Page 1

MACAPÁ-AP, DOMINGO E SEGUNDA, 27 E 28 DE OUTUBRO DE 2013 - ANO XXVI

* FUNDADO EM 04 DE FEVEREIRO DE 1987

•DOMINGO E SEGUNDA R$ 2,50 •TERÇA A SÁBADO R$ 1,50

NAS CONCESSIONÁRIAS

Honda Fit 2014 tem taxa zero Nova versão de entrada CX começa a ser vendida e reservada

ELEN COSTA

BOMBEIRO: luta contra o fogo

Naufrágio, explosões, incêndio e mortes violentas marcam este ano

B2

Voto obrigatório e gastos sem limite podem ter fim O Grupo de Trabalho de Reforma Política decidiu que vai apresentar proposta para que o voto seja facultativo no Brasil, além de

LUTA PELA VIDA

proposta criando teto de despesa para a campanha eleitoral. Esse teto será definido em lei pelo Congresso Nacional e cada

partido poderá optar pelo modo de cumprimento do teto, se por financiamento privado, misto ou público. nB3

Apoio aos desabrigados conta com várias frentes DIVULGAÇÃO

Ajuda às vítimas revela heróis com e sem farda

D3

Amapaenses se despedem de um Outubro Negro

Há relatos que um bombeiro teria se ferido durante o socorro mas que não deixou de trabalhar, pois foi medicado e voltou para ajudar as vítimas. nB3

AÇÃO SOCIAL

Esporte e Cidadania arrecada doações

A Defesa Civil juntamente com várias equipes, em levantamento preliminar dão conta de aproximadamente 400 famílias convivendo nos abrigos montados pelo governo. O cadastro e triagem serão feitos de forma que não permitam que pessoas “oportunistas” se aproveitem da situação.

DIVULGAÇÃO

TRANSTORNOS MENTAIS

Portadores são as principais vítimas do abandono familiar OPINIÃO

É comum avistar em Macapá portadores de doenças mentais abandonados, vagando sozinhos

pelas ruas. Estes estão em constante risco, pois com a ausência do apoio familiar só podem ser resga-

Desumanização e compaixão Tragédias, como o próprio nome sugere, são circunstâncias nas quais a dor, o sofrimento, a angústia etc., se tornam a tônica. É o momento em que a superação da realidade adversa parece, de certo modo, impossível. nA3

DIVULGAÇÃO

Febap realiza curso para novos A Federação de Badminton do Amapá (Febap) iniciou ontem, o curso de capacitação para novos treinadores. A entidade amapaense solicitou o curso da Confederação Brasileira de Badminton (CBBd). nC2

FEIRA DO LIVRO

NESTA EDIÇÃO CADERNO A............................4Pag. CADERNO B............................4Pag. CADERNO C............................4Pag. CADERNO D............................4Pag. CLASSIDIA...............................8Pag.

tados das ruas e receber atendimento específico quando estão em situação de crise. nB1

ESPORTE

DIVULGAÇÃO

Os participantes levaram para o local do evento, alimentos não perecíveis, água potável, itens de higiene pessoal, entre outros donativos. nC1

NO HOSPITAL das Clínicas Dr. Alberto Lima (HCAL) há 16 leitos na Clínica de Psiquiatria

nC3 Leitura e sustentabilidade são focos na segunda edição

NA INTERNET: www.jdia.com.br - REDAÇÃO: 3217.1117 - COMERCIAL: jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO: 3217.1111 - ATENDIMENTO: 3217.1110


A2

Opinião

Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Poucas & Boas • Camilo Capiberibe ?@ CamiloPSB Todos apoiando a decisão de garantir moradia digna aos atingidos pelo incêndio. Além disso definimos o pagamento do aluguel social. • Camilo Capiberibe ?@ CamiloPSB - Eu quero agradecer o apoio de toda a população que com sua solidariedade está ajudando muito no amparo à população afetada pelo incêndio. • Camilo Capiberibe ?@ CamiloPSB - Funcionários públicos, comerciantes, comerciários, pessoas humildes, empresários, jovens, idosos tds unidos

ajudando com doações ou trabalho • Prefeitura de Macapá ?@PMMacapa - Macapá solidária: mais de 5 toneladas de alimentos já foram doadas pelos amapaenses • Prefeitura de Macapá ?@PMMacapa - Central de Doações é transferida para o Comando da Polícia Militar • Santuario Nacional ?@ padroeira - Devotos prestam homenagens a São Frei Galvão em Guaratinguetá (SP) http:// • Jornal O Globo ?@JornalOGlobo - Contra priva-

Araquari, norte de Santa Catarina. Um homem foi preso

tização, funcionários dos Correios cruzam os braços em Portugal • Estadao ?@Estadao DF: Explosão em ministério das Comunicações, foi causada por superaquecimento, diz CEB; 30 ficaram ferido • Fiat Automóveis ?@ FiatBR - Gostou do comercial da #NovaStrada? Que tal um pouquinho mais? Use o Shazam durante o vídeo http://youtu.be/4BTOYx5DJEs e descubra! • Polícia Federal ?@ agenciapf - PF apreende mais de 12 mil comprimidos de ecstasy em

• Ministério da Saúde ?@minsaude - Homens e mulheres c/ até 49 anos podem vacinar contra Hepatite B. Proteção só é garantida c/ 3 doses http://bit. ly/12E5LkV #HepatitesVirais • G1 ?@g1 - Incêndio atinge a área interna de estádio da Copa . Um incêndio atingiu a Arena Pantanal na tarde desta sexta-feira (25), em Cuiabá. Uma fumaça preta pôde ser vista de longe do estádio, que ainda está em fase construção. Segundo informações da Secretaria Extraordinária da Copa, placas com isopor armazenadas no subsolo pagaram fogo.

O papel do prefeito RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

O

s agentes públicos do município de Macapá estão precisando tratar melhor a sua gente. E tratar melhor, não significa fazer tudo o que é pedido. Considerar tudo como uma questão a ser analisada, é natural e demonstra respeito por aqueles que pagam a conta e ainda selecionam, pelo voto, o seu dirigente. Tratar pode ser, também, dizer um “não” com eloquência, mostrando objetivamente os motivos e assumindo a responsabilidade pela resposta. Dizer um “sim” apenas para agradar, ou para enganar, pode ser mais cruel do que o “não” com a certeza de que está escolhendo o melhor caminho. Um desses “nãos” pode ser dado para aquele parlamentar, que mesmo cheio de boa vontade, oferece recursos para “resolver” problema dele, de uma promessa ou do que entende ser oportuno ou que esteja “engatilhado” em Brasília.

CONSELHO EDITORIAL Presidente:

Aldenor Benjamim dos Santos

CONSELHEIROS Haroldo Pinto Pereira Danieli Amanajás Scapin Carlos Augusto Tork de Oliveira José Arcângelo Pinto Pereira Janderson Carlos Nogueira Cantanhede Heloisa Figueiredo Pereira

Os exemplos das obras, por menores que sejam, e que implicam na manutenção de sua funcionalidade à custa do município, precisam ser bem analisados para, ao invés de se tornar uma solução, se torne em um problema. Para quem acompanha a questão da saúde do Brasil, o que se vê é o Ministério da Saúde, cada vez mais querendo que os municípios assumam a responsabilidade que, se não é do Ministério, é de todo o sistema de saúde pública, inclusive do Ministério da Saúde, que se especializa em mandar construir, com recursos de programas especiais, como os PAC’s, postos de saúde, de unidades básicas de saúde e, até hospitais, e depois pular fora na ocasião de equipar e contratar pessoal e comprar medicamentos. Dessa forma, um município como Macapá, onde a população cresce em proporções acima da média nacional, significa comprometer o orçamento que já é curto e

Editado por Omega Publicidade Ltda. Rua Mato Grosso, 296 A - Bairro Pacoval CEP. 68.908-350 - Macapá-AP CNPJ 03.926.197/0001-82 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(*1917 +2006) e Irene Pereira(*1923 +2011) 1º Presidente: Júlio Maria Pinto Pereira 1987 a 1991 - (*1954 +1994) 2º Presidente: José Arcangelo Pinto Pereira 1991 a 2003

mir. É assim na vida e é assim na política. Ninguém dever “pegar a rodilha se não aguenta o peso do pote”. Este adágio serve para tudo e para todos, inclusive para o administrador bem intencionado, que todos os dias, busca solução para os problemas que já tem. O prefeito de Macapá já sabe, perfeitamente, que os problemas que tem superam a capacidade de resolver a todos. Então, porque aceitar novas responsabilidades? Novas atribuições? Fazendo assim, não vai adiantar de nada, daqui a pouco não vai ter recursos para asfaltar um palmo de rua, ou melhorar qualquer das praças da cidade. O que sobra é o sonho da parceria, aquela que é boa para o parceiro da Prefeitura e nunca boa para a população do município. Prometer o que sabe que não pode cumprir, mesmo que tenha muito vontade de fazer, não é coerente e está fora de qualquer condição razoável para motivação de desempenho satisfatório e conforme a população quer papel do prefeito.

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296 A Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68.908-350 E-mails Pautas e contatos com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br Departamento Comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA - Tel.: (91) 3244.4722

3º Presidente: Maria Inerine Pinto Pereira 2003 a 2005 Vacância do Cargo 2005 a 2012 4º Presidente: Haroldo Pinto Pereira 2013 Presidente Executivo: Haroldo Pinto Pereira haroldopereira@jdia.com.br Vice-Presidente e Diretora Comercial Juliane Pereira juliane.pereira@jdia.com.br Gerente Comercial: Edson Coelho edson.coelho@jdia.com.br Consultoria Jurídica : Juliane Pereira (OAB/AP 1320) Jakeline Morato Pereira de Souza (OAB/AP 1381) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede cantanhede@jdia.com.br

ÍNDICE Opinião .....................A2, A3 Geral ..........................A4 Geral ..........................B1,B2,B3 Polícia ........................B4

no qual não cabe, nem a compra de equipamentos, nem a compra de medicamentos e muito menos, a contratação de pessoal. Os municípios e, nesse caso, Macapá entre eles, estão recebendo uma carga de responsabilidade muito maior do que aquela que dá conta, a não ser que torne cada vez mais as outras ações, própria do município, mais precárias ou cancele-as, com o prefeito assumindo as responsabilidades pelas consequências. Não se trata de fugir de qualquer responsabilidade, se trata isso sim, de encontrar a medida certa para assumir as responsabilidades novas, às vezes patrocinadas por um aliado ou por um adversário, que tem interesse em tirar a culpa dele e colocar no colo de outro, seja esse outro, preferencialmente, um adversário. Como fazer para poder dar as respostas? Planejar, de forma segura, todas as suas ações de tal forma que torne claro o gasto possível, sem ter que estar assumindo responsabilidades que não possa assu-

Contatos: Fale com a redação (96) 3217-1117 (96) 3217-1108 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Acompanha o

caderno de ClasssiDia 8pág. Geral ...........................C1 Esporte ......................C2 Cultura .......................C3 Social ..........................C4

Aos domingos Veículos ....................D1,D2,D3 Informe .....................D4

Edição número

8340

Coluna

ESPLANADA POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

PT BARRA CPI E BLINDA PADILHA

P

ressionada pelo PT, a Mesa Diretora do Senado acaba de engavetar o pedido da CPI da Violação do Direito Humano à Saúde (CPI do Erro Médico), que havia sido aprovada pelo presidente Renan Calheiros. Dezenas de dossiês contra médicos, em especial de Brasília, com fotos e provas, pararam na mesa do senador Magno Malta (PR-ES), que lutou pela instalação. Embora o alvo fossem hospitais privados, o PT temia que a CPI atingisse o ministro Alexandre Padilha, pré-candidato ao Governo de São Paulo.

Fábrica de mortes Segundo Malta o objetivo era ‘apurar falhas no sistema público e privado que resultaram em óbitos’. O MPF está de olho em hospitais de Brasília.

‘Nas trevas’

Disse tudo

Malta complementa: ‘quando eu entrei com o pedido da CPI, recebi e tive todas as assinaturas, e, em seguida, houve uma movimentação no escuro, nas trevas’.

‘Desaprovo quem usa a máquina para marketing eleitoral como alguns fazem’. A frase é de Gleisi Hoffmann, que entrega tratores todo mês no Paraná, onde é candidata.

Turbulência

O aeroporto de Maricá (RJ), alvo de ataques dos aeroclubes após dois acidentes na cidade, foi citado na CPI do Narcotráfico em 1999 com a ‘conexão com Atibaia’, com suspeitas de operação de transporte de drogas. Está citado nas páginas 844 e 899 do relatório, inclusive com menção a uma pessoa ligada à mais influente família da cidade. Dona Engraçada A presidente Dilma está mais descontraída nas cerimônias públicas por orientação do marqueteiro João Santana. No anúncio dos municípios no PAC 2, ela arrancou risos ao interromper discurso: ‘Tem algo errado aqui hoje. Aumenta o volume, por favor’. Desafinou Enquanto deputados lideram frente contra uso de animais em pesquisas laboratoriais, e preparam excursões país adentro, o Ministro de Ciência e Tecnologia, Marco Raupp, defende testes em animais cobaias. Ex-comuna é.. Todo petista tem um pé no comunismo. A coluna descobriu a ata de fundação do PCdoB no Paraná com cinco signatários, em 1985. Entre eles Gleisi Hoffmann. Pensando o futuro A turma de Marina anda na ativa. Ocorre dia 29 o Rio Clima 2013. ‘Redistas’ estarão em peso no evento, um dos fóruns mais importantes sobre mudanças climáticas da AL. Mineirinho Pré-candidato ao governo de MG que evita a mídia, o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, não escapa à oposição. O deputado Hauly (PSDB-PR) apresentou requerimento sobre financiamento do BNDES de 2007 a 2013 ao setor privado. Pós-Arcanjo Procurador responsável pela prisão do ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro em Mato Grosso, o hoje senador Pedro Taques (PDT-MT) pede mudanças na Lei

de Proteção às Testemunhas. Ele aponta vulnerabilidade no sistema. Soou o gongo A despeito da renovação de contrato para mapeamento de satélites, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, quase foi convocada pela bancada ruralista para explicar atrasos no Cadastro Rural. A turma não desistiu e tentará na Quarta. Atacante.. O deputado estadual Rogério Correia (PT) aproveitou a ida da presidente Dilma a BH e, a pedido do presidente do Galo – time da presidente – pediu para que ela intervisse no BC, para liberar milhões de reais retidos com a venda do ponta Bernard. Chine$e$ Como a soja veio da China, o Brasil poderá ter de pagar bilhões de dólares aos chineses por uso desta genética. É o que propõe protocolo de Nagoya. Receberia royalties apenas por mandioca, entre outros. Cobrança pode inviabilizar setor. Na vitrine Após denunciar vários políticos por crimes ambientais, procurador da república Mário Avelar quer ser candidato ao governo de Tocantins e negocia ingresso no PDT. Ponto final Psiquiatras bolivarianos preocupados com o presidente Maduro, da Venezuela. Diz que tem conversado com Chávez, que renasceu num passarinho que o visita na janela.

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013

Entre Aspas JANDERSON CANTANHEDE Jornalista

Reforma - Nesta edição, um dos assuntos principais é a reforma política que ainda está em banho maria no Congresso Nacional. Mas, afinal de contas, se todos são a favor da reforma política, por que ela não é feita? Mudar para quê? - A resposta é muito simples: quem quer mudar as regras do jogo deseja alterar o resultado do jogo. Se os parlamentares que deveriam votar essa reforma se elegeram com as regras que estão aí, por que quereriam mudá-las? Consenso - A construção de consensos quanto às regras de acesso e distribuição do poder é difícil. O consenso que instaurou a ordem política em vigor foi construído

na Constituinte de 1988. Mudá-lo não é tarefa simples. Muito menos é algo que se consiga às pressas. Aumento do eleitorado Depois da Revolução de 30, o sistema eleitoral conheceu expressivo avanço tanto na inclusão da população no eleitorado com o voto feminino em 1934, voto do analfabeto em 1985 e, com a Constituição de 1988, idade mínima de dezesseis anos para o eleitor. Dificuldade - Reformar sistema dessa natureza é tarefa extremamente difícil, visto que significa nada menos que obter o consentimento do poder para mudar as bases em que ele se assenta. No entanto, é preciso mudar.

Necessidade - Uma nova ordem faz-se urgente, sob pena de sérios danos à democracia brasileira, que, a duras penas, lutamos para consolidar. Perguntas - O brasileiro, seja ele classe A, B, C ou D, faz a mesma pergunta de dois em dois anos: “se vivemos em uma democracia, porque sou obrigado a votar?”. “Se todos os partidos deveriam ter o mesmo poder de gastos, porque então não nivelar esse limite?”. São perguntas que não calam nas discussões da reforma. Mesma desculpa - Muitos preguiçosos mentalmente podem até argumentar que o voto obrigatório estimula a democracia. Eu vejo diferente. Se não me sinto à

Opinião

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

vontade para escolher os candidatos na hora da urna, porque sou obrigado a perder meu tempo saindo de casa para votar em qualquer um ou até mesmo vender meu voto? A voz das ruas - A classe política não pode deixar de ouvir as vozes da sociedade. Numa democracia onde a opinião da população deve ser levada em conta, descobrir o que a sociedade pensa e agir conforme os seus desejos contribuem para a estabilidade institucional. Por cada um - O caminho, conforme a lei da Ficha Limpa já indicou, é a iniciativa popular. Mas, atenção! A reforma não é panaceia, e deve começar, necessariamente, no cidadão, pois ela não ocorrerá enquanto convivermos com o elevado grau de analfabetismo político que permeia todas as camadas da nossa sociedade. Bom domingo...

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@hotmail.com / cantanhede@jdia.com.br Blog: jandersoncantanhede.wordpress.com

O cavalo terá a sela? DOM PEDRO JOSÉ CONTI

Bispo de Macapá Certo dia, um sábio abade quis colocar à prova o mais aplicado dos seus noviços. Chamou o jovem e lhe disse: - Escuta Paulo, quero lhe dar um presente; se souber rezar para mim o Pai-Nosso sem nunca afastar o seu pensamento da oração vou lhe doar um cavalo de raça, que você poderá montar e usar como quiser. - Oh! – sorriu Paulo – o que o senhor me pede é muito fácil. O noviço ficou logo impaciente e já começou a sonhar, imaginando-se correndo, montado no cavalo. Começou a reza. – Pai nosso, que estás nos céus...- Ele repetiu a oração decorada, mas o seu pensamento voou longe da oração e, sem perceber, parou e perguntou ao mestre: - Mas o cavalo terá a sela para eu poder montar? – O abade sorriu e consolou o jovem que tinha perdido o prêmio. Domingo passado, Jesus, com a parábola da viúva insistente, nos convidava a nunca desistir da oração. No evangelho deste domingo ele nos ensina com qual disposição interior devemos apresentar a Deus os nossos pedidos. O fariseu e o cobrador de impostos são um exemplo de homens de

oração; eles vão ao templo e se apresentam a Deus. Mas a reza dos dois é completamente diferente. O primeiro, cheio de orgulho, exalta a si mesmo, as suas próprias obras e julga o outro com desprezo. Ao contrário, o cobrador de imposto reconhece a sua condição de pecador, fica de cabeça baixa e pede misericórdia. Jesus diz que a oração deste último foi acolhida; a do outro não. O que agrada a Deus é a humildade da pessoa e não a falsa segurança de quem se vangloria de si mesmo e se acha no direito exclusivo dos favores divinos. Neste caso, o fariseu estava convencido de ser um homem justo e correto. As suas boas ações provavam isto. Deus só podia confirmar a sua postura perfeita. Nem passava pela sua cabeça que podia ser diferente. O orgulho nos torna cegos. A humildade, ao contrário, nos faz confiar na misericórdia de Deus que imploramos suplicantes. Assim o Pai pode continuar a acolher os pecadores, a perdoá-los e a fazer festa pela sua conversão. O segredo da oração está no reconhecimento da nossa condição humana, da nossa fraqueza e da necessidade da sua

Jesus fala das suas palavras, aquelas que Pedro, um dia, chamou de “palavras de vida eterna” compaixão. Se não sentimos a falta de Deus, se não nos abrimos ao seu amor, o próprio Deus não pode nos obrigar nem a amá-lo e nem a acolhê-lo. Quem tem o coração cheio de si mesmo, não encontra nele espaço para acolher a bondade de Deus. Acontece que, em geral, dificilmente percebemos esta falha em nossa oração. Muitas vezes cumprimos as obrigações religiosas mais para apaziguar as nossas consciências e nos considerar corretos aos olhos de Deus do que para nos deixar alcançar pelo amor dele. Para os santos, a oração era um verdadeiro encontro com Deus, era contemplação da grandeza do Altíssimo e do seu amor sem limites e não a apresentação dos próprios merecimentos. Nossa Senhora ora e canta as maravilhas de Deus “pois ele viu a pequenez da sua serva” (Lc 1,48). Assim acontece que nós, muitas vezes, pedimos perdão pelas nossas distrações durante a oração. Pedimos perdão porque dormimos e não conseguimos concluir o terço ou porque rezamos deitados. É

muito fácil nos distrair quando a oração é repetitiva ou a homilia, durante a Missa, nunca acaba. Passam pela nossa mente as preocupações do dia a dia, as angústias, os sofrimentos nossos e de quem amamos. As incertezas do futuro, da nossa vida e da nossa morte, parecem também nos afastar da verdadeira oração. No entanto questões concretas não estão ausentes nem na oração que Jesus nos ensinou. Pedimos o pão de cada dia, assim como a força de perdoar aqueles que nos ofenderam. Com fome e com ódio no coração nenhuma oração é possível. Com a solidariedade e a partilha, com o perdão corajoso, aprendemos a abrir o nosso coração ao irmão pobre de alimento e de amor. A questão, portanto, não é pensar no cavalo quando rezamos. A questão é aprender a nos apresentar perante Deus assim como somos, carregados de fraquezas e pobres de amor. Somente assim, sem o peso do orgulho, Deus mesmo nos conduzirá mais perto dele e nos dará a verdadeira paz do coração.

Desumanização e compaixão DORIEDSON ALVES

T

PROFESSOR

ragédias, como o próprio nome sugere, são circunstâncias nas quais a dor, o sofrimento, a angústia etc., se tornam a tônica. É o momento em que a superação da realidade adversa parece, de certo modo, impossível. Vidas acabam sendo desfeitas, impossibilitadas de seguir, futuros brilhantes se convertem em memórias tristes, após serem interrompidos, e o tempo se faz recorte ininterrupto de algo que não se pôde, até certo ponto, prever: o acontecimento trágico. Ai, vem a grande lamentação: tudo foi perdido! Não adiantam lamentações, acusações, ofensas, pois não haverá refluxo temporal ao exato momento em que a desventura aconteceu. Ora, ninguém é imune às intempéries da existência social, coletiva, individual; portanto, todos, em menor ou maior grau, podem (e irão) sofrer algum tipo de infelicidade. Isso nos remete a ideia de desumanização: o império da indignidade, isto é, quando a realidade elaborada, de forma sobretudo sofrida – e que para alguns é miserável – vem a baixo, destruindo quase tudo, sobrando apenas as mazelas, além das feições desoladas dos que foram atingidos e forçados a conviver com a incerteza. No entanto, essas condições contraditórias e penosas, sem dúvida nenhuma, reúnem

os requisitos, mais do que apropriados, para o exercício da compaixão, sem a afirmação da necessidade compulsória em tomar o lugar do outro, porém com o compromisso de enxergar o outro como uma extensão de si. Qualquer evento trágico sempre desumaniza. Desumanizar é destituir o sujeito de sua condição humana, rompendo com o que ficou entendido como traço da realidade sociocultural vivida, experienciada, defendida enquanto modelo – para determinado grupo humano – em sua convivência. O indivíduo que passa pela desumanização experimenta a condição de quem foi retirado, de algum modo, da sua “zona de conforto”, onde as coisas ocupavam o lugar devido, cada uma harmoniosamente ligada às demais. No entanto, o pior é a falta de comprometimento de uns com ou outros, como se fossem categorizados e separados por graus de excelência: os melhores, de um lado, os piores, do outro, sem nenhuma possibilidade de mistura, pois a pobreza contaminaria a nobreza. Então, por que resgatar aquele que me é estranho? Assim, o estranhamento se converte em instrumento de insensibilização, pois a catástrofe só atinge, pelo menos em tese, os diretamente envolvidos. O resto

continua desfrutando, sem sobressaltos, as benesses da segurança falsa, em sua inescrupulosa concepção de imunidade. Ela (a imunidade) está presente quando não se é atingido e o mundo da tragédia é colocado como aspecto deformado, por caracterizações socioeconômicas, fora do seu raio de ação. Eis a grande justificativa: a desobrigação da responsabilidade. E a compaixão? Sem o comprometimento do agir, ela acaba se tornando simples figurar de retórica, elemento fundamental ao discurso desprovido de senso prático (exceto o interesseiro), exibida como adorno a vaidade do falso virtuoso. Noutro sentido, essa palavra expressa, na sua mais intensa acepção, a ideia do sofrer com o outro. Não é um sofrimento alheio, descompromissado, como um olhar de longe, desobrigado; ou, o que é bem pior, a pena. O “sofrer com” permite ao indivíduo alcançar o semelhante na angústia daquilo que o incomoda, estando junto de quem realmente precisa, se compadecendo daquele que se encontra oprimido por uma calamidade. Sendo assim, ele se solidariza, especialmente ao sentir o desespero expresso na imagem do caos (as casas queimadas no Perpétuo Socorro). Na verdade, as representações se tornam presente no choro de quem está completamente desesperado, sem eira nem beira, encurralado pela dúvida se poderá, nova-

A3

mente, reconstruir a própria dignidade, num processo contínuo e difícil de reumanização. Lá, entres os diversos objetos destruídos, se encontram, sob as cinzas, os anseios de dezenas de pessoas vivendo sem o glamour, a riqueza, o desperdício, de quem tem muito, tentando viver com alegria, esperança e dignidade, um dia após o outro. Eles são como você e eu! A culpa, de quem será? Do anônimo sem governo. Ele, na negligência de quem governa, dispôs as palafitas intercaladas, uma a outra; depois, num ato de insanidade, ateou fogo nelas. Este homem, anônimo e perdido, verá a descompostura do sujeito que esquece a importância dos governados, tornando absurdo o ato de gerir a coisa pública, sobretudo ante a calamidade humana anunciada. Esse é o motivo de declararem total desconhecimento da “razão trágica”, serva fiel da negligência, acompanhante corrupta do descaso, prisioneira do desejo libertino de poder. Esse sujeito é aquele indivíduo escondido atrás do egoísmo do seu mundinho “perfeito”, reservado a pompa de quem possui o status adequado, podendo circular livremente pelas suas vielas, entre os gabinetes, sem o receito de ser tomado pela angústia de tudo perder, enquanto a cidade arde em chamas. Onde estão os filhos legítimos da Assembleia (e da Câmara também), representantes eleitos do povo?

Dia-Dia

Problemas e riscos

M

acapá já é considerada como uma cidade grande dentro da Amazônia Legal e junto com o município de Santana atinge por volta de 600 mil habitantes. Com esse contingente populacional, estatisticamente comprovado começam acontecer situações como aumento dos índices de criminalidade com destaque para roubos e assaltos, mortes violentas causadas por acidentes de trânsito, uso de armas brancas, de fogo e suicídios, problemas nas áreas de saúde, educação, mobilidade urbana e habitação. Essa última obriga a população migrante a ocupar bairros periféricos, quase todos contendo ressacas, que por lei estadual é proibido ocupá-las. Assim de um dia para o outro surge um novo e desordenado bairro e o poder público não tem agilidade para atender grande parte das demandas para dar um mínimo de dignidade aquele contribuintes. No máximo uma ligação comunitária de água, um esqueleto de energia elétrica de onde são puxadas centenas de ligações clandestinas e passarelas de madeira com duração de no máximo um ano. Como já foi registrado no município de Laranjal do Jarí, Sul do Amapá, vários e grandes incêndios já aconteceram. Na Capital, a repetição dessas tragédias já é realidade. Se as condições atmosféricas presentes no verão como ausência ou pouca quantidade de chuvas, sol e ventos fortes Os soldados do aliados ao ajuntamento fogo são brade casas, cujas ligações elétricas promovem vos, obedientes às curtos-circuitos transformam-se em verda- ordens e bem treinadeiras bombas prestes a dos, mas lhes faltam serem detonadas, aliadas a imprudência dos os instrumentos nemoradores com a utili- cessários para o efezação de objetos que produzem fogo com- tivo combate pleta as causas mais comuns de incêndios. Feito o estrago o Corpo de Bombeiros Militar precisa com urgência em ser dotado de viaturas modernas para o combate ao fogo não só em Macapá como em outros municípios mais populosos. Os soldados do fogo são bravos, obedientes às ordens e bem treinados, mas lhes faltam os instrumentos necessários para o efetivo combate. Os problemas e riscos no Estado precisam ser efetivamente mensurados e programados a curto prazo para as suas devidas soluções.

Hora-Hora

Estragos A menor Yuli, que estava em morte cerebral em uma casa de saúde não resistiu e faleceu no último dia 20. Ela foi brutalmente atropelada por um menor sem habilitação juntamente com familiares quando chegavam para o culto dominical em uma igreja evangélica. Negligência Com a morte, o atropelador marca indelevelmente sua vida futura e atinge com o luto e tristeza os familiares e amigos das vítimas. Tudo por negligência dos pais e desobediência do filho.

Perigo Os veículos que vem do bairro Infraero e precisam passar para o bairro Boné Azul, todos seus condutores cometem infrações ao Código Nacional de Trânsito. A mais grave delas, por falta de sinalização direcional naquela rodovia federal (BR 210) é o tráfego na contramão de direção, feitos entre dois postes de iluminação pública. O dia em que acontecer um grande desastre no local, então vão tomar as devidas providências. Providências Depois de nota da coluna o policiamento em volta o Iesap, na Av. Feliciano Coelho, bairro do Trem foi intensificado com rondas da PM. Assim, os assaltos fo-

ram reduzidos à zero. Os alunos eram assaltados quando se dirigiam a uma padaria as proximidades para lancharem. Mais lanches A direção da faculdade contratou mais dois micros empresários para forneceram lanches dentro daquele educandário alem da lanchonete que já existia. Eliminados O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que, até as 15 horas de ontem, 21 candidatos foram eliminados por postar imagem do cartão resposta do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em redes sociais. Algumas fotos foram postadas minutos antes do início da prova. Regras Pelas regras do Enem, não é permitido o uso de eletrônicos no local de prova e nem postar fotos do exame. Os portões abriram às 12h e o exame começou a ser aplicado às 13h, pelo horário de Brasília. Ao chegar na sala de aula, o candidato é orientado a colocar aparelhos eletrônicos, como celular e tablet, em um envelope lacrado, que deverá ficar embaixo da carteira durante toda a prova. O celular deve estar desligado.

MINUTOS Mais médicos - Mais 2.167 profissionais estrangeiros do Programa Mais Médicos chegam às capitais do país neste fim de semana. Eles integram a segunda etapa do programa e vão começar a trabalhar a partir do dia 4 de novembro, em 783 municípios, segundo o Ministério da Saúde. Distribuição - O Nordeste é a região que receberá o maior número de profissionais, 928. Em seguida, vêm o Sudeste (517), o Norte (358), o Sul (244) e o Centro-Oeste (120).


A4

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013


MACAPÁ-AP, DOMINGO E SEGUNDA, 27 e 28 de outubro de 2013

Outubro negro

Amapaenses se despedem de um outubro marcado por desastres B2

Heróis com e sem farda "O sentimento que fica é de que ainda somos solidários. "

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

B3

Portadores de transtornos mentais são principais vítimas do abandono familiar DIVULGAÇÃO

Em situação de crise, muitos ficam agressivos e precisam receber atendimento específico, mas sem o apoio familiar é mais difícil

CAPS 24h Em 2014, a Coordenação Estadual de Saúde Mental vai inaugurar umCentro de Atendimento Psicossocial 24h. Serviços de referência em saúde mental serão concebidos o dia inteiro. Oficinas protegidas, hospitais dia e hospitais noite, centros de conveniência, serviços terapêuticos, unidade de desintoxicação e

Caroline Mesquita Da Reportagem

É

comum avistar em Macapá portadores de doenças mentais abandonados, vagando sozinhos pelas ruas. Estes estão em constante risco, pois com a ausência do apoio familiar só podem ser resgatados das ruas e receber atendimento específico quando estão em situação de crise, agindo com agressividade, por exemplo. “A doença mental é uma perturbação psíquica, de ordem transitória ou permanente, que afeta o funcionamento do mecanismo cerebral de uma pessoa. Perturbações podem advir de patologias tais como sífilis cerebral, infecções agudas; psicoses traumáticas; ou por intoxicação pelo uso de substâncias psicotrópicas. Algumas disfunções

das atividades. Nem todos fazem o mesmo trabalho devido à medicação que recebem. Elessão orientados por técnicos de referência e psicólogos para desenvolver as atividades”, explicou a técnica de saúde mental.

serviços odontológicos estarão à disposição dos portadores de doenças mentais a qualquer hora do dia. “Até dezembro já estaremos com a casa, só estamos aguardando a equipe técnica que está sendo chamada deste último concurso da saúde. Funcionará neste local o núcleo de saúde mental. Todos os CAPS estarão reunidos. CAPS álcool e drogas, infanto-juvenis e doentes mentais.Trabalharemos com estamparia de camisa, estofamento de sofá e plantação de horta para arrecadar renda para os próprios pacientes”, concluiu Gorete Fernandes.

OS DOENTES MENTAIS estão em constante risco, pois com a ausência do apoio familiar só podem ser resgatados das ruas e receber atendimento específico quando estão em situação de crise.

cerebrais merecem destaque, como a esquizofrenia, neurose, psicose maníaco-depressiva, dentre outras”, descreveWashington Fonseca, doSINDMED GABC. De acordo com Goreti Fernandes, assessora técnica da Coordenação Estadual de Saúde Mental, existe uma preocupação muito grande com os doentes que estão nas ruas, mas é complicado pegá-los e conduzi-los ao atendimento porque eles não têm família, e não vão por conta própria. A porta de entrada para o atendimento é o Hospital de Emergência (HE). “Quem recolhe os doen-

AV: Feliciano Coelho, 659 - Trem Tel: (96) 3242-9264 - CEP 68901-025 Site: www.notecomp.com.br Em frete ao Colégio Alexandre Vaz Tavares

tes é o Corpo de Bombeiros e SAMU, se eles não tiverem em crise não podemos levá-los. Quando ocorre alguma ocorrência, buscamos a família e os levamos para o HE. No hospital eles farão a consulta compsiquiatra plantonista. Passarão pelo clínico, depois medicação e avaliação. Às vezes são casos recorrentes que só precisam ser medicados.No entanto, alguns precisam ficar internados”, comentou Goreti. No Hospital das Clínicas Dr. Alberto Lima (HCAL) há 16 leitos na Clínica de Psiquiatria. Quando o doente é internado, ele tem um prazo de 15 a 21 dias para

ficar estabilizado, por determinação do Ministério Público. “Fazemos a medicação e estabilizamos o paciente. Assim que ele melhora,a família deve levá-lo para casa e fazer a medicação na própria residência. O correto é voltar de mês em mês para fazer consulta psiquiatra, por prevenção”, disse Fernandes. Ainda segundo Goreti, muitas famílias não vão buscar seus parentes. Há atualmente quatro pacientes na psiquiatria. Antes, estavam com oito pacientes, porém os outros quatro saíram por determinação judicial. “E esses restantes já podem voltar para suas casas, mas a famílias não querem mais a responsabilidade, então precisamos convocá-los por ordem judicial”, lamentou. Geralmente, as famílias não querem ficar com os doentes mentais que são usuários de drogas, como álcool e crack. Esses são mais difíceis de convivência, porque muitas vezes roubam, quebram objetos e são agressivos. “Para estes doentes temos o Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD). Este é um serviço substitutivo, que funciona das 8h até às 18h. Neste ambiente ele é avaliado pela equipe do acolhimento. Passa o dia na instituição, faz suas refeições e realizam serviços traçados no plano terapêutico. Plantação de hortas é uma

Matheus Assis

Formado em Ciência da Computação pela UMC e MBA Executivo pela FAAP

e-mail: mxassis@gmail.com /Twitter/Instagram: (@MattsCom)

Viajar é mudar a roupa da alma!

Esta célebre frase de Mário Quintana representa bem o significado de uma viagem. E para que ela ocorra sem maiores problemas, sugerimos utilizar o Booking para fazer suas reservas. O Booking é um serviço oferecido para os viajantes dos quatro cantos do mundo. Com ele pode-se reservar hotéis, flats, albergues e até casas por temporada em qualquer lugar do planeta. Não importa a quantidade de pessoas que ficarão em um quarto, ou a quantidade de quartos.No Booking sempre existem opções para todos os

gostos e bolsos. Mas como saber se a hospedagem é boa ou não? O atendimento é bom? No Booking todas as hospedagens são avaliadas por pessoas que já estiveram lá. A nota vai de 0 a 10 e é possível ler comentários sobre o serviço prestado. Para fazer uma reserva, basta inserir seus dados apenas uma vez e os mesmos já ficam guardados para as próximas reservas. Na maioria das vezes, você pode fazer a reserva e só pagar na saída, e com direito de cancelar com antecedência sem pagar nada. O Booking também disponibiliza uma central, onde você pode ligar 24 horas por dia para resolver qualquer problema ou até mesmo mudar uma reserva. É muito simples! Está disponível o aplicativo para os principais tipos de Smartphones disponíveis no mercado. A dica é buscar hotéis com avaliações acima de 8 pontos, e prestar bastante atenção nos comentários sobre o mesmo. Divirta-se, o serviço do Booking é grátis!


B2

Dia-Dia

Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013 Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Amapaenses se despedem de outubro marcado por desastres

Naufrágio, acidentes de trânsito, explosões, incêndio e mortes violentas marcarão o ano de 2013

cia Pereira Correa (31); Marliana Dias Ferreira Benjamim (35); Eliseu Da Silva Santiago (25), Pai; Eloane Santiago (2), Filha; Raimundo Dos Santos Cardoso (51); LavosierGantus Camilo; Raniel Benjamim Dias ( 9); Raimunda Flora Picanço Queiroz (62); Benedita Odete Góes Figueiredo (44) receberam homenagens em todo o Estado.

Andreza Sanches Da reportagem décimo mês de 2013 encerra nos próximos dias e vai ficar marcado na vida de centenas de famílias amapaenses. Há três semanas, naufrágio, explosões, incêndio, acidentes e dezenas de mortes violentas, mas também a solidariedade e o alerta contra o câncer de mama fecham o mês que entrou para a história no Amapá. Outubro iniciou com um movimento popular nacional, a campanha Outubro Rosa, busca sensibilizar as mulheres contra a doença responsável pela morte de mais de 13.225 no Brasil, o câncer de mama. O mês também homenageia Nossa Senhora de Nazaré, a “Rainha da Amazônia”, mas este ano deixará lembranças e muitas saudades em amigos e familiares. A devoção e a alegria de prestar homenagens à santa foram misturadas a dor e a perda. Inicia aí uma enxurrada de acontecimentos que emocionou, causou revolta e despertou o sentimento de solidariedade em mais de 600 mil amapaenses.

Acidente de trânsito Na noite do dia seguinte, 13 de outubro, a notícia sobre o atropelamento da família Paes, entre as dezenas de colisões que ocorrem na capital, chocou a população. Após participarem de um culto na Igreja Betel da zona norte, Marcelo Paes, Maria José Vieira Paes, Igor Marcello Paes e IulyMarcella de Lima Paes, de 13 anos, tiveram o carro atingido por um veículo que era conduzido por um adolescente G. M., de 17 anos, supostamente embriagado. Encaminhados ao Hospital de Emergência de Macapá, a família Paes enfrentou e ainda enfrenta problemas graves de saúde. E no último dia 26 de outubro sofreu a perda da adolescente IULY MARCELA LIMA PAZ (13 anos). A jovem que estava internada na UTI do Hospital Alberto e estava entre as vítimas cujo quadro clínico era o mais grave. Iuly Marcela Lima Paz faz parte das estatísticas que hoje somam 92 óbitos no trânsito amapaense, segundo registros do repórter policial Bolero Neto. Destes, 29 em Macapá, 16 na BR-156, 9 em Santana, 7 na Rodovia Duca Serra, 5 na Rodovia do Curiaú, 5 na BR210, 4 Rodovia JK, 4 na Rodovia Alceu Paulo Ramos, 4 em Porto Grande, 2 no Paredão (Ferreira Gomes), 2 em Oiapoque, 1 em Ferreira Gomes, 1 em Cedro (Amapá), 1 na Perimetral Norte (Serra do Navio) e 1 na Rodovia Salvador Diniz (Santana), Rodovia AP-010 (MCP/MZG).

O

O naufrágio No dia12 de outubro, a embarcação Reis I protagonizou o acidente que marcou as homenagens a Nossa Senhora de Nazaré neste ano. O número impreciso de passageiros, a ausência de comandante e a troca de passageiros durante a viagem, são alvo de uma investigação que deve ser concluída nos próximos meses. O desastre trouxe a tona novamente a insegurança na navegação. Familiares e amigos sofreram a perda de 18 vítimas do naufrágio ocorrido após o Círio Fluvial. Os corpos resgatados de Poliana Sodré Ribeiro (27); Elisabete Mourão Morais (56); Marly Lourenço Dias (67); Maria Guiomar Silva De Albuquerque (53); Maria Celeste De Souza (77); Reginaldo Reis Nobre (Cmte. Do Barco); Francisco Da Silva Camarão (67); Eliene Ferreira Freitas (25); Vitor Gregório Dos Passos Nunes (8); Letí-

Explosões De luto ainda pelas vítimas do naufrágio, os amapaenses foram surpreendidos com mais um acidente, desta vez, com a embarcação Anjo Gabriel. No dia 18 de outubro, a embarcação estava ancorada no Matapi Mirim, no município de Santana e era preparada para transpor combustível, quando os tripulantes foram surpreendidos com uma explosão. O fogo se alastrou e atingiu mais duas embarcações, deixando cinco víti-

mas com queimaduras graves. Kleberton Silva Lima (19), Ivaldo Paulo da Silva (27), Diego Pantoja Almeida (20), Arlon Oliveira Dos Santos (21) e Fabiano dos Santos Machado (17 anos). Uma semana depois, 24 de outubro, o jovem Fabiano dos Santos Machado faleceu no CTI do Hospital de Emergências, onde estava internado por ter sofrido queimaduras de terceiro grau.

Incêndio No dia 23 de outubro, mais um desastre abala a população e mobiliza o Estado em uma verdadeira corrente de solidariedade. Por volta de 16h, um incêndio destruiu mais de 200 residências localizadas no bairro Perpétuo Socorro na capital. O fogo se expandiu e atingiu dois quarteirões, deixando mais de mil pessoas desabrigadas. O desastre não deixou vítimas fatais, porém, 17 pessoas foram encaminhadas ao Hospital de Emergência da capital, vítimas de intoxicação e pequenas lesões. As mais de 200 famílias foram alojadas em escolas e ginásios. Governo e município se mobilizaram prestando a assistência aos desabrigados e milhões de amapaenses se juntaram em demonstração de solidariedade. Postos de arrecadação foram montados para receber doações de roupas, calçados, materiais de higiene e alimentos, que ainda podem ser doados. Dias após a tragédia, a Polícia Civil da 2ª DP chegou a quatro pessoas acusadas de serem os responsáveis pelo incêndio que destruiu mais de 250 casas o bairro Perpétuo Socorro. Em depoimentos, os homens disseram que estavam brincando de jogar palitos de fósforos acesos um no outro, sendo que um dos palitos acabou propagando o fogo. José Raimundo Jesus Costa de 20 anos, conhecido como “Jota”; Edinho Dos Santos Brito de 23 anos, conhecido como “Baié”; Robson Da Silva Lima de 25 anos e Ricardo Lima Leite de 25 anos foram liberados e aguardarão decisão judicial para seguir ao Instituto de Administração Penitenciária do Estado. Mortes violentas Não bastassem as inúmeras tragédias, o mês de Outubro reserva dados alarmantes. Há dois meses para o fim de 2013, as mortes violentas já somam mais de 400 em todo o Estado. Acidentes de trânsito lideram a lista com 92 mortes,

CE.LIANE FREITAS

NO DIA 12 de outubro, a embarcação Reis I protagonizou o acidente que marcou o Cirio de Nazaré DIVULGAÇÃO

DE LUTO ainda pelas vítimas do naufrágio, os amapaenses foram surpreendidos com mais um acidente ELEN COSTA /MARTA BEZERRA

NO DIA 23, mais um desastre abalou a população: um incêndio destruiu mais de 200 casas

destas, 75 do sexo masculino e 17 do sexo feminino, sendo 37 de moto, 27 de carro, 17 de bicicleta e 11 pedestres. No mesmo período do ano passado, 101 óbitos, 34 somente em Macapá. Com a ajuda do levantamento policial do repórter

Bolero Neto, chegamos a seguinte estatística. A arma de fogo está em segundo lugar entre as mortes violentas no Estado e é responsável por 91 homicídios, seguido de arma branca (89 homicídios), afogamento (73 óbitos), suicídio (43 casos), paulada

(17 homicídios), asfixia (9 óbitos), choque elétrico (8 óbitos), traumatismos diversos (16 óbitos), agressão física (6 óbitos), feto (06 óbitos), picada de cobra (2 óbitos), acidente marítimo (01 óbito), raio (1 óbito) e causa desconhecida (6 óbitos) .

Apoio logístico aos desabrigados contam com várias frentes Marta Bezerra Da reportagem

D

e acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho – SEMAST, representada por Claudiomar Rosa, esse apoio foi uma iniciativa do Governo e município para dar uma ajuda imediata às famílias vítima do incêndio e levar seus pertences para os locais onde eles estão abrigados temporariamente, “de ime-

diato foi dar abrigo a essas famílias na quarta feira [...] atendendo com a questão de saúde, assistência social, alimentação, isso para oferecer o mínimo de conforto a essas famílias”, relatou o Secretário. A Defesa Civil juntamente com as equipes da SENDUH e a SEMAST, em levantamento preliminar dão conta de aproximadamente 400 famílias convivendo nos abrigos montados pelo

governo. O cadastro e triagem dessas famílias para receberem uma casa, serão feitos de forma que não permitam que pessoas “oportunistas” se aproveitem da situação e se infiltrem para conseguir esse beneficio. De acordo com o Secretário Claudiomar, a triagem será minuciosa e contará com o apoio de vários órgãos do estado, entre eles CEA, O PSF (Programa de Saúde da Família) que possuem dados de famílias que

residiam naquele local, a própria Associação de Moradores e a vizinhança do entorno pode dar as equipes que estão empenhadas no cadastro, informações sobre pessoas que realmente moravam naquele lugar. Também serãousadas fotos de satélite que dará uma circunferência precisa do local atingido pelo incêndio e se possível até uma investigação por parte da Polícia para ter certeza da veracidade das informações presta-

das por parte das vítimas, “vamos nos cercar de todo aparato Estadual e Municipal para poder resolver essas questões, acredito que o erro será quase que inexistente”, disse o Secretário se referindo ao risco ou a tentativa de fraude. Informou também que o pagamento inicial do “aluguel social” será de R$ 350,00(segundo tabela nacional). Esse valor será pago as vítimas para que possam alugar casas próximas ou não do lugar onde residiam até que fiquem prontas as casas dos conjuntos Macapaba e Oscar Santos, que ainda estão em fase de finalização. De acordo com Claudiomar Rosa, o local do incêndio será isolado com um tapume, para evitar que aquelas famílias voltem pra lá e queiram fazer novas casas, “lá não será mais um local de moradia”, enfatizou o Secretário.

Apoio da SIMS Em entrevista a Secretária e primeira Dama, Claudia Capiberibe, falou do apoio da SIMS às vítimas do incêndio. Afirmou que todos que procuram a central de ajuda montada pelo governo e se diz vítima do sinistro, está sendo atendida. Quanto à distribuição de roupas e sapatos, a Secretaria explicou que como há um número grande de roupas doadas, elas são transferidas às escolas e elas (famílias) mesmas escolhem o que elas querem. A Secretária informou ainda sobre a preocupação dessas famílias que serão destinadas aos conjuntos habitacionais (Macapaba e Oscar Santos), “como as pessoas já estão afeiçoadas ao bairro que elas moram, ou trabalham ali ao redor, elas ficam preocupadas em se mudar por um bairro distante”.


Geral

Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013

B3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Reforma política vai ter voto facultativo e teto para os gastos de campanha

Da redação

O

Grupo de Trabalho de Reforma Política da Câmara decidiu que vai apresentar proposta para que o voto seja facultativo no Brasil, além de proposta criando teto de despesa para a campanha eleitoral. Esse teto será definido em lei pelo Congresso Nacional e cada partido poderá optar pelo modo de cumprimento do teto, se por financiamento privado, misto ou público. Os textos ainda serão apresentados formalmente pelo grupo à Câmara e só depois passarão a tramitar. O GT optou por acatar proposta que basicamente defendeu o cumprimento da Lei Eleitoral (9.504/97), que estabelece normas para as eleições. A legisla-

ção atual já prevê que o Congresso Nacional fixe, em lei, teto de despesa para campanha a cada ano eleitoral, porém essa norma não é cumprida. Conforme a proposta, além de definir teto geral de despesa, o Congresso também definirá um valor máximo para as doações, em reais. Hoje, o teto de doações é de 2% do faturamento da pessoa jurídica e 10% do rendimento da pessoa física. Segundo ele, a intenção é que uma empresa grande tenha o mesmo limite de doação que uma empresa pequena. O grupo vai propor ainda que a arrecadação, seja de pessoa física ou de jurídica, só poderá ocorrer depois que esse teto for definido em lei. Além disso, o grupo acatou proposta segundo a qual as doações de pessoas físicas poderão ocorrer apenas diretamente para candidato. Já as empresas, de acordo com a proposta, doarão somente para os partidos. Foi rejeitada pelo grupo proposta de proibir doações de empresa. Votação em Plenário O coordenador do grupo de trabalho, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que a proposta de reforma política do grupo poderá ser discutida diretamente em Plenário, já em novembro, conforme acertado em reunião dele com o presi-

dente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves. Vaccarezza informou ainda que, na próxima quinta-feira (31), ocorrerá a última reunião do grupo, quando será discutida a versão preliminar da Proposta de Emenda a Constituição (PEC) resultante das deliberações ocorridas no grupo. Além disso, o grupo vai discutir novamente a duração dos mandatos, definida inicialmente em cinco anos, sem reeleição. Faltava apenas o grupo decidir o tempo de mandato dos senadores. Porém, o deputado Espiridião Amin (PP-SC) pediu que a questão fosse votada novamente, o que foi acatado por Vaccarezza. O deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) protestou e se retirou da reunião. Proposta popular A deputada Luiza Erundina (PSB-SP) defendeu que seja votada pela Câmara a proposta de reforma política de iniciativa popular, já em tramitação (Projeto de Lei 6316/13). Cerca de 300 mil assinaturas foram recolhidas em apoio ao texto. “Uma das queixas da sociedade é exatamente o descompasso entre o que é discutido Câmara e na sociedade civil”, salientou Erundina. A proposta prevê o financiamento público exclusivo de campanha e proíbe doações de empresas.

Com economia aquecida, Amapá atrai grandes investimentos para atender demanda consumidora

O

cenário econômico que o Governo do Estado vem montando desde o início da atual gestão apresenta-se otimista aos olhos de grandes investidores. Com a promoção do desenvolvimento regional integrado, o Estado tem atraído o interesse de grandes empresas e indústrias em instalar novos negócios na região nos últimos anos. Os indicadores econômicos revelados pelo instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pelo Cadastro Geral de Empregos e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, desconstroem as especulações de que a economia está parada. O Estado vem mostrando potencial econômico, atraindo o interesse de empreendimentos em busca de novos mercados consumidores, estimulando, principalmente, a concorrência, percebida pela expansão de grandes redes de lojas amapaenses. Os incentivos fiscais oferecidos pela Área de Livre Comércio, assim como a posição geográfica estratégica do Amapá visando ao comércio exterior, e a necessidade de atender à crescente demanda consumidora, são os principais atrativos visionados pelos empreendedores nacionais e internacionais, estimulados pelo crescimento do mercado local. “O Amapá tende a ser um ‘balcão’ de oportunidades

para o comércio exterior”, apregoa o espanhol Antonio José Nuñez Saavedra, diretor-presidente da Elinsa do Brasil, empresa referência no setor de energia renovável pela fabricação, manutenção e instalação de equipamentos eletrônicos de alta potência, como painéis fotovoltaicos. Com sede na Espanha, a empresa iniciou suas atividades há 18 meses no Amapá, e gera hoje 25 empregos diretos e outras centenas indiretamente. Segundo Saavedra, o empreendimento deve injetar R$ 20 mi na economia do Estado pelos próximos quatro anos. “É claro que há ainda muitos empecilhos em infraestrutura, mas temos a confiança de que isso irá mudar nos próximos anos. Para nós, o momento de investir aqui é agora”, enfatiza. No setor do comércio, o número de empresas atuantes no Amapá em 2011 era de 8.784, contra 7.216 em 2009, dizem os dados do Cadastro Central de Empresas (Cempre), do IBGE. Números da Junta Comercial do Amapá (Jucap) apontam que, de janeiro de 2011 até agosto de 2013, mais de 11.500 empresas foram constituídas (abertas) em todo o Estado. Sendo que destas, pouco mais de 1.100 encerraram as atividades nesse período.

Economia aquecida “Os dados da Cempre e da

Jucap revelam que há uma expansão da economia. Esses indicadores despertam nos empreendedores a percepção de que há uma demanda consumidora crescente na mesma proporção, carente de novos empreendimentos, o que sinaliza como favorável a instalação de novos negócios para atender a esse mercado potencial”, garante o economista José Ramalho. Depois de realizada uma pesquisa de mercado local, que levou em conta informações sobre a população, renda e desenvolvimento de novos negócios na região, o grupo “TencoShopping Centers”, que administra um grande shopping local, diagnosticou como positiva a instalação do empreendimento em Macapá. Os investimentos foram de aproximadamente de R$ 100 milhões. Desde o início da construção do empreendimento até a sua inauguração, em agosto deste ano, mais de três mil empregos diretos foram gerados. Hoje, com mais de 140 lojas atuantes, o shopping emprega cerca de 2.600 pessoas com carteira assinada, e gera mais de 1.500 empregos indiretos. “O fator concorrência foi outro determinante que contribuiu para a decisão do grupo em investir aqui. Mesmo assim, percebemos que ainda há uma grande demanda de consumidores reprimida no Estado”, avalia a gerente de marketingdoempreendimento, Joicilene Santos. Atualmente a capital conta com três shoppings. Número duas vezes superior em relação a 2010. E os índices econômicos positivos que o Amapá tem gerado em diversos segmentos da economia, proporcionou a chegada de grandes redes de lojas e magazines, que apostam na expansão da economia local.

Ajuda às vítimas revela heróis com e sem farda

FOTOS ELEN COSTA /MARTA BEZERRA

Pela proposta, o teto será definido pelo Congresso a cada eleição, e o partido decidirá como vai cumprir. Os eleitores também poderão ficar desobrigados de votar

Marta Bezerra Da reportagem egundo informações do Coronel Miranda do Corpo de Bombeiros, foi chamado para atuar no incêndio cerca de 300 Bombeiros entre Civil e Militar. O fogo se espalhou rapidamente impedindo que esses profissionais pudessem atuar com mais rapidez. Anônimos como o proprietário de uma casa próxima ao local disponibilizou a água da piscina para auxiliar os bombeiros no intuito de amenizar ou extinguir por completo o sinistro. E graças a ele que permitiu a entrada da nossa equipe para que pudéssemos trabalhar no local. Empresas particulares disponibilizaram carros pipas e caminhões fossa, cheios de água para tentar amenizar o fogo. Retroescavadeiras chegavam a todo o momento para fazer um procedimento que

S

segundo os Bombeiros seria “sistema de isolamento”. Onde se afasta tudo que ainda não pegou fogo para que o mesmo não se alastre mais. Casas que não foram queimadas, tiveram que ser destruídas para abrir caminho para os carros dos Bombeiros e carros pipas pudessem entrar e resfriar locais que ainda não tinham sido incendiados. A atuação desses profissionais juntamente com o apoio da população foi determinante no salvamento de vidas, mas na perda de bens materiais que naquele momento foram consumidos pelo fogo. Trabalharam incansavelmente até mais ou menos umas 23h30 que foi quando o fogo foi controlado. Segundo informações do local, alguns bombeiros passaram mal durante a atuação nesse tipo de

ocorrência, seja pelo cansaço físico ou até mesmo emocional diante de tanta agitação que havia naquele momento. Há relatos que um bombeiro teria se ferido no pé por um prego, mas que não deixou de trabalhar, pois foi medicado e voltou para ajudar as vítimas nos centros de apoio montado pouco depois da tragédia. Em outro momento, uma bombeira teria desmaiado. Em todos os casos, esses profissionais sejam eles, Bombeiros ou Policiais, ou até mesmo populares merecem nosso carinho e agradecimento por não se omitirem e arriscarem suas vidas para salvar o que fosse possível naquele momento de desastre, que culminou com a perda de aproximadamente 300 casas. O sentimento que fica é de que ainda somos solidários.


B4

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br


MACAPÁ-AP, DOMINGO E SEGUNDA, 27 e 28 de outubro de 2013

Geral

SOCIEDADE

Febap realiza curso para novos treinadores C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Residencial Miracema

Sustentabilidade na leitura

A Casa do Artesão é um dos pontos principais da comercialização de livros

C3

Mais um passo foi dado para a aprovação do empreendimento habitacional Residencial C4 Miracema

9ª edição do Esporte e Cidadania leva aulas de esporte e lazer para a população Assessoria Sesi

N

a manhã de ontem, 26, aconteceu a 9ª edição do Esporte e Cidadania promovido pelo SESI. O evento começou com uma grande caminhada que percorreu as ruas da cidade de Macapá. Ao

som do trio elétrico, a população participou de um ‘aulão’ de ginástica, já que com essa iniciativa o Sesi pretende incentivar as pessoas a darem o primeiro passo para saírem do sedentarismo. O Esporte e Cidadania vêm para motivar a população da cidade a manter hábitos mais saudáveis e uma boa qualida-

de de vida. A população teve acesso a uma série de atividades de esporte e lazer gratuitamente. O projeto busca promover o esporte como uma ferramenta de educação, inclusão social e qualidade de vida, e esperar mobilizar a população em torno dos valores trazidos pela prática esportiva. O Esporte e Cidadania tam-

bém foi um grande centro de arrecadação de doações para as vítimas do incêndio ocorrido na quarta-feira (23), no bairro Perpétuo Socorro. Os participantes levaram para o local do evento, alimentos não perecíveis, água potável, itens de higiene pessoal, roupas, brinquedos, entre outros donativos.

DIVULGAÇÃO


C2

Esporte

Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013

Febap realiza curso para novos treinadores

FOTO: DIVULGAÇÃO

O objetivo é atrair novos talentos para a prática da modalidade ELCIO BARBOSA Da Reportagem Federação de Badminton do Amapá (Febap) já iniciou ontem, o curso de capacitação para novos treinadores. A entidade amapaense solicitou o curso da Confederação Brasileira de Badminton (CBBd). O objetivo é gerar e divulgar a prática do esporte no Amapá e além de descobrir novos talentos. Na manhã de ontem, os participantes tiveram aulas práticas providas pelo tutor da Confederação e membro da WBF (Badminton World Federation), Adriano Fiori. O paranaense, de 35 anos, tem 10 anos dedicados ao esporte. Antes de conhecer o badminton, o treinador atuou como jogador de futsal e participou do time de Cascavel em competições locais e regionais. “Vi uma partida de badminton quando estava cursando a faculdade de

A

ALDIR DANTAS e os praticantes do Badminton no Amapá

educação física e gostei muito, fui buscar qualificação, cheguei a jogar durante um tempo, mas preferi trabalhar na comissão técnica, tenho divulgado a prática em algumas partes do país, através da Confederação e pela primeira vez estou realizando uma capacitação em uma cidade da região norte”, disse ele. Fiori disse que a formação de professores e treinadores em longa escala é uma estratégia da Confederação com foco nas Olimpía-

das de 2016, no Rio de Janeiro. “Será a primeira vez que teremos representantes nos jogos e o esporte ainda é novo, nosso melhor resultado foram dois bronzes nos últimos jogos pan-americanos, nossa expectativa é recrutar mais adeptos e descobrir novos talentos”, explicou. O diretor da Federação de Badminton do Amapá, Aldir Dantas, disse que a capacitação é importante para melhorar o nível técnico dos atletas locais, mas

ressalta que a estrutura oferecida no estado ainda não é suficiente. “Fizemos uma capacitação para formar professores, agora estamos formando técnicos, isso é um requerimento que fizemos diretamente à Confederação para que aumente o nível técnico dos nossos atletas, temos conseguido bons resultados nos torneios regionais, mesmo com a falta de espaço para os atletas e a falta de apoio das autoridades, contou.

Flamengo “esquece” Copa do Brasil e usará titulares contra a Portuguesa no BR

FOTO: DIVULGAÇÃO

UOL/Esporte

O

CARLOS EDUARDO, André Santos, Elias e Hernane comemoram gol do Flamengo sobre o Botafogo, pela Copa do Brasil

mais próximo da zona de rebaixamento - sete pontos acima - que da classificação à Libertadores - dez pontos abaixo. Apesar de não fazer mistério, o treinador tem algumas dúvidas para formar o time titular. O goleiro Felipe deixou a atividade desta sexta-feira chorando por conta de uma entorse no joelho esquerdo e será reavaliado pelos médicos. Se

ANTONIO LUIZ

Solidariedade I Na Veneza paraense Afuá também há campanha pelas vítimas do incêndio em Macapá. Solidariedade II Show deste domingo perto do Teatro das Bacabeiras, coleta material para desabrigados. Solidariedade III Futebol máster Amapá x Pará rola em dezembro, projetando um bom Natal às vítimas.

não tiver condições, será substituído por Paulo Victor. O lateral João Paulo, por sua vez, está recuperado de torção no joelho, mas existe a possibilidade de André Santos seguir na esquerda. “João treinou normal e a gente vai definir a equipe. Existe uma possibilidade grande de voltar. Vou decidir se volto com o João Paulo ou coloco al-

Brasileirão Domingo furioso com P Preta x Vasco, Portuguesa x Flamengo e Fluminense x Vitória. MMA Santana I Artes marciais mistas invade o Ginásio Poliesportivo de Santana dia 16 de novembro. MMA Santana II O bicho vai pegar reunindo Maira x Ju Pitbull, Lukas x Kelson e Gilbertinho x Pezaão. Papão da Amazônia Enquanto o futebol patina na Série B, handebol feminino conquista a Taça Amazônica. AABB Macapá

guém no lugar do Carlos Eduardo”, disse Jayme. O Flamengo deve entrar em campo com Paulo Victor (Felipe), Léo Moura, Wallace, Chicão e João Paulo; Amaral, Luiz Antonio, Elias e André Santos; Paulinho e Hernane. A equipe carioca visita a Portuguesa pela 31ª rodada do Brasileirão no estádio Castelão, às 16h, no domingo.

Bela entidade sedia IV Jornada Esportiva Estadual de Funcionários do Banco do Brasil Beach Soccer Carlos Alves avisa que continua aberta inscrição ao Curso de Técnico de Beach Soccer. Recorde Mundial Manchester United fecha patrocínio de R$ 1 bilhão. Dobro do que ganha o Real Madrid. Futsal Feminino I Meninas do Penharol ainda festejam a inédita conquista do tetracampeonato amapaense. Futsal Feminino II Agora a diretoria e as guerreiras supercampeãs

no serviu para alguns testes. Alguns deles justamente na função de centroavante, que teoricamente seria de Alexandre Pato. “O Emerson produz mais do lado esquerdo, ali é melhor. Botei o Danilo por vezes de 9. Hoje treinei em parte com o Renato Augusto na função. Tentei com Danilo e Douglas, mas aí não tem um infiltrador. Vamos procurar, com ensaio e erro, algumas alternativas sem ser professor pardal”, disse Tite. O cenário pintado pelo treinador mostra o peso que teve o erro de Pato. No início desta semana, Tite ressaltou a capacidade de conclusão do ex-milanista e de Guerrero, os dois artilheiros do Corinthians no ano, e que isso seria fundamental para o time reagir na temporada. Depois da cavadinha, o técnico já não parece tão convicto da situação de Alexandre Pato. O time titular para o jogo contra o Santos será definido neste sábado, em um treino em Araraquara. A partida ocorrerá no hoje, às 16h.

Titulares do Vasco fazem treino tático; Bernardo e Guiñazú retornam

O

Colunista alpcampos@hotmail.com

Negativo Briga de torcedores leva São Paulo perder quatro mandos de jogo e Corinthians sofrer multa. Já o Atlético-PR é punido e perde um jogo em casa. É a escalada da violência!

lexandre Pato voltou a treinar na última sexta-feira, mas não se sabe se ele estará em campo como titular contra o Santos, no próximo domingo. Em entrevista coletiva, Tite apenas confirmou que ele está à disposição, mas não deu sinais muito positivos ao atacante. “Entendeu o presidente, o vice, o Tite, que a instituição Corinthians é maior do que qualquer coisa e qualquer momento”, disse o treinador, ao ser questionado se Pato poderia ser afastado depois da perda do pênalti decisivo diante do Grêmio, na última quarta. A declaração deixa no ar que a ideia de barrar o atacante foi cogitada pela cúpula do futebol alvinegro. Nesta sexta, Tite fez um treinamento em campo reduzido e ensaiou uma equipe titular com Walter, Guilherme Andrade, Gil, Felipe e Igor; Ralf, Ibson e Danilo; Edenílson, Alexandre Pato e Emerson. Ele mesmo disse, porém, que a escalação não é conclusiva, e que o trei-

UOL/Esporte

Toque de Primeira Positivo Futebol máster de ótima qualidade rola esta segunda-feira e o arrecadado será revertido em favor das vítimas do incêndio no bairro Perpétuo Socorro. A partir das 18hs!

Pato escapa de ser barrado, mas ainda é dúvida no time titular do Corinthians UOL/Esporte

A

Flamengo não poupará jogadores contra a Portuguesa por ainda viver situação irregular no Campeonato Brasileiro. A escalação dos titulares foi confirmada pelo técnico Jayme de Almeida nesta sexta-feira, em entrevista coletiva. Apesar de ter um compromisso com o Goiás pela semifinal da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, a necessidade de se afastar mais da zona da degola fez com que a comissão pedisse foco no torneio de pontos corridos. “Fizemos um jogo intenso contra o Botafogo, mas está todo mundo inteiro. A Copa do Brasil é só na outra quarta, a gente tem que estar preocupado e voltar nossa cabeça para o Brasileiro. Não estamos em situação de conforto, não há nenhum conforto. A disputa é intensa, todos os times estão querendo sair dessa situação. O Flamengo faz parte desse grupo que está abaixo dos 40 pontos, não está confortável, precisa pontuar”, disse o treinador do Flamengo. Com 40 pontos, na 11ª colocação, o Flamengo está

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Vasco voltou aos treinamentos na tarde da última sexta-feira, no CFZ, após a eliminação para o Goiás nas quartas de final da Copa do Brasil. Os jogadores que atuaram contra o time alviverde ficaram na academia e o time ‘principal’ realizou uma atividade tática. A boa notícia ficou por conta do meia Bernardo e do volante Guiñazú, que se recuperaram de lesão e trabalharam com bola. O técnico Dorival Júnior dividiu o grupo em três times, em campo reduzido, e cada jogador só podia dar dois toques na bola. O atacante Edmílson e o zagueiro Rodolfo também estiveram no gramado e estão próximos de reforçar a equipe. O treinador não deu detalhes de qual time usará no próximo domingo, contra a Ponte Preta. O atacante Thalles, autor de dois gols contra o Goi-

objetivam alçar voo no cenário nacional. Golden Boy I Quatro brasileiros brigam pelo prêmio destinado ao jovem do ano no futebol europeu. Golden Boy II Fred, do Shakhtar, Marquinhos, do PSG, Rafinha, do Celta Vigo, e Vitinho, do CSKA. Adiamento I Incêndio em Macapá transfere Campeonato Amapaense Absoluto e Copa Kids de Judô. Adiamento II Os eventos ocorrem no próximo final de semana, possivelmente no Ginásio Santa Inês.

ás, caiu nas graças da torcida e pode ser mantido na equipe principal O treinamento deste sábado deve dar pistas de quais jogadores serão escalados. Dorival também passou 15 minutos conversando com o zagueiro Cris, que deve voltar ao time. “É ruim ser eliminado de qualquer campeonato. O fator positivo foi que jogamos com 36 mil e não com 11. A torcida fez a diferença, e por isso os jogadores se doaram ainda mais. Infelizmente não conseguimos a classificação, mas o que fica de ontem é que trouxemos a torcida novamente para o nosso lado”, disse o lateral Nei. O Vasco enfrenta a Ponte Preta neste domingo, às 16h, no Moisés Lucarelli, em Campinas. O Cruzmaltino é o 17º colocado do Brasileirão, com 33 pontos e pode deixar a zona da degola se vencer, contanto que Bahia e Fluminense sejam derrotados e percam no saldo de gols.

Fenômeno Azul Clube do Remo continua sua peregrinação interiorana. Este sábado jogou em Tucuruí. Mário Lopes Após sobreviver do naufrágio no Círio Fluvial, o bravo repórter volta à Rádio Difusora. Convocação CBF antecipa cinco jogadores para enfrentar Honduras e Chile. Diego Costa vai recusar. Você Sabia? Jogos do Banco do Brasil proporcionam interação social e bem-estar entre os bancários. Competições de futebol, vôlei de areia, tênis de mesa, dominó, dama, sinuca e xadrez.


Diversão&Cultura

Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013

C3

Editora: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Leitura e sustentabilidade são foco na segunda edição da Feira do Livro Evento é uma iniciativa do Governo do Estado e tem o objetivo de incentivar a leitura e literatura, além de fomentar o setor livreiro

Jéssica Alves Da redação

I

niciou no sábado (26) no Teatro das Bacabeiras a segunda edição da Feira do Livro do Amapá (Flap), que este ano trás como tema principal “Leitura e Sustentabilidade”. Por sete dias, Macapá se transformará em uma verdadeira cidade literária, com venda, exposições, lançamento de livros, apresentações teatrais, poéticas, mesas de debates e palestras. O evento é uma iniciativa do Governo do Estado e tem o objetivo de incentivar a leitura e literatura, além de

fomentar o setor livreiro. A Casa do Artesão é um dos pontos principais da comercialização de livros, que serão vendidos a preços reduzidos. Mais de R$ 200 mil foram investidos em vale livros, distribuídos para estudantes, professores, artistas e funcionários da Agência de Fomento do Amapá e também da Secretaria de Ciência e Tecnologia. Além disso, 20 escolas mais o Instituto Federal do Amapá (Ifap) e Universidade do Estado do Amapá (Ueap) a receber escritores, 21 pontos entre Macapá, Mazagão e Santana a receber os banners do Corredor Literário com exposição de poemas de autores locais, além dos pontos turísticos Museu do Curiaú, Marco Zero do Equador, Centro de Atendimento Turístico de Mazagão e Museu Sacaca, com programação destinada às crianças, e a Fortaleza de São José de Macapá, com uma agenda extensa todos os dias. A Flap vai realizar programação também nas águas do Rio Amazonas com passeios poéticos. O tema deste ano é “Leitu-

FOTO DIVULGAÇÃO

Flap Ciência Com a Flap Ciência vem para aproximar os trabalhos científicos feitos no Amapá do público de estudantes e também da população em geral. Maneira de valorizar e divulgar esses trabalhos; o ponto central será o Museu Sacaca.

ra e Sustentabilidade”, que busca compreender e falar das relações entre os povos e a natureza, como explica a presidente do comitê organizador da Flap, Carla Nobre. “O estado do Amapá temos uma área forte de florestas e rios, e isso precisar entrar no imaginário das pessoas de forma de estar motivando no cuidado deste ambiente e também com as pessoas. A sustentabilidade é um tema amplo e vamos congregar na Flap várias tribos, com olhares diferentes sobre leitura e sustentabilidade”, diz.

dia 28 no Museu Sacaca e passará por seis escolas de Macapá e pelos abrigos Fcria e Ciã Catuá, levando contação de história e poesia para essas crianças.

Programação Flapinha Espaço dedicado às crianças com uma vasta programação infantil, que começa

Flap nas Águas Pensando nas comunidades ribeirinhas, o Governo do Estado realiza, este ano, a Flap nas Águas, onde se-

Mônica Costa Da redação

D

iversos artistas amapaenses se uniram para apresentar um show musical com objetivo de arrecadar donativos em prol das famílias vítimas do incêndio ocorrido na última quarta-feira, 23, no Bairro Perpétuo Socorro. O evento foi iniciativa da Associação dos Músicos e Compositores do Amapá - Amcap, da Associação Musical dos Artistas Amapaenses - Amaps em parceria com o Governo do Amapá, por meio da Secretaria de Estado da Cultura – Secult. Os amantes da boa música já podem se preparar para o show beneficente que será aberto ao público, neste domingo, 27, a partir das 17 horas, ao lado do Teatro das

#ConectFlap Com sua programação centrada na Fortaleza de São José de Universidade do Estado, a #ConectFlap tem o objetivo de aproximar os jovens dos hábitos de leitura, por meio das novas mídias, com foco na inclusão digital, promover a convergência entre a literatura.

Bacabeiras. De acordo com o Secretário de Cultura do Estado, Luís Pingarilho, a ideia veio a partir de uma reunião com Amcap e Amaps na última quinta-feira, 24. “Os músicos locais se sensibilizaram com a situação das famílias e tomaram essa iniciativa na finalidade expressar a solidariedade por meio da música, garantindo cultura e entretenimento à sociedade amapaense.”, disse. Segundo o secretário, será montada uma estrutura com palco, som e iluminação em frente à Igreja São José, ao lado da Praça Veiga Cabral. Dezenas de atrações musicais irão se apresentar, entre músicos regionais, bandas de rock e bandas alternativas. A programação deve encerrar às 23 horas.

Resumo das Novelas Segunda-feira, 28 de outubro – Drica é carinhosa com Paulino e Vitor incentiva o amigo a investir na garota. Vera se preocupa com Anita, que está no Embaixada do Gol, onde todos estão sendo mantidos presos. Cadelão parte pra cima de Martin, quando Ben o surpreende. Pelo celular, Giovana vê que Ben entrou no Embaixada e Ronaldo afirma que precisa tirar os filhos do local. Cadelão descobre que Julia está transmitindo o sequestro pelo celular. Um pedreiro avisa a Maura que o muro entre sua casa e o casarão está prestes a cair. Ronaldo leva Gislaine até Cadelão. Zelândia e Luciana armam sua estratégia para ganhar dinheiro com a festa de Paulino.

Sangue Bom Renata recusa o pedido de casamento de Érico. Verônica pede para conversar com Natan. Lara convida Vitinho e Bárbara para estrelarem seu reality show. Caio teme que Lara tenha engravidado dele. Érico e Renata se despedem. Tito e Mel procuram Damáris. Salma e Gilson consolam Érico. Verônica decide ficar sozinha. Socorro pega o celular de Bento. Fabinho teme que Amora queira se vingar de Giane. Giane é ovacionada em seu desfile. Tito e Mel imploram que Lara os deixe participar de seu programa. Wilson se encontra com Bento e Glória. Xande inscreve Filipinho para fazer um teste em um musical.

Flaptur A iniciativa vai apresentar poesia e contação de história aos diversos pontos turísticos da capital e proximidades, com o intuito de levar para perto da sociedade mais atrativos literários. As ações acontecerão no Monumento Marco Zero, Museu do Curiaú e no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) de Mazagão Novo.

Rufar Literário Criado na primeira edição da Feira do Livro do Amapá, o Rufar Literário é o momento onde os escritores do Amapá e também os convidados de outros estados vão até as escolas da rede pública estadual para um encontro com os alunos, momento em que será celebrada e compartilhada a arte literária produzida pelos escritores.

VENDAS, exposições, lançamento de livros, apresentações teatrais, poéticas, mesas de debates e palestras marcarão programação

Artistas regionais promovem show beneficente neste domingo

Malhação

rão oferecidas atividades pensando na valorização do Rio Amazonas, e também buscando aproximar as comunidades ribeirinhas e estudantes à leitura, que é de vital importância para o desenvolvimento da pessoa como cidadã e agente difusora de novas ideias.

Flap Memória e Verdade Essa programação tem o objetivo principal de trazer às discussões o resgate da memória de um período da história do Brasil, onde a opressão e o desrespeito à pessoa humana tornaram-se regra. Busca-se, também, relembrar a atuação de resistência de inúmeras pessoas e diversas instituições, que corajosamente ousaram enfrentar a tirania da ditadura militar com a dignidade de suas vidas. E, finalmente, visa oferecer uma contribuição em favor dos valores da democracia, da liberdade, da justiça e de um imprescindível compromisso com a verdade.

Joia Rara Viktor diz a Sílvia que a ama e pede que ela não viaje com Franz. Davi se sente humilhado quando Thereza termina o namoro. Tenpa e Sílvia perdem o navio. Joel pergunta a Aurora se ela está apaixonada por Davi. Manfred flagra Viktor com Sílvia. Iolanda propõe a Mundo que os dois fujam juntos. Venceslau pega uma joia sem que Pilar veja e dá para Volpina usar. Conceição vê Eulália comendo na cozinha e reage de forma receptiva, surpreendendo Matilde e Serena. Aurora convida Davi para ir à sua estreia no cabaré. Sílvia se prepara para viajar e diz a Ernest que trará Franz de volta.

Amor à Vida Amarilys pede para Eron ir embora com ela e Fabrício. Valdirene não se conforma de ter que ficar longe de Márcia. Rinaldo incentiva Márcia a voltar para o apartamento de Ignácio. Vivian fala sobre alcoolismo e se emociona. Eudóxia não deixa Valdirene comer demais no restaurante. Niko dá um ultimato em Eron. Bruno teme que Paulinha deixe de gostar dele. Eron avisa a Niko que, para Jayminho ser adotado, eles precisam morar juntos. Aline sugere que César tente negociar com Atílio para evitar ser descoberto. Jacques flerta com Pilar. Félix termina seu romance com Anjinho. Lutero leva Gigi para falar com Atílio.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Transmutar sim, mas desde que haja uma boa dose de diversão e alegria nisso também! Com a minguante lunar no brincalhão signo de Leão, o filtro a ser aplicado em suas escolhas passa por aí. Sexo e romance exigem mais galanteria e conquista.

Libra (23 set. a 22 out.) Com a minguante lunar começa a fase do mês em que as propostas iniciadas há 14 dias começam a ser postas na balança da vida. A radicalidade de Escorpião será filtrada. Ambos os signos falam de concentração de poder e autodomínio. Reflita sobre .

Touro (21 abr. a 20 mai.) É bom se relacionar com quem você ama, mas também é bom quando é possível viver a intimidade com esta pessoa. Os próximos dias serão de reflexão sobre esta necessidade de curtir a vida intima com seu amado. Hospitalidade é a chave.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Para além de sua vontade há o desejo do outro, a ordem ditada de cima - o chefe, a autoridade, as leis, o Estado. Você vive um período em que o Estado mínimo seria desejável, mas terá de se curvar ás regras comuns que nos submetem a todos. Lua minguante!

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Há trabalho a fazer e que exige controle pessoal seu, mas sem ter a pericia e o conhecimento de causa, como fazer isto? Assim é que nos próximos dias a pedida é se inteirar dos métodos e procedimentos para executar seu trabalho. Informe-se e reveja.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Bom saber que além de amargar suas falhas, você é capaz de encarar com alegria estas faltas cometidas no passado. É assim que a fase que começa agora torna mais leve - com sua graça imprevista - o exame dos próprios erros e acertos. Vale até 3/11.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) É ótimo soltar a criatividade, é uma ideia atraente ser aplaudido, mas para isto é preciso também ter cacife. Ou seja, ter recursos financeiros, materiais, e humanos também, como talentos e dons. Os seus dons e recursos definirão o que deve fazer nestes dias.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Na dança da Lua, alcançamos a fase minguante - aquele em que a crítica e o exame se tornam instrumentos de correção e acerto gerais. Para você é a chance de avaliar seu engajamento em causas e entidades. Um amigo mostrará seu próprio limite.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Um sábado instável pra você - a minguante lunar ocorre em seu signo, então suas emoções e a mudança de humor se torna relevante. É preciso levar em consideração suas necessidades, e não apenas as da família. Dias de ajuste e reflexão sobre seu papel.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Suas metas profissionais são estímulos poderosos, e você tem uma reputação a zelar. É preciso agora coordenar suas alianças e parcerias a estes objetivos maiores. É provável que tenha de rever uns e outros até 3/11 e aí, tomar nova direção.

Virgem (23 ago. a 22 set.) Sol em Escorpião e Lua em Leão configuram minguante lunar, anunciando sete dias de revisão e indagações internas. O tema? Até onde certas ideias que apregoa e crê podem ser modelos de vida para si próprio? Ser exemplo do que fala é um desafio, corrija suas ideias.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) A minguante de lunar propõe um desafio sério: como é que se encaixam, no seu cotidiano, as crenças as quais você se agarra intensamente? Até que ponto você vive no dia a dia de acordo com elas? Analise e desfaça-se daquelas que não pode exercer e vivenciar.


Sociedade

LÚCIA THEREZA @luciathereza lucia.ghammachi@jdia.com.br

Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013

Diagramadora: Maraina Melo - maramiranda@jdia.com.br

Educar os jovens a construir pontes

Residencial Miracema

E

m sua série de audiências sucessivas, o Santo Padre recebeu na Sala Clementina, no Vaticano, uma delegação de 60 pessoas do Simon Wiesenthal Center: uma Organização internacional Judaica para a defesa dos direitos humanos. A eles o Papa disse: “Estes encontros são, da parte de vocês, um sinal de respeito e estima para com o Bispo de Roma, pelo qual fico agradecido, e pelo qual o Papa corresponde, com a mesma consideração, pela obra à qual vocês se dedicam: combater toda forma de racismo, intolerância, antissemitismo, preservando a memória do Holocausto e promovendo a compreensão recíproca, mediante a formação e o trabalho local”. “Onde uma minoria qualquer é perseguida e marginalizada, por causa das suas convicções religiosas ou étnicas, o bem da sociedade corre perigo. Eis porque todos nós devemos sentir-nos envolvidos. Refiro-me, com particular preocupação, aos sofrimentos, marginalização e às autênticas perseguições pelos quais não poucos cristãos passam em diversos países do mundo. Unamos as nossas forças para favorecer uma maior cultura de encontro, compreensão e perdão recíprocos”. Às atuais gerações, frisou o Papa, sobretudo às mais jovens, “devemos saber transmitir a paixão pelo encontro e o conhecimento uns dos outros, além dos progressos e da história do diálogo judaico-católico”. E concluiu: “Encorajo-os a continuar a transmitir aos jovens o valor do esforço comum, afim de que rejeitem os muros e construam pontes entre as nossas Culturas e tradições religiosas. Shalom!

M

ais um passo foi dado para a aprovação do empreendimento habitacional Residencial Miracema, nesta semana, em Brasília. Os secretários de Estado de Infraestrutura, Amilton Coutinho, e da Representação do Governo, Diva Ribeiro, juntos com representantes da Prefeitura de Macapá e da Construtora Triunfo, reuniram-se com a secretária nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Inês Magalhães, para apresentarem, em detalhes, o

projeto do que será o maior empreendimento habitacional do Amapá, com 4.985 unidades residenciais – 4.512 apartamentos e 473 casas. A apresentação contou com a exibição de um filme de animação do Miracema já totalmente construído e urbanizado. A peça foi produzida pela construtora e deu um panorama geral de como ficará o residencial, após sua implantação às margens da Rodovia Norte/Sul

Ajudando quem precisa

Curtas pra curtir • O AMAPÁ GARDEN Shopping se solidariza as famílias atingidas com o incêndio no bairro Perpétuo Socorro e convida você a fazer a doação de alimentos, produtos de higiene pessoal e roupas para as vítimas do incêndio. O shopping será um posto de coleta. Toda ajuda é bem vinda.

O Jornal do Dia e a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, no bairro do Trem, estão coletando alimentos e doações para as vítimas do incêndio. As entregas devem ser feitas na própria Igreja da Conceição. Na foto a vice-presidente do Jornal do Dia, advogada Juliane Pereira e o Presidente do Conselho Editorial do JD, doutor Aldenor Benjamim

Atendimento aos desabrigados do incêndio do Perpétuo Socorro

M

édicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, psicólogos, assistente social, nutricionistas, fisioterapeutas e massoterapeutas se uniram na manhã desta quinta-feira, 24, para prestar socorro às vítimas do incêndio ocorrido na tarde de quarta-feira, 23, na baixada localizada atrás da Feira da Avenida Ana Nery, no bairro Perpétuo Socorro. A equipe de saúde disponibilizada pelo Governo do Amapá, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), é formada por mais de 50 profissionais que se dividiram e estão atendendo no Ginásio Avertino Ramos, nas

escolas Mário Andreazza, Edgar Lino, Maria Ivone e Deuzuite Cavalcante, locais onde foram montadas bases de socorro. “Nós, que fazemos a gestão da saúde do Estado, estamos juntos em uma só causa, que é ajudar os moradores do Perpétuo socorro”, sublinhou a secretária de Saúde, Olinda Araujo, que está acompanhando de perto o atendimento aos desabrigados desde a noite do sinistro. “Todos os profissionais da saúde estão solidários e envolvidos para que os atingidos recebam atendimento, para isso convoquei todos os centros e hospitais”, complementou.

• O EVENTO contará com exposição da linha Make B, dicas e demonstrações, e utilização correta da Make B.


MACAPÁ-AP, DOMINGO E SEGUNDA, 27 e 28 de outubro de 2013

Carro&Moto Ford New Fiesta e Peugeot 208 se enfrentam com motor 1.5 D2

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

DE CARA NOVA

Honda Fit 2014

Versão antiga está encerrada nos estoques D3

Chevrolet Camaro fica com cara de mau e mais equipado na linha 2014 D3

Hyundai levará Veloster Turbo de 370 cv ao SEMA Show Modelo foi desenvolvido em parceria com a customizadora Fox Marketing e é considerado o mais potente já criado para as ruas Carsale.uol

A

pós mostrar o esboço de uma versão do Veloster desenvolvida para corridas noturnas, a Hyundai divulgou a imagem de mais

uma variante do hatch a ser exibida no SEMA Show, a maior feira de veículos modificados do mundo, que será realizada entre os dias 5 e 8 de novembro em Las Vegas, nos Estados Unidos. Em parceria com a customizadora Fox Marketing, a montadora sul-coreana criou, segundo ela própria, “o mais potente Veloster Turbo já desenvolvido para as ruas”. O motor de 1.6 litro turbo de 200 cavalos de potência recebeu uma preparação que o fez atingir impressionantes 370 cv. Além das modificações no trem de força, o carro ganhou um novo sistema

de suspensão ajustável, freios maiores confeccionados em fibra de carbono, além de rodas de liga

leve exclusivas. O pacote da Fox Marketing inclui ainda spoilers nos para-choques e saias laterais

e bancos de competição. Detalhes de desempenho e preço não foram divulgados.

DE ACORDO com preparadora, este é o Veloster de rua mais potente já feito; Exibição ocorre em novembro

Renault Logan terá nova versão top de linha Revista auto esporte

N

a última segunda-feira (23), a Renault revelou a nova geração do Logan para o Brasil. Por enquanto, a montadora francesa não divulgou nada além de fotos do três volumes, que aporta por aqui

com um visual mais arredondado, próximo ao do Symbol. Mas Autoesporte apurou nas concessionárias da marca que o novo Logan terá uma terceira e nova versão top de linha, batizada de Dynamique. Antes, o modelo era oferecido nas configurações Autentique e Expres-

sion. Nessa nova configuração, o modelo traz banco traseiro com rebatimento, piloto automático com limitador de velocidade e sensor traseiro de estacionamento opcional. Os três itens não estavam presentes no Logan 1.6 Automático Expression, versão

mais completa do modelo 2013. Vale ressaltar que o sedã trará airbag e freios ABS de entrada, seguindo a lei sancionada em 2009, que obriga a presença dos itens de segurança em todos os carros produzidos no Brasil até 2014. Segundo informações da

Renault, um das novidades é a diminuição de ruído na cabine, em comparação ao modelo anterior. A marca do Losango também afirma que uma nova tecnologia de revestimento de assentos deve trazer mais ergonomia. Chamada de CCT (Cover Carving Technology), ela

Branco é a cor mais popular no mundo Revista auto esporte

S

egundo um relatório divulgado pela PPG Industries, maior provedora de revestimentos para a indústria automotiva, o branco foi a cor preferida pelos consumidores de todo o mundo na hora de comprar um carro em 2013. De acordo com a pesquisa, a cor branca esteve presente em 25% dos carros novos comprados esse ano, um número 3% maior do que o registrado no ano anterior. Em segundo lugar ficaram empatadas as cores prata e preta com 18% das preferências, seguidas pelo cinza, vermelho, azul e verde. Contrastando com o resto do mundo, a América do Sul novamente contou com o prata como sua cor preferida na hora de escolher um carro: 33% dos veículos. Na América do Norte o branco também venceu, mas não com tanta facilidade. A cor representou 21% dos carros comprados contra 19% da tonalidade preta e 17% do cinza.

funciona por meio de um método de injeção de espuma dentro de um molde pré-concebido. Os bancos terão revestimento preto escuro (Authentique), cinza escuro (Expression) e cinza claro (Dynamique). Os materiais ainda não foram divulgados pela montadora.


D2

Carro&Moto

Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013

Ford New Fiesta e Peugeot 208 se enfrentam com motor 1.5 sob o capô

FOTOS DIVULGAÇÃO

.AMBOS são projetos globais, mas o modelo da Ford já era importado do México desde o final de 2011 antes de começar a ser produzido em São Bernardo do Campo

Bonitos, globais e com pacote de equipamentos atraente, compactos que passaram a ser fabricados no País em 2013 UOL/Carros

C

onsiderados os principais competidores atuais do segmento de compactos “acima dos populares”, o Ford New Fiesta e o Peugeot 208 estão deixando muita gente confusa no momento de escolher um hatch com motorização acima de 1.0 litro, nível de acabamento superior e pacote de equipamentos mais farto. Ambos são projetos globais, mas o modelo da Ford já era importado do México desde o final de 2011 antes de começar a ser produzido em São Bernardo do Campo (SP) em março deste ano, enquanto o carro da montadora francesa já estreou no mercado brasileiro com produção local (o 208 compartilha desde abril a linha de montagem, plataforma e outros componentes com o Citroën C3 na fábrica da PSA, na cidade fluminense de Porto Real). O Carsale realizou um comparativo com os dois compactos tendo como base as configurações de entrada, dotadas de motorização de 1.5 litro. Para isso, utilizamos o New Fiesta S e o 208 Active. No entanto, o Peugeot que ilustra a matéria é uma unidade da versão Allure que esteve conosco durante o Alta Rodagem, portanto, consideramos para o teste apenas o comportamento dinâmico do carro, deixando de lado os equipamentos disponíveis na variante mais cara. Custando a partir de R$

39.980, o New Fiesta S leva sob o capô um motor 1.5 de 16 válvulas, que desenvolve 107/111 cavalos de potência (gasolina/etanol) e 14,4/14,7 kgfm a 4.250 rpm, acoplado a um câmbio manual de cinco marchas. De série, o hatch traz ar-condicionado, direção com assistência elétrica, airbags frontais, freios com ABS (anti-travamento) e EBD (distribuidor de frenagem), rádio AM/FM/USB, avisos de portas abertas e faróis acesos, limpador e desembaçador do vidro traseiro, chave canivete, vidros dianteiros, retrovisores externos, travas das portas eda tampa do porta-malas com acionamento elétrico, alarme volumétrico, faróis com temporizador, ganchos ISOFIX para a fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro, além de rodas de rodas de aço de 15 polegadas com calotas, entre outros itens. O 208 Active (R$39.990) é equipado com um bloco 1.5, porém de oito válvulas, e 13,5/14,2kgfm a 3 mil rpm. A transmissão também é manual de cinco velocidades. O pacote de equipamentos de série é semelhante ao do New Fiesta, com exceção do sistema de áudio e dos retrovisores elétricos presentes no rival. O 208 só se sobressai em relação ao concorrente a partir da versão Active Pack – lançada em julho por R$ 42.990, mas já ausente do site da fabricante - por contar com itens ausentes nas configurações 1.5 do New Fiesta. Além dos espelhos elétricos, o 208 Active Pack acrescenta volante revestido em couro, central multimídia com tela de 7 polegadas sensível ao toque, sistema de som, GPS e funções do computador de bordo (a variante traz ainda rodas de liga leve de 15 polegadas). O carro como o das fotos, configurado na versão Allure, parte de R$ 46.290 e ainda traz o teto panorâmico fixo. Como andam? Os motores dos dois hatches são bicombustíveis e contam com tecnologia

que dispensa o uso do tanquinho de gasolina para a partida a frio. A unidade de força do New Fiesta, no entanto, é feita em alumínio (cabeçote, bloco e cárter) e dotada de comando variável de válvulas. Já o bloco do Peugeot é uma evolução do antigo motor 1.4 do veterano 207. Devido o seu motor ser mais moderno e ter 18 cv a mais, o New Fiesta apresenta desempenho ligeiramente superior ao do 208. As acelerações e arrancadas são mais espertas. Nas retomadas, no entanto, a performance é mais parelha. O câmbio do Ford é um pouco mais macio de operar, enquanto o do Peugeot requer um pouco mais de tempo para se acostumar. Os dois modelos contam com sistemas de direção muito bem acertados, com bom peso e precisão, mas o do 208 merece destaque por ser mais leve em manobras e, principalmente, pelo volante de raio reduzido, que confere uma ótima dirigibilidade em estradas e trechos sinuosos. No quesito consumo, o 208 uma pequena vantagem nos testes realizados pelo Instituto Mauá de Tecnologia (IMT). Com o combustível vegetal no tanque, o modelo teve as seguintesmarcas: 8,8 km/l na cidade e 12,8 km/lna estrada. O New Fiesta registrou 8,9 km/l em trecho urbano e 11,7 km/l em percurso rodoviário. Abastecidos com gasolina, os resultados foram 11,5 km/l rodando na cidade e 16,2 km/l na estrada para o Peugeot, enquanto o Ford alcançou os 11,2 km/l em percurso urbano e 14,9 km/l no trecho rodoviário. O IMT também levou os

carros à sua pista de testes para uma avaliação de desempenho. Abastecidos com o derivado de cana-de-açúcar, o Ford acelerou de 0 a 100 km/h em 12,2 segundos, deixando para trás o Peugeot, que cumpriu a prova em 13,33 s. Mercado De acordo com o relatório da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a Ford comercializou 11.992 unidades do Fiesta em setembro, com um acumulado de 99.402 veículos. Mas vale lembrar que os números do New Fiesta são contabilizados com os do Fiesta Rocam. Já o 208 teve 2.064 carros vendidos no último mês, somando 14.873 emplacamentos. Os números têm comprovado que a nacionalização do New Fiesta foi uma decisão bem-sucedida da Ford, que passa oferecer o hatch em diversas faixas de preços. O compacto tem um conjunto mecânico bastante interessante eagrada a quem gosta de dirigir. A fabricante peca ao não dar o devido cuidado em termos de acabamento interno a um carro que tem preço inicial na faixa dos R$ 40 mil e é uma de suas grandes apostas no mercado global. Já o 208 esbarra no preconceito (que vem diminuindo) do consumidor brasileiro com relação a carros de fabricantes francesas. Embora seja equipado com um motor mais defasado em relação ao do New Fiesta, o Peugeot tem qualidades – como bom acabamento e espaço interno – que o coloca entre os melhores de sua categoria.

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Pista livre JOSÉ ARCANGELO

Colunista

Bast A revista especializada Auto Esporte na edição “Qual comprar em 2013” elegeu o ix35 da Hyundai como “O melhor SUV Premium do Brasil”. Vem com o sistema de ignição keyless (sem chave) com sensor de proximidade e botão start-stop (liga-desliga). O seu câmbio automático é um dos mais modernos e eficientes do planeta com shiftronic, trocas de marchas imperceptíveis assim como maior autonomia. Mimos No ix35 da Hyundai o vistoso GPS do kit multimídia é original de fábrica, com tela em LCD de sete polegadas, touchscreen (sensível ao toque), Bluetooth, câmera de ré e mapas atualizados do Brasil. Para facilitar sua vida no habitáculo o condutor usa o celular sem tirar as mãos do volante. E para completar os bancos de couros tem detalhes exclusivos do premium. São cinco anos de garantia sem limite de quilometragem. Test drive na Caoa Macapá, Rua Adilson José Pinto Pereira, 224 bairro de São Lázaro. Blitz É uma super blitz, mas, não tem nada de bafômetro. A blitz é na Betral Veículos, localizada na Av. Almirante Barroso 2.200 no coração do bairro de Santa Rita. Lá se encontra a sua espera o Uno Mille Way flex 1.0, básico, 2013 por apenas R$ 23,99 mil e um dos mais desejados carros do mercado, o Gran Siena Attractive 1.4 motor Evo flex, quatro portas, 2014, completo por apenas R$ 39,59 mil. Aproveite as promoções de acessórios com descontos que começam com 15 e vão até 60% de desconto. Faça um test drive, agende sua revisão e ganhe brindes. Cross Dirigir um Citröen AirCross e se sentir nas alturas (1,75 metros) a começar da posição do

volante, com altura do solo em 230 mm. Bom tanto no asfalto como nas estradas de terra, mas é nessa última que ele se dá melhor, devido ao seu potente motor 1.6 16V e bem casado com um câmbio escalonado o carro, é confortável com um bom acabamento interno como manda a escola francesa. Chery Prestes a ser inaugurada a nova revenda da Chery no Amapá é assinada pelo empresário marabaense Zucatelli. Veículos da marca já estão expostos no show room da empresa, localizada na Rua Hildemar Maia esquina com Av. Cora de Carvalho, no bairro de Santa Rita. Alem do pequeno QQ já se pode sentir a presença do SUV Tiggo 5 com motor 2.0 de 135 cv com mais espaço interno devido ao aumento dos entre-eixos. Combustível A moda é falar do petróleo que vem do Pré-Sal e todas as apostas indicam que em 30 anos as reservas do campo de Libra vão se exaurir. E porque o Governo Brasileiro não aposta no etanol, um combustível verde, completo, vantajoso, pois, aumenta a potência dos motores, gera mais de um milhão de empregos e emite menos gases que causam mudanças para pior do clima? Ecológica Falta ao Governo brasileiro administrar com mais carinho o preço do etanol, mantendo-o sempre mais barato que a gasolina em 30%. Dar mais incentivos para quem planta a cana até a sua industrialização. Em segundo promover uma ampla campanha de conscientização ecológica e estimular a produção de carros híbridos como acontece na Europa. Assim os mananciais petrolíferos terão vida mais longa e o planeta agradece a menor emissão de gases venenosos na atmosfera.

Auto Pista

Promoção na Betral Veículos só esse mês. O Itaú Seguro Auto está dando um desconto de R$ 150,00. Uma boa oportunidade de garantir um benefício mais que necessário no Meio do Mundo. Quem manda o aviso é Rodrigo Rizzatti, do F&I da Betral. –x-x-x-x- Falar em Betral mais um sucesso de vendas garantido pela Fiat com a picape Strada de três portas. A terceira só abre quando a do passageiro é acionada. Muito interessante e prática. –x-x-x-x- Fernando Carvalho, “manager” da Trilha Norte Nissan diz que com a inauguração da fábrica brasileira da marca no Rio de Janeiro vai poder brigar em pé de igualdade com a concorrência. Acredito. -x-x-x-x- Anotem: Iveco, uma marca que cresce a cada dia no Meio do Mundo. Tem assinatura do empresário paraense Djalma Bezerra, o mesmo que é dono da Bacaba (Toyota) e agora da Hyundai (HB20). –x-x-x-x- Com a crise financeira que se abate sobre o Amapá, algumas “bocas” de usados já fecharam as portas e transferiram seus estoques para outras, numa espécie de parceria branca. É que com os aumentos dos juros a clientela dessas lojas tem quase que 90% dos cadastros nas financeiras rejeitados. Daí a principal causa nas baixas de vendas. –x-x-x-x-“O verdadeiro amor nunca se esgota. Quanto mais se dá, mais se tem”. (Saint Exupéry). –x-x-x-x- Freando...e conclamando a todos os amapaenses nascidos aqui e os de coração para continuar a contribuindo com os desabrigados do incêndio. –x-x-x-x- Bom Domingo!


Carro&Moto

Macapá-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013

Honda Fit 2014 tem taxa zero nas concessionárias

Em detalhes

FOTOS DIVULGAÇÃO

BMW série 2 aparece em fotos oficiais

Estas são as primeiras fotos oficiais do novo BMW Série 2, o substituto das versões Coupe e Convertible do Série 1. A apresentação oficial no último dia 25, mas as imagens foram parar na internet, cortesia do site AutoBlog RS. O cupê chega às concessionárias na Europa em março de 2014. O modelo retratado nas fotos é o M235i, a versão mais potente que estará disponível no lançamento - no futuro, a BMW vai lançar o M2, o sucessor do 1M. No resto da linha estarão as versões 218i, 225i e 220d . No futuro, virá a versão GranCoupe. As informações de bastidores dizem que o M235i será equipado com um motor 3.0 turbo, seis cilindros, de 320 cv. O M2 deve compartilhar deste motor, com uma preparação diferente que eleve a potência para 350 cv.. (caranddriverbrasil)

Revista auto esporte

N

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

FOTO DIVULGAÇÃO

Mais cara, nova versão de entrada CX começa a ser vendida e reservada; versão antiga está encerrada nos estoques

o iníco deste mês, a Honda anunciou que o Fit 2014 chegaria às lojas ainda em outubro. Dito e feito. A nova linha do monovolume já está presente nos estoques, conforme apurou Autoesporte junto a concessionárias do país. Enquanto prepara o terreno para receber o modelo completamente redesenhado - que começa a ser fabricado no Brasil no ano que vem - a Honda faz uma investida na nova linha. Em todas as autorizadas contadas, a recém lançada versão de entrada CX é oferecida com taxa zero, desde que o cliente dê uma entrada referente a 60% do valor do carro, com parcelamento em até 24 vezes. Por enquanto, as lojas praticam o preço de tabela:

D3

A NOVA linha do monovolume já está presente nos estoques, junto a concessionárias do país

R$ 49.900 para o modelo manual e R$ 53.900 para o automático, sem sobrepreço ou descontos imediatos. Apenas uma das autorizadas não tinha o modelo para pronta entrega. Nesse caso, foi possível negociar uma reserva, fechada com um sinal de 10% do valor integral do carro. Adeus, DX A nova versão de entrada CX, agora com câmbio automático opcional, chega para substituir o antigo DX. Este, segundo a montadora, será descontinuado. Quem pensou que conseguiria arrancar boas ofertas desse mudança de merca-

Em detalhes

do, pode esquecer. Não havia sequer uma unidade nessa configuração nos estoques das lojas contatadas pela reportagem. É que o Honda Fit CX ganhou, além da possibilidade da caixa de câmbio automática, novos faróis

máscara negra, lanternas traseiras translúcidas escurecidas e apliques em preto nas calotas e na grade frontal. A inclusão desses itens somou R$ 1.970 ao preço da antiga versão básica do modelo, até então tabelada a R$ 47.930.

Novo Cherokee chega às lojas nos EUA A nova geração do Jeep Cherokee passa a ser vendida nos Estados Unidos depois de dois meses do início da produção, informa o site norte-americano Autonews. O carro chega às concessionárias da marca com atraso causado por alguns contratempos que tiveram que ser resolvidos até pelo pessoal do departamento de engenharia da Chrysler. Ao todo, já foram produzidas 23 mil unidades do novo modelo. No mercado norte-americano, o novo Jeep Cherokee vai custar a partir de US$ 22.995, algo em torno de R$ 50 mil. De acordo com as vendedores das lojas da marca a procura pelo carro está boa com interessandos em saber exatamente o dia em que as primeiras unidades vão estar disponíveis. Entre outros problemas, o novo SUV apresentou defeito no software do câmbio automático de nove marchas, o que levou um tempo para ser resolvido. .(caranddriverbrasil)

Partindo de R$ 210 mil, Chevrolet Camaro fica com cara de mau e mais equipado na linha 2014 FOTO DIVULGAÇÃO

UOL/Carros

A Kawasaki lançará seu primeiro scooter em Milão

Com a ambição de entrar no crescente mercado voltado para a mobilidade urbana, a Kawasaki decidiu se aventurar pela primeira vez no segmento dos scooters na Europa. O projeto do novo veículo e pioneiro da marca neste estilo, chamado de J300, tem design que lembra as motocicletas esportivas da Kawasaki, com linhas angulares e agressivas. “É muito importante que nosso primeiro passo no mercado de scooter europeu seja com um produto que tenha a ‘cara’ da Kawasaki. Estamos felizes, pois alcançamos isso com o J300”, comentou Keishi Fukumoto, chefe de design da Kawasaki. (motociclismo.terra)

Ducati revela nova 1199 Superleggera

A Ducati revelou a nova 1199 Superleggera, uma edição limitada a 500 unidades baseada na superesportiva 1199 Panigale R. Equipada com um motor 1198 cc Superquadro de 2 cilindros em L, com quatro válvulas de titânio por cilindro, a motocicleta italiana pesa apenas 155 kg (peso seco) e entrega uma potência que supera os 200 cavalos a 11.500 rpm e um torque máximo de 13,66 mkgf. (motociclismo.terra)

BMW comemora 90 anos com a nova R nineT roadster

Para quaisquer padrões, 90 anos representa bastante tempo e um grande motivo para comemorar. Em 2013, a BMW Motorrad comemora 90 anos de existência e, por isso, resolveu celebrar presenteando os apaixonados por motocicletas com um novo modelo retro no estilo café racer. Chamada de R nineT (uma alusão aos noventa anos, em inglês, ninety), o último produto da BMW Motorrad remete às suas raízes, à BMW R 32 de 1923. Assim como sua irmã mais velha, a nova conta com um motor twin boxer de 1.170 cm³ refrigerado a ar e a óleo que entrega 110 cavalos de potência e um torque máximo de 12,17 mkgf. Seu visual musculoso se alia ao estilo roadster clássico.

Chevrolet apresentou a primeira reestilização da quinta geração do Camaro, apresentada ao mundo em março de 2009 e lançada no mercado brasileiro no final de 2010. Além das alterações de estilo, o muscle-car recebeu melhorias nos materiais do acabamento interno e passa a ser equipado com o sistema multimídia MyLink. Ainda vendido em versão única, a SS, o Camaro tem preço inicial de R$ 210 mil (R$ 7 mil mais caro que a linha 2013). De acordo com a Chevrolet, a dianteira do Camaro 2014 foi inspirada na versão mais nervosa ZL1 de 580 cavalos de potência, enquanto as lanternas traseiras remetem às do modelo lançado em 1969, ainda na primeira geração. O conjunto óptico ficou mais afilado, assim como a grade frontal. Maior, a entrada de ar do para-choque passa a ser a principal tomada de ar do motor. Segundo Carlos Barba, diretor executivo de Design da General Motors, “o novo desenho trouxe melhorias na aerodinâmica e na força descendente, favorecendo a economia de combustível e a estabilidade do carro”. O executivo diz ainda que a sétima geração do Corvette, apresentada no Salão de Detroit no começo do ano, também serviu de espelho para o Camaro “por influenciar em linhas mais agressivas que remetem à atitude”. Por deixarem o carro com cara de mau, a montadora batizou as novas linhas do carro de “Mean Street Fighter”, algo como “Brigador de Rua Maldoso” em inglês. Sob o capô, o esportivo manteve o enorme motor

A DIANTEIRA do Camaro 2014 foi inspirada na versão mais nervosa ZL1

(todo em alumínio) de 6.2 litros V8 com duplo comando de válvulas variável, velas de irídio e bobinas individuais para cada cilindro, que funcionam de acordo com a demanda do acelerador. O sistema pode desativar as válvulas de até quatro cilindros para favorecer o consumo quando o propulsor não necessitar de toda a sua potência. A unidade de força desenvolve 406 cv a 5.900 rpm e entrega 57 kgfm de torque a 4700

rpm, e trabalha em conjunto com uma transmissão automática de seis velocidades com aletas para trocas manuais no volante e sistema de tração traseira. A fabricante diz que o Camaro acelera de 0 a 100 km/h em “menos de cinco segundos” e atinge a velocidade máxima de 250 km/h, limitados automaticamente. Dentro da cabine, o modelo passa a ser equipado com novos materiais, de qualidade ligeiramente su-

perior ao da versão anterior, head-up display com grafismo renovado (além de um velocímetro digital, o dispositivo passa a exibir também um conta-giros). Mas a principal novidade para quem vai a bordo é a adoção do sistema de entretenimento MyLink. Semelhante ao aplicado recentemente às linhas S10 e Trailblazer, o equipamento é dotado de rádio AM/FM/ USB/MP3 e alto falantes da marca Boston, GPS integrado e câmera de ré.

COM MAIS de 3.600 unidades vendidas no Brasil, o Camaro é o único no mercado a oferecer um motor de mais de 400 cv de potência


D4

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, domingo e segunda, 27 e 28 de outubro de 2013

Jornaldodia27e28102013