Issuu on Google+

MACAPÁ-AP, QUINTA-FEIRA, 10 DE OUTUBRO DE 2013 - ANO XXVI

* FUNDADO EM 04 DE FEVEREIRO DE 1987

•DOMINGO E SEGUNDA R$ 2,50 •TERÇA A SÁBADO R$ 1,50 DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Expofeira movimentou mais de R$ 10 milhões este ano

Evento foi considerado um dos melhores dos últimos anos nB1

RODEIO: atração lotou as arenas JORNAL DO DIA

Vendas no comércio caem com a greve dos bancos A greve dos bancários que ocorre há mais de 20 dias começa a provocar perdas no comércio da capital amapaense. Falta de troco, dificuldade

Dom Pedro comemora 64 anos e fala de sua vocação

CELIANE FREITAS

DOM PEDRO: vocação aos dez anos

DE PARABÉNS

LUAN SANTANA: mega público no show

para tomada de crédito para empresas, troca de cheques e pagamento de faturas são problemas enfrentados por empresários. A categoria

já amarga quedas nas vendas com o fraco movimento para o Dia das Crianças, considerada data forte que sempre aqueceu a economia. nB3

POSTOS PASSAM POR FISCALIZAÇÃO

No Amapá Dom Pedro é bispo há 9 anos. Ele tomou posse na Diocese, no dia 20 de fevereiro de 2005. Seu Lema é “Senhor, Tu sabes que eu te amo.”nA3

POLÊMICA

Empresários jogam culpa da retirada dos ônibus para motoristas e cobradores Setap disse que retirada dos ônibus foi decisão dos trabalhadores. nB4

MUSEU SACACA

Circo Escola apresenta peça teatral para a criançada

DURANTE a fiscalização, os fiscais testam qualidade e quantidade e ainda esclarecem dúvidas dos funcionários quanto os limites do álcool na mistura dos combustíveis nB3

REPAROS

Obras no Sambódromo devem ser finalizadas até novembro As obras no Sambódromo que não foram concluídas para o carnaval de 2013, foram retomadas na últi-

ma segunda-feira, 7, e serão entregues no final de novembro. A obra contará com adaptações nas estru-

turas metálicas, a derrubada do prédio que pertencia à Liga, reparos no sistema elétrico e asfálto. nB3 CELIANE FREITAS

A iniciativa é da Divisão de Ação Cultural e Educativa e faz parte do projeto Circo, Arte e Ludicidade que vem ocorrendo no Museu desde 2012. nC3

12 DE OUTUBRO

Como a ausência dos pais interfere no consumismo Saiba como a ausência dos pais interfere no consumismo das crianças e quais os reflexos dessa realidade na família. nB2 e B3

JORNAL DO DIA

PROFESSORES analisam o consumismo infantil e apontam suas causas

CELIANE FREITAS

AMAPAZÃO

Santos e Macapá jogam hoje 1ª partida da decisão

NESTE MÊS, em especial, o projeto vai atender as crianças

NESTA EDIÇÃO CADERNO A............................4Pag. CADERNO B............................4Pag. CADERNO C............................4Pag. CLASSIDIA..............................8Pag.

UMA DAS MUDANÇAS foi a derrubada do prédio da Liesap, que funcionava atrás do recuo da bateria

Ambas as equipes venceram os turnos do certame após empate pelo mesmo placar, 1 a 1. Mas, os torcedores amapaenses sabem que tudo pode acontecer. nC2

NA INTERNET: www.jdia.com.br - REDAÇÃO: 3217.1117 - COMERCIAL: jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO: 3217.1111 - ATENDIMENTO: 3217.1110


A2

Opinião

Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Poucas & Boas

• A CICLOVIA DA Rua Hamilton Silva é uma das mais desrespeitadas em todo o seu trajeto, desde o bairro Jesus de Nazaré até o Muca, apesar da profusão de placas em todo o trecho.

•QUEM menos tem direito a trafegar com tranquilidade por lá são os ciclistas. Veículos estacionam nos lugares onde é proibido até parar. E para aumentar o caos, ontem, por volta das 10h00, uma cegonha descarregava carros novos, para uma concessionária, estacionada na faixa da ciclovia. E não apareceu ninguém da CTMac para tomar providências. •DO MESMO, modo na Av. Paraná, desde o bairro Santa Rita até o Novo Buritizal, os carros pesados trafegam sem serem importunados pela CTMac das 8h00 às 18h00. Em um mini Box, durante todo o dia, o movimento é grande de caminhões descarregando produtos. •MAS DESTA vez a gravidade é maior ainda: agentes de trânsito e carros do órgão fiscalizador passam por lá e não tomam nenhuma providência. Cegueira total. •REPRESENTANTES

DAS

escolas agrícolas estiveram ontem pela manhã em frente ao Palácio do Setentrião reivindicando o repasse de recursos que dizem está atrasado por 13 meses, desde a época do governo Pedro Paulo. •FORAM recebidos pelo gabinete militar do Setentrião, mas queriam mesmo falar era com o governador Camilo que não estava em palácio. Rumaram depois para a Assembleia Legislativa onde seus líderes usaram o plenário para as reclamações e depois seguiram para a Secretaria de Educação. No Tartarugalzinho, as turmas estariam quase um mês sem aulas. •INQUÉRITOS DAS Operações Esopo e Miquéias levadas a efeito pela Polícia Federal, que apura malversações do dinheiro público no Ministério do Trabalho e em fundos de pensões municipais chegam ao Supremo Tribunal Federal (STF), em virtude de parlamentares incluídos nas denúncias, inclusive um seria do Amapá.

•MAS ATÉ chegar a julgamento final e se caber os providenciais embargos infringentes, conte lá uns 10 anos para a conclusão. E se a

Operação Mãos Limpas seguir o mesmo trâmite da Satiagraha, cujas escutas telefônicas foram consideradas ilegais, como é que fica? •“EM SUA SEGUNDA passagem pelo Congresso neste ano, a presidente Dilma Rousseff enfrentou na ultima quarta-feira (9) um verdadeiro “beija-mão” de parlamentares, especialmente do baixo clero, grupo sem muita expressão na Casa”, diz a matéria da Folha de São Paulo. No mínimo é uma discriminação contra os estados menores! •NO TWITTER: •Myrian Rios @ ‫ ‏‬myrianrios 1ª Caminhada em Defesa da Vida, por um Brasil Sem Aborto, no RJ - Instituto Plinio Corrêa de Oliveira •Assessoria Randolfe @ ‫ ‏‬informeRandolfe @randolfeap pede e CCJ atende. Comissão designa Eduardo Braga para relatoria do Projeto de sua autoria q pede a suspensão do Leilão de Libra •POLÍTICA NA WEB @ ‫ ‏‬PoliticaNaWeb Presidência gasta R$ 19,4 mil em itens para natação: •Estadao @ ‫ ‏‬Estadao Restaurante popular oferece paella a R$ 1 em Campinas •TV Justiça @ ‫ ‏‬TV_Justica Deferida extradição de acusado de exploração sexual e

cárcere privado •TV Justiça @ ‫ ‏‬TV_Justica Decisão do Tribunal Superior do Trabalho determina fim da greve dos Correios •G1 @ ‫ ‏‬g1 ‘Ninguém vota por causa do vice’, diz ministro sobre Marina no PSB •POLÍTICA NA WEB @ ‫ ‏‬PoliticaNaWeb ‘Ninguém vota por causa do vice’, diz Paulo Bernardo sobre aliança Campos-Marina: •UOL Economia @ ‫ ‏‬UOLEconomia Fluxo cambial fecha setembro com déficit de US$2 bi e inicia outubro no vermelho •Raimundo Vales @ ‫ ‏‬raimundo_vales Temos que aceitar o ruim quando as outras opções são piores; é o que resta quando não se controla a escolha das opções. Maturidade é isso! •Jornal O Globo @ ‫ ‏‬JornalOGlobo Escola é obrigada a retirar quadro de Jesus Cristo da parede após processo de pais de aluno •Polícia prende membro da Gaviões da Fiel acusado de tentativa de homicídio. http://folha.com.br/ no1354022 •Google faz parceria com a HP e lança laptop popular de US$ 279:http://oesta.do/ GLy3XC •Polícia Federal @ ‫ ‏‬agenciapf PF apreendeu ontem 4 veículos e um barco que transportavam mercadorias e cigarros contrabandeados em Foz do Iguaçu/PR •POLÍTICA NA WEB @ ‫ ‏‬PoliticaNaWeb CNJ altera resolução que impede nepotismo no Judiciário:

O que uma criança tem a ensinar a um empreendedor?

R

elembre, traga de volta a criança que perdemos quando crescemos. A criatividade, o interesse em ouvir, prestar atenção em tudo, a paciência, nunca desistir, chorar e continuar acreditando que vai conseguir são as habilidades indispensáveis para ser bem sucedido como empreendedor. Já desenvolvemos estas habilidades quando crianças. Por que esquecemos? Certamente o dia das crianças nos remete ao passado e lembranças de quando éramos crianças. Quais as lições importantes que podemos tirar deste passado ou das experiências um pouco mais recentes que vivemos como pai de família? Afinal, ser empreendedor é ser pai de uma empresa e a diferença é que provavelmente temos muito mais filhos para cuidar. Como pai de família passamos por noites pouco dormidas, poucas horas de sono, muitas preocupações com a saúde, com o futuros dos filhos, com a alimentação, com a educação, com o desenvolvimento pessoal. Cuidar para que as crianças cresçam, ganhem estatura, fiquem fortes, etc. Faz parte do currículo do empreendedor dormir pouco, passar por poucas horas de sono, preocupar com o dia de amanhã, preocupar com a saúde financeira, com os funcionários. Cuidar para que a empresa cresça, ganhe volume, tenha mais participação no mercado, etc. O primeiro grande desafio da vida do homem é aprender a andar. Usamos a criatividade para levantar, segurando na perna da nossa mãe. Creio que ninguém

CONSELHO EDITORIAL Presidente:

Aldenor Benjamim dos Santos

CONSELHEIROS Haroldo Pinto Pereira Danieli Amanajás Scapin Carlos Augusto Tork de Oliveira José Arcângelo Pinto Pereira Janderson Carlos Nogueira Cantanhede Heloisa Figueiredo Pereira

ensina isso a uma criança. Depois tentamos andar soltando a mão da perna da mãe. Caímos, levantamos, caímos, choramos porque a batida na cabeça doeu muito, mas cinco minutos depois, levantamos e tentamos andar novamente. Por que fizemos isso? Por que nunca desistimos de andar? O primeiro grande desafio do empreendedor é fazer a empresa sair do chão, fazer crescer. Não há onde agarrar, dependemos só da nossa força de vontade. O aprendizado de levantar, cair, levantar, cair, chorar, levantar até aprender a caminhar por si faz parte da rotina empreendedor. Mas muitas vezes desanimamos e desistimos. Se fossemos bebês desistiríamos? Com certeza a resposta é não. Por que o bebê nunca desiste? Simplesmente porque não existe na cabeça da criança o pensamento “não conseguir andar”. Não me lembro o que eu pensava quando tinha 10 meses, mas penso que nunca tive nenhuma dúvida do tipo “será que vou conseguir andar?” ou “quando vou conseguir?” ou “quanto tempo vou levar?”. Por que nos esquecemos desta valiosa lição quando crescemos? Se já superamos um obstáculo tão difícil que era levantar e caminhar livremente com as nossas duas pernas quando ainda pequeninos com pouca força nos pés, por que desistimos diante da primeira queda como empreendedor? Simplesmente é questão de crença: não acreditamos tanto quanto acreditávamos quando bebês. Na criança só existe o pensamento “vou conseguir!”.

Editado por Omega Publicidade Ltda. Rua Mato Grosso, 296 A - Bairro Pacoval CEP. 68.908-350 - Macapá-AP CNPJ 03.926.197/0001-82 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(*1917 +2006) e Irene Pereira(*1923 +2011) 1º Presidente: Júlio Maria Pinto Pereira 1987 a 1991 - (*1954 +1994) 2º Presidente: José Arcangelo Pinto Pereira 1991 a 2003

ações confusas, conflitantes e desconfortáveis. O terceiro desafio da criança é aprender a compartilhar. A família aumentou e chegaram novas companhias: seus irmãos, suas irmãs. Compartilhar espaço, compartilhar brinquedo, compartilhar a atenção dos pais, dos tios e das tias. Além de compartilhar precisou aprender a brincar com outras crianças e viu que era mais divertido. O terceiro desafio do empreendedor é aprender a compartilhar a empresa. A empresa cresceu, tem mais funcionários, mais fornecedores. O espaço ficou pequeno, tem mais departamentos. Tem que dar atenção a todos, precisa aprender a trabalhar com várias pessoas. Precisa descobrir que é divertido e desafiador gerenciar um grande número de pessoas. Podemos enumerar várias outras experiências já vividas como criança que poderiam ser muito úteis no dia a dia do empreendedor. Não foi em vão que Jesus disse: “sejam como crianças para entrarem no Reino dos céus”. Evidentemente, ser criança não quer dizer ser infantil. É ser criança mentalmente, forte, alegre e feliz. É ouvir a voz da criança interior, confiar, ouvir mais, persistir, ser flexível, estar aberto a novas informações, querer aprender novas formas. Viva o dia das crianças! (Orlando Oda é administrador de empresas, mestrado em administração financeira pela FGV e presidente do Grupo AfixCode.)

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296 A Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68.908-350 E-mails Pautas e contatos com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br Departamento Comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA - Tel.: (91) 3244.4722

3º Presidente: Maria Inerine Pinto Pereira 2003 a 2005 Vacância do Cargo 2005 a 2012 4º Presidente: Haroldo Pinto Pereira 2013 Presidente Executivo: Haroldo Pinto Pereira haroldopereira@jdia.com.br Vice-Presidente e Diretora Comercial Juliane Pereira juliane.pereira@jdia.com.br Gerente Comercial: Edson Coelho edson.coelho@jdia.com.br Consultoria Jurídica : Juliane Pereira (OAB/AP 1320) Jakeline Morato Pereira de Souza (OAB/AP 1381) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede cantanhede@jdia.com.br

ÍNDICE Opinião .....................A2, A3 Geral ..........................A4 Geral ..........................B1,B2,B3 Polícia ........................B4

O segundo grande desafio da criança é aprender a falar. Mais uma vez a crença e a paciência vencem a batalha. É verdade que contamos com a ajuda dos nossos pais para vencer esta batalha. Como aprendemos a falar? Ouvindo, ouvindo, ouvindo, tentando falar, repetir, repetir até dominar a arte de falar. Aprendemos que o que fala, as palavras que usamos fazem as coisas acontecerem. Antes precisava chorar para chamar a atenção dos pais. Agora podemos falar para conseguir o que queremos. Basta falar para aparecer o objeto que deseja. Incrível: a palavra cria as coisas que desejamos. Basta usar a palavra correta para conseguir o que deseja. O segundo desafio que o empreendedor precisa aprender também é falar. Falar aos seus clientes o que eles querem ouvir: algo que satisfaça as suas necessidades. Como conseguir entender os clientes? Ouvindo, ouvindo, ouvindo, tentando entender o que eles estão falando, necessitando. Repetir, repetir, repetir até conseguir produzir produto ou serviços que atendam às expectativas dos nossos clientes. O empreendedor precisa falar para os funcionários para que eles produzam e hajam de acordo com o seu pensamento, seu desejo. Mas muitas vezes esquecemos da lição de quando éramos criança e não falamos, transmitimos corretamente o que desejamos aos funcionários, fornecedores e clientes. Utilizamos palavras não apropriadas e até erradas que acabam criando situ-

Contatos: Fale com a redação (96) 3217-1117 (96) 3217-1108 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Acompanha o

caderno de ClasssiDia 8pág. Geral ...........................C1 Esporte ......................C2 Cultura .......................C3 Social ..........................C4

Aos domingos Veículos ....................D1,D2,D3 Informe .....................D4

Edição número

8324

Coluna

ESPLANADA POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

SENADORES SE VINGAM DA RECEITA

A

Receita Federal terá de reembolsar em até R$ 8 milhões (valor estimado e corrigido) o Imposto de Renda pago em 2012 pelos senadores, referente aos chamados 14º e 15º salários do período de 2007 a 2011 não recolhido sobre os R$ 54 mil recebidos. Foi o que decidiu o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais do órgão, em análise a ação da senadora licenciada Ideli Salvatti. À ocasião, 45 senadores pagaram até R$ 74 mil de IR para os cinco anos, e o Senado cobriu R$ 5 milhões de quem não quis pagar.

E que ajuda! O Senado não tribuna sobre os 14º e 15º, a despeito da nomenclatura, porque são ajuda de custo ‘para atividade parlamentar’ e não devem debitar o IR.

Hum.. Em nota, a Receita informa que ‘continua entendendo que as parcelas são tributáveis’, e que ‘decisão do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais vincula apenas as partes’.

Não, não e.. Quando recebeu a notificação do Senado ano passado, o senador Collor (PTB-AL) a rasgou e devolveu com bilhete irritado. Não pagou.

Briga pelo batismo

Uma briga de partidos para nomenclatura do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), ronda a Câmara dos Deputados e agora ganhou outro capítulo. O deputado Berzoini (PT-SP) apresentou projeto para chamá-lo de Luiz Gushiken, o recém-falecido ex-ministro de Lula. O PSDB há anos tem PL para titularidade de Mario Covas. Inquilino medroso O PMDB quer que Viracopos seja nomeado Orestes Quércia, e iniciativa popular de Campinas pede para batizá-lo de Maestro Carlos Gomes. Cobrado, Paulo Freire (PR-SP) se saiu com essa: não posso porque moro num apartamento da viúva de Quércia. Em pessoa Foi Ideli quem avisou a Renan na tarde de Terça-feira, ao visitá-lo no gabinete, sobre o reconhecimento do erro. A Receita não se pronunciou até o fechamento. Estreia na telinha Recém-fundado, o PEN51 fará estreia dia 21 na propaganda partidária na televisão em rede. Em 5 minutos, o presidente Adilson Barroso vai lembrar infância como boia-fria e anunciará que o partido terá candidato a presidente. Não mais Marina, claro. Ele voltou O ex-governador preso pela PF José Roberto Arruda, recém-filiado ao PR do DF, será candidato a deputado distrital. Nocaute É o deputado Popó, ex-boxeador, quem pediu a criação da Frente Parlamentar do Marketing Multiuso – em outras palavras, as pirâmides financeiras alvo da polícia. Reserva moral Até a véspera do prazo final de filiação partidária, amigos tentaram convencer, em vão, o procurador Cláudio Fonteles, reserva moral no DF, a se filiar a qual-

quer partido e se candidatar a senador. Memórias de Cid O jornalista e professor Cid Benjamin lança dia 22, na Travessa do Leblon, o livro ‘Gracias a la vida – Memórias de um militante’ (Ed. José Olympio). Ex-guerrilheiro do MR-8, Cid foi um dos personagens do sequestro do embaixador Charles Elbrick. Aperto Na última Sexta, dia 4, saiu no D.O., seção 1, acórdão do TCU dando 20 dias de prazo para o Ministério do Esporte enviar tudo o que falta para a APO produzir a matriz de responsabilidades para os Jogos de 2016. Cartola$ Cartolas de pelo menos 50 clubes de futebol desembarcam em Brasília semana que vem para apoiar uma proposta do governo. A presidente prepara uma MP que dá novo alívio às contas dos times. De novo endividados. Nadando, nadando.. Projeto do deputado Esperidião Amin (PP-SC) dá o título de ‘Capital Nacional dos Golfinhos’ à cidade de Laguna. Farra Do blog do André Couto: apesar da já lotada Administração Regional da satélite Águas Claras, o governo do DF criou uma Gerência Regional para Arniqueiras, mesmo local. Ponto Final Receita pagando senadores e você aí pagando seus impostos.

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Entre Aspas JANDERSON CANTANHEDE Jornalista

Jogando a culpa - Os empresários do transporte coletivo tiveram ontem, durante coletiva com a imprensa, uma ideia brilhante: jogaram a culpa da retirada dos ônibus da Expofeira para cima dos motoristas e cobradores.

além de deixarem a população a pé no último dia da Expofeira, ainda chicoteou nas costas do Estado e da Prefeitura. Afinal de contas, que tipo de empresário que trabalha com concessão pública dispara contra o poder público?

E aí, Genival? - Assim, eles jogam a batata quente para os mais fracos e tentam ficar de inocentes nessa polêmica toda. Resta saber se o Sindicato dos Rodoviários, comandado pelo Genival, vai aceitar caladinho a culpa do ocorrido.

Rebatendo - O prefeito Clécio Luís não engoliu as desculpas dos empresários e rebateu na mesma moeda, dizendo que se houve molecagem foi por parte dos empresários que descumpriram ordens e deixaram a população a pé.

Molecagem - Claramente nervoso e irritado com o assunto, um dos empresários ao dar entrevista considerou como “molecagem” o que ele considerou jogo de empurra-empurra entre Estado e Prefeitura.

Nova licitação - Clécio foi mais além: bateu o martelo e disse que vai sim realizar uma nova licitação para o transporte público, e que a relação de promiscuidade entre empresários e Prefeitura já acabou.

Chicoteando - Ou seja,

Não acredito - Eu, parti-

cularmente, não acredito nas justificativas dadas pelos empresários que jogaram a culpa para cima dos motoristas e cobradores. Se assim fosse, onde estavam os próprios donos das empresas que não evitaram isso? Ou será que virou “casa da mãe Joana”? Responsabilidade - E tem mais: a segurança dos funcionários das empresas de ônibus passa primeiro pela responsabilidade dos próprios empresários. Querem tudo mais organizado e seguro? No próximo ano contratem uma empresa especializada em segurança e coloquem para tomar conta dos ônibus no estacionamento. Restrições - Após quase seis meses de espera, o Senado aprovou o projeto que dificulta o acesso de novos partidos a re-

Opinião

Vontade do eleitor - Segundo o senador, o projeto preserva o resultado das urnas e faz a distribuição dos recursos e do tempo de acordo com a vontade do eleitor. Fatiamento - Atualmente, 5% do total do Fundo Partidário são divididos igualmente entre todos os partidos que tenham seus estatutos registrados no Tribunal Superior Eleitoral. O restante, 95%, é distribuído na proporção dos votos obtidos na última eleição para a Câmara dos Deputados. Até amanhã...

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@hotmail.com Blog: jandersoncantanhede.wordpress.com

Dom Pedro Conti comemora 64 anos e diz que vocação começou aos dez anos Mônica Costa Da redação

F

ilho de Francesco Conti e Rosina Conti, Pedro José Conti também teve uma irmã gêmea chamada Lúcia, e por complicações de saúde, faleceu com 15 meses. Sua mãe era professora de Jardim de Infância e seu pai era Operário. O Bispo da Diocese de Macapá nasceu no dia 10 de outubro 1949 em Brescia, na Itália. A sua Ordenação Presbiteral foi realizada no dia 12 de junho de 06 de 1976 também em sua terra natal. Durante uma entrevista para a reportagem do Jornal do Dia, o pastor da Igreja Católica no Amapá contou um pouco sobre a sua vida. “Eu tive uma infância sadia.Euera um menino levado, como qualquer criança. Meu pai era pobre, trabalhava em uma fábrica de fuzis de caça. Meu avô era Barbeiro. E minha mãe, apesar de ter a profissão de Professora, ela ficava em casa cuidando da família. Ela colaboravanas economias da casa também produzindo artesanatos e bordados... Eu fui coroinha, servia na Paróquia. E com 10 anos meus pais já queriam que eu fosse para o seminário. Eu era o que eu queria. Mas naquele tempo não tínhamos condições financeiras de pagar o seminário. E na reunião de família meus até tentaram, mas eu não fui para o seminário, e sim para

DIVULGAÇÃO

uma escola pública. Eu fiz o Ensino Médio, me formei em Técnico em Eletrônica e depois estudei engenharia eletrônica. E no Politécnico de Milão, me formei em doutorado no dia 18 de outubro de 1983.”

O chamado Dom Pedro entrou no seminário em 1970, aos 21 anos e fez a vocação adulta. E em 1976 se tornou padre, o segundo ele, durante Concílio Vaticano, um dosgrandes momentos de renovação da Igreja Católica, entre 1962 a 1965, ele teve a certeza da sua missão. “Eu escrevi para o bispo para entrar no seminário,e o bispo pediu para eu esperar. E enquanto o tempo passava eu servia na Igreja, trabalhando com a ação católica e dava palestrassobre o Laicato. Eu também fui coordenador Diocesano...Acredito que a minha vocação surgiu eu tinha 16 anos, após Concílio Vaticano.” Ingressou no Seminário Diocesano em 1970 e foi ordenado padre no dia 12 de junho de 1976. Doutourou-se em Engenharia Eletrônica, junto ao Politécnico de Milão, no dia 28 de outubro de 1983. No dia 10 de novembro de 1983 viajava para o Brasil, para trabalhar como missionário “fideidonum” na Diocese de Bragança-Pará. De 29 de setembro de 1984 até dezembro de 1995 foi Pároco na Paró-

Karina Rodrigues

A

percurso. Segundo o secretário municipal de Manutenção Urbanística (SEMUR), José Mont’Alverne, toda força operacional da empresa estará fazendo o trabalho de limpeza das vias antes, durante e depois do círio.“Objetivo é evitar o acúmulo de lixo nas ruas, isso sempre acontecia nos anos anteriores e agora queremos mudar isso, esse ano no máximo 2h após o evento todas as vias estarão sem nenhum resíduo”, afir-

Dia-Dia

N

Juventude perdida

a época territorial do governo Barcellos, seus adversários costumam chamá-lo de “Zé Pracinha”, tal a fissura que o governante tinha para construir logradouros. Determinava que em cada uma delas um professor de Educação Física organizasse grupos por idade e horários específicos para a prática do futebol, vôlei, basquete e futsal. Foi o tempo em que mais surgiram atletas, tanto para consumo interno como para outros centros. A juventude canalizava todo seu potencial para algo bom. Até nas madrugadas era vista praticando atividades esportivas. Tambem no mesmo período não faltavam professores nas salas de aulas, a iluminação pública era cobrada pelo governador com muito rigor e as polícias estavam nas ruas para coibir os crimes. Passado todo esse tempo até nossos dias de hoje a política para entretenimento da juventude definhou e o que se vê são muitos shows, inclusive Gospel, mas que depois deles grupos organizados seguem para as baladas onde o consumo de álcool e de outras substâncias ilegais é grande, com a polícia perdendo de goleada para os traficantes. Trabalho proveitoso mesmo com os jovens só os das igrejas, mas estas não podem abraçar os grandes contingentes dispersos. O caso do menor que Tambem no assassinou o vigilante mesmo períonuma unidade de saúde municipal em Macapá re- do não faltavam centemente é o retrato professores nas sada perdição. Só na família do infrator menor, alem las de aulas, a iludele existe outro, com minação pública passagem pela polícia e o era cobrada pelo mais velho, de apenas 19 anos, continua a cursar a governador universidade do crime dentro da penitenciária, onde deve ter sido devidamente albergado pelo crime organizado. O matador confessou ao pai o seu delito e este o convenceu a se entregar a polícia e o que foi feito. Se continuasse na prática delituosa, com certeza, logo teria uma lugar cativo no cemitério. O que deve passar na mente de um jovem como este depois de cometer um bárbaro assassinato? Que futuro lhe aguarda num instituto correcional como o nosso? Esta é parte da nossa juventude perdida, talvez, aquela que não tenha mais jeito.

Hora-Hora

Programação O Amapá Garden Shopping anunciando sua intensa programação para o Dia das Crianças comemorado neste ano num feriadão de sábado. Mas já na sexta-feira (11), pela manhã, acontece à abertura, onde no hall de entrada as crianças serão recebidas por palhaços e personagens infantis a distribuir guloseimas e balões. BISPO nasceu no dia 10 de outubro 1949 em Brescia, na Itália

quia de Paragominas-PA. Foi nomeado Bispo da Diocese de Santíssima Conceição do Araguaia, sendo consagrado Bispo e tomando posse no dia 18.02.1996. No Amapá No Amapá Dom Pedro é bispo há 9 anos. Ele tomou posse na Diocese, no dia 20 de fevereiro de 2005. Seu Lema é “Senhor, Tu sabes que eu te amo.” Além das atividades normais de Pastor da Diocese, está realizando a Visita Pastoral nas Paróquias. Atualmente faz parte da Comissão Episcopal pastoral para o laicaito, onde acompanha, no Regional Norte II, a juventude, o Laicato e as

CEB’s.Foi Secretário do Regional Norte II no Quadriênio passado. JMJ Na Jornada Mundial da Juventude, ao encontro do Papa Francisco, Dom Pedro José também foi escolhido para ser junto com mais de 250 bispos do mundo inteiro. E hoje, a Juventude o chama de Dom Pedrinho, como um gesto de carinho, visto que o pastor apoia incansavelmente a juventude. E como é o presidente do Círio de Nazaré, o mesmo escolheu como tema do Círio deste ano, “Juventude, Esperança e Fé”. A missa de comemoração deve acontecer hoje na Catedral São José.

Novas estratégias serão implantadas para limpeza e coleta de lixo durante o Círio de Nazaré Da redação secretaria de manutenção Urbanística (Semur) definiu novas estratégias para conter o espalhamento de lixo após a passagem da procissão do círio, serão montados grandes pontos de coleta nas praças Veiga Cabral e Nossa Senhora de Fátima, além de sete pontos que vão ser colocados em pontos estratégicos para coletar garrafas e copos descartáveis durante o

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

cursos do fundo partidário e ao tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Mudanças - Relator do texto, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) explicou que a intenção do projeto é evitar que as mudanças de partido ocorridas no decorrer de uma legislatura alterem a distribuição do fundo partidário e do tempo de rádio e televisão.

A3

ma. “Em cada esquina ficará um gari com um carrinho chamado lutocar, com uma placa indicando que o lixo pode ser jogado naquele local, pretendemos sensibilizar a população para que jogue o lixo em seu devido lugar”, ressalta o secretário. Todos os copos e garrafas plásticas coletados durante o círio serão encaminhados para a associação dos catadores de lixo do aterro sanitário do Estado. “Os catadores

poderão reciclar e comercializar esses produtos, eles estarão juntos com a gente durante o evento para ajudar a juntar esse material que futuramente será usado por eles”, informa. Há duas semanas começou a ser feita a limpeza, pintura, remoção de entulho e capina nas vias em que passará a procissão. O secretário espera que até a véspera do evento todo, o percurso esteja adequado à caminhada dos fiéis.

Shows e desfile À noite, a partir das 19h00, tanto na sexta como no sábado acontecem shows e desfiles. Na Praça de Alimentação o cardápio para os baixinhos é especial, inclusive, nos preços. Nas lojas, grandes promoções de roupas, brinquedos com direito a muitos brindes. A conferir! Seca Em Oiapoque, a população roga a Nossa Senhora das Graças, padroeira do município, que a livre de tantos problemas. Na semana passada foi afetada com a falta d‘água nas torneiras por mais de cinco dias e foi obrigado a emprestar água dos vizinhos que tinham poços amazonas ou artesianos. Inundação E quem não teve essas opções utilizou as poluídas águas do rio pelo menos para um banho.

Essa semana um temporal fora de época inundou as partes baixas da cidade. Seria um sinal dos tempos? Frente Falando em Oiapoque, a obra inacabada do muro de arrimo da frente da cidade já passa dos cinco anos. Os recursos eram do Ministério do Turismo que não cobrou da empreiteira a conclusão da obra. Pode ruir Pouco a pouco o passeio público foi afetado pelas chuvas e marés altas e a qualquer momento pode ruir. É um dos cartões postais da cidade legado ao abandono. Opções Com o aumento do pato vivo nas feiras livres, com a patinha alcançando R$ 70,00 a unidade e R$ 100,00 o patarrão, o tradicional alimento no almoço do Círio no próximo domingo (13) tem boas opções nos supermercados da cidade: o pato congelado vindo de Santa Catarina por R$ 40,00, um marreco por R$ 35,00, um frango grande por R$ 12,00 e um quilo de porco por R$ 10,00. Nas feiras, o peixe regional inicia com até R$ 3,00 o quilo e o de cativeiro por R$ 10,00 ou o camarão frito por R$ 7,00. É só escolher.

MINUTOS Suspenso - A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) voltou a suspender a venda de 246 planos de saúde de 26 operadoras, como punição por descumprimento da legislação. A medida não afeta clientes que usam atualmente os planos punidos. Avaliação - Mesmo com a nova decisão do STJ, o diretor-presidente da ANS, André Longo, anunciou em nota, que a agência reguladora vai criar um Grupo Técnico do Monitoramento da Garantia de Atendimento, com o objetivo de aprimorar permanentemente a metodologia de avaliação.


A4

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013


MACAPÁ-AP, QUINTA-FEIRA, 10 DE OUTUBRO DE 2013

Geral

GREVE DOS BANCOS

Obras do Sambódromo são retomadas e devem ser finalizadas até o final deste ano B2 & B3 Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Consumismo infantil

Pedagoga e historiador mostram como a ausência dos pais interfere no consumismo das crianças B2 & B3

Empresários amargam queda nas vendas B2 & B3

Expofeira movimentou mais de R$ 10 milhões este ano, diz coordenação AGÊNCIA AMAPÁ

Evento teve um investimento de R$ 6 milhões e a participação de mais de 150 mil pessoas

J

á era madrugada da segunda-feira (7), quando os fogos de artifício anunciavam no céu do Parque de Exposições da Fazendinha a última apresentação do rodeio e o encerramento da 50ª Expofeira do Amapá. O evento é considerado como a maior vitrine de negócios e de incentivo ao setor primário, promovido pelo Governo do Estado. No palco da arena de shows, o cantor Lucas Lucco reuniu milhares de pessoas para assistir a última das nove atrações musicais do cenário nacional contratadas neste ano. E o número de pessoas, e de investidores que apostaram no evento, consagrou a edição de 2013 como a “melhor de todas”, confirmando a previsão feita pelos organizadores durante coletiva à imprensa para anunciar a programação da 50ª Expofeira.

O NÚMERO de pessoas e de investidores que apostaram no evento, consagrou a edição de 2013

Com o tema “Mais de Meio Século Plantando e Colhendo Desenvolvimento”, o evento teve recorde de público. Segundo estimativas do Corpo de Bombeiros, mais de 150 mil pessoas percorreram os 167 mil m² do Parque de Exposições da Fazendinha nos dez dias de realização da festa. Somente no sábado, mais de 70 mil compareceram à arena de shows para assis-

tir à apresentação da banda R.P.M., considerado recorde de público pelo próprio grupo, como chegou a anunciar nas redes sociais. Sucesso em números Nada melhor do que os números produzidos pelo evento para confirmar o sucesso que foi essa última edição da Expofeira, que gerou milhares de empre-

gos diretos e outras centenas indiretamente. A maior festa do setor do agronegócio e o maior palco de diversão, cultura e entretenimento proporcionou renda extra à população e movimentou todos os setores da economia. “Aqui nós geramos empregos, fazemos negócios e conhecemos a história do Amapá”, destacou o governador Camilo Capiberi-

be em seu discurso de abertura da Expofeira, referindo-se a uma das novidades deste ano: o “Espaço Memória”. O estande contou, através de registros de documentos e fotos, a história dos 66 anos de criação do evento, hoje, em sua 50ª edição como Expofeira Agropecuária. Na avaliação da coordenadora-geral da 50ª Expofeira, a secretária de Desenvolvimento Rural (SDR), Cristina Almeida, mais de R$ 10 milhões foram gastos pelo público ao longo dos dez dias de festa. E o GEA investiu, neste ano, menos recursos na produção do evento, R$ 6 milhões no total. R$ 1 milhão a menos que em 2012. Porém, apostou mais em estratégias organizacionais em relação aos anos anteriores. “Essa é a melhor de todas as Expofeiras, pelo formato no qual foi construído o projeto, com maior participação e com menor custo, planejada em conjunto com vários segmentos, beneficiando agricultores, pecuaristas, empresários do comércio, inclusive o setor de embarcações. Esse evento inicia com a participação do Governo do Estado e culmina com o bom desempenho das atividades desenvolvi-

das aqui dentro”, pontuou a coordenadora. Mais de 800 empreendedores apostaram na edição deste ano. Os espaços comercializados em 2013 superaram em mais de 160 os estandes que foram negociados no ano passado. O novo projeto otimizou ambientes e apresentou novidades, tanto em conceitos e espaços físicos criados, a exemplo da Casa do Peão, a Casa da Farinha, as praças do Ribeirinho, do Protaf e a do Pecuarista. Mais de 100 artistas locais tiveram a oportunidade de exibir seus trabalhos à multidão que compareceu nos dias de festa. Literários, artistas circenses, performáticos, plásticos, cantores, e grupos de Marabaixo e de Batuque atraíram a atenção dos visitantes com a sua arte. A edição histórica do evento de 2013 elegeu Daiane Costa como a Rainha da 50ª Expofeira Agropecuária. A organização prestou ainda homenagem àquelas que já carregaram o título em anos anteriores. Resgatando e valorizando a memória do evento, que este ano voltou com a tradicional Vaquejada, que, por dez anos, ficou fora da programação oficial da Expofeira.

Mais de trinta pecuaristas e 700 animais estiveram presentes no evento deste ano FOTOS AGÊNCIA AMAPÁ

RODEIO mais uma vez mostrou adrenalina e emoção

L

ogo no segundo dia da Expofeira, o governador Camilo Capiberibe assinou convênio com a Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 140 milhões, que viabilizarão

obras de abastecimento de água, pelo PAC 2, do Governo Federal. O convênio foi firmado no Pavilhão Internacional de Oportunidades e Negócios e os recursos serão investidos na

SHOWS DE ARTISTAS nacionais e locais fizeram a alegria da população na 50ª Expofeira do Amapá

expansão da rede de distribuição de água dos bairros das zonas Norte e Oeste de Macapá. Mais de 120 produtores da Agricultura Familiar participaram de Expofeira deste ano, no espaço do PROAMAPÁ Rural, novidade que lhes proporcionou expor e comercializar diversos produtos cultivados nas hortas da capital e do interior do Estado. A iniciativa atendeu cerca de 40 comunidades agrícolas, beneficiando 150 famílias que fazem parte do Programa Territorial de Agricultura Familiar e Florestas (Protaf).Durante a Expofeira, o governador Camilo Capiberibe também assinou convênios para o repasse de R$ 3,7 milhões que irão fomentar a produção rural em seis municípios do Estado. O investimento, não reembolsável, é parte do Plano de Safra Agrícola 2013/2014 do Protaf. Valorizando a pecuária Um novo mecanismo econômico foi apresentado na Expofeira 2013, voltado ao setor pecuário amapaense, o qual prevê aporte financeiro para tornar o numeroso rebanho da região mais produtivo, intitulado Programa Estadual de Desenvolvimento da Pecuária no Amapá (Propecuária). E o maior evento de incentivo ao setor pecuário também apresentou recorde este ano. Segundo informações da SDR, a Expofeira reuniu 32 pecuaristas, tanto do Amapá quanto de outros estados, e 700 animais

tos elaborados por 20 restaurantes locais. Foram quase 20 mil degustações a mais que em 2012. Segundo Cristina Almeida, o GEA teve de subsidiar uma tonelada a mais de peixes marinhos, das quatro que já haviam sido concedidas aos participantes do Festival, para suprir a grande demanda nos últimos dias de realização do evento.

CERCA DE 60 MIL pessoas circularam pelo espaço para degustar pratos elaborados por 20 restaurantes locais

de várias espécies estiveram expostos no curral do Parque de Exposições da Fazendinha. Eles participaram de competições e atraíram o interesse de investidores nas rodadas de negócios e nos leilões. Pavilhão Internacional de Negócios Empresas da iniciativa privada, empreendedores dos Arranjos Produtivos Locais e dezenas de instituições públicas mostraram serviços e projetos de inovação tecnológica no Pavilhão Internacional de Negócios. O espaço gerou novas oportunidades ao empresariado amapaense e promoveu intercâmbio cultural entre países, através dos estandes das embaixadas do Japão, da Guiana Francesa e do Suriname, que participaram do evento este ano.

Festival de Gastronomia Repetindo o sucesso do ano passado, a 2ª edição do Festival Gastronômico de Peixes do Mar bateu recorde de público. Cerca de 60 mil pessoas circularam pelo espaço para degustar pra-

Evento reconhecido A partir de 2011, o Governo do Estado vem investindo fortemente na Expofeira. Desde então, não são medidos esforços para ampliar as oportunidades de negócios gerados no evento e como a melhor opção de entretenimento à população. Em 2012, o GEA investiu em melhorias nas condições sanitárias para o acondicionamento de animais e na estrutura fixa do local.

ESPORTES RACIDAIS proporcionaram atração extra


B2

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013 Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Pedagoga e historiador mostram como a ausênci

Poucas crianças desejam bonecas, carrinhos e brinquedos simples. Agora a pedida é por produtos tecnológicos Caroline Mesquita Da reportagem

D

aqui a dois dias, 12 de Outubro, será comemorado o Dia das Crianças. Já comprou presente? Pois saiba que aquela boneca e o carrinho não estão satisfazen-

do boa parte da molecada. Os desejos são por aparelhos tecnológicos, celulares de última geração, games que interagem virtualmente. Muitos pais fazem a vontade dos filhos e compram o que eles desejam. Mas será que a infância das crianças dessa geração não está sendo prejudicada? De acordo com Marcelino Alves Junior, historiador e filósofo, a evolução tecnológica advinda do período pós-industrial nos transformou em consumidores exagerados, logo, essas crianças também estão sendo afetadas. “Vivemos em um mundo capitalista e o consumo compulsivo é um método de alienação.

Você quer o produto que está na moda, mas não se sente relacionado com esse presente. E fica alheio porque está apenas seguindo um modelo. Isso nega tua própria consciência crítica, tua racionalidade”, explica. A pedagoga Márcia Jardim esclarece que antigamente apenas o homem promovia o sustento da casa. No entanto, a independência e a inserção da mulher no mercado de trabalho ocasionou um afastamento da convivência constante com os filhos e, por necessidade, boa parte da socialização começa a ser virtual. “A mãe teve que sair e ficou mais ausente da formatação na educação dos filhos. A convivência que era cotidiana tornou-se menor. Muitos pais compram um presente muito caro para compensar a ausência deles no cotidiano das crianças, que estão vulneráveis. E é aquele presente que o mercado tá lançando”, reflete. A globalização oferece uma mudança muito rápida e que a família não tá preparada para acompanhar. Antigamente era possível deixar os filhos brincando em frente de casa, socializando com

outras crianças. Agora, com a violência constante, é preferível para muitos pais deixá-los dentro de casa jogando vídeo game, com um celular moderno para interagir com os amigos. “Tenho uma filha pequena que vai fazer aniversário e não quer uma festinha, mas quer um celular de R$ 3 mil que nem eu sei o nome direito. E mesmo se eu tivesse condição não daria, não tem necessidade. É incrível a familiaridade que nossas crianças têm com a tecnologia. Mas, se perceber, é uma relação vazia. Brinca um pouco e depois perde o sentido, perde o gosto. Depois vai querer um celular mais moderno”, relata Márcia sobre a experiência dentro de casa. As instituições estão em crise. Estado, escolas, famílias e religiões não tentam resgatar a infância das crianças. “O papel da família é preponderante. Porém, falamos de uma família com consciência do fato. Muitas famílias estão no jogo do consumismo exacerbado e não percebem. Não vê o filho crescendo nesse rumo, vão dando mais continuando a comprar sem necessidade. Precisamos

brigar contra esse processo alienante. A ausência da educação faz com que haja uma ignorância nos valores. O exemplo é na escola particular em que os alunos disputam entre si quem tem mais coisas que o outro. E quem não tem está fora. Não discutem essa situação, apenas incitam o consumismo”, argumenta a pedagoga. Crianças de classe social mais favorecida economicamente querem presentes mais caros. Tablet, celulares, videogames, viagens. É método dos pais compensar a ausência com presentes mais caros. Crianças de famílias mais humildes ainda desejam a boneca, o carrinho, brinquedos para interagir um com o outro. “O grande problema é pactuar com uma tecnologia que te leva ao abismo. Tornando-o um apolítico, um participante sem engajamento. Colocando num mundo capital como consumidor, mas com capacidade de escolher e optar. Não exigir um brinquedo desumanizado só porque está na mídia, e sim preservar a ética, os valores, e um comportamento racional que dê sentido na vida dessas crianças”, ressaltou Marcelino Junior.

MARCELINO Alves Junior, historiador e filósofo

Obras do Sambódromo são retomadas e devem ser finalizadas até o final deste an

CELIANE

Karina Rodrigues Da reportagem

A

s obras do sambódromo que não foram concluídas para

DE ACORDO com o presidente da LIESAP, Luís Motta, reparos estão sendo feitos com antecedência

o carnaval de 2013, foram retomadas na última segunda-feira, 7, e serão entregues no final de novembro. De acordo com o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (LIESAP), Luís Motta, no ano passado foi destinado 1 milhão de reais para o deste ano, mas nem todos os reparos foram feitos antes do carnaval, então por isso as obras foram retomadas. “A secretaria de infraestrutura do Amapá garantiu que a primeira etapa da obra será entregue no dia 30 deste mês ao dia

30 de novembro, a segunda e última parte será finalizada e entregue para a Liesap”, afirma. A obra contará com adaptações nas estruturas metálicas, a derrubada do prédio que pertencia à Liga, localizada no recuo da bateria, reparos no sistema elétrico e a implantação de uma manta asfáltica em toda a área de concreto para evitar vazamento de água. Os banheiros químicos serão substituídos por banheiros fixos que serão construídos ao lado da estrutura metálica, com cinco boxes em cada, um desses será

destinado a pessoas com d ência e outro será construí estrutura de concreto. Segundo o presidente, o dio já estava com diversas trações, que atingiam a áre camarotes, por isso será co da uma manta asfáltica. Outra mudança no samb mo foi a derrubada do préd Liesap, que funcionava atr recuo da bateria e devido a mento do número de ritmi sala foi retirada. Atualme Liga Independente está fu nando no térreo da estrutu concreto do Sambódromo


Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013

B3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

cia dos pais interfere no consumismo das crianças JORNAL DO DIA

Andreza Sanches Da reportagem

A

o,e a pedagoga Márcia tentam decifrar a evolução pela qual as crianças têm passado

e no

E FREITAS

deficiído na

o prés infilea dos oloca-

bódrodio da rás do ao auistas, a ente, a uncioura de o.

Empresários amargam redução de vendas e pedem o fim da greve dos bancários

Procon e ANP realizam fiscalização em postos de combustíveis Jéssica Alves Da redação

N

a manhã de quarta-feira (9) o Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá (Procon AP) iniciou mais uma etapa da ação em conjunta com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Combustível (ANP), para a fiscalização de preço e qualidade dos combustíveis comercializados nos postos de gasolina em Macapá. A ação é realizada por duas equipes de fiscais capacitados para realização de testes com equipamentos específicos. Esta já é a quarta vez que a ação é realizada pelo Procon neste ano, em Macapá. Durante a fiscalização, além de testar a quantidade e a qualidade dos combustíveis, os fiscais esclarecem dúvidas dos funcionários, como a quantidade limite de álcool que pode ser misturada nos combustíveis, que não deve ultrapassar os 25%. Verificações O Procon verificou também questões relativas à

informação de preços dos combustíveis em painéis e faixas na entrada dos estabelecimentos; se há valores diferentes nas bombas; se é informado na bomba qual a origem do combustível, nos casos de bandeira branca; se o posto pratica preço diferenciado e imposição de limite de valor para pagamento com cartão de crédito; publicidade enganosa e prazo de validade. Resultado De acordo com a chefa de fiscalização do instituto, Marcela Queiroz, essa ação é resultado da renovação do convênio com a ANP, onde ela acontece de forma clara e precisa. Todos os dados são apurados e analisados para constatação da qualidade do combustível. Ela garante que as atividades são realizadas periodicamente. “Todos os meses realizamos essa fiscalização e se caso for constatado alguma irregularidade na qualidade do produto comercializado, o posto será lacrado a espera da liberação da ANP e caso

ocorram irregularidades na quantidade do produto, apenas a bomba é interditada”, explica. Serão aproximadamente 30 postos a serem fiscalizados em Macapá. Até agora, não foi constatado nenhum tipo de irregularidade. As atividades continuarão nesta quinta-feira (10).

greve dos bancários a que ocorre há mais de 20 dias começa a provocar perdas no comércio da capital amapaense. Falta de troco, dificuldade para tomada de crédito para empresas, troca de cheques e pagamento de faturas são problemas enfrentados por empresários. A categoria já amarga quedas nas vendas com o fraco movimento para o Dia das Crianças. Quem passa pelo centro comercial de Macapá observa a baixa circulação de consumidores nas lojas. Os empresários atribuem a falta de dinheiro à greve dos bancários que já perdura mais de duas semanas. Com uma loja de confecções funcionando no centro da cidade, o empresário Orlando Carneiro informou que desde que o movimento grevista iniciou, enfrenta enormes filas nas casas lotéricas da capital, se quiser manter alguns pagamentos em dia. “As transações que precisam ser feitas nos bancos ficam comprometidas e se o nome da gente entra no Serasa, a gente vai ter que dar um jeito e

pagar. Sem contar, que eu nunca tinha visto a semana que antecede o Dia das Crianças com esse o movimento tão baixo, como o que estamos enfrentando este ano”, reclamou o empresário. A mesma situação enfrenta a gerente de vendas, Regiane Haick. As vendas caíram e o movimento deve se manter fraco até a próxima semana. “A greve influenciou no movimento dentro das lojas. O que queremos é que os bancários entrem em acordo”, disse a gerente. Os bancários rejeitaram a última proposta de reajuste de 7,1% apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A paralisação já atinge mais de 11.740 agências e centros administrativos, o que representa 54,5% das 21.500 unidades no país, o número representa um crescimento de 91,1% em relação ao primeiro dia da paralisação, em 19 de setembro, quando 6.145 foram fechadas. O que os bancários pedem -11,93% de reajuste (inflação e 5% de aumento real); -PLR (participação nos lu-

cros) de três salários mais R$ 5.553,15; -Piso de R$ 2.860,21 (salário mínimo do Dieese); -Auxílios de alimentação, 13ª cesta e creche ou babá, que somam R$ 678 ao mês; -Melhores condições de trabalho, com o fim de metas abusivas e do assédio moral. Transtornos nos bancos Dificuldades para encaminhar grandes financiamentos, como o da casa própria; Dificuldades para movimentar o FGTS, naqueles casos previstos em lei; Comerciantes não conseguem obter moedas para troco junto às agências; Empresas têm restrições para descontar cheques de seus clientes. Pessoas que fazem operações somente na boca do caixa das agências bancárias (não utilizando terminais, internet, lotéricas ou franquias) estão impedidas de sacar dinheiro, pedir empréstimos, depositar ou pegar cheques. Segurados do INSS não conseguem fazer a comprovação de vida (renovação do cadastro nos bancos), mas o instituto avisa que o prazo vai até fevereiro de 2014.

UNIFAP abre concurso público com 96 vagas para nível médio e superior Caroline Mesquita Da reportagem

A

Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) tornou pública a abertura de inscrições para a realização do concurso público para cargos da Carreira de Técnico-Administrativo em Educação, destinadas ao seu quadro pessoal. São 96 vagas distribuídas em Nível Médio - Classificação “D”, vencimento básico de R$ 1.821,94; e Nível Superior – Classificação “E”, vencimento básico de R$ 2.989,33. Todos os cargos têm jornada de trabalho de 40 horas semanais e vagas distribuídas entre o campus Macapá, Oiapoque e Mazagão. Vagas Assistente em administração; Técnico em higiene dental; Técnico em eletrotécnica; Técnico em contabilidade; Técnico em edificações; Técnico em segurança do trabalho; Técnico em tecnologia da informação; Tradutor e interprete de linguagem de sinais; Técnico em laboratórios de cursos das áreas de saúde; Técnico em laboratório de anatomia; Técnico em laboratório parasitologia/microbiologia/ imunologia e Técnico em arquivo são vagas de nível médio destinado à Macapá. Para o município de Oiapoque, os cargos são Assistente em administração, Técnico em tecnologia da informação e Técnico em edificações. Em Mazagão só abriu vaga para Assistente em administração.

Vagas nivéis superiores As vagas para nível superior em Macapá são para as seguintes profissões: Assistente social; Enfermeiro; Engenheiro civil; Engenheiro eletricista; Estatístico; Jornalista; Médico; Odontólogo; Programador visual; Psicólogo; Relações públicas; Secretario executivo; Farmacêutico; Técnico em assuntos educacionais; Nutricionista e Revisor de textos. Para Oiapoque as vagas são de Administrador, Bibliotecário e Contador. Mazagão necessita de Técnico em assuntos educacionais, nível superior. Inscrições O valor da taxa de inscrição para nível médio equivale a R$ 75,00 e a taxa de nível superior corresponde a R$ 95,00. “As inscrições serão realizadas exclusivamente via Internet, a partir das 09h30min do dia 16 de outubro de 2013 às 17h30min do dia 17 de novembro de 2013, no endereço eletrônico www.unifap.br/ depsec, mediante o preenchimento do formulário de inscrição, no horário local de Macapá”, regulamenta o edital do processo seletivo. Edital completo A Universidade Federal do Amapá disponibilizará o edital completo com o conteúdo e perfis exigidos no site da instituição até a próxima sexta-feira, 11 de outubro de 2013.


B4

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

BPtran diz que Operação Lei Seca durante a Expofeira reduziu embriaguês no volante No último final de semana do evento, a média de abordagem foi de 659, sendo que apenas 36 foram recolhidos Jéssica Alves

Da Redação

E

m balanço divulgado na terça-feira (8), o Batalhão de Policiamento de Trân-

sito (BPTran) afirma que o resultado das fiscalizações da operação “Lei Seca”, realizada durante a 50ª Expofeira do Amapá é considerado positivo para a instituição. A blitz foi montada ao longo da Rodovia JK, no trecho entre Macapá e o Parque de Exposições da Fazendinha, de 27 de setembro a 6 de outubro. Segundo informações do Tenente Coronel Gesimar Barroso, em uma média de 1.099 veículos abordados, e destes 813 motoristas realizaram o teste do etilômetro, o qual avaliou 66 como resultados positivos, com resultados acima de 0.33, considerado crime de trânsito, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro. Os motoristas embriaga-

dos foram encaminhados para a delegacia e todos pagaram fiança no valor de R$ 1.915,40. De acordo com o BPTran, nove pessoas foram presas por ultrapassar o limite de velocidade. E no último final de semana do evento, a média de abordagem foi de 659, sendo que 36 foram recolhidos até o pátio do Departamento Estadual de Trânsito do Amapá (DETRAN/AP), além de que 19 estavam sem o licenciamento e 14 condutores estavam dirigindo sem habilitação. Coronel Barroso informa que durante a realização da Expofeira, o Batalhão de Trânsito realizou atividades educativas e preventivas. Em relação a 2012, uma redução de 15%

Empresários jogam culpa da retirada dos ônibus para motoristas e cobradores

O

Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Amapá- SETAP reuniu a imprensa na manhã desta quarta-feira (9), para dar a sua versão do ocorrido do último dia da 50ª Expofeira Agropecuária. Segundo o presidente Décio Melo, a falta de ônibus se deu após motoristas e cobradores pararem de trabalhar por causa da falta de segurança no estacionamento. “Os motoristas reclamaram que estavam sendo agredidos e resolveram paralisar, sem o conhecimento do SETAP. Eles alegaram que os ônibus estavam sendo invadidos e após

o último retorno, por volta de duas horas da manhã, resolveram não mais voltar para o parque de exposições. Eu, no lugar deles, teria feito a mesma coisa”, garantiu Décio. O presidente afirmou que durante as agressões, agentes de fiscalização do SETAP ligaram para o 190 e não tiveram resposta. “O atendente informou que os militares não poderiam se deslocar para o estacionamento de ônibus porque estavam trabalhando somente dentro da expofeira”, afirmou ele. Em nota a imprensa, o SETAP informou que um cobrador teria sido esfaqueado,

motoristas agredidos a tapas e veículos depredados. Na última segunda-feira (7), durante coletiva de imprensa, a Polícia Militar informou que a PM estava atuando sim em todos os locais da Expofeira e que, por volta de 2h da madrugada de domingo para segunda, durante a paralisação dos ônibus, garantiu segurança a cerca de 10 mil pessoas que estiveram no decorrer da rodovia JK. O coronel informou que cerca de 350 policiais que trabalharam no evento tiveram que ir pra rodovia para assegurar que nada acontecesse fora do normal. (Da Reportagem)

AV: Feliciano Coelho, 659 - Trem Tel: (96) 3242-9264 - CEP 68901-025 Site: www.notecomp.com.br Em frete ao Colégio Alexandre Vaz Tavares

João Frota

Jornalista policial E-MAIL – joaojrfrota@hotmail.com

Plantão Policial VIOLÊNCIA A violência em Macapá esta passando dos limites, no que diz respeito a assaltos, furtos, crimes contra a pessoa, contra a mulher e a participação efetiva de menores e adolescentes. O medo das pessoas já chega a assustar até mesmo ao sair de casa para a escola, universidade ou trabalho. O descontrole total da criminalidade no Estado é uma realidade. VIOLÊNCIA ll Além dos crimes que só víamos em grandes metrópoles, agora são vistos com frequência em nossa capital. Assaltos a ônibus, assaltos com reféns e outros mais que tem aterrorizado nossas fa-

mílias e nossos cidadãos. É inadmissível que uma cidade com pouco mais de 400 mil habitantes já sofra todas as modalidades de crimes dos grandes centros. VIOLÊNCIA lll Pequenos empresários estão sofrendo na própria pele essa violência, já trazendo prejuízos incalculáveis. A moda agora é atender a clientela por trás de grades com medo do bandido, que já está se tornando sócio. Tem empresário que já teve a renda roubada em mais de seis vezes somente em um mês. Alguns inclusive não resistiram e fecharam infelizmente as portas. VIOLÊNCIA IV Todo mundo comenta, mas ninguém se propõe

CELIANE FREITAS

TENENTE CORONEL Gesimar Barroso: em uma média de 1.099 veículos abordados, 813 motoristas fizeram o bafômetro

nas autuações foi registrada, segundo o tenente coronel. Com relação a acidentes, Barroso afirma que não hou-

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

BLOG DO BOLERO URICA SE APRESENTA NA DEIAI ACOMPANHADO PELA MÃE O adolescente conhecido por Urica, devidamente acompanhado pela mãe dele, se apresentou por volta das 04h00min da tarde desta terça-feira (8), na DEIAI, que funciona na 4ª DP, no bairro do Trem. Segundo a mãe disse para os policiais, ele tem 16 anos e que fez questão de apresentar o mesmo, em face da imprensa e alguns policiais, terem divulgado que ele teria assassinado o vigilante ANTONIO CAMPOS FREITAS (46), em crime de latrocínio, ocorrido no final da tarde de segunda-feira, na Unidade de Saúde do Marabaixo II. Urica negou naquela delegacia que tenha assassinado o vigilante. Acontece que testemunhas do crime reconheceram o mesmo através de fotos. O delegado de plantão manteve o infrator apreendido naquela delegacia. QUADRILHA ASSALTA MINI BOX EM

a cobrar, combater ou mesmo levantar uma bandeira em favor de um povo tão sofrido, trabalhador e honesto que é o povo amapaense. Basta de tanto crime, assalto, furto e medo que sofre nossa população. Socorro ao povo do Amapá. Alô autoridades da segurança pública, são vidas inteiras que estão em jogo, na labuta da sobrevivência. Reclamar pra quem, heim? VIOLÊNCIA V É muito cômodo para os que podem viver cercados de seguranças armados e defendidos por sistemas invioláveis de segurança. Assim é muito fácil. Mas a vida para Deus tem o mesmo valor e não podemos abusar da arrogância e da vaidade de alguns pensando somente em si próprios. A sociedade é formada por todos e todos tem direito a vida com dignidade com segurança.

ve registros com vítimas durante a Expofeira. Alegando ainda que as fiscalizações continuarão normalmente

FAZENDINHA Quatro elementos em duas bicicletas, armados com armas de fogo, por volta de 01h42min da tarde desta terça-feira (8), invadiram o mini box Abençoado, que fica no bairro Vale Verde em Fazendinha, renderam o gerente e um funcionário e, roubaram todo o dinheiro do caixa, dois celulares, recargas de celulares e vários maços de cigarro. A PM foi acionada, porém, nenhum deles foi preso. MOTOQUEIRO PEGA UMA ORELHADA E VAI PARAR NO H.E O motoqueiro FRANCISCO S.C.NETO (37), trafegava na moto dele, por volta das 03h30min da tarde deste terça-feira (8), na Rodovia Duca Serra, próximo ao 34º BIS, no bairro Alvorada, quando um caminhão da TELEMAR que trafegava na frente dele, deixou que um dos orelhões que estavam na carroceria, se desprendesse dos outros e acabasse caindo em cima do Francisco, que sofreu lesões no pé

VIOLÊNCIA Vl Ano que vem o cidadão será procurado para escolher novamente seus representantes. Essa é a verdadeira hora de cobrar, perguntar a aquele que pede seu voto, o que ele fez pela sua segurança, da sua família de seus vizinhos quando manteve o poder, é a verdadeira hora de se colocar no poder pessoas sérias comprometidas com o povo.

cantou que agora é só aguardar o grande bote. A “cobra grande” está toda enrolada para o feito. Muitos vão se escandalizar com essa próxima operação, onde as pessoas envolvidas e com certeza que serão presas, terão que se explicar muito para comprovarem suas inocências. Prisão, busca e apreensão serão feitas em quatro cantos do meio do mundo. Quem viver verá!

COBRA GRANDE O meu passarinho me

CRIME ABSURDO E por falta da ajuda

OCORRÊNCIAS...

para o efetivo. A próxima demanda ocorrerá durante as festividades do Círio de Nazaré.

esquerdo. Francisco teve de ser atendido no H.E, onde após receber atendimento, foi liberado. DETENTO DO IAPEN FOGE DO HOSPITAL DE EMERGÊNCIA No horário compreendido entre ás 13h30min da segunda-feira (7), o detento do IAPEN JOSIMAR MARTINS ROCHA (35), acabou fugindo do H.E da Capital, onde estava internado desde o último dia 2 deste mês, logo após ter se envolvido em uma rixa, com a participação de pelo menos mais 13 detentos, onde três foram feridos a estocadas, sendo o caso mais grave o do Josimar, que teve que ficar internado naquela Casa de Saúde. Além do Josimar, também foram atendidos no H.E o CLAUDEMIR DOS SANTOS SILVA (27) e o JOÃO CARLOS DANIEL DA SILVA SOUZA (35). A fuga do Josimar, aconteceu justamente no momento em que o agente penitenciário foi fazer um lanche ao lado H.E, e a esposa do Josimar, com uma serra, acabou serrando a algema , fazendo acontecer a fuga. A Direção do IAPEN pede quem souber do paradeiro dele favor ligar para o CIODES 190 ou 0800 96 8080.

das testemunhas que presenciaram o crime de latrocinio na segunda feira (7), contra o vigia na unidade de sáude no bairro do Marabaixo ll, no final da tarde, a polcía, depois de incasável investigação, não conseguiu identificar o menor que se apresentou na DEIAI. Disse ainda estar sendo acusado levianamente, que jamais participou de tal ato. Sem a identificação das testemunhas, corre-se o risco de termos mais um crime complicado para elucidadar.

Dizem que no Iapen é muito carro para o administrativo e poucos carros-cela para o transporte de presos para audiências///O preso Josimar Martins Rocha, que se encontrava no HE, sob severa vigilância, fugiu num fechar de olhos, mesmo estando algemado na cama///Tem delegacia de polícia que funciona por colaboração dos que ali trabalham ///Não convide para sentar a mesma mesa uma delegada de polícia e um juiz de Direito///O Sindicato da Polícia Civil (Sinpol), está em uma briga milionária na justiça, mas precisa do comparecimento de alguns sócios atrasados em suas informações ///O 11º BPM tem novo comandante, assumiu o tenente coronel Gonçalves, no final da tarde///O municipio de Laranjal do Jarí tem diminuído as ocorrências policiais, fruto de um trabalho em parceria da PM e PC. Melhor para o povo.


MACAPÁ-AP, QUINTA-FEIRA, 10 de outubro de 2013

Geral

SOCIEDADE

Santos e Macapá jogam hoje 1ª partida da C2 decisão

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Campanha contra o câncer No Museu Sacaca

Circo Escola apresenta peça teatral C3 para crianças

Lojas infantis em Macapá passam por fiscalizações

Segunda edição da Feira do Livro é lançada no Amapá

FOTO: CELIANE FREITAS

Fiscais focam nos estabelecimentos de roupas infantis, calçados, brinquedos e eletrônicos

Jéssica Alves

N

Da Redação

Karina Rodrigues

Da Redação

Fiscalização da qualidade do produto De acordo com o coordenador técnico da área operacional do Ipem, Cícero Negreiros, a fiscalização iniciou no último dia 30, e percorrem até o próximo dia 11, as ações acontecem anualmente duas semanas antes do dia das crianças. “Já foram apreendidos alguns materiais que não estavam de acordo com as normas exigidas pelo Inmetro”. “Brinquedos sem informações de especificação em língua portuguesa, sem selo de qualidade do Inmetro e faixa etária, não podem ser comercializados porque eles podem colocar em risco a segurança de

DE ACORDO com o coordenador do Ipem, Cícero Negreiros, a fiscalização iniciou no último dia 30, e vai até o próximo dia 11

DIVULGAÇÃO

C

om a proximidade dos Dias das crianças, celebrado em12 de outubro, o Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) e a Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor estão fazendo constantes fiscalizações em lojas de brinquedos e de produtos infantis de Macapá. A ação passa por várias lojas do Centro de Macapá, com uma atenção específica para estabelecimentos de roupas infantis, calçados, brinquedos e eletrônicos.

Presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador Luiz Carlos, recebeu servidoras do Judiciário, lotadas no Fórum de Macapá, que estão engajadas na luta contra o câncer. C4

nossas crianças”, disse. “Os produtos que não possuem o selo de certificação e informações necessárias ao consumidor são apreendidos, as informações de faixa etária são obrigatórias e são importantes tanto para o comprador quanto para a segurança da criança que irá utilizá-lo”, ressalta o coordenador. Duas equipes estão realizando a fiscalização, os produtos não regulamentados são apreendidos e as empresas e fabricantes podem ser autuadas. O fiscal faz um termo de ocorrência, esse termo é lavrado e no Ipem é feito um auto de infração que vai direcionado a empresa ou ao fabricante, que pode ser multa-

da pela infração. Fiscalização dos preços e propagandas O Instituto de proteção e defesa do consumidor começou a fiscalização dos preços e propagandas de lojas infantis na tarde de ontem, 8, durante a ação que vai até a próxima sexta feira, 9, já que o PROCON pretende visitar todas as importadoras e lojas que vendem produtos infantis. Segundo a presidente do Procon Nilza, é muito importante acontecer a vistória do Ipem para ajudar na avaliação da qualidade e segurança dos produtos. “Estaremos fiscalizando se as empresas estão fazendo propagandas que não condizem com a realidade, as

empresas que estiverem fazendo propagandas enganosas, irão ser retiradas no mesmo momento e irão ser punidas pelo PROCON”, informa Nilza. Penalidades Serão feitos auto de infração, auto de constatação e abertura de processo administrativo conforme as legislações vigentes, que se se referem ao código de defesa do consumidor. “Geralmente o consumidor fica desatento, é importante o consumidor prestar atenção na hora de fazer as compras, para que problemas futuros não venham a acontecer. Todas as reclamações devem ser feitas no PROCON ou através do 151”, informa.

o período de 26 de outubro a 1º de novembro, Macapá irá se transformar em uma verdadeira cidade literária durante sete dias. A segunda edição da Feira do Livro do Amapá (Flap) será realizada com o objetivo de dar continuidade ao florescer da literatura no Estado do Amapá, que ocorreu durante a edição de estreia do evento. Embalada pelo sucesso de público e de crítica em 2012, a Flap apresentará um circuito de literatura e arte valorizando as populações tradicionais e os monumentos históricos, sem desmerecer a inclusão digital da leitura e o lúdico, presentes nas ‘contações’ de histórias infanto-juvenis. O tema deste ano é “Leitura e Sustentabilidade”, que busca compreender e falar das relações entre os povos e a natureza, como explica a presidente do comitê organizador da Flap, Carla Nobre. “No estado do Amapá temos uma área forte de florestas e rios, e isso precisa entrar no imaginário das pessoas de forma de estar motivando no cuidado deste ambiente e também com as pessoas. A sustentabilidade é um tema amplo e vamos congregar na Flap várias tribos, com olhares diferentes sobre leitura e sustentabilidade”, diz. Durante o evento, serão realizadas mesas de debates, palestras, oficinas, cursos, além disso, a Flap será dividida em temáticas: Flapinha, que será direcionada para o público infantil, Conect Flap, para a Juventude, a Flap das Águas, com a interação entre estudantes e comunidades ribeirinhas e a inauguração da sala dos autores amapaenses na Biblioteca Pública Elcy Lacerda, para aumentar o acervo atual para autores locais.

A Feira do Livro marcará um movimento único no Amapá de inserção de escritores amapaenses no mercado do livro, do despertar de novos leitores e consumidores estimulados pelo Vale Livro, que este ano contemplará um público maior composto por artistas, professores, servidores e estudantes do ensino médio e superior, público do Estado, totalizando um investimento de R$ 150 mil. “Lançamos o primeiro edital de livros e esperamos em breve poder lançar as obras dos autores amapaenses, para mostrar o trabalho de nossos talentos Brasil afora”, afirmou o governador do Amapá, Camilo Capiberibe. Vale Livro Implantado desde a primeira edição da Flap, o vale livro este ano ganhará o formato de moeda social, que facilita a troca e segurança impossibilitando a falsificação, por ser produzida em formato e moldes específicos de moeda de troca. A moeda intitulada Palavra, será disponibilizada nos valores de um, cinco, dez, vinte e cinquenta palavras, que corresponderão ao mesmo valor em real, homenageando escritores e pessoas que marcaram a cultura do nosso estado. Os homenageados são Simãozinho Sonhador, Professor Munhoz, Alcy Araújo, professora Zaide Soledade e professora Aracy Mont’al verne, respectivamente. Encerra nesta quarta-feira (9), o cadastro de professores da rede pública estadual e federal para o vale livro. Para fazer a inscrição o professor deve está munido da declaração da escola assinada pela direção, contracheque atual, documentos com foto e comprovante de residência, original e cópia.

Convênio garante exames de mamografia para mulheres santanenses

O

convênio firmado no inicio deste mês entre Prefeitura de Santana e Instituto Semear e s t á garantindo as mulheres santa-

nenses desde a última segunda-feira, 7, que façam os exames de mamografia durante este mês em uma clínica especializada de Macapá. Essa parceria está em caráter experimental e caso a procura seja grande, o projeto poderá ser implantado no ano que vem no município. A população estava reclamando que a mobilização e conscientização estavam sendo feitas durante a Campanha

Outubro Rosa, mas que os exames preventivos não estavam sendo garantido à população. Parceria Segundo a coordenadora de políticas públicas do município de Santana, Esther de Paula, a parceria surgiu para atender a alta demanda do município e incentivar a prevenção das mulheres. “A campanha Outubro Rosa está acontecendo neste mês para aju-

dar a combater o câncer, não tínhamos como aderir à campanha sem garantir o direito das mulheres fazerem a mamografia”, disse. Mai de 90 mulheres foram atendidas em apenas dois dias de campanha, e dessas, 28 foram encaminhadas para fazer a mamografia que pode ser marcada por telefone durante todo o mês de outubro. “Basta às mulheres chegarem ao centro de atendimento a mulher para fazerem o au-

toexame, se for constatado algum nódulo a paciente é encaminhada diretamente para fazer a mamografia, estaremos fazendo esse teste durante trinta dias e se tudo der certo, esses exames serão implantados a rede municipal de saúde em 2014”, afirma. “Sempre ouvimos falar que a realização desse tipo de exame só deve ser feita a partir dos 40 anos de idade, mas já constatamos nódulos em pessoas com 26 anos. Por

isso é importante disponibilizarmos os exames preventivos, dessa forma vamos poder constatar a doença e acompanhar os pacientes”, ressalta. Na próxima semana será oferecido à população o exame de prevenção ao câncer do colo do útero (PCCU), pois, dados apontam que pelo menos 90% das mulheres do município de Santana, nunca fizeram o exame. (Karina Rodrigues)


C2

Esporte

Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Santos e Macapá jogam hoje 1ª partida da decisão do Amapazão A arbitragem será de um membro pertencente à Federação Paraense de Futebol ELCIO BARBOSA Da Reportagem Federação Amapaense de Futebol (FAF) reuniu na tarde de ontem, com os clubes envolvidos na final do Campeonato Estadual e definiu que a 1ª partida da decisão do Amapazão 2013, será realizada na noite de hoje, a partir das 20h30min no estádio municipal, Glicério de Souza Marques. A arbitragem será do aspirante a FIFA, Delson Fernando Freitas da Silva pertencente à (FPF). Ele será auxiliado pelos amapaen-

A

ses: Inácio Barreto Câmara e Jeferson Joel Nascimento. O 4° arbitro é Valdicleuson Silva da Costa. A expectativa é que na partida de hoje

Treinador José Minga: “É apenas o primeiro jogo, mas o time vai pra cima”

se quebre o recorde da renda e público. O ‘Santos’, o ‘Peix e da Amazônia’ conquistou o 1° turno no dia 9 de setembro após empate por 1 a 1, contra o Trem Desportivo Clube (TDC). O Esporte Clube Macapá (ECM) venceu o 2° turno também após empate por 1 a 1 na segunda-feira, 7 de outubro contra o Independente de Santana.

Ao q u e tudo indica, após uma análise do que está acontecendo, parece que a decisão do Amapazão 2013 promete fortes emoções. Ambas as equipes venceram os turnos do certame após empate pelo mesmo placar, 1 a 1. Mas, os torcedores amapaenses sabem que dentro de campo, é onze contra onze.

CBF pode realizar em 2014 a Copa Verde ELCIO BARBOSA Da Reportagem Confederação Brasileira de Futebol (CBF) está bem perto de confirmar a Copa Verde como aquisição para o calendário do futebol brasileiro em 2014. O assunto voltou a circular de forma mais assídua no meio da imprensa esportiva nacional e de dirigentes dos clubes que podem compor a competição. Do dia 19 de janeiro até o dia 16 de fevereiro (oito datas), os clubes da região

A

Norte, Centro-Oeste e do Espírito Santo, devem disputar a competição que dará ao campeão, vaga para a Copa Sul-Americana de 2015. Porém, a CBF ainda não divulgou nenhum comunicado oficial. As Federações estaduais evolvidas já estão cientes do modelo e ainda querem que a Copa Verde, assim como ocorre com a Copa do Nordeste, dê vaga à Copa Sul-Americana. Mesmo com a resposta positiva da CBF ainda não confirmou.

Modelo da competição A ideia do torneio, parecida com a da Copa Nordeste, era reunir apenas clubes da região Norte, por isso o nome Copa Verde em alusão à Floresta Amazônica, mas ampliou-se para o Centro-Oeste e o Espírito Santo. No total, serão 16 clubes de 11 estados: Desportiva (ES), Paysandu (PA), Remo (PA), Paragominas (PA), Nacional (AM), Princesa do Solimões (AM), Vilhena (RO), Náutico (RR), Oratório (AP), Cuiabá (MT), Mix-

to (MT), Cene (MS), Interporto (TO), Brasília (DF), Brasiliense (DF) e Plácido de Castro (AC). A competição, segundo as informações, terá o incentivo do Ministério do Esporte e de um canal de televisão, emissora que pretende reproduzir a empreitada da Copa Nordeste desta temporada. Os confrontos devem ser definidos de acordo com o ranking da CBF em uma reunião no fim de outubro na sede da entidade. (Ronald Sales/DOL).

Leãozinho manteve vantagem mesmo com um a menos

FOTO: REMO 100%

Remo 100%

F

oi bem mais difícil do que o previsto. Largando com uma vantagem de 3 a 0 no primeiro jogo, quando teve uma atuação soberana sobre o rival rubro-negro, a expectativa era que a equipe sub-20 do Remo conquistasse a classificação com alguma tranquilidade, mas não foi bem assim. Jogando com as pernas bambas e diante de um Flamengo (RJ) “mordido”, à duras penas o Leãozinho garantiu a classificação com uma derrota por 2 a 0, gols de Eduardo e Sartori, no limite do saldo conquistado na primeira partida. Com esse resultado, o time volta para Belém onde vai aguardar o vencedor do duelo entre Criciúma (SC) e Cruzeiro (MG) para saber qual será seu adversário na próxima fase. O primeiro tempo começou de forma truncada. O Remo não conseguia se articular para partir para o ataque e o Flamengo (RJ), com maior posse de bola, não tinha objetividade lá na frente. O jogo começou a mudar a favor dos donos da casa a partir dos 29 minutos, quando Alex Ruan foi expulso após falta sobre Douglas que, lesionado, teve de ser substituído. Após alguns minutos de pressão mais aguda, os donos da casa abriram o marcador aos 42, com Eduardo mandando para o

MESMO com a derrota por 2 a 0 para o Flamengo não tira a classificação do Remo

fundo das redes de Jader após blitz do ataque rubro-negro. Na segunda etapa, os jogadores azulinos, que já demonstravam sinais de cansaço na primeira metade do jogo, voltaram ainda mais cansados. O resultado foi pressão do Flamengo (RJ) sobre a defesa azulina. Aos 15 minutos, o jogo ficou dramático. Sar-

tori recebeu a bola em profundidade na área e arriscou o chute. A bola quicou no gramado e enganou o goleiro Jader, fazendo 2 a 0. Com a necessidade de fazer apenas mais um gol para resolver o jogo, o Flamengo (RJ) se lançou ao ataque e forçou Jader a fazer defesas importantes, como no chute forte de

Matheus em cobrança de falta aos 36 minutos. Daí em diante foi uma briga entre o ataque flamenguista tentando penetrar na área e a defesa remista chutando para lateral e escanteio. Uma luta dura que se prolongou por mais 4 minutos de acréscimo, mas terminou com a classificação do Leãozinho e festa no gramado.

Talvez a diferença deste confronto de hoje seja a folha de pagamento entre as

Treinador Jason Rodrigues: “É uma decisão de dois jogos e o Santos está preparado”.

equipes, o que não tira mérito do azulino da Raimundo Alvares da Costa, onde está à improvisada sede do ‘Leão Amapaense’. O Peixe possui um moderno complexo esportivo localizado na Rodovia Duca Serra. O Macapá fez treino apronto ontem no campo do Sesc/Araxá. O treinador Minga não tem problemas para escalar a equipe para a partida de logo mais. O azulino amapaense está completo para o confronto. O ‘Santos’ fez recreação ontem e o grupo já entrou em ritmo de concentração. O Macapá deve atuar com: Rodrigues, Darlan, Louro, Anderson, James, Betinho, Rafinha, Michel, Junior, Ismael e Alessandro. Treinador: José Minga. “É apenas o primeiro jogo, mas o time vai pra cima”, alegou o treinador. O Peixe pode atuar com: Diego, Adriano, Max, Maicon Gaúcho, Gil Bala, Esquerdinha, e Fabinho, Pretão, Everton, Rodriguinho e França depois (Acosta). Treinador Jason Rodrigues, “É uma decisão de dois jogos e o Santos está preparado”.

No Flamengo Promessas decepcionam, perdem apoio e podem virar moeda de troca Remo 100%

A

presença de Jayme de Almeida no comando técnico do Flamengo não mudou o status da grande maioria dos jovens que buscam espaço no time. Atuante e conhecedor de detalhes das divisões de base rubro-negras, o comandante seguiu a mesma estratégia dos treinadores anteriores do clube e dá poucas chances aos garotos. A falta de protagonismo ratifica a insatisfação de todos os setores do Flamengo com as promessas, que nem mesmo contam com a costumeira “blindagem” da comissão técnica e dos dirigentes. O incômodo com a má fase dos jovens da base é tanto que muitos deles são vistos como potenciais moedas de troca para o clube se reforçar em 2014. Na mira do clube, nomes como Adryan, Nixon, Mattheus, Rodolfo, Digão, Rafinha e Frauches são tratados com frieza após temporada de pouco brilho. O último deles deixa o ostracismo ao ganhar chance por falta de opções e está confirmado na zaga do Flamengo para o jogo contra o Internacional, às 21h de hoje. A exceção é Luiz Antônio, utilizado com mais regularidade pelos técnicos Dorival Junior, Jorginho e Mano Menezes. O ex-treinador da seleção brasileira, por sinal, foi firme ao questionar o desempenho dos atletas oriundos das divisões de base. Durante rápida passagem pela Gávea, ele expôs toda a sua insatisfação com o comportamento de al-

guns ao chamá-los de “mimados e relaxados” nos bastidores. Jayme de Almeida mede as palavras em entrevistas, mas se incomoda com a velocidade com que os jovens do Flamengo ganham fama, que ainda teriam que conquistar. “No Flamengo, tudo é complicado, superdimensionado. O garoto dá dois chutinhos na base e vira craque. Não pode ser assim, na boa. A ordem das coisas é inversa atualmente: o jogador é rotulado antes de provar que pode ser bom. Primeiro, tem que jogar muito e mostrar que pode ser chamado de craque. Aqui qualquer um vira craque antes de jogar. Temos que mudar essa mentalidade”, pediu o técnico. Insatisfeita, a diretoria pensa em usar os garotos como arma para reforçar o time para a próxima temporada. O clube planeja ceder os jovens para contratar jogadores menos famosos, mas que possam ser aproveitados pelo treinador como alternativas de jogo – algo que Jayme não pôde contar com total certeza neste ano, no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. Com os garotos longe dos planos, o Flamengo entra pressionado em campo contra o Internacional pelo Brasileiro, na quinta-feira. Apesar de estar na 12ª colocação, com 34 pontos, o clube da Gávea ainda está ameaçado pelas equipes que ocupam a zona de rebaixamento. Um triunfo no Maracanã é fundamental para diminuir os riscos e iniciar caminhado rumo a um final de ano tranquilo.


Diversão&Cultura

Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013

C3

Editora: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Circo Escola apresenta peça teatral para crianças que visitarem o Museu Sacaca A iniciativa é da Divisão de Ação Cultural e Educativa e faz parte do Projeto Circo Alyne Kaiser

Da Redação

A

contece nesta quarta-feira (9) no Museu Sacaca, apresentação de uma peça teatral com o tema, “Tempos de Ciranda”. A iniciativa é da Divisão de Ação Cultural e Educativa e faz parte do projeto Circo, Arte e Ludicidade que vem

ocorrendo no Museu desde 2012. De acordo com Gisele Alves, Coordenadora Pedagógica do projeto, devem acontecer oficinas de arte circense, entre outras ações. “O projeto foi idealizado por Fernando Chaves e a ideia é de valorizar a atividade circense como patrimônio cultural e, além disso, com a parte pedagógica que ajuda na coordenação motora de vivência e Segundo a coordenadora, um dos objetivos desse projeto é se utilizar da memória, para que os alunos se apropriem desse conhecimento como forma de preservação da historia do circo no Brasil. “Assim, ele possa utilizar de forma lúdica a atividade circense, não só pra melhorar o desenvol-

CELIANE FREITAS

vimento na escola, mas seu desenvolvimento social, de lidar com as pessoas”, completou. Neste mês, em especial, o projeto vai atender as crianças que estão visitando o museu. “Acontece o cortejo de abertura, com alunos da Escola Josefa Jucileide e oficinas de circo”, disse a coordenadora. Podem participar crianças de 7 a 12 anos, pela manhã no horário das 9h às 10h e à tarde das 16h às 17h. O Projeto O Projeto existe desde 2012, em parceria com alunos da Escola Dom Aristides Piróvano. “A escola parceira fica próxima ao museu. O ideal é trazer as pessoas próximas pra valorizar o espaço, uma prova de trazer a

NESTE MÊS, em especial, o projeto vai atender as crianças que estão visitando o museu

família, a comunidade, para um lugar educativo de transformação social”, com-

pletou Gisele. O projeto ensina às crianças e seus responsáveis a

arte do malabarismo, equilibrismo e acrobacias de solo e aérea.

Comédia “Apenas o Fim” é eleita para o Prêmio Netflix UOL/Cinema

A

comédia “Apenas o Fim”, longa de estreia de Matheus Souza, ganhou o Prêmio Netflix, eleito por internautas entre

10 produções brasileiras realizadas nos últimos dez anos. O prêmio é a entrada do filme no catálogo internacional do serviço de TV por internet, que tem mais de 37 milhões de assinantes em 40 países.

DIVULGAÇÃO

EM “APENAS O FIM”, uma garota decide que vai fugir de casa e avisa o namorado que tenta, sem sucesso, convencê-la a ficar

A votação teve um total de cerca de 12 mil votos, número considerado satisfatório pela empresa, que não fez nenhuma promoção especial para divulgar a ação. O Netflix não informou o número de votos alcançado pelos candidatos, mas disse que os mais votados, além de “Apenas o Fim”, foram o documentário “Dalua Downhill” e a comédia dramática “Elvis e Madona”. “Apenas o Fim”, exibido em 2008, traz Gregorio Duvivier, do Porta dos Fundos, e Erika Mader nos papéis principais. Então estudante de cinema da PUC-RJ, Souza filmou a história nas dependências da universidade, com equipamento emprestado do curso de Cinema. O filme foi visto por cerca de 25 mil pessoas nos cinemas, segundo o diretor. A lista dos dez concorrentes ao Prêmio Netflix foi elaborada com a ajuda de dois curadores, Zita Carvalhosa, diretora do Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, e Walkiria

Barbosa, diretora executiva do Festival do Rio. Filmes realizados nos últimos dez anos podiam ser escolhidos. O critério de seleção, explica Zita, foi “a aposta na diversidade e no talento não conhecido”. “Apenas o Fim” será oferecido ao longo de todo ano de 2014 no catálogo do Netflix, sem remuneração para os produtores. A empresa se responsabilizará pela legendagem e outros custos técnicos e promete promover o filme vencedor em suas plataformas. Assinantes do serviço no Brasil verão uma publicidade do escolhido. Em outros países, a empresa diz que incluirá o filme entre as sugestões que faz a cada assinante. Ted Sarandos, principal executivo da área de conteúdo da Netflix, disse que “Apenas o Fim” será oferecido aos assinantes de acordo com as afinidades e gostos que eles demonstram. “Vamos usar algorítimos para achar a audiência do filme fora do Brasil”, disse em entrevista, no Rio.

Resumo das Novelas Malhação Ben fica atordoado com a notícia que recebe de Meg. Caetano não entende por que Bernardete quer ir embora de casa. Soraia manda Omar deixar seu quarto para abrigar Bernardete. Anita não consegue ficar tranquila na presença de Meg. Vitor pega outro produto que tinha escondido. Ben pede para conversar com Anita. Fábio fica intrigado com a empolgação de Vitor durante o jogo. Ben conta para Anita que Meg está grávida. Sofia implora que Flaviana a ajude a se vingar de Meg. Vitor passa mal, e Zico o ajuda. Martin fala com Vera sobre Micaela e aconselha Paulino a fazer as pazes com ela. Sofia encontra uma mulher para participar do seu projeto de moda.

Sangue Bom Bento não acredita em Malu. Amora manda Tábata procurar Giane. Giane se prepara para dar uma entrevista para Luxury. Maurício e Malu brincam com as crianças da Toca do Saci. Tito e Mel decidem pedir dinheiro para Charlene. Tina e Vitinho não conseguem parar de se beijar. Amora provoca Fabinho, que a agride na frente da vizinhança, e ela simula um mal estar. Perácio leva Bento às pressas para o hospital em que a esposa foi internada. Fabinho tenta se explicar para Margot e Silvério. Lucindo fica atônito com o comportamento de Gládis. Charlene expulsa Mel e Tito da Para Sempre. Giane descobre o plano de Amora, e Fabinho se declara para ela. Maurício repreende Malu por tentar inocentar Fabinho.

Joia Rara Sílvia diz a Manfred que tem um plano para impedir a reaproximação de Franz e Amélia. Sonan, Jampa e Tenpa se hospedam na pensão de Conceição. Toni pede a Franz um emprego na fábrica. Sílvia conta a Ernest que Franz deu a guarda de Pérola para Amélia. Viktor mostra seus quadros a Sílvia e pede que ela guarde segredo. Arlindinho comunica às coristas que o cabaré vai reabrir. Volpina pede uma joia a Valter. Franz se encontra com os monges.

Amor à Vida Bruno não acredita na explicação que recebe de Paulinha. Félix mostra as fotos que Maciel tirou de Bruno e Aline e acusa Paloma de ser aliada de César. Lídia conta toda a história de Natasha e as duas se abraçam comovidas. Niko pede para Eron ir ao abrigo de menores para conhecer Jayme. Neide não aceita o casamento de Daniel e repreende Linda por incentivá-lo. Perséfone pede para Lutero entrar com ela na igreja. Aline mostra a casa que César comprou para ela e Mariah. Eron conhece Jayme. César demite Atílio. Chega o dia do casamento de Perséfone e Daniel. Neide e Amadeu sentam na primeira fila da igreja contrariados.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Pique e boa disposição para um dia em que você vai precisar muito disso pra convencer clientes e sócios. Embora esteja num momento bom para ampliar seus interesses e seu território profissional, é sua convicção que convencerá os outros. Paixões no ar!

Libra (23 set. a 22 out.) Você receberá ajuda e apoio de uma irmã ou de uma colega de trabalho; a presença feminina confiante e amiga será fundamental pra você se reposicionar. Há boas notícias no âmbito do trabalho, e nas vizinhanças de onde mora. Controle os gastos...

Touro (21 abr. a 20 mai.) Mercúrio e Saturno unem forças no signo oposto ao seu. O significado disto é que você terá de escolher se entra de cabeça e pra valer numa relação ou parceria, ou cai fora de vez. Compromissos e responsabilidades assumidas no passado pesarão.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Mercúrio e Saturno armam conjunção, reforçando a sintonia entre pensamento e ação. Seu senso de limites está apurado, mas procure não se podar! Vá até onde sente segurança, mas ande. Boas notícias no âmbito financeiro. Autoconfiança no amor.

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Hoje o astral está mais leve pra você - e com um faro todo especial pra se conectar com as pessoas certas no momento certo, seu dia fluirá bem! Embora os planos possam mudar de um momento para o outro, você navegará bem nas aguas incertas da vida.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Lua e Vênus se encontram em seu signo, configurando um dia maravilhoso pra você melhorar o visual! Inclua sua inspiração nos relacionamentos afetivos - amigos e amores irão adorar seus mimos e atenções! Diminua ritmo dos trabalhos externos.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) Você anda bem consciente da importância que tem, em sua vida, o equilíbrio familiar, e uma intimidade harmoniosa. Hoje é um ótimo dia para decidir algo mais sério sobre seu relacionamento com irmãos e parentes próximos também. Saúde frágil, cuide disto.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Clima astral sério que pede passos importantes - escolhas difíceis até. Um plano terá de ser adiado, um amigo pode furar na hora H. Argumentos consistentes serão importantes. Conte com o tempo, ele está a seu favor.. Os mais maduros também.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Namorar e vencer desafios são os pontos altos do dia! Com todo o gás da Lua e de Vênus juntas em Sagitário, você solta sua paixão e inflama corações. Criativo e convincente, animado pela esperança e pela fé, poderá avançar na direção de seus desejos.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Sua vida social está colorida, promissora e animada hoje! Pode aproveitar pra encontrar os seus irmãos de fé e com eles reforçar esperanças. Uma pessoa amiga se revelará mais do que isto. Mercúrio e Saturno decidem seu futuro profissional.

Virgem (23 ago. a 22 set.) Dia de reunir a família em casa, brindar algo feliz, trocar afeto e reforçar laços que entusiasmam e levantam o moral dos que andam acabrunhados. Também dia de ter uma conversa bem séria com alguém. Estudos e comunicações exigem atenção maior.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) O assunto de hoje é compromisso com estrangeiros, aulas, publicações, algo que não pode ser adiado, e tem de ser assumido hoje. Lua e Vênus aumentam seu encanto, sua beleza e sua visão ampla da vida. Dia de sucesso, de se libertar e de mostrar seu valor.


Sociedade

LÚCIA THEREZA @luciathereza lucia.ghammachi@jdia.com.br

Macapá-AP, quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Diagramadora: Maraina Melo - maramiranda@jdia.com.br

Conjunto Macapaba

Secretária Cláudia Camargo Capiberibe faz a entrega dos primeiros lotes de dossiês do Cidade Macapaba

Tim Tim

Campanha contra o Câncer

O

Presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, Desembargador Luiz Carlos, recebeu servidoras do Judiciário, lotadas no Fórum de Macapá, que estão engajadas na luta contra o câncer. O grupo também percorreu Departamentos, Gabinetes e Assessorias no TJAP para divulgar a campanha. A iniciativa da realização da Campanha tem à frente as servidoras Sidilene Martins Melo. Wildma Mota de Moraes, Kátia Sabrina, Merilin Souza e Lia Siraiama que realizam todos os anos ações para ajudar Instituições filantrópicas. Em suas campanhas, o grupo percorre Unidades do Judiciário, Órgãos Públicos, empresas privadas e residências.

Visita

Deputada Roseli Mattos nas redes sociais:” Exercendo minha função como Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, esta semana estarei visitando escolas do município de Santana, oportunidade de ver de perto as necessidades do sistema educacional do município. Hoje estive visitando a Escola Municipal Profª Maria Ilnah de Souza Almeida, acompanhada do Secretário de Educação Carlos Sérgio Monteiro.”

Chico Mendes

Acadêmica de enfermagem Mayara Espindola, comemorou na última terça-feira (8) mais um aniversário. A colunista registra votos de parabéns.

A

Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou na ultima terça-feira (08), a redação final do Projeto de Lei 3.341/2012, da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP), que

declara o acreano Chico Mendes o Patrono do Meio Ambiente Brasileiro. O projeto vai ao Senado Federal. Mendes foi assassinado na porta de casa, no dia 22 de dezembro de 1988, uma semana após completar 44 anos, vítima da violência patrocinada pelo desenvolvimento predatório da Amazônia. “Precisamos trazer à memória do povo brasileiro a luta de Chico Mendes em defesa da Amazônia, do desenvolvimento sustentável e da sobrevivência da humanidade”, justifica a deputada Janete. Reservas - Conhecedor das dificuldades dos povos da floresta, Chico Mendes logo entendeu que só a organização consciente dos trabalhadores

Círio 2013, em Belém

T

erça-feira (8), começou oficialmente o Círio 2013, em Belém. A abertura oficial da Festa de Nazaré, realizada na Casa de Plácido, foi repleta de momentos especiais, como o lançamento do livro “É Círio outra vez”, a premiação das vencedoras do concurso de redação e, claro, as palavras do bispo metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, sobre a importância da evangelização e da força da fé em Maria. A abertura oficial do Círio 2013 contou ainda com a programação cultural inédita na Concha Acústica da Praça Santuário, com show da cantora paraense, Lucinha Bastos.

Moda 2013 Gola de pérolas, as chamadas Golas Peter Pan chegaram para dar um toque de elegância e sofisticação. Podendo ser usada com roupas esporte, como camiseta de malha até as roupas mais sofisticadas.

seria capaz de libertá-los da opressão histórica. Sob o lema “União dos Povos da Floresta”, reuniu indígenas, seringueiros, castanheiros, pescadores, quebradeiras de coco babaçu e populações ribeirinhas para a criação de reservas extrativistas. Apesar das frequentes ameaças de morte, Chico Mendes levava sua luta a todo o Brasil, participando de palestras e congressos. O objetivo era denunciar as atividades predatórias na floresta e as ações violentas dos fazendeiros contra os trabalhadores, principalmente da região de Xapuri, sua terra natal, no estado do Acre. Em 1987, Chico Mendes recebeu a visita de membros da Organização das Nações Unidas (ONU), que puderam ver de perto a devastação da floresta e a expulsão dos seringueiros causada por projetos financiados por bancos internacionais.


Jornaldodia10102013