Page 2

A2

Opinião

Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Poucas & Boas

• A CICLOVIA DA Rua Hamilton Silva é uma das mais desrespeitadas em todo o seu trajeto, desde o bairro Jesus de Nazaré até o Muca, apesar da profusão de placas em todo o trecho.

•QUEM menos tem direito a trafegar com tranquilidade por lá são os ciclistas. Veículos estacionam nos lugares onde é proibido até parar. E para aumentar o caos, ontem, por volta das 10h00, uma cegonha descarregava carros novos, para uma concessionária, estacionada na faixa da ciclovia. E não apareceu ninguém da CTMac para tomar providências. •DO MESMO, modo na Av. Paraná, desde o bairro Santa Rita até o Novo Buritizal, os carros pesados trafegam sem serem importunados pela CTMac das 8h00 às 18h00. Em um mini Box, durante todo o dia, o movimento é grande de caminhões descarregando produtos. •MAS DESTA vez a gravidade é maior ainda: agentes de trânsito e carros do órgão fiscalizador passam por lá e não tomam nenhuma providência. Cegueira total. •REPRESENTANTES

DAS

escolas agrícolas estiveram ontem pela manhã em frente ao Palácio do Setentrião reivindicando o repasse de recursos que dizem está atrasado por 13 meses, desde a época do governo Pedro Paulo. •FORAM recebidos pelo gabinete militar do Setentrião, mas queriam mesmo falar era com o governador Camilo que não estava em palácio. Rumaram depois para a Assembleia Legislativa onde seus líderes usaram o plenário para as reclamações e depois seguiram para a Secretaria de Educação. No Tartarugalzinho, as turmas estariam quase um mês sem aulas. •INQUÉRITOS DAS Operações Esopo e Miquéias levadas a efeito pela Polícia Federal, que apura malversações do dinheiro público no Ministério do Trabalho e em fundos de pensões municipais chegam ao Supremo Tribunal Federal (STF), em virtude de parlamentares incluídos nas denúncias, inclusive um seria do Amapá.

•MAS ATÉ chegar a julgamento final e se caber os providenciais embargos infringentes, conte lá uns 10 anos para a conclusão. E se a

Operação Mãos Limpas seguir o mesmo trâmite da Satiagraha, cujas escutas telefônicas foram consideradas ilegais, como é que fica? •“EM SUA SEGUNDA passagem pelo Congresso neste ano, a presidente Dilma Rousseff enfrentou na ultima quarta-feira (9) um verdadeiro “beija-mão” de parlamentares, especialmente do baixo clero, grupo sem muita expressão na Casa”, diz a matéria da Folha de São Paulo. No mínimo é uma discriminação contra os estados menores! •NO TWITTER: •Myrian Rios @ ‫ ‏‬myrianrios 1ª Caminhada em Defesa da Vida, por um Brasil Sem Aborto, no RJ - Instituto Plinio Corrêa de Oliveira •Assessoria Randolfe @ ‫ ‏‬informeRandolfe @randolfeap pede e CCJ atende. Comissão designa Eduardo Braga para relatoria do Projeto de sua autoria q pede a suspensão do Leilão de Libra •POLÍTICA NA WEB @ ‫ ‏‬PoliticaNaWeb Presidência gasta R$ 19,4 mil em itens para natação: •Estadao @ ‫ ‏‬Estadao Restaurante popular oferece paella a R$ 1 em Campinas •TV Justiça @ ‫ ‏‬TV_Justica Deferida extradição de acusado de exploração sexual e

cárcere privado •TV Justiça @ ‫ ‏‬TV_Justica Decisão do Tribunal Superior do Trabalho determina fim da greve dos Correios •G1 @ ‫ ‏‬g1 ‘Ninguém vota por causa do vice’, diz ministro sobre Marina no PSB •POLÍTICA NA WEB @ ‫ ‏‬PoliticaNaWeb ‘Ninguém vota por causa do vice’, diz Paulo Bernardo sobre aliança Campos-Marina: •UOL Economia @ ‫ ‏‬UOLEconomia Fluxo cambial fecha setembro com déficit de US$2 bi e inicia outubro no vermelho •Raimundo Vales @ ‫ ‏‬raimundo_vales Temos que aceitar o ruim quando as outras opções são piores; é o que resta quando não se controla a escolha das opções. Maturidade é isso! •Jornal O Globo @ ‫ ‏‬JornalOGlobo Escola é obrigada a retirar quadro de Jesus Cristo da parede após processo de pais de aluno •Polícia prende membro da Gaviões da Fiel acusado de tentativa de homicídio. http://folha.com.br/ no1354022 •Google faz parceria com a HP e lança laptop popular de US$ 279:http://oesta.do/ GLy3XC •Polícia Federal @ ‫ ‏‬agenciapf PF apreendeu ontem 4 veículos e um barco que transportavam mercadorias e cigarros contrabandeados em Foz do Iguaçu/PR •POLÍTICA NA WEB @ ‫ ‏‬PoliticaNaWeb CNJ altera resolução que impede nepotismo no Judiciário:

O que uma criança tem a ensinar a um empreendedor?

R

elembre, traga de volta a criança que perdemos quando crescemos. A criatividade, o interesse em ouvir, prestar atenção em tudo, a paciência, nunca desistir, chorar e continuar acreditando que vai conseguir são as habilidades indispensáveis para ser bem sucedido como empreendedor. Já desenvolvemos estas habilidades quando crianças. Por que esquecemos? Certamente o dia das crianças nos remete ao passado e lembranças de quando éramos crianças. Quais as lições importantes que podemos tirar deste passado ou das experiências um pouco mais recentes que vivemos como pai de família? Afinal, ser empreendedor é ser pai de uma empresa e a diferença é que provavelmente temos muito mais filhos para cuidar. Como pai de família passamos por noites pouco dormidas, poucas horas de sono, muitas preocupações com a saúde, com o futuros dos filhos, com a alimentação, com a educação, com o desenvolvimento pessoal. Cuidar para que as crianças cresçam, ganhem estatura, fiquem fortes, etc. Faz parte do currículo do empreendedor dormir pouco, passar por poucas horas de sono, preocupar com o dia de amanhã, preocupar com a saúde financeira, com os funcionários. Cuidar para que a empresa cresça, ganhe volume, tenha mais participação no mercado, etc. O primeiro grande desafio da vida do homem é aprender a andar. Usamos a criatividade para levantar, segurando na perna da nossa mãe. Creio que ninguém

CONSELHO EDITORIAL Presidente:

Aldenor Benjamim dos Santos

CONSELHEIROS Haroldo Pinto Pereira Danieli Amanajás Scapin Carlos Augusto Tork de Oliveira José Arcângelo Pinto Pereira Janderson Carlos Nogueira Cantanhede Heloisa Figueiredo Pereira

ensina isso a uma criança. Depois tentamos andar soltando a mão da perna da mãe. Caímos, levantamos, caímos, choramos porque a batida na cabeça doeu muito, mas cinco minutos depois, levantamos e tentamos andar novamente. Por que fizemos isso? Por que nunca desistimos de andar? O primeiro grande desafio do empreendedor é fazer a empresa sair do chão, fazer crescer. Não há onde agarrar, dependemos só da nossa força de vontade. O aprendizado de levantar, cair, levantar, cair, chorar, levantar até aprender a caminhar por si faz parte da rotina empreendedor. Mas muitas vezes desanimamos e desistimos. Se fossemos bebês desistiríamos? Com certeza a resposta é não. Por que o bebê nunca desiste? Simplesmente porque não existe na cabeça da criança o pensamento “não conseguir andar”. Não me lembro o que eu pensava quando tinha 10 meses, mas penso que nunca tive nenhuma dúvida do tipo “será que vou conseguir andar?” ou “quando vou conseguir?” ou “quanto tempo vou levar?”. Por que nos esquecemos desta valiosa lição quando crescemos? Se já superamos um obstáculo tão difícil que era levantar e caminhar livremente com as nossas duas pernas quando ainda pequeninos com pouca força nos pés, por que desistimos diante da primeira queda como empreendedor? Simplesmente é questão de crença: não acreditamos tanto quanto acreditávamos quando bebês. Na criança só existe o pensamento “vou conseguir!”.

Editado por Omega Publicidade Ltda. Rua Mato Grosso, 296 A - Bairro Pacoval CEP. 68.908-350 - Macapá-AP CNPJ 03.926.197/0001-82 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(*1917 +2006) e Irene Pereira(*1923 +2011) 1º Presidente: Júlio Maria Pinto Pereira 1987 a 1991 - (*1954 +1994) 2º Presidente: José Arcangelo Pinto Pereira 1991 a 2003

ações confusas, conflitantes e desconfortáveis. O terceiro desafio da criança é aprender a compartilhar. A família aumentou e chegaram novas companhias: seus irmãos, suas irmãs. Compartilhar espaço, compartilhar brinquedo, compartilhar a atenção dos pais, dos tios e das tias. Além de compartilhar precisou aprender a brincar com outras crianças e viu que era mais divertido. O terceiro desafio do empreendedor é aprender a compartilhar a empresa. A empresa cresceu, tem mais funcionários, mais fornecedores. O espaço ficou pequeno, tem mais departamentos. Tem que dar atenção a todos, precisa aprender a trabalhar com várias pessoas. Precisa descobrir que é divertido e desafiador gerenciar um grande número de pessoas. Podemos enumerar várias outras experiências já vividas como criança que poderiam ser muito úteis no dia a dia do empreendedor. Não foi em vão que Jesus disse: “sejam como crianças para entrarem no Reino dos céus”. Evidentemente, ser criança não quer dizer ser infantil. É ser criança mentalmente, forte, alegre e feliz. É ouvir a voz da criança interior, confiar, ouvir mais, persistir, ser flexível, estar aberto a novas informações, querer aprender novas formas. Viva o dia das crianças! (Orlando Oda é administrador de empresas, mestrado em administração financeira pela FGV e presidente do Grupo AfixCode.)

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296 A Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68.908-350 E-mails Pautas e contatos com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br Departamento Comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA - Tel.: (91) 3244.4722

3º Presidente: Maria Inerine Pinto Pereira 2003 a 2005 Vacância do Cargo 2005 a 2012 4º Presidente: Haroldo Pinto Pereira 2013 Presidente Executivo: Haroldo Pinto Pereira haroldopereira@jdia.com.br Vice-Presidente e Diretora Comercial Juliane Pereira juliane.pereira@jdia.com.br Gerente Comercial: Edson Coelho edson.coelho@jdia.com.br Consultoria Jurídica : Juliane Pereira (OAB/AP 1320) Jakeline Morato Pereira de Souza (OAB/AP 1381) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede cantanhede@jdia.com.br

ÍNDICE Opinião .....................A2, A3 Geral ..........................A4 Geral ..........................B1,B2,B3 Polícia ........................B4

O segundo grande desafio da criança é aprender a falar. Mais uma vez a crença e a paciência vencem a batalha. É verdade que contamos com a ajuda dos nossos pais para vencer esta batalha. Como aprendemos a falar? Ouvindo, ouvindo, ouvindo, tentando falar, repetir, repetir até dominar a arte de falar. Aprendemos que o que fala, as palavras que usamos fazem as coisas acontecerem. Antes precisava chorar para chamar a atenção dos pais. Agora podemos falar para conseguir o que queremos. Basta falar para aparecer o objeto que deseja. Incrível: a palavra cria as coisas que desejamos. Basta usar a palavra correta para conseguir o que deseja. O segundo desafio que o empreendedor precisa aprender também é falar. Falar aos seus clientes o que eles querem ouvir: algo que satisfaça as suas necessidades. Como conseguir entender os clientes? Ouvindo, ouvindo, ouvindo, tentando entender o que eles estão falando, necessitando. Repetir, repetir, repetir até conseguir produzir produto ou serviços que atendam às expectativas dos nossos clientes. O empreendedor precisa falar para os funcionários para que eles produzam e hajam de acordo com o seu pensamento, seu desejo. Mas muitas vezes esquecemos da lição de quando éramos criança e não falamos, transmitimos corretamente o que desejamos aos funcionários, fornecedores e clientes. Utilizamos palavras não apropriadas e até erradas que acabam criando situ-

Contatos: Fale com a redação (96) 3217-1117 (96) 3217-1108 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Acompanha o

caderno de ClasssiDia 8pág. Geral ...........................C1 Esporte ......................C2 Cultura .......................C3 Social ..........................C4

Aos domingos Veículos ....................D1,D2,D3 Informe .....................D4

Edição número

8324

Coluna

ESPLANADA POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

SENADORES SE VINGAM DA RECEITA

A

Receita Federal terá de reembolsar em até R$ 8 milhões (valor estimado e corrigido) o Imposto de Renda pago em 2012 pelos senadores, referente aos chamados 14º e 15º salários do período de 2007 a 2011 não recolhido sobre os R$ 54 mil recebidos. Foi o que decidiu o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais do órgão, em análise a ação da senadora licenciada Ideli Salvatti. À ocasião, 45 senadores pagaram até R$ 74 mil de IR para os cinco anos, e o Senado cobriu R$ 5 milhões de quem não quis pagar.

E que ajuda! O Senado não tribuna sobre os 14º e 15º, a despeito da nomenclatura, porque são ajuda de custo ‘para atividade parlamentar’ e não devem debitar o IR.

Hum.. Em nota, a Receita informa que ‘continua entendendo que as parcelas são tributáveis’, e que ‘decisão do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais vincula apenas as partes’.

Não, não e.. Quando recebeu a notificação do Senado ano passado, o senador Collor (PTB-AL) a rasgou e devolveu com bilhete irritado. Não pagou.

Briga pelo batismo

Uma briga de partidos para nomenclatura do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), ronda a Câmara dos Deputados e agora ganhou outro capítulo. O deputado Berzoini (PT-SP) apresentou projeto para chamá-lo de Luiz Gushiken, o recém-falecido ex-ministro de Lula. O PSDB há anos tem PL para titularidade de Mario Covas. Inquilino medroso O PMDB quer que Viracopos seja nomeado Orestes Quércia, e iniciativa popular de Campinas pede para batizá-lo de Maestro Carlos Gomes. Cobrado, Paulo Freire (PR-SP) se saiu com essa: não posso porque moro num apartamento da viúva de Quércia. Em pessoa Foi Ideli quem avisou a Renan na tarde de Terça-feira, ao visitá-lo no gabinete, sobre o reconhecimento do erro. A Receita não se pronunciou até o fechamento. Estreia na telinha Recém-fundado, o PEN51 fará estreia dia 21 na propaganda partidária na televisão em rede. Em 5 minutos, o presidente Adilson Barroso vai lembrar infância como boia-fria e anunciará que o partido terá candidato a presidente. Não mais Marina, claro. Ele voltou O ex-governador preso pela PF José Roberto Arruda, recém-filiado ao PR do DF, será candidato a deputado distrital. Nocaute É o deputado Popó, ex-boxeador, quem pediu a criação da Frente Parlamentar do Marketing Multiuso – em outras palavras, as pirâmides financeiras alvo da polícia. Reserva moral Até a véspera do prazo final de filiação partidária, amigos tentaram convencer, em vão, o procurador Cláudio Fonteles, reserva moral no DF, a se filiar a qual-

quer partido e se candidatar a senador. Memórias de Cid O jornalista e professor Cid Benjamin lança dia 22, na Travessa do Leblon, o livro ‘Gracias a la vida – Memórias de um militante’ (Ed. José Olympio). Ex-guerrilheiro do MR-8, Cid foi um dos personagens do sequestro do embaixador Charles Elbrick. Aperto Na última Sexta, dia 4, saiu no D.O., seção 1, acórdão do TCU dando 20 dias de prazo para o Ministério do Esporte enviar tudo o que falta para a APO produzir a matriz de responsabilidades para os Jogos de 2016. Cartola$ Cartolas de pelo menos 50 clubes de futebol desembarcam em Brasília semana que vem para apoiar uma proposta do governo. A presidente prepara uma MP que dá novo alívio às contas dos times. De novo endividados. Nadando, nadando.. Projeto do deputado Esperidião Amin (PP-SC) dá o título de ‘Capital Nacional dos Golfinhos’ à cidade de Laguna. Farra Do blog do André Couto: apesar da já lotada Administração Regional da satélite Águas Claras, o governo do DF criou uma Gerência Regional para Arniqueiras, mesmo local. Ponto Final Receita pagando senadores e você aí pagando seus impostos.

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF

Jornaldodia10102013