Issuu on Google+

MUITOS ERROS

NO STF

Bellucci perde para holandês

MASSA

Britto diante do Mensalão

Rotina não mudou nada

Ministro tomou posse ontem e tem pela frente o Mensalão.nA4

Bellucci não conseguiu mostrar a mesma consistência apresentada.

Desde chegada ao Bahrein, pouca coisa mudou. nC2

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Sexta-feira, 20 de Abril de 2012 - Ano XXV

Domingo e Segunda R$ 3,50 - Terça a Sábado R$ 1,50

EDUCAÇÃO

Greve atinge cem mil alunos e escolas esvaziam paralisação Cerca de cem mil estudantes ficam sem aula a partir de hoje, por tempo indeterminado, por conta da greve desencadeada pelos professores. Ontem, em contato com

assessoria da Secretaria Estadual de Educação (Seed), a reportagem foi informada que algumas escolas tentam convencer os professores a não paralisar. nB3

NEGOCIAÇÃO

Governo tenta evitar geves nos demais setores

Os representantes das Polícias Militar e Civil levarão para a apreciação da categoria, neste fim de semana, propostas de aumento significativo acima dos 8% de reajuste linear. Os próximos representantes sindicais a serem recebidos serão os do grupo Gestão. nB3

NA UNIFAP

Professores federais paralisam atividades Eles cobram a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários. nB1

LIBERTADORES

Corinthians busca reforço para o ataque Encerrada a sondagem sobre o centroavante uruguaio, o time paulista tentará outro reforço para o ataque. A ideia é trazer um centroavante após a disputa da Libertadores. nC1

NAS ESCOLAS

Comissão rejeita eleição de diretores por educadores

DIVULGAÇÃO

Greve iniciada hoje na Educação foi aprovada durante assembleia geral ocorrida por toda a semana passada, entre os professores

Deputados federais rejeita- a eleição dos diretores pelos ram o projeto que determina professores. nA3 DIVULGAÇÃO

Técnicos do governo e investidores, durante visita às obras do shopping

TRÂNSITO

Secretaria de Transportes faz estudo no entorno do Amapá Garden Shopping Após a decisão dos deputados, projeto deverá ser arquivado

CPI DA SAÚDE

Ideia da Secretaria é com segurança naqueapresentar soluções que le trecho da Rodovia JK. melhorem o trânsito nA6 HEVERTON MENDES

Falta de material compromete cirurgias oftalmológicas Essa foi a afirmação fei- de Ofalmologia, que ta pelo médico Rober- depôs ontem à CPI da val Menezes, do Setor Saúde. nA3

CONFIRMADO

Geraldão matou a namorada e se suicidou Essa foi a conclusão do caso, dada ontem com base nos laudos. nB2 Delegada Odanete Biondi falou sobre o caso

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

Opinião

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

A greve RODOLFO JUAREZ

A

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

greve, apesar de ser reconhecida legalmente para a maioria das categorias profissionais, algumas ainda não tem o reconhecimento legal, entretanto, já se impuseram como meio aceito para reivindicar direitos ou melhorias de condições de trabalho. Mas o que é a greve? A greve é a cessação coletiva e voluntária do trabalho realizada por trabalhadores com o propósito de obter benefícios, como aumento de salário, melhoria de condições de trabalho ou direitos trabalhistas, ou para evitar a perda de benefícios. Por extensão, pode referir-se à cessação colectiva e voluntária de quaisquer atividades, remuneradas ou não, para protestar contra algo, em conformidade com a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT. A palavra origina-se do francês “grève”. O termo greve significa, originalmente, “terreno plano composto de cascalho ou areia à margem do mar ou do rio”, onde se acumulavam inúmeros gravetos.

Daí o nome da praça e o surgimento etimológico do vocábulo, usado pela primeira vez no final do século XVIII. Originalmente, as greves não eram regulamentadas, eram resolvidas quando vencia a parte mais forte. O trabalho ficava paralisado até que ocorresse uma das seguintes situações: ou os operários retornavam ao trabalho nas mesmas ou em piores condições, por temor ao desemprego, ou o empresário atendia total ou parcialmente as reivindicações para que pudessem evitar maiores prejuízos devidos à ociosidade. As greves podem ser de diversos tipos, a depender de fatores como tática, propósito ou alcance do movimento. Por esta razão, não é incomum associar aos movimentos grevistas termos que o qualifiquem. Dentre os tipos mais difundidos, encontram-se: Greve branca: Mera paralisação de atividades, desacompanhada de represálias; Greve de braços cruzados: Paralisação de atividades, com o grevista pre-

sente no lugar de trabalho, postado em frente à sua máquina, ou atividade profissional, sem efetivamente trabalhar; Greve de fome: O grevista recusa-se a alimentar-se para chamar a atenção das autoridades, ou da sociedade civil, para suas reivindicações; Greve geral: Paralisação de uma ou mais classes de trabalhadores, de âmbito nacional. Geralmente é convocado um dia em especial de manifestação, procurando chamar atenção pela grande paralisação conjunta. Greve selvagem: Iniciada e/ou levada adiante espontaneamente pelos trabalhadores, sem a participação ou à revelia do sindicato que representa a classe; Operação-padrão: Consiste em seguir rigorosamente todas as normas da atividade, o que acaba por retardar, diminuir ou restringir o seu andamento. É uma forma de protesto que não pode ser contestada judicialmente, sendo muito utilizada por categorias sujeitas a leis que restringem o direito de greve, como as prestadoras de serviços considera-

Editorial

dos essenciais à sociedade, por exemplo. É muito utilizada por ferroviários, metroviários, contronadores de vôo e policiais de alfândega, entre outros. Não há só a greve dos trabalhadores, mas também há a greve dos estudantes, para chamar a atenção da unidade educacional da União, de Estado ou de Município. Estado de greve: Alerta para uma possível paralisação. Os professores, nesse momento, através do seu organismo de representação classista, então em estado de greve, devido à falta de ajustes numéricos relativo ao salário dos professores, principalmente na parte que corresponde ao piso salarial nacional, estipulado pelo Minsitério da Educação. Os alunos e os pais de alunos estão apreensivos e, de certa forma, impotentes, esperando a decisão do patrão, o Governo, e dos representante dos empregados que já demonstram perda de paciência com a protelação da decisão sobre uma proposta real e que atenda os interesses, inclusive, dos professores.

Indenização de desapropriação é livre de Imposto de Renda

E

m pleno mês de declarações de imposto de renda, algumas dúvidas surgem no universo dos declarantes leigos. Dentre as inseguranças, situa-se a indenização recebida, seja por empresa, seja por pessoa física, decorrente de desapropriação de bem que integrava o patrimônio delas. Os manuais da Receita Federal disponíveis via internet, demonstram que o governo mantém o entendimento a favor dos Cofres Públicos, pretendendo submeter à tributação valores recebidos na desapropriação de imóveis. Os formulários que se referem à matéria, abrigam os cálculos básicos para incidência do Imposto de Renda. Embora se trate de matéria não recentíssima, mesmo assim merece esclarecimento, quando é certo que o Poder Judiciário firmou posição diametralmente contrária à insistência do Fisco. E o fundamento que ancora as decisões superiores é de fácil entendimento: a desapropriação é ato governamental que retira do patrimônio da pessoa (física ou jurídica) um dos

componentes. Mas como isto acontece por “ato de império” e não por vontade do proprietário (como na compra e venda), cabe ao expropriante repor a fatia cortada do patrimônio “ mediante justa e prévia indenização em dinheiro”como está na Constituição Federal, art. 5, XXIV( que ressalva casos específicos da própria Lei Magna). Aqui cabe o purismo de ler o preceito notando a presença do vocábulo “indenização”, que é o desembolso de” reparação”, nada tendo de similar ao de pagamento de preço avençado em negociação voluntária. Melhor do que nós, a Justiça pelas lições de seus Magistrados,de seus Ministros - que não só já decidiram não acontecer “ganho de capital” em desapropriação e, portanto, tratar-se de não-incidência de imposto de renda o valor de indenização satisfeito pelo ente expropriante Federal, Estadual ou Municipal – como também assentaram que o entendimento tem efeitos de recurso repetitivo (RE n.1.116.460 SP, Relator o Eminente Ministro

do Superior Tribunal de Justiça, LUIZ FUX, decisão unânime). Citamos excertos da Ementa: “ (...) Destarte,a interpretação mais consentânea com o comando emanado da Carta Maior é no sentido de que a indenização decorrente de desapropriação não encerra ganho de capital, porquanto a propriedade é transferida ao poder público por valor justo e determinado pela justiça a titulo de indenização, não ensejando lucro, mas mera reposição do valor do bem expropriado. (...) Não há, na desapropriação, transferência da propriedade, por qualquer negócio jurídico de direito privado. Não sucede aí, venda do bem ao poder expropriante. Não se configura, outrossim, a noção de preço, como contraprestação pretendida pelo proprietário, ‘modo privato’. O quantum auferido pelo titular da propriedade expropriada é, tão-só , forma de reposição , em seu patrimônio do justo valor que perdeu por necessidade ou utilidade pública ou por interesse social (...).Não pode assim , ser reduzida a justa indeniza-

ção pela incidência do imposto de renda(...) “ O Ministro Luiz Fux, em seu Voto, mencionando doutrina de Sacha Calmon Navarro Coelho , e julgados anteriores em que foram Relatores dentre outros os ministros Neri da Silveira, Carlos Fernando Mathias, Denise Arruda, Castro Meira, Garcia Vieira e nosso pranteado paranaense Milton Luiz Pereira, como ainda a Súmula 39 TFR – conclui que “assim é que a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça firmou-se no sentido da não-incidência da exação sobre as verbas auferidas a titulo de indenização oriunda de desapropriação, seja por necessidade ou utilidade pública ou por interesse social, porquanto não representam acréscimo patrimonial. (...) Portanto, a não-incidência do tributo independe de a indenização decorrer de desapropriação judicial ou amigável. Geroldo Augusto Hauer, G.A.Hauer & Advogados Associados – sócio fundador – geroldo@gahauer.com.br

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994) Diretor Editorial: José Arcângelo Pinto Pereira Diret. Adm. Financeira e Contábil: Maria Inerine Pinto Pereira Diretor de Assuntos Corporativos: Luiz Alberto Pinto Pereira Diretor Executivo: Marcelo Roza Assessoria Jurídica e Tributária: Dr. Américo Diniz — OAB/AP 194 Dr. Eduardo Tavares — OAB/DF - 27421 Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br josemaria@jdia.com.br mariaruth@jdia.com.br

Índice Opinião - A2, A3 Geral - A4 Política Nacional - A5

Economia - A6 Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3

JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representantes comerciais JC Repres. Com. Ltda. - Brasília, DF n Tel. (61) 2262-7469 - Rio de Janeiro, RJ nº Tel. (21) 2223-7551, São Paulo Visão Global Comunicação S/C Ltda. n Rua Alvarenga, 573- Butantã - CEP - 05509-000 - São Paulo, SP Tel. (11) 3032-3595, Fax (11) 3032-4102. New Mídia - Belém-PA (Gil Montalverne) Tel.: (91) 3279-3911 / 8191-2217 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Polícia - B2 Santana - B4 Esportes - C1 e C2 Classidia - 12 Pág

A2

Edição número

7882

U

Fundo do poço

m vídeo expondo a intimidade sexual do vereador por Macapá, Washington Picanço (PSB), está sendo amplamente distribuído na cidade, nos últimos dias. A despeito dos enormes problemas políticos vividos no Estado, o vídeo tem ocupado boa parte da agenda política amapaense nesta semana. Com razão, pois qualquer exploração política do referido vídeo é absurda e condenável. O debate também ganhou destaque na imprensa e nas redes sociais, sobrando ataques para o prefeito Roberto Góes (PDT), acusado de envolvimento no episódio. Prontamente, o prefeito rebateu, através de nota oficial, garantindo que não tem nada a ver com o assunto e manifestando solidariedade ao parlamentar. Realmente é pouco crível que o prefeito, em meio a tantos problemas políticos e administrativos que enfrenta diariamente, vá perder tempo com uma ação recriminável, sob todos os aspectos, e que não lhe traria qualquer dividendo político. Ao contrário. Curioso, porém, é constatar como, sob o pretexto de sair em defesa do vereador, alguns militantes do PSB também aproveitam para fazer exploração política do episódio. E, em alguns casos, revelam preconceitos tão

condenáveis quanto os de que tem teve a infeliz idéia de distribuir o vídeo. Um desses militantes, por exemplo, depois de levantar suspeitas sobre a participação do Roberto Góes no episódio, diz que não estranharia tal comportamento do prefeito. Para ele, atitudes atrasadas, como o preconceito, sobretudo a homofobia, são previsíveis em uma pessoa que passou dois meses preso. O que uma coisa (atitude preconceituosa) tem a ver com a outra (passar um período na prisão)? É, evidentemente, um raciocínio torto, que revela preconceito de natureza social. Ou seja, uma forma de preconceito é combatida com outra. Esse pequeno detalhe não é único, antes simboliza a baixa qualidade do debate político no Amapá, impregnado de intolerância política e social. O que reforça a impressão de que aqueles que hoje se indignam com a violência cometida contra o vereador Washington Picanço, estariam distribuindo alegremente cópias de vídeos com o mesmo teor, bastando, para isso, que o personagem exposto fosse um adversário político. É fácil imaginar onde iremos chegar, caso essas atitude prevaleçam na cena política amapaense: ao fundo do poço. Se é que já não chegamos lá.

Hora-Hora De novo? – Lembra aquele rumoroso das cobaias humanas, ocorrido num rio próximo à capital, onde alguns quilombolas recebiam R$ 50,00 para “doar” sangue para mosquitos? O caso foi parar no Conselho Regional de Medicina do Amapá, que abriu sindicância para apurar os fatos e teve repercussão até na Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal. Pois é! Parece que o fato vai se repetir no município de Ferreira Gomes. Vamos aguardar! Dossiês - É só chegar perto de pleito eleitoral e os dossiês para “queimar” adversários começam a aparecer. Filme - Na eleição municipal passada, foi distribuído, via web, um curta metragem de um vereador, protagonista de um verdadeiro filme pornô de péssima qualidade, mas que serviu para rifá-lo da reeleição. Replay - Agora a história se repete, com outro pro-

tagonista e o mesmo mau gosto. Não deveria, mas tem potencial para prejudicar a imagem do vereador, que certamente tem pretensões de renovar o seu mandato em outubro. Acidentes - Os acidentes de trânsito no Amapá voltaram a recrudescer nos finais de semana, tudo por conta da imprudência, imperícia e negligência de condutores, que abusam do consumo de álcool. Hora fatal - Os acidentes mais graves ocorrem nas madrugadas, depois dos shows e baladas, onde a venda e consumo de bebidas alcoólicas excede os limites toleráveis. Sem fiscalização - Apesar da facilidade de identificar a fonte do problema, as autoridades públicas responsáveis pela fiscalização do trânsito não montam nenhuma blitz na saída desses eventos, para proibir pessoas bêbadas ao volante,

Frases do Dia “Eu não sou tão triste assim, é que hoje eu estou cansada.” (Clarice Lispector)” “O progresso dá-nos tanta coisa que não nos sobra nada nem para pedir, nem para desejar, nem para jogar fora.” (Carlos Drummond de Andrade) “Se formos mudar as coisas de modo como devem ser mudadas, teremos de fazer coisas que não gostaríamos de fazer.” Benjamin Franklin “A experiência é uma escola onde são caras as lições, mas em nenhuma outra os tolos podem aprender.” Charles Chaplin


JD

“ ”

Geral

Entre Aspas

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista cantanhede@jdia.com.br

Sem acordo – Hoje, a educação amapaense entra de vez em colapso por conta da falta de entendimento entre governo e professores. Mais de cem mil alunos poderão ser afetados pela paralisação. Filme – Depois que o governo sentiu que as contrapropostas não seriam aceitas pelos professores, tratou logo de acionar seus marqueteiros e preparar um vídeo que deixou mais do que revoltados os educadores. Pelo retrovisor - No vídeo, o governo mostra a boa vontade de conceder o maior reajuste já concedido para os professores nos últimos nove anos. Porém, o que está em jogo não é passar na cara o que os governos passados deixaram de fazer, mas sim o que deve ser feito diante da realidade. Um contra o outro - Em conversa pelo telefone com o professor Aroldo Rabelo, presidente do Sinsepeap, ele se mostrou bastante chateado com a suposta tentativa do governo em querer jogar a sociedade contra os professores, como se a classe tivesse culpa de cruzar os braços. Reivindicações - Segundo Aroldo, o governo queria discutir apenas reajuste salarial e promoções, quando na verdade a pauta é bem mais extensa do que se pensava, passando pela falta de estrutura física nas escolas, até as centenas denúncias de assédio moral. Assédio - Falando em as-

sédio moral, tem professor que já prepara denúncia ao sindicato por conta da pressão que alguns diretores estão dando para que os mesmos não entrem no movimento grevista. Nessa briga de braço, perde a educação como um todo. Com os presidentes - A primeira reunião de trabalho da gestão da ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) será com os presidentes dos 27 tribunais regionais eleitorais (TREs) do país, hoje (20), na sede da Corte, em Brasília (DF). Na pauta, eleições 2012.

Mobilizados - Servidores da Secretaria Estadual de Inclusão e Mobilização Social (SIMS) já discutem nos bastidores paralisação dos serviços. Se isso acontecer, será mais um “Deus nos acuda” para a turma do Executivo resolver. Quanta preocupação – Uma das reuniões ocorridas ontem, no Senado Federal, foi marcada pela preocupação dos parlamentares com a integridade física de Cachoeira, que foi transferido de um presídio de segurança máxima em Mossoró, no Rio Grande do Norte, para o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, onde divide a cela com outros detentos. E o povo

brasileiro tendo tantos problemas com os quais os senadores deveriam se preocupar... Assassinato - O senador Pedro Simon (PMDB-RS) alertou que o empresário é um arquivo vivo e corre o risco de ser assassinado, a exemplo do que aconteceu com Paulo César Farias, tesoureiro da campanha do ex-presidente Fernando Collor, morto em 1996 em Alagoas.

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

A3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Falta de material compromete cirurgias oftalmológicas, diz médico Depoimento foi dado durante reunião da CPI da Saúde

Mistério - Falando em assassinato, alguns policiais que investigam a morte do empresário Torquato, ocorrida na madrugada do sábado passado, suspeitam de que o mesmo tenha sido assassinado por motivos que até agora continuam sob mistério. Não levaram – No momento do crime, Torquato tinha R$ 1 mil em dinheiro e alguns dólares. Os bandidos mataram, mas não levaram nenhum centavo. Dia de Índio - E no Dia do Índio (19 de Abril), nada mais importante para se comentar na tribuna do Senado Federal, em plena quinta-feira, do que sobre os próprios índios. O senador João Capiberibe (PSB) chegou a comemorar o crescimento da população indígena no Brasil. Quem sabe serão esses nativos que darão um norte para o descarrilhado Amapá... Até amanhã...

“O jornalismo é, antes de tudo e sobretudo, a prática diária da inteligência e o exercício cotidiano do caráter” (Claudio Abramo) Siga: @cantanhede_AP Acesse: jandersoncantanhede.wordpress.com Email: cantanhede@jdia.com.br

O médico Roberval da Silva Menezes, chefe do Serviço de Oftalmologia do Hospital Alberto Lima

O

ntem (19), foi realizada mais uma sessão ordinária da Comissão Parlamentar de Inquérito da Saúde no plenário da Assembleia Legislativa. Duas oitivas aconteceram: com o técnico em enfermagem José Nilson França da Silva, gerente geral do Programa Visão para Todos; e o médico Roberval da Silva Menezes, chefe do Serviço de Oftalmologia do Hospital Alberto Lima. Roberval Menezes está no cargo há mais de 20 anos e destacou na oitiva que está faltando medicamento, existem sete profissionais que não atuam por falta de condições de trabalho, e as cirurgias não são feitas por falta de material. Além da ausência de comunicação com o secretário estadual de saúde. “A oftalmologia no Estado Amapá precisa ser reestruturada, não temos especialistas, o problema de retina é muito alto, a catarata

evolui a cada dia e temos hoje uma lista de espera para cirurgia com 1.000 pessoas. Conheço o secretário de saúde, mas até hoje não me apresentaram como diretor”, conta ele completando ainda que existe um equipamento a laser na rede pública, mas está parado. Roberval sugere que o Amapá tenha um Banco de Olhos, pois é o único Estado do Brasil que não existe. Já José Nilson, afirma que os servidores estão trabalhando de forma precária. “O Programa Visão para Todos foi retomado em janeiro de 2011, temos somente dois médicos para todo o Estado e estamos sem medicamento”. De acordo com o presidente da CPI da Saúde, deputado Dalto Martins, a situação da oftalmologia e de quem administra esse setor é decepcionante. “Primeiro o gestor tem que tomar conhecimento de

quem são seus diretores e quais são os problemas da sua secretaria. Mas, o que mais me preocupa é o senhor Nilson que em alguns momentos falou que não poderia dar informações que pedimos e pior: comentou sobre o pagamento das cirurgias do Visão para Todos com plantões”. Segundo ele, no período do secretário Evandro Gama, as cirurgias eram pagas através de plantão que é uma irregularidade. As próximas oitivas acontecerão na próxima terça-feira (24) com o padre Paulo, presidente do Instituto do Câncer Joel Magalhães (IJOMA), com Dorinaldo Malafaia, presidente do Sindicato dos Profissionais em Saúde do Amapá e com Dorimar dos Santos Barbosa, presidente do Conselho Regional de Medicina do Amapá. As informações são da assessoria de comunicação da AL.

Rejeitada eleição de diretores de escolas por professores

A

Comissão de Educação e Cultura rejeitou o projeto que determina a eleição dos diretores das instituições de ensino pelos professores, em votação secreta, para mandato máximo de um ano. Como essa era a única comissão a analisar o mérito da proposta, que tramita em caráter conclusivo, ela será arquivada. O Projeto de Lei (PL) 1732/11, do deputado Walter Tosta (PSD-MG), inclui na regra as instituições públicas e privadas de ensinos fundamental, médio, superior e técnico. Atualmente, é comum no Brasil a escolha de diretores de escola pública por indicação da prefeitura ou do governo es-

tadual. Em algumas cidades, a seleção é feita por concurso público. O relator da proposta, deputado Biffi (PT-MS), recomendou a rejeição da proposta. Para ele, uma lei federal não pode definir normas específicas de gestão administrativa que desconsiderem a autonomia constitucional dos entes federativos para organizar seus sistemas de ensino. “A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB – Lei 9394/96) definiu as normas gerais de gestão democrática do ensino público pela participação da comunidade escolar na elaboração do projeto pedagógico e pela existência de conselhos escolares”, acrescentou.

HEVERTON MENDES

Projeto de Lei inclui na regra as instituições públicas e privadas de ensinos fundamental, médio, superior e técnico

O parlamentar lembrou ainda que escolas

privadas têm autonomia de gestão e seu funcio-

namento é autorizado e credenciado pelos siste-

mas de ensino a que se encontram vinculadas.

Comissão aprova redução dos recursos na justiça trabalhista

P

úblico aprovou o Projeto de Lei 2214/11, do deputado Valtenir Pereira (PSB-MT), que promove atualizações e aperfeiçoamentos no processamento de recursos no âmbito da Justiça do Trabalho. Entre os objetivos que a proposta visa atender estão regular as hipóteses em que as súmulas vinculantes editadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) podem ser contrariadas; obrigar a uniformização de jurisprudência no âmbito dos

tribunais regionais do trabalho; e instituir medidas que acelerem as decisões em recursos cujos temas estejam superados pela jurisprudência das cortes superiores. Para o relator, Roberto Santiago (PSD-SP), o projeto trata de matéria de suma importância para o judiciário trabalhista, uma vez que poderá contribuir para a diminuição dos litígios trabalhistas e do número de recursos para o Tribunal Superior do Trabalho (TST). “Um aspecto positivo da proposta é a

adoção de medidas para coibir a interposição de recursos meramente protelatórios”, explicou. Santiago lembra que isso já está previsto na Emenda à Constituição 45/04, que assegurou a todos, no âmbito judicial e administrativo, a razoável duração do processo e os meios que garantam a rapidez da tramitação. Contrário O deputado Sandro Mabel (PMDB-GO) apresentou voto em separado pela rejeição do projeto e

das emendas a ele apresentadas. “O projeto, no intuito de conferir maior celeridade ao processo trabalhista, acaba por mitigar a aplicação dos princípios constitucionais do devido processo legal, da ampla defesa, do contraditório, do duplo grau de jurisdição e da segurança jurídica”, disse. Atrasos A Câmara também analisa o Projeto de Lei 2795/11, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), que concede tole-

rância de 15 minutos para que o autor de processo trabalhista e o acusado cheguem à audiência. Atualmente, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT - Decreto-Lei 5.452/43) determina que o não comparecimento do reclamante implica o arquivamento da ação. Já a ausência do empregador (reclamado) importa confissão. A CLT já concede prazo extra de 15 minutos para o comparecimento do juiz. Assim, Bezerra argumenta que a medida proposta representa “uma questão de

isonomia”. Ele ressalta que a Constituição não admite hierarquia entre juízes e advogados. O deputado afirma ainda que a falta de previsão de prazo de tolerância faz que “um simples atraso, mínimo que seja”, implique arquivamento do processo. “Tais casos, de tão absurdos, têm merecido a repulsa do TST [Tribunal Superior do Trabalho], que, em muitas situações, determina o retorno dos autos à vara de origem para realização de nova audiência”, diz.


JD

Geral

Ayres Britto assume presidência do Supremo com desafio de julgar mensalão Ministro tomou posse ontem (19) e ficará no cargo nos próximos sete meses

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com Feira Popular Municipal A Prefeitura de Macapá, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico esta realizando todas as sextas-feiras, a partir das 8h, na Subprefeitura da Zona Norte, a Feira do Produtor Municipal, que consiste na aquisição da produção dos produtores locais por parte da Prefeitura de Macapá. Projeto do Governo Federal A feira faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos desenvolvido pela Prefeitura de Macapá que visa adquirir grande parte da produção local para distribuir nas escolas municipais e também a entidades filantrópicas. Segundo o secretario municipal de desenvolvimento econômico José Florenço, o projeto é do Governo Federal, mas executado pelo município.

O ministro Carlos Ayres Britto tomou posse ontem (19) como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF)

O

ministro Carlos Ayres Britto tomou posse ontem (19) como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), cargo que exercerá nos próximos sete meses. Em novembro, quando completará 70 anos, o ministro vai se aposentar compulsoriamente. Britto substitui o ministro Cezar Peluso como chefe do Poder Judiciário. Em seu discurso de posse, Britto enalteceu a Constituição Federal, a qual considera a “menina dos olhos da democracia”. “A Constituição conferiu ao magistrado o dever de guardá-la sobre pau e pedra, o que faz do compromisso de posse uma jura de amor”, disse. E anunciou que, como presente de posse, vai distribuir, aos minis-

tros e convidados, uma versão atualizada da Constituição Federal. O novo presidente do STF terá como desafios os julgamentos do processo do mensalão, dos planos econômicos e das cotas para negros em universidades públicas. Seu mandato primará pelo diálogo aberto com juízes, representantes do Legislativo, do Executivo e de entidades diversas e com seus próprios colegas de Tribunal para articular assuntos de interesse do Judiciário. Britto é o décimo terceiro presidente do STF e o quinto sergipano a ocupar uma cadeira na Suprema Corte. Em sua trajetória jurídica, ocupou, em Sergipe, os cargos de consultor-geral do Estado, procurador-geral e procurador-ge-

ral do Tribunal de Contas. Ingressou no STF em junho de 2003. Comandou as eleições municipais de 2008 como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2010, assumiu a vice-presidência da Corte Eleitoral. A cerimônia de posse no Supremo contou com a presença da presidenta da República, Dilma Rousseff. O discurso de despedida do agora ex-presidente do STF, Cezar Peluso, estava previsto durante a posse, mas ele não se pronunciou. Quem leu a biografia de Britto foi o ministro Celso de Mello, que citou alguns julgamentos importantes dos quais Ayres Britto foi o relator. Entre eles, o que liberou o uso de células-tronco embrionárias para pesquisas

científicas, o que autorizou a união civil homossexual e o que discutiu a demarcação de terras indígenas da Reserva Raposa Serra do Sol. O ministro Joaquim Barbosa assumiu a vice-presidência do STF. Mineiro de Paracatu, Barbosa foi membro do Ministério Público Federal, chefe da Consultoria Jurídica do Ministério da Saúde e oficial de chancelaria do Ministério das Relações Exteriores. Tornou-se ministro do Supremo em 2003, onde participou de julgamentos polêmicos como o caso do ativista político italiano Cesare Battisti e sobre o uso de células-tronco embrionárias para pesquisas científicas. Atualmente, é o relator do caso mensalão. (Agência Brasil)

Mensalão entrará na pauta do Supremo assim que for liberado pelo revisor O ministro Ayres Britto afirmou ao chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF), do qual assume nesta tarde a presidência, que vai colocar na pauta o processo do mensalão, tão logo “ele seja liberado [pelo revisor, ministro Ricardo Lewandowski] para julgamento.” Sobre a posse no co-

mando do Judiciário brasileiro, Ayres Britto disse que é uma oportunidade de servir ao país em duas instâncias importantes, já que, além do STF, presidirá o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Mensalão foi o nome pelo qual ficou conhecido o esquema de pagamento de propina a par-

lamentares em troca de apoio ao governo, revelado em 2005 pelo então deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ). O mensalão começou a tramitar como inquérito no STF em 2005. Dois anos depois, o Tribunal aceitou as denúncias do Ministério Público, e o processo se

transformou em uma ação penal. Desde então, o relator, ministro Joaquim Barbosa, vinha reunindo informações sobre o caso, fase que chegou ao fim em setembro passado. Em dezembro, Barbosa entregou seu relatório para análise do ministro-revisor, Ricardo Lewandowski.

Mensalão deve ser julgado neste ano pelo Supremo, diz OAB O processo do mensalão tem de ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ainda este ano, disse ontem (19) o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante. Para ele, se o caso não tiver um desfecho, a sensação de impunidade vai permanecer. “Não podemos mais aguentar esse

tipo de situação, crimes de colarinho branco, pessoas que não têm qualquer tipo de compromisso com a sociedade que querem fazer do Parlamento uma extensão dos seus interesses particulares. Precisamos ter resultado”, disse Cavalcante ao chegar à cerimônia de posse do novo presidente do STF, ministro Ayres Britto.

O presidente da OAB elogiou a decisão do Congresso Nacional de criar a comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) que vai investigar as relações entre o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) e de outros parlamentares, com o empresário de jogos ilícitos Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos

Cachoeira. “O legislativo vai executá-la de uma forma séria e com resultados. Não podemos ter mais uma CPMI que frustre a nação brasileira. A OAB e movimentos sociais vão pedir ao presidente da CPMI que determine a participação de entidades [sociais] como fiscalizadores pela sociedade”.

A4

A temperatura dos bastidores A CPI mista do Cachoeira nem começou mas já pega fogo nos bastidores – em especial, nos corredores da Câmara. Indignados com um cartaz pró-CPI na porta do gabinete do deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), ex-delegado da PF e entusiasta da instalação, dois deputados tucanos o arrancaram da porta e jogaram no chão, irados. Trata-se de ninguém menos que o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), e o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN). Protógenes só soube quando pediu o vídeo do circuito interno de TV do corredor. Mas não prestou queixa à Mesa Diretora. Laboratório a céu aberto Professora há 14 anos, Vanuzia Lima realiza pesquisas de campo frequentemente, principalmente com estudantes do curso de graduação em geografia do Instituto de Estudos e Pesquisas do Vale do Acaraú (IVA), no município cearense de Sobral, a 200 quilômetros de Fortaleza. “O campo é um laboratório a céu aberto para todas as áreas do conhecimento”, diz a professora. 99 milhões Há no Brasil 99 milhões de computadores em uso, somados os utilizados no ambiente corporativo e no doméstico, o que representa cerca de um equipamento para cada dois habitantes. Os dados são da 23ª Pesquisa Anual de Tecnologia da Informação (TI), divulgada esta semana pelo Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getulio Vargas (FGV). Uma ou duas? A deputada estadual Cristina Almeida (PSB), usou a tribuna da Assembléia Legislativa do Amapá, esta semana onde se posicionou contra o valor da verba indenizatória e solicitou aos deputados e deputadas, em especial a Mesa Diretora, que sejam revistos os valores da verba indenizatória e das diárias. Na semana passada, a Assembléia divulgou a redução da verba indenizatória de 100 mil reais para 50 mil reais e ainda das diárias dos deputados que baixou de R$ 2.600 para R$ 1.600, uma redução de 50% nos valores. Mudança de preferencial A Empresa Municipal de Transportes Urbanos (EMTU) fez mudanças ao longo da Rua Jovino Dinoá para desafogar o trânsito em pontos de es-

trangulamento, detectados pela equipe de engenharia. A primeira mudança foi no cruzamento da Jovino com a Avenida Procópio Rola. Nesse trecho, a preferencial passará a ser de quem trafega pela Jovino e não mais pela Procópio, como é hoje. Alternativa Segundo os técnicos da EMTU essa é uma medida necessária. É a alternativa que foi encontrada para desafogar o trânsito nesse trecho. A quadra que separa as avenidas FAB e Procópio Rola é muito curta e isso está prejudicando a fluidez do trânsito. Então a equipe fez um estudo e constatou que o fluxo na Jovino é bem maior que na Procópio e que essa mudança vai dar mais rapidez a passagens dos veículos e eliminar o gargalo. ICMS uniformizado em 4% A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça-feira, por 20 votos a 6, o projeto de Resolução 72, que uniformiza a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para importados em 4 por cento. A Comissão aprovou também um requerimento de urgência para o encaminhamento da matéria ao plenário da Casa. Tolerância zero A comissão de juristas do Senado que discute o novo Código Penal aprovou ontem a tolerância zero para quem dirigir embriagado. A intenção é endurecer a lei seca, retirando a previsão de prisão só para quem estiver com mais de 6 decigramas de álcool por litro de sangue. O texto prevê ainda a utilização de “qualquer meio de prova em direito admitida” para comprovar embriaguez. A proposta vai além do projeto aprovado pela Câmara na semana passada, que não alterava o índice de tolerância. Código de Ética para o MP Foi apresentada nesta semana, a proposta de resolução que dispõe sobre o código de ética no âmbito do Ministério Público da União e dos Estados. De autoria do conselheiro Adilson Gurgel, o texto traz os deveres fundamentais, funcionais, administrativos e legais dos promotores e procuradores de justiça, além de enumerar atos incompatíveis com o decoro do cargo. “O texto é um esboço, uma primeira proposta de código de ética para o MP”, explicou Adilson Gurgel. ADIN contra a Lei do Orçamento do Estado O PSB (Partido Socialista Brasileiro) ajuizou Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal, sob a relatoria do ministro Ricardo Lewandowski, contra a Lei do Amapá 1.617/2012, que fixa o orçamento público anual do estado. Segundo o partido, a Assembleia Legislativa do Amapá fez alterações que aumentavam os valores previstos no projeto. O que quer o PSB O PSB pede a concessão de liminar para suspender a eficácia da norma sob o argumento de que o Executivo do Amapá já foi obrigado a efetuar repasses complementares com base no orçamento alterado pela Assembleia, comprometendo as necessidades concretas do estado. Outro repasse deverá ser feito no dia 20 de abril, o que, segundo o PSB, “agravaria ainda mais o dano já produzido”.


Política

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Marco Maia diz que CPMI do Cachoeira não preservará ninguém “Não há qualquer movimento, do governo ou de partidos, com o objetivo de abafar ou tentar controlar o andamento da CPI. Vamos investigar tudo o que estiver relacionado às ações do Cachoeira”, ressaltou DIVULGAÇÃO

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), disse que a comissão parlamentar não preservará ninguém

O

presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), disse ontem (19) que a comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) – criada para investigar as relações do empresário de jogos de azar Car-

los Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com parlamentares e agentes públicos e privados – não preservará ninguém. “Não há qualquer movimento, do governo ou de partidos, com o objetivo

de abafar ou tentar controlar o andamento da CPI. Vamos investigar tudo o que estiver relacionado às ações de Cachoeira”, ressaltou. Maia frisou que, com a criação da comissão nesta

quinta-feira, o calendário combinado entre ele e presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), está em dia. Aprovada com o apoio de 337 deputados e 72 senadores, os líderes dos partidos nas duas Casas terão até terça-feira (24) para indicar os integrantes da CPMI. O número de parlamentares por partido dependerá do tamanho das bancadas nas Casas. A partir da criação da CPMI, os senadores e deputados que assinaram o requerimento só poderão desistir do apoio e retirar os nomes da lista até a meia-noite. O líder do PT no Senado, Walter Pinheiro (PT-BA), informou que na próxima terça-feira, dia em que o PT se reúne semanalmente, serão definidos os nomes para compor as vagas do bloco de apoio ao governo na CPMI. Para ele, a partir de quarta-feira a comissão já poderá ser instalada. Ele acrescentou que iniciados os trabalhos o Congresso poderá ter acesso a todo o conteúdo das investigações da Polí-

A5

cia Federal nas operações Vegas e Monte Carlo. O presidente do Democratas (DEM), José Agripino Maia (RN), ressaltou que toda a investigação terá que começar pelas ações praticadas por Carlinhos Cachoeira e as pessoas e empresas que compunham o esquema de exploração de jogos de azar e corrupção comandado por ele. Ele defendeu que não há como o governo ou a base aliada controlar os trabalhos da CPMI para “blindar” as investigações. “Os fatos estão claros. Se tentarem blindar os trabalhos de investigação, o governo ou os parlamentares da base terão que prestar contas à sociedade. A cobertura da mídia e a sociedade acompanharão de perto os trabalhos”, disse José Agripino. O presidente do DEM disse que o partido, em combinação com o PSDB, reservará duas suplências das seis vagas à que têm direito para os senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE).

Votação sobre Instituto Lula na Câmara Municipal de SP termina em confusão

U

ma manifestação na Câmara Municipal contra a doação de um terreno pela Prefeitura de São Paulo ao Instituto Lula terminou em confusão. Dois integrantes do movimento Revoltados ON LINE acusam o líder do governo, Roberto Tripoli (PV), de tê-los agredido fisicamente. Um deles, Maykon Percidio, alega ter levado um “murro na boca”. O outro, Marcelo Reis, diz ter sido empurrado. O vereador nega as acusações e diz que tudo não passou de uma discussão acalorada. “Tá sangrando?”, perguntou Tripoli aos jornalistas ao ser questionado se ele realmente havia acertado Percidio. “Houve agressão (verbal) da minha parte e da dele. Nós trocamos palavras aos gritos, mas depois pedimos desculpas um para o outro e nos abraçamos”, explicou. Cerca de dez integrantes de movimentos anticorrupção se reuniram no plenário da Câmara para impedir a votação do projeto do prefeito Gilberto Kassab (PSD) que pretende doar uma área pública de 4,3 mil m² no centro de São Paulo para a construção de um museu batizado de Memorial da Democracia, que abrigaria o acervo pessoal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Congresso instala CPI e petistas prometem “serenidade”

O

s discursos de deputados e senadores durante a sessão de instalação da CPI do Cachoeira no Congresso, na manhã de ontem, 19, tornaram-se trocas de indiretas entre líderes da oposição e da base do governo. Parlamentares cobraram a convocação imediata do contraventor Carlinhos Cachoeira e do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) e petistas negaram que tenham a intenção de abrandar as investigações. “A CPMI tem que come-

çar ouvindo Carlos Cachoeira, o senador Demóstenes Torres, Fernando Cavendish, (proprietário) da Delta, todos os senhores governadores citados”, disse o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). A CPI foi instalada com o apoio de 337 deputados e 72 senadores, número superior ao mínimo necessário de assinaturas, de 171 de deputados e 27 de senadores. Os trabalhos devem começar na próxima semana. Até lá, os líderes têm até a próxima terça-feira, 24, para indicar os

DIVULGAÇÃO

integrantes da comissão, composta por 15 deputados e 15 senadores, com igual número de suplentes. A formação foi um dos pontos de discussão durante a solenidade. “É preciso chamar atenção desde a largada para o que vai acontecer lá dentro. O cidadão que acompanha deve estar de olho bem aberto porque há desproporcionalidade na composição da CPI. É preciso ter preocupação de que essa CPI não acabe em pizza”, disse o deputado ACM Neto (DEM-BA), ao lembrar

Deputados e senadores durante sessão de instalação da CPI do Cachoeira

que dos 30 membros, 7 serão da oposição e 23 com governistas. O líder do PSOL na Câmara, deputado Chico Alencar (RJ), também comentou a composição: “Não pode ser a CPMI do empate estratégico. (Do

PROCLAMAS DE CASAMENTO

O oficial do Registro Civil de casamentos e mais anexos da Comarca de Macapá, capital do Estado do Amapá, Republica Federativa do Brasil, por nomeação legal, etc... FAZ SABER que se pretendem casar:

ERIK SANDRO DA CRUZ ROCHA ROSANA RODRIGUES BASTOS

Ele é filho de Jesuino de Souza Rocha e de Maria Eliete da Cruz Rocha. Ela é filha de Benedito Fonseca Bastos e de Maria de Nazaré Rodrigues Bastos. Quem souber de qualquer impedimento legal que os iniba de casar um com o outro, acuse-os na forma da lei. Macapá-Ap.,18 de Abril de 2012 Josiane Cavalcante de Souza Escrevente autorizada

tipo) ‘Não investigue os meus, que eu poupo os seus”. O deputado Jilmar Tatto (PT-SP) rebateu as críticas e argumentou que a proporcionalidade da composição segue o regimento do Congresso. “Não se preocupe, oposição. Aqui não tem caça às bruxas. A oposição está com dificuldade política, não é sem razão. Porque um dos principais líderes deles, o senador Demóstenes Torres, parece que foi pego. Não vai ter pizza. Mas é verdade que tem muita lenha do DEM queimando nessas maracutaias”, disse. “Com muita serenidade, mas de forma criteriosa, nós vamos apu-

rar. Vamos detectar como essa rede criminosa atuou em relação ao Executivo, ao Judiciário, ao Ministério Público, às empresas privadas, aos meios de comunicação”, completou. Do lado da oposição, líderes e parlamentares aproveitaram a sessão para resgatar a CPI dos Correios e o mensalão, cujos personagens que deverão ser relembrados durante a CPI do Cachoeira, como o (o ex-assessor de José Dirceu, Waldomiro Diniz. Entre os governistas, a estratégia foi mencionar o envolvimento do senador Demóstenes Torres, uma das principais vozes da oposição no Congresso.


Economia

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Trabalhar em casa diminui custos para a empresa e aumenta qualidade de vida Mesmo com tanta vontade de crescer, é preciso levar uma série de etapas em conta

T

rabalhar em casa parece ideal para muitas pessoas. As empresas também começam a perceber na modalidade de home office uma forma de reduzir custos e evitar a necessidade de uma estrutura física. Os benefícios vão além da mera flexibilidade de horários. O home office evita a perda de tempo do funcionário com o trânsito e transporte em geral, ajuda na melhora da qualidade de vida ao facilitar o trato com os filhos, tarefas domésticas, atividades físicas e outros afazeres. ‘O principal objetivo do home office é unir comodidade com a mesma responsabilidade dos profissionais que atuam diretamente nas empresas”, explica Mari Gradilone, sócia-diretora do Grupo Virtual Office, empresa de escritórios virtuais. O primeiro passo, segundo ela, é escolher o ambiente ideal para trabalhar. Nada de sair espalhando os documentos pela casa toda. A organização será fundamental nesta nova etapa. Escolha um único cômodo para se tornar seu Home Office, de preferência que tenha uma entrada independente e que fique o mais separado possível da agitação da casa, principalmente, se você tiver crianças. Se durante o dia, sua casa tem grande movimentação de pessoas, crianças e jovens, será importante também incluir a adoção de tratamento acústico nas paredes, para que o barulho não atrapalhe seu rendimento ou seja perceptível em uma ligação telefônica. O atendimento telefônico pode ser realizado por uma empresa especializada, dessa forma, evita que seus filhos atendam o telefone com um simples “Alô”, em vez de usar o nome da empresa. “O grande destaque do serviço home office é o atendimento telefônico. A pessoa trabalha em casa, mas não precisa necessariamente atender suas ligações de casa. Com esse serviço, evitamos que outras pessoas ou ambientes com barulhos atrapalhem as ligações. A empresa poderá transferir todas as ligações para o telefone da casa, celular ou onde o cliente preferir”, ressalta a Mari. O endereço residencial também não deve ser usado para cartões de vi-

sita, correspondências comerciais e não podem ser usados para registro de CNPJ. Os escritórios virtuais oferecem esses serviços e ainda disponibilizam um espaço alugado por hora caso o empreendedor precise agendar reuniões. O espaço residencial dá uma impressão de improviso e pode deixar o cliente inseguro. Um estudo elaborado pela HAYS Recruiting experts worldwide, mostra que 31,2% das empresas já adotam o sistema de home office. Dentre as principais razões apontadas pelas companhias, a preocupação em garantir a retenção de talentos e oferecer melhor qualidade de vida aos funcionários apareceu em 72,7% das respostas. Na sequência estão soluções para limitação física 60,3% e pelo alcance de metas de sustentabilidade 19,8%. A pesquisa aponta que 69,3% das empresas consideram os resultados entregues pelos adeptos dessa modalidade são semelhantes aos dos que ficam sediados na empresa. Essa nova tendência já é percebida em setores de serviços com 22,9%, bens de consumo com 13,7%, Farmacêutico 9,7% e Telecomunicações 5,7%. “É uma tendência do mercado nacional que também pode ser oferecida ao profissional como forma de benefício”, afirma André Magro, gerente da Hays Human Resources em São Paulo. O gerente ainda explica que é preciso apresentar alto nível de concentração para que o trabalho não seja prejudicado. As empresas multinacionais, por já possuírem essa cultura, demonstram maior aceitação em adotar o modelo de home office. “Áreas que não têm dependência com outros setores de negócio da empresa conseguem atuar melhor fora do escritório, como é o caso dos profissionais de venda. Isso acontece porque eles possuem metas tangíveis e precisam atingi-las para apresentar resultados à empresa”, conclui. Como implantar? A advogada trabalhista Dra. Maria Lúcia Benhame dá algumas dicas para quem quer implantar o home office na empresa. •A implantação de home office deve ser cuidadosa, pois a única regulamenta-

DIVULGAÇÃO

ção existente é o trabalho em domicilio previsto na CLT. •O trabalho em domicílio é previsto no artigo 6 º da CLT, que somente o descreve, aplicando-se todas as regras celetistas referentes ao contrato de trabalho. Assim, todos os capítulos da CLT aplicam-se a esse tipo de trabalho, desde que presentes os requisitos, pelo que aplica-se o capítulo relativo à jornada de trabalho. •Primeiramente, para que tal alteração não seja prejudicial ao empregado, o que é vedado por lei (art 468 da CLT), nenhum custo deve ser arcado pelo empregado. •O trabalho em domicílio é previsto no artigo 6 º da CLT, que somente o descreve, aplicando-se todas as regras celetistas referentes ao contrato de trabalho. Assim, todos os capítulos da CLT aplicam-se a esse tipo de trabalho. •É necessária uma regulamentação no aditamento contratual das despesas que serão de responsabilidade da empregador e forma de custeio- indenização ou custeio direto, sendo este último mais aconselhável. •A empresa deve assegurar todos os direitos do funcionário, como parte médica, orientação de segurança e medicina do tra-

Secretaria de Transportes estuda melhorias do trânsito no entorno do Amapá Garden Na última quarta-feira (18), esteve visitando as obras do Amapá Garden Shopping, o secretário de Transportes (Setrap), Sérgio LaRoque, juntamente com o arquiteto Daniel Souza, da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf). Na oportunidade foi apresentado por parte dos investidores estudos de viabilidade do trânsito em torno daquela obra. Em resposta, o secretário Sérgio LaRoque falou que a Setrap já fez, também, estudos de viabilidade para a realização dos serviços, que compreendem a revitalização do pavimento que já começou a ser realizada pelo governo estadual. A equipe de técnicos disse que no projeto, existe a implantação de uma rotatória no trecho compreendido em frente ao conjunto da Embrapa. O serviço será de suma importância para o trânsito

daquela região, pois, os mais graves acidentes que ocorrem naquela rodovia acontecem naquele trecho. Com a inauguração do shopping e o grande movimento de estudantes por conta da Universidade Federal do Amapá (Unifap), e dos usuários do Hospital de Reabilitação Sarah Kubistchek, esses estudos são necessários para dar maior segurança ao fluxo de veículos. O secretário LaRoque destacou, ainda, que os estudos de viabilidade também deverão compreender uma terceira via que sairá da rotatória até a entrada do Macapá Garden Shopping. Ele disse ainda que essas obras têm o apoio total do governo do Estado que entende a importância econômica de um investimento que vai gerar mais de cinco mil empregos diretos e indiretos para o Amapá.

Daniel Souza (Seinf), Paulo Paranaguá e Luis Alberto (investidores), Sérgio LaRoque (Setrap) e Gil Leite (investidor)

Após corte na Selic, Banco do Brasil volta a reduzir juros

O balho, fornecimento de móveis ergonomicamente adequados a função, pagamento de jornada e horas extras e cumprimento de normas coletivas. E, se for o caso, indenização das despesas com o uso da residência para funcionamento do Home Office. •A empresa deve fornecer todas as ferramentas que possibilitem o correto desenvolvimento do trabalho - notebook ou PC impressora, fax, material de escritório. •Preocupação com condições de segurança e medicina do trabalho com eventual fornecimento de mobiliário para o trabalho, ou no mínimo treinamento documentado de forma de trabalho com respeito às condições de ergonomia.

Banco do Brasil (BBAS3) voltou a anunciar novos cortes nas taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas, refletindo a redução da Selic, na quarta-feira. As novas taxas passam a valer a partir da próxima segunda-feira e incluem reduções em linhas de crédito alteradas na última semana. “Com essa redução, o Banco do Brasil reafirma o compromisso de manter suas taxas entre as menores do sistema financeiro”, disse o banco em comunicado. Para pessoas físicas, por exemplo, a taxa de financiamento de veículos do Banco do Brasil, cairá para 0,95% ao mês, ante 0,99%, enquanto a taxa mensal do cheque especial será reduzida de 1,97% para 1,38%. Já para empresas, as taxas de descontos de títulos serão reduzidas para 1,25% ao mês, 0,1 ponto percen-

tual a menos que o cobrado anteriormente, informou o banco. O Banco do Brasil anunciou um primeiro corte agressivo de juros no começo de abril, em meio aos esforços do governo para redução do spread bancário. O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu a Selic em 0,75 ponto percentual, para 9% ao ano.

Mais de 80% dos empréstimos do BNDES este ano foram para infraestrutura e empresas de menor porte

D

os R$ 24,5 bilhões liberados para o setor produtivo no primeiro trimestre do ano pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), 41% foram para o setor de infraestrutura, que recebeu R$ 9,9 bilhões. Praticamente o mesmo percentual foi liberado no período para as micro, pequenas e médias empresas, que receberam R$ 10,1 bilhões em empréstimos do banco estatal. Os números foram divulgados ontem (19), no Rio de Janeiro. Segundo o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, embora as liberações te-

nham mostrado pequena queda no trimestre (-1%), em comparação com os três primeiros meses de 2011, as consultas - primeiro estágio dos pedidos de financiamento feitos à instituição - mostraram incremento de 37%, atingindo R$ 55,7 bilhões. Esse aumento do número de consultas foi puxado pela indústria, com alta de 120%, liderada pelos segmentos de material de transporte e de química e petroquímica, este último em função dos projetos de exploração e produção de petróleo e gás. O presidente do BNDES acredita que o desempe-

nho do primeiro trimestre sinaliza um aquecimento dos investimentos no país. Disse que a prorrogação da vigência do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) até dezembro de 2013, com taxas de juros reduzidas e participação ampliada do financiamento do BNDES, contribuirá para o crescimento dos empréstimos do banco este ano. Infraestrutura, logística, energia, petróleo e gás e construção habitacional são, segundo ele, segmentos que contribuirão para a expansão dos investimentos em 2012, que “tende a criar condições

A6

estimulantes para o investimento privado”. A missão do banco de fomento estatal, insistiu, é “recuperar o crescimento da economia, com uma liderança do investimento”. Segundo Coutinho, em um segundo momento, à medida que a renda e o emprego cresçam com mais rapidez, o investimento nas indústrias voltadas ao consumo também deverá ganhar força. Os desembolsos do BNDES em 2012 deverão oscilar entre R$ 145 bilhões e R$ 150 bilhões, “dependendo da velocidade da recuperação do investimento no país”. A partici-

pação das micro, pequenas e médias empresas no acumulado de janeiro a março somou valor recorde de R$ 10,1 bilhões. Esse segmento também respondeu por 41% dos desembolsos totais do banco no trimestre. De acordo com os dados divulgados do primeiro trimestre, os desembolsos para infraestrutura no trimestre mostraram redução de 1,2%. Para a indústria, foram liberados R$ 6,3 bilhões, recuo de 17,9%. Mas, em março, os desembolsos somaram R$ 9,3 bilhões, uma reação de 20,8% na comparação com março de 2011.

DIVULGAÇÃO


JD

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

Especialista explica por que os alunos não gostam da escola

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

JD

Mundo

Papa Bento XVI DIVULGAÇÃO

No livro “Por que os alunos não gostam da escola?”, Daniel T. Willingham dá a resposta: o aprendizado tem de ser uma experiência mais envolvente DIVULGAÇÃO

C

rianças podem se lembrar de detalhes do cenário de um jogo de videogame que conheceram no fim de semana, mas não saber do que tratava a aula a que acabaram de assistir no colégio. No livro “Por que os alunos não gostam da escola?” (Editora Campus), o cientista cognitivo americano Daniel T. Willingham dá a resposta: o aprendizado tem de ser uma experiência mais envolvente. Willingham, que é professor de Psicologia na Universidade de Virgínia, ressalta que o processo de aprendizado precisa de mais significado. Na prática, contexto, historinhas, brincadeiras, emoção. Veja o que ele tem a ensinar. Como estudante, o senhor gostava da escola? Em geral, não gostava muito. Não era um estudante motivado. As coisas começaram a mudar no terceiro ano do ensino médio. Foi quando descobri a psicologia e fiquei muito entusiasmado para estudar o assunto. O senhor escreveu que o cérebro não foi concebido para pensar. Por quê? Pensar é um processo lento, cansativo e incerto. Pense em resolver um problema – um problema matemático, como escolher um restaurante que agrade a todos em um grupo de oito pessoas. Isso toma tempo, energia, atenção e pode ser que a decisão final não seja satisfatória. Talvez, você nem chegue a uma solução. Qual é a participação da memória nesse processo? Diante de um problema, tendemos a pensar se já passamos por algo seme-

Completa sete anos de Pontificado Bento XVI completou sete anos de Pontificado e celebrou como em qualquer outro dia, trabalhando, lendo e preparando documentos, enquanto continuaram chegando mensagens de felicitação ao Vaticano, entre elas a do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Na mensagem, enviada em seu nome pela secretária de Estado americana, Hillary Clinton, Obama destacou o trabalho “incansável” de Bento XVI “para unir povos de fé diferente na crença comum da paz”, informou o Vaticano.

Michel Martelly FOTOS DIVULGAÇÃO

Pensar é um processo lento, cansativo e incerto. Mas é possível obter prazer pensando quando se chega a um resultado bem-sucedido, como resolver um problema matemático

lhante antes. Se sim, nós nos perguntamos se o resultado anterior foi satisfatório, para repetir a solução usada naquela situação. Como pensar é um processo desgastante, usamos a memória para não ter que pensar de novo. O que os professores podem fazer para tornar o aprendizado mais interessante? No livro, argumento que é importante que os alunos realmente compreendam as perguntas para poder respondê-las. Muitas das perguntas que fazemos na escola são aplicáveis a adultos. “Por que precisamos aprender o Teorema de Pitágoras?” A importância do que é ensinado deve ser muito bem explicada aos alunos. Perguntas não são interessantes para quem não as compreende.

O senhor destaca a importância de atribuir significado ao que se ensina. O que importa é mais fácil de lembrar. Por exemplo, um agrupamento aleatório de letras como ‘ttlceu’ é mais difícil de lembrar que uma palavra como ‘alface’. Com significado, conseguimos nos lembrar de ideias relacionadas. Isso ajuda o estudante a relacionar o que aprende ao que já sabe. Às vezes, aos próprios sentimentos. Se o aluno gosta (ou não) de alface, vai se lembrar mais facilmente da palavra. O que mais pode favorecer a memorização? É um processo de duas fases. A primeira parte é atribuir significado ao que se aprende e relacionar esse novo conhecimento ao que já se sabe ou já se

sente. A segunda é a prática. Brinque de testar a memória. Estudos recentes indicam que isso faz muito bem. Preciso perguntar diretamente: afinal, por que os alunos não gostam da escola? Apesar do título do livro, reconheço que algumas crianças gostam da escola. A verdade é que as pessoas gostam de pensar, mas desde que o pensamento seja bem-sucedido. Isto é, desde que se consiga resolver o problema em questão. É por isso que tanta gente gosta de palavras-cruzadas. Mas o jogo não pode ser fácil demais nem impossível para você. Na sala de aula, misturamos crianças com diferentes níveis de aprendizado, o que pode deixar algumas delas entediadas ou frustradas.

Deixa hospital nos EUA O presidente do Haiti, Michel Martelly, deixou o hospital dos Estados Unidos onde fez tratamento contra a embolia pulmonar, informaram autoridades. “A pedido dos médicos e seguindo o avanço significativo de sua recuperação, Michel Martelly o hospital onde estava sob observação desde a segunda-feira”, em Miami, informou um comunicado oficial. O presidente, que não discutiu seu problema de saúde, informou em uma mensagem gravada que se sentia melhor e agradeceu ao governo e ao povo haitiano por seu apoio.

Bahrein

Casos de malária no Amazonas crescem 30% no trimestre

O

s números de casos de malária aumentaram 30% nos três primeiros meses do ano no Amazonas, em decorrência das cheias nos rios do estado. A informação é da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), vinculada à Secretaria de Saúde do Amazonas, que apontou como outro motivo para a elevação do índice a dificuldade de acessar as re-

giões mais afastadas, como zonas rurais e aldeias indígenas. A diretora técnica da FVS, Lubélia Sá Freire, informou que o órgão está adotando várias medidas para prevenir a doença, tais como a distribuição de mosquiteiros. “Nós estamos atuando e aumentando, principalmente, o processo de distribuição de mosquiteiros impregna-

dos [cortinados de rede embebidos com inseticida que não faz mal à saúde], usados para ações individuais e também a pelagem de casa. O governo do estado está garantindo [a assistência] neste momento”, disse. Segundo ela, há equipes de plantão para fazer o atendimento nos municípios amazonenses. “Nesse período, nós mobilizamos equipes de cada

setor para atender os municípios mais atingidos que fazem a preparação [destas comunidades] porque ainda teremos cheias até que o fluxo das águas recue, segundo a Defesa Civil estadual. As nossas estradas são os rios, então nós temos que conviver com isso e continuar desenvolvendo estratégias para combater as cheias”, ressaltou.

ANS registra quase três mil infrações de desrespeito de prazos de atendimento nos planos de saúde

N

o primeiro trimestre de vigência dos prazos máximos de atendimento para usuários de planos de saúde, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) registrou 2.981 infrações de descumprimento da norma pelas operadoras. Dos 1.016 planos de saúde em operação, 19% deles tiveram pelo menos uma reclamação. No caso dos planos odontológicos, que totalizam 370, sete foram alvo de uma reclamação (menos de 2%). A agência não divulgou o nome das operadoras. O balanço será apresentado a cada três meses. Desde 19 de dezembro do ano passado, começou a valer o tempo máximo para a consulta, exame e cirurgia, que varia de três a 21 dias, de-

pendendo da especialidade médica e tipo de atendimento. Os prazos foram estabelecidos pela ANS, órgão que regula os planos de saúde no país. Os planos têm cinco dias úteis para regularizar o atendimento. Se o problema persistir, as empresas ficam sujeitas à multa de R$ 80 mil ou R$ 100 mil, em situação de urgência e emergência. Até o momento, nenhuma operadora foi multada, conforme a ANS. Outras penalidades são a suspensão de venda de produtos e até afastamento dos dirigentes. O consumidor que não conseguir atendimento dentro do prazo previsto, a orientação é procurar a operadora para conseguir um plano alternativo. Caso não seja solu-

cionado, o cliente pode fazer uma denúncia pelo Disque ANS (0800 701 9656), pelo site www.ans. gov.br ou procurar um dos 12 núcleos de atendimento localizados nas principais capitais. Segundo a norma, o beneficiário não deve esperar mais que sete dias úteis por uma consulta com pediatra, clínico, ginecologista, obstetra e para uma cirurgia geral. O atendimento deve ser imediato para situações de urgência e emergência. Para as demais especialidades médicas, o prazo é 14 dias. Para consultas com fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, terapeuta ocupacional e fisioterapeuta, a espera deve ser, no máximo, de dez dias. A norma prevê que a

operadora ofereça, no mínimo, um serviço ou profissional no prazo limite. Não é obrigatória a garantia do atendimento para um determinado profissional de preferência do usuário. Nos casos de ausência de um serviço ou especialidade na rede de prestadores, a operadora terá que garantir o atendimento em um prestador não credenciado no mesmo município ou o transporte de ida e volta do beneficiário até a cidade mais próxima. Procurada pela Agência Brasil, a Federação Nacional de Saúde Suplementar (Fenasaúde), que representa os 15 maiores planos do país, informou que deve se manifestar sobre o levantamento até o fim do dia.

Polícia usa munição contra protestos Os grupos da oposição do Bahrein acusaram nesta quinta-feira a Polícia de utilizar espingardas carregadas com chumbinho para dispersar os protestos contra a realização do Grande Prêmio de Fórmula 1 previsto para este fim de semana. Em comunicado, o partido Al Wifaq, o mais importante da oposição xiita, acusou as forças de segurança de usarem munição real contra as manifestações que aconteceram em muitas localidades do país, ao menos 20 pessoas ficaram feridas. “A maioria dos povoados está sendo inundado por nuvens de gás lacrimogêneo, que causaram asfixia em muitos casos. Em alguns lugares, os gases foram disparados dentro das casas”, assinalou.

México DIVULGAÇÃO

Vulcão mexicano Popocatépetl lança cinzas O vulcão Popocatépet, no centro do México, lançou uma grande quantidade de cinzas e material incandesente, informou o Centro Nacional de Prevenção de Desastres. As autoridades federais, encarregadas do acompanhamento do vulcão, mantêm o alerta em nível “amarelo fase três”, declado na noite de segunda-feira e que é a etapa anterior à fase “vermelha fase um”, quando é se faz a retirada voluntária dos moradores. Os especialistas apontam também que não se descarta a possível expulsão de lava e explosões de crescente intensidade.


Caderno B

DiaDia Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Professores federais paralisam atividades e reivindicam Plano de Cargos e Salários No Amapá, mobilização foi montada pela Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior ANDERSON CALANDRINI

Da Redação

A

tendendo a uma mobilização nacional, os professores da Universidade Federal do Amapá (Unifap), realizaram ontem (19) um dia de manifestação, momento em que fecharam as portas da Instituição e aguardaram as respostas do Governo Federal em relação aos seus pontos de pautas. A mobilização foi montada pela Associação Nacional dos Docentes nas Instituições Federais do Ensino Superior (Andes), que no dia de ontem estava reunido com os representantes do Ministério da Educação, para que as propostas da classe fossem passadas, para que uma mesa de negociações seja montada. A principal reivindicação é em relação ao plano de cargos e salários da classe, que há muito tempo vem sendo modificado pelo governo Federal. “Desde o ano passado o Ministério da educação quer basear nosso plano de carreira em noções produtivistas, com achatamento salarial e outros problemas que enten-

demos ser de uma forma de desmobilizar a categoria” explicou Iuri Cavlak, presidente do Sindicato dos Docentes da Universidade Federal do Amapá (Sindufap). Nesse ano a classe está agindo de forma diferente, pois estão paralisando em meio às negociações “Nos anos anteriores, nós esperávamos as respostas do Governo para poder montar nossas ações, e como sempre tivemos que paralisar para sermos ouvido, esse ano fazemos essas paralisações coincidirem com as mesas de negociações, para mostrar que a classe está realmente unida” explicou Iuri. A paralisação na Federal vai discutir ainda as negociações com o governo federal, andamentos da pauta local e o lançamento da campanha para estabelecimento do limite máximo de 12 horas semanais em sala de aula. O dia nacional de paralisação foi decidido na última reunião do Setor das Federais do Andes-SN, que ocorreu nos dias 29 e 30 de março. O movimento docente nacional indicou a realiza-

ção de mobilização e paralisação nacional nos mesmos dias que ocorrem as mesas de negociação, com o objetivo é pressionar o governo a avançar na reivindicação da categoria. “E caso respostas positivas não cheguem, a classe está programando um indicativo de greve para o dia 15 de Maio, após as negociações, para que as pautas sejam cobradas com mais fervor, e assim possamos pressionar o Governo Federal a aceitar nossas reivindicações” concluiu Iuri. Segundo Arley Costa, secretário geral do Sindicato dos Docentes da Unifap (Sindufap), essa medida também é uma resposta ao novo plano de cargos e carreira que o Governo Federal quer implantar. O documento divide a vida acadêmica dos professores em 21 estágios, sendo que o último só é alcançado através de concurso. “Essa cobrança e manifestação da classe já está sendo postergada, porém devido às circunstâncias, essas não podem ser levadas mais adiantes, até porque 9 estados já sinalizarão indicativos de greve por conta

HEVERTON MENDES

Principal reivindicação é em relação ao plano de cargos e salários da classe

dessa nova norma que deve ser implantada pelo Governo”, explicou. Segundo o representante, o principal ponto é a discussão da carreira do professor federal, que antigamente era dividida em 13 estágios, e hoje pode ser dividida em 21, caso o Governo Federal implante o novo plano. “Sendo que os nove últimos estágios

provavelmente irão impedir a ascensão do professor, ou seja, se está trabalhando uma mentalidade que manterá os professores amarrados, pensando que com o tempo sua situação como docente irá melhorar, mas no futuro esses perceberam as dificuldades que enfrentaram”, explicou o secretário do Sindufap. O secretário geral do

Sindufap assegura que provavelmente a greve ocorrerá. “Mesma realizando toda essa manifestação para tentar negociar, para que a classe não entre em greve, devido às conjunturas atuais e a cabeça dura dos gestores, em não negociarem com a categoria, estaremos provavelmente entrando em greve” finalizou.

Curso de Direito da Unifap recebe selo da OAB 2011

O

Curso de Direito da Universidade Federal do Amapá (Unifap) é um dos curso jurídicos que recebeu ontem (19), das mãos do presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, em cerimônia a ser realizada no Plenário da OAB Nacional, em Brasília, os certificados da última edição do Selo OAB de 2011. O selo traz a indicação dos cursos de Direito avaliados pelo Conselho Federal da OAB como os de melhor qualidade do País, Estado por Estado. Essa avaliação demonstra o compromisso dos professores, acadêmicos, técnicos e Cordenadores do curso de Direito da Unifap, a quem faço aqui minha homenagem, para

agradecer o empenho zelo e dedicação com o qual conduzem o Curso de Direito da Unifap que foi o único com destaque de qualidade no Estado do Amapá, a esperança é que isso sirva de estímulo para que outros cursos jurídicos amapaenses possam figurar na lista de recomendados pela OAB. Tenho a honra de ter sido aluno e também professor (no exercício da pré-docência) no Curso de Direito da Unifap, hoje estou contribuindo, na qualidade de professor com outros cursos jurídicos em nosso Estado que logo, logo, espero esta com o selo de qualidade da OAB. O Estado de São Paulo que possui um grande número de cursos jurídicos teve apenas 13 cursos re-

O Dia em Foco

FRANCK FIGUEIRA

Secretário de Redação franckfigueira@jdia.com.br

Pressão O processo de cadastro e recadastro da meia passagem estudantil está próximo de ser finalizado, e milhares de alunos devem ficar sem o beneficio. O Setap esperava atender 35 mil alunos, entretanto, o número não passa de 8 mil. Explicações cabíveis não são encontradas, e mais uma vez o processo encontra dificuldades para atender a demanda de estudantes. Como todos os anos, o cadastro e recadastro da meia passagem é rodeado de incertezas e desorganização. Pressão II Com um histórico de denuncias, confusões e falta de prestação de contas, o cadastro e recadastro da meia passagem mantém acima de tudo, a falta de infor-

mação e organização no seu processo. O Sindicato tenta sempre na última hora se aproximar da mídia, buscando explicar o inexplicável, ou seja, reverter a situação alegando a falta de interesse dos estudantes. O Setap e a Prefeitura anunciaram que na segunda-feira, 23, vão bloquear os cartões de meia-passagem não recadastrados. Pressão III Com o anuncio de bloqueio dos cartões e sem a prorrogação do processo, algumas lideranças estudantis prometem realizar um manifesto em frente ao prédio do Setap. Para a classe, faltou uma massificação na divulgação dos serviços, principalmente nas escolas estaduais e faculdades. Faltando apenas dez dias

comendados pela Ordem. Independente das críticas em relação ao critério de avaliação do MEC e da OAB, importante é destacar que esses critérios sejam cada vez mais aprimorados para melhorar ainda mais a qualidade de ensino e da educação em nosso país, com a criação de instrumentos e ferramentas que possam sirvir para melhorar essa qualidade pois quem ganha é a sociedade que receberá os serviços e o profissional formado. Destaca-se ainda que dos atuais 1.210 cursos existentes no Brasil, apenas 89 cursos de instituições de ensino brasileiras – o equivalente a 7,3% do total – acabaram sendo recomendados e vão receber a outorga do Selo OAB

para finalizar os atendimentos, milhares de alunos devem ficar sem o beneficio da meia passagem, e pagar uma das tarifas mais caras do Brasil é se torna um pesadelo. Vale lembrar que este ano vai ter novo reajuste. Pequeno O Hospital de Emergência (HE) está cada vez menor se comparado a grande demanda diária de pacientes a procura de atendimento. Em média, cerca de 200 pessoas são atendidas naquela casa de saúde, sendo que metade dos doentes não necessita de atendimento de emergência. De acordo com informações, a falta de conhecimento da população dificulta a atenção para aqueles que necessitam de maiores cuidados médicos. Mesmo sabendo da existência das Unidades Básicas de Saúde (UBS), a tradição da população prevalece nesses momentos. E a Casa do Estudante? Prestes a completar nove meses, o termo de cessão que daria poderes para a

como cursos de destacada qualidade, dentro de critérios objetivos aplicados pela Comissão Especial da entidade para sua elaboração. A lista dos cursos que receberão o Selo foi divulgada pela OAB durante a sua XXI Conferência Nacional, em novembro de 2011 na cidade de Curitiba. Do total de cursos de Direito do país, 790 foram avaliados depois de preencherem os pré-requisitos de ter participado dos três últimos Exame de Ordem unificados (2010.2, 2010.3 e 2011.1), sendo que cada um precisou ter, no mínimo, 20 alunos participando de cada Exame. Em seguida, para apurar os 90 cursos de qualidade recomendada, a Comissão Especial - integrada por advogados que são

professores e especialistas em educação jurídica - utilizou como instrumentos de avaliação uma ponderação dos índices obtidos por eles em aprovação nos Exames de Ordem e no conceito obtido no último Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), realizado em 2009. O Selo OAB de 2011 é a quarta edição elaborada pela entidade, desde a sua criação em 2001, na gestão do então presidente nacional da entidade, Reginaldo Oscar de Castro. A segunda edição ocorreu em 2003; e a terceira, em 2007. Na nova edição, os 89 cursos destacados pela OAB como de qualidade recomendável, utilizando-se de uma escala de pontos de 0 (zero) a 10, a Co-

missão Especial - com base nos critérios definidos e relacionados acima - concluiu que a nota mínima para ingressar nesse elenco foi de 6,9 pontos. Entre as 27 unidades da Federação que tiveram seus cursos de Direito avaliados, dois Estados não tiveram nenhum curso recomendado: Acre e Mato Grosso. Isso porque os cursos desses dois Estados não atingiram a nota mínima dentro dos critérios de avaliação da OAB ou estão submetidos a processos de supervisão do Ministério da Educação (MEC), ou, ainda, tiveram parecer desfavorável da Comissão Nacional de Educação Jurídica da OAB Nacional durante a análise dos processos de reconhecimento ou de renovação

Secretaria de Juventude (SEJUV) realizar o projeto de construção da Casa do Estudante, no antigo Grêmio Rui Barbosa ainda não saiu do papel. A elaboração do espaço do sequer saiu do setor de projetos da Secretaria de Infraestrutura (SEINF), e pelo que tudo indica, a construção do espaço estudantil vai ficar na promessa. A intenção do Governo do Estado é construir uma república, biblioteca, lanchonete e o Grêmio do Colégio Amapaense (C.A).

viços de atendimento às mulheres em situação de violência sexual e doméstica, além de 65 serviços de abortamento legal.

tomada pelo MP ocorreu após decisão do Conselho Superior do Ministério Público para procedimento semelhante em outro Estado da Federação - Procedimento de Controle Administrativo. A prova ficará suspensa até o julgamento do mérito do Procedimento de Controle Administrativo.

Violência contra mulher O Sistema Único de Saúde (SUS) terá que garantir atendimento adequado e humanizado às mulheres vítimas de violências. As ações de combate à violência contra as mulheres, no âmbito da saúde, incluem o treinamento dos profissionais em toda rede pública de saúde, a ampliação dos serviços sentinelas de notificação de violência e dos serviços que prestam assistência às mulheres em situação de violência e abortamento legal. Hoje são 552 ser-

Atendimento O Ministério da Saúde quer propor a discussão para que os laudos feitos nos serviços de referência, para atendimento às mulheres vítimas de violência sexual, possam ser utilizados como prova pericial, para que as mulheres não tenham que se submeter a novo laudo no Instituto Médico Legal (IML). Para isso acontecer, é necessário uma ampla divulgação nos meios de comunicação, através de campanhas educativas dentro das redes de saúde pública. Suspenso O Ministério Público do Estado informa aos candidatos com inscrição deferida na seleção para cadastro de opções ao cargo de assessor auxiliar de Promotoria de Justiça, que a realização da prova agendada para o próximo domingo (22), foi suspensa. A medida

Desafios Os desafios do acesso da população à saúde pública de qualidade por meio do programa Estratégia Saúde da Família (ESF), da Atenção Primária à Saúde, serão discutidos no I Congresso Norte da Medicina de Família e Comunidade (MFC). O encontro será realizado nos dias 22 a 25 de abril, sob a organização da Associação Paraense de Medicina de Família e Comunidade (APAMFC). A cobertura do programa ESF da Atenção Primária à Saúde (APS) no Pará é uma das piores. Em Belém é de 17% aproximadamente, o que demonstra ser esta uma política que ainda necessita de apoio.


JD

Polícia

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

B2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Delegada confirma: Geraldão matou a namorada e depois se suicidou De acordo com Odanete Biondi, foi encontrado chumbo na mão direita de Geraldão e na mão esquerda de Joana ALINE KAYSER Da Redação

A

delegada Odanete Biondi, da Decipe (Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa) informou à imprensa que o laudo final da morte de Geraldo Novaes Lessa, de 63 anos e da namorada dele, Joana Darc Alfaia, de 42, comprovou que Geraldão matou a namorada com dois tiros e depois cometeu suicídio. Geraldo e Joana foram encontrados mortos no dia 7 de janeiro deste ano dentro de um veículo no centro da cidade, na Avenida Coaracy Nunes. De acordo com a delegada, também foi encontrado chumbo na mão direita de Geraldão e na mão esquerda de Joana. “Talvez tenha aparecido restos de chum-

bo na mão esquerda dela, porque ela pode ter tentado se defender na hora dos tiros”, disse Odanete. Biondi informou que a arma utilizada no dia do crime é uma arma estrangeira e sem registro no Brasil. “Não podíamos identificar de quem era a arma, só que estava ilegal no país”, disse ela. A arma é um revólver calibre 38 e foi encontrada no dia do crime no chão do veículo, próximo ao corpo do empresário. Biondi também informou que o filho de Geraldão, Fabrício Lessa, deve contestar o laudo, já que não acredita nessa possibilidade. Naquele dia Joana teria acabado de deixar seu carro em uma lavagem naquela esquina quando Geraldão chegou. Ela conduzia o veiculo do empresário e

os dois pararam a poucos metros do local. Após uma hora depois dos disparos, dois vizinhos que estranharam o carro parado, com o ar condicionado ligado, ligaram para a polícia que constatou as mortes. Joana estava no banco do motorista e tinha duas perfurações de bala no corpo, uma na cabeça e outra no peito. Geraldo tinha um ferimento no peito. “Os tiros foram dados à queima roupa, de muito perto. Como o ar estava ligado, os disparos não foram ouvidos e os vizinhos só estranharam porque o carro estava parado há mais de uma hora no local”, disse Biondi. O inquérito policial deve ser encaminhado para o Ministério Público na próxima segunda-feira (22).

A delegada Odanete Biondi, informou à imprensa, que o laudo final comprovou as mortes do casal

“Eltinho” é preso acusado de tentar matar Calado no Dia da Mentira

O

jovem Elton Frazão Barbosa, de 27 anos, mais conhecido como “Eltinho”, foi preso na manhã de ontem por homens da 6ª delegacia de Polícia Civil, comandados pelo delegado Antônio Cardoso. Eltinho é o principal acusado de ter atirado à queima roupa no jovem Isaac Calado Sozinho, de 27 anos, no dia 1º de Abril deste ano. Isaac permanece internado no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital e seu estado é grave. De acordo com Cardoso, naquele dia, por volta das 5h49 da manhã, Isaac e alguns amigos estavam lanchando na esquina da Praça Nossa Senhora de Fátima quando o carro que Eltinho estava, um Golf Vermelho de placas NEW 3663 deu pane. Isaac e amigos foram ajudar a empurrar o veiculo. Eles conseguiram fazer com que pegasse e o

veiculo deu pane novamente. “Mesmo depois da ajuda, por motivo fútil, o Elton brigou e sacou a arma, atirando na vítima”, informou Cardoso. Isaac foi ferido com dois tiros no abdômen e foi levado as pressas para o Hospital de Emergências. “Conversei com o médico que me disse que o estado de saúde dele é muito grave”, disse Cardoso. O delegado conseguiu pedir a prisão preventiva do acusado, por crime de lesão corporal grave, que foi acatada pelo juiz Rommel Araújo. “Ele negou o crime, mas duas testemunhas contaram na delegacia que foi ele. Dentro do carro dele estavam ele, um amigo e duas meninas, uma delas menor de idade”, garantiu Cardoso. Elton esteve na 6ª DP na manhã de ontem e depois foi encaminhado para o Iapen. (A.K)

O delegado Antônio Cardoso conseguiu pedir a prisão preventiva do acusado, por crime de lesão corporal grave, que foi acatada pelo juiz

Ronda Policial JOÃO BOLERO

Da 99,1 FM BLOG DO BOLERO Polícia Civil executa mais quatro mandados de prisão A Equipe Captura da Polícia Civil comandada pelo Delegado Valcely Almeida, executou durante a manhã de ontem, mais quatro mandos de prisão expedidos pela Justiça do nosso Estado e mandou para o IAPEN: - Elison Monteiro (31), residente na Rua Dos Morais, Congós, pelo crime de tráfico de drogas; - Jurridce Luciana dos Santos (29), residente na Rua Hércules, Jardim I, pelo crime de assalto; - Reberson Marques dos Santos (29), residente na Rua Bartolomeu Gusmão, no Infraero I, pelo crime de assalto; Sidilei Souza Amanjás (33), vulgo “Chico”, residente na Av. Romildo Antonio, Congós, pelo crime de ameaça. Com essas quatro prisões a Equipe Captura já emplacou somente este ano 96 mandados de prisão. Mandadoi de prisão manda mais dois assaltantes para o IAPEN Seguiram ontem

(18)

para o IAPEN o Breno Vasconcelos Borges (20) “Tinho” e o Renan Cristian Aguiar Maciel (22). É que contra ambos já existia mandados de prisão, onde são acusados de praticarem vários assaltos na Capital, entre os quais, um deles em uma Farmácia no Bairro Renascer, quando eles agrediram as oito pessoas que estavam lá entre funcionários e clientes, roubaram dinheiro, joias e até uma arma de fogo do proprietário. De igual modo, eles assaltaram um Posto de Combustível no Zerão, onde chegaram a pé e de cara limpa, e roubaram toda a renda do Posto. Esses dois assaltos eles praticaram no início do mês de abril, nos dois eles foram reconhecidos pelas vítimas, e ainda chegaram a ser presos, mas liberados através de seus advogados. Adolescente morre eletrocutado quando apanhava manga Mateus Rodrigo Martins dos Santos (16), residia na Av. Cora de Carvalho, no Bairro Alvorada, por volta

das 02h00min da tarde de ontem, de posse de uma vara de ferro tentava apanhar mangas próximo a casa dele, foi quando num descuido ele tocou a vara no fio de alta tensão da rede elétrica e recebeu uma descarga violenta. Ele ainda chegou a ser socorrido por vizinhos e conduzido ao H.E, mas já chegou morto naquela Casa de Saúde. Não se sabe por que motivo o corpo do Mateus não foi removido para a POLITEC, para ser necropsiado, pois sua morte é considerada violenta.

Dupla de moto assalto açougue no Zerão Dois maus elementos armados com armas de fogo e que montavam em uma moto preta, por volta das11h25min da manhã de quarta-feira (18), invadiram o Frigo Jó, de propriedade do José Gilvam Costa (53), renderam e amarraram o mesmo e roubaram R$ 1.000,00 do referido Frigo. Até agora, ninguém foi preso acusado desse assalto, mas a polícia já tem o nome de um dos suspeitos.

Polícia Civil sai na frente e evita assalto Palmas e nota 10 para uma Equipe da Polícia Civil do NOI, comandada pelo Delegado Leandro Totino, que por volta das 12h30min de ontem, conseguiu prender três homens que estavam armados com uma arma de fogo e uma faca, quando se preparavam para invadir a casa de um funcionário público, que fica na Rua Guilherme Coelho, Jardim Felicidade. São eles: Diego Carvalho Santana “De-

manaus” (22), que há cerca de dois meses saiu do IAPEN, onde estava preso pelo crime de furto e o André Felipe Barbosa Albuquerque (18) e foi apreendido o adolescente F.F.B (16). Além deles confessarem que iriam assaltar a referida residência, também confessaram que o próximo assalto, iriam fazer na residência de um empresário do ramo de navegação . Os dois maiores foram flagranciados no CIOSP do Pacoval enquanto o menor foi entregue na DEIAI.]


JD

DiaDia

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

B3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Greve paralisa educação e escolas tentam contornar adesões no Estado Segundo a assessoria da Seed, alguns diretores teriam convencido o corpo docente de não aderir ao movimento HEVERTON MENDES

Debaixo de greve, governo tenta evitar paralisações nos demais setores

A

A partir de hoje, professores ocupam a Praça da Bandeira em protesto e greve

Da Redação

C

erca de cem mil estudantes ficam sem aula a partir de hoje, por tempo indeterminado, por conta da greve desencadeada pelos professores estaduais. Há uma semana que a classe vinha negociando com o governo do Estado, mas as propostas apresentadas não foram suficientes para evitar a paralisação. Mesmo que o Sindicato dos Servidores Públicos em Educação do Estado do Amapá (Sinsepeap) tenha reunido em assembleia geral um número expressivo de profissionais da educação, alguns educadores não vão aderir ao protesto. Ontem, em contato com assessoria da Secretaria Estadual de Educação (Seed), a reportagem foi informada que algumas escolas tentam convencer os professores a não paralisar com as atividades escolares. Uma dessas escolas é o CCA, no bairro central. Lá a direção reuniu com os professores e teria convencido os pro-

fissionais a não aderir ao movimento. Outras instituições também deverão seguir a mesma estratégia. Propostas A categoria não aceitou porque o Governo apresentou apenas um aumento de 13% no salário, valor que não chega perto dos 33%,solicitado pela classe. Segundo Aroldo, os professores não aceitaram a proposta de 13% porque compreendem que o Governo tem possibilidades de aumentar o percentual, ou fornecer pelo menos 18,7%, que em termos gerais seria mais da metade do valor que é necessário para a instalação do piso salarial. O sindicalista assegura que soa aceitam propostas que possam colocar bem próximo do piso salarial, sem que direitos ganhos pela classe como regência, sejam diminuídos. “E para que isso ocorra, nós até estamos negociando para que esses valores sejam alcançados progressivamente, onde um percentual seria ofertado agora, e um segundo aumento no

segundo semestre, igual ao que fizemos nas negociações com a Prefeitura”, concluiu Aroldo. O Sinsepaep defende um aumento de imediato de 18,7%, uma elevação em 7,5% em junho, e uma terceira parcela de 7,5% em novembro.“Só assim o piso será implantado”, reforça Aroldo. Seed Referente a proposta apresentada pelos professores, o secretário de Educação, Adalto Ribeiro, defende que 33,7% acaba sendo incompatível com as atuais verbas governamentais, no qual lembrou que outras categorias já solicitaram assembleias para discutir aumentos salariais. “Sobre a implantação do piso não posso dar um parecer agora, pois esse valor não se encaixa aos atuais orçamentos do Governo, e existem outras categorias que também estão querendo aumento, e uma elevação alta dessa resultaria na diminuição de propostas às outras classes”, explicou.

CEA quer energia 24 horas para o Bailique e Lourenço

N

ovas máquinas serão instaladas para gerar mais energia para o Lourenço e garantir energia 24 horas para as Vilas Progresso e Macedônia, no arquipélago do Bailique, a partir do Termo Aditivo, assinado na manhã desta quinta-feira, 19, pela Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) e a multinacional Sistemas Internacionais de Energia S. A. (Soenergy). Com os investimentos em novos equipamentos e serviço terceirizado de geração, será possível melhorar e manter a energia 24 horas nessas comunidades isoladas do Sistema Estadual. A previsão para conclusão dos serviços é de 60 dias, conforme cronograma de implantação apresentado pela empresa. O gerente Comercial da Região Norte da Soenergy, Leonam Souza, informou que os novos geradores já foram comprados, assim como os equipamentos como disjuntores e transformadores que serão substituídos com previsão de conclusão dos serviços para o final de maio. Um termo aditivo ao con-

trato existente com a Soenergy, que é a responsável pela geração de energia para os municípios de Oiapoque e Laranjal e Vitória do Jari, foi o caminho mais rápido encontrado pela CEA para ampliar o fornecimento de energia para os distritos do Lourenço, em Calçoene, e Bailique, em Macapá. A diretoria da CEA tomou a iniciativa de ampliar a contratação de geração de energia pela Soenergy, visando melhorar os serviços e proporcionar mais qualidade de vida para essas comunidades que sofrem constantemente com interrupções no fornecimento devido à falta de investimentos nas usinas existentes que continuam funcionando com máquinas obsoletas, que agora serão substituídas. “No caso do Lourenço, a partir desta contratação vamos resolver um problema que se arrastava há anos com equipamentos e peças antigas que em alguns casos nem existem mais no mercado para reposição”, disse o presidente da CEA, José Ramalho. Em relação ao Bailique, o presidente falou que é

“uma questão de honra para o governador Camilo Capiberibe colocar energia 24 horas, porque em 2002 o governo do Estado garantia essa energia que de uma década para cá foi reduzida”. O Bailique é atendido pelo Governo do Estado do Amapá pelo programa de Inclusão Elétrica, em que é fornecido o combustível para gerar energia por apenas 18 horas por dia. Serão implantados pela Soenergy 4 novos geradores, com potência de 550KVA para geração 24 horas. Hoje, são gastos 133 mil litros por mês de combustível e a previsão de gasto, a partir dos novos investimentos, será de aproximadamente 90 mil litros por mês, uma significativa economia com o produto. No Lourenço serão instaladas 3 novas máquinas de 550KVA suficientes para aumentar a potência de 900KVA para 1.650KVA e atender com energia de qualidade os pouco mais de 650 unidades consumidoras. Neste caso, o combustível é viabilizado pela conta CCC, do governo Federal.

equipe estratégica do Governo do Amapá (GEA) está reunindo ao longo deste mês com representantes de classe dos servidores públicos para negociar termos e reajustes salariais pela data-base, período do ano em que as instituições e trabalhadores se juntam para rever contratos coletivos de trabalho. As negociações têm acontecido na sala de reuniões da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Tesouro (Seplan), coordenadas pelo secretário Juliano Del Castilo, representantes da Procuradoria e da Auditoria Geral do Estado, Gabinete Civil e secretários de Estado. A data-base para os servidores público do Amapá corresponde ao dia 1º de abril. Tão logo iniciado este período, o governador Camilo Capiberibe antecipou as negociações concedendo reajuste salarial de 8% linear a todos os servidores, no último dia 9. No entanto, algumas categorias solicitam renegociar percentuais maiores de aumento, reivindicando, também, reaver eventuais perdas salariais acumuladas em gestões anteriores, e ainda garantir benefícios que valorizem o trabalho do servidor público. A equipe permanente do GEA iniciou os encontros com os representantes de classe do serviço público ainda em março, quando a equipe de governo os recebeu para conhecer as pautas de reivindicações de cada grupo. Depois de realizados estudados dos impactos na folha e no orçamento, o GEA volta agora à mesa de nego-

ciações para oferecer as contrapropostas. Professores Após três rodadas de negociações, o Sinsepeap teve, no total, aumento de 15% de reajuste no salário base, o maior já concedido à categoria nos últimos nove anos. Porém, a proposta do governo foi rechaçada pelos membros do sindicato após assembleia geral, realizada no início desta semana. Contudo, os sindicalistas deflagraram greve dos professores da rede estadual, iniciada nesta sexta-feira, 20. Foram muitas horas de negociação, mas, o governo, segundo Del Castilo, foi sensível às reivindicações das categorias. “Oferecemos reajuste nos percentuais já oferecidos a quase todas as categorias. Quando não, concedemos aumento nos pagamento de benefícios, gratificações e retroativo de promoções atrasadas. Reconhecemos que essas medidas valorizam o servidor público”, garante o secretário da Seplan, Juliano Del Castilo, o qual coordena as rodas de negociação. Saúde O Sindsaúde aprovou em assembleia geral o aumento concedido de 8% sobre o salário base, e reajuste na Gratificação de Atividade em Saúde (GAS) para todos os servidores que atuam nos municípios do Estado. Segundo o presidente do Sindsaúde, Dorinaldo Malafaia, a proposta do governo foi bastante positiva. “Dos 13 itens apresentados na pauta de reivindicações, tivemos avanço em 12. Vamos

continuar o diálogo com o governo para avançar em outros pontos. Estas conquistas representam um momento histórico para a classe. Isso significa, em sua totalidade, um aumento no poder aquisitivo dos servidores da saúde”, avalia. Policiais militares e civis Os representantes das Polícias Militar e Civil levarão para a apreciação da categoria, neste fim de semana, propostas de aumento significativo acima dos 8% de reajuste linear. A Asmeap obteve reajuste de 7% a mais sobre o salário base, e saíram da reunião com a promessa de que o GEA atenderá os demais pontos estipulados na pauta de reivindicações. O Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) conquistou o maior de todos os reajustes: 20%, incluído neste total os 8% de aumento linear referente à data-base e ainda a incorporação da parcela compensatória de 10% sobre o salário base. Os sindicalistas levarão agora as propostas em assembleia geral neste sábado, 21, quando se comemora o Dia do Policial Civil. “Essas negociações representam um avanço significativo para os servidores e é preciso deixar claro que o governo continua sempre aberto ao diálogo com as demais categorias”, garante o secretário Juliano Del Castilo. Os próximos representantes sindicais a serem recebidos pela equipe permanente de negociações do Governo do Amapá serão os do grupo Gestão, com dia e hora a serem ainda estipulados.

“Carrocinha” recolhe animais soltos pelas ruas de Macapá JACKELINE CARVALHO Da Redação

Q

uem vê uma matilha de cães pelas ruas de Macapá fica se perguntando onde está a famosa “carrocinha” para recolhê-los dos logradouros da cidade. Muitas até acham que ela não existe mais. A reportagem do Jdia foi atrás e descobriu que ela existe, sim. Localizado na rodovia JK, o Canil municipal trabalha no recolhimento de cães abandonados e sob risco de maus tratos. Mas seu trabalho acontece pelo turno da noite, por isso ninguém os vê pelas ruas. Com apenas um carro de resgate (o nome “carrocinha” não é mais utilizado), os agentes do canil atendem a cidade a partir de ligações feitas pela comunidade. Cachorros feridos, com suspeita de raiva animal ou simplesmente abandonados pelos seus donos, são levamos para o canil e lá são atendidos pelo

veterinário. Muitos chegam desnutridos, machucados ou com queda dos pelos. Lá recebem vacina, se alimentam uma vez por dia e ficam sob observação. Nos três primeiros dias, a administração do canil aguarda o contato dos possíveis donos dos cães. E caso não seja feito, passam para a etapa de adoção. O velho conceito de que se o dono não vier resgatar, o cãozinho vira sabão, não existe. Continuam recebendo toda a assistência médica e alimentos. Com 5 boxes, ficam separados por tamanho, por estado de saúde ou pronto para serem adotados. Segundo o médico veterinário, Renato Ribeiro, existe um limite de capta por dia, pois assim é mais fácil atender a todos os cães, além do espaço que não comporta um número excessivo de animais. Ela ressalta que muitos donos abandonam os cães por estarem velhos e não os servirem mais como cães de guarda.

Com o aparecimento de problemas renais, catarata e disfunção intestinal. “O Canil não é albergue pra cachorro. Poxa, um animal que foi fiel durante tantos anos, ser abandonado após a velhice, não é justo. O que orientamos os donos de cães é que cuide do animal e não o abandone na rua, correndo o risco de ser atropelado por mototaxis ou carros”. O médico explica um outro agravante decorrente de cachorros abandonados ou que não têm atenção dos donos. “Os cães causam transtornos em frente às casas porque rasgam o lixo doméstico à procura de comida. Isso chama ratos e baratos. Que por sua vez chamam cobras e escorpiões. Gera toda uma cadeia alimentar dentro da área urbana. Em alguns bairros da periferia é comum achar cobras peçonhentas, pois elas vêm em buscas dos ratos que se alimentam do lixo que os cachorros estraçalham nas ruas”.


DiaDia

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

B4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Procon e ANP fiscalizam qualidade de produtos nos postos de combustíveis Fiscalização serve também como a prática do treinamento, ministrado pela ANP aos fiscais do Procon

O

Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá (Procon/AP), cumprindo seu papel como órgão fiscalizador, em ação conjunta com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natura e Biocombustíveis (ANP), está realizando desde segunda-feira, 16, a fiscalização nos postos de combustíveis da capital. O objetivo é verificar a quantidade e qualidade do produto que chega ao cliente. Conforme o especialista em regulação de petróleo, José Luiz de Souza, a fiscalização serve também como a prática do treinamento, ministrado pela ANP aos fiscais do Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá. “São três equipes do Procon que saíram da parte técnica e estão partindo para a prática. Serão aproximadamente 30 postos a serem fiscalizados em Macapá. Até agora, não foi constatado nenhum tipo de irregularidade”, declara o especialista. A chefe de Fiscalização do Procon, Marcela Queiroz, lembra que essa ação é

resultado da renovação do convênio com a ANP, onde ela acontece de forma clara e precisa. Todos os dados são apurados e analisados para constatação da qualidade do combustível. “Todos os meses realizamos essa fiscalização e se caso for constatado alguma irregularidade na qualidade do produto comercializado, o posto será lacrado a espera da liberação da ANP. Caso ocorram irregularidades na quantidade do produto, apenas a bomba é interditada”, explica Marcela. Willian Maia é motorista há mais de 3 anos e diz que é necessário esse tipo de fiscalização por assegurar o consumidor do produto consumido por eles. “Sempre ficamos desconfiados no momento em que vamos abastecer o carro. Não quero mais ter que chegar a um posto de combustível e ter que me preocupar se a gasolina está ou não adulterada, ou se o que está sendo colocado no tanque está de acordo com o que pagamos”, finaliza Willian.

HEVERTON MENDES

Procon e ANP estão realizando desde a última segunda-feira, 16, a fiscalização nos postos de combustíveis da capital

Projeto Mãos que Ajudam será lançado neste sábado ANDREZA SANCHES Da Redação

A

manhã (21), às 8h na sede de Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ocorre o lançamento estadual do Programa Mãos que Ajudam a Armazenar e Doar Alimentos. A ação dará inicio a mobilização da comunidade amapaense e aos membros da Igreja a realizarem oficinas de armazenamento de arroz e feijão. Através dessas oficinas serão doadas mais de três toneladas no dia 30 de julho, com a participação de mais de 500 voluntários. De acordo com o pastor kleber Sainz, o objeti-

vo do programa é ensinar a viver de forma previdente, e a estar preparados para qualquer imprevisto. Durante as oficinas, os convidados conhecerão todos os passos do armazenamento e também a importância desse trabalho. Por meio de Programas como o ”Mãos Que Ajudam”, a Igreja busca auxiliar o poder público e a sociedade nas suas principais demandas. Em parceria com outras entidades, instituições religiosas, empresas privadas, órgãos governamentais ou organizações assistenciais, beneficiando milhares de pessoas em asilos, orfanatos, hospitais e es-

colas públicas. A proposta é oferecer ajuda humanitária e serviços comunitário, a fim de mobilizar dezenas de voluntários de todas as idades e membros da Igreja, fazendo com que a o ser humano doe uma parte de seu tempo a levar sentimentos de esperanças e alento àqueles que precisam. “Ainda estamos prontos para ajudar a limpar, reformar e fazer a manutenção de escolas e outros lugares públicos, preservar o meio ambiente, apoiar campanhas comunitárias e participar de projetos que visem a conservar o bem coletivo” complementou o pastor.

Evento em comemoração aos dois anos de implantação do CRAM em Santana

N

esta sexta-feira (20), a partir das 8h, o Centro de Referência em Atendimento a Mulher (CRAM), realiza o “Dia de Princesa” em comemoração aos dois anos de implantação do serviço no município de Santana. Haverá um café da manhã e serviços de beleza, dedicado às mulheres atendidas na unidade. O “Dia de Princesa” foi organizado em parceria com o Instituto Embelleze, e visa proporcionar um dia de embelezamento a comunidade feminina disponibilizando uma equipe para maquiagem, limpeza de pele e outros serviços, como forma de resgatar e fortalecer a autoestima das mulheres. O Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) foi inaugurado no dia 16 de abril de 2010, com a finalidade de atender mulheres vítimas de violência doméstica, através do acolhimento, atendimentos psicossociais e jurídicos, além de encaminhamento para órgãos especializados. “O centro representa a porta de entrada para que os casos de violência contra mulheres sejam solucionados” reforçou a diretora da Uni-

Para participar, basta ir até a Igreja e Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias,na rua Hildemar Maia 1730

Dia do Índio é comemorado no município de Oiapoque

N

Hoje, mais de 100 mulheres são atendidas com vários serviços no local

dade, Tarciane Farias, informando que o centro atualmente atende mais 100 mulheres. De acordo com a coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres no Município de Santana, Ana Sanches, a implantação do serviço consolidou a luta pelos direitos ao atendimento especializado no município. “Santana ainda é o único município que possui uma sede própria do CRAM para atender as mulheres vitimas da violência e faz parte da Rede de Atendimento a Mulher, preten-

de-se avançar ainda mais” disse a coordenadora. A Rede de Atendimento à Mulher reúne mais 20 instituições de segurança, saúde, educação, cidadania e trabalho, entre eles Promotoria, Defensoria, POLITEC, Corpo de Bombeiros, Conselho de Mulheres e Tutelar, secretarias de saúde e educação entre outros. Serviço O CRAM está localizado na avenida Castro Alves, 2690, bairro Paraíso, ao lado da Escola Municipal Padre Ângelo Biraghi.

o Dia do Índio, comemorado ontem, 19, os povos indígenas de Oiapoque, extremo Norte do Amapá, comemoraram o cumprimento da palavra dada pelo governador Camilo Capiberibe ainda em 2011. Eles receberam oficialmente as novas aldeias com habitações, energia e outros benefícios, prometidos desde 2003, porém, somente agora realizados. A transferência dos habitantes das aldeias Piquiá e Curipi para as novas localizações é o início da execução da realocação de aldeias acordadas entre lideranças indígenas e órgãos federais e estaduais, para que a obra da BR-156 fosse continuada. Do total de 38 aldeias de Oiapoque, Piquiá, Curipi e mais 7 aldeias estão dentro da área indígena Uaçá, que tem 80% de terra do terceiro lote. Elas estão localizadas às margens da estrada e, pelas condicionantes entre as partes, por diversos motivos, entre eles a segurança, devem ser trans-

feridas. A aldeia Anawará, no km 102, já está em obra e as seis restantes estão em processo de análise dos projetos e liberação de órgãos ambientais. O projeto das novas aldeias obedece ao que foi discutido com os próprios indígenas. O número de casas é de acordo com a quantidade de famílias. Elas são em alvenaria, ventiladas, com dois ou três quartos, varanda, banheiro, sala e cozinha. Na aldeia Curipi foram construídas 9 casas e na Piquiá 12. Além das residências, cada aldeia tem escola, igreja, centro comunitário, alojamento para professor, enfermaria, casa de farinha, abrigo para gerador, fossa e sumidouro, castelo para caixa d’água, sistema de captação de água, interligação de rede de água e de esgoto e sistema de aterro sanitário para coleta de lixo doméstico. O que poderia ser tratado como descaracterização do ambiente natural dos índios, é motivo de satisfação dos moradores. A cacica Verônica

Santos, líder da Curipi, compara. “Fomos criados como nossos antepassados, em casas de palha, de chão batido. Hoje, é necessária essa mudança, por uma questão de higiene e de segurança. Nossos costumes continuam a ser respeitados, a cultura está dentro de cada um de nós. Não é uma casa em alvenaria e luz elétrica que vai nos descaracterizar. Hoje, os índios estudam, sabem usar internet, mas continuamos dançando o Turé, agradecendo à natureza, respeitando nossa história e brigando pelos nossos direitos”, disse a cacica. A prova foi dada com a dança do Turé feita por criança, jovens e adultos caracterizados no centro da aldeia, as rodadas de caxiri, a bebida tradicional das festas, os corpos pintados e muitos enfeites. O governador Camilo falou sobre o longo caminho que tem percorrido para vencer as barreiras que causaram o atraso no processo de desenvolvimento do Estado.


JD

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

C1


JD

Esporte

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Após encerrar interesse por Forlán, Corinthians busca reforço para o ataque A ideia é trazer um centroavante após a disputa da Libertadores. Time busca opção ofensiva

O

diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade, informou ontem que o interesse do clube por Forlán já é “página virada”, pois a Internazionale não o negociará. Encerrada a sondagem sobre o centroavante uruguaio, o time paulista tentará outro reforço para o ataque. A ideia é trazer um centroavante após a disputa da Libertadores. “Na realidade, fizemos uma consulta a Inter pelo Forlán, mas não houve intenção de liberá-lo. Já é

página virada. Era mais uma curiosidade nossa. Pelo pouco tempo que temos [na Libertadores], a gente acha que vai acabar com o mesmo grupo que está. Nós queremos um camisa 9 com qualidade. Não precisa nem estar no exterior”, disse Andrade à TV Bandeirantes. O Corinthians busca opção ofensiva desde a saída de Adriano. A ideia é ter mais um substituto para Liedson, que fez poucos gols na temporada. Atualmente, Élton é o reserva imediato do camisa 9.

A diretoria alvinegra analisa jogadores que atuaram em times do interior no Campeonato Paulista. Sérgio Manoel, do Mirassol, e Renê, do Mogi Mirim, interessam ao Corinthians. Guilherme, da Portuguesa, também está na lista de reforços. “A gente tem feito observações. A gente sempre busca as revelações do interior. Esses dois nomes [Sérgio Manoel e Renê] fazem parte de nomes que estão sendo avaliados”, disse o diretor do Corinthians.

DIVULGAÇÃO

Corinthians quer um jogador para disputar posição no ataque com Liedson

Rotina não mudou desde chegada Com saque ruim, Bellucci erra muito e perde para holandês em ao Bahrein, relata Felipe Massa Mônaco; Nadal atropela rival DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Bellucci teve dificuldades para confirmar o seu serviço contra o holandês Robin Haase

Massa alega que, de seu ponto de vista, a situação se assemelha à dos anos anteriores

F

elipe Massa alegou não ter percebido diferenças em sua rotina desde que chegou ao Bahrein em comparação aos outros anos em que esteve no país. O brasileiro, que participou de todas as sete edições da prova até então, está no Bahrein desde a quarta-feira, quando chegou acompanhado de sua esposa e filho. Apesar dos problemas enfrentados por membros

da Force India, que se viram envolvidos em um conflito entre manifestantes e policiais, Massa alega que, de seu ponto de vista, a situação se assemelha à dos anos anteriores. “Não tinha nada de errado, nada diferente do que estamos acostumados a ver no Bahrein. Cheguei ontem [quarta-feira] e hoje já começamos a trabalhar, mas não vi nada de errado. E que seja assim,

mesmo. Estamos aqui para fazer esporte, que é algo que todos gostam”, disse o brasileiro. Ao contrário de seu compatriota, que utiliza um procedimento diferente do usual neste fim de semana, Massa relatou que não teve nenhuma recomendação. “A única coisa que tenho aqui é um motorista, que não tinha antes. De resto, nada de diferente”, relatou Massa.

D

epois de fazer uma grande partida contra David Ferrer, o brasileiro Thomaz Bellucci não conseguiu encaixar o seu jogo e perdeu para o holandês Robin Haase por 2 sets a 0 (6-2, 6-3), dando adeus ao Masters 1000 de Monte Carlo. Nas quartas de final, Haase enfrenta o sérvio Novak Djokovic. Contra o rival holandês, Bellucci não conseguiu mostrar a mesma consistência apresentada na quarta-feira contra o espanhol número seis do mundo. O brasileiro abusou dos erros e permitiu que Haase

mandasse na partida. O primeiro set foi interrompido logo no início, devido à chuva que atrasou toda a programação de Monte Carlo nesta quinta. Com a melhora do tempo, os dois tenistas voltaram à quadra e o jogo foi equilibrado até o 4º game, quando o holandês conseguiu a quebra e abriu 3 a 1. O brasileiro esboçou uma reação e devolveu a quebra no game seguinte. Porém, Bellucci não conseguiu mais confirmar o seu serviço, abusou da “força” em algumas jogadas e viu Haase fechar a primeira parcial

em 6 a 2, em 32 minutos. O 2º set também sofreu com a ameaça da chuva. Logo no início da parcial, trovoadas assustaram os tenistas e o juiz chegou a avisar que podia paralisar o jogo novamente. Porém, a ameaça de chuva foi embora e a partida continuou com Haase comandando as ações. O holandês conseguiu quebrar o serviço de Bellucci logo no início do set e depois de uma longa disputa de game abriu 3 a 0 no placar. Com a vantagem, Haase controlou o jogo, venceu a parcial por 6 a 3 e o jogo por 2 sets a 0.

Rubinho mostra cotovelo sangrando após lidar com volante “duro” da Indy Possível luta contra Chael Sonnen em DIVULGAÇÃO

Las Vegas deixa Anderson Silva chateado DIVULGAÇÃO

O lutador Anderson Silva pratica técnicas de luta em pé em treino no Corinthians

A Rubens Barrichello mostra cotovelo sangrando

C

ompetir com um carro completamente diferente depois de 19 anos na Fórmula 1 não é fácil. Rubens Barrichello está sofrendo com o volante do seu carro da KV Racing na Fórmula Indy, que não tem direção hidráulica e exige muito mais força para ser controlado. Em entrevista ao programa Linha de Chegada no começo do mês, Barrichello já havia comentado sobre essa dificuldade: “É uma coisa que os pilotos estão tentando arrumar junto à IndyCar, porque é

uma tecnologia até barata, um volante hidráulico”, disse Rubinho, que mostrou um machucado no seu cotovelo. “Esse machucado aqui é de apoiar dentro do carro, é daqueles bem pequenininhos que doem. De você fazer a curva com o volante pesado e abrir o braço para apoiar no lado do carro”, explicou o piloto, que aumentou seu “machucadinho” ao longo das três corridas disputadas na Indy. Um dia depois de conquistar o nono lugar no GP da Long Beach, Bar-

richello postou em seu Twitter uma foto do seu cotovelo, mas desta vez não havia só um “machucadinho”. De tanto fazer força para virar o volante, o piloto sujou a roupa de sangue. “Tive que dar sangue na corrida. A pista é muito ondulada. Por isso machuca”, explicou Rubinho no Twitter. O brasileiro precisará fazer seu cotovelo cicatrizar para colocá-lo novamente à prova na São Paulo Indy 300, que acontece no próximo dia 29 de abril no Anhembi.

tão aguardada luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen pode não acontecer mais no Rio de Janeiro e a possibilidade de não enfrentar o principal rival em casa deixou o lutador brasileiro chateado, segundo o staff do lutador. Com a agenda cheia de eventos no mesmo período que aconteceria o UFC 147, existe a possibilidade de o confronto ser transferido da capital carioca para Las Vegas, nos Estados Unidos. Anderson Silva, atual campeão dos pesos médios do UFC, treinou com a nova equipe de MMA do Corinthians, porém, não falou com a imprensa. Em preparação para a

mais aguardada revanche da sua carreira, o lutador, que exigiu que o confronto com o norte-americano Sonnen fosse no Brasil, ficou bastante chateado com a possibilidade de mudança da local do encontro. A expectativa é que a definição sobre o local seja anunciada nos próximos dias. Inicialmente, o UFC 147 está previamente marcado para 23 de junho, no estádio do Engenhão, e o Rio de Janeiro terá entre os dias 20 e 22 a conferência ambiental da ONU Rio+20, o que teria esgotado quase que 100% as vagas em hotéis na cidade. Assim, existe a possi-

bilidade de a luta ser no dia 7 de julho, na cidade norte-americana. O staff do lutador, no entanto, trabalha para evitar que Anderson comente publicamente sobre o assunto e que fique focado apenas nos treinamentos. Além disso, ele só comenta o assunto apenas depois de uma posição oficial do UFC. Está programado para a semana que vem uma coletiva para o anuncio oficial do evento entre Anderson e Sonnen, com a presença dos dois lutadores e também presidente do UFC, Dana White, e também do lançamento da autobiografia do brasileiro.


JD

Atualidades

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

C3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Felicidade e otimismo reduzem risco de doenças cardíacas, diz estudo

Análise do seu jogo favorito Call of Duty: Modern Warfare 3 DIVULGAÇÃO

Cientistas acreditam que um senso de bem-estar pode reduzir fatores de risco que induzem a doenças cardíacas, como alta pressão sanguínea e colesterol elevado DIVULGAÇÃO

Fatores como estresse e depressão já tinham sido relacionados a doenças cardíacas

P

essoas felizes e otimistas enfrentam menos risco de sofrer doenças cardíacas e derrames, segundo uma pesquisa da Harvard School of Public Health. A pesquisa foi produzida a partir de mais de 200 estudos e divulgada na publicação especializada Psychological Bulletin. Cientistas acreditam que um senso de bem-estar pode reduzir fatores de risco que induzem a doenças cardíacas, como alta pressão sanguínea e colesterol elevado. Fatores como estresse e depressão já tinham sido relacionados a doenças cardíacas. Os pesquisadores do Harvard School of Public Health analisaram estudos médicos variados que traziam registros so-

bre bem estar psicológico e boa saúde cardiovascular. O cruzamento de dados revelou que fatores como otimismo, satisfação com a vida e felicidade pareceram estar associados a uma redução no risco de doenças cardíacas e circulatórias, independentemente da idade e status sócio-econômico de uma pessoa, de seu peso e se ela é ou não fumante. O risco de doença, mostrou o estudo, é 50% menor entre pessoas otimistas, mas a pesquisadora sênior do Harvard School of Public Health, Julia Boehm, afirma que a pesquisa apenas sugere uma ligação e não representa uma prova de que fatores ligados ao bem estar possam atuar para prevenir doenças cardíacas.

Hábitos saudáveis Não apenas é difícil medir de forma objetiva o bem estar, como outros fatores que ameaçam a saúde, como colesterol e diabetes, pesam mais quando se trata de reduzir o risco de doenças. Os participantes da pesquisa que se mostraram mais otimistas também seguiam hábitos mais saudáveis, como se exercitar mais e seguir uma dieta balanceada, fatores que podem exercer influência na prevenção de doenças. A maior parte de estudos anteriores sobre humor e doenças cardíacas se centrou em fatores como estresse e ansiedade, mas não em felicidade e otimismo. Maureen Talbot, enfermeira cardíaca sênior do principal instituto britâni-

Dicas de Saúde

co especializado em doenças do coração, a British Heart Foundation, disse: “A associação entre doenças cardíacas e saúde mental é muito complexa e ainda não totalmente compreendida’’. “Embora este estudo não tenha olhado para os efeitos do estresse, ele confirma o que já sabíamos, que o bem-estar psicológico compõe uma parte importante de se ter um estilo de vida saudável, assim como permanecer ativo e manter uma alimentação saudável.’’ “Ele também destaca a necessidade de que profissionais de saúde ofereçam uma abordagem completa do cuidado médico ao paciente, levando em conta seu estado de saúde mental e o monitoramento dos efeitos desse estado mental sobre a saúde física da pessoa”, acrescentou. ‘’Ainda que este estudo não tenha analisado os efeitos do estresse, ele confirma o que sabíamos, que o bem estar psicológico é uma parte importante de se ter um estilo de vida saudável, assim como se manter ativo e comer de forma saudável. Ele também salienta a necessidade de que profissionais da área de saúde forneçam um tratamento holístico em relação à saúde de uma pessoa, levando em conta a saúde mental do paciente e monitorando os seus efeitos sobre sua saúde’, afirmou Talbot.

Pular corda para eliminar a barriga

Relaxar e perder peso

Q

uanto à dieta é importante conhecer os diferentes alimentos e nutrientes que a compõem. Trata-se de entender o que realmente engorda. O que engorda é mais do que carboidratos, gorduras, açúcar ou farinha? As respostas a estas perguntas servirão para você saber quais alimentos deve selecionar, quanto e o que acontece quando você consome. A comida é basicamente composta de três macro nutrientes, gorduras carboidratos e proteínas. Mas qual desses mais engorda e se falamos de alimento, o que engorda mais que açúcar ou farinha. Primeiro comparar os carboidratos e gordura 1 grama de carboidrato fornece 4 calorias, 1 g de gordura fornece nove calorias. Isto é, se nos referimos especificamente as calorias que você consome cada macro nutriente pode ser visto mais gordo do que gordura. Mas você deve ter em mente que o consumo excessivo de carboidratos, especialmente aqueles que são simples, pode ser utilizado para a formação de lipídios orgânicos. Portanto, para a mesma ingestão de carboidratos, gordura. Mas se a ingestão de carboidratos é excessiva em relação à gordura, elas fornecem mais calorias e mais gordura.

Além disso, se queremos saber se o açúcar ou farinha é gorda, é necessário estabelecer semelhanças e diferenças. Neste caso, ambos os alimentos fornecem carboidratos, mas as refeições têm outros nutrientes, como proteína e alguma gordura. Outra diferença é que o açúcar é absorvido diretamente e se consumido em excesso é usado pelo corpo para formar gordura. Em vez de farinha, especialmente se for integral tem outras substâncias que possam interferir com a absorção de gorduras e açúcares simples, como a fibra. É importante notar que a farinha branca ou refinada tem pouca ou nenhuma fibra, comê-la de forma excessiva pode causar ganho de peso, como o açúcar. Conclusão Além de calorias ou o consumo de nutrientes e alimentos, o que engorda é mais do que a quantidade que você consome. Embora as gorduras fornecem mais calorias, se você comer pequenas quantidades do mesmo, não comerá o suficiente de carboidratos, provavelmente engordará. Isso não significa que a gordura engorda menos, mas consumir menos. O mesmo raciocínio aplica-se ao açúcar e farinha, especialmente se eles são refinados.

S

e seu problema é a barriga, como a maioria dos que têm entre 5 e 10 quilos a mais, pular corda pode ser mais eficaz do que a lipoaspiração. Embora possa parecer incrível, retomar este jogo simples e divertido das crianças é uma das estratégias que funcionam melhor na remoção da barriga. Aprenda a pular corda para eliminar a barriga. A barriga é uma das partes mais difíceis de ser emagrecer. A primeira a ter os quilos extras e a última a sair. A menos que você encontre um caminho eficaz para eliminá-la, muitas vezes não só a dieta, mas com um exercício que realmente funciona. Pular corda, é um dos mais intenso exercício aeróbio, é também um dos mais eficazes na eliminação de barriga. Tanto que de acordo com sua idade, peso e intensidade com que você faz exercício, queima mais de 10 calorias por minuto. Veja que pular corda é saudável e eficaz para eliminar a gordura e tambem recomendada para

diminuir o colesterol. No entanto, você tem que levar em conta algumas precauções antes de iniciar esta atividade para remover a barriga. Em princípio, o seu peso é importante, não é conveniente pular corda, se esta com peso muito elevado, enquanto este exercício é útil para perda de peso, por outro lado pode prejudicar as suas articulações com o impacto dos saltos. Da mesma forma, se você tem problemas nas articulações de seus membros inferiores, independentemente do seu peso é contra-indicado pular corda. Em qualquer caso, a forma de fazer o exercício é não mais do que 5 minutos no principio, podendo dividir em pequenos intervalos de um minuto e meio ou dois. Você sabe melhor do que ninguém quando você precisa parar, por isso não exagere. Se você decidir pular corda para remover a barriga, lembre-se de consultar o seu médico para se certificar de que não se expõe a lesões.

Considerações “Call of Duty: Modern Warfare 3” está entre nós, erguido como um novo deus da mitologia moderna prometendo consumir horas e mais horas de milhões de pessoas ao redor do globo. Após vender 6,5 milhões de unidades logo em sua estreia, pode ser considerado o maior lançamento do mundo do entretenimento em 2011. História cinematográfica e multiplayer polido foram os ingredientes para que a Activision fincasse o pé como a maior empresa de games da atualidade, mostrando como seria uma terceira guerra mundial nos tempos modernos – e é isso o que faz de “Modern Warfare 3” um jogo ímpar que nem mesmo competidores de peso como “Battlefield 3” consigam arranhar sua imagem. Este é o jogo que você vai viver e respirar pelos próximos meses e que vai ficar no seu videogame (ou computador) até a chegada do próximo “Call of Duty”. Introdução Foi declarada a Terceira Guerra Mundial. Não há lugar seguro no planeta, ninguém tem como passar por esse conflito ileso. Esse é o mote de “Call of Duty: Modern Warfare 3”, um jogo que todos sabem o que esperar: ação e adrenalina no sangue, seja no modo solo ou no multiplayer. Prepare-se, pois a guerra começa agora. Pontos Positivos História empolgante O modo multiplayer sempre foi a cereja do bolo em todos os jogos da série “Call of Duty”, entretanto, isso não quer dizer que o modo de história é tratado com menos cuidado. Na verdade percebemos que agora houve até um cuidado maior por parte dos produtores, cotando como seria uma terceira guerra mundial nos dias de hoje. Acampanha ainda é linear e quase “sobre trilhos”, mas isso serve para deixar a impressão de que o jogador está jogando um filme de cinema. O modo solo pode ser terminado em menos de seis horas para quem já está acostumado com o ritmo frenético. As duas primeiras horas são as mais confusas, mesmo sendo muito empolgantes. É difícil entender claramente o que está acontecendo em meio a helicópteros sendo abatidos, invasões em submarinos e coisas do tipo. A única coisa que você é informado é que Makarov é um cara muito perigoso e está em algum lugar nos EUA e você tem que acha-lo, sem que para isso seja necessário causar o terror em Nova Iorque, Paris e em outros lugares do mundo. Mas mesmo com essa complicação toda no início do jogo, é impossível não ficar empolgado com a ação incessante. Passado esse ponto, a aventura começa fazer mais sentido e as motivações para seu personagem começam ficar mais claras e convincentes. Depois de tanto correr de um ponto a outro do mapa e ‘sentar o dedo’ nos alvos controlados pelo computador, você começa a se sentir parte do ‘mundo’ criado pelos produtores. Quando os créditos começam a rolar, você fica feliz por saber que daqui dois anos vai existir um “Modern Warfare 4” – afinal, o jogo termina com uma bela deixa para continuação. A evolução do multiplayer Não há o que temer: o modo multiplayer continua sendo muito parecido com o que você já está acostumado – e isso também é um ponto negativo, como você pode ver mais adiante. Os modos que você conhece como team deathmatch, demolition e hardcore estão lá e funcionam do jeito de sempre. Houve algumas mudanças significativas nas recompensas de killstreaks (quantidade de inimigos abatidos em sequência). Agora os jogadores podem escolher entre três pacotes. O primeiro deles é o Assault, para quem é especialista no gatilho e consegue derrubar o time adversário em um piscar de olhos. Esses jogadores serão recompensados com drones de ataque, mísseis ar-terra e outras firulas que vão continuar aumentando o seu número de vítimas na partida. O terceiro e ultimo pacote é o Specialist, que é voltado para o jogador tático em diversos tipos de jogo. Os killstreaks vão habilitando mais perks (habilidades) conforme o jogador consegue fazer uma fileira de mortos. O jogador começa com os três perks que escolheu na hora de criar a classe e durante a partida vai ganhando outras habilidades – e se conseguir viver tempo suficiente, pode até se tornar mais mortal que um míssil teleguiado. É claro que este deve ser um dos principais pacotes para os jogadores mais dedicados de “Call of Duty”. Modo Operações Especiais é excelente Quem gostou do modo de campanha e quer dar uma pausa do modo multiplayer competitivo, existe ainda uma área a explorar: o modo Spec Ops. Ele coloca jogadores em partidas cooperativas bem similares com o que foi visto em “Modern Warfare 2” e ainda o modo de sobrevivência similar ao Horde da série “Gears of War”. Nele os jogadores têm que enfrentar ondas e mais ondas de inimigos, cachorros e veículos. E só esse modo vai consumir muito, mas muito tempo dos jogadores. Pontos Negativos Você já viu isso antes Os produtores pouco se mexeram para surpreender os jogadores, mantendo a fórmula básica que conhecemos desde “Call of Duty 4: Modern Warfare” e mesmo assim existem melhorias que vão agradar aos fãs da franquia. O jogo poderia até ser considerado um novo pacote de mapas para “Modern Warfare 2”, pois as armas são as mesmas, os gráficos similares e até mesmo os modos de jogo sofreram tão poucas mudanças que enganaria quem não é muito familiar com a franquia. Isso poderia ser considerado para os fãs um ultraje, mas quem em sã consciência mudaria algo que já funciona bem?


JD

Diversão&Cultura

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

C4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Filme de Walter Salles está disputando o Festival de Cannes Lista inclui os novos filmes de David Cronenberg, Michael Haneke e Alain Resnais DIVULGAÇÃO

O

Festival de Cannes anunciou ontem (19) os filmes que competem à Palma de Ouro entre 16 e 27 de maio. A lista inclui os novos filmes de Walter Salles, David Cronenberg, Michael Haneke, Alain Resnais, Abbas Kiarostami e Ken Loach, apenas para ficar nos pesos-pesados. O brasileiro Walter Salles (“Central do Brasil”) compete pela terceira vez à Palma com a produção internacional “Na Estrada”, road movie inspirado no livro de Jack Kerouac e estrelado por Kirsten Dunst, Kristen Stewart e Viggo Mortensen. O filme estreia dia 15 de junho no Brasil. Cronenberg compete com “Cosmopolis”, baseado no livro do americano Don DeLillo sobre um dia na vida de um jovem milionário (Robert Pattinson, de “Crepúsculo”) que atravessa de limusine uma Nova York em convulsão. O grande elenco internacional inclui Paul Giamatti, Samantha Mor-

Celebridades Sônia Braga DIVULGAÇÃO

Em “Dancin Days” A Globo quer que Sônia Braga participe da versão internacional de “Dancin’ Days”, coprodução da emissora com a lusitana SIC. Na versão original, de 1978, ela vivia a protagonista, Júlia Mattos. Na nova versão, que estreia em maio, ela faria uma personagem especialmente criada para ela.

Demi Moore FOTOS DIVULGAÇÃO

Filme estreia dia 15 de junho no Brasil. Walter Salles compete pela terceira vez ao prêmio

ton, Mathieu Amalric e Juliette Binoche. O austríaco Michael Haneke, vencedor da Palma em 2009 com “A Fita Branca”, apresenta “Amour”, sobre um casal octogenário que vê sua relação se abalar depois que a mulher sofre um derrame. O elenco tem Isabelle Huppert e marca o retorno

de Jean-Louis Trintignant (“A Fraternidade é Vermelha”) às telas. Prestes a completar 90 anos, o francês Alain Resnais (de “Hiroshima Mon Amour” e “Ervas Daninhas”) retorna com “Vous n’avez encore rien vu” (Você ainda não viu nada), baseado na peça “Eurídice” de Jean Anouilh. E dois

anos depois de “Cópia Fiel”, o iraniano Abbas Kiarostami volta a competir com “Like Someone I Love”, rodado no Japão. O francês Jacques Audiard, do aclamado “O Profeta”, volta a competir com o drama “De rouille et d’os” (De ferrugem e osso), drama com Marion Cottilard no elenco.

Atriz revela que Gisele Bündchen está no topo de sua lista de “desejáveis”

Muda nome “de casada”

Demi Moore, 49, voltou à ativa após um período de isolamento, durante o qual passou por uma reabilitação. No retorno ao Twitter, do qual ficou ausente por mais de três meses, foi logo avisando que vai mudar o nome de sua conta. É que no serviço de microblogging, ela assinava como Sra. Kutcher, em referência ao ator Ashton Kutcher, com quem era casada.

Jaque Khury

No “Superpop”

Jaque Khury, 28, começou na última quarta-feira (18) uma nova empreitada no mundo da televisão. A ex-BBB, ex-legendete e agora ex-panicat vai comandar um quadro no “Superpop”, de Luciana Gimenez. Trata-se do “Eu Sou Pop”, em que junto com Matheus Mazzafera e Luana Don vai procurar talentos anônimos por todo o país.

DIVULGAÇÃO

Horóscopo

Brooklyn Decker, 25: Gisele é prefeita em todos os sentidos

A

atriz Brooklyn Decker, 25, fez uma declaração daquelas para a supermodelo brasileira Gisele Bündchen, 31. “Tenho uma lista das pessoas pelas quais mais sinto atração e Gisele está no topo”, disse Brooklyn em entrevista à revista americana “GQ” de maio. “Ela [Gisele] não faz nada errado, na minha opinião.” A atriz está no filme

“Battleship - Batalha dos Mares”, que estreia no próximo dia 11 no Brasil, e já foi capa da “Sports Illustrated” nos EUA. Apesar da declaração, Brooklyn é casada com um homem, o tenista Andy Roddick, desde 2009. “Em geral, na minha lista há somente homens, mas Gisele é perfeita em todos os sentidos”, completou.

Resumo das Novelas Malhação Kiko chega à quadra, seguido por Gabriel e Natália e Moisés deixa o local. Uma faxineira pega a pilha de envelopes que Débora achava ser de correspondências e joga no lixo. Carmem pede ajuda a Betão para reencontrar seu antigo namorado. Kiko aceita participar do desfile das artesãs. Gabriel tem uma ideia para que Moisés concorde com o centro esportivo na comunidade e pede ajuda a Bertoni. Betão sai com Maria, mas é impedido de beijá-la por um fã. Kiko convence Maria a participar do desfile e Timtim acha graça.

Amor Eterno Amor Miriam sugere que Rodrigo peça um exame de DNA para confirmar a paternidade do filho de Valéria. Marlene se preocupa com a conta do consumo de Laís na lan house. Miriam é convidada para participar de um programa de televisão. Fernando fica radiante com a notícia da gravidez de Valéria. Lexor explica para Verbena que ela ainda não pode voltar para a Terra desacompanhada. Melissa fica furiosa ao saber que Rodrigo terá um filho. Uilha pede para mudar de nome.

Cheias de Charme Cida despista Sônia e sai com Conrado. Chayene não gosta da comida de Socorro e a demite. Rosário conta para Inácio que sonha em ter uma música sua gravada por Fabian ou Chayene. Cida percebe que Messias a viu com Conrado e fica apreensiva. Rodinei ignora Brunessa. Naldo recomenda que Socorro volte para o Piauí. Dinha se insinua para Inácio. Sidney consegue uma apresentação para a filha no Chopeokê do Borralho. Alejandro nota que Lygia está sensibilizada com a causa de Penha. Socorro tenta recuperar seu emprego na casa da advogada.

Avenida Brasil Lucinda entrega a Nina as cartas que Jorginho lhe escreveu quando ainda era criança. Débora sofre um acidente durante o seu treinamento e é levada para o hospital. Muricy insiste que Adauto fique na mansão até se recuperar. Iran marca um encontro com Olenka. Max se interessa pela proposta de Cleberson. Cadinho se surpreende ao encontrar Verônica e Débora no mesmo hospital para o qual levou Noêmia. Suelen entra no carro de Iran sem que ele perceba e atrapalha o seu romance com Olenka.

Áries (21 mar. a 20 abr.) A partir de hoje e por algumas semanas, a pedida é se concentrar nas suas finanças, pois o Sol em Touro favorece o estabelecimento de uma base mais firme e confiável. Suas inspirações serão mais certeiras em relação a bens materiais também.

Libra (23 set. a 22 out.) Você sabe que tem de cuidar bem da saúde e nem sempre tem o tempo devido pra fazer isso. Da mesma forma, precisa dar um jeito em gastos inesperados que estão atrapalhando seus planos de guardar de dinheiro. Sinal verde pra você hoje.

Touro (21 abr. a 20 mai.) O Sol começa a transitar seu signo a partir de hoje. Vale comemorar e brindar ao período de fertilidade e apaziguamento interno. Para você é oportunidade de mostrar seu valor, de atrair atenções e de fazer valer suas verdades. Carisma.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Depois de um bom tempo curtindo a vidinha privada com apuro e bom gosto, chegou a época do ano de debater e confrontar suas ideias e opções com as outras pessoas. De repente, a opinião delas vale muito e cala fundo em você.

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Os nativos deste signo podem aproveitar as próximas semanas para analisar seus atos e decisões anteriores. Falta de realismo, de praticidade e de persistência podem ser os motivos para algo ter dado errado. Descubra como mudar isso. Câncer (21 jun. a 21 jul.) Ótimas vibrações para você que começa a se beneficiar do Sol no signo amigo de Touro. É um fator de sociabilidade a mais. Propicio a fazer planos consistentes também. Ótimo para testar suas amizades e saborear melhor a arte e a beleza. Leão (22 jul. a 22 ago.) Clima astral traz chance pra você se desdobrar mais no trabalho, recebendo a aprovação de superiores. Touro é o signo em destaque agora, destacando suas habilidades no mundo lá fora. Metas e ambições se tornam poderosos estímulos. Virgem (23 ago. a 22 set.)

Ótimo pra você que o Sol entra em Touro, enviando raios luminosos para os nascidos neste signo hábil e industrioso. Vontade de agir somada a ajuda de alguém influente é o que faltava para você realizar um sonho. Chegou a hora de agir!

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Sensações boas e simples as vezes perdem importância, por falta de tempo, oportunidade ou interesse. Com o Sol em Touro ocorre o inverso: a sensualidade refinada e apurada das boas coisas da vida ganham importância e destaque. Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Bom pra você que o Sol entrou em Touro. Sinal de que o amor, a sensualidade e o romance estão mais perto. Você também fica mais a vontade pra sorrir, dançar e se divertir. E isso atrai o amor, suaviza seus dias, revaloriza a ternura. Aquário (21 jan. a 19 fev.)

Nas próximas semanas, concentre suas atenções nas mudanças que podem tornar sua casa aquele local charmoso, interessante e acolhedor para os amigos e demais queridos. É o Sol em Touro, que abranda asperezas. Família em destaque.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) Vida mental e social mais animadas e interessantes. Não é o mundo que mudou; é você que está sensível para o que se passa ao seu redor, e mais disposto a trocar, compartilhar e atrair pessoas que tenham tudo a ver com seus sonhos!


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 20 de abril de 2012

Cassia Lobato

Contrate o Programa Balada Fashion para o seu evento: Inauguração de empresas, coquetel de lançamento da nova coleção, aniversário, formatura, confraternização, etc... Contatos: 9112 5045/ 9112 1989. Programa Balada Fashion todos os sábados às 18:40 e reprise aos domingos às 14h. Na REDETV.

Mensagem do dia O verdadeiro heroísmo consiste em persistir por mais um momento quando tudo parece perdido.

Equipe da Faculdade Estácio Seama, Diretora Geral, Aline Búrigo, Diretora Acadêmica, Marília Maníglia; Pesquisadora Institucional, Jacinéa Guedes; Diretor Administrativo, Neilson Marques e o Diretor Regional Norte, Adriano Remor

Dj Urubu e Eny Pires Lilian e Natalia

Sebrae abre inscrições para Curso de Atendente de Drogarias No período de 23 a 25 de abril, o Sebrae abre duas turmas para o Curso de Atendente de Drogarias. A primeira será das 8h às 12h e a segunda, das 18h às 22h. A capacitação acontece na Sala de Treinamento da Instituição e o investimento é de R$ 20, por participante. As inscrições podem ser feitas na sede da Associação de Drogarias, localizada na Rua General Osorio, 919 – Laguinho e no Sebrae em Macapá, localizado na Avenida Ernestino Borges, 740 – Laguinho ou informações pelos números (96) 3312-2838 e/ou no 91264218 – falar com a Vera Matos. Hoje (20), na Escola Estadual Esther da Silva Virgolino, localizada no bairro são lazaro acontece dois projetos de iniciativa jovem, pela manha o projeto “Curta os curtas, mostra livre de videos” no auditorio da escola das 9 as 11h da manha e pela tarde acontece o projeto “foco na descoberta”, (oficinas de iniciação teatral) no auditorio da escola das 14 as 18h. Vale a pena conferir!!!

Cantor Rafael Silva

Estefanie Marques

Sesc Amapá realiza exposição em homenagem ao Professor Antônio Munhoz Lopes Hoje acontece na Galeria de artes do Sesc Amapá uma exposição em homenagem ap Professor Antônio Munhoz Lopes. A data marca a abertura da exposição “Antônio Munhoz em memórias e nuances” que, através de um recorte simples e diversificado, traz à tona momentos marcantes na trajetória do professor que fez história no Estado. São fotografias, telas, cartas, dizeres, indumentárias e objetos que reunidos constituem um importante legado acerca da história pessoal de Antônio Munhoz. A exposição inicia hoje às 20h e ficará aberta ao público até o dia 20 de maio, funcionando de segunda à sexta-feira, no horário de 08 às 12h e das 14 às 18h.

Renata Villas

Marcos Sena


Jornal do Dia 20 04 12