Page 1

MALUF

Vai ter que devolver

CRÍTICA

PROBREZA

No repasse do fundo

Tem um fim até 2014

Justiça determina a devolução de US$ 28 milhões.nA5

Ophir não gostou da forma utilizada pelo governo. nA5

Segundo ela, a pobreza extrema tem dias contados. nA4

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Macapá-AP, Sábado, 19 de Janeiro de 2013 - Ano XXV DIVULGAÇÃO

• Domingo e Segunda R$ 2,50 • Terça a Sábado R$ 1,50

ALERTA GERAL

Mais de quarenta trotes são registrados por dia em Macapá Para tentar diminuir os efeitos dessa brincadeira irresponsável e sem graça, um projeto denominado Alozinho palestra para alunos da rede pública sobre

a importância quanto a conscientização. Em geral, as chamadas são feitas por adolescentes com idade entre 10 e 16 anos. nB1 CELIANE FREITAS

Tundelo disputa a presidência da Fieap

ELEIÇÃO

Chapa única disputa presidência da Fieap São Pedro dos Bois receberá 39 casas, no valor de R$ 30 mil, cada; a previsão é que a construção comece ainda este mês. É o primeiro projeto nesse sentido executado na região. nB4 DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Em 2012, as ocorrências com trotes aumentaram para 149 mil, ou seja, são mais de 12 mil ocorrências por mês

POLÍCIA

Acusado de estupro é reconhecido EM ALERTA e detido Prefeito pede apoio A mulher relatou que no ao MP para a situação dia do fato havia deixado o local onde trabalha como emergencial da capital garçonete e por volta das Clécio relatou inúmeras irregularidades encontradas na Prefeitura

4h30 pegou um mototaxi clandestino, que lhe abusou sexualmente. nB3

Além dos problemas circunstanciais, o prefeito relatou irregularidades encontradas como: suspeita de fraude na folha de pagamento e unidades de saúde sem funcionamento. nB4

Participação de menores no carnaval é discutida entre Liesap e Justiça A definição de quantas crianças cada escola de samba poderá levar à avenida deverá sair na próxima semana. Nú-

mero exato será acompanhado de perto tanto pela Liesap quanto pela Vara da Infância e da Juventude. nA3

CELIANE FREITAS

Delegada Elza foi quem apurou o caso e conseguiu deter o acusado

SOB REGRAS

Vara da Infância e Juventude deverá acompanhar de perto o carnaval deste e dos próximos anos

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


Opinião

JD

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

A corda arrebentou na parte sem proteção RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

O

desenvolvimento de qualquer região tem fases bem definidas que precisam ser conhecidas para serem vencidas de forma organizada em sem criar grandes problemas para a sociedade, principalmente para a parcela mais pobre dela. Evidente fica que para que isso aconteça de forma organizada é preciso que haja uma diretriz, detalhada de forma que permita o acompanhamento e, assim, a antecipação aos problemas que são decorrentes das modificações de cenários que vão sendo encontrados no andar dos projetos, partes de um plano. Ou seja, é condição indispensável que se tenha uma linha de acompanhamento que permita, ao que tem a atribuição de evitar as dificuldades inerentes ao projeto, intervir no processo e redirecioná-lo. E quem tem a atribuição de evitar essas dificuldades? É o governo do local, na maioria das vezes, dividido

entre a prefeitura do município, o governo do estado e a governo da União, todos eles seguindo um mesmo plano que contém os programas de desenvolvimento e destes são filhados os projetos executivos, alguns desses projetos executados pelo próprio poder público e outros, pela iniciativa privada, não raro, financiado com dinheiro público, retornável ou não. O Estado do Amapá esgotou uma das fases de seu desenvolvimento. Chegando aos 700 mil habitantes e está inserido em uma região que tem os mesmos problemas, mas que pode não estar usando o mesmo método resolutivo para os problemas. A nova fase do Estado exige planejamento e é o que não está pronto, apesar de aparentemente ser óbvio. E não está pronto porque muitas falhas foram cometidas ao longo dos 22 anos de emancipação político-administrativa que começou em 1991.

Os governantes erraram nas decisões que tomaram durante os seus governos e isso está repercutindo desde o primeiro mandato do governador Waldez que recebeu como principal aviso o encerramento do contrato da Icomi, empresa que explorava manganês na Serra do Navio. Ficou claro que ali se esgotava o modelo. Mesmo assim os dirigentes se ocuparam com questões decorrentes dos erros pretéritos e não elaboraram as defesas para que isso não piorasse a situação. Basta lembrar que quando a empresa que explorava as minas de Serra do Navio anunciou o encerramento do contrato, alguns dos seus funcionários recebiam 17 salários, abona de meio de ano, abono natalino e tinham as suas viagens de férias pagas pela empresa. O mundo havia mudado e com ele as relações comerciais. E não quer dizer que as mudanças nas relações comerciais decorriam da mudança do mundo. Não, era a nas relações comerciais que estavam acelerando a mudança no mundo.

O que está acontecendo na região do Jari, com a principal empregadora do lugar fechando as portas, não era para ser um fenômeno, mas é. Afinal de contas são mais de 6 mil funcionários que estão sendo dispensados da empresa. E de pouco vai adiantar os discursos que estão sendo feitos agora, por alguns políticos, gestores e até membros da imprensa, que certamente não queriam que isso acontecesse. Ora, também assim pensaval os donos da empresa e os funcionários da empresa. Acontece que é o modelo que está esgotado. Esse que está instalado ali não é competitivo e basta esse argumento para que a empresa deixe a competição e saia do mercado e faleça completamente. O discurso precisa mudar. A face do desenvolvimento é outra e ele precisa acontecer, para que o local, o município, o estado e o país continuem no mercado. Quem quiser compreender esse fenômeno assista o filme “Com o dinheiro dos outros”. Ajuda bastante.

Um bom recomeço EDINHO DUARTE

deputado estadual

S

ão passados 22 dois

anos desde que assumiu, em primeiro de janeiro de 1991, o primeiro governador eleito pelo voto direto e secreto do povo, para gerir os interesses do Amapá. De lá para cá muitos aprendizados, alguma arrogância e variadas tentativas de acerto. Sou daqueles que não acredita que um dirigente e, principalmente, um prefeito ou governador, assume o cargo para fazer o que a população não quer. São cinco mandatos e meio, exercidos por 6 governadores, de cinco partidos diferentes, nestes vinte e dois anos de independência político-administrativa, onde testes foram feitos, programas foram tentados e, apesar dos resultados não terem sido formalmente medidos, cada uma deles deixou acertos e erros acumulados que influem na vida do povo local. Durante todo esse tempo o dirigente não contou com um plano consistente,

o suficiente, para ser seguido por ideologias partidárias diferenes, governadores diversos e que atraisse um maior número de profissionais técnicos, dos quadros do próprio Estado, cuja população cresceu a uma velocidade duas vezes maior que o crecimento da população nacional, incorrendo em problemas mais fortes de que as soluções aplicadas. A inovação, o aprimoramento tecnológico, o conhecimento em fim, que poderiam ser a compensação para o aumento do atendimento, não ofereceram os resultados numerados e listados, e a defasagem entre as condições idealizadas fica cada vez mais distante das condições reais e atuais, que são oferecidas à população. O primeiro govenador desse periodo da administração pública no Amapa, Annibal Barcellos, teve questões específicas para enfrentar. O funcionamento dos poderes foi o que exigiu maior atenção da gestão estadual que preci-

sava ter, em pleno funcionamento o Poder Legislativo, o Poder Judiciário, o Ministério Público e o Tribunal de Contas. O segundo governador, João Capiberibe, que já tinha sido o segundo prefeito eleito de Macapá, sob forte influência da Agenda 21, documento parido por ocasião da ECO-92, realizada no Brasil, no Rio de Janeiro, aplicou todos os seus créditos em um plano chamado de Plano de Desenvolvimento Sustentavel do Amapá, o PDSA, que teve dificuldade de explicar para a população e convencer os adversários políticos, que se concentravam na análise e divulgação dos pontos fracos e não avaliavam os pontos fortes que poderia ter o plano. O 2º mandato foi concluido pela vice Dalva Figueredo. O terceiro governador, Waldez Góes, eleito depois de duas tentativas e combatendo o PSDA, não trouxe nada para substituir o plano e isso lhe custou caro, com os resultados não aparecendo. Completou o segundo mandato, Pedro Paulo, que também não encontrou o caminho para o desenvolvimento do Amapá.

Desde o dia primeiro de janeiro de 2011 está no comando do governo do Estado, Camilo Capiberibe, filho do segundo governador eleito, assumiu sem ter um plano para seguir, pois não trouxe da campanha e, tampoco, encontrou no Governo. Dois anos depois o governador Camilo sente falta de um progama de desenvolvimento de médio prazo e dá claras mostras de que buscar uma virada no que aconteceu até agora. Já começou a garantir condições para melhorar as relações entre os poderes, chamando deputados estaduais, com perfil para trabalhar no Governo do Estado, e focando nos resultados práticos e de interesse geral. Apesar de não ter um plano definido, ou pelo menos discutido com a sociedade, mostra que está disposto a começar, executando com um plano diretor de desenvolvimento onde não ficam de fora os outros modos que podem ser explorados no Amapá. Tem mostrado responsabilidade e habilidade no trato dos intereses da Admintração e do Estado. Pode ser um bom recomeço.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

Conselheiros: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, A4 Política Nacional - A5 Economia - A6

Geral - A7 Social - A8 Dia Dia - B1, B3, B4 Polícia - B2

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esportes - C1 e C2 Atualidades - C3 Diversão&Cultura - C4 Classidia - 14 Pág

Edição número

8108

A2

Opinião

Preguiça acadêmica

E

la foi lançada em 1964 e teve sua primeira edição esgotada em apenas dez meses. Rapidamente tornou-se não apenas um objeto de desejo, mas um instrumento singular de apoio educacional. Nos anos 1970 e até meados dos oitenta, foi o melhor presente que pais poderiam conferir a seus filhos, muitas vezes adquirida com dificuldade mediante pagamento parcelado. Estou falando da Enciclopédia Barsa. Lembro-me daquela coleção com 16 livros de capas vermelhas e letras douradas que me auxiliava nas tarefas escolares e abria as portas para um mundo surpreendente esperando para ser desvendado. O atlas geográfico suscitou-me a curiosidade por países, bandeiras, moedas e idiomas. E as pesquisas aos diversos verbetes estimulavam o prazer pela leitura e, por conseguinte, pela escrita, uma vez que os temas consultados tinham que ser relatados num caderno ou em atividade acadêmica para ser entregue. Com o advento da internet as enciclopédias caíram em desuso. Hoje, um estudante não precisa mais folhear páginas a procura de uma informação. Basta acessar um site de busca para localizar o tema de seu interesse, muitas vezes com milhares de links relevantes. Depois, é copiar e colar o texto, imprimindo-o e dando por encerrada a missão. Neste processo, há muitas perdas. O prazer pela leitura se dissipa. Jornais, revistas e livros são proporcionalmente veículos menos utilizados. E o hábito da escrita também se esvai. Papel e caneta são substi-

tuídos por processadores de texto. A emoção e a personalidade presentes na caligrafia dão lugar à frieza dos bits e bytes. Mas a facilidade de acesso à informação também trouxe consigo um efeito colateral: os jovens estão ficando mais indolentes e apáticos. Quase diariamente recebo mensagens de universitários solicitando artigos, ensaios, gráficos ou qualquer tipo de material que possa ajudá-los em um trabalho acadêmico ou na elaboração de sua monografia. Há ocasiões em que estes pedidos chegam de forma serena e consciente, deixando claro que minha eventual contribuição será acessória, complementar à atividade que desenvolvem. Todavia, há circunstâncias nas quais os pedidos que me visitam vão desde a definição de uma palavra que pode ser encontrada nos dicionários (estes, também em desuso) até a mera transcrição, na íntegra, de uma tarefa proposta, incluindo data para entrega e regras para apresentação. Assim, o estudante encaminha as questões tal como lhe foram formuladas, esperando respostas prontas que possam eximi-lo do trabalho de pesquisar, ler, compilar, enfim, estudar. Informação e conhecimento devem ser compartilhados. Por isso, jamais deixo um leitor sem resposta, qualquer seja sua demanda. Mas vejo com preocupação este comodismo, às vezes travestido de oportunismo, porque me faz lembrar Confúcio que dizia: “A preguiça anda tão devagar que a pobreza facilmente a alcança”. (Tom Coelho)

Hora-Hora

Corda bamba Tem muita gente apostando que o secretário municipal de saúde de Macapá, Anderson Costa, não dura muito no cargo. Isso porque ele não parece nada disposto a aguentar as pressões inerentes à gestão da pasta de saúde.

Carta na mão Foi preciso muita lábia do prefeito Clécio Lúis, para convencê-lo a aceitar a missão na saúde. Mas Anderson Costa continua com o pé atrás. Quando o caldo engrossa – e tem engrossado toda hora -, ele imediatamente fala em pedir exoneração. Saudade O secretário se queixa de estar trabalhando excessivamente e de praticamente não dormir, por causa dos problemas da saúde municipal. Por outro lado, na iniciativa privada, sua carreira estava indo muito bem, obrigado. Dor de cabeça O problema é que um secretário com pavio curto e pouco disposto a engolir sapos, como Anderson Costa, acaba gerando dores de cabeça para o gestor maior, no caso, o prefeito. Exatamente pelo desapego ao cargo. Ampliado Passados quase vinte dias

de gestão, o prefeito Clécio diz que está pronto para começar a colocar em prática o plano emergencial para os primeiros cem dias de trabalho. Pelo visto, vai ter que vira o Plano dos 120 dias. Mistério Não deu para entender muito bem o objetivo da visita do senador Randolfe Rodrigues e do prefeito Clécio Luís, acompanhado de vários gestores, ao Ministério Público Estadual, para reunião ampliada sobre problemas da Prefeitura de Macapá. Objetividade Se os novos gestores da Prefeitura tem denúncias a fazer sobre atos da gestão passada, que façam,com seriedade e responsabilidade. E que o MP apure o que tiver que apurar e denuncie o que tiver que denunciar. Quanto ao prefeito e equipe, é arregaçar as mangas e trabalhar. Controle Aliás, espera-se que o MP reserve o mesmo tratamento aos novos gestores da Prefeitura e de todas as instâncias do poder público: Fiscalização rigorosa e imparcial dos atos da gestão, para garantir os direitos e interesses da sociedade.

MINUTOS Imprevisível – A melhor coisa que o Governo faz é desistir de fazer previsões sobre a chegada da banda larga ao Amapá. Pelo andar da carruagem, a coisa ainda vai demorar um bocado. Outras – Da mesma forma, melhor não fazer previsões sobre inaugurações do estádio Zerão e da Rodovia Norte-Sul. Para não queimar a língua mais uma vez. Aposta - Na bolsa de apostas sobre quem comanda a Assembleia Legislativa, a partir de fevereiro, cresce o favoritismo de Moisés Souza.


JD

“ ”

Geral

Entre Aspas

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista cantanhede@jdia.com.br

Emergências - Após 15 dias tomando verdadeiramente pé da situação, o prefeito Clécio anuncia definitivamente as primeiras emergências para Macapá. Mas tem gente que não está gostando da situação... Cortes – Clécio resolveu logo cortar o excesso de gordura na folha de pagamento. Uma das lipoaspirações foi feita na Saúde, onde a folha estava mais do que gordurosa. PSF - Um exemplo é o Programa Saúde da Família (PSF). Para o Ministério da Saúde, Macapá possui apenas 54 equipes atuando. Na verdade, existem 72 em pleno funcionamento e sem as mínimas condições de trabalho. Certo – Clécio está mais do que certo em cortar os

excessos, sejam eles bons ou ruins para a sua imagem como administrador. Teve gente ontem que já foi para a mídia reclamar que estava desempregado. Porém, se continuar do jeito que está, é melhor fechar Macapá para balanço.

Folha - Para se ter outra ideia, os gastos com pagamento de cargos comissionados e contratos administrativos foram considerados excessivos pela atual administração. Não é a toa que a folha de pagamento em 2012 da Prefeitura de Macapá saltou de R$ 7.4 milhões para R$ 10.4 milhões. Fieap – Hoje acontece a eleição na Federação das Indústrias (Fieap) para escolher quem vai comandar a instituição pelos próximos quatro anos. Detalhe:

só tem uma chapa concorrendo. Na calma - A polêmica toda que registrou até candidato se trancando na sala da presidência dizendo “daqui não saio, daqui ninguém me tira”, vai terminando calmamente. Único apoio – Muita gente se pergunta: mas porque a eleição, depois de toda a polêmica, tem apenas uma chapa inscrita? A resposta é simples: a chapa “Legalidade e Justiça”, liderada por Jozy Rocha e por Ivan Tundelo, ganhou adesão total dos sindicatos depois dos mesmos tomarem consciência de que a chapa concorrente não tinha condições de disputa. Contrabando - Muita gente está aproveitando o período de férias para colocar o corpo em dia e se preparar rumo ao carnaval. Porém, todo cuidado com os suplementos é

Proibidos - Esses suplementos estão proibidos pela Anvisa, no Brasil, por representarem risco à saúde. No caso da internet, além da venda ilegal, especialistas alertam para o perigo de a pessoa comprar produtos com a validade vencida e, até, falsificados. No lixo - Conheço uma moça que chegou a comprar uma dessas porcarias. Depois de 20 dias tomandoum talde OxyElite Pro comprado na web, sentiu apenas sono terrível, tristeza e desânimo. Foram R$ 160 jogados no lixo. Até amanhã...

O objetivo é tratar com mais cuidado a questão da participação de menores de idade no carnaval macapaense

C

E

ESPLANADA

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

A

ENTERRO DOS OSSOS

Comissão da Verdade e a Comissão de Mortos e Desaparecidos da Secretaria de Direitos Humanos estão consternadas com as ossadas de duas crianças entre as de ex-guerrilheiros sob a tutela do Governo em Brasília. Miram uma ex-guerrilheira e o filho de um ex-militante: Para autoridades, a comunista Crimeia Almeida incluiu as duas ossadas na expedição de 2001 a Xambioá, no Araguaia (TO). Na mesma expedição, Paulo Fonteles Filho pegou numa igreja ossos de um adolescente e os levou numa mala.

Sigilo quebrado Agora, o governo – que tentou manter segredo – prepara a devolução das ossadas das crianças com dois problemas: não sabe quem são e como enterrar.

A Secretaria de Direitos Humanos vai pedir à AGU e à Justiça Federal autorização para traslado dos ossos e enterro em Xambioá. Mas o mistério da identidade continua.

Open house...

Inicialmente, tanto os membros da Liesap quanto da Vara da Infância e Juventude, fizeram considerações sobre o tratamento que vinha sendo dado a questão. Depois, ambos apresentaram as suas respectivas propostas e firmaram a parceria. Acerca do encontro, Élton Jucá falou da importância que a parceria tem para o Carnaval. “Temos uma preocupação com os menores de idade e por isso procuramos a Vara da Infância e Juventude para dar esse apoio no evento”, disse.

Acompanhamento do Carnaval Decidiu-se que a Vara da Infância e Juventude deverá acompanhar de perto o carnaval deste e dos próximos anos. O Sambódromo de Macapá terá uma sala, climatizada e informatizada, reservada para membros e para a própria juíza da Vara. Sobre o assunto, Stella Ramos falou que o recente Juizado de Políticas Públicas, o qual ela comanda, ampliará a sua atuação em parceria com a Liesap no que diz respeito ao cumprimento da portaria que define a organização do carnaval.

“O carnaval em Macapá é muito organizado, e o juizado não pode dar as costas para isso. Não iremos fiscalizar e punir, mas sim participar do carnaval. Essa primeira reunião foi justamente para acertar a parceria com a Liga e daqui iremos definir metas para o carnaval”, contou a juíza. Crianças na avenida A definição de quantas crianças cada escola de samba poderá levar à avenida deverá sair na próxima semana. Foi dito na reunião que pode ser entre 80 e 100 crianças por agremiação.

mandatos para todos os poderes têm duração de quatro anos, mas as eleições para os cargos executivos e legislativos – Câmara dos Deputados, assembleias legislativas e câmaras de vereadores – são realizadas com diferença de dois anos.

anos no cargo. A eleição de suplentes de senador também muda. Pelo texto, serão suplentes do eleito o segundo e o terceiro candidatos com maior número de votos. Hoje, elege-se uma chapa fechada – o eleito já traz os dois suplentes.

Senado Ainda conforme a proposta, os mandatos de senador também serão modificados. Cada representante de estado no Senado terá mandato de apenas cinco anos. Atualmente, permanecem oito

Exceções Para garantir a realização simultânea de eleições para todos os cargos, a proposta estabelece que, excepcionalmente, prefeitos e vereadores eleitos em 2016 terão mandatos seis anos. Da mesma forma, os inte-

grantes do Senado escolhidos em 2018 ficarão nove anos na posição. Corte Real argumenta que a coincidência de mandatos “quase se justifica por si mesma”. Segundo afirma, “não há motivos para o País se ver, de dois em dois anos, às voltas com eleições e com o custo para a Nação que acarretam, seja econômico, seja político”. Ainda conforme o deputado, a prática também mostrou que a reeleição para os cargos do Executivo não beneficia a qualidade da administração pública.

Fonteles é alvo do PCdoB, que bancou sua campanha para vereador em Belém. É que ‘seu morto’ era um jovem falecido em 1990. Procurado por telefone, não retornou.

Criméia foi presa grávida de sete meses em São Paulo. Ao saber, a esposa do General Bandeira, conhecido nome da repressão, a protegeu. Eles a livraram da prisão, deram assistência até ela ter o filho e os entregaram em casa em BH. O rebento era filho de um outro general. Através da SDH a coluna tentou contato com ela, sem sucesso.

Sem coincidência: A presidente Dilma recebeu há dias o presidente da Comissão da Verdade, Cláudio Fonteles. A reunião continua um mistério.

Élton Jucá e Ronaldo Serra, diretor de carnaval e assessor jurídico, reunião realizada ontem com a juíza Stella Simonne Ramos, da Vara da Infância e Juventude de Macapá, além de membros do Comissariado

Defunto errado

Memo-drama

A sós

PEC acaba com reeleição para o Executivo e fixa coincidência de mandatos m análise na Câmara, a Proposta de Emenda à Constituição 224/12 propõe uma série de alterações no sistema eleitoral brasileiro. O texto, do deputado Jorge Corte Real (PTB-PE), acaba com a reeleição para o Executivo – Presidência da República, governos de estado e prefeituras – e estabelece a coincidência de todos os mandatos, que passam a ter duração de cinco anos a partir de 2022. Com a mudança, no lugar de eleições a cada dois anos, o País terá pleitos a cada cinco. Atualmente, os

Coluna

Investigação Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@jdia.com.br

A3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

pouco. Protegidos pelo anonimato, contrabandistas criam sites e perfis nas redes sociais para vender compostos alimentares, como OxyElite Pro, Lipo-6 Black e Jack 3D.

Participações de menores no carnaval é discutido entre Liesap e Vara da Infância omo diria o pensador alemão Karl Marx: “Os filósofos têm interpretado o mundo de várias maneiras; a questão, entretanto, é transformá-lo”. De fato, entre inúmeras outras questões “interpretadas” pelos filósofos e por agentes da sociedade civil como um todo, é a questão da participação de menores de idade nas festas de Carnaval. No Amapá (e no Brasil) pouco se discutia sobre o assunto, e o pior, pouco se agia para mudar o conhecido quadro de menores de idade que aproveitam o carnaval para beber, fumar e fazer tantas outras coisas que os pais certamente reprovariam. Esse quadro, porém, parece que vai mudar a partir de 2013. Tudo porque a Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (Liesap), representada por Élton Jucá e Ronaldo Serra, diretor de carnaval e assessor jurídico, respectivamente, participou na manhã desta sexta-feira (18) de uma reunião com a juíza Stella Simonne Ramos, da Vara da Infância e Juventude de Macapá, além de membros do Comissariado. A pauta principal que fora discutida era justamente a participação de menores de idade no carnaval de 2013 e nos dos anos posteriores.

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

A nova diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres nomeou 37 comissionados, deu no D.O. de terça. Poucos ficaram, como Sérgio Ricardo Freiras, ex-gerente de Ativos Ferroviários Arrendados, cedido pelo BB. Mas ele perdeu diretoria. ...e bota-fora E a ANTT aproveitou para botar na rua uma turma de Bernardo Figueiredo, apeado do cargo pelo Senado na malsucedida recondução. Pelo menos 13 apadrinhados dele foram convidados a se retirar, via D.O. Contramão Um gênio da administração do Aeroporto de Brasília tirou as rampas nas calçadas e ignorou a faixa de pedestre no principal acesso ao estacionamento. Rebu geral. Tilápia israelense O ministro da Pesca, Marcelo Crivella, embarca para Israel em Março. Quer conhecer a tecnologia que produz a ração que engorda a tilápia em um

quilo para cada kg ingerido. Hoje, a proporção em cativeiros no Brasil é de um para quatro quilos ingeridos. Frango das águas Crivella quer fazer do peixe o ‘Frango das águas’: o preço do kg a R$ 4, em vez de até R$ 20 como no mercado hoje. Trabalha para incentivar a agricultura familiar a usar a represa e açude que irriga lavoura para criar peixes. Caos no chão Os juizados especiais de quatro aeroportos atenderam mais de 1.400 passageiros em Dezembro. Overbooking, atrasos e cancelamentos de voos, extravio e furto de bagagens foram as principais reclamações. O guarda-costas Cotado para secretário municipal de Segurança em Belford Roxo (RJ), o 2º sargento PM Claudinei Martins está na mira da corporação. É lotado na Barreira Fiscal na região de Itatiaia, mas atua como guarda-costas do prefeito Dennis Dauttmam (PCdoB). Ponto Final Isso é o fim do mundo: homem recebe mensagem do além e mata a mãe para salvar Hugo Chávez.

Com Vinícius Tavares, Marcos Seabra e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF (61) 3254 2204 / (61) 78137537


Geral

JD

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

A4

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Presidente Dilma diz que MP pede novo julgamento para pilotos do jato Legacy vai acabar com pobreza A extrema até 2014 Presidente voltou a afirma na capital piauiense, seu compromisso em inrradicar a pobreza

A

presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (18) que seu governo pretende por fim à pobreza extrema ainda no início de 2014, ano de eleições. Em discurso de cima de um palanque em Teresina, ao lado do governador Wilson Martins (PSB), a presidente disse que “é óbvio que não vai ser no dia 31 de dezembro de 2014 [fim do mandato]”, mas antes, segundo afirmou. “Nós vamos acabar com a pobreza extrema, na maioria dos estados do Brasil, ainda no ano de 2013. E vamos completar esse processo de tirar da pobreza no início de 2014. É possível e vai ser feito”, disse a presidente, sob aplausos. Segundo balanço divulgado em novembro pelo Ministério do Desenvolvimento Social, o governo estimava em 9,8 milhões o número de pessoas em situação de extrema pobreza, cuja renda é menor que R$ 70 por mês. Em dezembro, com a ampliação do programa Brasil Carinhoso, o número de miseráveis caiu para cerca de 2,5 milhões, segundo a assessoria da pasta. Mas ainda faltava identificar e cadastrar cerca de 700 mil famílias, com média de 4 pessoas cada. Com isso, o governo estima que o número de extremamente pobres esteja hoje em cerca de 5,3 milhões de pessoas. No início do governo Dilma, eram 19 milhões. Só no Piauí, que Dilma visitou pela primeira vez como presidente nesta sexta, 700 mil pessoas deixaram essa condição no ano passado, disse a presidente. Ela ressaltou a ideia de que “o país só vai crescer se as pessoas crescerem

Após autorizar construção de adutoras e barragens em São Julião, Dilma vai para o corpo a corpo com populares, na primeira visita presidencial ao Piauí

junto com ele”, após se referir ao slogan do governo federal (“País rico é país sem pobreza”). Para isso, a presidente chamou a atenção dos prefeitos recém-eleitos para a importância da educação, da construção de creches e da abertura de vagas em escolas técnicas. O evento foi dedicado à entrega de 400 apartamentos financiados com o programa Minha Casa, Minha Vida, além da compra de retroescavadeiras para 25 municípios da região. As duas ações somam investimentos de R$ 20,4 milhões. ‘Parcerias’ No discurso de meia hora, a presidente destacou em vários momentos a importância da parceria com os estados. O Piauí é governado pelo PSB, que

também controla outros cinco estados no Brasil, sendo quatro no Nordeste. “Nós avançamos, sim, graças a esse trabalho conjunto. Mas esse trabalho conjunto tem um foco, é ter clareza que o desenolvimento de um país, de um estado, de um município, de uma comunidade, ele ocorre quando a gente sabe qual é o caminho. Tem de ter clareza do caminho, do que é necessário fazer. Nós aqui no estado do Piauí, temos uma preocupação com as pessoas”, afirmou. Antes do dicurso de Dilma, o primeiro a falar foi o prefeito recém-eleito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), que reclamou da falta de recursos repassados às prefeituras para despesas, sobretudo na saúde. “Podemos identificar que responsabilidades

dos municípios se transformaram em verdadeiros estorvos que não podemos suportar”, disse, em discurso. O prefeito cobrou “avanço” na redefinição do chamado Pacto Federativo, conjunto de regras que define a distribuição das receitas entre União, estados e municípios. Depois, o governador Wilson Martins discursou exaltando as parcerias do governo federal com o estado. “Juntos, governos estaduais e o governo federal, na construção dos caminhos para romper tantas adversidades, que vieram daqui, através de umas das maiores secas do Piauí, mas também que vieram de fora, da crise americana e europeia, mas que nehuma delas conseguiu vencer a avalache de empregos no nosso país e nosso estado”, afirmou.

Procuradoria Regional da República da 1ª Região ajuizou um recurso na última terça-feira (15) no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) solicitando um novo julgamento para os pilotos norte-americanos Jan Paul Paladino e Joseph Lepore. O Ministério Público defende o aumento da pena aplicada aos pilotos, condenados pelo TRF-1 a 3 anos, 1 mês e 10 dias em regime aberto (modelo de reclusão em que o condenado trabalha durante o dia e, à noite, dorme em um albergue penitenciário ou estabelecimento equivalente). Os dois vivem nos Estados Unidos. Segundo tratado internacional firmado entre Brasil e EUA, a pena só é cumprida no país de origem do condenado quando o processo não admite mais recursos. Paladino e Lepore foram condenados em razão da colisão aérea que derrubou um avião da Gol, em setembro de 2006. O acidente do voo 1907 matou 154 pessoas após o Boeing da Gol colidir no ar com o jato Legacy e cair no interior de Mato Grosso. Os pilotos foram considerados culpados com base em decreto-lei que regula o delito de “atentado contra a segurança de transporte aéreo”. Na visão do Ministério Público Federal, o tribunal deixou de considerar, no momento em que definiu a pena-base de Paladino e Lepore, o fato de que o acidente ocasionou 154 mortes. Para a procuradora da República Luciana Marcelino Martins, autora do recurso, os efeitos da tragédia não poderiam ter sido “desprezados”. “Com efeito, o fato de terem sido ceifadas 154 vidas, o que configurou

uma verdadeira tragédia, merece considerável análise por parte do julgador tanto no campo da reprovabilidade da conduta como das consequências do crime”, argumentou a procuradora. No embargo de declaração (recurso contra decisão que contém obscuridade, omissão ou contradição, tendo como finalidade esclarecer, tornar clara a decisão) protocolado nesta semana no TRF-1, o Ministério Público pede que seja feito um novo julgamento para os pilotos e que, desta vez, o tribunal leve em consideração o número de mortes da tragédia. Em tese, os embargos declaratórios não têm o poder de reverter o resultado de um julgamento. Histórico Em 29 de setembro de 2006, um Boeing da Gol se chocou no ar com o jato Legacy pilotado pelos americanos Jan Paul Paladino e Joseph Lepore ao fazer um voo de Manaus para Brasília. O acidente matou 154 pessoas. Um dos motivos que teriam provocado a queda do avião, de acordo com as investigações, foi o fato de o jato não ter sido detectado pelo Boeing. Segundo o Ministério Público, os pilotos americanos teriam desligado os sistemas anticolisão do Legacy. Em 2011, Lepore e Paladino foram considerados culpados pela Justiça brasileira e proibidos de voar no país. Em sua decisão, o juiz federal Murilo Mendes, de Sinop (MT) considerou que os pilotos americanos foram “negligentes” ao não observarem que equipamentos de segurança estavam desligados, colaborando para a colisão no ar com o Boeing da Gol.

Ministério Público do CE cria “frente” contra PEC que impede investigação

O

Ministério Público Estadual do Ceará lançou nesta sexta-feira (18) uma “frente de combate” ao projeto de emenda constitucional (PEC) 37. O Pec visa tirar do Ministério Público e de outras entidades o poder investigativo em processos criminais, dando exclusividade da tarefa às polícias federal e civil. Para o procurador-geral de Justiça no Ceará Ricardo Machado, é “fundamental” que a sociedade compreenda e participe da “luta” contra o PEC 37. “Não só o MP perderá o direito de investigar, outras instituições como o Banco

Central e Receita Federal não poderão realizar nenhum ato de investigação. Isto ficará restrito à polícia. O prejuízo de se restringir dessa maneira o poder de investigação poderá ser visto no enfraquecimento da democracia e na vida do cidadão comum”, diz. O texto da PEC 37 foi aprovado pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados, em novembro de 2012. A proposta segue atualmente para o plenário da Câmara e, em seguida, para o Senado Federal. De acordo com o Ministério Público no Ceará, as principais “consequências negativas” da aprovação do

PEC 37 são a perda de poder de investigação das Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs); o impedimento por parte do MP de ofertar denúncia com base em investigação feita por outro órgão; o impedimento por parte do juiz de realizar diligências quando estiverem em curso investigações referentes aos atos de organizações criminosas. O PEC também torna inconstitucional o artigo do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que permite ao MP instaurar procedimentos administrativos, sindicâncias e oferecer denúncias pela prática de ilíci-

to penal. A Frente de combate ao PEC 37 no Ceará tem apoio da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL) e Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef). A tramitação do projeto de emenda constitucional mobiliza promotores em todo o Brasil. No Piauí, um grupo de promotores protestou contra o que eles chamaram de “PEC da impunidade”. Em São Paulo, os promotores criaram o movimento “#ContraPEC37”.

Associação gay pede passaporte diplomático

A

Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, e Transexuais (ABGLT) enviou nesta quinta-feira uma mensagem ao ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, em que pede concessão de passaportes diplomáticos para integrantes da associação. O pedido, de acordo com o e-mail da ABGLT, foi motivado pelas publicações, nesta semana, das concessões do passaporte para seis líderes de igrejas evangélicas. “Soubemos através da mídia que o Itamaraty concedeu passaportes diplomáticos para líderes religiosos, inclusive da Igreja Católica, da Igreja Internacional da

Graça de Deus e da Igreja Assembleia de Deus. Tendo em vista que a ABGLT também atua internacionalmente, tendo status consultivo junto ao Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas, além de atuar em parceria com diversos órgãos do Governo Federal, vimos solicitar que sejam concedidos da mesma forma passaportes diplomáticos para os/as integrantes da ABGLT”, diz a mensagem, assinada pelo presidente da ABGLT, Toni Reis. Os portadores do passaporte diplomático têm alguns benefícios, como acesso à fila de entrada separada nos aeroportos. Em alguns países

que exigem visto, o passaporte diplomático o torna dispensável. O Itamaraty explica que o documento não dá imunidade diplpomática nem muda procedimentos aduaneiros. Nesta semana, foram publicadas no “Diário Oficial da União” concessões de passaportes para seis líderes religiosos de igrejas evangélicas. Os beneficiados foram Romildo Ribeiro Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus, e a mulher, Maria Magdalena Soares; Samuel Cássio Ferreira, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, e a mulher, Keila Campos Costa; e para os líderes da Igreja Mundial do Poder

de Deus, Valdemiro Santiago de Oliveira e a mulher dele, Franciléia de Castro Gomes de Oliveira. De acordo com o decreto que estabelece as regras para concessão de passaporte diplomático, o benefício deve ser concedido a autoridades do Estado e a servidores públicos em missão, mas há a exceção para pessoas que podem portar o documento “em função de interesses do país”. Para isso, o interessado deve formalizar um pedido para o Itamaraty explicando por que deve portar o documento. Se o Itamaraty entender que a situação se enquadra nos interesses do país, faz a concessão.

UNE lança sua própria Comissão da Verdade

A

União Nacional dos Estudantes (UNE) lança nesta sexta-feira (18), no Recife, a Comissão da Verdade da entidade. O objetivo do grupo, segundo o presidente da UNE, Daniel Iliescu, é contribuir com a Comissão da Verdade do governo federal na busca de informações que possam resultar em pistas sobre estudantes desaparecidos durante o regime militar. A entidade estima que pelo menos 46 estudantes teriam sido vítimas do regime. “Queremos buscar documentos que possam revelar o paradeiro dos estudantes desaparecidos, além de ouvir os familiares deles [...] Este material vai gerar um arquivo para a própria UNE e também será entregue para a Comissão da Verdade, a fim de ajudar a acelerar as investigações”, afirmou o

presidente da UNE a reportagem. A comissão do governo é formada por integrantes indicados pela presidente Dilma Rousseff e tem por obejtivo apurar violações aos direitos humanos cometidas entre 1946 e 1988, período que inclui a ditadura militar. A comissão da UNE vai ser formada por pessoas indicadas por representantes dos segmentos sociais que integram a entidade. O ex-ministro dos Direitos Humanos Paulo Vanucchi deve ser o orientador dos trabalhos do grupo estudantil, segundo informou Iliescu. Ainda de acordo com o presidente da UNE, a intenção da entidade é concluir os trabalhos de pesquisa entre os meses de março e abril de 2014, um pouco antes do término da Comissão da Verdade do governo.


Política

JD

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

A5

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Governo usa regra de 2012 e repassa R$ 774 mi de fundo para estados Congresso não votou nova regra até o final do ano, como determinou STF. Pela regra, 85% do fundo vão para Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, criticou a decisão do governo de usar parecer do Tribunal de Contas para embasar o repasse de R$ 774 milhões.

O

governo federal repassou nesta sexta-feira (18) R$ 774 milhões do Fundo de Participação dos Estados (FPE) com base em critério de partilha considerado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal. A confirmação do repasse e do critério utilizado foi dada pelo Tesouro Nacional, responsável pelo FPE. Em 2010, o STF considerou inconstitucional o sistema de distribuição e determinou que o Congresso votasse novo critério até o fim de 2012. Mas os parlamentares entraram em recesso sem analisar o tema. O Tesouro explicou, por meio de nota, que fez o repasse nesta sexta baseado em parecer do Tribunal de Contas da União (TCU). Pelo parecer, enquanto o Congresso não aprovar nova fórmula, o critério de distribuição pode continuar o mesmo que estava em vigor até 2012 . “Em fevereiro de 2010, o STF declarou inconstitucional o artigo 2º da Lei Complementar nº 62/89, que trata da distribuição do FPE. Na ocasião, a Corte decidiu que essa legislação teria efeitos somente até 31 de dezembro de 2012. Diante da não aprovação de nova lei complementar, o TCU aprovou o acórdão nº 3.135/2012, estabelecendo que o governo deve continuar pagando o repasse conforme as regras

previstas na Lei Complementar 62/89, em 2013, até que nova lei seja aprovada”, diz a nota divulgada pelo Tesouro Nacional. O gabinete do presidente em exercício do STF, ministro Ricardo Lewandowski, informou ao G1 que, sem ser provocado ou receber uma notícia oficial, o tribunal não pode tomar nenhuma medida contra o descumprimento da decisão judicial. Conforme a assessoria, Lewandowski poderá vir a se manifestar na hipótese de alguém recorrer ao Supremo por se sentir prejudicado pelo repasse do dinheiro de acordo com o critério vigente até 2012. A assessoria da Procuradoria-Geral da República (PGR) informou que a instituição ainda não discutiu o eventual ajuizamento de uma ação questionando o descumprimento da decisão do STF.

de escape para a decisão do Supremo. O Tribunal de Contas não tem essa competência que o Executivo quer dar. Há uma conveniência do governo de usar essa decisão do TCU”, disse Cavalcante ao G1. Apesar da crítica ao Planalto, o advogado afirmou que a União se viu obrigada a tomar uma decisão que descumpre a ordem da Suprema Corte por conta de uma “omissão” do parlamento. “A sociedade fica perplexa diante de uma omissão dessa natureza. Diante do caos causado pela omissão do Congresso, o governo teve de encontrar uma solução para suprir isso. Não estou defendendo o governo, mas estou me colocando na posição dos estados. Fugiria do razoável bloquear os repasses, o que causaria um prejuízo muito grande aos estados”, enfatizou.

‘Conveniência do governo’ O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, criticou a decisão do governo de usar parecer do Tribunal de Contas para embasar o repasse de R$ 774 milhões. Para ele, o TCU não tem competência para legislar sobre as regras de distribuição dos recursos do fundo dos estados. “O parecer do TCU não pode ser uma válvula

Histórico O FPE é formado por 21,5% da arrecadação da União com Imposto de Renda e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Do total, 85% são destinados para estados da região Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e 15 % para estados do Sul e do Sudeste. Uma fórmula que leva em conta tamanho territorial, tamanho da população e renda per capita define o valor que

cada estado recebe especificamente. Ao considerar a fórmula da divisão inconstitucional, em 2010, o STF havia determinado que, até 31 de dezembro de 2012, o Congresso elaborasse uma nova legislação sobre o tema. Mas os parlamentares deixaram o prazo vencer sem aprovar nenhum novo projeto. No dia 7 de janeiro deste ano, o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, e o ministro interino da Fazenda à época, Nelson Barbosa, se reuniram com o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, para tratar do assunto. Na ocasião, Adams e Nelson Barbosa afirmaram que o governo analisava a possibilidade de seguir recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) e manter os repasses do FPE em 2013 com base na regra em vigor em 2012, enquanto o Congresso não votasse uma nova fórmula. Tramitação no Congresso O líder do PT no Senado e relator do projeto para nova partilha do FPE, Walter Pinheiro (BA), afirmou no último dia 9 que vai pedir prioridade na Casa para a votação da proposta que define a nova distribuição. Para Pinheiro, o tema deve ser votado assim que o Congresso voltar das férias, em fevereiro. “Vamos ver se o Congresso consegue avaliar a proposta logo no começo dos trabalhos, em fevereiro [...] Se conseguirmos votar, ao menos vamos ter uma regra básica. Sai desta fragilidade jurídica que está agora”, disse Pinheiro. Pela proposta de Pinheiro, os estados receberiam em 2013 e 2014 o mesmo que obtiveram em 2012. Caso a União tenha uma arrecadação maior com IPI e IR nos próximos anos, a verba adicional que caberia aos estados seria dividida atendendo critérios de população e renda domiciliar per capita. O projeto de Pinheiro deixa aberta a possibilidade de as regras mduarem de novo em 2015, se for esse o desejo do Congresso. Um requerimento para apreciação em caráter de urgência da matéria foi apresentado à Mesa do Senado no final do ano, mas ainda depende de apreciação em plenário. O Senado retoma os trabalhos na primeira semana de fevereiro.

Eliana Calmon assume presidência do STJ até o final do recesso

A

ministra Eliana Calmon, ex-corregedora nacional de Justiça, assume nesta quinta-feira (17), interinamente, a presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O presi-

dente do STJ, ministro Felix Fisher, que até esta quarta (16) foi o responsável pelo plantão do tribunal, entrará em férias. Primeira mulher a ocupar um assento no STJ, a magistrada será tam-

PROCLAMAS DE CASAMENTO

Bel ª Maria Cristiane da Silva Passos, Oficial do 2º Registro Civil das Pessoas Naturais do Distrito e Município de Macapá - Estado do Amapá; FAZ SABER que se pretendem casar: MARLON VIANA DOS SANTOS e JOANA NARA LUSTOSA COSTA Ele, filho de João Maria Araujo dos Santos e Maria Carmelita Flexa Viana. Ela, filha de João Batista Costa Pereira e Carmela Morera Lustosa. Alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da Lei, Lavro o presente para se afixado em Cartório e publicado na Imprensa local. Macapá-AP, 16 de janeiro de 2013

Milene Fêro de Almeida Escrevente autorizada

bém a primeira representante feminina na presidência do tribunal. Ela permanecerá na presidência até o dia 31, quando se encerra o recesso do Judiciário. Nas próximas duas semanas, Eliana Calmon acumulará a presidência e a vice-presidente do tribunal, já que o vice do STJ, ministro Gilson Dipp, está afastado de suas funções

devido a problemas de saúde. O magistrado, de 68 anos, se recupera de uma cirurgia abdominal e de uma pneumonia. Baiana de Salvador, Eliana Calmon ganhou popularidade após protagonizar polêmicas com integrantes do Judiciário, entre os quais o ex-ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Cézar Peluso.

A Prefeitura de São Paulo diz que as empresas pertencem ao ex-prefeito, e a Justiça diz que o dinheiro foi movimentado pela família Maluf.

Jersey determina que empresas de Maluf devolvam US$ 28 milhões a SP

A

Justiça de Jersey, paraíso fiscal europeu, determinou nesta quinta-feira (17) que empresas que a Prefeitura de São Paulo diz pertencerem ao ex-prefeito Paulo Maluf devolvam aos cofres do município US$ 28,3 milhões (quase R$ 58 milhões). Em novembro, a Justiça de Jersey determinou a devolução de dinheiro desviado de obras públicas em São Paulo durante a gestão Maluf, mas faltava calcular os juros do processo. Segundo os advogados que a Prefeitura de São Paulo contratou em Londres, o titular da conta, Flávio Maluf, é quem terá que devolver o dinheiro. A Prefeitura de São Paulo diz que as empresas pertencem ao ex-prefeito, e a Justiça diz que o dinheiro foi movimentado pela família Maluf. Nesta sexta-feira, a reportagem procurou a assessoria de Maluf, que não se manifestou até a publicação dessa reportagem. A Secretaria de Negócios Jurídicos da Prefeitura de São Paulo informou que foi notificada na quinta-feira sobre a decisão da Corte de Jersey. “O processo está em fase final e de arbitragem de custos advocatícios, que por parte da Prefeitura de São Paulo podem chegar a R$ 15 milhões dispendidos desde o início da referida disputa judicial”, afirma a nota. Em novembro, Maluf negou envolvimento no desvio de recursos e afirmou que não é réu na decisão. “Primeiro, eu não sou réu. Segundo, eu não tenho conta. Isso é um engano jornalístico. Vocês estão cometendo uma barriga”, afirmou. A sentença desta quinta-feira calcula o montante total. “Haverá uma ordem a favor dos requerentes de juros compostos sobre o montante principal de US$ 10,500,055.35 a pagar de fevereiro de 1998 até 16 de novembro de 2012 (data em que o julgamento foi proferido), calculado com base em uma taxa mensal de 1% sobre o ‘US Prime Rate’. Isso equivale a um total de juros de US$ 17,844,398.49 e faz uma figura de juízo total de US$ 28,344,453.84.” “A decisão é extremamente importante no combate à corrupção internacional”, afirmou nesta sexta-feira (18) o promotor de Justiça Sílvio Antônio Marques, da Promotoria do Patrimônio Público e Social da capital. ‘É um valor substancial. Não existe nenhuma decisão mandando devolver tanto dinheiro assim a um órgão público”, complementou. Segundo o MP, Jersey ainda vai determinar o valor que as empresas terão de devolver em custas processuais e honorários advocatícios. Esse valor está estimado em cerca de US$ 4,5 milhões. A decisão judicial de no-

vembro diz que os recursos foram transferidos para uma conta em nome de duas empresas, a Durant International Corporation e a Kildare Finance Limited. Ainda cabe recurso contra a sentença, mas como a ilha está sob jurisdição britânica, a apelação terá que ser feita na Câmara dos Lordes, em Londres. Segundo Marques, será difícil a defesa conseguir reverter a decisão. O procurador-chefe da Procuradoria Geral de São Paulo, Celso Augusto Coccaro Filho, disse em novembro que o ex-prefeito teria de devolver aos cofres municipais cerca de US$ 22,5 milhões, que seria o equivalente ao montante desviado acrescido de juros compostos. A família de Maluf ainda terá que arcar com as custas do processo, que é de cerca de R$ 5 milhões. “Esse valor de US$ 10,5 milhões é o valor da época. Nós bloqueamos US$ 22 milhões fazendo a aplicação de juros simples. Como o juiz de Jersey entendeu que houve fraude, aplica-se juros compostos. E, segundo a Corte de Jersey, o valor pode chegar a US$ 32 milhões. O mínimo de US$ 22 milhões já estava bloqueado e está garantido”, disse na ocasião. Coccaro Filho disse que os juros são uma compensação. “Os juros são, no entender da Justiça, uma maneira de compensar quem sofreu a fraude. Eles são aplicados em um caráter de reparar a perda”, afirma o procurador. Segundo a sentença, o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) participou de uma fraude na remessa de dinheiro público para contas no estrangeiro em 1998. “(...) o conhecimento de Paulo Maluf e Flávio Maluf (filho do ex-prefeito) de que esses pagamentos eram o produto de uma fraude sobre os autores (Prefeitura de São Paulo) é atribuído a cada um dos réus e tais pagamentos foram, por isso, recebidos por Durant e Kildare com o conhecimento das fontes”, afirma a decisão.“Tanto para a procuradoria como para o direito, [ela] é um marco na história da luta contra a corrupção no âmbito internacional. Esse caso é estudado no exterior, porque essa é uma das principais medidas para o controle de remessas indevidas”, diz o procurador. “Os juros são, no entender da Justiça, uma maneira de compensar quem sofreu a fraude. Eles são aplicados em um caráter de reparar a perda de danos”, afirma o procurador. Sentença De acordo com a sentença, a Justiça de Jersey afirma que Maluf participou da fraude contra a Prefeitura na construção da Avenida Jornalista Roberto Marinho, então conhecida como Águas Espraiadas.


Esporte

JD

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Antonio Viana da (FAJ) é delegado regional da FIEP

nomeação do Presidente da Federação de Judô aconteceu no vigésimo oitavo Congresso Internacional de Educação Física em Foz do Iguaçu no Paraná Elcio Barbosa

Da Reportagem

O

Presidente da Federação Amapaense de Judô (FAJ), Antonio Viana foi nomeado delegado regional da Federação Internacional de Educação Física (FIEP), delegacia do Amapá durante a realização do 28º Congresso Internacional de Educação Física, conhecido também como Congresso FIEP. Tem como objetivo favorecer em todos os países, o desenvolvimento das atividades físicas, educativas, recreativas e de lazer, para a formação dos professores, atualizando e aperfeiçoamento constante e contribui para a cooperação internacional neste domínio. Entretanto, é o maior e mais importante evento da Federação Internacional de Educação Física (FIEP), realizado anualmente no mês de janeiro na cidade de Foz do Iguaçu/PR, de forma ininterrupta desde o ano de 1986, tendo recebido mais de 55 mil participantes desde a primeira edição. O Congresso é organizado pelo Prof. Almir Adolfo Gruhn, que também é o idealizador do evento e Presidente Mundial da FIEP, eleito no dia 13 de janeiro de 2013. “Terei mais um desafio em minha vida, e prometo fazer o melhor para desenvolver no Amapá, no Brasil e no Mundo. Ombreado com os delegados Valdeci Barbosa e Marly R. Gibson realizaremos de 06 a 08 de setembro, o IV Congresso e o

Renato Augusto fica à disposição de Tite para enfrentar o Paulista de Jundiaí, no próximo domingo

Renato Augusto aparece no BID e já pode estrear pelo Corinthians

A Antonio Viana mostra a medalha e o diploma da nomeação de delegado regional da FIEP ao lado do Presidente Mundial Prof. Almir Adolfo Gruhn

Curso de Educação Física da FIEP/AP com profissionais de renome para fortalecer o aprimoramento dos nossos professores de Educação Física e acadêmicos. Valorizaremos também os profissionais locais no que tange ao quadro docente do evento.” Falou Viana dirigente da delegacia regional no Amapá. O que é a FIEP? Federation Internationale d’Education Physique foi fundada no dia 02 de julho de 1923 em Bruxelas na Bélgica e é uma organização mundial, que junto com outras organizações,

lutam para a difusão da Educação Física. A ação desenvolveu-se nos domínios técnicos, pedagógicos e social de educação física e do esporte, excluindo toda discussão e toda discriminação de ordem política, religiosa e social. Na UNESCO, é membro do Conselho Internacional de Educação Física e Ciência do Esporte (ICSSPE-CIEPSS); membro do Comitê Diretor da AIESEP. Também é reconhecida pelo COI, Comitê Olímpico Internacional. A Condecoração principal é a Cruz do Mérito Internacional (FIEP) da Edu-

cação Física. Possui a Revista Científica da (FIEP), em nível Internacional, que iniciou a circular em 1931, até os dias atuais, sendo enviada a 120 países, e tem como editor o Prof. Almir Adolfo Gruhn. A (FIEP) é constituída, por uma Diretoria: (Presidente, Vice, Tesoureiro e Secretário). Os Vice-Presidentes Regionais (um de cada Continente); e com sete Seções Internacional; temos o Diretor Board, os Membros de Honra, Assembléia Geral e os Delegados Nacional (um em cada País) e os Delegados Regionais.

Wallace relembra o Corinthians em apresentação e diz que Fla é “muito maior”

C

ontratado para reforçar a zaga do Flamengo, Wallace não demorou muito tempo para ser apresentado. Na manhã de ontem, o defensor foi ao centro de treinamento Ninho do Urubu para conhecer os companheiros e vestir a camisa rubro-negra pela primeira vez. Wallace relembrou o Corinthians – seu ex-clube – na apresentação e comparou os dois clubes. “Estou extremamente feliz de poder sair de uma equipe grande como o Corinthians e vir para uma muito maior. São as duas maiores equipes do Brasil. Estou motivado, alegre e querendo ajudar o Dorival de todas as formas”, disse Wallace, que assinou contrato por 4 anos. O tamanho do Flamengo é algo que Wallace entende bem. O za-

Bayer Leverkusen, clube do qual foi contratado pelo Corinthians por 3,5 milhões de euros (R$ 9,5 milhões), devido a uma série de lesões e perdeu espaço durante o primeiro turno do Campeonato Alemão. Com atenção especial dos médicos, a tendência é que o ex-flamenguista fique apenas como opção no banco de reservas. Tite tem treinado com Guilherme Andrade e Guilherme como volantes, Giovanni, Romarinho e o chinês Zizao na armação e, por mais entrosamento, pode deixar a estreia de Renato Augusto para o segundo tempo do duelo contra o Paulista, em Jundiaí. Se a situação de Renato Augusto foi finalmente resolvida, outros dois reforços do futebol europeu ainda tomam o tempo da diretoria do Corinthians. O zagueiro Gil, que estava no Valenciennes, e o atacante Alexandre Pato, contratação mais cara da história do País, ainda não foram liberados pela CBF para estrear. (espn.com)

Eduardo Vargas veste camisa do Grêmio na Itália e clube espera festa na chegada

O zagueiro Wallace foi apresentado na manhã de ontem pelo Flamengo

gueiro sabe que enfrentará uma pressão ainda maior do que a que encarou em seu ex-clube, o atual campeão mundial. Apesar de esperar uma forte cobrança, o defensor acredita num ano de sucesso.

“Jogar no Flamengo é entrar num caldeirão mesmo, pressão de todos os lados, da imprensa e torcida. É assim desde sempre, tenho noção, vim sabendo da responsabilidade. Nunca entra para ser segundo,

o time entra para ser primeiro, já estava ciente disso. Estou esperançoso que as coisas aconteçam, e o time deslanche. Esse ano será vitorioso para mim e para o Flamengo”, espera o zagueiro. (uol)

Via Twitter, mãe garante retorno de Diego Tardelli ao Atlético-MG

A

ntes tratada com cautela e pessimismo, a possível estreia de Renato Augusto com a camisa do Corinthians poderá acontecer já na 1ª rodada do Campeonato Paulista. Treinando no time reserva no último treino, o meia teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e fica à disposição de Tite para enfrentar o Paulista de Jundiaí, no próximo domingo. Na última quarta-feira, o departamento de futebol do clube considerava muito difícil que o atleta fosse regularizado a tempo de fazer sua primeira partida com a camisa do time alvinegro. No final da tarde desta quinta-feira, no entanto, os detalhes pendentes foram resolvidos e o jogador foi liberado para atuar. Apesar de ter treinado na quarta, Renato Augusto ainda é alvo de cuidados do departamento médico. Na temporada passada, o meia pouco atuou pelo

pesar de o Atlético-MG não ter anunciado a contratação de Diego Tardelli, a mãe do centroavante, Ivânia, já dá como certa a concretização da negociação. Através do Twitter, ela confirmou que o atacante do Al-Gharafa (Catar) acertou todos os detalhes para retornar ao clube pelo qual atuou entre 2009 e 2011. “Muito Feliz! Meu filho está de volta ao Galo. Obrigado, Senhor!”, destacou Ivânia, que foi contestada por alguns membros da rede social. “Gente, claro que sou mãe do Diego Tardelli. Não sou fake e não estou aqui mentindo. Dei notícia verdadeira, ok?”, completou. Caso a notícia seja confirmada, Tardelli retorna ao Atlético-MG após defender Anzhi Makhachkala e Al-Gharafa nos últimos dois anos. Na última quinta-feira, a possibilidade de um empréstimo junto

ao time catariano até o meio de 2014 ganhou força e um acerto entre as partes foi dado como certo, mas posteriormente negado pelo presidente da agremiação alvinegra, Alexandre Kalil, em entrevista ao ESPN.com.br: “Mentira, abraço”.Revelado pelo São Paulo em 2004, Tardelli acumula passagens por Real Betis (Espanha), São Caetano, PSV Eindhoven (Holanda), Flamengo, Atlético-MG, Anzhi (Rússia) e Al-Gharafa. Pelo clube mineiro, chegou ao auge de sua carreira ao ser artilheiro do campeonato estadual (16 gols) e do Campeonato Brasileiro (19 gols), ambos em 2009. Devido ao bom desempenho pela equipe alvinegra, ganhou oportunidades com o treinador Dunga na Seleção Brasileira, mas acabou ficando de fora da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.. (espn.br)

Mãe do centroavante Diego Tardelli, Ivânia, já dá como certa a concretização da negociação

Eduardo Vargas veste a camisa do Grêmio na Itália e espera festa na chegada ao Brasil, sábado

O

chileno Eduardo Vargas já vestiu a camisa do Grêmio. O jogador recebeu o uniforme das mãos do diretor executivo de futebol, Rui Costa, ontem, na Itália. Ele chega ao Brasil no sábado, às 13h, e o clube espera grande festa da torcida. A negociação foi dura, batalha com o São Paulo e outros nove clubes, entre europeus e mexicanos. Vargas foi o segundo melhor jogador da América em 2011, e os gremistas têm apreço especial por jogadores sul-americanos. Por todos estes motivos, o clube aguarda presença dos aficionados no aeroporto, sábado, para recepcionar Vargas. “Vargas já veste o manto tricolor”, postou o twitter oficial gremista com a foto do atleta ao lado do diretor executivo de futebol do clube. Na matéria no site gremista, o horário da chegada é, propositalmente, divulga-

do. Ainda está reservado momento para que o jogador seja recepcionado pela torcida na capital gaúcha. Vargas assinou com o Grêmio por empréstimo de um ano. No entanto o jogador pode ser chamado no Napoli após o sexto mês. O Grêmio, porém, mantém cláusula especial para Libertadores. Se o clube ainda estiver na competição continental, Vargas tem permanência garantida. Dos cofres gaúchos saíram 1,2 milhões de euros pelo empréstimo. Os salários de Vargas giram em torno de R$ 350 mil mensais. No Grêmio, ele concorrerá por vaga no time titular com Kleber, atualmente lesionado. A inscrição na Pré-Libertadores está praticamente descartada pela burocracia necessária. Para disputar a Libertadores, o atacante chileno de 23 anos depende da classificação do time tricolor, contra LDU.(espn.br)


Esporte

JD

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

A7

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Principais lutas do UFC SP

Daniel Sarafian é o único representante paulistano no UFC São Paulo

São Paulo recebe UFC com apenas um representante e toma goleada do Rio Dos 15 lutadores brasileiros do UFC São Paulo, quatro nasceram no Rio, e dois destes ainda usam a capital carioca como local de treinosbrasileiro

P

ela primeira vez desde 1998, a cidade de São Paulo receberá um evento do UFC. Mas a representação da capital paulista na lista de lutadores que irão subir ao octógono sábado à noite no ginásio do Ibirapuera é mínima. O único paulistano de nascimento é o estreante Daniel Sarafian. Já o Rio de Janeiro mostra mais tradição no MMA ao emplacar um número bem maior de representantes. Dos 15 lutadores brasileiros do UFC São Paulo, quatro nasceram no Rio, e dois destes ainda usam a capital carioca como local de treinos. Outros cinco não são cariocas, mas adotaram a capital fluminense como sede da preparação. O card ainda conta com o paulista Wagner Caldeirão,

que nasceu em Campinas, mas luta do Rio de Janeiro. Já Lucas Mineiro, natural de Montes Claros, treina na filial paulista da Chute Boxe. Assim, o único representante paulistano será mesmo Daniel Sarafian, que treina em São Paulo e admite que seria bom contar com outros conterrâneos no evento. “Acho que poderia ter mais, sim. São Paulo é uma cidade que tem ótimos lutadores, e então acho que poderia ter outros. Mas isso não vai afetar nada em relação ao público e à mídia. Pelo menos estou eu aqui,

vestindo forte a camisa da cidade e do país”, comentou Sarafian. “Mesmo assim, acho que poderia ter mais lutadores, porque assim eu estaria feliz pelos meus amigos. Mas, já que não foi dessa vez, espero

que em outra oportunidade eles tenham o momento deles”, encerrou o lutador paulistano, que fará a sua estreia no UFC contra o norte-americano C.B. Dollaway na penúltima luta do card principal. (uol)

Filhos dos campeões do tetra tentam sair da sombra dos pais

N

as quartas de final da Copa de 1994, contra a Holanda, Bebeto fez um gol que teve uma comemoração que entrou para a história. Como se embalasse um bebê, o atacante homenageou o filho Mattheus. Quase 20 anos depois, Mattheus é só um dos muitos filhos dos heróis do tetra que tenta seguir a profissão do pais. Além de Bebeto, Cafu, Ricardo Rocha, Branco, Mazinho e Romário foram imitados pelos filhos na hora de escolher a profissão. Só que a maioria dos rebentos dos atletas que tiraram o Brasil da fila nas Copas não repete o mesmo sucesso do pai. Mattheus chegou ao time profissional do Flamengo com fama de goleador. Mas, em 2012, seu primeiro ano no time, passou em branco. Agora, para 2013, não está cotado para o time titular.

Romarinho, o filho, claro, de Romário, também começou em time grande. Mas, com desempenho modesto, além de brigas de seu pai com o presidente Roberto Dinamite, acabou fora do Vasco. Agora, tenta um recomeço no Brasiliense no modesto campeonato da capital federal. O filho do zagueiro Ricardo Rocha, outro que joga com o nome do pai no diminutivo, até que é elogiado no seu time. Mas ele joga num país onde o futebol é precário: Malta. Wellington, filho do lateral direito Cafu, não repetiu a posição do pai. Preferiu ser atacante. No futebol brasileiro, tentou a sorte no Grêmio Osasco, em 2011. Foi pouco notado, e apareceu de novo na despedida do goleiro Marcos, no final do ano passado, quando ficou no banco de um dos times do jogo festivo. Stéfano, segundo

Romarinho Agora, tenta um recomeço no Brasiliense no modesto campeonato da capital federal

Branco, seu pai, foi gerado durante a Copa de 1994. Também tentou os primeiros passos no Vasco e ainda engatinha na profissão.

O meia Mazinho foi um dos que participu da célebre comemoração de Bebeto. E, no seu caso, os filhos têm muito mais

sucesso. Thiago e Rafinha foram formados no todo poderoso Barcelona. O primeiro tem chances regularmente no time titular.

O segundo também está no radar da equipe principal catalã, e hoje defende a seleção brasileira no Sul-Americanos. (uol).

Remo lidera o Parazão 2013 e São Francisco é a grande “surpresa”

O

Campeonato Paraense 2013 promete ser um dos mais difíceis dos últimos anos. Já foram disputadas duas rodadas, apenas o Clube do Remo tem 100% de aproveitamento e foi único time a vencer por uma diferença de dois gols. Até aqui, o Parazão teve apenas 14 gols marcados, com média de 1,75 gol por jogo. O Remo lidera o Estadual de forma isolada, com 6 pontos. Apesar de ainda não empolgar na parte téc-

nica e tática, o Leão vai se destacando pela garra e disposição dos jogadores comandados por Flávio Araújo. O atacante Val Barreto, reserva, vai ganhando a confiança da torcida após o golaço marcado contra o Santa Cruz. Diante da Tuna, mais uma vez o “Valotelli” deixou sua marca e é um dos artilheiros do torneio. Já o Paysandu, segundo colocado com quatro pontos, espera evoluir ao longo da competição com os reforços contratados, exem-

plos do lateral-esquerdo Rodrigo Alvim, do meia Eduardo Ramos e do atacante Iarley. A vitória fora de casa, em Paragominas, fez o time bicolor ressurgir novamente como um dos candidatos ao título após o tropeço no estádio da Curuzu, empatando com o São Francisco. Falando em São Francisco, o Leão santareno é a grande surpresa positiva do Campeonato Paraense. Os quatro pontos conquistados até aqui foram em

partidas longe de Santarém. O clube, liderado pelo técnico Osvaldo Monte Alegre, é modesto, sem grande investimento. Porém, com atletas jovens, velozes, dedicados, conhecedores da realidade do torneio. Ricardinho, Caçula, Boquinha e Jeferson são o grande “esteio” da equipe de Santarém. Após uma vitória fora de casa, o Paragominas decepcionou o seu torcedor, perdendo para o Paysandu. Apesar de mostrar um bom fute-

bol, o Jacaré pecou nas finalizações e acabou sendo dominado pelo bicolor. Com três pontos, Fran Costa agora tem a missão de não deixar a “peteca cair”, já que novamente vai atuar em seus domínios. Nas últimas colocações estão Águia de Marabá, Cametá, Tuna Luso e Santa Cruz, nessa ordem. O Azulão marabaense, que investiu de maneira tímida para o Parazão, garante ganhar fôlego nos próximos jogos. Enquanto isso, o Cametá,

atual campeão do Estadual, só conseguiu um ponto. Com a mesma pontuação, a Tuna ainda promete surpreender. Apesar de ainda não vencer, a Lusa manteve a média de boas atuações. Por fim, a decepção vem sendo o Santa Cruz, um dos clubes que mais investiu para o campeonato, mas que não está conseguindo colocar em jogo o bom futebol de jogadores como Rayro, Mael, Flamel, Ratinho e Fábio Oliveira. (remo100porcento.com)


Sociedade

Aline Lima alinelima@jdia.com.br

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

Mensagem do Dia “A vida é demasiado curta para que desperdicemos uma parte preciosa a fingirmos”. Alfred de Vigny

Juiz Marconi Pimenta

Presidente da Associação Atlética Banco do Brasil (A ABB) Max Andrade

Consultora de vendas Evellyne Santos

Dj Clay Barros

Repórteres Worchiele, Carolina e Simone Guimarães

Sarah Lotfi aproveitando Florença

Antônio Barreto

FIQUE LIGADO!!! No mês de janeiro você confere o programa balada fashion retro com as principais matérias de 2012. Todos os sábados ás 18:40 e reprise aos domingos às 13h. Contamos com sua audiência!!! Adail Jr e Ingrid

Nataly Uchôa


CadernoB

DiaDia

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

Projeto tenta combater o alto índice de trotes para Centro Integrado de Operações Por dia, o Centro Integrado de Operações registra cerca de 400 trotes, causando um transtorno enorme para a sociedade MÔNICA COSTA Da Redação

P

or dia, o Centro Integrado de Operações de Defesa Social do Estado do Amapá (CIODES) registra uma média de 400 trotes, deixando os órgãos de segurança pública em estado de alerta redobrado. A brincadeira irresponsável e sem graça atrapalha o serviço dos agentes policias que têm a missão de salvar pessoas em risco vida. O projeto Alozinho que é realizado nas escolas pelos militares, tenta diminuir os números de ligações falsas. Hoje (19), será a vez dos alunos da Escola Delsolina Sales Farias no bairro do pacoval participarem do projeto. De acordo com o tenente Lopes, no ano de 2011 foram registrados 90. 860 telefonemas com informações não verdadeiras. Já em 2012 as ocorrências com trotes aumentaram para 149. 556, isto é, 12.463 por mês, totalizando 410 chamadas por dia. “Os trotes telefônicos continuam alarmantes em 2013 e a maioria das ligações que a instituição recebe é rea-

lizada por adolescentes entre 10 a 16 anos de idade”, destacou o tenente. Com o objetivo de combater o acionamento indevido dos serviços telefônicos de atendimento de urgência e emergência 190 e 193, o Projeto Alozinho é realizado nas escolas públicas. O projeto é acompanhado pelo 2º Ten BM Lopes, baseado na lei nº 1551 de 06 de julho de 2011, também chamada de Lei Patricia Gonçalves Façanha. A criação da lei foi motivada em decorrência da tragédia ocorrida em 2006 quando por causa de um trote, o trem de socorro foi acionado e neste deslocamento ocorreu um acidente onde a vida da jovem bombeira Façanha foi morta. Segundo o tenente, durante a semana, as ações do programa acontecem por meio de palestras, campanhas educativas e outras ferramentas que resultem na sensibilização da população quanto à importância dos serviços prestados pelo Ciodes. No sábado é o dia dos os adolescentes conhecerem o funcionamento da instituição.

CELIANE FREITAS

De acordo com o tenente Lopes, no ano de 2011 foram registrados 90. 860 telefonemas com informações não verdadeiras.

No Ciodes, cotidianamente dezenas de agentes policiais ficam aguardando as chamadas e monitorando todas as viaturas do município de Santana e da capital ama-

paense. Há uma integração entre quatro instituições de segurança pública; a Policia Militar, Corpo de Bombeiro, Policia Técnica e a Policia Civil no mesmo lo-

Governo define com prefeitos gestão sustentável para os municípios

R

eunida com dez prefeitos e dois diretores do Projeto Ekkos, a governadora em exercício, Dora Nascimento, definiu a adesão dos municípios amapaenses ao modelo de Cidades Sustáveis. A reunião, no Palácio do Setentrião, selou a carta-protocolo que havia sido assinada pelo Executivo em outubro passado. Com a decisão, Amapá e Goiás são os primeiros estados da Federação a definir como prioridade projetos que conciliam o desenvolvimento econômico com a preservação do meio ambiente. Precedida de um documentário sobre a consolidação de experiências do Projeto Cidades Sustentáveis - que nasceu na Dinamarca -, os diretores da ONG explicaram que o modelo de gestão sustentável foi evidenciado pela primeira vez na Eco 92 e ratificada na Rio + 20, conferências da ONU realizadas no Rio de Janeiro. Apesar de a Dinamarca ter se consolidado como país símbolo da economia verde, a governadora em exercício Dora Nascimento destacou que “no intervalo entre as duas conferências da ONU, o Amapá foi pioneiro nesse tipo de projeto. O consultor Eduardo Pichitelli disse que “o Amapá tem muitas potencialidades e até vantagens para implantar ações de sustentabilidade”. Comparado com as cidades paulistas, onde os consultores mantêm sua base, o Amapá alia a preservação histórica de sua floresta nativa com o início de um novo ciclo de desenvolvimento. “Se em 1992 havia apenas linhas conceituais, hoje existe a consciência mundial de que não se trata apenas de preservar o meio ambiente, mas estabelecer um padrão de desenvolvimento que garanta a preservação da raça humana”, acentuou João Gabriel. Usinas de carbonização O principal foco da reu-

nião foi a destinação final do lixo urbano. Os consultores apresentaram a proposta de instalação de usinas de carbonização dos resíduos sólidos. Trocando em miúdos: o lixo será carbonizado e transformado em matérias-primas rentáveis para a indústria sem qualquer custo para os municípios. Segundo o modelo apresentado, as instalações industriais poderão ser implantadas por empresas privadas com a contrapartida dos municípios. As prefeituras entrariam com a doação de áreas, verba de custeio para processamento dos resíduos, destinação dos resíduos e concessão administrativa para exploração do serviço por um período de 30 anos. Os benefícios da usina de carbonização são a geração de 120 empregos diretos, nenhuma contaminação do lençol freático, redução dos gastos com saúde pública e aumento da arrecadação tributária e dos repasses das cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPE). Retorno financeiro Em termos financeiros, o investimento das empresas seria de aproximadamente R$ 30 milhões. No entanto, no período de um ano e meio, quando a usina de carbonização entrar em R$ 5.086.080,00 chegando, com despesas diversas, a uma receita líquida de R$ 2.322.060,00. Entusiasta do projeto, a governadora em exercício Dora Nascimento resumiu: “Além dos lucros da iniciativa privada, teremos um salto de qualidade com a melhoria do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) dos nossos municípios”. O modelo de usina de carbonização apresentado para populações de até 650 mil habitantes é perfeitamente adequado à formação de consórcios entre os municípios Macapá, Santana e Mazagão.

cal de atendimento. Nas telas dos monitores que são supervisionados pelos militares especializados, as chamadas de cor vermelha identificam que são emergênciais, e inúmeras

vezes, as viaturas se deslocam ao local, e se deparam com um trote e ao mesmo instante, chega causar a morte de quem realmente aguarda do atendimento emergencial. CELIANE FREITAS

Segundo familiares da vítima, há cerca de quatro meses, Renato teria tido uma discussão com um indivíduo conhecido como “Dragão”, durante uma festa.

Peixeiro é assassinado a tiros em Santana

F

oi por volta das 7h de ontem (18) que o vendedor de peixes Renato da Costa Lima, de 27 anos, mas conhecido como “China”, foi assassinado com dois tiros na cabeça. O fato aconteceu na rodovia Salvador Diniz, no Igarapé da Fortaleza, no município de Santana. De acordo com informações da assessoria de comunicação do 4º Batalhão da Polícia Militar (PM), o crime teria sido pratica por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta. Os mesmo abordaram a vítima momento em que ela chegava ao seu local de trabalho. Conforme os relatos de testemunhas, o garupa desceu e efetuou os disparos a queima-roupa, e logo em seguida fugiu com o comparsa. China chegou a ser socorrido por populares ao pronto Socorro daquele município. Mas morreu antes de

chegar naquela casa de saúde. Segundo familiares da vítima, há cerca de quatro meses, Renato teria tido uma discussão com um indivíduo conhecido como “Dragão”, durante uma festa. O homem saiu do local e retornou logo depois com uma arma de fogo. Porém não encontrou o rival, que já havia deixado o local. Mas prometeu que iria acertar as contas. Um irmão de Renato disse à polícia que acredita que Donizete Brito Barbosa, o Dragão, seja o autor do assassinato. De acordo com o sistema da Justiça, Donizete é foragido do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), onde cumpre pena pelo crime de homicídio, e está sendo procurado pela Justiça. Ele também é acusado de uma morte ocorrida dentro do presídio.

Um irmão de Renato disse à polícia que acredita que Donizete Brito Barbosa, o Dragão, seja o autor do assassinato


Geral

JD

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Disputa pela Federação das Industrias tem chapa única hoje A federação, presidida pela Junta Governativa, elege nova presidência hoje, dia 19. O detalhe é que apenas uma chapa está inscrita

A

Federação das Indústrias do Estado do Amapá (Fieap) realiza hoje a eleição que irá definir a nova presidência da entidade. Prevista para ocorrer entre as 8 e 14 horas no prédio da Federação, a eleição tem apenas uma chapa inscrita, a “Legalidade e Justiça”, liderada por Jozy Rocha e por Ivan Tundelo, presidente do Sindicato das Industrias de Joalheria e Ourivesaria do Estado do Amapá (Sinjap) e presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e de Material Elétrico do Amapá (Simeap), respectivamente. Sobre a eleição, Ivan Tundelo afirmou que tudo deverá ocorrer dentro dos parâmetros legais e institucionais, além de ressaltar a responsabilidade e o dever que a presidência da Fieap tem em promover ações que desenvolvam o setor industrial do Estado. “Sabemos que os desafios são grandes, mas estamos preparados para colocar o sistema Fieap voltado para o setor das indústrias no Amapá. Essa é a nossa missão e é isso que queremos: ser parceiros do setor industrial e dos industriais, do governo municipal e do estadual”, frisou. Ao todo são 20 sindicatos filiados à Fieap. Cada um, que possui um titular e um suplente, deverá dar somente um voto na hora da eleição. Qualificação e empreendedorismo A valorização do pequeno empreendedor e a

CELIANE FREITAS

qualificação da mão de obra também são metas da chapa vice-liderada por Tundelo. “A administração anterior não deu atenção para os pequenos empreendedores, que por conta disso continuaram pequenos. Da mesma forma, a mão de obra qualificada continua sendo um gargalo no Estado. Tam-

bém estaremos trabalhando em cima desses dois pontos”, disse. Outra chapa Havia a possibilidade de outra chapa concorrer à eleição da Federação. Esta seria liderada por Hidelgard Gurgel, que há algumas semanas era ator principal da novela de

disputa da presidência da Fieap com a Junta Governativa. Hidelgard, depois de toda a confusão, decidiu por retirar o nome da sua chapa e não concorrer às eleições. Um dos motivos apontados é que a chapa por ele liderada não teria votos suficientes para ser eleita. (Gabriel Fagundes)

Prodap e Secretaria da Receita Estadual vistoriam obras da banda larga em Caiena

P

ara cumprir calendário de inspeção nos trechos onde estão sendo executados os serviços da instalação da banda larga no Amapá, o Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap) esteve mais uma vez na BR-156 para vistoria dos cabos de fibra ótica. Após verificação dos atuais trechos em andamento (Calçoene/Oiapoque), a visita seguiu para Caiena. Acompanhado de representantes da Secretaria da Receita Estadual (SRE) e Oi, o presidente do Prodap, José Alípio Junior, se deslocou até a capital da Guiana Francesa, onde foi recebido por representantes da Guyacom, empresa guianense responsável pela execução das obras no trecho Caiena/Saint-Georges. Além da visita às obras, a comitiva brasileira reuniu com importantes representantes da Guiana Francesa para tratar do andamento das obras no trecho francês. Como resultado, os representantes do Governo do Amapá garantiram a celeridade das obras, que vão de Caiena a Saint-Georges, por meio de um acordo com a equipe do Conselho Regional da Guiana Francesa, através do suporte do Consulado do Brasil na Guiana Francesa e da Guyacom. Enquanto no Brasil as obras da instalação de fibra ótica ocorrem via posteamento, em território francês elas são

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com ACOSTUMADA A PRAZO A Procurador Gerald e Justiça, promotora Ivana Cei, acaba de dar cinco dias para que um partido político preste informações sobre providências adotadas no âmbito do partido. O ofício é do dia 9 de janeiro e o contido naquele documento, no âmbito partidário foi considerada abusivo e absolutamente sem sentido o que levou os dirigentes do partido a analisar o que estaria motivando a procuradora a tentar imiscuir-se em um assunto de interesse exclusivo do partido. CANAL DA MENDONÇA JÚNIOR Os moradores das vias que contornam o Canal da Mendonça Júnior esperaram, pacientemente, terminar o ano para entender qual a verdadeira disposição do secretário de Estado Joel Banha. No começo do ano passado ele afirmou que o canal não teria a obra continuada por causa da falta de previsão no orçamento e que, em 2013, seriam colocados recurso no orçamento para que a obra fosse concluída. O ano de 2013 começou e, até agora nenhuma notícia, nenhuma informação.

Havia a possibilidade de outra chapa concorrer à eleição da Federação. Esta seria liderada por Hidelgard Gurgel, que há algumas semanas era ator principal da novela de disputa da presidência da Fieap com a Junta Governativa.

CELIANE FREITAS

B2

PREÇO Está sendo feito um levanto sobre o preço de obras que estão sendo executadas pelo Governo do Estado. Serão analisados os preços iniciais e o preço final e o cumprimento da legislação referente ao assunto. Os 10 primeiros contratos analisados, dos quais 4 com termo de recebimento assinado e autorização de pagamento da última parcela em fase de processamento, mostram que a lei não foi cumprida, pelo menos as justificativas não estão claras nos processos. “OBRAS DE IGREJA” “Obras de Igreja” era um jargão popular, muito repetido durante muito tempo e que agora está perdendo o significado. Combina mais com “obras de governo”. O jargão era aplicado para obras que demoram demais para terminar ou que “nuca” termina. O Governo do Amapá algumas dela que podem ser simbólicas

como, por exemplo: A reforma do Estádio Estadual Milton de Souza Correa, o Zerão, a construção do prédio da Escola de Música Walquíria Lima, o reforma do Segundo Píer do Bairro Santa Inês, entre tantas outras. ELEIÇÃO Estão frenéticas as conversações para as composições partidárias, em coligação, para participar das eleições suplementares que serão realizadas no dia 31 de março no Município de Pedra Branca do Amapari. Com a necessidade de repetir-se a eleição para prefeito e vice-prefeito do município, devido o número de votos válidos não ter alcançado 50% do comparecimento eleitoral, a eleição ali vai ter que ser repetida. SUICÍDIO O ano de 2012 fechou tendo sido registrados 43 suicídios no Estado, ou seja, pouco mais de 7 suicídios por bimestre. Como no ano de 2011 foram registrados 45 suicídios durante o ano, tecnicamente se conclui que houve, na prática a manutenção do índice, informação que começou a preocupar a sociedade local que começou a exigir maior atenção para o caso. Até agora, entretanto, sem qualquer resposta. MARCADOR DE SOFRIMENTO Em 97% dos casos, segundo vários estudos, o suicídio é um marcador de sofrimento psíquico ou de transtornos psiquiátricos. Em ambos são necessários profissionais de saúde treinados para detectar e tratar adequadamente o paciente durante uma passagem hospitalar, mesmo que essa se efetue por outras razões, como alguém que foi internado por acidente de trânsito, por exemplo. FECHAMENTO DE EMPRESA A empresa responsável pela extração do caulim na região do Jari, comum aos estados do Amapá e do Pará, resolver suspender as suas atividades por uma ano e dispensar mais de 6 mil trabalhadores que atuavam na empresa.

Projeto abre acesso ao Prouni a alunos de escolas particulares

E

Além da visita às obras, a comitiva brasileira reuniu com importantes representantes da Guiana Francesa para tratar do andamento das obras no trecho francês.

executadas de forma subterrânea por conta da legislação daquele país. Com isso, os serviços ocorrem em um ritmo menor em relação aos trabalhos que estão sendo executados no Brasil. De acordo com Alípio Junior, o projeto de trazer banda larga para o Amapá é complexo e extenso

e está sendo executado com várias frentes de trabalho. Além do Governo do Amapá, a obra envolve a ação de inúmeras instituições estaduais, federais, além de ter caráter binacional, com participação da Guiana Francesa. As discussões ainda contam com decisões do Conselho de Caciques e

inúmeras organizações não-governamentais indígenas. Na próxima semana, o Prodap reunirá com o Grupo de Trabalho da Banda Larga para deliberação sobre o andamento das obras, ponderação dos serviços executados e as próximas etapas para o avanço das tarefas.

studantes pobres que, mesmo sem bolsa integral, tenham estudado em escolas privadas podem passar a ter direito de participar do Prouni. É o que sugere projeto que altera dispositivo da Lei 11.096, de 13 de janeiro de 2005, que Institui o Programa Universidade para Todos (Prouni), para permitir o acesso a estudantes de baixa renda que tenham cursado o ensino médio em instituições privadas. Pelas regras vigentes, para participar do Prouni, o candidato não pode ultrapassar a renda de três salários mínimos por integrante da família, além de ter estudado o ensino médio em escolas públicas ou em instituições particulares com bolsa integral. Nesta quinta-feira (17), o programa abriu as inscrições de 2013 para mais de 144 mil vagas. A proposta do PLS (159/2012), do senador Fernando Collor (PTB-AL), é garantir acesso ao programa também a estudantes de baixa renda que, “em função da falta de escola pública, ou de sua falta de qualidade, com esforço de suas famílias, ajuda de benfeitores, ou outra circunstância qualquer, em algum momento, e por algum período conseguem buscar na escola particular a educação de qualidade que o Estado não lhes proporciona”. No texto, Collor defende a “correção de uma injustiça” que seria “negar a uma parcela de brasileiros

o acesso a um bem público”. Para o senador, democratizar o ingresso da população de baixa renda ao ensino superior é ampliar os critérios de concessão do benefício permitindo a inclusão desses estudantes. Rejeição Em sua análise, a relatora da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE), avaliou que o programa é uma “política de valorização da escola pública”, uma vez que quase 90% dos alunos matriculados no ensino médio estão vinculados a essas instituições. Por isso, considerou que a proposta “aniquila o principal elemento indutor de melhoria da escola pública de educação básica presente no Prouni”. A senadora concluiu pela rejeição do projeto, que está em condições de ser incluído em pauta. A decisão na CE tem caráter terminativo. Fies O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é mais uma alternativa para alunos de baixa renda que fazem curso superior. Para candidatar-se ao Fies os estudantes devem estar regularmente matriculados em instituições de ensino não gratuitas cadastradas. É um programa de crédito, ao final da graduação o aluno terá de pagar o valor financiado com juros de 3,4% ao ano. (Agência Senado)


Geral

JD

Acusado estupro é preso e reconhecido pela vítima

Mesmo transtornada psicologicamente, a vítima conseguiu anotar a placa do veículo e acionou a polícia ELEN COSTA Da Redação

F

oi por volta das 19h30 de ontem (17) que uma equipe de policias militares conseguiram efetuar a prisão de José Maria Farias Vieira, de 48 anos. Ele é acusado de ter estuprado uma jovem de 19 anos de idade. O crime teria acontecido na última sexta-feira (11). A mulher relatou a delegada Elza Nogueira, titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), que no dia do fato havia deixado o local onde trabalha como garçonete no bairro Santa Rita, e por volta das 4h30 pegou um mototaxi clandestino, pedindo que o mesmo seguisse para o bairro Jardim Felicidade, na Zona Norte da cidade. Ao chegar próximo a Ponte Sérgio Arruda, no bairro São Lázaro, o homem acelerou a motocicleta e desviou o caminho. Ela levou a jovem para baixo da ponte onde a ameaçou e praticou o crime. Depois de ter abusado sexualmente da vítima, o acusado foi embora levando dinheiro e pertences de valores da mesma e a deixando sozinha no local. Mesmo transtornada psicologicamente E.L.A.P conseguiu anotar a placa do veículo e acionou a polícia. O mototaxista foi localizado. Porém conseguiu escapar do cerco policial. A vítima foi conduzida a especializada e

Uma equipe de policias militares conseguiram efetuar a prisão de José Maria Farias Vieira, de 48 anos. Ele é acusado de ter estuprado uma jovem de 19 anos de idade.

dela encaminhada a Polícia Técnico-Científica (Politec) para exames de conjunção carnal, cujos laudos foram positivos. De posse das informações, os militares continuaram as buscas pelo suspeito. José Maria foi localizado em sua residência, no bairro Cidade Nova I. Na delegacia o acusado negou o crime. Mas foi reconhecido pela jovem, que foi taxativa em afirmar que ele era o autor do estupro. José Maria prestou depoimento acompanhado

Mesmo transtornada psicologicamente E.L.A.P conseguiu anotar a placa do veículo e acionou a polícia.

de seu advogado e não quis falar com a imprensa. Ele foi indiciado nos crimes estupro e roubo. A delegada disse que pedirá ainda hoje a prisão preventiva do acusado à Justiça. Reincidência Não é a primeira vez que José Maria tem problemas com a polícia. Em 2006 ele matou e degolou em um motel na Zona Sul de Macapá uma jovem de 17 anos com quem tinha em relacionamento extraconjugal. Na época ele foi

Liesap promove seminário de aprimoramento a julgadores do carnaval

Seed prorroga processo seletivo para contratação de professores horistas

O

processo de entrega de documentação da prova de títulos para contratação de professores horistas para suprir a carência existente na educação profissional no Estado foi prorrogado até segunda-feira (21). As inscrições estão sendo realizadas no Centro de Cultura Francesa Franco Amapaense, no horário das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30. Serão disponibilizadas 418 vagas e o candidato poderá se inscrever em até três componentes curriculares para lecionar. Documentação necessária: Curriculum Vitae; CPF; RG; Comprovante de residência; documentos comprobatórios da Formação Profissional autenticados em cartó-

rio (Diploma ou Certificado, Histórico da Graduação e/ou Especialização); documentos comprobatórios de cursos realizados na área de atuação (extensão, aperfeiçoamento, atualização, formação continuada, dentre outros cuja carga horária mínima seja de 40h); declaração de experiência profissional da docência; declaração de Desempenho Funcional; declaração de disponibilidade de carga horária semanal e turno (elaborada pelo próprio candidato); 1 Foto 3x4 (recente); documento de validação de cursos acompanhando o Diploma e Histórico Escolar, quando se tratar de formação realizada no exterior.

U

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Polícia caça assassino de trabalhador

A

polícia está a procura de um homem identificado como Donizete Brito Barbosa, principal acusado de ter cometido um assassinato na manhã de ontem no Igarapé da Fortaleza. De acordo com informações da polícia, ele está sendo acusado de ter assassinado o vendedor de peixes Renato Costa Lima, de 27 anos, assassinado por volta das 7h da manhã de ontem com dois tiros na cabeça. China, como era conhecido, foi assassinado quando tinha acabado de chegar ao local onde vendia peixe, às margens da rodovia Salvador Diniz quando dois homens chegaram numa motocicleta. O criminosos que estava na garupa desceu e efetuou os disparos. Segundo informações de testemunhas, foram feitos 3 disparos sendo que 2 atingiram a cabeça de Renato. Ele ainda chegou a

ser socorrido por populares e levado ao Hospital de Emergências de Santana, mas já chegou morto naquela casa de saúde. Um irmão da vítima informou que Renato teve, há uns 4 meses atrás, uma discussão com um indivíduo numa festa. Este rapaz, Donizete, saiu do local e retornou minutos depois com uma arma, mas seu irmão já tinha retornado pra sua casa. Ele ameaçou matar Renato caso o encontrasse. Donizete mais conhecido como “Dragão, está foragido do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) onde cumpria pena por homicídio. Segundo os autos ele ainda cometeu outro homicídio dentro do presídio. A polícia pede a quem souber de qualquer informação que possa levar ao criminoso que a pessoa ligue para o 190 que terá a identidade preservada.

preso em flagrante e encaminhado ao Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), onde ficou aguardando o julgamento. Depois de condenado, ele cumpriu parte da pena e estava em liberdade condicional. A delegada Elza Nogueira acredita que José Maria seja o autor de outros crimes semelhantes. Ela pede que mulheres que possam ter sido vítimas dele, procurem a DECCM para fazer o reconhecimento do mesmo.

A vítima foi conduzida a especializada e dela encaminhada a Politec para exames de conjunção carnal, cujos laudos foram positivos.

m julgamento justo para a escolha da escola de samba campeã do Carnaval/2013 é o que pretende a Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (Liesap) com a realização do Seminário “A Arte de Julgar” que iniciou na tarde de quinta-feira (17), no auditório do Sebrae. Candidatos a julgadores, carnavalescos e conselheiros das agremiações carnavalescas, além da diretoria de desfiles da Liga formam o público alvo do evento. Os discursos de abertura do presidente da Liesap, Luiz Mota, do diretor superintendente do Sebrae/Ap, João Carlos Alvarenga, e do diretor de Carnaval da Liesap, Elton Jucá, foram unânimes em destacar a responsabilidade dos julgadores e a necessidade de serem justos nas suas avaliações. “O Seminário é para dar as informações necessárias para que os jurados possam ter critérios na

B3

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

hora de avaliar os desfiles”, disse o presidente da Liga. O juiz Marconi Pimenta fez a palestra tema do evento, A Arte de Julgar, abordando os vários aspectos de um julgamento de maneira descontraída e bem humorada que agradou ao público presente. O carnavalesco Carlos Peru e o músico Miquéias Reis fizeram as palestras seguintes abordando os aspectos técnicos dos quesitos enredo e samba de enredo e bateria, respectivamente. O seminário teve sequência ontem (18), com a participação dos jornalistas Heraldo Almeida, compositor e coreógrafo, e Rostan Martins, doutor em Comunicação e Semiótica. Os quesitos abordados, respectivamente, foram Comissão de Frente e Fantasias, Alegorias e adereços. No sábado, Heraldo orienta sobre Mestre Sala e Porta Bandeira, Evolução e Harmonia.

Donizete mais conhecido como “Dragão, está foragido do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) onde cumpria pena por homicídio.

Governadora em exercício faz visita técnica às obras da Escola Augusto dos Anjos

A

companhada dos secretários de Estado da Infraestrutura, Joel Banha; da Educação (interina), Elda Gomes de Araújo; e do chefe do Gabinete Civil do Palácio do Governo, Délcio Magalhães, a governadora em exercício, Dora Nascimento, fez uma visita técnica na manhã desta sexta-feira, 18, às obras de construção da nova Escola Estadual Augusto dos Anjos, localizada na esquina da Rua Eliezer Levy com a Avenida Marcílio Dias, no bairro do Laguinho. Dora Nascimento foi ver de perto como estão os trabalhos que entram na fase de conclusão, uma vez que a escola já vai receber os cerca de dois mil alunos que serão matriculados para o ano letivo de 2013 nos três turnos. “Nossa maior preocupação é com os alunos, que hoje estão estudando de maneira improvisada no Centro Asa Aberta, aqui no bairro Pacoval, e graças a Deus eles já vão

começar o ano letivo estudando numa escola de qualidade e com todo o conforto necessário”, afirmou. A governadora e equipe visitaram todas as dependências da escola e ficaram admirados com o design arrojado da obra que está 98% concluída, faltando apenas os chamados “arremates” nos banheiros, vestiários da quadra poliesportiva e no jardim. Na ocasião, a secretária de Educação confirmou que uma das novidades na escola para o ano letivo de 2013 será a inclusão do Ensino Médio, que vai atender alunos não só do bairro do Laguinho como também os adjacentes. “Teremos ainda outras novidades para essa escola e isso já estamos discutindo com nossa equipe técnica, até pelo fato dessa ser umas das mais belas escolas do Estado construídas pelo atual governo”, acrescentou Elda Araújo.


DiaDia

JD

B4

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Prefeito de Macapá pede apoio ao Ministério Público para as situações emergenciais Além dos problemas circunstanciais de Macapá, Clécio relatou inúmeras irregularidades encontradas

O

procurador-geral de Justiça em exercício do Ministério Público Estadual, Márcio Alves, reuniu com o senador Randolfe Rodrigues, o prefeito de Macapá, Clécio Luís, e vereadores da capital para tomar conhecimento dos principais problemas encontrados pela atual gestão da Prefeitura Municipal de Macapá. Eles trouxeram o relatório sobre a precariedade estrutural da cidade, entre eles: saúde pública, manutenção urbanística, lixo urbano e graves problemas de custeamento do parque zoobotânico.

Além dos problemas circunstanciais de Macapá, Clécio Luís relatou inúmeras irregularidades encontradas na prefeitura, como: fraude na folha de pagamento, unidades de saúde sem funcionamento, ambulâncias e ambulanchas paradas e infraestrutura sem condições de trabalho. “Viemos pedir apoio do Ministério Público para tentar minimizar esses problemas, pois estamos em pequenos passos para conseguirmos restabelecer a contento”, disse o prefeito. O secretário de saúde do município, Anderson Wal-

CELIANE FREITAS

ter, relatou que o sistema de saúde, neste primeiro momento, passa por uma avaliação e, posteriormente, serão definidas ações para solucionar os problemas. “As unidades de saúde estão precárias, postos da zona rural não possuem remédios nem condições de atendimento, além das dívidas com fornecedores, que deixam a situação ainda mais dramática”, acentuou. O procurador de Justiça Márcio Alves reforçou o apoio do MPE ao trabalho da prefeitura de Macapá, e a todas as medidas que se CELIANE FREITAS

O procurador de Justiça Márcio Alves reforçou o apoio do MPE ao trabalho da prefeitura de Macapá, e a todas as medidas que se comprometam com a melhoria da cidade.

Autoridades trouxeram o relatório sobre a precariedade estrutural da cidade, entre eles: saúde pública, manutenção urbanística, lixo urbano e graves problemas de custeamento do parque zoobotânico.

comprometam com a melhoria da cidade. “As denúncias apresentadas pelo prefeito Clécio Luís demonstram que nossa cidade precisa de cuidados e amor. O prefeito tomou a medida correta, pois Macapá precisa passar por um processo de transformação”. “Falar das calamidades nas quais o município se encontra é um alerta para todos nós que moramos aqui. Os problemas são visíveis, basta andar pelas ruas.

Feira do agricultor está em total abandono no bairro do Pacoval A feira do agricultor localizada no bairro do Pacoval se encontra em total abandono pelo poder público. Os agricultores que trabalham com a comercialização de frutas e verduras, peixes e outros tipos de alimentos pedem mais atenção na preservação do ambiente. De acordo com os feirantes que trabalham próximo ao local, a feira do agricultor há anos não passa por uma limpeza. Segundo eles, os feirantes

que vêm trabalhar que tentam amenizar a sujeira no local, aonde vendem os produtos. A feira funciona duas vezes por semana, na terça e sexta-feira a partir de 06 horas da manhã e vai até as 20 horas. No local são encontradas paredes pichadas por vândalos, restos de frutas, folhas, garrafas pet, copos descartáveis, sem falar que o lixo que está jogado no local gera a proliferação do mosquito da dengue.

CELIANE FREITAS

No local são encontradas paredes pichadas por vândalos, restos de frutas, folhas, garrafas pet, copos descartáveis.

Carnaval do Povo marca os 243 anos de Mazagão Velho O Carnaval do Povo, da Banda Placa, marca o ponto alto dos festejos dos 243 anos da Vila de Mazagão Velho, comemorados na próxima quarta-feira (23). O evento faz parte do calendário oficial do carnaval. Antes da apresentação da banda, atrações locais, como grupos de capoeira, Batuque e Marabaixo. Este ano, a Placa completa 30 anos e grande parte dessa história foi escrita em Mazagão Velho. O Carnaval do Povo, cuja primeira apresentação acontece neste sábado, 19, no Igarapé da Fortaleza, é um evento organizado há quase vinte anos pela banda liderada pelo músico Carlos Augusto, o “Carlitão”. De acordo com ele, “o apoio é decisivo para a realização de um carnaval verdadeiramente democrático para a população”. O Carnaval do Povo ainda deve percorrer diversos pontos do Amapá e a apresentação principal acontece na Praça Beira-Rio, na terça-feira de

Carnaval, após a passagem do bloco de sujo A Banda.

Solenidade cívico-militar A organização e a comunidade local preparam programação especial para comemorar os 243 anos da Vila de Mazagão Velho, que acontecerá na próxima quarta-feira. Estão previstas solenidades religiosa, cívica e militar. A programação inicia no domingo, 20, com shows e apresentações artísticas no balneário às margens do Rio Mutuacá. No dia 23, pela manhã, será celebrada missa campal em frente ao cemitério, onde foi construído um mausoléu em homenagem aos primeiros habitantes do lugar; em seguida, formatura do Exército Brasileiro, quando o pelotão de Infantaria do 34º Batalhão de Infantaria de Selva (34º BIS) presta salva de tiros, uma forma dos militares de homenagear os primeiros moradores. Após a solenidade, a comitiva oficial deverá visitar

as ruínas da antiga igreja, datada do século 18, onde foram encontradas as ossadas dos primeiros colonizadores. Pela parte da tarde e à noite, as apresentações dos grupos folclóricos e culturais de Mazagão Novo, Mazagão Velho e Carvão encantam o público, num espetáculo de luzes, cores e coreografias, ao som do Batuque, Marabaixo e Sairé. A finalização dos shows fica por conta do tradicional Carnaval do Povo, com a Banda Placa. Da África para o Brasil A Vila de Mazagão Velho guarda um capítulo especial da época do Brasil Colonial: uma cidade foi “transplantada” da África para a Amazônia brasileira. No final do século 18, por volta de 1769, cerca de 160 famílias - aproximadamente 1022 pessoas, entre brancos, índios e escravos - vieram do Marrocos, desembarcando no Amapá, mais precisamente às margens do Rio Mutuacá, na região. Antes do fim da longa jornada de barco,

uma breve parada na cidade de Belém (PA), depois da travessia do Oceano Atlântico. As famílias haviam abandonado a terra natal devido à guerra entre mouros e cristãos, durante a implantação do cristianismo português no Continente Africano. A Vila de Nova Mazagão - hoje Mazagão Velho, a 70 quilômetros da capital, Macapá - foi fundada em 23 de janeiro de 1770, pelo rei de Portugal, Dom José I. Afinal, qual o motivo dessa odisseia? No início do século 16, Portugal e Espanha voltaram as atenções para o Norte da África, onde várias colônias foram instaladas, para pregar o cristianismo e atender ao comércio. Implantar o cristianismo naquelas terras disputadas com os mouros representava um desafio, que aos poucos se tornava inviável. Mesmo o comércio, por diversas ocasiões, era tão arriscado que, em muitas vezes, se cogitou abandonar aquelas colônias. Em meados do século 18, praticamente todas as colônias portuguesas no

É necessário que esse relatório seja entregue a todos os MPs para que haja melhorias em um trabalho conjunto, pois todos nós queremos uma cidade digna”, finalizou Márcio Alves. O procurador de Justiça informou, ainda, que o relatório recebido da PMM será avaliado e analisado para que sejam adotadas as medidas legais cíveis ou criminais. Também estiveram presentes na reunião a subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos,

Estela Sá; procuradora de Justiça Clara Banha; o chefe de Gabinete da PGJ, promotor de Justiça Roberto Alvares; o procurador-geral do município, Emmanuel Dante; os secretários municipais de Finanças (Senfi), Paulo Mendes; de Administração, Franco Souza; o secretário de manutenção urbanística, José Jucá de Mont’Alverne Neto; da Saúde (Sensa), Anderson Walter, e a diretora do Parque Zoobotânico de Macapá, Débora Tomaz. (Com informações do MP)

Renovação Carismática promove a 20ª edição do Carnaval Católico

O

Alegrai-vos no Senhor chega na sua vigésima edição, o evento de massa é promovido pela Renovação Carismática Católica. Acontecerá no Centro Diocesano de Pastorais entre os dias 10 a 12 de fevereiro, das 08h às 17h. No dia 10 será celebrada a Santa Missa de abertura, presidida pelo bispo da Igreja Católica, Dom Pedro José Conti. A programação do retiro de carnaval é aberta para toda a comunidade, gratuitamente. Na ocasião terá momentos de adoração, animação, louvor, música, venda de alimentação, estandes com artigos religiosos, apresentação dos blocos dos grupos e a santa missa. Os pregadores convidados são Dercides Pires da Silva – RCC do Estado de Goiás e Renato Mengi da RCC do Acre. Com o tema “Se Creres, verás a gloria de Deus”, Jo 11,40, o retiro da referencia ao ano da Fé. É o maior evento católico do Estado. E este ano a RCC AMAPÁ esta na expecta-

Norte da África, ou haviam caído em mãos inimigas (Safim, Azamor, Alcacer-Cequer e Arzila) ou haviam sido cedidas politicamente (Ceuta, Tânger). Restara, sob o domínio português, apenas Mazagão, no Marrocos (1514-1769). A intensificação dos conflitos em Marrocos coincidiu com um período em que a política portuguesa buscava ampliar o povoamento das fronteiras de sua colônia americana, garantindo assim as reservas do outro que vinha sendo explorado. Os problemas convergiram para a solução: transplantar para a América a co-

tiva de reunir cerca de 1800 pessoas nos três dias de festa. A RCC Amapá também realiza mais dois retiros em dois municípios do estado, em Santana com o nome “Vem Louvar”, e o Rebanhão no Laranjal do Jarí. O evento religioso tem o objetivo de proporcionar a paz para a comunidade que a cada edição, aumenta mais os números de fiéis. A idéia é que sejam três dias de muita festa e alegria, nos quais pessoas de todas as idades poderão experimentar a alegria, de maneira sadia, segura e descontraída. Carnaval infantil A criançada também vai pular no carnaval, que paralelo ao evento acontece também no Centro Diocesano, o Alegrai-vos Kids, que é o retiro de carnaval para as crianças, com pregações, animação, louvor e brincadeiras. As crianças participarão de um dos momentos do Alegrai-vos no Senhor com uma apresentação. (Mônica Costa) lônia de Marrocos. Construir uma Nova Mazagão na Amazônia. A Nova Mazagão não deveria ser instalada nas proximidades de Belém, deveria ir mais para o Norte, apoiar Macapá na defesa do Canal Norte do Rio das Amazonas (hoje o Amapá). Para os antigos “guerreiros do cristianismo” estava reservada uma nova “missão”: compor a estratégia de defesa da entrada do Amazonas. A Vila Nova de Mazagão, planejada e construída pelo governo português, juntamente com outras vilas, deveria ocupar o território e garantir a soberania portuguesa na Amazônia.


CadernoC

Atualidades

Editora: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

Saiba como escolher um sapato confortável sem abrir mão de estilo Saltos agulha e sapatos de bico fino foram por muito tempo a definição máxima de elegância e imponência. O problema é que, ao final do dia, tanto estilo resultava num pé cansado e até machucado

O

s cuidados com a saúde dos pés sempre estiveram na contramão dos desejos femininos. Saltos agulha e sapatos de bico fino foram por muito tempo a definição máxima de elegância e imponência. O problema é que, ao final do dia, tanto estilo resultava num pé cansado e até machucado. Felizmente, o cenário mudou e hoje já dá para comprar calçados que não agridem os pés nem o visual. É só saber escolher. “Conforto é um conceito muito subjetivo e não necessariamente restrito a calçados flexíveis, macios ou com sistema de amortecimento de última geração”, explica Rafael Barban, especialista do Instituto de Ortopedia do Hospital das Clínicas de São Paulo. De acordo com o médico, o formato, o comprimento e a largura do pé são os critérios a levar em conta na hora de escolher um sapato e o modelo ideal acomoda toda a planta seu no interior. “Sapato confortável é aquele que se usar por um tempo prolongado sem sentir dor”, decreta. Rasteririnhas, por exemplo, tão associadas a visuais leves e descontraídos, podem ser torturantes para mulheres acostumadas ao salto no dia a dia. O uso contínuo de sapato alto encurta a musculatura e os tendões da panturrilha, o que torna quase impossível o uso de um calçado plano sem sofrimento. “Por ter solado fino, as rasteirinhas exigem muito da parte estrutural do pé e tornozelo”, afirma Bernardo Lopes Araújo, do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad. Para as mulheres que não sofrem do encurtamento mencionado e querem se jogar nas rasteirinhas neste verão, o indicado é escolher sandálias com tiras mais largas, para evitar sobrecarga no calcanhar e nas áreas próximas aos dedos. Slippers e Oxfords também são boas opções entre os planos. Por serem fechados, eles protegem

U

O

Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar, com efeito de repercussão geral, se a paternidade socioafetiva prevalece sobre a biológica. A decisão vai orientar as primeira e segunda instâncias da Justiça. No processo, foi requerida a anulação de registro de nascimento feito pelos avós paternos, como se estes fossem os pais, e o reconhecimento da paternidade do pai biológico. Na primeira instância, a ação foi julgada procedente e este entendimento foi mantido pela segunda instância e pelo Superior

Tribunal de Justiça (STJ). No recurso apresentado ao Supremo, os demais herdeiros do pai biológico alegam que a decisão do STJ, ao preferir a realidade biológica, em detrimento da realidade socioafetiva, afronta a Constituição, segundo a qual “a família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado”. O ministro relator Luiz Fux entendeu que o tema é relevante sob os pontos de vista econômico, jurídico e social. Por maioria, os ministros reconheceram a repercussão geral da questão.. (noticias.uol)

TIM avaliará se ainda lança promoção ‘Infinity Day’

A Os cuidados com a saúde dos pés sempre estiveram na contramão dos desejos femininos

mais o pé e continuam em alta nesta temporada. Salto alto: use com moderação Para quem não abre mão de estar nas alturas, aí vai uma boa notícia: o salto alto nem sempre é vilão. O que faz a diferença entre o tolerável e o ruim para a saúde dos pés é justamente a espessura. “Desde que a pessoa não tenha nenhum problema ortopédico, os saltos largos e médios estão liberados, pois permitem uma marcha confortável durante o dia. A distribuição de carga ocorre de forma mais homogênea, evitando a pressão em pontos específicos das solas dos pés, que poderia evoluir para dores e calosidades”, assegura Barban. Por outro lado, os poderosos saltos agulha tornam os passos instáveis, sendo extremamente perigosos para os tornozelos. “Quadril e coluna também são sobrecarregados pela postura de quem usa estes saltos”, afirma Luiz Alberto Nakao Iha, ortopedista pela Universidade Federal de São Paulo. Quanto à altura, Lopes Araújo sugere

bom senso: “a mulher deve ter como referências a dor e a estabilidade: ela não pode se sentir incomodada com o sapato nem ter dificuldade para andar”. Até a largura do próprio sapato deve ser levada em conta, já que o uso contínuo do bico estreito aumenta a chance do aparecimento de joanete, a deformação do osso do dedão. Na lista dos sapatos considerados inofensivos, os sneakers lideram. Eles podem ser calçados a vontade no dia a dia, inclusive por quem passa muitas horas de pé. No entanto, não devem ser usados durante práticas esportivas, porque apesar de se parecem os tênis comuns, estes modelos não são desenvolvidos para absorver tanto impacto. Como comprar o sapato ideal Em síntese, não basta se apaixonar por um modelo na vitrine. Depois do encantamento inicial é fundamental entrar na loja e experimentar cuidadosamente o calçado, para garantir que aquele sonho de consumo não se torne pesadelo. “É importante ob-

servar o acabamento interno, procurando locais que possam gerar atrito indesejado. Andar de um lado para o outro com os dois pés calçados permite avaliar se o amortecimento é suficiente para o tempo de uso diário”, orienta Nakao. O final do dia, quando os pés estão mais inchados, é o momento ideal para ir às compras. Assim não há risco de adquirir um sapato que se tornará incômodo com o passar das horas. Ao provar, não conte com o fato de que o calçado vai ‘lacear’ e só leve para casa se o ajuste for perfeito. “Se a parte da frente do calçado afrouxou, significa que ele já está apertado na região próxima dos dedos, situação que é prejudicial para à saúde”, conclui Barban. No mais, respeite o seu estilo ao se deparar com as tendências da moda. E tenha em mente que de nada adianta fazer bonito no visual se isso for lhe acarretar alguma espécie de sofrimento ao final do dia. Considere que quanto mais confortável você estiver, mais segurança irá transmitir ao desfilar por aí. (mulher.uol)

Postagens no Facebook são mais lembradas que trechos de livros e rostos, diz estudo m estudo feito de forma conjunta pela Universidade da Califórnia e Universidade de Warwick, ambas americanas, revela que em um teste de memória as pessoas lembram mais de postagens feitas no Facebook do que de rostos ou de trechos de livros lidos. A pesquisa foi publicada no periódico “Springer Journal Memory & Cognition”. Chamado de “Major Memory for Microblogs”, a pesquisa informou que atualizações de status do Facebook foram uma vez e meia mais lembrados do que trechos de livros. A diferença é ainda maior no caso de rostos: as postagens na rede foram duas vezes e meia mais recordadas do que rostos de pessoas.

STF vai decidir se paternidade socioafetiva prevalece sobre biológica

“Nós ficamos muito surpresos. Esses tipos de resultados são similares aos da diferença entre pessoas com amnésia e de pessoas com memória saudável”, disse Laura Mickes, doutoranda em psicologia e uma das autoras do levantamento. Durante o levantamento de dados para o estudo, os pesquisadores fizeram com que as postagens do Facebook não fossem muito diferentes (em tamanho) de sentenças publicadas em livros. Além disso, foram removidos todos os traços de comunicação digital informal (como emoticons, exclamações, pontos, etc) para verificar se esses elementos facilitavam a memorização. Mesmo assim, as mensagens da rede social

foram mais lembradas. “Além de o efeito Facebook ser forte, a nossa frequência ao utilizar a rede acaba corroborando este efeito cada vez que nós o acessamos”, analisou Christine Harris, coautora da pesquisa. O levantamento fez ainda experimentos comparativos com os entrevistados utilizando títulos, trechos de textos e comentários de leitores tirados de reportagens da CNN. Os elementos jornalísticos estavam separados em notícias e reportagens de entretenimento. Os títulos das matérias foram os elementos mais lembrados, o que suporta a ideia de que os posts do Facebook são mais lembrados pela sua integridade. Além disso, os títulos

das reportagens de entretenimento foram mais lembradas que as notícias do dia. Isso confirma a a noção de que o fator “fofoca” ajuda no processo de memória. No entanto, os comentários dos leitores foram os elementos mais lembrados pelos entrevistados -da mesma forma que os posts do Facebook. Os cientistas suspeitam que exista uma espécie de pré-disposição do cérebro em guardar elementos de comunicação digital. Para eles, há grande probabilidade de conseguirmos memorizar uma linguagem não muito elaborada [posts do Facebook], que a uma feita em termos mais formais [trechos de livros ou de notícias].. (folha.com)

TIM informou ontem que ainda fará uma avaliação para saber se ainda lançará a promoção “Infinity Day”, apesar da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ter liberado as vendas do plano. A operadora ressaltou que o plano promocional havia sido preparado com foco nas vendas de Natal. Em novembro, a Anatel ameaçou aplicar multa à TIM caso não suspendesse imediatamente as vendas do “Infinity Day” que previa ligações ilimitadas entre clientes TIM ao custo de R$ 0,50 por dia. Naquela ocasião, agência alegou que a operadora precisaria ter apresentado informações técnicas que convencessem sobre a manutenção da qualidade nos serviço. “A empresa reitera que seguirá trabalhando para trazer ofertas e produtos inovadores para o mercado brasileiro, sempre com pleno respeito à legislação e regulamentação em vigor e com foco na qualidade dos serviços prestados, de acordo com o Plano de Ações de Melhoria da Pres-

tação de Serviço Móvel”, informou a TIM em nota à imprensa. Ações As ações das operadoras de telefonia registravam alta na Bovespa hoje pela manhã, em resposta à liberação das promoções. Às 12h45, as ações ordinárias da Oi subiam 0,95%, para R$ 9,55, e as ações preferenciais da companhia avançavam 1,71%, para R$ 8,92. Os papéis da TIM também registravam alta, de 1,93%, para R$ 8,46. A Telefônica, que iniciou o dia em queda, ainda em resposta aos problemas de conexão em parte da rede da Vivo na tarde de ontem, apresentava alta de 0,15% no fim da manhã, com as ações negociadas a R$ 52,52. Roger Oey, analista da BES Securities, disse que as operadoras iniciam o ano com um ambiente um pouco mais “favorável”. “A Anatel fez restrições, considerou a melhora na qualidade do serviço da TIM e liberou a oferta de planos. A política está mais clara agora”, disse. (noticias.uol)

Serviço de antena interna para telefonia móvel deve ser oferecido a partir de abril, diz Anatel

A

Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) realizou audiência pública para debater a proposta de norma para uso, em redes de telefonia celular ou corporativa (via rádio), das chamadas fentocélulas. Esses equipamentos funcionam como extensão das antenas de telefonia móvel, retransmitindo o sinal da operadora em áreas internas. O serviço deverá entrar em funcionamento a partir de abril, de acordo com o superintendente de Serviços Privados da Anatel, Bruno Ramos. Segundo ele, esse novo sistema de transmissão deverá desafogar o tráfego de telefonia celular e terá mais utilidade para uso corporativo, como grandes empresas e shoppings. O equipamento, segundo a Anatel, não constitui risco para a saúde, por ter baixo nível de radiação. Seu objetivo é aumentar a capacidade da rede de voz e dados do serviço móvel, melhorando a utilização pelo usuário. “A fentocélula certamente será mais utilizada onde tiver um uso constante e alto. Ela não deverá elevar

custos para os usuários, pois as empresas de telefonia móvel, que deverão gerir o sistema, terão interesse em colocar esse serviço à disposição. Quanto mais utilizam seus serviços, mais elas ganham”, explicou Bruno. Após a audiência pública desta quarta, a Anatel receberá sugestões sobre a proposta de norma para a implantação da fentocélula no país. Depois, estabelecerá o regulamento de sua utilização, que ficará a cargo das operadoras de telefonia. O sistema opera em radiofrequência para possibilitar acesso à rede por meio de conexão de rede fixa (banda larga). De acordo com Bruno Ramos, a fentocélula é usada na Itália e nos Estados Unidos. Na Itália, o uso do equipamento teve de ser suspenso durante algum tempo, por haver causado interferência nas redes de telefonia móvel comuns. Com a regulamentação, a Anatel quer evitar que isso ocorra no Brasil. Por isso, a agência não permitirá utilização pelo usuário individualmente, mas sim por meio das empresas de telefonia móvel. (noticias.uol)


JD

C2

Economia

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Férias de verão devem abrir 28 mil vagas de trabalho temporário, estima setor

As funções mais requisitadas são para atendimento, monitoria, recreação, operação de brinquedos, garçons, cumins, operador de turismo, serviços de quarto, serviços de cozinha e salva-vidas

Região Sudeste deve abrir o maior número de postos no Brasil, 14.610 mil vagas

A

contratação de trabalhadores temporários nos setores de lazer e entretenimento deve crescer 12% nas férias de verão deste ano em re-

lação ao mesmo período de 2012, estima a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem) e o Sindicato

das Empresas Prestadoras de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo (Sindeprestem). A previsão é de que sejam

abertas 28 mil vagas, com possibilidade de efetivação de10% dos contratados (percentual que representa o número de trabalhadores que devem permane-

cer na empresa após a alta temporada). A maioria (24 mil) das vagas é para atuar parques temáticos, aquáticos, de diversão, clubes, hoteis, pousadas, acampamentos, bares, restaurantes e agências de turismo. As funções mais requisitadas são para atendimento, monitoria, recreação, operação de brinquedos, garçons, cumins, operador de turismo, serviços de quarto, serviços de cozinha e salva-vidas. Para ser contratado, o candidato deve demonstrar liderança, capacidade de trabalhar em equipe, responsabilidade e simpatia. Há oportunidades para quem tem pouca escolaridade ou nível universitário e fluência em inglês ou espanhol. Podem disputar as vagas estudantes no último ano de psicologia, propaganda e publicidade, educação física, pedagogia, turismo, hotelaria e administração. Entre as empresas contratantes estão hipermercados, supermercados e redes de fast food. As principais vgas são para a linha de produção, degustação e promoção.

Nestes casos, é exigido o ensino médico completo, comunicação, simpatia. Algumas empresas exigem experiência na área. O levantamento, encomendado pela Asserttem/ Sindeprestem ao Instituto Ipema, indica que dos 24 mil postos temporários mais solicitados pelo mercado de trabalho, dois mil (8%) têm chances de serem efetivados e seis mil (25%) deverão ser jovens em situação de primeiro emprego. Estão previstas quatro mil vagas nos segmentos do comércio de lazer, marketing promocional e eventos. A Região Sudeste deve abrir o maior número de postos no Brasil, 14.610 vagas, correspondente a 52,18% do total, sendo a maioria no estado de São Paulo (8.240), seguido por Minas Gerais (3.212), pelo Rio de Janeiro (2.542) e pelo Espírito Santo (616). O Sul aparece na segunda colocação (5.891 vagas) ou 21,04% do total. O menor movimento deve ocorrer no norte do país, com 1.151 postos temporários. (uol)

País terá muitos resultados, mas ainda vai plantar mais que colher em 2013, diz Dilma

A

presidenta Dilma Rousseff disse hoje (18) que o país terá um “crescimento sério, sustentável e sistemático” em 2013. Segundo ela, o Brasil colherá muitos resultados do que já foi feito, mas ainda será “um ano em que vamos plantar mais do que colher”. Dilma falou durante discurso no município de São Julião,

no Piauí, no primeiro evento público em que participa desde a volta do recesso, no início da semana passada. Dilma disse que o governo espera que o país cresça, mas com resultados que melhorem a vida da população. “Queremos crescer, mas garantido que não só a economia que cresça, as obras, os edifícios. Nós queremos que o

povo brasileiro cresça, que o emprego cresça e, sobretudo, é um compromisso muito forte do meu governo, que a educação de qualidade cresça no nosso país”. A presidenta disse que o fortalecimento do mercado interno e o aumento do consumo no país são importantes, mas ressaltou que o Brasil só será uma

grande nação quando tiver a educação e a produção de conhecimento como seu maior patrimônio. “É importante a casa, o carro, mas, sobretudo, aquele patrimônio que você carrega, e isso quem dá é a educação”, disse Dilma, reforçando que, por isso, coloca uma atenção especial no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa,

lançado em novembro, que representa um acordo formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios para a alfabetização até os 8 anos de idade “Só iremos pelo caminho certo se alfabetizarmos crianças na idade certa e valorizarmos professores”, completou a presidenta, defendendo a destinação

dos royalties do petróleo para a educação. “Esse dinheiro tem de ir para aquilo que garantirá, no horizonte de 2020, de 2030, a nossa riqueza como nação. Tem de ir para a educação, para melhorar a qualidade e garantir educação em tempo integral, e garantir que aqueles que queiram fazer universidade possam fazer”.. (agenciabrasil)

BB distribui Fundo de Participação dos Estados seguindo regras antigas

O

Banco do Brasil confirmou que realizou ontem (18) o depósito do governo no valor de R$ 968,5 milhões, correspondente à primeira parcela de 2013 do Fundo de Participação dos Estados (FPE), referentes aos dez primeiros dias do ano. Foram usados os critérios antigos de distribuição do recurso, apesar de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) cobrando a aprovação de uma lei com novas regras. Mesmo com a liberação dos recursos, o impasse

sobre as liberações continua e as normas de transferência seguem sem consenso. Após reclamação de alguns estados, o STF entendeu que as regras para o repasse são inconstitucionais e determinou que o Congresso Nacional estabelecesse novos critérios de partilha até o dia 31 de dezembro do ano passado. Como o Congresso não aprovou a mudança a tempo, o assunto polêmico só será retomado por deputados e senadores em fevereiro. Segundo a

assessoria de imprensa do Banco do Brasil, até ontem (17) havia dúvida se o repasse seria feito. No entanto, o depósito seguiu a orientação do Tribunal de Contas da União (TCU) indicando que, na falta de critérios, sejam seguidas as regras antigas. Para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), o depósito feito foi no valor de R$ 1,013 bilhão. No caso dos municípios, a transferência não está sub judice. No entanto, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM)

reclamou que 387 municípios tiveram o depósito “zerado”, da transferência correspondente aos primeiros dez dias do ano, creditado no último dia 10. Os recursos foram retidos devido a irregularidades com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e Receita Federal. Os recursos dos fundos são distribuídos aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios pela participação na arrecadação de tributos federais, como determina a Constituição.. (agenciabrasil)

Estados retomarão exportações de carne suína para o Uruguai

O

Brasil e o Uruguai negociam um certificado sanitário para a retomada das exportações de produtos suínos de 13 estados para o país vizinho. A informação foi divulgada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Desde o último caso de febre aftosa no Brasil, registrado em 2006, o Uruguai mantém embargo à carne de porco brasileira. O Paraná, Santa Catarina e o Rio Grande do Sul eram os únicos estados autorizados a exportar para o país vizinho. De acordo com o Mapa, em dezembro do ano passado a Direção Geral de Serviços Pecuários do Uruguai autorizou a compra da carne suína de 13 unidades da Federação consideradas livres da doença (Acre, Rondônia, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocan-

tins, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Sergipe e Distrito Federal). Apesar da autorização, o ministério não divulgou a data de quando será efetivamente retomado o comércio com o país vizinho. O reinício das exportações de carne suína ainda depende do certificado sanitário. Uma resolução do órgão sanitário uruguaio reconheceu que o Brasil tem desenvolvido políticas que garantem as condições higiênico-sanitárias de animais e produtos de origem animal. Segundo o Ministério da Agricultura, para reverter o quadro do embargo do Uruguai à carne suína, nos últimos anos o Brasil fez diversas reuniões com o país latino americano, bem como fez consulta à Comissão de Comércio do Mercosul.. (agenciabrasil)

Brasil fechou 2012 com mais de 261 milhões de linhas de telefone celular

N

o ano passado, o país registrou 19,54 milhões de novas linhas de telefone celular, o que representa crescimento de 8,07% na base de assinantes. O Brasil fechou 2012 com 261,78 milhões de linhas ativas na telefonia móvel. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a teledensidade no país chegou a 132,78 acessos para cada

grupo de 100 habitantes. Do total de linhas ativas, 80,53% são pré-pagas e 19,47% são pós-pagas. Os terminais 3G (banda larga móvel) totalizaram 59,19 milhões de acessos. A operadora Vivo lidera o mercado, com 29,08% de participação, seguida pela TIM, com 26,87%, da Claro, com 24,92%, da Oi, com 18,81%, da CTBC, com 0,28% e da Sercomtel, com 0,03%.. (uol)


JD

Geral

Rio sediará exposição com mais de 100 obras sacras de museus do Vaticano e da Itália

Estará aberta ao público de 11 de junho a 15 de setembro no Museu Nacional de Belas Artes. Obras Leonardo da Vinci e Correggio, poderão ser vistas

Segundo especialistas, a exposição é a mais importante realizada na América Latina

A

Jornada Mundial da Juventude, em junho no Rio de Janeiro, que trará o papa Bento XVI ao Brasil, envolve uma série de atividades. Uma das principais é a exposição Nas Pegadas do Senhor, que reúne cerca de 100 obras de arte de museus do Vaticano e da Itália. A exposição estará aberta ao público de 11 de junho a 15 de setembro no Museu Nacional de Belas Artes.

Obras de artistas renomados, como Leonardo da Vinci e Correggio, poderão ser vistas. Segundo especialistas, a exposição é a mais importante realizada na América Latina. De acordo com os organizadores do evento, o lema da Jornada Mundial da Juventude Rio2013 - “Ide e Fazei Discípulos entre Todas as Nações” - motivou a exposição. Detalhes sobre a mostra e demais eventos

podem ser obtidos no endereço eletrônico http:// www.rio2013.com/pt/noticias/detalhes/1066/jmj-rio2013-vai-ter-exposicao-de-obras-primas-do-vaticano. A exposição está organizada em três etapas. Na primeira, denominada Cristo: Via de Salvação, estão obras com os temas Face de Cristo, Paixão de Cristo, Ressurreição e Incredulidade de Tomé, além de Cristo e a Adúltera e A

Parábola do Filho Pródigo. As obras são de artistas como Beato Angélico, Melozzo da Forli, Leonardo da Vinci, Bernini e Correggio. Na segunda etapa - Vocação e Missão dos Apóstolos - relativa à Nossa Senhora e aos discípulos cristãos, há obras de Michelangelo, Pinturicchio, Perugino, Sassoferrato e ícones bizantinos. Na última fase da exposição, chamada Os Santos: Modelos a Imitar, serão expostas pinturas e uma série de relicários de artistas como Annibale Carracci, Guido Reni e Caravaggio. Há dois dias, uma comitiva brasileira esteve em Roma para uma reunião com o diretor de Museus do Vaticano, Antonio Paolucci. Participaram do encontro o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), José do Nascimento Júnior, o gerente de Atos Culturais da Jornada da Juventude Mundial, Gustavo Ribeiro, e a diretora do Museu Nacional de Belas Artes, Monica Xexeo, além do professor Giovanni Morello, curador da mostra, Marcello Bedeschi, presidente da Fundação João Paulo II, e Andrea Carignani, responsável pelas mostras dos museus do Vaticano. (agenciabrasil)

Inscrições no ProUni chegam a mais de 540 mil

O

número de inscritos no Programa Universidade para Todos (ProUni) do Ministério da Educação (MEC) chegou a 541.379 até as 12h de ontem (18). Segundo dados divulgados no site do MEC, foram registradas 1.046.461 inscrições, já que cada candidato pode fazer até duas opções de curso. O prazo de inscrições, que começou na madrugada da última quinta-feira (17), vai até as 23h59 (horário de Brasília) de segunda-feira (21). Criado pelo governo federal em 2004, o ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e se-

quenciais de formação específica em instituições privadas de educação superior. Neste primeiro semestre, estão sendo oferecidas 162.329 bolsas, distribuídas em 12.159 cursos de 1.078 instituições de todo o país. As bolsas integrais somam 108.686 e as parciais, 53.643. O estado de São Paulo é o que oferece mais bolsas, 56 mil, seguido por Minas Gerais (17 mil bolsas) e o Paraná (12 mil). A bolsa integral é concedida a estudantes com renda bruta familiar por pessoa até um salário mínimo e meio (R$ 1.017) e as parciais àqueles com renda familiar até três salários mínimos por pessoa

(R$ 2.034). O estudante que conseguir apenas a bolsa parcial (50% da mensalidade) pode custear a outra metade por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) sem a necessidade de apresentar fiador. Para isso, é preciso que a instituição onde o aluno pretende se matricular tenha firmado termo de adesão ao Fies e ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc). Os candidatos podem se inscrever no ProUni exclusivamente pela internet. Para participar é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou na rede particu-

lar na condição de bolsista. Também é pré-requisito ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, alcançado pelo menos 450 pontos e não ter zerado a nota da redação. No ano passado, a exigência mínima era 400 pontos. A primeira divulgação dos resultados será no dia 24 deste mês e a segunda, no dia 8 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das etapas poderá entrar na lista de espera nos dias 24 e 25 de fevereiro. Desde a sua criação, o ProUni atendeu 1.096.359 estudantes, dos quais 739.094 com bolsa integral.. (agenciabrasil)

Nível dos reservatórios das hidrelétricas continua subindo no país, exceto na Região Sul

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

JD

Mundo

Pequeno alívio

Não há brasileiros entre os ameaçados no Mali e na Argélia

O Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, informou à Agência Brasil que não há brasileiros entre as vítimas do sequestro coletivo na Argélia e os que estão nas áreas mais arriscadas no Mali. Nos dois países africanos, a comunidade brasileira não chega a cem pessoas. No Mali, há um grupo de pouco mais de dez brasileiros, enquanto na Argélia o número sobe para 50, de acordo com as embaixadas em ambos os países. Os conflitos no Mali se acentuaram nos últimos dias a partir do envio de tropas francesas para reforçar o apoio às forças armadas. O governo combate grupos extremistas islâmicos que dominam o Norte do país. Paralelamente, a situação se agravou com o sequestro coletivo de, pelo menos, 40 pessoas, inclusive franceses, britânicos e japoneses, na Argélia. O grupo extremista, cujas traduções de seu nome variam entre Assinantes pelo Sangue, Luta contra o Sangue e Capuzes, é comandado pelo argelino Mokhtar Belmokhtar. Ele assumiu a autoria do sequestro coletivo, feito em reação à ação militar da França no Mali. Os reféns foram capturados na base para os trabalhadores que faz parte de um conjunto de empresas chamado de Sonatrach-BP-Statoil, In Amenas, a 1.300 quilômetros da fronteira da Argélia com a Líbia. Há relatos não confirmados de fuga de reféns e de pessoas feridas. As autoridades argelinas não sabem dizer quantos estrangeiros permanecem em poder dos radicais islâmicos. (agenciabrasil)

Argentina

Cristina Kirchner insiste em soberania argentina sobre Malvinas

Na sua viagem pelo Oriente Médio e a Ásia, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, reiterou o pedido para que o Reino Unido dialogue sobre o controle das Ilhas Malvinas. Antes de deixar a Argentina, ela enviou carta às autoridades britânicas cobrando o diálogo e recebeu respostas negativas. Desde o século 19, argentinos e britânicos disputam a soberania das ilhas. A presidenta quer a interferência da comunidade internacional no assunto. Em março, haverá um plebiscito nas Malvinas para que a população decida se deseja permanecer sob domínio britânico. Na sua visita ao Oriente Médio e à Ásia, Cristina Kirchner defendeu a ampliação do Conselho de Segurança das Nações Unidas. A exemplo do Brasil, a Argentina quer ter assento permanente no órgão. Segundo a presidenta, a presença da Argentina no Conselho das Nações Unidas reflete a atual “realidade global”. O órgão é formado por 15 países – dos quais cinco têm assentos permanentes e dez rotativos, que são substituídos a cada dois anos. A estrutura do conselho é do período pós-Segunda Guerra Mundial. Cristina Kirchner apelou ainda para que a União Europeia e a Organização Mundial do Comércio (OMC) sigam “regras claras para todos”, adotando medidas de “transparência e igualdade”. O apelo refere-se às medidas de protecionismo adotadas por alguns países e aos permanentes embates sobre o tema.. (agenciabrasil)

Maior do mundo Maduro diz que Chávez está tranquilo, sereno e confiante

Em razão do baixo nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas, o governo foi obrigado a acionar as usinas térmicas, mais caras e mais poluentes

À

exceção do Subsistema Sul, no qual o nível dos reservatórios caiu de 49,05% para 48,67% ontem (18), as demais regiões brasileiras permaneceram apresentando tendência de alta em decorrência das chuvas que começaram na semana passada, em todo o país, com relativo atraso. Em razão do baixo nível dos reservatórios das usi-

nas hidrelétricas, o governo foi obrigado a acionar as usinas térmicas, mais caras e mais poluentes. De acordo com boletim divulgado ontem (18) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o nível dos reservatórios elevou-se de 42,98% para 43,51%, na Região Norte. No Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, a expansão atingiu 0,6 ponto percentual, passan-

do de 31,49% para 32,09%. Também a Região Nordeste experimentou aumento no nível dos reservatórios de 29,59% para 29,64%. Na bacia do Rio Paranaíba, no Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, o principal reservatório, da Usina de Emborcação, apresenta nível de água de 31,41%. Já no Subsistema Sul, o destaque na bacia do Rio Iguaçu é o reservatório da

Usina G.B. Munhoz, com 44,67% de nível. Na bacia do Rio São Francisco, no Nordeste do país, o reservatório de Três Marias mostra nível de 37,84%. Já no Subsistema Norte, na bacia do Rio Tocantins, o reservatório de Serra da Mesa tem nível de 39,53%. Em contrapartida, o reservatório da usina de Tucuruí ainda está com nível de 29,74%. (agenciabrasil)

C3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

O vice-presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, informou que o presidente Hugo Chávez está “muito tranquilo, sereno e consciente”. Maduro disse ter visitado Chávez, em Havana, Cuba, há quatro dias. Hospitalizado há mais de um mês para o tratamento de combate ao câncer, o presidente venezuelano não é visto em público desde o começo de dezembro. A oposição cobra um pronunciamento e imagens recentes dele. “Em termos gerais, ele [Chávez] está muito tranquilo, sereno e consciente de todas as fases que vem passando no pós-operatório”, ressaltou o vice-presidente. Maduro disse ter visitado Chávez, no dia 14, e que a “infecção [respiratória] foi controlada”. Maduro disse ainda que, nos próximos dias, pode ocorrer uma reunião dos médicos que cuidam do presidente, que informarão sobre a evolução do seu estado de saúde e quando ele poderá retornar a Caracas, capital venezuelana. A ausência física de Chávez na política do país gerou uma onda de incertezas e especulações, além de polêmicas. A principal divergência com a oposição foi a confirmação, por órgãos oficiais, sobre a legalidade do adiamento da data da posse. A cerimônia estava marcada para o último dia 10 e a nova data não foi definida, pois é aguardada a recuperação do presidente. Maduro disse ainda que, mesmo ausente fisicamente, Chávez está presente em todos os atos na Venezuela. “Hugo Chávez é presidente e vai continuar assim. Temos um critério muito claro do papel do presidente”, destacou. “Enfrentamos uma guerra miserável na mídia [envolvendo Chávez], de ataques à sua vida”, disse. “É uma suposta falta temporária. Há um governo funcionando, um escritório ativo.” (agenciabrasil)


JD

Diversão&Cultura

“Nunca fiz um personagem tão terrível”, diz Leonardo DiCaprio em “Django Livre”

Macapá-AP, sábado, 19 de janeiro de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Celebridades Correndo atrás Record continua atrás de Ana Paula Arósio

Se perguntar, alguém da Record vai dizer que não é bem assim. Mas é. Existe, sim, o interesse da emissora em promover o retorno de Ana Paula Arósio às atividades artísticas. Já existem pessoas designadas para procurar atriz, que continua afastada de tudo, em seu sítio em Santa Rita do Passa Quatro... (uol)

Mas ele nunca havia dado o passo definitivo. Isso só ocorreu com “Django Livre”, sua primeira parceria com o cineasta Quentin Tarantino

L

eonardo DiCaprio tenta há 16 anos livrar-se da faceta de galã teen que parece ter sido congelada como seu personagem de “Titanic”. Neste período, o ator de 38 anos fez quatro filmes com Martin Scorsese (“Gangues de Nova York”, “O Aviador”, “Os Infiltrados” e “Ilha do Medo”), interpretou personagens sérios para Sam Mendes (“Foi Apenas um Sonho”) e Clint Eastwood (“J. Edgar”), virou astro de ação em “A Origem”, de Christopher Nolan, e foi indicado a três Oscar. Mas ele nunca havia dado o passo definitivo. Isso só ocorreu com “Django Livre”, sua primeira parceria com o cineasta

C4

Robertha Portella Ex-”Fazenda” recebe tratamento de estrela na Record

Robertha Portella, bailarina e ex-“Fazenda”, chegou, chegando, na dramaturgia da Record. Ficou com o papel que já estava destinado a uma outra atriz em “Dona Xepa” e, como não é da área, terá o competente Roberto Bomtempo - segundo determinação do alto comando da emissora - como professor em tempo integral. Coisas da vida.. (uol)

“Django Livre”, o filme acompanha um ex-escravo que persegue criminosos e procura sua mulher

Quentin Tarantino. No faroeste, que estreia hoje no Brasil, DiCaprio interpreta Calvin Candie, um fazendeiro dono de escravos no Sul dos Estados Unidos que se diverte vendo dois negros lutando violentamente até a morte enquanto bebe um coquetel colorido com rum. “Candie é a decadência moral do Sul dos Estados Unidos”, exalta o ator em sua única entrevista ao Brasil. “Ele representa tudo que havia de errado naquela região no período da escravidão. Nunca fiz um personagem tão terrível, racista e narcisista. Foi repugnante interpretá-lo.” DiCaprio não está pegando leve. O vilão do filme de Tarantino é tão moralmente desafiador para um ator que o próprio Tarantino admite que “o odeia”. “Quando li o roteiro, eu pensei: ‘Meu Deus, o que está acontecendo?’ Falei para Quentin que havia coisas ali que eu não poderia aceitar. Ele mudou um pouco, mas explicou que não poderíamos mostrar aqueles horrores de outra maneira, senão estaríamos suavizando o que aconteceu”, conta o ator. Mas o astro sabia onde estava se metendo. A polêmica levantada por Spike Lee sobre o uso exagerado da palavra “nigger”, ofensiva à comunidade afro-americana, era esperada. “Não fiquei surpreso. Mas nada no filme é pior do que os eventos reais. Se você assistir a qualquer documentário sobre o período de escravidão nos Estados Unidos, verá que ‘Django Livre’ só mostra a ponta do iceberg”,

afirma. “Há poucos filmes com vontade de correr riscos e esse é um deles. O longa quebra barreiras. A escravidão é um período sombrio da história. Mas integrar o tema de forma crua e repugnante a um faroeste espaguete? É revolucionário.” Mesmo com isso na mente, ele chegou ao set de “Django Livre”, em Nova Orleans, meio desconfiado. Precisaria humilhar Django (Jamie Foxx), o caubói em busca de vingança, e Stephen (Samuel L. Jackson), o escravo caseiro. “Foi difícil entrar em um grupo de atores que respeito e tratá-los daquela maneira”, confessa. “Mas Samuel mostrou que eu precisaria ultrapassar limites e abraçar a maldade do personagem. Ele fez o papel mais difícil e chama Stephen de ‘o negro mais odioso do cinema’”, revela DiCaprio, que foi esquecido pelo Oscar. “Reconhecimento é bom. Mas os prêmios não podem guiar ninguém na carreira, aprendi isso anos atrás.” (uol)

Resumo das Novelas Malhação Orelha cede às vontades de Valentina e a leva para conhecer sua casa. Alice descobre que está grávida de uma menina. Rômulo sugere que Mario entre em contato com um primo seu que trabalha em Miami para falar sobre uma oportunidade de trabalho. Valentina despista Orelha e usa seu equipamento para criar a TV Sereia, com fotos suas e de Dinho. Todos assistem à TV Sereia e Orelha se desespera. Mario conversa com Alice e Dinho sobre a possibilidade de se mudarem para Miami. Lia assiste à TV Sereia e descobre tudo sobre o romance de Dinho e Valentina. Dinho tenta falar com Lia, que o rejeita. (segunda-feira)

Guerra dos Sexos Roberta repreende Dino. Nando confirma à namorada que foi Otávio quem mandou ele falar sobre a fábrica. Charlô não gosta de saber que Ulisses foi demitido por Isadora. Lucilene apoia Ulisses. Nando conversa com Roberta sobre o contrato de exportação da Positano. Nieta sugere que Dino forje as contas da Positano para obrigar Roberta a assinar contrato com Giocondo. Charlô se surpreende por Vânia querer trabalhar como vendedora da loja. Charlô ouve Carolina ameaçando Nando. Charlô questiona Nando sobre Carolina. Zenon se encanta com Charlô. Roberta fica surpresa com o balanço que Dino lhe mostra. Fábio procura Felipe.

Lado a Lado Zé Maria deixa Elias com Jurema e sai à procura de Isabel. Luciano expulsa Neusinha do teatro. Zé Maria pede ajuda a Edgar para tirar Isabel da cadeia. Quequé descobre que Luciano é filho de Diva. Edgar comunica a Isabel que ela responderá ao processo em liberdade. Albertinho sugere à mãe que Umberto seja seu advogado. Bonifácio fica furioso ao saber que Fernando se tornou o acionista majoritário da fábrica.

Salve Jorge Ayla vai embora com Zyah de seu noivado e Ekram vê os dois. Sarila recebe o noivo da enteada e fica satisfeita com o presente que recebe. Tamar avisa que a irmã sumiu. Zyah leva Ayla para a casa de Cyla e Tartan. Lívia proíbe Wanda de fazer qualquer coisa contra Morena até o fim das investigações. Pescoço fica intrigado com o interesse de Vanúbia em Russo. Salete reclama para Stênio que Drica e Pepeu não lhe pagam. Fatma descobre que Pepeu pegou o dinheiro de Berna. Morena pede para Théo acompanhá-la ao desfile de Lívia. Carlos pede para Antônia não fazer nada que contrarie as ordens do juiz.

BBB-13 “Tem uns quatro que não fazem nada na casa”, reclama Natália

A participante do “BBB13” Natália, que tem cozinhado o almoço todos os dias, reclamou com Yuri e André que tem gente que não ajuda na casa. “Tem uns quatro que não fazem nada”, afirmou a gaúcha. “Tem gente que está de férias, curtindo sol, Rio de Janeiro, piscina, festas.” Ela alfinetou: “E depois não querem que a gente vote neles para ir para o paredão.” André apoiou Nati: “Se tem alguém que pode reclamar, é você, que faz o almoço todos os dias.” (uol)

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Cenário astral delicado pra você, mas promissor. Tanto você pode alternar estados de animo contraditórios, quanto canalizar tudo isto para os esportes e se dar super bem. Serão sete dias de desafios, imponha-se mais. Touro (21 abr. a 20 mai.) Mesmo que você adote posturas conservadoras em sua abordagem ao mundo e aos problemas existentes, sempre há algo novo que pode ter a resposta ou a solução nunca dantes tentada. Abra-se para esta possibilidade. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.)

O peso da lei e das regras financeiras sobre você está alto, e tende a ficar assim por algumas semanas. Felizmente haverá solução se você somar forças com uma entidade ou um amigo. A sua independência pede este compromisso. Câncer (21 jun. a 21 jul.) De hoje até a Lua cheia será um período tenso para você testar até onde sua lealdade a um parceiro se sustenta, se o seu objetivo de se tornar mais independente e autônomo for respeitado. Quebras e mudanças terão lugar. Leão (22 jul. a 22 ago.) Dia de mudança lunar, e o mar volta a ficar bom pra você lançar sua rede e pescar peixe grande mesmo! Para além das mesuras e das convenções, há ar puro e fresco soprando, e ele empurra adiante seu espírito livre. Virgem (23 ago. a 22 set.) Os projetos que você quer realizar dependem de recursos, e com a crescente lunar de hoje o sinal é claro: apele para um parceiro, ou livre-se dele de uma vez. As contradições: engolir o egoísmo desta pessoa, ou arriscar-se sozinho.

Libra (23 set. a 22 out.) Uma importante mudança lunar tem lugar hoje e afeta suas emoções por alguns dias. O foco tem sido família, imóveis, relações familiares. Agora um novo equilíbrio deverá ser criado, a partir das demandas do parceiro também. Escorpião (23 out. a 21 nov.) Lua crescente em Áries quer dizer: hora de cuidar da rotina e da saúde, de modo a que sua autonomia não fique comprometida por teimosias e impulsividades. Não tente abraçar o mundo, compartilhe o poder e tudo sairá melhor. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) As boas vibrações da Lua crescente para você se manifestarão no campo das paixões e do romance. Uma época para aplicar seu talento na arte da conquista. Sete dias ótimos pra investir recursos em um sonho pessoal também. Capricórnio

(22 dez. a 20 jan.) Clima astral mais acelerado a partir da Lua crescente em Áries de hoje. É você tomando as rédeas dos assuntos de casa, mas sempre deixando espaço pra que outros parentes também se definam e se manifestem.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) É agora que o resultado de um período de distanciamento, silencio e introspecção chegam com tudo, manifestando-se em pensamentos novos e abordagens mentais mais frescas e vibrantes. Algo novo vai vicejar em breve.. Peixes (20 fev. a 20 mar.) Os bons dias de remanso acabaram. Com a crescente lunar em Áries você tem de lutar com unhas e dentes por sua independência financeira, e ai de quem se interpuser em seu caminho com lorotas e choramingas.

jornal do dia 19/01/2013  

jornal do dia 19/01/2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you