga entre os jogadores dos dois times e o árbitro decidiu encerrar a partida por falta de segurança.

mias faz com que os suplementos sejam mais consumidos, pois os alunos entram em uma semi dieta para alcançar a forma física desejada. Mas é importante alertar, que não se deve trocar as três principais refeições, por suplementação, porque esses produtos ajudam apenas a complementar a alimentação. A maioria das pessoas que optam por consumir os suplementos, querem resultados rápidos e com pouco esforço”, garante. Segundo Fábio, o crescimento muscular é o principal resultado esperado pelos consumidores. “A pessoas que não gosta de treinamento longo e sacrificante procura esse meio para obter resultados mais rápidos, mas não tenho autonomia para prescrever nada, no caso indicamos para que os nossos alunos procurem um profissional de nutrição para fazer o acompanhamento. Se for usado de maneira correta pode trazer muitos benefícios, mas se for usado de maneira excessiva traz muitos riscos, porque tudo em excesso é prejudicial à saúde, pode acontecer de o aluno ter uma desidratação severa e também sobrecarregar o fígado”, finaliza.

Wanderlei não realiza exames médicos e é retirado de luta com Sonnen; Vitor Belfort é o substituto MMA

Empate nos acréscimos garantiu o título Futebol

para cuidar desse tipo de caso agora foi criada uma gerência de estabelecimentos de interesse a saúde, que é justamente onde está incluindo as academias, lojas de suplementos e casas de massagem”, destaca. A busca por resultados mais rápidos para adquirir o corpo desejado pode levar a atalhos perigosos. Quando a malhação parece insuficiente, a procura pelos suplementos alimentares pode se passar de uma mania e colocar a saúde em risco. As substâncias são comercializadas com proposta de oferecer nutrientes extras, como vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos ou aminoácidos. Mas a indicação, muitas vezes é desrespeitada pelos próprios consumidores. Porém, em vez de ser aliado e auxiliar na obtenção da forma física perfeita, os suplementos podem causar sérios danos se não são ingeridos na dosagem e frequência corretas. O personal traine Fábio Prata, explica que todas as pessoas podem fazer uso de suplementos, desde que tomem certos cuidados. “O aumento por exercícios físicos e pelas acade-

rivalidade entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen não vai mais ser decidida no octógono, pelo menos por enquanto. Isso porque nesta quarta-feira, foi anunciado que o brasileiro não compareceu aos exames médicos pedidos pela Comissão Atlética de Nevada para participar do UFC 175, e foi retirado do card. Em seu lugar, Vitor Belfort assumirá o duelo contra Sonnen. A notícia foi confirmada pelo companheiro de treinos de Sonnen, Vinny Magalhães, via Twitter. A Comissão Atlética de Nevada, entidade responsável pelas competições na cidade de Las Vegas, realiza os exames anti doping periodicamente, como forma de assegurar que os atletas

não utilizam substâncias proibidas durante os treinamentos. Wanderlei ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, assim como o UFC não divulgou qual será a punição sofrida pelo lutador. Segundo o Combate.com, tanto Chael, quanto Vitor, realizaram os testes e estão aptos a lutarem no evento. Os dois são ex-usuários da terapia de reposição de testosterona, a TRT, recenetemente proibida pela Comissão. Em entrevista ao Fox Sports, Sonnen afirmou que, embora a luta seja realizada entre os pesos meio pesados, o vencedor do duelo terá a chance de enfrentar o vencedor da disputa de cinturão dos médios, entre Chris Weidman e Lyoto Machida, luta principal do mesmo UFC 175.

Demian está na corda bamba do UFC e revés em casa ainda “martela” na cabeça MMA

D

emian Maia já é um veterano de UFC, com trajetórias em duas categorias de peso e uma disputa de título contra Anderson Silva. Mas nem isso o tranquiliza antes de voltar a lutar em casa pela organização. Vindo de duas derrotas, uma delas especialmente dolorosa, contra Jake Shields, o paulista tem a exata noção de que está na corda bamba, à mercê do “facão” do Ultimate. Neste sábado, ele busca reencontrar aquele Demian finalizador de sua fase inicial nos meio-médios, para tirar o peso dos ombros. O lutador terá como rival Alexander Yakovlev, estreante na organização, mas bastante rodado no MMA russo. Demian vem de reveses contra Shields e Rory MacDonald, em lutas que ficou próximo da vitória, mas perdeu nos detalhes. Quando fala em Jake Shields, Demian admite que é uma luta que ainda martela

sua cabeça. “Ficou até hoje... Talvez por muitas pessoas me acharem favorito, esperavam que eu ganhasse com sobras. Mas ele é um cara duríssimo. Eu ainda acredito que ganhei, estava até vendo a luta esses dias. E foi muito dolorido porque podia me levar ao cinturão e por ser uma daquelas lutas em que você sente que ganhou e dão para o outro. Você se sente injustiçado. É diferente da luta contra o Rory, em que não me senti tão mal, em que senti que cheguei no meu limite”, desabafou o brasileiro, que se tivesse vencido no UFC Barueri teria lutado pelo cinturão – hoje de Johny Hendricks. Passadas as derrotas, Demian encara o combate deste sábado como um “tudo ou nada”. “É uma luta importantíssima. É fundamental na minha carreira agora. Tenho que ganhar agora, não tenho outra opção”, disse ele. Demian explica que a pressão dentro do Ultimate é enorme, e sobre todos os atletas.


Diversão&Cultura

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014

Tema da Flap 2014 é definido

DIVULGAÇÃO

O guarda parque e poeta popular, senhor Garrafinha será tido como patrono

C3

Editora: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Ex-BBB Marcelo Zagonel é presença vip hoje na Green Music Hall

Andréa Maciel Da Reportagem

O

tema da Feira do livro do Amapá (Flap), “Leitura e memórias ancestrais”, foi definido em reunião do Comitê Executivo, com os escritores amapaenses na última terça-feira 27, na Biblioteca Pública Eucy Lacerda. Seus projetos estão divulgando o trabalho dos artistas e da cultura amapaense. Este tema permitirá a Flap dar ênfase a importância dos Sítios Arqueológicos localizados no Amapá, focando-se no Sítio do Rego Grande, localizado no município de Calçoene, assim será possível discutir, ler e escrever sobre eles. O guarda parque e poeta popular, senhor Garrafinha será tido como patrono. “Como já é costume, realizaremos chamada pública para os artistas interes-

ESTE TEMA permitirá a Flap dar ênfase a importância dos Sítios Arqueológicos localizados no Amapá

sados em participar. Quando esta chamada não é cumprida nós chamamos os artistas que já deixaram seus portfólios em nosso banco de dados”, afirma a presidente do comitê Flap, Carla Nobre. O trabalho da feira vem possibilitando aos escritores da terra, mais notoriedade no cenário amapaense através de Projetos. Carla Nobre explica que 11 obras foram publicadas através do Si-

maozinho Sonhador, destes, dois eram autores amapaenses, entre outros. “Isso traduz que temos muitos talentos aqui no estado e a podemos ver o potencial deles, tivemos também o projeto Caravana dos Escritores em parceria com a Biblioteca Pública que promoveu a participação de 10 escritores amapaenses e além do corredor literário onde 60 escritores locais percorrem lugares diversos que

não tem muito acesso a literatura e permitindo que essas pessoas conheçam nossos escritores”, diz Nobre. A feira deste ano contará com 10 dias de intensa programação no período de 29 de outubro a 8 de novembro, entrando nos moldes das feiras nacionais. Os interessados em obter mais informações podem acessar o blog: www.feiradolivrodoamapa.blogspot.com.br

Porto Grande realiza o 1º Festival do Milho em junho, promovendo o agronegócio e a agricultura Agência Amapá

A

Associação Fruto Cultural do Amapá (Asfecult) realiza, no período de 6 a 8 de junho, o 1º Festival do Milho no município de Porto Grande, distante 103 quilômetros de Macapá. O evento será no balneário da cidade e conta com a parceria do Governo do Amapá, através da Secretaria de Estado da Cultura, do Sebrae e da prefeitura local. De acordo com o coordenador e presidente da Asfecult, Gregório Dias, o 1º Festival do Milho vai proporcionar o desenvolvimento do agronegócio, que contribuirá para o desenvolvimento econômico e social do município, apoiando os empreendimentos rurais e não rurais, além de promover a agricultura da região. “Haverá barracas para micro e pequenas empresas e espaços destinados aos empreendimentos informais. Esperamos uma grande movimentação dos visitantes na cidade e, com isso, o aquecimento da economia local. As frutas são compradas diretamente do produtor, no roçado, e comercializadas sem atravessador. O Festival receberá visitantes das comunidades próximas e dos municípios vizinhos”, explicou. Durante os três dias de programação, haverá um

DIVULGAÇÃO

festival gastronômico com vários tipos de iguarias feitas a partir do milho, para exposição e comercialização. Também haverá alvoradas festivas, curso de capacitação para agricultores e iguarias; concursos de gula e de iguaria; quadra junina e pau de sebo; shows com bandas regionais e gospel e o momento mais esperado do evento: a escolha da Rainha do Festival. O 1º Festival do Milho será encerrado com muito tecnomelody. A atração principal ficará por conta da banda Batidão, de Belém (PA).

Programação Dia - 06/06 (sexta-feira) 6h - Alvorada festiva 7h - Abertura do Festival 10h - Curso de capacitação para agricultores 11h - Abertura das barracas 19h - Culto Ecumênico 20h - Show com banda regional

6h - Alvorada festiva 8h - Quadra junina e pau de sebo 19h - Escolha da Rainha do Festival 22h - Encerramento do Festival - Show com banda nacional

Dia - 07/06 (sábado) 6h - Alvorada festiva 8h - Curso de capacitação em iguarias 9h - Quadra junina e pau de sebo 12h - Concurso da gula 15h - Concurso de iguaria - quesitos: inovação e criatividade 17h - Show com banda regional Dia - 08/06 (domingo)

Resumo das Novelas Malhação Bernardete e Abelardo comemoram sua vida de casados. Anita acompanha Ben até a rodoviária. Ben não embarca para Curitiba e pede abrigo a Sidney em segredo. Vera, Ronaldo e Hernandez explicam tudo sobre Antônio e a investigação para a família. Antônio se antecipa ao encontro e sequestra Sofia. Ben vê Anita sendo raptada e vai atrás da namorada. Anita revela a Antônio que a irmã não está grávida.

Geração Brasil Jonas se desentende com Gláucia e suspende sua mesada. Shin consegue convites para a festa da Coreia, e Tomás fica radiante. Jonas conta para Pamela que Gláucia falou mal dele para Jack. Lara conta para Iracema sobre o pai de Tomás. Evangelina pede para dormir com Brian. Brian teme que Maria fale sobre ele com os jornalistas. Cidão convida Dante para participar de um show na Pedra Lascada.

Meu Pedacinho de Chão Epaminondas sugere que Renato inaugure o pronto-socorro, como oportunidade para Ferdinando fazer seu discurso como candidato a prefeito. Ferdinando explica a Pedro Falcão e a Gina que quer fazer uma campanha limpa, sem ofensas ao atual prefeito. Serelepe dá a primeira aula para Zelão e diz que irá ensiná-lo a escrever a palavra ‘amor’.

Em Família Neidinha e Theo se beijam na casa de repouso e são repreendidos por Miss Lauren. Selma chama Ricardo de Ramiro e derruba café quente nele sem querer. André diz aos amigos que torce para Bárbara ficar com Lucas, mas no fundo fica incomodado ao vê-los conversando. Branca surpreende Gisele ao elogiar Murilo. Com a ajuda de Nando, Juliana consegue um acordo com Iolanda sobre as visitas a Bia. Bárbara mostra para Shirley as fotos que Marina fez dela. Selma furta um objeto da casa de Juliana. Laerte conta para Verônica que vai se casar com Luiza. Virgílio dá um sermão em Jairo por ter faltado ao trabalho.

O modelo Marcelo Zagonel está com presença marcada para hoje, à meia noite, na casa de shows Green Music Hall. Sem dúvida uma boa pedida para esta sexta-feira

Inscrições para o concurso “Ruas na Copa” se encerram amanhã, avisa a Sedel Agência Amapá

A

s inscrições para o concurso público denominado “Ruas na Copa” se encerram amanhã, 31, às 12h, e podem ser efetuadas gratuitamente na sala 12 do Ginásio Avertino Ramos ou no Núcleo de Esporte, Participação e Aventura (Nepa) da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), que funciona no Estádio Milton de Souza Corrêa, o Zerão. A efetivação da inscrição está condicionada à apresentação de um responsável legal maior de 18 anos que resida no perímetro da via a ser avaliada. Poderão participar somente as ruas ou avenidas do município de Macapá devidamente inscritas. O objetivo do evento é avaliar as ruas e avenidas

mais ornamentadas, caracterizadas com adereços e cores brasileiras da Copa do Mundo 2014 e o torcedor mais criativo. A Sedel fará o credenciamento da equipe responsável pela avaliação, não podendo haver qualquer tipo de interferência externa. No dia 4 de junho, às 9h, no Estádio Zerão, será feita a leitura e esclarecimento do regulamento. Outras informações com Feliphe Lacerda, gerente do Nepa, através do telefone 91321734. Premiação A rua ou avenida que vencer em 1º lugar ganhará uma TV de plasma (60 polegadas). A que ficar em 2º lugar receberá uma TV de 42 polegadas. O torcedor melhor uniformizado ganhará uma camisa oficial da seleção brasileira.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Mercúrio em Câncer traz movimento da alma, o diálogo interno ganha ênfase, em semanas adiante, a partir de hoje. O ritmo da vida pede introspecção. Arranjos e movimento em casa. Talvez viaje para rever familiares. Vênus em Touro: melhoria financeira a vista!

Libra (23 set. a 22 out.) Um dia pra comemorar ? finalmente Vênus entra em Touro, tornando sua vida, no geral, mais fácil. Ela traz o poder da concretização, e desperta todos os seus sentidos. Refinado e conectado com os ciclos naturais da vida, você se sentirá mais a vontade e seguro.

Touro (21 abr. a 20 mai.) Seu planeta regente Vênus entra hoje em seu signo, um auspicio maravilhoso para a saúde, a beleza, o poder de sedução etc. Principalmente para ser mais fiel a si mesmo, dando o toque pessoal em tudo que fizer. Os deuses o escutam agora. Poder de concretizar.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) A porta bandeira do amor, Vênus, está passando na sua avenida a partir de hoje. O que quer dizer que estará mais atraído pelas pessoas. Sexo, lealdade, amor, afeto, carinho são itens que buscará com mais ardor. É bem capaz de aparecer alguém mais a fim de você.

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Mercúrio e Vênus em signos diferentes mantém o aspecto fluente dos últimos dias. Sinal de que você conta com sorte, ajuda de outras pessoas e capacidade de intuir os passos certos para viver melhor, de acordo com seus valores e desejos. Arte ajuda na comunicação.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) A partir de hoje ? e por algumas boas semanas ? a conexão com as pessoas passará pelo plano material e emocional. O diálogo ficará meio emperrado, o livre pensar sai perdendo por algum tempo. A sensualidade ganha espaço, mas a exigência é de alta fidelidade.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) O clima astral de hoje traz mudanças ? algumas ficarão vibrando por semanas. Insatisfação e inquietude com Mercúrio em seu signo ? é hora de expressar os medos, os temores que tiram seu sono! Vênus em Touro traz presentes de amigos queridos, e sua fidelidade.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Prepare-se para mudanças em duas frentes a partir de hoje. A primeira é ótima, trazida por Vênus que tempera com sabores sensuais sua vida afetiva e sexual. O prazer da conquista fará você brilhar. Por outro lado, Mercúrio acentua diferenças de mentalidade com todos.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Lua e Urano protegem o desenvolvimento de projetos junto a grupos de pessoas, terá notícias a respeito. Mercúrio em Câncer pede discrição sobre vida particular por várias semanas a partir de hoje. E Vênus em Touro destaca seu poder de realização na carreira, foque nisso!

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Hoje, a Lua em Gêmeos favorece a expressão suave de seus talentos, e ressalta sua inventividade. Terá ótima noticia sobre concurso ou prova por causa disso! Mercúrio em Câncer e Vênus em Touro: preocupações poderão abalar saúde, mas conforto familiar será poderoso.

Virgem (23 ago. a 22 set.) Tem coisas que você não precisa dizer para os amigos, porque eles sabem ler na sua alma. E daqui em diante, quanto mais estiver perto destes, melhor! Assim o ajudarão a se entender e a colocar ordem no tumulto de seus questionamentos. Sensualidade!

Peixes (20 fev. a 20 mar.) Tente se livrar o mais cedo possível das obrigações de trabalho, para se dedicar mais aos assuntos de casa. Com Urano favorecendo iniciativas talentosas, a área financeira e familiar se beneficiam hoje, você não pode perder essa chance. Mercúrio sensibiliza e traz intuição.


Sociedade

LÚCIA THEREZA @luciathereza lucia.ghammachi@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 30 de maio de 2014

Diagramadora: Maraina Melo - maramiranda@jdia.com.br

Felicidades! Quem está com nova idade é a Coordenadora do Cerimonial do Palácio do Setentrião Meire Penafort. A colunista registra a data e faz TIM TIM TIM!

TIM TIM

Dia de Conciliar

S

erá nesta sexta-feira (30), a realização de mais um mutirão temático promovido pela 1ª Vara do Juizado Especial Central do Fórum Virtual de Macapá, localizado na Avenida Padre Júlio Maria esquina com a Rua Odilardo Silva. Na oportunidade, uma equipe formada por 10 conciliadores vai atender a demanda nas 30 audiências agendadas. O atendimento será no horário das 8h00 às 12h00. O mutirão de conciliação vai envolver, dentre outras, demandas de relação de consumo, execução e cobrança de dívidas. O juiz Fábio Santana dos Santos, responsável pela Unidade, vê com satisfação quando as partes atendem ao convite do Judiciário nessas ocasiões. “Isso demonstra que as pessoas estão mais abertas a vivenciar a cultura da paz. Quando se aproximam e buscam a composição de seus interesses, pelos caminhos da conciliação, a animosidade e o conflito é solucionado”.

P Quem trocou de idade foi o professor de Tênis Paulo Cesar Silva. A coluna registra com votos de felicidades, com muita saúde e que seus sonhos sejam todos realizados. Parabéns!

Sucesso

A

empresária e colunista social do Jornal Diário do Amapá declarou nas redes sociais: “Recebemos hoje, pela manhã, a simpática visita da querida amiga Juliane Pereira, Vice-Presidente do Jornal do Dia, acompanhada de Paolo Oliveira, gerente Comercial, para nos presentear com a indicação ao Prêmio Nossa Gente - Troféu Júlio Pereira, na categoria Programa de Rádio Jornalismo. Evento ocorre dia 26 de junho, no Espaço Divina Arte. Agora, aos nossos ouvintes, é só entrar e votar na enquete oficial. Acesse www.enquete.jdia.info e escolha o campeão de audiência do rádio amapaense!” Na foto com o grande jornalista e empresário da comunicação Luiz Melo.

Conselheiros

articipação do Conselho Estadual de Educação do Amapá no CODISE (Colegiado Nacional de Diretores e Secretários de Conselhos de Educação) em Manaus e no XLII FNCE ( Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação) em Boa Vista - RR. Estes dois encontros foram de suma importância para que o CEE-AP organize e prepare o XLIII FNCE que acontecerá em Macapá no período de 21 a 23 de setembro de 2014. É o Amapá nas decisões e discussões nacional sobre a Educação.

C

Saborear & Brindar

om uma grande quantidade de áreas verdes, a cidade de Teresópolis está localizada no topo da Serra dos Órgãos, cercada de lindas paisagens como rios, cascatas, somadas a rica flora e fauna locais, sendo muitas espécies pertencentes à Floresta Atlântica. Quando estiver por lá, visite o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, com seus inúmeros picos. Oferece inúmeras opções de lazer, riachos, cascatas, trilhas e piscinas naturais. Local propício para a prática do alpinismo e excursionismo. Na Feira de Artesanato de Teresópolis há mais de 800 barracas que comercializam: cerâmica, tecido, tricô, brinquedos, bijuterias, pratas, palha, couro, camurça, plantas desidratadas, além de outros comestíveis destacando-se: mel, biscoitos, licores, chocolates, sorvetes, defumados, etc. Turismo ecológico e esportes radicais é a cara de Teresópolis. Por tudo que possui, ela é ideal para montanhismo, expedições, mountain bike, caminhadas ecológicas, passeios a cavalo, com jipes e micro-ônibus. Teresópolis é considerada a capital nacional do montanhismo.

Jornaldodia30052014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you